Mauro de Freitas Rebelo

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/1663079480058634
  • Última atualização do currículo em 27/03/2018


Se formou em Ciências Biológicas (Biologia Marinha) pela UFRJ (1994), fez mestrado em Oceanografia Biológica pela FURG (1996) e doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica) pela UFRJ (2001). Fez 1 ano de pós-doutorado em Biologia molecular Ambiental na Fiocruz (2002) e 2 anos na Università del Piemonte Orientale na Itália (2004). Atualmente é professor adjunto do Instituto de Biofísica da Universidade Federal do Rio de Janeiro e chefe do Laboratório de Biologia Molecular Ambiental (BioMA). Tem experiência na área de Ecologia Marinha e Biologia Molecular, estudando relações entre genes e ambientes em organismos aquáticos. Tem projetos em mecanismos de toxicidade de poluentes, genômica de invertebrados e metagenômica de ambientes aquáticos. É empreendedor na área de Biotecnologia desenvolvendo inovação com a empresa Bio Bureau. Está profundamente envolvido com educação a distância e divulgação científica. É autor do blog 'Você que é biólogo..." (http://scienceblogs.com.br/vqeb) com centenas de textos publicados e milhares de acessos. Executou a primeira campanha bem sucedida de crowdfunding científico no Brasil e foi selecionado Eisenhower Innovation Fellow em 2014. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Mauro de Freitas Rebelo
Nome em citações bibliográficas
REBELO, M. F.;REBELO, M;Rebelo, Mauro;Rebelo, M.;Rebelo, Mauro Freitas;Rebelo, Mauro F.;Rebelo, Mauro de Freitas;DE FREITAS REBELO, MAURO

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do Rio de Janeiro, Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho, Programa de Biofísica Ambiental.
Av. Carlos Chagas Filho s/n, CCS, Bl. G, Sala G2-050
Ilha do Fundão
21941-902 - Rio de Janeiro, RJ - Brasil
Telefone: (21) 25626643
Fax: (21) 22808193
URL da Homepage: http://www.biof.ufrj.br/bioma


Formação acadêmica/titulação


1997 - 2001
Doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica).
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Título: Aspectos fisiológicos e moleculares da ostra Crassostrea rhizophorae como sentila da contaminação por Zn e Cd na baía de Sepetiba, RJ., Ano de obtenção: 2001.
Orientador: Wolfgang Christian Pfeiffer.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Crassostrea rhizophorae; Zinco; Cadmio; Sepetiba; metalotioneinas.
Grande área: Ciências Biológicas
Setores de atividade: Produtos e Serviços Voltados Para A Defesa e Proteção do Meio Ambiente, Incluindo O Desenvolvimento Sustentado.
1994 - 1996
Mestrado em Oceanografia Biológica.
Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.
Título: Efeitos agudos da amonia em Chasmagnathus granulata,Ano de Obtenção: 1996.
Orientador: Euclydes Antonio dos Santos.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
1989 - 1994
Graduação em Ciências Biológicas.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Título: Correlação entre toxicidade de efluentes industriais a peixes (Brachidanio rerio) e bactéria (Klebsiella sp).
Orientador: Marcos Tadeu de Castro Macedo.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.


Pós-doutorado


2002 - 2004
Pós-Doutorado.
Università Degli Studi Del Piemonte Orientale, UNIPMN, Itália.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica / Subárea: Biologia Molecular / Especialidade: Genotoxicidade.
2001 - 2002
Pós-Doutorado.
Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.
Bolsista do(a): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ, FAPERJ, Brasil.
Grande área: Ciências Biológicas


Atuação Profissional



Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

1997 - 2001
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Aluno de doutorado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

1992 - 1994
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Aluno de graduação, Carga horária: 20

Atividades

07/2009 - Atual
Extensão universitária , Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho, .

Atividade de extensão realizada
Oficina de Escrita Criativa em Ciência.
03/2007 - Atual
Ensino, Biofísica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Biodiversidade
Ecologia Geral
03/2006 - Atual
Ensino, Ciências Biológicas (Biofísica), Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Dez Livros para Ler antes do PhD
Oficina de Escrita Criativa em Ciência
Relações entre Genes e Ambiente
Tópicos Especiais: International Students Workshop in Science, Environment and Health
08/2004 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho, .

08/2004 - 12/2014
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Biofísica
03/2005 - 07/2009
Ensino, Fisioterapia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fisiologia Cárdio-vascular
03/2005 - 07/2009
Ensino, Odontologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fisiologia Cárdio-vascular
03/2006 - 07/2007
Extensão universitária , Reitoria, Superintendência Geral de Serviços Auxiliares.

Atividade de extensão realizada
Supervisor da área de Biologia do Curso Pré Vestibular comunitário - NI e Caju.
03/2005 - 08/2006
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fisiologia Cárdio-vascular
02/2004 - 08/2006
Extensão universitária , Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho, .

Atividade de extensão realizada
Projeto Lago do Puruzinho - Estudo da contaminação ambiental e humana por Hg.
06/1997 - 06/2000
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho, .

Cargo ou função
Representate dos alunos de pós-graduação no conselho de departamento.
10/1992 - 2/1994
Estágios , Instituto de Biologia, Departamento de Biologia Marinha.

Estágio realizado
Testes de ecotoxicidade com espécies nativas.

Università degli Studi del Piemonte Orientale Amedeo Avogadro, UNIPMN, Itália.
Vínculo institucional

2002 - 2004
Vínculo: Bolsista recém-doutor, Enquadramento Funcional: Pós-Doc, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


Woods Hole Oceanographic Institute, WHOI, Estados Unidos.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Guest Investigator, Enquadramento Funcional: Guest Investigator, Carga horária: 40

Vínculo institucional

2005 - 2005
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Guest Investigator, Carga horária: 40

Atividades

08/2005 - 09/2005
Pesquisa e desenvolvimento , Biology Departament, .


Mobile Brain - Inovação em Educação, MOBRAIN, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - Atual
Vínculo: Sócio, Enquadramento Funcional: Conselheiro


Centro de Ensino Superior a Distância do Estado do Rio de Janeiro, CEDERJ, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2012
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Consultor, Carga horária: 1

Vínculo institucional

2005 - 2007
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: bolsista, Carga horária: 8

Atividades

03/2006 - Atual
Ensino, Capacitação de Docentes, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Roteiro e formatação de aulas de EAD para WEB
Desenvolvimento e Preparação de Material Didático para EAD

Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2002
Vínculo: Bolsista recém-doutor, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

04/2006 - 04/2006
Conselhos, Comissões e Consultoria, Presidência da Fiocruz, .

Cargo ou função
Preparação de provas para o concurso público da Fiocruz (área de imunologia).
08/2005 - 08/2005
Conselhos, Comissões e Consultoria, ENSP, .

Cargo ou função
Avaliador de projeto de fixação de doutor.
06/2001 - 06/2002
Pesquisa e desenvolvimento , CESTEH, .


Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2004
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40

Atividades

1/2004 - 8/2004
Pesquisa e desenvolvimento , Centro Biomédico, Departamento de Biofísica e Biometria.

Linhas de pesquisa
Biologia Molecular ambiental
1/2004 - 8/2004
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Biologia Molecular
Biometria

Universidade Aberta do Brasil, UAB, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2009
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Coordenador, Carga horária: 5
Outras informações
Coordenado do Módulo III - Desenvolvimento de cursos com foco no aluno; do curso de capacitação de docentes em Educação a distância

Vínculo institucional

2006 - 2009
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 8

Atividades

06/2008 - Atual
Ensino, Capacitação de Docentes, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Módulo III - Desenvolvimento de curso com foco no aluno
12/2006 - Atual
Ensino, Capacitação de Docentes, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Construção de curso com ênfase no aluno
Material didático impresso para ensino a distância

International Foundation for Science, IFS, Suécia.
Vínculo institucional

2005 - 2009
Vínculo: Research Fellow, Enquadramento Funcional: Research Fellow, Carga horária: 0


Mount Sinai School Of Medicine Queens College, MSSM, Estados Unidos.
Vínculo institucional

2005 - Atual
Vínculo: Schoolar, Enquadramento Funcional: Advanced Fellow, Carga horária: 2

Atividades

2/2005 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Environmental And Occupatinal Medicine, .


Universidad de Buenos Aires, UBA, Argentina.
Vínculo institucional

1995 - 1995
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Nenhum, Carga horária: 40

Atividades

11/1995 - 12/1995
Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de Morfociências, Laboratório de Fisiologia Animal.


Faculdade da Cidade, FC, Brasil.
Vínculo institucional

1997 - 1999
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor assistente, Carga horária: 4

Atividades

5/1997 - 1/1999
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ecologia

Faculdade de Agrociências Ambientais, FAGRAM, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - 2002
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor adjunto, Carga horária: 4

Atividades

5/2000 - 2/2002
Ensino, Zootecnia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ecologia
Conservação dos Recursos Naturais

Bayer do Brasil, BAYER, Brasil.
Vínculo institucional

1991 - 1992
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 40

Atividades

7/1991 - 8/1992
Estágios , Laboratório de Meio Ambiente, .

Estágio realizado
Testes ecotoxicologicos com organismos aquáticos.

Sgs do Brasil, SGS, Brasil.
Vínculo institucional

1994 - 1994
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Consultor, Carga horária: 0

Atividades

1/1994 - 1/1994
Serviços técnicos especializados , Departamento de Meio Ambiente, .

Serviço realizado
Gerenciamento de coletas de material biológico na lagoa de Araruama.

Fazenda Santa Helena, FSH, Brasil.
Vínculo institucional

1991 - 1991
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Consultor, Carga horária: 4
Outras informações
Gerente da produção de Camarão Malásia (Macrobrachium rosembergii) na Fazenda São José em Araruama (RJ)

Vínculo institucional

1990 - 1991
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 10

Atividades

02/1991 - 06/1991
Conselhos, Comissões e Consultoria, Particular, .

Cargo ou função
Consultor.
8/1990 - 2/1991
Estágios , Particular, .

Estágio realizado
Cultivo (larvicultura e engorda) do Camarão Malasia Macrobrachium rosenbergii.

Escola Técnica Aberta do Brasil, E-TEC, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Coordenador, Carga horária: 5

Atividades

1/2008 - Atual
Ensino, Capacitação de docentes, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Capacitação de docentes em EAD

Sociedade Brasileira de Biofísica, SBBF, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - Atual
Vínculo: Sócio, Enquadramento Funcional: Pesquisador


Sociedade Brasileira de Ecotoxicologia, SETAC BRASIL, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - Atual
Vínculo: Sócio, Enquadramento Funcional: Pesquisador


Sociedade Brasileira de Neurociências e Comportamento, SBNeC, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2009
Vínculo: Sócio, Enquadramento Funcional: Pesquisador


Bio Bureau de Desenvolvimentos de Bases Biológicas e Licenciamentos, BIO BUREAU, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Sócio, Carga horária: 1



Linhas de pesquisa


1.
Mecanismos moleculares de iniciação de tumores em bivalves

Objetivo: Os moluscos bivalves desenvolvem uma neoplasia das células da hemolinfa que se assemelha muito a leucemia humana. Alguns estudos do nosso grupo demonstraram que a inibição de p53 no mexilhão Mytilus galloprovincialis quando exposto a hidrocarbonetos poliaromáticos indica a presença da base molecular para formação de tumores nesses organismos. Para continuar investigando essa linha na ostra Crassostrea rhizophorae, identificamos um fragmento do gene e estamos agora procedimento a identificação das extremidades 5? e 3?, alem da região promotora, para conhecer melhor os mecanismos de regulação da expressão desse gene em espécies sentinelas da poluição..
2.
Cultura primária e caracterização morfológica de hemócitos de bivalves

Objetivo: A ausência de linhas celulares estáveis para invertebrados marinhos torna as culturas primárias uma ferramenta importante para estudos de curta duração que sejam menos invasivos. Nosso grupo tem investido bastante no conhecimento dos diferentes hemócitos e no estabelecimento de culturas primárias para permitir mais uma alternativa nos estudos com testes de contaminantes e expressão de genes..
3.
Identificação de genes e estudo de perfis de expressão gênica em bivalves costeiros

Objetivo: Há mais de 10 anos nosso grupo vem estudando a ostra Crassostrea rhizophorae, alem de outros bivalves costeiros, como espécies sentinelas da poluição ambiental. A ausência de projeto genoma para essas espécies e algumas peculiaridades na expressão gênica desses organismos torna a identificação de novos genes um constante desafio. Atualmente temos uma biblioteca de cDNA para a favorecer a construção de um microarranjo de oligonucleotídeos que tem auxiliado na expressão de genes relacionados com processos de contaminação e efeito de poluentes..
4.
Genômica de invertebrados aquáticos

Objetivo: Explorar as particularidades da estrutura genomica de invertebrados. Identificar e solucionar desafios na montagem de genomas de invertebrados. Identificar genes de importancia para biotransformação, sistema imune e tolerância a variáveis ambientais..
5.
Metagenômica de Ambientes Aquáticos
6.
Engenharia Genética e Bioprocesso de Microrganismos
7.
Testes de toxicidade histopatológicos para amônia em Chasmagnathus granulata
8.
Biologia Molecular ambiental

Objetivo: Identificação de genes e estudo de perfis de expressão gênica em bivalves costeiros.
9.
The effect of environmental contamination in p53 expression and its role in leukemia in non-traditional animal models
10.
Expressão de P53 em ostras Crassostrea

Objetivo: Os moluscos bivalves desenvolvem uma neoplasia das células da hemolinfa que se assemelha muito a leucemia humana. Alguns estudos do nosso grupo demonstraram que a inibição de p53 no mexilhão Mytilus galloprovincialis quando exposto a hidrocarbonetos poliaromáticos indica a presença da base molecular para formação de tumores nesses organismos. Para continuar investigando essa linha na ostra Crassostrea rhizophorae, identificamos um fragmento do gene e estamos agora procedimento a identificação das extremidades 5? e 3?, alem da região promotora, para conhecer melhor os mecanismos de regulação da expressão desse gene em espécies sentinelas da poluição..
11.
Identificação do gene de CYP1A em moluscos Bivalves

Objetivo: Identificar genes da família dos citocromos p450 em molouscos bivalves.


