José Almino de Alencar e Silva Neto

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/8379579771424108
  • Última atualização do currículo em 31/10/2018


Sociólogo e escritor é graduado (license e maitrise) pela Faculté des Lettres et Sciences Humaines de Nanterre, Université de Paris, França; "Master of Arts" em Economia pela Vanderbilt University e Ph.D em Sociologia, pela University of Chicago, com a tese "The Emergence of Controlled Immigration in France". Durante sete anos foi "economic affairs officer" do Secretariado da Organização das Nações Unidas, em Nova York. De volta ao Brasil, ocupou, de 1985 a 1989, cargo de Secretário-Geral Adjunto do Ministério de Ciência e Tecnologia e de Secretário de Assistência Social do Ministério da Previdência e Assistência Social. Integrou a equipe do Laboratório de Nacional de Computação Científica de 1985 a 1995, quando passou a dirigir, até 1999, o Centro de Pesquisas da Fundação Casa de Rui Barbosa. Em janeiro de 2003, foi nomeado Presidente da Fundação Casa de Rui Barbosa, cargo que ocupou até o março de 2011. Foi Diretor do Centro de Pesquisa da Fundação Casa de Rui Barbosa entre setembro de 2012 e junho de 2015. Atualmente é pesquisador da Fundação Casa de Rui Barbosa. Como pesquisador, desenvolve pesquisas nas áreas de História, notadamente em História Política e História do Pensamento Político Brasileiro e Literatura Brasileira. É autor de obras de ficção e de livros de poesia. Atua também como tradutor de literatura e teatro. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
José Almino de Alencar e Silva Neto
Nome em citações bibliográficas
ALENCAR, José Almino de;ALMINO, José;SILVA NETO, José Almino de Alencar e

Endereço


Endereço Profissional
Ministério da Cultura, Fundação Casa de Rui barbosa.
São Clemente 134
Botafogo
22260000 - Rio de Janeiro, RJ - Brasil
Telefone: (21) 32898638


Formação acadêmica/titulação


1975 - 1980
Doutorado em Sociology.
University of Chicago, UChicago, Estados Unidos.
Título: The Emergence of Controlled Immigration in France, Ano de obtenção: 1980.
Orientador: William Julius Wilson.
Bolsista do(a): Fundação Ford, FF, Estados Unidos.
1972 - 1974
Mestrado em Economia.
Vanderbilt University, VANDERBILT, Estados Unidos.
Título: An Economic Analysis of Fertility of Women in the United States,Ano de Obtenção: 1974.
Orientador: Carlos Peláez.
1966 - 1970
Graduação em Sociologia.
Université de Paris X, Nanterre, Paris X, França.




Atuação Profissional



Fundação Casa de Rui Barbosa, FCRB, Brasil.
Vínculo institucional

1995 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Pesquisador titular - Ciência e Tecnologia

Atividades

08/2015 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Programa de Pós Graduação em Memória e Acervos, .

2013 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Ministério da Cultura, .

Cargo ou função
Conselheiro representante do Instituto Histórica e Geográfico Brasileiro.
05/2017 - 07/2018
Conselhos, Comissões e Consultoria, Organizações Globo Televisão, .

Cargo ou função
Consultor (História) junto ao Setor de Dramaturgia.
07/2015 - 12/2016
Conselhos, Comissões e Consultoria, Comissão da Memória e da Verdade Dom Hélder Câmara, .

Cargo ou função
CONSULTOR ESPECIAL.
09/2012 - 06/2015
Direção e administração, Centro de Pesquisa, .

Cargo ou função
Diretor do Centro de Pesquisa.
07/2013 - 12/2014
Conselhos, Comissões e Consultoria, Comissão Nacional da Verdade, .

Cargo ou função
COLABORADOR.
01/2003 - 01/2010
Direção e administração, Presidência, .

Cargo ou função
Presidente da Fundação Casa de Rui Barbosa.
01/1995 - 01/1999
Direção e administração, Centro de Pesquisa, .

Cargo ou função
Diretor do Centro de Pesquisa.

Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, MCTI, Brasil.
Vínculo institucional

1985 - 1986
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: contratado, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

1985 - 1986
Direção e administração, Secretaria Geral, .

Cargo ou função
Secretário Geral Adjunto.

Ministério da Previdência e Assistência Social, MPAS, Brasil.
Vínculo institucional

1986 - 1987
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: contratado, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

01/1986 - 11/1987
Direção e administração, Ministério da Previdência e Assistência Social, .

Cargo ou função
Secretário de Assistência Social.
1986 - 1987
Direção e administração, Ministério da Previdência e Assistência Social, .

Cargo ou função

Laboratório Nacional de Computação Científica, LNCC, Brasil.
Vínculo institucional

1984 - 1995
Vínculo: , Enquadramento Funcional: , Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

1984 - 1995
Pesquisa e desenvolvimento , Laboratório Nacional de Computação Científica, .

Secretariado da Organização das Nações Unidas, ONU, Estados Unidos.
Vínculo institucional

1977 - 1984
Vínculo: funcionário, Enquadramento Funcional: contrato permanente, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Na Organização das Nações Unidas foi encarregado ou participou na elaboração de vários relatórios, tais como: a Review and Evaluation of Progress Achieved in the Implementation of the World Plan of Action: Employment (A/conf.94/8), submitted at the World Conference of the United Nations Decade for Women, 1980 b Aspects of Social Development in the 1980, E/CN. 5/1983/3 c 1982 Report on the World Social Situation, E/CN 5/1983/3. d Some Social Trends in Developing Countries and the Influence of Current Economic Conditions, E/1983/4, 1983.


Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro, IUPERJ, Brasil.
Vínculo institucional

1994 - 1994
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: contratado, Carga horária: 12

Atividades

1994 - 1994
Ensino,

Disciplinas ministradas

Centre d'Études Économique e Politique, CEEP, França.
Vínculo institucional

1971 - 1972
Vínculo: Pesquisador Assistente, Enquadramento Funcional: contratado, Regime: Dedicação exclusiva.


Institut de Recherche et d'Aplications de Méthodes de Dévelopment, IRAM, França.
Vínculo institucional

1970 - 1971
Vínculo: Assistente de Pesquisa, Enquadramento Funcional: contratado


Institut International de Recherche et de Formation en vue du Dévelopment H, IRFED, França.
Vínculo institucional

1970 - 1971
Vínculo: Instrutor, Enquadramento Funcional: contratado



Linhas de pesquisa


1.
Literatura brasileira e história literária
2.
História política e teoria política


Projetos de pesquisa


2015 - Atual
Três da geração de 1870: Rui, Rio Branco e Nabuco.
Descrição: Trata-se de um projeto a longo prazo: a construção da história política desses personagens maiores da geração de 1870, envolvidos em três processos políticos que estão na base da constituição do Brasil moderno: a abolição da escravidão, a fixação das fronteiras do país e a elaboração da primeira constituição republicana. Será uma narrativa única que tecerá as ligações de cumplicidade e de conflito, de aproximação e afastamento entre os três, sobretudo no campo da prática e da atuação política (eleições, vida partidária, campanhas de imprensa, alianças ou não em torno de certos objetivos, etc.). O projeto já deu lugar a artigos, apresentações em seminário e um livro que cobrem parcialmente o assunto. Estão mencionados na seção ?Produções?. Por exemplo: Sobre ?Rui e a política? e ?Os telegramas de Haia?. Em 2014, publiquei ?Uns e outros? (Rio de Janeiro, NAU Editora, 2014), livro que reúne coleção de ensaios sobre autores dessa geração..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.


