Eron da Silva Rodrigues

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/0300616841661378
  • Última atualização do currículo em 12/11/2018


Licenciado em História pela Universidade Federal do Rio Grande - FURG (2014). Mestre em Educação Ambiental pelo Programa de Pós-Graduação em Educação Ambiental - PPGEA - FURG (2017) . É voluntário no Observatório dos Conflitos Socioambientais e Urbanos no Extremo Sul do Brasil (CNPq) FURG coordenado pelo professor Dr. Carlos Machado. Exerce atividades de voluntariado no projeto de pesquisa: NATUREZA, CONFLITOS E INJUSTICA AMBIENTAL: o desenvolvimento, a sustentabilidade e a educação ambiental na produção da hegemonia capitalista no extremo sul do Brasil e leste do Uruguai, também coordenado pelo professor Dr. Carlos Machado. Tem experiência na área de História, com ênfase em História, atuando principalmente nos seguintes temas: cidade, ensino, comunidade e conflitos. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Eron da Silva Rodrigues
Nome em citações bibliográficas
RODRIGUES, E. S.


Formação acadêmica/titulação


2015 - 2017
Mestrado em Educação Ambiental.
Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.
Título: O mito justificador da injustiça ambiental no extremo sul do Brasil: introdução ao estudo dos primeiros 100 anos da cidade do Rio Grande,Ano de Obtenção: 2017.
Orientador: Carlos Roberto da Silva Machado.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Educação Ambiental; Rio Grande (cidade); Injustiça Ambiental; Conflitos Socioambientais; Desigualdade Socioambiental.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Outros / Área: Ciências Ambientais / Subárea: História Ambiental.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: Educação Ambiental.
2015
Especialização em andamento em Educação de Jovens e Adultos na Diversidade.
Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.
2011 - 2014
Graduação em História.
Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.
Título: ENSINO DE HISTÓRIA E ESCOLA PÚBLICA: REFLETINDO A FORMAÇÃO DE PROFESSORES E O ESTÁGIO SUPERVISIONADO.
Orientador: Juarez José Rodrigues Fuão.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.




