Félix Henrique Paim Kessler

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/3595921442201029
  • Última atualização do currículo em 23/10/2018


Possui graduação em Medicina (1995), especialização/residência em psiquiatria (1998), mestrado e doutorado em Psiquiatria e Ciências do Comportamento pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Atualmente é Professor Adjunto do Departamento de Psiquiatria e Medicina Legal da UFRGS e membro do corpo docente permanente da Pós-Graduação em Psiquiatria e Ciências do Comportamento da UFRGS. Coordenadena do Núcleo de Pesquisa Clínico-Biológico do Centro de Pesquisa em Álcool e Drogas (CPAD) do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), do qual foi Vice-diretor por 10 anos. Também é um dos coordenadores do Mestrado Profissional em Álcool e Drogas do HCPA. Foi médico contratado e Chefe da Unidade de Psiquiatria de Adição do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA). Fez fellowship nas Universidades da Pensilvânia e Kentucky através do programa Distinguish International Scientist Collaboration Award (DISCA) do National Institute on Drug Abuse (NIDA). Tem experiência na área de Medicina, com ênfase em Psiquiatria, atuando principalmente nos seguintes temas: hiv/aids, cocaína/crack e abuso/dependência de drogas, e comorbidades psiquiátricas. Tem formação em psicoterapia de orientação analítica pelo Centro de Estudos Luís Guedes. Foi professor do Instituto de Psicoterapias Integradas Fernando Pessoa por 10 anos. Já foi coordenador do núcleo de Dependência Química (DQ) da Associação de Psiquiatria do RS (APRS) e sub-editor da antiga Revista de Psquiatria do RS. É revisor de mais de 10 revistas científicas. Atualmente, é Editor Associado da RBP Psychiatry e Frontiers in Psychiatry. Possui mais de 100 publicações ligadas à psiquiatria em revistas especializadas nacionais e estrangeiras, incluindo manuais e capítulos de livro sobre os temas: psicofármacos, epidemiologia e tratamento do alcoolismo e uso/abuso de drogas, e bases neurobiológicas da dependência química. Já foi investigador em projetos de pesquisa financiados pelos governos brasileiro e americano e coordenou estudos clínicos relacionados ao crack, financiados pela Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (SENAD). Também é Diretor Administrativo do Centro de Estudos Luís Guedes CELG) e membro da Câmara Técnica de Psiquiatria do Conselho Regional de Medicina (CREMERS). (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Félix Henrique Paim Kessler
Nome em citações bibliográficas
KESSLER, F. H. P.;KESSLER, FELIX HENRIQUE PAIM;KESSLER, FELIX HENRIQUE;KESSLER, FH;Felix Kessler;FELIX KESSLER;KESSLER, F.H.P.;KESSLER, FELIX H.P.;KESSLER, FELIX;Kessler F;KESSLER,FÉLIX P;Felix Kessler¹;Felix Kessler1;Felix Henrique Paim Kessler;Felix Henrique Paim Kesler;Felix Kessler1,2;Félix Paim Kessler;KESSLER, FÉLIX PAIM;KESSLER, FÉLIX;KESSLER, F.H.;KESSLER,FELIX H.;KESSLER, FELIX H.;Félix Henrique Paim Kessler;KESSLER, FELIX HENRIQUE P.;Kessler,F.H.P

Endereço


Endereço Profissional
Consultório Particular de Psiquiatria.
Av. Itaqui, 89 sala 103
Petrópolis
90460-140 - Porto Alegre, RS - Brasil
Telefone: (51) 33328172
URL da Homepage: http://


Formação acadêmica/titulação


2007 - 2011
Doutorado em Ciências Médicas: Psiquiatria.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Título: Desenvolvimento e Validação da Sexta Versão da Addiction Severity Index (AS16) para o Brasil e outras Análises em uma Amostra Multicêntrica de Usuários de Drogas que Buscam Tratamento no País., Ano de obtenção: 2011.
Orientador: Flavio Pechansky.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Addiction Severity Index; Validação; Adaptação.
2001 - 2003
Mestrado em Medicina Psiquiatria.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Título: Achados Neuropsiquiátricos e Neuroquímicos em Dependentes de Cocaína.,Ano de Obtenção: 2003.
Orientador: FLAVIO PECHANSKY.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
1996 - 1999
Especialização em Programa de Residência Médica Em Psiquiatria.
Hospital de Clínicas de Porto Alegre, HCPA, Brasil.
2004 - 2004
Aperfeiçoamento em Inglês.
Test of English as a Foreign Language, TOEFL, Canadá.
Título: Inglês. Ano de finalização: 2004.
1995 - 1995
Aperfeiçoamento em Curso de Fisiopatologia Pulmonar.
Laboratório de Função Pulmonar Pavilhão Pereira Filho, ISCMPA, Brasil. Ano de finalização: 1995.
1995 - 1995
Aperfeiçoamento em Inglês.
Yázigi International, YÁZIGI, Brasil.
Título: Inglês. Ano de finalização: 1995.
1995 - 1995
Aperfeiçoamento em MS-DOS 6.2/Windows 3.1.
Microsul Informática Ltda, MICROSUL, Brasil. Ano de finalização: 1995.
1991 - 1991
Aperfeiçoamento em Curso de Reanimação do Instituto de Cardiologia/Fu.
Instituto de Cardiologia do Rio Grande do Sul/Fundação Universitária de Car, INCOR, Brasil. Ano de finalização: 1991.
1986 - 1986
Aperfeiçoamento em Curso de Inglês - 6ª etapa nível fundamental.
Escola Estaduald e 1º e 2º Graus Florinda Tubino Sampaio/Centro de Línguas, CLE, Brasil. Ano de finalização: 1986.
1990 - 1995
Graduação em Medicina.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.




Formação Complementar


2015
Treinamento dos Treinadores Master para o Hemisfério Oeste do Programa de P.
Agência Internacional para Assuntos sobre Narcóticos e Aplicação de Leis, INL, Estados Unidos.
2017 - 2017
Extensão universitária em CURSO DE EXTENSÃO O MODELO TRANSTEÓRICO DE MUDANÇA DE COMPORTAMENTO NA PRÁT. (Carga horária: 16h).
Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, PUCRS, Brasil.
2017 - 2017
CICLO DE CONFERÊNCIAS CIÊNCIAS E HUMANIDADES - 9a. edição - ILEA - Inovação. (Carga horária: 3h).
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
2017 - 2017
Integração Institucional para Servidores Ingressantes. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
2017 - 2017
Tesouro Gerencial: Elaboração de Relatórios Gerenciais a partir da Utilizaç. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
2016 - 2016
Inovação e Propriedade intelectual: As Invenções e a construção de Pedidos. (Carga horária: 10h).
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
2016 - 2016
Tópicos de Legislação de Pessoal Aplicados à Carreira Docente-UFRGS. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
2016 - 2016
Word para publicações científicas- Programa de Atividades de Aperfeiçoamen. (Carga horária: 15h).
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
2016 - 2016
Ações Afirmativas na Graduação da UFRGS - Práticas de ensino-aprendizagem n. (Carga horária: 3h).
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
2015 - 2015
Word II - Programa de Atividades de Aperfeiçoamento Pedagógico. (Carga horária: 15h).
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
2015 - 2015
Avanços da Neurociência no Tratamento do Usuário d.
Associação Brasileira de Estudos do Álcool e Outras Drogas, ABEAD, Brasil.
2015 - 2015
Seminário de Abertura do Programa de Atividades de Aperfeiçoamento2015. (Carga horária: 4h).
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
2014 - 2014
Protecting Human Research Participants.
The National Institutes of Health, NIH, Estados Unidos.
2010 - 2010
Programa de Educação Continuada. (Carga horária: 2h).
Associação Brasileira de Psiquiatria, ABP, Brasil.
2004 - 2004
Rede de tratamento da Comunidade Valenciana.
FEPAD, FEPAD, Espanha.
2002 - 2002
A utilização de instrumentos para diagnóstico em P.
Hospital de Clínicas de Porto Alegre, HCPA, Brasil.
2000 - 2000
Extensão universitária em Curso de Extensão em Clínica Psiquiátrica. (Carga horária: 30h).
Centro de Estudos Luiz Guedes, CELG, Brasil.
2000 - 2000
Curso de extensão em Clínica Psiquiátrica. (Carga horária: 30h).
Centro de Estudos Luiz Guedes, CELG, Brasil.
1999 - 1999
Extensão universitária em Psicoterapia de Orientação Analítica - XV turma. (Carga horária: 169h).
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
1999 - 1999
Estágio em Tratamento Dep.Química e Pesquisa.
Treatment Research Institute/University of Pennsylvania, TRC/UPENN, Estados Unidos.
1998 - 1998
Extensão universitária em Curso de Extensão em Clínica Psiquiátrica.
Centro de Estudos Luiz Guedes, CELG, Brasil.
1994 - 1994
Extensão universitária em Aspectos Psiquiátricos para o Médico Clínico.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
1991 - 1991
Curso de reanimação do Instituto deCardiologia. (Carga horária: 12h).
Instituto de Cardiologia do Rio Grande do Sul, INCOR, Brasil.
1990 - 1990
Extensão universitária em Ciclo de Palestras em atendimento à parada cárdio-.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.


Atuação Profissional



HOSPITAL MATERNO INFANTIL PRESIDENTE VARGAS, HMIPV, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Associação Brasileira de Psiquiatria, ABP, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Membro Comissão de Dependência Química da ABP
Outras informações
Membro da Comissão ABP sobre Transtornos por Uso de Substâncias Psicoativas

Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Membro da Comissão
Outras informações
Membro Comissão de Dependência Química

Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Membro Comissão, Enquadramento Funcional: Membro
Outras informações
Participou como membro da Comissão para Gerenciamento do Convênio ?Craque que é craque não usa crack? do Projeto Grêmio da Associação Brasileira de Psiquiatria.


The College on Problems of Drug Dependence, CPDD, Estados Unidos.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Membro, Enquadramento Funcional: Membro


Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio Grande do Sul, CREMERS, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Componente da Câmara Técnica
Outras informações
Componente da Câmara Técnica de Psiquiatria do CREMERS.


Secretaria Nacional Antidrogas, SENAD, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador


Hospital Mãe de Deus, HMD, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - Atual
Vínculo: Autônomo, Enquadramento Funcional: Médico, Carga horária: 40
Outras informações
Atua como médico psiquiatra realizando atendimentos na Unidade de Dependência Química de Transtorno do Humor.


CENTRO DE PESQUISA EM ALCOOL E DROGAS DA UFRGS, CPAD, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: VICE-DIRETOR

Atividades

2004 - Atual
Direção e administração, CPAD, .

Cargo ou função
Vice-Diretor.
01/2003 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , UFRGS, .

Linhas de pesquisa
ALCOOL E DROGAS

Sociedade de Psiquiatria do RS, SPRS, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Coordenador

Atividades

2002 - Atual
Serviços técnicos especializados , Núcleo de Dependência, .

Serviço realizado
Coordenador do Núcleo de Dependência.

Clínica Pinel, CP, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - Atual
Vínculo: Autônomo, Enquadramento Funcional: Médico
Outras informações
Atende na internação de pacientes dependentes químicos em conjunto com a Clínica Pinel.


Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor titular

Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Auxiliar Nível 2
Outras informações
Membro da Comissão Organizadora da Liga de Medicina Legal e Psiquiatria Forense

Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Auxiliar, Nível I, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2000 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: PROFESSOR COLABORADOR, Carga horária: 1

Atividades

2000 - Atual
Ensino, Medicina, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
MED8834 - PSIQUIATRIA ESTÁGIO

Hospital de Clínicas de Porto Alegre, HCPA, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Membro da Comissão Permanente
Outras informações
Do Curso de Mestrado Profissional em Prevenção e Assistência a Usuários de Álcool e Outras Drogas/PRES

Vínculo institucional

2015 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor
Outras informações
Mestrado Profissional em Prevenção e Assistência a Usuários de Álcool e Outras Drogas do Centro Colaborador do HCPA Disciplinas - Transposição do Conhecimento para a prática na rede de assistência - Técnicas De Tratamento Não Farmacológico I

Vínculo institucional

2015 - 2016
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Membro da Comissão do Curso
Outras informações
De Mestrado Profissional em Prevenção e Assistência a Usuários de Álcool e Outras Drogas /PRES

Vínculo institucional

2015 - 2015
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor/Doutor, Carga horária: 20
Outras informações
Coordenou todos os processos relacionados a projetos do Centro Colaborador em Álcool e Drogas do HCPA/SENAD

Vínculo institucional

2014 - 2014
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor
Outras informações
Mestrado Profissional em Prevenção e Assistência a Usuários de Álcool e Outras Drogas do Centro Colaborador do HCPA Disciplina - Técnicas De Tratamento Não Farmacológico I

Vínculo institucional

2012 - 2014
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Chefe Unidade de Psiquiatria Álvaro Alvim
Outras informações
Chefe da Unidade de Psiquiatria de Adição da Coordenadoria Médica da Unidade Álvaro Alvim.

Vínculo institucional

2011 - 2014
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Médico

Vínculo institucional

1999 - 2009
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: SUPERVISOR, Carga horária: 4
Outras informações
Supervisão de residentes e atendimento de pacientes internados na Unidade de Psiquiatria do HCPA.

Atividades

2000 - Atual
Direção e administração, Serviço de Psiquiatria, Unidade de Internação Psiquiátrica.

Cargo ou função
SUPERVISOR DA EQUIPE DE ÁLCOOL E DROGAS.
02/1994 - 02/1994
Estágios , Serviço de Nefrologia, .

Estágio realizado
Unidade de Nefrologia Pediátrica do HCPA, orientação da Profª Noemia P. Goldraich,fev.94.
01/1994 - 01/1994
Estágios , Medicina Interna do HCPA, .

Estágio realizado
Sob orientação do Prof. Nei Luiz Gulcó, durante o mês de janeiro de 1994..

Instituto Fernando Pessoa, IFP, Brasil.
Vínculo institucional

1999 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: PROFESSOR COLABORADOR, Carga horária: 3

Atividades

1999 - Atual
Direção e administração, Instituto Fernando Pessoa, .

Cargo ou função
SUPERVISAO INDIVIDUAL DE ALUNOS DO CURSO DE FORMAÇÃO EM PSICOTERAPIA.
03/2006 - 12/2006
Ensino, Psicoterapia de Técnica Integradas, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Módulo de Drogadição
2000 - 2000
Extensão universitária , Instituto Fernando Pessoa, .

Atividade de extensão realizada
COORDENADOR DO NÚCLEO DE DEPENDÊNCIA QUÍMICA.
1999 - 1999
Extensão universitária , Instituto Fernando Pessoa, .

Atividade de extensão realizada
PROFESSOR DO CURSO DE PSICOTERAPIA.

Fundação Médica do Rio Grande do Sul, FMRS, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - 2015
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 20
Outras informações
Atuou no projeto Capacitação da Polícia Rodoviária Federal-PRF, Curso de Aperfeiçoamento em Técnicas para Fiscalização do Uso de Álcool e Outras Drogas no Trânsito Brasileiro.


Fundação de Apoio Científico e Tecnológico do Tocantins, FAPTO, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - 2016
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor visitante, Carga horária: 30
Outras informações
Ministrou aula no curso de extensão - Formação de apoio para a equipe de profissionais que integram o Centro Regional de Referência sobre Drogas-CRR/UFT/CENTRO-SUL Projeto de criação do Centro Regional de Referência sobre Drogas do Tocantins - CRR/UFT/CENTRO-SUL


Centro de Estudos Luiz Guedes, CELG, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Diretor Administrativo



Linhas de pesquisa


1.
ALCOOL E DROGAS


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
ASSOCIAÇÃO ENTRE TRAUMA PRECOCE E SINTOMAS DE DÉFICIT DE ATENÇÃO E HIPERATIVIDADE EM USUÁRIOS DE CRACK
Descrição: A prevalência de consumo de crack vem crescendo consideravelmente nas últimas décadas, perpassando as esferas legais e tornando-se um problema de saúde pública. Na literatura, encontram-se muitos estudos evidenciando o uso de crack associado com transtornos psiquiátricos dentro deles, o Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH). Além das comorbidades psiquiátricas, a ocorrência de vivências potencialmente traumáticas são comuns na história de vida de usuários de crack. Sabe-se que traumatizações podem causar impactos neurobiológico-psicológicos e sociais. Estudos demonstram o impacto de vivências traumáticas na capacidade de atenção de adultos, porém, poucos avaliam a forma específica como à ocorrência de vivências potencialmente traumáticas poderia estar associadas ao desenvolvimento posterior de TDAH, especialmente em amostras de usuários de substâncias psicoativas (SPAs). No TDAH, as zonas que se encontram alteradas são as pré-frontais, podendo assim, existir uma associação entre TDAH e trauma. Por isso, o objetivo desse estudo é avaliar a associação entre traumatizações precoces uso de SPAs e sintomas de TDAH em uma amostra de usuários de crack. Esse estudo consiste em uma análise secundária de um projeto transversal já realizado. Será utilizada uma amostra de 199 indivíduos do sexo masculino, usuários de crack recrutados em unidades específicas de tratamentos de seis capitais brasileiras. Para avaliar o impacto do uso de substâncias, foi utilizado o Addiction Severity Index, 6a versão (ASI-6). Para a investigação de vivências traumáticas foi utilizado o Childhood Trauma Questionnaire (CTQ). A análise dos sintomas de TDAH foi verificada através da escala Adult Self-Report Scale (ASRS). A investigação de demais variáveis psiquiátricas associadas foi avaliada pela Mini International Neuropsychiatric Interview (MINI). A aderência das variáveis quantitativas à distribuição Normal será investigada por meio de histograma e teste Shapiro-Wilk. As que evidenciarem normalidade serão apresentadas por média e desvio padrão, correlacionadas por coeficiente de Pearson e comparadas entre grupos por teste T, ou entre mais de dois grupos por ANOVA. As assimétricas serão representadas por mediana e intervalo interquartílico, correlacionadas por coeficiente de Spearman e comparadas entre grupos pelo teste não paramétrico Mann-Whitney, ou entre mais de dois grupos por Kruskal-Wallis. As variáveis categóricas irão ser representadas por frequência absoluta e relativa e as associações irão ser investigadas via teste Qui-Quadrado..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Félix Henrique Paim Kessler - Coordenador / Juliana N. Scherer - Integrante / Adriana Mokwa Zanini - Integrante / VINÍCIUS SERAFINI ROGLIO - Integrante.Financiador(es): Fundo de Incentivo à Pesquisa do Hospital de Clínicas de Porto Alegre - Auxílio financeiro.
2018 - Atual
Envelhecimento Celular Precoce em Indivíduos com Transtorno por uso de Álcool ou Cocaína/Crack

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Lisia von Diemen em 30/05/2018.
Descrição: No Brasil, os problemas relacionados ao consumo de álcool e cocaína vem se tornando mais evidentes, com reflexos importantes para a saúde pública. O conhecimento sobre as bases neurobiológicas da adicção vem se ampliando nos últimos anos. No entanto, esses avanços ainda têm pouca aplicação na prática clínica, havendo necessidade de estudos que possam se traduzir em auxílio no diagnóstico, avaliação de prognóstico ou terapêutica mais adequada. Um aspecto importante a ser considerado é que usuários de substâncias psicoativas apresentam indícios de envelhecimento precoce. As taxas de mortalidade entre estes indivíduos são maiores quando comparados à população geral, e eles apresentam problemas de saúde semelhantes aos encontradas em populações mais idosas, como declínio cognitivo e deficiência imunológica. O encurtamento de telômeros tem grande relevância no estudo do envelhecimento e é considerado um dos biomarcadores mais importantes desse processo. Sua medida pode ser avaliada em leucócitos (LTL) ou células mononucleares do sangue periférico (PBMCs) e tem sido relacionada ao surgimento de várias doenças relacionadas à idade. Nos últimos anos, evidências a respeito da relação entre transtornos psiquiátricos e envelhecimento precoce têm aumentado. Existe uma associação entre transtornos de humor, ansiedade, esquizofrenia e estresse pós-traumático e algumas doenças relacionadas à idade. Além disso, indivíduos com esses transtornos apresentam risco aumentado para mortalidade precoce por causas naturais. No entanto, ainda existem poucos estudos sobre a relação entre adicção e processos ligados ao envelhecimento biológico precoce e se essa associação estaria relacionada a maior gravidade do transtorno. Dessa forma, dando continuidade à linha de pesquisa realizada neste grupo, que vem avaliando pacientes quanto à gravidade, trajetória de consumo, genética, biomarcadores, dentre outros, o objetivo deste estudo é avaliar se há envelhecimento precoce em indivíduos com transtorno por uso de álcool ou crack, através da medida do telômero em leucócitos do sangue periférico. Além disso, será avaliado se há correlação entre esse marcador e parâmetros de maior gravidade dos transtornos por uso dessas substâncias. Os resultados deste estudo poderão auxiliar no desenvolvimento de políticas públicas voltadas para a assistência de pacientes com transtornos adictivos, permitindo um tratamento mais direcionado para o nível de gravidade destes indivíduos. Tais medidas poderão ainda aumentar a eficácia do tratamento, melhorar a adesão e prevenir recaídas precoces..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2018 - Atual
Estudo clínico-laboratorial com usuários de Club Drugs
Descrição: As club drugs eram totalmente identificadas como substâncias sintéticas até o passado recente. Contudo, esse termo foi ampliado para contemplar outras substâncias psicoativas que mimetizam os efeitos de drogas ilícitas e são produzidas a partir de pequenas modificações na estrutura química, conhecido também como anel aromático. Elas são conhecidas, atualmente, por outras denominações como, por exemplo, NPS (new psychoactives substances), ?legal highs?, ?designer drugs?, entre outros. Salientando que são drogas sintéticas derivadas de fármacos ou de drogas ilegais já popularizadas, por exemplo, como derivados da heroína, de feniletilaminas, de triptaminas, de piperazinas e de canabinóides, com alguma, muitas vezes sútil modificação na estrutura química, realizada por produtores clandestinos, com intenção de burlar a legislação vigente nos países. Um aspecto importante das club drugs, são os seus efeitos que, do ponto de vista clínico, apresentam aparente elevação do humor, euforia, desinibição, permitindo que os usuários dancem a noite inteira. Tem se observado um acentuado número de NPS no país, ocorrendo casos que levaram à morte, relatados anteriormente pela mídia, sendo o mais emblemático é o do estudante da USP que foi a óbito por afogamento, decorrente do uso da droga NBOMe. Sendo assim é de suma importância a correta e precisa identificação e classificação dessas NPS para fins clínicos e laboratoriais. A análise química dessas drogas se torna um ponto crítico, visto que a mudança nas suas estruturas ocorre de maneira muito dinâmica e dificilmente é possível realizar tais análises por métodos previamente estabelecidos. As drogas clássicas possuem métodos de triagem sensíveis e bem estabelecidos, apesar de não específicos, já as novas drogas não possuem metodologias para a realização das triagens utilizadas na rotina laboratorial. Devido ao grande número de relatos de casos envolvendo inúmeros efeitos adversos, elevada toxicidade e, casos letais no Brasil e no mundo ocasionadas por essas novas classe de drogas sintéticas, incluindo os NBOMes, corroborando o grande número de apreensões realizadas. É de extrema relevância estudos sobre essas substâncias deletérias do SNC, tanto para correta identificação e diagnóstico quando esses indivíduos chegam intoxicados aos serviço de saúde, e até mesmo qualificar adequadamente do ponto vista químico quando essas drogas são apreendidas. Dentro deste contexto, esse projeto se propõe a identificar o perfil clínico e laboratorial em uma amostra de usuários de Club Drugs atendidos pelo programa de assistência ambulatorial e internação do Hospital de Clínicas de Porto Alegre. O caráter multidisciplinar desse estudo permitirá o melhor entendimento do cenário atual nacional e local do consumo de Club Drugs, bem como identificação das drogas efetivamente consumidas no contexto das festas eletrônicas, o perfil clínico e laboratorial desses usuários. Como meta finalística, o presente estudo se propõe a oferecer um norteamento de conduta clínico psiquiátrica custo efetivo, baseado em evidências científica para os trabalhadores em saúde em especial em unidades de atendimentos de emergência para casos de intoxicação aguda. Os conhecimentos e os resultados obtidos com o desenvolvimento desse projeto serão divulgados a comunidade científica sob a forma de participações em eventos regionais, nacionais e internacionais, bem como através da publicação de artigos científicos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Félix Henrique Paim Kessler - Coordenador / Renata Limberger - Integrante / Juliana N. Scherer - Integrante / nino march - Integrante.
2018 - Atual
INFLUÊNCIA DO POLIMORFISMO VAL66MET DO GENE BDNF SOBRE OS NÍVEIS SÉRICOS DE BDNF: UM ESTUDO LONGITUDINAL EM USUÁRIOS DE CRACK.
Descrição: O crescimento do consumo de crack no Brasil tornou-se um fenômeno de saúde pública. Segundo informações do World Drug Report, da Organização das Nações Unidas, cerca de 0,4% da população global entre 15 a 64 anos de idade faz uso de cocaína. A Região Sul do Brasil tem 200 mil usuários de crack em número absoluto, o que equivale a 7% do número total de usuários no Brasil (Levantamento Nacional de Álcool e Drogas, LENAD II, 2011). Sabe-se que o consumo de crack gera prejuízos neurológicos e cognitivos (DIEMEN, 2012) e estudos vêm demonstrando que o fator neurotrófico derivado do cérebro é um possível marcador para a gravidade de uso de crack (SORDI, 2011). O fator neurotrófico derivado do cérebro (BDNF) é uma neurotrofina de fundamental importância no sistema nervoso central, sendo crucial para o neurodesenvolvimento, para a formação das redes neurais e para a plasticidade neural (EGAN et al., 2003). Já foi comprovado que um polimorfismo funcional (rs6265) no gene do BDNF em seres humanos, que provoca a substituição do aminoácido valina para metionina no códon 66 - Val66Met - (PRUNSIELD et al., 2007), altera o processamento e o tráfego intracelular do BDNF, tendo como consequência a redução da sua secreção (MARTINHO et al., 2012). Porém, não há estudos associando esse polimorfismo funcional com a influência em níveis séricos de usuários de crack. O presente trabalho tem como objetivo suprir essa lacuna e lançar um novo olhar sobre o uso de crack, bem como sobre esse polimorfismo do gene BDNF..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Félix Henrique Paim Kessler - Coordenador / VANESSA ASSUNÇÃO BATISTA - Integrante / ANTÔNIO CARLOS BURLAMAQUE NETO - Integrante / JAQUELINE BOHRER SCHUCH - Integrante.Financiador(es): Fundo de Incentivo à Pesquisa do Hospital de Clínicas de Porto Alegre - Auxílio financeiro.
2017 - Atual
ENSAIO COMPORTAMENTAL E A UTILIZAÇÃO DA EXPOSIÇÃO AOS ESTÍMULOS EM SUJEITOS COM TRANSTORNOS POR USO DE SUBSTÂNCIA
Descrição: Esta pesquisa tem origem na Unidade de Adição Álvaro Alvim do Hospital de Clínicas de Porto Alegre, e leva em consideração atividade realizada durante o período de internação para desintoxicação. Denominada no programa de atividades da Unidade como Role Play utiliza a técnica de Ensaio Comportamental com a exposição aos estímulos como coadjuvante no tratamento do transtorno por uso de substância psicoativa. Durante o ano de 2016, como residente nesta Unidade, e participando ativamente da atividade supracitada, foi possível perceber que os usuários quando participam do ensaio comportamental, sem exposição aos estímulos, desenvolvem estratégias de enfrentamento para poder lidar com situações de risco para recaída. Porém, na maioria das vezes não conseguem perceber a manifestação da fissura, e por consequência, não treinam estratégias de manejo da mesma. Desta forma, os usuários relatam maior intensidade da fissura e ansiedade nos ensaios comportamentais, com exposições aos estímulos, de forma a perceber in vivo a manifestação destes sintomas e receberem suporte imediato para lidar com os mesmos, de maneira a promover o uso de técnicas específicas para enfrentamento. Neste período também foi possível observar a repetição de três situações de risco para recaída: desentendimento familiar, amigos oferecerem a substância de preferência e lidar com dinheiro. Entre as pistas utilizadas está o uso de dinheiro em espécie, que conforme relatos realizados durante a atividade proporcionam maior intensidade dos sintomas de fissura, e também, acaba por representar um risco imediato na pós-alta. Os sujeitos relatam que o dinheiro é algo que buscavam intensamente para satisfazer o desejo de consumir a substância psicoativa, de forma a significar a real possibilidade para ouso. Com isso, essa pesquisa dedica-se compreender e investigar de que forma, especificamente a utilização de dinheiro no ensaio comportamental, pode auxiliar no reconhecimento dos sinais e sintomas de fissura, assim como a utilização de técnica individualizada para manejo. Também o tema mostra sua originalidade já que existem poucos trabalhos realizados sobre o assunto..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: / Mestrado profissional: (1) .
Integrantes: Félix Henrique Paim Kessler - Coordenador / Karina Ligabue - Integrante / Rodrigo dos Santos Zancan - Integrante.
2017 - Atual
Indicadores psicossociais associados ao consumo de álcool e outras drogas por adolescentes
Descrição: O uso abusivo de álcool e drogas na adolescência acarreta graves consequências no desenvolvimento físico, psicológico e social. Os profissionais de saúde necessitam informações que possam ser úteis na elaboração de estratégias preventivas e terapêuticas mais eficazes. O objetivo do presente estudo é traçar o perfil dos adolescentes em tratamento no CAPS AD do município de Bagé/RS, a partir de indicadores psicossociais que podem estar associados ao consumo de álcool e outras drogas. Serão utilizados uma ficha sociodemográfica e os testes DUSI (Drug Use Screening Inventory) e IHSA (Inventário de Habilidades Sociais). Serão feitas análises estatísticas descritivas e inferenciais, utilizando-se o SPSS (versão 18)..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: / Mestrado profissional: (1) .
Integrantes: Félix Henrique Paim Kessler - Coordenador / Lídia Suzana Rocha de Macedo - Integrante / Herondina de Freitas Cavalheiro - Integrante.
2016 - Atual
AS RELAÇÕES INTERPESSOAIS DE USUÁRIOS DE CRACK COCAÍNA EM SEIS CAPITAIS BRASILEIRAS
Descrição: No Brasil, estima-se que os problemas por uso de crack cocaína são os que mais levam a busca por tratamento para uso de substâncias no Sistema Único de Saúde (SUS), ficando atrás apenas dos problemas por uso de álcool. É frequente o relato dos usuários com relação as suas dificuldades em relacionamentos interpessoais, com familiares e amigos, porém sabe-se que o estabelecimento de relações saudáveis é considerado crucial para um processo exitoso de recuperação do transtorno por uso de crack cocaína. Neste sentido, as evidências até agora demonstram que, além do uso da substância em si, outros fatores da vida do sujeito, como dificuldades emocionais, comportamentais e sociais podem estar impedindo que o mesmo possa cultivar seus relacionamentos. Sendo assim, o presente projeto tem por objetivo principal investigar as relações interpessoais dos usuários de crack cocaína de seis capitais brasileiras com parceiros, familiares adultos e amigos, assim como a relação destes problemas com outras características emocionais, comportamentais e sociais. Será feita uma análise de dados secundários de um estudo multicêntrico realizado em seis capitais brasileiras. O delineamento do estudo é transversal e serão incluídos todos os usuários, homens e mulheres, que buscaram atendimento na rede de saúde pública para problemas por uso de crack cocaína e que possuem, no banco de dados original, o escore da variável de interesse (n=783). A magnitude de associação entre o desfecho (SS-R Família/Social dicotomizado pela mediana) e os fatores em estudo (fatores sociodemográficos, exposição a eventos traumáticos na vida, uso recente de substâncias psicoativas, outros aspectos da vida do usuário de crack cocaína, como moradia, suporte social e envolvimento com práticas ilícitas) será avaliada através da razão de prevalência (RP), estimada pela regressão de Poisson com variância robusta. Os resultados deste estudo poderão guiar possíveis intervenções no tratamento e reinserção social de pessoas com transtorno por uso de crack cocaína..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Félix Henrique Paim Kessler - Coordenador / Mayra Pachado - Integrante.
2016 - Atual
Desenvolvimento da Técnica de Gerenciamento da Raiva Para Usuários de Drogas do Sistema Público de Saúde
Descrição: A revisão sistemática investigará a relação entre raiva, uso de substâncias e os tipos de intervenção. Existem poucos estudos sobre este assunto. As intervenções de manejo da raiva para usuários de substâncias psicoativas são realizadas nos Estados Unidos e Europa com enfoque em prevenção de recaída. A busca pelos artigos foi realizada nas bases de dados Pubmed, Bireme e Psycinfo. Os descritores (anger and substance abuse; anger and addiction; anger and cocaine; anger and alcohol e anger manangement and substance abuse, contam no Mesh terms do Medline. Estes descritores foram utilizados nas três bases de dados mencionadas. O tratamento com a técnica cognitiva comportamental manualizada para gerenciamento da raiva, uso de álcool e outras substâncias tem sido pouco abordada em no Brasil. O objetivo deste estudo é traduzir a técnica de gerenciamento da raiva para usuários de substâncias psicoativas do manual do National Institute on Drug Abuse para internação e ambulatório da Unidade Álvaro Alvim do Hospital de Clinicas de Porto Alegre. O NIDA é reconhecido internacionalmente por estudos, guidelines e manuais robustos relacionados ao uso de substâncias psicoativas. O método utilizado foi de tradução, por duas psicólogas fluentes em inglês para o português, reconciliação para o português pelas duas psicólogas, retradução,(back tranlation) para o inglês por uma pessoa com língua nativa em inglês, posteriormente foi feita uma revisão e harmonização da retradução. Formatada a versão final, será aplicada as 12 sessões para piloto. Após será realizado desdobramento cognitivo: Para identificar a clareza e questões problemáticas da técnica como um todo e oferecer soluções para facilitar o entendimento da técnica, No final de cada enunciado proposto foi questionado qual o entendimento do participante em relação a técnica. Para cada enunciado escrito no manual o instrumento, foi registrado um escore com valores (notas) entre 1 e 10 sobre a clareza do enunciado, ou seja, sobre o entendimento do participante quanto à formulação do enunciado da técnica..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: / Mestrado profissional: (1) .
Integrantes: Félix Henrique Paim Kessler - Coordenador / Helen Vargas Laitano - Integrante.
2016 - Atual
O EXERCÍCIO FÍSICO NO MANEJO DO CRAVING E DOS SINTOMAS DE ANSIEDADE EM DEPENDENTES DE CRACK INTERNADOS PARA DESINTOXICAÇÃO
Descrição: Nos dias de hoje o tema da dependência química é bastante divulgado e debatido. Seja pela mídia, autoridades governamentais e/ou comunidade científica. O uso de drogas é considerado um grave problema de saúde pública [1-3]. Há um consenso de que o tratamento da dependência de crack é difícil e complexo [4]. A gravidade da adição e a tendência para a recaída sugerem a necessidade de acompanhamento a longo prazo e uma combinação de diferentes formas de cuidado, focando cada uma das fases do processo de reabilitação [4]. Uma dificuldade no tratamento de pessoas dependentes de crack é a ausência de um medicamento especificamente produzido para reduzir o craving. O craving pode ser representado por uma forte vontade de consumir determinada substância ou ?como o reflexo de um estado de motivação orientado para o consumo de drogas? [5]. Considerando o craving como um fenômeno de origem multifatorial, e um dos sintomas mais complexos de se manejar, há necessidade de um conjunto de abordagens terapêuticas que contemplem suas particularidades, requerendo um planejamento estratégico e personalizado [5]. Ao longo dos anos a comunidade científica vem investigando diferentes técnicas para manejar o craving. Alguns estudos utilizaram técnicas de relaxamento autogênico [6], relaxamento respiratório [7] e jogos cooperativos [8]. Estes estudos observaram uma associação na redução da ansiedade e do craving em pessoas com transtornos por uso de cocaína e crack. No entanto, tais estudos não apresentaram grupo controle em seus delineamentos, o que inviabiliza verificar a efetividade e/ou eficácia destas técnicas utilizadas. Dessa forma, é difícil constatar se o efeito acontece pela execução das técnicas ou por outrosmotivos, como por exemplo, tempo das atividades, ambiente, interação entre os participantes ou interferência dos pesquisadores. Estudos recentes demonstram a eficácia do exercício na redução do craving em tabagistas [9]., em uma meta-análise, encontram um forte efeito de diferentes atividades físicas na redução do desejo de fumar (RP= 2.03, IC=2.60-1.46) e redução na força do desejo de fumar (RP= 1.91, IC= 2.59-1.22) se comparados com grupo controle. Apesar de estes estudos mostrarem um efeito forte e significativo no manejo do craving em tabagistas, nenhum estudo foi feito avaliando os efeitos do exercício no manejo do craving em usuários de crack. A atividade física, e especificamente o exercício físico, tem sido considerado um tratamento potente para a dependência de drogas [9-11]. O exercício físico atua em diferentes mecanismos de ação, promovendo neuroadaptação [12, 13], melhora da composição corporal, sintomas depressivos e ansiosos [14], funcionamento cognitivo [15], função cardiorespiratória [11], auto-eficácia, auto-estima e qualidade de vida [12]. Recente revisão discute evidências clínicas e pré-clínicas para a eficácia do exercício em diferentes fases do processo de dependência [16]. Tal revisão aborda que durante a iniciação do uso de drogas e retirada, a eficácia do exercício pode ser relacionada com a sua capacidade para facilitar a transmissão de diferentes neurotransmissores, principalmente a dopamina que possui capacidade para normalizar a sinalização de outros substratos que podem reverter alterações na via de recompensa, deteriorada pelo uso de drogas [16]. Alguns marcadores neurobiológicos estão associados com o uso do crack..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - Atual
PROJETO COCAÍNAS FUMÁVEIS NA ARGENTINA, BRASIL, CHILE, URUGUAI E PARAGUAI ESTUDO MULTICÊNTRICO SOBRE ALTERAÇÕES DA FUNÇÃO CEREBRAL EM USUÁRIOS DE CRACK.
Descrição: A cocaína é a quarta droga ilegal mais consumida no mundo, superada apenas pela maconha, anfetaminas e opiáceos (1); além disso, constitui a segunda droga mais consumida na América Latina ficando atrás da maconha (2). Especialmente considerando a sub-região da América Latina composta por Argentina, Bolívia, Chile, Equador, Peru e Uruguai e Brasil, a prevalência do consumo de cocaína no último ano foi de 1,4%, superando a média mundial de 0,3%, segundo as Nações Unidas, para o resto do planeta. O impacto do consumo de crack é diferente entre os países da América do Sul, assim como as estratégias de enfrentamento adotadas pelos sistemas de saúde e segurança. As taxas de prevalência de consumo de pasta base de cocaína (Crack) são semelhantes na Argentina, Chile, Peru e Uruguai, com valores que variam entre 0,4% e 0,6% da população de 15 a 64 anos (2). Independente disso, o consumo de crack representa atualmente um problema sério para esta região. No contexto uruguaio, 90% dos usuários de crack têm menos de 30 anos de idade e 37% são menores de 18 anos, sendo a idade média de 23 anos (3). No Brasil, a observação sobre o aumento do consumo de crack tem sido relatada desde o final da década de 80 (53). De acordo com II Levantamento Domiciliar sobre o uso de Drogas Psicotrópicas (54), quase 6 milhões de brasileiros (4% da população adulta) já experimentou alguma forma de cocaína. Aproximadamente 2 milhões de brasileiros já usaram cocaína fumada (crack/merla e oxi) pelo menos uma vez na vida. Um em cada cem adultos usou crack no último ano, representando 1 milhão de pessoas. A cocaína usada pela via intranasal é a mais comum, já tendo sido experimentada por 4% dos adultos, destes 2% relataram ter usado no último ano, representando 2.3 milhões de pessoas (54). O transtorno por uso de crack constitui um problema de saúde pública, estando associado à potencialização do risco de contagio por doenças infectocontagiosas, em especial o HIV e HCV, além de aumentar o risco de desenvolvimento de outras doenças, transtornos mentais e problemas psicológicos, sociais, ocupacionais, e de estar relacionado com o aumento da agressividade e a expansão da violência e do crime (55, 56, 57). Dados recentes apontam que o perfil dos usuários de crack no Brasil é semelhante ao evidenciado em outros países latinos, composto majoritariamente por adultos jovens, do sexo masculino (78,68%), com idade média de 28-30 anos, solteiros (60,64%), e predominantemente ?não-brancos? (79,16%). No que diz respeito à educação e moradia, foi observado que poucos usuários completarem o ensino médio (16%) e que 40% dos usuários encontram-se em situação de rua (58). Além disso, evidencia-se que, apesar dos índices de consumo do crack serem tímidos se comparados a outras drogas, esta é a droga ilícita que mais conduz a internações em hospitais psiquiátricos (61) e que mais provoca demanda por atendimento (59), gerando custo expressivo para o sistema público de saúde (60). Apesar de sua baixa prevalência na população geral (0,8%), o consumo de crack está concentrado nas áreas mais vulneráveis em termos sociais, econômicos e educacionais (58, 59, 60, 61), onde a prevalência atinge 8%. A prevalência de pessoas com sinais de dependência, verificada no último ano no Uruguai é preocupante, chegando a 18,9% para a cocaína e 50% para o crack (2), o que reflete seu seu alto poder dependógeno, possivelmente adjacentes da formula do composto na região. Cabe dizer, que grande parte dos sujeitos que procuram tratamento retomam o uso em um curto período de tempo. Neste sentido estudos que possibilitem compreender as alterações neurobiológicas, cognitivas e comportamentais desencadeadas pelo consumo de crack, podem contribuir para o desenvolvimento de tratamentos mais efetivos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Especialização: (1) Doutorado: (2) .
Integrantes: Félix Henrique Paim Kessler - Coordenador / ORNELL, FELIPE - Integrante / Lucas Mendes de Oliveira - Integrante / Silvia Bassani Schuch-Goi - Integrante.
2016 - Atual
AVALIAÇÃO GENÉTICA, BIOQUÍMICA E ASPECTOS PSIQUIÁTRICOS DE GESTANTES USUÁRIAS DE CRACK INTERNADAS EM HOSPITAL DE REFERÊNCIA EM PORTO ALEGRE
Descrição: Entre gestantes, o uso de cocaína/crack tem aumentando, acarretando morbidade materna, fetal e neonatal. O usuário de crack é, habitualmente, poliusuário de outras substâncias psicoativas como álcool, maconha e estimulantes, e há uma forte associação entre dependência de crack e comorbidades psiquiátricas como depressão, transtornos de ansiedade, e transtornos da personalidade. Os dependentes químicos de crack são aqueles que menos buscam ajuda entre os usuários de substâncias de abuso. A gestação é um período no qual as mulheres tornam-se mais sensíveis e preocupadas com o seu bem-estar e do seu futuro bebê, tornando-se um período propício para uma intervenção terapêutica, especialmente no que concerne ao uso de drogas. Com relação aos marcadores biológicos em dependentes químicos, estudos demonstram um aumento do estresse oxidativo e alteração nos níveis séricos do fator neurotrófico derivado do cérebro (BDNF). Porém, não existem estudos avaliando níveis de BDNF em gestantes usuárias de crack e correlações destes níveis com aspectos relacionados ao uso, história psiquiátrica ou perfil sociodemográfico. A importância deste estudo baseia-se na escassez de conhecimento quanto ao perfil sociodemográfico, clínico, psiquiátrico e laboratorial dessa população. Dentro deste contexto, será realizado um estudo transversal, com amostra de conveniência, com pacientes gestantes usuárias de crack, em hospital de referência neste tipo de tratamento na cidade de Porto Alegre. Serão realizadas entrevistas para diagnóstico de comorbidades psiquiátricas, e avaliação da gravidade da dependência do crack, além de dosagens de níveis séricos de BNDF no sangue periférico e a verificação da possível associação de variantes genéticas com a modificação dos níveis de BDNF e com um melhor prognóstico durante o período de desintoxicação..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - Atual
Ensaio Piloto de Farmacoterapia para Adição em Cocaína
Descrição: Dependência de cocaína (DC) é um problema significativo de saúde pública nas Américas. Este projeto foi escrito em resposta ao anúncio de programa PA-15-142, Colaboração Internacional de Pesquisa sobre Abuso de Drogas e Pesquisa em Adição (R01). PA-15-142 "incentiva projetos colaborativos de pesquisa sobre o abuso de drogas e toxicodependência que tiram proveito de oportunidades especiais que existem fora dos Estados Unidos." Este projeto descreve um ensaio clínico de fase II de um novo medicamento, NS2359, para o tratamento da dependência de cocaína (DC) em um programa de tratamento da dependência recentemente desenvolvido em Porto Alegre, Brasil, para pacientes internados/ambulatoriais. Apesar dos progressos alcançados no desenvolvimento de tratamentos psicossociais para DC, estes tratamentos não oferecem benefício substancial para muitos pacientes. Assim, medicamentos têm sido procurados para aumentar o efeito do tratamento psicossocial, mas não existem remédios aprovados pela FDA para o tratamento de DC. No presente projeto, propõe-se testar um novo composto, NS2359, quanto à eficácia para o tratamento da DC. De um modo paralelo à cocaína, o NS2359 bloqueia a recaptação de dopamina (DA), noradrenalina (NA) e serotonina (5HT), com afinidades nanomolares nos três transportadores. Em primatas, o NS2359 atenuou significativamente a autoadministração de cocaína. Em vários ensaios clínicos de fase II para o transtorno depressivo maior e transtorno de déficit de atenção do adulto, ele não causou euforia. O NS2359 não exibiu potencial de abuso em um estudo de laboratório em humanos, comparando NS2359 com anfetamina. Em um estudo de fase I de interações em seres humanos, em laboratório, patrocinado pelo National Institute on Drug Abuse (NIDA), o NS2359 mostrou nenhuma toxicidade após 40 mg de cocaína, mas atenuou tanto a gratificação quanto os efeitos cardiovasculares da cocaína endovenosa. Com base nestes estudos promissores, propõe-se um ensaio clínico de fase II do NS2359 em DC. O estudo envolverá 80 indivíduos DC participando de um ensaio clínico duplo-cego controlado por placebo, de 8 semanas, no qual os participantes serão distribuídos aleatoriamente para tratamento com placebo ou 2 mg por dia de NS2359. Esta faixa de dosagem foi selecionada a partir das evidências de segurança e tolerabilidade das fases I e II, bem como pelos níveis plasmáticos de NS2359 que foram associados com o bloqueio da recompensa de cocaína. Este projeto tem o potencial para identificar a primeira farmacoterapia eficaz para DC..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Félix Henrique Paim Kessler - Coordenador / LISIA VON DIEMEN - Integrante / FLÁVIO PECHANSKY - Integrante / Anderson Ravy Stolf - Integrante / Anne Sordi - Integrante / Juliana N. Scherer - Integrante / Silvia-Schuc Goi - Integrante.
2016 - Atual
Validação da versão brasileira do Addiction Severity Index 6 (ASI6) Light
Descrição: Realizar o processo de validação da versão brasileira reduzida do Addiction Severity Index Light (ASI6 Light). Objetivos Específicos:  Avaliar se existe a independência de dimensões no ASI6 Light, tipicamente encontrada no ASI6;  Realizar a validação concorrente do ASI6 Light considerando o ASI6 como instrumento ?padrão ouro?;  Comparar os escores da área álcool e da área drogas do ASI6 Light com os escores gerados pela entrevista diagnóstica DSM V, fornecendo uma visão de continnum de gravidade  Avaliar a confiabilidade teste-reteste do ASI6 Light;.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Félix Henrique Paim Kessler - Coordenador / Mayra Pachado - Integrante / Lídia Reis Fernandes - Integrante.
2015 - Atual
Percepções de profissionais e pacientes sobre o Manejo de Contingência aplicado para usua rios de Crack internados em Unidade de Adição SUS
Descrição: O uso de crack tem se tornado um grave problema de saúde pública no Brasil e alvo de preocupação devido ao aumento considerável do consumo na última década e suas implicações na vida das pessoas, tanto fisiológica, quanto psicológica e socialmente. Neste contexto, existem várias técnicas e abordagens para o tratamento de dependência química aos usuários de cocaína/crack, porém a adesão costuma ser baixa. Entre essas estratégias, a intervenção chamada Manejo de Contingência (MC) tem sido uma das formas mais eficazes de reforçar a adesão ao tratamento, assim como também gratifica comportamentos saudáveis, que são reconhecidos como incompatíveis com o uso de substâncias. Ao longo da história da Unidade de Adição (UA) do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), regras e gratificações têm sido implementadas e costumam ser discutidas pelos profissionais e pacientes, visando o desenvolvimento dessas atividades e de um melhor ambiente terapêutico. Têm sido criados instrumentos, quadros e atividades visando a utilização de incentivos motivacionais para os usuários de drogas, através de reforçadores (pontuações e figuras representativas), porém o MC ainda não foi avaliado de forma mais sistemática e aprofundada. Nesse sentido, este trabalho tem como objetivo avaliar a percepção dos pacientes e profissionais sobre a técnica de MC, especificamente direcionada aos usuários de crack internados na UA. Considerando os incentivos motivacionais ofertados durante a internação, estes serão avaliados em uma revisão documental dos livros de registro das gratificações da unidade, visando identificar quais incentivos foram mais utilizados pelos usuários nos últimos anos. A partir do comprometimento dos usuários com a técnica do MC, será possível acompanhá-los durante sua trajetória de tratamento e avaliar se esta técnica tem influência em mudanças no tempo de permanência em internação, considerando seu perfil sociodemográfico, de comorbidades psiquiátricas e gravidade de dependência. O desenvolvimento deste estudo poderá servir de subsídio para aplicabilidade em outros ambientes terapêuticos com objetivos semelhantes, visando uma melhor adesão dos usuários de drogas e o desenvolvimento de novas estratégias para o tratamento em dependência química..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (1) .
Integrantes: Félix Henrique Paim Kessler - Coordenador / FLÁVIO PECHANSKY - Integrante / Marcio Silva Silveira - Integrante / Lucas França Garcia - Integrante.
2015 - Atual
Ensaio Clínico Randomizado, Duplo-Cego, Controlado com Placebo, para Avaliar o Efeito da N-Acetilcisteína no Tratamento dos Transtornos por Uso de Álcool e Cocaína

