Gildo Magalhães dos Santos Filho

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/4155366726826551
  • Última atualização do currículo em 05/01/2018


Possui graduação em Engenharia Eletrônica pela Escola Politécnica (1972), com doutorado em História Social (1994) e livre-docência em História da Ciência (2005), ambos pela FFLCH da Universidade de São Paulo. Foi bolsista das Fundações Krupp e Alexander von Humboldt (Alemanha) em 1983-84, Resident Scholar do Instituto Smithsonian (Washington, EUA) em 2003 e Fellow da Chemical Heritage Foundation (Filadélfia, EUA) em 2013. Membro do Centro de Filosofia das Ciências da Universidade de Lisboa desde 2004 e Professor Colaborador do ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa desde 2014. A partir de 2016 tornou-se Professor Titular do Departamento de História da FFLCH/USP. É líder do Grupo de Pesquisa Khronos do Instituto de Estudos Avançados da USP e diretor do Centro Interunidades de História da Ciência da USP, onde edita a revista Khronos. Coordenou projeto temático da FAPESP sobre a história da eletrificação paulista e dirige projeto de cooperação internacional entre a FAPESP e a Fundação para a América Latina da Baviera (BAYLAT). Dedica-se a temas de pesquisa em história da ciência e da tecnologia, com destaque para o Brasil, epistemologia, divulgação científica, história da política científico-tecnológica. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Gildo Magalhães dos Santos Filho
Nome em citações bibliográficas
SANTOS FILHO, G. M.;MAGALHÃES, G.;SANTOS, G.M.;SANTOS, GILDO MAGALHÃES;SANTOS, G. M.;MAGALHÃES, GILDO

Endereço


Endereço Profissional
Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas, Departamento de História.
Rua Prof. Lineu Prestes, 338
Cidade Universitária
05508-900 - Sao Paulo, SP - Brasil
Telefone: (11) 30913731
Ramal: 232
Fax: (11) 30322314


Formação acadêmica/titulação


1991 - 1994
Doutorado em História Social.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Um Bit Auriverde - Caminhos da tecnologia e do Projeto Desenvolvimentista na Formulação duma Política Nacional de Informática para o Brasil (1971-1992), Ano de obtenção: 1994.
Orientador: Shozo Motoyama.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Política Nacional de Informática; História da tecnologia no Brasil; História contemporânea do Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
1967 - 1972
Graduação em Engenharia Eletrônica.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.


Pós-doutorado e Livre-docência


2005
Livre-docência.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: ciência e ideologia: dimensões sociais da idéia de progresso, Ano de obtenção: 2005.
Palavras-chave: história da ciência, técnica e tecnologia; ciência e ideologia; epistemologia.
Grande área: Ciências Humanas
2013 - 2013
Pós-Doutorado.
Chemical Heritage Foundation, CHF, Estados Unidos.
Bolsista do(a): Chemical Heritage Foundation, CHF, Estados Unidos.
Grande área: Ciências Humanas
2003 - 2003
Pós-Doutorado.
Smithsonian Institution, SI, Estados Unidos.
Bolsista do(a): Dibner Foundation, DL, Estados Unidos.
Grande área: Ciências Humanas
1996 - 1998
Pós-Doutorado.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas


Atuação Profissional



Chemical Heritage Foundation, CHF, Estados Unidos.
Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Fellow, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


Governo do Estado, SECGESP, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - 2013
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor colaborador, Carga horária: 1


Fundação Krupp, KRUPP STIFTUNG, Alemanha.
Vínculo institucional

1983 - 1985
Vínculo: bolsista, Enquadramento Funcional: engenheiro-pesquisador na Alemanha, Regime: Dedicação exclusiva.


Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Professor das disciplinas de graduação desde 1998: - História da Ciência, - História da Ciência, da Técnica e do Trabalho, - História Social da Arte, Professor/responsável de disciplinas de pós-graduação desde 1996: - História Social da Eletricidade - Ciência e Ideologia, - Revoluções Científicas - Ciência, litertura e revolução - Arqueologia Industrial - História e teorias da evolução - Psicologia, filosofia e física no século de Bohr - Evolução das idéias da física quântica: aspectos históricos e epistemológicos - História Global do Petróleo

Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Diretor, Centro de História da Ciência USP, Carga horária: 8
Outras informações
O Centro é órgão da Reitoria da USP

Vínculo institucional

2005 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Associado 3, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2001 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: professor doutor RDIDP, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

1999 - 2001
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Outro (RTP), Carga horária: 12

Vínculo institucional

1997 - 1999
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Outro (colaborador)

Atividades

2006 - Atual
Extensão universitária , Escola de Comunicações e Artes, .

Atividade de extensão realizada
professor no curso de divulgação científica.
9/2003 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Reitoria, Centro Interunidade de História da Ciência.

Cargo ou função
vice-diretor.
11/2001 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas, .

Linhas de pesquisa
História da eletrificação
8/1999 - Atual
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História da Química
História da Biologia
História das Ciências e Técnicas
3/1997 - Atual
Ensino, História Social, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
História e teorias da evolução: debates em torno da idéia de progresso
Ciência e Ideologia
03/2005 - 01/2009
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas, .

Cargo ou função
coordenador da graduação de história.
08/1995 - 06/1996
Ensino, Engenharia Elétrica, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
História social do eletromagnetismo

Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, FCUL, Portugal.
Vínculo institucional

2003 - Atual
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: colaborador


Smithsonian Institution, SMITHSONIAN, Estados Unidos.
Vínculo institucional

2003 - 2003
Vínculo: Visiting scholar, Enquadramento Funcional: Bolsista da Fundação Dibner, Carga horária: 40
Outras informações
Pós-doutorado com pesquisa na Seção de Livros Raros e Manuscritos sobre o eletromagnetismo, a biologia e a Naturphilosophie


Companhia do Metropolitano de São Paulo, METROSP, Brasil.
Vínculo institucional

1991 - 2001
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: assessor técnico, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

1973 - 1975
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: engenheiro, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Estudos de automação de trens na Westinghouse Electric e na Universidade de Pittsburgh (EUA)


Associação Brasileira de Normas Técnicas - Sede, ABNT/RJ, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: conselheiro técnoico, Carga horária: 1


Fundação para o Desenvolvimento Tecnológico da Engenharia, FDTE, Brasil.
Vínculo institucional

1987 - 1991
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: superintendente, Regime: Dedicação exclusiva.


Promon Engenharia, PROMON, Brasil.
Vínculo institucional

1976 - 1987
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Gerente de projetos, Regime: Dedicação exclusiva.


Telecomunicações do Estado de São Paulo, TELESP, Brasil.
Vínculo institucional

1975 - 1976
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: chefe de seção de planejamento de engenharia, Regime: Dedicação exclusiva.


Centro de História da Ciência, CHC, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Diretor do Centro de História da Ciência USP


Instituto de Estudos Avançados - USP, IEA-USP, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Coordenador Grupo de Pesquisa, Enquadramento Funcional: Coordenador de Grupo de Pesquisa Khronos, Carga horária: 6



Linhas de pesquisa


1.
História da eletrificação


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Khronos
Descrição: Grupo de pesquisa em História da Ciência, Técnica e Saúde.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (5) .
Integrantes: Gildo Magalhães dos Santos Filho - Coordenador / sara albieri - Integrante / joão justo filho - Integrante / falvio ulho coelho - Integrante / amancio santos friaça - Integrante / maria elice prestes - Integrante / cibelle celestino silva - Integrante / ivã gurgel - Integrante / francisco rômulo monte ferreira - Integrante / francisco assis de queiroz - Integrante / maria amélia dantes - Integrante.
2017 - Atual
Bavaria and São Paulo: the making of knowledge, science, arts - an entanglement perspective
Descrição: Bavária e São Paulo:: construindo ciência, artes e conhecimento numa perspectiva de entrelaçamento desde o século XIX.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (10) .
Integrantes: Gildo Magalhães dos Santos Filho - Coordenador / Karen Macnow Lisboa - Integrante.Financiador(es): (FAPESP) Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
2011 - 2013
Rede de Projetos de Pesquisa sobre a História do Estado de São Paulo
Descrição: A Rede se inicia a partir de quatro eixos temáticos fundamentais no desenvolvimento regional: energia, café, ferrovia e imigração. O objetivo é mapear e registrar referências históricas com destaque para o patrimônio industrial, rural e de história oral..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2010 - 2012
O que é uma lei física?
Descrição: Dentro de um olhar da epistemologia e da história da ciência, como se constitui, se mantém e se abandona um corpo teórico a patir de leis da física.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2010 - Atual
A idéia de progresso - dimensões epistemológicas, sociais e históricas
Descrição: Discussão do conceito de progresso nas ciências, técnicas e tecnologias, em termos de um desenvolvimento não-linear onde comparecem as críticas sociais e éticas, ao mesmo tempo que se ressalta a permanência do valor do progresso. Grupo inscrito no Diretório de Pesquisas do CNPq..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2010
Fundamentos e problemas da teoria quântica
Descrição: Discutir a parte histórica e epistemológica dos fundamentos de uma teoria não-linear à base de onduletas para a teoria quântica e estabelecer um paradigma realista causal, retomando os trabalhos de Louis de Broglie..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (2) .
Integrantes: Gildo Magalhães dos Santos Filho - Integrante / José Nunes Ramalho Croca - Coordenador / Rui Moreira - Integrante.Financiador(es): Centro de Filosofia da Ciência da Universidade de Lisboa - Cooperação.
2008 - Atual
História da energia elétrica no estado de São Paulo
Descrição: Mapeamento e diagnóstico do patrimônio documental do setor, relacionado à implantação e ao desenvolvimento da geração, transmissão e distribuição da energia elétrica no Estado de São Paulo. Em virtude da sua amplitude interdisciplinar, o mesmo está sendo desenvolvido ao longo de quatro eixos temáticos principais e interligados: histórico, documental, arquivístico e de cultura material..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (14) / Especialização: (2) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Gildo Magalhães dos Santos Filho - Coordenador / Telma Campanha de Carvalho Madio - Integrante / Maria de Fátima Gonçalves Moreira Tálamo - Integrante / Marília Xavier Cury - Integrante / cristina meneguello - Integrante / sueli angelo furlan - Integrante / odette seabra - Integrante / vania mara alves lima - Integrante / marcia pazin vitoriano - Integrante / andré argollo - Integrante / alexandre saes - Integrante / renato diniz - Integrante.
Número de produções C, T & A: 31 / Número de orientações: 10
2005 - Atual
As profissões do biólogo no Brasil: história oral e análises
Descrição: Foram feitas cerca de 200 entrevistas com biólogos que trabalham em; instituos de pesquisa não-acadêmicos; universidade; escolas secundárias; iniciativa privada - para determinar seu perfil, grau de satisfação e visões de sucesso e problemas na profissão.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Gildo Magalhães dos Santos Filho - Coordenador.
2002 - Atual
História Social da Ciência e Tecnologia no Brasil
Descrição: Desenvolvimento de trabalhos feitos no Centro de História das Ciências da USP.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Gildo Magalhães dos Santos Filho - Coordenador.
2002 - Atual
História das ciências e da tecnologia, teorias da Evolução e o conceito de progresso
Descrição: Debates do conceito de evolução e progresso nos contextos das ciências sociais e naturais.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (2) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Gildo Magalhães dos Santos Filho - Coordenador.


Outros Projetos


2017 - Atual
Grupo de Pesquisa em História da Ciência, Medicina e Epistemologia - Khronos
Descrição: Grupo associado ao Instituto de Estudos Avançados da USP.
Situação: Em andamento; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (4) Doutorado: (8) .
Integrantes: Gildo Magalhães dos Santos Filho - Coordenador.


Membro de corpo editorial


2017 - Atual
Periódico: LABOR & ENGENHO
2017 - Atual
Periódico: Khronos
2009 - 2013
Periódico: angelus novus


Membro de comitê de assessoramento


2015 - 2015
Agência de fomento: Pró-Reitoria de Pesquisa da USP
2015 - Atual
Agência de fomento: Fundação de Energia e Saneamento
2008 - Atual
Agência de fomento: (FAPESP) Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo
2008 - Atual
Agência de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
2000 - Atual
Agência de fomento: Associação Brasileira de Normas Técnicas
2000 - Atual
Agência de fomento: International Standard Organization


Revisor de periódico


2014 - 2014
Periódico: Engineering Studies
2014 - 2014
Periódico: História, Ciências, Saúde-Manguinhos (Impresso)
2015 - 2015
Periódico: Revista de Historia (USP)


Revisor de projeto de fomento


2008 - Atual
Agência de fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História das Ciências.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História das Ciências/Especialidade: História da Tecnologia.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História das Ciências/Especialidade: Epistemologia.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: história das idéias.
5.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: história da arte.


Idiomas


Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Alemão
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Francês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Italiano
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2014
Melhor Dissertação de Mestrado em História das Ciências (orientação), SBHC.
2013
Bolsa de Pesquisa, Chemical Heritage Foundation.
2003
Bolsa Dibner, Smithsonian Instituion.
1983
Bolsa de Pesquisa, Fundação tKrupp e Fundação Alexander von Humbold.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Outras
Total de trabalhos:13
Total de citações:102
Gildo Magalhães Santos  Data: 23/03/2015

Artigos completos publicados em periódicos

1.
MAGALHÃES, GILDO2017MAGALHÃES, GILDO. The concept of mass ? gravitic and inertial in eurhythmic physics. Intelligere, Revista de História Intelectual, v. 3, p. 105-113, 2017.

2.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES2016SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Siemens e o dínamo. Ciência Hoje, v. 57, p. 60-61, 2016.

3.
MAGALHÃES, GILDO2016MAGALHÃES, GILDO. A ciência é uma ideologia?. Intelligere, Revista de História Intelectual, v. 2, p. 100-111, 2016.

