Azânia Mahin Romão Nogueira

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/0415219260796006
  • Última atualização do currículo em 05/10/2018


Mestre em Geografia pela Universidade Federal de Santa Catarina e graduada em Geografia também pela Universidade Federal de Santa Catarina. Pesquisa na área de Geografia Humana, com ênfase em Relações Raciais, articulando território, teoria do pensamento geográfico, gênero e currículo. Participa do Alteritas: Diferença, Arte e Educação e do Núcleo de Estudos Negros. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Azânia Mahin Romão Nogueira
Nome em citações bibliográficas
NOGUEIRA, A. M. R.


Formação acadêmica/titulação


2016 - 2018
Mestrado em Geografia.
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Título: Territórios Negros em Florianópolis,Ano de Obtenção: 2018.
Orientador: Nazareno José de Campos.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Territórios Negros; Relações raciais; Pensamento geográfico.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Geografia / Subárea: Geografia Humana / Especialidade: Geografia da População.
Setores de atividade: Pesquisa e desenvolvimento científico.
2008 - 2015
Graduação em Geografia.
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.




Formação Complementar


2015 - 2015
Línguas estrangeiras: Espanhol. (Carga horária: 60h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2012 - 2012
Extensão universitária em Planejamento em Permacultura. (Carga horária: 72h).
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
2012 - 2012
Comitê de Bacia: Práticas e procedimentos. (Carga horária: 20h).
Agência Nacional de Águas, ANA, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - 2018
Vínculo: Sem vínculo, Enquadramento Funcional: Membro Banca de Validação de Autodeclaração, Carga horária: 8
Outras informações
Membro de comissão de validação da autodeclaração de Pretos, Pardos e Negros

Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Estagiária, Enquadramento Funcional: Estágio docência, Carga horária: 30
Outras informações
Estágio docência na disciplina de Teoria Regional, ministrada pela professora Maria Helena Lenzi. 06 créditos

Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Tutora, Enquadramento Funcional: Tutora, Carga horária: 12, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 12


Secretaria Municipal de Educação de Florianópolis, SMEF, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professora, Carga horária: 20
Outras informações
Atuou como professora de Geografia na Escola Básica Municipal Almirante Carvalhal, em regime temporário


Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2018
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Bolsista, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

03/2016 - 03/2018
Pesquisa e desenvolvimento , Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, .


Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/a, ABPN, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - 2017
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Coordenador de GT, Carga horária: 6
Outras informações
Coordenadora do eixo "Questões urbanas e população negra" no III Congresso Brasileiro de Pesquisadores/as Negros/as Sul, realizado de 10 a 13 de julho de 2017


Núcleo de Estudos Negros, NEN, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Coordenadora Administrativa, Enquadramento Funcional: Coordenadora Administrativa, Carga horária: 12


Justiça Federal em Primeiro Grau em Santa Catarin, JFSC, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - 2018
Vínculo: Comissão Heteroindentificação, Enquadramento Funcional: Suplente



