Claudia Yuki Omachi

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5167581130635953
  • Última atualização do currículo em 11/12/2018


Possui graduação em Oceanologia pela Universidade Federal do Rio Grande (1996), mestrado em Sensoriamento Remoto pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1999) e doutorado em Marine Science - University of Plymouth (2003). Atualmente é pesquisadora de pós-doutorado da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Oceanografia, com ênfase em Interação entre os Organismos Marinhos e os Parâmetros Ambientais, atuando principalmente nos seguintes temas: fitoplâncton, sensoriamento remoto, cor do oceano, produção primária e oceano atlântico. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Claudia Yuki Omachi
Nome em citações bibliográficas
Omachi, Claudia Y.;Claudia Omachi;C.Y. Omachi;C. Omachi;Omachi, Claudia Yuki;OMACHI, CLAUDIA

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do Rio de Janeiro, Laboratório de Microbiologia.
Avenida Carlos Chagas Filho
Cidade Universitária
21941599 - Rio de Janeiro, RJ - Brasil
Telefone: (21) 39386567


Formação acadêmica/titulação


1999 - 2003
Doutorado em Marine Science.
University of Plymouth, UOP, Grã-Bretanha.
Título: Investigation of primary productivity along the Atlantic Meridional Transect (50oN to 33oS) through fast repetition rate fluorometry, Ano de obtenção: 2003.
Orientador: Derek Pilgrim e Jim Aiken.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: fluorímetro de rápida taxa de repetição; fisiologia do fitoplâncton; produção primária; fitoplâncton; fluorescência; oceano Atlântico.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Setores de atividade: Pesca, Aqüicultura e Maricultura; Produtos e Serviços Voltados Para A Defesa e Proteção do Meio Ambiente, Incluindo O Desenvolvimento Sustentado.
1997 - 1999
Mestrado em Sensoriamento Remoto.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Título: Análise de algoritmos empíricos de concentração superficial de clorofila-a para o sensor SeaWiFS na região Sudoeste do Oceano Atlântico,Ano de Obtenção: 1999.
Orientador: Carlos Alberto Eiras Garcia.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: cor do oceano; sensoriamento remoto; fitoplâncton; clorofila; algoritmo; Atlântico Sudoeste.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Setores de atividade: Produtos e Serviços Voltados Para A Defesa e Proteção do Meio Ambiente, Incluindo O Desenvolvimento Sustentado.
1992 - 1996
Graduação em Oceanologia.
Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.
Título: Modelo de atenuação da irradiância espectral na atmosfera e coluna d´água do mar para aplicações em sensoriamento remoto e oceanografia.
Orientador: Carlos Alberto Eiras Garcia.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.


Pós-doutorado


2016
Pós-Doutorado.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
2015 - 2016
Pós-Doutorado.
Universidade Federal do Pará, UFPA, Brasil.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Oceanografia Física / Especialidade: Variáveis Físicas da Água do Mar.
2008 - 2012
Pós-Doutorado.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Oceanografia Biológica / Especialidade: Bio-óptica.
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Oceanografia Biológica / Especialidade: Interação entre os Organismos Marinhos e os Parâmetros Ambientais.
2004 - 2006
Pós-Doutorado.
Universidade do Vale do Itajaí, UNIVALI, Brasil.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Oceanografia Biológica / Especialidade: Bio-óptica.


Formação Complementar


2012 - 2012
Studying Ocean Acidification and its Effects on Marine Ecosystems. (Carga horária: 40h).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2005 - 2005
Remote Sensing of Ocean Colour in Open, Coastal.... (Carga horária: 80h).
Facultad de Ciencias Universidad de La Republica, FCIEN, Uruguai.
2003 - 2003
HABWATCH - Real Time Coastal Observing Systems.... (Carga horária: 72h).
Villefranche Sur Mer, VSM, França.
1997 - 1997
Intensive Course on Remote Sensing of the Ocean.... (Carga horária: 88h).
Universidad de Chile, UC, Chile.
1995 - 1995
Auditoria Ambiental. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.
1995 - 1995
Ótica Hidrológica. (Carga horária: 120h).
Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, INPE, Brasil.
1994 - 1994
Otimização Em Processamento de Alto Desempenho. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.
1994 - 1994
Circulação Hidrodinâmica e o Transporte de Sedimen. (Carga horária: 20h).
Universidade do Vale do Itajaí, UNIVALI, Brasil.
1993 - 1993
Introdução Ao Estudo das Ondas Superficiais Oceâni. (Carga horária: 20h).
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
1993 - 1993
Radiometria Espectral. (Carga horária: 4h).
Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, INPE, Brasil.
1992 - 1992
Oceanografia Por Satélite. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.
1992 - 1992
Fortran 77 VMS GDDM. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: pesquisador de pós-doutorado, Regime: Dedicação exclusiva.


Universidade Federal do Pará, UFPA, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2016
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador de Pós-Doutorado, Regime: Dedicação exclusiva.


Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2015
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: pesquisador, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Em convênio entre Instituto Oceanográfico e Instituto Tecnológico Vale

Vínculo institucional

2008 - 2012
Vínculo: Bolsista recém-doutor, Enquadramento Funcional: Pós-doutorado, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

05/2008 - 04/2012
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto Oceanográfico, Departamento de Oceanografia Física.


Universidade do Vale do Itajaí, UNIVALI, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2006
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Co-orientador TCC Oceanografia, Carga horária: 1
Outras informações
Co-orientação do aluno Marçal Pereira Duarte, no trabalho de conclusão do curso de Oceanografia, no Laboratório de Oceanografia Física, CTTMar/UNIVALI.

