Laís Eloá Pelegrinello

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/0173907500633897
  • Última atualização do currículo em 10/08/2018


Bacharel em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Foi Bolsista da Associação Brasileira de Antropologia (ABA), atuando na organização do 18º Congresso Mundial da IUAES. Atualmente está vinculada ao Núcleo do Estudo do Pensamento Político (NEPP|UFSC), Núcleo de Identidades de Gênero e Subjetividades (NIGS|UFSC) e Instituto de Estudos de Gênero (IEG|UFSC), onde desenvolve pesquisas sobre instituições políticas, movimentos sociais, políticas públicas e cultura política. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Laís Eloá Pelegrinello
Nome em citações bibliográficas
ELOÁ, L.P.


Formação acadêmica/titulação


2011 - 2017
Graduação em Ciências Sociais.
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2007 interrompida
Graduação interrompida em 2010 em Medicina.
Escuela Latinoamericana de Medicina, ELAM, Cuba.
Ano de interrupção: 2010




Formação Complementar


2018 - 2018
Teorias Decoloniais e Sexualidades - um giro epistemológico a partir de t. (Carga horária: 30h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2017 - 2017
Extensão universitária em LUTAS DAS MULHERES EM MOÇAMBIQUE: ENTRE O LOCAL E O GLOBAL.. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2015 - 2015
Extensão universitária em Minicurso Políticas de Sexualidade e Gênero na América Latina. (Carga horária: 12h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2015 - 2015
Minicurso Políticas de Sexualidade e Gênero na América Latina. (Carga horária: 12h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2013 - 2014
Storia Greca. (Carga horária: 108h).
Università degli Studi di Padova, UNIPD, Itália.
2013 - 2014
Storia Romana. (Carga horária: 108h).
Università degli Studi di Padova, UNIPD, Itália.
2013 - 2014
Storia dell' arte classica. (Carga horária: 108h).
Università degli Studi di Padova, UNIPD, Itália.
2013 - 2013
Extensão universitária em FILOSOFIA POP II. (Carga horária: 16h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2009 - 2009
Extensão universitária em Urgência Psquiátrica. (Carga horária: 20h).
Universidad de La Habana, UH, Cuba.
2009 - 2009
Extensão universitária em Sexualidad y Salud Mental. (Carga horária: 36h).
Universidad de La Habana, UH, Cuba.
2009 - 2009
Extensão universitária em Actualidad en naturalogia. (Carga horária: 20h).
Universidad de La Habana, UH, Cuba.
2009 - 2009
Extensão universitária em Escloresis Múltipla. (Carga horária: 20h).
Universidad de La Habana, UH, Cuba.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitora de Teoria Política III, Carga horária: 12

Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Monitora de Teoria Política I, Carga horária: 12



