Maria Bernadete de Morais França

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/2508563080269176
  • Última atualização do currículo em 18/09/2018


possui graduação em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal da Paraíba (1996), mestrado em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal da Paraíba (1998) e doutorado em Engenharia Elétrica pela UNICAMP (2015). É professora no curso de Engenharia Elétrica da Universidade Estadual de Londrina desde 2003 e participa do Mestrado em Engenharia Elétrica da UEL desde 2016. Tem experiência na área de Engenharia Elétrica, com ênfase em Circuitos Eletrônicos analógicos e digitais, atuando principalmente nos seguintes temas: microcontrolador, sensores para agricultura, instrumentação eletrônica, linguagem de descrição de hardware, robótica educacional e microeletrônica. É uma das idealizadoras do ROBOLON, evento que acontece bianualmente em Londrina, envolvendo crianças e adolescentes das escolas públicas e privadas da região, com a robótica e automação. É tutora do Ramo Estudantil da IEEE da UEL e atualmente coordena o Programa de Mestrado em Engenharia Elétrica da UEL. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Maria Bernadete de Morais França
Nome em citações bibliográficas
FRANÇA, Maria Bernadete de Morais;de M. França, Maria B.;França, Maria Bernadete de M.;DE MORAIS FRANCA, MARIA BERNADETE;FRANÇA, MARIA BERNADETE M.;FRANÇA, MARIA BERNADETE

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Estadual de Londrina, Centro de Tecnologia e Urbanismo, Engenharia Elétrica.
Rod. Celso Garcia Cid, PR 445, km 380
Campus Universitário
86051-990 - Londrina, PR - Brasil - Caixa-postal: 6001
Telefone: (43) 33714790
Ramal: 31
Fax: (43) 33714789
URL da Homepage: www.uel.br


Formação acadêmica/titulação


2012 - 2015
Doutorado em Doutorado em Engenharia Elétrica.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Título: Contribuição ao estudo e fabricação de sensores de umidade do solo usando a técnica da transferência de calor, Ano de obtenção: 2015.
Orientador: Jose Antonio Siqueira Dias.
Palavras-chave: Instrumentação Eletrônica; Instrumentação agrícola; Agricultura de Precisão; Ponte de Wheatstone; Irrigação.
Grande área: Engenharias
Grande Área: Ciências Agrárias / Área: Engenharia Agrícola.
Setores de atividade: Agricultura, Pecuária e Serviços Relacionados.
1996 - 1998
Mestrado em Engenharia Elétrica.
Universidade Federal de Campina Grande, UFCG, Brasil.
Título: Caracterização de Sensores Termo-Resistivos Utilizando Degrau de Potência Elétrica,Ano de Obtenção: 1999.
Orientador: Gurdip Singh Deep.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: sensores termo-resistivos; degrau de potência elétrica; caracterização elétrica.
Grande área: Engenharias
1990 - 1996
Graduação em Engenharia Elétrica.
Universidade Federal de Campina Grande, UFCG, Brasil.
1986 - 1989
Curso técnico/profissionalizante.
Instituto Federal do Piauí, IFPI, Brasil.
1977 - 1984
Ensino Fundamental (1º grau).
Unidade Escolar Sigefredo Pacheco, UESP, Brasil.




Formação Complementar


2009 - 2009
Planejamento, Design, Produção e Avaliação de Prog. (Carga horária: 16h).
Escola de Governo do Paraná, EGP, Brasil.
2009 - 2009
Gestão do e-Learning. (Carga horária: 16h).
Escola de Governo do Paraná, EGP, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Campina Grande, UFCG, Brasil.
Vínculo institucional

1995 - 1996
Vínculo: Bolsista CNPQ/PIBIC, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 20
Outras informações
Projeto de iniciaçao cientifica intitulada Tecnicas de Excitaçao em Sensores Termoresistivos, sob orientaçao do professor Gurdip Singh Deep.

Vínculo institucional

1994 - 1995
Vínculo: Bolsista CNPQ/PIBIC, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 20
Outras informações
Projeto de iniciaçao cientifica intitulada Caracterizaçao de Sensores Termoresistivos, sob orientaçao do professor Gurdip Singh Deep.

Vínculo institucional

1993 - 1994
Vínculo: Bolsista CNPQ, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 14
Outras informações
Projeto de iniciaçao cientifica intitulada Modulo Portatil de Memoria RAM, sob orientaçao do professor Gurdip Singh Deep.


Universidade Estadual de Londrina, UEL, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora Adjunta, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2003 - 2015
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professora Assistente, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Professor assistente

Vínculo institucional

1999 - 2000
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora temporária, Carga horária: 40
Outras informações
professor temporário

Atividades

06/2017 - Atual
Direção e administração, Centro de Tecnologia e Urbanismo, Departamento de Engenharia Elétrica.

Cargo ou função
Coordenadora do Programa de Mestrado em Engenharia Elétrica.
12/2016 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Tecnologia e Urbanismo, Departamento de Engenharia Elétrica.

Cargo ou função
Representante na Comissão Própria para Avaliação.
04/2016 - Atual
Ensino, Engenharia Eletrica, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Tópicos Especiais em Circuito Eletrônico para Instrumentação
Métodos, Procedimentos e Técnicas de Pesquisa
08/2015 - Atual
Ensino, Engenharia Elétrica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Circuitos eletrônicos II
Circuitos digitais II
Introdução à projeto de pesquisa
03/2010 - 07/2012
Ensino, Engenharia Elétrica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Circuitos Digitais II - teoria e prática
Introdução à Microeletrônica - teoria e prática
Tópicos em Projeto - TCC
12/2008 - 12/2010
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Tecnologia e Urbanismo, .

Cargo ou função
Suplente de Representante Docente do Centro de Tecnologia e Urbanismo no Conselho Universitário.
03/2008 - 02/2010
Direção e administração, Centro de Tecnologia e Urbanismo, Departamento de Engenharia Elétrica.

Cargo ou função
Vice-Coordenadora do Colegiado do Curso de Engenharia Elétrica.
03/2009 - 12/2009
Ensino, Engenharia Elétrica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Projeto de Circuito Integrado Digital - teoria e prática
Projeto de Circuitos Integrados Analógicos - teoria e prática
Introdução à microeletrônica - teoria e prática
Circuitos Digitais II - teoria e prática
08/2008 - 12/2008
Ensino, Engenharia Elétrica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Projeto de Circuitos Integrados - Teoria e Laboratório
03/2008 - 12/2008
Ensino, Engenharia Elétrica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Projeto de Circuitos Integrados - Laboratório
Circuitos Digitais II - Teoria e Laboratório
Circuitos Digitais I - teoria
5/2005 - 03/2008
Direção e administração, Centro de Tecnologia e Urbanismo, Departamento de Engenharia Elétrica.

Cargo ou função
Coordenadora do Colegiado do Curso de Engenharia Elétrica.
02/2007 - 12/2007
Ensino, Engenharia Elétrica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Projeto de Circuitos Integrados - Laboratório
Circuitos Digitais I - Teoria
03/2004 - 12/2005
Ensino, Engenharia Elétrica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Circuitos Eletrônicos - Laboratório
Projeto de Circuitos Integrados - Laboratório
4/2003 - 12/2003
Ensino, Engenharia Elétrica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Circuitos eletrônicos - prática
Projeto de circuitos integrados - teoria e prática
8/1999 - 5/2000
Extensão universitária , Hospital Universitário, .

Atividade de extensão realizada
Programa para melhoria do parque tecnológico do Hospital Regional do Norte dop Paraná.
5/1999 - 5/2000
Ensino, Engenharia Elétrica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Laboratório de Microprocessadores
Análise e Controle de Sistemas Dinâmicos

Universidade Norte do Paraná, UNOPAR, Brasil.
Vínculo institucional

1999 - 2001
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Outro, Carga horária: 28
Outras informações
Professora de ensino superior

Atividades

8/1999 - 2/2001
Ensino, Engenharia Elétrica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Eletricidade
Laboratório de Eletricidade
Eletrônica Básica
Eletrônica Aplicada

Fundação de Ensino Técnico de Londrina, FUNTEL, Brasil.
Vínculo institucional

1999 - 1999
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Outro, Carga horária: 12
Outras informações
professor

Atividades

2/1999 - 7/1999
Ensino,

Disciplinas ministradas
Eletrônica Básica
Eletrônica Digital


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
ANÁLISES COMPORTAMENTAIS E DE DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO EM PEIXES COMO BIOMARCADORES DE CONTAMINAÇÃO
Descrição: OS CORPOS D?ÁGUA SÃO O DESTINO DE MUITOS CONTAMINANTES LANÇADOS NO AMBIENTE, POR FONTES PONTUAIS E DIFUSAS. NA AVALIAÇÃO DOS EFEITOS QUE OS XENOBIÓTICOS PODEM PROVOCAR NOS ORGANISMOS SÃO UTILIZADAS ANÁLISES EM DIFERENTES NÍVEIS DE ORGANIZAÇÃO BIOLÓGICA, COMO AS MOLECULARES/BIOQUÍMICAS, CELULARES, FISIOLÓGICAS E HISTOLÓGICAS. ALTERAÇÕES COMPORTAMENTAIS PODEM OCORRER EM DECORRÊNCIA DE PERTURBAÇÕES EM QUALQUER UM DESTES NÍVEIS, PODENDO SER UMA DAS PRIMEIRAS DETECTADAS. NAS ÚLTIMAS DÉCADAS TEM HAVIDO UMA MAIOR PREOCUPAÇÃO COM AS QUESTÕES ÉTICAS RELACIONADAS AO USO DE ANIMAIS NA EXPERIMENTAÇÃO CIENTÍFICA, O QUE VEM RESULTANDO NA SUBSTITUIÇÃO DE MODELOS, REFINAMENTO DE PRÁTICAS VISANDO MINIMIZAR A DOR E O SOFRIMENTO DOS ORGANISMOS-TESTE. ASSIM, ALÉM DO ESTUDO DE OUTROS PARÂMETROS DE ANÁLISE, COMO O COMPORTAMENTAL, FAZ-SE NECESSÁRIO O DESENVOLVIMENTO DE NOVAS ANÁLISES COM MODELOS BIOLÓGICOS ALTERNATIVOS. NESSE SENTIDO, O USO DE ANIMAIS EM ESTÁGIOS INICIAIS DE VIDA, COMO POR EXEMPLO DURANTE O PERÍODO EMBRIONÁRIO, TAMBÉM PODE SER ÚTIL PARA O CONHECIMENTO DOS POSSÍVEIS EFEITOS DE XENOBIÓTICOS. MUITAS SUBSTÂNCIAS QUE ALCANÇAM OS CORPOS D?ÁGUA PODEM TER EFEITOS NEUROTÓXICOS, COMO AGROTÓXICOS, ESPECIALMENTE OS INSETICIDAS, E SUBSTÂNCIAS DENOMINADAS DE CONTAMINANTES EMERGENTES, COMO POR EXEMPLO FÁRMACOS E SEUS METABÓLITOS. ASSIM, O PRESENTE TRABALHO PROPÕE A AVALIAÇÃO DOS EFEITOS DE INSETICIDAS COMO O REGENT®, CUJO PRINCÍPIO ATIVO É O FIPRONIL, UM BLOQUEADOR DA RESPOSTA GABAÉRGICA, E O K-OTHRINE®, UM PIRETRÓIDE DO TIPO II. O PRINCÍPIO ATIVO DESTE ÚLTIMO É A DELTAMETRINA, QUE TAMBÉM TEM COMO EFEITO CONHECIDO A HIPEREXCITABILIDADE DO SNC. OUTRAS SUBSTÂNCIAS A SEREM ANALISADAS SÃO FÁRMACOS COM EFEITO SOBRE O SISTEMA NERVOSO, ESPECIALMENTE ANSIOLÍTICOS, QUE ALÉM DA PREOCUPAÇÃO ECOTOXICOLÓGICA QUE SUSCITAM, PODERÃO SERVIR DE PARÂMETRO PARA A PADRONIZAÇÃO DE TÉCNICAS DE ANÁLISE DO COMPORTAMENTO DE PEIXES, ESPECIALMENTE DAQUELAS RELACIONADAS À ANSIOGÊNESE/ANSIÓLISE. NOS EXPERIMENTOS COMPORTAMENTAIS PARA A AVALIAÇÃO DESTAS SUBSTÂNCIAS SERÁ UTILIZADA A ESPÉCIE DE PEIXE DE PEQUENO PORTE DANIO RERIO. OS TESTES REALIZADOS SERÃO A NATAÇÃO ESPONTÂNEA, A RESISTÊNCIA NATATÓRIA, O TESTE DO ?CLARO-ESCURO?, A EXPLORAÇÃO ESPACIAL E O TESTE DE ESQUIVA À UMA SUBSTÂNCIA DE ALARME. AS ANÁLISES DA NATAÇÃO ESPONTÂNEA E DO TESTE DE AVOIDANCE SERÃO REALIZADAS COM O AUXÍLIO DOS SOFTWARES DE FILMAGEM E ANÁLISE GEOVISION E SACAM, RESPECTIVAMENTE. ESPERA-SE QUE OS TESTES PROPOSTOS SE COMPLEMENTEM, SEJAM SENSÍVEIS E AUXILIEM NA IDENTIFICAÇÃO DE SINAIS QUE INDIQUEM NEUROTOXICIDADE, CONSTITUINDO EM CONJUNTO UM BIOMARCADOR COMPORTAMENTAL DE CONTAMINAÇÃO DA ÁGUA. OS EXPERIMENTOS PARA A ANÁLISE DO DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO DE D. RERIO SEGUIRÃO O PROTOCOLO OECD 236 PARA TESTES DE TOXICIDADE DE SUBSTÂNCIAS QUÍMICAS (?FET - FISH EMBRYO TOXICITY TEST?), COM DURAÇÃO DE 96 HORAS, MAS TAMBÉM SERÁ AVALIADO O FET ESTENDIDO, COM ATÉ 168H. AS ANÁLISES COMPORTAMENTAIS COM AS LARVAS (PEIXES COM 24 HORAS PÓS-ECLOSÃO) SERÃO BASEADAS NA NATAÇÃO ESPONTÂNEA NO AMBIENTE DA MICROPLACA DE 24 POÇOS, ANALISADA EM TEMPO REAL OU EM VÍDEOS GRAVADOS, COM AUXÍLIO DE SOFTWARE PARA RASTREAMENTO DE MOVIMENTO. PARÂMETROS SUBLETAIS COMO A MOVIMENTAÇÃO DO EMBRIÃO E A FREQUÊNCIA CARDÍACA APÓS 24 HORAS PÓS-FERTILIZAÇÃO TAMBÉM SERÃO AVALIADOS COMO POSSÍVEIS ENDPOINTS PARA ESTES TESTES. DE MANEIRA COMPLEMENTAR SERÃO DESENVOLVIDOS SISTEMAS AUTOMATIZADOS EM COLABORAÇÃO COM O DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA DA UEL, QUE TORNARÃO MAIS PRÁTICAS E PRECISAS AS AVALIAÇÕES UTILIZANDO O SISTEMA DE RESISTÊNCIA NATATÓRIA PARA PEIXES ADULTOS E A ANÁLISE DO COMPORTAMENTO DE LARVAS DE DANIO RERIO..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (6) .
Integrantes: Maria Bernadete de Morais França - Integrante / Juliana Delatim - Integrante / Paulo Cesar Meletti - Coordenador.
2018 - Atual
ESTUDO E APRIMORAMENTO DE NOVAS TÉCNICAS DE DESENVOLVIMENTO DE SENSORES DE UMIDADE DO SOLO BASEADOS NA TRANSFERÊNCIA DE CALOR.
Descrição: CONHECER A UMIDADE DO SOLO É IMPORTANTE PARA VÁRIAS ÁREAS COMO AGRONOMIA, GEOCIÊNCIAS E CONSTRUÇÃO CIVIL. PARA TANTO, VÁRIOS SENSORES FORAM DESENVOLVIDOS AO LONGO DO TEMPO, BASEADOS EM DIFERENTES TÉCNICAS, DENTRE ELAS, POR TRANSFERÊNCIA DE CALOR. ESSE PRINCÍPIO É UTILIZADO NOS SENSORES DO TIPO PONTEIRA SIMPLES (SINGLE HEAT PULSE PROBE - SHPP), PONTEIRA DUPLA (DUAL HEAT PULSE PROBE - DHPP) E PONTEIRA MÚLTIPLA (MULTI HEAT PULSE PROBE - MHPP). PARA SOLUCIONAR O PROBLEMA DO ERRO DEVIDO À DEFLEXÃO DAS HASTES DO DHPP, A LITERATURA APRESENTA A PONTEIRA EM BOTÃO (BUTTON HEAT PULSE PROBE - BHPP). NESTE PROJETO, PRETENDE-SE APERFEIÇOAR A TÉCNICA DE FABRICAÇÃO DE ESTRUTURAS INÉDITAS DE SENSORES DOS TIPOS PONTEIRA BOTÃO, DESENVOLVIDAS NO TRABALHO DE DOUTORADO DA AUTORA. ALÉM DE COMPARAR OS RESULTADOS COM OUTRA TÉCNICA IMPLEMENTADA COM TRANSISTORES BIPOLARES, EM DESENVOLVIMENTO EM TRABALHO DE MESTRADO ORIENTADO PELA AUTORA..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Maria Bernadete de Morais França - Coordenador.
2015 - Atual
QUALIFICAÇÃO DE GASES DISSOLVIDOS EM ÓLEO DE TRANSFORMADOR USANDO ESPECTROMETRIA NIR

