María del Carmen Villarreal Villamar

Bolsista de Pós-doutorado Júnior do CNPq

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/4226668185210573
  • Última atualização do currículo em 12/10/2018


Pós-doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Ciência Política (PPGCP) da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) e Pós-doutora em Sociologia Política pela Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF). Doutora em Ciência Política pela Universidade Complutense de Madrid (2016). Possui Mestrado em Estudos Contemporâneos da América Latina pela Universidad Complutense de Madrid (2011) e graduação em Ciências Internacionais e Diplomáticas pela Università degli Studi di Genova- Itália (2009). Tem experiência na área de Ciência Política, com ênfase em Relações Internacionais e Política Comparada atuando principalmente nos seguintes temas: Estudos Latino-americanos, Migrações Internacionais, Integração Regional, Políticas Públicas, Direitos Humanos, Desenvolvimento e Cooperação Internacional. É também membro do Grupo de Pesquisa em Relações Internacionais e Sul Global (GRISUL) da UNIRIO. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
María del Carmen Villarreal Villamar
Nome em citações bibliográficas
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen;VILLARREAL, M;VILLARREAL VILLAMAR, M;VILLAMAR, M.C.V


Formação acadêmica/titulação


2011 - 2016
Doutorado em Ciência Política.
Universidad Complutense de Madrid, UCM, Espanha.
Título: Migraciones, desarrollo y políticas migratorias: análisis de la experiencia ecuatoriana, Ano de obtenção: 2016.
Orientador: Antonio Palazuelos Manso.
Bolsista do(a): Agencia Española de Cooperación Internacional para el Desarrollo, AECID, Espanha.
Palavras-chave: Migrações Internacionais; Transnacionalismo; Diásporas; Desenvolvimento; Equador.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Política Internacional.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Políticas Públicas.
2009 - 2011
Mestrado em Estudos Contemporâneos da América Latina.
Universidad Complutense de Madrid, UCM, Espanha.
Título: Além das remessas. Análise da Política Migratória e do Sistema de Apoio ao Talento Humano equatoriano nos casos da Espanha e da Itália.,Ano de Obtenção: 2011.
Orientador: Antonio Palazuelos Manso.
Palavras-chave: Políticas migratórias; Migrações Internacionais; Equador.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Política Internacional / Especialidade: Relações Internacionais, Bilaterais e Multilaterais.
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia.
2007 - 2009
Graduação em Ciências Internacionais e Diplomáticas.
Università degli Studi di Genova, UNIGE, Itália.
Título: Brasil: uma potência regional?.
Orientador: Giampiero Cama.
Bolsista do(a): Azienda Regionale per i Servizi Scolastici ed Universitari, ARSSU, Itália.
2004 - 2007
Graduação em Ciências Internacionais e Diplomáticas.
Università degli Studi di Genova, UNIGE, Itália.
Título: Federalismos Latino-americanos: México, Brasil, Argentina e Venezuela.
Orientador: Giampiero Cama.
Bolsista do(a): Azienda Regionale per i Servizi Scolastici ed Universitari, ARSSU, Itália.


Pós-doutorado


2018
Pós-Doutorado.
Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, UNIRIO, Brasil.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Relações Internacionais.
2016 - 2018
Pós-Doutorado.
Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro, UENF, Brasil.
Bolsista do(a): Universidade Estadual do Norte Fluminense, UENF, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Política Internacional.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia.


Formação Complementar


2018 - 2018
Minicurso de Geopolítica Novas Perspectivas Teóricas e Metodológicas. (Carga horária: 9h).
Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, UNIRIO, Brasil.
2017 - 2017
Introdução aos métodos quantitativos: uso do software SPSS statistics. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.
2016 - 2016
II Curso de Verão. A problemática do refúgio em uma perspectiva global. (Carga horária: 40h).
Centro de Estudos em Direito e Política de Imigração e Refúgio, CEDPIR, Brasil.
2016 - 2016
Políticas Migratórias Internacionais/Políticas de Imigração no Brasil. (Carga horária: 40h).
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
2015 - 2015
Imigração e Cidade I: Estranhos e estrangeiros no espaço urbano. (Carga horária: 40h).
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
2014 - 2014
Inglês. (Carga horária: 150h).
Clubclass Language School, CLS, Malta.
2014 - 2014
Regionalismos:oportunidades e desafios. (Carga horária: 12h).
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
2013 - 2013
Extensão universitária em Inglês. (Carga horária: 20h).
Saint Louis University, SLU, Espanha.
2008 - 2008
História da Política Externa Brasileira. (Carga horária: 60h).
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
2008 - 2008
Oratória. (Carga horária: 20h).
Livre Oratória Assessoria Empresarial, LOAE, Brasil.


Atuação Profissional



Universidad Complutense de Madrid, UCM, Espanha.
Vínculo institucional

2011 - 2013
Vínculo: Assistente, Enquadramento Funcional: Assistente de coordenação de mestrado, Carga horária: 20

Atividades

03/2011 - 10/2013
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Ciências Políticas e Sociologia, .

2011 - 2013
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Ciências Políticas e Sociologia, .


Universidad Complutense de Madrid, UCM, Espanha.
Vínculo institucional

2011 - 2012
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisadora, Carga horária: 35

Atividades

04/2011 - 06/2012
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Ciências Políticas e Sociología, .

04/2011 - 06/2012
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Ciências Políticas e Sociología, .

Linhas de pesquisa
Estudos Latino-Americanos

Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro, UENF, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - 2018
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pós-doutoranda no PPGSP, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2017 - 2018
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pós-doutoranda no PPGSP, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pós-doutoranda no PPGSP, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2016 - 2017
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pós-doutoranda no PPGSP, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

02/2018 - Atual
Ensino, Administração Pública, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Métodos Avançados em Pesquisa Qualitativa e Quantitativa
03/2017 - 04/2017
Ensino, Sociologia Política, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria Social e Política Contemporânea
11/2016 - 04/2017
Pesquisa e desenvolvimento , Programa de Pós-Graduação em Sociologia Política (PPGSP), .

Linhas de pesquisa
Política Comparada

Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, UNIRIO, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Colaboradora, Enquadramento Funcional: Pesquisadora, Carga horária: 10
Outras informações
Membro do Grupo de Pesquisa em Relações Internacionais e Sul Global (GRISUL) da Escola de Ciência Política da UNIRIO. Atuação na linha de pesquisa " Relações Internacionais e Política Mundial" e ministração de aulas na graduação nas disciplinas Teoria das Relações Internacionais e Seminário de Conjuntura Internacional.

