Marcio Adriano dos Santos Dias

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/1992701383494682
  • Última atualização do currículo em 01/06/2018


"Possui graduação (Bach) em Administração de Empresas pela UNIPE (1992), graduação (Bach) em Filosofia pela Universidade Federal da Paraíba (1996) e mestrado em Filosofia da História pela Universidade Federal da Paraíba (1999). Atualmente é Professor Doutor do corpo efetivo da Universidade Estadual da Paraíba, Campus V, com ênfase em Filosofia da História, Filosofia da Ciência, Bioética, Ética e Ética Ambiental. Doutorado em Filosofia pela UFPB/UFRN/UFPE (2011), tem abordado principalmente os seguintes temas: Ética ; subjetividade, transcendência, autonomia, heteronomia, liberdade, alteridade, pluralismo ético, justiça social nas relações intersubjetivas; Tradição e modernidade na Filosofia da ciência, transdisciplinaridade e Ética; Ética para uma formação cidadã, na tradição da Filosofia da História e na Ética, e suas inter-faces como estética, natureza (ambiente)." (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Marcio Adriano dos Santos Dias
Nome em citações bibliográficas
DIAS, M. A. S.;SANTOS DIAS, MARCIO ADRIANO DOS;DIAS, MARCIO ADRIANO DOS SANTOS

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Estadual da Paraíba, Centro de Ciências Biológicas e Sociais Aplicadas.
Rua Horácio Trajano de Oliveira - até 1163/1164
Cristo Redentor
58070450 - João Pessoa, PB - Brasil
Telefone: (83) 32231128
Ramal: 5


Formação acadêmica/titulação


2007 - 2011
Doutorado em Filosofia (Ufpe-Ufpb-Ufrn).
Universidade Federal da Paraíba, UFPB, Brasil.
Título: A Subjetividade Ética como fundamento da Justiça a partir de Levinas: da autonomia do sujeito à heteronomia da alteridade, Ano de obtenção: 2011.
Orientador: Prof. Dr. Marcelo Luíz Pelizzoli.
Palavras-chave: Ser, Outro, identidade, alteridade, Bem; Liberdade, Responsabilidade, Justiça; subjetividade, Ética.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Metafísica.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Ética.
Setores de atividade: Educação.
1994 - 1999
Mestrado em Filosofia (Ufpe-Ufpb-Ufrn).
Universidade Federal da Paraíba, UFPB, Brasil.
Título: A questão da Liberdade e o Problema da Fundamentação Moral em Kant,Ano de Obtenção: 1999.
Orientador: Marconi José Pimentel Pequeno.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Sujeito, Metafísica, Ética; liberdade; moral.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Ética / Especialidade: Ética e Política.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Epistemologia.
Setores de atividade: Educação Superior.
1990 - 1996
Graduação em Bacharelado em Filosofia.
Universidade Federal da Paraíba, UFPB, Brasil.
Título: Moral e Liberdade em Kant.
Orientador: Antonio Rufino Vieira.
1987 - 1992
Graduação em Bacharelado em Administração de Emprêsas.
Institutos Paraibanos de Educacao, IPE, Brasil.




Atuação Profissional



Universidade Federal da Paraíba, UFPB, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2003
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor Convidado, Carga horária: 15
Outras informações
Ministrante da Disciplina "Filosofia Contemporânea"

Atividades

06/2001 - 01/2003
Ensino, Filosofia da História, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
História da Filosofia Contemporânea - (somatório de 66 h.a.)
06/2001 - 01/2003
Serviços técnicos especializados , Centro de Humanidades - Campus II, .

Serviço realizado
Orientação de Monografias (04) no Curso de Especialização em história da Filosofia, defendidas no final do 2º semestre de 2002.

Universidade Estadual da Paraíba, UEPB, Brasil.
Vínculo institucional

1999 - Atual
Vínculo: Professor do Quadro Efetivo, Enquadramento Funcional: Prof. DR-D-DE, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
tem desenvolvido suas atividades na linha de filosofia prática: ética, estabelecendo relações de indagação acerca da Ética, sustentabilidade e equidade social, ao longo tradição filosófica ocidental.

Vínculo institucional

2013 - 2013
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor Doutor
Outras informações
Colaborador em EAD/ IFPB - Filosofia e Ética - 60 H.

Atividades

05/2018 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Reitoria, Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa.

12/2017 - Atual
Extensão universitária , Reitoria, Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários.

Atividade de extensão realizada
Projeto de Curso de Extensão: ?Educação em Ética Ambiental: Possibilidades de uma Marcenaria Ecológica na grande João Pessoa? Cota 2017-2018.
06/2015 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Reitoria, Centro de Ciências Sociais e Aplicadas.

Cargo ou função
Membro de Conselho Editorial: Revista Analisando em Ciência da Informação - RACIN.
03/2013 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Biológicas e Sociais Aplicadas, .

Cargo ou função
Membro de Conselho Editorial da Revista RACIN.
08/2017 - 12/2017
Ensino, Arquivologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução aos estudos Históricos para Arquivologia (60 Ch) semestre 2017.1
08/2017 - 12/2017
Ensino, Biologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia da Biologia (30 H.) semestre 2017.1
08/2017 - 12/2017
Ensino, Biologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ética Ambiental (30 CH) semestre 2017.1
08/2017 - 12/2017
Ensino, Biologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia da Ciência (30 CH) semestre 2017.1
11/2016 - 08/2017
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia da Ciência (30 c.h.) - Semestre 2016.2
Bioética (30 c.h.) - Semestre 2016.2
11/2016 - 08/2017
Ensino, Arquivologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História do Pensamento Filosófico-científico (60 c.h.) - semestre 2016.2
08/2016 - 07/2017
Pesquisa e desenvolvimento , Reitoria, Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa.

08/2016 - 07/2017
Extensão universitária , Reitoria, Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários.

Atividade de extensão realizada
Coordenação de Projeto de Extensão. Modalidade de Curso de Extensão: "Filosofia prática em Lente do Cinema - Uma Introdução à Filosofia através dos Filmes".
06/2016 - 10/2016
Ensino, Arquivologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História do Pensamento Filosófico-científico (60 c.h.) - Semestre 2016.1
06/2016 - 10/2016
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fillosofia da Ciência (30 c.h.) - Semestre 2016.1
Bioética (30 c.h.) - Semestre 2016.1
01/2016 - 05/2016
Ensino, Relações Internacionais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Filosofia (60 Ch. - diurno) - Semestre 2015.2
Introdução à Filosofia (60 Ch. diurno) - Semestre 2015.2
01/2016 - 05/2016
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Bioética (30 ch.) - Semestre 2015.2
Filosofia da Ciência (30 ch.) - Semestre 2015.2
02/2015 - 12/2015
Ensino, Relações Internacionais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Filosofia (60 c.h.) Semestre 2015.1
02/2015 - 12/2015
Ensino, Arquivologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História do Pensamento Filosófico e Científico (60 c.h.) - Semestre 2015.1
02/2015 - 12/2015
Ensino, Biologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Bioética (30 ch.) - Semestre 2015.1
Filosofia da Ciência (30 ch.) - Semestre 2015.1
10/2014 - 10/2015
Extensão universitária , Reitoria, Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários.

Atividade de extensão realizada
Coordenação de Curso de Extensão: "Curso de Extensão em Filosofia Prática I" . Orientação do Discente: Gregório Goldman dos Santos Felipe.
08/2014 - 07/2015
Pesquisa e desenvolvimento , Reitoria, Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa.

08/2014 - 07/2015
Extensão universitária , Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão, .

Atividade de extensão realizada
"CURSO DE EXTENSÃO EM FILOSOFIA PRÁTICA I" (2014.2-2015.1).
05/2014 - 05/2015
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Biológicas e Sociais Aplicadas, .

Cargo ou função
Membro efetivo da Comissão Permanente para Instalação do Campus V.
02/2013 - 02/2015
Conselhos, Comissões e Consultoria, Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão, .

Cargo ou função
Membro do CONSEPE. Representante dos Docentes do Campus V.
09/2014 - 12/2014
Ensino, Curso de Especialização em Tecnologias da Educação, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Tecnologias, Educação e Trabalho
07/2014 - 11/2014
Ensino, Biologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia da Ciência (30 c.h.)
Bioética (30 c.h)
07/2014 - 11/2014
Ensino, Relações Internacionais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Filosofia (60 ch. - turma diurno)
Introdução à Filosofia (60 ch. - turma noturno)
09/2014 - 09/2014
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Biológicas e Sociais Aplicadas, .

Cargo ou função
Membro da Comissão Organizadora na V MOSTRA DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO: FORMAÇÃO TECNOCIENTÍFICA, SUSTENTABILIDADE: NOVOS DESAFIOS À CIDADANIA, do Campus V - UEPB - João Pessoa.
03/2014 - 07/2014
Ensino, Administração, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia e Ética
Curso de Administração Pública à distância - em Ambiente - AVA
08/2013 - 07/2014
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Biológicas e Sociais Aplicadas, .

08/2013 - 07/2014
Extensão universitária , Reitoria, Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários.

