Celio Bermann

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/4429686299726303
  • Última atualização do currículo em 15/11/2018


Doutorado em Engenharia Mecânica, na área de Planejamento de Sistemas Energéticos pela FEM/UNICAMP-Faculdade de Engenharia Mecânica da Universidade Estadual de Campinas (1991). Mestrado em Engenharia de Produção, na área de Planejamento Urbano e Regional (1978) pela COPPE/UFRJ-Coordenação de Programas de Pós-graduação em Engenharia da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Graduado pela FAU/USP-Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (1975). Atualmente é Professor Associado 2 (Livre Docente) - ref. MS-5 - RDIDP no Instituto de Energia e Ambiente (antigo Instituto de Eletrotécnica e Energia) da Universidade de São Paulo e Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Energia da USP. Tem experiência na área de Engenharia Elétrica, com ênfase em Energia e Meio Ambiente, atuando principalmente nos seguintes temas: politica energética, planejamento energético, alternativas energéticas, energia e sociedade e sustentabilidade energética. É autor de diversas publicações, entre as quais os livros "Energia no Brasil: Para quê? Para quem? - Crise e alternativas para um país sustentável", São Paulo: Ed. Livraria da Física/FASE, 2002; "As novas energias no Brasil: Dilemas da inclusão social e programas de Governo". Rio de Janeiro: FASE, 2007. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Celio Bermann
Nome em citações bibliográficas
BERMANN, C.;BERMANN, CÉLIO

Endereço


Endereço Profissional
Universidade de São Paulo, Instituto de Energia e Ambiente.
AV. PROF, LUCIANO GUALBERTO, 1289
CIDADE UNIVERSITÁRIA
05508900 - São Paulo, SP - Brasil
Telefone: (011) 30912636
Fax: (011) 38167828
URL da Homepage: www.energia.usp.br


Formação acadêmica/titulação


1990 - 1991
Doutorado em Planejamento de Sistemas Energéticos.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Título: Os limites dos aproveitamentos energéticos para fins elétricos: uma análise política da questão energética e de suas repercussões sócio-ambientais no Brasil, Ano de obtenção: 1991.
Orientador: Arsênio Osvaldo Sevá Filho.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Palavras-chave: Energia e Sociedade; Energia e Macroeconomia; Planejamento Energetico; Politica Energetica; Sustentabilidade Energetica; impactos sociais.
Grande área: Engenharias
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Elétrica / Subárea: Energia.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Políticas Públicas.
Setores de atividade: Energia; Produtos e Serviços Voltados Para A Defesa e Proteção do Meio Ambiente, Incluindo O Desenvolvimento Sustentado; Outros Setores.
1976 - 1978
Mestrado em Planejamento Urbano e Regional.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Título: Ocupação Territorial na Amazônia: uma análise à luz da Teoria dos Pólos de Desenvolvimento,Ano de Obtenção: 1978.
Orientador: Demétrio Alonso Ribeiro.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: ocupação territorial; planejamento regional; planejamento urbano.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Planejamento Urbano e Regional / Subárea: Métodos e Técnicas do Planejamento Urbano e Regional.
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia / Subárea: Economia Industrial.
Setores de atividade: Desenvolvimento Urbano; Desenvolvimento Rural; Outros Setores.
1979 - 1980
Especialização em Histoire et Géographie des Populations.
Ecole des Hautes Études en Sciences Sociales, EHESS, França.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
1971 - 1975
Graduação em Arquitetura e Urbanismo.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.


Pós-doutorado e Livre-docência


2006
Livre-docência.
Instituto de Eletrotécnica e Energia da Universidade de São Paulo, IEE-USP, Brasil.
Título: A energia elétrica incorporada na exportação: aspectos tecnológicos, econômicos e sócio-ambientais para o estudo da demanda dos setores industriais eletrointensivos-um ensaio multidisciplinar, Ano de obtenção: 2006.
Palavras-chave: Planejamento Energetico; Politica Energetica; Previsao de Mercado Energetico; indústrias eletrointensivas; Energia e Sociedade.
Grande área: Engenharias
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Administração / Subárea: Administração Pública / Especialidade: Política e Planejamento Governamentais.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Estado e Governo.
Setores de atividade: Energia; Política Econômica e Administração Pública em Geral; Produtos e Serviços Voltados Para A Defesa e Proteção do Meio Ambiente, Incluindo O Desenvolvimento Sustentado.
1992 - 1993
Pós-Doutorado.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Grande área: Engenharias
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Política Internacional.
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia / Subárea: Economia Industrial.


Atuação Profissional



Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Associado, Ref. MS-5 - RDIDP, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Aprovado em Concurso Público para Professor Livre Docente, na especialidade Energia, realizado no Instituto de Eletrotécnica e Energia da USP, nos dias 07 e 08 de dezembro de 2006. Aprovado em Concurso Público de títulos e provas visando o provimento de um cargo de Professor Doutor junto ao Instituto de Eletrotécnica e Energia da Universidade de São Paulo, realizado no Instituto de Eletrotécnica e Energia da USP, nos dias 06 e 07 de março de 2008.

Vínculo institucional

2005 - 2007
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Doutor - ref. MS-3 - RDIDP, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2002 - 2005
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Doutor - ref. MS-3 - RTC, Carga horária: 24

Vínculo institucional

1993 - 2001
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor MS-3, Carga horária: 40

Vínculo institucional

1992 - 1993
Vínculo: Bolsista recém-doutor, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 40
Outras informações
Bolsista de Pós-Doutorado (P.D.) da FAPESP, na área de Engenharia Elétrica, sub-área de Sistemas Elétricos de Potência, especialização em Projetos Hidrelétricos, Política Energética e Política Ambiental Relatório Final: ?Intensidade Energética no contexto internacional: o proces-so de reconversão industrial e suas implicações sócio-ambientais ? estudo de caso: o circuito do alumínio?.

Atividades

04/2015 - Atual
Direção e administração, Instituto de Energia e Ambiente, .

Cargo ou função
Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Energia da USP.
04/2015 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Energia e Ambiente, .

Cargo ou função
Membro da Comissão de Pós-Graduação (CPG) do IEE/USP.
04/2005 - Atual
Ensino, Gestão Ambiental e Negócios do Setor Energético, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Gestão Ambiental - co-responsável
03/2005 - Atual
Direção e administração, Instituto de Energia e Ambiente, .

Cargo ou função
Coordenador titular no IEE/USP do Programa USP Recicla.
09/2004 - Atual
Direção e administração, Instituto de Energia e Ambiente, .

Cargo ou função
Representante da Divisão de Ensino e Pesquisa na Comissão de Informática do IEE/USP.
09/2003 - Atual
Outras atividades técnico-científicas , Instituto de Eletrotécnica e Energia, Instituto de Eletrotécnica e Energia.

Atividade realizada
Consultor ad-hoc do CNPq - DPH/CGET/COCTC.
08/2002 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Energia e Ambiente, .
06/2001 - Atual
Extensão universitária , Instituto de Energia e Ambiente, .

Atividade de extensão realizada
Assessoria Técnica ao Movimento pelo Desenvolvimento da Transamazônica e Xingu (MDTX-PA).
09/2000 - Atual
Outras atividades técnico-científicas , Instituto de Eletrotécnica e Energia, Instituto de Eletrotécnica e Energia.

Atividade realizada
Coordenador do Grupo de Trabalho ?Energia e Meio Ambiente? da ANPPAS-Associação Nacional de Pesquisa e Pósgraduação em Ambiente e Sociedade.
05/2000 - Atual
Ensino, CECACE-Conforto Ambiental e Conservação de Energia, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
03-POE Políticas Energéticas
Ensino e Pesquisa na área de Energia
08/1999 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Energia e Ambiente, .

Cargo ou função
Representante do IEE/USP no Conselho Diretor do CERPCH-Centro Nacional de Referência em Pequenos Aproveitamentos Hidroenergéticos.
06/1998 - Atual
Outras atividades técnico-científicas , Instituto de Eletrotécnica e Energia, Instituto de Eletrotécnica e Energia.

Atividade realizada
Especialista do CEE-Conselho Estadual de Eduçação - emissão de pareceres para funcionamento de cursos de Eng. Ambiental.
06/1998 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Eletrotécnica e Energia, .

Cargo ou função
Consultor do CEE-Conselho Estadual de Educação do ESP - Emissão de parecer para reconhecimento de curso superior.
01/1998 - Atual
Outras atividades técnico-científicas , Instituto de Eletrotécnica e Energia, Instituto de Eletrotécnica e Energia.

Atividade realizada
Consultor ad-hoc do PADCT, sub-programa CIAMB (Ciências Ambientais) - Finep/Capes/CNPq.
08/1992 - Atual
Ensino, Energia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
ENE 701 Fundamentos da Energia
ENE 704 Recursos e Oferta de Energia
ENE 711 Meio Ambiente e a Base de Recursos Naturais
ENE 714 Análise Política da Questão Energética
05/1992 - Atual
Extensão universitária , Instituto de Energia e Ambiente, .

Atividade de extensão realizada
Assessoria Técnica ao Movimento Nacional dos Atingidos por Barragens (MAB).
04/1999 - 09/2001
Extensão universitária , Instituto de Energia e Ambiente, .

Atividade de extensão realizada
Assessoria Técnica à Comissão Pastoral da Terra do Amazonas (CPT-AM).
04/1992 - 09/2001
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Eletrotécnica e Energia, .

05/2001 - 06/2001
Serviços técnicos especializados , Instituto de Energia e Ambiente, .

Serviço realizado
Assessoria à Camara Municipal de Santo André como Assessor Técnico da Comissão Especial de Vereadores, criada com o objetivo de acompanhar o projeto de instalação da Usina Termelétrica Capuava Cogeração.

University of Texas at Austin, UT Austin, Estados Unidos.
Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Fulbright Visiting Professor, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Responsável pela Disciplina LAS 381 (EER 396) - Brazil Biofuels: International Production and Consumption - oferecida para os estudantes de Pós-Graduação da UT.


Universidade de Guarulhos, UNG, Brasil.
Vínculo institucional

1986 - 1990
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 5

Atividades

03/1986 - 03/1990
Ensino,

Disciplinas ministradas
Planejamento Arquitetônico

Universidade Federal de Alagoas, UFAL, Brasil.
Vínculo institucional

1991 - 1992
Vínculo: Servidor público ou celetista, Enquadramento Funcional: Professor, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

11/1991 - 03/1992
Ensino,

Disciplinas ministradas
Evolução Urbana
Planejamento Urbano I


Linhas de pesquisa


1.
Energia e Sociedade: análise econômica, histórica, política e institucional dos sistemas energéticos

Objetivo: Avaliação do Sistema Energético sob o ponto de vista institucional, enfocando os instrumentos de regulação e os mecanismos de intervenção de políticas públicas no setor energético. Avaliação dos determinantes econômicos, técnicos e sociais dos usos da energia pelos diversos setores da sócio-economia, identificando oportunidades de conservação e racionalização no uso energia. Desenvolvimento de metodologias para a análise e projeção de demanda de energia, e elaboração de programas e critérios de gestão da demanda da energia..
Grande área: Engenharias
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Elétrica.
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia / Subárea: Economias Agrária e dos Recursos Naturais / Especialidade: Economia dos Recursos Naturais.
Setores de atividade: Energia; Outros Setores.
Palavras-chave: Oferta Energética; Planejamento Energetico; Politica Energetica; Previsao de Mercado Energetico; Privatizacao; Regulacao do Mercado Energetico.
2.
Fontes Renováveis de Energia

Objetivo: Analisa a incorporação e implantação das fontes renováveis na matriz energética, tanto em sistemas integrados quando isolados e comunitários. Estuda os impactos ambientais em toda a cadeia energética desde a apropriação primária até o uso final..
Grande área: Engenharias
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Políticas Públicas.
Setores de atividade: Energia; Produtos e Serviços Voltados Para A Defesa e Proteção do Meio Ambiente, Incluindo O Desenvolvimento Sustentado.
Palavras-chave: Energias renováveis; Sustentabilidade Energetica; Oferta Energética; Planejamento Energetico; Politica Energetica; Aproveitamento Energetico da Biomassa.
3.
Energia e Meio Ambiente

Objetivo: Avaliação dos sistemas energéticos existentes e das conseqüências sob o ponto de vista sócio-econômico, ambiental, sanitário, da saúde e dos riscos de sua produção, transformação e utilização..
Grande área: Engenharias
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Políticas Públicas.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia do Desenvolvimento.
Setores de atividade: Energia; Produtos e Serviços Voltados Para A Defesa e Proteção do Meio Ambiente, Incluindo O Desenvolvimento Sustentado; Outros Setores.
Palavras-chave: Energia e Sociedade; Desenvolvimento Sustentavel; Sustentabilidade Energetica; Politica Energetica.


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Governança Ambiental da Macrometrópole Paulista face à variabilidade climática
Descrição: Em um contexto fortemente marcado por mudanças climáticas globais, incertezas e com fortes tendências de alterações nas dinâmicas de regime hídrico, torna-se premente a necessidade de avançar no conhecimento e inovação associados à adoção de práticas de gestão da água e implementação de governança ambiental, com ênfase na vulnerabilidade hídrica face à variabilidade climática, numa perspectiva integrada, descentralizada e interdependente. Colocam-se novos desafios para abordar o tema da governança ambiental e suas interfaces com a governança da água, energia e segurança alimentar em uma escala que transcende a Região Metropolitana de São Paulo (RMSP), cuja denominação mais difundida é Macrometrópole Paulista. O presente projeto tem como objetivo, analisar de forma interdisciplinar, por meio de 5 subprojetos no contexto da Macrometrópole Paulista, o conjunto de processos que devem compor uma agenda de atuação e de integração das diferentes interfaces da governança ambiental associados à água e seus diversos usos. Visa, portanto compreender e analisar os impactos dos processos amplos de degradação ambiental e incremento da vulnerabilidade macrometropolitana, bem como, propor uma agenda inovadora de atuação e de integração das diferentes interfaces da governança ambiental num quadro de variabilidade climática..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (4) / Mestrado profissional: (2) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Celio Bermann - Integrante / Pedro Roberto Jacobi - Coordenador.
2017 - Atual
Perspectivas para armazenamento de carbono em Reservatórios de Petróleo Não Convencionais ?onshore? e de Bacias Sedimentares ?offshore? do Sudeste do Brasil
Descrição: O projeto tem por objetivo avaliar a viabilidade geológica de implementar tecnologia para armazenamento de carbono em reservatórios de petróleo não convencionais ?onshore? e daqueles associados às bacias sedimentares offshore da região sudeste do Brasil com a finalidade de contribuir para a redução de CO2, na área que concentra a maior parte das fontes de emissão de carbono do país. Este projeto visa testar a hipótese de que folhelhos ricos em matéria orgânica da Bacia do Paraná e de que os turbiditos e rochas carbonatadas da bacia de Santos, podem adsorver quantidades significantes de CO2 em capacidade compatível com as quantidades liberadas nas atividades produtivas e constituírem importantes reservatórios de carbono na região. A partir deste projeto poderá ser estimado o potencial de sequestro de CO2 das rochas aqui estudadas. Serão também focados no projeto a caracterização de riscos de impacto socioambiental resultantes da utilização de áreas identificadas para CCS e a definição de cenários econômicos e logísticos, com respectivas modelagens, da utilização das áreas selecionadas para projetos de CCS..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Celio Bermann - Integrante / Edmilson Moutinho dos Santos - Integrante / Colombo Celso Gaeta Tassinari - Coordenador.
2014 - Atual
Inserção de veículos elétricos no contexto internacional e no Brasil
Descrição: Objetivos da pesquisa: ? Levantamento das tecnologias atualmente disponíveis na produção de veículos elétricos: VEs a bateria; VEs híbridos; VEs híbridos plug in. ? Análise dos aspectos técnicos das baterias de íon de lítio, e suas opções tecnológicas. ? Análise dos aspectos logísticos ? tipologia de eletro postos; tempo de recarga e autonomia. ? Análise dos custos de aquisição e de operação. ? Avaliação dos aspectos tributários. ? Avaliação dos impactos no Sistema Elétrico Brasileiro. ? Avaliação das políticas públicas de incentivo ao uso de veículos elétricos no contexto internacional..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) .
Integrantes: Celio Bermann - Coordenador / Douglas Wittmann - Integrante / Felipe Ferraz Machado - Integrante.Financiador(es): (CNPq) Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2011 - Atual
Inserção da Bioenergia no cenário brasileiro e internacional
Descrição: Avaliação do processo nacional e internacional de substituição dos combustíveis fósseis (gasolina e óleo diesel), utilizados em motores de combustão interna, por combustíveis renováveis (etanol e biodiesel), tendo em vista os aspectos tecnológicos, econômicos, sociais e ambientais da produção desses combustíveis..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Celio Bermann - Coordenador / Francisco del Moral Hernández - Integrante / Luis Marcelo Moreno - Integrante / Mariana Soares Domingues - Integrante.Financiador(es): (CNPq) Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.Número de orientações: 3
2007 - 2010
Política Energética e Política Industrial no Brasil: avaliação das relações no período 1950-2005 com vistas à formulação de estratégias de articulação
Descrição: O projeto tem como objetivo a formulação de estratégias de articulação entre as políticas industrial e energética, de forma a reorientar o atual padrão de produção industrial e de consumo energético no país. Para alcançar os objetivos preconizados, esta investigação realiza uma revisão histórica das relações entre Política Energética e Política Industrial para avaliação das formas de articulação entre estes dois instrumentos de políticas públicas setoriais presentes nos seguintes planos de Governo de âmbito federal, organizados segundo três fases distintas: a primeira fase, situada entre 1950 e 1979, quando o processo de planejamento no Brasil ganhou importância, tornando-se cada vez mais abrangente e complexo; a segunda fase de 1980 a 1995, em que houve um descrédito do planejamento como reflexo das graves crises econômicas e políticas; e, por último, de 1996 a 2003, quando foi retomada a proposta, inclusive com esforço do governo, para a implantação de políticas de longo prazo. A partir de análise documental e de análise de discurso presente em documentos oficiais, serão identificadas em cada um destes Planos de Desenvolvimento, as ações e estratégias implementadas envolvendo a política energética e industrial. As relações a serem estabelecidas serão classificadas em função da natureza de subordinação e/ou complementaridade entre as duas políticas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (4) Doutorado: (2) .
Integrantes: Celio Bermann - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
2003 - 2004
Análise da Viabilidade Técnica e Ambiental de Empreendimentos Hidrelétricos no Corredor Ecológico Cerrado-Pantanal - Sudoeste de Goiás (bacias dos rios Corrente, Verde e Claro)
Descrição: Avaliação dos aproveitamentos hidrelétricos de Couto de Magalhães (Alto Araguaia), Caçu e Barra dos Coqueiros (rio Claro), Itumirim e Olho D?água (rio Corrente), Salto do Rio Verdinho e Salto (rio Verde), dentro do contexto regional e, mais especificamente, com relação à partição das quedas, aos estudos de engenharia e aos estudos de impactos ambientais realizados, à luz de alternativas possíveis. Ainda, foi realizada uma análise de custo-benefício incorporando as variáveis sócio-ambientais dos empreendimentos e suas implicações com relação aos grandes eixos que originalmente correspondiam a grandes corredores de fauna, entre outras variáveis ambientais também significativas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Celio Bermann - Integrante / Wilson Cabral Júnior - Coordenador / André Torres - Integrante / Paulo Antonio de Almeida Sinisgalli - Integrante.Financiador(es): Conservation International - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 1
2002 - Atual
Indústrias Eletrointensivas no Brasil: avaliação das novas condições de suprimento decorrentes do processo de reestruturação do setor elétrico
Descrição: O presente projeto de pesquisa tem como objetivos: . avaliar a recente evolução da demanda de eletricidade determinada pelos processos produtivos eletrointensivos; . analisar o papel da política tarifária e sua relação com os custos de produção; . identificar as estratégias utilizadas pelas empresas para assegurar o suprimento de energia elétrica, a partir da avaliação da participação destas empresas na expansão da oferta, nos esforços visando a autoprodução, e ainda, na redução ou congelamento da capacidade instalada. . avaliar as atuais políticas públicas, especialmente no que se refere à autoprodução, identificando quais as condições para uma eventual manutenção da participação do Estado na geração de energia, exclusivamente para suprimento destes setores produtivos. . formular propostas de políticas públicas com vistas à reorientação do perfil industrial brasileiro, buscando propor a adoção de instrumentos de política pública, eventualmente via regulação, para orientar cenários prospectivos mais adequados aos princípios do desenvolvimento sustentável..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (3) Doutorado: (2) .
Integrantes: Celio Bermann - Coordenador / Monica Landi - Integrante / Sidney Olivieri Rosim - Integrante / Francisco del Moral Hernández - Integrante / Alexandre Cosme José Jerônimo - Integrante / Armando Cesar Franco - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 1
1999 - 2000
Metodologia de Avaliação de Oferta Energética à luz das variáveis Qualidade Ambiental e Geração de Empregos
Descrição: Esta pesquisa teve como objetivo identificar, na escolha de alternativas de suprimento de eletricidade, mecanismos que possam contribuir de forma efetiva para atenuar os efeitos hoje enfrentados com as dificuldades de investimentos produtivos para ampliar a geração de empregos. Ainda, a investigação avaliou as possibilidades de implementação de uma política energética que priorize a geração de empregos a partir de mecanismos e instrumentos de regulação, considerando as atribuições da Agência Nacional de Energia Elétrica. A metodologia proposta neste trabalho foi baseada no trabalho desenvolvido durante o debate público ?For an Energy Efficient Québec ? Consultation Panel for the Public Debate on Energy? verificado na província do Québec, Canadá, no ano de 1995. Esta metodologia tem a grande vantagem de levar em conta os aspectos técnicos, econômicos e ambientais. Não tem os problemas da metodologia do ?least cost? no que diz respeito à avaliação dos custos não internalizados pelo mercado. Esses ?custos? são levados em conta em forma de indicadores que permitem a comparação entre as fontes. A autoridade decisória poderá avaliar os prós e contras de cada alternativa utilizando-se de análise multicriterial para chegar a uma definição. A metodologia de Québec implica a participação da sociedade na discussão dos indicadores e no processo de decisão. Para a elaboração dos indicadores utilizaram?se informações secundárias e primárias. Para aplicação da metodologia proposta e avaliação dos resultados foram identificados os seguintes Estudos de Casos: ? Geração Termelétrica a Gás Natural X Cogeração à partir do Bagaço de Cana-de-Açúcar no Estado de São Paulo; ? Geração Termelétrica a Gás Natural X PCH?s no Estado de São Paulo; ? Alternativas para Aquecimento de Água: aquecedor elétrico de acumulação; aquecedor elétrico de passagem; coletor solar e gás (natural e GLP) na Cidade de São Paulo. Os três estudos de caso analisados permitiram a elaboração de.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
1997 - 1998
O óleo diesel como agente de transformação social e ambiental nos garimpos da província aurífera do Tapajós - sudoeste do Estado do Pará
Descrição: O trabalho de pesquisa avaliou as atividades de garimpo no Brasil, a partir da análise dos fatores energéticos, sociais e ambientais, sob a ótica da inserção das inovações tecnológicas e da utilização do óleo diesel no processo extrativo do ouro na Província Aurífera do Tapajós (PA). Foram identificados os fatores que determinaram a necessidade da inserção de novas tecnologias na atividade garimpeira, os atores sociais beneficiados pelo processo de mecanização da garimpagem. Foram também analisadas as mudanças ocorridas na estrutura social dos garimpos e nas técnicas da garimpagem decorrentes do processo de mecanização. A partir destes elementos, foi realizada uma caracterização da participação do óleo diesel nos garimpos da PAT, estabelecendo uma correlação entre os distribuidores do óleo diesel e o poder político da região do Tapajós. Finalmente, foi realizada uma avaliação dos impactos ambientais decorrentes mecanização dos garimpos na PAT..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Celio Bermann - Coordenador / Raimundo Nonato do Espírito Santo dos Santos - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 1
1996 - 1998
Multilateral Development Bank - Energy Project
Descrição: O projeto realizou uma avaliação da política de investimentos no setor energético do Banco Mundial (BM) e dos bancos multilaterais regionais: Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Banco Asiático de Desenvolvimento, e Banco Africano de Desenvolvimento. Ainda, foram elaborados 15 estudos de caso, envolvendo os seguintes países: Camerum, Quênia, Zimbabwe, China, Índia, Indonésia, Filipinas, Bulgária, Hungria, Lituânia, Ucrânia, Brasil, Colombia, México e Uruguai..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Celio Bermann - Coordenador / Orlando Cristiano da Silva - Integrante.Financiador(es): Both Ends/Bank Information Center/Instituto del Tercer Mundo - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 5 / Número de orientações: 1
1992 - 1993
Intensidade Energética no contexto internacional: o processo de reconversão industrial e suas implicações sócio-ambientais
Descrição: Este trabalho de investigação analisou o processo de reconversão industrial em escala internacional a partir da identificação da questão energética como um fator determinante. Privilegiou-se neste trabalho de pesquisa o estudo do Circuito do Alumínio, abrangendo as etapas de extração e beneficiamento do minério (bauxita); a etapa de refino do minério para a obtenção da alumina, e o processo de fundição para a obtenção do alumínio primário. Foram desenvolvidos três estudos de caso: o alumínio no Japão, no Canadá e nos Estados Unidos da América..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de desenvolvimento