Projetos de pesquisa


2016 - Atual
BIOBUREAU/FUJB - Biotecnologia Ambiental

Projeto certificado pela empresa Bio Bureau de Desenvolvimentos de Bases Biológicas e Licenciamentos em 26/03/2018.
Descrição: Sequenciamento de genomas de espécies brasileiras compreensão de fenômenos relacionados a origem da vida e o desenvolvimento de produtos e serviços para o desenvolvimento sustentável..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Mauro de Freitas Rebelo - Coordenador / João Gabriel Rodinho Nunes Ferreira - Integrante / Nemanja Jankovic - Integrante / Yasmin Rodrigues da Cunha - Integrante / Henrique Bomfim Pinheiro - Integrante / Bárbara Schorchit Nogueira Lima - Integrante / Luana Ferreira Afonso - Integrante / Anna Carolini Silva Serra - Integrante.
2015 - Atual
NRF/FUJB - Indicators for Environmental Impact of Petroleum Activities: The Next Generation of Molecular Markers (iNEXT)
Descrição: The aim of the present project is to develop and validate sensitive indicators that will be used as environmental quality measurements. The obtained results will be directly applicable to ecological risk assessment of PAHs..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - 2017
CNPq/ProdPesq - Uso de bactérias geneticamente modificadas para remoção de metais pesados de efluentes industriais
Descrição: Uso de bactérias geneticamente modificadas para remoção de metais pesados de efluentes industriais.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2014 - 2017
CAPES/PVE - Genomas de invertebrados
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Mauro de Freitas Rebelo - Coordenador / Marcela Uliano-Silva - Integrante / DONDERO, FRANCESCO - Integrante / PROSDOCIMI, FRANCISCO - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.
2014 - Atual
FAPERJ/APQ1 - Sequenciamento do Genoma do Mexilhão Dourado
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Mauro de Freitas Rebelo - Coordenador / Francesco Dondero - Integrante / Marcela Uliano-Silva - Integrante / PROSDOCIMI, FRANCISCO - Integrante.Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro.
2014 - Atual
CNPq/RHAE - Desenvolvimento de Bactérias Geneticamente Modificadas para Remoção de Metais Pesados de Efluentes Indústriais

Projeto certificado pela empresa Bio Bureau de Desenvolvimentos de Bases Biológicas e Licenciamentos em 04/04/2015.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: / Mestrado profissional: (1) .
Integrantes: Mauro de Freitas Rebelo - Coordenador / Juliana Alves Americo - Integrante / Nemanja Jankovic - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2013 - 2017
ICGEB - Organismo geneticamente modificado para bioremediação de efluentes industriais

Projeto certificado pela empresa Bio Bureau de Desenvolvimentos de Bases Biológicas e Licenciamentos em 04/04/2015.
Descrição: bacteria.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado profissional: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Mauro de Freitas Rebelo - Coordenador.Financiador(es): International Centre for Genetic Engineering and Biotechnology - Italy - Auxílio financeiro.Número de orientações: 1
2013 - 2016
USAID/PEER - Biodiversity and adaptation of cyp enzymes in the amazon loricariidae fishes
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Mauro de Freitas Rebelo - Integrante / Thiago Estevan Martins Parente - Coordenador / John J. Stegeman - Integrante.Financiador(es): U.S. Agency for International Development - Auxílio financeiro.
2012 - 2014
FAPERJ/BIOTA - Metagenômica e DNA Barcoding para Identificação da biodiversidade em áreas de atividade petrolífera da Bacia de Campos (RJ).
Descrição: O conhecimento da biodiversidade é imprescindível para a definição de estratégias de conservação ambiental em regiões exploradas economicamente. No entanto, no mundo todo, estima-se que apenas um pequeno percentual dos taxa encontrados nos mais diversos ambientes tenha sido identificado ao nível de espécie. O desenvolvimento de métodos que acelerem e permitam a identificação automática dos organismos já descritos, agregaria enorme valor à gestão da biodiversidade. A aplicação de ferramentas da biologia molecular, como o sequenciamento de alta performance para a identificação biológica por marcadores genéticos, são promissoras abordagens para satisfazer a demanda por rapidez e precisão em áreas onde a exploração de recursos naturais e a conservação do meio ambiente precisam caminhar lado a lado. Sendo assim, o objetivo deste projeto é estabelecer a metodologia para identificação molecular de metagenomas do macrobentos de amostras ambientais (sedimento e água) das áreas de prospecção e exploração de petróleo na Bacia de Campos (RJ)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Mauro de Freitas Rebelo - Coordenador / Milena Marcela Domingues Pereira Schettini - Integrante.Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro.
2011 - 2014
FAPERJ/INOVATEC - Desenvolvimento de Bactérias Geneticamente Modificadas para Remoção de Metais Pesados de Efluentes Indústriais

Projeto certificado pela empresa Bio Bureau de Desenvolvimentos de Bases Biológicas e Licenciamentos em 04/04/2015.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Mauro de Freitas Rebelo - Coordenador / Juliana Alves Americo - Integrante / DONDERO, FRANCESCO - Integrante.Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro.Número de orientações: 1
2010 - 2012
CNPQ/Universal - Pirosequenciamento do transcriptoma do mexilhão dourado (Limnoperna fortunei)
Descrição: Nossa proposta é sequenciar o transcriptoma do mexilhão dourado (Limnoperna fortunei) e identificar genes envolvidos em processos críticos para o seu estabelecimento como invasor e que possam, portanto, ser alvos de possíveis estratégias de controle desta praga. O mexilhão dourado é nativo da Ásia e invadiu a América Latina na década de 1990 e atualmente é encontrado em diversas áreas do Brasil representando enorme risco ecológico para as regiões do Pantanal e da Amazônia. Por ser extremamente resistente, de crescimento e reprodução rápidos, tem colonizado cada vez mais ambientes e substratos, entre os quais embarcações, tubulações e estruturas de estações de tratamento de água e usinas hidrelétricas, causando grandes prejuízos financeiros e também ecológicos, ao afetar espécies nativas. A identificação de genes expressos no mexilhão dourado é essencial para o conhecimento do seu perfil metabólico e dos mecanismos moleculares envolvidos em processos biológicos como reprodução, crescimento, fixação no substrato e resistência ao estresse e a patógenos, que garantem o sucesso deste mexilhão como invasor. Uma nova geração de técnicas de sequenciamento agora permite que o genoma e transcriptoma de espécies até então sem informações genéticas descritas sejam rapidamente acessados e caracterizados. Usaremos uma destas novas técnicas, o pirosequenciamento, para caracterizar os genes expressos em condições fisiológicas e tecidos específicos no mexilhão dourado..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Mauro de Freitas Rebelo - Coordenador / Francesco Dondero - Integrante / Juliana Alves Americo - Integrante / Marcela Uliano da Silva - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2009 - 2012
CNPq/ProdPesq - Validação de um microarranjo de DNA de transcriptoma inteiro para avaliação das relações gene-ambiente.
Descrição: Em um texto conciso e claro, com base em um desenho amostral consistente e realista, apresentamos um projeto de pesquisa de ponta que não se baseia na tradicional visão de uma ciência básica ou aplicada, mas em uma nova filosofia onde conhecer, entender e explicar os objetos de estudo; caminha junto com alterar, controlar e melhorar esses objetos. A abordagem de problemas ambientais pela utilização de microarranjos de DNA de moluscos bivalves tradicionalmente utilizados com organismos sentinelas tem grande potencial para aplicação em diferentes áreas do conhecimento, formação de pessoal qualificado e produção de informação selecionada tanto para comunidade acadêmica, quanto para tomadores de decisões preocupados com questões ambientais ligadas a poluição industrial, usos do solo e da água, mudanças climáticas e o desenvolvimento sustentável..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2014
CNPq/INCT - Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Pesquisa Translacional em Saúde e Ambiente na Região Amazônica ? INPeTAm
Descrição: A região Amazônica vem sofrendo, nas últimas décadas, um acelerado processo de degradação ambiental. Esse processo de degradação é fruto de um modelo de padrões históricos de exploração não sustentável dos recursos naturais da região, na sua maioria, relacionados a ciclos econômicos de expansão e colapso, que tem beneficiado apenas uma minoria da população. Ele traz consigo uma peculiar combinação de formas modernas e ultrapassadas de extrativismo e mineração, além da agropecuária em plena ascensão. A mal planejada busca da infraestrutura necessária e os próprios processos que esses empreendimentos demandam produz impactos sobre a qualidade do ambiente, traduzindo-se, conseqüentemente, em efeitos à saúde das populações amazônicas praticamente desconhecidos até pela comunidade científica. Esse processo de degradação socioambiental tem comprometido a saúde pública das comunidades e, provavelmente, de gerações futuras, modificando a estrutura e a dinâmica de ecossistemas amazônicos e tem acarretado importantes alterações para o clima regional e, possivelmente, para o clima global. Além disso, gera pobreza e miséria, piora a distribuição de renda da população da região, fomenta os conflitos sociais e agrários, a perda de biodiversidade, do solo e dos recursos hídricos e ainda, expõe a região à expansão de doenças emergentes e reemergentes. A articulação entre ensino e pesquisa de qualidade, em centros de referência, visando à irradiação do conhecimento para áreas que estão sendo ocupadas velozmente é a base para a criação do Instituto Nacional aqui proposto, que visa ao desenvolvimento da pesquisa translacional integrando saúde e ambiente na Amazônia, juntando competências e esforços para unir diferentes áreas voltadas para os problemas gerados pela ocupação da Amazônia. A pesquisa translacional ocupa lugar de destaque no mundo atual devido à alta demanda por soluções aplicadas a problemas de saúde coletiva que são cada vez mais freqüentes no cenário contemporâneo. Send.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Mauro de Freitas Rebelo - Coordenador / Volney de Magalhães Câmara - Integrante / Olaf Malm - Integrante / Luiz Hildebrando Pereira da Silva - Integrante / Edson Rondinelli - Integrante / Pedro Muanis Persechini - Integrante / Sandra Maria F. de Oliveira e Azevedo - Integrante / Denise Pires de Carvalho - Integrante / George dos Reis - Integrante.
2008 - 2010
FAPERJ/Emergentes - Biofísica Ambiental: Uma abordagem molecular para o estudo de poluentes em organismos aquáticos
Descrição: Formação de um grupo especializado em uma abordagem ecossistêmica para problemas de saúde, estudando as relações entre genes e ambiente em modelos não tradicionais de pesquisa, pela relação mais íntima que guardam com os processos ambientais. A contaminação do ambiente por mercúrio é um dos mais antigos problemas ambientais da humanidade e a contaminação por toxinas de cianobactérias, um dos mais recentes. Ambos têm o ambiente aquático como vetor e por isso o uso de peixes como organismo modelo vai viabilizar a compreensão dos mecanismos de toxicidade a partir da exposição direta no ambiente. Enquanto abordagens moleculares cada vez mais se fixam no diagnóstico e resolução de problemas em saúde, o uso de genômica e proteômica para a compreensão de problemas ambientais ainda é incipiente. Associadas as técnicas tradicionais de análise de contaminantes no ambiente e nos organismos, podemos estabelecer vínculos entre a exposição ao contaminante no ambiente, a biotransformação desses compostos no organismo e a transferência ao longo da rede trófica, que podem culminar na exposição das populações humanas. Nosso grupo é composto por 5 especialistas nos diferentes aspectos da Biofísica Ambiental e estamos confiantes que realizaremos um trabalho inovador e que pode trazer grandes contribuições para o estado do Rio de Janeiro. Financiamento: FAPERJ, grupos emergentes.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Mauro de Freitas Rebelo - Coordenador / Richard Hemmi Valente - Integrante / Juliana Alves Americo - Integrante / Thiago Estevan Martins Parente - Integrante / Raquel Moraes Soares - Integrante / Milena Marcela Domingues Pereira - Integrante / Mayra Abreu - Integrante.Financiador(es): Fundação Oswaldo Cruz - Cooperação / Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro.
2008 - 2010
FAPERJ/PensaRio - Estabelecimento de uma Rede de Pesquisadores do Estado do Rio de Janeiro voltados ao estudo de Doenças Degenerativas Neuro-musculares
Descrição: Edital Pensa Rio 2007 concedido pela FAPERJ. Coordenado por Cláudia dos Santos Mermelstein (Processo E-26/110.307/2007). Total: R$ 140.000,00..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2007 - 2012
PROCAD - Efeitos de agentes bióticos e abióticos sobre diferentes níveis da organização biológica de vertebrados e invertebrados

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Silvana Allodi em 03/12/2012.
Descrição: Edital PROCAD 01/2007 concedido pela CAPES. IES Coordenadora Geral e Professora Coordenadora UFRJ: Silvana Allodi; IES Associada e Professor Coordenador - FURG / Pablo Elias Martinez. Total: R$ 240.000,00..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2007 - 2009
Identificação de novos genes relacionados com a resposta ao estresse ambiental na ostra Crassostrea rhizophorae
Descrição: Identificar novos genes relacionados com a resposta ao estresse ambiental na ostra Crassostrea rhizophorae a partir da construção de bibliotecas de cDNA e de um microarranjo de oligonucleotídeos, que possibilite a avaliação de perfis de expressão gênica em animais testados em laboratório e coletadas em zonas costeiras no Rio de Janeiro. Financiamento: FAPERJ APQ1 2007.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Mauro de Freitas Rebelo - Coordenador / Eliane de Souza Figueiredo - Integrante / Juliana Alves Americo - Integrante.Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro / Fundação Oswaldo Cruz - Cooperação.
2007 - 2009
CNPq/Universal - Estudo de perfis de expressão gênica em bivalves marinhos expostos a contaminantes ambientais. Construção de uma nova abordagem para estudos ecotoxicológicos.
Descrição: Identificar novos genes relacionados com a resposta ao estresse ambiental na ostra Crassostrea rhizophorae a partir da construção de bibliotecas de cDNA e de um microarranjo de oligonucleotídeos, que possibilite a avaliação de perfis de expressão gênica em animais testados em laboratório quanto ao efeito de substâncias tóxicas, como metais pesados e hidrocarbonetos poliaromáticos, e coletadas em zonas costeiras no Rio de Janeiro. Plano de Trabalho resumido: Construção de uma biblioteca de cDNA para ostra Crassostrea rhizophorae; Desenho de primers degenerados para identificação de genes de interesse; Sequenciamento de EST; Produção de microarranjos de oligonucleotídeos de genes de C. rhizophorae; Exposição de ostras em gaiolas ao longo da costa do Rio de Janeiro para coleta de amostras; Extração de RNA, marcação com fluoróforos e hibridação com o microarranjo; Análise de metais pesados e outros contaminantes nos tecidos das ostras; Identificação dos perfis de expressão gênica ligados a cada local e aos contaminantes. Financiamento: FAPERJ, JCNE.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Mauro de Freitas Rebelo - Coordenador / Juliana Alves Americo - Integrante.Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro.Número de orientações: 1
2006 - 2009
Identificação dos mecanismos de detoxificação de metais pesados em camarões de cultivo
Descrição: Identificação dos mecanismos de detoxificação de metais pesados em camarões de cultivo. Financiamento: FINEP, RECARCINE.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Mauro de Freitas Rebelo - Integrante / Diogo Azevedo Coutinho - Integrante / Luiz Drude de Lacerda - Coordenador.Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro.Número de orientações: 1
2006 - 2008
Perfis de expressão gênica em moluscos bivalves marinhos expostos a contaminantes ambientais
Descrição: Identificar novos genes relacionados com a resposta ao estresse ambiental na ostra Crassostrea rhizophorae a partir da construção de bibliotecas de cDNA e de um microarranjo de oligonucleotídeos, que possibilite a avaliação de perfis de expressão gênica em animais testados em laboratório e coletadas em zonas costeiras..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Mauro de Freitas Rebelo - Coordenador / Rodrigo Cunha Wanick - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.Número de orientações: 2
2005 - 2008
Stress response to environmental pollutants in Marine organisms
Descrição: Stress response to environmental pollutants is a complex process, involving several variables and thus needing an integrate approach. The use of multiple gene analysis and gene profiles should give a more accurate evaluation of pollutant exposure and effects. Dr. Rebelo?s proposal is to identify new genes related to environmental stress response in the tropical oyster Crassostrea rhizophorae and the mussel Perna perna, using degenerate primers based on the sequence of homologous genes and building cDNA libraries. They will also use RT-PCR to study the expression of those genes which can represent potential biomarkers of environmental contamination and to assess gene/environment relationships. Controlled experiments using hemocytes primary cell cultures will verify gene function. The expected result is the construction of a oligonucleotide microarray to study gene expression profiles in controlled exposed animals and environmental samples from Brazilian coastal areas. The study should help the planning and interpretation of bioassay, saving time, money and animal use, with application to many tropical coastal areas around the world. Financiamento: IFS.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2005 - 2007
CNPq/Universal - Polimorfismos em genes de resposta ao estresse de bivalves marinhos: Biomarcadores genéticos de sensibilidade e efeito a contaminantes ambientais
Descrição: Apesar do grande potencial que os biomarcadores apresentam para o monitoramento ambiental e a proteção dos ecossistemas aquáticos costeiros e continentais, ainda existem alguns problemas para a sua aplicação. Em especial, a variabilidade que alguns biomarcadores apresentam e a relevância ecológica de medições a nível molecular. Nós pretendemos abordar essas duas questões com o estudo de polimorfismos em genes de resposta ao estresse ambiental de moluscos bivalves marinhos. Nosso grupo conquistou bastante experiência ao identificar e estudar a expressão da metalotioneínas da ostra Crassostrea rhizophorae (Rebelo et al., 2003a) e participar dos trabalhos que descreveram as duas isoformas de MT do mexilhão mediterrâneo Mytilus galloprovincialis demonstrando a indução da isoforma MT20 preferencialmente pelo Cd (Dondero et al., 2004). Alem disso, nosso laboratório está se estruturando para realizar todos os tipos de análises moleculares necessárias para a identificação e expressão de genes e proteínas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2005 - 2007
Expression of p53 in bivalves and its relation to tumor initiation
Descrição: Our proposal is to study the expression of the p53 gene homologue in mussels and oysters exposed to PAH from environmental sources, to investigate the potential of gene expression impairment as a pathway for tumor initiation and disease development due to environmental contamination causes. Financiamento: MSSM/FoGARTY.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2005 - 2007
Identificação novos genes relacionados com a resposta ao estresse ambiental na ostra Crassostrea rhizophorae
Descrição: Identificar novos genes relacionados com a resposta ao estresse ambiental na ostra Crassostrea rhizophorae a partir da construção de bibliotecas de cDNA e de um microarranjo de oligonucleotídeos, que possibilite a avaliação de perfis de expressão gênica em animais testados em laboratório (testes ecotoxicológicos) e coletadas em zonas costeiras no estado do Rio de Janeiro. Financiamento: FAPERJ, APQ1.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2005 - 2007
Programa de Pesquisa para Controle do MexilhãoDourado (Limnoperna fortunei) nas Águas Juridicionais Brasileiras
Descrição: O mexilhão dourado, molusco invasor originário dos rios da China foi introduzido, em 1991, na Argentina e vem se espalhando pela bacia do Prata através das hidrovias Paraguai-Paraná e Paraná-Tietê, principais meios de dispersão da espécie. No Brasil ocorre na bacia do Lago Guaíba, RS, reservatório da UHE de Itaipu e Sérgio Mota, entre outros, ocorre também na bacia do alto rio Paraguai desde 1998. Devido a sua rápida reprodução forma massas incrustantes causando o fechamento de tubulações, filtros e grades, reduz o fluxo de água, aumenta a frequência de interrupções para limpeza e trocas de filtros, principalmente na indústria e geradoras de energia elétrica. Vários estudos foram conduzidos tanto na Argentina como no Brasil, o que permitiu monitorar o avanço da espécie até o momento, conhecer aspectos da biologia reprodutiva, além de sugerir diferentes medidas de controle da invasão. No entanto, estes estudos precisam ainda ser continuados e aprofundados, o que é proposto neste novo projeto, coordenado pelo IEAPM/Marinha do Brasil/RJ, o qual abrange tanto aspectos biológicos quanto como medidas de controle da dispersão e medidas de controle em áreas infestadas. O projeto está divido em 5 subprojetos que envolvem os temas distribuição, estrutura populacional, crescimento e mortalidade, fatores limitantes, controle químico e físico, tintas antiincrustantes, avaliação de risco de re-introdução e identificação de genes e estudo de perfis de expressão gênica no mexilhão dourado. Os estudos de campo serão conduzidos em 3 áreas: Porto Alegre, Rio Paraná e Pantanal Sul-Matogrossense. Experimentos e análises de laboratório também serão conduzidos no IEAPM/Marinha do Brasil, CETEC/MG, PUC/RS, NUPELIA/UEM, UFMT, UFRJ e Fundação Oswaldo Cruz, Instituições participantes do projeto. A Embrapa Pantanal parti..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Mauro de Freitas Rebelo - Integrante / Juliana Alves Americo - Integrante / Flávio da Costa Fernandes - Coordenador / Sávio Henrique Calazans Campos - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Fundo Nacional de Desenv. Cientifico e Tecnologico - Auxílio financeiro.Número de orientações: 1
2004 - 2006
Análise da contaminação por micropoluentes orgânicos nas bacias dos rios da Prata e Madeira.
Descrição: Análise da contaminação por micropoluentes orgânicos nas bacias dos rios da Prata e Madeira. Financiamento: CNPq, PROSUL.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Mauro de Freitas Rebelo - Integrante / João Paulo Machado Torres - Integrante / Olaf Malm - Coordenador / Wanderley Rodrigues Bastos - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.


