Marcus Vinícius Pereira das Dores

Bolsista de Mestrado do CNPq

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/6675685809639295
  • Última atualização do currículo em 08/01/2019


Graduado em Letras - Português pela Universidade Federal de Ouro Preto. Atualmente é aluno de mestrado do Programa de Pós-Graduação em Estudos Linguísticos da Universidade Federal de Minas Gerais, na área de Linguística teórica e descritiva. Possui interesse pelas seguintes áreas de pesquisa: linguística histórica e comparada, filologia, crítica textual, paleografia, história da língua portuguesa e ensino de língua portuguesa. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Marcus Vinícius Pereira das Dores
Nome em citações bibliográficas
DORES, M. V. P.;DORES, Marcus Vinícius Pereira das;DORES, Marcus


Formação acadêmica/titulação


2017
Mestrado em andamento em Estudos Lingüísticos.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Título: O Primeiro Inventário de bens da Catedral de Mariana (1749-1753): edição e glossário terminológico,Orientador: Alexia Teles Duchowny.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Crítica Textual; Manuscrito eclesiástico; Glossário terminológico; Minas colonial; Português do século XVIII.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Linguística histórica.
Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: História da Língua Portuguesa.
2013 - 2016
Graduação em Letras - Licenciatura Ou Bacharelado.
Universidade Federal de Ouro Preto, UFOP, Brasil.




Formação Complementar


2018 - 2018
Tradição discursiva e processos de mudança no português brasileiro. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
2016 - 2016
Extensão universitária em Curso Online de Revisão de Textos - CORTE. (Carga horária: 60h).
Universidade Estadual do Ceará, UECE, Brasil.
2016 - 2016
LIBRAS - Língua brasileira de sinais. (Carga horária: 40h).
SESI - Departamento Regional MS, SESI, Brasil.
2015 - 2015
O uso de textos escritos para os estudos diacrônicos. (Carga horária: 30h).
Universidade Federal de Ouro Preto, UFOP, Brasil.
2015 - 2015
Investigação histórica e pesquisa paleográfica. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal de Ouro Preto, UFOP, Brasil.
2014 - 2014
Educação Inclusiva. (Carga horária: 12h).
FACULDADES DELTA, CTD_PPROV, Brasil.
2013 - 2013
Oficina O ciúme, a evidência e a hierarquia social: William Shakespeare.... (Carga horária: 12h).
Festival de Inverno de Ouro Preto e Mariana - Fórum das Artes, UFOP, Brasil.
2013 - 2013
Novo acordo ortográfico da Língua Portuguesa. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal de Ouro Preto, UFOP, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Ouro Preto, UFOP, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Secretáro do NucLi (UFOP) - IsF, Carga horária: 15
Outras informações
Trabalho realizado sob a orientação professora Dra. Anelise Fonseca Dutra. Bolsa administrativa da Coordenadoria de Assuntos Internacionais (CAINT).

Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitor Estudos Linguísticos I (LET712), Carga horária: 15
Outras informações
Trabalho realizado sob a orientação professora Dra. Soelis Teixeira do Prado Mendes.

Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitor Gêneros discursivo e textuais LET714, Carga horária: 15
Outras informações
Trabalho desenvolvido sob a orientação do professor Dr. William Augusto Menezes .

Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitor Gêneros discursivo e textuais LET714, Carga horária: 15
Outras informações
Trabalho realizado sob orientação do professor Dr. Paulo Henrique Aguiar Mendes.

Atividades

12/2014 - 12/2016
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Departamento de Letras.

Cargo ou função
Representante discente no conselho departamental.
03/2015 - 09/2016
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Departamento de Letras.


Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Mestrando do PosLin, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Bolsista CNPq.

Atividades

04/2017 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Letras, .

Cargo ou função
Representante discente no Colegiado do Programa de Pós-Graduação em Estudos Linguísticos.
03/2017 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Letras, .

