Maurizio Filippo Di Silva

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/7679189762672441
  • Última atualização do currículo em 27/07/2018


Maurizio Filippo Di Silva è Professor Adjunto II em Filosofia Antiga da Universidade Federal do Paraná (2015) e docente permanente no Programa de Pós-Graduação em Filosofia (2016) da mesma instituição. Possui pós-doutorado em Filosofia Antiga e Medieval junto ao Programa de Pós-graduação em Filosofia da Universidade Federal de Minas Gerais (CAPES, 2014-2015). Possui pós-doutorado junior em Filosofia Antiga e Medieval junto ao Programa de Pós-graduação em Filosofia da Universidade Federal de Minas Gerais (CNPq, 2013). Possui doutorado em Scienze Filosofiche (Università degli Studi di Napoli Federico II, 2011). Tem expêriencia nas areas de História da Filosofia Antiga, História da Filosofia Medieval e Ontologia, tendo se especializado no pensamento de Agostinho em sua relação com a Filosofia Antiga, dedicando-se também a outros autores como Descartes e Heidegger. É membro do grupo de pesquisa em Filosofia Antiga da UFMG. Realizou pesquisas no Institut des Études Augustiniennes e no Institut Catholique de Paris (2010) e foi bolsista do DAAD (Berlim, 2010). (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Maurizio Filippo Di Silva
Nome em citações bibliográficas
DI SILVA, M. F.;SILVA, MAURIZIO FILIPPO DI

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do Paraná.
Rua Dr. Faivre 405
Centro
80060180 - Curitiba, PR - Brasil
Telefone: (41) 33605098


Formação acadêmica/titulação


2007 - 2011
Doutorado em Scienze Filosofiche.
Universita degli Studi di Napoli Federico II, UNINA, Itália.
Título: Agostino e il problema del male. Dal Manicheismo alle Confessioni, Ano de obtenção: 2011.
Orientador: Valeria Sorge.
2005 - 2007
Mestrado em Filosofia.
Universita degli Studi di Napoli Federico II, UNINA, Itália.
Título: La presenza di Agostino nel giovane Heidegger,Ano de Obtenção: 2007.
Orientador: Eugenio Mazzarella.
2001 - 2005
Graduação em Filosofia.
Universita degli Studi di Napoli Federico II, UNINA, Itália.
Título: Aristotele e Heidegger: il problema della physis.
Orientador: Eugenio Mazzarella.


Pós-doutorado


2014 - 2015
Pós-Doutorado.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
2013 - 2013
Pós-Doutorado.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas


Formação Complementar


2016 - 2016
Metodologia da Educaçao Superior. (Carga horária: 100h).
Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
2013 - 2013
Extensão universitária em Celpe Bras. (Carga horária: 52h).
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
2013 - 2013
Extensão universitária em Português para Estrangeiros. (Carga horária: 52h).
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
2010 - 2010
Extensão universitária em Língua Alemã.
Carl Duisberg Centrum Berlin, CDC BERLIN, Alemanha.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2015
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pós-Doutorando, Carga horária: 12

Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pós-Doutorando, Carga horária: 2

Atividades

08/2015 - 10/2015
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Tópicos em Ontologia
08/2015 - 10/2015
Ensino, CICH, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução a Filosofia: Etica
02/2014 - 10/2015
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Departamento de Filosofia.

Linhas de pesquisa
Filosofia Antiga e Medieval
03/2015 - 07/2015
Ensino, CICH, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Filosofia: Ética
03/2015 - 07/2015
Ensino, CICH, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Filosofia: Ética
03/2015 - 07/2015
Ensino, Pós-graduação em filosofia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Seminário da Linha de Pesquisa em Filosofia Antiga e Medieval
08/2014 - 11/2014
Ensino, CICH, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Filosofia: ÉTICA
08/2014 - 11/2014
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Seminario Tematico do Noturno
02/2014 - 06/2014
Ensino, CICH, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Filosofia: Epistemologia
02/2014 - 06/2014
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Pratica de Pesquisa I
01/2013 - 12/2013
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Departamento de Filosofia.

