Alberto Marinho Ribas Semeler

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/2897459119711239
  • Última atualização do currículo em 10/01/2019


O pesquisador é vinculado ao Departamento de Artes Visuais do Instituto de Artes UFRGS junto aos cursos de Graduação no Bacharelado em Artes Visuais e História da Arte. Atua como professor em Laboratórios de Arte e Tecnologia e História da Arte e Tecnologia. Também é professor permanente no PPGAV na linha de pesquisa em Poéticas Visuais: Desdobramentos da Imagem. Coordenador substituto PPGAV(2018), Coordenador do Laboratórios de Imagem Digital (DAV) do Grupo de Pesquisa em Tecnopoéticas, Neuroestética e Cognição (UFRGS/CNPQ). Neste grupo de pesquisa, investiga o movimento Cibercontemporâneo, estética e experiência na arte Arte Abjeta, Arte Digital, Animação e Arte Interativa Computacional, Neuroarte, Neuroestética, e processos contemporâneos de naturalização da estética(fisiologia da percepção estética) interfaces e dispositivos não convencionais para interação na arte.http://orcid.org/0000-0003-3380-9781 (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Alberto Marinho Ribas Semeler
Nome em citações bibliográficas
Semeler. A.M.R.;RIBAS SEMELER, ALBERT MARINHO

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Instituto de Artes, Departamento de Artes Visuais.
Rua senhor dos Passos 248 3º andar
Centro
90030041 - Porto Alegre, RS - Brasil
Telefone: (051) 3308
Ramal: 4319
URL da Homepage: http://www.artes.ufrgs.br/


Formação acadêmica/titulação


2007 - 2011
Doutorado em Artes Visuais.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Título: Objetos Tecnopoéticos: Transmutações de Imagens do Repulsivo, Ano de obtenção: 2011.
Orientador: Romanita Disconzi.
Palavras-chave: Animação - Curta metragem; Interatividade; Vìdeo arte interatividade tecnologia; Infoestética; Neuroestética; Objetos Técnicos.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes / Subárea: Artes Plásticas / Especialidade: Computação Gráfica.
Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes / Subárea: Artes do Vídeo / Especialidade: Arte Digital.
Setores de atividade: Artes, cultura, esporte e recreação; Atividades artísticas, criativas e de espetáculos.
1992 - 1995
Mestrado em Artes Visuais.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Título: Pintura Tridimenssional:fantasmas, reciclagens,Ano de Obtenção: 1995.
Orientador: Romanita disconzi.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes / Subárea: Artes Plásticas / Especialidade: Pintura.
1988 - 1991
Graduação em Bacharelado em Artes Plásticas.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Título: Pintura Matérica.
Orientador: Romanita Disconzi.
1986 interrompida
Graduação interrompida em 1988 em Música.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Ano de interrupção: 1988




Formação Complementar


2006 - 2006
Imagem Digital/ Tempo Futuro. (Carga horária: 12h).
Prefeitura Municipal de Porto Alegre, P/PORTO ALEGRE, Brasil.
1999 - 1999
Extensão universitária em A Metodologia da Pesquisa em artes Visuais. (Carga horária: 45h).
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
1996 - 1996
Extensão universitária em Oficina de Criação de Design de Moda. (Carga horária: 12h).
Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Porto Alegre, SEBRAE/RS, Brasil.
1996 - 1996
Figuras Khi na Arte Contemporânea. (Carga horária: 12h).
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
1990 - 1992
Dança Contemporânea. (Carga horária: 640h).
Estúdio de Danca Contemporânea Eva Schul, EDCS, Brasil.
1986 - 1990
Oficina de Desenho Atelier Livre da Prefeitura Mun. (Carga horária: 1600h).
Atelier Livre da Prefeitura Municipal de Porto Alegre, ATELIER LIVRE, Brasil.
1986 - 1990
Dança Clássica. (Carga horária: 1600h).
Estúdio de Dança Clássica Tony Petzhold, TONY TONY PETZH, Brasil.


Atuação Profissional



Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul, FAPERGS, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Consultor, Enquadramento Funcional: consultor
Outras informações
Consultor de projetos na área de arte e tecnologia


Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Vínculo institucional

1996 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

02/2016 - Atual
Ensino, PPGAV, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Estética, ciência e tecnologia na arte dos novos meios
01/2016 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Artes, Departamento de Artes Visuais.

10/2015 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Artes, .

Linhas de pesquisa
Desdobramentos da imagem
08/2013 - Atual
Ensino, Artes Visuais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
CIÊNCIAS DA ARTE: PROCESSO ARTÍSTICO E TECNOLOGIA
08/2013 - Atual
Ensino, Historia Teoria e Crítica de Artes, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
ARTE E NOVAS TECNOLOGIAS
História da Arte
03/2013 - Atual
Ensino, Artes Visuais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Laboratório de Arte e Tecnologia
03/2016 - 7/2016
Ensino, Artes Visuais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
LABORATÓRIO DE ANIMAÇÃO DIGITAL
02/2016 - 07/2016
Ensino, História da Arte, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
ARTE E NOVAS TECNOLOGIAS
01/2016 - 07/2016
Ensino, Artes Visuais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
FUNDAMENTOS DA PESQUISA EM ARTE
08/2015 - 12/2015
Ensino, Artes Visuais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
ARTE E NOVAS TECNOLOGIAS
08/2015 - 12/2015
Ensino, Artes Visuais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
CIÊNCIAS DA ARTE: PROCESSO ARTÍSTICO E TECNOLOGIA
08/2015 - 12/2015
Ensino, Artes Visuais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
SEMINÁRIO DE PROJETO II
03/2015 - 07/2015
Ensino, Artes Visuais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
CIÊNCIAS DA ARTE: PROCESSO ARTÍSTICO E TECNOLOGIA
03/2015 - 07/2015
Ensino, Artes Visuais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
ARTE E NOVAS TECNOLOGIAS
02/2015 - 07/2015
Ensino, Artes Visuais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
CIÊNCIAS DA ARTE: PROCESSO ARTÍSTICO E TECNOLOGIA
12/2012 - 12/2012
Serviços técnicos especializados , PMPA Secretaria Municipal da Cultura (SMC), .

Serviço realizado
Curadoria Artística - Arte e Tecnologia.
08/2012 - 12/2012
Ensino, Artes Visuais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
LABORATÓRIO DE VÍDEO
03/2012 - 07/2012
Ensino, Artes Visuais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
LABORATÓRIO DE ANIMAÇÃO DIGITAL
03/2012 - 07/2012
Ensino, Artes Visuais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
CIÊNCIAS DA ARTE: PROCESSO ARTÍSTICO E TECNOLOGIA
03/2012 - 07/2012
Ensino, Artes Visuais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
LABORATÓRIO DE ARTE I - A
08/2011 - 12/2011
Ensino, Artes Visuais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
LABORATÓRIO DE ANIMAÇÃO DIGITAL
08/2011 - 12/2011
Ensino, Artes Visuais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
LABORATÓRIO DE ARTE II
03/2011 - 07/2011
Ensino, Artes Visuais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
LABORATÓRIO DE ARTE I Turmas A,B, e C
03/2010 - 07/2010
Ensino, Artes Visuais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
LABORATÓRIO DE ARTE I turmas A, B, e C
3/1997 - 4/2008
Ensino, Bacharelado em Artes Plásticas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Computação e Técnicas Industriais II
Computação Técnicas Industriais I
07/1997 - 07/2006
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Artes, Departamento de Artes Visuais.

Cargo ou função
COORDENAÇÃO LABORATÓRIO DE COMPUTAÇÃO GRAFICA.
08/2003 - 09/2004
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Artes, .

Cargo ou função
COMPESQ.
04/2000 - 04/2002
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Artes, Departamento de Artes Visuais.

Cargo ou função
CONSELHO DE UNIDADE.
4/2000 - 4/2002
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Artes, Departamento de Artes Visuais.

Cargo ou função
COMGRAD ART.
1/1998 - 1/2001
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Artes, Departamento de Artes Visuais.

Cargo ou função
Coordenador Lab/71 Computação gráfica e multimídia.
3/1998 - 1/2000
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Artes, Departamento de Artes Visuais.

Linhas de pesquisa
Neuroestética e Neuroarte
1/1996 - 1/1998
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Artes, Departamento de Artes Visuais.


Secretaria Estadual de Cultura/IEACEN, IEACEN, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - 2003
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Não possuí, Carga horária: 2
Outras informações
Desenvolvimento de video registros para o aprendizado, pesquisa e desenvolvimento de processos de criação com o uso da tecnologia do video digital na dança contemporânea.


Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: , Enquadramento Funcional:



Linhas de pesquisa


1.
Tecnopoética: Engenharia Reversa(Device Art) como possibilidade.

Objetivo: Investigar softwares e Hardware o uso de hardware modificado em processos de criação(Device Art e Engenharia Reversa).
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Ciência da Computação / Subárea: Metodologia e Técnicas da Computação / Especialidade: Processamento Gráfico (Graphics).
Setores de atividade: Edição, Impressão, Reprodução e Gravação Industriais de Jornais, Revistas, Livros, Discos, Fitas, Vídeos e Filmes.
Palavras-chave: Animação Digital; Arte Interativa Computacional; Infoestética; Device Art.
2.
Arte Abjeta

Objetivo: Investigar questões referentes a sensações estéticas desagradáveis provocadas pela arte. A repulsa e a visceralidade causada no espectador..
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
Setores de atividade: Outros.
Palavras-chave: Materialidade; Arte Abjeta; reciclagen.
3.
Neuroestética e Neuroarte

Objetivo: Investigação da fisiologia da percepção no córtex visual no intuíto de refletir sobre a Neuroarte..
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes / Subárea: Artes Plásticas.
Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes / Subárea: Artes Plásticas / Especialidade: Videoarte/imagem digital.
Palavras-chave: Neuroestética; Neuroarte; Tecno-biológico; Bioestética; Estética Naturalizada.
4.
OBJETOS TECNOPOÉTICOS: UMA ABORDAGEM DA NEUROESTÉTICA E DA NEUROARTE

Objetivo: Objetos Tecnopoéticos: Uma Abordagem da Neuroestética e da Neuroarte aborda a experimentação poética entre a pintura digital, a videoarte, o computador e interfaces de controle. O produto desses acoplamentos é visto como Neuroarte, que dá-se por processos interativos/participativos onde a fruição estética implica na ativação simultânea de duas ou mais áreas corticais, como por exemplo, o córtex visual e o córtex motor..
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes / Subárea: Arte Interativa.
Setores de atividade: Atividades dos serviços de tecnologia da informação.
Palavras-chave: Conhecimento Visual; Neuroarte; Neuroestética; Tecnorrepulsivo; Objeto-Tecnopoético; sensorialidade.
5.
Desdobramentos da imagem

Objetivo: Aborda processos de criação que investigam a imagem e seus desdobramentos em meios, procedimentos, tecnologias e conceitos..
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
Setores de atividade: Atividades artísticas, criativas e de espetáculos.
Palavras-chave: Tecno-instalação,; Animação Digital; Arte e Tecnologia.


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
A Arte e Ciência de dados na Era digital
Descrição: Gerar dados é uma ação intrínseca da nossa relação cotidiana com o mundo. Nosso contato com os dispositivos tecnológicos digitais esta sempre numa lógica binária: transcodificar nossa existência biológica para o código binário gerando um dilúvio de dados. Deste modo, produzimos dados como uma espécie commodities(matéria prima). Ao produzir dados alimentamos longas cadeias de bases de dados que movimentam nossa cultura digital.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - Atual
REDE DE EXPERIMENTOS DIGITAIS EM ARTES: PROGRAMACAO VISUAL, ENGENHARIA REVERSA E IMPRESSAO 3D
Descrição: Pesquisa com impressão e escaneamento 3D para criação de objetos cibernéticos na arte..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Alberto Marinho Ribas Semeler - Coordenador / JOANA BURD - Integrante / Bruna Dias - Integrante.
2016 - Atual
Desdobramentos da Imagem
Descrição: Aborda processos de criação que investigam a imagem e seus desdobramentos em meios, procedimentos, tecnologias e conceitos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Alberto Marinho Ribas Semeler - Coordenador / JOANA BURD - Integrante.
2013 - 2013
Diálogos ArteCiência
Descrição: A ação Videos e Web realizada no projeto Diálogos ArteCiência promovido pela Associação Casa da Árvore em parceria com a Universidade Federal de Goiás, no Núcleo de Arte e Novos Organismos ? NANO, Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro, nos dias 2 e 3 de abril de 2013..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2012 - 2014
Objetos Tecnopoeticos: Uma Abordagem da Neuroestetica e da Neuroarte
Descrição: A proposta de pesquisa ?Objetos Tecnopoéticos: Uma Abordagem da Neuroestética e da Neuroarte? aborda a experimentação poética entre a pintura digital, a videoarte, o computador e interfaces de controle. O produto desses acoplamentos é visto como Neuroarte, que dá-se por processos interativos/participativos onde a fruição estética implica na ativação simultânea de duas ou mais áreas corticais, como por exemplo, o córtex visual e o córtex motor. A Neuroestética de Semir Zeki(estética de base biológica) serve como corpus teórico que permite investigar e analisar esses processos fisiológicos que ocorrem nas obras de Neuroarte. As tecnopoéticas, usam os princípios propostos para os Novos Meios por Lev Manovich (2002): a representação numérica, modularidade, automação, variabilidade e transcodificação. Assim, a tecnologia é investigada como ferramenta para a criação dos objetos tecnopoéticos. No que tange ao tratamento das imagens, essas operações ocorrem com técnicas de pós-produção, bem como pela aplicação de scripts. Com esses procedimentos, as imagens são pintadas quadro a quadro convertendo-se em ?pintura animada? conforme propõem Lev Manovich ??...a imagem digital é uma continuidade da pintura?(2002). Objeto-Tecnopoético;Tecnorrepulsivo;Sensorialidade;Conhecimento Visual;Neuroestética;Neuroarte.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Alberto Marinho Ribas Semeler - Coordenador / TASCHETTO, L.R. - Integrante / Gilmar Hermes - Integrante / Juliano Santos do Carmo - Integrante / janice cytia appel martins - Integrante / Anderson Brandão Sudário - Integrante / jessica becker - Integrante / laura soro - Integrante.
Número de produções C, T & A: 7 / Número de orientações: 3
2007 - 2011
Uma Tecnopoética em Transmutações de Imagens do Repulsivo
Descrição: Investigação de processos de interação com Novos Meios. Pesquisa de dispositivos(hardware e software) de baixo custo para interação no no vídeo digital. Uso de computadores, celulares, pads, joysticks, controle remoto, sensores, entre outros no processo de criação em artes visuais. Investigação das sensações desencadeadoras bioestéticas, repulsa, abjeção, prazer estético..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2004 - 2006
LEPAC- Laboratório de Arte Colonial
Descrição: Investigação dos bens culturais no continente de São Pedro..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
1998 - 2000
Materialidade: Fastasmáticas da Arte Contemporânea
Descrição: A Indústria produz tradicionalmente materiais específicos para a produçnao em artes pásticas, tais como tintas acrilica, óleo, e todos os tipos de lápis, no entanto, quando se trata de arte contemporânea , deixa bastante a desejar. Nesse sentido, esta pesquisa busca alternativas em materiais industriais produzidos para outros fins..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
1997 - 1999
A Matéria Prima de Origem Natural e Industrial Aplicada à Arte
Descrição: A pesquisa de materiais naturais, industriais e recicladas na arte contemporânea tem por objetivo propiciar ao aluno informações a respeito das caracteristicas dos materiais, possibilitando-o projetar obras já levando em consideração as caracteristicas físicas, químicas e plásticas dos materiais, tais como flexibilidade, transparência, cor, e compatibilidade com outros materiais..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
1993 - 1995
Pintura Tridimenssional: Fantasmas, Reciclagens
Descrição: É o resultado de uma pesquisa onde ocorre uma fusão de elementos da pintura e da escultura: pintura em seu campo expoandido. Usam-se técnicas barrocas como o trompe l?oeil para dar efeito de profundidade. Os materiais são reciclados e de origem industrial. A reflexão teórica estrutura-se a partir de alguns conceitos da psicanalise: fantasia, fantasma e pulsão escópica e objeto achado-perdido..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2013 - 2014
Oficina de arte eletrônica interativa com processing/arduino e novas interfaces
Descrição: Este projecto tem como objetivo apresentar conceitos teóricos referentes à interatividade e sua emergência em processo criativo na arte eletrônica através da utilização de ferramentas como Processing e Arduino. O Processing foi criado para ensinar os fundamentos.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Alberto Marinho Ribas Semeler - Coordenador / Francisco de Paula Barreto - Integrante / Léa Alison Helene Ciquier - Integrante.
2012 - 2012
A quadratura, a quadricula e o pixel
Descrição: O Pixel: Breve análise dos sensores em câmeras digitais e Analógicas? A pesquisa buscou analisar o pixel partindo de suas propriedades técnicas(informação digital) chegando as teorias contemporâneas dos ?Estudos de Software*?. Os ?Estudos de Software?, não analisam a tecnologia como pura novidade, mas sim, inscritas num processo histórico de evolução e herdeira de sistemas pré-tecnológicos, abordando a sociedade da informação como possibilidade de criação de novos paradigmas estéticos sem perder de vista os processos históricos que as antecederam..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (40) .
Integrantes: Alberto Marinho Ribas Semeler - Coordenador / lenora lerre rosenfield - Integrante.
2012 - 2012
CO.LAB LABORATÓRIO COLABORATIVO
Descrição: Implantação de uma Incubadora de Projetos Culturais, visando a capacitação e profissionalização de grupos e organizações a partir da apresentação de projetos de empreendimentos com relevância para a vocação cultural da cidade. Propomos uma primeira edição de acolhimento para 05 projetos, com duração de dois ano, a partir de 2013..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (38) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Alberto Marinho Ribas Semeler - Coordenador / CLAUDIO DO PRADO SANTANA - Integrante.
2008 - 2008
7º Vaga-Lume, Mostra de Vídeo Experimental do Instituto de Artes
Descrição: Produção, pós-produção e transcodificação de videos e DVD..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2007 - 2007
LEPAC nas Comunidades - Projeto de Educação Patrimonial
Descrição: Integrante da Comissão Coordenadora Investigação historiográfica da Arte Colonial no Brasil no Continente de São pedro.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (40) .
Integrantes: Alberto Marinho Ribas Semeler - Coordenador / Marcia Leao Bonnet - Integrante.
2007 - 2007
O Centenário do Instituto de Artes da Ufrgs e a Pinacoteca Barão de Santo Ângelo
Descrição: Reestruturação do espaço fisico da Pinacoteca Barão de Santo Ângelo. Instalação de ar condicionado, aquisição de novos computadores..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2007 - 2007
LEPAC nas Comunidades - Projeto de Educação Patrimonial
Descrição: Investigação do patrimônio histórico no continente de São Pedro. Divulgação nas comunidades onde os monumentos históricos encontrans-se sitiados no intúito de preservá-los..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Alberto Marinho Ribas Semeler - Coordenador / Marcia Leao Bonnet - Integrante.
Número de produções C, T & A: 1
2006 - 2006
6º Vaga-Lume, Mostra de Vídeo Experimental do Instituto de Artes
Descrição: -Integrante de Equipe Executora com contato com aluno/público -Produção, pós-produção e transcodificação de videos e DVD..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Alberto Marinho Ribas Semeler - Coordenador / maria lucia cattani - Integrante.
2006 - 2006
5º Vaga-Lume, Mostra de Vídeo Experimental do Instituto de Artes
Descrição: -Integrante de Equipe Executora com contato com aluno/público - Suporte tecnológico para produçãoo e pós-produção, transcodificação de videos e produção de DVD..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Alberto Marinho Ribas Semeler - Coordenador / maria lucia cattani - Integrante.
2004 - 2004
XXDAV
Descrição: PROJETO/ATIVIDADE.
Situação: Desativado; Natureza: Extensão.
2004 - 2004
Introdução ao Vídeo Digital/ Final Cut 4.0
Descrição: PROJETO/ATIVIDADE Processos de captura, edição e finalizaçnao de video DV.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (15) .
Integrantes: Alberto Marinho Ribas Semeler - Coordenador / Eny Schuch - Integrante.
2003 - 2003
Cursos de Técnicas e Ferramentas de Desenvolvimento para a Internet
Descrição: Desenvolvimento de paginas Web.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (15) .
Integrantes: Alberto Marinho Ribas Semeler - Coordenador.
1997 - 1997
Cavalleria Rusticana
Descrição: - Coordenador de projetos na área de extensão na area cenográfica para o DAV; - Projeto cenográfico para ópera Cavalleria Rusticana de Pietro Mascanni; - Evento comemorativo de 90 anos do instituto de Artes..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (30) .
Integrantes: Alberto Marinho Ribas Semeler - Coordenador / mazias de oliveira - Integrante / rose marie reis Garcia - Integrante / ney Vargas - Integrante.
1997 - 1997
Telepresença: Relações entre arte, Ciência e tecnologia
Descrição: Mesa redonda e conferência com Eduardo Kac e Simone Osthoff mediadas pela professora Sandra Rey..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (60) .
Integrantes: Alberto Marinho Ribas Semeler - Coordenador / Sandra Rey - Integrante / Evelize Anicett - Integrante.


