Ricardo Filipe Alves da Costa

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/7451999090372670
  • Última atualização do currículo em 11/12/2018


Possui graduação em Matemática - Ramo educacional pela Universidade Portucalense Infante D. Henrique (2005) e mestrado em Ciências da Saúde pelo Programa de Pós-Graduação da Fundação Pio XII - Hospital de Câncer de Barretos (2015), área de Epidemiologia Clínica e Molecular em Oncologia. Atualmente, é professor auxiliar na Faculdade de Ciências de Saúde Dr. Paulo Prata e aluno de doutorado do Programa de Pós-Graduação da Fundação Pio XII. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Ricardo Filipe Alves da Costa
Nome em citações bibliográficas
COSTA, R. F. A.;COSTA, RICARDO FILIPE ALVES;COSTA, RICARDO FA;COSTA, RICARDO FILIPE ALVES DA;COSTA, RICARDO F. A.


Formação acadêmica/titulação


2016
Doutorado em andamento em ONCOLOGIA.
Fundação Pio XII, FPXII, Brasil.
Título: Tendência dos indicadores do programa de rastreamento do câncer do colo do útero do Brasil segundo o índice de desenvolvimento humano,
Orientador: José Humberto Tavares Guerreiro Fregnani.
Coorientador: Fabiana de Lima Vazquez.
2013 - 2015
Mestrado em ONCOLOGIA.
Fundação Pio XII, FPXII, Brasil.
Título: Análise histórica dos indicadores do programa de rastreamento do câncer do colo do útero no período de 2006 a 2013,Ano de Obtenção: 2015.
Orientador: José Humberto Tavares Guerreiro Fregnani.
1999 - 2005
Graduação em Matemática - Ramo educacional.
Universidade Portucalense Infante D. Henrique, U.PORTUCALENSE, Portugal.




Formação Complementar


2017 - 2017
Extensão universitária em Análise de séries temporais em estudos epidemiológicos. (Carga horária: 20h).
Faculdade de Saúde Pública da USP, USP, Brasil.
2017 - 2017
Estimativas e projeções de populações: Metodologias e aplicações. (Carga horária: 20h).
Faculdade de Saúde Pública da USP, USP, Brasil.
2016 - 2016
Metodologias Ativas de Ensino-Aprendizagem. (Carga horária: 70h).
Faculdade de Ciências da Saúde de Barretos Dr. Paulo Prata, FACISB, Brasil.
2015 - 2015
Análise de sobrevivência I. (Carga horária: 15h).
Hospital de Câncer de Barretos, HCB, Brasil.
2011 - 2011
Aplicações e Modelação Matemática com Geogebra. (Carga horária: 25h).
Centro de Formação da Sociedade Portuguesa de Matemática, SPM, Portugal.
2009 - 2010
A matemática como ferramenta. (Carga horária: 52h).
CFAE Centro Oeste, CFAECO, Portugal.
2009 - 2009
Ensinar Matemática em quadros interativos. (Carga horária: 25h).
Centro de Formação da Sociedade Portuguesa de Matemática, SPM, Portugal.


Atuação Profissional



Faculdade de Ciências da Saúde de Barretos Dr. Paulo Prata, FACISB, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Auxiliar, Carga horária: 40

Vínculo institucional

2014 - 2015
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Estatístico, Carga horária: 40

Atividades

08/2016 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE BARRETOS DR. PAULO PRATA, Comissão Própria de Avaliação (CPA).

Cargo ou função
Presidente.
08/2015 - Atual
Ensino, Medicina, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Metodologia Científica e Bioestatística
09/2014 - Atual
Ensino, Metodologias Ativas de Ensino-Aprendizagem, Nível: Aperfeiçoamento

Disciplinas ministradas
Docimologia
08/2014 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE BARRETOS DR. PAULO PRATA, Unidade de Educação Médica (UEM).

Cargo ou função
Membro.
08/2014 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE BARRETOS DR. PAULO PRATA, Unidade de Educação Médica (UEM).

Cargo ou função
Membro.

Fundação Pio XII, FPXII, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: estagiário, Enquadramento Funcional: estagiário em bioinformática

Atividades

03/2012 - 06/2012
Estágios , Hospital de Câncer de Barretos, .

