Rosana Bizon Vieira Carias

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/6148549150295559
  • Última atualização do currículo em 19/09/2018


Possui Graduação em Farmácia, com especialização em Farmácia Industrial, pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) (1996), Mestrado em Ciências Morfológicas, pela mesma Instituição, e Doutorado em Ciências, pelo Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (INMETRO) (2017). Pesquisadora no Banco de Células do Rio de Janeiro e Professora e Pesquisadora da Faculdade de Medicina de Petrópolis. Ampla experiência em manipulação de células primárias humanas para fins biotecnológicos, com ênfase para Bioengenharia Tecidual e Toxicologia. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Rosana Bizon Vieira Carias
Nome em citações bibliográficas
CARIAS, R. B. V.;BIZON, R.;VIEIRA, R.B.;CARIAS, ROSANA B. V.;Rosana B. C. Vieira;CARIAS, ROSANA BIZON;CARIAS, ROSANA BIZON VIEIRA

Endereço


Endereço Profissional
Faculdade de Medicina de Petrópolis.
Avenida Barão do Rio Branco - 905
Centro
25680120 - Petrópolis, RJ - Brasil
Telefone: (24) 22446464
Ramal: 6522
URL da Homepage: www.inmetro.gov.br


Formação acadêmica/titulação


2013 - 2017
Doutorado em Biotecnologia.
Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia, INMETRO, Brasil.
Título: Obtenção e estabelecimento de culturas de células humanas, definição da qualidade e de uso em Biometrologia, Ano de obtenção: 2017.
Orientador: Radovan Borojevic.
Coorientador: José Mauro Granjeiro.
Bolsista do(a): PRONAMETRO, PRONAMETRO, Brasil.
Palavras-chave: CELL THERAPY; CULTIVO CELULAR; Bioecnologia; Legislação Sanitária; Métodos Alternativos (MAV).
2000 - 2001
Mestrado em Ciências Morfológicas.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Título: Detecção de Micrometástase na Medula Óssea de Pacientes Portadoras de Carcinoma de Mama,Ano de Obtenção: 2002.
Orientador: Radovan Borojevic.
Palavras-chave: carcinoma de mama; micrometástase; medula óssea; imunofluorescência; RT-PCR.
1997 - 1998
Especialização em Farmácia Industrial.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
1993 - 1996
Graduação em Farmácia.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
1988 - 1992
Curso técnico/profissionalizante.
Escola Técnica Federal de Química do Rio de Janeiro, ETFQ/RJ, Brasil.




Formação Complementar


2018
Formação em Mediação Pedagógica na Modalidade a Distância.
Faculdade de Medicina de Petrópolis, FMP, Brasil.
2014 - 2014
Extensão universitária em Iniciação em Proteômica. (Carga horária: 7h).
Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia, INMETRO, Brasil.
2014 - 2014
Extensão universitária em Marcadores Moleculares. (Carga horária: 7h).
Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia, INMETRO, Brasil.
2014 - 2014
Extensão universitária em Técnicas em Viabilidade Celular (teoria e prática). (Carga horária: 9h).
Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia, INMETRO, Brasil.
2014 - 2014
Extensão universitária em Estratégias de Planejamento Estatístico de Experimentos Aplicados à Bioproc. (Carga horária: 24h).
Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia, INMETRO, Brasil.
2014 - 2014
Validação de Métodos de Análise. (Carga horária: 40h).
Fundação Biominas, BIOMINAS, Brasil.
2014 - 2014
Cálculo de Incerteza de Medição e Expressão de Resultados. (Carga horária: 40h).
Fundação Biominas, BIOMINAS, Brasil.
2014 - 2014
VIII Curso Nacional de Formação de Inspetores em Biossegurança. (Carga horária: 40h).
Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.
2005 - 2005
Vigilância Sanitária de Produtos e Serviços de Saúde. (Carga horária: 8h).
Sindicatos dos Hospitais e Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Estado, SINDHERJ, Brasil.


Atuação Profissional



Faculdade de Medicina de Petrópolis, FMP, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professora Adjunta, Carga horária: 40
Outras informações
Atividades desenvolvidas: Elaboração da planta baixa da estrutura física dos laboratórios de manipulação de células num Centro de Processamento Celular (como definido pela RDC-ANVISA 214/2018), respeitando os princípios de ?Good Manufacturing Practices? (GMP) e ?Good Laboratory Practice? (GLP) e das áreas de apoio ao Centro, como os Laboratórios de Microbiologia, para monitoramento do ambiente e dos materiais biológicos processados para fins de terapia celular, o Laboratório de Validação de Novos Processos, e de Controle de Qualidade e da Criogenia; Planejamento do fluxo de pessoas, de insumos, de produtos finais e dos resíduos; Planejamento e implantação dos procedimentos de biossegurança adequados; Adequação da infraestrutura para licenciamento junto à Secretaria de Estado de Saúde e Defesa Civil, Subsecretaria de Vigilância em Saúde; Otimização dos processos de isolamento e expansão de células humanas, adequadas aos novos Produtos de Terapia Avançada (RDC 214/2018).

Atividades

02/2018 - Atual
Ensino, Medicina, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Medicina Regenerativa
04/2017 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Medicina de Petrópolis, .


Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia, INMETRO, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2017
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Pesquisadora, Carga horária: 40

Atividades

08/2013 - 12/2017
Pesquisa e desenvolvimento , Inmetro em Xerém, .


