Valter Alnis Bezerra

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/6619759714148150
  • Última atualização do currículo em 11/09/2018


É Professor Doutor de Teoria do Conhecimento e Filosofia da Ciência no Departamento de Filosofia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP, e docente do Programa de Pós-Graduação em Filosofia do mesmo departamento. Coordena o projeto de pesquisa CNPq "Estilos de raciocínio científico" (IEA-USP, 2015-2017). É Licenciado em Física pelo Instituto de Física e Faculdade de Educação da USP em 1989. Obteve o Mestrado em Filosofia pela FFLCH-USP em 1994 e o Doutorado em Filosofia pela FFLCH-USP em 1999. Suas áreas de interesse são: teoria da racionalidade científica, teoria da justificação epistêmica, metateoria estruturalista, estilos de raciocínio científico, história da metodologia científica, mecanicismo, história da teoria do campo, fundamentos da mecânica quântica. Integrou os Projetos Temáticos Fapesp ?Estudos em Filosofia e História da Ciência? (FFLCH-USP, 2002 a 2004) e "Gênese e significado da tecnociência: Das relações entre ciência, tecnologia e sociedade" (IEA-USP / FEUSP / FFLCH / UFABC / Swarthmore / Lisboa / Lyon 1, 2012-2016). Entre 2002 e 2005 realizou pós-doutoramento no Departamento de Filosofia da FFLCH-USP, com financiamento Fapesp. Foi bolsista do CNPq (mestrado) e Fapesp (doutorado). De 2006 a 2013 foi professor de Filosofia da Ciência e Epistemologia na Universidade Federal do ABC, no Centro de Ciências Naturais e Humanas. De 2004 a 2006 foi professor no curso de Filosofia da Faculdade de São Bento, em São Paulo, SP. É membro fundador da Associação Filosófica Scientiae Studia de Estudos sobre a Ciência e Tecnologia e membro da Associação de Filosofia e História da Ciência do Cone Sul (AFHIC). (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Valter Alnis Bezerra
Nome em citações bibliográficas
BEZERRA, V. A.;BEZERRA, VALTER ALNIS

Endereço


Endereço Profissional
Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas.
Avenida Professor Luciano Gualberto, 315 - Sala 1007
Cidade Universitária - Butantã
05508010 - São Paulo, SP - Brasil
Telefone: (11) 30913765
URL da Homepage: http://sites.google.com/site/filosofiadacienciausp/


Formação acadêmica/titulação


1994 - 1999
Doutorado em Filosofia.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Estruturas em busca do equilíbrio: O lugar da metametodologia e o papel da coerência no modelo reticulado de racionalidade científica, Ano de obtenção: 1999.
Orientador: Caetano Ernesto Plastino.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Coerência; Equilíbrio reflexivo; Metodologia científica; Racionalidade científica; Metametodologia; Modelo reticulado.
Grande área: Ciências Humanas
Setores de atividade: Educação.
1990 - 1994
Mestrado em Filosofia.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Problemas e seus problemas: A estrutura e a dinâmica da ciência vistas sob o enfoque de solução de problemas,Ano de Obtenção: 1994.
Orientador: Pablo Rubén Mariconda.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Solução de problemas; Metodologia científica; Progresso científico; Racionalidade científica; Estrutura de teorias científicas; Dinâmica de teorias científicas.
Grande área: Ciências Humanas
Setores de atividade: Educação.
1984 - 1989
Graduação em Licenciatura Em Física.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.


Pós-doutorado


2001 - 2005
Pós-Doutorado.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História das Ciências.


Formação Complementar


2006 - 2006
Extensão universitária em El realismo cientifico y la inducción pesimista.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2006 - 2006
Extensão universitária em Ciência e valores.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2005 - 2005
Extensão universitária em Supuestos epistemológicos de la nueva historiograf.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2004 - 2004
Extensão universitária em História e estrutura da genética clássica.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2004 - 2004
Extensão universitária em O debate platonismo-nominalismo na fil. matemática.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2004 - 2004
Extensão universitária em Prática científica: a relação estratégias-valores.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2003 - 2003
Extensão universitária em Filosofia e ciência na época das Luzes.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
2003 - 2003
Extensão universitária em Sobre as relações entre astronomia e cosmologia.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
1991 - 1991
Oficina de Hai-Kai - Alice Ruiz.
Casa Mário de Andrade, CMA, Brasil.
1991 - 1991
Oficina de Poesia Visual - Philadelpho Menezes.
Casa Mário de Andrade, CMA, Brasil.
1988 - 1988
Extensão universitária em Introdução a uma estética relativista.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
1988 - 1988
I Curso de Física no Verão. (Carga horária: 20h).
Instituto de Física da USP, IFUSP, Brasil.
1988 - 1988
Sem. de Alta Interpretação J. S. Bach - R. Tureck.
Sociedade de Cultura Artística, SCA, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade de São Paulo - Fac. de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, FFLCH-USP, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Doutor, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

06/2017 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Departamento de Filosofia, .

Cargo ou função
Comissão Coordenadora de Programa - Pós-Graduação em Filosofia.
08/2014 - Atual
Ensino, Pós-Graduação em Filosofia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
FLF 5178 Problemas Contemporâneos em Filosofia da Ciência - Introdução à Filosofia da Ciência de Larry Laudan
08/2013 - Atual
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia e História da Ciência Moderna FLF0449
Filosofia Geral FLF0114
Teoria do Conhecimento e Filosofia da Ciência I FLF0368
Teoria do Conhecimento e Filosofia da Ciência II FLF0369
Teoria do Conhecimento e Filosofia da Ciência IV FLF0469

Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:

Atividades

03/2017 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas, .

Cargo ou função
Comissão de Acessibilidade da FFLCH-USP.

Instituto de Estudos Avançados - USP, IEA-USP, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador colaborador


Universidade Federal do ABC, UFABC, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2013
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

02/2013 - 07/2013
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Naturais e Humanas, .

Cargo ou função
Colegiado da Pós-Graduação em Ensino, História e Filosofia das Ciências e Matemática (representante docente suplente).
11/2012 - 07/2013
Conselhos, Comissões e Consultoria, Reitoria, .

Cargo ou função
Comissão de Ética em Pesquisa.
02/2012 - 07/2013
Ensino, Bacharelado em Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia da Ciência: Em torno à concepção ortodoxa BH-1400
Teoria do Conhecimento: Empirismo versus Racionalismo BH1215
Teoria do Conhecimento: Epistemologia Contemporânea BH1217
02/2012 - 07/2013
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Naturais e Humanas, .

Cargo ou função
Subcomissão de avaliação de estágios probatórios - Área de Filosofia.
11/2010 - 07/2013
Ensino, Ensino, Hist e Filosofia das Ciências e Matemática, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia da Ciência
Historiografia e Filosofia das Ciências e Matemática ENS-003
05/2010 - 07/2013
Ensino, Licenciatura em Física, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Evolução da Física NH2431
05/2010 - 07/2013
Ensino, Bacharelado em Ciências e Humanidades, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Bases Epistemológicas da Ciência Moderna BC0004
Nascimento e Desenvolvimento da Ciência Moderna BC1613
Pensamento Crítico BH0202
Temas e Problemas em Filosofia BH0201
05/2009 - 07/2013
Ensino, Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia/Química, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Fundamentos da Pesquisa Científica na Área Química CT-0001 (Colaborador)
09/2006 - 07/2013
Ensino, Bacharelado em ciência e tecnologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Bases da ciência moderna BC-0101
Bases epistemológicas da ciência moderna BC-0004
Introdução à Filosofia da Ciência BC-1101
Nascimento e desenvolvimento da ciência moderna BC-1613
Teoria da ciência BC-1611
Tópicos de metodologia da ciência NH-1001
04/2011 - 03/2012
Conselhos, Comissões e Consultoria, Conselho de Ensino e Pesquisa, .

Cargo ou função
Conselho de Ensino e Pesquisa - Suplente.
08/2009 - 08/2011
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Naturais e Humanas, .

Cargo ou função
Comissão de Implantação do Bacharelado e Licenciatura em Filosofia.
08/2009 - 08/2011
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Naturais e Humanas, .

Cargo ou função
Conselho de Centro - Suplente.
02/2009 - 04/2011
Ensino, Filosofia e História da Ciência e da Tecnologia, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Filosofia da Ciência
08/2009 - 03/2010
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Naturais e Humanas, .

Cargo ou função
Comissão de Implantação do Bacharelado em Ciências e Humanidades.
10/2008 - 12/2009
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Naturais e Humanas, .

Cargo ou função
Grupo de Trabalho do PDI da UFABC.

