Franklin Plessmann de Carvalho

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5449457142360149
  • Última atualização do currículo em 02/10/2018


Possui graduação em Agronomia pela Universidade de São Paulo (1996), mestrado em Ciências Sociais (2008) e doutorado em Antropologia (2014) pela Universidade Federal da Bahia. Atualmente é professor da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia e coordenador do Núcleo de estudos em Agroecologia e Nova Cartografia Social. Tem experiência na área de Antropologia e Agronomia, com ênfase em Agroecologia, atuando principalmente nos seguintes temas: povos e comunidades tradicionais, Nova Cartografia Social, comunidades de fundo e fecho de pasto, comunidades quilombolas, povos indígenas, processos de territorialização e unidades de mobilização. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Franklin Plessmann de Carvalho
Nome em citações bibliográficas
Carvalho, Franklin Plessmann de


Formação acadêmica/titulação


2010 - 2014
Doutorado em Antropologia.
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Título: Fundos de Pasto: territorialidade, luta e reconhecimento, Ano de obtenção: 2014.
Orientador: Alfredo Wagner Berno de Almeida.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Fundo de Pasto; povos e comunidades tradicionais; Terra Tradicionalmente Ocupada; Territorialidade Específica; Unidades de Mobilização.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Povos e Comunidades Tradicionais.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia Rural.
2005 - 2008
Mestrado em Ciências Sociais.
Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Título: Fundos de Pasto: Organização Política e Território,Ano de Obtenção: 2008.
Orientador: Maria Rosário Gonçalves de Carvalho.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia, FAPESB, Brasil.
Palavras-chave: povos e comunidades tradicionais; Fundo de Pasto; Campesinato; Organização política; Território.
Grande área: Ciências Humanas
1991 - 1996
Graduação em Agronomia.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.




Atuação Profissional



Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, UFRB, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Assistente, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Campus de Amargosa, Centro de Formação de Professores, curso de Educação do Campo

Atividades

04/2018 - Atual
Ensino, Educação do Campo, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Agroecologia
Prática Reflexiva em Agroecologia
12/2014 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Formação de Professores, .

12/2014 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Formação de Professores, .

10/2014 - Atual
Extensão universitária , Centro de Formação de Professores, .

Atividade de extensão realizada
Monitoramento de Territórios.
10/2017 - 04/2018
Ensino, Educação do Campo, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Bases Epistemológicas da Agroecologia
Prática Reflexiva na Transição Agroecológica dos Meios de Produção
Transição Agroecológica nos Sistemas de Produção
03/2017 - 03/2018
Direção e administração, Centro de Formação de Professores, .

Cargo ou função
Coordenador de Área de Conhecimento Cultura, Corpo e Educação.
05/2017 - 9/2017
Ensino, Educação do Campo, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Formas de Ação e Engajamento Social na Produção Acadêmica
Sistemas Agroflorestais- SAF
5/2017 - 9/2017
Ensino, Agroecologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Agroecologia: Bases Epistemológicas e Reflexividade
5/2017 - 9/2017
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Tópicos Especiais de Antropologia II: Formas de Ação e Engajamento Social na Produção Acadêmica
9/2016 - 4/2017
Ensino, Educação do Campo, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Agroecologia - turmas 1 e 2
5/2016 - 8/2016
Ensino, Educação do Campo, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Bases Epistemológicas da Agroecologia - turmas 1 e 2
09/2015 - 04/2016
Ensino, Educação do Campo, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Agroecologia turmas 1 e 2
04/2015 - 04/2016
Direção e administração, Centro de Formação de Professores, .

Cargo ou função
Vice-coordenador do Colegiado de Licenciatura em Educação do Campo.
04/2015 - 08/2015
Ensino, Educação do Campo, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Bases Epistemológicas da Agroecologia - turmas 1 e 2
Novas Tecnologias e Educação do Campo

Universidade Estadual do Maranhão, UEMA, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Universidade Federal da Bahia, UFBA, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2014
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador


Universidade do Estado do Amazonas, UEA, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2012
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador

Atividades

07/2012 - 12/2012
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto Nova Cartografia Social de Povos e Comunidades Tradicionais, .

Linhas de pesquisa
Nova Cartografia Social

Associação Nacional de Ação Indigenista Bahia, ANAI, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2011
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Diretor

Vínculo institucional

2007 - 2007
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador

Atividades

04/2007 - 09/2007
Serviços técnicos especializados , Associação Nacional de Ação Indigenista, .

Serviço realizado
Oficinas de Economia Solidária com o povo Tupinambá da Serra do Padeiro.

ELO - Ligação e Organização, ELO, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2008
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Assessor de Projetos

Atividades

02/2007 - Atual
Serviços técnicos especializados , Assessoria, .

Serviço realizado
acompanhamento de projetos sociais, econômicos e culturais apoiados pela Cooperação Internacional, com destaque para a agência Pão para o Mundo (PPM) da igreja Luterana Alemã.

Comissão Pastoral da Terra, CPT, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - 2005
Vínculo: Assessor, Enquadramento Funcional: Técnico de Campo, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

3/2002 - 5/2005
Serviços técnicos especializados , Secretariado regional, .

Serviço realizado
1)Assessoria a 8 equipes da CPT do interior do Estado; 2)Responsável pelas Frentes de trabalho com Fundos de Pasto e Agricultura Camponesa; 3)Assessoria a Coordenação Estadual da CPT; 4)Realização de cursos e oficinas.

