Marília Cunha Lignon

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/6396735236608800
  • Última atualização do currículo em 27/11/2018


Professora Assistente Doutora da UNESP, Campus de Registro, para o curso de Engenharia de Pesca, desde 03/2016, onde é responsável pelas disciplinas 'Oceanografia Biótica', 'Oceanografia Abiótica' e 'Ecossistema Manguezal e seus Recursos Naturais' e colabora com a disciplina 'Conservação e Manejo de Ecossistemas Aquáticos'. É docente do curso de Pós-graduação em Gestão Ambiental, da UNESP Campus do Litoral Paulista, desde 2013. Foi Professora Adjunto Temporária da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), Campus Diadema, Setor Ciências Ambientais, de 04/2012 a 04/2014. É membro fundador e pesquisadora da ONG Instituto BiomaBrasil (IBB) (atividade não remunerada). Atuou na Université Libre de Bruxelles (ULB - Bélgica) como pequisadora associada de 12/2007 a 09/2015. Foi consultora do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) executando projeto no Ministério do Meio Ambiente (MMA), de 03/2014 a 02/2015. Graduação em Ciências Biológicas pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1991), DEA em Biologie du Comportement - Université Paris XIII (1994), Mestrado e Doutorado em Oceanografia Biológica pelo Instituto Oceanográfico / USP (2001; 2005). Pós-doutorado na 'Université Libre de Bruxelles' (ULB-Bélgica, 2008-2009). Pós-Doutorado no Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE, 2010-2012). Principais temas: zonas úmidas costeiras tropicais, com ênfase no ecossistema manguezal, conservação marinha, monitoramento, gestão costeira, geotecnologias e oceanografia. ORCID ID: http://orcid.org/0000-0001-5923-1661 (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Marília Cunha Lignon
Nome em citações bibliográficas
CUNHA-LIGNON, M.;LIGNON, M.C.;CUNHA-LIGNON, MARÍLIA

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Campus Experimental de Registro.
Rua Nelson Brihi Badur, 430
Vila Tupi
11900000 - Registro, SP - Brasil
Telefone: (13) 38282900
Ramal: 2948
URL da Homepage: http://www.registro.unesp.br/#!/doce/engenharia-de-pesca/


Formação acadêmica/titulação


2002 - 2005
Doutorado em Oceanografia (Oceanografia Biológica).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Ecologia de Manguezais: desenvolvimento espaço-temporal no Sistema Costeiro Cananéia-Iguape, São Paulo, Brasil, Ano de obtenção: 2005.
Orientador: Yara Schaeffer Novelli.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
1999 - 2001
Mestrado em Oceanografia (Oceanografia Biológica).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Dinâmica do manguezal no complexo estuarino-lagunar de Cananéia-Iguape, Estado de São Paulo - Brasil,Ano de Obtenção: 2001.
Orientador: Yara Schaeffer Novelli.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Palavras-chave: complexo estuarino-lagunar de Cananéia-Iguape; dinâmica; escalas espaço-temporais; feições sedimentares; manguezal; tratamento de imagens digitais.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia de Ecossistemas.
Setores de atividade: Educação.
1993 - 1994
Especialização em Biologie du Comportement. (Carga Horária: 360h).
Université Paris 13 (Paris-Nord) - Campus de Villetaneuse, PARIS 13, França.
Título: Les interactions sociales chez le Tursiops truncatus en captivité (Delphinidae, Cetacea): étude du groupe et les relations mère-jeune.
Orientador: Pierre Jaison.
1988 - 1991
Graduação em Ciências Biológicas.
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
Título: Estudo comparativo da morfologia e morfometria dos mixopterígios de Rhizoprionodon porosus (Poey, 1861) e Rhizoprionodon lalandii (Valenciennes, 1839) (Elasmobranchii, Carcharhinidae)?..
Orientador: Ulisses Leite Gomes.
Bolsista do(a): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ, FAPERJ, Brasil.


Pós-doutorado


2010 - 2012
Pós-Doutorado.
Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, INPE, Brasil.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Grande área: Ciências Biológicas
2008 - 2009
Pós-Doutorado.
Université Libre de Bruxelles, ULB, Bélgica.
Bolsista do(a): Agence Universitaire de la Francophonie, AUF, Canadá.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Botânica.
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia.


Formação Complementar


2017 - 2017
Novo sistema de recuperação nas disciplinas. (Carga horária: 4h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2016 - 2016
Metodologias Ativas: Aprendizado Baseado em Equipes (TBL). (Carga horária: 4h).
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
2015 - 2015
Manejo Adaptativo de Risco e Vulnerabilidade. (Carga horária: 40h).
Center for Econics and Ecosystem Management, CEEM, Alemanha.
2013 - 2013
Extensão universitária em Gestão de Recursos Hídricos. (Carga horária: 40h).
Ministério do Meio Ambiente e da Amazonia Legal, MMA, Brasil.
2013 - 2013
Extensão universitária em Comitê de Bacias Hidrográficas. (Carga horária: 50h).
Ministério do Meio Ambiente e da Amazonia Legal, MMA, Brasil.
2012 - 2012
Extensão universitária em OFICINA MOODLE PARA DOCENTES DA UNIFESP. (Carga horária: 20h).
Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP, Brasil.
2011 - 2011
PDI - Processamento Digital de Imagens. (Carga horária: 40h).
Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, INPE, Brasil.
2010 - 2010
GPS - levantamento de terreno. (Carga horária: 28h).
Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, INPE, Brasil.
2010 - 2010
Introdução ao Spring. (Carga horária: 40h).
Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, INPE, Brasil.
2006 - 2006
Extensão universitária em Gestão Ambiental no Estado de São Paulo. (Carga horária: 40h).
Secretaria do Meio Ambiente/SP, SMA/SP, Brasil.
2004 - 2004
Extensão universitária em Curso Online de Geoprocessamento. (Carga horária: 60h).
Universidade Estadual Paulista, UNESP, Brasil.
2002 - 2002
Extensão universitária em Introdução ao SPRING. (Carga horária: 40h).
Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, INPE, Brasil.
2002 - 2002
Extensão universitária em Manguezais: análise de tensores e monitoramento. (Carga horária: 90h).
Escola Nacional de Botânica Tropical -Inst. de Pesquisas do Jardim Botânico, JBRJ, Brasil.
2002 - 2002
Extensão universitária em Aerofotogeografia. (Carga horária: 112h).
Departamento de Geografia/USP, GEO/USP, Brasil.
2001 - 2002
Extensão universitária em Educação Ambiental - Curso à Distância. (Carga horária: 180h).
Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
2000 - 2000
Extensão universitária em Manguezais: conservação de recursos naturais. (Carga horária: 40h).
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
1999 - 1999
Extensão universitária em Aplicação do SIG CAMRIS no Planejamento Ambiental. (Carga horária: 56h).
Instituto Oceanográfico/USP, IOUSP, Brasil.
1999 - 1999
Extensão universitária em Conservación y manejo de humedales en el Peru. (Carga horária: 40h).
Universidade Nacional de Trujillo, UNT/PERU, Peru.
1997 - 1997
Extensão universitária em O Ambiente Biológico dos Manguezais. (Carga horária: 120h).
Instituto Oceanográfico/USP, IOUSP, Brasil.
1997 - 1997
Extensão universitária em Metodologia de Ensino em Ecologia de Campo. (Carga horária: 90h).
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
1997 - 1997
Extensão universitária em Oceanografia e Biologia Marinha. (Carga horária: 180h).
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
1997 - 1997
Extensão universitária em Impactos Antrópicos nos Ecossistemas Marinhos. (Carga horária: 120h).
Instituto Oceanográfico/USP, IOUSP, Brasil.
1997 - 1997
Extensão universitária em Interações Algas-Animais Marinhos. (Carga horária: 135h).
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
1992 - 1993
Extensão universitária em Cours de Civilization de la Sorbonne.
Université Paris 1 Pantheon-Sorbonne, PARIS 1, França.
1987 - 1990
Extensão universitária em Francês Língua Estrangeira. (Carga horária: 650h).
Aliança Francesa/RJ, AF/RJ, Brasil.


Atuação Profissional



Associação MarBrasil, MarBrasil, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professora Doutora Assistente, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: docente convidada, Enquadramento Funcional: docente, Carga horária: 10
Outras informações
Docente convidada do curso do curso Pós-graduação "Lato Sensu" em Gestão Ambiental. Disciplina 'SIG e Sensoriamento Remoto' (34h).

Atividades

10/2017 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Experimental de Registro, .

Cargo ou função
Comitê de Ação Cultural.
06/2017 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Experimental de Registro, .

Cargo ou função
Membro da Comissão de Processo Seletivo de Transferência.
04/2017 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Experimental de Registro, .

Cargo ou função
Membro titular do Conselho Diretor.
11/2016 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Experimental de Registro, .

Cargo ou função
Membro titular do Grupo Setorial de Coordenação do Gerenciamento Costeiro do Complexo Estuarino-Lagunar..
11/2016 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Experimental de Registro, .

Cargo ou função
Membro suplente Grupo de Coordenação Estadual do Gerenciamento Costeiro.
08/2016 - Atual
Ensino, Engenharia de Pesca, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Oceanografia Abiótica (60h)
08/2016 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Experimental de Registro, .

Cargo ou função
Membro titular do Comitê Local de Internacionalização.
08/2016 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Experimental de Registro, .

Cargo ou função
Membro suplente do Conselho Deliberativo da RDS de Itapinhapima e Resex do Taquari.
07/2016 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Experimental de Registro, .

Cargo ou função
Membro titular do Conselho Consultivo da Área de Proteção Ambiental Cananéia-Iguape-Peruíbe, com mandato de 2 anos..
07/2016 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Experimental de Registro, .

Cargo ou função
Membro titular do Conselho Vertente Litorânea Paulista.
03/2016 - Atual
Ensino, Engenharia de Pesca, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Conservação e Manejo de Ecossistemas Aquáticos (total 60h, ministradas 20h)
Oceanografia Biótica (total 60h)
03/2016 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Experimental de Registro, .

Cargo ou função
Membro Titular da Comissão de Biblioteca.
01/2013 - Atual
Ensino, Gestão Ambiental, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
SIG e Sensoriamento Remoto (34h)
06/2018 - 06/2018
Ensino, Biodiversidade Aquática, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Seminários Gerais em Biodiversidade Aquática. Palestra (2h): Sítios do Patrimônio Mundial da UNESCO, Sítios Ramsar, Mosaico de Áreas Protegidas e UCs: confirmações da importância dos serviços ecossistêmicos costeiros e marinhos?
08/2017 - 12/2017
Ensino, Engenharia de Pesca, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geoprocessamento e Sensoriamento Remoto II (total 45h; ministradas 16h)
09/2017 - 10/2017
Extensão universitária , Campus Experimental de Registro, .

Atividade de extensão realizada
Programa da Fundação VUNESP de divulgação do vestibular da UNESP junto à rede pública de ensino.
03/2017 - 07/2017
Ensino, Engenharia de Pesca, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Comunicação e Redação Científicas (30h total, ministradas 4h)
09/2016 - 10/2016
Extensão universitária , Campus Experimental de Registro, .

Atividade de extensão realizada
Programa da Fundação VUNESP de divulgação do vestibular da UNESP junto à rede pública de ensino..
08/2016 - 09/2016
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Experimental de Registro, .

Cargo ou função
Parecerista no processo de avaliação de Projetos de Extensão Universitária referente ao Ano Base 2017.
04/2016 - 06/2016
Conselhos, Comissões e Consultoria, Campus Experimental de Registro, .

Cargo ou função
Membro da Comissão - Lista de Compras.

Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2014
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professora Adjunto Temporária, Carga horária: 40

Atividades

10/2013 - 02/2014
Ensino, Ciências Ambientais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Conservação (carga horária total: 72h; ministrada: 32h)
10/2013 - 02/2014
Ensino, Ciências Ambientais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Modelagem de Paisagem (carga horária total: 72h; ministrada: 28h)
06/2013 - 08/2013
Ensino, Ciências Ambientais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ecossistemas Aquáticos (carga horária total 72h; ministrada 45h)
03/2013 - 04/2013
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Ecologia (72h totais, 16h ministradas no turno da manhã)
Introdução à Ecologia (72h totais, 16h ministradas no turno da tarde)
11/2012 - 04/2013
Ensino, Licenciatura Plena em Ciências, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ciências Ambientais para o turno noturno (total 36 horas, ministradas 20h presenciais e 4 horas à distância via Moodle)
Ciências Ambientais para o turno vespertino (total 36 horas, ministradas 20h presenciais e 4 horas à distância via Moodle)
11/2012 - 11/2012
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ecologia Geral (72 horas totais, 8h ministradas)
04/2012 - 11/2012
Ensino, Ciências Ambientais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ecologia Geral (Curricular, total 72 horas; ministradas 08 horas)
Ecossistemas Aquáticos (Curricular, total 72 horas; ministradas 40 horas presenciais e 06 horas à distância, via Moodle)
09/2012 - 10/2012
Ensino, Ciências Químicas e Farmacêuticas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Ecologia (Curricular, total 72 horas; ministradas 16h)

Instituto de Pesca, IP, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - 2018
Vínculo: docente colaborador, Enquadramento Funcional: docente colaborador, Carga horária: 30
Outras informações
Ministrou disciplina Tópicos Especiais IPC003-43: Práticas em Biologia da Conservação Marinha e Costeira' (30h), para o Programa de Pós-Graduação em Aquicultura e Pesca, do Instituto de Pesca, de SP, de 16 a 19 de abril de 2018.


Programas das Nações Unidas para o Desenvolvimento no Brasil, PNUD BRASIL, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2015
Vínculo: consultora técnica, Enquadramento Funcional: consultora executando projeto no MMA, Carga horária: 30

Atividades

03/2014 - 02/2015
Outras atividades técnico-científicas , Ministério do Meio Ambiente, Ministério do Meio Ambiente.

Atividade realizada
Definição de novos sítios Ramsar no Brasil.

Université Libre de Bruxeles, ULB, Bélgica.
Vínculo institucional

2013 - 2015
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: collaboratrice scientifique, Carga horária: 10

Vínculo institucional

2011 - 2013
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: collaboratrice scientifique, Carga horária: 10
Outras informações
Programa de mestrado TROPIMUNDO (Erasmus Mundus Masters Course in Tropical Biodiversity and Ecosystems), coordenado pelo Prof. Dr. Farid Dahdouh-Guebas. TROPIMUNDO possui consórsio de oito universidades internacionais e 16 instituições parceiras.

Vínculo institucional

2007 - 2011
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: collaboratrice scientifique, Carga horária: 10

Atividades

12/2007 - 09/2015
Pesquisa e desenvolvimento , Biologie des Organismes, .


Instituto BiomaBrasil, IBB, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - Atual
Vínculo: Membro fundador e pesquisadora, Enquadramento Funcional: Pesquisadora voluntária, Carga horária: 20
Outras informações
Pesquisadora voluntária e coordenadora do projeto 'Monitoramento de Manguezais - guardiões das zonas costeiras', financiado pela Fundação Grupo Boticário (08/2012 - 12/2015).

Atividades

2011 - Atual
Direção e administração, Administração, .

Cargo ou função
Membro do Conselho Fiscal.
01/2007 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Pesquisa, .

Linhas de pesquisa
Monitoramento de Manguezais

IUCN Species Survival Commission Mangrove Specialist Group, IUCN SSC, Inglaterra.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: steering committee, Enquadramento Funcional: member of the steering committee, Carga horária: 10


Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, INPE, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2012
Vínculo: Pós-Doutorado, Enquadramento Funcional: bolsista Fapesp, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: Outro (Bolsista PCI), Enquadramento Funcional: bolsista PCI, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

11/2009 - 03/2012
Pesquisa e desenvolvimento , Divisão de Sensoriamento Remoto, .


Instituto Oceanográfico/USP, IOUSP, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2013
Vínculo: orientadora de TCC, Enquadramento Funcional: orientadora de Trabalho de Graduação, Carga horária: 20
Outras informações
Orientadora da aluna de graduação Sarah Charlier Sarubo, no Instituto Oceanográfico da USP.

Vínculo institucional

2002 - 2005
Vínculo: bolsista Doutorado, Enquadramento Funcional: bolsista Doutorado Fapesp, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

1999 - 2001
Vínculo: bolsista Mestrado, Enquadramento Funcional: bolsista Mestrado Fapesp, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

01/2011 - 12/2013
Outras atividades técnico-científicas , Departamento de Oceanografia Biológica, Departamento de Oceanografia Biológica.

Atividade realizada
orientação.
02/1999 - 12/2005
Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de Oceanografia Biológica, .

Linhas de pesquisa
Dinâmica de Manguezais

Centro de Ciências do Estado do Rio de Janeiro, CECIERJ, Brasil.
Vínculo institucional

1995 - 1998
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: pesquisadora visitante, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Capacitação de professores de 1o e 2o graus da rede pública de ensino, com enfoque em educação ambiental.

Atividades

04/1995 - 12/1998
Pesquisa e desenvolvimento , Educação Ambiental, .

04/1995 - 12/1998
Ensino,

Disciplinas ministradas
Biologia Marinha
Meio Ambiente
Ecossistemas do Rio de Janeiro - Restinga
Ecossistemas do Rio de Janeiro - Costão Rochoso
Ecossistemas do Rio de Janeiro - Manguezal
Ecossistemas do Rio de Janeiro - Urbano
Ecossistemas do Rio de Janeiro - Mata Atlântica

Faculdades Maria Thereza, FAMATH, Brasil.
Vínculo institucional

1995 - 1996
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: professora de zoologia, Carga horária: 10
Outras informações
Professora de Zoologia I (60 horas semestrais), para o curso de Ciências Biológicas na FAMATH (niterói - RJ).

Atividades

04/1995 - 12/1996
Ensino,

Disciplinas ministradas
Zoologia I

Centro Universitário das Faculdades Metropolitanas Unidas, FMU, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Diretoria de Ensino - Região de Registro, DER, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Fundação para o Desenvolvimento da UNESP, FUNDUNESP, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


James Cook University, JCU, Austrália.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2014
Vínculo: palestrante convidada, Enquadramento Funcional: convidada

Atividades

06/2013 - 05/2014
Ensino, Oceanografia Biológica, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Bioecologia de Manguezais (IOB-5721)


Linhas de pesquisa


1.
Educação Ambiental (enfoque nos ecossistemas costeiros)

Objetivo: Estudos sobre as atividades de educação ambiental em ambientes costeiros para professores de 1o grau e 2o graus da rede pública de ensino do Rio de Janeiro. Estudos sobre percepção de crianças, jovens e profs. sobre os ambientes costeiros..
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia.
Setores de atividade: Educação.
Palavras-chave: ecossistemas costeiros; biologia marinha; manguezal; mata atlântica; costão rochoso; restinga.
2.
Monitoramento retrospectivo dos manguezais no Brasil: subsídios à gestão da zona costeira

Objetivo: Monitoramento retrospectivo dos bosques de mangue no Brasil, com ênfase no Sistema Costeiro Cananéia-Iguape (litoral sul do Estado de São Paulo)..
3.
Análise da evolução espaço-temporal de manguezais

Objetivo: Análise da evolução espaço-temporal das áreas de manguezal da região da Baixada Santista e do litoral sul do Estado de São Paulo, entre os períodos de 1979 e 2009..
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Oceanografia Biológica.
Grande Área: Outros / Área: Ciências Ambientais.
Palavras-chave: escalas espaço-temporais; fotografias aéreas; imagens de satélite; gestão costeira; processamento digital de imagens; sensoriamento remoto.
4.
Dinâmica de Manguezais

Objetivo: Analisar o desenvolvimento espaço-temporal de bosques de mangue em feições de deposição no Sistema Costeiro Cananéia-Iguape (SP)..
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Oceanografia Biológica.
Grande Área: Outros / Área: Ciências Ambientais.
Palavras-chave: manguezal; monitoramento; processos ecologicos; zonação e sucessão; zonas úmidas costeiras.
5.
Monitoramento de Manguezais

Objetivo: Monitoramento de manguezais como ferramenta para a gestão costeira. Uso de níveis hierárquicos (paisagem, unidade de paisagem e parcela). Metodologias aplicadas: análises geoespaciais, técnicas de sensoriamento remoto, imagens de satélite e parcelas permanentes.
Grande área: Outros
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia de Ecossistemas.
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia Aplicada.
Palavras-chave: escalas espaço-temporais; gestão costeira; imagens de satélite; zonação e sucessão; parcelas permanentes.