Linhas de pesquisa
Filosofia Antiga e Medieval
03/2013 - 06/2013
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Tópicos em Filosofia II

Universidade Federal do Paraná, UFPR, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto I, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

07/2018 - Atual
Ensino, Filosofia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Seminários de Pesquisa II (Mestrado)
02/2018 - 06/2018
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História da Filosofia Patrística e Medieval I (TURMA N)
02/2018 - 06/2018
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História da Filosofia Patrística e Medieval I (TURMA M)
05/2016 - 05/2018
Direção e administração, Departamento de Filosofia, .

Cargo ou função
Vice-Coordenador de Curso de Graduação em Filosofia.
05/2016 - 05/2018
Conselhos, Comissões e Consultoria, Colegiado de Curso de Graduação, .

Cargo ou função
Membro titular de Colegiado de Curso de Graduação.
08/2017 - 12/2017
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História da Filosofia Antiga I (TURMA M)
08/2017 - 12/2017
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História da Filosofia Antiga I (TURMA N)
02/2017 - 06/2017
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História da Filosofia Patrística e Medieval IV (TURMA M)
02/2017 - 06/2017
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História da Filosofia Patrística e Medieval IV (TURMA N)
08/2016 - 12/2016
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Tópicos Especiais de Metafísica I (TURMA M)
08/2016 - 12/2016
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Tópicos Especiais de Metafísica I (TURMA N)
02/2016 - 06/2016
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Tópicos Especiais em História da Filosofia Antiga I (TURMA M)
02/2016 - 06/2016
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Tópicos Especiais em História da Filosofia Antiga I (TURMA N)
10/2015 - 12/2015
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História da Filosofia Antiga II (TURMA N)
10/2015 - 12/2015
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História da Filosofia Antiga II (TURMA M)


Linhas de pesquisa


1.
Filosofia Antiga e Medieval
2.
Filosofia Antiga e Medieval


Projetos de pesquisa


2015 - Atual
Pluralidade e unidade dos sentidos de «ser» e «não-ser» em Agostinho
Descrição: O presente projeto tem por objetivo estender o estudo em curso à discussão dos elementos ontológicos das noções de bem e mal em Agostinho. Mais precisamente, à luz dos resultados das atuais pesquisas de pós-doutorado, coincidentes com o reconhecimento da fundamentação ontológica dos elementos axiológicos agostinianos, o objetivo desta pesquisa é o de determinar os diferentes níveis da identidade de ser e bem, assim como esclarecer os graus de relação entre mal e não-ser, para determinar quais seriam os diferentes sentidos de «ser» e «não-ser» em Agostinho..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Maurizio Filippo Di Silva - Coordenador / Fernando Rey Puente - Integrante / Clodoaldo da Luz - Integrante.
2014 - 2014
Matéria, forma e princípio do movimento. Elementos da cinética agostiniana
Descrição: O presente projeto tem por objetivo estender o estudo concernente ao conceito agostiniano de movimento aos elementos essenciais da cinética agostiniana, considerando a modulação de alguns dos conceitos plotinianos presentes em Enéadas I, 8. Para tanto, tomando como ponto de partida os elementos já estabelecidos pela pesquisa desenvolvida até aqui (corrupção e formação dos entes como formas cinético-axiológicas), examinaremos o conceito de matéria, o par teórico forma-privação e o princípio do movimento dos entes. No espaço teórico indicado se examinará, também, a hipótese de uma mediação plotiniana (En., VI, 3, 22-27) concernente aos elementos cinéticos agostinianos de matriz ou formulação aristotélica..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2013 - 2013
Il Concetto di Movimento in Agostino
Descrição: O objetivo do presente projeto é delinear a determinação agostiniana da essência do movimento. O objeto teórico indicado constitui, igualmente, o horizonte fundamental da análise e o espaço de emergência da segunda perspectiva temática da investigação, coincidente com a preliminar tematização da natureza da presença da filosofia grega no pensamento agostiniano. O acesso ao objeto da pesquisa parte de uma dupla articulação da investigação voltada para as analises agostinianas sobre a natureza do negativo. A identidade de mal e nada, na pluralidade e na unidade das suas dimensões constitutivas, delineia de fato a emergência da essência do movimento em relação ao tema agostianiamo da corrupção. Tal declinação da natureza da mudança irá requerer, além disso, a abordagem da segunda acepção do conceito agostiniano de movimento como elemento constitutivo da cinética agostiniana. A análise do nexo entre mudança e corruptio e a dupla definição do conceito de movimento representam portanto a direção teórica das presentes indagações. Nessas se tem ainda que definir o espaço de uma possível problematização da relação entre o pensamento agostiniano e a ontologia grega (Plotino e Aristóteles)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Alemão
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Italiano
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Grego
Compreende RazoavelmenteLê Bem, Escreve Razoavelmente.
Latim
Compreende BemLê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2015
3º lugar no concurso na area: História da Filosofia Antiga, classe Professor Adjunto com DE, UnB.
2015
1º lugar no concurso na area: História da Filosofia Antiga, classe Professor Adjunto com DE, UFPR.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Outras
Total de trabalhos:1
Total de citações:1
Maurizio Filippo Di Silva  Data: 15/02/2012