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Flavio Pechansky em 21/10/2018.
Descrição: O objetivo deste estudo é verificar se a NAC quando usada como terapia adjuvante ao tratamento convencional do transtorno por uso de álcool e transtorno por uso de cocaína/crack aumenta a adesão ao tratamento. 5.2. Objetivos específicos ● Verificar se pacientes com diagnóstico de transtorno por uso de álcool ou transtorno por uso de cocaína/crack apresentam modificações no percentual de tempo de abstinência nos primeiros 30 dias pós-alta quando a NAC é usada como terapia adjuvante ao tratamento convencional; ● Verificar se pacientes com diagnóstico de transtorno por uso de álcool ou transtorno por uso de cocaína/crack apresentam modificação no tempo de internação hospitalar quando a NAC é usada como terapia adjuvante ao tratamento convencional; ● Verificar se pacientes com diagnóstico de transtorno por uso de álcool ou transtorno por uso de cocaína/crack apresentam modificação no funcionamento global, social e ocupacional quando a NAC é usada como terapia adjuvante ao tratamento convencional; ● Verificar se há diferença na resposta ao tratamento de acordo com polimorfismos presentes em genes codificadores envolvidos com a neurotransmissão glutamatérgica, gabaérgica e dopaminérgica em pacientes com diagnóstico de transtorno por uso de álcool ou transtorno por uso de cocaína/crack; ● Verificar se pacientes com diagnóstico de transtorno por uso de álcool e transtorno por uso de cocaína/crack apresentam modificação nos testes neuropsicológicos quando a NAC é usada como terapia adjuvante ao tratamento convencional; ● Verificar se pacientes com diagnóstico de transtorno por uso de álcool e transtorno por uso de cocaína/crack apresentam modificação nos níveis séricos de neurotrofinas, marcadores inflamatórios e marcadores de estresse oxidativo e se estão associados com a resposta terapêutica quando a NAC é usada como terapia adjuvante ao tratamento convencional..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (2) .
Integrantes: Félix Henrique Paim Kessler - Integrante / FLÁVIO PECHANSKY - Coordenador / Anderson Ravy Stolf - Integrante / ORNELL, FELIPE - Integrante / Juliana N. Scherer - Integrante / Silvia Bassani Schuch-Goi - Integrante.
2015 - Atual
ASSOCIAÇÃO DA INTERVENÇÃO DE CUE EXPOSURE SOBRE OS NÍVEIS DE CORTISOL SALIVAR EM DEPENDENTES DE CRACK INTERNADOS NO HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Lisia von Diemen em 04/07/2017.
Descrição: O craving possui papel central no processo de tratamento e de recaída adjacente aos transtornos por uso de substâncias, todavia, pouco se sabe sobre os mecanismos biológicos subjacentes e sobre a eficácia de intervenções possam modificá-lo. Neste sentido a intervenção cue exposure tem se mostrado uma alternativa promissora. Este estudo tem por objetivo avaliar se os níveis de cortisol salivar verificados na intervenção de cue exposure estão relacionados com o tempo de permanência no tratamento hospitalar para desintoxicação. Trata-se de um ensaio clínico aberto, com um grupo, que será submetido a uma intervenção de cue exposure e uma intervenção de estímulo neutro..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Félix Henrique Paim Kessler - Integrante / LISIA VON DIEMEN - Coordenador / Karina Ligabue - Integrante / ORNELL, FELIPE - Integrante / Juliana Nichterwitz Scherer - Integrante / Milena Stivelman do Nascimento - Integrante.Financiador(es): Fundo de Incentivo à Pesquisa e Eventos - Auxílio financeiro.
2014 - 2016
Vulnerabilidade social em usuários de crack em seis capitais Brasileiras
Descrição: Avaliar os fatores associados às principais vulnerabilidades dos usuários de crack que buscam atendimento nos Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) em 6 capitais brasileiras. 1. Identificar o perfil dos usuários de crack atendidos nos CAPS; 2. Verificar as características dos usuários de crack e fatores relacionados a violência e/ou a problemas legais; 3. Verificar as características dos usuários de crack e fatores relacionados a trauma; 4. Verificar as possíveis associações entre vulnerabilidade social, trauma e violência com a gravidade de uso de drogas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Félix Henrique Paim Kessler - Integrante / FLÁVIO PECHASKY - Coordenador / DE MAGALHÃES NARVAEZ, JOANA CORREA - Integrante / ORNELL, FELIPE - Integrante / Juliana N. Scherer - Integrante / Letícia Schwanck Fara - Integrante / Carla Dalbosco - Integrante.
2014 - 2016
Fatores de personalidade e emocionais entre usuários de substâncias psicoativas em internação hospitalar
Descrição: As consequências dos transtornos por uso de substâncias psicoativas são graves, e há dados insuficientes sobre as causas e a reabilitação dos usuários. Portanto, o presente projeto de tese propõe dois estudos: 1) Características de personalidade e emocionais entre usuários de substâncias psicoativas em internação hospitalar e 2) Características preditivas para abstinência após tratamento de internação em usuários de substâncias psicoativas. Para isso serão avaliados homens, com idades entre 18 e 65 anos, que internarem na Unidade Álvaro Alvim do Hospital de Clínicas de Porto Alegre, durante um ano a partir da aprovação pelo respectivo Comitê de Ética em Pesquisa. Serão aplicados os seguintes instrumentos, em dois encontros, em dias consecutivos: 1º) Ficha de dados sociodemográficos e de saúde; Bateria Fatorial de Personalidade (com base no modelo dos Cinco Grandes Fatores); Escala de autoestima de Rosenberg e Escala de Esperança; 2º) Inventário de Personalidade para o DSM-5. Serão realizadas análises descritivas e inferenciais, regressões logísticas e análise de clusters..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Félix Henrique Paim Kessler - Coordenador / Clarissa Marceli Trentini - Integrante / Adriana Mokwa Zanini - Integrante / Rafael Stella Wellausen - Integrante / Diogo Ximenes Rocio - Integrante / Luisa Rodegheri Bier - Integrante.
2014 - 2015
Traumas Psíquicos e o Uso de Drogas sob o Olhar dos Adolescentes Privados de Liberdade do Sistema Socioeducativo do Tocantins
Descrição: O comportamento do adolescente em conflito com a lei é uma questão em voga na sociedade brasileira contemporânea. Corroborando com o estudo, Pacheco & Hutz (2009) ressaltam que embora a família seja frequentemente indicada como fator proeminente para o desenvolvimento do comportamento delinquente, poucos estudos têm se preocupado em investigar outros fatores que possam estar influenciando este fenômeno. A instituição familiar é crucial no desenvolvimento da personalidade. Desta forma, abusos, sejam físicos, emocionais ou sexuais, vivenciados na infância, uma etapa em que ainda não foram estruturadas condições egoicas para lidar com a carga afetiva investidas nestas vivências, podem gerar traumas (Narvaez, 2010). Em particular, tem sido sugerido que a exposição ao trauma pode exacerbar o desenvolvimento de processos de coação nos adolescentes (Smith & Saldana 2013).Sobre o adolescente em privação de liberdade, Pereira & Sudbrack (2008) advertem sobre seu estado de vulnerabilidade ao afirmar que passam por situações altamente frustrantes e tensas, em que não encontram um modo de expressar os sentimentos de raiva e revolta despertados. A droga aparece como ?válvula de escape? para suas tensões, mas ao invés de controlar o sentimento, libera-o em maior intensidade, pois ela rompe com todos os mecanismos de censura. Examinar os componentes traumáticos, para uma melhor compreensão do processo de abuso e dependência de substâncias, propicia um entendimento mais aprofundado de como fatores clínicos e de história de vida influenciam no desfecho da droga (Narvaez 2010). Modelos de atendimento ao adolescente em conflito com a lei no Brasil têm demonstrado pouco êxito (Gomide 1998). As medidas socioeducativas na maioria dos casos não foram devidamente desvinculadas da ideia de pena e, por conseguinte, não educam nem regeneram, ao contrário, revoltam e aumentam a tendência para o crime (Lima & Minadeo, 2012). Espera-se que os resultados, obtidos por este estudo, sobre aspectos pouco abordados dos adolescentes em privação de liberdade possam alicerçar propostas de programas alternativos e mais eficazes referentes à ressocialização desse público, à prevenção ao uso de drogas e a atos infracionais, bem como à capacitação dos profissionais envolvidos no Sistema Socioeducativo.Justifica-se o estudo ?Traumas Psíquicos e o Uso de Drogas sob o Olhar dos Adolescentes Privados de Liberdade do Sistema Socioeducativo do Tocantins‟ pela carência de conhecimento sobre os eventos traumáticos e sobre o uso de drogas por parte dos adolescentes que cumprem medidas socioeducativas privados de liberdade no Estado do Tocantins. Isso significa que devemos ampliar nosso olhar, pois são diferentes adolescentes, reagindo de diferentes formas a uma ?mesma? situação, o que nos afasta da ideia de que precisamos de respostas únicas para situações complexas (Pereira & Sudbrack, 2008)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: / Mestrado profissional: (1) .
Integrantes: Félix Henrique Paim Kessler - Coordenador / Magda Maria Rodrigues Ferreira Valadares - Integrante / Laís Rodrigues Valadares - Integrante / Silvia Chwartzmann Halpern - Integrante.
2014 - Atual
Avaliação neuroanatômica e neuropsicológica de usuários de crack: um estudo transversal

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Flavio Pechansky em 27/08/2014.
Descrição: A relevância desse estudo se justifica, pois o mesmo visa a investigar os aspectos bioquímicos, neuropsicológicos e neuroanatômicos em usuários de crack, dados até hoje desconhecidos na literatura. A proposta desse projeto será estudar a associação entre os aspectos cognitivos e as possíveis alterações em neuroimagem nestes pacientes; correlacionar os achados com os níveis séricos de neurotrofinas, de marcadores de estresse oxidativo e de inflamação. A importância da realização desse estudo se justifica, uma vez que, até o presente momento, não há na literatura científica estudo que contemple a correlação de tais aspectos. O maior conhecimento sobre os mecanismos envolvidos na disfunção cognitiva em indivíduos usuários de crack poderá contribuir para avaliar possíveis níveis de gravidade da doença, pois sabemos que os pacientes apresentam diferentes apresentações clínicas e respostas aos tratamentos hoje disponíveis. Com isso, futuramente embasar políticas públicas que orientem um tratamento mais direcionado ao perfil destes pacientes, podendo futuramente aumentar as taxas de adesão ao tratamento e diminuir a chance de recaída precoce..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Félix Henrique Paim Kessler - Integrante / LISIA VON DIEMEN - Integrante / Pechansky, Flavio - Coordenador / SORDI, ANNE ORGLE - Integrante / Sílvia Schuch - Integrante / pedro domingues goi - Integrante / LEONARDO MODESTI VEDOLIN - Integrante / Vanessa Loss Volpatto - Integrante.Financiador(es): Fundo de Incentivo à Pesquisa do Hospital de Clínicas de Porto Alegre - Auxílio financeiro.
2014 - Atual
Preditores Clínicos, Biológicos e Psicossociais da Recaída Precoce em Usuários de Crack.

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Flavio Pechansky em 27/08/2014.
Descrição: O objetivo principal desse projeto é avaliar fatores clínicos, biológicos e psicossociais preditores de recaída ou abandono de tratamento precoce em usuários de crack após internação em unidade de tratamento de dependência química em hospital geral..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Félix Henrique Paim Kessler - Integrante / LISIA VON DIEMEN - Integrante / Pechansky, Flavio - Coordenador / SORDI, ANNE ORGLE - Integrante / MAGALHÃES NARVAEZ, JOANA CORREA - Integrante / Sílvia Schuch - Integrante / Fernanda Rasch Czermainski - Integrante / Rosa Maria Almeida - Integrante / Mariane Possa - Integrante.Financiador(es): Fundo de Incentivo à Pesquisa e Eventos - Auxílio financeiro / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2014 - Atual
Associação entre a dependência de crack e níveis de vitaminas do complexo B e alumínio no sangue

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Lisia von Diemen em 28/03/2017.
Descrição: Estudos tem evidenciado a associação entre dependência de álcool e carência nutricional, porém, pouca atenção tem sido dispensada a compreensão da condição nutricional de dependentes de outras substâncias. Há diversos quadros clínicos associados a deficiências de vitaminas, particularmente do complexo B. A tiamina é uma vitamina obtida exclusivamente pela absorção intestinal de alimentos contendo este micronutriente. O déficit de tiamina no organismo pode levar a um quadro grave de encefalopatia, a encefalopatia de Wernicke (EW). Esta falta mais frequentemente origina-se de quadros de carência nutricional, doenças crônicas, cirurgias e doenças do trato digestivo, diálise, nutrição parenteral prolongada e dependência de álcool, todavia não está claro se o consumo de crack pode estar associado a esta condição. Este projeto tem como objetivo principal avaliar a associação entre a dependência de crack e deficiência de tiamina - carência que leva a perda neuronal e déficit cognitivo. Para tanto, serão avaliados os níveis sanguíneos de vitaminas (tiamina e piridoxina) e de alumínio em usuários de crack, internados, correlacionando-os com a presença de alterações neurológicas, índice de massa corporal e características do uso de crack e da alimentação. Estes dados serão comparados com os obtidos de controles saudáveis..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Félix Henrique Paim Kessler - Integrante / LISIA VON DIEMEN - Coordenador / Andrei Garziera Valerio - Integrante / Fernando Pezzini Rebelatto - Integrante / Marcio Silva Silveira - Integrante / vanessa Assunção - Integrante / Paula Herynkopf Sukop - Integrante / MARIANA escobar - Integrante.Financiador(es): Fundo de Incentivo à Pesquisa e Eventos - Auxílio financeiro.
2013 - 2015
Indicadores clínicos, cognitivos e comportamentais de adesão ao tratamento em usuários de crack e controles
Descrição: O consumo de substâncias psicoativas é uma prática social presente ao longo da história da humanidade, em todas as culturas, na busca de prazer ou alívio do sofrimento físico ou psíquico, como também nos rituais religiosos (Carlini, Notto, Galduróz & Nappo, 1996; Jaffe, 1993). Tais substâncias podem ser consumidas de forma ocasional ou recreativa, porém, atualmente há um número crescente de pessoas que apresentam problemas relacionados ao abuso de drogas e até mesmo dependência física e/ou psíquica das mesmas (Siliquini, Morra, Versino & Renga, 2005). A dependência química, por sua vez, é um fenômeno complexo, influenciado por diversos fatores relacionados à genética, ao ambiente, à cultura e ao desenvolvimento (Cami & Farré, 2003; Laranjeira & Surjan, 2001). A literatura especializada tem indicado que o primeiro contato com as drogas ocorre, geralmente, na adolescência, através dos comportamentos de experimentação, do consumo ocasional, indevido ou até mesmo abusivo dessas substâncias (Schenker & Minayo, 2005). Estudos evidenciaram que a experimentação de drogas psicoativas tem sido cada vez mais precoce nas últimas décadas, com quadros de abuso e dependência incidindo em jovens de faixas etárias cada vez menores (Czermainski, Zanini & Schmidt, submetido para publicação; Galduróz, Noto & Carlini, 1997). O crack é uma droga estimulante do Sistema Nervoso Central (SNC), derivada da cocaína, porém mais barata e acessível e com grande potencial para desenvolver dependência. O seu consumo tem sido associado a um conjunto de impactos socioeconômicos, bem como a desajustes em diversas áreas da vida do indivíduo e a comprometimentos cognitivos e comportamentais (Fryer, Heaton, Levitt & Murphy, 2005; Ribeiro-Araújo, Laranjeira & Dunn, 1998). Diversos estudos têm investigado aspectos clínicos, cognitivos e comportamentais em usuários de crack, no intuito de melhor compreender os problemas relacionados ao uso dessa substância. No entanto, há uma carência de estudos que avaliem a possível relação entre esses aspectos e o sucesso ou abandono do tratamento para a dependência de crack. O presente projeto pretende investigar indicadores de adesão ao tratamento em usuários de crack, através de medidas clínicas (gravidade dos sintomas de dependência, presença de comorbidades psiquiátricas, trauma infantil e estilos parentais); comportamentais (intensidade do consumo da droga e níveis de impulsividade e agressividade) e cognitivas (funções executivas e controle inibitório). A análise conjunta dessas medidas poderá contribuir para a identificação de fatores associados à adesão e ao abandono ao tratamento em usuários de crack. Nesse sentido, esses dados poderão servir de parâmetro para profissionais da saúde, bem como orientar o desenvolvimento de programas de prevenção e tratamento mais efetivos para dependentes dessa droga.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Félix Henrique Paim Kessler - Integrante / LISIA VON DIEMEN - Integrante / Rosa Almeida - Coordenador / Fernanda Rasch - Integrante.
2013 - Atual
Fatores diagnósticos, clínicos, prognósticos, sociais e de tratamento de pacientes usuários de crack e outras drogas e sua associação com marcadores biológicos.

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Flavio Pechansky em 04/12/2016.
Descrição: I. O objetivo principal é avaliar fatores clínicos, biológicos e psicossociais e sua associação com recaída ou abandono de tratamento precoce em pacientes usuários de crack após internação em unidade de tratamento de dependência química em hospital geral. II. Os objetivos específicos são: - Avaliar se os parâmetros obtidos através da testagem neuropsicológicas e as funções executivas estão associados com recaída ou abandono de tratamento 30 dias após alta hospitalar. - Verificar se há associação entre os níveis de BDNF, estresse oxidativo e NPY na internação e após desintoxicação e as taxas de recaída ou abandono de tratamento 30 dias após alta hospitalar. - Avaliar a associação de variáveis demográficas, comorbidades psiquiátricas e transtornos de personalidade com recaída precoce ou abandono precoce de tratamento. - Avaliar a associação de outras variáveis como impulsividade, vínculo parental, trauma na infância, agressividade com a gravidade de dependência e recaída ou abandono de tratamento 30 dias após alta hospitalar e com variáveis neurobiológicas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2013 - Atual
Avaliação de uma intervenção de capacitação do efetivo da Polícia Rodoviária Federal do Brasil através de verificação do processo de construção de conhecimentos relativos a substâncias psicoativas e sua influência no trânsito brasileiro

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Flavio Pechansky em 28/03/2017.
Descrição: A capacitação dos policiais do Departamento de Polícia Rodoviária Federal (DPRF) na temática vinculada ao uso de substâncias psicoativas no trânsito brasileiro é fundamental para orientar o correto uso dos etilômetros e o desenvolvimento de habilidades em abordagem dos condutores que apresentam sinais de consumo de álcool ou outras drogas, constituindo uma ferramenta importante na melhora da fiscalização nas rodovias. Da mesma forma, o conhecimento sobre a percepção dos próprios policiais em relação às dificuldades de fiscalização de motoristas sob efeito de álcool e outras drogas poderá orientar políticas públicas voltadas à facilitação do trabalho e da segurança dos PRFs e dos condutores. Frente a isso, o objetivo principal desse estudo é avaliar a intervenção que será realizada junto aos policiais traçando, também, um panorama sobre o conhecimento dos PRFs sobre questões relacionadas ao uso de álcool e outras drogas nas rodovias e suas percepções acerca das dificuldades de fiscalização. Este projeto está vinculado à capacitação dos policiais do Departamento de Polícia Rodoviária Federal (DPRF) na temática vinculada ao uso de substâncias psicoativas no trânsito brasileiro. Trata-se de uma parceria SENAD com o HCPA e o Centro de Pesquisas em Álcool e Drogas UFRGS/HCPA. Estima-se uma participação de 3.000 policiais rodoviários federais no estudo, 2000 antigos (da ativa) e 1000 novos (em formação), integrantes do efetivo do DPRF em todos os estados do país e no Distrito Federal..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2013
Efetividade da Terapia Cognitivo-comportamental em grupo para usuários de crack: ensaio clínico simples-cego, randomizado e placebo controlado

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Flavio Pechansky em 28/03/2017.
Descrição: Nosso país tem registrado intensa busca de tratamento para os transtornos relacionados ao uso de crack, associado ou não ao uso de outras substâncias psicoativas e as unidades de desintoxicação em hospitais psiquiátricos estão lotadas de pacientes que internam, refletindo assim a realidade atual que já se constitui numa forte justificativa para que se estude essa população e se desenvolvam técnicas de tratamento que contribuam para a eficácia das terapêuticas que buscam a abstinência do uso dessa droga.A literatura apresenta estudos avaliando a efetividade da TCCG em vários transtornos psiquiátricos, como depressão, transtorno obsessivo compulsivo, fobia social e ainda para uso de drogas em geralNo entanto, não encontramos nenhum estudo específico de TCC em grupo para usuários de crack. Daí a importância do presente estudo, uma vez que a Terapia Cognitivo Comportamenal em grupo permite que vários pacientes recebam tratamento ao mesmo tempo, o que também significa maior acesso dos usuários de crack à rede pública de saúde.Salientamos que o objetivo principal deste estudo é avaliar a efetividade da terapia cognitivocomportamental em grupo para usuários de crack em tratamento ambulatorial..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Félix Henrique Paim Kessler - Integrante / FLÁVIO PECHANSKY - Coordenador / Lísia Von Diemen - Integrante / Rosemeri Siqueira Pedroso - Integrante.
2011 - 2014
Viés na atenção para estímulos relacionados ao crack

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Flavio Pechansky em 28/03/2017.
Descrição: No campo das investigações sobre os comportamentos aditivos tem sido documentado que indivíduos dependentes de drogas apresentam um viés na atenção (VA) para pistas associadas à sua droga de escolha. Ou seja, eles tendem a alocar sua atenção, preferencialmente, para pistas relacionadas à droga em detrimento de outros estímulos do meio.De acordo com teorias da adição, a motivação para consumir drogas de abuso tais como cocaína, álcool, nicotina e opiáceos é determinada, em grande parte, pelas propriedades motivacionais ). É amplamente aceito entre os estudiosos dos comportamentos aditivos que os estímulos associados à droga provocam respostas condicionadas que podem motivar seu consumo. O viés atencional (VA) refere-se a um processo cognitivo implícito que pode orientar o comportamento do uso da substância em um nível pré-consciente. Devido a uma predisposição natural e/ou experiências anteriores de aprendizagem, os indivíduos podem ser mais ou menos propensos a ter seu foco atencional capturado automaticamente através de pistas ambientais ..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2011 - 2014
AVALIAÇÃO DOS NÍVEIS SÉRICOS DAS NEUROTROFINAS BDNF (FATOR NEUROTRÓFICO DERIVADO DO CÉREBRO) E NT-3 (NEUROTROFINA 3), DAS CITOCINAS IL-4 (INTERLEUCINA-4) E IL-6 (INTERLEUCINA-6), (TNF-ALFA) FATOR DE NECROSE TUMORAL , TRAP (POTENCIAL REATIVO ANTIOXIDANTE
Descrição: O abuso de Substâncias Psicoativas (SPAs) é um dos mais importantes problemas em saúde pública da atualidade. Os custos para tratamento e questões relacionadas ao uso de SPAs atingem até 1,3% do produto interno bruto de alguns países. Segundo dados da National Survey on Drug Use and Health, as mulheres representam aproximadamente 30% da população de usuários.Atualmente, o Brasil vive uma epidemia do uso de SPAs ilícitas. A cocaína utilizada sob a forma de crack é acessível a baixo custo e seu uso está associado a diversas situações de risco como infecções, má nutrição, distúrbios familiares e violência. Em 1999, um estudo realizado, no Hospital de Clínicas de Porto Alegre, demonstrou através de entrevistas e exame meconial, que 4,6% dos recém-nascidos daquele hospital foram expostos à cocaína. Mitsuhiro e colaboradores verificaram que 6% das gestantes adolescentes utilizaram SPAs ilícitas no último trimestre da gestação (maconha 4%, cocaína 1,7%, ambas 0,3%) na cidade de São Paulo. A diminuição do fluxo sanguíneo uterino na gestante usuária de cocaína resultam em hipoxemia e redução do aporte de nutrientes ao feto. A vasoconstrição causa complicações como abortamento espontâneo, trabalho de parto prematuro e prematuridade, descolamento prematuro de placenta e hemorragia intracraniana no feto. A cocaína pode influir no desenvolvimento cerebral por hipóxia fetal devido à vasoconstrição da artéria uterina materna. Os efeitos do uso da cocaína durante a gestação podem ser diretos, relacionados à droga em si, ou indiretos, vinculados à má nutrição induzida pela droga, causando problemas no crescimento e desenvolvimento do feto. Além disso, outras variáveis estão presentes, como a ausência de cuidados pré-natais, infecções congênitas, uso concomitante de outras SPAs e doenças mentais maternas. Os efeitos neurocomportamentais tais como dificuldades na alimentação e no sono e sintomas de abstinência são alguns dos efeitos atribuídos à cocaína. O estudo do choro dos RNs expostos demonstrou dois padrões distintos: aumento da excitabilidade associado ao efeito direto da cocaína e padrão menos reativo, que decorre do efeito da cocaína sobre a nutrição fetal e está associado à redução do peso do RN. Acredita-se que as alterações neurocomportamentais acima descritas sejam reflexos de alterações neurobiológicas desencadeadas pela exposição pré-natal à cocaína, talvez intermediadas por diferentes vulnerabilidades genéticas. O grupo de Kapczinski adaptou o modelo da carga alostática para o transtorno bipolar e propôs uma série de medidas bioquímicas para avaliar o impacto cerebral e físico do transtorno bipolar. Essas medidas são indicadores sistêmicos de alostase e toxicidade e constituem-se de neurotrofinas BDNF, NT-3, GDNF -, marcadores de stress oxidativo TBARS, PCC, TRAP e mediadores inflamatórios (interleucinas e TNF - ±). Estes marcadores não são específicos para transtorno bipolar, pelo contrário, são associados com diversas patologias e acredita-se que possam mediar esse processo adaptativo do organismo frente a estressores, incluindo substâncias de abuso. A investigação da relação entre a dependência de crack e a alteração das neurotrofinas pode contribuir para a identificação de mecanismos bioquímicos através dos quais ocorre a redução de volume cerebral e déficit cognitivo. As neurotrofinas, em especial o BDNF, parecem estar implicadas na base fisiopatológica de diversas doenças neurodegenerativas e psiquiátricas. As neurotrofinas tem um papel importante no crescimento e desenvolvimento do SNC e sistema nervoso periférico. As neutrotrofinas promovem crescimento, sobrevida, proliferação e migração dos neurônios: regulam a síntese e secreção dos neurotransmissores, e o desenvolvimento da plasticidade das sinapses. As neurotrofinas tem função na proteção contra a perda neuronal apoptótica, e a administração exógena de BDNF..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (1) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Félix Henrique Paim Kessler - Integrante / FLÁVIO PECHANSKY - Integrante / Claudia Maciel SZOBOT - Integrante / Ricardo Halpern - Integrante / Keila Maria Mendes Cereser - Integrante / Luis Augusto Paim Rohde - Coordenador / Victor Mardini - Integrante / Maria Lucrecia Scherer Zavaschi - Integrante / Gabriela Cunha - Integrante / Maria Rosa Kramer Iorra - Integrante / Rodrigo Riiter Parcianello - Integrante.
2011 - 2014
Resiliência e Dependência Química: Um estudo sobre seus aspctos dinâmicos e biológicos em uma população usuária de crack.
Descrição: O termo resiliência engloba um conceito que transita entre aspectos físicos, biológicos e psíquicos. Quando aplicado à pratica psiquiátrica, a resiliência refere-se à capacidade do indivíduo de enfrentar as adversidades, manter uma capacidade adaptativa, ser transformado por elas, recuperar-se, ou conseguir superá-las. Estudos mostram o desenvolvimento desta capacidade pode estar relacionado com experiências primitivas na infância que modulam circuitos neuroquimicos. Desta maneira, torna-se muito iimportante estudarmos este constructo em uma popualção usuária de drogas, visto que o uso de substâncias é o recurso que utilizam para lidar com situações adversas. Entender como se estabelece o desenvolvimento da resiliência em usuários de drogas pode ser importante para o desenvolvimento e aperfeiçoamento de técnicas terapeuticas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (3) .
Integrantes: Félix Henrique Paim Kessler - Integrante / PECHANSKY F - Coordenador / Lísia Von Diemen - Integrante / Anne Sordi - Integrante / Stefani Ftepigatto - Integrante / Simone Hauck - Integrante / Renata Limberger - Integrante / Bruna Kuhn de Freitas Silva - Integrante.Financiador(es): Hospital de Clínicas de Porto Alegre - Auxílio financeiro / Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas. - Auxílio financeiro.
2011 - 2012
Avaliação dos Índices de DNA Danificado em Usuários de Crack - segunda etapa: em associação com o CPAD - HCPA, como parte do projeto: Ações integradas, componente 3, metas 9,10 e 11 (SENAD)

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Flavio Pechansky em 28/03/2017.
Descrição: Um estudo investigativo dos possíveis efeitos tóxicos da cocaína e crack, sobre o DNA contido no macronúcleo do protozoário Tetrahymena pyriformis, mostra que tanto a cocaína, quanto o crack, afetam significativamente o conteúdo de DNA, quando comparados as culturas controle. E sugerem, pelo resultado observado, que o crack é muito mais potente e rápido na ação, do que a cocaína (Stefanidou, Chatziioannou et al., 2002). Correlacionando o dano de DNA com outras drogadições, na literatura há trabalhos que relatam um aumento significativo no dano oxidativo ao DNA em leucócitos de indivíduos expostos à fumaça ambiental do tabaco e uma correlação entre o dano de DNA e da exposição ao tabaco, medido pelos níveis de cotinina no plasma (Howard, Ota et al., 1998) (Lodovici, Caldini et al., 2005). O potencial do fumo de cannabis para causar dano ao DNA foi testado e, na maioria dos trabalhos não foi demonstrado (Wickelgren, 1997) (Linszen, Dingemans et al., 1994). Contrapondo a estes, um recente estudo publicado na Chemical Research in Toxicology fornece evidências para o potencial de danificar o DNA com fumo de cannabis e sugere que o consumo de cigarros de cannabis pode ser prejudicial para a saúde humana com a possibilidade de iniciar o desenvolvimento do câncer (Singh, Sandhu et al., 2009). Níveis mais elevados de danos no DNA em forma de rupturas da fita simples têm sido detectados em macrófagos alveolares humanos obtidos a partir de fumantes de cannabis, em comparação aos não-fumantes (Sherman, Aeberhard et al., 1997). Neste contexto, o presente projeto propõe-se a estudar os níveis de dano de DNA nos leucócitos de usuários de crack e acompanhar esses níveis durante o tratamento. Este estudo consiste em uma avaliação das alterações no material genético (DNA) de cada participante. Estas alterações ocorrem normalmente nas células em níveis bastante baixos, e são apontadas como responsáveis, entre outros efeitos, pelos processos de envelhecimento. Em um primeiro momento, essas mesmas avaliações foram realizadas em usuários de crack internados em uma clínica de reabilitação de São Leopoldo. Esta próxima etapa será para avaliar usuários acompanhados pelo CPAD HCPA e será um estudo bem mais completo, com possibilidade de relacionar os resultados obtidos com toda a gama de informações coletadas sobre os pacientes. Avaliação do dano de DNA Ensaio Cometa "O teste Cometa ou SCGE (Single Cell Gel Eletrophoresis Assay) é um teste de genotoxicidade capaz de detectar danos no DNA induzidos por agentes alquilantes, intercalantes e oxidantes, de forma quantitativa. No presente projeto será utilizada a versão alcalina, a qual detecta quebras de fita única e dupla, sítios alcali-lábeis, e crosslinks. "Através dessa técnica, o dano de DNA é visualizado individualmente na célula sob a forma de um aumento na migração de material genético a partir do núcleo ( cauda do cometa). O mecanismo da técnica relaciona-se com a organização super-helicoidal do DNA, a qual se torna relaxada em função de processos de quebras, podendo formar estruturas alongadas a partir da eletroforese (Maluf, 2004). Teste de Micronúcleo "O ensaio serve como primeiro passo no estudo de compostos mutagênicos, tendo a vantagem de ser mais rápido do que a análise de quebras cromossômicas (clastogênese), sendo mais eficiente para detectar a perda de cromossomos inteiros (aneugênese) (Heddle, 1973). "A freqüência de MN em linfócitos do sangue periférico humano foi estudada por Cauntryman e Heddle (1976), mostrando a possibilidade de se medir o dano cromossômico através de um tecido de mais fácil acesso, já que, originalmente, a técnica de MN tinha sido descrita apenas para eritrócitos de medula óssea, em 1975 por Schmid. A dificuldade dessa técnica era distinguir as células que, em cultura, haviam passado por um ciclo de divisão, daquelas que não haviam se dividido (Cauntryman e He..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Félix Henrique Paim Kessler - Integrante / FLÁVIO PECHANSKY - Coordenador / Sharbel Maluf - Integrante.
2010 - 2014
Prospecção de marcadores biológicos associados à toxicidade sistêmica e neural desencadeados pelo uso de cocaína tipo crack ao longo do ciclo da vida.
Descrição: Os fatores que favorecem a dependência ao crack são diversos e envolvem aspectos biológicos, psicológicos e socioculturais (Leite, 1999). Mesmo diante do progressivo aumento de consumo de crack no Brasil e no mundo, ainda pouco se sabe a respeito de mecanismos neurobiológicos da dependência, abstinência, da fissura e recaída, bem como dos aspectos genéticos relacionados. Dessa forma, para que intervenções mais efetivas sejam desenvolvidas para o tratamento do crack, a melhor compreensão desses aspectos é fundamental, já que os tratamentos convencionais para as outras substâncias têm tido resultados muito ruins nessa população (Knapp, Soares et al., 2007; Kessler e Pechansky, 2008; Lopez, Becoña et al., 2008). Em virtude da escassez de estudos específicos para o crack utilizamos nesta revisão informações referentes à cocaína devido às semelhanças entre as duas drogas. Está bastante claro na literatura que a cocaína inibe também transportadores de outros neurotransmissores, como noradrenalina e serotonina, mas suas ações no sistema dopaminérgico são consideradas as mais importantes. A hipótese biológica mais aceita na atualidade pressupõe neuroadaptações no sistema de aprendizado e memória no sistema dopaminérgico e no circuito glutamatérgico, nos quais as projeções dos neurônios dopaminérgicos estão inseridas (Thomas, Kalivas et al., 2008). Estruturas relacionadas aos processos de estabelecimento de memória incluem o hipocampo e a amígdala, e a via dopaminérgica é um sistema cerebral de importância fundamental para a sobrevivência, garantindo a repetição de experiências vitais como a fome e a sede. A identificação de polimorfismos genéticos que podem alterar o metabolismo dopaminérgico é um dos principais alvos dos estudos nessa área. Acredita-se que a variabilidade genética modifique a resposta dos indivíduos aos psicoestimulantes, incluindo o crack, e possivelmente à farmacoterapia (Haile, Kosten et al., 2007). O uso de cocaína/crack está relacionado à diversas si.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Félix Henrique Paim Kessler - Coordenador / PECHANSKY F - Integrante / LISIA VON DIEMEN - Integrante / Anderson Ravy Stolf - Integrante / Claudia Maciel SZOBOT - Integrante / Ricardo Halpern - Integrante / Keila Maria Mendes Cereser - Integrante / Tatiana Roman - Integrante.Financiador(es): Secretaria Nacional Antidrogas - Auxílio financeiro.
2010 - 2014
Associação entre Percepção da Qualidade do Vínculo com os Pais, Gravidade da Dependência e Prevalência de Violência e de Problemas Legais em uma Amostra de Usuários de Crack Atendida em Seis Centros Brasileiros.
Descrição: No Brasil, o uso abusivo de drogas lícitas e ilícitas tem sido alvo de grande preocupação, em vista de sua expressiva expansão em várias regiões, não somente na população adulta como também em adolescentes e pré-adolescentes. O uso de crack prejudica diversos órgãos e funções do corpo humano. Além dos prejuízos orgânicos, como vaso constrição, isquemias, infarto do miocárdio ou arritmias cardíacas, também podem ocorrer graves lesões do Sistema Nervoso Central (SNC). Devido aos danos no SNC, o usuário pode apresentar sérios déficits cognitivos, especialmente na função da memória, pensamento, aprendizagem, habilidades viso-espaciais, funções executivas e na tomada de decisões. A literatura tem mostrado que os déficits parecem perdurar por longo prazo, podendo ser irreversíveis (Stocker, 1998; Kosten, et. al, 1998; Verdejo-Garcia, 2007).A investigação da existência de eventuais situações de risco que possam estar fomentando o uso e/ou abuso de drogas tem sido fator primordial para a compreensão do fenômeno da expansão do uso do crack. Devido aos transtornos individuais, ao impacto na sociedade com dados sobre violência e criminalidade crescentes, e às graves desestruturações familiares que o abuso de crack e outras drogas vêm causando, existe uma necessidade de investigações sistematizadas a respeito do contexto em que está inserido o usuário de crack (William et. al. 1990). Muitos fatores influenciam e condicionam a aprendizagem do comportamento violento ao longo da história do indivíduo. A violência pode ser entendida como um consequência da junção de fatores como a personalidade do indivíduo, aspectos genéticos, estrutura familiar, grupo social, uso de substâncias psicoativas que podem influenciar na repressão ou manifestação da violência (Terreros, 2009). Referentemente aos comportamentos de risco, presenciamos na atualidade crescentes índices de uso, abuso e dependência de drogas, em especial o uso de crack. Os custos sociais que o uso das drogas gera à econom.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) .
Integrantes: Félix Henrique Paim Kessler - Coordenador / PECHANSKY F - Integrante / Márcia Pettenon - Integrante / Simone Hauck - Integrante.Financiador(es): Hospital de Clínicas de Porto Alegre - Auxílio financeiro / Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas. - Auxílio financeiro.
2010 - 2014
Avaliação e seguimento de adolescentes usuários de crack internados em hospital psiquiátrico de Porto Alegre.
Descrição: O uso de crack é um grave problema de saúde pública, com prevalência crescente em nosso meio. Acomete, em muito, os adolescentes. Acredita-se haver uma predisposição genética, mas há poucos estudos específicos em usuários de crack. Da mesma forma, o uso de crack está associado a uma série de danos neurotóxicos, até o momento estudados basicamente apenas em modelo animal. Neste trabalho, adolescentes internados por uso de crack (n=81) serão avaliados quanto aos diagnósticos psiquiátricos, perfil psicossocial, possíveis genes candidatos para dependência de crack, marcadores de toxicidade celular. Os pacientes serão seguidos após a alta, no intuito de avaliar preditores de abstinência..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Félix Henrique Paim Kessler - Coordenador / Claudia Maciel SZOBOT - Integrante / Ricardo Halpern - Integrante / Keila Maria Mendes Cereser - Integrante / Tatiana Roman - Integrante / Thiago Gatti Pianca - Integrante / Flavio Kapczinski - Integrante / Ronaldo Lopes Rosa - Integrante / Luis Augusto Paim Rohde - Integrante.Financiador(es): Hospital de Clínicas de Porto Alegre - Auxílio financeiro / Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas. - Auxílio financeiro.
2010 - 2014
Avaliação, gerenciamento de caso e seguimento de usuários de crack que se encontram em tratamento em seis estados brasileiros.
Descrição: O consumo de crack no Brasil tem sido alvo de grande preocupação em vista de sua expressiva expansão em várias regiões e o aumento da prevalência do seu consumo vem sendo documentado nos últimos anos. Em 1999, o CEBRID realizou um levantamento domiciliar abrangendo as 24 maiores cidades paulistas onde foi constatado que o uso de cocaína, ao longo da vida, foi de 2,1% sendo maior na faixa etária entre 26 34 anos (4,0%) e que o uso de crack foi de 0,4% (Galduroz et al., 2000). Dois anos depois, no I Levantamento Domiciliar sobre o uso de Drogas Psicotrópicas no Brasil, foram entrevistadas pessoas de 107 cidades com mais de 200.000 habitantes (Carlini et al., 2001). Neste, o uso na vida de cocaína foi de 2,3%, sendo mais prevalente nas regiões Sul (3,6%) e Sudeste (2,6%). A faixa etária de maior uso foi encontrada entre os 25 aos 34 anos (4,4%). O uso na vida de crack foi de 0,7% para o sexo masculino. No II Levantamento Domiciliar sobre o uso de Drogas Psicotrópicas no Brasil, realizado em 2005, nas 108 maiores cidades do país, foi constatado que o uso geral de drogas, exceto álcool e tabaco, havia aumentado, em 4 anos, de 19,4% para 22,8%. Neste estudo, a prevalência para o uso de cocaína, durante a vida, foi de 2,9%, e a prevalência para o uso de crack foi de 1,5% em homens (Carlini et al., 2007). Um dos aspectos que mais chama a atenção na expansão do uso de crack é a velocidade do deterioro da vida mental, orgânica e social do indivíduo. De um modo geral, os dependentes químicos apresentam alterações em extensas áreas corticais, em especial na área frontal e temporal, além de estruturas subcorticais e gânglios da base. Tais alterações estão associadas com padrões alterados de ativação durante tarefas cognitivas, inibição e tomada de decisões. Os usuários de cocaína e crack, contudo, parecem possuir as maiores alterações dentre os usuários de drogas estudados (Verdejo-Garcia 2007). O uso de cocaína/crack também está associado a comorbidades psiquiátricas como.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Félix Henrique Paim Kessler - Integrante / LISIA VON DIEMEN - Integrante / FLÁVIO PECHANSKY - Coordenador / Sibele Faller - Integrante / A PEUKEN - Integrante / Márcia Pettenon - Integrante / Rosemeri Siqueira Pedroso - Integrante.Financiador(es): Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas. - Auxílio financeiro / Hospital de Clínicas de Porto Alegre - Auxílio financeiro.
2010 - 2013
Percurso do usuário de crack internado e desenvolvimento de um questionário que avalie a sua trajetória de tratamento.
Descrição: De acordo com Pasquali14, para construção de um instrumento de medida são necessárias as definições constitutivas que irão contextualizar o construto alvo dentro da teoria e da literatura disponível e estudada. Nem sempre um instrumento que mede um construto abrangerá toda a amplitude semântica de um conceito. Daí a importância de boas definições constitutivas que permitem avaliar a qualidade do instrumento. A validade de um instrumento se fundamenta na definição operacional que consiste em definir comportamentos que devem ocorrer devendo ser o mais abrangente possível em relação ao construto. Não há a intenção de que uma definição operacional esgote a amplitude semântica do construto, mas quanto maior for a sua qualidade maior será a qualidade do instrumento. Na elaboração de um instrumento, os itens são elaborados a partir das definições operacionais de um construto, fundamentado teoricamente e baseado em dados empíricos pesquisados. Importância do desenvolvimento de um instrumento para avaliar a trajetória do usuário de crack O manejo clínico dos usuários de crack exige novas estratégias na abordagem desse grande problema de saúde pública que ameaça fugir do controle dos profissionais que trabalham com dependência química, daí importância em estudar a trajetória do usuário de crack 4,20. Foi realizada uma busca detalhada e minuciosa nos Bancos de Dados: Medline, Psyc-Info, Proquest, Ovid, Lilacs e Corkc, utilizando os descritores em português (trajetória, uso de crack, tratamento) em inglês (trajectory, crack, trajectories, treatment). Não foi encontrada nenhuma escala para avaliar a trajetória do usuário de crack, quanto à sua percepção do uso da substância psicoativa e quanto a sua busca por tratamento. Portanto construir, validar e testar a reprodutibilidade de um questionário que avalie o construto trajetória de tratamento do usuário de crack tem a intenção de ajudar a apontar novas metas de políticas públicas que possam oferecer diversificados t.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) .
Integrantes: Félix Henrique Paim Kessler - Coordenador / FLÁVIO PECHASKY - Integrante / Rosemeri Siqueira Pedroso - Integrante.Financiador(es): Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas. - Auxílio financeiro / Hospital de Clínicas de Porto Alegre - Auxílio financeiro.
2010 - 2012
Ações Integradas - Componente 3
Descrição: O crescente índice de criminalidade no Brasil tem evidenciado uma relação cada vez mais próxima entre o consumo de drogas e atos violentos, sendo que os jovens têm sido o alvo principal dessas estatísticas. Considerando a multiplicidade de fatores associados aos fenômenos da droga e da violência, configura-se um panorama complexo que se coloca a diferentes segmentos da sociedade e ao Estado. Na busca de respostas capazes de reverter o efeito da associação droga, violência e juventude, o Gabinete de Segurança nstitucional da Presidência da República -GSI/PR e o Ministério da Justiça MJ, por meio da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas - SENAD em parceria com o Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania - PRONASCI, respectivamente, propõem o desenvolvimento de ações conjuntas para prevenção da violência e da criminalidade associada ao uso indevido de álcool e outras drogas, contidas no presente projeto. Trata-se, pois, do desenvolvimento de ações de natureza preventiva, bem como de tratamento e reinserção social. O projeto apresentado aborda especificamente as questões de tratamento dos problemas relacionados ao uso de substâncias psicoativas. Como o PRONASCI é composto por 94 projetos, que envolvem a União, Estados, Municípios e a própria comunidade, suas ações são caracterizadas como Ações Estruturais e Programas Locais, os quais permitem atuar nas áreas onde a violência se manifesta, através da inserção em programas governamentais já existentes. Nesse sentido, uma das ações previstas refere-se à identificação de todos os projetos e programas governamentais existentes nas localidades indicadas, bem como o mapeamento dos serviços públicos disponíveis, tendo como objetivo uma atuação integrada à rede pública, articulando as diferentes perspectivas de ação e otimizando as condições de acesso aos bens e serviços disponíveis, por parte da população-alvo deste projeto. Além da rede pública, é de fundamental importância a identificação dos recurso..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (12) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (7) .
Integrantes: Félix Henrique Paim Kessler - Integrante / LISIA VON DIEMEN - Integrante / Paulina do Carmo Arruda Vieira Duarte - Integrante / De Boni, Raquel - Integrante / Pechansky, Flavio - Coordenador / Renata Limberger - Integrante / G.B. Cunha - Integrante / José Roberto Goldim - Integrante / Henrich Hasenack - Integrante.Financiador(es): Secretaria Nacional Antidrogas - Auxílio financeiro.
2010 - Atual
Trajetória do usuário de crack internado e seguimento de uma coorte prospectiva.
Descrição: Pouco se sabe da história natural do crack embora uma boa parte dos estudos aponte para maior freqüência de uso entre homens jovens, composta de solteiros, desempregados, com idades entre 15 e 30 anos e que apresentam baixos níveis de educação e renda. O crack apareceu pela primeira vez no Brasil no final dos anos 80, e o primeiro relato publicado de uso de crack na cidade de São Paulo ocorreu em 1989. Desde então o uso de crack tem se disseminado rapidamente, popularizando-se no território brasileiro, através das facilidades do tráfico. Observa-se o aumento de acesso à droga, que tem aparecido sob novas formas, como por exemplo, o farelo ou pó, que são vendidos por menor preço, aumentando assim a oferta da droga, seu consumo e prevalência de uso. Dessa forma, estudar a trajetória do usuário de crack tem se tornado importante, pois o manejo clínico com esta clientela exige novas estratégias na abordagem desse grande problema de saúde pública que ameaça fugir do controle dos profissionais que trabalham com dependência química..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) .
Integrantes: Félix Henrique Paim Kessler - Coordenador / Flavio Pechansky - Integrante / Rosemeri Siqueira Pedroso - Integrante.Financiador(es): Hospital de Clínicas de Porto Alegre - Auxílio financeiro / Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas. - Auxílio financeiro.
2009 - 2014
ABUSO E DEPENDÊNCIA DE AÇÚCARES: UMA INVESTIGAÇÃO DO CONSTRUTO

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Flavio Pechansky em 11/05/2018.
Descrição: O alto consumo de açúcar pode potencialmente causar inúmeros problemas ao organismo dos indivíduos a partir do desenvolvimento de diversas doenças crônicas. A maior parte dessas doenças é passível de prevenção, uma vez que estão de alguma forma relacionadas aos hábitos alimentares desenvolvidos. Entretanto, o consumo exagerado de açúcar poderia estar associado ao seu possível abuso ou dependência. A dependência de açúcar é uma hipótese plausível, porém ainda não comprovada de forma empírica. Buscando informações na literatura científica, observa-se um número muito restrito de informações a respeito deste tema. No ano de 2005, foi desenvolvido no Brasil um instrumento para diagnosticar dependência de açúcares de adição, baseado nos critérios de dependência do DSM-IV. OBJETIVO: Investigar o instrumento para dependência de açúcar de adição a partir da análise psicométrica dos critérios de dependência do DSM-IV..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) .
Integrantes: Félix Henrique Paim Kessler - Integrante / FLÁVIO PECHANSKY - Coordenador / Marco Aurélio Camargo da Rosa - Integrante / Efigênia Ferreira e Ferreira - Integrante / .Cristiano Mauro Assis Gomes - Integrante.
2005 - 2013
Validação transcultural do addiction severity index (asi) versão 6 para o Brasil.

