Isabela de Oliveira Dornelas

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/0369732732103956
  • Última atualização do currículo em 19/07/2018


Doutoranda em História pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), pesquisa o desenvolvimento da cesariana como técnica cirúrgica no Brasil entre os séculos XIX e XX. É bolsista da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG). Mestre em História e graduada em História pela mesma instituição, desenvolveu pesquisa sobre o uso recursos abortivos como terapia no Brasil do século XIX. Teve a formação complementada por intercâmbio internacional em 2014 na Universidade do Minho (UMINHO) - Braga (Portugal), na área de História Moderna. Desde 2012 é aluna membro do Grupo de Teoria e História da Ciência - Scientia UFMG e empreende estudos no campo da História da Saúde, reprodução e nascimento com foco em História da Ciência e do Direito. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Isabela de Oliveira Dornelas
Nome em citações bibliográficas
DORNELAS, I. O.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Minas Gerais, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas.
Universidade Federal de Minas Gerais
Pampulha
31270901 - Belo Horizonte, MG - Brasil
Telefone: (31) 34090000


Formação acadêmica/titulação


2018
Doutorado em andamento em História.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Título: "Aniquilar a existência de um ser": das indicações do aborto terapêutico a operação cesariana (1840-1930),
Orientador: Rita de Cássia Marques.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais, FAPEMIG, Brasil.
Palavras-chave: Cesariana; Aborto; História da Saúde.
2016 - 2018
Mestrado em História.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Título: ?O FETO QUE ATTENTA CONTRA SUA VIDA?: O ABORTO COMO TERAPIA NAS TESES MÉDICAS (1830-1890),Ano de Obtenção: 2018.
Orientador: Rita de Cássia Marques.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Aborto; História da Saúde; Teses médicas.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: História e Gênero.
2011 - 2015
Graduação em História.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
2008 - 2011
Ensino Médio (2º grau).
Colégio Batista Mineiro, SBME, Brasil.




Formação Complementar


2014 - 2014
?TREINAMENTO DE USO DO PORTAL DE PERIÓDICOS DA CA. (Carga horária: 3h).
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
2014 - 2014
Intercâmbio. (Carga horária: 550h).
Universidade do Minho, UMINHO, Portugal.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2016
Vínculo: Graduação em História, Enquadramento Funcional: Aluna de História habilitação bacharelado


Grupo de Teoria e História da Ciência, SCIENTIA, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisadora, Carga horária: 20


Universidade do Minho, UMINHO, Portugal.
Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Aluna, Enquadramento Funcional: Em intercâmbio programa Minas Mundi, Carga horária: 25



