Marcus Vinicius Mazzari

Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 2

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/6051882857156682
  • Última atualização do currículo em 13/10/2018


possui graduação em Letras Alemão pela Universidade de São Paulo (1981), mestrado em Letras (Língua e Literatura Alemã) pela Universidade de São Paulo (1988), doutorado em Germanística - Freie Universitaet Berlin (1994) e livre-docência pela Universidade de São Paulo (2008). Atualmente é professor da Universidade de São Paulo. Vice-chefe do Departamento de Teoria Literária e Literatura Comparada entre janeiro de 2006 e julho de 2009. Chefe do DTLLC de agosto de 2009 a agosto de 2011. Membro associado do Goethe-Institut São Paulo desde 2006. Presidente da Associação Goethe do Brasil, fundada em março de 2009. Membro, desde 2002, do Laboratório de Memória e História Oral Simone Weil (Instituto de Psicologia da USP). Professor convidado (Literatura Brasileira) no Instituto Latino-americano (Lateinamerika-Institut, Universidade Livre de Berlim) em outubro e novembro de 2004 e na Université Paris 8 (Vincennes-Saint-Denis) entre setembro de 2014 e janeiro de 2015. Coordenador editorial da coleção Thomas Mann, que começou a ser publicada pela Companhia das Letras em 2015. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura Comparada, atuando principalmente nos seguintes temas: Goethe, "Fausto", romance de formação, "Grande sertão: veredas", poesia e narrativa brasileira e alemã. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Marcus Vinicius Mazzari
Nome em citações bibliográficas
MAZZARI, M. V.

Endereço


Endereço Profissional
Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas, Departamento de Teoria Literária e Literatura Comparada.
Av. Prof. Luciano Gualberto, 403
Butantan
05508900 - São Paulo, SP - Brasil - Caixa-postal: 8105
Telefone: (11) 30924312
Fax: (11) 8184865
URL da Homepage: http://www.dtllc.fflch.usp.br/


Formação acadêmica/titulação


1989 - 1994
Doutorado em Germanística.
Freie Universität Berlin, FUB, Alemanha.
Título: Die Danziger Trilogie: Erzählen gegen die Dämonisierung deutscher Geschichte, Ano de obtenção: 1994.
Orientador: Klaus Scherpe.
Bolsista do(a): Deutscher Akademischer Austauschdienst, DAAD, Alemanha.
Palavras-chave: Danziger Trilogie; História.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
Setores de atividade: Educação.
1982 - 1988
Mestrado em Letras (Língua e Literatura Alemã).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: A representação da História no romance Die Blechtrommel de Günter Grass,Ano de Obtenção: 1989.
Orientador: Stefan Wilhelm Bolle.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Palavras-chave: Grass; Nacionalsocialismo; romance de formação.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
Setores de atividade: Educação.
1977 - 1981
Graduação em Letras Alemão.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.


Pós-doutorado e Livre-docência


2008
Livre-docência.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Romance de formação, pacto fáustico e outros temas de literatura comparada, Ano de obtenção: 2008.
Palavras-chave: Grande Sertão Veredas; O verde Henrique; Romance de formação; O Ateneu; Goethe; Brecht.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Literatura Brasileira.
Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Literatura Comparada.
Setores de atividade: Educação.
1995 - 1997
Pós-Doutorado.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes


Atuação Profissional



Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

1996 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Doutor, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

10/1997 - Atual
Ensino, Introdução Aos Estudos Literários I e II, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução aos estudos literários
Teoria Literária
Literatura Comparada
10/1996 - 10/2000
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas, Departamento de Teoria Literária e Literatura Comparada.

8/1999 - 11/1999
Ensino, Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada), Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Representações Literárias da escola


Linhas de pesquisa


1.
Representações literárias da escola
2.
História e poética do romance de formação
3.
Estudos sobre o "Fausto"


Áreas de atuação


1.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Literatura Comparada.
2.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Teoria Literária.
3.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Literaturas Estrangeiras Modernas/Especialidade: Literatura Alemã Contemporânea.
4.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Literaturas Estrangeiras Modernas/Especialidade: Literatura da era de Goethe.
5.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Letras / Subárea: Literatura Brasileira.


Idiomas


Alemão
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Italiano
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2012
Prêmio Looren de Tradução, Übersetzerhaus Looren (Suíça).


Produções



Produção bibliográfica
Citações

SCOPUS

Artigos completos publicados em periódicos

1.
MAZZARI, M. V.2018MAZZARI, M. V.. Os anos de aprendizado de Wilhelm Meister: ?Um magnífico arco-íris? na história do romance. LITERATURA E SOCIEDADE (USP), v. 27, p. 12-30, 2018.

2.
MAZZARI, M. V.2018MAZZARI, M. V.. Editorial. LITERATURA E SOCIEDADE (USP), v. 23, p. 5, 2018.

3.
MAZZARI, M. V.2017MAZZARI, M. V.. 'Grande Sertão: Veredas' e a tradição fáustica. REVISTA DA ACADEMIA BRASILEIRA DE LETRAS, v. VIII, p. 123-138, 2017.

4.
MAZZARI, M. V.2015MAZZARI, M. V.. Alegoria e Símbolo em torno do 'Fausto' de Goethe. Estudos Avançados (USP. Impresso), v. 29, p. 277-304, 2015.

5.
MAZZARI, M. V.2012MAZZARI, M. V.. Ideologia: uma breve história do conceito. Estudos Avançados (USP. Impresso), v. 26, p. 359-362, 2012.

6.
MAZZARI, M. V.2011MAZZARI, M. V.. Brasilien-Reisende in Goethes Rezeption. Ibero-amerikanisches Jahrbuch für germanistik, v. 1, p. 37-52, 2011.

7.
MAZZARI, M. V.2011MAZZARI, M. V.. Era uma vez dois irmãos.... Estudos Avançados (USP. Impresso), v. 25, p. 303-315, 2011.

8.
MAZZARI, M. V.2010MAZZARI, M. V.. Natureza ou Deus: afinidades panteístas entre Goethe e o "brasileiro" Martius. Estudos Avançados (USP.Impresso), v. 24, p. 183-202, 2010.

9.
MAZZARI, M. V.2008MAZZARI, M. V.. Figurações do "mal" e do "maligno" no Grande Sertão: Veredas. Estudos Avançados, v. 22, p. 273-290, 2008.

10.
MAZZARI, M. V.2007MAZZARI, M. V.. Os múltiplos perfis da obra machadiana. Estudos Avançados, v. 59, p. 371-379, 2007.

11.
MAZZARI, M. V.2006MAZZARI, M. V.. "Continuação a seguir..." Günter Grass e A arte da Narrativa. Pandaemonium Germanicum, v. 10, p. 153-166, 2006.