Formação Complementar


2018 - 2018
Imagens para pensar o Outro. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
2018 - 2018
Moodle para Alunos. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
2018 - 2018
Formação de Agentes Populares de Educação Ambiental e Agricultura Familiar. (Carga horária: 180h).
Ministério do Meio Ambiente, MMA, Brasil.
2017 - 2018
Educares - Educação Ambiental na Gestão de Resíduos Sólidos. (Carga horária: 60h).
Ministério do Meio Ambiente, MMA, Brasil.
2017 - 2018
Governança da Água na América Latina. (Carga horária: 40h).
Agência Nacional de Águas, ANA, Brasil.
2017 - 2018
Estruturação da Gestão Ambiental Municipal. (Carga horária: 80h).
Ministério do Meio Ambiente, MMA, Brasil.
2017 - 2018
Participação Social e Cidadania Ambiental: fortalecer a democracia para pro. (Carga horária: 90h).
Ministério do Meio Ambiente, MMA, Brasil.
2017 - 2018
Apoio à implementação do Programa de Educação Ambiental e Agricultura Famil. (Carga horária: 120h).
Ministério do Meio Ambiente, MMA, Brasil.
2017 - 2018
Água e Floresta: uso sustentável da Caatinga. (Carga horária: 20h).
Agência Nacional de Águas, ANA, Brasil.
2017 - 2017
Extensão universitária em Videocurso ?Educação para a sexualidade: dos currículos escolares aos espaç. (Carga horária: 40h).
Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.
2017 - 2017
Governança da Água na América Latina - EAD. (Carga horária: 40h).
Agência Nacional de Águas, ANA, Brasil.
2017 - 2017
Educação Ambiental e Água. (Carga horária: 60h).
Ministério do Meio Ambiente, MMA, Brasil.
2017 - 2017
Sustentabilidade na Administração Pública - 6ª Turma - 2017. (Carga horária: 12h).
Ministério do Meio Ambiente, MMA, Brasil.
2017 - 2017
Tornar a Unidade de Conservação visível: estratégia para promover articulaç. (Carga horária: 25h).
Ministério do Meio Ambiente, MMA, Brasil.
2017 - 2017
Qualidade da Água em Reservatórios,. (Carga horária: 60h).
Agência Nacional de Águas, ANA, Brasil.
2017 - 2017
Juventudes, Participação e Cuidado com a Água - 1ª Turma - 2017. (Carga horária: 30h).
Ministério do Meio Ambiente, MMA, Brasil.
2017 - 2017
Guia para a Produção de Conteúdos EAD - 4ª Turma - 2017. (Carga horária: 20h).
Ministério do Meio Ambiente, MMA, Brasil.
2017 - 2017
Gestão Territorial para Recursos Hídricos com Software Livre de Código Aber. (Carga horária: 40h).
Agência Nacional de Águas, ANA, Brasil.
2017 - 2017
Igualdade de Gênero e Desenvolvimento Sustentável - 4ª Turma - 2017. (Carga horária: 20h).
Ministério do Meio Ambiente, MMA, Brasil.
2017 - 2017
Tecnologia de Informação e Comunicação em Espaços Escolares. (Carga horária: 20h).
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul, IFRS, Brasil.
2017 - 2017
Alternativas Organizacionais para a Gestão de Recursos Hídricos. (Carga horária: 30h).
Agência Nacional de Águas, ANA, Brasil.
2017 - 2017
Introdução à Gestão Participativa. (Carga horária: 40h).
Agência Nacional de Águas, ANA, Brasil.
2017 - 2017
Planejamento, Manejo e Gestão de Bacias. (Carga horária: 40h).
Agência Nacional de Águas, ANA, Brasil.
2017 - 2017
Introdução ao Geoprocessamento. (Carga horária: 60h).
Metropolitan Museum Of Art, MMA*, Estados Unidos.
2017 - 2017
Estilos de vida sustentável - 4ª Turma - 2017. (Carga horária: 30h).
Ministério do Meio Ambiente, MMA, Brasil.
2017 - 2017
Sala de Situação. (Carga horária: 4h).
Agência Nacional de Águas, ANA, Brasil.
2017 - 2017
Medindo as Águas do Brasil - Noções de Plu e Fluviometria. (Carga horária: 10h).
Agência Nacional de Águas, ANA, Brasil.
2017 - 2017
Introdução ao Manejo da Irrigação: como, quando e quanto irrigar. (Carga horária: 4h).
Agência Nacional de Águas, ANA, Brasil.
2017 - 2017
Lei das Águas. (Carga horária: 20h).
Agência Nacional de Águas, ANA, Brasil.
2017 - 2017
Fundamentos e Práticas de Educação Ambiental para espaços educadores - 2ª T. (Carga horária: 60h).
Ministério do Meio Ambiente, MMA, Brasil.
2017 - 2017
Educação Ambiental e Mudança do Clima - 1ª Turma - 2017. (Carga horária: 60h).
Ministério do Meio Ambiente, MMA, Brasil.
2016 - 2016
Extensão universitária em Ciclo de palestras Quintas Urbanas. (Carga horária: 5h).
Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.
2016 - 2016
Conflitos em Unidades de Conservação: estratégias de enfrentamento e mediaç. (Carga horária: 25h).
Ministério do Meio Ambiente, MMA, Brasil.
2016 - 2016
Produção e Consumo Sustentável - 3ª Turma - 2016. (Carga horária: 40h).
Ministério do Meio Ambiente, MMA, Brasil.
2016 - 2016
Educação Ambiental e Comunicação nas Unidades de Conservação: estratégias q. (Carga horária: 70h).
Ministério do Meio Ambiente, MMA, Brasil.
2014 - 2014
Extensão universitária em Gênero e Diversidade na Escola. (Carga horária: 120h).
Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.
2013 - 2013
"Direito, patrimônio informação:. (Carga horária: 3h).
Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.
2013 - 2013
"Elaboração do currículo na Plataforma Lattes". (Carga horária: 3h).
Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.
2011 - 2011
Imagem, Fontes e Ensino de História. (Carga horária: 3h).
Universidade Federal do Pampa, UNIPAMPA, Brasil.
2011 - 2011
História, Cinema e Gênero. (Carga horária: 3h).
Universidade Federal do Pampa, UNIPAMPA, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista CAPES, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.


Escola SESI Novo Hamburgo (RS), ESNH, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor



Projetos de pesquisa


2014 - Atual
NATUREZA, CONFLITOS E INJUSTICA AMBIENTAL: o desenvolvimento, a sustentabilidade e a educação ambiental na produção da hegemonia capitalista no extremo sul do Brasil e leste do Uruguai.
Descrição: Descrição: Desde 2011 viemos através do Observatório dos Conflitos do extremo sul do Brasil mapeando os conflitos publicizados na imprensa (identificando demandantes, demandas e demandados) em 11 municípios desta região. Está pesquisa dará continuidade a tal mapeamento ampliando com a região leste do Uruguai. Além disso, realizaremos reflexões críticas a partir dos problemas e conflitos relacionados ao agronegócio, ao Porto do Rio Grande (Brasil) e ao projeto de mineração de Aratiri, do duto e do porto de Águas profundas em Rocha (Uruguai). Neste caso, partindo do contexto de fundo caracterizado com de injustiça e da desigualdade ambiental (CARTA, 2012; ACSELRAD, 2009), e também de pesquisas que realizamos (MACHADO, et al., Relatório CNPq, 2010-2013) na cidade do Rio Grande, e que será ampliada as demais cidades e região do Uruguai. Tal contexto local inserido no capitalismo de exportação de commodities (na América Latina, SVAMPA, 2012) e de acumulação por espoliação (HARVEY, 2013) dará consistência analítica e teórica ao todo das partes e conteúdos da coleta (dados estatísticos, pesquisas acadêmicas, discursos e documentos, etc.) quando da reflexão final (relatório). Portanto, os conflitos e problemas (mapeados), a produção acadêmica, os discursos e pontos de vistas durante dos embates, as políticas e a educação bem como a educação ambiental articulada a idéia de sustentabilidade comporão informações empíricas coletadas para interpretação e a construção do ponto de vista dos pesquisadores. Enfim, buscamos verificar as contribuições do mapeamento dos conflitos articulada às manifestações dos atores e do contexto sobre a qual tudo isso se desenvolvem e influencia, produz e re-produz (LEFEBVRE, 1975,1991) para entender como está sendo produzida a hegemonia capitalista, e em que medida, em alternativa ou ao contrário, isso pode contribuir para outros processos educativos, de outra educação ambiental (FLORIANO, et. al., 2013) junto e a partir das própria comunidades impactadas ou injustiçadas ambientalmente. Portanto, nosso problema de pesquisa: é possível utilizar os conflitos ou problemas socioambientais à reflexão crítica sobre os processos de produção e re-produção da hegemonia capitalista a partir dos discursos, processos políticos e das ações e atividades educativas e de educação ambiental que desenvolvem, apoiam e/ou financiam governos e empresas e, assim, propiciar contribuições ao/para a produção de outra educação e de outra educação ambiental que parta das comunidades e grupos impactados e injustiçados e tendo os processos conflitivos e as demandas destes como metier da política e da educação e não como caso de polícia?..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Eron da Silva Rodrigues - Integrante / Carlos R S Machado - Coordenador / Cleiton Oliveira - Integrante / Bruno Moraes - Integrante / Vinicius Puccinelli - Integrante / Cintia Lemos Osório - Integrante / Caio Floriano - Integrante.
2012 - 2012
A Agricultura Urbana e Periurbana Como Estratégia Para o Desenvolvimento Social, Econômico e Ambiental e o Combate à Fome: análise das transformações nas relações familiares e de gênero e da efetividade, limites e possibilidades
Descrição: Este relatório apresenta os resultados da pesquisa A Agricultura Urbana e Periurbana Como Estratégia Para o Desenvolvimento Social, Econômico e Ambiental e o Combate à Fome: análise das transformações nas relações familiares e de gênero e da efetividade, limites e possibilidades para a constituição da segurança alimentar em uma proposta desenvolvida pela Extensão Universitária da Universidade Federal do Rio Grande e o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome em Rio Grande e São José do Norte (RS) . Ela foi financiado pelo CNPq (Edital MCT/CNPq/MDS-SAGI n º 36/2010) e desenvolvida em 2011 seu objetivo foi avaliar o Programa de Agricultura Urbana e Periurbana desenvolvido pelo Núcleo de Desenvolvimento Social e Econômico (NUDESE-FURG) (2008-2010), do ponto de vista das alterações que trouxe para a dinâmica das famílias envolvidas e entre os gêneros, e possíveis relações com as políticas de combate a fome, desde a visão dos agricultores/as. A coleta de dados e informações, o estudo de documentos, entrevistas e observações, conversas inspiram-se na etnografia. Foram analisados os documentos do programa do NUDESE, entrevistados técnicos e consultores, agricultores/as, visitadas feiras e as casas e atividades agrícolas, que organizadas e interpretadas na contextualização do conteúdo dos documentos e falas dos entrevistados. Como resultado apresenta a análise crítica sobre o Programa desenvolvido pelo NUDESE, devido a seus limites teóricos e falta de fundamentação no relacionado ao que se propunha, e disso, portanto, poucas contribuições poderiam aportar à reflexão teórica ao campo. Apesar de que o NUDESE desenvolveu as ações e atividades que se propunha no Programa de extensão; e ainda, apontamos as limitações deste tipo de Programa via extensão universitária; a falta de continuidade e/ou de dificuldade desde a aprovação até a disponibilização de recursos; das dificuldades de articulação dos diferentes atores e das políticas que vem sendo desenvolvidas n.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2012 - Atual
Observatório dos Conflitos Urbanos e Socioambiental do Extremo Sul do Brasil
Descrição: O projeto de pesquisa dá continuidade ao mapeamento dos conflitos sócioambientais iniciados em 2011, com financiamento do CNPq, agora sem financiamento mas apoio da FURG e uma bolsa FURG-CNPq bem como mestrandos e doutorandos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2014 - 2015
Programa Institucional de Bolsa de Iniciação a Docência - PIBID - Subprojeto História
Descrição: O presente Projeto de Extensão visa inserir os licenciandos no ambiente escolar para vivenciar a prática docente antes mesmo do estágio propriamente dito. Além disso, este novo edital do PIBID, tem como ênfase a inserção da História e Cultura Afro-Brasileira em sala de aula, devido a Lei Federal 10.639/03 que instituiu a obrigatoriedade desta no âmago escolar...
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2013 - 2014
Programa Institucional de Bolsa de Iniciação a Docência - PIBID - Subprojeto História
Descrição: O princípio teórico que norteia esse subprojeto de ensino é o da formação plena dos alunos - bolsistas da Licenciatura, contribuindo também, para a educação continuada dos professores que atuam na rede de ensino. A formação docente é aqui entendida como o ápice da formação em rede que agrega diversos saberes de teoria e prática de ensino. Essa formação, perpassa principalmente a questão da construção da cidadania de modo que os agentes envolvidos no processo sintam-se responsáveis pela sua formação e pela formação dos alunos da Educação Básica. De acordo com Nadai: "a história se apresenta, assim, como uma das disciplinas fundamentais no processo de formação de uma identidade comum - o cidadão nacional" (NADAI,1992:25). Com isso, intenta-se, primeiramente, a promoção do conhecimento histórico, de maneira a estimular a intervenção dos atores sociais no universo escolar. Nas atividades do projeto serão envolvidos quinze (15) alunos-bolsistas, dois(3) professores supervisores em três (3) Escolas selecionadas e um coordenador do subprojeto responsável pelo encaminhamento geral da atividade, seleção dos professores-supervisores e dos alunos-bolsistas. Os professores-supervisores nas Escolas ajudarão no trabalho de formação dos alunos-bolsistas que desenvolverão suas atividades durante vinte horas semanais com leituras, participação em oficinas preparatórias e trabalho efetivo nas salas de aula do subprojeto. As Escolas selecionadas encontram-se na zona rural do município de Rio Grande. A opção por esse universo com algumas características peculiares deve-se ao fato de que os alunos da Licenciatura, futuros professores não experienciam atividades durante a sua formação em Escolas afastadas do perímetro urbano. O contato com essas Escolas e, por conseguinte, com as comunidades que as cercam, proporcionará, sem dúvida, uma formação mais rica aos futuros professores...
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História.