Excellion Serviços Biomédicos SA, EXCELLION, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2014
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Pesquisadora, Carga horária: 40

Vínculo institucional

2006 - 2014
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Coordenador Técnico, Carga horária: 44
Outras informações
Responsável Técnica Substituta do Centro de Tecnologia Celular Tipo II; Atividades desenvolvidas: Elaboração da planta da estrutura física dos laboratórios de manipulação de células num Centro de Tecnologia Celular (CTC) de nível 1 e 2 (como definido pela RDC 09/11 DA ANVISA); Elaboração da planta e a estrutura física do Laboratório de Microbiologia, para monitoramento microbiológico contínuo do ambiente dos laboratórios e dos materiais biológicos processados para uso final em terapias celulares; Elaboração da planta da estrutura física do Laboratório de Validação de procedimentos de manipulação de células no Centro, tanto os já usados quanto o desenvolvimento de novos processos, assim como de Controle de Qualidade de material biológico usado nos procedimentos laboratoriais; Planejamento e execução das atividades a serem realizadas no CTC e elaboração dos Procedimentos Operacionais Padrão (POP); Preparo da documentação necessária à abertura do processo de visto em planta pela Secretaria de Estado de Saúde e Defesa Civil, Subsecretaria de Vigilância em Saúde; Otimização do processo de isolamento e expansão das células-tronco progenitoras utilizadas em terapia celular; uso combinado de células e compostos/biomateriais destinadas à medicina regenerativa, para atendimento aos projetos de pesquisa clínica aprovadas pelo sistema CEP/CONEP.

Atividades

05/2006 - 02/2014
Serviços técnicos especializados , Excellion Serviços Biomédicos SA, .

Serviço realizado
Responsável pelo planejamento e implantação das atividades de cultivo de células humanas para fins terapêuticos, estabelecendo a Empresa como um Centro de Tecnologia Celular (CTC) Tipo II, conforme RDC-ANVISA 9/2011; o primeiro CTC licenciado do Brasil.; Responsável pela área de Assuntos Regulatórios;; Responsável pela área de Garantia da Qualidade..

Assocaição Técnico Científica Paul Ehrlich, APABCAM, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Associado, Enquadramento Funcional: Pesquisadora
Outras informações
Responsável pelo desenvolvimento do protocolo de obtenção de células primárias humanas - fibroblastos da derme, queratinócitos e melanócitos da epiderme; padronização e estabelecimento do processo final com elaboração dos Procedimentos Operacionais Padrão (POP) relacionados à coleta dos materiais biológicos humanos; processamento (obtenção, manutenção e expansão do número celular total); criopreservação; descongelamento; controles de qualidade e liberação para uso biotecnológico; Adequação da estrutura física laboratorial para implementação de BIOBANCO (BBRJ - Biobanco do Rio de Janeiro) aprovado pela CONEP (Processo nº 25000.171952/2016-11).

Atividades

01/2014 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Assocaição Técnico Científica Paul Ehrlich, .


Associação Técnico Científica Paul Ehrlich, APABCAM, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2006
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Farmacêutica, Carga horária: 40

Atividades

09/2004 - 04/2006
Serviços técnicos especializados , Associação Técnico Científica Paul Ehrlich, .

Serviço realizado
Responsável pelo processamento de medula óssea humana para uso em terapia celular cardíaca.

Hospital Universitário Clementino Fraga Filho, HUCFF/UFRJ, Brasil.
Vínculo institucional

1997 - 2004
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Farmacêutica, Carga horária: 40

Vínculo institucional

1997 - 2004
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Farmacêutica, Carga horária: 40

Atividades

11/1997 - 08/2005
Serviços técnicos especializados , Hospital Universitário Clementino Fraga Filho, .

Serviço realizado
Criopreservação da Células Progenitoras da Madula Óssea e Sangue Perifiérico para fins de Transplante; Farmacêutiva.


Linhas de pesquisa


1.
Obtenção e estabelecimento de culturas de células humanas, definição da qualidade e de uso em Biometrologia

Objetivo: Definir os critérios de qualidade a serem recomendados como padrão, para culturas primárias das células humanas - fibroblastos, queratinócitos e melanócitos - utilizadas na biotecnologia, como bioprdodutos e/ou análises toxicológicas;.
Grande área: Ciências Biológicas
Setores de atividade: Atividades de atenção à saúde humana; Pesquisa e desenvolvimento científico.
Palavras-chave: Qualidade; Cultura Primária de Células.
2.
Estudo do reparo e regeneração tecidual em doenças degenerativas e em trauma com base nos princípios da terapia celular e bioengenharia.

Objetivo: Caracterização de tipos celulares humanos utilizados em terapias celulares; Desenvolvimento de matrizes tridimensionais e processos biotecnológicos para cultivo celular, associados a fatores de crescimento e citocinas com vistas a desenvolver tecidos funcionais para terapia celular e medicina regenerativa; Definição dos critérios de qualidade a serem aplicados em células cultivadas in vitro com fins terapêuticos..
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Biotecnologia / Subárea: Biotecnologia em Saúde Humana e Animal / Especialidade: Engenharia de Tecidos.
Setores de atividade: Atividades de atenção à saúde humana; Pesquisa e desenvolvimento científico.
Palavras-chave: Biotecnologia; Terapia Celular; Bioengenharia; Qualidade; Cultura Primária de Células.
3.
Culturas primárias de células humanas com qualidade definida, para usos biotecnológicos

Objetivo: Padronização da forma de obtenção das culturas de células primárias humanas, com base nos princípios das Boas Práticas de Cultivo Celular; Definição dos critérios de qualidade a serem recomendados como padrão, para culturas primárias de células humanas utilizadas na biotecnologia, como bioprdodutos e/ou análises toxicológicas; Desenvolvimento dos procedimentos operacionais padrão relacionados..
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Biotecnologia / Subárea: Biotecnologia em Saúde Humana e Animal.
Setores de atividade: Atividades de atenção à saúde humana; Pesquisa e desenvolvimento científico.
Palavras-chave: Biotecnologia; Cultura primária; Boas Práticas; Qualidade.