Atividades

01/2017 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Escola de Ciência Política, .


Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Pesquisador Visitante, Enquadramento Funcional: Pesquisador Visitante, Carga horária: 20
Outras informações
Durante o primeiro semestre de 2008 realizei um intercâmbio na UERJ onde frequentei o curso de Política Externa Brasileira ministrado pela professora Miriam Saraiva no Mestrado em Relações Internacionais da instituição. Ao mesmo tempo realizei um trabalho de pesquisa voltado para a elaboração da minha dissertação de graduação: "Brasil: uma potência regional?". O Intercâmbio foi fruto de um convênio entre a UERJ e a minha universidade UNIGE (Università degli Studi di Genova).


Associação Nuovi Profili, ANP, Itália.
Vínculo institucional

2008 - 2009
Vínculo: Vicepresidenta e pesquisadora, Enquadramento Funcional: Pesquisadora e responsável de projetos, Carga horária: 25
Outras informações
A Associação Nuovi Profil tem como objetivo garantir a todos os habitantes do território genovês e italiano o acesso pleno à cidadania e aos direitos civis, sociais, econômicos, políticos e culturais, com independência das suas origens nacionais ou status migratório, assim como do seu gênero, classe social ou crenças religiosas e políticas. Ao mesmo tempo, a entidade procura combater todas as formas de desigualdade, discriminação e racismo que dificultam a convivência intercultural entre os habitantes locais e os provenientes de outras regiões e descendentes de famílias com origens nacionais diversas. Com este fim promove iniciativas de sensibilização e formação, educativas e culturais, ao passo que contribui para a formulação de políticas públicas sobre migração a nível local e nacional.


Caritas Arquidiocesana do Rio de Janeiro, CARITAS, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2017
Vínculo: Colaboradora voluntária, Enquadramento Funcional: Voluntária da área de proteção legal, Carga horária: 16
Outras informações
Atuação na área de proteção legal para pessoas refugiadas e solicitantes de refúgio.


Portal Migramundo, MIGRAMUNDO, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Colunista, Carga horária: 4
Outras informações
No ar desde 3 de outubro de 2012, o MigraMundo pretende ser um espaço para abordar e debater as múltiplas facetas que permeiam as migrações no Brasil e no mundo. Ele contém tanto notícias e relatos sobre problemas vividos pelos migrantes dentro e fora do país como avanços e reconhecimentos obtidos na questão migratória. O ponto central do MigraMundo é o de entender e defender a migração como um direito humano, exercido desde os primórdios da humanidade e que se torna ainda mais intenso, dinâmico e complexo com o avanço da globalização. Associadas em princípio a eventos históricos, as migrações na verdade são um tema muito mais dinâmico, atual e complexo, de grande importância nas relações internacionais, ciências sociais em geral ? e ainda geram demandas a serem atendidas pelos administradores e legisladores públicos junto à sociedade. As comunidades migrantes são verdadeiros agentes de transformação das sociedades ? inclusive da brasileira, bastando apenas uma olhada mais atenta nos diversos exemplos que a história e o contexto atual apresentam. Logo, os migrantes já contribuíram e têm muito a contribuir com o país, seja econômica, politica ou culturalmente. E como agentes transformadores e de fato integrantes da sociedade, também possuem reivindicações como a revisão da arcaica legislação migratória brasileira e o direito a voto.Por estes e outros fatores, tornam-se necessários espaços destinados a acompanhar de perto essa realidade tão dinâmica, que cada vez mais joga por terra o paradigma das migrações como um tema meramente histórico, mas sim como algo extremamente atual e necessário ser reconhecido, debatido e compreendido. O MigraMundo pretende ser um deles.


Villarreal Consultoria & Pesquisa, VCP, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Microemprendedor Individual, Enquadramento Funcional: MEI, Carga horária: 10


Brava Training- Empresa de cursos in company, BT, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2016
Vínculo: Autônomo, Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 20


BTN Idiomas, BTN, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2016
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professora de espanhol, Carga horária: 10


Empresa SADER ASSESSORIA E PARTICIPACOES LTDA, SADER, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Consultora, Enquadramento Funcional: Consultora de pesquisa e tradução, Carga horária: 10
Outras informações
Consultora de pesquisa e tradução no Portal Brasil Contemporâneo que pretende ser a maior base de dados sobre o Brasil com o objetivo de disseminar conhecimento sobre o país na atualidade. O conteúdo do portal é resultado da elaboração de verbetes criados por aproximadamente 40 autores sob a coordenação de Emir Sader, sociólogo e cientista político. Serão aproximadamente 150 verbetes de ensaios temáticos e biografias sobre a diversidade brasileira contemporânea, seus territórios, personalidades, fenômenos e processos culturais, políticos, midiáticos e tecnológicos que conferem nossa identidade própria, formando um vasto acervo bibliográfico e documental do nosso país. Como obra de referência proporcionaremos novas experiências em termos de navegabilidade ao público reunindo conteúdo de livre acesso sobre nossa cultura, sociedade e política.



Linhas de pesquisa


1.
Cooperação e Desenvolvimento
2.
Estudos Latino-Americanos
3.
Desenvolvimento e Transformações Socio-Econômicas
4.
Migrações Internacionais e Políticas Migratórias
5.
Política Comparada
6.
Relações Internacionais e Política Mundial