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Flavio Pechansky em 27/08/2014.
Descrição: O projeto "Validação Transcultural do Addiction Severity Index (ASI) versão 6 para o Brasil" tem como objetivos realizar a tradução e adaptação transcultural do ASI6 (Addiction Severity Index) para o Brasil, validar o ASI6 em um estudo multicêntrico no Brasil e Descrever o comportamento do instrumento em amostras de usuários de álcool e/ou drogas de quatro capitais brasileiras. Trata-se de um estudo de validação multicêntrico com corte transversal. A amostra será obtida por conveniência em quatro capitais brasileiras (Porto Alegre, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo) em centros (internações e ambulatórios) para o tratamento de dependentes químicos. Calcula-se um tamanho amostral de, pelo menos, 750 indivíduos adultos em uso recente de álcool ou droga. Além do instrumento validado e dos dados gerados pelo estudo, este projeto prevê a elaboração de material para treinamento formal (vídeo com vinhetas clínicas, manual do ASI6) do instrumento, a fim de ser utilizado posteriormente por pesquisadores e clínicos no Brasil, assim como a capacitação de um grupo de profissionais da área da saúde para a aplicação deste instrumento em 4 estados brasileiros..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Especialização: (6) / Mestrado acadêmico: (5) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Félix Henrique Paim Kessler - Integrante / Flavio Pechansky - Coordenador / Ana Lúcia Golin - Integrante / Larriany Giglio - Integrante / Maria Adélia Pieta - Integrante / Franciny Port - Integrante / Carolina Moser - Integrante / André Korzenowski - Integrante / Patrícia Simões - Integrante / Cristine Costa - Integrante / Helena Moura - Integrante / Anderson Ravy Stolf - Integrante / Benzano, Daniela - Integrante / Anne Sordi - Integrante / Fernanda Kreische - Integrante / Claudia Maciel SZOBOT - Integrante / Neusa Sica da Rocha - Integrante / Faller, Sibele - Integrante / Pedro Paim Santos - Integrante.Financiador(es): Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas. - Auxílio financeiro.
2005 - 2007
Levantamento sobre o consumo de drogas psicotrópicas entre estudantes do ensino médio e fundamental da rede pública e privada do município de Veranópolis

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Flavio Pechansky em 27/08/2014.
Descrição: Estudo censitário sobre os estudantes de ensino médio e fundamental da cidade de Veranópolis, buscando obter informações sobre seu uso de substâncias dados demográficos e qualidade de vida..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (28) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Félix Henrique Paim Kessler - Integrante / LISIA VON DIEMEN - Integrante / Patrícia de Saibro - Integrante / Flavio Pechansky - Coordenador.Financiador(es): Prefeitura Municipal de Veranópolis - Auxílio financeiro.
2005 - 2006
Redução de risco e prevenção do hiv em usuários de drogas brasileiros e suas parceiras sexuais.

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Flavio Pechansky em 27/08/2014.
Descrição: a) Traduzir e adaptar a técnica de Mapa Cognitivo e seu manual de mapeamento do pensamento e "cartões-lembrete" revisados para o português brasileiro, e testar os materiais com grupos focais de potenciais clientes em Porto Alegre, Brasil. Uma cópia da primeira tradução do manual - ainda não revisada e nem testada em campo - encontra-se anexada a este protocolo de pesquisa. b) Implementar e testar a efetividade da intervenção para amostras-piloto separadas de usuários de drogas injetáveis e parceiras sexuais de usuários conduzida nos Centros de Apoio e Orientação Sorológica (COAS, ou atualmente denominados CTAs), que atendem a populações de uma variada gama de estratos socio-econômicos e culturais em Porto Alegre, com predominância de indivíduos de baixa renda e pouco acesso a serviços de saúde. c) Como consequüencia deste processo, treinar o grupo de pesquisadores e assistentes locais nos métodos já desenvolvidos pelo Center for Drug and Alcohol Studies, e desta forma preparar a instalação do "Data Center" em conjunto com a instituição americana..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Especialização: (1) .
Integrantes: Félix Henrique Paim Kessler - Integrante / LISIA VON DIEMEN - Integrante / FLÁVIO PECHANSKY - Coordenador / James Inciardi - Integrante / Hilary Surratt - Integrante / Silva, E. - Integrante.Financiador(es): National Institute on Drug Abuse - Auxílio financeiro.
2004 - 2005
Avaliação da presença de critérios para abuso e dependência de substâncias adaptados para açúcares extrínsecos não lácticos em indivíduos obesos e não obesos
Descrição: Descrição: 4.1 - Objetivo geral Desenvolver um questionário de avaliação da presença de critérios de abuso e dependência de substâncias para AENL; Avaliar a presença de critérios para abuso e dependência de substâncias adaptados para açúcares extrínsecos não lácticos em indivíduos obesos e não obesos. 4.2 - Objetivos específicos " Descrever a proporção de indivíduos com presença de critérios de abuso e dependência a partir do questionário para AENL em obesos e não obesos de serviços de Porto Alegre; " Verificar a presença dos critérios de abuso e dependência para AENL em obesos e não obesos freqüentadores de grupos de auto-ajuda para controle de peso em Porto Alegre..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Félix Henrique Paim Kessler - Integrante / Flavio Pechansky - Coordenador / Marco Aurélio Camargo da Rosa - Integrante.
2003 - 2005
Redução de risco e prevenção do HIV em usuários de drogas brasileiros e suas parceiras sexuais;realização do Center for Drug and Alcohol Studies da Univ. de Delaware e CPAD.Dotação orçamentária:US$ 25,300
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Especialização: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Félix Henrique Paim Kessler - Coordenador / Flavio Pechansky - Integrante.Financiador(es): University of Delaware - Auxílio financeiro.
2003 - 2005
Intervenções baseadas em evidência para HIV/AIDS para grupos de risco;(Projeto CIPRA); Dotação Orçamentária: US$ 106,668. Colaboração técncia: CELG, HCPA e Universidade da Pennsylvânia
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
1996 - 1999
A disseminação do HIV entre abusadores de drogas brasileiros.
Descrição: Descrição: Investigador Chefe: George E. Woody. Investigadores Principais: David Metzger e Flavio Pechansky. Co-Investigador Mauro Soibelman. Tempo de Execução: 36 meses Dotação Orçamentária: US$ 59,978 Entidade Financiadora: Fogarty Foundation - National Institute on Drug Abuse; Suporte Técnico Departamento de Psiquiatria e Universidade da Pennsylvania..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
1995 - 1995
Assessment of Risk Behaviors for HIV transmission among high risk individuals in Porto Alegre-Brazil- Projeto financiado pela Universidade de Delaware, custo total US$ 20,000
Descrição: Descrição: Investigador Principal: Flavio Pechansky. Co-Investigadores: Mauro Soibelman e Eglê Kohlrausch. Entidade Fiannciadora: Universidade de Miami Dotação Orçamentária: US$ 20.790 . Tempo de execução 12 meses.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Membro de corpo editorial


2017 - Atual
Periódico: Frontiers
2017 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Psiquiatria RBP Psychiatry
2017 - Atual
Periódico: Revista Frontiers in Psychiatry
2017 - Atual
Periódico: Revista de Psiquiatria do Rio Grande do Sul
2006 - 2010
Periódico: Revista de Psiquiatria do Rio Grande do Sul


Revisor de periódico


2006 - Atual
Periódico: Revista de Psiquiatria do Rio Grande do Sul
2005 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Psiquiatria (São Paulo)
2004 - 2005
Periódico: JBDQ. Jornal Brasileiro de Dependências Químicas
2005 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Psicoterapia
2008 - Atual
Periódico: Revista de Saúde Pública (Online)
2008 - Atual
Periódico: Revista Brasileira de Epidemiologia
2009 - Atual
Periódico: Psicologia. Reflexão e Crítica
2010 - Atual
Periódico: Revista HCPA (UFRGS. Impresso)
2010 - Atual
Periódico: Comprehensive Psychiatry (Print)
2012 - Atual
Periódico: Revista de Psiquiatria Clínica (USP. Impresso)
2013 - 2013
Periódico: Social Psychiatry and Psychiatric Epidemiology (Print)
2011 - 2013
Periódico: Revista Interamericana de Psicologia Ocupacional
2011 - 2013
Periódico: Biological Psychiatry (1969)
2011 - 2013
Periódico: Journal of Psychiatric Research
2014 - Atual
Periódico: European Addiction Research
2014 - Atual
Periódico: Addiction
2015 - Atual
Periódico: Substance Use and Misuse
2015 - Atual
Periódico: Jornal Brasileiro de Psiquiatria (UFRJ. Impresso)


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Psiquiatria.
2.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Medicina / Subárea: Psiquiatria/Especialidade: Dependência Química.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Razoavelmente, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2018
Paraninfo dos Residentes em Psiquiatria do Hospital de Clínicas/Departamento de Psiquiatria e Medicina Legal da UFRGS, fevereiro de 2018, Hospital de Clinicas de Porto Alegre.
2018
Melhor trabalho em todas as categorias - 1o Simpósio do Mestrado Profissional em Álcool e Outras Drogas do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA) e da Secretaria Nacional de Políticas Sobre Droga, Simpósio do Mestrado Profissional em Álcool e Outras Drogas do HCPA e SENAD.
2018
Destaque - Salão de Iniciação Científica - XXX SIC, UFRGS.
2017
Professor Homenageado dos Residentes do Quarto Ano, Psiquiatria de Adição, Hospital de Clinicas de Porto Alegre.
2017
Prêmio Professor Cyro Martins, Associação de Psiquiatria do Rio Grande do Sul.
2017
Prêmio - Melhor trabalho Científico Apresentado, ABRAMET - Associação Brasileira de Medicina de Tráfego.
2017
Premio Melhor Trabalho?Pesquisa Básica?, ABEAD - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ESTUDOS DO ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS.
2016
Professor Homenageado dos Residentes do Quarto Ano, Psiquiatria de Adição, Hospital de Clínicas de Porto Alegre.
2015
Professor Homenageado dos Residentes do Quarto Ano, Psiquiatria de Adição, Hospital de Clínicas de Porto Alegre.
2015
Menção Honrosa de Melhor Pôster-35º Semana Cientifica do Hospital de Clínicas de Porto Alegre, Hospital de Clínicas de Porto Alegre.
2015
Menção Honrosa - Influências do tratamento no viés atencional de usuários de crack: Um estudo empírico, Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.
2014
Prêmio Inovação em Psiquiatria, CELG-Centro de Estudos Luís Guedes.
2014
Member of International Committee, CPDD - The College on Problems of Drug Dependence.
2013
Bolsa - Distinguish International Scientist Collaboration Award (DISCA), National Institute on Drug Abuse (NIDA).
2013
Prêmio Cyro Martins - Trabalhos apresentado durante a XI Jornada de Psiquiatria da APRS., ICADTS - APRS.
2013
Prêmio de Melhor Apresentação Oral - CBTOX 2013, Sociedade Brasileira de Toxicologia.
2012
Menção Honrosa: Prêmio Ciência e Inovação em Psiquiatria na Jornada do CELG, CELG.
2011
Primeiro colocado no Concurso do HCPA, HCPA.
2010
Prêmio Viagem (Travel Award), National Institute on Drug Abuse.
2010
Prêmio Oswaldo Moraes Andrade, ABP.
2009
Prêmio Análise Medicina 2009, .
2009
Homenageado dos Formandos em Psiquiatria do Hospital de Clínicas de Porto Alegre, .
2009
Prêmio Viagem (Travel Award), NATIONAL INSTITUTE ON DRUG ABUSE.
2009
Membro, Câmara Técnica de Psiquiatria do Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Sul.
2009
Prêmio Ernani Luz Junior de Melhor Pôster, ABEAD.
2009
Proficiente em Língua Inglesa., UFRGS.
2009
Membro da Câmara Técnica de Psiquiatria, CREMERS.
2008
Prêmio Viagem (Travel Award), NATIONAL INSTITUTE ON DRUG ABUSE.
2008
Prêmio Análise Medicina 2008, .
2007
Melhor pôster do XIX Congresso da ABEAD, ABEAD.
2006
Mérito pela Valorização da Vida 2006, Secretaria Nacional Antidrogas - SENAD.
2006
Prêmio Viagem (Travel Award), NATIONAL INSTITUTE ON DRUG ABUSE.
2005
Prêmio Viagem (Travel Award), NATIONAL INSTITUTE OF DRUG ABUSE.
2004
Prêmio Viagem (Travel Award), NATIONAL INSTITUTE OF DRUG ABUSE.
2003
Prêmio Viagem (Travel Award), NATIONAL INSTITUTE OF DRUG ABUSE.
2002
Professor Homenageado do Instituto Fernando Pessoa, Instituto Fernando Pessoa.
2001
Prêmio Jandira Masur, ABEAD.
1999
Prêmio Viagem (Travel Award), NATIONAL INSTITUTE OF DRUG ABUSE.
1995
Certificado de Qualificação Profissional, AMRIGS.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

SCOPUS
Total de trabalhos:120
Total de citações:1819
Kessler, Felix; Kessler, Feliz Henrique Paim; Kessler, Felix Henrique  Data: 19/08/2016

Outras
Total de trabalhos:133
Total de citações:1154
Kessler, F.H.P  Data: 09/01/2017

Artigos completos publicados em periódicos

1.
SPRITZER, DANIEL TORNAIM2018SPRITZER, DANIEL TORNAIM ; KESSLER, FELIX HENRIQUE PAIM . Playing the wrong game again? Policy responses to problematic video gaming in Brazil. Journal of Behavioral Addictions, v. 1, p. 1-4, 2018.

2.
CZERMAINSKI, FERNANDA RASCH2018CZERMAINSKI, FERNANDA RASCH ; ORNELL, FELIPE ; GUIMARÃES, LUCIANO SANTOS PINTO ; KESSLER, FÉLIX ; VON DIEMEN, LÍSIA ; DE ALMEIDA, ROSA MARIA MARTINS . Assessment of executive functions and inhibitory control in alcohol and crack use disorders. PSICO (PUCRS. ONLINE), v. 49, p. 21-30, 2018.

3.
ROVARIS, DIEGO L.2017ROVARIS, DIEGO L. ; SCHUCH, JAQUELINE B. ; GRASSI-OLIVEIRA, RODRIGO ; SANVICENTE-VIEIRA, BRENO ; DA SILVA, BRUNA S. ; WALSS-BASS, CONSUELO ; MÜLLER, DIANA ; STOLF, ANDERSON R. ; von Diemen, Lisia ; CERESÉR, KEILA M.M. ; PIANCA, THIAGO G. ; SZOBOT, CLAUDIA M. ; KESSLER, FELIX H.P. ; ROMAN, TATIANA ; BAU, CLAITON H.D. . Effects of crack cocaine addiction and stress-related genes on peripheral BDNF levels. Journal of Psychiatric Research, v. 1, p. 1-33, 2017.

4.
ROSA, R.L.2017ROSA, R.L. ; Lísia Von Diemen ; KESSLER, F. H. P. ; PECHANSKY, F. . Predictors of early relapse among adolescent crack users. Journal of Addictive Diseases (Print), p. 00-00, 2017.

5.
SCHUCH-GOI, S. B.2017SCHUCH-GOI, S. B. ; GOI, P. D. ; BERMUDEZ, M. ; FARA, L. S. ; KESSLER, F.H.P. ; PECHASKY, F. ; GAMA, C. S. ; MASSUDA, R. . Accumbens volumes are reduced among Crack-Cocaine users. Neuroscience Letters (Print), v. 645, p. 86-89, 2017.

6.
ORNELL, FELIPE2017ORNELL, FELIPE ; KESSLER, F.H.P. ; PECHANSKY, F. ; SCHERER, J. N. ; DIEMEN, L. V. ; HALPERN, S. ; ROGLIO ; SORDI, A. ; Faller, S. . Vulnerabilidades clínicas e sociais em usuários de crack de acordo com a situação de moradia: um estudo multicêntrico de seis capitais brasileiras. Cadernos de Saude Publica, v. 33, p. 01-13, 2017.

7.
REMY, L.2017REMY, L. ; KESSLER, F.H.P. . Anxiety and depression symptoms in Brazilian sexual minority ecstasy and LSD users. TRENDS IN PSYCHIATRY AND PSYCHOTHERAPY, p. 1-8, 2017.

8.
ZALESKI, MARCOS2017ZALESKI, MARCOS ; LARANJEIRA, RONALDO RAMOS ; MARQUES, ANA CECÍLIA PETTA ROSELLI ; RATTO, LÍLIAN ; Romano, Marcos ; ALVES, HAMER NASTASY PALHARES ; DE MACEDO SOARES, MÁRCIA BRITTO ; ABELARDINO, VALTER ; KESSLER, FÉLIX ; BRASILIANO, SÍLVIA ; NICASTRI, SÉRGIO ; BRUNFERNTRINKER HOCHGRAF, PATRÍCIA ; DE PAULA GIGLIOTTI, ANALICE ; LEMOS, TADEU . Guidelines of the Brazilian Association of Studies on Alcohol and Other Drugs (ABEAD) for diagnosis and treatment of psychiatric comorbidity with alcohol and other substance and dependence. INTERNATIONAL REVIEW OF PSYCHIATRY, v. 29, p. 254-262, 2017.

9.
SCHERER, J. N.2017SCHERER, J. N. ; SCHUCH-GOI, S. B. ; SORDI, A. ; DIEMEN, L. V. ; KESSLER, F.H.P. . Hepatitis C: clinical and biological features related to different forms of cocaine use. TRENDS IN PSYCHIATRY AND PSYCHOTHERAPY, v. 39, p. 285-292, 2017.

10.
VERNAGLIA, TAIS VERONICA CARDOSO2017VERNAGLIA, TAIS VERONICA CARDOSO ; LEITE, TATIANA HENRIQUE ; Faller, Sibele ; Pechansky, Flavio ; KESSLER, FELIX HENRIQUE PAIM ; CRUZ, MARCELO SANTOS ; GROUP, BRAZILIAN CRACK . The female crack users: higher rates of social vulnerability in Brazil. Health Care for Women International, v. 1, p. 00-00, 2017.

11.
MARCHI, NINO C.2017MARCHI, NINO C. ; SCHERER, JULIANA N. ; PACHADO, MAYRA P. ; GUIMARÃES, LUCIANO S. ; SIEGMUND, GERSON ; DE CASTRO, MELINA N. ; HALPERN, SILVIA ; Benzano, Daniela ; FORMIGONI, MARIA L. ; CRUZ, MARCELO ; Pechansky, Flavio ; KESSLER, FELIX H. . Crack-cocaine users have less family cohesion than alcohol users. REVISTA BRASILEIRA DE PSIQUIATRIA, v. 1, p. 346-351, 2017.

12.
STOLF, A. R.2017STOLF, A. R. ; MULER, D. ; SCHUCH, JAQUELINE B. ; AKUTAGAVA-MARTINS, G. C. ; GUIMARAES, L. ; SZOBOT, C. M. ; HALPERN, R. ; KESSLER, F.H.P. ; PECHANSKY, F. ; ROMAN, T. . Association between the intron 8 VNTR polymorphism of the DAT1 gene and crack cocaine addiction. Neuropsychobiology (Online), v. 75, p. 141-144, 2017.

13.
von Diemen, Lisia2016von Diemen, Lisia ; KESSLER, FELIX HENRIQUE PAIM . Usefulness of AFD concept: limitations to overcome. Addiction (Abingdon. Print), v. 1, p. n/a-n/a, 2016.

14.
CORIMAN, E.2016CORIMAN, E. ; KESSLER, F. H. P. ; FROEHLICH, P. E. ; LIMBERGER, R. . LISDEXAMFETAMINE: A PHARMACOKINETIC REVIEW. European Journal of Pharmaceutical Sciences, v. 89, p. 172-179, 2016.

15.
SUKOP, P.H.2016SUKOP, P.H. ; KESSLER, F.H.P. ; VALERIO, A.G. ; ESCOBAR, M. ; CASTRO, M. ; DIEMEN, L.V. . Wernicke?s encephalopathy in crack-cocaine addiction. Medical Hypotheses, v. 89, p. 68-71, 2016.

16.
SCHERER, JULIANA N.2016SCHERER, JULIANA N. ; SCHUCH, SILVIA ; ORNELL, FELIPE ; SORDI, ANNE A.O. ; BRISTOT, GIOVANA ; PFAFFENSELLER, BIANCA ; KAPCZINSKI, FLÁVIO ; KESSLER, FELIX H.P. ; FUMAGALLI, FABIO ; Pechansky, Flavio ; von Diemen, Lisia . HIGH LEVELS OF BRAIN-DERIVED NEUROTROPHIC FACTOR ARE ASSOCIATED WITH TREATMENT ADHERENCE AMONG CRACK-COCAINE USERS. Neuroscience Letters (Print), v. 630, p. 169-175, 2016.

17.
PEDROSO, ROSEMERI2016PEDROSO, ROSEMERI ; ZANETELLO, LUCIANA ; GUIMARÃES, LUCIANO ; PETTENON, MÁRCIA ; GONÇALVES, VERALICE ; SCHERER, JULIANA ; KESSLER, FELIX ; Pechansky, Flavio . Confirmatory factor analysis (CFA) of the Crack Use Relapse Scale (CURS). Archives of Clinical Psychiatry (São Paulo), v. 43, p. 37-40, 2016.

18.
SCHERER, JULIANA NICHTERWITZ2016SCHERER, JULIANA NICHTERWITZ ; SILVESTRIN, ROBERTA ; ORNELL, FELIPE ; ROGLIO, VINÍCIUS ; SOUSA, TANARA ROSANGELA VIEIRA ; von Diemen, Lisia ; KESSLER, FELIX HENRIQUE PAIM ; Pechansky, Flavio . Prevalence of driving under the influence of psychoactive substances and road traffic crashes among Brazilian crack-using drivers. Drug and Alcohol Dependence, v. 168, p. 255-262, 2016.

19.
PEDROSO, R. S.2016PEDROSO, R. S. ; GUIMARÃES, LUCIANO SANTOS PINTO ; ZANETELLO, L. B. ; GONCALVES, V. M. ; ROSA, R.L. ; PIANCA, T. G. ; PECHANSKY, F. ; KESSLER, F.H.P. . High rate of relapse in adolescents who use crack after discharge from hospitalization. High rates of relapse in adolescents crack users after inpatient clinic discharge, v. 65, p. 1-5, 2016.

20.
REMY, L.2015REMY, L. ; KESSLER, F. H. P. ; PECHASKY, F. ; MARCH, N. ; SCHERER, J. N. ; LIMBERGER, R. ; FIORENTIN, T. R. . NBOMe: a new dangerous drug similar to LSD. Revista Brasileira de Psiquiatria (Sao Paulo.1999.Impresso), v. 37, p. 351-352, 2015.

21.
Faller, S.2015Faller, S. ; ROCHA, N. S. ; Benzano, D. ; LIMA, A. F. S. ; STOLF, A. R. ; SORDI, ANNE ORGLE ; MOURA, H. ; PEUKER, A. C. ; WOODY, G. E. ; Brazilian ASI Group ; PECHANSKY, F. ; KESSLER, FELIX ; DIEMEN, L. V. ; SOUZA-FORMIGONI, M. L. ; CRUZ, M.S. ; BRASILIANO, S. . Factors Associated With a Quality of Life Decrease in Alcoholic Patients Who Sought Treatment. Journal of Addiction Research & Therapy, v. 6, p. 232, 2015.

22.
SORDI, A.2015SORDI, A. ; HAUCK, S. ; LAITANO, H. V. ; HALPERN, S. ; GOI, S. ; KESSLER, F.H.P. ; Lísia Von Diemen ; DE MAGALHÃES NARVAEZ, JOANA CORREA ; GUIMARAES, L. ; PECHANSKY, F. . Childhood Trauma and Resilience: Vulnerabilities to Develop Crack/Cocaine Dependence. Journal of Alcoholism & Drug Dependence, v. 3, p. 1-6, 2015.

23.
PACHADO, MAYRA P.2015PACHADO, MAYRA P. ; SOUZA, DAIANE S. ; SCHERER, JULIANA N. ; HALPERN, SILVIA ; von Diemen, Lisia ; PECHANSKY, FLAVIO P. ; KESSLER, FELIX . Different patterns of drug use among crack and powder cocaine users in Brazil. DRUG AND ALCOHOL DEPENDENCE, v. 156, p. e169, 2015.

24.
SORDI, ANNE O.2015SORDI, ANNE O. ; Pechansky, Flavio ; KESSLER, FELIX ; von Diemen, Lisia . Oxidative stress, BDNF and severity of crack cocaine use in early withdrawal. DRUG AND ALCOHOL DEPENDENCE, v. 146, p. e103-e104, 2015.

25.
REIS, LUCIENE R.2015REIS, LUCIENE R. ; ROSA, MARCO AURÉLIO C. ; KESSLER, FELIX HENRIQUE PAIM ; FERREIRA, EFIGÊNIA FERREIRA E ; PECHANSKY, FLAVIO P. . The validity of DSM-5 criteria for substance-related and addictive disorders adapted for -food addiction-. DRUG AND ALCOHOL DEPENDENCE, v. 156, p. e188, 2015.

26.
PETTENON, MARCIA2015PETTENON, MARCIA ; GUIMARÃES, LUCIANO S.P. ; PEDROSO, ROSEMERI S. ; WOODY, GEORGE E. ; PECHANSKY, FLAVIO P. ; KESSLER, FELIX HENRIQUE P. . Careless and overprotective fathers are associated with antisocial crack users. DRUG AND ALCOHOL DEPENDENCE, v. 146, p. e69, 2015.

27.
SCHMITZ, A. R.2014SCHMITZ, A. R. ; KESSLER, FELIX HENRIQUE PAIM ; PECHANSKY, F. . Factors associated with recurrence of alcohol-related traffic violations in southern Brazil. Revista Brasileira de Psiquiatria (São Paulo. 1999. Impresso), v. 00, p. 000-000, 2014.

28.
SORDI, ANNE ORGLE2014SORDI, ANNE ORGLE ; Pechansky, Flavio ; KESSLER, FELIX HENRIQUE PAIM ; KAPCZINSKI, FLÁVIO ; PFAFFENSELLER, BIANCA ; GUBERT, CAROLINA ; AGUIAR, BIANCA WOLLENHAUPT ; MAGALHÃES NARVAEZ, JOANA CORREA ; ORNELL, FELIPE ; DIEMEN, LISIA . Oxidative stress and BDNF as possible markers for the severity of crack cocaine use in early withdrawal. Psychopharmacologia (Heidelberg), v. 231, p. 1432-2072, 2014.

29.
STOLF, A. R.2014STOLF, A. R. ; Szobot, Cláudia ; HALPERN, R. ; AKUCATAGAVA, G. ; MULLER, D. ; GUIMARAES, L. S. ; KESSLER, FELIX HENRIQUE ; Pechansky, Flavio ; ROMAN, T. . Crack cocaine users show differences in genotype frequencies of the 3'UTR variable number of tandem repeats (VNTR) of the dopamine transporter gene (DAT1/SLC6A3).. Neuropsychobiology (Online), v. 70, p. 44-51, 2014.

30.
MOURA, HF2014MOURA, HF ; BENZANO, D ; PECHANSKY, F ; KESSLER, FH . Crack/cocaine users show more family problems than other substance users. Clinics (USP. Impresso), v. 69, p. 497-499, 2014.

31.
FREITAS, T. A.2014FREITAS, T. A. ; PALAZZO, R. ; ANDRADE, F. ; REICHERT, C. L. ; Pechansky, Flavio ; KESSLER, FELIX HENRIQUE PAIM ; FARIAS, C. ; ANDRADE, G. ; LEISTNER-SEGAL, A. ; MALUF, S. . Genomic Instability in Human Lymphocytes from Male Users of Crack Cocaine. International Journal of Environmental Research and Public Health, v. 11, p. 10003-10015, 2014.

32.
Faller, Sibele2014Faller, Sibele ; PEUKER, A. C. ; SORDI, A. ; STOLF, A. R. ; FORMIGONI, M. L. ; CRUZ, M.S. ; Silvia Brasiliano ; Pechansky, Flavio ; KESSLER, FELIX HENRIQUE PAIM . Who seeks public treatment for substance abuse in Brazil? Results of a multicenter study involving four Brazilian state capitals. Trends in Psychiatry and Psychotherapy, v. 36, p. 193-202, 2014.

33.
PETTENON, M.2014PETTENON, M. ; KESSLER, F.H.P. ; GUIMARAES, L. ; PEDROSO, R. S. ; HAUCK, S. ; PECHANSKY, F. . Perceptions of parental bonding in freebase cocaine users versus non-illicit drug users. Indian Journal of Medical Research, v. 139, p. 835, 2014.

34.
BOZZETTI, MARY C.2014BOZZETTI, MARY C. ; KESSLER, F.H. ; HILGERT, J.B. ; BIDINOTTO, A. ; PECHANSKY, F. . User satisfaction with health care provided for alcohol and drug dependency in Brazil. DRUG AND ALCOHOL DEPENDENCE, v. 140, p. e18, 2014.

35.
ROSA, M. A. C.2013ROSA, M. A. C. ; GOMES, C. M. A. ; ROCHA, N. S. ; KESSLER, F. H. P. ; SLAVUTZKY, S. M. B. ; FERREIRA, E. F. E. ; Flavio Pechansky . Dependence module of the MINI plus adapted for sugar dependence: psychometric properties. Psicologia: Reflexão e Crítica (UFRGS. Impresso), v. 26, p. 77-86, 2013.

36.
PEDROSO, R. S.2013PEDROSO, R. S. ; KESSLER, F. H. P. ; F, P. . Treatment of female and male inpatient crack users: a qualitative study. Trends in Psychiatry and Psychotherapy, v. 35, p. 36-45, 2013.

37.
MOURA, H.2013KESSLER, F. H. P.; MOURA, H. ; Faller, S. ; Benzano, Daniela ; SZOBOT, C. M. ; Lísia Von Diemen ; Ravy Stolf, Anderson ; Pechansky, Flavio . The Effects of ADHD in Adult Substance Abusers. Journal of Addictive Diseases (Print), v. 32, p. 252-262, 2013.

38.
von Diemen, Lisia2013von Diemen, Lisia ; KAPCZINSKI, FLAVIO ; SORDI, ANNE ORGLE ; DE MAGALHÃES NARVAEZ, JOANA CORREA ; GUIMARÃES, LUCIANO SANTOS PINTO ; KESSLER, FELIX HENRIQUE PAIM ; PFAFFENSELLER, BIANCA ; DE AGUIAR, BIANCA WOLLENHAUPT ; DE MOURA GUBERT, CAROLINA ; Pechansky, Flavio . Increase in brain-derived neurotrophic factor expression in early crack cocaine withdrawal. International Journal of Neuropsychopharmacology (Print), v. 01, p. 1-8, 2013.

39.
PETTENON, M.2013PETTENON, M. ; KESSLER, F. H. P. ; GUIMARÃES, LUCIANO SANTOS PINTO ; PEDROSO, R. S. ; HAUCK, S. ; Pechansky, Flavio . The Crack Use Relapse Scale (CURS): development and psychometric validation. Revista Brasileira de Psiquiatria (São Paulo. 1999. Impresso), v. 35, p. 271-273, 2013.

40.
KESSLER, F. H. P.;KESSLER, FELIX HENRIQUE PAIM;KESSLER, FELIX HENRIQUE;KESSLER, FH;Felix Kessler;FELIX KESSLER;KESSLER, F.H.P.;KESSLER, FELIX H.P.;KESSLER, FELIX;Kessler F;KESSLER,FÉLIX P;Felix Kessler¹;Felix Kessler1;Felix Henrique Paim Kessler;Felix Henrique Paim Kesler;Felix Kessler1,2;Félix Paim Kessler;KESSLER, FÉLIX PAIM;KESSLER, FÉLIX;KESSLER, F.H.;KESSLER,FELIX H.;KESSLER, FELIX H.;Félix Henrique Paim Kessler;KESSLER, FELIX HENRIQUE P.;Kessler,F.H.P2012KESSLER, F. H. P.; CACCIOLA, J. ; ALTERMAN, A. ; Faller, S. ; FORMIGONI, M. L. ; CRUZ, M.S. ; Silvia Brasiliano ; Flavio Pechansky . Psychometric properties of the sixth version of the Addiction Severity Index (ASI-6) in Brazil. Revista Brasileira de Psiquiatria (São Paulo. 1999. Impresso), v. 34, p. 24-33, 2012.

41.
KESSLER, F. H. P.;KESSLER, FELIX HENRIQUE PAIM;KESSLER, FELIX HENRIQUE;KESSLER, FH;Felix Kessler;FELIX KESSLER;KESSLER, F.H.P.;KESSLER, FELIX H.P.;KESSLER, FELIX;Kessler F;KESSLER,FÉLIX P;Felix Kessler¹;Felix Kessler1;Felix Henrique Paim Kessler;Felix Henrique Paim Kesler;Felix Kessler1,2;Félix Paim Kessler;KESSLER, FÉLIX PAIM;KESSLER, FÉLIX;KESSLER, F.H.;KESSLER,FELIX H.;KESSLER, FELIX H.;Félix Henrique Paim Kessler;KESSLER, FELIX HENRIQUE P.;Kessler,F.H.P2012KESSLER, F. H. P.; Barbosa Terra, Mauro ; Faller, Sibele ; Ravy Stolf, Anderson ; Carolina Peuker, Ana ; Benzano, Daniela ; Pechansky, Flavio . Crack Users Show High Rates of Antisocial Personality Disorder, Engagement in Illegal Activities and Other Psychosocial Problems. The American Journal on Addictions, v. 21, p. 370-380, 2012.

42.
ROSA, M. A. C.2012ROSA, M. A. C. ; CAMPOS, M. V. B. ; CARDOSO, A. V. L. ; KESSLER, F. H. P. ; Pechansky, Flavio ; FERREIRA, E. F. E. . Prevalence of sugar dependence in a sample of obese individuals of Porto Alegre, Brazil.. Anuario de Investigación en Adicciones, v. 12, p. 31-36, 2012.

43.
BORTOLON, C. B.2010BORTOLON, C. B. ; FERIGOLO, M. ; GROSSI, R. ; KESSLER, F. H. P. ; BARROS, H. M. T. . Avaliação das crenças codependentes e dos estágios de mudança em familiares de usuários de drogas em um serviço de teleatendimento.. REVISTA AMRIGS, v. 54, p. 432-436, 2010.

44.
PULCHERIO, G.2010PULCHERIO, G. ; STOLF, A. R. ; PETTENON, M. ; FENSTERSEIFER, D. P. ; KESSLER, F. H. P. . Crack - da pedra ao tratamento.. Revista AMRIGS, v. 54, p. 337-343, 2010.

45.
KESSLER, FELIX2010KESSLER, FELIX; Faller, Sibele ; SOUZA-FORMIGONI, MARIA LUCIA O. ; CRUZ, MARCELO SANTOS ; BRASILIANO, SÍLVIA ; STOLF, ANDERSON RAVY ; Pechansky, Flavio . Avaliação multidimensional do usuário de drogas e a Escala de Gravidade de Dependência. REVISTA DE PSIQUIATRIA DO RIO GRANDE DO SUL (IMPRESSO), v. 32, p. 48-56, 2010.

46.
MATHIAS, C. R.2009MATHIAS, C. R. ; VARGENS, R. W. ; KESSLER, F. H. P. ; CRUZ, M.S. . Differences in Addiction Severity Between Social and Probable Pathological Gamblers Among Substance Abusers in Treatment in Rio de Janeiro. International Journal of Mental Health and Addiction, v. 7, p. 239-249, 2009.

47.
von Diemen, Lisia2009von Diemen, Lisia ; De Boni, Raquel ; Kessler, Félix ; Benzano, Daniela ; Pechansky, Flavio ; KESSLER, F. H. P. . Risk behaviors for HCV- and HIV-seroprevalence among female crack users in Porto Alegre, Brazil. Archives of Women's Mental Health, p. 01, 2009.

48.
KESSLER, F. H. P.;KESSLER, FELIX HENRIQUE PAIM;KESSLER, FELIX HENRIQUE;KESSLER, FH;Felix Kessler;FELIX KESSLER;KESSLER, F.H.P.;KESSLER, FELIX H.P.;KESSLER, FELIX;Kessler F;KESSLER,FÉLIX P;Felix Kessler¹;Felix Kessler1;Felix Henrique Paim Kessler;Felix Henrique Paim Kesler;Felix Kessler1,2;Félix Paim Kessler;KESSLER, FÉLIX PAIM;KESSLER, FÉLIX;KESSLER, F.H.;KESSLER,FELIX H.;KESSLER, FELIX H.;Félix Henrique Paim Kessler;KESSLER, FELIX HENRIQUE P.;Kessler,F.H.P2009KESSLER, F. H. P.. Do "acaso" do uso de drogas ao "descaso" dos comportamentos de risco.. Revista de Psiquiatria do Rio Grande do Sul (Impresso), v. 31, p. 135-137, 2009.

49.
KESSLER, FELIX2009KESSLER, FELIX. Cannabis e saúde mental: uma revisão sobre a droga de abuso e o medicamento. REVISTA BRASILEIRA DE PSIQUIATRIA, v. 31, p. 82-82, 2009.

50.
KESSLER, F. H. P.;KESSLER, FELIX HENRIQUE PAIM;KESSLER, FELIX HENRIQUE;KESSLER, FH;Felix Kessler;FELIX KESSLER;KESSLER, F.H.P.;KESSLER, FELIX H.P.;KESSLER, FELIX;Kessler F;KESSLER,FÉLIX P;Felix Kessler¹;Felix Kessler1;Felix Henrique Paim Kessler;Felix Henrique Paim Kesler;Felix Kessler1,2;Félix Paim Kessler;KESSLER, FÉLIX PAIM;KESSLER, FÉLIX;KESSLER, F.H.;KESSLER,FELIX H.;KESSLER, FELIX H.;Félix Henrique Paim Kessler;KESSLER, FELIX HENRIQUE P.;Kessler,F.H.P2008KESSLER, F. H. P.; WOODY, G. E. ; BONI, R. ; DIEMEN, L. V. ; Benzano, D. ; Faller, S. ; PECHANSKY, F. . Evaluation of psychiatric symptoms in cocaine users in the Brazilian public health system: Need for data and structure. Public Health (London), v. 122, p. 1349-1355, 2008.

51.
ROSA, M. A. C.2008ROSA, M. A. C. ; SLAVUTZKY, S. M. B. ; F, P. ; KESSLER, F. H. P. . Processo de desenvolvimento de um questionário para avaliação de abuso e dependência de açúcar. Cadernos de Saúde Pública (ENSP. Impresso), v. 24, p. 1869-1876, 2008.

52.
KESSLER, F. H. P.;KESSLER, FELIX HENRIQUE PAIM;KESSLER, FELIX HENRIQUE;KESSLER, FH;Felix Kessler;FELIX KESSLER;KESSLER, F.H.P.;KESSLER, FELIX H.P.;KESSLER, FELIX;Kessler F;KESSLER,FÉLIX P;Felix Kessler¹;Felix Kessler1;Felix Henrique Paim Kessler;Felix Henrique Paim Kesler;Felix Kessler1,2;Félix Paim Kessler;KESSLER, FÉLIX PAIM;KESSLER, FÉLIX;KESSLER, F.H.;KESSLER,FELIX H.;KESSLER, FELIX H.;Félix Henrique Paim Kessler;KESSLER, FELIX HENRIQUE P.;Kessler,F.H.P2008KESSLER, F. H. P.; Flavio Pechansky . Uma visão psiquiátrica sobre o fenômeno do crack na atualidade. Revista de Psiquiatria do Rio Grande do Sul (Impresso), v. 30, p. 96-98, 2008.

53.
KESSLER, F. H. P.;KESSLER, FELIX HENRIQUE PAIM;KESSLER, FELIX HENRIQUE;KESSLER, FH;Felix Kessler;FELIX KESSLER;KESSLER, F.H.P.;KESSLER, FELIX H.P.;KESSLER, FELIX;Kessler F;KESSLER,FÉLIX P;Felix Kessler¹;Felix Kessler1;Felix Henrique Paim Kessler;Felix Henrique Paim Kesler;Felix Kessler1,2;Félix Paim Kessler;KESSLER, FÉLIX PAIM;KESSLER, FÉLIX;KESSLER, F.H.;KESSLER,FELIX H.;KESSLER, FELIX H.;Félix Henrique Paim Kessler;KESSLER, FELIX HENRIQUE P.;Kessler,F.H.P2007 KESSLER, F. H. P.; WOODY, G. E. ; Tort, ABL ; BONI, R. ; BALDINO, A. C. W. ; GENRO, V. ; DIEMEN, L. V. ; Souza D.O. ; PECHANSKY, F. . Brain injury markers (S100B and NSE) in chronic cocaine dependents. Revista Brasileira de Psiquiatria (São Paulo. 1999. Impresso), v. 29, p. 134-139, 2007.