Projetos de pesquisa


2014 - Atual
Qualidade de células humanas cultivadas para fins de uso terapêutico
Descrição: O objetivo deste projeto é a padronização e validação do método de reação em cadeia da polimerase (Polymerase Chain Reaction - PCR) para detecção de contaminantes virais, presentes em culturas primárias de células humanas, que podem ter uso em procedimentos de terapia celular ou bioengenharia. As culturas a serem testadas são: células mesenquimais, obtidas do tecido adiposo; e queratinócitos, melanócitos e fibroblastos, obtidos da pele humana. Serão selecionados de 3 a 5 doadores com sorologia positiva e de 3 a 5 com sorologia negativa para cada um dos contaminantes a serem testados. A expressão de RNA ou DNA viral será avaliada no tecido total, durante e após o processo de cultivo e expansão do número total das células. Os tecidos a serem avaliados serão adiposo e pele. Para casos de culturas de células com resultado positivo de contaminação, por meio da técnica de PCR em tempo real, será realizada avaliação por microscopia eletrônica de transmissão para confirmação dos resultados. Serão Utilizadas as instalações técnicas do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (INMETRO). Espera-se que sejam determinados os ensaios de controle de qualidade de contaminação, que devem ser incluídos no grupo de ensaios obrigatórios a serem realizados em células humanas obtidas e multiplicadas in vitro, que venham a ser destinadas para uso clínico..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - Atual
Desenvolvimento de Centro de Medicina Regenerativa destinado a pesquisas pré-clínicas e clínicas

Projeto certificado pela empresa FUNDACAO OCTACILIO GUALBERTO em 23/09/2018.
Descrição: O objetivo deste projeto é implantar na Faculdade de Medicina de Petrópolis/Faculdades Arthur Sá Earp Neto (FMP/FASE) um Centro de Medicina Regenerativa (CMR-FMP), destinado ao desenvolvimento de pesquisas clínicas e pré-clínicas e ao ensino das ciências e aplicações clínicas na área de medicina regenerativa. A proposta visa suprir a demanda por células e/ou compostos contendo células humanas, que apresentem potencial terapêutico para uso em medicina regenerativa, em tratamentos de doenças genéticas, degenerativas ou causadas pelo trauma. A proposta visa também formar recursos humanos, nas áreas biomédica e médica, capacitados a atuar em biologia celular e bioengenharia aplicadas à medicina regenerativa, assim como preparar profissionais de saúde para identificar novas possibilidades clínicas, propor tratamentos, executá-los e avaliar seus resultados para o bem dos pacientes..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.


Projetos de desenvolvimento


2014 - Atual
Qualidade de células humanas cultivadas para fins de uso terapêutico
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
2014 - Atual
Desenvolvimento de Centro de Medicina Regenerativa destinado a pesquisas pré-clínicas e clínicas
Descrição: O objetivo deste projeto é implantar na Faculdade de Medicina de Petrópolis/Faculdades Arthur Sá Earp Neto (FMP/FASE) um Centro de Medicina Regenerativa (CMR-FMP), destinado ao desenvolvimento de pesquisas clínicas e pré-clínicas e ao ensino das ciências e aplicações clínicas na área de medicina regenerativa. A proposta visa suprir a demanda por células e/ou compostos contendo células humanas, que apresentem potencial terapêutico para uso em medicina regenerativa, em tratamentos de doenças genéticas, degenerativas ou causadas pelo trauma. A proposta visa também formar recursos humanos, nas áreas biomédica e médica, capacitados a atuar em biologia celular e bioengenharia aplicadas à medicina regenerativa, assim como preparar profissionais de saúde para identificar novas possibilidades clínicas, propor tratamentos, executá-los e avaliar seus resultados para o bem dos pacientes..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.


Outros Projetos


2013 - Atual
Organização de empresa de base tecnológica: Centro de Processamento Celular