Estágio realizado
Bioinformata.

Agrupamento de Escolas da Pontinha, AEP, Portugal.
Vínculo institucional

2011 - 2012
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: professor, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

09/2011 - 08/2012
Ensino,

Disciplinas ministradas
matemática, Segurança Higiene no Trabalho, Ciências Fisicas e Naturais

Agrupamento de Escolas do Cadaval, AEC, Portugal.
Vínculo institucional

2009 - 2011
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: professor

Atividades

09/2009 - 08/2011
Ensino,

Disciplinas ministradas
matemática, estudo acompanhado

Escola Secundária José Afonso, Loures, ESJA, Portugal.
Vínculo institucional

2008 - 2009
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: professor, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

09/2008 - 08/2009
Ensino,

Disciplinas ministradas
matemática

Escola Secundária com 3.º ciclo da Gafanha da Nazaré, Aveiro, ESGN, Portugal.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: professor

Atividades

01/2008 - 04/2008
Ensino,

Disciplinas ministradas
matemática

Escola Secundária Dr. Manuel Candeias Gonçalves, Odemira, ESO, Portugal.
Vínculo institucional

2007 - 2007
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: professor, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

11/2007 - 12/2007
Ensino,

Disciplinas ministradas
matemática, macs, formador na área de matemática para a vida

Escola EB 2,3 de S. Julião da Barra, Oeiras, E SJB, Portugal.
Vínculo institucional

2006 - 2007
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: professor, Carga horária: 36, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

09/2008 - 08/2009
Ensino,

Disciplinas ministradas
matemática

Escola Secundária Rodrigues de Freitas, Porto, ESRF, Portugal.
Vínculo institucional

2004 - 2005
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: professor, Carga horária: 36, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Estágio pedagógico incorporado na licenciatura de Matemática - Ramo educacional

Atividades

09/2004 - 07/2005
Ensino,

Disciplinas ministradas
matemática


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Tendência dos indicadores do programa de rastreamento do câncer do colo do útero do Brasil segundo o índice de desenvolvimento humano no período de 2006 a 2015.
Descrição: JUSTIFICATIVA: O melhoramento do programa de rastreamento do câncer do colo do útero é um dos objetivos do Governo Brasileiro, sendo a diferença do desenvolvimento humano nas regiões brasileiras uma das grandes dificuldades no planejamento de ações do programa. Assim, faz-se necessário verificar a influencia do Índice de Desenvolvimento Humano na qualidade do programa de rastreamento do câncer do colo do útero de forma a nortear e/ou corrigir ações. OBJETIVO: Analisar a tendência dos indicadores do programa de rastreamento do câncer do colo do útero do Brasil de acordo com os níveis de desenvolvimento humano e vulnerabilidade social no período de 2006 a 2015. MATERIAIS E MÉTODOS: Este é um estudo ecológico de série temporal dos indicadores do programa de rastreamento do câncer do colo do útero de acordo com diferentes níveis de desenvolvimento humano e vulnerabilidade social, no período de 2006 a 2015, em mulheres na faixa etária dos 25-64 anos. Estes indicadores serão determinados a partir da informação referente ao laudo citopatológico, contida na base de dados do Sistema de Informações do Câncer do Colo do Útero (SISCOLO) e divididos em categorias de desenvolvimento humano, tendo por base o Índice de Desenvolvimento Humano por Munícipio de 2010. A variação percentual anual será calculada para cada um dos indicadores, recorrendo ao Joinpoint Regression Program, versão 4.2.0.2..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Ricardo Filipe Alves da Costa - Integrante / LONGATTO-FILHO, ADHEMAR - Integrante / PINHEIRO, CÉLINE - Integrante / ZEFERINO, LUIZ CARLOS - Integrante / FREGNANI, JOSÉ HUMBERTO - Coordenador / DE LIMA VAZQUEZ, FABIANA - Integrante.
2017 - Atual
Número de ensaios clínicos no Brasil e no Mundo: análise de série temporal a partir de uma base de dados internacional de registro de ensaios clínicos (ClinicalTrial.gov).
Descrição: JUSTIFICATIVA: O contexto mundial de internacionalização e expatriação dos ensaios clínicos, direcionou-os dos países desenvolvidos aos países em desenvolvimento. No Brasil, está havendo um embate entre os interesses das indústrias financiadoras e o sistema CEP-CONEP sobre a flexibilização das normas que regem os ensaios clínicos, a fim de alavancar a produção científica clínica. Neste panorama, faz-se necessário obter dados adicionais na literatura sobre a evolução e tendência do número de ensaios clínicos no país para que seja esclarecido se mudanças na normatização do sistema de validação realmente serão determinantes para tornar crescente o desenvolvimento de ensaios clínicos. OBJETIVO: Analisar a tendência do número de ensaios clínicos, por fases, no Brasil e no Mundo. MATERIAIS E MÉTODOS: É um estudo de séries temporais do número de ensaios clínicos por fases realizados no Brasil e no Mundo no período de 2000 a 2016 que utiliza dados secundários de acesso público. As informações do estudo referentes ao número de ensaios clínicos, segundo as diferentes fases, serão utilizadas para calcular a variação percentual anual para cada uma das fases, recorrendo ao Joinpoint Regression Program, versão 4.5.0.0..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Ricardo Filipe Alves da Costa - Integrante / FREGNANI, JOSÉ HUMBERTO TAVARES GUERREIRO - Coordenador / Pedro Coltro Estella - Integrante.
2016 - Atual
Expressão de transportadores de monocarboxilatos em pacientes submetidas à quimioterapia neoadjuvante para tratamento de câncer de mama e sua correlação com a resposta terapêutica