Mosteiro de São Bento de São Paulo, MOSTEIRO, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2006
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor Doutor - Regime de Turno Integral, Carga horária: 4

Atividades

08/2004 - 08/2006
Ensino, Licenciatura em Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia da Ciência
Problemas da Filosofia Moderna
Redação de Textos Filosóficos


Projetos de pesquisa


2015 - Atual
Estilos de raciocínio científico
Descrição: Há diferentes estilos de raciocínio nas ciências: formas de conceber e investigar determinados domínios científicos, incluindo padrões de evidência, de inferência, e formas de constituição de objetos nessas áreas. Apresenta-se aqui um projeto de pesquisa empreendido por uma equipe de filósofos do Brasil e dos EUA, com duração de 36 meses (2015-2017), que tem como pressuposto central a tese de que a noção de estilo permite capturar aspectos relevantes da dinâmica da ciência que não seriam abarcados por outras noções metacientíficas como paradigmas, teorias, programas de pesquisa e tradições de pesquisa, e também possibilita a interpretação e a compreensão mais plenas do processo histórico de desenvolvimento do conhecimento científico e da prática científica. No curso da pesquisa, será realizada uma investigação em três frentes: (I) Uma reflexão filosófica teórica sobre a própria noção de estilo, tanto considerando as propostas já existentes na literatura quanto buscando o desenvolvimento de uma proposta própria. (II) Um mapeamento da variedade de estilos de raciocínio presentes na ciência (dedutivo, hipotético, experimental, estatístico, taxonômico, evolutivo, entre outros) e de suas características distintivas, bem como a exploração do seu potencial para a compreensão de aspectos da prática científica. Incluem-se aqui estudos de casos específicos. (III) A exploração dos desdobramentos possibilitados pela investigação teórica do item (I) e apoiada pelo mapeamento e pelos estudos de casos do item (II), no sentido de uma articulação de novos tipos de estilos (por exemplo, computacional-simulativo, imaginativo-teórico, instrumental). Serão também examinadas as conexões entre nossas concepções acerca dos estilos de raciocínio e as questões relacionadas já tradicionais em filosofia da ciência..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (2) .
Integrantes: Valter Alnis Bezerra - Coordenador / Pablo Rubén Mariconda - Integrante / Claudemir Roque Tossato - Integrante / Osvaldo Pessoa Jr - Integrante / Taimara Passero - Integrante / Lígia Lopes Gomes - Integrante / Lorenzo Baravalle - Integrante / Otávio Bueno - Integrante / Oswaldo Melo Souza Filho - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 13 / Número de orientações: 1
2013 - Atual
Neurath ou a coesão da nuvem: A epistemologia singular de um positivista iconoclasta
Descrição: O presente projeto de pesquisa visa investigar a epistemologia extremamente original de Otto Neurath (1882-1945) ? filósofo da ciência, sociólogo, economista e, por fim, designer gráfico ? e seus desdobramentos. Este positivista lógico desde o primeiro momento ? integrante do Círculo de Viena, signatário do manifesto ?A concepção científica do mundo? (juntamente com Hahn e Carnap), ferrenho adversário da metafísica (que sempre considerou como desprovida de significado), protagonista do debate com Schlick sobre a constituição da base empírica, defensor da noção de ?ciência unificada? ? foi, ao mesmo tempo, proponente de algumas teses extremamente originais e que se afastam sobremaneira dos clichês interpretativos usualmente associados ao positivismo lógico. O pensamento de Neurath tem sido redescoberto e reavaliado nos últimos anos, como é bem atestado pela publicação de numerosos volumes a ele dedicados, o que se insere no contexto de um movimento generalizado de reavaliação do Empirismo Lógico como um todo. A epistemologia neurathiana é, a um só tempo, empirista, fisicalista, coerentista, holista, naturalizada, e possui uma dimensão sociológica e histórica. A imagem de ciência resultante incorpora traços como: o pluralismo metodológico; a reorientação rumo a uma visão não estritamente dedutiva de ciência; e a constituição da "base empírica" da ciência (ligada a uma determinada visão acerca da relação teoria-experiência) de tal forma a possibilitar uma forma peculiar de interdisciplinaridade que seria a "ciência unificada". Em muitos desses aspectos, o pensamento de Neurath desponta como um dos mais inovadores e criativos dentro do quadro da filosofia da ciência do século XX ? ainda mais se visto contra o pano de fundo proporcionado pela recepção do programa geral do empirismo lógico. Inegavelmente, sua epistemologia e sua filosofia da ciência apontam no sentido de uma imagem de ciência muito rica, flexível, nuançada e atenta às vicissitudes da práxis. Além da leitura do autor de uma perspectiva interna, prevê-se ainda a possibilidade de se ler Neurath estabelecendo um diálogo com determinadas linhas e vertentes da epistemologia que vicejariam décadas mais tarde, em particular com a epistemologia de Donald Davidson -- suas concepções sobre conhecimento, verdade, coerência, crença, interpretação e intersubjetividade -- e também com a metateoria estruturalista de Balzer, Moulines e Sneed..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Valter Alnis Bezerra - Coordenador.
Número de produções C, T & A: 8 / Número de orientações: 1
2013 - Atual
Racionalidade científica, imagens filosóficas de ciência e modelos de dinâmica
Descrição: Neste projeto, trata-se de analisar as condições gerais de possibilidade de modelos de racionalidade científica, e perscrutar suas características fundamentais. Os principais focos de interesse do projeto são: (a) Determinar o registro ou nível de teorização metacientífica em que se pode colocar adequadamente a questão da racionalidade científica e, desse modo, formular modelos explicativos, interpretativos e/ou normativos a respeito dela. (b) Investigar o embasamento de modelos de racionalidade em teorias da justificação epistêmica, dedicando particular atenção à teoria coerencial. Dá-se atenção especial ao fenômeno da presença de inconsistências em sistemas de crenças científicas. (c) Buscar uma melhor compreensão das usuais distinções descritivo/normativo, interno/externo e cinemático/dinâmico no âmbito da racionalidade científico -- o que remete ao problema das relações entre história da ciência, historiografia e filosofia da ciência. (d) Investigação do lugar que pode vir a ser ocupado pelos seguintes elementos na teorização filosófica sobre a racionalidade científica -- valores cognitivos, valores sociais, 'themata' e estilos de pensamento ou de raciocínio..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (1) .
Integrantes: Valter Alnis Bezerra - Coordenador / Lígia Lopes Gomes - Integrante / Denis Paulo Goldfarb - Integrante / Giovane Augusto Salimena - Integrante.
Número de produções C, T & A: 11 / Número de orientações: 3
2013 - Atual
Metateoria estruturalista, filosofia da ciência e metafilosofia
Descrição: Investigação teórica, metafilosófica e por meio de estudos de caso da metateoria estruturalista (MTE). As perguntas mais gerais que proporcionam um pano de fundo ao projeto são: que papeis a MTE pode realizar de maneira fecunda em filosofia, de modo geral? Que convergências podem ser exploradas e parecem mais promissoras com outras concepções acerca da estrutura e dinâmica do conhecimento? Aspectos de especial interesse para o projeto incluem: (a) A relação entre teoria e experimento, concebida em termos de modelos de dados, subestruturas empíricas, modelos parciais e classes de aplicações pretendidas. (b) As noções de rede teórica e de hólon teórico na MTE como ferramentas para o mapeamento da estrutura do conhecimento científico em larga escala. (c) O papel dos vínculos interteóricos em uma caracterização rigorosa do fenômeno da interdisciplinaridade dentro dos hólons teóricos. (d) Estudo do papel filosófico que pode ser desempenhado pelos valores, pelos 'themata' e pelos estilos de pensamento dentro da MTE, como elementos dotados de eficácia causal, dimensão dinâmica e poder explicativo. (e) Utilização da MTE no metanível como ferramenta para um mapeamento dos modelos filosóficos de racionalidade. (f) Contextualização metafilosófica e colocação em perspectiva da MTE em relação ao panorama contemporâneo amplo das visões sobre o conhecimento filosófico, as imagens filosóficas de ciência e as ferramentas interpretativas recentes. Aqui, estudos são realizados visando nos familiarizarmos com diversos modelos de estrutura e dinâmica do conhecimento e diferentes concepções sobre a historiografia da ciência e a relação entre história e filosofia da ciência..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (3) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Valter Alnis Bezerra - Coordenador / Taimara Passero - Integrante / Lígia Lopes Gomes - Integrante / José Ricardo Romualdo - Integrante / Denis Paulo Goldfarb - Integrante / Lyzia Gabirobertz Pimenta - Integrante / Giovane Augusto Salimena - Integrante.
Número de produções C, T & A: 10 / Número de orientações: 1
2013 - Atual
Mecanicismo, desmecanização e a ciência na passagem do século XIX para o século XX
Descrição: Valemo-nos aqui de quatro modelos filosófico-historiográficos -- a concepção de imagens de natureza e imagens de ciência de P. Abrantes, o modelo temático de G. Holton, as concepções de estilo científico de I. Hacking, L. Fleck e O. Bueno, e a metateoria estruturalista de Balzer, Moulines e Sneed -- com o objetivo de realizar estudos de caso interpretativos sobre episódios da história da física (e, mais geralmente, da história da ciência) no final do século XIX e início do século XX. Atenção especial é dada às seguintes dimensões: (a) Caracterização das múltiplas variantes e mutações do mecanicismo, com seus variados escopos e desdobramentos, que predominaram na física e em outras áreas do conhecimento durante quase três séculos. Reveste interesse especial a investigação da tensão (e até inconsistência) entre formulações híbridas tardias do mecanicismo e o programa original. (b) Estudo da transição do mecanicismo para a era da física desmecanizada, onde papéis centrais são desempenhados pela teoria clássica do campo, as teorias da relatividade (restrita e geral), a mecânica estatística e, de modo geral, por um renovado ímpeto do programa de geometrização da física. Importantes debates da época sobre o atomismo e sobre o uso de modelos em ciência transcorrem diante desse pano de fundo (c) Investigação das transformações sofridas pela mecânica clássica e pela teoria do campo até o século XX, seja no que diz respeito à sua estrutura formal, seja na sua interpretação, seu estatuto cognitivo e metodológico, e o papel que elas ocupam dentro do edifício do conhecimento científico da modernidade tardia..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) .
Integrantes: Valter Alnis Bezerra - Coordenador / Taimara Passero - Integrante / Denis Paulo Goldfarb - Integrante.
Número de produções C, T & A: 5 / Número de orientações: 2
2012 - 2016
Gênese e significado da tecnociência: Das relações entre ciência, tecnologia e sociedade
Descrição: O objetivo central do projeto, a ser desenvolvido no período 2012-2016 com base nas realizações do período 2007-2011, é investigar os papéis desempenhados pelos valores éticos e sociais, sustentados por indivíduos e incorporados em instituições, nas práticas científicas e tecnológicas da atualidade. Esse objetivo desdobra-se em três conjuntos de pesquisas. O primeiro concerne à importância contemporânea da tecnociência, incluindo o impacto de sua pesquisa e desenvolvimento nos processos e na institucionalização da ciência; o segundo trata do desenvolvimento histórico da tecnociência; o terceiro desenvolve uma estratégia sociológica de abordagem transversal das relações entre ciência, tecnologia e sociedade no Brasil. Dentre as questões do primeiro conjunto encontram-se: (a) as mudanças ocorridas em décadas recentes nos modos de produção social da tecnociência com o aumento do financiamento privado da pesquisa científica; (b) o modo como as mudanças afetam o status dos valores tradicionais da comunidade científica: objetividade, neutralidade e autonomia; (c) a função dos direitos de propriedade intelectual nesse processo; (d) problemas teóricos e práticos da biotecnologia; (e) avaliação do significado dessas mudanças a partir de alternativas às práticas tecnocientíficas e o papel da bioética e do ?princípio de precaução?. As investigações do segundo conjunto incluem: (a) a ideia do ?controle da natureza? e os valores do progresso tecnológico e seu impacto na formação da pesquisa científica moderna; (b) as relações entre a ciência e a tecnologia na modernidade, especialmente o papel representado pelas máquinas e pelas ideias mecanicistas, e pelo avanço da experimentação na ciência, e (c) o impacto de ideias da tradição do ceticismo no desenvolvimento da ciência moderna. O terceiro conjunto concentra-se no estudo da sociedade brasileira, contemplando: (a) o debate público sobre educação: a produção contemporânea da doxa na sociedade brasileira; (b) cultura digital e desigualdade: os usos sociais das novas tecnologias de informaçao e comunicação, e (c) instituições de produção, difusão e legitimação do conhecimento. Os três grupos de investigações serão reforçados pelo uso de um modelo de atividade científica, amplamente discutido e aceito pelos membros da equipe de pesquisa, que identifica as interelações entre a adoção, na pesquisa, de estratégias metodológicas particulares e a sustentação de valores éticos e sociais particulares. Além disso, o modelo será testado e complementado pela contraposição com as ideias de Otto Neurath e de outras abordagens da filosofia da ciência contemporânea. O segundo objetivo do projeto, não menos importante, é prático: continuar e expandir as atividades de organização de seminários, de publicação dos trabalhos relevantes e de participação regular em eventos, que reúnem, para uma discussão construtiva e racional, cientistas, filósofos e cientistas sociais brasileiros (e de outros países), de abordagens metodológicas e perspectivas éticas divergentes, de modo a assegurar que um amplo leque de pontos de vista sejam considerados nas investigações, e explorar como os resultados obtidos podem ter um impacto positivo na pesquisa científica, no ensino de ciências e na educação superior..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (5) .
Integrantes: Valter Alnis Bezerra - Integrante / Marcos Barbosa de Oliveira - Integrante / Pablo Rubén Mariconda - Coordenador / Renato Kinouchi - Integrante / Maurício de Carvalho Ramos - Integrante / Sylvia Gemignani Garcia - Integrante / Hugh Matthew Lacey - Integrante / Marcus Sacrini Ayres Ferraz - Integrante / Nicolas Lechopier - Integrante / José Luis Garcia - Integrante / Ana Paula Hey - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 6 / Número de orientações: 2
2010 - 2013
Estrutura e dinâmica do conhecimento científico na metateoria estruturalista
Descrição: Investigação teórica de alguns aspectos da metateoria estruturalista (MTE), incluindo suas aplicações ao estudo da estrutura e dinâmica do conhecimento científico em larga escala e da racionalidade científica. (a) A relação entre teoria e experimento, concebida em termos de modelos de dados, subestruturas empíricas ou modelos parciais (onde papel fundamental é desempenhado pelo funtor de Ramsey), e as classes de aplicações pretendidas. (b) As noções de rede teórica e de hólon teórico na MTE. (c) O papel dos links interteóricos em uma caracterização rigorosa do fenômeno da interdisciplinaridade dentro de hólons. (d) A questão do papel que pode ser desempenhado pelos valores na MTE, como elementos dotados de eficácia causal / dinâmica. (e) Utilização da MTE no metanível como ferramenta para um mapeamento dos metaconstritores gerais que permitem definir uma rede de modelos filosóficos de racionalidade..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2010 - 2013
Modelos filosóficos de racionalidade científica: seus aspectos epistemológicos e axiológicos
Descrição: Trata-se aqui de analisar alguns modelos de racionalidade científica propostos pela recente filosofia da ciência sob os seguintes aspectos: (a) Investigar o embasamento de modelos de racionalidade em teorias da justificação epistêmica, dedicando particular atenção à teoria coerencial como mecanismo subjacente ao modelo reticulacional de Laudan, entre outros. Inclui-se aqui uma análise crítica das abordagens propostas pela epistemologia ao fenômeno da presença de inconsistências em sistemas de crenças científicas. (b) Buscar uma melhor compreensão das usuais distinções descritivo/normativo e cinemático/dinâmico no âmbito da racionalidade científica, o que remete ao problema das relações entre história da ciência, historiografia e filosofia da ciência. (c) Investigação do papel desempenhado pelos valores cognitivos e sociais e pelas virtudes epistêmicas na modelagem da racionalidade científica..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Valter Alnis Bezerra - Coordenador / Lígia Lopes Gomes - Integrante.
Número de produções C, T & A: 2 / Número de orientações: 1
2010 - 2013
Mecanicismo, mecânica e teoria do campo: aspectos estruturais, metodológicos e axiológicos
Descrição: Utilizam-se aqui modelos historiográficos, tais como o modelo temático de Holton e a metateoria estruturalista, com o objetivo de mapear as seguintes dimensões: (a) Caracterização das múltiplas variantes do mecanicismo, com seus variados escopos e desdobramentos, quer como imagens de natureza ou como imagens de ciência, que predominaram na física e em outras áreas do conhecimento durante quase três séculos. (b) Estudo da transição, no final do século XIX e início do século XX, do mecanicismo para a era da física desmecanizada, onde papéis centrais são desempenhados pela teoria clássica do campo, pelas teorias da relatividade (restrita e geral) e, de modo geral, por um renovado ímpeto do programa de geometrização da física. (c) Investigação das transformações sofridas pela mecânica clássica até o século XX, no que diz respeito à sua estrutura e interpretação, seu estatuto cognitivo e metodológico, e o papel que ela ocupa dentro do edifício do conhecimento científico da modernidade..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) .
Integrantes: Valter Alnis Bezerra - Coordenador / Taimara Passero - Integrante.
Número de produções C, T & A: 3 / Número de orientações: 1
2006 - 2009
História do mecanicismo e da Revolução Astronômica sob uma perspectiva temática
Descrição: Este projeto inclui um estudo do modelo temático de Gerald Holton para a história das idéias científicas, e fazem-se duas aplicações específicas desse modelo a episódios históricos. Uma delas é concernente ao mapeamento dos temas subjacentes à Revolução Astronômica dos séculos XVI e XVII, focalizando especialmente Copérnico e Kepler. Outra aplicação diz respeito ao mapeamento dos temas presentes na transição da física mecanicista (séculos XVII-XVIII) para a física mecanizada (séculos XIX-XX). Destaque especial é dado à gradual substituição de uma visão mecânica por uma visão em termos do conceito de campo..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Valter Alnis Bezerra - Coordenador / Joaci Lima Oliveira - Integrante.
2006 - 2009
A teoria coerencial da justificação epistêmica como mecanismo subjacente aos modelos de racionalidade científica
Descrição: Este projeto visa investigar as propriedades da teoria coerencial da justificação epistêmica, com vistas à sua aplicação aos modelos de racionalidade científica, incluindo o modelo reticulado de Larry Laudan, porém sem se restringir obrigatoriamente a este. Cabe destacar que a teoria coerencial (asociada a nomes como L. BonJour, Paul Thagard, E. Sosa, J. Dancy e outros) é entendida aqui como uma teoria da justificação epistêmica, mais do que como uma teoria da verdade. Pretende-se analisar e trabalhar as objeções correntes à teoria coerencial, construindo ao mesmo tempo um framework viável para descrever a estrutura e a dinâmica do conhecimento científico. A intenção é fazê-lo de uma maneira livre de pressupostos fundacionalistas, e ao mesmo tempo procurando resolver a aparente tensão entre coerentismo e empirismo. Nesse processo, é preciso defrontar-se também, entre outras questões recorrentes, com o debate internalismo versus externalismo..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Valter Alnis Bezerra - Coordenador.


