Fabricio dos Santos Dantas

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/8042527602219347
  • Última atualização do currículo em 03/11/2014


Graduado em engenharia química pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1993), concluiu em 2013 o mestrado em engenharia mecânica pela UERJ. Atualmente é servidor/pesquisador do Instituto Nacional de Tecnologia (Rio de Janeiro). Longa experiência com equipamentos e processos térmicos, principalmente em uso eficiência de energia, particularmente no setor industrial. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Fabricio dos Santos Dantas
Nome em citações bibliográficas
DANTAS, F. S.;DANTAS, F.S.D.

Endereço


Endereço Profissional
Instituto Nacional de Tecnologia, Coordenação de Tecnologia, Divisão de Energia.
Av. Venezuela, 82 sala 716
Cais do Porto
20081312 - Rio de Janeiro, RJ - Brasil
Telefone: (21) 21231012
Ramal: 7053
Fax: (21) 21231253
URL da Homepage: http://www.int.gov.br


Formação acadêmica/titulação


2010 - 2013
Mestrado em Engenharia Mecânica.
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
Título: Emprego da energia solar para pré-aquecimento de água de reposição de caldeira,Ano de Obtenção: 2013.
Orientador: Manoel Antônio da Fonseca Costa Filho.
Palavras-chave: Energia solar; indústria; Caldeira.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Engenharia Térmica / Especialidade: Aproveitamento da Energia.
Setores de atividade: Fabricação de Produtos Alimentícios.
1999 - 2000
Especialização em Uso Eficiente de Energia. (Carga Horária: 360h).
Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca, CEFET/RJ, Brasil.
Título: Cogeração em Pequena Escala.
Orientador: Walter Ferreira Filho.
1988 - 1993
Graduação em Engenharia Química.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.




Formação Complementar


2007 - 2007
Estatística Aplicada a Lab. de Ensaio e Calibração. (Carga horária: 24h).
Rede de Tecnologia e Inovação do Rio de Janeiro.
2007 - 2007
I Escola de Combustão. (Carga horária: 40h).
Rede Nacional de Combustão.
2006 - 2006
Qualidade em Laboratórios NBR ISO/IEC 17025:2005. (Carga horária: 16h).
Rede de Tecnologia e Inovação do Rio de Janeiro.
2001 - 2001
Alternativas Tecnológicas Para Utilização do GN. (Carga horária: 8h).
Universidade Federal do Rio Grande do Norte.
2000 - 2000
Uso de Combustíveis Gasosos. (Carga horária: 8h).
Instituto Nacional de Tecnologia, INT, Brasil.
1996 - 1996
Linguagem de Programação Clipper Aplicada à Gestão. (Carga horária: 20h).
Instituto Nacional de Tecnologia, INT, Brasil.
1994 - 1994
Isolação Térmica. (Carga horária: 8h).
Serviço de Apoio Às Micro e Pequenas Empresas do Estado do Rio de Janeiro.


Atuação Profissional



Instituto Nacional de Tecnologia, INT, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Tecnologista, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Lotado na Divisão de Energia

Vínculo institucional

1996 - 2002
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Engenheiro, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Até março/2000 como bolsista CNPq e FAPERJ; a partir de abril/2000 como bolsista pela FUNCATE (fundação de apoio) em projetos CTPETRO na área de gás natural.

Vínculo institucional

1991 - 1993
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 20
Outras informações
Bolsista CNPq ITI

Atividades

5/2004 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, .

Cargo ou função
Representação do INT na Rede Nacional de Combustão.
11/2002 - Atual
Direção e administração, Divisão de Energia, Laboratório de Gases Combustíveis.

Cargo ou função
Suplente da Chefia do Laboratório de Gases Combustíveis.
5/2002 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Divisão de Energia, Laboratório de Gases Combustíveis.

1/2002 - 12/2004
Direção e administração, Divisão de Energia, Laboratório de Combustíveis e Lubrificantes.

Cargo ou função
Suplente na Coordenação dos projetos com a Petrobrás.
1/2003 - 2/2003
Serviços técnicos especializados , Divisão de Energia, Laboratório de Gases Combustíveis.