4.
SANTOS, G. M.2015SANTOS, G. M.. Da usina à população na velocidade da luz: fios elétricos e desenvolvimento. Labor & Engenho, v. 9, p. 06-18-18, 2015.

5.
MAGALHÃES, GILDO2015MAGALHÃES, GILDO. Some Reflections on Life and Physics: Negentropy and Eurhythmy. Quantum Matter, v. 4, p. 258-266, 2015.

6.
MAGALHÃES, G.2015MAGALHÃES, G.; SALATEO, R. . História da ciência e crescimento econômico: a produção de artigos de história da química em periódicos brasileiros (1974-2004). Revista Brasileira de História da Ciência, v. 8, p. 16-25, 2015.

7.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES2015SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Defesa da ecologia, distância do ambientalismo. História, Ciências, Saúde-Manguinhos (Impresso), v. 22, p. 1765-1767, 2015.

8.
SANTOS, G. M.2014SANTOS, G. M.. A tale of oblivion: Ida Noddack and the 'universal abundance' of matter. Notes and Records of the Royal Society, v. 68, p. 373-389, 2014.

9.
SANTOS, G.M.2014SANTOS, G.M.. Lost at home. Chemical Heritage, v. 32, p. 46-46, 2014.

10.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES2012SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Comentário ao artigo de Maria Gil Maltez, ?Universidade Federal do Pará: Geociências e Recordações?. Revista Norte Ciência (Online), v. 3, p. 199-199, 2012.

11.
MAGALHÃES, G.2011MAGALHÃES, G.. Electricity in Brazil - Part 2. IEEE Industry Applications Magazine (Print), v. 17/3, p. 8-11/69, 2011.

12.
MAGALHÃES, G.2011MAGALHÃES, G.. Electricity in Brazil - Part 1. IEEE Industry Applications Magazine (Print), v. 17/2, p. 8-12, 2011.

13.
Luana Tieko Omana Tamano2011Luana Tieko Omana Tamano ; MAGALHÃES, G. ; Poliana dos Santos . O cientificismo das teorias raciais em O Cortiço e Canaã. História, Ciências, Saúde-Manguinhos (Impresso), v. 18/3, p. 757-774, 2011.

14.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES2011 SANTOS, GILDO MAGALHÃES. A debate on magnetic current: the troubled Einstein-Ehrenhaft correspondence. The British Journal for the History of Science, v. 44, p. 371-400, 2011.

15.
MAGALHÃES, G.2007MAGALHÃES, G.. Energia, industrialização e a ideologia do progresso. Projeto História (PUCSP), v. 34, p. 27-47, 2007.

16.
MAGALHÃES, G.2007MAGALHÃES, G.. A evolução das espécies: da natureza ao liberalismo econômico. Revista de História Comparada (UFRJ), v. 2, p. 295-307, 2007.

17.
SANTOS FILHO, G. M.;MAGALHÃES, G.;SANTOS, G.M.;SANTOS, GILDO MAGALHÃES;SANTOS, G. M.;MAGALHÃES, GILDO2006SANTOS FILHO, G. M.. Remarks on a new autograph letter from Fresnel: light aberration and wave theory. Science in Context, v. 19, p. 295-307, 2006.

18.
SANTOS FILHO, G. M.;MAGALHÃES, G.;SANTOS, G.M.;SANTOS, GILDO MAGALHÃES;SANTOS, G. M.;MAGALHÃES, GILDO2005SANTOS FILHO, G. M.. A pesquisa científica paulista em biociências à margem das instituições. História, Ciências, Saúde-Manguinhos, Rio de Janeiro, v. 12, n.1, p. 51-67, 2005.

19.
SANTOS FILHO, G. M.;MAGALHÃES, G.;SANTOS, G.M.;SANTOS, GILDO MAGALHÃES;SANTOS, G. M.;MAGALHÃES, GILDO2005SANTOS FILHO, G. M.. Estimativas comparadas de custos históricos de transporte público: metrô x ônibus. Engenharia (São Paulo), v. 570, p. 71-80, 2005.

20.
SANTOS FILHO, G. M.;MAGALHÃES, G.;SANTOS, G.M.;SANTOS, GILDO MAGALHÃES;SANTOS, G. M.;MAGALHÃES, GILDO2003SANTOS FILHO, G. M.. Ciências e reformas religiosas no Renascimento. Revista Camoniana, Bauru, v. 14, p. 385-407, 2003.

21.
SANTOS FILHO, G. M.;MAGALHÃES, G.;SANTOS, G.M.;SANTOS, GILDO MAGALHÃES;SANTOS, G. M.;MAGALHÃES, GILDO2003SANTOS FILHO, G. M.. Ciência e técnica no Brasil durante a monarquia. Revista de História (USP), v. 148, p. 125-156, 2003.

22.
SANTOS FILHO, G. M.;MAGALHÃES, G.;SANTOS, G.M.;SANTOS, GILDO MAGALHÃES;SANTOS, G. M.;MAGALHÃES, GILDO2001SANTOS FILHO, G. M.. O lugar da natureza. Revista de História (Porto), São Paulo, v. 23, p. 487-490, 2001.

23.
SANTOS FILHO, G. M.;MAGALHÃES, G.;SANTOS, G.M.;SANTOS, GILDO MAGALHÃES;SANTOS, G. M.;MAGALHÃES, GILDO2000SANTOS FILHO, G. M.; JUSTO, L. . A case study in Big Science: the Otto Hahn nuclear ship and the German-Brazilian Deals in Nuclear Energy. Icon Journal Of The International Committee For The History Of Technology, Inglaterra, v. 6, p. 21-49, 2000.

24.
SANTOS FILHO, G. M.;MAGALHÃES, G.;SANTOS, G.M.;SANTOS, GILDO MAGALHÃES;SANTOS, G. M.;MAGALHÃES, GILDO1999SANTOS FILHO, G. M.. A Idéia Adequada e a Contribuição possível de Espinosa à Ciência. Revista Brasileira de Filosofia, v. XLV, n.193, p. 61-90, 1999.

25.
SANTOS FILHO, G. M.;MAGALHÃES, G.;SANTOS, G.M.;SANTOS, GILDO MAGALHÃES;SANTOS, G. M.;MAGALHÃES, GILDO1999SANTOS FILHO, G. M.. Serviços de informática: caracterização e inter-relação setorial. São Paulo em Perspectiva, São Paulo, v. 13, n.1-2, p. 125-134, 1999.

26.
SANTOS FILHO, G. M.;MAGALHÃES, G.;SANTOS, G.M.;SANTOS, GILDO MAGALHÃES;SANTOS, G. M.;MAGALHÃES, GILDO1998SANTOS FILHO, G. M.. Das Máquinas de Calcular à Informática. Revista da Sociedade Brasileira de História da Ciência, v. 17, p. 21-28, 1998.

27.
SANTOS FILHO, G. M.;MAGALHÃES, G.;SANTOS, G.M.;SANTOS, GILDO MAGALHÃES;SANTOS, G. M.;MAGALHÃES, GILDO1997SANTOS FILHO, G. M.. Evolução Tecnológica e Modernização: as Insuficiências. São Paulo em Perspectiva, São Paulo, v. 11, n.4, p. 82-86, 1997.

28.
SANTOS FILHO, G. M.;MAGALHÃES, G.;SANTOS, G.M.;SANTOS, GILDO MAGALHÃES;SANTOS, G. M.;MAGALHÃES, GILDO1997SANTOS FILHO, G. M.. O Olhar Divino de Camões: A prop´rosito do surgimento da ciência moderna no Ocidente. Revista Camoniana, São Paulo, v. 10, p. 11-32, 1997.

29.
SANTOS FILHO, G. M.;MAGALHÃES, G.;SANTOS, G.M.;SANTOS, GILDO MAGALHÃES;SANTOS, G. M.;MAGALHÃES, GILDO1994SANTOS FILHO, G. M.. Brasil: o Antípoda. Voz Lusíada, São Paulo, v. 3, p. 128-132, 1994.

30.
SANTOS FILHO, G. M.;MAGALHÃES, G.;SANTOS, G.M.;SANTOS, GILDO MAGALHÃES;SANTOS, G. M.;MAGALHÃES, GILDO1992SANTOS FILHO, G. M.. Política de Telecomunicações no Brasil: 1980-90. Revista de Administração (USP), São Paulo, v. 27, n.2, p. 65-75, 1992.

31.
SANTOS FILHO, G. M.;MAGALHÃES, G.;SANTOS, G.M.;SANTOS, GILDO MAGALHÃES;SANTOS, G. M.;MAGALHÃES, GILDO1992SANTOS FILHO, G. M.. Energia e Tecnologia. São Paulo em Perspectiva, São Paulo, v. 6, n.1-2, p. 52-66, 1992.

32.
SANTOS FILHO, G. M.;MAGALHÃES, G.;SANTOS, G.M.;SANTOS, GILDO MAGALHÃES;SANTOS, G. M.;MAGALHÃES, GILDO1984SANTOS FILHO, G. M.. A antiecologia necessária. Socialismo e Democracia, São Paulo, v. 1, p. 20-25, 1984.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
VILAR, D. D. (Org.) ; FONSECA, F. (Org.) ; SANTOS, GILDO MAGALHÃES (Org.) ; SOUZA, R. A. DE (Org.) ; DANTES, M. A. (Org.) ; RICARDI, A. (Org.) ; SILVA, M. (Org.) ; OLIVEIRA, N. (Org.) ; AQUINO, G. (Org.) ; FORMIGA, D. (Org.) ; AFONSO, M. (Org.) ; KEULLER, A. (Org.) ; AMARO, D. (Org.) ; BOTIN, L. (Org.) ; TAMANO, L. (Org.) . O progresso e seus desafios. Uma perspectiva histórica de ciências e técnicas no Brasil. 1. ed. são paulo: Alameda, 2017. v. 1. 396p .

2.
MAGALHÃES, GILDO. Ciência e ideologia. Uma excursão à história em torno da ideia de progresso. 1. ed. são paulo: Intermeios, 2017. v. 1. 406p .

3.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Um Bit Auriverde. Caminhos da tecnologia e do projeto desenvolvimentista na formulação duma política nacional de informática para o Brasil (1971-1992). 1. ed. São Paulo: Intermeios, 2016. v. 1. 250p .

4.
Gildo Magalhães ; SANTOS, G. M. . Ciência e conflito. 1. ed. são paulo: Bookexpress, 2015. v. 1. 380p .

5.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. História e Energia: memória, informação e sociedade. 1. ed. São Paulo: Alameda, 2012. v. 1. 376p .

6.
MAGALHÃES, G.. Simpósio Eletromemória: História da Energia Elétrica em São Paulo. São Paulo: Fundação Energia e Saneamento, 2009. v. 1. 168p .

7.
SANTOS FILHO, G. M.. Introdução à metodologia da pesquisa: caminhos da ciência e tecnologia. 1. ed. são paulo: ática, 2005. v. 1. 263p .

8.
SANTOS FILHO, G. M.; shozo motoyama . Construindo o futuro - 35 anos de pós-graduação da USP. 1. ed. são paulo: Parma, 2004. v. 1. 228p .

9.
SANTOS FILHO, G. M.. Força e Luz: eletricidade e modernização no Brasil. São Paulo: Editora da Unesp, 2000. 124p .

Capítulos de livros publicados
1.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. A braquistócrona e o conceito de euritmia. In: José Croca; Paulo Castro; Mário Gatta. (Org.). Euritmia - complexidade e racionalidade numa perspectiva interdisciplinar. 1ed.Lisboa: Centro de Filosofia das Ciências da Universidade de Lisboa, 2017, v. 1, p. 83-98.

2.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Uma história de desafios e progresso: práticas e instituições tecnocientíficas. In: Gildo Magalhães. (Org.). O progresso e seus desafios. 1ed.são paulo: Alameda, 2017, v. 1, p. 13-32.

3.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Is small really beuatiful? Operating early Brazilian power plants. In: Alain Beltran; Léonard Labourie; Pierre Lanthier; Stéphanie Le Gallic. (Org.). History of Energy. Electric Worlds. Creations, Circulations, Tensions, Transitions (19th-21st C.). 1ed.Bruxelas: Peter Lang, 2016, v. 8, p. 559-574.

4.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. On a possible contribution of transfinite mathematics towards eurhythmy. In: José Croca; Pedro Alves; Mário Gatta. (Org.). Space, Time, and Becoming. 1ed.Lisboa: Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, 2013, v. , p. 85-102.

5.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. El retorno de la metafísica a la ciencia moderna. In: Lorenzo Carrasco. (Org.). Foro de Guadalajara 2012. 1ed.Rio de Janeiro: Capax Dei, 2013, v. , p. 117-125.

6.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. A arte torna visível: O Rosto e as máscaras. In: Carolina Vimiero. (Org.). História da Ciência no Cinema. 1ed.Belo Horizonte: Fino Traço, 2012, v. 4, p. 123-134.

7.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Energia e desenvolvimento na História - o caso paulista. In: Gildo Magalhães. (Org.). História e Energia: memória, informação e sociedade. 1ed.São Paulo: Alameda, 2012, v. , p. 51-68.

8.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Introdução. In: Gildo Magalhães. (Org.). História e Energia: memória, informação e sociedade. 1ed.São Paulo: Alameda, 2012, v. , p. 15-33.

9.
MAGALHÃES, G.. Construindo um itinerário histórico do Desenho Universal: a normatização nacional e internacional da acessibilidade?.. In: Sheila Walbe Ornstein. (Org.). Desenho Universal: Caminhos da acessibilidade no Brasil. São Paulo: Annablume, 2010, v. , p. 35-43.

10.
MAGALHÃES, G.. A Escola Politécnica de Paris, a inspiração republicana e a idéia de progresso: Vauthier, a engenharia francesa e a brasileira no século XIX. In: Claudia Poncioni; Virginia Pontual. (Org.). Un ingénieur du progrès: Louis-Léger Vauthier entre la France et le Brésil. Paris: Michel Houdiard, 2010, v. , p. 41-52.