Projetos de extensão


2012 - Atual
Material didático digital para ensino de Biofísica
Descrição: Um material didático otimizado e mais atrativo é a chave para chamar a atenção do aluno e despertar o seu interesse em um mundo saturado de informação. Além disso, ele permite a aplicação do conteúdo mesmo fora do ambiente de sala de aula, permitindo o ensino e aprendizagem a qualquer momento e em qualquer lugar. Com o avanço da tecnologia, foram geradas muitas ferramentas multimídia que, além das diversas formas de disponibilizar a informação, também aumentam a capacidade de compreensão de fenômenos complexos, pouco intuitivos e intangíveis. Apesar da disponibilidade, estes avanços ainda não chegaram ao material didático tradicional. Este projeto tem por objetivo desenvolver um material didático no formato de um livro digital (eBook) multimídia e multiplataforma, baseado principalmente em vídeos, cujos conteúdos sejam organizados levando-se em consideração conceitos recentes provenientes das neurociências e organizados em mapas conceituais. A facilidade para acessar conteúdos de alto poder cognitivo e em aparelhos móveis como celulares e tablets, favorece o ganho de autonomia dos estudantes no seu processo de aprendizagem e otimiza a experiência do professor na transmissão e gestão do conteúdo. Ganha a sociedade com a transformação de dados em conhecimento e geração de qualidade de vida..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Mauro de Freitas Rebelo - Coordenador / Marília Zaluar Guimarães - Integrante / Ricardo Antônio Rubens Prado Schneider - Integrante / Nathalia Lima - Integrante / Poliany Rodrigues - Integrante / Rafael Soares Bento - Integrante.Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro.
2008 - 2008
Desenvolvimento de comunidades virtuais e materiais didáticos para ensino a distância de ciências
Descrição: criação de uma plataforma de ensino a distância e comunidade virtual, além de cursos e técnicas de escrita criativa em ciência em ambientes virtuais para para ensino de ciências e inclusão científica e digital. Financiamento: UAB, CEDERJ, CAPES.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2007 - 2008
Bioletim. Você escreve, a gente publica!
Descrição: Produzida por alunos do Instituto de Biologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e apoiada pela universidade, a revista de divulgação científica Bioletim foi uma proposta inovadora para a divulgação científica a partir da participação de alunos de graduação e mestrado na produção de conteúdos. Agora o projeto Bioletim visa ampliar os seus objetivos iniciais, colocando a revista no ambiente virtual, utilizando ferramentas para formação de uma comunidade que facilite o acesso dos autores a publicação e dos leitores a informação. O objetivo principal é sensibilizar os jovens autores, estudantes de graduação e pós- graduação, para importância de começar a exercitar a autoria cedo e de disponibilizar para o público em geral os projetos e pesquisas que muitas vezes ainda continuam restritos ao ambiente acadêmico. Além disso, nosso projeto busca desenvolver um protocolo que facilite a transferência do conhecimento do estudante para o artigo, em um formato mais dinâmico e de fácil acesso ao público geral, aumentando o alcance do conhecimento produzido no laboratório e a inclusão científica..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2005 - 2007
Desenvolvimento de aulas de biologia para ensino a distância
Descrição: Centro de Educação Superior a Distância do Estado do Rio de Janeiro - é um consórcio formado pelas seis universidades públicas sediadas no Estado - UENF, UERJ, UFF, UFRJ, UFFR e UNIRIO com o objetivo fundamental de democratizar o acesso ao ensino superior público, gratuito e de qualidade. Nossa colaboração se atem a preparação de material didático preparado para educação a distância, nesse caso, aulas de biologia interativas on-line..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Mauro de Freitas Rebelo - Coordenador.Financiador(es): Universidade Aberta do Brasil - Bolsa.


Projetos de desenvolvimento


2011 - Atual
Uso de bactérias geneticamente modificadas para remoção de metais pesados de efluentes industriais
Descrição: A Bio Bureau é uma empresa de biotecnologia voltada para o desenvolvimento de tecnologias para o tratamento de efluentes industriais e águas de abastecimento. O produto desenvolvido pela Bio Bureau é uma bactéria transgênica modificada com um gene de ostra que expressa uma proteína com alta afinidade por metais pesados em solução, capaz de remover esses elementos tóxicos de efluentes industriais com maior eficiência e menor custo, permitindo o reuso industrial e sua liberação no ambiente. A Bio Bureau é uma empresa nascente incubada em um dos principais pólos de biotecnologia do país (BioRio), que trabalha em conjunto com um dos mais eminentes laboratórios de pesquisa ambiental da UFRJ (Laboratório de Biologia Molecular Ambiental do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho) e foi selecionada na primeira edição programa PRIME da FINEP para empresas inovadoras. Plano de Trabalho resumido: Construção do plasmídeo com a proteína de fusão para endereçamento na membrana da bactéria; Transformação em cepas Cupriavidus metallidurans CH34; Teste de adsorção de metais em laboratório; Localização dos metais na membrana de C. metallidurans com microscopia eletrônica; Teste de escalonamento da produção em fermentadores no laboratório; Estabilização Genética das Linhagens recombinantes já construídas; Testes em biorreatores (Batelada Alimentada) com efluentes industriais.
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Mauro de Freitas Rebelo - Coordenador / Francesco Dondero - Integrante / Juliana Alves Americo - Integrante / Milton Ozório Moraes - Integrante.Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro.
2010 - 2012
Desenvolvimento de Bactérias Geneticamente Modificadas para Remoção de Metais Pesados de Efluentes Indústriais
Descrição: A Bio Bureau é uma sociedade limitada cujo objetivo é o desenvolvimento de elementos bioativos, a partir da criação de microorganismos modificados por engenharia genética, para serem utilizados pela industria nos setores de tratamento de efluentes industriais e bioremediação. Estamos trabalhando no desenvolvimento de uma bactéria geneticamente modificada com o gene de uma metalotioneína de ostra capaz de remover metais pesados de uma solução aquosa com grande rapidez, segurança, eficiência; seguindo todos requisitos éticos e de segurança determinados pela Lei de Biossegurança brasileira. A Bio Bureau está incubada no polo de Biotecnologia do Rio de Janeiro na cidade universitária, e como uma empresa é nascente, o desenvolvimento do produto está sendo feito nos laboratórios da UFRJ através de um contrato entre nossa empresa e a universidade com base nos termos da Lei de Inovação. A Bio Bureau foi contemplada em 2009 no programa ?Primeira empresa inovadora ? PRIME? da FINEP. Plano de Trabalho resumido: Clonagem e sequenciamento do gene da metalotioneína da ostra Crassostrea rizophorae; Cosntrução do plasmídeo com a proteína de fusão para endereçamento na membrana de bactérias Cupriavidus metallidurans CH34; Transformação de bactérias C. metallidurans CH34; Teste de adsorção de metais em laboratório;.
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Mauro de Freitas Rebelo - Coordenador / Juliana Alves Americo - Integrante / Milton Ozório Moraes - Integrante.Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro.


Outros Projetos


2007 - 2009
Bioletim, você escreve a gente publica
Descrição: Produzida por alunos do Instituto de Biologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e apoiada pela universidade, a revista de divulgação científica Bioletim foi uma proposta inovadora para a divulgação científica a partir da participação de alunos de graduação e mestrado na produção de conteúdos. Agora o projeto Bioletim visa ampliar os seus objetivos iniciais, colocando a revista no ambiente virtual, utilizando ferramentas para formação de uma comunidade que facilite o acesso dos autores a publicação e dos leitores a informação. O objetivo principal é sensibilizar os jovens autores, estudantes de graduação e pós- graduação, para importância de começar a exercitar a autoria cedo e de disponibilizar para o público em geral os projetos e pesquisas que muitas vezes ainda continuam restritos ao ambiente acadêmico. Além disso, nosso projeto busca desenvolver um protocolo que facilite a transferência do conhecimento do estudante para o artigo, em um formato mais dinâmico e de fácil acesso ao público geral, aumentando o alcance do conhecimento produzido no laboratório e a inclusão científica. Financiamento: FAPERJ, Divulgação e popularização da ciência.
Situação: Concluído; Natureza: Outra.


Membro de corpo editorial


2012 - Atual
Periódico: Marine Environmental Research
2007 - Atual
Periódico: Bioletim
2007 - 2007
Periódico: Oecologia Brasiliensis


Revisor de periódico


1999 - Atual
Periódico: Comparative Biochemistry and Physiology
2005 - Atual
Periódico: Environmental Pollution (London)
2005 - Atual
Periódico: Aquatic Toxicology
2000 - Atual
Periódico: Ciência Hoje
2005 - 2009
Periódico: Acta Scientiarum (UEM) (1415-6814)
2011 - Atual
Periódico: Plos One
2010 - Atual
Periódico: Bulletin of Environmental Contamination and Toxicology


Revisor de projeto de fomento


2009 - Atual
Agência de fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica / Subárea: Biologia Molecular/Especialidade: Biologia Molecular Ambiental.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia Aplicada/Especialidade: Ecotoxicologia.
3.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Bioquímica / Subárea: Biologia Molecular/Especialidade: Toxicogenômica.
4.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva / Subárea: Saúde Pública.
5.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Sanitária / Subárea: Saneamento Ambiental/Especialidade: Controle da Poluição.
6.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: Ensino-Aprendizagem/Especialidade: Educação a Distância.


Idiomas


Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.
Italiano
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2017
Innovation Award, Eisenhower Fellowships.
2014
Eisenhower Fellow, Eisenhower Fellowships.
2009
Honra ao Mérito, Conselho Regional de Biologia RJ/ES.
2009
Advanced Irving J. Selikoff Scholar, Mount Sinai School of Medicine/Queens College/NIH.
2005
International Fellow, International Foundation for Science.
2005
Irving J. Selikoff Scholar, Mount Sinai School of Medicine/Queens College/NIH.
2000
Student Award, Society of environmental contamination and toxicology.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Web of Science
Total de trabalhos:29
Total de citações:298
Fator H:10
de Freitas Rebelo, Mauro  Data: 06/02/2013

SciELO
Total de trabalhos:4
Total de citações:4
REBELO MF  Data: 26/11/2011

SCOPUS
Total de trabalhos:18
Total de citações:181
REBELO MAURO DE FREITAS; REBELO MF; REBELO M; REBELO MF  Data: 18/05/2010

Artigos completos publicados em periódicos

1.
SALES, ADONES2017SALES, ADONES ; AFONSO, LUANA FERREIRA ; AMERICO, JULIANA ALVES ; DE FREITAS REBELO, MAURO ; PASTORE, GLAUCIA MARIA ; BICAS, JULIANO LEMOS . Monoterpene biotransformation by Colletotrichum species. BIOTECHNOLOGY LETTERS, v. 1, p. 7, 2017.

2.
ULIANO-SILVA, MARCELA2017ULIANO-SILVA, MARCELA ; DONDERO, FRANCESCO ; DAN OTTO, THOMAS ; COSTA, IGOR ; LIMA, NICHOLAS COSTA BARROSO ; AMERICO, JULIANA ALVES ; MAZZONI, CAMILA JUNQUEIRA ; PROSDOCIMI, FRANCISCO ; Rebelo, Mauro de Freitas . A hybrid-hierarchical genome assembly strategy to sequence the invasive golden mussel Limnoperna fortunei. GigaScience, v. 1, p. 1, 2017.

3.
ULIANO-SILVA, MARCELA2016ULIANO-SILVA, MARCELA ; AMERICO, JULIANA ALVES ; Rebelo, Mauro de Freitas ; PROSDOCIMI, FRANCISCO . The complete mitochondrial genome of the golden mussel Limnoperna fortunei and comparative mitogenomics of Mytilidae. Gene (Amsterdam), v. 577, p. 202-208, 2016.

4.
ULIANO-SILVA, MARCELA2015ULIANO-SILVA, MARCELA ; AMERICO, JULIANA ; BASTOS, ALEX SCHOMAKER ; FURTADO, CAROLINA ; Rebelo, Mauro de Freitas ; PROSDOCIMI, FRANCISCO . Complete mitochondrial genome of the brown mussel Perna perna (Bivalve, Mytilidae). Mitochondrial DNA, v. 28, p. 1-2, 2015.

5.
ARANTES FELÍCIO, ANDRÉIA2015ARANTES FELÍCIO, ANDRÉIA ; MARTINS PARENTE, THIAGO ESTEVAM ; REGINA MASCHIO, LUCILENE ; NOGUEIRA, LÍLIAN ; RODRIGUES VENANCIO, LARISSA PAOLA ; DE FREITAS REBELO, MAURO ; SCHLENK, DANIEL ; DE ALMEIDA, EDUARDO ALVES . Biochemical responses, morphometric changes, genotoxic effects and CYP1A expression in the armored catfish Pterygoplichthys anisitsi after 15 days of exposure to mineral diesel and biodiesel. Ecotoxicology and Environmental Safety, v. 115, p. 26-32, 2015.

6.
Parente, Thiago E.M.2014Parente, Thiago E.M. ; URBAN, PHILIPPE ; POMPON, DENIS ; Rebelo, Mauro F. . Altered substrate specificity of the Pterygoplichthys sp. (Loricariidae) CYP1A enzyme. Aquatic Toxicology, v. 154, p. 193-199, 2014.

7.
ULIANO-SILVA, MARCELA2014ULIANO-SILVA, MARCELA ; AMERICO, JULIANA ALVES ; BRINDEIRO, RODRIGO ; DONDERO, FRANCESCO ; PROSDOCIMI, FRANCISCO ; DE FREITAS REBELO, MAURO . Gene Discovery through Transcriptome Sequencing for the Invasive Mussel Limnoperna fortunei. Plos One, v. 9, p. e102973, 2014.

8.
CAMPOS SHC2013CAMPOS SHC ; Americo JA ; FERNANDES FC ; REBELO, M. F. . Assessment of toxicity of dissolved and microencapsulated biocides for control of the Golden Mussel Limnoperna fortunei. Marine Environmental Research, v. 91, p. 104-108, 2013.

