Georgia Carneiro da Fontoura

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/6869937974864864
  • Última atualização do currículo em 26/10/2018


Doutoranda em Desenvolvimento Regional e Mestre em Desenvolvimento Regional pelo Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional - FURB. Bacharel em Direito pela Fundação Universidade Regional de Blumenau (2013). Pesquisadora integrante do Grupo de Pesquisa Ethos, Alteridade e Desenvolvimento vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional - FURB, pesquisadora na linha de Estado, Sociedade e Desenvolvimento do território. Co-orientadora em projetos de pesquisa vinculados ao GPEAD. Tem experiência na área de Direitos Humanos; Diversidade Cultural; Educação em Direitos Humanos; Povos Indígenas; Interculturalidade; Pluralismo Jurídico; Direito Indígena, Desenvolvimento Regional, atuando principalmente nos seguintes temas: direitos humanos, interculturalidade, território, povos indígenas, política indigenista, etnodesenvolvimento. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Georgia Carneiro da Fontoura
Nome em citações bibliográficas
FONTOURA, G. C.


Formação acadêmica/titulação


2016
Doutorado em andamento em Desenvolvimento Regional.
Fundação Universidade Regional de Blumenau, FURB, Brasil.
Orientador: Lilian Blanck de Oliveira.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2014 - 2015
Mestrado em Desenvolvimento Regional.
Fundação Universidade Regional de Blumenau, FURB, Brasil.
Título: Direitos, Desenvolvimentos e Povos Indígenas: limites, possibilidades e desafios às políticas públicas na atualidade brasileira,Ano de Obtenção: 2015.
Orientador: Lilian Blanck de Oliveira.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: povos indigenas; política indigenista; direitos indigenas; políticas públicas; Desenvolvimento.
2006 - 2013
Graduação em Direito.
Fundação Universidade Regional de Blumenau, FURB, Brasil.
Título: Elementos do novo constitucionalismo latino americano: pluralismo, interculturalidade e emergência de novos poderes.
Orientador: Ivone Fernandes Morcilo Lixa.




Formação Complementar


2006 - 2006
Formação de Conselheiros em Direitos Humanos. (Carga horária: 40h).
Ágere Cooperação em Advocacy, ÁGERE, Brasil.


Atuação Profissional



Fundação Universidade Regional de Blumenau, FURB, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista Demanda Social CAPES - Doutorado, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Estágio docente, Enquadramento Funcional: Estágio docente, Carga horária: 4
Outras informações
Estágio Avançado de Pesquisa e Docência na disciplina de Educação e Direitos Humanos (72h), nos cursos de Pedagogia e Ciências da Religião, orientado pela Profª Drª Lilian Blanck de Oliveira.

Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Estágio Docente Avançado, Enquadramento Funcional: Estágio docente, Carga horária: 4
Outras informações
Estágio Docente Avançado na disciplina Sociedade Civil e Território (30h), ao Mestrado/Doutorado na Pós-Graduação de Desenvolvimento Regional - PPGDR, orientado pela Profª Drª Lilian Blanck de Oliveira e Prof. Valmor Schiochet

Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Estágio docência, Enquadramento Funcional: Estágio docente, Carga horária: 4
Outras informações
Estágio docente na disciplina Universidade, Ciência e Pesquisa (72h), ao curso de Comunicação Social, orientado pela Profª Drª Lilian Blanck de Oliveira.

Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Estágio Docente, Enquadramento Funcional: Estágio docente, Carga horária: 4
Outras informações
Estágio docente na disciplina Teoria Geral do Estado e Ciência Política (30h), no curso de Direito, orientado pelo Prof. Dr. Luciano Felix Florit.

Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 8
Outras informações
Disciplina Políticas Públicas e Cidadania - PROESDE/FURB.

Vínculo institucional

2014 - 2015
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista Demanda Social CAPES, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista PIBIC, Carga horária: 20


Sociedade Educacional Leonardo da Vinci, UNIASSELVI, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Supervisor de Disciplina, Carga horária: 16



Projetos de pesquisa


2016 - Atual
A BARRAGEM NORTE E A TERRA INDÍGENA IBIRAMA LA KLANÔ: REGISTROS DE/EM UMA CONSTRUÇÃO REGIONAL (1965-2015)

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Lilian Blanck de Oliveira em 02/12/2016.
Descrição: Descrição: A construção da Barragem Norte na cidade de José Boiteux - Santa Catarina (décadas de 70 a 90) desalojou os habitantes da Terra Indígena Ibirama La Klanô das melhores áreas de seu território (cerca de 900 hectares) trazendo prejuízos para sua subsistência como o plantio em terras férteis e a pesca, a convivência proximal entre as famílias, a preservação de sua cultura milenar, entre outros aspectos. Pesquisas em desenvolvimento no PPGDR/FURB sobre este evento, suas práticas e múltiplas consequências, ainda em vigor, envolvendo governo, comunidades do Vale do Itajaí e da Terra Indígena Ibirama La Klãnô intentam contribuir na identificação de referenciais teóricos e práticos, para a busca da construção de outras relações, ações e superações de históricos problemas regionais. Este projeto de pesquisa objetiva investigar em documentos históricos e registros orais regionais impactos e desafios da construção da Barragem Norte para e na cultura, organização social e territorial dos habitantes na Terra Indígena Ibirama Lã Klãnõ (Alto Vale do Itajaí - SC). A investigação de cunho qualitativo e quantitativo, se constituirá em pesquisa bibliográfica, documental (Arquivo Público Histórico de Rio do Sul e COMIN) e realização de entrevistas semiestruturadas com sujeitos envolvidos no processo de criação e construção da construção da Barragem Norte. Os resultados serão socializados com representantes da Terra Indígena Ibirama La Klanô, Museu Histórico de Rio do Sul, COMIN Leste Catarinense, eventos científicos, seminários, encontros pedagógicos na área, entre outros...
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Georgia Carneiro da Fontoura - Integrante / Lilian Blanck de Oliveira - Coordenador / Cátia Dagnoni - Integrante / Hugo Mauricio Grubert - Integrante / Rodrigo Wartha - Integrante / Tasley Ramos Teixeira - Integrante.
2016 - Atual
POPULAÇÕES AFRO-BRASILEIRAS E INDÍGENAS DO ALTO VALE DO ITAJAÍ (SC): PRESENÇAS E/OU AUSÊNCIAS NO PERIÓDICO RIO DO SUL NOSSA HISTÓRIA EM REVISTA (1999-2015)