Projetos de pesquisa


2015 - 2015
TEORIAS E TERAPÊUTICAS MÉDICAS EM CIRCULAÇÃO NA PROVÍNCIA MINEIRA A PARTIR DE IMPRESSOS E DA DOCUMENTAÇÃO HOSPITALAR
Descrição: Este projeto é a continuidade da pesquisa "As Dietas como Práticas Curativas na Sociedade Mineira dos Oitocentos? abarcados dentro do grande projeto da Assistência a Saúde na Província de Minas Gerais - XIX, e busca especificamente lançar luz sobre a rotina alimentar como terapêutica nas instituições hospitalares mineiras dos oitocentos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Isabela de Oliveira Dornelas - Integrante / Anny Jackeline Torres Silveira - Coordenador.
2014 - 2015
As Dietas como Práticas Curativas na Sociedade Mineira dos Oitocentos
Descrição: O tema da alimentação tem ganhado cada vez mais espaço dentro dos estudos em História, este pode ser notado como um dos importantes aspectos a ser mais explorado nas agendas da História Cultural ainda mais especificamente, na História da Saúde. Para além do insosso e monótono atual cardápio hospitalar de secundária importância terapêutica, no contexto do século XIX a dieta do paciente é o principal recurso do qual dispunham os estabelecimentos hospitalares para restaurar a saúde perdida e sustentar o paciente convalescente, o que nos move à essa pesquisa..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Isabela de Oliveira Dornelas - Integrante / Anny Jackeline Torres Silveira - Coordenador.
2013 - 2014
Uma História dos Hospitais e da Assistência Hospitalar na província de Minas Gerais (século XIX).
Descrição: Ao contrário do que observamos hoje, no século XIX, os hospitais foram locais secundários de cura, sendo destinados principalmente ao acolhimento dos pobres e desvalidos. Este projeto tem como objetivo o estudo da história das instituições hospitalares em Minas Gerais no decorrer do século XIX, visando: identificar o papel que desempenhavam na oferta e na organização da assistência à saúde na província, bem como, descrever a história desses estabelecimentos; elaborar um mapa cronológico da criação destas instituições; produzir um histórico de cada uma delas; identificar transformações que incidiram sobre estes estabelecimentos; identificar, classificar, definir funções e transformações das profissões e ofícios desenvolvidos nestes locais de cura e disponibilizar em rede on-line dados e produtos da pesquisa. Foram utilizados, até o momento, documentos de caráter administrativo depositados no Arquivo Público Mineiro, que tem sido objeto de uma leitura crítica, informada tanto pelos métodos da história como pela historiografia da saúde. Dentre as informações levantadas destacamos dados sobre os trabalhadores de algumas dessas instituições; movimento financeiro; dietas; entrada e saída de doentes; o recurso a africanos e livres no desempenho das atividades; e o atendimento a presos e militares às expensas da Câmara. Entre o material já produzido destacamos: mapa com a localização das instituições, gráfico cronológico sobre a criação das mesmas, gráficos sobre os itens mais comuns nas tabelas de receita e despesa e fichas com informações das Santas Casas de Misericórdia. Enfim, revela-se de suma importância a compreensão a cerca dessas instituições para a ampliação dos conhecimentos sobre a história da saúde em Minas Gerais..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Isabela de Oliveira Dornelas - Integrante / Anny Jackeline Torres Silveira - Coordenador / Rita de Cássia Marques - Integrante / Nathália Tomagnini Carvalho - Integrante.
2012 - 2013
História das ciências e práticas de saúde nos séculos XVIII ? Erário Mineral de Luiz Gomes Ferreira (1735) e Governo de Mineiros de José Antônio Mendes (1770
Descrição: Trata-se de aliar o conhecimento obtido em instituições portuguesas (como o Hospital de todos os Santos no caso de Luiz Gomes Ferreira) com a experiência de viver em colônia. Desta fusão cria-se a necessidade de redigir um texto que pudesse ser utilizado (o sentido da utilidade e ciência no século XVII e XVIII deve ser explorado). Luiz Gomes Ferreira publica o Erário Mineral em 1735 e o texto apresenta o seu destino: auxiliar aqueles que na ausência de doutos tinha que lidar com os problemas de saúde dos familiares, dos subordinados e em especial do contingente escravo que atuava como mão de obra nas regiões mineradoras. Já José Antônio Mendes publica o Governo de Mineiros, em 1770, direcionado para um público com o mesmo perfil. Ambos os textos são publicados em Lisboa e ambos autores são cirurgiões..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2013 - 2013
Cinema, Escola e História
Descrição: Extensão voluntária: O cinema, muitas vezes, apropria-se de temas históricos e, pelo amplo impacto que possui entre os espectadores, influi decisivamente nas visões que as sociedades constroem sobre o passado, exercendo, talvez, um impacto muito maior que a história escolar. A incorporação do cinema como objeto e como testemunho da história é algo recente, tendo motivado uma ampla discussão, seja sobre a natureza do discurso cinematográfico, seja sobre os paralelos entre o mesmo e o discurso historiográfico, seja, ainda, sobre a metodologia apropriada para sua utilização como objeto dos estudos históricos e testemunhos da história. O uso didático do cinema em aulas de história, em todos os níveis de ensino, disseminado nas últimas décadas, segundo a bibliografia especializada, desenvolve-se, em boa parte, à margem dessa polêmica. Assim, o cinema, em grande medida, é empregado para confirmar estudos anteriormente feitos em sala de aula, constituindo-se, portanto, como ilustração, com o que se elidem tanto as interferências do tempo da produção dos filmes sobre o modo como os mesmos se apropriam da história, quanto as diferenças entre os efeitos de verdade perseguidos, de um lado, pelo historiador e, de outro, pelo cinema. Essa situação justifica o oferecimento de um curso que permita a alunos do Ensino Básico refletir criticamente sobre filmes que se apropriaram de temas do nosso passado, próximo ou distante, desconstruindo-os, captando as conexões entre, de um lado, as imagens e, de outro, as tensões e projetos existentes à época de sua produção e, por fim, comparando-os com o que dizem os historiadores..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Isabela de Oliveira Dornelas - Integrante / Luiz Carlos Villalta - Coordenador / José Antônio Souza de Queiroz - Integrante.


Membro de corpo editorial


2016 - 2017
Periódico: Temporalidades


Revisor de periódico


2016 - Atual
Periódico: Temporalidades


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História, Ciência e Saúde.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do aborto.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História, Gênero e Subjetividades.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende RazoavelmenteLê Pouco.


Prêmios e títulos


2015
Relevância Acadêmica pelo trabalho "As práticas curativas na sociedade mineira dos oitocentos", XXIV Semana de Iniciação Científica.
2013
Relevância Acadêmica pelo trabalho "Erário Mineral e Governos de Mineiros: a utilidade do saber prático", Semana de Iniciação Científica, Universidade Federal de Minas Gerais.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
DORNELAS, I. O.2017DORNELAS, I. O.; RESENDE, P.H. . Usos práticos do passado: diretrizes para o futuro. TEMPORALIDADES, v. 9, p. 3-8, 2017.