Vínculo institucional

2004 - 2006
Vínculo: Bolsista de Pós-Doutorado, Enquadramento Funcional: Pesquisador de Pós-Doutorado, Carga horária: 0, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
O principal objetivo deste projeto de Pós-Doutorado é melhorar o conhecimento dos fatores que influenciam na ocorrência e desenvolvimento de uma floração de microalgas em águas costeiras em termos fisiológicos e bio-ópticos. Através da resposta a questões científicas relacionadas aos fatores que influenciam uma floração, espera-se obter soluções práticas para o correto manejo no uso das regiões costeiras. Ocorrências de florações de microalgas em regiões costeiras afetam diversos setores da sociedade afetada. A saúde pública é um dos aspectos mais importantes afetados por florações de microalgas além de diversos setores econômicos como pescas e cultivos de espécies marinhas ou recreação e turismo. Florações de microalgas também podem impactar ecologicamente os ecossistemas marinhos. Apesar de grandes impactos provocados pelas florações de microalgas em regiões costeiras, os estudos desenvolvidos sobre este assunto são poucos a nível nacional e internacional. A grande utilização da costa catarinense em atividades de pesca, cultivo e de turismo e recreação tem criado uma crescente necessidade de aumentar o conhecimento sobre ocorrências e desenvolvimento de florações de microalgas. Este projeto combina o monitoramento de uma região para detectar uma floração e posterior acompanhamento do desenvolvimento dessa floração na natureza com experimentos em condições controladas de laboratório. Com esta abordagem pretende-se estudar antes e durante uma floração, possibilitando prever como os fatores ambientais podem causar e afetar o desenvolvimento de uma floração a partir das medições em campo. As condições controladas em laboratório permitirão testar a hipótese formulada.

Atividades

3/2005 - 12/2006
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Educação de Ciências Tecnológicas, da Terra e do Mar, Laboratório de Oceanografia Física.

Linhas de pesquisa
Circulação regional
7/2004 - 6/2006
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Tecnológicas da Terra e do Mar, Labortório de Estudos Sobre Algas Nocivas.

Linhas de pesquisa
floração de fitoplâncton

Plymouth Marine Laboratory, PML, Grã-Bretanha.
Vínculo institucional

1999 - 2003
Vínculo: Estudante de doutorado, Enquadramento Funcional: Estudante de doutorado (via UoP), Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Estudante de doutorado da University of Plymouth em colaboração com o Plymouth Marine Laboratory.

Atividades

10/1999 - 12/2003
Pesquisa e desenvolvimento , Plymouth Marine Laboratory, .


University of Plymouth, UOP, Grã-Bretanha.
Vínculo institucional

1999 - 2003
Vínculo: estudante de doutorado, Enquadramento Funcional: estudante, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Estudante de doutorado da University of Plymouth em colaboração com o Plymouth Marine Laboratory.

Atividades

10/1999 - 12/2003
Pesquisa e desenvolvimento , Faculty Of Science, School Of Earth Ocean And Environmental Sciences.


Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Vínculo institucional

1997 - 1999
Vínculo: estudante de mestrado, Enquadramento Funcional: estudante de mestrado, Carga horária: 0, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Estudante de mestrado no CEPSRM, em colaboração com o Laboratório de Oceanografia Física da FURG. Bolsa da CAPES.

Atividades

3/1997 - 8/1999
Pesquisa e desenvolvimento , Centro Estadual de Pesquisas em Sensoriamento Remoto e Meteorologia, .

Linhas de pesquisa
bio-óptica
3/1997 - 2/1998
Outras atividades técnico-científicas , Centro Estadual de Pesquisas em Sensoriamento Remoto e Meteorologia, Centro Estadual de Pesquisas em Sensoriamento Remoto e Meteorologia.

Atividade realizada
Representante discente do Curso de Pós-Graduação do CEPSRM.

Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.
Vínculo institucional

1997 - 1999
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: estudante de mestrado, Carga horária: 0, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Estudante de mestrado em Sensoriamento Remoto no Centro Estadual de Pesquisas em Sensoriamento Remoto e Meteorologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, cuja dissertação foi desenvolvida no Laboratório de Oceanografia Física da Fundação Universidade do Rio Grande em Rio Grande, RS.

Vínculo institucional

1995 - 1997
Vínculo: estudante, Enquadramento Funcional: estagiária, Carga horária: 12
Outras informações
Bolsista de Iniciação Científica (CNPq), desenvolvendo o trabalho de conclusão de curso.

Vínculo institucional

1993 - 1994
Vínculo: estudante, Enquadramento Funcional: Estagiária, Carga horária: 12
Outras informações
Bolsista de Iniciação Científica (CNPq)

Vínculo institucional

1993 - 1993
Vínculo: estudante, Enquadramento Funcional: estagiária, Carga horária: 12
Outras informações
Bolsista de Iniciação Cintífica da FAPERGS

Vínculo institucional

1992 - 1993
Vínculo: estudante, Enquadramento Funcional: estudante, Carga horária: 12
Outras informações
Bolsista de Iniciação Científica da FURG

Atividades

4/1993 - 2/1997
Estágios , Departamento de Física, Laboratório de Oceanografia Física.

Estágio realizado
Implementação e aplicações de modelos de atenuação da irradiância espectral na atmosfera e na coluna da água do mar, para aplicações em sensoriamento remoto e estimativa da produção primária do oceano.


Linhas de pesquisa


1.
oceanografia física descritiva
2.
fitoplâncton
3.
bio-óptica
4.
fitoplâncton

Objetivo: Analisar variações cor do oceano para avaliar tipos funcionais, fisiologia, produção primária do fitoplâncton marinho.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Oceanografia Biológica / Especialidade: Bio-óptica.
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Oceanografia Biológica / Especialidade: Interação entre os Organismos Marinhos e os Parâmetros Ambientais.
Palavras-chave: fitoplâncton; cor do oceano; bio-óptica; oceano Atlântico.
5.
oceanografia física descritiva
6.
bio-óptica
7.
bio-óptica

Objetivo: Análise de algoritmos bio-ópticos para determinação de clorofila marinha.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Oceanografia Biológica / Especialidade: Bio-óptica.
Palavras-chave: sensoriamento remoto; cor do oceano; bio-óptica; fitoplâncton.
8.
Circulação regional

Objetivo: Aplicar dados de sensores orbitais na identificação e descrição de feições oceânicas para a caracterização da circulação oceânica de meso-escala..
Palavras-chave: sensoriamento remoto; oceano Atlântico; circulação regional.
9.
floração de fitoplâncton
10.
bio-óptica
11.
sequestro do carbono