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Lilian Blanck de Oliveira em 02/12/2016.
Descrição: Descrição: (INTRODUÇÃO) Em 1892, com menos de meio século de vida, a Colônia Blumenau se expandia em termos territoriais. Tanto imigrantes europeus como a primeira geração de seus filhos nescessitavam de terras para garantir o sistema de produção agro-pastorial de famílias numerosas. Neste ano, Francisco Frankenberger adquire o primeiro lote no atual município de Rio do Sul iniciando uma colonização sistemática. A implantação de imigrantes europeus e descendentes se estabelece em Rio do Sul (o que neste período representava quase todo o Alto Vale do Itajaí e um terço da Colônia Blumenau). Os embates entre colonizadores e indígenas se intensificavam e tornavam-se letais à medida que a colonização avançava sobre os territórios Laklãnõ/Xokleng, estes tendo no Alto Vale do Itajaí seu último redudo de fuga. A construção da Ferrovia Santa Catarina na década de 1930 trouxe grupos Afro-brasileiros vindos principalmente do litoral catarinense, posteriomente absorvidos pela indústria da maderia durante a sua vigência entre 1930 e 1960. Tanto indígenas como afro-brasileiros foram grupos atuantes na contrução da cidade de Rio do Sul e de todo o Alto Vale do Itajaí compondo assim o mosaico cultural do qual se assentam as etnias da região. Pesquisas desenvolvidas nas ultimas décadas tem identificado a fragilidade de registros relativos à presença e participação de indígenas e afro-brasileiros na construção do município de Rio do Sul. (OBJETIVO) Este projeto visa Investigar e documentar em acervo digital registros da presença, cultura e história das populações Indígenas e afro-brasileiras na constituição histórica de Rio do Sul (SC) relatados na Revista Rio do Sul Nossa História em Revista, período de 1999 a 2015, buscando contribuir com pesquisadores, educadores e gestores responsáveis pela implantação da Lei n. 11.645/08 na educação Básica. (METODOLOGIA) A investigação de cunho qualitativo se constitui de pesquisa bibliográfica e documental nos acervos das Bibliotecas da FURB, UNIDAVI, e Arquivo Público Histórico de Rio do Sul. (Resultados) Os resultados serão disponibilizados ao Arquivo Público Histórico de Rio do Sul, publicados no referido periódico (em forma de artigos, entrevistas, etc.), e também em eventos científicos, seminários e encontros pedagógicos buscando subsidiar e fomentar estudos e pesquisas relacionadas ao tema...
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Georgia Carneiro da Fontoura - Integrante / Lilian Blanck de Oliveira - Coordenador / Cátia Dagnoni - Integrante / Dolores Henn Fontanive - Integrante / Rodrigo Wartha - Integrante / Marcos Rodrigues da Silva - Integrante / Adrian Cristinny Gonçalves da Silva - Integrante.
2016 - Atual
MUSICA LAKLÃNÕ XOKLENG: TEMPOS/ESPAÇOS E LUGARES PARA e NA EDUCAÇÃO BÁSICA E SUPERIOR

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Lilian Blanck de Oliveira em 02/12/2016.
Descrição: Descrição: (INTRODUÇÃO) A Lei nº. 11.645, de 10 de março de 2008, altera a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDBEN) no 9.394, de 20 de dezembro de 1996, já modificada pela Lei no 10.639, de 09 de janeiro de 2003, para incluir no currículo oficial dos sistemas de ensino a obrigatoriedade da temática História e Cultura Afro-Brasileira e Indígena . Nesta esteira de adequações curriculares, em 18 de agosto 2008 é promulgada a Lei nº 11.769, que altera a LDBEN e torna a música um componente curricular obrigatório na Educação Básica do Brasil. O Povo Indígena Laklanõ/Xokleng, que reside na Terra Indígena Ibirama Lã Klanô traz como um dos traços marcantes de sua história a presença da música, elemento integrador e identitário de sua cultura. Enquanto fenômeno universal a música possui significados e linguagens distintas entre os povos sendo culturalmente construída e apreendida. Conhecer as expressões musicais de um povo é achegar-se ao que de mais profundo ele tem e o constitui ontologicamente. Estudos, pesquisas e encontros com educadores e gestores nos últimos anos na Região do Vale do Itajaí revelam certa fragilidade de conhecimentos e referenciais teórico-práticos, que deem sustentação para intervir pedagógica e socialmente em questões, que dizem respeito à cultura e história dos Povos Indígenas. (OBJETIVOS) Este projeto visa investigar presenças, gêneros, formas e inferências da música Laklãnõ/Xokleng na sua história e cultura, buscando identificar tempos/espaços e lugares para sua participação e contribuição na Educação Básica e Superior, em atendimento à Lei nº 11.645/08 e à Lei nº 11.769/08, para e na construção de outras cartografias curriculares na Região do Vale do Itajaí. (METODOLOGIA) A investigação de cunho qualitativo e caráter etnográfico se constitui de pesquisa bibliográfica, social (entrevistas semiestruturadas e/ou narrativas) e documental a partir do acervo e meios disponíveis nas Bibliotecas da FURB e UNIDAVI; Arquivos Histórico de Blumenau, Rio do Sul e Ibirama; Museus de Música de Timbó. (RESULTADOS) Os resultados serão socializados na Terra Indígena Ibirama Lã Klanô, em eventos científicos, seminários, encontros pedagógicos na área, entre outros...
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Georgia Carneiro da Fontoura - Integrante / Lilian Blanck de Oliveira - Coordenador / Raquel Riffel - Integrante / Tasley Ramos Teixeira - Integrante / Natália Koch - Integrante.
2015 - 2016
O POVO LAKLÂNÕ XOKLENG E A BARRAGEM NORTE: ENTRE A CONTENÇÃO DE CHEIAS E A DESAGREGAÇÃO SOCIAL

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Lilian Blanck de Oliveira em 27/08/2015.
Descrição: A construção da Barragem Norte na cidade de José Boiteux Santa Catarina, na década de 70, em pleno regime militar, com intuito de conter as cheias no Vale do Itajaí, teve sua conclusão no início dos anos 90. No entanto, tal obra, desalojou o Povo Laklãnõ Xokleng das melhores áreas de suas terras (cerca de 900 hectares) trazendo prejuízos, entre outros aspectos, para a pesca, plantio em terras férteis, proximidade entre as famílias e a preservação de sua cultura milenar. Um estudo mais atento sobre este evento, suas práticas e múltiplas consequências, ainda em vigor, envolvendo governo, comunidades do Vale do Itajaí e da Terra Indígena Ibirama La Klãnô poderá contribuir com referenciais para a busca da construção de outras relações, ações e superações de históricos problemas regionais. Este projeto de pesquisa objetiva investigar documentos históricos e registros orais acerca da criação e construção da Barragem Norte, buscando identificar ações e consequências para os envolvidos na problemática, de modo especial, os habitantes da Terra Indígena Ibirama La Klanô, em José Boiteaux. A investigação de cunho qualitativo e quantitativo, se constituirá em pesquisa bibliográfica, documental nos arquivos públicos históricos da Região do Vale do Itajaí e realização de entrevistas semiestruturadas com sujeitos envolvidos no processo de criação, construção e consequências da construção da Barragem Norte. Os resultados serão socializados em eventos científicos, seminários, encontros pedagógicos na área, entre outros...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Georgia Carneiro da Fontoura - Integrante / Lilian Blanck de Oliveira - Coordenador / Raquel Riffel - Integrante / Cátia Dagnoni - Integrante / Karla Lucia Bento - Integrante / Hugo Mauricio Grubert - Integrante / Nicole Correa - Integrante.Financiador(es): Fundo de Apoio à Manutenção e ao Desenvolvimento da Educação Superior - Bolsa.
2014 - Atual
ARENAS E ARRANJOS POLÍTICOS ESCALARES: COMPARAÇÃO ENTRE EXPERIÊNCIAS E PROPOSTAS PARA TRANSFORMAÇÕES REGIONAIS EM TRÊS ESTADOS BRASILEIROS