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) José Alexandre de França em 23/09/2016.
Descrição: A CONFIABILIDADE E VIDA ÚTIL DOS TRANSFORMADORES REGULADORES DE TENSÃO E OUTROS EQUIPAMENTOS ELÉTRICOS DEPENDEM, EM GRANDE PARTE, DA PRESERVAÇÃO DO SEU SISTEMA DE ISOLAMENTO ELÉTRICO. AO LONGO DOS ANOS, PESQUISADORES CORRELACIONAM AS FALHAS ELÉTRICAS E TÉRMICAS COM OS GASES DISSOLVIDOS NO ÓLEO DESSES EQUIPAMENTOS. SE UMA FALTA INCIPIENTE ESTIVER PRESENTE, A CONCENTRAÇÃO DOS GASES AUMENTA SIGNIFICATIVAMENTE. DIANTE DO EXPOSTO, ESTE TRABALHO PROPÕE O USO DE ESPECTROMETRIA NIR PARA QUALIFICAÇÃO DOS GASES DISSOLVIDOS (METANO, ETANO, ETILENO, ACETILENO E HIDROGÊNIO, MONÓXIDO DE CARBONO, DIÓXIDO DE CARBONO E VAPOR DE ÁGUA) EM ÓLEO DE EQUIPAMENTOS ELÉTRICOS, BASEADO EM ESPETROMETRIA NIR, COMO ALTERNATIVA AO MÉTODO CLÁSSICO DE CROMATOGRAFIA GASOSA. DESTA FORMA, SÃO DIVERSOS OS BENEFÍCIOS QUE ESTA PESQUISA PODERÁ TRAZER, DENTRE OS QUAIS SE DESTACAM A DISPONIBILIDADE DE EQUIPAMENTOS E SENSORES PARA O ONITORAMENTO ON-LINE, DE BAIXO CUSTO, QUE POSSIBILITEM AVALIAR O GRAU DE CONFIABILIDADE E ESTIMAR A PROBABILIDADE DE FALHAS EM TRANSFORMADORES DE POTÊNCIA..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Maria Bernadete de Morais França - Integrante / José Alexandre de França - Coordenador.
2014 - 2017
APERFEIÇOAMENTO DO SISTEMA DE QUANTIFICAÇÃO DE UMIDADE BASEADO NA REFLEXÃO DIFUSA DO INFRAVERMELHO PRÓXIMO.
Descrição: UM MEDIDOR ONLINE DE UMIDADE, UTILIZANDO O PRINCÍPIO DE ABSORÇÃO DA LUZ, TEM SIDO DESENVOLVIDO DESDE 2009 NO LABORATÓRIO DE AUTOMAÇÃO E INSTRUMENTAÇÃO INTELIGENTE, LA2I. ESTE SISTEMA É BASEADO EM UM PRINCÍPIO FÍSICO, GARANTINDO QUE A LUZ SEJA ABSORVIDA POR LIGAÇÕES QUÍMICAS CARACTERÍSTICAS DA MOLÉCULA DE ÁGUA. A PRINCÍPIO, O PROTÓTIPO FOI TESTADO NO PROCESSO DE PRODUÇÃO DO CAFÉ SOLÚVEL, ELIMINANDO A NECESSIDADE DE RETIRADA DE AMOSTRAS PARA DETERMINAÇÃO DA UMIDADE E CONSEQUENTE ATRASO NA PRODUÇÃO. NO MOMENTO ATUAL, DESEJA-SE AMPLIAR A UTILIZAÇÃO DESTE SENSOR PARA OUTRAS SUBSTÂNCIAS COMO PAPEL, USINAS DE AÇÚCAR, INDÚSTRIA ALIMENTÍCIA, ENTRE OUTROS. NO ENTANTO, O PROTÓTIPO OBTIDO APRESENTA ALGUMAS RESTRIÇÕES, SOFRENDO INFLUÊNCIA DA UMIDADE DO AR. ALÉM DISSO, SUA ESTRUTURA É MUITO GRANDE E O CONSUMO DE ENERGIA TEM SE MOSTRADO ALÉM DO ESPERADO. ESTAS DEFICIÊNCIAS IMPEDEM A EXPANSÃO DO USO DO MEDIDOR E PRECISAM SER CORRIGIDAS. SENDO ASSIM, O PRESENTE PROJETO VISA APERFEIÇOAR ESTAS DEFICIÊNCIAS E AMPLIAR A UTILIZAÇÃO DO SISTEMA..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (7) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Maria Bernadete de Morais França - Coordenador / José Alexandre de França - Integrante / Juliani Chico Piai - Integrante.
2012 - 2015
Medição e Verificação do Desempenho Energético de Sistemas de Aquecimento Solar em Uso nas Habitações de Interesse Social.
Descrição: O presente estudo tem enfoque na área de medição e verificação (M&V) da economia de energia de sistemas de aquecimento solar de água (SAS), inseridos dentro do âmbito do Programa Federal Minha Casa Minha Vida. A principal contribuição está no desenvolvimento de um método para avaliar o potencial de economia de SAS inserido em larga escala, em habitações de baixa renda..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) .
Integrantes: Maria Bernadete de Morais França - Integrante / Osni Vicente - Integrante / Thalita Gorban Ferreira - Coordenador / Miriam Jerônimo Barbosa - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2011 - 2014
SISTEMA DE MEDIÇÃO DE UMIDADE NO SOLO, RÁPIDO, PRÁTICO E DE BAIXO CUSTO
Descrição: O PROJETO PROPÕE DESEMVOLVER UM SISTEMA DE MEDIÇÃO DA UMIDADE DO SOLO. ESTE SISTEMA COLETARÁ OS DADOS RELATIVOS A UMIDADE DO SOLO ATRAVÉS DE UM SENSOR ELETRÔNICO E UMA PLACA DE AQUISIÇÃO DE DADOS. POSTERIORMENTE OS DADOS PODERÃO SER ENVIADOS POR UM MODEM GPRS. COM O SENSOR DEVIDAMENTEPROJETADO, IMPLEMENTADO E TESTADO, PRETENDE-SE UTILIZÁ-LO EM DUAS GRANDES ÁREAS:GEOTECNIA, NOS TESTES DE ADENSAMENTO, RESISTÊNCIA DO SOLO E COMPACTAÇÃO, E AGRONOMIA, NO MONITORAMENTO DA UMIDADE DO SOLO PARA CONTROLE DE IRRIGAÇÃO E DE INCIDÊNCIA PRAGAS. BUSCANDO MAIOR RAPIDEZ NOS TESTES, PRATICIDADE E BAIXO CUSTO..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2011 - 2013
APERFEIÇOAMENTO DO MÉTODO DE ESTIMAÇÃO DA DURAÇÃO DO PERÍODO DE MOLHAMENTO FOLIAR (DPM) BASEADO EM SENSORES ELETRÔNICOS DO TIPO CAPACITIVO
Descrição: O PROJETO PROPÕE APERFEIÇOAR O MODELO DO DPM (DURAÇÃO DO PERÍODO DE MOLHAMENTO) ATRAVÉS DE DADOS EXPERIMENTAIS OBTIDOS POR UM EQUIPAMENTO DENOMINADO "ÁRVORE ELETRÔNICA DE MOLHAMENTO FOLIAR" , CAPAZ DE COLETAR DADOS DE 16 SENSORES DE MOLHAMENTO, ALÉM DE TEMPERATURA E UMIDADE E ENVIAR ESTES DADOS POR UM MODEM GPRS. COM A " ÁRVORE ELETRÔNICA DE MOLHAMENTO FOLIAR" DEVIDAMENTE PROJETADA, IMPELEMENTADA E TESTADA, PRETENDE-SE UTILIZÁ-LA EM CULTURAS ONDE A INFLUÊNCIA DA DPM NO SURGIMENTO DE DOENÇAS É IMPORTANTE SER BEM CONHECIDA, COMO NOS CASOS DA FERRUGEM NA SOJA E DA FERRUGEM ALARANJADA NA CANA-DE-ACÚCAR. COM DADOS OBTIDOS DIARIAMENTE E APÓS ANÁLISE DOS MESMOS, ESPERA-SE OBTER UMA ESTIMATIVA DA DPM MAIS PRECISA E ASSIM PROMOVER UMA MELHOR PREVISÃO DO MOMENTO ADEQUADO PARA A APLICAÇÃO DE DEFENSIVOS AGRÍCOLAS NO COMBATE DA DOENÇA, POSSIBILITANDO DESSA FORMA, O USO CONSCIENTE E RESPONSÁVEL DESTES PRODUTOS, ALÉM DE UM GANHO NA QUALIDADE E PRODUTIVIDADE..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Maria Bernadete de Morais França - Coordenador / José Alexandre de França - Integrante / MARCELO GIOVANETTI CANTERI - Integrante.
Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 1
2010 - 2014
AVALIAÇÃO DO EFEITO DO CONSÓRCIO DE CAFÉ COM PLANTAS ARBÓREAS NA PROTEÇÃO CONTRA GEADAS E ALTAS TEMPERATURAS
Descrição: Projeto financiado pela EMBRAPA-PR, convênio 744594/2010, no valor de R$ 53.820,00. RESUMO: O consórcio de café com plantas arbóreas não é utilizado extensivamente no Brasil devido, principalmente, à redução na produtividade causada pelo sombreamento proporcionado pelas árvores. Entretanto, este efeito microclimático é discutível, em determinadas situações pode-se encontrar cafeeiros arborizados produzindo mais que cultivos a pleno sol. Locais com condições climáticas adversas, muito quentes ou com ocorrência de geadas, são apontados como favoráveis a arborização do cafezal. O objetivo do presente trabalho é caracterizar os diferentes microclimas dos consórcios de café com plantas arbóreas e verificar seu potencial em fornecer proteção contra geadas e altas temperaturas. E ainda, fornecer dados precisos para estabelecer relações entre fatores abióticos e ocorrência de pragas e doenças, nos diferentes tratamentos. Para tanto, serão desenvolvidos sensores de temperatura e umidade do ar, sistemas de aquisição e armazenamento de dados e estações de coleta destes dados. Cada espécie arbórea constituirá um tratamento e os sensores de temperatura e umidade relativa do ar serão dispostos em cada tratamento em duas alturas, um a cinco centímetros da parte superior da copa e outro na porção mediana do cafeeiro, e dois sensores, nas mesmas alturas, em cada tratamento testemunha, com cafeeiros mantidos a pleno sol. Será terminada a variação temporal da temperatura e umidade relativa do ar ao longo dos experimentos nas diferentes alturas e sua relação com o sombreamento proporcionado pelas plantas consorciadas e sua conseqüente redução de temperatura, bem como, o efeito das plantas arbóreas na redução da perda de energia radiante (ondas longas) em noites com ocorrência de geada. O sombreamento proporcionado pelas plantas consorciadas será estimado por piranômetros, sensores utilizados para medir a radiação solar global, instalados no centro de cada tratamento, na altura mediana.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2010 - 2013
Desenvolvimento de ensaios de controle e automação robóticos com aplicações de kits MindStorms da LEGO
Descrição: A UTILIZAÇÃO DE ROBÓTICA É HOJE APLICADA EM NÍVEL INDUSTRIAL E TAMBÉM EM VÁRIAS ÁREAS DE ENTRETENIMENTO. O APRENDIZADO DOS PRINCÍPIOS DE ROBÓTICA, BEM COMO SUAS APLICAÇÕES FAZEM PARTE DA FORMAÇÃO DE ENGENHEIROS ELETRICISTA DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA. A AQUISIÇÃO DE 6 KITS MINDSTORMS, UM PRODUTO DA LEGO, EMPRESA DE BRINQUEDOS DINAMARQUESA, VISA PROPICIAR CONDIÇÕES DO DESENVOLVIMENTO DE RACIOCÍNIO, CRIATIVIDADE E INICIATIVA NA SOLUÇÃO DE PROBLEMAS QUE ENVOLVAM SOLUÇÕES ROBÓTICAS. ESTE PROJETO TEM COMO OBJETIVO A CRIAÇÃO DE PRÁTICAS DE LABORATÓRIO QUE APLIQUEM TODAS AS FUNÇÕES DIPONÍVEIS NOS KITS, BEM COMO O APROVEITAMENTO DE OUTROS EQUIPAMENTOS NA CRIAÇÃO DE DIFERENTES SITUAÇÕES E SOLUÇÕES DE ROBÓTICA..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) .
Integrantes: Maria Bernadete de Morais França - Integrante / silvia galvao de souza cervantes - Coordenador / Juliani Chico Piai - Integrante.
Número de produções C, T & A: 1
2010 - 2012
Novas tecnologias para medição de grandezas agrometeorológicas e quantificação da água no leite para detecção de fraudes
Descrição: Projeto financiado pela Fundação Araucária, convênio n. º 458/2010, no valor de R$ 10.000,00. RESUMO: Desenvolver novos sensores e transdutores de grandezas agrometeorológicas mais baratos e exato, que possibilite o uso de múltiplas estações agrometeorológicas para manejo inteligente de culturas agrícolas, além de um instrumento para quantificar a água no leite para detecção de fraudes. Resultados: Possibilitará o uso de defensivos químicos de forma mais inteligente, favorecendo a redução de aplicações e contribuído para redução dos custos de produção agrícola em todo o estado; O instrumento de quantificação da água no leite aumentará a eficiência na detecção de fraudes que atualmente oneram em 20% os custos de produção dos laticínios do estado..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2013
Sistema de Medição de Umidade Baseado na Reflexão Difusa no Infravermelho Próximo
Descrição: Projeto aprovado na Chamada de Projetos 14/2008 - Programa de Apoio à Pesquisa Básica e Aplicada da Fundação Araucária, no valor de R$ 13.900,00. Resumo: Em diversos setores da indústria, a medição de umidade é uma tarefa fundamental. O método clássico de medição de umidade requer uma análise da amostra em laboratório. Este é um processo destrutivo, caro e demorado. Além do mais, como a umidade da matéria-prima pode variar bastante ao longo do dia, são necessárias várias medições em laboratório ao longo do período. Por outro lado, com o processo de medição on-line de umidade, a percentagem de água é conhecida instantaneamente, logo tem-se controle do processo de produção sem perdas, com máximo lucro e qualidade. Atualmente, existem poucos fabricantes deste tipo de equipamento e não existe nenhum fabricante neste país, o que resulta em um custo elevado. Em vista disto, propõe-se, neste projeto, o desenvolvimento de um medidor on-line de umidade baseado no princípio de absorção da luz, onde moléculas da água absorvem parte da radiação incidente, baseado em um princípio físico que faz com que a luz seja absorvida por ligações químicas características da molécula de água. Tal instrumento será capaz de efetuar a medição de umidade na própria linha de produção, instantaneamente e insensível a grandes variações de temperatura, permitindo o ajuste do processo produtivo de imediato ao valor proposto, evitando perdas, reprocesso de produto e reduzindo custos com medições, infra-estrutura e mão-de-obra. Além disso, uma vez desenvolvida a técnica, esta poderá ser estendida a medição de uma variedade de outros materiais..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Maria Bernadete de Morais França - Integrante / José Alexandre de França - Coordenador / AZIZ ELIAS DEMIAN JUNIOR - Integrante / Dari de Oliveira Toginho Filho - Integrante / Suzana Lucy Nixdorf - Integrante / Diogo K. Takayama - Integrante.Financiador(es): Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 1
2009 - 2011
SISTEMA DE MEDIÇÃO DE UMIDADE EMPREGANDO ESPECTROMETRIA NIR
Descrição: Projeto aprovado no edital FAEPE 01/2009 da UEL. Valor total R$ 4.000,00. Resumo: DADOS DESCRITOS NA LITERATURA DEMONSTRAM EXISTIR CORRESPONDÊNCIA ENTRE A BAIXA QUALIDADE DA BEBIDA DO CAFÉ E A PRESENÇA DE POPULAÇÕES MICROBIÓTICAS, CUJOS PROCESSOS FERMENTATIVOS SE EXACERBAM EM FUNÇÃO DO TEOR DE UMIDADE, LEVANDO AO APARECIMENTO DO SABOR DESAGRADÁVEL, PRODUZIDO PELOS METABÓLITOS FÚNGICOS. PORTANTO, NO PROCESSO PRODUTIVO DE CAFÉ SOLÚVEL, A DETERMINAÇÃO DE UMIDADE SE FAZ NECESSÁRIA DESDE OS GRÃOS DE MATÉRIA-PRIMA ATÉ AO PRODUTO ACABADO. NORMALMENTE, O CONTROLE DA UMIDADE NO CAFÉ SE DÁ ATRAVÉS DA RETIRADA DE ALÍQUOTAS ANALISADAS EM LABORATÓRIO. DESSA FORMA, COMO O VOLUME DE PRODUTO PRODUZIDO É MUITO GRANDE, O TEMPO GASTO NA MEDIÇÃO JÁ IMPLICA EM PERDA NA PRODUÇÃO, ATÉ QUE AJUSTES SEJAM PROMOVIDOS AOS TEORES PRÉ-ESTABELECIDOS. EM VISTA DISTO, PROPÕE-SE, NESSE PROJETO, O DESENVOLVIMENTO DE UM MEDIDOR ON-LINE DE UMIDADE BASEADO NO PRINCÍPIO DE ABSORÇÃO DA LUZ, ONDE MOLÉCULAS DA ÁGUA ABSORVEM PARTE DA RADIAÇÃO INCIDENTE, BASEADO EM UM PRINCÍPIO FÍSICO QUE FAZ COM QUE A LUZ SEJA ABSORVIDA POR LIGAÇÕES QUÍMICAS CARACTERÍSTICAS DA MOLÉCULA DE ÁGUA. UMA VEZ DESENVOLVIDA A TÉCNICA, ESTA PODERÁ SER FACILMENTE ESTENDIDA À MEDIÇÃO DE OUTROS TIPOS DE SUBSTÂNCIAS EM UMA VARIEDADE DE OUTROS MATERIAIS..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Maria Bernadete de Morais França - Integrante / José Alexandre de França - Coordenador.Financiador(es): Fundo de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Extensão da UEL - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 1
