José Luiz Lima de Azevedo

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/8209115546895227
  • Última atualização do currículo em 29/10/2018


Professor da Universidade Federal do Rio Grande - FURG desde 1984. Em 2010 transferiu-se para o Laboratório de Estudos dos Oceanos e Clima (LEOC), do Instituto de Oceanografia, onde realiza atividades de ensino e pesquisa. Possui Doutorado em Oceanografia Física, Química e Geológica pela Universidade Federal do Rio Grande (2009), mestrado em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal de Santa Catarina (1996) e graduação em Engenharia Química pela FURG (1982). Sua pesquisa atual está direcionada no estudo teórico e na modelagem analítica/numérica de vórtices de mesoescala e nos processos envolvidos com estas feições, assim como na análise energética da Corrente do Brasil através da utilização de diagramas energéticos (com ênfase no Diagrama de Lorenz). Participa ainda do desenvolvimento de experimentos de bancada na área da Dinâmica dos Oceanos, no estudo de massas d'água do oceano Atlântico Sul e nas implicações oceânicas com a implementação da nova TEOS-10. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
José Luiz Lima de Azevedo
Nome em citações bibliográficas
AZEVEDO, José Luiz Lima de;AZEVEDO, J. L. L.;AZEVEDO, JOSÉ LUIZ LIMA;DE AZEVEDO, JOSÉ LUIZ LIMA;L.DE AZEVEDO, JOSÉ LUIZ;DE AZEVEDO, JOSÉ L.L.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do Rio Grande, Instituto de Oceanografia, Laboratório de Estudos dos Oceanos e Clima.
Rua Alfredo Huch 575
Centro
96200000 - Rio Grande, RS - Brasil
Telefone: (53) 32336880
URL da Homepage: http://www.furg.br


Formação acadêmica/titulação


2005 - 2009
Doutorado em Oceanografia Física Química e Geológica.
Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.
com período sanduíche em Florida State University (Orientador: Doron Nof).
Título: Um Estudo Analítico do Encontro de Vórtices Anticiclônicos com a Borda Continental, Ano de obtenção: 2009.
Orientador: Maurício Magalhães Mata.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: vórtices; modelagem analítica; modelagem numérica; Oceano Atlântico Sul Ocidental; Climatologia; ARGO.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia.
Setores de atividade: Outros.
1994 - 1996
Mestrado em Engenharia Elétrica.
Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Título: Simulação da Dinâmica de SEE Utilizando Computadores de Alto Desempenho,Ano de Obtenção: 1996.
Orientador: Ildemar Cassana Decker.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: processamento paralelo; sistemas de energia elétrica; método do gradiente conjugado.
Grande área: Engenharias
Setores de atividade: Produção e Distribuição de Eletricidade e Gás.
1978 - 1982
Graduação em Engenharia Química.
Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.




Formação Complementar


2010 - 2010
Treinamento Pré-Antártico (TPA). (Carga horária: 50h).
Marinha do Brasil, MB, Brasil.
2002 - 2002
5S.
Governo do Estado do RS, GERS, Brasil.
1998 - 1998
Motores, Inversores de Frequência e Soft Starter.
Weg - Acionamentos Ltda, WEG, Brasil.
1996 - 1996
Extensão universitária em Gestão da Interação Escola/Empresa. (Carga horária: 180h).
Centro Federal de Educação Tecnológica do Paraná, CEFET-PR, Brasil.
1993 - 1993
Comando e Proteção para Motores Elétricos.
WEG Máquinas S/A, WEG, Brasil.
1992 - 1993
Extensão universitária em Metodologia do Ensino Superior. (Carga horária: 375h).
Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.
1992 - 1992
Banco de Capacitores.
Companhia Estadual de Geração e Transmissão de Energia Elétrica - Matriz, CEEE-GT, Brasil.
1992 - 1992
Controle de Processos Industriais.
Siemens Ag, SIEMENS AG*, Alemanha.
1989 - 1989
Análise de Investimentos.
PETROPAR SA, PETROPAR, Brasil.
1989 - 1989
Matemática Financeira.
PETROPAR SA, PETROPAR, Brasil.
1989 - 1989
RIMA: Poluição do Ar e Análise de Risco.
Energética Ltda, ENERGÉTICA, Brasil.
1989 - 1989
Administração Moderna das Relações de Trabalho.
Eficácia Empresarial Consultoria e Treinamento Ltda., EFICÁCIA, Brasil.
1988 - 1988
Desenvolvimento Interpessoal para Chefias.
Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial - RS, SENAC-RS, Brasil.
1988 - 1988
Planejamento, Organização e Direção de Reuniões.
Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial - RS, SENAC-RS, Brasil.
1988 - 1988
Técnicas de Chefia Eficaz.
Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial - RS, SENAC-RS, Brasil.
1988 - 1988
Habilidades em Entrevista de Seleção.
Olvebra SA, OLVEBRA, Brasil.
1988 - 1988
Inglês - Nível Básico.
Yázigi S.C., YÁZIGI, Brasil.
1988 - 1988
Operação de Equipto Amostrador de Poluentes Atmosf.
Fundação de Ciência e Tecnologia, CIENTEC, Brasil.
1988 - 1988
Operação de Sistema de Amônia.
Tecnosider SA, TECNOSIDER, Brasil.
1986 - 1986
Combustíveis e Combustão.
Instituto Gaúcho de Aperfeiçoamento Profissional, IGAPRO, Brasil.
1985 - 1985
Tratamento de águas.
Drew SA, DREW, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Brasil.
Vínculo institucional

1984 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Carreira do Ensino Técnico e Tecnológico, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Em 2010 transferiu-se para o Laboratório de Estudos dos Oceanos e Clima (LEOC), do Instituto de Oceanografia, da FURG.

Atividades

03/2016 - Atual
Ensino, Oceanografia Física Química e Geológica, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Dinâmica de Fluidos Geofísicos I
03/2016 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD, .

Cargo ou função
Membro da Comissão Assessora de Avaliação das Propostas de Monitoria, nomeado pela Portaria 508/2016, de 11/03/2016, modificada pela Portaria 570/2016, de 17/03/2016..
03/2016 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD, .

Cargo ou função
Membro da Banca de Seleção para o Programa de Bolsas Luso-Brasileiras Santander Universidades e Programa de Bolsas Ibero-Americanas Santander Universidades, conforme Portaria 598/2016.
07/2015 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Oceanografia, .

Cargo ou função
? Membro titular do Núcleo Docente Estruturante NDE do Curso de Oceanologia da FURG para o biênio 2015/2016, como representante do Núcleo de Oceanografia Física NOF do Instituto de Oceanografia, eleito pelos professores que compõem o referido núcleo.
01/2012 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Oceanografia, .

05/2011 - Atual
Ensino, Oceanografia Física, Química e Geológica, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Vórtices Oceânicos
04/2011 - Atual
Direção e administração, Comissão de Curso (COMCUR) de Oceanologia, .

Cargo ou função
Representante do Núcleo de Oceanografia Física.
03/2011 - Atual
Ensino, Oceanologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Dinâmica dos Oceanos II
01/2011 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Conselho Diretor do Instituto de Oceanografia, .

Cargo ou função
Membro Suplente do Núcleo de Oceanografia Física.
09/2010 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Conselho Universitário, .

Cargo ou função
membro docente.
07/2010 - Atual
Ensino, Oceanologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Dinâmica dos Oceanos I
01/2010 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Oceanografia, .

03/2007 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Depto Oceanografia Física, .

10/2016 - 11/2016
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Oceanografia, .

Cargo ou função
Presidente da Comissão de Pesquisa de Opinião (ocupação de cargos de Direção e Coordenação de Cursos de Graduação e de PG).
08/2015 - 12/2015
Ensino, Oceanografia Física Química e Geológica, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Dinâmica de Fluidos Geofísicos II
08/2015 - 12/2015
Ensino, Oceanologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Dinâmica dos Oceanos II
03/2015 - 07/2015
Ensino, Oceanografia Física Química e Geológica, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Dinâmica de Fluidos Geofísicos I
03/2015 - 07/2015
Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD, .

Cargo ou função
? Membro titular da Banca de Seleção para o Programa de Bolsas Luso-Brasileiras Santander Universidades, Edital 05/2015 da PROGRAD, tendo sido nomeado pela Portaria 723/2015 da PROGRAD, de 25/03/2015.
04/2015 - 05/2015
Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD, .

Cargo ou função
? Membro titular da Comissão do Programa de Intercâmbio de Estudantes Brasil e Colômbia BRACOL, Edital 01/2015, nomeado pela Portaria 919/2015 da PROGRAD, de 17/04/2015.
10/2014 - 02/2015
Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD, .

Cargo ou função
? Membro titular da Comissão de Avaliação e Atualização das Normas Acadê-micas, nomeado pela Portaria 2518/2014 da PROGRAD, de 29/10/2014.
08/2014 - 12/2014
Ensino, Oceanografia Física Química e Geológica, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
TE - Vórtices Oceânicos
08/2014 - 12/2014
Ensino, Oceanologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Trabalho de Graduação I
08/2014 - 12/2014
Ensino, Oceanologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Trabalho de Graduação II
08/2014 - 12/2014
Ensino, Oceanologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Estágio Supervisionado
07/2013 - 12/2014
Conselhos, Comissões e Consultoria, Núcleo Docente Estruturante do Curso de Oceanologia, .

Cargo ou função
Membro do Núcleo.
07/2013 - 12/2014
Conselhos, Comissões e Consultoria, Reitoria, .

Cargo ou função
? Presidente da 1a Câmara de Estudos - Ciências Exatas, da Terra e do Mar, do Conselho de Ensino, Pesquisa, Extensão e Administração COEPEA.
01/2013 - 12/2014
Direção e administração, Instituto de Oceanografia, .

Cargo ou função
Coordenador do Curso de Graduação de Oceanologia.
01/2013 - 12/2014
Conselhos, Comissões e Consultoria, Reitoria, .

Cargo ou função
? Membro titular do Conselho de Ensino, Pesquisa, Extensão e Administração COEPEA.
01/2013 - 12/2014
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Oceanografia, .

Cargo ou função
? Membro titular do Conselho do Instituto de Oceanografia como Coordenador do Curso de Oceanografia.
09/2014 - 09/2014
Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD, .

Cargo ou função
? Membro titular da Comissão do Programa de Intercâmbio de Estudantes Brasil e Colômbia BRACOL, nomeado pela Portaria 2226/2014 da PROGRAD, de 29/09/2014.
04/2014 - 07/2014
Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD, .

Cargo ou função
? Membro titular da Banca de Seleção para o Programa de Bolsas Luso-Brasileiras Santander Universidades, Edital 01/2015 da PROGRAD, tendo sido nomeado pela Portaria 900/2014 da PROGRAD, de 30/04/2014.
03/2014 - 07/2014
Ensino, Oceanologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Dinâmica dos Oceanos II
03/2014 - 07/2014
Ensino, Oceanologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Trabalho de Graduação I
03/2014 - 07/2014
Ensino, Oceanologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Trabalho de Graduação II
03/2014 - 07/2014
Ensino, Oceanologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Estágio Supervisionado
08/2013 - 12/2013
Ensino, Oceanografia Física, Química e Geológica, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Vórtices Oceânicos
08/2013 - 12/2013
Ensino, Oceanologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Dinâmica dos Oceanos II
08/2013 - 12/2013
Ensino, Oceanologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Trabalho de Graduação I
08/2013 - 12/2013
Ensino, Oceanologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Trabalho de Graduação II
08/2013 - 12/2013
Ensino, Oceanologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Estágio Supervisionado
03/2013 - 07/2013
Ensino, Oceanologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Trabalho de Graduação I
03/2013 - 07/2013
Ensino, Oceanologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Trabalho de Graduação II
03/2013 - 07/2013
Ensino, Oceanologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Estágio Supervisionado
03/2013 - 05/2013
Conselhos, Comissões e Consultoria, Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD, .

Cargo ou função
? Presidente da Comissão Examinadora para a seleção de professor substituto, graduação em Meteorologia, para atuar nos Campi da FURG de Rio Grande e de São Lourenço do Sul, nomeado pela Portaria 819/2013 da PROGRAD, de 11/03/2013.
08/2012 - 12/2012
Ensino, Oceanografia Física, Química e Geológica, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Dinâmica dos Oceanos II
01/2011 - 12/2012
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Oceanografia, .

Cargo ou função
? Membro titular do Conselho do Instituto de Oceanografia, como representante eleito pelo Núcleo de Oceanografia Física do Instituto.
10/2012 - 11/2012
Extensão universitária , Instituto de Oceanografia, .

Atividade de extensão realizada
Aulas da disciplina de Tópicos Especiais III - Dinâmica de Ondas Oceânicas na Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), totalizando 60 horas.
08/2012 - 10/2012
Conselhos, Comissões e Consultoria, Comissão Especial, .