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Cílios do Lagamar: monitoramento da vegetação ciliar nativa e invasora
Descrição: Matas ciliares são formações vegetais nativas, que se desenvolvem às margens de corpos hídricos. Considerando-se que a vegetação típica de mangue retém sedimento e protege as margens estuarinas reduzindo os processos erosivos, este ecossistema é composto por verdadeiras florestas ciliares das áreas estuarinas. O litoral sul abriga as mais extensas e conservadas áreas de manguezal do Estado de São Paulo, as quais propiciam abrigo, alimentação e local de reprodução para diversas espécies de peixes marinhos e dulcícolas, crustáceos e moluscos, tornando a região extremamente importante para a produção pesqueira local. O ?Plano Diretor de conservação e recuperação de matas ciliares do Vale do Ribeira? apresentou 11.800ha de áreas de mangue no litoral sul (ISA, 2010), também conhecida como Lagamar paulista. Por outro lado, Cunha-Lignon et al. (2011) delimitaram 15.193ha desse ecossistema na mesma região. Em decorrência de alterações hídricas realizadas na região de Iguape, as áreas de manguezal têm sofrido redução, sendo substituídas por espécies de macrófitas aquáticas não halófilas, consideradas espécies exóticas em áreas estuarinas. A ocorrência de bancos de macrófitas ao redor e dentro de bosques de mangue no estuário, denunciam as alterações ambientais, que vem ocorrendo na região, em função da redução da salinidade, e consequentemente perda de funções ecológicas do ecossistema manguezal. A presente proposta irá realizar o monitoramento de florestas ciliares nativas e da vegetação exótica do Lagamar, de modo a determinar o estado de conservação dos manguezais e macrófitas aquáticas dessa região, a fim de propor protocolo para conservação, recuperação das florestas ciliares e controle da vegetação exótica do Lagamar..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (1) .
Integrantes: Marília Cunha Lignon - Coordenador / Levi Pompermayer Machado - Integrante.Financiador(es): Fundo Estadual de Recursos Hídricos - Auxílio financeiro.
2018 - Atual
Saúde dos manguezais e do caranguejo uçá em sítio Ramsar e seu entorno
Descrição: O presente estudo ira avaliar a saúde dos manguezais e ecossistemas associados em áreas protegidas por UCs e áreas não protegidas, com foco na bioecologia do caranguejo-uçá, de modo a propor estratégias efetivas de gestão dessas zonas úmidas costeiras..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Marília Cunha Lignon - Integrante / Sarah Charlier Sarubo - Integrante / Cassiana Baptista Metri - Coordenador.Financiador(es): Associação MarBrasil - Auxílio financeiro.
2017 - Atual
Lixo Marinho
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Marília Cunha Lignon - Coordenador / Levi Pompermayer Machado - Integrante / Taynara Taynara Castro da Silva - Integrante.Número de orientações: 2
2016 - 2016
Enhancing traditional owner capacity to protect mangroves against climate change through cross-cultural exchange
Descrição: Mangroves are a valuable natural resource in many UNESCO managed regions. Due to the combined impacts of human stressors, climate change and natural process, mangroves are disappearing faster than any other forest type. Enhancing and empowering indigenous traditional owner management of mangrove resources in areas like the Great Barrier Reef World Heritage Area (GBRWHA), Great Sandy Biosphere Reserve (GSBR) and the Atlantic Forest South-East Reserves will generate better outcomes for mangrove conservation. This project will establish a research collaboration between James Cook University and Universidade Estadual Paulista and their existing indigenous representative partner organisations. This research and traditional owner partnership aims to strengthen the capacity of traditional owners to effectively engage in mangrove ecosystem monitoring and research to inform traditional owner mangrove management in UNESCO managed areas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Marília Cunha Lignon - Integrante / Norman Duke - Integrante / Jock Mackenzie - Coordenador.Financiador(es): Australian National Commission for UNESCO - Auxílio financeiro.
2016 - Atual
Peixes do Lagamar - Fase I - Rio das Minas e Rio do Mandira, Cananéia - SP
Descrição: Estudo ictiofaunístico de longa duração, com objetivo de diagnosticar a fauna de peixes dos rios e riachos do Lagamar, reunindo informações úteis à conservação e ao manejo desses ambientes e da biodiversidade associada. Para iniciarmos os trabalhos, optaremos por restringir a área de abrangência das ações aos rios das Minas e do Mandira, no Município de Cananéia, procurando por diferenças na composição das espécies ao longo de gradientes altitudinais e de salinidade, por exemplo. Os trabalhos estão relacionados com uma iniciativa de extensão focada no desenvolvimento de um turismo de observação subaquática de mínimo impacto nas áreas em apreço, com vistas à geração de renda para as comunidades localizadas na região e para o uso sustentável da biodiversidade associada aos ambientes de rios e riachos do Lagamar. Saiba mais sobre as nossas ações no Facebook: Peixes do Lagamar (https://www.facebook.com/peixesdolagamar/)..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Marília Cunha Lignon - Integrante / Domingos Garrone Neto - Coordenador / Vilmar Antonio Rodrigues - Integrante / GABRIEL RAPOSO SOUZA - Integrante / EDUARDO OMENA SANTINELLI - Integrante / Osvaldo Takeshi Oyakawa - Integrante.Financiador(es): Instituto Linha D'Agua - Auxílio financeiro.
2016 - Atual
Manguezais como indicadores da saúde ambiental

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Ricardo Palamar Menghini em 09/02/2017.
Descrição: O ecossistema manguezal desempenha importante papel na manutenção da saúde ambiental das regiões costeiras tropicais, pois fornecem diversos serviços ecossistêmicos gratuitamente aos seres humanos que subsidiam uma boa qualidade de vida para a população. O grau de desenvolvimento ou de complexidade que um manguezal pode alcançar depende de fatores externos (forçantes de natureza atmosférica, hidrográfica, oceanográfica, geológica e antrópica) que incidem sobre o sistema e o regulam. Portanto, o grau de desenvolvimento que um manguezal alcança, e consequentemente as suas características funcionais são ótimos indicadores da saúde ambiental das regiões costeiras. Desta forma, o presente projeto de pesquisa busca, através de levantamentos da caracterização estrutural e da produtividade dos bosques de mangue, avaliar a sua complexidade, e com o uso de técnica de sensoriamento remoto, identificar os níveis de interferência das atividades antrópicas sobre esta complexidade. Os resultados obtidos serão encaminhados e discutidos junto aos tomadores de decisão presentes nas áreas de estudos para auxiliar no gerenciamento costeiro e na manutenção e/ou melhoria da saúde ambiental destas regiões..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - 2017
Sentinelas das Zonas Costeiras: projeto de monitoramento de manguezais
Descrição: Os manguezais são considerados como uma das zonas úmidas costeiras mais importantes do planeta, encontrando-se em regiões tropicais e subtropicais. Apesar disso, esse ecossistema está submetido a impactos negativos de diversas origens, tais como industrial, urbanização, aquacultura e outras atividades humanas desenvolvidas ao longo das zonas costeiras. O monitoramento dos bosques de mangue, com uso de parcelas permanentes no litoral sul do Estado de São Paulo tem sido realizado há mais de 10 anos, assim como o mapeamento das áreas de manguezal com uso imagens de satélite e técnicas de sensoriamento remoto. Os resultados dessa linha de pesquisa têm auxiliado na gestão costeira e na conservação dos manguezais do estado, assim como na compreensão da dinâmica desse ecossistema. A presente proposta tem como objetivo realizar monitoramento a médio e longo prazos de bosques de mangue, de macrófitas aquáticas e de áreas de transição do litoral sul do Estado de São Paulo, dando continuidade às pesquisas realizadas anteriormente na região..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2013 - 2016
Análise microclimática do ambiente de manguezal: estudo comparativo entre ambientes preservados e impactados

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Emerson Galvani em 14/07/2016.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Marília Cunha Lignon - Integrante / Emerson Galvani - Coordenador / Nádia Gilma Beserra de Lima - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2012 - 2016
Monitoramento de Manguezais: guardiões das zonas costeiras
Descrição: Financiamento Fundação Grupo Boticário, edital Bio&Clima Lagamar, BL0006_20121 (127.674,15 reais).
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Marília Cunha Lignon - Coordenador / Renato de Almeida - Integrante / Yara Schaffer Novelli - Integrante / Clemente Coelho Junior - Integrante / Ricardo Palamar Menghini - Integrante / Emerson Galvani - Integrante / Nádia Gilma Beserra de Lima - Integrante / Sarah Charlier Sarubo - Integrante / Everton Viesba - Integrante / Ana Cecília Moz Alves Rodrigues - Integrante.Financiador(es): Fundação O Boticário de Proteção à Natureza - Auxílio financeiro.Número de orientações: 1
2012 - 2014
Monitoramento de bosques de mangue do Estado de São Paulo, Brasil
Descrição: Financiamento CNPq Edital Universal, Processo No 472419/2011-0.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Marília Cunha Lignon - Coordenador / Yara Schaffer Novelli - Integrante / Ricardo Palamar Menghini - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.Número de orientações: 1
2010 - 2012
Manguezais do Estado de São Paulo: análise da evolução espaço-temporal
Descrição: Ao longo das zonas costeiras tropicais e sub-tropicais, os manguezais estão submetidos a impactos negativos de diversas origens, tais como industrial, expansão urbana e outras atividades humanas. As perdas de áreas desse ecossistema são mais importantes em países em desenvolvimento, onde estão localizados mais de 90% dos manguezais do mundo. No Brasil, entre 1980 e 2005, ocorreu redução de cerca de 50.000ha de área de manguezais, sobretudo no litoral da região Sudeste, decorrente do desenvolvimento urbano. Os manguezais do litoral do Estado de São Paulo encontram-se em diferentes graus de conservação. O presente estudo tem como objetivo analisar a evolução espaço-temporal das áreas de manguezal da região da Baixada Santista e do litoral sul do Estado de São Paulo. Os resultados obtidos no presente estudo poderão auxiliar na compreensão da dinâmica do ecossistema manguezal submetidos a diferentes tensores antrópicos e naturais..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Marília Cunha Lignon - Coordenador / Milton Kampel - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
2009 - 2011
Análise de estrutura de manguezais por meio de imagens SAR
Descrição: Imagens de radar de abertura sintética (SAR) são úteis em estudos da vegetação devido à penetração e à interação das microondas com a estrutura vegetal, além de praticamente não sofrerem interferências atmosféricas. O presente trabalho tem como objetivo entender a relação entre os valores de retroespalhamento (σ˚) de atributos incoerentes obtidos de uma imagem do sensor Phased Arrayed L-band SAR - PALSAR com os diferentes bosques de mangue do litoral sul do Estado de São Paulo..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Marília Cunha Lignon - Integrante / Milton Kampel - Integrante / Francisca R. Souza Pereira - Coordenador.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.
2009 - 2010
Manguezais do Estado de São Paulo: análise da evolução espaço-temporal
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2015
Monitoring de mangroves
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Marília Cunha Lignon - Coordenador.
2008 - 2010
Evolution de l'étendue de la mangrove urbaine entre 1962 et 2008 (Cubatão, São Paulo, Brésil)
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Marília Cunha Lignon - Integrante / Farid Dahdouh-Guebas - Integrante / Julien Flandroy - Coordenador.
2008 - 2009
Modalités et conditions du tourisme dans les mangroves aux Caraibes (Antilles française et Jamaique)
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Marília Cunha Lignon - Integrante / Jonathan Avau - Coordenador / DAHDOUH-GUEBAS, FARID - Integrante.
2008 - 2009
Monitoring rétrospectif au Brésil: aide à la gestion de la zone côtière
Descrição: Les mangroves sont considérées entre les zones humides côtières les plus importantes de la planète. Ce sont des écosystèmes caractéristiques des zones tropicales et subtropicales. Sous des conditions environnementales appropriées, les palétuviers forment des forêts très productives. Dans les pays en développement, comme le Brésil, les moyens de subsistance et la sécurité alimentaire de milliers de personnes dépendent dans une large mesure des mangroves. Malgré cela, les mangroves sont soumises à des impacts négatifs de divers origines, surtout des activités humaines réalisés le long des zones côtières tropicales. Cette étude examinera la dynamique de la mangrove dans deux domaines, soumis à de processus de différentes échèles spatio-temporel. Le premier domaine caractérisé par la dominance d?une dynamique plus stable, où les réponses des palétuviers sont observées à long terme. Le deuxième caractérisé par la dominance d?une grande dynamique, où les réponses des palétuviers se font à court et moyen termes. Le monitoring rétrospectif des mangroves au Brésil, focus sur le Système Côtier Cananéia-Iguape (littoral sud de l?État de São Paulo), sera réalisé. Le Système Côtier Cananéia-Iguape, situé au littoral sud de l?État de São Paulo, abrite environ 72km2 de mangrove, représentée par trois espèces de palétuviers, Rhizophora mangle, Laguncularia racemosa et Avicennia schaueriana. L'étude du développement des forêts de palétuviers sera réalisée à partir de données précédentes (2001 ? 2004) et une année de monitoring à être réalisé pendant cette étude (2008 ? 2009). Des photographies aériennes disponibles pour la région (1981, 1997 et 2003) seront aussi utilisées pour aider l?analyse des processus dynamiques des mangroves. Le monitoring rétrospectif des mangroves ira fournir des informations inédites sur le développement de cet écosystème. Les résultats de cette recherche donneront des informations sur les perspectives dynamiques des palétuviers..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2002 - 2005
Desenvolvimento espaço-temporal dos manguezais do Sistema Costeiro Cananéia-Iguape ? São Paulo (Brasil)
Descrição: As condições físicas do ambiente, pretéritas e atuais, determinam variações quanto à estrutura e distribuição dos manguezais ao longo das áreas litorâneas. O presente estudo visa caracterizar as tendências da dinâmica de bosques de mangue do Sistema Cananéia-Iguape. Tratamento de imagens digitais e dinâmica de feições sedimentares na região fornecerão subsídios para o presente estudo. O Sistema Cananéia-Iguape está localizado no extremo sul do Estado de São Paulo (Brasil), latitude de 25oS. Imagens digitais TM/Landsat5, WRS 220/77 D, composição colorida (RGB) TM4/TM3/TM2, de duas datas (14/09/86 e 02/09/99) foram tratadas no SIG ILWIS (Integrated Land and Water Information System). Os pontos de amostragem de estrutura dos bosques de mangue e de topografia foram escolhidos considerando-se o resultados da classificação superviosionada e da dinâmica sedimentar das feições de deposição no sistema, segundo Tessler (1982), Tessler & Furtado (1983). Para estudo da estrutura dos bosques de mangue adotou-se metodologia de Schaeffer-Novelli & Cintrón (1986). Análise de agrupamento por ligação simples confirmou os resultados obtidos no tratamento de dados de estrutura dos bosques de mangue. A dinâmica sedimentar e a topografia são fatores que determinam a colonização por determinadas espécies de mangue em feições de deposição..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2002 - 2004
Dinâmica do funcionamento do manguezal a partir da serapilheira: estudo de caso, Cananéia, São Paulo - Brasil? (Fapesp 01/13266-1)
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (2) .
Integrantes: Marília Cunha Lignon - Integrante / Renato de Almeida - Coordenador / Clemente Coelho Junior - Integrante / Ricardo Palamar Menghini - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
2000 - 2001
Zonação em bosque de franja de Cananéia (25o Latitude S, Brasil), e o monitoramento frente a dinâmica costeira e aos cenários previstos para o nível médio relativo do mar? (FAPESP 99/05805-8),
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (2) .
Integrantes: Marília Cunha Lignon - Integrante / Renato de Almeida - Integrante / Clemente Coelho Junior - Coordenador / Ricardo Palamar Menghini - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Bolsa.
1999 - 2001
Dinâmica dos manguezais do Complexo Estuarino-Lagunar de Cananéia-Iguape ? São Paulo (Brasil)
Descrição: As condições físicas do ambiente, pretéritas e atuais, determinam variações quanto à estrutura e distribuição dos manguezais ao longo das áreas litorâneas. O presente estudo visa caracterizar as tendências da dinâmica de bosques de mangue do Sistema Cananéia-Iguape. Tratamento de imagens digitais e dinâmica de feições sedimentares na região forneceram subsídios para o presente estudo. O Sistema Cananéia-Iguape está localizado no extremo sul do Estado de São Paulo (Brasil), latitude de 25oS. Imagens digitais TM/Landsat5, WRS 220/77 D, composição colorida (RGB) TM4/TM3/TM2, de duas datas (14/09/86 e 02/09/99) foram tratadas no SIG ILWIS (Integrated Land and Water Information System). Os pontos de amostragem de estrutura dos bosques de mangue e de topografia foram escolhidos considerando-se os resultados da classificação superviosionada e da dinâmica sedimentar das feições de deposição no sistema, segundo Tessler (1982) e Tessler & Furtado (1983). Para estudo da estrutura dos bosques de mangue adotou-se metodologia de Schaeffer-Novelli & Cintrón (1986). Análise de agrupamento por ligação simples confirmou os resultados obtidos no tratamento de dados de estrutura dos bosques de mangue. A dinâmica sedimentar e a topografia são fatores que determinam a colonização por determinadas espécies de mangue em feições de deposição..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2018 - 2018
Ações e Atividades Culturais na Semana de Ação Cultural em Conjunto com a Semana Nacional do Livro e da Biblioteca
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2018 - Atual
Conservação da zona costeira: conectando sociedade ao ambiente
Descrição: O litoral sul de São Paulo é uma região composta por mosaicos de paisagens e diversidade biológica e cultural relevantes. A região tem uma importante área costeira conservada com praias, manguezais e canais lagunares. No continente, domina o trecho mais conservado do bioma Mata Atlântica no Brasil, reconhecido pela UNESCO como Patrimônio Natural Mundial. Além disso, recentemente a APA Cananeia- Iguape-Peruibe foi reconhecida como sítio Ramsar de importância internacional. O presente projeto irá contribuir para promover a discussão importância, conservação e ameaças aos ecossistemas costeiros, conectando pessoas com manguezais, estuários e praias. A UNESP e colaboradores irão oferecer subsídios com base científica para os participantes. A presente proposta irá divulgar informações sobre funções, serviços e benefícios dos ecossistemas costeiros, que serão compartilhados com estudantes de graduação, comunidades tradicionais e gestores de unidades de conservação. Nessa região existem cerca de 3.000 pescadores tradicionais, os quais têm conexões íntimas com os ambientes costeiros. Além disso, as Mulheres Artesãs da Enseada da Baleia, que usam redes de pesca para produzir roupas e acessórios, estarão envolvidas nesta proposta. Quatro datas especiais internacionais e locais em 2018 serão oportunidades para promover a conservação com foco em ecossistemas costeiros, envolvendo estudantes do ensino médio e de graduação, comunidades tradicionais, gestores de unidades de conservação e pesquisadores. As Datas Especiais são o Dia Internacional para a Conservação dos Manguezais, Dia Mundial de Limpeza de Praias, Semana de Conservação dos Manguezais de Cananeia. Uma oficina final de um dia será organizada para promover o conhecimento compartilhado entre os diferentes grupos de pessoas que se conectarão a ecossistemas costeiros. Além disso, palestras serão apresentadas ao longo do ano em escolas nos municípios da região..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Marília Cunha Lignon - Coordenador / Levi Pompermayer Machado - Integrante / Taynara Taynara Castro da Silva - Integrante / Julia Pohl Altafin - Integrante.Financiador(es): Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - Auxílio financeiro.
2018 - Atual
Caiu na Rede!
Descrição: A região do Vale do Ribeira e litoral sul de São Paulo faz parte de área reconhecida pela UNESCO como Patrimônio Mundial Natural, desde 1999 (sítio Mata Atlântica: Reservas do Sudeste). A diversidade de paisagens, fauna, flora e culturas humanas tradicionais tornam a região uma preciosidade a ser conhecida e conservada. O Câmpus Experimental de Registro, com os cursos de graduação de Engenharia de Pesca e Engenharia de Agronômica, localiza-se nesse contexto. Apesar disso, a cultura caiçara é pouco conhecida, sobretudo entre os membros da comunidade unespiana que não são originários da região. As mulheres caiçaras da Enseada da Baleia, da Ilha do Cardoso (município de Cananeia), trabalham com economia solidária, transformando resíduos de redes de pesca, que poluem as praias do litoral sul, em roupas e acessórios. A partir dessa iniciativa, outras frentes foram iniciadas, gerando conhecimento, renda e proporcionando oportunidades para as mulheres dessa comunidade. As mulheres caiçaras são exemplo da prática de reutilização de resíduos, cuidado com o ambiente costeiro, organização e empoderamento feminino. Palestras e oficinas são os meios para apresentarem ao público seu trabalho. O lixo marinho do litoral sul de São Paulo é representado principalmente pelos itens ?plástico? e ?petrechos de pesca?. A localização geográfica da área associada ao movimento das correntes marinhas resulta em elevado potencial para o aporte de lixo, indicando significativo risco para o ambiente costeiro e para a fauna marinha local. Dessa forma, a presente proposta tem como objetivo trazer a cultura caiçara, representada pelas mulheres da Enseada da Baleia, os impactos e a importância da conservação dos ambientes costeiros para a comunidade do nosso câmpus. No período de realização da proposta, palestras, exposições, oficinas e cine-debates serão realizados para os discentes, docentes e servidores técnicos. Espera-se com isso estimular reflexões sobre a importância da mulher na comunidade caiçara e na sociedade, problemas da poluição marinha e responsabilidade social. As colaborações com a Secretaria do Meio Ambiente da Prefeitura de Cananeia e da ONG Instituto de Pesquisas de Cananeia irão contribuir com outras informações para as exposições sobre o lixo marinho e cine-debates. Ambas instituições irão colaborar sem custos para o projeto, pois já são colaborações que têm sido realizadas em outras oportunidades..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (8) .
Integrantes: Marília Cunha Lignon - Coordenador / Levi P. Machado - Integrante.Financiador(es): Banco Santander Banespa - Brasil - Auxílio financeiro.
2017 - 2017
Revelando a diversidade marinha do Vale do Ribeira: Guias ilustrados de macroalgas e invertebrados
Descrição: A potencialidade de recursos marinhos no Brasil não é utilizada de forma racional. Tal realidade é produto da falta de conhecimento referente à importância e aplicações possíveis para esses recursos. Sendo comuns relatos de usuários desses ambientes associando a presença de organismos marinhos, a exemplo macroalgas, como indicativo de ambientes impactados. No entanto, essas comunidades apresentam elevado potencial biotecnológico (alimentação, cosmética, farmacêutica e agrícola), juntamente com importância ecológica. Dessa forma, a presente iniciativa busca contribuir para o conhecimento de comunidades marinhas de áreas costeiras do Vale do Ribeira e promover integradamente a ampliação da percepção de sociedade sobre a temática e produzir ferramentas tanto para a educação ambiental quanto para melhoria, por meio da prática, do desenvolvimento da graduação, observando o conhecimento popular sobre esses organismos e desenvolvendo práticas educacionais inclusivas para acessar o público portador de necessidades especiais, proporcionando aumento da abrangência de proposta e sensibilização da comunidade acadêmica. Por fim o projeto pretende inserir a população com agente gerador e difusor de conhecimento..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2016 - Atual
Peixes do Lagamar, uma proposta para a estruturação e implementação do turismo de observação subaquática de mínimo impacto em rios e riachos do Lagamar de Cananéia - SP
Descrição: A presente proposta visa a estruturação e a implementação do turismo de observação subaquática de mínimo impacto em rios e riachos do Complexo Estuarino-Lagunar de Cananéia, Iguape e Ilha Comprida. Nessa fase, os trabalhos estarão centradps no Rio das Minas e no Rio do Mandira, em Cananéia. A ideia decorre da constatação, por parte da equipe executora, do potencial de muitos locais para explorar esse tipo de operação, visto ser inexistente qualquer atividade correlata na região. A proposta está inserida em uma iniciativa maior, denominada ?Peixes do Lagamar?, cujo objetivo é diagnosticar a fauna aquática dos rios e riachos do Lagamar, reunindo informações úteis à conservação e ao manejo desses ambientes e da biodiversidade associada. Neste caso, destacam-se atividades de extensão voltadas à sensibilização do público leigo através do encantamento, ofertando-se possibilidades que diminuam a distância entre a sociedade e a academia e que proporcionem um contato com organismos de difícil acesso através do mergulho contemplativo. Acreditamos que a proposta apresenta alto potencial de execução e geração de renda às comunidades a serem contempladas pelas ações. A experiência da equipe executora, além da colaboração de eventuais convidados, assegurará a sua exequibilidade, unindo o conhecimento científico ao tradicional e ofertando oportunidades bastante singulares para que indivíduos e grupos explorem os recursos naturais de uma das áreas úmidas mais importantes do planeta de forma não convencional, tendo como premissa o turismo sustentável de base comunitária e o mergulho contemplativo de mínimo impacto..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Marília Cunha Lignon - Integrante / Domingos Garrone Neto - Coordenador / Vilmar Antonio Rodrigues - Integrante / GABRIEL RAPOSO SOUZA - Integrante / Marcos Bührer Campolim - Integrante / Cristiano Burmester - Integrante / EDUARDO OMENA SANTINELLI - Integrante.
2014 - Atual
Pescadores do Rio Ribeira
Descrição: O Projeto Pescadores do Rio Ribeira é um projeto interdisciplinar que é financiado pelo Governo Federal através do Programa Ensino Médio Inovador (ProEMI) ? cujo ?objetivo é apoiar e fortalecer o desenvolvimento de propostas curriculares inovadoras nas escolas de ensino médio, buscando garantir a formação integral com a inserção de atividades que tornem o currículo mais dinâmico, atendendo às expectativas dos estudantes e às demandas da sociedade contemporânea". O projeto envolve alunos dos ensinos fundamental, médio e superior, com atividades teóricas e práticas que abordam questões etnoecológicas relativas à pesca artesanal na Bacia do Rio Ribeira, bem como ações voltadas para o conhecimento da ictiofauna da região por meio de coletas, de atividades em laboratório e da montagem de coleções didáticas para as escolas públicas da área em apreço..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
1995 - 1997
Ecossistemas do Rio de Janeiro
Descrição: Cursos de capacitação de professores da rede pública de ensino de 1o e 2o graus, abordando os ecossistemas do Rio de Janeiro, com enfoque em educação ambiental..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Marília Cunha Lignon - Coordenador / Angelo Mourão Filho - Integrante / Alvaro Crispino - Integrante.Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 19