2002 - 2003
Desenvolvimento de Procedimentos de Otimização Energética de PCHs com Inserção no Mercado de Energia
Descrição: O projeto foi desenvolvido em colaboração com a EFEI e foi executado nas instalações das PCHs da empresa CPEE: - Usina São José: 0,876 MW (CSPE) - Usina Turvinho: 1,0 MW (CSPE) - Usina Pinheirinho: 0,636 MW (CLFM) - Usina São Sebastião: 0,592 MW (CFLM) - Usina Santa Alice: 0,624 MW (CPEE) Foram desenvolvidos diagnósticos energéticos e econômicos, abrangendo a elaboração de um procedimento de diagnóstico elétrico, mecânico e civil de PCHs; avaliação econômico-financeira do parque instalado; estudo com detalhamento das condições de despacho e operação; ensaios de rendimento de grupos geradores de pequeno porte. Para os ensaios de rendimento foram utilizados sistemas de aquisição de dados, procedimentos para a análise dos dados coletados, análises de erro, uso de equipamentos e dispositivos de ensaio de grupos geradores, como medidor de vazão portátil, transdutores de pressão, de potência e tacogerador. A pesquisa também efetuou uma análise de dados e documentos existentes para avaliação do conjunto turbina-gerador; a determinação da nova potência de operação e sua otimização; a verificação da necessidade de adequação da S/E e da Linha de Transmissão existentes, incluindo o estudo de conexão e de tarifa de transporte da energia. Finalmente doi estudada a inserção de PCHs no mercado de energia, a partir de um estudo técnico-econômico e legal para determinação dos benefícios do ingresso de um agente gerador que possua um pequeno grupo de PCHs no Mercado Atacadista de Energia (MAE), considerando o mecanismo de realocação de energia (MRE) e os riscos envolvidos..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Celio Bermann - Coordenador / Geraldo Lúcio Tiago Filho - Integrante / José Roberto Campos da Veiga - Integrante / Sérgio Ishida - Integrante.Financiador(es): Companhia Paulista de Energia Elétrica - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 6 / Número de orientações: 2
1995 - 1997
Consumo Energético, Qualidade Ambiental e Geração de Empregos
Descrição: Procedeu-se a uma pesquisa bibliográfica exploratória, no sentido de se buscar a compreensão de algumas questões referentes ao contexto internacional atual, caracterizado pelo processo de globalização. Foram examinados os conceitos de desemprego estrutural, o papel das inovações tecnológicas, experiências internacionais de ampliação do mercado de trabalho a partir da noção de tecnologia apropriada. Ainda, foram consideradas questões de qualidade do emprego, mercado formal e informal, além de métodos de avaliação da incorporação de mão-de-obra nos processos produtivos com base em dados relativos à massa salarial. Com base nessa primeira etapa, a investigação passou a examinar as possibilidades de adoção de indicadores capazes de responder à necessidade de incorporação de forma interdependente, das variáveis qualidade ambiental e emprego. Ao lado dos indicadores considerados clássicos (custos de geração; custos associados de operação e manutenção, prazo de realização, vida útil, fator de utilização anual, entre outros...) que são utilizados para avaliação, em termos comparativos, das alternativas de oferta energética, foram estabelecidos indicadores de qualidade ambiental e indicadores de geração de emprego..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Celio Bermann - Coordenador / Lauriberto S. Salles - Integrante / Marcos V. M. Silva - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 3 / Número de orientações: 1


Membro de corpo editorial


2011 - Atual
Periódico: Energía y Equidad
2005 - Atual
Periódico: NISAM-Núcleo de Informações em Saúde Ambiental
2002 - Atual
Periódico: Revista PCH Notícias & SHP News


Revisor de periódico


2006 - Atual
Periódico: Ciência Hoje
2010 - Atual
Periódico: Estudos Avançados (USP.Impresso)
1998 - Atual
Periódico: PCH Notícias & SHP News
2010 - Atual
Periódico: Cadernos PROLAM/USP
2011 - Atual
Periódico: Pesquisa Florestal Brasileira (Impresso)
2012 - Atual
Periódico: Energy Policy
2012 - Atual
Periódico: Journal of Energy Engineering
2012 - Atual
Periódico: Environmental Management (New York)


Revisor de projeto de fomento


2003 - Atual
Agência de fomento: (CNPq) Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico


Áreas de atuação


1.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Elétrica / Subárea: Energia.
2.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Elétrica.
3.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia.
4.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Planejamento Urbano e Regional / Subárea: Serviços Urbanos e Regionais.
5.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política.
6.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Políticas Públicas.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Alemão
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Pouco, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2005
Conselheiro do CONSEMA, Conselho Estadual de Meuio Ambiente.
2003
Conselheiro do CONAMA, Conselho Nacional de Meio Ambiente.
1997
Conselheiro do CADES, Conselho Municipal do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável.
1996
Conselheiro do CONSEMA, Conselho Estadual do Meio Ambiente de São Paulo.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

SCOPUS

Artigos completos publicados em periódicos

1.
1PEDROSO, GUILHERME2018PEDROSO, GUILHERME ; BERMANN, CÉLIO ; SANCHES-PEREIRA, ALESSANDRO . Combining the functional unit concept and the analytic hierarchy process method for performance assessment of public transport options. CASE STUDIES ON TRANSPORT POLICY, v. 6, p. 722-736, 2018.

2.
3COLLACO, F. M. A.2017COLLACO, F. M. A. ; BERMANN, C. . Perspectivas da Gestão de Energia em âmbito municipal no Brasil. Estudos Avançados, v. 31, p. 213-235, 2017.

3.
2LOPES, T. S. A.2017LOPES, T. S. A. ; LUCON, O. S. ; GOLDEMBERG, J. ; BERMANN, C. . Carsharing: Comparing cases to see the impacts. Global Scholastic Research Journal, v. 3, p. 18-26, 2017.

4.
4BERMANN, C.2016BERMANN, C.; GALVAO, J. ; SILVA, L. . Integração regional e governança: uma análise do acordo energético Perú-Brasil. Diálogos Latinoamericanos, v. 25, p. 237-249, 2016.

5.
5SOUZA, D. F.2016SOUZA, D. F. ; BERMANN, C. ; FONSECA, C. R. ; SILVA, E. A. S. . UHE Teles Pires: um estudo de caso de geração hidroelétrica na AmazôniaNIA. Revista Geoaraguaia, v. 6, p. 95-111, 2016.

6.
6GALVÃO, JUCILENE2015GALVÃO, JUCILENE ; BERMANN, CÉLIO . Crise hídrica e energia: conflitos no uso múltiplo das águas. Estudos Avançados (Online), v. 29, p. 43-68, 2015.

7.
7BERMANN, C.2015BERMANN, C.. Energia/Energy. Brasil em Números (Edição em Inglês. Impresso), v. 23, p. 249-273, 2015.

8.
8DOMINGUES, M. S.2014DOMINGUES, M. S. ; BERMANN, C. ; MANFREDINI, S. . A produção de soja no Brasil e sua relação com o desmatamento na Amazônia. Revista Presença Geográfica, v. 1, p. 32-47, 2014.

9.
9BERMANN, C.;BERMANN, CÉLIO2013BERMANN, C.. A resistência às obras hidrelétricas na Amazônia e a fragilização do Ministério Público Federal. Novos Cadernos NAEA, v. 16, p. 97-120, 2013.

10.
12DINIZ, E. M.2012DINIZ, E. M. ; BERMANN, C. . Economia verde e sustentabilidade. Estudos Avançados (USP. Impresso), v. 26, p. 323-329, 2012.

11.
13BERMANN, C.;BERMANN, CÉLIO2012BERMANN, C.. Economía verde: una vía para otro mundo posible?. Nueva Sociedad, v. 23, p. 11-23, 2012.

12.
16HERNANDEZ, F. M.2012HERNANDEZ, F. M. ; BERMANN, C. . Las megaobras y los límites de la democracia. Energía y Equidad, v. 1, p. 5-19, 2012.

13.
17BERMANN, C.;BERMANN, CÉLIO2012BERMANN, C.. Hacia una nueva perspectiva del Derecho Ambiental: La naturaleza como un sujeto de derechos. Revista Latinoamericana de Derecho y Políticas Ambientales, v. 2, p. 43-60, 2012.

14.
15DOMINGUES, M. S.2012DOMINGUES, M. S. ; BERMANN, C. . O arco de desflorestamento na Amazônia: da pecuária à soja. Ambiente & Sociedade (Online), v. XV, p. 1-22, 2012.

15.
14JERONYMO, A. C. J.2012JERONYMO, A. C. J. ; BERMANN, C. ; GUERRA, S. M. G. . Deslocamentos, itinerários, e destinos de populações atingidas por barragens: UHE Tijuco Alto, SP-PR. Desenvolvimento e Meio Ambiente (UFPR), v. 25, p. 113-152, 2012.

16.
11BERMANN, C.;BERMANN, CÉLIO2012BERMANN, C.. O projeto da usina hidrelétrica Belo Monte: a autocracia energética como paradigma. Novos Cadernos NAEA, v. 15, p. 5-23, 2012.

17.
19BERMANN, C.;BERMANN, CÉLIO2012BERMANN, C.. Na trilha dos Incas. Bons Fluidos, v. outubro/12, p. 82-87, 2012.

18.
18JERONIMO, A. C. J.2012JERONIMO, A. C. J. ; GUERRA, S. M. G. ; BERMANN, C. . Considerações sobre a desconstrução do licenciamento ambiental brasileiro. Ra'e ga (UFPR), v. 26, p. 182-204, 2012.

19.
10ACSELRAD, H.2012ACSELRAD, H. ; BERMANN, C. ; ALMEIDA, A. W. ; BRANDAO, C. A. ; CARNEIRO, E. ; LEROY, J. P. ; LISBOA, M. ; MELLO, C. ; MEIRELLES, J. ; MILANEZ, B. ; NOVOA, L. F. ; ODWYER, E. C. ; RIGOTTO, R. ; SANTANA JUNIOR, H. A. ; VAINER, C. B. ; ZHOURI, A. . Desigualdade ambiental e acumulação por espoliação: o que está em jogo na questão ambiental?. E-cadernos CES (Online), v. 1, p. 164-183, 2012.

20.
21BERMANN, C.;BERMANN, CÉLIO2011BERMANN, C.. Notas sobre la energía incorporada en la exportación de bienes primarios en Brasil. Energía y Equidad, v. 1, p. 31-38, 2011.

21.
22RODRIGUES, L. A.2011RODRIGUES, L. A. ; HERNANDEZ, F. M. ; BERMANN, C. . Producción de energía hidroeléctrica en amazonía: evaluación del Acuerdo Perú ? Brasil y la internacionalización de problemas ambientales. Revista Latinoamericana de Derecho y Políticas Ambientales, v. 1, p. 253-276, 2011.

22.
20BERMANN, C.;BERMANN, CÉLIO2011BERMANN, C.. Belo Monte e a gênese do fim. Edição especial scientific American Brasil, v. 44, p. 64-67, 2011.

23.
23BERMANN, C.;BERMANN, CÉLIO2010BERMANN, C.; HERNANDEZ, F. M. . A usina de Belo Monte: energia e democracia em questão. Política Democrática, v. Ano IX, p. 43-57, 2010.

24.
25BERMANN, C.;BERMANN, CÉLIO2009BERMANN, C.. O petróleo do pré-sal: o meio ambiente esquecido. Democracia Viva, v. 43, p. 12-14, 2009.

25.
24LÓPEZ-SUÁREZ, L.P2009LÓPEZ-SUÁREZ, L.P ; GUERRA, S. M. G. ; UDAETA, M. E. M. ; BERMANN, C. . A indústria de gás natural e a integração energética da América do Sul. Política Externa (USP), v. 18, p. 49-60, 2009.

26.
26BERMANN, C.;BERMANN, CÉLIO2008 BERMANN, C.. Crise ambiental e as energias renováveis. Ciência e Cultura, v. 60, p. 20-29, 2008.

27.
28BERMANN, C.;BERMANN, CÉLIO2007BERMANN, C.. Impasses e controvérsias da hidreletricidade. Estudos Avançados, v. 21, p. 139-153, 2007.

28.
27RUIZ, B. J.2007 RUIZ, B. J. ; PADILLA, V. R. ; BERMANN, C. . Analysis and perspectives of the government programs to promote the renewable electricity generation in Brazil. Energy Policy, v. 35, p. 2989-2994, 2007.

29.
29BERMANN, C.;BERMANN, CÉLIO2005BERMANN, C.. Impasses e perspectivas para as energias renováveis no Brasil. Correio da Cidadania, v. 452, p. 14-15, 2005.

30.
34BERMANN, C.;BERMANN, CÉLIO2003BERMANN, C.; VEIGA, J. R. C. ; ROCHA, C. A. ; MUCCILLO, F. . Procedimento de Otimização Energética de PCH's. PCH Notícias, Itajubá, n.18, p. 24-25, 2003.

31.
32BERMANN, C.;BERMANN, CÉLIO2003BERMANN, C.. O Brasil não precisa de Belo Monte. Observatório da Cidadania - Pará, Belém - PA, p. 181-184, 2003.

32.
33BERMANN, C.;BERMANN, CÉLIO2003BERMANN, C.. Perspektiven erneuerbarer Energiequellen in Brasilien. Tópicos (Bonn), Berlin-Alemanha, v. 1, n.2, p. 16-17, 2003.

