Eunice Ostrensky

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/9100209435464735
  • Última atualização do currículo em 30/07/2018


Possuo graduação em Filosofia pela Universidade de São Paulo (1993), mestrado em Filosofia pela Universidade de São Paulo (1997), doutorado em Filosofia pela Universidade de São Paulo (2002), pós-doutorado em teoria política na University of Berkeley, California (2015-2016). Atualmente sou professora doutora de Teoria Política, no departamento de Ciência Política da Universidade de São Paulo. Tenho experiência na área de filosofia política e teoria política moderna, estudantdoprincipalmente os seguintes temas e autores: Maquiavel, Hobbes, Levellers, Harrington, Montesquieu; liberalismo e liberdade; república e republicanismo; soberania e constituição. Sou a favor do retorno à normalidade democrática. Sou mãe de três filhos. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Eunice Ostrensky
Nome em citações bibliográficas
OSTRENSKY, E.;OSTRENSKY, EUNICE

Endereço


Endereço Profissional
Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas.
Av. Prof. Luciano Gualberto, 315, 2o. andar
Butantã
05513-970 - Sao Paulo, SP - Brasil
Telefone: (11) 30913754
URL da Homepage: http://www.fflch.usp.br/dcp/index.htm


Formação acadêmica/titulação


1998 - 2002
Doutorado em Filosofia.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: As revoluções do poder, Ano de obtenção: 2002.
Orientador: Renato Janine Ribeiro.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Palavras-chave: Filosofia Política; democracia; História; Hobbes; Inglaterra; Revolução Inglesa.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Teoria Política.
1994 - 1997
Mestrado em Filosofia.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: A obra política de Hobbes na Revolução de 1640,Ano de Obtenção: 1997.
Orientador: Renato Janine Ribeiro.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Hobbes; Inglaterra; Revolução; Filosofia Política; História.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História Moderna e Contemporânea.
1989 - 1993
Graduação em Filosofia.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.


Pós-doutorado


2004
Pós-Doutorado.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia.
2015 - 2016
Pós-Doutorado.
University of California Berkeley, Berkeley, Estados Unidos.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.


Formação Complementar


2001 - 2001
pesquisa de fontes primárias.
British Library, The, Inglaterra.
2001 - 2001
pesquisa de fontes primárias.
Public Record Office, Inglaterra.


Atuação Profissional



Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Doutor MS-3, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

08/2014 - Atual
Direção e administração, Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas, .

Cargo ou função
Vice-Coordenadora de Pós-Graduação.
08/2009 - Atual
Ensino, Ciência Política, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Modalidades do Pensamento Político Moderno
Tópicos de Teoria e Pensamento Político Moderno
Leituras de Maquiavel
02/2007 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas, .

Linhas de pesquisa
Teoria Política Moderna
02/2007 - Atual
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria Política Clássica
Teoria Política II
Teoria Política III
Tópicos de Moralidade Política
09/2009 - 08/2011
Direção e administração, Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas, .

Cargo ou função
Coordenador de Curso.
02/2009 - 09/2009
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas, .

Cargo ou função
Vice-coordenadora de graduação.
02/2007 - 02/2009
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas, .

Cargo ou função
Membro da comissão de biblioteca.

Universidade São Judas Tadeu, USJT, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2007
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: professor responsável, Carga horária: 40

Atividades

02/2005 - 02/2007
Ensino, Filosofia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia Política III
Filosofia do Direito II
02/2005 - 02/2007
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ética e Filosofia Política
Filosofia Brasileira
Filosofia da Educação
Filosofia da História
02/2005 - 02/2007
Outras atividades técnico-científicas , Centro de Pesquisa, Centro de Pesquisa.

Atividade realizada
Editora-Assistente da Revista Integração, Ensino, Pesquisa e Extensão.

Faculdades Metropolitanas Unidas, FMU, Brasil.
Vínculo institucional

1995 - 1998
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 10

Atividades

03/1995 - 02/1998
Ensino, Serviço Social, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia


Linhas de pesquisa


1.
Teoria Política Moderna

Objetivo: O objetivo geral desta pesquisa é examinar as principais linguagens políticas que compõem o vocabulário do pensamento político moderno, do século XVI ao XIX: humanismo cívico, republicanismo, lei de natureza, direito natural, contraturalismo, democraclia, liberalismo e socialismo. Como objetivo secundário, a pesquisa pretende indicar as interseções e divergências no interior dessas diferentes matrizes teóricas..
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Ética.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: História da Filosofia.
Palavras-chave: liberdade; lei de natureza; Luzes; moralidade; republicanismo; soberania.


