Ricardo Muratori

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/6320769193843575
  • Última atualização do currículo em 25/04/2018


Possui graduação em Psicologia pela Organização Paulistana de Educação e Cultura (1986). Atualmente trabalha em clinica psicológica particular com base teórica psicanalítica. Possui especialização em psicanálise infantil, adolescente e de adulto. Tem experiência na área institucional e em trabalhos com grupos com diferentes faixas etárias. Mestre em Filosofia pela Unicamp, com o trabalho "A Elaboração do Conceito de Objeto Subjetivo na Obra de Donald W. Winnicott", sob orientação do Prof. Dr. Zeljko Loparic. É formado psicanalista winnicottiano pelo Instituto Brasileiro de Psicanálise Winnicottiana. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Ricardo Muratori
Nome em citações bibliográficas
MURATORI, R.


Formação acadêmica/titulação


2014 - 2016
Mestrado em Filosofia.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Título: "A elaboração do conceito de objeto subjetivo na obra de Donald W. Winnicott",Ano de Obtenção: 2016.
Orientador: Zeljko Loparic.
Palavras-chave: teoria do amadurecimento.
Grande área: Ciências Humanas
Setores de atividade: Pesquisa e desenvolvimento científico.
2006 - 2017
Especialização em Curso de Formação em Psicanálise Winnicottiana. (Carga Horária: 420h).
Sociedade Brasileira de Psicanálise Winnicottiana, SBPW, Brasil.
Título: "O conceito de objeto subjetivo na obra de Donald Winnicott".
Orientador: Zeljko Loparic.
1993 - 1994
Especialização em Estudos Observacionais e Apl. de Conceitos Psican.. (Carga Horária: 288h).
Centro de Estudos das relações mãe-bebê-família, CERMBF, Brasil.
Título: ..
Orientador: ..
1993 interrompida
Especialização interrompida em 1994 em Curso de Formação em Psicoterapia Psicanalítica. (Carga Horária: 360h).
Centro de Estudos das relações mãe-bebê-família, CERMBF, Brasil.
Título: ..
Orientador: ..
Ano de interrupção: 1994
1988 - 1990
Especialização em Psicodiagnóstico, psicoterapia infantil. (Carga Horária: 710h).
Grupo de Estudos de Psiquiatria, Psicologia e Psicoterapia Infantil, GEPPPI, Brasil.
Título: ..
Orientador: ..
1978 - 1986
Graduação em Psicologia.
Organização Paulistana de Educação e Cultura, OPEC, Brasil.
Título: ..
1980 interrompida
Graduação interrompida em 1983 em Psicologia.
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.
Título: ..
Orientador: ..
Ano de interrupção: 1983




Formação Complementar


2004 - 2004
A Teoria do Sofrimento Humano e a Filos. de E. L.. (Carga horária: 30h).
Faculdade de Psicologia - USP, FPUSP, Brasil.
1996 - 1997
Grupo de Estudos e Supervisão de Trabalhos Grupo. (Carga horária: 120h).
Clínica Enfance, CE, Brasil.
1990 - 1990
Curso de teoria e prática de aplicação do Teste De. (Carga horária: 15h).
Instituto Pieron de Psicologia Aplicada, IPPA, Brasil.
1989 - 1989
II Curso de Preparação de Educadores. (Carga horária: 15h).
Grupo de Trabalho e Pesquisa em Orientação Sexual, GTPOS, Brasil.
1987 - 1987
Grupo de estudos sobre Teoria Psicanalítica. (Carga horária: 72h).
Dra. Marlene Guirado, M.G., Brasil.


Atuação Profissional



Associação Criança, AC, Brasil.
Vínculo institucional

1996 - 1998
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Psicólogo
Outras informações
Desenvolvimento do Setor de Triagem da instituição, coordenação de Grupos de Orientação de Pais e participação no Setor de Ensino.

Vínculo institucional

1996 - 1998
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 2
Outras informações
Implantação do curso: Desenvolvimento Emocional da Criança e do Adolescente, com carga horária de 30 horas.

Atividades

1996 - 1998
Direção e administração, Associação, .