9.
Americo JA2013Americo JA ; DONDERO F ; MORAES MO ; ALLODI S ; Rebelo, M. F. . Gene discovery in the tropical scallop Nodipecten nodosus: construction and sequencing of a normalized cDNA library. Marine Environmental Research, v. 91, p. 34-40, 2013.

10.
Rebelo, Mauro de Freitas2013 Rebelo, Mauro de Freitas; FIGUEIREDO, ELIANE DE SOUZA ; MARIANTE, RAFAEL M. ; NÓBREGA, ALBERTO ; DE BARROS, CINTIA MONTEIRO ; ALLODI, SILVANA . New Insights from the Oyster Crassostrea rhizophorae on Bivalve Circulating Hemocytes. Plos One, v. 8, p. e57384, 2013.

11.
PACHECO, ANTONIO GUILHERME2013PACHECO, ANTONIO GUILHERME ; Rebelo, Mauro de Freitas . A simple R-based function to estimate lethal concentrations. Marine Environmental Research, p. 41-44, 2013.

12.
DE FREITAS REBELO, MAURO2013DE FREITAS REBELO, MAURO; DONDERO, FRANCESCO . What are we doing to prepare the next generation of ecotoxicologists?. Marine Environmental Research, v. 91, p. 1, 2013.

13.
SOARES, T. M.2011SOARES, T. M. ; Coutinho, DA. ; Lacerda, LD. ; MORAES MO ; Rebelo, MF. . Mercury accumulation and metallothionein expression from aquafeeds by Litopenaeus vannamei Boone, 1931 under intensive aquaculture conditions. Brazilian Journal of Biology (Impresso), v. 71, p. 131-137, 2011.

14.
Botaro, Daniele2011Botaro, Daniele ; TORRES, JPM ; MALM, O. ; Rebelo, Mauro Freitas ; Henkelmann, Bernhard ; Schramm, Karl-Werner . Organochlorine Pesticides Residues in Feed and Muscle of Farmed Nile Tilapia From Brazilian Fish Farms. Food and Chemical Toxicology, v. 49, p. 2125-2130, 2011.

15.
Parente, Thiago E.M.2011Parente, Thiago E.M. ; Rebelo, Mauro F. ; da-Silva, Manuela L. ; Woodin, Bruce R. ; Goldstone, Jared V. ; Bisch, P. M. ; Paumgartten, Francisco J.R. ; Stegeman, J. . Structural features of cytochrome P450 1A associated with the absence of EROD activity in liver of the loricariid catfish Pterygoplichthys sp.. Gene (Amsterdam), v. 489, p. 111-118, 2011.

16.
REBELO, M. F.2011REBELO, M. F.. Ti-ti-ti! A fofoca como instrumento de ensino. Bioletim, v. 1, p. 19, 2011.

17.
REBELO, M. F.2010REBELO, M. F.. Biomarkers are the answer. But what is the question?. Bioletim, v. 1, p. 5-8, 2010.

18.
GALVÃO PMA2010GALVÃO PMA ; TORRES, JPM ; MALM, O. ; REBELO, M. F. . Sudden Cadmium Increases in the Digestive Gland of Scallop, Nodipecten nodosus L., Farmed in the Tropics. Bulletin of Environmental Contamination and Toxicology, v. 85, p. 463, 2010.

19.
FERREIRACRAVO, M2009FERREIRACRAVO, M ; VENTURALIMA, J ; SANDRINI, J ; AMADO, L ; GERACITANO, L ; REBELO, M. F. ; Bianchini A ; Monserrat JM . Antioxidant responses in different body regions of the polychaeta Laeonereis acuta (Nereididae) exposed to copper. Ecotoxicology and Environmental Safety, v. 72, p. 388-393, 2009.

20.
Banni, Mohamed2009 Banni, Mohamed ; Negri, Alessandro ; Rebelo, Mauro ; Rapallo, Fabio ; Boussetta, Hamadi ; VIARENGO A ; DONDERO F . Expression analysis of the molluscan p53 protein family mRNA in mussels (Mytilus spp.) exposed to organic contaminants. Comparative Biochemistry and Physiology. C. Toxicology & Pharmacology, v. 149, p. 414-418, 2009.

21.
GALVÃO PMA2009GALVÃO PMA ; REBELO, M. F. ; Guimarães JRD ; TORRES, JPM ; MALM, O. . Bioacumulação de metais em moluscos bivalves: aspectos evolutivos e ecológicos a serem considerados para a biomonitoração de ambientes marinhos. Brazilian Journal of Aquatic Science and Technology (Impresso), v. 13, p. 59-66, 2009.

22.
Amado Filho GM2008Amado Filho GM ; Salgado, LT. ; Rebelo, MF. ; Rezende, CE. ; Karez, CS. ; PFEIFFER WC . Heavy metals in benthic organisms from Todos os Santos Bay, Brazil. Brazilian Journal of Biology, v. 68, p. 95-100, 2008.

23.
BASTOS WR2008BASTOS WR ; REBELO, M. F. ; Fonseca MF ; ALMEIDA, R. ; MALM, O. . A description of mercury in fishes from the Madeira River Basin, Amazon, Brazil. Acta Amazonica, v. 38, p. 431-438, 2008.

24.
MARQUES RC2007MARQUES RC ; DÓREA JG ; BASTOS WR ; REBELO, M. F. ; Fonseca MF ; MALM, O. . Maternal mercury exposure and neuro-motor development in breastfed infants from Porto Velho (Amazon), Brazil. International Journal of Hygiene and Environmental Health, v. 210, p. 51-60, 2007.

25.
Fonseca MF2007Fonseca MF ; BASTOS WR ; PINTO FN ; REBELO, M. F. ; TORRES, JPM ; Guimarães JRD ; PFEIFFER WC ; MARQUES RC ; MALM, O. . Can the Biomonitor Tillandsia usneoides Be Used to Estimate Occupational and Environmental Mercury Levels in the Air?. Journal Of The Brazilian Society Of Ecotoxicology, v. 2, p. 129-137, 2007.

26.
DONDERO F2006 DONDERO F ; PIACENTINI L ; MARSANO F ; REBELO, M. F. ; VERGANI L ; VERNIER P ; VIARENGO A . Gene transcription profiling in pollutant exposed mussels (Mytilus spp.) using a new low-density oligonucleotide microarray. Gene (Amsterdam), v. 376, n.press, p. 24-36, 2006.

27.
DONDERO F2006DONDERO F ; JONSSON H ; REBELO, M. F. ; PESCE G ; BERTI E ; PONS G ; VIARENGO A . Cellular responses to environmental contaminants in amoebic cells of the slime mould Dictyostelium discoideum. Comparative Biochemistry and Physiology. C. Toxicology & Pharmacology, v. 143, n.press, p. 150-157, 2006.

28.
TORRES, J. P. M.2006TORRES, J. P. M. ; Saldanha, G. C. ; Bastos, W.R. ; MEIRE, R. O. ; SILVA, C. E. A. ; FONSECA, M. F. ; REBELO, M. F. ; Claudio ; Markowitz, S. ; MALM, O. . DDT AND METABOLITES IN SOILS OF PURUZINHO LAKE, AMAZON, BRAZIL. Organohalogen Compounds, v. 68, p. 1079-1082, 2006.

29.
Rebelo, M. F.2005Rebelo, M. F. ; Amaral MCR ; PFEIFFER WC . Oyster condition index in Crassostrea rhizophorae (Guilding, 1828) from a heavy-metal polluted coastal lagoon. Brazilian Journal of Biology, v. 65, n.3, p. 345-351, 2005.

30.
Amaral MCR2005Amaral MCR ; REBELO, M. F. ; TORRES, JPM ; PFEIFFER WC . Bioaccumulation and depuration of Zn and Cd in mangrove oysters (Crassostrea rhizophorae, Guilding, 1828) transplanted to and from a contaminated tropical coastal lagoon.. Marine Environmental Research, v. 59, n.4, p. 277-285, 2005.

31.
DONDERO F2005DONDERO F ; PIACENTINI L ; BANNI M ; REBELO, M. F. ; Burlando B ; VIARENGO A . Quantitative PCR analysis of two molluscan metallothionein genes unveils differencial expression and regulation.. Gene (Amsterdam), v. 345, n.2, p. 259-270, 2005.

32.
BRESOLIN T2005BRESOLIN T ; REBELO, M. F. ; BAINY ACD . Expression of PXR, CYP3A and MDR1 genes in liver of zebrafish. Comparative Biochemistry and Physiology. C. Toxicology & Pharmacology, v. 140, p. 403-407, 2005.

33.
BASTOS WR2004BASTOS WR ; Fonseca MF ; PINTO FN ; REBELO, M. F. ; SANTOS, SS ; TORRES, JPM ; MALM, O. ; PFEIFFER WC . Mercury persistence in indoor environments in the Amazon Region - Brazil. Environmental Research (New York), Estados Unidos, v. 96, n.2, p. 235-238, 2004.

34.
MALM, O.2004MALM, O. ; Palermo EFA ; SANTOS, H. S. B. ; REBELO, M. F. ; Kehrig HA ; Guimarães JRD ; TORRES, JPM ; Fonseca MF ; PFEIFFER WC ; Meire RO . Transport and cycling of mercury in Tucuruí reservoir, Amazon, Brazil: 20 years after fulfillment.. RMZ. Materials and Geoenvironment, v. 51, n.1, p. 1195-1198, 2004.

35.
REBELO, M. F.;REBELO, M;Rebelo, Mauro;Rebelo, M.;Rebelo, Mauro Freitas;Rebelo, Mauro F.;Rebelo, Mauro de Freitas;DE FREITAS REBELO, MAURO2003REBELO, M. F.; Monserrat JM . Analysis of laboratory intercomparison data: a matter of independence.. Química Nova, v. 26, p. 417-419, 2003.

36.
REBELO, M. F.;REBELO, M;Rebelo, Mauro;Rebelo, M.;Rebelo, Mauro Freitas;Rebelo, Mauro F.;Rebelo, Mauro de Freitas;DE FREITAS REBELO, MAURO2003REBELO, M. F.; PFEIFFER WC ; SILVA JR H ; MORAES MO . Cloning and detection of metallothionein mRNA by RT-PCR in mangrove oysters (Crassostrea rhizophorae).. Aquatic Toxicology, v. 64, n.3, p. 359-362, 2003.

37.
REBELO, M. F.;REBELO, M;Rebelo, Mauro;Rebelo, M.;Rebelo, Mauro Freitas;Rebelo, Mauro F.;Rebelo, Mauro de Freitas;DE FREITAS REBELO, MAURO2003REBELO, M. F.; Amaral MCR ; PFEIFFER WC . High Zn and Cd contamination in oyster from a contaminated coastal lagoon and its role in contamination assessment. Marine Pollution Bulletin., v. 46, n.10, p. 1354-1358, 2003.

38.
REBELO, M. F.;REBELO, M;Rebelo, Mauro;Rebelo, M.;Rebelo, Mauro Freitas;Rebelo, Mauro F.;Rebelo, Mauro de Freitas;DE FREITAS REBELO, MAURO2003REBELO, M. F.; MORAES MO ; COUTINHO DA ; TORRES, JPM . Is there a CYP1A1 in marine bivalves? Expressed sequences related to cytochrome P450 Crassotrea rhizophorae. Comments on Toxicology, v. 9, n.5-6, p. 279-287, 2003.

39.
REBELO, M. F.;REBELO, M;Rebelo, Mauro;Rebelo, M.;Rebelo, Mauro Freitas;Rebelo, Mauro F.;Rebelo, Mauro de Freitas;DE FREITAS REBELO, MAURO2000REBELO, M. F.; RODRIGUEZ EM ; SANTOS EA ; ANSALDO M . Histopathological effects on gills and physiological imbalances in the hemolymph of the crab Chasmagnathus granulata (Crustacea-Decapoda) Dana 1851, following acute exposure to ammonia.. Comparative Biochemistry and Physiology. Part B: Biochemistry & Molecular Biology (Print), v. 125, n.2, p. 157-164, 2000.

40.
REBELO, M. F.;REBELO, M;Rebelo, Mauro;Rebelo, M.;Rebelo, Mauro Freitas;Rebelo, Mauro F.;Rebelo, Mauro de Freitas;DE FREITAS REBELO, MAURO1999REBELO, M. F.; SANTOS EA ; Monserrat JM . Ammonia exposure of Chasmagnathus granulata (Crustacea, Decapoda) Dana, 1851: accumulation in haemolymph and effects on osmoregulation.. Comparative Biochemistry and Physiology. Part A, Molecular & Integrative Physiology, Canadá, v. 122A, n.4, p. 429-435, 1999.

41.
REBELO, M. F.;REBELO, M;Rebelo, Mauro;Rebelo, M.;Rebelo, Mauro Freitas;Rebelo, Mauro F.;Rebelo, Mauro de Freitas;DE FREITAS REBELO, MAURO1998REBELO, M. F.. Correlation Between Bioluminescent Bacteria (Klebsiella sp.) and Fish (Brachidanio rerio) Wastewater Toxicity Tests Results.. Acta Toxicológica Argentina, Argentina, v. 6, n.2, p. 34-35, 1998.

42.
Monserrat JM1997REBELO, M. F.; Monserrat JM ; Bianchini A . Toxicity and Anticholinesterase Effect of Formulated Methyl Parathion to the Estuarine Crab Chasmagnathus granulata (Decapoda, Grapsidae) Pre-exposed to Sesamol. Comparative Biochemistry and Physiology. C. Comparative Pharmacology and Toxicology (Cessou em 1993. Cont. ISSN 1367-8280 Comparative Biochemistry and, v. 118, n.3, p. 329-334, 1997.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
REBELO, M. F.; BENTO, R. S. ; ULIANO-SILVA, M. . Biofísica para biologia. 1. ed. Rio de Janeiro: Editado pelo autor, 2015. v. 1. 122p .

2.
Rebelo, Mauro de Freitas; BARRETO, C. C. (Org.) . Estratégias de ensino voltadas para a aprendizagem. 1. ed. Rio de Janeiro: CECIERJ, 2014. v. 1. 162p .

3.
REBELO, M. F.. Oficina de Escrita Criativa em Ciência. 1. ed. Rio de Janeiro: Editado pelo Autor, 2012. v. 1. 107p .

4.
REBELO, M. F.. A verdade sobre cães e gatos. Uma visão científica, interessante e divertida sobre as questões que envolvem homens e mulheres. 1. ed. Rio de Janeiro: Sinergia, 2012. v. 1. 210p .

5.
REBELO, M. F.. A Verdade Sobre Cães e Gatos. 1. ed. Rio de Janeiro: Sinergia, 2012. 211p .

Capítulos de livros publicados
1.
ULIANO-SILVA, MARCELA ; Américo, Juliana A. ; BRINDEIRO, RODRIGO ; DONDERO, FRANCESCO ; PROSDOCIMI, FRANCISCO ; Rebelo, Mauro F. . The Genetics of the Golden Mussel (Limnoperna fortunei): Are Genes Related to Invasiveness?. In: Demetrio Boltovskoy. (Org.). Limnoperna Fortunei. 1ed.: Springer International Publishing, 2015, v. 1, p. 67-75.

2.
Rebelo, M. F. . O que você pode aprender sobre escrita em uma tarde no museu com Machado de Assis. In: Ana de Medeiros Arnt, Cecília França, Eduardo Bessa. (Org.). Divulgação Científica e Redação para Professores. 1ed.Tangará da Serra: Editora Ideias, 2015, v. , p. 56-.

3.
REBELO, M. F.. Ti ti ti ? Como chamar atenção para o que você diz?. In: Ana de Medeiros Arnt; Cecília França; Eduardo Bessa. (Org.). Divulgação Científica e Redação para Professores. 1ed.: , 2015, v. , p. 78-.

4.
Rebelo, Mauro de Freitas. O professor em um mundo saturado de informação. In: Mauro de Freitas Rebelo, Cristine Costa Barreto. (Org.). Estratégias de ensino voltadas para a aprendizagem. 1ed.Rio de Janeiro: CECIERJ, 2014, v. 1, p. 5-18.

5.
Rebelo, Mauro de Freitas. A construção de comunidades virtuais. In: Mauro de Freitas Rebelo, Cristine Costa Barreto. (Org.). Estratégias de ensino voltadas para a aprendizagem. 1ed.Rio de Janeiro: CECIERJ, 2014, v. 1, p. 115-132.

6.
Rebelo, Mauro de Freitas. Quem é o aluno?. In: Mauro de Freitas Rebelo, Cristine Costa Barreto. (Org.). Estratégias de ensino voltadas para a aprendizagem. 1ed.Rio de Janeiro: CECIERJ, 2014, v. 1, p. 19-42.