Projetos de pesquisa


2015 - 2016
Antropologia, Gênero e Educação em Santa Catarina
Descrição: Este projeto de pesquisa, a ser realizado no âmbito do Programa de Apoio a Núcleos Emergentes PRONEM-FAPESC-CNPq visa estudar como questões de gênero e sexualidade tem sido incorporadas pelas políticas públicas educacionais no Estado de Santa Catarina. Para o desenvolvimento deste projeto, serão articulados os campos teóricos da Antropologia, Educação, Psicologia e dos Estudos de Gênero visando contribuir para a discussão e construção de políticas públicas educacionais, que objetivam a promoção da igualdade, da equidade e do respeito à diversidade...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (62) / Mestrado acadêmico: (27) / Doutorado: (51) .
Integrantes: Laís Eloá Pelegrinello - Integrante / Miriam Pillar Grossi - Coordenador / Tania Welter - Integrante.
2015 - 2016
Avaliação do Prêmio Construindo a Igualdade de Gênero no Brasil: análise de redações e artigos científicos premiados, acompanhamento de trajetórias individuais de vencedoras/es e projetos coletivos de gestão escolar
Descrição: Os objetivos do projeto são: a) Analisar as redações e artigos pré-selecionados em todas as edições do Prêmio buscando identificar temas recorrentes, em cada ano e ao longo de todo o concurso, e a presença de especificidades decorrentes do contexto local/regional, assim como, identificar os conceitos predominantes de gênero, raça/etnia, orientação sexual e articulação de gênero com outras categorias relevantes, tais como raça, classe etc.; b) Identificar perfil das/os estudantes de ensino médio em termos de gênero, cor, idade, orientação sexual, tipo de escola por dependência administrativa (municipal, estadual, federal ou privada), localização geográfica e outros critérios; c)Mapear a trajetória dos/as alunos/as premiados por Estado (estudantes de ensino médio, graduação e mestrado) por meio de consulta à currículo lattes e por meio de pesquisa eletrônica em redes sociais, contatos por e-mail e telefônicos e, se possível presencial, para averiguar o que fazem estas/es estudantes atualmente e se houve aprofundamento e continuidade de pesquisas sobre o tema; d)Investigar a inserção do projeto no Projeto Politico Pedagógico da escola e a abrangência do mesmo em termos de percentual de alunos/as e professores/as envolvidos, tempo de implementação do projeto e metodologia empregada na construção do projeto, assim como outros fatores que possam ter influenciado a participação no concurso como cursos de extensão, aperfeiçoamento e especialização em gênero (como o GDE Gênero e Diversidade na Escola) e/ou ativismo político em movimentos sociais; e)Identificar o perfil da escola em termos de dependência administrativa nas esferas pública e privada e localização geográfica no município e no Estado. f) Realizar uma pesquisa qualitativa in loco com uma amostra de 2 ou 3 escolas por região das escolas premiadas na categoria Escola Promotora da Igualdade , observando especialmente, se elas continuam implementando o projeto pedagógico no campo dos estudos de gênero e entrevistando professoras/es que tenham especial destaque no desenvolvimento de atividades pela Igualdade de Gênero e, se for o caso, o acompanhamento de alunos/as vencedoras. g) Entrevistar presencialmente, durante a visita in loco, representantes na esfera municipal e estadual dos Organismos de Políticas para as Mulheres nos Municípios em que estão situadas as escolas premiados na categoria Promotoras da Igualdade de Gênero para conhecer as políticas locais que podem (ou não) influenciar o bom desempenho de algumas escolas no concurso. h) Realizar um levantamento quantitativo dos ganhadores de prêmios em todas as categorias, construindo diferentes gráficos por região, estado, nível de premiação, gênero dos vencedores, etc. em vista de uma análise mais sociológica dos dados já disponíveis no site da SPM. A análise das diferenças regionais será feita por consultoras/es do projeto, pesquisadores/as vivendo nas cinco regiões do Brasil...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (18) / Mestrado acadêmico: (15) / Doutorado: (24) .
Integrantes: Laís Eloá Pelegrinello - Coordenador / Gabriela Sagaz - Integrante / Diogo França - Integrante / Miriam Pillar Grossi - Integrante / Tania Welter - Integrante.


