Mariana Paolozzi Sérvulo da Cunha

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/6547137274210472
  • Última atualização do currículo em 06/12/2018


Possui graduação em Filosofia pela USP - Universidade de São Paulo (1990), mestrado (1995) e doutorado (2000) em Filosofia pela UNICAMP - Universidade Estadual de Campinas, pós-doutorado realizado na PUC/SP (2001-2004) - Pontífícia Universidade Católica de São Paulo e na UFABC (2017-2018) - Universidade Federal do ABC. Atualmente é professora associada da UFSC - Universidade Federal de Santa Catarina e coordenadora da área de Filosofia do Núcleo Interdisciplinar de Estudos Medievais da mesma instituição. Suas principais áreas de investigação são Filosofia Patrística e Medieval; Metafísica ; Ética; Psicologia. Sua atual pesquisa versa sobre os problemas da ipseidade e interpessoalidade, memória e inconsciente. Autora do livro: O movimento da alma. A invenção por Agostinho do conceito de vontade. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Mariana Paolozzi Sérvulo da Cunha
Nome em citações bibliográficas
CUNHA, M. P. S.;PAOLOZZI, MARIANA

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas.
Cidade Universitária - Trindade
Trindade
88040970 - Florianópolis, SC - Brasil
Telefone: (48) 37219330


Formação acadêmica/titulação


1996 - 2000
Doutorado em Filosofia.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Título: Perspectivas da Vontade em Santo Agostinho, Ano de obtenção: 2000.
Orientador: Francisco Benjamin de Souza Netto.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Memória; Inteligência; Vontade; Alma; Deus.
Grande área: Ciências Humanas
Setores de atividade: Educação.
1992 - 1995
Mestrado em Filosofia.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Título: Introdução à Trindade em Santo Agostinho: Imagens e Conceitos,Ano de Obtenção: 1995.
Orientador: Francisco Benjamin de Souza Netto.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Deus; Alma; Inteligência.
Grande área: Ciências Humanas
Setores de atividade: Educação.
1985 - 1990
Graduação em Filosofia.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.


Pós-doutorado


2017
Pós-Doutorado.
Universidade Federal do ABC, UFABC, Brasil.
2001 - 2004
Pós-Doutorado.
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professora Adjunta, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

03/2011 - Atual
Direção e administração, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, .

Cargo ou função
Coordenação do Núcleo Interdiciplinar de Estudos Medievais - MERIDIANUM.
01/2011 - Atual
Direção e administração, Núcleo Interdisciplinar de Estudos Medievais - MERIDIANUM, .

Cargo ou função
Coordenadora de Núcleo.
08/2016 - 12/2016
Ensino, Abi - Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História da Filosofia II
08/2016 - 12/2016
Ensino, Abi - Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História da Filosofia II (noturno)
03/2016 - 07/2016
Ensino, Abi - Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Seminário de Pesquisa em Filosofia
03/2016 - 07/2016
Ensino, Abi - Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia Medieval I
08/2015 - 12/2015
Ensino, Abi - Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História da Filosofia II
08/2015 - 12/2015
Ensino, Abi - Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História da Filosofia II (noturno)
03/2015 - 07/2015
Ensino, Abi - Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia Medieval I
03/2015 - 07/2015
Ensino, Abi - Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Seminário de Pesquisa em Filosofia
08/2014 - 12/2014
Ensino, Abi - Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Tópicos de Filosofia Medieval
Seminário de Pesquisa em Filosofia
03/2014 - 07/2014
Ensino, Abi - Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História da Filosofia II (noturno)
História da Filosofia
08/2013 - 12/2013
Ensino, Abi - Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História da Filosofia II
História da Filosofia II (noturno)
03/2013 - 07/2013
Ensino, Abi - Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Seminário de Pesquisa em Filosofia
Tópicos de Filosofia Medieval
08/2012 - 12/2012
Ensino, Abi - Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História da Filosofia II
03/2012 - 06/2012
Ensino, Abi - Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ética I
03/2012 - 06/2012
Ensino, Abi - Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ética I (noturno)
08/2011 - 12/2011
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História da Filosofia II (noturno)
História da Filosofia II
03/2011 - 07/2011
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fundamentos de Ética
Tópicos de Filosofia Medieval
08/2010 - 12/2010
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História da Filosofia II
História da Filosofia II (noturno)
03/2010 - 07/2010
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ética I
Seminário de Pesquisa Filosófica

Prefeitura Municipal de São Paulo, PMSP, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2004
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Prestação de serviço, Carga horária: 8
Outras informações
Prestação de serviço para a Secretaria Municipal de Educação da Prefeitura do Municíipio de São Paulo. Foi desenvolvido o projeto Idade da Sabedoria junto à comunidade do entorno do CEU Butantã, para a implantação de técnica que associa a movimentação corporal à atividade intelectual.