Serviço realizado
Parecer técnico sobre a viabilidade da comercialização de um gás natural de composição atípica.
9/2002 - 12/2002
Serviços técnicos especializados , Divisão de Energia, Laboratório de Energia.

Serviço realizado
Consultoria ao MCT no Programa Energia-Brasil - Micro, Pequenas e Médias Empresas.
5/2000 - 7/2002
Direção e administração, Divisão de Energia, Laboratório de Energia.

Cargo ou função
Assistente da coordenaçãodo projeto de implantação do Núcleo de Tecnologias do Gás Natural.
1/2001 - 5/2002
Pesquisa e desenvolvimento , Divisão de Energia, Laboratório de Energia.

10/2001 - 11/2001
Serviços técnicos especializados , Divisão de Energia, Laboratório de Energia.

Serviço realizado
Consultoria ad hoc para a FINEP, avaliando 15 projetos do Edital FINEP/CTPETRO-03/2001.
2/2001 - 3/2001
Serviços técnicos especializados , Divisão de Energia, Laboratório de Gases Combustíveis.

Serviço realizado
Parecer Técnico sobre a relação entre o gás natural e o petróleo.
2/1999 - 8/1999
Serviços técnicos especializados , Divisão de Energia, Laboratório de Combustíveis e Lubrificantes.

Serviço realizado
Automação de cálculos para ensaios em gasolina e óleo diesel.
6/1997 - 5/1998
Serviços técnicos especializados , Divisão de Energia, Laboratório de Energia.

Serviço realizado
Automação de cálculos para projetos de uso eficiente da energia.
11/1991 - 11/1993
Estágios , Divisão de Energia, Laboratório de Energia.

Estágio realizado
Otimização do uso da energia.

Serviço de Apoio Às Micro e Pequenas Empresas do Estado do Rio de Janeiro, SEBRAE/RJ, Brasil.
Vínculo institucional

1994 - 1996
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Gerente de Produtos, Carga horária: 40
Outras informações
Vínculo celetista com a empresa ECOMAX Consultoria e Engenharia, cujo único cliente no período era a Coordenação de Energia do SEBRAE/RJ. Todos os funcionários da empresa tinham cargos e funções específicas na estrutura do SEBRAE/RJ.

Atividades

4/1994 - 8/1996
Serviços técnicos especializados , Coordenação de Energia, .

Serviço realizado
Consultoria e treinamento em uso eficiente de energia para o sistema SEBRAE/RJ e seus clientes.

Polaris Química e Serviços Ltda, POLARIS, Brasil.
Vínculo institucional

1993 - 1994
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Vendedor técnico, Carga horária: 40

Atividades

9/1993 - 3/1994
Serviços técnicos especializados , Gerência Comercial, .

Serviço realizado
Venda de serviços de tratamento de água industrial e comercial.


Linhas de pesquisa


1.
Estudo de modelos e viabilidade técnico-econômica da cogeração em pequenas e médias empresas
2.
Otimização de queimadores e equipamentos de processamento térmico industriais
3.
Estudo de novas aplicações residenciais, industriais e comerciais para o gás natural
4.
Equipamentos térmicos de pequeno é médio porte

Objetivo: Desenvolvimento e otimização de queimadores, aquecedores de água, fornos etc..
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Engenharia Térmica / Especialidade: Aproveitamento da Energia.
Setores de atividade: Fabricação de máquinas e equipamentos.
Palavras-chave: fornos; energia.
5.
Combustão, com ênfase na combustão em meios porosos


Projetos de pesquisa


2005 - 2006
Pesquisa de Queimadores de Pequeno Porte
Descrição: Levantar e desenvolver tecnologias para queima de gases combustíveis, particularmente gás natural, em aplicações de pequeno porte (3 a 12 kW), criando alternativas ao uso de eletricidade e outros energéticos em equipamentos residenciais e comerciais..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.