Membro de corpo editorial


2012 - Atual
Periódico: Ciência Hoje
2007 - Atual
Periódico: Escritos (Fundação Casa de Rui Barbosa)


Idiomas


Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2011
Semifinalista do Prêmio Portugal Telecom de Literatura de 2011, por seu livro "A estrela fria", .
2009
Sócio Honorário do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, .
2009
Sócio Correspondente do Instituto Arqueológico, Histórico e Geográfico Pernambucano, .
2000
Prêmio IBEU de Teatro, Instituto Brasil-Estados Unidos.
1991
Bolsa Vitae de Arte, Vitae, apoio à cultura, educação e promoção social.
1991
Indicação para o prêmio Jabuti (segundo lugar), 1991, poesia, por seu livro, Maneira de dizer., .


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
ALENCAR, José Almino de2018ALENCAR, José Almino de. Manuel Bandeira, un artesão do simples. INSIGHT INTELIGÊNCIA (RIO DE JANEIRO), v. XXI, p. 134, 2018.

2.
SILVA NETO, José Almino de Alencar e2017SILVA NETO, José Almino de Alencar e. A culpa não é minha. Ao Largo, v. Fasc.2, p. 1-1, 2017.

3.
SILVA NETO, José Almino de Alencar e2017SILVA NETO, José Almino de Alencar e. A estrela fria II. Ao Largo, v. Fasc.2, p. 2-2, 2017.

4.
ALENCAR, José Almino de2017ALENCAR, José Almino de. Sobre o retrato de minha mãe. Ao Largo, v. Fasc.2, p. 3-3, 2017.

5.
ALENCAR, José Almino de2016ALENCAR, José Almino de. Sobre a convivência democrática. Ciência Hoje, v. 338, p. 19-19, 2016.

6.
ALMINO, José2015ALMINO, José. Inventário. Insight Inteligência (Rio de Janeiro), v. XVII, p. 87-87, 2015.

7.
ALENCAR, José Almino de2015ALENCAR, José Almino de. 1964 e a 'Questão Militar'. Revista de Estudios Brasileños, v. 2, p. 120-134, 2015.

8.
ALENCAR, José Almino de2015ALENCAR, José Almino de. Uma trinca de ases. Insight Inteligência (Rio de Janeiro), v. XVIII, p. 44-61, 2015.

9.
ALENCAR, José Almino de2014ALENCAR, José Almino de. Os telegramas de Haia. Revista do Instituto Histórico e Geographico Brazileiro, v. 175, p. 145-197, 2014.

10.
ALENCAR, José Almino de2014ALENCAR, José Almino de. Homenagem ao centenário de Francisco de Assis Barbosa no Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro. Revista do Instituto Histórico e Geographico Brazileiro, v. 175, p. 193-198, 2014.

11.
ALENCAR, José Almino de2013ALENCAR, José Almino de. PONHA-SE NO SEU LUGAR: RESENHA DE MACHADO DE ASSIS - MULTIRACIAL IDENTITY AND THE BRAZILIAN NOVELIST, DE G. REGINALD DANIEL. Machado de Assis em Linha, v. 6, p. 134-139, 2013.

12.
ALENCAR, José Almino de2013ALENCAR, José Almino de. Dois despachos de Machado de Assis. Insight Inteligência (Rio de Janeiro), v. XVI, p. 74-85, 2013.

13.
ALENCAR, José Almino de2011ALENCAR, José Almino de. Sobre Rui Barbosa e a política. Revista do Instituto Histórico e Geographico Brazileiro, v. 453, p. 281-302, 2011.

14.
ALENCAR, José Almino de2011ALENCAR, José Almino de. Joaquim Nabuco: um historiador político, um político historiador. Revista do Instituto Histórico e Geographico Brazileiro, v. 451, p. 89-110, 2011.

15.
ALENCAR, José Almino de2011ALENCAR, José Almino de. Celso Furtado: um senhor brasileiro. Cadernos do Desenvolvimento, v. 6, p. 445-444, 2011.

16.
ALENCAR, José Almino de2010ALENCAR, José Almino de. O pensamento de Joaquim Nabuco. Ciência Hoje, v. 46, p. 34-39, 2010.

17.
ALENCAR, José Almino de2009ALENCAR, José Almino de. Deus está nos detalhes. Revista da Academia Brasileira de Letras, v. 60, p. 155-174, 2009.

18.
ALENCAR, José Almino de2009ALENCAR, José Almino de. Joaquim Nabuco: a história em primeira pessoa. Revista USP, v. 83, p. 42-51, 2009.

19.
ALENCAR, José Almino de2008ALENCAR, José Almino de. D. João VI no Brasil, de Oliveira Lima. Revista da Academia Brasileira de Letras, v. 54, p. 185-198, 2008.

20.
ALENCAR, José Almino de2006ALENCAR, José Almino de. É mal de enigmas não se decifrarem a si próprios, Natal 2002. Poesia Sempre, v. ?, p. 91-92, 2006.

21.
ALENCAR, José Almino de2006ALENCAR, José Almino de. O pudim lírico. Revista de História (Rio de Janeiro), v. 15, p. 30-33, 2006.

22.
ALENCAR, José Almino de2006ALENCAR, José Almino de. A estrela fria. Remate de Males, v. 26 (2), p. 237-239, 2006.

23.
ALENCAR, José Almino de2003ALENCAR, José Almino de. Coutin e Manuelzin: algumas reflexões desentranhadas da correspondência entre Manuel Bandeira e Ribeiro Couto. Gragoatá (UFF), v. 15, p. 17-30, 2003.

24.
ALENCAR, José Almino de2003ALENCAR, José Almino de. Os Contempladores, A um passante. Inimigo Rumor (Rio de Janeiro), v. 14, p. 84, 2003.

25.
ALENCAR, José Almino de2001ALENCAR, José Almino de. Poema. Remate de Males, v. ?, p. 175-176, 2001.

26.
ALENCAR, José Almino de2001ALENCAR, José Almino de. O Brasil é fatalmente uma Democracia: Sílvio Romero. Tempo Brasileiro, v. 145, p. 5-37, 2001.

27.
ALMINO, José2001ALMINO, José. Olinda 2001, Evocação da Avenida Norte. Continente Multicultural, v. 04, p. 50-51, 2001.

28.
ALENCAR, José Almino de2000ALENCAR, José Almino de. Um Lugar Comum, Poeta Pernambucano. Inimigo Rumor (Rio de Janeiro), v. 8, p. 74, 2000.

29.
ALMINO, José1999ALMINO, José. Blaise ou É preciso segurar as reservas. PRAGA, SÃO PAULO, v. 7, n.7, p. 141-143, 1999.

30.
ALENCAR, José Almino de1998ALENCAR, José Almino de. Um Corno. Ficções (Rio de Janeiro), RIO DE JANEIRO, v. 1, n.1, p. 32-34, 1998.

31.
ALMINO, José1998ALMINO, José; ARRAES, G. ; FALCÃO, J. . O improviso de Curitiba. O Percevejo (UNIRIO), v. 6, p. 143-165, 1998.

32.
ALMINO, José1997ALMINO, José. O burguês ridículo e O improviso de Curitiba - Apresentação. O Percevejo (UNIRIO), v. 6, p. 143, 1997.

33.
ALENCAR, José Almino de1995ALENCAR, José Almino de. Guia para Políticas Sociais. Revista do Rio de Janeiro, RIO DE JANEIRO, v. II, n.78, p. 77-82, 1995.