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Entre a mudança e a continuidade: Reeleição dos governos de esquerda no Equador (2017) e no Uruguai (2014)
Descrição: O objetivo projeto é analisar os governos recentemente eleitos no Equador (2017) e no Uruguai (2014). Em ambos os casos, apesar da reeleição de partidos e coalizões de esquerda como Alianza País e Frente Amplio aconteceram mudanças relevantes, com novos presidentes, estilos e programas de governo. Nestes países, ao contrário do fim de governos progressistas como nos casos de Peru, Argentina e Brasil, a esquerda continua, mas em contextos de maior complexidade e fragmentação que exigem a necessidade de implementar reformas econômicas e políticas. Assim sendo, nosso propósito será estudar as características destes contextos e as transformações realizadas respeito aos governos anteriores, especialmente em esferas como as relações com atores sociais, a política econômica, o combate a corrupção e a condução da política externa..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: María del Carmen Villarreal Villamar - Coordenador.Financiador(es): Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro - Bolsa.
2017 - Atual
Latitude Sul
Descrição: Plataforma de pesquisa que congrega quatro grupos do CNPq interessados em discutir, aperfeiçoar e apresentar trabalhos e projetos sobre o lugar político, econômico e social do ?Sul? nas relações internacionais. Por meio dessa parceria, os pesquisadores buscam potencializar o olhar crítico sobre as relações Norte-Sul, as desigualdades sociais, as diferenças em termos de status e poder decisório, bem como as hierarquias na política internacional contemporânea..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (12) / Doutorado: (5) .
Integrantes: María del Carmen Villarreal Villamar - Integrante / Enara Echart Muñoz - Coordenador / Carlos Milani - Integrante / Letícia Pinheiro - Integrante / Maria Regina Soares de Lima - Integrante.
2016 - 2017
Pesquisa de Opinião sobre Egressos do PPGSP da UENF
Descrição: A pesquisa de opinião dos egressos do Programa de Pós-graduação em Sociologia Política (PPGSP) da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF) teve como objetivo geral conhecer, por um lado, a opinião dos ex-alunos a respeito do curso do PPGSP que fizeram na UENF. Isto incluiu tanto as percepções, quanto o nível de satisfação com o curso e as expectativas dos egressos do PPGSP. Por outro lado, a pesquisa buscou mapear a situação atual dos egressos do PPGSP em termos de inserção e satisfação profissional. A pesquisa procurou traçar um panorama dos egressos e do PPGSP..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Doutorado: (1) .
Integrantes: María del Carmen Villarreal Villamar - Integrante / Wania Mesquita - Coordenador / Nilo Lima de Azevedo - Integrante / Nelson Luis Motta Goulart - Integrante / Ana Beatriz Severo Xavier - Integrante / Gabriel Tisse da Silva - Integrante / João Gabriel Ribeiro Pessanha Leal - Integrante.Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Bolsa.
2016 - 2017
Políticas migratórias comparadas na América do Sul: os casos do Brasil e o Equador
Descrição: O objetivo do projeto é analisar em perspectiva comparada as políticas migratórias contemporâneas de dois Estados Sul-americanos: Brasil e Equador. Ambos os países destacam no cenário regional pela importância que assumem os fenômenos da imigração e o refúgio nos seus territórios, assim como pelas respostas de caráter político, legal ou administrativo oferecidas pelos seus governos para o tratamento destes temas. Neste sentido, a pesquisa busca contextualizar em um primeiro momento a imigração, a emigração e o refúgio contemporâneos no Brasil e no Equador descrevendo para tanto os seus respectivos perfis migratórios. Posteriormente, procura-se compreender as semelhanças e diferenças entre as políticas dos dois países e, finalmente, tenta-se captar as influências que existem entre ambos os processos migratórios, assim como entre as medidas desenhadas por cada Estado para o seu tratamento..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2016 - Atual
América Latina na Encruzilhada
Descrição: A década de 2000 na América Latina foi marcada por um avanço de forças políticas de esquerda. Variando na intensidade de suas políticas e posicionamentos, a região foi palco de sucessivas vitórias eleitorais de (autodenominadas) forças progressistas, alta popularidade de suas lideranças, um crescimento econômico baseado na reprimarização exportadora, principalmente voltada ao mercado chinês, e uma melhor divisão de renda, com programas de combate à miséria. Novos atores políticos e até novas formas de fazer política surgiram a partir dessa conjuntura, com posicionamentos diversos, muitas vezes em contraposição ao conservadorismo e ao neoliberalismo. A década de 2010, no entanto, vem apresentando uma gradual mudança de cenário. A crise econômica mundial, que se apresentou com mais força a partir de 2008, golpeia fortemente a América Latina, levando à queda dos índices econômicos e a perda de fôlego por parte das chamadas ?experiências progressistas?. Várias forças políticas foram retiradas do poder, seja por derrotas eleitorais, seja por novas formas de golpes de Estado. Outras permanecem no poder, porém tendo que enfrentar cada vez mais uma direita que se rearticula e recebe apoio estrangeiro para regressar a região ao neoliberalismo ortodoxo. É sobre essa conjuntura de refluxo e de desafios para a esquerda latino-americana que essa obra pretende refletir. Nosso trabalho coletivo visa fazer um balanço dos governos progressistas latino-americanos, suas diferenças, propostas e principalmente seus limites e contradições dentro de uma conjuntura desfavorável como a atual. Da mesma maneira, pretendemos apontar saídas possíveis para as forças populares da região, tanto em países que resistem à onda conservadora, quanto naqueles onde as forças populares foram momentaneamente derrotadas, ou até mesmo, naqueles em que sequer ela chegou ao governo..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2) .
Integrantes: María del Carmen Villarreal Villamar - Coordenador / Roberto Santana - Integrante / João Cláudio Platenik Pitillo - Integrante.
2016 - Atual
Cooperação Sul-Sul e Modelos de Desenvolvimento na América Latina
Descrição: Nos últimos 15 anos, os processos de integração e cooperação Sul-Sul na América Latina se revitalizaram, com a criação de espaços de cooperação política regional (UNASUL, ALBA-TCP, CELAC) e a renovação estratégica daqueles surgidos na fase de "regionalismo aberto" (MERCOSUL ou CAN). Cada espaço apresenta agendas e estratégias para abordar os principais problemas de desenvolvimento que afetam a região. No entanto, há uma série de tensões e conflitos diretamente relacionados com os modelos de desenvolvimento promovidos nesses espaços pelos diferentes atores envolvidos, o que evidencia uma realidade muito mais complexa do que a colocada em agendas governamentais de integração. Isto expõe a diferença entre a construção de um projeto regional institucionalizado (a integração formal) e a realidade de uma rede social-comunitária transnacional de escala regional (a integração real). O objetivo da pesquisa é analisar os modelos de desenvolvimento impulsionados pelos principais esquemas de integração regional na América Latina, e os conflitos e tensões que estes processos estão gerando, para identificar, a partir de uma perspectiva de coerência de políticas com o desenvolvimento, as respostas que as agendas, instituições e espaços de negociação regional oferecem. Qual é a experiência acumulada no campo do desenvolvimento nos principais espaços regionais da América Latina? Qual é o grau de coerência das práticas e modelos de desenvolvimento impulsionados? Quais os impactos econômicos, sociais e ambientais desses modelos? Quais são as principais demandas dos atores sociais na região? Quais são os espaços de articulação regional? Com base em que desenhos institucionais os espaços regionais concebem e implementam essa agenda de desenvolvimento? Que atores participam desses desenhos e a traves de que mecanismos? Existem espaços de participação e deliberação que incluam os atores sociais? Estas são algumas das perguntas que guiam a pesquisa que se pretende realizar...
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: María del Carmen Villarreal Villamar - Integrante / Enara Echart Muñoz - Coordenador.
2011 - 2012
"Retos de la Coordinación Intermunicipal en Gobiernos Locales Pluriétnicos en Ecuador y Colombia. Explorando la Cooperación Descentralizada en Red"
Descrição: O projeto tinha por objetivo a análise dos municípios multiétnicos de Antonio Ante, Cotacachi, San Agustín e Sesquilé em Equador e Colombia com o fim de compreender o seu funcionamento e as principais dificuldades que os caracterizam, assim como as possibilidades de estabelecer uma rede de cooperação entre eles..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (5) Doutorado: (4) .
Integrantes: María del Carmen Villarreal Villamar - Coordenador / José Bonivento Hernández - Integrante / Laura Alzate Calle - Integrante / Rosa de La Fuente Fernández - Integrante / Carmen Navarro - Integrante.Financiador(es): Red Universitaria de Investigación en Cooperación-Ayuntamiento de Madrid - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 2
2011 - 2011
"Desarrollo y sus actores: Políticas Públicas Regionales y Globales"
Descrição: O Projeto tinha por objetivo a realização de um mapeamento das instituições e dos atores das políticas públicas regionais e globais da América Latina e Europa, com especial ênfase para o caso mexicano, brasileiro e russo..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: María del Carmen Villarreal Villamar - Coordenador / Antonio Palazuelos Manso - Integrante / José Deniz - Integrante / Omar De León - Integrante / Gregorio Vidal - Integrante.
Número de produções C, T & A: 1