12.
MAZZARI, M. V.2002MAZZARI, M. V.. Os espantalhos desamparados de Manuel Bandeira. Estudos Avançados, São Paulo, v. 44, n.16, p. 255-276, 2002.

13.
MAZZARI, M. V.2001MAZZARI, M. V.. Mistério e Resistência na Literatura de Kafka. Pandaemonium Germanicum, São Paulo, v. 5, p. 307-314, 2001.

14.
MAZZARI, M. V.2000MAZZARI, M. V.. Água Mole em Pedra Dura: Sobre um Motivo Taoísta na Lírica de Brecht. Estudos Avançados, São Paulo, v. 34, n.12, p. 229-245, 2000.

15.
MAZZARI, M. V.1997MAZZARI, M. V.. Representação Literárias da Escola. Estudos Avançados, São Paulo, v. 11, n.31, p. 223-247, 1997.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
Galle, Helmut (Org.) ; MAZZARI, M. V. (Org.) . Fausto e a América Latina. São Paulo: Humanitas, 2010. v. 1. 560p .

2.
MAZZARI, M. V.. Labirintos da Aprendizagem. São Paulo: EDITORA 34, 2010. 315p .

3.
MAZZARI, M. V.. Romance de Formação em perspectiva histórica: O Tambor de Lata de Günter Grass. 1. ed. São Paulo: Ateliê Editorial, 1999. v. 1. 209p .

4.
MAZZARI, M. V.. Die Danziger Trilogie von Günter Grass. 1. ed. Berlim: Publicação universitária, 1994. v. 1. 250p .

Capítulos de livros publicados
1.
MAZZARI, M. V.. Escritos da Resistência. In: Karl Erik Schøllhammer e Roberto Barros de Carvalho. (Org.). Os Vencedores do Nobel 1990 - 2014. 1ed.Rio de Janeiro: Instituto Ciência Hoje, 2015, v. , p. 56-59.

2.
MAZZARI, M. V.. "Glücklich uns preisend, diesen Garten der Welt gesehen und bereist zu haben": Die brasilianische Expedition von J. B. Spix und C. F. P. Martius. In: Larissa Polubojarinova; Marion Kobelt-Groch; Olga Kulischkina. (Org.). Phänomenologie, Geschichte und Anthropologie des Reisens. 1ed.Kiel (Alemanha): Solivagus, 2015, v. 1, p. 197-207.

3.
MAZZARI, M. V.. O Pacto de Riobaldo nas Veredas-Mortas. In: José Alberto Pinho Neves e Nícea Helena Nogueira. (Org.). Rosa, João Guimarães. 1ed.Juiz de Fora: UFJF - Pró-reitoria de Cultura, 2012, v. , p. 155-170.

4.
MAZZARI, M. V.. Goethe e o seu "Fausto" no Brasil. In: Helmut Galle; Marcus Mazzari. (Org.). Fausto e a América Latina. São Paulo: Humanitas, 2010, v. , p. 467-482.

5.
MAZZARI, M. V.. A segunda parte do Fausto: esses. In: Marcus V. Mazzari. (Org.). Fausto - Uma tragédia - Segunda parte. 1ed.São Paulo: Editora 34, 2007, v. , p. 7-27.

6.
MAZZARI, M. V.. Apresentação aos Anos de Aprendizado de Wilhelm Meister. In: Autor: J. W. v. Goethe. (Org.). Os Anos de Aprendizado de Wilhelm Meister. São Paulo: Editora 34, 2006, v. , p. 7-23.

7.
MAZZARI, M. V.. A confissão amorosa do jovem Goethe. In: Maria Augusta Fonseca. (Org.). Olhares sobre o romance. 1ed.São Paulo: Nankin Editorial, 2005, v. 1, p. 51-66.

8.
MAZZARI, M. V.. Goethe e a história do Doutor Fausto: do teatro de marionetes à literatura universal. Fausto - uma Tragédia (Primeira Parte). São Paulo: Editora 34, 2004, v. , p. 7-24.

9.
MAZZARI, M. V.. Meyer-Clason a Guimarães Rosa. In: Walnice Nogueira Galvão; Nádia Battella Gotlieb. (Org.). Prezado Senhor, Prezada Senhora. 1ed.São Paulo: Companhia das Letras, 2000, v. , p. 261-274.

10.
MAZZARI, M. V.. Ein ABC des Terrors: Schulische Erfahrungen bei Thomas Bernhard. In: Alexander Honold; Markus Joch. (Org.). Thomas Bernhard: Die Zurichtung des Menschen. 1ed.Würzburg: Königshausen & Neumann, 1999, v. 1, p. 233-238.

11.
MAZZARI, M. V.. Apresentação: Heinrich Heine. In: Marcus Vinicius Mazzari. (Org.). Heinrich Heine: O Rabi de Bacherach. 1ed.São Paulo: Hucitec, 1992, v. 1, p. 1-10.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
MAZZARI, M. V.. Goethe in Brasilien: Bericht über Goethe'sche Veranstaltungen. Newsletter der Goethe-Gesellschaft in Weimar, Weimar, p. 4 - 5, 14 dez. 2017.

2.
MAZZARI, M. V.. Goethe in Brasilien: 'Wie fruchtbar ist der kleinste Kreis, / wenn man ihn wohl zu pflegen weiß'. Newsletter der Goethe-Gesellschaft in Weimar, Weimar, Alemanha, p. 3 - 4, 30 nov. 2016.

3.
MAZZARI, M. V.. O longo sopro de Kleist. Folha de São Paulo - Ilustríssima, p. 6 - 6, 30 mar. 2014.

4.
MAZZARI, M. V.. Crueldades e ética nos contos dos irmãos Grimm. G. R. E. S. U. TIJUCA, Rio de Janeiro, p. 58 - 59, 10 fev. 2013.