34.
ALENCAR, José Almino de1995ALENCAR, José Almino de. Esterilização no Brasil: o que revelam os números.. Monitor Público, RIO DE JANEIRO, v. 95, n.2, p. 15-20, 1995.

35.
ALENCAR, José Almino de1994ALENCAR, José Almino de; SILVA, V. ; DO, N. . Alcoolismo e diferenças sociais no Brasil. Cardernos do LNCC, RIO DE JANEIRO, v. 94, n.16, p. 1-32, 1994.

36.
ALENCAR, José Almino de1993ALENCAR, José Almino de; ANDRADE, E. . O Uso de Contraceptivos no Brasil: Uma Análise da Prevalência da Esterilização. Dados - Revista de Ciências Sociais, RIO DE JANEIRO, v. 36, n.3, p. 419-439, 1993.

37.
ALMINO, José1989ALMINO, José. O gordo. Novos Estudos CEBRAP (Impresso), v. 25, p. 175-176, 1989.

38.
ALENCAR, José Almino de1984ALENCAR, José Almino de. Um outono de ouro/ \. Folhetim (Rio de Janeiro), v. 370, p. 2-3, 1984.

39.
ALENCAR, José Almino de1984ALENCAR, José Almino de. La démographie dans les pays du tiers monde (Encyclopaedia Universalis). Les EnjeuX de l'information et de la Communication, v. II, p. 959-968, 1984.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
ALENCAR, José Almino de. Gordos, Magros e Guenzos. 1. ed. Recife: CEPE Editora, 2017. v. 1.

2.
ALENCAR, José Almino de. A coleção Família Barbosa de Oliveira. 1. ed. Rio de Janeiro: Editora 7letras, 2017. v. 1. 152p .

3.
Claudia Maria Ribeiro Viscardi (Org.) ; ALENCAR, José Almino de (Org.) . A República Revisitada. 1. ed. Porto Alegre: ediPUCRS, 2016. v. 1. 260p .

4.
ALENCAR, José Almino de. Uns e outros. 1. ed. Rio de Janeiro: NAU EDITORA, 2014.

5.
ALENCAR, José Almino de. Américo Jacobina Lacombe. 1. ed. Rio de Janeiro/São Paulo: Academia Brasileira de Letras - Estado de São Paulo, 2013. v. 1.

6.
ALMINO, José. A estrela fria. 1. ed. São Paulo: Companha das Letras, 2010. v. 1. 80p .

7.
ALENCAR, José Almino de. BALMACEDA. 1. ed. São Paulo: COSACNAIFY, 2008. v. 1. 272p .

8.
ALENCAR, José Almino de. Les Notres. 1. ed. Paris: Maisonneuve et Larose, 2005. v. 1.

9.
ALMINO, José. Ribeiro Couto - Melhores Poemas. 1. ed. SÃO PAULO: GLOBAL, 2002. v. 1. 130p .

10.
PESSOA, A. ; ALENCAR, José Almino de ; Nabuco, Joaquim . Joaquim Nabuco: o dever da política. 1. ed. Rio de Janeiro: Edições Casa de Rui Barbosa, 2002. 103p .

11.
ALENCAR, José Almino de; PESSOA, A. ; Nabuco, Joaquim ; BARBOSA, Rui . Meu Caro Rui, Meu Caro Nabuco.. 1. ed. Rio de Janeiro: Fundação Casa de Rui Barbosa, 2000. v. 1. 120p .

12.
ALMINO, José. O Baixo Gávea, Diário de Um Morador.. 1. ed. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 1996. v. 1. 115p .

13.
ALENCAR, José Almino de; ARRAES, G. ; FALCÃO, J. . O Burguês Ridículo. 1. ed. RIO DE JANEIRO: ED. SETTE LETRAS, 1994. v. 1. 130p .

14.
ALMINO, José. O Motor da Luz. 1. ed. SÃO PAULO: Editora 34, 1994. v. 1. 72p .

15.
ALMINO, José. Maneira de Dizer. 1. ed. São Paulo: ED. Brasiliense, 1991. v. 1. 90p .

16.
Jose Rodrigues dos Santos ; ALENCAR, José Almino de . Les discours de la marge ou l'apparition des problèmes de marginalité sociale dans les pays développés.. , 1971.

Capítulos de livros publicados
1.
ALENCAR, José Almino de. A vigência da democracia na Constituição de 1946 em Pernambuco. In: Comissão Estadual da Memória e Verdade Dom Helder Câmara. (Org.). Relatório Final. 1ed.Recife: Companhia Editora de Pernambuco - CEPE, 2017, v. II, p. 11-38.

2.
ALENCAR, José Almino de; BARBOSA, M. S. F. ; COELHO, F. ; ACIOLI, V. L. C. ; BRAYNER, N. M. ; ALMEIDA, M. M. ; ARAUJO, F. P. ; FERREIRA, R. L. . Financiamento das Eleições em Pernambuco. Relatório Final. 1ed.Recife: Companhia Editora de Pernambuco - CEPE, 2017, v. II, p. 39-56.

3.
ALENCAR, José Almino de. Os telegramas de Haia. A República Revisitada. 1ed.Porto Alegre: PUCRS, 2016, v. 1, p. 99-145.

4.
ALENCAR, José Almino de. A República Agradecida. In: Museu Casa de Rui Barbosa. (Org.). Museu Casa de Rui Barbosa. 1ed.São Paulo: Banco Safra, 2013, v. 1, p. 14-27.

5.
ALENCAR, José Almino de. Joaquim Nabuco: a história em primeira pessoa. In: ALONSO, Angela; JACKSON, Kenneth David. (Org.). Joaquim Nabuco na República. 1ed.: , 2012, v. 1, p. 98-111.

6.
ALENCAR, José Almino de. A propósito dos trabalhos de Rita Elias, Maria Alice Resende e Nísia Trindade. In: Isabel Lustosa. (Org.). Imprensa, história e literatura. 1ed.Rio de Janeiro: Edições Casa de Rui Barbosa, 2008, v. , p. 501-506.

7.
ALENCAR, José Almino de. Nabuco: monarquista no Brasil, republicano no Chile. Balmaceda. 1ed.São Paulo: Cosac Naify, 2008, v. , p. 227-251.

8.
ALENCAR, José Almino de. Isso é bonito e isso é feio. In: Cláudia S. Rodrigues de Carvalho; Marcus Granato; Rafael Zamorano Bezerra; Sarah Fassa Benchetrit. (Org.). Um olhar contemporâneo sobre a preservação do patrimônio cultural material. 1ed.: , 2008, v. 1, p. 15-19.

9.
ALENCAR, José Almino de. Breve consideração sobre Agostinho da Silva. Presença de Agostinho da Silva no Brasil. : Edições Casa de Rui Barbosa, 2007, v. , p. 13-14.

10.
CEVASCO, M. E. ; OHATA, M. ; ALENCAR, José Almino de . Eso si es que no ou Tres tristes tigres. In: Maria Elisa Cevasco; Miltoh Ohata (org);. (Org.). Um critico na periferia do capitalismo:reflexoes sobre a obra de Roberto Schwarz. 1ed.Sao Paulo: Companhia das Letras, 2007, v. , p. 358-361.

11.
ALENCAR, José Almino de. O jovem Rui: perseguindo a política. In: Magalhães, Rejane de Almeida; Senna, Marta de. (Org.). Rui Barbosa em Perspectiva. 1ed.Rio de Janeiro: Fundação Casa de Rui Barbosa, 2007, v. , p. 11-35.