Cargo ou função
Representante docente na Comissão Especial que tem como função coordenar o processo de escolha dos novos membros do Conselho Universitário da FURG para o período 2012-2014.
03/2012 - 08/2012
Ensino, Oceanologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Dinâmica dos Oceanos II
03/2012 - 07/2012
Ensino, Oceanografia Física, Química e Geológica, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Vórtices Oceânicos
12/2011 - 12/2011
Conselhos, Comissões e Consultoria, Comissão de Revalidação de Diploma de Pós-Graduação Estrangeiro, .

Cargo ou função
Membro da Comissão.
02/2011 - 03/2011
Outras atividades técnico-científicas , Laboratório de Estudos dos Oceanos e Clima - LEOC, Laboratório de Estudos dos Oceanos e Clima - LEOC.

Atividade realizada
Participação no cruzeiro antártico da operação OPERANTAR XXIV, a bordo do NOc. Ary Rongel, com duração aproximada de 3 semanas..
07/2010 - 07/2010
Outras atividades técnico-científicas , Serviço de Hidrografia Naval, Serviço de Hidrografia Naval.

Atividade realizada
Participação no Cruzeiro Oceanográfico SAM-3 a bordo do Buque Puerto Deseado, com duração aproximada de 2 semanas..
1/1984 - 7/2010
Ensino,

Disciplinas ministradas
Análise de Circuitos I
Análise de Circuitos II
Física
Máquinas e Instalações Elétricas I
Máquinas e Instalações Elétricas II
Máquinas Elétricas
Projetos de Redes Elétricas
Redes Elétricas
03/2005 - 12/2006
Outras atividades técnico-científicas , Núcleo de Ensino à Distância ( CTI ), Núcleo de Ensino à Distância ( CTI ).

Atividade realizada
Membro do Núcleo de Ensino à Distância do CTI.
2/2005 - 12/2006
Direção e administração, Colegiado ( CTI ), .

Cargo ou função
Membro do Colegiado do CTI.
6/2004 - 6/2005
Conselhos, Comissões e Consultoria, Universidade Federal do Rio Grande, .

Cargo ou função
Membro do Conselho Diretor do CEFET - Pelotas.
03/2003 - 01/2005
Direção e administração, Câmara de Estudos do CONSUN, .

Cargo ou função
Membro da Câmara de Estudos do CONSUN.
03/2003 - 01/2005
Direção e administração, Câmara de Estudos do CODEP, .

Cargo ou função
Membro da Câmara de Estudos do CODEP.
01/2003 - 01/2005
Direção e administração, Ministério da Educação, .

Cargo ou função
Gestor Estadual do Programa TEC NEP do MEC.
01/2001 - 01/2005
Direção e administração, Colégio Técnico Industrial CTI, .

Cargo ou função
Diretor do Colégio Técnico Industrial Prof. Mário Alquati - CTI.
01/2001 - 01/2005
Direção e administração, Conselho Universitário, .

Cargo ou função
Membro do Conselho Universitário - CONSUN da FURG.
01/2001 - 01/2005
Direção e administração, Conselho Departamental, .

Cargo ou função
Membro do Conselho Departamental - CODEP da FURG.
01/2001 - 01/2005
Direção e administração, Colegiado ( CTI ), .

Cargo ou função
Presidente do Colegiado do CTI.
01/2001 - 01/2005
Conselhos, Comissões e Consultoria, Conselho de Diretores de Escolas Vinculadas à Univ. Federais ? CONDETUF, .

Cargo ou função
Membro do Conselho Nacional de Diretores de Escolas Técnicas Vinculadas as Universidades Federais.
11/1997 - 01/2001
Direção e administração, Coordenadoria de Relações Empresariais CORE ( CTI ), .

Cargo ou função
Coordenador da Coordenadoria de Relações Empresariais - CORE do CTI.
06/1996 - 01/2001
Direção e administração, Colegiado ( CTI ), .

Cargo ou função
Membro do Colegiado do CTI.

Universidade Federal do Espírito Santo, UFES, Brasil.
Vínculo institucional

2012 - 2013
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: professor
Outras informações
Ministrei como professor visitante, disciplinas para o Programa de Pós-Graduação em Oceanografia Ambiental da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), em Vitória (ES), atendendo convite daquele Programa.

Atividades

10/2013 - 11/2013
Ensino, Oceanografia Ambiental, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Vórtices Oceânicos (condensada)
10/2012 - 11/2012
Ensino, Oceanografia Ambiental, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
TE - Dinâmica de Ondas Oceânicas (condensada)

Companhia Riograndense de Adubos, CRA, Brasil.
Vínculo institucional

1983 - 1991
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Funcionário do setor privado, Carga horária: 40
Outras informações
Atuou nas funções de Supervisor de Controle de Qualidade, Chefe Geral de Produção e, finalmente, como Gerente de Produção e Processos



Linhas de pesquisa


1.
Análise energética e da Dinâmica da Corrente do Brasil através da utilização do Diagrama de Lorenz
2.
Massas de água e identificação de frentes no oceano Austral
3.
Modelagem Analítica e Numérica de Vórtices

Objetivo: (1) Modelagem analítica de vórtices do tipo lente e não-lente com a utilização de modelo de camadas, (2) Modelagem numérica de vórtices do tipo lente e não lente onde as feições são geradas no modelo através da utilização de um canhão de vórtices ou através da inserção de feições previamente geradas analiticamente e (3) Estudo da interação destas feições com as massas continentais e suas repercussões, sem e com a presença de correntes de contorno..
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Palavras-chave: vórtices; modelagem analítica; modelagem numérica.
4.
Modelagem Numérica

Objetivo: Estudo de novos modelos numéricos, condições de contorno, modelagem mais precisa da turbulência, modelos de duas camadas e aspectos gerais envolvendo modelagem numérica..
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Palavras-chave: modelagem numérica.
5.
Interação da Corrente do Brasil com os Vórtices da Corrente das Agulhas

Objetivo: Modelar analiticamente e numericamente o encontro de um trem de vórtices com uma corrente de contorno oeste para posterior avaliaçâo da variação do transporte de volume da corrente. Este estudo aplica-se ao encontro dos vórtices provenientes da Corrente das Agulhas com a Corrente do Brasil. Um segundo e importante objetivo é o estudo dos efeitos remotos deste encontro na Zona da Confluência Brasil-Malvinas..
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Palavras-chave: vórtices; confluência Brasil-Malvinas; corrente do Brasil.
6.
Vórtices da Corrente das Agulhas

Objetivo: Estudar os mecanismos de geração destes vórtices assim como monitorar suas trajetórias no Oceano Atlântico Sul através de técnicas de sensoriamento remoto e in situ (bóias ARGO, dados de fundeio, etc ....), sempre que possível. Estudar ainda a possível interação destas feições com a Corrente do Brasil..
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Oceanografia Física / Especialidade: Interações vórtices-continente.
Palavras-chave: vortices; interação vórtice-parede; corrente do Brasil; deriva de vórtices; retroflexão.


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Estimativa da circulação de subsuperfície do Oceano Atlântico Sul através da utilização de perfiladores ARGO
Descrição: Perfiladores ARGO são equipamentos autônomos que derivam nos oceanos em profundidades pré-estabelecidas, subindo até a superfície livre do mar a cada período fixado de dias (em geral, de 8 a 10 dias). Durante este movimento de ascensão estes equipamentos perfilam a coluna d\'água coletando dados de temperatura e salinidade, dentre outros possíveis. A cada emersão transmitem estes dados para satélites específicos que os retransmitem para Centros de Controle do Programa ARGO. Cabe destacar aqui que a utilização de dados da trajetória dos perfiladores ARGO permite a estimativa do vetor velocidade de deriva do perfilador o que, por sua vez, caso reunida uma grande quantidade de vetores velocidade, permite a estimativa da circulação oceânica nas profundidades de deriva. Um melhor entendimento desta circulação é muito importante para estudos que envolvem a variabilidade do clima terrestre. Alguns estudos pretéritos já estimaram esta circulação oceânica em profundidades intermediárias através dos perfiladores ARGO. Entretanto, estes estudos se concentraram apenas no Hemisfério Norte. Este projeto se propões a, de forma inédita, estimar a circulação de subsuperfície do Oceano Atlântico Sul com a utilização de perfiladores ARGO. Estas estimativas poderiam ser utilizadas na validação das saídas de modelos numéricos oceânicos que modelam o Hemisfério Sul..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: José Luiz Lima de Azevedo - Coordenador / Camilo Caetano Nunez - Integrante.
2017 - Atual
Utilização e desenvolvimento do modelo BESM para o estudo do sistema oceano-atmosfera-criosfera em altas e médias latitudes - BESM/SOAC
Descrição: A presente proposta visa a utilização de dados de simulações decadais (1980 a 2012) e de cenários futuros (2006 a 2100) do Modelo Brasileiro do Sistema Terrestre (BESM) com a finalidade de compreender melhor os processos de acoplamento do sistema oceano-atmosfera-criosfera nas altas e médias latitudes do hemisfério sul. Busca-se analisar e descrever a variabilidade espaço-temporal e as tendências de mudança de inúmeras variáveis oceanográficas, meteorológicas e do gelo marinho ártico e antártico nos cenários presentes e futuros sob um regime de aquecimento atmosférico forçado pelo aumento das concentrações de gases de efeito estufa na atmosfera. Os resultados de simulações existentes e de novas simulações do BESM serão avaliados e validados em relação a uma enorme gama de dados de outras fontes como observações e reanálises atmosféricas e oceânicas, modelos do Climate Model Intercomparison Project version 5 (CMIP5) e outros. O grupo executor e os grupos colaboradores dessa proposta organizarão seus esforços em cinco linhas de pesquisa, a saber: (1) Processos de interação oceano-atmosfera-criosfera e dinâmica do gelo marinho; (2)Variabilidade e mudanças climáticas no Oceano Atlântico Sul e Austral; (3) Oceanos: massas de água, dinâmica e validação de dados; (4) Atmosfera: processos ciclogenéticos e storm tracks e (5) Frentes frias e impactos na América do Sul...
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: José Luiz Lima de Azevedo - Integrante / Maurício Magalhães Mata - Integrante / Ronald Buss de Souza - Coordenador / Jefferson Cardia Simôes - Integrante / Fabrício Sanguinetti de Oliveira - Integrante / Luciano Pezzi - Integrante / Cláudia Parise - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.
2014 - 2017
Energética e Dinâmica da Corrente do Brasil na Região do Cone do Rio Grande (RS): Uma Contribuição na Prospecção de Recursos Naturais (Petróleo e Gás) nesta Região
Descrição: A busca por petróleo e gás na costa gaúcha é um ponto recorrente no que diz respeito à economia do estado do Rio Grande do Sul. Neste contexto, destaca-se a Bacia de Pelotas e, mais especificamente, o Cone do Rio Grande (CRG), uma das suas principais feições. Nesta região, extensos volumes de hidratos de gás já foram detectados por perfis de sísmica, os quais se apresentam na forma de um sólido cristalino, composto de água e gases de peso molecular pequeno. Em particular, os hidratos de metano são muito abundantes em sedimentos submarinhos de regiões próximas às margens continentais. Este gás pode vir a se tornar uma alternativa mais limpa, em termos ambientais, na questão do suprimento de combustíveis para o país para as próximas décadas. A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), em 2002, colocou em leilão vários blocos na costa gaúcha, visando a exploração, a produção e o desenvolvimento destas reservas naturais. Alguns destes blocos foram adquiridos pela Petrobrás em pregão público, empresa que detém 92% da produção nacional de petróleo e 98% da de gás natural. Tais atividades, contudo, dependem de liberação do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis ? IBAMA para que possam ser realizadas. A constatação da existência de recursos naturais na região da costa gaúcha em quantidade e localização viáveis economicamente, entretanto, ainda passa pela necessidade de maiores estudos, principalmente quanto ao petróleo, tendo em vista os estudos já realizados quanto à existência de gás metano na região. A instalação/expansão da indústria de exploração dos recursos marinhos é regida por legislação ambiental. O conhecimento prévio das áreas onde a indústria atuará, mediante estudos ambientais relativos aos aspectos ambientais e socioeconômicos relacionados à localização, instalação, operação e ampliação desta atividade ou empreendimento, é um importante subsídio para a análise da licença requerida ao órgão ambiental competente. Neste contexto, a elaboração de um Diagnóstico Ambiental de determinada área tem como objetivo subsidiar a avaliação dos impactos ambientais causados pela instalação/expansão de um empreendimento industrial, onde estão contidos os aspectos ou atividades do empreendimento passíveis de causar alteração no ambiente. No caso específico da exploração de recursos naturais em ambiente marinho (oceano) tal diagnóstico passa pelo conhecimento da circulação oceânica na região de interesse. Este conhecimento é vital, por exemplo, para o estabelecimento de planos de contingência para aqueles cenários de situações emergenciais que sempre acompanham tais atividades no ambiente marinho (tais como derramamentos de produtos químicos, vazamentos e outros). A realização de um Diagnóstico Ambiental na região do CRG também fará uso de tal conhecimento. Neste contexto, a região dos blocos adquiridos pela Petrobrás na costa gaúcha, faz parte do caminho da Corrente do Brasil (CB), corrente de contorno oeste do oceano Atlântico Sul, em sua jornada para as regiões subpolares deste oceano. Esta corrente é muito pouco estudada, em termos dinâmicos, na região sul do país, abaixo do Cabo Santa Marta, grande parte devido à inexistência de dados in situ à jusante daquele ponto. A energética e a modelagem numérica, nestes casos, mostram serem ferramentas valiosas para o suprimento desta lacuna. O foco do presente trabalho é o estudo da energética da CB e do seu comportamento dinâmico ao largo da margem continental do estado do Rio Grande do Sul, com destaque para o seu comportamento energético e dinâmico na região do CRG, região esta de interesse para as indústrias que exploram recursos naturais (petróleo e gás) no ambiente marinho, com destaque para a Petrobrás..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (1) .
Integrantes: José Luiz Lima de Azevedo - Coordenador / Maurício Magalhães Mata - Integrante / Leopoldo Rota de Oliveira - Integrante / Rodrigo Kerr Duarte Pereira - Integrante / renato david ghisolfi - Integrante / Carlos Lentini - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro.
2014 - 2017
Energética da Corrente do Brasil com ênfase no seu trajeto à jusante de 28°S
Descrição: As correntes de contorno oeste (CCOs) desempenham um papel fundamental no transporte de calor para os pólos. Estas correntes, em geral, possuem escoamentos intensos, estreitos e bem definidos. A Corrente do Brasil (CB), corrente da borda oeste do giro subtropical do oceano Atlântico Sul, transporta calor da região tropical deste oceano para as suas regiões subpolares. Além de possuir menor transporte que o de outras CCOs, a CB apresenta um espessamento da sua coluna d?água conforme flui para o sul. Por outro lado, a quantificação das fontes, sumidouros e estoques de energia do oceano tem recebido uma atenção especial da comunidade científica por ser essencial para o entendimento de como o sistema oceânico interage internamente e com o meio externo. Uma estimativa acurada dos estoques de energia cinética (potencial) turbulenta em uma dada região do oceano, por exemplo, permite o estudo de processos de conversão barotrópica (baroclínica) presentes na região. A relação entre estas duas conversões indica o tipo dominante de instabilidade dinâmica presente no escoamento médio em análise, facilitando a identificação de processos responsáveis pela variabilidade observada em tal região. Neste contexto, os resultados obtidos a partir do estudo da energética de CCOs trazem importantes informações sobre os complexos processos dinâmicos que atuam associados a estas correntes, com ênfase nos processos de mesoescala e de submesoescala. Podemos citar como alguns destes resultados a obtenção de taxas de conversão barotrópicas e baroclínicas, a identificação de processos de instabilidade, a estimativa de fluxos turbulentos horizontais e verticais de calor, a identificação da presença de cascatas inversas de energia, dentre outros. Apesar da importância de tais análises para um melhor entendimento da circulação oceânica e do clima, a maioria destes estudos concentra-se no hemisfério Norte. Poucos estudos sobre conversões energéticas foram conduzidos no hemisfério Sul e onde, nestes casos, os cenários de interesse se concentraram nas regiões da Corrente das Agulhas e da Corrente Leste Australiana. A energética da corrente de contorno oeste do oceano Atlântico Sul, a relativamente quente e salina CB, contudo, ainda é muito pouco estudada. Tal lacuna se deve, em parte, a quase ausência de dados in situ em certos trechos do path da CB, com destaque maior para a porção sul do seu trajeto, o que, a princípio, dificultaria o estudo da energética desta corrente nesta região. Neste sentido, a utilização de dados de modelos numéricos preencheria esta lacuna, possibilitando a utilização de tal ferramenta na análise da dinâmica da CB na região sul da costa brasileira abaixo dos 28 °S. Todas estas possibilidades, associadas ao fato do espessamento meridional da CB ao fluir para sul, tornam o estudo da sua energética uma importante ferramenta para a avaliação da dinâmica desta corrente ao longo do seu path. Outra consideração envolve a indústria de petróleo e gás, já presente na região sul do país (Cone do Rio Grande, Bacia de Pelotas). A prospecção exploratória ou comercial de recursos naturais em ambiente marinho passa pelo conhecimento da circulação oceânica na região de interesse. Este conhecimento é vital, por exemplo, para a construção de Diagnósticos Ambientais, para a elaboração de Planos de Contingência, dentre outros. O foco do presente trabalho é o estudo da energética da CB com ênfase na porção sul do seu trajeto abaixo de 28°S, região esta em que o seu comportamento foi muito pouco estudado pela comunidade científica. Para estes estudos de energética será utilizado o Diagrama de Lorenz..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (1) .
Integrantes: José Luiz Lima de Azevedo - Coordenador / Maurício Magalhães Mata - Integrante / Leopoldo Rota de Oliveira - Integrante / Rodrigo Kerr Duarte Pereira - Integrante / renato david ghisolfi - Integrante / Carlos Lentini - Integrante / Eduardo Resende Secchi - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2013 - Atual
NAUTILUS - Novas tecnologias autônomas na investigação e monitoramento das transformações da Água de Fundo Antártica no Mar de Weddell e Península Antártica: uma contribuição para o estudo de suas implicações à circulação oceânica e ao clima.