33.
30BERMANN, C.;BERMANN, CÉLIO2003BERMANN, C.. Impasses e Perspectivas para uma Política Energética Sustentável no Brasil. Revista PROPOSTA, Rio de Janeiro, n.99, p. 41-46, 2003.

34.
31BERMANN, C.;BERMANN, CÉLIO2003BERMANN, C.; LONGO, R. . Avaliação do processo de reestruturação do setor elétrico brasileiro: das propostas à realidade. Revista Engenharia FAAP, São Paulo, v. 43, p. 5-13, 2003.

35.
35BERMANN, C.;BERMANN, CÉLIO2002BERMANN, C.; VEIGA, J. R. C. . Repotenciação de usinas hidrelétricas: uma avaliação à partir de três estudos de caso. Revista Brasileira de Energia, Rio de Janeiro, v. 9, p. 119-133, 2002.

36.
36BERMANN, C.;BERMANN, CÉLIO2001BERMANN, C.. Hidrelétricas: águas para a vida, não para a morte. Revista Tempo e Presença, Rio de Janeiro, n.ano 23, p. 10-13, 2001.

37.
37BERMANN, C.;BERMANN, CÉLIO1996BERMANN, C.. A ilusão da energia no Vale do Ribeira. Revista Parabólicas, São Paulo, n.no.16, p. 8, 1996.

38.
38BERMANN, C.;BERMANN, CÉLIO1996BERMANN, C.. Negociar com quem?. Jornal A Enchente do Uruguai, Erechim-RS, n.no.58, p. 4-5, 1996.

39.
39BERMANN, C.;BERMANN, CÉLIO1993BERMANN, C.. As Barragens do ano 2015. Jornal A Enchente do Uruguai, Erechim-RS, n.no.44, 1993.

40.
40BERMANN, C.;BERMANN, CÉLIO1992BERMANN, C.. Energia: Limites e Perspectivas Para Um Desenvolvimento Sustentável. Revista TEMPO E PRESENÇA, Rio de Janeiro, v. 14, n.261, p. 40-42, 1992.

41.
41BERMANN, C.;BERMANN, CÉLIO1992BERMANN, C.. Energia, Meio Ambiente e Miséria: Os Paradigmas da Nova Ordem. São Paulo em Perspectiva, São Paulo, v. 06, n.1 E 2, p. 43-51, 1992.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
ALLEY, P. ; BERMANN, C. ; DANIELSON, L. ; FELDT,H. ; MAHALINGAM, S. ; NADAL, A. ; NAIR, C. ; NGUIFFO, S. ; SIAKOR, S. . To Have and Have Not ? Resource Governance in the 21st. Century. 2a.. ed. Berlim: Heinrich Böll Foundation, 2008. v. 1. 62p .

2.
ORTIZ, L. ; SCHLESINGER, S. ; BERMANN, C. . Novos caminhos para o mesmo lugar: a falsa solução dos agrocombustíveis. Porto Alegre: NAT/FASE/Terra de Direitos, 2008. 38p .

3.
BARUFFI, C. (Org.) ; PAVAN, M. O. (Org.) ; ZANOTTI JUNIOR, M. (Org.) ; SOARES, M. Y. (Org.) ; CORTEZ, C. L. (Org.) ; BRAZ, C. P. (Org.) ; FUNCHAL, P. H. Z. (Org.) ; LASCALA, T. L. S. (Org.) ; BERMANN, C. (Org.) . As novas energias no Brasil: Dilemas da inclusão social e programas de Governo. 1. ed. Rio de Janeiro: FASE, 2007. 176p .

4.
MATTHES, F. C. ; ROSENKRANZ, G. ; BERMANN, C. . A Energia Nuclear em debate: mitos, realidades e mudanças climáticas. Rio de Janeiro: A 4 Mãos Comunicação e Design Ltda., 2006. v. 1. 152p .

5.
BERMANN, C.. Exportando a Nossa Natureza - Produtos intensivos em energia: implicações sociais e ambientais. 1. ed. Rio de Janeiro: FASE, 2004. v. 1. 70p .

6.
BERMANN, C.; AEDO, M. P. ; LARRAIN, S. . Desafios para la sustentabilidad energética en el Cono Sur. 1. ed. Santiago do Chile: Ediciones Socias, 2003. 105p .

7.
BERMANN, C.. Energia no Brasil: para quê? para quem? - Crise e alternativas para um país sustentável. São Paulo: Editora Livraria da Física/FASE, 2002. v. 01. 139p .

8.
BERMANN, C.; MARTINS, O. . Sustentabilidade Energética no Brasil: limites e possibilidades para uma estratégia energética sustentável e democrática. Rio de Janeiro: Federação de Orgãos para Assistencia Social e Educacional, 2000. v. 1. 151p .

9.
BERMANN, C.. Política energética e emissões de CO2 no Brasil. Rio de Janeiro: Ed. FASE, 1996. v. 1. 60p .

Capítulos de livros publicados
1.
GALVAO, J. ; BERMANN, C. . Grandes Empreendimentos Hidrelétricos e Confl itos Sociais: Estratégias de Empresas e Governo na Negação de Direitos e das Formas de Resistência. In: Luiz Alex Silva Saraiva; Adriana Vinholi Rampazo. (Org.). Energia, organizações e sociedade. 1ed.Recife (PE): Editora Massangana, 2017, v. 1, p. 209-246.

2.
ADAMS, C. ; ZUANON, J. ; MURIEL-CUNHA, J. ; SAWAKUCHI, A. O. ; SALM, R. ; CARNEIRO, C. C. ; BERMANN, C. ; GONCALVES, R. R. ; PEREIRA, T. S. . Recomendações relativas à situação a montante da barragem Pimental:. In: MAGALHÃES, Sonia Barbosa: CUNHA, Manoela Carneiro da. (Org.). A expulsão de ribeirinhos em Belo Monte: relatório da SBPC. 1ed.São Paulo: SBPC-Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, 2017, v. 1, p. 357-364.

3.
BERMANN, C.. Onde e de que forma reocupar: avaliação das questões hidrológicas da UHE Belo Monte. In: MAGALHÃES, Sonia Barbosa: CUNHA, Manoela Carneiro da. (Org.). A expulsão de ribeirinhos em Belo Monte: relatório da SBPC. 1ed.São Paulo: SBPC-Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, 2017, v. 1, p. 151-166.

4.
COLLACO, F. M. A. ; WEBER, N. A. B. ; SANTOS, E. M. ; COSTA, H. K. M. ; BERMANN, C. . How Decentralized Energy Planning can Contribute to Cleaner Production Initiatives. In: Biagio F. Giannetti; Cecilia M. V. B. Almeida; Feni Agostinho; Fábio Sevegnani. (Org.). Advances in Cleaner Production. 1ed.São Paulo: Nova Science Publishers, 2016, v. 2, p. 209-228.

5.
BERMANN, C.. Desafios sociais e ambientais da mineração no Brasil e a sustentabilidade. In: Adolpho José Melfi; Aroldo Misi; Diogenes de Almeida Campos; Umberto Giuseppe Cordani. (Org.). Recursos Minerais no Brasil: problemas e desafios. 1ed.Rio de Janeiro: Academia Brasileira de Ciências, 2016, v. 1, p. 364-375.

6.
BERMANN, C.. A desconstrução do licenciamento ambiental e a invisibilização do social nos projetos de usinas hidrelétricas. In: Andréa Zhouri: Norma Valencio. (Org.). Formas de matar, de morrer e de resistir: Limites da resolução negociada de conflitos ambientais. 1ed.Belo Hizonte: UFMG, 2014, v. 1, p. 95-109.

7.
BERMANN, C.. La gobernanza de la inversión en infraestructura en Brasil: Cómo afectan los megaproyectos energéticos a la sociedad, al medioambiente y a la democracia. In: Nancy Alexander; Carlos Bedoya; Oriana Suárez. (Org.). Infraestructura: para la gente o para el lucro? - El decisivo papel de una governanza democrática y responsable. 1ed.Lima (Peru): HBF/Latindadd, 2014, v. 1, p. 47-59.

8.
RIBEIRO, T. C. L. ; BERMANN, C. ; SOUSA JUNIOR, W. C. . Complexo Hidrelétrico do Tapajós: dados, contexto e análise. In: Souza Jr., Wilson Cabral. (Org.). Tapajós: hidrelétricas, infraestrutura e caos: elementos para a governança da sustentabilidade em uma região singular. 1ed.São José dos Campos: ITA/CTA, 2014, v. 1, p. 87-98.

9.
CABRAL JUNIOR, W. ; BERMANN, C. . Hydropower: The Sustainability Dilemma. Hydropower - Practice and Application. 1ed.Rijeka: INTECH, 2012, v. , p. 23-40.

10.
BERMANN, C.. A questão energética: impasses e desafios na Rio+20. In: RIBEIRO, W.G.. (Org.). Governança da ordem ambiental internacional e inclusão social. 1ed.São Paulo: ANNABLUME Ed., 2012, v. 23, p. 115-142.

11.
BERMANN, C.. O setor elétrico brasileiro no século 21: Cenário Atual e Desafios. In: Milikan, B.; Moreira, P.F.. (Org.). O setor elétrico brasileiro e a sustentabilidade no século 21: Oportunidades e Desafios. 2ed.Brasília-DF: Rios Internacionais, 2012, v. , p. 17-22.

12.
BERMANN, C.. O Setor de Eletro-intensivos. In: Moreira, P.F; Milllikan, B.. (Org.). O setor elétrico brasileiro e a sustentabilidade no século 21: oportunidades e desafios. 2a.ed.Brasília-DF: International Rivers Network - Brasil, 2012, v. , p. 28-32.

13.
BERMANN, C.. Os projetos das mega-obras hidrelétricas na Amazônia: sociedade e ambiente frente à ação governamental. In: Andréa Zhouri. (Org.). Desenvolvimento, reconhecimento de direitos e conflitos territoriais. 1ed.Brasília, DF: , 2012, v. , p. 66-97.

14.
BERMANN, C.. Country Perspective: Brazil. In: NETZER, N.; STEINHILBER, J.. (Org.). The End of Nuclear Energy? ? International perspectives after Fukushima. 1ed.Berlin: Friedrich-Ebert-Stiftung, 2011, v. , p. 23-26.

15.
HERNANDEZ, F. M. ; BERMANN, C. . A expansão da fronteira de exploração petrolífera: consequências sobre territórios e populações tradicionais. In: Henri Acselrad. (Org.). Capitalismo globalizado e recursos territoriais. 1ed.Rio de Janeiro: Editora Lamparina, 2010, v. , p. 145-178.

16.
BERMANN, C.. Energy-intensive production: social, environmental and economical consequences. In: Regitano-D´Arce, M.A.B; Vieira, T.M.F.S; Romanelli, T.L.. (Org.). Agroenergy and Sustainability. São Paulo: EDUSP, 2009, v. 1, p. 257-277.

17.
LESTINGUI, M. D. ; MORENO, L. M. ; SAVOIA, R. ; BERMANN, C. . Energía en Brasil: Para qué y para quién?. In: Berttinat, Pablo. (Org.). Escenarios Energéticos en América del Sur: Energía, integración, modelo productivo - aportes para un debate necesario. 1ed.Buenos Aires: Ed. Inércia, 2008, v. , p. 55-89.

18.
MORENO, L. M. ; DOMINGUES, M. S. ; ROSEMBERG, R. ; BERMANN, C. . Desafios e perspectivas dos agrocombustíveis no Brasil: a agricultura familiar face ao etanol da cana-de-açúcar e ao biodiesel da soja, mamona e dendê. In: Maia, K.; Beghin, N.. (Org.). Agrocombustíveis e a Agricultura Familiar e Camponesa: Subsídios ao debate. Rio de Janeiro: Editora Gráfica Fator, 2008, v. , p. 59-113.

19.
BERMANN, C.; MORENO, L. M. ; DOMINGUES, M. S. ; ROSEMBERG, R. . Challenges and prospects for agrofuels in Brazil. In: MAIA, Kátia; BEGHIN, Nathalie. (Org.). Agrofuels and family and peasant agriculture: inputs for the debate. 1ed.Rio de Janeiro: Semear Editora publishing house, 2008, v. , p. 59-113.

20.
BERMANN, C.. Energia nuclear no Brasil: uma história de controvérsias, riscos e incertezas. In: BERMANN, C.. (Org.). A energia nuclear em debate: mitos, realidades e mudanças climáticas. Rio de Janeiro: A 4 Mãos Comunicação e Design Ltda., 2006, v. , p. 131-152.

21.
BERMANN, C.. Energia, o patrimônio ambiental e a sustentabilidade no Brasil. In: Ribeiro, W.C.. (Org.). Patrimônio Ambiental Brasileiro. São Paulo: EDUSP/IOESP-Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2003, v. , p. 243-282.

22.
BERMANN, C.. A perspectiva da sociedade brasileira sobre a definição e implementação de uma política energética sustentável - uma avaliação da política oficial. In: Lúcia Schild Ortiz. (Org.). Fontes Alternativas de Energia e Eficiência Energética. Campo Grande-MS: Gibim Gráfica e Editora, 2002, v. , p. 51-66.

23.
BERMANN, C.. World Bank Energy Policy in Practice: Country Study - Brazil. In: Both ENDS. (Org.). Fuel for Change - World Bank Energy Policy: rhetoric vs reality. London/New York: Zed Books Ltd, 2000, v. , p. 140-148.

24.
BERMANN, C.. A Privatização da Produção de Energia na Amazônia: Cenários Prováveis, Conflitos Possíveis, Traumas Irreversíveis. In: Magalhães, S.B.; Britto, R.C.; Castro, E.R.. (Org.). Energia na Amazônia. Belém: MPEG/UFPA/UNAMAZ, 1996, v. I, p. 15-25.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
BERMANN, C.. Belo Monte, nosso dinheiro e o bigode do Sarney. Jornalistas da Web, Editora Globo - São Paulo, 31 out. 2011.

2.
BERMANN, C.. Belo Monte de equívocos. Jornal Folha de São Paulo, São Paulo, p. B4 - B4, 18 abr. 2010.

3.
BERMANN, C.. Repotenciação de hidrelétricas: a hora é agora. Revista Caros Amigos, São Paulo, p. 28, 01 set. 2007.

4.
BERMANN, C.. É hora de repotenciar as usinas hidrelétricas. Banas Qualidade (Cessou em 2003. Cont. ISSN 1679-9690 Falando em Qualidade), São Paulo, p. 46, 01 ago. 2007.

5.
BERMANN, C.. Impasses e perspectivas para as energias renováveis no Brasil. Correio da Cidadania, São Paulo, p. 14 - 14, 18 jun. 2005.

6.
BERMANN, C.. Belo Monte: uma usina cara e inútil. O LIBERAL, Belém (PA), p. 05, 05 maio 2002.

7.
BERMANN, C.; VAINER, C. B. . Lições da Crise Energética. O GLOBO, Rio de Janeiro, p. 7 - 7, 26 out. 2001.

8.
BERMANN, C.. Repotenciação de usinas hidrelétricas: alternativa para aumentar a oferta. Revista Energia & Mercados.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
SILVA, L. ; COLLACO, F. M. A. ; COSTA, H. K. M. ; BERMANN, C. . Aspectos políticos e regulatórios da implantação das redes inteligentes no Brasil: análise a partir do método SWOT. In: X Congresso Brasileiro de Planejamento Energético, 2016, Gramado (RS). Anais do X Congresso Brasileiro de Planejamento Energético. Itajubá (MG): Sociedade Brasileira de PlanejamentoEnergético, 2016. v. 1.

2.
WEBER, N. A. B. ; BERMANN, C. . Modelagem do sistema energético de Porto Alegre como suporte à tomada de decisão. In: X Congresso Brasileiro de Planejamento Energético, 2016, Gramado (RS). Anais do X Congresso Brasileiro de Planejamento Energético. Itajubá (MG): Sociedade Brasileira de Planejamento Energético, 2016. v. 1.

3.
MACHADO, F. F. ; JARA, F. G. B. ; BERMANN, C. . Análise do impacto na inclusão do ônibus elétrico no município de São Paulo. In: X Congresso Brasileiro de Planejamento Energético, 2016, Gramado (RS). Anais do X Congresso Brasileiro de Planejamento Energético. Itajubá (MG): Sociedade Brasileira de Planejamento Energético. v. 1.

4.
MACHADO, F. F. ; BERMANN, C. ; COSTA, H. K. M. ; SANTOS, M. M. ; SANTOS, E. M. . A inserção do automóvel elétrico para a redução da dependência energética do petróleo no setor dos transportes. In: 10º Congresso sobre Geração Distribuída e Energia no Meio Rural - AGRENER GD 2015, 2015, São Paulo. AGRENER GD 2015 - Anais, 2015. v. 1.

5.
COLLACO, F. M. A. ; BERMANN, C. . A gestão energética descentralizada em âmbito municipal no Brasil. In: 10º Congresso sobre Geração Distribuída e Energia no Meio Rural - AGRENER GD 2015, 2015, São Paulo. Anais do AGRENER GD 2015, 2015. v. 1.

6.
GANDARA, R. ; BERMANN, C. . Aproveitamento energético do hidrato de metano. In: 10º Congresso sobre Geração Distribuída e Energia no Meio Rural - AGRENER GD 2015, 2015, São Paulo. Anais do AGRENER GD 2015, 2015. v. 1.

7.
GALVAO, J. ; SILVA, L. ; BERMANN, C. . A governança e sua importância para o processo de integração energética regional. In: 7o. Encontro Nacional da Associação Nacional de Pós Graduação e Pesquisa em Ambiente e Sociedade - 7o. ANPPAS, 2015, Brasília (DF). Anais do 7o. ANPPAS. Brasília (DF): Ed. UnB, 2015. v. 1.

8.
MACHADO, F. F. ; BERMANN, C. . As políticas de inclusão do veículo elétrico no setor de transportes brasileiro e as consequências ambientais. In: 7o. Encontro Nacional da Associação Nacional de Pós Graduação e Pesquisa em Ambiente e Sociedade - 7o. ANPPAS, 2015, Brasília (DF). Anais do 7o. ENANPPAS. Brasília (DF): Ed. UnB, 2015. v. 1.

9.
SOUZA, M. N. M. ; GONZALEZ, C. G. M. ; NAVA, P. J. C. ; MERCEDES, S. S. ; BERMANN, C. . Distribuição desigual da apropriação de energia: petróleo e dependência na década de 1970. In: IX Congresso Brasileiro de Planejamento Energético, 2014, Florianópolis (SC). Anais do IX Congresso Brasileiro de Planejamento Energético 2014. Itajubá (MG): Sociedade Brasileira de Planejamento Energético, 2014. v. 1. p. 1-15.

10.
MACHADO, F. F. ; BERMANN, C. . Avaliação das políticas de inclusão do automóvel elétrico no setor de transportes brasileiro. In: IX Congresso Brasileiro de Planejamento Energético, 2014, Florianópolis (SC). Anais do IX Congresso Brasileiro de Planejamento Energético 2014. Itajubá (MG): Sociedade Brasileira de Planejamento Energético, 2014. v. 1. p. 1-13.

11.
COLLACO, F. M. A. ; BERMANN, C. . Limites e possibilidades do planejamento energético municipal: uma análise do subprograma PROCEL-GEM. In: IX Congresso Brasileiro de Planejamento Energético, 2014, Florianópolis (SC). Anais do IX Congresso Brasileiro de Planejamento Energético 2014. Itajubá (MG): Sociedade Brasileira de Planejamento Energético, 2014. v. 1. p. 1-14.

