Noédson Conceição Santos

Bolsista de Iniciação Científica do CNPq

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/8190997509229965
  • Última atualização do currículo em 17/07/2018


Atualmente é graduando em Direito pela Universidade Federal da Bahia em Regime de Dupla Titulação com a Universidade de Coimbra (Portugal). Participou do Serviço de Apoio Jurídico da UFBa de 2013 - 2014. Professor/monitor de Redação do Pré-Vest na UFBA. Foi bolsista de Iniciação Científica do Programa Sankofa na FDUFBa (2017-2018) com a pesquisa 'Discursos e práticas das agências de controle formal e informal sobre crianças e adolescentes abrigados no Centro Nova Semente' que acolhe filhos de pessoas em situação de encarceramento. Foi bolsista de Iniciação Científica no Instituto de Letras da UFBa onde desenvolveu pesquisa relacionada a tradução intersemiótica e à crítica genética na obra e nos manuscritos da poetisa norte-americana Elizabeth Bishop. Foi bolsista PIBIC/CNPq na Faculdade de Direito da UFBa, onde pesquisou sobre questões concernentes aos Direitos à Intimidade, à Privacidade, Liberdade de Expressão e Pensamento. É um dos idealizadores do PRO-GENTES: 'Projeto - Gênero, Travessias, Etnicidade e Sexualidades' desenvolvido na Escola de Administração da UFBa, fez parte de 2013 a 2016 do 'Projeto Rede Social Temática Proteção dos Direitos Humanos das Mulheres', ambos vinculados ao Núcleo de Estudos e Ações Conjunturais em Administração Política (EADM/UFBA). É membro fundador do Centro de Ciências Criminais Professor Raul Chaves (Ccrim) da Faculdade de Direito da UFBa. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Noédson Conceição Santos
Nome em citações bibliográficas
SANTOS, N. C.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal da Bahia, Faculdade de Direito.
Rua Conde Filho
Graça
40150150 - Salvador, BA - Brasil
Telefone: (71) 32839048


Formação acadêmica/titulação


2013
Graduação em andamento em Direito.
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
2014 - 2016
Graduação em Licenciatura em Direito.
Universidade de Coimbra, UC, Portugal.




Formação Complementar


2017 - 2018
Extensão universitária em Crianças na UFBA. (Carga horária: 48h).
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
2017 - 2017
Extensão universitária em Introdução à Propriedade Intelectual.
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
2017 - 2017
Extensão universitária em Criminologia e Racismo.
Programa Direito e Relações Raciais, PDRR, Brasil.
2017 - 2017
Compreensão de artigos científicos em língua inglesa. (Carga horária: 16h).
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
2017 - 2017
Francês - Engager 1. (Carga horária: 51h).
Associação Cultural Franco Brasileira - Aliança Francesa, AF, Brasil.
2017 - 2017
My English Oline.
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2017 - 2017
Política Nacional de Saúde Integral LGBTT. (Carga horária: 45h).
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
2017 - 2017
Intermidialidades sonoras no cinema latino-americano.
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
2017 - 2017
Dialogando sobre a Lei Maria da Penha. (Carga horária: 60h).
Senado Federal, SENADO, Brasil.
2016 - 2016
BRANQUIDADE/NEGRITUDE: racismo e relações de poder em pesquisa póscoloniais.
Centro de Estudos Sociais, CES, Portugal.
2016 - 2016
Direito Popular para o Combate ao Racismo e a Superação da Pobreza.
Conselho de Desenvolvimento da Comunidade Negra, CDCN, Brasil.
2012 - 2014
Extensão universitária em Assistência Judiciária.
Serviço de Apoio Jurídico, SAJU, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Estudante de graduação, Enquadramento Funcional: Estudante de Direito, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2017 - 2018
Vínculo: Estudante de graduação, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 16
Outras informações
Bolsista de Iniciação Científica do Programa Sankofa financiado pela Universidade Federal da Bahia.

Vínculo institucional

2014 - 2016
Vínculo: Estudante de graduação, Enquadramento Funcional: Bolsista
Outras informações
Bolsista do Programa de Mobilidade Acadêmica Internacional entre a UFBA e a Universidade de Coimbra (Portugal).

Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: Estudante de graduação, Enquadramento Funcional: Bolsista - Iniciação Científica, Carga horária: 16
Outras informações
Programa Permancer - Pró-Reitoria de Assistência Estudantil e Ações Afirmativas - PROAE/UFBA


Universidade de Coimbra, UC, Portugal.
Vínculo institucional

2014 - 2016
Vínculo: Estudante de graduação, Enquadramento Funcional: Estudante de Direito


Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Estudante de graduação, Enquadramento Funcional: Bolsista de Iniciação Científica - PIBIC/CNPq, Carga horária: 20


CENTRO DE CIÊNCIAS CRIMINAIS PROFESSOR RAUL CHAVES, CCRIM, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2017
Vínculo: Membro Fundador, Enquadramento Funcional: Conselheiro Editorial do Boletim Stvdivm


Serviço de Apoio Jurídico, SAJU, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2014
Vínculo: Membro, Enquadramento Funcional: Sajuano, Carga horária: 4


Centro Acadêmico Ruy Barbosa, CARB, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: Livre, Enquadramento Funcional: Membro
Outras informações
Gestão Baobá - Representação Estudantil da Faculdade de Direito da UFBA


CENTRO DE EDUCACAO E CULTURA NOVA CANAÃ, CENOC, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2015
Vínculo: Membro, Enquadramento Funcional: Diretor de Cultura


Empresa Baiana de Águas e Saneamento, EMBASA, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2011
Vínculo: Funcionário, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 20


Associação Cultural Franco Brasileira - Aliança Francesa, AF, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2017
Vínculo: Estudante, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 12


Pré-Vest na UFBA, SSA, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Voluntário, Enquadramento Funcional: Monitor de Redação, Carga horária: 4


Academia Nacional de Estudos Transnacionais, ANET, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Associado, Enquadramento Funcional: Pesquisador