Linhas de pesquisa


1.
Dinâmicas e Configurações de Espaços Rural, Urbano e Regional


Projetos de pesquisa


2016 - Atual
Territórios negros em Florianópolis
Descrição: Considerando a percepção decolonial e também da geografia feminista das limitações de algumas categorias analíticas forjadas pelas antigas epistemologias eurocentradas para a interpretação da realidade, se faz necessária a ressignificação de conceitos. Portanto, orientada pelas referências utilizadas para construir o objeto de pesquisa, compreendemos os territórios negros como aqueles que são definidos a partir de relações de poder focada na perspectiva racial, onde a identidade negra se faz presente, seja pela autodeclaração daqueles que se apropriam daquele espaço, mesmo que não de forma absoluta, seja pela presença de marcadores culturais e simbólicos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Azânia Mahin Romão Nogueira - Coordenador.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 6
2014 - 2014
A (in)visibilidade das professoras negras na Universidade Federal de Santa Catarina
Descrição: As práticas das desigualdades sociais, raciais, culturais e econômicas a que determinados grupos ainda estão submetidos na sociedade brasileira também estão reproduzidas no mundo acadêmico. Contudo, no ambiente acadêmico também se encontram as possibilidades para a superação das formas mais variadas de preconceito e desigualdades. É com essa compreensão que desenvolvemos essa pesquisa, onde procuramos analisar a presença de mulheres negras na Universidade Federal de Santa Catarina..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Azânia Mahin Romão Nogueira - Integrante / Joana Célia dos Passos - Coordenador.
Número de produções C, T & A: 3
2014 - 2014
A produção científica em relações raciais na Revista Terra Livre
Descrição: A pesquisa analisa a produção do conhecimento acadêmico presente na Revista Terra Livre referente às relações raciais no Brasil. A Revista Terra Livre, criada em 1986, é uma publicação semestral e principal fórum de socialização de trabalhos da Associação dos Geógrafos Brasileiros (AGB). O estudo foi realizado em 14 números da revista, publicados entre os anos de 2003 e 2012. Este intervalo temporal foi por nós escolhido, por compreendermos que neste período há uma intensificação da luta antirracista no país que resultou em políticas de promoção da igualdade racial como: a criação da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, a instituição da lei 10.639/03 que torna obrigatório o ensino sobre História e Cultura Afro-Brasileira e Africana, as ações afirmativas no ensino superior, o Programa Brasil Quilombola, e a aprovação do Estatuto da Igualdade Racial no Congresso Nacional, medidas advindas da luta histórica do Movimento Negro. Esta intensificação de políticas antirracistas tem se refletido na produção científica de modo mais amplo, de maneira que o que se procura neste exercício é perceber de que forma a Geografia responde a esta demanda da sociedade brasileira..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Azânia Mahin Romão Nogueira - Integrante / Joana Célia dos Passos - Coordenador.
Número de produções C, T & A: 3
2012 - 2014
Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN): a participação das pesquisadoras negras na produção do conhecimento científico
Descrição: Geral: Examinar a participação das pesquisadoras negras na Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN), na produção do conhecimento científico em geral e em relações raciais e de gênero. Específicos: - Construir e analisar o perfil das pesquisadoras que integram a ABPN como filiadas considerando os aspectos de raça/cor, faixa etária, formação, área de atuação, áreas de pesquisa, produção bibliográfica e participação em movimentos sociais. - Construir a trajetória de pesquisadoras negras para compreender sua inserção acadêmica. - Examinar a intersecção raça-gênero nos interesses gerais da ABPN, nas temáticas dos congressos realizados e nos objetos de pesquisa dos/as filiados/as..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Azânia Mahin Romão Nogueira - Integrante / Joana Célia dos Passos - Coordenador / Tatiane Cosentino Rodrigues - Integrante / Angeli Cristina Fidelis - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Outra.
Número de produções C, T & A: 4


Projetos de extensão


2015 - 2015
Formação de Conselheiros Municipais de Santa Catarina
Descrição: O projeto tem por objetivo acompanhar os conselhos municipais de educação de Santa Catarina assim como ofertar um curso de formação aos conselheiros atuantes..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Azânia Mahin Romão Nogueira - Coordenador / Jane Bittencourt - Integrante.
2014 - Atual
Acolher: acolhimento e inserção de estudantes cotistas negros e indígenas ao universo acadêmico da UFSC
Descrição: O presente projeto tem como intenção contribuir com a promoção da igualdade racial no ensino superior e colaborar com o fortalecimento do Programa de Ações Afirmativas da UFSC. Para o alcance dos objetivos aqui propostos foram estabelecidas as seguintes ações: com a participação das instituições parceiras serão selecionadas escolas públicas da Grande Florianópolis, que oferecem o ensino médio para realizar ciclos de discussões visando democratizar as informações e potencializar a entrada de estudantes negros e indígenas na universidade. Outra ação é a constituição de um grupo permanente de acolhimento dos estudantes cotistas com a intenção de orientar os cotistas ? sobretudo recém-chegados ? para a inserção na cultura acadêmica e administrativa da universidade. E por fim, serão construídos materiais para disseminação do projeto e também das ações afirmativas. As ações aqui propostas estão em consonância com a área de formação, pesquisa e atuação da proponente e equipe; e todo o processo de trabalho deste projeto propõe-se ao exercício do diálogo entre saberes acadêmicos e não acadêmicos, o que significa promover a inter-relação entre Ensino, Pesquisa e Extensão. Um projeto que se disponha a fazer chegar a estudantes do Ensino Médio informações, reflexões e o diálogo animado na luta, na aposta, no conhecimento da legislação e dos trâmites das ações afirmativas e especialmente na compreensão política de sua legitimidade favorecerá a construção das condições tanto em termos de conhecimento como também psicossociais favorecedoras à busca por cursos universitários, e facilitadora da permanência na Universidade, quando já se tenha garantido o acesso. O mesmo se vincula ao Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Inclusão no Ensino Superior e na Pesquisa - INCTI-SC que se constitui numa rede de pesquisadores e universidades que realizam estudos e acompanhamento das ações afirmativas nas universidades brasileiras, cujo grupo, a coordenadora proponente integra..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Geografia.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
NOGUEIRA, A. M. R.2018 NOGUEIRA, A. M. R.. A construção conceitual e espacial dos territórios negros no Brasil. REVISTA DE GEOGRAFIA (RECIFE), v. 35, p. 204-218, 2018.