11.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. On eurhythmy as a principle for growing order and complexity in the natural world. In: José Croca. (Org.). A new vision on physis ? eurhythmy, emergence and nonlinearity. 1ed.Lisboa: FCT, 2010, v. , p. 313-330.

12.
MAGALHÃES, G.. Evolution in the Backlands. In: Jeannette Eileen Jones; Patrick B. Sharp. (Org.). Darwin in Atlantic Cultures: Evolutionary Visions of Race, Gender, and Sexuality. New York: Routledge, 2009, v. , p. -.

13.
MAGALHÃES, G.. Ciência e ideologia na União Soviética. In: Osvaldo Coggiola; Rodrigo medina Zagni. (Org.). Uma Jovem de 90 Anos. São Paulo: USP, 2009, v. , p. -.

14.
MAGALHÃES, G.. As ciências na história. In: Osvaldo Coggiola. (Org.). Caminhos da História. São Paulo: Xamã, 2006, v. , p. 433-442.

15.
SANTOS FILHO, G. M.. Morphogenetic Theory. In: Andreas Attila de Wolinsk Miklós. (Org.). A Dissociação entre Homem e Natureza - reflexos no desenvolvimento humano. São Paulo: Editora Antroposófica, 2001, v. , p. 145-147.

16.
SANTOS FILHO, G. M.. De Colônia a Nação: Economia Política, Ciência e Progresso na Era Pombalina. In: Manuel Serrano Pinto. (Org.). Actas do 1º Congresso Luso-Brasileiro de História da Ciência e da Técnica. 1ed.Évora: , 2001, v. 1, p. 173-183.

17.
SANTOS FILHO, G. M.. Telecomunicações. In: Milton Vargas. (Org.). História da Técnica e da Tecnologia no Brasil. São Paulo: Editora da Unesp, 1994, v. , p. 315-342.

18.
SANTOS FILHO, G. M.. Energia. In: Milton Vargas. (Org.). História da Técnica e da Tecnologia no Brasil. São Paulo: Editora da Unesp, 1994, v. , p. 343-374.

19.
SANTOS FILHO, G. M.. Deuses e autômatos. In: José Luiz Goldfarb. (Org.). SBHC - 10 Anos. São Paulo: Anablume, 1994, v. , p. 203-207.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Ciência e Tecnologia: alguns desafios numa perspectiva histórica. Alerta Científico e Ambiental, Rio de Janeiro, 15 jan. 2015.

2.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. A trama do universo, o todo e a parte. Solidareidade Ibero-americana, Rio de Janeiro, p. 11 - 11, 15 nov. 2014.

3.
MAGALHÃES, G.. O papel essencial, mas geralmente oculto, das controvérsias científicas. ComCiência, Campinas, 10 out. 2013.

4.
MAGALHÃES, G.; BARRA, E. S. ; MARTINS, J. F. T. ; JUBILUT, P. . Conheça as teorias científicas que mudaram o mundo. UOL, 22 ago. 2013.

5.
MAGALHÃES, G.. Nasce o computador. Revista de História da Biblioteca Nacional, Rio de Janeiro, p. 96 - 96, 01 jun. 2013.

6.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. A história da ciência e sua metodologia na divulgação científica. Coleção Divulgação Científica, Núcleo José Reis/USP, p. 51 - 72, 31 out. 2010.

7.
MAGALHÃES, G.. Mendeleiev: tabela periódica e desemnvolvimento econômico. Leituras da História, São Paulo, p. 26 - 27, 15 dez. 2009.

8.
MAGALHÃES, G.. Um computador de bordo da Antigüidade. Leituras da História, São Paulo, p. 24 - 25, 15 out. 2009.

9.
MAGALHÃES, G.. Será que existe o acaso? Uma visão das aplicações do Princípio da Euritmia. Razão Activa, Lisboa, p. 29 - 45, 01 out. 2009.

10.
MAGALHÃES, G.. A falsa revolução científica. Leituras da História, São Paulo, p. 36 - 37, 15 ago. 2009.

11.
MAGALHÃES, G.. Oersted e a descoberta "acidental" do eletromagnetismo. Leituras da História, São Paulo, p. 22 - 23, 15 jun. 2009.

12.
MAGALHÃES, G.. Mudança na Física. O Povo, Fortaleza, p. 6 - 7, 24 maio 2009.

13.
MAGALHÃES, G.. Fresnel e as ondas luminosas. Leituras da História, São Paulo, , v. 20, p. 22 - 23, 15 maio 2009.

14.
MAGALHÃES, G.. Leonardo da Vinci, um cientista?. Leituras da História, São Paulo, p. 24 - 25, 15 abr. 2009.

15.
MAGALHÃES, G.. Papin, a panela de pressão e a máquina a vapor. Leituras da História, São Paulo, , v. 18, p. 24 - 25, 15 mar. 2009.

16.
MAGALHÃES, G.. Eratóstenes e a circunferência da Terra. Leituras da História, São Paulo, , v. 17, p. 28 - 29, 15 fev. 2009.

17.
MAGALHÃES, G.. Brunelleschi e a cúpula de Florença. Leituras da História, São Paulo, , v. 15, p. 30 - 31, 01 dez. 2008.

18.
MAGALHÃES, G.. A razão, como elemento das ciências, técnicas e tecnologias. Razão Activa, Lisboa, p. 17 - 26, 23 nov. 2008.

19.
claudio tognolli ; MAGALHÃES, G. . Ciência Holística. Revista da Cultura, São Paulo, p. 27 - 28, 15 nov. 2008.

20.
MAGALHÃES, G.. Albert Einstein: os fundamentos da física e a relatividade. Leituras da História, , v. 14, p. 32 - 33, 01 nov. 2008.

21.
claudio tognolli ; MAGALHÃES, G. . Quem é o Diabo?. Galileu, São Paulo, p. 70 - 71, 01 dez. 2007.

22.
MAGALHÃES, G.. José Reis e a História da Ciência. Boletim do Núcleo José Reis, 15 jul. 2007.

23.
claudio tognolli ; MAGALHÃES, G. . O Evangelho dos novos ateus. Galileu, p. 35 - 36, 01 jan. 2007.

24.
SANTOS FILHO, G. M.. As influências da II Guerra para os avanços da ciência. USP Notícias On line, São Paulo, 02 set. 2005.

25.
SANTOS FILHO, G. M.. Água essencial/2001, ano do apagão. Revista Campo&Cidade, Itu, p. 34 - 38, 01 set. 2005.

26.
SANTOS FILHO, G. M.. Sexo ainda é uma bomba atômica?. Revista Cult On-line, São Paulo, 12 maio 2005.

27.
SANTOS FILHO, G. M.. A respeito de revoluções: teoria da relatividade e história da ciência. Comciência, Campinas, 10 mar. 2005.

28.
BARATA, Germana Fernandes ; MAGALHÃES, G. . Institutos de pesquisa buscam autonomia para crescer. Ciência e Cultura, São Paulo, p. 6 - 7, 01 set. 2004.

29.
SANTOS FILHO, G. M.. Debate Oculto: Darwin, herói ou fraude?. Observatório da Imprensa, São Paulo, , v. 204, 25 dez. 2002.

30.
SANTOS FILHO, G. M.. Teoria da Relatividade e a História da Ciência. Jornal da USP, São Paulo, , v. 595, p. 30 - 30, 29 maio 2002.

31.
SANTOS FILHO, G. M.. A fruta que não caiu na cabeça - Newton e a lei da gravidade. Galileu, Rio de Janeiro, , v. 130, 01 maio 2002.

32.
MAGALHÃES, G.. Energia e tecnologia. São Paulo em Perspectiva (Impresso), São Paulo, p. 52 - 66, 01 ago. 1992.

33.
José Luiz Aidar ; MAGALHÃES, G. . O Brasil tem energia para crescer?. Revista Politécnica, p. 14 - 19, 15 dez. 1991.

34.
MAGALHÃES, G.; Américo Richieri Filho . Sistema integrado de sinalização e telecomunicações da Estrada de Ferro Carajás. Revista Ferrovia, São Paulo, 01 set. 1983.

35.
MAGALHÃES, G.. Deteção e correção de erros na transmissão digital. Revista Telebrasil, 01 fev. 1979.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
MAGALHÃES, GILDO. Café, ferrovias, imigração e indústria: a eletrificação no Estado de São Paulo, Brasil (1900/40). In: II Congresso Internacional sobre Patrimônio,Industrial, 2017, Porto, Portugal. Actas do II Congresso Internacional sobre Patrimônio Industrial. Porto, Portugal: Universidade Católica Portuguesa, 2014. v. 1. p. 770-784.

2.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Old Hydroelectric power stations: a case of living industrial heritage in São Paulo, Brazil. In: Industrial Heritage in the Twenty-first Century: new challenges, 2015, Lille. Industrial Heritage in the Twenty-first Century: new challenges. Lille: TICCIH Lille, 2015. v. 1. p. 1.

3.
MAGALHÃES, G.. A milestone in the Atlantic rainforest: the Itatinga dam and its power station. In: 24th International Congress of History of Science, Technology and Medicine, 2013, Manchester. 24th International Congress of History of Science, Technology and Medicine. Manchester, 2013.

4.
MAGALHÃES, G.. Um artista enfrenta a epistemologia: Pedro Américo e "La science et les systèmes". In: Congresso Luso-Brasileiro de História das Ciências, 2011, Coimbra. Livro de Actas do Congresso Luso-Brasileiro de História das Ciências. Coimbra: Universidade de Coimbra, 2011. p. 1521-1531.

5.
MAGALHÃES, G.. Controvérsias e sua relevância epistemológica para a história das ciências. In: 12º Seminário Nacional e 7º Congresso Latino-Americano de História da Ciência e Tecnologia, 2010, Salvador. 12º Seminário Nacional e 7º Congresso Latino-Americano de História da Ciência e Tecnologia. Salvador: Universidade Federal da Bahia, 2010. v. 1. p. 82-93.

6.
MAGALHÃES, G.. A Escola Politécnica de Paris, a inspiração republicana e a idéia de progresso: engenheiros franceses e brasileiros no século XIX. In: Pontes e Idéias ? Louis-Léger Vauthier, engenheiro francês no Brasil, 2009, Recife. Pontes e Idéias ? Louis-Léger Vauthier, engenheiro francês no Brasil. Recife: Fundação Joaquim Nabuco e Universidade Federal de Pernambuco, 2009. v. 1.

7.
MAGALHÃES, G.. A história da energia elétrica no Estado de São Paulo. In: 11º Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia, 2008, Niterói. 11º Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia - SBHC. Rio de Janeiro: SBHC, 2008.

8.
SANTOS FILHO, G. M.. Ciências e filosofia da natureza no século XIX: eletromagnetismo, evolução e idéias. In: 10° Seminário Nacional de História da Ciência e Tecnologia, 2005, Belo Horizonte. 100 Anos da formulação da teoria da relatividade. Belo Horizonte, 2005.

9.
SANTOS FILHO, G. M.; BARATA, Germana Fernandes . A construção da aids no discurso acadêmico da science e nature. In: 10° Seminário Nacional de História da Ciência e Tecnologia, 2005, Belo Horizonte. 100 anos da formulação da teoria da relatividade. belo Horizonte, 2005.

10.
SANTOS FILHO, G. M.; BARATA, Germana Fernandes . Rede Globo retratando uma história fantástica: aids (1983-1992). In: XXIII Simpósio Nacional de História, 2005, Londrina. História: Guerra e Paz. Rio de Janeiro: ANPUH, 2005.

11.
SANTOS FILHO, G. M.. Verdades científicas numa era de revoluções: geometrias não-euclidianas e a relatividade. In: VI Congresso Brasileiro de Filosofia, 2003, São Paulo. Meio Século de Filosofia. São Paulo: Instituto Brasileiro de Filosofia, 1999. v. 2. p. 965-972.

12.
SANTOS FILHO, G. M.. De colônia a nação: economia política, ciência e progresso na era pombalina. In: I Congresso Luso-Brasileiro de História da Ciência e da Técnica, 2001, Évora. Actas do 1º Congresso Luso-Brasileiro de História da Ciência e da Técnica. Évora: Universidade de Évora - Org. Manuel Serrano Pinto, 2001. v. 1. p. 173-183.

13.
SANTOS FILHO, G. M.. Por uma Epistemologia da Mecânica Quântica. In: V Congresso Brasileiro de Filosofia, 1998, São Paulo, 1998.

14.
SANTOS FILHO, G. M.. A Indústria Aeronáutica Brasileira na Década de 1930. In: VI Congresso Brasileiro de História da Ciência e Tecnologia, 1998, Rio de Janeiro, 1997.

15.
SANTOS FILHO, G. M.. Electricity and the idea of progress in Brazil's Old Republic. In: XX International Congress of History of Science, 1997, Liège, 1997.

16.
MAGALHÃES, G.. A tecnologia de intertravamento eletrõnico na Alemanha. In: I Encontro Nacional de Sinalização, 1986, Brasília. I Encontro Nacional de Sinalização - ABNT, 1986.

17.
MAGALHÃES, G.. Abordagens para análise de segurança de circuitos vitais a microprocessador. In: 11ª Reunião Técnica de Sinalização Ferroviária, 1985, São Paulo. 11ª Reunião Técnica de Sinalização Ferroviária - ABNT. São Paulo: ABNT, 1985.

18.
MAGALHÃES, G.. CTC a microprocessador. In: 7ª Reunião Técnica de Sinalização Ferroviária, 1983, Vitória. 7ª Reunião Técnica de Sinalização Ferroviária - ABNT. Vitória: ABNT, 1983.