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Lilian Blanck de Oliveira em 27/08/2015.
Descrição: O presente projeto, que se debruçará sobre diferentes experiências e propostas que visam à transformação social, econômica, política e cultural em determinadas regiões e estados brasileiros, recebeu sua inspiração, parcialmente, da experiência realizada nas Conferências Estaduais e Nacional de Desenvolvimento Regional e da tentativa de formular uma política regional de uma maneira diferente, de suas metas, objetivos, instrumentos e medidas. A observação dessa experiência, de seus sucessos, fracassos e dificuldades, mas também das potencialidades que precisam ser exploradas, deu origem à abordagem do projeto aqui proposto, expressa no seu título. Parte- se da hipótese de que não há uma solução simples para formular propostas de políticas públicas que sejam explicitamente voltadas às transformações de regiões. Mesmo no âmbito urbano mais próximo à vivência das pessoas no seu dia-a-dia já há dificuldades mal superadas. Portanto, o que se propõe aqui é uma complexa articulação entre determinadas ARENAS POLÍTICAS, no sentido de OFFE e outros cientistas políticos, e diferentes formas de ARRANJOS POLÍTICOS, termo emprestado até da economia regional que investiga arranjos produtivos ou, mas recentemente, de sua apropriação na escala urbana-metropolitana-regional com a noção de arranjos urbanos. A articulação entre esses dois elementos será aplicada, enquanto abordagem única, na investigação de propostas e experiências a respeito de transformações regionais em três estados: Paraíba, Rio de Janeiro e Santa Catarina. Essa abordagem tem suficiente abertura para poder contemplar as especificidades desses três casos na medida em que consegue abarcar processos com maior envolvimento político de segmentos sociais, como encontrado mais ao Sul do país, como também da experimentação de arranjos institucionais, apoiados, por exemplo, pela Lei dos Consórcios Públicos, em outras partes do Brasil como, por exemplo, no Rio de Janeiro. São apenas dois exemplos de uma riqueza de potencialidades cuja descoberta representa o verdadeiro desafio para as investigações. A comparação entre os três estados, situados em Macro-Regiões diferentes Nordeste, Sudeste e Sul , vai poder estimular a imaginação e criatividade dos pesquisadores e dos estudantes e bolsistas envolvidos. Ainda, a comparação com experiências fora do país será uma oportunidade para todos os envolvidos em aumentar os horizontes das suas investigações e reflexões..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (3) .
Integrantes: Georgia Carneiro da Fontoura - Integrante / Lilian Blanck de Oliveira - Coordenador / Karla Lucia Bento - Integrante / Oklinger Mantovaneli Junior - Integrante / Cristiane Mansur de Moraes Souza - Integrante / Ivo Marcos Theis - Integrante / Daniel Rodrigo Strelow - Integrante / Luis Claudio Krajevski - Integrante / Luciano Felix Florit - Integrante / Marilda Rosa Galvão Checcucci Gonçalves da Silva - Integrante / Anderson de Miranda Gomes - Integrante.Financiador(es): Fundação Universidade Regional de Blumenau - Auxílio financeiro / CAPES - Centro Anhanguera de Promoção e Educação Social - Outra.
2012 - 2013
Diversidade Cultural e Educação com, em e para os Direitos Humanos no Brasil: territórios e cartografias em construção
Descrição: Descrição: Introdução) O contexto social contemporâneo, complexo e pleno de diferentes culturas clama por outros olhares e leituras - saberes e conhecimentos, que contribuam de forma efetiva na construção de processos sociais, que atendam o universo de necessidades dos seres humanos e do Planeta. Neste contexto podemos identificar no arcabouço institucional-legal das sociedades hodiernas a busca pelo fortalecimento de uma política/ação em e para os Direitos Humanos. No cenário brasileiro, imerso em discussões e reflexões voltadas ao tema, transita a preocupação com processos e demandas sociais que tenham como premissa a diversidade das culturas que o constituem historicamente. Este contexto, ainda traz muito presente, uma leitura/ação hegemônica oriunda dos processos de colonização ocidental ocupados em expandir territórios e dominar povos sem considerar suas culturas, percebendo-as como inferiores e/ou atrasadas - viez para históricas realidades de dominação, exclusão, invisibilidades e mazelas políticas e sociais. Esta prática de não possibilidade de participação para todos, se defronta, entretanto com uma outra postura de pensamentos e práticas includentes - tempos, espaços e lugares de e para sua superação em movimentos de libertação e emancipação do jugo opressor. A emergência das lutas emancipatórias e de afirmação, tuteladas pelos Direitos Humanos, clamam pelo reconhecimento das diferenças culturais no território brasileiro rico mosaico, permeado pelas culturas e povos que o constituem (REIS; OLIVEIRA, 2011, p. 2). Refletir, questionar e provocar a percepção e adoção de outros olhares e leituras para processos que envolvam diferentes culturas em relação direta com os Direitos Humanos se apresenta como uma tarefa historicamente necessária e intransferível. (Objetivos) O presente projeto busca investigar referenciais teórico-metodológicos para uma Educação com, em e para os Direitos Humanos no que diz respeito à diversidade cultural no contexto brasileiro. (Metodologia)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Georgia Carneiro da Fontoura - Integrante / Lilian Blanck de Oliveira - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 3
2012 - Atual
Interculturalidade e episte(me)todologias decoloniais em territórios contestados: desafios e possibilidades na AL e Caribe

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Lilian Blanck de Oliveira em 27/08/2015.
Descrição: A diversidade cultural é uma das marcas que identifica, caracteriza, mobiliza e desafia a América Latina de maneira intensa e peculiar. Tem sua gênese na multiplicidade de povos indígenas, processos de colonização europeus, vinda dos povos africanos, fluxo migratório de povos do Oriente Médio e continente Asiático, todos portadores de diferentes cosmovisões - distintas compreensões de ser humano, educação, sociedade e desenvolvimento. A diversidade, riqueza ímpar, a constituir este contexto, exige atenção e esforços no sentido de problematizar relações de ser, poder e saber, que historicamente marcaram a construção de identidades e diferenças no intuito de atender determinados interesses produzindo um conjunto de mazelas, preconceitos, discriminações e violências de toda sorte. Construir de forma coletiva, dialética e decolonizadora possibilidades históricas de mudança em processos sociais, educativos e formadores considerando as diversidades, os saberes e outras formas de desenvolvimento são desafios às sociedades latino-americanas da contemporaneidade, principalmente aquelas que vivem nas fronteiras e em territórios em disputa e/ou contestados. Nas últimas décadas tem ocorrido um aumento de grupos e movimentos que, de forma organizada e articulada buscam reconhecimento em diferentes áreas, como na educação, na saúde, no trabalho e no cuidado da terra, com vistas à emancipação e superação das condições marginais em que se encontram. Tais grupos enfrentam e questionam processos de exclusão e desigualdades a que foram submetidos historicamente através da criação, incorporação e difusão de outras bases episte(me)todológicas. Encontram na interculturalidade, enquanto um paradigma emergente, perspectivas para novas concepções e práticas educacionais no articular diálogos e vivências alteritárias, que rompam conceitos cristalizados, e práticas colonizantes e homogeneizadoras. Este projeto visa investigar processos de exclusão e desigualdades em territórios contestados, em relação às diversidades, na perspectiva de uma educação e um desenvolvimento de caráter decolonizante e intercultural. Os resultados poderão contribuir com dados relevantes para estudos, reflexões e práticas, que busquem contestar territórios de preconceitos, discriminações e exclusões; (pró)vocar outros olhares, leituras e práticas no cotidiano social, tempos/espaços/lugares de Formação Superior e Educação Básica sinalizando e fomentando a elaboração de outras cartografias culturais e sociais..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Georgia Carneiro da Fontoura - Integrante / Lilian Blanck de Oliveira - Coordenador / Tarcísio Alfonso Wickert - Integrante / Débora Fittipaldi Gonçalves - Integrante / Elcio Cecchetti - Integrante / Raquel Riffel - Integrante / Simone Riske Koch - Integrante / Mayane Caroline Baumgartner - Integrante / Karla Lucia Bento - Integrante / Dolores Henn Fontanive - Integrante / Djanna Zita Fontanive - Integrante / Adecir Pozzer - Integrante / Rodrigo Wartha - Integrante / REINALDO FLEURI - Integrante / Suzan Alberton - Integrante / Raquel Maria Pimentel Oliveira dos Reis - Integrante / Simone Fuzinato Rezende - Integrante / Jasom Oliveira - Integrante / Janaina Hubner - Integrante / Lucia Schneider Hardt - Integrante / Valda Fagundes - Integrante.
2011 - 2013
História e cultura indígena na Mesorregião do Vale do Itajaí: desafios e perspectivas a partir da Lei n. 11.645/08 e vozes de educadores, educandos e gestores das SDRs/GEREDs