Cargo ou função
Desenvolvimento do Setor de Triagem.
1996 - 1998
Ensino, Desenvolvimento Emocional da Criança e do Adolesce, Nível: Aperfeiçoamento

Disciplinas ministradas
Implantação do curso
1996 - 1998
Serviços técnicos especializados , Associação, .

Serviço realizado
Coordenação de Grupos de Orientação de Pais e participação no Setor de Ensino..

Centro de Estudos das relações mãe-bebê-família, CERMBF, Brasil.
Vínculo institucional

1996 - 1998
Vínculo: Membro, Enquadramento Funcional: Membro
Outras informações
Membro do Setor de Ensino e Pesquisa em Trabalhos Institucionais do C.E.R.M.B.F., desenvolvendo atividades de elaboração e apresentação de cursos, palestras, bem como de pesquisa na aplicação da metodologia de observação ? Modelo Esther Bick ? em contextos clínicos e não clínicos, além de contatos com instituições de atendimento à infância.

Vínculo institucional

1994 - 1994
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Psicólogo
Outras informações
Intervenção Psicoterápica Junto à Família. Trabalho a título de estágio, realizado através de visitas domiciliares semanais, sendo utilizada a metodologia de observação.

Atividades

1993 - 1995
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Estudos, .

Cargo ou função
Membro.
05/1994 - 08/1994
Estágios , Centro de Estudos, .

Estágio realizado
Intervenção Psicoterápica junto à Família.

Creche Nossa Senhora Mãe da Igreja, CNSMI, Brasil.
Vínculo institucional

1995 - 1998
Vínculo: Psicólogo, Enquadramento Funcional: Psicólogo
Outras informações
Entidade conveniada com a PMSP. Trabalho de intervenção psicológica institucional, compondo-se de assessoria à direção, supervisão técnica à equipe de educadoras, participação em reciclagens e apresentação de palestras.

Atividades

1995 - 1999
Serviços técnicos especializados , Creche Nossa Senhora Mãe da Igreja, .

Serviço realizado
Intervenção psicológica institucional: supervisão técnica, apresentação de palestras e participação em reciclagens..
1995 - 1999
Conselhos, Comissões e Consultoria, Creche Nossa Senhora Mãe da Igreja, .

Cargo ou função
Assessoria à Direção..

SER Clínica de Reab. e Desenvolv. Hum. Fonoaudiologia, Psicologia e Psicop, SER, Brasil.
Vínculo institucional

1991 - 1993
Vínculo: Psicólogo, Enquadramento Funcional: Psicólogo
Outras informações
Membro da equipe técnica da clínica, desenvolvendo trabalhos de psicodiagnóstico e discussão multidisciplinar de estudo de caso.

Atividades

1991 - 1993
Serviços técnicos especializados , Clínica de Reabilitação e Desenvolvimento Humano, .

Serviço realizado
Membro da Equipe Técnica da Clínica - psicodiagnóstico e discussão/estudo de caso.

Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

1991 - 1993
Vínculo: Psicólogo, Enquadramento Funcional: Psicólogo
Outras informações
GREA ? Grupo Interdisciplinar de Estudos de Alcoolismo e Farmacodependências ? Instituto de Psiquiatria da Faculdade de Medicina da USP. Desenvolvimento de trabalhos de psicoterapia de grupo, orientação familiar, acompanhamento de pacientes na enfermaria do hospital. Participação em reuniões clínica e de supervisão semanais com equipe multidisciplinar.

Atividades

1991 - 1993
Serviços técnicos especializados , Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, .

Serviço realizado
Psicoterapia em grupo, orientação familiar e acompanhamento de pacientes..
1991 - 1993
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, .

Cargo ou função
Reunião clínica e Supervisão (semanais)..

Organização Antares de Ensino S/C Ltda, OAE, Brasil.
Vínculo institucional

1987 - 1990
Vínculo: Psicólogo, Enquadramento Funcional: Psicólogo
Outras informações
Psicólogo, Orientador Educacional, membro da equipe de direção da unidade Ginásio Colégio, desenvolvendo atividades de orientação de alunos, pais e professores. Acompanhamento e discussão de casos de alunos com problemas de aprendizagem e/ou conduta. Elaboração e desenvolvimento de programa de orientação sexual.