Projetos de pesquisa


2016 - Atual
A noção de pessoa: a experiência de si sob o olhar da filosofia
Descrição: Com esta pesquisa pretende-se examinar e investigar o pensamento patrístico e medieval através da relação que é possível estabelecer entre esses períodos e a contemporaneidade; isto é, interessa aqui o viés do influxo do pensamento patrístico e medieval na contemporaneidade e a chave de compreensão que se pode extrair daí para algumas de nossas interrogações atuais. Nessa medida, a questão da pessoa (ou da experiência de si) é um tema profícuo; buscar-se-á explicitar o sentido dessa noção e a importância dessa descoberta filosófica que se teria dado, sob a influência da cultura helênica e judaica, no despertar do mundo cristão. Serão analisados três problemas de cunho atual, que considero relevantes, apontados a seguir. Parte I ? Iniciando com Agostinho examinarei o significado da descoberta filosófica da pessoa e os temas da ipseidade e da interpessoalidade; Parte II - Na segunda parte, dando continuidade à discussão, abordarei a partir de Boécio o problema da antinomia indivíduo/coletividade; Parte III - Na terceira e última seção investigarei o problema do inconsciente por meio da confrontação de dois autores: Agostinho e Freud. O objetivo será realçar que em Agostinho - aquilo que pode ser considerado o inconsciente, a memória - é também o lugar do transcendente, diferentemente de Freud..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2013 - 2016
A noção de pessoa conforme Agostinho e sua evolução posterior
Descrição: A pesquisa dirige-se ao estudo da noção de pessoa em Agostinho, sua influência no medievo-cristão e alguns de seus desdobramentos na atualidade. O termo pessoa é um importante conceito do vocabulário filosófico. Parece indiscutível que a origem da acepção filosófica de pessoa encontra-se no terreno teológico do cristianismo. Não obstante o conceito filosófico de pessoa remeter à psyché socrática (à noção de alma), pode-se dizer que foi a partir das controvérsias trinitárias e cristológicas do século IV que ele começou a adquirir um rico conteúdo e paulatinamente veio a ser lapidado. Se hoje, para nós, está claro que a noção de pessoa implica a ideia de ipseidade (cada um é uma pessoa singular e única em sua originalidade), esta foi resultado de um longo labor histórico..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2010 - 2013
Temáticas agostinianas
Descrição: Pretende-se discorrer sobre três relevantes questões presentes no pensamento agostiniano, mostrando alguns vínculos que possuem e algumas de suas decorrências éticas. São elas: 1- a questão do ceticismo; 2- o desenvolvimento e modificações da noção de felicidade; 3- o significado da filosofia. Grande parte da obra de Agostinho foi elaborada devido às polêmicas travadas com seus contemporâneos. Entretanto, a questão do ceticismo em Agostinho envolve não somente a crítica à herança de Cícero e ao projeto dos acadêmicos, mas provém de interrogações e motivações pessoais. A busca agostiniana da verdade recobre a negação da impossibilidade de seu conhecimento. A esse tema vincula-se a noção de felicidade, pois só é feliz quem conhece a verdade. Em suma, para Agostinho a verdadeira filosofia (entendida como conhecimento de Deus) implica a posse da verdade, a especulação dos dados revelados e também uma praxis..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2015 - 2015
Fala, Filosofia
Descrição: Trata-se de um projeto realizado com a finalidade de desenvolver uma ferramenta pedagógica Programa de rádio voltado à Filosofia, realizado por meio de entrevistas, com a participação de professores e autoridades da área..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Mariana Paolozzi Sérvulo da Cunha - Coordenador.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: História da Filosofia.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: História da Filosofia/Especialidade: Filosofia Patrística e Medieval.