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Lilian Blanck de Oliveira em 27/08/2015.
Descrição: Introdução) A Constituição Federal Brasileira de 1988 garante às comunidades indígenas o direito a uma educação diferenciada, exclusiva e bilíngüe, bem como aos princípios educacionais direcionados a toda a sociedade brasileira, atendendo preceitos legais estabelecidos na Constituição de 1988. A Lei nº. 11.645, de 10 de março de 2008, altera a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDBEN) no 9.394, de 20 de dezembro de 1996, já modificada pela Lei no 10.639, de 09 de janeiro de 2003, para incluir no currículo oficial da rede de ensino a obrigatoriedade da temática História e Cultura Afro-Brasileira e Indígena . Estudos, pesquisas e encontros com educadores e gestores nos últimos anos revelam uma certa fragilidade de conhecimentos e ao mesmo tempo de referenciais teórico-práticos que dêem sustentação teórica para intervir pedagogicamente e socialmente em questões, que dizem respeito à cultura e história dos Povos Indígenas. (Objetivos) O presente projeto busca investigar elementos que organizam e constituem os conteúdos, que abranjam a história e a cultura dos Povos Indígenas em Escolas Estaduais das Secretarias de Desenvolvimento Regional SDRs/Gerências de Educação-GEREDs da Mesorregião do Vale do Itajaí, em cumprimento da Lei n. 11.645/2008. Busca identificar concepções, práticas pedagógico-didáticas, contribuições, desafios e perspectivas para processos formadores e vivências sociais, que se pautem pelo respeito, valorização e interação com os Povos Indígenas subsidiando e encaminhando possibilidades de maiores interlocuções teóricas e práticas, exercícios de democracia, cidadania e desenvolvimento regional. (Metodologia) A investigação se constitui de pesquisa bibliográfica, documental a partir do acervo e meios disponíveis na Mesorregião do Vale do Itajai e pesquisa social com educandos, educadores e gestores que integram as SDRs/GEREDs da mesorregião em estudo e investigação. (Resultados) Processos de reflexão, conscientização e elaboração de artigos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (8) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Georgia Carneiro da Fontoura - Integrante / Lilian Blanck de Oliveira - Coordenador / Tarcísio Alfonso Wickert - Integrante / Débora Fittipaldi Gonçalves - Integrante / Raquel Riffel - Integrante / Mayane Caroline Baumgartner - Integrante / Martin Kreuz - Integrante / Cátia Dagnoni - Integrante / Dolores Henn Fontanive - Integrante / Rodrigo Wartha - Integrante / Raquel Maria Pimentel Oliveira dos Reis - Integrante / Jasom Oliveira - Integrante / Janaina Hubner - Integrante / Daiane Colombi - Integrante / Marlon Miranda - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 3
2003 - Atual
Diversidades histórico-culturais,Territórios e Desenvolvimento Regional

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Lilian Blanck de Oliveira em 27/08/2015.
Descrição: Ao longo da história da construção do conhecimento o ser humano tem se percebido como sujeito de ser, conhecer e conviver enquanto um conjunto de construções e representações multiculturais. Nesta perspectiva, uma das formas de buscar crescimento pessoal e coletivo se situa em diferentes espaços, tempos e processos de socialização, educação formal e informal com os quais interage no cotidiano, como uma das possibilidades para a construção de autonomia, superação e desenvolvimento. Os laços territoriais revelam que os espaços estão investidos de valores não apenas materiais, mas também afetivos, éticos, espirituais, simbólicos e culturais e sinalizam na direção de diferentes territorrialidades. O projeto investiga inferências do sagrado na construção de relações, representações sociais e culturas no cotidiano em diferentes tempos/espaços/lugares, suas tessituras, faces e interfaces com implicações no desenvolvimento regional. Este projeto apresenta: diversidade histórico-cultural; territórios e territorialidades; identidade e memória; ética e alteridade como eixos articuladores em suas pesquisas. Uma de suas perspectivas de investigação são diferentes textos e contextos que circunscrevem, subsidiam e encaminham processos de formação inicial e continuada de docentes para a Educação Básica no Estado de Santa Catarina...
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Georgia Carneiro da Fontoura - Integrante / Lilian Blanck de Oliveira - Coordenador / Tarcísio Alfonso Wickert - Integrante / Elcio Cecchetti - Integrante / Simone Riske Koch - Integrante / Mayane Caroline Baumgartner - Integrante / Martin Kreuz - Integrante / Dolores Henn Fontanive - Integrante / Adecir Pozzer - Integrante / Rodrigo Wartha - Integrante / Marcos Rodrigues da Silva - Integrante / Luiz Dietrich - Integrante.


Projetos de extensão


2015 - Atual
Vozes e Saberes Indígenas: exercícios interculturais na diversidade étnica da educação básica

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Lilian Blanck de Oliveira em 26/08/2015.
Descrição: A Lei nº. 11.645, de 10 de março de 2008, altera a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDBEN) nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, já modificada pela Lei nº 10.639, de 09 de janeiro de 2003, para incluir no currículo oficial da rede de ensino a obrigatoriedade da temática História e Cultura Afro-Brasileira e Indígena . Estudos, pesquisas e encontros com educadores e gestores nos últimos anos revelam fragilidades de conhecimentos e referenciais teórico-práticos que dêem sustentação teórica para intervir pedagogicamente e socialmente em questões, que dizem respeito à cultura e história dos Povos Indígenas. A presente proposta de extensão tem como objetivo atuar junto à escolas de educação básica de Blumenau e cidades vizinhas (Região do Médio Vale do Itajaí) no sentido de contribuir na construção de saberes acerca da história e da cultura indígena para uma convivência igualitária e intercultural entre diferentes etnias nos espaços escolares e sociais. A partir de um diagnóstico inicial busca identificar com educandos, educadores e gestores presenças e/ou ausências em documentos curriculares e materiais didáticos de elementos que organizam e constituem conteúdos, concepções e práticas pedagógico-didáticas que abranjam a história e a cultura dos Povos Indígenas. A partir destes dados constituir-se-ão grupos de estudo, rodas de conversa, espaços de discussão sobre a temática e sua influência na vida escolar e social das pessoas para problematizar os modos de produção das sociabilidades contemporâneas que atuam nas subjetividades. No âmbito do projeto serão promovidos cursos, palestras, seminários nas escolas de educação básica e na universidade, bem como, produzidos artigos e materiais de divulgação sobre diversidade, direitos humanos, alteridade e interculturalidade implicados na questão da história e da cultura das populações indígenas na perspectiva do desenvolvimento da democracia, cidadnia e desenvolvimento regional..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Georgia Carneiro da Fontoura - Integrante / Lilian Blanck de Oliveira - Coordenador / Simone Riske Koch - Integrante / Cátia Dagnoni - Integrante / Karla Lucia Bento - Integrante / Rodrigo Wartha - Integrante / Josué de Souza - Integrante.Financiador(es): Fundação Universidade Regional de Blumenau - Outra.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Francês
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2013
VII PRÊMIO FRITZ MULLER/FURB - Ensino, pesquisa e extensão, FURB/FFM.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
FONTOURA, G. C.2015 FONTOURA, G. C.; WARTHA, R. . TERRITÓRIO E DIFERENÇA: A (RE)(DES)CONSTRUÇÃO DO POVO XOKLENG LAKLANÕ NO/DO TERRITÓRIO HABITADO. Rio do Sul, v. 1, p. 1, 2015.

