Vitor Alberto de Souza

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/1210867282026546
  • Última atualização do currículo em 18/02/2019


Mestrando no Programa de Pós Graduação em Gerenciamento Costeiro pela Universidade Federal do Rio Grande (FURG). Graduado em Ciências Biológicas, com habilitação em Gerenciamento Costeiro, pela Universidade Estadual Paulista - UNESP, Instituto de Biociências (IB -CLP). Realizou período de intercâmbio na University of Western Australia (2014), pelo programa Ciencias sem Fronteiras (CAPES/CNPQ). Atua na área de Planejamento Urbano e Regional, com ênfase em Gerenciamento Costeiro Integrado (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Vitor Alberto de Souza
Nome em citações bibliográficas
SOUZA, V. A.;de Souza, V. A.;DE SOUZA, VITOR ALBERTO


Formação acadêmica/titulação


2017
Mestrado em andamento em GERENCIAMENTO COSTEIRO.
Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil. Orientador: Rafael Medeiros Sperb.
Coorientador: Débora Martins de Freitas.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Planejamento Espacial Marinho; Macrodiagnóstico da Zona Costeira; Gestão Costeira.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas
2011 - 2016
Graduação em Ciências Biológicas.
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Título: O Planejamento Espacial Marinho como ferramenta para a gestão pesqueira na região da APA Marinha Litoral Centro em Peruíbe.
Orientador: Débora Martins de Freitas.
2013 - 2014
Graduação em Marine Science.
The University of Western Australia, UWA, Austrália.
com período sanduíche em Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Orientador: Profa. Dra. Tânia Márcia Costa).
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.




Formação Complementar


2018 - 2018
São Paulo Advanced School of Ocean Sciences and Interdisciplinary Research. (Carga horária: 90h).
Instituto de Estudos Avançados - USP, IEA-USP, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Mestrando

Atividades

03/2017 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Reitoria, Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação.


Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2016
Vínculo: Discente, Enquadramento Funcional: Graduação, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

03/2011 - Atual
Extensão universitária , Campus do Litoral Paulista - Unidade São Vicente, .

Atividade de extensão realizada
Professor de Biologia no Cursinho Pré-Vestibular Caiçara.
04/2015 - 04/2016
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus do Litoral Paulista - Unidade São Vicente, Instituto de Biociências - Câmpus do Litoral Paulista.

Cargo ou função
Representante discente no Conselho de Curso.
03/2013 - 06/2013
Outras atividades técnico-científicas , Campus do Litoral Paulista - Unidade São Vicente, Campus do Litoral Paulista - Unidade São Vicente.

Atividade realizada
Monitor da disciplina de "Zoologia de invertebrados I" (26hrs)..
03/2012 - 06/2012
Outras atividades técnico-científicas , Campus do Litoral Paulista - Unidade São Vicente, Campus do Litoral Paulista - Unidade São Vicente.

Atividade realizada
Monitor da disciplina de "Zoologia de invertebrados I" (26hrs)..

Projeto Coral Vivo, CV, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista PROEX


Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista do Ciências Sem Fronteiras, Regime: Dedicação exclusiva.