Projetos de pesquisa


2014 - Atual
Descoberta de um novo bioma marinho Amazônico
Descrição: Descoberta de um novo bioma marinho Amazônico.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2011 - 2016
INCT-OCEANOS/CARBOM:Caracterização Ambiental e Avaliação dos Recursos Biogênicos Oceânicos da Margem Continental Brasileira e Zona Oceânica Adjacente - CARBOM
Descrição: O Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para os Oceanos (INCT-OCEANOS) configura-se como um instrumento inovador para promoção e integração da pesquisa oceanográfica, tanto na escala nacional quanto internacional, considerando os mais variados temas, aspectos e demandas que permeiam as ciências do mar. O INCT-OCEANOS está sendo concebido sob um novo paradigma para a relação entre ciência oceanográfica e sociedade, no qual as questões que afetam a sustentabilidade dos oceanos serão tratadas de forma holística e integrada, tanto temática quanto espacialmente e temporalmente. Como uma estratégia estruturante de promoção da ciência, o INCT-OCEANOS agregará pesquisadores e instituições nacionais e internacionais para este desafio, possibilitando a abordagem de diferentes temas relacionados aos oceanos de forma sequencial, porém com a profundidade necessária para seu adequado entendimento, com componentes de pesquisa científica, tecnológica, ambiental e aplicada, além de uma forte componente de educação e divulgação. Futuramente, poderá ocorrer ampliação das ações de pesquisa do INCT-OCEANOS, com foco em novos temas e participação de outros pesquisadores e instituições. Como atividade de pesquisa, o INCT-OCEANOS iniciará abordando o ciclo do carbono, de forma detalhada, e sua interface com as mudanças globais, através do projeto Caracterização Ambiental e avaliação dos Recursos Biogênicos Oceânicos e da Margem continental brasileira e zona oceânica adjacente (CARBOM). Esse projeto visa aplicar as informações obtidas em experimentos de cunho sócio-econômico, utilizando tecnologias avançadas e inovadoras para exploração sustentável de recursos pesqueiros e biotecnológicos. Ainda, o projeto pretende subsidiar políticas públicas ambientais, em escala nacional, ajudando a preservar e proteger a integridade física e biológica dos ecossistemas marinhos brasileiros. Na escala global, a rede INCT-OCEANOS/CARBOM visa monitorar os efeitos das mudanças climáticas sobre a integri.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2011 - 2016
IMPACT OF THE SOUTHWESTERN ATLANTIC OCEAN ON SOUTH AMERICAN CLIMATE FOR THE 20th AND 21st CENTURIES
Descrição: A better understanding of coupled atmosphere-ocean interactions has long been recognized as having the most potential to improve prediction climate and weather. The role of these interactions in the Southwestern Atlantic Ocean (SAO), however, is not well understood. The SAO is the birthplace of cyclones, cold fronts passage and blocking activity. Further study is required to understand how the SAO impacts the climate over South America and particularly over Brazil considering that the ocean/atmosphere variability has the potential to have climate and (by extension) societal impacts which indicates the need for adaptation and mitigation. The main objective of this research project is to understand the South American climate variability in the present day with atmospheric and oceanographic observational data analysis and analyze future climate scenarios using data from Global Circulation Models and dynamical downscaling simulations through Regional Climate Models (RCMs). As part of its observational component, an array of buoys will be deployed in the SAO. The lack of data, and in particular surface observations, has been an enormous obstacle to a better understanding of the influence of this region on the climate of Brazil. In parallel, surface properties will be monitored via satellite and compared to in-situ observations, and historical data will be analyzed. Also, numerical experiments will be utilized to test hypotheses of the SAO influence on climate change over Brazil..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2011 - 2015
Núcleo de Apoio à Pesquisa ? MUDANÇAS CLIMÁTICAS (NapMC)
Descrição: A Universidade de São Paulo tem destacado papel na liderança em pesquisa científica na área de mudanças climáticas. Esta proposta de NAP de Mudanças Climáticas integra e potencializa colaborações essenciais nesta área intrinsecamente multidisciplinar. As necessidades de pesquisas integradas do país nesta área são chaves para um futuro sustentável da economia e no enfrentamento das questões socioeconômicas inerentes às mudanças climáticas. Estratégias de mitigação e adaptação às mudanças climáticas a serem implementadas brevemente precisam ter forte embasamento científico. A rede Clima do MCT, o INCT de Mudanças Climáticas e o programa FAPESP de mudanças climáticas são iniciativas importantes que este NAP pretende reforçar com um programa de integrado de pesquisas. A proposta envolve mais de 58 pesquisadores da USP e mais de 90 colaboradores externos, organizados através de 14 subprojetos integrados que tem como temas: 1) Detecção, atribuição e variabilidade natural do clima; 2) Meio ambiente amazônico em mudança; 3) Ciclos biogeoquímicos globais; 4) As mudanças do clima e seus impactos no Oceano Atlântico Sul; 5) Impactos das emissões globais de megacidades; 6) Impactos das mudanças globais sobre zonas costeiras e plataforma continental do Atlântico Sul; 7) Paleoclima do Brasil; 8) Evolução histórica e futuro dos extremos da precipitação no Brasil; 9) Inovação tecnológica, bioenergia, sustentabilidade e contribuições para as reduções das emissões de gases do efeito estufa; 10) Vulnerabilidade e adaptação no contexto da saúde ambiental; 11) Biometeorologia humana; 12) Economia das mudanças climáticas, 13) Recursos Hídricos e Mudanças Climáticas, e 14) Mudança no Uso da Terra. Estes subprojetos estão integrados na temática de mudanças globais e em colaborações já bem estabelecidas com projetos em andamentos pelos vários grupos que compõe esta proposta. A interdisciplinaridade é garantida pela proposta integrada com aspectos físicos, químicos, biológicos, socioeconômic.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2012
Seqüestro de carbono no Atlântico Sudoeste (SeqCAS)
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2004 - 2006
Bloom Seeker Monitoring Program