Projetos de desenvolvimento


2010 - Atual
Capacitação e Credenciamento do INT como Entidade Operacional Designada (EOD) na CQNUMC
Descrição: Promover a capacitação e credenciamento do Instituto Nacional de Tecnologia - INT do Ministério da Ciência e Tecnologia, como Entidade Operacional Designada - EOD, no Conselho Executivo do MDL - Mecanismo de Desenvolvimento Limpo, visando disponibilizar ao mercado de carbono nacional e latino americano, uma Instituição capaz de suprir as demandas por validação, verificação e certificação de projetos MDL para a obtenção de réditos de Carbono, atendendo as necessidades das empresas de submeter seus projetos a esta etapa do MDL, dentro do Protocolo de Kyoto. Formar uma equipe, capacitando e consolidando uma base de conhecimento aplicado, instalada no País em uma organização pública de natureza tecnológica, imprescindível a ter-se domínio das atividades relacionadas à validação, verificação e certificação de projetos MDL. Impactar o mercado pela prática de preços mais competitivos ao alcance de maior parte das empresas que necessitem submeter seus projetos, considerando que duas empresas localizadas no exterior possuem cerca de 80% do mercado. Estender essa disponibilidade a todo mercado latino-americano..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
2007 - Atual
Forno de Panificação a Gás Natural com Câmaras Independentes do Tipo Teto & Lastro
Descrição: Desenvolver um forno de panificação tipo teto e lastro a gás natural, com controle de operação independente nas câmaras de panificação e acionamento individual de teto e do lastro. O forno terá estrutura modular podendo possuir até três câmaras superpostas. O protótipo comercial, objeto desta proposta, será desenvolvido a partir de um protótipo de demonstração tecnológica cuja filosofia de aquecimento foi criada e patenteada no INT em projeto anterior, co-financiado por FINEP e PETROBRÁS..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
2002 - 2004
Avaliação e Desenvolvimento de Novos Equipamentos Domésticos para o uso de Gás Natural
Descrição: Este projeto objetiva propor soluções tecnológicas para o emprego de gasodomésticos não tradicionais no Brasil. Gasodomésticos é a palavra adotada para denominar equipamentos residenciais que usam gases combustíveis como principal fonte de energia. Os gasodomésticos tradicionais no mercado brasileiro são o fogão e o aquecedor de água. O projeto está direcionado para aparelhos não tradicionais, tendo-se selecionado, após um mapeamento tecnológico e de mercado (primeira etapa), os seguintes: geladeira, ferro de passar roupas, freezer, aquecedor de ambientes, chuveiro e secadora de roupas. Modelos selecionados destes gasodomésticos foram adquiridos, sua tecnologia, materiais e desempenho foram estudados e adaptados, quando necessário, para operar com gás natural e nas condições encontradas no Brasil. A partir dos dados teóricos e experimentais levantados, serão elaborados projetos alternativos, considerando a incorporação de novos conceitos tecnológicos e adaptações nos projetos de engenharia, com o objetivo final de proporcionar melhoria de desempenho energético, redução de custos finais, redução de custos operacionais e melhoria dos aspectos ligados à segurança operacional. Tudo com o objetivo final de gerar produtos apropriados ao mercado brasileiro..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Fabricio dos Santos Dantas - Integrante / Maurício Francísco Henriques Jr - Coordenador / Alexandre Faccion de Souza - Integrante / Rosana Carvalho Esteves - Integrante / Telma Regina Salgado Villela - Integrante.Financiador(es): Eletrolux do Brasil Ltda - Cooperação / Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro / Gazlux Ltda - Cooperação / Multibras S/A Eletrodomésticos - Cooperação / Petróleo Brasileiro - Rio de Janeiro - Matriz - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 3
2002 - 2004
Avaliação e Desenvolvimento de Equipamentos de Queima Direta de Gás Natural no Setor de Alimentos
Descrição: Financiado pela FINEP/CTPETRO e pela Petrobrás entre jan/2002 e dez/2004, pelo convênio 21.01.0325.00. Foram propostas melhorias que aproveitassem as peculiaridades do GN em três equipamentos de processamento térmico: torradores de café, fornos túneis para biscoito/pães, secadores de massa alimentar. A partir do novo projeto, foram feitas simulações de desempenho e um estudo de viabilidade técnico-econômica comparativo com os equipamentos tradicionais. Foi desenvolvido também um protótipo de forno de padaria de conceito inovador (patente requerida), uma vez que não havia no mercado modelos a gás, mas apenas elétricos, para o tipo de forno proposto: teto & lastro com múltiplas câmaras de temperatura independente. Inclusive, a inexistência de queimadores adequados para o protótipo, levou a equipe do INT a pesquisar alternativas para o sistema de queima requerido..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Fabricio dos Santos Dantas - Integrante / Maurício Francísco Henriques Jr - Coordenador / Alexandre Faccion de Souza - Integrante / Márcio Azevedo Guimarães - Integrante / Heitor Luz Neto - Integrante.Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro / Petróleo Brasileiro - Rio de Janeiro - Matriz - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 3