2009 - 2011
Sistema descentralizado de monitoramento do microclima em plantações de soja para uso na agricultura de precisão
Descrição: Projeto financiado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abstecimento através do convênio 702825/2008. Valor Total: R$ 136.269,00 RESUMO: Há muito é sabido que as condições ambientais são fator chave na epidemiologia de diversos fitopatógenos. Por isso, o monitoramento do clima é indispensável a qualquer sistema inteligente de cultivo. Normalmente, tal monitoramento é realizado através de estações agrometeorológicas que adquirem dados de diversas grandezas, tais como, temperatura, umidade, velocidade do vento, molhamento foliar etc. Infelizmente, o alto custo das estações de aquisição de dados limita o número de pontos de monitoramento dentro de uma mesma propriedade. Isso força o uso de ferramentas de interpolação matemática. Contudo, tal procedimento não leva a bons resultados na estimação de grandezas como a precipitação e o molhamento foliar. Neste projeto, propõe-se um sistema de monitoramento composto por um conjunto microestações de aquisição de dados. Essas serão de baixo custo e altíssima autonomia. Por isso, poderão ser instaladas ao longo de toda a região de cultivo, coletando dados de grandezas como, por exemplo, temperatura e molhamento foliar. As microestações comunicar-se-ão entre si através de uma rede de comunicação sem fio. Nessa rede, um dispositivo coordenador terá controle total da rede, ou seja, esse solicitará o dado a ser transmitido e qual estação o receberá, criando um sistema de comunicação pergunta/resposta. A rede de dados também incorporará o conceito multi-hop (múltiplos saltos), ou seja, o dado não precisa ser transmitido diretamente, e sim, através de roteadores, o mesmo poderá ser repassado até o destino, aumentando a profundidade da rede. Tal sistema auxiliará o uso inteligente de agrotóxicos para redução dos custos de produção, a diminuição da contaminação da natureza pelos defensivos utilizados e, logicamente, o aumento da produção..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) .
Integrantes: Maria Bernadete de Morais França - Integrante / José Alexandre de França - Coordenador / MARCELO GIOVANETTI CANTERI - Integrante / AZIZ ELIAS DEMIAN JUNIOR - Integrante.Financiador(es): Ministério da Agricultura, Pecuárias e Abastecimento - Auxílio financeiro / Universidade Estadual de Londrina - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 3 / Número de orientações: 5
2007 - 2010
PROPOSTA DE UM SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE TRÁFEGO URBANO PARA MALHA CENTRAL DE LONDRINA
Descrição: ESTE PROJETO PROPÕE UMA PARCERIA ENTRE A PREFEITURA MUNICIPAL DE LONDRINA ATRAVÉS DE SEU INSTITUTO DE PESQUISA E PLANEJAMENTO URBANO (IPPUL) E A COMPANHIA MUNICIPAL DE TRÂNSITO E URBANIZAÇÃO DE LONDRINA (CMTU) E A UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA, ATRAVÉS DE SEU DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELÉTRICA (DEEL). O FOCO DO TRABALHO É O GERENCIAMENTO DOS SISTEMAS VIÁRIOS BASEADO NA SISTEMATIZAÇÃO DAS INFORMAÇÕES COLETADAS NAS VIAS. BUSCA-SE DESENVOLVER UMA METODOLOGIA PARA A INTEGRAÇÃO DA INFORMAÇÃO DISPONÍVEL VISANDO A OPERAÇÃO E PLANEJAMENTO DOS SISTEMAS VIÁRIOS. PELO MENOS DOIS ASPECTOS DA OPERAÇÃO DE VIAS URBANAS SERÃO ESTUDADOS: O CONTROLE SEMAFÓRICO DO TRÁFEGO, E A SISTEMATIZAÇÃO DA COLETA DE DADOS DO TRÁFEGO PARA MONITORAÇÃO E ANÁLISE..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Maria Bernadete de Morais França - Integrante / José Alexandre de França - Integrante / silvia galvao de souza cervantes - Coordenador / EDMAR LEONARDO NAGAYAMA - Integrante.Financiador(es): Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Londrina - Cooperação.
Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 1
2007 - 2009
PROTÓTIPO DE UMA REDE DE UNIDADES DE AQUISIÇÃO DE DADOS PARA MONITORAMENTO DO GRAU DE FAVORABILIDADE AO FUNGO HAKOPSORA PACHYRHIZI EM PLANTAÇÕES DE SOJA
Descrição: A ECONOMIA BRASILEIRA TEM GRANDE PARTE DE SUA PAUTA DE EXPORTAÇÕES BASEADA NA AGRICULTURA. AS DOENÇAS DE PLANTAS PROVOCAM PREJUÍZOS ELEVADOS À PRODUÇÃO AGRÍCOLA NACIONAL. COMO EXEMPLO, TEM-SE A FERRUGEM DA SOJA, PROVOCADA POR UM FUNGO DENOMINADO PHAKOPSORA PACHYRHIZI, QUE PROVOCA GRANDES PREJUÍZOS ECONÔMICOS POR REDUZIR A PRODUÇÃO BRASILEIRA DE GRÃOS. PARA O CONTROLE DE GRANDE PARTE DAS DOENÇAS DE PLANTAS DEVE-SE APLICAR FUNGICIDAS NO MOMENTO CORRETO. APLICAÇÕES EM EXCESSO PROVOCAM DANOS AMBIENTAIS E A FALTA DE APLICAÇÕES OU APLICAÇÕES TARDIAS PROVOCA PREJUÍZOS ECONÔMICOS. POR ISSO, É IMPRESCINDÍVEL SABER O MOMENTO CERTO DE APLICAR O FUNGICIDA.O MONITORAMENTO DAS CONDIÇÕES CLIMÁTICAS NAS REGIÕES DE CULTIVO AGRÍCOLA É A MELHOR FERRAMENTA PARA INDICAR OS MOMENTOS MAIS PROPÍCIOS PARA APLICAÇÃO DE FUNGICIDAS. ENTRETANTO, ESTE MONITORAMENTO NECESSITA SER CONSTANTE (DE HORA EM HORA) E OS DADOS NECESSITAM SER TABULADOS E DISPONIBILIZADOS DE FORMA RÁPIDA (DIARIAMENTE) PARA QUE HAJA SEGURANÇA NA INFORMAÇÃO PASSADA AOS EMPRESÁRIOS RURAIS.TRABALHOS DE PESQUISA ANTERIORES DEMONSTRARAM A EFICIÊNCIA DO USO DE DADOS METEOROLÓGICOS PARA MONITORAR DOENÇAS EM PLANTAS. TAMBÉM, PODE-SE UTILIZAR TAIS DADOS PARA REALIZAR ESTUDOS SOBRE CONDIÇÕES FAVORÁVEIS PARA OCORRÊNCIA DE DOENÇAS, VIA DATA MINING, E ASSIM REFINAR O SISTEMA SAFRA APÓS SAFRA. CONTUDO, A AQUISIÇÃO DESSES DADOS ESBARRA EM UM PROBLEMA GRAVE: O PREÇO ELEVADO DAS ESTAÇÕES DE MONITORAMENTO DO AGROCLIMA. ISTO FORÇA QUE UM NÚMERO REDUZIDO DE ESTAÇÕES DE AQUISIÇÃO DE DADOS SEJA INSTALADO NA REGIÃO DE ESTUDO. SENDO ASSIM, NAS ÁREAS NÃO MONITORADAS, AS GRANDEZAS AGROMETEOROLÓGICAS DE INTERESSE DEVEM SER ESTIMADAS POR INTERPOLAÇÃO MATEMÁTICA. EVIDENTEMENTE, TAL INTERPOLAÇÃO PODE LEVAR A DADOS INEXATOS QUE REDUZEM A CONFIANÇA DO SISTEMA DE MONITORAMENTO DE DOENÇAS.EM VISTA DISTO, NESTE TRABALHO PROPÕE-SE O PROJETO E DESENVOLVIMENTO DE UM PROTÓTIPO DE UMA REDE DE MONITORAMENTO DE PEQUENAS ESTAÇÕES DE AQUISIÇÃO DE DADOS..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Maria Bernadete de Morais França - Integrante / José Alexandre de França - Coordenador / MARCELO GIOVANETTI CANTERI - Integrante / FERNANDO CIRIACO DIAS NETO - Integrante.
Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 3
2006 - 2010
MONITORAMENTO AUTOMATIZADO DE VIBRAÇÕES EÓLICAS EM LINHAS DE TRANSMISSÃO
Descrição: Projeto financiado pelo CNPq através do edital MCT/CNPq/CT-Energ/ 028/2006. Valor total R$ 62.700,00. RESUMO: O PRINCIPAL OBJETIVO É CONSOLIDAR A SUBÁREA DE RECURSOS INFORMACIONAIS DO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, ALÉM DE POSSIBILITAR MAIOR VISIBILIDADE À TEMÁTICA EM QUESTÃO; I.É, A CONTRIBUIÇÃO DOS REPOSITÓRIOS DIGITAIS NO ACESSO À INFORMAÇÃO NO PROCESSO DE ORGANIZAÇÃO E COMPARTILHAMENTO DA INFORMAÇÃO E DO CONHECIMENTO AS INICIATIVAS DE ARQUIVOS ABERTOS COMO REPOSITÓRIOS DE INFORMAÇÕES TÊM CONTRIBUÍDO SIGNIFICATIVAMENTE PARA A DISSEMINAÇÃO DAS PUBLICAÇÕES CIENTÍFICAS QUE MIGRARAM PARA OS FORMATOS ELETRÔNICOS. A ÁREA DE PUBLICAÇÃO CIENTÍFICA FOI UMA DAS MAIS BENEFICIADAS COM A DISTRIBUIÇÃO ELETRÔNICA DA INFORMAÇÃO PARA O USUÁRIO FINAL E ESSE PROJETO VISA ANALISAR A CONTRIBUIÇÃO DESSES REPOSITÓRIOS COMO RECURSOS INFORMACIONAIS, NO PROCESSO DE ORGANIZAÇÃO E COMPARTILHAMENTO DA INFORMAÇÃO E DO CONHECIMENTO. ESPERA-SE, COM OS RESULTADOS OBTIDOS NA PESQUISA, CONTRIBUIR PARA A QUALIDADE DOS FORMATOS DESSE RECURSO INFORMACIONAL, QUE SÃO OS REPOSITÓRIOS DIGITAIS, NO CONTEXTO DAS PUBLICAÇÕES ELETRÔNICAS, SEM A PERDA DOS SEUS OBJETIVOS E DA QUALIDADE DO SEU PAPEL NO PROCESSO DE TRANSFERÊNCIA DA INFORMAÇÃO..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Maria Bernadete de Morais França - Integrante / José Alexandre de França - Coordenador / AZIZ ELIAS DEMIAN JUNIOR - Integrante / MARCELA HITOMI KOYAMA - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 1
2005 - 2007
Projetos de circuitos integrados na UEL: Implementação monolítica de sensores de corrente e potência elétrica
Descrição: COM ESTE PROJETO, PRETENDE-SE INSERIR A UEL NA COMUNIDADE INTERNACIONAL RESPONSÁVEL POR PROJETOS DE CIRCUITO INTEGRADO. INICIALMENTE, OS CIRCUITOS APRESENTARÃO CARÁTER ACADÊMICO, MAS EXISTE A POSSIBILIDADE DE SE DESENVOLVER CIRCUITOS COM FINALIDADES COMERCIAIS, DE ACORDO COM A DEMANDA. DA MESMA FORMA, A POSSIBILIDADE DE SE PROJETAR E CONTRUIR CIS (ATRAVÉS DO MOSIS) PERMITIRÁ A OUTROS PESQUISADORES ENVOLVIDOS COM PROJETOS DE CIRCUITOS ELETRÔNICOS DISCRETOS A IMPLEMENTAÇÃO DOS MESMOS NA FORMA INTEGRADA (ASICS). ESTES CIRCUITOS DEDICADOS APRESENTAM PERFORMANCE SUPERIOR EM RELAÇÃO ÀS VERSÔES DISCRETAS, EM TERMOS DE CONFIABILIDADE ALÉM DA REDUÇÃO DE CONSUMO E ESPAÇO. PRETENDE-SE TAMBÉM INCLUIR ALUNOS DE INICIAÇÃO CIENTIFICA NAS ETEPAS DO PROJETO, ASSEGURANDO UMA FORMAÇÃO COMPLEMENTAR DE ACORDO COM O NOVO PROJETO PEDAGOGICO DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA DA UEL . ESTA FORMAÇÃO ESTÁ DE PLENO ACORDO COM AS DIRETRIZES DO PLANO NACIONAL DE MICROELETRÔNICA (PNM) DO MCT. COM A PARTE ESPECÍFICA DO PROJETO, QUE SE REFERE À CONTRUÇÃO DE SENSORES MONOLITICOS DE CORRENTE E POTÊNCIA ELÉTRICA, BUSCA-SE O DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO DE SISTEMAS DE MEDIDAS ELÉTRICAS COM POSSÍVEL SOLICITAÇÃO DE REGISTRO DE PROPRIEDADE INTELECTUAL..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Maria Bernadete de Morais França - Integrante / Fernando Cardoso Castaldo - Coordenador / Walter Germanovix - Integrante / Kleber Romero Felizardo - Integrante / Marco Aurélio Seluque Fregonezi - Integrante.
2005 - 2006
DESENVOLVIMENTOS DE NOVOS ALGORÍTMOS DE CORRESPONDÊNCIAS DE PONTOS EM IMAGENS ESTEREOSCÓPICAS
Descrição: A VISÃO É O SENTIDO MAIS IMPORTANTE DO SER HUMANO. SEM NENHUM CONTATO FÍSICO, ELE NOS FORNECE UMA QUANTIDADE EXTRAORDINÁRIA DE INFORMAÇÃO SOBRE O AMBIENTE QUE NOS RODEIA, PERMITINDO-NOS INTERAGIR COM OS MAIS DIFERENTES OBJETOS. DESSA FORMA, É NATURAL QUE MUITOS ESFORÇOS TENHAM SIDO DESPENDIDOS PARA DOTAR ALGUMAS MÁQUINAS COM A CAPACIDADE DE "VER". CONTUDO, A VISÃO É O NOSSO SENTIDO MAIS COMPLEXO. DE FATO, AINDA HOJE NÃO SE POSSUI UM ENTENDIMENTO COMPLETO DE COMO O SISTEMA DE VISÃO BIOLÓGICO ATUA. EVIDENTEMENTE, EM UM SISTEMA DE VISÃO COMPUTACIONAL, O ITEM MAIS IMPORTANTE É A CÂMERA, POIS É ELA QUE FORNECE AS IMAGENS QUE O SISTEMA DEVE PROCESSAR. DE UMA FORMA GERAL, UMA IMAGEM É UMA PROJEÇÃO EM DUAS DIMENSÕES DE UMA CENA EM TRÊS DIMENSÕES. ASSIM, DURANTE A FORMAÇÃO DA IMAGEM, SÃO PERDIDAS INFORMAÇÕES COMO, POR EXEMPLO, PARALELISMO, COMPRIMENTOS, ÂNGULOS, FORMAS ETC. QUANDO TAIS INFORMAÇÕES SÃO NECESSÁRIAS, OS PARÂMETROS INTRÍNSECOS DA CÂMERA (DISTÂNCIA FOCAL, PONTO PRINCIPAL ETC) DEVEM SER CONHECIDOS, OU SEJA, A CÂMERA DEVE SER CALIBRADA. EM PARTICULAR, UMA RECONSTRUÇÃO 3D COMPLETA DE UMA CENA TRIDIMENSIONAL PODE SER OBTIDA UTILIZANDO VISÃO ESTÉREO. NA VISÃO ESTÉREO, DUAS CÂMERAS (COM POSIÇÕES RELATIVAS FIXAS) CAPTURAM IMAGENS DE UMA MESMA CENA À PARTIR DE ÂNGULOS DE VISÃO DIFERENTES. AS RESTRIÇÕES OBTIDAS COM O USO DE UMA SEGUNDA CÂMERA PERMITE A RECUPERAÇÃO DE TODAS AS INFORMAÇÕES PERDIDAS DURANTE O PROCESSO DE FORMAÇÃO DAS IMAGENS. PARA QUE AS INFORMAÇÕES 3D POSSAM SER RECUPERADAS, CORRESPONDÊNCIAS DE PONTOS DEVEM SER ESTABELECIDAS ENTRE O PAR DE IMAGENS ESTÉREO, OU SEJA, DADO UM PONTO NA PRIMEIRA IMAGEM DO PAR, O CORRESPONDENTE DESTE PONTO DEVE SER ENCONTRADO NA SEGUNDA IMAGEM..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Maria Bernadete de Morais França - Integrante / José Alexandre de França - Coordenador / Julian Knoll Moreno - Integrante.
Número de produções C, T & A: 4
2003 - 2005
Desenvolvimento de um Medidor de Taxa de Distorção Harmônica da rede elétrica em tempo real usando um processador digital de sinais (DSP)
Descrição: O trabalho consiste no desenvolvimento de um medidor de taxa de distorção harmônica usando em processador digital de sinais. A distorção harmônica é um problema existente na rede elétrica dado o fato de haver cargas do tipo não-lineares. Essas cargas prejudicam a qualidade da energia elétrica, pois é necessário um fornecimento de energia maior pela concessionária para atender a demanda de cargas com baixa eficiência. O cálculo da taxa de distorção harmônica envolve operações matemáticas que exigem um processador capaz de implementar muitas multiplicações e somas em um cursto intervalo de tempo. Para isso será utilizado um DSP. Esse cálculo será feito em cima de amostras do sinal da rede elétrica, que será devidamente condicionado pelo circuito transdutor a ser implementado e dpois amostrado pelo conversor AD do DSP..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Maria Bernadete de Morais França - Integrante / Leonimer Flavio de Melo - Integrante / Carlos Dias Maciel - Integrante / Newton da Silva - Coordenador.
Número de produções C, T & A: 1


