Ludmilla Martins Gomes da Silva

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/4223050501144861
  • Última atualização do currículo em 04/12/2018


Bacharela em Humanidades pela Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira-UNILAB, Licenciando em História pela mesma universidade, concluiu o ensino médio no ano de 2012 na Escola Estadual Leopoldo Santana, Técnica na área de modelagem do vestuário/ moda pela instituição FINACI. Desenvolveu o projeto de pesquisa como Trabalho de Conclusão de Curso intitulado "A REPRESENTAÇÃO MIDIÁTICA DA GUINÉ-BISSAU NO JORNAL O ESTADO DE SÃO PAULO (1960- 2012)", foi membro e bolsista do Projeto de Pesquisa: "África in the News: 140 anos da construção social do continente africano na mídia impressa brasileira", pela Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira, atualmente realiza pesquisas voltada para as áreas de Ensino de História e Análises de Livros Didáticos, sendo membro participante pelo Projeto de Pesquisa da FAPESB/ UNILAB, intitulado " A História da África que os livros didáticos africanos e brasileiros contam: um estudo comparativo entre Angola, Moçambique e o Brasil". Faz Estágio Magistério, como professora de História, Filosofia e Linguagens no CENSG- Colégio Estadual Nossa Senhora da Graça, em Candeias- BA. Membro bolsista pelo PIBID- Programa Institucional de Bolsas de Iniciação á Docência no CECBA- Centro Educacional Claudionor Batista, na comunidade quilombola- Monte Recôncavo- BA. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Ludmilla Martins Gomes da Silva
Nome em citações bibliográficas
SILVA, L. M. G.;SILVA, Ludmilla M.G


Formação acadêmica/titulação


2017
Graduação em andamento em História.
Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira, UNILAB, Brasil.
2015 - 2017
Graduação em Humanidades.
Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira, UNILAB, Brasil.
Título: Representação midiática da Guiné-Bissau no Jornal Estado de São Paulo.
Orientador: Leonardo Fernandes Nascimento.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
2013 - 2014
Curso técnico/profissionalizante em Modelagem do vestuário.
Faculdade Inaci, FINACI, Brasil.
2010 - 2012
Ensino Médio (2º grau).
Escola Estadual Professor Leopoldo Santana, EEPLS, Brasil.




Atuação Profissional



Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira, UNILAB, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2017
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Estudante bolsista pelo PIBIC, Carga horária: 48
Outras informações
Atuou como bolsista no projeto do PIBIC: África in the News: 140 anos de construção social do continente africano na mídia impressa brasileira, realizava atividades de coleta de dados, análises de dados baseada na metodologia da Grounded Teory com a criação de condificações (aberta e axial) e leituras de referenciais teóricos.


Colégio Estadual Nossa Senhora da Graça, CENSG, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Professora Substituta, Enquadramento Funcional: Estagiária nas aulas de História e Filosofia, Carga horária: 20
Outras informações
Nesse período ministro aulas de História para quatro turmas de ensino médio (uma turma de 1º ano, duas turmas de 2º ano e uma turma de 3º ano), também dou aula de Filosofia para o 3º ano e o 1º ano e aula de Linguagens para os dois 2º anos.



Projetos de pesquisa


2018 - Atual
A HISTÓRIA DA ÁFRICA QUE OS LIVROS DIDÁTICOS AFRICANOS E BRASILEIROS CONTAM: UM ESTUDO COMPARATIVO ENTRE ANGOLA, MOÇAMBIQUE E O BRASIL
Descrição: Este projeto dialoga com as áreas de História da África e Ensino de História e se encontra vinculado á linha de pesquisa Ensino de História da África e dos afro-brasileiros e temática indígena em sala de aula do Grupo de Estudos e Pesquisa do Diretório CNPQ: História da África e da Diáspora Africana nas Américas liderado pela Professora Doutora Fábia Barbosa Ribeiro e do qual faço parte, sendo pesquisador da UNILAB. O recorte temporal indicará sobre o período de 2000 a 2014, que abarca o final da Guerra em Angola, e os anos iniciais da construção da paz em Moçambique, até o ano de 2010, quando os sistemas educacionais de ambos os países passaram a seguir as diretrizes do Banco Mundial para o combate ao analfabetismo e a modernização da educação. Também durante esse período ocorre no Brasil implementação da Lei 10.639/03..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Ludmilla Martins Gomes da Silva - Integrante / Sene Carlos Indjai - Integrante / Fábia Barbosa Ribeiro - Coordenador / Idalina Maria Almeida Freitas - Integrante / Silvia Diana Bispo Ferreira - Integrante.
2016 - 2017
África in the News: 140 anos da construção social do continente africano na mídia impressa brasileira
Descrição: O projeto tinha como objetivo inicial compreender o papel do jornalismo na difusão de significados sobre o continente africano e seus países para os leitores brasileiros. Mais especificamente, a partir da análise crítica do discurso das notícias sobre a África, especificamente nos jornais Folha de S. Paulo e O Estado de S. Paulo, a pesquisa tentaria demostrar como as diferentes notícias se combinaram para produzir significados particulares que dão origem a uma representação racista e colonialista da África e dos africanos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Ludmilla Martins Gomes da Silva - Integrante / Leonardo Fernandes Nascimento - Coordenador.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História.