Idiomas


Alemão
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Francês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Latim
Lê Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
PAOLOZZI, MARIANA2018PAOLOZZI, MARIANA. Aspectos da personalização do universo em Teilhard de Chardin. Da individualização e multiplicidade da vida à ipseidade do ser humano.. FILOSOFIA E HISTÓRIA DA BIOLOGIA, v. 13, p. 89-107-89, 2018.

2.
PAOLOZZI, MARIANA2017PAOLOZZI, MARIANA. AGOSTINHO FRENTE AOS CÉTICOS ACADÊMICOS. REVISTA DISSERTATIO DE FILOSOFIA, v. 45, p. 165-183, 2017.

3.
CUNHA, M. P. S.;PAOLOZZI, MARIANA2015CUNHA, M. P. S.. O De Magistro Agostiniano: reflexões sobre Educação e Filosofia. Mediaevalia Americana, v. 1, p. 7-21, 2015.

4.
CUNHA, M. P. S.;PAOLOZZI, MARIANA2014CUNHA, M. P. S.. Notas sobre a Noção de Pessoa no Medievo-Cristão. Estudos Teológicos, v. 54, p. p.117, 2014.

5.
CUNHA, M. P. S.;PAOLOZZI, MARIANA2014CUNHA, M. P. S.. Agostinho: rumo a uma Razão Afetiva. Dissertatio (UFPel), v. 40, p. p.39, 2014.

6.
CUNHA, M. P. S.;PAOLOZZI, MARIANA2013CUNHA, M. P. S.. Poder e Limites da Razão em Agostinho. Veritas (Porto Alegre. Impresso), v. 58, p. p.598, 2013.

7.
CUNHA, M. P. S.;PAOLOZZI, MARIANA2013CUNHA, M. P. S.. Rupturas Incoativas com o Mundo Greco-Romano: o surgimento de um Novo Tipo de Mulher. Cadernos Patrísticos, v. VII, p. 309-313, 2013.

8.
CUNHA, M. P. S.;PAOLOZZI, MARIANA2012CUNHA, M. P. S.. Santo Agostinho: Fé e Razão na Busca da Verdade. Perspectiva Teológica (Belo Horizonte), v. 44, p. 415-427, 2012.

9.
CUNHA, M. P. S.;PAOLOZZI, MARIANA2005 CUNHA, M. P. S.. The Will and its Importance to the Cognitive Process in Augustine's De Trinitate. Dialogue. Canadian Philosophical Association, Canadá, v. XLIV, p. 331-350, 2005.

10.
CUNHA, M. P. S.;PAOLOZZI, MARIANA2005CUNHA, M. P. S.. Sucedâneos à Ética Clássica: Reflexões sobre o Agir Humano e o Além do Homem Nietzscheano. Trans/Form/Ação, v. 28, n.1, p. 49-65, 2005.

11.
CUNHA, M. P. S.;PAOLOZZI, MARIANA2003 CUNHA, M. P. S.. Agostinho e a Polêmica Medieval do Teor das Relações Entre a Memória, a Inteligência e a Vontade.. Síntese, Belo Horizonte, v. 30, n.98, p. 351-366, 2003.

12.
CUNHA, M. P. S.;PAOLOZZI, MARIANA1997 CUNHA, M. P. S.. Comentários sobre a Liberdade e o Livre-Arbítrio da Vontade em Agostinho. Veritas, PUC/RS, v. 3, 1997.

13.
CUNHA, M. P. S.;PAOLOZZI, MARIANA1995 CUNHA, M. P. S.. A Ética em Agostinho a Partir de Duas Similitudes Trintárias: A Filosofia (Física, Lógica, Ética) e a Trindade do Conhecimento de Si (Memoria, Intelligentia, Uoluntas). Veritas (Porto Alegre), PUC/RS, v. 159, 1995.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
PAOLOZZI, MARIANA; Aline Dias da Silveira (Org.) . Ser, Tempo e Espaço. Reflexões Interdisciplinares sobre o Medievo.. 123. ed. Pelotas: EditoraUfpel, 2018. 207p .

2.
CUNHA, M. P. S.; MONTEIRO, N. (Org.) . Porque jamais existiu uma Idade Média e temas afins. Um livro para quem gosta de Filosofia.. 1. ed. Florianópolis: Edições do Bosque, 2016. 104p .