Membro de corpo editorial


2018 - Atual
Periódico: Frontiers in Forests and Global Change
2014 - Atual
Periódico: Journal of Island Ecology
2008 - 2013
Periódico: Revista Brasileira de Ecoturismo


Revisor de periódico


2007 - 2007
Periódico: Brazilian Journal of Biology
2008 - 2012
Periódico: Revista Brasileira de Ecoturismo
2015 - Atual
Periódico: Wetlands Ecology and Management
2008 - 2009
Periódico: Wetlands Ecology and Management
2010 - 2010
Periódico: Pan-American Journal of Aquatic Sciences
2011 - 2011
Periódico: Revista de Biología Marina y Oceanografía (Impresa)
2012 - 2012
Periódico: Journal of Threatened Taxa
2011 - 2011
Periódico: Journal of Threatened Taxa
2012 - 2012
Periódico: Aquatic Botany
2012 - 2013
Periódico: Earth Interactions
2012 - 2012
Periódico: Bioikos (Campinas)
2012 - 2013
Periódico: Brazilian Journal of Oceanography (Impresso)
2013 - 2014
Periódico: Biosciences
2015 - Atual
Periódico: Wetlands Ecology and Management
2015 - Atual
Periódico: Forest Ecology and Management
2015 - Atual
Periódico: Conservation Biology
2016 - Atual
Periódico: Forests
2017 - Atual
Periódico: Regional Studies in Marine Science
2017 - 2017
Periódico: Ambio (Oslo)
2017 - Atual
Periódico: Journal of Coastal Conservation
2017 - 2017
Periódico: PLoS One
2017 - Atual
Periódico: Sustainability
2017 - Atual
Periódico: Acta Scientiarum. Biological Sciences
2018 - Atual
Periódico: Frontiers in Forests and Global Change
2018 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Climatologia


Revisor de projeto de fomento


2016 - Atual
Agência de fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia de Ecossistemas.
2.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia.
3.
Grande área: Outros / Área: Ciências Ambientais.


Idiomas


Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2017
Apoio a Projeto de Pesquisa Australian National Commission for UNESCO (13.000 dolares australianos), UNESCO.
2017
Apoio a Organização de Evento: I Workshop Monitoramento Integrado de Manguezais, Fundação para o Desenvolvimento da UNESP (Fundunesp), Processo 2624/2017.
2017
Apoio a Organização de Evento: I Workshop Monitoramento Integrado de Manguezais, Instituto Linha d'Água.
2014
Apoio a Projeto de Pesquisa CNPq Universal - Faixa C (53.000,00 reais), CNPq.
2013
Apoio a Projeto de Pesquisa CNPq Universal - Faixa C (57.865,48 reais), CNPq.
2012
Apoio a Projeto de Pesquisa CNPq Universal - faixa A (20 mil reais), CNPq.
2012
Apoio a Projeto de Pesquisa (127.674,15 reais), Fundação Grupo Boticário, edital Bio&Clima Lagamar.
2012
Programa de Profesores Invitados (2 milhões de pesos colombianos), ICETEX e Universidad Nacional de Colombia.
2011
Auxílio a participação no International Meeting on Mangrove Ecology, Functioning (MMM3 - 2012), Vrije Universiteit Brussel (VUB ).
2010
Auxílio a congresso no exterior (The 2010 International meeting of the Association for Tropical Biology and Conservation), Fond National pour la Recherche Scientifique - Bélgica.
2010
Bolsa de Pós-Doutorado no INPE, Fapesp.
2009
Auxílio congresso no exterior (10th International Coastal Symposium), Fond National pour la Recherche Scientifique - Bélgica.
2009
Auxílio congresso no exterior (XIII Congreso Latinoamericano de Ciencias del Mar), Fond National pour la Recherche Scientifique - Bélgica.
2008
Bolsa de Pós-Doutorado no exterior, Agence Universitaire de la Francophonie (AUF).
2002
Bolsa de Doutorado no IOUSP, Fapesp.
2000
Auxílio à Pesquisa do Programa ?Wetlands for the Future? (Processo WFF/99/BRA), Convenção Ramsar.
1999
Bolsa de Mestrado no IOUSP, Fapesp.
1995
Patronese, Formandos do curso de Ciências Biológicas das Faculdades Integradas Maria Thereza, Niteroi..


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Web of Science
Total de trabalhos:12
Total de citações:85
Fator H:6
Cunha Lignon, Marilia  Data: 08/10/2018

SciELO
Total de trabalhos:3
Total de citações:3
Cunha-Lignon; Lignon  Data: 08/10/2018

SCOPUS
Total de trabalhos:14
Total de citações:125
Cunha-Lignon, M.; Cunha-Lignon, Marília; Cunha-Lignon, Marilia  Data: 08/10/2018

Outras
Total de trabalhos:22
Total de citações:241
M. Cunha-Lignon  Data: 08/10/2018

Artigos completos publicados em periódicos

1.
CONTI, LUIS AMÉRICO2016CONTI, LUIS AMÉRICO ; DE ARAÚJO, CARLOS ALBERTO SAMPAIO ; CUNHA-LIGNON, MARÍLIA . Spatial database modeling for mangrove forests mapping; example of two estuarine systems in Brazil. Modeling Earth Systems and Environment, v. 2, p. 1-12, 2016.

2.
SCHAFFER--NOVELLI, Y.2016 SCHAFFER--NOVELLI, Y. ; SORIANO-SERRA, E. ; VALE, C. C. ; BERNINI, E. ; ROVAI, A. S. ; PINHEIRO, M. ; SCHMIDT, A. ; ALMEIDA, R. ; COELHO-Jr, C. ; MENGHINI, R. P. ; MARTINEZ, D. ; ABUCHALA, G. ; CUNHA-LIGNON, M. ; Sarubo, S. C. ; SHIRAZAWA-FREITAS, J. ; CINTRON, G. . Climate changes in mangrove forests and salt marshes. BRAZILIAN JOURNAL OF OCEANOGRAPHY (ONLINE), v. 64, p. 37-52, 2016.

3.
PEREIRA, F. R. S.2016PEREIRA, F. R. S. ; KAMPEL, M. ; CUNHA-LIGNON, M. . Mangrove vegetation structure in Southeast Brazil from phased array L-band synthetic aperture radar data. Journal of Applied Remote Sensing, v. 10, p. 036021-1-036021-16, 2016.

4.
SANTOS, LUCIANA CAVALCANTI MAIA2014SANTOS, LUCIANA CAVALCANTI MAIA ; MATOS, HUMBERTO REIS ; SCHAEFFER-NOVELLI, YARA ; CUNHA-LIGNON, MARÍLIA ; BITENCOURT, MARISA DANTAS ; KOEDAM, NICO ; DAHDOUH-GUEBAS, FARID . Anthropogenic activities on mangrove areas (São Francisco River Estuary, Brazil Northeast): A GIS-based analysis of CBERS and SPOT images to aid in local management. Ocean & Coastal Management, v. 89, p. 39-50, 2014.

5.
LIMA, N. G. B.2013LIMA, N. G. B. ; GALVANI, E. ; FALCAO, R. M. ; CUNHA-LIGNON, M. . Air temperature and canopy cover of impacted and conserved mangrove ecosystems: a study in the subtropical estuary in Brazil. Journal of Coastal Research, v. 2, p. 1152-1157, 2013.

6.
Reis Neto, A.2013Reis Neto, A. ; MEIRELES, A.J.A. ; CUNHA-LIGNON, M. . Analyses of the mangrove?s rehabilitation process in abandoned saltwork area, in the Ceará River, Northeast Brazil. International Journal of Applied and Natural Sciences, v. 2, p. 27-35, 2013.

7.
SANTOS, L.C.M.2012SANTOS, L.C.M. ; CUNHA-LIGNON, M. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. . Longterm effects of oil pollution in mangrove forests (Baixada Santista, Southeast Brazil) detected using a GISbased multitemporal analysis of aerial photographs. Brazilian Journal of Oceanography (Impresso), v. 60, p. 161-172, 2012.

8.
Rocha de Souza Pereira, Francisca2012Rocha de Souza Pereira, Francisca ; Kampel, Milton ; CUNHA-LIGNON, M. . Mapping of mangrove forests on the southern coast of São Paulo, Brazil, using synthetic aperture radar data from ALOS/PALSAR. Remote Sensing Letters, v. 3, p. 567-576, 2012.

9.
MOAES, H. M. T.2012MOAES, H. M. T. ; CUNHA-LIGNON, M. . Caracterizando os visitantes do Parque Estadual da Ilha do Cardoso (SP): subsídio para o planejamento de atividades turística-educacional em áreas de manguezal. Revista Brasileira de Ecoturismo, v. 5, p. 666-683, 2012.

10.
AVAU, J.2011AVAU, J. ; CUNHA-LIGNON, M. ; MYTTENAERE, B. ; GODART, M. F. ; DAHDOUH-GUEBAS, F. . The commercial images promoting Caribbean mangroves to tourists: Case studies in Jamaica, Guadeloupe and Martinique. Journal of Coastal Research, v. II, p. 1277-1281, 2011.

11.
MENGHINI, R. P.2011MENGHINI, R. P. ; COELHO-Jr, C. ; ROVAI, A. S. ; CUNHA-LIGNON, M. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. ; CINTRON, G. . Massive mortality of mangrove forests in Southeast Brazil (Barnabé Island, Baixada Santista, State of São Paulo) as a result of harboring activities. Journal of Coastal Research, v. II, p. 1793-1797, 2011.

12.
CUNHA-LIGNON, M.2011 CUNHA-LIGNON, M.; KAMPEL, M. ; MENGHINI, R. P. ; CINTRON, G. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. ; DAHDOUH-GUEBAS, F. . Mangrove Forests Submitted to Depositional Processes and Salinity Variation Investigated using satellite images and vegetation structure surveys. Journal of Coastal Research, v. I, p. 344-348, 2011.

13.
CUNHA-LIGNON, M.2011CUNHA-LIGNON, M.; COELHO-Jr, C. ; ALMEIDA, R. ; MENGHINI, R. P. ; CINTRON, G. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. ; DAHDOUH-GUEBAS, F. . Characterisation of mangrove forest types in view of conservation and management: a review of mangals at the Cananéia region, São Paulo State, Brazil. JOURNAL OF COASTAL RESEARCH, v. I, p. 349-353, 2011.

14.
Reis Neto, A.2011Reis Neto, A. ; CUNHA-LIGNON, M. ; Arruda-Reis, M.C.C. ; MEIRELES, A.J.A. . The Ceara River Mangrove's landscape (northeast Brazil): comparative analyses of 1968 and 2009. Journal of Coastal Research, v. II, p. 1802-1805, 2011.

15.
CUNHA-LIGNON, M.2009 CUNHA-LIGNON, M.; MENGHINI, R. P. ; SANTOS, L.C.M. ; DINOLA, C. N. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. . Estudo de caso nos manguezais do Estado de São Paulo (Brasil): aplicação de ferramentas com diferentes escalas espaço-temporais. Gerenciamento Costeiro Integrado, v. 9, p. 79-91, 2009.

16.
CUNHA-LIGNON, M.2009 CUNHA-LIGNON, M.; COELHO-Jr, C. ; ALMEIDA, R. ; MENGHINI, R. P. ; CORREA, F. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. ; CINTRON, G. ; DAHDOUH-GUEBAS, F. . Mangrove Forests and Sedimentary Processes on the South Coast of São Paulo State (Brazil). Journal of Coastal Research, v. I, p. 405-409, 2009.

17.
CUNHA-LIGNON, M.2009CUNHA-LIGNON, M.; MAHIQUES, M. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. ; CINTRON, G. ; RODRIGUES, M. ; KLEIN, D. ; GOYA, S. ; MENGHINI, R. P. ; TOLENTINO, C. ; DAHDOUH-GUEBAS, F. . Analysis of mangrove forest succession, using cores: a case study in the Cananéia-Iguape Coastal System, São Paulo ? Brazil. Brazilian Journal of Oceanography (Impresso), v. 53, p. 161-174, 2009.

18.
SCHAFFER--NOVELLI, Y.2005 SCHAFFER--NOVELLI, Y. ; CINTRON, G. ; CUNHA-LIGNON, M. ; COELHO-Jr, C. . A conceptual hierarchical framework for marine coastal management and consevation: a Janus-like approach. Journal of Coastal Resarch, v. 42, p. 191-197, 2005.

19.
CUNHA-LIGNON, M.1994CUNHA-LIGNON, M.; GOMES, U. L. . Estudo comparativo da morfologia dos órgãos genitais de Rhizoprionodon lalandii (Valenciennes) e Rhizoprionodon porosus (Poey) da costa brasileira (Elasmobranchii, Carcharhinidae). Revista Brasileira de Biologia, Rio de Janeiro, v. 54, n.4, p. 575-586, 1994.

Capítulos de livros publicados
1.
Galvani, Emerson ; Lima, Nádia Gilma Beserra de ; CUNHA-LIGNON, MARÍLIA . Análise microclimática de manguezais em Unidades de Conservação de Proteção Integral e de Uso Sustentável. Os Desafios da Geografia Física na Fronteira do Conhecimento. 1ed.: INSTITUTO DE GEOCIÊNCIAS - UNICAMP, 2017, v. 1, p. 1457-1468.

2.
Sarubo, S. C. ; CUNHA-LIGNON, MARÍLIA ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. . Protocolo de coleta de dados e monitoramento dos ecótonos entre manguezal e marisma e entre manguezal e vegetação de restinga.. In: Turra, A.; Denadai, M.R.. (Org.). Protocolos de campo para o monitoramento de habitats bentônicos costeiros ? Rede de Monitoramento de Habitats Bentônicos Costeiros ? ReBentos. 1ed.São Paulo: Instituto Oceanográfico da Universidade de São Paulo, 2015, v. , p. 104-111.

3.
SANTOS, L.C.M. ; CUNHA-LIGNON, M. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. . OCUPAÇÃO ANTRÓPICA NA ZONA COSTEIRA DE SÃO PAULO: ALTERAÇÃO DA PAISAGEM EM TORNO DO CANAL DE BERTIOGA (BAIXADA SANTISTA, BRASIL). In: ELISABETE DE SANTIS BRAGA. (Org.). OCEANOGRAFIA E MUDANÇAS GLOBAIS. 1ed.São Paulo: Instituto Oceanográfico - USP, 2008, v. IV, p. 599-605.

4.
CUNHA-LIGNON, M.; MOURAO FILHO, A. . Educação ambiental para professores de 1o e 2o graus, com especial enfoque nos ecossistemas. In: Mata, S.F.; Gavazza, S.; Almeida, M.C.M. & Ottoni, A.B.. (Org.). Educação Ambiental, desafio do século: um apelo ético. 1aed.Rio de Janeiro: Terceiro Milênio, 1998, v. , p. 288-292.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
CUNHA-LIGNON, M.. A bióloga, Marília Cunha Lignon, fala sobre a importância da conservação de manguezais (entrevista). Revista Expedição de Campo, Cananéia, p. 12 - 13, 01 jul. 2012.

2.
ABESSA, D. ; ROVAI, A. S. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. ; MARTINEZ, D. I. ; COELHO-Jr, C. ; CUNHA-LIGNON, M. ; ALMEIDA, R. . A Privatização dos Manguezais. Revista Waves, p. 1 - 2, 12 abr. 2012.

3.
CUNHA-LIGNON, M.. Expansão de porto ocupará 7% dos mangues da Baixada (entrevista). Estadão, 05 fev. 2012.

4.
CUNHA-LIGNON, M.. Alerta para riscos aos manguezais de São Paulo (entrevista). Portal O ECO, 09 fev. 2011.

5.
CUNHA-LIGNON, M.. Com imagens de satélite, INPE mapeia mangue do litoral do SP (entrevista). Jornal O Vale, São José dos Campos, 26 dez. 2010.

6.
CUNHA-LIGNON, M.. Imagens de satélite são utilizadas para monitorar mangues (entrevista). Jornal O Vale, São José dos Campos, 29 out. 2010.

7.
CUNHA-LIGNON, M.. Pesquisa constata redução dos manguezais no litoral sul de São Paulo (entrevista). Agência Brasil, 27 out. 2010.

8.
CUNHA-LIGNON, M.. INPE pesquisa ameaça a manguezais no litoral paulista (entrevista). site do INPE, São José dos Campos, 06 out. 2010.

9.
CUNHA-LIGNON, M.. Pesquisas avaliam a dinâmica e a ocupação dos mangues brasileiros (entrevista). site do Ministério de Ciência e Tecnologia (MCT), Brasília, 04 ago. 2010.