Descrição: Bloom Seeker Monitoring Program is the first part of the project Monitoring algal bloom in central-north coast of Santa Catarina, Brazil, which will be referred as the whole project here after. The whole project aims to follow the change in physiological and pigment composition of phytoplankton and look for a relationship between them during a bloom evolution. The start of a bloom needs to be detected to follow a bloom evolution. The present project is proposed to detect the beginning of a phytoplankton bloom event thus named Bloom Seeker Monitoring Program. Once the start of a bloom is detected, the following sequence of the whole project will be started to monitor changes during a bloom. Key parameters are proposed for measurements in a quasi-ideal water body to achieve these goals. The whole project covers the period and aims of the post-doc fellowship of the proponent funded for two years by the Brazilian Government (CNPq). The main goal of the Bloom Seeker Monitoring Program is to detect the initialization of a phytoplankton bloom..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Claudia Yuki Omachi - Coordenador.Financiador(es): Project Aware - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 3 / Número de orientações: 1
2004 - 2006
Acompanhamento de florações de algas no litoral centro-norte de Santa Catarina
Descrição: O principal objetivo é melhorar o conhecimento dos fatores que influenciam na ocorrência e desenvolvimento de uma floração de microalgas em águas costeiras em termos bio-ópticos. Através da resposta a questões científicas relacionadas aos fatores que influenciam uma floração, espera-se obter soluções práticas para o correto manejo no uso das regiões costeiras. Ocorrências de florações de microalgas em regiões costeiras afetam diversos setores da sociedade afetada. A grande utilização da costa catarinense em atividades de pesca, cultivo e de turismo e recreação tem criado uma crescente necessidade de aumentar o conhecimento sobre ocorrências e desenvolvimento de florações de microalgas. Este projeto combina o monitoramento de uma região para detectar uma floração e posterior acompanhamento do desenvolvimento dessa floração na natureza com experimentos em condições controladas de laboratório. Com esta abordagem pretende-se estudar antes e durante uma floração, possibilitando prever como os fatores ambientais podem causar e afetar o desenvolvimento de uma floração a partir das medições em campo. As condições controladas em laboratório permitirão testar a hipótese formulada.Os resultados esperados incluem res ponder questões científicas e também a aplicação prática dos conhecimentos adquiridos gerando benefícios diretos para o desenvolvimento das regiões afetadas por florações de microalgas. Os dados de campo coletados antes da ocorrência da floração e durante o desenvolvimento dessa floração serão de grande valia para o correto manejo das regiões que apresentam ocorrências de florações, tantos em aspectos econômicos como ambientais. Espera-se obter resultados que ajudem a estabelecer critérios e medidas relevantes durante as florações de microalgas que possam ser aplicadas em outras regiões da costa brasileira..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Claudia Yuki Omachi - Coordenador.Financiador(es): Project Aware - Auxílio financeiro / Associação Náutica de Itajaí - Cooperação / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 3 / Número de orientações: 1
2002 - 2002
Coleta de dados bio-ópticos e biológicos a bordo durante o BENEFIT-leg1, entre Cidade do Cabo e Walvis Bay a bordo do RV Africana
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (5) .
Integrantes: Claudia Yuki Omachi - Coordenador.
Número de produções C, T & A: 1
1999 - 2003
Atlantic Meridional Transect, coleta de dados bio-ópticos a bordo do RRS James Clarke Ross durante AMT10 e AMT11
Descrição: Projeto liderado pelo Plymouth Marine Laboratory, em conjunto com Southampton Oceanography Centre e University of Plymouth. Aproveitando os cruzeiros de apoio Antártico realizados duas vezes ao ano, sendo da Inglaterra para Antártica em setembro/outubro e caminho inverso em abril/maio, este projeto adiciona cerca de cinco dias distribuídos ao longo do trajeto para amostragens de água. Este projeto visa gerar dados bio-ópticos para calibração e validação de dados de sensores remotos para modelagem da produção primária..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (16) .
Integrantes: Claudia Yuki Omachi - Integrante / David Suggett - Integrante / Jim Aiken - Integrante / Roger Harris - Coordenador / Malcom Woodward - Integrante / Emilio Fernández - Integrante / Ramiro Varela - Integrante / Carol Robinson - Integrante.Financiador(es): National Aeronautic And Space Administration - Cooperação / National Environment Research Council - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 19
1995 - 1999
Remote Sensing of Primary Production in the Southwestern Atlantic Ocean, incluindo coleta de dados bio-ópticos a bordo do NOC Atlântico Sul
Descrição: Os sensores remotos que captam a radiação visível retroespalhada pelos oceanos fornecem informações sobre a biomassa fitoplanctônica (concentração de clorofila-a), que pode ser relacionada às taxas de fixação de carbono por estas algas (produção primária). Modelos analíticos de produção primária combinam o conhecimento sobre os parâmetros fotossintéticos do fitoplâncton e as características bio-ópticas da coluna d'água, para estabelecer esta relação (Platt e Sathyendranath, 1988; Sathyendranath e Platt, 1988, 1989a). Uma abordagem para se estimar os parâmetros fotossintéticos das microalgas e as características bio-ópticas da água, em larga escala, é a consideração dos oceanos em regiões, ou províncias bio-geoquímicas. Considerando que a utilização de técnicas de modelagem e de sensoriamento remoto para o cálculo da produtividade primária na região, e sua variabilidade, depende do conhecimento prévio de diversas condicionantes ambientais (Platt e Sathyendranath, 1988 Longhurst et al., 1995; , Falkowski, 1998), e, tendo em vista, a carência de dados na região de estudo, este projeto visa: 1) Desenvolver algorítmos bio-óticos regionais da concentração de clorofila-a para a calibração das imagens SeaWiFS; 2) Modelar a estrutura vertical da biomassa fitoplanctônica na região de estudo, estabelecendo padrões característicos para cada região biogeoquímica 3) Investigar, utilizando imagens dos sensores SeaWiFS/Orbview (Concentração de Clorofila-a) e AVHRR/NOAA (Temperatura Superficial do Mar), as variações sazonais dos limites entre as províncias bio-geoquímicas R8, R9, R11, R12 e R13..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Claudia Yuki Omachi - Integrante / Carlos Alberto Eiras Garicia - Coordenador / VIRGÍNIA MARIA TAVANO GARCIA - Integrante / ADRIANA GONZÁLEZ SILVERA - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 10


Membro de corpo editorial


2013 - 2015
Periódico: PLoS One


Revisor de periódico


2015 - 2015
Periódico: Plos One
2013 - 2013
Periódico: Plos One


Revisor de projeto de fomento


2008 - 2008
Agência de fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Oceanografia Biológica/Especialidade: Interação entre os Organismos Marinhos e os Parâmetros Ambientais.
2.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Oceanografia Química/Especialidade: Interações Químico-Biológicas/Geológicas das Substâncias Químicas da Água do Mar.
3.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Oceanografia Biológica/Especialidade: Bio-óptica.


