Mathias Jourdain de Alencastro

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/4093397867908890
  • Última atualização do currículo em 30/01/2017


Pesquisador associado do Centro de Investigação em Sociologia Econômica e das Organizações, Instituto Superior de Economia e Gestão, Lisboa, Portugal. Pesquisador especialista em economia política brasileira, relações Brasil-África, e na política dos recursos naturais na África de língua portuguesa. Doutor em ciência política pela Universidade de Oxford e mestre em história pela Universidade Sorbonne-Paris IV. Fluente em Português, Inglês e Francês. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Mathias Jourdain de Alencastro
Nome em citações bibliográficas
ALENCASTRO, M. J.


Formação acadêmica/titulação


2009 - 2014
Doutorado em Ciência Política.
University of Oxford, OX, Inglaterra.
Título: Diamond Politics in the Angolan Hinterland: Colonial and Postcolonial Lunda, 1912-2002, Ano de obtenção: 2014.
Orientador: Ricardo Soares de Oliveira.
Bolsista do(a): Fundação para a Ciência e Tecnologia, FCT, Portugal.
Palavras-chave: Angola; Economia política dos recursos naturais.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Política Internacional.
2007 - 2009
Mestrado em História contemporânea.
Universidade de Paris-Sorbonne IV, UP IV, França.
com período sanduíche em Université de Montreal (Orientador: Fernando Chinchilla).
Título: Le rôle du pétrole dans la politique étrangère en Angola: 1992-2002,Ano de Obtenção: 2009.
Orientador: Domique Barjot.
Coorientador: Géraud Magrin.
Bolsista do(a): Centre National de Recherche Scientifique, CNRS, França.
Palavras-chave: Economia política dos recursos naturais; Guerra civil.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Política Internacional / Especialidade: Integração Internacional, Conflito, Guerra e Paz.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Estado e Governo / Especialidade: Estrutura e Transformação do Estado.
2004 - 2007
Graduação em História contemporânea.
Universidade de Paris-Sorbonne IV, UP IV, França.




Atuação Profissional



Presidência da República, PR, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Assessor Internacional, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Vinculado à secretaria de Assuntos Estratégicos


Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada - DF, IPEA, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Diretor Internacional


Instituto Superior de Economia e Gestão, ISEG, Portugal.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Pesquisador
Outras informações
Pesquisador afiliado ao centro de investigação econômica e das organizações.


University of the Witwatersrand, Wits University, África do Sul.
Vínculo institucional

2012 - 2012
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Pesquisa relações Brasil-África



Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Estado e Governo/Especialidade: Estrutura e Transformação do Estado.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Estado e Governo/Especialidade: Estudos do Poder Local.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Política Internacional/Especialidade: Política Externa do Brasil.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Política Internacional/Especialidade: Relações Internacionais, Bilaterais e Multilaterais.


Idiomas


Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2013
Bolsa para trabalho de campo em Moçambique, Kirck-Fitzpatrick - St Antony's College, University of Oxford.
2010
Bolsa para trabalho de arquivos em Portugal, Santander Fund, St Antony's College, University of Oxford.
2010
Bolsa de doutorado completa, 4 anos, Fundação para a Ciência e Tecnologia, Portugal.
2008
Bolsa para trabalho de campo em Angola, Centre National de Recherche Scientifique.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
ALENCASTRO, M. J.2013ALENCASTRO, M. J.. Elections in Angola: the Results Behind the Results. Journal of Peace and Security Studies, v. 1, p. 10, 2013.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
ALENCASTRO, M. J.. Região visada em ataques é Paris multicultural de Amélie Poulain. Folha de São Paulo.

2.
ALENCASTRO, M. J.. Brexit opôs amigos-rivais de Oxford David Cameron e Boris Johnson. Folha de São Paulo.

3.
ALENCASTRO, M. J.. Final da Eurocopa é o jogo da vida do emigrante português na França. Folha de São Paulo.

4.
ALENCASTRO, M. J.. Acirramento recente faz da França alvo de terroristas. Folha de São Paulo.

5.
ALENCASTRO, M. J.. PSOL deveria mirar o exemplo europeu ao tentar fragilizar o PT. Folha de São Paulo.

6.
ALENCASTRO, M. J.. Com escolha de ex-chefe do Acnur, refugiados pautarão temas globais. Folha de São Paulo.

7.
ALENCASTRO, M. J.; OLIVEIRA, R. S. . Brasil precisa mudar seu engajamento na África. Folha de São Paulo.

8.
ALENCASTRO, M. J.. Governo Trump será teste para as instituições norte-americanas. Folha de São Paulo.

9.
ALENCASTRO, M. J.. Quem ganhar prévias será o mais apto a unir a França contra Le Pen. Folha de São Paulo.

10.
ALENCASTRO, M. J.. Esquerda volta à encruzilhada da polarização e da união. Folha de São Paulo.

11.
ALENCASTRO, M. J.. Referendo na Itália pode ser novo golpe à UE. Folha de São Paulo.

12.
ALENCASTRO, M. J.. Europa busca minimizar influência de Trump e Rússia em eleições. Folha de São Paulo.

13.
ALENCASTRO, M. J.. Mário Soares guiou país rumo à UE e não cedeu à tentação soviética. Folha de São Paulo.

Apresentações de Trabalho
1.
ALENCASTRO, M. J.. The Illusion of the Petro-State. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
ALENCASTRO, M. J.. The Rise and Fall of Angola's Oil Sector. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
ALENCASTRO, M. J.. Odebrecht, le Ministère des Travaux Publics en Angola?. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
ALENCASTRO, M. J.. II International Conference on Angola. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
ALENCASTRO, M. J.. Diversification or Privatisation? Governance in the 'Wild East' of Angola. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

6.
ALENCASTRO, M. J.. O Setor dos Diamantes em Angola: Entre História e Política Comparada. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

7.
ALENCASTRO, M. J.. Oil for the Elite, Diamonds for the People: Extractive Industries in Postwar Angola. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

8.
ALENCASTRO, M. J.. Comparing Extractive Politics in Angola: Cabinda and the Lundas. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

9.
FERREIRA, M. E. ; ALENCASTRO, M. J. . Comparative Politics of Brazil and Portugal Towards Angola in the Oil and Civil Work Sectors. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
ALENCASTRO, M. J.. Control Risks. 2014.

Trabalhos técnicos
Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
ALENCASTRO, M. J.. Luiza Erundina e as contradições da esquerda nas eleições paulistanas. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
ALENCASTRO, M. J.. Os Atentados Explodem na Crise Europeia. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
ALENCASTRO, M. J.. África não será priorizada. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 17/02/2019 às 22:19:36