Projetos de desenvolvimento


2018 - Atual
Pro-equipamentos Fapergs CNPQ
Descrição: A proposta ?Renovação de equipamento multi-usuário de meio-mídia para produção/pós-produção Audiovisual? busca fomento para atualizar equipamentos usados para produção de obras com uso de novas tecnologias, bem com, uso destes meios-mídias para registrar, e produzir material audiovisual a partir da produção acadêmica do programa como um todo..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (22) / Mestrado profissional: (7) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Alberto Marinho Ribas Semeler - Coordenador / TERESINHA BARACHINI - Integrante.
2011 - 2014
Laboratório de Tecnopoéticas, Neuroestética e Cognição
Descrição: Grupo de pesquisa que investiga os processos fisiológicos da cognição na arte. Também investiga dispositivos para interação por impulsos eletromagnéticos em obras de arte.
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Técnico de nível médio: (1) Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Alberto Marinho Ribas Semeler - Coordenador / TASCHETTO, L.R. - Integrante / Alexandre Alves - Integrante / laura soro - Integrante / Lea Ciquier - Integrante / lenora lerrer rosenfield - Integrante.
Número de produções C, T & A: 10 / Número de orientações: 3
2011 - 2013
?Projeto para atualização e aquisição de equipamentos para produção de Mídia e confecção de Material Pedagógico (Setor de Produção e Pós- Produção do Laboratório 71(Laboratório de Imagem Digital ? IA/DAV) -Compra de Scanner profissional para digitali
Descrição: O Laboratório 71(Laboratório de Imagem Digital ? IA/DAV) é um espaço acadêmico que tem como enfoque a pesquisa com as poéticas da Imagem Digital(produção e pós-produção de vídeo, imagem digital, animação 2D e 3D, e pesquisas com interatividade) bem como a produção de material pedagógico (produção de novas mídias e digitalização profissional de livros, para uso em educação presencial e EAD). Nesse sentido, é de extrema importância que o laboratório transforme-se num espaço modelo equipado adequadamente com dispositivos atualizados que possam atender as demandas do Instituto de Artes, bem como, atender as demandas da universidade como um todo. No que concerne à estrutura técnica, o Laboratório 71(Laboratório de Imagem Digital ? IA/DAV), propicia aos alunos e professores um contato com dispositivos tecnológicos profissionais visando desenvolver investigações de ponta no cenário da pesquisa nacional e internacional buscando à excelência acadêmica na investigação da imagem digital e produção de novas mídias e material pedagógico para uso presencial e EAD. Assim, como resultado da aplicação da tecnologia em processos de criação em artes visuais, visa-se propiciar a inserção dos alunos no mercado de trabalho ligado a Imagem Digital ? edição de vídeo, tratamento e manipulação de imagens tecnológicas, desenvolvimento e criação de animações, design gráfico e web design, 3D, e interatividade, bem como o uso dessas mídias para uso em educação presencial e EAD. No entanto, para que o Laboratório de Imagem Digital ? IA/DAV consiga focar sua pesquisa na criação de materiais pedagógicos faz-se urgente a aquisição de um Scanner profissional para a produção de e-books, e uso como mesa de luz para animação quadro-a-quadro para uso em educação presencial e EAD..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) .
Integrantes: Alberto Marinho Ribas Semeler - Coordenador / Sandra Rey - Integrante / Celso Vitelli - Integrante / Andrea Hosttader - Integrante / Maria Cristina Biazus - Integrante / Janice Martins Sitia Appel - Integrante / Fernanda Mallmann Paganin - - Integrante / Ingrid Marcela Barragan Lozano - Integrante / Alexandre Alves - Integrante.
2011 - 2012
?Projeto de Atualização do Setor de Produção e Pós- produção (Edição e Tratamento de Vídeo 2D/3D, Imagem2D/3D e Animação Digital 2D/3D) do Laboratório 71(Laboratório de Imagem Digital ? IA/DAV) ?
Descrição: O Laboratório 71(Laboratório de Imagem Digital ? IA/DAV) é um espaço acadêmico de pesquisa que tem como enfoque a pesquisa com as poéticas da Imagem Digital. Nesse sentido, a pesquisa possui um caráter experimental onde as tecnologias digitais são vistas como meio de renovar a investigação e a forma de pensar o processo de criação nas artes visuais. Essa investigação é desenvolvida tanto a partir de categorias das Poéticas Tecnológicas já consagradas pela Arte Contemporânea (Fotografia Digital, a Animação Digital, a Videoarte, a Arte Interativa, as Imagens 3D, Web Arte entre outros), quanto, pela pura experimentação com novos dispositivos tecnológicos na busca de novas possibilidades. Desse modo, a equipe do laboratório vem atuando de uma forma bastante abrangente na pesquisa da Imagem Digital. No que concerne à estrutura técnica, o Laboratório 71(Laboratório de Imagem Digital ? IA/DAV), propicia aos alunos e professores um contato com dispositivos tecnológicos profissionais visando desenvolver investigações de ponta no cenário da pesquisa nacional e internacional buscando à excelência acadêmica na investigação da imagem digital. Desse modo, como resultado da aplicação da tecnologia em processos de criação em artes visuais, visa-se propiciar a inserção dos alunos no mercado de trabalho ligado a Imagem Digital (edição de vídeo, tratamento e manipulação de imagens tecnológicas, desenvolvimento e criação de animações, design gráfico e web design, 3D entre outros)..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
2006 - 2007
Projeto de Otimização dos Recurssos Existentes no Laboratório 71
Descrição: Compra de acessórios para o melhor funcionamentos dos recurssos existentes no Laboratório de Computação Gráfica do DAV..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Alberto Marinho Ribas Semeler - Coordenador / Sandra Rey - Integrante / Maria Cristina Biazus - Integrante / Eny Schuch - Integrante / Jorge Aragão - Integrante / Kamila Ávila - Integrante.
2004 - 2005
Projeto de reforma do Laboratório de Computação Gráfica do DAV LAB/71
Descrição: -Reforma estrutural do Laboratório 71; - Troca do piso; - Resestruturação da parte elétrica; - Apliação dos pontos de rede; - Ar condicionado;.
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
2000 - 2002
Compra de equipamentos para o Laboratório de Computação Grafica e Multimeios sala 71
Descrição: Compra de novos computadores e periféricos para o Laboratório de Computação Grafica e Multimeios sala 71. - Computadores Apple; - Câmeras de de video Bitola DV..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
1997 - 2000
Criação do setor de Núcleo de Video do DAV/IA
Descrição: - Criação do nucleo de Video do DAV/IA; - Compra de câmera e gravador na bitóla S-VHS; - Compra computador Pentiun II com Placa de captura Pinacle Miró;.
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.