Projetos de pesquisa


2017 - 2018
Discursos e práticas sobre crianças e adolescentes abrigados(as) no Centro Nova Semente
Descrição: Trata-se de uma pesquisa qualitativa, que terá como sujeitos da investigação crianças e adolescentes que se encontram no Centro Nova Semente, uma vez que, com o encarceramento de seus pais e mães, não foram localizados outros familiares ou responsáveis para suprir-lhes a ausência nos cuidados com a criação. Como objetos da pesquisa indicamos os discursos e práticas das agências que se relacionam com o controle social formal e informal responsáveis por essas crianças e adolescentes. A pergunta de partida mobilizadora do projeto busca compreender os discursos e práticas das agências de controle social formal e informal que orientam o tratamento de crianças e adolescentes cujos pais/mães encontram-se em situação de encarceramento. Essa pesquisa também se relaciona com os estudos sobre relações raciais e relações de gênero, que atravessam problemáticas que se articulam com a criminalização e a reação social, cabendo destacar estudos desenvolvidos tomando como locus empírico a cidade de Salvador. É uma pesquisa qualitativa, com uma abordagem preponderantemente indutivo-analítica. Como técnicas de pesquisa, elegemos, provisoriamente, a realização de entrevistas semidiretivas e a análise documental.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Noédson Conceição Santos - Integrante / Tatiana Emília Dias Gomes - Coordenador.Financiador(es): Universidade Federal da Bahia - Bolsa.
2017 - Atual
Estratégias de Governança em Rede de Políticas Públicas: Coproduzindo Tecnologias Sociais para o Enfrentamento das violências contra a Mulher e ao Racismo
Descrição: Este projeto de pesquisa atende a uma necessidade político-jurídica e sócioantropológica de compreensão reflexiva e aprofundada sobre os fenômenos, variáveis e fatores que contribuem para o aprofundamento das desigualdades, opressões e manutenção dos discursos de marginalização, gentrificação e segregação vigentes nos dias atuais. Neste sentido, a investigação científica que se pretende realizar terá como objetivo central a análise destes aspectos histórico-sociais e políticos que permeiam, influenciam e impactam o processo de construção das Políticas Públicas voltadas a pessoas em situação de vulnerabilidade no município de Salvador. Para tanto, será preciso pensar nas várias formas de Violências (simbólicas, emocionais, institucionais, físicas, psicológicas, etc) que atingem às Mulheres; compreender o Racismo por meio de um viés multiangular como um fenômeno repleto de facetas e manifestações; visualizar a Lgbtfobia como decorrência de um processo histórico, social e cultural que provoca uma infinidade de repercussões em nossa sociedade. Tomando como referência essas diretrizes, o presente projeto de pesquisa parte da seguinte premissa: os movimentos sociais de mulheres, negros e LGBTs, voltados para a promoção de mudanças dos valores que ainda embasam as relações de gênero e raça e perpetuam a manutenção de diversas formas de violência e discriminação contra a população feminina, negra, gay, lésbica, bissexual, travesti e transexual no país, podem, por meio de uma melhor articulação entre gestão e governança em rede, contribuir para transformar essa realidade, colaborando com o processo de empoderamento, justiça social e garantia do protagonismo social e político das mesmas.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - 2015
Biografias não autorizadas versus Direito à Intimidade e à Vida Privada sob a ótica da constitucionalização do Direito Civil
Descrição: No que tange à tutela dos direitos à privacidade e à intimidade, importa sejam consideradas a sociedade em sua complexidade e a pessoa em sua concretude, afastando uma ideia abstrata de sujeito de direito ou um conceito a priori de dignidade. A ponderação dos direitos, com base no princípio da proporcionalidade, é elemento imprescindível para a realização democrática da dignidade da pessoa humana numa sociedade plural como a nossa, permeada por ideais modernos e valores pós-modernos. Esta investigação deve se pautar na concretização da dignidade da pessoa humana, fazendo incidir sobre as relações privadas os princípios da Constituição Federal, em especial os direitos fundamentais. Questão que vem movimentando a sociedade civil, órgãos do governo e estudiosos de diversas áreas do conhecimento, especialmente a jurídica, o Projeto de Lei 393/2011, conhecido como Lei das Biografias, pede a revisão dos artigos 20 e 21 do Código Civil, que prevê a autorização prévia para a divulgação de imagens, escritos e informações biográficas, e irá para votação com novo parágrafo garantindo aos biografados celeridade na Justiça em caso de informações publicadas consideradas falsas ou ofensivas, demonstra-se bastante controvertida, dividindo opiniões e causando polêmica em boa parte dos debates travados a respeito. Trazendo à baila esta temática, podemos compreender que se estabelecem correntes antagônicas de análise, entre as quais as que mais se corporificam são àqueles que põem em choque direitos fundamentais constitucionalizados, fincando-se de um lado o direito à intimidade, à privacidade (vida privada) e do outro o direito à liberdade de expressão e à informação. Buscar-se-á através desta pesquisa, analisar, estudar e compreender as consequências e interferências, desta atualíssima problemática, no campo jurídico. Para além disso, serão dispensados esforços para aumentar o repertório jurídico que se debruce sobre o tema.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Noédson Conceição Santos - Integrante / Roxana Cardoso Brasileiro Borges - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2013 - 2016