19.
MAGALHÃES, G.. A inspeção dentro do processo de nacionalização de relés vitais. In: 4ª Reunião Técnica de Sinalização Ferroviária, 1982, São Paulo. 4ª Reunião Técnica de Sinalização Ferroviária. São Paulo: ABNT, 1982.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Velhos sítios, novos usos? Antigas usinas hidroeleétricas em São Paulo, Brasil. In: III Congresso Internacional sobre Patrimônio Industrial, 2016, Lisboa. III Congresso Internacional sobre Patrimônio Industrial. Lisboa: FCT, 2016. v. 1. p. 1.

2.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Early Brazilian hydroelectric power plants: a Vernadskyian approach. In: International Geographical Union Conference, 2015, Moscou. International Geographical Union Conference. Moscou: IGU, 2015. v. 1. p. 1.

3.
MAGALHÃES, G.. History of electric energy in Brazil: the "Electromemory Project". In: XXIII International Congress of History of Science and Technology, 2009, Budapeste. Ideas ans Instruments in Social Context. Budapeste: International Union of History and Philosophy of Science, 2009. v. 1. p. 672-672.

4.
SANTOS FILHO, G. M.. O noticiário de TV como fonte para analisar a história da AIDS no Brasil. In: 2. Congresso Luso-Brasileiro de História da Ciência e Tecnologia, 2003, Rio de Janeiro. 2. Congresso Luso-Brasileiro de História da Ciência e Tecnologia, 2003.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
MAGALHÃES, GILDO. Pandiá Calógeras e as Fontes de Energia na República Velha. In: Construindo Diálogos Interdisciplinares ? Simpósio USP de História da Ciência e Tecnologia, 2017, São Paulo. Construindo Diálogos Interdisciplinares ? Simpósio USP de História da Ciência e Tecnologia. são Paulo: CHC USP, 2017. v. 1. p. 41-41.

2.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Um computador da Antiguidade para viagens transoceânicas. In: XV Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia, 2016, Florianópolis. XV Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia. Florianópolis: SBHC, 2016. v. 1. p. 1.

3.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Science and eurhythmy - Foundations. In: III Lisbon International Conference on Philosophy of Science, 2016, Lisboa. III Lisbon International Conference on Philosophy of Science. Lisboa: CFCUL, 2016. v. 1. p. 1.

4.
MAGALHÃES, G.. In search of meaning: contemporary causal formulations of quantum theory. In: 2013 Annual Introductory Symposium, 2013, Filadélfia. 2013 Annual Intorductory Symposium, 2013.

5.
SANTOS FILHO, G. M.. Pesquisa científica - à margem das instituições. In: 2. Congresso Luso-Brasileiro de História da Ciência e Tecnologia, 2003, Rio de Janeiro. 2. Congresso Luso-Brasileiro de História da Ciência e Tecnologia, 2003.

6.
SANTOS FILHO, G. M.. Teorias da Evolução e Progresso. In: 8º Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia, 2001, Rio de Janeiro, 2001.

7.
SANTOS FILHO, G. M.. Aspectos da história da biologia soviética. In: Simpósio Ciência e tecnologia como Cultura, 2001, São Paulo. Simpósio Ciência e Tecnologia como Cultura, 2001.

8.
SANTOS FILHO, G. M.. Miséria e grandeza do historicismo - o cisma da física quântica. In: Simpósio em homenagem a Karl Popper, 1995, São Paulo. Simpósio em homenagem a Karl Popper, 1995.

9.
SANTOS FILHO, G. M.. Energia e Tecnologia no Brasil. In: 44ª Reunião Anual da SBPC, 1992, São Paulo, 1992.

10.
SANTOS FILHO, G. M.. telecomunicações no Brasil: 1980-90. In: XVIII PACTO FEA/USP, 1992, Rio de Janeiro, 1992.

Artigos aceitos para publicação
1.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Some reflections on life and physics: negentropy and eurhythmy. Quantum Matter, 2015.

Apresentações de Trabalho
1.
MAGALHÃES, GILDO. Hydroelectricity in São Paulo: memory and challenges. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Petróleo e gás: apontamentos históricos. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
MAGALHÃES, GILDO. 4) O historiador e o médico: George Sarton e a medicina hipocrática como modelo científico. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
MAGALHÃES, GILDO. A ciência e a tecnologia no Brasil: panorama geral histórico. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. O desenvolvimento da ciência brasileira. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Estado e energia. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Evolução biológicca e euritmia. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. A história das ciências no Brasil: Caminhos e perspectivas. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Legislação: avanços e entraves. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Do crescimento ao progresso: um breve panorama histórico. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Science and eurhythmy - Foundations. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Velhos sítios, novos usos? Antigas usinas hidroeleétricas em São Paulo, Brasil. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Um computador da Antiguidade para viagens transoceânicas. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
MAGALHÃES, GILDO. A ciência é uma ideologia?. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

15.
MAGALHÃES, GILDO. Trransumanismo. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

16.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Crise hídrica em São Paulo. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

17.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Old Hydroelectric power stations: a case of living industrial heritage in São Paulo, Brazil. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

18.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Early Brazilian hydroelectric power plants: a Vernadskyian approach. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

19.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES; LIMNOS, G. ; ALVES FILHO, E. ; FURLAN, S. A. . Water and energy: water suatainability, small hydropower plants and the conservation of vegetation coverage in São Paulo, Brazil. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

20.
MAGALHÃES, GILDO. A braquistócrona e o conceito de euritmia. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

21.
MAGALHÃES, G.. As controvérsias científicas na História. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

22.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Evolução e a crise dos paradigmas na biologia. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

23.
SANTOS, G. M.. La trama del universo: el todo y la parte, entre transformación y evolución. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

24.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. A musealização do patrimônio industrial de São Paulo: o setor elétrico. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

25.
MAGALHÃES, GILDO. Café, ferrovias, imivgração e a eletrificação em São Paulo (1900-1940). 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

26.
MAGALHÃES, G.. Ida Noddack and the universal function of matter. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

27.
MAGALHÃES, G.. Some reflections on life and physics: negentropy and eurhythmy. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

28.
MAGALHÃES, G.. A criação de infraesrutura, a eletrificação e o papel do Estado. 2013. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

29.
MAGALHÃES, GILDO. Um 'projeto Apolo' na Renascença: a cúpula da catedral de Florença. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

30.
MAGALHÃES, G.. Climatologia e controvérsias. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

31.
MAGALHÃES, G.. Evolução e a cirse dos paradigmas da biologia. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

32.
MAGALHÃES, G.. Itatinga: arqueologia industrial na paisagem tropical. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

33.
MAGALHÃES, G.. Emergence: continuity or break-up?. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

34.
MAGALHÃES, G.. El retorno de la metafísica en la ciencia moderna. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

35.
MAGALHÃES, G.. A atribulada correspondência entre Einstein e Ehrenhaft. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

36.
MAGALHÃES, G.. Em torno da contribuição da matemática transfinita para a euritmia. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

37.
MAGALHÃES, G.. Sobre que é uma teoria física?. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

38.
MAGALHÃES, G.. Euritmia, neguentropia e progresso. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

39.
MAGALHÃES, G.. A catedral de Florença do século XV ao Projeto Apolo. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

40.
MAGALHÃES, G.. Será que existe acaso?. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

41.
MAGALHÃES, G.. A ciência apocalíptica, o desenvolvimento e fim do homem. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

42.
MAGALHÃES, G.. A historiografia da ciência e sua metodologia. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

43.
MAGALHÃES, G.. A Idade Média e as origens da ciência moderna. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

44.
MAGALHÃES, G.. No tempo da hulha branca. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

45.
MAGALHÃES, G.. Light and Power: Electricity and its early applications in Brazil. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

46.
SANTOS FILHO, G. M.. Darwin: Herói ou Fraude?. 2002. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

47.
SANTOS FILHO, G. M.. Guerra e processos históricos (indústria bélica e tecnologia). 2002. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

48.
SANTOS FILHO, G. M.. Palestra sobre Tecnologia e Ideologia no programa de Pós-Graduação em Energia da USP. 2001. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

49.
SANTOS FILHO, G. M.. A Biologia, a Filosofia e História da Ciência. 2001. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

50.
MAGALHÃES, G.. A ciência é uma ideologia?. 2000. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

51.
MAGALHÃES, G.. A nova tecnologia da eletricidade chega a São Paulo. 1999. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

52.
MAGALHÃES, G.. A história da engenharia e o desenvolvimento do Brasil. 1998. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Outras produções bibliográficas
1.
MAGALHÃES, GILDO. Ciência, conflitos e diálogos interdisciplinares. Rio de Janeiro: Boletim SBHC, 2017 (Entrevista).

2.
MAGALHÃES, GILDO. No limiar das raças. Sílvio Romero (1870-1914). São Paulo: Todas as Musas, 2017 (Orelha de livro).

3.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Construindo Diálogos Interdisciplinares ? Simpósio USP de História da Ciência e Tecnologia. São Paulo: CHC/USP, 2017 (Caderno de Resumos).

4.
MAGALHÃES, GILDO. Memroial para concurso de Professor Titular. São Paulo: FFLCH, 2017 (Memorial).

5.
MAGALHÃES, GILDO; TORREJAIS, A. . O pensamento científico como fenomeno planetário. São Paulo: Khronos USP, 2017. (Tradução/Artigo).

6.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Guia bibliográfico para estudantes da FFLCH. São Paulo: FFLCHUSP, 2016 (coletânea).

7.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Gerar energia é gerar História. São Paulo: Museu da Pessoa, 2016 (coletânea).

8.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Mulheres ocultas, violências desveladas. Jundiaí, 2016. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

9.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Pontes de ideias. São Paulo, 2016. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

10.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Um pêndulo sem harmonia. São Paulo, 2016. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

11.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. A economia física do desenvolvimento nacional. Rio de Janeiro: Capax Dei, 2016. (Tradução/Livro).

12.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Dossier Eletromemória: Paisagem e História. Campinas: Unicamp, 2015 (coletânea).

13.
SANTOS, G. M.. Dossier Eletromemória: Paisagem e História (Editorial). Campinas, 2015. (Prefácio, Pósfacio/Introdução)>.

14.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. O nascimento do Estado soberano. Rio de Janeiro: Capax Dei, 2014. (Tradução/Livro).

15.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Prefácio. Maceió, 2013. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

16.
MAGALHÃES, GILDO. Entre Alagoas e Paris: a difícil tarefa de ser cientista social brasileiro. Maceió, 2013. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

17.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. A face de Deus no véu de Manoppello. Rio de Janeiro: Capax Dei, 2013. (Tradução/Livro).

18.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. A face de Nossa Senhora no manto de Guadalupe. Rio de Janeiro: Capax Dei, 2013. (Tradução/Livro).

19.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. O último reator. São Paulo: Mundo Digital - UNESP, 2012 (Entrevista).

20.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. 10 Teorias Científicas Derrubadas. São Paulo: Portal Terra, 2012 (Entrevista).

21.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Leibniz e a música: fundamentos para uma nova Estética?. Rio de Janeiro: Capax Dei, 2012. (Tradução/Artigo).

22.
MAGALHÃES, GILDO. Energia Elétrica. Estatização e desenvolvimento, 1956-1967. São Paulo: Alameda, 2011 (Orelha de livro).

23.
MAGALHÃES, G.. Apresentação. São paulo, 2011. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

24.
MAGALHÃES, G.. O mundo quer voltar aos seus eixos. Rio de Janeiro, 2010. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

25.
MAGALHÃES, G.. Energia, a evolução da aplicação da energia elétrica e suas conseqüências para a sociedade.. são paulo 2009 (coletânea).

26.
Tatiana Ferreira ; MAGALHÃES, G. . Aquaótico. Rudge Ramos: UMESP, 2007 (doccumentário).

27.
MAGALHÃES, G.. A economia dos isótopos. Rio de Janeiro: Capax Dei, 2007. (Tradução/Livro).

28.
MAGALHÃES, G.. Uma Demão de Verde. Rio de Janeiro: Capax Dei, 2007. (Tradução/Livro).

29.
SANTOS FILHO, G. M.. quem sou eu?. são paulo, 2005. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

30.
SANTOS FILHO, G. M.. Uma genealogia da falsidade. Sào Paulo, 2003. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

31.
SANTOS FILHO, G. M.. Dicionário Prático de Energia Elétrica (português/inglês, English/Portuguese). São Paulo: Duke Energy, 2002 (Dicionário técnico).

32.
SANTOS FILHO, G. M.. Roda que roda:uma história de rodas, engrenagens e roldanas. são paulo: ática, 2002 (livro infantil de história da tecnologia).

33.
MAGALHÃES, G.. Prólogo. Rio de Janeiro, 2000. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

34.
SANTOS FILHO, G. M.. Uma História da Energia Nuclear - A Tecnologia Feminina. Rio de Janeiro: MSIa, 2000. (Tradução/Livro).

35.
MAGALHÃES, G.. Prefácio. Rio de Janeiro, 1998. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

36.
SANTOS FILHO, G. M.. A Ciência da Economia Cristã. Rio de Janeiro: MSIa, 1998. (Tradução/Livro).

37.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Arquitetura do Invisível. Juiz de Fora: Mundo Manual, 1992 (coletânea).

38.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Alquimista do Tempo. São Paulo: Roswitha Kempf, 1987 (coletânea).

39.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Catavento Mágico. São Paulo: Alfa ômega, 1983 (coletânea).

40.
MAGALHÃES, G.. Acidente. São Paulo: Alfa ômega, 1981 (coletânea).

41.
SANTOS FILHO, G. M.. A Formação de Teorias em Medicina. São Paulo: EPU/EDUSP, 1977. (Tradução/Artigo).

42.
SANTOS FILHO, G. M.. Administração e Controle da Qualidade Ambiental. São Paulo: EPU/EDUSP, 1977. (Tradução/Livro).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
MAGALHÃES, GILDO. Conselho de Administração. 2016.

2.
MAGALHÃES, G.. Conteúdos Informativos da Exposição de Longa Duração do Museu de Energia de SP. 2007.

3.
SANTOS FILHO, G. M.. História da Ciência e pensamento científico. 2005.

4.
MAGALHÃES, GILDO. Conselho Técnico. 2001.

Trabalhos técnicos
1.
MAGALHÃES, G.. pedidos de auxílio-viagem. 2009.