Outros Projetos


2015 - 2016
Oicina de Criatividade Hospital São Pedro
Descrição: Orientação de alunos que atuem junto a oficinas de artes do Hospital São Pedro em Porto Alegre. -A oficina visa propor a criação artística como método que propicia o bem estar de pacientes. -Despertar a cognição visual como coadjuvante da psicoterapia e da medicação..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Alberto Marinho Ribas Semeler - Coordenador / Itapagé Rodrigues - Integrante.
2000 - 2003
Três Motivos: O Video-Registro aplicado Dança Contemporânea
Descrição: - Registro de aulas em vídeo digital como método de criação e análise pedagógica para a formação de bailarinos. Uso do vídeo como instrumento de criação de cenários, projeções e interação na dança contemporânea..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.


Membro de corpo editorial


2018 - Atual
Periódico: Simpósio Internacional de Relações Sistêmicas
2016 - Atual
Periódico: Athens Institute for Education and Research
2014 - Atual
Periódico: Revista de Educação, Ciência e Cultura
2011 - Atual
Periódico: Intuitio (Porto Alegre)


Membro de comitê de assessoramento


2018 - Atual
Agência de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
2016 - Atual
Agência de fomento: Makenzie
2013 - Atual
Agência de fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul
2013 - Atual
Agência de fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo


Revisor de periódico


2011 - Atual
Periódico: Revista Opiniao Filosofica
2011 - Atual
Periódico: Intuitio (Porto Alegre)
2014 - Atual
Periódico: Revista de Educação, Ciência e Cultura


Revisor de projeto de fomento


2017 - 2017
Agência de fomento: PIBIC/UNILAB/PIBIC/CNPQ


Áreas de atuação


1.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes / Subárea: Neuroarte.
2.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes / Subárea: Neuroestética.
3.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes / Subárea: Arte Computacional.
4.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes / Subárea: Animação Digital.
5.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes / Subárea: Artes do Vídeo.
6.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Artes / Subárea: História da Arte, Tecnologia e Novos Meios.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Pouco.
Francês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Web of Science
Total de trabalhos:25
Total de citações:0
Semeler, Alberto M.R.  Data: 27/08/2018

Outras
Total de trabalhos:15
Total de citações:6
semeler alberto A.M.R.S  Data: 10/10/2016

Artigos completos publicados em periódicos

1.
Semeler. A.M.R.2017Semeler. A.M.R.. Neuroaesthetics: Aesthetic in a Naturalistic Perspective of Art Philosophy. Athens Journal of Humanities and Arts, v. 4, p. 283-300, 2017.

2.
Semeler. A.M.R.2016Semeler. A.M.R.. Repelir e fruir: a experiência poética do degradado como arte e sensação. #10.art, v. 15, p. 18-28, 2016.

3.
Semeler. A.M.R.2015Semeler. A.M.R.. CIBERCONTEMPORÂNEO: MUTAÇÕES NA ARTE CONTEM- PORÂNEA FRENTE AO CONTÁGIO DIGITAL. #10.art, v. 14, p. 174-177, 2015.

4.
Semeler. A.M.R.2013Semeler. A.M.R.; TASCHETTO, L. R. . A Experiência Estética na Perspectiva Naturalista. Revista Opiniao Filosofica, v. 4, p. 8-32, 2013.

5.
TASCHETTO, L. R.2013TASCHETTO, L. R. ; Semeler. A.M.R. . A Experiência Estética na Perspectiva Naturalista. Revista Opiniao Filosofica, v. 4, p. 8-32, 2013.

6.
TASCHETTO, L. R.2012TASCHETTO, L. R. ; Semeler. A.M.R. ; OPPERMANN, J. . Homo aestheticus: da mimese aristotélica à investigação neuroestética do córtex visual (Homo aestheticus: from Aristotelian mimesis to the neuroesthetics research in the visual cortex) - DOI: 10.5752/P.2237-8871.2012v13n19p147. Cadernos de História, v. 13, p. 147-161, 2012.

7.
Semeler. A.M.R.2011Semeler. A.M.R.; CARMO, J. . A neuroestética como retomada da experiência estética enquanto forma de conhecimento visual. Intuitio (Porto Alegre), v. 4, p. 4-16-16, 2011.

8.
Semeler. A.M.R.1996Semeler. A.M.R.. ?Pintura Tridimenssional:Fantasmas Reciclagens?. Porto Arte (UFRGS), v. 5, n.Volume 7, p. 1, 1996.

9.
Semeler. A.M.R.1995Semeler. A.M.R.. Psicanálise e Arte. Triebuna Freudiana, São Leopoldo RS, v. 2, n.II, p. 5-8, 1995.

10.
TASCHETTO, L. R.1995TASCHETTO, L. R. ; Semeler. A.M.R. . Psicanálise e Arte. Triebuna Freudina, São Leopoldo, v. 02, p. 4-8, 1995.

11.
TASCHETTO, L. R.1995TASCHETTO, L. R. ; Semeler. A.M.R. . Psicanálise e Arte. Triebuna Freudina, São Leopoldo, v. 02, p. 4-8, 1995.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
Semeler. A.M.R.. Desegn+arte, ciência e tecnologia. 1. ed. Santa Maria -RS: PPGART, 2017. v. 1. 158p .

2.
BRITES, B. ; BULHOES, M. A. ; CSATANNI, I. ; GOMES, P. ; Semeler. A.M.R. . 100 Anos de Artes Plásticas no Instituto de Artes da Ufrgs. 1st. ed. Porto Alegre-Rs: Editora UFRGS, 2012. v. 1º. 263p .

Capítulos de livros publicados
1.
Semeler. A.M.R.. A Arte e Ciência de Dados na era Digital. #16.ART: Artis intelligentia: IMAGINAR O REAL. 16ed.Cidafde do Porto: i2ADS ? Instituto de Investigação em Arte, Design e Sociedade, 2017, v. 16, p. 379-384.

2.
Semeler. A.M.R.. CIBERCONTEMPORANEO: MUTAÇÕES NA ARTE CONTEMPORÂNEA FRENTE AO CONTÁGIO DIGITAL. In: Suzete Venturelli; Cleomar Rocha;Paulo Bernardino Bastos;Maria Manuela Lopes;Graça Magalhães;Pedro Bessa;Mário Vairinhos;Alexandra Moreira. (Org.). 14o Encontro Internacional de Arte e Tecnologia : #14.ART: arte e desenvolvimento humano. 1sted.Aveiro-Portugal: UA Editora, University of Aveiro, 2015, v. 1º, p. 174-177.

3.
Semeler. A.M.R.; TASCHETTO, L.R. . Aesthetic Experience From a Naturalistic Perspective. In: Clademir luís Araldi, Flávia Carvalho Chagas, Juliano Santos do Carmo,. (Org.). Naturalism: Contemporary Perspectives. 285ed.Pelotas RS: Universidade federal de Pelotas, 2014, v. 05, p. 31-53.

4.
Semeler. A.M.R.. Objetos Tecnopoéticos: Uma abordagem da Neuroestética e da Neuroarte. In: Cleomar Rocha, Maria Beatriz de Medeiros, Suzete Venturelli. (Org.). Arte e Tecnologia // Modus Operandi Universal. 1ªed.Brasília-DF: Instituto de artes da Universidade de Brasília- Programa de Pós-Graduação em Arte, 2012, v. , p. 23-32.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
Semeler. A.M.R.; BURD, J. . Repelir e fruir: a experiência do degradado como poética da sensação. In: 15° Encontro Internacional de Arte e Tecnologia (#15.ART): arte, ação e participação, 2016, BRASILIA. arte, ação e participação. BRASILIA: UNB, 2016. v. 15.

2.
Semeler. A.M.R.. O fim dos meios e o surgimento dos metameios?. In: SIIMI, 2016, Goiania. Ignição. Goiania: UFG, 2016. v. 3.