Projeto Gestão De Rede Social Temática: Proteção Dos Direitos Humanos Da Mulher
Descrição: O Projeto Rede Social Temática Proteção dos Direitos Humanos das Mulheres é é fruto do compromisso assumido pelo Núcleo de Estudos e Ações Conjunturais em Administração Política da Escola de Administração da UFBA coordenado pelos Professores Dr. Reginaldo Souza Santos e Drª Elizabeth Matos Ribeiro de desenvolver estudos e pesquisas voltados para a produção e difusão de indicadores e índices qualitativos referentes à análise (critica) da capacidade de gestão das relações sociais de produção e distribuição para a promoção do bem-estar da sociedade. Descrição: O projeto pretende construir bases para a criação de uma Rede Social Temática que funcione como espaço de interação entre atores sociais e institucionais envolvidos com políticas de atenção e proteção à mulher. Essa rede deverá funcionar, portanto, como: (a) Espaço privilegiado para difusão e transferências de tecnologias de gestão social; (b) Banco de dados e/ou informações sobre a temática que subsidie a elaboração de políticas públicas e estudos na área; (c) Centro de interlocução entre os diversos atores sociais e institucionais que potencialize articulação em rede para garantia dos direitos da mulher; (d) Ambiente de aprendizagem que contribua para a desmistificação de (pré)conceitos sexistas, racistas e lesbofóbicos. O projeto tem como objetivo geral desenvolver metodologia para criação de uma rede social temática que funcione como espaço de interação entre atores sociais e institucionais envolvidos com políticas de atenção e proteção à mulher. E como objetivos específicos: (a) Construir um contexto de aprendizagem para que os alunos desenvolvam competências conceituais e metodológicas, incluindo o desenho de instrumentos de pesquisa que serão utilizados no projeto, inserindo-os, portanto, em uma comunidade de prática de pesquisadores ; (b) Consolidar um banco de dados com os resultados alcançados pelo projeto; (c) Reunir, num só ambiente virtual de interatividade, os principais personagens (profissionais, gestores de projetos, acadêmicos, voluntários, agredidos etc.) que integram o sistema de proteção dos direitos humanos de proteção à mulher; (d) Dinamizar a comunicação entre os atores que integram a rede de proteção dos direitos humanos da Mulher; (e) Promover discussões técnicas em fóruns virtuais sobre a área de proteção dos direitos humanos da Mulher; e (f) Produzir e fomentar a construção e difusão de artigos sobre o tema.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Noédson Conceição Santos - Integrante / Elizabeth Matos Ribeiro - Coordenador / Walter de Oliveira Pinto Júnior - Integrante / Maria José Santos Oliveira - Integrante / Carlos Magalhães Borges Junior - Integrante / Benilda Regina Paiva de Brito - Integrante / Elder Jeferson da Silva - Integrante / Izabela Santos Freitas - Integrante / Paulo Pietrobon - Integrante.
2013 - 2014
(SUBPROJETO DO PRO.SOM) Manuscritos de Elizabeth Bishop acessíveis em meio eletrônico
Descrição: Temos como objetivo principal a organização de um banco de dados em meio digital a partir dos manuscritos de trabalho da autora Elizabeth Bishop (1911-1979), que constituem o acervo sediado no Instituto de Letras da UFBA. Desse dossiê de criação, constam manuscritos poéticos e em prosa, além de uma vasta correspondência, que são importantes para os estudos de processo. Utilizando a metodologia da Crítica Genética (SALLES, 1992; GRÉSILLON, 2007), que lida com os processos de criação das mais diversas linguagens, inclusive de obras literárias, pretende-se transformar esses documentos de trabalho de Bishop em imagens ou fac-símiles. Para a organização desses documentos, será utilizada uma ferramenta interativa, Prezi (2009), em que as mais diversas mídias podem ser convocadas para dialogar com os manuscritos digitalizados. Estes materiais assim organizados irão compor um banco de dados para futuras pesquisas sobre o processo de criação de Elizabeth Bishop. A fortuna crítica terá como eixo teórico básico estudos sobre confluência inter-artes e intermídia (CLÜVER, 2006) e teoria dos polissistemas (EVEN-ZOHAR, 1990). Os resultados da pesquisa irão beneficiar tanto o público-alvo, que envolve estudiosos da área da Crítica Genética e de outros interessados na escrita da autora Elizabeth Bishop, como também os pesquisadores empenhados em propor um currículo com estudos convergentes e multimidiáticos, que se preocupe com a questão de dar maior acessibilidade aos manuscritos da referida autora.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Noédson Conceição Santos - Integrante / Sílvia Maria Guerra Anastácio - Coordenador / Sara Rodrigues Oliveira - Integrante.
2013 - 2014
Tradução, Processo de Criação e Mídias Sonoras
