Francesco Guerra

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/7034946299734775
  • Última atualização do currículo em 22/01/2019


Possui doutorado em Discipline filosofiche - Universitá di Pisa (2010). Este doutorado foi reconhecido, no 2017, como doutorado em História na Faculdade de História da Universidade Federal de Goiás. Atualmente é pós-doutorando (PNPD-PPGH Capes) na Faculdade de História da Universidade Federal de Goiás. Tem experiência na área de História, com ênfase em Teoria e Metodologia da História e História Política alemã do século XIX e XX. Título do projeto de pesquisa: "Droysen, Meinecke e a questão do Machtstaat (Estado de potência)". Além desse projeto de pesquisa, no último ano desenvolveu dois novos projetos de pesquisa: 1) "Máfias, estudo de casos, historiografia da máfia, comportamento social, aspectos jurídicos" sobre as máfias entre a Itália, a Europa e as Américas e 2) "Da tribunalização da política à tribunalização da história: emergências do tempo presente" sobre a judicialização da política e conseqüentemente da história nas últimas décadas, sobretudo na Itália e no Brasil. Uma questão que pode se ligar também à afirmação de modelos políticos populistas, de direita como de esquerda, tanto na Europa (Itália, Hungria, etc.) quanto nas Américas (EUA, Brasil, México, etc.). (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Francesco Guerra
Nome em citações bibliográficas
GUERRA, F.;GUERRA, FRANCESCO

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Goiás, Instituto de Ciências Humanas e Letras, Departamento de História.
Avenida Esperança
Vila Itatiaia
74690265 - Goiânia, GO - Brasil - Caixa-postal: 131
Telefone: (62) 35211130


Formação acadêmica/titulação


2006 - 2010
Doutorado em Discipline filosofiche.
Universitá di Pisa, UNIPI, Itália.
Título: CONJUNGE ET IMPERABIS. EINHEIT, FREIHEIT, MACHTSTAAT NEL PRUSSIANESIMO DI JOHANN GUSTAV DROYSEN, Ano de obtenção: 2010.
Orientador: Alfonso Maurizio Iacono.
2000 - 2005
Mestrado em Facoltà di Lettere e Filosofia - Dipartimento di Filosofia.
Universitá di Pisa, UNIPI, Itália.
Título: La teoria della storia in Johann Gustav Droysen,Ano de Obtenção: 2005.
Orientador: Alfonso Maurizio Iacono.
Coorientador: Silvia Caianiello; Giovanni Paoletti.
Bolsista do(a): Diritto allo Studio Universitario, DSU, Itália.
Palavras-chave: Johann Gustav Droysen; Historicismo alemão; Teoria da história.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Teoria da história.
2000 - 2005
Graduação em Facoltà di Lettere e Filosofia - Dipartimento di Filosofia.
Universitá di Pisa, UNIPI, Itália.
Título: La teoria della storia in Johann Gustav Droysen.
Orientador: Alfonso Maurizio Iacono.
Bolsista do(a): Diritto allo Studio Universitario, DSU, Itália.


Pós-doutorado


2015
Pós-Doutorado.
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: Teoria da história.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História e historiografia política.
2012 - 2014
Pós-Doutorado.
Fondazione Luigi Salvatorelli, FLS, Itália.
Bolsista do(a): Fondazione Luigi Salvatorelli, FLS, Itália.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História alemã.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História e historiografia política.
2011 - 2011
Pós-Doutorado.
Humboldt-Universität Zu Berlin, HUB, Alemanha.
Bolsista do(a): Deutscher Akademischer Austauschdienst, DAAD, Alemanha.
Grande área: Ciências Humanas


Formação Complementar


2011 - 2012
MBA em Master in Management Aziendale.
Universitá di Pisa, UNIPI, Itália.
Bolsista do(a): Regione Toscana, RT, Itália.
2008 - 2008
Dipartimento di Filosofia.
Universitá di Pisa, UNIPI, Itália.
2005 - 2008
História.
Istituto Italiano per gli Studi Storici - Napoli, IISS, Itália.
2001 - 2002
Extensão universitária em Filosofia.
Technische Universität Dresden, TUD, Alemanha.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista Pós-Doutorado (PNPD-Capes), Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2018 - 2018
Vínculo: Professor Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista Pós-Doutorado (PNPD-Capes), Carga horária: 64, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Professor de História das Relações Internacionais I