Membro de corpo editorial


2016 - Atual
Periódico: Cadernos de História e Filosofia da Ciência (UNICAMP)
2009 - Atual
Periódico: Metatheoria - Revista de Filosofía e Historia de la Ciencia
2012 - Atual
Periódico: Scientiae Studia (USP) (1678-3166)
2010 - 2012
Periódico: Scientiae Studia (USP) (1678-3166)
2003 - 2006
Periódico: Scientiae Studia (USP) (1678-3166)


Revisor de periódico


2003 - Atual
Periódico: Scientiae Studia (USP)
2011 - Atual
Periódico: Ágora - Papeles de Filosofía
2009 - Atual
Periódico: Metatheoria - Revista de Filosofía e Historia de la Ciencia
2004 - 2005
Periódico: Redes (Bernal)
2011 - Atual
Periódico: Springer International Handbooks in Education
2012 - Atual
Periódico: Foundations of Science (Print)
2014 - Atual
Periódico: Stanford Encyclopedia of Philosophy
2015 - Atual
Periódico: Synthese (Dordrecht)
2015 - Atual
Periódico: Synthese (Dordrecht. Online)


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Epistemologia.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Filosofia da ciência.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História das Ciências/Especialidade: História da física nos séculos XIX e XX.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: Teoria e Filosofia da História/Especialidade: Teoria e filosofia da história das ciências.
5.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Física / Subárea: Física Geral/Especialidade: Física Clássica e Física Quântica; Mecânica e Campos.
6.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Física / Subárea: Física das Partículas Elementares e Campos/Especialidade: Teoria Geral de Partículas e Campos.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Letão
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Alemão
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.