2000 - 2002
Implantação do Núcleo de Tecnologias do Gás Natural do INT
Descrição: Concebido em 1999 no Instituto Nacional de Tecnologia após um período de intensas articulações com diversos agentes do setor de Petróleo & Gás, oportunidade na qual foi identificada a necessidade de se instituir um Núcleo capaz de ser um agente catalisador de ações de C&T na área do gás natural no País, promovendo pesquisas, inovações, avaliações e o aprimoramento de tecnologias, além de ser capaz de prestar assistência e informação tecnológica. Buscando maximizar seus projetos e ações, dentro de suas linhas estratégicas, o Núcleo de Tecnologias do Gás Natural procurou parcerias com outras entidades de forma a desenvolver trabalhos de forma complementar e com o intuito de garantir maior sinergia entre os diversos atores. Neste sentido, aproximou-se das principais empresas de distribuição de gás natural, de universidades, de outros centros de tecnologias, de associações de fabricantes e de entidades de classe e de governo. Os sub-projetos executados foram os seguintes: A) Implantação de laboratório para estudos e projetos de equipamentos à GN (LAGÁS) B) Otimização de processos e equipamentos industriais à GN (queimadores, fornos etc.) C) Desenvolvimento e avaliação de modelos de sistemas de cogeração com GN D) Melhoria da eficiência energética de equipamentos domésticos à GN (fogões e aquecedores) E) Avaliação e otimização de dispositivos de conversão e adaptação de motores para operação com GNV F) Estudos de combustão catalítica do metano G) Desenvolvimento de novos catalisadores para reforma do CH4 com CO2 H) Estudo de novos sistemas de transporte e armazenagem de GN I) Avaliação e monitoramento da corrosão em instalações de GN J) Monitoramento e informação tecnológica sobre o tema gás natural K) Assistência tecnológica à indústria na avaliação da substituição de combustíveis tradicionais por GN.
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Fabricio dos Santos Dantas - Integrante / Maurício Francísco Henriques Jr - Coordenador / Alexandre Faccion de Souza - Integrante / Rosana Carvalho Esteves - Integrante / Telma Regina Salgado Villela - Integrante / Márcio Azevedo Guimarães - Integrante / Maria Elisabeth Morales - Integrante / Roberto Segundo Enrique Castro Tapia - Integrante / Marcelo Corrêa da Silva Rego - Integrante / Joaquim Augusto Pinto Rodrigues - Integrante / Marcelo Rousseau Valença Schwob - Integrante.Financiador(es): Financiadora de Estudos e Projetos - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 2
1996 - 2004
Uso Eficiente de Energia na Pequena e Média Indústria do Estado do Rio de Janeiro
Descrição: Capacitar as pequenas e médias indústrias sobre o tema Uso Eficiente de Energia, fazendo com que estas empresas incorporem nos seus processos fabris novos procedimentos e tecnologias para obter economias de energia, traduzidas por menores custos, maior produtividade e competitividade. A estratégia básica de atuação das instituições do projeto concentrou-se em desenvolver atividades que sensibilizem e informem às empresas sobre os ganhos e vantagens que o Uso Eficiente de Energia pode trazer. Dessa forma, o Projeto está estruturado em três sub-atividades: Ao INT coube a geração de Unidade de Demonstração, casos reais que sirvam de exemplo e onde outras empresas, de um mesmo segmento, possam ter todas as informações necessárias para adotar as novas tecnologias de Uso Eficiente de Energia..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Fabricio dos Santos Dantas - Integrante / Maurício Francísco Henriques Jr - Coordenador / Alexandre Faccion de Souza - Integrante / Márcio Azevedo Guimarães - Integrante / Roberto Segundo Enrique Castro Tapia - Integrante / Marcelo Corrêa da Silva Rego - Integrante / Joaquim Augusto Pinto Rodrigues - Integrante / Marcelo Rousseau Valença Schwob - Integrante.Financiador(es): Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca - Cooperação / Deutsche Gesselchaft Für Technische Zusammenarbeit - Auxílio financeiro / Programa de Combate Ao Desperdíscio de Energia Elétrica - Auxílio financeiro / Serviço de Apoio Às Micro e Pequenas Empresas do Estado do Rio de Janeiro - Cooperação / Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Divisão Rio de Janeiro - Cooperação.