Vínculo institucional

2018 - 2018
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista Pós-Doutorado (PNPD-Capes), Carga horária: 64, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Título da disciplina: Liberdade, Estado e Subjetividade no pensamento político ocidental entre a modernidade e a idade contemporânea.

Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Professor Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista Pós-Doutorado (PNPD-Capes), Carga horária: 64, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Professor de História das Relações Internacionais I

Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Professor Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista Pós-Doutorado (PNPD-Capes), Carga horária: 64, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Título da disciplina de pós-graduação: O pensamento político ocidental a partir do mundo moderno (Maquiavel, Moro, Bodin, Botero) até os seus desenvolvimentos no Segundo Pós-guerra (Rawls, Dworkin, Nozick).

Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Professor Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista Pós-Doutorado (PNPD-Capes), Carga horária: 64, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Professor de História das Relações Internacionais I

Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Professor Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista Pós-Doutorado (PNPD-Capes), Carga horária: 64, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Título da disciplina de pós-graduação: Entre humanismo político e revolução: o pensamento político europeu de Maquiavel a Bakunin.

Atividades

03/2018 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de História, .

03/2017 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Ciências Humanas e Letras, Departamento de Letras.

08/2015 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Ciências Humanas e Letras, Departamento de História.



Linhas de pesquisa


1.
Máfias, estudo de casos, historiografia da máfia, comportamento social, aspectos jurídicos.
2.
Por uma história do tempo presente: da tribunalização da política à tribunalização da história
3.
Droysen, Meinecke e a questão do Machtstaat (Estado de potência)


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Máfia, máfias e criminalidade organizada nas Américas e Europa: do final da Segunda Guerra aos dias atuais
Descrição: O presente grupo de pesquisa pretende examinar, de modo particular, os aspectos históricos, sociológicos, jurídicos e econômicos do fenômeno mafioso e o que lhe diz respeito, e de forma mais abrangente, o crime organizado segundo uma ótica internacional e uma abordagem comparativa. Aqui se toma o termo ?máfia? segundo a acepção dada pelo juiz Giovanni Falcone, como sendo o ?modelo para a criminalidade organizada?. Com tal definição, segundo o magistrado de Palermo, ?esta substancial unidade de modelo organizacional, permite a utilização do termo máfia em sentido amplo para todas as mais importantes organizações criminosas? Com o intuito de destacar tal abordagem, decidiu-se subdividir o projeto em três áreas geográficas bem definidas (América do Norte, América do Sul e Europa), em cada uma destas áreas o fenômeno mafioso será investigado destacando as formas autóctones de criminalidade organizada, passando, então, à análise dos tentáculos que tais organizações autóctones tiveram nos decênios anteriores e tem, no presente, com as grandes organizações mafiosas presentes no território italiano e, mais amplamente, no território europeu. Os recortes temporais que o projeto pretende realizar vão do final da Segunda Guerra mundial até os nossos dias, destacando, em particular, a Itália e a França, de um lado, e de outro, alguns países sulamericanos ? se pensarmos apenas, como exemplo, nos grupos de criminalidade organizada operando no México e no Brasil, como centros de irradiação do crime organizado em escala mundial..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Francesco Guerra - Coordenador / LEANDRO DEMORI - Integrante / ENRICO TAGLIAFERRO - Integrante / GABRIELLA SABA - Integrante / ERCOLE GIAP PARINI - Integrante / ALESSANDRO SALVADOR - Integrante / FABIO CAMMALLERI - Integrante / ROCCO SCIARRONE - Integrante / GIACOMO PACINI - Integrante / ENRICO RUFFINO - Integrante / Aldo Garzia - Integrante / Alfredo Luis Somoza - Integrante / Lara Sirignano - Integrante / SARA MARIA SAMPAIO BRANDÃO - Integrante / RODRIGO EDVARD ARAUJO SILVA - Integrante / MARCELO HENRIQUE RIBEIRO BORGES - Integrante / MARGARETH DE LOURDES OLIVEIRA NUNES - Integrante / ALEX FERNANDES BORGES - Integrante / RENATO MENESES TÔRRES - Integrante / MURILO GONÇALVES DOS SANTOS - Integrante / NATASHA BATISTA MENDES - Integrante / PEDRO HUMBERTO NUNES OLIVEIRA - Integrante / PEDRO SERGIO DOS SANTOS - Integrante / GABRIELA MACHADO RENNÓ - Integrante / FREDERICO VITOR SANTOS OLIVEIRA - Integrante.