Projetos de pesquisa


2011 - Atual
Atores políticos e constituição de Estados na Inglaterra , 1647-1697
Descrição: A partir da ideia de que no início da década de 1640 o conflito entre rei e Parlamento na Inglaterra provocou o total colapso das antigas convenções políticas, o projeto visa investigar alguns esforços teóricos empreendidos para superar essa inédita crise de soberania, esforços aos quais se pode designar por ?experimentos constitucionais?. Entre os discursos políticos que nutriam essa intenção, podemos citar o Acordo do Povo, elaborado pelos levellers, o Leviatã, de Thomas Hobbes e Oceana, de James Harrington. Esses textos se convertem em documentos para os intérpretes contemporâneos, permitindo-lhes ver como ideias abstratas foram veiculadas por meio de diferentes atores políticos e, por outro lado, como questões contingentes se converteram em propostas abstratas por meio da teoria..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2011
Autoridade e liberdade no pensamento político de John Locke
Descrição: 1) Objetivo principal: com base numa abordagem histórica e de pretensão histórica, apresentar os diferentes significados que os termos liberdade e autoridade assumem no conjunto disperso e heterogêneo da obra política de Locke. Minha intenção, portanto, é contribuir para um melhor entendimento tanto dos conceitos políticos centrais dessa obra, como do contexto político e intelectual em que ela foi produzida. 2) Objetivo secundário: questionar até que ponto o liberalismo atual, em suas diferentes e por vezes conflitantes vertentes, realmente retira ? e precisa retirar ? seus fundamentos do pensamento político clássico. Nesse ponto, privilegia-se a recepção contemporânea aos textos de Locke, ampliando-se o diálogo entre o corpo clássico do pensamento político e as questões de interesse atual, exploradas no campo da Teoria Política Normativa..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2008 - Atual
Teoria Política Clássica e Moderna
Descrição: O objetivo é investigar as diferentes linguagens e tradições de pensamento político desenvolvidas entre os séculos XVI e XIX: republicanismo, lei e direito de natureza, contrato, democracia, formas de governo, Estado, liberalismo..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Eunice Ostrensky - Coordenador / Patrício Tierno - Integrante / Roberta Soromenho Nicolete - Integrante / Felipe Freller - Integrante / Christiane Cardoso Ferreira - Integrante / Breno Barlach - Integrante.
Número de produções C, T & A: 10 / Número de orientações: 5
2007 - 2009
O conceito de liberdade
Descrição: A finalidade deste projeto é analisar diferentes formulações do conceito de liberdade política, com ênfase no pensamento inglês dos séculos XVII e XVIII..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Eunice Ostrensky - Coordenador.
Número de produções C, T & A: 3 / Número de orientações: 1
2003 - 2005
Projeto Temático
Descrição: Descrição: O projeto examina um tema que, atualmente, vem ocupando os pesquisadores do pensamento seiscentista, a saber, a relação entre experiência e razão da filosofia e da ciência modernas. Para tanto, a pesquisa se distribuirá em três vertentes principais: 1) vertente epistêmica, na qual recusaremos a distinção tradicional entre empirismo e racionalismo no pensamento clássico, uma vez que o racionalismo é a marca do pensamento moderno, a diferença entre "empiristas" e "racionalistas" encontrando-se simplesmente no lugar que atribuem à experiência e à razão na fundamentação do conhecimento; 2) vertente ético-política, na qual examinaremos o nascimento do pensamento ético-político moderno a partir do lugar que a experiência passa a ocupar na formulação d euma teoria das ações humanas cuja racionalidade depende, justamente, da relação entre a experiência prática e sua elaboração pela razão; 3) vertente ontológica, na qual examinaremos a relação entre experiência e razão, filosofia e ciência, teoria e prática a partir da idéia de infinito positivo ou de infinito atual.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (8) .
Integrantes: Eunice Ostrensky - Integrante / Eduardo Baioni - Integrante / Enéias Júnior Forlin - Integrante / Homero Santiago - Integrante / Maria das Graças de Souza - Integrante / Marilena Chaui - Coordenador / Luís César Guimarães Oliva - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.