3.
Semeler. A.M.R.. Do objeto ao laboratório: a tecnociência e a tecnoinstalação como modos de produção na arte de nossos dias. In: ANPAP, 2015, Santa Maria -RS. 24º Encontro Associação Nacional de Pesquisadores em Artes Plásticas. Santa Maria-RS: /PPGART/CAL/UFSM, 2015. p. 1127-1143.

4.
Semeler. A.M.R.. Cibercontemporâneo: Mutações na arte contemporânea frente ao contágio digital?. In: #14.ART (2015), 2015, Lisboa. 14º Encontro Internacional de Arte e Tecnologia : #14.ART: arte e desenvolvimento humano. Aveiro: UA Editora, University of Aveiro, 2015. v. 14. p. 173.

5.
Semeler. A.M.R.; CIQUIER, L. A. H. . Arts Interactifs et Ritualité. In: Simpósio Internacional de Inovação em Mídias Interativas, 2014, Goiânia. Arts Interactifs et Ritualité, 2014.

6.
Semeler. A.M.R.. Torres do Silêncio: as tecno-instalações como paradigmas do experimento na arte. In: 13° Encontro Internacional de Arte e Tecnologia: arte, política e singularidade, 2014, Brasilia. Mesa 8 Processos digitais de criação artística. Brasília-DF: UNB, 2014. v. 13.

7.
Semeler. A.M.R.; TASCHETTO, L.R. . Intercessões entre arte, ciência e filosofia na perspectiva do pensamento deleuziano. In: Encuentro de las Ciencias Humanas y Tecnológicas para la Integración en el Conosur, 2013, Bogota. Anales del II Encuentro internacional del conocimiento : diálogos en nuestra América., 2013. v. V1.

8.
Semeler. A.M.R.. Neuroestética. In: Encuentro de las Ciencias Humanas y Tecnológicas para la Integración en el Conosu., 2013, Bogotá. Anales del II Encuentro internacional del conocimiento : diálogos en nuestra América., 2013. v. V1.

9.
Semeler. A.M.R.. Neuroarte, Bioestética e Estética Naturalizada. In: Understanding Naturalism, 2013, Pelotas. Naturalização da Est´tica, 2013. v. V1.

10.
Semeler. A.M.R.; TASCHETTO, L.R. . A Neuroestética como retomada da tradição e renovação da estética enquanto ciência da arte. In: Estética y filosofía del arte, 2013, Montevideo. La estética desde el frio. Mon, 2013. v. V1.

11.
Semeler. A.M.R.; TASCHETTO, L. R. . Do colaborativo ao programável : ensaio para uma teoria zumbi. In: #12.ART Encontro Internacional de Arte e Tecnologia, 2013, Brasília. #12.ART Encontro Internacional de Arte e Tecnologia. Brasilia: UNB, 2013. v. 12.

12.
Semeler. A.M.R.. O Video como Tecnologia Assistiva. In: Simpósio Internacional em Mídias Interativas, 2013, Goiânia. Tecnologias Assistivas Educacionais, 2013. v. V2.

13.
Semeler. A.M.R.; CARMO, J. . Artista-Hospedeiro/Espectador-Cobaia: A Reutilização de Dispositivos Tecnológicos ela Neuroarte. In: 11° Encontro Nacional de Arte e Tecnologia : (#11.ART): Homo aestheticus na era digital, 2012, Brasília-DF. Mesa Tecnopoéticas. Brasília-DF: Estética; Neuroestética; Bioestética; Tecnoestética., 2012. v. 11.

14.
SEMELER, A. M. R.; Semeler. A.M.R. . Objetos Tecnopoéticos?: Uma abordagem da Neuroestética e da Neuroarte. In: # .10 ART Arte e tecnologia// Modus operandi universal, 2011, Brasilia- DF. 10.art. Brasília-DF: Programa de Pós -Graduação em Arte da Universidade de Brasília, 2011. v. 10.

15.
Semeler. A.M.R.; TASCHETTO, L.R. . A Filosofia de Gilles Deleuze a a Arte Contemporânea. In: II Congresso de Educação, Arte e Cultura: Confluências e Diálogos no Campo das Artes, 2009, Santa Maria. II Congresso de Educação, Arte e Cultura: Confluências e Diálogos no Campo das Artes. Santa Maria-RS, 2009.

16.
Semeler. A.M.R.; TASCHETO, L. . A Filosofia da Diferença e a Estética de Base Biológica. In: Confluências e diálogos no campo das artes [:] anais. Santa Maria : UFSM, 2009, 2009, Bogotá. II Encuentro de las Ciencias Humanas y tecnológicas para Integraçion en el Cono Sur, 2009.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
Semeler. A.M.R.. Cybercontemporary art: mutations and digital contagion. In: RE:TRACE ? 7th International Conference for Histories of Media Art, Science and Technology 2017, 2017, Vienna. Re:Trace MediaArtHistories, 2017. v. 17.

Apresentações de Trabalho
1.
Semeler. A.M.R.; LUND, C. . Pesquisa artística: Cibercontemporaneo/From Expansion to Explosion Live AV Documentary Performances. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
Semeler. A.M.R.; GARCIA, M. A. B. . OUTROS OLHARES: SISTEMA DA ARTE E SEUS CRUZAMENTOS. 2018. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

3.
Semeler. A.M.R.. Cibercontemporaneo. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
Semeler. A.M.R.; STEIN, S. . CONVERSAS CRUZADAS - Arte e Cognição. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
Semeler. A.M.R.. Neuroestética e tecnociência. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

6.
Semeler. A.M.R.. As novas descobertas científicas sobre o cérebro a invenção de dispositivos e sua aplicação nas artes - Labinter- Santa Maria-RS. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

7.
Semeler. A.M.R.. Tecnopoéticas, neuroestética e cognição. 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

8.
Semeler. A.M.R.; CIQUIER, L. A. H. . Arts Interatifs et Ritualité. 2014. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

9.
Semeler. A.M.R.. Torres do Silêncio: as tecno-instalações como paradigmas do experimento na arte?. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
Semeler. A.M.R.. Arte Digital e a Nova Cognição. 2014. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

11.
Semeler. A.M.R.. Mesa: DISPOSITIVOS DA IMAGEM: Tecnopoéticas, neuroestética e cognição. 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

12.
Semeler. A.M.R.. Arte e Cognição: Fisiologia da experiência estétca. 2014. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

13.
Semeler. A.M.R.. O Video como Tecnologia Assistiva. 2013. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

14.
Semeler. A.M.R.. A Neuroestética e as Estéticas de base Biológica. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

15.
Semeler. A.M.R.; CARMO, J. . Artista-Hospedeiro/Espectador-Cobaia: A Reutilização de Dispositivos Tecnológicos ela Neuroarte. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

16.
Semeler. A.M.R.. Neuroestética: o retorno da visualidade como forma de conhecimento. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

17.
Semeler. A.M.R.. A Filosofia da Linguagem na Arte Contemporânea. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

18.
Semeler. A.M.R.. Objetos Tecnopoéticos?: Uma abordagem da Neuroestética e da Neuroarte. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Outras produções bibliográficas
1.
Semeler. A.M.R.; ROSENFIELD, L. L. . O Relevo: Uma experiência sensorial tecnológica. Porto Alegre: CEEE - CENTRO CULTURAL CEEE ERICO VERÍSSIMO, 2018 (Catálogo).

2.
Semeler. A.M.R.; LUND, C. . DA EXPANSÃO A EXPLOSÃO PERFORMANCES DOCUMENTÁRIOS AV AO VIVO. Porto Alegre, 2018. (Tradução/Outra).

3.
Semeler. A.M.R.; SIMON, C. . Matéria Colorida. Porto Alegre: CEEE - Centro Cultural Érico Verissimo, 2001 (Catálogo).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
Semeler. A.M.R.; BULHOES, M. A. ; RAMOS, P. ; VARGAS, N. . Interative Global Art. 2013.

2.
Semeler. A.M.R.; TASCHETTO, L.R. . Cartografia das Práticas Educactivas em Classes Multisseriadas/Heterogêneas na Perspectiva do Cuidado de Si. 2013.

Processos ou técnicas
1.
Semeler. A.M.R.. Pintura Tridimenssional: Fantasmas, Reciclagens. 1995.

Trabalhos técnicos
1.
Semeler. A.M.R.. Revista Educação, Ciência e Cultura (ISSN 2236-6377). 2015.

2.
SANTANA, A. V. ; Semeler. A.M.R. . Dialogos Arteciência Rede Colaborativa de arte Interativa: Pintura Digital em Dispositivos Móveis. 2013.

3.
Semeler. A.M.R.. IX Seminário Internacional Imagens da Cultura / Cultura das Imagens,. 2013.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
Semeler. A.M.R.. ARTE-CIÊNCIA-TECNOLOGIA: O SISTEMA DA ARTE EM PERSPECTIVA. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
Semeler. A.M.R.; BULHOES, M. A. ; NOBREGA, G. ; FRAGOSO, M. . Oficina de video web. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
Semeler. A.M.R.. As várias faces estéticas na formação humana: o fecundo universo da filosofia da educação. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
Semeler. A.M.R.. XXV Salão de Iniciação Científica. 2013. (Iniciação Científica).