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Mauricio Magalhães Mata em 03/06/2014.
Descrição: No entorno do continente Antártico, em algumas regiões específicas, observa-se a mistura de águas superficiais oceânicas e de plataforma para resultar na formação da Água de Fundo Antártica (AFA) através de um complexo sistema acoplado de interações entre processos oceânicos, atmosféricos e de alguns componentes da criosfera. A produção e posterior exportação da AFA são partes integrantes do fechamento global da Circulação de Revolvimento Meridional (Meridional Overturning Circulation-MOC), caracterizando seu ramo profundo e atuando de maneira essencial na ventilação das camadas abissais do oceano mundial e na componente oceânica dos ciclos de carbono e nutrientes inorgânicos. Mais ainda, a importância da formação da AFA e da ventilação das camadas abissais no oceano Austral para o sistema climático da Terra está ilustrada pela influência direta em mudanças-chave nos padrões da circulação oceânica global e ciclo do carbono durante importantes transições climáticas do passado. O projeto NAUTILUS vem para contribuir com as iniciativas internacionais neste tema de extrema relevância global, através da observação sistemática da circulação oceânica e propriedades das massas de água em três pontos-chave ao longo da trajetória da AFA nos arredores da extremidade da Península Antártica: (i) o Estreito de Bransfield, (ii) o noroeste do mar de Weddell e (iii) o talude continental ao Norte-Nordeste das ilhas Shetland do Sul, particularmente da ilha Elefante...
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (6) Doutorado: (4) .
Integrantes: José Luiz Lima de Azevedo - Integrante / Maurício Magalhães Mata - Coordenador / Leopoldo Rota de Oliveira - Integrante / Rodrigo Kerr Duarte Pereira - Integrante / Ilana Wainer - Integrante / Alberto Piola - Integrante.
2013 - Atual
Processos de difusão turbulentos associados as estruturas de meso-escala no Atlântico Sudoeste
Descrição: A comunidade oceanográfica vem concentrando esforços para estudar sistematicamente o oceano global, pois a compreensão dos fenômenos oceanográficos apresenta importância fundamental em diferentes setores e atividades, como por exemplo: estudos de tempo e clima, dispersão de poluentes, variabilidade da pesca, indústria do petróleo e navegação. A compreensão dos processos oceanográficos no Oceano Atlântico Sudoeste é ainda modesto, principalmente em relação à dinâmica de pequena e mesoescala. Adicionalmente, algumas questões precisam ainda ser abordadas e/ou compreendidas, tais como: a identificação e a caracterização sazonal das feições oceanográficas de mesoescala, o papel destas estruturas na dinâmica local, assim como suas implicações a nível biogeoquímico. Além disso, quantificar o transporte de traçadores pelos vórtices geostróficos é um dos problemas ainda pendentes na dinâmica oceânica de larga escala. Esses vórtices condicionam como a taxa dos traçadores, tais como, calor e carbono são misturados lateralmente e verticalmente no oceano e desempenham papel central para determinar os padrões da circulação de larga escala, tais como a circulação de revolvimento meridional [e.g., Olbers et al. 2004; Marshall e Speer, 2011). A mistura induzida pelos vórtices de mesoescala é frequentemente quantificada em termos da difusiviadade de mesoescala [e.g., Klocker et al., 2012b). As extensões das Correntes de Contorno Oeste (CCOs) ocupam o oceano interior em todas as bacias oceânicas globais. Essas regiões são de intensa interação ar-mar onde o oceano perde calor e umidade para a atmosfera e absorve dióxido de carbono. As interações que ocorrem na região das extensões das CCOs podem afetar as condições de tempo e clima, localmente e remotamente, em escalas na ordem de dias à décadas. Assim, avaliar os processos de mistura nessas regiões é muito importante para o conhecimento dos processos de causa e efeito regional. Nesse contexto, o foco deste projeto é investigar a difusão turbulenta provada pelas feições de mesoescala e a sua contribuição para os processos de mistura de propriedades na região da Corrente do Brasil e sua extensão, assim como na região da Corrente das Malvinas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2013 - Atual
EstARte-Sul - Estudo dos processos físicos e biogeoquímicos que controlam a troca de carbono na interface ar-mar e acidificação das águas na região de talude continental do Atlântico Sul
Descrição: Este projeto tem por finalidade principal investigar os processos físicos e biogeoquímicos controladores das trocas de carbono na interface ar-mar na região de quebra de plataforma e talude continental da costa sul e sudeste brasileira (oceano Atlântico Sul), com ênfase no estudo dos aspectos relacionados à acidificação dos oceanos. Para tal, cruzeiros oceanográficos em épocas distintas do ano, previstos no âmbito do Projeto "Avaliação da Distribuição e Abundância de Cetáceos no talude e plataforma externa do sudeste-sul do Brasil: uma abordagem ecossistêmica (TALUDE)", serão utilizados para a obtenção de amostras biológicas e medição de propriedades físicas e químicas da água do mar, necessários para a compreensão das trocas de carbono na região de estudo..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (2) .
Integrantes: José Luiz Lima de Azevedo - Integrante / Maurício Magalhães Mata - Integrante / Carlos Alberto Eiras Garcia - Integrante / virgínia Maria Tavano Garcia - Integrante / Rodrigo Kerr Duarte Pereira - Coordenador.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul - Auxílio financeiro.
2011 - 2012
Desenvolvendo experimentos para o aprimoramento dos estudantes na aprendizagem dos conceitos físicos ministrados na área de Dinâmica dos Oceanos
Descrição: O presente projeto tem como objetivos: - Desenvolver atividades de laboratório direcionadas à dinâmica de fluidos com enfoque nas ementas das disciplinas de Dinâmica dos Oceanos I e II do Curso de Graduação em Oceanologia; - Escrever e disponibilizar aos estudantes material impresso para o adequado acompanhamento e embasamento destas atividades. - Acompanhar estudantes de pós-graduação, por ocasião de seus estágios-docência, que auxiliem o professor responsável pelas disciplinas de Dinâmica dos Oceanos I e II no desenvolvimento destas atividades..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: José Luiz Lima de Azevedo - Integrante / Maurício Magalhães Mata - Integrante / Leopoldo Rota de Oliveira - Coordenador.
2011 - Atual
CCA-FRENTES - Corrente Circumpolar Antártica: processos de troca de energia, atividades de mesoescala e varia-bilidade das frentes na região do Setor Índico do oceano Austral
Descrição: Grande parte das trocas totais de calor no sistema terrestre ocorre através do aquecimento dos oceanos. Todo o aquecimento oceânico reportado para o hemisfério Sul entre 1955 e 2005 ocor-reu ao sul do paralelo de 30o. Neste contexto, o oceano Austral tem um significativo papel no ba-lanço de calor dos oceanos. É extremamente necessário que se compreenda os mecanismos res-ponsáveis pelas mudanças nos padrões de armazenamento de calor envolvendo o oceano Austral. Diversos trabalhos científicos apontam que o aquecimento observado neste oceano está larga-mente associado com a deriva para sul das frentes da Corrente Circumpolar Antártica (ACC). O presente projeto propõe um estudo dirigido para a ACC quanto: (a) aos seus processos de troca de ener¬gia, (b) as suas atividades de mesoescala e (c) a variabilidade espacial e temporal de suas frentes, no Setor Índico do oceano Austral, a partir de dados de inúmeras fontes (satelitais, hidrográficos, numéricos e de bóias do projeto ARGO). Esta região, apesar de muito pouco estudada e amostra¬da, possui uma intensa atividade de liberação de vórtices junto às frentes, além de conter algu¬mas das mais importantes feições topográficas do entorno do Continente Antártico. A partir do cálculo das diversas formas de energia associadas com a ACC, serão ainda estudados os proces¬sos locais de transferência de energia..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: José Luiz Lima de Azevedo - Coordenador / Maurício Magalhães Mata - Integrante / Carlos Alberto Eiras Garcia - Integrante / Rodrigo Kerr Duarte Pereira - Integrante.
2011 - Atual
Estudos experimentais em Dinâmica dos Oceanos: da teoria à aplicação