Membro de corpo editorial


2011 - Atual
Periódico: Primeiros Estudos
2010 - Atual
Periódico: Anacronismo e Irrupción
2005 - 2006
Periódico: Integração (São Paulo)
2003 - 2004
Periódico: Cadernos Espinosanos (USP)
1999 - 2001
Periódico: Cadernos de Ética e Filosofia Política (USP)


Revisor de periódico


2012 - Atual
Periódico: Dados (Rio de Janeiro. Impresso)
2013 - Atual
Periódico: Brazilian Political Science Review
2013 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Ciência Política (Impresso)
2015 - Atual
Periódico: Revista de Historia (USP)
2015 - Atual
Periódico: Lua Nova (Impresso)
2012 - Atual
Periódico: REVISTA BRASILEIRA DE CIÊNCIAS SOCIAIS (ONLINE)


Revisor de projeto de fomento


2011 - Atual
Agência de fomento: (FAPESP) Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Teoria política moderna.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Teoria Política.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Ética.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.
Russo
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
OSTRENSKY, E.;OSTRENSKY, EUNICE2018OSTRENSKY, E.. The Levellers' conception of legitimate authority. ARAUCARIA: REVISTA IBEROAMERICANA DE FILOSOFÍA, POLÍTICA Y HUMANIDADES, v. 20, p. 157-186, 2018.

2.
OSTRENSKY, EUNICE2018OSTRENSKY, EUNICE. TEÓRICOS POLÍTICOS E PROPOSTAS CONSTITUCIONAIS NA INGLATERRA (1645-1669). REVISTA BRASILEIRA DE CIÊNCIAS SOCIAIS (ONLINE), v. 33, p. 1-17, 2018.

3.
OSTRENSKY, E.;OSTRENSKY, EUNICE2011OSTRENSKY, E.. As várias faces de um ator político. Revista Latinoamericana de Filosofia, v. XXXVII, p. 167-188, 2011.

4.
OSTRENSKY, E.;OSTRENSKY, EUNICE2010OSTRENSKY, E.. Soberania e representação: Hobbes, parlamentaristas e levellers. Lua Nova (Impresso), v. 80, p. 151-179, 2010.

5.
OSTRENSKY, E.;OSTRENSKY, EUNICE2006OSTRENSKY, E.. John Locke entre o céu e o inferno. Integração (São Paulo), v. 47, p. 369-376, 2006.

6.
OSTRENSKY, E.;OSTRENSKY, EUNICE2002OSTRENSKY, E.. Hobbes e a tolerância religiosa no Exército de Novo Tipo. Cadernos de Ética e Filosofia Política (USP), São Paulo, v. 05, p. 87-104, 2002.

7.
OSTRENSKY, E.;OSTRENSKY, EUNICE2001OSTRENSKY, E.. Hobbes e as sem-razões da Revolução. Cadernos Espinosanos (USP), São Paulo, v. 6, p. 27-45, 2001.

8.
OSTRENSKY, E.;OSTRENSKY, EUNICE2000OSTRENSKY, E.. La obra política de Hobbes en la revolución inglesa de 1640. Boletin de Estudios Hobbesianos, Buenos Aires, v. 21, n.21, p. 1-6, 2000.

9.
OSTRENSKY, E.;OSTRENSKY, EUNICE1999OSTRENSKY, E.. Hobbes e o círculo do poder. Cadernos de Ética e Filosofia Política (USP), São Paulo, n.1, p. 55-66, 1999.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
OSTRENSKY, E.; TIERNO, P. (Org.) . Teoria, Discurso e Ação Política. 1. ed. São Paulo: Alameda, 2013. v. 1. 318p .

2.
OSTRENSKY, E.. As revoluções do poder. São Paulo: FAPESP/ Alameda Casa Editorial, 2006. v. 1000. 342p .

Capítulos de livros publicados
1.
OSTRENSKY, E.. Liberalismo Clássico. In: Leonardo Avritzer, Newton Bignotto, Fernando Filgueiras, Juarez Guimarães, Heloísa Starling. (Org.). Dimensões políticas da justiça. 1ed.Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2013, v. 1, p. 47-54.

2.
OSTRENSKY, E.. As várias faces de um ator político. In: Eunice Ostrensky, Patricio Tierno. (Org.). Teoria, discurso e ação política. 1ed.São Paulo: Alameda, 2013, v. 1, p. 117-134.

3.
OSTRENSKY, E.. Otro Locke. In: Eduardo Rinesi. (Org.). En el nombre de dios. 1ed.Buenos Aires: Editorial Gorla, 2009, v. 1, p. 247-301.

4.
OSTRENSKY, E.. Oceana versus Leviatã. In: Marcelo G. Villanova; Douglas F. Barros. (Org.). Hobbes: Natureza, História e Política. 1ed.São Paulo/Córdoba: Discurso Editorial/Editorial Brujas, 2009, v. 1, p. 33-44.

5.
OSTRENSKY, E.. Hobbes. In: Rossano Pecoraro. (Org.). Os filósofos - Clássicos da Filosofia. 1ed.Petrópolis - Rio de Janeiro: Vozes/Puc-Rio, 2008, v. I, p. 190-212.