08/2018 - 12/2018
Ensino, Abi - Letras, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fundamentos de Linguística Comparada (LET298)
Morfologia (LET315)
03/2018 - 07/2018
Ensino, Abi - Letras, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fundamentos de Linguística Comparada (LET298)
08/2017 - 12/2017
Ensino, Abi - Letras, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fundamentos de Linguística Comparada (LET205)

Associação de ensino social e profissionalizante, ESPRO, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Voluntário, Enquadramento Funcional: Palestrante



Linhas de pesquisa


1.
Edição crítica de texto
2.
Linguística Histórica: sintaxe
3.
Estudo da Variação e Mudança Linguística
4.
Lexicologia
5.
Terminologia


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Livro de inventários de bens da Catedral da (Arqui)diocese de Mariana (1749-1910): edição e glossário terminológico
Descrição: Em nossa pesquisa de mestrado, realizada no Programa de Pós-graduação em Estudos Linguísticos da UFMG, buscamos editar, segundo critérios filológicos, o Primeiro livro de Inventários da Catedral da Arquidiocese de Mariana para recuperar o registro de língua nele presente, bem como a memória daquela sociedade colonial. Como objetivo secundário, temos a elaboração de um vocabulário exaustivo dos termos eclesiásticos com vistas a contribuir para a fixação desses itens lexicais específicos de uma esfera social..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .

Integrantes: Marcus Vinícius Pereira das Dores - Integrante / Alexia Teles Duchowny - Coordenador.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2016 - 2016
BTMLH - Banco de Textos Manuscritos: preparação (digitalização e transcrição) de documentos para pesquisas em Linguística Histórica
Descrição: Pretende-se com este projeto de pesquisa formar um acervo de textos digitalizados e transcritos, que possam ser utilizados em futuras pesquisas, sobretudo na área da Linguística Histórica. Para isso, é necessário localizar e editar manuscritos setecentistas e oitocentistas, por meio de critérios filológicos de transcrição. O estabelecimento desses critérios de edição se justifica pelo fato de que o foco principal da constituição desse banco de textos é fornecer material de pesquisa para estudos de caráter linguístico filológico. Por isso, é indispensável um criterioso tratamento de alguns aspectos desses manuscritos que, para estudos de outras áreas, poderiam estar em segundo plano. Somente uma edição extremamente fidedigna e cuidadosa pode deixar visível os traços linguísticos possíveis de serem analisados nos textos originais..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .

Integrantes: Marcus Vinícius Pereira das Dores - Integrante / Soélis Teixeira do Prado Mendes - Coordenador.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2015 - 2016
O estudo da concordância variável (nominal e verbal) em manuscritos setecentistas de Minas Colonial
Descrição: Este projeto, que se liga à Linguística, em especial à Linguística Histórica e à Sociolinguística, é continuidade do projeto "Estudo da concordância variável (nominal e verbal) em manuscritos setecentistas e oitocentistas de Minas Gerais", que pesquisou a ocorrência de concordância variável (verbal e nominal) em documentos manuscritos não-literários exarados durante os séculos XVIII e XIX, nas duas primeiras Vilas da Capitania de São Paulo e Minas do Ouro. Os dados mostraram que o fenômeno foi localizado nos manuscritos analisados, mas é preciso analisar outros gêneros coetâneos a esses. Nessa segunda fase do projeto, que foi renovado, trabalharemos com manuscritos eclesiásticos, para, num segundo momento, verificar se serão encontrados o fenômeno sob análise..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .

Integrantes: Marcus Vinícius Pereira das Dores - Integrante / Soélis Teixeira do Prado Mendes - Coordenador.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2015 - 2015
Estudo da concordância variável (nominal e verbal) em manuscritos setecentistas e oitocentistas de Minas Gerais
Descrição: Este projeto tem por objetivo principal analisar a ocorrência de concordância variável (nominal e verbal) em manuscritos do século XVIII e XIX, exarados em Minas Colônia. Para isso, serão feitos estudos e discussões acerca da bibliografia que trata da concordância variável no português contemporâneo e antigo. Como segunda etapa do trabalho, serão coletados dados de 16 processos de devassas e querelas, produzidas em Vila Rica e em Sabará, respectivamente, na primeira metade do século XVIII. O corpus da pesquisa já se encontrava transcrito, conforme determinam as orientações da Filologia e da Crítica Textual, facilitando a leitura dos textos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .

Integrantes: Marcus Vinícius Pereira das Dores - Integrante / Soélis Teixeira do Prado Mendes - Coordenador / Lucas de Oliveira Moraes - Integrante.