54.
DIEMEN, L. V.2007DIEMEN, L. V. ; SZOBOT, C. ; KESSLER, F. H. P. ; F, P. . Adaptation and construct validation of the Barratt Impulsiveness Scale (BIS 11) to Brazilian Portuguese for use in adolescents. Revista Brasileira de Psiquiatria (São Paulo. 1999. Impresso), v. 29, p. 153-156, 2007.

55.
PECHANSKY, F.2007PECHANSKY, F. ; KESSLER, F. H. P. ; DIEMEN, L. V. ; Benzano, D. ; SURRATT, H. ; INCIARDI, J. . Brazilian female crack users show elevated serum aluminum levels. Revista Brasileira de Psiquiatria (São Paulo. 1999. Impresso), v. 29, p. 39-42, 2007.

56.
KESSLER, F. H. P.;KESSLER, FELIX HENRIQUE PAIM;KESSLER, FELIX HENRIQUE;KESSLER, FH;Felix Kessler;FELIX KESSLER;KESSLER, F.H.P.;KESSLER, FELIX H.P.;KESSLER, FELIX;Kessler F;KESSLER,FÉLIX P;Felix Kessler¹;Felix Kessler1;Felix Henrique Paim Kessler;Felix Henrique Paim Kesler;Felix Kessler1,2;Félix Paim Kessler;KESSLER, FÉLIX PAIM;KESSLER, FÉLIX;KESSLER, F.H.;KESSLER,FELIX H.;KESSLER, FELIX H.;Félix Henrique Paim Kessler;KESSLER, FELIX HENRIQUE P.;Kessler,F.H.P2007KESSLER, F. H. P.; PECHANSKY, F. ; BASSANI, D. ; DIEMEN, L. V. ; Leukefeld, C, ; SURRATT, H. ; INCIARDI, J. ; Martin,S . Using thought mapping and structured stories to decrease HIV risk behaviors among cocaine injectors and crack smokers in the South of Brazil. Revista Brasileira de Psiquiatria (São Paulo. 1999. Impresso), v. 29, p. 233-240, 2007.

57.
KESSLER, F. H. P.;KESSLER, FELIX HENRIQUE PAIM;KESSLER, FELIX HENRIQUE;KESSLER, FH;Felix Kessler;FELIX KESSLER;KESSLER, F.H.P.;KESSLER, FELIX H.P.;KESSLER, FELIX;Kessler F;KESSLER,FÉLIX P;Felix Kessler¹;Felix Kessler1;Felix Henrique Paim Kessler;Felix Henrique Paim Kesler;Felix Kessler1,2;Félix Paim Kessler;KESSLER, FÉLIX PAIM;KESSLER, FÉLIX;KESSLER, F.H.;KESSLER,FELIX H.;KESSLER, FELIX H.;Félix Henrique Paim Kessler;KESSLER, FELIX HENRIQUE P.;Kessler,F.H.P2007KESSLER, F. H. P.; CACCIOLA, J. ; Faller, S. ; FORMIGONI, M. L. ; S.CRUZ, M. ; Silvia Brasiliano ; F, P. . Adaptação transcultural multicêntrica da sexta versão da Escala de Gravidade de Dependência (ASI6) para o Brasil.. Revista de Psiquiatria do Rio Grande do Sul, v. 29, p. 335-336, 2007.

58.
Flavio Pechansky2006 Flavio Pechansky ; WOODY, G. E. ; INCIARDI, J. ; SURRATT, H. ; KESSLER, F. H. P. ; Lísia Von Diemen ; Bumaguin,D . HIV seroprevalence among drug users: an analysis of selected variables based on 10 years of data collection in Porto Alegre, Brazil. Drug and Alcohol Dependence, Estados Unidos, v. 82, n.1, p. S109-S113, 2006.

59.
ZALESKI, M.2006ZALESKI, M. ; LARANJEIRA, R. ; MARQUES, A. C. ; RATTO, L. R. C. ; Romano, Marcos ; Alves, Hamer ; Britto, Márcia ; Aberlardino, Válter ; KESSLER, F. H. P. ; Silvia Brasiliano . Diretrizes da Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas (ABEAD) para o diagnóstico e tratamento de comorbidades psiquiátricas e dependência de álcool e outras substâncias. Revista Brasileira de Psiquiatria (São Paulo. 1999. Impresso), Brasil, v. 28, p. 142-148, 2006.

60.
INCIARDI, J.2006 INCIARDI, J. ; SURRATT, H. ; PECHANSKY, F. ; KESSLER, F. H. P. ; Lísia Von Diemen ; Meyer da S. E. ; Martin,S . Changing Patterns of Cocaine Use and HIV Risks in the South of Brazil. Journal of Psychoactive Drugs, v. 38, p. 305-310, 2006.

61.
KESSLER, F. H. P.;KESSLER, FELIX HENRIQUE PAIM;KESSLER, FELIX HENRIQUE;KESSLER, FH;Felix Kessler;FELIX KESSLER;KESSLER, F.H.P.;KESSLER, FELIX H.P.;KESSLER, FELIX;Kessler F;KESSLER,FÉLIX P;Felix Kessler¹;Felix Kessler1;Felix Henrique Paim Kessler;Felix Henrique Paim Kesler;Felix Kessler1,2;Félix Paim Kessler;KESSLER, FÉLIX PAIM;KESSLER, FÉLIX;KESSLER, F.H.;KESSLER,FELIX H.;KESSLER, FELIX H.;Félix Henrique Paim Kessler;KESSLER, FELIX HENRIQUE P.;Kessler,F.H.P2006KESSLER, F. H. P.; BONI, R. . Consenso de Cocaína: Cocaína e Depressão. Revista da Associação Brasileira de Psiquiatria, v. 1, p. 30-33, 2006.

62.
DIEMEN, L. V.2006DIEMEN, L. V. ; F, P. ; KESSLER, F. H. P. . Consenso de Maconha: Maconha e Depressão. Revista da Associação Brasileira de Psiquiatria, v. 1, p. 38-40, 2006.

63.
MARQUES, A. C.2006MARQUES, A. C. ; KESSLER, F. H. P. . Consenso de Anfetaminas: História dos Anfetamínicos: uso, abuso e problemas. Revista da Associação Brasileira de Psiquiatria, v. 1, p. 25, 2006.

64.
Flavio Pechansky2005Flavio Pechansky ; Lísia Von Diemen ; KESSLER, F. H. P. ; BONI, R. ; SURRATT, H. ; INCIARDI, J. . Preditores de soropositividade para HIV em indivíduos não abusadores de drogas que buscam centros de testagem e aconselhamento de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil. Cadernos de Saúde Pública (ENSP. Impresso), Rio de Janeiro, v. 21, n.1, p. 266-274, 2005.

65.
Leukefeld, C,2005 Leukefeld, C, ; Flavio Pechansky ; Martin,S ; SURRATT, H. ; INCIARDI, J. ; KESSLER, F. H. P. ; Magrinelli, Mylene ; Lísia Von Diemen ; Meyer da S. E. . Tailoring an HIV-prevention intervention for cocaine injectors and crack users in Porto Alegre, Brazil. Aids Care (Print), Estados Unidos, v. 17, n.1, p. 77-87, 2005.

66.
BONI, R.2005BONI, R. ; Flavio Pechansky ; Lísia Von Diemen ; KESSLER, F. H. P. ; SURRATT, H. ; INCIARDI, J. . Diferenças entre fatores de risco para infecção pelo HIV em usuários de drogas injetáveis do Rio de Janeiro e Porto Alegre. Revista de Psiquiatria Clínica (São Paulo. Impresso), Rio de Janeiro, v. 32, n.32, p. 5-9, 2005.

67.
PECHANSKY, F.2005PECHANSKY, F. ; KESSLER, F. H. P. ; DIEMEN, L. V. ; INCIARDI, J. ; SURRATT, H. . Uso de substâncias, situações de risco e soroprevalência em indivíduos que buscam testagem gratuita para HIV em Porto Alegre, Brasil. Revista Panamericana de Salud Publica (Print), v. 18, p. 249-255, 2005.

68.
Magrinelli, Mylene2004Magrinelli, Mylene ; KESSLER, F. H. P. ; Flavio Pechansky ; Araújo,R. ; Oliveira, M. ; Souza, A.C . Características do uso de cocaína em indivíduos internados em unidades de tratamento de Porto Alegre,RS. Jornal Brasileiro de Psiquiatria, Brasil, v. 53, n.6, p. 351-358, 2004.

69.
Hamer Alves2004Hamer Alves ; KESSLER, F. H. P. ; RATTO, L. R. C. . Comorbidade: uso de álcool e outros transtornos psiquiátricos. Revista Brasileira de Psiquiatria (São Paulo. 1999. Impresso), Brasil, v. 26, n.1, p. 51-53, 2004.

70.
Flavio Pechansky2004Flavio Pechansky ; GENRO, V. ; Lísia Von Diemen ; KESSLER, F. H. P. ; SILVEIRA-SANTOS, R. A. P. . References to Alcohol Consumption and Alcoholism in Medical Records os a General Hospital of Porto Alegre, Brazil - A Comparison Between Samples with a 20-Year Gap.. Substance Abuse, v. 25, p. 29-34, 2004.

71.
Flavio Pechansky2003 Flavio Pechansky ; KESSLER, FH ; WOODY, G. E. ; HIRAKATA, V. ; METZGER, D. ; Lísia Von Diemen . Preliminary estimates of Human Immunodeficiency Virus Prevalence and among Cocaine abusers of Porto Alegre, Brazil. Journal of Urban Health, Estados Unidos, v. 80, n.1, p. 115-125, 2003.

72.
KESSLER, F. H. P.;KESSLER, FELIX HENRIQUE PAIM;KESSLER, FELIX HENRIQUE;KESSLER, FH;Felix Kessler;FELIX KESSLER;KESSLER, F.H.P.;KESSLER, FELIX H.P.;KESSLER, FELIX;Kessler F;KESSLER,FÉLIX P;Felix Kessler¹;Felix Kessler1;Felix Henrique Paim Kessler;Felix Henrique Paim Kesler;Felix Kessler1,2;Félix Paim Kessler;KESSLER, FÉLIX PAIM;KESSLER, FÉLIX;KESSLER, F.H.;KESSLER,FELIX H.;KESSLER, FELIX H.;Félix Henrique Paim Kessler;KESSLER, FELIX HENRIQUE P.;Kessler,F.H.P2003KESSLER, F. H. P.; BRANDAO, I. ; DIEMEN, L. V. ; SAIBRO, P. ; SCHEIDT, B. ; RAMOS, S. P. ; GRILLO, R. ; SEGANFREDO, A. C. . Psicodinâmica do adolescente envolvido com drogas. Revista de Psiquiatria do Rio Grande do Sul (Impresso), Brasil, v. 25, p. 33-41, 2003.

73.
Lísia Von Diemen2002Lísia Von Diemen ; Lima, R. ; Flavio Pechansky ; KESSLER, F. H. P. ; WOODY, G. E. ; METZGER, D. ; HIRAKATA, V. . Incidência de Soropositividade para HIV em uma coorte de 138 abusadores de cocaína em Porto Alegre. Jornal Brasileiro de Dependências Quimicas, Brasil, v. 3, n.1, 2002.

74.
Flavio Pechansky2000Flavio Pechansky ; Lima, Ana Flávia ; KESSLER, F. H. P. ; Soibelman, Mauro ; HIRAKATA, V. . Estudo sobre as características de usuários de drogas injetáveis que buscam atendimento em Porto Alegre. Revista Brasileira de Psiquiatria (São Paulo), Porto Alegre, v. 4, n.22, p. 164-171, 2000.

75.
KESSLER, F. H. P.;KESSLER, FELIX HENRIQUE PAIM;KESSLER, FELIX HENRIQUE;KESSLER, FH;Felix Kessler;FELIX KESSLER;KESSLER, F.H.P.;KESSLER, FELIX H.P.;KESSLER, FELIX;Kessler F;KESSLER,FÉLIX P;Felix Kessler¹;Felix Kessler1;Felix Henrique Paim Kessler;Felix Henrique Paim Kesler;Felix Kessler1,2;Félix Paim Kessler;KESSLER, FÉLIX PAIM;KESSLER, FÉLIX;KESSLER, F.H.;KESSLER,FELIX H.;KESSLER, FELIX H.;Félix Henrique Paim Kessler;KESSLER, FELIX HENRIQUE P.;Kessler,F.H.P1998KESSLER, F. H. P.; Fuchs, F.D. ; Teixeira, C.C. . Is the decoction of mango leaves an antihyperglicemic tea?. Fitoterapia, Brasil, v. 69, p. 165-168, 1998.

76.
Teixeira, C.C.1997Teixeira, C.C. ; Pinto, L.P. ; KESSLER, F. H. P. ; Knijnik, L. ; Pinto, C.P. ; Gastaldo, G.J. ; Fuchs, F.D. . The effect of Syzygium cumini (L.) skeels on post-prandial blood glucose levels in non-diabetic rats and rats with streptozotocin-induced diabetes mellitus. Journal of Ethnopharmacology, Estados Unidos, v. 56, n.3, p. 209-213, 1997.

77.
Cavazzola,L.T.1995Cavazzola,L.T. ; Arruda,C.A. ; Ferreira,D.S. ; Boeno, R.L. ; KESSLER, F. H. P. ; Rocha,N.S. ; Eizirik,C. . Distúrbio de Personalidade Múltipla. Revista de Medicina ATM, Porto Alegre, 1995.

78.
Boeno, R.L.1995Boeno, R.L. ; Arruda,C.A. ; Ferreira,D.S. ; Cavazzola,L.T. ; KESSLER, F. H. P. ; Bassols, Ana Margareth . Suicídio na Adolescência. Revista de Medicina ATM, Brasil, 1995.

79.
Buj, M.C.1995Buj, M.C. ; Manozzo, L.C. ; KESSLER, F. H. P. ; Bortolomiol, L ; Moi,A.E. ; Machado, E.S. ; Abeche, A.M. . Relação entre idade de Menarca e exercício físico regular em Atletas de Porto Alegre. Revista do HCPA & Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, v. 15, n.1, p. 12-14, 1995.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
BARRETO, A. P. PEREIRA, A. S. ALMEIDA, A. C. REIS, A. V. DIAS, A. C. SOUZA, A. A. MELO, A. A. C. A. MOREIRA, A. L. C. MELO, A. P. CARNEIRO, A. P. L. NOTO, A. R. NOVAES, A. R. SORDI, A. O. SANTOS, A. R. ALVARENGA, A. ANDRADE, B. D. A. DALBOSCO, C. RICARDO JR., C. A. D?ANDREA, C. G. SIMONI, C. BALDISSEROTTO, C. F. P. RABELO, C. P. G. FERRI, C. P. MENDONCA, D. M. C. GONCALVES, D. A. , et al.BORGES, D. S. LOCATELLI, D. P. MICHELI, D. FURTADO, E. F. SILVA, E. A. MINOZZO, F. PECHANSKY, F. QUAGLIA, G. FARIAS, I. NUNES, I. BURNS, J. E. GALDUROZ, J. C. F. CRUS, J. F. PEREIRA, J. M. F. PETROCELI, J. M. PORTO, K. F. ABRAHAO, K. P. ANDRADE, K. R. BARROS, K. A. F. SARTES, L. M. A. FRACASSO, L. GARCIA, L. S. L. DIEMEN, L. V. ALMEIDA, L. M. LACERDA, L. A. CRUZ, M. S. OLIVEIRA, M. C. VIANA, M. P. BARBEITO, M. M. CARVALHO, M. J. B. MOTA, M. S. F. T. FAGUNDES, M. J. D. FORMIGONI, M. L. O. S. SANTOS, M. R. SOUZA, M. V. S. NERIS, M. S. M. MATIAS, M. L. FELICISSIMO, M. RAMOA, M. L. AMARAL, M. B. QUEVEDO, M. P. DELGADO, P. G. POLEZER, N. M. AMARAL, P. S. S. DUARTE, P. C. A. V. PENA, R. S. MEDEIROS, P. F. P. ASSIS, R. R. L. VARGENS, R. W. VINADE, T. F. ABREU, R. C. A. KINOSHITA, R. T. PAGANI, R. KESSLER, F.H.P. FERREIRA, R. M. C. HEXSEL, R. M. C. LACERDA, R. B. FERREIRA, S. M. B. FRANCA, S. P. FORTES, S. CAMARGO, S. R. ROSSI, S. S. FREIRE, S. M. F. NAPPO, S. A. SARAIVA, S. OLIVEIRA, S. R. MONTEIRO, T. P. M. GOMES, T. M. RONZANI, T. M. ANDRADE, T. M. PIANCA, T. G. VIANNA, V. P. T. LABONIA FILHO, W. COST, Z. Y. T. ; GUIA DO ESTUDANTE. 11ª. ed. Brasilia: Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas, 2017. v. 7.

2.
DUARTE, P.C.A.V. (Org.) ; KESSLER, F. H. P. (Org.) ; DIEMEN, L. V. (Org.) ; Pechansky, Flavio (Org.) . Aperfeiçoamento em Técnicas para Fiscalização do Uso de Álcool e Outras Drogas no Trânsito Brasileiro. 1. ed. Porto Alegre: SENAD, 2011. v. 1. 192p .

3.
KESSLER, F. H. P.; KESSLER, F. H. P. BARRETO, A.P. NOTO, A. R. BRANCO, A.P.U.A. ESPINHEIRA, C.G.D. MICHELI, D.D. FURTADO, E.F. SILVA, E.A. F, P. GALDUROZ, J.C.F. SARTES, L.M.A. FRACASSO, L. DIEMEN, L. V. AVELINO, L. CRUZ, M.S. BARBEITO, M.M. FORMIGONI, M. L. FELICISSIMO, M. DUARTE, P.C.A.V. DELGADO, P.G. LACERDA. R.B. FERREIRA, S.M.B. NAPPO, S.A. ANDRADE, T.M. RONZANI, T.M. , et al.VIANNA, V.P.T. FILHO, W.L. CORDEIRO, F. BURNS, J.E. ; Guia do Estudante - SUPERA. 1. ed. Brasília: Secretaria Nacional Antidrogas, 2006. v. 5.

4.
KESSLER, F. H. P.; F, P. . Manual de Aplicação da Sexta Versão da Escala de Gravidade de Dependência - ASI 6 - 1ª edição. 1. ed. Brasília: Secretaria Nacional Antidrogas, 2006. 51p .

Capítulos de livros publicados
1.
KESSLER, F.H.P.. Psicoterapias no tratamento dos transtornos por uso de substâncias:álcool e outras substâncias. Psicoterapias no tratamento dos transtornos por uso de substâncias:álcool e outras substâncias. 4ªed.PORTO ALEGRE: grupoaeducação, 2018, v. 1, p. 457-470.

2.
KESSLER, F.H.P.. Transtornos da personalidade: terapia comportamental dialética e terapia dos esquemas. Transtornos da personalidade: terapia comportamental dialética e terapia dos esquemas. 4ªed.: , 2018, v. 1, p. 730-746.

3.
KLUWE-SCHIAVON, B. ; SILVESTRIN¹, R. B. ; KESSLER, F.H.P. . Dependências Químicas e Livre-Arbítrio. Dependências Químicas e Livre-Arbítrio. 1ed.: Artesã, 2017, v. , p. 121-132.

4.
DE MAGALHÃES NARVAEZ, JOANA CORREA ; ORNELL, FELIPE ; KESSLER, F.H.P. ; DIEMEN, L. V. ; MAGALHAES, P. V. S. . Comorbidities Associated With the Use and Misuse of Crack Cocaine. In: Victor R. Preedy. (Org.). Comorbidities Associated With the Use and Misuse of Crack Cocaine. 1ed.: Neuroscience of cocaine., 2017, v. 1, p. 567-567.

5.
JANOVIK, N. ; VALERIO, A. G. ; KESSLER, F.H.P. . Adição Dependência, Compulsão e Impulsividade. In: Analice Gigliotti; Angela Guimarães. (Org.). Cocaína, Crack e Oxi-Abordagem Multidimensional e Intervenções Complexas para Transtornos Relacionados a Substâncias. 1ed.Rio de Janeiro: Rubio, 2017, v. 1, p. 189-210.

6.
KESSLER, F. H. P.; PEUKER, A. C. . Psicodiagnóstico e transtornos por uso de substâncias. In: Cláudio Simon Hutz; Clarissa Trentini; Denise Ruschel Bandeira; Jefferson Silva Krug. (Org.). Psicodiagnostico. 1ed.Porto Alegre: Grupo A Educação, 2016, v. 1, p. 365-381.

7.
KESSLER, F. H. P.. Pesquisas Clínicas com Usuários de Crack: Dados Clínicos dos Usuários de Crack.. In: Mirna Teixeira; Zilma Fonseca. (Org.). Pesquisas Clínicas com Usuários de Crack: Dados Clínicos dos Usuários de Crack.. 1ed.São Paulo: Hucitec, 2015, v. , p. 217-221.

8.
SORDI, A. ; SARTES, L.M.A. ; KESSLER, F. H. P. . Saúde Pública. In: Clarice Gorenstein; Yuan-Pang Wang; Ines Hungerbühler. (Org.). Instrumentos de Avaliação em Saúde Mental. 1ed.Porto Alegre: Artmed editora LTDA, 2015, v. 1, p. 1-500.

9.
PIANCA, T. G. ; REBOUCAS, D. B. ; MENEGON, G. L. ; KESSLER, FELIX HENRIQUE PAIM . Terapias Farmacológicas para os Transtornos do Uso de Cocaína e Crack.. In: GARCIA, F.D.; ASSUMPÇÃO, A.; FIGUEIREDO, N.; MORAES, F.; MENDES, J.A.. (Org.). Manal de Abordagem de Dependências Químicas.. 01ed.Belo Horizonte: Utopika, 2014, v. 01, p. 151-178.

10.
LOPES, F. ; SORDI, ANNE ORGLE ; KESSLER, FELIX HENRIQUE PAIM . Cocaína e Crack.. In: PECHANSKY, F; VON DIEMEN, L; GONÇALVES, V.A.. (Org.). Aperfeiçoamento em Técnicas para Fiscalização do Uso de Álcool e Outras Drogas no Trânsito Brasileiro. 2ed.Brasília: SENAD, 2014, v. , p. 77-82.

11.
LOPES, F. ; SORDI, ANNE ORGLE ; KESSLER, FELIX HENRIQUE PAIM . Anfetaminas.. In: PECHANSKY, F; VON DIEMEN, L; GONÇALVES, V.A.. (Org.). Aperfeiçoamento em Técnicas para Fiscalização do Uso de Álcool e Outras Drogas no Trânsito Brasileiro. 2ed.Brasília: SENAD, 2014, v. , p. 83-90.

12.
KESSLER, FELIX HENRIQUE PAIM; Pechansky, Flavio ; REBOUCAS, D. B. ; PICCINI, J. . Abordagem Psicodinâmica do Paciente Dependente Químico.. In: EIZIRIK, C.L; AGUIAR, R.W; SCHESTATSKY, S.S.. (Org.). Psicoterapia de Orientação Analítica: Fundamentos Teóricos e Clínicos.. 3ed.Porto Alegre: Artmed, 2014, v. 1, p. 809-827.

13.
FERREIRA, P. E. M. S. ; KESSLER, F. H. P. ; Pechansky, Flavio ; ESCOBAR, B. T. ; GARCIA JUNIOR, M. E. ; FERREIRA, M. S. . Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias Psicoativas. In: NETO, A.C; FURTADO, N.R; GAUER, G.J.C.G.. (Org.). Psiquiatria para Estudantes de Medicina. 02ed.Porto Alegre: EDIPUCRS, 2013, v. 01, p. 270-320.

14.
SORDI, A. ; von Diemen, Lisia ; KESSLER, FELIX HENRIQUE ; PECHANSKY, F. . Drogas: Uso, Abuso e Dependência. In: Bruce B. Duncan. (Org.). Medicina ambulatorial: Condutas de Ateção Primária Baseadas em Evidências. 4ªed.: Artmed Editora Ltda., 2013, v. 1, p. 1162-1178.

15.
KESSLER, F. H. P.; MOURA, H. ; PIANCA, T. G. . Transtornos Relacionados ao Uso de Cocaína.. In: NARDI, A.E; SILVA, A.G; QUEVEDO, J.L.. (Org.). PROPSI - Programa de Atualização em Psiquiatria. 1ed.Porto Alegre: ARTMED PANAMERICANA EDITORA LTDA, 2012, v. 2, p. 121-166.

16.
CUBAS, F. ; SANTOS, S. ; MACHADO, V. ; DIEMEN, L. V. ; KESSLER, F. H. P. . Acidentes de Trânsito (AT) e Fatores de Risco.. In: PECHANSKY,F.; DUARTE, P.C.V.; DIEMEN, L.V.. (Org.). Aperfeiçoamento em Técnicas para Fiscalização do Uso de Álcool e outras Drogas no Trânsito Brasileiro.. 1ed.Brasília: SENAD, 2011, v. 1, p. 11-14.

17.
DIEMEN, L. V. ; CUBAS, F. ; SANTOS, S. ; MACHADO, V. ; KESSLER, F. H. P. . O Uso de Álcool e outras Drogas no Trânsito.. In: PECHANSKY,F.; DUARTE, P.C.V.; DIEMEN, L.V.. (Org.). Aperfeiçoamento em Técnicas para Fiscalização do Uso de Álcool e outras Drogas no Trânsito Brasileiro.. 1ed.Brasília: SENAD, 2011, v. 1, p. 15-16.

18.
CUBAS, F. ; SANTOS, S. ; DIEMEN, L. V. ; BONI, R. ; KESSLER, F. H. P. . Noções de Psicologia do Trânsito.. In: PECHANSKY,F.; DUARTE, P.C.V.; DIEMEN, L.V.. (Org.). Aperfeiçoamento em Técnicas para Fiscalização do Uso de Álcool e outras Drogas no Trânsito Brasileiro.. 1ed.Brasília: SENAD, 2011, v. 1, p. 19-31.

19.
STOLF, A. R. ; LEAL, D. ; KESSLER, F. H. P. . Políticas de Fiscalização sobre Álcool e o Trânsito no Mundo.. In: PECHANSKY,F.; DUARTE, P.C.V.; DIEMEN, L.V.. (Org.). Aperfeiçoamento em Técnicas para Fiscalização do Uso de Álcool e outras Drogas no Trânsito Brasileiro.. 1ed.Brasília: SENAD, 2011, v. 1, p. 109-111.

20.
STOLF, A. R. ; LEAL, D. ; KESSLER, F. H. P. . Fiscalização do Trânsito no Brasil.. In: PECHANSKY,F.; DUARTE, P.C.V.; DIEMEN, L.V.. (Org.). Aperfeiçoamento em Técnicas para Fiscalização do Uso de Álcool e outras Drogas no Trânsito Brasileiro.. 1ed.Brasília: , 2011, v. 1, p. 113-117.

21.
STOLF, A. R. ; LEAL, D. ; KESSLER, F. H. P. . Ação Educacional Relacionada à Fiscalização do Trânsito com Relação ao Consumo de Álcool e outras Drogas.. In: PECHANSKY,F.; DUARTE, P.C.V.; DIEMEN, L.V.. (Org.). Aperfeiçoamento em Técnicas para Fiscalização do Uso de Álcool e outras Drogas no Trânsito Brasileiro.. 1ed.Brasília: SENAD, 2011, v. 1, p. 119-120.

22.
STOLF, A. R. ; LEAL, D. ; KESSLER, F. H. P. . Testes como Dispositivos para a a Ação Policial.. In: PECHANSKY,F.; DUARTE, P.C.V.; DIEMEN, L.V.. (Org.). Aperfeiçoamento em Técnicas para Fiscalização do Uso de Álcool e outras Drogas no Trânsito Brasileiro.. 1ed.Brasília: SENAD, 2011, v. 1, p. 125-130.

23.
HOLMER, B. P. ; KESSLER, F. H. P. . A Medida do Álcool: o Uso do Etilômetro. In: DUARTE, P.C.A.V.D; VON DIEMEN, L; PECHANSKY, F.. (Org.). Crack, Álcool e outras Drogas: Ação Integrada entre as Redes de Segurança Pública, Saúde e Assistência Social.. 1ed.Porto Alegre: AAG, 2011, v. 1, p. 63-66.

24.
Ravy Stolf, Anderson ; LEAL, D. ; KESSLER, F. H. P. . Notificação como Paradigma de Mudança.. In: DUARTE, P.C.A.V.D; VON DIEMEN, L; PECHANSKY, F.. (Org.). Crack, Álcool e outras Drogas: Ação Integrada entre as Redes de Segurança Pública, Saúde e Assistência Social.. 1ed.Porto Alegre: AAG, 2011, v. 1, p. 67-69.

25.
F, P. ; DIEMEN, L. V. ; KESSLER, F. H. P. ; FD, F. . Fármacos de uso não médico.. In: FUCHS, F.; WANNMACHER, L.. (Org.). Farmacologia Clínica. 4ed.Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2010, v. 01, p. 758-778.

26.
SORDI, A. ; RODRIGUEZ, V. C. R. ; KESSLER, F. H. P. . Benzodiazepínicos, Hipnóticos e Ansiolíticos.. In: DIEHL, A; CORDEIRO, D.C.; LARANJEIRA, R.. (Org.). Dependência Química - prevenção, tratamento e políticas públicas.. Porto Alegre: ARTMED, 2010, v. 01, p. 180-188.

27.
HENRIQUES, A. A. ; KESSLER, F. H. P. ; ALVES NETO, O. . Dor e dependência química. In: NETO, O.A.; COSTA, C.M. de C.; SIQUEIRA, J.T.T.;TEIXEIRA, M.J.. (Org.). Dor- Princípio e Prática. 1ed.Porto Alegre: ARTMED, 2009, v. 1, p. 926-932.

28.
KESSLER, F. H. P.; KNAPP, P. ; Faller, S. . Drogas. In: FURTADO, N.R.. (Org.). LIMITES entre o prazer de dizer sim e o dever de dizer não. 1ed.Porto Alegre: ARTMED, 2009, v. 01, p. 75-96.

29.
PULCHERIO, G. ; DIEMEN, L. V. ; Bassols, Ana Margareth ; VERNETTI, C. ; KESSLER, F. H. P. ; Faller, S. ; DORNELLES, V. . O Transtorno de Estresse Pós-traumático em Dependentes Químicos.. In: Gilda Pulcherio, Carla Bica, Fernando A. Silva, orgs.. (Org.). Álcool, Outras Drogas & Informação - o que cada profissional precisa saber.. 2ed.: Casa do Psicólogo, 2009, v. 1, p. -.

30.
KESSLER, F. H. P.; DIEMEN, L. V. ; CARDOSO, B. M. ; Flavio Pechansky . Psicoterapias para o alcoolismo.. In: Aristides Volpato Cordioli. (Org.). Psicoterapias - Abordagens Atuais. Porto Alegre: Artmed, 2008, v. 3, p. 585-599.

31.
Flavio Pechansky ; KESSLER, F. H. P. ; BALDISSOTTO, G. ; SAIBRO, P. ; BONI, R. . Transtornos Relacionados a Substâncias.. In: KAPLAN E SADOCK. (Org.). Manual Conciso de Psquiatria Clínica. Porto Alegre: Artmed, 2008, v. 02, p. 94-153.

32.
BONI, R. ; KESSLER, F. H. P. . Tratamento. Guia para Capacitação de Conselheiros Comunitários Municipais.. : , 2008, v. 10, p. 151-163.

33.
FORMIGONI, M. L. ; KESSLER, F. H. P. ; F, P. . Neurobiologia: Mecanismos de Reforço e Recompensa e o Efeito Biológico Comum das Drogas - Módulo 2: Efeitos de Substâncias Psicoativas no Organismo.. In: DUARTE, Paulina do Carmo Arruda Vieira; FORMIGONI, Maria Lucia Oliveira de Souza.. (Org.). SUPERA - Sistema para Detecção do Uso Abusivo e Dependência de Substâncias Psicoativas.. Brasília: Secretaria Nacional de Política sobre Drogas, 2008, v. 1, p. 2-11.

34.
KESSLER, F. H. P.; Flavio Pechansky . Tratamento de co-morbidades associadas à dependência de drogas - Módulo 5: Encaminhamento de Pessoas Dependentes de Substâncias Psicoativas.. In: DUARTE, Paulina do Carmo Arruda Vieira; FORMIGONI, Maria Lucia Oliveira de Souza.. (Org.). SUPERA - Sistema para Detecção do Uso Abusivo e Dependência de Substâncias Psicoativas.. Brasilia: Secretaria Nacional de Política sobre Drogas, 2008, v. 1, p. 51-58.

35.
KESSLER, F. H. P.; Bumaguin,D ; Flavio Pechansky . Cocaína: Aspectos clínicos. In: Gabriel Rubio(org);José C.Pérez de los Cobos et al.. (Org.). Tratado SET de Transtornos Adictivos. Madrid: Médica Panamericana, 2006, v. 1, p. 258-266.

36.
Lísia Von Diemen ; KESSLER, F. H. P. ; Flavio Pechansky . Drogas: Uso, abuso e dependência. In: Duncan B.B; Schmidt, M.I;Giuliani E.R.J.. (Org.). Medicina Ambulatorial: condutas clínicas em atenção primária baseadas em evidências. 3ªed.Porto Alegre: Artes Médicas, 2004, v. , p. 917-931.

37.
FERREIRA, P. E. M. S. ; KESSLER, F. H. P. ; ZORATO, P. . Álcool e outras drogas depressoras .Transtornos Mentais.Parte VI Capítulo 59:Transtornos por abuso de substâncias. In: Cataldo, A; Furtado, N; Gauer,G. (Org.). Psiquiatria para Estudantes de Medicina da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: PUCRS, 2003, v. , p. -.

38.
KESSLER, F. H. P.. Transtornos Psicóticos e Dependência Química. In: Dr. Ronaldo Laranjeira; Ana Cecília Marques. (Org.). Diretrizes sobre Comorbidades Psiquiátricas x Dependência ao Álcool e Outras Substâncias. 1ed.São Paulo: , 2003, v. , p. -.

39.
KESSLER, F. H. P.; DIEMEN, L. V. ; F, P. . Neurobiologia da Dependência Química.. In: Flavio Kapczinski; João Quevedo; Ivan Izquierdo. (Org.). Bases biológicas dos transtornos psiquiátricos.. Porto Alegre: Artes Médicas, 2003, v. 1, p. 299-309.

40.
Ferreira, P.C. ; Abreu,Paulo ; Flavio Pechansky ; Cunha, R. ; KESSLER, F. H. P. ; Barón, Ana ; Bramati, I. . Prueba farmacológica con Dipiridamol en perfusión cerebral regional por spect en abusadores de cocaína(estudo piloto). PSIQUIATRIA BIOLÓGICA, APORTES ARGENTINOS. 1ed.BUENOS AIRES: CANGREJAL PSI, 1999, v. , p. 203-209.

41.
Machado,A.A. ; Pinto, L.P. ; KESSLER, F. H. P. ; Teixeira, C.C. . Fármacos utilizados em cuidados básicos de saúde. In: DUNCAN BB; SCHIMIDT MI; GIULIANI ERJ. (Org.). MEDICINA AMBULATORIAL: CONDUTAS CLÍNICAS EM ATENCÃO PRIMÁRIA. 2ed.PORTO ALEGRE - RS: ARTES MÉDICAS, 1995, v. , p. -.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
KESSLER, F.H.P.. Como o Álcool Age no. Zero Hora - Caderno Vida, PORTO ALEGRE, p. 12 - 12, 24 fev. 2018.

2.
KESSLER, F.H.P.; MARCH, N. . A FALÁCIA DA LEGALIZAÇÃO DA MACONHA. REVISTAE, PORTO ALEGRE, 14 mar. 2017.

3.
PACHADO, M. ; SCHERER, J. N. ; GUIMARAES, LUCIANO SANTOS ; MARCH, N. ; ALMEIDA, R. ; PECHANSKY, F. ; KESSLER, F.H.P. . Crack cocaine users with high family/social problems show more psychiatric symptoms and violent behaviors. DRUG AND ALCOHOL DEPENDENCE, p. 157, 01 fev. 2017.

4.
KESSLER, F. H. P.. Meeting Dr. Kessler.. The Net-Work, p. 03 - 04, 21 set. 2013.

5.
KESSLER, F. H. P.. Uso de drogas está relacionado a traumas na infância.. Jornal do Comércio, 27 jun. 2012.

6.
KESSLER, F. H. P.. Félix Kessler recebe prêmio Professor Oswald Moraes Andrade.. Jornal Centro de Estudos Luis Guedes., p. 08 - 08, 01 dez. 2010.

7.
KESSLER, F. H. P.. Abordagem e Tratamento do Usuário de Cocaína/Crack: Uma Breve Revisão.. Debates - Psiquiatria Hoje, São Paulo, p. 32 - 37, 01 jun. 2010.

8.
KESSLER, F. H. P.; HOLMER, B. . Especialista mexicano fala sobre crack e prevenção.. Debates - Psiquiatria Hoje, p. 46 - 48, 01 jun. 2010.

9.
KESSLER, F. H. P.. Análise da literatura científica no tratamento de usuários de cocaína.. Debates - Psiquiatria Hoje, São Paulo, p. 32 - 37, 01 maio 2010.

10.
KESSLER, F. H. P.. É possível recuperar um viciado em crack, mas os custos ainda são altos.. Revista CBN, www.cbn.globoradio.globo.com, 07 jun. 2009.

11.
KESSLER, F. H. P.. Sem prevenção e repressão eficiente, crack avança em capitais e cidades médias brasileiras. Agência Brasil de Notícias, www.agenciabrasil.gov.br, 11 mar. 2009.

12.
Sidney Schestatsky ; PILTCHER, R. ; KESSLER, F. H. P. . Três opiniões: Lei de Tolerância Zero. Jornal Centro de Estudos Luis Guedes, p. 8 - 8, 19 out. 2008.

13.
KESSLER, F. H. P.. A melhor forma de formular o diagnóstico é através de uma boa entrevista clínica.. Boletim Eletrônico ABEAD, www.abead.com.br, p. 4 - 6, 10 jul. 2008.

14.
KESSLER, F. H. P.; PECHANSKY, F. ; LEVY, R. . É obrigatório consumir - a adição ao consumo na atualidade. Jornal Centro de Estudos Luis Guedes, Porto Alegre, p. 15 - 15, 01 ago. 2006.

15.
KESSLER, F. H. P.. Em jogo, a relação escola, família e adolescente. Rosário em Foco, Porto Alegre, p. 25 - 25, 01 ago. 2005.

16.
KESSLER, F. H. P.. Adição ao consumo na atualidade. Jornal do CELG, Porto Alegre.

17.
KESSLER, F. H. P.. Crack em Porto Alegre. Jornal da UUFRGS, Porto Alegre.

18.
KESSLER, F. H. P.. Como enfrentar o crack.. Revista Isto É.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
ZANCAN, R. S. ; KESSLER, F. H. P. ; LIGABUE, K. P. ; ROGLIO, V. . Aumento dos níveis de fissura e ansiedade após exposição à dinheiro em usuários de álcool e cocaína. In: 1o Simpósio do Mestrado Profissional em Álcool e Outras Drogas do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA) e da Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas (SENAD/MJ), 2018, PORTO ALEGRE. Aumento dos níveis de fissura e ansiedade após exposição à dinheiro em usuários de álcool e cocaína. PORTO ALEGRE: SABRINA SOARES PEREIRA, 2018. v. 1. p. 17-17.

2.
PEREIRA, M. S. ; KESSLER, F. H. P. . Uma técnica neuromodulatória ? Estimulação Transcraniana de Corrente Continua (TDCS) utilizada durante o tratamento em grupo do tabagismo. In: 1o Simpósio do Mestrado Profissional em Álcool e Outras Drogas do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA) e da Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas (SENAD/MJ), 2018, PORTO ALEGRE. Uma técnica neuromodulatória ? Estimulação Transcraniana de Corrente Continua (TDCS) utilizada durante o tratamento em grupo do tabagismo. PORTO ALEGRE: E-Book HCPA, 2018. v. 1. p. 23-23.

3.
TELLES, Y. M. ; ORNELL, FELIPE ; ROGLIO, V. S. ; SCHERER, J. N. ; KESSLER, F.H.P. . Associação entre gênero e tipos de delitos em usuários de crack internados. In: 1o Simpósio do Mestrado Profissional em Álcool e Outras Drogas do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA) e da Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas (SENAD/MJ), 2018, PORTO ALEGRE. Associação entre gênero e tipos de delitos em usuários de crack internados. PORTO ALEGRE: E-Book HCPA, 2018. v. 1. p. 28-28.

4.
ORNELL, FELIPE ; BORGONHI, E. M. ; RASCH, F. ; SCHERER, J. N. ; KESSLER, F. H. P. ; DIEMEN, L. V. ; SILVESTRIN¹, R. B. ; ALMEIDA, R. . Crack cocaine users who drive: more than a combination of a drug and a vehicle. In: 1o Simpósio do Mestrado Profissional em Álcool e Outras Drogas do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA) e da Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas (SENAD/MJ), 2018, PORTO ALEGRE. Crack cocaine users who drive: more than a combination of a drug and a vehicle. PORTO ALEGRE: E-Book HCPA, 2018. v. 1. p. 31-31.

5.
FARA, L. S. ; SCHERER, J. N. ; VOLPATTO, V. ; ROGLIO, V. ; ORNELL, FELIPE ; Kessler,F.H.P ; PECHASKY, F. . Frequência de transtornos psiquiátricos e impulsividade entre motoristas usuários de substâncias psicoativas. In: 1o Simpósio do Mestrado Profissional em Álcool e Outras Drogas do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA) e da Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas (SENAD/MJ), 2018, PORTO ALEGRE. Frequência de transtornos psiquiátricos e impulsividade entre motoristas usuários de substâncias psicoativas. PORTO ALEGRE: E-Book - HCPA, 2018. v. 1. p. 32-33.

6.
SILVA, M. S. ; SCHIAVI, C. E. N. ; KESSLER, F. H. P. . Percepções de pacientes internados em uma unidade de dependência química acerca da aplicação do manejo de contingências. In: 1o Simpósio do Mestrado Profissional em Álcool e Outras Drogas do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA) e da Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas (SENAD/MJ), 2018, PORTO ALEGRE. Percepções de pacientes internados em uma unidade de dependência química acerca da aplicação do manejo de contingências. PORTO ALEGRE: E-Book HCPA, 2018. v. 1. p. 37-37.

7.
LAITANO, H. V. ; ELY, A. ; HARTMANN, T. ; SORDI, A. O. ; CALIXTO, A. ; PECHANSKY, F. ; KESSLER, F. H. P. . Raiva e Drogas: Revisão Sistemática e Metanálise. In: 1o Simpósio do Mestrado Profissional em Álcool e Outras Drogas do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA) e da Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas (SENAD/MJ), 2018, PORTO ALEGRE. Raiva e Drogas: Revisão Sistemática e Metanálise. PORTO ALEGRE: E-Book HCPA, 2018. v. 1. p. 39-39.

8.
VOLPATTO, V. L. ; GROSS, L. S. ; REBELATTO, F. P. ; SCHERER, J. N. ; PECHANSKY, F. ; Kessler,F.H.P . Associação entre sintomas de TDAH, risco e tentativa de suicídio em usuários de crack. In: 1o Simpósio do Mestrado Profissional em Álcool e Outras Drogas do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA) e da Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas (SENAD/MJ), 2018, PORTO ALEGRE. Associação entre sintomas de TDAH, risco e tentativa de suicídio em usuários de crack. PORTO ALEGRE: E-Book HCPA, 2018. v. 1. p. 29-29.

9.
Faller, S. ; PIETA, M. A. ; Port, F ; GIGLIO, L. ; Flavio Pechansky ; KESSLER, F. H. P. . Adaptação Transcultural da 6ª versão da escala de Gravidade de Dependência(ASI) para o Brasil. In: XXIII Jornada Sul-Rio-Grandense de Psiquiatria Dinâmica, 2006, Gramado. Anais da XXIII Jornada Sul-Rio-Grandense de Psiquiatria Dinâmica, 2006.

10.
DIEMEN, L. V. ; BASSANI, D. ; F, P. ; SZOBOT, C. ; KESSLER, F. H. P. . Impulsivity and age of first alcohol consumption as risk for grud and alcohol abuse in male adolescents. In: 68th Annual Meeting - College on Problems on Drug Dependence, 2006, Scottsdale. Annals of 68th Annual Meeting-College on Problems on Drug Dependence. Scottsdale,Arizona/EUA, 2006.

11.
F, P. ; KESSLER, F. H. P. ; Lísia Von Diemen ; Bumaguin,D ; SURRATT, H. ; INCIARDI, J. . Brazilian Female Crack Users Show High Serum Aluminium Levels. In: 68th Annual Meeting-College on Problems on Drug Dependence, 2006, Scottsdale. Annals of 68th Annual Meeting-College on Problems on Drug Dependence. Scottsdale,Arizona/EUA, 2006.

12.
KESSLER, F. H. P.; Flavio Pechansky ; GENRO, V. ; Lísia Von Diemen ; Soibelman, Mauro ; Santos, R. ; BALDINO, A. C. W. . Referências ao consumo de álcool em registros médicos de um hospital geral de Porto Alegre: Uma comparação entre amostras com vinte anos de distância. In: 15º CONGRESSO BRASILEIRO SOBRE ALCOOLISMO, TABAGISMO E OUTRAS DEPENDÊNCIAS, 2003, GRAMADO. 15º CONGRESSO BRASILEIRO SOBRE ALCOOLISMO, TABAGISMO E OUTRAS DEPENDÊNCIAS, 2003.

13.
KESSLER, F. H. P.; Lísia Von Diemen ; Flavio Pechansky ; BONI, R. ; Magrinelli, Mylene ; Silva, E. ; Santos, R. . Mapeamento cognitivo em usuários de drogas injetáveis - Resultado do Projeto Piloto. In: 15º CONGRESSO BRASILEIRO SOBRE ALCOOLISMO, TABAGISMO E OUTRAS DEPENDÊNCIAS, 2003, GRAMADO. 15º CONGRESSO BRASILEIRO SOBRE ALCOOLISMO, TABAGISMO E OUTRAS DEPENDÊNCIAS, 2003.