2.
DORNELAS, I. O.2017DORNELAS, I. O.; RESENDE, P.H. . Entrevista com Fernando Nicolazzi. TEMPORALIDADES, v. 9, p. 430-438, 2017.

3.
TOLEDO, E. T.2017 TOLEDO, E. T. ; DORNELAS, I. O. . 'Identidade de gênero, sexualidade e intervenções terapêuticas em A Garota Dinamarquesa (2015)'. História, Ciências, Saúde-Manguinhos, v. 24, p. 848-852, 2017.

4.
DORNELAS, I. O.2016DORNELAS, I. O.; RESENDE, P.H. ; CARVALHO, M.H.M. . Editorial à revista Temporalidades v. 8, n. 1 (2016). TEMPORALIDADES, v. 8, p. 5-6, 2016.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
CAZARINI, C. ; DORNELAS, I. O. ; FREITAS, A. A. G. . Gênero e História: um breve balanço historiográfico. In: IV Seminário Enlaçando Sexualidades, 2015, Salvador BA. Anais IV Seminário Enlaçando Sexualidades. Salvador, 2015. v. 13. p. 80-95.

2.
DORNELAS, I. O.. Aborto: alguma perspectiva histórica. In: IV Seminário Enlaçando Sexualidades, 2015, Salvador BA. Anais do IV Enlaçando Sexualidades. Salvador, 2015. v. 43.

3.
DORNELAS, I. O.; FREITAS, A. A. G. . Pecúlio de alguns remedios para diversos achaques: análise de um livro de segredos. In: IV EPHIS, 2015, Belo Horizonte. Anais do IV EPHIS, 2015.

4.
DORNELAS, I. O.. Erário Mineral: a Utilidade do Saber Prático. In: III Encontro Nacional de Pós-Graduandos em História da Ciência - Enapehc III, 2014, Mariana. Anais do III Encontro Nacional de Pós-Graduandos em História da Ciência, 2014. p. 278-282.

5.
DORNELAS, I. O.. Teias de Amparo: Cuidados com o corpo no espaço colonial. In: II Seminário Internacional Corpo, Gênero e Sexualidade, 2014, Juiz de Fora. VI Seminário Corpo , Gênero e Sexualidade, II Seminário Internacional Corpo, Gênero e Sexualidade, II Encontro Gênero e Diversidade na Escola. Juiz de Fora: Center Gráfica e Editora, 2014. p. 701-709.

Apresentações de Trabalho
1.
DORNELAS, I. O.. Aborto: Alguma Perspectiva Histórica. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
CAZARINI, C. ; DORNELAS, I. O. ; FREITAS, A. A. G. . Gênero e História: um breve balanço historiográfico. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
DORNELAS, I. O.. Santo Remédio: Uma análise das dietas da Santa Casa de Misericórdia de São João Del Rei no século XIX.. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
DORNELAS, I. O.; FREITAS, A. A. G. . Pecúlio de alguns remedios para diversos achaques: análise de um livro de segredos.. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
DORNELAS, I. O.. Primeiras Impressões sobre as listas de compras da Santa Casa de Misericórdia de São João Del Rei. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
DORNELAS, I. O.. TEIAS DE AMPARO: CUIDADOS COM O CORPO FEMININO NO ESPAÇO COLONIAL. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
DORNELAS, I. O.. Estudos preliminares sobre o manual 'Pecúlio de alguns remedios para diversos achaques. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
DORNELAS, I. O.. Apresentação do pôster: Erário Mineral e Governos de Mineiros: a Utilidade do Saber Prático.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

9.
DORNELAS, I. O.. Erário Mineral: a Utilidade do Saber Prático. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
QUEIROZ, J. A. S. ; DORNELAS, I. O. . Apresentação do pôster: Cinema, Escola e Fantasia. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).


Demais tipos de produção técnica
1.
TOLEDO, E. T. ; DORNELAS, I. O. . Gênero e Ciência: Possibilidades com fontes cinematográficas. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
DORNELAS, I. O.; RESENDE, P.H. . Entrevista com Fernando Nicolazzi. 2017. (Editoração/Periódico).

3.
DORNELAS, I. O.; RESENDE, P.H. . Usos práticos do passado: diretrizes para o futuro. 2017. (Editoração/Periódico).

4.
DORNELAS, I. O.; FREITAS, A. A. G. . A pesquisa histórica com um olha contra hegemônico. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

5.
DORNELAS, I. O.. História e Historiografia da Ciência: Abordagens e Diálogos Possíveis. 2016. (Editoração/Periódico).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Roda de conversa interdisciplinar sobre aborto.História e Aborto no Brasil: desnaturalizando perspectivas. 2017. (Encontro).