Revisor de periódico


2017 - Atual
Periódico: Revista Alteridade (Unimontes)
2017 - Atual
Periódico: REMHU (BRASÍLIA)
2018 - Atual
Periódico: DADOS - REVISTA DE CIÊNCIAS SOCIAIS
2018 - Atual
Periódico: REVISTA INTRATEXTOS
2018 - Atual
Periódico: Urvio
2018 - Atual
Periódico: ESPAÇO ABERTO, PPGG - UFRJ


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Relações Internacionais.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia.


Idiomas


Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Italiano
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2011
Pesquisadora Honorária do Departamento de Economia Aplicada V, Universidad Complutense de Madrid.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen2017VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen; ALMEIDA, G. R. . Mobilidade humana: perspectivas e desafios. Apresentação do dossiê. TERCEIRO MILÊNIO - REVISTA CRÍTICA DE SOCIOLOGIA E POLÍTICA, v. 8, p. 7-18, 2017.

2.
GRANJA, L.2017GRANJA, L. ; VILLARREAL, M . MERCOSUR Migrante: enfoques y evolución del tratamiento de la movilidad humana en el MERCOSUR. TERCEIRO MILÊNIO - REVISTA CRÍTICA DE SOCIOLOGIA E POLÍTICA, v. 8, p. 49-78, 2017.

3.
2VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen2017VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. Enfoques clásicos y perspectivas emergentes en el debate sobre migraciones internacionales y desarrollo. OIKOS (RIO DE JANEIRO), v. 16, p. 101-114, 2017.

4.
CALLE ALZATE, LAURA2017CALLE ALZATE, LAURA ; VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen . Etnografía dentro y fuera de los estudios migratorios: una revisión pertinente. Sociedade e Cultura, v. 20, p. 51-73, 2017.

5.
1VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen2017VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. Replanteando el debate sobre migraciones internacionales y desarrollo: nuevas direcciones y evidencias. REMHU (BRASÍLIA), v. 25, p. 181-198, 2017.

6.
4MAGALHÃES F., LEONARDO2015MAGALHÃES F., LEONARDO ; COLUSSI, Juliana. ; VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen . La Democracia Digital en los Discursos y en las Prácticas Comunicativas Web de Avaaz y Amnistía Internacional en España. Comunicação & Sociedade (Online), v. 37, p. 369-389, 2015.

7.
3VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen2015VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. Políticas Migratórias, Transnacionalismo e Desenvolvimento: o caso equatoriano. CADERNOS OBMIGRA - REVISTA MIGRAÇÕES INTERNACIONAIS, v. 1, p. 39-63, 2015.

8.
5VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen2014VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen; SOUTO FERNANDEZ, L. ; BRETISEY NADALI, Débora . Poblaciones Indígenas y Diversidad Cultural en el Museo de América de Madrid. Revista Baukara, v. 6, p. 67-84, 2014.

9.
6PALAZUELOS MANSO, Antonio2013PALAZUELOS MANSO, Antonio ; VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen . Más allá de las remesas. Transformaciones socioeconómicas y proyectos de migración y desarrollo en Ecuador. Migración y Desarrollo, v. 21, p. 107-132, 2013.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
SADER, E. S. (Org.) ; GYDINIA, F. (Org.) ; MAGALHÃES F., LEONARDO (Org.) ; VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen (Org.) . O Portal Brasil Contemporâneo: Piauí. 1. ed. Rio de Janeiro: Villarreal Consultoria & Pesquisa, 2018. v. 1. 232p .

2.
SADER, E. (Org.) ; GYDINIA, F. (Org.) ; MAGALHÃES F., LEONARDO (Org.) ; VILLARREAL VILLAMAR, M (Org.) . O Portal Brasil Contemporâneo: Minas Gerais. 1. ed. Rio de Janeiro: Villarreal Consultoria & Pesquisa, 2018. v. 1. 604p .

3.
ELHAJJI, M. (Org.) ; ESCUDERO, C. (Org.) ; CURI, Guilherme (Org.) ; PARDO, C. R. (Org.) ; VILLARREAL VILLAMAR, M (Org.) ; MAGALHÃES F., LEONARDO (Org.) . IV Simpósio de Pesquisa sobre Migrações. Coletivos, Redes, Fluxos, Coletivos. Caderno de Resumos. 1. ed. Rio de Janeiro: Villarreal Consultoria & Pesquisa, 2017. v. 1. 166p .