Idiomas


Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
AGUIRRE, K. K. D.2016AGUIRRE, K. K. D. ; RODRIGUES, E. S. ; SILVA, B. S. . O ensino de história e a palavra dita pelo povo. CCNExt - Revista de Extensão, v. 3, p. 914-918, 2016.

2.
RODRIGUES, E. S.2015 RODRIGUES, E. S.; MACHADO, C. R. S. ; AGUIRRE, K. K. D. . As raízes históricas da desigualdade socioambiental no extremo sul do Brasil: um olhar sobre o surgimento da cidade do Rio Grande, em 1737. revista do LHISTE, v. 2, p. 677-691, 2015.

3.
AGUIRRE, K. K. D.2015 AGUIRRE, K. K. D. ; PAIXAO, C. F. ; RODRIGUES, E. S. . Representações sociais e ensino de história: Contribuições para uma educação etnicorracial. revista do LHISTE, v. 2, p. 656-676, 2015.

4.
MACHADO, C. R. S2013MACHADO, C. R. S ; CHAIGAR, V.A.M. ; AGUIRRE, K. K. D. ; RODRIGUES, E. S. . Ensino de história, leituras da cidade e memória: Narrativas que revelam a comunidade. Revista Latino-Americana de História, v. 2, p. 953-964, 2013.