4.
Semeler. A.M.R.. A Natureza e a Sombra Sintética' Vídeos & Fractals Romanita Disconzi. 2008. (Editoração/Outra).

5.
Semeler. A.M.R.. 'A Natureza e a Sombra Sintética' Vídeos & Fractals Romanita Disconzi. 2008. (Editoração/Catálogo).

6.
Semeler. A.M.R.. Projeto Escolinha de Artes UFRGS: Exposição Arte-Natureza. 1997. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Folder).

7.
Semeler. A.M.R.. Entretantos. Porto Alegre. 1997. (Editoração/Catálogo).


Produção artística/cultural
Artes Visuais
1.
Semeler. A.M.R.. Vídeo-Escultura: Objeto Tecnopoético. 2017. Computação Gráfica.

2.
Semeler. A.M.R.; BURD, J. . A Fugitiva - Coletiva Internacional de Arte Computacional Em Meio# 8.0 Internacional- Museu da Republica Brasilia.. 2016. Computação Gráfica.

3.
Semeler. A.M.R.. 'O Precurssor Sombrio'- Coletiva/ Planetário Buenos Aires e Labinter/UFSM - Santa Maria -RS. 2016. Computação Gráfica.

4.
Semeler. A.M.R.. Objetos Tecnopoéticos: Transmutações de Imagens do Repulsivo. 2015. Computação Gráfica.

5.
Semeler. A.M.R.. AUDIOVISUAL SEM DESTINO: Vídeo Registro(artista-hospedeiro espectador-cobáia). 2014. Animação.

6.
Semeler. A.M.R.. Exposição de Arte Computacional EmMeio# 6.0. 2014. Computação Gráfica.

7.
Semeler. A.M.R.. Factors 1.0: Festival de Arte, Ciência e Tecnologia. 2014. Computação Gráfica.

8.
Semeler. A.M.R.. Atelier de Vidéo Galerie Art Essai Table Ronde. 2014. Vídeo.

9.
Semeler. A.M.R.. 4° edição da Semana da Cultura do Rio Grande do Sul no Uruguai / SUL-SUR 2014. 2014. Vídeo.

10.
Semeler. A.M.R.; SORO, L. ; ALVES, A. ; CIQUIER, L. . Exposição de Arte Computacional EmMeio#5.0. 2013. Computação Gráfica.

11.
Semeler. A.M.R.. Artista-Hospedeiro/Espectador-Cobáia. 2012. Instalação.

12.
Semeler. A.M.R.. Colab 1 Porto Alegre. 2012. Intervenção Urbana.

13.
Semeler. A.M.R.. Corpo Imagem - Mostra de Vídeo. 2012. Computação Gráfica.

14.
Semeler. A.M.R.. Objetos Tecnopoeticos Transmutaçoes da Imagem do Repulsivo. 2010. Computação Gráfica.

15.
Semeler. A.M.R.. Mostra Pequenos Diálogos. 2005. Vídeo.

16.
Semeler. A.M.R.. Mostra Multimídia ? Fournos Centre For The Digital Culture, Grécia.. 2004. Vídeo.

17.
Semeler. A.M.R.. Insetos -Hemeroteca UNISSINOS, São Leopoldo RSPinturas e Vídeo Performance - Retrospectiva década de 1980 -Expoisição Individual .. 2004. Desenho.

18.
Semeler. A.M.R.. Instituto de Artes 2003: 95 anos. 2003. Vídeo.

19.
Semeler. A.M.R.. 10 anos Pós- Graduação em Artes Visuais. 2001. Vídeo.

20.
Semeler. A.M.R.. Singular no Plural 4. 2000. Vídeo.

21.
Semeler. A.M.R.. 1º Salão Nacional de Artes ? Plástica do Plástico. 1998. Outra.

22.
Semeler. A.M.R.. 26x26 Coletiva. 1997. Fotografia.

23.
Semeler. A.M.R.. Entretantos ? Coletiva.. 1997. Outra.

24.
Semeler. A.M.R.. II Porto Alegre em Buenos Aires Artes Plásticas. 1997. Outra.

25.
Semeler. A.M.R.. - Homenagem a Antônio Carlos Gomes- Coletiva .. 1996. Outra.

26.
Semeler. A.M.R.. 18o Salão de Arte Contemporânea da Associação Francisco Lisboa- MARGS, Porto Alegre, RS.. 1995. Pintura.

27.
Semeler. A.M.R.. Sete Mestres Coletiva.. 1995. Pintura.

28.
Semeler. A.M.R.. 25X25 Coletiva -Coletiva - Pinacoteca Barão de santo Ângelo .. 1995. Outra.

29.
Semeler. A.M.R.. Exposição de Projetos de Graduação. 1993. Outra.

30.
Semeler. A.M.R.. Coletiva Nova Pintura. 1993. Pintura.

31.
Semeler. A.M.R.. Mostra de Artes. 1993. Fotografia.

32.
Semeler. A.M.R.. Desenhos e Técnica Mista -Coletiva Atelier Livre da Prefeitura - Porto Alegre, RS.. 1990. Desenho.

33.
Semeler. A.M.R.. Desenhos - Coletiva. 1990. Pintura.

34.
Semeler. A.M.R.. Desenhos Técnica Mista. 1988. Desenho.

35.
Semeler. A.M.R.. Pintura Matérica. 1988. Pintura.

36.
Semeler. A.M.R.. Desenhos /Técnica Mista -Intercâmbio de Arte Sobre Papel. 1988. Escultura.

Outras produções artísticas/culturais
1.
Semeler. A.M.R.; BONNET, M. . Arte no continente de São Pedro. 2004 (Vídeo digital/banco de Imagens).

2.
Semeler. A.M.R.. Eu quero destruir. 2004 (Video Digital).

3.
Semeler. A.M.R.; POESTER, T. . Porto Alegre em Foco. 2004 (Edição).

4.
Semeler. A.M.R.. decomposição. 2004 (Direção artística Vídeo Clip).

5.
Semeler. A.M.R.; MIRANDA, J. . Três Motivos. 2003 (Video Dança).

6.
Semeler. A.M.R.. Morbo. 2003 (2003 -2º Vagalume - Mostra de Vídeo).

7.
Semeler. A.M.R.. Sem título. 2002 (Mostra On-line).

8.
Semeler. A.M.R.. Decomposição. 2002 (1ºVagalume - Mostra de Vídeo).

9.
Semeler. A.M.R.; DISCONZI, R. ; CUNHA, A. C. B. . Ives Klein Blue. 1997 (Performance).

10.
Semeler. A.M.R.; GARCIA,, R. M. R. ; OLIVEIRA., M. . Ópera Cavalleria Rusticana - Pietro Mascagni. 1997 (Cenografia).

11.
Semeler. A.M.R.; BARRETO, F. M. . Criaturas da escuridão. 1991 (Performance).

12.
Semeler. A.M.R.. Astronauta e o Porco. 1990 (Peformance-Arte Corporal.).

13.
Semeler. A.M.R.. Povo da Rua. 1990 (Performance e Multimídia).

14.
Semeler. A.M.R.. Halloweeem, the Day of Witches ? Happening-. 1989 (Happening).

15.
Semeler. A.M.R.; BARRETO, F. M. . O Astronauta e o Porco. 1989 (Performance).

16.
Semeler. A.M.R.. Parto Porco. 1989 (Peformance).

17.
Semeler. A.M.R.; NUNES, G. . Breque Laranja. 1988 (Happening).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
OLIVEIRA, A. M.; GASPARETTO, D. A.; MINUZZI, R. F. B.; Semeler. A.M.R.. Participação em banca de Bárbara Maciel Pereira. ReciproCidade: Intervenções Urbanas em Redes Associativas. 2018. Dissertação (Mestrado em Artes Visuais) - Universidade Federal de Santa Maria.

2.
Semeler. A.M.R.; CUNHA, E. F. V.; BRACHER, A.. Participação em banca de DANIELA REMIAO DE MACEDO. Fotografia em Movimento. 2018. Dissertação (Mestrado em PPGAV) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

3.
Semeler. A.M.R.; CORAZZA, S. M.; PEREIRA, M. A.. Participação em banca de Kamilla Avila da Silva. UM JOGO ABERTO. 2015. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

4.
Semeler. A.M.R.; UOI, H.. Participação em banca de Anderson Sudário. Immersive Artworks and the Negotiation of Identity: Augmented Reality, Motion Capture and Projection Mapping in Presenting New Body Experiences. 2015. Dissertação (Mestrado em Osaka Electro-Comunicational University) - ELETRONICA OSAKA LTDA.