Fundação Vitória Amazônica, FVA, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - 2002
Vínculo: Assessor, Enquadramento Funcional: Técnico de Campo, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

11/2000 - 02/2002
Serviços técnicos especializados , FIBRARTE, .

Serviço realizado
1) Assessorar a organização da Associação dos Artesãos de Novo Airão; 2)expandir o trabalho de artesanato para o município de Barcelos e comunidades Rurais de Novo Airão.

Centro de Assessoria do Assuruá, CAA, Brasil.
Vínculo institucional

1997 - 2000
Vínculo: quadro técnico, Enquadramento Funcional: Técnico de Campo, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

12/1998 - 10/2000
Direção e administração, Agroecologia, .

Cargo ou função
Coordenador da Equipe de Agroecologia.
11/1997 - 10/2000
Serviços técnicos especializados , Agroecologia, .

Serviço realizado
1) apoiar atividades de educação ambiental junto a comunidades acompanhadas; 2)representar a entidade na articulação regional de entidades; 3)assessorar o conselho diretor da entidade; 4)acompamhamento do planejamento, monitoramento e avaliação.

Instituto Ecoar para Cidadania, ECOAR, Brasil.
Vínculo institucional

1997 - 1997
Vínculo: Coordenador de equipe de campo, Enquadramento Funcional: Técnico de campo, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

03/1997 - 10/1997
Serviços técnicos especializados , Projeto de Educação Ambiental Procav 2, .

Serviço realizado
1) Formação de grupos populares de Pesquisa-ação-participativa na região do córrego dos Machados, São Mateus.

Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

1993 - 1996
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Iniciação Cientìfica



Linhas de pesquisa


1.
Nova Cartografia Social
2.
Agroecologia
3.
Identificação de Agroecolossistemas
4.
Sóciobiodiversidade
5.
Processos de territorialização
6.
Unidades de Mobilização
7.
Antropologia Rural