Outros Projetos


2007 - 2008
Mapeamento Tecnológico do Uso do Gás Natural no Setor Industrial
Descrição: Avaliação do uso atual e as perspectivas de aprimoramento e inovação tecnológica para a aplicação do gás natural no setor industrial brasileiro a partir do diagnóstico e mapeamento de novas tecnologias de processos industriais e de equipamentos específicos, buscando identificar gargalos tecnológicos que possam estar criando restrições de uso e, a partir daí, apontar oportunidades de desenvolvimento e de aperfeiçoamento..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
1994 - 1996
Uso Eficiente de Energia na Pequena e Média Indústria do Estado do Rio de Janeiro
Descrição: Capacitar as pequenas e médias indústrias sobre o tema Uso Eficiente de Energia, fazendo com que estas empresas incorporem nos seus processos fabris novos procedimentos e tecnologias para obter economias de energia, traduzidas por menores custos, maior produtividade e competitividade. A estratégia básica de atuação das instituições do projeto concentrou-se em desenvolver atividades que sensibilizem e informem às empresas sobre os ganhos e vantagens que o Uso Eficiente de Energia pode trazer. Dessa forma, o Projeto está estruturado em três sub-atividades: Ao SEBRAE/RJ cabe a coordenação geral do projeto e a divulgação/disponibilização das informações e ferramentas produzidas para as empresas de pequeno e médio porte. Para tal foi utilizada sua infraestrutura, composta, na época de minha permanência, principalmente por balcões de atendimento nos principais municípios do estado do Rio de Janeiro..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Fabricio dos Santos Dantas - Integrante / Ricardo Wargas de Faria - Integrante / Antônio Pagy - Coordenador.Financiador(es): Deutsche Gesselchaft Für Technische Zusammenarbeit - Auxílio financeiro / Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Divisão Rio de Janeiro - Cooperação / Programa de Combate Ao Desperdíscio de Energia Elétrica - Auxílio financeiro / Instituto Nacional de Tecnologia - Cooperação.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Engenharia Térmica/Especialidade: Aproveitamento da Energia.
2.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Elétrica / Subárea: Sistemas Elétricos de Potência/Especialidade: Geração da Energia Elétrica.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
DANTAS, F.S.D.2014 DANTAS, F.S.D.; COSTA FILHO, M. A. F. . Thermal and Economical Analysis of the Solar Preheating of Steam Boiler Feed Water. Journal of Energy and Power Engineering, v. 8, p. 775-784, 2014.