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Céline Marques Pinheiro em 15/09/2018.
Descrição: Com a alta incidência na população e a necessidade constante de busca por tratamentos mais eficazes, o câncer de mama é um objeto de grande interesse científico. Neste contexto, a avaliação de marcadores de resposta à quimioterapia neoadjuvante (QTN) poderá beneficiar o atual conhecimento dos tumores de mama, identificando novos fatores prognósticos e gerando conhecimento para o desenvolvimento de novas abordagens terapêuticas de acordo com as características tumorais. Assim, deseja-se avaliar a expressão de proteínas relacionadas ao metabolismo glicolítico, com ênfase nos transportadores de monocarboxilatos (MCTs) e sua relação com resposta a QTN em câncer de mama. Para isso, serão realizadas reações de imuno-histoquímicas para determinação da expressão da expressão das proteínas MCT1, MCT4, CD147, GLUT1 e CAIX em cortes parafinados de blocos de plataforma de Tissue Microarray (TMA), que contêm amostras tumorais de 328 pacientes submetidas a QTN entre 2005 e 2011. As reações imuno-histoquímicas serão associadas com os dados clínico-patológicos, incluindo resposta patológica completa, e com parâmetros de seguimento, tais como sobrevida livre de eventos e sobrevida global. Os dados obtidos serão submetidos a análise estatística através do uso do software IBM-SPSS (versão 21.0). Os resultados obtidos deverão demonstrar a relação entre a expressão das proteínas relacionadas ao metabolismo e a resposta terapêutica das pacientes submetidas a QTN, identificando quais destes marcadores apresentam-se como fator prognóstico. Espera-se que as conclusões alcançadas neste trabalho possibilitem uma melhor caracterização tumoral quanto à determinação da resposta terapêutica a QTN..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Ricardo Filipe Alves da Costa - Integrante / PINHEIRO, CÉLINE - Coordenador / Murilo Bonatelli - Integrante / Wilson Eduardo F.M Alves - Integrante / Rozany Mucha Dufloth - Integrante / Ligia Maria Kerr - Integrante / René Aloisio da Costa Vieira - Integrante.
2015 - Atual
Significado e Reprodutibilidade das alterações citológicas cérvico-vaginais após tratamento com radioterapia pélvica para câncer de colo uterino