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Nova Cartografia Social de Comunidades Quilombolas do Nordeste: Fortalecimento de Centros de Ciências e Saberes
Descrição: O trabalho de pesquisa proposto consiste em intensificar as ações de engajamento social dos pesquisadores de três núcleos de pesquisa de diferentes universidades e que se relacionam com comunidades quilombolas, visando à construção conjunta de espaços sociais de interação entre conhecimentos acadêmicos e conhecimentos tradicionais. Mais especificamente visa a construção de conhecimentos que possibilitem dar visibilidade aos conflitos e demandas de comunidades quilombolas, cartografando e analisando os efeitos das politicas governamentais e das agroestratégias, elaboradas por conglomerados e agentes econômicos voltados para a produção de commodities agrícolas, produção de energia e turismo de larga escala. Em termos gerais visa à formação de Centros de Ciências e Saberes, compreendidos como espaços sociais de articulação de conhecimentos relacionados a apoiar ações para fortalecimento de modos de vida, especialmente os ameaçados pela construção de megaprojetos. Este projeto foi elaborado a partir de uma articulação entre três núcleos de pesquisa integrados a rede de pesquisadores e movimentos sociais do ?Projeto Nova Cartografia Social - PNCS?. Estarão diretamente envolvidos pesquisadores referidos a universidades públicas que possuem relações de pesquisa com comunidades quilombolas nos estados da Bahia, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Sergipe e Alagoas. Este projeto integrará principalmente pesquisadores da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), Universidade Estadual da Bahia (UNEB), Universidade de Pernambuco (UPE), Universidade Federal da Bahia (UFBA), Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF) e Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Os três núcleos citados estão alocados na UFRB, na UNEB e na UPE: Núcleo de Estudos em Agroecologia e Nova Cartografia Social (NEA Nova Cartografia Social / UFRB); Grupo de Pesquisa em Ecologia Humana (GPEHA/UNEB) e Laboratório de Estudos sobre Ação Coletiva e Cultura (LACC/UPE).
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2017 - Atual
Fortalecimento da Sociobiodiversidade de Comunidades Tradicionais com apoio de Novas Cartografias Sociais
Descrição: Este projeto tem por objeto o ?Fortalecimento da Sociobiodiversidade de Comunidades Tradicionais?. Mais especificamente visa ampliar os conhecimentos sobre a diversidade cultural existente em comunidades de fundo e fecho de pasto, comunidades quilombolas, povos indígenas e comunidades camponesas com o propósito de fortalecer formas sustentáveis de vida. Busca compreender a diversidade organizativa que constrói territorialidades específicas e a gestão de agroecossistemas, identificando as práticas manejo da terra, a segurança alimentar dos grupos, a seleção dos cultivos e animais, os desafios na produção e comercialização, as ameaças ao modo de vida e as potencialidades socioeconômicas. A perspectiva dos agentes sociais será enfatizada visando uma interlocução de saberes, qualificando os profissionais que atuam com estes grupos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Franklin Plessmann de Carvalho - Coordenador / Jurema Machado de Andrade Souza - Integrante / Ana Cláudia Gomes de Souza - Integrante / Raul Lomanto Neto - Integrante / Genival Pereira de Araújo Moura - Integrante / Mirna Silva Oliveira - Integrante / Paula Regina de Oliveira Cordeiro - Integrante / Ana Cristina de Souza - Integrante / Jakeline Honória de Souza - Integrante / Elcio Rizerio Carmo - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2016 - Atual
CONFLITOS SOCIAIS E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL NO BRASIL CENTRAL
Descrição: Este projeto foi elaborado a partir de uma articulação, denominada ?Grupo de Pesquisa do Brasil Central?, composta de associações de povos e comunidades tradicionais e de pesquisadores acadêmicos de 10 universidades, a saber: UEMA - Universidade Estadual do Maranhão, UFRB - Universidade Federal do Recôncavo Baiano, UNEB - Universidade Estadual da Bahia, UPE - Universidade de Pernambuco, UFPI - Universidade Federal do Piaui, UNEMAT - Universidade Estadual do Mato Grosso, UFOPA - Universidade Federal do Oeste do Pará, UNIFESPA - Universidade Federal do Sul do Pará, UEA - Universidade do Estado do Amazonas, UNITINS - Universidade Federal do Tocantins, e uma associação voluntária da sociedade cívil (APATO) liderada pelo Programa de Pós Graduação em Cartografia Social e Política da Amazônia (PPGCSPA), da Universidade Estadual do Maranhão. O trabalho de pesquisa proposto consiste em mapear e analisar os efeitos das politicas governamentais e das agroestratégias, elaboradas por conglomerados econômicos voltados para a produção de commodities agrícolas, destinadas principalmente ao mercado internacional, sobre os povos e comunidades tradicionais. A abrangência da área de alcance destas políticas focalizadas compreende regiões designadas como ?cerrado? e ?caatinga?, consoante critérios de bioma; ?semiárido?, de acordo com critérios climáticos, ou ?sertão?, conforme critérios geográficos e de planejamento regional, que compõem uma grande região definida para efeitos desta investigação científica como ?Brasil Central?. Objetiva-se realizar o mapeamento social dos efeitos da expansão dos agronegócios sobre os processos diferenciados de territorialização específica de povos e comunidades tradicionais, nesta grande região mencionada. Tal mapeamento inscreve-se no repertório de mobilizações e de lutas desses povos para a garantia e preservação dos seus direitos territoriais..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - 2017
Identificação e Gestão de Agroecossistemas Agrocecológicos com apoio de Cartografias Sociais
Descrição: Este projeto visa estruturar um "Núcleo de Estudos em Agroecologia" no Campus de Formação de Professores da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB). Este núcleo foi concebido como um meio para fortalecer a relação entre pesquisadores, extensionistas e agentes sociais possibilitando uma melhor gestão de agroecossistemas e promoção da preservação ambiental. Como objetivo de pesquisa tem como objetivo a compreensão de agroecossistemas agroecológicos - como são formados e percebidos na perspectiva de povos e comunidades tradicionais. Este projeto de pesquisa se relaciona com ações de extensão que tem como objetivo a formação de agentes sociais para o monitoramento de seus territórios, fortalecendo a gestão de agroecossistemas e possibilitando melhores condições para o efetivo reconhecimento de terras tradicionalmente ocupadas e dos modos de vida relacionados..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado profissional: (1) .
Integrantes: Franklin Plessmann de Carvalho - Coordenador / Raul Lomanto Neto - Integrante / Ludmila Oliveira Holanda Cavalcante - Integrante / Carlos Eduardo Souza Leite - Integrante / Antonia Fernanda dos Anjos dos Santos - Integrante / Edna Balbina dos Anjos dos Santos - Integrante / Genival Pereira de Araújo Moura - Integrante / João Paulo dos Anjos dos Santos - Integrante / Nagila Souza Andrade - Integrante / Samyr Ferreira dos Santos - Integrante / Weder Bruno de Almeida - Integrante / Mirna Silva Oliveira - Integrante / Marcos de Jesus Nascimento Supino - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2010 - 2012
OS ÍNDIOS DA RESERVA PARAGUASSU-CARAMURU NA CONTEMPORANEIDADE (1926-PRESENTE): PARENTESCO, TERRITÓRIO, IDENTIDADE E MEMÓRIA MEDIANTE O USO DE TECNOLOGIAS SOCIAIS
Descrição: O objetivo do projeto é reunir a bibliografia (etnológica, histórico-documental e jornalística) produzida, no período compreendido entre 1926 até o presente, sobre os Índios estabelecidos na Reserva Paraguassu-Caramuru, porção sul do estado da Bahia, assim como atualizar dados que vimos produzindo sobre a configuração territorial, as relações de parentesco e identitárias do sistema interétnico ali formado. O termo inicial, 1926, concerne à criação da Reserva Paraguassu-Caramuru para acolher os Índios da região que mantinham os primeiros contatos com frentes da sociedade regional, ou seja, os Pataxó, Kamakã, Gueren, Tupinambá e Baenã, e os Kariri-Sapuyá, compulsoriamente deslocados da porção sul do Recôncavo baiano, e aí também fixados. Nesse sentido, a Reserva criada correspondia a uma área de refúgio no âmbito da qual o Serviço de Proteção aos Índios (SPI) envidou esforços, notadamente através de alguns funcionários dedicados, para preservar a integridade física e cultural dos Índios, acossados pela frente econômica do cacau desde o final do século XIX. Trata-se de um projeto que articula pesquisa e extensão, e cujos objetivos prevêem o treinamento de agentes indígenas de cada grupo étnico para a atualização das genealogias pertinentes e a produção de cartografias sociais, visando, em última instância, o desenvolvimento de um trabalho, no âmbito da Reserva, de sensibilização para o conhecimento das histórias dos grupos étnicos ali estabelecidos, através do apelo à memória do contato..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2005 - Atual
Projeto Nova Cartografia Social da Amazônia
Descrição: O objetivo deste projeto consiste em fortalecer as formas nativas de uso dos recursos naturais, buscando aprimorá-las e torná-las mais eficazes. Para tanto estão sendo propostos um mapeamento social, elaborado em conjunto, por pesquisadores acadêmicos e membros de associações comunitárias, e uma série de cursos de formação como reforço aos conhecimentos tradicionais associados à biodiversidade e às formas organizativas que defendem a preservação das florestas. Trata-se de estabelecer, a partir das comunidades locais, um instrumento vigoroso para enfrentar os desmatamentos e as ações de devastação florestal. Isto implica numa tecnologia social baseada nas experiências concretas de preservação florestal efetivadas pelos próprios povos e comunidades tradicionais, que são consideradas uma das formas mais eficientes e rápidas de reduzir emissões. Esta tecnologia pretende articular um repertório de saberes práticos, acionados na vida cotidiana de comunidades locais, com conhecimentos científicos produzidos no âmbito de universidades regionais..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
1993 - 1996
PIRACENA
Descrição: Monitoramento e estudo do metabilismo das águas da bacia do rio Piracicaba.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2014 - Atual
Monitoramento de Territórios e Cartografias Sociais
Descrição: Este projeto de extensão visa apoiar o reconhecimento das terras tradicionalmente ocupadas através da capacitação de agentes sociais para a realizarem o auto-monitoramento de seus territórios. Este projeto também visa propiciar instrumentos e condições que possibilitem a elaboração de relatórios, documentários, entrevistas, exposição de fotografias, produção de mapas. Todos estes produtos serão elaborados pelos próprios grupos acompanhados com apoio de uma rede de pesquisadores, na qual este projeto de extensão está inserido..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.