Capítulos de livros publicados
1.
AGUIRRE, K. K. D. ; RODRIGUES, E. S. ; OLIVEIRA, C. . No meio do caminho tinha uma escola : a injustiça ambiental decorrente da duplicação da BR 392 (Pelotas/Rio Grande, RS).. In: Carlos RS Machado; Caio Floriano dos Santos; Marcela de Avellar Mascarello. (Org.). Conflitos Ambientais e Urbanos: Casos do Extremos Sul do Brasil. 1ed.Porto Alegre: Evangraf, 2015, v. 1, p. 141-155.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
OLIVEIRA, C. ; RODRIGUES, E. S. ; AGUIRRE, K. K. D. . NO MEIO DO CAMINHO HAVIA UMA ESCOLA: A INJUSTIÇA SOCIOAMBIENTAL NO CASO DA BR-­‐392. In: IV SEMINÁRIO DE JUSTIÇA AMBIENTAL, IGUALDADE RACIAL E EDUCAÇÃO, 2015, Duque de Caxias; Rio Grande. IV SEMINÁRIO DE JUSTIÇA AMBIENTAL, IGUALDADE RACIAL E EDUCAÇÃO 18 a 22 de agosto de 2014. Duque de Caxias: UNIGRANRIO, 2014. p. 193-204.

2.
RODRIGUES, E. S.; MACHADO, C. R. S. . RIO GRANDE: PARTINDO DA OCUPAÇÃO PARA ENTENDER A DESIGUALDADE SOCIOAMBIENTAL. In: VII ENCONTRO E DIÁLOGOS COM A EDUCAÇÃO AMBIENTAL, 2015, Rio Grande. ANAIS DO VII ENCONTRO E DIÁLOGOS COM A EDUCAÇÃO AMBIENTAL. Rio Grande: Ed. da FURG, 2015. p. 172-178.

3.
MACHADO, C. R. S. ; FLORIANO, C. ; OSORIO, C. L. ; BARBOSA, A. L. ; PIRES, J. ; OLIVEIRA, C. ; PUCCINELLI, V. ; MORAES, B. ; RODRIGUES, E. S. ; SALLES, L. . EDUCAÇÃO AMBIENTAL: UM OLHAR À PARTIR DO OBSERVATÓRIO DOS CONFLITOS DO EXTREMO SUL DO BRASIL. In: VI EDEA ENCONTROS E DIÁLOGOS COM A EDUCAÇÃO AMBIENTAL, 2014, Rio Grande. Anais do VI EDEA Encontro e Diálogos com a Educação Ambiental. Rio Grande: Editora da FURG, 2014. p. 38-52.

4.
AGUIRRE, K. K. D. ; RODRIGUES, E. S. ; MACHADO, C. R. S . 'Contradição nos discursos de educação ambiental: uma escola partida ao meio?. In: 3º Workshop Internacional de História do Ambiente e Educação Ambiental, 2013, Florianópolis SC. 3º Workshop Internacional de História do Ambiente: HISTÓRIA DO AMBIENTE EDUCAÇÃO, 2013. p. 53-67.

5.
MACHADO, C. R. S ; CHAIGAR, V.A.M. ; AGUIRRE, K. K. D. ; RODRIGUES, E. S. . EDUCAÇÃO AMBIENTAL E HISTÓRIA AMBIENTAL: REFLETINDO SOBRE AÇÕES E RELAÇÕES. In: 3º Workshop Internacional de História do Ambiente e Educação Ambiental, 2013, Florianópolis Santa Catarina. Anais do 3º Workshop Internacional de História do Ambiente e Educação Ambiental. Florianópolis: Núcleo de Estudos Ambientais, 2013. p. 119-132.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
RODRIGUES, E. S.; MACHADO, C. R. S . AS RAÍZES HISTÓRICAS DA DESIGUALDADE SOCIOAMBIENTAL NO EXTREMO SUL DO BRASIL: PROCURANDO ENTENDER COMO SÃO TRATADAS ESTAS QUESTÕES EM ALGUNS ESPAÇOS DE ENSINO.. In: III SEMINÁRIO INTERFACES PEDAGÓGICAS: LICENCIATURAS EM DIÁLOGO: Protagonismos, Culturas e Incompletudes., 2015, Rio Grande. III INTERFACES PEDAGÓGICAS LICENCIATURAS EM DIÁLOGO Protagonismos, Culturas e Incompletudes. Rio Grande: Pluscom Editora, 2015. p. 283-288.

2.
RODRIGUES, E. S.; MACHADO, C. R. S . As raízes históricas da desigualdade ambiental no Extremo Sul do Brasil. In: III JORNADA GAÚCHA DE HISTÓRIA AMBIENTAL, 2015, Rio Grande. ANAIS DA III JORNADA GAÚCHA DE HISTÓRIA AMBIENTAL, 2015. p. 41-45.

