Lucas Siebra Rocha

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/1025064247125168
  • Última atualização do currículo em 05/10/2018


Atualmente, mestrando em Matemática no Programa de Pós-Graduação em Matemática ofertado pela Universidade Federal de Campina Grande - UFCG. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Lucas Siebra Rocha
Nome em citações bibliográficas
ROCHA, L. S.


Formação acadêmica/titulação


2018
Mestrado em andamento em Matemática.
Universidade Federal de Campina Grande, UFCG, Brasil. Orientador: Fabio Reis dos Santos.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2015 - 2018
Graduação em Matemática.
Universidade Federal de Campina Grande, UFCG, Brasil.
Título: Fórmulas Integrais de Minkowski e o Teorema de Liebmann.
Orientador: Henrique Fernandes de Lima.
2014 interrompida
Graduação interrompida em 2015 em Engenharia de Petróleo.
Universidade Federal de Campina Grande, UFCG, Brasil.
Ano de interrupção: 2015
2011 - 2013
Ensino Médio (2º grau).
Colégio Pequeno Príncipe, CPP, Brasil.




Formação Complementar


2018 - 2018
Análise Real (Escola de Verão). (Carga horária: 45h).
Universidade Federal de Campina Grande, UFCG, Brasil.
2015 - 2015
Inclusão de figuras em documentos LaTeX. (Carga horária: 6h).
Universidade Federal de Campina Grande, UFCG, Brasil.
2015 - 2015
Estruturas Combinatórias: Grafos e Matróides. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal de Campina Grande, UFCG, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Campina Grande, UFCG, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2018
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Aluno Bolsista do Grupo PET Matemática - UFCG, Carga horária: 20



Projetos de pesquisa


2016 - 2017
Cálculo e Estimação de Invariantes Geométricos: Uma Introdução às Geometrias Euclidiana e Afim
Descrição: Nesta Iniciação Científica, serão apresentadas algumas definições e conceitos de invariantes geométricos bastante usuais. Esses invariantes se aplicam tanto no contexto da Geometria Diferencial bem como no contexto da geometria discreta. Os enfoques desta iniciação serão feitos, inicialmente, no plano e logo após, abordaremos o estudo de superfícies no espaço Euclidiano tridimensional. Por fim, trataremos essas temáticas no contexto da Geometria Afim..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2015 - 2016
Modelagem Matemática de fluxo de Fluidos em meios porosos
Descrição: Conforme (PEACEMAN, 1977), a simulação de fluxo em reservatório consiste em inferir seu comportamento real de acordo com a performance de um modelo desse reservatório. O problema de escoamento em meios porosos relaciona-se com vários fenômenos de interesse, tais como escoamento em rochas-reservatório de petróleo, diagênese de rochas e difusão em biomateriais porosos, de acordo com (KHALED, 2003). Além disso, requer-se ferramentas matemáticas para seu estudo rigoroso. Nesse contexto, a modelagem matemática assume um importante papel de prever o comportamento desse sistema, utilizando-se de equações diferenciais parciais para descrever matematicamente os fenômenos estudados. Segundo (PEACEMAN, 1977), o uso de simulações de fluxo em meios porosos tem ganhado grande aceitação na indústria de petróleo para uma grande variedade de estudos de reservatórios de óleo e gás..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Matemática.


Idiomas


Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Produções



Produção bibliográfica
Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
DE MORAIS FILHO, D. C. ; ALVES, E. C. A. ; ROCHA, L. S. . A HISTÓRIA DA SOLUÇÃO DAS EQUAÇÕES CÚBICAS: A RESOLUÇÃO GEOMÉTRICA DO POETA OMAR KHAYYAM COMO PROPOSTA DIDÁTICA. In: Congresso Nacional de Pesquisa e Ensino em Ciências (CONAPESC), 2016, Campina Grande. Anais I CONAPESC, 2016. v. 1.

2.
DE MORAIS FILHO, D. C. ; ROCHA, L. S. ; SILVA, L. ; SILVA, L. F. R. C. . A DESCOBERTA DO VOLUME DA ESFERA UTILIZANDO A HISTÓRIA DA MATEMÁTICA COMO PROPOSTA DIDÁTICA. In: IX ENCONTRO PARAIBANO DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, 2016, Campina Grande. Anais IX EPBEM, 2016. v. 1.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
I CICLOMAT ? Ciclo Paraibano de Palestras de Divulgação da Matemática. 2018. (Encontro).

2.
III ENECT - Encontro de Educação, Ciência e Tecnologia.É Possível Usarmos Circunferências na Soma De Riemann?. 2018. (Encontro).

3.
Festival da Matemática.Antigas Máquinas Manuais de Calcular: uma maneira moderna para entender como funcionam os algoritmos da adição, subtração, multiplicação e divisão. 2017. (Oficina).

4.
IX SEMANA DA MATEMÁTICA.É possível usarmos circunferências em Soma de Riemann?. 2017. (Encontro).

5.
IX SEMANA DA MATEMÁTICA.Uma prova da Irracionalidade de pi. 2017. (Encontro).

6.
SEMANA NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA.Antigas Máquinas Manuais de Calcular - Ciência e Tecnologia do passado e do presente, comprovando que a Matemática está em todo lugar. 2017. (Oficina).

7.
SEMANA NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA.Antigas Máquinas Manuais de Calcular - Ciência e Tecnologia do passado e do presente, comprovando que a Matemática está em todo lugar. 2017. (Oficina).

8.
VIII Bienal da Matemática. 2017. (Congresso).

9.
Congresso Nacional de Pesquisa e Ensino em Ciencias. A História da Solução das Equações Cúbicas: A Resolução Geométrica do Poeta Omar Khayyam como Proposta Didática. 2016. (Congresso).

10.
Encontro Paraibano de Educação Matemática. A DESCOBERTA DO VOLUME DA ESFERA UTILIZANDO A HISTÓRIA DA MATEMÁTICA COMO PROPOSTA DIDÁTICA. 2016. (Congresso).

11.
VIII Semana da Matemática.Arquimedes e o Volume da Esfera. 2015. (Encontro).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 16/10/2018 às 12:25:29