Revisor de periódico


2018 - Atual
Periódico: REVISTA ENFOQUES (RIO DE JANEIRO)
2017 - Atual
Periódico: Revista Extensão Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (2236-6784)
2017 - Atual
Periódico: CADERNOS DO CEAS


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Agronomia / Subárea: Agroecologia.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Povos e Comunidades Tradicionais.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Antropologia Rural.
5.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Antropologia / Subárea: Etnologia Indígena.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
Carvalho, Franklin Plessmann de2017 Carvalho, Franklin Plessmann de. Nova Cartografia Social: a extensão e a pesquisa como aportes ao ensino de Agroecologia. Cadernos Agroecológicos, v. 12, p. 17, 2017.

2.
Carvalho, Franklin Plessmann de2016 Carvalho, Franklin Plessmann de. Fundos de Pasto: territorialidade e uso comum. RURIS - Revista do Centro de Estudos Rurais, v. 10, p. 47/ 2º-73, 2016.

Capítulos de livros publicados
1.
Carvalho, Franklin Plessmann de. Terras Tradicionalmente Ocupadas: estudo comparativo entre comunidades de fundos de pasto e seus respectivos processos de regularização fundiária. In: Sérgio Sauer; Wellington Almeida. (Org.). Terras e territórios na Pan-Amazônia: demandas, desafios e perspectivas. 1ed.Brasília: Editora Universidade de Brasília - UnB, 2011, v. 1, p. 163-180.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
Carvalho, Franklin Plessmann de. Fundos e Fechos de Pasto: territorialidades específicas, lutas e alguns desafios. In: 30ª Reunião Brasileira de Antropologia, 2016, João Pessoa. 30ª Reunião Brasileira de Antropologia, 2016.

2.
Carvalho, Franklin Plessmann de. Fundos de Pasto: os desafios atuais do processo de territorialização. In: 28ª Reunião Brasielira de Antropologia (28ªRBA), 2012, São Paulo. Anais 28ª RBA, 2012.

3.
Carvalho, Franklin Plessmann de. A Identidade de Fundo de Pasto: etnicidade em questão. In: 35º Encontro da ANPOCS, 2011, Caxambu. 35º Encontro Anual da ANPOCS, 2011.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
Carvalho, Franklin Plessmann de. Fundos de Pasto ? a sociobiodiversidade na organização dos agroecossistemas. In: VI Congresso Latino Americano de Agroecologia, 2017, Brasília. VI Congresso Latino Americano de Agroecologia - ANAIS, 2017.

2.
Carvalho, Franklin Plessmann de. Fundos de Pasto: territorialidade, uso comum e preservação ambiental. In: V Congresso Latino Americano de Antropologia, 2017, Bogotá. V Congresso Latino Americano de Antropologia - ANAIS. Bogotá: Pontifícia Universidade Javeriana, 2017.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
Carvalho, Franklin Plessmann de. Comunidades Tradicionais do Brasil Central e Mega Projetos: desconstruindo o discurso de legitimação ambiental. In: SEMINÁRIO INTERNACIONAL MEGA EMPREENDIMENTOS, ATOS DE ESTADOS E POVOS E COMUNIDADES TRADICIONAIS, 2016, São Luiz. SEMINÁRIO INTERNACIONAL MEGA EMPREENDIMENTOS, ATOS DE ESTADOS E POVOS E COMUNIDADES TRADICIONAIS, 2016.

2.
Carvalho, Franklin Plessmann de. A Identidade de Fundo de Pasto: etnicidade em questão. In: III REUNIÃO EQUATORIAL DE ANTROPOLOGIA (REA)/ XII REUNIÃO DE ANTROPÓLOGOS NORTE E NORDESTE (ABANNE), 2011, Boa Vista. Anais REA III ABANNE XII, 2011. p. 148-148.