Linhas de pesquisa


1.
Caracterização de Habitats Marinhos e Costeiros Brasileiros


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Subsídios para avaliação da transferência da gestão das praias marítimas urbanas aos Municípios
Descrição: Dentro do contexto da Gestão Costeira Integrada, a Secretaria do Patrimônio da União repassou aos municípios a gestão das praias, por meio da Lei Federal º 13.240/2015. No entanto, para viabilizar esta gestão os municípios devem assinar o Termo de Adesão de Gestão de Praias Urbanas (TGPA) no qual se comprometem a diversos obrigações, dentre elas apresentar o relatório de gestão de praias marítimas urbanas e a elaboração dos Planos de Gestão Integrada. No entanto, os indicadores e formato destes relatórios não estão definidos e as diferenças regionais e municipais devem ser levadas em consideração. Sendo assim o principal objetivo deste projeto é o de qualificar o processo de transferência da gestão de praias marítimas urbanas às prefeituras municipais por meio do desenvolvimento de estratégias de fomento para a elaboração dos Planos de Gestão Integrada da Orla Marítima ? PGIs e de monitoramento da gestão das praias. Para tanto serão desenvolvidos indicadores e procedimentos para se definir o método de avaliação e controle do cumprimento do TAGP e subsidiar a elaboração e monitoramento de novos PGI. Estes objetivos serão alcançados com base em workshops com especialistas, entrevistas com gestores e pesquisa de indicadores nacionais e internacionais, os quais serão aplicados a praias selecionadas. Espera-se obter uma metodologia para avaliação da qualidade da gestão das praias; diretrizes para subsidiar a elaboração de novos PGIs no contexto do TAGP; indicadores de avaliação dos PGIs com base no conteúdo exigido pelo TAGP e boas práticas reconhecidas; orientações e indicadores para o acompanhamento da execução dos PGIs elaborados no contexto do TAGP; e incentivo à adesão de novos municípios ao TAGP..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Vitor Alberto de Souza - Coordenador / Marinez Eymael Garcia Scherer - Integrante / Jose Mauricio de Camargo - Integrante / Monica Costa - Integrante / João Nicolodi - Integrante.
Financiador(es): Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão - Cooperação.
2017 - Atual
PROPOSTA METODOLÓGICA PARA O MAPEAMENTO DE HABITATS COSTEIROS E MARINHOS BRASILEIROS NO MACRODIAGNÓSTICO DA ZONA COSTEIRA
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.

Integrantes: Vitor Alberto de Souza - Coordenador / João Luis Nicolodi - Integrante / Rafael Medeiros Sperb - Integrante.
2017 - Atual
Zoneamento Ecológico-Econômico do Rio Grande do Sul (ZEE-RS)
Descrição: Disponibilização de equipe de especialistas à empresa Codex Remote Ciências Espaciais e Imagens Digitais Ltda., designada e coordenada pela Fundação de Apoio à Universidade do Rio Grande ? FAURG, para realização de consultoria técnica no projeto de elaboração do Zoneamento Ecológico-Econômico do Rio Grande do Sul (ZEE-RS), integrando ao sistema de planejamento do Estado as informações necessárias à gestão do território, participando da Atividades 4 (Diagnósticos do Meio Natural (Físico-Biótico), da Dinâmica Socioeconômica e da organização Jurídico-Institucional) e da Atividade 5 (Prognóstico), do referido projeto..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (4) .

Integrantes: Vitor Alberto de Souza - Integrante / Milton Lafourcade Asmus - Integrante / João Luis Nicolodi - Coordenador / Rafael Medeiros Sperb - Integrante / Marcelo Vinicius de La Rocha Domingues - Integrante / Gibran da Silva Teixeira - Integrante / Milton Luis Paiva de Lima - Integrante.
2016 - 2016
Percepção sociambiental e distribuição espacial da atividade de pesca de emalhe como instrumento para gestão costeiro-marinha de Peruíbe
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .

Integrantes: Vitor Alberto de Souza - Integrante / Débora Martins de Freitas - Coordenador.
2016 - Atual
Atualização do Macrodiagnóstico da Zona Costeira e Marinha
Descrição: Produção de subsídios para a atualização do MDZCM, a integração de temáticas específicas da Zona Costeira ao Zoneamento Ecológico Econômico e a definição de padrões mínimos para o levantamento e para a incorporação de dados costeiros relacionados ao gerenciamento costeiro, de forma integrada aos dados oficiais de referência previstos na Infraestrutura Nacional de Dados Espaciais..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) .