Atividade de extensão realizada
?Ética e Cultura de Paz da Alteriade diante dos desafios da violência na sociedade individualista?..
02/2014 - 06/2014
Ensino, Biologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Bioética (30CH)
Filosofia da Ciência (30 CH)
02/2014 - 06/2014
Ensino, Relações Internacionais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Filosofia (60 CH.)
02/2014 - 06/2014
Ensino, Arquivologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História do pensamento filosófico e científico (60 CH.)
12/2013 - 12/2013
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Ciências Biológicas e Sociais Aplicadas, .

Cargo ou função
Mesário - eleições da Diretoria Executiva da ADUEPB (biênio 2013-2015).
08/2013 - 11/2013
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Seminários I - Filosofia Helenística
70 C.H.
03/2013 - 08/2013
Ensino, Ciências Biológicas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Bioética (30 ch) - 01 turma
Filosofia da Ciência (30 ch) - 01 turma
Metodologia científica (30 ch) - 01 turma
03/2013 - 08/2013
Ensino, Arquivologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História do Pensamento Filosófico e Científico (60 ch) - 01 turma
03/2013 - 08/2013
Ensino, Relações Internacionais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Filosofia (60 ch) - 01 turma
07/2012 - 07/2013
Pesquisa e desenvolvimento , Reitoria, Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa.

07/2012 - 07/2013
Extensão universitária , Centro de Ciências Biológicas e Sociais Aplicadas, .

Atividade de extensão realizada
EDUCAÇÃO PARA A ÉTICA E A CULTURA DA PAZ INTER-HUMANA E AMBIENTAL NA COMUNIDADE DO CRISTO REDENTOR E DO RANGEL ? JOÃO PESSOA - PB.
07/2012 - 07/2013
Extensão universitária , Reitoria, Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários.

Atividade de extensão realizada
?Resgate Ético da Cultura de Paz nas comunidades Cristo/Rangel: experiências das alteridades inter-humana e socioambiental?.
07/2012 - 12/2012
Ensino, Biologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Bioética (30 C.H.)
Filosofia da Ciência (30 C.H.)
Metodologia Científica (30 C.H.)
07/2012 - 12/2012
Ensino, Arquivologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História do Pensamento Filosófico-científico (60 C.H.)
07/2012 - 12/2012
Ensino, Relações Internacionais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Filosofia (60 C.H.)
03/2012 - 06/2012
Ensino, Biologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Bioética (40 Ch.) Manhã
Filosofia da Ciência (40 Ch.) Manhã
03/2012 - 06/2012
Ensino, Arquivologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História do Pensamento Filosófico-científico (66 Ch.) - Manhã
03/2012 - 06/2012
Ensino, Relações Internacionais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Filosofia (66 Ch.) Manhã
07/2011 - 06/2012
Pesquisa e desenvolvimento , Reitoria, Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa.

07/2011 - 06/2012
Extensão universitária , Centro de Ciências Biológicas e Sociais Aplicadas, .

Atividade de extensão realizada
Ecosofia: A memória da natureza pelo viés filosófico-científico.
08/2011 - 12/2011
Ensino, Biologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Bioética (40 Ch) Manhã
Filosofia da Ciência (40 Ch.) Manhã
Metodologia Científica (40 Ch.) manhã
07/2011 - 12/2011
Ensino, Relações Internacionais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Filosofia (80 Ch.) Noite
Introdução à Filosofia (80 ch.) Manhã
03/2011 - 07/2011
Ensino, Biologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Bioética (somatório de 45 h.a.)
Filosofia da Ciência (somatório de 45 h.a.)
Metodologia Científica (somatório de 45 h.a)
03/2011 - 07/2011
Ensino, Arquivologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História do Pensamento Filosófico e Científico (somatório de 80 h.a.)
03/2011 - 07/2011
Ensino, Relações Internacionais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Filosofia (somatório de 80 h.a.)
06/2010 - 12/2010
Ensino, Biologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Bioética (somatório de 45 h.a.)
Filosofia da Ciência (somatório de 45 h.a.)
06/2010 - 12/2010
Ensino, Relações Internacionais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Filosofia (somatório de 80 h.a.)
03/2010 - 06/2010
Ensino, Arquivologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História do Pensamento Filosófico-científico (80 h.a.) - Manhã
História do Pensamento Filosófico e Científico (80 h.a.) noite
03/2010 - 06/2010
Ensino, Biologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Bioética (somatório de 45 h.a.)
Filosofia da Ciência (somatório de 45 h.a.)
03/2010 - 06/2010
Ensino, Relações Internacionais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Filosofia (somatório de 80 h.a.)
06/2009 - 12/2009
Ensino, Relações Internacionais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Filosofia (somátório de 80 h.a.)
06/2009 - 12/2009
Ensino, Biologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Bioética (somatório de 45 h.a.)
Filosofia da Ciência (somatório de 45 h.a.)
06/2009 - 12/2009
Ensino, Arquivologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Aspectos Éticos e Legais dos Processos Informacionais (somatório de 60 h.a.)
03/2009 - 06/2009
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia Política (somatório de 80 h.a.)
Filosofia da Ciência (somatório de 80 h.a.)
História da Filosofia Contemporânea (somatório de 80 h.a.)
Metodologia do estudo de textos filosóficos (somatório de 80 h.a.)
06/2006 - 12/2006
Ensino, Comunicação Social, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia da Comunicação
06/2006 - 12/2006
Ensino, Letras, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia, sociologia e Educação (somatório de 45 h.a.)
11/2004 - 03/2005
Direção e administração, Departamento de Filosofia e Ciências Sociais, .

Cargo ou função
Coordenador de Curso.
09/2004 - 03/2005
Direção e administração, Departamento de Filosofia e Ciências Sociais, .

Cargo ou função
Membro do Colegiado do Curso de Filosofia.
03/2004 - 11/2004
Ensino, Pedagogia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ética e Educação - (somatório de 132 h.a.)
03/2004 - 11/2004
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução a Filosofia - (somatório de 132 h.a.)
Ontologia - (somatório de 66 h.a.)
03/2002 - 11/2004
Ensino, Comunicação Social, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia da Comunicação - (somatório de 2.079 h.a.)
06/2002 - 07/2004
Ensino, Pedagogia em Serviço, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Epistemologia da Pedagogia - (somatório de 99 h.a.)
Ética e Educação - (somatório de 198 h.a.)
Filosofia da Educação - (somatório de 396 h.a.)
03/1999 - 11/2003
Ensino, Estatística, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ética Profissional - (somatório de 264 h.a.)
07/2002 - 06/2003
Direção e administração, Departamento de Filosofia e Ciências Sociais, .

Cargo ou função
Coordenador de Área de Filosofia.
07/2000 - 06/2003
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Concepções Filosóficas e da Psicologia - (somatório de 396 h.a.)
06/2002 - 11/2002
Extensão universitária , Conselho Universitário, .

Atividade de extensão realizada
Curso de Extensão sobre "Tipos de Racionalidade Ética na Sociedade Contemporânea" - (somatório de 66 h.a).
03/1999 - 11/2002
Ensino, História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia Sociologia e Educação - (somatório de 1.188 h.a.)
07/2001 - 11/2001
Ensino, Química, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ética - (somatório de 66 h.a.)
03/2001 - 11/2001
Ensino, Contabilidade, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ética - (somatório de 120 h.a.)
07/2000 - 11/2001
Ensino, Biologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia Sociologia e Educação - (somatório de 297 h.a.)
07/1999 - 06/2001
Ensino, Enfermagem, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Antropologia Filosófica - (somatório de 66 h.a.)
Filosofia - (somatório de 198 h.a.)
03/1999 - 06/2001
Ensino, Administração de Empresas, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fundamentos da Ética e da Política - (somatório de 132 h.a.)
Introdução a Filosofia - (somatório de 198 h.a.)
07/1999 - 06/2000
Ensino, Geografia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia Sociologia e Educação - (somatório de 198 h.a.)
07/1999 - 11/1999
Ensino, Matemática, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia Sociologia e Educação - (somatório de 99 h.a.)
03/1999 - 06/1999
Ensino, Letras, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia, Sociologia da Educação - (somatórioi de 198 h.a.)