Idiomas


Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Japonês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Pouco, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Web of Science
Total de trabalhos:3
Total de citações:11
Fator H:2
Omachi, C. or Omachi, C. Y.  Data: 31/05/2010

SCOPUS
Total de trabalhos:4
Total de citações:13
Omachi, Claudia Yuki Omachi, C. Y. Omachi, Claudia  Data: 31/05/2010

Artigos completos publicados em periódicos

1.
1FRANCINI-FILHO, RONALDO B.2018FRANCINI-FILHO, RONALDO B. ; ASP, NILS E. ; SIEGLE, EDUARDO ; HOCEVAR, JOHN ; LOWYCK, KENNETH ; D'AVILA, NILO ; VASCONCELOS, AGNALDO A. ; BAITELO, RICARDO ; REZENDE, CARLOS E. ; Omachi, Claudia Y. ; THOMPSON, CRISTIANE C. ; THOMPSON, FABIANO L. . Perspectives on the Great Amazon Reef: Extension, Biodiversity, and Threats. FRONTIERS IN MARINE SCIENCE, v. 5, p. 142, 2018.

2.
4Omachi, Claudia Y.2018Omachi, Claudia Y.; SIANI, SACHA M.O. ; CHAGAS, FELIPE ; MASCAGNI, MARIO ; CORDEIRO, MARCELLE ; GARCIA, GIZELE ; THOMPSON, CRISTIANE C. ; SIEGLE, EDUARDO ; THOMPSON, FABIANO L. . Atlantic Forest loss caused by the world´s largest tailing dam collapse (Fundão Dam, Mariana, Brazil). Remote Sensing Applications: Society and Environment, v. 12, p. 30-34, 2018.

3.
7PEREIRA, MARÇAL DUARTE2009PEREIRA, MARÇAL DUARTE ; SCHETTINI, CARLOS AUGUSTO FRANÇA ; Omachi, Claudia Yuki . Caracterização de feições oceanográficas na plataforma de Santa Catarina através de imagens orbitais. REVISTA BRASILEIRA DE GEOFÍSICA (IMPRESSO), v. 27, p. 81-93, 2009.

4.
6MACEDO, Rodrigo Soares2008MACEDO, Rodrigo Soares ; LOMBARDI, Ana Teresa ; Omachi, Claudia Y. ; L. R. Rörig . Effects of the herbicide bentazon on growth and photosystem II maximum quantum yield of the marine diatom Skeletonema costatum. TOXICOLOGY IN VITRO, v. 22, p. 716-722, 2008.

5.
3Omachi, Claudia Yuki2007 Omachi, Claudia Yuki; TAMANAHA, Márcio da Silva ; PROENÇA, Luís Antônio de Oliveira . Bloom of Alexandrium fraterculus in coastal waters off Itajaí, SC, Southern Brazil. BRAZILIAN JOURNAL OF OCEANOGRAPHY, São Paulo, v. 55, p. 57-61, 2007.

6.
2SUGGETT, DAVID J.2006 SUGGETT, DAVID J. ; MOORE, C. Mark ; MARAÑÓN, EMILIO ; OMACHI, CLAUDIA ; VARELA, RAMIRO A. ; AIKEN, Jim ; HOLLIGAN, PATRICK M. . Photosynthetic electron turnover in the tropical and subtropical Atlantic Ocean. DEEP-SEA RESEARCH PART II-TOPICAL STUDIES IN OCEANOGRAPHY, v. 53, p. 1573-1592, 2006.

7.
6Omachi, Claudia Yuki2003Omachi, Claudia Yuki; GARCIA, Carlos Alberto Eiras . Análise da sensibilidade de um modelo de atenuação espectral da irradiância na atmosfera em diferentes condições atmosféricas: uma aplicação para o Sea-viewing Wide Field-of-view Sensor (SeaWiFS). REVISTA BRASILEIRA DE GEOFÍSICA (IMPRESSO), v. 21, n.3, p. 201-218, 2003.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
PEREIRA, M. D. ; C.A.F. Schettini ; Omachi, Claudia Y. . Caracterização de feições oceanográficas no litoral dos estados de Santa Catarina e Paraná a partir de imagens orbitais. In: Congresso Latino Americano de Ciências do Mar, 2007, Florianópolis. XII Congresso Latino Americano de Ciências do Mar, 2007. v. 1. p. 376.

2.
Omachi, Claudia Y.; TAMANAHA, Márcio da Silva ; PROENÇA, Luís Antônio de Oliveira . Bloom of Alexandrium fraterculus in coastal waters off Itajaí, SC, Southern Brazil. In: II Congresso Brasileiro de Oceanografia, 2005, Vitória. Anais do II Congresso Brasileiro de Oceanografia. Vitória, 2005.

3.
AIKEN, Jim ; MOORE, Gerald ; FISHWICK, James ; SMYTH, Tim ; Omachi, Claudia Y. ; WOODS, Katharine . Remote sensing of phytoplankton photosynthetic rates and production from measurements of ocean colour. In: Global Ocean Productivity and the Fluxes of Carbon and Nutrients: Combining Observations and Models, 2002, Ispra. Global Ocean Productivity and the Fluxes of Carbon and Nutrients: Combining Observations and Models, 2002.

