João Batista Gonçalves de Brito

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/9295920412729605
  • Última atualização do currículo em 27/02/2018


Bacharel em Ciência da Computação. Especialização em: Métodos Quantitativos: Estatística e Matemática Aplicadas; Logística e Gestão da Cadeia de Suprimentos; Produção e Revisão Textual. Mestrando em Engenharia de Produção. Experiência profissional em desenvolvimento de software de gestão empresarial. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
João Batista Gonçalves de Brito
Nome em citações bibliográficas
BRITO, J. B. G.


Formação acadêmica/titulação


2017
Mestrado em andamento em Engenharia de Produção.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil. Orientador: Michel José Anzanello.
2016 - 2016
Especialização em Produção e Revisão Textual. (Carga Horária: 360h).
Centro Universitário Ritter dos Reis, UniRITTER, Brasil.
Título: Produção científica com uso da linguagem R.
2015 - 2015
Especialização em Especialização em Logística e Gestão da Cadeia de Suprimentos. (Carga Horária: 420h).
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Título: Jogos cooperativos na gestão da cadeia de suprimentos.
Orientador: Michel Jose Anzanello.
2013 - 2014
Especialização em Métodos Quantitativos: Estatística e Matemática. (Carga Horária: 360h).
Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, PUCRS, Brasil.
Título: Mineração de Opinião em Redes Sociais com Classificação Naïve Bayes.
Orientador: Filipe Jaeger Zabala.
1999 - 2009
Graduação em Ciência da Computação.
Universidade Feevale, FEEVALE, Brasil.
Título: E-MEG GROUP PROPOSTA DE MODELO DE DATA MART: UMA APLICAÇÃO PRÁTICA NA ANÁLISE DOS DADOS DO E-MEG AUTOAVALIAÇÃO.
Orientador: Roberto Scheid.
1997 - 1999
Curso técnico/profissionalizante em Técnico em Contabilidade.
Escola Estadual de Segundo Grau de Sapiranga, EESS, Brasil.




Formação Complementar


2015 - 2015
Mineração de Dados e Aprendizagem de Máquina na Prática. (Carga horária: 80h).
Sisnema, SISNEMA, Brasil.
2015 - 2015
Linux - Administração de Sistemas. (Carga horária: 40h).
Target Trust, TARGET TRUST, Brasil.
2015 - 2015
JPA - Java Persistence API com Hibernate. (Carga horária: 40h).
Target Trust, TARGET TRUST, Brasil.
2015 - 2015
Amazon Cloud Developer. (Carga horária: 40h).
Solid IT, SOLID IT, Brasil.
2014 - 2014
Statistics and R. (Carga horária: 40h).
Harvard University, HARVARD, Estados Unidos.
2014 - 2014
Oracle Certified Professional, Oracle Database 11g Administrator. (Carga horária: 60h).
Oracle University, ORACLE, Estados Unidos.
2014 - 2014
Oracle Certified Professional, Java SE 8. (Carga horária: 60h).
Oracle University, ORACLE, Estados Unidos.
2014 - 2014
Java Web Avançado. (Carga horária: 40h).
Sisnema, SISNEMA, Brasil.
2013 - 2013
Oracle Certified Associate, Java SE 7 Programmer. (Carga horária: 60h).
Oracle University, ORACLE, Estados Unidos.
2013 - 2013
Oracle Certified Associate, Oracle Database 11g Administrator. (Carga horária: 60h).
Oracle University, ORACLE, Estados Unidos.
2011 - 2013
Espanhol. (Carga horária: 400h).
Fisk, FISK, Brasil.
2003 - 2009
Inglês. (Carga horária: 800h).
Universidade Feevale, FEEVALE, Brasil.


Atuação Profissional



Fundação Empresa Escola de Engenharia da UFRGS, FEENG, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Universidade Feevale, FEEVALE, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:



Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Wiki - aprender, preservar e disseminar: mensuração da relação entre colaboração e aprendizagem em ambiente virtuais
Descrição: Este projeto objetiva verificar a existência e mensurar a relação entre colaboração e aprendizagem utilizando a plataforma Wiki pública e aberta - Wiki-R, como instrumento de aprendizagem, preservação e disseminação de aplicações da linguagem R..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: / Mestrado profissional: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: João Batista Gonçalves de Brito - Coordenador / Ângela de Moura Ferreira Danilevicz - Integrante.
2015 - Atual
Análise da influência de fatores abióticos na distribuição e na fenologia de plantas vasculares em fragmentos de Floresta Atlântica no Rio Grande do Sul