Linhas de pesquisa


1.
ÉTICA ORIGINÁRIA E REALIDADE SOCIAL: A MEMÓRIA DA NATUREZA PELO VIÉS FILOSÓFICO-CIENTÍFICO
2.
Do mal na natureza à natureza do mal: Possibilidades éticas da responsabilidade não violenta socioambiental - focada aos humanos e extra-humanos
3.
Orientação de aluno bolsista (01) Layane Marques de Souza, mat. 121533522, em Iniciação Científica, plano de trabalho:Resgate Ético da Memória da Cultura da Paz: uma possibilidade de fazer frente à naturalização da violência pelo paradigma da Alteriidade
4.
Pesquisa: "Cultura de paz através da reorientação da alteridade humana: Um novo olhar sobre a justiça nas relações éticas."
5.
Orientação de Pesquisa com plano de trabaho: "Repercussões da mudança paradigmática sobre a justiça ao outro, de acordo com a proposta Transdisciplinar: O problema da paz positiva"
6.
Bolsista: Cindy Araújo Cabral. Mat. 131525077
7.
Bolsista: Lisandra Caroline de Araújo Teixeira. Matr.141520043
8.
Orientação de Pesquisa com Plano de Trabalho: Uma Analítica da Modernidade e seus Processos Mundializantes sob a ótica da Critica Heideggeriana (...)
9.
Pesquisa: "Existência e Vida Ética: O Problema do Dualismo científico Moderno e a Formação da Liberdade Humanizada"
10.
Sumissão de Projeto de PIBIC:
11.
"Sobre as Possibilidades de um Fundamento Transdisciplinar da Ética Ambiental na Educação? cota 2018-2019
12.
Orientanda: Maria do Socorro Fernandes Oliveira. Matrícula: 171551530
13.
Do mal na natureza à natureza do mal: Possibilidades éticas da responsabilidade não violenta socioambiental - focada aos humanos e extra-humanos
14.
A naturalização da violência e sua crítica ética para uma Cultura de Paz


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
"Sobre as Possibilidades de um Fundamento Transdisciplinar da Ética Ambiental na Educação?
Descrição: O nosso projeto, cujo título é: "Sobre as Possibilidades de uma Fundamentação Transdisciplinar da Ética Ambiental na Educação? , é da autoria do Prof. Dr. Márcio Adriano dos Santos Dias, sendo este o pesquisador responsável pela proposta. O local de origem é a Universidade Estadual da Paraíba ? UEPB, mais especificamente no Campus V, em João Pessoa, onde se realizam as atividades deste professor, junto ao Departamento de Ciências Biológicas, curso de Ciências Biológicas, com caráter de corte ético-filosófico inter e transdisciplinar, enfocando o problema de uma investigação das possibilidades de um fundamento transdisciplinar da Ética Ambiental na Educação, ante o esquecimento de equilíbrio, em termos de sustentabilidade e equidade social, como fatores decisivos no aprimoramento, na emergência de sentido (Sinngebung) positivo da existência humana desde o local ao alcance global. Neste contexto, constitui urgência em ser investigada filosoficamente a fecundidade da abordagem Transdisciplinar e sua visão de mundo, no auxílio formativo da humanidade em termos de Ética Ambiental, sobretudo na educação mediante um olhar integral. Desta visão co-dependem os seres humanos no exercício de suas liberdades, a partir de novas bases epistêmicas e éticas, ou seja: uma necessidade de determinações produzidas com responsividade, focadas a nós mesmos, mas referidas na realidade integral, à pluralidade de seres, tento nós como extra-humanos na natureza. A preocupação central, pois, desta pesquisa, é de ordem dos fundamentos da Eticidade e suas possibilidades a serem investigadas da metodologia Transdisciplinar de abordagem do real, aplicados ao que-fazer humano aí, no mundo. Trata-se de um projeto que se desdobra em função dos anteriores sobre a temática da ética da alteridade, nos períodos de 2012.2-2013.1 e 2013.2-2014.1, 2014.2-2015.1, 2016.2-2017.1, que nos trouxe novas possibilidades de tematização da Ética Ambiental na contemporaneidade, sob o signo da complexidade do real e da Alteridade, através de artigos com aprofundamentos resultantes destes períodos de pesquisa, cujo apoio obtivemos destes órgãos fomentadores: CNPq/UEPB . Portanto, a nossa proposta de investigação, tem continuidade no sentido de contribuir para efetivas transformações na elaboração de um novo padrão de emergência de sentido ante a ameaça antrópica de fatores negativos junto à Natureza, uma vez originadas também de algumas visões de mundo da modernidade ainda não desperta aos desafios do contemporâneo, por muito tributárias - e outras não ? do dualismo moderno já presente na modernidade. Tentaremos fazer valer a base Transdisciplinar da Unicidade na Pluralidade, com relação à Ética Ambiental, como possível saída do impasse que a modernidade tornou uma determinação necessária, mas sem fundamento de equilíbrio. Palavras-chave: Transdisciplinaridade; Ética Ambiental; Educação ; Unicidade no Plural..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Marcio Adriano dos Santos Dias - Coordenador / Maria do Socorro Fernandes Oliveira - Integrante.
2016 - 2017
EXISTÊNCIA E VIDA ÉTICA: O PROBLEMA DO DUALISMO CIENTÍFICO NA FORMAÇÃO DA LIBERDADE HUMANIZADA
Descrição: RESUMO O nosso projeto, cujo título é: ?Existência e Vida Ética: O problema do dualismo científico moderno na formação da liberdade humanizada?, é da autoria do Prof. Dr. Márcio Adriano dos Santos Dias, sendo este o pesquisador responsável pela proposta. O local de origem é a Universidade Estadual da Paraíba ? UEPB, mais especificamente no Campus V, em João Pessoa, onde se realizam as atividades deste professor, que abrangem os cursos de Ciências Biológicas (Filosofia da Ciência e Bioética) e Arquivologia (História do Pensamento Filosófico-científico), daí o caráter de um projeto em filosofia prática em cortes interdisciplinar e transdisciplinar (MORAES;NAVAS:2010; NICOLESCU: 1999; NICOLESCU:2012; POMBO: 2004 TROCMÉ-FABRE: 2006), enfocando o problema do sentido atual da existência ética ante uma civilização antropotécnica sob ameaça da ?queda? existencial, quanto ao seu aprimoramento em alcance global (DIAS:2003; DIAS:2014; HEIDEGGER: 2000; HUSSERL:1996; FOLTZ: 2000; BARAT: 1995; JONAS:2004; JONAS:2006; JONAS: 2010; LEVINAS:1971; LEVINAS:1988; LEVINAS:1991; LEVINAS:1993; LEVINAS:1997; RANDOM:2000; SIQUEIRA:1998; VOEGELIN:1973; VOEGELIN:2002; VOEGELIN:2010; ZILLES:1996), constituindo urgência em esta civilização ser abordada filosoficamente naquilo que tange a sua visão de mundo atual, pois de tal visão co-dependem os saberes/fazeres dos seres humanos, no exercício de suas liberdades, uma necessidade de responsividade focada a eles mesmos (nós), bem como extra-humanos na natureza. Eis em síntese a problemática de fundo ético em busca de respostas para um sentido na existência mais pleno, em nível planetário e em suas diversas situações locais. Neste sentido, com relação aos níveis planetário e de situações locais, dois fatores desafiadores nos despertaram maior atenção nesta pesquisa: Sustentabilidade e Justiça ao Outro. Podendo ser traduzidos em ajustamento em termos correção - de maximização na sustentabilidade ambiental-existencial e maximização na equidade ética - individual/social, a fim de otimizar realizações em favor dos humanos e extra-humanos - diante das exigências advindas de decisões político-econômicas inseridas que informam tanto a eficiência quanto a eficácia na administração do paradigma hodierno, em termos planetários e de situações locais, voltados à presente e às futuras gerações. Palavras-chave: Existência; Vida ética; dualismo científico..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Marcio Adriano dos Santos Dias - Coordenador / Lisandra Caroline Araújo de Lima - Integrante.
Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 1
2014 - 2015
"Cultura de paz através da reorientação da alteridade humana: Um novo olhar sobre a justiça na relação ética"
Descrição: O nosso projeto busca investigar o problema da reorientação da alteridade humana, sob um novo olhar mediante a relação entre justiça e ética, focada aos seres humanos - e extra-humanos na natureza, mediada pelas novas descobertas sobre a Realidade a partir da abordagem transdisciplinar. Tal problema deve aqui ser estudado criticamente, em nossa realidade socioambiental, ou seja, da pólis que inclui o humano e a natureza em perspectiva do entrelaçamento entre várias ciências, desde um ponto de vista ético - entendido aqui como a dimensão da responsabilidade pela alteridade, de base plural e não dualista científica. Trata-se de um projeto que se desdobra em função dos anteriores sobre a temática da ética da alteridade, nos períodos de 2012.2-2013.1 e 2013.2 e 2014.1, que nos trouxe novas possibilidades de tematização da Ética e da reorientação moral (valores eticamente discutidos) com a contribuição da abordagem transdisciplinar . O intuito desta pesquisa tem continuidade no sentido de contribuir para efetivas transformações nas mentalidades, práticas e ações positivas, diante dos conflitos existentes no mundo da vida, entendidos desde o ponto de vista local como até o âmbito global. Concentramos aqui uma investigação sobre o governo de si e em responsabilidade de doação ao outro, a fim de assegurar uma devida compreensão do conceito de ?cultura de Paz?, visto que esta pode se prestar como pretexto de dominação ideológica, e assim, colocamos a hipótese da busca de justiça ao Outro nas relações éticas sob um novo modo de tratamento, ?para além? do conceito ainda vago de justiça restaurativa, mediante os paradigmas da Transdiciplinaridade, da Fenomenologia levinasiana e da Justiça Restaurativa incluindo a Justiça retributiva apenas em casos excepcionais. Palavras chave: Governo de si; Doação ao Outro; Justiça; Ética da Alteridade..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Marcio Adriano dos Santos Dias - Coordenador / Cindy Araújo Cabral - Integrante.Número de orientações: 1
2013 - 2014
Do mal na natureza à natureza do mal: Possibilidades éticas da responsabilidade não violenta socioambiental - focada aos humanos e extra-humanos.
Descrição: O principal problema a ser abordado é o da responsabilidade violenta e o processo de busca de superação, que chamamos de possibilidades éticas da responsabilidade não violenta dirigida ao humano e o extra-humano. Representa um momento de desdobramento e aprofundamento positivo na busca de uma possível articulação de saídas dos estados de naturalização da violência para uma cultura de paz nas sociedades. O ponto de partida que se faz problema é a escalada global da violência e o direto envolvimento da responsabilidade humana, que constitui uma crise sem precedentes no mundo, mas especialmente em nosso País. Levantamos a seguinte hipótese: numa cultura de violência, a responsabilidade se engendra a violência como valor natural no ser humano, induz a se pensar e se ter que o que denominamos de ?responsabilidade violenta? seja um componente necessário para a convivência, daí a presença da elaboração um determinismo nas sociedades. Acreditamos que esta suposição pode explicar no decorrer de nossa pesquisa, o porquê da grave crise de responsabilidade aliada à violência, e sugerir em boa medida a busca de superação pelas possibilidades éticas de uma responsabilidade não violenta positiva, que possa suficientemente lidar dinamicamente com os conflitos e estados de violência que atravessamos em nossas sociedades, suprassumindo o seu padrão de consciência coletiva, paradoxalmente numa época considerada avançada em termos de progresso científico e de promoção geral de bem-estar humano, mas ainda profundamente represada e cambaleante em termos de aprimoramento moral. Destarte, propomos oferecer um desdobramento sobre a naturalização da violência e com isto traçar um percurso ético-filosófico deste fenômeno, de tal maneira que nos acrescente novas alternativas conceituais sólidas à práxis de uma responsabilidade não violenta..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Marcio Adriano dos Santos Dias - Coordenador / Layane Marques de Souza - Integrante.
Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 1
2012 - 2013
A Naturalização da violência e sua crítica ética para uma cultura de paz
Descrição: O principal problema a ser abordado é o processo que chamamos de naturalização da violência, encontrado na práxis da memória cultural de nossa sociedade, principalmente ocidental, e de uma possível articulação de saídas pelo viés da crítica ética para uma cultura de paz. O ponto de partida que se faz problema é a escalada global da violência, que constitui uma crise sem precedentes no mundo, mas especialmente em nosso País. Levantamos uma hipótese: uma cultura que cultiva a violência como valor natural no ser humano, induz a se pensar e se ter que a violência seja um componente necessário para a convivência. Acreditamos que esta suposição pode explicar em grande medida, no decorrer de nossa pesquisa, o porquê da grave crise de violência pela qual atravessamos em nossas sociedades, paradoxalmente numa época considerada avançada em termos de progresso científico e de promoção geral de bem-estar humano, mas ainda cambaleante em termos de aprimoramento moral. Com efeito, propomos traçar um percurso ético-filosófico deste fenômeno que possa-nos fornecer alternativas conceituais sólidas de uma cultura de paz; posto que, numa cultura que cultua a violência como dimensão natural da existência humana, dificilmente poderá florescer a paz. Logo, sob tal base, todos os esforços de promover uma cultura de paz seriam formas postiças de boas intenções, no arco de modelos teóricos que legitimam a violência como componente intrínseco da natureza humana..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Marcio Adriano dos Santos Dias - Coordenador / Layane Marques de Souza - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.Número de orientações: 1
2011 - 2012
Ética originária e a realidade social: a memória da natureza pelo viés filosófico-científico
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Marcio Adriano dos Santos Dias - Coordenador / Priscila Limeira Malheiros - Integrante.Financiador(es): Universidade Estadual da Paraíba - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 1
2010 - 2011
Filosofia, Éticas Originárias e Realidade Social - Tipos de Racionalidade Ética na sociedade contemporânea
Descrição: projeto de dedicação exclusiva junto à Universidade Estadual da Paraíba que visa analisar os diversos tipos de racionalidade ética na sociedade contemporânea do ocidente.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Marcio Adriano dos Santos Dias - Coordenador.
2007 - 2011
A Subjetividade Ética como Fundamento da Justiça em Levinas
Descrição: Neste estudo, em nível de Doutorado em Filosofia, ao analisar o pensamento prático com relação à querela metafísica na filosofia em Kant e Levinas, busca-se afirmar o primado da Ética-política sobre a Ontologia na filosofia, consoante uma leitura de superação da filosofia do ser desde a alteridade e transcendência elementar éticos que o Outro constitui. Mas, somente após romper a rota de imanência do pensamento filosófico que culmina na totalização do ser sob o modo de liberdade enquanto sujeito livre e autônomo, se pode defender uma idéia de disrupção para com a totalidade do ser e sua imanência como "progressos" da liberdade na história humana. Por outro lado, a defesa desta idéia remete à subjetividade entendida enquanto afirmada desde uma heterologia da alteridade, isto é, do outro se tem o início - a razão de ser - da ética e do político no humano. Verificaremos se a liberdade somente será justificada desde o entendimento mais próprio da Justiça, ou seja, como responsabilidade assumida do humano enquanto substituição do "eu" pelo "outro", a partir do "dizer" oriundo da relação face a face que há entre nós, em proximidade humana, e por isto para além (fora) do sujeito (do eu penso/indivíduo da liberdade infinita) e do Ser (a "luz" do pensar) ainda postos como fundamentos da filosofia e do próprio humano para toda orientação de sua responsabilidade.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Marcio Adriano dos Santos Dias - Coordenador.