7.
ULIANO-SILVA, M. ; FERNANDES FC ; HOLANDA, I. B. B. ; Rebelo, M. F. . Biological invasions. How invasive species threaten biodiversity: The case of the golden mussel Limnoperna fortunei and the Amazon River basin. In: Silvana Allodi; Evelise Maria Nazari. (Org.). Exploring Themes on Aquatic Toxicology. 1ed.Bombain: Kerala: Research Signpost, 2013, v. , p. 143-157.

8.
Rebelo, M. F. . A Terra muda. Os organismos mudam. Os organismos mudam a Terra. A Terra muda.. In: José Eli da Veiga. (Org.). Gaia : de mito a ciência. 1ed.São Paulo: Editora Senac São Paulo, 2012, v. , p. 1-.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
Rebelo, Mauro de Freitas. Não basta fazer ciência, é preciso apostar. Folha de São Paulo, São paulo, 21 jun. 2014.

2.
REBELO, M. F.; REHEN SK . Kafkaesque Bureaucracies Impede Import of Scientific Goods in Brazil. PLoS Blog, 12 fev. 2008.

3.
REBELO, M. F.; REHEN SK . É difícil importar material científico. Folha de São Paulo, 07 jan. 2008.

4.
NOGUEIRA D ; REBELO, M. F. ; MORAES MO . Ostras revelam poluição das águas de Sepetiba. Jornal do Brasil, 01 abr. 2001.

5.
REBELO, M. F.. Descaso em Sepetiba. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, 05 set. 2000.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
Amaral MCR ; REBELO, M. F. ; SILVA MA ; SANTOS VCL ; PFEIFFER WC . Variação temporal do índice de condição em ostras Crassostrea rhizophorae em experimento de transplante na Baía de Sepetiba, Brasil.. In: IV SETAC Latino-Americana, 2003, Buenos Aires. Toxicologia y Quimica ambiental. Contribuiciones para un desarrolo sustentable. Buenos Aires: SETAC-LA, 2001. p. 32-33.

2.
BENEDITTO APM ; RAMOS RA ; SOUZA CMM ; REZENDE CE ; Kehrig HA ; MALM, O. ; REBELO, M. F. ; PINTO FN . Heavy metal concentrations in two species of marine mammals and their preys from the northern coast of Rio de Janeiro state, Brazil.. In: International conference Heavy metals in the environment., 2000, Philadelphia. Proceedings of the international conference Heavy metals in the environment., 2000.

3.
Monserrat JM ; REBELO, M. F. ; Bianchini A ; SANTOS EA . Carbohydrate Metabolism in Chasmagnathus granulata (Decapoda, Grapsidae) Exposed to Formulated Metil Parathion at Different Temperatures.. In: Pollution processess in coastal environments, 1996, Mar del Plata. Proceedings of pollution processess in coastal environments, 1994. v. 1. p. 302-305.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
ULIANO-SILVA, M. ; Americo JA ; FURTADO, C. ; Rebelo, M. F. ; PROSDOCIMI, FRANCISCO . Announcement of the invasor mussel Limnoperna fortunei mitochondrial genome. In: Society for Molecular Biology and Evolution, SMBE, 2014, San Juan. Annual Society for Molecular Biology and Evolution Meeting, SMBE2014, 2014.

2.
MENDES, G. E. M. ; ULIANO-SILVA, M. ; SCHETTINI, M. M. D. P. ; Rebelo, Mauro de Freitas . Identificação da Biodiversidade de Espécies Usando Computação em Nuvem. In: XXXVI Jornada Giulio Massarani de Iniciação Científica, Tecnológica, Artística e Cultural da UFRJ, 2014, Rio de Janeiro. Livro de Resumos da XXXVI Jornada Giulio Massarani de Iniciação Científica, Tecnológica, Artística e Cultural da UFRJ, 2014. p. 134-134.

3.
FERREIRA, J. G. R. N. ; DETONI, M. A. A. ; SCHETTINI, M. M. D. P. ; Rebelo, Mauro de Freitas . Investigação do Potencial Biotecnológico das Lectinas Tipo-C da Ostra do Mangue. In: XXXVI Jornada Giulio Massarani de Iniciação Científica, Tecnológica, Artística e Cultural da UFRJ, 2014, Rio de Janeiro. Livro de Resumos da XXXVI Jornada Giulio Massarani de Iniciação Científica, Tecnológica, Artística e Cultural da UFRJ, 2014. p. 313-314.

4.
Correa, C. A. ; Albagli, G. ; SCHETTINI, M. M. D. P. ; Rebelo, Mauro de Freitas . Polimorfismo do Gene da Metalotioneína em Ostras do Mangue. In: XXXVI Jornada Giulio Massarani de Iniciação Científica, Tecnológica, Artística e Cultural da UFRJ, 2014, Rio de Janeiro. Livro de Resumos da XXXVI Jornada Giulio Massarani de Iniciação Científica, Tecnológica, Artística e Cultural da UFRJ, 2014.

5.
Americo JA ; DONDERO F ; MORAES MO ; REBELO, M. F. . Gene discovery and expression in the tropical mangrove oyster Crassostrea rhizophorae: transcriptional response to cadmium at the individual level by high throughput microfluidic qPCR. In: 17th Pollutant Responses in Marine Organisms - PRIMO17, 2013, Faro. Abstract book of the 17th International Symposium on Pollutant Responses in Marine Organisms (PRIMO17), 2013. v. 153.

6.
ULIANO-SILVA, M. ; Americo JA ; DONDERO F ; Rebelo, M. F. . Sequencing, assemble and annotation of a transcriptome from the main tissues of the invasor mussel, Limnoperna fortunei. In: 17th Pollutant Responses in Marine Organisms - PRIMO17, 2013, Faro. Abstract book of the 17th International Symposium on Pollutant Responses in Marine Organisms (PRIMO17), 2013.

7.
SCHETTINI, M. M. D. P. ; Americo JA ; Rebelo, M. F. . 3D-Structure Modeling of C-type Lectins from the Mangrove Oyster. In: X-meeting/Brazilian Symposium on Bioinformatics Conference/International Conference of the AB3C, 2013, Recife, PE. Abstracts of the X-meeting/Brazilian Symposium on Bioinformatics Conference/International Conference of the AB3C, 2013.

8.
ULIANO-SILVA, M. ; Americo JA ; DONDERO F ; PROSDOCIMI, F. ; Rebelo, M. F. . Análise preliminar do transcriptoma de Limnoperna fortunei.. In: XII Congresso Brasileiro de Ecotoxicologia XII ECOTOX, 2012, Porto de Galinhas, PE. Anais do XII Congresso Brasileiro de Ecotoxicologia, 2012.

9.
CALASSARA, P. C. ; FELICIO, A. A. ; Rebelo, M. F. ; PARENTE TEM ; ALMEIDA, E. A. . Expressão Gênica de CYP1A em Cascudos (Pterygoplichthys anitsi) Expostos a Biodiesel. In: XXXIV Jornada Giulio Massarani de Iniciação Científica, Artística e Cultural UFRJ, 2012, Rio de Janeiro. Livro de Resumos da XXXIV Jornada Giulio Massarani de Iniciação Científica, Artística e Cultural, 2012. v. 1. p. 367.

10.
Americo JA ; MORAES MO ; VIARENGO A ; DONDERO, FRANCESCO ; Rebelo, M. F. . Construção, sequenciamento e anotação funcional de bibliotecas de cdna normalizadas para dois bivalves tropicais: a ostra Crassostrea rhizophorae e a vieira Nodipecten nodosus.. In: XI Congresso Brasileiro de Ecotoxicologia, 2010, Bombinhas. Anais do XI Congresso Brasileiro de Ecotoxicologia, 2010.

11.
FIGUEIREDO ES ; BARROS, C. M. ; Americo JA ; Salgado, LT. ; TORRES, JPM ; ALLODI S ; Rebelo, M. F. . Crassostrea rhizophorae: a morfological and ultrastructural study. In: VII Iberoamerican Congress of Biophysics, 2009, Búzios. Abstracts of the VII Iberoamerican Congress of Biophysics, 2009.

12.
FIGUEIREDO ES ; BARROS, C. M. ; Americo JA ; Salgado, LT. ; TORRES, JPM ; ALLODI, SILVANA ; Rebelo, M. F. . Crassostrea rhizophorae: a morfological and ultrastructural study. In: 15º International Symposium on Pollutant Responses in Marine Organisms (PRIMO 15), 2009, Bordeaux. Fifteenth International Symposium on Pollutant Responses in Marine Organisms (PRIMO 15), 2009.

13.
Parente, Thiago E.M. ; WOODIN, B. ; Goldstone, Jared V. ; Paumgartten, Francisco J.R. ; Rebelo, M. F. ; STEGEMAN, J. . Absence of EROD activity in fish: the curious case of Hypostomus CYP1A. In: 15º Polluant Responses in Marine Organisms - PRIMO15, 2009, Bordeaux. PRiMOXV Abstract book, 2009.

14.
Parente, Thiago E.M. ; Woodin, Bruce R. ; Goldstone, Jared V. ; Paumgartten, Francisco J.R. ; STEGEMAN, J. ; Rebelo, M. F. . Absence of EROD activity in fish: the curious case of Pterygoplichthys CYP1A. In: VII Iberoamerican Congress of Biophysics, 2009, Búzios, RJ. Abstract Book of the VII Iberoamerican Congress of Biophysics, 2009.

15.
FIGUEIREDO ES ; Americo JA ; BARROS, C. M. ; ALLODI S ; Rebelo, M. F. . Efeito do cádmio na estabilidade da membrana lisossomal de hemócitos da ostra Crassostrea rhizophorae (Guilding, 1828). In: XXX Jornada Giulio Massarani de Iniciação Científica Artística e Cultural da UFRJ, 2008, Rio de Janeiro. Livro de Resumos da XXX Jornada Giulio Massarani de Iniciação Científica, Artística e Cultural, 2008.

16.
FIGUEIREDO ES ; ROCHA AVM ; Americo JA ; TORRES, JPM ; ALLODI S ; Rebelo, M. F. . Efeito do cádmio na estabilidade da membrana lisossomal de hemócitos da ostra Crassostrea rhizophorae (Guilding, 1828). In: X Congresso Brasileiro de Ecotoxicologia, 2008, Bento Gonçalves, RS. Ecotox Resumos, 2008.

17.
MATIAS, G. R. A. ; RODRIGUES, I. L. ; NASCIMENTO, I. A. ; Rebelo, M. F. ; Parente, Thiago E.M. ; LUZ, L. D. ; KIPERSTOCK, A. . Evaluation of the contamination of the water bodies using the induction of EROD activity as biomarker. In: 14 PRiMO - Pollutant Responses in Marine Organisms, 2008, Florianópolis, SC. Marine Environmental Research, 2008. v. 66. p. 173-173.

18.
ROCHA AVM ; FIGUEIREDO ES ; Americo JA ; REBELO, M. F. . Identificação de genes de resposta ao estresse ambiental em ostras Crassostrea rhizophorae (Guilding 1828). In: Jornada de iniciação científica da UFRJ, 2007, Rio de Janeiro. Jornada de iniciação científica da UFRJ, 2007.

19.
FIGUEIREDO ES ; ROCHA AVM ; ALLODI S ; REBELO, M. F. . Desenvolvimento de culturas primárias de hemócitos da ostra de mangue Crassostrea rhizophorae (Guilding 1828). In: XXIX Jornada Giulio Massarani de Iniciação Científica, Artística e Cultural da UFRJ, 2007, Rio de Janeiro. Livro de Resumos da XXIX Jornada Giulio Massarani de Iniciação Científica, Artística e Cultural da UFRJ, 2007.

20.
Rebelo, M. F. ; TRIVELLA, D. ; GUERREIRO, L. T. ; MORAES MO ; BAINY ACD ; TORRES, JPM . Shift from tolerance to resistance mechanisms in the oyster Crassostrea rhizophorae revealed by molecular biomarkers after acute exposure to sub-lethal cadmium concentrations. In: 14th Pollutant Responses in Marine Organisms - PRIMO14, 2007, Florianópolis, SC. 14th International Symposium Pollutant Responses in Marine Organisms, 2007. v. 1. p. 55.

21.
FIGUEIREDO ES ; VIEIRA MCR ; GALVÃO PMA ; REBELO, M. F. ; TORRES, JPM . Percepção e educação ambiental de coletores de ostras em Guaratiba e maricultores de Angra dos Reis. In: XXVII Jornada de Iniciação Científica, Artística e Cultural, 2006, Rio de Janeiro. Anais da XXVII Jornada de Iniciação Científica, Artística e Cultural, 2006.

22.
SALDANHA GC ; TORRES, JPM ; BASTOS WR ; Meire RO ; Silva, C.E.A. ; Fonseca MF ; REBELO, M. F. ; Claudio L ; MALM, O. . DDT and its metabolites in fishes collected at the Puruzinho Lake. In: 26th International Symposium on Halogenated Environmental Organic Pollutants and Persistent Organic Pollutants (POPs) - DIOXIN 2006, 2006, Oslo. Proceedings of the 26th International Symposium on Halogenated Environmental Organic Pollutants and Persistent Organic Pollutants (POPs) - DIOXIN 2006, 2006.

23.
SALDANHA GC ; TORRES, JPM ; BASTOS WR ; Meire RO ; Silva, C.E.A. ; Fonseca MF ; REBELO, M. F. ; Claudio L ; MARKOWITZ S ; MALM, O. . DDT and metabolites in soils of puruzinho lake, Amazon, Brazil.. In: 26th International Symposium on Halogenated Environmental Organic Pollutants and Persistent Organic Pollutants (POPs) - DIOXIN 2006, 2006, Oslo. Proceedings of the 26th International Symposium on Halogenated Environmental Organic Pollutants and Persistent Organic Pollutants (POPs) - DIOXIN 2006, 2006.

24.
Fonseca MF ; OLIVEIRA LPJ ; BASTOS WR ; REBELO, M. F. ; TORRES, JPM ; MARQUES RC ; TOREZANI YLS ; SILVEIRA PP ; SILVEIRA EG ; NOBREGA ACL ; MALM, O. . Autonomic Nervous System Assessment. in Riparian Adults Exposed Life Long to Methylmercury and DDT. In Madeira River Basin, Brazil - Preliminary Data.. In: XIII International Conference Heavy Metals in the environment, 2005, Rio de Janeiro. Proceedings of the XIII International Conference Heavy Metals in the environment, 2005.

25.
Fonseca MF ; BASTOS WR ; REBELO, M. F. ; TORRES, JPM ; BERNARDI JVE ; Azeredo, A. ; SALDANHA GC ; OLIVEIRA R ; ALMEIDA, R. ; MARQUES RC ; SILVEIRA EG ; MALM, O. . Mercury and DDT: an Interdisciplinary Study in The Model Riparian Community Of Puruzinho Lake, Amazon, Brazil.. In: XIII International Conference Heavy Metals in the environment, 2005, Rio de Janeiro. Proceedings of the XIII International Conference Heavy Metals in the environment, 2005.

26.
MARQUES RC ; BRANDAO K ; BASTOS WR ; Fonseca MF ; REBELO, M. F. ; MALM, O. . Prenatal Exposure to Mercury in Three Year-Old Children from Porto Velho, Rondonia, Brazil. In: XIII International Conference Heavy Metals in the environment, 2005, Rio de Janeiro. Proceedings of the XIII International Conference Heavy Metals in the environment, 2005.

27.
WANICK RC ; CARVALHO MFB ; REBELO, M. F. ; SANTELLI RE . Use of Metallothioneins as a biomarker of Heavy Metal Contamination: Overview and Perspectives. In: XIII International Conference Heavy Metals in the environment, 2005, Rio de Janeiro. Proceedings of the XIII International Conference Heavy Metals in the environment, 2005.

28.
TORRES, JPM ; Azeredo, A. ; SARCINELI PN ; Fonseca MF ; SALDANHA GC ; Meire RO ; REBELO, M. F. ; BASTOS WR ; MALM, O. ; Claudio L . DDT and its metabolites in breast milk from the Madeira river basin in the Amazon, Brazil.. In: 25th International Symposium on Halogenated Environmental Organic Pollutants and Persistent Organic Pollutants (POPs) - DIOXIN 2005, 2005, Toronto. Proceedings of the 25th International Symposium on Halogenated Environmental Organic Pollutants and Persistent Organic Pollutants (POPs) - DIOXIN 2005, 2005.