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Ricardo dos Reis em 16/09/2018.
Descrição: Avaliar a reprodutibilidade intraobservador e interobservador da citopatologia cervical de acordo com o conhecimento prévio de se os pacientes receberam tratamento radioterápico (RT) ou não. Serão analisadas 95 lâminas citológicas do colo do útero; 24 com anormalidades citológicas (AC) e presença de RT; 21 sem CA e presença de RT; 25 sem CA e sem RT anterior; 25 com CA e sem RT anterior. Duas avaliações citopatológicas (CP) das lâminas serão realizadas. Para a primeira reavaliação CP, o citotecnólogo será cegado para a informação da RT anterior. Para a segunda reavaliação da PC, o citotecnologista será informado sobre RT anterior. Os resultados serão analisados por meio da concordância inter e intraobservador, utilizando-se o kappa não ponderado e ponderado..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Ricardo Filipe Alves da Costa - Integrante / Ricardo dos Reis - Coordenador / Fernanda Lucena - Integrante / Carlos Andrade - Integrante.
2015 - Atual
Avaliação do microambiente de tumores de sítio primário desconhecido.
Descrição: Introdução: O câncer de sítio primário oculto é um grupo heterogêneo de canceres para os quais a origem permanece desconhecida, apesar de detalhada investigação. A sua apresentação clínica ocorre por sintomas decorrentes da metástase, que pode ser influenciada não somente por processos biológicos do tumor, mas também decorrente de processos regulatórios do microambiente tumoral. ADAMTS-1, uma metaloproteinase envolvida em vários processos fisiológicos, atua no microambiente tumoral como regulador negativo da angiogênese, importante processo na tumorigênese e desenvolvimento de metástase. Outro fenômeno associado ao microambiente tumoral, a reprogramação metabólica tumoral, também se mostra importante na tumorigênese e o perfil de expressão de moléculas envolvidas neste processo, tem sido associadas a diferentes histologias do câncer de sítio primário oculto. Objetivos: Avaliar a expressão de moléculas associadas ao microambiente de tumores primários desconhecido e suas possíveis associações com características clínicopatológicas e desfechos clínicos em pacientes com este tipo de tumor. Metodologia: Um tissue microarray será confeccionado e a imunohistoquímica será utilizada para avaliar a expressão de moléculas associadas ao metabolismo tumoral e de ADAMTS-1. Desfechos clínicos como sobrevida livre de eventos e sobrevida global serão analisados utilizando as curvas de Kaplan Meier e comparações pelo log rank..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - 2015
Análise histórica de indicadores do programa de rastreamento de câncer do colo do útero no período de 2006 a 2013.
Descrição: Descrição: O câncer do colo do útero é um problema de saúde pública na população brasileira, sendo a diminuição da incidência e mortalidade provocada pelo mesmo uma das prioridades do Ministério de Saúde. Para atingir esse objetivo é necessário um programa organizado que envolva prevenção, rastreamento, através da realização do exame citopatológico e uma estrutura que seja capaz de oferecer serviços de diagnóstico, acompanhamento e tratamento. A base de dados do Sistema de Informações do Câncer do Colo do Útero (SISCOLO) é uma ferramenta importante para o monitoramento e gerenciamento desse programa. O objetivo do estudo é fazer uma análise histórica dos indicadores do programa de rastreamento do câncer do colo do útero, para o Brasil e regiões, no período de 2006 a 2013. Esses indicadores serão determinados a partir da informação referente ao laudo citopatológico, contida na base de dados do Sistema de Informações do Câncer do Colo do Útero (SISCOLO). Além disso, a variação percentual anual de cada um dos indicadores será calculada recorrendo ao software Joinpoint Regression Program versão 4.0.4...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Epidemiologia.
2.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Probabilidade e Estatística / Subárea: Estatística.


Idiomas


Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Web of Science
Total de trabalhos:7
Total de citações:28
Fator H:3
Costa, Ricardo FA  Data: 11/12/2018

Artigos completos publicados em periódicos

1.
LUCENA, FERNANDA A.2018LUCENA, FERNANDA A. ; COSTA, RICARDO F. A. ; STEIN, MAIRA D. ; ANDRADE, CARLOS E. M. C. ; CINTRA, GEÓRGIA F. ; VIEIRA, MARCELO A. ; DUFLOTH, ROZANY M. ; FREGNANI, JOSÉ HUMBERTO T. G. ; DOS REIS, RICARDO . Pelvic radiotherapy for cervical cancer affects importantly the reproducibility of cytological alterations evaluation. BMC CLINICAL PATHOLOGY (ONLINE), v. 18, p. 11, 2018.