Projetos de extensão


2014 - 2015
?Curso de Extensão em Filosofia Prática I? (2014.2-2015.1)
Descrição: A temática versa sobre a filosofia prática de Eric Voegelin: aspectos fundamentais da Nova Política em seu corte de um desdobramento ampliado da gnose primitiva ocidental. Trata-se de proposta de estudo/aprofundamento/ampliação de conhecimentos de natureza filosófica no campo prático, utilizando o método fenomenológico existencial, e cuja metodologia se baseia na leitura de textos compartilhada conjugada à participação dos envolvidos. A finalidade - e seus resultados esperados - é servir como referência teórico-crítica da realidade cultural no mundo vivido e suas diversas interfaces, inclusive de natureza ético-filosófico-metafísica, inseridas nos processos culturais da historicidade e suas mudanças paradigmáticas, a conferir melhor apuração de sentido existencial para cada participante em seu mundo circundante. Tem como objetivo principal enfocar a filosofia a partir de uma reflexão conjugada com o ato de educar em comunidade, sem excluir a universidade do espaço da cidade. E como objetivos específicos: A - Analisar diversos discursos filosóficos na produção-reprodução da realidade cultural, ético-filosófica, científico-metafísica e política. B - Investigar o fenômeno da gnose religiosa, sua inserção e metamorfose no meio da visão de mundo da cultura ocidental, notadamente da cultura mundializante. C - Desvendar a importância formativa e filosófica do ser humano, a partir do estudo de temas que têm impactado ideologicamente na formação da cultura e da sociedade atual, com vistas ao esclarecimento sobre o que é modernidade e sua passagem ao contemporâneo nesta temática. Palavras-Chave: Filosofia prática; Gnose política ; formação-civilização-mundialização.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (30) .
Integrantes: Marcio Adriano dos Santos Dias - Coordenador / Gregório Goldman Felipe dos Santos - Integrante.Número de orientações: 1
2013 - 2014
?Ética e Cultura de Paz da Alteridade diante dos desafios da violência na sociedade individualista?.
Descrição: Resumo: O principal problema a ser abordado é o processo que chamamos de naturalização da violência, encontrado na práxis da memória cultural de nossa sociedade, principalmente ocidental, e de uma possível articulação de saídas pelo viés do resgate ético para uma cultura de paz. O ponto de partida que se faz problema é a escalada global da violência, que constitui uma crise sem precedentes no mundo, mas especialmente em nosso País. Em nosso Estado, na cidade de João Pessoa, os bairros do Cristo Redentor e do Rangel não constituem uma exceção quanto a este quadro geral da violência manifesta ou latente, precisando ser tratados de acordo com uma visão integrada, articulando o pessoal/individual, estrutural e cultural (GALTUNG, 2012). Com efeito, propomos primeiramente traçar um percurso ético-filosófico deste fenômeno, que nos possa fornecer alternativas em termos de ferramentas conceituais e práticas sólidas de uma cultura de paz, voltadas à comunidade do Cristo Redentor e do Rangel. Isto se dará desde uma disposição de escuta do fenômeno da naturalização da violência nestes bairros, envolvendo a comunidade acadêmica do Campus V para participar do processo, especialmente discentes, no tratamento de saídas/respostas oferecidas pela Cultura de Paz. Um grande desafio estimula e justifica este projeto, posto que, numa cultura que cultua a violência como dimensão natural da existência humana, dificilmente poderá florescer a paz. Por isto, procuraremos superar esta dificuldade, colocando na base de nossas intervenções na comunidade a prática da dialogicidade da cultura de Paz (HELLINGER, 2007; BUBER, 2012; ROSEMBERG, 2006 ) com experiências de respeito à alteridade inter-humana e ambiental na sociedade (LEVINAS, 2003; JONAS. 2006), deslegitimando a violência, tida como algo natural, para uma saída de conflitos também mediada pelo exercício da autonomia libertadora (FREIRE, 1997)..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (15) .
Integrantes: Marcio Adriano dos Santos Dias - Coordenador / Janaína Dayane da Guia Costa - Integrante.Número de orientações: 1
2012 - 2013
?Resgate Ético da Cultura de Paz nas comunidades Cristo/Rangel: experiências das alteridades inter-humana e socioambiental?
Descrição: Procuramos realizar este trabalho de extensão com o fito de abrir novas fronteiras, novas bases em prol da realização constante de uma cultura da paz. Enfeixando nas reuniões com a comunidade-alvo um exercício de escuta, rememoração de nossa cultura violenta e possíveis saídas dela, mediado pela busca de resolução de conflitos (ROSEMBERG, 2006; HELLINGER, 2007). Experimentaremos se a alteridade humana não conseguiria desmascarar os diversos dispositivos de violência que se legitimam enquanto legais ou culturais sob a epiderme da lei ou dos costumes. Se não seria a alteridade humana o critério de exercício ético suficiente para desconstruir a cultura da violência e ao mesmo tempo uma utopia realizável para a práxis política de emancipação sob a forma de cooperação mútua e solidariedade (Cf. CHALIER, 1996). Com duração de 160 C.H..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) .
Integrantes: Marcio Adriano dos Santos Dias - Coordenador / Gilberto de Almeida Lima Filho - Integrante.
2012 - 2013
?Educação para a ética e a cultura de Paz inter-humana e ambiental nas comunidades do Cristo Redentor e do Rangel - João Pessoa - PB?
Descrição: o principal problema a ser abordado pelo nosso projeto, intitulado ?Educação para a ética e a cultura de Paz inter-humana e ambiental nas comunidades do Cristo Redentor e do Rangel - João Pessoa - PB?, é o processo que chamamos de naturalização da violência, encontrado na práxis da memória cultural de nossa sociedade, principalmente ocidental, e de uma possível articulação de saídas pelo viés da formação ética para uma cultura de paz. O ponto de partida que se faz problema é a escalada global da violência, que constitui uma crise sem precedentes no mundo, mas especialmente em nosso País. Os bairros do Cristo Redentor e do Rangel não constituem uma exceção quanto a este quadro geral, precisando ser tratados de acordo com uma visão integrada, articulando o pessoal/individual, estrutural e cultural (GALTUNG, 2012). Com efeito, propomos traçar um percurso ético-filosófico deste fenômeno, que nos possa fornecer alternativas conceituais e práticas sólidas de uma cultura de paz, voltadas à comunidade do Cristo Redentor e do Rangel, contudo, desde uma escuta do fenômeno da naturalização da violência nestes bairros, envolvendo a comunidade acadêmica do Campus V, especialmente discentes, no tratamento de saídas/respostas oferecidas pela Cultura de Paz. Duração total de 160 C.H..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) .
Integrantes: Marcio Adriano dos Santos Dias - Coordenador / Ítala Maria Bezerra da Silva Tavares - Integrante.
2011 - 2012
?Ecosofia: a memória da natureza pelo viés filosófico-científico?
Descrição: Estamos diante de uma crise de percepção humana face ao mundo/realidade/natureza, essa conjunção de domínios em que a sobrevivência da humanidade é dependente. Não significa de modo algum promover uma eliminação da dimensão tecnocientífica, mas contando com este novo modo de abordar a realidade reinventar a nossa percepção, e com isto a nossa própria memória para com a natureza. O pensamento filosófico-científico tem um papel importante nessa necessária mudança de percepção paradigmática, pois até os dias atuais se pensava que a estrutura da natureza era imutável, e com este registro as sociedades construíram as suas relações de valores comportamentais com regras morais que serviam exclusivamente para orientar relação entre humanos e nada mais ? relações estas entendidas como políticas. Atualmente se pode perceber algo diverso: a natureza não é imutável, não dispõe de recursos eternamente para a humanidade, ela também se insere na ordem moral humana, e há uma vulnerabilidade desta em seu equilíbrio que suporta a existência humana, havendo uma necessária forma nova de regras morais que os humanos passem a adotar para um convívio político duradouro com a natureza. Projeto realizado com 360 c.h.
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) .
Integrantes: Marcio Adriano dos Santos Dias - Coordenador / Deisiane da Conceição Viana de Santana Valdevino - Integrante.