3.
CUNHA, M. P. S.. O Movimento da Alma. A Invenção por Agostinho do Conceito de Vontade. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2001. 118p .

Capítulos de livros publicados
1.
PAOLOZZI, MARIANA; Aline Dias da Silveira . Introdução - Ser, Tempo e Espaço. Reflexões Interdisciplinares sobre o Medievo.. In: Mariana Paolozzi; Aline Dias da Silveira. (Org.). Introdução. 123ed.Pelotas: UFPel, 2018, v. , p. 9-14.

2.
PAOLOZZI, MARIANA. Reflexões sobre a noção de pessoa em Boécio.. In: Mariana Paolozzi; Aline Dias da Silveira. (Org.). Ser, Tempo e Espaço. Reflexões Interdisciplinares sobre o Medievo.. 123ed.Pelotas: UFPel, 2018, v. , p. 29-37.

3.
CUNHA, M. P. S.. Agostinho: Filosofia ou Teologia ?. In: Vinícius Figueiredo; Marcelo Carvalho. (Org.). Filosofia Antiga e Medieval. 1ed.São Paulo: ANPOF, 2013, v. , p. 615-.

4.
CUNHA, M. P. S.. A Importância da Vontade para o Processo Cognitivo no De Trinitate de Agostinho. In: José Antônio de C. R. de Souza. (Org.). Idade Média: Tempo do Mundo, Tempo dos Homens, Tempo de Deus. Porto Alegre: Est, 2006, v. , p. 254-260.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
CUNHA, M. P. S.. A ambivalência da razão em Agostinho. In: XIV Congresso Latinomericano de Filosofia Medieval, 2013, San Miguel de Tucumán. Filosofia Medieval: continuidad y rupturas, 2013.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
CUNHA, M. P. S.. Agostinho e a Polêmica Medieval do Teor das Relações Entre a Memória, Inteligência e Vontade. In: XI Congresso Internacional de Filosofia Medieval, 2002, Porto. Anais do Congresso Internacional de Filosofia Medieval, 2002. p. 27-27.

2.
CUNHA, M. P. S.. O Conceito de Vontade e Sua Ligação com a Razão: Caminhos de Agostinho e Nietzsche. In: X Encontro Nacional de Filosofia - ANPOF, 2002. Anais da ANPOF, 2002.

3.
CUNHA, M. P. S.. A Vontade em Santo Agostinho e Alguns Aspectos de Sua Relação com o Conhecimentoide Si, dos Corpos e de Deus. In: IX Encontro Nacional de Filosofia - ANPOF, 2000. Anais da ANPOF, 2000.

Artigos aceitos para publicação
1.
CUNHA, M. P. S.. Contribuições agostinianas ao conceito de pessoa humana. Problemas da ipseidade e da interpessoalidade.. Veritas (Porto Alegre), 2019.

Apresentações de Trabalho
1.
CUNHA, M. P. S.. A personalização do Universo em Teilhard de Chardin: um ponto de vista cristão sobre o evolucionismo.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
CUNHA, M. P. S.. A ambivalência da razão em Agostinho. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
CUNHA, M. P. S.. Rupturas incoativas com o mundo greco-romano: o surgimento de um novo tipo de mulher.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
CUNHA, M. P. S.. Agostinho: Filosofia ou Teologia ?. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
CUNHA, M. P. S.. Notas sobre a Noção de Pessoa no Medievo-Cristão. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
CUNHA, M. P. S.. Aspectos da vontade em Santo Agostinho a partir de Trinitate. 1999. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
CUNHA, M. P. S.. Santo Agostinho e a Ética. 1995. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
CUNHA, M. P. S.. Introdução à Trindade. 1995. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
CUNHA, M. P. S.. As similitudes trinitárias em Santo Agostinho. 1995. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
CUNHA, M. P. S.. Mens-notitia-amor no De Trinitate. 1995. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
CUNHA, M. P. S.. Memória - uisio (exterior) - uoluntas no De Trinitate. 1995. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
CUNHA, M. P. S.. Introdução à Trindade em Santo Agostinho. 1994. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
CUNHA, M. P. S.. Santo Agostinho e o significado da filosofia. 1993. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
CUNHA, M. P. S.. A ciência em Santo Agostinho. 1993. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
CUNHA, M. P. S.; SOUZA, L. P. ; GONCALVES, M. S. ; CAMPANARIO, N. N. . Dicionário do Corpo. São Paulo: Loyola, 2012. (Tradução/Livro).