4.
Omachi, Claudia Y.; GARCIA, Carlos Alberto Eiras . Analysis of Empirical Algorithms of Surface Chlorophyll­a for SeaWiFS, in the Southwestern Atlantic Ocean. In: Ocean Optics, 2000, Mônaco. Ocean Optics XV, 2000. v. 1.

5.
GARCIA, C. A. E. ; GARCIA, Virgínia Maria Tavano ; GONZÁLEZ, A. S. ; Omachi, Claudia Y. . Bio-optical characteristics of Southern Brazilian Waters. In: Ocean Optics XIV, 1998, Hawaii. Ocean Optics XIV. Hawaii, EUA, 1998. v. 2. p. 1-12.

6.
Silva, Jorge Luiz Barbosa da ; Omachi, Claudia Y. ; Feijó, Eleandro S. ; Silva, Luciane A. B. ; Monteiro, Sérgio A. . Análise visual de imagens e métodos computaionais no aproveitamento de informações: aplicações na textura do relevo e vegetação. In: III Congresso Brasileiro de Cadastro Técnico Multifinalitário - COBRAC 98, 1998, Florianópolis. Anais do III Congresso Brasileiro de Cadastro Técnico Multifinalitário - COBRAC 98, 1998. p. 1-9.

7.
SILVERA, Adriana González ; GARCIA, Carlos Alberto Eiras ; GARCIA, Virgínia Maria Tavano ; Omachi, Claudia Y. . Modelos semi-analíticos para estimar a produção primária fitoplanctônica na região sul do Brasil. In: VII Congresso Latino-Americano sobre Ciências do Mar (COLACMAR), 1997, Santos. Anais do VII Congresso Latino-Americano sobre Ciências do Mar (COLACMAR), 1997.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
Omachi, Claudia Yuki; GARCIA, Virgínia Maria Tavano ; GARCIA, Carlos Alberto Eiras ; E. J. D. Campos . Distribuição espaço-temporal da estrutura da comunidade fitoplanctônica na Patagônia. In: IV Congresso Brasileiro de Oceanografia, 2010, Rio Grande. Anais do IV Congresso Brasileiro de Oceanografia, 2010. v. único.

2.
C.Y. Omachi; A. Ferreira ; GARCIA, Virgínia Maria Tavano ; GARCIA, Carlos Alberto Eiras ; E. J. D. Campos . Bio-optical Signals and the Phytoplankton Functional Types in the Southwestern Atlantic Ocean. In: Ocean Optics XX, 2010, Anchorage. Ocean Optics XX, 2010.

3.
MACEDO, Rodrigo Soares ; Omachi, Claudia Y. ; LOMBARDI, Ana Teresa . Determinação da toxicidade do herbicida Bentazon sobre a diatomácea Skeletonema costatum através do ensaio de inibição de crescimento algal. In: XI Congresso Brasileiro de Ficologia, 2006, Itajaí. Anais do XI Congresso Brasileiro de Ficologia, 2006.

4.
Omachi, Claudia Y.; AIKEN, Jim ; WOODWARD, Malcom ; KITIDIS, Vasilis . Water Mass Analysis To Distinguish Oceanic Provinces. In: Ocean Sciences Meeting, 2006, Honolulu. 2006 Ocean Sciences Meeting, 2006.

5.
PEREIRA, M. D. ; C.A.F. Schettini ; Omachi, Claudia Y. . Caracterização de feições oceanográficas através de imagens orbitais dos sensores MODIS e SeaWiFS, no litoral dos estados de Santa Catarina e Paraná. In: III Simpósio Brasileiro de Oceanografia, 2006, São Paulo. III Simpósio Brasileiro de Oceanografia - Resumo dos trabalhos apresentados, 2006.

6.
Omachi, Claudia Y.; FERNÁNDEZ, Emilio ; WOODWARD, Malcom ; AIKEN, Jim ; PILGRIM, Derek . Método prático para distingüir províncias oceânicas. In: Congresso Brasileiro de Oceanografia 2004, 2004, Itajaí. Congresso Brasileiro de Oceanografia 2004 - CBO 2004 - Livro de Resumos, 2004.

7.
BARLOW, Ray G ; Omachi, Claudia Y. ; SESSIONS, H . Observations of Pigments and Absorption in a Red Tide Bloom in St Helena Bay, South Africa. In: International Conference on Harmful Algae, 2004, Cape Town. 11th International Conference on Harmful Algae, 2004.

8.
Omachi, Claudia Y.; AIKEN, Jim . Estimating group fractionated primary production for prochlorophytes and eukaryotes using fast repetition rate fluorometry. In: Real time coastal observing systems for ecosystems dynamics and harmful algal blooms - HABWATCH, 2003, Villefranche-sur-mer, 2003.

9.
AIKEN, Jim ; MOORE, Gerald ; FISHWICK, James ; SMYTH, Tim ; Omachi, Claudia Y. ; WOODS, Katharine . Remote sensing of phytoplankton photosynthetic rates and production from measurements of ocean colour. In: Global Ocean Productivity and the Fluxes of Carbon and Nutrients: Combining Observations and Models, 2003, Ispra. Joint Global Ocean Flux Study, 2002. v. 38. p. 42-42.

10.
Omachi, Claudia Y.; BARLOW, Ray G ; AIKEN, Jim ; PILGRIM, Derek . Phytoplankton community structure and pigment characteristics across the Atlantic Ocean. In: Sensing and Mapping the Marine Environment from near and far, 2003, Londres. Abstracts, 2003.

11.
Omachi, Claudia Y.; SUGGETT, D. ; PILGRIM, Derek ; MOORE, Gerald ; AIKEN, Jim . Fast repetition rate fluorometer for in situ basin scale measurements of phytoplankton photosynthetic parameters. In: Phytoplankton Productivity - an appreciation of 50 years of the study of production in oceans and lakes, 2002, Bangor. Phytoplankton Productivity - an appreciation of 50 years of the study of production in oceans and lakes, 2002.