Outros Projetos


2015 - Atual
Artigo submetido a aprovação: ?O OUTRO E A JUSTIÇA PELO TERCEIRO: UMA PERSPECTIVA ÉTICA E TRANSDISCIPLINAR?
Descrição: Este artigo propõe explorar o problema do ?terceiro? e a reorientação ética da subjetividade em sua existência ?aí?, tanto seguindo o fio condutor de uma perspectiva transdisciplinar, mais especificamente aqui, o foco sobre as noções léxico-existenciais de ?terceiro incluído? e ?níveis de realidade? atinentes à noção quântica de ?realidade?, articuladas ao fenômeno Ético da Alteridade na existência do ?Terceiro? enquanto Outrem e sua assignação, investigado pelo filósofo franco-lituano Emmanuel Levinas, no que se refere à noção trans-fisica e indo até meta-fisica de ?Outro? empregada por este filósofo em sua ?Ética da Alteridade?, e indo até a noção de Justiça atribuída à função ética axial do ?Terceiro?, que aqui pomos ênfase na ideia chave da ?terceiro incluído?, por se tratar simultaneamente do Estado de Direito, e se tratar também o terceiro enquanto pluralidade de origem da existência humana do Outro (esta na acepção de consciência encarnada) e sua dignidade, que aqui denominamos como um sujeito cuja subjetividade é indefinida, pois é de natureza em outro nível de realidade tratada; é de natureza quântica, e portanto que salta a nível ?trans? da Realidade do mundo vivido: Outrem. E por se tratar ?também? da Justiça a Outrem, relação esta que porta o aspecto ?trans? como um ?para além?, ou ainda enquanto um ?metá? acenado na ?face? do Outro, a que lhe ?devo? Justiça, que vem do Infinito. Entramos, então, no domínio de uma acepção de justiça como desmesura da assignação à dignidade do Outro, a se vincular formalmente à noção de Estado de Lei. Cuja ?forma da lei? deve eticamente ser encarnada como ?resguardo?, cuidado de ?um pelo outro?, na segurança dos direitos e deveres à pluralidade da Alteridade humana e extra-humana. Tal Lei Ética, se nutre em pelo menos outro nível, cuja invisibilidade, o ?para além? não se dá como mera abstração, mas é fenômeno captado na subjetividade ética de cada um de nós dialogicamente como ?relação sem relação?, na relação de um ao outro. Trata-se assim de uma tentativa de insinuar se, e se sim - em que medida, o Estado pode ser tomado como garante original da relação de substituição entre subjetividades guardiãs da Lei. Lei imemorial e que aponta para um sentido Infinito, como Bem para além do Ser da mera imanência estatal e, daí, a origem e razão de ser do Estado, antes de tudo, como ?guardião de meu irmão? e, portanto de mim também . Pois, Lei do Infinito inscrita em cada ?coração?. Palavras chave: Lei do Infinito; Ética; Justiça; Transdisciplinaridade.
Situação: Em andamento; Natureza: Outra.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Marcio Adriano dos Santos Dias - Coordenador / Cindy Araújo Cabral - Integrante.
2002 - 2010
Filosofia e a realidade social
Descrição: projeto apresentado ao Departamento de Filosofia e Ciências Sociais, da UEPB, que tem como base de investigação as éticas originárias em âmbito filosófico voltado à realidade social, com ênfase na alteridade dentro da discussão dos paradigmas éticos do ocidente..
Situação: Concluído; Natureza: Outra.


Membro de corpo editorial


2013 - Atual
Periódico: Revista Analisando em Ciência da Informação (João Pessoa-PB)


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: História da Filosofia.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Ética/Especialidade: Ética e Política.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Ética e meio ambiente.
5.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Educação / Subárea: Fundamentos da Educação/Especialidade: Filosofia da Educação.


Idiomas


Francês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Italiano
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Razoavelmente.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
DIAS, MARCIO ADRIANO DOS SANTOS2014DIAS, MARCIO ADRIANO DOS SANTOS. Infinito e alteridade? A subjetividade ética inspirada pela heteronomia em Emmanuel Lévinas. Aufklärung: journal of philosophy, v. 1, p. 135-160, 2014.

2.
SANTOS DIAS, MARCIO ADRIANO DOS2013 SANTOS DIAS, MARCIO ADRIANO DOS. Hans Jonas: o problema do dualismo nihilista no pensamento filosófico-científico e a nova memória acerca da natureza em sua alteridade. Problemata, v. 04, p. 79-109, 2013.

Capítulos de livros publicados
1.
LETZKUS, A. ; FARIAS, A.B. ; ROCHA, A. L. P. ; MATURANO, A. G. ; CINTRA, B.E. ; RUIZ, C. B. ; BRAGA, E. C. ; CIARAMELLI, F. ; PONTIN, F. ; COSTA, J. A. ; SCORALIC, K. ; MENEZES, M. M. ; FABRI, M. ; PELIZZOLI, M. ; DIAS, M. A. S. . A Unidade da Filosofia e o Pluralismo Ético no Pensamento de Emmanuel Levinas. In: Souza, R. Timm; Farias, A. Brainer; Fabri, Marcelo. (Org.). Alteridade e Ética - Obra comemorativa dos 100 anos de nascimento de Emmanuel Levinas. 1ªed.Porto Alegre: EDIPUCRS, 2008, v. 204, p. 293-309.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
DIAS, M. A. S.. "O problema da Idéia de Liberdade na Filosofia Teórica de Kant". In: Conhecimento em Debate, 1999, João Pessoa. CCHLA- Conhecimento em Debate, 1999.