Capítulos de livros publicados
1.
FONTOURA, G. C.; KREUZ, M. . Diversidade Cultural e currículo escolar: interpelações a outras práticas. In: Lilian Blanck de Oliveira; Martin Kreuz; Rodrigo Wartha. (Org.). Educação, história e cultura indígena: desafios e perspectivas no Vale do Itajaí. 1ed.Blumenau- SC: Edifurb, 2014, v. 1, p. 63-82.

2.
OLIVEIRA, L. B. ; FONTOURA, G. C. . Diversidade Cultural e Interculturalidade: aportes para uma decolonização religiosa da educação. In: Elcio Cecchetti; Adecir Pozzer. (Org.). Educação e Interculturalidade: conhecimentos, saberes e práticas descoloniais. 1ed.Blumenau: Edifurb, 2014, v. 1, p. 135-152.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
FONTOURA, G. C.; OLIVEIRA, L. B. ; WICKERT, T. A. . DIVERSIDADE CULTURAL E DIREITOS HUMANOS NO BRASIL: TERRITÓRIOS E CARTOGRAFIAS EM CONSTRUÇÃO. Expressão Universitária - SINSEPES - edição Nov/Dez (prelo), Blumenau, 21 nov. 2013.

2.
FONTOURA, G. C.. Mídia comunitária e a oligarquia da Comunicação. Expressão Universitária - SINSEPES - ano 2 volume 14, Blumenau, p. 12 - 12, 01 out. 2010.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
GONCALVES, D. F. ; FONTOURA, G. C. ; OLIVEIRA, L. B. . INTERCULTURALIDADE, TURISMO RURAL E DE EXPERIÊNCIA: UMA POSSIBILIDADE NO PANTANAL MATOGROSSENSE?. In: Anais do IX Congresso Brasileiro de Turismo Rural, II Colóquio Internacional de Pesquisa e Práticas em Turismo no Espaço Rural e II Semana de Gastronomia, 2015, Joinville. Anais do Anais do IX Congresso Brasileiro de Turismo Rural, II Colóquio Internacional de Pesquisa e Práticas em Turismo no Espaço Rural e II Semana de Gastronomia, 2015.

2.
OLIVEIRA, L. B. ; FONTOURA, G. C. . Diversidade Cultural e Educação com, em e para os Direitos Humanos no Brasil: territórios e cartografias em construção. In: II Seminário Internacional Culturas e Desenvolvimento - SICDES, 2015, Chapecó. Educação intercultural em territórios contestados: anais II Seminário Internacional de Culturas e Desenvolvimento ; II. Congresso Sul-Brasileiro de Promoção dos Direitos Indígenas; V. Colóquio Catarinense do Ensino Religioso, 2015.

3.
FONTOURA, G. C.; OLIVEIRA, L. B. . Diversidade Religiosa e Interculturalidade: aportes para uma descolonização religiosa na educação. In: VII Congresso Nacional de Ensino Religioso - CONERE, 2013, Juiz de Fora - MG. VII Congresso Nacional de Ensino Religioso - CONERE, 2013. v. 1. p. 1-15.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
BENTO, K. L. ; OLIVEIRA, L. B. ; DAGNONI, C. ; REIS, R. M. P. O. ; RIFFEL, R. ; WARTHA, R. ; FONTOURA, G. C. . Políticas públicas e ?desenvolvimento?: espaços e lugares das populações indígenas no Brasil?!. In: III Seminario Internacional Culturas y Desarrollo, 2016, Heredia, Costa Rica. III SICDES - MEMORIAS Resúmenes y Artículos Completos. Chapecó: Argos, 2016. p. 50-50.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
OLIVEIRA, L. B. ; FONTOURA, G. C. . Direitos, Desenvolvimento e Povos Indígenas: Limites, Possibilidades e Desafios às Políticas Públicas na Atualidade Brasileira. In: I Fórum Integrado da Pós-Graduação, 2016, Blumenau. Anais do 1º FÓRUM INTEGRADO DA PÓS-GRADUAÇÃO, 2016.

2.
FONTOURA, G. C.; OLIVEIRA, L. B. . Diversidade cultural e educação com, em e para os direitos humanos no Brasil: territórios e cartografias em construção. In: 7ª Mostra Integrada de Ensino Pesquisa e Extensão, 2013, Blumenau. (FURB on line), 2013. p. 90-90.

Apresentações de Trabalho
1.
OLIVEIRA, L. B. ; FONTOURA, G. C. . Direito Insurgente, Autodeterminação e Etnodesenvolvimento: o caso da população indígena Laklãnõ Xokleng e a Barragem Norte (SC/BR). 2018. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

2.
FONTOURA, G. C.; OLIVEIRA, L. B. . Direitos, desenvolvimento e Povos Indígenas: limites, possibilidades e desafios às políticas públicas na atualidade brasileira. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
FONTANIVE, D. H. ; OLIVEIRA, L. B. ; FONTOURA, G. C. . Violência e Diversidade na Escola: Um estudo do curso de Ciências da Religião na FURB/SC. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
DAGNONI, C. ; FONTOURA, G. C. ; BENTO, K. L. ; OLIVEIRA, L. B. ; REIS, R. M. P. O. ; RIFFEL, R. ; WARTHA, R. . Brechas nas feridas da história: políticas públicas e ?desenvolvimento? de/em/para as populações indígenas no Brasil. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
FONTOURA, G. C.. Negros/as, Indígenas e Problemas Ambientais na América Latina. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
FONTOURA, G. C.; ET AL. . O ensino da diversidade cultural indígena na educação básica. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
FONTOURA, G. C.; ET AL. . Infância, Adolescência, Educação e Direitos Humanos. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
FONTOURA, G. C.; ET AL. . Questões étnico-raciais, população negra, indígena e violência contra a mulher negra. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
FONTOURA, G. C.; OLIVEIRA, L. B. . Diversidade Cultural e educação em, para e com direitos humanos no Brasil: territórios e cartografias em construção. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
FONTOURA, G. C.; OLIVEIRA, L. B. . Diversidade cultural e educação com, em e para os direitos humanos no Brasil: territórios e cartografias em construção. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
FONTOURA, G. C.; OLIVEIRA, L. B. . Diversidade Religiosa e Interculturalidade: aportes para a descolonização religiosa da educação. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
OLIVEIRA, L. B. ; FONTOURA, G. C. . Escola e Cultura Indigena na Mesorregião do Vale do Itajaí: desafios e perspectivas no contexto escolar. Blumenau - SC, 2014. (Prefácio, Pósfacio/Introdução)>.