12.
ALENCAR, José Almino de. José Almino de Alencar: Sobre Agostinho da Silva. In: Vários autores. (Org.). In Memoriam de Agostinho da Silva ? 100 anos, 150 nomes. 1ed.Lisboa: Edições e Actividades Culturais, Unipessoal Ltda, 2006, v. , p. 242-247.

13.
ALMINO, J. ; ALENCAR, José Almino de . Recife, essa doença, Para Maximiano Campos. Pernambuco, Terra da Poesia. 1ed.São Paulo: IMC Escrituras, 2005, v. , p. 377-378.

14.
ALENCAR, José Almino de. Mesmices e novidades: identidades, diversidades. Diversidade Cultural Brasileira. 1ed.Rio de Janeiro: Edições Casa de Rui Barbosa, 2005, v. , p. 9-12.

15.
ALENCAR, José Almino de. Versos a pedido. In: Ivette Maria Savelli; Laura do Carmo. (Org.). Miscelânea ? 80 anos de Adriano da Gama Kury. 1ed.Rio de Janeiro: Edições Casa de Rui Barbosa, 2005, v. , p. 221-223.

16.
ALMINO, J. ; ALENCAR, José Almino de . Manuel Bandeira e Ribeiro Couto. Correspondências dos Anos 20. In: Flora Sussekind; Tania Dias. (Org.). Historiografia Literária e as Técnicas de Escrita. 1ed.Rio de Janeiro: Edições Casa de Rui Barbosa, 2004, v. , p. 222-234.

17.
ALENCAR, José Almino de. Nasci em terra escura, Paisagem do edifício, Olinda 2001, Nós vamos todos..., O Satanás com toda sua pompa, Maneira de dizer, Le bateau ivre, Alumbramento. In: Everardo Norões;José Carlos Targino; Pedro Américo de Farias. (Org.). Estação Recife ? Coletânea poética 2. 1ed.Recife: Estação Recife ? Coletânea poética 2, 2004, v. 2, p. 33-42.

18.
ALMINO, José. A um passante, Morar na Glória..., Paisagem do edifício, A raspa do tacho. Boa companhia: poesia. 1ed.São Paulo: Companhia das Letras, 2003, v. , p. 165-168.

19.
ALMINO, José. Fui poeta menor, perdoai!. In: José Almino. (Org.). Ribeiro Couto - Melhores Poemas. 1ed.São Paulo: Global, 2002, v. , p. 4-13.

20.
ALENCAR, José Almino de. A esterilização feminina no Brasil: escolha invidual versus oferta induzida.. In: AGUIAR, Neuma. (Org.). Mulher, Pobreza e Desenvolvimento Econômico. 1ed.Rio de Janeiro: Rosa dos ventos, 1996, v. 1, p. -.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
ALENCAR, José Almino de. Gerações, analogias e golpes. Ciência Hoje, p. 9 - 39, 01 jun. 2016.

2.
ALENCAR, José Almino de. A infâmia e a cachorra de três patas. Jornal do Commercio, p. 12 - 12, 01 maio 2016.

3.
ALENCAR, José Almino de. Quatro aforismos. Jornal do Commercio, Recife - Pernambuco, p. 11 - 11, 27 mar. 2016.

4.
ALENCAR, José Almino de. O século curto e o centenário paterno. Jornal do Commercio, Recife - Pernambuco, p. 10 - 10, 28 fev. 2016.

5.
ALENCAR, José Almino de. Barões e aforismos. Jornal do Commercio, Recife - Pernambuco, p. 11 - 11, 31 jan. 2016.

6.
ALENCAR, José Almino de. Recolhemos os entulhos. Jornal do Commecio, Recife - Pernambuco, p. 10 - 11, 03 jan. 2016.

7.
ALENCAR, José Almino de. Humilhados, ofendidos e derrotados. Jornal do Commercio, Recife Pernambuco, p. 10 - 10, 29 nov. 2015.

8.
ALENCAR, José Almino de. Uma flor da retórica. Jornal do Commercio, Recife - Pernambuco, p. 9 - 9, 25 out. 2015.

9.
ALENCAR, José Almino de. O beija-flor e as proparoxítonas. Jornal do Commercio, Recife - Pernambuco, 27 set. 2015.

10.
ALENCAR, José Almino de. O 'Assunto'. Jornal do Commercio, Recife Pernambuco, p. 12 - 12, 30 ago. 2015.

11.
ALENCAR, José Almino de. Bom de lembrar. Jornal do Commercio, Recife - Pernambuco, p. 11 - 11, 26 jul. 2015.

12.
ALENCAR, José Almino de. Por que caiu? Caiu por quê?. Jornal do Commércio, Recife - Pernambuco, p. 10 - 10, 28 jun. 2015.

13.
ALENCAR, José Almino de. 'La unánime noche'. Jornal do Commercio, Recife - Pernambuco, p. 10 - 10, 31 maio 2015.

14.
ALMINO, José. Outro dia. Piauí, Rio de Janeiro, p. 59 - 59, 09 maio 2015.

15.
ALMINO, José. Nada não. Piauí, Rio de Janeiro, , v. 103, p. 59 - 59, 06 maio 2015.

16.
ALMINO, José. Q que fazer?. Piauí, Rio de Janeiro, p. 59 - 59, 06 maio 2015.

17.
ALMINO, José. Cresces como todos os esquecidos. Piauí, p. 59 - 59, 06 maio 2015.

18.
ALMINO, José. Mestre, são plácidas todas as horas que nós perdemos. Piauí, Rio de Janeiro, p. 59 - 59, 06 maio 2015.

19.
ALENCAR, José Almino de. A arte ou a vida. Jornal do Commércio, Recife - Pernambuco, p. 11 - 11, 26 abr. 2015.

20.
ALENCAR, José Almino de. Um intelectual de verdade. Jornal do Commércio, Recife - Pernambuco, p. 8 - 8, 29 mar. 2015.

21.
ALENCAR, José Almino de. Tinha um amigo meu. Jornal do Commércio, Recife - Pernambuco, p. 11, 22 fev. 2015.

22.
ALENCAR, José Almino de. Gordos, magros e guenzos. Jornal do Commércio, Recife - Pernambuco, p. 12 - 12, 01 fev. 2015.

23.
ALENCAR, José Almino de. Uma história de Natal. Jornal do Commércio, Recife - Pernambuco, p. 12 - 12, 28 dez. 2014.

24.
ALENCAR, José Almino de. Tem troco?. Jornal do Commércio, Recife - Pernambuco, p. 10 - 10, 30 nov. 2014.

25.
ALENCAR, José Almino de. Na rua da Aurora. Jornal do Commércio, p. 11 - 11, 02 nov. 2014.

26.
ALENCAR, José Almino de. Sizenando, a vida é triste. Jornal do Commércio, Recife - Pernambuco, p. 11 - 11, 28 set. 2014.

27.
ALENCAR, José Almino de. Ariano. Jornal do Commercio, Recife - Pernambuco, p. 9 - 9, 31 ago. 2014.

28.
ALENCAR, José Almino de. Voto, dinheiro e santidade. Jornal do Commércio, Recife - Pernambuco, p. 10 - 10, 27 jul. 2014.

29.
ALENCAR, José Almino de. Maneira de Dizer. Jornal do Commércio, Recife - Pernambuco, p. 11 - 11, 29 jun. 2014.

30.
ALENCAR, José Almino de. Nos arredores do treze de maio. Jornal do Commércio, Recife - Pernambuco, p. 11 - 11, 25 maio 2014.