4.
ELHAJJI, M. (Org.) ; CURI, Guilherme (Org.) ; PIMENTA, Patrícia (Org.) ; VILLARREAL VILLAMAR, M (Org.) ; MAGALHÃES F., LEONARDO (Org.) . III Simpósio de Pesquisa sobre Migrações. Deslocamentos Humanos e Encontros Culturais. Caderno de Resumos.. 1. ed. Rio de Janeiro: Villarreal Consultoria & Pesquisa, 2016. v. 1. 108p .

Capítulos de livros publicados
1.
HERNÁNDEZ BONIVENTO, JOSE ; VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen . Descentralización y Reconocimientos de Derechos Indígenas en Ecuador y Colombia. In: Rosa De La Fuente; Carmen Navarro Gómez. (Org.). Gobiernos Locales y Contextos Pluriétnicos: una propuesta de cooperación en red. 1ed.Madrid: Catarata, 2013, v. 1, p. 23-60.

2.
CALLE ALZATE, LAURA ; VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen . Contextos Pluriétnicos en los casos de Antonio Ante, Cotacachi, San Agustín y Sesquilé. In: Rosa De La Fuente; Carmen Navarro Gómez. (Org.). Gobiernos Locales y Contextos Pluriétnicos: una propuesta de cooperación en red. 1ed.Madrid: Catarata, 2013, v. 1, p. 61-128.

3.
PALAZUELOS MANSO, Antonio ; VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen . Desarrollo regional y debilidad de los actores: el caso de Oaxaca. In: Gregorio Vidal; José Déniz. (Org.). Actores del Desarrollo y Políticas Públicas. 1ed.Madrid: Fondo de Cultura Económica, 2012, v. 1, p. 105-141.

4.
PALAZUELOS MANSO, Antonio ; VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen . Ecuador: El proyecto de desarrollo de la Revolución Ciudadana. In: José Déniz Espinós; Omar de León Naveiro; Antonio Palazuelos Manso. (Org.). Nuevas Estrategias Económicas en América Latina. 1ed.Madrid: Catarata, 2011, v. 1, p. 81-220.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. A invenção da brasilidade. Identidade nacional, etnicidade e políticas de Imigração. Revista Interdisciplinar da Mobilidade Humana, Brasilia, , v. 24, p. 211 - 213, 01 dez. 2016.

2.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. Ciudadanía suramericana. La apuesta por una ciudadanía común en América del Sur. Entrevista con Jacques Ramírez. Revista Latinoamerica, São Paulo, p. 24 - 29, 30 nov. 2016.

3.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. El vínculo entre migración y desarrollo a debate. Miradas desde Ecuador y América Latina. Migraciones, Madrid, , v. 38, p. 201 - 204, 26 jan. 2016.

4.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. Exodus: How Migration is Changing our World. Revista Migraciones Internacionales, México, , v. 8, p. 249 - 253, 01 jul. 2015.

5.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. América Latina: Cómo construir el Desarrollo Hoy?. Revista de Economía Crítica, Madrid, p. 208 - 209, 01 fev. 2015.

6.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. El derecho humano al desarrollo. Revista de Derechos Humanos y Estudios Sociales, , v. 12, p. 203 - 205, 20 dez. 2014.

7.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. Hacia el Sur. La construcción de la ciudadanía suramericana y la movilidad intrarregional. Chasqui. Revista Latinoamericana de Comunicación, Quito, p. 427 - 430.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
DUARTE, P. C. ; VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen . Mulheres migrantes e crianças e adolescentes não acompanhados na América Latina e Caribe: algumas cifras e reflexões para o debate. In: I Seminário Internacional Migrações Atlânticas no mundo contemporâneo: (séculos XIX-XXI) novas abordagens e avanços teóricos, 2018, Niterói. E-Imigração em Debate: Novas Abordagens na Contemporaneidade. Niterói: ASOEC-UNIVERSO, 2018. v. 1. p. 194-206.

2.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. Enfoques clásicos y perspectivas emergentes en el debate sobre migraciones internacionales y desarrollo. In: II Encontro de Economia Política Internacional da UFRJ, 2017, Rio de Janeiro. ANAIS do II Encontro de Economia Política Internacional da UFRJ (ENEPI). Rio de Janeiro: UFRJ, 2017. v. I. p. 910-924.

3.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. La vía ecuatoriana. Transformaciones y desafíos de la Revolución ciudadana. In: V Congresso Internacional do Núcleo de Estudos das Américas, 2016, Rio de Janeiro. Anais do V Congresso do Núcleo de Estudos das Américas (NUCLEAS). Rio de Janeiro: UERJ/NUCLEAS/FCE/Faculdade de Direito, 2016. p. 1-16.

4.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen; MAGALHÃES F., LEONARDO . La democracia digital en los discursos y en las prácticas comunicativas: Análisis comparado de la comunicación 2.0 de Avaaz y Amnistía Internacional. In: I Congreso Internacional en Comunicación Política y Estratégias de Campaña, 2012, Madrid. I Congreso ALICE, 2012.

5.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen; SOUTO FERNANDEZ, L. ; BRETISEY NADALI, Débora . Conocimiento, poder y poblaciones indígenas en el Museo de América. In: XIII Congreso de Antropología. Lugares, Tiempos y Memorias. La Antropología Ibérica en el siglo XXI, 2011, León. XIII Congreso de Antropología. Lugares, Tiempos y Memorias. La Antropología Ibérica en el siglo XXI. León: FAEE - Asociación de Antropología de Castilla y León, 2011. v. 1. p. 3295-3305.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. O tratamento das migrações internacionais no MERCOSUL. In: VII Fórum de Migrações - IV Simpósio de Pesquisa sobre Migrações, 2017, Rio de Janeiro. IV Simpósio de Pesquisa sobre Migrações: Coletivos, Redes, Fluxos, Coletivos. Caderno de resumos. Rio de Janeiro: Villarreal Consultoria e Pesquisa, 2017. v. 1. p. 18-23.

