José Dilcio Rocha

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/0639199241726179
  • Última atualização do currículo em 05/06/2018


Engenheiro Químico formado pela Universidade Estadual de Campinas-UNICAMP (1990). Mestre em Planejamento de Sistemas Energéticos pela UNICAMP (1993) e doutor em Engenharia Mecânica pela UNICAMP (1997). Foi pesquisador visitante na Universidade de Strathclyde, em Glasgow, na Escócia, de 1994 a 1996 e trabalhou no National Renewable Energy Lab, no Colorado, EUA, de 1997 a 1999. Trabalhou em 2000 como consultor no CENBIO-Centro Nacional de Referência em Biomassa, São Paulo e de 2001 a 2005, no NIPE-Núcleo Interdisciplinar de Planejamento Energético da UNICAMP. Foi sócio-fundador da empresa BIOWARE Tecnologia, spinoff da INCAMP (Incubadora de Empresas de Base Tecnológica da UNICAMP) em 2002. Atualmente trabalha na EMBRAPA Gestão Territorial em Campinas SP, trabalhou na Embrapa Agroenergia em Brasilia, DF por 9 anos (2008-2016). É professor do Mestrado Profissional em Agronegócios (MPAGRO) da Escola de Economia da Fundação Getúlio Vargas de São Paulo (EE-FGV/SP) desde 2008. Tem experiência na área de Bioenergia. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
José Dilcio Rocha
Nome em citações bibliográficas
ROCHA, J. D.;ROCHA, JOSÉ DILCIO;ROCHA, JOSÉ D.

Endereço


Endereço Profissional
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, EMBRAPA Gestão Territorial.
Avenida Soldado Passarinho, 303
Jardim Chapadão
13070115 - Campinas, SP - Brasil
Telefone: (19) 32116200
Ramal: 6440
URL da Homepage: https://www.embrapa.br/gestao-territorial


Formação acadêmica/titulação


1993 - 1997
Doutorado em Engenharia Mecânica.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Título: Bio-óleo obtido por hidropirólise de biomassa como percusor de materiais carbonosos, Ano de obtenção: 1997.
Orientador: Prof Dr. Carlos Alberto Luengo.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: materiais carbonosos; bio-óleo; pirólise; biomassa; alcatrão de madeira; rmn.
Grande área: Engenharias
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Engenharia Térmica / Especialidade: Aproveitamento da Energia.
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Química / Subárea: Tecnologia Química / Especialidade: Carvão.
Setores de atividade: Desenvolvimento de Novos Materiais; Fabricação de Produtos Químicos; Energia.
1991 - 1993
Mestrado em Planejamento de Sistemas Energéticos.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Título: Potencial dos sub-Produtos da Obtenção Pirolítica de Coques para a Siderurgia,Ano de Obtenção: 1993.
Orientador: Prof Dr. Carlos Alberto Luengo.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Palavras-chave: alcatrão vegetal; carvão vegetal; bio-óleo; materiais não-metálicos; siderurgia a carvão vegetal; energias renováveis.
Grande área: Engenharias
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia de Materiais e Metalúrgica / Subárea: Materiais Não-Metálicos.
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Química / Subárea: Processos Industriais de Engenharia Química / Especialidade: Processos Orgânicos.
Setores de atividade: Energia; Fabricação de Produtos Químicos; Produtos e Serviços Voltados Para A Defesa e Proteção do Meio Ambiente, Incluindo O Desenvolvimento Sustentado.
1985 - 1990
Graduação em Engenharia Química.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.


Pós-doutorado


1997 - 1999
Pós-Doutorado.
National Renewable Energy Laboratory, NREL, Estados Unidos.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Grande área: Engenharias
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Química / Subárea: Processos Industriais de Engenharia Química / Especialidade: Processos Orgânicos.
Grande Área: Engenharias / Área: Engenharia Química / Subárea: Tecnologia Química / Especialidade: Carvão.


Atuação Profissional



Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, EMBRAPA, Brasil.
Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 40
Outras informações
Atua na área de Transferência de Tecnologia da Embrapa Gestão Territorial em Campinas SP.

Vínculo institucional

2007 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Contratado pelo Centro de Agroenergia, CNPAE localizado na sede da EMBRAPA em Brasilia, DF.

Atividades

02/2014 - Atual
Outras atividades técnico-científicas , Agroenergia, Agroenergia.

Atividade realizada
Transferência de Tecnologia.
12/2007 - 12/2016
Pesquisa e desenvolvimento , Agroenergia, .

Linhas de pesquisa
Agroenergia

Fundação Getúlio Vargas, FGV, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - Atual
Vínculo: Professor vistante, Enquadramento Funcional: Professor MPAGRO, Carga horária: 6
Outras informações
CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL EM AGRONEGÓCIO O Mestrado Profissional em Agronegócio é o antigo Mestrado Profissional em Agroenergia. É um curso stricto sensu autorizado pela CAPES e faz parte do Programa de Pós-graduação acadêmica, em parceria com a EMBRAPA e ESALQ-USP. O curso objetiva contribuir de forma decisiva para a formação e profissionais com conhecimento específico para gerir com competência as empresas do agronegócio e o sistema da energia de biomassa. Diferentemente do Mestrado acadêmico, o MPAGRO, além de proporcionar sólida formação teórica, dá ênfase nas aplicações dessas teorias para a compreensão da realidade brasileira e das profundas mudanças impostas pelo imenso desenvolvimento tecnológico e da produção do Agronegócio e pela busca de alternativas para a energia baseada nos combustíveis fósseis. Por esse motivo, o curso é indicado para aqueles que desejam aprimorar sua capacidade analítica e que não pretendam, necessariamente, seguir uma carreira acadêmica, muito embora o curso os habilite para tal. ‡ O curso de mestrado tem a duração de 24 meses, sendo o ano letivo organizado em quatro trimestres.


Bioware Tecnologia, BIOWARE, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - 2007
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Consultor, Carga horária: 20
Outras informações
Sócio fundador da empresa incubada pela Incubadora de Empresas de Base Tecnológica da Universidade Estadual de Campinas - INCAMP, não participa diretamente da administração da empresa mas ajuda como colaborador nas suas atividades, principalmente na área de P&D relacionadas com as atividades acadêmicas na Unicamp.


Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2005
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador Associado, Carga horária: 20
Outras informações
Desenvolvimento de projetos de P&D como Pesquisador do NIPE na Área de Energias Renováveis de Biomassa. Coordenador do Projeto Pirólise rápida de biomassa para produção de bio-óleo como fonte de combustível e materiais renováveis, Processo 08152-7/2001.

Atividades

12/2001 - 11/2005
Pesquisa e desenvolvimento , Núcleo Interdisciplinar de Planejamento Energético, .

1/2001 - 11/2005
Pesquisa e desenvolvimento , Núcleo Interdisciplinar de Planejamento Energético, .


Centro Nacional de Referência Em Biomassa, CENBIO, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - 2000
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Contrato, Carga horária: 20
Outras informações
Trabalho como consultor independente para o CENBIO.

Atividades

1/2000 - 12/2000
Pesquisa e desenvolvimento , Centro Nacional de Referência Em Biomassa, .

Linhas de pesquisa
Energia de Biomassa

Pontifícia Universidade Católica de Campinas, PUC Campinas, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - 2005
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 3
Outras informações
Professor da disciplina Energia, Sociedade e Meio Ambiente, em Práticas de Formação.

Atividades

05/2003 - 11/2005
Ensino, Práticas de Formação, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Energia, Sociedade e Meio Ambiente

University of Strathclyde, STRATH, Escócia.
Vínculo institucional

1994 - 1997
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Pesquisador Visitante, Carga horária: 0, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Fui Pesquisador visitante no Grupo de Pesquisa em Química dos Combustíveis do Departamento de Química Pura e Aplicada sob a chefia do Prof. Colin E. Snape. Nesse período tive bolsa da CAPES.

Atividades

10/1994 - 11/1997
Pesquisa e desenvolvimento , Grupo de Pesquisas Em Química dos Combustíveis, Departamento de Química Pura e Aplicada.


Asfaltos Vitória Ltda, ASFALTOSVITÓRIA, Brasil.
Vínculo institucional

1990 - 1990
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Estagiário, Carga horária: 10

Atividades

1/1990 - 12/1990
Estágios , Asfaltos Vitória Ltda, .

Estágio realizado
Pesquisa e desnvolvimento em laboratório.


Linhas de pesquisa


1.
Energia de Biomassa
2.
Pirólise e Hidropirólise de Biomassa em Leito Fixo
3.
Caracterização Analítica de Bio-óleo
4.
Pirólise rápida de biomassa para produção de bio-óleo como fonte de combustível e materiais renováveis. Programa Jovem Pesquisador em Centros Emergentes da FAPESP - Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de São Paulo, Processso 2001/08152-7

Objetivo: Desnvolver em escala piloto o processo de pirólise rápida usando a tecnologia de leito fluidizado para a obtenção de bio-óleo e outros produtos. Desenvolver técnicas de caracterização desses produtos e suas aplicações tecnológicas.
Palavras-chave: alcatrão vegetal; bio-óleo; carvão vegetal; leito fluidizado; pirólise; resinas fenólicas.
5.
Energia de biomassa
6.
Processos termoquímicos

Objetivo: Desenvolver processos de conversão térmica de biomassa..
Grande área: Engenharias
Setores de atividade: Energia.
Palavras-chave: biomassa; bio-óleo; carvão vegetal; energias renováveis; leito fluidizado; pirólise.
7.
Agroenergia