Descrição: Este projeto de pesquisa compreende as seguintes vertentes: estudos de Tradução Interlingual, de Tradução Interartes/Intersemiótica e de Crítica Genética ou dos estudos dos processos de criação em diversas linguagens. No âmbito da Tradução Interlingual: a) estão sendo traduzidos textos sobre Crítica Genética, do francês para o português, para publicação numa coletânea; esse trabalho congrega professores e alunos de três instituições: a Universidade Federal de Santa Catarina, a Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul e a UFBA; b) são traduzidos textos literários do inglês, alemão, italiano, francês e espanhol para o português por alunos pesquisadores/professores do Instituto de Letras da UFBA. No âmbito da Tradução Interartes/Intersemiótica, os textos traduzidos são interpretados por alunos/atores, com a colaboração da Escola de Teatro da UFBA e de outros grupos de atores atuantes na comunidade. No âmbito dos estudos dos processos de criação, são analisados processos artísticos de diversas linguagens, sob a luz da Crítica Genética. Justifica-se a pesquisa por enriquecer os estudos da área de Crítica Genética ao promover a montagem e a análise de dossiês genéticos das obras artísticas estudadas; por enriquecer os estudos na área de Tradução; por estabelecer um diálogo entre as diversas linguagens, mídias, artes e/ou sistemas semióticos analisados; por aprofundar estudos sobre a estética radiofônica; por enriquecer o mercado de mídias sonoras com os audiolivros produzidos a partir da gravação e publicação de obras literárias traduzidas do inglês, do alemão e do italiano, do francês e do espanhol em versão MecDaisy (ledor para cegos), bem como na versão interpretada; e por distribuir uma parcela dos audiolivros para Institutos de Cegos de todo o Brasil.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2017 - 2018
Crianças na UFBA
Descrição: O projeto objetiva a ocupação do espaço universitário pelas crianças da comunidade acadêmica e da cidade de Salvador. De caráter interdisciplinar, visa a aproximar o público infantil do contexto universitário através da realização de atividades das diferentes áreas do conhecimento. Será realizado no primeiro sábado do mês, na Praça das Artes, das 13h às 17hs. A cada mês será convidado um parceiro que possa participar da atividade com a equipe gestora.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2017 - Atual
Pré-Vest na UFBA
Descrição: Cursinho social gratuito voltado para pessoas de baixa renda estudantes de escolas públicas em Salvador e outras cidades da Bahia. A proposta é oferecer um ensino de qualidade para estes estudantes com deficiência no aprendizado, preparando-os para prestar o Exame Nacional do Ensino Médio. O projeto pedagógico do Cursinho da UFBA vai muito além das aulas preparatórias para vestibulares, Enem e processos seletivos das instituições públicas e privadas. Busca oferecer uma formação completa e abrangente ao aluno, valorizando o pensamento e preparando-o para a vida acadêmica e pós-acadêmica. Em seu planejamento anual, o Pré-Vest Ufba oferece palestras, oficinas, debates, leitura de textos atuais, culturais e sociais, contextualizadas com os conteúdos ensinados, ampliando e promovendo o conhecimento como matéria-prima para a sua autonomia e para o desenvolvimento do seu senso crítico e de todas as suas potencialidades.
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
2013 - 2014
Serviço de Apoio Jurídico - SAJU
Descrição: SAJU - é um projeto de extensão criado no ano de 1963, um dos mais antigos e um dos maiores de toda a Universidade. Na constante busca por uma sociedade mais justa e igualitária, em concreto, o SAJU propõe um rompimento com os muros da faculdade para socializar com a comunidade o saber jurídico, dialogar com o saber popular, sempre no intuito da troca com o outro, estando em conjunto com movimentos sociais e pessoas hipossuficientes, almejando assim um maior e mais eficaz acesso à justiça, juntamente com a afirmação dos indivíduos e das coletividades enquanto sujeitos de direito, por emancipação social.Tratando-se de um projeto totalmente gerido pelos estudantes e de forte compromisso político, o SAJU já recebeu, inclusive, o prêmio de Destaque de Extensão da Universidade Federa da Bahia, em 1999, e, ainda hoje, seus propósitos, seus mais de cem estudantes sajuanos e suas atividades o colocam dentre os maiores e mais ativos projetos da instituição. Internamente, o projeto é composto por dois núcleos intitulados de Núcleo de Assistência e Núcleo de Educação Popular.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito.
2.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Teoria Literária.
3.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes / Subárea: Cinema/Especialidade: Interpretação Cinematográfica.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2015
1º colocado no I Concurso de Poesia do Abril Indígena / UFBA, PROAE - Universidade Federal da Bahia.
2014
1º colocado no I Concurso Literário Milton Santos - Categoria Crônica, Instituto de Geociências da UFBA.
2014
1º colocado na seleção para o Programa de Mobilidade Acadêmica em Regime de Dupla Titulação entre a Universidade de Coimbra (Portugal) e a Universidade Federal da Bahia, Universidade Federal da Bahia/ Universidade de Coimbra.
2012
Menção Honrosa por aprovação em concurso vestibular de três Universidades Públicas da Bahia, Câmara de Vereadores do Município de Nova Canaã.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
SANTOS, N. C.2016SANTOS, N. C.. A liberdade religiosa e sua tutela no ordenamento jurídico brasileiro: reflexos democráticos da autonomização do sujeito. Revista Jurídica da Defensoria Pública do Estado da Bahia, v. 3, p. 152-169, 2016.