5.
MAZZARI, M. V.. Resistência e utopia. Jornal de resenhas - discurso Editorial, São Paulo, p. 15 - 15, 03 dez. 2012.

6.
MAZZARI, M. V.. Grass na trilha de Grimm. Folha de São Paulo - Ilustríssima, p. 6 - 6, 13 fev. 2011.

7.
MAZZARI, M. V.. Terra devastada. Folha de São Paulo - Caderno Mais!, São Paulo, p. 3 - 3, 07 mar. 2010.

8.
MAZZARI, M. V.. Dinheiro e violência. Jornal de Resenhas, Discurso Editorial, 10 ago. 2009.

9.
MAZZARI, M. V.. Autonomia, totalidade, harmonia. Entre Clássicos, São Paulo, p. 62 - 69, 01 set. 2006.

10.
MAZZARI, M. V.. Uma biografia da dor. Folha de São Paulo - Mais!, São Paulo, p. 8 - 8, 05 mar. 2006.

11.
MAZZARI, M. V.. Uma história das catástrofes. Folha de São Paulo /, São Paulo, p. 3 - 3, 16 maio 2004.

12.
MAZZARI, M. V.. A imensa colônia penal. Folha de São Paulo - Caderno Mais!, São Paulo, p. 12 - 13, 28 set. 2003.

13.
MAZZARI, M. V.. Transfiguração de uma Vida. Folha de São Paulo, São Paulo, p. 22 - 25, 06 ago. 2001.

14.
MAZZARI, M. V.. Liberdade contida. Folha de São Paulo - Mais, São Paulo, p. 25 - 25, 06 ago. 2001.

15.
MAZZARI, M. V.. Um Pícaro Caricatural. Folha de São Paulo - Mais, São Paulo, p. 20 - 20, 17 jun. 2001.

16.
MAZZARI, M. V.. Uma Lírica Entranhada no Século. Folha de São Paulo - Mais, São Paulo, p. 21 - 22, 30 abr. 2001.

17.
MAZZARI, M. V.. Obra desvela gênio épico de Thomas Mann. Folha de São Paulo - Inéditos, São Paulo, p. 4 - 4, 03 fev. 2001.

18.
MAZZARI, M. V.. Utopia na Floresta. Folha de São Paulo - Caderno Mais, São Paulo, p. 18 - 19, 21 jan. 2001.

19.
MAZZARI, M. V.. O Enigma do Castelo. Folha de São Paulo - Jornal de Resenhas, São Paulo, p. 4 - 5, 09 dez. 2000.

20.
MAZZARI, M. V.. Um discípulo de Sïsifo. Folha de São Paulo - Caderno Mais, São Paulo, 24 out. 1999.

21.
MAZZARI, M. V.. As noites românticas de Heine. Folha de São Paulo - Jornal de Resenhas, São Paulo, 13 fev. 1999.

22.
MAZZARI, M. V.. Um romance de vasto assunto. Folha de São Paulo - Jornal de Resenhas, São Paulo, 19 out. 1998.

23.
MAZZARI, M. V.. O fácil tão difícil de fazer. Folha de São Paulo - Jornal de Resenhas, São Paulo, 11 abr. 1998.

24.
MAZZARI, M. V.. Antropologia da Ficção. Folha de São Paulo - Jornal de Resenhas, São Paulo, 13 dez. 1997.

25.
MAZZARI, M. V.. O mundo na praça Alex. Folha de São Paulo - Jornal de Resenhas, São Paulo, 08 mar. 1996.

26.
MAZZARI, M. V.. Fragmentos de uma formação. Folha de São Paulo - Jornal de Resenhas, São Paulo.

27.
MAZZARI, M. V.. Os Sertões na Alemanha. Revista Estudos Avançados - USP, São Paulo, , v. 10, p. 331 - 343.

28.
MAZZARI, M. V.. Brecht e o Realismo. Revista Estudos Avançados - USP, São Paulo, , v. 34, p. 274 - 275.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
MAZZARI, M. V.. Fausto e a apreensão. In: 1º Congresso da ABEG, 2016, São Paulo. Seção 5 - A Atualidade de Goethe. São Paulo: Online, 2016. p. 116-122.

2.
MAZZARI, M. V.. O Bildungsroman na literatura brasileira: prolegômenos para um estudo. In: Blickwechsel: XI. ALEG-Kongress, 2005, São Paulo, Paraty, Petrópolis. Blickwechsel: XI. ALEG-Kongress - AKTEN; BAND 2. São Paulo: Edusp, 2003. v. 2. p. 85-92.

3.
MAZZARI, M. V.. Ein ABC des Terrors: schulische Erfahrungen bei Thomas Bernhard. In: Thomas Bernhard: Eine Einschärfung - Internationaler Kongress, 1988, Berlim. Thomas Bernhard: Die Zurichtung des Menschen. Würzburg: Königshausen & Neumann, 1988. v. 1. p. 233-238.

Apresentações de Trabalho
1.
MAZZARI, M. V.. Weltliteratur im brasilianischen Hinterland (Sertão). 2018. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

2.
MAZZARI, M. V.. O conceito de experiência em Goethe. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
Helmut Galle ; Magali S. Moura ; W. P. Maas ; MAZZARI, M. V. . A cena 'Meia-noite' do Segundo Fausto. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
MAZZARI, M. V.. Os Anos de Aprendizado de Wilhelm Meister. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
MAZZARI, M. V.; BOSI, A. ; SCHWARZ, R. ; SOUSA, C. R. . Em memória de Herbert Caro, Curt Meyer-Clason e Jenny Klabin Segall. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

6.
MAZZARI, M. V.; ROHRIG, C. . Os contos maravilhosos dos irmãos Grimm. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
MAZZARI, M. V.. "Grande Sertão: Veredas" entre romance fáustico e de formação. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
MAZZARI, M. V.. Três leitores do "Fausto" no século XX: Georg Lukács, Ernst Bloch e Theodor Adorno. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
MAZZARI, M. V.. "O Verde Henrique", de Gottfried Keller, e o Bildungsroman. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
MAZZARI, M. V.. Haroldo de Campos como intérprete e tradutor do "Fausto", de Goethe. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
MAZZARI, M. V.. "Continuação a seguir..." O projeto narrativo de Günter Grass. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
MAZZARI, M. V.. Goethes "Faust" in Brasilien und Portugal. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
MAZZARI, M. V.. O "Fausto" de Goethe (partes I e II). 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

14.
MAZZARI, M. V.. Colóquio Internacional "Teoria Crítica e Educação". 2004. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

15.
MAZZARI, M. V.. Werther, Wilhelm Meister e Fausto: três heróis de Goethe. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

16.
MAZZARI, M. V.. O romance de formação na literatura brasileira. 2002. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Outras produções bibliográficas
1.
MAZZARI, M. V.. O Mestre e Margarida. São Paulo: Editora 34, 2017 (Orelha de Livro).

2.
MAZZARI, M. V.. Metamorfoses do pacto demoníaco: erotismo e formas épicas na novela A aranha negra, de Gotthelf. São Paulo, 2017. (Prefácio, Pósfacio/Posfácio)>.

3.
MAZZARI, M. V.. A Aranha Negra. São Paulo: Editora 34, 2017. (Tradução/Livro).

4.
MAZZARI, M. V.. Quando eu fui Maria. São Paulo: FTD, 2017. (Tradução/Livro).

5.
UPHOFF, D. ; FISCHER, E. ; AZENHA, J. ; PEREZ, J. ; MAZZARI, M. V. . 75 anos de alemão na USP. São Paulo: Humanitas, 2015 (Orelha de Livro).