Outros Projetos


2018 - 2018
Projeto de Candidatura do Livro de Inventários da Catedral de Mariana ao Programa Memória do Mundo UNESCO/Brasil

Projeto certificado pela empresa ARQUIDIOCESE DE MARIANA em 31/10/2018.
Descrição: Elaboração do Projeto vencedor da Candidatura Livro de Inventários da Catedral de Mariana ao Programa Memória do Mundo UNESCO. O Livro de Inventários de bens da Catedral da (Arqui)diocese de Mariana, exarado de 1749 a 1904, faz parte do rico acervo do Arquivo Eclesiástico Dom Oscar de Oliveira. Composto por diversos registros de levantamentos feitos, em diferentes épocas, do patrimônio material ? como ornamentos, vestes, pratarias, livros etc. ? da igreja catedral da (Arqui)diocese de Mariana, o documento em questão traz em suas linhas, entrelinhas e margens um testemunho da memória religiosa, social e cultural do primeiro bispado mineiro. A maioria da prata que ainda hoje serve à catedral de Mariana, com exceção de uma outra peça de baixo preço, como consta no referido inventário, se deve a Dom Frei Manoel da Cruz, primeiro bispo da diocese, que dispunha na corte de Dom João V de poderosos amigos. O manuscrito em questão, além de possuir um valor de registro, possibilita a realização de pesquisas em diferentes áreas do conhecimento. A Catedral de Mariana ? uma das mais ricas e importantes igrejas mineiras ?, por sua vez, é um monumento religioso tombado isoladamente pelo IPHAN desde 1939 e está inserida no Conjunto Arquitetônico e Urbanístico de Mariana protegida a nível federal (Tombamento Federal: Processo no 075-T-38, Inscrição nº 263, Livro Belas Artes, vol.1, fl. 45. Data 08/09/1939)..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .

Integrantes: Marcus Vinícius Pereira das Dores - Coordenador.
2014 - 2014
Projeto Pró-ativa: Transcrição do acervo de narrativas orais marianenses para o ensino de língua portuguesa e literatura.
Descrição: O Grupo de Estudos sobre Discurso e Memória (GEDEM) da UFOP possui um rico acervo de narrativas orais de moradores do município de Mariana (MG), as quais foram gravadas em áudio e vídeo. Esse acervo foi constituído a partir de entrevistas, realizadas por pesquisadores do GEDEM nas residências dos moradores. São narrativas temáticas (educação, política, vida social, lazer etc.), de lendas e "causos" da região e narrativas de vida, coletadas entre indivíduos com mais de 60 anos de idade ou que residem em Mariana há mais de 30 anos, reconhecidos como ?guardiães da memória cultural da Região?. Este acervo, composto por aproximadamente 80 horas de gravação, precisa receber um tratamento adequado do ponto de vista acadêmico para que possa constituir um banco de dados a ser utilizado em situações de ensino / aprendizagem e de pesquisa. Uma das etapas desse tratamento consiste no processo de transcrição das narrativas ? o que, por si só, já se traduz no desenvolvimento de uma das habilidades relacionadas ao processo de ensino / aprendizagem no curso de Letras. Esse processo possibilita refletir, entre outros aspectos, sobre a importância da variação linguística como um dos princípios fundamentais da linguagem, sobre a relação entre oralidade e escrita, em seus aspectos linguísticos e literários, e sobre a relação entre variação e norma culta. Ademais, o trabalho com essas narrativas em sala de aula constitui importante ferramenta para o desenvolvimento de atividades didático-pedagógicas em disciplinas relacionadas ao processo de letramento, às relações entre narrativa e memória, à articulação entre a literatura de cunho oral e sua transformação em texto escrito, aos processos psicolinguísticos de construção de textos orais..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .

Integrantes: Marcus Vinícius Pereira das Dores - Integrante / William Augusto Menezes - Coordenador / Kátia Aparecida Custódio - Integrante / Regiane Barbosa Oliveira - Integrante.


Membro de corpo editorial


2016 - Atual
Periódico: Revista CELL Revista discente do Centro de Estudos Linguísticos e Literár
2014 - 2017
Periódico: Caletroscópio


Revisor de periódico


2016 - 2016
Periódico: Caletroscópio
2016 - 2016
Periódico: Manuscrítica (São Paulo)
2017 - Atual
Periódico: Revista CELL Revista discente do Centro de Estudos Linguísticos e Literár


Áreas de atuação


1.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Linguística histórica.
2.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: História da Língua Portuguesa.
3.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Teoria e Análise Lingüística.
4.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Linguística textual: oralidade e escrita.
5.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Língua portuguesa.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.
Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2018
Inclusão como Patrimônio da Memória do Mundo do Livro de Inventários da Catedral de Mariana (elaboração do projeto vencedor), Programa Memória do Mundo/UNESCO MoW/Brasil.
2018
Representante da UFMG na XXVI Jornada de Jovens Pesquisadores da Associação de Universidades do Grupo Montevideo (Mendoza, Argentina), Diretoria de Relações Internacionais da UFMG.
2015
Prêmio destaque de Iniciação Científica (1º lugar), UFOP / Propp.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
DORES, M. V. P.2018 DORES, M. V. P.; DUCHOWNY, A. T. . Denominações do eclesiástico católico no português das Minas Gerais setecentistas. CALIGRAMA: REVISTA DE ESTUDOS ROMÂNICOS, v. 23, p. 75-98, 2018.