Artigos completos publicados em periódicos

1.
DI SILVA, M. F.2018DI SILVA, M. F.. Plotinus and Augustine on evil and matter. REVISTA ARCHAI: REVISTA DE ESTUDOS SOBRE AS ORIGENS DO PENSAMENTO OCIDENTAL, v. 23, p. 205-227, 2018.

2.
DI SILVA, M. F.2018DI SILVA, M. F.. Aporias nas relações entre tempo e movimento nas Confissões (XI-XII). NUNTIUS ANTIQUUS, v. 13, p. 173-193, 2018.

3.
SILVA, MAURIZIO FILIPPO DI2015SILVA, MAURIZIO FILIPPO DI. IL CONCETTO AGOSTINIANO DI FUTURO: "CONFESSIONES", XI. Kriterion: Revista de Filosofia, v. 56, p. 129-148, 2015.

4.
DI SILVA, M. F.;SILVA, MAURIZIO FILIPPO DI2013DI SILVA, M. F.. Ndreca, A. Lessico di filosofia della storia. Sintese (Belo Horizonte. 1974), v. 40, p. 499-501, 2013.

5.
DI SILVA, M. F.;SILVA, MAURIZIO FILIPPO DI2012 DI SILVA, M. F.. A. Colli, Tracce agostiniane nell'opera di Teodorico di Freiberg. Rassegna di Teologia, v. 53, p. 346-349, 2012.

6.
DI SILVA, M. F.;SILVA, MAURIZIO FILIPPO DI2011DI SILVA, M. F.. Heidegger: Agostino e l'ellenizzazione della coscienza cristiana. Logos, v. 6, p. 371-386, 2011.

7.
DI SILVA, M. F.;SILVA, MAURIZIO FILIPPO DI2007DI SILVA, M. F.. Heidegger: scienza originaria ed esperienza paolina della vita.. Atti dell'Accademia di Scienze Morali e Politiche, v. 118, p. 259-273, 2007.

Capítulos de livros publicados
1.
DI SILVA, M. F.. Cosmic Order and Evil: The Concept of Providence in Plotinus and St. Augustine. In: D?Amico, C.; Finamore, J. J.; Strock, N.. (Org.). Platonic Inquiries: Selected Papers from the Thirteenth Annual Conference of the International Society for Neoplatonic Studies. 1ed.Hockley (UK): The Prometheus Trust, 2017, v. , p. 111-122.

2.
DI SILVA, M. F.. Heidegger e Agostinho: Confessiones, X. In: Ipiranga Júnior, P.; Garraffoni, R.S.; Brandão, B.. (Org.). Modos de vida: crenças, afetividades, figurações de si e do outro. 1ed.Belo Horizonte: Editora Crisálida, 2016, v. , p. 95-105.

3.
DI SILVA, M. F.. Elementos Cinéticos do Conceito Agostiniano de Pecado. In: Carvalho, M.; Hofmeister Pich, R.; Oliveira da Silva, M.A.; Oliveira, C.E.. (Org.). Filosofia Medieval. Coleção XVI Encontro ANPOF. 1ed.Sao Paulo: ANPOF, 2015, v. , p. 29-39.

4.
DI SILVA, M. F.. Agostino e il problema del negativo. Pluralità e unità dell' identità di male e nulla. In: L. Alici. (Org.). I conflitti religiosi nella scena pubblica. I. Agostino a confronto con manichei e donatisti. 1ed.Roma: Città Nuova, 2015, v. 1, p. 105-118.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
DI SILVA, M. F.. Il concetto cartesiano di privazione: Meditazioni, IV. In: Descartes filosofo e scienziato . Tra antico e moderno, 2013, Napoli. Descartes filosofo e scienziato. Napoli: La scuola di Pitagora editrice, 2013. p. 163-172.