2.
FONTOURA, G. C.. Elementos do novo constitucionalismo latino americano: pluralismo, interculturalidade e emergência de novos poderes 2013 (monografia de conclusão de curso de graduação em direito).


Demais tipos de produção técnica
1.
THIESEN, L. C. ; FONTOURA, G. C. . Biodireito. 2018. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Caderno de Estudos EAD).

2.
FONTOURA, G. C.; KREUZ, M. . Educação Escolar Indígena e Lei 11.645/08 - estudo da História e Cultura Indígena no currículo das escolas não-indígenas. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
FONTOURA, G. C.. Políticas Públicas e Cidadania. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

4.
FONTOURA, G. C.; OLIVEIRA, L. B. ; YXAPYRY, E. A. K. ; ALMEIDA, W. C. P. ; BENTO, K. L. ; PIOVEZANA, L. ; WUO, A. S. ; CONSTANTINO, C. K. ; GAKRAN, N. . Caderno do Módulo 2 do Curso de Extensão Organização Curricular na Educação Básica Catarinense do PROESDE/Licenciatura. 2016. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Caderno Módulo 2 Curso de Extensão PROESDE/Licenciatura).

5.
FONTOURA, G. C.; OLIVEIRA, L. B. . Diversidade cultural e educação com, em e para os direitos humanos no Brasil: territórios e cartografias em construção. 2013. (Relatório de pesquisa).

6.
FERRAZZO, D. ; FONTOURA, G. C. ; ROESENER, L. ; MAFRA, J. P. ; BEVIAN, E. C. ; VOTRI, A. ; DOMINGHETT, S. ; TAMANINI, L. C. ; DITTRICH, V. ; FLOHR, V. ; KIENEN, M. ; SCHEEL, E. C. ; ARZUAGA, R. ; TAMANINI, L. V. . Guia dos Direitos da Saúde do Trabalhador. 2007. (Guia dos Direitos da Saúde do Trabalhador).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
FONTOURA, G. C.; CRISTOFOLINI, R.; CONSTANTINO, C. K.. Participação em banca de Bruna Cristina Pegoretti.DIREITO À SAÚDE: O DEVER DO ESTADO EM FORNECER MEDICAMENTOS DE ALTO CUSTO E NÃO PADRONIZADOS E PELO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE (SUS).. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Centro Universitário Leonardo da Vinci.

2.
CONSTANTINO, C. K.; KELNER, L.; FONTOURA, G. C.. Participação em banca de Paulo Zanon.A PROTEÇÃO DOS DIREITOS AUTORAIS NA INTERNET: EVOLUÇÃO, LIMITES E DESAFIOS DA COMUNICAÇÃO NA ERA DIGITAL.. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Centro Universitário Leonardo da Vinci.

3.
FONTOURA, G. C.; BERRI, C.; SCHUTZE, D.. Participação em banca de Aline Heusser.O ARRESTO ON LINE NO PROCESSO DE EXECUÇÃO POR TÍTULO EXTRAJUDICIAL, COMO MEDIDA DE CELERIDADE E EFETIVIDADE DA PRESTAÇÃO JURISDICIONAL. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Centro Universitário Leonardo da Vinci.

4.
WEEGE, S. A.; FONTOURA, G. C.; BORAZO, S.. Participação em banca de Joelma Biff.A INTERVENÇÃO DO ESTADO NO PODER FAMILIAR: A LEI DA PALMADA EM FACE AO PRINCÍPIO DA INTERVENÇÃO MÍNIMA NO PODER FAMILIAR. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Centro Universitário Leonardo da Vinci.

5.
FONTOURA, G. C.; KLEIN, A. A.; SANTOS, J. R.. Participação em banca de Emanuella Volani da Cruz.A NATUREZA JURÍDICA DOS CRÉDITOS DE CARBONO SOB A ÓTICA DO NOVO CÓDIGO FLORESTAL DE 2012 E SUA IMPLEMENTAÇÃO. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Centro Universitário Leonardo da Vinci.

6.
FONTOURA, G. C.; KLEIN, A. A.; SANTOS, J. R.. Participação em banca de Mariely Lara Silva.A VOZ DOS SEM VOZ: OS ANIMAIS COMO SUJEITOS DE DIREITO NO ORDENAMENTO JURÍDICO BRASILEIRO. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Centro Universitário Leonardo da Vinci.

7.
KOCH, S. R.; FONTOURA, G. C.; LEME, M. C. G.. Participação em banca de Priscila Caroline Dalpiaz.Educação e Imigração: desafios no e para o contexto escolar. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia) - Fundação Universidade Regional de Blumenau.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
FONTOURA, G. C.. 10ª Mostra Integrada de Ensino, Pesquisa e Extensão. 2016. Fundação Universidade Regional de Blumenau.

2.
ET AL.; FONTOURA, G. C.. I Fórum Integrado da Pós-Graduação. 2016. Fundação Universidade Regional de Blumenau.

3.
PIOVESANA, L.; FONTOURA, G. C.; OLIVEIRA, L. B.; BRINGMANN, S.. GT 8 ? Culturas e Religiosidades Indígenas e Ensino Religioso intercultural - XIV SEFOPER. 2016. Fórum Nacional Permanente do Ensino Religioso.

4.
FONTOURA, G. C.; ET AL.. III SEDRES - Seminário de Desenvolvimento Regional, Estado e Sociedade. 2016. Fundação Universidade Regional de Blumenau.

5.
FONTOURA, G. C.. 9ª Mostra Integrada de Ensino, Pesquisa e Extensão. 2015. Fundação Universidade Regional de Blumenau.

6.
FONTOURA, G. C.. 8ª Mostra Integrada de Ensino, Pesquisa e Extensão - MIPE. 2014. Fundação Universidade Regional de Blumenau.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
IV SICDES - IV Seminário Internacional Culturas, Desenvolvimento e Educação.Direito Insurgente, Autodeterminação e Etnodesenvolvimento: o caso da população indígena Laklãnõ Xokleng e a Barragem Norte (SC/BR). 2018. (Seminário).

2.
IV SICDES - IV Seminário Internacional Culturas, Desenvolvimento e Educação. 2018. (Seminário).

3.
10ª MIPE - Mostra Integrada de Ensino, Pesquisa, Extensão e Cultura.Vivenciando Experiências Interculturais: Visita à Aldeia Bugio. 2016. (Outra).

4.
10ª MIPE - Mostra Integrada de Ensino, Pesquisa, Extensão e Cultura.Vivenciando Experiências Interculturais: Visita à Aldeia Bugio. 2016. (Outra).

5.
I Fórum Integrado da Pós-Graduação - FURB.Direitos, desenvolvimento e Povos Indígenas: limites, possibilidades e desafios às políticas públicas na atualidade brasileira. 2016. (Outra).

6.
I Fórum Integrado da Pós-Graduação - FURB.Comissão Científica. 2016. (Outra).

7.
II Congresso Internacional dos Povos Indígenas. 2016. (Congresso).

8.
II Congresso Internacional dos Povos Indígenas. Direitos, Desenvolvimento e Povos Indígenas: limites, possibilidades e desafios às políticas públicas na atualidade brasileira. 2016. (Congresso).

9.
III Seminário de Desenvolvimento Regional, Estado e Sociedade.GT 4 ? Dinâmicas Socioeconômicas no Território. 2016. (Seminário).