Outros Projetos


2017 - Atual
I ENCONTRO DA REVISTA DE TEORIA DA HISTÓRIA: O DEBATE HISTORIOGRÁFICO NO CENTRO-OESTE
Situação: Em andamento; Natureza: Outra.

Integrantes: Francesco Guerra - Coordenador / Luiz Sérgio Duarte da Silva - Integrante.


Membro de corpo editorial


2017 - Atual
Periódico: Revista de Teoria da História


Revisor de periódico


2015 - Atual
Periódico: H-Soz-Kult
2015 - Atual
Periódico: Ricerche di Storia Politica
2016 - Atual
Periódico: História da Historiografia
2017 - Atual
Periódico: EDUCAÇÃO E FILOSOFIA (UFU. IMPRESSO)
2015 - Atual
Periódico: História Revista (UFG)


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: Teoria e Metodologia da História e História Política.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Moderna e Contemporânea.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do tempo presente.


Idiomas


Alemão
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.
Italiano
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Latim
, Lê Razoavelmente.
Grego
, Lê Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
GUERRA, FRANCESCO2018GUERRA, FRANCESCO. O prussianismo e a primazia da política externa no pensamento político de Droysen. HISTÓRIA DA HISTORIOGRAFIA, v. 2017, p. 135-149, 2018.

2.
GUERRA, F.;GUERRA, FRANCESCO2016GUERRA, F.. Johann Gustav Droysen e le funzioni della storiografia. Una nota su 'What is history for?' di Arthur Alfaix Assis. Archivio di Storia della Cultura, v. 29, p. 239-248, 2016.

3.
GUERRA, F.;GUERRA, FRANCESCO2013 GUERRA, F.. Riflessioni sul prussianesimo di Johann Gustav Droysen. Ricerche di Storia Politica, v. 16, p. 59-70, 2013.

4.
GUERRA, F.;GUERRA, FRANCESCO2010 GUERRA, F.. Arnaldo Momigliano lettore di Droysen. Incidenza dell'Antico, v. 8, p. 39-79, 2010.

5.
GUERRA, F.;GUERRA, FRANCESCO2008 GUERRA, F.. Questa fu la Prussia. Il carteggio tra Johann Gustav Droysen e Heinrich von Treitschke. Annali dell´Istituto Italiano per gli Studi Storici, v. XXIII, p. 567-635, 2008.

6.
GUERRA, F.;GUERRA, FRANCESCO2008GUERRA, F.. La colpa di Josef K. Percorsi di lettura ne Il Processo di Kafka. Scrinia, v. V, p. 39-55, 2008.

7.
GUERRA, F.;GUERRA, FRANCESCO2007GUERRA, F.. Droysen tra trascendentalismo e ontologia. Archivio di Storia della Cultura, v. XX, p. 341-371, 2007.

8.
GUERRA, F.;GUERRA, FRANCESCO2007GUERRA, F.. Alle origini del comprendere indagando (Forschend zu verstehen): il carattere empirico del materiale storico e la critica al concetto di ?fatto oggettivo? nella Istorica di J. G. Droysen. Scrinia, v. IV, p. 47-75, 2007.