2.
DI SILVA, M. F.. Corruzione e formazione degli enti: Forme cinetiche agostiniane. In: Cultura Helenística y Cristianismo Primitivo: Actualidad de un (Des)encuentro, 2013, Santiago. Cultura Helenística y Cristianismo Primitivo: Actualidad de un (Des)encuentro (Actas del XIII Encuentro Internacional de Estudios Clásicos, Santiago, Chile, 5-7 novembre 2013). Santiago: Comisión Nacional Cilena de Cooperación con UNESCO, 2013. p. 151-164.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
DI SILVA, M. F.. O conceito agostiniano de futuro. Confissões, XI. In: XIX Congresso da Sociedade Brasileira de Estudos Clássicos:O Futuro do Passado, 2013, Brasília. Congresso da Sociedade Brasileira de Estudos Clássicos: O Futuro do Passado. Caderno de Resumos. Brasília: Sociedade Brasileira de Estudos Clássicos, 2013. p. 29-30.

Apresentações de Trabalho
1.
DI SILVA, M. F.. O conceito agostiniano de matéria: 'Confessiones', XII. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
DI SILVA, M. F.. Aporias nas relações entre tempo e movimento nas Confissões (XI-XII). 2017. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

3.
DI SILVA, M. F.. The city and the whole: Plato?s Republic. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

4.
DI SILVA, M. F.. My weight is my love: Augustine and Iamblichus. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
DI SILVA, M. F.. The Concept of Beauty in Plotinus and St. Augustine: Ontological-Axiological Patterns. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
DI SILVA, M. F.. Plotinus and Augustine on Evil and Matter. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
DI SILVA, M. F.. Finalidade e Necessidade no Conceito Aristotélico de Physis: De Partibus Animalium, I, 641b10-642a1. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

8.
DI SILVA, M. F.. Cosmic Order and Evil: The Concept of Providence in Plotinus and St. Augustine. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

9.
DI SILVA, M. F.. Kinetic-Axiological Elements in Augustine?s Concept of Good. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
DI SILVA, M. F.. O panorama do ensino da Filosofia nas escolas secundárias na Itália. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

11.
DI SILVA, M. F.. Heidegger e Agostinho: Confessiones, X. 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

12.
DI SILVA, M. F.. Kinetic-Axiological Elements in Augustine?s Concept of Action. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

13.
DI SILVA, M. F.. Plotinian Elements in Augustine's Concept of Evil: Ontological-Axiological Patterns. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

14.
DI SILVA, M. F.. Il concetto agostiniano di futuro: Confessiones, XI. 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

15.
DI SILVA, M. F.. Racionalidade e ordem dos estudos: Santo Agostinho, De Ordine, II. 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

16.
DI SILVA, M. F.. Ordo das entidades e presença do mal: Santo Agostinho, De Ordine. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

17.
DI SILVA, M. F.. Racionalidade das entidades: materia e forma em Agostinho. 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

18.
DI SILVA, M. F.. Elementos Cinéticos do Conceito Agostiniano de Pecado. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

19.
DI SILVA, M. F.. materia/materiae. 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

20.
DI SILVA, M. F.. O problema do mal em Agostinho de Hipona. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

21.
DI SILVA, M. F.. O conceito de pulchrum em Agostinho. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

22.
DI SILVA, M. F.. 'Fides' e 'Ratio' em Agostinho. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

23.
DI SILVA, M. F.. O conceito de illuminatio em Agostinho. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

24.
DI SILVA, M. F.. Ação e movimento em Agostinho. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

25.
DI SILVA, M. F.. Elementos cinéticos do conceito agostiniano de pecado. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

26.
DI SILVA, M. F.. O conceito agostiniano de futuro. Confissões, XI. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

27.
DI SILVA, M. F.. Corruzione e formazione degli enti. Forme cinetiche agostiniane. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

28.
DI SILVA, M. F.. As aporias do conceito agostiniano de matéria. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

29.
DI SILVA, M. F.. O problema do movimento em Agostinho e em Aristóteles. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

30.
DI SILVA, M. F.. Il concetto cartesiano di privazione: Meditazioni, IV. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

31.
DI SILVA, M. F.. Agostino e il problema del negativo: Pluralità e unità dell?identità di male e nulla. 2011. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

32.
DI SILVA, M. F.. Agostino e il problema del male. 2009. (Apresentação de Trabalho/Seminário).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
DI SILVA, M. F.. Parecerista ad-hoc, Revista ARCHAI: Revista de Estudos Sobre as Origens do Pensamento Ocidental. 2017.