3.
AGUIRRE, K. K. D. ; RODRIGUES, E. S. . A ESCOLA PARTIDA AO MEIO: CONFLITO NA ÁREA RURAL DE RIO GRANDE. In: II Seminário Regional de Educação no Campo Projetos Polítocos-Pedagógico de Escolas do Campo no RS, 2013, Jaguarão RS. II SIFEDOC, 2013.

4.
RODRIGUES, E. S.; AGUIRRE, K. K. D. . O PIBID DE HISTÓRIA CONTRIBUINDO PARA A CIDADANIA. In: II Seminário Regional de Educação no Campo Projetos Polítocos-Pedagógico de Escolas do Campo no RS, 2013, Jaguarão RS. II SIFEDOC, 2013.

5.
RODRIGUES, E. S.; AGUIRRE, K. K. D. ; SANTOS, F. S. ; MACHADO, C. R. S. . A ESCOLA PÚBLICA PARTIDA AO MEIO: O DESCASO DOS ÓRGÃOS PÚBLICOS COM A ESCOLA ALFREDO FERREIRA RODRIGUES.. In: 12ª Mostra de Produção Universitária, 2013, Rio Grande. Anais da MPU. Rio Grande: Editora da FURG, 2013. v. 12.

6.
AGUIRRE, K. K. D. ; RODRIGUES, E. S. ; SANTOS, F. S. ; MACHADO, C. R. S . OS DISCURSOS GOVERNAMENTAIS E A REALIDADE ENCONTRADA NAS ESCOLAS PÚBLICAS: O CONTRASTE ENTRE A ESCOLA MUNICIPAL WANDA ROCHA E A ESCOLA ESTADUAL ALFREDO FERREIRA RODRIGUES. In: 12ª Mostra de Produção Universitária, 2013, Rio Grande. Anais da MPU. Rio Grande: Editora da FURG, 2013. v. 12.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
AGUIRRE, K. K. D. ; RODRIGUES, E. S. ; MACHADO, C. R. S . DOUTRINANDO AS CRIANÇAS NA ACEITAÇÃO DA INJUSTIÇA AMBIENTAL: O QUE DIZEM OS LIVROS DIDÁTICOS PARA AS CRIANÇAS DE 9-11 ANOS SOBRE RIO GRANDE DO SÉCULO XVIII. In: IV SEMINÁRIO DE JUSTIÇA AMBIENTAL, IGUALDADE RACIAL E EDUCAÇÃO, 2015, Rio Grande. CADERNO DE RESUMOS. Duque de Caxias: UNIGRANRIO, 2015. p. 63-63.

2.
RODRIGUES, E. S.; AGUIRRE, K. K. D. ; MACHADO, C. R. S . AS RAÍZES HISTÓRICAS DA DESIGUALDADE AMBIENTAL NO EXTREMO SUL DO BRASIL E LESTE DO URUGUAI: O CASO DO CONFLITO ENTRE PORTUGUESES E ESPANHÓIS DA OCUPAÇÃO DA CIDADE DO RIO GRANDE (1763-1776). In: IV SEMINÁRIO DE JUSTIÇA AMBIENTAL, IGUALDADE RACIAL E EDUCAÇÃO, 2015, Rio Grande. CADERNO DE RESUMOS. Duque de Caxias: UNIGRANRIO, 2014. p. 65-65.

3.
OLIVEIRA, C. ; AGUIRRE, K. K. D. ; RODRIGUES, E. S. . NO MEIO DO CAMINHO HAVIA UMA ESCOLA: A INJUSTIÇA SOCIOAMBIENTAL NO CASO DA BR-392. In: IV SEMINÁRIO DE JUSTIÇA AMBIENTAL, IGUALDADE RACIAL E EDUCAÇÃO, 2015, Rio Grande. CADERNO DE RESUMOS. Duque de Caxias: UNIGRANRIO, 2014. p. 79-79.

4.
AGUIRRE, K. K. D. ; RODRIGUES, E. S. ; MACHADO, C. R. S . OS DISCURSOS INSTITUCIONAIS DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL E AS PRÁTICAS DE TRANSFORMAÇÃO DA NATUREZA. In: II JORNADA Gaúcha de HISTÓRIA AMBIENTAL, 2013, Rio Grande. II JORNADA Gaúcha de HISTÓRIA AMBIENTAL, 2013.

5.
MACHADO, C. R. S. ; SILVA, M. F. S. ; RODRIGUES, E. S. . AGRICULTURA URBANA E PERIURBANA E EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA: CONTRADIÇÕES E LIMITES NO COMBATE À FOME E À MISÉRIA. In: 11ª Mostra de Produção Universitária, 2012, Rio Grande. Edição atual - Anais da MPU.. Rio Grande: Editora da FURG, 2012. v. 11.