2.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. Novas formas de gestão da mobilidade humana: o migration management. In: III Simpósio de Pesquisa sobre Migrações. Deslocamentos Humanos e Encontros Culturais. UFRJ, 2016, Rio de Janeiro. III Simpósio de Pesquisa sobre Migrações. Deslocamentos Humanos e Encontros Culturais. Caderno de Resumos. Rio de Janeiro: Villarreal Consultoria e Pesquisa, 2016. v. 1. p. 91-98.

Artigos aceitos para publicação
1.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen; MUNOZ, E. E. . Resistencias y alternativas al desarrollo en América Latina y Caribe: las luchas sociales contra el extractivismo. RELACIONES INTERNACIONALES (MADRID), 2018.

2.
MUNOZ, E. E. ; VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen . Women's struggles against extractivism in Latin America and the Caribbean. CONTEXTO INTERNACIONAL (ON-LINE), 2018.

3.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. Regionalismos e Migrações Internacionais na América do Sul: contexto e perspectivas futuras sobre as experiências da Comunidade Andina, o Mercosul e a Unasul. ESPAÇO ABERTO, PPGG - UFRJ, 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. Mudanças Ambientais e Migrações. 2018. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

2.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. Orientações recentes, desafios e potencialidades das migrações internacionais na América do Sul.. 2018. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

3.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. Migración, regionalismo y ciudadanías supranacionales. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. Gobernanza de las migraciones en América del Sur?. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. Do êxodo à instituição da Quinta Região: as políticas de emigração no Equador do século XXI. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. Migrações e Política na América do Sul: Brasil e Equador em perspectiva comparada. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
VILLARREAL VILLAMAR, M. Enfoques clásicos y perspectivas emergentes en el debate sobre migraciones internacionales y desarrollo. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. Relações Estado-diáspora: os casos brasileiro e equatoriano. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen; DUARTE, P. . MULHERES MIGRANTES E CRIANÇAS E ADOLESCENTES NÃO ACOMPANHADOS NA AMÉRICA LATINA E CARIBE: ALGUMAS CIFRAS E REFLEXÕES PARA O DEBATE. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

10.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. Migrações internacionais no Brasil e na América Latina. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. Mitos e verdades sobre a política migratória equatoriana. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. Tendências da Imigração e do Refúgio na América Latina e Caribe. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

13.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. La vía ecuatoriana. Transformaciones y Desafíos de la Revolución Ciudadana. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

14.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. O tratamento das migrações internacionais no MERCOSUL. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

15.
VILLARREAL VILLAMAR, M. A proteção dos refugiados no Equador. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

16.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. Estados, diásporas e transnacionalismo:reflexões a partir da experiência equatoriana. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

17.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. Novas formas de Gestão da Mobilidade Humana: o Migration Management. 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

18.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. Migrações Internacionais: tendências e desafios.. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

19.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. Políticas migratórias e desenvolvimento: o caso equatoriano. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

20.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. Regionalismos e Migrações Internacionais na América do Sul: Avanços e desafios nas experiências do Mercado Comum do Sul e da Comunidade Andina de Nações. 2014. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

21.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. Além do território: relações entre o Estado e a diáspora equatoriana. 2014. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

22.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen; MAGALHÃES F., LEONARDO . La democracia digital en los discursos y en las prácticas comunicativas: Análisis comparado de la comunicación 2.0 de Avaaz y Amnistía Internacional. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

23.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen; BRETISEY, D. N. ; SOUTO FERNANDEZ, L. . Conocimiento, poder y poblaciones indígenas en el Museo de América. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Outras produções bibliográficas
1.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. Orientações recentes, desafios e potencialidades das migrações internacionais na América do Sul. Rio de Janeiro: Associação Scalabrini à serviço dos migrantes, 2017 (Artigo publicado na revista "A presença do migrante no Rio de Janeiro").

2.
GALINDO, D. S. ; VILLARREAL, M . El consumidor postmoderno, una persona relacional. Anclajes conceptuales. Madrid: Fragua, 2012. (Tradução/Livro).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. Parecer para a Revista REMHU. 2017.

2.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. Parecer para a Revista Terceiro Milênio. 2017.

3.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. Parecer para a Revista Repique. 2017.

4.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen; MESQUITA, W. ; AZEVEDO, N. L. ; GOULART, N. L. M. . Pesquisa de opinião sobre os egressos do Programa de Pós-Graduação em Sociologia Política (PPGSP). 2017.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen; GUERRA, Karina ; CORREA, Ahmed . Voces en Movimiento-FLACSO-Ecuador. 2014.

Redes sociais, websites e blogs
1.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. Velhos e novos olhares sobre migrações internacionais e desenvolvimento. 2018; Tema: Migrações Internacionais e Desenvolvimento. (Site).

2.
VILLARREAL VILLAMAR, M. Olhar dos migrantes e refugiados é analisado em seminário no Rio. 2018; Tema: Imigração e Refúgio no Brasil. (Site).

3.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. Protestos e Justiça paralisam expulsão de milhares de migrantes em Israel. 2018; Tema: Migrações internacionais e refúgio em Israel. (Site).

4.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. Velhos e novos olhares sobre migrações internacionais e desenvolvimento. 2018; Tema: Migrações Internacionais e Desenvolvimento. (Site).

5.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. Conexões entre Sul Global e Migrações Internacionais são tema de debate no Rio. 2017; Tema: Migrações Internacionais. (Site).

6.
VILLARREAL, M. Corredores humanitários: uma esperança para a questão migratória na Europa?. 2017; Tema: Migrações internacionais, políticas migratórias e papel da sociedade civil. (Site).

7.
VILLARREAL VILLAMAR, M. Documentário Residente derruba muros com viagem por regiões, povos e ritmos. 2017; Tema: Migrações Internacionais; Cinema. (Site).

8.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. IV Edição da Escola de Pós-Graduação em Migrações Internacionais recebe inscrições até 6 de agosto. 2017; Tema: Formação Internacional de Pós-Graduação sobre Migrações Internacionais. (Site).

9.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. Fronteiras e controles migratórios se tornam negócio para empresas. 2017; Tema: Políticas e controles migratórios internacionais. (Site).