2.
DORES, Marcus Vinícius Pereira das2018 DORES, Marcus Vinícius Pereira das; TOLEDO, CECÍLIA VALLE SOUZA . De -lepra- à -hanseníase-. DIACRITICA, v. 32, p. 30, 2018.

3.
DORES, M. V. P.2017 DORES, M. V. P.; OLIVEIRA, C. B. ; MENDES, S. T. do P. . A CONCORDÂNCIA VARIÁVEL EM MANUSCRITOS CIVIS E ECLESIÁSTICOS DE MINAS GERAES. REVISTA DA ABRALIN, v. 16, p. 265-278, 2017.

4.
DORES, M. V. P.2017DORES, M. V. P.; OLIVEIRA, C. B. ; DRUMOND, E. S. . CONCORDÂNCIA VERBAL COM ESTRUTURAS PARTITIVAS: A REGRA GRAMATICAL VERSUS O USO. CADERNOS DE PÓS GRADUAÇÃO EM LETRAS (ONLINE), v. 17, p. 136-148, 2017.

5.
MENDES, S. T. P.2017 MENDES, S. T. P. ; DORES, M. V. P. ; FREITAS, M. . Apontamentos paleográficos e análise de indícios de mudança fonética em manuscrito setecentista de Minas Geraes. Filologia e Linguística Portuguesa (Online), v. 19, p. 33-56, 2017.

6.
DORES, M. V. P.2017 DORES, M. V. P.. Inventário do Capitão José Fernandes Maurício: edições fac-similar e diplomática. MIGUILIM - REVISTA ELETRÔNICA DO NETLLI, v. 6 (1), p. 38-57, 2017.

7.
DORES, M. V. P.2016DORES, M. V. P.. Um estudo comparativo sobre a classe gramatical 'nome' nas gramáticas de João de Barros (1540) e de Reis Lobato (1770). CALETROSCÓPIO, v. 4, p. 420-429, 2016.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
DORES, M. V. P.. Um olhar filológico para o livro de fábricas da Catedral de Mariana (MG). In: IX Seminário de Estudos Filológicos, 2018, Salvador. Caderno de Resumos do IX SEF. Salvador: Memória e Arte, 2018. v. 9. p. 87-87.

2.
DORES, M. V. P.; OLIVEIRA, C. B. . Documentos manuscritos como testemunhos da língua portuguesa em Minas colônia. In: I Seminário de Pesquisas sobre Linguagens, Culturas e Identidades da UFOP, 2016, Mariana. CADERNO DE RESUMOS. Mariana, 2016. v. 1. p. 5-6.

3.
DORES, M. V. P.. Fenômenos linguísticos presentes na habilitação De Genere, Vita et Moribus, de Francisco de Paula Meireles. In: XIV Semana de Letras UFOP / I Simpósio Nacional de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem, 2016, Mariana. Caderno de Resumos e Programação. Mariana: DELET, 2016. v. 1. p. 63-63.

4.
DORES, M. V. P.. A presença de concordância variável (nominal e verbal) em manuscrito eclesiástico do século XVIII. In: 16º Congresso Brasileiro de Língua Portuguesa e 7º Congresso Internacional de Lusofonia do IP-PUC/SP, 2016, São Paulo. Resumo de comunicação. São Paulo: IP/PUC-SP, 2016. p. 9-9.

5.
DORES, M. V. P.; OLIVEIRA, C. B. ; MENDES, S. T. do P. . O estudo da concordância variável (nominal e verbal) em manuscritos setecentistas de Minas Colonial. In: XXIII Seminário de Iniciação Científica da UFOP, 2016, Ouro Preto. Anais Encontro de Saberes da UFOP. Ouro Preto: UFOP, 2016.

6.
MENDES, S. T. do P. ; DORES, M. V. P. . Ler manuscritos antigos: aprendendo técnicas. In: XIV Semana de Letras UFOP / I Simpósio Nacional de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem, 2016, Mariana. Caderno de Resumos e Programação. Mari: DELET, 2016. v. 1. p. 17-17.