Apresentações de Trabalho
1.
RODRIGUES, E. S.; MACHADO, C. R. S . RIO GRANDE: DESIGUALDE E (IN)JUSTIÇA AMBIENTAL EVIDENCIADAS ATRAVÉS DO OBSERVATÓRIO DOS CONFLITOS. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
RODRIGUES, E. S.. RIO GRANDE: PARTINDO DA OCUPAÇÃO PARA BUSCAR ENTENDER A REALIDADE ATUAL.. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
AGUIRRE, K. K. D. ; PAIXAO, C. F. ; RODRIGUES, E. S. . Representações sociais e ensino de história: contribuições para uma educação etnicorracial. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
MACHADO, C. R. S ; RODRIGUES, E. S. ; AGUIRRE, K. K. D. . As raízes históricas da desigualdade socioambiental no extremo sul do Brasil: um olhar sobre o surgimento da cidade de Rio Grande (1737). 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
RODRIGUES, E. S.; MACHADO, C. R. S . AS RAÍZES HISTÓRICAS DA DESIGUALDADE SOCIOAMBIENTAL NO EXTREMO SUL DO BRASIL: PROCURANDO ENTENDER COMO SÃO TRATADAS ESTAS QUESTÕES EM ALGUNS ESPAÇOS DE ENSINO.. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
MACHADO, C. R. S. ; RODRIGUES, E. S. . RIO GRANDE: PARTINDO DA OCUPAÇÃO PARA ENTENDER A DESIGUALDADE SOCIOAMBIENTAL. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
RODRIGUES, E. S.; MACHADO, C. R. S . As raízes históricas da desigualdade ambiental no extremo sul do Brasil. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
RODRIGUES, E. S.; AGUIRRE, K. K. D. ; OLIVEIRA, C. . No meio do caminho havia uma escola: A injustiça socioambiental no caso da BR-394. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
RODRIGUES, E. S.; AGUIRRE, K. K. D. ; MACHADO, C. R. S . As raízes históricas da desigualdade ambiental no extremo sul do Brasil e Leste do Uruguai: o caso do conflito entre portugueses e espanhóis da ocupação da cidade do Rio Grande (1763-1776). 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
AGUIRRE, K. K. D. ; RODRIGUES, E. S. ; MACHADO, C. R. S . Doutrinando as crianças na aceitação da injustiça ambiental: o que dizem os livros didáticos para as crianças de 9-11 anos sobre Rio Grande do século XVIII. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
SANTOS, F. S. ; SOARES, L. P. S. ; AVILA, L. S. ; RODRIGUES, E. S. . Uso de Documentos em Sala de Aula: Aproximando o Aluno das Realidades Passadas. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
AGUIRRE, K. K. D. ; RODRIGUES, E. S. ; MACHADO, C. R. S . 'Contradição nos discursos de educação ambiental: uma escola partida ao meio?. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
MACHADO, C. R. S ; CHAIGAR, V.A.M. ; AGUIRRE, K. K. D. ; RODRIGUES, E. S. . Ensino de História, Leituras da cidade e memória: narrativas que revelam a comunidade. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
AGUIRRE, K. K. D. ; RODRIGUES, E. S. ; SILVA, B. S. . O Ensino de História e a Palavra dita pelo Povo. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

15.
AGUIRRE, K. K. D. ; RODRIGUES, E. S. ; MACHADO, C. R. S . 'Os discursos institucionais de Educação Ambiental e as práticas de transformação da natureza'. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

16.
RODRIGUES, E. S.; AGUIRRE, K. K. D. ; SANTOS, F. S. . A ESCOLA PÚBLICA PARTIDA AO MEIO: O DESCASO DOS ÓRGÃOS PÚBLICOS COM A ESCOLA ALFREDO FERREIRA RODRIGUES. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

17.
RODRIGUES, E. S.; SILVA, M. F. S. ; MACHADO, C. R. S . AGRICULTURA URBANA E PERIURBANA E EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA: CONTRADIÇÕES E LIMITES NO COMBATE À FOME E À MISÉRIA. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).


Demais tipos de produção técnica
1.
RODRIGUES, E. S.. III SEMINÁRIO INTERFACES PEDAGÓGICAS O que estamos aprendendo?. 2015. (Mesa).

2.
RODRIGUES, E. S.. Cirandas de Diálogo. 2015. (Cirandas: Incompletudes).

3.
RODRIGUES, E. S.. Sarau Cinematográfico. 2015. (Mesa).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Ciclo de Debates sobre Teoria do Estado. 2017. (Encontro).