3.
Carvalho, Franklin Plessmann de. Terras Tradicionalmente Ocupadas: Estudo comparativo entre comunidades de Fundo de Pasto e seus respectivos processos de regularização fundiária. In: XXVII Reunião Brasileira de Antropologia, 2010, Belém. 27ª RBA: ?Brasil Plural: Conhecimentos, Saberes Tradicionais e Direitos à Diversidade?. Belém: Universidade Federal do Pará, 2010. p. 69-69.

4.
Carvalho, Franklin Plessmann de. Organização em Comunidades de Fundos de Pasto. In: IX ABANNE, 2005, Manaus e Boa Vista. Cosntruindo o diálogo: Caminhos, Redes, Relacionamentos. Manaus: UFAM, 2005. p. 79-80.

Artigos aceitos para publicação
1.
Carvalho, Franklin Plessmann de. Novas Cartografias Sociais articulando duas ciências. VIVÊNCIA: REVISTA DE ANTROPOLOGIA, 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
Carvalho, Franklin Plessmann de. Comunidades Tradicionais do Brasil Central e Mega Projetos: desconstruindo o discurso de legitimação ambiental. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

2.
Carvalho, Franklin Plessmann de. Nova Cartografia Social: a extensão e a pesquisa como aportes ao ensino de Agroecologia. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

3.
Carvalho, Franklin Plessmann de. Terras Tradicionalmente Ocupadas: Estudo comparativo entre comunidades de Fundo de Pasto e seus respectivos processos de regularização fundiária. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
Carvalho, Franklin Plessmann de; OLIVEIRA, M. S. ; CORDEIRO, P. R. O. . A luta por nosso modo de vida: Fecho de Pasto Brejo Verde. São Luiz: UEMA, 2018 (Fascículo).

2.
Carvalho, Franklin Plessmann de. Fundos de Pasto: Nosso jeito de Viver no Sertão - Oliveira dos Brejinhos e Brotas de Macaúbas 2012 (Fascículo).

3.
Carvalho, Franklin Plessmann de; MENEZES, E. S. . Piaçabeiros do Rio Aracá, Barcelos, Amazonas. Rio de Janeiro: Design Casa 8, 2007 (Fascículo).

4.
Carvalho, Franklin Plessmann de; CHAMO, L. . Fundos de Pasto: Nosso Jeito de Viver no Sertão, Lago de Sobradinho, Bahia. Rio de Janeiro: Desing Casa 8, 2007 (Fascículo).

5.
NAKAZONO, E. M. ; Carvalho, Franklin Plessmann de . NOVA CARTOGRAFIA SOCIAL DA AMAZÔNIA: MULHERES DO ARUMÃ DO BAIXO RIO NEGRO: AMAZONAS. Manaus: Editora da Universidade Federal do Amazonas, 2006 (Fascículo).


Produção técnica
Trabalhos técnicos
1.
Carvalho, Franklin Plessmann de. Between Consensus and Conflict: environmental action dilemmas Critical reading about some actions to reconcile production based on agribusiness with protection of the Cerrado Biome. 2016.

Redes sociais, websites e blogs
1.
Carvalho, Franklin Plessmann de. Um Maranhense da Baixada percorrendo as trilhas da Bahia. 2016; Tema: Intercâmbio da Rede de Pesquisadores e Movimentos Sociais do Projeto Nova Cartografia Social. (Site).


Demais tipos de produção técnica
1.
Carvalho, Franklin Plessmann de. Mapeando Parentes: Terra Indígena Caramuru-Paraguaçu - Sul da Bahia. 2012. (Cartas, mapas ou similares/Mapa).

2.
Carvalho, Franklin Plessmann de. Território das Comunidades de Fundo de Pasto dos Municípios de Oliveira dos Brejinhos e Brotas de Macaúbas. 2012. (Cartas, mapas ou similares/Mapa).

3.
Carvalho, Franklin Plessmann de. Territórios, povos e Comunidades Tradicionais: o espaço e as relações raciais. 2010. .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
Nunes, Patricia Maria Portela; Marin, Rosa E. Acevedo; Carvalho, Franklin Plessmann de. Participação em banca de Jhullienny Silva Santos. Território de Formoso: conflitos territoriais e a construção de uma territorialidade espeífica. 2018. Dissertação (Mestrado em Cartografia Social e Política da Amazônia) - Universidade Estadual do Maranhão.

2.
ROCHA, J. C. S.; PROST, C.; SERRA, O. J. T.; Carvalho, Franklin Plessmann de. Participação em banca de ROBERTA NERI DA SILVA. AMBIENTALISMO E SOLUÇÕES MÁGICAS: A SOBREPOSIÇÃO DE TERRITÓRIOS, CONCEITOS E NORMAS NO CONFLITO ENTRE A TERRA INDÍGENA COMEXATIBÁ E O PARQUE NACIONAL DO DESCOBRIMENTO. 2018. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal da Bahia.