14.
KESSLER, F. H. P.; Flavio Pechansky ; BALDINO, A. C. W. ; BRANDAO, I. ; HALPERN, S. ; BONI, R. ; GENRO, V. ; MELO, W. ; Lísia Von Diemen ; SONCINI, N. . Avaliação das referências ao consumo de Álcool em prontuários de um hospital geral de Porto Alegre- Uma comparação entre amostras. In: 14º CONGRESSO BRASILEIRO SOBRE ALCOOLIS,O, TABAGISMO E OUTRAS DEPENDÊNCIAS, 2002, PORTO ALEGRE. 14º CONGRESSO BRASILEIRO SOBRE ALCOOLIS,O, TABAGISMO E OUTRAS DEPENDÊNCIAS, 2002.

15.
KESSLER, F. H. P.; BALDINO, A. C. W. ; BONI, R. ; GENRO, V. ; MELO, W. ; Flavio Pechansky ; SONCINI, N. ; Lísia Von Diemen . Desempenho cognitivo de usuários crônicos de Cocaína comparado com controles. In: 14º SALÃO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UFRGS, 2002, PORTO ALEGRE. 14º SALÃO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UFRGS, 2002.

16.
KESSLER, F. H. P.; Lísia Von Diemen ; Flavio Pechansky ; Soibelman, Mauro ; METZGER, D. ; WOODY, G. E. . Factors associated with loss to follow-up in a cohort of Cocaine users in Porto Alegre,Brazil. In: NIDA FORUM- BUILDING INTERNATIONAL RESEARCH ON DRUG ABUSE: CONTINUING FOCUS ON CHILDREN AND YOUTH, 1999, ACAPULCO. NIDA FORUM- BUILDING INTERNATIONAL RESEARCH ON DRUG ABUSE: CONTINUING FOCUS ON CHILDREN AND YOUTH, 1999.

17.
KESSLER, F. H. P.; Lísia Von Diemen ; Flavio Pechansky ; Soibelman, Mauro ; WOODY, G. E. ; METZGER, D. . Problems associated with loss in a cohort of cocaine users in Porto Alegre, Brazil. In: BUILDING INTERNATIONAL RESEARCH ON DRUG ABUSE: CONTINUING FOCUS ON CHILDREN AND YOUTH, 1999, ACAPULCO. BUILDING INTERNATIONAL RESEARCH ON DRUG ABUSE: CONTINUING FOCUS ON CHILDREN AND YOUTH, 1999.

18.
KESSLER, F. H. P.; Carla Bicca ; Lísia Von Diemen ; Flavio Pechansky ; WOODY, G. E. ; METZGER, D. . Fatores associados com perda de segmento em uma coorte de usuários de cocaína em Porto Alegre. In: 13º CONGRESSO BRASILEIRO DE ALCOOLISMO E OUTRAS DEPENDÊNCIAS, 1999, RIO DE JANEIRO. 13º CONGRESSO BRASILEIRO DE ALCOOLISMO E OUTRAS DEPENDÊNCIAS, 1999.

19.
KESSLER, F. H. P.; Lima, Ana Flávia ; Szobot, Cláudia ; Barcellos, P. Alayde ; Flavio Pechansky ; Soibelman, Mauro . Descrição de comportamentos sexuais de uma amostra de usuários injetáveis ,que procuram tratamento em Porto Alegre. In: 19º jornada Sul-riograndense de Psiquiatria dinâmica, 1998, GRAMADO. 19º jornada Sul-riograndense de Psiquiatria dinâmica, 1998.

20.
KESSLER, F. H. P.; Santin, Aida ; Szobot, Cláudia ; Francisconi, Carlos ; Waechter, Fábio ; Pereira Lima, Luís ; Silva, Mário ; Ilgenfritz, Raquel ; Smith, Mariana . Manifestações Psiquiátricas no Pós--transplante hepático. In: 4º GASTROSUL NO HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE, 1998, PORTO ALEGRE. 4º GASTROSUL NO HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE, 1998.

21.
KESSLER, F. H. P.; Santin, Aida ; Szobot, Cláudia ; Francisconi, Carlos ; Waechter, Fábio ; Pereira Lima, Luís ; Smith, Mariana ; Silva, Mário ; Ilgenfritz, Raquel . Transplante de Fígado - Complicações Psiquiátricas no Pós-Operatório. In: 19ª JORNADA SUL-RIOGRANDENSE DE PSIQUIATRIA DINÂMICA, 1998, GRAMADO. 19ª JORNADA SUL-RIOGRANDENSE DE PSIQUIATRIA DINÂMICA, 1998.

22.
KESSLER, F. H. P.; Sidney Schestatsky ; Kohlrausch, Eglê ; Shiba, Skarlet Akemi ; Zimmermann, Heloísa Helena ; Kerber, Suzi Roseli ; Ferreira, Eliane . Grupo do Lítio - Programa de atendimento à doença afetiva bipolar, organização e funcionamento. In: 18ºJornada Sul-Riograndense de Psiquiatria dinâmica, 1996, Gramado. 18ºJornada Sul-Riograndense de Psiquiatria dinâmica, 1996.

23.
LP, P. ; KESSLER, F. H. P. ; Paixão, L.Q. ; Pinto, C.P. ; Ceresér, C.C. ; Gastaldo, G.J. ; Fuchs, F.D. ; Teixeira, C.C. . Avaliação do efeito agudo do chá preparado com folhas de Manga Manguifera Indica (L.) no teste de tolerâncias à glicose em voluntários não Diabéticos. In: VII SALÃO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UFRGS, 1995, PORTO ALEGRE - RS. VII SALÃO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UFRGS. Poirto Alegre, 1995.

24.
KESSLER, F. H. P.; Teixeira, C.C. ; Knijnik, L. ; Pinto, L.P. ; Pinto, C.P. ; Gastaldo, G.J. ; Fuchs, F.D. . A falta do efeito da administração subaguda do chá de folhas de Jambolão Syzygium Cuminii(L)sobre a glicemia Pós-Prandial de ratos Albinos com diabete induzido. In: IV SALÃO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 1995. IV SALÃO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 1992.

25.
Capp, C.C. ; Cunha, S.P.C. ; Pretto, A.G. ; Vieira, M.M. ; Buj, M.C. ; KESSLER, F. H. P. ; Aguiar, F.V. ; Pasa, M.B. ; Ferreira, J.P. ; Goldraich, N.P. . Análise comparativa de dois métodos para estimativa da superfície corporal em lactentes e Pré-escolares. In: VI SALÃO DE INICIACÃO CIENTÍFICA DA UFRGS, 1994, PORTO ALEGRE - RS. VI SALÃO DE INICIACÃO CIENTÍFICA DA UFRGS, 1994.

26.
KESSLER, F. H. P.; Ceresér, C.C. ; Fuchs, F.C. ; Pinto, C.P. ; Pinto, L.P. ; Teixeira, C.C. ; Paixão, L.Q. . Estudo Etnofarmacológico sobre o uso da Manguifera Indica (L ) por 41 pacientes diabéticos. In: 14ª SEMANA CIENTÍFICA DO HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE, 1994, PORTO ALEGRE. 14ª SEMANA CIENTÍFICA DO HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE, 1994.

27.
KESSLER, F. H. P.; Pinto, L.P. ; Knijnik, L. ; Pinto, C.P. ; Teixeira, C.C. . A falta do efeito da administração do chá de Manga , Mangifera Indica (L.), sobre a glicemia Pós-Prandial de ratos normais. In: V SALÃO DE INICIACÃO CIENTÍFICA, 1993, PORTO ALEGRE - RS. V SALÃO DE INICIACÃO CIENTÍFICA, 1993.

28.
KESSLER, F. H. P.; Knijnik, L. ; Pinto, L.P. ; Pinto, C.P. ; Teixeira, C.C. . Levantamento etnofarmacológico sobre o chá de Manga , Mangifera Indica (L). In: 5º SALÃO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 1993, PORTO ALEGRE. 5º SALÃO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 1993.

29.
KESSLER, F. H. P.; Knijnik, L. ; Pinto, L.P. ; Pinto, C.P. . Efeito da administração do chá de Manga Mangifera (L.) sobre a glicemia Pós-Prandial de ratos normais. In: V SALÃO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 1993, PORTO ALEGRE. V SALÃO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 1993.

30.
Teixeira, C.C. ; Knijnik, L. ; KESSLER, F. H. P. ; Pinto, L.P. ; Gastaldo, G.J. ; Fuchs, F.D. . A falta do efeito do chá preparado com folhas de Jambolão Syzygium Cuminii (L.) sobre a glicemia Pós-Prandial de ratos Albinos normais. In: XII SIMPÓSIO DE PLANTAS MEDICINAIS DO BRASIL, 1992, CURITIBA. XII SIMPÓSIO DE PLANTAS MEDICINAIS DO BRASIL, 1992.

31.
Teixeira, C.C. ; Knijnik, L. ; Pinto, L.P. ; KESSLER, F. H. P. ; Pinto, C.P. ; Gastaldo, G.J. ; Fuchs, F.D. . A falta do efeito da administração crônica do chá de folhas de Jambolão Syzygium Cuminii (L.) , sobre a glicemia Pós-Prandial de ratos Albinos normais. In: IV SALÃO DE INICIACÃO CIENTÍFICA, 1992, Porto Alegre. IV SALÃO DE INICIACÃO CIENTÍFICA, 1992.

32.
Teixeira, C.C. ; Knijnik, L. ; KESSLER, F. H. P. ; Pinto, L.P. ; Pinto, C.P. ; Gastaldo, G.J. ; Fuchs, F.D. . A falta do efeito da administração sub-aguda do chá de folhas de Jambolão Syzygium Cuminii (L.), sobre a glicemia Pós-Prandial de ratos Albinos normais. In: IV SALÃO DE INICIACÃO CIENTÍFICA, 1992, Porto Alegre. IV SALÃO DE INICIACÃO CIENTÍFICA, 1992.

33.
KESSLER, F. H. P.; Bortolomiol, L ; Buj, M.C. ; Moi, A.A. ; Manozzo, L.C. ; Abeche, A.M. . Relação entre idade de Menarca e exercícios regulares em atletas de Porto Alegre. In: XII SEMANA CIENTÍFICA DO HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE, 1992, PORTO ALEGRE. XII SEMANA CIENTÍFICA DO HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE, 1992.

34.
KESSLER, F. H. P.; Teixeira, C.C. ; Knijnik, L. ; Pinto, L.P. ; Pinto, C.P. ; Gastaldo, G.J. ; Fuchs, F.D. . A falta de efeito da administração crônica do chá de yzygium Cuminii(L.) Skeel, sobre a glicemia Pós-Prandial de ratos Albinos normais. In: XII SEMANA CIENTÍFICA DO HCPA, 1992, PORTO ALEGRE. XII SEMANA CIENTÍFICA DO HCPA, 1992.

35.
Teixeira, C.C. ; KESSLER, F. H. P. ; Knijnik, L. ; Pinto, L.P. ; Pinto, C.P. ; Fuchs, F.D. ; Gastaldo, G.J. . A falta do efeito da administração sub-aguda do chá de folhas de Jambolão Syzygium Cuminii (L.), sobre a glicemia pós- prandial de ratos albinos com Diabete induzido. In: XII SEMANA CIENTÍFICA DO HCPA, 1992, PORTO ALEGRE. XII SEMANA CIENTÍFICA DO HCPA, 1992.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
ROMAN, T. ; STOLF, A. R. ; MULER, D. ; SZOBOT, C. M. ; PECHASKY, F. ; KESSLER, F. H. P. . NO ASSOCIATION BETWEEN CRACK-COCAINE ADDICTION AND COMT VAL/MET POLYMORPHISM. In: CPDD - College on Problems of Drug Dependence, 2016, Palm Springs, California. NO ASSOCIATION BETWEEN CRACK-COCAINE ADDICTION AND COMT VAL/MET POLYMORPHISM, 2016.

2.
PACHADO, M. ; SCHERER, J. N. ; GUIMARAES, L. ; MARCH, N. ; ALMEIDA, R. M. ; PECHANSKY, F. ; KESSLER, F. H. P. . CRACK COCAINE USERS WITH HIGH FAMILY/SOCIAL PROBLEMS SHOW MORE PSYCHIATRIC SYMPTOMS AND VIOLENT BEHAVIORS. In: CPDD- College on Problems of Drug Dependence, 2016, Palm Springs, California. CRACK COCAINE USERS WITH HIGH FAMILY/SOCIAL PROBLEMS SHOW MORE PSYCHIATRIC SYMPTOMS AND VIOLENT BEHAVIORS, 2016.

3.
PACHADO, M. ; SOUZA, D. S. ; SCHERER, J. N. ; PECHASKY, F. ; KESSLER, F. H. P. ; Faller, S. . Crack users with conduct disorder have more association with violence, trauma and psychiatric comorbidities. In: CPPD 77th Annual Scientific Meeting, 2015, PHOENIX. Crack users with conduct disorder have more association with violence, trauma and psychiatric comorbidities, 2015.

4.
SOUZA, D. S. ; SCHERER, J. N. ; PACHADO, M. ; HALPERN, S. ; DIEMEN, L. V. ; PECHANSKY, F. ; KESSLER, FH . Brazilian crack/cocaine inpatients show more legal and family social problems than outpatients. In: CPPD 77th Annual Scientific Meeting, 2015, Phoenix/Arizona. Brazilian crack/cocaine inpatients show more legal and family social problems than outpatients, 2015.

5.
MULLER, D. ; STOLF, A. R. ; AKUCATAGAVA, G. ; GUIMARAES, L. ; KESSLER, F. H. P. ; PECHASKY, F. ; ROMAN, T. . Association between crack addiction and the intron 8 variable number of tandem repeats polymorphism of the DAT1 gene. In: CPPD 77th Annual Scientific Meeting, 2015, Phoenix/Arizona. Association between crack addiction and the intron 8 variable number of tandem repeats polymorphism of the DAT1 gene, 2015.

6.
MOURA, HF ; ROSA, R.L. ; KESSLER, F. H. P. ; PIANCA, T. G. ; FERRONATTO, P. ; PAGNUSSAT, E. ; PECHASKY, F. ; DIEMEN, L. V. . Predictors of early relapse in adolescent crack users after hospital discharge. In: CPPD 77th Annual Scientific Meeting, 2015, Phoenix/Arizona. Predictors of early relapse in adolescent crack users after hospital discharge, 2015.

7.
SCHERER, J. N. ; SCHUCH, S. ; ORNELL, FELIPE ; SORDI, A. ; KESSLER, F. H. P. ; DIEMEN, L. V. ; PECHASKY, F. . Higher levels of brain-derived neurotrophic factor associated with inpatient treatment adherence of crack cocaine users. In: CPPD 77th Annual Scientific Meeting, 2015, Phoenix/Arizona. Higher levels of brain-derived neurotrophic factor associated with inpatient treatment adherence of crack cocaine users, 2015.

8.
STOLF, A. R. ; AKUCATAGAVA, G. ; MULER, D. ; GUIMARAES, L. ; PECHASKY, F. ; ROMAN, T. ; KESSLER, F. H. P. . Clinical characteristics and genotype frequencies of the dopamine transporter gene (DAT1/ SLC6A3) 3?UTR variable number of tandem repeats in crack-cocaine users. In: CPPD 77th Annual Scientific Meeting, 2015, Phoenix/Arizona. Clinical characteristics and genotype frequencies of the dopamine transporter gene (DAT1/ SLC6A3) 3?UTR variable number of tandem repeats in crack-cocaine users, 2015.

9.
LIMBERGER, R. ; BORILLE, B. T. ; FIORENTIN, T. R. ; COPPE, B. C. ; CORIMAN, E. ; JACQUES, A. B. ; SOUSA, T. R. V. ; PASA, G. G. ; KESSLER, F. H. P. ; PECHASKY, F. ; CASTRO, S. . Exposure to ethanol in Brazilian gasoline station attendants. In: CPPD 77th Annual Scientific Meeting, 2015. Exposure to ethanol in Brazilian gasoline station attendants. Phoenix/Arizona, 2015.

10.
PACHADO, M. ; SOUZA, D. S. ; SCHERER, J. N. ; HALPERN, S. ; DIEMEN, L. V. ; PECHASKY, F. ; KESSLER, F. H. P. . Different patterns of drug use among crack and powder cocaine users in Brazil. In: CPPD 77th Annual Scientific Meeting, 2015, Phoemix/Arizona. Different patterns of drug use among crack and powder cocaine users in Brazil, 2015.

11.
REIS, L. ; ROSA, M. A. C. ; KESSLER, F. H. P. ; FERREIRA, E. E. ; PECHASKY, F. . The validity of DSM-5 criteria for substance-related and addictive disorders adapted for ?Food Addiction. In: CPPD 77th Annual Scientific Meeting, 2015, Phoenix/Arizona. The validity of DSM-5 criteria for substance-related and addictive disorders adapted for ?Food Addiction, 2015.

12.
ZANINI, A. M. ; VALERIO, A. G. ; WELLAUSEN, R. S. ; KESSLER, F. H. P. ; TRENTINI, C. M. . Transtornos de personalidade em usuários de substâncias psicoativas internados em um hospital público em Porto Alegre. In: I Congresso Wainer de Psicoterapias Cognitivas, 2015, Porto Alegre. Transtornos de personalidade em usuários de substâncias psicoativas internados em um hospital público em Porto Alegre, 2015. p. 34-35.

13.
ZANINI, A. M. ; VALERIO, A. G. ; WELLAUSEN, R. S. ; KESSLER, F. H. P. ; TRENTINI, C. M. . Transtornos de personalidade em usuários de substâncias psicoativas internados em um hospital público em Porto Alegre. In: I Simpósio Brasilerio de Terapia do Esquema, 2015. Transtornos de personalidade em usuários de substâncias psicoativas internados em um hospital público em Porto Alegre, 2015. p. 34-35.

14.
ZANINI, A. M. ; RIBEIRO, C. S. ; VALERIO, A. G. ; WELLAUSEN, R. S. ; KESSLER, F. H. P. ; TRENTINI, C. M. . A personalidade de usuários de substâncias psicoativas de acordo com o modelo dos cinco grandes fatores: resultados preliminares. In: XII Jornada de Psiquiatria da APRS, 2015, Gramado/RS. A personalidade de usuários de substâncias psicoativas de acordo com o modelo dos cinco grandes fatores: resultados preliminares, 2015.

15.
SCHERER, J. N. ; FARA, L. S. ; MARCH, N. ; DE MAGALHÃES NARVAEZ, JOANA CORREA ; SORDI, A. ; KESSLER, F. H. P. ; PECHASKY, F. ; DIEMEN, L. V. ; SILVESTRIN¹, R. B. . Associação entre risco de suicídio e níveis séricos de BNDF em usuários de crack internados.. In: XII Jornada de Psiquiatria da APRS, 2015, Gramado/RS. Associação entre risco de suicídio e níveis séricos de BNDF em usuários de crack internados., 2015.

16.
SCHERER, J. N. ; PECHANSKY, F. ; PACHADO, M. ; CASTRO, M. N. ; Benzano, D. ; GUIMARAES, L. ; HALPERN, S. ; SIEGMUND, G. ; KESSLER, F. H. P. . Usuários de crack apresentam menor coesão familiar quando comparados com alcoolistas. In: XII Jornada de Psiquiatria da APRS, 2015, Gramado/RS. Usuários de crack apresentam menor coesão familiar quando comparados com alcoolistas, 2015.

17.
STOLF, A. R. ; KESSLER, F. H. P. ; Faller, S. ; Bumaguin,D . Adult substance abusers with ADHD show higher prevalence of marijuana and cocaine use.. In: NIDA 2010 International Forum, 2010, Scottsdale. NIDA 2010 International Forum - Abstracts, 2010. p. 87-87.

18.
KESSLER, F. H. P.; TERRA, M. ; Faller, S. ; PEUKEN, A. . Brazilian crack users who seek treatment show more antisocial personality and less drinking than other drug users.. In: NIDA 2010 International Forum, 2010, Scottsdale. NIDA 2010 International Forum - Abstracts, 2010. p. 52-52.

19.
STOLF, A. R. ; KESSLER, F. H. P. ; Faller, S. ; Bumaguin,D ; MOURA, H. ; SZOBOT, C. ; DIEMEN, L. V. ; F, P. . Adult substance abusers with ADHD show higher prevalence of marijuana and cocaine use.. In: CPPD 72nd Annual Scientific Meeting, 2010, Scottsdale. CPPD 72nd Annual Scientific Meeting - Program, 2010. p. 70-70.

20.
KESSLER, F. H. P.; TERRA, M. ; Faller, S. ; PEUKEN, A. . Brazilian crack users who seek treatment show more antisocial personality and less drinking than other drug users.. In: CPPD 72nd Annual Scientific Meeting, 2010, Scottsdale. CPPD 72nd Annual Scientific Meeting - Program, 2010. p. 70-70.

21.
ROSA, M. A. C. ; GOMES, C. M. A. ; SLAVUTZKY, S. M. B. ; KESSLER, F. H. P. ; FERREIRA, E. ; F, P. . Comparative findings on sugar dependence between obese and substance dependence male and female subjects.. In: CPPD 72nd Annual Scientific Meeting, 2010, Comparative findings on sugar. CPPD 72nd Annual Scientific Meeting - Program, 2010. p. 88-88.

22.
KESSLER, F. H. P.; MOURA, H. ; STOLF, A. R. ; Faller, S. ; Benzano, D. ; SZOBOT, C. ; DIEMEN, L. V. ; PECHANSKY, F. . Maior Prevalência de Uso de Maconha e Cocaína em Adultos com Abuso de Substâncias e Sintomas de Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade.. In: XXVIII Congresso Brasileiro de Psiquiatria, 2010, Fortaleza. Revista Brasileira de Psiquiatria, 2010. v. 32. p. 13-13.

23.
ROSA, M. A. C. ; GOMES, C. M. A. ; SLAVUTZKY, S. M. B. ; KESSLER, F. H. P. ; FERREIRA, E. F. E. ; PECHANSKY, F. . Estudo Exploratório sobre Dependência de Açúcares em Indivíduos Obesos e Dependentes de Substâncias.. In: XXVIII Congresso Brasileiro de Psiquiatria, 2010, Fortaleza. Revista Brasileira de Psiquiatria, 2010. v. 32. p. 15-15.

24.
KESSLER, F. H. P.; Faller, S. ; Benzano, D. ; MOURA, H. ; SZOBOT, C. ; DIEMEN, L. V. ; SANTOS, M. ; PECHANSKY, F. . Higher Psychiatric Comorbidity and Severity of Problems Among Substance Abusers with ADHD. In: 2009 NIDA International Forum, 2009, Reno. Abstract Book - 2009 NIDA International Forum, 2009. p. 48-48.

25.
KESSLER, F. H. P.; Rocha,N.S. ; Faller, S. ; Benzano, D. ; F, P. . Measurement Properties of the WHOQOL-BREF in Alcoholics Using the Rasch Model.. In: 2008 NIDA International Forum, 2008, San Juan. 2008 NIDA International Forum - Abstract Book, 2008. p. 70-70.

26.
Faller, S. ; KESSLER, F. H. P. ; HANKE, A. C. ; CACCIOLA, J. ; DENI, C. ; Benzano, D. ; F, P. . Multicenter Cross-Cultural Validation of the Sixth Version of Addiction Severity Index (ASI-6) for Brazil. In: 2008 NIDA International Forum, 2008, San Juan. 2008 NIDA International Forum, 2008. p. 31-32.

27.
KESSLER, F. H. P.; NS, R. ; Faller, S. ; Benzano, D. ; F, P. . Measurement properties of the WHOQOL-BREF in alcoholics using the Rasch model.. In: CPDD 70th Annual Scientifc Meeting Program., 2008, San Juan. CPDD 70th Annual Scientific Meeting Program, 2008. p. 91-91.

28.
VARGENS, R. W. ; KESSLER, F. H. P. ; MATHIAS, A. C. R. . Jogo Patológico entre Usuários de Drogas. A Gravidade da Comorbidade Indica uma Modificação na Rotina de Avaliação dos Serviços?. In: XXVI Congresso Brasileiro de Psiquiatria, 2008, Rio de Janeiro. CD de resumo do Congresso, 2008.

29.
KESSLER, F. H. P.; Faller, S. ; FORMIGONI, M. L. ; S.CRUZ, M. ; Silvia Brasiliano ; MOREIRA, E. C. ; PECHANSKY, F. . Método de um estudo multicêntrico sobre a validação do Addiction Severity Index para o Brasil. In: XIX Congresso ABEAD - Álcool e Drogas Cuidando dos Jovens, 2007. Anais do Congresso, 2007.

30.
KESSLER, F. H. P.; F, P. ; Faller, S. ; PIETA, M. A. ; Port, F ; GIGLIO, L. ; BEAUCHAMP, M. L. ; CACCIOLA, J. . Transcultural Adaptation of the 6th Version of the Addiction Severity Index(ASI) for Brazil. In: 68th Annual Meeting - College on Problems on Drug Dependence, 2006, Scottsdale, Arizona. Annals of the 68th Annual Meeting-College on Problems on Drug Dependence. Scottsdale, Arizona - EUA, 2006.

31.
GOLIN, A. L. ; KESSLER, F. H. P. ; GIGLIO, L. ; FORMIGONI, M. L. ; S.CRUZ, M. ; Silvia Brasiliano ; CABUS, E. ; PECHANSKY, F. . Validação Transcultural do Addiction Severity Index (ASI 6) - Perfil Amostral Preliminar. In: XVIII Congresso ABEAD, 2006, Santos/SP. Anais do Congresso, 2006.

32.
PECHANSKY, F. ; KESSLER, F. H. P. ; DIEMEN, L. V. ; Bumaguin,D ; SURRATT, H. ; INCIARDI, J. . Usuárias de Crack Apresentam Altos Níveis Séricos de Alumínio.. In: XVIII Congresso ABEAD, 2006, Santos/SP. Anais do Congresso, 2006.

33.
DIEMEN, L. V. ; SZOBOT, C. ; KESSLER, F. H. P. ; PERALTA, C. ; BASSANI, D. ; FUCHS, S. C. ; PECHANSKY, F. . Associação entre Impulsividade, Idade do Primeiro Consumo de Álcool e Transtorno por Uso de Substâncias em Adolescentes.. In: XVIII Congresso ABEAD, 2006, Santos/SP. Anais do Congresso, 2006.

34.
Faller, S. ; PIETA, M. A. ; Port, F ; GIGLIO, L. ; PECHANSKY, F. ; KESSLER, F. H. P. . Adaptação Transcultural da 6ª Versão da Escala de Gravidade de Dependência (ASI) para o Brasil.. In: XVIII Congresso ABEAD, 2006, Santos/SP. Anais do Congresso, 2006.

35.
Teixeira, C.C. ; KESSLER, F. H. P. ; Knijnik, L. ; LP, P. ; FD, F. ; HCPA, D. F. U. E. . Levantamento Etnofarmacológico sobre o Chá de Manga, Mangifera Indica. In: 13ª Semana Científica do Hospital de Clínicas de Porto Alegre, 2006, Porto Alegre. Anais do congresso, 2006.

36.
FOGACA, K. ; WALCHER, M. ; VALVERDE, T. ; SILVA, F. F. ; DIEMEN, L. V. ; Bumaguin,D ; KESSLER, F. H. P. ; PECHANSKY, F. ; PAIM, K. ; SURRATT, H. ; INCIARDI, J. . Análise Sangüínea e Urinária de Alumínio em Usuários e Não-Usuários de Crack. In: XVIII Congresso ABEAD, 2006, Santos. Anais do Congresso, 2006.

37.
BONI, R. ; Flavio Pechansky ; KESSLER, F. H. P. ; Lísia Von Diemen ; Benzano, D. ; SURRATT, H. ; INCIARDI, J. ; Martin,S . Comparação dos comportamentos de risco para HIV e uso de drogas em homens e mulheres usuários de crack ou cocaína injetável de Porto Alegre. In: Chamada para elaboração de artigos sobre DST/HIV/AIDS no Brasil de 1º de junho de 2005, 2005, Brasília. Chamada para elaboração de artigos sobre DST/HIV/AIDS no Brasil de 1º de junho de 2005. Brasília, 2005. v. 1. p. 49-49.

38.
KESSLER, F. H. P.; Lísia Von Diemen ; WOODY, G. E. ; INCIARDI, J. ; SURRATT, H. ; Flavio Pechansky . Técnicas de retenção em coortes de usuários de cocaína/crack em Porto Alegre. In: Chamada para elaboração de artigos sobre DST/HIV/AIDS no Brasil de 1º de junho de 2005, 2005, Brasília. Chamada para elaboração de artigos sobre DST/HIV/AIDS no Brasil de 1º de junhlo de 2005. Brasília: SENAD, 2005. v. 1. p. 17-17.

39.
PECHANSKY, F. ; KESSLER, F. H. P. ; DIEMEN, L. V. ; SILVA E ; SURRATT, H. ; INCIARDI, J. ; Leukefeld, C, ; Martin,S . Trought-mapping and structured stories as an HIV/AIDS risk reduction approach for Brazzilian cocaine users. In: The College on Problems of Drug Dependence, 2005, Orlando. Anais do Congresso, 2005.

40.
KESSLER, F. H. P.; PECHANSKY, F. ; DIEMEN, L. V. ; INCIARDI, J. ; SURRATT, H. . Sexually transmitted diseases in poor female crack users os Porto Alegre, Brazil.. In: The College on Problems of Drug Dependence, 2005, Orlando. Anais do Congresso, 2005.

41.
KESSLER, F. H. P.; Leukefeld, C, ; Meyer da S. E. ; Flavio Pechansky ; SURRATT, H. ; INCIARDI, J. . Adaptations of the Thought-Mapping Technique for a preventive intervention. In: 2004 NIDA International Forum-Progress Through Collaboration, 2004, San Juan, Porto Rico. Book of Abstracts, 2004 NIDA International Forum-Progress Through Collaboration, 2004. v. 1. p. 37-38.

42.
KESSLER, F. H. P.; Flavio Pechansky ; Magrinelli, Mylene ; Oliveira, M. . Characteristics of Cocaine use in patients admitted in treatment unit. In: 2004 NIDA International Forum-Progress Through Collaboration, 2004, San Juan, Porto Rico. Book of Abstracts,2004 NIDA International forum-Progress Through Collaboration, 2004. v. 1. p. 70-70.

43.
KESSLER, F. H. P.; Meyer da S. E. ; Flavio Pechansky ; SURRATT, H. ; INCIARDI, J. ; Lísia Von Diemen ; Magrinelli, Mylene ; Martin,S . Desenhando uma intervenção de prevenção do HIV para usuários de Cocaína injetável e crack em Porto Alegre, Brasil. In: XXII Congresso Brasileiro de Psiiquiatria, 2004, Salvador,BA. Revista Brasileira de Psiquiatria, 2004. v. 26. p. 33-33.

44.
KESSLER, F. H. P.; Leukefeld, C, ; Meyer da S. E. ; Flavio Pechansky ; SURRATT, H. ; INCIARDI, J. ; Martin,S ; Lísia Von Diemen . Drug use and HIV - Related Risk Behaviors in a sample of Male Cocaine users of Porto Alegre ,Brazil , Preliminary Findings. In: 2004 NIDA International Forum-Progress Through Collaboration, 2004, San Juan, Porto Rico. Book of Abstracts,2004 NIDA International Forum-Progress Through Collaboration, 2004. v. 1. p. 105-105.

45.
PECHANSKY, F. ; GENRO, V. ; DIEMEN, L. V. ; KESSLER, F. H. P. ; BALDINO, A. C. W. ; SANTOS R ; SOIBELMAN, M. . References to alcohol consumption and alcoholism in medical records of a general hospital of Porto Alegre, Brazil a comparison between samples with a 20-year gap.. In: XV Congresso da Associação Brasileira de Estudos de Álcool e Outras Drogras - O Jovem e as Drogas: Educação, Comunidade e Mídia, 2003, São Paulo. Anais do Congresso, 2003.

46.
KESSLER, F. H. P.; F, P. ; BONI, R. ; BALDINO, A. C. W. ; SONCINI, N. ; PORTELA, L. ; Souza D.O. . Avaliação neuropsiquiátrica e neuroquímica em dependentes crônicos de cocaína.. In: XV Congresso da Associação Brasileira de Estudos de Álcool e Outras Drogras - O Jovem e as Drogas: Educação, Comunidade e Mídia, 2003, São Paulo. Anais do XV Congresso da Associação Brasileira de Estudos de Álcool e Outras Drogras - O Jovem e as Drogas: Educação, Comunidade e Mídia, 2003.

47.
DIEMEN, L. V. ; Flavio Pechansky ; KESSLER, F. H. P. ; DE BONI R ; MAGRINELLI M ; Meyer da S. E. ; Santos, R. . Mapeamento cognitivo em usuários de drogas injetáveis - resultado do projeto piloto.. In: XV Congresso da Associação Brasileira de Estudos de Álcool e Outras Drogras - O Jovem e as Drogas: Educação, Comunidade e Mídia, 2003, São Paulo. Anais do XV Congresso da Associação Brasileira de Estudos de Álcool e Outras Drogras - O Jovem e as Drogas: Educação, Comunidade e Mídia, 2003.

48.
Flavio Pechansky ; METZGER, D. ; KESSLER, F. H. P. ; WOODY, G. E. ; HIRAKATA, V. ; Lima, R. ; DIEMEN, L. V. . Incidência de infecção por HIV entre abusadores de Cocaína em Porto Alegre. In: XX Congresso Brasileiro de Psiquiatria, 2002, Florianópolis,SC. Anais do XX Congresso Brasileiro de Psiquiatria, 2002. v. 24. p. 5-5.

49.
Flavio Pechansky ; Lísia Von Diemen ; WOODY, G. E. ; METZGER, D. ; HIRAKATA, V. ; KESSLER, F. H. P. . Prevalence and Incidence of HIV infection among Brazilian Cocaine abusers. In: NIDA International Forum on Building International Research on Drug Abuse:Treatment Innovations, 2002, Quebec, Canadá. Annals of the NIDA International Forum on Building International Research on Drug Abuse: Treatment Innovations, 2002.

50.
Lísia Von Diemen ; Lima, R. ; KESSLER, F. H. P. ; Flavio Pechansky ; WOODY, G. E. ; METZGER, D. ; HIRAKATA, V. . Incidência de soropositividade para HIV em uma coorte de 138 abusadores de cocaína de Porto Alegre. In: 14º CONGRESSO BRASILEIRO SOBRE ALCOOLISMO, TABAGISMO E OUTRAS DEPENDÊNCIAS, 2001, GRAMADO. Anais do XIV Congresso Brasileiro de Alcoolismo,Tabagismo e Outras Dependências, 2001. p. 41-41.

51.
KESSLER, F. H. P.; Flavio Pechansky ; Lísia Von Diemen ; BONI, R. ; GENRO, V. . Prevalência de soropositividade e presença de sintomas psiquiátricos numa coorte de usuários de cocaína de Porto Alegre. In: XX Semana Científica do hospital de Clínicas de Porto Alegre, 2000, Porto alegre. Anais da 20º semana Científica do Hospital de Clíncias de Porto Alegre, 2000. v. 20. p. 11-11.

52.
KESSLER, F. H. P.; Flavio Pechansky ; METZGER, D. ; WOODY, G. E. ; Soibelman, Mauro ; Lísia Von Diemen . The seroincidence of HIV in a cohort of cocaine users in Porto Alegre, Brazil. In: NIDA FORUM- BUILDING INTERNATIONAL RESEARCH ON DRUG ABUSE-GLOBAL FOCUS ON YOUTH, 1999, ACAPULCO, MÉXICO. NIDA FORUM- BUILDING INTERNATIONAL RESEARCH ON DRUG ABUSE: CONTINUING FOCUS ON CHILDREN AND YOUTH, 1999.

53.
CC, T. ; KESSLER, F. H. P. ; Knijnik, L. ; CP, P. ; LP, P. ; FD, F. ; HCPA, D. F. U. E. . Levantamento Etnofarmacológico sobre o Chá de Manga, Mangifera Indica. In: 13ª Semana Científica do Hospital de Clínicas de Porto Alegre, 1993, Porto Alegre. Anais do Congresso, 1993.

54.
Teixeira, C.C. ; Gastaldo, G.J. ; KESSLER, F. H. P. ; Knijnik, L. ; CP, P. ; LP, P. ; FD, F. ; HCPA, D. F. U. E. . Efeito da Administração do Chá de Manga, Mangifera indica (L.) Sobre a Glicemia Pós-prandial de Ratos Normais.. In: 13ª Semana Científica do Hospital de Clínicas de Porto Alegre, 1993, Porto Alegre. Anais do Congresso, 1993.

55.
CP, P. ; LP, P. ; KESSLER, F. H. P. ; CC, C. ; Paixão, L.Q. ; Fuchs, F.D. ; Teixeira, C.C. ; HCPA, D. F. U. E. . Estudo Etnofarmacológico sobre o uso da Mangifera indica por Pacientes Diabéticos. In: 13ª Semana Científica do Hospital de Clínicas de Porto Alegre, 1993, Porto Alegre. Anais do Congresso, 1993.

56.
Capp, C.C. ; Cunha, S.P.C. ; AG, P. ; CH, K. ; MM, V. ; Buj, M.C. ; KESSLER, F. H. P. ; Aguiar, F.V. ; Pasa, M.B. ; Ferreira, J.P. ; Goldraich, N.P. . Análise Comparativa de Dois Métodos para Estimativa da Superfície Corporal em Lactentes e Pré-Escolares. In: 13ª Semana Científica do Hospital de Clínicas de Porto Alegre, 1993, Porto Alegre. Anais do Congresso, 1993.

57.
Paixão, L.Q. ; LP, P. ; KESSLER, F. H. P. ; CP, P. ; Ceresér, C.C. ; Gastaldo, G.J. ; FD, F. ; Teixeira, C.C. . Avaliação do Efeito Agudo do Chá Preparado com Folhas de Manga, Mangifera indica, no Teste de Tolerância à Glicose em Voluntários Jovens Não-Diabéticos. In: 13ª Semana Científica do Hospital de Clínicas de Porto Alegre, 1993, Porto Alegre. Anais do Congresso, 1993.

Artigos aceitos para publicação
1.
MARIN, A. H. ; PEUKER, A. C. ; Kessler,F.H.P . Sociodemographic characteristics, school performance, pattern of consumption and emotional health as risk factors for alcohol use among adolescents. Temas em Psicologia, 2019.

2.
PACHADO, M. ; DIEMEN, L. V. ; Kessler,F.H.P ; SCHERER, J. N. ; PECHANSKY, F. ; GUIMARÃES, LUCIANO S.P. . Markers for severity of problems in interpersonal relationships of crack cocaine users from a Brazilian multicenter study. PSYCHIATRIC QUARTERLY, 2018.

3.
ORNELL, FELIPE ; DIEMEN, L. V. ; KESSLER, F.H.P. ; PECHASKY, F. ; SCHERER, J. N. ; REBELATTO, F. P. ; TAVARES, A. L. ; VALERIO, A. G. ; SCHUCH, F. B. ; HANSEN, F. . Brain-derived neurotrophic factor in substance use disorders: a systematic review and meta-analysis Drug and Alcohol Dependence. DRUG AND ALCOHOL DEPENDENCE, 2018.

4.
STOLF, A. R. ; CUPERTINO, R. ; MULER, D. ; VIEIRA, B. ; ROMAN, T. ; VITOLA, E. ; GREVET, E. ; DIEMEN, L. V. ; KESSLER, F.H.P. ; GRASSI-OLIVEIRA, R. ; BAU, C. ; ROVARIS, D. L. ; PECHASKY, F. . Effects of DRD2 splicing-regulatory polymorphism and DRD4 48bp VNTR on crack cocaine addiction. JOURNAL OF NEURAL TRANSMISSION, 2018.

5.
HALPERN, S. ; SCHERER, J. N. ; SORDI, A. ; PACHADO, M. ; DALBOSCO, C. ; FARA, L. S. ; PECHASKY, F. ; KESSLER, F.H.P. ; DIEMEN, L. V. . Child maltreatment and illicit substance abuse: a systematic review and meta-analysis of longitudinal studies. Child Abuse Review, 2018.

Apresentações de Trabalho
1.
ORNELL, FELIPE ; HANSEN, F. ; SCHUCH, F. B. ; REBELATTO, F. P. ; TAVARES, A. L. ; SCHERER, J. N. ; VALERIO, A. G. ; PECHANSKY, F. ; KESSLER, F.H.P. ; DIEMEN, L. V. . BRAIN-DERIVED NEUROTROPHIC FACTOR IN SUBSTANCE USE DISORDERS: A SYSTEMATIC REVIEW AND META-ANALYSIS. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

2.
ROGLIO, V. S. ; ROCHA, M. R. ; REBELATTO, F. P. ; SCHERER, J. N. ; KESSLER, F.H.P. . ASSOCIAÇÃO ENTRE COMORBIDADES PSIQUIÁTRICAS E TRAUMAS NA INF NCIA COM TENTATIVA DE SUICÍDIO EM USUÁRIOS DE CRACK. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
ORNELL, FELIPE ; REBELATTO, F. P. ; HANSEN, F. ; SCHUCH, F. B. ; TAVARES, A. L. ; SCHERER, J. N. ; VALERIO, A. G. ; PECHASKY, F. ; KESSLER, F. H. P. ; DIEMEN, L. V. . BDNF como um possível marcador de estado patológico no Transtorno por Uso de Álcool ? Revisão sistemática e meta-análise. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

4.
CALDART, C. A. ; KESSLER, F. H. P. ; IMTHON, A. K. ; MACEDO, M. J. A. ; COSTANZI, M. ; TERRA, M. B. . Perfil psiquiátrico de gestantes usuárias de crack internadas em hospital de referência em Porto Alegre: uma série de sete casos. 2018. (Apresentação de Trabalho/Outra).