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Mauricio Magalhães Mata em 03/06/2014.
Descrição: O projeto em questão apóia-se no fato de que conceitos físicos básicos devem ser facilmente assimilados por um estudante de Oceanologia. A máxima de que aquilo que é visto não é esquecido é lembrada nesta ocasião. Os conceitos de física dos oceanos serão enfatizados nas aulas experimentais, pois se acredita que o educando cujo interesse está direcionado às Ciências Marinhas, não percebe, na sua grande maioria, que a física é fundamental para a compreensão do funcionamento do Oceano e de todos os processos e organismos que nele existem. Esta importância é fundamentada principalmente em raízes muito profundas, principalmente quando se lembra que a física é considerada a ciência mãe . Docentes comprometidos com a tarefa de educar devem motivar nos seus alunos uma consciência crítica do seu pensar e agir na aprendizagem da oceanologia e na vida como um todo. Esse é o objetivo maior do Projeto-Político Pedagógico da FURG, i.e., propiciar a formação de um indivíduo com a capacidade de posicionar-se de maneira crítica, responsável e construtiva nas diferentes situações sociais de sua vida. Ao mesmo tempo, salienta-se que este projeto contribuirá de forma direta para implantar e tentar consolidar a parte experimental, que até o momento não existe nas disciplinas de Dinâmicas dos Oceanos nesta Universidade, tanto para, a graduação como para a pós-graduação. No campo da pesquisa, pode-se afirmar que a área de Dinâmica dos Oceanos e Costeira, a qual integra uma das linhas permanentes de pesquisa na Pós-Graduação em Oceanografia Física, Química e Geológica será fortemente beneficiada com o presente projeto, desde que o mesmo adentra o campo da ciência que aborda o fenômeno da viscosidade turbulenta negativa. Este fenômeno está contido na teoria da cascata de energia [e.g., Luo e Lu, 2000; Scott e Wang, 2005; Scott e Arbic, 2007], a qual em última instância é preponderante para o entendimento da manutenção do equilíbrio das correntes ao longo do tempo, fato este importante..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: José Luiz Lima de Azevedo - Integrante / Maurício Magalhães Mata - Coordenador / Leopoldo Rota de Oliveira - Integrante.
2010 - Atual
ACC-PHYTO - ACC fronts interactions around Crozet Plateau regulating phytoplankton assembage
Descrição: O projeto ACC-PHYTO é conduzido pelo Grupo de Oceanografia de Altas Latitudes (GOAL) da Universidade Federal do Rio Grande (FURG), sendo uma colaboração entre o Brasil e a Índia. As atividades estão inseridas dentro dos objetivos de integração da pesquisa Antártica executada pelo PROANTAR (Brasil) e pelo NCAOR (Índia). Os objetivos do projeto ACC-PHYTO são: identificar a posição e a variabilidade das frentes da ACC no Setor Índico do oceano Austral através de dados in-situ e sensoriamento remoto, estudar a composição da comunidade fitoplanctônica a partir dos pigmentos fotossintéticos, detreminar possíveis relaçoes entre a comunidade fitoplanctõnica e a posição das frentes oceânicas...
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: José Luiz Lima de Azevedo - Integrante / Maurício Magalhães Mata - Integrante / Leopoldo Rota de Oliveira - Integrante / Carlos Alberto Eiras Garcia - Coordenador / virgínia Maria Tavano Garcia - Integrante / Camila Burigo Marin - Integrante / Carlos Rafael Borges Mendes - Integrante / Rodrigo Kerr Duarte Pereira - Integrante.
2010 - Atual
MOVAR - Monitoramento da variabilidade regional do transporte de calor na camada superior do Oceano Atlântico Sul entre o Rio de Janeiro, RJ e a Ilha de Trindade, ES
Descrição: Este plano visa estabelecer atividades a serem desenvolvidas dentro do âmbito do Módulo I do programa GOOS-BR. Com o encerramento do World Ocean Circulation Experiment (WOCE) em 2002 a pesquisa oceanográfica de meso e larga escala, com aplicações para estudos climáticos, estará centrada em programas como o Climate Variability (CLIVAR) e o GOOS. Pelas próprias características destes programas, as linhas mestras da pesquisa oceanográfica voltar-se-ão para o estudo e monitoramento da variabilidade oceânica em escalas mais longas de tempo (anos e décadas). Estes estudos são fundamentais para melhorar a compreensão da já constatada influência dos oceanos no clima global. Neste sentido, um aumento significativo do entendimento desta variabilidade pode ser obtido através de secções hidrográficas periódicas de alta densidade (i.e. obter perfis hidrográficos a cada ~20 m.n. para regiões oceânicas e a cada ~10 m.n. para regiões próximas às margens continentais) ao longo de uma mesma área num contexto semelhante aos programas que utilizam navios de oportunidade . Neste contexto, foi constatado que a região compreendida entre a margem continental brasileira e a ilha de Trindade (ES) possui diversos fatores, científicos e logísticos, que propiciam e podem garantir o sucesso deste tipo de estudo...
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: José Luiz Lima de Azevedo - Integrante / Maurício Magalhães Mata - Coordenador / Carlos Alberto Eiras Garcia - Integrante / virgínia Maria Tavano Garcia - Integrante / Mauro Cirano - Integrante / Mathias Ruckel van Kaspel - Integrante / André Ugri - Integrante.
2009 - Atual
POLARCANION - Circulação oceânica e Interações criosfera-oceano no entorno da Península Antártica: uma investigação das ligações entre processos costeiros e o oceano profundo
Descrição: De acordo com o 4o relatório do Painel Intergovernamental para Mudanças Climáticas (IPCC, 2007), dois dos grandes desafios que o planeta enfrenta atualmente são as mudanças do clima e o conseqüente aumento do nível do mar. Neste contexto, as regiões polares são identificadas como os locais mais sensíveis a estas mudanças e, ao mesmo tempo, contém no seu meio físico processos chave influenciando e dirigindo as mudanças que afetam diretamente o Brasil, América do Sul e o planeta como um todo. Pesquisas recentes, da NASA e do British Antarctic Survey (BAS), já apontam para uma aceleração da diminuição da espessura do manto de gelo Antartico através da perda de massa para os oceanos adjacentes pelas geleiras e plataformas de gelo. Apesar desta importância reconhecida, os processos de interação criosfera-oceano contidos nas regiões polares ainda são pouco conhecidos, principalmente, em função da falta de observações e séries temporais consistentes. Esta proposta tem como objetivo principal contribuir para o melhor entendimento dos processos oceânicos e costeiros associados à diminuição e derretimento do manto de gelo da Península Antártica. Particularmente, a proposta estará focada no impacto que este derretimento está tendo no oceano adjacente e nos processos que levam este sinal para a circulação oceânica global e, desta maneira, ao clima. Esta é uma iniciativa do Grupo de Oceanografia de Altas Latitudes (GOAL) e está sustentada pelas observações e experiências decorrentes da atuação do Grupo na região nos últimos 10 anos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (3) .
Integrantes: José Luiz Lima de Azevedo - Integrante / Maurício Magalhães Mata - Coordenador / Carlos Alberto Eiras Garcia - Integrante / Rodrigo Kerr Duarte Pereira - Integrante / Ricardo César Gonçalves Pollery - Integrante / Ilana Wainer - Integrante / Karen Heywood - Integrante / Jorge Arigony Neto - Integrante / Alex Prast - Integrante / Alberto Piola - Integrante / Sandra Barreira - Integrante / Marcelo Barrero - Integrante / Hartmut Hellner - Integrante / Enrique N. Curchister - Integrante.


Projetos de desenvolvimento


2000 - 2005
Projeto FURG-CEEE
Descrição: Levantamento de rede de distribuição da concessionária com a utilização de ferramentas de sensoriamento remoto..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.


Revisor de periódico


2011 - Atual
Periódico: Revista da Gestão Costeira Integrada
2012 - Atual
Periódico: Revista Atlântica
2012 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Geofísica (Impresso)
2018 - Atual
Periódico: DEEP-SEA RESEARCH PART I-OCEANOGRAPHIC RESEARCH PAPERS


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Oceanografia Física/Especialidade: Estudo de processos de mesoescala.
2.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Oceanografia Física/Especialidade: Interações vórtices-continente.
3.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Oceanografia Física/Especialidade: Modelagem de Fenômenos de Mesoescala.
4.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Oceanografia Física/Especialidade: Vórtices.
5.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Oceanografia / Subárea: Oceanografia Física/Especialidade: oceano Austral.
6.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Física / Subárea: Turbulência.


Idiomas


Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
ALMEIDA, LUCAS2018 ALMEIDA, LUCAS ; AZEVEDO, José Luiz Lima de ; KERR, RODRIGO ; ARAUJO, MOACYR ; MATA, MAURICIO M. . Impact of the new equation of the state of seawater (TEOS-10) on the estimates of water mass mixture and meridional transport in the Atlantic Ocean. PROGRESS IN OCEANOGRAPHY, v. 162, p. 13-24, 2018.

2.
DE SOUZA, ARTHUR GERARD QUADROS2018DE SOUZA, ARTHUR GERARD QUADROS ; KERR, RODRIGO ; DE AZEVEDO, JOSÉ LUIZ LIMA . On the influence of Subtropical Mode Water on the South Atlantic Ocean. JOURNAL OF MARINE SYSTEMS, v. 185, p. 13-24, 2018.

3.
ORSELLI, IOLE B.M.2018ORSELLI, IOLE B.M. ; KERR, RODRIGO ; DE AZEVEDO, JOSÉ L.L. ; GALDINO, FELIPPE ; ARAUJO, MOACYR ; GARCIA, CARLOS A.E. . The Sea-Air CO2 Net Fluxes in the South Atlantic Ocean and the Role Played by Agulhas Eddies. PROGRESS IN OCEANOGRAPHY, v. 170, p. 40-52, 2018.

4.
RIBEIRO, NATALIA2018RIBEIRO, NATALIA ; MATA, MAURICIO M. ; L.DE AZEVEDO, JOSÉ LUIZ ; CIRANO, MAURO . An assessment of the XBT Fall-Rate Equation in the Southern Ocean. JOURNAL OF ATMOSPHERIC AND OCEANIC TECHNOLOGY, v. 35, p. 911-926, 2018.

5.
MAGALHÃES, F. C.2017 MAGALHÃES, F. C. ; AZEVEDO, J. L. L. ; OLIVEIRA, L. R. . Energetics of eddy-mean flow interactions in the Brazil Current between 20°S and 36°S. JOURNAL OF GEOPHYSICAL RESEARCH-OCEANS, v. 122, p. 6129-6146, 2017.

6.
BRUM, ANDRÉ LOPES2017 BRUM, ANDRÉ LOPES ; DE AZEVEDO, JOSÉ LUIZ LIMA ; DE OLIVEIRA, LEOPOLDO ROTA ; REZENDE CALIL, PAULO HENRIQUE . Energetics of the Brazil Current in the Rio Grande Cone region. DEEP-SEA RESEARCH PART I-OCEANOGRAPHIC RESEARCH PAPERS, v. 128, p. 67-81, 2017.

7.
SANTOS, GUILHERME CORDOVA2016SANTOS, GUILHERME CORDOVA ; KERR, RODRIGO ; AZEVEDO, JOSÉ LUIZ LIMA ; MENDES, CARLOS RAFAEL BORGES ; DA CUNHA, LETÍCIA COTRIM . Influence of Antarctic Intermediate Water on the deoxygenation of the Atlantic Ocean. DYNAMICS OF ATMOSPHERES AND OCEANS, v. 76, p. 72-82, 2016.

8.
PILO, G. S.2015PILO, G. S. ; MATA, M. M. ; AZEVEDO, J. L. L. . Eddy surface properties and propagation at Southern Hemisphere western boundary current systems. OCEAN SCIENCE, v. 11, p. 629-641, 2015.

9.
FONTELES, C. S.2014FONTELES, C. S. ; FUJITA, C. C. Y. O. ; AZEVEDO, José Luiz Lima de ; MATA, Maurício Magalhães . Sobre a Variabilidade Espacial e Temporal da Energia Cinética Turbulenta (EKE) na Confluência Brasil-Malvinas. Revista Brasileira de Cartografia (Impresso), v. 66, p. 1231-1246, 2014.

10.
SOUZA, José Francisco Almeida2014SOUZA, José Francisco Almeida ; AZEVEDO, José Luiz Lima de ; OLIVEIRA, L. R. ; SOARES, I. D. ; MATA, Maurício Magalhães . Turbulence Modeling in Geophysical Flows - Part I - First-Order Turbulent Closure Modeling. Revista Brasileira de Geofísica (Impresso), v. 32, p. 31-47, 2014.