12.
WITTMANN, D. ; BERMANN, C. . A busca pelo desenvolvimento sustentável e o caso da indústria de energia elétrica no Brasil ? uma aproximação a partir de conceitos de emergia e exergia. In: IX Congresso Brasileiro de Planejamento Energético, 2014, Florianópolis (SC). Anais do IX Congresso Brasileiro de Planejamento Energético 2014, 2014. v. 1. p. 1-14.

13.
GALVAO, J. ; BERMANN, C. . A governança e a produção da hidroeletricidade no Brasil pós -2003. In: IX Congresso Brasileiro de Planejamento Energético, 2014, Florianópolis (SC). Anais do IX Congresso Brasileiro de Planejamento Energético 2014. Itajubá (MG): Sociedade Brasileira de Planejamento Energético, 2014. v. 1. p. 1-15.

14.
SOUZA, M. N. M. ; MERCEDES, S. S. ; BERMANN, C. . A distribuição desigual da apropriação de energia no mundo: o problema do acesso à energia elétrica na América Latina. In: 4º Encuentro Latinoamericana de Economía de la Energía, 2013, Montevideo. 4º Encuentro Latinoamericana de Economía de la Energía-Program for concurrent sessions, 2013.

15.
WITTMANN, D. ; WITTMANN, T. F. ; BERMANN, C. . Análise Crítica da Integração em Larga Escala de Veículos Elétricos no Brasil. In: 4th. International Workshop Advances in Cleaner Production, 2013, São Paulo. Proceedings of the 4th. International Workshop Advances in Cleaner Production, 2013.

16.
WITTMANN, D. ; WITTMANN, T. F. ; BERMANN, C. . The Large-Scale Integration of Electric Vehicles in Brazil. In: 8th. Conference on Sustainable Development of Energy, Water and Environment Systems, 2013, Dubrovnik. Proceedings of the 8th. Conference on Sustainable Development of Energy, Water and Environment Systems, 2013.

17.
GODOI, J. M. A. ; MATAI, P. H. L. S. ; BERMANN, C. . Retrocesso provocado pelo poder político sobre a governança da indústria do petróleo no Brasil. In: VIII Congresso Brasileiro de Planejamento Energético, 2012, Curitiba (PR). Anais do VIII Congresso Brasileiro de Planejamento Energético, 2012.

18.
Faria, F.A.M. ; BERMANN, C. . O cenário institucional do mecanismo de desenvolvimento limpo (MDL) aplicado a empreendimentos de Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs) no Brasil e o seu impacto na taxa interna de retorno dos projetos. In: VII SIMPÓSIO SOBRE PEQUENAS E MÉDIAS CENTRAIS HIDRELÉTRICAS, 2010, São Paulo. Anais do VII Simpósio Brasileiro sobre Pequenas e Médias Centrais Hidrelétricas. São Paulo: Acqua, 2010.

19.
Macorin, A.F. ; Tomisawa, A.T. ; Van Deursen, G.J.F. ; BERMANN, C. . Turbinas Hidráulicas Avançadas ? Programa AHTS. In: VII Congresso Brasileiro de Planejamento Energético, 2010, Sao Paulo. Anais do VII Congresso Brasileiro de Planejamento Energético. São Paulo, 2010.

20.
HERNANDEZ, F. M. ; BERMANN, C. . Política Energética X Política Ambiental: Qual o Elo Perdido?. In: VII CONGRESSO BRASILEIRO DE PLANEJAMENTO ENERGÉTICO, 2010, São Paulo. Anais do VII CONGRESSO BRASILEIRO DE PLANEJAMENTO ENERGÉTICO. São Paulo, 2010.

21.
LONGO, R. ; BERMANN, C. . Contextualização da Política Energética Brasileira: do Plano SALTE ao Plano Brasil para Todos. In: VII CONGRESSO BRASILEIRO DE PLANEJAMENTO ENERGÉTICO, 2010, São Paulo. Anais do VII CONGRESSO BRASILEIRO DE PLANEJAMENTO ENERGÉTICO. São Paulo, 2010.

22.
LESTINGUI, M. D. ; BERMANN, C. . Custos sociais em hidrelétricas: análise comparativa entre o acordado e o realizado a partir do estudo de caso da UHE Irapé (MG). In: III Encontro Latinoamericano Ciências Sociais e Barragens, 2010, Belém (PA). Anais do III Encontro Latinoamericano Ciências Sociais e Barragens. Belém (PA): NAEA-UFPa, 2010.

23.
Faria, F.A.M. ; BERMANN, C. . O cenário institucional e financeiro do Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL) aplicado a empreendimentos de Pequenas Centrais Hidrelétricas no Brasil (PCHs). In: V Conferência de PCH ? Mercado & Meio Ambiente, 2009, São Paulo. Anais da V Conferência de PCH ? Mercado & Meio Ambiente., 2009.

24.
HERNANDEZ, F. M. ; BERMANN, C. . Rarefação do diálogo e a criminalização do outro no processo de eletrificação. Conexões e desconexões entre política, eletricidade, voto e movimentos sociais.. In: I Encuentro Latinoamericano Ciencias Sociales y Represas / II Encontro Brasileiro Ciências Sociais e Barragens, 2007, Salvador. Anais do I Encuentro Latinoamericano Ciencias Sociales y Represas / II Encontro Brasileiro Ciências Sociais e Barragens, 2007.

25.
LESTINGUI, M. D. ; BERMANN, C. . Inserção dos custos sociais e suas implicações nos custos de investimento de empreendimentos hidrelétricos: estudo de caso UHE´s no Rio Madeira.. In: I Encuentro Latinoamericano Ciencias Sociales y Represas / II Encontro Brasileiro Ciências Sociais e Barragens, 2007, Salvador. Anais do I Encuentro Latinoamericano Ciencias Sociales y Represas / II Encontro Brasileiro Ciências Sociais e Barragens, 2007.

26.
JERONYMO, A. C. J. ; GUERRA, S. M. G. ; BERMANN, C. . Deslocamentos de populações ribeirinhas e passivos sociais e econômicos decorrentes de projeto de aproveitamento hidrelétrico: a usina hidrelétrica de Tijuco Alto/SP-PR.. In: I Encuentro Latinoamericano Ciencias Sociales y Represas / II Encontro Brasileiro Ciências Sociais e Barragens, 2007, Salvador. Anais do I Encuentro Latinoamericano Ciencias Sociales y Represas / II Encontro Brasileiro Ciências Sociais e Barragens, 2007.

27.
HERNANDEZ, F. M. ; BERMANN, C. . Questões de geopolítica na Amazônia: a integração física, fontes de energia e atividades de transformação da natureza. In: III CONGRESO CIER DE LA ENERGIA-CONCIER 2007, 2007, Mendellin. Anais do III CONGRESO CIER DE LA ENERGIA-CONCIER 2007, 2007.

28.
HERNANDEZ, F. M. ; BERMANN, C. . Notas sobre a percepção e discussão da política energética pelo movimento sindical: aspectos sócio-ambientais. In: III ENCONTRO DA ANPPAS, 2006, Brasília-DF. III ENCONTRO DA ANPPAS, 2006.

29.
ROMERO, J. F. L. ; BERMANN, C. . O aspecto ambiental do gás natural para o suprimento de eletricidade e combustível para as indústrias energointensivas brasileiras. In: III ENCONTRO DA ANPPAS, 2006, Brasília-DF. III ENCONTRO DA ANPPAS, 2006.

30.
COSTA, H. K. M. ; BERMANN, C. . A ANEEL e o PL 3.337/2004: uma análise da gestão, organização e controle social das agências reguladoras sob o prisma jurídico. In: V CONGRESSO BRASILEIRO DE PLANEJAMENTO ENERGÉTICO, 2006, Brasília-DF. Políticas públicas para a energia: Desafios para o próximo quadriênio, 2006.

31.
HERNANDEZ, F. M. ; BERMANN, C. . Esfera pública no setor energético: o planejamento, reconhecimento público de questões controversas e a luta dos movimentos sociais por reconhecimento. In: V CONGRESSO BRASILEIRO DE PLANEJAMENTO ENERGÉTICO, 2006, Brasília-DF. Políticas públicas para a energia: Desafios para o próximo quadriênio, 2006.

32.
JERONYMO, A. C. J. ; BERMANN, C. . Riscos, disputas e interesses: o cenário da (des)confiança no Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Renováveis. In: V CONGRESSO BRASILEIRO DE PLANEJAMENTO ENERGÉTICO, 2006, Brasília-DF. Políticas públicas para a energia: Desafios para o próximo quadriênio, 2006.

33.
SOARES, M. Y. ; BERMANN, C. ; CAVALIERO, K.K.N. . Intensidade energética e exportação: uma análise do período 1997-2004. In: V CONGRESSO BRASILEIRO DE PLANEJAMENTO ENERGÉTICO, 2006, Brasília-DF. Políticas públicas para a energia: Desafios para o próximo quadriênio, 2006.

34.
UDAETA, M. E. M. ; BAITELO, R. L. ; GALVAO, L. C. R. ; BERMANN, C. . O gerenciamento do lado da demanda e as nuances institucionais e regulatórias na indústria energética. In: V CONGRESSO BRASILEIRO DE PLANEJAMENTO ENERGÉTICO, 2006, Brasília-DF. ´Políticas públicas para a energia: Desafios para o próximo quadriênio, 2006.

35.
ROSIM, S. O. ; BERMANN, C. . Avaliação da Política de Tarifas Sociais de Energia Elétrica no Período 1991-2004. In: XI CBE-CONGRESSO BRASILEIRO DE ENERGIA, Rio de Janeiro, 2006, Rio de Janeiro-RJ. Inovação Tecnológica e Desenvolvimento Sustentável, 2006. v. IV. p. 2169-2181.

36.
HERNANDEZ, F. M. ; BERMANN, C. . Energia, Meio Ambiente e Sindicatos. In: XI CBE-CONGRESSO BRASILEIRO DE ENERGIA, 2006, Rio de Janeiro-RJ. Inovação Tecnológica e Desenvolvimenio Sustentável, 2006. v. III. p. 1663-1673.

37.
HERNANDEZ, F. M. ; BERMANN, C. . Uma avaliação da participação dos movimentos sociais no planejamento e no processo decisório do Setor Elétrico. In: XI CBE-CONGRESSO BRASILEIRO DE ENERGIA, 2006, Rio de Janeiro-RJ. Inovação Tecnológia e Desenvolvimento Sustentável, 2006. v. III. p. 1687-1701.

38.
SILVA, M. V. M. ; BERMANN, C. . A crise econômico-financeira das Centrais Elétricas do Pará. In: XI CBE-CONGRESSO BRASILEIRO DE ENERGIA, 2006, Rio de Janeiro-RJ. Inovação Tecnológica e Desenvolvimento Sustentável, 2006. v. I. p. 105-116.

39.
PASCALICCHIO, A. C. ; FRANCO, A. C. ; BERMANN, C. . Óleo Diesel: Auto-suficiência é possível para o Brasil. In: XI CBE-CONGRESSO BRASILEIRO DE ENERGIA, 2006, Rio de Janeiro-RJ. Inovação Tecnológica e Desenvolvimento Sustentável, 2006. v. III. p. 1431-1441.

40.
HERNANDEZ, F. M. ; BERMANN, C. . A responsabilidade social nos empreendimentos energéticos: reflexões metodológicas para identificação de agentes e suas responsabilidades. In: 6ª Conferência Latino-Americana sobre Meio Ambiente e Responsabilidade Social-ECOLATINA, 2006, Belo Horizonte. Anais do 6ª Conferência Latino-Americana sobre Meio Ambiente e Responsabilidade Social-ECOLATINA, 2006.

41.
HERNANDEZ, F. M. ; BERMANN, C. . Notas para a constituição de uma esfera pública no processo decisório do setor energético. In: 2º SEMINÁRIO NACIONAL ESTADO E POLÍTICAS SOCIAIS NO BRASIL, 2005, Cascavel (PR). Políticas Sociais e Desenvolvimento. Cascavel: UNIOESTE, 2005.

42.
FRANCO, A. C. ; BERMANN, C. . Recursos Públicos e rentabilidade do investimento privado: o caso da distribuição de energia elétrica no Brasil. In: 2º SEMINÁRIO NACIONAL ESTADO E POLÍTICAS SOCIAIS NO BRASIL, 2005, Cascavel (PR). Políticas Sociais e Desenvolvimento. Cascavel-PR: UNIOESTE, 2005.

43.
DAVALOS, V. O. ; BERMANN, C. . Parceria público-privada como alternativa para a expansão da oferta de eletricidade no Brasil: uma análise crítica. In: X CONGRESO INTERNACIONAL DEL CLAD SOBRE LA REFORMA DEL ESTADO Y LA ADMINISTRACIÓN PÚBLICA, 2005, Santiago (Chile). Anais do X CONGRESO INTERNACIONAL DEL CLAD SOBRE LA REFORMA DEL ESTADO Y LA ADMINISTRACIÓN PÚBLICA. Caracas (Venezuela): CLAD, 2005.

44.
BERMANN, C.; LIMA, F. P. . Política Energética para as Fontes de Energia Renovável. In: 4o. Congresso Brasileiro de Planejamento Energético, 2004, Itajubá (MG). 4o. Congresso Brasileiro de Planejamento Energético-Trabalhos, 2004.

45.
BERMANN, C.; FERNANDES, F. . Uma análise da responsabilidade social do Estado sobre a população ribeirinha afetada por Hidrelétricas. In: 4o. Congresso Brasileiro de Planejamento Energético, 2004, Itajubá (MG). 4o. Congresso Brasileiro de Planejamento Energético-Trabalhos, 2004.

46.
BERMANN, C.; ROMERO, J. F. L. . Macrolocalização das Usinas Termoelétricas a Gás Natural no Estado de São Paulo. In: 4o. Congresso Brasileiro de Planejamento Energético, 2004, Itajubá (MG). 4o. Congresso Brasileiro de Planejamento Energético-Trabalhos, 2004.

47.
LONGO, R. ; BERMANN, C. . Avaliação do processo de reestruturaçvão do setor elétrico brasileiro: das propostas à realidade. In: IX Congresso Brasileiro de Energia e IV Seminário Latino-Americano de Energia, 2002, Rio de Janeiro. Anais do IX Congresso Brasileiro de Energia e IV Seminário Latino-Americano de Energia. Rio de Janeiro: Chivas Produções, 2002. v. I. p. 363-370.

48.
LANDI, M. ; BERMANN, C. . A reestruturação do setor elétrico brasileiro: uma transição incompleta. In: IX Congresso Brasileiro de Energia e IV Seminário Latino-Americano de Energia, 2002, Rio de Janeiro. Anais do IX Congresso Brasileiro de Energia e IV Seminário Latino-Americano de Energia. Rio de Janeiro: Chivas Produções, 2002. v. I. p. 379-385.

49.
VEIGA, J. R. C. ; BERMANN, C. . Repotenciação de usinas hidrelétricas: uma avaliação à partir de três estudos de caso. In: IX Congresso Brasileiro de Energia e IV Seminário Latino-Americano de Energia, 2002, Rio de Janeiro. Anais do IX Congresso Brasileiro de Energia e IV Seminário Latino-Americano de Energia. Rio de Janeiro: Chivas Produções, 2002. v. II. p. 859-867.

50.
SILVA, M. V. M. ; BERMANN, C. . O Planejamento Energético como ferramenta de auxílio às tomadas de decisão sobre a oferta de energia na zona rural. In: 4o. Encontro de Energia no Meio Rural - AGRENER 2002, 2002, Campinas (SP). 4o. Encontro de Energia no Meio Rural - AGRENER 2002, 2002.

51.
SILVA, M. V. M. ; BERMANN, C. . Reflorestamento de áreas rurais degradadas: uma ferramenta para o cálculo do custo de mitigação das emissões de carbono. In: 4o. Encontro de Energia no Meio Rural - AGRENER 2002, 2002, Campinas. 4o. Encontro de Energia no Meio Rural - AGRENER 2002, 2002.

52.
RONDANI, M. E. ; BERMANN, C. . Do Plano de Avenidas ao Rodoanel Metropolitano: notas para uma discussão sobre o uso (in)sustentável da energia na Macrometrópole de São Paulo. In: Anais do VIII Congresso Brasileiro de Energia, 1999, Rio de Janeiro. Anais do Anais do VIII Congresso Brasileiro de Energia. Rio de Janeiro: Chivas Publicações, 1999. v. 1. p. 106-118.

53.
BORELLI, A. B. ; BERMANN, C. . A perspectiva da inserção do Produtor Independente de Energia - PIE no Setor Elétrico Brasileiro. In: VIII Congresso Brasileiro de Energia, 1999, Rio de Janeiro. Anais do VIII Congresso Brasileiro de Energia. Rio de Janeiro: Chivas Publicações, 1999. v. 1. p. 493-503.

54.
SILVA, M. V. M. ; BERMANN, C. . O paradoxo energético na Amazônia. In: VIII Congresso Brasileiro de Energia, 1999, Rio de Janeiro. Anais do VIII Congresso Brasileiro de Energia. Rio de Janeiro: Chivas Publicações, 1999. v. 2. p. 560-569.

55.
MONTEIRO, J. V. F. ; BERMANN, C. . Estudo de viabilidade para substituição do chuveiro elétrico por aquecedores à gás. In: VIII Congresso Brasileiro de Energia, 1999, Rio de Janeiro. Anais do VIII Congresso Brasileiro de Energia. Rio de Janeiro: Chivas Publicações, 1999. v. 2. p. 560-569.

56.
FRANCA, C. R. A. ; BERMANN, C. . Perspectivas da legislação sobre Programas de Atendimento Social para extensões de redes de distribuição de eletricidade: considerações a partir do estudo de caso da Cia. Eletropaulo S.A.. In: VIII Congresso Brasileiro de Energia, 1999, Rio de Janeiro. Anais do VIII Congresso Brasileiro de Energia. Rio de Janeiro: Chivas Publicações, 1999. p. 869-879.

57.
FRANCA, C. R. A. ; BERMANN, C. . Análise financeira do Programa de Baixa Renda da Eletropaulo S.A.. In: VIII Congresso Brasileiro de Energia, 1999, Rio de Janeiro. Anais do VIII Congresso Brasileiro de Energia. Rio de Janeiro: Chivas Publicações, 1999. v. 3. p. 1048-1062.

58.
SILVA, M. V. M. ; BERMANN, C. . Eletrificação Rural: elementos para o debate. In: VIII Congresso Brasileiro de Energia, 1999, Rio de Janeiro. Anais do VIII Congresso Brasileiro de Energia. Rio de Janeiro: Chivas Publ., 1999. v. 3. p. 1273-1281.

59.
FRANCA, C. R. A. ; BERMANN, C. . Análise da legislação pertinente aos Programas de Atendimento Social para extensões de redes de distribuição de eletricidade. In: VIII Congresso Brasileiro de Energia, 1999, Rio de Janeiro. Anais do VIII Congresso Brasileiro de Energia. Rio de Janeiro: Chivas Publ., 1999. v. 3. p. 1526-1538.

60.
CAIO, L. S. ; BERMANN, C. . Análise das metodologias de previsão de mercado de energia elétrica face ao novo perfil de planejamento no ambiente pós-privatização. In: III Congresso Brasileiro de Planejamento Energético, 1998, São Paulo. Anais III Congresso Brasileiro de Planejamento Energético, 1998.