9.
GUERRA, F.;GUERRA, FRANCESCO2007GUERRA, F.. Friedrich Meinecke: da Ranke al cristianesimo secolarizzato. Scrinia, v. IV, p. 115-124, 2007.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
GUERRA, F.. Droysen. Due scritti politici. 1. ed. Pisa: ETS, 2017. v. 1. 196p .

2.
GUERRA, F.. Droysen in Italia: sulla ricezione della teoria della storia. 1. ed. Goiânia: Editora da Imprensa Universitária/UFG, 2017.

3.
GUERRA, F.. «Conjunge et imperabis». Einheit e Freiheit nel pensiero politico di Johann Gustav Droysen. 0. ed. Napoli: Società Editrice Il Mulino, 2016. v. 1. 334p .

4.
GUERRA, F.. Il (Super)Reich prussiano e luterano di Droysen tra Macht e Friedenspolitik. 1. ed. Roma: Aracne, 2014. v. 1. 96p .

Capítulos de livros publicados
1.
GUERRA, F.. A política externa de Frederico, o Grande, no prussianismo de Johann Gustav Droysen. In: Júlio Bentivoglio, Bruna Breda Bigossi, Bruno César Nascimento, Hugo Ricardo Merlo, Luna Halabi. (Org.). 9. Seminário Brasileiro de História da Historiografia O historiador brasileiro e seus públicos hoje. 1ed.Ouro Preto: EDUFOP, 2016, v. , p. 178-185.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
GUERRA, F.. Il panopticon di Sérgio Moro o del sospetto come anticamera della verità. Next Quotidiano, https://www.nextquotidiano.it/, 05 dez. 2018.

2.
GUERRA, F.. Bolsonaro e il Brasile di ieri e di oggi. Next Quotidiano, https://www.nextquotidiano.it/, 23 nov. 2018.

3.
GUERRA, F.. Il Superministro Sérgio Moro e la presunta eredità di Giovanni Falcone. Next Quotidiano, https://www.nextquotidiano.it/, 06 nov. 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
GUERRA, F.. Máfia, máfias e criminalidade organizada nas Américas e Europa. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
GUERRA, F.. Porque ler Maquiavel nos dias de hoje: ética, sorte e política em 'O Principe'. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
GUERRA, F.. Le lezioni sulla Historik di Johann Gustav Droysen tra storiografia, tempo e metodo. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
GUERRA, F.. Da tribunalização da política à tribunalização da história: emergências do tempo presente. 2018. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

5.
GUERRA, F.. Tra le sponde dell'Atlantico: transiti criminali tra l'Europa e l'America nella seconda metà del novecento. 2018. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

6.
GUERRA, F.. Sobre dois escritos políticos de Droysen. 2018. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

7.
GUERRA, F.. 'Aquele que tem medo, morre cada dia, aquele que não tem medo, morre só uma vez'. Máfia, política, economia, justiça: o caso de Cosa Nostra em Sicília do fim da Segunda Guerra Mundial até nossos dias. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
GUERRA, F.. Mafia e mafie tra l'Europa e le Americhe. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

9.
GUERRA, F.. Sobre as organizações criminosas italianas, em particular a Máfia. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
GUERRA, F.. Sobre o primeiro episódio da mini-série IL CAPO DEI CAPI. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
GUERRA, F.. Sobre as organizações criminosas italianas, em particular a Máfia. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
GUERRA, F.. Sobre as organizações criminosas italianas, em particular a Máfia. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
GUERRA, F.. Frederico, o Grande e o conceito de Friedenstaat no prussianismo de Johann Gustav Droysen. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

14.
GUERRA, F.. O prussianismo de Droysen entre Frederico, o Grande, e Bismarck. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

15.
GUERRA, F.. Der preuβische Staat Friedrichs des Groβen in der Geschichte der preuβischen Politik von Johann Gustav Droysen. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

16.
GUERRA, F.. Droysen en Italia: la recepción académica de la teoría de la historia. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

17.
GUERRA, F.. Droysen tra Gelehrtenpolitik e prussianesimo. 2009. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

Outras produções bibliográficas
1.
GUERRA, F.. R. Steinke, Fritz Bauer Oder Auschwitz Vor Gericht, Piper Verlag, 2013. Bologna: Ricerche di Storia Politica, 1-2016, Il Mulino, 2016 (Resenha).