11.
SOUZA, José Francisco Almeida2013SOUZA, José Francisco Almeida ; AZEVEDO, José Luiz Lima de ; OLIVEIRA, L. R. ; SOARES, I. D. ; MATA, Maurício Magalhães . Incorporation of new turbulent closure schemes in the Princeton Ocean Model (POM). Revista Brasileira de Geofísica (Impresso), v. 31, p. 17-30, 2013.

12.
AZEVEDO, José Luiz Lima de;AZEVEDO, J. L. L.;AZEVEDO, JOSÉ LUIZ LIMA;DE AZEVEDO, JOSÉ LUIZ LIMA;L.DE AZEVEDO, JOSÉ LUIZ;DE AZEVEDO, JOSÉ L.L.2012 AZEVEDO, José Luiz Lima de; NOF, D. ; MATA, Maurício Magalhães . Eddy-Train Encounters with a Continental Boundary: A South Atlantic Case Study. Journal of Physical Oceanography, v. 42, p. 1548, 2012.

13.
SOUZA, José Francisco Almeida2011SOUZA, José Francisco Almeida ; OLIVEIRA, L. R. ; AZEVEDO, José Luiz Lima de ; SOARES, Ivan Dias ; MATA, Maurício Magalhães . Uma Revisão sobre a Turbulência e sua Modelagem. Revista Brasileira de Geofísica (Impresso), v. 29, p. 21-41, 2011.

14.
AZEVEDO, José Luiz Lima de;AZEVEDO, J. L. L.;AZEVEDO, JOSÉ LUIZ LIMA;DE AZEVEDO, JOSÉ LUIZ LIMA;L.DE AZEVEDO, JOSÉ LUIZ;DE AZEVEDO, JOSÉ L.L.2010AZEVEDO, José Luiz Lima de; MATA, Maurício Magalhães . O Mecanismo de Autopropulsão de Vórtices Oceânicos: Uma Revisão. REVISTA BRASILEIRA DE GEOFÍSICA (IMPRESSO), v. 28, p. 331-347, 2010.

15.
AZEVEDO, José Luiz Lima de;AZEVEDO, J. L. L.;AZEVEDO, JOSÉ LUIZ LIMA;DE AZEVEDO, JOSÉ LUIZ LIMA;L.DE AZEVEDO, JOSÉ LUIZ;DE AZEVEDO, JOSÉ L.L.2008AZEVEDO, José Luiz Lima de; OLIVEIRA, L. R. ; SOUZA, José Francisco Almeida ; SOARES, Ivan Dias ; MATA, Maurício Magalhães . Os Processos de Conversão de Energia nos Oceanos: Uma Revisão do Diagrama de Lorenz. Revista Brasileira de Geofísica (Impresso), v. 26, p. 153-172, 2008.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
SOUZA, José Francisco Almeida ; AZEVEDO, José Luiz Lima de ; SOARES, Ivan Dias ; OLIVEIRA, L. R. . Implementação de novos modelos de turbulência no Princeton Ocean Model (POM). In: IV Seminário e Workshop em Engenharia Oceânica - SEMENGO, 2010, Rio Grande. IV Seminário e Workshop em Engenharia Oceânica - SEMENGO, 2010.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
AZEVEDO, José Luiz Lima de; MATA, Maurício Magalhães . O Encontro de Vórtices Anticiclônicos do Tipo Lente com a Borda Continental. In: IV Congresso Brasileiro de Oceanografia - CBO, 2010, Rio Grande. IV Congresso Brasileiro de Oceanografia - ANAIS. FURG: FURG, 2010.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
ALMEIDA, LUCAS ; L.DE AZEVEDO, JOSÉ LUIZ ; KERR, RODRIGO ; ARAUJO, MOACYR ; MATA, MAURICIO M. . Impact of the new equation of the state of seawater (TEOS-10) on the estimates of water mass mixtures and meridional transport in the Atlantic Ocean. In: Ocean Science Meeting, 2018, Portland - US. https://agu.confex.com/agu/os18, 2018.

2.
BRUM, ANDRÉ LOPES ; L.DE AZEVEDO, JOSÉ LUIZ ; Oliveira ; CALIL, P. H. R. . Energetics of the Brazil Current in the Rio Grande Cone Region. In: Ocean Science Meeting, 2018, Portland - US. https://agu.confex.com/agu/os16, 2018.

3.
ALMEIDA, L. R. ; AZEVEDO, José Luiz Lima de . Impacts of the New Thermodynamic Equation of Seawater (TEOS-10) in the South Atlantic Ocean's Water Mass Mixing and Circulation. In: Ocean Sciences, 2016, New Orleans - US. https://agu.confex.com/agu/os16, 2016.

4.
MAGALHAES, F. ; AZEVEDO, JOSÉ LUIZ LIMA ; Oliveira . INTERAÇÃO ENTRE OS FLUXOS MÉDIO E TURBULENTO NA CORRENTE DO BRASIL ENTRE 19°S E 36°S. In: Congresso Brasileiro de Oceanografia - CBO, 2016, Salvador. Anais CBO 2016, 2016. p. 664-664.

5.
Brum, A.L. ; AZEVEDO, JOSÉ LUIZ LIMA ; CALIL, P. ; Oliveira . ANÁLISE ENERGÉTICA DA CORRENTE DO BRASIL NA REGIÃO DO CONE DO RIO GRANDE. In: Congresso Brasileiro de Oceanografia - CBO, 2016, Salvador. Anais CBO 2016, 2016. p. 645-645.

6.
MAGALHAES, F. ; AZEVEDO, JOSÉ LUIZ LIMA ; Oliveira . FLUXO DE CALOR TURBULENTO DIVERGENTE NA CORRENTE DO BRASIL. In: Congresso Brasileiro de Oceanografia - CBO, 2016, Salvador. Anais CBO 2016, 2016. p. 665-665.

7.
MAGALHAES, F. ; AZEVEDO, JOSÉ LUIZ LIMA ; Oliveira . Impactos dos cálculos de mistura de massas d?água, velocidades baroclínicas e transportes no oceano atlântico com a utilização da nova equação do estado da água do mar. In: Congresso Brasileiro de Oceanografia - CBO, 2016, Salvador. Anais CBO 2016, 2016. p. 665-665.

8.
BARROS, M. I. ; AZEVEDO, JOSÉ LUIZ LIMA . OBTENÇÃO DE UMA ESTRUTURA VERTICAL DE UM ANEL DAS AGULHAS COM USO DE ALTIMETRIA E FLUTUADORES ARGO. In: Congresso Brasileiro de Oceanografia - CBO, 2016, Salvador. Anais CBO 2016, 2016. p. 643-643.

9.
Souza, A.G.Q. ; KERR, RODRIGO ; AZEVEDO, JOSÉ LUIZ LIMA . ESTRUTURA E VARIABILIDADE DAS ÁGUAS MODAIS NA TERMOCLINA DO OCEANO ATLÂNTICO SUL. In: Congresso Brasileiro de Oceanografia - CBO, 2016, Salvador. Anais CBO 2016, 2016. p. 670-670.

10.
BARROS, M. I. ; AZEVEDO, J. L. L. . ESTRUTURA VERTICAL E TRANSPORTES ASSOCIADOS EM UM ANEL DAS AGULHAS. In: OMARSAT, 2015, Arraial do Cabo. Anais OMARSAT 2015, 2015.

11.
Santos, Guilherme C. ; KERR, RODRIGO ; AZEVEDO, JOSÉ LUIZ LIMA . Potenciais Causas Físicas e Biológicas Associadas à Expansão das Zonas de Mínimo Oxigênio dos Oceanos Atlântico Tropical e Pacífico Equatorial. In: Congresso Brasileiro de Oceanografia - CBO, 2014, Itajaí. Anais de Resumos - CBO 2014, 2014. p. 1253-1254.

12.
Oliveira ; MATA, Maurício Magalhães ; CALIL, P. H. R. ; AZEVEDO, JOSÉ LUIZ LIMA . Estudo da Difusão de Mesoescala na Região da Corrente do Brasil. In: Congresso Brasileiro de Oceanografia - CBO, 2014, Itajaí. Anais de Resumos - CBO 2014, 2014. p. 1249-1250.

13.
AZEVEDO, José Luiz Lima de; NOF, D. ; MATA, Maurício Magalhães . Encounter between anticyclonic eddies and a continental boundary. In: Ocean Sciences Meeting, 2010, Portland. Proceedings of the 2010 Ocean Sciences Meeting. Washington : AGU, 2010., 2010. v. 1.

14.
SOUZA, José Francisco Almeida ; AZEVEDO, José Luiz Lima de ; OLIVEIRA, L. R. ; SOARES, Ivan Dias . Emissários Submarinos - Uma Alternativa para a Disposição Final de Efluentes em Cidades Costeiras. In: III Seminário e Workshop em Engenharia Oceânica- SEMENGO 08, 2008, Rio Grande. SEMENGO 08 - ANAIS (RESUMOS DOS TRABALHOS). Rio Grande: FURG, 2008. v. Único. p. 22-22.

15.
SOUZA, José Francisco Almeida ; OLIVEIRA, L. R. ; AZEVEDO, José Luiz Lima de ; SOARES, Ivan Dias . Modelagem Hidrodinâmica de Plumas de Emissários Submarinos na Costa de Rio Grande/RS. In: III Seminário e Workshop em Engenharia Oceânica- SEMENGO 08, 2008, Rio Grande. SEMENGO 08 - ANAIS (RESUMOS DOS TRABALHOS). Rio Grande: FURG, 2008. v. Único. p. 38-38.

16.
AZEVEDO, José Luiz Lima de; BULLA, Luiz Angelo Sobreiro ; MATA, Maurício Magalhães . Dados ARGO e a Climatologia do Oceano Atlântico Sul. In: Mostra de Produção Universitária - MPU de Pós Graduação, 2006, Rio Grande. Mostra de Produção Universitária 2006, 2006.

Apresentações de Trabalho
1.
Marcela Costa ; Ricardo Acosta ; MATA, Maurício Magalhães ; AZEVEDO, José Luiz Lima de ; WAINER, I. . A Variabilidade das Propriedades Físicas Temperatura e Salinidade no Mar de Weddell e no Mar de Ross durante o Período Bolling-Allerod. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
dotto, thiago ; Kerr, R. ; WAINER, I. ; AZEVEDO, José Luiz Lima de ; MATA, Maurício Magalhães . The Weddell Sea Deep Ocean Structure in NCAR/CCSM4 Simulations. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
OLIVEIRA, L. R. ; MATA, Maurício Magalhães ; SOUZA, José Francisco Almeida ; AZEVEDO, José Luiz Lima de . Escalas Lagrangeanas na Passagem Drake oriundas de Bóias de Deriva Superficial. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
dotto, thiago ; Kerr, R. ; WAINER, I. ; AZEVEDO, José Luiz Lima de ; MATA, Maurício Magalhães . Variabilidade Temporal das Massas de Água Profundas do Mar de Weddell a partir do Modelo NCAR/CCSM4. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
Kerr, R. ; MATA, Maurício Magalhães ; Garcia, C.A.E. ; AZEVEDO, José Luiz Lima de ; WAINER, I. ; Azaneu, Marina C. V. . CODE-AFA: caracterização oceanográfica e distribuição espacial das variedades regionais da água de fundo Antártica. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
Santos, Guilherme C. ; Kerr, R. ; AZEVEDO, José Luiz Lima de ; Garcia, C.A.E. . Distribuição Espacial e Quantificação da Mistura entre as Massas de Água das Camadas Intermediária e Profunda no Oceano Atlântico Sul. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
Santos, Guilherme C. ; Kerr, R. ; AZEVEDO, José Luiz Lima de ; Garcia, C.A.E. . Quantificando as Massas de Água da Camada Profunda do Atlântico Sul com o Método Optimum Multiparameter Analysis. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

8.
PILO, G. S. ; MATA, Maurício Magalhães ; AZEVEDO, José Luiz Lima de . Eddy Activity at Three Major Southern Hemisphere Western Boundary Currents Systems from Satellite Altimetry. 2012. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

9.
ALMEIDA, L. R. ; AZEVEDO, José Luiz Lima de ; Kerr, R. . Nova Equação Termodinâmica do Estado da Água do Mar e a Salinidade Absoluta no Oceano Atlântico Sul. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
AZEVEDO, José Luiz Lima de. Vórtices Oceânicos: Uma Introdução. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
dotto, thiago ; Kerr, R. ; WAINER, I. ; AZEVEDO, José Luiz Lima de ; MATA, Maurício Magalhães . Validação e Tendências do Modelo NCAR/CCSM4 para as Águas Profundas do Mar de Weddell. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

12.
Santos, Guilherme C. ; Kerr, R. ; AZEVEDO, José Luiz Lima de ; Garcia, C.A.E. . Espalhamento da Água de Fundo Antártica no Oceano Atlântico Sul em 20 S e 30 S. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

13.
MAGALHAES, F. ; Monteiro, I. ; SOARES, Ivan Dias ; AZEVEDO, José Luiz Lima de . Avaliação da influência do vento (sinótico x médio) na meso-escala e no transporte associados à Corrente do Brasil, resultados preliminares. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

14.
Barroso, Adriano W. ; AZEVEDO, José Luiz Lima de ; OLIVEIRA, L. R. ; SOARES, Ivan Dias . Estudo das Energias Cinéticas Associadas à Corrente do Brasil com o modelo HYCOM em alta resolução. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

15.
MAGALHAES, F. ; AZEVEDO, José Luiz Lima de . Variabilidade Sinótica do Vento e o Transporte Médio da Corrente do Brasil na Região das Bacias de Campos e Santos. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

Demais trabalhos
1.
AZEVEDO, José Luiz Lima de. Metodologia do Programa Energia Brasil. 2003 (Instrutor) .