2.
CUNHA, M. P. S.; MALIMPENSA, L. C. . As Formas da Violência. São Paulo: Loyola, 2011. (Tradução/Livro).

3.
CUNHA, M. P. S.. O Nascimento das Religiões - da Pré-História às Religiões Universalistas. São Paulo: Loyola, 2011. (Tradução/Livro).

4.
CUNHA, M. P. S.. Os Gregos e seus Deuses. São Paulo: Loyola, 2010. (Tradução/Livro).

5.
CUNHA, M. P. S.. Exercícios de Mitologia. São Paulo: Loyola, 2008. (Tradução/Livro).

6.
CUNHA, M. P. S.. Hegel e o Hegelianismo. São Paulo: Loyola, 2008. (Tradução/Livro).

7.
CUNHA, M. P. S.. Os Gregos e Nós. São Paulo: Loyola, 2008. (Tradução/Livro).

8.
CUNHA, M. P. S.. As Paixões Antigas e Medievais. São Paulo: Loyola, 2008. (Tradução/Livro).

9.
CUNHA, M. P. S.. Psicologia das Multidões. São Paulo: Martins Fontes, 2008. (Tradução/Livro).

10.
CUNHA, M. P. S.. O Véu de Ísis: Ensaio sobre a História da Idéia de Natureza. São Paulo: Loyola, 2006. (Tradução/Livro).

11.
CUNHA, M. P. S.; LI, W. ; MENDONÇA, J.C.C. . Aprendendo a Viver. São Paulo: Martins Fontes, 2002. (Tradução/Livro).


Demais tipos de produção técnica
1.
CUNHA, M. P. S.. Ser, tempo e espaço: reflexões interdisciplinares sobre o Medievo.. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
CUNHA, M. P. S.; MARGUTTI, P. . FIlosofia do Brasil em nova perspectiva. 2016. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Video da palestra do prof. Dr. Paulo Margutti (realizada na UFSC em 2016), disponível no You Tube).

3.
CUNHA, M. P. S.; LIMA, F. ; LUPI, J. ; SAVIAN FILHO, J. ; VASCONCELLOS, M. . Fala Filosofia Debate. 2016. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Realização de entrevistas).

4.
CUNHA, M. P. S.. Arte e Beleza na Estética Medieval. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

5.
CUNHA, M. P. S.; Aline Dias da Silveira . Porque jamais existiu uma Idade Média e temas afins.. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

6.
CUNHA, M. P. S.; Aline Dias da Silveira . As paixões medievais: alegria, tristeza, medo, desejo.. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

7.
CUNHA, M. P. S.; Aline Dias da Silveira . Educação na Idade Média. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

8.
CUNHA, M. P. S.; Aline Dias da Silveira . A Idade Média no imaginário atual. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

9.
CUNHA, M. P. S.; Aline Dias da Silveira . Concepções de Amor na Idade Média. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

10.
CUNHA, M. P. S.; Aline Dias da Silveira . A Morte na Idade Média. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

11.
CUNHA, M. P. S.; Aline Dias da Silveira . Leitura dirigida do livro "A cultura popular na Idade Média e no Renascimento: o contexto de François Rabelais", Mikhail Bakhtin.. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

12.
CUNHA, M. P. S.; Aline Dias da Silveira . Leitura dirigida do livro "Idade Média. O que não nos ensinaram", R. Pernoud.. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

13.
CUNHA, M. P. S.. Parecerista da revista Esboços - Revista do Programa de Pós-Graduação em História. 2011. (Parecer).

Demais trabalhos
1.
CUNHA, M. P. S.. Aprendendo a Viver. 2002 (Tradução e Revisão Técnica) .

