Jefferson da Silva Fernandes de Azevedo

Bolsista de Iniciação Tecnológica do CNPq

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/9251650359161676
  • Última atualização do currículo em 04/08/2017


Possui ensino-medio-segundo-graupela Liceu Municipal Preferito Cordolino Ambrosio(2014). Atualmente é da Universidade Católica de Petrópolis. (Texto gerado automaticamente pela aplicação CVLattes)


Identificação


Nome
Jefferson da Silva Fernandes de Azevedo
Nome em citações bibliográficas
AZEVEDO, J. S. F.


Formação acadêmica/titulação


2016
Graduação em andamento em Engenharia Mecatrônica.
Universidade Católica de Petrópolis, UCP, Brasil.
2011 - 2014
Ensino Médio (2º grau).
Liceu Municipal Preferito Cordolino Ambrosio, LMPCA, Brasil.




Atuação Profissional



Universidade Católica de Petrópolis, UCP, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:



Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Sistemas de Controle Fuzzy com Redes Neurais para Controle de Tráfego
Descrição: Por conta do rápido processo de urbanização e êxodo rural, poucas cidades do Brasil tiveram uma Engenharia de Trânsito. Pela falta deste planejamento, um fenômeno muito conhecido acontece ? o engarrafamento. Devido ao tipo de sistema econômico em que vivemos, pelo menos um integrante de uma família precisa trabalhar. E trabalhar significa se locomover. É quase impossível uma pessoa morar ao lado do trabalho e não precisar de um transporte para chegar ao mesmo. Seja ele um transporte público ou privado, a grande maioria opta por se locomover através das rodovias. E é aí que está o problema. A locomoção no Brasil ainda é muito precária. Em outros países, há muitas outras opções. A malha ferroviária brasileira é quase inexistente comparada á outros países, um dos motivos para que todo o transporte de cargas seja feito pelas rodovias brasileiras através de caminhões. Este é o motivo pelo qual para a população acaba restando somente uma opção ? se locomover por rodovias (Exceto em algumas capitais em que o cidadão ainda pode escolher se locomover de metrô ou trem). Seguindo a lógica de que todos irão trabalhar, como evitar o engarrafamento? A resposta é simples ? usando tecnologia como em todos os outros meios de transporte. O sistema ferroviário, metropolitano, aéreo, naval... todos usam de muita tecnologia. Exceto o rodoviário. Todo o tráfego aéreo, naval, metropolitano e ferroviário é controlado por sistemas e são monitorados o tempo todo em tempo real para garantir a segurança e a fluidez do tráfego de pessoas. As poucas tecnologias aplicadas no tráfego rodoviário são utilizadas em geral para penalização dos motoristas. Através de um sistema de Controle Neuro-Fuzzy, será possível minimizar a possibilidade de engarrafamentos e caso o mesmo aconteça, reduzir sua duração e intensidade. As redes neurais serão capazes de analisar informações cruciais para a formação do fenômeno engarrafamento, como ? quantidade de carros nas vias, quantidades de pessoas querendo atravessar, condições pluviais, horários chaves entre outros. Ao fazer a análise dessas informações, será possível através do sistema de controle Neuro-Fuzzy, fazer a melhor decisão para a temporização dos semáforos, diminuindo demasiadamente a possibilidade de ocorrer um engarrafamento. Um sistema Neuro-Fuzzy (SNF), é um tipo de sistema híbrido constituído pela combinação de duas técnicas conhecidas ? as ANN (Redes Neuras Artificiais) e a FL (Lógica Fuzzy). Estas duas técnicas são aplicadas em diversas áreas onde o controle precisa ser o melhor possível, algo que o controle proporcional não proporciona..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Jefferson da Silva Fernandes de Azevedo - Coordenador / Samara Braga de Medeiros - Integrante / Matheus Alves Barbosa - Integrante / Giovane Quadrelli - Integrante.


Idiomas


Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.


Produções



Produção bibliográfica


Inovação



Projetos de pesquisa



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 16/10/2018 às 20:55:01