10.
CUNHA-LIGNON, M.. Paraíso Poluído: Canal aberto em 1855 facilitou espalhamento de metais pesados no litoral sul de São Paulo (entrevista). Revista Pesquisa Fapesp, São Paulo, p. 58 - 59, 01 maio 2010.

11.
CUNHA-LIGNON, M.; SCHAFFER--NOVELLI, Y. ; DAHDOUH-GUEBAS, F. . La zone côtière brésilienne: l?occupation humaine, la qualité de vie des populations et la gestion des écosystèmes. Panoramica Latinoamericana. édition belge, Bruxelas, p. 6 - 7, 01 fev. 2009.

12.
CUNHA-LIGNON, M.. Le tourisme dans la mangrove au Bresil: un outil pour la conservation de la zone côtière. Panoramica Latinoamericana, édition belge, Bruxelas, p. 9 - 10, 01 nov. 2007.

13.
CUNHA-LIGNON, M.. Estudos mapeiam formação e recuperação de manguezais (entrevista). Diário de Bordo do, IOUSP, São Paulo, 01 abr. 2007.

14.
CUNHA-LIGNON, M.. Rede Cananéia e demais parceiros realizam Workshop sobre Zonas Úmidas e Convenção de Ramsar: a proposta é fazer com que o Complexo Estuarino-Lagunar Paranaguá-Cananéia-Iguape e Peruíbe se torne um Sítio Ramsar (entrevista). Informativo Rede Cananéia, Cananéia, 01 fev. 2006.

15.
CUNHA-LIGNON, M.. Riqueza em detalhes (entrevista). Agência Fapesp On line, São Paulo, 24 jan. 2006.

16.
CUNHA-LIGNON, M.. Ecossistemas frágeis da Ilha Comprida voltam a ser ameaçados por loteamentos, ambientalistas entram com representação contra alteração do decreto estadual da Área de Proteção Ambiental, que pretende legalizar loteamentos (entrevista). Estadão on line, São Paulo, 27 jun. 2003.

17.
CUNHA-LIGNON, M.. A mata pede trégua: para salvar a floresta tropical mais ameaçada do mundo é preciso agir rápido (entrevista). SuperInteressante ? Especial Ecologia: Como salvar o Brasil, São Paulo, p. 69 - 73, 01 dez. 2001.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
CUNHA-LIGNON, MARÍLIA; KAMPEL, M. ; RODRIGUES, V. A. ; SOUZA, C. R. G. . Monitoramento dos processos sedimentares nas desembocaduras de um sistema costeiro sub-tropical. In: XVIII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2017, Santos. Anais do XVIII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2017. p. 3483-3490.

2.
RODRIGUES, V. A. ; GARRONE NETO, D. ; CUNHA-LIGNON, MARÍLIA ; SANCHES, E. A. ; CUGLER, G. . Método de agrupamento por arquipélagos para definição de domínio e jurisdição de ilhas sedimentares: uma proposta para os canais lagunares do litoral sul do Estado de São Paulo. In: XVIII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2017, Santos. Anais do XVIII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2017. p. 3727-3734.

3.
CUNHA-LIGNON, M.; ALMEIDA, R. ; LIMA, N. G. B. ; GALVANI, E. ; MENGHINI, R. P. ; COELHO-Jr, C. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. . Monitoramento de Manguezais: abordagem integrada frente às alterações ambientais. In: Congresso Brasileiro de Unidades de Conservação - CBUC, 2015, Curitiba. Anais do VIII CBUC - Trabalhos Técnicos 2015. Curitiba: Fundação Grupo Boticário, 2015. p. 1-17.

4.
VIESBA, E. ; CUNHA-LIGNON, M. ; ALMEIDA, R. . Manguezais em Imagens: ferramenta educativa e de divulgação científica aplicada a Unidades de Conservação. In: Congresso Brasileiro de Unidades de Conservação - CBUC, 2015, Curitiba. Anais do VIII CBUC - Trabalhos Técnicos 2015. Curitiba: Fundação Grupo Boticário, 2015. p. 1-10.

5.
CUNHA-LIGNON, M.; LIMA, N. G. B. ; GALVANI, E. ; SANTOS, A. L. . Índice de área foliar e estrutura do bosque de mangue da Barra do Ribeira ? Iguape, São Paulo ? Brasil. In: VIII Simpósio Latinoamericano de Geografía Física, 2014, Santiago (Chile). Anais do VIII Simpósio Latinoamericano de Geografía Física. Santiago, 2014. p. 1-10.

6.
PEREIRA, F. R. S. ; KAMPEL, M. ; CUNHA-LIGNON, M. . Discriminação de tipos fisiográficos de bosques de mangue por meio de imagens de radar de abertura sintética. In: Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2013, Foz do Iguaçu. Anais de Trabalhos Completos do XVI SBSR. São José dos Campos: INPE, 2013. p. 8437-8444.

7.
CUNHA-LIGNON, M.; KAMPEL, M. . Análise multitemporal de imagens Landsat para monitoramento de áreas de manguezal: subsídio à gestão costeira do litoral sul do Estado de São Paulo. In: XV Simpósio de Sensoriamento Remoto, 2011, Curitiba. Anais do XV Simpósio de Sensoriamento Remoto, 2011. p. 5032-5038.

8.
PEREIRA, F. R. S. ; KAMPEL, M. ; CUNHA-LIGNON, M. . Detecção de bosques de mangue em imagens de Radar de Abertura Sintética (SAR) utilizando classificador contextual baseado na frequência. In: XV Simpósio de Sensoriamento Remoto, 2011, Curitiba. Anais do XV Simpósio de Sensoriamento Remoto, 2011. p. 8177-8184.

9.
SANTOS, L.C.M. ; CUNHA-LIGNON, M. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. . Satellite images (CBERS-2B and SPOT) processing used to map mangrove forests and the coastal landscape in the São Francisco River Estuary, Northeast Brazil. In: RSPSoc 2009 Annual Conference, 2009, Leicester. Proceedings of RSPSoc 2009 Annual Conference, 2009. p. 68-76.

10.
MENGHINI, R. P. ; CUNHA-LIGNON, M. ; COELHO-Jr, C. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. . Análise temporal dos impactos antrópicos e da regeneração natural em manguezais da Ilha Barnabé (Baixada Santista, SP, Brasil) obtida através de fotografias aéreas. In: XIII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2007, Florianópolis. Anais do XIII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2007. p. 1-8.

11.
CUNHA-LIGNON, M.; SCHAFFER--NOVELLI, Y. ; PAIXAO, N. C. ; LIGNON, M. . Dinâmica de sedimento e bosques de mangue: comparação de duas áreas de estudo no Sistema Costeiro Cananéia-Iguape, São Paulo. In: XI Simpósio Brasileiro de Geografia Física Aplicada, 2005, São Paulo (SP). Anais do XI Simpósio Brasileiro de Geografia Física Aplicada. São Paulo: Departamento de Geografia da Universidade de São Paulo, 2005. p. 1-13.

12.
CUNHA-LIGNON, M.; SCHAFFER--NOVELLI, Y. ; ALMEIDA, R. ; COELHO-Jr, C. ; MENGHINI, R. P. . Organização hierárquica dos manguezais: aplicação no Sistema Costeiro Cananéia-Iguape, Estado de São Paulo, Brasil. In: VI Congresso de Ecologia do Brasil ? Ecossistemas Brasileiros: manejo e conservação, 2003, Fortaleza. Anais de Trabalhos Completos do VI Congresso de Ecologia do Brasil. Fortaleza: Universidade Federal do Ceará, 2003. p. 243-245.

13.
ALMEIDA, R. ; MENGHINI, R. P. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. ; COELHO-Jr, C. ; CUNHA-LIGNON, M. . Produção de serapilheira em manguezal da Ilha do Cardoso, Cananéia-SP. In: VI Congresso de Ecologia do Brasil: Ecossistemas Brasileiros: manejo e conservação, 2003, Fortaleza. Anais de Trabalhos Completos do VI Congresso de Ecologia do Brasil. Fortaleza: Universidade Federal do Ceará, 2003. p. 491-493.

14.
CUNHA-LIGNON, M.; ALMEIDA, R. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. . Complexo Estuarino-Lagunar de Iguape-Cananéia: turismo x conservação. In: V Simpósio de Ecossistemas Brasileiros: conservação, 2000, Vitória. Anais do V Simpósio Simpósio de Ecossistemas Brasileiros: conservação. São Paulo: ACIESP, 2000. v. 1. p. 372-379.

15.
CUNHA-LIGNON, M.; ALMEIDA, R. ; COELHO-Jr, C. . Tipos fisiográficos de bosques de mangue de Cananéia: São Paulo, Brasil. In: VIII Congreso Latinoamericano sobre Ciencias del Mar, 1999, Trujillo. Libro de Resumenes Ampliados do VIII Congreso Latinoamericano sobre Ciencias del Mar, 1999. v. II. p. 614-615.

16.
CUNHA-LIGNON, M.; SCHAFFER--NOVELLI, Y. ; PORTUGAL, A. M. M. . Manguezal: conservação e restauração. In: VIII Congreso Latinoamericano sobre Ciencias del Mar, 1999, Trujillo. Libro de Resumenes Ampliados del VIII Congreso Latinoamericano sobre Ciencias del Mar, 1999. v. II. p. 918-919.

17.
CUNHA-LIGNON, M.; MOURAO FILHO, A. . A concepção de mar de professores de 1o e 2o graus do Rio de Janeiro. In: VII Congresso Latino-Americano sobre Ciências do Mar, 1997, Santos. Resumos do VII Congresso Latino-Americano sobre Ciências do Mar, 1997. v. II. p. 220-222.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
SILVA, T. T. C. ; ALVES, A. A. ; JOHNSON, G. P. F. ; BAPTISTON, L. F. ; LARA, M. K. G. R. ; ALMEIDA, R. ; CUNHA-LIGNON, MARÍLIA . Conectando universidade, gestão de áreas protegidas e comunidade tradicional: caminhos para gestão participativa em Unidades de Conservação de Uso Sustentável. In: IX Congresso Brasileiro de Unidades de Conservação, 2018, Florianópolis. Anais do Congresso Brasileiro de Unidades de Conservação. Curitiba: Fundação Grupo Boticário, 2018. v. 1. p. 1-8.

2.
CUNHA-LIGNON, M.; MENGHINI, R. P. ; RODRIGUES, M. E. F. ; KAMPEL, M. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. . Efeitos das alterações da salinidade em sistema costeiro para bosques de mangue. In: XIV Congresso Latino-Americano De Ciências do Mar, 2011, Balneário Camburiu. Anais do XIV Congresso Latino-Americano De Ciências do Mar, 2011.

3.
PEREIRA, F. R. S. ; CUNHA-LIGNON, M. ; KAMPEL, M. . Cobertura vegetal e detecção das alterações na região de Cananéia entre 1991 e 2009, Sistema Costeiro Cananéia-Iguape, Estado de São Paulo (Brasil). In: IV Congresso Brasileiro de Oceanografia, 2010, Rio Grande. Anais dos Resumos Expandidos do IV Congresso Brasileiro de Oceanografia. Rio Grande: AOCEANO, 2010. p. 3165-3168.

4.
SANTOS, L.C.M. ; CUNHA-LIGNON, M. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. . Áreas de manguezal em um trecho do Canal da Bertioga (Baixada Santista, Brasil): alterações espaço-temporais pela introdução de estruturas náuticas. In: XII Congresso Latinoamericano de Ciências do Mar, 2007, Florianópolis. Anais do XII Congresso Latinoamericano de Ciências do Mar. Florianópolis, 2007.

5.
SANTOS, L.C.M. ; CUNHA-LIGNON, M. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. . Impacto de petróleo no manguezal do Rio Iriri (Baixada Santista, São Paulo): diagnóstico da cobertura vegetal com base em fotografias aéreas digitais (1962 ? 2003). In: VIII Congresso de Ecologia do Brasil: ecologia no tempo de mudanças globais, 2007, Caxambu. Anais do VIII Congresso de Ecologia do Brasil: ecologia no tempo de mudanças globais, 2007.

6.
SHIRAZAWA-FREITAS, J. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. ; CUNHA-LIGNON, M. . Relações do ser humano com o manguezal nas regiões Nordeste e Sudete do Brasil. In: III Simpósio Brasileiro de Oceanografia, 2006, São Paulo. Anais do III Simpósio Brasileiro de Oceanografia. São Paulo: IOUSP, 2006.

7.
SANTOS, L.C.M. ; CUNHA-LIGNON, M. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. . Ocupação antrópica na zona costeira de São Paulo: alteração da paisagem em torno do Canal de Bertioga (Baixada Santista, Brasil). In: III Simpósio Brasileiro de Oceanografia, 2006, São Paulo. Anais do III Simpósio Brasileiro de Oceanografia. São Paulo: IOUSP, 2006.

8.
CUNHA-LIGNON, M.. Variação espaço-temporal de bosques de mangue. In: III Simpósio Regional de Geoprocessamento e Sensoriamento Remoto, 2006, Aracaju. Anais do III Simpósio Regional de Geoprocessamento e Sensoriamento Remoto. Aracaju (SE): EMBRAPA, 2006.

9.
CUNHA-LIGNON, M.; ALMEIDA, R. ; MENGHINI, R. P. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. . Monitoramento de plântulas, jovens de mangue e cobertura de Spartina alterniflora em manguezais no Sistema Costeiro Cananéia-Iguape. In: II Congresso Brasileiro de Oceanografia, 2005, Vitória (ES). Anais do II Congresso Brasileiro de Oceanografia.

10.
CUNHA-LIGNON, M.; COELHO-Jr, C. ; MENGHINI, R. P. ; ALMEIDA, R. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. . Monitoramento do desenvolvimento de bosques de mangue no litoral sul de São Paulo (Brasil). In: VII Congresso de Ecologia do Brasil, 2005, Caxambu (MG). Anais do VII Congresso de Ecologia do Brasil. São Paulo: USP, 2005.

11.
CUNHA-LIGNON, M.; ALMEIDA, R. ; COELHO-Jr, C. ; NOGUEIRA, G. ; MENGHINI, R. P. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. . Information, Awareness and Education at Cananéia-Iguape Coastal System (Brazil). In: 5th International Conference on Environmental Future, 2003, Zurich (Suiça). Proceedings 5th International Conference on Environmental Future, 2003.

12.
CUNHA-LIGNON, M.; COELHO-Jr, C. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. . Utilização de ferramentas de diferentes escalas espaço-temporais como subsídios para análise do estudo dos níveis hierárquicos do manguezal. In: IX Congresso Latinoamericano de Ciências do Mar, 2001, San Andrés. CD-ROM do IX Congresso Latinoamericano de Ciências do Mar, 2001.

13.
CUNHA-LIGNON, M.; SCHAFFER--NOVELLI, Y. . Dévélopement structurel des mangroves et la dynamique sédimentaire, Système Côtier Iguape-Cananéia (São Paulo, Brésil). In: 8éme Congrès Français de Sédimentologie, 2001, Orleans. CD-Rom do 8éme Congrès Français de Sédimentologie, 2001.

14.
CUNHA-LIGNON, M.; MOURAO FILHO, A. . Atuação do CECIERJ na educação ambiental em áreas de manguezal para professores de 1o e 2o graus. In: IV Encontro Nacional de Educação Ambiental em Áreas de Manguezal, 1996, Serra (ES). Anais do IV Encontro Nacional de Educação Ambiental em Áreas de Manguezal, 1996.

15.
CUNHA-LIGNON, M.; MOURAO FILHO, A. . Estudo preliminar sobre a concepção infantil de mar no município do Rio de Janeiro. In: 3o Congresso de Ecologia do Brasil, 1996, Brasilia. Anais do 3o Congresso Brasileiro de Ecologia, 1996.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
SILVA, T. T. C. ; CUNHA-LIGNON, MARÍLIA ; GODOY, E. M. ; MACHADO, L. P. . LIXO MARINHO NA ÁREA DE PROTECÃO AMBIENTAL ILHA COMPRIDA, LITORAL SUL PAULISTA: MONITORAMENTO DE INVERNO. In: III Simpósio Sul-Sudeste de Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca: Cultivando Consciência e Pescando Sabedoria, 2018, Registro. Livro de Resumos do III Simpósio Sul-Sudeste de Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca: Cultivando Consciência e Pescando Sabedoria. Registro: UNESP, 2018. p. 89-89.

2.
BAPTISTON, L. F. ; CUNHA-LIGNON, MARÍLIA ; BUENO, G. W. . PERCEPÇÃO DOS PESCADORES AMADORES EM RELAÇÃO AO ECOSSISTEMA MANGUEZAL: ANÁLISE QUALITATIVA. In: III Simpósio Sul-Sudeste de Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca: Cultivando Consciência e Pescando Sabedoria, 2018, Registro. Livro de Resumos do III Simpósio Sul-Sudeste de Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca: Cultivando Consciência e Pescando Sabedoria. Registro: UNESP, 2018. p. 99-99.

3.
SAMPAIO, J. A. G. ; REIS, C. R. G. ; LIGNON, M.C. ; OLIVEIRA, R. S. ; NARDOTO, G. B. . Changes in 13C and 15N by biological invasion in subtropical mangroves, Brazil. In: 11th International Conference on the Applications of Stable Isotope Techniques to Ecological Studies, 2018, Viña del Mar, Chile. Book of abstracts 11th International Conference on the Applications of Stable Isotope Techniques to Ecological Studies. Viña del Mar, Chile, 2018. p. 191.

4.
REIS, C. R. G. ; LIGNON, M.C. ; SAMPAIO, J. A. G. ; OLIVEIRA, R. S. ; NARDOTO, G. B. . Assessement N15 and N concentrations as indicators of nitrogen dynamics in subtropical mangroves. In: 11th International Conference on the Applications of Stable Isotope Techniques to Ecological Studies, 2018, Viña del Mar. IsoEcol 2018, 2018. p. 191.

5.
CUNHA-LIGNON, MARÍLIA; CAMARGO, T. W. ; MENDONCA, J. T. . Conserved mangroves sustaining cultural diversity of traditional communities. In: IUCN MANGROVE SYMPOSIUM 2017, 2017, Bremen. IUCN MANGROVE SYMPOSIUM 2017: ABSTRACT BOOKLET. Bremen: Leibniz Centre for Marine Tropical Research, 2017. p. 30-30.

6.
CUNHA-LIGNON, M.; MENGHINI, R. P. . Invasive species of aquatic macrophytes affecting mangrove foresets structure and conservation in protected areas. In: Mangrove and Macrobenthos Meeting (MMM4), 2016, Saint Augustine. Mangrove and Macrobenthos Meeting (MMM4) Abstract Book. Saint Augustine: University of Florida, 2016. p. 85.

7.
VIESBA, E. ; CUNHA-LIGNON, M. . Use of images and video production of mangrove ecosystem: a coastal management tool. In: II Seminario-Taller Internacional de Estuarios y Manglares, 2015, Cali (Colombia). Libro de Résumenes del II Seminario-Taller Internacional de Estuarios y Manglares. Cali: Universidad del Valle, 2015. p. 70.

8.
CUNHA-LIGNON, M.; ALMEIDA, R. ; LIMA, N. G. B. ; GALVANI, E. ; MENGHINI, R. P. ; Rodrigues, A.C.M.A. ; COELHO-Jr, C. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. . Mangroves monitoring: the guardians of the São Paulo coastal area (Brazil). In: II Seminario-Taller Internacional de Estuarios y Manglares, 2015, Cali (Colombia). Libro de Résumenes del II Seminario-Taller Internacional de Estuarios y Manglares. Cali: Universidad del Valle, 2015. p. 49.

9.
CUNHA-LIGNON, M.; KAMPEL, M. ; FLANDROY, J. ; MENGHINI, R. P. ; DAHDOUH-GUEBAS, F. . Urban mangrove dynamics under increasing anthropogenic pressure: analysis of remote sensing data and Brazilian legislation. In: Meeting on Mangrove Ecology, Functioning and Management (MMM3), 2012, Galle. Proceedings of the International Conference: Meeting on Mangrove Ecology, Functioning and Management (MMM3). Bélgica: VLIZ, 2012. v. 57. p. 47.

10.
LIMA, N. G. B. ; GALVANI, E. ; CUNHA-LIGNON, M. . Variation of air temperature on conserved and impacted mangroves: preliminary results on the Southern coast of São Paulo State, Brazil. In: Meeting on Mangrove Ecology, Functioning and Management (MMM3), 2012, Galle. Proceedings of the International Conference: Meeting on Mangrove Ecology, Functioning and Management (MMM3). Bélgica: VLIZ, 2012. v. 57. p. 101.

11.
Reis Neto, A. ; CUNHA-LIGNON, M. ; MEIRELES, A.J.A. . Analyses of the mangrove's recover process in abandoned salt ponds constructed areas, in the Ceará river, Northeast Brazil. In: Meeting on Mangrove Ecology, Functioning and Management (MMM3), 2012, Galle. Proceedings of the International Conference: Meeting on Mangrove Ecology, Functioning and Management. Bélgica: VLIZ, 2012. v. 57. p. 155.