5.
TERRA, M. B. ; KESSLER, F.H.P. ; REPPOLD, C. T. ; IMTHON, A. K. ; CALDART, C. ; MACEDO, M. A. ; BECKHAUSER, H. ; CARVALHO, J. F. L. ; LIMA, M. S. . PSYCHOLOGICAL AND PSYCHIATRIC PROFILE OF PREGNANT CRACK USERS ADMITTED TO A TERTIARY REFERRAL HOSPITAL IN PORTO ALEGRE/BRAZIL: A SERIES OF SIX CASES. 2018. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
SCHUCH-GOI, S. B. ; AROCHE, A. ; ROVARIS, D. ; STOLF, A. R. ; ROMAN, T. ; SANVICENTE-VIEIRA, B. ; VITOLA, E. ; GREVET, E. ; PECHANSKY, F. ; KESSLER, F.H.P. ; DIEMEN, L. V. ; GRASSI-OLIVEIRA, R. ; BAU, C. . Influence of nicotinic receptor gene?CHRNA5?on crack cocaine dependence and severity. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

7.
HALPERN, S. ; SCHUCH, F. ; SORDI, A. ; SCHERER, J. N. ; PACHADO, M. ; FARA, L. ; DALBOSCO, C. ; PECHANSKY, F. ; KESSLER, F.H.P. ; DIEMEN, L. V. . Traumatic events in childhood and drug abuse: A systematic review and meta-analysis of longitudinal studies. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

8.
KESSLER, F.H.P.; VERNAGLIA, T. ; SIQUEIRA, M. ; LEITE, T. ; Faller, S. ; PECHANSKY, F. ; SUDBRACK, F. ; CRUZ, M. . Female crack users: High rates of social vulnerability in Brazil. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

9.
ORNELL, FELIPE ; SCHERER, J. N. ; LIGABUE, K. ; DE MAGALHÃES NARVAEZ, JOANA CORREA ; DALBOSCO, C. ; ORNELL, R. ; DOTTA, R. ; TELLES, L. ; PECHANSKY, F. ; DIEMEN, L. V. ; KESSLER, F.H.P. . High rates of incarceration due to drug trafficking in the last decade in Brazil. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

10.
FARA, L. ; SCHERER, J. N. ; ORNELL, FELIPE ; LOSS, V. ; SCHUCH-GOI, S. B. ; FERLIN, B. ; KESSLER, F.H.P. ; PECHANSKY, F. ; DIEMEN, L. V. . High prevalence of HIV in noninjecting drug users in Brazil. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

11.
LIGABUE, K. ; SCHERER, J. N. ; ORNELL, FELIPE ; ASSUNCAO, V. ; ROCHA, M. ; VALERIO, A. G. ; PECHANSKY, F. ; KESSLER, F.H.P. ; DIEMEN, L. V. . Salivary cortisol levels in Brazilian crack cocaine users and early inpatient discharge. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

12.
DE MAGALHÃES NARVAEZ, JOANA CORREA ; ROGLIO, V. ; DUTRA, L. ; PECHANSKY, F. ; KESSLER, F.H.P. . Domestic violence and gender differences related to legal problems among crack users. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

13.
PACHADO, M. ; WILLHELM, A. ; GUIMARAES, L. ; PECHANSKY, F. ; KESSLER, F.H.P. ; ALMEIDA, R. M. M. . Causal pathways between impulsiveness, crack cocaine use consequences and attention- deficit/hyperactivity disorder. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

14.
BERMUDEZ, M. B. ; SCHUCH-GOI, S. B. ; FARA, L. S. ; RECKZIEGEL, R. ; COSTANZI, M. ; FIJTMAN, A. ; KESSLER, F.H.P. ; PECHANSKY, F. ; GAMA, C. S. ; MASSUDA, R. ; DIEMEN, L. V. ; GOI, P. D. . Atrofia Cerebral em Usuários de Crack - Achados Preliminares. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

15.
ORNEL, R. ; HANSEN, F. ; SCHUCH, J. ; SCHERER, J. N. ; ORNELL, FELIPE ; RIBEIRO, B. ; ROGLIO, V. ; KESSLER, F.H.P. ; PECHASKY, F. ; DIEMEN, L. V. . PREVALÊNCIA DE HEPATITE C E COINFECÇÃO POR HIV EM USUÁRIOS DE CRACK INTERNADOS EM UMA UNIDADE DE ADIÇÃO. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

16.
TELLES, Y. M. ; PACHADO, M. ; WILLHELM, A. ; KESSLER, F.H.P. ; ALMEIDA, R. M. M. . A Terapia Cognitivo-Comportamental no Tratamento do Transtorno por Uso de Cannabis. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

17.
TELLES, Y. M. ; PACHADO, M. ; WILLHELM, A. ; KESSLER, F. H. P. ; ALMEIDA, R. M. M. . A Terapia Cognitivo-Comportamental no Tratamento do Transtorno por Uso de Cannabis. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

18.
TELLES, Y. M. ; PACHADO, M. ; WILLHELM, A. ; KESSLER, F.H.P. ; ALMEIDA, R. M. M. . A Terapia Cognitivo-Comportamental no Tratamento do Transtorno por Uso de Cannabis. 2017. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

19.
VOLPATTO, V. L. ; DE MAGALHÃES NARVAEZ, JOANA CORREA ; PACHADO, M. ; SCHERER, J. N. ; ROGLIO, V. S. ; ORNELL, FELIPE ; FARA, L. S. ; DIEMEN, L. V. ; KESSLER, F.H.P. ; PECHANSKY, F. . VIVÊNCIAS TRAUMÁTICAS E RELAÇÕES SOCIAIS DISFUNCIONAIS DE USUÁRIOS DE CRACK. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

20.
ORNEL, R. ; MARCH, N. ; SCHERER, J. N. ; FARA, L. S. ; REMY, L. ; REIS, M. ; ZAMBONI, A. ; PAIM, M. ; FIORENTIN, T. R. ; WAYH, ; Lísia Von Diemen ; KESSLER, F.H.P. ; PECHASKY, F. ; LIMBERGER, R. . Aspectos clínicos associados ao uso de NBOMES: Revisão sistemática. 2017. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

21.
ORNELL, FELIPE ; SCHERER, J. N. ; ROSSI, G. L. S. ; DE MAGALHÃES NARVAEZ, JOANA CORREA ; LIGABUE, K. ; HALPERN, S. ; ROGLIO, V. S. ; PECHANSKY, F. ; KESSLER, FH ; DIEMEN, L. V. . GRAVIDADE DOS PROBLEMAS PSICOSSOCIAIS EM USUÁRIOS DE CRACK COM TRANSTORNO DE ANSIEDADE SOCIAL. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

22.
ROMAN, T. ; STOLF, A. R. ; SCHUCH, J. ; MULER, D. ; AKUCATAGAVA, G. ; SZOBOT, C. M. ; PECHANSKY, F. ; KESSLER, F.H.P. . No association between crack cocaine addiction and COMT Val/Met polyNo association between crack cocaine addiction and COMT Val/Met polymorphismmorphism. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

23.
SCHUCH, S. ; GOI, P. ; MASSUDA, R. ; BERMUDEZ, M. ; FARA, L. ; KESSLER, F.H.P. ; DIEMEN, L. V. ; GAMA, C. ; PECHANSKY, F. . Accumbens volumes are reduced among crack cocaine users. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

24.
STOLF, A. R. ; SCHUCH, J. B. ; MULER, D. ; AKUCATAGAVA, G. ; SZOBOT, C. M. ; PECHANSKY, F. ; KESSLER, F.H.P. ; ROMAN, T. . Role of the dopaminergic system on crack cocaine addiction: DRD2 and DRD4 genes, individual and interaction effects. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

25.
ORNELL, FELIPE ; SCHERER, J. N. ; HALPERN, S. ; DE MAGALHÃES NARVAEZ, JOANA CORREA ; ROGLIO, V. ; PECHANSKY, F. ; KESSLER, F.H.P. ; DIEMEN, L. V. . High prevalence of physical and sexual abuse among socially vulnerable women crack users in Brazil. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

26.
PACHADO, M. ; SCHERER, J. N. ; MARCH, N. ; ALMEIDA, R. ; PECHANSKY, F. ; KESSLER, F.H.P. . Crack cocaine users with high family/social problems show more psychiatric symptoms and violent behavior. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

27.
SCHERER, J. N. ; SILVESTRIN, R. ; ORNELL, FELIPE ; SOUSA, T. R. V. ; DIEMEN, L. V. ; KESSLER, F.H.P. ; PECHANSKY, F. . High prevalence of driving under the influence, and legal and psychiatric problems, among crack cocaine drivers. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

28.
SCHWANCK, L. ; SCHERER, J. N. ; ORNELL, FELIPE ; SILVESTRIN, R. ; DE MAGALHÃES NARVAEZ, JOANA CORREA ; KESSLER, F. H. P. ; PECHANSKY, F. ; DIEMEN, L. V. . High prevalence of suicide risk and brain-derived beurotrophic factor serum levels in crack cocaine users during early abstinence. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

29.
STOLF, A. R. ; SCHUCH, J. B. ; MULER, D. ; AKUCATAGAVA, G. ; SZOBOT, C. M. ; PECHANSKY, F. ; KESSLER, F.H.P. ; ROMAN, T. . The role of dopaminergic system on crack-cocaine addiction: DRD2 and DRD4 genes and their individual and interaction effects. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

30.
ROMAN, T. ; STOLF, A. R. ; SCHUCH, J. ; MULER, D. ; AKUCATAGAVA, G. ; SZOBOT, C. ; PECHASKY, F. ; KESSLER, F.H.P. . No association between crack cocaine addiction and COMT Val/Met polyNo association between crack cocaine addiction and COMT Val/Met polymorphismmorphism. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

31.
LAITANO, H. ; KESSLER, F. H. P. ; HARTMANN, T. ; SOUZA FILHO, P. T. ; ELY, A. . Relationship between anger and psychoactive substance use: A systematic review. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

32.
TELLES, Y. M. ; SCHERER, J. N. ; VALADARES, M. M. R. F. ; VALADARES, L. R. ; ORNELL, FELIPE ; HALPERN, S. ; KESSLER, F.H.P. . Prevalência do consumo de substâncias psicoativas em jovens infratores. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

33.
REBELATTO, F. P. ; SCHERER, J. N. ; ORNELL, FELIPE ; ROGLIO ; SILVESTRIN¹, R. B. ; MAGALHÃES NARVAEZ, JOANA CORREA ; SORDI, A. ; DIEMEN, L. V. ; KESSLER, F.H.P. ; PECHANSKY, F. . Pais abusivos, mães negligentes: estilos parentais entre usuários de crack/cocaína e álcool de uma unidade de internação. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

34.
MARCH, N. ; PACHADO, M. ; PECHANSKY, F. ; VALERIO, A. G. ; HALPERN, S. ; FARA, L. S. ; KESSLER, F.H.P. . Usuários de crack com histórico de exposição à violência apresentam maior gravidade em ampla gama de domínios da vida.. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

35.
MARCH, N. ; PACHADO, M. ; PECHANSKY, F. ; VALERIO, A. G. ; HALPERN, S. ; FARA, L. S. ; KESSLER, F.H.P. . Usuários de crack com histórico de exposição à violência apresentam maior gravidade em ampla gama de domínios da vida. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

36.
MARCH, N. ; PACHADO, M. ; PECHANSKY, F. ; VALERIO, A. G. ; HALPERN, S. ; FARA, L. S. ; KESSLER, F.H.P. . Usuários de crack com histórico de exposição à violência apresentam maior gravidade em ampla gama de domínios da vida. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

37.
LIGABUE, K. ; ORNELL, FELIPE ; SCHERER, J. N. ; ASSUNCAO, V. ; VALERIO, A. G. ; PECHANSKY, F. ; KESSLER, F.H.P. ; DIEMEN, L. V. . Correlação entre os níveis de cortisol salivar e alta precoce em dependentes de crack internados em um hospital público especializado. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

38.
LIGABUE, K. ; ORNELL, FELIPE ; SCHERER, J. N. ; ASSUNCAO, V. ; VALERIO, A. G. ; PECHANSKY, F. ; KESSLER, F.H.P. ; DIEMEN, L. V. . Correlação entre os níveis de cortisol salivar e alta precoce em dependentes de crack internados em um hospital público especializado. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

39.
LIGABUE, K. ; ORNELL, FELIPE ; SCHERER, J. N. ; ASSUNCAO, V. ; VALERIO, A. G. ; PECHANSKY, F. ; KESSLER, F.H.P. ; DIEMEN, L. V. . Correlação entre os níveis de cortisol salivar e alta precoce em dependentes de crack internados em um hospital público especializado. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

40.
TELLES, Y. M. ; KESSLER, F.H.P. . Prevalência do consumo de substâncias psicoativas em jovens infratores. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

41.
VOLPATO, V. L. ; DE MAGALHÃES NARVAEZ, JOANA CORREA ; PACHADO, M. ; ROGLIO, V. S. ; ORNELL, FELIPE ; SCHERER, J. N. ; SILVESTRIN¹, R. B. ; SORDI, A. ; KESSLER, F.H.P. ; Lísia Von Diemen ; PECHANSKY, F. . Associação entre trauma precoce e idade do primeiro uso de substâncias psicoativas. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

42.
ORNELL, FELIPE ; SCHERER, J. N. ; SABBAG, G. M. ; DE MAGALHÃES NARVAEZ, JOANA CORREA ; DOTTA, R. M. ; KESSLER, F.H.P. ; DIEMEN, L. V. . CRESCIMENTO NO ÍNDICE DE ENCARCERAMENTOS POR TRÁFICO DE DROGAS NO RIO GRANDE DO SUL COM AUMENTO EXPRESSIVO DA INCIDÊNCIA ENTRE MULHERES. 2016. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

43.
GOI, S. ; GOI, P. ; FARA, L. S. ; KESSLER, F.H.P. ; DIEMEN, L. V. ; GAMA, C. ; PECHANSKY, F. . Redução Volumétrica no Núcleo Accumbens em Usuários de Crack. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

44.
GOI, S. ; MASSUDA, R. ; BERMUDEZ, M. ; KESSLER, F.H.P. ; DIEMEN, L. V. ; GAMA, C. ; PECHANSKY, F. . Evidências Preliminares das Modificações Corticais Associadas ao Uso de Crack. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

45.
ZANINI, A. M. ; VALERIO, A. G. ; WELLAUSEN, R. S. ; KESSLER, F. H. P. ; TRENTINI, C. M. . THE PERSONALITY OF PSYCHOACTIVE SUBSTANCES USERS ACCORDING TO THE ALTERNATIVE DSM-5 MODEL FOR PERSONALITY DISORDERS - PRELIMINARY DATA. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

46.
ZANINI, A. M. ; VALERIO, A. G. ; WELLAUSEN, R. S. ; KESSLER, F. H. P. ; TRENTINI, C. M. . AUTOESTIMA E ESPERANÇA EM USUÁRIOS DE COCAÍNA/CRACK INTERNADOS EM UM HOSPITAL PÚBLICO- RESULTADOS PRELIMINARES. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

47.
CZERMAINSKI, F. R. ; ALMEIDA, R. M. ; DIEMEN, L. V. ; KESSLER, F. H. P. . Avaliação das funções executivas em usuários de crack, alcoolistas e controles através da Behavioural Assessment of Dysexecutive Syndrome ? BADS. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

48.
CZERMAINSKI, F. R. ; ALMEIDA, R. M. ; DIEMEN, L. V. ; KESSLER, F. H. P. . Indicadores de adesão ao tratamento em usuários de crack e alcoolistas. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

49.
KESSLER, F. H. P.. Psychometric properties of the sixth version of the Addiction Severity Index (ASI-6) in Brazil. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

50.
ROCIO, D. X. ; ZANINI, A. M. ; VALERIO, A. G. ; WELLAUSEN, R. S. ; KESSLER, F. H. P. ; TRENTINI, C. M. . Autoestima e esperanças em homens usuários de álcool internados em unidade especializada : Dados preliminares. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

51.
PEUKER, A. C. ; WEYDMANN, G. J. ; MAZZON, M. D. ; RECH, B. E. ; BIZARRO, L. ; KESSLER, F. H. P. ; PECHANSKY, F. . Influências do tratamento no viés atencional de usuários de crack: Um estudo empírico. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

52.
PEUKER, A. C. ; WEYDMANN, G. J. ; MAZZON, M. D. ; RECH, B. E. ; BIZARRO, L. ; KESSLER, F. H. P. ; PECHANSKY, F. . Influências do tratamento no viés atencional de usuários de crack: Um estudo empírico. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

53.
REBELATTO, F. P. ; SCHERER, J. N. ; ORNELL, FELIPE ; DE MAGALHÃES NARVAEZ, JOANA CORREA ; KESSLER, F. H. P. ; PECHASKY, F. . oAgravamentodeindicativosdetraumaemusuáriosdecrackecocaínaapósoinício doconsumodadroga. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

54.
ORNELL, FELIPE ; SCHERER, J. N. ; MAGALHÃES NARVAEZ, JOANA CORREA ; KESSLER, F. H. P. ; DIEMEN, L. V. ; PECHANSKY, F. . Associação entre abuso sexual infantil e a variação nos níveis de BNDF durantea abstinência inicial em usuários de crack. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

55.
FARA, S. L. ; ORNELL, FELIPE ; SCHERER, J. N. ; MAGALHÃES NARVAEZ, JOANA CORREA ; PECHANSKY, F. ; KESSLER, F. H. P. ; DIEMEN, L. V. . Comorbidades psiqquiátricas e dependência química associação entre transtornos de ansiedade e a alteração nos níveis séricos de BNDF durante a abstinência inicial em usuários de crack. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

56.
SCHERER, J. N. ; ORNELL, FELIPE ; MARCH, N. ; PECHANSKY, F. ; KESSLER, F. H. P. ; REMY, L. . Consumo de substâncias psicoativas em usuários de club drugs e a suaassociação com sintomas de ansiedade. 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

57.
SCHERER, J. N. ; HALPERN, S. ; ORNELL, FELIPE ; KESSLER, F. H. P. ; DIEMEN, L. V. . Diferenças de gênero quanto à gravidade do uso de drogas numa amostra de usuários de crack em seis capitais brasileiras. 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

58.
REBELATTO, F. P. ; SCHERER, J. N. ; FARA, L. S. ; DE MAGALHÃES NARVAEZ, JOANA CORREA ; KESSLER, F. H. P. ; PECHANSKY, F. . Agravamento de indicativos de trauma em usuários de crack e cocaína após o início do consumo da droga. 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

59.
ORNELL, FELIPE ; SCHERER, J. N. ; SILVESTRIN¹, R. B. ; SORDI, A. ; FARA, L. S. ; PECHANSKY, F. ; KESSLER, F. H. P. ; DIEMEN, L. V. . A prevalência do HIV e HCV em usuários de crack internados em uma unidade de tratamento para dependência química na cidade de Porto Alegre-RS. 2015. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

60.
SORDI, ANNE ORGLE ; Pechansky, Flavio ; KESSLER, FELIX HENRIQUE PAIM ; DIEMEN, L. V. . Oxidative Stress, BNDF and Severity of Crack Cocaine use in Early Withdrawal.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

61.
DIEMEN, L. V. ; KAPCZINSKI, FLAVIO ; SORDI, ANNE ORGLE ; KESSLER, FELIX HENRIQUE PAIM ; MAGALHÃES NARVAEZ, JOANA CORREA ; Pechansky, Flavio . BNDF Levels of Crack Users are Associated with Clinical Outcome During Inpatient Treatment. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

62.
PEDROSO, R. S. ; ZANETELLO, L. B. ; MAZZOM, M. ; GONCALVES, V. ; ROSA, R.L. ; PIANCA, T. G. ; GUIMARAES, L. S. ; PETTENON, M. ; KESSLER, FELIX HENRIQUE PAIM ; Pechansky, Flavio . High Rates of Relapse in Adolescent Crack Users After Inpatient Clinic Discharge.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

63.
PETTENON, M. ; GUIMARÃES, LUCIANO SANTOS PINTO ; PEDROSO, R. S. ; WOODY, G. E. ; Pechansky, Flavio ; KESSLER, FELIX HENRIQUE PAIM . Careless and Overprotective Fathers are Associated with Antisocial Crack Users.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

64.
Faller, Sibele ; STOLF, A. R. ; Pechansky, Flavio ; KESSLER, FELIX HENRIQUE PAIM . Crack Cocaine Users Show Low Adherence Rates in Brazilian Public Outpatient Treatment.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

65.
SCHERER, J. N. ; Lísia Von Diemen ; SORDI, ANNE ORGLE ; KESSLER, FELIX HENRIQUE PAIM ; MAGALHÃES NARVAEZ, JOANA CORREA ; Pechansky, Flavio . Características Demográficas e Diagnósticos Psiquiátricos em Usuários de Crack e Controles.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

66.
PACHADO, M. ; ORNELL, FELIPE ; SCHERER, J. N. ; MANZKE, V. ; Lísia Von Diemen ; KAPCZINSKI, FLAVIO ; SORDI, ANNE ORGLE ; KESSLER, FELIX HENRIQUE PAIM ; Flavio Pechansky . Associação entre os Níveis Séricos de BNDF e a Evolução Clínicas de Usuários de Crack Durante o Tratamento de Internação.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

67.
ROMAN, T. ; STOLF, A. R. ; AKUCATAGAVA, G. ; MULLER, M. D. ; SCHUCH, J. B. ; GUIMARAES, L. S. ; Pechansky, Flavio ; KESSLER, F. H. P. . No Association Between Crack Cocaine Dependence and Dopamine D2 Receptor Gene in Brazil.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

68.
STOLF, A. R. ; AKUCATAGAVA, G. ; MULLER, M. D. ; GUIMARAES, L. S. ; Pechansky, Flavio ; KESSLER, F. H. P. . Crack Cocaine User Show Differences in Genotype Frenquences of the Dopamine Transporter Gene.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

69.
ROMAN, T. ; STOLF, A. R. ; AKUCATAGAVA, G. ; MULLER, M. D. ; SCHUCH, J. B. ; GUIMARAES, L. S. ; Pechansky, Flavio ; KESSLER, F. H. P. . No Association Between Crack Cocaine Dependence and Functional Intronic Polymorphism at Dopamine D2 Receptor Gene. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

70.
STOLF, A. R. ; AKUCATAGAVA, G. ; MULLER, M. D. ; GUIMARAES, L. S. ; ROMAN, T. ; Pechansky, Flavio ; KESSLER, F. H. P. . Crack Cocaine Users Show Differences in Genotype Frenquences of the Dopamine Transporter Gene.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

71.
PEDROSO, R. S. ; GONCALVES, V. ; GUIMARAES, L. S. ; ROSA, R.L. ; PETTENON, M. ; KESSLER, F. H. P. ; Pechansky, Flavio . Trajectory of Treatment Hospitalization and Relapse of Crack Users.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

72.
PIANCA, T. G. ; SZOBOT, C. M. ; ROSA, R.L. ; FERRONATTO, P. ; JENSEN, M. ; LAZZARI, P. ; BEGNIS, A. ; HALPERN, R. .. ; AGUIAR, B. W. ; CERESER, K. ; KESSLER, F. H. P. ; KAPCZINSKI, F. ; Pechansky, Flavio ; ROHDE, L. A. P. . Variation of Serum BDND Levels in Adolescent Crack-Cocaine Abusers after 20 Days Abstinence. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

73.
BOZETTI, M. ; KESSLER, F. H. P. ; HILGERT, J. ; Pechansky, Flavio . User Satisfaction with Health Care Pprovided for Alcohol and Drug Dependency in Brazil. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

74.
KESSLER, F. H. P.; HILGERT, J. ; BOZETTI, M. ; Pechansky, Flavio . Alcohol and Psycoactive Substances Abuse in Brazil: A Cross-sectional Study.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

75.
PEDROSO, R. S. ; GUIMARAES, L. S. ; PETTENON, M. ; KESSLER, F. H. P. ; Pechansky, Flavio . The Crack Use Relapse Scale (CURS): Development and Psychometric Validation.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

76.
MARCHI, N. ; Pechansky, Flavio ; KESSLER, F. H. P. ; GUIMARAES, L. S. ; RAUPP, L. ; BARROS, X. M. T. ; Faller, Sibele . Crack Use and Psychiatric Comorbidity: Preliminary Results in an Outpatient Setting in Brazil.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

77.
PETTENON, M. ; GUIMARAES, L. ; ROSA, R.L. ; CASTRO, M. N. ; PEDROSO, R. S. ; F, P. ; KESSLER, F. H. P. . Percepção de Cuidados Parentais de Usuários de Crack com e sem Transtorno de Personalidade Antissocial.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

78.
SCHMITZ, A. R. ; GUIMARÃES, LUCIANO SANTOS PINTO ; GOLDIM, J. R. ; LOPES, F. M. ; KESSLER, F. H. P. ; SOUSA, T. R. V. ; GONCALVES, V. ; Pechansky, Flavio . Fatores Associados à Reincidência de Infrações de Trânsito por Alcoolemia no Sul do Brasil.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

79.
SORDI, A. ; DIEMEN, L. V. ; KESSLER, FELIX HENRIQUE PAIM ; HAUCK, S. ; Pechansky, Flavio . Estresse Oxidativo e BNDF como Possíveis Marcadores da Gravidade do Uso de Crack Durante a Abstinência Precoce.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

80.
ROSA, M. A. C. ; GOMES, C. M. A. ; KESSLER, FELIX HENRIQUE PAIM ; Ferreira, Eliane ; Pechansky, Flavio . Sugar Dependence: Association with Psychiatric Disorders, Gender and Obesity.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

81.
PEDROSO, R. S. ; KESSLER, F. H. P. ; F, P. . Barriers for treatment leading to relapse after discharge: A qualitative study with male and female inpatient crack users.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).

82.
PEDROSO, R. S. ; PETTENON, M. ; ZABALA, F. J. ; KESSLER, F. H. P. ; F, P. . Development and Validation of the Relapse of Crack Users Scale.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).

83.
MOURA, H. ; Benzano, D. ; KESSLER, F. H. P. ; F, P. . Crack and Cocaine Users Show More Sexual Risk Behavior and Family Problems than Alcohol and Other Drug Users.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).

84.
PEUKER, A. C. ; KESSLER, F. H. P. ; Faller, S. ; Pechansky, Flavio ; Bandeira, D. . Development of a crack dependence severity scale: First psychometric evaluation. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

85.
PETTENON, M. ; GUIMARAES, L. ; PEDROSO, R. S. ; KESSLER, F. H. P. ; HAUCK, S. ; PECHANSKY, F. . Usuários de Crack Percebem suas Mães Negligentes e seus Pais Controladores Comparados com Não Usuários.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

86.
PETTENON, M. ; KESSLER, F. H. P. ; GUIMARAES, L. ; PEDROSO, R. S. ; HAUCK, S. ; Pechansky, Flavio . Análise Fatorial Confirmatória do Parental Bonding Instrument em Usuários de Crack.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).

87.
JAEGER, M. B. ; PASA, G. ; DRIEMERIER, F. ; CUNHA, G. ; DUARTE, P.C.A.V. ; KESSLER, F. H. P. ; Pechansky, Flavio . Social and Family Relationships of Postpartum Women Crack Users Ascertained Through the Addiction Severity Index-6?Preliminary Data. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).

88.
JAEGER, M. B. ; DRIEMERIER, F. ; PASA, G. ; BOCCHESE, G. ; KESSLER, F. H. P. ; Pechansky, Flavio . Psychosocial Situation of Puerperal Crack Users Ascertained Through the ASI-6. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

89.
DARTORA, F. ; CUNHA, G. ; DRIEMERIER, F. ; MARDINI, V. ; LIGABUE, K. ; GOMES, D. ; DREYER, J. ; CAMPOS, C. ; PEUKER, A. C. ; KESSLER, F. H. P. ; Flavio Pechansky ; ZAVASCHI, M. L. S. . Intervenção Terapêutica em Gestantes Usuárias de Crack e outras Drogas.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).

90.
KESSLER, F. H. P.; TERRA, M. ; Faller, S. ; STOLF, A. R. ; HOLMER, B. P. ; PEUKEN, A. ; Benzano, D. ; F, P. . Usuários de crack brasileiros que procuram tratamento apresentam alta prevalência de trastorno de personalidade antissocial e baixas taxas de uso de álcool.. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).

91.
KESSLER, F. H. P.; MOURA, H. ; STOLF, A. R. ; Faller, S. ; HOLMER, B. P. ; Benzano, D. ; SZOBOT, C. ; DIEMEN, L. V. ; SANTOS, M. ; F, P. . Maior comorbidade psiquiátrica e gravidade de problemas entre usuários de drogas com sintomas de ADHD.. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).

92.
SORDI, A. ; KREISCHE, F. ; F, P. ; KESSLER, F. H. P. . Qualidade de vida em usuários de crack, cocaína e outras substâncias psicoativas que buscam tratamento em 4 capitais brasileiras.. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).

93.
PETTENON, M. ; CUBAS, F. ; Benzano, D. ; SANTOS, S. ; KESSLER, F. H. P. ; F, P. . Perfil do uso de álcool e outras drogas e de pacientes internados para tratamento de dependência química em Porto Alegre.. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).

94.
KESSLER, F. H. P.; TERRA, M. ; Faller, S. ; STOLF, A. R. ; PEUKEN, A. ; Benzano, D. ; F, P. . Usuários Brasileiros de Crack que Procuram Traamento Mostram Alta Porcentagem de Transtorno de Personalidade Anti-Social, mas pouco Consumo de Álcool.. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).

95.
KESSLER, F. H. P.; Faller, S. ; STOLF, A. R. ; Benzano, D. ; TERRA, M. ; PEUKEN, A. ; F, P. . Usuários brasileiros de crack que procuram tratamento mostram alta porcentagem de transtorno de personalidade anti-social, mas pouco consumo de álcool.. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

96.
KESSLER, F. H. P.; Lima, Ana Flávia ; SZOBOT, C. M. ; BARCELLOS, A. P. ; F, P. ; SOIBELMAN, M. . Descrição de Comportamentos Sexuais de uma Amostra de Usuários de Drogas Injetáveis, que Procuram Tratamento em Porto Alegre.. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).

97.
ROSA, M. A. C. ; GOMES, C. M. A. ; SLAVUTZKY, S. M. B. ; KESSLER, F. H. P. ; FERREIRA, E. ; PECHANSKY, F. . Validation of a questionnaire for sugar addiction.. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

98.
KESSLER, F. H. P.; STOLF, A. R. ; HANKE, A. C. ; NS, R. ; Faller, S. ; Benzano, D. ; F, P. . Propriedades Psicométricas do WHOQOL-BREF em Alcoolistas através do Modelo de Rasch. 2009. (Apresentação de Trabalho/Outra).

99.
KESSLER, F. H. P.; MOURA, H. ; STOLF, A. R. ; Faller, S. ; Benzano, D. ; SZOBOT, C. ; DIEMEN, L. V. ; SANTOS, M. ; F, P. . Maior Comorbidde Psiquátrica e Gravidade de Problemas entre Usuários de Drogas com Sintomas de ADHD. 2009. (Apresentação de Trabalho/Outra).

100.
KESSLER, F. H. P.; Faller, S. ; STOLF, A. R. ; CACCIOLA, J. ; HANKE, A. C. ; Benzano, D. ; DENI, C. ; F, P. . Validação Transcultural Multicêntrica da Sexta Versão do Addiction Severity Index (AS16) para o Brasil. 2009. (Apresentação de Trabalho/Outra).

101.
KESSLER, F. H. P.; MOURA, H. ; STOLF, A. R. ; Faller, S. ; Benzano, D. ; SZOBOT, C. ; DIEMEN, L. V. ; SANTOS, M. ; PECHANSKY, F. . Maior comorbidade psiquiátrica e gravidade de problemas entre usuários e drogas com sintomas de ADHD.. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

102.
Faller, S. ; KESSLER, F. H. P. ; NS, R. ; Benzano, D. ; SANTOS, M. ; PECHANSKY, F. . Quality life and severity of problems related to alcohol misuse.. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

103.
KESSLER, F. H. P.; STOLF, A. R. ; HANKE, A. C. ; NS, R. ; Faller, S. ; Benzano, D. ; PECHANSKY, F. . Propriedades psicométricas do WHOQOL-BREF em alcoolistas através do modelo de Rasch.. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

104.
KESSLER, F. H. P.; Faller, S. ; STOLF, A. R. ; HANKE, A. C. ; CACCIOLA, J. ; DENI, C. ; Bumaguin,D ; PECHANSKY, F. . Validação transcultural multicêntrica da sexta versão do Addiction Severity Index (ASI6).. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

105.
KESSLER, F. H. P.; Faller, S. ; STOLF, A. R. ; Benzano, D. ; MOURA, H. ; SZOBOT, C. ; DIEMEN, L. V. ; SANTOS, M. ; PECHANSKY, F. . Maior comorbidade psiquiátrica e gravidade de problemas entre usuários de drogas com sintomas de TDAH.. 2009. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

106.
KESSLER, F. H. P.; STOLF, A. R. ; HANKE, A. C. ; NS, R. ; Faller, S. ; Benzano, D. ; PECHANSKY, F. . Propriedades psicométricas do WHOQOL-BREF em alcoolistas através do modelo de Rasch.. 2009. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

107.
KESSLER, F. H. P.; Faller, S. ; STOLF, A. R. ; NS, R. ; LIMA, A. F. ; Benzano, D. ; Flavio Pechansky . Qualidade de vida e gravidade de problemas relacionados ao abuso de álcool.. 2009. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

108.
KESSLER, F. H. P.; STOLF, A. R. ; Faller, S. ; FORMIGONI, M. L. ; CABUS, E. ; Silvia Brasiliano ; CRUZ, M.S. ; HANKE, A. C. ; DENI, C. ; CACCIOLA, J. ; Flavio Pechansky . Validação multicêntrica transcultural da 6ª versão de Addiction Severity Index (ASI6) para o Brasil.. 2009. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

109.
HANKE, A. C. ; KESSLER, F. H. P. ; NS, R. ; Faller, S. ; Benzano, D. ; F, P. . Qualidade de vida e gravidade de problemas relacionados ao abuso de álcool.. 2008. (Apresentação de Trabalho/Outra).

110.
HANKE, A. C. ; KESSLER, F. H. P. ; NS, R. ; Faller, S. ; Benzano, D. ; F, P. . Propriedades psicométricas do WHOQOL-BREF em Alcoolistas através do modelo de Rasch.. 2008. (Apresentação de Trabalho/Outra).

111.
KESSLER, F. H. P.; HANKE, A. C. ; Faller, S. ; FORMIGONI, M. L. ; Silvia Brasiliano ; CRUZ, M.S. ; CABUS, E. ; Benzano, D. ; F, P. . Resultados da validação transcultural e multicêntrica da sexta versão da Escala de Gravidade de Dependência (ASI6) para o Brasil. 2008. (Apresentação de Trabalho/Outra).

112.
ROSA, M. A. C. ; GOMES, C. M. A. ; KESSLER, F. H. P. ; SLAVUTZKY, S. M. B. ; F, P. . Validação de um Questionário para Avaliação de Dependência de Açúcares Extrínsecos Não Lácticos. 2008. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

113.
KESSLER, F. H. P.; Flavio Pechansky ; GOLIN, A. L. ; GIGLIO, L. ; FORMIGONI, M. L. ; S.CRUZ, M. ; CABUS, E. ; Silvia Brasiliano . Validação Transcultural do Addiction Severity Index(ASI6)-Perfil Amostral Preliminar. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

114.
F, P. ; KESSLER, F. H. P. ; DIEMEN, L. V. ; Bumaguin,D ; SURRATT, H. ; INCIARDI, J. . Brazilian female crack users show high serum Aluminium levels. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

115.
KESSLER, F. H. P.; F, P. ; DIEMEN, L. V. ; etal . Transcultural adaptation of the 6th version of the ASI for Brazil. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

116.
Meyer da S. E. ; Leukefeld, C, ; INCIARDI, J. ; SURRATT, H. ; PECHANSKY, F. ; KESSLER, F. H. P. ; MAGRINELLI M ; DIEMEN, L. V. ; Martin,S . Desenhando uma intervenção de prevenção ao HIV para usuáios de cocaína injetável e crack em Porto Alegre. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

117.
F, P. ; KESSLER, F. H. P. . The Brazilian experience with the ASI - Where are we right now?. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

118.
KESSLER, F. H. P.; F, P. ; DIEMEN, L. V. ; Bumaguin,D ; INCIARDI, J. ; SURRATT, H. ; Martin,S . Sexually-transmitted diseases in poor female crack users of Porto Alegre, Brazil. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

119.
KESSLER, F. H. P.. Alcoolismo e Qualidade de Vida. 2003. (Apresentação de Trabalho/Outra).

120.
KESSLER, F. H. P.. Programa de Educação Médica Continuada. 2002. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

121.
KESSLER, F. H. P.. Comorbidade em Dependência Química. 2002. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

122.
KESSLER, F. H. P.. Políticas Públicas relacionadas ao Álcool. 2002. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

123.
KESSLER, F. H. P.. Médico dependente químico. 2002. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

124.
PECHANSKY, F. ; BALDINO, A. C. W. ; KESSLER, F. H. P. ; BRANDAO, I. ; PEDUZZI, M. ; SAIBRO, P. ; BONI, R. ; HALPERN, S. ; GENRO, V. ; MELO, W. . Avaliação das referências ao consumo de álcool em prontuários de um hospital geral de Porto Alegre - uma comparação entre amostras. 2002. (Apresentação de Trabalho/Outra).

125.
BALDINO, A. C. W. ; BONI, R. ; GENRO, V. ; MELO, W. ; DIEMEN, L. V. ; SONCINI, N. ; KESSLER, F. H. P. ; PECHANSKY, F. . Desempenho cognitivo de usuários de cocaína comparados com controles. 2002. (Apresentação de Trabalho/Outra).

126.
KESSLER, F. H. P.. Fobia Social e transtorno do pânico em pacientes dependentes de substâncias psicoativas hospitalizados. 2002. (Apresentação de Trabalho/Outra).

127.
KESSLER, F. H. P.. Desenhos animados e uso de dependência química. 2002. (Apresentação de Trabalho/Outra).

128.
KESSLER, F. H. P.. Incidência de soropositividade para HIV em uma coorte de 138 abusadores de cocaína em Porto Alegre. 2001. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

129.
KESSLER, F. H. P.. Tratamentos farmacológicos da dependência química. 2001. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

130.
KESSLER, F. H. P.. Programa de educação Médica Continuada. 2001. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

131.
Faller, S. ; PIETA, M. A. ; Port, F ; GIGLIO, L. ; F, P. ; KESSLER, F. H. P. . Validação Transucltural da 6ª versão da escala de gravidade de dependência(ASI) no Brasil. 2000. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

132.
SCHESTATSKY, S. ; KOHLRAUSCH, E. ; SHIBA, A. S. ; ZIMMERMAN, H. H. ; KERBER, S. R. ; KESSLER, F. H. P. ; FERREIRA, E. . Grupo do Lítio- Programa de atendimento à doença afetiva Bipolar, organização e funcionamento. 1996. (Apresentação de Trabalho/Outra).

133.
CC, C. ; SPC, C. ; AG, P. ; CH, K. ; MM, V. ; MC, B. ; KESSLER, F. H. P. ; FV, A. ; MB, P. ; JP, F. ; NP, G. . Análise comparativa de dois métodos para estimativa da superfície corporal em lactentes e pré-escolares. 1994. (Apresentação de Trabalho/Outra).

Outras produções bibliográficas
1.
KESSLER, F.H.P.; MARCH, N. . A FALÁCIA DA LEGALIZAÇÃO DA MACONHA. REVISTAE, 2017 (Artigo).

2.
Faller, Sibele ; PEUKER, A. C. ; RAUPP, L. ; CARVALHO, L. ; BARROS, X. M. T. ; KESSLER, F. H. P. ; Pechansky, Flavio . Manual de Aplicação do Gerenciamento de Casos Orientado para Usuários de Crack em Tratamento em CAPsad. 2013 (Artigo).

3.
KESSLER, F. H. P.. Cannabis e Saúde Mental - Uma Revisão sobre a Droga de Abuso e o Medicamento. São Paulo: Revista Brasileira de Psiquiatria, 2009 (Comentário Livro).

4.
KESSLER, F. H. P.; Flavio Pechansky ; LEVY, R. . É obrigatório consumir- a adição ao consumo na atualidade. Porto Alegre: Centro de Estudos Luis Guedes, 2006 (Artigo).

5.
F, P. ; WOODY, G. E. ; Benzano, D. ; DIEMEN, L. V. ; KESSLER, F. H. P. . Soroprevalência do HIV em usuários de drogas do Sul do Brasil:uma análise das variáveis selecionadas baseada em 10 anos de coleta de dados. Brasília: Secretaria Nacional Antidrogas, 2005 (Artigo).

6.
BONI, R. ; F, P. ; KESSLER, F. H. P. ; DIEMEN, L. V. ; Benzano, D. ; SURRATT, H. ; INCIARDI, J. ; Martin,S . Comparação dos comportamentos de risco para HIV e uso e drogas em homens e mulheres usuários de crack ou cocaína injetável de Porto Alegre.. Brasília: Secretaria Nacional Antidrogas, 2005 (Artigo).

7.
CORDIOLI, A. V. ; ZIMMERMANN, H. H. ; KESSLER, F. H. P. . Rotina de avaliação do estado mental 2004 (Artigo).


Produção técnica
Produtos tecnológicos
1.
KESSLER, F. H. P.; Flavio Pechansky . Vídeo de aplicação da Sexta Versão da Escala de Gravidade de Dependência - ASI 6. 2006.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
KESSLER, F. H. P.. Efeitos psicológicos e neurológicos do uso do crack.. 2010. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
KESSLER, F. H. P.. Crack. 2009. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
KESSLER, F. H. P.. Programa Brasil na Madrugada. 2009. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

4.
KESSLER, F. H. P.. Rádio CBN. 2009. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

5.
KESSLER, F. H. P.. Crack. 2009. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

6.
KESSLER, F. H. P.. Ecstasy. 2009. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

7.
KESSLER, F. H. P.. Crack. 2009. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
KESSLER, F.H.P.. A ciência da motivação e novas abordagens psicoterápicas e Avanços da Neurociência no tratamento das adições. 2017. .

2.
KESSLER, F. H. P.. Avanços da neurociências no tratamento das adições. 2017. .

3.
KESSLER, F. H. P.. Avaliação e tratamento do usuário de drogas. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

4.
KESSLER, FH. Treinamento para Aplicação do Addiction Severity Index -ASI 6. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

5.
KESSLER, FELIX H.P.. 'Ética Médica em Tempos de Internet e Política'. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

6.
KESSLER, F. H. P.. Ciclo de Palestras: Dependência Química para Rede de Saúde. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

7.
KESSLER, F. H. P.. Aspectos Psiquiátricos, Psicológicos e Sociais sobre o uso de Álcool e outras Drogas em Escolares. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

8.
KESSLER, F. H. P.. Possibilidades e Limites no Tratamento para Usuários de CRACK.. 2010. (PALESTRANTE).

9.
KESSLER, F. H. P.. Crack. 2010. (Entrevista).

10.
KESSLER, F. H. P.. Crack. 2010. (Entrevista).

11.
KESSLER, F. H. P.. Curso de Dependência Química no Hospital de Marechal Cândido Rondon. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

12.
KESSLER, F. H. P.. Adolescência e Drogas. 2009. (PALESTRANTE).

13.
KESSLER, F. H. P.. Curso de Treinamento Continuado do VIVAVOZ: Tratamento Farmacológico da Dependência Química. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

14.
KESSLER, F. H. P.. Ser feliz está em nossas mãos: drgas não! Como não entrar nessa? Como sair dessa?. 2008. (PALESTRANTE).

15.
KESSLER, F. H. P.. Redução de Danos. 2008. (PALESTRANTE).

16.
KESSLER, F. H. P.. O Uso de Drogas entre Profissionais da Saúde e Universitários. 2007. (PALESTRANTE).

17.
KESSLER, F. H. P.. Trauma e Estresse Pós-Traumático em Dependentes Químicos. 2007. (Participante do Grupo).

18.
KESSLER, F. H. P.. A Adolescência e a Vulnerabilidade ao Uso de Drogas.. 2007. (PALESTRANTE).

19.
KESSLER, F. H. P.. Jornada de Capacitación para la administración del Addiction Severity Index (ASI), VI Versión. 2007. (PALESTRANTE).

20.
KESSLER, F. H. P.. O Jovem Envolvido com Crack. 2007. (PALESTRANTE).

21.
KESSLER, F. H. P.. O Impacto do Álcool e das Drogas em Indivíduos HIV+. 2007. (PALESTRANTE).

22.
KESSLER, F. H. P.. AIDS: o que o psiquiatra deve saber sobre esta doença - Crack e Ecstasy: novas drogas e a transmissão do HIV. 2007. (Relator de Mesa Redonda).

23.
KESSLER, F. H. P.. Álcool: A parte que não lhe é contada.. 2007. (PALESTRANTE).

24.
KESSLER, F. H. P.. Redução de Danos. 2007. (PALESTRANTE).

25.
KESSLER, F. H. P.. Epidemiologia Psiquiátrica. 2006. (Mesa Redonda).

26.
KESSLER, F. H. P.. Políticas Públicas: experiências Estaduais e Municipais. 2006. (Coordenação).

27.
KESSLER, F. H. P.. Entrevista Motivacional e Terapia Cognitivo-Comportamental no tratamento da dependência de Álcool e outras substâncias:Uma introdução a dois paradigmas do tratamento da dependência química. 2006. (Coordenação).

28.
KESSLER, F. H. P.. Tratamento farmacológico da dependência química. 2006. (Relator de Mesa Redonda).

29.
KESSLER, F. H. P.. Transtornos por uso de Substâncias. 2006. (PALESTRANTE).

30.
KESSLER, F. H. P.. Dependência de Drogas e Outras Comorbidades Psiquiátricas. 2006. (PALESTRANTE).

31.
KESSLER, F. H. P.. Aspectos históricos e culturais da maconha no Brasil. 2006. (Relator de Mesa Redonda).

32.
KESSLER, F. H. P.. Aplicação da Escala de Gravidade de Dependência, ou Addiction Severity Index (ASI). 2006. (Apresentador de Workshop).

33.
KESSLER, F. H. P.. Cocaína. 2006. (PALESTRANTE).

34.
KESSLER, F. H. P.. Sensibilização em Redução de Danos. 2006. (Mesa Redonda).

35.
KESSLER, F. H. P.. Redução de Danos. 2006. (PALESTRANTE).

36.
KESSLER, F. H. P.. Tratamento do Dependente Químico. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

37.
KESSLER, F. H. P.. Tratamentos das adicções II. 2005. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

38.
KESSLER, F. H. P.. Núcleo de Dependência Química. 2005. (COORDENADOR DE GRUPO DE ESTUDOS).

39.
KESSLER, F. H. P.. Adolescência e Drogas. 2005. (PALESTRANTE).

40.
KESSLER, F. H. P.. Tratamento do Dependente Químico. 2005. (PALESTRANTE).

41.
KESSLER, F. H. P.. Por que a droga dá prazer?. 2005. (PALESTRANTE).

42.
KESSLER, F. H. P.. Palestra de Inauguração do IPPAD. 2005. (PALESTRANTE).

43.
KESSLER, F. H. P.. Seminário Internacional de Justiça Terapêutica. 2005. (PALESTRANTE).

44.
KESSLER, F. H. P.. Redução de Danos. 2005. (PALESTRANTE).

45.
KESSLER, F. H. P.. Curso de Extensão em Clínica Psiquiátrica - IV Turma. 2004. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

46.
KESSLER, F. H. P.. Programação do semestre e assuntos gerais. 2004. (Coordenação).

47.
KESSLER, F. H. P.. Ciclo de Cinema: Trainspotting. 2004. (Coordenação).

48.
KESSLER, F. H. P.. Ciclo de Cinema: "Réquiem para um sonho". 2004. (Coordenação).

49.
KESSLER, F. H. P.. Drogas que nós prescrevemos. 2004. (Coordenação).

50.
KESSLER, F. H. P.. Ciclo de cinema:"Christiane F, drogada e Prostituída". 2004. (Coordenação).

51.
KESSLER, F. H. P.. Neurobiologia da tomada de decisão: entre o dizer e o fazer. 2004. (Coordenação).

52.
KESSLER, F. H. P.. Tomada de decisão 2: O papel das diretrizes filogenéticas. 2004. (Coordenação).

53.
KESSLER, F. H. P.. Uso de Benzodiazepínicos em pacientes idosos. 2004. (Coordenação).

54.
KESSLER, F. H. P.. Tomada de decisão 3: determinismo, livre-arbítrio e imputabilidade. 2004. (Coordenação).

55.
KESSLER, F. H. P.. Aula Redução de Danos. 2004. (PALESTRANTE).

56.
KESSLER, F. H. P.. Curso de Extensão em Clínica Psiquiátrica. 2004. (PALESTRANTE).

57.
RAMOS, S. P. ; KESSLER, F. H. P. ; DIEMEN, L. V. ; SEGANFREDO, A. C. ; BRANDAO, I. ; SAIBRO, P. ; SCHEIDT, B. ; GRILLO, R. . XVI Ciclo de Avanços - Psicodinâmica do adolescente envolvido com drogas. 2003. (COORDENADOR DE GRUPO DE ESTUDOS).

58.
KESSLER, F. H. P.. Levantamento do uso de Substâncias Psicoativas em Adolescentes Escolarizados de Porto Alegre. 2003. (Reunião Científica).

59.
KESSLER, F. H. P.. Notícias do XV Congresso da ABEAD: "O Jovem e as Drogas: Educação, Comunidade e Mídia". 2003. (Participante).

60.
KESSLER, F. H. P.. Tratamento da Dependência à Cocaína. 2003. (PALESTRANTE).

61.
KESSLER, F. H. P.. Programa de Educação Médica Continuada - Psiquiatria na Prática Médica. 2002. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

62.
KESSLER, F. H. P.. Dependência Química no Contexto do Trabalho.. 2002. (PALESTRANTE).

63.
KESSLER, F. H. P.. Prevenção ao uso Indevido de Drogas.. 2002. (PALESTRANTE).

64.
KESSLER, F. H. P.. MED - 8834 Psiquiatria - Estágio. 2002. (Colaborador na Disciplina).

65.
KESSLER, F. H. P.. II Curso: Capacitação em Dependência Química. 2002. (PALESTRANTE).

66.
KESSLER, F. H. P.. Capacitação em Dependência Química. 2002. (PALESTRANTE).

67.
KESSLER, F. H. P.. III Curso: Capacitação em Dependência Química. 2002. (PALESTRANTE).

68.
KESSLER, F. H. P.. O uso de drogas em profissionais da saúde e na Universidade. 2001. .

69.
KESSLER, F. H. P.. Prioridades na prevenção ao uso de drogas nasescolas. 2001. (PALESTRANTE).

70.
KESSLER, F. H. P.. Curso de noções básicas sobre dependência química. 2000. .

71.
KESSLER, F. H. P.. Tratamento da personalidade obssessivo compulsiva. 2000. .

72.
KESSLER, F. H. P.. Prevenção e uso indevido de drogas. 2000. (PALESTRANTE).

73.
KESSLER, F. H. P.. História de uma neurose infantil. 2000. (PALESTRANTE).

74.
Flavio Pechansky ; KESSLER, F. H. P. ; Carla Bicca . Tratamento das depeddências químicas. 2000. (Colaborador em Entrevista).