2.
DI SILVA, M. F.. Parecerista ad-hoc. Cadernos PET - Filosofia. 2016.

3.
DI SILVA, M. F.. Parecerista ad-hoc. Kriterion. 2014.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
DI SILVA, M. F.. Debatedor do filme 'Agostino d?Ippona' na Mostra Cinema e Filosofia. 2016. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).


Demais tipos de produção técnica
1.
DI SILVA, M. F.. A vida cristã. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
DI SILVA, M. F.. Minicurso sobre Santo Agostinho: 'As Confissões'. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
DI SILVA, M. F.. Minicurso: 'O problema do mal em Agostinho'. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

4.
DI SILVA, M. F.. Agostino e il problema del male. Dal Manicheismo alle Confessioni. 2011. (Tese de Doutorado).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
PASCHOAL, A. E.; DI SILVA, M. F.; BASSOLI, S.. Participação em banca de Dilermando Aniceto Eleutério Junior. Sabedoria de vida em Schopenhauer: realismo pragmático. 2018. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal do Paraná.

2.
EVA, L. A. A.; LOBO, L. S.; DI SILVA, M. F.; BOLZANI FILHO, R.. Participação em banca de Nailane Kolosky. Dialética e suspensão do juízo na filosofia da Nova Academia. 2018. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal do Paraná.

3.
DI SILVA, M. F.; VIEIRA NETO, P.; ISKANDAR, J. I.. Participação em banca de Marcos Antonio de França. O estatuto sobre o conceito da ideia verdadeira em Espinosa. 2016. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal do Paraná.

4.
DI SILVA, M. F.; MOREIRA, V. C.; ZANUZZI, I.. Participação em banca de Luiz Francisco Garcia Lavanholi. EUDAIMONIA e atividades humanas na Filosofia de Aristóteles. 2016. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal do Paraná.

5.
DI SILVA, M. F.; BARZOTTO, L. F.; LOBO, L. S.. Participação em banca de Bruno Zampier. John M. Finnis e as objeções céticas à lei natural. 2016. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal do Paraná.

Teses de doutorado
1.
DI SILVA, M. F.; DUARTE, A. M.; FERREIRA, A. O.; WU, R.; MENON JUNIOR, W. R.. Participação em banca de Antonio Marcus Dos Santos. Ontologia e PRÁXIS em SER E TEMPO: a interpretação heideggeriana da ética aristótelica. 2017. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal do Paraná.

Qualificações de Doutorado
1.
DI SILVA, M. F.; DUARTE, A. M.; MENON JUNIOR, W. R.. Participação em banca de Antonio Marcus Dos Santos. Ontologia e PRÁXIS em SER E TEMPO: a interpretação heideggeriana da ética aristótelica. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Filosofia) - Universidade Federal do Paraná.

Qualificações de Mestrado
1.
MENON, W.; VALENTIM, M. A.; DI SILVA, M. F.. Participação em banca de Salvador Krsnaly Romero Ayala. Poéticamente habita el hombre: Lenguaje y Poesìa en el pensamiento de Martin Heidegger. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Filosofia) - Universidade Federal do Paraná.

2.
PASCHOAL, A. E.; DI SILVA, M. F.; BASSOLI, S.. Participação em banca de Dilermando Aniceto Eleutério Junior. Sabedoria de vida em Schopenhauer: Realismo Prágmático. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Filosofia) - Universidade Federal do Paraná.

3.
DI SILVA, M. F.; CARDOSO NETO, L.; KAHLMEYER-MERTENS, R. S.; MENON JUNIOR, W. R.. Participação em banca de Saulo Sbaraini Agostini. O pensador de ETHOS em ser e tempo. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Filosofia) - Universidade Federal do Paraná.

4.
DI SILVA, M. F.; LOBO, L. S.; EVA, L. A. A.. Participação em banca de Bruno Zampier. John M. Finnis e as objeções céticas à lei natural. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Filosofia) - Universidade Federal do Paraná.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
DI SILVA, M. F.; BRANDAO, B. G. L.. Participação em banca de Vinícius Leonardi.Tradução do Didascálicos de Alcínoo. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Letras) - Universidade Federal do Paraná.

