Odival Cezar Gasparotto

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/3463315442546204
  • Última atualização do currículo em 22/10/2018


Possui graduação em Ciências Biológicas Modalidade Médica pelo Centro Universitário Herminio Ometto de Araras (1980), mestrado em Ciências (Fisiologia Humana) pela Universidade de São Paulo (1986) e doutorado em Ciências (Fisiologia Humana) pela Universidade de São Paulo (1993). Atualmente é Professor Associado III da Universidade Federal de Santa Catarina, atuando no campo da neurometria e bio/neurofeedback em seres humanos. Tem experiência prévia na área de neurociência do comportamento, com ênfase na neurobiologia do estresse, neuroimunologia e orientação animal. Na eletrofisiologia, trabalhou com registro de atividade eletrofisiológica unitária extracelular do sistema nervoso central, em comportamento oculomotor, com experimentação animal. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Odival Cezar Gasparotto
Nome em citações bibliográficas
GASPAROTTO, O. C.;GASPAROTTO, O

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Biológicas, Departamento de Ciências Fisiológicas.
Laboratório de Fisiologia - Campus Universitário
Trindade
88040900 - Florianópolis, SC - Brasil
Telefone: (48) 37216171
Fax: (48) 3319672


Formação acadêmica/titulação


1986 - 1993
Doutorado em Ciências (Fisiologia Humana).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Caracterização da modulação telencefálica no núcleo da raiz óptica basal, Ano de obtenção: 1993.
Orientador: Luiz Roberto Giorgetti de Britto.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Palavras-chave: nistagmo optocinético; telencéfalo; sistema visual acessório; núcleo da raiz óptica basal.
Grande área: Ciências Biológicas
Setores de atividade: Outros Setores.
1983 - 1986
Mestrado em Ciências (Fisiologia Humana).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: Orientação inicial de pombos-correio: papel da bússola solar em diferentes condições geomagnéticas,Ano de Obtenção: 1986.
Orientador: Luiz Roberto Giorgetti de Britto.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Palavras-chave: pombos-correio; orientação animal; bússola solar; bússol magnética; campo magnético; equador magnético.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Zoologia / Subárea: Comportamento Animal / Especialidade: Orientação Animal.
Setores de atividade: Aeronáutica e Espaço; Outros Setores.
1977 - 1980
Graduação em Ciências Biológicas Modalidade Médica.
Centro Universitário Herminio Ometto de Araras, UNIARARAS, Brasil.


Pós-doutorado


1997 - 1998
Pós-Doutorado.
University Of Groningen, RUG, Holanda.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Grande área: Ciências Biológicas
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Zoologia / Subárea: Comportamento Animal / Especialidade: Neuroimunologia.
Grande Área: Ciências Biológicas / Área: Zoologia / Subárea: Comportamento Animal / Especialidade: Estresse.


Formação Complementar


2014 - 2014
BCIA Neurotheraty Certificate Program. (Carga horária: 36h).
Brain Science International, BSI, Estados Unidos.


Atuação Profissional



Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Vínculo institucional

1986 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Associado III, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

01/2004 - Atual
Direção e administração, Centro de Ciências Biológicas, .

Cargo ou função
Coordenador de Ensino do Depto. de Ciências Fisiológicas.
07/2003 - Atual
Direção e administração, Centro de Ciências Biológicas, .

Cargo ou função
Sub-Chefe do Depto. de Ciências Fisiológicas.
8/1986 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Biológicas, Departamento de Ciências Fisiológicas.

Linhas de pesquisa
Neurometria e neurofeedback
5/1993 - 06/2013
Ensino, Neurociências, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Neurobiologia do estresse
6/1996 - 3/1997
Direção e administração, Centro de Ciências Biológicas, Departamento de Ciências Fisiológicas.

Cargo ou função
Coordenador do Curso de Pós-Graduação em Neurociências.