10.
III Seminário de Desenvolvimento Regional, Estado e Sociedade.GT 1 ? Estado, Instituições e Planejamento. 2016. (Seminário).

11.
III Seminário de Desenvolvimento Regional, Estado e Sociedade.Membro da Comissão Científica. 2016. (Seminário).

12.
III Seminário de Desenvolvimento Regional, Estado e Sociedade.Brechas nas feridas da história: políticas públicas e ?desenvolvimento? de/em/para as populações indígenas no Brasil. 2016. (Seminário).

13.
III Seminário de Desenvolvimento Regional, Estado e Sociedade. 2016. (Seminário).

14.
I Jornada de Direitos Humanos.?Questões étnico-raciais, população negra, indígena e violência contra a mulher negra?. 2016. (Outra).

15.
Infância e Adolescência: boas práticas contra a violência.Infância, Adolescência, Educação e Direitos Humanos. 2016. (Encontro).

16.
Semana Acadêmica de Ciências Sociais.Negros/as, Indígenas e Problemas Ambientais na América Latina. 2016. (Outra).

17.
VII CLIc - Colóquio das Licenciaturas.O ensino da diversidade cultural indígena na educação básica. 2016. (Outra).

18.
XIV Seminário Nacional de Formação de Professores para o Ensino Religioso - SEFOPER.Violência e Diversidade na Escola: Um estudo do curso de Ciências da Religião na FURB/SC. 2016. (Seminário).

19.
América Latina e Interculturalidade. 2015. (Outra).

20.
II Seminário Internacional Culturas e Desenvolvimento. 2014. (Seminário).

21.
Roda de diálogo: Povo Xokleng-Laklãnõ- história e desafios. 2014. (Outra).

22.
Seminário O Outro lado da Barragem Norte: impactos e desafios na Terra Indígena Laklãnõ - Xokleng. 2014. (Seminário).

23.
7 - Mostra Integrada de Ensino e Extensão - MIPE.Diversidade Cultural e educação com, em, e para os direitos humanos no Brasil: territorios e cartografias em construção. 2013. (Seminário).

24.
Mostra Integrada de Ensino Pesquisa e Extensão - MIPE.Diversidade Cultural e Educação com, em e para os Direitos Humanos no Brasil: territórios e cartografias em construção. 2013. (Outra).

25.
VII Congresso Nacional de Ensino Religioso. Diversidade Religiosa e Interculturalidade: aportes para a descolonização religiosa da escola. 2013. (Congresso).

26.
3º Fórum Regional de Resíduos Sólidos Urbanos do Médio Vale do Itajaí. 2012. (Outra).

27.
Ciclo de Escrita Acadêmica para o Curso de Direito. 2012. (Outra).

28.
Oficina Regional do CFES - Rede de Economia Solidária. 2012. (Oficina).

29.
Palestra da Dra. Juíza do Trabalho Andréa Maria Limongi Passold da 4ª Vara do Trabalho de Blumenau" Possibilidades de ações coletivas dos Sindicatos de Trabalhadores e os dilemas frente à Justiça do Trabalho". 2012. (Outra).

30.
Palestra do Prof. Dr. Tarso de Melo "Luta por Direitos e Anticapitalismo no Mundo do Trabalho". 2012. (Outra).

31.
Palestra do Prof. Vilson de Souza "Constituição de 1988: Experiência Constitucional e Transformação Social". 2012. (Outra).

32.
Apoio à realização das Oficinas do Curso de Direito - Interação FURB.Oficina do Curso de Direito - Interação FURB. 2011. (Oficina).

33.
Aula Magna do Curso de Direito "Desafios e Oportunidades das Carreiras Jurídicas". 2011. (Outra).

34.
Aula Magna ministrada pelo Prof. João José Leal, "História da Educação Jurídica no Brasil". 2011. (Outra).

35.
Curso Preparatório para o Exame da Ordem. 2011. (Outra).

36.
Palestra de Alexandre Danielli " United States Marine Corps". 2011. (Outra).

37.
Palestra do Prof. Dr. José Isaac Pilati "Propriedade e Função Social na Pós-Modernidade". 2011. (Outra).

38.
XXX Semana de Estudos Jurídicos "Direito Contemporâneo: Instrumentalidade técnica e necessidade de atuação crítica". 2. 2011. (Outra).

39.
Oficina do Curso de Direito - Interação FURB.Interação FURB - Curso de Direito. 2010. (Oficina).

40.
VII Seminário Regional de Formação para os operadores do sistema de garantias dos Direitos da Criança e do Adolescente. 2008. (Seminário).

41.
Aula Magna do Curso de Direito ministrada pelo Prof. João Baptista Herkenhoff. 2007. (Outra).

42.
Aula sobre o Exame da Ordem. 2007. (Outra).

43.
Debate Sobre Defensoria Pública em Santa Catarina. 2007. (Outra).

44.
IV Conferência Municipal de Saúde de Blumenau "Saúde, Qualidade de Vida: Políticas de Estado e Desenvolvimento". 2007. (Outra).

45.
Oficina sobre "Reflexão acerca do conceito de homem e do direito para Karl Marx" e "Educação e política em Antonio Gramsci". 2007. (Outra).

46.
Palestra sobre Criminalização dos Movimentos Sociais e Seus Líderes na Área Jurídica.. 2007. (Outra).

47.
Redução da Maioridade Penal por Desembargador Antonio Fernando do Amaral e Silva. 2007. (Outra).

48.
Responsabilidade Social, Sustentabilidade e Terceiro Setor. 2007. (Outra).

49.
Tribunal do Juri Simulado. 2007. (Outra).

50.
Tribunal do Júri Simulado. 2007. (Outra).

51.
XXVI Semana de Estudos Jurídicos "O pensamento jurídico moderno e seus paradoxos". 2007. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
POZZER, A. ; CECCHETTI, E. ; FONTOURA, G. C. ; BENTO, K. L. ; SILVA, M. R. ; KOCH, S. R. ; OLIVEIRA, L. B. ; PIOVEZANA, L. ; AUTORES, D. . III Seminário Internacional Culturas e Desenvolvimento - SICDES. 2016. (Outro).

2.
FONTOURA, G. C.; MATTHES, D. ; BORBA, E. S. ; BECKEDORFF, F. F. ; SILVA, J. M. M. ; BENTO, K. ; AVILA, M. R. R. ; IGREJA, P. S. . III Seminário de Desenvolvimento Regional, Estado e Sociedade. 2016. (Outro).

3.
FONTOURA, G. C.; OLIVEIRA, L. B. ; RIFFEL, R. ; KOCH, S. R. ; OLIVEIRA, J. ; HUBNER, J. . Lançamento do Caderno da Semana dos Povos Indígenas 2016 ?Laklãnõ/Xokleng, o povo que caminha em direção ao sol?. 2016. (Outro).

4.
OLIVEIRA, L. B. ; FONTOURA, G. C. ; RIFFEL, R. . O Outro lado da Barragem Norte: impactos e desafios na Terra Indígena Laklãnõ - Xokleng. 2014. (Outro).

5.
FONTOURA, G. C.; GONCALVES, D. F. ; OLIVEIRA, L. B. ; PIOVEZANA, L. ; OLIARI, G. ; COSTA, M. A. S. ; CECCHETTI, E. ; RIFFEL, R. ; KOCH, S. R. ; WICKERT, T. A. ; SILVA, J. ; BAUMGARTNER, M. C. . II Seminário Internacional Culturas e Desenvolvimento. 2014. (Outro).