Atividades

1987 - 1990
Ensino,

Disciplinas ministradas
Orientador educacional, atividades de orientação a alunos, pais e professores e elaboração / desenvolvimento Orientação Sexual.
1987 - 1990
Serviços técnicos especializados , Escola, .

Serviço realizado
Psicólogo e discussão de caso de alunos com problemas de aprendizagem e/ou conduta..

Organização Paulistana de Educação e Cultura, OPEC, Brasil.
Vínculo institucional

1987 - 1987
Vínculo: Assistente de Supervisor, Enquadramento Funcional: Assistente de Supervisor
Outras informações
Desenvolvimento de programa de Psicologia Educacional em nível de monitoria para quintanistas de Psicologia.

Atividades

1987 - 1987
Treinamentos ministrados , Faculdade, .

Treinamentos ministrados
Monitoria

Grupo de Trabalho e Estudos em Acompanhamento Terapêutico, GTEAT, Brasil.
Vínculo institucional

1987 - 1987
Vínculo: Psicólogo, Enquadramento Funcional: Psicólogo, Carga horária: 2
Outras informações
Trabalho particular de psicoterapia de apoio a pacientes psiquiátricos, através da intervenção no dia-a-dia do paciente.

Atividades

1987 - 1987
Serviços técnicos especializados , Grupo de Trabalho e Estudos, .

Serviço realizado
Psicoterapia de apoio a pacientes psiquiátricos.

Clinica Psicológica Particular, CP, Brasil.
Vínculo institucional

1987 - Atual
Vínculo: Psicólogo, Enquadramento Funcional: Psicólogo
Outras informações
Trabalho de psicodiagnóstico e psicoterapia de crianças adolescentes e adultos em consultório particular.


Associação Pró-Reintegração Social da Criança, AÇA, Brasil.
Vínculo institucional

1980 - 1985
Vínculo: Assistente Psiquiátrico, Enquadramento Funcional: Assistente Psiquiátrico
Outras informações
Acompanhamento diário de grupo de pacientes, efetuando a observação e apontamento da dinâmica grupal. Participação em reuniões de supervisão e estudo de caso com equipe multidisciplinar. Utilização da técnica de Grupos Operativos como recurso terapêutico.

Vínculo institucional

1980 - 1985
Vínculo: Coordenador Técnico, Enquadramento Funcional: Coordenador Técnico - Setor de Assistentes
Outras informações
Trabalho de suporte técnico para o Setor de Assistentes: atendimento a pais, (individual e em grupo), participação no processo seletivo da instituição como selecionador. Utilização da técnica de Grupos Operativos no trabalho de coordenação do Setor.

Atividades

1980 - 1985
Treinamentos ministrados , Associação, .

Treinamentos ministrados
Coordenador Técnico de Assistentes

Associação Pró-Reintegração Social da Criança, A. P. R. S. C., Brasil.
Vínculo institucional

1996 - 1998
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Psicoterapeuta, Carga horária: 10



Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Psicologia / Subárea: Tratamento e Prevenção Psicológica/Especialidade: Intervenção Terapêutica.