31.
ALENCAR, José Almino de. Está todo vivo em mim. Jornal do Commércio, Recife - Pernambuco, p. 9 - 9, 27 abr. 2014.

32.
ALENCAR, José Almino de. Livrai-nos do mal!. Jornal do Commércio, Recife - Pernambuco, 30 mar. 2014.

33.
ALENCAR, José Almino de. Uma coisa leva à outra. Jornal do Commércio, Recife - Pernambuco, p. 9 - 9, 23 fev. 2014.

34.
ALENCAR, José Almino de. Sobre marquesas e anões. Jornal do Commércio, Recife - Pernambuco, p. 8 - 8, 26 jan. 2014.

35.
ALENCAR, José Almino de. Dois conterrâneos. Jornal do Commercio, Recife Pernambuco, p. 12 - 12, 29 dez. 2013.

36.
ALENCAR, José Almino de. Um Santo Guerreiro. Jornal do Commercio, Recife Pernambuco, p. 26 - 26, 24 nov. 2013.

37.
ALENCAR, José Almino de. Vinicius. Jornal do Commercio, Recife Pernambuco, 27 out. 2013.

38.
ALENCAR, José Almino de. As cartas. Jornal do Commércio, Recife - Pernambuco, 29 set. 2013.

39.
ALENCAR, José Almino de. E que minha mãe me perdoe. Jornal do Commercio, Recife Pernambuco, p. 8 - 8, 25 ago. 2013.

40.
ALENCAR, José Almino de. Adoçando a boca. Jornal do Commercio, Recife - Pernambuco, 28 jul. 2013.

41.
ALENCAR, José Almino de. A pé, qual cassaco. Jornal do Commercio, Recife - Pernambuco, 30 jun. 2013.

42.
ALENCAR, José Almino de. Tarde de maio. Jornal do Commercio, Recife, 26 maio 2013.

43.
ALENCAR, José Almino de. Gente do mesmo tope. Jornal do Commércio, Recife, p. 18 - 18, 28 abr. 2013.

44.
ALENCAR, José Almino de. Brasileiro que nem eu. Jornal do Commercio, Recife Pernambuco, 31 mar. 2013.

45.
ALMINO, José. 'O arco e a lira' reflete a força do poeta e crítico Octavio Paz. Folha de S. Paulo, São Paulo, 09 mar. 2013.

46.
ALENCAR, José Almino de. Uma moça vestida de colégio. Jornal do Commércio, Recife, 24 fev. 2013.

47.
ALENCAR, José Almino de. Gerações. Jornal do Commércio, Recife - Pernambuco, p. 11 - 11, 27 jan. 2013.

48.
ALENCAR, José Almino de. Reedição de obra de Gilberto Freyre se justifica por valor histórico. Folha de S. Paulo, São Paulo, 26 jan. 2013.

49.
ALENCAR, José Almino de. Versos a pedido. Revista do Portal Literal, Rio de Janeiro, p. 18 - 21, 15 jan. 2013.

50.
ALENCAR, José Almino de. Agora é oficial. Jornal do Commércio, p. 12 - 12, 30 dez. 2012.

51.
ALENCAR, José Almino de. A avó de Obama. Jornal do Commércio, p. 11 - 11, 25 nov. 2012.

52.
ALENCAR, José Almino de. Meu semelhante, meu irmão. Jornal do Commércio, p. 10 - 10, 28 out. 2012.

53.
ALENCAR, José Almino de. Um dos nossos. Jornal do Commércio, p. 10 - 10, 30 set. 2012.

54.
ALMINO, José. Uma questão de viagem. Piauí, Rio de Janeiro, , v. 71, p. 75 - 75, 06 ago. 2012.

55.
ALMINO, José. Engenho e arte. Piauí, Rio de Janeiro, , v. 71, p. 75 - 75, 06 ago. 2012.

56.
ALENCAR, José Almino de. Liberta. Jornal do Commércio, p. 9 - 9, 29 jul. 2012.

57.
ALENCAR, José Almino de. Joaquim Nabuco: abolicionista e consultor. Jornal do Commércio, p. 9 - 9, 23 jun. 2012.

58.
ALENCAR, José Almino de. Evocando Bandeira. Jornal do Commércio, p. 11 - 11, 27 maio 2012.

59.
ALENCAR, José Almino de. Ela começava em Cícero Dias. Jornal do Commércio, p. 10 - 10, 29 abr. 2012.

60.
ALENCAR, José Almino de. Uma decência comum. Jornal do Commércio, 25 mar. 2012.

61.
ALENCAR, José Almino de. Manuel Bandeira e Ribeiro Couto. Conversa da vida inteira. Jornal do Brasil Caderno Idéias, Rio de Janeiro, 31 maio 2003.

62.
ALMINO, J. ; ALENCAR, José Almino de . Canção do exilado. Mais! (Folha de S. Paulo), São Paulo, 12 maio 2002.

63.
ALMINO, J. ; ALENCAR, José Almino de . Poesia de José Almino. Revista Novos Estudos, 01 jul. 2001.

64.
ALENCAR, José Almino de. Manuel Bandeira & Ribeiro Couto. Correspondências dos anos 20. Suplemento Cultural do Diário Oficial, p. 4 - 5, 30 nov. 2000.

65.
ALENCAR, José Almino de. Ariano. Ciência Hoje, Rio de Janeiro, p. 6 - 6, 01 out. 1989.

66.
ALENCAR, José Almino de; ALMINO, J. . Un Coeur Simple, conto. Diário de Pernambuco, 4 de outubro de 1998.. Diário de Pernambuco, , v. 4 OUT..

67.
ALENCAR, José Almino de; ALENCAR, J. A. . Entre Mortos e Feridos... , O Globo, 22/07/96.. O GLOBO, , v. 22/07.

68.
ALENCAR, José Almino de. Com orgulho e com saudade. Jornal do Commércio, p. 10 - 10.

69.
ALMINO, José. A estrela fria; A estrela fria II;Um sujeito;Canção do exilado;A um passante; A última visita ; Um sujeito III; Evocação Avenida Norte; Sonatina. Eutomia (Recife), Recife Pernambuco.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
ALENCAR, José Almino de; ZAMOT, F. ; COSTA, F. L. . Apresentação. In: Brasil: 200 anos de /estado, 200 anos de administração pública, 2010, Rio de Janeiro. Brasil: 200 anos de Estado, 200 anos de administração pública. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2008. p. 7-390.

2.
ALENCAR, José Almino de. Discurso de apresentação I Encontro Luso-Brasileiro de Museus Casas. In: I Encontro Luso-Brasileiro de Museus Casas, 2010, Rio de Janeiro. I Encontro Luso-Brasileiro de Museus Casas. Rio de Janeiro: Fundação Casa de Rui Barbosa, 2010. p. 11-15.

3.
ALENCAR, José Almino de. Isso é bonito e isso é feio. In: Um olhar contemporâneo sobre a preservação do patrimônio cultural material, 2008, Rio de Janeiro. Um olhar contemporâneo sobre a preservação do patrimônio cultural material. Rio de Janeiro: Museu Histórico Nacional, 2008. p. 7-366.

4.
ALENCAR, José Almino de. Palestra sobre o O Motor da Luz (autor: José Almino), no Instituto de Estudos da Linguagem, UNICAMP. 15/10/98.. In: Curso de Literatura Brasileira Contemporânea, 1998, 1998.