12.
Sarubo, S. C. ; CUNHA-LIGNON, M. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. . Áreas de transição em regiões estuarinas: caracterização e perspectivas frente à elevação do nível médio relativo do mar. In: II Workshop Antropicosta Iberoamericano, 2012, Montevideo. Anais do II Workshop Antropicosta Iberoamericano, 2012. p. 22.

13.
SANTOS, L.C.M. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. ; CUNHA-LIGNON, M. ; BITENCOURT, M. ; DAHDOUH-GUEBAS, F. . Satellite remote sensing and GIS assess anthropogenic pressures and aid mangrove forest management: a case study at the São Francisco River Estuary (Northeast Brazil). In: Meeting on Mangrove Ecology, Functioning and Management (MMM3), 2012, Galle. Proceedings of the International Conference: Meeting on Mangrove Ecology, Functioning and Management. Bélgica: VLIZ, 2012. v. 57. p. 165.

14.
CUNHA-LIGNON, M.; KAMPEL, M. ; MENGHINI, R. P. ; FLANDROY, J. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. ; CINTRON, G. ; KOEDAM, N. ; DAHDOUH-GUEBAS, F. . Modus operandi to analyze impacts in urban and peri-urban mangrove areas. In: CERF 2011 ? 21th Biennal Conference of the Coastal and Estuarine Research Federation: societies, estuaries and coasts: adapting to change, 2011, Daytona Beach. Book of Abstracts of 21th Biennal Conference of the Coastal and Estuarine Research Federation: societies, estuaries and coasts: adapting to change, 2011. p. 49.

15.
CUNHA-LIGNON, M.. Manguezais da região de Cananéia: à revelia da tendência mundial. In: Antropicosta - Iberoamerica, 2010, Cananéia. Resumos do Antropicosta. São Paulo: IOUSP, 2010.

16.
CUNHA-LIGNON, M.; MENGHINI, R. P. ; ALMEIDA, R. ; COELHO-Jr, C. ; CINTRON, G. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. ; KAMPEL, M. ; DAHDOUH-GUEBAS, F. . Monitoring structural mangrove forests over time (2001-2010). In: The 2010 International Meeting of the Association for Tropical Biology and Conservation: Tropical Biodiversity ? surviving the food, energy and climate crisis, 2010, Bali. Program and Abstracts of The 2010 International Meeting of the Association for Tropical Biology and Conservation: Tropical Biodiversity ? surviving the food, energy and climate crisis. Bali, 2010. p. 255.

17.
CUNHA-LIGNON, M.; MENGHINI, R. P. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. ; KAMPEL, M. . Manguezais da Região de Iguape: até quando?. In: IV Seminário de Pesquisa no Vale do Ribeira, 2010, Registro. Anais do IV Seminário de Pesquisa no Vale do Ribeira, 2010. v. 4. p. 28.

18.
RODRIGUES, M. E. F. ; CUNHA-LIGNON, M. ; MENGHINI, R. P. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. ; KAMPEL, M. ; DAHDOUH-GUEBAS, F. . Floristic survey of macrophytes in mangroves subjected to artificial freshwater input: a Brazilian study case. In: Young Botanists' Forum, 2010, Meise. Proceedings of The Young Botanists' Forum, 2010. p. 25.

19.
CUNHA-LIGNON, M.; SCHAFFER--NOVELLI, Y. ; MENGHINI, R. P. ; ALMEIDA, R. ; COELHO-Jr, C. ; CINTRON, G. ; DAHDOUH-GUEBAS, F. . Succession of mangrove forests in depositional areas: A case study in Brazil. In: VLIZ Young Scientists? Day, 2009, Bruges. Book of Abstracts, VLIZ Special Publication, 2009. v. 41. p. 33.

20.
FLANDROY, J. ; CUNHA-LIGNON, M. ; DAHDOUH-GUEBAS, F. . Spatio-temporal evolution of an urban mangrove (Cubatão, São Paulo ? Brazil). In: VLIZ Young Scientists? Day, 2009, Bruges. Book of Abstracts, VLIZ Special Publication, 2009. v. 41. p. 42.

21.
AVAU, J. ; CUNHA-LIGNON, M. ; MYTTENAERE, B. ; GODART, M. F. ; DAHDOUH-GUEBAS, F. . Analysis of tourism settings and management in Caribbean mangroves: case-studies in the french Antilles and in Jamaica. In: VLIZ Young Scientists? Day, 2009, Bruges. Book of Abstracts, VLIZ Special Publication, 2009. v. 41. p. 23.

22.
CUNHA-LIGNON, M.; MOHAMED, M. O. S. ; NFOTABONG, A. A. ; MUKHERJEE, N. ; MANIATIS, D. ; KAIRO, J. G. ; DIN, N. ; SHANKER, K. ; KOEDAM, N. ; DAHDOUH-GUEBAS, F. ; FLANDROY, J. . Impacts on urban and peri-urban mangroves and their implications for governance: Case-studies in the Gambia, Cameroon, Kenya, Brazil and India. In: African Botany in Brussels, 2009, Bruxelas. Proceedings of the Symposium African Botany in Brussels. Bruxelas: Université Libre de Bruxelles (ULB) e Vrije Universiteit Brussel (VUB), 2009. p. 61.

23.
SCHAFFER--NOVELLI, Y. ; COELHO-Jr, C. ; ALMEIDA, R. ; CUNHA-LIGNON, M. ; MENGHINI, R. P. ; CINTRON, G. . Young people, feeling the groundswell of events and social change: the Brazilian experience. In: VLIZ Young Scientists? Day, 2009, Bruges. Book of Abstracts, VLIZ Special Publication, 2009. p. 61.

24.
AVAU, J. ; CUNHA-LIGNON, M. ; MYTTENAERE, B. ; GODART, M. F. ; DAHDOUH-GUEBAS, F. . Which forms of tourism management exist in mangroves of the Caribbean? Case-studies in the French Antilles and in Jamaica. In: Symposium African Botany in Brussels, 2009, Bruxelas. Proceedings of the Symposium African Botany in Brussels. Bruxelas: Université Libre de Bruxelles (ULB) e Vrije Universiteit Brussel (VUB), 2009. p. 52.

25.
FLANDROY, J. ; CUNHA-LIGNON, M. ; DAHDOUH-GUEBAS, F. . Evolution of the Cubatão urban mangrove in São Paulo State (Brazil) over space and time. In: African Botany in Brussels, 2009, Bruxelas. Proceedings of the Symposium African Botany in Brussels. Bruxelas: Université Libre de Bruxelles (ULB) e Vrije Universiteit Brussel (VUB), 2009. p. 77.

26.
CUNHA-LIGNON, M.; COELHO-Jr, C. ; ALMEIDA, R. ; MENGHINI, R. P. ; CORREA, F. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. ; CINTRON, G. ; DAHDOUH-GUEBAS, F. . Mangrove Forests and Sedimentary Processes on the South Coast of São Paulo State (Brazil). In: 10th International Coastal Symposium, 2009, Lisboa. Book of Abstracts of the 10th International Coastal Symposium. Lisboa, 2009. p. 86.

27.
CUNHA-LIGNON, M.; SANTOS, L.C.M. ; MENGHINI, R. P. ; FLANDROY, J. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. ; DAHDOUH-GUEBAS, F. . Human pressures on peri-urban and urban mangroves : examples from São Paulo State Coast (Brazil). In: 9th International Symposium on GIS and Computer Cartography for Coastal Zone Management, 2009, Itajaí. Book of Abstracts of the 9th International Symposium on GIS and Computer Cartography for Coastal Zone Management, 2009. p. 75.

28.
FLANDROY, J. ; CUNHA-LIGNON, M. ; DAHDOUH-GUEBAS, F. . Reduction of the mangrove area between 1962 and 2008 in Cubatão, São Paulo State, Brazil. In: 9th International Symposium on GIS and Computer Cartography for Coastal Zone Management, 2009, Itajaí. Book of Abstracts of the 9th International Symposium on GIS and Computer Cartography for Coastal Zone Management, 2009. p. 81.

29.
CUNHA-LIGNON, M.; KAMPEL, M. ; DAHDOUH-GUEBAS, F. . Mangroves of São Paulo State (Brazil): a spatial and temporal analysis from 1980 to 2009. In: XIII Congreso Latinoamericano de Ciencias del Mar (Colacmar), 2009, Havana. Resumos do XIII Congreso Latinoamericano de Ciencias del Mar (Colacmar). Havana, 2009. p. 207.

30.
FLANDROY, J. ; CUNHA-LIGNON, M. ; KAMPEL, M. ; DAHDOUH-GUEBAS, F. . Techniques to analyse damage mangrove forests: study case for Cubatão (Brazil) and Douala (Cameroon). In: XIII Congreso Latinoamericano de Ciencias del Mar, 2009, Havana. Resumos do XIII Congreso Latinoamericano de Ciencias del Mar. Havana, 2009. p. 1392.

31.
AVAU, J. ; CUNHA-LIGNON, M. ; MYTTENAERE, B. ; GODART, M. F. ; DAHDOUH-GUEBAS, F. . Which commercial image of the Caribbean mangroves is promoted to tourists?. In: XIII Congreso Latinoamericano de Ciencias del Mar, 2009, Havana. Resumos do XIII Congreso Latinoamericano de Ciencias del Mar, 2009. p. 254.

32.
CUNHA-LIGNON, M.; COELHO-Jr, C. ; ALMEIDA, R. ; MENGHINI, R. P. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. ; CINTRON, G. ; DAHDOUH-GUEBAS, F. . Ecological processes and conservation of the mangrove: a review at the Cananéia region, São Paulo State - Brazil. In: Young Botanist?s Day: Evolution in Botany: from Darwin to women, 2009, Bruxelas. Book of Abstracts. Bruxelas: Royal Botanical Society Belgium, 2009. p. 30.

33.
FLANDROY, J. ; CUNHA-LIGNON, M. ; KAMPEL, M. ; DAHDOUH-GUEBAS, F. . The terrestrialisation trends of stressed mangrove forests using satellite images classification: study case for Cubatão, São Paulo State ? Brazil. In: Young Botanist?s Day: Evolution in Botany: from Darwin to women, 2009, Bélgica. Book of Abstracts. Bélgica: Royal Botanical Society Belgium, 2009. p. 36.

34.
CUNHA-LIGNON, M.; SCHAFFER--NOVELLI, Y. ; MENGHINI, R. P. ; SANTOS, L.C.M. ; DINOLA, C. N. . State of São Paulo (Brazil) mangrove ecosystems spatio-temporal analysis: subsidies for coastal management and law enforcement. In: 8th International Wetlands Conference, 2008, Cuiabá - MT. 8th International Wetlands Conference: big wetlands, big concerns, 2008.

35.
SCHAFFER--NOVELLI, Y. ; CINTRON, G. ; CUNHA-LIGNON, M. ; MENGHINI, R. P. ; SANTOS, L.C.M. ; DINOLA, C. N. . The use (and misuse) of object-based GIS approches for interpreting coastal marine ecosystems: patterns, pitfalls and concerns. In: 8th International Wetlands Conference, 2008, Cuiabá - MT. 8th International Wetlands Conference: big wetlands, big concerns, 2008. p. 199.

36.
SANTOS, L.C.M. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. ; CUNHA-LIGNON, M. ; CINTRON, G. . Human pressures on mangrove areas (São Francisco River Estuary, Sergipe State, Brazil) investigated using Landsat ETM+ images and GIS. In: 11th Society for Conservation GIS Annual Conference, 2008, Monterey (CA ? EUA(. Proceedings of 11th Society for Conservation GIS Annual Conference, 2008.

37.
SANTOS, L.C.M. ; CUNHA-LIGNON, M. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. ; CINTRON, G. . Aerial photographs and GIS used to assess oil spill impacts in a mangrove area (Baixada Santista, São Paulo, Brazil): multitemporal analysis as a tool to support coastal management and conservation issues. In: 28th ESRI International User Conference, 2008, San Diego (CA ? EUA). Proceedings of 28th ESRI International User Conference, 2008.

38.
SHIRAZAWA-FREITAS, J. ; CUNHA-LIGNON, M. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. . Componentes da paisagem costeira tropical: manguezal e homem. In: IX Simpósio de Biologia Marinha, 2006, Santos. Anais do IX Simpósio de Biologia Marinha. Santos: UNISANTA, 2006.

39.
CUNHA-LIGNON, M.; SANTOS, L.C.M. . Tipos de classificações em imagem Landsat do litoral do Estado de São Paulo (Municípios de Bertioga e Guarujá). In: IX Simpósio de Biologia Marinha, 2006, Santos. Anais do IX Simpósio de Biologia Marinha. Santos: UNISANTA, 2006.

40.
CUNHA-LIGNON, M.; MENGHINI, R. P. ; ALMEIDA, R. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. . Desenvolvimento de bosques de mangue em áreas de progradação: Mar de Cananéia, Sistema Costeiro Cananéia-Iguape (São Paulo, Brasil). In: II Simpósio Brasileiro de Oceanografia, 2004, São Paulo. Anais do II Simpósio Brasileiro de Oceanografia. São Paulo: Instituto Oceanográfico, 2004.

41.
ALMEIDA, R. ; NOGUEIRA, G. ; CUNHA-LIGNON, M. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. ; COELHO-Jr, C. ; MENGHINI, R. P. . Integridade de ecossistemas - uma contribuição à conservação do Sistema Estuarino-Lagunar de Iguape-Cananéia. In: Conference Mangrove 2003: connecting research and participative management of estuaries and mangroves, 2003, Salvador (BA). Anais do Conference Mangrove 2003: connecting research and participative management of estuaries and mangroves, 2003.

42.
DINOLA, C. N. ; CUNHA-LIGNON, M. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. . Pressão do turismo nos manguezais do Rio Escuro (Litoral Norte de São Paulo, Ubatuba): análise temporal de fotografias aéreas digitais. In: Conference Mangrove 2003: connecting research and participative management of estuaries and mangroves, 2003, Salvador (BA). Anais do Conference Mangrove 2003: connecting research and participative management of estuaries and mangroves, 2003.

43.
CUNHA-LIGNON, M.; SCHAFFER--NOVELLI, Y. . Bosques de mangue em progradação no Sistema Cananéia-Iguape (Estado de São Paulo): análise digital de fotografias aéreas (1981-1997). In: Conference Mangrove 2003: connecting research and participative management of estuaries and mangroves, 2003, Salvador (BA). Anais do Conference Mangrove 2003: connecting research and participative management of estuaries and mangroves, 2003.

44.
CUNHA-LIGNON, M.; MAHIQUES, M. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. ; RODRIGUES, M. ; KLEIN, D. ; GOYA, S. ; MENGHINI, R. P. ; TOLENTINO, C. . Análise da sucessão em bosques de mangue, a partir de testemunhos de sondagem no Mar de Cananéia (Sistema Costeiro Cananéia-Iguape, São Paulo - SP). In: XV Semana Nacional de Oceanografia, 2003, Sao Paulo. Anais da XV Semana Nacional de Oceanografia. Sao Paulo: IOUSP, 2003.

45.
CUNHA-LIGNON, M.; SCHAFFER--NOVELLI, Y. . Sensoriamento remoto aplicado ao estudo de bosques de mangue em progradação - Sistema Cananéia-Iguape, São Paulo - Brasil. In: I Simpósio Brasileiro de Oceanografia, 2002, São Paulo. Anais do I Simpósio Brasileiro de Oceanografia. São Paulo: IOUSP, 2002.

46.
DINOLA, C. N. ; COELHO-Jr, C. ; CUNHA-LIGNON, M. ; ANDRADE, S. ; MENGHINI, R. P. ; ROVAI, A. S. ; NOGUEIRA, G. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. . Caracterização estrutural de bosque de mangue do Rio Comprido, Ubatuba, São Paulo, Brasil. In: 53o Congresso Nacional de Botânica e 25a Reunião Nordestina de Botânica, 2002, Recife (PE). Livro de Resumos do 53o Congresso Nacional de Botânica e 25a Reunião Nordestina de Botânica, 2002. p. 263-263.

47.
ALMEIDA, R. ; CUNHA-LIGNON, M. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. . Turismo e conservaçâo em zona úmida costeira: Complexo Estuarino-Lagunar de Iguape-Cananéia, São Paulo (Brasil). In: Encontro Intercultural dos Povos do Vale do Ribeira: Paisagem e Cultura, 2001, Ilha Comprida - SP. Livro de Resumos do Encontro Intercultural dos Povos do Vale do Ribeira: Paisagem e Cultura. São Paulo: NUPAUB/USP, 2001.

48.
CUNHA-LIGNON, M.; ALMEIDA, R. ; COELHO-Jr, C. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. . Analysis of ecological processes of the magrove ecosystem: subsidies for conservation in the Cananéia region- Sao Paulo, Brazil. In: Conference Sustainable Use of Estuaries and Mangroves: challenges and prospects, 2000, Recife. CD-Rom Use of Estuaries and Mangroves: challenges and prospects. Recife: UFRPE e ISME, 2000.

49.
CUNHA-LIGNON, M.; SCHAFFER--NOVELLI, Y. ; CINTRON, G. ; SPORL, A. ; CARVALHO, E. ; SILVA, A. ; SPORL, C. . Manguezais, sentinelas avançados das mudanças do nível médio relativo do mar. In: V Encontro Nacional em Áreas de Manguezal, 1998, Bragaça. Anais do V Encontro Nacional em Áreas de Manguezal, 1998. v. 1. p. 30.

50.
MOURAO FILHO, A. ; CUNHA-LIGNON, M. . Dinâmicas e jogos para curso de educação ambiental em áreas de manguezal. In: V Encontro Nacional em Áreas de Manguezal, 1998, Bragança - PA. Anais do V Encontro Nacional em Áreas de Manguezal. Bragança - PA, 1998. p. 44.

51.
CUNHA-LIGNON, M.; MOURAO FILHO, A. ; CRISPINO, A. . Biologia marinha para grande público na Semana Internacional do Meio Ambiente no Rio de Janeiro. In: Reunião Especial da SBPC - Ecossistemas Costeiros - do conhecimento à gestão, 1996, Florianópolis. Anais da III Reunião Especial da SBPC - Ecossistemas Costeiros - do conhecimento à gestão. Florianópolis: UFSC, 1996. p. 304-305.

52.
CRISPINO, A. ; CUNHA-LIGNON, M. ; MOURAO FILHO, A. . Educação ambiental em ambientes costeiros do Estado do Rio de Janeiro para professores de 1o grau. In: III Reunião Especial da SBPC - Ecossistemas Costeiros - do conhecimento à gestão, 1996, Florianopolis. Anais da III Reunião Especial da SBPC - Ecossistemas Costeiros - do conhecimento à gestão. Florianopolis: SBPC, 1996.

53.
CUNHA-LIGNON, M.. Interações sociais do golfinho Tursiops truncatus (Delphinidae, Cetacea). In: Encontro de Estudantes e Pesquisadores Brasileiros na França (APEB), 1994, Paris. Resumo das LInhas de Pesquisa dos Estudantes Brasileiros na França. Paris: APEB, 1994. v. II. p. 32.

54.
CUNHA-LIGNON, M.; GOMES, U. L. . Estudo do esqueleto de mixopterígios das espécies brasileiras de tubarão-frango: Rhizoprionodon Whitley, 1929 (Elasmobranchii, Carcharhinidae). In: V Reunião do grupo de Trabalhos sobre Pesca e Pesquisa de Tubarões e Raias do Brasil, 1991, Santos. Resumos do V Reunião do grupo de Trabalhos sobre Pesca e Pesquisa de Tubarões e Raias do Brasil, 1991. p. 9.

Artigos aceitos para publicação
1.
CUNHA-LIGNON, M.; SCHAFFER--NOVELLI, Y. . Análise digital de fotografias aéreas em bosques de mangue em progradação (Mar de Cananéia, Estado de São Paulo). Gerenciamento Costeiro Integrado, 2011.