29.
FERREIRA-CRAVO M ; LIMA JV ; SANDRINI J ; GERACITANO L ; REBELO, M. F. ; Monserrat JM . Gradiente corporal de defesas antioidantes e geração de expécies reativas de oxigênio no poliqueto estuarino Laeonereis acuta (nereididae).. In: 3o congresso Iberoamericano de toxicologia y contaminacion, 2005, Cadiz. Anais do 3o congresso Iberoamericano de toxicologia y contaminacion, 2005.

30.
MALM, O. ; Palermo EFA ; SANTOS HSB ; Kehrig HA ; REBELO, M. F. ; MOREIRA LPA ; PFEIFFER WC . Mercury in fish food chain from tucuruí reservoir by CV AAS. In: 8th Rio Symposium on Atomic Spectrometry, 2004, Parati. Proceedings of the 8th Rio Symposium on Atomic Spectrometry, 2004.

31.
REBELO, M. F.; DONDERO F ; PIACENTINI L ; BANNI M ; VIARENGO A . Análise da expressão gênica do homólogo de p53 em mytilus galloprovincialis exposto a contaminantes ambientais por PCR quantitativa de tempo real.. In: VIII Congresso Brasileiro de Ecotoxicologia, 2004, Florianópolis. Anais do VIII Congresso Brasileiro de Ecotoxicologia, 2004.

32.
REBELO, M. F.; DONDERO F ; PIACENTINI L ; BANNI M ; VIARENGO A . Análise da expressão gênica do homólogo de p53 em mytilus galloprovincialis exposto a contaminantes ambientais por PCR quantitativa de tempo real. In: VIII Congresso Brasileiro de Ecotoxicologia, 2004, Florianópolis. Anais do VIII Congresso Brasileiro de Ecotoxicologia, 2004.

33.
MARSANO F ; PITTÀ C ; PALLAVICINI A ; VERGANI L ; REBELO, M. F. ; PIACENTINI L ; VITULO N ; MONETO SD ; VERNIER P ; DONDERO F ; LANFRANCHI G ; VIARENGO A . Gene transcription profiling in the mussel mytilus galloprovincialis using high density and low density DNA microarrays.. In: 12th PRIMO (Pollutant Responses In Marine Organisms) Meeting, 2003, Tampa, 2003.

34.
REBELO, M. F.; DONDERO F ; MARSANO F ; PIACENTINI L ; VIARENGO A . P53 messanger RNA repression in blue mussels (Mytilus edulis) exposed to PAHs.. In: 12th PRIMO (Pollutant Responses In Marine Organisms) Meeting, 2003, Tampa, 2003.

35.
DONDERO F ; REBELO, M. F. ; PIACENTINI L ; PAMPANIN D ; Burlando B ; VIARENGO A . The expression of two cognate metallothionein genes in the digestive gland cells of the mussel Mytilus galloprovincialis is modulated by distinct heavy metal ions.. In: 12th PRIMO (Pollutant Responses In Marine Organisms) Meeting, 2003, Tampa, 2003.

36.
DONDERO F ; MARSANO F ; REBELO, M. F. ; PIACENTINI L ; VERGANI L ; FABBRI E ; VIARENGO A . Identification of xenobiotic induced responses in the marine bivalve Mytilus galloprovincialis by gene transcription profiling using a low density microarray.. In: Microarray Meeting 2003: III°Convegno italiano sulla tecnologia., 2003, Milão, 2003.

37.
REBELO, M. F.; DONDERO F ; BERTI E ; VIARENGO A . Cell responses to environmental stressors in the slime mold Dictyostelum discodeum.. In: 4th European Congress of Protistology., 2003, San Benedetto del Tronto., 2003.

38.
REBELO, M. F.; COUTINHO DA ; MORAES MO ; TORRES, JPM . Identificação e caracterização de genes p450-like na ostra Crassostrea rhizophorae.. In: Congresso Brasileiro de Genética, 2003, Águas de Lindóia, 2003.

39.
DONDERO F ; MARSANO F ; REBELO, M. F. ; PIACENTINI L ; PAMPANIN D ; VERGANI L ; FABBRI E ; VERNIER P ; LANFRANCHI G ; VIARENGO A . Development of molecular tools in Mytilus sp.: A genomic and proteomic approach to environmental monitoring.. In: BEEP (Biological effects of environmental pollutants) Meeting, 2002, Athens, 2002.

40.
REBELO, M. F.. Molecular effects of environmental pollutants to marine invertebrates.. In: II Workshop Organic Pollutants in the Environment, 2002, Rio de Janeiro, 2002.

41.
REBELO, M. F.; DONDERO F ; VIARENGO A . Effects of PAH exposure on Mytilus edulis p53 expression. In: BEEP - Biological Effects of Environmantl Pollutants, 2002, Stavanger. BEEP, 2002.

42.
Amaral MCR ; REBELO, M. F. ; SILVA MA ; PFEIFFER WC . The temporal trend of condition index in mangrove oyster transplanted to polluted coast lagoon, Sepetiba bay, in Brazil.. In: IV SETAC Latino-Americana, 2001, Buenos Aires, 2001.

43.
REBELO, M. F.; GALVÃO PMA ; TORRES, JPM ; MALM, O. . Zinc and cadmium concentration in sediment, in Sepetiba bay (RJ-Brazil). In: IV SETAC Latino-Americana, 2001, Buenos Aires, 2001.

44.
REBELO, M. F.; RIBEIRO GM ; NUNES N ; Amaral MCR ; PFEIFFER WC . Atividade da Na+/K+ ATPase em ostras (Crassostrea rhizophorae) contaminadas por Zn e Cd. In: IV SETAC Latino-Americana, 2001, Buenos Aires, 2001.

45.
Amaral MCR ; REBELO, M. F. ; PFEIFFER WC . Avaliação do índice de condição e de infestação por poliqueta (Polidora sp.) nas ostras Crassostrea rhizophorae (Guiliding, 1828) da Baía de Sepetiba, RJ.. In: Congresso Brasileiro de Ecologia, 2001, Porto Alegre, 2001.

46.
REBELO, M. F.; PFEIFFER WC . Avaliação da contaminação por metais pesados na baía de Sepetiba utilizando a ostra Crassostrea rhizophorae (Guilding, 1828).. In: VI ECOTOX Encontro Brasileiro de Ecotoxicologia, 2000, São Carlos, SP, 2000.

47.
REBELO, M. F.; MORAES MO ; SILVA JR H ; SAMPAIO EP ; PFEIFFER WC . Detecção e acúmulo do mRNA de metalotioneinas por RT-PCR: Biomarcador da contaminação por metal em ostras (Crassostrea rhizophorae).. In: VI ECOTOX Encontro Brasileiro de Ecotoxicologia, 2000, São Carlos, SP, 2000.

48.
Amaral MCR ; REBELO, M. F. ; PFEIFFER WC . Variação do Índice de Condição de populações da ostra Crassostrea rhizophorae (Guilding, 1828) em áreas contaminadas da Baía de Sepetiba, RJ.. In: VI ECOTOX Encontro Brasileiro de Ecotoxicologia, 2000, São Carlos, SP, 2000.

49.
REBELO, M. F.; MORAES MO ; SILVA JR H ; SAMPAIO EP ; PFEIFFER WC . Detection and accumulation of metallothionein mRNA by RT-PCR: Biomarker of metal contamination in mangrove oysters.. In: 21st Annual meeting of the Society of environmental toxicology and chemistry (SETAC)., 2000, Nashville, 2000.

50.
REBELO, M. F.; Amaral MCR ; PFEIFFER WC . Heavy metal contamination assessment in Sepetiba bay (Brasil) using the oyster Crassostrea rhizophorae.. In: 21st Annual meeting of the Society of environmental toxicology and chemistry (SETAC)., 2000, Nashville, 2000.

51.
Monserrat JM ; REBELO, M. F. ; Kehrig HA . Presentation of Data on Mercury Intercomparison Laboratories Exercises. A Matter of Independence.. In: Global Mercury - Meeting on Mercury as a global pollutant., 1999, Rio de Janerio, RJ, 1999.

52.
LEMOS RMA ; CUNHA MB ; BIANCHINI JrJ ; Guimarães JRD ; REBELO, M. F. . Comparação de métodos de conservação de amostras para a determinação de carbono orgânico e inorgânico dissolvido.. In: VII Congresso Brasileiro de Limnologia., 1999, Florianópois, 1999.

53.
REBELO, M. F.; BENEDITTO APM ; PINTO FN ; MALM, O. ; RAMOS RA . Concentração de Metais Pesados em Golfinhos da Costa Norte do Rio de Janeiro, Brasil.. In: VIII COLACMAR Congresso Latino Americano de Ciências do Ma, 1999, Trujillo, 1999.

54.
REBELO, M. F.; PFEIFFER WC . Avaliação da contaminação por Zn e Cd na Baia de Sepetiba (Rio de Janeiro, Brasil) pela ostra Crassostrea rhizophorae (Guilding, 1828).. In: VIII COLACMAR Congresso Latino Americano de Ciências do Ma, 1999, Trujillo, 1999.

55.
REBELO, M. F.; Amado Filho GM ; PFEIFFER WC . Bioacumulação de metais pesados: Processos e importância.. In: I Workshop de efeitos de poluentes em organismos marinhos, 1999, Niterói, RJ, 1999.

56.
REBELO, M. F.; Kehrig HA ; MALM, O. ; AKAGI H . Análisis de Metilmercurio en Pescado de la Amzonia Brasileña.. In: Congresso Latino Americano en Química Analítica Ambiental, 1998, Montevidéo, 1998.

57.
REBELO, M. F.; Amado Filho GM ; CORREA JrJD ; PFEIFFER WC . Bioindicators of Heavy Metal Contamination in the Sepetiba Bay, Rio de Janeiro.. In: V ECOTOX Encontro Brasileiro de Ecotoxicologia, 1998, Itajaí, SC., 1998.

58.
REBELO, M. F.; RODRIGUEZ EM ; SANTOS EA . Efeitos da Exposição Aguda a Amônia na Osmo-Ionorregulação e na Histopatologia das Brânquias de Chasmagnathus granulata (Crustacea-Decapoda) Dana, 1851.. In: IV ECOTOX Encontro Brasileiro de Ecotoxicologia., 1996, Salvador, BA., 1996.

59.
REBELO, M. F.; KINAS PG . Avaliação de Funções de Utilidade e Tomada de Decisão em Situações de Risco Ambiental.. In: IV ECOTOX Encontro Brasileiro de Ecotoxicologia., 1996, Salvador, BA., 1996.

60.
REBELO, M. F.; SANTOS EA . Efeitos da Amônia na Osmo e Ionorregulação de Chasmagnathus granulata (Crustacea-Decapoda) Resultados preliminares.. In: X Reunião Anual das Sociedades de Biologia Experimental FESBE, 1995, Serra Negra, SP, 1995.

61.
REBELO, M. F.; SANTOS EA . Efeitos da Amônia na Osmo e Ionorregulação de Chasmagnathus granulata (Crustacea-Decapoda) Resultados preliminares.. In: VI COLACMAR Congresso Latino Americano de Ciências do Mar, 1995, Mar del Plata, 1995.

62.
Monserrat JM ; Bianchini A ; REBELO, M. F. ; SANTOS EA . Efectos del Plaguicida Metil-Parathion en Metabolismo de Carbohidratos de Chasmagnathus granulata (Decapoda-Grapsidae).. In: VI COLACMAR Congresso Latino Americano de Ciências do Mar., 1995, Mar del Plata, 1995.

63.
Monserrat JM ; Bianchini A ; REBELO, M. F. . Toxicidade e Efeito Anticolinesterásico do Metil Paration em Chasmagnathus granulata (GRAPSIDAE) Pré-Tratado com Sesamol.. In: Encontro Anual de Ciências Fisiológicas, 1995, Rio Grande, RS., 1995.

64.
REBELO, M. F.; SANTOS EA . Efeitos da Amônia na Osmo e Ionorregulação de Chasmagnathus granulata (Crustacea-Decapoda). Projeto de Pesquisa. In: II Taller sobre Cangrejos y Cangrejales, 1994, Mar del Plata. Livro de resumos, 1994.

Apresentações de Trabalho
1.
DETONI, M. A. A. ; FERREIRA, J. G. R. N. ; SCHETTINI, M. M. D. P. ; AMERICO, JULIANA ALVES ; REBELO, M. F. . Prospecting biotechnological applications among c-lectins from the native mangrove oyster. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
REBELO, M. F.. Crowdfunding na ciência. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
REBELO, M. F.. Crowdscience. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
Rebelo, M.. Relações entre Gene e Ambiente. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
Rebelo, M. F. . Por que, quando, como e para que transformar o seu blog científico em um livro.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

6.
ULIANO-SILVA, M. ; Americo JA ; DONDERO F ; PROSDOCIMI, F. ; REBELO, M. F. . Análise Preliminar do Transcriptoma de Limnoperna fortunei. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
REBELO, M. F.. blogs de ciência e comunicação científica na Internet. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
Americo JA ; MORAES MO ; VIARENGO A ; DONDERO F ; REBELO, M. F. . CONSTRUÇÃO, SEQUENCIAMENTO E ANOTAÇÃO FUNCIONAL DE BIBLIOTECAS DE CDNA NORMALIZADAS PARA DOIS BIVALVES TROPICAIS: A OSTRA Crassostrea rhizophorae E A VIEIRA Nodipecten nodosus. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

9.
PARENTE TEM ; WOODIN, B. ; SILVA, M. L. ; GOLDSTONE, J. V. ; Bisch, P. M. ; PAUMGARTEN, F. J. ; STEGEMAN, J. ; REBELO, M. F. . Absence of EROD activity in fish: The curious case of Pterygoplichtys CYP1A. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
PARENTE TEM ; WOODIN, B. ; GOLDSTONE, J. V. ; STEGEMAN, J. ; PAUMGARTEN, F. J. ; REBELO, M. F. . Absence of EROD activity in fish: The curious case of Pterygoplichtys CYP1A. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

11.
REBELO, M. F.. Escrita Criativa em Ciência. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
REBELO, M. F.. Escrita Criativa em Ciência. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
FIGUEIREDO ES ; Americo JA ; BARROS, C. M. ; ALLODI S ; REBELO, M. F. . Efeito do cádmio na estabilidade da membrana lisossomal de hemócitos da ostra Crassostrea rhizophorae (Guilding, 1828).. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

14.
WANICK RC ; REBELO, M. F. ; SANTELLI RE ; VALENTE RH ; LAMAS ME . Identification of metallothionein in oyster Crassostrea rhizophorae for utilization in environmental monitoring. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).


Produção técnica
Programas de computador sem registro
1.
Rebelo, Mauro Freitas; SCHNEIDER, R. A. R. P. ; GUIMARAES MZ . 1, 2, 3 e Pronto!. 2013.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
Rebelo, M. F. ; REHEN SK ; BRANDAO, S. . Biotecnologia Ambiental. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Redes sociais, websites e blogs
1.
REBELO, M. F.. Portal Mauro Rebelo. 2012; Tema: Cotidiano do cientista. (Site).

2.
REBELO, M. F.. Você que é biólogo.... 2011; Tema: Cotidiano do cientista. (Rede social).

3.
REBELO, M. F.. Você que é biólogo.... 2002; Tema: Cotidiano do cientista. (Blog).


Demais tipos de produção técnica
1.
Rebelo, M. F. . Oficina de Escrita Criativa em Ciência. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
Rebelo, M. F. . Workshop of Creative Writing in Science. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
Rebelo, M. F. . Oficina de Escrita Criativa em Ciência. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

4.
Rebelo, M. F. . Oficina de Escrita Criativa em Ciência. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

5.
Rebelo, M. F. . Oficina de Escrita Criativa em Ciência. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

6.
Rebelo, M. F. . Oficina de Escrita Criativa em Ciência. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

7.
REBELO, M. F.; BENCHIMOL M ; VINAGRE F ; DONATO C ; VILELA C . Biologia molecular. 2006. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Aulas online).

8.
REBELO, M. F.; BOUTH E ; LEMOS A . Bioquímica I e II. 2006. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Aulas online).

9.
Amado Filho GM ; REBELO, M. F. . RELATÓRIO REFERENTE À ANÁLISE DE METAIS EM ORGANISMOS MARINHOS DA BAÍA DE SEPETIBA NA REGIÃO PRÓXIMA AO SACO DO ENGENHO, MUNICÍPIO DE ITAGUAÍ, RIO DE JANEIRO. 2006. (Relatório de pesquisa).