3.
Carvalho, Franklin Plessmann de; GIVIGI, A. C. N; FERRARO JUNIOR, L. A.; SANTOS, Janeide Bispo dos. Participação em banca de Flávio André Pereira Bastos. Refletindo a Soberania Alimentar das Comunidades Tradicionais de Fundo de Pasto. 2017. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Educação do Campo) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

4.
Maia, S. M.; Carvalho, Franklin Plessmann de; AYRES, Genny Magna de J. M.. Participação em banca de Maria das Candeias dos Santos. Memórias Compartilhadas: uma etnografia sobre a trajetória do idoso e o papel da memória na construção de identidades étnicas nas comunidades quilombolas de São Brás e Cambuta, em Santo Amaro (BA). 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

5.
Maia, S. M.; Carvalho, Franklin Plessmann de; GERMANI, G. I.. Participação em banca de Zuzanna Julia Jaegermann. Identidade sem-terra no processo de construção da territorialidade específica no mundo moderno/colonial do recôncavo da Bahia: assentamento Eldorado (município de Santo Amaro). 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

6.
FERRARO JUNIOR, L. A.; SILVA, W. A.; Carvalho, Franklin Plessmann de. Participação em banca de Claudiano da Hora de Cristo. Divergências Inconciliáveis e pactuações convenientes: elaboração e implementação da política de educação do campo em municípios baianos. 2015. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Estadual de Feira de Santana.

Qualificações de Mestrado
1.
SANTOS, J. L. J.; Carvalho, Franklin Plessmann de; SOUZA, S. T.. Participação em banca de LORENA NUNES AGUIAR. CONFLITOS FUNDIÁRIOS RURAIS NA COMUNIDADES GUARÁ E POMBAS, EM CORRENTINA (BA): SUBSÍDIOS PARA GESTÃO TERRITORIAL PARTICIPATIVA NO OESTE BAIANO. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado profissional em Planejamento Territorial) - Universidade Estadual de Feira de Santana.

2.
PROST, C.; Carvalho, Franklin Plessmann de; SILVA, C. A.. Participação em banca de Paula Regina de Oliveira Cordeiro. Territórios conflituosos no nordeste da baía de Todos os Santos. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Geografia) - Universidade Federal da Bahia.

3.
Maia, S. M.; Carvalho, Franklin Plessmann de; GERMANI, G. I.. Participação em banca de Zuzzanna Jaermann. Identidades Entrecruzadas e políticas do lugar: interseções na luta pelo território desde uma perspectiva decolonial, no assentamento Eldorado do Pitinga (Recôncavo da Bahia). 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
SOUZA, Jurema M. A.; MIRANDA, V. S. N.; Carvalho, Franklin Plessmann de. Participação em banca de Sara Maria Brito Araújo. Mapeamento dos Benefícios Sociais Adquiridos pelas Marisqueiras e Pescadores no Município de Canavieiras- Bahia. 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça) - Universidade Federal da Bahia.

2.
Carvalho, Franklin Plessmann de; CARVALHO, Aurélio José Antunes de; RIOS, M. L.; FERREIRA, M. H. S.. Participação em banca de Romero Falcão Menezes. Fundos de Pasto, uma das formas de Povos Tradicionais viverem no semiárido Brasileiro - Estudo de Caso: Sustentabilidade do Fundo de Pasto da Fazenda Retiro no município de Uauá/BA. 2013. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Desesenvolvimento Sustentável no Semiárido) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano.

3.
FERRARO JÚNIOR, L. A; FREIXO, Alessandra Alexandre; Carvalho, Franklin Plessmann de. Participação em banca de Greice Bezerra Viana. "Narrativas de resistência:caminhos da memória na comunidade de fundo de pasto de Várzea D'Anta". 2011. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Educação Ambiental para Sustentabilidade) - Universidade Estadual de Feira de Santana.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
Carvalho, Franklin Plessmann de; Castro, Daniel de Melo; Ribeiro, Denize Almeida. Participação em banca de Cláudio Lisboa da Silva.Ensaio Etnográfico sobre plantas alimentícias não convencionais na Comunidade Quilombola de Pedra Branca do Riacho do Ouro, município de Taperoá, no Território do Baixo Sul da Bahia. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Agroecologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

2.
CARMO, E. R.; REIS, M. L.; Carvalho, Franklin Plessmann de. Participação em banca de Fagner Lima Braga.Impactos Ambientais em 3 comunidades Rurais no Município de Iraquara, Bahia. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação do Campo) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

3.
BANDEIRA FILHO, C. A.; Carvalho, Franklin Plessmann de; SENA. Ivânia Paula Freitas de Souza. Participação em banca de Jaziel dos Santos Silva.Educação do Campo: a Gênese histórica, intenção política e a origem epistemológica. Analisando os processos de ensino aprendizagem do CECAT. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências da Natureza) - Universidade Federal do Vale do São Francisco.

4.
Maia, S. M.; SOUZA, Jurema M. A.; Carvalho, Franklin Plessmann de. Participação em banca de Samyr Ferreira dos Santos.Na terra e no mar, pescadores e quilombolas na luta: um estudo antropológico sobre a articulação Subaé. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Congresso Internacional Interdisciplinar em Extensão Rural e Desenvolvimento. Extensão Rural e Agroecologia. 2017. (Congresso).

2.
Congresso Internacional Interdisciplinar em Extensão Rural e Desenvolvimento. GT7 - Extensão Rural e as Metodologias Participativas (org). 2017. (Congresso).

3.
V Congresso Latino Americano de Antropologia. Fundos de pasto ? territorialidade, uso comum e preservação ambiental. 2017. (Congresso).

4.
VI Congresso Latino Americano de Agroecologia. Fundos de Pasto ? a sociobiodiversidade na organização dos agroecossistemas. 2017. (Congresso).