2.
GUERRA, F.. Assis, Arthur Alfaix: What Is History For? Johann Gustav Droysen and the Functions of Historiography, New York 2014. Berlin: H-Soz-Kult, 28.05.2015, 2015 (Resenha).

3.
GUERRA, F.. R. STEINKE, FRITZ BAUER. ODER AUSCHWITZ VOR GERICHT, PIPER VERLAG, 2013. Goiânia: História Revista - v. 20, n. 2 (2015), pp. 172-173, 2015 (Resenha).


Produção técnica
Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
GUERRA, F.; RUFFINO, E. . Intervista ad uno storico al di sopra di ogni sospetto. Dialogo con Francesco Guerra. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
GUERRA, F.; NUNES, M. L. O. ; SANTOS, M. G. ; BORGES, M. H. R. . Máfia, máfias e criminalidade organizada nas Américas e Europa: do final da Segunda Guerra aos dias atuais. 2017. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

3.
GUERRA, F.; SANTOS, M. G. ; Silvia Caianiello . Tempo e historicidade na Filosofia, Ciência e Teoria da História: Entrevista com Silvia Caianiello?. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica


Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
GUERRA, F.; BERBERT JUNIOR, C. O.; ALMEIDA, F. F.. Participação em banca de Murilo Gonçalves dos Santos. A teoria da história de Raymond Aron para além do Reno: 'Découverte de l'Allemagne'. 2018. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Goiás.

2.
ARRAIS, C. P. A.; SILVA, A. L.; GUERRA, F.. Participação em banca de Poliana Gabriel Oliveira. A construção da identidade narrativa de Fiodor Dostoiévski em Recordação da Casa dos Mortos. 2017. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Goiás.

3.
ASSIS, A. O. A.; OLIVEIRA, I. F.; GUERRA, F.; ARAUJO, A. G. M.. Participação em banca de Caio Rodrigo Carvalho Lima. ALÉM DOS MUROS DA ACADEMIA Sentido da história e trauma histórico na obra de Jörn Rüsen (1983 ? 2013). 2016. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade de Brasília.

Teses de doutorado
1.
SALOMON, M. J.; OLIVEIRA, F. C.; BERBERT JUNIOR, C. O.; GUERRA, F.. Participação em banca de Luiz Fernando de Oliveira. O direito ao esquecimento na história do tempo presente: o ofício do historiador face aos limites judiciais da memória. 2018. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal de Goiás.

Qualificações de Doutorado
1.
SALOMON, M. J.; OLIVEIRA, F. C.; BERBERT JUNIOR, C. O.; GUERRA, F.. Participação em banca de Luiz Fernando de Oliveira. O direito ao esquecimento na história do tempo presente: o ofício do historiador face aos limites judiciais da memória. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Universidade Federal de Goiás.

Qualificações de Mestrado
1.
GUERRA, F.; BERBERT JUNIOR, C. O.; Ulisses do Valle. Participação em banca de Alex Fernandes Borges. Interesse, conhecimento e intersubjetividade: as interseções do pensamento de Jürgen Habermas e Jörn Rüsen. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal de Goiás.

2.
ARRAIS, C. P. A.; Eugênio Rezende de Carvalho; GUERRA, F.. Participação em banca de Fernando Sousa Teixeira. A revista dos Annales d'histoire économique et sociale entre os anos de 1929 e 1938. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal de Goiás.

3.
GUERRA, F.; BERBERT JUNIOR, C. O.; ALMEIDA, F. F.. Participação em banca de Murilo Gonçalves dos Santos. A teoria da história de Raymond Aron para além do Reno: 'Découverte de l'Allemagne'. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal de Goiás.