Projetos de pesquisa


2013 - Atual
Geração de energia a partir de fontes renováveis.
Descrição: A parceria entre a Embrapa a Fundação Getúlio Vargas e a ESALQ na oferta do Mestrado profissional em Agronegócios - MPAGRO, tem possibilitado uma enorme iteração com profissionais do mercado de bioenergia e agroenergia. Particularmente a disciplina de PROCESSAMENTO DA PRODUÇÃO E TRANSFORMAÇÃO tem muito interesse dos gestores que participam do programa. Tem sido realizados estudo de alternativas energéticas no cenário brasileiro como RSU, resíduos agroindustriais e fontes de biodiesel, etanol e outras culturas energéticas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: / Mestrado profissional: (3) .
Integrantes: José Dilcio Rocha - Coordenador / Angelo Costa Gurgel - Integrante / Wallace Fernandes Menezes - Integrante / Vicente Pimenta - Integrante / OTAVIO AUGUSTO LOPES - Integrante.Número de orientações: 3
2008 - 2011
Pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I) em pinhão manso (Jatropha curcas L.) para a produção de biodiesel
Descrição: Responsável por atividade do projeto: Pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I) em pinhão manso (Jatropha curcas L.) para a produção de biodiesel, financiado pela FINEP..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2010
Aproveitamento de biomassa carbonizada como condicionador de solo na produção de arroz de terras altas em Sistema Plantio Direto no Cerrado
Descrição: Colaborador do projeto Macroprograma 3 dentro do Convênio Embrapa-Petrobrás denominado: Aproveitamento de biomassa carbonizada como condicionador de solo na produção de arroz de terras altas em Sistema Plantio Direto no Cerrado liderado por: Beata Emoke Madari, Embrapa Arroz e Feijão..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2010
Desenvolvimento de condicionadores de solo e fertilizantes de liberação lenta a partir de co−produtos e resíduos da indústria de óleos e biodiesel
Descrição: Responsável por atividade do projeto de pesquisa MACROPROGRAMA 2, Edital 04/2008 − Convênio Embrapa/Petrobrás, título: Desenvolvimento de condicionadores de solo e fertilizantes de liberação lenta a partir de co−produtos e resíduos da indústria de óleos e biodiesel, liderado por Etelvino Novotny, Embrapa Solos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2007 - 2011
FLORESTAS ENERGÉTICAS NA MATRIZ DE AGROENERGIA BRASILEIRA
Descrição: Responsável pelo PLANO DE AÇÃO: Pirólise rápida de biomassa em leito fluidizado para produção de bio-óleo, dentro do Projeto Florestas Energéticas do MacroPrograma 1..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2006 - 2010
Desenvolvimento de tecnologias agroindustriais para obtenção de biocombustíveis derivados de óleos vegetais
Descrição: O objetivo principal deste projeto é aprimorar a tecnologia de produção de oleaginosas (dendê, mamona, canola, soja e girassol) para obtenção de óleos vegetais destinados à produção de biocombustíveis. Isto inclui, além da tecnologia agronômica, a identificação das regiões geográficas mais adequadas para o cultivo destas oleaginosas, o aprimoramento as rotas de obtenção de biocombustíveis por pirólise e transesterificação, o desenvolvimento de protótipos comerciais baseados nestas rotas, a avaliação da viabilidade técnica e econômica dos protótipos e os efeitos dos combustíveis sobre motores estacionários e veiculares; o desenvolvimento de tecnologias inovativas para o aproveitamento dos co-produtos da produção de energia a partir de biomassa, além do estudo dos impactos ambientais, sociais, econômicos, negociais e de conhecimento da produção e do uso de biocombustíveis. Serão executados nove projetos componentes, sendo um de gestão do projeto, três de tecnologia agronômica, um de desenvolvimento de tecnologia para agregação de valor nos co-produtos (tortas e glicerol), dois de aprimoramento de rotas de obtenção de biocombustíveis e validação de processo e um abordando impactos ecológicos, sociais, econômicos e de conhecimento..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: José Dilcio Rocha - Coordenador.


Projetos de desenvolvimento


2009 - 2011
Sistema produtivo de biodiesel à partir de misturas de óleos vegetais virgens e usados
Descrição: Coordenador do Projeto: Sistema produtivo de biodiesel à partir de misturas de óleos vegetais virgens e usados, a ser financiado pela FINEP em co-execução com Emater-DF, CAESB-DF, ETFB..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
2009 - 2011
Pré-tratamento de múltiplas biomassas brasileiras para uso em processo de gaseificação
Descrição: Responsável por atividade do projeto: Pré-tratamento de múltiplas biomassas brasileiras para uso em processo de gaseificação, financiado pela FINEP..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
2008 - 2010
Produção de biocombustíveis a partir de ilhas flutuantes de biomassa em planícies de inundação do Brasil: estudo de caso no Pantanal
Descrição: Membro de projeto de pesquisa: Edital MCT/CNPq/CT-Energ nº 052/2008, Apoio a pesquisa, desenvolvimento e inovação na cadeia produtiva de biomassa, Título: Produção de biocombustíveis a partir de ilhas flutuantes de biomassa em planícies de inundação do Brasil: estudo de caso no Pantanal, Parceiros: Bioware, Embrapa Labex-EUA, Embrapa Agroenergia, Embrapa Pantanal. Início: 2009, termino 2011..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
2007 - 2009
Produção de amostras de briquetes de carvão e bio-óleo em planta de pirólise- PPR-200 visando a sua comercialização
Descrição: Esse projeto de inovação tecnológica pretende adequar a qualidade e o rendimento dos produtos da planta piloto denominada PPR-200 às necessidades de potenciais mercados consumidores, com o objetivo de comercializar a tecnologia. Atualmente, a PPR-200 produz de forma contínua o carvão vegetal, o extrato ácido, o bio-óleo e os gases de combustão. Esses produtos apresentam múltiplas aplicações, como combustíveis e insumos químicos, porém, os esforços neste projeto estarão dirigidos para a produção de grandes amostras de briquetes siderúrgico, bio-óleo combustível e e extrato ácido, visando a criação do mercado consumidor e posterior venda da tecnologia. A amostra de briquetes de carvão vegetal terá qualidade para seu uso em altos-fornos da indústria siderúrgica, o extrato ácido será testado como inseticida natural para a agricultura orgânica e o bio-óleo misturado com óleo diesel ou BPF para a geração de energia elétrica em centrais termelétricas. A formulação do briquete siderúrgico é um resultado que esta sendo testado na Unicamp com parceria com a Bioware-Tecnologiae a Termoquip através do Edital CT-ENERG/MCT/CNPq nº 33/2006, processo 555127/2006-0. Os testes com os briquetes siderúrgicos serão realizados com empresas parceiras do ramos que se tem mostradas interessadas para realizar este tipo de parceria. Os ensaios do extrato ácido na agricultura serão conduzidos na Faculdade de Engenharia Agrícola da Unicamp e emulsões de bio-óleo com óleo diesel ou BPF serão usados para a geração de energia em usina termelétrica de uma empresa geradora de energia e testes de bancada serão feitos em unidade piloto da Bioware. Para o cumprimento dos objetivos, o projeto será dividido em três etapas: a primeira prevê a implementação de mudanças em equipamentos e em procedimentos operacionais na PPR-200. Isso objetiva aumentar a qualidade e o rendimento dos produtos da pirólise, assim como definir a logística precisa para a produção de grandes amostras. Na segunda etapa, serão produ.
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (3) .
Integrantes: José Dilcio Rocha - Integrante / Juan Miguel Mesa Perez - Integrante / Luis Augusto Barbosa Cortez - Coordenador / Henry Ramon Marin-Mesa - Integrante.Financiador(es): Bioware Tecnologia - Cooperação.
2006 - 2008
Planta demonstrativa para produção de briquetes de carvão renovável para uso em tecnologias de combustão, gaseificação e redução.
Descrição: Esse projeto de inovação tecnológica pretende adequar a qualidade e o rendimento dos combustíveis produzidos na planta piloto denominada PPR-200 para ser usado em tecnologias de combustão, gaseificação e redução. Atualmente, a PPR-200 produz de forma contínua o carvão vegetal, o extrato ácido, o bio-óleo e os gases de combustão. Esses produtos apresentam múltiplas aplicações, como combustíveis e insumos químicos, porém, os esforços nessa fase do projeto estarão dirigidos para a adequação do carvão vegetal para seu uso em forma de briquete em tecnologias de combustão gaseificação e de redução em altos-fornos da indústria siderúrgica. O bio-óleo cru será destilado e separado em duas frações: a primeira corresponde ao destilado ou bio-óleo leve, amplamente aplicado na defumação de alimentos e na preservação de madeiras; a segunda fração ou resíduo da destilação, chamada de piche, será usada como ligante na produção dos briquetes. Para o cumprimento dos objetivos, o projeto será dividido em três etapas fundamentais: a primeira prevê a produção de amostras de carvão e bio-óleo na planta PPR-200. Essas amostras serão usadas como matéria prima para o realização de testes de bancada visando adequar a qualidade dos briquetes para uso em tecnologias de combustão, gaseificação e redução. Na segunda etapa, a planta PPR-200 será ampliada para a produção de briquetes e subprodutos em escala piloto. A planta ampliada será denominada PPRA-200. As amostras produzidas nessa etapa serão usadas para a realização de testes em sistemas pilotos de combustão e gaseificação da empresa TERMOQUIP. Na terceira e última etapa, e com base nos resultados das etapas anteriores, será realizado um Estudo Preliminar de Viabilidade Técnica e Econômica (EPVTE) das alternativas que fossem escolhidas como as mais viáveis..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (3) .
Integrantes: José Dilcio Rocha - Integrante / Juan Miguel Mesa Perez - Integrante / Luis Augusto Barbosa Cortez - Coordenador / Henry Ramon Marin-Mesa - Integrante.Financiador(es): Termoquip Energia Alternativa - Cooperação / Bioware Tecnologia - Cooperação.
2005 - 2007
Aditivo Renovável para Emulsões de Petróleo Pesado
Descrição: O bio-óleo é a base do aditivo emulsificante para o petróleo pesado e suas frações. A mistura do petróleo pesado com água e o aditivo permite o bombeamento, refino e a queima de líquidos de alta viscosidade. O bio-óleo é um combustível de origem renovável produzido a partir de biomassa residual como por exemplo o bagaço e a palha de cana, casca de arroz, serragem, casca de madeira. O processo usado para produzir altos rendimentos de bio-óleo é a pirólise rápida e no caso da tecnologia desenvolvida pelo grupo da Unicamp é o reator de leito fluidizado operando na forma borbulhante e a pressão atmosférica, temperatura na faixa de 450 a 500 graus Celsius e curto tempo de residência. As emulsões petrolíferas são de grande interesse no mundo devido ao fato de que quase a metade de todo o petróleo produzido mundialmente ser pesado. O uso de um aditivo a base de bio-óleo ser usado para essa finalidade é muito importante do ponto de vista econômico e ambiental. Os aditivos comerciais para emulsificar petróleo custam cerca de cinco mil dólares a tonelada e no caso do bio-óleo o custo poderá ser infinitamente mais baixo. Ambientalmente, o aditivo a partir do bio-óleo é um material renovável, produzido a partir de resíduos agro-industriais capaz de gerar renda e postos de trabalho principalmente na região rural do país e consumirá resíduos que deixaram de ser dispostos no mio ambiente..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (4) .
Integrantes: José Dilcio Rocha - Integrante / Juan Miguel Mesa Perez - Integrante / Luis Augusto Barbosa Cortez - Coordenador / Henry Ramon Marin-Mesa - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2004 - 2006
Uso da biomassa como energia limpa e matéria prima renovável. O caso da Bioware uma empresa incubada da Unicamp. Edital CNPq 21/2004 - RHAE Inovação / RHAE Inovação - Projetos Tipo C
Descrição: Este projeto propõe realizar um estudo teórico e experimental visando melhorar as propriedades combustíveis do bio-óleo obtido na planta de pirólise rápida da Unicamp. Varias amostras de bio-óleo serão obtidas e caracterizadas para diferentes condições de operação do reator. Fazendo uso de um planejamento experimental de misturas serão otimizadas as condições de reação de trans_esteresficaçao do bio-óleo com o etanol para diferentes temperaturas. O comportamento das pro propriedades combustível do bio-óleo serão correlacionadas em função das propriedades físico-químicas das amostras de bio-óleo. Seguidamente estudos sobre a estabilidade das misturas assim como a eficiência de combustão são determinadas. Os experimentos de pirólise rápida para a obtenção das amostras de bio-óleo serão realizados na planta de pirólise rápida de Unicamp baseada na tecnologia de leito fluidizado localizada no Centro de Tecnologia Copersucar, em Piracicaba O estudo experimental será feito no laboratório do departamento de Química - Física do instituto de química de Unicamp e o laboratório de produtos de biomassa da Bioware -Tecnologia te termoconversão de biomassa (empresa incubada da Unicamp)..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (1) / Doutorado: (2) .
Integrantes: José Dilcio Rocha - Coordenador.Financiador(es): Bioware Tecnologia - Cooperação.
Número de produções C, T & A: 2
2002 - 2003
Produção de Bio-Óleo Combustível por Pirólise de Biomassa em Reator de Leito Fluidizado
Descrição: Operação e testes da planta piloto de pirólise rápida de biomassa para produção de bio-óleo combustível e caracterizaço dos produtos do processo..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) .
Integrantes: José Dilcio Rocha - Integrante / Edgardo Olivares Gómez - Integrante / Juan Miguel Mesa Perez - Integrante / Luis Augusto Barbosa Cortez - Coordenador.Financiador(es): Ministério de Minas e Energia - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 7
2001 - 2005
Pirólise rápida de biomassa para produção de bio-óleo como fonte de combustível e materiais renováveis
Descrição: Coordenador do projeto sob processo No. 08152-7/2001 FAPESP. Constou da realizações de teste na planta piloto de pirólise rápida em leito fluidizado e a caracterização das amostras de bio-óleo e de carvão vegetal em pó e suas potenciais aplicações..
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (2) .
Integrantes: José Dilcio Rocha - Coordenador / Edgardo Olivares Gómez - Integrante / Juan Miguel Mesa Perez - Integrante / Anselmo Fioraneli - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 20
2000 - 2000
Projeto
Situação: Concluído; Natureza: Desenvolvimento.