6.
MAZZARI, M. V.. Filologia românica em Istambul. São Paulo, 2015. (Prefácio, Pósfacio/Posfácio)>.

7.
BAUER, J. ; MAZZARI, M. V. . Eu passei pelo inferno. São Paulo: Cosac Naify, 2015. (Tradução/Livro).

8.
MAZZARI, M. V.. Tragédia amorosa à luz da 'dialética do movimento cultural'. São Paulo, 2013. (Prefácio, Pósfacio/Posfácio)>.

9.
MAZZARI, M. V.. Romeu e Julieta na aldeia. São Paulo: Editora 34, 2013. (Tradução/Livro).

10.
MAZZARI, M. V.. O bicentenário de um clássico. São Paulo, 2012. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

11.
MAZZARI, M. V.. O penúltimo pensamento de Nietzsche. São Paulo: Instituto Moreira Salles, 2012. (Tradução/Artigo).

12.
MAZZARI, M. V.; Binswanger, H. C. ; Franco, G. H. B. . "Dinheiro e Magia", de H. C. Binswanger. Rio de Janeiro: Zahar, 2011 (Apresentação de livro).

13.
MAZZARI, M. V.. Versos do Fausto citados em "Dinheiro e Magia". Rio de Janeiro: Zahar, 2011. (Tradução/Outra).

14.
MAZZARI, M. V.. Hoffmann e as primícias da arte de enxergar. São Paulo, S. P., 2010. (Prefácio, Pósfacio/Posfácio)>.

15.
MAZZARI, M. V.. Manifesto Comunista. São Paulo: Hedra, 2010. (Tradução/Livro).

16.
MAZZARI, M. V.. Ensaios Reunidos: Escritos sobre Goethe. São Paulo, SP: Duas Cidades / Editora 34, 2009 (Orelha de Livro).

17.
MAZZARI, M. V.; Schulze, Ingo . Vidas Novas. São Paulo: COSACNAIFY, 2009 (Orelha de Livro).

18.
MAZZARI, M. V.. Todos os patinhos. São Paulo: Cosac Naify, 2009. (Tradução/Livro).

19.
MAZZARI, M. V.. O Rabi de Bacherach e três textos sobre o ódio racial. São Paulo: Hedra, 2009. (Tradução/Livro).

20.
MAZZARI, M. V.; Helmut Galle . Apresentação 'Fausto e a América Latina'. São Paulo, 2008. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

21.
MAZZARI, M. V.. Todos os seus patinhos. Zurique: Bajazzo Verlag, 2008. (Tradução/Livro).

22.
MAZZARI, M. V.. O Terremoto no Chile. São Paulo: Companhia das Letras, 2007. (Tradução/Outra).

23.
MAZZARI, M. V.. Selma. São Paulo: Cosac Naify, 2007. (Tradução/Livro).

24.
MAZZARI, M. V.. A aposta de Fausto e o processo da Modernidade. São Paulo: Estudos Avançados, 2007. (Tradução/Artigo).

25.
MAZZARI, M. V.. Brás Cubas em três versões. São Paulo: Companhia das Letras, 2006 (Orelha de livro).

26.
MAZZARI, M. V.. "Heinrich! Mir graut´s vor dir!". São Paulo: Pandaemonium Germanicum, 2004 (Entrevista).

27.
MAZZARI, M. V.. A Fonte Envenenada. São Paulo: Nova Alexandria, 2004 (Orelha de livro).

28.
MAZZARI, M. V.. Hipérion. São Paulo, 2003. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

29.
MAZZARI, M. V.. A história maravilhosa de Peter Schlemihl. São Paulo: Estação Liberdade, 2003. (Tradução/Livro).

30.
MAZZARI, M. V.. Chamisso. São Paulo: Estação Liberdade, 2003. (Tradução/Livro).

31.
MAZZARI, M. V.. Hölderlin e a invenção de uma Antiguidade contemporânea. São Paulo: Nova Alexandria, 2003. (Tradução/Artigo).

32.
MAZZARI, M. V.. Reflexões sobre a criança, o brinquedo e a educação. São Paulo: Duas Cidades/ Editora 34, 2002. (Tradução/Livro).

33.
MAZZARI, M. V.. Textos para o Requiem de Mozart, 2002. (Tradução/Outra).

34.
MAZZARI, M. V.. Comentários a Poemas de Brecht. Rio de Janeiro: Viveiro de Castro Editora ltda. - 7 Letras, 2001. (Tradução/Artigo).

35.
Lukács ; MAZZARI, M. V. . A Teoria do Romance. São Paulo: Duas Cidades, Editora 34, 2000 (Orelha de Livro).

36.
MAZZARI, M. V.. País do Futuro ou Paraíso Perdido?. São Paulo: Editora Hucitec (Praga), 2000. (Tradução/Artigo).

37.
MAZZARI, M. V.. Manifesto do Partido Comunista. São Paulo: Revista Estudos Avançados, 1998. (Tradução/Outra).

38.
MAZZARI, M. V.. Amplitude e variedade do modo de escrever realista. São Paulo: Revista Estudos Avançados - USP, 1998. (Tradução/Artigo).

39.
MAZZARI, M. V.. Obra póstuma publicada em vida. São Paulo: Nova Alexandria, 1996 (Orelha de Livro).

40.
MAZZARI, M. V.. Euclides da Cunha na Alemanha. São Paulo: Revista Estudos Avançados, 1996. (Tradução/Artigo).

41.
MAZZARI, M. V.. História é um esboço. São Paulo: Revista Estudos Avançados - USP, 1995. (Tradução/Artigo).

42.
MAZZARI, M. V.. O Rabi de Bacherach. São Paulo: Hucitec, 1992. (Tradução/Livro).

43.
MAZZARI, M. V.. Como dizer aos nossos filhos?. São Paulo: Hucitec, 1992. (Tradução/Artigo).

44.
MAZZARI, M. V.. A história maravilhosa de Peter Schlemihl. São Paulo: Estação Liberdade, 1989. (Tradução/Livro).

45.
MAZZARI, M. V.. Chamisso. São Paulo: Estação Liberdade, 1989. (Tradução/Artigo).

46.
MAZZARI, M. V.. A criança, o brinquedo, a educação. São Paulo: Summus Editorial, 1984. (Tradução/Livro).


Produção técnica
Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
MAZZARI, M. V.. Goethe in der Welt - Goethe in brasilien. 2018. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
MAZZARI, M. V.; LODUCCA, C. . Grandes textos do ocidente: O 'Fausto', de Goethe. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
DORNBUSCH, C. ; SOETHE, Paulo Astor ; MAZZARI, M. V. . Thomas Mann. 2017.