2.
BRANDAO, B. G. L.; DI SILVA, M. F.; LOBO, L. S.. Participação em banca de Adriel Fonteles de Moura.A percepçao sensível e o pensamento na atividade da imaginaçao em Aristóteles. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal do Paraná.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
DI SILVA, M. F.. Banca de Selecao para pós-graduacao. 2017. Universidade Federal do Paraná.

2.
DI SILVA, M. F.. Banca de seleção para pós-graduação (parecerista de projetos e entrevistador). 2016. Universidade Federal do Paraná.

3.
DI SILVA, M. F.. Banca de Selecao para Bolsista de Graduacao. 2015.

4.
DI SILVA, M. F.. Banca de Selecao para bolsistas de Programa de Graduacao. 2015.

5.
DI SILVA, M. F.. Banca de seleção para pós-graduação (parecerista de projetos e entrevistador). 2015. Universidade Federal do Paraná.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
XII Colóquio de Historia da Filosofia Medieval. O conceito agostiniano de matéria: "Confessiones", XII. 2018. (Congresso).

2.
42nd Patristic, Medieval, and Renaissance Studies Conference. My weight is my love: Augustine and Iamblichus. 2017. (Congresso).

3.
Plato?s Communities: Citizenship and Diversity.The city and the whole: Plato?s Republic. 2017. (Seminário).

4.
VII Simpósio Lendo, Vendo e Ouvindo o Passado ? Entre aporias, dilemas, paradoxos e labirintos.Aporias nas relações entre tempo e movimento nas Confissões (XI-XII). 2017. (Simpósio).

5.
14th annual conference of the International Society for Neoplatonic Studies. The Concept of Beauty in Plotinus and St. Augustine: Ontological-Axiological Patterns. 2016. (Congresso).

6.
41st International PMR Conference. Plotinus and Augustine on Evil and Matter. 2016. (Congresso).

7.
Aristotéles, As Partes dos Animais, I, 1.Finalidade e Necessidade no Conceito Aristotélico de Physis: De Partibus Animalium, I, 641b10-642a1. 2016. (Seminário).

8.
Seminário de Integração dos Recém Ingressos da UFPR. 2016. (Seminário).

9.
40th International PMR Conference. Kinetic-Axiological Elements in Augustine?s Concept of Good. 2015. (Congresso).

10.
VII Simpósio Antigos e Modernos: ?Modos de Vida?.Heidegger e Agostinho: Confessiones, X. 2015. (Simpósio).

11.
XIII Annual Conference of the International Society for Neoplatonic Studies. Cosmic Order and Evil: The Concept of Providence in Plotinus and St. Augustine. 2015. (Congresso).

12.
X POL 2015. Coloquio de Filosofia. Pensamento, Objeto e Linguagem. Kinetic-Axiological Elements in Augustine's Concept of Action. 2015. (Congresso).

13.
12th Annual Conference of the International Society for Neoplatonic Studies. Plotinian Elements in Augustine's Concept of Evil. 2014. (Congresso).

14.
II Cóloquio Internacional de Estudos Árabes e Islâmicos. 2014. (Simpósio).

15.
I Simpósio Filosofia e Religião.Ordo das entidades e presença do mal: Santo Agostinho, De Ordine. 2014. (Simpósio).

16.
XVI Encontro Nacional da ANPOF. Elementos Cinéticos do Conceito Agostiniano de Pecado. 2014. (Congresso).

17.
Doxografias - Seminário Permanente de Estudos Pré-Socráticos: "Heráclito e(m) Platão".. 2013. (Seminário).

18.
I Seminário de Estudos Árabes e Islâmicos: "Islã, entre tradição e modernidade". 2013. (Simpósio).

19.
IV Simpósio Internacional de Estudos Antigos, ρηθορική, πάθη, πειθω. 2013. (Congresso).

20.
Penser l?identité et l?alterité. Conditions de possibilité. 2013. (Seminário).

21.
XIII Encuentro Internacional de Estudios Clásicos, Cultura Helenística y Cristianismo Primitivo: Actualidad de un (Des)encuentro. Corruzione e formazione degli enti. Forme cinetiche agostiniane. 2013. (Congresso).

22.
XIX Congresso da Sociedade Brasileira de Estudos Clássicos: O Futuro do Passado. O conceito agostiniano de futuro. Confissões, XI. 2013. (Congresso).