Projeto certificado pela empresa Facudade Arthur Sá Earp Neto em 11/09/2018.
Descrição: O objetivo deste projeto é implantar na Faculdade de Medicina de Petrópolis/Faculdade Arthur Sá Earp Neto (FMP/FASE) um Centro de Medicina Regenerativa (CMR-FMP), destinado ao desenvolvimento de pesquisas clínicas e pré-clínicas e ao ensino de biologia celular, no contexto da medicina regenerativa, nos cursos de graduação de Medicina, Odontologia e Enfermagem. A multidisciplinaridade intencional na capacitação de recursos humanos visa suprir a carência de profissionais integrativos no processo translacional dos processamentos laboratoriais para o uso terapêutico de células cultivadas in vitro. A infraestrutura do Centro, quanto a área, equipamentos, recursos humanos entre outros, será direcionada ao licenciamento sanitário como Centro de Processamento Celular (RDC-ANVISA 214/2018). O CMR-FMP deve ser assim capacitado para manipulação de tecidos e células de origem humana, destinados ao uso em pacientes. A proposta visa suprir a demanda por células e/ou compostos contendo células humanas, que apresentem potencial terapêutico para uso em medicina regenerativa, em tratamentos de doenças genéticas, degenerativas ou causadas pelo trauma. O desenvolvimento de procedimentos e produtos relacionados aos cuidados com a saúde é um desafio significativo. Cada produto deve não apenas demonstrar ser seguro e eficaz em ensaios clínicos, mas a sua eficácia também deve ser comprovada através de diferentes grupos étnicos e genéticos, bem como entre as diferentes faixas etárias. Todos estes produtos têm de passar por uma revisão regulamentar global na atualmente considerada indústria mais regulamentada do mundo. A manipulação laboratorial deve atender as normas mais rigorosas de controles de qualidade, aplicadas desde a preparação laboratorial dos insumos usados até suas aplicações em estudos pré-clínicos e clínicos, já que os procedimentos e as células manipuladas não devem causar nenhum dano ao paciente, nem a curto nem a longo prazo. No Brasil ainda existem poucos laboratórios habilitados para manipular e fornecer células de origem humana para transplantes autólogos (células do próprio paciente) e alogênicos (células de doadores), a serem usadas tanto em ensaios clínicos quanto em procedimentos terapêuticos..
Situação: Em andamento; Natureza: Outra.
2004 - 2011
Organização de empresa de base tecnológica: Empresa capacitada para produzir células humanas e seus derivados para fins de uso terapêutico.
Descrição: Elaboração da planta baixa da estrutura física dos laboratórios de manipulação de células, de forma asséptica, para fins terapêuticos, respeitando os princípios de ?Good Manufacturing Practices? (GMP) e ?Good Laboratory Practice? (GLP) e as normas regulamentadoras brasileiras para licenciamento de laboratórios de criopreservação de células progenitoras da medula óssea e sangue periférico; Definição da estrutura de apoio à atividade principal da empresa, como os Laboratórios de Microbiologia, de Criopreservação de Células, de Validação de Novos Procedimentos e de Controle de Qualidade de Processo; Adequação das normas de biossegurança às atividades de processamento de material biológico humano para fins terapêuticos; Desenvolvimento dos Procedimentos Operacionais Padrão (POP) relacionados. Conclusão: a atividade foi implementada e a empresa foi referência para os órgãos regulamentadores de serviços de saúde, para a regularização de novas empresas para a mesma atividade e para a elaboração de regulamento técnico sanitário, na forma de resolução da diretoria colegiada. Foi a primeira empresa do Brasil a obter a licença de funcionamento para a atividade de Manipulação e Terapia Celular com Células obtidas da Pele Humana e, após a publicação da Resolução ANVISA RDC No 9/2011, foi a primeira a ser licenciada para a atividade de Centro de Tecnologia Celular Tipo II..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Morfologia / Subárea: Citologia e Biologia Celular.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Biotecnologia / Subárea: Manipulação células humanas para uso Biotecnológico.
3.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Biotecnologia / Subárea: Biotecnologia em Saúde Humana e Animal/Especialidade: Engenharia de Tecidos.
4.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Biotecnologia / Subárea: Biotecnologia Industrial/Especialidade: Bioprocessos.
5.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Biotecnologia / Subárea: Física Industrial.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2003
Prêmio Mme. Durocher, Academia Nacional de Medicina.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
CARIAS, ROSANA BIZON2018CARIAS, ROSANA BIZON; MENEZES, KARLA ; TAKAMORI, ESTHER RIEKO ; BOROJEVIC, RADOVAN . Qualidade dos produtos de terapias avançadas: requisitos de células extensamente manipuladas usadas em terapias celulares e em bioengenharia. Vigilância Sanitária em Debate: Sociedade, Ciência & Tecnologia, v. 6, p. 84, 2018.

2.
TAKAMORI, ESTHER RIEKO2018TAKAMORI, ESTHER RIEKO ; TEIXEIRA, MARCUS VINICIUS TELLES ; MENEZES, KARLA ; CARIAS, ROSANA BIZON VIEIRA ; BOROJEVIC, RADOVAN . Fibrina rica em plaquetas: preparo, definição da qualidade, uso clínico. Vigilância Sanitária em Debate: Sociedade, Ciência & Tecnologia, v. 6, p. 118, 2018.

3.
TEIXEIRA, MARCUS VINICIUS TELLES2018TEIXEIRA, MARCUS VINICIUS TELLES ; TAKAMORI, ESTHER RIEKO ; MENEZES, KARLA ; CARIAS, ROSANA BIZON VIEIRA ; BOROJEVIC, RADOVAN . Utilização de plaquetas e de produtos derivados de plaquetas humanas em terapias avançadas. Vigilância Sanitária em Debate: Sociedade, Ciência & Tecnologia, v. 6, p. 125, 2018.

4.
MENEZES, KARLA2018MENEZES, KARLA ; TAKAMORI, ESTHER RIEKO ; TEIXEIRA, MARCUS VINICIUS TELLES ; CARIAS, R. B. V. ; BOROJEVIC, R. . Revisão integrativa para substituição do soro fetal bovino por plasma humano rico em plaquetas para cultivo e expansão ex vivo de células humanas destinadas às terapias avançadas. Vigilância Sanitária em Debate: Sociedade, Ciência & Tecnologia, v. 6, p. 109-117, 2018.