5.
Semeler. A.M.R.; OLIVEIRA, N.; ROSA , R. A.; PONTIN, F.. Participação em banca de LARISSA COUTO ROGOSKI. Objeto e obra de arte na contemporaneidade: Arthur Coleman Danto e Maurice Merleau-Ponty. 2015. Dissertação (Mestrado em PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FILOSOFIA MESTRADO EM FILOSOFIA) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

6.
SILVA, M. I. S. E.; SPRITZER, M.; SILVA, S. W.; Semeler. A.M.R.. Participação em banca de Lisandro Marcos Pires Bellotto. A Imagem como interface dos jogos estabelecidos em uma criação sistêmica. 2013. Dissertação (Mestrado em Artes Cênicas) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

7.
SPRITZER, M.; SILVA, S. W.; Semeler. A.M.R.. Participação em banca de Lisandro Marcos Pires Belloto. Um títere de si mesmo. 2013. Dissertação (Mestrado em Artes Cênicas) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Teses de doutorado
1.
Semeler. A.M.R.; BULHOES, M. A.; SANTOS, N. C.; SOGABE, M. T.; BRITES, B.. Participação em banca de Débora Ait Gasparetto. ARTE DIGITAL NO BRASIL E AS (RE)CONFIGURAÇÕES NO SISTEMA. 2016. Tese (Doutorado em PPGAV) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Qualificações de Doutorado
1.
Semeler. A.M.R.; TEDESCO, E. A. A.; BARACHINI, T.. Participação em banca de JOANA BLOCHTEIN BURD. Corpo vibratório. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em PPGAV(42001013055P8)) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

2.
Semeler. A.M.R.; SANTOS, N. C.; BRITES, B.. Participação em banca de Debora Aita Gasparetto. O sistema/campo/mundo da arte digital no Brasil. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em PPGAVI) - Programa de Pós -Graduação em Artes Visuais.

Qualificações de Mestrado
1.
MINUZZI, R. F. B.; GASPARETTO, D. A.; OLIVEIRA, A. M.; Semeler. A.M.R.. Participação em banca de Barbara Maciel Pereira. ReciproCidade: Intervenções Urbanas em Redes Associativas. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Artes Visuais) - Universidade Federal de Santa Maria.

2.
Semeler. A.M.R.; PEREIRA, N.; SEFNER, F.. Participação em banca de Kamila Avilla da Silva. Um Jogo aberto. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Educação) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
Semeler. A.M.R.; BITENCOURT, A.; POLIORO, M.. Participação em banca de Ellen Costa Silva.Projeto graduação. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Artes Visuais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

2.
Semeler. A.M.R.; CORONA, M.; BITENCOURT, A.. Participação em banca de BETINA TAINÁ VARGAS DA COSTA CASTRO.Pintura Digital. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Artes Visuais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

3.
Semeler. A.M.R.; GONCALVES, F. R.; ROCHA, L. A. C.. Participação em banca de VICTÓRIA BECKER PERICO.Pinturas Digitais. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Artes Visuais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

4.
Semeler. A.M.R.; ROSENFIELD, L. L.; CASTILHOS, L.. Participação em banca de Fernanda Kieling da Costa.Memórias Disciplinares: Noções de Público, Privado e Ludicidade na Arte-Educação. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Artes Visuais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

5.
Semeler. A.M.R.. Participação em banca de LEONARDO AZENHA DA SILVA.VOID DRAW: DESCONSTRUINDO A ARTE GENERATIVA. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Artes Visuais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

6.
Semeler. A.M.R.. Participação em banca de TIELE MARIE BERTOL.O video como potência criativa ou instrumento de vigilância?. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Artes Visuais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

7.
Semeler. A.M.R.. Participação em banca de FERNANDA MALLMANN PAGANIN.Morte Secca em Composições Orgânicas. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Artes Visuais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

8.
Semeler. A.M.R.; BONNET, M.; REY, S.. Participação em banca de Nico Monastério.Revelação. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Artes Visuais) - UFRGS.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
Semeler. A.M.R.; FIGUEIREDO, J. B.; KERN, D. P. M.. Professor Substituto: História Teoria e Crítica da Arte. 2017. Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Outras participações
1.
Semeler. A.M.R.; LEONARDELL, P.; RITTER, A.. COMPESQ/Instituto de Artes. 2018. Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

2.
Semeler. A.M.R.. Salão UFRGS 2017: SIC - XXIX SALÃO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UFRGS. 2017. Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

3.
Semeler. A.M.R.. VIII Seminário Histórias de Roteiristas Confabulações Imaginária. 2017. Universidade Presbiteriana Mackenzie.

4.
Semeler. A.M.R.. XXVIII Salão de Iniciação Científica da UFRGS. 2016. Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

5.
Semeler. A.M.R.. XXVII Salão de Iniciação Científica da UFRGS. 2015. Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

6.
Semeler. A.M.R.. Seminário Internacional Imagens da Cultura /Cultura das Imagens. 2013. Escola de comunicação e Artes-Departamento de Relações Públicas, Propaganda.

7.
Semeler. A.M.R.. Premio Açorianos de dança. 2010. Prefeitura Municipal de Porto Alegre.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Salão UFRGS 2016: SIC - XXVIII SALÃO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UFRGS. Sessão EDUCAÇÃO - EDUCAÇÃO, COMUNICAÇÃO E TECNOLOGIAS. 2016. (Feira).

2.
#14.ART Encontro Internacional de Arte e Tecnologia:Arte e desenvolvimento Humano.Cibercontemporâneo: Mutações na Arte Contemporânea frente ao contágio Digital. 2015. (Encontro).

3.
ANPAP-24o Encontro Associação Nacional de Pesquisadores em Artes Plásticas.DO OBJETO AO LABORATÓRIO: A TECNOCIÊNCIA E A TECNO-INSTALAÇÃO COMO MODOS DE PRODUÇÃO NA ARTE DE NOSSOS DIAS. 2015. (Encontro).

4.
Salão UFRGS 2015: SIC - XXVII SALÃO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UFRGS. Sessão EDUCAÇÃO - EDUCAÇÃO, COMUNICAÇÃO E TECNOLOGIAS. 2015. (Feira).

5.
Salão UFRGS 2015: SIC - XXVII SALÃO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UFRGS.Sessão ARTE, EXPERIÊNCIAS E SOCIABILIDADES. 2015. (Outra).

6.
#13.ART (2014).?Torres do Silêncio?: as tecno-instalações como paradigmas do experimento na arte?. 2014. (Encontro).

7.
9º Simpósio de Arte Contemporânea.Neuroest´tica e Neuromarketing na Arte Contemporânea. 2014. (Simpósio).

8.
SIIMI.Arte e Tecnologia. 2014. (Simpósio).

9.
#12.ART Encontro Internacional de Arte e Tecnologia.Do colaborativo ao programável : e nsaio para uma teoria z umbi. 2013. (Encontro).

10.
II Encuentro de las Ciencias Humanas y Tecnológicas para la integración en el Cono Sur.Processos de Naturalização da Estética: Uma abordagem das Tecnologias de Neuroimagiamento para Compreensão da Neuroestética e das Estéticas de base biológica nas Artes. 2013. (Encontro).

11.
II Encuentro de las Ciencias Humanas y Tecnológicas para la integración en el Cono Sur.Intercessões entre arte, ciência e filosofia na perspectiva do pensamento deleuziano. 2013. (Encontro).

12.
II Encuentro de las Ciencias Humanas y Tecnológicas para la integración en el Cono Sur.Perspectivas que ensinam em filosofia da educação: estética, cognição, arte e tecnologias. 2013. (Encontro).

13.
SIIMI: Simpósio Internacional de Inovação em Mídias Interativas.O Vídeo Como Tecnologia Assistiva. 2013. (Simpósio).

14.
Understanding Naturalism.Neuroarte, Bioestética e Estética Naturalizada. 2013. (Simpósio).

15.
Understanding Naturalism.Neuroarte, Bioestética e Estética Naturalizada. 2013. (Simpósio).

16.
# 11. ART Encontro Internacionla de Arte e Tecnologia Homo Aesteticus.Artista-Hospedeiro/Espectador-Cobaia: A Reutilização de Dispositivos Tecnológicos ela Neuroarte. 2012. (Encontro).

17.
#10.ART Arte e tecnologia: modus operandi universal. Neuroestética. 2011. (Congresso).

18.
Confluências e diálogos no campo das artes [:] anais. Santa Maria : UFSM, 2009. A filosofia de Gilles Deleuze e a arte contemporânea. 2009. (Congresso).

19.
XX Salão de Iniciação Científica PROPESQ UFRGS.XX Salão de Iniciação Científica PROPESQ UFRGS. 2008. (Outra).

20.
XIX Salão de Iniciação Científica.XVI Feira de Iniciação Científica II Salão Jovem Pesquisador. 2007. (Seminário).

21.
III Encontro com a Pesquisa.Tecnopoéticas. 2003. (Encontro).

22.
IV Encontro com a pesquisa do Instituto de Artes da UFRGS.Abordagens Contemporâneaneas. 2003. (Encontro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Leôna de Oliveira Martins. O TENSIONAMENTO DE EXPRESSÕES ARTÍSTICAS SUBVERSIVAS: PODER E DOMINÂNCIA. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em PPGAV) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

2.
LUCAS FROTA STREY. Escultura e novos meios(provisório). Início: 2017. Dissertação (Mestrado em PPGAV) - PROGRAMA DE POS-GRADUAÇAO EM ARTES VISUAIS. (Coorientador).