Revisor de periódico


2003 - Atual
Periódico: International Journal of Chemical Reactor Engineering
2008 - Atual
Periódico: Pesquisa Agropecuária Brasileira
2008 - Atual
Periódico: Journal of Analytical and Applied Pyrolysis
2008 - Atual
Periódico: Chemical Engineering and Processing
2008 - Atual
Periódico: Chemical Engineering and Processing: Process Intensification
2007 - Atual
Periódico: Revista de Ciências Exatas e Naturais
2010 - Atual
Periódico: biomass & bioenergy
2010 - Atual
Periódico: Revista Árvore (Impresso)
2010 - Atual
Periódico: Engevista (UFF)


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Energia de Biomassa Florestal.
2.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Mecânica / Subárea: Engenharia Térmica/Especialidade: Aproveitamento da Energia.
3.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Química / Subárea: Tecnologia Química/Especialidade: Carvão.
4.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia de Materiais e Metalúrgica / Subárea: Materiais Não-Metálicos/Especialidade: Extração e Transformação de Materiais.
5.
Grande área: Engenharias / Área: Engenharia Química / Subárea: Processos Industriais de Engenharia Química/Especialidade: Processos Orgânicos.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2011
Prêmio Jabuti - Categoria Ciências Naturais (Livro: BIOETANOL DE CANA-DE-AÇÚCAR - P&D PARA PRODUTIVIDADE E SUSTENTABILIDADE, ED. EDGARD BLÜCHER LTDA E FAPESP , L.A.B. CORTEZ, COORD), Câmara Brasileira do Livro.
2011
Premiação Nacional de Equipes, 2º lugar Qualidade Técnica, Projeto: Desenvolvimento de tecnologias agroindustriais para obtenção de biocombustíveis derivados de óleos vegetais., EMBRAPA.
2010
Premiação Nacional de Equipes - Categoria Captação de Recursos, 4º lugar - Projeto: Desenvolvimento de tecnologias agroindustriais para obtenção de biocombustíveis derivados de óleos vegetal, EMBRAPA.
2010
Premiação Nacional de Equipes - Categoria Parceria, Primeiro Lugar, projeto "Desenvolvimento de tecnologias agroindustriais para obtenção de biocombustíveis derivados de óleos vegetais", EMBRAPA.
1999
Programa Novos talentos - Projeto Retorno, Instituto Euvaldo Lodi, CNI e Departamento de Cooperação Científica, Técnica e Tecnológica do MRE.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
MESA-PÉREZ, JUAN M.2014MESA-PÉREZ, JUAN M. ; CORTEZ, LUIS A.B. ; MARÍN-MESA, HENRY R. ; ROCHA, JOSÉ D. ; Peláez-Samaniego, M.R. ; CASCAROSA, ESTHER . A statistical analysis of the auto thermal fast pyrolysis of elephant grass in fluidized bed reactor based on produced charcoal. Applied Thermal Engineering, v. 65, p. 322-329, 2014.

2.
VIRMOND, E.2013VIRMOND, E. ; ROCHA, J. D. ; MOREIRA, R. F. P. M. ; JOSÉ, H. J. . Valorization of agroindustrial solid residues and residues from biofuel production chains by thermochemical conversion: a review, citing Brazil as a case study. Brazilian Journal of Chemical Engineering (Impresso), v. 30, p. 197-230, 2013.

3.
MESA-PÉREZ, JUAN MIGUEL2013MESA-PÉREZ, JUAN MIGUEL ; ROCHA, JOSÉ DILCIO ; BARBOSA-CORTEZ, LUIS AUGUSTO ; PENEDO-MEDINA, MARGARITA ; LUENGO, CARLOS ALBERTO ; CASCAROSA, ESTHER . Fast oxidative pyrolysis of sugar cane straw in a fluidized bed reactor. Applied Thermal Engineering, v. 56, p. 167-175, 2013.

4.
ABDELNUR, PATRÍCIA V.2013ABDELNUR, PATRÍCIA V. ; VAZ, BONIEK G. ; ROCHA, JOSÉ D. ; DE ALMEIDA, MARLON B. B. ; TEIXEIRA, MARCO ANTONIO G. ; PEREIRA, ROSANA C. L. . Characterization of Bio-oils from Different Pyrolysis Process Steps and Biomass Using High-Resolution Mass Spectrometry. Energy & Fuels (Print), v. 27, p. 6646-6654, 2013.

5.
Andreani, L.2012Andreani, L. ; ROCHA, J. D. . USE OF IONIC LIQUIDS IN BIODIESEL PRODUCTION: A REVIEW. Brazilian Journal of Chemical Engineering (Impresso), v. 29, p. 1-13, 2012.

6.
Novotny, E.H.2012Novotny, E.H. ; Auccaise, R ; Velloso, M.H.R. ; Correa, J.C. ; Higarashi, M.M. ; Abreu, V.M.N. ; ROCHA, J. D. ; Kwapinski, W. . Caracterização da estrutura de fosfatos em ?biochar? de ossos suínos. Pesquisa Agropecuária Brasileira (Online), v. 47, p. 672-676, 2012.

7.
FELFLI, F. E. F.2011FELFLI, F. E. F. ; Mesa-Perez, J.M. ; ROCHA, J. D. ; FILIPPETTO, D. ; LUENGO, C. A. ; PIPPO, W. A. . Biomass briquetting and its perspectives in Brazil. Biomass & Bioenergy, v. 35, p. 236-242, 2011.

8.
GUEDES, C. L. B.2010GUEDES, C. L. B. ; Daniele Cristina Adão ; Quessada, T.P. ; Borsato, D. ; Galão, O.F. ; Di Mauro, E. ; Mesa-Perez, J.M. ; ROCHA, J. D. . Avaliação de biocombustível derivado do bio-óleo obtido por pirólise rápida de biomassa lignocelulósica como aditivo para gasolina. Química Nova (Impresso), v. 33, p. 781-786, 2010.

9.
CORTEZ, L. A. B.2009CORTEZ, L. A. B. ; Mesa-Perez, J.M. ; ROCHA, J. D. ; JORDAN, R. A. ; Marin-Mesa, H.R. . PROCESSAMENTO DE CASCA E FIBRA DE COCO VERDE POR CARBONIZAÇÃO PARA AGREGAÇÃO DE VALOR. Revista Brasileira de Engenharia de Biossistemas (UNICAMP), v. 3, p. 21-30, 2009.

10.
FANTINATTI, J. B.2009FANTINATTI, J. B. ; CORTEZ, L. A. B. ; MORALES, M. M. ; AGUIAR, R. H. ; MARTINS, R. C. ; Mesa-Perez, J.M. ; ROCHA, J. D. . AVALIAÇÃO DE FERTILIZANTES PRODUZIDOS A PARTIR DO BENEFICIAMENTO DE BIO-ÓLEO E COMPOSTOS NITROGENADOS. Revista Brasileira de Engenharia de Biossistemas (UNICAMP), v. 3, p. 161-168, 2009.

11.
CORTEZ, L. A. B.2009CORTEZ, L. A. B. ; JORDAN, R. A. ; BALDASSIN JR, R. ; Mesa-Perez, J.M. ; ROCHA, J. D. . THE HISTORY OF RESEARCH AND DEVELOPMENT OF FAST PYROLYSIS PLANT FOR BIO-OIL PRODUCTION AT THE FACULTY OF AGRICULTURAL ENGINEERING OF UNICAMP. Revista Brasileira de Engenharia de Biossistemas (UNICAMP), v. 3, p. 181-190, 2009.

12.
Stamatov, V.2007 Stamatov, V. ; ROCHA, J. D. . Bio-char refineries: an accessible approach for the development of biomass-based industry. International Journal of Global Energy Issues, v. 27, p. 217-230, 2007.

13.
ROCHA, J. D.;ROCHA, JOSÉ DILCIO;ROCHA, JOSÉ D.2005ROCHA, J. D.; PEREZ, J. M. M. ; CORTEZ, L. A. B. ; BROSSARD-PEREZ, L. E. ; GOMEZ, E. O. . Unidimensional heat transfer analysis of elephant grass and sugar cane bagasse slow pyrolysis in a fixed bed reactor. Fuel Processing Technology, Holanda, v. 86, p. 565-575, 2005.

14.
ROCHA, J. D.;ROCHA, JOSÉ DILCIO;ROCHA, JOSÉ D.2005ROCHA, J. D.. Torrefied briquettes: technical and economic feasibility and perspectives in the Brazilian market. Energy Sustainable Development, Bangalore, Índia, v. IX, n.3, p. 23-29, 2005.

15.
ROCHA, J. D.;ROCHA, JOSÉ DILCIO;ROCHA, JOSÉ D.2002ROCHA, J. D.; COUTINHO, A. R. ; LUENGO, C. A. . Biopitch produced from eucalyptus wood pyrolysis liquids as a renewable binder for carbon electrode manufacture. Brazilian Journal of Chemical Engineering, v. 19, n.02, p. 127-132, 2002.

16.
COUTINHO, A. R.2000COUTINHO, A. R. ; ROCHA, J. D. ; LUENGO, C. A. . Preparing and characterizing biocarbon electrodes. Fuel Processing Technology, v. 67, n.02, p. 93-102, 2000.

17.
ROCHA, J. D.;ROCHA, JOSÉ DILCIO;ROCHA, JOSÉ D.1999ROCHA, J. D.; LUENGO, C. A. ; SNAPE, C. E. . The scope for generating bio-oils with relatively low oxygen contents via hydropyrolysis. Organic Geochemistry, Londres, v. 30, n.12, p. 1527-1534, 1999.

18.
ROCHA, J. D.;ROCHA, JOSÉ DILCIO;ROCHA, JOSÉ D.1997ROCHA, J. D.; BROWN, S. ; LOVE, G. ; SNAPE, C. E. . Hydropyrolysis: A versatile technique for solid fuel lequefaction, sulphur speciation and biomarker release. Journal of Analytical and Applied Pyrolysis, Londres, v. 40-41, p. 91-103, 1997.