Patentes e registros



Patente

A Confirmação do status de um pedido de patentes poderá ser solicitada à Diretoria de Patentes (DIRPA) por meio de uma Certidão de atos relativos aos processos
1.
 AMERICO, JULIANA ALVES ; DONDERO, FRANCESCO ; DE FREITAS REBELO, MAURO . ORGANISMO GENETICAMENTE MODIFICADO COM PROTEÍNAS DERIVADAS DE ESPÉCIES PERTENCENTES AO GÊNERO CRASSOSTREA, PROCESSO DE BIORREMEDIAÇÃO DE UM AMBIENTE COMPREENDENDO METAIS PESADOS, E PROCESSO DE BIOMINERAÇÃO DE UM AMBIENTE COMPREENDENDO METAIS PESADOS. 2016, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: BR10201601842, título: "ORGANISMO GENETICAMENTE MODIFICADO COM PROTEÍNAS DERIVADAS DE ESPÉCIES PERTENCENTES AO GÊNERO CRASSOSTREA, PROCESSO DE BIORREMEDIAÇÃO DE UM AMBIENTE COMPREENDENDO METAIS PESADOS, E PROCESSO DE BIOMINERAÇÃO DE UM AMBIENTE COMPREENDENDO METAIS PESADOS" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 10/08/2016



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
Rebelo, Mauro Freitas; GONDIM, K. C.; SILVA, R.; PACHECO, A. B. F.; MACHADO, E.. Participação em banca de Danielle Bertino Grimaldi. influência da dieta na composição da microbiota e atividades enzimáticas no sistema digestivo de periplaneta americana. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
VERMELHO, A.B.; ROSADO, A. S.; Rebelo, M.. Participação em banca de Amanda Gonçalves Bendia. Micro-organismos de solo Antártico: efeitos da radiação ultravioleta, caracterização e aplicações biotecnológicas. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

3.
CELINO, J. J.; JESUS, T. B.; Rebelo, M.; PROST, C.. Participação em banca de Tainã Cádija Almeida de Mamede. Biomonitoramento por Crassostrea rhizophorae (GUILDING, 1928) e percepção de risco socioambiental na Baia de Todos os Santos, Bahia. 2012. Dissertação (Mestrado em Geoquímica: Petróleo e Meio Ambiente) - Universidade Federal da Bahia.

4.
Guimarães JRD; MALM, O.; Osterreicher P; Rebelo, MF.. Participação em banca de Isabella Vitoria Abduche Feijó. Efeitos do vazamento de CO2 em solo tropical não saturado. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

5.
Dafre, AD; Rebelo, MF.; Bem, AF; Stephen, T; Müller, IC. Participação em banca de samira flesch. Respostas do sistema de destoxificação e das defesas antioxidantes celulares em tilápias do nil (Oreochromis niloticus) expostas à ambientes contaminados em Joinville, SC. 2011. Dissertação (Mestrado em Programa Multicêntrico em Ciência Fisiológicas) - Universidade Federal de Santa Catarina.

6.
REBELO, M. F.; NASCIMENTO, I. A.; PEREIRA, S. A.. Participação em banca de Igor Leonardo Pereira Rodrigues. Metalotioneínas como biomarcadores de poluição por metais-traços em corpos d`água utilizando Tilápias do Nilo (Oreochromis niloticus, Linnaeus, 1758) como organismos-teste. 2008. Dissertação (Mestrado em Ecologia e Biomonitoramento) - Universidade Federal da Bahia.

7.
MARQUES MRF; TERENZI HF; REBELO, M. F.; MELO CMR; BAINY ACD. Participação em banca de Thiago Bruce Rodrigues. Expressão do gene da Aminolevulinato sintase (ALAS) na ostra Crassostrea gigas exposta a esgoto doméstico. 2007. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

8.
SANTELLI RE; VALENTE RH; CORDEIRO, R. C.; MACHADO, W. T. V.; REBELO, M. F.. Participação em banca de Rodrigo da Cunha Wanick. Identificação de metalotioneínas em ostra Crassostrea rhizophorae para aplicações ambientais. 2007. Dissertação (Mestrado em Geociências (Geoquímica)) - Universidade Federal Fluminense.

9.
LUZ, L. D.; NASCIMENTO, I. A.; REBELO, M. F.; ZANTA, V. M.. Participação em banca de Graça Regina Armond Matias. Avaliação Ecotoxicológica em corpos d'água utilizando um biomarcador de compostos aromáticos: estudo em receptor de efluentes industriais. 2007. Dissertação (Mestrado em Engenharia Ambiental Urbana) - Universidade Federal da Bahia.

10.
REBELO, M. F.; MARTINEZ AMB; CHIARINI LB. Participação em banca de Inês Julia Ribas Wajsenzon. Expressão da catalase, Bax e p53 na retina e na lâmina ganglionar de caranguejos Ucides cordatus submetidos a radiação UV. 2006. Dissertação (Mestrado em Ciências Morfológicas) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

11.
REBELO, M. F.; MALM, O.; CARVALHO CEV; MOREIRA JC. Participação em banca de Rodrigo Ornellas Meire. Avaliação de Hidrocarbonetos policiclicos aromáticos (HPAs) em áreas de proteção permanente no sudeste brasileiro. 2006. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

12.
REBELO, M. F.; VALENTE RH; SELLA SM. Participação em banca de Leonardo Silveira Villar. Otimização de metodologia para extração e determinação de metalotioneína em ostras Crassostrea Rhizophorae (Guilding, 1828) para aplicação em Estudos Ambientais. 2006. Dissertação (Mestrado em Química) - Universidade Federal Fluminense.

13.
REBELO, M. F.; Guimarães JRD; LAMAS ME. Participação em banca de Paulo Renato Dorneles. A transferência de cádmio de cefalópodes para cetáceos: adaptações à elevada ingestão de um metal tóxico. 2005. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

14.
REBELO, M. F.; LACERDA LD. Participação em banca de Janaína Andrade dos Santos. Determinação de Cu e Zn em camarões cultivados no litoral leste do estado do Ceará. 2005. Dissertação (Mestrado em Ciências Marinhas Tropicais) - Universidade Federal do Ceará.

Teses de doutorado
1.
Rebelo, M. F.; ROSSI, M. I. D.; ALLODI, SILVANA; MANTELATTO, F. L. M.. Participação em banca de Paula Grazielle Chaves da Silva. Interação entre células sanguíneas, neurodegeneração e neurogênese em crustáceos adultos. 2014. Tese (Doutorado em Ciências Morfológicas) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
SOARES, M. C. S.; MENEZES, M.; Rebelo, M. F.; AZEVEDO SMFO. Participação em banca de Iamê alves Guedes. Diversidade e dinâmica de cianobactérias e produção de microcistina no reservatório do Funil-RJ. 2013. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

3.
PEREIRA, C. H.; FERNANDEZ, J. L.; Rebelo, M.. Participação em banca de Érica de Lana Meirelles. Relações gene-ambiente e neurogênese hipocampal no modelo carioca de transtorno de ansiedade. 2012. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

4.
KURTENBACH, E.; TINOCO, L. W.; PEREIRA, M. D.; Rebelo, M.; KRUGER, W. M. A. V.. Participação em banca de Thiago Estevam Parente Martins. Caracterização bioquímica e molecular do citocromo P450 1A do peixe Pterygoplichthys sp. (Loricariidae). 2012. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

5.
MALM, O.; MOREIRA JC; Fonseca MF; TORRES, JPM; REBELO, M. Participação em banca de Giselle Cavalcante Saldanha. Poluentes orgânicos persistentes em cabelo humano na bacia do Rio Madeira. 2011. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

6.
REBELO, M; BARRETO, C. C.; MASUDA, H. Participação em banca de Renata Vittoretti Leite. Atividades no Material Impresso de Biologia do CEDERJ: uma estratégia do desenho instrucional para EAD?. 2011. Tese (Doutorado em Pós-graduação em Bioquímica) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

7.
AZEVEDO SMFO; DÓREA JG; Lailson Brito, J. Jr.; REBELO, M. Participação em banca de Daniele Botaro. Poluentes orgânicos persistentes e mercúrio em rações e músculos de tilápia cultivada. 2010. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

8.
BARRETO, C. C.; Da POIAN, A. T.; REBELO, M. F.; RODRIGUES, S.. Participação em banca de Ana Paula Abreu Fialho Campos da Paz. Design instrucional e aprendizagem de bioquímica a distância. 2008. Tese (Doutorado em Bioquímica) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

9.
MARINHO, M. M.; MALM, O.; REBELO, M. F.; AZEVEDO SMFO; MAGALHAES, V. F.. Participação em banca de Alessandra Delazari Barroso. Fatortes controladores do desenvolvimento do fitoplâncton em um reservatório de abastecimento público no espírito Santo, com ênfase em cianobactérias. 2007. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Qualificações de Doutorado
1.
REBELO, M. F.. Participação em banca de Carlos Vinícius Silva Gomes. Plasticidade Fenotípica. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Ecologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
REBELO, M. F.; Lailson Brito, J. Jr.; Dorneles PR. Participação em banca de Rodrigo Ornellas Meire. Dinâmica de POPs no Meio Ambiente, Espécie Sentinela e Metodologias analíticas avançadas para contaminantes ambientais. 2010. Exame de qualificação (Doutorando em Doutorado em Ciência Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

3.
ALLODI S; COSTA, M. L.; COSTA, M. W.; REBELO, M. F.. Participação em banca de Dib Ammar. Multicelularidade, genes homeobox e a conquista da forma. 2008. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Morfológicas) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

4.
ALLODI S; PAVAO M; REBELO, M. F.. Participação em banca de Cíntia Monteiro de Barros. Estudo Ultraestrutural e Bioquímico da hemolinga da ascídia Styela plicata. 2007. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Morfológicas) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Qualificações de Mestrado
1.
Rebelo, M.. Participação em banca de Viviane Figueiredo Souza. Microevolução, macroevolução e evolução pontuada. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Ecologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
REBELO, M; Fonseca MF. Participação em banca de Lilian de Carvalho Aragão. Qualidade de vida em portadoras de endometriose profunda no rio de janeiro e em outras regiões do mundo.. 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Pós-Graduação em Vídeoendoscopia Ginecológica) - Fundação Oswaldo Cruz.

2.
REBELO, M; Fonseca MF. Participação em banca de Rafael Camardella Carneiro. Valor preditivo positivo da ultrassonografia transvaginal na identificação de pólipos endometriais. 2010. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Pós-Graduação em Vídeoendoscopia Ginecológica) - Fundação Oswaldo Cruz.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
REBELO, M. F.. Participação em banca de Thiago Estevan Parente Martins.Indução do CYP1A em peixes como biomarcador da poluição aquática - o caso do Rio Guandu. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
REBELO, M. F.. Participação em banca de Sérgio Augusto Coelho de Souza.Potencial de metilação de mercúrio em perifiton associado as raízes de macrófitas aquáticas e fitoplancton. 2000 - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
Oliveira JA; BARROS, E. G.; REBELO, M. F.. Professor adjunto Biofísica Ambiental. 2010. Universidade Federal de Viçosa.

2.
Oliveira JA; BARROS, E. G.; REBELO, M. F.. Professor Assistente Biofísica Ambiental. 2010. Universidade Federal de Viçosa.

Outras participações
1.
REBELO, M. F.. Mecanismos Neuroprotetores mediados por metalotioneinas. 2015. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

2.
BRAZ, A.; TORRES, J. P. M.; Rebelo, M. F.. Fatores Determinantes da Distribuição Geográfica das Espécies. 2015. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

3.
Rebelo, Mauro de Freitas. Trabalhos apresentados no 1o CONPEX. 2013. Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de Rondônia.

4.
REBELO, M. F.; AZEVEDO, S. M. F. O. E.; COELHO, R. R.. Potencial do uso da microbiota bacteriana do caracol gigante africano (achatina fulica) na produçào de enzimas celuloliticas. 2013. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

5.
PEREIRA, C. H.; FERNANDEZ, J. L.; REBELO, M. F.. Relações Gene Ambiente e Neurogênese Hipocampal no Modelo carioca de transtorno de ansiedade. 2012. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

6.
REBELO, M. Comissão de Avaliação dos trabalhos submetidos à 63ª Reunião Anual da SBPC. 2011. Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência - São Paulo.

7.
REBELO, M. F.. Microevolução, macroevolução e evolução pontuada. 2011. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

8.
PIRES, A. P.; REBELO, M. F.. Nichos Ecológicos - Qualificacao, mestrado PPGE. 2009. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

9.
LINDE-ARIAS AR; REBELO, M. F.; BRAGA AMCB. Detecção de PAHs em Coquilles na Baia de Ilha grande - Rio de Janeiro. 2007. Fundação Oswaldo Cruz.

10.
BRANCO, C. W. C.; CAMARA, V. M.; MAGALHAES, V. F.; REBELO, M. F.. Estudo Ecotoxicológico de cianobactérias formadoras de florações no complexo lagunar de Jacarépagua e suas implicações para saúde pública". 2007. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

11.
REBELO, M. F.; MALM, O.; AZEVEDO SMFO. Difenil Eters polibrominados (PBDEs), bifenilas policloradas (PCBs) e metais pesados em tilápias do Nilo (Oreochromis niloticus). 2007. Instituto de biofísica Carlos Chagas Filho.

12.
REBELO, M. F.. Jornada de Iniciação Científica. 2005. Universidade Federal do Rio de Janeiro.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Science Diplomacy Workshop.Increase the bet - Creating a Bioeconomy in Brasil. 2015. (Oficina).

2.
Science Diplomacy Workshop.PhD21 - Better scientists for a better world. 2014. (Oficina).

3.
Aula inaugural 2013/2 dos Cursos de Ciências Biológicas e Biotecnologia UFRGS.Financiamento Coletivo para a Ciência - Crowdfunding. 2013. (Outra).

4.
Cafê Científico.Blogs de ciência e divulgação científica na Internet. 2012. (Encontro).

5.
III Encontro de Extensão do ICB/UFRJ.Blogs de ciência e divulgação científica na Internet. 2012. (Encontro).

6.
16th PRIMO. PRIMO's Next - the next generation of Ecotoxicologists. 2011. (Congresso).

7.
ABMPRJ vai a universidade.Poluição, evolução e saúde. 2011. (Encontro).

8.
II Workshop do Instituto Naciona de ciência e Tecnologia para Pesquisa Translacional em Saúde e Meio Ambiente na Região Amazônica.Divulgação Científica na Internet. 2011. (Oficina).

9.
VI Jornanda Acadêmica do Instituto Superior de TEcnologia de Paracambi, RJ..Relação entre Genes e Ambiente. 2011. (Simpósio).

10.
XV Bio semana.Futuro da Matriz Energética Brasileira. 2011. (Simpósio).

11.
Ciclo de Seminários do Programa de Pós-graduação em Ciência de Alimentos.Relações entre Genes e Ambiente. 2010. (Outra).

12.
Ciclo de Seminários do Programa de Pós-graduação em Ciência Fisiológicas.Relações entre Genes e Ambiente. 2010. (Outra).

13.
III Latin American Postgraduate Program of Biophysics Course.Gene Environment Relationships. 2010. (Simpósio).

14.
IV International Workshop Pollutants in the environment. The curious case of Hypostomous. 2010. (Congresso).

15.
15th PRIMO - Pollutant responses in Marine Organisms. Young Researchers. 2009. (Congresso).

16.
Ciclo de Palestras do INPeTAm.O INPeTAm na Internet. 2009. (Outra).

17.
II Encontro de Formação de Tutores do Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas.O professor em um mundo saturado de informação. 2009. (Encontro).

18.
Congresso Brasileiro de Ecotoxicologia (ECOTOX). Efeito do cádmio na estabilidade da membrana lisossomal de hemócitos da ostra Crassostrea rhizophorae (Guilding, 1828).. 2008. (Congresso).

19.
I EWCLiPo - Enconto de Weblogs Científicos de Língua Portuguesa. Educação e ciência 2.0. 2008. (Congresso).

20.
II Simpósio de Oncobiologia.Avaliação de posters. 2008. (Simpósio).

21.
Seminários do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho.Educação e ciência 2.0. 2008. (Seminário).

22.
Programa de Pós-graduação em Biotecnologia.Biomarcardores Moleculares de contaminação Ambiental. 2007. (Seminário).

23.
Seminários do Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho.Capacitação docente para o ensino a distância. 2007. (Seminário).

24.
Simpósio de Oncobiologia.Simpósio de Oncobiologia. 2007. (Simpósio).

25.
Simpósio de pesquisa e extensão do CCB UFSC.É pra ontem! Construindo a universidade aberta do Brasil. 2007. (Simpósio).

26.
XXII Reunião anual da FeSBE. Biofísica Ambiental. 2007. (Congresso).

27.
XXII Reunião anual da FeSBE. Política Científica - Importação de Insumos para pesquisa científica. 2007. (Congresso).