5.
DE SOUZA TESCH, RICARDO2018DE SOUZA TESCH, RICARDO ; TAKAMORI, ESTHER RIEKO ; MENEZES, KARLA ; CARIAS, R. B. V. ; DUTRA, CLÁUDIO LEONARDO MILIONE ; DE FREITAS AGUIAR, MARCELO ; TORRACA, TÂNIA SALGADO DE SOUSA ; SENEGAGLIA, ALEXANDRA CRISTINA ; REBELATTO, CÁRMEN LÚCIA KUNIYOSHI ; DAGA, DEBORA REGINA ; BROFMAN, PAULO ROBERTO SLUD ; BOROJEVIC, R. . Temporomandibular joint regeneration: proposal of a novel treatment for condylar resorption after orthognathic surgery using transplantation of autologous nasal septum chondrocytes, and the first human case report. Stem Cell Research & Therapy, v. 9, p. 1-12, 2018.

6.
4AMABLE, PAOLA ROMINA2014AMABLE, PAOLA ROMINA ; TEIXEIRA, MARCUS VINICIUS ; CARIAS, ROSANA BIZON ; GRANJEIRO, JOSÉ MAURO ; BOROJEVIC, RADOVAN . Protein synthesis and secretion in human mesenchymal cells derived from bone marrow, adipose tissue and Wharton's jelly. Stem cell research & therapy, v. 5, p. 53, 2014.

7.
AMABLE, PAOLA ROMINA2014AMABLE, PAOLA ROMINA ; TEIXEIRA, MARCUS VINICIUS TELLES ; CARIAS, R. B. V. ; GRANJEIRO, JOSÉ MAURO ; BOROJEVIC, R. . Mesenchymal stromal cell proliferation, gene expression and protein production in human platelet-rich plasma-supplemented media. Plos One, v. 9, p. e104662, 2014.

8.
CARIAS, ROSANA B. V.2014CARIAS, ROSANA B. V.; BOROJEVIC, R ; GRANJEIRO, JOSÉ MAURO . Obtenção de células humanas certificadas. Um desafio da biometrologia. Vigilância Sanitária em Debate: Sociedade, Ciência & Tecnologia, v. 2, p. 2-12, 2014.

9.
AMABLE, PAOLA ROMINA2014AMABLE, PAOLA ROMINA ; TEIXEIRA, MARCUS VINICIUS TELLES ; CARIAS, ROSANA BIZON VIEIRA ; GRANJEIRO, JOSÉ MAURO ; BOROJEVIC, RADOVAN . Gene expression and protein secretion during human mesenchymal cell differentiation into adipogenic cells. BMC CELL BIOLOGY, v. 15, p. 1-10, 2014.

10.
1AMABLE, PAOLA ROMINA2013AMABLE, PAOLA ROMINA ; CARIAS, ROSANA BIZON ; TEIXEIRA, MARCUS VINICIUS ; PACHECO, ÍTALO DA ; DO AMARAL, RONALDO JOSÉ ; GRANJEIRO, JOSÉ MAURO ; BOROJEVIC, RADOVAN . Platelet-rich plasma preparation for regenerative medicine: optimization and quantification of cytokines and growth factors. STEM CELL RES THER, v. 4, p. 67, 2013.

11.
7AMABLE, PAOLA ROMINA2013 AMABLE, PAOLA ROMINA ; TEIXEIRA, MARCUS VINICIUS TELLES ; CARIAS, ROSANA BIZON VIEIRA ; GRANJEIRO, JOSÉ MAURO ; BOROJEVIC, RADOVAN . Identification of Appropriate Reference Genes for Human Mesenchymal Cells during Expansion and Differentiation. Plos One, v. 8, p. e73792, 2013.

12.
6SILVA, S.A.2009SILVA, S.A. ; SOUZA, A.L. ; HADDAD, A.F. ; AZEVEDO, J.C. ; SOARES, V.E. ; PEIXOTO, C.M. ; SOARES, A.J. ; ISSA, A.F. ; FELIPE, L.R. ; BRANCO, R.V. ; HADDAD, J.A. ; MOREIRA, R.C. ; TUCHE, F.A. ; MESQUITA, C.T. ; JUNIOR, A.O. ; ROCHITTE, C.C. ; LUZ, J.H. ; RABISCHOFFISKY, A. ; NOGUEIRA, F.B. ; CARIAS, R. B. V. ; JUNIOR, H.S. ; BOROJEVIC, R ; DOHMANN, H.F. . Autologous bone-marrow mononuclear cell transplantation after acute myocardial infarction: comparison of two delivery techniques. Cell Transplantation, v. 18, p. 343-352, 2009.

13.
3Claudio-da-Silva, CS2009Claudio-da-Silva, CS ; BAPTISTA, LS ; CARIAS, R. B. V. ; BOROJEVIC, R . Autologous mesenchymal stem cells culture from adipose tissue for treatment of facial rhytids. Revista do Colégio Brasileiro de Cirurgiões (Impresso), v. 36, p. 288, 2009.

14.
2BAPTISTA, LEANDRA S.2009BAPTISTA, LEANDRA S. ; DO AMARAL, RONALDO J. F. C ; CARIAS, ROSANA B. V. ; ANICETO, MARCELO ; CLAUDIO-DA-SILVA, CESAR ; BOROJEVIC, RADOVAN . An alternative method for the isolation of mesenchymal stromal cells derived from lipoaspirate samples. Cytotherapy (Oxford), v. 11, p. 706-715, 2009.

15.
5NICOLA, Maria-Helena A.2003 NICOLA, Maria-Helena A. ; BIZON, R ; Machado, JJS ; SOLLERO, T. ; RODARTE, R. S. ; NOBRE, J. S. ; MAGALHAES, M. M. ; TAKYA, C. M. ; BOROJEVIC, R . Breast cancer micrometastases: Different interactions of carcinoma cells with normal and cancer patient's bone marrow stromata. Clinical & Experimental Metastasis, v. 20, p. 471-479, 2003.