Apresentações de Trabalho
1.
CUNHA-LIGNON, M.. A contribuição da Universidade na Gestão de Unidades de Conservação. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
SILVA, T. T. C. ; ALVES, A. A. ; JOHNSON, G. P. F. ; BAPTISTON, L. F. ; LARA, M. K. G. R. ; ALMEIDA, R. ; CUNHA-LIGNON, MARÍLIA . Conectando universidade, gestão de áreas protegidas e comunidade tradicional: caminhos para gestão participativa em Unidades de Conservação de Uso Sustentável. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
LIGNON, M.C.. Condições ambientais dos manguezais paulistas: qual o compromisso da universidade?. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
CUNHA-LIGNON, M.. Estado de Conservação dos Manguezais do Lagamar Paulista. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
CUNHA-LIGNON, M.. Monitoramento Integrado de Manguezais: estado da arte. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
CUNHA-LIGNON, MARÍLIA; CAMARGO, T. W. ; MENDONCA, J. T. . Conserved mangroves sustaining cultural diversity of traditional communities. 2017. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

7.
SILVA, T. T. C. ; CUNHA-LIGNON, MARÍLIA ; GODOY, E. M. ; MACHADO, L. P. . Petrechos de pesca na APA Ilha Comprida, litoral sul de São Paulo. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

8.
BAPTISTON, L. F. ; CUNHA-LIGNON, MARÍLIA ; BUENO, G. W. . Revisão dos métodos de valoração e suas aplicações ao ecossistema manguezal. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

9.
GODOY, E. M. ; CUNHA-LIGNON, M. ; SILVA, T. T. C. ; MACHADO, L. P. . Análise do lixo marinho no Boqueirão Sul da Ilha Comprida - São Paulo. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
CUNHA-LIGNON, MARÍLIA. Estado de Conservação dos Manguezais do Lagamar Paulista. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
CUNHA-LIGNON, M.. Conservação e Impactos Ambientais em Zonas Costeiras. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
AQUINO, J. C. G. ; CUNHA-LIGNON, M. . Caracterização das áreas de risco e ocorrência de macrófitas invasoras na região de Iguape (Litoral Sul de São Paulo). 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

13.
AQUINO, J. C. G. ; CUNHA-LIGNON, M. . Caracterização das áreas de risco e ocorrência de macrófitas invasoras na região de Iguape (Litoral Sul de São Paulo). 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

14.
CAMARGO, T. W. ; MENDONCA, J. T. ; CUNHA-LIGNON, M. . Relação da pesca estuarina com o estado de conservação dos manguezais do Mosaico de Áreas Protegidas do Lagamar. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

15.
SILVA, T. T. C. ; CUNHA-LIGNON, M. ; PASSARD, K. ; GODOY, D. F. . Atuação do(a) Engenheiro(a) de Pesca na preservação dos mamíferos marinhos do litoral sul do estado de São Paulo. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

16.
TRUZZ, D. F. ; AQUINO, J. C. G. ; BUZO, L. F. ; QUITO, L. ; PERALTA, N. B. A. ; PARADA, I. ; NASCIMENTO, E. R. ; CUNHA-LIGNON, M. . A Atuação do Engenheiro de Pesca nas Unidades de Conservação do Litoral Sul de São Paulo. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

17.
CUNHA-LIGNON, M.. Monitoramento de manguezais: os guardiões das zonas costeiras. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

18.
CUNHA-LIGNON, M.. Projeto Monitoramento de Manguezais: guardiões das zonas costeiras. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

19.
BAPTISTON, L. F. ; CUNHA-LIGNON, M. . Saneamento básico e qualidade ambiental dos municípios do Baixo e Médio Ribeira e Litoral Sul de São Paulo. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

20.
CUNHA-LIGNON, MARÍLIA. A saúde dos manguezais no litoral sul de São Paulo. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

21.
CUNHA-LIGNON, M.. Monitoramento de Manguezais: Os guardiões das zonas costeiras. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

22.
CUNHA-LIGNON, M.. Manguezais do Lagamar. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

23.
CUNHA-LIGNON, M.. Impactos y Conservación de los Manglares en Brasil. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

24.
CUNHA-LIGNON, M.. Monitoreo de Manglares: centinelas de la zona costera. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

25.
CUNHA-LIGNON, M.; KAMPEL, M. . Análise multitemporal de imagens Landsat para monitoramento de áreas de manguezal: subsídio à gestão costeira do litoral sul do Estado de São Paulo. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

26.
PEREIRA, F. R. S. ; KAMPEL, M. ; CUNHA-LIGNON, M. . Detecção de bosques de mangue em imagens de Radar de Abertura Sintética (SAR) utilizando classificador contextual baseado na frequência. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

27.
CUNHA-LIGNON, M.; KAMPEL, M. ; MENGHINI, R. P. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. ; CINTRON, G. ; DAHDOUH-GUEBAS, F. . Mangrove Forests Submitted to Depositional Processes and Salinity Variation Investigated using satellite images and vegetation structure surveys. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

28.
CUNHA-LIGNON, M.; COELHO-Jr, C. ; ALMEIDA, R. ; MENGHINI, R. P. ; CINTRON, G. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. ; DAHDOUH-GUEBAS, F. . Characterisation of mangrove forest types in view of conservation and management: a review of mangals at the Cananéia region, São Paulo State, Brazil. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

29.
MENGHINI, R. P. ; COELHO-Jr, C. ; ROVAI, A. S. ; CUNHA-LIGNON, M. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. ; CINTRON, G. . Massive mortality of mangrove forests in Southeast Brazil (Barnabé Island, Baixada Santista, State of São Paulo) as a result of harboring activities. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

30.
Reis Neto, A. ; CUNHA-LIGNON, M. ; Arruda-Reis, M.C.C. ; MEIRELES, A.J.A. . The Ceara River Mangrove's landscape (northeast Brazil): comparative analyses of 1968 and 2009. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

31.
AVAU, J. ; CUNHA-LIGNON, M. ; MYTTENAERE, B. ; GODART, M. F. ; DAHDOUH-GUEBAS, F. . The commercial images promoting Caribbean mangroves to tourists: Case studies in Jamaica, Guadeloupe and Martinique. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

32.
CUNHA-LIGNON, M.; MENGHINI, R. P. ; RODRIGUES, M. E. F. ; KAMPEL, M. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. . Consequencias das alterações da salinidade em sistema costeiro para bosques de mangue. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

33.
CUNHA-LIGNON, M.; KAMPEL, M. ; MENGHINI, R. P. ; FLANDROY, J. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. ; CINTRON, G. ; KOEDAM, N. ; DAHDOUH-GUEBAS, F. . Modus operandi to analyze impacts in urban and peri-urban mangrove areas. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

34.
PEREIRA, F. R. S. ; CUNHA-LIGNON, M. ; KAMPEL, M. . Cobertura vegetal e detecção das alterações na região de Cananéia entre 1991 e 2009, Sistema Costeiro Cananéia-Iguape, Estado de São Paulo (Brasil). 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

35.
CUNHA-LIGNON, M.; MENGHINI, R. P. ; ALMEIDA, R. ; COELHO-Jr, C. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. ; CINTRON, G. ; KAMPEL, M. ; DAHDOUH-GUEBAS, F. . Monitoring structural mangrove forests over time (2001-2010). 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).

36.
CUNHA-LIGNON, M.; MENGHINI, R. P. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. ; KAMPEL, M. . Manguezais da Região de Iguape: até quando?. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

37.
CUNHA-LIGNON, M.; PEREIRA, F. R. S. ; KAMPEL, M. . Situação atual dos manguezais no mundo, no Brasil e no sul do Estado de São Paulo. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

38.
RODRIGUES, M. E. F. ; CUNHA-LIGNON, M. ; MENGHINI, R. P. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. ; KAMPEL, M. ; DAHDOUH-GUEBAS, F. . Floristic survey of macrophytes in mangroves subjected to artificial freshwater input: a Brazilian study case. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).

39.
PEREIRA, F. R. S. ; CUNHA-LIGNON, M. ; KAMPEL, M. . Mangrove species distribution model in Brazilian coast, using climate data. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

40.
SCHAFFER--NOVELLI, Y. ; COELHO-Jr, C. ; ALMEIDA, R. ; CUNHA-LIGNON, M. ; MENGHINI, R. P. ; CINTRON, G. . Young people, feeling the groundswell of events and social change: the Brazilian experience. 2009. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

41.
CUNHA-LIGNON, M.; SCHAFFER--NOVELLI, Y. ; MENGHINI, R. P. ; ALMEIDA, R. ; COELHO-Jr, C. ; CINTRON, G. ; DAHDOUH-GUEBAS, F. . Succession of mangrove forests in depositional areas: A case study in Southeastern Brazil. 2009. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

42.
FLANDROY, J. ; CUNHA-LIGNON, M. ; DAHDOUH-GUEBAS, F. . Spatio-temporal evolution of an urban mangrove (Cubatão, São Paulo ? Brazil). 2009. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

43.
AVAU, J. ; CUNHA-LIGNON, M. ; MYTTENAERE, B. ; GODART, M. F. ; DAHDOUH-GUEBAS, F. . Analysis of tourism settings and management in Caribbean mangroves : case-studies in the french Antilles and in Jamaica. 2009. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

44.
CUNHA-LIGNON, M.; MOHAMED, M. O. S. ; NFOTABONG, A. A. ; MUKHERJEE, N. ; MANIATIS, D. ; FLANDROY, J. ; KAIRO, J. G. ; DIN, N. ; SHANKER, K. ; KOEDAM, N. ; DAHDOUH-GUEBAS, F. . Impacts on urban and peri-urban mangroves and their implications for governance: Case-studies in the Gambia, Cameroon, Kenya, Brazil and India. 2009. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

45.
FLANDROY, J. ; CUNHA-LIGNON, M. ; DAHDOUH-GUEBAS, F. . Evolution of the Cubatão urban mangrove in São Paulo State (Brazil) over space and time. 2009. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

46.
AVAU, J. ; CUNHA-LIGNON, M. ; MYTTENAERE, B. ; GODART, M. F. ; DAHDOUH-GUEBAS, F. . Which forms of tourism management exist in mangroves of the Caribbean? Case-studies in the French Antilles and in Jamaica. 2009. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

47.
CUNHA-LIGNON, M.; MOHAMED, M. O. S. ; NFOTABONG, A. A. ; MUKHERJEE, N. ; MANIATIS, D. ; FLANDROY, J. ; KAIRO, J. G. ; DIN, N. ; SHANKER, K. ; KOEDAM, N. ; DAHDOUH-GUEBAS, F. . Impacts on urban and peri-urban mangroves and their implications for governance: Case-studies in the Gambia, Cameroon, Kenya, Brazil and India. Proceedings of the Symposium African Botany in Brussels. 2009. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

48.
FLANDROY, J. ; CUNHA-LIGNON, M. ; DAHDOUH-GUEBAS, F. . Evolution of the Cubatão urban mangrove in São Paulo State (Brazil) over space and time. 2009. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

49.
AVAU, J. ; CUNHA-LIGNON, M. ; MYTTENAERE, B. ; GODART, M. F. ; DAHDOUH-GUEBAS, F. . Which forms of tourism management exist in mangroves of the Caribbean? Case-studies in the French Antilles and in Jamaica. 2009. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

50.
FLANDROY, J. ; CUNHA-LIGNON, M. ; KAMPEL, M. ; DAHDOUH-GUEBAS, F. . Techiniques to analyse damage mangrove forests: study case from Cubatão (Brazil) and Douala (Cameroon). 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

51.
AVAU, J. ; CUNHA-LIGNON, M. ; MYTTENAERE, B. ; GODART, M. F. ; DAHDOUH-GUEBAS, F. . Which commercial image of the Caribbean mangroves is promoted to tourists?. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

52.
CUNHA-LIGNON, M.; KAMPEL, M. ; DAHDOUH-GUEBAS, F. . Mangroves of São Paulo State (Brazil): a spatial and temporal analysis from 1980 to 2009. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

53.
CUNHA-LIGNON, M.. Manguezais da região de Cananéia à revelia da tendência mundial. 2009. (Apresentação de Trabalho/Outra).

54.
CUNHA-LIGNON, M.. Mangrove Ecology: spatial and temporal development at Cananéia-Iguape Coastal System (Brazil). 2008. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

55.
CUNHA-LIGNON, M.; SCHAFFER--NOVELLI, Y. ; MENGHINI, R. P. ; SANTOS, L.C.M. ; DINOLA, C. N. . State of São Paulo (Brasil) mangrove ecosystems spatio-temporal analysis: subsidies for coastal management and law enforcement. 2008. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

56.
CUNHA-LIGNON, M.; MOAES, H. M. T. . Mangroves et tourisme: le cas du littoral sud de Sao Paulo (Brésil). 2007. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

57.
CUNHA-LIGNON, M.. Variação espaço-temporal de bosques de mangue. 2006. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

58.
CUNHA-LIGNON, M.. Manguezais: funções, produtos e atributos. 2006. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

59.
CUNHA-LIGNON, M.. Convenção das Zonas Úmidas: importância, classificação e sítios no Brasil. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

60.
CUNHA-LIGNON, M.. Manguezais do Complexo Estuarino-Lagunar Cananéia-Iguape. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

61.
CUNHA-LIGNON, M.. Manguezais: conceitos e sucessão ecológica. 2006. (Apresentação de Trabalho/Outra).

62.
CUNHA-LIGNON, M.. Métodos de estudo em áreas de manguezal. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

63.
CUNHA-LIGNON, M.. Manguezais do Estado de São Paulo: principais impactos. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

64.
CUNHA-LIGNON, M.. O princípio da precaução e a conservação das zonas úmidas costeiras. 2003. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

65.
CUNHA-LIGNON, M.. Tratamento de imagens digitais como subsídio aos estudos de impacto e conservação de manguezais. 2003. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

66.
CUNHA-LIGNON, M.. Impacto e conservação em zonas úmidas costeiras. 2001. (Apresentação de Trabalho/Outra).

67.
CUNHA-LIGNON, M.. Conservação de áreas úmidas costeiras, com ênfase no ecossistema manguezal. 2001. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

68.
CUNHA-LIGNON, M.. Introdução à Ecologia dos Manguezais. 2001. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

69.
CUNHA-LIGNON, M.. Bioecologia e conservação de manguezais. 2000. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

70.
CUNHA-LIGNON, M.. Situação Atual da Pesquida nos Ecossistemas do Rio de Janeiro. 1997. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

71.
CUNHA-LIGNON, M.. A Biologia Marinha para o Grande Público na França. 1995. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

72.
CUNHA-LIGNON, M.. Aspectos comportamentais e ecológicos do golfinho fippler Tursiops truncatus, (Cetacea, Delphinidae). 1994. (Apresentação de Trabalho/Outra).

Outras produções bibliográficas
1.
BORNSCHEIN, M. R. ; DOMIT, C. ; BORZONE, C. A. ; LEIVAS, P. T. ; BRITEZ, R. M. ; CUNHA-LIGNON, M. ; SIPINSKI, E. ; BUMBEER, J. ; CHRISTOFOLETTI, R. A. ; PINHEIRO, M. A. A. ; HADDAD, C. F. B. . Adaptação à Mudança do Clima no Lagamar: diretrizes para a gestão de áreas naturais considerando o impacto do clima sobre a biodiversidade na região do Mosaico de Áreas Protegidas do Lagamar. Curitiba: Fundação Grupo Boticário, 2015 (Texto de divulgação).

2.
SCHAFFER--NOVELLI, Y. ; ROVAI, A. S. ; MARTINEZ, D. I. ; COELHO-Jr, C. ; MENGHINI, R. P. ; ALMEIDA, R. ; CUNHA-LIGNON, M. ; ABUCHAHLA, G. M. O. ; SHIRAZAWA-FREITAS, J. ; MOCHEL, F. R. . Retrocesso na Política dos Recursos Florestais no Brasil: O caso do Ecossistema Manguezal. São Paulo: Instituto BiomaBrasil, 2012 (Texto de divulgação).

3.
CUNHA-LIGNON, M.. PEDACINHOS DE ILHAS:O ARQUIPÉLAGO DE CHAUSEY NO GOLFO NORMANDO-BRETÃO. Campo Mourão: Edutora Fecilcam, 2010. (Tradução/Livro).

4.
ALMEIDA, R. ; COELHO-Jr, C. ; CORETS, E. ; CUNHA-LIGNON, M. . Guia Didático Os Maravilhosos Manguezais do Brasil. Vitória: Papagaia Editora, 2008 (Texto de divulgação).

5.
CUNHA-LIGNON, M.. Ecologia de manguezais: desenvolvimento espaço-temporal no Sistema Costeiro Cananéia-Iguape, São Paulo, Brasil. São Paulo: USP, 2005 (Tese de Doutorado).

6.
CUNHA-LIGNON, M.. Dinâmica do manguezal no Sistema de Cananéia-Iguape, Estado de São Paulo - Brasil. São Paulo: Portal Saber USP (www.saber.usp.br), 2002 (Dissertação de Mestrado).

7.
CUNHA-LIGNON, M.. Manguezais. Brasília - DF: WWF - Brasil, 2002 (Texto de divulgação).

8.
CUNHA-LIGNON, M.. Manguezais do CELIC. São Paulo: Projeto Biosfera, 2002 (Texto de divulgação).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
CUNHA-LIGNON, M.. Auxílio na indicação de candidatura de UCs Federais como novos sítios Ramsar no Brasil. 2014.

2.
SIMI, R. ; CUNHA-LIGNON, M. . Inquérito Civil (IC-81-07) para o Ministério Público do Estado de São Paulo. 2012.

3.
CUNHA-LIGNON, M.; SCHAFFER--NOVELLI, Y. . Barragem do Valo Grande. 2011.

4.
CUNHA-LIGNON, M.. Programa Petrobras Ambiental. 2006.

5.
SCHAFFER--NOVELLI, Y. ; CUNHA-LIGNON, M. ; COELHO-Jr, C. ; ALMEIDA, R. ; MENGHINI, R. P. . Programa Costa Atlântica. 2006.

6.
CUNHA-LIGNON, M.. Inventário da flora e da fauna terrestre e aquática da zona de preservação do Polo Cloroquimico de Sergipe. 1992.

Trabalhos técnicos
1.
NOGUEIRA, G. ; SUGUIO, K. ; CUNHA-LIGNON, M. ; PAIXAO, N. C. ; ALMEIDA, R. ; TAMASATO, R. K. ; MENGHINI, R. P. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. . Baixada Santista - Estado de São Paulo: instrumento técnico científico. 2003.

2.
ALMEIDA, R. ; CUNHA-LIGNON, M. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. . A pesca e o turismo numa visão macro da natureza da região: ações e aspectos relevantes para o desenvolvimento sustentável. 2002.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
CUNHA-LIGNON, M.. Valo Grande em Iguape está trazendo prejuízo aos moradores. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
CUNHA-LIGNON, M.. Pesquisas da Unesp são fundamentais para orientar Ministério Público e sociedade sobre os impactos do Valo Grande no Litoral Sul de SP Marília Cunha Lignon, bióloga e professora de Oceanografia da Unesp em Registro, destaca a relevância das pesquisas realizadas pela Unesp para orientar Ministério Público e sociedade sobre os impactos do Valo Grande no Litoral Sul de SP. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
CUNHA-LIGNON, MARÍLIA; GARRONE NETO, D. ; GODOY, D. F. . Diversidade e Conservação da Fauna Associada aos Manguezais. 2017. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

4.
CUNHA-LIGNON, M.. Professora da Unesp coordena projeto de monitoramento de manguezais em São Paulo. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

5.
CUNHA-LIGNON, M.. Unesp participa de oficina da Vertente Litorânea Paulista. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

6.
CUNHA-LIGNON, M.; SCHAFFER--NOVELLI, Y. . Manguezais Brasileiros. 2013.

7.
ROVAI, A. S. ; COELHO-Jr, C. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. ; ALMEIDA, R. ; MENGHINI, R. P. ; CINTRON, G. ; CUNHA-LIGNON, M. . International Action Needed for Reversing Brazil's Forest Code. 2013. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

8.
CUNHA-LIGNON, M.. INPE pesquisa ameaça a manguezais no litoral paulista. 2010. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Redes sociais, websites e blogs
1.
COELHO-Jr, C. ; CUNHA-LIGNON, M. ; Sarubo, S. C. . Comunidade no Facebook 'Os Maravilhosos Manguezais do Brasil'. 2013; Tema: Manguezais e educação ambiental. (Rede social).

2.
CUNHA-LIGNON, M.. Comunidade no Facebook 'Ecossistemas Costeiros e Marinhos'. 2012; Tema: Ecossistemas Costeiros e Marinhos. (Rede social).

3.
ABUCHALA, G. ; COELHO-Jr, C. ; CUNHA-LIGNON, M. . Página no Facebook do 'Instituto BiomaBrasil'. 2012; Tema: Gestão e Conservação de Zonas Úmidas Costeiras Tropicais. (Site).


Demais tipos de produção técnica
1.
CUNHA-LIGNON, M.; Sarubo, S. C. . Monitoramento de manguezais: os guardiões das zonas costeiras. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
CUNHA-LIGNON, M.; MACHADO, L. P. . Conhecendo os Ecossistemas Costeiros. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
CUNHA-LIGNON, M.. Monitoramento dos guardiões das zonas costeiras. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

4.
CUNHA-LIGNON, M.; VIESBA, E. . Monitoramento de Bosques de Mangue do Estado de SP (https://www.youtube.com/watch?v=Q72tHheaNUI&feature=youtu.be). 2014. (video de divulgação científica).

5.
CUNHA-LIGNON, M.. Monitoramento de Manguezais: os guardiões das zonas costeiras. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

6.
CUNHA-LIGNON, M.. Manguezais do Estado de São Paulo: análise da evolução espaço-temporal. 2011. (Relatório de pesquisa).

7.
CUNHA-LIGNON, M.. Rapport Final: Monitoring rétrospectif au Brésil: aide à la gestion de la zone côtière. 2009. (Relatório de pesquisa).

8.
CUNHA-LIGNON, M.. Manguezais no contexto da ecologia da paisagem. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

9.
CUNHA-LIGNON, M.; SCHAFFER--NOVELLI, Y. ; DIAS-BRITO, D. . Manguezais de A a Z. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

10.
CUNHA-LIGNON, M.. Desenvolvimento espaço-temporal dos manguezais do Sistema Costeiro Cananéia-Iguape ? São Paulo (Brasil) - Relatorio III. 2005. (Relatório de pesquisa).