Idiomas


Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Apresentações de Trabalho
1.
MURATORI, R.. A importância do Diagnóstico na Clínica Winnicottiana. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
MURATORI, R.. Desenvolvimento Emocional na Primeira Infância. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
MURATORI, R.. Um aspecto Essencial nas Relações Familiares: A Transmissão do Caráter Humano. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
MURATORI, R.. A Importância do Diagnóstico na Clínica Winnicottiana. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
MURATORI, R.. A Importância do Diagnóstico na Clínica Winnicottiana. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
MURATORI, R.. Interpretação e Manejo: Comunicação e Conduta do Analista Como Fatores Determinantes no Cuidado do Paciente?. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
MURATORI, R.. Interpretação e Manejo: Comunicação e Conduta do Analista Como Fatores Determinantes no Cuidado do Paciente. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
MURATORI, R.. O Conceito de Manejo na Clínica Winnicottiana: um exemplo no Atendimento de uma Criança. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
MURATORI, R.. Uma Contribuição da Metodologia de Observação da Relação Mãe-Bebê ? Modelo Esther Bick ? na Formação de Profissionais de Creches, Berçários e Pré-escolas. 1995. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
MURATORI, R.. A Vivência Institucional e a Metodologia da Observação da Relação Mãe-Bebê ? Modelo Esther Bick ? como meio de aprendizagem de conceitos Psicanalíticos. 1995. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
MURATORI, R.. A Relação Mãe-Bebê na Formação de Profissionais de Creches, Berçários e Pré-escolas. 1995. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
MURATORI, R.. Discussão de caso clinico. 1993. (Apresentação de Trabalho/Outra).


Demais tipos de produção técnica
1.
MURATORI, R.. Capacitação de Educadores: Desenvolvimento Emocional Infantil. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
MURATORI, R.. Desenvolvimento Emocional da Criança e do Adolescente. 1996. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
XXI Colóquio Winnicott - A Interdisciplinaridade na Clínica. 2016. (Congresso).

2.
XX Colóquio Winnicott Internacional - Winnicott e o Futuro da Psicanálise. "O Caso 'B' e o conceito winnicottiano de objeto subjetivo". 2015. (Congresso).

3.
VI Colóquio Winnicott do Vale do Paraíba. "A importância do diagnóstico na clinica winnicottiana". 2014. (Congresso).

4.
XIX Colóquio Winnicott Internacional. "A noção do experiência em Winnicott e o processo de busca do si-mesmo". 2014. (Congresso).

5.
II Colóquio Winnicott do Rio de janeiro - Psicopatologia Winnicottiana. A importância do Diagnóstico na Clínica Winnicottiana. 2013. (Congresso).

6.
VII Colóquio Winnicott de Campinas - Os Casos Clínicos de Winnicott. "O caso 'B' e o conceito winnicottiano de objeto subjetivo". 2013. (Congresso).

7.
VI Seminário Amigos do Guri 2013 ? As Fases do Desenvolvimento Infanto Juvenil e a Educação Musical.Desenvolvimento Emocional na Primeira Infância. 2013. (Seminário).

8.
XVIII Colóquio Winnicott Internacional - Família e amadurecimento pessoal. Um aspecto Essencial nas Relações Familiares: A Transmissão do Caráter Humano. 2013. (Congresso).

9.
IV Colóqiuo Winnicott de Belo Horizonte - Psicopatologia Winnicottana.A Importância do Diagnóstico na Clínica Winnicottiana. 2012. (Outra).

10.
XVII Colóquio Winnicott Internacional - Tema: E o Pai?. 2012. (Outra).

11.
V Colóquio Winnicott de Campinas - Tema: O Sonho e o Sonhar em Winnicott. 2011. (Outra).

12.
XVI Colóquio Winnicott Internacional - A Ética do Cuidado. A Importância do Diagnóstico na Clínica Winnicottiana. 2011. (Congresso).

13.
XVI Colóquio Winnicott Internacional - Tema: A Ética do Cuidadado. 2011. (Outra).

14.
II Colóquio Winnicott de Belo Horizonte - Do Manejo à Interpretação.Interpretação e Manejo: Comunicação e Conduta do Analista Como Fatores Determinantes no Cuidado do Paciente?. 2010. (Outra).

15.
IV Colóquio Winnicott de Campinas - Tema: Winnicott e a Teoria da Sociedade. 2010. (Outra).

16.
XV Colóquio Winnicott Internacional - Tema: O Verdadeiro e o Falso Si-Mesmo. 2010. (Outra).

17.
III Colóquio Winnicott de Campinas - A interpretação na Clínica winnicottiana. Interpretação e Manejo: Comunicação e Conduta do Analista Como Fatores Determinantes no Cuidado do Paciente. 2009. (Congresso).