2.
VI Encontro de Pesquisa em História.Coordenadora História, gênero e sexualidade: processos de constituição das Subjetividades. 2017. (Encontro).

3.
Encontro de Pesquisa em História UFMG - EPHIS V.Cinema Ciência e Gênero: Sessão comentada de A Garota Dinamarquesa. 2016. (Encontro).

4.
Encontro de Pesquisa em História UFMG - EPHIS V.O afeto que afeta contra a sua vida: aborto como recurso terapêutico no século XIX. 2016. (Encontro).

5.
Encontro de Pesquisa em História UFMG - EPHIS V.História, Gênero e Sexualidade: Balanços e Abordagens. 2016. (Encontro).

6.
Encontro Regional de Estudantes de Medicina.Breve história do Aborto. 2016. (Encontro).

7.
II Congresso de Diversidade Sexual e de Gênero UFMG. Corpos, Gêneros, Tabus e Dinâmicas Sociais. 2016. (Congresso).

8.
Seminário Nacional de História da Ciêcia e da Tecnologia."Extrema necessidade": uma análise do discurso médico pelo uso do aborto terapêutico. 2016. (Seminário).

9.
Colóquios do Scientia: "Eugenic Sterilization and Sexual Policing in 20th century California" por Alexandra Stern. 2015. (Outra).

10.
IV Encontro de Pesquisa em História da UFMG - IV EPHIS.Pecúlio de alguns remedios para diversos achaques: análise de um livro de segredos. 2015. (Encontro).

11.
IV Encontro de Pesquisa em História da UFMG - IV EPHIS.Santo Remédio: Uma análise das dietas da Santa Casa de Misericórdia de São João Del Rei no século XIX. 2015. (Encontro).

12.
IV Seminário Enlaçando Sexualidades.Aborto: Alguma Perspectiva Histórica. 2015. (Seminário).

13.
IV Seminário Enlaçando Sexualidades.Gênero e História: um breve balanço historiográfico.. 2015. (Seminário).

14.
Colóquios do Scientia: "Bringing the world the History of Science" por Kapil Raj. 2014. (Outra).

15.
Colóquios do Scientia: Circulação do conhecimento: séculos XVII-XX.Estudos preliminares sobre o manual 'Pecúlio de alguns remedios para diversos achaques. 2014. (Outra).

16.
Colóquios do Scientia: Circulação do conhecimento: séculos XVII-XX.Estudos preliminares sobre o manual 'Pecúlio de alguns remedios para diversos achaques. 2014. (Outra).

17.
VI SEMINÁRIO CORPO, GÊNERO E SEXUALIDADE.TEIAS DE AMPARO: CUIDADOS COM O CORPO FEMININO NO ESPAÇO COLONIAL. 2014. (Seminário).

18.
XIV Seminário Nacional de História da Ciência e da Técnica. 2014. (Seminário).

19.
II Encontro de Pesquisa em História da UFMG.Cinema, Escola e Fantasia. 2013. (Encontro).

20.
III Encontro Nacional de Pós-Graduandos em História das Ciências.Erário Mineral: a Utilidade do Saber Prático. 2013. (Encontro).

21.
XVI Encontro de Extensão da UFMG.Cinema, Escola e Fantasia. 2013. (Encontro).

22.
XXII Semana de Iniciação Científica UFMG. Erário Mineral e Governos de Mineiros: a Utilidade do Saber Prático. 2013. (Feira).

23.
Colóquios do Scientia: "Paved with good intentions" por Ilana Lowy. 2012. (Outra).

24.
Ditaduras Militares em Enfoque Comparado: Argentina, Brasil, Chile e Uruguai. 2012. (Seminário).. 2012. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
FIGUEIREDO, B. G. ; Anny Jackeline Torres Silveira ; DORNELAS, I. O. . Comer e Ser: Patrimônio material e imaterial da alimentação. 2016. (Congresso).

2.
DORNELAS, I. O.; CAZARINI, C. ; FREITAS, A. A. G. . I Bota a Cara no Sol: I encontro de diversidade sexual e de genêros da UFMG.. 2015. (Congresso).



Educação e Popularização de C & T



Artigos
Artigos completos publicados em periódicos
1.
TOLEDO, E. T.2017 TOLEDO, E. T. ; DORNELAS, I. O. . 'Identidade de gênero, sexualidade e intervenções terapêuticas em A Garota Dinamarquesa (2015)'. História, Ciências, Saúde-Manguinhos, v. 24, p. 848-852, 2017.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 17/10/2018 às 14:05:25