23.
XX Simpósio Interdisciplinar de Estudos Grego-Romanos: Ética Antiga e do Renascimento. 2013. (Simpósio).

24.
Descartes filosofo e scienziato. Tra antico e moderno. Il concetto cartesiano di privazione. Meditazioni, IV. 2012. (Congresso).

25.
Il De trinitate di Agostino di Ippona: aspetti filosofici e filologici. 2012. (Encontro).

26.
I Semana Luso-Brasileira de Estudos na Magna Grécia. 2012. (Congresso).

27.
Colloque International organisé par l?Institut d?Études Augustiniennes: Augustin philosophe et prédicateur. 2011. (Congresso).

28.
Seminario di Studio del Centro di Studi Agostiniani: I conflitti religiosi nella scena pubblica. II. La polemica con i Manichei.Agostino e il problema del negativo: Pluralità e unità dell´identità di male e nulla. 2011. (Seminário).

29.
Convegno Internazionale di Studi S.I.S.P.M.: L?antichità classica nel pensiero medievale. 2010. (Congresso).

30.
Convegno Internazionale di Studi S.I.S.P.M.: Anselmo d?Aosta e il pensiero monastico medievale. 2009. (Congresso).

31.
Seminario Congiunto Sum-Coordinamento Nazionale Dottorati di Ricerca in Filosofia.Agostino e il problema del male. 2009. (Seminário).

32.
Convegno Internazionale: Memoria e senso della vita. La prima eredità di Agostino. 2008. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Fernanda Ribeiro de Almeida. A concepção kierkegaardiana da figura de Sócrates e o seu papel na constituição de uma metodologia filosófica em "O conceito de ironia constantemente referido a Sócrates". Início: 2018. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal do Paraná, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

2.
Clodoaldo da Luz. A gênese do cogito agostiniano no projeto de Agostinho da refutação do posicionamento cético acadêmico no Contra Academicos. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal do Paraná. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Wanderly Alves de Sousa. Verdade e felicidade: um estudo a respeito da relação entre filosofia racional e filosofia moral na obra de juventude de Agostinho. Início: 2016. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal do Paraná. (Coorientador).

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Nicksson de Paula Baracy. Análise Fenomenológica Heideggeriana de "Confissões" (livro X). Início: 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal do Paraná. (Orientador).

2.
Jaqueline Silva Custódio. O problema da Linguagem na obra "Cratilo" de Platão. Início: 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal do Paraná. (Orientador).

3.
Weslley Juvenal Castro Matias. O problema do pecado no "De Ordine" e "De libero arbitrio" de Santo Agostinho. Início: 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal do Paraná. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Adriel Fonteles de Moura. A percepçao sensível e o pensamento na atividade da imaginaçao em Aristóteles. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Maurizio Filippo Di Silva.

2.
Fernando Trindade Santana. A Ideia de Bem em Platão e Santo Agostinho. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Maurizio Filippo Di Silva.

3.
Gustavo Benghi Kovalski. A função do poeta em "A República" de Platão. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal do Paraná. Orientador: Maurizio Filippo Di Silva.

Orientações de outra natureza
1.
Aruan Fernandes Goncalves. Fenomenologia, hermenêutica no jovem Heidegger. 2014. Orientação de outra natureza - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Maurizio Filippo Di Silva.

2.
Daniel Rodrigues da Costa. Matéria e Mal em Agostinho. 2014. Orientação de outra natureza - Universidade Federal de Minas Gerais. Orientador: Maurizio Filippo Di Silva.



Outras informações relevantes


Membro de grupo de pesquisa em Filosofia Antiga da Universidade Federal de Minas Gerais (Grupo de Pesquisa CNPq). Líder de Grupo: Fernando Eduardo de Barros Rey Puente; membro de grupo de pesquisa em Filosofia Antiga e Medieval da Universidade Federal de Minas Gerais (Grupo de Pesquisa CNPq). Líder de Grupo: Marcelo Pimenta Marques; membro da International Society for Neoplatonic Studies (ISNS), membro da Società Italiana per lo Studio del Pensiero Medievale (SISPM), membro da Società Filosofica Italiana (SFI), Membro da Comissão Científica de REFA (Rede de Filosofia Antiga).



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 21/11/2018 às 8:43:54