75.
KESSLER, F. H. P.. XX Jornada Sul-Riograndense de Psiquiatria Dinâmica. 2000. (COORDENADOR DA SESSÃO DE TEMAS LIVRES).

76.
KESSLER, F. H. P.. Curso de capacitação na prevenção sobre o abuso de drogas para profissionais da Polícia Civil. 1999. .

77.
KESSLER, F. H. P.. Conferência: A teoria da mente e suas implicações clínicas. 1999. (SECRETÁRIO).

78.
KESSLER, F. H. P.. Pesquisa e Prevenção com Usuários de Drogas. 1998. .

79.
KESSLER, F. H. P.. Modelos de Psicoterapia com dependentes químicos. 1998. (SECRETÁRIO DE PAINEL).

80.
KESSLER, F. H. P.. Tópicos em Psiquiatria. 1994. .

81.
KESSLER, F. H. P.. IV Salão de Iniciação Científica. 1992. (Coordenador da sessão de apresentação de Trabalhos).

82.
KESSLER, F. H. P.; Machado, E.S. . Doenças venéreas e métodos anti-conceptivos.. 1991. (PALESTRANTE).

83.
KESSLER, F. H. P.. Medicina Preventiva e Primeiros Socorros. 1991. (PALESTRANTE).

Demais trabalhos
1.
KESSLER, F. H. P.. Revisor da Revista Brasileira de Psicoterapia. 2006 (Revisor) .

2.
KESSLER, F. H. P.. Dependência de Drogas e outras Comorbidades Psiquiátricas. 2006 (Palestrante) .

3.
KESSLER, F. H. P.. Simpósio da ABEAD sobre Drogas: Maconha e Ecstasy. 2006 (Coordenador Científico) .

4.
KESSLER, F. H. P.. "Visão Geral das Psicoterapias nas Dependências". 2006 (Palestranbte de Mesa redonda) .

5.
KESSLER, F. H. P.. Adição e sensações na cultura atual. 2006 (Palestrante) .

6.
KESSLER, F. H. P.. Curso Nacional- Atualização sobre o uso e dependência da Maconha e Anfetamínicos. 2006 (Conferencista) .

7.
KESSLER, F. H. P.. Tratamento-Tratamento Farmacológico da Dependência Química. 2006 (Relator de Mesa Redonda) .

8.
KESSLER, F. H. P.. Curso Internacional:Entrevista Motivacional e Terapia cognitivo-Comportamental no Tratamento da Dependência de Álcool e Outras Substâncias: Uma introdução a dois paradigmas do tratamento da dependência química. 2006 (Coordenador de curso) .

9.
KESSLER, F. H. P.. Mesa Redonda:Polkíticas Públicas:Experiências Estaduais e Municipais. 2006 (COORDENADORIAS) .

10.
KESSLER, F. H. P.. Mesa Redonda: Epidemiologia Psiquiátrica. 2006 (Participante) .

11.
KESSLER, F. H. P.. XIV Congresso da ABEAD. 2006 (Comissão Científica) .

12.
KESSLER, F. H. P.; PECHANSKY, F. . The Brazilian experience on the implementation of the ASI - Where are We right now?. 2005 (Mesa Redonda) .

13.
KESSLER, F. H. P.. Pré-Congresso Gaúcho da Associação Brasileira de Estudos do Álcool e Outras Drogas. 2005 (Organizador e Coordenador) .

14.
KESSLER, F. H. P.. Organizador e Coordenador de Mesa Redonda:A nova lei anti-drogas e uma visão de saúde pública do dependente químico. 2005 (COORDENADORIAS) .

15.
KESSLER, F. H. P.. Estágios de Mudança na Prática Clínica. 2005 (ORGANIZAÇÃO) .

16.
KESSLER, F. H. P.. Responsabilidade Social e Prevenção ao uso de Drogas: o papel da Comunidade e dasPolíticas Públicas. 2005 (Palestrante e Coordenador) .

17.
KESSLER, F. H. P.. Tratamento das adicções II. 2005 (Professor) .

18.
KESSLER, F. H. P.. "Tomada de decisão: aspectos neurobiológicos, filosóficos e jurídicos". 2005 (COORDENADORIAS) .

19.
KESSLER, F. H. P.. Tratamento da Dependência Química I. 2005 (PALESTRAS) .

20.
KESSLER, F. H. P.. Tratamento da Dependência Química II. 2005 (PALESTRAS) .

21.
KESSLER, F. H. P.. Pré-Congresso da Associação Brasileiro de Estudos do Álcool e Outras Drogas- ABEAD. 2005 (Presidente) .

22.
KESSLER, F. H. P.. Coordenador do Núcleo de Dependência Química da Sociedade Psiquiatria. 2004 (COORDENADORIAS) .

23.
KESSLER, F. H. P.. Coordenador do tema : Motivação, estresse e dependência química: uma visão neurobiológica. 2004 (COORDENADORIAS) .

24.
KESSLER, F. H. P.. "Os afetos: concepções atuais sobre sua origem, função e neurobiologia. 2004 (Mesa Redonda) .

25.
KESSLER, F. H. P.. XVI Congresso da ABEAD. 2004 (Análise, seleção e premiação de Pôster) .

26.
KESSLER, F. H. P.. Drogas e SIDA: O que avançamos?. 2004 (PALESTRAS) .

27.
KESSLER, F. H. P.. A importância da Pesquisa na avaliação de projetos de prevenção na escola e na empresa. 2004 (COORDENADORIAS) .

28.
KESSLER, F. H. P.. Consultores em Dependência Química. 2004 (COORDENADORIAS) .

29.
KESSLER, F. H. P.. Redução de Danos. 2004 (Professor) .

30.
KESSLER, F. H. P.. Revisor para a Revista Brasileira de Psiquiatria. 2004 (Revisor) .

31.
KESSLER, F. H. P.; SEGANFREDO, A. C. ; BRANDÃO I ; SCHEIDT, B. ; DIEMEN, L. V. ; SAIBRO, P. ; GRILLO, R. ; RAMOS, S. P. . A psicodinâmica do adolescente envolvido com drogas. 2003 (COORDENADORIAS) .

32.
KESSLER, F. H. P.. Coordenador do Tema Científico: Álcool e Drogas. 2003 (COORDENADORIAS) .

33.
KESSLER, F. H. P.. Workshop: "Tratamento". 2003 (PALESTRAS) .

34.
KESSLER, F. H. P.. Pesquisa Básica. 2003 (Facilitador de Workshop) .

35.
KESSLER, F. H. P.. Agressividade: Na Família, na Escola e nas ruas. 2003 (PALESTRAS) .

36.
KESSLER, F. H. P.. "Tratamento da dependência à Cocaína". 2003 (PALESTRAS) .

37.
KESSLER, F. H. P.. Tabagismo. 2003 (COORDENADORIAS) .

38.
KESSLER, F. H. P.. Comorbidade em Dependência Química; Políticas Públicas Relacionadas ao Álcool e O Médico Dependente Químico. 2002 (Organizador e Palestrante) .

39.
KESSLER, F. H. P.. Capacitação em Dependência química. 2002 (PALESTRAS) .

40.
KESSLER, F. H. P.. II Curso : Capacitação em Dependência Química. 2002 (PALESTRAS) .

41.
KESSLER, F. H. P.. Dependência Química no contexto do Trabalho. 2002 (PALESTRAS) .

42.
KESSLER, F. H. P.. A abordagem Psicoterápica nos casos de Comorbidade Psiquiátrica. 2002 (Mesa Redonda) .

43.
KESSLER, F. H. P.. III Curso Capacitação em Dependência Química. 2002 (Professor) .

44.
KESSLER, F. H. P.. Programa de Educação Médica Continuada-Psiquiatria na Prática Médica. 2002 (Professor) .

45.
KESSLER, F. H. P.. Prevenção ao Uso Indevido de Drogas. 2002 (PALESTRAS) .

46.
KESSLER, F. H. P.. Consenso Brasileiro de Comorbidade e Dependência Química. 2002 (Mesa Redonda) .

47.
KESSLER, F. H. P.. Bolsa de Mestrado. 2001 (BOLSAS DE ESTUDO) .

48.
KESSLER, F. H. P.. Coordenador do Núcleo de Dependência Química do Instituto Fernando Pessoa. 2001 (COORDENADORIAS) .

49.
KESSLER, F. H. P.. A interface dos comportamentos aditivos. 2001 (PALESTRAS) .

50.
KESSLER, F. H. P.. O uso de Drogas em profissionais da saúde e na Universidade. 2001 (Coordenador de curso) .

51.
KESSLER, F. H. P.. Prioridades na prevenção ao uso de drogas nas escolas. 2001 (PALESTRAS) .

52.
KESSLER, F. H. P.. Tratamentos Farmacológicos da Dependência Química. 2001 (Mesa Redonda) .

53.
KESSLER, F. H. P.. Exame de Paciente/Cuidado Psiquiátrico com Paciente Clínico Geral. 2001 (Colaborador) .

54.
KESSLER, F. H. P.. História de uma neurose infantil. 2000 (PALESTRAS) .

55.
KESSLER, F. H. P.. XX Jornada Sul-Riograndense de Psiquiatria Dinâmica. 2000 (Coordenador da sessão de temas livres) .

56.
KESSLER, F. H. P.. Tratamento da Personalidade Obsessivo Compulsiva. 2000 (SECRETARIAS) .

57.
KESSLER, F. H. P.. Noções Básicas sobre Dependência Química. 2000 (Coordenador e Professor) .

58.
KESSLER, F. H. P.. Cuidado Psiquiátrico com Paciente Clínico Geral/Disciplina MED-8834. 2000 (Colaborador) .

59.
KESSLER, F. H. P.. Estágio de 20 dias no "Center for Studies on Addiction". 1999 (Estágio) .

60.
KESSLER, F. H. P.. Estágio de 15 dias na Comunidade Valenciana; Espanha. 1999 (Estágio) .

61.
KESSLER, F. H. P.. Palestrante do Curso de Capacitação na prevenção sobre o abuso de drogas para profissionais da Polícia Civil. 1999 (PALESTRAS) .

62.
KESSLER, F. H. P.. A teoria da mente e suas implicaçoes clínicas. 1999 (SECRETARIAS) .

63.
KESSLER, F. H. P.. Tratamento Psicoterápico de pacientes difíceis- o paciente odioso. 1999 (SECRETARIAS) .

64.
KESSLER, F. H. P.. terapia cognitivo-comportamental e entrevista motivacional. 1999 (workshop) .

65.
KESSLER, F. H. P.. Membro Efetivo da IV Jornada Gaúcha de Psiquiatria. 1999 (Participante) .

66.
KESSLER, F. H. P.. "Pesquisa e Prevenção com usuários de drogas. 1998 (Organizador e Palestrante) .

67.
KESSLER, F. H. P.. Modelos de Psicoterapia com Dependentes Químicos. 1998 (SECRETARIAS) .

68.
KESSLER, F. H. P.. médico residente do hcpa. 1996 (residência médica) .

69.
KESSLER, F. H. P.. diagnóstico e tratamento da dependência química. 1996 (curso) .

70.
KESSLER, F. H. P.. programa educativo cid-10. 1996.

71.
KESSLER, F. H. P.. membro efetivo. 1996 (congresso) .

72.
KESSLER, F. H. P.. Estágio Curricular no Hospital de Pronto Socorro de Porto Alegre. 1995 (Estágio) .

73.
KESSLER, F. H. P.. 3º estágio do nível intermediário. 1995 (Estágio) .

74.
KESSLER, F. H. P.. Programa de Residência em psiquiatria. 1995 (residência médica) .

75.
KESSLER, F. H. P.. membro da comissão organizadora. 1994 (Coordenador de curso) .

76.
KESSLER, F. H. P.. Estágio de Psiquiatria no serviço de adolescentes. 1994 (Estágio) .

77.
KESSLER, F. H. P.. Plantonista Hospital Vila Nova. 1994 (Estágio) .

78.
KESSLER, F. H. P.. Monitor Voluntário - MED 833 - Relação Médico-Paciente. 1994 (MONITORIA) .

79.
KESSLER, F. H. P.. Bolsista do Programa de Iniciação Científica CNPq/UFRGS. 1994 (BOLSA DE ESTUDOS) .

80.
KESSLER, F. H. P.. Estágio de férias na Equipe de Medicina Interna/HCPA. 1994 (Estágio) .

81.
KESSLER, F. H. P.. Ambulatório de Nefrologia Pediátrica do Hospital de Clínicas de Porto Alegre. 1994 (ESTÁGIO DE FÉRIAS) .

82.
KESSLER, F. H. P.. aprovado em concurso. 1994 (MONITORIA) .

83.
KESSLER, F. H. P.. monitoria de fisiologia. 1993 (MONITORIA) .

84.
KESSLER, F. H. P.. Concurso Vestibular. 1992 (Fiscal de Prova) .

85.
KESSLER, F. H. P.. Estágio de férias em Psiquiatria. 1992 (Estágio) .

86.
KESSLER, F. H. P.. Bolsista do Programa Institucional de Iniciação Científica CNPq/UFRGS. 1992 (BOLSAS DE ESTUDO) .

87.
KESSLER, F. H. P.. Coordenador da Sessão de Apresentação de Trabalhos - 4º Salão de Iniciação Científica/UFRGS. 1992 (COORDENADORIAS) .

88.
KESSLER, F. H. P.. Seminário de Iniciação Científica/1992-Tema 1: Discutindo a Interdisciplinaridade. 1992 (BOLSA DE ESTUDOS) .

89.
KESSLER, F. H. P.. IV Salão de Iniciação Científica. 1992 (COORDENADORIAS) .

90.
KESSLER, F. H. P.. Medicina Preventiva e Primeiros Socorros. 1991 (Organizador e Palestrante) .

91.
KESSLER, F. H. P.. Organizador e Palestrante. 1991 (Organizador e Palestrante) .

92.
KESSLER, F. H. P.. Palestra sobre tabagismo, alcoolismo,doenças venéreas,anticoncepcionais, queimaduras e drogas. 1991 (PALESTRAS) .

93.
KESSLER, F. H. P.. Interno em atendimento de urgência. 1990 (Estágio) .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
SILVA, C. T. B.; KESSLER, F.H.P.; PASSOS, I. C.. Participação em banca de Pedro Lombardi Beria. Subtipo respiratório do Transtorno de Pânico: Resposta à terapia cognitivo-comportamental. 2018. Dissertação (Mestrado em Psiquiatria) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

2.
KESSLER, F.H.P.. Participação em banca de Karini Mayer Silva da Cunha. Prevalência de Disfagia e seu Efeito na Qualidade de Vida de Usuários de Cocaína e ou Crack. 2017. Dissertação (Mestrado em Medicina) - Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre.

3.
SZOBOT, C. M.; KESSLER, F.H.P.; Faller, S.. Participação em banca de Erica Barezani. Listas de sinais de uso de drogas disponíveis na internet: indícios de uso ou características da adolescência normal?. 2017 - Hospital de Clínicas de Porto Alegre.

4.
DIEMEN, L. V.; KESSLER, F. H. P.; LAITANO, H. V.. Participação em banca de Juliana Marques Meirinho. Perspectivas da Comunidade sobre o consumo de álcool e outras drogas por adolescentes. 2017 - Hospital de Clínicas de Porto Alegre.

5.
SANTOS, B. S.; KESSLER, F. H. P.; KARAM, R.. Participação em banca de Cassia Beppler. Perfil Psicossocial e Clínico em Adultos que Apresentam Transtorno de Deficit de Atenção/Hiperatividade com e sem Transtorno de Aprendizagem. 2017. Dissertação (Mestrado em Psiquiatria) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

6.
MARTINS, A. S. G.; KESSLER, F.H.P.; KUNZ, M.. Participação em banca de Julia Medeiros Huber. Impacto Clínico da Comorbidade entre Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade e Transtornos Alimentares. 2017. Dissertação (Mestrado em Psiquiatria) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

7.
KESSLER, F. H. P.. Participação em banca de Jéssica Limberger. Mulheres em Tratamento pelo Uso do Crack: Habilidades Sociais e Características Clínicas. 2016. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

8.
KESSLER, F.H.P.; SORDI, A.; PIANCA, T. G.. Participação em banca de Sayonara de Matos. Perguntas que nos Colocamos para nos Obrigar a Responder: Fatores Terapêuticos e Desfechos de Tratamento em Usuários de Cocaína ou Crack no CAPS AD. 2016. Dissertação (Mestrado em Psiquiatria de Adição) - Hospital de Clínicas de Porto Alegre.

9.
KESSLER, F. H. P.. Participação em banca de LÍDIA REIS FERNANDES. Adaptação e avaliação das Propriedades Psicométricas da versão brasileira do Addiction Severity Index 6 (ASI 6) Light. 2015. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Juiz de Fora.

10.
KESSLER, F. H. P.; SARTES, L. M. A.; LOURENCO, L. M.. Participação em banca de Lídia Reis Fernandes. Desenvolvimento e Avaliação das Propriedades Psicométricas da sexta versão brasileira do Addiction Severityi Index (ASI 6) light. 2015. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Juiz de Fora.

11.
KESSLER, F. H. P.. Participação em banca de Bruno Kluwe Schiavon. Translation and adaptation of columbia card task and affective and deliberative aspects of decision-making during development and crack use. 2015. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

12.
KESSLER, F. H. P.; NOZARI, M. H.; GONCALVES, V. M.. Participação em banca de Leonardo Gomes Moreira. Da Política sobre Drogas até a Gestão Pública Baseada em Evidências uma Análise Qualitativa na Capital do Brasil. 2015. Dissertação (Mestrado em Psiquiatria de Adição) - Hospital de Clínicas de Porto Alegre.

13.
KESSLER, F. H. P.; KIELING, C. C.; CONTINI, V.. Participação em banca de Vitor Carlos Thumé Breda. O papel do informante no diagnóstico do TDHA em adultos.. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciências Médicas: Psiquiatria) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

14.
KESSLER, FELIX HENRIQUE PAIM; MURTA, S. G.; DONELLI, T. M. S.. Participação em banca de Jéssica Limberger. Habilidades Sociais e Formulação Cultural em Mulheres Usuárias de Crack em Internação Hospitalar.. 2014. Dissertação (Mestrado em Programa Interdisciplinar de Pós-graduação em Computação Aplicada - PIPCA) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

15.
KESSLER, F. H. P.. Participação em banca de Paula Beatriz Guths. Prontidão para Mudança em Usuários de Crack e Cocaína que Consomem Tabaco e sua Associação.. 2013. Dissertação (Mestrado em Pós Graduação em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

16.
KESSLER, FELIX HENRIQUE PAIM; GIUGLIANI, C.; KNAUTH, D.; HARZHEIM, E.. Participação em banca de Lêda Chaves Dias. Revisão Sistemática sobre o Manejo de Adultos Usuários de Crack no Contexto da Atenção Primária à Saúde.. 2013. Dissertação (Mestrado em Epidemiologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

17.
GOMEZ, R.; LEAL, M. B.; KESSLER, FELIX HENRIQUE PAIM. Participação em banca de Ricardo Schneider Junior. Estudo das Relações entre Traços de Personalidade e o Uso de Drogas de Abuso.. 2013. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Neurociências) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

18.
GOMEZ, R.; LEAL, M. B.; KESSLER, F. H. P.. Participação em banca de Ricardo Schneider Junior. Estudo das relações entre traços de personalidade e o uso de drogas de abuso.. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas (Neurociências)) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

19.
KESSLER, F. H. P.. Participação em banca de Ingrid D'Avila Francke. Negligência na infância em usuárias de crack: Estudo longitudinal sobre a gravidade da abstinência e sintomas depressivos durante a desintoxicação.. 2012. Dissertação (Mestrado em Pós Graduação em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

20.
HELDT, E. P. S.; OLSCHOWSKY, A.; PINTO, L. B.; KESSLER, F. H. P.. Participação em banca de Maiko Marini. Preditores de Adesão ao Projeto Terapêutico em Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Outras Drogas.. 2011. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Teses de doutorado
1.
KESSLER, F.H.P.; Oliveira, M.; PECHANSKY, F.; FERRAO, Y. A.. Participação em banca de Luciana Signor. Aconselhamento Telefônico para Usuários de Cocaína e ou Crack: Perfil dos Usuários e Efetividade de Intervenções. 2017. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre.

2.
KESSLER, F.H.P.; WAGNER, F.; GAUER, G. J. C.. Participação em banca de Paula Guimarães Sampaio. Avaliação Cognitiva de Adultos com TDAH em um estudo de Seguimento de 8 anos. 2017. Tese (Doutorado em Psiquiatria) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

3.
KESSLER, F. H. P.. Participação em banca de Leda Rúbia Maurina Coelho. Habilidades Sociais e de Enfrentamento no Tratamento de Uusários de Crack. 2016. Tese (Doutorado em Doutorado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

4.
HUTZ, C. S.; ARGIMON, I.; KESSLER, F.H.P.. Participação em banca de Adriana Mokwa Zanini. Personalidade, autoestima e esperança em usuários de substâncias psicoativas. 2016. Tese (Doutorado em Psicologia Social e Institucional) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

5.
ZIMMER, A. R.; MARIOTTI, K. C.; KESSLER, F. H. P.. Participação em banca de Eloisa Comiran. Lisdexanfetamina: desenvolvimento e validação farmacocinética preliminar. 2015. Tese (Doutorado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

6.
KESSLER, F. H. P.; TRENTINI, C. M.; DIEMEN, L. V.; MALLOY-DINIZ, L. F.. Participação em banca de Adriana Raquel Binsfeld Hess. Avaliação Neuropsicológica e Medidas Biológicas Dependentes Químicas de Crack. 2015. Tese (Doutorado em Psicologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

7.
KESSLER, FELIX HENRIQUE PAIM; HUTZ, C. S.; ARGIMON, I.. Participação em banca de Adriana Mokwa Zanini. Características Preditivas para Uso de Crack e para Abstinência após Internação Hospitalar.. 2014. Tese (Doutorado em Psicologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

8.
ANDRADE, A. G.; SERAFIM, A. P.; ROCCA, C. C. A.; KESSLER, FELIX HENRIQUE PAIM. Participação em banca de Priscila Dib Gonçalves. Xadrez Motivacional: uma Nova Abordagem de Estimulação das Funções Executivas em Dependentes de Cocaína/Crack.. 2014. Tese (Doutorado em Psiquiatria) - Universidade de São Paulo.

9.
KESSLER, F. H. P.. Participação em banca de NIna Roth Mota. Evidências e Implicações de Efeitos Epistáticos e de Agrupamento Gênico em um Conjunto de Transtornos Psiquiátricos.. 2013. Tese (Doutorado em Genética e Biologia Molecular) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

10.
LUIS, M. A. V.; NEDEL, F. B.; REPPOLD, C. T.; KESSLER, F. H. P.. Participação em banca de Luciane Kopittke. Percepção de Violência por Mulheres Brasileiras e sua Relação com o Uso de Álcool e Outras Drogas.. 2012. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre.

11.
TRENTINI, C. M.; POMPEIA, S.; KESSLER, F. H. P.. Participação em banca de Silvia Mendes da Cunha. Viés Atencional em Dependentes de Crack.. 2011. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Psicologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

12.
SILVA, H. T. H.; REPPOLD, C. T.; KESSLER, F. H. P.. Participação em banca de Luciane Kopittke. Estudo Piloto com Mulheres Brasileiras sobre Álcool e outras Drogas e a Violência.. 2011. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre.

Qualificações de Doutorado
1.
KESSLER, FELIX H.P.; KUNZ, M.; PASSOS, I. C.. Participação em banca de Tatiana Valverde da Conceção. Percepção de Punição por Infrações e Comportamento de Risco ao Dirigir entre motoristas candidatos à primeira Carteira de Habilitação. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Psiquiatria) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

2.
KESSLER, F. H. P.; DALBOSCO, C.; SORDI, A.. Participação em banca de Veralice Maria Gonçalves. Análise de Sobrevida dos Usuários de Crack Internados na Unidade Álvaro Alvim-UA/HCPA. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Psiquiatria) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

3.
KAPCZINSKI, FLÁVIO; KIELING, C.; KESSLER, F. H. P.. Participação em banca de Anne Orgler Sordi. Trauma, Resiliência e Dependência Química: Um Estudo sobre Seus Aspéctos Clínicos e Biológicos em uma Amostra de Usuários de Crack. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Médicas: Psiquiatria) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

4.
KESSLER, F. H. P.; Abreu,Paulo; KUNZ, M.. Participação em banca de Lisia Von Diemen. Estadiamento dos Transtornos por Uso de Cocaína: Proposição de Um Modelo.. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências Médicas: Psiquiatria) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Qualificações de Mestrado
1.
KESSLER, FELIX HENRIQUE PAIM; Pechansky, Flavio; OLSCHOWSKY, A.. Participação em banca de Leonardo Gomes Moreira. Da Política Sobre Drogas até a Gestão Pública Baseada em Evidências - Uma Análise Qualitativa na Capital do Brasil.. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Prev. e Assist. Usuários de Álcool e Outras Drogas) - Hospital de Clínicas de Porto Alegre.

2.
KESSLER, FELIX HENRIQUE PAIM; PECHASKY, F.; DIEMEN, L. V.. Participação em banca de Luis Magnum Barros Santos. Comunidades Terapêuticas: Gestão no Tratamento de Dependentes de Drogas em Manaus - Amazonas à Luz das Legislações Vigentes.. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Prev. e Assist. Usuários de Álcool e Outras Drogas) - Hospital de Clínicas de Porto Alegre.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
KESSLER, F.H.P.; PIANCA, T. G.; HARTMANN, T. C.. Participação em banca de Rodrigo dos Santos Zancan. Ensaio Comportamental e a Utilização da Exposição aos Estímulos em Sujeitos com Transtorno por uso de Substências. 2017. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Medicina) - Hospital de Clínicas de Porto Alegre.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
KESSLER, F.H.P.. Comissão Julgadora nas sessões do XXIX Salão de Iniciação Científica. 2017. Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

2.
KESSLER, FH. Curso de Mestrado Profissional em Prevenção e Assistência a Usuários de Álcool e Outras Drogas do HCPA20156. 2016. Hospital de Clínicas de Porto Alegre.

3.
KESSLER, F. H. P.. 9º Concurso Nacional de Monografia. 2010. Secretaria Nacioal Antidrogas.

4.
KESSLER, F. H. P.. XVII Congresso da ABEAD. 2005. Associação Brasileira de estudos sobre Alcoolismo e outras Dependências.

5.
KESSLER, F. H. P.. XVI Congresso da ABEAD. 2004. Associação Brasileira de estudos sobre Alcoolismo e outras Dependências.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
18º WORLD CONGRESS OF PSYCHIATRY. PSYCHOLOGICAL AND PSYCHIATRIC PROFILE OF PREGNANT CRACK USERS ADMITTED TO A TERTIARY REFERRAL HOSPITAL IN PORTO ALEGRE/BRAZIL: A SERIES OF SIX CASES. 2018. (Congresso).

2.
1o Simpósio do Mestrado Profissional em Álcool e Outras Drogas do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA) e da Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas (SENAD/MJ).Aumento dos níveis de fissura e ansiedade após exposição à dinheiro em usuários de álcool e cocaína. 2018. (Simpósio).

3.
31° Ciclo de Avanços em Clínica Psiquiátrica.Membro Efetivo. 2018. (Outra).

4.
40 anos ABEAD Presente e Futuro das Adições: Transformando Evidências Científicas em Boas Práticas. 2018. (Congresso).

5.
40 anos ABEAD Presente e Futuro das Adições: Transformando Evidências Científicas em Boas Práticas. BDNF como um possível marcador de estado patológico no Transtorno por Uso de Álcool ? Revisão sistemática e meta-análise. 2018. (Congresso).

6.
40 anos ABEAD Presente e Futuro das Adições: Transformando Evidências Científicas em Boas Práticas. Novas Combinações de Drogas X Protocolos de Tratamento. 2018. (Congresso).

7.
Além do Currículo. 2018. (Outra).

8.
Além do Currículo. 2018. (Outra).

9.
Brain, Behavior and Emotions. Associação entre sintomas de TDAH, Risco e Tentativa de Suício em Usuários de Crack. 2018. (Congresso).

10.
Brain, Behavior and Emotions. Brain-Derived Neurotrophic Factor in Substance use Disorders: A Systematic Review and Meta-Analysis. 2018. (Congresso).

11.
Brain, Behavior and Emotions 2018. 2018. (Congresso).

12.
Brain, Behavior and Emotions 2018. Tomada de decisões e livre-arbítrio nas dependências químicas:afinal, basta "querer" para livrar-se das drogas? - Tema da Mesa Redonda: Sex, drugs and rock'n roll? as múltiplas dimensões das dependências químicas, não-químicas e da impulsividade. 2018. (Congresso).

13.
I Simpósio de Saúde Ocupacional do Hospital de Clínicas de Porto Alegre.Tema Álcool e outras drogas (Mesa-redonda: Segurança e saúde do trabalhador: temas (re)emergentes). 2018. (Simpósio).

14.
Jornada CELG - Mente e Corpo: diálogo contemporâneos.Perfil psiquiátrico de gestantes usuárias de crack internadas em hospital de referência em Porto Alegre: uma série de sete casos. 2018. (Outra).

15.
Novas Combinações de Drogas X Protocolos de Tratamento. BDNF como um possível marcador de estado patológico no Transtorno por Uso de Álcool ? Revisão sistemática e meta-análise. 2018. (Congresso).

16.
Saúde Mental dos Estudantes Universitários.Álcool e drogas na universidade: devo me preocupar com isso?. 2018. (Outra).

17.
19º Congresso Internacional en Adicciones - Patología dual y comorbilidad asociadas al uso de substancias. 2017. (Congresso).

18.
19º Congresso Internacional en Adicciones - Patología dual y comorbilidad asociadas al uso de substancias. Tema Neuroprogressión y Biomarcadores em Usuários de Cocaína. 2017. (Congresso).

19.
2º Congresso WAINER de Psciterapias Cognitivas. A Terapia Cognitivo-Comportamental no Tratamento do Transtorno por Uso de Cannabis. 2017. (Congresso).

20.
37ª Semana Científica do Hospital de Clínicas de Porto Alegre.PREVALÊNCIA DE HEPATITE C E COINFECÇÃO POR HIV EM USUÁRIOS DE CRACK INTERNADOS EM UMA UNIDADE DE ADIÇÃO. 2017. (Outra).

21.
3º Taller Internacional de Issup para la certificación en prevención y tratamento.Tema: Neuroprogressión y Biomarcadores em Usuários de Cocaína. 2017. (Outra).

22.
3º Taller Internacional de Issup para la certificación en prevención y tratamento. 2017. (Outra).

23.
80 Anos da Associação de Psiquiatria do Rio Grande do Sul.Desafios e Perspectivas para a Saúde Mental em Porto Alegre: Na Teoria e na Prática. 2017. (Outra).

24.
CPDD- College on Problems of Drug Dependence. 2017. (Congresso).

25.
II CONGRESSO SUL - BRASILEIRO DE TERAPIAS INTEGRADAS E DE 3ª ONDA. A Terapia Cognitivo-Comportamental no Tratamento do Transtorno por Uso de Cannabis. 2017. (Congresso).

26.
III Simpósio Brasileiro de Terapia do Esquema.A Terapia Cognitivo-Comportamental no Tratamento do Transtorno por Uso de Cannabis. 2017. (Simpósio).

27.
I World Congress of the World Association of Dual Disorders (WADD). 2017. (Congresso).

28.
NIDA International Forum. 2017. (Outra).

29.
NIDA International Forum.Influence of nicotinic receptor gene?CHRNA5?on crack cocaine dependence and severity. 2017. (Outra).

30.
Seminário Temático de Ciência Aplicada à Gestão Pública/Estratégias de Supersção da Situação de Rua.Uso de Drogas e Situação de Rua: Causa ou Consequência?. 2017. (Seminário).

31.
The College on Problems of Drug Dependence (CPDD). 2017. (Congresso).

32.
V International Congress of the Spanish Society of Dual Disorders (SEPD). 2017. (Congresso).

33.
World Congresso on Brain Behavior and Emotions. Atrofia Cerebral em Usuários de Crack - Achados Preliminares. 2017. (Congresso).

34.
XXIV Congresso Brasileiro da ABEAD. Neurociência e novas abordagens terapêuticas das adições. 2017. (Congresso).

35.
XXIV Congresso Brasileiro da ABEAD. Aspectos clínicos associados ao uso de NBOMES: Revisão sistemática. 2017. (Congresso).

36.
XXIV Congresso Brasileiro da ABEAD. 2017. (Congresso).

37.
XXXV Congresso Brasileiro de Psiquiatria. 2017. (Congresso).

38.
21ª Conferência do Conselho Internacional sobre, Álcool Drogas e Segurança no Trânsito. 2016. (Outra).

39.
29° Ciclo de Avanços em Clínica Psiquiátrica. 2016. (Outra).

40.
36ª Semana Científica do Hospital de Clínicas de Porto Alegre.Prevalência do consumo de substâncias psicoativas em jovens infratores. 2016. (Outra).

41.
CPDD- College on Problems of Drug Dependence. 2016. (Congresso).

42.
CPDD- College on Problems of Drug Dependence. Crack cocaine users with high family/social problems show more psychiatric symptoms and violent behaviors. 2016. (Congresso).

43.
I Encontro Estadual das Ligas Acadêmicas de Psiquiartia. 2016. (Encontro).

44.
I Encontro Estadual das Ligas Acadêmicas de Psiquiartia.Usuários de crack com histórico de exposição à violência apresentam maior gravidade em ampla gama de domínios da vida.. 2016. (Outra).

45.
IV Encontro de Ciência e Inovação em Psiquiatria.Usuários de crack com histórico de exposição à violência apresentam maior gravidade em ampla gama de domínios da vida. 2016. (Encontro).

46.
IV Encontro de Ciência e Inovação em Psiquiatria. 2016. (Encontro).

47.
Mostra de Pesquisas, Práticas e Estágios em Psicologia.Direção sob o efeito de substâncias psicoativas e impulsividade: Similaridades entre usuários de álcool e cocaína/crack. 2016. (Outra).

48.
NIDA International Forum. No association between crack cocaine addiction and COMT Val/Met polyNo association between crack cocaine addiction and COMT Val/Met polymorphismmorphism. 2016. (Congresso).

49.
NIDA International Forum. 2016. (Congresso).

50.
Seminários de Integrados de Pesquisa do PPG: Ciências em Gastroenterologia e Hepatologia.Hepatite e em usuários de crack em um hospital de referência: análise virológica, genotípica e filogenética. 2016. (Seminário).

51.
World Congresso on Brain Behavior and Emotions. GRAVIDADE DOS PROBLEMAS PSICOSSOCIAIS EM USUÁRIOS DE CRACK COM TRANSTORNO DE ANSIEDADE SOCIAL. 2016. (Congresso).

52.
XVIII Simpósio Internacional sobre Tabaco, Álcool e outras Drogas.Associação entre trauma precoce e idade do primeiro uso de substâncias psicoativas. 2016. (Simpósio).

53.
XVIII Simpósio Internacional sobre Tabaco, Álcool e outras Drogas. 2016. (Simpósio).

54.
XVIII Simpósio Internacional sobre Tabaco, Álcool e outras Drogas.A Plasticidade Clínica Diante dos Novos Desafios Sociopolíticos apresentando o tema Desafios no Tratamento de Dependentes de Crack. 2016. (Simpósio).

55.
XXVIII Jornada Sul-Rio-Grandense de Psiquiatria Dinâmica. 2016. (Outra).

56.
XXVIII Jornada Sul-Rio-Grandense de Psiquiatria Dinâmica.Usuários de crack com histórico de exposição à violência apresentam maior gravidade em ampla gama de domínios da vida.. 2016. (Outra).

57.
XXVII Salão de iniciação científica da UFRGS.Prevalência do consumo de substâncias psicoativas em jovens infratores. 2016. (Outra).

58.
XXXIV CBP Congresso Brasileiro de Psiquiatria. Redução Volumétrica no Núcleo Accumbens em Usuários de Crack. 2016. (Congresso).

59.
35º Semana Científica do Hospital de Clínicas de Porto Alegre.Autoestima e esperanças em homens usuários de álcool internados em unidade especializada : Dados preliminares. 2015. (Outra).

60.
Comisión Interamericana para el Control del Abuso de Drogas-CICAD-OEA. 2015. (Outra).

61.
CPPD 77th Annual Scientific Meeting. Brazilian crack/cocaine inpatients show more legal and family social problems than outpatients. 2015. (Congresso).

62.
I Congresso Wainer de Psicoterapias Cognitivas. Transtornos de personalidade em usuários de substâncias psicoativas internados em um hospital público em Porto Alegre. 2015. (Congresso).

63.
III Congresso Internacional de Neuropsicologia e Neurociências. Influências do tratamento no viés atencional de usuários de crack: Um estudo empírico. 2015. (Congresso).

64.
I Simpósio Brasilerio de Terapia do Esquema.Transtornos de personalidade em usuários de substâncias psicoativas internados em um hospital público em Porto Alegre. 2015. (Simpósio).

65.
NIDA 2015 International Forum. 2015. (Encontro).

66.
VII Congresso Brasileiro de Avaliação Psicológica. AUTOESTIMA E ESPERANÇA EM USUÁRIOS DE COCAÍNA/CRACK INTERNADOS EM UM HOSPITAL PÚBLICO- RESULTADOS PRELIMINARES. 2015. (Congresso).

67.
VIII Congresso Interamericano de Psicologia da Saúde. Influências do tratamento no viés atencional de usuários de crack: Um estudo empírico. 2015. (Congresso).

68.
VI Reunião do IBNeC - Instituto Brasileiro de Neuropsicologia e Comportamento.Avaliação das funções executivas em usuários de crack, alcoolistas e controles através da Behavioural Assessment of Dysexecutive Syndrome ? BADS. 2015. (Outra).

69.
World Congresso on Brain Behavior and Emotions. THE PERSONALITY OF PSYCHOACTIVE SUBSTANCES USERS ACCORDING TO THE ALTERNATIVE DSM-5 MODEL FOR PERSONALITY DISORDERS - PRELIMINARY DATA. 2015. (Congresso).

70.
XII Jornada de Psiquiatria da APRS.A personalidade de usuários de substâncias psicoativas de acordo com o modelo dos cinco grandes fatores: resultados preliminares.. 2015. (Outra).

71.
XII Jornada de Psiquiatria da Associação de Psquiatria do Rio Grande do Sul. 2015. (Outra).

72.
XII Jornada de Psiquiatria da Associação de Psquiatria do Rio Grande do Sul.Mesa Redonda: Estresse e Vulnerabilidade para a Dependência Química com o tema Estressores, Família e Personalidade em Dependentes Químicos. 2015. (Outra).

73.
XII Jornada de Psquiatria da Associação de Psiquiatria do Rio Grande do Sul.Mesa Redonda: Simulação de Doenças: Vulnerabilidade de Quem? com o tema Verdades e Mentiras em Dependência Química. 2015. (Outra).

74.
XVII Simpósio Internacional sobre Tabaco, Álcool e outras Drogas.Avanços da Neurociência no Tratamento do Usuário de Crack - Tema Manejo de Raiva. 2015. (Simpósio).

75.
XVII Simpósio Internacional sobre Tabaco, Álcool e outras Drogas. 2015. (Simpósio).

76.
XVII Simpósio Internacional sobre Tabaco, Álcool e Outras Drogas.Mesa Redonda-Avanços no Tratamento - Tema-Tratamento da DQ com Transtornos de Personalidade. 2015. (Simpósio).

77.
XVII Simpósio Internacional sobre Tabaco, Álcool e Outras Drogas.Avanços da Neurociência no Tratamento do Usuário de Crack- Tema Estadiamento em DQ. 2015. (Simpósio).

78.
XVII Simpósio Internacional sobre Tabaco, Álcool e Outras Drogas O tratamento dasa Adições na Hipermodernidade.Consumo de substâncias psicoativas em usuários de club drugs e a suaassociação com sintomas de ansiedade. 2015. (Simpósio).

79.
XXXII Congresso Brasileiro de Psiquiatria - A Psiquiatria e os Avanços da Neurociência. Relator - Entendendo o conceito de patologia dual a partir de sua realção com o transtorno bipolar e o TDAH: Subtema Entendendo o conceito de patologia dual. 2015. (Congresso).

80.
XXXII Congresso Brasileiro de Psiquiatria - A Psiquiatria e os Avanços da Neurociência. Docente do Curso - O tratamento de Usuário de Crack: Manejo clínico dos transtornos mentais primários e secundários relacionados ao consumo de crack. 2015. (Congresso).

81.
XXXII Congresso Brasileiro de Psiquiatria-A Psiquiatria e os Avanços da Neurociência. 2015. (Congresso).

82.
XXXIII Congresso Brasileiro de Psiquiatria - A Psiquiatria no mundo contemporâneo. 2015. (Congresso).

83.
XXXIII Congresso Brasileiro de Psiquiatria-A Psiquiatria no Mundo Contemporâneo. Apresentador Top Ten Cited RBP - Trabalhos originais mais citados na RBP no ano de 2014 - Subtema - Propriedades Psicométricas da Sexta Versão da Escala de Gravidade de Dependência (ASI-6) no Brasil. 2015. (Congresso).

84.
XXXIII Congresso Brasileiro de Psiquiatria-A Psiquiatria no Mundo Contemporâneo. Psychometric properties of the sixth version of the Addiction Severity Index (ASI-6) in Brazil. 2015. (Congresso).

85.
27° Ciclo de Avanços em Clínica Psiquiátrica.Membro efetivo. 2014. (Outra).

86.
3ª Jornada da Sociedade de Neurologia e Neurocirurgia do RS.Maconha e dano neuropsiquiátrico: existe um padrão seguro de consumo.. 2014. (Outra).

87.
Ciclo de Debates Direito e Política - Internação Compulsória..Ciclo de Debates Direito e Política - Internação Compulsória.. 2014. (Outra).

88.
CPDD 76th Annual Scientific Meeting Program.Oxidative stress, BNDF and severity of crack cocaine use in early withdrawal.. 2014. (Encontro).

89.
IV Encontro de Inclusão Social em Saúde Mental..O Impacto Social da Política e do Uso de Álcool e outras Drogas na Atualidade: Questões Sociais, Antropológicas e Modelos de Cuidado em Saúde.. 2014. (Encontro).

90.
Novas Técnicas para Tratamento de Usuários de Drogas..Novas Técnicas para Tratamento de Usuários de Drogas.. 2014. (Outra).

91.
Temas de Psiquiatria -2014.Transtornos mentais de difícil manejo: novos ativos terapêuticos.. 2014. (Encontro).

92.
XII Simpósio de Neurociências na Interface Cérebro e Mente - Dependência Química: Avanços e Desafios no Tratamento..Inovações em Pesquisa e Prática Clínica em Usuários de Crack.. 2014. (Simpósio).

93.
XVI Simpósio Internacional sobre Tabaco, Álcool e outras drogas - Dependência, Compulsão e Impulsividade.Desafios no Tratamento do Usuário de Crack.. 2014. (Simpósio).

94.
XVI Simpósio Internacional sobre Tabaco, Álcool e outras drogas - Dependência, Compulsão e Impulsividade.Revisando Evidências em Saúde Pública para: Manejo de Contingências.. 2014. (Simpósio).

95.
XXVII Jornada Sul-Rio-Grandense de Psiquiatria Dinâmica.. 2014. (Outra).

96.
XXVII Jornada Sul-Rio-Grandense de Psiquiatria Dinâmica..Características Demográficas e Diagnósticos Psiquiátricos em Usuários de Crack e Controles.. 2014. (Outra).

97.
1º Fórum sobre a Residência Médico do HCPA.. 2013. (Outra).

98.
2013 NIDA International Forum. No Association Between Crack Cocaine Dependence and Dopamine D2 Receptor Gene in Brazil.. 2013. (Congresso).

99.
2013 NIDA International Forum. 2013. (Congresso).

100.
7 mo Congreso Mundial de Terapias Cognitivas y Comportamentales. The Crack Use Relapse Scale (CURS): Development and Psychometric Validation.. 2013. (Congresso).

101.
CPDD 75th Annual Scientific Meeting. No Association Between Crack Cocaine Dependence and Functional Intronic Polymorphism at Dopamine D2 Receptor Gene. 2013. (Congresso).

102.
CPDD 75th Annual Scientific Meeting. 2013. (Congresso).

103.
Esquizofrenia - Avanços e as pedras no meio do caminho..Esquizofrenia - Avanços e as pedras no meio do caminho.. 2013. (Seminário).

104.
III Seminário Internacional da Rede de Pesquisa sobre Drogas.. 2013. (Seminário).

105.
II Simpósio da Liga de Psiquiatria da UFRGS - Impacto do Uso de Drogas.Crack. 2013. (Simpósio).

106.
Internação Compulsória de Dependentes Químicos: a psiquiatria e a lei.Internação Compulsória de Dependentes Químicos: a psiquiatria e a lei. 2013. (Outra).

107.
I Simpósio Internacional de Pesquisa Dependências Químicas e Comportamentais.Como eu trato usuários de crack.. 2013. (Simpósio).

108.
I Simpósio Internacional de Pesquisa Dependências Químicas e Comportamentais.Epidemiologia e História Natural do Consumo de Crack.. 2013. (Simpósio).

109.
PEC-ABP: Aula Psicopatologia Fundamental. 2013. (Outra).

110.
PEC-ABP - Aula: DSM-V. 2013. (Outra).

111.
V Simpósio Nacional sobre Dependência Química.Unidade Álvaro Alvim/Hospital de Clínicas Porto Alegre. 2013. (Simpósio).

112.
XI Jornada de Psiquiatria da APRS.Dependência Química: Avanços nas Pesquisas e Tratamento do Crack.. 2013. (Outra).

113.
XI Jornada de Psiquiatria da APRS.Entrevista: Conversando com Nora Volkow (USA).. 2013. (Outra).

114.
XI Jornada de Psiquiatria da APRS.Percepção de Cuidados Parentais de Usuários de Crack com e sem Transtorno de Personalidade Antissocial.. 2013. (Outra).