4.
MAZZARI, M. V.. Novela A Aranha Negra traz como tema o pacto diabólico. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

5.
MAZZARI, M. V.. Um ano sem Günter Grass. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

6.
MAZZARI, M. V.; FRUNGILLO, M. L. ; SOETHE, Paulo Astor . O Aventuroso Simplicissimus: Um romance barroco. 2016. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

7.
Helmut Galle ; Almeida, Jorge ; DORNBUSCH, C. ; MAZZARI, M. V. . 'A Montanha Mágica' e o mundo ficcional de Thomas Mann. 2016. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

8.
MAZZARI, M. V.. Romeu e Julieta na Aldeia. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Redes sociais, websites e blogs
1.
Galle, Helmut ; MAZZARI, M. V. . 'A Aranha Negra' é lançada no Brasil. 2018; Tema: Literatura suíça. (Site).

2.
MAZZARI, M. V.. Dez obras para conhecer Goethe. 2016; Tema: Obra de J. W. von Goethe. (Site).

3.
MAZZARI, M. V.. Simpatia pela vida, familiaridade com a morte: a arte narrativa de Thomas Mann. 2015; Tema: Apresentação da obra ficcional de Thomas Mann. (Blog).


Demais tipos de produção técnica
1.
BONDUKI, N. ; HATOUM, M. ; FARIAS, A. ; BAGOLIN, L. A. ; MAZZARI, M. V. . O Narrador Milton Hatoum. 2016. (Discurso).

2.
MAZZARI, M. V.. Subsídios para a encenação do 'Fausto' de Goethe. 2014. (Palestra).

3.
MAZZARI, M. V.; BESSE, M. G. . História e Poética do Romance de Formação. 2014. (Palestra).

4.
MAZZARI, M. V.. Tragédia da Modernidade: O "Fausto" de Goethe. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

5.
MAZZARI, M. V.. O "Fausto" de Goethe e o mundo mefistofélico. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

6.
MAZZARI, M. V.. O Tema da formação (e manifestações do Bildungsroman) na literatura brasileira. 2004. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

7.
MAZZARI, M. V.. A literatura de resistência na Alemanha e no Brasil. 2004. (Palestra).

8.
MAZZARI, M. V.. Alegorizações da História no Fausto II de Goethe. 2004. (Palestra).

Demais trabalhos
1.
MAZZARI, M. V.. Jenny Klabin Segall como tradutora. 2007 (Divulgação cultural) .

2.
MAZZARI, M. V.. A Obra de Günter Grass. 1999 (Divulgação cultural) .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
COELHO, E.; MOURA, M. M.; MAZZARI, M. V.. Participação em banca de Marcos David Alconchel. Poesia e Verso: Uma Releitura da "Lira dos Cinqüent'Anos" de Manuel Bandeira. 2014. Dissertação (Mestrado em Literatura Brasileira) - Universidade de São Paulo.

2.
Seligmann, Márcio; MAZZARI, M. V.; FRUNGILLO, M. L.. Participação em banca de Bruno Mendes dos Santos. Memória e Ficção: O teor testemunhal na obra de Günter Grass. 2014. Dissertação (Mestrado em Teoria e História Literária) - Universidade Estadual de Campinas.

3.
Paixão, Fernando; MORAES, M.; MAZZARI, M. V.. Participação em banca de Maria Schtine Pereira. "O Coruja", de Aluísio de Azevedo: romance de formação sob o prisma do grotesco. 2013. Dissertação (Mestrado em Letras (Letras Clássicas)) - Universidade de São Paulo.

4.
MAZZARI, M. V.; W. P. Maas; Vicente, Adalberto. Participação em banca de Mirella Guidotti. O conceito de símbolo e a autonomia da arte no primeiro romantismo alemão. 2010. Dissertação (Mestrado em Letras) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

5.
Suzuki, Marcus; Tolle, Oliver; MAZZARI, M. V.. Participação em banca de José Feres Sabino. Ensaios de Karl Philipp Moritz: linguagem, arte, filosofia (seleção, intodução, tradução e notas). 2010. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade de São Paulo.

6.
DORNBUSCH, C.; Cornelsen; MAZZARI, M. V.. Participação em banca de Elisandra de Souza Pedro. Estratégias narrativas em "O Tambor". O diálogo entre a literatura e o cinama.. 2009. Dissertação (Mestrado em Letras (Língua e Literatura Alemã)) - Universidade de São Paulo.

7.
MAZZARI, M. V.; Werle, Marco Aurélio; Süssekind, Pedro. Participação em banca de Pedro Fernandes Galé. Em torno do olhar - A formação do método morfológico de Goethe. 2009. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade de São Paulo.

8.
Passos, Cleusa; Leonel, M. Célia; MAZZARI, M. V.. Participação em banca de Paula Passareli. Uma leitura de três narrativas de "Corpo de Baile". 2008. Dissertação (Mestrado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada)) - Universidade de São Paulo.

9.
MAZZARI, M. V.; VILLAÇA, Alcides; RONCARI, Luiz. Participação em banca de Salete Therezinha de Almeida. Ajoelhar, recolher, recompor: uma leitura das atitudes bandeirianas. 2002. Dissertação (Mestrado em Literatura Brasileira) - Universidade de São Paulo.

10.
VILLAÇA, Alcides; Aguiar, J. A.; MAZZARI, M. V.. Participação em banca de André Luis Rodrigues. União, cisão, reunião em "Lavoura arcaica", de Raduan Nassar. 2000. Dissertação (Mestrado em Literatura Brasileira) - Universidade de São Paulo.

Teses de doutorado
1.
Helmut Galle; DORNBUSCH, C.; Cornelsen; UMBACH, R. K.; MAZZARI, M. V.. Participação em banca de Elisandra de Souza Pedro. Simultaneidade indissolúvel: Beim Häuten der Zwiebel, de Günter Grass. 2018. Tese (Doutorado em Letras (Língua e Literatura Alemã)) - Universidade de São Paulo.

2.
Falleiros, Marcos F.; MAZZARI, M. V.; Bezerra de Araujo, Rosanne; Patrini Charlon, M. d. Lourdes; Medeiros Jr, A. Fernandes de. Participação em banca de Massimo Pina. Veredas Infinitas: Recepção italiana de Grande Sertão: Veredas. 2012. Tese (Doutorado em Estudos da Linguagem) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

3.
Falleiros, Marcos F.; Pinheiro Alves, Hélder; MAZZARI, M. V.. Participação em banca de Rosiane de Sousa Mariano Aguiar. Das Cinzas aos Mafuás: infância e morte na lírica de Manuel Bandeira. 2011. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

4.
Helmut Galle; Tercio Redondo; Heise, Eloá; MAZZARI, M. V.. Participação em banca de Bernhard Johannes Schwarz. No Caminho de Georg Büchner: a recepção de G. Büchner nos dramas Tambores na Noite e Baal, de B. Brecht. 2008. Tese (Doutorado em Letras (Língua e Literatura Alemã)) - Universidade de São Paulo.