7.
DORES, M. V. P.. O estudo dos nomes nas gramáticas de João de Barros (1540) e Reis Lobato (1770). In: IX Congresso Internacional da Abralin, 2015, Belém. Caderno de resumos do IX Congresso Internacional da Abralin, 2015. p. 1010-1010.

8.
DORES, M. V. P.; MENDES, S. T. do P. . A concordância verbal e nominal nas gramáticas de João de Barros (1540) e de Antônio José dos Reis Lobato (1770): anállse comparatiiva. In: XIII Semana de Letras - Culturas da Oralidade, Culturas da Escrita, 2014, Mariana. Programação e caderno de resumo, 2014. v. único. p. 105-105.

Artigos aceitos para publicação
1.
DORES, M. V. P.; MENDES, S. T. P. . Edição e análise de fenômenos linguísticos presentes em um manuscrito eclesiástico setecentista de Minas Colônia. Filologia e Linguística Portuguesa (Online), 2019.

2.
DORES, M. V. P.. Denúncia contra Francisco de Paula de Meireles (1786): edição e comentários. CADERNOS DE PÓS GRADUAÇÃO EM LETRAS (ONLINE), 2018.

3.
DORES, M. V. P.. Uma história contada por muitas mãos. LABORHISTÓRICO, 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
DORES, M. V. P.. ?Ler devagar? a história do primeiro bispado mineiro. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
DORES, M. V. P.. Como as línguas nascem ou surgem. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
DORES, M. V. P.. ?Ler devagar? a história do primeiro bispado mineiro: estudos filológicos e lexicológicos. 2018. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

4.
DORES, M. V. P.. Um olhar filológico para o Livro de Fábricas da Catedral de Mariana (MG). 2018. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

5.
DORES, M. V. P.. Um olhar sobre o primeiro bispado mineiro a partir do Livro de Inventários da Catedral de Mariana: uma proposta de estudo filológico e lexical. 2018. (Apresentação de Trabalho/Outra).

6.
DORES, M. V. P.. Filologia e terminologia: interfaces no estudo do Livro de Inventários da Catedral de Mariana (MG). 2018. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

7.
DORES, M. V. P.. Um olhar filológico sobre o primeiro Livro de Inventários da Catedral de Mariana. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

8.
DORES, M. V. P.. Pesquisa linguística com um manuscrito setecentista de Minas Gerais. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
DORES, M. V. P.. O léxico especializado e a edição de textos. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
DORES, M. V. P.. A presença de concordância nominal variável em um manuscrito setecentista mineiro. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
DORES, M. V. P.. Memória documental do primeiro bispado mineiro: estudos filológicos e lexicológicos. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
DORES, M. V. P.. Um olhar diacrônico sobre um inventário eclesiástico mineiro. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

13.
DORES, M. V. P.. Desafios da edição de textos: análise filológica e terminológica de um manuscrito eclesiástico do século XVIII. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

14.
DORES, M. V. P.. Documentos manuscritos como testemunhos da língua portuguesa em Minas Colônia. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

15.
DORES, M. V. P.. Manuscritos eclesiásticos: fonte de estudo de fenômenos linguísticos. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

16.
DORES, M. V. P.. A presença de concordância variável (Nominal e Verbal) em Manuscrito eclesiástico do século XVIII. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

17.
DORES, M. V. P.. Manuscritos setecentistas e oitocentistas: o que há neles de fenômenos linguísticos. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

18.
DORES, M. V. P.. Fenômenos Linguísticos Presentes na ?Habilitação De Genere, Vita et Moribus de Francisco de Paula Meireles?. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

19.
DORES, M. V. P.. INVENTÁRIO DOS BENS DO DEMENTE CAPITAÕ JOZE FERNANDES MAURIÇIO CAZADO QUE FOI COM DONNA GENOVEFA IZABEL FLORENTINA: edição diplomática e estudo de concordância variável. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

20.
DORES, M. V. P.; OLIVEIRA, C. B. . O estudo da concordância variável (nominal e verbal) em manuscritos setecentistas de Minas Colonial. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

21.
DORES, M. V. P.; MENDES, S. T. do P. . O estudo da concordância variável em um manuscrito setecentista. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

22.
DORES, M. V. P.; MENDES, S. T. do P. . Estudo da concordância variável (nominal e verbal) em manuscritos setecentistas e oitocentistas de Minas Gerais.. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