61.
SALLES, L. S. ; BERMANN, C. . Usos Múltiplos e Regulação: elementos para a sustentabilidade do sistema de recursos hídricos. In: III Congresso Brasileiro de Planejamento Energético, 1998, São Paulo. Anais do III Congresso Brasileiro de Planejamento Energético, 1998.

62.
SALLES, L. S. ; BERMANN, C. . Aspectos metodológicos da gestão de recursos hídricos - estudo de caso: sistema Billings. In: XII Simpósio de Recursos Hídricos, 1997, Vitória-ES. Anais do XII Simpósio de Recursos Hídricos, 1997. v. 3. p. 61-68.

63.
SANTOS, R. N. E. S. ; BERMANN, C. . Energia: os limites da sustentabilidade. In: Seminário Ciência e Desenvolvimento Sustentável, 1997, São Paulo. Anais do Seminário Ciência e Desenvolvimento Sustentável. São Paulo: JVS Editora, 1997. p. 138-140.

64.
SILVA, M. V. M. ; BERMANN, C. . Planejamento energético: mecanismo de avaliação de alternativas energéticas para pequenas comunidades. In: Seminário Ciência e Desenvolvimento Sustentável, 1997, São Paulo. Anais do Seminário Ciência e Desenvolvimento Sustentável. São Paulo: VPS Editora, 1997. p. 140-143.

65.
Sevá Fo., A.O ; BERMANN, C. . Energia para o Desenvolvimento... enfim Social. In: VII Congresso Brasileiro de Energia, 1996, Rio de Janeiro. Anais do VII Congresso Brasileiro de Energia. Rio de Janeiro: Ed. Artimagem, 1996. v. II. p. 787-798.

66.
BERMANN, C.. Estratégias Industriais e Energéticas no Primeiro Mundo: o Alumínio no Japão, Canadá e Estados Unidos. In: II Congresso Brasileiro de Planejamento Energético, 1995, Campinas-SP. Anais do II Congresso Brasileiro de Planejamento Energético. Campinas: SBPE-NIPE/PRDU/UNICAMP, 1995. p. 143-154.

67.
BERMANN, C.. Self-managed ressettlement - case study of the Itá dam in Brazil. In: International Conference, 1995, Barcelona-Espanha. Proceedings of the International Conference. Surrey-UK: International Journal on Hydropower & Dams, 1995. p. 149-158.

68.
FABRIZY, M. P. ; MOREIRA, J. G. S. ; BERMANN, C. . A legislação ambiental em matéria das usinas hidrelétricas e em particular das PCH: o caso da França em comparação com o Brasil. In: I Encontro Brasileiro de Ciências Ambientais, 1994, Rio de Janeiro. Anais do I Encontro Brasileiro de Ciências Ambientais. Rio de Janeiro: COPPE/PANGEA-UFRJ, 1994. p. 525-542.

69.
BERMANN, C.. A Questão Energética e a Universidade: desafios e controvérsias. In: Seminário Internacional Energia e Meio Ambiente na Integração da Bacia do Prata, 1992, Porto Alegre_RS. Anais do Seminário Internacional Energia e Meio Ambiente na Integração da Bacia do Prata. Porto Alegre: Ed. Sagra-DC Luzzato, 1992. p. 195-198.

70.
BERMANN, C.; FRIDMAN, F. ; BARROS, P. S. P. . O problema habitacional nas áreas em processo de renovação urbana-um estudo de caso: o bairro do Catumbi no RJ. In: Simpósio sobre Barateamento da Construção Habitacional, 1978, Salvador-BA. Simpósio sobre Barateamento da Construção Habitacional: conferências, debates e relatos. Rio de Janeiro: Banco Nacional da Habitação, 1978.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
COSTA, H. K. M. ; BERMANN, C. . A regulação no setor de distribuição de gás canalizado e a inserção da concorrência na indústria de rede: o caso de São Paulo.. In: 4º CONGRESSO BRASILEIRO DE P&D EM PETRÓLEO E GÁS - 4º PDPETRO, 2007, Campinas. Anais do 4º CONGRESSO BRASILEIRO DE P&D EM PETRÓLEO E GÁS - 4º PDPETRO, 2007.

2.
HERNANDEZ, F. M. ; BERMANN, C. . Participação da Sociedade Civil no Planejamento como elemento de uma nova ética ambiental: considerações sobre o gerenciamento participativo de áreas de manaciais em Santo André. In: 3o. Encontro da ANPPAS-Associação Nacional de Pós-graduação em Ambiente e Sociedade, 2006, Brasília-DF. 3o. Encontro da ANPPAS, 2006.

3.
FERREIRA, J. G. ; COSTA, H. K. M. ; AGUIRRE, B. M. B. ; BERMANN, C. . Aspectos institucionais ligados ao livre acesso à rede de transporte no Brasil. In: RIO OIL & GAS EXPO AND CONFERENCE 2006, 2006, Rio de Janeiro. Anais do RIO OIL & GAS EXPO AND CONFERENCE 2006. Rio de Janeiro, 2006.

4.
COSTA, H. K. M. ; PARENTE, V. ; BERMANN, C. . A nova economia institucional e o contrato de concessão de distribuição de gás natural canalizado em São Paulo. In: RIO OIL & GAS EXPO AND CONFERENCE 2006, 2006, Rio de Janeiro. Anais do RIO OIL & GAS EXPO AND CONFERENCE 2006. Rio de Janeiro, 2006.

5.
HERNANDEZ, F. M. ; BERMANN, C. . Participação da sociedade civil no planejamento como elemento de uma nova ética ambiental: considerações sobre o gerenciamento participativo de áreas de mananciais em Santo André. In: III ENCONTRO DA ANPPAS, 2006, Brasília. Anais do III ENCONTRO DA ANPPAS, 2006.

6.
COSTA, H. K. M. ; BERMANN, C. . A regulação no setor de distribuição de gás canalizado e a inserção da concorrência na indústria de rede: o caso de São Paulo. In: 3º CONGRESSO BRASILEIRO DE P&D EM PETRÓLEO E GÁS ? 3º PDPETRO, 2005, Salvador-BA. 3º CONGRESSO BRASILEIRO DE P&D EM PETRÓLEO E GÁS ? 3º PDPETRO, 2005.

7.
COSTA, H. K. M. ; BERMANN, C. . A regulação no setor de distribuição de gás canalizado e a inserção da concorrência na indústria de rede: o caso de São Paulo. In: 3º CONGRESSO BRASILEIRO DE P&D EM PETRÓLEO E GÁS - 3º PDPETRO, 2005, Salvador (BA). Anais do 3º CONGRESSO BRASILEIRO DE P&D EM PETRÓLEO E GÁS - 3º PDPETRO, 2005.

8.
BERMANN, C.. Polo de Desenvolvimento: um elemento na estrutura das relações de dominação-o exemplo da Amazônia. In: 29a Reunião Anual da SBPC, 1977, São Paulo. RESUMOS da 29a Reunião Anual da SBPC, 1977. p. 171.

Artigos aceitos para publicação
1.
OLIVEIRA, F. C. ; LOPES, T. S. A. ; PARENTE, V. ; BERMANN, C. ; COELHO, S. T. . The Brazilian Social Fuel Stamp: Few strikes, many bloopers and strumbles. RENEWABLE & SUSTAINABLE ENERGY REVIEWS, 2017.

2.
COLLACO, F. M. A. ; PUKSET, T. ; DUIC, N. ; BERMANN, C. . What if megacities started to do Urban Energy Planning? The case study of São Paulo city and its implication for the national energy policy. ENERGY POLICY, 2017.

Apresentações de Trabalho
1.
GALVAO, J. ; BERMANN, C. . O licenciamento ambiental de grandes centrais hidrelétricas e as dificuldades de legitimação dos espaços democráticos. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
BRASIL, E. C. ; BERMANN, C. . A expansão do setor elétrico à luz da colonialidade do poder e colonialismo interno ? estudo de caso da Usina Hidrelétrica de Belo Monte. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
MACHADO, F. F. ; BRASIL, E. C. ; BERMANN, C. . Iniciativa para a Integração da Infraestrutura Regional Sul-americana à luz da teoria dos gestores ? estudo de caso do Complexo do Madeira. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
BERMANN, C.; NOVOA, L. F. ; CASTRO, G. . Água e energia: os desafios contemporâneos na América Lstina. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
BERMANN, C.. Estrategias de las empresas y gobiernos en la negación de derechos y de las formas de resistencia frente a los proyectos hidroeléctricos. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
SILVA, M. ; BRASIL, E. C. ; BERMANN, C. . A atividade mineradora e hidroenergética como potencializadora de impactos socioambientais ? estudos de casos do Vale do Ribeira e de Oriximiná. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
BERMANN, C.. UHEs no rio Tapajós, Política energética e Direitos das populações indígenas. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
BERMANN, C.; HERNANDEZ, F. M. ; RODRIGUES, L. A. ; WITTMANN, D. . Usinas Hidrelétricas na Amazônia - o futuro sob as águas. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
BERMANN, C.. Assessoria à Camara Municipal de Santo André como Assessor Técnico da Comissão Especial de Vereadores, criada com o objetivo de acompanhar o projeto de instalação da Usina Termelétrica Capuava Cogeração. 2001.

2.
BERMANN, C.. Consultor do PADCT (Programa de Apoio ao Desenvolvimento Cientifico e Tecnológico), sub-programa CIAMB (Ciências Ambientais) - FINEP, CAPES e CNPq. 2001.

3.
BERMANN, C.. Programa dos Terminais de Turismo de Massa do FUMEST. 1987.

Trabalhos técnicos
1.
BERMANN, C.. Governance of Infrastructure in Investment in Brazil: Implications of Energy-Related Mega-Projects for Society, the Environment (Global Warming) and Democracy. 2013.

2.
BERMANN, C.. Avaliação dos aspectos de Segurança do Projeto da Usina Nuclear Angra 3. 2012.

3.
BERMANN, C.. Expertengutachten über die Sicherheit des Nuklearprojektes Angra 3. 2012.

4.
ALLEY, P. ; BERMANN, C. ; DANIELSON, L. ; FELDT,H. ; MAHALINGAM, S. ; NADAL, A. ; NAIR, C. ; NGUIFFO, S. ; SIAKOR, S. . To Have and Have Not ? Resource Governance in the 21st. Century. 2007.

5.
MORENO, L. M. ; DOMINGUES, M. S. ; ROSEMBERG, R. ; BERMANN, C. . Agrocombustíveis e Agricultura Familiar no Brasil: panorama do etanol da cana-de-açúcar e biodiesel da soja, dendê e mamona. 2007.

6.
BERMANN, C.; LAIER, J. E. . Relatório Circunstanciado e Parecer Técnico sobre pedido de reconhecimento de curso. 2006.

7.
BERMANN, C.. Elaboração de parecer técnico sobre reconhecimento de curso superior. 2001.

8.
BERMANN, C.. Estudos de Impacto Ambiental (EIA/RIMA) das Usinas Termelétricas de Paulínia e São José dos Campos. 1989.

9.
BERMANN, C.. Estudos de Viabilidade do Complexo Mínero-Industrial de Itataia (CE). 1988.

10.
BERMANN, C.. Plano Diretor de Águas e Esgotos das Comunidades Rurais e Invasões do Distrito Federal. 1988.

11.
BERMANN, C.. Estudos de Viabilidade do Aproveitamento Hidrelétrico do rio Xingu (PA) - Estudos de Infraestrutura, Apoio Urbano e Inserção Regional. 1987.

12.
BERMANN, C.. Planos das Regiões Administrativas do Município de São Paulo. 1986.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
BERMANN, C.. Nível baixo dos reservatórios deixa o país em alerta. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
BERMANN, C.. Risco de o Brasil racionar energia é cada vez maior. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
BERMANN, C.. Belo Monte é um absurdo e termelétricas são desnecessárias. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

4.
BERMANN, C.. Globo Ecologia - Energia. 2013.

5.
BERMANN, C.. Especialistas analisam perda de capacidade de geração hidrelétrica no país. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

6.
BERMANN, C.. Os nós da energia. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

7.
BERMANN, C.. Amazônia, uma história de destruição. 2013. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

8.
BERMANN, C.. Investir em biomassa e no combate ao desperdício. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

9.
BERMANN, C.. Empreendimentos hidrelétricos potencializam contaminação ambiental por metilmercúrio, a forma química mais tóxica do elemento. 2013. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

10.
BERMANN, C.. Raio pode ter provocado apagão que deixou 12 estados sem luz no sábado. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
BERMANN, C.. Indústrias Eletrointensivas no Brasil: avaliação das novas condições de suprimento decorrentes do processo de reestruturação do setor elétrico. 2007. (Relatório de pesquisa).

2.
BERMANN, C.. Curso de Especialização em Conforto Ambiental e Conservação de Energia. 2004. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

3.
BERMANN, C.; CABRAL JUNIOR, W. ; SINISGALLI, P. ; TORRES, A. . Análise da Viabilidade Técnica e Ambiental de Empreendimentos Hidrelétricos no Corredor Ecológico Cerrado-Pantanal - Sudeste de Goiás. 2004. (Relatório de pesquisa).

4.
BERMANN, C.. Curso de Especialização em Conforto Ambiental e Conservação de Energia. 2003. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

5.
PALETTA, C. E. M. ; SILVA, O. C. ; BERMANN, C. . Perspectivas da Biomassa no Brasil para geração de energia. 2003. (Relatório de pesquisa).

6.
VEIGA, J. R. C. ; BERMANN, C. . A Repotenciação de Usinas Hidrelétricas como alternativa para o aumento da oferta de energia no Brasil com proteção ambiental. 2003. (Relatório de pesquisa).

7.
BERMANN, C.. Curso de Especialização em Conforto Ambiental e Conservação de Energia. 2002. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

8.
BERMANN, C.. Propuestas Energéticas Sustentables para el Cono Sur. 2002. (Relatório de pesquisa).

9.
BERMANN, C.; TIAGO FILHO, G. L. . Desenvolvimento de Procedimentos de Otimização Energética de PCHs com Inserção no Mercado de Energia. 2002. (Relatório de pesquisa).

10.
BERMANN, C.. Curso de Especialização em Conforto Ambiental e Conservação de Energia. 2000. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

11.
BERMANN, C.. Metodologia de Avaliação de Oferta Energética à luz das variáveis Qualidade Ambiental e Geração de Empregos. 2000. (Relatório de pesquisa).

12.
BERMANN, C.; MARTINS, O. . Sustentabilidade Energética no Brasil: limites e possibilidades para uma estratégia energética sustentável e democrática. 2000. (Relatório de pesquisa).

13.
BERMANN, C.. Curso de Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente. 1998. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

14.
BERMANN, C.; SANTOS, R. N. E. S. . O óleo diesel como agente de transformação social e ambiental nos garimpos da província aurífera do Tapajós - sudoeste do Estado do Pará. 1998. (Relatório de pesquisa).

15.
BERMANN, C.. Multilateral Development Bank - Energy Project. 1998. (Relatório de pesquisa).

16.
BERMANN, C.. Consumo Energético, Qualidade Ambiental e Geração de Empregos. 1997. (Relatório de pesquisa).

17.
BERMANN, C.. O Circuito do Alumínio e a Hidreletricidade. 1993. (Relatório de pesquisa).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
BERMANN, C.; MERCEDES, S. S.; MOLION, L. C.. Participação em banca de Mariana Nunes de Moura Souza. Energia, Ambiente e Relações Internacionais: Relações entre crise ambiental e energética na assinatura da Convenção do Clima. 2014. Dissertação (Mestrado em Programa de Pósgraduação em Energia) - Instituto de Energia e Ambiente.

2.
OLIVEIRA JUNIOR, S.; NOGUEIRA, L. A. H.; BERMANN, C.. Participação em banca de José Maria Alves Godoi. Eficiência energética industrial: um modelo de governança de energia para a indústria sob requisitos de sustentabilidade. 2011. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade de São Paulo.

3.
MAUAD, F. F.; PACHECO, I.B.; BERMANN, C.. Participação em banca de Renato Billia de Miranda. A influência do assoreamento na geração de energia elétrica: estudo de caso da usina de Três Irmãos. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciências da Engenharia Ambiental) - Universidade de São Paulo.

4.
BERMANN, C.. Participação em banca de Luis Marcelo Moreno. Transição da colheita da cana-de-açúcar manual para a mecanizada no Estado de São Paulo: cenários e perspectivas. 2011. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Energia) - Instituto de Eletrotécnica e Energia da USP.

5.
BERMANN, C.. Participação em banca de Camila Candido Santos Pizzol. Projeção do crescimento do mercado brasileiro para as Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCH's). 2011. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Energia) - Universidade Federal de Itajubá.

6.
BERMANN, C.; GUERRA, S. M. G.; SEVA FILHO, A. O.. Participação em banca de Marcela Dadauto Lestingi. A inserção dos custos sociais nos empreendimentos hidrelétricos: Estudo de caso da UHE Irapé (MG). 2010. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Energia) - Instituto de Eletrotécnica e Energia da USP.

7.
BERMANN, C.; LUCHIARI, A.; MANFREDINI, S.. Participação em banca de Mariana Soares Domingues. Avaliação da monocultura de soja como matéria-prima para a produção de biodiesel e sua relação com o desmatamento da floresta amazônica: estudo de caso na Região de São José do Xingu (MT). 2010. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Energia) - Instituto de Eletrotécnica e Energia da USP.

8.
BERMANN, C.; GUERRA, S. M. G.; MELO, E. A. S.. Participação em banca de Ricardo Savoia. O gerenciamento do planejamento de mercado nas distribuidoras de energia elétrica: do racionamento ao ambiente regulado e livre de contratação de energia. 2009. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Energia) - Instituto de Eletrotécnica e Energia da USP.

9.
BERMANN, C.; ZILLES, R.; CAVALIERO, K.K.N.. Participação em banca de Munir Younes Soares. Avaliação do desempenho dos sistemas isolados no Estado do Amazonas a partir de um estudo de caso: o Município de Uarini (AM). 2008. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Energia) - Instituto de Eletrotécnica e Energia da USP.

10.
BERMANN, C.; BAJAY, S. V.; SAUER, I. L.. Participação em banca de Marcelo dos Santos Bonfim. Considerações sobre a utilização do gás natural na geração de energia elétrica em Municípios da Região Amazônica. 2008. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Energia) - Instituto de Eletrotécnica e Energia da USP.

11.
BERMANN, C.; CASTRO, N.V.; PARENTE, V.. Participação em banca de Sidney Olivieri Rosim. Geração de energia elétrica - Um enfoque histórico e institucional das questões comerciais no Brasil. 2008. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Energia) - Instituto de Eletrotécnica e Energia da USP.

12.
BERMANN, C.; MATAI, P. H. L. S.; REIS, F. C. F.. Participação em banca de Fabio Ferreira Ferling. Gestão de bacias aéreas como instrumento de gestão ambiental: estudo de caso em projetos de geração de energia no Estado de São Paulo. 2008. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Energia) - Instituto de Eletrotécnica e Energia da USP.

13.
BERMANN, C.; VAINER, C. B.; ZHOURI, A. L. M.. Participação em banca de Alexandre Cosme José Jeronymo. Deslocamentos de populações ribeirinhas e passivos sociais e econômicos decorrentes de projeto de aproveitamento hidrelétrico: a UHE de Tijuco Alto SP/PR. 2007. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Energia) - Instituto de Eletrotécnica e Energia da USP.