16.
8SOLLERO, T.2003SOLLERO, T. ; BIZON, R ; NICOLA, Maria-Helena A. ; BOROJEVIC, R ; MAGALHAES, M. M. . Detection of bone marrow micrometastases in patients with primary breast cancer: correaltions with pTNM stage and hisological grade.. Revista Brasileira de Mastologia, v. 13, p. 123-126, 2003.

17.
9CARIAS, R. B. V.;BIZON, R.;VIEIRA, R.B.;CARIAS, ROSANA B. V.;Rosana B. C. Vieira;CARIAS, ROSANA BIZON;CARIAS, ROSANA BIZON VIEIRA1997CARIAS, R. B. V.. HAEMATOPOIETIC CAPACITY OF COLONY-FORMING CELLS MOBILIZED IN HEPATIC INFLAMMATORY REACTIONS AS COMPARED TO THAT OF NORMAL BONE MARROW CELLS. Res.Imunol., v. 148, p. 437-444, 1997.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
DOHMANN, H.F. ; SILVA, S. A. ; TUCHE, F.A. ; MOREIRA, R.C. ; HADDAD, A.F. ; PEIXOTO, C.M. ; SOUZA, A. S. ; BRANCO, R.V. ; ASSAD, J. A. R. ; AZEVEDO, J.C. ; SOARES, V.E. ; MESQUITA, C.T. ; DRUMOND, C.C ; O JUNIOR, A. ; ROCHITTE, C.C. ; LUZ, J. H. M. ; RABISCHOFFISKY, A. ; NOGUEIRA, F.B. ; Rosana B. C. Vieira ; SILVA JUNIOR, H. ; BOROJEVIC, R. . Autologous bone-marrow mononuclear cell transplantation after acute myocardial infarction: comparison of two delivery techniques. In: II Simpósio Internacional - Terapias Avançadas & Células-Tronco, 2007, Rio de Janeiro. In II Simpósio Internacional - Terapias Avançadas & Células-Tronco - Temas Livres e Posters, 2007. p. 45.

2.
SILVA, T.S.C. ; COSTA, M. M. ; BIZON, R ; NICOLA, Maria-Helena A. ; BOROJEVIC, R . Detection of micrometastases in the bone marrow of patients with breast cancer. In: 27th Annual Symposium of the American Society of Breast Disease, 2003, Dallas. Proceedings, 2003. v. 1. p. 5-5.

3.
BARBOSA, I.L. ; Dutra HS ; ROSSI, M. I. D. ; PIMENTA, G. ; CARIAS, R. B. V. ; NOGUEIRA, C. M. ; MAIOLINO A ; PULCHERI, W. A. . Uso combinado de GM-CSF e IFN-alpha na obten;áo de células dendríticas. In: VII Congresso da Sociedade Brasilleira de Transplante de Medula Óssea, 2003, Ouro Preto. Revista Brasileira de Hematologia e Hemoterapia, 2003. v. 25. p. 104.

4.
CARIAS, R. B. V.; Dutra HS ; AZEVEDO, S. P. ; SALDANHA, J.J. ; NOGUEIRA, C. M. ; MAIOLINO A ; PULCHERI, W. A. ; BOROJEVIC, R. . Relação de células CD34/UFC-GM em diversas fontes de células tronco hematopoéticas para transplante. In: VII Congresso da Sociedade Brasileira de Transplante de Medula Óssea, 2003, Ouro Preto. Revista da Sociedade Brasileira de Hematologia e Hemoterapia, 2003. v. 25. p. 103.

5.
SOLLERO, T. ; BIZON, R ; ROSMAN, A.D. ; NICOLA, Maria-Helena A. ; BOROJEVIC, R ; MAGALHAES, M. M. . Micrometástases de câncer de mama na medula óssea: correlação com a expressão de marcadores c-erB2, p53, receptores hormonais e pTNM. In: Novas Estratégias na Terapia Anti-Câncer, 2003, Rio de Janeiro. Anais, 2003. v. 1. p. 1-1.

6.
BOROJEVIC, R ; SOLLERO, T. ; BIZON, R ; NICOLA, Maria-Helena A. ; MAGALHAES, M. M. . Detection of micrometastases in the bone marrow of patients with breast cancer. In: Recent Advances in Breast Cancer, 2002, Rio de Janeiro. Abstracts, 2002. v. 1. p. x-x.

7.
SOLLERO, T. ; BIZON, R ; NICOLA, Maria-Helena A. ; BOROJEVIC, R ; MAGALHAES, M. M. . Detection of micrometastases in bone marrow of patients with breast cancer.. In: European Institute of Oncology / II International Symposium on Women's Oncology, 2002, Rio de Janeiro. Symposium Abstracts, 2002. v. 1. p. x-x.

8.
Dutra HS ; CARIAS, R. B. V. ; NETO, M. ; VIEIRA, D. ; PIMENTA, G. ; NOGUEIRA, C. M. ; NUCCI, M. ; MAIOLINO A ; PULCHERI, W. A. ; BOROJEVIC, R . Mielopoiese após o transplante autólogo de células tronco do sangue periférico. In: VI Congresso da Sociedade Brasileira de Transplante de Medula Óssea, 2002, Rio de Janeiro. In: VI Congresso da Sociedade Brasileira de Transplante de Medula Óssea, 2002.