3.
Ícaro Estivalet Raymundo. cruzamentos em midia Web: audio, video e outras produções. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Poéticas Visuais) - Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais. (Orientador).

4.
JOANA BURD. ARTE E DISPOSITIVOS TECNOLOGICOS. Início: 2016. Dissertação (Mestrado em Artes Visuais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. (Orientador).

Iniciação científica
1.
BRUNA DIAS MORAIS. ESPAÇOS VIRTUAIS, GAME ART E GLITCH. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Artes Visuais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Fundação de Apoio a Pesquisa do Rio Grande Do Sul. (Orientador).

2.
GIOVANNE JOSÉ DALALIBERA. Pesquisa com dispositivos microcontroladores em instalações interativas. Início: 2015 - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Léa alison Ciquier. PRATIQUE ARTISTIQUE D'ENTRE-CROISEMENTS Refluez1 aux rencontres métisses du transitoire : projections vidéo et résidus palpables. 2014. Dissertação (Mestrado em arts plastiques) - Université de Rennes II, . Coorientador: Alberto Marinho Ribas Semeler.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Claudio do Prado Santana. LÁPIDES DISTÓPICAS Breve ensaio sobre o efêmero na contemporaneidade. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Artes Visuais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Alberto Marinho Ribas Semeler.

2.
Gisele Ramires Machado. EU CANIBAL? selvageria do outro como como ficção na arte. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Artes Visuais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Alberto Marinho Ribas Semeler.

3.
Francisco Ismael Gomez Sanchez. Usando a Transdisciplinaridade como fio condutor no ensino de Artes Visuais: experiência em uma escola pública de Porto Alegre. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Artes Visuais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Alberto Marinho Ribas Semeler.

4.
BRUNA DIAS MORAIS. GLITCH: A FALHA COMO POSSIBILIDADE. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Artes Visuais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Alberto Marinho Ribas Semeler.

5.
Anderson Brandão Sudário. Processos de Retroalimentação Do Corpo: Captura de Movimento, Projeção, Reaproveitamento de Hardware e Software em Processos Criativos. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Artes Visuais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Alberto Marinho Ribas Semeler.

6.
Fernanda Mallmann Paganin. Morte Secca em Composições Orgânicas. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Artes Visuais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Alberto Marinho Ribas Semeler.

7.
Tiele Bertiol. Videovigilancia videocriação? a introdução das tecnologias de video na escola. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Artes Visuais) - UFRGS. Orientador: Alberto Marinho Ribas Semeler.

8.
Laura Cassol Sôro. Efêmero + residual: Ação corporal do desenho sobre vídeo e fotografias. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Artes Visuais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Alberto Marinho Ribas Semeler.

9.
Kamilla Avila. Virtualidade (Ambientes De Imersibilidade) e Inter-Relações com Artista e Público. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em BACHARELADO DE HISTÓRIA, TEORIA E CRÍTICA DE ARTE) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Alberto Marinho Ribas Semeler.

10.
Maria Clara La Porta da Silva. Lugares de passagem : pintura, fotografia, imagem numérica. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Artes Visuais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Alberto Marinho Ribas Semeler.

11.
Debora Cristina Silva Soster. O trajeto fotográfico das coleções percebido através do vídeo. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Artes Visuais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Alberto Marinho Ribas Semeler.

12.
Raphael Bibel Capella. Fotografia e Corpo Violado: Perversões, Subversões. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Artes Visuais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Alberto Marinho Ribas Semeler.

13.
Elisete Silva Armando. O que passa pelo olhar?. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Artes Visuais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Alberto Marinho Ribas Semeler.

14.
Nicolas Monastério. Revelação. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Artes Visuais) - UFRGS. Orientador: Alberto Marinho Ribas Semeler.

15.
Kaoru Tamura. Projeto graduação Pintura. 2002. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Artes Visuais) - UFRGS. Orientador: Alberto Marinho Ribas Semeler.

16.
Vaine Iara Galalarça Guimarães. Máscaras. 2001. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Artes Visuais) - UFRGS. Orientador: Alberto Marinho Ribas Semeler.

17.
Barbara Delai Farias Nunes. A cidade num buraco de agulha: uma documentação fotografica. 1999. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Artes Visuais) - UFRGS. Orientador: Alberto Marinho Ribas Semeler.

Iniciação científica
1.
GIOVANNE JOSÉ DALALIBERA. VISÃO COMPUTACIONAL APLICADA À ANIMATRÔNICOS AUTÔMATOS. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Ciência da Computação) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS. Orientador: Alberto Marinho Ribas Semeler.

2.
Bruna Dias MORAIS. ESPAÇOS VIRTUAIS, GAME ART E GLITCH. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Artes Visuais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Fundação de Apoio a Pesquisa do Rio Grande Do Sul. Orientador: Alberto Marinho Ribas Semeler.

3.
BRUNA DIAS MORAIS. Glith Arte. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Artes Visuais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS. Orientador: Alberto Marinho Ribas Semeler.

4.
Lea Alison Ciquier. Processos de cognição na arte computacional interativa. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em artes visuias) - Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Alberto Marinho Ribas Semeler.

Orientações de outra natureza
1.
Débora Aita Gasparetto. Historia das Novas Mídias e Tecnologias na Arte. 2014. Orientação de outra natureza. (Artes Visuais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Orientador: Alberto Marinho Ribas Semeler.

2.
Camila Borba. Arte e Tecnologia / Arte Digital. 2012. Orientação de outra natureza. (Artes Visuais) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS. Orientador: Alberto Marinho Ribas Semeler.



Inovação



Processos ou técnicas
1.
Semeler. A.M.R.. Pintura Tridimenssional: Fantasmas, Reciclagens. 1995.


Projetos de pesquisa

Projeto de desenvolvimento tecnológico

Projeto de extensão

Outros projetos


Educação e Popularização de C & T



Artigos
Artigos completos publicados em periódicos
1.
Semeler. A.M.R.2015Semeler. A.M.R.. CIBERCONTEMPORÂNEO: MUTAÇÕES NA ARTE CONTEM- PORÂNEA FRENTE AO CONTÁGIO DIGITAL. #10.art, v. 14, p. 174-177, 2015.


Livros e capítulos
1.
Semeler. A.M.R.. CIBERCONTEMPORANEO: MUTAÇÕES NA ARTE CONTEMPORÂNEA FRENTE AO CONTÁGIO DIGITAL. In: Suzete Venturelli; Cleomar Rocha;Paulo Bernardino Bastos;Maria Manuela Lopes;Graça Magalhães;Pedro Bessa;Mário Vairinhos;Alexandra Moreira. (Org.). 14o Encontro Internacional de Arte e Tecnologia : #14.ART: arte e desenvolvimento humano. 1sted.Aveiro-Portugal: UA Editora, University of Aveiro, 2015, v. 1º, p. 174-177.

2.
Semeler. A.M.R.. Objetos Tecnopoéticos: Uma abordagem da Neuroestética e da Neuroarte. In: Cleomar Rocha, Maria Beatriz de Medeiros, Suzete Venturelli. (Org.). Arte e Tecnologia // Modus Operandi Universal. 1ªed.Brasília-DF: Instituto de artes da Universidade de Brasília- Programa de Pós-Graduação em Arte, 2012, v. , p. 23-32.


Apresentações de Trabalho
1.
Semeler. A.M.R.. Objetos Tecnopoéticos?: Uma abordagem da Neuroestética e da Neuroarte. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
Semeler. A.M.R.; LUND, C. . Pesquisa artística: Cibercontemporaneo/From Expansion to Explosion Live AV Documentary Performances. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Cursos de curta duração ministrados
1.
Semeler. A.M.R.. As várias faces estéticas na formação humana: o fecundo universo da filosofia da educação. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).


Artes Visuais
1.
Semeler. A.M.R.; SORO, L. ; ALVES, A. ; CIQUIER, L. . Exposição de Arte Computacional EmMeio#5.0. 2013. Computação Gráfica.

1.
Semeler. A.M.R.. Colab 1 Porto Alegre. 2012. Intervenção Urbana.

1.
Semeler. A.M.R.; BURD, J. . A Fugitiva - Coletiva Internacional de Arte Computacional Em Meio# 8.0 Internacional- Museu da Republica Brasilia.. 2016. Computação Gráfica.

1.
Semeler. A.M.R.. 'O Precurssor Sombrio'- Coletiva/ Planetário Buenos Aires e Labinter/UFSM - Santa Maria -RS. 2016. Computação Gráfica.

1.
Semeler. A.M.R.. Vídeo-Escultura: Objeto Tecnopoético. 2017. Computação Gráfica.



Outras informações relevantes


https://orcid.org/0000-0003-3380-9781




SEMELER, A. M. R. (0000-0003-3380-9781) - ORCID | Conectando Pesquisas e Pesquisadores