Projetos de extensão


2015 - Atual
II - ROBOLON - MOSTRA CIENTÍFICA DE ROBÓTICA E AUTOMAÇÃO DE LONDRINA

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Silvia Galvão de Souza Cervantes em 17/11/2015.
Descrição: OS DESAFIOS DO FUTURO EXIGEM PROFISSIONAIS BEM QUALIFICADOS PARA OCUPAR POSIÇÕES ESTRATÉGICAS NO MERCADO DE TRABALHO. OS JOVENS DE HOJE PRECISAM SER ESTIMULADOS A DESENVOLVER RACIOCÍNIO LÓGICO, BUSCAR INOVAÇÕES, AGIR COM CRIATIVIDADE, E SEREM CAPACITADOS A TOMAR DECISÕES ACERTADAS RAPIDAMENTE. ALÉM DISSO, A FALTA DE PROFISSIONAIS NA ÁREA TÉCNICA, PRINCIPALMENTE NAS ENGENHARIAS, CONTINUA SENDO ASSUNTO RECORRENTE NOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO. ATÉ 2015, O BRASIL VAI PRECISAR DE 300 MIL NOVOS PROFISSIONAIS, SEGUNDO A FEDERAÇÃO NACIONAL DOS ENGENHEIROS. HOJE SE FORMAM APROXIMADAMENTE 38 MIL ENGENHEIROS POR ANO, MAS PARA ATENDER AS NECESSIDADES DO MERCADO, ESSE NÚMERO TEM QUE CHEGAR A 60 MIL. COM O OBJETIVO DE MOTIVAR ALUNOS DO ENSINO BÁSICO DE LONDRINA À DESCOBERTA DA ROBÓTICA, CONSEQUENTEMENTE DAS ENGENHARIAS, E CIÊNCIAS EXATAS, BEM COMO PROPORCIONAR ATIVIDADES EM CONTRA TURNO NA MELHORIA DA EDUCAÇÃO EM NOSSA CIDADE, INICIOU-SE O PROJETO QUE TEM COMO RESULTADO O II ROBOLON - MOSTRA CIENTÍFICA DE ROBÓTICA E AUTOMAÇÃO DE LONDRINA. FORAM QUATRO PROJETO REALIZADOS DESDE 2007, ENVOLVENDO APROXIMADAMENTE 40 ALUNOS DE GRADUAÇÃO E MAIS DE 150 ALUNOS DO ENSINO BÁSICO DAS ESCOLAS PÚBLICAS DE LONDRINA, ESPECIALMENTE OS COLÉGIOS ESTADUAIS: VICENTE RIJO E PROFESSORA OLYMPIA MORAIS DE TORMENTA. NESTAS ESCOLAS SERÃO MANTIDAS OFICINAS DE ROBÓTICA E AUTOMAÇÃO E OS RESULTADOS DESTAS OFICINAS SERÃO APRESENTADOS NO II ROBOLON..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (25) .
Integrantes: Maria Bernadete de Morais França - Integrante / Ernesto Fernando Ferreira Ramirez - Integrante / silvia galvao de souza cervantes - Coordenador / AZIZ ELIAS DEMIAN JUNIOR - Integrante / Juliani Chico Piai - Integrante / Osni Vicente - Integrante.
2013 - 2014
A Robótica Educacional como Instrumento Motivacional no Ensino de Engenharia

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Silvia Galvão de Souza Cervantes em 24/07/2013.
Descrição: O PRESENTE PROJETO É FINANCIADO PELA CHAMADA CNPq/VALE S.A. Nº 05/2012 FORMA-ENGENHARIA (Valor: R$ 10.000,00). OBJETIVA PROPORCIONAR AOS ESTUDANTES DE ESCOLA PÚBLICA DE EDUCAÇÃO BÁSICA E SEUS DOCENTES A OPORTUNIDADE DE CONHECER, DE FORMA LÚDICA, PRINCÍPIOS DE ENGENHARIA NA SOLUÇÃO DE PROBLEMAS ATRAVÉS DA ROBÓTICA EDUCACIONAL. A IMPLANTAÇÃO DE UM ESPAÇO NO COLÉGIO ESTADUAL VICENTE RIJO, NA CIDADE DE LONDRINA, EM SEU NÚCLEO DE ATIVIDADES DE ALTAS HABILIDADES/SUPERDOTAÇÃO (NAAH/S) PARA O DESENVOLVIMENTO DE ATIVIDADES COM KITS LEGO, TERÁ COMO OBJETIVO LEVAR A ESTES ESTUDANTES O CONHECIMENTO DE CARACTERÍSTICAS DA ÁREA TECNOLÓGICA DE FORMA A INCENTIVÁ-LOS A PENSAR NA CARREIRA DE ENGENHARIA COMO UMA POSSIBILIDADE PROFISSIONAL. TAMBÉM, POSSIBILITAR AOS ALUNOS DE GRADUAÇÃO DA ENGENHARIA A VIVÊNCIA COMO MULTIPLICADORES DE CONHECIMENTOS E AVALIADORES DOS PROCEDIMENTOS E RESULTADOS DA AÇÃO, TENDO COMO OBJETIVO A DIMINUIÇÃO DA EVASÃO NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO E PREPARAÇÃO PARA A VIDA PROFISSIONAL DIANTE DE DESAFIOS EXTENSIONISTA..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (7) .
Integrantes: Maria Bernadete de Morais França - Integrante / Ernesto Fernando Ferreira Ramirez - Integrante / silvia galvao de souza cervantes - Coordenador / Juliani Chico Piai - Integrante / Osni Vicente - Integrante.


Outros Projetos


2017 - Atual
RAMO ESTUDANTIL
Descrição: O IEEE (INSTITUTO DE ENGENHEIROS ELETRICISTA E ELETRÔNICOS) É UM INSTITUTO DESTINADO AO FOMENTO DE NOVAS TECNOLOGIAS QUE TRAGAM BENEFÍCIOS PARA A HUMANIDADE, PROPICIANDO ACESSIBILIDADE, CONFORTO E INCLUSÃO. COM O OBJETIVO DE ATINGIR NÃO SOMENTE O SETOR PROFISSIONAL, DE ENGENHEIROS JÁ FORMADOS, MAS TAMBÉM AQUELES QUE SERÃO FUTUROS ENGENHEIROS, O IEEE POSSUI EM SUA ORGANIZAÇÃO REPRESENTANTES DENTRO DAS UNIVERSIDADES, QUE SÃO OS RAMOS ESTUDANTIS. O BRASIL ATUALMENTE CONTA COM 55 RAMOS ESTUDANTIS EM UNIVERSIDADES COMO UNESP, USP, UFSC, UNICAMP, UFABC, UFRGS, UEL, ENTRE OUTRAS. O RAMO ESTUDANTIL IEEE-UEL SURGIU NO DIA 11 DE NOVEMBRO DE 2011, ATRAVÉS DA INICIATIVA DE GRADUANDOS DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA, APOIADO POR SEUS PROFESSORES. O OBJETIVO DOS FUNDADORES FOI COMPLEMENTAR A GRADUAÇÃO ATRAVÉS DA ELABORAÇÃO DE PROJETOS DA ÁREA, COLOCANDO EM PRÁTICA O QUE FOI APRENDIDO NAS SALAS DE AULA, E FORNECENDO UM CONTATO COM PROJETOS DE ENGENHARIA ELÉTRICA PARA AQUELES QUE ACABARAM DE INGRESSAR NO CURSO. DESDE ENTÃO, O RAMO ESTUDANTIL IEEE-UEL TEM CUMPRIDO COM SEU OBJETIVO PRIMORDIAL. NO ANO DE 2016 MAIS DE 20 PROJETOS FORAM REALIZADOS, PORÉM, NÃO SOMENTE FOCADOS EM ENGENHARIA ELÉTRICA, MAS TAMBÉM ENGLOBANDO ÁREAS DE COMPUTAÇÃO, DESIGN, ENGENHARIA CIVIL, ETC., TORNANDO O RAMO MULTIDISCIPLINAR..
Situação: Em andamento; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (50) .
Integrantes: Maria Bernadete de Morais França - Coordenador / silvia galvao de souza cervantes - Integrante / Francisco Granziera Júnior - Integrante.
2016 - 2018
SHIELDS - DESENVOLVIMENTO DE KITS DIDÁTICOS PARA UTILIZAÇÃO EM PROJETOS DE EXTENSÃO DE ENSINO DE ROBÓTICA PARA CRIANÇAS E ADOLESCENTES
Descrição: DEVIDO AO SEU APELO FUTURISTA JUNTO AOS JOVENS, A ROBÓTICA VEM SENDO UTILIZADA COMO ESTÍMULO AO APRENDIZADO DE MATEMÁTICA E FÍSICA POR ESTUDANTES DE ESCOLAS DOS NÍVEIS FUNDAMENTAL E MÉDIO. NESTE CONTEXTO, HÁ ALGUNS ANOS, DIVERSOS DOCENTES E DISCENTES DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA DA UEL, JUNTO COM PROFESSORES DA REDE ESTADUAL, VEM PARTICIPANDO EM PROJETOS DE EXTENSÃO PARA ENSINAR ROBÓTICA PARA CRIANÇAS E ADOLESCENTES DE ESCOLAS PÚBLICAS DE LONDRINA E REGIÃO. DURANTE ESTAS EXPERIÊNCIAS, PERCEBEU-SE A DIFICULDADE DE DESENVOLVER PROJETOS DE ROBÓTICA MAIS COMPLEXOS, DEVIDO À AUSÊNCIA DE KITS ESPECÍFICOS (CHAMADOS DE SHIELDS) PARA INTERLIGAR A PLATAFORMA MICROCONTROLADA ARDUINO AOS DIVERSOS DISPOSITIVOS DE CONTROLE OU MEDIÇÃO (MOTORES, SENSORES, LEDS, DISPLAYS, ENTRE OUTROS). A AQUISIÇÃO DE SHIELDS NORMALMENTE É DIFÍCIL, DEVIDO AO SEU CUSTO ELEVADO E POUCA DISPONIBILIDADE DE OPÇÕES NO MERCADO. POR ISSO, NESTE PROJETO DE PESQUISA EM ENSINO, ESTA SENDO PROPOSTA A CRIAÇÃO DE DIVERSOS MATERIAIS (APOSTILAS, PLACAS DE CIRCUITOS, ENTRE OUTROS) QUE SERVIRÃO COMO FERRAMENTAS DIDÁTICAS PARA OS PARTICIPANTES EM PROJETOS DE EXTENSÃO ENVOLVENDO ROBÓTICA EDUCACIONAL..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (22) .
Integrantes: Maria Bernadete de Morais França - Integrante / Ernesto Fernando Ferreira Ramirez - Coordenador / silvia galvao de souza cervantes - Integrante / AZIZ ELIAS DEMIAN JUNIOR - Integrante / Juliani Chico Piai - Integrante / Osni Vicente - Integrante.
2006 - 2009
Programa de avaliação continuada on-line dos cursos de Engenharia Civil, Engenharia Elétrica e Arquitetura e Urbanismo do CTU/UEL
Descrição: Projeto contemplado pelo Edital FAEPE/UEL-2007, montante de R$ 2.000,00. RESUMO: O projeto foi concebido em razão das adequações e reformulações por que passam os cursos do CTU ? Centro de Tecnologia e Urbanismo, inclusive com a implantação de novos projetos político-pedagógicos (PPPs), como é o caso do curso de graduação em Engenharia Civil, bem como da necessidade de se garantir que os eixos de conhecimento de cada curso e os objetivos propostos nos PPP estão sendo trabalhados adequadamente.Para tal, pretende-se implantar um sistema de consulta on-line a respeito de aspectos referentes a atividades pedagógicas, cumprimento de programas, abordagem adequadas das ementas, atividade docente, cumprimento do regimento, participação discente, entre outras.A ferramenta será desenvolvida por uma comissão constituída pelos docentes coordenadores dos dois cursos de engenharia do CTU e por representantes discentes convidados por esta comissão, pautada na objetividade, exequibilidade e facilidade de acesso e preenchimento e sistematização.O sistema a ser desenvolvido estará à disposição de grupos de discentes, os quais serão convocados por períodos para acessarem o sistema on-line através de seu respectivo número de matrícula. As informações serão disponibilizadas a toda a comunidade universitária, a qual poderá acompanhar o desenvolvimento das disciplinas e o desempenho do(s) docente(s) responsável(is).Os resultados deste opinionário servirão de base para possíveis reformulações e adequações durante o período em que a disciplina estiver sendo ministrada, de forma a se garantir que os objetivos estabelecidos em cada uma delas sejam atingidos satisfatoriamente e que o perfil discente estabelecido nos respectivos projetos político-pedagógicos sejam construídos..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Maria Bernadete de Morais França - Coordenador / Aron Lopes Petrucci - Integrante / Gilson Morales - Integrante / José Antonio Oliveira do Nascimento - Integrante / Eloísa Ramos Ribeiro Rodrigues - Integrante / Lucas José Severino - Integrante.Financiador(es): Fundo de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Extensão da UEL - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 2