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Jairo Lizandro Schmitt em 21/01/2018.
Descrição: O bioma Mata Atlântica é um dos cinco hotspots mundiais mais importantes para a conservação. No estado Rio Grande do Sul, a Floresta Atlântica ocupava 39,7% do território, estando atualmente reduzida a apenas 2,69%. Ela é constituída por um mosaico descontínuo de tipos de vegetação, incluindo florestas estacionais e ombrófilas, campos de altitude e restingas. A perda da cobertura vegetal nativa está estreitamente relacionada com a expansão agrícola, o crescimento populacional e consequente urbanização e construção de grandes empreendimentos. A heterogeneidade na vegetação também se dá em respostas às distintas condições ambientais de altitude, umidade, temperatura, tipos de substratos e fertilidade do solo. A formação de mosaicos de fragmentos florestais com áreas urbanizadas e a intensificação dos efeitos antrópicos contribuem também para alterar a qualidade do ar atmosférico, podendo levar à eliminação de espécies vegetais e favorecer espécies oportunistas, tolerantes ou resistentes aos poluentes. Diante desse cenário, está sendo proposto o projeto com o objetivo geral de realizar um diagnóstico florístico e estrutural da comunidade de plantas vasculares relacionando-o com fatores abióticos, bem como o monitoramento da fenologia de espécies vegetais, em fragmentos de Floresta Atlântica. Será feita uma análise de riqueza, composição, estrutura e diversidade de plantas vasculares, avaliando a influência de fatores geográficos, climáticos, topográficos e edáficos sobre a distribuição das espécies ao longo de fragmentos selecionados. No caso do estudo de epífitos vasculares, o diagnóstico florístico também será associado à caracterização do potencial genotóxico do ar atmosférico. Os eventos fenológicos vegetativos e reprodutivos de espécies vasculares raras, ameaçadas, sensíveis ou de interesse especial serão monitorados nos fragmentos selecionados para avaliar a relação com fatores climáticos e a situação atual de suas populações. Espera-se que os resultados obtidos possam ser utilizados como indicadores de qualidade ambiental de diferentes fragmentos de Floresta Atlântica e que contribuam com subsídios para a avaliação e o controle ambiental, bem como ao delineamento de estratégias de conservação da diversidade vegetal..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Mestrado acadêmico: (5) / Mestrado profissional: (1) / Doutorado: (4) .
Integrantes: João Batista Gonçalves de Brito - Integrante / Jairo Lizandro Schmitt - Coordenador / Liane Bianchin - Integrante / Annette Droste - Integrante.


Projetos de extensão


2017 - Atual
Capacitação em linguagem de programação R
Descrição: Como na alfabetização, não se aprende para escrever, escreve-se para aprender; e, a medida que se escreve, o conhecimento é assimilado. Por esse argumento, não se deve apenas aprender a programar, mas sim, programar para aprender. Jovens na atualidade, apresentam aparente fluência com as novas tecnologias. No entanto, na grande maioria das vezes são apenas usuários passivos: não criam, engendram, ou projetam tecnologias. Assim sendo, para uma participação completa na atual sociedade, é necessário ter fluência para se expressar e compreender os mecanismos que arquitetam os softwares. Sob esse aspecto, uma das linguagens de programação que vem ganhado cada vez mais espaço na ambiência acadêmica é o R. Essa linguagem de programação permite o desenvolvimento de análises estatísticas tanto para pequenas bases de dados quanto para big data, nas mais diversas áreas de conhecimento. Além disso, é uma ferramenta gratuita que conta com uma forte comunidade que coopera ativamente..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (20) / Mestrado acadêmico: (4) / Mestrado profissional: (1) / Doutorado: (5) .
Integrantes: João Batista Gonçalves de Brito - Coordenador / Ângela de Moura Ferreira Danilevicz - Integrante.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia de Produção / Subárea: Análise forense.
2.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Probabilidade e Estatística / Subárea: Inferência Bayesiana.
3.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Ciência da Computação / Subárea: Aprendizagem de máquina.
4.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Ciência da Computação / Subárea: Linguagens de Programação.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.


Produções



Produção bibliográfica
Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
PADOIN, T. O. H. ; BRITO, J. B. G. ; FUHR, C. S. ; MULLER, A. ; SCHMITT, J. L. . Efeito de borda na fenologia de Campyloneurum nitidum (Kaulf.) C. Presl em floresta com Araucária. In: INOVAMUNDI/2017 - Seminário de pós-graduação, 2017, Novo Hamburgo. INOVAMUNDI/2017 - Seminário de pós-graduação. Novo Hamburgo: Universidade Feevale, 2017.

Apresentações de Trabalho
1.
BRITO, J. B. G.. Tecnologias como recurso didático pedagógico na educação em ciências e matemática. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).



Inovação



Projeto de extensão



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 15/12/2018 às 8:25:23