14.
BERMANN, C.; FIGUEIREDO, P. J. M.; PIANTINI, A.. Participação em banca de Antonio Carlos dos Santos Baltazar. Qualidade da Energia no contexto da reestruturação do setor elétrico brasileiro. 2007. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Energia) - Instituto de Eletrotécnica e Energia da USP.

15.
CHERNICHARO, C. A. L.; BERMANN, C.; GRIMONI, J. A. B.. Participação em banca de Felipe Palma Lima. Energia no tratamento de esgoto: análise tecnológica e institucional para conservação de energia e uso do biogás. 2005. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade de São Paulo.

16.
SILVA, G. A.; BERMANN, C.; COLTRO, L.. Participação em banca de Flávio de Miranda Ribeiro. Inventário de Ciclo de Vida da geração hidrelétrica no Brasil - Usina de Itaipu: primeira aproximação. 2004. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade de São Paulo.

17.
BERMANN, C.; GUERRA, S. M. G.; Sevá Fo., A.O. Participação em banca de José Fernando Leme Romero. Avaliação do processo de licenciamento ambiental das usinas termoelétricas a gás natural no Estado de São Paulo a partir de três estudos de caso. 2004. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade de São Paulo.

18.
BERMANN, C.; TEIXEIRA, H. J.; MOTTA, C. M. S.. Participação em banca de Ricardo Luiz Camargo. O órgão ambiental e o processo de licenciamento de empreendimentos energéticos: uma avaliação da atuação do Estado segundo o referencial da Autonomia Inserida. 2003. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade de São Paulo.

19.
BERMANN, C.; GUERRA, S. M. G.; BAJAY, S. V.. Participação em banca de José Luiz de Carra. Matriz Energética e de Emissões: instrumentos de análise das políticas públicas no setor energético. 2003. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade de São Paulo.

20.
SEVA FILHO, A. O.; BERMANN, C.; BAJAY, S. V.. Participação em banca de Rubens Milagre Araújo. Uma retrospectiva da expansão do sistema elétrico na bacia do rio Tocantins, com estudo de caso na região de Lageado - Palmas/Porto Nacional (TO), 1996-2003. 2003. Dissertação (Mestrado em Planejamento de Sistemas Energéticos) - Universidade Estadual de Campinas.

21.
SAUER, I. L.; BERMANN, C.; SANTOS, A. H. M.. Participação em banca de Riolando Longo. Análise comparativa das crises energéticas na Califórnia e no Brasil. 2003. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade de São Paulo.

22.
BERMANN, C.; TIAGO FILHO, G. L.; FAGA, M. T. W.. Participação em banca de José Roberto Campos da Veiga. Oportunidades de Negócio com a repotenciação de usinas: aspectos técnicos, econômicos e ambientais. 2002. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade de São Paulo.

23.
BERMANN, C.; MARTINS, J. M. V.; VITTORINO, F.. Participação em banca de Romeu Ferreira dos Santos. A arquitetura e a eficiência nos usos finais da energia para o conforto ambiental. 2002. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade de São Paulo.

24.
BERMANN, C.; HADDAD, J.; BORTONI, E. C.. Participação em banca de Antonio de Andrade Tigrinho. A reestruturação do setor elétrico e o comportamento dos principais agentes. 2002. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Energia) - Universidade Federal de Itajubá.

25.
Sevá Fo., A.O; BERMANN, C.; PEREIRA, J. T. V.. Participação em banca de Luciana Kalinowski. Análise de Risco em indústrias e empreendimentos energéticos no estado do Paraná. 2002. Dissertação (Mestrado em Planejamento de Sistemas Energéticos) - Universidade Estadual de Campinas.

26.
VAINER, C. B.; BERMANN, C.; ARAUJO, F. G. B.. Participação em banca de Luiz Antônio Medeiros da Silva. Reestruturação do Setor Elétrico, conflito e negociação na bacia do Rio Uruguai. 2001. Dissertação (Mestrado em Planejamento Urbano e Regional) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

27.
BERMANN, C.; ZILLES, R.; TIAGO FILHO, G. L.. Participação em banca de Sérgio Ishida. Inserção da Pequena Central Hidrelétrica no Mercado Atacadista de Energia: Estudo de Caso: PCH Carrapatos. 2001. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade de São Paulo.

28.
VAINER, C. B.; BERMANN, C.; ARAUJO, F. G. B.. Participação em banca de Aline Tiana Rick. Cortina de fumaça: política e percepção de poluição do ar em São Paulo. 2000. Dissertação (Mestrado em Planejamento Urbano e Regional) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

29.
SAUER, I. L.; BERMANN, C.; GUERRA, S. M. G.. Participação em banca de Yolanda Vieira de Abreu. A introdução da concorrência no setor elétrico brasileiro: questões e perspectivas. 1999. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade de São Paulo.

30.
BERMANN, C.; RAMOS, D. S.; SANTOS, A. H. M.. Participação em banca de Aléssio Bento Borelli. A perspectiva da inserção do Produtor Independente de Energia-PIE no Brasil à luz da experiência internacional. 1999. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade de São Paulo.

31.
FAGA, M. T. W.; BERMANN, C.; ALVES, C. B.. Participação em banca de Eduardo Pinto Conceição. Análise da produção de energia elétrica em duas indústrias de processamento de cana da região norte do Estado de São Paulo. 1999. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade de São Paulo.

32.
BERMANN, C.; SAUER, I. L.; TOLMASQUIM, M. T.. Participação em banca de Carlos Roberto Almeida França. Programas Sociais em empresa estatal de serviço público: análise dos projetos de eletrificação de áreas residenciais urbanas de baixa renda na Eletropaulo S.A. e de suas perspectivas sob gestão privada. 1999. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade de São Paulo.

33.
BERMANN, C.; Sevá Fo., A.O; FIGUEIREDO, P. J. M.. Participação em banca de Oswaldo Stella Martins. Análise de ciclos de vida como Contribuição à Gestão Ambiental de Processos produtivos e Empreendimentos energéticos. 1999. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade de São Paulo.

34.
GUERRA, S. M. G.; BERMANN, C.; SILVA, E. P.. Participação em banca de Paulo Ernesto Strazzi. Relação entre tarifa e investimentos: um estudo de caso. 1998. Dissertação (Mestrado em Planejamento de Sistemas Energéticos) - Universidade Estadual de Campinas.

35.
BERMANN, C.; GUERRA, S. M. G.; GONCALVES, M. A.. Participação em banca de Leonardo Santos Caio. Análise das metodologias de previsão de energia elétrica: relações macro-econômicas e o novo perfil no ambiente pós-provatização. 1998. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade de São Paulo.

36.
BERMANN, C.; BITAR, O. Y.; MARTHIS, A.. Participação em banca de Raimundo Nonato do Espírito Santo dos Santos. Mecanização da garimpagem da província aurífera do Tapajós, Estado do Pará: uma análise energética, social e ambiental.. 1998. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade de São Paulo.

37.
BERMANN, C.; BOANOVA, A. C.; TAHAN, C. M.. Participação em banca de José Hilário Farina Portes. A Regulação da Indústria de Energia Elétrica no Brasil e seu Impacto nas Relações com os Clientes: uma perspectiva empresarial. 1998. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade de São Paulo.

38.
BERMANN, C.; SAUER, I. L.; PINHO, J. T.. Participação em banca de Marcos Vinicius Miranda da Silva. Estrutura de Planejamento Energético para pequenas comunidades na Amazônia. 1997. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade de São Paulo.

39.
BERMANN, C.; COSTA, J. P. O.; GOLDEMBERG, J.. Participação em banca de Orlando Cristiano da Silva. Análise do aproveitamento econômico e energético do óleo de palma na Guiné-Bissau na perspectiva do desenvolvimento sustentável. 1997. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade de São Paulo.

40.
BERMANN, C.; FAGA, M. T. W.; BOTTER, R. C.. Participação em banca de Guido Luporini. Um sistema de vigilância marítima aplicado à poluição marinha por petróleo no Brasil. 1996. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade de São Paulo.

41.
SAUER, I. L.; BERMANN, C.; GOMES, E.. Participação em banca de Estanislau Luczynski. O uso do carvão vegetal nos polos guseiros: implicações sociais, ambientais e economicas. 1995. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade de São Paulo.

Teses de doutorado
1.
MATAI, P. H. L. S.; BERMANN, C.; SILVA, O. C.; OMETTO, A.; NEIMAN, Z.. Participação em banca de Rita de Cassia Monteiro Marzullo. Metodologia para o cálculo da pegada hídrica ecotoxicológica de produtos dentro de uma perspectiva de ACV com uso do GIS: estudo piloto para o etanol hidratado. 2014. Tese (Doutorado em Programa de Pósgraduação em Energia) - Instituto de Energia e Ambiente.

2.
SEVA FILHO, A. O.; BERMANN, C.; BAJAY, S. V.. Participação em banca de Luciana Maria Kalinowski. A região do Ribeira de Iguape (Paraná/São Paulo) e a Hidreletricidade ? elementos para uma revisão crítica. 2011. Tese (Doutorado em Planejamento de Sistemas Energéticos) - Universidade Estadual de Campinas.

3.
BERMANN, C.; Sevá Fo., A.O. Participação em banca de Francisco del Moral Hernández. Oferta de Eletricidade e Combustíveis: Versões e subversões no problema energético brasileiro. 2011. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Energia) - Universidade de São Paulo.

4.
BERMANN, C.. Participação em banca de Sérgio Augusto Oliveira Alves. Sustentabilidade da agroindústria de palma no Estado do Pará. 2011. Tese (Doutorado em Recursos Florestais) - Universidade de São Paulo.

5.
BERMANN, C.; GUERRA, S. M. G.; SCARPINELLA, C. A.; GONCALVES, M. A.; FROELICH, G. M.. Participação em banca de Riolando Longo. Avaliação da Política Energética e da Política Industrial no Brasil: do Plano SALTE ao Plano Brasil para Todos. 2009. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Energia) - Instituto de Eletrotécnica e Energia da Universidade de São Paulo.

6.
BERMANN, C.; GUERRA, S. M. G.; PARENTE, V.; MELO, E. A. S.; SHINODA, C.. Participação em banca de Armando César Franco. Utilização da indústria de energia elétrica para financiar a educação com vistas ao desenvolvimento econômico. 2009. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Energia) - Instituto de Eletrotécnica e Energia da Universidade de São Paulo.

7.
VIANNA, J. N. S.; BERMANN, C.. Participação em banca de Rudi Henri Van Evans. Sustentabilidade de Projetos de Implementação de Aproveitamentos Hidrocinéticos em Comunidades Tradicionais na Amazônia: Casos no Suriname e Amapá. 2008. Tese (Doutorado em Desenvolvimento Sustentável) - Universidade Nacional de Brasília.

8.
VAINER, C. B.; BERMANN, C.; ARAUJO, F. G. B.; ASCELRAD, H.. Participação em banca de Chélen Fischer Lemos. O Processo Sociotécnico de Eletrificação da Amazônia: articulações e contradições entre Estado, capital e território (1890 a 1990). 2007. Tese (Doutorado em Planejamento Urbano e Regional) - Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional da UFRJ.

9.
FIGUEIREDO, P. J. M.; BERMANN, C.. Participação em banca de Celso Antunes de Almeida Filho. O processo de produção de alimínio primário e suas implicações ambientais: um estudo de caso sobre empresa integrada da região sudeste do Brasil. 2007. Tese (Doutorado em Engenharia de Produção) - Universidade Metodista de Piracicaba.

10.
BERMANN, C.; PIRES, J. M.; CASTRO, N.V.; GUERRA, S. M. G.; PARENTE, V.. Participação em banca de Mônica Landi. Energia elétrica e políticas públicas: a experiência do setor elétrico brasileiro no período de 1934 a 2005. 2006. Tese (Doutorado em Energia) - Instituto de Eletrotécnica e Energia da Universidade de São Paulo.

11.
BERMANN, C.; ANDRADE, C. A. M.; ROCHA, B. R. P.; GUERRA, S. M. G.; MARANHAO, R. F. A.. Participação em banca de Marcos Vinicius Miranda da Silva. A dinâmica excludente do sistema elétrico paraense. 2005. Tese (Doutorado em Energia) - Universidade de São Paulo.

12.
SAUER, I. L.; BERMANN, C.; OLIVEIRA, F. M. C.; GONCALVES, R.; SCARPINELLA, C. A.. Participação em banca de José Paulo Vieira. Energia elétrica como anti-mercadoria e sua metamorfose no Brasil: a reestruturação do setor e as revisões tarifárias. 2005. Tese (Doutorado em Energia) - Universidade de São Paulo.

13.
MACIEL, C. S.; BERMANN, C.; REYDON, B. P.; ROMEIRO, A. R.; SOUSA JUNIOR, W. C.. Participação em banca de Paulo Antonio de Almeida Sinisgalli. Valoração dos danos ambientais de hidrelétricas: estudos de caso. 2005. Tese (Doutorado em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas.

14.
SANTOS, E. M.; BOTTER, R. C.; BERMANN, C.. Participação em banca de Guido Luporini. Do Programa Nacional de Vigilância para a prevenção e monitoramento de derrames de óleo a um Sistema de Vigilância Marítima (Sivamar) - uma avaliação comparativa. 2004. Tese (Doutorado em Energia) - Universidade de São Paulo.

15.
VAINER, C. B.; BERMANN, C.; ARAUJO, F. G. B.; ASCELRAD, H.. Participação em banca de Nair Palhano Barbosa. Setor Elétrico e Meio Ambiente: a institucionalização da questão ambiental nos anos 80 e 90. 2002. Tese (Doutorado em Planejamento Urbano e Regional) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

16.
PLONSKI, G. A.; BERMANN, C.; GUERRA, S. M. G.; POMERANZ, L.; SALERNO, M. S.. Participação em banca de Paulo de Tarso Gaeta Paixão. Avaliação de Projetos e Emprego: uma visão sistêmica. 2000. Tese (Doutorado em Engenharia (Engenharia de Produção)) - Universidade de São Paulo.

17.
GUERRA, S. M. G.; BERMANN, C.; PEREIRA, J. T. V.; CAVALCANTI, R. N.; ROMEIRO, A. R.. Participação em banca de Miriam Liliana Hinostroza Suarez. Política energética e desenvolvimento sustentável: taxa de carbono para mitigação de gases de efeito estufa no Brasil. 2000. Tese (Doutorado em Planejamento de Sistemas Energéticos) - Universidade Estadual de Campinas.

18.
SAUER, I. L.; BERMANN, C.; ROSA, L. P.; GALVAO, L. C. R.; REIS, L. B.. Participação em banca de Cláudio Antonio Scarpinella. Porto Primavera: os paradigmas de análise e os processos de decisão de implantação. 1999. Tese (Doutorado em Energia) - Universidade de São Paulo.

Qualificações de Doutorado
1.
QUELUZ, G. L.; BERMANN, C.; LIMA FILHO, D. L.; AMORIM, M. L.; BAGATOLLI, C.. Participação em banca de Catiane Matiello. Controvérsias Sociotécnicas na Implantação de Usinas Hidrelétricas no Brasil. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em doutorado em tecnologia e Sociedade) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
BERMANN, C.; PO, M. V.; DEAK, C.. Professor Adjunto A - Nível 1 - Edital no. 20/2014. 2014. Universidade Federal do ABC.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Symposium: Current Watershed Management Issues in Brazil.Brazilian Water Policies: Multiple Uses and Priority for Hydroelectric Power. 2014. (Simpósio).

2.
UT Austin - LLILAS Fulbright Lecture.Amazon Under Construction: Towards Sustainability?. 2014. (Outra).

3.
XXXIV Annual ILASSA Student Conference. International Relations and Economic Develpment. 2014. (Congresso).

4.
DEBATE AMAZÔNIA: O futuro do Tapajós, o Rio mais Belo do Mundo.Energia na Amazônia: Para quê? Para quem?. 2013. (Encontro).

5.
International Symposium Mother Earth, Amazon Embraces Korea.Infrastructure projects, Biodiversity, Climate change and the Amazon rainforest. 2013. (Simpósio).

6.
RAEL Seminar - University of California, Berkeley.Traditional and alternative energy sources in Brazil - towards to a sustainable scenario?. 2013. (Seminário).

7.
Seminario Regional de Balance, alianzas y Perspectivas - La participación sindical en el proceso de la Conferencia de las Naciones Unidas sobre el Desarrollo Sostenible (Rio +20).Recursos naturales, energía y la agenda ambiental ? Nueva ola de combustibles fósiles. 2013. (Seminário).

8.
Understanding BRICS Through the Prism of Energy: The Challenges of Moving Towards Renewable Energy.Country Profiles: BRAZIL. 2013. (Seminário).

9.
Workshop and Strategic Debates Political, Economical and Social impact of Private Finance Strategies.Approaches through specific projects Case 1: IIRSA. 2013. (Oficina).

10.
III Workshop Internacional ENUMAS 2012 - Perspectivas das Atividades Nucleares no Brasil: Medicina, Segurança, Direito Nuclear e Agricultura..SEGURANÇA PARA PROJETOS ATUAIS E FUTUROS. 2012. (Oficina).

11.
1º Encontro Capixaba de Física da SBF.Política Energética Brasileira. 2011. (Encontro).

12.
35o. Encontro Anual da ANPOCS-Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais.Projetos de desenvolvimento, meio ambiente e povos tradicionais: o caso Belo Monte. 2011. (Encontro).

13.
Audiência Pública da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado Federal.Aspectos técnicos e econômico-financeiros do projeto do AHE Belo Monte. 2011. (Outra).

14.
Encontro ?Energias no São Francisco?, CPT.Conjuntura global e nacional sob o foco da questão energética. 2011. (Encontro).

15.
I Ciclo de Debates em Energia, Ambiente e Sociedade.Questões sócioambientais da questão energética no Brasil. 2011. (Outra).

16.
II Encontro de Ciências Biológicas da Universidade Estadual de Londrina ? UEL.Produção de Energia. 2011. (Encontro).

17.
IX Encontro da Sociedade Brasileira de Economia Ecológica.Desastres (não) Naturais: Revendo Políticas Públicas. 2011. (Encontro).

18.
Painel Internacional de Ambiente e Energia na Amazônia.Usinas hidrelétricas na Amazônia: problemas sociais e ambientais. 2011. (Encontro).

19.
Semana do Meio Ambiente - Subseção de Santos da OAB-Ordem dos Advogados do Brasil.Impactos Ambientais e Globalização. 2011. (Oficina).

20.
Seminário Internacional ?Políticas de inovação e mudança estrutural em um contexto de crescimento e crise?.O desafio das energias renováveis: um debate sobre as políticas de inovação. 2011. (Seminário).

21.
Workshop "Energia, construindo parcerias" - IPT. 2011. (Oficina).

22.
Workshop "Repotenciação de Usinas Hidrelétricas".Repotenciação de usinas hidrelétricas: capacitação do IEE/USP com vistas à otimização energética do parque brasileiro. 2011. (Oficina).

23.
Políticas públicas e obras de infra-estrutura na Amazônia: cenários e desafios para o fortalecimento da governança socioambiental.Usinas Hidrelétricas na Amazônia - o futuro sob as águas. 2010. (Seminário).

24.
International Forum of Public Universities-IFPU 2009 Summer School.Energy-intensive production: social, environmental and economical consequences. 2009. (Seminário).