5.
W. P. Maas; MAZZARI, M. V.; Almeida, Jorge; JUNQUEIRA, R. S.; DEZOTTI, M. C. C.. Participação em banca de Teresa Maria Grubisisch. A parábola teatral de Bertolt Brecht. 2007. Tese (Doutorado em Letras - Araraquara) - Universidade Estadual Paulista.

6.
MAZZARI, M. V.; SCHNEIDERMANN, B.; BEZERRA, P.; LEVIN, O. M.; COSTA, I. C.. Participação em banca de Maria de Fátima Bianchi. O Sonhador de "A Senhoria" de Dostoiévski: Um Homem Supérfluo. 2006. Tese (Doutorado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada)) - Universidade de São Paulo.

7.
MAZZARI, M. V.; Irene Aron; COSTA, I. C.; Cornelsen. Participação em banca de Tércio Redondo. A corda e o travessão: A exploração social e a sua configuração dramática em Woyzeck, de G. Büchner. 2006. Tese (Doutorado em Letras (Língua e Literatura Alemã)) - Universidade de São Paulo.

8.
BOLLE, Stefan Wilhelm; MAZZARI, M. V.; Almeida, Jorge; BAITELLO JR., N.; Durão, Fábio. Participação em banca de Alexandre Villibor Flory. Sopa de letras nazista. 2006. Tese (Doutorado em Letras (Língua e Literatura Alemã)) - Universidade de São Paulo.

9.
MAZZARI, M. V.; MATOS, L. F. B. F.; BEZERRA, P. A.. Participação em banca de Samuel de Vasconselos Titan Junior. "Ares de romance. Realismo e Gêneros Literários nos três contos de Gustave Flaubert". 2003. Tese (Doutorado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada)) - Universidade de São Paulo.

10.
MAZZARI, M. V.; BOLLE, Stefan Wilhelm; HANSEN, João Adolfo; SOETHE, Paulo Astor. Participação em banca de Maria do Carmo Fleury Malheiros. O político e o teológico em Grimmelshausen. 2002. Tese (Doutorado em Letras (Língua e Literatura Alemã)) - Universidade de São Paulo.

11.
Heise, Eloá; KUSCHEL, K.; MAZZARI, M. V.. Participação em banca de Paulo Astor Soethe. Ethos, corpo e entorno: sentido ético da conformação do espaço em "Der Zauberberg" e "Grande sertão: veredas". 1999. Tese (Doutorado em Letras (Língua e Literatura Alemã)) - Universidade de São Paulo.

12.
Heise, Eloá; W. P. Maas; ROHL, R. C.; MAZZARI, M. V.; VOLOBUEF, K.. Participação em banca de Luiz Barros Montez. O conceito de totalidade e o lugar de Goethe no pensamento de Georg Lukács. 1999. Tese (Doutorado em Letras (Língua e Literatura Alemã)) - Universidade de São Paulo.

13.
Irene Aron; ROHL, R. C.; ALMEIDA, D. R. S.; MAZZARI, M. V.. Participação em banca de Vilma Botrel Coutinho de Melo. Brecht/Keuner: O Homem como Processo. 1998. Tese (Doutorado em Letras (Língua e Literatura Alemã)) - Universidade de São Paulo.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Livre docência
1.
DORNBUSCH, C.; AZENHA, J.; OTTE, G.; LEITE, G. M. M.; MAZZARI, M. V.. Introdução à literatura alemã (ensaios sobre Goethe e Friedrich Schlegel). 2017. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

2.
GOMIDE, B. B.; CAVALIERE, A.; REIS FILHO, D. A.; MAZZARI, M. V.; AMOROSO, M. B.; ZILLY, B.. Dostoiévski na Rua do Ouvidor. 2016. Universidade de São Paulo.

3.
Galle, Helmut; MAZZARI, M. V.; Costa Lima, Luiz; BOLLE, Stefan Wilhelm; Seligmann, Márcio; SPERBER, S. F.. O gênero autobiográfico: Possibilidade(s), particularidades e interfaces.. 2011. Universidade de São Paulo.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Aspectos da Cultura Brasileira.Cientistas europeus no Brasil do século XIX. Os duzentos anos da ?Viagem pelo Brasil (1817 ? 1820)? de Spix e Martius. 2017. (Seminário).

2.
Explorando os entremeios: cultura e comunicação na literatura de J. G. Rosa. Veredas-Altas e Veredas Mortas: figurações do pacto fáustico em Grande Sertão: Veredas. 2017. (Congresso).

3.
Glabalisierung als Chance? Goethe und die Weltliteratur. Moderierung der Sektion "Goethe in Japan". 2017. (Congresso).

4.
Goethe e o nosso tempo.Sobre a autobiografia de Goethe "Poesia e Verdade". 2017. (Simpósio).

5.
II Congresso da Associação Brasileira de Estudos Germanísticos. "Viagem pelo Brasil 1817 ? 1820", de Spix e Martius e sua recepção por Goethe. 2017. (Congresso).

6.
Literatura em língua alemã e a religião - 11ª Jornada de Literatura Alemã.Mitologia cristã e Panteísmo na cena final do "Fausto". 2017. (Simpósio).

7.
Vernissage "Schwarze Spinne" / "Aranha Negra".Die schwarze Spinne in portugiesischer Übersetzung. 2017. (Encontro).

8.
XV Congresso da Abralic. Antonio Candido, leitor do "Fausto" de Goethe. 2017. (Congresso).

9.
XVI Congreso de la Asociación Latinoamericana de Estudios Germanísticos. Brasilien- und Südamerika-Reisende in Goethes Rezeption. 2017. (Congresso).

10.
XIII Colóquio Mindlin.Relatos de viagem pelo Brasil do século XIX e sua recepção por Goethe. 2016. (Simpósio).

11.
Goethe und die europäische Romantik. Goethes "Faust" und die historischen Romane von Walter Scott (Diskussionsleiter). 2015. (Congresso).

12.
Travessias no Sertão."Grande Sertão: Veredas" e a tradição fáustica. 2015. (Outra).

13.
ALEG Associação Latino-Americana de Estudos Germanísticos. Goethe e o Romantismo: algumas considerações sob o prisma da literatura brasileira. 2014. (Congresso).

14.
As Afinidades Eletivas, de J. W. Goethe.Entre uma Idade de Ouro perdida e a força do demoníaco: a figura de Ottilie.. 2014. (Encontro).

15.
Auftritt Schweiz - Leipziger Buchmesse. Vermutungen über die Schweiz: Romeo und Julia auf dem Dorf. 2014. (Feira).

16.
Marbach und Weimar im Gespräch mit Lateinamerika - ALEG 2014. Podiumsdiskussion - Marbach und Weimar im Gespräch mit Lateinamerika. 2014. (Congresso).