2.
DIAS, M. A. S.. "O Sujeito Metafísico e os Limites do Mundo". In: CCHLA em Debate, 1996, João Pessoa. Conhecimento em Debate, 1996.

3.
DIAS, M. A. S.. Moral e Liberdade em Kant. In: CCHLA em Debates, 1996, João Pessoa. Conhecimento em Debate, 1996.

Apresentações de Trabalho
1.
SANTOS DIAS, MARCIO ADRIANO DOS. Palestra sobre o Filme 'Memento' (Amnésia). 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
DIAS, MARCIO ADRIANO DOS SANTOS. ?Ética, Tecnociência e Sustentabilidade?. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
DIAS, MARCIO ADRIANO DOS SANTOS. Hans Jonas: O dualismo cientifico moderno e sua superação ética na civilização tecnocientífica'. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
DIAS, MARCIO ADRIANO DOS SANTOS. ?PESQUISA QUALITATIVA SOBRE O DESEMPENHO DOS ALUNOS DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO NA MODALIDADE A DISTÂNCIA DA DISCIPLINA: TRABALHO E SOCIEDADE?. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

5.
DIAS, MARCIO ADRIANO DOS SANTOS. 'Justiça Restaurativa'. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
DIAS, M. A. S.. Considerações com Emmanuel Levinas: os Direitos Humanos e Direitos dos Outros numa ótica ético-política. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
DIAS, M. A. S.. Ética e Alteridade na civilização da Liberdade Tecnológica. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
DIAS, M. A. S.. Natureza e Cultura numa Civilização Tecnologica: valores do mundo da vida em discussão. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
PELIZZOLI, M. ; DIAS, M. A. S. . Ética e Tecnociência em Hans Jonas. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
TOSI, G. ; BAUCHWITZ, O. ; FERREIRA, A. D. ; DIAS, M. A. S. . A unidade da filosofia e o pluralismo ético em Levinas. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
DIAS, M. A. S.. Emmanuel Levinas e a Duplicidade trágica do Humano. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
DIAS, M. A. S.. Sobre o Conceito de Essência e Existência na Filosofia. 2001. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
DIAS, M. A. S.. O Problema da Idéia de Liberdade em Kant. 1999. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
DIAS, M. A. S.. Liberdade e Moralidade: A Visão Kantiana. 1996. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

15.
DIAS, M. A. S.. Moral e Liberdade em Kant. 1996. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

16.
DIAS, M. A. S.. O Sujeito Metafísico e os Limites do Mundo. 1996. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
DIAS, M. A. S.. Comissão de Professores de Criação e Implantação do Curso de Graduação em Filosofia. 2001.

Trabalhos técnicos
1.
DIAS, M. A. S.. Projeto de Curso da Graduação em Filosofia - Programa especial de desenvolvimento Profissional de Docentes para o Ensino Médio em Filosofia, da UEPB. 2003.

2.
DIAS, M. A. S.. Projeto Político-Pedagógico do Curso de Licenciatura em Filosofia da UEPB. 2001.


Demais tipos de produção técnica
1.
DIAS, MARCIO ADRIANO DOS SANTOS. Bioética - Uma Introdução ao Tema. 2016. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Introdução à Bioética no Modo Prezi).

2.
SANTOS DIAS, MARCIO ADRIANO DOS. Filosofia e Ética. 2014. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Programa de Introdução à Filosofia e Ética - Modo Prezi).

3.
DIAS, M. A. S.. 'Totalidade e Infinito' de Emmanuel Levinas,. 2013. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Programa sobre Ética da Alteridade, em Modo Prezi).

4.
DIAS, M. A. S.. Sobre a Compreensão Histórico-Filosófica da Verdade: Parmênides, Hegel e Heideger. 2000. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

5.
DIAS, M. A. S.. I Simpósio de Estudos Clássicos da Paraíba. 2000. (Coordenação de Sessão de Comunicações).

6.
DIAS, M. A. S.. Práxis e Método da Filosofia Latino-Americana. 1994. (Relatório de pesquisa).

7.
DIAS, M. A. S.. Desafios Atuais à Filosofia da Libertação. 1994. (desenvolvimento de projeto em iniciação Científica - CNPq).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
FREIRE, S. B.; OLIVEIRA, I. F.; DIAS, M. A. S.. Participação em banca de Denilson Melo Rodrigues. Conhecimento e Arte de Educar: Lições Lockeanas. 2014. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Sergipe.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
RAMOS, D. D.; DIAS, M. A. S.; OLIVEIRA, I. F. F.. Participação em banca de Maria Alves de Aguiar Andrade. Arenas de Conflito: Como repensar as Práticas Pedagógicas diante da Indisciplina Escolar. 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização em Tecnologias da Educação) - Universidade Estadual da Paraíba.

2.
SANTOS DIAS, MARCIO ADRIANO DOS. Participação em banca de Josegley Andrade de Lucena. O Diálogo como princípio Metodológico para a Disciplina de Filosofia na Educação de Jovens e Adultos. 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização em Tecnologias da Educação) - Universidade Estadual da Paraíba.

3.
SANTOS DIAS, MARCIO ADRIANO DOS. Participação em banca de Rosicleide de Araújo Andrade. Pedagogia da Alteridade: A Ética como Princípio de Responsabilidade no Processo de Formação. 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização em Tecnologias da Educação) - Universidade Estadual da Paraíba.

4.
SANTOS DIAS, MARCIO ADRIANO DOS. Participação em banca de Edmilson Pereira da Silva. ARISTÓTELES: Eudaimonia como Télos em "Ethica Nicomachea". 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização em Tecnologias da Educação) - Universidade Estadual da Paraíba.

5.
SANTOS DIAS, MARCIO ADRIANO DOS. Participação em banca de Joaquim Gomes Barboza Neto. Proinfo: Reflexões sobre o Programa Nacional de Tecnologia Educacional na Paraíba. 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização em Tecnologias da Educação) - Universidade Estadual da Paraíba.

6.
SANTOS DIAS, MARCIO ADRIANO DOS. Participação em banca de Veralúcia Amanda Machado de Freitas. Inserindo um Ambiente Virtual nas Aulas de Química. 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização em Tecnologias da Educação) - Universidade Estadual da Paraíba.

7.
SANTOS DIAS, MARCIO ADRIANO DOS; Ramalho, Antônio Germano; Barrancos, Jacqueline Echeverría. Participação em banca de Jaqueline de Medeiros Gonzaga. Reflexões sobre o Ensino e as Práticas Pedagógicas - Projetos interdisciplinares. 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização em Tecnologias da Educação) - Universidade Estadual da Paraíba.

8.
SANTOS DIAS, MARCIO ADRIANO DOS. Participação em banca de Pollyanna do Nascimento Lima. Contribuição da Filosofia para a Formação Cidadã dos Alunos do Ensino Fundamental e Médio "João Roberto Borges de Souza". 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização em Tecnologias da Educação) - Universidade Estadual da Paraíba.

9.
SANTOS DIAS, MARCIO ADRIANO DOS. Participação em banca de José Danilo de Araújo. As Contribuições de Programas Acadêmicos como PIBID no Ensino Básico Público. 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização em Tecnologias da Educação) - Universidade Estadual da Paraíba.

10.
DIAS, MARCIO ADRIANO DOS SANTOS. Participação em banca de Pollyanna do Nascimento Lima. ?A Contribuição da Filosofia para a Formação Cidadã dos Alunos do Ensino Médio da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio João Roberto Borges de Souza?(12/2014). 2014. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização em Tecnologias da Educação) - Universidade Estadual da Paraíba.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
DIAS, MARCIO ADRIANO DOS SANTOS; COSTA, M. A. J.; SOUZA, J. T. B.. Participação em banca de Kaio Marcelo Soares Souza.Do Aborto e do Valor da Vida: Um Estudo Fenomenológico Sobre a Posição do Biólogo Quanto à Proteção da Vida. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual da Paraíba.

2.
SANTOS DIAS, MARCIO ADRIANO DOS; Sales, Esmeralda Porfirio; Bezerra, Eutrópio Bezerra. Participação em banca de Priscila Limeira Malheiros."Lixo Arquivístico": Atuação profissional arquivista na responsabilidade socioambiental em arquivos. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Arquivologia) - Universidade Estadual da Paraíba.

3.
SANTOS DIAS, MARCIO ADRIANO DOS. Participação em banca de Thomaz de Carvalho Callado.O uso da Falcoaria como instrumento de educação ambiental no Parque Zoobotânico Arruda Câmara. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biologia) - Universidade Estadual da Paraíba.

4.
GALDINO, T. R. A. R.; SOUZA, V. B.; LUCENA, M. S.; SANTOS DIAS, MARCIO ADRIANO DOS. Participação em banca de Talytta Rebeca Araújo Rodrigues Galdino.Sustentabilidade, conservação ambiental e desenvolvimento sob a perspectiva de uma organização social no Estado de Paraíba. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual da Paraíba.

5.
BRASILINO, T.; SOUZA, V. B.; FERREIRA, M. F. A.; SANTOS DIAS, MARCIO ADRIANO DOS. Participação em banca de Theo Brasilino.Percepção ambiental frente à presença de associações e entidades comunitárias no bairro da Ilha do Bispo em João Pessoa. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biologia) - Universidade Estadual da Paraíba.