2.
CUNHA, M. P. S.. "Da Amizade," de Cícero. 2001 (Revisão Técnica da Tradução) .

3.
CUNHA, M. P. S.. "Da Vida Feliz," de Sêneca. 2001 (Revisão Técnica da Tradução) .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
CUNHA, M. P. S.; BUENO, S. F.; RASCHIETTI, M.. Participação em banca de Danilo Andreatta. A inquietude do desejo humano segundo Agostinho; um estudo do tema nas Confissões, livros I, VIII e X.. 2014. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

2.
CUNHA, M. P. S.; LUPI, J.; FELLER, V. G.. Participação em banca de Luís Valdecir Szeskoski. A concepção agostiniana do conhecimento em De Trintiate (livros XII, XIII e XIV).. 2012. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

3.
CUNHA, M. P. S.. Participação em banca de Luiz Gomes Santos Filho. A temática da felicidade desde a antiguidade até Agostinho no seu período inicial, mais detidamente na obra De Beata Vita. 2007 - Pontifícia Universidade de São Paulo.

4.
CUNHA, M. P. S.. Participação em banca de José Roberto Abreu de Mattos. Da Justiça Absoluta à Possibilidade de Justiça Entre os Homens: Um Estudo Sobre o Conceito de Justiça no Pensamento de Santo Agostinho. 2004. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

5.
CUNHA, M. P. S.. Participação em banca de Maria Aparecida Martins Rolo del Rio. Felicidade e Medida: Uma Aproximação Entre a "Vida Feliz" e as Cartas de Agostinho Para Proba e Paulina. 2004. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Qualificações de Mestrado
1.
CUNHA, M. P. S.; LUPI, J.. Participação em banca de Luís Valdecir Szeskoski. A concepção de conhecimento em Agostinho nos livros XII, XIII e XIV do De Trinitate.. 2012. Exame de qualificação (Mestrando em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
CUNHA, M. P. S.; LUPI, J.; ASSMANN, S. J.. Participação em banca de Alexandre Drausio Rodrigues Fortes.Livre-arbítrio, graça e liberdade em Santo Agostinho e João Calvino. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

2.
ASSMANN, S. J.; CUNHA, M. P. S.; HEBECHE, L. A.. Participação em banca de Marcus Vinícius de Souza Nunes.Venha o teu reino: uma leitura dos escritos teológicos da juventude de G.W.F. Hegel. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
DURAO, A. B.; CUNHA, M. P. S.; ALMEIDA, N. E.. Membro de banca para contratação de professor na área de Filosofia Antiga. 2011. Universidade Federal de Santa Catarina.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Palestra - UFABC.Por que estudar a Filosofia de Agostinho hoje em dia ?. 2018. (Outra).

2.
7 Ciclo de Conferências sobre Santo Agostinho.A noção de pessoa humana em Agostinho e Boécio. 2017. (Outra).

3.
VII Congresso Brasileiro de Filosofia da Religião. A experiência de si: subjetividade e transcendência. 2017. (Congresso).

4.
XIV Congresso Internacional da SIEPM - Société International pour l'Étude de la Philosophie Médiévale e e. Contribuições agostinianas ao conceito de pessoa humana. Problemas da ipseidade e da interpessoalidade. 2017. (Congresso).

5.
XVI Encontro Nacional da ANPOF.A personalização do Universo em Teillhard de Chardin: um ponto de vista cristão sobre o evolucionismo.. 2014. (Encontro).

6.
III Encontro Nacional de Estudos Patrísticos - A mulher na Antiguidade Cristã.Rupturas incoativas com o mundo greco-romano: o surgimento de um novo tipo de mulher.. 2013. (Encontro).

7.
XIV Congresso Latinomericano de FIlosofia Medieval. A ambivalência da razão em Agostinho. 2013. (Congresso).

8.
XV Encontro Nacional da ANPOF.Agostinho: Filosofia ou Teologia ?. 2012. (Encontro).

9.
XIII Congresso Internacional de Filosofia Medieval. Notas sobre a Noção de Pessoa no Medievo-Cristão. 2011. (Congresso).

10.
Programa de Pós-Graduação em Filosofia da Universidade São Judas Tadeu.A Vontade e o Conhecimento de Si em Agostinho. 2005. (Outra).

11.
Centro de Estudos Agostinianos.A Ética em Agostinho a Partir da Crítica aos Céticos - Centro de Estudos Agostinianos. 2004. (Outra).

12.
Curso de graduação em Filosofia da PUC-SP.O Pensamento Agostiniano - Curso de Graduação em Filosofia da PUC-SP. 2004. (Outra).