19.
MAROTOVALER, M. M.1996MAROTOVALER, M. M. ; ANDRÉSEN, J. M. ; ROCHA, J. D. ; SNAPE, C. E. . Quantitative solid state 13C NMR measurements on cokes, chars and coal tar pitch fractions. Fuel (Guildford), Londres, v. 75, n.15, p. 1712-1726, 1996.

20.
ROCHA, J. D.;ROCHA, JOSÉ DILCIO;ROCHA, JOSÉ D.1996ROCHA, J. D.; LUENGO, C. A. ; SNAPE, C. E. . Hydrodeoxygenation of oils fromcellulose in single and two-stage hydropyrolysis. Renewable Energy, Londres, v. 9, p. 950-953, 1996.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
ROCHA, J. D.; PEREZ, J. M. M. ; CORTEZ, L. A. B. ; BRITO, O. ; MARIN-MESA, H. R. ; Peláez-Samaniego, M.R. . Usos alternativos da palhada residual da produção de sementes para pastagens. 1. ed. São Carlos-SP: Embrapa, 2006. v. 1. 241p .

Capítulos de livros publicados
1.
ROCHA, J. D.; BELLOTE, A. F. J. ; ANDRADE, G. C. ; MOLINARI, H. B. C. ; SILVA, M. L. B. ; STEINMETZ, R. L. R. ; FAVARO, S. P. . Objetivo de Desenvolvimento Sustentável, 7 ENERGIA LIMPA E ACESSÍVEL, CONTRIBUIÇÔES DA EMBRAPA. In: Airton Kunz, Marcelo Henrique Otenio, Renato Carrhá Leitão, Rossano Gambetta. (Org.). Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 7 ENERGIA LIMPA E ACESSÍVEL CONTRIBUIÇÕES DA EMBRAPA. 1ed.Brasilia: EMBRAPA, 2018, v. , p. 1-79.

2.
ROCHA, J. D.. A plataforma termoquímica. In: Silvio Vaz Junior. (Org.). Biomassa para a química verde. 1ed.Brasilia: Embrapa, 2013, v. , p. 139-168.

3.
Mesa-Perez, J.M. ; ROCHA, J. D. ; CORTEZ, L. A. B. ; JORDAN, R. A. . A pirólise rápida como percursora de BTL. In: Luis Augusto Barbosa Cortez. (Org.). Bioetanol de cana-de-açúcar, P&D para produtividade e sustentabilidade. 1ed.São Paulo-SP: Editora Edgar Blucher Ltda, 2010, v. 1, p. 733-740.

4.
Mesa-Perez, J.M. ; ROCHA, J. D. ; CORTEZ, L. A. B. ; JORDAN, R. A. . Fast pyrolysis as a BTL precursor. In: Luis Augusto Barbosa Cortez. (Org.). SUGARCANE BIOETHANOL - R&D FOR PRODUCTIVITY AND SUSTAINABILITY. 1ed.São Paulo-SP: Editora Edgar Blucher Ltda, 2010, v. 1, p. -.

5.
CORTEZ, L. A. B. ; JORDAN, R. A. ; Mesa-Perez, J.M. ; ROCHA, J. D. . Ethanol technological roadmap: Thermochemical biomass route. In: Luis Augusto Barbosa Cortez. (Org.). SUGARCANE BIOETHANOL - R&D FOR PRODUCTIVITY AND SUSTAINABILITY. 1ed.São Paulo-SP: Editora Edgar Blucher Ltda, 2010, v. 1, p. -.

6.
CORTEZ, L. A. B. ; JORDAN, R. A. ; Mesa-Perez, J.M. ; ROCHA, J. D. . Roadmap tecnológico para o etanol: Componente termoconversão de biomassa. In: Luis Augusto Barbosa Cortez. (Org.). Bioetanol de cana-de-açúcar, P&D para produtividade e sustentabilidade. 1ed.São Paulo-SP: Editora Edgar Blucher Ltda, 2010, v. 1, p. 919-935.

7.
ROCHA, J. D.; PEREZ, J. M. M. ; CORTEZ, L. A. B. . Aplicação dos Produtos da Pirólise Rápida de Biomassa como Fertilizante Natural. FERTILIZANTES: AGROINDÚSTRIA E SUSTENTABILIDADE. : , 2009, v. , p. -.

8.
GUEDES, V. G. F. ; Fronzaglia, T ; MARTINS, M. A. G. ; ROCHA, J. D. . Discussão introdutória: experiências de pesquisa e desenvolvimento com comunidades agricultoras - inserção em cadeias agroindustriais. In: Ivan Sergio Freire de Sousa, José Renato Figueira Cabral. (Org.). Ciência como instrumento de inclusão social. 1ed.Brasilia: Embrapa, 2009, v. , p. 169-176.

9.
GOMEZ, E. O. ; ROCHA, J. D. ; PEREZ, J. M. M. ; BROSSARD-PEREZ, L. E. . Pirólise rápida de materiais lignocelulósicos para a obtenção de bioóleo. In: Luís Augusto Barbosa Cortez, Electo Eduardo Silva Lora, Edgardo Olivares Gómez. (Org.). Biomassa para energia. 1ed.Campinas, SP: Editora da Unicamp, 2008, v. , p. 353-418.

10.
ROCHA, J. D.; Bhattacharya, S. C. ; ABE, H. ; YIN, X. L. ; ELAURIA, J. C. ; SUGATHAPALA, A. G. T. . A review of biomass gasification. In: S.C. Bhattacharya, P. Abdul Salam. (Org.). A review of selecte biomass energy technologies: gasification, combustion and densification. Pathumthani - Thailand: RERIC - Regional Energy Resources Information Centre, 2006, v. , p. 001-074.

11.
ROCHA, J. D.; PEREZ, J. M. M. ; CORTEZ, L. A. B. ; BRITO, O. ; MARIN-MESA, H. R. ; Peláez-Samaniego, M.R. . Perspectivas de uso da palhada residual da produção de sementes de capim para a produção de energia.. In: EMBRAPA. (Org.). Usos alternativos da palhada residual da produção de sementes para pastagens. São Carlos: EMBRAPA, 2006, v. , p. 121-142.

12.
ROCHA, J. D.; PEREZ, J. M. M. . Tecnologia Bioware para produção de alginato de sódio, adubos orgânicos e corante naturais a partir de algas marinhas. Aqüicultura Capixaba, da produção ao mercado. : , 2006, v. , p. -.

13.
ROCHA, J. D.; FAAIJ, A. ; WALTER, A. C. S. ; BAUEN, A. ; BEZZON, G. ; MOREIRA, J. R. ; CRAIG, K. ; OVEREND, R. ; BAIN, R. . Novas tecnologias para os vetores modernos de energia de biomassa. In: F. Rosillo-Calle; S.V. Bajay; H. Rothman. (Org.). Uso da biomassa para produção de energia na indústria brasileira. 1ed.Campinas: Editora da UNICAMP, 2005, v. , p. 339-418.

14.
WALTER, A. C. S. ; MOREIRA, J. R. ; ROCHA, J. D. ; BEZZON, G. ; FAAIJ, A. ; BAUEN, A. ; OVEREND, R. ; CRAIG, K. ; BAIN, R. . New technologies for modern biomass energy carriers. In: Frank Rosillo-Calle; Sergio Valdir Bajay; Harry Rothman. (Org.). Industrial Uses of Biomass Energy, The Example of Brazil. Londres: Taylor & Francis, 2000, v. , p. 200-253.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
ROCHA, JOSÉ DILCIO. Entrevista. Revista Biomassa BR, Ponta Grossa - PR, p. 38 - 40, 31 maio 2017.

2.
ROCHA, J. D.. Rumo ao Desenvolvimento Sustentável Moderno de Energia da Madeira. Agroenergia em Revista, Brasilia, p. 50 - 53, 15 dez. 2015.

3.
ROCHA, J. D.. Onde está a inovação tecnológica no setor siderúrgico a carvão vegetal?. NEI, São Paulo, 01 set. 2013.

4.
ROCHA, J. D.. La siderurgia con biorreductor y la carboquímica vegetal: Un modelo de biorrefinería brasileña.. InfoPROCITROPICOS, 04 jul. 2013.

5.
ROCHA, J. D.. Boas notícias para o pélete brasileiro. BioMassa & BioEnergia, 15 jun. 2013.

6.
ROCHA, J. D.. A siderurgia com biorredutor e a carboquímica vegetal: Um modelo de biorrefinaria brasileira.. BioMassa & BioEnergia, 15 jan. 2013.

7.
ROCHA, J. D.. Briquetes para produzir energia. GuiaBio da Revista Biomassa & Bioenergia, Itu-SP, p. 22 - 25, 01 dez. 2012.

8.
ROCHA, J. D.. Inovações tecnológicas na indústria de base florestal. Opiniões, p. 38 - 38, 18 out. 2012.

9.
ROCHA, J. D.. A plataforma termoquímica aplicada a biorrefinaria. Agroenergia em Revista, Brasilia-DF, p. 31 - 32, 01 maio 2012.

10.
ROCHA, J. D.. O carvão vegetal no Brasil e a produção de aço verde. http://www.cnpae.embrapa.br/, Brasilia-DF, p. 1 - 2, 08 abr. 2011.

11.
ROCHA, J. D.. ?Biorrefinarias integrarão novas rotas para aproveitamento integral da biomassa florestal?. http://www.cnpae.embrapa.br/, Brasilia-DF, p. 1 - 3, 31 maio 2010.

12.
ROCHA, J. D.. O bio-óleo e as rotas termoquímicas de produção de agroenergia. Opiniões, Ribeirão Preto-SP, p. 28 - 28, 01 jun. 2008.

13.
ROCHA, J. D.. Tecnologia transforma resíduos em novos negócios: Bioóleo obtido por pirólise rápida de palha e bagaço como fonte de combustíveis e produtos químicos. ALCOOLbrás, 01 ago. 2005.

14.
ROCHA, J. D.; GOMEZ, E. O. ; PEREZ, J. M. M. ; BROSSARD-PEREZ, L. E. ; CORTEZ, L. A. B. . Pirólise rápida em leito fluidizado: uma opção para transformar biomassa em energia limpa. Revista Analytica, N0 4, Abril/Maio 2003, pp 32-36, p. 32 - 36, 04 maio 2003.

15.
ROCHA, J. D.; COELHO, S. T. . Biomass for energy in Brazil. Sustainable Development International, Londres, p. 85 - 88, 01 jun. 2002.

16.
ROCHA, J. D.. De onde vem nossa energia?. Revista ComCiência, Campinas - SP, 18 jul. 2001.

17.
ROCHA, J. D.. A economia dos biocombustíveis. Revista REC@P Notícias, , v. 22, p. 8 - 8.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
Abdelnur, P.V. ; Abreu, V.M.N. ; ALMEIDA, M. B. B. ; Auccaise, R ; ROCHA, J. D. . Analysis of bio-oils from different pyrolysis process steps and biomass from different pyrolysis process steps and biomass using FT-IC-MS and Q -TOF-MS. In: 60th CONFERENCE ON MASS SPECTROMETRY AND ALLIED TOPICS, 2012, Vancouver. Journal of the American Society for Mass Spectrometry. Vancouver, Canada: ASMS, 2012. v. 23.