Demais tipos de produção técnica
1.
VILLARREAL VILLAMAR, M; MESQUITA, W. ; AZEVEDO, N. L. ; GOULART, N. L. M. . Pesquisa de opinião sobre os egressos do Programa de Pós-Graduação em Sociologia Política (PPGSP). 2017. (Relatório de pesquisa).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
CAMPOS, L. A.; FONTAINHA, F. C.; VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. Participação em banca de Bruna Soares de Aguiar. Migração Forçada: uma análise da rearticulação de relações sociais de mulheres congolesas na cidade do Rio de janeiro a partir da categoria solicitante de refúgio. 2018. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Sociologia) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

2.
GONCALVES, M. F.; MIRANDA, N.; VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. Participação em banca de Tiago Leão Monteiro. Refúgio e comunidade: uma reflexão a partir do Rio de Janeiro. 2018. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Sociologia e Direito) - Universidade Federal Fluminense.

Qualificações de Doutorado
1.
POVOA NETO, H.; BEZERRA, A. C.; SALDANHA, G. S.; SCHNEIDER, M. A. F.; BERNER, V. O. B.; VILLARREAL, M. Participação em banca de Bruno Macedo Nathansohn. A política de informação no sistema de refúgio brasileiro pela análise dos critérios de elegibilidade. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (IBICT-UFRJ)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Qualificações de Mestrado
1.
MESQUITA, W.; AZEVEDO, N. L.; ALVES, H. C. M.; VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. Participação em banca de Yann Almeida Belmont Paula. Uma Idishlandia no Norte Fluminense: judeus e a política do Estado Novo em Campos dos Goytacazes. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Sociologia Política) - Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro.

2.
MESQUITA, W.; SIERRA, V. M.; NOBREGA, R. A. A.; VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. Participação em banca de Thaís Cristina Moreira Moore. A relação entre a legislação sobre a execução das medidas socioeducativas no DEGASE e a redução da maioridade penal: um estudo de caso a partir das percepções dos operadores do direito. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Sociologia Política) - Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
A presença do migrante no Rio de Janeiro: olhar dos imigrantes e refugiados.Orientações recentes, desafios e potencialidades das migrações internacionais na América do Sul. 2018. (Seminário).

2.
III Congresso Fluminense de Pós-Graduação. Avaliador de trabalhos do programa de Pós-graduação em Sociologia Política. 2018. (Congresso).

3.
International Conference FLACSO-International Studies Association (ISA).Migración, regionalismo y ciudadanías supranacionales. 2018. (Outra).

4.
International Conference FLACSO-International Studies Association (ISA). Gobernanza de las migraciones en América del Sur?. 2018. (Outra).

5.
Seminário de Doutorado (IGG800) - Programa de Pós-Graduação em Geografia (UFRJ).Mudanças Ambientais e Migrações. 2018. (Seminário).

6.
Colóquio Hegemonias e Contra-Hegemonias. Sistema Mundial e Integração Regional. 2017. (Outra).

7.
Colóquio Internacional IX Fórum de Migrações/MIGRATIC.Relações Estado-diáspora: os casos brasileiro e equatoriano. 2017. (Outra).

8.
II Encontro de Economia Política Internacional da UFRJ.Enfoques clásicos y perspectivas emergentes en el debate sobre migraciones internacionales y desarrollo. 2017. (Encontro).

9.
II Fórum Discente de Sociologia Política-UENF.GT 1. Estado, Instituições e Poder. 2017. (Outra).

10.
Mesa redonda "Estados, Políticas e Migrações Internacionais: reflexões desde América Latina".Estados, Políticas e Migrações Internacionais: reflexões desde América Latina. 2017. (Outra).

11.
Mesa redonda "Tendências e desafios das Migrações na América Latina".Tendências e desafios das Migrações na América Latina. 2017. (Outra).

12.
O impacto da nova Lei de Migração Brasileira sobre o refúgio no país. 2017. (Encontro).

13.
Semana da Ciência Política da UNIRIO. A política em diferentes faces.Migrações Internacionais no Brasil e na América Latina. 2017. (Outra).

14.
Seminário Internacional Sul Global e Migrações. 2017. (Seminário).

15.
Seminário Migrações Atlânticas no mundo contemporâneo (séculos XIX-XXI) novas abordagens e avanços teóricos.MULHERES MIGRANTES E CRIANÇAS E ADOLESCENTES NÃO ACOMPANHADOS NA AMÉRICA LATINA E CARIBE: ALGUMAS CIFRAS E REFLEXÕES PARA O DEBATE. 2017. (Seminário).

16.
V Simpósio de Pesquisa sobre Migrações.Estado, Políticas e Fronteiras. 2017. (Simpósio).

17.
V Simpósio de Pesquisa sobre Migrações.Trocas Interculturais e Alteridade I. 2017. (Simpósio).

18.
V Simpósio de Pesquisa sobre Migrações.Trocas Interculturais e Alteridade II. 2017. (Simpósio).

19.
Desafios e Oportunidades das Relações Internacionais na América Latina. 2016. (Seminário).

20.
II Curso de Verão do CEDPIR. A problemática do refúgio em uma perspectiva global.A proteção dos refugiados no Equador. 2016. (Encontro).

21.
IV Simpósio de Pesquisa sobre Migrações.O tratamento das migrações internacionais no MERCOSUL. 2016. (Simpósio).

22.
Os Dilemas da Desigualdade na América Latina. 2016. (Encontro).

23.
Proteção Social para Trabalhadores Migrantes Rio+Talks. 2016. (Encontro).

24.
Seminário Internacional Sul Global e Migrações. 2016. (Seminário).

25.
Série Migrações Internacionais-Fundação Casa de Rui Barbosa.Mitos e verdades da política migratória equatoriana. 2016. (Outra).

26.
The Dragon and the Elephant meet the Jaguars: China and India in Latin America. 2016. (Seminário).

27.
V Congresso Internacional do Núcleo de Estudos das Américas - UERJ. La vía ecuatoriana. Transformaciones y Desafíos de la Revolución Ciudadana. 2016. (Congresso).

28.
VIII Fórum de Migrações. Coletivos, Redes, Fluxos, Coletivos.Mesa 2.. 2016. (Outra).

29.
Workshop "Mindfulness: O Parar e O Estar Presente". 2016. (Oficina).

30.
Desmistificando o Islã. 2015. (Outra).

31.
III Simpósio de Migrações.Novas formas de Gestão da Mobilidade Humana: o Migration Management. 2015. (Simpósio).

32.
IV Fórum Brasileiro de Pós-Graduação em Ciência Política.Estados, diásporas e transnacionalismo:reflexões a partir da experiência equatoriana. 2015. (Outra).