25.
LAREF-Latin America Renewable Energy Fair Rio 9 ? World Climate & Energy Event. ?Energia para quê e para quem no Brasil. 2009. (Congresso).

26.
Va Conferência de PCHs ? Mercado & Meio Ambiente.Presidente do Painel ?Seminário de Apresentação de Trabalhos Técnicos da Va Conferência de PCHs ? Mercado &Meio Ambiente. 2009. (Seminário).

27.
11a Semana de Engenharia Química.Impactos sócio-ambientais da produção de eletricidade com usinas térmicas a gás natural. 2008. (Encontro).

28.
6ª Conferência Anual Pequenas Centrais Hidrelétricas.Repotenciação como Alternativa para Aumentar a Capacidade de Produção de Energia no País: Análise de Processos de Repotenciação e Modernização de PCHs. 2008. (Seminário).

29.
II Encontro dos Povos Indígenas e Movimentos Sociais da bacia do rio Xingu.O Brasil não precisa da Usina Hidrelétrica de Belo Monte. 2008. (Encontro).

30.
IVa Conferência de PCH, Mercado & Meio Ambiente.Análise de processos de repotenciação de PCHs. 2008. (Seminário).

31.
IV Fórum Instituto Acende Brasil,.O Homem e a Usina. 2008. (Encontro).

32.
Oficina sobre Energia Nuclear.Energia Nuclear: panorama mundial e no Brasil. 2008. (Oficina).

33.
V Foro Regional de Energias Renovables.Matriz energética regional: Análisis y propuestas que consideren la integración regional y la sustentabilidad de la matriz energética en su conjunto. 2008. (Seminário).

34.
VI Fórum Nacional de Regulação da Indústria de Energia.Impacto das descobertas recentes de petróleo no Desenvolvimento Sustentável. 2008. (Seminário).

35.
6ª Semana do Meio Ambiente do município de Embu das Artes.Energias Alternativas. 2007. (Encontro).

36.
Bate Papo no SISEMA - Discutindo a política ambiental do Estado de Minas Gerais.Geração de Energia e Sustentabilidade. 2007. (Encontro).

37.
Expert Roudtable: Resource Governance in Africa in the 21st. century.Reform and ehancement of existing iniciatives to incorporate China. 2007. (Encontro).

38.
Ia Conferência Nacional Popular sobre Agroenergia. Matriz Energética: Contexto Nacional e Internacional. 2007. (Congresso).

39.
II Congresso Latinoamericano de Parques Nacionales y Otras Áreas Protegidas. Represas hidroelectricas en Brasil: impactos sobre áreas protegidas. 2007. (Congresso).

40.
II Encontro Brasileiro Ciências Sociais e Barragens / I Encuentro Latinoamericano Ciencias Sociales y Represas.A Grande Barragem como objeto de estudo do cientista social. 2007. (Encontro).

41.
II Seminário Internacional Reestruturação e Regulação do Setor de Energia Elétrica e Gás Natural.Regulação no setor de energia elétrica e gás natural. 2007. (Seminário).

42.
I Seminário do Centro-Oeste de Energias Renováveis.Impactos Sócio-Ambientais e Sustentabilidade. 2007. (Seminário).

43.
Mesa-Redonda do Programa Diálogos Sustentáveis, sobre o tema ?Investimentos & Infra-Estrutura?.Energia e Sustentabilidade. 2007. (Encontro).

44.
Palestra ?Produção eletrointensiva: consequências econômicas e sócioambientais para o Brasil?.Produção eletrointensiva: consequências econômicas e sócioambientais para o Brasil. 2007. (Outra).

45.
Palestra "Energia e Sustentabilidade".Energia e Sustenhtabilidade. 2007. (Outra).

46.
Seminário ?Agrocombustíveis e a Agricultura Familiar e Camponesa?.Agrocombustíveis e Agricultura Familiar no Brasil: panorama do etanol da cana-de-açúcar e biodiesel da soja, dendê e mamona. 2007. (Seminário).

47.
Seminário ?Las Áreas Protegidas y los Recursos Energéticos em América Latina y el Caribe?.Energia hidroeléctrica y Áreas Protegidas. 2007. (Seminário).

48.
Seminário Energia e Meio Ambiente da Comissão de Meio Ambiente da Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo e da Câmara Federal.Alternativa para o aumento da oferta de energia no Brasil com proteção ambiental. 2007. (Seminário).

49.
Seminário sobre políticas públicas para o emprego da energia solar em Recife.Mudanças climáticas e o papel das cidades nas políticas públicas. 2007. (Seminário).

50.
Taller Latinoamericano: Fuentes Renovables de Energia y Pobreza.Las nuevas energias em Brasil ? dilemas de la inclusión social y programas de gobierno. 2007. (Oficina).

51.
1o. Encuentro de Ciudades y Comunidades de la Cuenca de la Plata.Una visión de los recursos hídricos desde la problemática de las grandes represas. 2006. (Encontro).

52.
3o Foro Regional de Energias Renovables ? Barreras y potencialidades para la inclusión de las energias renovables en gran escala.Los Nuevos marcos legislativos y regulatorios. 2006. (Encontro).

53.
6ª Conferência Latino-Americana sobre Meio Ambiente e Responsabilidade Social-ECOLATINA. A responsabilidade social nos empreendimentos energéticos: reflexões metodológicas para identificação de agentes de suas responsabilidades. 2006. (Congresso).

54.
Conferência Internacional de Gás Natural e Segundo Seminário Internacional de Integração Energética Latino-Americana.Política Energética e a Massificação do Uso do Gás Natural. 2006. (Seminário).

55.
Taller Internacional ?Energia, Desarrollo y Gas Natural".Desarrollo sostenible, política energética y aprovechamiento del Gas Natural. 2006. (Oficina).

56.
5o. Forum Social Mundial.Minas de bauxita, empresas de alumínio e hidrelétricas: quem aproveita dos novos projetos industriais na Amazônia. 2005. (Oficina).

57.
II Fórum sobre o Impacto das Hidrelétricas na Bacia do Rio Uruguai.Experiências positivas e perspectivas para uma gestão sustentável do uso do rios. 2005. (Encontro).

58.
Io. Encontro de Ciências Sociais e Barragens.Processos de decisão, planejamento e estruturas institucionais. 2005. (Encontro).

59.
Lançamento do livro ?Tenotã-Mo: alertas sobre as conseqüências dos projetos hidrelétricos no Rio Xingu?.Revisão histórica do projeto da UHE Belo Monte. 2005. (Outra).

60.
RIO 5 ? World Climate and Energy Event. Progress and impediments of Renewable Energy Development in Brazil. 2005. (Congresso).

61.
Seminário Internacional Integração Energética Latino Americana.Energia e Assentamentos Humanos. 2005. (Seminário).

62.
4o. Congresso Brasileiro de Planejamento Energético. Uma análise da responsabilidade social do Estado sobre a população ribeirinha afetada por Hidrelétricas. 2004. (Congresso).

63.
Conferência Internacional sobre Energias Renováveis. Energias Renováveis no Brasil. 2004. (Congresso).

64.
II Encontro da ANPPAS-Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ambiente e Sociedade.Grupo de Trabalho Energia e Meio Ambiente. 2004. (Encontro).

65.
Reunião do Parlamento Latinoamericano e da Sociedade Civil sobre Energias Renováveis.Propostas do Parlamento Parlamento Latinoamericano e da Sociedade Civil sobre Energias Renováveis. 2004. (Seminário).

66.
Fórum "PCH e Investimentos".Fórum "PCH e Investimentos". 2003. (Simpósio).

67.
Oficina ?Comércio Internacional, seus impactos sociais e ambientais?.Oficina ?Comércio Internacional, seus impactos sociais e ambientais?. 2003. (Oficina).

68.
Primeiro Debate Internacional sobre Estratégia diante da indústria do Alumínio.Primeiro Debate Internacional sobre Estratégia diante da indústria do Alumínio. 2003. (Oficina).

69.
Seminário ?Implicaciones de um acuerdo sobre inversiones em América Latina y el Caribe.Seminário "Implicaciones de um acuerdo sobre inversiones em América Latina y el Caribe". 2003. (Seminário).

70.
Seminário "Águas sem Barragens".Seminário "Águas sem Barragens". 2003. (Seminário).

71.
Seminário "Eficiência Energética e uso de fontes renováveis na Matriz Energética brasileira".Seminário "Eficiência Energética e uso de fontes renováveis na Matriz Energética brasileira". 2003. (Seminário).

72.
Seminário Diálogos para um Brasil Sustentável.Seminário Diálogos para um Brasil Sustentável. 2003. (Seminário).

73.
Seminário sobre a cadeia produtiva do alumínio, política energética no Brasil e impactos na Amazônia.Seminário sobre a cadeia produtiva do alumínio, política energética no Brasil e impactos na Amazônia. 2003. (Seminário).

74.
Seminário Teuto-Brasileiro sobre Energias Renováveis.Seminário Teuto-Brasileiro sobre Energias Renováveis. 2003. (Seminário).

75.
· Oficina Rumo à Construção de um Plataforma Energética Latino Americana para Sociedades Sustentáveis.Oficina Rumo à Construção de um Plataforma Energética Latino Americana para Sociedades Sustentáveis. 2002. (Oficina).

76.
I Encontro da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ambiente e Sociedade.I Encontro da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ambiente e Sociedade. 2002. (Encontro).

77.
II Congresso da Coalizão Rios Vivos. II Congresso da Coalizão Rios Vivos. 2002. (Congresso).

78.
Oficina A Cadeia da Produção de Alumínio na Amazônia.Oficina A Cadeia da Produção de Alumínio na Amazônia. 2002. (Oficina).

79.
Seminário Brasil-Alemanha sobre Energias Renováveis.Seminário Brasil-Alemanha sobre Energias Renováveis. 2002. (Seminário).

80.
Seminário Clima e Energias Renováveis "Diálogo e Oportunidades para a Sociedade Civil".Seminário Clima e Energias Renováveis "Diálogo e Oportunidades para a Sociedade Civil". 2002. (Seminário).

81.
Seminário Energia Social: Alternativas para a Crise.Seminário Energia Social: Alternativas para a Crise. 2002. (Seminário).

82.
Seminário Internacional Energia y Sustentabilidad en el Mercosur.Seminário Internacional Energia y Sustentabilidad en el Mercosur. 2002. (Seminário).

83.
9o Congresso Nordestino de Ecologia. 9o Congresso Nordestino de Ecologia. 2001. (Congresso).

84.
Seminário A Crise do Modelo do Setor Elétrico Brasileiro - construir outro modelo é possível.Seminário A Crise do Modelo do Setor Elétrico Brasileiro - construir outro modelo é possível. 2001. (Seminário).

85.
Seminário Energia e Meio Ambiente.Seminário Energia e Meio Ambiente. 2001. (Seminário).

86.
Seminário Energia - Novos Rumos e Soluções a Curto Prazo.Seminário Energia - Novos Rumos e Soluções a Curto Prazo. 2001. (Seminário).

87.
Seminário Internacional Las fuentes renovables de energia y el uso eficiente.Seminário Internacional Las fuentes renovables de energia y el uso eficiente. 2001. (Seminário).

88.
Seminário Usinas Termelétricas à Gás Natural no Estado de São Paulo.Seminário Usinas Termelétricas à Gás Natural no Estado de São Paulo. 2001. (Seminário).

89.
Seminário Debate 21 Sustainability in global trade, climate policy, international financial markets and institutions.Seminário Debate 21 Sustainability in global trade, climate policy, international financial markets and institutions. 2000. (Seminário).

90.
Seminário Desafios para la Sustentabilidad Energética en el Cono Sur.Seminário Desafios para la Sustentabilidad Energética en el Cono Sur. 2000. (Seminário).

91.
Seminário Gestão de Recursos Hídricos.Seminário Gestão de Recursos Hídricos. 2000. (Seminário).

92.
Seminário Sustainability and Justice: a political North-South dialogue on sustainable societies.Seminário Sustainability and Justice: a political North-South dialogue on sustainable societies. 2000. (Seminário).

93.
Workshop Energy policies for Sustainable Societies.Workshop Energy policies for Sustainable Societies. 2000. (Outra).

94.
VIII Congresso Brasileiro de Energia. VIII Congresso Brasileiro de Energia. 1999. (Congresso).

95.
III Congresso Brasileiro de Planejamento Energético. III Congresso Brasileiro de Planejamento Energético. 1998. (Congresso).

96.
Roundtable Brazil?s Water Policy Reforms and the role of the World Bank.Roundtable Brazil?s Water Policy Reforms and the role of the World Bank. 1998. (Outra).

97.
Seminário Conceitos de Sustentabilidade.Seminário Conceitos de Sustentabilidade. 1998. (Seminário).

98.
Seminário Internacional Energia, Sociedade e Meio Ambiente num Contexto de Globalização.Seminário Internacional Energia, Sociedade e Meio Ambiente num Contexto de Globalização. 1998. (Seminário).

99.
Encontro International Meeting of Affected People by Dams.Encontro International Meeting of Affected People by Dams. 1997. (Encontro).

100.
Seminário Ciência e Desenvolvimento Sustentável.Seminário Ciência e Desenvolvimento Sustentável. 1997. (Seminário).

101.
Seminário Perspectivas e Oportunidades da Bioenergia no Brasil.Seminário Perspectivas e Oportunidades da Bioenergia no Brasil. 1997. (Seminário).

102.
XII Simpósio de Recursos Hídricos.XII Simpósio de Recursos Hídricos. 1997. (Simpósio).

103.
I Seminário sobre os impactos sócio-econômicos, culturais e ambientais da construção de barragens na bacia do alto rio Doce de Minas Gerais.I Seminário sobre os impactos sócio-econômicos, culturais e ambientais da construção de barragens na bacia do alto rio Doce de Minas Gerais. 1996. (Seminário).

104.
Seminário Estudios de Sustentabilidad: un nuevo instrumento de la transferencia de investigación y conocimiento entre Países del Norte y del Sur.Seminário Estudios de Sustentabilidad: un nuevo instrumento de la transferencia de investigación y conocimiento entre Países del Norte y del Sur. 1996. (Seminário).

105.
Seminário Latino Americano sobre Meio Ambiente e Ação Sindical.Seminário Latino Americano sobre Meio Ambiente e Ação Sindical. 1996. (Seminário).

106.
Seminário Multilateral Development Banks and Energy.Seminário Multilateral Development Banks and Energy. 1996. (Seminário).

107.
VII Congresso Brasileiro de Energia. VII Congresso Brasileiro de Energia. 1996. (Congresso).

108.
Conferência Internacional "Hydropower into the next century: potential, opportunities, challenges.Conferência Internacional "Hydropower into the next century: potential, opportunities, challenges. 1995. (Outra).

109.
II Congresso Brasileiro de Planejamento Energético. II Congresso Brasileiro de Planejamento Energético. 1995. (Congresso).

110.
I Encontro Brasileiro de Ciências Ambientais.I Encontro Brasileiro de Ciências Ambientais. 1994. (Encontro).

111.
Workshop A exploração do potencial hidrelétrico da Amazônia.Workshop A exploração do potencial hidrelétrico da Amazônia. 1993. (Oficina).

112.
Seminário Internacional Energia e Meio Ambiente na Integração da Bacia do Prata.Seminário Internacional Energia e Meio Ambiente na Integração da Bacia do Prata. 1992. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
HADDAD, J. ; BERMANN, C. . X Congresso Brasileiro de Planejamento Energético. 2016. (Congresso).

2.
BERMANN, C.; SCARPINELLA, C. A. . Vº Encontro da ANPPAS-Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Ambiente e Sociedade. 2010. (Congresso).

3.
BERMANN, C.. III Encontro Latinoamericano Ciências Sociais e Barragens. 2010. (Congresso).

4.
Almeida, A.S. ; Ketzer, J.M.M. ; MEIRA Fo., L.G. ; BERMANN, C. . Pré-sal e mudanças climáticas: avaliações das tecnologias de captura e armazenamento de carbono. 2009. (Outro).

5.
BERMANN, C.. 4º Encontro da ANPPAS - Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Ambiente e Sociedade. 2008. (Congresso).

6.
BERMANN, C.. 3º Encontro da ANPPAS - Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Ambiente e Sociedade. 2006. (Congresso).

7.
BERMANN, C.. Seminário Brasil-Alemanha sobre Energias Renováveis. 2002. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Rodolfo Pereira Medeiros. Programas sociais num contexto de inclusão energética e qualidade de vida. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Lilian da Silva. Integração energética na América Latina. Início: 2017. Tese (Doutorado em Energia) - Universidade de São Paulo. (Orientador).

2.
Felipe Ferraz Machado. Políticas de inclusão dos veículos elétricos. Início: 2016. Tese (Doutorado em Energia) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

3.
Flavia Mendes de Almeida Collaço. Metodologias para a planejamento energético municipal. Início: 2016. Tese (Doutorado em Energia) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

4.
Mariana Nunes de Moura Souza. Distribuição Desigual da Apropriação de Energia: o problema da transferência de valor na forma de energia. Início: 2015. Tese (Doutorado em Energia) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

5.
Jucilene Galvão. Governança nos empreendimentos hidrelétricos no Brasil. Início: 2014. Tese (Doutorado em Programa de Pósgraduação em Energia) - Instituto de Energia e Ambiente. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Isis Brighetti. Aspectos econômicos e regulatórios do armazenamento geológico de carbono no Brasil: perspectivas de CCS em formações de gás de folhelho (shale gas) da bacia sedimentar do Paraná, Sul e Sudeste do Brasil. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Ciências Contábeis) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

2.
Bruno Alves Pereira. Questões sócioambientais do armazenamento geológico de carbono no Brasil: perspectivas de CCS em formações de gás de folhelho (shale gas) da bacia sedimentar do Paraná, Sul e Sudeste do Brasil. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Engenharia Ambiental) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Natália de Assis Brasil Weber. Análise integrada do sistema energético urbano: estudo de caso da cidade de Porto Alegre. 2017. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Celio Bermann.

2.
Erika Castilho Brasil. A expansão de hidrelétricas e parques eólicos à luz da colonialidade do poder e do colonialismo interno - estudos de casos da usina hidrelétrica de Belo Monte (PA) e o complexo eólico do Cumbe (CE). 2017. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Celio Bermann.

3.
Thiago Santos de Andrade Lopes. Impactos negligenciados da hidroeletricidade e energia eólica no Brasil. 2017. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Celio Bermann.

4.
Lilian da Silva. A integração energética na América do Sul: uma análise da formação de preferências do Brasil por acordos bilaterais. 2016. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Celio Bermann.

5.
Carlos Eduardo Centurion Nybroe. Estudo prospectivo da inserção de veículos elétricos no Paraguai e na Bolívia à luz de uma avaliação econômico-financeira. 2015. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade de São Paulo, Organização dos Estados Americanos. Orientador: Celio Bermann.

6.
Felipe Ferraz Machado. Análise das políticas públicas para a inclusão do automóvel elétrico no Brasil. 2015. Dissertação (Mestrado em Programa de Pósgraduação em Energia) - Instituto de Energia e Ambiente, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Celio Bermann.

7.
Flavia Mendes de Almeida Collaço. Planejamento e políticas públicas: uma análise sobre a gestão energética descentralizada em âmbito municipal no Brasil. 2015. Dissertação (Mestrado em Programa de Pósgraduação em Energia) - Instituto de Energia e Ambiente, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Celio Bermann.