5.
ALENCAR, José Almino de. Palestra sobre Cinema e Literatura, na Universidade Veiga de Almeida. Série organizada pela Rio Filmes e jornal O Globo. 13/8/98., 1998, 1998.

6.
ALENCAR, José Almino de. A personagem proprietária do museu-casa. In: I Seminário sobre Museus-Casas, 1997, Rio de Janeiro. Anais do I Seminário sobre Museus-Casas. Rio de Janeiro: Edições Casa de Rui Barbosa, 1997. v. 1. p. 63-82.

Apresentações de Trabalho
1.
ALENCAR, José Almino de. Manuel Bandeira e a reinvenção da infância. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
ALENCAR, José Almino de. Sobre 'A construção política do Brasil' de Luiz Carlos Bresser Pereira. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
ALENCAR, José Almino de. Manuel Bandeira: um artesão do simples. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

4.
ALMINO, José. 1968: Uma revolta em cada esquina. 2018. (Apresentação de Trabalho/Outra).

5.
SILVA NETO, José Almino de Alencar e. Testemunha é aquela que fica. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
ALENCAR, José Almino de. Homenagem ao Centenário de Miguel Arraes. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
ALENCAR, José Almino de. 100 anos do falecimento de Alberto Torres. 2017. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

8.
ALENCAR, José Almino de. Cultura Ciência e Democracia. 2017. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

9.
ALENCAR, José Almino de. Apresentação de 'A coleção Família Barbosa de Oliveira'. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
ALENCAR, José Almino de. Gilberto Freyre: um esboço de biografia intelectual. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
SILVA NETO, José Almino de Alencar e. Homenagem ao Centenário de Miguel Arraes. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

12.
ALENCAR, José Almino de. Em torno de 'Uns e outros' da geração de 1870. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
ALENCAR, José Almino de. Os telegramas de Haia. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

14.
ALENCAR, José Almino de. Homenagem ao centenário de Francisco de Assis Barbosa no IHGB: comunicação. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

15.
ALENCAR, José Almino de. Em torno de dois despachos de Machado de Assis. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

16.
ALENCAR, José Almino de. Exílio: uma experiência. 2013. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

17.
ALENCAR, José Almino de. Sobre Rui Barbosa e a política. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

18.
ALENCAR, José Almino de. Deus está nos detalhes. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

19.
ALENCAR, José Almino de. Joaquim Nabuco: um historiador político, um político historiador. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

20.
ALENCAR, José Almino de. Nabuco: a história em primeira pessoa.. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

21.
ALENCAR, José Almino de. Rui Barbosa e o Supremo Tribunal Federal. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

22.
ALENCAR, José Almino de. Rui Barbosa em Haia. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Outras produções bibliográficas
1.
ALMINO, José. Recordar é viver. Recife, 2018. (Prefácio, Pósfacio/Posfácio)>.

2.
Claudia Maria Ribeiro Viscardi ; ALENCAR, José Almino de . Apresentação de A República Revisitada, 2016. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

3.
ALENCAR, José Almino de. Rui Barbosa. Rio de Janeiro: CPDOC/ Fundação Getúlio Vargas, 2015 (Verbete para o Dicionário histórico-biográfico da Primeira República (1889-1930)).

4.
ALENCAR, José Almino de. Apresentação. Ribeirão Preto, 2015. (Prefácio, Pósfacio/Introdução)>.

5.
ALMINO, José. Não vamos pagar!, 2014. (Tradução/Outra).

6.
ALMINO, José. Como é que pode? Apresentação de A nuvem Opaca, 2012. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

7.
ALMINO, José; LIMA JR, W. . A propósito de Senhorita Júlia, 2012. (Tradução/Outra).

8.
ALMINO, José. A arte e a maneira de abordar seu chefe para pedir Um Aumento, 2012. (Tradução/Outra).

9.
ALMINO, José. Liberté. São Paulo: Cosac Naify, 2011 (Artigo).

10.
ALENCAR, José Almino de. Apresentação de A Segunda Conferência de Haia - 1907: o Brasil e o sistema internacional no inicio do século XX. Rio de Janeiro, 2010. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

11.
ALMINO, José. O diário de Anne Frank, 2010. (Tradução/Outra).

12.
ALENCAR, José Almino de. Pequenos maços amarrados em barbantes. Rio de Janeiro, 2009. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

13.
ALENCAR, José Almino de. Festa de família, 2009. (Tradução/Outra).

14.
ALENCAR, José Almino de. Balmaceda. São Paulo, 2008. (Prefácio, Pósfacio/Posfácio)>.

15.
ALENCAR, José Almino de. Linguas estranhas, 2007. (Tradução/Outra).

16.
ALENCAR, José Almino de. O caminho para Meca, 2007. (Tradução/Outra).

17.
ALENCAR, José Almino de. A princesa feiosa e o bobo sabido. Rio de Janeiro: Companhia das Letras, 2006. (Tradução/Livro).

18.
ALENCAR, José Almino de. Sonata de um outono, 2005. (Tradução/Outra).

19.
ALENCAR, José Almino de. A História do Zoológico, 2004. (Tradução/Outra).

20.
ALENCAR, José Almino de. Apresentação de Pedro Nava o alquimista da memória. Rio de Janeiro, 2003. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

21.
ALENCAR, José Almino de. Nada de pânico!!!, 2003. (Tradução/Outra).

22.
ALENCAR, José Almino de. Avalanche, 2003. (Tradução/Outra).

23.
ALENCAR, José Almino de. Os pecados dos pais. São Paulo: Companhia das Letras, 2002. (Tradução/Livro).

24.
ALENCAR, José Almino de. A prova, 2002. (Tradução/Outra).

25.
ALENCAR, José Almino de. Eu te amo, voce é perfeita, agora muda, 2002. (Tradução/Outra).

26.
ALENCAR, José Almino de. Casa de bonecas, 2002. (Tradução/Outra).

27.
ALENCAR, José Almino de. Jornada de um poema, 2000. (Tradução/Outra).

28.
ALENCAR, José Almino de. Mais perto, 2000. (Tradução/Outra).

29.
ALENCAR, José Almino de. Quem tem medo de Virginia Woolf?, 2000. (Tradução/Outra).

30.
ALENCAR, José Almino de. John Donne. Folha de São Paulo, 2000. (Tradução/Outra).

31.
ALMINO, José. Apresentação de Memórias de um amarelo mofino. Rio de Janeiro, 1997. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

32.
ALENCAR, José Almino de. O burguês ridículo, 1996. (Tradução/Outra).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
ALENCAR, José Almino de. Consultor Especial da Comissão da Memória e da Verdade Dom Hélder Câmara. 2016.

2.
ALENCAR, José Almino de. Colaborador da Comissão Nacional da Verdade. 2014.

3.
ALENCAR, José Almino de; ANDRADE, E. . A População da Bacia Matanza-Riachuelo 1990-2015. 1994.

4.
ALENCAR, José Almino de; ANDRADE, E. . Estimativa da população da Região dos Lagos no Estado do Rio de Janeiro. 1988.

5.
ALENCAR, José Almino de; ANDRADE, E. . População de Brasília: 1985-2015.. 1988.

6.
ALENCAR, José Almino de. Relatório da Comissão de Apoio à Reestruturação da Assistência Social. 1986.

Trabalhos técnicos

Produção artística/cultural
Outras produções artísticas/culturais
1.
ALENCAR, José Almino de; SANTOS, R. . Bom dia alegria. 2011 (Canção).