11.
CUNHA-LIGNON, M.. Ecologia de Zonas Úmidas Costeiras Tropicais. 2004. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

12.
CUNHA-LIGNON, M.. Desenvolvimento espaço-temporal dos manguezais do Sistema Costeiro Cananéia-Iguape ? São Paulo (Brasil) - Relatorio II. 2004. (Relatório de pesquisa).

13.
CUNHA-LIGNON, M.. Zonação e Monitoramento de Bosques de Mangue. 2003. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

14.
CUNHA-LIGNON, M.. Desenvolvimento espaço-temporal dos manguezais do Sistema Costeiro Cananéia-Iguape ? São Paulo (Brasil) - Relatorio I. 2003. (Relatório de pesquisa).

15.
CUNHA-LIGNON, M.. Bioecologia de Manguezais. 2002. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

16.
CUNHA-LIGNON, M.. ECOSSISTEMA MANGUEZAL. 2001. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Apostila).

17.
CUNHA-LIGNON, M.. Dinâmica do manguezal no Complexo Estuarino-Lagunar de Cananéia-Iguape, Estao de São Paulo - Brasil (Relatório II). 2001. (Relatório de pesquisa).

18.
CUNHA-LIGNON, M.. Noções Básicas em Oceanografia Biológica. 2000. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

19.
CUNHA-LIGNON, M.. Dinâmica do manguezal no Complexo Estuarino-Lagunar de Cananéia-Iguape, Estao de São Paulo - Brasil (Relatório I). 2000. (Relatório de pesquisa).

20.
CUNHA-LIGNON, M.. Dinâmica dos manguezais do Complexo Estuarino-Lagunar de Cananéia-Iguape, Estado de São Paulo, Brasil (relatório final). 2000. (Relatório de pesquisa).

21.
CUNHA-LIGNON, M.; MOURAO FILHO, A. . Ecossistemas do Rio de Janeiro: Costão Rochoso. 1999. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

22.
CUNHA-LIGNON, M.. Meio Ambiente. 1997. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

23.
CUNHA-LIGNON, M.; MOURAO FILHO, A. . Ecossistemas do Rio de Janeiro: Costão Rochoso. 1996. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

24.
CUNHA-LIGNON, M.; MOURAO FILHO, A. . Ecossistemas do Rio de Janeiro: Manguezal. 1996. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

25.
CUNHA-LIGNON, M.; MOURAO FILHO, A. . Ecossistemas do Rio de Janeiro: Urbano. 1996. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

26.
CUNHA-LIGNON, M.; MOURAO FILHO, A. . Ecossistemas do Rio de Janeiro: Restinga. 1996. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

27.
CUNHA-LIGNON, M.. Biologia Marinha. 1996. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

28.
CUNHA-LIGNON, M.; MOURAO FILHO, A. . Ecossistemas do Rio de Janeiro: Mata Atlântica. 1996. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

29.
CUNHA-LIGNON, M.. Ecologia de Campo e Práticas em Laboratório. 1995. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

30.
CUNHA-LIGNON, M.. Biologia Marinha. 1995. (Curso de curta duração ministrado/Outra).


Produção artística/cultural
Artes Visuais
1.
CUNHA-LIGNON, M.. 'Manguezais de Cananéia: berço de vida, alimento e beleza?. 2016. Fotografia.



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
SCHAEFFER-NOVELLI, YARA; CUNHA-LIGNON, MARÍLIA; FURLAN, S.. Participação em banca de Juliana Tristão Pires. Análise comparativa de imapctos sobre manguezais da Baixada Santista (SP) para apoio à gestão socioambiental. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciência Ambiental) - Universidade de São Paulo.

2.
CUNHA-LIGNON, M.; KAMPEL, M.. Participação em banca de Francisca Rocha de Souza Pereira. Utilização de radar de abertura sintética no estudo da tipologia e da estrutura de bosques de mangue do litoral sul de São Paulo, Brasil. 2011. Dissertação (Mestrado em Sensoriamento Remoto) - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais.

Teses de doutorado
1.
CUNHA-LIGNON, M.. Participação em banca de Jacqueline Leoni Raw. Ecology of key Cerithioidean gastropods in the mangroves of the iSimangaliso Wetland Park, KwaZulu-Natal, South Africa. 2017 - Nelson Mandela Metropolitan University.

2.
SOUZA, A. P.; CUNHA-LIGNON, M.; ZUCCHI, M. I.; VEASEY, E. A.; TAMBARUSSI, E. V.. Participação em banca de Patrícia Mara Francisco. Características de populações naturais de Rhizophora spp. (Rhizophoraceae) de manguezais do litoral brasileiro e aanálise de zona de hibridação utilizando marcadores microssatélites. 2015. Tese (Doutorado em Genética e Biologia Molecular) - Universidade Estadual de Campinas.

3.
SCHAFFER--NOVELLI, Y.; CUNHA-LIGNON, MARÍLIA; FURLAN, S.; VALE, C. C.; METZGER, J.. Participação em banca de Guilherme Moraes de Oliveira Abuchahla. Panarquia no mangrovescape: em busca de descontinuidades. 2015. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Ciência Ambiental) - Universidade de São Paulo.

4.
VALERIANO, D. M.; KAMPEL, M.; KAMPEL, S. A.; CUNHA-LIGNON, M.; MONTEIRO, A. M. V.; SANTOS, M. C. F. V.. Participação em banca de Denilson da Silva Bezerra. Modelagem do padrão de resistência do manguezal a elevação do nível do mar. 2014. Tese (Doutorado em CIÊNCIA DO SISTEMA TERRESTRE) - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais.

5.
GALVANI, E.; CUNHA-LIGNON, MARÍLIA; SCHAFFER--NOVELLI, Y.; SILVA, M. E. S.; CONTI, J. B.. Participação em banca de Nádia Gilma Beserra de Lima. Interação dos atributos climáticos nos manguezais do litoral sul de São Paulo e sua relação com os controles climáticos. 2014. Tese (Doutorado em Geografia Física) - Departamento de Geografia/USP.

6.
CUNHA-LIGNON, M.; TESSLER, M.; BICEGO, M.; FIGUEIRA, R. C. L.; MADUREIRA, L. A. S.. Participação em banca de Ana Cecília Rizzatti de Albegaria Barbosa. Avaliação da influência do canal do Valo Grande na composição molecular e isotópica da matéria orgânica depositada no Sistema Estuarino-Lagunar de Cananéia-Iguape-SP. 2013. Tese (Doutorado em Oceanografia) - Instituto Oceanográfico/USP.

7.
SOUZA, A. P.; SANTOS, F. A. M.; FREITAS, L. B.; REIS, S. F.; CUNHA-LIGNON, M.. Participação em banca de Gustavo Maruyama Mori. Caracterização de populações naturais de Avicennia germinans e A. schaueriana (Acanthacea) de manguezais do litoral brasileiro e análise de zona de dibridação: Filogeografia, Genática de Populações e de Comunidades. 2013. Tese (Doutorado em Genética e Biologia Molecular) - Universidade Estadual de Campinas.

8.
GIASENELLA, S. M. F.; CUNHA-LIGNON, M.; SCHAFFER--NOVELLI, Y.; SOUZA, E. C. P. M.; LAMPARELLI, C. C.. Participação em banca de João Marcos Miragaia Schimiegelow. Manguezais do Sistema Estuarino de Santos (SP): estrutura e produção de serapilheira. 2009. Tese (Doutorado em Oceanografia Biológica) - Instituto Oceanográfico/USP.

Qualificações de Doutorado
1.
CUNHA-LIGNON, M.; DAHDOUH-GUEBAS, F.; HARDY, O.; TRIEST, L.; VISSER, M.; KERVYN, M.; LUCAS, R.; KOEDAM, N.. Participação em banca de Arimatéa de Carvalho Ximenes. Mangrove species range limits and species diversity: A macroecological approach from regional to global scales. 2018 - Université Libre de Bruxelles.

2.
CUNHA-LIGNON, MARÍLIA. Participação em banca de Mariana Vargas Cruz. Evolução de Avicennia schaueriana frente às mudanças climáticas históricas e futuras: genômica funcional de ecofisiologia. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Genética e Biologia Molecular) - Universidade Estadual de Campinas.

3.
ABUCHAHLA, G. M. O.; SCHAFFER--NOVELLI, Y.; FURLAN, S.; CUNHA-LIGNON, M.. Participação em banca de Guilherme Moraes de Oliveira Abuchahla. Panarquia e Paisagem do Manguezal: em busca de descontinuidades. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Ciência Ambiental) - Universidade de São Paulo.

4.
GALVANI, E.; CUNHA-LIGNON, M.. Participação em banca de Nádia Gilma Beserra de Lima. Análise da interação dos atributos climáticos nos manguezais do litoral sul de São Paulo e sua relação com os principais controles climáticos. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Geografia Física) - Departamento de Geografia/USP.

Qualificações de Mestrado
1.
CUNHA-LIGNON, M.; Semensatto Jr.; TEODORO, A.. Participação em banca de Camila Cunha Passos. Foraminíferos em perfis microtopográficos do manguezal do Rio Itapanhaú, Bertiog (SP): padrões ecológicos para referência de reconstruções do nível relativo do mar. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Evolução) - Universidade Federal de São Paulo, Campus Diadema.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
CUNHA-LIGNON, MARÍLIA; QUIJANO, S. M.; PEREIRA, J. M. A.. Participação em banca de Willian Gomes Cubas.Observações sobre a pesca de cerco-fixo na região de Cananeia, SP. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Pesca) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

2.
CUNHA-LIGNON, M.; JANKOWSKY, M.; QUIJANO, S. M.. Participação em banca de Thiago Wolf de Camargo.Relação da pesca estuarina com o estado de conservação dos manguezais do trecho paulista do Mosaico de Áreas Protegidas do Lagamar. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Pesca) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

3.
Semensatto Jr.; CUNHA-LIGNON, M.; NORDI, C.. Participação em banca de Adriana Rodrigues.Elaboração de Mapa de Sensibilidade Ambiental às Florações Massivas de Cianobactérias no Reservatório Guarapiranga, Região Metropolitana de São Paulo. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Ambientais) - Universidade Federal de São Paulo.

4.
BITTENCOURT, A. L.; CUNHA-LIGNON, MARÍLIA; LEITE, C. B. B.. Participação em banca de Laís Mendes Oliveira.Evolução da Paisagem no entorno da represa Billings entre o período de 1986 a 2011. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Ambientais) - Universidade Federal de São Paulo.

5.
Sarubo, S. C.; CUNHA-LIGNON, M.; MENGHINI, R. P.; Kiguem, R.. Participação em banca de Sarah Charlier Sarubo.Áreas de transição no Sistema Estuarino-Lagunar de Cananéia-Iguape: mapeamento, caracterização e perspectivas frente ao aumento do nível médio relativo do mar. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanografia) - Instituto Oceanográfico/USP.

6.
CUNHA-LIGNON, M.; MENGHINI, R. P.; Penteado, P.S.S.. Participação em banca de Helita Maria Teixeira Moaes.Perfil do visitante do Parque Estadual da Ilha do Cardoso (Cananéia ? SP), com ênfase no ecossistema manguezal. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Santa Cecília.

7.
CUNHA-LIGNON, M.; SCHMIEGELOW, J. M. M.; COUTO JUNIOR, O.. Participação em banca de Jociani Debeni.Análise ambiental e dos impactos na área de proteção ambiental de Ilha Comprida, litoral sul do Estado de São Paulo. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Santa Cecília.

8.
CUNHA-LIGNON, M.; Lanna, A.L.D.. Participação em banca de Cláudio Corrêa Abreu.Cubatão: Diretrizes de Desenho Urbano. 2001. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Arquitetura e Urbanismo) - Faculdade de Arquitetura e Urbanismo.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
RIBEIRO FILHO, R. A.; CUNHA-LIGNON, M.; SOUZA, W. J. O.. Concurso público para a contratação de professor 12 horas. 2018. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

2.
CUNHA-LIGNON, M.. Concurso público para a contratação de Professor Doutor, junto ao Departamento de Oceanografia Biológica. 2018. Instituto Oceanográfico/USP.

3.
CUNHA-LIGNON, M.; RIBEIRO, G. P.; MENDES, T. S. G.. contratação de Professor Assistente Doutor, em RDIDP, no conjunto de disciplinas ?Geoprocessamento e Sensoriamento Remoto I? e ?Geoprocessamento e Sensoriamento Remoto II?. 2018. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Outras participações
1.
CUNHA-LIGNON, MARÍLIA. Avaliadora dos trabalhos apresentados na 1a Fase do XXIX Congresso de Iniciação Científica da UNESP. 2017. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

2.
CUNHA-LIGNON, M.. Avaliadora dos trabalhos apresentados na 1a Fase do XXVIII Congresso de Iniciação Científica da UNESP. 2016. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

3.
CUNHA-LIGNON, M.. Judge for the 21st Biennial Conference of the CERF. Graduate Student Oral Communication and Poster Competion.. 2011. Coastal and Estuarine Research Federation.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
IX Congresso Brasileiro de Unidades de Conservação. Conectando universidade, gestão de áreas protegidas e comunidade tradicional: caminhos para gestão participativa em Unidades de Conservação de Uso Sustentável. 2018. (Congresso).

2.
XII Seminário de Manejo Integrado: O Futuro dos Oceanos. 2018. (Seminário).

3.
1o Workshop Monitoramento Integrado de Manguezais.Monitoramento Integrado de Manguezais no Lagamar paulista: estado da arte. 2017. (Oficina).

4.
IUCN MANGROVE SYMPOSIUM 2017.Conserved mangroves sustaining cultural diversity of traditional communities. 2017. (Simpósio).

5.
Workshop Education 'Climate Change and the Oceans'. 2017. (Oficina).

6.
XVIII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto.Monitoramento dos processos sedimentares nas desembocaduras de um sistema costeiro sub-tropical. 2017. (Simpósio).

7.
Ações do Comitê da Bacia Hidrográfica do Ribeira de Iguape e Litoral Sul, à gestão de Riscos de Desastres?. 2016. (Outra).

8.
Mangrove and Magrobenthos Meeting (MMM4).Invasive species of aquatic macrophytes affecting mangrove foresets structure and conservation in protected areas. 2016. (Oficina).

9.
Oficina ?Priorização de Protocolos de Monitoramento da Biodiversidade de UCs com Manguezais?.GT: vegetação de mangue. 2016. (Oficina).

10.
Oficina de aplicação do MARISCO (Manejo Adaptativo de Risco e Vulnerabilidade em Sítios de Conservação),. 2016. (Oficina).

11.
Semana de Atualizações em Ciências Agrárias 2016.Ordenamento Pesqueiro em Unidades de Conservação no Litoral Sul de São Paulo. 2016. (Outra).

12.
Semana de Conservação dos Manguezais em Cananéia. Manguezais de Cananéia: berço de vida, alimento e beleza. 2016. (Exposição).

13.
V Workshop Bio&Clima Lagamar.Projeto Monitoramento de Manguezais: guardiões das zonas costeiras. 2016. (Oficina).

14.
Workshop Soluções baseadas na natureza: oportunidades para adaptação da região do Lagamar ao novo cenário climatico. 2016. (Oficina).

15.
Congresso Brasileiro de Unidades de Conservação - CBUC. Monitoramento de Manguezais: abordagem integrada frente às alterações ambientais. 2015. (Congresso).

16.
Congresso Brasileiro de Unidades de Conservação - CBUC. Manguezais em Imagens: ferramenta educativa e de divulgação científica aplicada a Unidades de Conservação. 2015. (Congresso).

17.
II Seminario-Taller Internacional de Estuarios y Manglares.Use of images and video production of mangrove ecosystem: a coastal management tool. 2015. (Seminário).

18.
II Seminario-Taller Internacional de Estuarios y Manglares.Mangroves monitoring: the guardians of the São Paulo coastal area (Brazil). 2015. (Seminário).

19.
Encontro: Mudanças Climáticas e o Litoral de SP.Monitoramento de Manguezais: Os guardiões das zonas costeiras. 2014. (Encontro).

20.
BIOEN-BIOTA-Climate Change Joint Workshop: Science & policy for a greener economy in the context of RIO+20. 2012. (Oficina).

21.
Marine Data Management: perspectives and research. 2012. (Oficina).

22.
Meeting on Mangrove Ecology, Functioning and Management (MMM3).Urban mangrove dynamics under increasing anthropogenic pressure: analysis of remote sensing data and Brazilian legislation. 2012. (Outra).

23.
Meeting on Mangrove Ecology, Functioning and Management (MMM3).Mangrove Forest Management and Policy Brainstorm Session. 2012. (Outra).

24.
Seminário de Introdução ao Uso das Redes Sociais na Comunicação Científica. 2012. (Seminário).

25.
11th Intternational Coastal Sympoisum.Mangrove Forests Submitted to Depositional Processes and Salinity Variation Investigated using satellite images and vegetation structure surveys. 2011. (Simpósio).

26.
CERF 2011 ? 21th Biennal Conference of the Coastal and Estuarine Research Federation: societies, estuaries and coasts: adapting to change.Modus operandi to analyze impacts in urban and peri-urban mangrove areas. 2011. (Outra).

27.
XV Simpósio de Sensoriamento Remoto.Análise multitemporal de imagens Landsat para monitoramento de áreas de manguezal: subsídio à gestão costeira do litoral sul do Estado de São Paulo. 2011. (Simpósio).

28.
6º Encontro com Usuários de Imagens de Satélites de Sensoriamento Remoto. 2010. (Encontro).

29.
Antropicosta - Iberoamerica. Manguezais da região de Cananéia: à revelia da tendência mundial. 2010. (Congresso).

30.
A ortografia foi para o espaço?. 2010. (Outra).

31.
Competência Intercultural. 2010. (Outra).

32.
International Conference: Getting Post 2010 Biodiversity Targets Right.Mangrove species distribution model in Brazilian coast, using climate data. 2010. (Outra).

33.
International Workshop on Long-Term Studies on Biodiversity. 2010. (Oficina).

34.
IV Seminário de Pesquisa no Vale do Ribeira.Manguezais da Região de Iguape: até quando?. 2010. (Outra).

35.
The 2010 International Meeting of the Association for Tropical Biology and Conservation: Tropical Biodiversity ? surviving the food, energy and climate crisis.Monitoring structural mangrove forests over time (2001-2010). 2010. (Outra).

36.
Young Botanists' Forum.Floristic survey of macrophytes in mangroves subjected to artificial freshwater input: a Brazilian study case. 2010. (Outra).

37.
10th International Coastal Symposium.Mangrove Forests and Sedimentary Processes on the South Coast of São Paulo State (Brazil). 2009. (Simpósio).

38.
9th International Symposium on GIS and Computer Cartography for Coastal Zone Management.Reduction of the mangrove area between 1962 and 2008 in Cubatão, São Paulo State, Brazil. 2009. (Simpósio).

39.
African Botany in Brussels.Impacts on urban and peri-urban mangroves and their implications for governance: Case-studies in the Gambia, Cameroon, Kenya, Brazil and India. 2009. (Simpósio).

40.
V Congresso sobre Planejamento e Gestão das Zonas Costeiras dos Países de Expressão Portuguesa. 2009. (Congresso).

41.
VLIZ Young Scientists? Day.Succession of mangrove forests in depositional areas: A case study in Southeastern Brazil. 2009. (Simpósio).

42.
XIII Congreso Lationamericano de Ciencias del Mar. Mangroves of São Paulo State (Brazil): a spatial and temporal analysis from 1980 to 2009. 2009. (Congresso).

43.
11o Simpósio de Biologia Marinha.Uso de sensoriamento remoto e SIG para gestão de zonas úmidas costeiras tropicais. 2008. (Simpósio).

44.
General Botany and Nature Management - Vrije Universiteit Brussel (VUB).Mangrove Ecology: spatial and temporal development on the south coast of São Paulo (Brazil). 2008. (Seminário).

45.
Conferência - Debate Quel tourisme pour le XXIème Siècle?. 2007. (Outra).

46.
Séminaire Développement Territorial et Tourisme.Mangroves et tourisme: le cas du littoral sud de Sao Paulo (Brésil). 2007. (Seminário).

47.
Séminaire International sur Tourisme à Bruxelles. 2007. (Seminário).

48.
III Simpósio Regional de Geoprocessamento e Sensoriamento Remoto (Geonordeste).Variação espaço-temporal de bosques de mangue. 2006. (Simpósio).

49.
I Seminario IOUSP de Manejo Costeiro.I Seminário IOUSP de Manejo Costeiro. 2006. (Seminário).

50.
VII Congresso de Ecologia do Brasil. Monitoramento do desenvolvimento de bosques de mangue no litoral sul de São Paulo (Brasil). 2005. (Congresso).

51.
XI Simpósio Brasileiro de Geografia Física Aplicada.Dinâmica de sedimento e bosques de mangue: comparação de duas áreas de estudo no Sistema Costeiro Cananéia-Iguape, São Paulo. 2005. (Simpósio).

52.
II Simpósio Brasileiro de Oceanografia.Monitoramento de plântulas, jovens de mangue e cobertura de Spartina alterniflora em manguezais no Sistema Costeiro Cananéia-Iguape, Litoral Sul de São Paulo. 2004. (Simpósio).

53.
5th International Conference on Environmental Future. 5th International Conference on Environmental Future. 2003. (Congresso).