2.
MAGALHÃES, G.. bolsas de mestrado e doutorado. 2009.

3.
MAGALHÃES, G.. Publicações unesp. 2007.

4.
MAGALHÃES, G.. coleções de livros. 2007.

5.
SANTOS FILHO, G. M.. Diversos- revista da sbhc. 2005.

6.
SANTOS FILHO, G. M.. solicitações de auxílio. 2005.

7.
SANTOS FILHO, G. M.. Aspectos históricos do Jardim Botânico de São Paulo. 2001.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Vida após a morte do Rio Doce. 2017. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

2.
MAGALHÃES, GILDO. Revolução e ciência soviética. 2017. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

3.
MAGALHÃES, GILDO. Encontro entre grupos USP de pesquisa em história e filosofia da ciência, técnica e epistemologia. 2017. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

4.
MAGALHÃES, GILDO. Editoração de periódicos acadêmicos: a relação entre a produção do conhecimento e os novos suportes eletrônicos. 2017. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

5.
MAGALHÃES, GILDO. VIII Congresso do Programa de Pós-Graduação em História Econômica. 2017. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

6.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES; claudio tognolli . Soluções para a crise da água em debate. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

7.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. A água, sua crise e impactos. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

8.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES; SEABRA, O. ; FURLAN, S. A. ; ARGOLLO, A. . Água e Energia. 2014.

9.
MAGALHÃES, G.. A produção do conhecimento científico. 2009. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

10.
SANTOS FILHO, G. M.. Evolucionismo e criacionismo. 2002. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

11.
SANTOS FILHO, G. M.. A crise energética. 2001. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Redes sociais, websites e blogs
1.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Grupo de Estudos do Progresso na Tecnologia e Ciência. 2012; Tema: História da ciência e tecnologia e a ideia de progresso em suas múltiplas interpretações. (Site).


Demais tipos de produção técnica
1.
MAGALHÃES, GILDO; BANDEIRA, B. . Mecanismo de Anticítera. 2017. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Exposição Museu Catavento São Paulo).

2.
MAGALHÃES, GILDO. Khronos nº 4. 2017. (Editoração/Periódico).

3.
MAGALHÃES, GILDO. Revista de História. 2017. (Parecerista).

4.
MAGALHÃES, GILDO. Os artigos de Santos Dumont. 2017. (Parecer).

5.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Programa USP/COFECUB. 2017. (Assessoria).

6.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Astronomia no Império: longitude, comgresso internacional e a busca por uma ciência universal no fim do século XIX. 2017. (Parecerista).

7.
MAGALHÃES, GILDO. Revista Filosofia e História da Biologia. 2017. (Parecer).

8.
MAGALHÃES, GILDO. Uma trama engenhosa: a montagem do Congresso Internacional de Engenharia em 1922 e as relações diplomáticas entre o Brasil e o grupo McGraw-Hill. 2017. (Parecerista).

9.
MAGALHÃES, GILDO. Observações sobre as políticas de regulação das importações tecnológicas. 2017. (Parecerista).

10.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Relatório Técnico Eletromemória. 2014. (Relatório de pesquisa).

11.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Temporalidades. 2014. (Parecer sobre artigo).

12.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. História Ciências Saúde Manguinhos. 2014. (Parecer sobre artigo).

13.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. IEEE Annals of the History of Computing. 2014. (Parecer sobre artigo).

14.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Tempo. 2014. (Parecer sobre artigo).

15.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Planos de Trabalho de IC. 2014. (Parecer).

16.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Projetos Regulares de Pesquisa. 2014. (Parecer).

17.
MAGALHÃES, G.. História das Ciências. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

18.
MAGALHÃES, G.. Energia - A evolução da aplicação da energia elétrica no Brasil e suas conseqüências para a sociedade. 2009. (Coleção).

19.
MAGALHÃES, G.. História das ciências no Brasil. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

20.
MAGALHÃES, G.. Os percursos históricos da energia elétrica em São Paulo. 2007. (Relatório de pesquisa).

21.
SANTOS FILHO, G. M.. As ciências e a filosofia da natureza no Romantismo. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

22.
SANTOS FILHO, G. M.. Um projeto de pesquisa: a história da energia em São Paulo. 2006. (Relatório de pesquisa).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
MAGALHÃES, GILDO. Participação em banca de Talles Rangel Rodrigues. Elementos para uma história social do campo científico da comunicação organizacional e relações públicas (2001-2015). 2017. Dissertação (Mestrado em Interfaces Sociais da Comunicação) - Universidade de São Paulo.

2.
MAGALHÃES, GILDO. Participação em banca de Lauro Fabiano de Souza Carvalho. Revolução digital e o mercado de trabalho. 2017. Dissertação (Mestrado em História Econômica) - Universidade de São Paulo.

3.
MAGALHÃES, GILDO. Participação em banca de Edson Alves Filho. Geoindicadores de mudanças climatológicas em sistemas físicos impactados por empreendimentos hidrelétricos: uma leitura da geografia histórica da paisagem PCH Rio do Peixe I e II. 2017. Dissertação (Mestrado em Geografia (Geografia Física)) - Universidade de São Paulo.

4.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Júlio César Zandonaidi. Renascença e história da ciência: uma análise comparativa de tendências historiográficas e a contribuição de António Beltrán. 2016. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo.

5.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Eliana Cristina Zequim. Ideias sobre o começo: Igreja Católica e a Cosmologia contemporânea (1936-2014). 2016. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo.

6.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Sergio Felix Pires. Eletrificar ou abandonar: Embates entre rodoviários e ferroviários acerca do projeto de recuperação e eletrificação das ferrovias em São Paulo 1922-1963. 2016. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo.

7.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Carla Müller Sasse. Capital estrangeiro e energia elétrica no Brasil: estudos sobre as empresas fornecedoras de equipamentos para o setor elétrico. 2015. Dissertação (Mestrado em História Econômica) - Universidade de São Paulo.

8.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Josué Ben-Nur. Embates da ciência e fé. 2015. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo.

9.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Fernando Ribas de Martini. Construir navios é preciso, persisitir não é preciso. A construção naval militar no Brasil entre 1850 e 1900, na esteira da Revolução Industrial. 2014. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo.

10.
SANTOS FILHO, G. M.. Participação em banca de Aracele Lima Torres. A tecnologia do software livre: uma história do projeto técnico e político do GNU. 2014. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo.

11.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Marcelo Afonso. Histórias de pescador: transformações técnicas e socioambientais na pesca do litoral de São Paulo. 2013. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo.

12.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Alexandre Ricardi. A Companhia Água e Luz de São Paulo na formação do parque elétrico paulistano (1890-1910). 2013. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo.

13.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Télio Cravo. A engenharia e a técnica das construções de pontes e stradas na província de Minas Gerais (1835-1889). 2013. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo.

14.
MAGALHÃES, G.. Participação em banca de Fernanda de Jesus Ferreira. ?A redenção do corpo e da alma?: a representação literária da instrução dos escravizados em José de Alencar (1850-1875). 2012. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de São Paulo.

15.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Márcia Dias da Silva. História ca ciência no Brasil e seus personagens ocultos: o papel do chão de fábrica no progresso técnico da indústria química de São Paulo. 2011. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo.

16.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Luana Tieko Omana Tamana. A mestiçagem ao microscópio: entre a detração e a particularização, permaneceu a democracia racial. Uma análise de Arthur Ramos. 2011. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo.

17.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Gisela Tolaine Massetto de Aquino. Progresso, tecnologia e engenharia; um olhar sobre a Faculdade de Engenharia Industrial e a Igreja Católica na construção do Grnade ABC (1946-2000). 2010. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo.

18.
MAGALHÃES, G.. Participação em banca de Alenuska Kelly Guimarães Andrade. Eletricidade e vida urbana em Natal (1911-1940). 2009. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

19.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Rosana Aparecida do Amaral. O sentido do trabalho: visões de um problema nos séculos XIX e XX. 2009. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo.

20.
MAGALHÃES, G.. Participação em banca de Rui Cesar de Andrade Caetano. Os positivistas politécnicos e a (des)construção da maravilhosa cidade: Rio de Janeiro, 1850-1906. 2008. Dissertação (Mestrado em História Econômica) - Universidade de São Paulo.

21.
MAGALHÃES, G.. Participação em banca de Gustavo de Conti Macedo. Sistemas energéticos e a evolução do sistema científico. 2007. Dissertação (Mestrado em Planejamento de Sistemas Energéticos) - Universidade Estadual de Campinas.

22.
MAGALHÃES, G.. Participação em banca de Carlos Tato Cortizo. Sistemas de informática, o SUS e o software livre: possibilidades e perspectivas. 2007. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Universidade de São Paulo.

23.
MAGALHÃES, G.. Participação em banca de Dayana de Oliveira Formiga. A escola de genética Dreyfus- Dobzhansky: a institucionalização na FFCL da USP. 2007. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo.

24.
SANTOS FILHO, G. M.. Participação em banca de Gustavo de Conti Macedo. Sistemas energéticos e a evolução do pensamento científico. 2006. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica) - Universidade Estadual de Campinas.

25.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Germana Fernandes Barata. A primeira década da AIDS no Brasil: o Fantástico apresenta a doença ao público (1983 a 1992). 2006. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo.

26.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Renato Matsui Pisciotta. Atraso e progresso na difusão da cultura científica::o Brasil entre o barroco e o iluminismo no mundo luso do século XVIII. 2006. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo.

27.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Renato Pignatari Pereira. O Instituto Biológico de São Paulo (1927-1947): uma história de percepções. 2006. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo.

28.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Rubens Araújo Menezes de Souza Filho. Conflitos e contradições do desenvolvimento tecnológico: impactos do software livre no Brasil - uma história em progresso. 2006. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo.

29.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Rosiney Rapolli Salateo. Uma análise sobre a historiografia da química no Brasil em periódicos - 1974 a 2000. 2006. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo.

30.
SANTOS FILHO, G. M.. Participação em banca de Zilsa Maria Pinto Santiago. Acessibilidade e educação: a educação básica em Fortaleza e a inclusão de alunos portadores de deficiência. 2005. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade de São Paulo.

31.
SANTOS FILHO, G. M.. Participação em banca de Dorival Gonçalves Júnior. Reestruturação do Setor Elétrico Brasileiro: Estratégia da Retomada da Taxa de Acumulação de Capital. 2002. Dissertação (Mestrado em Eletrotécnica e Energia) - Universidade de São Paulo.

32.
SANTOS FILHO, G. M.. Participação em banca de Irineu Pacheco Paes Barreto. Valores e Usos dados à Tecnologia: o caso da Informática Educativa no Brasil (1970-1990). 2002. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo.

33.
SANTOS FILHO, G. M.. Participação em banca de Solange Vieira. Quebrtando encantos: o encontro com o Novo Mundo vivo. 2002. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo.

34.
SANTOS FILHO, G. M.. Participação em banca de Maria Odete Gonçalves de Carvalho. O processo de reestruturação do setor elétrico paulista. 2002. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade de São Paulo.

35.
SANTOS FILHO, G. M.. Participação em banca de Aníbal Verri Jr.. A obra de José Augusto Bellucci em Maringá. 2001. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade de São Paulo.

36.
SANTOS FILHO, G. M.. Participação em banca de Cláudio Silveira Amaral. O Espaço na Produção Administrativa em São Paulo. 1995. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade de São Paulo.

Teses de doutorado
1.
MAGALHÃES, GILDO; MUSICA, H.. Participação em banca de Camila Carrascoza Bonfim. A música orquestral: a metrópole e o mercado de trabalho. 2017. Tese (Doutorado em Música) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

2.
MAGALHÃES, GILDO. Participação em banca de Renato Matsui Pisciotta. Sociedade, ideias e compêndios: direito natural no Largo de São Francisco (1827-1889). 2017. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo.

3.
MAGALHÃES, GILDO. Participação em banca de Gisela Tolaine Massetto de Aquino. História da ciência e epistemologia: um estudo no ensino médio brasileiro. 2017. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo.

4.
MAGALHÃES, GILDO. Participação em banca de Danielle Rodrigues Amaro. Controvérsias acerda da institucionalização da história da arte no Brasil: debates sobre a criação de cursos de graduação e perspectivas epistemológicas. 2017. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo.

5.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Lívia Maria Botin. Ciência e tecnologia em debate: uma análise das entrevistas no programa Roda Viva, da TV Cultura. 2016. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo.

6.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Andrey Minin Martin. Produzir energia, (pro)mover o progresso: o complexo hidrelétrico Urubupungá e os caminhos do setor energético. 2016. Tese (Doutorado em História) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

7.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Rubens Araújo Menezes de Souza Filho. Os donos das ideias. História e conflitos do direito autoral, do copyright e das patentes na crise contemporânea do capital: da rodada Uruguai (1986) aos partidos piratas (2006). 2014. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo.

8.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Marco Antonio de Melo Brito. Um estudo de abordagem pelas redes sociotécnicas: o caso da escuderia de Fórmula 1 Coopersucar-Fitipaldi. 2013. Tese (Doutorado em História das Ciências e das Técnicas e Epistemologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

9.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Marinete Aparecida Zacharias Rodrigues. Mulheres, violência e justiça: crime e criminalidade no sul de Mato Grosso, 1830 a 1889. 2013. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo.

10.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Débora Marques de Almeida Nogueira Mortati. A implantação da hidroeletricidade e o processo de ocupação do território no interior paulista (1890-1930). 2013. Tese (Doutorado em Engenharia Civil) - Universidade Estadual de Campinas.

11.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Márcia Cristina de Carvalho Pazin Vitoriano. Obrigação, controle e memória. Aspectos legais, técnicos e culturais da produção documental de organizações privadas. 2012. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo.