2.
AZEVEDO, José Luiz Lima de. Teleconferencia Nacional sobre Educação, Tecnologia e Profissionalização para Pessoas com Necessidades Especiais - O Programa TEC NEP. 2001 (Palestrante) .

3.
AZEVEDO, José Luiz Lima de. I Seminário de Implementação do Programa TEC NEP no Rio Grande do Sul. 2001 (Organização) .

4.
AZEVEDO, José Luiz Lima de. FEMIPE SUL - Feira das Micros e Pequenas Empresas da Região Sul do RS. 1993 (Expositor) .

5.
AZEVEDO, José Luiz Lima de. II MERCOPAR. 1993 (Expositor) .

6.
AZEVEDO, José Luiz Lima de. FEMIPE SUL - Feira das Micros e Pequenas Empresas da Região Sul do RS. 1992 (Expositor) .

7.
AZEVEDO, José Luiz Lima de. III FEITEC - Feira de Tecnologia. 1992 (Expositor) .

8.
AZEVEDO, José Luiz Lima de. 2a. Feira de Tecnologia. 1991 (Expositor) .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
Marques, W. C.; Siegle, E.; AZEVEDO, J. L. L.. Participação em banca de Douglas Vieira da Silva. Padrões de Circulação e Transporte de derivadores simulados nos ambientes da Lagoa Mirim e Pluma da Lagoa dos Patos. 2018. Dissertação (Mestrado em Oceanografia Física, Química e Geológica) - Universidade Federal do Rio Grande.

2.
CALIL, P.; CAPET, X.; AZEVEDO, José Luiz Lima de. Participação em banca de Juan Gabriel Correa Pérez. Regional turbulence patterns driven by meso- and submesoscale processes in the Caribbean Sea. 2016. Dissertação (Mestrado em Oceanografia Física, Química e Geológica) - Universidade Federal do Rio Grande.

3.
MATA, Maurício Magalhães; AZEVEDO, José Luiz Lima de; CIRANO, M.. Participação em banca de Natalia Ribeiro Santos. Estudo da Performance das Sondas XBT no Oceano Austral. 2016. Dissertação (Mestrado em Oceanografia Física, Química e Geológica) - Universidade Federal do Rio Grande.

4.
CALIL, P. H. R.; AZEVEDO, José Luiz Lima de; OLIVEIRA, F. S.; SILVEIRA, I. C. A.. Participação em banca de Átila Torres Matias. Água Modal Subtropical e a Recirculação Sul do Giro Subtropical no Atlântico Sul. 2016. Dissertação (Mestrado em Oceanografia Física, Química e Geológica) - Universidade Federal do Rio Grande.

5.
SILVEIRA, I. C. A.; AZEVEDO, José Luiz Lima de; Sato, O.. Participação em banca de Pedro Calixto. Vórtices da Corrente de Contorno Oeste Profunda do Atlântico ao largo da costa leste brasileira. 2016. Dissertação (Mestrado em Programa de pós graduação em Oceanografia) - Universidade de São Paulo.

6.
AZEVEDO, José Luiz Lima de; ARAUJO FILHO, M. C.; Moller, Osmar. Participação em banca de Lucas Rodrigues de Almeida. Impactos nos cálculos de misturas de massas de água, velocidades baroclínicas e transportes no Oceano Atlântico com a utilização da nova equação de estado da água do mar. 2016. Dissertação (Mestrado em Oceanografia Física, Química e Geológica) - Universidade Federal do Rio Grande.

7.
AZEVEDO, José Luiz Lima de; OLIVEIRA, L. R.; MATA, M. M.. Participação em banca de Maria Isabel dos Santos Barros. Transportes associados e estrutura vertical de um Anel das Agulhas. 2016. Dissertação (Mestrado em Oceanografia Física, Química e Geológica) - Universidade Federal do Rio Grande.

8.
Kerr, R.; AZEVEDO, José Luiz Lima de; SOUZA, R. B.. Participação em banca de Maria Luiza de Carvalho Ferreira. Quantificação das Águas Precursoras da NADW e AABW no Oceano Atlântico. 2016. Dissertação (Mestrado em Oceanografia Física, Química e Geológica) - Universidade Federal do Rio Grande.

9.
AZEVEDO, José Luiz Lima de; Oliveira; CALIL, P.. Participação em banca de André Lopes Brum. Diagrama de Lorenz: Ferramenta para Análise Energética de CCOs - Dois Estudos de Caso na Corrente do Brasil. 2015. Dissertação (Mestrado em Oceanografia Física, Química e Geológica) - Universidade Federal do Rio Grande.

10.
Kerr, R.; AZEVEDO, José Luiz Lima de; CUNHA, L. C.; MENDES, C. R.. Participação em banca de Guilherme Córdova Santos. Potenciais Causas Físicas e Biológicas Associadas à Expansão das Zonas de Mínimo Oxigênio dos Oceanos Atlântico Tropical e Pacífico Equatorial. 2014. Dissertação (Mestrado em Oceanografia Física, Química e Geológica) - Universidade Federal do Rio Grande.

11.
MATA, Maurício Magalhães; AZEVEDO, José Luiz Lima de; SARACENO, M.. Participação em banca de Gabriela Semolini Pilo. Demografia de Vórtices Oceânicos em Três Sistemas Associados a Correntes de Contorno Oeste do Hemisfério Sul. 2013. Dissertação (Mestrado em Oceanografia Física, Química e Geológica) - Universidade Federal do Rio Grande.

12.
AZEVEDO, José Luiz Lima de; GHISOLFI, R. D.; OLIVEIRA, L. R.. Participação em banca de Eric Nardi. Influência do Cone do Rio Grande na Formação de Atividade de Mesoescala na Corrente do Brasil. 2013. Dissertação (Mestrado em Oceanografia Física, Química e Geológica) - Universidade Federal do Rio Grande.

13.
MATA, Maurício Magalhães; Kerr, R.; AZEVEDO, José Luiz Lima de; SOUZA, R. B.. Participação em banca de Marina do Vale C. Azaneu. Validação do Produto de Reanálise ECCO2 na Representação das Propriedades Hidrográficas da Água de Fundo Antártica. 2013. Dissertação (Mestrado em Oceanografia Física, Química e Geológica) - Universidade Federal do Rio Grande.

14.
SILVEIRA, I. C. A.; AZEVEDO, José Luiz Lima de; DOTTORI, M.. Participação em banca de César Barbedo Rocha. Energetics, baroclinic instability and models of vertical structure in the Brazil Current region (22 S ? 28 S). 2013. Dissertação (Mestrado em Oceanografia (Oceanografia Física)) - Universidade de São Paulo.

15.
SOARES, I. D.; AZEVEDO, José Luiz Lima de; OLIVEIRA, L. R.; GHISOLFI, R. D.. Participação em banca de Fernando Carvalho Magalhães. Avaliação da Influência da Variabilidade Temporal do Vento no Transporte e Formação dos Processos de Mesoescala da Corrente do Brasil. 2012. Dissertação (Mestrado em Oceanografia Física, Química e Geológica) - Universidade Federal do Rio Grande.

16.
SOARES, I. D.; AZEVEDO, José Luiz Lima de; GHISOLFI, R. D.. Participação em banca de Kayo Cezar Freitas Soares. Estudo da Contribuição da Variabilidade de Mesoescala no Transporte, Transformação e Destino Final de um Derrame de Óleo na Bacia de Santos. 2012. Dissertação (Mestrado em Oceanografia Física, Química e Geológica) - Universidade Federal do Rio Grande.

17.
MATA, Maurício Magalhães; AZEVEDO, José Luiz Lima de; CALADO, L.. Participação em banca de Caio Sampaio Fonteles. Sobre a Variabilidade da Energia Cinética Turbulenta (EKE) nas Correntes de Contorno Oeste dos Giros Subtropicais do Hemisfério Sul. 2012. Dissertação (Mestrado em Oceanografia Física, Química e Geológica) - Universidade Federal do Rio Grande.

18.
MATA, Maurício Magalhães; AZEVEDO, José Luiz Lima de; Regina R. Rodrigues. Participação em banca de Ana Paula Berger. Água Intermediária Antártica e Água Modal Subantártica: variabilidade espaço-temporal no Atlântico Sul e Inter-Relação Descritas Através de Flutuadores ARGO. 2011. Dissertação (Mestrado em Oceanografia Física, Química e Geológica) - Universidade Federal do Rio Grande.

Teses de doutorado
1.
REZENDE CALIL, PAULO HENRIQUE; CAMARGO, Ricardo; YUNES, S. J. S.; AZEVEDO, José Luiz Lima de. Participação em banca de Avelino Ângelo Adolfo Langa. Efeito do vento e do fluxo de calor no ciclo anual da clorofila no norte do Canal de Moçambique. 2018. Tese (Doutorado em Oceanografia Física, Química e Geológica) - Universidade Federal do Rio Grande.

2.
CALIL, P.; ARAUJO, MOACYR; AZEVEDO, José Luiz Lima de; MOLLER, O. O.. Participação em banca de Rafael André Ávila. Caracterização e quantificação da mistura turbulenta em duas regiões do Oceano Atlântico Sudoeste. 2018. Tese (Doutorado em Oceanografia Física, Química e Geológica) - Universidade Federal do Rio Grande.

3.
Marques, W. C.; AZEVEDO, José Luiz Lima de; Dias, P.C.D.; Santos, E. D.; Rocha, Luiz A.O.. Participação em banca de Eduardo de Paula Kirinus. Estudo da Viabilidade de Conversão da Energia das Correntes em Energia Elétrica na Plataforma Continental Sul-Sudeste Brasileira. 2017. Tese (Doutorado em Oceanografia Física, Química e Geológica) - Universidade Federal do Rio Grande.

4.
AZEVEDO, José Luiz Lima de; SILVEIRA, I. C. A.; MATA, M. M.; Marques, W. C.; Oliveira. Participação em banca de Fernando Carvalho Magalhães. Interação entre os fluxos médio e turbulento no Atlântico sudoeste: análise energética e fluxo de calor turbulento divergente na Corrente do Brasil e na Corrente do Atlântico sul. 2017. Tese (Doutorado em Oceanografia Física, Química e Geológica) - Universidade Federal do Rio Grande.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
AZEVEDO, José Luiz Lima de; MAGALHAES, F.; FERNANDES, E.. Participação em banca de Bruno de Castro Pezzato.Cálculo da Energia Cinética da Corrente do Brasil no Trajeto Compreendido entre 20S e 36S. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanologia) - Universidade Federal do Rio Grande.

2.
MATA, Maurício Magalhães; AZEVEDO, José Luiz Lima de; OLIVEIRA, F. S.. Participação em banca de Daniel Neves Rodrigues Alves.Estudo da Variabilidade da Corrente do Brasil na Região da Cadeia Vitória-Trindade com base nos dados do Sistema de Previsão e Análise Oceânica CMEMS. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanologia) - Universidade Federal do Rio Grande.

3.
Moller, Osmar; CALIL, P. H. R.; AZEVEDO, José Luiz Lima de. Participação em banca de Matheus Ferreira Azevedo.Análise de Oscilações Internas na Plataforma Interna do Rio Grande-RS. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanologia) - Universidade Federal do Rio Grande.

4.
MATA, Maurício Magalhães; AZEVEDO, José Luiz Lima de; OLIVEIRA, L. R.. Participação em banca de Natália Ribeiro dos Santos.Análise de longo período da posição e características termohalinas da Frente Polar na Passagem de Drake, Antártica. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanologia) - Universidade Federal do Rio Grande.

5.
OLIVEIRA, L. R.; AZEVEDO, José Luiz Lima de; GOTUZZO, R. A.; Santos, Guilherme C.. Participação em banca de Sérgio Henrique Ribeiro Miranda.Experimentos de Laboratório Direcionados ao Ensino de Física Aplicada à Oceanografia. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanologia) - Universidade Federal do Rio Grande.