5.
VI Congresso Latino Americano de Agroecologia. Avaliador de trabalhos a serem apresentados em GTs. 2017. (Congresso).

6.
30ª Reunião Brasileira de Antropologia. Fundos e Fechos de Pasto: territorialidades específicas, lutas e alguns desafios. 2016. (Congresso).

7.
68ª Reunião da SBPC. 2016. (Congresso).

8.
Capitalismo extrativista, conflitos territoriais e direitos das populações atingidas: problematizando a gestão empresarial do ´social`". 2016. (Seminário).

9.
II Seminário Nacional de Educação em Agroecologia.Nova Cartografia Social: a extensão e a pesquisa como aportes ao ensino de Agroecologia. 2016. (Seminário).

10.
I Seminário Internacional do Centro de Ciências e Saberes: Trabalho Etnográficooo.Uso Comum em Comunidades de Fundo e Fecho de Pasto: processos de territorialização e luta. 2016. (Seminário).

11.
Seminário Internacional Mega Empreendimentos, Atos de Estados e Povos e Comunidades Tr Tradicionais.Os impactos do Agronegócio em Comunidades Tradicionais do Brasil Central. 2016. (Seminário).

12.
I Seminário Internacional: Cartografia Social de Povos e Comunidades Tradicionais no Quênia, Zimbábue e Brasil.Painel: Terra, etnicidade, direitos e movimentos sociais no Quênia, Zimbábua, África do Sul e experiencias de cartografia social na Amazônia.. 2015. (Seminário).

13.
V Seminário do Programa de Pós Graduação em Ciências Sociais- UFRB.Universidade e Movimentos Social: pesquisa engajada e ou ativista. 2015. (Seminário).

14.
IV REUNIÃO EQUATORIAL DE ANTROPOLOGIA (REA)/ XIII REUNIÃO DE ANTROPÓLOGOS NORTE E NORDESTE (ABANNE). Fundos de pasto: conflitos e a regularização fundiária. 2013. (Congresso).

15.
Territórios e Conflitos: Experiências de Cartografias.Cartografia Social: uma ferramenta de mobilização. 2013. (Seminário).

16.
Jornada Conocimientos Tradicionales de la Pan-Amazonía al Rio de la Plata. 2012. (Seminário).

17.
V Seminário do Laboratório de Estudos em Movimentos Étnicos - V SEMINÁRIO DO LEME.Negritude no Recôncavo. 2012. (Encontro).

18.
?Cartografia Social: Uma ferramenta para o fortalecimento identitário e a mobilização social?.Guerra de Mapas: Conflitos Sócioambientais, Biodiversidade e Territórios em Comunidades de Povos e Comunidades Tradicionais. 2011. (Outra).

19.
35º Encontro da ANPOCS.A Identidade de Fundo de Pasto: etnicidade em questão. 2011. (Encontro).

20.
II Encontro de São Lázaro.Fundos de Pasto e o reconhecimento de sua territorialidade. 2011. (Encontro).

21.
III REUNIÃO EQUATORIAL DE ANTROPOLOGIA (REA)/ XII REUNIÃO DE ANTROPÓLOGOS NORTE E NORDESTE (ABANNE). A Identidade de Fundo de Pasto: etnicidade em questão. 2011. (Congresso).

22.
I Semana de Geografia da Universidade Federal Fluminense.Conflitos Ambientais e as novas cartografias sociais. 2011. (Outra).

23.
IV SEMINÁRIO DO LABORATÓRIO DE ESTUDOS EM MOVIMENTOS ÉTNICOS.Territorialidades e os processos de identificação: desafios para debate. 2011. (Seminário).

24.
27ª Reunião Brasileira de Antropologia.Terras Tradicionalmente Ocupadas: Estudo comparativo entre comunidades de Fundo de Pasto e seus respectivos processos de regularização fundiária. 2010. (Encontro).

25.
I Encontro de São Lázaro.Cartografias Sociais da Bahia. 2010. (Encontro).

26.
III Seminário do LEME. 2010. (Seminário).

27.
Seminário de Pesquisa do Observatório da Justiça Brasileira: repensando o acesso à Justiça no Brasil.Projeto Nova Cartografia Social da Amazônia. 2010. (Seminário).

28.
Simpósio Internacional: Conhecimentos Tradicionais na Pan-Amazônia.GT3: Conhecimentos Tradicionais, Movimentos Sociais e territórios. 2010. (Simpósio).

29.
Terras e Territórios na Amazônia: demandas, desafios e perspectivas.Terras Tradicionalmente Ocupadas: Estudo comparativo entre comunidades de Fundo de Pasto e seus respectivos processos de regularização fundiária. 2010. (Seminário).

30.
Fórum Social Mundial. 2009. (Outra).

31.
IV Encontro de Pesquisadores e Movimentos Sociais do Projeto Nova Cartografia Social. 2009. (Encontro).

32.
II Encontro de Pesquisadores e Movimentos Social do Projeto Nova Cartografia Social. 2008. (Encontro).

33.
III Encontro de Pesquisadores e Movimentos Sociais do Projeto Nova Carografia Social. 2008. (Encontro).

34.
I encontro de Pesquisadores do Projeto Nova Cartografia Social. 2007. (Encontro).

35.
IX ABANNE.IX ABANNE. 2005. (Encontro).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
MARQUES, Juracy ; Carvalho, Franklin Plessmann de ; ARAUJO, H. F. A. . Encontro Nova Cartografia Social do Brasil: Projeto Brasil Central. 2017. (Outro).