Integrantes: Vitor Alberto de Souza - Integrante / Milton Lafourcade Asmus - Integrante / João Luis Nicolodi - Coordenador / Rafael Medeiros Sperb - Integrante / Marcelo Vinicius de La Rocha Domingues - Integrante / Paulo Roberto Tagliani - Integrante / Carlos Roney Armanini Tagliani - Integrante / Lucia de Fatima Anello - Integrante / Carlos Alberto Seifert Junior - Integrante / Marcelo Dutra da Silva - Integrante / Dione Kitzmann - Integrante / Patrizia Abdallah - Integrante.
Financiador(es): Ministério do Meio Ambiente e da Amazonia Legal - Outra.


Projetos de extensão


2017 - Atual
Produção de vídeos educativos e cartilhas, com o objetivo de divulgar conhecimentos ambientais e funcionamento do Poder Público, no que tange ao Gerenciamento Costeiro.
Descrição: As zonas costeiras representam um grande desafio para a gestão ambiental do País, pois, além de grande extensão territorial, o litoral apresenta formações físico-bióticas extremamente diversificadas. Ainda, é nesse espaço que se encontram as maiores ocupações populacionais no Brasil e, consequentemente, as pressões antrópicas decorrentes da ocupação humana, do uso do solo e dos recursos naturais e de exploração econômica.Dentro desse contexto, cabe ao MMA, através da Gerência de Gerenciamento Costeiro (GERCO), do Departamento de Zoneamento Territorial (DZT), coordenar importantes ações de alcance nacional, como o Plano Nacional de Gerenciamento Costeiro (PNGC), instituído através da Lei No 7.661, de 16 de maio de 1988, e o Plano de Ação Federal (PAF), documento que reúne as ações federais a serem executadas na zona costeira, com detalhamento das responsabilidades e arranjos institucionais necessários para sua execução.Tanto o PNGC quanto o PAF preveem ações de capacitação sob a responsabilidade do GERCO e, assim, a elaboração de uma estratégia de capacitação e o concomitante desenvolvimento de material compatível foi incluída no Planejamento Estratégico do MMA.Frente a esse objetivo, elaborar material de capacitação, o MMA-GERCO, após discussão interna e contato com técnicos da área de comunicação e educação, optou por desenvolver vários filmes curtos de animação e cartilhas eletrônicas abordando diferentes temas técnicos do Gerenciamento Costeiro.As animações apresentam uma série de vantagens para os objetivos a serem alcançados. Assim, os temas relacionados ao Gerenciamento Costeiro podem apresentar grande complexidade teórica e, nesse caso, animações com amplo uso de elementos gráficos podem tornar o conteúdo mais amigável, especialmente ao explicar, aos alunos, fenômenos demasiadamente abstratos para serem ?visualizados? através de uma descrição em palavras e/ou demasiado complicados para serem representados através de uma única figura.Ainda, animações são extremamente úteis, pois permitem ao aluno observar em poucos minutos a evolução de um fenômeno que levaria horas, dias ou anos, como, por exemplo, o regime de ondas, o padrão da circulação de ventos ou o carreamento de sedimentos da porção interior do continente até a praia.As vantagens na comunicação e aprendizado, proporcionadas pelas animações, são especialmente úteis ao GERCO, considerando a diversidade de perfis que compõe o público-alvo. O material desenvolvido poderá ser utilizado na facilitação de diálogos que envolvam desde gestores técnicos estaduais e municipais até pescadores, passando por empresários, professores e membros da comunidade em geral. Além, sua utilização reduz o tempo necessário para uma aula expositiva, otimizando o tempo dos técnicos do GERCO, responsáveis pelas capacitações.Além disso, a produção de cartilhas eletrônicas permite atingir os mesmos objetivos com a produção de um produto mais tradicional, com a possibilidade de aprofundamento em determinados conteúdos, complementando assim, as animações propostas, considerando um conteúdo básico capaz de cobrir os temas mais importantes sobre o gerenciamento costeiro e montar um roteiro lógico de aprendizado..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (5) .