Revisor de periódico


2017 - Atual
Periódico: IEEE SENSORS JOURNAL


Áreas de atuação


1.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Elétrica / Subárea: Circuitos Elétricos, Magnéticos e Eletrônicos/Especialidade: Circuitos Eletrônicos.
2.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Elétrica / Subárea: Materiais Elétricos/Especialidade: Materiais e Componentes Semicondutores.
3.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Elétrica / Subárea: Eletrônica Industrial, Sistemas e Controles Eletrônicos/Especialidade: Controle de Processos Eletrônicos, Retroalimentação.
4.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Elétrica / Subárea: Medidas Elétricas, Magnéticas e Eletrônicas; Instrumentação/Especialidade: Instrumentação Eletrônica.
5.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Ciência da Computação / Subárea: Metodologia e Técnicas da Computação/Especialidade: Processamento Gráfico (Graphics).


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Francês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2013
Prêmio Gerdau Melhores da Terra - categoria: Pesquisa e desenvolvimento, Gerdau.
2010
Paraninfa da turma de formandos do curso de engenharia elétrica., UEL - Universidade Estadual de Londrina.
2008
4º lugar na IV Feria de Idéia e Inovação da UEL, Aintec - UEL.
2007
Professora homenageada na formatura do curso de Engenharia Elétrica., UEL.
2006
Paraninfa da turma de formandos do curso de Engenharia Elétrica., UEL.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

SciELO
Total de trabalhos:1
Total de citações:1
FRANCA, MARIA BERNADETE DE M.  Data: 26/07/2012

SCOPUS
Total de trabalhos:5
Total de citações:4
De Morais França, Maria B.; França, Maria Bernadete De M  Data: 26/07/2012

Artigos completos publicados em periódicos

1.
de M. França, Maria B.2018 de M. França, Maria B.; Morais, F. J. O. ; DUARTE, L. F. C. ; DIAS, PEDRO CARVALHAES ; Dias, J. A. S. . A Multiprobe Heat Pulse Sensor for Soil Moisture Measurement Based on PCB Technology. IEEE TRANSACTIONS ON INSTRUMENTATION AND MEASUREMENT, v. PP, p. 1-8, 2018.

2.
DIAS, PEDRO CARVALHAES2017DIAS, PEDRO CARVALHAES ; Morais, F. J. O. ; DUARTE, L. F. C. ; DE MORAIS FRANCA, MARIA BERNADETE ; SPENGLER, A. ; CABOT, ANDREU . Measurement of the electric energy storage capacity in solar thermoelectric generators? energy harvesting modules. International Journal of Distributed Sensor Networks (Online), v. 13, p. 155014771668542-8, 2017.

3.
LOPES, G. M. G.2017LOPES, G. M. G. ; SILVA JUNIOR, D. P. ; de FRANÇA, José Alexandre ; DE MORAIS FRANCA, MARIA BERNADETE ; RIBEIRO, L. S. ; MOREIRA, M. ; ELIAS, P. . Development of 3-D Ultrasonic Anemometer With Nonorthogonal Geometry for the Determination of High-Intensity Winds. IEEE TRANSACTIONS ON INSTRUMENTATION AND MEASUREMENT, v. PP, p. 1-9, 2017.

4.
DIAS, PEDRO C.2016DIAS, PEDRO C. ; CADAVID, DORIS ; ORTEGA, SILVIA ; RUIZ, ALEJANDRO ; FRANÇA, MARIA BERNADETE M. ; MORAIS, FLAVIO J.O. ; FERREIRA, ELNATAN C. ; CABOT, ANDREU . Autonomous soil moisture sensor based on nanostructured thermosensitive resistors powered by an integrated thermoelectric generator. Sensors and Actuators. A, Physical, v. 239, p. 1-7, 2016.

5.
Gentilin, F. A.2016Gentilin, F. A. ; KOBO, B. T. ; RIBEIRO, L. S. ; de França, José Alexandre ; FELICIO, A. L. S. M. ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais ; Toginho Filho, D. O. . Development and testing of a hardware platform for measuring instruments based on near-infrared diffuse reflection. Measurement (London. Print), p. 14-25, 2016.

6.
MOREIRA, M.2016MOREIRA, M. ; de FRANÇA, José Alexandre ; Toginho Filho, D. O. ; BELOTI, V. ; YAMADA, A. K. ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais ; RIBEIRO, L. S. . A Low-Cost NIR Digital Photometer Based on InGaAs Sensors for the Detection of Milk Adulterations With Water. IEEE Sensors Journal, v. 16, p. 3653-3663, 2016.

7.
RIBEIRO, L. S.2016RIBEIRO, L. S. ; Gentilin, F. A. ; de França, José Alexandre ; FELICIO, A. L. S. M. ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais . Development of a Hardware Platform for Detection of Milk Adulteration Based on Near-Infrared Diffuse Reflection. IEEE Transactions on Instrumentation and Measurement, v. PP, p. 1-9, 2016.

8.
MIZUGUCHI, J.2015 MIZUGUCHI, J. ; PIAI, J. C. ; de FRANÇA, J. A. ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais ; YAMASHITA, K. ; MATHIAS, L. C. . Fringing Field Capacitive Sensor for Measuring Soil Water Content: Design, Manufacture, and Testing. IEEE Transactions on Instrumentation and Measurement, v. 64, p. 212-220, 2015.

9.
DIAS, PEDRO CARVALHAES2015DIAS, PEDRO CARVALHAES ; MORAIS, FLAVIO JOSE OLIVEIRA ; DE MORAIS FRANCA, MARIA BERNADETE ; FERREIRA, ELNATAN CHAGAS ; CABOT, ANDREU ; SIQUEIRA DIAS, JOSE A. . Autonomous Multisensor System Powered by a Solar Thermoelectric Energy Harvester With Ultralow-Power Management Circuit. IEEE Transactions on Instrumentation and Measurement, v. PP, p. 1-1, 2015.

10.
DIAS, PEDRO CARVALHAES2015DIAS, PEDRO CARVALHAES ; MORAIS, FLAVIO JOSE OLIVEIRA ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais . Temperature-stable heat pulse driver circuit for low-voltage single supply soil moisture sensors based on junction transistors. Electronics Letters, v. 52, p. 1-2, 2015.

11.
França, José Alexandre de2014França, José Alexandre de ; STEMMER, Marcelo R ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais . Nonlinear Estimation of the Fundamental Matrix with Only Five Unknowns.. Revista IEEE América Latina, v. 12, p. 1-9, 2014.

12.
GUEDES, ALEX LEMES2013GUEDES, ALEX LEMES ; MOREIRA, MAURÍCIO ; França, Maria Bernadete de M. ; FRANÇA, JOSÉ ALEXANDRE ; Piai, Juliani Chico ; AGUIAR E SILVA, MARCELO AUGUSTO ; CANTERI, MARCELO GIOVANETTI . A Distributed and Wireless Data Acquisition System to Fight Against Sugarcane Orange Rust. Journal of Control, Automation and Electrical Systems, v. 1, p. 1-12, 2013.

13.
de França, José Alexandre2012de França, José Alexandre ; Stemmer, Marcelo Ricardo ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais ; Piai, Juliani Chico . A new robust algorithmic for multi-camera calibration with a 1D object under general motions without prior knowledge of any camera intrinsic parameter. Pattern Recognition, v. 45, p. 3636-3647, 2012.

14.
França, José Alexandre de2011França, José Alexandre de ; França, Maria Bernadete de M. ; Stemmer, Marcelo Ricardo ; Palácios, Rodrigo Henrique C. . Calibração binocular com gabaritos 1D sem restrição demovimentos. Controle & Automação (Impresso), v. 22, p. 229-237, 2011.

15.
de FRANÇA, José Alexandre2009de FRANÇA, José Alexandre ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais ; KOYAMA, M. H. ; Silva, T. P. . Uma implementação do algoritmo Levemberg-Marquardt dividido para aplicações em visão computacional. Semina. Ciências Exatas e Tecnológicas (Online), v. 30, p. 51-62, 2009.

16.
de França, José A.2009de França, José A. ; Stemmer, Marcelo R. ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais ; Alves, Elaine G. . Revisiting zhang's 1D calibration algorithm. Pattern Recognition, v. 43, p. 1180-1187, 2009.

17.
de FRANÇA, José Alexandre2005de FRANÇA, José Alexandre ; STEMMER, Marcelo R ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais . Algoritmo robusto para correspondência de pontos em imagem estereoscópicas na ausência de calibração. Semina. Ciências Exatas e Tecnológicas (Impresso), v. 26, p. 167-180, 2005.

Capítulos de livros publicados
1.
França, José Alexandre de ; STEMMER, Marcelo R ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais ; PALACIOS, R. H. C. . Camera Calibration with 1D Objects. In: Vijay Kumar Mago; Nitin Bhatia. (Org.). Cross-Disciplinary Applications of Artificial Intelligence and Pattern Recognition: Advancing Technologies. 1ed.Pennsylvania, USA: IGI Global, 2011, v. 1, p. 55-68.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
SILVA JUNIOR, J. C. ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais . SENSOR DE UMIDADE DO SOLO POR PULSOS DE CALOR EM PONTEIRA SIMPLES UTILIZANDO TRANSISTOR BIPOLAR. In: SBIAGRO 2017, 2017, CAMPINAS. ANAIS DO XI CONGRESSO BRASILEIRO DE AGROINFORMÁTICA. CAMPINAS: UNICAMP, 2017. v. 1. p. 317-325.

2.
DIAS, L. S. ; de FRANÇA, J. A. ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais ; FELICIO, A. L. S. M. . VIABILIDADE DO DESENVOLVIMENTO DE FOTÔMETROS DIGITAIS PONTUAIS PARA ANÁLISE DE SUBSTÂNCIAS ESPECÍFICAS APLICADO A DETECÇÃO DE FRAUDES NO LEITE. In: IEEE/IAS International Conference on Industry Applications - INDUSCON2016, 2016, Curitiba. IEEE/IAS International Conference on Industry Application Anais, 2016. v. 1. p. 1-5.

3.
MIZUGUCHI, J. ; PIAI, J. C. ; de França, José Alexandre ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais ; YAMASHITA, K. . Sensor Pente Capacitivo Aplicado à Determinação da Umidade do Solo.. In: XX Congresso Brasileiro de Automática, 2014, Belo Horizonte. Anais do XX Congresso Brasileiro de Automática, 2014. v. 1. p. 1-8.

4.
GUEDES, A. L. ; de FRANÇA, José Alexandre ; LOPES, J. J. ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais . Uma plataforma para desenvolvimento de redes de sensores sem fio aplicada à agrometeorologia.. In: XX Congresso Brasileiro de Automática, 2014, Belo Horizonte. Anais do XX Congresso Brasileiro de Automática, 2014. v. 1. p. 1-8.

5.
Gentilin, F. A. ; KOBO, B. T. ; RIBEIRO, L. S. ; de FRANÇA, José Alexandre ; FELICIO, A. L. S. M. ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais ; Toginho Filho, D. O. . Development and evaluation of a topology of measurement instrument based on NIR diffuse reflection.. In: XX Congresso Brasileiro de Automática, 2014, Belo Horizonte. Anais do XX Congresso Brasileiro de Automática, 2014. v. 1. p. 1-8.

6.
RIBEIRO, L. S. ; SILVA JUNIOR, D. P. ; MOREIRA, M. ; GUEDES, A. L. ; FRANÇA, JOSÉ ALEXANDRE ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais . Uma Nova Técnica de Cálculo de Velocidade do Vento para Anemômetros Ultrassônicos.. In: XX Congresso Brasileiro de Automática, 2014, Belo Horizonte. Anais do XX Congresso Brasileiro de Automática, 2014. v. 1. p. 1-8.

7.
PIAI, J. C. ; RAMIREZ, E. F. F. ; CERVANTES, S. G. S. ; VICENTE, O. ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais ; MUNHOZ, D. J. ; CIANCA, F. S. C. ; LEONESSA, V. T. . O Processo de Inserção da Robótica em um Núcleo de Atividades de Altas Habilidades/Superdotação. In: XX Congresso Brasileiro de Automática, 2014, Belo Horizonte. Anais do XX Congresso Brasileiro de Automática, 2014. v. 1. p. 1-7.

8.
FINOCCHIO, M. A. F. ; LOPES, J. J. ; de FRANÇA, J. A. ; PIAI, J. C. ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais . Uma Ferramenta para Auxiliar o Projeto de Transformadores a Seco Usando Redes Neurais Artificiais. In: IEEE/IAS International Conference on Industry Applications, 2014, Juiz de Fora. IEEE/IAS International Conference on Industry Applications, 2014. p. 1-8.

9.
LOPES, G. M. G. ; SILVA JUNIOR, D. P. ; RIBEIRO, L. S. ; MOREIRA, M. ; GUEDES, A. L. ; de FRANÇA, José Alexandre ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais . Um Anemômetro 3D Baseado em Ultrassom Aplicado à Determinação de Velocidade Máxima e Direção de Ventos Incidentes em Linhas de Transmissão Aéreas. In: IEEE/IAS International Conference on Industry Applications, 2014, Juiz de Fora. IEEE/IAS International Conference on Industry Applications, 2014. p. 1-7.

10.
RIBEIRO, L. S. ; Gentilin, F. A. ; de FRANÇA, José Alexandre ; França, Maria Bernadete de M. ; LOPES, J. J. . Compensação e Controle de Temperatura de Sensores InGaAs Aplicados à Fotômetros Digitais. In: IEEE/IAS International Conference on Industry Applications, 2014, Juiz de Fora. IEEE/IAS International Conference on Industry Applications, 2014. p. 1-7.

11.
GUEDES, A. L. ; MOREIRA, M. ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais ; de França, José Alexandre ; CANTERI, M. G. ; PIAI, J. C. ; SILVA, M. A. A. E. . UM SISTEMA DE AQUISIÇÃO DE BAIXO CUSTO PARA COMBATE À FERRUGEM ALARANJADA DA CANA-DE-AÇÚCAR. In: XLII Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola - CONBEA 2013, 2013, Fortaleza. Anais do XLII Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola, 2013. p. 1-4.