54.
Conference Mangrove 2003: connecting research and participative management of estuaries and mangroves. Bosques de mangue em progradação no Sistema Cananéia-Iguape (Estado de São Paulo): análise digital de fotografias aéreas (1981-1997). 2003. (Congresso).

55.
VI Congresso de Ecologia do Brasil ? Ecossistemas Brasileiros: manejo e conservação. Produção de serapilheira em manguezal da Ilha do Cardoso, Cananéia-SP. 2003. (Congresso).

56.
XV Semana Nacional de Oceanografia.Análise da sucessão em bosques de mangue, a partir de testemunhos de sondagem no Mar de Cananéia (Sistema Costeiro Cananéia-Iguape, São Paulo - SP). 2003. (Outra).

57.
I Simpósio Brasileiro de Oceanografia.Sensoriamento remoto aplicado ao estudo de bosques de mangue em progradação - Sistema Cananéia-Iguape, São Paulo - Brasil. 2002. (Simpósio).

58.
Workshop Processamento e Análise de Imagens. 2002. (Oficina).

59.
8éme Congrès Français de Sédimentologie. Dévélopement structurel des mangroves et la dynamique sédimentaire, Système Côtier Iguape-Cananéia (São Paulo, Brésil). 2001. (Congresso).

60.
Encontro Intercultural dos Povos do Vale do Ribeira: Paisagem e Cultura.Turismo e conservação em zona úmida costeira: Complexo Estuarino-Lagunar de Iguape-Cananéia, São Paulo (Brasil). 2001. (Encontro).

61.
IX Congresso Latinoamericano de Ciências do Mar. Utilização de ferramentas de diferentes escalas espaço-temporais como subsídios para análise do estudo dos níveis hierárquicos do manguezal. 2001. (Congresso).

62.
Conference Sustainable Use of Estuaries and Mangroves: challenges and propescts. Analysis of ecological processes of the mangrove ecosystem: subsidies for conservation in the Cananaéia region ? São Paulo, Brazil. 2000. (Congresso).

63.
V Simpósio de Ecossistemas Brasileiros: conservação.Complexo Estuarino-Lagunar de Iguape-Cananéia: turismo x conservação. 2000. (Simpósio).

64.
VIII Congresso Latinoamericano de Ciências do Mar. Tipos fisiográficos de bosques de mangue de Cananéia, São Paulo, Brasil. 1999. (Congresso).

65.
V Encontro Nacional em Áreas de Manguezal.Manguezais, sentinelas avançados das mudanças do nível médio relativo do mar. 1998. (Encontro).

66.
VII Congresso Latino-Americano sobre Ciências do Mar. A concepção de mar de professores de 1o e 2o graus do Rio de Janeiro. 1997. (Congresso).

67.
3o Congresso de Ecologia do Brasil. 3o Congresso de Ecologia do Brasil. 1996. (Congresso).

68.
III Reunião Especial da SBPC - Ecossistemas Costeiros - do conhecimento à gestão.Biologia marinha para grande público na Semana Internacional do Meio Ambiente no Rio de Janeiro. 1996. (Outra).

69.
IV Encontro Nacional de Educação Ambiental em Áreas de Manguezal.Atuação do CECIERJ na educação ambiental em áreas de manguezal para professores de 1o e 2o graus. 1996. (Encontro).

70.
Encontro de Estudantes e Pesquisadores Brasileiros na França (APEB).Encontro de Estudantes e Pesquisadores Brasileiros na França (APEB). 1994. (Encontro).

71.
V Reunião do Grupo de Trabalho sobre Pesca e Pesquisa de Tubarões e Raias no Brasil.V Reunião do Grupo de Trabalho sobre Pesca e Pesquisa de Tubarões e Raias no Brasil. 1991. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
CUNHA-LIGNON, M.; VEDOR, E. . Workshop Monitoramento da Biodiversidade e Gestão das Unidades de Conservação do Lagamar Paulista. 2017. (Outro).

2.
CUNHA-LIGNON, M.; GARRONE NETO, D. ; CAMPOLIM, M. ; MACHADO, L. P. ; COELHO, J. C. ; JANKOWSKY, M. . 1o Workshop Monitoramento Integrado de Manguezais. 2017. (Outro).

3.
CUNHA-LIGNON, M.. X Semana Nacional do Livro e Semana da Biblioteca do Câmpus Experimental de Registro. 2017. (Outro).

4.
CUNHA-LIGNON, M.. Semana de Atualizações em Ciências Agrárias 2016. 2016. (Outro).

5.
CUNHA-LIGNON, M.. Semana de Conservação dos Manguezais. 2016. (Outro).

6.
CUNHA-LIGNON, M.. IX Semana da Biblioteca do Câmpus Experimental de Registro. 2016. (Outro).

7.
CUNHA-LIGNON, M.. VII Semana Municipal pela Conservação dos Manguezais. 2011. (Outro).

8.
CUNHA-LIGNON, M.. Meeting on Mangrove ecology, functioning and Management?. 2011. (Congresso).

9.
CUNHA-LIGNON, M.. II Simpósio Brasileiro de Oceanografia. 2004. (Congresso).

10.
CUNHA-LIGNON, M.. I Simpósio Brasileiro de Oceanografia. 2002. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
João Batista Damasio Neto. Manguezais do Munícipio de Cananeia: mapeamento e análise espaço-temporal com uso de imagens de satélite de média e alta resoluções. Início: 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Pesca) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. (Orientador).

2.
Letícia Fernanda Baptiston. Valoração dos manguezais de Cananéia, a partir da perspectiva dos pescadores amadores. Início: 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Pesca) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Marina Paixão Gil. Caracterização dos manguezais e macrófitas da região de Iguape, SP. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Engenharia de Pesca) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Fundo Estadual de Recursos Hídricos. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Armando Soares dos Reis Neto. Variação Espaço-Temporal dos Manguezais do Rio Ceará. 2013. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente) - Universidade Federal do Ceará, Programa Universidade para Todos. Coorientador: Marília Cunha Lignon.

2.
Francisca Rocha de Souza Pereira. Utilização de radar de abertura sintética no estudo da tipologia e da estrutura de bosques de mangue do litoral sul do Estado de São Paulo, Brasil. 2011. Dissertação (Mestrado em Sensoriamento Remoto) - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marília Cunha Lignon.

3.
Luciana Cavalcanti Maia Santos. Sistema estuarino-lagunar do Rio São Francisco, zona costeira de Sergipe, Brasil: uso e cobertura da terra e diagnóstico ambiental dos manguezais. 2010. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Ciências) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Coorientador: Marília Cunha Lignon.

4.
Julien Flandroy. Analysis of peri-urban mangrove forest dynamics (1962-2008) in Cubatão (Baixada Santista, São Paulo ? Brazil) using air-borne and space-borne imagery in a geographical information system (GIS). 2010. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Université Libre de Bruxelles, . Coorientador: Marília Cunha Lignon.

5.
Jonathan Avau. Les modalités et applications touristiques dans les mangroves des Caraïbes. 2009. Dissertação (Mestrado em Sciences et Gestion de l?Environnement) - Université Libre de Bruxelles, . Coorientador: Marília Cunha Lignon.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Thiago Wolf de Camargo. Relação da pesca estuarina com o estado de conservação dos manguezais do trecho paulista do Mosaico de Áreas Protegidas do Lagamar. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia de Pesca) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Marília Cunha Lignon.

2.
Sarah Charlier Sarubo. Mapeamento e caracterização de clareiras em áreas de manguezal na região de Cananéia, Sistema Costeiro Cananéia-Iguape, Estado de São Paulo. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Oceanografia) - Instituto Oceanográfico/USP, Fundação Grupo Boticário. Orientador: Marília Cunha Lignon.

3.
Armando Soares dos Reis Neto. Descrição da paisagem do manguezal do Rio Ceará na região de Iparana-Caucaia: Análise Comparativa dos anos de 1968 e 2009. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia de Pesca) - Universidade Federal do Ceará, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marília Cunha Lignon.

4.
Luciana Cavalcanti Maia Santos. Dinâmica de manguezal: variação espaço-temporal dos bosques de mangue do Rio Iriri (Baixada SAntista, São Paulo, Brasil). 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual Paulista, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Marília Cunha Lignon.

5.
Helita Maria Teixeira Moaes. Perfil do visitante do Parque Estadual da Ilha do Cardoso (Cananéia ? SP), com ênfase no ecossistema manguezal. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Santa Cecília. Orientador: Marília Cunha Lignon.

Iniciação científica
1.
Julia Pohl Altafin. Avaliação da produção de ostras do mangue Crassostrea spp da Reserva Extrativista Ilha do Tumba (Cananeia - SP): uma proposta de monitoramento participativo. 2018. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia de Pesca) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Marília Cunha Lignon.

2.
Julia Pohl Altafin. Avaliação do impacto do lixo marinho em tartarugas marinhas do litoral sul de São Paulo. 2018. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia de Pesca) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, PROEX-UNESP. Orientador: Marília Cunha Lignon.

3.
Taynara Castro da Silva Pupo. Lixo marinho na APA Ilha Comprida, litoral sul do Estado de São Paulo: ênfase em petrechos de pesca. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia de Pesca) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Marília Cunha Lignon.

4.
Elisa Maia de Godoy. Lixo Marinho Internacional na Área de Proteção Ambiental da Ilha Comprida, litoral sul do Estado de São Paulo. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia de Pesca) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Marília Cunha Lignon.

5.
Jonathan César Gonçalves de Aquino. Análise das Áreas de Risco Natural em Manguezais, no Litoral Sul de São Paulo. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia de Pesca) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Bolsa de Apoio Acadêmico e Extensão I. Orientador: Marília Cunha Lignon.

6.
Bárbara Gonçalves de Morais. Viabilização de alternativas econômicas dentro de Unidades de Conservação explorando recursos vegetais. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Agronômica) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Bolsa de Apoio Acadêmico e Extensão I. Orientador: Marília Cunha Lignon.

7.
Mayara Corazza. Estado de Conservação dos Manguezais da Baixada Santista. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Ambientais) - Universidade Federal de São Paulo. Orientador: Marília Cunha Lignon.

Orientações de outra natureza
1.
Isabelly Pereira Muniz Ribeiro. Ecossistema Manguezal: sentinelas das zonas costeiras ? Fase I: organização e planejamento. 2016. Orientação de outra natureza. (Engenharia de Pesca) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Bolsa de Apoio Acadêmico e Extensão I. Orientador: Marília Cunha Lignon.

2.
Leticia Fernanda Baptiston. Avaliação do Risco Social do Baixo e Médio Ribeira e Litoral Sul de São Paulo, Frente às Mudanças Climáticas, e suas Consequências para a Pesca. 2016. Orientação de outra natureza. (Engenharia de Pesca) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Marília Cunha Lignon.

3.
Daniela de Aguiar Santos. Lixo costeiro-marinho no litoral sul de São Paulo: atuação da UNESP, câmpus de Registro. 2016. Orientação de outra natureza. (Engenharia Agronômica) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Bolsa de Apoio Acadêmico e Extensão I. Orientador: Marília Cunha Lignon.

4.
Everton Viesba. Manguezais em Imagens: produção de material de divulgação científica. 2013. Orientação de outra natureza. (Licenciatura Plena em Ciências) - Universidade Federal de São Paulo, Fundação Grupo Boticário. Orientador: Marília Cunha Lignon.

5.
Ana Cecília Moz Alves Rodrigues. Manguezais na Educação. 2013. Orientação de outra natureza. (Oceanografia) - Instituto Oceanográfico/USP, Fundação Grupo Boticário. Orientador: Marília Cunha Lignon.



Educação e Popularização de C & T



Textos em jornais de notícias/revistas
1.
CUNHA-LIGNON, M.. A mata pede trégua: para salvar a floresta tropical mais ameaçada do mundo é preciso agir rápido (entrevista). SuperInteressante ? Especial Ecologia: Como salvar o Brasil, São Paulo, p. 69 - 73, 01 dez. 2001.

2.
CUNHA-LIGNON, M.. Ecossistemas frágeis da Ilha Comprida voltam a ser ameaçados por loteamentos, ambientalistas entram com representação contra alteração do decreto estadual da Área de Proteção Ambiental, que pretende legalizar loteamentos (entrevista). Estadão on line, São Paulo, 27 jun. 2003.

3.
CUNHA-LIGNON, M.. Rede Cananéia e demais parceiros realizam Workshop sobre Zonas Úmidas e Convenção de Ramsar: a proposta é fazer com que o Complexo Estuarino-Lagunar Paranaguá-Cananéia-Iguape e Peruíbe se torne um Sítio Ramsar (entrevista). Informativo Rede Cananéia, Cananéia, 01 fev. 2006.

4.
CUNHA-LIGNON, M.. Estudos mapeiam formação e recuperação de manguezais (entrevista). Diário de Bordo do, IOUSP, São Paulo, 01 abr. 2007.

5.
CUNHA-LIGNON, M.. Paraíso Poluído: Canal aberto em 1855 facilitou espalhamento de metais pesados no litoral sul de São Paulo (entrevista). Revista Pesquisa Fapesp, São Paulo, p. 58 - 59, 01 maio 2010.

6.
CUNHA-LIGNON, M.. Pesquisas avaliam a dinâmica e a ocupação dos mangues brasileiros (entrevista). site do Ministério de Ciência e Tecnologia (MCT), Brasília, 04 ago. 2010.

7.
CUNHA-LIGNON, M.. INPE pesquisa ameaça a manguezais no litoral paulista (entrevista). site do INPE, São José dos Campos, 06 out. 2010.

8.
CUNHA-LIGNON, M.. Pesquisa constata redução dos manguezais no litoral sul de São Paulo (entrevista). Agência Brasil, 27 out. 2010.

9.
CUNHA-LIGNON, M.. Imagens de satélite são utilizadas para monitorar mangues (entrevista). Jornal O Vale, São José dos Campos, 29 out. 2010.

10.
CUNHA-LIGNON, M.. Com imagens de satélite, INPE mapeia mangue do litoral do SP (entrevista). Jornal O Vale, São José dos Campos, 26 dez. 2010.

11.
CUNHA-LIGNON, M.. Alerta para riscos aos manguezais de São Paulo (entrevista). Portal O ECO, 09 fev. 2011.

12.
CUNHA-LIGNON, M.; SCHAFFER--NOVELLI, Y. ; DAHDOUH-GUEBAS, F. . La zone côtière brésilienne: l?occupation humaine, la qualité de vie des populations et la gestion des écosystèmes. Panoramica Latinoamericana. édition belge, Bruxelas, p. 6 - 7, 01 fev. 2009.

13.
CUNHA-LIGNON, M.. Le tourisme dans la mangrove au Bresil: un outil pour la conservation de la zone côtière. Panoramica Latinoamericana, édition belge, Bruxelas, p. 9 - 10, 01 nov. 2007.

14.
CUNHA-LIGNON, M.. Expansão de porto ocupará 7% dos mangues da Baixada (entrevista). Estadão, 05 fev. 2012.

15.
ABESSA, D. ; ROVAI, A. S. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. ; MARTINEZ, D. I. ; COELHO-Jr, C. ; CUNHA-LIGNON, M. ; ALMEIDA, R. . A Privatização dos Manguezais. Revista Waves, p. 1 - 2, 12 abr. 2012.

16.
CUNHA-LIGNON, M.. A bióloga, Marília Cunha Lignon, fala sobre a importância da conservação de manguezais (entrevista). Revista Expedição de Campo, Cananéia, p. 12 - 13, 01 jul. 2012.

17.
CUNHA-LIGNON, M.. Riqueza em detalhes (entrevista). Agência Fapesp On line, São Paulo, 24 jan. 2006.


Apresentações de Trabalho
1.
CUNHA-LIGNON, M.. Impactos y Conservación de los Manglares en Brasil. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
CUNHA-LIGNON, M.. Monitoreo de Manglares: centinelas de la zona costera. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
CUNHA-LIGNON, M.. Monitoramento de Manguezais: Os guardiões das zonas costeiras. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
AQUINO, J. C. G. ; CUNHA-LIGNON, M. . Caracterização das áreas de risco e ocorrência de macrófitas invasoras na região de Iguape (Litoral Sul de São Paulo). 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
CAMARGO, T. W. ; MENDONCA, J. T. ; CUNHA-LIGNON, M. . Relação da pesca estuarina com o estado de conservação dos manguezais do Mosaico de Áreas Protegidas do Lagamar. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
SILVA, T. T. C. ; CUNHA-LIGNON, M. ; PASSARD, K. ; GODOY, D. F. . Atuação do(a) Engenheiro(a) de Pesca na preservação dos mamíferos marinhos do litoral sul do estado de São Paulo. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
TRUZZ, D. F. ; AQUINO, J. C. G. ; BUZO, L. F. ; QUITO, L. ; PERALTA, N. B. A. ; PARADA, I. ; NASCIMENTO, E. R. ; CUNHA-LIGNON, M. . A Atuação do Engenheiro de Pesca nas Unidades de Conservação do Litoral Sul de São Paulo. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

8.
CUNHA-LIGNON, M.. Monitoramento de manguezais: os guardiões das zonas costeiras. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
BAPTISTON, L. F. ; CUNHA-LIGNON, M. . Saneamento básico e qualidade ambiental dos municípios do Baixo e Médio Ribeira e Litoral Sul de São Paulo. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
CUNHA-LIGNON, MARÍLIA. Estado de Conservação dos Manguezais do Lagamar Paulista. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
CUNHA-LIGNON, M.. Conservação e Impactos Ambientais em Zonas Costeiras. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
CUNHA-LIGNON, M.. A contribuição da Universidade na Gestão de Unidades de Conservação. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
LIGNON, M.C.. Condições ambientais dos manguezais paulistas: qual o compromisso da universidade?. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Cursos de curta duração ministrados
1.
CUNHA-LIGNON, M.. Monitoramento de Manguezais: os guardiões das zonas costeiras. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
CUNHA-LIGNON, M.. Monitoramento dos guardiões das zonas costeiras. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Outra).


Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
CUNHA-LIGNON, M.. INPE pesquisa ameaça a manguezais no litoral paulista. 2010. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
CUNHA-LIGNON, M.; SCHAFFER--NOVELLI, Y. . Manguezais Brasileiros. 2013.

3.
CUNHA-LIGNON, M.. Valo Grande em Iguape está trazendo prejuízo aos moradores. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

4.
CUNHA-LIGNON, MARÍLIA; GARRONE NETO, D. ; GODOY, D. F. . Diversidade e Conservação da Fauna Associada aos Manguezais. 2017. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

5.
ROVAI, A. S. ; COELHO-Jr, C. ; SCHAFFER--NOVELLI, Y. ; ALMEIDA, R. ; MENGHINI, R. P. ; CINTRON, G. ; CUNHA-LIGNON, M. . International Action Needed for Reversing Brazil's Forest Code. 2013. (Programa de rádio ou TV/Comentário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
CUNHA-LIGNON, M.. Semana de Conservação dos Manguezais. 2016. (Outro).

2.
CUNHA-LIGNON, M.. X Semana Nacional do Livro e Semana da Biblioteca do Câmpus Experimental de Registro. 2017. (Outro).

3.
CUNHA-LIGNON, M.. IX Semana da Biblioteca do Câmpus Experimental de Registro. 2016. (Outro).


Redes sociais, websites e blogs
1.
CUNHA-LIGNON, M.. Comunidade no Facebook 'Ecossistemas Costeiros e Marinhos'. 2012; Tema: Ecossistemas Costeiros e Marinhos. (Rede social).

2.
COELHO-Jr, C. ; CUNHA-LIGNON, M. ; Sarubo, S. C. . Comunidade no Facebook 'Os Maravilhosos Manguezais do Brasil'. 2013; Tema: Manguezais e educação ambiental. (Rede social).

3.
ABUCHALA, G. ; COELHO-Jr, C. ; CUNHA-LIGNON, M. . Página no Facebook do 'Instituto BiomaBrasil'. 2012; Tema: Gestão e Conservação de Zonas Úmidas Costeiras Tropicais. (Site).


Artes Visuais
1.
CUNHA-LIGNON, M.. 'Manguezais de Cananéia: berço de vida, alimento e beleza?. 2016. Fotografia.



Outras informações relevantes


Lider do Grupo de Pesquisa do CNPq 'Monitoramento Integrado de Manguezais', criado em 09/2016. Membro do Grupo de Pesquisa do CNPq 'Conservação e Desenvolvimento do Vale do Ribeira', desde 10/2016. Membro da IUCN Species Survival Commission Mangrove Specialist, desde 2013, quando foi criado. Membro da Rede de Monitoramento de Habitats Bentônicos Costeiros (ReBentos), desde 2011. Conselheira Técnica da Area Piloto 5 , do Projeto Manguezais do Brasil, financiado pelo PNUD (2012-2013). Membro do Conselho Deliberativo da RDS Itapinhapima e Resex do Taquari, a partir de 08/2016. Membro do Conselho Consultivo da APA Cananéia-Iguape-Peruíbe (2014-2016; 2016-2018). Conselheira suplente do Conselho Municipal de Meio Ambiente de Cananéia (2011-2013). ORCID ID: http://orcid.org/0000-0001-5923-1661



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 09/12/2018 às 18:22:24