6.
AZEVEDO, José Luiz Lima de; OLIVEIRA, L. R.; Santos, Guilherme C.. Participação em banca de Lucas Rodrigues de Almeida.Nova Equação Termodinâmica do Estado da água do Mar (TEOS-10) e sua Repercussão sobre as Principais Massas D'Água no oceano Atlântico Sul. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanologia) - Universidade Federal do Rio Grande.

7.
RUSSO, A. P. G.; AZEVEDO, José Luiz Lima de; KITZMANN, D. S.. Participação em banca de Daniel André Maykot Costa.Expedições Globais do Greenpeace: O Caso Defending Our Oceans: Período 2005 a 2007. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanologia) - Universidade Federal do Rio Grande.

8.
AZEVEDO, José Luiz Lima de; Kerr, R.; Oliveira. Participação em banca de André Lopes Brum.Caracterização de Vórtices no Oceano Atlântico Sul com Ênfase nos Vórtices das Agulhas. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanologia) - Universidade Federal do Rio Grande.

9.
Kerr, R.; MATA, Maurício Magalhães; AZEVEDO, José Luiz Lima de; GOTUZZO, R. A.. Participação em banca de Tiago Segabinazzi Dotto.Representação das massas de água do Mar de Weddell em diferentes simulações do modelo climático NCAR/CCSM4 e na reanálise SODA. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanografia) - Universidade Federal do Rio Grande.

10.
CALADO, L.; AZEVEDO, José Luiz Lima de; OLIVEIRA, L. R.. Participação em banca de Arthur Eduardo Amaral Ramos.Formação e Evolução Espaço-Temporal da Ressurgência de Cabo Frio. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanologia) - Universidade Federal do Rio Grande.

11.
AZEVEDO, José Luiz Lima de; SOARES, Ivan Dias; OLIVEIRA, L. R.. Participação em banca de Adriano Wiermann Barroso.Estudo das Energias Cinéticas Associadas à Corrente do Brasil entre 9 S e 27 S. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanologia) - Universidade Federal do Rio Grande.

12.
Garcia, C.A.E.; Kerr, R.; AZEVEDO, José Luiz Lima de; OLIVEIRA, L. R.. Participação em banca de Guilherme Cordova dos Santos.As Massas de água do Atlântico Sul em 20, 24 e 30 S. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanologia) - Universidade Federal do Rio Grande.

13.
SOARES, Ivan Dias; AZEVEDO, José Luiz Lima de; Oliveira, Hugo B.. Participação em banca de Fernanda Nascimento de Paula e Silva.Estudo Numérico do Efeito das Correntes de Maré no Espalhamento da Pluma do Rio Amazonas ao longo da Costa Norte Brasileira. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanologia) - Universidade Federal do Rio Grande.

14.
AZEVEDO, José Luiz Lima de; SOARES, Ivan Dias; FERNANDES, E.. Participação em banca de Eric Nardi.Influência de forçantes superficiais sinóticas sobre a formação de atividade de mesoescala na Corrente do Brasil. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanografia) - Universidade Federal do Rio Grande.

15.
AZEVEDO, José Luiz Lima de; MATA, Maurício Magalhães; OLIVEIRA, L. R.. Participação em banca de Patrícia Baldasso.Estudo da variabilidade temporal do transporte da Corrente Circumpolar Antártica com dados de saída do modelo OCCAM. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanografia) - Universidade Federal do Rio Grande.

16.
AZEVEDO, José Luiz Lima de; Moller, Osmar; Abe, Marcos. Participação em banca de Mauro Michelena Andrade.Estrutura das correntes na área do canal de acesso à Lagoa dos Patos: curvas de vazão. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanografia) - Universidade Federal do Rio Grande.

17.
AZEVEDO, José Luiz Lima de; MATA, Maurício Magalhães; Ruggiero, Giovani. Participação em banca de Christian Florian Gobel.Tendências de longo período nos parâmetros termohalinos das massas de água do Oceano Atlântico Sul com base em perfiladores ARGOI. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Oceanografia) - Universidade Federal do Rio Grande.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Professor titular
1.
AZEVEDO, José Luiz Lima de; Simôes, J.C.; BULLA, Luiz Angelo Sobreiro; SOUZA, R. B.. Comissão Especial para Avaliação do Docente Mauricio Magalhães Mata. 2017.

Concurso público
1.
AZEVEDO, José Luiz Lima de; ARIGONY NETO, J.; Kerr, R.. Comissão Examinadora para Seleção de Professor Substituto. 2015. Universidade Federal do Rio Grande.

2.
MATA, Maurício Magalhães; Garcia, C.A.E.; SOUZA, R. B.; AZEVEDO, José Luiz Lima de; MOLLER, O. O.. Membro suplente da Banca Examinadora para Seleção de Professor Classe A - Adjunto. 2014. Universidade Federal do Rio Grande.

3.
AZEVEDO, José Luiz Lima de; CALIL, P. H. R.; Kerr, R.. Comissão Examinadora para Seleção de Professor Substituto. 2013. Universidade Federal do Rio Grande.

4.
MATA, Maurício Magalhães; Garcia, C.A.E.; AZEVEDO, José Luiz Lima de; Moller, Osmar. Comissão Examinadora para a seleção de professor substituto. 2011. Universidade Federal do Rio Grande.

Outras participações
1.
CALIL, P.; AZEVEDO, José Luiz Lima de; OLIVEIRA, F. S.; YUNES, S. J. S.. Banca de Qualificação de Doutorado de Avelino Adolfo Langa. 2017.

2.
FERNANDES, E.; AZEVEDO, José Luiz Lima de; MATA, Maurício Magalhães. Banca de Qualificação de Doutorado de Roberto Valente. 2017.

3.
CALIL, P.; MATA, Maurício Magalhães; AZEVEDO, José Luiz Lima de; Moller, Osmar. Banca de Qualificação de Doutorado de Rafael André Ávila. 2015. Universidade Federal do Rio Grande.

4.
AZEVEDO, José Luiz Lima de; MATA, Maurício Magalhães; CALIL, P. H. R.; OLIVEIRA, L. R.. Banca de Qualificação de Doutorado de Fernando Magalhães. 2014. Universidade Federal do Rio Grande.

5.
MATA, Maurício Magalhães; Garcia, C.A.E.; ARIGONY NETO, J.; AZEVEDO, José Luiz Lima de. Banca de Qualificação de Doutorado de Carlos Fujita. 2013.

6.
MATA, Maurício Magalhães; MOLLER, O. O.; ARIGONY NETO, J.; AZEVEDO, José Luiz Lima de. Banca de Qualificação de Doutorado de Ricardo Gotuzzo. 2012.

7.
AZEVEDO, José Luiz Lima de. Banca Avaliadora dos Trabalhos Apresentados na X MPU - FURG. 2011. Universidade Federal do Rio Grande.

8.
AZEVEDO, José Luiz Lima de. Membro da Comissão Avaliadora dos resumos submetidos na XIX Semana Nacional de Oceanografia SNO. 2007.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Ocean Sciences Meeting. Impact of the new equation of the state of seawater (TEOS-10) on the estimates of water mass mixtures and meridional transport in the Atlantic Ocean. 2018. (Congresso).

2.
Ocean Sciences Meeting. Energetics of the Brazil Current in the Rio Grande Cone Region. 2018. (Congresso).

3.
CONGRESSO BRASILEIRO DE OCEANOGRAFIA. ESTRUTURA E VARIABILIDADE DAS ÁGUAS MODAIS NA TERMOCLINA DO OCEANO ATLÂNTICO SUL. 2016. (Congresso).

4.
Congresso Brasileiro de Oceanografia CBO 2016. INTERAÇÃO ENTRE OS FLUXOS MÉDIO E TURBULENTO NA CORRENTE DO BRASIL ENTRE 19°S E 36°S. 2016. (Congresso).

5.
Congresso Brasileiro de Oceanografia CBO 2016. Impactos dos cálculos de mistura de massas d?água, velocidades baroclínicas e transportes no oceano atlântico com a utilização da nova equação do estado da água do mar. 2016. (Congresso).

6.
Congresso Brasileiro de Oceanografia CBO 2016. OBTENÇÃO DE UMA ESTRUTURA VERTICAL DE UM ANEL DAS AGULHAS COM USO DE ALTIMETRIA E FLUTUADORES ARGO. 2016. (Congresso).

7.
Congresso Brasileiro de Oceanografia CBO 2016. FLUXO DE CALOR TURBULENTO DIVERGENTE NA CORRENTE DO BRASIL. 2016. (Congresso).

8.
Congresso Brasileiro de Oceanografia CBO 2016. ANÁLISE ENERGÉTICA DA CORRENTE DO BRASIL NA REGIÃO DO CONE DO RIO GRANDE. 2016. (Congresso).

9.
Ocean Science Meeting. Impacts of the New Thermodynamic Equation of Seawater 9TEOS-10) in the South Atlantic Ocean's Water Mass Mixing and Circulation. 2016. (Congresso).

10.
OMARSAT.ESTRUTURA VERTICAL E TRANSPORTES ASSOCIADOS EM UM ANEL DAS AGULHAS. 2015. (Simpósio).

11.
Congresso Brasileiro de Oceanografia. Potenciais Causas Físicas e Biológicas Associadas à Expansão das Zonas de Mínimo Oxigênio dos Oceanos Atlântico Tropical e Pacífico Equatorial. 2014. (Congresso).

12.
Congresso Brasileiro de Oceanografia. Estudo da Difusão de Mesoescala na Região da Corrente do Brasil. 2014. (Congresso).

13.
Semana Acadêmica de Física.Vórtices Oceânicos: uma Introdução. 2014. (Outra).

14.
Seminário 2014 do Programa de Pós-Graduação em Geofísica.Utilização do Diagramas de Lorenz na Análise da Energética de Correntes de Contorno Oeste (CCOs). 2014. (Seminário).

15.
6o Encontro de Coordenadores de Cursos de Ciências do Mar.Apresentação do status do Curso de Oceanologia da FURG e discussão sobre temáticas relativas à Oceanografia com os outros coordenadores de curso. 2013. (Encontro).

16.
X OMARSAT - 2013.Utilização do diagrama de Lorenz no estudo da energética de CCOs. 2013. (Simpósio).

17.
5o Encontro de Coordenadores de Cursos de Ciências do Mar.Apresentação do status do Curso de Oceanologia da FURG e discussão sobre temáticas relativas à Oceanografia com os outros coordenadores de curso. 2012. (Encontro).

18.
5º Encontro de Coordenadores de Cursos de Ciências do Mar. 2012. (Encontro).

19.
Congresso Brasileiro de Oceanografia. Validação e Tendências do Modelo NCAR/CCSM4 para as Águas Profundas do Mar de Weddell. 2012. (Congresso).

20.
Congresso Brasileiro de Oceanografia. Distribuição Espacial e Quantificação da Mistura entre as Massas de Água das Camadas Intermediária e Profunda no Oceano Atlântico Sul. 2012. (Congresso).

21.
Congresso Brasileiro de Oceanografia. Nova Equação Termodinãmica do Estado da Água do Mar e a Salinidade Absoluta no Oceano Atlântico Sul. 2012. (Congresso).

22.
II Semana de Oceanografia Ambiental.Vórtices Oceânicos: Uma Introdução. 2012. (Encontro).

23.
II Workshop APECS Brasil. CODE-AFA: caracterização oceanográfica e distribuição espacial das variedades regionais da água de fundo Antártica. 2012. (Congresso).

24.
II Workshop APECS Brasil. A Variabilidade das Propriedades Físicas Temperatura e Salinidade no Mar de Weddell e no Mar de Ross durante o Período Bolling-Allerod. 2012. (Congresso).

25.
II Workshop APECS Brasil. Escalas Lagrangeanas na Passagem Drake oriundas de Bóias de Deriva Superficial. 2012. (Congresso).

26.
II Workshop APECS Brasil. Espalhamento da Água de Fundo Antártica no Oceano Atlântico Sul em 20 S e 30 S. 2012. (Congresso).

27.
International Polar Year Conference.The Weddell Sea Deep Ocean Structure in NCAR/CCSM4 Simulations. 2012. (Encontro).

28.
V Encontro de Coordenadores de Cursos de Ciências do Mar - ENCOGRAD MAR. 2012. (Encontro).

29.
XXIV Semana Nacional de Oceanografia.Quantificando as Massas de Água da Camada Profunda do Atlântico Sul com o Método Optimum Multiparameter Analysis. 2012. (Encontro).

30.
IX OMAR-SAT.Avaliação da influência do vento (sinótico x médio) na meso-escala e no transporte associados à Corrente do Brasil, resultados preliminares. 2011. (Simpósio).

31.
X Mostra da Produção Universitária - MPU.Variabilidade Sinótica do Vento e o Transporte Médio da Corrente do Brasil na Região das Bacias de Campos e Santos. 2011. (Encontro).

32.
3rd South Atlantic Meridional Overtuning Circulation - SAMOC. 2010. (Encontro).