33.
Mídia e Minorias:Da representação à Produção da Alteridade. 2015. (Encontro).

34.
Seminário A Integração Sul-Americana. 2015. (Seminário).

35.
VII Fórum de Migrações "Deslocamentos Humanos e Encontros Culturais". 2015. (Outra).

36.
V Seminário Internacional do NIEM: Migrações, Rumos, Tendências e Desafios. 2015. (Seminário).

37.
XXXII Seminário Operações de Comércio Exterior. 2015. (Seminário).

38.
Direitos Fundamentais na Contemporaneidade. 2014. (Seminário).

39.
El giro a la izquierda de los gobiernos locales en América Latina. 2014. (Seminário).

40.
II Simpósio sobre Migrações.Além do território: relações entre o Estado e a diáspora equatoriana. 2014. (Simpósio).

41.
I Seminário Internacional Migrações e Mobilidade na América do Sul.Políticas migratórias e desenvolvimento: o caso equatoriano. 2014. (Seminário).

42.
Migraciones Internacionales. Transformaciones sociales y desarrollo local en la región andina. 2014. (Seminário).

43.
Políticas de Educación Superior y Sociedades del Conocimiento Innovación o Sumisión Tecnológica?. 2014. (Seminário).

44.
VI Fórum de Imigração do Rio de Janeiro. 2014. (Encontro).

45.
V SIMPORI.Regionalismos e Migrações Internacionais na América do Sul: Avanços e desafios nas experiências do Mercado Comum do Sul e da Comunidade Andina de Nações. 2014. (Simpósio).

46.
I Congreso Internacional en Comunicación Política y Estrategias de Campaña. La democracia digital en los discursos y en las prácticas comunicativas: Análisis comparado de la comunicación 2.0 de Avaaz y Amnistía Internacional. 2012. (Congresso).

47.
XIII Congreso de Antropología. Lugares, Tiempos y Memorias. La Antropología Ibérica en el siglo XXI. Conocimiento, poder y poblaciones indígenas en el Museo de América. 2011. (Congresso).

48.
Pos-neoliberalismo, Movimentos Sociais e Desenvolvimento: Perspectivas Comparadas na América Latina e Caribe, Ásia e África. 2008. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen; ALMEIDA, G. R. . GT Migração e Pensamento Pós-Colonial. 2018. (Outro).

2.
MUNOZ, E. E. ; VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen . Diálogos do GRISUL Una migración segura, ordenada y regular? La configuración securitaria de las políticas de control de las migraciones y las fronteras en Sudamérica. 2018. (Outro).

3.
ELHAJJI, M. ; VILLARREAL VILLAMAR, M ; CURI, Guilherme ; ESCUDERO, C. ; PARDO, C. R. ; MAGALHÃES F., LEONARDO . Colóquio Internacional- IX Fórum de Migrações/MIGRATIC. 2017. (Outro).

4.
ELHAJJI, M. ; VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen ; CURI, Guilherme ; ESCUDERO, C. ; PARDO, C. R. . V Simpósio de Pesquisa sobre Migrações. 2017. (Outro).

5.
SANTOS, G. ; POVOA NETO, H. ; VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen . Tendências e desafios nas migrações internacionais na América Latina. 2017. (Outro).

6.
MUNOZ, E. E. ; VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen . Estados Políticas e Migrações Internacionais. Reflexões desde América Latina. 2017. (Outro).

7.
DIAS, G. ; VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen ; NEJAMKIS, L. ; RAMIREZ, J. ; VETTORASSI, A. . GT Etnografia em movimento: os desafios da pesquisa de campo. XII Reunião de Antropologia do MERCOSUL. 2017. (Outro).

8.
ELHAJJI, M. ; CURI, Guilherme ; VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen ; MAGALHÃES F., LEONARDO ; ESCUDERO, C. ; PARDO, C. R. . VIII Fórum de Migrações. 2016. (Outro).

9.
ELHAJJI, M. ; CURI, Guilherme ; VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen ; ESCUDERO, C. ; PARDO, C. R. ; MAGALHÃES F., LEONARDO . IV Simpósio de Pesquisa sobre Migrações. 2016. (Outro).

10.
ELHAJJI, M. ; CURI, Guilherme ; PIMENTA, Patrícia ; VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen ; MAGALHÃES F., LEONARDO . VII Fórum de Migrações. 2015. (Outro).

11.
ELHAJJI, M. ; VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen ; CURI, Guilherme ; PIMENTA, Patrícia ; MAGALHÃES F., LEONARDO . III Simpósio de Migrações. 2015. (Outro).



Educação e Popularização de C & T



Apresentações de Trabalho
1.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. Migrações Internacionais: tendências e desafios.. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).


Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen; GUERRA, Karina ; CORREA, Ahmed . Voces en Movimiento-FLACSO-Ecuador. 2014.


Redes sociais, websites e blogs
1.
VILLARREAL VILLAMAR, M. Olhar dos migrantes e refugiados é analisado em seminário no Rio. 2018; Tema: Imigração e Refúgio no Brasil. (Site).

2.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. Protestos e Justiça paralisam expulsão de milhares de migrantes em Israel. 2018; Tema: Migrações internacionais e refúgio em Israel. (Site).

3.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. Velhos e novos olhares sobre migrações internacionais e desenvolvimento. 2018; Tema: Migrações Internacionais e Desenvolvimento. (Site).

4.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. Conexões entre Sul Global e Migrações Internacionais são tema de debate no Rio. 2017; Tema: Migrações Internacionais. (Site).

5.
VILLARREAL, M. Corredores humanitários: uma esperança para a questão migratória na Europa?. 2017; Tema: Migrações internacionais, políticas migratórias e papel da sociedade civil. (Site).

6.
VILLARREAL VILLAMAR, M. Documentário Residente derruba muros com viagem por regiões, povos e ritmos. 2017; Tema: Migrações Internacionais; Cinema. (Site).

7.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. IV Edição da Escola de Pós-Graduação em Migrações Internacionais recebe inscrições até 6 de agosto. 2017; Tema: Formação Internacional de Pós-Graduação sobre Migrações Internacionais. (Site).

8.
VILLARREAL VILLAMAR, María del Carmen. Fronteiras e controles migratórios se tornam negócio para empresas. 2017; Tema: Políticas e controles migratórios internacionais. (Site).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/10/2018 às 22:07:35