9.
CARIAS, R. B. V.; SOLLERO, T. ; NOBRE, J. S. ; NICOLA, Maria-Helena A. ; MAGALHAES, M. M. ; BOROJEVIC, R . Detecção de micrometástase de medula óssea em pacientes com carcinoma de mama. In: I Simpósio Nacional sobre Pesquisa em Oncologia Experimental, 2001, Rio de Janeiro. I Simpósio Nacional sobre Pesquisa em Oncologia Experimental. v. 1. p. 12-30.

10.
SOLLERO, T. ; CARIAS, R. B. V. ; NICOLA, Maria-Helena A. ; NOBRE, J. S. ; MAGALHAES, M. M. ; BOROJEVIC, R . Expressão de citoqueratina e maspina em micrometástase de câncer de mama na medula óssea. In: XVI Reunião Anual da Federação de Sociedades de Biologia Experimental-FeSBE, 2001, Caxambu. FeSBE 2001.

11.
Dutra HS ; AZEVEDO, S. P. ; CARIAS, R. B. V. ; NUCCI, M. ; NOGUEIRA, C. M. ; MAIOLINO A ; PULCHERI, W. A. ; BOROJEVIC, R . Contaminação microbiológica na coleta, na manipulação laboratorial e na reinfusão de células progenitoras hematopoéticas. In: XXIV Congresso Brasileiro de Hematologia e Hemoterapia, 2000. Revista Brasileira de Hematologia e Hemoterapia. v. 22. p. 15-121.

12.
SOLLERO, T. ; BIZON, R ; NICOLA, Maria-Helena A. ; BOROJEVIC, R ; MAGALHAES, M. M. . Presença de células de câncer de mama na medula óssea e no sangue periférico. In: I Simpósio Internacional de Oncologia de Mulher. In: Simpósio Internacional de Oncologia de Mulher, 2000, Rio de Janeiro. Anais, 2000.

13.
SOLLERO, T. ; BIZON, R ; NICOLA, Maria-Helena A. ; BOROJEVIC, R ; MAGALHAES, M. M. . Detecção de micrometástases na medula óssea de pacientes com carcinoma de mama - correlação com sangue periférico. In: II Forum Nacional de Pesquisas da Sociedade Brasileira de Mastologia, 2000, Belo Horizonte. Resumos, 2000. v. 1. p. x-x.

14.
MAIOLINO A ; Dutra HS ; AZEVEDO, S. P. ; CARIAS, R. B. V. ; Machado, JJS ; DINIZ, V ; CONTI, F. ; BIASOLI, I. ; NUCCI, M. ; NOGUEIRA, C. M. ; BOROJEVIC, R ; PULCHERI, W. A. . Transplante autólogo utilizando células progenitoras do sangue periférico. Experiência no Hospital Universitário da Universidade Federal do Rio de Janeiro. In: Escola Brasileira de Hematologia Hemato 99, 1999. Ser. Monogr. Esc. Bras. Hematol., 1999. v. 6. p. 78-78.

15.
SILVA, T.S.C. ; BIZON, R. ; NICOLA, Maria-Helena A. ; BOROJEVIC, R. ; COSTA, M. M. . Correlação do Estadiamento Clínico com a presença de Micrometástase na Medula Óssea de pacientes portadoras de Câncer de Mama. In: I Fórum Nacional de Pesquisas - Escola Brasileira de Mastologia, 1999, Rio de Janeiro. In: I Fórum Nacional de Pesquisas - Escola Brasileira de Mastologia, 1999. v. 1. p. 67.

16.
Dutra HS ; AZEVEDO, S. P. ; CARIAS, R. B. V. ; BIASOLI, I. ; MAIOLINO A ; PULCHERI, W. A. ; BOROJEVIC, R . Correlation among five different protocols of CD34+ cell enumeration in peripheral blood stem cell harvests, the GM-CFUs and the engraftment period. In: ISHAGE 4th International Meeting, 1998, Baltimore. ISHAGE 4th International Meeting.

17.
Dutra HS ; AZEVEDO, S. P. ; VIEIRA, R.B. ; BOROJEVIC, R. ; MAIOLINO A ; PULCHERI, W. A. . Transplante Autólogo de Medula Óssea: Determinação de UFC-GM como indicador prognóstico da recuperação hematopoiética após o transplante. In: HEMO-96, 1996, Porto Alegre. In:Hemo-96, 1996.

18.
Dutra HS ; AZEVEDO, S. P. ; VIEIRA, R.B. ; MEIS, E. ; PIMENTA, G. ; MAIOLINO A ; PULCHERI, W. A. ; NUCCI, M. ; BOROJEVIC, R. . Transplante autólogo de medula óssea: análise da celularidade e GM-CFU na coleta e criopreservação de medula óssea. In: XX Congresso da Sociedade Brasileira de Imunologia, 1995, Angra dos Reis. XX Congresso da Sociedade Brasileira de Imunologia, 1995.

Apresentações de Trabalho
1.
CARIAS, ROSANA B. V.. Boas Práticas em Células Humanas para Uso Terapêutico e Pesquisa Clínica. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Produção técnica
Processos ou técnicas
1.
CARIAS, R. B. V.; BOROJEVIC, R. ; DE SOUZA TESCH, RICARDO . Associação de células obtidas da cartilagem do septo nasal e cultivadas in vitro com derivados de plaquetas sanguíneas na forma de gel, na terapia celular da cartilagem.. 2018.