12.
Omachi, Claudia Y.; AIKEN, Jim . Assessment of phytoplankton physiology and primary productivity through fast repetition rate fluorometry in the Atlantic Ocean. In: Challenger Centenary Conference : Marine Science 2002, 2002, Plymouth. Challenger Centenary Conference : Marine Science 2002. Plymouth, 2002.

13.
Omachi, Claudia Y.; SUGGETT, D. ; AIKEN, Jim . Assessment of photosynthetic capacity using fast repetition rate fluorometry in the Atlantic Ocean, 50oN to 40oS. In: Challenger Centenary Conference : Marine Science 2002, 2002, Plymouth. Challenger Centenary Conference : Marine Science 2002, 2002. p. 93-93.

14.
FISHWICK, James ; AIKEN, Jim ; MOORE, Gerald ; Omachi, Claudia Y. . Inter-ocean and inter-basin variability of Phytoplankton pigment characteristics in the Atlantic Ocean 50 N to 50 S. In: European Geophysical Society: XXVII General Assembly, 2002, Nice. European Geophysical Society: XXVII General Assembly, 2002.

15.
AIKEN, Jim ; FISHWICK, James ; MOORE, Gerald ; SUGGETT, D. ; MOORE, C. M. ; Omachi, Claudia Y. . Assessment of phytoplankton photosynthetic quantum efficiency and productivity in the Atlantic Ocean 50 N to 50 S: inter-province and inter seasonal differences. In: European Geophysical Society: XXVII General Assembly, 2002, Nice. European Geophysical Society: XXVII General Assembly, 2002.

16.
Omachi, Claudia Y.. Ocean color chloropyll-a algorithms in the Southwest Atlantic Ocean. In: SEAWIFS SCIENCE TEAM MEETING, 1999, Monterey Bay, 1999.

17.
Omachi, Claudia Y.; ENDO, Helena Leiko ; GARCIA, Carlos Alberto Eiras . Estimativa da concentração de clorofila-a através de imagens SeaWiFS. In: XI Semana Nacional de Oceanografia, 1998. Resumos. Rio Grande - RS, Brasil, 1998. v. único. p. 377-379.

18.
GARCIA, C. A. E. ; GARCIA, Virgínia Maria Tavano ; SILVERA, Adriana González ; Omachi, Claudia Y. ; ENDO, Helena Leiko ; GONÇALVES, G. A. . Aplicações de imagens do sensor SeaWiFS na região do Oceano Atlântico Sudoeste. In: IX Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 1998. Anais do IX Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto. Santos - SP, Brasil, 1998. v. CD-ROM.

19.
Omachi, Claudia Y.; GARCIA, C. A. E. . Aplicações dos dados do SeaWiFS na região sul e sudoeste do Oceano Atlântico. In: 1º Simpósio sobre Medidas Oceanográficas com Recursos Espaciais, 1998. Arraial do Cabo - RJ, Brasil, 1998.

20.
Omachi, Claudia Y.; GARCIA, Carlos Alberto Eiras . Aplicabilidade do modelo de atenuação da irradiância solar na atmosfera na região sul do RS. In: V Congresso de Iniciação Científica, 1996, Pelotas. Resumos. Pelotas - RS, Brasil, 1996. v. único. p. 27-27.

21.
ZAMBONI, A. ; DEVILLA, R. A. ; GAMA, A. M. S. ; ASP, N. E. ; Omachi, Claudia Y. ; PINHEIRO, F. M. R. ; SALOMON, P. S. ; VANZ, A. . Efeito da temperatura na toxicidade aguda de cobre e zinco sobre diferentes estágios de vida de Metamysidopsis elongata atlantica (Crustacea: Mysidacea). In: III Simpósio sobre Oceanografia, 1996. Resumos. São Paulo - SP, Brasil, 1996. v. único. p. 284-284.

22.
Omachi, Claudia Y.; GARCIA, Carlos Alberto Eiras . Modelo de atenuação da irradiância espectral solar para atmosferas sem nuvens: Aplicações no sul do RS. In: III Simpósio sobre Oceanografia, 1996, São Paulo. Resumos. São Paulo - SP, Brasil, 1996. v. único. p. 417-417.

23.
Omachi, Claudia Y.; GONZÉLEZ, A. S. ; GARCIA, C. A. E. . Modelo de atenuação da irradiância solar na coluna d´água do mar para aplicações em sensoriamento remoto. In: III Congresso de Iniciação Científica, 1994. Pelotas - RS, Brasil, 1994. v. único. p. 10-10.

24.
Omachi, Claudia Y.; GONZÁLEZ, A. S. ; GARCIA, C. A. E. . Modelos de atenuação da irradiância do espectro solar na atmosfera e na coluna d´água do mar para aplicação em sensoriamento remoto (parte II - Oceano). In: VII Semana Naciona de Oceanografia, 1994, Itajaí. Resumo: VII Semana Nacional de Oceanografia / Itajaí - SC / 1944. Itajaí - SC, Brasil, 1994. v. único. p. 34-34.

25.
Omachi, Claudia Y.; GARCIA, Carlos Alberto Eiras . Modelo de atenuação da irradiância do espectro solar na atmosfera marinha. In: II Congresso de Iniciação Científica, 1993, Rio Grande. Anais do II Congresso de Iniciação Científica, 1993.

Apresentações de Trabalho
1.
Omachi, Claudia Y.; Rosane G. Ito ; CAMPOS, E. J. D. . Interaction between marine phytoplankton and carbon flux: a remote sensing perspective. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
C.Y. Omachi; A. Ferreira ; GARCIA, Virgínia Maria Tavano ; GARCIA, C. A. E. ; E. J. D. Campos . Bio-optical Signals and the Phytoplankton Functional Types in the Southwestern Atlantic Ocean. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
Omachi, Claudia Yuki; GARCIA, Virgínia Maria Tavano ; GARCIA, Carlos Alberto Eiras ; E. J. D. Campos . Distribuição espaço-temporal da estrutura da comunidade fitoplanctônica na Patagônia. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
Omachi, Claudia Yuki; GARCIA, Virgínia Maria Tavano ; GARCIA, Carlos Alberto Eiras ; E. J. D. Campos . Variação sazonal da biomassa e grupo funcional fitoplanctônico na plataforma e talude da Patagônia. 2008. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
Omachi, Claudia Y.. Mapeamento da biomassa fitoplanctônica da região oeste do Oceano Atlântico Sul através de sensoriamento remoto: resultados preliminares. 1998.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Brazil ? Texas A&M University Science and Education Internationalization.Interaction between marine phytoplankton and carbon flux: a remote sensing perspective. 2012. (Oficina).