Prêmios e títulos


2016
24o. SIICUSP ? Menção Honrosa (Etapa Internacional): Lyzia G. Pimenta (orientanda IC): «?Ele está no meio de nós?: interpretação, princípio de caridade e o caráter social do conhecimento», Pró-Reitoria de Pesquisa - USP.
2008
I Simpósio de Iniciação Científica da UFABC - 3o. lugar: J.L.Oliveira e V.A.Bezerra (orientador) "A revolução astronômica dos séculos XVI e XVII: Uma proposta de mapeamento dos seus temas subjacentes", Universidade Federal do ABC.
2006
Integrante do núcleo de sustentação do GT Filosofia, História e Sociologia da Ciência e Tecnologia, Associação Nacional de Pós-Graduação em Filosofia (ANPOF).
2005
Membro fundador de associação, Associação Filosófica Scientiae Studia de Estudos sobre a Ciência e a Tecnologia.
2002
Membro de associação, Associação de Filosofia e História da Ciência do Cone Sul.
2002
Classificado em Concurso Docente (MS-3, RDIDP), Depto. de Filosofia - FFLCH - USP.
1992
Finalista na categoria Poesia (Livro), Projeto Nascente - USP.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
BEZERRA, VALTER ALNIS2014 BEZERRA, VALTER ALNIS. Racionalidade covariante: valores e coerência como constitutivos do conhecimento e da racionalidade científicos. Scientiae Studia (USP), v. 12, p. 727-750, 2014.

2.
BEZERRA, V. A.;BEZERRA, VALTER ALNIS2012 BEZERRA, V. A.. Valores e incomensurabilidade: meditações kuhnianas em chave estruturalista e laudaniana. Scientiae Studia (USP), v. 10, p. 455-488, 2012.

3.
BEZERRA, V. A.;BEZERRA, VALTER ALNIS2011BEZERRA, V. A.. Estruturas conceituais e estratégias de investigação: modelos representacionais e instanciais, analogias e correspondência. Scientiae Studia (USP), v. 9, p. 585-609, 2011.

4.
BEZERRA, V. A.;BEZERRA, VALTER ALNIS2006BEZERRA, V. A.. Maxwell, a teoria do campo e a desmecanização da física. SCIENTIAE STUDIA (USP), São Paulo, SP, v. 4, n.2, p. 177-220, 2006.

5.
BEZERRA, V. A.;BEZERRA, VALTER ALNIS2005BEZERRA, V. A.. Notícia bibliográfica sobre Einstein na Internet. Scientiae Studia (USP), v. 3, p. 741-744, 2005.

6.
BEZERRA, V. A.;BEZERRA, VALTER ALNIS2004 BEZERRA, V. A.. Schola quantorum: progresso, racionalidade e inconsistência na antiga teoria atômica. Parte II: crítica à leitura lakatosiana. Scientiae Studia (USP), São Paulo, SP, v. 2, n.2, p. 207-237, 2004.

7.
BEZERRA, V. A.;BEZERRA, VALTER ALNIS2003BEZERRA, V. A.. Racionalidade, consistência, reticulação e coerência: o caso da renormalização na teoria quântica do campo. Scientiae Studia (USP), São Paulo, SP, v. 1, n.2, p. 151-181, 2003.

8.
BEZERRA, V. A.;BEZERRA, VALTER ALNIS2003BEZERRA, V. A.. Schola quantorum: progresso, racionalidade e inconsistência na antiga teoria atômica. Parte I: desenvolvimento histórico, 1913-1925. Scientiae Studia (USP), São Paulo, SP, v. 1, n.4, p. 463-517, 2003.

9.
BEZERRA, V. A.;BEZERRA, VALTER ALNIS2000BEZERRA, V. A.; BARRA, E. S. O. ; BATISTA, I. L. . Regional maps of HOPOS activity and infrastructure. No. 5: Brazil. Report on HOPOS-related resources in Brazil. Newsletter of the History of Philosophy of Science Working Group (HOPOS), v. 6, n.1, p. 7-16, 2000.

Capítulos de livros publicados
1.
BEZERRA, V. A.. Estilos de raciocínio científico e o problema dos registros de teorização metacientífica. In: CHIBENI, S. S.; ZATERKA, L.; AHUMADA, J.; LETZEN, D.; SILVA, C. C.; MARTINS, L. A. C. P.; BRITO, A. P. O. P. M.. (Org.). Filosofía e Historia de la Ciencia en el Cono Sur: Selección de trabajos del X Encuentro de la Asociación de Filosofía e Historia de la Ciencia del Cono Sur. 1ed.Córdoba: Universidad Nacional de Córdoba / AFHIC, 2018, v. 1, p. 56-67.

2.
BEZERRA, V. A.. Reticulação metodológica na ciência: O caso da renormalização nas teorias de campo de gauge. In: R. A. Martins; L. A. C. P. Martins; C. C. Silva; J. M. H. Ferreira. (Org.). Filosofia e história da ciência no Cone Sul: 3° Encontro. Campinas: Associação de Filosofia e História da Ciência do Cone Sul, 2004, v. , p. 461-470.

3.
BEZERRA, V. A.. Segredos do cosmos. In: Milton Meira do Nascimento. (Org.). Jornal de Resenhas: Seis anos - De abril de 1995 a abril de 2001. São Paulo: Discurso Editorial, 2001, v. 1, p. 311-313.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
BEZERRA, V. A.. Rumo aos fundamentos. Jornal de Resenhas (Folha de S. Paulo), São Paulo, SP, , v. 95, p. 5 - 5, 12 abr. 2003.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
BEZERRA, V. A.. Níveis de teorização em filosofia da ciência e a questão da responsividade à história da ciência: Uma proposta de análise a partir da metateoria estruturalista. In: VI Seminário de História e Filosofia da Ciência, 2014, São Paulo, SP. Textos Completos - VI Seminário de História e Filosofia da Ciência. São Paulo / Santo André, SP: DF-FFLCH-USP/CCNH-UFABC, 2014.

2.
BEZERRA, V. A.. Cento e vinte anos de redes: Da metáfora à estrutura. In: V Seminário de História e Filosofia da Ciência, 2012, Santo André, SP. V Seminário de História e Filosofia da Ciência. Santo André, SP: Universidade Federal do ABC, 2012.

3.
BEZERRA, V. A.. Estruturas conceituais e estratégias cognitivas em ciência: Modelos tipo I, modelos tipo II, analogias e correspondência. In: IV Seminário de História e Filosofia da Ciência, 2010, Ilhéus, BA. IV Seminário de História e Filosofia da Ciência - Programação. Ilhéus, BA: Universidade Estadual de Santa Cruz, 2010. p. 1-16.

4.
BEZERRA, V. A.. Reticulação metodológica na ciência: O caso da renormalização nas teorias de campo de gauge. In: III Encontro de Filosofia e História da Ciência do Cone Sul, 2004, Águas de Lindóia, SP. Filosofia e História da Ciência no Cone Sul: 3o. Encontro. Campinas, SP: Associação de Filosofia e História da Ciência do Cone Sul, 2004. v. 1. p. 461-470.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
BEZERRA, V. A.. Níveis de teorização em filosofia da ciência e a questão da responsividade à história da ciência: Uma proposta de análise a partir da metateoria estruturalista. In: VI Seminário de História e Filosofia da Ciência, 2014, São Paulo, SP. Livro de Resumos - VI Seminário de História e Filosofia da Ciência. São Paulo / Santo André, SP: DF-FFLCH-USP/CCNH-UFABC, 2014. v. 1.

2.
BEZERRA, V. A.. Cento e vinte anos de redes: Da metáfora à estrutura. In: V Seminário de História e Filosofia da Ciência, 2012, Santo André, SP. V Seminário de História e Filosofia da Ciência. Santo André, SP: Universidade Federal do ABC, 2012. v. 1. p. 139-143.

3.
BEZERRA, V. A.. Estruturas conceituais e estratégias cognitivas em ciência: Modelos tipo I, modelos tipo II, analogias e correspondência. In: IV Seminário de História e Filosofia da Ciência, 2010, Ilhéus, BA. IV Seminário de História e Filosofia da Ciência - Resumos. Ilhéus, BA: Universidade Estadual de Santa Cruz, 2010. p. 1-5.

4.
BEZERRA, V. A.. Núcleo e especializações da racionalidade: Alguns metaconstritores gerais sobre uma classe de modelos de racionalidade científica. In: III Congreso Iberoamericano de Filosofía de la Ciencia y de la Tecnología, 2010, Buenos Aires. Libro de abstracts y resúmenes - III Congreso Iberoamericano de Filosofía de la Ciencia y la Tecnología. Buenos Aires: Universidad Nacional Tres de Febrero, 2010. v. 1. p. 575-577.

5.
BEZERRA, V. A.. Coerentismo, justificação, protocolos e base empírica: Uma releitura do debate Neurath-Schlick-Carnap. In: VI Encontro de Filosofia e História da Ciência do Cone Sul, 2008, Montevideo, Uruguai. VI Encuentro de Filosofía e Historia de la Ciencia del Cono Sur - Programa y Libro de Resúmenes. Montevideo, Uruguai: Associación de Filosofía e Historia de la Ciencia del Cono Sur / Imprenta Gega s.r.l, 2008. v. 1. p. 68-68.