18.
III Colóquio Winnicott de Campinas - A Interpretação na Clínica Winnicottiana. 2009. (Outra).

19.
XIV Colóquio Winnicott - Tema: O Psíquico o Mental e o Simbólico em Winnicott. 2009. (Outra).

20.
II Colóquio Winnicott de Campinas.O Conceito de Manejo na Clínica Winnicottiana: um exemplo no Atendimento de Uma Criança. 2008. (Outra).

21.
II Colóquio Winnicott de Campinas - Tema: O Manejo na Clínica Winnicottiana. 2008. (Outra).

22.
XIII Colóquio Winnicott - Tema: Os Casos Clínicos de Winnicott. 2008. (Outra).

23.
XII Colóquio Winnicott - Tema: Winnicott na História da Psicanálise. 2007. (Outra).

24.
XI Colóquio Winnicott - Tema: Criatividade e Experiência Cultural. 2006. (Outra).

25.
Colóquio Mitos e Psicanálise. 2002. (Outra).

26.
Simpósio: O Psicodiagnóstico Hoje. 1999. (Simpósio).

27.
Simpósio: O Psicodiagnóstico Hoje. 1999. (Simpósio).

28.
ll Congresso Latino-Americano de Psicanálise de Crianças e Adolescentes. 1996. (Congresso).

29.
Conferências Comemorativas ? 75 anos da Tavistock Clínic. 1995. (Outra).

30.
I Ciclo de Conferências e Debates - Tema: O Bebê Competente e o Adulto Incompetente. 1995. (Outra).

31.
II Congresso Latino Americano de Creches. A Vivência Institucional e a Metodologia da Observação da Relação Mãe-Bebê ? Modelo Esther Bick ? como meio de aprendizagem de conceitos Psicanalíticos. 1995. (Congresso).

32.
I Simpósio Brasileiro de Observação da Relação Mãe-Bebê.. 1995. (Simpósio).

33.
I Simpósio de Observação da Relação Mãe-Bebê.Uma Contribuição da Metodologia de Observação da Relação Mãe-Bebê ? Modelo Esther Bick ? na Formação de Profissionais de Creches, Berçários e Pré-escolas. 1995. (Simpósio).

34.
I Simpósio de Observação da Relação Mãe-Bebê.A Vivência Institucional e a Metodologia da Observação da Relação Mãe-Bebê ? Modelo Esther Bick ? como meio de aprendizagem de conceitos Psicanalíticos. 1995. (Simpósio).

35.
Reunião Geral - Instituto de Psquiatria do HCMF-USP.Discussão de caso clinico. 1993. (Outra).

36.
Simpósio sobre Situações Depressivas. 1992. (Simpósio).

37.
Conferência: A Contribuição da Experiência da Comunidade Terapêutica Enfance para a prática de Internação de Crianças. 1988. (Outra).

38.
Conferência: As Diferentes Práticas Grupais e a Teoria de Grupo na Comunidade Terapêutica Enfance. 1988. (Outra).

39.
Conferência: Outras Experiências Institucionais. 1988. (Outra).

40.
Simpósio A Criança. 1988. (Simpósio).



Educação e Popularização de C & T



Cursos de curta duração ministrados
1.
MURATORI, R.. Capacitação de Educadores: Desenvolvimento Emocional Infantil. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Outras informações relevantes


1994-1999: Projeto de Atendimento à Criança e à Instituição. Trabalho Interdisciplinar de atendimento clínico à criança, combinando os enfoques psicológico e psicopedagógico. Constituía-se através de três atividades: Grupo de Estudos de Diagnóstico Psicológico e Psicopedagógico; Atendimento Clínico à criança; visando o diagnóstico e encaminhamento; Atendimento Institucional; através de supervisões, palestras e reciclagens.

1993-1994   Palestras ministradas à equipe de professores do Colégio Potencial, sobre os temas: Relações Humanas e Adolescência: Limites e Conflitos. 

1993 -1994   Coordenação de Grupo de Estudos do Desenvolvimento da Atividade do Brincar a partir de um ponto de vista psicanalítico, junto a profissionais de fonoaudiologia.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 24/01/2019 às 11:32:03