12.
MAGALHÃES, G.. Participação em banca de Douglas Ricardo Slaughter Nymi. Computabilidade e limites da matemática e das teorias físicas: aplicações em sistemas elétricos de potência. 2011. Tese (Doutorado em Engenharia Elétrica) - Universidade de São Paulo.

13.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Renato de Oliveira Diniz. A intervenção estatal no setor elétrico paulista: as grandes empresas e as grandes usinas. 2011. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo.

14.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Germana Fernandes Barata. Nature e Science: mudança na comunicação da ciência e a contribuição da ciência brasileira (1935-2009). 2010. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo.

15.
MAGALHÃES, G.. Participação em banca de Marcelo Squinca da Silva. O embate acerca da criação da Eletrobrás: fragmentação e conservadorismo da burguesia industriária (1956-67). 2009. Tese (Doutorado em História) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

16.
MAGALHÃES, G.. Participação em banca de Marcos Alexandre Capellari. O discurso da contracultura no Brasil: o underground através de Luiz Carlos Maciel. 2008. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo.

17.
MAGALHÃES, G.. Participação em banca de Paulo Roberto Elian dos Santos. Arquivística no laboratório: dimensões teórico-metodológicas de um campo científico. 2008. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo.

18.
MAGALHÃES, G.. Participação em banca de Nilda Nazaré Pereira Oliveira. Entre o criar, o copiar e o comprar pronto: a criação de instituições de ensino e pesquisa para a consolidação da indústria aeronáutica brasileira (1945-1990). 2008. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo.

19.
MAGALHÃES, G.. Participação em banca de Dorival Gonçalves Junior. Reformas na indústria elétrica brasileira: a disputa por fontes e o controle do excedente. 2007. Tese (Doutorado em Programa Interunidades de Pós-Graduação em Energia) - Universidade de São Paulo.

20.
SANTOS FILHO, G. M.. Participação em banca de Ruy Guilherme Castro de Almeida. O papel dos engenheiros e matemáticos na história do ensino de física no Pará (1931-70). 2006. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo.

21.
SANTOS FILHO, G. M.. Participação em banca de Claudio Silveira Amaral. John Ruskin e o desenho no Brasil. 2005. Tese (Doutorado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade de São Paulo.

22.
SANTOS FILHO, G. M.. Participação em banca de Marcelo Magalhães Godoy. No país das minas de ouro a paisagem vertia engenhos de cana e casa de negócio. 2004. Tese (Doutorado em História Econômica) - Universidade de São Paulo.

23.
SANTOS FILHO, G. M.. Participação em banca de Marta de Almeida. Das cordilheiras dos Andes à Isla de Cuba: os congressos m[edicos latino-americanos e brasileiros. 2004. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo.

24.
SANTOS FILHO, G. M.. Participação em banca de Angela Maria Ribeiro França. Para uma historiografia da resolução de problemas: da arte de dizer na fala carioca à variante oral do português brasileiro. 2003. Tese (Doutorado em Lingüística) - Universidade de São Paulo.

25.
SANTOS FILHO, G. M.. Participação em banca de Cláudio Júlio Tognolli. A Falácia Genética: Ideologia do DNA da Imprensa. 2002. Tese (Doutorado em Ciências da Comunicação) - Universidade de São Paulo.

26.
SANTOS FILHO, G. M.. Participação em banca de Humberto Felipe da Silva. A Universidade Brasileira e o Desenvolvimento Industrial de Getúlio à Década de 70: a Engenharia Química. 2002. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo.

27.
SANTOS FILHO, G. M.. Participação em banca de Eduardo Dorneles Barcelos. Telegramas para Marte - Os Estudos de Vida e Inteligência Extra-Terrestre. 1997. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo.

28.
SANTOS FILHO, G. M.. Participação em banca de Doris Maria de Bittencourt. Casas Residenciais em Porto Alegre em fins do século XIX e início do século XX. 1996. Tese (Doutorado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade de São Paulo.

29.
SANTOS FILHO, G. M.. Participação em banca de Francisco Martins de Souza. Os Paradoxos da Interpretação de Copenhague da Mecânica Quântica. 1996. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo.

Qualificações de Doutorado
1.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Flávia Polatti Ferreira. O papel da história e da filosofia da ciência na formação inicial de professores: o caso das teorias da gravitação. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Ensino de Ciências (Modalidades Física, Química e Biologia)) - Universidade de São Paulo.

2.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Tiago Chagas Soares. Cibercultura e economia política. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade de São Paulo.

3.
MAGALHÃES, GILDO. Participação em banca de Rodrigo Cristino de Faria. Modelagem Causal em História da Ciência e o teste das filosofias da mudança científica: um estudo da Revolução Copernicana,. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Filosofia) - Universidade de São Paulo.

4.
MAGALHÃES, GILDO. Participação em banca de Fernando Ribas de Martini. A construção naval no Brasil de 1910 a 1950. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade de São Paulo.

5.
MAGALHÃES, GILDO. Participação em banca de Alexandre Ricardi. A Usina do Salto Barulhento: a Expansão da São Paulo Tramway, Light and Power Co. e da Brazilian Traction no contexto social e econômico de São Paulo. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade de São Paulo.

6.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Giorgia Limnios. Paisagem e patrimônio das pequenas centrais hidrelétricas no Estado de São Paulo. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Geografia (Geografia Física)) - Universidade de São Paulo.

7.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Luana Tieko Omena Tamano. A atuação de Arthur Ramos no Serviço de Ortofrenia e Higiene Mental do Rio de Janeiro (1934-1939). 2016. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade de São Paulo.

8.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Andrey Minin Martin. Produzir energia, promover o progresso: o complexo hidrelétrico de Urubupungá e os caminhos do setor energético. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

9.
SANTOS, G. M.. Participação em banca de Fernando Lacerda Simões Duarte. Resgates e abandonos do passado na prática musical litúrgica católica no Brasil emre os pontificados de Pio X e Bento XVI (1903-2013). 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Música) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

10.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Renato Matsui Pisciotta. O direito natural no ensino do Largo de São Francisco. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade de São Paulo.

11.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Danielle Rodrigues Amaro. História da Arte no Brasil: lugar e cientificidade. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade de São Paulo.

12.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Aracele Lima Torres. A ideologia ciberlibertária: a defesa da liberdade na internet e a crença no seu poder para o ordenamento social. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em História Econômica) - Universidade de São Paulo.

13.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Márcia Gomes Fernandes. O Esquadrão da Morte de São Paulo e a imprensa paulista: um estudo sobre o Jornal da Tarde, O Estado de São Paulo e a Folha de São Paulo (1968-1982). 2015. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade de São Paulo.

14.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Lívia Maria Botin. Programa Roda Viva: ciência e tecnologia em debate. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade de São Paulo.

15.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Gisela Tolaine Massetto de Aquino. A História da Ciência no ensino médio. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade de São Paulo.

16.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Rubens Araújo Menezes de Souza Filho. Propriedade intelectual, patentes e a ideia de progresso. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade de São Paulo.

17.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Marinete Aparecida Zacharias Rodrigues. Mulheres, violência e justiça: crime e cotidiano em Mato Grosso, 1830-1889. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade de São Paulo.

18.
MAGALHÃES, G.. Participação em banca de Maria Beatriz Pestana Barbosa. Acessibilidade no metrô de São Paulo: comunicação visual. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em ARQUITETURA E URBANISMO) - Universidade de São Paulo.

19.
MAGALHÃES, G.. Participação em banca de Marco Antônio de Melo Brito. Coopersucar-Fittipaldi: uma escuderia de Fórmula Um brasileira. 2011. Exame de qualificação (Doutorando em História das Ciências e das Técnicas e Epistemologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

20.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Renato de Oliveira Diniz. A intervenção estatal no setor elétrico paulista. 2010. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade de São Paulo.

21.
MAGALHÃES, G.. Participação em banca de Renato de Oliveira Diniz. As hidroéletricas no estado de São Paulo: da estatização à privatização. 2009. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade de São Paulo.

22.
MAGALHÃES, G.. Participação em banca de Marcia Cristina de Carvalho Pazin Vitoriano. Uma tipologia documental para pesquisa arquivística. 2009. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade de São Paulo.

23.
MAGALHÃES, G.. Participação em banca de Germana Fernandes Barata. O discurso da ciência em Nature e Science. 2009. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade de São Paulo.

24.
MAGALHÃES, G.. Participação em banca de Germana Fernandes Barata. Nature e Science: mudança na comunicação da ciência e a contribuição brasileira. 2009. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade de São Paulo.

25.
MAGALHÃES, G.. Participação em banca de Marcelo Squinca da Silva. Um caso de desamor: o debate sobre a estatização do setor de energia elétrica, 1956-67. 2008. Exame de qualificação (Doutorando em História) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

26.
MAGALHÃES, G.. Participação em banca de Paulo Roberto Elian dos Santos. Arquivística no laboratório: dimensões teórico-metodológicas de um campo científico. 2007. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade de São Paulo.

27.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Nilda Nazaré Pereira Oliveira. A criação de instituições de ensino e pesquisa para a industria aeronáutica brasileira. 2007. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade de São Paulo.

28.
SANTOS FILHO, G. M.. Participação em banca de Márcia D´Angelo. A Escola Técnica Federal de São Paulo. 2005. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade de São Paulo.

29.
SANTOS FILHO, G. M.. Participação em banca de Nilda Nazaré Pereira Oliveira. O ITA, a Embraer e a reconstrução da indústria aeronáutica brasileira. 2005. Exame de qualificação (Doutorando em História Econômica) - Universidade de São Paulo.

30.
SANTOS FILHO, G. M.. Participação em banca de Eli Mara Royg Hamadan. Os sistemas estaduais de ciência e tecnologia. 2004. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade de São Paulo.

31.
MAGALHÃES, G.. Participação em banca de Eli Mara Leite Royg Hamdan. O surgimento dos sistemas estaduais de ciência e tecnologia no Brasil na década de 1980. 2004. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade de São Paulo.

32.
SANTOS FILHO, G. M.. Participação em banca de Maria Dolores Vianna. Evolução e Contradições do Conceito de Trabalho - de Adam Smith a Karl Marx. 2002. Exame de qualificação (Doutorando em História Econômica) - Universidade de São Paulo.

33.
SANTOS FILHO, G. M.. Participação em banca de Cláudio Júlio Tognolli. A Falácia Genética: Ideologia do DNA da Imprensa. 2001. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências da Comunicação) - Universidade de São Paulo.

34.
SANTOS FILHO, G. M.. Participação em banca de Marcos Fernandes Pupo Nogueira. Muito Além do Melodrama: A Música Orquestral de Carlos Gomes. 2001. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade de São Paulo.

35.
SANTOS FILHO, G. M.. Participação em banca de Francisco Martins de Souza. Os Paradoxos da Interpretação de Copenhague da Mecânica Quântica. 1995. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade de São Paulo.

Qualificações de Mestrado
1.
MAGALHÃES, GILDO. Participação em banca de Ana Carina Urbano Torrejais. Patrimônio ferroviário como tecnocultura: A OFICINA DE MANUTENÇÃO DA COMPANHIA PAULISTA DE ESTRADAS DE FERRO EM JUNDIAÍ (1896 - 1961). 2017. Exame de qualificação (Mestrando em História Social) - Universidade de São Paulo.

2.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Edson Alves Filho. Geoindicadores de alterações morfológicas em sistemas físicos impactados por empreendimentos hidrelétricos. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Geografia (Geografia Física)) - Universidade de São Paulo.

3.
MAGALHÃES, G.. Participação em banca de Sérgio Amadeus Leon Lopes. O conceito de gene e as formas de representação biopolítica. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em História Social) - Universidade de São Paulo.

4.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Fernando Ribas de Martini. Construir navios é preciso, persisitir não é preciso. A construção naval militar no Brasil entre 1850 e 1900, na esteira da Revolução Industrial. 2013.

5.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Josué Ben-Nur. Ciência e fé em debate. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em História Social) - Universidade de São Paulo.

6.
MAGALHÃES, G.. Participação em banca de Carla Müller Sasse. Capital estrangeiro e energia elétrica no Brasil. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em História Econômica) - Universidade de São Paulo.

7.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Aracele Lima Torres. Tecnologias da inteligência e da liberdade; uma história sobre o projeto GNU e a defesa do conhecimento livre no contexto das tecnologias digitais. 2012.

8.
MAGALHÃES, G.. Participação em banca de Marcelo Afonso. Histórias de pescador. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em História Social) - Universidade de São Paulo.

9.
MAGALHÃES, G.. Participação em banca de Alexandre Ricardi. A Companhia Água e Luz de São Paulo. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em História Social) - Universidade de São Paulo.

10.
MAGALHÃES, G.. Participação em banca de Télio Cravo. A engenharia e a técnica das construções de pontes ee stradas na província de Minas Gerais. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em História Social) - Universidade de São Paulo.

11.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Fernanda de Jesus Ferreira. Para uma história da educação dos negros: civilização e a instrução dos escravizados nas obras de José de Alencar. 2011. Exame de qualificação (Mestrando em Educação) - Universidade de São Paulo.

12.
MAGALHÃES, G.. Participação em banca de Márcia Dias da Silva. História ca ciência no Brasil e seus personagens ocultos. 2010. Exame de qualificação (Mestrando em História Social) - Universidade de São Paulo.

13.
MAGALHÃES, G.. Participação em banca de Luana Tieko Omana Tamana. Arthur Ramos e A Mestiçagem no Brasil. 2010. Exame de qualificação (Mestrando em História Social) - Universidade de São Paulo.

14.
MAGALHÃES, G.. Participação em banca de Gisela Tolaine Massetto de Aquino. A FEI e a Igreja Católica na construçõa do Grande ABC. 2009. Exame de qualificação (Mestrando em História Social) - Universidade de São Paulo.