Linhas de pesquisa


1.
Neurometria e neurofeedback

Objetivo: 1 - qEEG e neurometria em seres humanos e suas correlações com estados comportamentais. 2 - Aplicação das técnicas de biofeedback/neurofeedback como auxílio no tratamento de sintomas de estresse..
Grande área: Ciências Biológicas
Palavras-chave: qEEG; eletroencefalografia; eletrofisiologia; neurofeedback; neurometria.


Projetos de pesquisa


2013 - 2016
Avaliação da produção de ondas alfa em seres humanos acordados, com os olhos abertos e fechados, sem variação de luminosidade.
Descrição: O ritmo alfa é predominante em situação de repouso com os olhos fechados, sendo suprimido com a abertura dos olhos. Este efeito foi atribuído à estimulação visual também foi observado no escuro, sugerindo uma modulação independente da luminosidade, que se mostrou vinculada a estados atencionais. O presente projeto tem como objetivo investigar a contribuição da condição do olho e da luminosidade na modulação do ritmo individual de alfa. Os participantes (20) terão o EEG registrado em situação de repouso com os olhos abertos ou fechados em intervalos alternados de 30 segundos em um ambiente iluminado e na escuridão. Dois protocolos serão aplicados: no protcolo 01 o voluntário alternará a condição dos olhos com a luz acesa ou apagada; no protocolo 02 a condição da luz alternará entre a condição acesa e apagada com os olhos na condição aberto ou fechado. Os registros serão adquiridos em 20 canais posicionados de acordo com o Sistema Internacional 10-20. A desartefatagem, o pré-processamento, e a análise espectral e de conectividade (coerência e casualidade de Granger) serão realizados através do Matlab. A análise de amplitude (potência média) e frequência (Dominante e Gravidade) será baseada no pico individual de alfa (IAF), o qual será delimitado a partir do pico de maior potência no espectro dentro da faixa de 7.5 e 12.5 Hz durante a condição de olhos fechados no claro para cada canal. O mesmo será utilizado para estabelecer o IAF nas demais condições. Assim, esta análise individualizada contribuirá com uma maior precisão no papel modulador da condição do olho e da luminosidade no ritmo alfa do EEG..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Odival Cezar Gasparotto - Coordenador / BALDO M VC - Integrante / A R S SANTOS - Integrante / Jefferson Luiz Brum Marques - Integrante / Valdeci Foza - Integrante / Matheus Manguini Bertuzzo - Integrante.
Número de produções C, T & A: 1
2011 - 2013
Validação do modelo de instabilidade social como indutor de estresse psicossocial.
Descrição: O estresse psicossocial é comumente induzido na experimentação animal na forma de confrontos agonísticos, onde pelo menos dois indivíduos disputam uma hierarquia. Nossa proposta é verificar os efeitos decorrentes do conflito de interação agonística em animais expectadores do embate, que não têm contato direto com os animais combatentes, nos aspectos comportamentais (ansiedade), endócrino (medida de corticosterona) e potencial deletério ao sistema nervoso (prejuízos na atividade antioxidante em estruturas cerebrais)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Odival Cezar Gasparotto - Coordenador / Sonia Gonçalves Carobrez - Integrante / Paula Macedo - Integrante / Péricles Arruda Mitoso - Integrante.
2010 - 2012
Avaliação da influência do estresse na vida intra-uterina sobre a prole de camundongos suíços.