2.
HENRIQUES JR, Maurício Francísco2010 HENRIQUES JR, Maurício Francísco ; DANTAS, F. S. ; Roberto Schaeffer . Potential for reduction of CO2 emissions and a low-carbon scenario for the Brazilian industrial sector. Energy Policy, v. 38, p. 1946-1961, 2010.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
DANTAS, F. S.; GUIMARÃES, Márcio Azevedo ; MORALES, Maria Elisabeth ; HENRIQUES JR, Maurício Francísco . Desarrollo y Evaluacion de Modelos de Sistemas de Cogeneracion de Energia a Partir del Gas Natural. Revista Tecnica del Capitulo de Ingenieria Mecanica y Eletrica, Lima/Peru, p. 16 - 24, 01 mar. 2003.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
HENRIQUES JR, Maurício Francísco ; DANTAS, F. S. ; SCHWOB, Marcelo Rousseau Valença . Mapeamento e Desenvolvimento Tecnológico do Uso do Gás Natural em Processos Térmicos Industriais. In: 3º Congresso Brasileiro de P&D em Petróleo e Gás, 2005, Salvador-BA. Anais do 3º Congresso Brasileiro de P&D em Petróleo e Gás. Niterói: Mundo Virtual, 2005. v. 1.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
DANTAS, F. S.; GUIMARÃES, Márcio Azevedo ; HENRIQUES JR, Maurício Francísco ; MORALES, Maria Elisabeth . Avaliação de modelos de sistemas de cogeração de energia utilizando gás natural para medias e pequenas empresas. In: 2º Congresso Brasileiro de P&D em Petróleo e Gás, 2003, Rio de Janeiro. Anais do 2º Congresso Brasileiro de P&D em Petróleo e Gás, 2003.

2.
GUIMARÃES, Márcio Azevedo ; DANTAS, F. S. ; MORALES, Maria Elisabeth ; HENRIQUES JR, Maurício Francísco . Desarrollo y Evaluacion de Modelos de Sistemas de Cogeneracion de Energia a Partir del Gas Natural. In: INGEPET 2002 - IV International Seminar on Exploration and Exploitation of Oil and Gas, 2002, Lima/Peru, 2002.

Apresentações de Trabalho
1.
HENRIQUES JR, Maurício Francísco ; DANTAS, F. S. ; SCHWOB, Marcelo Rousseau Valença . Mapeamento e Desenvolvimento Tecnológico do Uso do Gás Natural em Processos Térmicos Industriais. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
DANTAS, F. S.. Termovisão e o Aproveitamento de Energia pela Humanidade. 2005. (Apresentação de Trabalho/Seminário).


Produção técnica
Programas de computador sem registro
1.
DANTAS, F. S.. CorrTemp. 1999.

2.
DANTAS, F. S.. Tarifas. 1993.

Produtos tecnológicos
1.
SOUZA, Alexandre Faccion de ; GUIMARÃES, Márcio Azevedo ; LUZ NETO, Heitor ; DANTAS, F. S. . Protótipo de forno de panificação a gás natural tipo teto & lastro com múltiplas câmaras de temperatura independente. 2004.

Trabalhos técnicos
1.
DANTAS, F. S.; GUIMARÃES, Márcio Azevedo ; DRESCH, P. M. . Perspectivas de Mercado para O Escritório de Carbono do INT. 2012.

2.
DANTAS, F. S.; SCHWOB, Marcelo Rousseau Valença ; GUIMARÃES, Márcio Azevedo . Definição dos escopos de atuação do INT como EOD na CQNUMC. 2011.

3.
SCHWOB, Marcelo Rousseau Valença ; DANTAS, F. S. ; TAPIA, Roberto Segundo Enrique Castro ; RODRIGUES, Joaquim Augusto Pinto ; HENRIQUES JR, Maurício Francísco ; BASTOS, F. M. . Mercado Interruptível do Gás Natural na Indústria. 2008.

4.
DANTAS, F. S.; RODRIGUES, Joaquim Augusto Pinto ; BASTOS, F. M. ; TAPIA, Roberto Segundo Enrique Castro ; HENRIQUES JR, Maurício Francísco ; SCHWOB, Marcelo Rousseau Valença ; GUIMARÃES, Márcio Azevedo . Mapeamento Tecnológico e de Mercado. 2008.

5.
HENRIQUES JR, Maurício Francísco ; DANTAS, F. S. ; RODRIGUES, Joaquim Augusto Pinto ; TAPIA, Roberto Segundo Enrique Castro ; SCHWOB, Marcelo Rousseau Valença ; BASTOS, F. M. ; GUIMARÃES, Márcio Azevedo . Relatório Final (Projeto GNI). 2008.