2.
SANTOS, N. C.2016SANTOS, N. C.; OLIVEIRA, S. R. . A Virtualidade do Texto em Movimento - 'A.I. Inteligência Artificial': uma fábula futurística no cinema. REVISTA LIVRE DE CINEMA, uma leitura digital sem medida (super 8, 16, 35, 70 mm, ...), v. 3, p. 37-53, 2016.

3.
SANTOS, N. C.2016SANTOS, N. C.. Entre o verbo e as visões: a força poético-documental de Estamira. Orson Revista dos Cursos de Cinema do Cearte/UFPEL, v. 11, p. 185-199, 2016.

4.
4SANTOS, N. C.2015SANTOS, N. C.. A inserção de egressos do sistema prisional no mercado de trabalho: um caminho para a ressocialização. Revista do Cepej, v. XVI, p. 405-430, 2015.

5.
5SANTOS, N. C.2015SANTOS, N. C.. O direito de sonhar: migração, rupturas e choques culturais em Terra Estrangeira. Orson - Revista dos Cursos de Cinema do Cearte UFPEL, v. 9, p. 209-227, 2015.

6.
1SANTOS, N. C.2014SANTOS, N. C.. O Direito Fundamental à liberdade religiosa sob a ótica do Estado Constitucional Democrático brasileiro. Revista do Cepej, v. XV, p. 403-425, 2014.

7.
2SANTOS, N. C.2014SANTOS, N. C.. Impactos da modernidade nos ambientes cosmopolitanos: ressonâncias na narrativa de O Som ao Redor. Orson - Revista dos Cursos de Cinema do Cearte UFPEL, v. 7, p. 149-167, 2014.

8.
3SANTOS, N. C.2014 SANTOS, N. C.; ANASTÁCIO, S. M. G. ; GOES, S. R. . Diálogos internos: memória e visualidade em 'O suicídio de um ditador (moderado)'. Manuscrítica (São Paulo), v. 27 - USP, p. 61-73, 2014.

Capítulos de livros publicados
1.
SANTOS, N. C.. A Jovem de short e olhos vermelhos: filha da noite com o Capital. In: Maria Auxiliadora da Silva. (Org.). Milton Santos: gerando inspirações literárias. 1ed.Salvador: EDUFBA, 2015, v. 1, p. 157-160.

2.
SANTOS, N. C.. Match Point: O Estudante de Direito e uma Poetisa Norte-Americana. Histórias de Trabalho. 21ed.Porto Alegre: Editora da Cidade, 2014, v. , p. 50-56.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
SANTOS, N. C.. Igualdade de gênero e participação política: democracia, poder e interseccionalidades no fluxo das mulheres em movimento no Eixo Sul-Sul. Portal ANET, Brasil, 30 mar. 2018.