2.
COSTA, RICARDO FILIPE ALVES2018 COSTA, RICARDO FILIPE ALVES; LONGATTO-FILHO, ADHEMAR ; DE LIMA VAZQUEZ, FABIANA ; PINHEIRO, CÉLINE ; ZEFERINO, LUIZ CARLOS ; FREGNANI, JOSÉ HUMBERTO TAVARES GUERREIRO . Trend analysis of the quality indicators for the Brazilian cervical cancer screening programme by region and state from 2006 to 2013. BMC CANCER, v. 18, p. 126, 2018.

3.
PINHEIRO, CÉLINE2017PINHEIRO, CÉLINE ; GRANJA, SARA ; LONGATTO-FILHO, ADHEMAR ; FARIA, ANDRÉ M. ; FRAGOSO, MARIA C. B. V. ; LOVISOLO, SILVANA M. ; BONATELLI, MURILO ; COSTA, RICARDO F. A. ; LERÁRIO, ANTONIO M. ; ALMEIDA, MADSON Q. ; BALTAZAR, FÁTIMA ; ZERBINI, MARIA C. N. . GLUT1 expression in pediatric adrenocortical tumors: a promising candidate to predict clinical behavior. Oncotarget, v. 1, p. 1, 2017.

4.
PINHEIRO, CÉLINE2016PINHEIRO, CÉLINE ; MIRANDA-GONÇALVES, VERA ; LONGATTO-FILHO, ADHEMAR ; VICENTE, ANNA LSA ; BERARDINELLI, GUSTAVO N ; SCAPULATEMPO, CRISTOVAM ; COSTA, RICARDO FA ; VIANA, CRISTIANO R ; REIS, RUI M ; BALTAZAR, FÁTIMA ; VAZQUEZ, VINICIUS L . The metabolic microenvironment of melanomas: prognostic value of MCT1 and MCT4. Cell Cycle (Georgetown, Tex.), v. 1, p. 00-00, 2016.

5.
CHAGAS, MARCOS HORTES N.2016CHAGAS, MARCOS HORTES N. ; BARROS, HENRIQUE TADDEI T. ; COSTA, RICARDO FILIPE ALVES DA . The choice of psychiatry as a specialty: why do we need to pay attention?. Archives of Clinical Psychiatry (São Paulo), v. 43, p. 18-19, 2016.

6.
MARTINS, SANDRA FERNANDES2016MARTINS, SANDRA FERNANDES ; AMORIM, RICARDO ; VIANA-PEREIRA, MARTA ; PINHEIRO, CÉLINE ; COSTA, RICARDO FILIPE ALVES ; SILVA, PATRÍCIA ; COUTO, CARLA ; ALVES, SARA ; FERNANDES, SARA ; VILAÇA, SÓNIA ; FALCÃO, JOAQUIM ; MARQUES, HERLANDER ; PARDAL, FERNANDO ; RODRIGUES, MESQUITA ; PRETO, ANA ; REIS, RUI MANUEL ; LONGATTO-FILHO, ADHEMAR ; BALTAZAR, FÁTIMA . Significance of glycolytic metabolism-related protein expression in colorectal cancer, lymph node and hepatic metastasis. BMC Cancer (Online), v. 16, p. 535, 2016.

7.
COSTA, RICARDO FILIPE ALVES2015COSTA, RICARDO FILIPE ALVES; LONGATTO-FILHO, ADHEMAR ; PINHEIRO, CÉLINE ; ZEFERINO, LUIZ CARLOS ; FREGNANI, JOSÉ HUMBERTO . Historical Analysis of the Brazilian Cervical Cancer Screening Program from 2006 to 2013: A Time for Reflection. Plos One, v. 10, p. e0138945, 2015.

