Marina Andrioli

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/6669931179998654
  • Última atualização do currículo em 21/01/2019


Mestranda do programa de pós-graduação em História da Universidade Federal da Fronteira Sul. Graduada em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Paraná (2011), com especialização em Políticas e Gestão de Serviço Social (2015). Foi bolsista do Programa Especial de Treinamento (PET) da Universidade Federal do Paraná (2009-2011).É servidora técnica administrativa na Universidade Federal da Fronteira Sul. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Marina Andrioli
Nome em citações bibliográficas
ANDRIOLI, M.


Formação acadêmica/titulação


2018
Mestrado em andamento em História.
Universidade Federal da Fronteira Sul, UFFS, Brasil.
Título: A invenção do ?Celeiro Catarinense?: A região Oeste nos tempos do ?milagre econômico?,Orientador: Marlon Brandt.
Coorientador: Samira Peruchi Moretto.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia / Subárea: Economia Regional e Urbana / Especialidade: Economia Regional.
2008 - 2011
Graduação em Ciências Econômicas.
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
Título: Neoliberalismo no Brasil: um enfoque nos governos Lula.
Orientador: Igor Zanoni Carneiro Constant Leão.




Formação Complementar


2017 - 2017
Inglês. (Carga horária: 100h).
Stafford House International, SH, Estados Unidos.


Atuação Profissional



Universidade Federal da Fronteira Sul, UFFS, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Assistente em Administração, Carga horária: 40

Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Assistente Administrativo, Carga horária: 40


Instituto Federal Catarinense, IF-Catarinense, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2017
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Pesquisadora Institucional /Assistente em Adm, Carga horária: 40


Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2011
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador do Programa de Educação Tutorial, Carga horária: 20


Prefeitura Municipal de Curitiba, P/CURITIBA, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Agência Curitiba de Desenvolvimento, Carga horária: 30



Projetos de pesquisa


2018 - Atual
As transformações socioambientais no Oeste de Santa Catarina: desmatamento e preservação (1970 a 1990)
Descrição: O Estado de Santa Catarina passou por diversas transformações ambientais, em sua maioria, provocados pela antropização da paisagem. O desmatamento foi intensificado na primeira metade do século XX, após o processo de ocupação da região e em função das atividades madeireiras. A Mata de Araucária correspondia, no início do referido século, a 42,5% da vegetação do estado. Hoje, os remanescentes correspondem a 0,7% da mata original. Com o desmatamento houve uma redução do volume madeirável, e outras atividades econômicas, como agropecuária e monoculturas de árvores exóticas, se intensificaram. O objetivo desta fase do projeto será investigar o processo histórico da transformação ambiental no Oeste do Estado, nas décadas de 1970 e 1980, dando enfoque para as medidas de conservação e preservação dos remanescentes florestais. Na década de 1960 foi criado o Instituto Brasileiro de Desenvolvimento Florestal (IBDF) e promulgado o Código Florestal em 1965, que atuaram de forma intensa na região, analisados na primeira fase deste projeto. Tanto o IBDF, quando o Código de 1965, foram agentes das transformações na região. Somente com a promulgação da Constituição Federal de 1988 é que a Mata Atlântica passa a ser considerada patrimônio nacional, havendo, de certa maneira, maior controle nas ações sobre o meio ambiente. Para atingir os objetivos propostos utilizaremos como fontes: relatórios de governo, censos demográficos, os periódicos regionais e estaduais e a legislação federal. Visa-se, portanto, entender como o processo de ocupação influenciou o processo de transformação da paisagem, podendo auxiliar nas futuras medidas para conservação dos ecossistemas envolvidos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (3) .
Integrantes: Marina Andrioli - Integrante / Claiton Marcio da Silva - Integrante / MARLON BRANDT - Integrante / SAMIRA PERUCHI MORETTO - Coordenador / Michely Cristina Ribeiro - Integrante / / Adriano Vanderlei Michelotti Rodrigues - Integrante / ELIANE TAFFAREL - Integrante.


Projetos de extensão


2015 - 2016
Projeto de extensão Cinestória
Descrição: O objetivo principal do projeto é de exibir e debater obras cinematográficas que proporcionem reflexões sobre a história e a sociedade..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia / Subárea: Teoria Econômica/Especialidade: História Econômica.


Idiomas


Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
ANDRIOLI, M.; BRANDT, M. ; MORETTO, S. P. . A invenção do 'Celeiro Catarinense': A região Oeste nos tempos do 'milagre. In: 5º Simpósio Internacional de História Ambiental e Migrações, 2018, Florianópolis. Anais do 5º Simpósio Internacional de História Ambiental e Migrações, 2018.

2.
SILVA, C. M. ; ANDRIOLI, M. . Ciência, pensamento econômico e mudanças ambientais: David Rockefeller e a atuação do IRI Research Institute no Brasil (1950-1960). In: 3. Simpósio Internacional de História Ambiental e Migrações, 2014, Florianópolis. 3. Simpósio Internacional de História Ambiental e Migrações. Florianópolis: UFSC, 2014. p. 835-843.

Apresentações de Trabalho
1.
ANDRIOLI, M.. EXPERIÊNCIA DEMOCRÁTICO-ELEITORAL BRASILEIRA: CAUSAS DO INSUCESSO. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
ANDRIOLI, M.. EXPERIÊNCIA DEMOCRÁTICO-ELEITORAL BRASILEIRA: CAUSAS DO INSUCESSO. Curitiba: UFPR, 2010 (Resumo).


Demais tipos de produção técnica
1.
DALTO, F. A. S. ; WEGNER NETO, R. ; ANDRIOLI, M. . Primeiros ensaios econômicos. 2009. (Editoração/Periódico).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
3. Simpósio Internacional de História Ambiental e Migrações.A invenção do ?Celeiro Catarinense?: A região Oeste nos tempos do ?milagre econômico?. 2018. (Simpósio).

2.
III Seminário de Pesquisa do PPGH e VI Semana Acadêmica de Historia.A invenção do ?celeiro catarinense?: a região oeste nos tempos do milagre econômico. 2018. (Seminário).

3.
O agronegócio e o Brasil do golpe. 2018. (Encontro).

4.
Rachel Carson Center - Lunchtime Colloquium. 2018. (Simpósio).

5.
Palestra com Noam Chomsky. 2017. (Seminário).

6.
Rachel Carson Center - Lunchtime Colloquium. 2017. (Simpósio).

7.
Special Seminar - Massachusets Intitute of Technology (MIT). 2017. (Seminário).

8.
XII SULPET. 2010. (Congresso).

9.
Encontro Nacional dos Estudantes de Economia. 2009. (Congresso).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 22/01/2019 às 20:07:06