2.
PASSOS, J. C.2018PASSOS, J. C. ; NOGUEIRA, A. M. R. . O lugar das relações raciais na Geografia. Revista Terra Livre, v. 2, p. 114-147, 2018.

3.
NOGUEIRA, A. M. R.2013NOGUEIRA, A. M. R.; PASSOS, J. C. ; CRUZ, T. M. . A participação das pesquisadoras negras na produção do conhecimento científico. IDENTIDADE!, v. 18, p. 291-302, 2013.

Capítulos de livros publicados
1.
NOGUEIRA, A. M. R.. Territórios negros em Florianópolis (no prelo). In: Joana Célia dos Passos; Eliane Debus. (Org.). Coletânea do III COPENE SUL (publicação em fase de organização). 1ed.Florianópolis: Editora Atilendé, 2018, v. , p. 1-1.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
NOGUEIRA, A. M. R.. O lugar das professoras negras na Universidade Federal de Santa Catarina. In: Fazendo Gênero 11, 2017, Florianópolis. Anais Eletrônicos. Florianópolis, 2017. p. 1-12.

2.
NOGUEIRA, A. M. R.. A Educação das Relações Raciais no currículo dos cursos de Licenciatura em Geografia de Santa Catarina. In: XVIII Encontro Nacional de Geógrafos, 2016, São Luís. Anais eletrônicos, 2016.

3.
NOGUEIRA, A. M. R.. A produção científica em relações raciais na Revista Terra Livre. In: VII Congresso Brasileiro de Geógrafos, 2014, Vitória/ES. Anais, 2014. v. 1.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
NOGUEIRA, A. M. R.. A construção conceitual e espacial dos territórios negros no Brasil. In: V Seminário Espaço, Cultura e Política, 2017, Recife. V Seminário Espaço, Cultura e Política. Recife: Editora UFPE, 2017. p. 349-349.

2.
NOGUEIRA, A. M. R.. Geografia e relações raciais: a análise de currículos de Ensino Superior em Santa Catarina. In: II Congresso de Pesquisadores(as) Negros(as) da Região Sul, 2015, Curitiba. Anais do COPENE Sul, 2015. v. 1. p. 34484-34484.

3.
NOGUEIRA, A. M. R.; PASSOS, J. C. . A participação das filiadas da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as no Congresso Brasileiro de Pesquisadores/as Negros/as. In: VIII Congresso Brasileiro de Pesquisadores/as Negros/as, 2014, Belém/PA. Anais do VIII Congresso Brasileiro dos/as Pesquisadores/as Negros/as, 2014.

Apresentações de Trabalho
1.
NOGUEIRA, A. M. R.. Territórios negros em Florianópolis. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
NOGUEIRA, A. M. R.. Juventude Negra e a Cidade. 2018. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

3.
NOGUEIRA, A. M. R.. Contextos e presenças: dando significado ao espaço plural da Universidade. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
NOGUEIRA, A. M. R.. O lugar das professoras negras na Universidade federal de Santa Catarina. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
NOGUEIRA, A. M. R.. Territórios Negros em Florianópolis. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
NOGUEIRA, A. M. R.. A construção conceitual e espacial dos territórios negros no Brasil. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

7.
NOGUEIRA, A. M. R.. A Educação das Relações Raciais no currículo dos cursos de Licenciatura em Geografia de Santa Catarina. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

8.
NOGUEIRA, A. M. R.. Geografia e relações raciais: a análise de currículs do Ensino Superior em Santa Catarina. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).