6.
BEZERRA, V. A.. Progresso, racionalidade e inconsistência na Antiga Mecânica Quântica, 1913-1925. In: III Simpósio Internacional Principia, 2003, Florianópolis, SC. III Simpósio Internacional Principia - Homenagem a Willard Van Orman Quine. Florianópolis, SC: Núcleo de Epistemologia e Lógica (UFSC) / Principia (Revista Internacional de Epistemologia), 2003. v. 1. p. 9-10.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
BEZERRA, V. A.. Racionalidade covariante: O desafio de modelar racionalidades em fluxo numa ciência em transformação. In: I Simpósio Docente da UFABC, 2009, Santo André, SP. Ciência, tecnologia e interdisciplinaridade. Santo André, SP: Proenergia Comunicações / Universidade Federal do ABC, 2009. v. 1. p. 91-91.

2.
BEZERRA, V. A.. Mecânica, campos clássicos e campos quânticos: Traçando os contornos de um mapa histórico-epistemológico. In: II Escola de Física da UFABC, 2009, Santo André, SP. II Escola de Física da UFABC. Santo André, SP: Fundação Universidade Federal do ABC, 2009. v. 1. p. 8-9.

3.
BEZERRA, V. A.; TASSINARI, R. P. ; PESSOA JR, O. . Materialismo como hipótese de trabalho no estudo do conhecimento. In: VII Encontro Brasileiro Internacional de Ciência Cognitiva, 2006, São Paulo. VII Encontro Brasileiro Internacional de Ciência Cognitiva. Marília, SP: Sociedade Brasileira de Ciência Cognitiva / Programa de Pós-Graduação em Filosofia - UNESP - Marília, 2006. v. 1. p. 2-2.

4.
BEZERRA, V. A.. A desmecanização da física e a teoria do campo. In: XI Encontro Nacional de Filosofia da ANPOF, 2004, Salvador, BA. Atas do XI Encontro Nacional de Filosofia. Salvador, BA: Associação Nacional de Pós-Graduação em Filosofia, 2004. v. 1. p. 450-450.

5.
BEZERRA, V. A.. A teoria do campo e a desmecanização da física. In: IV Encuentro de Filosofía e Historia de la Ciencia del Cono Sur, 2004, Buenos Aires, Argentina. IV Encuentro de Filosofía e Historia de la Ciencia del Cono Sur - Libro de Resúmenes. Buenos Aires, Argentina: Asociación de Filosofía e Historia de la Ciencia del Cono Sur, 2004. v. 1.

6.
BEZERRA, V. A.. Racionalidade, consistência, reticulação e coerência: O caso da renormalização na teoria quântica do campo. In: X Encontro Nacional de Filosofia da ANPOF, 2002, São Paulo, SP. Atas do X Encontro Nacional de Filosofia. São Paulo, SP: Associação Nacional de Pós-Graduação em Filosofia, 2002. v. 1. p. 189-189.

7.
BEZERRA, V. A.. Reticulação metodológica na ciência: O caso da renormalização nas teorias de campo de Gauge. In: III Encontro de Filosofia e História da Ciência do Cone Sul, 2002, Águas de Lindóia, SP. III Encontro de Filosofia e História da Ciência do Cone Sul - Livro de Resumos. Campinas, SP: Associação de Filosofia e História da Ciência do Cone Sul, 2002. v. 1. p. 175-175.

8.
BEZERRA, V. A.. Metodologia e metametodologia em Larry Laudan. In: X Colóquio de História da Ciência, 1997, Campos do Jordão. Universalidade, Racionalidade e Progresso na Ciência. Campinas, SP: Centro de Lógica, Epistemologia e História da Ciência - Unicamp, 1997. v. 1. p. 77-78.

Artigos aceitos para publicação
1.
BEZERRA, V. A.. Por que o pluralismo interessa à epistemologia?. REVISTA DE FILOSOFIA MODERNA E CONTEMPORÂNEA, 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
BEZERRA, V. A.. Problemas como unidades epistêmicas e a estrutura de rede do conhecimento. 2018. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

2.
BEZERRA, V. A.. A revalorização da vida comum segundo Porchat e o equilíbrio reflexivo em epistemologia. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
BEZERRA, V. A.. Estilos científicos como mediadores e como referenciais: Fleck e Merleau-Ponty. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
BEZERRA, V. A.. Por que o pluralismo interessa à epistemologia?. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
BEZERRA, V. A.. With richer netwiorks, towards wider contexts: Do the Architectonic and structuralism look promising as an interpretive tool for a richer, pluralist metascience?. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
BEZERRA, V. A.. Estilos de raciocínio e o problema dos registros de teorização metacientífica. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
BEZERRA, V. A.. Por que o pluralismo interessa à filosofia?. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
BEZERRA, V. A.. Styles of scientific thinking, belief systems and conceptual schemes: from Fleck to Davidson. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
BEZERRA, V. A.. Comment on Thomas Uebel, 'Schlick and Wittgenstein: The theory of affirmations revisited'. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

10.
BEZERRA, V. A.. Networks and the ideal of deductive systematization: A study of philosophical images of science, their themes and tensions. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
BEZERRA, V. A.. Estilo dedutivo de raciocínio científico e imagem dedutiva de ciência. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
BEZERRA, V. A.; GOMES, L. L. . Chemical strategies: Mapping the values operating in the Chemical Revolution. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
BEZERRA, V. A.. Distinguindo registros: Estilos de raciocínio, unidades epistêmicas de mudança, unidades historiográficas e imagens de ciência. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

14.
BEZERRA, V. A.. Breve viagem por alguns temas formadores da física contemporânea. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

15.
BEZERRA, V. A.. A física contemporânea vista de uma perspectiva histórica, pelo ângulo de seus temas formadores. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

16.
BEZERRA, V. A.. Racionalidade científica: Contingência histórica e invariância filosófica. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

17.
BEZERRA, V. A.. O estilo dedutivo como prática científica e como imagem de ciência: Pressupostos e limites. 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

18.
BEZERRA, V. A.. Racionalidade covariante: Valores e coerência como constitutivos do conhecimento e da racionalidade científicos. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

19.
BEZERRA, V. A.. Anotações para uma reconstrução estruturalista dos modelos filosóficos de racionalidade científica. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

20.
BEZERRA, V. A.. A visão de mundo mecanicista versus a teoria do campo: Um caso riquíssimo de transição entre duas mega-estruturas conceituais na ciência. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

21.
BEZERRA, V. A.. Mecânica, campos clássicos e campos quânticos: Traçando os contornos de um mapa histórico-epistemológico. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

22.
BEZERRA, V. A.. O desafio de modelar racionalidades em fluxo numa ciência em transformação, ou: Alguns metaconstritores gerais sobre uma classe de modelos de racionalidade científica. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

23.
OLIVEIRA, J. L. ; BEZERRA, V. A. . A revolução astronômica dos séculos XVI e XVII: Uma proposta de mapeamento dos seus temas subjacentes. 2008. (Apresentação de Trabalho/Outra).

24.
BEZERRA, V. A.. Racionalidade covariante: O desafio de modelar racionalidades em fluxo numa ciência em transformação. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

25.
BEZERRA, V. A.. A inevitabilidade da filosofia da ciência, ou: A ciência vista por dentro e por fora. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

26.
BEZERRA, V. A.. Redes teóricas e evoluções teóricas: Conhecimento e racionalidade. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

27.
BEZERRA, V. A.. Ciência e arte: Um olhar filosófico sobre alguns paralelos, convergências e divergências. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

28.
BEZERRA, V. A.. Nós éramos felizes e não sabíamos: Algumas perplexidades da moderna filosofia da ciência, e a contribuição dada pelo enfoque de solução de problemas ao seu esclarecimento. 2001. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Outras produções bibliográficas
1.
BEZERRA, V. A.. A rede teórica estruturalista dos modelos filosóficos de racionalidade científica: Um esboço 2012 (Preprint).

2.
BEZERRA, V. A.. Da metáfora à estrutura: Anotações para uma história do tema das redes em filosofia da ciência 2012 (Preprint em preparação).

3.
BEZERRA, V. A.. Coerentismo, justificação, protocolos e base empírica: Uma releitura do debate Neurath-Schlick-Carnap 2011 (Preprint em preparação).

4.
BEZERRA, V. A.. Da teoria da coerência à racionalidade científica 2011 (Preprint em preparação).

5.
BEZERRA, V. A.. Nascimentos da física: A física moderna e a estrutura em larga escala do mecanicismo - Um convite e um programa. Parte I: A ascensão do mecanicismo 2011 (Preprint).

6.
BEZERRA, V. A.. Nascimentos da física: A física moderna e a estrutura em larga escala do mecanicismo - Um convite e um programa. Parte II: O declínio do mecanicismo 2011 (Preprint).

7.
BEZERRA, V. A.. Realismos e anti-realismos na filosofia da ciência 2008 (Texto didático).

8.
BEZERRA, V. A.. A filosofia da ciência de Thomas S. Kuhn: Uma introdução 2007 (Texto didático).

9.
BEZERRA, V. A.. Redes teóricas e evoluções teóricas: Conhecimento e racionalidade 2007 (Preprint).

10.
BEZERRA, V. A.; BUNGE, M. . As leis das leis físicas. American Journal of Physics (American Physical Society), 2007. (Tradução/Artigo).

11.
BEZERRA, V. A.; GIERE, R. N. . Usando modelos para representar a realidade. New York: Kluwer / Plenum, 2007. (Tradução/Artigo).

12.
EINSTEIN, A. ; BEZERRA, V. A. . Geometria e experiência, in: Scientiae Studia - Revista Latino-Americana de Filosofia e História da Ciência. São Paulo: Departamento de Filosofia da FFLCH-USP, 2005. (Tradução/Artigo).