33.
IV Congresso Brasileiro de Oceanografia - CBO. O Encontro de Vórtices Anticiclônicos do Tipo Lente com a Borda Continental. 2010. (Congresso).

34.
Ocean Sciences Meeting. O Encontro de Vórtices Anticiclônicos com a Borda Continental. 2010. (Congresso).

35.
Ocean Sciences Meeting. 2008. (Congresso).

36.
Planos de Ação Pedagógica e Empreendedora - PAPE.Planos de Ação Pedagógica e Empreendedora - PAPE. 2002. (Oficina).

37.
Realidade e Perspectivas da FURG.Realidade e Perspectivas da FURG. 2002. (Seminário).

38.
XXVII REDITEC - Fórum dos Dirigentes de Instituições Federais de Educação Tecnológica.XXVII REDITEC - Fórum dos Dirigentes de Instituições Federais de Educação Tecnológica. 2002. (Oficina).

39.
III Encontro de Diretores do CONDETUF.III Encontro de Diretores do CONDETUF. 2001. (Encontro).

40.
I Seminário de Implementação do Programa TEC NEP.I Seminário de Implementação do Programa TEC NEP. 2001. (Seminário).

41.
I Seminário Estadual de Implementação do Programa TEC NEP.I Seminário Estadual de Implementação do Programa TEC NEP. 2001. (Seminário).

42.
Fórum de Gestores de Ensino do CONDETUF.Fórum de Gestores de Ensino do CONDETUF. 2000. (Oficina).

43.
Os Desafios da Educação Profissional no Brasil.Os Desafios da Educação Profissional no Brasil. 2000. (Oficina).

44.
VIII Encontro de Estagiários e Supervisores de Estágio.VIII Encontro de Estagiários e Supervisores de Estágio. 2000. (Encontro).

45.
Potencializando os Centros de Referência para a Reforma da Educação Profissional - Região Sul.Potencializando os Centros de Referência para a Reforma da Educação Profissional - Região Sul. 1999. (Seminário).

46.
Seminário da Área Indústria do CTI de Rio Grande.Seminário da Área Indústria do CTI de Rio Grande. 1999. (Seminário).

47.
VII Encontro de Estagiários e Supervisores de Estágio.VII Encontro de Estagiários e Supervisores de Estágio. 1999. (Encontro).

48.
III Encpntro de Coordenadores de Relações Empresariais da Região Sul.III Encontro de Coordenadores de Relações Empresariais da Região Sul. 1998. (Encontro).

49.
V Congresso de Educação Tecnológica dos Paíse sdo Mercosul. V Congresso de Educação Tecnológica dos Paíse sdo Mercosul. 1998. (Congresso).

50.
V Encontro Desportivo de Escolas Técnicas.V Encontro Desportivo de Escolas Técnicas. 1998. (Encontro).

51.
I Encontro Nacional de Estágios.I Encontro Nacional de Estágios. 1997. (Encontro).

52.
II Encontro de Coordenadores de Relações Empresariais das Escolas Federais da Região Sul.II Encontro de Coordenadores de Relações Empresariais das Escolas Federais da Região Sul. 1997. (Encontro).

53.
iI Simpósio de Conservação de Energia.II Simpósio de Conservação de Energia. 1997. (Simpósio).

54.
Seminário de Cooperação Técnica, Científica e Tecnológica: O Processo Internacional e a Interação Universidade-Empresa.Seminário de Cooperação Técnica, Científica e Tecnológica: O Processo Internacional e a Interação Universidade-Empresa. 1997. (Seminário).

55.
I Simpósio de Conservação de Energia.I Simpósio de Conservação de Energia. 1996. (Simpósio).

56.
XIII Seminário Nacional de Produção e Transmissão de Energia Elétrica - SNPTEE.XIII Seminário Nacional de Produção e Transmissão de Energia Elétrica - SNPTEE. 1995. (Seminário).

57.
I Congresso de Educação Tecnológica dos Países do Mercosul. I Congresso de Educação Tecnológica dos Países do Mercosul. 1992. (Congresso).

58.
Pólo Industrial do Rio Grande.Pólo Industrial do Rio Grande. 1988. (Oficina).

59.
Simpósio Brasileiro de Tecnologia de Produção de Fertilizantes.Simpósio Brasileiro de Tecnologia de Produção de Fertilizantes. 1988. (Simpósio).

60.
Seminário Básico de Liderança Situacional.Seminário Básico de Liderança Situacional. 1987. (Seminário).

61.
Controle de Poluição do Ar.Controle de Poluição do Ar. 1986. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
MATA, Maurício Magalhães ; Kerr, R. ; AZEVEDO, José Luiz Lima de . II Workshop APECS Brasil. 2012. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Tese de doutorado
1.
André Lopes Brum. Energética da Corrente Profunda do Atlântico Norte. Início: 2017. Tese (Doutorado em Oceanografia Física, Química e Geológica) - Universidade Federal do Rio Grande, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

2.
Iole Orselli. O papel dos vórtices das Agulhas na absorção de carbono antropogênico e no estado de acidificação do Oceano Atlântico Sul. Início: 2016. Tese (Doutorado em Oceanografia Física Química e Geológica) - Universidade Federal do Rio Grande, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Coorientador).

3.
Roberto Valente de Souza. Impactos da Instalação de Usinas de Conversão de Energia Térmica dos Oceanos na Plataforma Continental Sul-Sudeste Brasileira (PCSSB). Início: 2016. Tese (Doutorado em Oceanografia Física, Química e Geológica) - Universidade Federal do Rio Grande, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Coorientador).

Iniciação científica
1.
Raphaela Mota Gonçalves Gurgel. Variabilidade da TSM a partir das saídas do modelo BESM. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Oceanografia) - Universidade Federal do Rio Grande. (Orientador).

2.
Jessica Domingues Gehlen. Variabilidade da TSM e a pesca do bonito-listrado. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Física - Licenciatura Ou Bacharelado) - Universidade Federal do Rio Grande, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. (Orientador).

3.
Douglas de Castro Vieira. Decomposição Modal de Campos de Velocidade. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Física - Licenciatura Ou Bacharelado) - Universidade Federal do Rio Grande. (Orientador).

4.
Luan Jefferson Pereira da Silva. Variabilidade da TSM x pesca do bonito listrado. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Oceanologia) - Universidade Federal do Rio Grande. (Orientador).

5.
Sophia Buss Raffi. Cálculo de energias associadas com a Corrente do Brasil. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Oceanologia) - Universidade Federal do Rio Grande. (Orientador).

6.
Camilo Caetano Nunez. Estimativa da circulação de subsuperfície do Oceano Atlântico Sul através da utilização de perfiladores ARGO. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Oceanologia) - Universidade Federal do Rio Grande, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

7.
Rafaela Rizzi. Cálculo de energias associadas com a Corrente do Brasil. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Oceanologia) - Universidade Federal do Rio Grande. (Orientador).

8.
Paulo Henrique Waskow. Cálculo de energias associadas com a Corrente do Brasil. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Oceanologia) - Universidade Federal do Rio Grande. (Orientador).

9.
Lucas da Silva Salimene. Decomposição Modal de Campos de Velocidade. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Física - Licenciatura Ou Bacharelado) - Universidade Federal do Rio Grande. (Orientador).

Orientações de outra natureza
1.
Fernando Rossato. Energia sobre estruturas oceânicas de mesoescala. Início: 2015. Orientação de outra natureza. Universidade Federal de Santa Maria. Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Ana Carolina Trindade de Freitas. Caracterização Física de Vórtices das Agulhas e Evidências da Presença de Água Modal do Oceano índico no seu Interior. 2018. Dissertação (Mestrado em Oceanografia Física, Química e Geológica) - Universidade Federal do Rio Grande, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Luiz Lima de Azevedo.

2.
Natalia Ribeiro Santos. Estudo da Performance das Sondas XBT no Oceano Austral. 2016. Dissertação (Mestrado em Oceanografia Física, Química e Geológica) - Universidade Federal do Rio Grande, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Coorientador: José Luiz Lima de Azevedo.

3.
Lucas Rodrigues de Almeida. Impactos dos Cálculos de Mistura de Massas d'Água, Velocidades Baroclínicas e Transportes no Oceano Atlântico com a Utilização da Nova Equação de Estado da Água do Mar. 2016. Dissertação (Mestrado em Oceanografia Física, Química e Geológica) - Universidade Federal do Rio Grande, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Luiz Lima de Azevedo.

4.
Maria Isabel dos Santos Barros. Transportes Associados e Estrutura Vertical de um Vórtice das Agulhas. 2016. Dissertação (Mestrado em Oceanografia Física, Química e Geológica) - Universidade Federal do Rio Grande, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Luiz Lima de Azevedo.

5.
André Lopes Brum. Diagrama de Lorenz: Ferramenta para Análise Energética de Correntes de Contorno Oeste - Dois Estudos de Caso na Corrente do Brasil. 2015. Dissertação (Mestrado em Oceanografia Física, Química e Geológica) - Universidade Federal do Rio Grande, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Luiz Lima de Azevedo.

6.
Guilherme Cordova Santos. Potenciais Causas Físicas e Biológicas Associadas a Expansão das Zonas de Mínimo Oxigênio dos Oceanos Atlântico Tropical e Pacífico Equatorial. 2014. Dissertação (Mestrado em Oceanografia Física, Química e Geológica) - Universidade Federal do Rio Grande, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Coorientador: José Luiz Lima de Azevedo.

7.
Ricardo Nogueira Servino. A bifurcação da Corrente do Brasil no Embaiamento de Tubarão e seu papel na formação de vórtices oceânicos. 2014. Dissertação (Mestrado em Oceanografia Ambiental) - Universidade Federal do Espírito Santo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Coorientador: José Luiz Lima de Azevedo.

8.
Eric Nardi. Influência do Cone do Rio Grande na Formação de Atividade de Mesoescala na Corrente do Brasil. 2013. Dissertação (Mestrado em Oceanografia Física, Química e Geológica) - Universidade Federal do Rio Grande, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Luiz Lima de Azevedo.

9.
Gabriela Semolini Pilo. Demografia de Vórtices Oceânicos em Três Sistemas Associados a Correntes de Contorno Oeste do Hemisfério Sul. 2013. Dissertação (Mestrado em Oceanografia Física, Química e Geológica) - Universidade Federal do Rio Grande, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Coorientador: José Luiz Lima de Azevedo.

10.
Fernando Carvalho Magalhães. Avaliação da Influência da Variabilidade Temporal do Vento no Transporte e Formação dos Processos de Mesoescala da Corrente do Brasil. 2012. Dissertação (Mestrado em Oceanografia Física, Química e Geológica) - Universidade Federal do Rio Grande, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: José Luiz Lima de Azevedo.

Tese de doutorado
1.
Fernando Carvalho Magalhães. INTERAÇÃO ENTRE OS FLUXOS MÉDIO E TURBULENTO NO ATLÂNTICO SUDOESTE: ANÁLISE ENERGÉTICA E FLUXO DE CALOR TURBULENTO DIVERGENTE NA CORRENTE DO BRASIL E NA CORRENTE DO ATLÂNTICO SUL. 2017. Tese (Doutorado em Oceanografia Física, Química e Geológica) - Universidade Federal do Rio Grande, . Orientador: José Luiz Lima de Azevedo.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Bruno Pezzato. Cálculo da energia cinética da Corrente do Brasil no trajeto compreendido entre 20S e 36S. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Oceanologia) - Universidade Federal do Rio Grande, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Luiz Lima de Azevedo.

2.
Lucas Rodrigues de Almeida. Nova equação termodinâmica do estado da água do mar (TEOS-10) e sua repercussão sobre as principais massas d'´agua no oceano Atlântico Sul. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Oceanologia) - Universidade Federal do Rio Grande. Orientador: José Luiz Lima de Azevedo.

3.
Sérgio Henrique Ribeiro Miranda. Experimentos de laboratório direcionados ao ensino de física aplicada a oceanografia. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Oceanologia) - Universidade Federal do Rio Grande. Orientador: José Luiz Lima de Azevedo.

4.
André Lopes Brum. Caracterização de Vórtices no Oceano Atlântico Sul com Ênfase nos Vórtices das Agulhas. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Oceanologia) - Universidade Federal do Rio Grande, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Luiz Lima de Azevedo.

5.
Adriano Wiermann Barroso. Estudo das Energias Associadas com a Corrente do Brasil na Região da Cadeia Vitória-Trindade. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Oceanologia) - Universidade Federal do Rio Grande. Orientador: José Luiz Lima de Azevedo.

Orientações de outra natureza
1.
Marine Bastos. Utilização de Métodos Satelitais em Oceanografia. 2011. Orientação de outra natureza. (Informática) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Luiz Lima de Azevedo.

2.
Yasmin Cavalheiro. Utilização de Métodos Satelitais em Oceanografia. 2011. Orientação de outra natureza. (Informática) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: José Luiz Lima de Azevedo.



Inovação



Projetos de pesquisa



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 12/11/2018 às 18:55:40