2.
2010 Meeting of The Americas. Distribution of Phytoplankton Functional Tipes in the Southwestern Atlantic Ocean. 2010. (Congresso).

3.
IV Congresso Brasileiro de Oceanografia. Distribuição espaço-temporal da estrutura da comunidade fitoplanctônica na Patagônia. 2010. (Congresso).

4.
Ocean Optics XX. Bio-optical Signals and the Phytoplankton Functional Types in the Southwestern Atlantic Ocean. 2010. (Congresso).

5.
IV Simpósio Brasileiro de Oceanografia.Variação Sazonal da Biomassa e Grupo Funcional Fitoplanctônico na Plataforma e Talude da Patagônia. 2008. (Simpósio).

6.
XVI Simpósio Brasileiro sobre Pesquisa Antártica. 2008. (Simpósio).

7.
II Congresso Brasileiro de Oceanografia. Bloom of Alexandrium fraterculus in coastal waters off Itajaí, SC, Southern Brazil. 2005. (Congresso).

8.
Remote Sensing of Ocean Colour in Open, Coastal, and Estuarine waters.Seeking a relationship between phytoplankton physiology and pigment composition along a bloom evolution. 2005. (Outra).

9.
I Congresso Brasileiro de Oceanografia. Avanços metodológicos na determinação da produção produção primária do fitoplâncton marinho: a fluorimetria de rápida taxa de repetição. 2004. (Congresso).

10.
AMT Students Forum.Basin Scale Analyses of Phytoplankton Production. 2003. (Encontro).

11.
Functional Biodiversity Discussion Group.Pigment analysis to assess the phytoplankton community structure. 2003. (Encontro).

12.
HABWATCH - Real time coastal observing systems for ecosystems dynamics and harmful algal blooms.Estimating group fractionated primary production for prochlorophytes and eukaryotes using fast repetition rate fluorometry. 2003. (Oficina).

13.
PRIMER 5 WORKSHOP. 2003. (Oficina).

14.
Sensing and Mapping the Marine Environment from near and far.Pigment analysis to assess the phytoplankton community structure. 2003. (Simpósio).

15.
Challenger Centenary Conference. Assessment of phytoplankton physiology and primary productivity through Fast Repetition Rate Fluorometry in the Atlantic Ocean. 2002. (Congresso).

16.
Phytoplankton Productivity - an appreciation of 50 years of the study of production in oceans and lakes. Basin Scale Measurements of Phytoplankton Photosynthetic Parameters Using Fast Repetition Rate Fluorometer. 2002. (Congresso).

17.
Ocean Optics XV. Analysis of Empirical Algorithms of Surface Chlorophyll­a for SeaWiFS, in the Southwestern Atlantic Ocean. 2000. (Congresso).

18.
1º Simpósio Sobre Medidas Oceanográficas com Recursos Espaciais.1º Simpósio Sobre Medidas Oceanográficas com Recursos Espaciais. 1998. (Simpósio).

19.
Congresso Brasileiro de Cadastro Técnico Multifinalitário. Análise visual de imagens e métodos computaionais no aproveitamento de informações: aplicações na textura do relevo e vegetação. 1998. (Congresso).

20.
XI Semana Nacional de Oceanografia. Estimativa de concentração de clorofila-a através de imagens SeaWiFS. 1998. (Congresso).

21.
Intensive Course on Remote Sensing of the Ocean: Applications for Ocean Colour, Temperature, Wind Stress and Altimetry. 1997. (Oficina).

22.
III Simpósio sobre Oceanografia.III Simpósio sobre Oceaografia. 1996. (Simpósio).

23.
V Congresso de Iniciação Científica. Aplicabilidade do modelo de atenuação da irradiância solar na atmosfera na região sul do Rio Grande do Sul. 1996. (Congresso).

24.
Semana Nacional de Oceanografia. 1995. (Congresso).

25.
III Congresso de Iniciação Científica. Modelo de atenuação da irradiância solar na coluna da água do mar para aplicações em sensoriamento remoto. 1994. (Congresso).

26.
VII Semana Nacional de Oceanografia. VII Semana Nacional de Oceanografia. 1994. (Congresso).

27.
II Congresso de Iniciação Científica. Modelo de atenuação da irradiância do espectro solar na atmosfera marinha. 1993. (Congresso).

28.
VII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto. 1993. (Simpósio).

29.
VI Semana Nacional de Oceanografia. 1993. (Congresso).

30.
V Semana Nacional de Oceanografia. 1992. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Rodrigo Soares Macedo. Avaliação do efeito do herbicida bentazon e do antiincrustante tributilestanho (TBT) sobre o crescimento e parâmetros fisiológicos da diatomácea Skeletonema costatum. 2007. Dissertação (Mestrado em Ecologia e Conservação) - Universidade Federal do Paraná, . Coorientador: Claudia Yuki Omachi.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Marçal Pereira Duarte. caracterização de feições oceanográficas no litoral dos estados de Santa Catarina e Paraná a partir de imagens orbitais. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Oceanografia) - Universidade do Vale do Itajaí. Orientador: Claudia Yuki Omachi.

Iniciação científica
1.
Thaisa Marques Vicente. Resposta da Microfauna Bêntica em Eventos de Ressurgência na Margem Continental Sul-sudeste Brasileira. 2008. Iniciação Científica - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Claudia Yuki Omachi.

2.
Karen Cancellier. Cultivo do dinoflagelado Alexandrium fraterculus. 2006. Iniciação Científica. (Graduando em Oceanografia) - Universidade do Vale do Itajaí. Orientador: Claudia Yuki Omachi.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 13/12/2018 às 23:46:16