Apresentações de Trabalho
1.
COSTA, RICARDO F. A.; LONGATTO-FILHO, A. ; DE LIMA VAZQUEZ, FABIANA ; PINHEIRO, CÉLINE ; ZEFERINO, LUIZ CARLOS ; FREGNANI, JOSÉ HUMBERTO TAVARES GUERREIRO . Trend analysis of the quality indicadores for the Brazilian cervical cancer screening programme. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
RIVAS, N. P. ; BIDINOTTO, L. T. ; COSTA, R. F. A. ; PINHEIRO, CÉLINE ; Flavio Cárcano . A construção do Projeto Pedagógico do Curso de Medicina: desafios para a formação. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
SANTOS, R. A. ; REZENDE, F. V. ; PAES, B. ; VALVERDE, F. M. S. ; COSTA, RICARDO FILIPE ALVES DA ; NASSAR JR., A. P. ; AMENDOLA, C. P. . Decision-making capacity in the elderly cancer patients: importance of cognitive evaluation and respect for autonomy. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
COSTA, RICARDO FILIPE ALVES; ZEFERINO, LUIZ CARLOS ; PINHEIRO, CÉLINE ; LONGATTO-FILHO, ADHEMAR ; FREGNANI, JOSÉ HUMBERTO . Historical Analysis of the Brazilian Cervical Cancer Screening Program from 2006 to 2013: A Time for Reflection. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
Camila Alves Costa ; Carolina Chini ; Iasmin Sabbab ; Kamilla Marangoni ; Lais barbosa ; COSTA, R. F. A. ; João Luiz Brisotti . Repercussão Endoscópica da Contamimação por Helicobacter Pylori na região de Barretos-SP. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
Walker Felix ; PINHEIRO, CÉLINE ; Ana Biondi ; Hudson Taveira ; COSTA, R. F. A. . What do we Know about realistic simulation? A survey in the academic community. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
COSTA, R. F. A.; Flavio Cárcano ; PINHEIRO, CÉLINE . Melhorando a qualidade das avaliações cognitivas: Experiência de uma faculdade do interior de São Paulo. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

8.
COSTA, R. F. A.; Beatriz Brighenti ; Isabella Domingos ; Thais Sousa ; Thays Sanches ; Nathalia Maia . Reflexão da prática: Importância do Matriciamento na Atenção Primária à Saúde. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

9.
RIVAS, N. P. ; PINHEIRO, CÉLINE ; COSTA, R. F. A. ; Teobaldo Rivas ; Flavio Cárcano ; Sérgio Serrano . O currículo do Curso de Medicina da Faculdade de Ciências da Saúde de Barretos Dr. Paulo Prata (FACISB): potencialidade e limites. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
GARCIA, E. A. ; PEGO, J. M. G. M. ; COSTA, R. F. A. ; COSTA, M. J. ; VOLPE, F. A. P. . Students perception on observational skills training in medical education: the role of fine art paintings.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

11.
BIDINOTTO, L. T. ; COSTA, R. F. A. ; LONGATTO-FILHO, A. ; VOLPE, F. A. P. ; MORAES, F. R. ; GARCIA, E. A. . Medical Histology 2.0: How new technology changes student habits in the learning of old-fashioned science. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

12.
BASTOS, H. N. ; COSTA, M. J. ; COSTA, R. F. A. ; VOLPE, F. A. P. ; GARCIA, E. A. . Team-Based Learning no ensino da Pneumologia - um estudo piloto da aceitabilidade e desempenho dos alunos. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
COSTA, R. F. A.; MORAES, F. R. ; DELANO, C. ; DURIGAN, L. ; MARTINS, S. ; ALVES, P. . Relatório Final de Autoavaliação Institucional FACISB. 2017.

2.
COSTA, R. F. A.; MORAES, F. ; DURIGAN, L. ; DELANO, C. ; ALVES, P. ; MARTINS, S. . Relatório Parcial de Autoavaliação Institucional FACISB. 2016.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
GAP - 2016 Challenging Cancer. Historical Analysis of the Brazilian Cervical Cancer Screening Program from 2006 to 2013: A Time for Reflection. 2016. (Congresso).

2.
Simpósio Internacional sobre Avaliação de Desempenho dos Egressos de Medicina. 2016. (Simpósio).



Outras informações relevantes


Aptidões e competências informáticas:

- Microsoft Excel;
- Microsoft Word;
- Microsoft Powerpoint;
- SPSS;
- Software R;
- Plataforma Moodle;
- Geogebra;
- Cabri;
- Geometer´s Skectchpad



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 16/01/2019 às 9:05:54