Integrantes: Vitor Alberto de Souza - Integrante / Milton Lafourcade Asmus - Integrante / João Luis Nicolodi - Coordenador / Rafael Medeiros Sperb - Integrante / Lucia de Fatima Anello - Integrante / Dione Kitzmann - Integrante / Vanessa Marques - Integrante / Kamilla Debian - Integrante / Rafael Kuster Gonçalves - Integrante / Leticia Origi Fischer - Integrante.
Financiador(es): Ministério do Meio Ambiente e da Amazonia Legal - Outra.
2011 - 2016
Cursinho Caiçara
Descrição: Cursinho pré vestibular que atua junto à população de baixa renda na Baixada Santista.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (40) .

Integrantes: Vitor Alberto de Souza - Coordenador.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Planejamento Urbano e Regional / Subárea: Gerenciamento Costeiro Integrado.
2.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Planejamento Urbano e Regional / Subárea: Planejamento Espacial Marinho.
3.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Planejamento Urbano e Regional / Subárea: Aspectos Físico-Ambientais do Planejamento Urbano e Regional.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
DE SOUZA, VITOR ALBERTO2018 DE SOUZA, VITOR ALBERTO; DE FREITAS, DÉBORA MARTINS . Mapeamento participativo como ferramenta para a gestão da pesca de emalhe no litoral centro-sul de São Paulo. DESENVOLVIMENTO E MEIO AMBIENTE (UFPR), v. 44, p. 164-182, 2018.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
de Souza, V. A.; SPERB, RAFAEL. M. . CARACTERIZAÇÃO DE HABITATS MARINHOS COMO SUBSÍDIO PARA A GESTÃO COM BASE ECOSSISTÊMICA. In: XI ENCONTRO NACIONAL DE GERENCIAMENTO COSTEIRO & II SIMPÓSIO BRASILEIRO SOBRE PRAIAS ARENOSAS, 2018, Florianópolis. ANAIS do II SBPA & XI ENCOGERCO, 2018.

2.
de Souza, V. A.; FREITAS, D. M. . O PLANEJAMENTO ESPACIAL MARINHO COMO FERRAMENTA PARA A GESTÃO DA PESCA ARTESANAL. In: X Encontro Nacional de Gerenciamento Costeiro, 2017, Rio Grande. ANAIS DE RESUMOS DO X ENCONTRO NACIONAL DE GERENCIAMENTO COSTEIRO, 2017.

Apresentações de Trabalho
1.
MUNHOZ, R.R. ; Garcia, J. ; Carvalho, D.A. ; Samper, N.S. ; de Souza, V. A. ; FREITAS, D. M. . A Participação Da Sociedade Civil No Processo De Licenciamento Ambiental Da Termelétrica No Empreendimento Verde Atlântico. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
de Souza, V. A.; FREITAS, D. M. . O Planejamento Espacial Marinho como Ferramenta para a Gestão da Pesca Artesanal. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
SOUZA, V. A.; FREITAS, D. M. . Percepção socioambiental e distribuição espacial da atividade de pesca de emalhe como instrumento para gestão costeira-marinha de Peruíbe. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
X Encontro Nacional de Gerenciamento Costeiro (ENCOGERCO)2. O PLANEJAMENTO ESPACIAL MARINHO COMO FERRAMENTA PARA A GESTÃO DA PESCA ARTESANAL. 2017. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
ASMUS, M. L. ; NICOLODI, J. L. ; de Souza, V. A. . X Encontro Nacional de Gerenciamento Costeiro (ENCOGERCO). 2017. (Congresso).

2.
SOUZA, V. A.. I Fórum de Cursinhos da UNESP. 2011. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Iniciação científica
1.
Rafael Romero Munhoz. A Participação Da Sociedade Civil No Processo De Licenciamento Ambiental Da Termelétrica No Empreendimento Verde Atlântico. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. (Orientador).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/02/2019 às 23:33:07