15.
MAGALHÃES, G.. Participação em banca de Rosana Aparecida do Amaral. O sentido do trabalho. 2008. Exame de qualificação (Mestrando em História Social) - Universidade de São Paulo.

16.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de O software livre e o sistema único de saúde municipal: possi. O software livre e o sistema único de saúde municipal: possibilidades e perspectivas. 2006. Exame de qualificação (Mestrando em Saúde Pública) - Universidade de São Paulo.

17.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Rui César de Andrade Caetano. Os positivistas politécnicos e a (des)construção da maravilhosa cidade: Rio de Janeiro, 1850-1906. 2006. Exame de qualificação (Mestrando em História Econômica) - Universidade de São Paulo.

18.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Mariana Rodrigues de Lima. A história dos direitos humanos e a educação. 2005. Exame de qualificação (Mestrando em História Social) - Universidade de São Paulo.

19.
MAGALHÃES, G.. Participação em banca de Renato Pignatari Pereira. O Instituto Biológico de São Paulo (1927-1947). 2005. Exame de qualificação (Mestrando em História Social) - Universidade de São Paulo.

20.
MAGALHÃES, G.. Participação em banca de Rubens Araújo Menezes de Souza Filho. Impactos do software livre no Brasil. 2005. Exame de qualificação (Mestrando em História Social) - Universidade de São Paulo.

21.
MAGALHÃES, G.. Participação em banca de Rosiney Rapolli Salateo. Uma análise sobre a historiografia da química no Brasil. 2005. Exame de qualificação (Mestrando em História Social) - Universidade de São Paulo.

22.
SANTOS, G. M.. Participação em banca de Renato Matsui Pisciotta. Atraso e progresso na difusão da cultura científica no Brasil. 2005. Exame de qualificação (Mestrando em História Social) - Universidade de São Paulo.

23.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Zilsa Maria Pinto Santiago. Acessibilidade e educação: a educação básica em Fortaleza e a inclusão dos alunos portadores de deficiência. 2004. Exame de qualificação (Mestrando em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade de São Paulo.

24.
SANTOS, G. M.. Participação em banca de Germana Fernandes Barata. A primeira década da AIDS no Brasil. 2004. Exame de qualificação (Mestrando em História Social) - Universidade de São Paulo.

25.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Dorival Gonçalves Júnior. Reestruturação do setor elétrico brasileiro: estratégia de retomada da taxa de acumulação do capital?. 2001. Exame de qualificação (Mestrando em Energia) - Universidade de São Paulo.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Participação em banca de Marcelo Hideki Yamane.A teoria dos refúgios ainda nos fornece inspiração para problematização?. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) - Universidade de São Paulo.

Outros tipos
1.
SANTOS FILHO, G. M.. Participação em banca de Dorival Gonçalves Júnior. Análise da Reestruturação do Setor Elétrico Brasileiro como Estratégia da Retomada da Taxa de Acumulação de Capital. 2001. Outra participação, Universidade de São Paulo.

2.
SANTOS FILHO, G. M.. Participação em banca de Irineu Pacheco Paes Barreto. Computadores e Ensino na Escola Politécnica (1970-1990). 2001. Outra participação, Universidade de São Paulo.

3.
SANTOS FILHO, G. M.. Participação em banca de Solange Vieira. Imagens da Biologia nos Viajantes do Brasil Colonial. 2000. Outra participação, Universidade de São Paulo.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
SANTOS FILHO, G. M.. História da Ciência. 2005. Universidade de São Paulo.

2.
SANTOS FILHO, G. M.. Concurso de Professor Adjunto. 2004. Instituto Tecnológico de Aeronáutica.

Livre docência
1.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. A fotografia como documentos e sua institucionalização em arquivos, bibliotecas e museus. 2016. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

2.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Processos de jornalismo impresso. 2014. Universidade de São Paulo.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Foro de Guadalajara. A trama do universo, o todo e a parte. 2014. (Congresso).

2.
II Congresso Internacional sobre Patrimônio Industrial. Café, ferrovias, imigração e a eletrificação no Estado de São Paulo. 2014. (Congresso).

3.
II Congresso Internacional sobre Patrimônio Industrial. A musealização do patrimônio industrial de S. Paulo: uma análise do setor elétrico. 2014. (Congresso).

4.
Mondes Électriques 19-21 siècles. Is small really beautiful? Controversies around operating early Brazilian power plants. 2014. (Congresso).

5.
O pensamento científico. As controvérsias científicas na História. 2014. (Congresso).

6.
24th International Congress of History of Science, technology and Medicine. A milestone in the Atlantic forest: the Itatinga dam and its power station. 2013. (Congresso).

7.
Brown Bag Lecture.Ida Noddack and the universal function of matter. 2013. (Encontro).

8.
Encontros CFCUL.Os números transfinitos de Cantor e a física não-linear. 2013. (Encontro).

9.
Encontros CFCUL.Some reflections on life and physics: negentropy and eurhythmy. 2013. (Encontro).

10.
História e Energia.Invenção do Contemporâneo - CPFL. 2013. (Encontro).

11.
II Simpósio Internacional Eletrificação e Modernização Social.Membro do Comitê Científico. 2013. (Simpósio).

12.
PACHS Annual Introductory Symposium.In search of meaning: contemporary causal formulations of quantum theory. 2013. (Simpósio).

13.
Palestras Associação dos Engenheiros Politécnicos.Um projeto Apolo na Renascença: a cúpula da catedral de Florença. 2013. (Encontro).

14.
1º Encontro sobre a Memória do Porto de Santos: Usina Hidrelétrica de Itatinga.Itatinga: arqueologia industrial na paisagem tropical. 2012. (Encontro).

15.
A USP e as profissões.A profissão de historiador: novas perspectivas. 2012. (Encontro).

16.
Controle das Políticas Públicas de Acessibilidade.Acessibilidade como direito fundamental instrumental. 2012. (Encontro).

17.
Emergence and Non-Fundamentalist Metaphysics.Emergence: continuity or break up? A look beyond physics and behind economics. 2012. (Simpósio).

18.
Expo Brasil Sustentável.Climatologia e controvérsias ? um olhar da História das Ciências. 2012. (Encontro).

19.
Foro de Guadalajara.O retorno da metafísica na ciência moderna. 2012. (Encontro).

20.
ISO TC59 International Meeting.Accessibility Standards. 2012. (Oficina).

21.
IV Simpósio Internacional Darwinismo Hoje.Evolução e a crise dos paradigmas da biologia. 2012. (Simpósio).

22.
Terceira Escola de História Conceitual da Matemática.Sobre uma possível contribuição à física quântica dos números transfinitos de Cantor. 2012. (Simpósio).

23.
VII Encontro de Pós-Graduandos (EPOG) da FFLCH/USP.Diálogos com a Filosofia. 2012. (Encontro).

24.
Congresso Luso-Brasileiro de História das Ciências. Um artista enfrenta a epistemologia: Pedro Américo e La science et les systhèmes. 2011. (Congresso).

25.
Espaço, tempo e devir: primeiros encontros de Filosofia e Física.Em torno de uma possível contribuição da matemática transfinita para a euritmia. 2011. (Simpósio).

26.
Projeto "O que é uma teoria física".Lei natural, ordem e epistemologia. 2011. (Encontro).

27.
Projeto USP e as Profissões.O curso de História e a profissão de historiador. 2011. (Encontro).

28.
12º Seminário Nacional e 7º Congresso Latino-Americano de História da Ciência e Tecnologia. Controvérsias e sua relevância epistemológica para a história das ciências. 2010. (Congresso).

29.
III Seminário Internacional História & Energia.Energia e desenvolvimento na História. 2010. (Seminário).

30.
ISO Workshop on Accessibility.Accessibility and the Built Environment. 2010. (Oficina).

31.
Projecto Problemas Filosóficos da Física Quântica.Sobre uma teoria científica. 2010. (Seminário).

32.
Projecto Problemas Filosóficos da Física Quântica.On eurhythmy as a principle for growing order and complexity in the natural world. 2010. (Seminário).

33.
Seminário MBA Humanístico Antonio Meneghetti.A elegância da cultura literária para o empreendedor. 2010. (Oficina).

34.
II EPEGH Encontro fr Pesquisa de Graduação na História.A Pesquisa em História da Ciência na USP. 2009. (Encontro).

35.
Seminário do Grupo de Fundamentos Filosóficos da Física Quântica.A correspondência Einstein-Ehrenhaft. 2009. (Seminário).

36.
Seminário do Grupo de Fundamentos Filosóficos da Física Quânticas.Euritmia, neguentropia e progresso. 2009. (Seminário).

37.
XX EREB-SE Encontro Regional de Estudantes de Biologia.O profissional biólogo e a universidade que o formou. 2009. (Encontro).

38.
11ª Semana Temática da Biologia USP.Design inteligente x darwinismo. 2008. (Encontro).

39.
11º Congresso de História da Ciência e da Tecnologia. A história da energia elétrica no Estado de São Paulo: Acervos documentais. 2008. (Congresso).

40.
16º Simpósio Internacional de Iniciação Científica da USP.Técnica, Manifestações Artísticas e Construção do Discurso. 2008. (Simpósio).

41.
Ciclo de Palestras sobre Tecnologia e Sociedade- ITA.A catedral de Florença: do século XV ao Projeto Apolo. 2008. (Encontro).

42.
Conversas sem matéria. Centro de Filosofia da Ciência de Lisboa.Será que o acaso existe?. 2008. (Encontro).

43.
Encontros do Centro de Filosofia da Ciência da Universidade de Lisboa.Transfinitos, completude e euritimia. 2008. (Encontro).

44.
Encontros do Centro de Filosofia da Universidade de Lisboa.Vamos criar um Universo. 2008. (Encontro).

45.
Seminário processo de Avaliação de Cursos de Graduação. 2008. (Seminário).

46.
90 Anos da Revolução Russa.A Revolução Russa e a Ciência. 2007. (Simpósio).

47.
Fronteiras da Ciência.A ciência apocalíptica, o desenvolvimento e o fim do homem. 2007. (Simpósio).

48.
História, Energia e Meio Ambiente.O futuro energético brasileiro. 2007. (Simpósio).

49.
Como pensar as relações entre a História e a Filosofia das Ciências - CFCUL/Lisboa.A historiografia da ciência e sua metodologia. 2006. (Oficina).

50.
Seminário de Pesquisa do LEME- Laboratório de Estudos Medievais USP/Unicamp.Brunelleschi e a Catedral de Florença: um estudo de história das idéias e da tecnologia. 2006. (Seminário).

51.
10° Seminário Nacional de História da Ciência e Tecnologia. A construção da aids no discurso acadêmico da science e nature (1983-1985). 2005. (Congresso).

52.
10° Seminário Nacional de História da Ciência e Tecnologia.Ciências e filosofia da natureza no século XIX eletromagnetismo, evolução e idéias. 2005. (Seminário).

53.
IV Congresso latino-ameicano sobre acidentes e medicina de tráfego. Como incluir no trânsito as pessoas com deficiência?. 2005. (Congresso).

54.
Proceso al azar - debate Instituto Cervantes e Instituto de Física da USP.acaso e determinismo na história da ciência. 2005. (Simpósio).

55.
Seminário de Pesquisa do LEME -Laboratório de Estudos Medievais USP/Unicamp.A Idade Média e as origens da ciência moderna - uma controvérsia. 2005. (Seminário).

56.
6. Semana Temática da Biologia - USP. A evolução posta em cheque. 2003. (Congresso).

57.
História da ciência e da técnica no Brasil - encontros na Biblioteca Municipal.No tempo da hulha branca. 2003. (Simpósio).

58.
I Encontro de Musicologia - MASP.Música, cultura e educação no contexto da globalização. 2003. (Simpósio).

59.
Guerra e Processos Históricos - OESP/SESC.Indústria bélica e tecnologia. 2002. (Outra).

60.
V Semana Temática da Biologia - USP.Palestra - Darwin: herói ou fraude?. 2002. (Outra).

61.
PBIC - Instituto de Botânica.Palestra de abertura: A Biologia e a Filosofia da História da Ciência. 2001. (Outra).

62.
Programa de Pós-Graduação em Energia da USP - IEE.Tecnologia e Ideologia. 2001. (Outra).

63.
Simpósio: Ciência e Tecnologia como Cultura - USP.Coordenador da Sessão de História da Biologia. 2001. (Simpósio).

64.
Simpósio Ciência, Tecnologia e Globalização - FAPESP.Organizador e Relator do Simpósio Ciência, Tecnologia e Globalização. 2001. (Simpósio).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. 25th International Congress of History of Science, Technology and Medicine. 2017. (Congresso).

2.
SANTOS, G. M.. Symposium - Electric energy in history: social, economic, and cultural issues. 2017. (Congresso).

3.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. 3) Construindo Diálogos Interdisciplinares ? Simpósio USP de História da Ciência e Tecnologia. 2017. (Congresso).

4.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. 15º Seminário Nacional de História da Ciência e Tecnologia. 2016. (Congresso).

5.
MAGALHÃES, GILDO. Simpósio Ciência, técnica e tecnologia: a ideia de progresso. 2016. (Congresso).

6.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. 13ª FEBRACE. 2015. .

7.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. 14ª FEBRACE - Feira Brasileira de Ciências e Engenhari. 2015. .

8.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. FEBRACE. 2014. .

9.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Água e Energia: desafios e alternativas do tempo histórico. 2014. (Congresso).

10.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. 14º Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia. 2014. (Congresso).

11.
VILAR, D. D. ; FONSECA, F. ; SANTOS, GILDO MAGALHÃES . A hernaça da água: a evolução tecnológica do abastecimento de água na cidade de São Paulo. 2013. (Outro).

12.
SAES, A. ; SEABRA, O. ; SANTOS, GILDO MAGALHÃES . II Simpósio Internacional Eletrificação e Modernização Social. 2013. (Congresso).