23.
DORES, M. V. P.; MENDES, S. T. do P. . O nome nas gramáticas de João de Barros (1540) e de Reis Lobato (1770): um estudo comparativo. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

24.
DORES, M. V. P.; MENDES, S. T. do P. . O estudo dos nomes nas gramáticas de João de Barros (1540) e Reis Lobato (1770). 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

25.
DORES, M. V. P.; MENDES, S. T. do P. . A concordância verbal e nominal nas gramáticas de João de Barros (1540) e de Antônio José dos Reis Lobato (1770): análise comparativa.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
DORES, M. V. P.. Consultor pedagógico na área de Língua Portuguesa junto à VUNESP. 2017.

Trabalhos técnicos
1.
DORES, M. V. P.. Parecer do artigo 118-191-1-SM para a Revista CELL - Revista discente do Centro de Estudos Linguísticos e Literários da Universidade Federal de Ouro Preto. 2017.

2.
DORES, M. V. P.. Parecer ad hoc de artigo para a Miguilim ? Revista Eletrônica do NETLLI. 2017.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
DORES, M. V. P.; LARA, G. M. P. . Ciência que transcende muros da universidade rumo à sala de aula. 2018. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

2.
DORES, M. V. P.. Livro de Inventários da Catedral de Mariana (1749-1904) fará parte do Registro Nacional do Brasil. 2018. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

3.
DORES, M. V. P.. Documento de Mariana recebe título de Patrimônio da Humanidade. 2018. (Programa de rádio ou TV/Comentário).


Demais tipos de produção técnica
1.
DORES, M. V. P.. Como as línguas nascem ou surgem. 2018. (Palestra).

2.
DORES, M. V. P.. 10º Encontro de Olho no Futuro. 2018. (Palestra).

3.
DORES, M. V. P.; FREITAS, M. ; SOARES, I. B. ; ALVES, R. J. ; DRUMOND, E. S. ; SOUSA, J. M. . Revista CELL - Revista discente do Centro de Estudos Linguísticos e Literários da Universidade Federal de Ouro Preto. 2017. (Editoração/Periódico).

4.
DORES, M. V. P.. A utilização de documentos manuscritos em pesquisas da Linguística Diacrônica. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

5.
DORES, M. V. P.; MENDES, S. T. do P. . Ler manuscritos antigos: aprendendo técnicas. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

6.
DORES, M. V. P.. O estudo da concordância variável (nominal e verbal) em manuscritos setecentistas e oitocentistas de Minas colônia. 2016. (Relatório de pesquisa).

7.
DORES, M. V. P.. Usos de softwares para apresentação de trabalhos. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
DORES, M. V. P.; DUCHOWNY, A. T.; ANDRADE, A. L.; GOMES, P. S.. Participação em banca de Giovana Figueiredo Santos.Panorama linguístico-histórico da língua galega. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Letras - Linguística) - Universidade Federal de Minas Gerais.

2.
DORES, M. V. P.; SEABRA, M. C. T. C.; MACEDO, M. V. R.; COSTA, R. P.. Participação em banca de Eduardo Alves dos Santos.Açaí: um estudo linguístico-cultural. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Letras - Linguística) - Universidade Federal de Minas Gerais.

3.
DORES, M. V. P.; VILLASCHI, J. S.; ALVES, K. S.. Participação em banca de Yuri Alexandre Estevão Rezende.Corpos dissidentes na rua: territorialidades e identidades acionadas no carnaval de Ouro Preto (MG). 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Turismo) - Universidade Federal de Ouro Preto.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
10º Encontro de Olho no Futuro.O profissional da área de Letras. 2018. (Encontro).

2.
13ª Semana de Eventos FALE.?Ler devagar? a história do primeiro bispado mineiro: estudos filológicos e lexicológicos. 2018. (Simpósio).

3.
Aula magna: Teoria Linguística e prática docente. 2018. (Outra).

4.
Ciclo de palestras.Como as línguas nascem ou surgem. 2018. (Outra).

5.
I Colóquio dos Arquivos Históricos de Mariana. 2018. (Outra).

6.
IX Seminário de Estudos Filológicos.Um olhar filológico para o livro de fábricas da Catedral de Mariana (MG). 2018. (Seminário).