2.
SANTOS, N. C.. Por um movimento novo. Jornal A Tarde, 29 maio 2016.

3.
SANTOS, N. C.. Guerra ao terror seletiva: ou 'o que vocês estão fazendo aqui?'. Revista Obvious, 21 abr. 2016.

4.
SANTOS, N. C.. Um sopro insano de sentidos. Obvious, 24 nov. 2015.

5.
SANTOS, N. C.. Leituras fílmicas e multivisão em 'a terapia de família vai ao cinema'. Revista Obvious, 23 set. 2015.

6.
SANTOS, N. C.. A exclusão digital ainda é uma realidade?(!). Revista Gambiarra, 28 jul. 2015.

7.
SANTOS, N. C.. Desenlace. Revista Obvious, 25 jul. 2015.

8.
SANTOS, N. C.. Carta aberta à humanidade. Revista Obvious, 12 jun. 2015.

9.
SANTOS, N. C.. A brutalidade nossa de cada dia e a normalização das violências. Revista Gambiarra, 10 jun. 2015.

10.
SANTOS, N. C.. Com quantas cores se faz um paraíso?. Revista Obvious, 09 jun. 2015.

11.
SANTOS, N. C.. Receituário do mal: 29 de abril - o dia que a democracia quis esquecer. Revista Gambiarra, 01 jun. 2015.

12.
SANTOS, N. C.. Brincadeira de criança: idade penal e direito utilitarista. Revista Rever, 06 abr. 2015.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
SANTOS, N. C.; OLIVEIRA, S. R. . A Virtualidade do Texto em Movimento - 'A.I. Inteligência Artificial': uma fábula futurística no cinema. In: II SIMPÓSIO INTERNACIONAL- FUSÕES NO CINEMA, 2015, Coimbra. II Simpósio - Fusões no Cinema. Coimbra: Caminhos do Cinema Português, 2015. v. 2. p. 189-203.

Apresentações de Trabalho
1.
ARAÚJO, A. R. J. ; SANTOS, N. C. . Coproduzindo tecnologias sociais de desenvolvimento no sertão produtivo: caminhos e perspectivas da extensão rural no nordeste baiano. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
SANTOS, N. C.. Linguagens da resistência na Universidade: descolonizando as ideias e o pensamento através da quebra dos muros do academicismo. The City University of New York. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
SANTOS, N. C.. Da complexidade à completude: o processo de consagração de direitos sociais e civis no panorama europeu. Universidade de Coimbra. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
SANTOS, N. C.; OLIVEIRA, S. R. . A Virtualidade do Texto em Movimento - A. I. Inteligência Artificial: Uma Fábula Futurística no Cinema. Universidade de Coimbra. 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

5.
SANTOS, N. C.; ANASTÁCIO, S. M. G. . Memória e visualidade em 'O suicídio de um Ditador moderado', de Elizabet Bishop. UESPI. 2014. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).


Produção técnica
Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
SANTOS, N. C.. Assistência Estudantil e Mobilidade Internacional. 2017. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).


Demais tipos de produção técnica
1.
SANTOS, N. C.. Manuscritos de Elizabeth Bishop acessíveis em meio eletrônico: correspondência e recortes de jornal e revista. 2014. (Relatório de pesquisa).

2.
SANTOS, N. C.. Circuito Cultural Vale do Gongogi. 2013. (Desenvolvimento de projeto).


Produção artística/cultural
Artes Visuais
1.
OLIVEIRA, S. R. ; SANTOS, N. C. . RESIxteriorizando. 2016. Fotografia.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
OVER THE WALL/SALTAR EL MURO: Compromiso público y academia/Public Engagement & Academia. The City University of New York (CUNY). 2017. (Congresso).

2.
Semana do Advogado. 2017. (Encontro).

3.
A Ideia do Inter-Munthu. 2016. (Seminário).

4.
Epistemologias do sul: desafios teóricos e metodológicos (Aulas Magistrais | Boaventura de Sousa Santos). 2016. (Outra).

5.
É possível aprender com o Sul anti-imperial? As aprendizagens globais da Alice (Aulas Magistrais | Boaventura de Sousa Santos). 2016. (Outra).

6.
É possível descolonizar o Marxismo? Capitalismo, colonialismo e patriarcado (Aulas Magistrais | Boaventura de Sousa Santos). 2016. (Outra).

7.
II Jornadas Universitárias de Direitos Humanos. 2016. (Congresso).

8.
IX Seminário Internacional Brasil/Argentina. Direitos Humanos, Garantias e Justiça: Impactos das decisões judiciais no Novo CPC e do Projeto CPP no Sistema Judicial Brasileiro (Abordagem Multidisciplinar). 2016. (Seminário).