Idiomas


Alemão
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Produções



Produção bibliográfica
Apresentações de Trabalho
1.
SILVA, Ludmilla M.G. A representação midiática da Guiné-Bissau no jornal O Estado de São Paulo (1960-2012). 2018. (Apresentação de Trabalho/Outra).

2.
SILVA, Ludmilla M.G. Fugir ou Ficar- primeira experiências escolares. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
SILVA, Ludmilla M.G. Ensino de História: ?Nós de Memórias?. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
SILVA, Ludmilla M.G. Fugir ou Ficar- primeira experiências escolares. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
SILVA, Ludmilla M.G; Costa, Magnusson . NARRATIVAS E REPRESENTAÇÕES AFRICANA NO LIVRO DIDÁTICO ?HISTÓRIA: SOCIEDADE & CIDADANIA?- EDIÇÃO DE 2013/2015. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
SILVA, Ludmilla M.G. A REPRESENTAÇÃO MIDIÁTICA DA GUINÉ-BISSAU NO JORNAL O ESTADO DE SÃO PAULO (1960- 2012). 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
SILVA, Ludmilla M.G. A representação midiática da Guiné-Bissau no jornal O Estado de São Paulo (1960-2012). 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
SILVA, Ludmilla M.G. Análise de como o Jornal ?Estado De São Paulo? Retrata a Guiné-Bissau da Década de 1960 até o Ano de 2012?. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
16ª Semana de Museus. 2018. (Encontro).

2.
III Colóquio Internacional de História da África: fontes e pesquisas sobre a história das missões cristãs africanas. 2018. (Congresso).

3.
III Festival das Culturas.Oficina de Semba e Kizomba. 2018. (Outra).

4.
III Santo Amaro Afro.Abayomis- Ensino de História: Nós de Memórias. 2018. (Oficina).

5.
O seminário - O significado da África no Brasil: diálogos entre educação, cultura e luta por direitos.Dançando Semba e Afrohouse. 2018. (Seminário).

6.
Revitalização, Memória e Tradição. 2018. (Encontro).

7.
Curso de Diálogo de saberes com os Quilombos. 2017. (Outra).

8.
Curso de Políticas Públicas e Metodologia de Projetos de Intervenção Social. 2017. (Outra).

9.
Curso de Relações Brasil-África: desde a Revolta dos Malês até a atualidade. 2017. (Outra).

10.
I Enicecult- Encontro de Cultura, Linguagens e Tecnologias do Recôncavo. 2017. (Encontro).

11.
I Enicecult- Encontro de Cultura, Linguagens e Tecnologias do Recôncavo. 2017. (Encontro).

12.
I Formação de Contação de Histórias- a arte griôt de contação. 2017. (Oficina).

13.
II Festival das Culturas da UNILAB.Monitora/ Cerimonialista. 2017. (Outra).

14.
IVª Conferência da União dos Estudantes Guineenses nas Américas (UEGA). 2017. (Congresso).

15.
Programa de Formação e Qualificação de Agentes Culturais. 2017. (Oficina).

16.
V Jornada do Centro de Estudos Africanos e I Seminário Internacional: Patrimônio, História Intelectual e Cultura na África Ocidental.Como o Jornal O Estado de São Paulo Retrata a Guiné-Bissau da década de 1960 á 2012. 2017. (Seminário).

17.
1º Seminário Internacional África: Cultura, Saberes e Justiça. 2016. (Seminário).

18.
Curso de Formação Continuada para Educadores Étnicos.Projeto Educativo para educação relações étnicos-raciais. 2016. (Outra).

19.
Escrita Creativa. 2016. (Oficina).

20.
I Festival de Culturas da UNILAB. 2016. (Outra).

21.
I Festival de Culturas da UNILAB.Comissão Organizadora do evento/ monitora. 2016. (Outra).

22.
II conferência Municipal de Juventude. 2016. (Outra).

23.
III Semana Universitária da UNILAB. 2016. (Congresso).

24.
III Semana Universitária da UNILAB. 2016. (Outra).

25.
Informação e Ação: Caminhos e combate ao mosquito Aedes Aegypti e o perigo que ele causa á sociedade.como colaboradora interna- no teatro. 2016. (Outra).

26.
I Seminário de Filosofia Africana e III Seminário Desafios da Tradição e Modernidade em África e suas Diásporas: Ubuntu, Muntu e Lusotopia. 2016. (Seminário).

27.
Monitoria Biblioteca Naútica em Passé.Monitora no barco com contação de contos para crianças e monitora na formação para professores do EJA etnico-racial. 2016. (Oficina).

28.
Curso de Introdução á Cultura Bantu. 2015. (Outra).

29.
II ciclo de palestras do GEPILS. 2015. (Outra).

30.
II Conferência Municipal de Juventude de São Francisco do Conde. 2015. (Outra).

31.
II Semana Universitária da UNILAB. 2015. (Outra).

32.
marcha das mulheres negras. 2015. (Outra).

33.
Mostra internacional e integrada ao cinema africano. 2015. (Outra).

34.
Oficina de Sgrafitto. 2015. (Oficina).

35.
Seminário Internacional Herança Africana outra dimensão histórico- cultural.Monitora pela unilab, recepcionei os convidados.. 2015. (Seminário).

36.
sétima feira cultural do Iguape. 2015. (Feira).

37.
V Formação em Educação Escolar Quilombola:Diversidade étnico-racial no Brasil e as religiões negras na continuidade transatlânca. 2015. (Seminário).



Inovação



Projetos de pesquisa



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 21/01/2019 às 19:02:37