2.
ALENCAR, José Almino de; VELOSO, C. . Esta terra. 2010 (Canção).

3.
ALENCAR, José Almino de; VELOSO, C. . Lisbela e o prisioneiro. 2000 (Canção).

4.
ALENCAR, José Almino de; BARRETO, F. ; ALMINO, J. . Bela Donna, filme de Fábio Barreto. Co-adaptador. Adaptação de Riacho Doce, roance de José Lins do Rego. 1997 (Filme).

5.
ALENCAR, José Almino de; ARRAES, G. ; ALMINO, J. . Dramaturgia do Improviso de Curitiba. Adaptação do Impromptu de Versailles de Molière. Em colaboração com João Falcão e Guel Arraes. Peça representada no Festival de Teatro de Curitiba, 1996.. 1996 (PEÇA DE TEATRO).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
ALENCAR, José Almino de; JASMIN, Marcelo Gantus; GUIMARAES, C. A.C. Participação em banca de Paulo Henrique Paschoeto Cassimiro. Edmund Burke e os direitos naturais. 2011. Dissertação (Mestrado em CIÊNCIA POLÍTICA) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

2.
ALENCAR, José Almino de. Participação em banca de Guilherme Soares Dantas. Impacto socioeconômico dos royalties do petróleo nos municípios do Estado do Rio de Janeiro. 2010. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Computação) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

3.
JASMIN, Marcelo Gantus; ALENCAR, José Almino de; GUIMARAES, C. A.C. Participação em banca de Renata Torres Schittino. Terrorismo: a violência como espetáculo. 2004 - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

4.
EGLER, Tamara; FRIDMAN, Fania; KLEIMANN, Mauro; ALENCAR, José Almino de. Participação em banca de Fernando Fernandes de Mello. A zona portuária do Rio de Janeiro :antecedentes e perspectivas. 2002. Dissertação (Mestrado em Planejamento Urbano e Regional) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Teses de doutorado
1.
Eduardo de Vasconcelos Raposo; Letícia de Abreu Pinheiro; Ricardo Emmanuel Ismael de Carvalho; Fernando Cardoso Lima Neto; José Almino de Alencar e Silva Neto.; SILVA NETO, José Almino de Alencar e. Participação em banca de Marcelo Viana Estevão de Moraes. A construção Saquarema da América do Sul: o Brasil, a Unasul e a integração regional. 2018. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

2.
Luiz Jorge Werneck Viana; ARAUJO, G. S.; Maria Alice Rezende de Carvalho; Marcelo Tadeu Baumann Burgos; SILVA NETO, José Almino de Alencar e. Participação em banca de Paula Campos Pimenta Velloso. Liberalismo Ambivalente na Subcomissão do Itamaraty: Uma chance perdida para o controle da modernização conservadora. 2017. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

3.
SILVA NETO, José Almino de Alencar e; Andrea Daher; Felipe Charbel Teixeira; VENANCIO, G. M.; GUSMAO, H. B.. Participação em banca de Jean Bastardis. Originalidade literária no Brasil: sobre as condições de institucionalização da prática literária no processo de consagração dos escritores nacionais (1830-1920). 2017. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

4.
LYNCH, C. E. C.; ALENCAR, José Almino de; Letícia de Abreu Pinheiro; NEVES, L. M. B. P.; LESSA, A. C. M.. Participação em banca de Elizeu Santiago Tavares de Sousa. Pensamento Político e Política Externa no Brasil Imperial: Tendências do Pensamento Internacional Brasileiro. 2017. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Ciência Política da Universidade do Estado do) - Instituto de Estudos Sociais e Políticos.

5.
JASMIN, Marcelo Gantus; GUIMARAES, C. A.C; SILVA NETO, José Almino de Alencar e; LYNCH, C. E. C.. Participação em banca de Paulo Henrique Paschoeto Cassiniro. O abismo do tempo: história, liberalismo e democracia no pensamento político francês (1879-1848). 2016. Tese (Doutorado em CIÊNCIA POLÍTICA) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

6.
LYNCH, C. E. C.; GUIMARAES, C. A.C; SILVA NETO, José Almino de Alencar e; Pedro Villas Boas; Marcelo Thimoteo. Participação em banca de Fernando Antonio de Queiroz Randau. O Sabre: História e Ditadura na obra de Juan Donoso Cortés. 2016. Tese (Doutorado em Programa de Pós Graduação de Ciência Política da UERJ) - Instituto de Estudos Sociais e Políticos.

7.
SILVA NETO, José Almino de Alencar e; Andrea Daher; André Botelho; Hélio de Seixas Guimarães; Felipe Charbel Teixeira. Participação em banca de Karla Adriana de Aquino. A "descoberta do Brasil" no projeto intelectual de Blaise Cendrars (1924-1955). 2016. Tese (Doutorado em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

8.
SILVA NETO, José Almino de Alencar e; Prof. Dr. Alexander Zhebit; José Costa D'Assunção Barros; Norma Musco Mendes; Maria Paula Nascimento Araújo. Participação em banca de Elitza Lubenova Bachvarova. Os arquivos policiais e a estruturação da responsabilização política na transição para regimes democráticos: o processo de abertura dos dossiês da polícia secreta na Bulgária, 1889-2007. 2016. Tese (Doutorado em História Comparada) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

9.
SILVA NETO, José Almino de Alencar e; LYNCH, C. E. C.; LIMA, M. R. S.; PINHEIRO, L.. Participação em banca de Bruno Gonçalves Rosi. Saquaremas, Luzias, o Brasil e os Estados Unidos. 2016. Tese (Doutorado em Programa de Pós Graduação de Ciência Política da UERJ) - Instituto de Estudos Sociais e Políticos.

10.
LYNCH, C.; NEVES, E. A.; HANSEN, G. L.; ALVARES, A. L. F.; SILVA NETO, José Almino de Alencar e. Participação em banca de Priscila Petereit de Paola Gonçalves. Os primeiros passos do leão: os debates políticos para a criação do imposto de renda (1889-1922). 2014. Tese (Doutorado em Sociologia e Direito) - Universidade Federal Fluminense.

11.
SILVA NETO, José Almino de Alencar e; JASMIN, Marcelo Gantus; FERES, J.; LYNCH, C.. Participação em banca de WendelAntunes Cintra. Qual democracia? O governo do povo no pensamento político brasileiro (1914-1945). 2013. Tese (Doutorado em CIÊNCIA POLÍTICA) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

12.
JASMIN, Marcelo Gantus; CARVALHO, José Murilo; VIANNA, L. W.; NICOLAU, Jairo Marconi; ALENCAR, José Almino de. Participação em banca de Ivo Cozer. O pensamento político do Visconde de Uruguai e o debate entre a centralização e federalismo no Brasil (1822-1866). 2006. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Instituto Universitário de Pesquisas do RJ/TEC.

13.
HOLLANDA, Heloisa Buarque de; LEITAO, Eliane Vasconcellos; ALENCAR, José Almino de; CALLADO, Ana Arruda. Participação em banca de Ana Maria Pessoa dos Santos. Cartas do sobrado. 2000. Tese (Doutorado em Comunicação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

14.
HOLLANDA, Heloisa Buarque de; ALENCAR, José Almino de. Participação em banca de Paulo Venâncio Filho. Sobre alguns temas em Proust e Machado de Assis. 1998. Tese (Doutorado em Comunicação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Qualificações de Doutorado
1.
SILVA NETO, José Almino de Alencar e; LYNCH, C.; HOLLANDA, C. B.. Participação em banca de Oseias Carmo Neves. O Brasil profundo no pensamento político de Euclides da Cunha. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-Graduação em Ciência Política da Universidade do Estado do) - Instituto de Estudos Sociais e Políticos.