2.
SOUZA, Jurema M. A. ; ALARCON, DANIELA FERNANDES ; Carvalho, Franklin Plessmann de . A questão indígena no sul da Bahia: dinâmicas e conflitos. 2016. (Outro).

3.
CARVALHO, M. R. G. ; SOUZA, Jurema M. A. ; Carvalho, Franklin Plessmann de . GT Novos Pesquisadores na Universdiade e as condições de Engajamento na Produção Científica (VI Seminário do PPGCS da UFRB). 2016. (Outro).

4.
Carvalho, Franklin Plessmann de. Rota de Aprendizagem "Sistemas Integrais de Convivência com o Semiárido". 2013. (Outro).

5.
Carvalho, Franklin Plessmann de. Rota de Aprendizagem "Promoção da Agroecologia e Construção Social de Mercados". 2013. (Outro).

6.
ALMEIDA, A. W. B. ; Carvalho, Franklin Plessmann de ; MENEZES, E. S. ; FARIAS JUNIOR, E. A. . Encontro de Pesquisadores do Projeto Nova Cartografia Social da Amazônia. 2012. (Outro).

7.
SOUZA, Jurema M. A. ; Carvalho, Franklin Plessmann de . V Seminário do Laboratório de Estudos em Movimentos Étnicos - V SEMINÁRIO DO LEME. 2012. (Outro).

8.
Carvalho, Franklin Plessmann de. Encontro de Pesquisadores do Nordeste - preparação de pesquisa nacional de povos e comunidades tradicionais. 2009. (Outro).

9.
Carvalho, Franklin Plessmann de; CARVALHO, M. R. G. . I Encontro de Formação para agentes Social e Pesquisadores - Cartografias Sociais de Povos e Comunidades Tradicionais. 2009. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Ana Cláudia de Oliveira Souza. A Perspectiva Ambiental em Escolas de Mutuípe. Início: 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação do Campo) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. (Orientador).

2.
Nagila Souza Andrade. A atuação comunitária de Egressos da Escola Família Agrícola do Sertão (EFASE). Início: 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação do Campo) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. (Orientador).

3.
Genival Pereira de Araújo Moura. As motivações para criação da Escola Família Agrícola de Regional de Brotas de Macaúbas. Início: 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação do Campo) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Jakeline Honória de Souza. Fortalecimento da Sociobiodiversidade de Comunidades de Fechos de Pasto com apoio de Novas Cartografias Sociais. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Educação do Campo) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

2.
Genival Pereira de Araújo Moura. CONFLITOS SOCIAIS E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL NO BRASIL CENTRAL - REGIÃO BROTAS DE MACAÚBAS. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Educação do Campo) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. (Orientador).

Orientações de outra natureza
1.
Paula Regina de Oliveira Cordeiro. ?CONFLITOS SOCIAIS E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL NO BRASIL CENTRAL?. Início: 2017. Orientação de outra natureza. Universidade Estadual do Maranhão. Fundação Ford. (Orientador).

2.
Mirna Silva Oliveira. ?CONFLITOS SOCIAIS E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL NO BRASIL CENTRAL - FECHOS DE PASTO?. Início: 2017. Orientação de outra natureza. Universidade Estadual do Maranhão. Fundação Ford. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Cláudio Lisboa da Silva. Ensaio Etnográfico sobre plantas alimentícias não convencionais na Comunidade Quilombola de Pedra Branca do Riacho do Ouro, município de Taperoá, no Território do Baixo Sul da Bahia. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Agroecologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Franklin Plessmann de Carvalho.

Iniciação científica
1.
Antonia Fernanda dos Anjos dos Santos. Identificação de Agroecossistemas Sustentáveis - quilombolas do recôncavo. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Museologia) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Franklin Plessmann de Carvalho.

2.
João Paulo dos Anjos dos Santos. Identificação de Agroecossistemas Sustentáveis - Comunidades Quilombolas do Recôncavo. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia de Pesca) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Franklin Plessmann de Carvalho.

3.
Jakeline Honória de Souza. Monitoramento Territorial e Cartografias Sociais: ?CONFLITOS SOCIAIS E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL NO BRASIL CENTRAL?. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Educação do Campo) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Pró Reitoria de Extensão da UFRB. Orientador: Franklin Plessmann de Carvalho.

4.
Genival Pereira de Araújo Moura. Identificação de Agroecossistemas Sustentáveis - Fundos de Pasto do centro oeste da Bahia. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Educação do Campo) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Franklin Plessmann de Carvalho.

5.
Nagila Souza Andrade. Identificação de Agroecossistemas Sustentáveis - Fundos de Pasto de Monte Santo. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Educação do Campo) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Franklin Plessmann de Carvalho.

6.
Samyr Ferreira dos Santos. Identificação de Agroecossistemas Sustentáveis - Quilombolas. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Franklin Plessmann de Carvalho.

7.
Marcos de Jesus Nascimento Supino. Identificação de Agroecossistemas Sustentáveis - Teia dos Povos. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Educação do Campo) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Franklin Plessmann de Carvalho.

8.
Genival Pereira de Araújo Moura. Monitoramento de Território e Cartografias Sociais. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Educação do Campo) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Franklin Plessmann de Carvalho.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 13/11/2018 às 19:02:42