13.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. II Simpósio Internacional Eletriicação e Modernização Social. 2013. (Congresso).

14.
MAGALHÃES, G.. 13º Congresso Brasileiro de História da Ciência e Tecnologia. 2012. (Congresso).

15.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. 10ª Feria Brasileira de Ciências e Engenharia - FEBRACE. 2012. (Outro).

16.
MAGALHÃES, G.. 9ª FEBRACE - Feir Brasileira de Ciências. 2011. (Exposição).

17.
MAGALHÃES, G.. III Seminário Internacional História & Energia ? Memória, informação e sociedade. 2010. (Congresso).

18.
MAGALHÃES, G.. 12º Seminário Nacional e 7º Congresso Latino-Americano de História da Ciência e Tecnologia. 2010. (Congresso).

19.
MAGALHÃES, G.. Simpósio Eletromemória: História da energia elétrica em São Paulo. 2009. (Congresso).

20.
MAGALHÃES, G.. III Simpósio História, Energia e Meio Ambiente. 2009. (Congresso).

21.
MAGALHÃES, G.. FEBRACE - Feira Brasileira de Ciências, Engenharia, Criatividade e Inovação. 2009. (Exposição).

22.
MAGALHÃES, G.. 11º Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia. 2008. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Camilie Cristina Cada Cardoso. ENTRE O DESEQUILÍBRIO, A DEGENERAÇÃO E A MONSTRUOSIDADE: O CONCEITO DE PSICOPATIA EXPRESSO NA ATUAÇÃO DA ASSISTÊNCIA A PSICOPATAS DO ESTADO DE SÃO PAULO. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo. (Orientador).

2.
Cecília Hulshof. A CONDENAÇÃO PARISIENSE DE 1277 E A CIÊNCIA MEDIEVAL. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo. (Orientador).

3.
Raiany Souza de Oliveira. Produção do conhecimento científico da Seção de Ciências da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade de São Paulo na década de 1950. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo. (Orientador).

4.
Ana Carina Urbano Torrejais. Patrimônio Ferroviário como Tecnocultura: As Oficinas de Manutenção da Companhia Paulista em Jundiaí (1896 - 1971). Início: 2016. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo. (Orientador).

5.
Eliana Cristina Zequim. Ideias sobre o começo: Igreja Católica e a Cosmologia contemporânea (1936-2014). Início: 2015. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo. (Orientador).

6.
Sergio Felix. o embate de ferroviários e rodoviários na eletrificação. Início: 2015. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Gabriel Kenzo Rodrigues. Transições na farmacologia: a Gazeta da Farmácia e a constituição dos laboratórios-indústria (1932-1961). Início: 2017. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo. (Orientador).

2.
Marly Iyo Kamioji. ENERGIA NUCLEAR, SEGURANÇA E MEDO: O CONTRAPONTO DO DISCURSO DA MÍDIA E DO DISCURSO CIENTÍFICO NA HISTÓRIA DAS USINAS NUCLEARES (1979-2011). Início: 2016. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo. (Orientador).

3.
Alexandre Ricardi. A usina de Itupararanga. Início: 2015. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. (Orientador).

4.
Dayana de Oliveira Formiga. A história da genética no Brasil. Início: 2014. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo. (Orientador).

5.
Luana Tieko Omana Tamana. Arthur Ramos e suas obras. O folclore, a psiquiatria, a higiene mental e a antropologia sob a pena de um polígrafo (1922-1949). Início: 2013. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Júlio César Zandonaidi. Renascença e história da ciência: uma análise comparativa de tend~encias historiográficas e a contribuição de António Beltrán. 2016. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.

2.
Josué Ben-Nur Bertolin. O debate entre entre fé e ciência: perspectivas históricas. 2015. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.

3.
Télio Anísio Cravo. A engenharia e o universo das técnicas construtivas de pontes e estradas na província de Minas Gerais (1835-1889). 2013. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.

4.
Alexandre Ricardi. A Companhia Àgua e Luz do Estado de São Paulo e suas relações de conflito na formação do parque elétrico paulistano, 1890-1910. 2013. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.

5.
Marcelo Afonso. História de pescador: um século de transformações técnicas e socioambientais na pesca do caiçara do litoral de São Paulo (1910-2011). 2013. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.

6.
Márcia Dias da Silva. História daciência no Brasil e seus personagens ocultos: o papel do chão de fábrica no progresso técnico da indústria química de São Paulo. 2011. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.

7.
Luana Tieko Omana Tamana. A mestiçagem no microscópio: entre a detração e a particularização, permaneceu a democracia racial. Uma análise de "A mestiçagem no Brasil", de Arthur Ramos. 2011. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas. Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.

8.
Gisela Tolaine Massetto de Aquino. Progresso, tecnologia e engenharia: um olhar sobre a Faculdade de Engenharia Industrial e a Igreja Católica na construção do Grande ABC (1946-2000). 2010. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.

9.
Rosana Aparecida do Amaral. O sentido do trabalho: visões de um problema nos séculos XIX e XX. 2009. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.

10.
Luana Tieko Omana Tamana. A questão da mestiçagem em Arthur Ramos. 2008. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas. Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.

11.
Gisela Tolaine Massetti de Aquino. As instituições de ensino superior e o desenvolvimento do ABC paulista. 2007. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.

12.
Germana Barata. A primeira década da AIDS no Brasil: o Fantástico apresenta uma nova doença ao público. 2006. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.

13.
Renato Matsui Pisciotta. Atraso e progresso na difusão da cultura científica: o Brasil entre o Barroco e o Iluminismo no mundo luso do século XVIII. 2006. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.

14.
Renato Pignatari Pereira. O Instituto Biológico de São Paulo (1927-47): uma história de percepções. 2006. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.

15.
Rosiney Rapolli Salateo. Uma análise sobre a historiografia da química no Brasil em periódicos - 1974a 2004. 2006. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.

16.
Rubens Menezes de Araújo Filho. o software livre: uma história em progresso. 2006. Dissertação (Mestrado em História Social) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.

Tese de doutorado
1.
Gisela Tolaine Massetto de Aquino. História da ciência e epistemologia: um estudo no ensino médio brasileiro. 2017. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.

2.
Renato Matsui Pisciotta. Sociedade, ideias e compêncios: direito natural no Largo de São Francisco (1827-1889). 2017. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.

3.
Danielle Rodrigues Amaro. Controvérsias acerda da institucionalização da história da arte no Brasil: debates sobre a criação de cursos de graduação e perspectivas epistemológicas. 2017. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.

4.
Lívia Maria Botin. Ciência e tecnologia em debate: uma análise das entrevistas do programa Roda Viva, da TV Cultura. 2016. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.

5.
Rubens Araújo Menezes de Souza Filho. Os donos das ideias. História e conflitos do direito autoral, do copyright e das patentes na crise contemporânea do capital: da rodada Uruguai (1986) aos partidos piratas (2006). 2014. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.

6.
Renato de Oliveira Diniz. A intervenção estatal no setor elétrico paulista: as grandes empresas e as grandes usinas. 2011. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.

7.
Germana Fernandes Barata. Nature e Science: mudança na comunicação da ciência e a contribuição da ciência brasileira (1936-2009). 2010. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.

8.
Nilda Nazaré Pereira Oliveira. Entre o criar, copiar e comprar pronto: a criação de instituições de ensino e pesquisa para a consolidação da indústria aeronáutica brasileira (1945-1990). 2008. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.

9.
Renato de Oliveira Diniz. As hidroéletricas no estado de São Paulo: da estatização à privatização. 2006. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.

Supervisão de pós-doutorado
1.
Marcelo Squinca da Silva. 2013. Universidade de São Paulo, . Gildo Magalhães dos Santos Filho.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Renata Sakai de Barros Correia. Imagens de Natureza - Platão, Lucrécio, Serres, Lovelock. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em biologia) - Universidade de São Paulo. Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.

2.
Ana Cláudia Montenegro. A memética - História e Evolução. 2002. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em biologia) - Universidade de São Paulo. Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.

Iniciação científica
1.
Cecilia Hulshof. IDADE DAS TREVAS ANÁLISE DE UM CONCEITO À LUZ DA HISTÓRIA DA CIÊNCIA. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de São Paulo, Reitoria da USP. Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.

2.
Renata Mayumi Zamami. Indexação das fotografias produzidas durante as expedições às Usinas hidrelétricas no âmbito do projeto "História da energia elétrica do Estado de São Paulo (1890-1960): patrimônio industrial, paisagem e meio ambiente". 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Biblioteconomia) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.

3.
Renata Mojolo. Ciência e cultura entre os celtas. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de São Paulo. Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.

4.
Thaís Carmo. A profissão de biólogo: história oral de pesquisadores acadêmicos. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em biologia) - Universidade de São Paulo. Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.

5.
Alexandre Imamura. A profissão de biólogo na iniciativa privada: história oral. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em biologia) - Universidade de São Paulo. Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.

6.
Sonia Martins. A profissão de biólogo na escola: história oral. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em biologia) - Universidade de São Paulo. Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.

7.
Josué Ben-Nur. Ciência e religião no Iluminismo. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de São Paulo. Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.

8.
Célia Regina da Silva. As duas culturas. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de São Paulo, Universidade de São Paulo. Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.

9.
Priscila Morelatto. Giordano Bruno e a historiografia da ciência. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de São Paulo, Universidade de São Paulo. Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.

10.
Júlia Almeida. Visão da crítica sobre a cena teatral paulista entre 1990 e 1994. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de São Paulo. Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.

11.
Ronaldo Santana da Silva. Construindo usinas hidrelétricas: o complexo Urubupungá e a conquuista do rio Paraná. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de São Paulo. Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.

12.
Alexandre Ricardi. A energia elétrica no cotidiano paulistano (1890-1910): impacto de novas tecnologias. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de São Paulo. Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.

13.
Diogo Augusto Silva. História da eletricidade gerada pelo bagaço de cana. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de São Paulo. Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.

14.
Ana Carolina de Azeredo Santos. Cidades submersas: a relação entre a CESP e as populações atingidas por construção de barragens. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de São Paulo. Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.

15.
Adriano José de Souza. Implicações econômicas, sociopolíticas e tecnológicas da construção da usina hidrelétrica de Nova Avanhandava. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de São Paulo. Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.

16.
Rodolfo Yamamoto Neves. Histórico da profissão de biólogo como pesquisador acadêmico e na iniciativa privada. 2006. Iniciação Científica. (Graduando em História) - Universidade de São Paulo. Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.

Orientações de outra natureza
1.
Amarilis De Martini. Treinamento Técnico. 2016. Orientação de outra natureza - Universidade de São Paulo. Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.

2.
Tarcísio Lakatos. Levantamento de dados físicos e históricos das hidrelétricas paulistas. 2015. Orientação de outra natureza - Universidade de São Paulo. Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.

3.
Luiz Filipe Correa. Pesquisa histórica na eletrificação de São Paulo. 2014. Orientação de outra natureza - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.

4.
Daniel Deminice. Vocabulário controlado da eletrificação em São Paulo. 2010. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.

5.
James Nawiton da Silva. Construção de banco de dados: história. 2009. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.

6.
Mainá Pereira Prada Rodrigues. Banco de dados do Projeto Eletromemória: arquivos. 2009. Orientação de outra natureza. (História) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.

7.
Eduardo de Abreu de Jesus. Banco de dados do Projeto Eletromemória: cultura material. 2009. Orientação de outra natureza. (biblioteconomia) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Gildo Magalhães dos Santos Filho.



Educação e Popularização de C & T



Livros e capítulos
1.
VILAR, D. D. (Org.) ; FONSECA, F. (Org.) ; SANTOS, GILDO MAGALHÃES (Org.) ; SOUZA, R. A. DE (Org.) ; DANTES, M. A. (Org.) ; RICARDI, A. (Org.) ; SILVA, M. (Org.) ; OLIVEIRA, N. (Org.) ; AQUINO, G. (Org.) ; FORMIGA, D. (Org.) ; AFONSO, M. (Org.) ; KEULLER, A. (Org.) ; AMARO, D. (Org.) ; BOTIN, L. (Org.) ; TAMANO, L. (Org.) . O progresso e seus desafios. Uma perspectiva histórica de ciências e técnicas no Brasil. 1. ed. são paulo: Alameda, 2017. v. 1. 396p .

1.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. A arte torna visível: O Rosto e as máscaras. In: Carolina Vimiero. (Org.). História da Ciência no Cinema. 1ed.Belo Horizonte: Fino Traço, 2012, v. 4, p. 123-134.


Textos em jornais de notícias/revistas
1.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. A história da ciência e sua metodologia na divulgação científica. Coleção Divulgação Científica, Núcleo José Reis/USP, p. 51 - 72, 31 out. 2010.


Desenvolvimento de material didático ou instrucional
1.
MAGALHÃES, GILDO; BANDEIRA, B. . Mecanismo de Anticítera. 2017. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Exposição Museu Catavento São Paulo).


Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES; claudio tognolli . Soluções para a crise da água em debate. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. A água, sua crise e impactos. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES; SEABRA, O. ; FURLAN, S. A. ; ARGOLLO, A. . Água e Energia. 2014.


Redes sociais, websites e blogs
1.
SANTOS, GILDO MAGALHÃES. Grupo de Estudos do Progresso na Tecnologia e Ciência. 2012; Tema: História da ciência e tecnologia e a ideia de progresso em suas múltiplas interpretações. (Site).



Outras informações relevantes


Linha de pesquisa: história das idéias de progresso e evolução
Pesquisa realizada no Smithsonian, em Washington, DC: A unidade do mundo: idéias científicas e filosóficas na física e biologia do século XIX a partir da Naturphilosophie
Fellow da Chemical Heritage Foundation (Filadélfia)
Membro do Centro de Filosofia das Ciências da Universidade de Lisboa
Coordenador do Projeto Temático Eletromemória (FAPESP)
Membro do Conselho Editorial da Ed. Capax Dei
Tradutor juramentado de inglês



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 13/12/2018 às 21:31:55