2.
IV SEMANA ACADÊMICA DO DIREITO ? O DIREITO E O MUNDO DO TRABALHO: ASPECTOS POLÍTICOS, ECONÔMICOS E SOCIAIS DESSA RELAÇÃO. 2016. (Encontro).

3.
Seminário Ambientalização Curricular Potencialidades e Desafios. 2016. (Seminário).

4.
III JORNADA GAÚCHA DE HISTÓRIA AMBIENTAL. 2015. (Outra).

5.
III SEMINÁRIO INTERFACES PEDAGÓGICAS: LICENCIATURAS EM DIÁLOGO: Protagonismos, Culturas e Incompletudes.. 2015. (Seminário).

6.
III WORKSHOP SOBRE SUSTENTABILIDADE NA UNIVERSIDADE: AVANÇOS E DESAFIOS NA GESTÃO AMBIENTAL DA FURG. 2015. (Encontro).

7.
I SEMINÁRIO DE POLÍTICAS PÚBLICAS E JUSTIÇA SOCIAL (SePP-JuS): "Trabalho e Globalização no séc. XXI: desafios da organização coletiva para manutenção dos direitos sociais",. 2015. (Seminário).

8.
VII Encontro e Diálogos com a Educação Ambiental. 2015. (Encontro).

9.
13ª MOSTRA DA PRODUÇÃO UNIVERSITÁRIA. 2014. (Congresso).

10.
Ciclo de Estudos - 50 anos do Golpe de 64 Impactos, (des) caminhos, Processos. 2014. (Seminário).

11.
II SEMINÁRIO INTERFACES PEDAGÓGICAS: LICENCIATURAS EM DIÁLOGO: Memórias, tecnologias e ludicidade: ressignificando tempos, espaços e infâncias. 2014. (Seminário).

12.
Seminário Internacional Para pensar a pesquisa histórica: o sesquicentenário da Guerra do Paraguai e os 125 anos da República. 2014. (Seminário).

13.
VI Encontro e Diálogos com a Educação Ambiental - VI EDEA. 2014. (Encontro).

14.
"3º WORKSHOP INTERNACIONAL DE HISTÓRIA DO AMBIENTE - História do Ambiente e Educação Ambiental". 2013. (Congresso).

15.
12ª MOSTRA DA PRODUÇÃO UNIVERSITÁRIA. 2013. (Congresso).

16.
II Jornada Gaúcha de História Ambiental. 2013. (Outra).

17.
XII Encontro sobre Investigação na Escola. 2013. (Encontro).

18.
XIX JORNADA DE ENSINO DE HISTÓRIA E EDUCAÇÃO: FORMAÇÃO DE PROFESSORES III SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE EDUCAÇÃO HISTÓRICA. 2013. (Seminário).

19.
I Fórum Nacional de Educação Superior Indígena. 2012. (Outra).

20.
I Seminário Internacional e I Fórum de Educação do Campo da Região Sul do RS: Campo e Cidade em busca de Caminhos Comuns. 2012. (Seminário).

21.
1º ENCONTRO SOBRE VIOLÊNCIA NA ESCOLA: UM DESAFIO A SER ENFRENTADO. 2011. (Encontro).

22.
9ª Semana Nacional de Museus. 2011. (Outra).

23.
II Seminário de História Política: olhares além das práticas. 2011. (Seminário).

24.
I Seminário de História e Patrimônio: diálogos e perspectivas. 2011. (Seminário).

25.
X MOSTRA DA PRODUÇÃO UNIVERSITÁRIA. 2011. (Feira).

26.
XVII Jornada de Ensino de História e Educação. 2011. (Seminário).

27.
XV Semana Acadêmica de História- História do Ambiente: Olhares sobre o regional e I Jornada Gaúcha de História Ambiental. 2011. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
RODRIGUES, E. S.. III SEMINÁRIO INTERFACES PEDAGÓGICAS: LICENCIATURAS EM DIÁLOGO: Protagonismos, Culturas e Incompletudes.. 2015. (Congresso).

2.
RODRIGUES, E. S.. VII Encontro e Diálogos com a Educação Ambiental. 2015. (Congresso).

3.
RODRIGUES, E. S.. II SEMINÁRIO INTERFACES PEDAGÓGICAS: LICENCIATURAS EM DIÁLOGO: Memórias, tecnologias e ludicidade: ressignificando tempos, espaços e infâncias. 2014. (Outro).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 17/11/2018 às 9:38:21