13.
EINSTEIN, A. ; BEZERRA, V. A. . Indução e dedução na física, in: Scientiae Studia - Revista Latino-Americana de Filosofia e História da Ciência. São Paulo: Departamento de Filosofia da FFLCH-USP, 2005. (Tradução/Artigo).

14.
BEZERRA, V. A.. A rejeição do realismo local na mecânica quântica como um exemplo de reticulação axiológica na ciência 2003 (Preprint).

15.
BEZERRA, V. A.. Methodological reticulation in science: The case of renormalization in quantum field theory 2002 (Preprint).

16.
REDHEAD, M. ; BEZERRA, V. A. . Da física à metafísica. Campinas: Papirus, 1997. (Tradução/Livro).

17.
MACLANE, S. ; BEZERRA, V. A. . Matemática: forma e função (Capítulos VI e IX). São Paulo: EDUSP, 1995. (Tradução/Livro).

18.
COMTE, C. ; BEZERRA, V. A. . Pode-se sustentar uma interpretação realista da teoria quântica?. São Paulo, 1995. (Tradução/Artigo).

19.
BELL, J. S. ; PESSOA JR, O. ; BEZERRA, V. A. . Sobre o problema das variáveis ocultas em mecânica quântica. Campinas: CLE-UNICAMP, 1992 (Revisão técnica e revisão de provas).


Produção técnica
Programas de computador sem registro
1.
BEZERRA, V. A.. FRACTLAB v1.2 Beta: A simple freeware graphical fractal laboratory for DOS. 2000.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
BEZERRA, V. A.. A tecnociência ultrapassa as fronteiras das comunidades científicas. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

Redes sociais, websites e blogs
1.
BEZERRA, V. A.. Filosofia da Ciência - USP. 2013; Tema: Site de ensino e pesquisa do Prof. Valter A.Bezerra no DF-FFCH-USP. (Site).

2.
BEZERRA, V. A.. Filosofia da Ciência - USP (Blog). 2013; Tema: Blog de ensino e pesquisa do Prof. Valter A. Bezerra. (Blog).

3.
BEZERRA, V. A.. Trajetórias Urbanas. 2011; Tema: Blog sobre caminhadas, cidades, sustentabilidade. (Blog).

4.
BEZERRA, V. A.. Usina de Escuta. 2011; Tema: Um blog sobre os 'bons sons', desde a tradição até as fronteiras. (Blog).

5.
BEZERRA, V. A.. Filosofia e História da Ciência - UFABC. 2010; Tema: Blog de ensino e pesquisa do Prof. Valter A. Bezerra na UFABC. (Blog).

6.
BEZERRA, V. A.. Ensino e Pesquisa em Filosofia e História da Ciência - UFABC. 2009; Tema: Site de apoio às disciplinas de graduação e pós-graduação ministradas por mim na UFABC. (Site).


Demais tipos de produção técnica
1.
MARICONDA, P. R. ; BEZERRA, V. A. ; PESSOA JR, O. . Scientiae Studia - Revista Latino-Americana de Filosofia e História da Ciência, v. 11, n. 2. 2013. (Editoração/Periódico).

2.
ALVIM, M. H. ; AURANI, K. M. ; BEZERRA, V. A. ; BUENO, J. ; ITOKAZU, A. G. ; KINOUCHI, R. ; MARTIN, L. F. B. ; MATTOS, F. C. ; PANSARELLI, D. ; PELUSO, L. A. ; RAMOS, F. C. ; SILVA, P. T. ; VELASCO, P. N. . Projeto Pedagógico do Curso de Licenciatura em Filosofia. 2010. (Projeto pedagógico de curso de graduação).

3.
ALTARUGIO, M. H. ; ALVIM, M. H. ; BASSANEZI, R. C. ; BEZERRA, V. A. ; BUENO, J. ; CAPECCHI, M. C. V. M. ; CARDOSO, V. C. ; COSTA, S. S. E. ; ELIAS, M. S. ; FAGUNDES, M. B. ; FALJONI-ALARIO, A. ; KINOUCHI, R. ; OLIVER, G. S. ; SANTOS, C. M. D. ; SILVA, M. P. ; SILVA, P. T. ; SILVA, R. L. F. ; TABOAS, P. Z. ; VELASCO, P. N. ; ZANOTELLO, M. . Mestrado em Ensino, História e Filosofia das Ciências e Matemática. 2010. (APCN de Curso de Pós-Graduação).

4.
ALVIM, M. H. ; AURANI, K. M. ; BEZERRA, V. A. ; BUENO, J. ; ITOKAZU, A. G. ; KINOUCHI, R. ; MARTIN, L. F. B. ; MATTOS, F. C. ; PANSARELLI, D. ; PELUSO, L. A. ; RAMOS, F. C. ; SILVA, P. T. ; VELASCO, P. N. . Projeto Pedagógico do Curso de Bacharelado em Filosofia. 2010. (Projeto pedagógico de curso de graduação).

5.
BEZERRA, V. A.; DIAS, D. R. ; KLINK, J. J. ; PELUSO, L. A. ; ROSA, D. S. ; SILVA, S. J. ; ZIMMERMAN, A. . Projeto Pedagógico do Curso de Bacharelado em Ciências e Humanidades. 2009. (Projeto pedagógico de curso de graduação).

6.
BEZERRA, V. A.; CAIERO, R. C. ; SILVA, S. J. ; STIUBIENER, I. ; PINEZI, A. K. M. ; MORETTI, R. S. . Restruturação da Matriz Curricular do Bacharelado em Ciência e Tecnologia. 2008. (Reestruturação de Projeto Pedagógico de Curso de Graduação).

7.
ALTARUGIO, M. H. ; BEZERRA, V. A. ; COSTA, M. A. ; CORREA, A. L. E. S. ; FENILI, A. ; IIRIARTE, E. A. A. ; LIMA, E. C. ; MARQUES, I. A. ; MATIAS, F. F. ; MATOS, M. B. ; MORETTI, R. S. ; PAVANI, G. S. ; SANCHEZ, A. M. N. ; SILVA, R. S. ; VERBISCK, N. V. . Plano de Desenvolvimento Institucional 2008-2012. 2008. (Plano de Desenvolvimento Instuitucional).

8.
MARICONDA, P. R. ; BEZERRA, V. A. ; GARCIA, S. G. ; KINOUCHI, R. ; MOLINA, F. T. ; PESSOA JR, O. ; RAMOS, M. C. ; REBOLLO, R. A. ; TOSSATO, C. R. . Scientiae Studia - Revista Latino-Americana de Filosofia e História da Ciência, Volume 4, Nos. 1 e 2. 2006. (Editoração/Periódico).

9.
MARICONDA, P. R. ; BEZERRA, V. A. ; GARCIA, S. G. ; KINOUCHI, R. ; MOLINA, F. T. ; PESSOA JR, O. ; RAMOS, M. C. ; REBOLLO, R. A. ; TOSSATO, C. R. . Scientiae Studia - Revista Latino-Americana de Filosofia e História da Ciência, Volume 3, Nos. 1, 2, 3 e 4. 2005. (Editoração/Periódico).

10.
MARICONDA, P. R. ; BEZERRA, V. A. ; PESSOA JR, O. ; RAMOS, M. C. ; REBOLLO, R. A. ; TOSSATO, C. R. . Scientiae Studia - Estudos de Filosofia e História da Ciência, Volume 2, Nos. 1, 2, 3 e 4. 2004. (Editoração/Periódico).

11.
MARICONDA, P. R. ; BEZERRA, V. A. ; PESSOA JR, O. ; RAMOS, M. C. ; REBOLLO, R. A. ; TOSSATO, C. R. . Scientiae Studia - Estudos de Filosofia e História da Ciência, Volume 1, Nos. 1, 2, 3 e 4. 2003. (Editoração/Periódico).

Demais trabalhos
1.
BEZERRA, V. A.. Contrabaixo (Os instrumentos do jazz). 2001 (Crítica musical) .