6.
OSTRENSKY, E.. O sábio e o soldado. Thomas Hobbes e seu discípulo. In: Maria Lucak de Stier. (Org.). Perspectivas latinoamericanas sobre Hobbes. 1ed.Buenos Aires: EDUCA, 2008, v. 1, p. 95-108.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
OSTRENSKY, E.. De facínora a defensor da liberdade. Revista Ciência Hoje, 29 maio 2013.

2.
OSTRENSKY, E.. Thomas Hobbes, como controlar os impulsos dos homens. Mente, cérebro e filosofia, São Paulo, p. 15 - 21, 10 abr. 2007.

3.
OSTRENSKY, E.; RINESI, E. . El Estado, un monstruo necessario. El Clarín, Buenos Aires, 08 jul. 2001.

4.
OSTRENSKY, E.. O estranho liberalismo tropical. Jornal da Tarde, São Paulo, p. 6 - 6, 21 jun. 1997.

5.
OSTRENSKY, E.. Em busca das origens da organização social. Jornal da Tarde, São Paulo, p. 7 - 7, 10 maio 1997.

6.
OSTRENSKY, E.. Os enganos de uma política de confronto. Jornal da Tarde, São Paulo, p. 07 - 07, 12 abr. 1997.

Artigos aceitos para publicação
1.
OSTRENSKY, E.. Teóricos políticos e propostas constitucionais na Inglaterra (1645-1669). REVISTA BRASILEIRA DE CIÊNCIAS SOCIAIS (ONLINE), 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
OSTRENSKY, E.. Como manipular os afetos: Maquiavel entre a retórica e o teatro. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
OSTRENSKY, E.. Atores políticos e constituição de Estados na Inglaterra , 1640-1660. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
OSTRENSKY, E.. As várias faces de um ator político. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
OSTRENSKY, E.. Representação popular: o caso dos levellers no século XVII. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
OSTRENSKY, E.. Oceana versus Leviatã. 2009. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

Outras produções bibliográficas
1.
OSTRENSKY, E.. John Locke, teórico do império. São Paulo: Alameda, 2012. (Tradução/Artigo).

2.
OSTRENSKY, E.. Consciência e linguagem. São Paulo: WMF, 2010 (Revisao tecnica).

3.
OSTRENSKY, E.. Apresentação. São Paulo, 2010. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

4.
OSTRENSKY, E.. Ensaios Políticos. São Paulo: Martins Fontes, 2007. (Tradução/Livro).

5.
OSTRENSKY, E.. Nota da Tradutora. São Paulo, 2005. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

6.
OSTRENSKY, E.. Escritos Políticos. São Paulo: Martins Fontes, 2005. (Tradução/Livro).

7.
OSTRENSKY, E.. Leviatã. Sao Paulo: Martins Fontes, 2003 (Revisao tecnica).

8.
OSTRENSKY, E.. Prefácio. São Paulo, 2003. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

9.
OSTRENSKY, E.. Estudio preliminar. Buenos Aires, 2003. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

10.
OSTRENSKY, E.; RODRIGUES, A. A. . A Riqueza das Nações. São Paulo: Martins Fontes, 2003. (Tradução/Livro).

11.
OSTRENSKY, E.. Ensaio físico-químico. São Paulo, 2002. (Tradução/Artigo).

12.
OSTRENSKY, E.. BEHEMOTH. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2001. (Tradução/Livro).

13.
OSTRENSKY, E.. Das sedições e perturbações. São Paulo, 2000. (Tradução/Artigo).

14.
OSTRENSKY, E.. Liberdade/Utilitarismo. São Paulo: Martins Fontes, 1999. (Tradução/Livro).

15.
OSTRENSKY, E.. Dois Tratados sobre o Governo. São Paulo: Martins Fontes, 1998 (Revisão Técnica).

16.
OSTRENSKY, E.. Teoria dos Sentimentos Morais. São Paulo: Martins Fontes, 1998 (Revisão Técnica).


Produção técnica
Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
OSTRENSKY, E.. A liberdade sob as lentes da política. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
OSTRENSKY, E.. Instruções para redação acadêmica - curso de Ciências Sociais. 2011. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Artigo).

2.
OSTRENSKY, E.. El signficado del republicanismo. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

Demais trabalhos
1.
OSTRENSKY, E.. Hobbes e o nascimento da ciência política. 2011 (Palestra) .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
OSTRENSKY, E.; PERISSINOTTO, R.; Reis, B.P.W.. Participação em banca de Pedro Ernesto Vicente de Castro. Representação Política e Accountability Eleitoral. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade de São Paulo.

2.
OSTRENSKY, E.; FALCAO, L. A.; NEVES, R.. Participação em banca de Gabriela Rodrigues da Guia Rosa. Soberania popular: um clássico conceito contemporâneo. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade de São Paulo.