4.
ARRAIS, C. P. A.; GUERRA, F.; SILVA, A. L.. Participação em banca de Poliana Gabriel Oliveira. A construção da identidade narrativa de Fiodor Dostoiévski em Recordação da Casa dos Mortos. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em História) - Universidade Federal de Goiás.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
PATTI, C.; João Henrique Ribeiro Roriz; GUERRA, F.. Participação em banca de Ana Paula da Cruz Andrade.Opinião pública e relações internacionais: as reações da sociedade civil brasileira às origens da era nuclear. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - Ciências Sociais) - Universidade Federal de Goiás.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
NUNES, M. O.; GUERRA, F.. Exame de Suficiência em Língua Italiana do CASLE (Centro de Avaliação de Suficiência em Língua Estrangeira), níveis de Mestrado e Doutorado do programa de Pós-Graduação em Letras e Linguística da UFG. 2018. Universidade Federal de Goiás.

2.
NUNES, M. O.; GUERRA, F.. Exame de Suficiência em Língua Italiana do CASLE (Centro de Avaliação de Suficiência em Língua Estrangeira), níveis de Mestrado e Doutorado do programa de Pós-Graduação em Letras e Linguística da UFG. 2018. Universidade Federal de Goiás.

3.
NUNES, M. O.; GUERRA, F.. Exame de Suficiência em Língua Italiana do CASLE (Centro de Avaliação de Suficiência em Língua Estrangeira), níveis de Mestrado e Doutorado do programa de Pós-Graduação em Letras e Linguística da UFG. 2018. Universidade Federal de Goiás.

4.
NUNES, M. L. O.; GUERRA, F.. Exame de Suficiência em Língua Italiana do CASLE (Centro de Avaliação de Suficiência em Língua Estrangeira), níveis de Mestrado e Doutorado do programa de Pós-Graduação em Letras e Linguística da UFG. 2017. Universidade Federal de Goiás.

5.
NUNES, M. O.; GUERRA, F.. Exame de Suficiência em Língua Italiana do CASLE (Centro de Avaliação de Suficiência em Língua Estrangeira), níveis de Mestrado e Doutorado do programa de Pós-Graduação em Letras e Linguística da UFG. 2017.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Clío, a escritura y el tiempo. Le lezioni sulla Historik di Johann Gustav Droysen tra storiografia, tempo e metodo. 2018. (Congresso).

2.
Colóquio de pesquisa e extensão.Máfia, máfias e criminalidade organizada nas Américas e Europa. 2018. (Simpósio).

3.
Grupo de Estudos de Teoria do Direito.Porque ler Maquiavel nos dias de hoje: ética, sorte e política em 'O Principe'. 2018. (Seminário).

4.
II. Seminário de Teoria da História no Centro-Oeste.Sobre dois escritos políticos de Droysen. 2018. (Seminário).

5.
Las travesías migrantes como objeto de estudio.Tra le sponde dell'Atlantico: transiti criminali tra l'Europa e l'America nella seconda metà del novecento. 2018. (Simpósio).

6.
X Seminário Brasileiro de Teoria e História da Historiografia - Emergências: desafios contemporâneos a historiografia.Da tribunalização da política à tribunalização da história: emergências do tempo presente. 2018. (Seminário).

7.
História e desenvolvimento do fenômeno mafioso em Itália de '45 até hoje.'Aquele que tem medo, morre cada dia, aquele que não tem medo, morre só uma vez'. Máfia, política, economia, justiça: o caso de Cosa Nostra em Sicília do fim da Segunda Guerra Mundial até nossos dias. 2017. (Encontro).

8.
MOMENTO ITALIANO NA UFG (5a edição ? 2017) - 06 de novembro, no CEPAE ? Centro de Pesquisas Aplicadas à Educação da UFG.Debate sobre organizações criminosas italianas, em particular a Máfia. 2017. (Encontro).

9.
MOMENTO ITALIANO NA UFG (5a edição ? 2017) ocorrida no dia 07 de novembro, na Faculdade de Letras.Sobre as organizações criminosas italianas, em particular a Máfia. 2017. (Encontro).