115.
XVIII Congresso Brasileiro de Toxicologia - CBTOX. Fatores Associados à Reincidência de Infrações de Trânsito por Alcoolemia no Sul do Brasil.. 2013. (Congresso).

116.
XXXI Congresso Brasileiro de Psquiatria. Abordagem Biopsicológica da Fissura na DQ/Crack - Abordagem Psicoterapica da Fissura.. 2013. (Congresso).

117.
2012 NIDA International Forum- New and Emerging Psychoactive Substances: Second Interdisciplinary Forum. Development of a crack dependence severity scale: First psychometric evaluation.. 2012. (Congresso).

118.
Abordagem e Tratamento do Usuário de Crack..Palestra: Abordagem e Tratamento do Usuário de Crack.. 2012. (Outra).

119.
CPDD 74th Annual Scientific Meeting Program.Barriers for treatment leading to relapse after discharge: A qualitative study with male and female inpatient crack users.. 2012. (Encontro).

120.
Curso de Atualização em Álcool e Outras Drogas..Tópicos Sobre Tratamento: Discussão de Casos Internação Compulsória.. 2012. (Outra).

121.
Curso de Atualização em Álcool e Outras Drogas..Tópicos Sobre Tratamento: Indicações de Tratamento Hospitalar, Ambulatorial e Comunidade Terapêutica.. 2012. (Outra).

122.
Curso de Extensão Atualização sobre Drogas Lícitas e Ilícitas..Tratamento Farmacológico para Dependência Química.. 2012. (Outra).

123.
Curso Tratamento da Dependência de Crack e Outras Drogas: Aperfeiçoamento para Profissionais de Saúde e Assistência Social.Curso Tratamento da Dependência de Crack e Outras Drogas: Aperfeiçoamento para Profissionais de Saúde e Assistência Social. 2012. (Outra).

124.
Dia Internacional de Combate a Drogas..Dia Internacional de Combate as Drogas. 2012. (Outra).

125.
I Seminário de Experiências em Atenção Primária em Saúde com População de Rua e I Oficina de Crack e outras Drogas..Mesa Redonda: Usuários de Crack: Perfil, Estudos e Cuidados. 2012. (Seminário).

126.
IX Ciclo de Debates - Drogas, eu com isso? Crack e outras Drogas: Um Novo Desafio..Perfil de usuários de crack: dados preliminares do Projeto Ações Integradas.. 2012. (Outra).

127.
Seminário Estadual de Políticas Públicas sobre Drogas..Seminário Estadual de Políticas Públicas sobre Drogas.. 2012. (Seminário).

128.
Terceira Teleconferência do Projeto Supera 4ª edição.Terceira teleconferência do Curso Supera 4ª Edição.. 2012. (Outra).

129.
X Congresso Brasileiro de Terapia Familiar. Usuários de Crack Percebem suas Mães Negligentes e seus Pais Controladores Comparados com Não Usuários.. 2012. (Congresso).

130.
XV Simpósio Internacional sobre Tabaco, Álcool e outras Drogas.. 2012. (Simpósio).

131.
XV Simpósio Internacional sobre Tabaco, Álcool e outras Drogas..Mesa Redonda - Há ou Não uma Epidemia de Crack?. 2012. (Simpósio).

132.
XXVI Jornada Sul-Riograndensede Psiquiatria Dinâmica - Recordadr, Repetir e Inovar e II Encontro Ciência e Inovação em Psiquiatria.Análise Fatorial Confirmatória do Parental Bonding Instrument em Usuários de Crack.. 2012. (Encontro).

133.
XXX Congresso Brasileiro de Psiquiatria. Projeto Diretrizes da ABP, AMB e CFM: Capítulo Anfetamínicos.. 2012. (Congresso).

134.
XXX Congresso Brasileiro de Psiquiatria. Como abordar um usuário de crack: Avaliação e condutas. 2012. (Congresso).

135.
XXX Congresso Brasileiro de Psiquiatria. 2012. (Congresso).

136.
2011 NIDA International Forum. 2011. (Congresso).

137.
3º Congresso da ABRAMD.. 2011. (Congresso).

138.
3º Congresso da ABRAMD.. Membro da Comissão de Avaliação de Trabalhos. 2011. (Congresso).

139.
3º Congresso da ABRAMD.. Coordenador da Oficina: Escalas de Diagnóstico.. 2011. (Congresso).

140.
Curso de Formação de Consultor em Dependência Química/2011..O impacto social e econômico do crack.. 2011. (Outra).

141.
Encontro Científico do HMIPV.Ações Integradas Contra as Drogas e a Violência - Apresentação do Projeto Nacional e Aspectos no HMIPV. 2011. (Encontro).

142.
Fórum Permanente de Prevenção à Venda e o Consumo de Bebidas Alcoólicas por Crianças e Adolescentes..Painel Especialistas. 2011. (Outra).

143.
II Congresso Sul de Toxicologia Clínico-Laboratorial - TOXSUL. O Uso do Crack no Brasil: Etiologia e Como Tratar.. 2011. (Congresso).

144.
SIPAT - Mãe de Deus Center.Drogas. 2011. (Outra).

145.
VII Ciclo de Palestras do Curso Técnico de Química.Utilização de Drogas Psicotrópicas.. 2011. (Outra).

146.
VII Curso de Extensão sobre Drogas de Abuso do VIVAVOZ: As Bases para Abordagem Preventiva Associados ao Uso de Álcool e outras Drogas..Tratamento Farmacológico para Dependência Química.. 2011. (Outra).

147.
X Jornada Gaúcha de Psiquiatria.Crack e Oxi, é possível ser pior? Etiologia, abordagens, a mídia e a lei.. 2011. (Outra).

148.
28ª Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT 2010..Drogas. 2010. (Outra).

149.
30ª Semana Científica do Hospital de Clínicas de Porto Alegre..Usuários Brasileiros de Crack que Procuram Traamento Mostram Alta Porcentagem de Transtorno de Personalidade Anti-Social, mas pouco Consumo de Álcool.. 2010. (Outra).

150.
Ciclo de Palestras Prevenção - MUHM.Como enfrentar o crack?. 2010. (Outra).

151.
CPPD 72nd Annual Scientific Meeting.Brazilian crack users who seek treatment show more antisocial personality and less drinking than other drug users.. 2010. (Encontro).

152.
CPPD 72nd Annual Scientific Meeting. 2010. (Encontro).

153.
Curso de Aperfeiçoamento em Técnicas para Fiscalização do Uso de Drogas no Trânsito..Estudos Nacionais nas Rodovias Federais.. 2010. (Outra).

154.
Curso de Aperfeiçoamento em Técnicas para Fiscalização do Uso de Drogas no Trânsito..Conceitos Básicos e Neurobiologia - Cocaína e Crack.. 2010. (Outra).

155.
I Congresso Internacional Crack e outras Drogas: Um debate que se impõe.. 2010. (Congresso).

156.
I Congresso Internacional Crack e outras Drogas: Um debate que se impõe.. Coordenador da oficina: Tratamento Psicossocial: aspectos técnicos e científicos.. 2010. (Congresso).

157.
I Fórum Nacional sobre AspectosMédicos e Sociais Relacionados ao Uso de Crack.. 2010. (Outra).

158.
II Jornada de Atualização em Diagnósticos e Intervenções Efetivas no Alcoolismo e Outras Dependências - do Álcool e do Crack ao Suicídio..Do Uso do Álcool e do Crack ao Suicídio.. 2010. (Outra).

159.
II Jornada de Atualização em Diagnósticos e Intervenções Efetivas no Alcoolismo e Outras Dependências - do Álcool e do Crack ao Suicídio..O Comportamento Bordeline no Uso de Crack.. 2010. (Outra).

160.
II Seminário de Prevenção ao Crack - Juventude Ligada na Vida/Crack nem Pensar.Princípios do Tratamento.. 2010. (Seminário).

161.
NIDA 2010 International Forum.Brazilian Crack Users Who Seek Treatment Show More Antisocial Personality and Less Drinking Than Other Drug Users.. 2010. (Encontro).

162.
NIDA International Forum 2010. 2010. (Congresso).

163.
Simpósio Informativo sobre Crack..Tratamento da Dependência pelo Crack.. 2010. (Simpósio).

164.
Simpósio Informativo sobre o Crack..Manejo e Abordagem dos Usuários.. 2010. (Simpósio).

165.
XII Simpósio Internacional sobre Tratamento de Tabagismo IX Simpósio Internacional sobre Álcool e Outras Drogas I Simpósio Latinoamericano da International Drug Abuse Research Society..Crack - Modelos Hospitalares: A Rotina de uma Clínica de Reabilitação para Dependentes de Crack.. 2010. (Simpósio).

166.
XII Simpósio Internacional sobre Tratamento de Tabagismo IX Simpósio Internacional sobre Álcool e Outras Drogas I Simpósio Latinoamericano da International Drug Abuse Research Society..Crack: Integração é a Solução - Avaliação Médica.. 2010. (Simpósio).

167.
XVIª Jornada do PRONTOPSIQUIATRIA - Um olhar Multidimensional - Atualizações em Dependência Química..Como Tratar as Dependências Mais Graves.. 2010. (Outra).

168.
XXVIII Congresso Brasileiro de Psiquiatria. Estudo Exploratório sobre Dependência de Açúcares em Indivíduos Obesos e Dependentes de Substâncias.. 2010. (Congresso).

169.
XXV Jornada Sul-Rio Grandense de Psiquiatria Dinâmica.. 2010. (Outra).

170.
XXV Jornada Sul-Rio Grandense de Psiquiatria Dinâmica..Usuários de crack brasileiros que procuram tratamento apresentam alta prevalência de trastorno de personalidade antissocial e baixas taxas de uso de álcool.. 2010. (Outra).

171.
1º Seminário de Políticas Públicas sobre Drogas. 2009. (Seminário).

172.
2009 NIDA International Forum. Higher Psychiatric Comorbidity and Severity of Problems Among Substance Abusers with ADHD. 2009. (Congresso).

173.
2009 NIDA International Forum. 2009. (Congresso).

174.
CPDD 71st AnnualScientific Meeting. 2009. (Congresso).

175.
CPDD 71st Annual Scientific Meeting. Validation of a questionnaire for sugar addiction. 2009. (Congresso).

176.
Curso de Inverno do Hospital Mãe de Deus.Fissura. 2009. (Outra).

177.
Encontro Científico do CEJBF.Abordagem e tratamento da dependência de crack.. 2009. (Encontro).

178.
I Fórum Internacional - Crack: últimos 20 anos..Gerenciamento de Contigencias - Esquemas Terapêuticos para o Crack. 2009. (Encontro).

179.
II Congresso da ABRAMD sobre Drogas e Dependências. Drogas e Números. Pesquisas Epidemiológicas no Brasil Hoje. 2009. (Congresso).

180.
II Congresso da ABRAMD Sobre Drogas e Dependências. Álcool e Legislação. 2009. (Congresso).

181.
II Seminário Internacional da Rede de Pesquisa sobre Drogas. 2009. (Seminário).

182.
II Seminário Internacional da Rede de Pesquisa sobre Drogas.Maior comorbidade psiquiátrica e gravidade de problemas entre usuários de drogas com sintomas de TDAH.. 2009. (Seminário).

183.
I Jornada do Centro de Dependência Química do Hospital Parque Belém.. 2009. (Outra).

184.
IV Semana Integrare de Camaquã. 2009. (Outra).

185.
IX Jornada Gaúcha de Psiquiatria.Crack: Entendendo a epidemia. 2009. (Outra).

186.
IX Jornada Gaúcha de Psiquiatria.Propriedades Psicométricas do WHOQOL-BREF em Alcoolistas através do Modelo de Rasch. 2009. (Outra).

187.
IX Jornada Gaúcha de Psiquiatria. 2009. (Outra).

188.
Liga de Dependência Química - Universidade Fedra de Ciências Médicas.Cocaína. 2009. (Outra).

189.
Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho..O crack e as drogas em nossa sociedade. 2009. (Outra).

190.
Seminário Adolescência e Drogas: um fenômeno multidimensional.Seminário Adolescência e Drogas: um fenômeno multidimensional. 2009. (Seminário).

191.
V Conferência Municipal sobre Drogas de Camaquã.Crack, apague essa idéia. 2009. (Outra).

192.
XII Congreso Nacional Sociedad Española de Toxicomanías-Foro Internacional. La dependencia de cocaína como un reto asistencial para los profesionales de la salud mental.. 2009. (Congresso).

193.
XX Congresso Brasileiro da Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas. Hedoismo, Impulsividade e a Sociedade de Consumo. 2009. (Congresso).

194.
XX Congresso Brasileiro da Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas. Crack: Tudo o que você queria saber e tinha medo de perguntar - tratamento e perspectivas futuras. 2009. (Congresso).

195.
XX Congresso Brasileiro da Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas. Crack: Tudo o que você queria saber e tinha medo de perguntar - diagnóstico - consumo de crack, comorbidades e danos cerebrais.. 2009. (Congresso).

196.
XX Congresso Brasileiro da Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas. Maior comorbidade psiquiátrica e gravidade de problemas entre usuários de drogas com sintomas de ADHD.. 2009. (Congresso).

197.
XXVII Congresso Brasileiro de Psiquiatria. Relator: Adolescência e drogas: rito de passagem ou falta de conhecimento sobre as atuais evidências? - Iternação ou comunidades terapêuticas modelos adequados?. 2009. (Congresso).

198.
XXVII Congresso Brasileiro de Psiquiatria. Construção de instrumentos (escalas) de pesquisa. Fundamentos da psicometria moderna - Propriedades psicométricas do WHOQOL-BREF em alcoolistas através do modelo de Rasch.. 2009. (Congresso).

199.
2008 NIDA International Forum. Measurement Properties of the WHOQOL-BREF in Alcoholics Using the Rasch Model.. 2008. (Congresso).

200.
21º Ciclo de Avanços em Clínica Psiquiátrica. Adições tecnológicas e suas relações com outros transtornos psiquiátricos de eixo I e II.. 2008. (Congresso).

201.
CPDD 70th Annual Scientifc Meeting Program..Measurement properties of the WHOQOL-BREF in alcoholics using the Rasch model.. 2008. (Encontro).

202.
Encontro Comemorativo dos 30 anos da ABEAD.Coordenador do curso: Prevenção dos Problemas do Álcool e Políticas Públicas. 2008. (Encontro).

203.
Epidemia do crack na infância e na adolescência: um desafio.Epidemia do crack na infância e na adolescência: um desafio. 2008. (Outra).

204.
I Simpósio Impulsividade e Drogas.Estratégias de Abordagem e Tratamento do Dependente de Crack - Na iniciativa privada. 2008. (Simpósio).

205.
VI Encontro do ProDAH/HCPA. 2008. (Encontro).

206.
XII Simpósio Internacional de Tabagismo.Crack. 2008. (Simpósio).

207.
XI Simpósio Internacional sobre Tratamento de Tabagismo e VII Simpósio Internacional sobre Álcool e outras Drogas.Álcool, Impulsividade e Comportamento de Risco. 2008. (Simpósio).

208.
XI Simpósio Internacional sobre Tratamento de Tabagismo e VII Simpósio Internacional sobre Álcool e outras Drogas.A Epidemia do Crack no Brasil. 2008. (Simpósio).

209.
XI Simpósio Internacional sobre Tratamento de Tabagismo e VII Simpósio Internacional sobre Álcool e outras Drogas.Validação de um Questionário para Avaliação de Dependência de Açúcares Extrínsecos Não Lácticos. 2008. (Simpósio).

210.
XI Simpósio Internacional sobre Tratamento de Tabagismo e VII Simpósio Internacional sobre Álcool e outras Drogas.Benefícios de Beber Moderado X Riscos do uso Abusivo? Afinal o que Dizemos a nossos Pacientes. 2008. (Simpósio).

211.
XI Simpósio Internacional sobre Tratamento de Tabagismo e VII Simpósio Internacional sobre Álcool e outras Drogas.Presidente da Comissão Científica. 2008. (Simpósio).

212.
XI Simpósio Internacional sobre Tratamento de Tabagismo e VII Simpósio Internacional sobre Álcool e outras Drogas. 2008. (Simpósio).

213.
XXIV Jornada Sul-Rio-Grandense de Psiquiatria Dinâmica.Curso: Mudança Psiquica e Neurociência - 1ª aula Entendendo a Transferência desde a perspectiva da Neurociência. 2008. (Encontro).

214.
XXIV Jornada Sul-Rio-Grandense de Psquiatria Dinâmica. 2008. (Encontro).

215.
XXVI Congresso Brasileiro de Psiquiatria. Relator da Mesa Redonda: Transtornos mentais e uso de drogas. 2008. (Congresso).

216.
XXVI Congresso Brasileiro de Psiquiatria. Relator do Simp. do Dpto. Dependência Química: Manejo farmacológico da intoxicação aguda e da dependência de substâncias psicotrópicas.. 2008. (Congresso).

217.
XXVI Congresso Brasileiro de Psiquiatria. Jogo Patológico entre Usuários de Drogas. A Gravidade da Comorbidade Indica uma Modificação na Rotina de Avaliação dos Serviços?. 2008. (Congresso).

218.
20° Ciclo de Avanços em Clínica Psiquiátrica.Membro Efetivo. 2007. (Outra).

219.
3º Fórum Qualidade de Vida e Saúde - Jovens e o álcool: um caminho arriscado. 2007. (Seminário).

220.
Seminario Avances en el Desarollo de Indicadores e Instrumentos de Calidad en la Atención de Personas con Consumo Problemático de Drogas.. 2007. (Seminário).

221.
Simpósio Nacional da ABEAD.Prevenção: o que funciona e para quem?. 2007. (Simpósio).

222.
V Simpósio do Instituto Cérebro e Mente - I Workshop em Neurociências - I Jornada Sul Catarinense de Psquiatria.V Simpósio do Instituto Cérebro e Mente - I Workshop em Neurociências - I Jornada Sul Catarinense de Psquiatria. 2007. (Simpósio).

223.
XIX Congresso ABEAD - Álcool e Drogas Cuidando dos Jovens. Método de um estudo multicêntrico sobre a validação do Addiction Severity Index para o Brasil. 2007. (Congresso).

224.
XIX Congresso ABEAD - Álcool e Drogas Cuidando dos Jovens. 2007. (Congresso).

225.
XXV Congresso Brasileiro de Psiquiatria. 2007. (Congresso).

226.
XXV Congresso Brasileiro de Psiquiatria. 2007. (Congresso).

227.
19º Ciclo de Avanços em Clínica Psiquiátrica.19º Ciclo de Avanços em Clínica Psiquiátrica. 2006. (Outra).

228.
2006 NIDA International Forum- International Trends and Needs in Drug Abuse Research. International Trends and Needs in Drug Abuse Research. 2006. (Congresso).

229.
7° Encontro de Capacitação de Professores para Prevenção ao Uso de Drogas;.Aspectos clínicos e comportamentais no uso de substâncias psicoativas.. 2006. (Encontro).

230.
II Forum Internacional sobre Qualidade de Vida e Saúde.II Forum Internacional sobre Qualidade de Vida e Saúde. 2006. (Outra).

231.
Simpósio da ABEAD sobre Drogas:Maconha e Ecstasy.Coordenador Científico. 2006. (Simpósio).

232.
The College on Problems of Drug Dependence - 68th Annual Scientific Meeting.68th Annual Scientific Meeting. 2006. (Encontro).

233.
XVIII Congresso ABEAD. Validação Transcultural do Addiction Severity Index (ASI 6) - Perfil Amostral Preliminar. 2006. (Congresso).

234.
XVIII Congresso ABEAD. Curso Nacional - Atualização sobre o uso e dependência de Maconha e Anfetamínicos. 2006. (Congresso).

235.
XXIII Jornada Sul-Rio-Grandense de Psiquiatria Dinâmica."Adição e sensações na cultura atual". 2006. (Simpósio).

236.
XXIV Congresso Brasileiro de Psiquiatria. 2006. (Congresso).

237.
2005 NIDA International Forum Linking Drug Abuse and HIV/AIDS Re. The 67th Annual Meeting of the College on Problems of Drug Dependence-CPDD. 2005. (Congresso).

238.
Associação Brasileira de Psiquiatria - revista Brasileira de Psiquiatria.Parecerista da revista Brasileira de Psiquiatria no ano de 2005. 2005. (Outra).

239.
I Forum Internacional de Qualidade de Vida.I Forum Internacional de Qualidade de Vida e Saúde -Alcoolismo: Quem paga essa conta?. 2005. (Simpósio).

240.
Núcleo de Dependência Química e Outros comportamentos aditivos.Coordenador do Núcleo de dependência química e outros comprotamentos aditivos. 2005. (Outra).

241.
Pré-Congresso Gaúcho da ABEAD.Pré-Congresso Gaúcho da ABEAD. 2005. (Simpósio).

242.
The College on Problems of Drug Dependence.Trought-mapping and structured stories as an HIV/AIDS risk reduction approach for Brazzilian cocaine users. 2005. (Outra).

243.
VII Jornada Gaúcha de Psiquiatria. VII Jornada Gaúcha de Psiquiatria. 2005. (Congresso).

244.
Workshop Estágios de Mudança na Prática Clínica.. 2005. (Encontro).

245.
XVII Congresso da ABEAD. XVII Congresso da ABEAD-Responsabilidade Social e Prevenção ao Uso de Drogas: O papel da Comunidade e das Políticas Públicas. 2005. (Congresso).

246.
XVII Curso de Inverno de Atualziação em Dependência Química.XVII Curso de Inverno de Atualização em Dependência Química. 2005. (Seminário).

247.
XVIII Ciclo de Avanços em Clínica Psiquiátrica. XVIII Ciclo de Avanços em Clínica Psiquiátrica. 2005. (Congresso).

248.
2004 NIDA International Forum Progress Through Collaboration. 2004. (Congresso).

249.
Clube de Cinema.Clube de Cinema do CENESPI. 2004. (Seminário).

250.
CPDD Porto Rico. 2004. (Congresso).

251.
The 66th Annual Meeting of the College on Problems of Drug Dependence/CPDD. The 66th Annual Meeting of the College on Problems of Drug Dependence(CPDD). 2004. (Congresso).

252.
V Congresso da Sociedade Brasileira de DST-DST5; V Congresso Brasileiro de Prevenção em DTS/AIDS. V Congresso da Sociedade Brasileira de DST-DST5. 2004. (Congresso).

253.
XVI Congresso da ABEAD. XVI Congresso da ABEAD. 2004. (Congresso).

254.
XVII Ciclo de Avanços em Clínica Psiquiátrica. XVII Ciclo de Avanços em Clínica Psiquiátrica. 2004. (Congresso).

255.
XXII Jornada Sul-Riograndense de Psiquiatria Dinâmica. XXII Jornada Sul-Riograndense de Psiquiatria Dinâmica. 2004. (Congresso).

256.
Human Participants Protection Education for Research Teams online course.Human Participants Protection Education for Research Teams. 2003. (Oficina).

257.
IX Jornada de Psiquiatria da Região Sul/VI Jornada Gaúcha de Psiquiatria. IX Jornada de Psiquiatria da Região Sul. 2003. (Congresso).

258.
The 65th Annual Meeting of the College on Problems of Drug Dependence. The 65th Annual Meeting of the College on Problems of Drug Dependence. 2003. (Congresso).

259.
XV Congresso da Associação Brasileira de Estudos de Álcool e Outras Drogras - O Jovem e as Drogas: Educação, Comunidade e Mídia. References to alcohol consumption and alcoholism in medical records of a general hospital of Porto Alegre, Brazil a comparison between samples with a 20-year gap.. 2003. (Congresso).

260.
XX Congresso da AMRIGS. XX Congresso da AMRIGS. 2003. (Congresso).

261.
Ciclo de Avanços em Clínica Psiquiátrica(Clínica Infantil).Ciclo de Avanços em Clínica Psiquiátrica(Psiquiatria Infantil). 2002. (Outra).

262.
I Simpósio Internacional de Dependência Química e Comorbidades.Dependência Química, Esquizofrenia e Outros Transtornos Psicóticos. 2002. (Simpósio).

263.
Primeira Jornada do Instituto Fernando Pessoa. !ª Jornada do Instituto Fernando Pessoa:Psicoterapia, Ensino e Cultura. 2002. (Congresso).

264.
Simpósio Gaúcho de Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade.Simpósio Gaúcho de Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade. 2002. (Simpósio).

265.
The 64th NIDA Annual Meeting of the College on Problems of Drug Dependence/CPDD. The 64th NIDA International Forum on Building International Research on Drug Abuse: Treatment Innovations. 2002. (Congresso).

266.
Trauma-XXI Jornada Sul-Riograndense de Psiquiatria Dinâmica. XXI Jornada Sul-Riograndense de Psiquiatria Dinâmica. 2002. (Congresso).

267.
VI Congresso Brasileiro de Psicologia Hospitalar. VI Congresso Brasileiro de Psicologia Hospitalar. 2002. (Congresso).

268.
1º Simpósio Gaúcho de Transtornos do Humor.1º Simpósio Gaúcho de Transtornos do Humor. 2001. (Simpósio).

269.
V Jornada Gaúcha de Psiquiatria. O Tratamento dos Transtornos de Personalidade. 2001. (Congresso).

270.
XIV Ciclo de Avanços em Clínica Psiquiátrica.XIV Ciclo de Avanços em Clínica Psiquiátrica. 2001. (Outra).

271.
XIV Congresso Brasileiro sobre Alcoolismo, Tabagismo e outras Drogas. XIV Congresso Brasileiro sobre Alcoolismo, Tabagismo e outras Drogas. 2001. (Congresso).

272.
20ª Semana Científica do Hospital de Clínicas de Porto Alegre- 7º Congresso de Pesq. e Desenvolvimento em Saúde no Mercosul.XX Semana Científica do Hospital de Clínicas de Porto Alegre. 2000. (Outra).

273.
III Simpósio do II Curso de Extensão em Clínica Psiquiátrica- Perspectivas no tratamento da Depressão."Perspectivasd no tratamento da Depressão". 2000. (Simpósio).

274.
II Simpósio do II Curso de Extensão em Clínica Psiquiátrica-Diagnóstico e tratamento da Ansiedade generalizada.Diagnóstico e tratamento da Ansiedade Generalizada. 2000. (Simpósio).

275.
I Simpósio do II Cursod e extensão em Clínica Psiquiátrica-Tratamento farmacológico das dependências químicas.Tratamento farmacológico das dependências químicas. 2000. (Simpósio).

276.
VI Simpósio do II Curso de Extensão em Clínica Psiquiátrica-Novas Perspectivas na Biologia Molecular e Neuroquímica da esquizofrenia:Implicações Clínicas"."Novas Perspectivas na Biologia Molecular e Neuroquímcia da Esquizofrenia:Implicações Clínicas". 2000. (Simpósio).

277.
V Simpósio do II Cursod e Extensão em Clínica Psiquiátrica- O papel atual da Psicoterapia na Clínica Psiquiátrica.O papel atual da Psicoterapia na clínica psiquiátrica. 2000. (Simpósio).

278.
XX Jornada Sul-Riograndense de Psiquiatria Dinâmica. XX Jornada Sul-Riograndense de Psiquiatria Dinâmica. 2000. (Congresso).

279.
Building International Research on Drug Abuse: Continuing Focus on Children and Youth. Building International Research on Drug Abuse:Continuing Focus on Children and Youth. 1999. (Congresso).

280.
College on problems of Drug Dependence. 60º Encontro Científico Anual - CPDD. 1999. (Congresso).

281.
Curso de Capacitação na Prevenção de Abuso de Drogas NA PR.Amigo do DENARC. 1999. (Outra).

282.
I Encontro de Psiquiatria Psicodinâmica do Mercosul - Dr. Glenn Gabbard.I Encontro de Psiquiatria Psicodinâmica do Mercosul - Dr. Glenn Gabbard. 1999. (Encontro).

283.
IV Jornada Gaúcha de Psiquiatria. IV Jornada Gaúcha de Psiquiatria. 1999. (Congresso).

284.
Workshop :Terapia Cognitivo-Comportamental e Entrevista Motivacional.Terapia Cognitivo-Comportamental e Entrevista Motivacional. 1999. (Oficina).

285.
XIII Congresso Brasileiro de Alcoolismo e Outras Dependências. XIII Congresso Brasileiro de Alcoolismo e outras Dependências. 1999. (Congresso).

286.
III Simpósio do Curso de Extensão em Clínica Psiquiátrica.III Simpósio do Curso de Extensão em Clínica Psiquiátrica. 1998. (Simpósio).

287.
II Simpósio do Curso de Extensão em Clínica Psiquiátrica.II Simpósio do Curso de Extensão Universitária. 1998. (Simpósio).

288.
IV Simpósio do Curso de Extensão em Clínica Psiquiátrica.IV Simpósio do Curso de Extensão em Clínica Psiquiátrica. 1998. (Simpósio).

289.
Primeiro Simpósio do Curso de Extensão em Clínica Psiquiátrica.I Simpósio do Curso de Extensão em Clínica Psiquiátrica. 1998. (Simpósio).

290.
Refletindo e debatendo sobre a prevenção à Dependência Química.Refletindo e debatendo sobre a prevenção à Dependência Química. 1998. (Encontro).

291.
VI Gastrosul: Manifestações Psiquiátricas Pós-Transplante Hepático. VI Gastrosul :Manifestações Psiquiátricas Pós- Transplante Hepático. 1998. (Congresso).

292.
V Simpósio do Curso de Extensão em Clínica Psiquiátrica.V Simpósio do Curso de Extensão em Clínica Psiquiátrica. 1998. (Simpósio).

293.
X Curso de Inverno de Atualização em Dependência Química.X Curso de Inverno de atualização em Dependência Química. 1998. (Outra).

294.
XIV Jornada Sul-Riograndense de Psiquiatria Dinâmica.XIV Jornada Sul-Riograndense de Psiquiatria Dinâmica. 1998. (Outra).

295.
XIX Jornada Sul-Riograndense de Psiquiatria Dinâmica.XIX Jornada Sul-Riograndense de Psiquiatria Dinâmica. 1998. (Outra).

296.
XVI Congresso Brasileiro de Psiquiatria. XVI Congresso Brasileiro de Psiquiatria-Cidadanía e Direito à Saúde Mental. 1998. (Congresso).

297.
Curso: Terapia Cognitivo-Comportamental - TCC nos transtornos de ansiedade.Curso:Terapia Cognitivo Comportamental - TCC nos transtornos de ansiedade. 1997. (Outra).

298.
Encontro: A procura das causas da Esquizofrenia.A procura das causas da Esquizofrenia. 1997. (Encontro).

299.
Enfoque Multidisciplinar: O Psicanalista no Hospital Geral- Drª Carmem Steiner.Conferência:Enfoque Multidisciplinar: o Psicanalista no Hospital Geral. 1997. (Outra).

300.
XI Simpósio Interno de Psicoterapia de Orientação Analítica.XI Simpósio Interno de Psicoterapia de Orientação Analítica. 1997. (Simpósio).

301.
America´s Mental Health. America´s Mental health. 1996. (Congresso).

302.
Curso de Diagnóstico e tratamento da dependência química.Curso de Diagnóstico e Tratamento da Dependência Química. 1996. (Oficina).

303.
Educação continuada em Esquizofrenia.Educação continuada em Esquizofrenia. 1996. (Oficina).

304.
Encontro de Atualização e Perspectivas no Tratamento da Depressão.Encontro de Atualização e Perspectivas no tratamento da depressão. 1996. (Encontro).

305.
III Congresso Gaúcho de Alcoolismo e Outras Dependências. III Congresso Gaúcho de Alcoolismo e Outras Dependências. 1996. (Congresso).

306.
Programa Educativo CID-10.Programa Educativo CID-10. 1996. (Outra).

307.
XVIII Jornada Sul-Riograndense de Psiquiatria Dinâmica. XVIII jornada Sul-Riograndense de Psiquiatria Dinâmica. 1996. (Congresso).

308.
Curso de Fisiopatologia Pulmonar.Fisiopatologia Pulmonar. 1995. (Outra).

309.
Cursos de Saúde Pública.Sáude Pública. 1995. (Outra).

310.
Curso.Curso. 1994. (Outra).

311.
XVII Jornada Sul-Riograndense de Psiquiatria Dinâmica. XVII jornada Sul-Riograndense de Psiquiatria Dinâmica. 1994. (Congresso).

312.
13ª Semana Científica do Hospital de Clínicas de Porto Alegre.Levantamento Etnofarmacológico sobre o Chá de Manga, Mangifera Indica.. 1993. (Outra).

313.
Curso Urgências do HCPA: Ginecologia e Obstetrícia.Urgências do HCPA: Ginecologia e Obstetrícia. 1993. (Outra).

314.
Seminário de Iniciação Científica/1992.Discutindo a Interdisciplinaridade (Tema 1). 1992. (Seminário).

315.
Reanimação Cardiorespiratória.Reanimação Cardiorespiratória. 1991. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
KESSLER, F.H.P.. 31º Ciclo de Avanços em Clínica Psiquiátrica. 2018. (Outro).

2.
KESSLER, FELIX H.. Simpósio em Álcool e Outras Drogas do Hospital de Clínicas de Porto Alegre e Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas. 2018. (Outro).

3.
KESSLER, F.H.P.. XXIV CONGRESSO BRASILEIRO ABEAD. 2017. (Congresso).

4.
KESSLER, F.H.P.. XXIV Congresso Brasileiro da ABEAD. 2017. (Congresso).

5.
KESSLER, F.H.P.. XXXV Congresso Brasileiro de Psiquiatria. 2017. (Congresso).

6.
KESSLER, F. H. P.. XXXV Congresso Braileiro de Psiquiatria. 2017. (Congresso).

7.
KESSLER, F.H.P.. XIII Congresso Gaúcho de Ppsiquiatria. 2017. (Congresso).

8.
KESSLER, F.H.P.. II Encontro Brasil/Argentina de Psiquiatria Forense. 2017. (Outro).

9.
KESSLER, F.H.P.. VI Simpósio Brasileiro de Saúde Mental da Mulher. 2017. (Outro).

10.
KESSLER, F.H.P.. I Encontro Gaúcho de Pesquisa em Psicoterapia. 2017. (Outro).

11.
KESSLER, F.H.P.. II Encontro Gaúcho de Psiquiatria da Infância e Adolescência. 2017. (Outro).

12.
KESSLER, F.H.P.. V Fórum Interdisciplinar Sobre Maldade, Ética e Corrupção do Cotidiano. 2017. (Outro).

13.
KESSLER, FH. XIII Jornada CELPCYRO sobre Saúde Mental. 2016. (Outro).

14.
KESSLER, F.H.P.. XXVIII Jornada Sul-Riograndense de Psiquiatria Dinâmica Transformações Psicoterapia. 2016. (Outro).

15.
KESSLER, F.H.P.. IV Encontro de Ciência e Inovação em Psiquiatria. 2016. (Outro).

16.
KESSLER, F.H.P.. I Encontro Estadual das Ligas Acadêmicas de Psiquiatria. 2016. (Outro).

17.
KESSLER, F.H.P.. 21ª. Conferência do Conselho Internacional Sobre Álcool, Drogas e Segurança no Trânsito. 2016. (Outro).

18.
KESSLER, F. H. P.. XVII Simpósio Internacional sobre Tabaco, Álcool e outras Drogas TabacoDrogas. 2015. (Outro).

19.
KESSLER, F. H. P.. XII Jornada de psiquiatria da APRS. 2015. (Outro).

20.
KESSLER, F. H. P.. 28º Ciclo de Avanços em Clínica Psiquiátrica. 2015. (Outro).

21.
KESSLER, F. H. P.. XVII Simpósio Internacional sobre Tabaco, Álcool e Outras Drogas. 2015. (Outro).

22.
KESSLER, F. H. P.. Simpósio Internacional sobre Tabaco, Álcool e Outras Drogas. 2015. (Outro).

23.
KESSLER, F. H. P.. Ciclo de Palestras: Dependência Química para Rede de Saúde. 2015. (Outro).

24.
KESSLER, F.H.P.. Capacitação em Dependência Química para Rede de Saúde - SMS/Porto Alegre. 2015. (Outro).

25.
KESSLER, FELIX HENRIQUE PAIM. XXVII Jornada Sul-Rio-Grandense de Psiquiatria Dinâmica.. 2014. (Outro).

26.
KESSLER, FELIX HENRIQUE PAIM. SIDAT - I Simpósio Internacional sobre Drogas, Álcool e Trânsito.. 2013. (Outro).

27.
KESSLER, F. H. P.. II Congresso Sul de Toxicologia Clínico Laboratorial - toxsul. 2011. (Congresso).

28.
KESSLER, F. H. P.. I Congresso Internacional Crack e Outras Drogas. 2010. (Congresso).

29.
KESSLER, F. H. P.. 21º Ciclo de Avanços em Clínica Psiquiátrica. 2008. (Congresso).

30.
KESSLER, F. H. P.. XII Simpósio Internacional de Tabagismo. 2008. (Congresso).

31.
KESSLER, F. H. P.. Simpósio Nacional da ABEAD - Presidente. 2007. (Outro).

32.
KESSLER, F. H. P.. Coordenador do Curso de Extensão em Álcool e Drogas da UFRGS. 2007. (Outro).

33.
KESSLER, F. H. P.. Simpósio da ABEAD sobre Drogas: Maconha e Ecstasy. 2006. (Outro).

34.
F, P. ; KESSLER, F. H. P. . Curso de Treinamento do Addiction Severity Index versão 6. 2005. (Outro).

35.
KESSLER, F. H. P.. Jornada de Psiquiatria do Rio Grande do Sul. 2005. (Outro).

36.
KESSLER, F. H. P.. Pré-Congresso Gaúcho da Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas. 2005. (Outro).

37.
KESSLER, F. H. P.. XVII Congresso da ABEAD. 2005. (Congresso).

38.
KESSLER, F. H. P.. Ciclo de Cinema em Dependência Química. 2004. (Congresso).

39.
KESSLER, F. H. P.. Curso: Dependência Química na atualidade. 2002. (Outro).

40.
KESSLER, F. H. P.. XX Jornada Sul-Rio-Grandense de Psiquiatria Dinâmica. 2000. (Outro).

41.
KESSLER, F. H. P.. Palestra: Medicina Preventiva e Primeiros Socorros. 1991. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Guilherme Loureiro Fracasso. O pensamento episódico futuro no desconto temporal em participantes compulsão alimentar. Início: 2018. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia​ Universidade Católica do Rio Grande do Sul. (Coorientador).

2.
Vinicius Serafini Roglio vroglio. Modelo preditivo para tentativa de suicídio em pacientes internados por uso de crack, uma abordagem por Aprendizado de Máquina. Início: 2018. Dissertação (Mestrado em Psiquiatria) - PPG da Psiquiatria e ciências do comportamento - UFRGS, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

3.
Márcia Surdo Pereira. Técnica Neuromodulstoria tDCS no tratamento do tabagismo. Início: 2017. Dissertação (Mestrado profissional em Psiquiatria de Adição) - Hospital de Clínicas de Porto Alegre. (Orientador).

4.
Ana Lúcia Golin. Esquemas desadaptativos e percepção de estilo parental entre usuários e irmãos não usuários de substâncias psicoativas. Início: 2017. Dissertação (Mestrado profissional em Psiquiatria de Adição) - Hospital de Clínicas de Porto Alegre. (Orientador).

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Diogo Fernando Bornancin Costa. Cannabis e o prejuízo no desempenho acadêmico e profissional: revisão sobre hipóteses etiológicas. Início: 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Felipe Ornell. FATORES ASSOCIADOS A ALTERAÇÕES NOS NÍVEIS DO FATOR NEUROTRÓFICO DERIVADO DO CÉREBRO BDNF ? DURANTE A DESINTOXICAÇÃO POR CRACK.. 2015. Dissertação (Mestrado em Medicina Psiquiatria) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Félix Henrique Paim Kessler.

2.
PAULA HERYNKOPF SUKOP. ASSOCIAÇÃO ENTRE A DEPENDÊNCIA DE CRACK E NÍVEIS DE VITAMINAS DO COMPLEXO B E ALUMÍNIO NO SANGUE. 2015. Dissertação (Mestrado em Psiquiatria) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Coorientador: Félix Henrique Paim Kessler.

3.
Helen Vargas Laitano. Tradução e Adaptação do Manual de Manejo da Raiva. 2015. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Hospital de Clínicas de Porto Alegre, . Orientador: Félix Henrique Paim Kessler.

4.
Márcio Silveira da Silva. Desenvolvimento e avaliação do Manejo de Contingência para Usuários de Crack Internados em Unidade de Adição SUS. 2015. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Hospital de Clínicas de Porto Alegre, . Orientador: Félix Henrique Paim Kessler.

5.
Mayra Pachado Machado. Vínculos Familiares e Sociais de Usuários de Crack e Adaptação da Terapia Comportamental Familiar. 2015. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Félix Henrique Paim Kessler.

6.
Karina Proença Ligabue. ASSOCIAÇÃO DA INTERVENÇÃO DE CUE EXPOSURE SOBRE OS NÍVEIS DE CORTISOL SALIVAR EM DEPENDENTES DE CRACK INTERNADOS NO HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE. 2014. Dissertação (Mestrado em Psiquiatria) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Coorientador: Félix Henrique Paim Kessler.

7.
Ronaldo Lopes Rosa. Preditores de recaída em adolescentes usuários de crack após alta hospitalar. 2014. Dissertação (Mestrado em Psiquiatria) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, . Coorientador: Félix Henrique Paim Kessler.

Tese de doutorado
1.
SILVIA CHWARTZMANN HALPERN. Vulnerabilidade Social Em Usuários de Crack em Seis Capitais Brasileiras. 2014. Tese (Doutorado em Psiquiatria) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Félix Henrique Paim Kessler.

2.
Sibele Faller. Avaliação, gerenciamento de caso e seguimento de usuários de crack que se encontram em tratamento em seis capitais brasileiras. 2011. Tese (Doutorado em Psiquiatria) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Secretaria Nacional de Política Sobre Drogas. Coorientador: Félix Henrique Paim Kessler.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Guilherme Fracasso. Revisão sobre Neurociência da Motivação no Tratamento das Adições. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Medicina) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Félix Henrique Paim Kessler.

Iniciação científica
1.
Bruna Luísa Ferlin Ribeiro. Estudo Multicêntrico Sobre Alterações da Função Cerebral em Usuários de Crack. 2018. Iniciação Científica. (Graduando em Psicologia) - Hospital de Clínicas de Porto Alegre, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Félix Henrique Paim Kessler.

Orientações de outra natureza
1.
Carine da Silva Budzyn. A relação paciente-médico-cuidador no setting pediátrico segundo a criança hospitalizada. 2017. Orientação de outra natureza. (Medicina) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Félix Henrique Paim Kessler.

2.
Adriele Timmen. Educação em Saúde junto aos familiares e ou acompanhantes de pacientes com bactérias multirresistentes: ação de prevenção e controle de infecção?. 2017. Orientação de outra natureza. (Medicina) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Félix Henrique Paim Kessler.

3.
Ester Duk Schwarz. Conjunto de medidas de manutenção de sondas nasoenterais para prevenção de pneumonia hospitalar. 2017. Orientação de outra natureza. (Medicina) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Félix Henrique Paim Kessler.

4.
Andressa Taíz Hoffmann. O efeito de um método de desinfecção de acessos vasculares na redução das taxas de infecção de corrente sanguínea. 2017. Orientação de outra natureza. (Medicina) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Félix Henrique Paim Kessler.

5.
Cássia Linhares Pacheco. Percepções da equipe assistencial da Unidade de Oncologia Pediátrica de um hospital geral sobre cuidados paliativos no contexto do câncer infantil.. 2017. Orientação de outra natureza. (Medicina) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Félix Henrique Paim Kessler.

6.
Marise de Cássia Pires Gonçalves. Linfoma de Hodgkin em um Serviço Terciário de Oncologia Pediátrica: Estudo de Coorte Histórica. 2017. Orientação de outra natureza. (Medicina) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Félix Henrique Paim Kessler.

7.
Diogo Fernando Bornancin Costa. Cannabis e prejuízo no desempenho acadêmico e profissional: revisão sobre hipóteses etiológicas. 2017. Orientação de outra natureza. (Medicina) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Félix Henrique Paim Kessler.

8.
Rodrigo dos Santos Zancan. Ensaio Comportamental e a Utilização da Exposição aos Estímulos em Sujeitos com transtorno por uso de substâncias. 2017. Orientação de outra natureza. (Medicina) - Hospital de Clínicas de Porto Alegre. Orientador: Félix Henrique Paim Kessler.

9.
Laura de Carvalho Bastos Domingues. Avaliação Nutricional Subjetiva Global: aplicabilidade em crianças e adolescentes com neoplasia maligna - Resultados Preliminares. 2017. Orientação de outra natureza. (Medicina) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Félix Henrique Paim Kessler.

10.
Márcia Izabel Rodzinski Pettenon. As implicações do uso de álcool e drogas na família.. 2008. Orientação de outra natureza. (Curso de Extensão sobre Álcool e Drogas) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Félix Henrique Paim Kessler.



Outras informações relevantes


Projetos de Pesquisa: Projeto CIPRA-Programa Internac. Amplo de Pesq. em AIDS:"Intervenções baseadas em evidência para HIV/AIDS para grupos de risco"(2003-2005) US$ 106,668. Cargo : CO-PI Principal;Inv.Principal: Flavio Pechansky. Suporte técnico: CELG/UFRGS/HCPA e Universidade da Pennsylvânia(NIAID 1 RO3 AI 054140-01);
Redução de risco e prevenção do HIV em usuários de drogas brasileiros e suas parceias sexuais, 2003 . Realização do Center for Drug and Alcohol Research Studies da Universidade de Delaware e CPAD. Dotação orçamentária: US$ 25,300 Prazo de execução:12 meses. Co-Inv. Principal: Flavio Pechansky.
Participação em curso de informática de MS/dos 5.2 e WINDOWS 3.1, promovido pela microsul informática no período de 15/05/95 a 26/05/95 perfazendo um total de 32 horas/aula.
Certificado de Proficência em Inglês pelo ETS/TOEFL data 28/02/2005 escore total:247 de 300
Colaborou com a disciplina MED 8834 Psiquiatria-Estágio, Programa "Cuidado Psiquiátrico com paciente clínico geral",junto ao Deptº de Psiq. e Med. Legal-UFRGS, realizando "Exame de paciente" no período de 2000/1 à 2001/2.
Membro do Conselho Editorial da Revista de Psiquiatria do Rio Grande do Sul (como Revisor)



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 23/10/2018 às 19:22:09