3.
OSTRENSKY, E.; MACHADO, M. H. P. T.; FERREIRA, G. N.. Participação em banca de Breno Herman Mendes Barlach. E onde esteve o povo? Nacionalidade e exclusão no período da Guerra Civil Americana (1861-1865). 2016. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade de São Paulo.

4.
OSTRENSKY, E.; JASMIN, M.; LYNCH, C. E.. Participação em banca de Felipe Freller. Guizot, Tocqueville e os princípios de 1789. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade de São Paulo.

5.
LIMA, L. F. S.; SLMEIAN, A.; OSTRENSKY, E.. Participação em banca de Jaime Fernando dos Santos Junior.. John Rogers e a disputa pela Commonwealth: Debates e polêmicas com James Harrington, William Prynne e Richard Baxter na Segunda República inglesa. 2014. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal de São Paulo.

6.
OSTRENSKY, E.; JASMIN, M.; ARAUJO, C. R.. Participação em banca de Roberta Kelly Nicolete Soromenho. Quando a política caminha na escuridão- um estudo sobre interesse e virtude n'A Democracia na América de Tocqueville. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade de São Paulo.

7.
Nascimento, Rodnei Antonio do; Carvalho, Marcelo Silva de; OSTRENSKY, E.. Participação em banca de Alexandra Paulino de Aguiar. A antropologia filosófica no pensamento de Adam Smith. 2013. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de São Paulo.

8.
AGUIAR, O. A.; OSTRENSKY, E.; GOMES, R. H. F.; BRILHANTE, A. A.. Participação em banca de Willam Gerson de Freitas. A trajetória agônica do homem hobbesiano. 2011. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal do Ceará.

9.
OSTRENSKY, E.; SMITH, P. J.; Rebollo, R.. Participação em banca de Alexandre Dias. O ceticismo moral de Hume. 2009. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade São Judas Tadeu.

10.
OSTRENSKY, E.; PIVA, P. J. L.; KEINERT, M. C.. Participação em banca de Kalil Chaaban. A questão da violência na filosofia política de Thomas Hobbes. 2009. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade São Judas Tadeu.

11.
Oliva, L.C.G.; KEINERT, M. C.; OSTRENSKY, E.. Participação em banca de José Meramolim Santos. A degeneração do homem em Jean-Jacques Rousseau: uma análise do Segundo Discurso. 2009. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade São Judas Tadeu.

12.
FRATESCHI, Y. A.; GIACOIA, O.; OSTRENSKY, E.. Participação em banca de Sérgio Train Filho. A cidadania em John Locke. 2009. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Estadual de Campinas.

13.
Maruyama, N.; Werle, D.L.; OSTRENSKY, E.. Participação em banca de Antonio Ruzza. A moralidade republicana no Contrado Social. 2007. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade São Judas Tadeu.

14.
OSTRENSKY, E.; PIVA, P. J. L.; BARROS, A. R.. Participação em banca de Sílvia Morales de Souza de Araújo. A visão biológica do Estado e o controle da ação humana em O Defensor da Paz. 2006. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade São Judas Tadeu.

15.
OSTRENSKY, E.; BAIONI, E.; BARROS, A. R.. Participação em banca de Luíza de Souza Muller. John Locke, Ensaios sobre a lei de natureza: tradução e comentários. 2005. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade São Judas Tadeu.

16.
OSTRENSKY, E.; BARROS, A. R.; SMITH, P. J.. Participação em banca de Mariana dos Anjos Vilares Gancho. Hobbes e uma teoria da ação humana. 2005. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade São Judas Tadeu.

Teses de doutorado
1.
OSTRENSKY, E.; BRAHAMI, F.; BIGNOTTO, N.; LILTI, A.; LYNCH, C. E. C.. Participação em banca de Roberta K. Soromenho Nicolete. De Rheims a Varennes: as linguagens da autoridade política na França Revolucionária. 2017. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade de São Paulo.

2.
BARROS, A. R.; OSTRENSKY, E.; LIMONGI, M. I. P.; ADVERSE, H.; SILVA, R. V.. Participação em banca de Bruno Alexandre Santos. A república e a contingência: a recepção do pensamento político de Maquiavel pela Escola de Cambridge. 2017. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade de São Paulo.

3.
JASMIN, M.; FERREIRA, Bernardo; Guimarães, C.; Starling, E.; OSTRENSKY, E.. Participação em banca de Luís Alves Falcão. A recepção de Maquiavel nos republicanismos de James Harrington e Algernon Sidney. 2015. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Instituto de Estudos Políticos e Sociais.