17.
Carpeaux, H. Caro, Meyer Clason, A. Rosenfeld, J. K. Segall.Em Memória de Curt Meyer-Clason, Herbert Caro, Jenny Klabin Segall. 2013. (Encontro).

18.
Germanistik in Brasilien: Herausforderungen, Vermittlungswege, Übersetzungen.Faust-Übersetzungen in Brasilien: Haroldo de Campos' Vorschlag einer 'Transluziferierung'. 2013. (Seminário).

19.
Goethe und die Weltreligionen. Einführung zum Vortrag "Zum Teufel mit dem heiligen Original" (Moderieren der Arbeitsgruppe D). 2013. (Congresso).

20.
O Fausto de Goethe: Clássico da Nação Alemã.Clássico dos Alemães. 2013. (Encontro).

21.
Phänomenologie, Geschichte und Anthropologie des Reisens. Die brasilianische Reise von Johann Baptist Spix und Carl Friedrich Martius. 2013. (Congresso).

22.
Semana Günter Grass.Günter Grass e a Tradição Épica. 2013. (Simpósio).

23.
Seminário Internacional de Literatura Russa: Estudos Comparados.Thomas Mann e a Literatura Russa. 2013. (Seminário).

24.
Transfusão: III Encontro de Tradutores da Casa Guilherme de Almeida.Reescritura e tradução em/de Goethe. 2013. (Simpósio).

25.
Dimensões da crítica literária brasileira.O motivo da hospitalidade na literatura. 2012. (Seminário).

26.
Magias, encantamentos, metamorfoses.Os contos maravilhosos dos irmãos Grimm na tradição cultural e literária alemã. 2012. (Simpósio).

27.
Ciclo de palestras sobre o mito de Fausto.O mito de Fausto na literatura ocidental. 2011. (Oficina).

28.
Goethe und die Künste. Goethes Werk in Brasilien. 2011. (Congresso).

29.
Semana de Letras da UFPR.O tema da escola em perspectiva da literatura comparada. 2011. (Simpósio).

30.
Semana de Museus - Homenagem a Jenny Klabin Segall.Jenny Klabin Segall como tradutora. 2011. (Encontro).

31.
VI Jornada de Literatura Alemã.Traduções do "Fausto" para o português. 2011. (Seminário).

32.
Clássicos da Ficção Universal.O "Fausto" de Goethe. 2010. (Encontro).

33.
Congresso Internacional "Afinidades Eletivas". As Afinidades Eletivas entre Goethe e o "brasileiro" Martius. 2009. (Congresso).

34.
Congresso Internacional "Afinidades Eletivas". A Fundação da Associação Goethe do Brasil. 2009. (Congresso).

35.
Fifth International and Interdisciplinary Conference Alexander von Humboldt, 2009: Travels Between Europe and the Americas. Die brasilianische Reise von Carl Fr. Ph. von Martius und ihre Rezeption bei Goethe. 2009. (Congresso).

36.
II Colóquio de Literatura Brasileira.Heinrich Heine e o romantismo brasileiro: uma recepção desfocada. 2009. (Simpósio).

37.
Mitos modernos na literatura e no cinema.Fausto: gênese e trajetória de um mito. 2009. (Outra).

38.
X Seminário de Pesquisa de Pós-Graduação UNESP de Araraquara.Coordenador e Debatedor da Mesa "Aspectos da Literatura Alemã". 2009. (Seminário).

39.
16º Simpósio Internaciona de Iniciação Coentífica da USP."Filosofia e Estratégias da Criação Literária" - Mesa 37 (Coordenação). 2008. (Simpósio).

40.
Abertura do Programa de Mestrado 2008."Grande Sertão: Veredas" entre tradição fáustica e "Bildungsroman". 2008. (Seminário).

41.
Fausto e a América Latina."presentes e como em casa numa parte do mundo tão remota": Goethe e o seu "Fausto" no Brasil. 2008. (Simpósio).

42.
I Encontro entre Literaturas (UFRN).Perspectivas da interpretação literária. 2007. (Encontro).

43.
Mitos modernos no Cinema e na Literatura.Murnau. 2007. (Encontro).

44.
Semana Heinrich Heine (Sesquicentenário da morte).Heine: Poeta entre o ontem e o amanhã. 2006. (Encontro).

45.
Stipendiatenkolloquium der Stiftung Weimarer Klassik.Faust: Der Tragödie zweiter Teil ins Portugiesische. 2005. (Encontro).

46.
IX Congresso Internacional abralic. "Fausto II" na perspectiva de H. de Campos. 2004. (Congresso).

47.
XIX Enanpoll.Encontro da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Letras e Linguísticas. 2004. (Encontro).

48.
Experiências intelectuais alemãs.O Bildungsroman na literatura alemã. 2003. (Seminário).

49.
Formação e Informação: a Literatura na Escola.A escola na literatura. 2003. (Seminário).

50.
I Colóquio Rousseau:. A influência de Rousseau sobre o jovem Goethe. 2003. (Congresso).

51.
XI Congresso da Associação Latino-americana de Estudos Germanísticos. O romance de formação na literatura brasileira. 2003. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Helmut Galle ; BOLLE, Stefan Wilhelm ; MAZZARI, M. V. . Figurações do Pacto no Emmental suíço e no Sertão brasileiro. 2017. (Outro).

2.
Magali S. Moura ; W. P. Maas ; MAZZARI, M. V. . A Atualidade de Goethe. 2016. (Congresso).

3.
MAZZARI, M. V.; Magali S. Moura ; W. P. Maas ; SOETHE, Paulo Astor . Grupo de Trabalho: A Atualidade de Goethe. 2014. (Congresso).

4.
MAZZARI, M. V.; MOURA, M. M. . O Romance de Formação: Caminhos e Descaminhos do Herói. 2013. (Outro).

5.
Tercio Redondo ; MAZZARI, M. V. . Georg Büchner: Duzentos Anos. 2013. (Outro).

6.
MAZZARI, M. V.; Tercio Redondo . VI Jornada de Literatura Alemã. 2011. (Outro).

7.
MAZZARI, M. V.; Magali S. Moura ; W. P. Maas . Congresso Internacional "Afinidades Eletivas". 2009. (Congresso).

8.
Galle, Helmut ; MAZZARI, M. V. . Fausto e a América Latina. 2008. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Rafael Rocca. O motivo do "duplo" em E. T. A. Hoffmann. Início: 2016. Dissertação (Mestrado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada)) - Universidade de São Paulo. (Orientador).