2.
PEREZ, J. M. M. ; Viltre-Rodriguez, R.A. ; Marin-Mesa, H.R. ; ROCHA, J. D. ; Pelaez-Samaniego, M.R. ; CORTEZ, L. A. B. . Bio-flex obtido da pirólise de biomassa como combustível.. In: 6. Encontro de Energia no Meio Rural, 2006, Campinas. Proceedings of the 6. Encontro de Energia no Meio Rural, 2006. v. 1.

3.
Silva, Claudinei Augusto da ; FELFLI, F. E. F. ; Mesa-Perez, J.M. ; Rocha, J.D. ; Simões, A.F. ; ROCHA, J. D. . Estudo da viabilidade técnico: econômica de uma fabrica de briquetes para fins de geração energética. In: 6. Encontro de Energia no Meio Rural, 2006, Campinas. Proceedings of the 6. Encontro de Energia no Meio Rural, 2006. v. 1.

4.
Mesa-Perez, J.M. ; Marin-Mesa, H.R. ; Rocha, J.D. ; Olivarez-Gómez, E ; CORTEZ, L. A. B. ; Shimabukuro, F.R. ; Vallin, M.J.G ; ROCHA, J. D. . Pirólise rápida de biomassa em reator de leito fluidizado Unicamp-Brasil: problemas, causas e soluções. In: 6. Encontro de Energia no Meio Rural, 2006, Campinas. Proceedings of the 6. Encontro de Energia no Meio Rural, 2006, 2006. v. 2.

5.
ROCHA, J. D.; GOMEZ, E. O. ; PEREZ, J. M. M. ; CORTEZ, L. A. B. . Products from cane bagasse and trash fast pyrolysis fluidised bed system: The Brazilian experience. In: XXV International Society of Sugar Cane Technologists Congress, 2005, Cidade da Guatemala. Proceedings of the XXV ISSCT Congress. Guatemala: ATAGUA e CEGICANA, 2005. v. 1. p. 424-430.

6.
ROCHA, J. D.; Stamatov, V. . An upgrade of traditional charcoal kilns to bio-char refineries. In: Bioenergy Australia 2005 ?"Biomass for Energy, the Environment and Society", 2005, Melbourne. Bioenergy Australia 2005 ?"Biomass for Energy, the Environment and Society". Melbourne, 2005.

7.
ROCHA, J. D.; GOMEZ, E. O. ; PEREZ, J. M. M. ; CORTEZ, L. A. B. ; FIORANELI, A. ; SILVA, F. M. . Pression, Concentration and Porosity particle pattern behavior in dense and dilute phase on a fluidizes bed pyrolysis reactor. In: 2nd World Conference and Technology Exhibition on Biomass for Energy, Industry and Climate Protection, 2004, Roma. Proceedings 2nd World Conference and Technology Exhibition on Biomass for Energy, Industry and Climate Protection. Florence: ETA, WIP, 2004. v. Unico. p. 1012-1016.

8.
ROCHA, J. D.; GOMEZ, E. O. ; PEREZ, J. M. M. ; CORTEZ, L. A. B. . A study of the biomass fast pyrolysis using Brazilian feedstock. In: 2nd World Conference and Technology Exhibition on Biomass for Energy, Industry and Climate Protection, 2004, Roma. Proceedings da 2nd World Conference and Technology Exhibition on Biomass for Energy, Industry and Climate Protection. Florença: ETA, WIP, 2004. v. UNICO. p. 1125-1129.

9.
ROCHA, J. D.; GOMEZ, E. O. ; PEREZ, J. M. M. ; CORTEZ, L. A. B. ; PIPPO, W. A. . Emergy Evaluation of Bio-oil production using sugarcane biomass residues at Fast Pyrolysis Pilot Plant in Brazil. In: IV Biennial International Workshop Advances in Energy Studies: Ecology-Energy Issues in Latin-America, 2004, Campinas. Proceedings IV Biennial International Workshop Advances in Energy Studies: Ecology-Energy Issues in Latin-America. Campinas: Editora da UNICAMP, 2004. v. 1. p. 401-408.

10.
ROCHA, J. D.; FIORANELI, A. ; GOMEZ, E. O. ; PEREZ, J. M. M. ; CORTEZ, L. A. B. . Potential of the biomass fast pyrolysis technology to bio-oil production in Brazil. In: SCIENCE IN THERMAL AND CHEMICAL BIOMASS CONVERSION, 2004, Victoria, Vancouver. Anais SCIENCE IN THERMAL AND CHEMICAL BIOMASS CONVERSION. Newbury Berks, Reino Unido: CPL Scientific Publishimg Services Ltd, 2004. v. 2. p. 1391-1400.

11.
ROCHA, J. D.; GOMEZ, E. O. ; PEREZ, J. M. M. ; CORTEZ, L. A. B. ; SEYE, O. ; GONZALEZ, L. E. B. . Pirólise rápida de biomassas para produção de Bio-óleo. In: ABRABI 2003 ? CONGRESSO BRASILEIRO DE BIOTECNOLOGIA - Desenvolvimento e Conservação, 2003, Rio de Janeiro. Anais do ABRABI 2003 ? CONGRESSO BRASILEIRO DE BIOTECNOLOGIA. Rio de Janiero: ABRABI, 2003.

12.
ROCHA, J. D.; GOMEZ, E. O. ; PEREZ, J. M. M. ; CORTEZ, L. A. B. ; GONZALEZ, L. E. B. ; SEYE, O. . Produção de bio-óleo combustível a partir de pirólise rápida de biomassa. In: IX Congresso Brasileiro de Energia, 2002, Rio de Janeiro. Anais do IX Congresso Brasileiro de Energia. Rio de Janeiro: Coppe/UFRJ, 2002. v. 4. p. 1896-1901.

13.
ROCHA, J. D.; PEREZ, J. M. M. ; CORTEZ, L. A. B. ; GOMEZ, E. O. ; GONZALEZ, L. E. B. ; NUNHES, J. R. . Tecnologia de leito fluidizado para pirólise rápida de biomassa vegetal. In: 4o Encontro de Energia no Meio Rural - AGRENER 2002, 2002, Campinas. Anais do 4o Encontro de Energia no Meio Rural - AGRENER 2002, 2002. p. 9.

14.
ROCHA, J. D.; PEREZ, J. M. M. ; CORTEZ, L. A. B. ; GOMEZ, E. O. ; GONZALEZ, L. E. B. ; NUNHES, J. R. . Pirólise lenta unidimensional de uma grande partícula de capim elefante e bagaço de cana em um reator de leito fixo. In: 4o Encontro de Energia no Meio Rural - AGRENER 2002, 2002, Campinas. Anais do 4o Encontro de Energia no Meio Rural - AGRENER 2002, 2002. p. 6.

15.
ROCHA, J. D.; GONZALEZ, L. E. B. ; CORTEZ, L. A. B. ; PEREZ, J. M. M. ; GOMEZ, E. O. . Avaliação preliminar técnico-econômica da pirólise rápida de biomassa. In: 4o Encontro de Energia no Meio Rural - AGRENER 2002, 2002, Campinas. Anais do 4o Encontro de Energia no Meio Rural - AGRENER 2002, 2002. p. 6.

16.
ROCHA, J. D.; PEREZ, J. M. M. ; GOMEZ, E. O. ; CORTEZ, L. A. B. ; GONZALEZ, L. E. B. ; SEYE, O. ; BROSSARD-PEREZ, L. E. . Tecnología de lecho fluidizado para pirolisis de biomasa vegetal. In: VII Congreso Internacional sobre Azúcar y Derivados de la Cana - DIVERSIFICACIÓN 2002, 2002, Havana. Anales del VII Congreso Internacional sobre Azúcar y Derivados de la Cana - DIVERSIFICACIÓN 2002, 2002. p. 6.

17.
ROCHA, J. D.; BROSSARD-PEREZ, L. E. ; CORTEZ, L. A. B. ; SEYE, O. ; GOMEZ, E. O. ; PEREZ, J. M. M. ; BRAUNBECK, O. A. . Sistema de alimentación de residuos agrícolas (biomasa de baja densidad, bagazo de caña de azúcar, capin elefante, etc.). In: VII Congreso Internacional sobre Azúcar y Derivados de la Cana - DIVERSIFICACIÓN 2002, 2002, Havana. Anales del VII Congreso Internacional sobre Azúcar y Derivados de la Cana - DIVERSIFICACIÓN 2002, 2002. p. 6.

18.
ROCHA, J. D.; GOMEZ, E. O. ; PEREZ, J. M. M. ; CORTEZ, L. A. B. ; BROSSARD-PEREZ, L. E. ; GONZALEZ, L. E. B. ; SEYE, O. . Estudio de propriedades físicas e geométricas de partículas sólidas de biomasa para su uso en procesos del tipo fluido-partícula. In: VII Congreso Internacional sobre Azúcar y Derivados de la Cana - DIVERSIFICACIÓN 2002, 2002, Havana. Anales del VII Congreso Internacional sobre Azúcar y Derivados de la Cana - DIVERSIFICACIÓN 2002, 2002. p. 6.

19.
ROCHA, J. D.; GOMEZ, E. O. ; PEREZ, J. M. M. ; CORTEZ, L. A. B. ; SEYE, O. ; GONZALEZ, L. E. B. . The demonstration fast pyrolysis plant to biomass conversion in Brazil. In: VII World Renewable Energy Congress, 2002, Colonia. Proceedings of the VII World Renewable Energy Congress, 2002. p. 5.

20.
ROCHA, J. D.; GOMEZ, E. O. ; PEREZ, J. M. M. ; GONZALEZ, L. E. B. ; SEYE, O. ; CORTEZ, L. A. B. . Biomass Pyrolysis in Brazil - a Source of Biofuels. In: The Tenth Biennial Bioenergy Conference - BIOENERGY?2002, 2002, Boise. Proceedings of The Tenth Biennial Bioenergy Conference - BIOENERGY?2002, 2002. p. 10.

21.
ROCHA, J. D.; COELHO, S. T. ; MOREIRA, J. R. . Desenvolvimento de Reformador de Etanol Embarcado para Veículos Equipados com Células de Combustível. In: XI Simpósio Internacional de Engenharia Automotiva - SIMEA 2001, 2001, São Paulo. São Paulo: AEA, 2001. p. 1-6.

22.
ROCHA, J. D.; SILVA, O. C. ; COELHO, S. T. ; Paletta, C.E.M. . Banco de dados de biomassa on line. In: 1o Congresso Internacional de Uso da Biomassa Plantada para Produção de Metais e Geração de Eletricidade, 2001, Belo Horizonte. Anais do 1o Congresso Internacional de Uso da Biomassa Plantada para Produção de Metais e Geração de Eletricidade, 2001. p. 8.

23.
ROCHA, J. D.. Energéticos derivados da pirólise de biomassa. In: Seminário Nacional Sobre Reuso/Reciclagem de Resíduos Sólidos Industriais, 2000, São Paulo. Seminário Nacional Sobre Reuso/Reciclagem de Resíduos Sólidos Industriais, 2000. p. 9.

24.
ROCHA, J. D.; KELLEY, S. S. ; CHUM, H. L. . Bio-oils as a renewable source of phenolics for production of resol wood adhesives. In: 6th Brazilian Symposium on the Chemistry of Lignins and Other Wood Components, 1999, Guaratinguetá, SP. Proceedings of the 6th Brazilian Synposium on the Chemistry of Lignins and Othe Wood Components, 1999. v. VII. p. 40-44.