4.
ARAUJO, R.A.B; JASMIN, M.; COSTA, Marcelo Thimotheo da; FERREIRA, Bernardo; OSTRENSKY, E.. Participação em banca de João de Azevedo e Dias Duarte. O Progresso do Peregrino: religião e política na gênese do Iluminismo inglês, 1660-1714. 2013. Tese (Doutorado em História Social da Cultura) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

5.
ARAUJO, C. R.; ROSSI, M. A.; SILVA, R.; Florenzano, M.; OSTRENSKY, E.. Participação em banca de Jean Gabriel Castro da Costa. Maquiavel e o Trágico. 2010. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade de São Paulo.

6.
ARAUJO, C. R.; OSTRENSKY, E.; PINTO, C. R.; ALMEIDA, M. M. M.; MACEDO, R. P.. Participação em banca de Ingrid Cyfer Chambouleyron. "A tensão entre a modernidade e pós-modernidade na crítica à exclusão no feminismo". 2009. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade de São Paulo.

Qualificações de Doutorado
1.
MEGIANI, A. P. T.; OSTRENSKY, E.; HUTZ, A.. Participação em banca de Marcella Fabíola Gouveia Moreira de Miranda. Razão de estado e propaganda na monarquia hispânica. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade de São Paulo.

2.
Tosi, G.; OSTRENSKY, E.; CAVALCANTI, C. A. M.; FONTES, N. M.. Participação em banca de Márcio Victor de Sena Diniz. Problemas e perspectivas do conceito de tolerância. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Filosofia (Ufpe-Ufpb-Ufrn)) - Universidade Federal da Paraíba.

3.
OSTRENSKY, E.; ARAUJO, C. R.; LYNCH, C. E. C.. Participação em banca de Felipe Freller. O problema da soberania do povo no liberalismo político francês. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Política) - Universidade de São Paulo.

4.
BARROS, A. R.; OSTRENSKY, E.; RAMOS, S. S.. Participação em banca de Bruno Santos Alexandre. A recepção de Maquiavel na teoria republicana contemporânea. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Filosofia) - Universidade de São Paulo.

5.
OSTRENSKY, E.; JASMIN, M.; ARAUJO, C. R.. Participação em banca de Roberta K. Soromenho Nicolete. De Rheims a Varennes. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Política) - Universidade de São Paulo.

6.
ARAUJO, C. R.; OSTRENSKY, E.; Florenzano, M.. Participação em banca de Jean Gabriel Castro da Costa. O republicanismo trágico de Maquiavel e a crise da cidade-estado. 2009. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Política) - Universidade de São Paulo.

Qualificações de Mestrado
1.
LIMA, L. F. S.; OSTRENSKY, E.; Toledo, M.R. Participação em banca de Verônica Calsoni Lima. Impresso para ser vendido na Crown in Pope's Head Alley': Hannah Allen/Livewell Chapman e a difusão de obras pentamonarquistas durante a Grande Rebelião (1646-1665).. 2015.

2.
OSTRENSKY, E.; ARAUJO, C. R.; MACHADO, M. H. P. T.. Participação em banca de Breno Herman Mendes Barlach. Soberania e escravidão: as controvérsias da Guerra Civil Americana. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência Política) - Universidade de São Paulo.

3.
OSTRENSKY, E.; LYNCH, C. E.; ARAUJO, C. R.. Participação em banca de Felipe Freller. Guizot, Tocqueville e os princípios de 1789. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência Política) - Universidade de São Paulo.

4.
OSTRENSKY, E.; ARANOVICH, P.; TIERNO, P.. Participação em banca de Christiane Cardoso Ferreira. O conflito civil na teoria republicana de Maquiavel. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Ciência Política) - Universidade de São Paulo.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
LESSA, R.; OSTRENSKY, E.; CARVALHO, B. S.; MEDEIROS, S. E.; CERQUEIRA FILHO, G.. Concurso para cargo de professor Adjunto do Departamento de Ciência Política, na área de Teoria Política e Interpretações do Brasil. 2013. Universidade Federal Fluminense.

2.
Sarti, C.A.; FERREIRA, Bernardo; Comparato, B.K.; SILVA, R.; OSTRENSKY, E.; Melo, R.. Concurso para o cargo de professor adjunto na área de ciência política. 2012. Universidade Federal de São Paulo.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
I Encontro de Teoria Política e Pensamento Político Brasileiro.Maquiavel e a ambição: o dilema das leis agrárias. 2018. (Outra).