Projetos de extensão


2017 - Atual
Apoio e realização do 18º Congresso Mundial da IUAES
Descrição: O projeto tem por objetivo fornecer apoio a todas as atividades relativas à organização e realização do 18º Congresso Mundial da IUAES (International Union of Anthropological and Ethnological Sciences) que ocorrerá entre 16 à 20 de julho de 2018 nesta Universidade. A candidatura do congresso mundial foi feita pela Associação Brasileira de Antropologia, representada pela Profª Drª Miriam Pillar Grossi, vice-presidente da IUAES, ex-presidente da ABA e professora titular do departamento de antropologia da UFSC. Devido à grande experiência organizando eventos deste porte, ambas ABA e UFSC são muito bem familiarizadas na coordenação e o gerenciamento de recursos nacionais e internacionais. O Projeto de Extensão contará com o apoio de alunas da graduação, pós graduação e professores da UFSC e de outras Universidades Brasileiras. As atividades desenvolvidas no âmbito do projeto por todos seus integrantes visam propiciar um espaço de reflexão coletiva sobre a antropologia, a criação e ampliação de redes acadêmicas globais, permitindo a emergência de novos eixos temáticos de análise antropológica e a produção de novas teorias..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
2012 - Atual
Grupo de Estudos de Teoria Política Republicana
Descrição: A teoria política contemporânea tem sido alimentada de maneira crescente por formulações alicerçadas no ideário republicano. Teóricos atuais têm sustentado que esta tradição de pensamento encontra sua gênese nas noções políticas e morais correntes durante o século final da República romana. Paralelamente à insistência dos republicanos sobre a existência de uma noção de liberdade tipicamente republicana, a Teoria da Constituição Mista é amplamente aceita como um elemento da inovação promovida pelos latinos no âmbito da reflexão política. Neste aspecto, é geralmente ressaltado o equilíbrio obtido entre os elementos aristocráticos e democráticos, dedicando-se, no entanto, pouca atenção ao papel do elemento monárquico na teoria. Minha intenção é realizar uma avaliação dos livros História de Roma, de Tito Lívio, e dos livros A República e As Leis de Marco Túlio Cícero, investigando a importância da monarquia nos seus respectivos argumentos. Pretendo demonstrar que importância deste elemento para a ideia de Constituição Mista pode estar sendo subestimado pelos autores contemporâneos, implicando numa visão empobrecida de um elemento fundamental da tradição latina de pensamento político e minando a ideia de uma Tradição Republicana de Pensamento Político...
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) .
Integrantes: Laís Eloá Pelegrinello - Integrante / Tiago Bahia Losso - Coordenador / Anderson Michel França - Integrante / Roger Gustavo Manenti Laureano - Integrante / Arthur Mazzucco Fabro - Integrante.
2011 - Atual
Grupo de Estudos de Teoria Política
Descrição: As pesquisas em curso no NEPP organizam-se em torno de três eixos principais: a) estudos dos debates atuais no campo da teoria política normativa, com ênfase nas controvérsias mais recentes sobre os significados dos conceitos de democracia, república e liberdade; b) estudo da história do pensamento político, inclusive das alternativas metodológicas no âmbito desta disciplina, com ênfase na história do pensamento político brasileiro; c) estudos das dimensões epistemológicas e metodológicas das abordagens recentes da ciência política que se caracterizam por afirmarem a natureza histórica e interpretativa do conhecimento produzido na disciplina...
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Italiano
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Produções



Produção bibliográfica
Apresentações de Trabalho
1.
PAES, L. X. ; ELOÁ, L.P. . Introdução ao Teatro do Oprimido. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
13º Mundo de Mulheres & Fazendo Gênero 11. Introdução ao Teatro do Oprimido. 2017. (Congresso).

2.
13º Mundo de Mulheres & Fazendo Gênero 11.Monitora da Comissão de Movimentos Sociais. 2017. (Seminário).

3.
Mesa-redonda: Violências contra Mulheres: 10 anos da Lei Maria da Penha. 2016. (Outra).

4.
III Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável (EMDS). 2015. (Encontro).

5.
Filosofia POP II. 2013. (Outra).

6.
8º Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política. 2012. (Encontro).

7.
I Coloquio de Teoria Política - UFSC. 2012. (Outra).

8.
113º Aniversario Hospital Universitario "Gral. Calixto García". 2009. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
ELOÁ, L.P.; GROSSI, M. P. ; SILVA, Simone Lira ; RAMOS, L. M. . 18º Congresso Mundial da IUAES. 2018. (Congresso).

2.
ELOÁ, L.P.; GROSSI, M. P. ; MORELLO, S. M. . Jornada 25 anos do NIGS. 2016. (Outro).

3.
LOSSO, T. B. ; ELOÁ, L.P. ; FABRO, A. M. ; FRANCA, A. M. ; LAUREANO, R. G. M. . I Colóquio de Teoria Política. 2012. (Congresso).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 17/12/2018 às 1:38:46