6.
SILVA, D. A.; SOUZA, V. B.; LUCENA, M. S.; SANTOS DIAS, MARCIO ADRIANO DOS. Participação em banca de Deinne Airles da Silva.Educação Ambiental: percepção e desenvolvimento da consciência ambiental das crianças do projeto Com Ciência no Bairro da Ilha do Bispo, João Pessoa. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual da Paraíba.

7.
BEZERRA, A. R.; SOUZA, V. B.; LUCENA, M. S.; SANTOS DIAS, MARCIO ADRIANO DOS. Participação em banca de Ana Raquel Bezerra.Percepção e educação ambiental entre alunos e professores de uma escola de João Pessoa, PB. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual da Paraíba.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
VENDEL, A. L.; MEDEIROS, E. S. F.; DIAS, MARCIO ADRIANO DOS SANTOS. Membro de Comissão Especial de Avaliação de Estágio Probatório. 2015. Universidade Estadual da Paraíba.

Outras participações
1.
DIAS, MARCIO ADRIANO DOS SANTOS. Exame de Qualificação de Tese:"Do Antropocentrismo ao Biocentrismo: Uma Passagem Possível". 2016. Universidade Federal da Paraíba.

2.
SANTOS DIAS, MARCIO ADRIANO DOS. Membro de Banca do Processo de Seleção de Monitores - Período Letivo 2014.2. 2014. Universidade Estadual da Paraíba.

3.
SANTOS DIAS, MARCIO ADRIANO DOS. Membro de Banca do Processo de Seleção de Monitores Período 2014.2. 2014. Universidade Estadual da Paraíba.

4.
SANTOS DIAS, MARCIO ADRIANO DOS. Membro de Banca Examinadora do Processo Seletivo para Contratação de Professor por Prazo Determinado. 2014. Universidade Estadual da Paraíba.

5.
SANTOS DIAS, MARCIO ADRIANO DOS. Membro de Banca no Processo de Seleção de Monitores - Período Letivo de 2014.2. 2014. Universidade Estadual da Paraíba.

6.
SANTOS DIAS, MARCIO ADRIANO DOS; MELO, J.; FRANCA, H.. Presidente de processo de seleção de monitores. 2013. Universidade Estadual da Paraíba.

7.
MELO, J.; SANTOS DIAS, MARCIO ADRIANO DOS; FRANCA, H.. Membro de Banca Examinadora para Seleção de Monitores. 2013.

8.
DIAS, M. A. S.. Comissão Eleitoral de entidade de Classe: ADUEPB. 2013. Universidade Estadual da Paraíba.

9.
SANTOS DIAS, MARCIO ADRIANO DOS. Comissão Julgadora na "IV Mostra Científica do Campus V de Ensino, Pesquisa e Extensão: Ética e Educação - temas e dilemas no século XXI". 2013. Universidade Estadual da Paraíba.

10.
DIAS, M. A. S.; XAVIER, S.; VENDEL, L.. Membro de Banca Examinadora para Professor Substituto. 2011. Universidade Estadual da Paraíba.

11.
DIAS, M. A. S.. Membro de Banca Examinadora para Professor Visitante. 2003. Universidade Estadual da Paraíba.

12.
DIAS, M. A. S.. Membro de Banca Examinadora para Professor Substituto. 2001. Universidade Estadual da Paraíba.

13.
DIAS, M. A. S.. Membro de Banca Examinadora para Professor Visitante. 2001. Universidade Estadual da Paraíba.

14.
DIAS, M. A. S.. Membro de Banca Examinadora para Professor Substituto. 2000. Universidade Estadual da Paraíba.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
UEPB CAMPUS V: 11 ANOS DE HISTÓRIA, CONQUISTAS E DESAFIOS.Existência e Vida Ética: O problema do dualismo científico moderno e a formação da liberdade humanizada. 2017. (Outra).

2.
Congresso Universitário da UEPB. ?PESQUISA QUALITATIVA SOBRE O DESEMPENHO DOS ALUNOS DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO NA MODALIDADE A DISTÂNCIA DA DISCIPLINA: TRABALHO E SOCIEDADE?. 2014. (Congresso).

3.
XIII Encontro Nacional de Pós-Graduação em Filosofia.Levinas e os Direitos Humanos. 2008. (Encontro).

4.
II Simpósio de Estudos Clássicos da Paraíba ? SBEC/NE1.Sobre o Conceito de Essência-Existência na Filosofia. 2001. (Simpósio).

5.
Curso, Ética, Globalização e Libertação?. 1999. (Outra).

6.
IV CCHLA - Conhecimento em Debate.O Problema da Idéia de Liberdade na Filosofia de Kant. 1999. (Encontro).

7.
Curso de Dinâmica de Oratória e Memorização.inâmica de Oratória e Memorização. 1997. (Outra).

8.
Curso, ?O Conceito de Religião em Marx?. 1996. (Outra).

9.
Curso de Verão : ?Hermenêutica: Uma Nova Racionalidade?. 1996. (Outra).

10.
Encontro ?I Semana Filosófica?. 1996. (Outra).

11.
III CCHLA - Conhecimento em Debate.O Sujeito Metafísico e os Limites do Mundo. 1996. (Encontro).

12.
III CCHLA- Conhecimento em Debate.Moral e Liberdade em Kant. 1996. (Encontro).

13.
III Encontro de Estudantes de Filosofia da Paraíba.?Moral e Liberdade em Kant?. 1996. (Encontro).

14.
Seminário : ?Serviço Social : Um Questionamento Filosófico?.liberdade e moralidade: a visão kantiana. 1996. (Seminário).

15.
Curso sobre Filosofia da História Universal. 1995. (Outra).

16.
1º Seminário Nacional Sobre Pesquisa Filosófica na América-Latina : Cultura e Libertação.Praxis e método na Filosofia da Libertação. 1993. (Seminário).

17.
Curso de extensão em Língua Francesa ?I?.extensão em Língua Francesa ?I?. 1993. (Outra).

18.
Curso de extensão em Língua Francesa ?II?.Extensão em Língua Francesa ?II?. 1993. (Outra).

19.
Curso sobre ?O Fundamento Filosófico da Norma Jurídica?. 1993. (Outra).

20.
Palestra: ?América Latina e Teoria Crítica?. 1993. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
DIAS, M. A. S.. I Encontro Nacional Filosofia sem Fronteiras - A filosofia eo trágico. 2007. (Congresso).

2.
DIAS, M. A. S.. V Encontro Interinstitucional de Filosofia - UFPB/UFPE/UFRN. 2007. (Congresso).

3.
DIAS, M. A. S.. I Simposio de Estudos Clássicos da Paraíba - SBEC/Ne 1. 2000. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Orientações de outra natureza
1.
Cléber Ferreira Silva. Orientação de Monitoria em História do Pensamento Científico-filosófico 2017.1. Início: 2017. Orientação de outra natureza. Universidade Estadual da Paraíba. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Rosicleide de Araújo Andrade:. ?Pedagogia da Alteridade: A Ética como Princípio de Responsabilidade no Processo de Formação?. 2014. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização em Tecnologias da Educação) - Universidade Estadual da Paraíba. Orientador: Marcio Adriano dos Santos Dias.

2.
Jaqueline de Medeiros Gonzaga. ?Reflexões sobre o Ensino e as Práticas Pedagógicas ? Projetos Interdisciplinares?. 2014. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Curso de Especialização em Tecnologias da Educação) - Universidade Estadual da Paraíba. Orientador: Marcio Adriano dos Santos Dias.

3.
Socorro Maria Damião Leite. A Política em Maquiavel. 2002. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Filosofia da História) - Universidade Federal da Paraíba. Orientador: Marcio Adriano dos Santos Dias.

4.
Marcelo Alves Pereira Eufrásio. A cidadania como representação do Contrato Social de Jean-Jacques Rousseau. 2002. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Filosofia da História) - Universidade Federal da Paraíba. Orientador: Marcio Adriano dos Santos Dias.

5.
Leila Medeiros Fernandes. O sentido do ser a partir do primado da existência em Martin Heidegger. 2002. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Filosofia da História) - Universidade Federal da Paraíba. Orientador: Marcio Adriano dos Santos Dias.

6.
Tânia Eulálio de Albuquerque Campos. A condição do Da-sein como um Ser-para-a-morte em Martin Heidegger. 2002. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Filosofia da História) - Universidade Federal da Paraíba. Orientador: Marcio Adriano dos Santos Dias.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Kaio Marcelo Soares Souza. Do Aborto e do Valor da Vida: Um Estudo Fenomenológico Sobre a Posição do Biólogo Quanto à Proteção da Vida. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Estadual da Paraíba. Orientador: Marcio Adriano dos Santos Dias.

2.
Priscila Limeira Malheiros. ?Lixo Arquivístico: Atuação Profissional Arquivista na Responsabilidade Socioambiental em Arquivos?. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Arquivologia) - Universidade Estadual da Paraíba. Orientador: Marcio Adriano dos Santos Dias.

3.
Jussara de Lourdes Ferreira Chaves. Ética global em Peter Singer e a Responsabilidade de proteger. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Relações Internacionais) - Universidade Estadual da Paraíba. Orientador: Marcio Adriano dos Santos Dias.