25.
ROCHA, J. D.; KELLEY, S. S. ; CHUM, H. L. . Application of the slow pyrolysis eucalyptus oil to make PF resins. In: 4th Biomass Conference of the Americas, 1999, Oakland, CA. Proceedings of the 4th Biomass Conference of the Americas, 1999. v. 1. p. 513-519.

26.
ROCHA, J. D.; LUENGO, C. A. ; SNAPE, C. E. . Bio-oil obtained from eucalyptus wood and sugar cane bagasse via fixed-bed hydropyrolysis. In: 10th European Biomass Conference, 1998, Wurzburg. Proceedings of the 10th European Biomass Conference, 1998. p. 606-609.

27.
ROCHA, J. D.; LUENGO, C. A. ; SNAPE, C. E. . Estudo por 13C RMN em Estado Sólido da Aromatização em carvões Residuais de Celulose Hidropirolisada. In: VI Encontro de Usuários de Ressonância Magnética Nuclear, 1997, Angra dos Reis. Anais do VI Encontro de Usuários de Ressonância Magnética Nuclear. Rio de Janeiro: AUREMN, 1997. p. 95-102.

28.
ROCHA, J. D.; LUENGO, C. A. ; SNAPE, C. E. . Hydrodeoxydation of oils from cellulose in single and two-stage hydropyrolysis. In: World Renewable Energy Congress IV, 1996, Denver, CO. Proceedings of the World Renewable Energy Congress IV, 1996. v. II. p. 950-953.

29.
LUENGO, C. A. ; ROCHA, J. D. ; JULIÃO, J. T. ; MARTIN, Y. ; GARCIA, R. ; MOINELO, S. R. . Electrode grade carbons prepared with different pitch binders. In: 8th International Conference on Coal Science, 1995, Oviedo. Proceedings do 8th International Conference on Coal Science, 1995. v. II. p. 1173-1176.

30.
ROCHA, J. D.; COUTINHO, A. R. ; LUENGO, C. A. . Preparação de piches ligantes em destilador/polimerizador. In: VI Encontro de Carboquímica, 1993, Campinas, SP. Anais do VI Encontro de Carboquímica. São Paulo: Associação Brasileira de Metais, ABM, 1993. p. 365-378.

31.
COUTINHO, A. R. ; ROCHA, J. D. ; LUENGO, C. A. . Síntese e caracterização de eletrodos grafíticos a partir da pirólise de Eucaliptus saligna. In: V Encontro de Carboquímica, 1992, Belo Horizonte, MG. Anais do V Encontro de Carboquímica (separata). São Paulo: Associação Brasileira de Metais, ABM, 1992. p. 1-17.

32.
COUTINHO, A. R. ; ROCHA, J. D. ; LUENGO, C. A. . Desenvolvimento de eletrodos grafíticos a partir de biomassa florestal. In: 10 Congresso Brasileiro de Engenharia e Ciências dos Materiais, 1992, Águas de Lindóia, SP. Anais do 10 Congresso Brasileiro de Engenharia e Ciências dos Materiais, 1992. p. 376-379.

33.
COUTINHO, A. R. ; ROCHA, J. D. ; LUENGO, C. A. . Obtenção e caracterização de piches de biomassa. In: II Encontro de Carboquímica, 1989, Salvador, BA. Anais do II Encontro de Carboquímica. São Paulo: Associação Brasileira de Metais, ABM, 1989. p. 89-96.

34.
ROCHA, J. D.; COUTINHO, A. R. ; LUENGO, C. A. . Estudo comparativo entre piches de origem vegetal e mineral. In: I Encontro de Carboquímica, 1988, Vitória, ES. Anais do I Encontro de Carboquímica. São Paulo: Associação Brasileira de Metais, ABM, 1988. p. 117-126.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
FANTINATTI, J. B. ; PEREZ, J. M. M. ; ROCHA, J. D. ; MARTINS, R. C. ; AGUIAR, R. H. . FAST PYROLYSIS AGRO WASTE OF BONE MEAL TO OBTAIN BIO-OIL AND BIOCHAR. In: International Conference of Agricultural Engineering, CIGR-Ageng2012, 2012, Valencia, Espanha. Proceedings International Conference of Agricultural Engineering, CIGR-Ageng2012, 2012.

2.
ROCHA, J. D.; PEREZ, J. M. M. ; MARIN-MESA, H. R. ; CORTEZ, L. A. B. ; FELFLI, F. E. F. ; JORDAN, R. A. . Usos inovadores da floresta energética via rotas termoquímicas. In: 1 Congresso Brasileiro sobre Florestas Energéticas, 2009, Belo Horizonte. Documentos (Embrapa Florestas. CD-Rom). Brasilia: Embrapa, 2009. p. 120-120.

3.
Novotny, E.H. ; Romeiro, G.A. ; Figueiredo, M.K.K. ; ROCHA, J. D. ; de Azevedo, E.R. ; Bonagamba, T.J. ; Hayes, M.H.B. . 13C-NMR Spectroscopy Evaluation of Different Pyrolysis Feedstock. In: 2008 Conference of the International Biochar Initiative, 2008, Newcastle, United Kingdom. Proceedings of the 2nd Annual International Meeting of the International Biochar Initiative (IBI), 2008. p. 16-16.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
Abdelnur, P.V. ; Vaz, B.G. ; Pereira, R.C.L. ; ROCHA, J. D. . Bio-oil composition analysis by direct infusion mass spectrometry. In: 4 Congresso Brasileiro de Espectrometria de Massas, BrMASS, 2011, Campinas-SP. 4 Congresso Brasileiro de Espectrometria de Massas, BrMASS, 2011.

2.
ROCHA, J. D.; PEREZ, J. M. M. ; GOMEZ, E. O. ; CORTEZ, L. A. B. ; GONZALEZ, L. E. B. ; NUNHES, J. R. ; BROSSARD-PEREZ, L. E. . Estudo da qualidade e rendimento do carvão vegetal obtido por pirólise rápida e lenta. In: I Congresso de Carbono - Carbono 2002, 2002, Piracicaba, SP. Caderno de Resumos do I Congresso Brasileiro de Carbono - Carbono 2002. Piracicaba, SP, 2002. p. 62-62.

3.
ROCHA, J. D.; CORTEZ, L. A. B. ; GOMEZ, E. O. ; PEREZ, J. M. M. . Pirólise rápida de biomassa para produção de bio-óleo como fonte de combustível e materiais renováveis. In: I Congresso Brasileiro de Carbono, 2002. Caderno de Resumo, 2002.

4.
ROCHA, J. D.; LUENGO, C. A. ; SNAPE, C. E. . The scope for generating bio-oils with relatively low oxygen contents via hydropyrolysis. In: Workshop on Optimisation of Pyrolysis Processes for Fluid Fuel Production: Analogies with Petroleum Formation, 1998, Bergen. Workshop on Optimisation of Pyrolysis Processes for Fluid Fuel Production: Analogies with Petroleum Formation, 1999. p. 18.

5.
ROCHA, J. D.; BROWN, S. ; LOVE, G. ; SNAPE, C. E. . Hydropyrolysis: A versatile technique for solid fuel liquefaction, sulphur speciation and biomarker release. In: 12th International Symposium on Analytical and Applied Pyrolysis, 1996, Veneza. Abstracts Pyrolysis '96, 1996. p. 39-39.

6.
LUENGO, C. A. ; COUTINHO, A. R. ; ROCHA, J. D. ; SNAPE, C. E. ; MARTIN, Y. ; MOINELO, S. R. ; GARCIA, R. . Study of the nature of some wood oil pitches. In: International Conference on Carbon, 1994, Granada. Proceedings of the International Conference on carbon, 1994. p. 72-73.

Apresentações de Trabalho
1.
ROCHA, JOSÉ D.. Aproveitamento de Resíduos de Biomassa. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
ROCHA, JOSÉ D.. Produção e Uso de Briquetes e Cavacos de Madeira. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

3.
ROCHA, J. D.. Como agregar valor a biomassa florestal? Novos produtos, novos processos, diversificação, inovação e o conceito de biorrefinarias.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

4.
ROCHA, J. D.. Potencial y tecnologias de aprovechamiento de resíduos agroindustriales en Brasil.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

5.
ROCHA, J. D.. Biorrefinarias a partir de biomassa florestal - enfoque prático. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
ROCHA, J. D.. A Sinergia de Fontes Renováveis e Não-Renováveis. O conceito de biorrefinarias. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

7.
ROCHA, J. D.. Potencial de geração de energia a partir de resíduos. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

8.
ROCHA, J. D.. O Papel do Engenheiro e do Empreendedor na Área de Biocombustíveis. 2012. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

9.
Abdelnur, P.V. ; Vaz, B.G. ; ROCHA, J. D. ; ALMEIDA, M. B. B. ; Pereira, R.C.L. . Analysis of bio-oils from pyrolysis process steps and biomass using FT-ICR-MS and Q-TOF-MS. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
Abdelnur, P.V. ; Vaz, B.G. ; ROCHA, J. D. ; Pereira, R.C.L. . Bio-oil composition analysis by direct infusion mass spectrometry. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

Outras produções bibliográficas
1.
ROCHA, J. D.. Propostas empresariais de políticas públicas para uma economia de baixo carbono no Brasil - ENERGIA ELÉTRICA. São Paulo: FGVces, 2013 (Relatório).

2.
ROCHA, J. D.; ROCHA, M.P.G.D. . Uso da biomassa para a produção de energia na indútria brasileira. Campinas: Editora da Unicamp, 2005. (Tradução/Livro).

3.
ROCHA, J. D.; WALTER, A. C. S. ; MOREIRA, J. R. ; SILVA, O. C. ; HOFFMANN, R. ; CARPENTIERI, E. ; LEAL, M. R. L. V. ; GOLDEMBERG, J. ; COELHO, S. T. . Present Status of Biomass use in Brazil - Background Paper 2001 (Relatório).

4.
ROCHA, J. D.. Gaseificador de leito fixo de pequeno porte para biomassa usado em uma pequena plantação de cacau na Indonésia. São Paulo, SP, 2001. (Tradução/Artigo).


Produção técnica
Produtos tecnológicos
1.
ROCHA, J. D.; PEREZ, J. M. M. ; CORTEZ, L. A. B. . SISTEMA PARA OBTENÇÃO DE BIOCOMBUSTÍVEL/BIO-ÓLEO, CARVÃO VEGETAL EM PÓ, EXTRATO ÁCIDO E GASES PIROLÍTICOS POR DEGRADAÇÂO TÉRMICA ACELERADA DE BIOMASSA. 2008.

2.
ROCHA, J. D.; PEREZ, J. M. M. . Dispositivo para recuperação de aerossóis em sistemas de pirólise ou carbonização de biomassa e outras aplicações. 2007.

3.
ROCHA, J. D.; PEREZ, J. M. M. . Processo e dispositivo para produção de carvão verde. 2006.

4.
ROCHA, J. D.; LUENGO, C. A. . Bio-óleo como fonte de insumos químicos. 1998.

Trabalhos técnicos
1.
ROCHA, J. D.; SCHULTZ, E. L. ; PIGHINELLI, A. L. M. T. . Plataforma Tecnológica Termoquímica (Pirólise e Gaseificação). 2015.