2.
CARIAS, R. B. V.; MENEZES NETO, H. ; BOROJEVIC, R. . Associação de células da derme e/ou epiderme humana, cultivadas in vitro, com gelatina (gel de colágeno) para aplicação tópica em terapias celulares de feridas de úlceras crônicas ou provocadas por queimaduras de I ou II graus ou ainda no tratamento de manchas da pele causadas por vitiligo.. 2010.

3.
CARIAS, R. B. V.; BOROJEVIC, R. . Associação de células obtidas da medula óssea e cultivadas in vitro com derivados de plaquetas sanguíneas na forma de gel, com ou sem adição de hidroxiapatita para o preenchimento ósseo.. 2009.

4.
CARIAS, R. B. V.; SILVA JUNIOR, H. ; BOROJEVIC, R. . Associação de fibroblastos da derme humana, cultivados in vitro, com gel de ácido hialurônico para administração intradérmica, em terapia celular para rítides faciais e corporais.. 2007.


Demais tipos de produção técnica
1.
CARIAS, R. B. V.; BOROJEVIC, R. ; TAKAMORI, ESTHER RIEKO ; MENEZES, KARLA . Centro de Medicina Regenerativa: do laboratório ao leito do paciente. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
CARIAS, R. B. V.; BOROJEVIC, R. ; GRANJEIRO, JOSÉ MAURO . Acesso a material biológico humano para obtenção de células com qualidade certificada.. 2015. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Nota Técnica).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
CARIAS, ROSANA BIZON VIEIRA; AMABLE, PAOLA ROMINA. Participação em banca de Ítalo da Cruz Pacheco.Plasma rico em plaquetas: otimização de protocolo e quantificação de fatores de crescimento. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Estácio de Sá.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
II Simpósio (BIO)Segurança - Biossegurança e a construção de unidades acreditadas e seguras.Boas Práticas em células humanas para uso terapêutico e pesquisa clínica. 2018. (Simpósio).

2.
Biobanco para células-tronco pluripotentes e Ensaios Clínicos no Brasil?. 2017. (Simpósio).

3.
XXIII Semana Científica da Faculdade de Medicina de Petrópolis e Faculdade Arthur Sá Earp Neto.A Medicina Regenerativa aplicada ao tratamento de lesões da cartilagem. 2017. (Seminário).

4.
I Encontro de Criopreservação IBRAG/UERJ.Criopreservação de Células-tronco - Protocolos e Legislaççao. 2014. (Encontro).

5.
Workshop Biologia Celular no futuro da Biotecnologia. 2014. (Encontro).

6.
ABTCEL 2013 Stem cells: from quality control to novel derivation procedures. 2013. (Outra).

7.
48o Congresso Brasileiro de Cirurgia Plástica. Centros de Tecnologia Celular. 2011. (Congresso).

8.
I Curso sobre Células-Tronco em Cirurgia Plástica.Banco de Células-Tronco Mesenquimais da Gordura. 2011. (Outra).

9.
ISAKOS / Sociedade Internacional de Artroscopia, Cirurgia de Joelho e Ortopedia e Medicina Esportiva. 2011. (Congresso).

10.
Manutenção em Áreas Limpas. 2008. (Seminário).

11.
Simpósio Internacional sobre Novas Estratégias em Ortopedia: Terapia Celular, Biomateriais e Bioengenharia. 2005. (Simpósio).

12.
Stem Cell and Cellular Therapy. 2004. (Outra).

13.
Simpósio Internacional em Terapia Celular no Transplante Hematopoético. 1999. (Simpósio).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Luis Henrique da Silva Barcelos. Uso das células tronco mesenquimais, obtidas através de lipoaspiração, oriundas do tecido adiposo. Estudo de caso sobre a percepção de estudantes das áreas da saúde em uma universidade particular em Petrópolis, Rio de Janeiro.. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Estácio de Sá. Orientador: Rosana Bizon Vieira Carias.



Inovação



Processos ou técnicas
1.
CARIAS, R. B. V.; MENEZES NETO, H. ; BOROJEVIC, R. . Associação de células da derme e/ou epiderme humana, cultivadas in vitro, com gelatina (gel de colágeno) para aplicação tópica em terapias celulares de feridas de úlceras crônicas ou provocadas por queimaduras de I ou II graus ou ainda no tratamento de manchas da pele causadas por vitiligo.. 2010.

2.
CARIAS, R. B. V.; SILVA JUNIOR, H. ; BOROJEVIC, R. . Associação de fibroblastos da derme humana, cultivados in vitro, com gel de ácido hialurônico para administração intradérmica, em terapia celular para rítides faciais e corporais.. 2007.

3.
CARIAS, R. B. V.; BOROJEVIC, R. ; DE SOUZA TESCH, RICARDO . Associação de células obtidas da cartilagem do septo nasal e cultivadas in vitro com derivados de plaquetas sanguíneas na forma de gel, na terapia celular da cartilagem.. 2018.

4.
CARIAS, R. B. V.; BOROJEVIC, R. . Associação de células obtidas da medula óssea e cultivadas in vitro com derivados de plaquetas sanguíneas na forma de gel, com ou sem adição de hidroxiapatita para o preenchimento ósseo.. 2009.


Projetos de pesquisa

Projeto de desenvolvimento tecnológico

Outros projetos


Educação e Popularização de C & T



Apresentações de Trabalho
1.
CARIAS, ROSANA B. V.. Boas Práticas em Células Humanas para Uso Terapêutico e Pesquisa Clínica. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).





Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 16/10/2018 às 22:56:09