28.
3rd Workshop Micropollutants in the Environment. Mesa redonda: Tecnologias moleculares para avaliação de efeitos de poluentes em organismos aquáticos. 2006. (Congresso).

29.
II congresso do programa institucional de Bolsas de iniciacão científica da Universidade Santa Úrsula. Biomarcardores Moleculares de contaminação Ambiental. 2006. (Congresso).

30.
Seminários do Laboratório de Ciências Ambientais UENF.Biomarcardores Moleculares de contaminação Ambiental. 2006. (Seminário).

31.
XXI Reunião anual da FeSBE. Política Científica III: Políticas de importação de insumos para ciência. 2006. (Congresso).

32.
XXVI congresso brasileiro de zoologia. Biomarcadores Moleculares de Contaminação Ambiental. 2006. (Congresso).

33.
XXVIII Encontro de Ex- alunos do IBMR.Política Científica: Programas de fomento para jovens cientistas. 2006. (Encontro).

34.
Seminário de Celebração dos 60 anos do Instituto de Biofísica IBCCF/UFRJ.Biomarcadores Moleculares de Contaminação Ambiental. 2005. (Seminário).

35.
Seminário Novos e Velhos Saberes (UFBA).Biomarcardores Moleculares de contaminação Ambiental. 2005. (Seminário).

36.
VII congresso da sociedade Brasileira de Mutagênese, Carcinogênese e Teratogênese. Indução de p53 em mexilhões expostos a cádmio. 2005. (Congresso).

37.
V Semana de Biologia e Meio Ambiente da Universidade Santa Úrsula. Biomarcardores Moleculares de contaminação Ambiental. 2005. (Congresso).

38.
XIII International congerence on Heavy Metals in the environment. Evolution and implications of new analytical techniques. 2005. (Congresso).

39.
4th International Symposium Environmental geochemistry in tropical countries. Molecular biomarkers of environmental contamination. 2004. (Congresso).

40.
Seminários do IBCCF.Biomarcardores Moleculares de contaminação Ambiental. 2004. (Seminário).

41.
VIII Congresso Brasileiro de Ecotoxicologia. Biomarcardores Moleculares de contaminação Ambiental. 2004. (Congresso).

42.
Workshop Petrobrás de Biomarcadores.Biomarcardores Moleculares de contaminação Ambiental. 2004. (Encontro).

43.
BEEP - Biological Effects of Environmantl Pollutants.Effects of PAH exposure on Mytilus edulis p53 expression. 2003. (Oficina).

44.
2nd Workshop Micropollutants in the Environment. Molecular Biomarkers of Environmental Contamination. 2002. (Congresso).

45.
BEEP - Biological Effects of Environmantl Pollutants.Ecotoxicological testing and sampling for aquatic organisms. 2002. (Oficina).

46.
International Summer school on Xenobiotics, Environment and Human health.Environmental Role of Metalothioneins. 2001. (Encontro).

47.
Biofórum - Instituto de Biologia da UFRJ.Reavaliando o impacto ambiental. Os novos paradigmas da ecotoxicologia. 1999. (Seminário).

48.
Semana de Biologia da Universidade Castelo Branco. Ecotoxicologia Aquática. 1997. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Rebelo, Mauro F.. 3rd Advanced Students Workshop in Science, Environment and Health. 2013. (Outro).

2.
REBELO, M. F.. 2nd Advanced Students Workshop in Science, Environment and Health. 2011. (Outro).

3.
REBELO, M. F.. 1st PRIMO International School on Marine Ecology and Ecotoxicology. 2010. (Congresso).

4.
REBELO, M. F.. II Encontro de Weblogs Científicos em Língua Portuguesa. 2009. (Congresso).

5.
TORRES, JPM ; MALM, O. ; Guimarães JRD ; REBELO, M. F. . III Workshop on Micropollutants in the Environment. 2006. (Congresso).

6.
REHEN SK ; REBELO, M. F. ; GUIMARAES MZ ; BISAGGIO RC ; LAMAS ME ; LOWE J . O Cientista do Próximo Milênio. O que se espera de um doutor em ciências no Brasil. 1999. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Nemanja Jankovic. Escalonamento de Bactérias Geneticamente Modificadas para Remoção de Metais Pesados de Efluentes Indústriais. Início: 2015. Dissertação (Mestrado profissional em Mestrado Profissional de Formação para a Pesquisa) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Marcela Uliano-Silva. Sequenciamento do Genoma do Mexilhão Dourado. Início: 2013. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Lucas Iff. Solubilização de metais pesados. Início: 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Bioprocessos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Mauro de Freitas Rebelo. Recuperação de metais pesados por troca iônica. Início: 2016. Iniciação científica (Graduando em Engenharia de Bioprocessos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. (Orientador).

2.
Henrique Bonfim Pinheiro. Desenvolvimento de bactérias geneticamente modificadas para remoção de metais pesados de efluentes industriais.. Início: 2014. Iniciação científica (Graduando em Engenharia de Bioprocessos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. (Orientador).

3.
João Gabriel Rodinho Nunes Ferreira. Caracterização molecular e expressão de lectinas tipo- C em ostras Crassostrea rhizophorae desafiadas. Início: 2013. Iniciação científica (Graduando em Ciências Biológicas: Biofísica) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Marcela Uliano da Silva. Sequenciamento, montagem e anotação do transcriptoma do mexilhão invasor Limnoperna fortunei. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Mauro de Freitas Rebelo.

2.
Daniel Andrade Moreira. Mecanismos moleculares envolvidos na toxicidade da microscistina-LA em tilápia (Oreochromis niloticus).. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: Mauro de Freitas Rebelo.

3.
Eliane de Souza Figueiredo. Caracterização morfológica e contagem diferencial de hemócitos da ostra Crassostrea rhizophorae por microscopia e citometria de fluxo. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Mauro de Freitas Rebelo.

4.
Juliana Alves Americo. Construção, sequenciamento e anotação funcional de bibliotecas de cDNA normalizadas para dois bivalves tropicais: a ostra Crassostrea rhizophorae e a vieira Nodipecten nodosus. 2010. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Mauro de Freitas Rebelo.

5.
Sávio Calazans. Toxicidade de biocidas dissolvidos e microencapsulados ao mexilhão dourado Limnoperna fortunei. 2009. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Mauro de Freitas Rebelo.

6.
Diogo Azevedo Coutinho. Aspectos da toxicocinética do mercúrio em camarões de cultivo Litopeneaus vannamei. 2008. 0 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Mauro de Freitas Rebelo.

7.
Igor Rodrigues. Utilização de metalotioneínas como biomarcadores de contaminação por metais-traço em técnicas de prevenção e controle de poluição em corpos d`água. 2008. Dissertação (Mestrado em Ecologia e Biomonitoramento) - Universidade Federal da Bahia, . Coorientador: Mauro de Freitas Rebelo.

8.
Rodrigo Cunha Wanick. Identificação de proteínas metalotioneínas em ostras Crassostrea rhizophorae para aplicações ambientais. 2007. 0 f. Dissertação (Mestrado em Geociências (Geoquímica)) - Universidade Federal Fluminense, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ. Coorientador: Mauro de Freitas Rebelo.

9.
Petrus Magnus A Galvão. Cinética de Zn e Cd em Nodipecten Nodosus. 2007. 0 f. Dissertação (Mestrado em Ecologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Mauro de Freitas Rebelo.

10.
Graça Regina Armond Matias. Utilização de citocromos P-450 como biomarcadores de contaminação por HPAs em corpos de água. 2007. Dissertação (Mestrado em Engenharia Ambiental Urbana) - Universidade Federal da Bahia, . Coorientador: Mauro de Freitas Rebelo.

11.
Leonardo Silveira Villar. Otimização de metodologia para extração e determinação de metalotioneína em ostras Crassostrea Rhizophorae (Guilding, 1828) para aplicação em Estudos Ambientais. 2006. 0 f. Dissertação (Mestrado em Química) - Universidade Federal Fluminense, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Mauro de Freitas Rebelo.

12.
Maria Clara Rebouças do Amaral. Bioacumulação e depuração de Zn e Cd em ostras Crassostrea rhizophorae transplantadas. 2002. 0 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Coorientador: Mauro de Freitas Rebelo.

Tese de doutorado
1.
Milena Marcela Domingues Pereira Schettini. Metagenômica e DNA barcoding para identificação da biodiversidade em áreas de atividade petrolífera da Bacia de Campos (RJ). 2016. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Orientador: Mauro de Freitas Rebelo.

2.
Juliana Alves Americo. Metalotioneínas sintéticas para aplicações na biorremediação e biomineração de metais pesados. 2014. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Mauro de Freitas Rebelo.

3.
Thiago Estevam Parente Martins. Caracterização Bioquímica e Molecular do Citocromo P450 1A do Peixe Pterygoplichthys sp.. 2012. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas (Biofísica)) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Mauro de Freitas Rebelo.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Marcella Almeida Azevedo Detoni. Bioprospecção orientada a terpenos na Mata Atlântica. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Biológicas: Biotecnologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ. Orientador: Mauro de Freitas Rebelo.

2.
Maria Clara Rebouças do Amaral. Determinação do Índice de Condição de Populações da ostra Crassostrea rhizophorae (Guilding, 1828) em Áreas Contaminadas da Baía de Sepetiba, RJ. 2000. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. Orientador: Mauro de Freitas Rebelo.

Iniciação científica
1.
Caroline Corrêa de Almeida. Seleção de primers adequados para amplificação de marcadores filogenéticos em invertebrados. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas: Biotecnologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Programa de Iniciação Científica da UFRJ. Orientador: Mauro de Freitas Rebelo.

2.
Gabriel Albagli. Estudo de polimorfismos da metalotioneína em ostras Crassostrea rhizophorae. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Farmácia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. Orientador: Mauro de Freitas Rebelo.

3.
Guilherme Eduardo Martins Mendes. Metagenômica e DNA barcoding para identificação da biodiversidade em áreas de atividade petrolífera da Bacia de Campos (RJ). 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Farmácia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Mauro de Freitas Rebelo.

4.
Guilherme Felix dos Santos Silva. Caracterização molecular e expressão de lectinas tipo- C em ostras Crassostrea rhizophorae desafiadas. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas: Modalidade Médica) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Mauro de Freitas Rebelo.

5.
Anne Caroline Reis Leite. Identificação de espécies utilizando análise de sequência de genes através de técnicas de biologia molecular e bioinformática. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas: Modalidade Médica) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Mauro de Freitas Rebelo.

6.
Paula de Campos Calassara. Análise da Expressão Gênica de CYP1A em Cascudos (Pterygoplichthys anitsi) Expostos a Biodiesel. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas: Biofísica) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Mauro de Freitas Rebelo.

7.
Abrahão Silva de Souza. Caracterização Molecular de Lectinas Tipo-C de Ostras Crassostrea rhizophorae. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas: Biotecnologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. Orientador: Mauro de Freitas Rebelo.

8.
Monique Etnea Machado. Caracterização da sequência do gene CrClec-2 da lectinas tipo-C em ostras Crassostrea rhizophorae. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Farmácia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. Orientador: Mauro de Freitas Rebelo.

9.
Natália Mayumi Andrade Yoshihara. Estudo das relações genes-ambiente utilizando modelos não tradicionais de pesquisa. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas: Biotecnologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. Orientador: Mauro de Freitas Rebelo.

10.
Eliane de Souza Figueiredo. Desenvolvimento de cultura primária de hemócitos da ostra Crassostrea rhizophorae (Guilding, 1828).. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas - Licenciatura Ou Bacharelado) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Programa de Iniciação Científica da UFRJ. Orientador: Mauro de Freitas Rebelo.

11.
Gisele Tortorella. Identificação de genes de resposta ao estresse na ostra Crassostrea rhizophorae. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Mauro de Freitas Rebelo.

12.
Juliana Alves Americo. Identificação de genes em bivalves costeiros e invasores. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas - Genética) - Universidade Federal do Rio de Janeiro. Orientador: Mauro de Freitas Rebelo.



Inovação



Patente
1.
 AMERICO, JULIANA ALVES ; DONDERO, FRANCESCO ; DE FREITAS REBELO, MAURO . ORGANISMO GENETICAMENTE MODIFICADO COM PROTEÍNAS DERIVADAS DE ESPÉCIES PERTENCENTES AO GÊNERO CRASSOSTREA, PROCESSO DE BIORREMEDIAÇÃO DE UM AMBIENTE COMPREENDENDO METAIS PESADOS, E PROCESSO DE BIOMINERAÇÃO DE UM AMBIENTE COMPREENDENDO METAIS PESADOS. 2016, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: BR10201601842, título: "ORGANISMO GENETICAMENTE MODIFICADO COM PROTEÍNAS DERIVADAS DE ESPÉCIES PERTENCENTES AO GÊNERO CRASSOSTREA, PROCESSO DE BIORREMEDIAÇÃO DE UM AMBIENTE COMPREENDENDO METAIS PESADOS, E PROCESSO DE BIOMINERAÇÃO DE UM AMBIENTE COMPREENDENDO METAIS PESADOS" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Depósito: 10/08/2016


Programa de computador sem registro
1.
Rebelo, Mauro Freitas; SCHNEIDER, R. A. R. P. ; GUIMARAES MZ . 1, 2, 3 e Pronto!. 2013.


Projetos de pesquisa

Projeto de desenvolvimento tecnológico

Projeto de extensão


Educação e Popularização de C & T



Artigos
Artigos completos publicados em periódicos
1.
REBELO, M. F.2011REBELO, M. F.. Ti-ti-ti! A fofoca como instrumento de ensino. Bioletim, v. 1, p. 19, 2011.


Livros e capítulos
1.
REBELO, M. F.. A Verdade Sobre Cães e Gatos. 1. ed. Rio de Janeiro: Sinergia, 2012. 211p .

2.
REBELO, M. F.; BENTO, R. S. ; ULIANO-SILVA, M. . Biofísica para biologia. 1. ed. Rio de Janeiro: Editado pelo autor, 2015. v. 1. 122p .

3.
Rebelo, Mauro de Freitas; BARRETO, C. C. (Org.) . Estratégias de ensino voltadas para a aprendizagem. 1. ed. Rio de Janeiro: CECIERJ, 2014. v. 1. 162p .

1.
Rebelo, M. F. . A Terra muda. Os organismos mudam. Os organismos mudam a Terra. A Terra muda.. In: José Eli da Veiga. (Org.). Gaia : de mito a ciência. 1ed.São Paulo: Editora Senac São Paulo, 2012, v. , p. 1-.

2.
Rebelo, M. F. . O que você pode aprender sobre escrita em uma tarde no museu com Machado de Assis. In: Ana de Medeiros Arnt, Cecília França, Eduardo Bessa. (Org.). Divulgação Científica e Redação para Professores. 1ed.Tangará da Serra: Editora Ideias, 2015, v. , p. 56-.

3.
REBELO, M. F.. Ti ti ti ? Como chamar atenção para o que você diz?. In: Ana de Medeiros Arnt; Cecília França; Eduardo Bessa. (Org.). Divulgação Científica e Redação para Professores. 1ed.: , 2015, v. , p. 78-.


Apresentações de Trabalho
1.
Rebelo, M. F. . Por que, quando, como e para que transformar o seu blog científico em um livro.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

2.
REBELO, M. F.. blogs de ciência e comunicação científica na Internet. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Programa de Computador sem registro de patente
1.
Rebelo, Mauro Freitas; SCHNEIDER, R. A. R. P. ; GUIMARAES MZ . 1, 2, 3 e Pronto!. 2013.


Cursos de curta duração ministrados
1.
Rebelo, M. F. . Oficina de Escrita Criativa em Ciência. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
Rebelo, M. F. . Oficina de Escrita Criativa em Ciência. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
Rebelo, M. F. . Oficina de Escrita Criativa em Ciência. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

4.
Rebelo, M. F. . Oficina de Escrita Criativa em Ciência. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

5.
Rebelo, M. F. . Workshop of Creative Writing in Science. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

6.
Rebelo, M. F. . Oficina de Escrita Criativa em Ciência. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).


Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
Rebelo, M. F. ; REHEN SK ; BRANDAO, S. . Biotecnologia Ambiental. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Redes sociais, websites e blogs
1.
REBELO, M. F.. Você que é biólogo.... 2011; Tema: Cotidiano do cientista. (Rede social).

2.
REBELO, M. F.. Portal Mauro Rebelo. 2012; Tema: Cotidiano do cientista. (Site).

3.
REBELO, M. F.. Você que é biólogo.... 2002; Tema: Cotidiano do cientista. (Blog).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 16/12/2018 às 16:27:37