2.
Hobbes's Group of Studies.The Levellers' defence of limited sovereigntt. 2016. (Outra).

3.
II Workshop de Metodologia em Ciência Política.O contextualismo linguístico de Quentin Skinner. 2016. (Outra).

4.
O Príncipe faz 500 anos. O tirano virtuoso: cruzamentos entre o Príncipe e os Discursos. 2013. (Exposição).

5.
Encontro de Pós-Graduandos da FFLCH/USP.O fenômeno do plágio na universidade. 2011. (Encontro).

6.
I Colóquio Internacional de Teoria, Discurso e Ação Política.As várias faces de um ator político. 2011. (Outra).

7.
Work-shop do Programa de Pós-graduação em Geografia Física.O texto científico e os riscos de plágio. 2011. (Oficina).

8.
"Guerra e História".Causas e protagonistas das guerras civis inglesas. 2010. (Simpósio).

9.
7o. Encontro da ABCP.Constituição e igualdade: os levellers. 2010. (Encontro).

10.
Simpósio Internacional "Guerra e História".Protagonistas e causas das guerras civis inglesas. 2010. (Simpósio).

11.
ANPOCS. Locke: aquém do liberalismo. 2009. (Congresso).

12.
Aula Inaugural do curso de Mestrado em filosofia da USJT.Tocqueville e a cena política contemporânea. 2009. (Outra).

13.
Colóquio Internacional Hobbes: Natureza, História e Política.Oceana versus Leviatã. 2009. (Simpósio).

14.
Interpretaciones de la república.Republicanismo neo-romano. 2009. (Seminário).

15.
I Colóquio Hobbes.Hobbes: Estado e representação. 2008. (Encontro).

16.
V Simpósio dos Pós-Graduandos em Ciência Política.Temas Clássicos da Teoria Política. 2008. (Simpósio).

17.
90 anos da Revolução Russa.O conceito de revolução. 2007. (Seminário).

18.
VI Colóquio de Epistemologia da USJT.O republicanismo de James Harrington. 2007. (Encontro).

19.
Ciclo de Palestras História e Revolução.Os levellers e a Revolução Inglesa. 2006. (Outra).

20.
Perspectivas latinoamericanas sobre Hobbes. O sábio e o soldado - Thomas Hobbes e seu discípulo. 2006. (Congresso).

21.
XII Simpósio Multidisciplinar.A desmedida do poder em Rei Lear. 2006. (Simpósio).

22.
XII Simpósio Multidisciplinar da USJT.Política, moral e direito no pensamento moderno. 2006. (Simpósio).

23.
XI Simpósio Multidisciplinar da Universidade São Judas Tadeu.Aspecto do pensamento político de Thomas Hobbes. 2005. (Simpósio).

24.
XI Simpósito Multidisciplinar da Universidade São Judas Tadeu.John Milton, poeta e tiranicida. 2005. (Simpósio).

25.
Colóquio Internacional.John Milton, o prosador da República. 2004. (Outra).

26.
I Simpósio USP/IUPERJ de Pós-Graduação em Teoria Política.Direito de propriedade e direito sobre o trabalho: as origens de A Riqueza das Nações. 2003. (Simpósio).

27.
Colóquio.Hobbes, o antipolítico. 2000. (Outra).

28.
Palestra.Luchas por la soberania en la Inglaterra del siglo XVII. 2000. (Outra).

29.
Palestra.La obra politica de Hobbes en la Revolucion Inglesa. 2000. (Outra).

30.
Mesa-redonda.Thomas Hobbes, política e história. 1999. (Outra).

31.
Colóquio Luz e Sombra na Aurora da Modernidade.Tolerância Religiosa no Exército de Novo Tipo. 1998. (Outra).

32.
Reunião Anual SBPC. Mini-curso de Introdução à Filosofia Política. 1998. (Congresso).

33.
VIII Encontro Nacional de Filosofia da Anpof.Hobbes e o círculo do poder. 1998. (Outra).

34.
VI Encontro Nacional de Filosofia.Hobbes e a revolução inglesa de 1640. 1994. (Encontro).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
OSTRENSKY, E.. Seminário. 2013. (Outro).

2.
OSTRENSKY, E.; Armitage, D. . Declaração de Independência. 2011. (Exposição).

3.
OSTRENSKY, E.; TIERNO, P. . I Colóquio Internacional de Teoria, Discurso e Ação Política. 2011. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Ana Beatriz Martins Craveiro. Mary Wollstonecraft e os direitos das mulheres. Início: 2018. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

2.
Caio Cezar Carssola Izaú. A primeira lei dos círculos e a conciliação: Um exame acerca da reforma eleitoral de 1855. Início: 2016. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Hannah Maruci Aflalo. Entre o sufrágio e a eleição: transformações das concepções de representação política feminina. Início: 2018. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade de São Paulo. (Orientador).