13.
Programa de Estudos Pós-Graduados em Filosofia da PUC-SP.O Pensamento Agostiniano - Programa de Estudos Pós-Graduados em Filosofia da PUC-SP. 2004. (Outra).

14.
Terceiro Ciclo de Conferências Agostinianas - Centro de Estudos Agostinianos.Relações entre a Fé e a Razão; A Liberdade em Agostinho - Centro de Estudos Agostinianos. 2002. (Seminário).

15.
I Ciclo de Conferências Sobre "As Confissões" de Santo Agostinho - Centro de Estudos Agostinianos.O Legado Agostiniano Referente à Mens - Centro de Estudos Agostinianos. 2001. (Outra).

16.
VII Colóquio do Centro de Estudos de Filosofia Patrística e Medieval (CEPAME).O Conhecimento de Si no "De Trinitate" - Centro de Estudos de Filosofia Patrística e Medieval (CEPAME). 1999. (Encontro).

17.
VII Congresso Nacional Agostiniano. Santo Agostinho e a Ética - VII Congresso Nacional Agostiniano. 1996. (Congresso).

18.
Introdução ao Pensamento de Santo Agostinho - Universidade de Brasília.Introdução ao Pensamento de Santo Agostinho - Universidade de Brasília. 1995. (Outra).

19.
V Encontro de Filosofia Medieval.As Similitudes Trinitárias em Santo Agostinho - V Encontro de Filosofia Medieval. 1995. (Encontro).

20.
Mosteiro Beneditino Nossa Senhora da Paz.Apresentação do "De Trinitate" de Santo Agostinho. 1994. (Outra).

21.
Centro de Estudos de Filosofia Patrística e Medieval (CEPAME).Centro de Estudos de Filosofia Patrística e Medieval (CEPAME). 1993. (Encontro).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
CUNHA, M. P. S.; MARGUTTI, P. . Filosofia do Brasil em nova perspectiva. 2016. (Outro).

2.
CUNHA, M. P. S. ; CUNHA, M. P. S. ; VERAS, T. J. . Ciclo de Cinema Brasileiro e Política. 2016. (Outro).

3.
CUNHA, M. P. S.; Aline Dias da Silveira . IV Colóquio de Estudos Medievais. 2015. (Outro).

4.
CUNHA, M. P. S.; Aline Dias da Silveira . III Colóquio de Estudos Medievais. 2014. (Outro).

5.
CUPANI, A. ; CUNHA, M. P. S. . A realidade complexa da tecnologia. 2014. (Outro).

6.
CUNHA, M. P. S.; GUERIZOLI, R. ; QUIRICO, T. ; LUPI, J. . II Colóquio de Estudos Medievais. 2012. (Outro).

7.
CUNHA, M. P. S.; Aline Dias da Silveira . Colóquio de Estudos Medievais. 2011. (Outro).

8.
CUNHA, M. P. S.; Aline Dias da Silveira . Abertura no Núcleo Interdisciplinar de Estudos Medievais - MERIDIANUM. Conferência de abertura com o Prof. Dr. Jamil Ibrahim Iskandar. 2010. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Tese de doutorado
1.
Marlesson Castelo Branco do Rêgo. O conceito de natureza em Santo Agostinho. 2015. Tese (Doutorado em Doutorado Interdisciplinar em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Santa Catarina, . Coorientador: Mariana Paolozzi Sérvulo da Cunha.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Maria Cristina Ohana Carneiro Silva. A epistemologia de Maimônides no Guia dos Perplexos. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Abi - Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Mariana Paolozzi Sérvulo da Cunha.

2.
Alexandre Drausio Rodrigues Fortes. Livre-Arbítrio, graça e liberdade em Santo Agostinho e João Calvino.. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Mariana Paolozzi Sérvulo da Cunha.



Educação e Popularização de C & T



Desenvolvimento de material didático ou instrucional
1.
CUNHA, M. P. S.; MARGUTTI, P. . FIlosofia do Brasil em nova perspectiva. 2016. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Video da palestra do prof. Dr. Paulo Margutti (realizada na UFSC em 2016), disponível no You Tube).

2.
CUNHA, M. P. S.; LIMA, F. ; LUPI, J. ; SAVIAN FILHO, J. ; VASCONCELLOS, M. . Fala Filosofia Debate. 2016. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Realização de entrevistas).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 10/12/2018 às 18:42:16