Demais tipos de produção técnica
1.
NOGUEIRA, A. M. R.. Leitura, interpretação e simulado do ENADE para a Geografia. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
NOGUEIRA, A. M. R.. Elaboração de Projeto de Pesquisa. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Fazendo Gênero 11.O lugar das professoras negras na Universidade Federal de Santa Catarina. 2017. (Seminário).

2.
Fazendo Gênero 11.Avaliação de posteres. 2017. (Seminário).

3.
III Congresso de Brasileiro de Pesquisadores/as Negros/as Sul. Territórios negros em Florianópolis. 2017. (Congresso).

4.
V Seminário Espaço, Cultura e Política.A construção conceitual e espacial dos territórios negros no Brasil. 2017. (Seminário).

5.
XXXI Congreso ALAS. 2017. (Congresso).

6.
XVIII Encontro Nacional de Geógrafos.A Educação das Relações Raciais no currículo dos cursos de Licenciatura em Geografia de Santa Catarina. 2016. (Encontro).

7.
II Congresso de Pesquisadores(as) Negros(as) da Região Sul. Geografia e relações raciais: A análise de currículos do Ensino Superior em Santa Catarina. 2015. (Congresso).

8.
I Congresso Internacional sobre o Pensamento das Mulheres Negras no Brasil. A Associação Brasileira de Pesquisadores(As) Negros(As) e a Produção de Conhecimentos Científicos: O Que Pesquisam as Mulheres Negras?. 2014. (Congresso).

9.
VII Congresso Brasileiro de Geógrafos. A produção científica em relações raciais na Revista Terra Livre. 2014. (Congresso).

10.
VIII Congresso Brasileiro de Pesquisadores/as Negros/as. A participação das filiadas da Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as no Congresso Brasileiro de Pesquisadores/as Negros/as. 2014. (Congresso).

11.
David Harvey: Os limites do capital e o direito à cidade. 2013. (Outra).

12.
I Congresso de Pesquisadores/as Negros/as da Região Sul. A participação das pesquisadoras negras na produção do conhecimento científico. 2013. (Congresso).

13.
III Conferência Nacional de Promoção da Igualdade Racial.Relatoria. 2013. (Outra).

14.
II Simpósio ?Formação de Professores e Práticas Pedagógicas?.Experiências no estágio curricular supervisionado na licenciatura em Geografia no Ensino Médio profissionalizante: primeiras impressões. 2013. (Simpósio).

15.
VI Encontro Regional de Estudantes de Geografia Sul. 2013. (Encontro).

16.
XXXIV Semana de Geografia da UFSC. 2013. (Outra).

17.
O transporte público em questão: apontamentos sobre o estado da arte da mobilidade urbana em cidades brasileiras. 2012. (Seminário).

18.
Seminário Internacional Desafios do Ensino de Geografia no XXI. 2012. (Seminário).

19.
VII Congresso Brasileiro de Pesquisadores(as) Negros(as). 2012. (Congresso).

20.
XXXIII Semana de Geografia da UFSC. 2012. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
PASSOS, J. C. ; NOGUEIRA, A. M. R. ; CUNHA, F. . III Congresso Brasileiro de Pesquisadores/as Negros/as: Negras e negros no sul do Brasil - Desenvolvimento, patrimônio e cultura afro-brasileira. 2017. (Congresso).

2.
PASSOS, J. C. ; NOGUEIRA, J. C. ; NOGUEIRA, A. M. R. . A população negra no desenvolvimento brasileiro - Um desafio no século XXI. 2015. (Outro).

3.
PASSOS, J. C. ; NOGUEIRA, A. M. R. . IV Seminário Nacional Movimentos sociais e participação no Brasil: Diálogos transversais. 2014. (Outro).



Educação e Popularização de C & T



Cursos de curta duração ministrados
1.
NOGUEIRA, A. M. R.. Elaboração de Projeto de Pesquisa. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Outra).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 15/12/2018 às 3:21:40