7.
Linguística forense: o linguista como investigador e perito. 2018. (Outra).

8.
Seminário RARIORUM ? estudos em cultura material, arte e coleções. 2018. (Seminário).

9.
XIII Semana de Filologia da USP.?Ler devagar? a história do primeiro bispado mineiro. 2018. (Outra).

10.
XV Semana de Letras / ​II Simpósio Nacional de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem.Filologia e terminologia: interfaces no estudo do Livro de Inventários da Catedral de Mariana (MG). 2018. (Simpósio).

11.
XXVI Jornadas de Jóvenes Investigadores de AUGM.Um olhar sobre o primeiro bispado mineiro a partir do Livro de Inventários da Catedral de Mariana: uma proposta de estudo filológico e lexical. 2018. (Outra).

12.
1ª Semana Nacional de Arquivos - Arquivos em Detalhes. 2017. (Outra).

13.
5º Salão Nacional de Divulgação Científica da ANPG.Pesquisa linguística co, um manuscrito setecentista de Minas Gerais. 2017. (Outra).

14.
II Encontro sobre Categorias Nominais. 2017. (Encontro).

15.
III Encontro sobre a diversidade linguística em Minas Gerais (III Diverminas).Memória documental do primeiro bispado mineiro: estudos filológicos e lexicológicos. 2017. (Encontro).

16.
IV Congresso Nacional de Estudos Linguísticos (IVCONEL). Desafios da edição de textos: análise filológica e terminológica de um manuscrito eclesiástico do século XVIII. 2017. (Congresso).

17.
Letras Debate: A importância dos estudos diacrônicos na formação do profissional de Letras. 2017. (Outra).

18.
Oficina de Paleografia da UFMG. 2017. (Oficina).

19.
Seminário de Teses e Dissertações ? SETED.Um olhar diacrônico sobre um inventário eclesiástico mineiro. 2017. (Seminário).

20.
VIII Semana da Letras.A presença de concordância nominal variável em um manuscrito setecentista mineiro. 2017. (Outra).

21.
XII Colóquio - Os estudos lexicais em diferentes perspectivas.O léxico especializado e a edição de textos. 2017. (Outra).

22.
XII Semana de Filologia USP.Um olhar filológico sobre o primeiro Livro de Inventários da Catedral de Mariana. 2017. (Outra).

23.
16º Congresso Brasileiro de Língua Portuguesa e 7º Congresso Internacional de Lusofonia do IP-PUC/SP. A presença de concordância variável (Nominal e Verbal) em Manuscrito eclesiástico do século XVIII. 2016. (Congresso).

24.
Aula Magna "A tradução e o intraduzível". 2016. (Outra).

25.
III Seminário da Oficina de Paleografia da UFOP.Manuscritos setecentistas e oitocentistas: o que há neles de fenômenos linguísticos. 2016. (Seminário).

26.
II SEMPO: Seminário de Pesquisa do Programa de Pós-Graduação em Letras: Estudos da Linguagem.Manuscritos eclesiásticos: fonte de estudo de fenômenos linguísticos. 2016. (Seminário).

27.
I Seminário de Pesquisas sobre Linguagens, Culturas e Identidades.Documentos manuscritos como testemunhos da língua portuguesa em Minas Colônia. 2016. (Seminário).

28.
Visita guiada ao Museu Casa Guimarães Rosa. 2016. (Exposição).

29.
XIV Semana de Letras da UFOP / I Simpósio Nacional de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem.Fenômenos Linguísticos Presentes na ?Habilitação De Genere, Vita et Moribus de Francisco de Paula Meireles?. 2016. (Outra).

30.
XXIV Seminário de Iniciação Científica da UFOP ? ENCONTRO DE SABERES.O estudo da concordância variável (nominal e verbal) em manuscritos setecentistas de Minas Colonial. 2016. (Seminário).

31.
Calourada de Letras 15.1 "Roda de conversa sobre as habilitações do curso de Letras.A habilitação de Estudos Linguísticos do curso de Letras. 2015. (Outra).

32.
Encontro de Saberes da Universidade Federal de Ouro Preto / Seminário de Iniciação Científica.O estudo da concordância variável (nominal e verbal) em manuscritos setecentistas e oitocentistas de Minas Colônia. 2015. (Encontro).

33.
Gallæcia ? III Congresso Internacional de Linguística Histórica. O estudo dos nomes nas gramáticas de João de Barros (1540) e Reis Lobato (1770). 2015. (Congresso).

34.
II Encontrosobre a Diversidade Linguística de Minas Gerais: Cultura e Memória.O nome nas gramáticas de João de Barros (1540) e de Reis Lobato (1770): um estudo comparativo.. 2015. (Encontro).