2.
BEZERRA, V. A.. Guitarra (Os instrumentos do jazz). 2001 (Crítica musical) .

3.
BEZERRA, V. A.. Hard Bop (Os estilos do jazz). 2001 (Crítica musical) .

4.
BEZERRA, V. A.. Third Stream (Os estilos do jazz). 2001 (Crítica musical) .

5.
BEZERRA, V. A.. Fusion e Jazz-Rock (Os estilos do jazz). 2001 (Crítica musical) .

6.
BEZERRA, V. A.. Voz (Os instrumentos do jazz). 2001 (Crítica musical) .

7.
BEZERRA, V. A.. McCoy Tyner (n. 1938) (Os artistas do jazz). 2001 (Crítica musical) .

8.
BEZERRA, V. A.. Tony Williams (1945-1997) (Os artistas do jazz). 2001 (Crítica musical) .

9.
BEZERRA, V. A.. Miles Davis (1926-1991) (Os artistas do jazz). 2001 (Crítica musical) .

10.
BEZERRA, V. A.. Anthony Braxton (n. 1945) (Os artistas do jazz). 2001 (Crítica musical) .

11.
BEZERRA, V. A.. John Coltrane (1926-1967) (Os artistas do jazz). 2001 (Crítica musical) .

12.
BEZERRA, V. A.. Egberto Gismonti (n. 1947) (Os artistas do jazz). 2001 (Crítica musical) .

13.
BEZERRA, V. A.. Louis Armstrong (1901-1971) (Os artistas do jazz). 2001 (Crítica musical) .

14.
BEZERRA, V. A.. Grupo Um - Marcha Sobre a Cidade (Resenha de CD). 2001 (Crítica musical) .

15.
BEZERRA, V. A.. Diana Krall - The Look of Love (Resenha de CD). 2001 (Crítica musical) .

16.
BEZERRA, V. A.. Jane Monheit - Come Dream With Me (Resenha de CD). 2001 (Crítica musical) .

17.
BEZERRA, V. A.. J. T. Meirelles - O Som (Resenha de CD). 2001 (Crítica musical) .

18.
BEZERRA, V. A.. Heraldo do Monte - Viola Nordestina (Resenha de CD). 2001 (Crítica musical) .

19.
BEZERRA, V. A.. Milt Jackson (1923-1999) (Os artistas do jazz). 2001 (Crítica musical) .

20.
BEZERRA, V. A.. Modern Jazz Quartet (Os artistas do jazz). 2001 (Crítica musical) .

21.
BEZERRA, V. A.. Freddie Hubbard (n. 1938) (Os artistas do jazz). 2001 (Crítica musical) .

22.
BEZERRA, V. A.. Sax Alto (Os instrumentos do jazz). 2001 (Crítica musical) .

23.
BEZERRA, V. A.. Sax Tenor (Os instrumentos do jazz). 2001 (Crítica musical) .

24.
BEZERRA, V. A.. West Coast (Os estilos do jazz). 2001 (Crítica musical) .

25.
BEZERRA, V. A.. Jazz Brasileiro (Os estilos do jazz). 2001 (Crítica musical) .

26.
BEZERRA, V. A.. Tópicos para uma estetística (sic) musical. 1987 (Monografia) .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
PESSOA JR, O.; HUGGETT, N.; BEZERRA, V. A.; KRAUSE, D.. Participação em banca de Diana Taschetto. Worlds and Strings: Ontology and Epistemology in Fundamental Physics. 2018. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade de São Paulo.

2.
BEZERRA, V. A.; ABREU JUNIOR, C.; TOSSATO, C. R.. Participação em banca de José Ricardo Romualdo. Metateoria e realidade: A relação entre teoria científica e experimento segundo a metateoria estruturalista. 2018. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas - USP.

3.
BEZERRA, V. A.; DION, S. M.; ITOKAZU, A. G.. Participação em banca de Lígia Lopes Gomes. Mudanças científicas, transformações sociais e o papel dos valores: O caso da Revolução Química. 2014. Dissertação (Mestrado em Ensino, História e Filosofia das Ciências e Matemática) - Universidade Federal do ABC.

4.
BEZERRA, V. A.; SILVA, P. T.; RAMOS, M. C.. Participação em banca de Taimara Passero. O experimento de Michelson-Morley na transição da física clássica para a física relativística: Leituras filosóficas e historiográficas. 2014. Dissertação (Mestrado em Ensino, História e Filosofia das Ciências e Matemática) - Universidade Federal do ABC.

5.
RAMOS, M. C.; LACEY, H. M.; BEZERRA, V. A.. Participação em banca de Kelly Ichitani Koide. O papel dos valores cognitivos e não-cognitivos na atividade científica: O modelo reticulado de Larry Laudan e as estratégias de Hugh Lacey. 2011. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade de São Paulo.

6.
DION, S.; ZATERKA, L.; BEZERRA, V. A.. Participação em banca de Antônio José Gomes Amaro. A crítica de Pierre Duhem ao experimento crucial. 2009. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade São Judas Tadeu.

7.
SANTOS, L. H. L.; MARICONDA, P. R.; BEZERRA, V. A.. Participação em banca de Jacintho del Vecchio Junior. A filosofia de Henri Poincaré: A natureza do conhecimento científico e os paradoxos da teoria dos conjuntos. 2006. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade de São Paulo.

8.
MARICONDA, P. R.; PESSOA JR, O.; BEZERRA, V. A.. Participação em banca de Jaadiel Rocha dos Santos. Espaço e tempo: Metafísica e teologia natural na Correspondência com Clarke. 2005. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade de São Paulo.

Teses de doutorado
1.
PLASTINO, C. E.; BEZERRA, V. A.; GUITARRARI, R.; DUTRA, L. H. A.; PESSOA JR, O.. Participação em banca de Paulo Pirozelli Almeida Silva. A estrutura das controvérsias científicas: a sociologia da ciência de Thomas Kuhn. 2018. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade de São Paulo.

2.
OLIVA, L. C. G.; ROMMEVAUX-TANI, S.; BEZERRA, V. A.; DESCOTES, D.; RABOUIN, D.. Participação em banca de João Figueiredo Nobre Cortese. L?infini en poids, nombre et mesure : la comparaison des incomparables dans l??uvre de Blaise Pascal. 2017. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade de São Paulo.

3.
PESSOA JR, O.; BEZERRA, V. A.; CARNEIRO, S. R. G.. Participação em banca de Lucas Carpinelli Nogueira da Silva. Fascínio e repulsa por sereias de metal: Determinantes acústicas, psíquicas e biográfico-culturais ? ou, necessidade e contingência ? na musicologia de Hermann von Helmholtz. 2017. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade de São Paulo.

4.
BEZERRA, V. A.; PLASTINO, C. E.; GUTIERRE, J. H. B.. Participação em banca de Edna Alves de Souza. Um estudo do argumento do milagre na defesa do realismo científico. 2014. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Filosofia) - Universidade de São Paulo - Fac. de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.

5.
PLASTINO, C. E.; BARRA, E. S. O.; BEZERRA, V. A.. Participação em banca de Veronica Ferreira Bahr Calazans. A filosofia da matemática nos Principia de Newton e suas implicações ontológicas. 2014. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Filosofia) - Universidade de São Paulo - Fac. de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.

6.
SANTOS, J. L.; GUERRA, A. T. M.; PELUSO, L. A.; ALMEIDA, M. W. B.; FARAGE, N.; FARIA, A. P. M.; CORRÊA, M.; BEZERRA, V. A.. Participação em banca de Valdeir Del Cont. Eugenia: A ciência do melhoramento das especificidades genéticas humanas. 2007. Tese (Doutorado em Antropologia Social) - Universidade Estadual de Campinas.

7.
PLASTINO, C. E.; VIDEIRA, A. A. P.; CHIAPPIN, J. R. N.; SILVA, F. L. E.; OLIVEIRA, J. C. P.; PESSOA JR, O.; BEZERRA, V. A.. Participação em banca de Robinson Guitarrari. Incomensurabilidade e racionalidade científica em Thomas Kuhn: Uma análise do relativismo epistemológico. 2004. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade de São Paulo.

8.
BEZERRA, V. A.; PLASTINO, C. E.; EVORA, F. R. R.; OLIVEIRA, M. B.; MARICONDA, P. R.. Participação em banca de Claudemir Roque Tossato. Os conceitos de força e harmonia na astronomia física de Johannes Kepler. 2003. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade de São Paulo.

Qualificações de Doutorado
1.
PLASTINO, C. E.; GUITARRARI, R.; BEZERRA, V. A.. Participação em banca de Marcus Renato Alves Araújo. Subdeterminação empírica de teorias e realismo científico: O problema das alternativas não concebidas. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Filosofia) - Universidade de São Paulo.

2.
BEZERRA, V. A.; PLASTINO, C. E.; MARICONDA, P. R.. Participação em banca de Lígia Lopes Gomes. Perspectivas de valor e atividade científica na ciência natural: Um estudo filosófico, com especial referência ao caso da química europeia do século XVIII. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Filosofia) - Universidade de São Paulo.

3.
BEZERRA, V. A.; ROBILLOTA, M. R.; PLASTINO, C. E.. Participação em banca de Taimara Passero. O geométrico na física contemporânea: Exame filosófico de um tema na história das ideias científicas. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Filosofia) - Universidade de São Paulo.

4.
OLIVA, L. C. G.; LEOPOLDO E SILVA, F.; BEZERRA, V. A.. Participação em banca de João Figueiredo Nobre Cortese. O lugar da analogia na obra de Pascal. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Pós-Graduação em Filosofia) - Universidade de São Paulo - Fac. de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.

Qualificações de Mestrado
1.
BEZERRA, V. A.; ABREU JUNIOR, C.; PESSOA JR, O.. Participação em banca de José Ricardo Romualdo. Metateoria e realidade: A relação entre teoria científica e experimento segundo a metateoria estruturalista. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Filosofia) - Universidade de São Paulo.

2.
SOUZA, E. G.; PORTA, M. A. G.; BEZERRA, V. A.. Participação em banca de Lucas Baccarat Silva Negrão de Campos. A crítica de Neurath à concepção semântica de verdade de Tarski. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Filosofia) - Universidade de São Paulo.

3.
BEZERRA, V. A.; DION, S.; PLASTINO, C. E.. Participação em banca de Denis Paulo Goldfarb. Boltzmann e a estrutura do conhecimento científico: A inevitabilidade do modelo como condição para a coerência entre imagens de natureza e imagens de ciência. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Filosofia) - Universidade de São Paulo.

4.
PESSOA JR, O.; PRESGRAVE, F.; BEZERRA, V. A.. Participação em banca de Lucas Carpinelli Nogueira da Silva. Sensações auditivas, inferências inconscientes e ideação ativa na percepção tonal - Determinantes acústico-fisiológicas, psicoestruturais e biográfico-culturais ? ou, necessidade e contingência ? na musicologia de Hermann von Helmholtz. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Pós-Graduação em Filosofia) - Universidade de São Paulo - Fac. de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
PRADO NETO, B.; ALTMANN, S.; CASSINI, A. P. F.; TRANJAN, T.; BEZERRA, V. A.. Professor Adjunto (DE) de Lógica e Filosofia da Ciência, DFMC-UFSCar. 2014. Universidade Federal de São Carlos.