6.
DANTAS, F. S.; GUIMARÃES, Márcio Azevedo . Avaliação de desempenho térmico, elétrico e de segurança, sugestões de otimização, para fogão gerador de energia elétrica.. 2008.

7.
DANTAS, F. S.. Levantamento de Dados Sobre o Setor Industrial - cap.2 Indústria Química. 2007.

8.
SCHWOB, Marcelo Rousseau Valença ; HENRIQUES JR, Maurício Francísco ; GUIMARÃES, Márcio Azevedo ; RODRIGUES, Joaquim Augusto Pinto ; TAPIA, Roberto Segundo Enrique Castro ; DANTAS, F. S. ; BASTOS, F. M. . Diagnóstico Tecnológico do Uso de Gás Natural. 2007.

9.
SOUZA, Alexandre Faccion de ; DANTAS, F. S. ; HENRIQUES JR, Maurício Francísco . Gasodomésticos Vs. Eletrodomésticos Comparação. 2004.

10.
GUIMARÃES, Márcio Azevedo ; SOUZA, Alexandre Faccion de ; DANTAS, F. S. ; HENRIQUES JR, Maurício Francísco ; LUZ NETO, Heitor . Construção do Protótipo de Forno de Panificação a Gás Natural. 2004.

11.
GUIMARÃES, Márcio Azevedo ; SOUZA, Alexandre Faccion de ; DANTAS, F. S. ; HENRIQUES JR, Maurício Francísco . Otimização do Protótipo de Forno de Panificação a Gás Natural. 2004.

12.
DANTAS, F. S.; SANTOS, Andrea Matos dos ; VILLELA, Telma Regina Salgado . Possibilidades de Aproveitamento Comercial para um Gás Natural de Composição Atípica. 2003.

13.
DANTAS, F. S.; GUIMARÃES, Márcio Azevedo . Modelos de Sistemas de Cogeração de Energia com Gás Natural. 2002.

14.
TAPIA, Roberto Segundo Enrique Castro ; DANTAS, F. S. ; REGO, Marcelo Corrêa da Silva . Gás Natural na Indústria - Vol. II: Otimização de Equipamentos e Processos Industriais a Gás Natural. 2002.

15.
ESTEVES, Rosana Carvalho ; DANTAS, F. S. ; HENRIQUES JR, Maurício Francísco . Mapeamento Tecnológico do Mercado de Gasodomésticos. 2002.

16.
ESTEVES, Rosana Carvalho ; DANTAS, F. S. ; HENRIQUES JR, Maurício Francísco . Aquisição de Gasodomésticos para Estudo - seleção e contato com fabricantes. 2002.



Outras informações relevantes


OBS: Os dados abaixo foram importados do Sistema CNCT.

EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

ADMINISTRATIVA
Apoio na gerência de projetos na Divisão de Energia do INT e operação de funções administrativas. Acompanhamento físico/financeiro dos projetos e das equipes envolvidas.
No SEBRAE/RJ: organização de eventos, recepção de delegações estrangeiras, acompanhamento físico/financeiro e desenvolvimento de relações institucionais.
Execussão de pedidos de financiamento/apoio projetos, incluindo o apoio ao desenvolvimento de proposta ao CNPq e o desenvolvimento solo de pedido de financiamento ao FINEP em 1995, o qual foi aprovado.

CIENTÍFICA
Iniciação científica com o Dr. Jô Dweck do DPI/EQ/UFRJ: análises termogravimétricas de diversas amostras.
Apoio em diversos estudos realizados pela equipe do INT, tanto no estágio (1991-1993) quanto profissionalmente (1996 em diante).

TÉCNICA
Coleta de dados em campo e apoio na análise e tratamento destes daddos, para o desenvolvimento dos relatórios técnicos.
Orientação das equipes quanto ao correto uso dos aparelhos de análise em campo.
Suporte em informática, envolvendo apoio no uso de software e hardware, seleção/compra de equipamentos, orientação tecnológica. Desenvolvimento de softwares e planilhas eletrônicas para a automação do acompanhamento físico/financeiro de projetos, simulação tarifária, ensaios no Laboratório de Combustíveis e na execussão dos diagnósticos energéticos.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 17/10/2018 às 14:07:24