2.
Luiz Jorge Werneck Viana; ARAUJO, G. S.; ALENCAR, José Almino de. Participação em banca de Paula Pimenta Velloso. Liberalismo e corporativismo na Constituição de 1934: uma análise da representação política nos discursos jurídicos da Assembléia Constituinte. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

3.
ALENCAR, José Almino de. Participação em banca de Karla Adriana de Aquino. "A 'descoberta do Brasil' no projeto intelectual de Blaise Cendras(1924-1959). 2014. Exame de qualificação (Doutorando em História Social) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

4.
JASMIN, Marcelo Gantus; GUIMARAES, C. A.C; SILVA NETO, José Almino de Alencar e. Participação em banca de Paulo Henrique Paschoeto Cassimiro. História e reação: um estudo sobre o problema da história no pensamento contrarrevolucionário francês. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em CIÊNCIA POLÍTICA) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
CARVALHO, José Murilo; LUSTOSA, Isabel; José Eisenberg; Jean Marcel França; ALENCAR, José Almino de. Concurso para Pesquisador Assistente da Fundação Casa de Rui Barbosa. 2013. Fundação Casa de Rui Barbosa.

Outras participações
1.
ALENCAR, José Almino de. Concurso Brasileiro ANPOCS de Obras Científicas e Teses Universitárias. 2017. Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais.

2.
SILVA NETO, José Almino de Alencar e; REOLON, S.; SIQUEIRA, M.. Comissão Examinadora do Processo Seletivo Discente 2016/2017. 2016. Fundação Casa de Rui Barbosa.

3.
Ana Cristina Sá de Souza; SILVA NETO, José Almino de Alencar e; Johannes Kretschmer; José Monroe Eisenberg; Leonardo Fróes da Silva; Rutonio Jorge Fernandes de Sant' Anna. Comissão Julgadora Programa de Intercâmbio de Autores Brasileiros no Exterior da Fundação Biblioteca Nacional, 2013 ? atual. 2015. Fundação Biblioteca Nacional.

4.
ALENCAR, José Almino de; Flora Sussekind; Luiz Costa Lima. Membro da Comissão Julgadora do Prêmio Biblioteca Nacional 2013.. 2013. Fundação Biblioteca Nacional.

5.
ALENCAR, José Almino de. Júri Inicial do Prêmio Portugal Telecom 2013. 2013. Portugal Telecom.

6.
ALENCAR, José Almino de. Júri Inicial do Prêmio Portugal Telecom 2010. 2010. Portugal Telecom.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Cultura Brasileira Hoje: Diálogos.Cultura Brasileira Hoje: Diálogos. 2015. (Outra).

2.
III Seminário de História do Direito e das Instituições Políticas.III Seminário de História do Direito e das Instituições Políticas. 2015. (Seminário).

3.
Seminário Internacional Imprensa, História e Literatura.Imprensa, história e literatura. 2014. (Seminário).

4.
Efemerides 2009 (Academia Brasileira de Letras).Deus está nos detalhaes (Homenagem ao centenário de Américo Jacobina Lacombe). 2009. (Seminário).

5.
Encontro CEPHAS-IHGB.Joaquim Nabuco: a história em primeira pessoa. 2008. (Outra).

6.
Seminário: Nabuco e a República.Nabuco: a história em primeira pessoa. 2008. (Seminário).

7.
80 anos de Ariano Suassuna.Em torno de duas pequenas anedotas sobre Ariano Suassuna. 2007. (Encontro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Alice Veridiana de Sousa. A incorporação de Acervos Privados em Instituições Públicas de Ensino Superior:A UNIRIO e o Arquivo Pessoal de Guilherme de Figueiredo. Início: 2018. Dissertação (Mestrado profissional em Programa de Pós Graduação em Memórias e Acervos) - Fundação Casa de Rui Barbosa. (Orientador).

2.
Beatriz Ventorini Lins de Albuquerque. Reflexões sobre Liderança e Gestão: Estudo Exploratório na Obra de Rui Barbosa. Início: 2018. Dissertação (Mestrado profissional em Programa de Pós Graduação em Memórias e Acervos) - Fundação Casa de Rui Barbosa. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Orientações de outra natureza
1.
Siddharta Legale Ferreira. O uso dos argumentos científicos nos julgamentos do STF. 2014. Orientação de outra natureza - Fundação Casa de Rui Barbosa, Fundação Casa de Rui Barbosa. Orientador: José Almino de Alencar e Silva Neto.

2.
Claudia Maria Ribeiro Viscardi. Campos Salles e a nova dinâmica oligárquica republicana. 2013. Orientação de outra natureza - Fundação Casa de Rui Barbosa, Fundação Casa de Rui Barbosa. Orientador: José Almino de Alencar e Silva Neto.

3.
Eduardo de Figueiredo Santos Barbabela e Oliveira. Segunda conferência de Haia e Rui Barbosa. 2013. Orientação de outra natureza - Fundação Casa de Rui Barbosa, Centro Integrado Escola Empresa. Orientador: José Almino de Alencar e Silva Neto.

4.
Christian Edward Cyril Lynch. Campanha Civilista. 2010. Orientação de outra natureza - Fundação Casa de Rui Barbosa, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ. Orientador: José Almino de Alencar e Silva Neto.

5.
Jorge Valentim. A biblioteca de Rui Barbosa. 2008. Orientação de outra natureza - Fundação Casa de Rui Barbosa, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ. Orientador: José Almino de Alencar e Silva Neto.

6.
Christiane Laidler de Souza. Rui Barbosa em Haia. 2007. Orientação de outra natureza - Fundação Casa de Rui Barbosa, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ. Orientador: José Almino de Alencar e Silva Neto.



Outras informações relevantes


Participou do Belles Latinas 2005 , evento promovido pela revista mensal Espaces Latinos e seu Espace Culturel Latino-Américain de Lyon (ECLA), realizado de 4 a 18 de outubro de 2005, no âmbito do Ano do Brasil na França. Esses encontros reunem 20 escritores vindos da América Latina, dentre os quais, oito brasileiros. Destaque para José Almino, Modesto Carone, Ferreira Gullar, Ana Maria Machado e Paulo Lins. A manifestação se desenvolveu em 14 cidades da França. 

"O motor da luz" foi traduzido para francês por Michel Riaudel com o título "Les Nôtres", e lançado em 2005.

Representante do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro no Conselho Nacional de Política Cultural, no biênio 2013-2014. Reconduzido para o biênio 2015-2017.

Trabalhou na Comissão Nacional da Verdade, na qualidade de COLABORADOR: de agosto 2013 até dezembro de 2014. Nesta condição, recebeu Bolsa de Pesquisador Senior da Fundação de desenvolvimento da Pesquisa (FUNDEP), Universidade Federal de Minas Gerais. Projeto: 20062 UFMG/ FAFICH/HIST/COMISSÃO NACIONAL DA VERDADE Subprojeto: UFMG/ FAFICH/HIST/COMISSÃO DA VERDADE. Setembro 2013-Novembro 2013; junho 2014-agosto 2014; outubro 2014-dezembro 2014.

CONSULTOR ESPECIAL para elaboração de relatório final da Comissão da Memória e da Verdade Dom Hélder Câmara: agosto de 2015 - dezembro 2016.

Membro da Comissão Permanente de Geografia do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro (Dezembro de 2015 ? atual).



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 17/11/2018 às 18:08:43