2.
BAIONI, J. E. M.; BARRA, E. S. O.; SILVA, P. T.; DONATELLI, M. C. O. F.; BEZERRA, V. A.. Professor Adjunto I em Filosofia Moderna (suplente). 2010. Universidade Federal do ABC.

3.
CAIERO, R. C.; TOSSATO, C. R.; BEZERRA, V. A.. Professor Adjunto I de Ensino de Filosofia. 2009. Universidade Federal do ABC.

4.
BEZERRA, V. A.; RAMOS, M. C.; BARROSO FILHO, W.. Professor Adjunto I em Filosofia da Ciência. 2009. Universidade Federal do ABC.

5.
ABRANTES, P. C. C.; PESSOA JR, O.; BEZERRA, V. A.. Professor Adjunto I de Filosofia e História da Ciência. 2008. Universidade Federal do ABC.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
X Encontro de Filosofia e História da Ciência do Cone Sul.Simpósio Temático sobre Estilos de raciocínio científico (Organização). 2016. (Simpósio).

2.
International Society for the Philosophy of Chemistry Annual Meeting 2015.Chemical strategies: Mapping the values operating in the Chemical Revolution. 2015. (Encontro).

3.
IX Simpósio Internacional Principia.Estilo dedutivo de raciocínio científico e imagem dedutiva de ciência. 2015. (Simpósio).

4.
VI Encontro de Estudos.Newtorks and the ideal of deductive systematization: A study of philosophical images of science, their themes and tensions. 2015. (Encontro).

5.
IX Encuentro Iberoamericano de Metateoría Estructuralista.T-teoricidad y historicidad: Apuntes sobre ? Es MCP-teórico el término «masa»?? de Adolfo García de la Sienra. 2014. (Encontro).

6.
Tenth International Congress of the International Society for the History of Philosophy of Science. Networks in contemporary philosophy of science: Tracking the history of a theme between metaphor and structure. 2014. (Congresso).

7.
VI Seminário de História e Filosofia da Ciência.Níveis de teorização em filosofia da ciência e a questão da responsividade à história da cioência: Uma proposta de reconstrução a partir da metateoria estruturalista. 2014. (Seminário).

8.
XVI Encontro Nacional da ANPOF.Algumas teses sobre a coesão da nuvem: Redes não-dedutivas para uma racionalidade sem pontos fixos. 2014. (Encontro).

9.
I Debate Metropolitano de Filosofia da Ciência.Coerência, inconsistência, redes e racionalidade na imagem de ciência de Otto Neurath. 2012. (Simpósio).

10.
VIII Encuentro Iberoamericano sobre Metateoria Estructuralista.A rede teórica estruturalista dos modelos filosóficos de racionalidade científica: Um esboço. 2012. (Encontro).

11.
V Seminário de História e Filosofia da Ciência.Cento e vinte anos de redes: Da metáfora à estrutura. 2012. (Seminário).

12.
III Congreso Iberoamericano de Filosofía de la Ciencia y de la Tecnología. Núcleo e especializações da racionalidade: Alguns metaconstritores gerais sobre uma classe de modelos de racionalidade científica. 2010. (Congresso).

13.
IV Seminário de História e Filosofia da Ciência.Estruturas conceituais e estratégias cognitivas em ciência: Modelos tipo I, modelos tipo II, analogias e correspondência. 2010. (Seminário).

14.
IX Colóquio de Epistemologia da USJT - Kant: Crítica, autonomia e política.Estruturas e estretégias: Modelos, analogias e correspondência. 2010. (Simpósio).

15.
II Escola de Física da UFABC.Mecânica, campos clássicos e campos quânticos: Traçando os contornos de um mapa histórico-epistemológico. 2009. (Simpósio).

16.
I Simpósio de Iniciação Científica da UFABC.A revolução astronômica dos séculos XVI e XVII: Uma proposta de mapeamento dos seus temas subjacentes. 2008. (Simpósio).

17.
VII Colóquio de Epistemologia da USJT - Filosofia Contemporânea: Fenomenologia, Metafísica e Ciência.Mecanicismo, formalismo, visualização e intuição. 2008. (Simpósio).

18.
V Encuentro Iberoamericano de Metateoría Estructuralista.Redes teóricas e evoluções teóricas: Conhecimento e racionalidade. 2006. (Encontro).

19.
VII Encontro Brasileiro Internacional de Ciência Cognitiva.Materialismo como hipótese de trabalho no estudo do conhecimento. 2006. (Encontro).

20.
I Jornada do Grupo de Estudos de Filosofia e História da Ciência - USP.O conceito de campo: um novo capítulo da ontologia da física. 2005. (Encontro).

21.
IV Encuentro de Filosofía e Historia de la Ciencia del Cono Sur.A teoria do campo e a desmecanização da física. 2004. (Encontro).

22.
VI Semana de Filosofia da FSB - A filosofia e a ciência contemporânea.Breve comentário a 'Galileu e a ciência moderna' de Pablo R. Mariconda. 2004. (Simpósio).

23.
III Simpósio Internacional Principia.Progresso, racionalidade e inconsistência na Antiga Mecânica Quântica, 1913-1925: O caso da teoria de Bohr-Kramers-Slater. 2003. (Simpósio).

24.
III Encontro de Filosofia e História da Ciência do Cone Sul.Reticulação metodológica na ciência: O caso da renormalização nas teorias de campo de gauge. 2002. (Encontro).

25.
X Encontro Nacional de Filosofia da ANPOF.Racionalidade, consistência, reticulação e coerência: O caso da renormalização na teoria quântica do campo. 2002. (Encontro).

26.
X Colóquio de História da Ciência.Metodologia e metametodologia em Larry Laudan. 1997. (Simpósio).

27.
Simpósio José Reis de Jornalismo Científico. 1994. (Simpósio).

28.
VI Encontro Nacional de Filosofia da ANPOF.A concepção estrutural de teorias científicas e o enfoque de solução de problemas: convergências. 1994. (Encontro).

29.
Simpósio "Divulgação da produção científica brasileira". 1991. (Simpósio).

30.
40a. Reunião Anual da SBPC - "Universidade e produção do conhecimento"nto". 1988. (Congresso).

31.
IX Encontro Brasileiro de Lógica. 1988. (Encontro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Giovane Augusto Guimarães Salimena. Em defesa dos métodos: A concepção de metodologia de Larry Laudan. Início: 2016. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade de São Paulo. (Orientador).

2.
Denis Paulo Goldfarb. Boltzmann e a estrutura do conhecimento científico: A inevitabilidade do modelo como condição para a coerência entre imagens de natureza e imagens de ciência. Início: 2014. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade de São Paulo. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Lígia Lopes Gomes. Perspectivas de valor e atividade científica na ciência natural: um estudo filosófico, com especial referência ao caso da química europeia do século XVIII. Início: 2016. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade de São Paulo. (Orientador).

2.
Taimara Passero. O geométrico na física contemporânea: Exame filosófico de um tema na história das ideias científicas. Início: 2015. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade de São Paulo, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Lyzia Gabirobertz Pimenta. A 'interpretação radical' e 'A interpretação dos sonhos': Uma aproximação entre Donald Davidson e Sigmund Freud. Início: 2015. Iniciação científica (Graduando em Filosofia) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
José Ricardo Romualdo. Metateoria e realidade: A relação entre teoria científica e experimento segundo a metateoria estruturalista. 2014. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Valter Alnis Bezerra.

2.
Taimara Passero. O experimento de Michelson-Morley na transição da física clássica para a física relativística: leituras filosóficas e historiográficas. 2012. Dissertação (Mestrado em Ensino, História e Filosofia das Ciências e Matemática) - Universidade Federal do ABC, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Valter Alnis Bezerra.

3.
Lígia Lopes Gomes. Mudanças científicas, transformações sociais e o papel dos valores: O caso da Revolução Química. 2012. Dissertação (Mestrado em Ensino, História e Filosofia das Ciências e Matemática) - Universidade Federal do ABC, . Orientador: Valter Alnis Bezerra.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Alexandre Pinto Harich. Teoria e experimento nas origens do eletromagnetismo moderno. 2011. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Filosofia e História da Ciência e da Tecnologia) - Universidade Federal do ABC. Orientador: Valter Alnis Bezerra.

2.
Lígia Lopes Gomes. Revoluções sociais e revoluções científicas. 2011. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Filosofia e História da Ciência e da Tecnologia) - Universidade Federal do ABC. Orientador: Valter Alnis Bezerra.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Rosângela Trevisan. A metafísica na ciência: Indispensável. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Licenciatura em Filosofia) - Mosteiro de São Bento de São Paulo. Orientador: Valter Alnis Bezerra.

Iniciação científica
1.
Joaci Lima Oliveira. A revolução astronômica dos séculos XVI e XVII ? Copérnico, Tycho Brahe, Galileu e Kepler. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em ciência e tecnologia) - Universidade Federal do ABC, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Valter Alnis Bezerra.



Educação e Popularização de C & T



Redes sociais, websites e blogs
1.
BEZERRA, V. A.. Filosofia e História da Ciência - UFABC. 2010; Tema: Blog de ensino e pesquisa do Prof. Valter A. Bezerra na UFABC. (Blog).

2.
BEZERRA, V. A.. Filosofia da Ciência - USP. 2013; Tema: Site de ensino e pesquisa do Prof. Valter A.Bezerra no DF-FFCH-USP. (Site).

3.
BEZERRA, V. A.. Filosofia da Ciência - USP (Blog). 2013; Tema: Blog de ensino e pesquisa do Prof. Valter A. Bezerra. (Blog).

4.
BEZERRA, V. A.. Ensino e Pesquisa em Filosofia e História da Ciência - UFABC. 2009; Tema: Site de apoio às disciplinas de graduação e pós-graduação ministradas por mim na UFABC. (Site).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 18/12/2018 às 18:25:14