2.
SCHULTZ, E. L. ; SOARES, I. P. ; ROCHA, J. D. ; DAMASO, M. C. T. ; GAMBETTA, R. . Hidrogênio. 2015.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
ROCHA, J. D.. Biomassa já responde por quase 10% de toda a matriz energética do Brasil Biomassa é a matéria de origem vegetal ou animal que pode virar energia. Entre os resíduos usados, está o bagaço de cana e os resíduos florestais.. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
ROCHA, J. D.. Resíduos da agricultura, pecuária e indústria podem ser usados como fonte de energia. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
ROCHA, J. D.. Prosa Rural. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

4.
ROCHA, J. D.. Prosa Rural na TV. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

5.
ROCHA, J. D.. Brasília usará biodiesel feito com óleo de cozinha. 2010. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

6.
ROCHA, J. D.; FELFLI, F. E. F. . Público lota estandes de pecuária na Tecnoshow Comigo. 2010. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

7.
ROCHA, J. D.. Biofrito: utilização do óleo de fritura para biodiesel. 2009. (Programa de rádio ou TV/Comentário).


Demais tipos de produção técnica
1.
ROCHA, JOSÉ D.. Pyrolysis Systems. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
ROCHA, JOSÉ D.. V Semana Tecnológica da FEAU-UNIMEP. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
COELHO, S. T. ; ROCHA, J. D. ; Paletta, C.E.M. ; SILVA, O. C. . Banco de Dados de Biomassa no Brasil. 2000. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Banco de Dados Online).


Produção artística/cultural
Artes Visuais
1.
ROCHA, J. D.. Caminho das Águas. 2015. Vídeo.



Patentes e registros



Patente

A Confirmação do status de um pedido de patentes poderá ser solicitada à Diretoria de Patentes (DIRPA) por meio de uma Certidão de atos relativos aos processos
1.
 ROCHA, J. D.; LUENGO, C. A. . Bio-óleo como fonte de insumos químicos. 1998, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: 9.804.166-5, título: "Bio-óleo como fonte de insumos químicos" . Depósito: 07/10/1998Instituição(ões) financiadora(s): UNICAMP.

2.
 ROCHA, J. D.; LUENGO, C. A. . Bio-óleo como fonte de insumos químicos. 1998, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: 0604076-4, título: "Bio-óleo como fonte de insumos químicos" . Depósito: 18/09/2006Instituição(ões) financiadora(s): UNICAMP.

3.
 ROCHA, J. D.; LUENGO, C. A. . Bio-óleo como fonte de insumos químicos. 1998, Brasil.
Patente: Modelo de Utilidade. Número do registro: 8700845-9, título: "Bio-óleo como fonte de insumos químicos" . Depósito: 07/05/2007Instituição(ões) financiadora(s): UNICAMP.

4.
 ROCHA, J. D.; PEREZ, J. M. M. . Processo e dispositivo para produção de carvão verde. 2006, Brasil.
Patente: Modelo de Utilidade. Número do registro: 8700845-9, título: "Processo e dispositivo para produção de carvão verde" . Depósito: 07/05/2007Instituição(ões) financiadora(s): BIOWARE Tecnologia.

5.
 ROCHA, J. D.; PEREZ, J. M. M. . Dispositivo para recuperação de aerossóis em sistemas de pirólise ou carbonização de biomassa e outras aplicações. 2007, Brasil.
Patente: Modelo de Utilidade. Número do registro: mu 8700845-9, título: "Dispositivo para recuperação de aerossóis em sistemas de pirólise ou carbonização de biomassa e outras aplicações" . Depósito: 07/05/2007Instituição(ões) financiadora(s): Bioware Tecnologia.

6.
 ROCHA, J. D.; PEREZ, J. M. M. ; CORTEZ, L. A. B. . SISTEMA PARA OBTENÇÃO DE BIOCOMBUSTÍVEL/BIO-ÓLEO, CARVÃO VEGETAL EM PÓ, EXTRATO ÁCIDO E GASES PIROLÍTICOS POR DEGRADAÇÂO TÉRMICA ACELERADA DE BIOMASSA. 2008, Brasil.
Patente: Privilégio de Inovação. Número do registro: PI0802259-3, título: "SISTEMA PARA OBTENÇÃO DE BIOCOMBUSTÍVEL/BIO-ÓLEO, CARVÃO VEGETAL EM PÓ, EXTRATO ÁCIDO E GASES PIROLÍTICOS POR DEGRADAÇÂO TÉRMICA ACELERADA DE BIOMASSA" . Depósito: 12/02/2008Instituição(ões) financiadora(s): UNICAMP, FAPESP.



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
ROCHA, J. D.; WISNIEWSKI JUNIOR, A.; FREITAS, L. S.. Participação em banca de KATHAMANIA VANESSA REZENDE SANTANA. Conversão termoquímica de esterco bovino em micro e macroescala com vista a obtenção de biocombustíveis e produtos da química fina.. 2017. Dissertação (Mestrado em Química) - Universidade Federal de Sergipe.

2.
GURGEL, A. C.; PRADO JUNIOR, S. T.; ROCHA, J. D.. Participação em banca de LUIZ CUNALI DEFILIPPI FILHO. Estudo de viabilidade do uso do palhiço para geração de energia na entressafra de uma usina sucroenergética. 2013. Dissertação (Mestrado em Gestão Empresarial) - Fundação Getúlio Vargas.

3.
ROCHA, J. D.; GUEDES, C. L. B.; SANQUETTA, C. R.. Participação em banca de Flávia Correia Zanutto. Obtenção de bio-óleo a partir de biomassa de eucalipto e avaliação de emulsões com óleo combustível. 2013. Dissertação (Mestrado em BIOENERGIA) - Universidade Estadual de Londrina.

4.
Rochman, R.R.; ROCHA, J. D.; Atala, D.I.P.. Participação em banca de OSWALDO GODOY NETO. PESQUISA ORIENTADA A RESULTADO: Proposta de um método estruturado para disponibilizar uma nova tecnologia para o mercado - um caso aplicado ao projeto etanol de 2ª geração. 2012. Dissertação (Mestrado em Economia) - Fundação Getúlio Vargas.

5.
Roussef, PLA; ROCHA, J. D.. Participação em banca de Thiago Oliveira Rodrigues. Efeitos da torrefação no condicionamento de biomassa para fins energéticos. 2009. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade de Brasília.

6.
Aranda, D.A.G.; Lam, Y.L.; ROCHA, J. D.; PEREIRA JUNIOR, N.; Zotin, J.L.. Participação em banca de Marlon Brando Bezerra de Almeida. Bio-óleo a partir da pirólise rápida, térmica e catalítica, da palha de cana-de-açúcar e seu co-processamento com gasóleo em craqueamento catalítico. 2008. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos) - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

7.
ROCHA, J. D.; POPPI, N. R.; CARDOSO, C. A. L.. Participação em banca de João Batista Gomes de Souza. Caracterização dos líquidos de pirólise da madeira na produção de carvão.. 2005. Dissertação (Mestrado em Química) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

Teses de doutorado
1.
José Goldemberg; ROCHA, J. D.; COELHO, S. T.; LABATE, C. A.; Jivaldo do Rosario Matos. Participação em banca de JAVIER FARAGO ESCOBAR. O potencial da produção sustentável de madeira para energia no Brasil: O caso dos pellets de madeira. 2016. Tese (Doutorado em Programa interdisciplinar de pós graduação em energia) - Universidade de São Paulo.

2.
Romeiro, G.A.; ROCHA, J. D.; ANDRADE, E. T.; PASSOS, F. B.. Participação em banca de Raquel Vieira Santos da Silva. Processamento de óleos de pirólise para a obtenção de combustíveis renováveis. 2014. Tese (Doutorado em Química Orgânica) - Universidade Federal Fluminense.

3.
Sauer, I.L.; ROCHA, J. D.; Matai, P.H.; Mercedes, S.S.P.; Venturi, L.A.B.. Participação em banca de Orlando Cristiano da Silva. Uma avaliação da produção de bioetanol no contexto da agricultura familiar a partir da experiência da Cooperbio. 2012. Tese (Doutorado em Energia) - Universidade de São Paulo.

4.
CONTE, R. A.; PEREIRA, M. L. G.; SILVA, F. T.; RIBEIRO, S.; ROCHA, J. D.. Participação em banca de Érica Leonor Romão. SILVA, F.T.; RIBEIRO, S.; PEREIRTratamentos para redução de metais alcalinos, enxofre e cloreto em celulignina destinada à obtenção de gás de síntese como substituto do gás natural para geraçao de energia termoelétrica em turbinas a gás.. 2011. Tese (Doutorado em ENGENHARIA E CIÊNCIA DE MATERIAIS) - Universidade de São Paulo.

5.
Muniz, G.I.B.; Quirino, W.F.; ROCHA, J. D.. Participação em banca de Martha Andréia Brand. Efeitos da estocagem sobre a qualdade da biomassa florestal para uso na geração de energia. 2007. Tese (Doutorado em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Paraná.

6.
ROCHA, J. D.. Participação em banca de ALBERTO GONZALO CALLEJO. Procesado termoquímico de fangos procedentes de estaciones depuradoras de aguas residuales.. 2005 - Universidad de Zaragoza.

7.
ROCHA, J. D.; SILVA, J. B. A. E.; MANCILHA, I. M.; LIMA, U. A.; FELIPE, M. G. A.. Participação em banca de Martha Lissete Villarreal Morales. Remoção dos compostos inibidores do hidrolisado hemicelulósico de aparas de eucalipto com carvão ativo e resinas de troca iônica visando a produção de xilitol por Candida guilliermondii. 2005. Tese (Doutorado em Biotecnologia Industrial) - Faculdade de Engenharia Química de Lorena.

8.
CORTEZ, L. A. B.; LUENGO, C. A.; ROCHA, J. D.; SILVA-LORA, E. E.; BEZZON, G.. Participação em banca de Omar Seye. Análise de Ciclo de Vida Aplicada ao Processo de Cerâmica tendo como Insumo Energético Capim Elefante. 2003. Tese (Doutorado em Planejamento de Sistemas Energéticos) - Universidade Estadual de Campinas.




Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Preparatório da Engenharia e da Agronomia do 8o Fórum Mundial da Águagua.Agricultura e Recursos Hídrico- uma abordagem georreferenciada. 2017. (Seminário).

2.
I Simpósio Rondonense De Engenharias.O Engenheiro e Empreendedor na Área de Biocombustíveis. 2012. (Simpósio).

3.
Sexto Congresso Internacional de Desenvolvimento Econômico Sustentável da Indústria de Base Florestal e de Geração de Energia ? Madeira 2012. COMO AGREGAR VALOR A BIOMASSA FLORESTAL? NOVOS PRODUTOS, NOVOS PROCESSOS, DIVERSIFICAÇÃO, INOVAÇÃO E O CONCEITO DE BIORREFINARIAS.. 2012. (Congresso).

4.
1º Congresso Brasileiro sobre Florestas Energéticas. Usos inovadores da floresta energética via rotas termoquímicas. 2009. (Congresso).

5.
2º Simpósio Nacional de Biocombustíveis - BIOCOM.Pirólise de biomassa para produção de biocombustível. 2009. (Simpósio).

6.
Seminário Regional sobre a Produção de carvão Vegetal no Estado do Pará.Sistemas de cravoejamento usando resíduos de biomassa e sistema PPR-200. 2006. (Seminário).