6.
KRIEGER, B. T. ; BEDUSCHI, L. ; RAMOS, E. ; FONTOURA, G. C. . XXXI Semana de Estudos Jurídicos: entre o direito e a política. 2012. (Outro).

7.
FONTOURA, G. C.. Formação em Economia solidária. 2012. (Outro).

8.
KRIEGER, B. T. ; RAMOS, E. ; FONTOURA, G. C. . XXX Semana de Estudos Jurídicos "Direito Contemporâneo: instrumentalidade Técnica e Necessidade de Atuação Crítica". 2011. (Outro).

9.
FONTOURA, G. C.. Oficinas do curso de Direito. 2011. (Outro).

10.
FONTOURA, G. C.; AUTORES, D. . oficinas do curso de Direito. 2010. (Outro).

11.
FONTOURA, G. C.; FERRAZZO, D. . XXVI Semana de Estudos Jurídicos: O Pensamento Jurídico Moderno e seus Paradoxos. 2007. (Outro).

12.
FONTOURA, G. C.; FERRAZZO, D. ; ROESENER, L. . Debate Sobre Defensoria Pública em Santa Catarina. 2007. (Outro).

13.
FERRAZZO, D. ; FONTOURA, G. C. ; HERKENHOFF, J. B. ; LIXA, I. F. M. . Aula Magna do Curso de Direito com Prof. João Baptista Herkenhoff. 2007. (Outro).

14.
FONTOURA, G. C.; FERRAZZO, D. ; TRICHES, I. . Oficina ministrada pelo Prof. Msc. Ivo José Triches sobre "Reflexão acerca do conceito de homem e do direito para Karl Marx" e "Educação e política em Antonio Gramsci". 2007. (Outro).

15.
FONTOURA, G. C.; FERRAZZO, D. . Tribunal do Júri Simulado de 2007. 2007. (Outro).

16.
FERRAZZO, D. ; FONTOURA, G. C. . Palestra por Takashi Yamauchi "Responsabilidade Social, Sustentabilidade e Terceiro Setor". 2007. (Outro).

17.
FERRAZZO, D. ; FONTOURA, G. C. ; MORGADO, L. . Aula sobre o Exame da Ordem por Leandro Morgado. 2007. (Outro).

18.
FERRAZZO, D. ; FONTOURA, G. C. ; LUZ, C. M. P. . Palestra por Dra. Cynthia Maria Pinto da Luz "Criminalização dos movimentos sociais e seus líderes na área jurídica". 2007. (Outro).

19.
FONTOURA, G. C.; FERRAZZO, D. . Palestra ministrada pelo Desembargador Antônio Fernando do Amaral e Silva. 2007. (Outro).

20.
FONTOURA, G. C.. Reflexão acerca do conceito de homem e do direito para KarlMarx. 2007. (Outro).

21.
FONTOURA, G. C.. Educação e Política em Antonio Gramsci. 2007. (Outro).



Educação e Popularização de C & T



Artigos
Artigos completos publicados em periódicos
1.
FONTOURA, G. C.2015 FONTOURA, G. C.; WARTHA, R. . TERRITÓRIO E DIFERENÇA: A (RE)(DES)CONSTRUÇÃO DO POVO XOKLENG LAKLANÕ NO/DO TERRITÓRIO HABITADO. Rio do Sul, v. 1, p. 1, 2015.


Livros e capítulos
1.
FONTOURA, G. C.; KREUZ, M. . Diversidade Cultural e currículo escolar: interpelações a outras práticas. In: Lilian Blanck de Oliveira; Martin Kreuz; Rodrigo Wartha. (Org.). Educação, história e cultura indígena: desafios e perspectivas no Vale do Itajaí. 1ed.Blumenau- SC: Edifurb, 2014, v. 1, p. 63-82.

2.
OLIVEIRA, L. B. ; FONTOURA, G. C. . Diversidade Cultural e Interculturalidade: aportes para uma decolonização religiosa da educação. In: Elcio Cecchetti; Adecir Pozzer. (Org.). Educação e Interculturalidade: conhecimentos, saberes e práticas descoloniais. 1ed.Blumenau: Edifurb, 2014, v. 1, p. 135-152.


Apresentações de Trabalho
1.
FONTOURA, G. C.; OLIVEIRA, L. B. . Diversidade cultural e educação com, em e para os direitos humanos no Brasil: territórios e cartografias em construção. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
FONTOURA, G. C.; OLIVEIRA, L. B. . Diversidade Religiosa e Interculturalidade: aportes para a descolonização religiosa da educação. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
FONTOURA, G. C.; OLIVEIRA, L. B. . Diversidade Cultural e educação em, para e com direitos humanos no Brasil: territórios e cartografias em construção. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
FONTOURA, G. C.; OLIVEIRA, L. B. . Direitos, desenvolvimento e Povos Indígenas: limites, possibilidades e desafios às políticas públicas na atualidade brasileira. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).


Cursos de curta duração ministrados
1.
FONTOURA, G. C.; KREUZ, M. . Educação Escolar Indígena e Lei 11.645/08 - estudo da História e Cultura Indígena no currículo das escolas não-indígenas. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
FONTOURA, G. C.. Políticas Públicas e Cidadania. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).


Desenvolvimento de material didático ou instrucional
1.
FONTOURA, G. C.; OLIVEIRA, L. B. ; YXAPYRY, E. A. K. ; ALMEIDA, W. C. P. ; BENTO, K. L. ; PIOVEZANA, L. ; WUO, A. S. ; CONSTANTINO, C. K. ; GAKRAN, N. . Caderno do Módulo 2 do Curso de Extensão Organização Curricular na Educação Básica Catarinense do PROESDE/Licenciatura. 2016. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Caderno Módulo 2 Curso de Extensão PROESDE/Licenciatura).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
POZZER, A. ; CECCHETTI, E. ; FONTOURA, G. C. ; BENTO, K. L. ; SILVA, M. R. ; KOCH, S. R. ; OLIVEIRA, L. B. ; PIOVEZANA, L. ; AUTORES, D. . III Seminário Internacional Culturas e Desenvolvimento - SICDES. 2016. (Outro).



Outras informações relevantes


Assessora técnica na obra "Educação, História e Cultura Indígena: desafios e perspectivas no Vale do Itajaí", organizado por Lilian Blanck de Oliveira, Rodrigo Wartha, Martin Kreuz e publicado em 2014 pela Edifurb. ISBN: 978-85-7114-219-0; 

Integrante do Grupo de Apoio ao COMIN/Leste Catarinense; 

Co-orientadora dos projetos de pesquisa: 

POPULAÇÕES AFRO-BRASILEIRAS E INDÍGENAS DO ALTO VALE DO ITAJAÍ (SC): PRESENÇAS E/OU AUSÊNCIAS NO PERIÓDICO RIO DO SUL NOSSA HISTÓRIA EM REVISTA (1999-2015)

A BARRAGEM NORTE E A TERRA INDÍGENA IBIRAMA LA KLANÔ: REGISTROS DE/EM UMA CONSTRUÇÃO REGIONAL (1965-2015)

MUSICA LAKLÃNÕ XOKLENG: TEMPOS/ESPAÇOS E LUGARES PARA e NA EDUCAÇÃO BÁSICA E SUPERIOR

O POVO LAKLÂNÕ XOKLENG E A BARRAGEM NORTE: ENTRE A CONTENÇÃO DE CHEIAS E A DESAGREGAÇÃO SOCIAL



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 11/12/2018 às 8:05:14