9.
Para que serve a educação? A Educação Popular e/na Universidade (Aulas Magistrais | Boaventura de Sousa Santos). 2016. (Outra).

10.
III Encontro a Europa e o Mundo - "A (des)construção da Europa (1939-1945)".Da complexidade à completude: o processo de consagração de direitos sociais e civis no panorama europeu. 2015. (Encontro).

11.
Portugal e os (novos) desafios na União Europeia e no mundo. 2015. (Encontro).

12.
I Concurso Literário Milton Santos.Premiação. 2014. (Outra).

13.
II Simpósio Nacional de Crítica Genética e Arquivologia.Memória e visualidade em 'O suicídio de um Ditador moderado', de Elizabet Bishop. 2014. (Simpósio).

14.
Colóquio sobre Educação Superior em Saúde. 2013. (Outra).

15.
Fórum do Pensamento Crítico - Marilena Chauí. 2013. (Outra).

16.
Fórum Mundial de Direitos Humanos. 2013. (Outra).

17.
GD - Inquietante: PEC das Domésticas: trabalhadoras em luta contra a superexploração do trabalho.. 2013. (Outra).

18.
Quintas Fundamentais: O regime jus-laborativo das gueltas. 2013. (Outra).

19.
Quintas Fundamentais: Status sexual dos seres humanos no mundo pós-moderno. 2013. (Outra).

20.
REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL: VAMOS CONVERSAR SOBRE ISSO?. 2013. (Outra).

21.
XXVI Encontro Regional dos Estudantes de Direito da Região Nordeste. 2013. (Encontro).

22.
DIGITALIA ? Festival/Congresso/Observatório Internacional de Música e Cultura Digital. 2012. (Congresso).

23.
Jornada Pedagógica. 2012. (Outra).

24.
Semana de Integração Universitária da Faculdade de Direito da UFBA. 2012. (Outra).

25.
Mostra Cinema Conquista - Janela Indiscreta/UESB. 2011. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
SANTOS, F. H. S. ; SANTOS, N. C. ; MELO, J. P. O. ; MACHADO, M. ; SANTOS, I. D. . I Seminário Internacional do Centro de Ciências Criminais Professor Raul Chaves: Desafios e Perspectivas de uma Ciência Penal Conjunta. 2017. (Outro).

2.
RIBEIRO, E. M. ; PINTO JÚNIOR, W. O. ; SANTOS, N. C. ; OLIVEIRA, M. J. S. ; OLIVEIRA, T. R. ; SANTIAGO, J. S. ; RAMOS, A. C. P. R. ; GONCALVES, J. C. ; VIRGEM, L. A. M. . II Café Temático PROGENTES - Protagonismo Político e as Representações Sociais. 2017. (Outro).

3.
SANTOS, N. C.. Encontro de Estudos Multidisciplinares em Cultura. 2016. (Outro).

4.
ANASTÁCIO, S. M. G. ; ROMANELLI, S. ; SANTOS, N. C. ; GOES, S. R. ; OLIVEIRA, S. R. ; DIAS, R. B. ; SANTOS, R. B. . XII Congresso da APCG - Estudos de processo no século XXI: Multilinguismo, multimídia e multi-verso. 2015. (Congresso).

5.
FREITAS, C. E. S. ; SANTOS, N. C. ; MATOS, T. R. ; FRAGA, J. A. ; NOVAES, B. P. ; RYBKA, R. C. ; SIQUEIRA, T. S. ; SANTOS, F. H. S. ; SANTOS, A. C. R. ; VENCESLAU, T. S. ; SANTOS, R. C. ; SOUZA, R. O. C. ; MATTOS, L. V. . VII Semana do SAJU - 50 anos: a prática concreta da utopia. 2013. (Outro).

6.
RIBEIRO, E. M. ; PINTO JÚNIOR, W. O. ; OLIVEIRA, M. J. S. ; SANTOS, N. C. . Seminário: Políticas públicas pró-equidade: um olhar da Administração Política. 2013. (Outro).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 23/01/2019 às 10:25:12