Iniciação científica
1.
Lisandra Caroline Araújo de Lima Teixeira. Uma analítica da modernidade e seus processos mundializantes sob ótica principal da crítica heideggeriana e a ?Queda? (Verfallen) do Ser na Factualidade.. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Relações Internacionais) - Universidade Estadual da Paraíba, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcio Adriano dos Santos Dias.

2.
Lisandra Caroline de Araújo Lima Teixeira. Uma Analítica da Modernidade e seus Processos Mundializantes sob a Ótica Principal da Crítica Heideggeriana e a "Queda" (Verfallen) do Ser na Facticidade. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Relações Internacionais) - Universidade Estadual da Paraíba, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcio Adriano dos Santos Dias.

3.
CINDY ARAÚJO CABRAL. Repercussões da mudança paradigmática sobre a justiça ao outro, de acordo com a proposta Transdisciplinar: O problema da paz positiva. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Relações Internacionais) - Universidade Estadual da Paraíba, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcio Adriano dos Santos Dias.

4.
Layane Marques de Souza. Resgate Ético da Memória da Cultura da Paz: uma possibilidade de fazer frente à naturalização da violência pelo paradigma da Alteridade (2013.2-2014.1). 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Arquivologia) - Universidade Estadual da Paraíba, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Marcio Adriano dos Santos Dias.

5.
Layane Marques de Souza. Resgate Ético da Memória da Cultura da Paz: uma possibilidade de fazer frente à naturalização da violência pelo paradigma da Alteridade (2-12.2-2013.1). 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Arquivologia) - Universidade Estadual da Paraíba, Universidade Estadual da Paraíba. Orientador: Marcio Adriano dos Santos Dias.

6.
Priscila Limeira Malheiros. Resgate Ético da Memória da Natureza na Cultura Ocidental. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Arquivologia) - Universidade Estadual da Paraíba, Universidade Estadual da Paraíba. Orientador: Marcio Adriano dos Santos Dias.

Orientações de outra natureza
1.
Delanney Vidal Di Maio Neto. Orientação de Monitoria em Introdução à Filosofia - 2016.1. 2016. Orientação de outra natureza. (Relações Internacionais) - Universidade Estadual da Paraíba. Orientador: Marcio Adriano dos Santos Dias.

2.
Otoniel Gonçalves de Lima. Orientação de Monitoria em Filosofia da Ciência - 2015.2. 2016. Orientação de outra natureza. (Ciências Biológicas) - Universidade Estadual da Paraíba. Orientador: Marcio Adriano dos Santos Dias.

3.
Otoniel Gonçalves de Lima. Orientação de Monitoria em Filosofia da Ciência - 2016.1. 2016. Orientação de outra natureza. (Ciências Biológicas) - Universidade Estadual da Paraíba. Orientador: Marcio Adriano dos Santos Dias.

4.
Cléber Ferreira de Lima. Orientação de Monitoria em História do Pensamento Filosófico-científico - 2016.2. 2016. Orientação de outra natureza. (Arquivologia) - Universidade Estadual da Paraíba. Orientador: Marcio Adriano dos Santos Dias.

5.
Lilian Maria da Silva Lira. Orientação de Monitoria Voluntária: "Curso Extensão em Filosofia Prática II" 2015-2016. 2016. Orientação de outra natureza. (Arquivologia) - Universidade Estadual da Paraíba. Orientador: Marcio Adriano dos Santos Dias.

6.
JOALYSON S. AMORIM. Orientação em Monitoria de Introdução à Filosofia 2015.1. 2015. Orientação de outra natureza. (Relações Internacionais) - Universidade Estadual da Paraíba. Orientador: Marcio Adriano dos Santos Dias.

7.
SAMARA PEREIRA DE OLIVEIRA. Orientação em Monitoria de Bioética (sem.2015.1). 2015. Orientação de outra natureza. (Biologia) - Universidade Estadual da Paraíba. Orientador: Marcio Adriano dos Santos Dias.

8.
Gregório Goldman Felipe dos Santos. ?Curso de Extensão em Filosofia Prática I? (2014.2-2015.1). 2015. Orientação de outra natureza. (Arquivologia) - Universidade Estadual da Paraíba. Orientador: Marcio Adriano dos Santos Dias.

9.
Joalyson da Silva Amorim. Orientação em Monitoria de Introdução à Filosofia - 2015.2. 2015. Orientação de outra natureza. (Relações Internacionais) - Universidade Estadual da Paraíba. Orientador: Marcio Adriano dos Santos Dias.

10.
Samara Pereira de Oliveira. Orientação de Monitoria em Bioética - 2015.2. 2015. Orientação de outra natureza. (Biologia) - Universidade Estadual da Paraíba. Orientador: Marcio Adriano dos Santos Dias.

11.
Delanney Vidal Di Maio Neto. Orientação de Monitoria em Introdução à Filosofia - 2015.2. 2015. Orientação de outra natureza. (Relações Internacionais) - Universidade Estadual da Paraíba. Orientador: Marcio Adriano dos Santos Dias.

12.
Ana Beatriz Mangueira. Monitoria em Introdução à Filosofia. 2014. Orientação de outra natureza. (Relações Internacionais) - Universidade Estadual da Paraíba, Universidade Estadual da Paraíba. Orientador: Marcio Adriano dos Santos Dias.

13.
Ignácio Evaristo de Monteiro Neto. Monitoria em Filosofia da Ciência e Bioética. 2014. Orientação de outra natureza. (Biologia) - Universidade Estadual da Paraíba. Orientador: Marcio Adriano dos Santos Dias.

14.
Samara Pereira de Oliveira. Monitoria em Filosofia da Ciência. 2014. Orientação de outra natureza. (Biologia) - Universidade Estadual da Paraíba. Orientador: Marcio Adriano dos Santos Dias.

15.
LISANDRA C. DE ARAÚJO. L. TEIXEIRA. Monitoria em Introdução à Filosofia. 2014. Orientação de outra natureza. (Relações Internacionais) - Universidade Estadual da Paraíba. Orientador: Marcio Adriano dos Santos Dias.

16.
Janaína Dayane da Guia Costa. Orientação de Aluno no Projeto de Extensão: ?Ética e Cultura de Paz da Alteridade diante dos desafios da violência na sociedade individualista? (2013.2-2014.1). 2014. Orientação de outra natureza. (Arquivologia) - Universidade Estadual da Paraíba. Orientador: Marcio Adriano dos Santos Dias.

17.
Jordy Lamarke de Sá Torres. Monitoria em Introdução à Filosofia. 2013. Orientação de outra natureza. (Relações Internacionais) - Universidade Estadual da Paraíba, Universidade Estadual da Paraíba. Orientador: Marcio Adriano dos Santos Dias.

18.
Nayara Leite Borges. Monitoria em Filosofia. 2013. Orientação de outra natureza. (Arquivologia) - Universidade Estadual da Paraíba, Universidade Estadual da Paraíba. Orientador: Marcio Adriano dos Santos Dias.

19.
Gilberto de Almeida Lima Filho. Resgate Ético da Cultura de Paz nas comunidades Cristo/Rangel: experiências das alteridades inter-humana e socioambiental. 2012. Orientação de outra natureza. (Bacharelado em Biologia) - Universidade Estadual da Paraíba, Universidade Estadual da Paraíba. Orientador: Marcio Adriano dos Santos Dias.

20.
Ítala Maria Bezerra da Silva Tavares. Educação para a ética e a cultura de Paz inter-humana e ambiental nas comunidades do Cristo Redentor e do Rangel - João Pessoa - PB. 2012. Orientação de outra natureza. (Bacharelado em Biologia) - Universidade Estadual da Paraíba, Universidade Estadual da Paraíba. Orientador: Marcio Adriano dos Santos Dias.

21.
Deisiane da Conceição Viana de Santana Valdevino. Ecosofia: A memória da natureza pelo viés filosófico-científico. 2011. Orientação de outra natureza. (Relações Internacionais) - Universidade Estadual da Paraíba, Universidade Estadual da Paraíba. Orientador: Marcio Adriano dos Santos Dias.



Inovação



Projetos de pesquisa

Projeto de extensão

Outros projetos


Educação e Popularização de C & T



Artigos
Artigos completos publicados em periódicos
1.
SANTOS DIAS, MARCIO ADRIANO DOS2013 SANTOS DIAS, MARCIO ADRIANO DOS. Hans Jonas: o problema do dualismo nihilista no pensamento filosófico-científico e a nova memória acerca da natureza em sua alteridade. Problemata, v. 04, p. 79-109, 2013.


Apresentações de Trabalho
1.
DIAS, MARCIO ADRIANO DOS SANTOS. ?Ética, Tecnociência e Sustentabilidade?. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
DIAS, MARCIO ADRIANO DOS SANTOS. Hans Jonas: O dualismo cientifico moderno e sua superação ética na civilização tecnocientífica'. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
DIAS, MARCIO ADRIANO DOS SANTOS. ?PESQUISA QUALITATIVA SOBRE O DESEMPENHO DOS ALUNOS DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO NA MODALIDADE A DISTÂNCIA DA DISCIPLINA: TRABALHO E SOCIEDADE?. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).


Desenvolvimento de material didático ou instrucional
1.
SANTOS DIAS, MARCIO ADRIANO DOS. Filosofia e Ética. 2014. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Programa de Introdução à Filosofia e Ética - Modo Prezi).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 14/12/2018 às 6:39:12