8.
Mariana Nunes de Moura Souza. Energia, Ambiente e Relações Internacionais: Relações entre crise ambiental e energética na assinatura da Convenção do Clima. 2014. Dissertação (Mestrado em Programa de Pósgraduação em Energia) - Instituto de Energia e Ambiente, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Celio Bermann.

9.
Luis Marcelo Moreno. Transição da colheita da cana-de açúcar manual para a mecanizada no Estado de São Paulo: cenários e perspectivas. 2011. Dissertação (Mestrado em Energia) - Instituto de Eletrotécnica e Energia da Universidade de São Paulo, Agência Nacional do Petróleo. Orientador: Celio Bermann.

10.
Marcela Dadauto Lestingui. A inserção dos custos sociais nos empreendimentos hidrelétricos: estudo de caso da UHE Irapé (MG). 2010. Dissertação (Mestrado em Energia) - Instituto de Eletrotécnica e Energia da Universidade de São Paulo, . Orientador: Celio Bermann.

11.
Mariana Soares Domingues. Avaliação da monocultura de soja como matéria-prima para a produção de biodiesel e sua relação com o desmatamento da floresta amazônica: estudo de caso na região de São José do Xiingu (MT). 2010. Dissertação (Mestrado em Energia) - Instituto de Eletrotécnica e Energia da Universidade de São Paulo, . Orientador: Celio Bermann.

12.
Ricardo Savoia. O gerenciamento do planejamento de mercado nas distribuidoras de energia elétrica: do racionamento ao ambiente regulado e livre de contratação de energia. 2009. Dissertação (Mestrado em Energia) - Instituto de Eletrotécnica e Energia da Universidade de São Paulo, . Orientador: Celio Bermann.

13.
Fabio Ferreira Ferling. Gestão de bacias aéreas como instrumento de gestão ambiental: estudo de caso em projetos de geração de energia no Estado de São Paulo. 2008. Dissertação (Mestrado em Energia) - Instituto de Eletrotécnica e Energia da Universidade de São Paulo, . Orientador: Celio Bermann.

14.
Marcelo dos Santos Bonfim. Considerações sobre a utilização do gás natural na geração de energia elétrica em Municípios da Região Amazônica. 2008. Dissertação (Mestrado em Energia) - Instituto de Eletrotécnica e Energia da Universidade de São Paulo, . Orientador: Celio Bermann.

15.
Sidney Olivieri Rosim. Geração de energia elétrica - Um enfoque histórico e institucional das questões comerciais no Brasil. 2008. Dissertação (Mestrado em Energia) - Instituto de Eletrotécnica e Energia da Universidade de São Paulo, . Orientador: Celio Bermann.

16.
Munir Younes Soares. Avaliação do desempenho dos sistemas isolados no Estado do Amazonas a partir de um estudo de caso: o Município de Uarini (AM). 2008. Dissertação (Mestrado em Energia) - Instituto de Eletrotécnica e Energia da Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Celio Bermann.

17.
Antonio Carlos dos Santos Baltazar. Qualidade da Energia no contexto da reestruturação do setor elétrico brasileiro. 2007. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Celio Bermann.

18.
Alexandre Cosme José Jeronymo. Deslocamentos de populações ribeirinhas e passivos sociais e econômicos decorrentes de projeto de aproveitamento hidrelétrico: a UHE de Tijuco Alto SP/PR. 2007. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Celio Bermann.

19.
Hirdan Katarina de Medeiros Costa. A regulação do livre acesso na distribuiçãode gás natural canalizado: o caso de São Paulo. 2006. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade de São Paulo, Agência Nacional do Petróleo. Orientador: Celio Bermann.

20.
Francisco del Moral Hernández. Aqueles que vivem nas margens, às margens da decisão: controvérsias sobre o uso dos rios e das terras ribeirinhas para geração hidrelétrica. 2006. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Celio Bermann.

21.
Felipe Palma Lima. Energia no tratamento de esgoto: análise tecnológica e institucional para conservação de energia e uso do biogás. 2005. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Celio Bermann.

22.
José Fernando Leme Romero. Avaliação do processo de licenciamento ambiental das usinas termoelétricas a gás natural no Estado de São Paulo a partir de três estudos de caso. 2004. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Celio Bermann.

23.
Ricardo Luiz Camargo. O órgão ambiental e o processo de licenciamento de empreendimentos energéticos: uma avaliação da atuação do Estado segundo o referencial da Autonomia Inserida. 2003. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Celio Bermann.

24.
José Luiz de Carra. Matriz Energética e de Emissões: instrumentos de análise das políticas públicas no setor energético. 2003. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Celio Bermann.

25.
José Roberto Campos da Veiga. Oportunidades de Negócio com a repotenciação de usinas: aspectos técnicos, econômicos e ambientais. 2002. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Celio Bermann.

26.
Marília Miryám Hess Rondani. Energia -Transporte-Direito-Etnias na perspectiva da hipótese GAIA : estudo de caso para região metropolitana de São Paulo. 2002. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Energia) - Instituto de Eletrotécnica e Energia da USP, . Orientador: Celio Bermann.

27.
Sérgio Ishida. Inserção da Pequena Central Hidrelétrica no Mercado Atacadista de Energia - Estudo de Caso: PCH Carrapatos. 2001. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Celio Bermann.

28.
Carlos Roberto França. Programas Sociais em Empresa Estatal de Serviço Público: Análise dos projetos de eletrificação de áreas residenciais urbanas de baixa renda na Eletropaulo S. A. e de suas perspectivas sob gestão privada. 1999. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Celio Bermann.

29.
Aléssio Bento Borelli. A perspectiva da inserção do Produtor Independente de Energia Elétrica-PIE no Brasil, à luz da experiência internacional. 1999. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Celio Bermann.

30.
Osvaldo Stella Martins. Análise de ciclos de vida como Contribuição à Gestão Ambiental de Processos produtivos e Empreendimentos energéticos. 1999. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Celio Bermann.

31.
Leonardo Santos Caio. Análise das Metodologias de Previsão de Mercado de Energia Elétrica: Relações Macroeconômicas e o novo perfil de Planejamento no ambiente pós-privatização. 1998. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Celio Bermann.

32.
Raimundo Nonato do Espírito Santo dos Santos. A Mecanização da Garimpagem na Província Aurífera do Tapajós, Estado do Pará: uma análise energética, social e ambiental. 1998. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Celio Bermann.

33.
José Hilário Farina Pontes. A Regulação da Indústria de Energia Elétrica no Brasil e seu Impacto nas relações com os clientes: uma perspectiva empresarial. 1998. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Celio Bermann.

34.
Marcos Vinicius Miranda da Silva. Estrutura de Planejamento Energético para Pequenas Comunidades da Amazônia. 1997. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Celio Bermann.

35.
Orlando Cristiano da Silva. Análise do Aproveitamento Econômico e Energético do Óleo de Palma na Guiné-Bissau na perspectiva do Desenvolvimento Sustentável. 1997. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Celio Bermann.

36.
Guido Luporini. Petróleo e Poluição Marinha no Brasil: uma proposta de Vigilância Marítima por Radar aplicada ao Monitoramento de Manchas de Óleo. 1996. Dissertação (Mestrado em Energia) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Celio Bermann.

Tese de doutorado
1.
Guilherme Pedroso. Avaliação energética, econômica e socioambiental de alternativas para sistemas de transportes urbanos coletivos a partir do modelo de apoio multicritério à decisão. 2017. Tese (Doutorado em Energia) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Celio Bermann.

2.
Mariana Soares Domingues. A soja no contexto do Programa Nacional de Produção e Uso de Biodiesel (PNPB). 2016. Tese (Doutorado em Geografia (Geografia Física)) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Celio Bermann.

3.
Douglas Wittmann. A Indústria de Energia Elétrica no Brasil e o Desenvolvimento Sustentável: uma proposta para o horizonte 2050 à luz da Teoria de Sistemas. 2014. Tese (Doutorado em Energia) - Instituto de Energia e Ambiente, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Celio Bermann.

4.
Francisco del Moral Hernández. Oferta de Eletricidade e Combustíveis: Versões e subversões no problema energético brasileiro. 2011. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Energia) - Universidade de São Paulo, Agência Nacional do Petróleo. Orientador: Celio Bermann.

5.
Armando César Franco. Utilização da indústria de energia elétrica para financiar a educação com vistas ao desenvolvimento econômico:. 2009. Tese (Doutorado em Energia) - Instituto de Eletrotécnica e Energia da Universidade de São Paulo, . Orientador: Celio Bermann.

6.
Riolando Longo. Avaliação da Política Energética e da Política Industrial no Brasil: do Plano SALTE ao Plano Brasil para Todos. 2009. Tese (Doutorado em Energia) - Instituto de Eletrotécnica e Energia da Universidade de São Paulo, . Orientador: Celio Bermann.

7.
Mônica Landi. Energia Elétrica e Políticas Públicas: a experiência do setor elétrico brasileiro no período de 1934 a 2005. 2006. Tese (Doutorado em Energia) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Celio Bermann.

8.
Marcos Vinicius Miranda da Silva. A dinâmica excludente do sistema elétrico paraense. 2005. Tese (Doutorado em Energia) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Celio Bermann.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Carolina Puras da Rocha. Avaliação das ações de Educação Ambiental voltadas à população local em empreendimentos de PCHs no Estado de São Paulo. 2012. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão Ambiental e Negócios do Setor Energético) - Instituto de Eletrotécnica e Energia da USP. Orientador: Celio Bermann.

2.
Maria Clara Zeferino. A sustentabilidade na geração de energia elétrica no Brasil: avaliação crítica da energia hidráulica como fonte energética. 2012. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão Ambiental e Negócios no Setor Energético) - Universidade de São Paulo. Orientador: Celio Bermann.

3.
Sidney Massami Koto. Fontes renováveis para a produção de energia elétrica no contexto do Mecanismo de Desenvolvimento Limpo: estudo de caso de duas fontes - eólica e fotovoltaica. 2009. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Gestão Ambiental e Negócios do Setor Energético) - Universidade de São Paulo. Orientador: Celio Bermann.

4.
Jaime L Ribeiro Passos; Nilton Jaime de Souza; Thiago Righi. Os impactos causados pelas estações transmissoras de sinais de radiofrequência ? estudo de caso: região da Avenida Paulista, Pacaembu e Sumaré. 2007. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Esp. Gestão Ambiental e Negócios do Setor Elétrico) - Universidade de São Paulo. Orientador: Celio Bermann.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Alessandro G. Andrazzi; Claudio K. Hira; Humberto K. Hagio. Estudo de viabilidade ambiental de instalação de uma usina eólica offshore no Brasil, considerando aspectos técnicos, econômicos e normativos. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Ambiental) - Escola Politécnica da USP. Orientador: Celio Bermann.

2.
Adriano F. Macorin; Alessandra T.Tomisawa; GustavovanDeursen. Análise de viabilidade da implantação de Turbinas Hidráulicas Avançadas (AHTS-Advanced Hydro Turbines System) no Brasil. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Ambiental) - Escola Politécnica da USP. Orientador: Celio Bermann.

3.
Alexandre dal Más Dias. Avaliação de Tecnologias para redução de emissões de óxidos de nitrogênio em Usinas Termelétricas a Gás Natural. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Ambiental) - Universidade de São Paulo, Agência Nacional do Petróleo. Orientador: Celio Bermann.

4.
Fabiana Philipi; JoãoTeixeira; RenanLoureiro; VictorCarneiro. Viabilidade das Fontes Alternativas de Geração Elétrica através do Mecanismo de Desenvolvimento Limpo. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Engenharia Ambiental) - Escola Politécnica da USP. Orientador: Celio Bermann.

Iniciação científica
1.
Izabella Barbarini Baptista. A Geopolítica Petroleira do MERCOSUL com a entrada da Venezuela: continuidade ou mudança?. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Faculdade de Filosofia Letras e Ciencias Humanas, Agência Nacional do Petróleo. Orientador: Celio Bermann.

Orientações de outra natureza
1.
Belizza Janet Ruiz Mendoza. Mecanismos de promoção de fontes de energia renovável. 2006. Orientação de outra natureza. (Sistemas Energéticos) - UNAM- Universidad Nacional Autónoma de México., Santader-Serfin. Orientador: Celio Bermann.



Inovação



Projetos de pesquisa


Educação e Popularização de C & T



Artigos
Artigos completos publicados em periódicos
1.
17BERMANN, C.;BERMANN, CÉLIO2012BERMANN, C.. Hacia una nueva perspectiva del Derecho Ambiental: La naturaleza como un sujeto de derechos. Revista Latinoamericana de Derecho y Políticas Ambientales, v. 2, p. 43-60, 2012.

2.
14JERONYMO, A. C. J.2012JERONYMO, A. C. J. ; BERMANN, C. ; GUERRA, S. M. G. . Deslocamentos, itinerários, e destinos de populações atingidas por barragens: UHE Tijuco Alto, SP-PR. Desenvolvimento e Meio Ambiente (UFPR), v. 25, p. 113-152, 2012.

3.
9BERMANN, C.;BERMANN, CÉLIO2013BERMANN, C.. A resistência às obras hidrelétricas na Amazônia e a fragilização do Ministério Público Federal. Novos Cadernos NAEA, v. 16, p. 97-120, 2013.

4.
10ACSELRAD, H.2012ACSELRAD, H. ; BERMANN, C. ; ALMEIDA, A. W. ; BRANDAO, C. A. ; CARNEIRO, E. ; LEROY, J. P. ; LISBOA, M. ; MELLO, C. ; MEIRELLES, J. ; MILANEZ, B. ; NOVOA, L. F. ; ODWYER, E. C. ; RIGOTTO, R. ; SANTANA JUNIOR, H. A. ; VAINER, C. B. ; ZHOURI, A. . Desigualdade ambiental e acumulação por espoliação: o que está em jogo na questão ambiental?. E-cadernos CES (Online), v. 1, p. 164-183, 2012.

5.
4BERMANN, C.2016BERMANN, C.; GALVAO, J. ; SILVA, L. . Integração regional e governança: uma análise do acordo energético Perú-Brasil. Diálogos Latinoamericanos, v. 25, p. 237-249, 2016.

6.
2LOPES, T. S. A.2017LOPES, T. S. A. ; LUCON, O. S. ; GOLDEMBERG, J. ; BERMANN, C. . Carsharing: Comparing cases to see the impacts. Global Scholastic Research Journal, v. 3, p. 18-26, 2017.

7.
7BERMANN, C.2015BERMANN, C.. Energia/Energy. Brasil em Números (Edição em Inglês. Impresso), v. 23, p. 249-273, 2015.

Artigos aceitos para publicação
1.
OLIVEIRA, F. C. ; LOPES, T. S. A. ; PARENTE, V. ; BERMANN, C. ; COELHO, S. T. . The Brazilian Social Fuel Stamp: Few strikes, many bloopers and strumbles. RENEWABLE & SUSTAINABLE ENERGY REVIEWS, 2017.


Livros e capítulos
1.
BERMANN, C.. A desconstrução do licenciamento ambiental e a invisibilização do social nos projetos de usinas hidrelétricas. In: Andréa Zhouri: Norma Valencio. (Org.). Formas de matar, de morrer e de resistir: Limites da resolução negociada de conflitos ambientais. 1ed.Belo Hizonte: UFMG, 2014, v. 1, p. 95-109.

2.
BERMANN, C.. La gobernanza de la inversión en infraestructura en Brasil: Cómo afectan los megaproyectos energéticos a la sociedad, al medioambiente y a la democracia. In: Nancy Alexander; Carlos Bedoya; Oriana Suárez. (Org.). Infraestructura: para la gente o para el lucro? - El decisivo papel de una governanza democrática y responsable. 1ed.Lima (Peru): HBF/Latindadd, 2014, v. 1, p. 47-59.

3.
RIBEIRO, T. C. L. ; BERMANN, C. ; SOUSA JUNIOR, W. C. . Complexo Hidrelétrico do Tapajós: dados, contexto e análise. In: Souza Jr., Wilson Cabral. (Org.). Tapajós: hidrelétricas, infraestrutura e caos: elementos para a governança da sustentabilidade em uma região singular. 1ed.São José dos Campos: ITA/CTA, 2014, v. 1, p. 87-98.

4.
BERMANN, C.. Desafios sociais e ambientais da mineração no Brasil e a sustentabilidade. In: Adolpho José Melfi; Aroldo Misi; Diogenes de Almeida Campos; Umberto Giuseppe Cordani. (Org.). Recursos Minerais no Brasil: problemas e desafios. 1ed.Rio de Janeiro: Academia Brasileira de Ciências, 2016, v. 1, p. 364-375.

5.
GALVAO, J. ; BERMANN, C. . Grandes Empreendimentos Hidrelétricos e Confl itos Sociais: Estratégias de Empresas e Governo na Negação de Direitos e das Formas de Resistência. In: Luiz Alex Silva Saraiva; Adriana Vinholi Rampazo. (Org.). Energia, organizações e sociedade. 1ed.Recife (PE): Editora Massangana, 2017, v. 1, p. 209-246.

6.
ADAMS, C. ; ZUANON, J. ; MURIEL-CUNHA, J. ; SAWAKUCHI, A. O. ; SALM, R. ; CARNEIRO, C. C. ; BERMANN, C. ; GONCALVES, R. R. ; PEREIRA, T. S. . Recomendações relativas à situação a montante da barragem Pimental:. In: MAGALHÃES, Sonia Barbosa: CUNHA, Manoela Carneiro da. (Org.). A expulsão de ribeirinhos em Belo Monte: relatório da SBPC. 1ed.São Paulo: SBPC-Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, 2017, v. 1, p. 357-364.


Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
BERMANN, C.. Nível baixo dos reservatórios deixa o país em alerta. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
BERMANN, C.. Risco de o Brasil racionar energia é cada vez maior. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
BERMANN, C.. Belo Monte é um absurdo e termelétricas são desnecessárias. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

4.
BERMANN, C.. Globo Ecologia - Energia. 2013.

5.
BERMANN, C.. Raio pode ter provocado apagão que deixou 12 estados sem luz no sábado. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

6.
BERMANN, C.. Especialistas analisam perda de capacidade de geração hidrelétrica no país. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

7.
BERMANN, C.. Os nós da energia. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

8.
BERMANN, C.. Amazônia, uma história de destruição. 2013. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

9.
BERMANN, C.. Investir em biomassa e no combate ao desperdício. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

10.
BERMANN, C.. Empreendimentos hidrelétricos potencializam contaminação ambiental por metilmercúrio, a forma química mais tóxica do elemento. 2013. (Programa de rádio ou TV/Comentário).



Outras informações relevantes


ATIVIDADES DE PESQUISA:
1- Pesquisa "Energia para um Brasil Sustentável e Democrático" - projeto em colaboração com a FASE-Federação de Órgãos para Assistência Social e Educacional, IBASE-Instituto Brasileiro de Análise Sócio-Econômica, AS-PTA-Assessoria e Serviços a Projetos em Agricultura Alternativa, IPPUR-UFRJ-Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional/Universidade Federal do Rio de Janeiro, PACS-Instituto Políticas Alternativas para o Cone Sul ? Apoio financeiro: Fundação Ford/Fundação Heinrich Böll - em andamento.
2- Pesquisa "Propuestas Energéticas Sustentables para el Cono Sur" - projeto em colaboração com REDES-Uruguai, Programa Chile Sustentable, Taller Ecologista-Argentina, Grupo Sobrevivência-Paraguai ? Apoio financeiro: Fundação Heinrich Böll - em andamento.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 16/11/2018 às 8:30:40