7.
I Brazil Technology Day.I Brazil Technology Day. 2003. (Outra).

8.
2o Seminário Internacional Cana & Energia.2o Seminário Internacional Cana & Energia. 2002. (Seminário).

9.
4o Encontro de Energia no Meio Rural - AGRENER 2002.4o Encontro de Energia no Meio Rural - AGRENER 2002. 2002. (Encontro).

10.
I Congresso Brasileiro de Carbono. I Congresso Brasileiro de Carbono. 2002. (Congresso).

11.
IX Congresso Brasileiro de Energia. IX Congresso Brasileiro de Energia. 2002. (Congresso).

12.
Sustentabilidade na geração e uso de energia no Brasil ? Os próximos vinte anos.Sustentabilidade na geração e uso de energia no Brasil ? Os próximos vinte anos. 2002. (Seminário).

13.
VII Congreso Internacional sobre Azúcar y Derivados de la Cana - DIVERSIFICACIÓN 2002. VII Congreso Internacional sobre Azúcar y Derivados de la Cana - DIVERSIFICACIÓN 2002. 2002. (Congresso).

14.
VII Congreso Internacional sobre Azúcar y Derivados de la Cana - DIVERSIFICACIÓN 2002. VII Congreso Internacional sobre Azúcar y Derivados de la Cana - DIVERSIFICACIÓN 2002. 2002. (Congresso).

15.
1o Congresso Internacional de Uso da Biomassa Plantada para Produção de Metais e Geração de Eletricidade. 1o Congresso Internacional de Uso da Biomassa Plantada para Produção de Metais e Geração de Eletricidade. 2001. (Congresso).

16.
4a Conferência Anual de Açúcar e Álcool.4a Conferência Anual de Açúcar e Álcool. 2001. (Outra).

17.
XI Simpósio Internacional de Engenharia Automotiva ? SIMEA 2001.XI Simpósio Internacional de Engenharia Automotiva ? SIMEA 2001. 2001. (Simpósio).

18.
3o Encontro de Energia no Meio Rural ? AGRENER 2000.3o Encontro de Energia no Meio Rural ? AGRENER 2000. 2000. (Encontro).

19.
Seminário e Mostra Tecnológica: Formas Não-Convencionais de Geração e Uso Racional de Energia.Seminário e Mostra Tecnológica: Formas Não-Convencionais de Geração e Uso Racional de Energia. 2000. (Seminário).

20.
Seminário Nacional sobre Reuso/reciclagem de Resíduos Sólidos Industriais.Seminário Nacional sobre Reuso/reciclagem de Resíduos Sólidos Industriais. 2000. (Seminário).

21.
4th Biomass Conference of the Americas. 4th Biomass Conference of the Americas. 1999. (Congresso).

22.
6th Brazilian Sympósium on the Chemistry of Lignins and Other Wood Components.6th Brazilian Sympósium on the Chemistry of Lignins and Other Wood Components. 1999. (Simpósio).

23.
10th Biomass European Conference. 10th Biomass European Conference. 1998. (Congresso).

24.
VI Encontro de Usuários de Ressonância Magnética Nuclear.VI Encontro de Usuários de Ressonância Magnética Nuclear. 1997. (Encontro).

25.
12th International Symposium on Analytical and Applied Pyrolysis, PYROLYSIS?96.12th International Symposium on Analytical and Applied Pyrolysis, PYROLYSIS?96. 1996. (Simpósio).

26.
12th International Symposium on Analytical and Applied Pyrolysis, PYROLYSIS?96.12th International Symposium on Analytical and Applied Pyrolysis, PYROLYSIS?96. 1996. (Simpósio).

27.
World Renewable Energy Congress IV. World Renewable Energy Congress IV. 1996. (Congresso).

28.
World Renewable Energy Congress IV. World Renewable Energy Congress IV. 1996. (Congresso).

29.
III jornada Brasileira de Ressonância Magnética Nuclear/Workshop em Ressonância Magnética Nuclear.III jornada Brasileira de Ressonância Magnética Nuclear/Workshop em Ressonância Magnética Nuclear. 1994. (Oficina).

30.
VI Encontro de Carboquímica e X Seminário de Controle Químico em Metalurgia.VI Encontro de Carboquímica e X Seminário de Controle Químico em Metalurgia. 1993. (Encontro).

31.
Conferencia Alternativa de Energia.Conferencia Alternativa de Energia. 1992. (Outra).

32.
III Encontro de Carboquímica e VII Seminário de Controle Químico em Metalurgia.III Encontro de Carboquímica e VII Seminário de Controle Químico em Metalurgia. 1990. (Encontro).

33.
I Encontro da Engenharia Química da Unicamp.I Encontro da Engenharia Química da Unicamp. 1989. (Encontro).

34.
II Encontro de Carboquímica.II Encontro de Carboquímica. 1989. (Encontro).

35.
I Encontro de Carboquímica.I Encontro de Carboquímica. 1988. (Encontro).

36.
V Encontro Estudantil de Pesquisa.V Encontro Estudantil de Pesquisa. 1987. (Encontro).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
NELSON AMADO BELO DE OLIVEIRA. O USO DO SORGO BIOMASSA PARA COGERAÇÃO: ASPECTOS TÉCNICOS E ECONÔMICOS. 2016. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional em Agronegócios, MPAGRO) - Escola de Economia Fundação Getúlio Vargas SP, . Orientador: José Dilcio Rocha.

2.
GUTEMBERG BEZERRA PEREIRA DE OLIVEIRA. POLÍTICAS PÚBLICAS DE INCENTIVO À PRODUÇÃO DE BIOMASSA FLORESTAL PARA ENERGIA NO BRASIL. 2015. Dissertação (Mestrado em MBA em Gestão Florestal) - Universidade Federal do Paraná, . Orientador: José Dilcio Rocha.

3.
Wallace Fernandes Menezes. Avaliação Tecnológica de Geração Energética com Resíduos Sólidos Urbanos (RSU) no Brasil.. 2013. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional em Agronegócio, MPAGRO) - Escola de Economia, Fundação Getúlio Vargas, São Paulo-SP, . Orientador: José Dilcio Rocha.

4.
VICENTE ALVES PIMENTA JUNIOR. BIODIESEL: USO, LIMITAÇÕES E IMPLICAÇÕES TÉCNICAS DEVIDO À SUA DEGRADABILIDADE. 2013. Dissertação (Mestrado em Gestão Empresarial) - Fundação Getúlio Vargas, . Orientador: José Dilcio Rocha.

5.
Otavio Augusto Lopes. AVALIAÇÃO DE MÉTODOS AVANÇADOS DE GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA NA INDÚSTRIA DE AÇÚCAR E BIOENERGIA. 2013. Dissertação (Mestrado em Gestão Empresarial) - Fundação Getúlio Vargas, . Orientador: José Dilcio Rocha.

6.
Nilton Albino Filho. Uma analise energética da cristalização por resfriamento na indústria da cana-de-açúcar. 2012. Dissertação (Mestrado em Economia) - Fundação Getúlio Vargas, . Orientador: José Dilcio Rocha.

7.
Mauricio Jose de Oliveira Junior. Uso de macrófitas da espécie Pistia stratiotes (alface d`água) como combustível sólido ? uma análise de viabilidade técnica e econômica. 2011. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Agricola) - Fundação Getúlio Vargas, . Orientador: José Dilcio Rocha.

8.
José Ronaldo Vilela Rezende. Desafios para implementação do global reporting initiative nas empresas sucroenergéticas no Brasil. 2010. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional em Agroenergia) - Fundação Getulio Vargas - SP, . Orientador: José Dilcio Rocha.

9.
Claudinei Augusto da Silva. Estudo tecnico-econômica da compactação de resíduos madeireiros para fins energéticos. 2007. Dissertação (Mestrado em Planejamento de Sistemas Energéticos) - Universidade Estadual de Campinas, Secretaria de Educação do Estado de São Paulo. Orientador: José Dilcio Rocha.



Educação e Popularização de C & T



Textos em jornais de notícias/revistas
1.
ROCHA, J. D.. A plataforma termoquímica aplicada a biorrefinaria. Agroenergia em Revista, Brasilia-DF, p. 31 - 32, 01 maio 2012.

2.
ROCHA, J. D.. Briquetes para produzir energia. GuiaBio da Revista Biomassa & Bioenergia, Itu-SP, p. 22 - 25, 01 dez. 2012.

3.
ROCHA, J. D.. Boas notícias para o pélete brasileiro. BioMassa & BioEnergia, 15 jun. 2013.

4.
ROCHA, JOSÉ DILCIO. Entrevista. Revista Biomassa BR, Ponta Grossa - PR, p. 38 - 40, 31 maio 2017.

5.
ROCHA, J. D.. Inovações tecnológicas na indústria de base florestal. Opiniões, p. 38 - 38, 18 out. 2012.


Apresentações de Trabalho
1.
ROCHA, JOSÉ D.. Aproveitamento de Resíduos de Biomassa. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Cursos de curta duração ministrados
1.
ROCHA, JOSÉ D.. Pyrolysis Systems. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
ROCHA, JOSÉ D.. V Semana Tecnológica da FEAU-UNIMEP. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).


Artes Visuais
1.
ROCHA, J. D.. Caminho das Águas. 2015. Vídeo.



Outras informações relevantes


- Membro da Associação de Usuários de Ressonância Magnética Nuclear, AUREMN, desde de 1994 (licenciado em 2000).
- Membro do Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura do Estado de São Paulo, CREA-SP.
- Membro da Associação Bandeirantes de Engenharia Química - ABEQ, sócio fundador em 2001.
- Membro da Comissão Organizadora do 1st International Congress on Biomass for Metal & Electricity Generation, outubro 2001, Belo Horizonte, MG.
- Membro do Conselho Científico do 4o Encontro de Energia no Meio Rural - AGRENER 2002, outubro 2002, Campinas, SP.
- Membro da Comissão Certificadora do Carvão Vegetal no Estado de São Paulo, Secretaria de Agricultura e Abastecimento de São Paulo.
- Membro do Conselho do Núcleo Interdisciplinar de Planejamento Energético, NIPE-UNICAMP, representante dos pesquisadores, gestão 2003-2004.
- Membro da comissão organizadora do IV BIENNIAL INTERNATIONAL WORKSHOP ADVANCES IN ENERGY STUDIES, a ser realizado em junho de 2004.
-Revisor de projeto do Natural Sciences and Engineering Research Council of Canada (NSERC), o Programa Strategic Project Grant, agencia do governo Canadense, Canadá.
-Revisor da Revista Ciência e Natura, editada pela Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS, ISSN 0100-8307
-Membro Co-Chair da Bioenergy - II: Fuels and Chemicals from Renewable Resources, March 8-13, 2009, Rio de Janeiro, Brazil.
- Membro da Comissão Organizadora e do Conselho Científico do 8o Encontro de Energia no Meio Rural - AGRENER 2010, Dezembro 2010, Campinas, SP.
- Membro do Comitê Técnico do Bioenergy III: Present and New Perspectives on Biorefineries, May 22-27, 2011, Lanzarote, Canary Islands, Spain.
- Membro do Comitê Organizador do II Simpósio Nacional de Biorrefinarias, Brasilia-DF, 24 a 26 de setembro de 2013.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 21/01/2019 às 16:57:38