12.
MIZUGUCHI, J. ; YOSHIDA, Heitor Hatzuka ; de FRANÇA, José Alexandre ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais ; PIAI, J. C. . UM SISTEMA DE AQUISIÇÃO DE GRANDEZAS AGROMETEOROLÓGICAS EM REGIÕES DE CULTIVO POR MEIO DE UMA REDE BASEADA NOS PROTOCOLOS RS-485 E MODBUS.. In: XLII Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola - CONBEA 2013, 2013, Fortaleza. Anais do XLII Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola, 2013. p. 1-4.

13.
Piai, Juliani Chico ; CERVANTES, S. G. S. ; VICENTE, O. ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais . Introdução a Robótica para Estudantes do Ensino Médio com Altas Habilidades/Superdotação.. In: Congresso Brasileiro de Educação em Engenharia, 2013, Gramado - RS. Anais do XLI Congresso Brasileiro de Educação em Engenharia, 2013. p. 1-9.

14.
FRANÇA, Maria Bernadete de Morais; Morais, F. J. O. ; Dias, J. A. S. . Um Novo Sensor de Umidade do Solo. In: IX Congresso Brasileiro de Agroinformática, 2013, Cuiabá - MT. Anais do IX Congresso Brasileiro de Agroinformática, 2013. p. 1-6.

15.
Gentilin, F. A. ; KOBO, B. T. ; de FRANÇA, José Alexandre ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais ; Toginho Filho, D. O. . DESENVOLVIMENTO E TESTE DE UMA PLATAFORMA PARA MEDIÇÃO DE UMIDADE EM GRÃOS BASEADO NA REFLEXÃO DIFUSA DO INFRAVERMELHO PRÓXIMO.\. In: XLII Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola - CONBEA 2013, 2013, Fortaleza. Anais do XLII Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola, 2013. p. 1-6.

16.
MOREIRA, M. ; de FRANÇA, José Alexandre ; de M. França, Maria B. ; GUEDES, A. L. . FOTÔMETRO DIGITAL NIR PARA QUANTIFICAÇÃO DE ÁGUA NO LEITE: CIRCUITO EMISSOR DE LUZ E DE CONDICIONAMENTO DE SINAL. In: XIX Congresso Brasileiro de Automática, 2012, Campina Grande - PB. Anais do XIX Congresso Brasileiro de Automática, 2012. v. 1. p. 3490-3497.

17.
Schimith, S. B. ; de FRANÇA, José Alexandre ; de M. França, Maria B. . VIBRÓGRAFO AUTÔNOMO REMOTO PARA AQUISIÇÃO DE DADOS DE VIBRAÇÃO EÓLICAS DE LINHAS DE TRANSMISSÃO ELÉTRICAS SUSPENSAS. In: XIX Congresso Brasileiro de Automática, 2012, Campina Grande - PB. Anais do XIX Congresso Brasileiro de Automática, 2012. v. 1. p. 2891-2898.

18.
PIAI, J. C. ; de M. França, Maria B. ; de FRANÇA, José Alexandre . PROJETO, EXECUÇÃO E TESTES DE SENSORES CAPACITIVOS DE CAMPO DE BORDA. In: XIX Congresso Brasileiro de Automática, 2012, Campina Grande - PB. Anais do XIX Congresso Brasileiro de Automática, 2012. v. 1. p. 3996-4003.

19.
PIAI, J. C. ; CERVANTES, S. G. S. ; de M. França, Maria B. ; VIEIRA, W. D. C. . UMA EXPERIÊNCIA COM ROBÓTICA EDUCACIONAL NO INÍCIO DA FORMAÇÃO DO ENGENHEIRO ELETRICISTA. In: XL Congresso Brasileiro de Ensino de Engenharia, 2012, Belém - PA. Anais do XL Congresso Brasileiro de Ensino de Engenharia, 2012. v. 1. p. 1-8.

20.
GUEDES, A. L. ; MOREIRA, M. ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais ; França, José Alexandre de ; SILVA, M. A. A. E. ; CANTERI, M. G. . Uma estação agrometeorológica automática de baixo custo com envio de dados via celular. In: VIII Congresso Brasileiro de Agroinformática, 2011, Bento Gonçalves. Anais do VIII Congresso Brasileiro de Agroinformática, 2011. p. 1-5.

21.
FRANÇA, Maria Bernadete de Morais; GUEDES, A. L. ; PIAI, J. C. ; França, José Alexandre de ; SILVA, M. A. A. E. . Um sensor de umidade do solo rápido e de baixo custo. In: VIII Congresso Brasileiro de Agroinformática, 2011, Bento Gonçalves. Anais do VIII Congresso Brasileiro de Agroinformática, 2011. p. 1-5.

22.
MOREIRA, M. ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais ; França, José Alexandre de ; GUEDES, A. L. ; SILVA, M. A. A. E. ; CANTERI, M. G. . Árvore Eletrônica para Estudo da Duração do Período de Molhamento Foliar. In: VIII Congresso Brasileiro de Agroinformática, 2011, Bento Gonçalves. Anais do VIII Congresso Brasileiro de Agroinformática, 2011. p. 1-5.

23.
Gentilin, F. A. ; KOBO, B. T. ; França, José Alexandre de ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais . Um medidor de umidade de grãos de café baseado na reflexão difusa do infravermelho próximo. In: VIII Congresso Brasileiro de Agroinformática, 2011, Bento Gonçalves. Anais do VIII Congresso Brasileiro de Agroinformática, 2011. p. 1-5.

24.
de M. França, Maria B.; de França, José A. ; GUEDES, A. L. ; MOREIRA, M. ; SILVA, M. A. A. E. . Sensor capacitivo de baixíssimo custo para monitoramento da duração do período de molhamento foliar. In: VIII Congresso Brasileiro de Agroinformática, 2011, Bento Gonçalves. Anais do VIII Congresso Brasileiro de Agroinformática, 2011. p. 1-5.

25.
CERVANTES, S. G. S. ; PIAI, J. C. ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais ; VERUSSA, G. H. ; SILVA, R. C. M. . UMA EXPERIÊNCIA DE INSERÇÃO DO KIT LEGO MINDSTORMS® NO ENSINO DE ENGENHARIA ELÉTRICA COMO INSTRUMENTO MOTIVACIONAL. In: COBENGE 2011, 2011, Blumenau. Anais do COBENGE 2011, 2011. p. 1-10.

26.
de FRANÇA, José Alexandre ; BURGO JUNIOR, E. L. ; KOYAMA, M. H. ; PEREIRA, R. V. ; CANTERI, M. G. ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais . System of microstations of data acquisition for wireless monitoring of the microclimate in crop areas. In: VII World Congress on Computers in Agriculture, 2009, Reno. Proceedings of the 7th World Congress on Computers in Agriculture, 2009. p. 13-18.

27.
GUEDES, A. L. ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais ; de FRANÇA, José Alexandre ; KOYAMA, M. H. ; CANTERI, M. G. . Topology of a network for wireless transmission of data for use in precision agriculture. In: VII World Congress on Computers in Agriculture, 2009, Reno. Proceedings of the 7th World Congress on Computers in Agriculture, 2009. p. 326-331.

28.
TAKAYAMA, D. K. ; de FRANÇA, José Alexandre ; Toginho Filho, D. O. ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais ; CANTERI, M. G. . An online humidity transducer based on near-infrared radiation. In: VII World Congress on Computers in Agriculture, 2009, Reno. Proceedings of the 7th World Congress on Computers in Agriculture, 2009. p. 1-6.

29.
de FRANÇA, José Alexandre ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais ; STEMMER, Marcelo R ; PALACIOS, R. H. C. . Um Novo Algoritmo de Calibração de um Conjunto Binocular com um Gabarito 1D que Realiza Deslocamentos Irrestritos. In: V Workshop de Visão Computacional, 2009, São Paulo. Anais do V Workshop de Visão Computacional, 2009. v. I. p. 1-6.

30.
GUEDES, A. L. ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais ; de FRANÇA, José Alexandre ; CANTERI, M. G. ; KOYAMA, M. H. . Sistema descentralizado de monitoramento do microclima em plantações para uso na agricultura de precisão.. In: VII Congresso Brasileiro de Agroinformática, 2009, Viçosa. Anais do VII Congresso Brasileiro de Agroinformática, 2009. v. 1. p. 1-5.

31.
de FRANÇA, José Alexandre ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais ; STEMMER, Marcelo R . Calibração monocular com gabaritos 1D: Uma ferramenta prática com o MATLAB. In: VIII Simpósio Brasileiro de Automação Inteligente, 2007, Florianopolis. XXVII Congresso da Sociedade Brasileira de Computação, 2007.

32.
de FRANÇA, José Alexandre ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais ; HOTO, Robson . A Simple Linear and Iterative LMS Algorithm for Fundamental Matrix Estimating. In: I Encontro de Robótica Inteligente, 2004, Salvador. I Encontro de Robótica Inteligente, 2004.

33.
de FRANÇA, José Alexandre ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais ; STEMMER, Marcelo R . Stereo-Based Detection and Localization of Obstacles in Indoor Environments. In: VI Induscon, 2004, Joinville. Proceedins of the VI Induscon, 2004., 2004. p. 1462-1467.

34.
DEEP, G. S. ; OLIVEIRA, A. ; FREIRE, R. C. S. ; ROCHA NETO, J. S. ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais . Thermodinamic Modeling of a Thermoresistive Sensor Using Electrical Power. In: The 6th IEEE International Conference on Electronics, Circuits and Systems, 1999, Pafos - Cyprus. Anais of the ICECS 99, 1999. p. 1301-1304.

35.
FRANÇA, Maria Bernadete de Morais; ROCHA NETO, J. S. ; DEEP, G. S. ; FREIRE, R. C. S. . Determinação da Resposta Dinâmica de Um Sensor Termoresistivo Com Degraus de Potência Elétrica. In: XII Congresso Chileno de Inginiería Eléctrica, 1997, Temuco. XII Congresso Chileno de Inginiería Eléctrica, 1997. p. 387-392.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
FELICIO, A. L. S. M. ; COELHO, L. F. M. ; DE MORAIS FRANCA, MARIA BERNADETE ; PEREIRA, R. V. ; de FRANÇA, J. A. . Methodology for Free Gases in Power Transformers by Fourier Transform Near-infrared Spectroscopy. In: PITTCON, 2018, Orlando. Proceedings of PITTCON, 2018. v. 1. p. 1-4.

2.
ROSA, K. B. ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais . DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA DE MONITORAMENTO DE TEMPERATURA E UMIDADE RELATIVA DO AR PARA SUBESTAÇÕES DE ENERGIA ELÉTRICA ABRIGADAS. In: 26º Encontro Anual de Iniciação Científica, 2017, Londrina. Anais do 26º Encontro Anual de Iniciação Científica, 2017. v. 1. p. 1-4.

3.
TORRES, R. ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais . SISTEMA INTELIGENTE DE ENERGIZAÇÃO DE TOMADAS RESIDENCIAIS COM CONTROLE DE ACIONAMENTO E MONITORAMENTO DE CONSUMO DE ENERGIA. In: 26º Encontro de Iniciação Científica - EAIC, 2017, Londrina. Anais do 26º Encontro de Iniciação Científica, 2017. v. 1. p. 1-4.

4.
TAKACHI, A. S. ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais ; de FRANÇA, José Alexandre . UM HARDWARE PARA DETERMINAÇÃO DE TEMPO DE TRÂNSITO DE TRANSDUTORES DE ULTRASSOM. In: XX Encontro Anual de Iniciação Científica - EAIC, 2011, Ponta Grossa. Anais do XX EAIC, 2011. p. 1-4.

5.
PATSKO, L. F. ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais ; França, José Alexandre de . ANEMÔMETRO ULTRASSÔNICO DESTINADO A ESTAÇÕES METEOROLÓGICAS. In: XX Encontro Anual de Iniciação Científica - EAIC, 2011, Ponta Grossa. Anais do XX EAIC, 2011. p. 1-4.

6.
NUNES, W. R. B. M. ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais ; de FRANÇA, José Alexandre . ESTUDO E IMPLEMENTAÇÃO DE UM SISTEMA DE AQUISIÇÃO DE DADOS DE UMA REDE DE SENSORES. In: XX Encontro Anual de Iniciação Científica - EAIC, 2011, Ponta Grossa. Anais do XX EAIC, 2011. p. 1-4.

7.
SIMÕES, A. ; de FRANÇA, José Alexandre ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais . MONITORAMENTO AUTOMATIZADO DE VIBRAÇÕES EÓLICAS EM LINHAS DE TRANSMISSÃO. In: XX Encontro Anual de Iniciação Científica - EAIC, 2011, Ponta Grossa. Anais do XX EAIC, 2011. p. 1-4.

8.
SUZUKI JUNIOR, M. ; de FRANÇA, José Alexandre ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais . SENSOR CAPACITIVO DE BAIXO CUSTO PARA MEDIÇÃO DA UMIDADE DO SOLO. In: XX Encontro Anual de Iniciação Científica - EAIC, 2011, Ponta Grossa. Anais do XX EAIC, 2011. p. 1-4.

9.
GUEDES, A. L. ; MOREIRA, M. ; de M. França, Maria B. ; de FRANÇA, José Alexandre . Aquisição e Transmissão de Dados Agrometeorológicos. In: XIX EAIC - Encontro de Iniciação Científica, 2010, Guarapuava - PR. XIX Encontro de Iniciação Científica, 2010.

10.
BIAZETO, A. R. ; de M. França, Maria B. ; de FRANÇA, José Alexandre . UM SENSOR CAPACITIVO DE MOLHAMENTO FOLIAR COM CARACTERÍSTICA LINEAR. In: XIX EAIC - Encontro de Iniciação Científica, 2010, Guarapuava - PR. XIX Encontro de Iniciação Científica, 2010.

11.
KOBO, B. T. ; de M. França, Maria B. ; de FRANÇA, José Alexandre . SISTEMA DE MEDIÇÃO DE UMIDADE EMPREGANDO ESPECTROMETRIA NIR. In: XIX EAIC - Encontro de Iniciação Científica, 2010, Guarapuava - PR. XIX Encontro de Iniciação Científica, 2010.

12.
BIAZETO, A. R. ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais . MÓDULOS DE RÁDIO FREQUÊNCIA PARA A TRANSMISSÃO SEM FIO DE DADOS AGROMETEOROLÓGICOS. In: XVIII Encontro Anual de Iniciação Científica, 2009, Londrina. Anais do XVIII Encontro Anual de Iniciação Científica, 2009. p. 1-4.

13.
GUEDES, A. L. ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais . TOPOLOGIA DE UMA REDE DE TRANSMISSÃO DE DADOS SEM FIO PARA USO EM AGRICULTURA DE PRECISÃO. In: XVIII Encontro Anual de Iniciação Científica, 2009, Londrina. Anais do XVIII Encontro Anual de Iniciação Científica, 2009. p. 1-4.

14.
Leite, T. B. M. M ; CERVANTES, S. G. S. ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais . ESTUDO E IMPLEMENTAÇÃO DE UM SISTEMA DE CONTAGEM DE VEÍCULOS PARA APLICAÇÃO EM ENGENHARIA DE TRÁFEGO. In: XVIII Encontro Anual de Iniciação Científica, 2009, Londrina. Anais do XVIII Encontro Anual de Iniciação Científica, 2009. p. 1-4.

15.
NAGAYAMA, E. L. ; CERVANTES, S. G. S. ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais . Estudo e implementação de um sistema de coleta de dados para aplicação em Engenharia de Tráfego. In: XVII Encontro Anual de Iniciação Científica, 2008, Foz do Iguaçu. XVII EAIC - Encontro de Iniciação Científica, 2008.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
YOSHIDA, Heitor Hatzuka ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais ; de FRANÇA, José Alexandre . IMPLEMENTAÇÃO DE UM PROTOCOLO DE COMUNICAÇÃO PARA UMA REDE DE MICRO-ESTAÇÕES AGROMETEOROLÓGICAS. In: XX Encontro Anual de Iniciação Científica - EAIC, 2011, Ponta Grossa. Anais do XX EAIC, 2011. p. 1-4.