35.
1º Seminário de Pesquisas do POSLETRAS.Monitor. 2014. (Seminário).

36.
II Seminário de Linguística Aplicada "Múltiplas Perspectivas sobre Letramento. 2014. (Seminário).

37.
II Simpósio de Língua Portuguesa e Literatura: interseções. 2014. (Simpósio).

38.
I Jornada de Literatura (DELET/DEFIL-UFOP). 2014. (Outra).

39.
V Encontro Mineiro de Análise do Discurso (V EMAD). 2014. (Encontro).

40.
VIII Mostra de Profissões da Universidade Federal de Ouro Preto.O curso de Letras da UFOP. 2014. (Outra).

41.
29º Sarau Lítero-musical Cantando Alphonsus.Estudos da obra de Alphonsus de Guimarães. 2013. (Outra).

42.
Festival de Inverno de Ouro Preto e Mariana - Fórum das Artes. 2013. (Oficina).

43.
Mesa redonda: "O profissional de língua inglesa no Brasil e no mundo". 2013. (Outra).

44.
Minicurso "Novo acordo ortográfico da Língua Portuguesa". 2013. (Outra).

45.
Palestra "A Construção do Quase-Mercado Escolar na Austrália". 2013. (Outra).

46.
Palestra "Muito mais há para ser dito sobre Fernando Pessoa". 2013. (Outra).

47.
VII Mostra de Profissões da Universidade Federal de Ouro Preto.O curso de Letras da UFOP. 2013. (Outra).

48.
Visita técnica ao Seminário do Caraça. 2013. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
DORES, M. V. P.; MOURA, L. . IX SETED - Seminário de Teses e Dissertações. 2018. (Outro).

2.
DORES, M. V. P.; OLIVEIRA, A. L. A. M. . VIII SETED - Seminário de Teses e Dissertações. 2017. (Outro).

3.
GAMA, M. F. R. ; DORES, M. V. P. ; MENDES, S. T. do P. ; AGNOLON, A. ; GONCALVES, J. L. V. R. ; ALVES, R. J. ; SOARES, I. B. ; MIRANDA, D. G. ; DUTRA, A. F. . XIV Semana de Letras da UFOP / I Simpósio Nacional de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem. 2016. (Outro).

4.
DORES, M. V. P.; CARVALHO, R. A. ; LAGES, R. C. L. . V Encontro Interinstitucional do Programa Moderno, Modernidade e Modernização: a educação nos projetos de Brasil - séc. XIX e XX. 2015. (Outro).

5.
CARVALHO, R. A. ; MENEZES, W. A. ; GALERY, M. C. V. ; AMORIM, B. N. ; DORES, M. V. P. ; SILVA, F. R. ; QUELER, J. J. ; MATA, S. R. ; FLAUSINO, G. C. ; EVANGELISTA, R. J. ; SILVA, T. M. E. . III Encontro memorial ICHS 35 anos. 2014. (Outro).

6.
MENDES, S. T. do P. ; LAGES, R. C. L. ; AGNOLON, A. ; MACIEL, E. C. R. ; GALLINARI, M. M. ; DORES, M. V. P. ; GOMES, D. N. M. . XIII Semana de Letras - Culturas da Oralidade, Culturas da Escrita. 2014. (Outro).



Educação e Popularização de C & T



Artigos
Artigos completos publicados em periódicos
1.
DORES, Marcus Vinícius Pereira das2018 DORES, Marcus Vinícius Pereira das; TOLEDO, CECÍLIA VALLE SOUZA . De -lepra- à -hanseníase-. DIACRITICA, v. 32, p. 30, 2018.


Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
DORES, M. V. P.; LARA, G. M. P. . Ciência que transcende muros da universidade rumo à sala de aula. 2018. (Programa de rádio ou TV/Comentário).



Outras informações relevantes


É autor de uma proposta aprovada pela UNESCO de nominações ao Programa Memória do Mundo (MowBrasil/UNESCO). Membro ativo do GruMEL - Grupo Mineiro de Estudos do Léxico, FALE/UFMG e do Grupo de pesquisa sobre Discurso e Memória (GEDEM), DELET/ICHS/UFOP. Foi membro do Grupo de pesquisa sobre Gramática antiga e contemporânea, DELET/ICHS/UFOP, de 2014 a 2016.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 24/01/2019 às 1:11:30