2.
Lucas Matteocci Lopes. Mimetismo, violência e sacrifício na literatura: uma tipologia girardiana. Início: 2016. Dissertação (Mestrado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada)) - Universidade de São Paulo. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Isabel Lopes Coelho. A trajetória do herói nas obras "Sans famillle", "As aventuras de Pinóquio" e "Peter e Wendy". Início: 2013. Tese (Doutorado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada)) - Universidade de São Paulo. (Orientador).

2.
Alexandre Lúcio Sobrinho. Alexandr Nikolaevitch Sokurov: do filme à poesia. Início: 2013. Tese (Doutorado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada)) - Universidade de São Paulo. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Irene Bitinas Carvalho. O "Fausto" de Goethe na tradição trágica. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Literatura Comparada) - Universidade de São Paulo. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Nílson Joaquim da Silva. Riobaldo, Siruiz e o canto das águas. 2017. Dissertação (Mestrado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada)) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marcus Vinicius Mazzari.

2.
Gabriel Salvi Philipson. O humano entre fantasia e realidade em Mikhail Bulgákov. 2017. Dissertação (Mestrado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada)) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marcus Vinicius Mazzari.

3.
Cláudia Gisele Gomes Toledo. Entre o céu e a terra: A influência de Guimarães Rosa na poética de Adélia Prado. 2013. Dissertação (Mestrado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada)) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marcus Vinicius Mazzari.

4.
Reinaldo de Oliveira Hening. A transfiguração do espaço: um olhar oblíquo sobre o sertão.. 2012. Dissertação (Mestrado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada)) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marcus Vinicius Mazzari.

5.
Maria Cecilia Marks. Fausto e a representação do diabo na literatura. 2012. Dissertação (Mestrado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada)) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Marcus Vinicius Mazzari.

6.
Antonio Luiz de Arruda Junior. Deodemo - o demoníaco e o divino como moduladores narrativos em "Grande Sertão: Veredas". 2008. Dissertação (Mestrado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada)) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marcus Vinicius Mazzari.

7.
Ana Valéria Beserra Costa. O Mito em "A Hora e Vez de Augusto Matraga", de J. G. Rosa. 2006. Dissertação (Mestrado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada)) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Marcus Vinicius Mazzari.

8.
Flavio Quintale Neto. A revolta luciferina. O "Bildungsroman" no espaço da escola. 2003. Dissertação (Mestrado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada)) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcus Vinicius Mazzari.

9.
Alexandre Bebiano de Almeida. O aprendizado pelo vento ou O tempo no romance A Educação Sentimental (1869), de G. Flaubert. 2003. Dissertação (Mestrado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada)) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Marcus Vinicius Mazzari.

10.
Jean Pierre Chauvin. Construção e implicações dos contrastes em "O alienista", de Joaquim Maria Machado de Assis.. 2002. Dissertação (Mestrado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada)) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Marcus Vinicius Mazzari.

11.
Leonice Rodrigues Pereira. Uma visão do Internato através da Leitura de "Doidinho", de J. L. do Rego, e "Rios Profundos", de J. M. Arguedas. 2002. Dissertação (Mestrado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada)) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marcus Vinicius Mazzari.

Tese de doutorado
1.
Reinaldo Hening. Na mistura dos tempos: Dyonelio Machado, forma e sintoma. 2018. Tese (Doutorado em Teoria Literária e Literatura Comparada) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marcus Vinicius Mazzari.

2.
Maria Cecilia Marks. A voz das vozes - uma leitura bakhtiniana de "Grande Sertão". 2017. Tese (Doutorado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada)) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Marcus Vinicius Mazzari.

3.
Débora Domke Ribeiro Lima. Os labirintos do amor: um estudo comparativo de Fausto I e Grande Sertão: Veredas. 2013. Tese (Doutorado em Teoria Literária e Literatura Comparada) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Marcus Vinicius Mazzari.

4.
Mona Lisa Bezerra Teixeira. Imagens da infância na obra de Clarice Lispector. 2010. Tese (Doutorado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada)) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcus Vinicius Mazzari.

5.
Alexandre Bebiano de Almeida. O caso do diletante: a personagem de Charles Swann e a unidade do romance "Em busca do Tempo Perido".. 2008. Tese (Doutorado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada)) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marcus Vinicius Mazzari.

6.
Flávio Quintale Neto. Idéias estéticas e filosóficas nos romances "O Ateneu" e "Die Verwirrungen des Zöglings Törless". 2007. Tese (Doutorado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada)) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Marcus Vinicius Mazzari.

7.
Jean Pierre Chauvin. O poder pelo avesso: mandonismo, dominação e impotência em três episódios da literatura brasileira. 2006. Tese (Doutorado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada)) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Marcus Vinicius Mazzari.

Supervisão de pós-doutorado
1.
Érica Gonçalves de Castro. 2015. Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Marcus Vinicius Mazzari.

2.
Pedro Armando de Almeida Magalhães. A escrita da história em Wilhelm Meisters Lehrjahre. 2011. Universidade Federal do Rio de Janeiro, . Marcus Vinicius Mazzari.

Iniciação científica
1.
Eliana Junko Takara. A representação literária da formação do sujeito: uma análise do Bildungsroman em. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Literatura Comparada) - Universidade de São Paulo. Orientador: Marcus Vinicius Mazzari.

2.
Rafael Rocca. Dois Faustos: a tradição fáustica alemã no. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Literatura Comparada) - Universidade de São Paulo. Orientador: Marcus Vinicius Mazzari.

3.
Guilherme Percival Keusch Albano Nogueira. O papel da Sociedade da Torre no romance Os Anos de Aprendizado de Wilhelm Meister. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Literatura Comparada) - Universidade de São Paulo. Orientador: Marcus Vinicius Mazzari.

4.
Antonio Carlos Crepaldi Junior. Um atroz contrato de compra e venda. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Literatura Comparada) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcus Vinicius Mazzari.

5.
Letícia Pedreira Mei. O Duplo: Gênese e desenvolvimento do herói polifônico na obra de Dostoiévski. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em Literatura Comparada) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcus Vinicius Mazzari.

6.
Regina Negrini. "The Birthday of the Infanta", de Oscar Wilde, e "Las meninas", de Diego Velázquez. 2003. Iniciação Científica. (Graduando em Literatura Comparada) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcus Vinicius Mazzari.

7.
Erika Pereira Nunes. A catabase de Franz Biberkopf em Berlim Alexanderplatz de Alfred Döblin. 2000. Iniciação Científica. (Graduando em Literatura Comparada) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcus Vinicius Mazzari.



Outras informações relevantes


Membro, desde 2008, da Base de Pesquisa sobre a "Formação da Literatura Brasileira?, de Antonio Candido (vinculada à UFRN - Universidade Federal do Rio Grande do Norte). Essa Base de Pesquisa tem por finalidade debater à distância (mas com regularidade) aspectos da mencionada obra de A. Candido.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 21/10/2018 às 20:05:14