10.
MOMENTO ITALIANO NA UFG (5a edição ? 2017) ocorrida no dia 20 de maio, no Cine UFG, na Faculdade de Letras da UFG, como coordenador do Projeto de Pesquisa MÁFIAS.Sobre o primeiro episódio da mini-série IL CAPO DEI CAPI. 2017. (Encontro).

11.
MOMENTO ITALIANO NA UFG (5a edição ? 2017) ocorrida no dia 31 de maio, na Faculdade de Letras.Debate sobre organizações criminosas italianas, em particular a Máfia. 2017. (Encontro).

12.
XVII Congresso da ABPI - Trânsitos, migrações e circulações: a Itália e o italiano em movimento. Mafia e mafie tra l'Europa e le Americhe. 2017. (Congresso).

13.
9 SNHH - Seminário Brasileiro de História da Historiografia.Frederico, o Grande e o conceito de Friedenstaat no prussianismo de Johann Gustav Droysen. 2016. (Seminário).

14.
UnB - Brasília - Revisitando o historicismo.O prussianismo de Droysen entre a política externa de Frederico, o grande, e a politica externa de Bismarck. 2016. (Seminário).

15.
Villa Vigoni - Loveno di Menaggio - Como - Friedrich der Groβe in Europa. Geschichte einer wechselvollen Beziehung. Der preuβische Staat Friedrichs des Groβen in der Geschichte der preuβischen Politik von Johann Gustav Droysen. 2011. (Congresso).

16.
Universidad de Zaragoza - Institucionalización y estrategias profesionales de la historiografía (siglos XIX y XX) XX). Droysen en Italia: la recepción académica de la teoría de la historia. 2010. (Congresso).

17.
Fondazione Bruno Kessler - Trento (Italia) - Questa fu la Prussia. Secondo Johann Gustav Droysen e Heinrich von Treitschke.Droysen tra Gelehrtenpolitik e Prussianesimo. 2009. (Seminário).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Alex Fernandes Borges. RAZÃO COMUNICATIVA E CIÊNCIA DA HISTÓRIA: Um diálogo entre Jürgen Habermas e Jörn Rüsen. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Goiás. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Murilo Gonçalves dos Santos. A teoria da história de Raymond Aron para além do Reno: 'Découverte de l'Allemagne'. 2018. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Goiás, . Orientador: Francesco Guerra.

2.
Poliana Gabriel Oliveira. A construção da identidade narrativa de Fiodor Dostoiévski em Recordação da Casa dos Mortos. 2017. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de Goiás, . Coorientador: Francesco Guerra.



Outras informações relevantes


Facebook: Franz Johann Georg Krieg

Twitter: @franzkrieg79

Instagram: francescofranzguerra

Academia.edu: Francesco Guerra


Aprovado no concurso PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR VISITANTE E PROFESSOR VISITANTE E PESQUISADOR ESTRANGEIRO na Universidade Federal de Goiás, 17 e 18 de dezembro de 2017, EDITAL No 55/2017).

Aprovado no concurso PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR VISITANTE (NACIONAL OU ESTRANGEIRO) na Universidade Federal de Pelotas segundo o EDITAL CPG No 2/2018 e o Processo no 23110.016936/2018-48 (DOU, 6 de julho de 2018).

Aprovado no CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGA NO CARGO DE PROFESSOR DE MAGISTÉRIO SUPERIOR, Classe A, Denominação Adjunto "A", Nível 1, DE / Portaria Autorizativa e data de publicação no DOU: 182, de 20/03/2016, e 405, de 31/08/2012 / Edital de Abertura e data de publicação no DOU: 239, de 10/11/2017 / Departamento de História (HIS) / Área: História Contemporânea / Vaga: 1 (uma), Universidade de Brasília. EDITAL No 83 EDITAL DE CRONOGRAMA/2018. EDITAL DE RESULTADO PROVISÓRIO N° 83, DE 24 DE ABRIL DE 2018.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/02/2019 às 21:25:54