2.
Gabriela Rodrigues da Guia Rosa. Um, nenhum, cem mil: quem é o povo que funda as sociedades democráticas?. Início: 2018. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. (Orientador).

3.
Felipe Freller. O problema da soberania do povo no liberalismo político francês, de Termidor à Monarquia de Julho: limitação, refutação e reformulação. Início: 2016. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Gabriela Rodrigues da Guia Rosa. Soberania popular: um clássico conceito contemporâneo. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Eunice Ostrensky.

2.
Breno Herman Mendes Barlach. E onde esteve o povo? Nacionalidade e exclusão no período da Guerra Civil Americana (1861-1865). 2014. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Eunice Ostrensky.

3.
Felipe Freller. Liberdade política com centralização administrativa? Uma comparação entre as interpretações de Tocqueville e Guizot sobre a Revolução Francesa. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Eunice Ostrensky.

4.
Christiane Cardoso Ferreira. O conflito na teoria de Maquiavel. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Eunice Ostrensky.

5.
Roberta K. Soromenho Nicolete. Quando a política caminha na escuridão: um estudo sobre liberdade e virtude na obra de Tocqueville. 2010. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Eunice Ostrensky.

6.
Antonio Ruzza. Rousseau e a moralidade republicana no Contrato Social. 2007. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade São Judas Tadeu, . Orientador: Eunice Ostrensky.

7.
Sílvia Morales de Souza de Araújo. A visão biológica do Estado e o controle da ação humana em O Defensor da Paz. 2006. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade São Judas Tadeu, . Orientador: Eunice Ostrensky.

Tese de doutorado
1.
Roberta Kelly Nicolete Soromenho. De Reims a Varennes: os discursos da autoridade política na França revolucionária. 2013. Tese (Doutorado em Ciência Política) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Eunice Ostrensky.

Supervisão de pós-doutorado
1.
António Luís Silva Baptista. 2014. Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Eunice Ostrensky.

Iniciação científica
1.
Gabriela Rodrigues Rosa. Representantes ou Delegados: um olhar contemporâneo para as possibilidades democráticas da representação política. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Eunice Ostrensky.

2.
Barbara Cristina Santos Soares. Domínio e poder na obra de Maquiavel. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade de São Paulo. Orientador: Eunice Ostrensky.

3.
Lilian Sendretti. O debate entre Rawls e Habermas sobre a distinção entre esferas pública e privada. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Eunice Ostrensky.

4.
Juliana de Souza Oliveira. Skinner e a liberdade republicana. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Eunice Ostrensky.

5.
Erick Nascimento Vidal. Montesquieu: a política como ciência da sociedade. 2012. Iniciação Científica - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Eunice Ostrensky.

6.
Luiz Fernando Pereira de Aguiar. O conceito de direito natural no Leviatã, de Thomas Hobbes. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade de São Paulo, Reitoria da Universidade de São Paulo. Orientador: Eunice Ostrensky.

7.
Gabriela Rodrigues Rosa. Ensino e pesquisa no aprendizado de ciência política. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade de São Paulo, Pró-reitoria de Graduação da Universidade de São Paulo. Orientador: Eunice Ostrensky.

8.
Bárbara Cristina Santos. Ensino e Pesquisa no aprendizado de Ciência Política. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade de São Paulo, Pró-reitoria de Graduação da Universidade de São Paulo. Orientador: Eunice Ostrensky.

9.
Nathalia Carneiro. Ensino e pesquisa no aprendizado de ciência política. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade de São Paulo, Pró-reitoria de Graduação da Universidade de São Paulo. Orientador: Eunice Ostrensky.

10.
Felipe Freller. Entre o social e o político: um estudo sobre o papel teórico da centralização na obra de Alexis de Tocqueville. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Eunice Ostrensky.

11.
Diego Tavares dos Santos. Marx, cidadania e política. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Eunice Ostrensky.

12.
Leandro de Pádua Rodrigues. A relação entre economia e política: um estudo do discurso político de Andrew Fletcher. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Eunice Ostrensky.

13.
André Moreira. Edmund Burke e as bases do conservadorismo moderno. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Eunice Ostrensky.

14.
Danilo de Pádua Centurione. Maquiavel: poder, ética, seus intérpretes. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Eunice Ostrensky.

15.
Augusto José Pontes. Thomas Paine e o conceito de liberdade. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade de São Paulo. Orientador: Eunice Ostrensky.



Educação e Popularização de C & T



Textos em jornais de notícias/revistas
1.
OSTRENSKY, E.. De facínora a defensor da liberdade. Revista Ciência Hoje, 29 maio 2013.


Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
OSTRENSKY, E.. A liberdade sob as lentes da política. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 22/11/2018 às 9:25:44