2.
FORTI, L. F. ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais ; de FRANÇA, José Alexandre . Projeto e desenvolvimento de um protótipo para quantificação da água no leite baseado em espectrometria NIR. In: XX Encontro Anual de Iniciação Científica - EAIC, 2011, Ponta Grossa. Anais do XX EAIC, 2011. p. 1-4.

3.
KOBO, B. T. ; de FRANÇA, José Alexandre ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais . PROTÓTIPO MEDIDOR DE UMIDADE COM COMUNICAÇÃO USB BASEADO EM ESPECTROMETRIA NIR. In: XX Encontro Anual de Iniciação Científica - EAIC, 2011, Ponta Grossa. Anais do XX EAIC, 2011. p. 1-4.

4.
LIDUARIO, J. M. M. ; TREVISO, C. H. G. ; de FRANÇA, José Alexandre ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais . PROJETO DE UMA FONTE DE ALIMENTAÇÃO, UTILIZANDO TRANSFORMADOR DE CORRENTE, ATRAVÉS DA LINHA DE TRANSMISSÃO, PARA UM SISTEMA DE AQUISIÇÃO DE DADOS.. In: XX Encontro Anual de Iniciação Científica - EAIC, 2011, Ponta Grossa. Anais do XX EAIC, 2011. p. 1-4.

5.
FRANÇA, Maria Bernadete de Morais; DEEP, G. S. ; FREIRE, R. C. S. . Caracterização de sensores termo-resistivos. In: 2ª Jornada Nacional de Iniciação Científica - 47ª Reunião Anual da SBPC, 1995, São Luiz. Anais da 2ª Jornada Nacional de Iniciação Científica, 1995.

6.
FRANÇA, Maria Bernadete de Morais; DEEP, G. S. . Caracterização de sensores termo-resistivos. In: II Encontro de Iniciação Científica da UFPB, 1994, João Pessoa. Anais do II Encontro de Iniciação Científica da UFPB, 1994.

Apresentações de Trabalho
1.
SEVERINO, L. J. ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais . SISTEMA DE AVALIAÇÃO ON-LINE DE CURSOS DE GRADUAÇÃO. 2008. (Apresentação de Trabalho/Outra).

2.
SILVA, Newton da ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais ; HAGA, H. J. I. . Cálculo da distorção harmônica total usando um processador digital de sinais. 2005. (Apresentação de Trabalho/Seminário).


Produção técnica
Produtos tecnológicos
1.
GUEDES, A. L. ; MOREIRA, M. ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais ; de FRANÇA, José Alexandre . Estação agrometeorológica autonoma para monitoramento do clima em culturas agrícolas. 2010.

2.
GUEDES, A. L. ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais ; de FRANÇA, José Alexandre . Sistema de transmissão de dados automatizado via internet. 2010.

3.
KOBO, B. T. ; Gentilin, F. A. ; TAKAYAMA, D. K. ; de M. França, Maria B. ; de FRANÇA, José Alexandre . Sistema de medição de umidade baseado reflexão difusa do infravermelho próximo. 2010.

4.
Schimith, S. B. ; SIMÕES, A. ; de M. França, Maria B. ; de FRANÇA, José Alexandre . Vibrógrafo eletrônico para monitoramento automatizado de vibrações eólicas em linhas de transmissão. 2010.

5.
MOREIRA, M. ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais ; de FRANÇA, José Alexandre . Árvore eletrônica para estudo do molhamento foliar em culturas agrícolas. 2009.

6.
GUEDES, A. L. ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais ; de FRANÇA, José Alexandre . Rede sem fio de micromódulos para monitoramento de temperatura. 2009.

7.
FRANÇA, Maria Bernadete de Morais; NAGAYAMA, E. L. . Sistema de coleta de dados para aplicação em engenharia de tráfego. 2008.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
FRANÇA, Maria Bernadete de Morais; de FRANÇA, José Alexandre ; BELOTI, V. ; DIAS, L. S. ; TAMANINI, R. . PESQUISA: Equipamento pode detectar fraudes no leite. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
FRANÇA, Maria Bernadete de Morais; RAMIREZ, E. F. F. ; MUNHOZ, D. J. ; KUERTEN, T. . Turma da Robótica - Eposódio 4. 2016.

3.
FRANÇA, Maria Bernadete de Morais; DIAS, PEDRO CARVALHAES ; Dias, J. A. S. ; FERREIRA, ELNATAN CHAGAS ; RIBEIRO, T. A. P. ; CABOT, ANDREU . Contra o desperdício, a inteligência.. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

4.
FRANÇA, Maria Bernadete de Morais. Os cursos de graduação na UEL. 2007. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica


Patentes e registros



Marca registrada
1.
 CERVANTES, S. G. S. ; RAMIREZ, E. F. F. ; VICENTE, O. ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais ; DEMIAN JUNIOR, A. E. ; PIAI, J. C. . ROBOLON Mostra de Robótica e Automação de Londrina. 2016, Brasil.
Patente: Marca Registrada de Serviço. Número do registro: 907672523, título: "ROBOLON Mostra de Robótica e Automação de Londrina" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial.



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
MELO, Leonimer Flavio de; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais; GRANZIERA JUNIOR, F.; AGULHARI, C. C.. Participação em banca de Jéssica Fernanda Pereira Zamaia. SISTEMA DE NAVEGAÇÃO AUTÔNOMA PARA PLATAFORMA ROBÓTICA MÓVEL COM RESTRIÇÕES NÃO-HOLONÔMICAS. 2018. Dissertação (Mestrado em Engenharia Eletrica) - Universidade Estadual de Londrina.

2.
MELO, Leonimer Flavio; FONSECA SOBRINHO, A. S.; de FRANÇA, J. A.; DE MORAIS FRANCA, MARIA BERNADETE. Participação em banca de Creyton Ricardo Batista Grein. Sistema de detecção de flexão dos dedos da mão utilizando reflexão no infravermelho próximo.. 2018. Dissertação (Mestrado em Engenharia Eletrica) - Universidade Estadual de Londrina.

3.
de FRANÇA, José Alexandre; FERREIRA, ELNATAN C.; GRANZIERA JUNIOR, F.; DE MORAIS FRANCA, MARIA BERNADETE. Participação em banca de Lucas da Silva Dias. Desenvolvimento de um fotômetro para detecção de adulteração de leite cru por adição de água baseado no uso da esfera de integração.. 2017. Dissertação (Mestrado em Engenharia Eletrica) - Universidade Estadual de Londrina.

4.
de FRANÇA, José Alexandre; GRANZIERA JUNIOR, F.; MAIA, J. M.; DE MORAIS FRANCA, MARIA BERNADETE. Participação em banca de Giancarlos Gaeta. Sistema de aquisição de dados para monitoramento da velocidade do vento em três dimensões baseado em ultrassom. 2016. Dissertação (Mestrado em Engenharia Eletrica) - Universidade Estadual de Londrina.

Teses de doutorado
1.
Dias, J. A. S.; FERREIRA, ELNATAN C.; Morais, F. J. O.; SERRAN, N. V.; DE MORAIS FRANCA, MARIA BERNADETE. Participação em banca de Eduardo Ferreira da Costa. Sistema autônomo para manejo de irrigação usando energy harvesting baseado em microsprinklers e sensores de umidade de solo com um único transistor bipolar encapsulado em um bloco cerâmico poroso.. 2018. Tese (Doutorado em Doutorado em Engenharia Elétrica - UNICAMP) - Universidade Estadual de Campinas.

Qualificações de Mestrado
1.
MELO, Leonimer Flavio de; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais; GRANZIERA JUNIOR, F.. Participação em banca de Jessica Fernanda Pereira Zamaia. Sistema de Navegação Autônoma para Plataforma Robótica Móvel com Restrições Não-Holonômicas.. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Engenharia Eletrica) - Universidade Estadual de Londrina.

2.
de FRANÇA, José Alexandre; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais; GRANZIERA JUNIOR, F.. Participação em banca de Jean Carlos Fabiano dos Santos. Correção de sinais corrompidos em anemômetros ultrassônicos com uso da técnica do cruzamento por zero. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Engenharia Eletrica) - Universidade Estadual de Londrina.

3.
MELO, Leonimer Flavio de; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais; de FRANÇA, José Alexandre. Participação em banca de Creyton Ricardo Batista Grein. Protótipo de sistema para determinação da posição dos dedos da mão utilizando espectroscopia do infravermelho próximo.. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Engenharia Eletrica) - Universidade Estadual de Londrina.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
de FRANÇA, J. A.; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais; SILVA, Newton da. Participação em banca de Leandro Caires Assega.Estudo e aplicação de técnicas para caracterização de sensores termo-resistivos. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina.

2.
RAMIREZ, E. F. F.; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais; DEMIAN JUNIOR, A. E.. Participação em banca de Nícolas Bruno Montanha Vançan.PROTOBOT - Protótipo de Braço Robótico comandado por comunicação sem fio. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina.

3.
RAMIREZ, E. F. F.; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais; COVACIC, M. R.. Participação em banca de Matheus Raphael Elero.Desenvolvimento de software aplicado ao ensino de Engenharia Elétrica utilizando Unity 3D. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina.

4.
GAINO, R.; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais; COVACIC, M. R.. Participação em banca de Marcelo Haddad Becheli.Módulo de Eletromiografia. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina.

5.
COVACIC, M. R.; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais; GAINO, R.. Participação em banca de Guilherme Augusto Gil Bonato.Controle misto H2/H∞ com base em LMIs e análise de performance para um pêndulo rotacional invertido. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina.

6.
de FRANÇA, José Alexandre; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais; GAZZONI FILHO, D. L.. Participação em banca de Rafael Loni Martins.Circuito de acionamento linear para controle de temperatura utilizando pastilha Peltier.. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina.

7.
de FRANÇA, J. A.; DE MORAIS FRANCA, MARIA BERNADETE; PIAI, J. C.. Participação em banca de Luiz Felipe de Oliveira Nunes Gonçalves.Sistema de aquisição de dados distribuído para monitoramento do Índice Vegetativo da Diferença Normalizada em áreas de cultivo. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina.

8.
de FRANÇA, J. A.; DE MORAIS FRANCA, MARIA BERNADETE; PIAI, J. C.. Participação em banca de Mateus Rodrigues de Almeida.Sistema de Transmissão de Dados para Lugares Remotos: Análise de Soluções e um Estudo de Caso com Modem GPRS. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina.

9.
PIAI, J. C.; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais; DEMIAN JUNIOR, A. E.. Participação em banca de Felippe Neves Manjavachi.Desenvolvimento de um painel Andon utilizando a linguagem Delphi. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina.

10.
RAMIREZ, E. F. F.; MELO, Leonimer Flavio de; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais. Participação em banca de VICTOR HUGO BATISTA TSUKAHARA SIMULADOR.SIMULADOR DE OSCILOSCÓPIO PARA FINS DIDÁTICOS. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina.

11.
Matias, L. C. M.; GERMANOVIX, W.; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais; RAMIREZ, E. F. F.. Participação em banca de Leonardo C. Marçal Matias.A utilização de amplificadores de instrumentação para captura e análise dos sinais de eletrocardiograma. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina.

12.
TREVISOLLI, R. A.; de França, José A.; de M. França, Maria B.; GRANZIERA JUNIOR, F.. Participação em banca de Renato de Almeida Trevisolli.Protótipo de um sistema de medição de vibrações eólicas em linhas de transmissão. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina.

13.
MELO, Leonimer Flavio de; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais; DEMIAN JUNIOR, A. E.. Participação em banca de Fernando Hidekazu Omoto Takeda.Controle Embarcado e Gerenciamento Remoto Via Celular de Periféricos de Veículos Automotivo. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina.

14.
RAMIREZ, E. F. F.; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais; MELO, Leonimer Flavio de. Participação em banca de Luciano Kenji Taho.Aprimoramento de um Sistema Microprocessado para Medição do Batimento Cardíaco. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina.

15.
MELO, Leonimer Flavio de; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais; CERVANTES, S. G. S.. Participação em banca de Kleber dos Santos Lopes.Uma proposta de domótica através da internet. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina.

16.
de FRANÇA, José Alexandre; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais; CERVANTES, S. G. S.. Participação em banca de Silvia Yumi Takashina.Aperfeiçoamento do método de calibração monocular baseada em gabaritos de uma única dimensão. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina.

17.
CASTALDO, F. C.; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais; BARBOSA, L. R.. Participação em banca de Tania.Desenvolvimento de software inspecinal para síntese de funções de multivalores. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina.

18.
GERMANOVIX, W.; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais; MELO, Leonimer Flavio de; CASTALDO, F. C.. Participação em banca de Tiago Luiz Fidelis Pereira.Estudo, análise, projeto e simulação de amplificador operacional CMOS. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina.

19.
MELO, Leonimer Flavio; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais; de FRANÇA, José Alexandre; SELLA, M. V. N.. Participação em banca de Marcus Vinícius Nunes Sella.Controle remoto e identificação de chamadas por tons DTMF. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina.

20.
de FRANÇA, José Alexandre; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais; MORENO, Julian Knoll; RAMIREZ, E. F. F.. Participação em banca de Julian Knoll Moreno.Comparação entre métodos de estimação da matriz fundamental. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina.

21.
CEREDA, C. E.; CASTALDO, F. C.; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais; GERMANOVIX, W.. Participação em banca de Carlos Eduardo Cereda.Projeto de um amplificador diferencial utilizando circuitos integrados 4007. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina.

22.
MARTINS, P. H. P. S.; FREGONEZI, M. A. S.; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais; BOMBACINI, M. R.. Participação em banca de Paulo Henrique P. da Silva Martins.Método para projeto de inversores lógicos de Lukasiewicz. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina.

23.
de FRANÇA, José Alexandre; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais; HAGA, H. J. I.; SILVA, Newton da. Participação em banca de Hilton Jun Iwamoto Haga.Desenvolvimento de um módulo didático para controle de processos. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina.

24.
GOUVEIA, C. A.; FELIZARDO, K. R.; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais; SCANNAVINO JUNIOR, Francisco de Assis. Participação em banca de Carlos Augusto Gouveia.Desenvolvimento de um sistema inteligente para controle de iluminação de uma sala de aula. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina.

25.
SILVA, Newton da; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais; MELO, Leonimer Flavio. Participação em banca de Ricardo Nishikawa.Controlador de Temperatura Microcontrolado. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina.

26.
SHINODA, Ailton Akira; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais; LUDOVICO, Charles. Participação em banca de Wagner Endo.Processamento de Imagem Aplicado à Bio-Informática. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina.

27.
FRANÇA, Maria Bernadete de Morais; MELO, Leonimer Flavio de; MANGILE JUNIOR, José Fernando. Participação em banca de Elton Moura Lombardi.Desenvolvimento de um ambiente gráfico para controle de um modelo de planta industrial. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
ABRÃO, T.; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais; TREVISO, C. H. G.. Teste seletivo para professor temporário - Depto. de Engenharia Elétrica. 2011. Universidade Estadual de Londrina.

2.
FRANÇA, Maria Bernadete de Morais. I Premio CAIXA de Projetos Inovadores com Aplicabilidade na Industria Metalurgica, Mecanica, Eletronica e de Material Eletrico. 2009. Sindicato das Indústrias do Setor Metal Mecânico.

3.
de FRANÇA, José Alexandre; Nixdorf, S. L.; Tosin, M. C.; Toginho Filho, D. O.; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais. Desenvolvimento de um Transdutor de Umidade Baseado no Infravermelho Próximo (Exame de qualificação - Mestrado). 2008. Universidade Estadual de Londrina.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Reunião de Ramos da Seção Sul-Brasil 2016.Mulheres na Ciência: Histórias Reais, Histórias de Sucesso. 2016. (Encontro).

2.
I Semana Científica e Tecnológica do SENAI - Londrina.Instrumentação Eletrônica Aplicada a Agricultura. 2012. (Outra).

3.
VIII Congresso Brasileiro de Agroinformática. Árvore Eletrônica para Estudo da Duração do Período de Molhamento Foliar. 2011. (Congresso).

4.
XVIII EAIC - Encontro Anual de Iniciação Científica.Apresentação de trabalhos na área de Engenharia Elétrica. 2009. (Encontro).

5.
Fórum 2008 de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Estadual de Londrina. 2008. (Outra).

6.
III Fórum de Engenharia Civil da UEL.Sistema de Avaliação On-Line. 2008. (Outra).

7.
XIV Fórum de Docentes e Discentes. 2007. (Outra).

8.
XIII Fórum de Docentes e Discentes. 2006. (Outra).

9.
Seminário Engenharia, Responsabilidade Social e Inovação Tecnológica. 2005. (Seminário).

10.
XII Fórum de Docentes e Discentes. 2005. (Outra).

11.
XIII Encontro Anual de Iniciação Científica - XIII EAIC.Apresentações de trabalhos da área de tecnologia e engenharia. 2004. (Encontro).

12.
17th Symposium on Microelectronic Technology and Devices. 2002. (Simpósio).

13.
IV Escola de Microeletrônica da SBC-Sul - EMICRO 2002. 2002. (Oficina).

14.
Second International Course on Petri Nets for Latin America. 1995. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
BRIDI, A. M. ; SANTOS, S. M. S. ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais ; KANASHIRO, M. ; LOLIS, D. ; BORSATO, D. ; MIQUELOTO, C. A. ; DELATIM, J. ; ANGILELLI, K. ; SOARES, A. L. ; SANTIAGO, D. C. ; MARTINS, M. I. M. ; SPIRANDELLI, C. ; SAFFARO, F. A. ; DEMARCHI, A. P. P. ; ANDRADE, Z. A. F. ; VIEIRA, S. . XXVI EAIC - Encontro Anual de Iniciação Científica. 2017. (Outro).

2.
CERVANTES, S. G. S. ; RAMIREZ, E. F. F. ; VICENTE, O. ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais ; DEMIAN JUNIOR, A. E. ; MUNHOZ, D. J. ; CIANCA, F. S. C. . III Mostra Científica de Robótica e Automação de Londrina - Robolon. 2017. (Outro).

3.
FRANÇA, Maria Bernadete de Morais; MESAS, A. E. ; MIQUELOTO, C. A. ; DELATIM, J. ; VIEIRA, S. ; LOLIS, D. ; CIRINO, G. ; BORSATO, D. ; SANTOS, S. M. S. ; GONZALEZ, A. D. ; BRIDI, A. M. ; MARTINS, M. I. M. ; SOUZA, L. A. ; KANASHIRO, M. . XXV EAIC - Encontro Anual de Iniciação Científica. 2016. (Outro).

4.
RAMIREZ, E. F. F. ; CERVANTES, S. G. S. ; PIAI, J. C. ; DE MORAIS FRANCA, MARIA BERNADETE ; DEMIAN JUNIOR, A. E. ; VICENTE, O. ; MUNHOZ, D. J. ; CIANCA, F. S. C. . II Mostra Científica de Robótica e Automação de Londrina - Robolon. 2015. (Outro).

5.
FRANÇA, Maria Bernadete de Morais; Silva, T. P. . IV Semana de Engenharia Elétrica de Londrina. 2008. (Outro).

6.
FRANÇA, Maria Bernadete de Morais; Silva, T. P. . Ciclo de Treinamento para Graduandos de Engenharia Elétrica - Orcad. 2008. (Outro).

7.
FRANÇA, Maria Bernadete de Morais; de FRANÇA, José Alexandre . Semana de Recepçao aos Ingressantes do Curso de Engenharia Eletrica 2008. 2008. (Outro).

8.
FRANÇA, Maria Bernadete de Morais. III Semana de Engenharia Elétrica de Londrina. 2007. (Outro).

9.
GAINO, R. ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais ; LUDOVICO, Charles . Semana da Engenharia Elétrica da UEL. 2005. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Vanessa de Fátima Dias. Projeto e Desenvolvimento de um Sistema de Monitoramento de Umidade do Solo. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Engenharia Eletrica) - Universidade Estadual de Londrina. (Orientador).

2.
Priscila Pagliari Pinheiro. Detecção eletrônica de gases dissolvidos em óleo de transformador. Início: 2016. Dissertação (Mestrado em Engenharia Eletrica) - Universidade Estadual de Londrina. (Orientador).

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Leonardo Eiji Kono Shimomura. Sistema de posicionamento com aplicação em testes biológicos.. Início: 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina. (Orientador).

2.
Rodrigo Borsato Rocchi. Automatização de um sistema para ensaios de resistência natatória de peixes em laboratório.. Início: 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina. (Orientador).

3.
Renan Carvalho Pereira. Desenvolvimento de um Software para tratamento de imagens no estudo comportamental de peixes.. Início: 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Ítalo Cesar Porto Xavier. SISTEMA DE AUTOMATIZAÇÃO DE TESTES DE RESISTÊNCIA NATATÓRIA PARA PEIXES EM ESTUDOS DE COMPORTAMENTO. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Paraná. (Orientador).

2.
Taylla Milena Theodoro. APRIMORAMENTO DE UM SISTEMA DE AUTOMATIZAÇÃO DO PROCESSO DE TRATAMENTO DE ÁGUA PELA ELETROCOAGULAÇÃO.. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
José Cláudio da Silva Junior. Detecção de umidade em matrizes porosas utilizando ponteiras com transistor bipolar. 2018. Dissertação (Mestrado em Engenharia Eletrica) - Universidade Estadual de Londrina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Maria Bernadete de Morais França.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Rodrigo Torres. HAIS (Home Automation Integrated Sistem) - Sistema integrado de controle e monitoramento wi-fi com aplicação residencial.. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Maria Bernadete de Morais França.

2.
Giuliano Galhardi Motter. Colheita de Energia: Protótipo de um Módulo Energeticamente Autônomo para Aplicações de Instrumentação. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Maria Bernadete de Morais França.

3.
Vanessa de Fátima Dias. Sistema de aquisição de dados de umidade baseado em capacitores de efeito de borda. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Maria Bernadete de Morais França.

4.
Felipe Ramos da Silva. Desenvolvimento de uma interface homem-máquina voltada para consultorias em eficiência energética.. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Maria Bernadete de Morais França.

5.
Bruna Tiemi Kobo. Implementação de um controle digital de temperatura de uma célula de Peltier. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Maria Bernadete de Morais França.

6.
Luis Fernando Patsko. Técnicas de instrumentação para uso de transdutores de ultrassom.. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Maria Bernadete de Morais França.

7.
Airá Simões. Monitoramento automatizado de vibrações eólicas em linhas de transmissão.. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Maria Bernadete de Morais França.

8.
MAURICIO MOREIRA. ESTAÇÃO AGROMETEOROLÓGICA LA2I: SISTEMA DE AQUISIÇÃO DE DADOS. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Maria Bernadete de Morais França.

9.
ALEX LEMES GUEDES. ESTAÇÃO AGROMETEOROLÓGICA LA2I: HARDWARE E INTERFACE COM USUÁRIO. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Maria Bernadete de Morais França.

10.
Tiago Polizer da Silva. Anemômetro tridimensional baseado em Ultra-som. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Maria Bernadete de Morais França.

11.
Mateus Maciel Rabello. Proposição de um sistema de atordoamento elétrico em aves para pesquisas científicas. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Maria Bernadete de Morais França.

12.
EDMAR LEONARDO NAGAYAMA. Estudo e implementação de um sistema de coleta de dados para aplicação em Engenharia de Tráfego. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Maria Bernadete de Morais França.

13.
LUIS FERNANDO MIKIO NAKAMURA. Estudo e implementação em VHDL de redes neurais artificiais. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Maria Bernadete de Morais França.

14.
Fernando Belinati Piccirillo. Estudo de desenvolvimento de um sistema de monitoração posicional da língua para aplicações em fonoaudiologia. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Maria Bernadete de Morais França.

15.
Marcela Hitomi Koyama. Projeto de um sistema para aquisição de dados de temperatura. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Maria Bernadete de Morais França.

16.
Leandro de Paula Santos Pereira. Sistema de medição de tensão da rede elétrica2. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Maria Bernadete de Morais França.

17.
Fernando Botolotti. Módulos em VHDL para automação residencial. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Maria Bernadete de Morais França.

18.
Anderson Morais Mori. Sistema embarcado de aquisição de dados para aplicação na agrimensura. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Maria Bernadete de Morais França.

19.
Bruno Frederico de Andrade Cristiano. Estudo e projeto de um sistema remoto para aquisição de dados de temperatura. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Maria Bernadete de Morais França.

20.
Graciele Kiyomi Maeoka. Sensor de Temperatura para Incubadoras de Neonatos. 2004. 50 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Maria Bernadete de Morais França.

21.
Igor Katsuyoshi Yoshida. Sistema Microprocessado para Detecção por Radiação Infravermelha e Medição de Velocidade Média.. 2004. 73 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Maria Bernadete de Morais França.

22.
Marcelo Rodrigues. Sistema de Teste Microcontrolado de Baixo Custo para Cartucho Jato de Tinta. 2004. 70 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Maria Bernadete de Morais França.

23.
Elton Moura Lombardi. Desenvolvimento de ambiente gráfico para acontrole e um modelo de planta industrial. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Maria Bernadete de Morais França.

Iniciação científica
1.
Taylla Milena Theodoro. ESTUDO E DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA DE AUTOMATIZAÇÃO DO PROCESSO DE TRATAMENTO DE ÁGUA PELA ELETROCOAGULAÇÃO. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria Bernadete de Morais França.

2.
Italo César Porto Xavier. ESTUDO E CARACTERIZAÇÃO DE UM SENSOR DE GÁS HIDROGÊNIO PARA USO EM SISTEMAS DE MONITORAMENTO DE GASES COM APLICAÇÃO EM SEGURANÇA. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Maria Bernadete de Morais França.

3.
Rodrigo Torres. UMA IMPLEMENTAÇÃO DE INTERNET DAS COISAS (IoT) - COMUNICAÇÃO SEM FIO ENTRE MODEM E BLOCO CONTROLADOR DE UM SISTEMA DE ENERGIZAÇÃO INTELIGENTE DE TOMADAS.. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria Bernadete de Morais França.

4.
Karina Bernardin Rosa. DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA DE MONITORAMENTO DE TEMPERATURA E UMIDADE RELATIVA DO AR PARA SUBESTAÇÕES DE ENERGIA ELÉTRICA ABRIGADAS. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Paraná. Orientador: Maria Bernadete de Morais França.

5.
WELLINGTON DIEGO CUSTÓDIO VIEIRA. PROJETO E DESENVOLVIMENTO DE UMA ?ÁRVORE ELETRÔNICA? DE MOLHAMENTO FOLIAR. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina, Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Maria Bernadete de Morais França.

6.
HEITOR HATIZUKA YOSHIDA. Desenvolvimento de uma rede de micro-estações para monitoramento de temperatura e umidade em plantações de café. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Paraná. Orientador: Maria Bernadete de Morais França.

7.
LUCAS DE SOUZA RIBEIRO. Sistema Óptico-Eletrônico para Quantificação de Substâncias Químicas em Líquidos. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria Bernadete de Morais França.

8.
Luis Fernando Patsko. DESENVOLVIMENTO DE UM SENSOR DE VELOCIDADE E DIREÇÃO DO VENTO. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Paraná. Orientador: Maria Bernadete de Morais França.

9.
HEITOR HATIZUKA YOSHIDA. PROJETO E DESENVOLVIMENTO DE UMA REDE DE ESTAÇÕES AGROMETEOROLÓGICAS BASEADA EM COMUNICAÇÃO RS485. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina, Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Maria Bernadete de Morais França.

10.
REGINALDO LUIZ FORTI. Projeto e desenvolvimento de um sistema microprocessado de controle e processamento de dados de um anemômetro 3D. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina, Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Maria Bernadete de Morais França.

11.
Willian Ricardo Bispo Murbak Nunes. ESTUDO E IMPLEMENTACÃO DE UM SISTEMA DE AQUISIÇÃO DE DADOS DE UMA REDE DE SENSORES. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Paraná. Orientador: Maria Bernadete de Morais França.

12.
ALISSON SHIZUO TAKACHI. QUANTIFICAÇÃO DE ÁGUA EM SUBSTÂNCIAS LÍQUIDAS E SÓLIDAS BASEADA EM ESPECTROMETRIA NIR. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Paraná. Orientador: Maria Bernadete de Morais França.

13.
Alex Lemes Guedes. DESENVOLVIMENTO DE MICROESTAÇÕES AGROMETEOROLÓGICAS PARA MONITORAMENTO DO MICROCLIMA EM PLANTAÇÕES DE SOJA PARA USO NA AGRICULTURA DE PRECISÃO. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Paraná. Orientador: Maria Bernadete de Morais França.

14.
Reginaldo Luis Forti. ESTUDO DE SENSORES PARA AGRICULTURA DE PRECISÃO. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Paraná. Orientador: Maria Bernadete de Morais França.

15.
Willian Ricardo Bispo Murbak Nunes. Estudo e Implementação de Algoritmos Aplicáveis a Medição de Sinais Ruidosos. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Paraná. Orientador: Maria Bernadete de Morais França.

16.
Willian Ricardo Bispo Murbak Nunes. Sensores e Transdutores Alternativos Aplicados a Agrometeorologia. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Paraná. Orientador: Maria Bernadete de Morais França.

17.
ANDERSON ROSS BIAZETO. SISTEMA DE AQUISIÇÃO DE DADOS PARA MONITORAMENTO DE VIBRAÇÕES EÓLICAS EM LINHAS DE TRANSMISSÃO. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina, Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Maria Bernadete de Morais França.

18.
Lucas José Severino. Aperfeiçoamento do sistema de avaliação on-line dos cursos de graduação.. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em Ciência da Computação) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação de Apoio da Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Maria Bernadete de Morais França.

19.
Lucas José Severino. PROGRAMA DE AVALIAÇÃO CONTINUADA ON-LINE DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL, ENGENHARIA ELÉTRICA E ARQUITETURA E URBANISMO DO CTU/UEL. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em Ciência da Computação) - Universidade Estadual de Londrina, Fundação de Apoio da Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Maria Bernadete de Morais França.

Orientações de outra natureza
1.
Giuliano Galhardi Motter. Aperfeiçoamento do sensor capacitivo para aplicação em medição de nível. 2016. Orientação de outra natureza. (Engenharia Elétrica) - Universidade Estadual de Londrina. Orientador: Maria Bernadete de Morais França.



Inovação



Marca registrada
1.
 CERVANTES, S. G. S. ; RAMIREZ, E. F. F. ; VICENTE, O. ; FRANÇA, Maria Bernadete de Morais ; DEMIAN JUNIOR, A. E. ; PIAI, J. C. . ROBOLON Mostra de Robótica e Automação de Londrina. 2016, Brasil.
Patente: Marca Registrada de Serviço. Número do registro: 907672523, título: "ROBOLON Mostra de Robótica e Automação de Londrina" , Instituição de registro: INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial.



Educação e Popularização de C & T



Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
FRANÇA, Maria Bernadete de Morais; RAMIREZ, E. F. F. ; MUNHOZ, D. J. ; KUERTEN, T. . Turma da Robótica - Eposódio 4. 2016.


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
RAMIREZ, E. F. F. ; CERVANTES, S. G. S. ; PIAI, J. C. ; DE MORAIS FRANCA, MARIA BERNADETE ; DEMIAN JUNIOR, A. E. ; VICENTE, O. ; MUNHOZ, D. J. ; CIANCA, F. S. C. . II Mostra Científica de Robótica e Automação de Londrina - Robolon. 2015. (Outro).



Outras informações relevantes


Aprovações em concursos públicos:
Edital 23/99-CRH UEL, na área de Microprocessadores e Sistemas Operacionais, em 2000.
Edital 58/01-CRH UEL, na área de Sistemas Eletrônicos para Instrumentação, em 2002.
Edital 45/02-CRH UEL, na área de Engenharia Elétrica, em 2003.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 17/12/2018 às 11:17:41