Descrição: As infeções durante a gravidez são fatores de risco para o desenvolvimento do feto e para o desenvolvimento de desordens de natureza psiquiátrica na vida adulta, tais como esquizofrenia, autismo, ansiedade e depressão. Crianças geradas em mães estressadas tendem a nascer prematuras, menores e com menor índice de APGAR. O estresse psicossocial durante a gravidez também ter sido correlacionado com deficiências tardias em crianças. Algumas delas desenvolvem doenças, retardo de crescimento e distúrbios como agressividade e hiperatividade. Os dados da literatura apontam resultados decorrentes do estresse psicossocial e imunológico em roedores durante a vida intra-uterina, que se assemelham aos decorrentes da exposição de seres humanos a estes estressores. Propomos que a exposição ao estresse psicológico de instabilidade social, de forte impacto em fêmeas de roedores, assim como a exposição ao estresse imunológico durante o período de gestação, são capazes de afetar os fetos em desenvolvimento, interferindo em suas capacidades adaptativas na vida adulta, modificando o metabolismo antioxidante e os comportamentos do tipo ansiedade e depressivo..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Odival Cezar Gasparotto - Coordenador / Sonia Gonçalves Carobrez - Integrante / Alcir Luiz Dafré - Integrante / Lucas Knies Debarba - Integrante.Número de orientações: 1
2008 - 2010
RELAÇÃO ENTRE O ESTRESSE DE NATUREZA PSICOGÊNICA E BIOLÓGICA NA ATIVAÇÃO DE MECANISMOS PRÓ E ANTI-OXIDANTES, MORTE CELULAR E NO APRENDIZADO.
Descrição: Em estudos anteriores avaliamos os efeitos da exposição ao estresse psicossocial (interação agonística) seguido da exposição a um estresse de natureza biológica, mediante a injeção de uma suspensão de hemácias de carneiro (antígeno T-dependente), na cinética da resposta imune humoral e no metabolismo oxidativo no Sistema Nervoso Central (SNC). Os resultados mostraram uma progressão diferente, tanto da ativação da resposta imune humoral como na média dos níveis de lipoperoxidação (TBARS), entre os grupos experimentais testados. Alterações nas enzimas antioxidantes foram observadas tanto nos camundongos expostos ao estresse psicossocial como nos animais estimulados com hemácias de carneiro. Estas alterações foram expressivas no quinto e sétimo dias de experimentação. Neste estudo, o metabolismo oxidativo foi avaliado no córtex cerebral. Considerando os resultados positivos iniciais obtidos no estudo acima descrito, nos propomos a complementá-lo investigando as alterações no metabolismo oxidativo no hipocampo de camundongos submetidos aos mesmos estímulos (estresse psicossocial e estresse biológico) em adição a um segundo estressor biológico que será testado neste estudo, com a injeção intraperitonial de LPS (antígeno T-independente). Dado a comunicação bidirecional existente entre o Sistema Nervoso Central e o Sistema Imune, e o conhecimento de que estímulos estressores afetam diferentemente as estruturas cerebrais, decidimos avaliar os prejuízos que a exposição a estes estressores utilizados em nosso modelo experimental induzem na função cerebral. Para isto, optamos por abordar as alterações no aprendizado e na memória espacial no labirinto radial, visto que a estrutura cerebral em foco, o hipocampo, é responsável por processos cognitivos e mnemônicos. Para complementar a abordagem faremos a marcação de corpos apoptóticos induzidos no hipocampo e avaliaremos sua possível correlação com o desempenho de aprendizado e os níveis da enzima de ação antioxidante glutationa redutase (GR)..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Odival Cezar Gasparotto - Coordenador / AL Dafré - Integrante / S G CAROBREZ - Integrante / Aline Danielle Bonjorno Prevedello - Integrante / Péricles Arruda Mitoso - Integrante / Marcus Vinicius Baldo - Integrante / Evelise Maria Nazari - Integrante / Yara Maria Rauh Muller - Integrante.Número de orientações: 1
2005 - 2007
Conseqüências do estresse sobre a cinética da resposta imune humoral e espécies reativas de oxigênio em camundongos suíços submetidos a interação psicossocial crônica.
Descrição: O estresse psicossocial assim como a ativação do sistema imune têm a capacidade de produzir espécies reativas de oxigênio, resultando em lesões teciduais. Nossos experimentos têm mostrado alterações comportamentais e imunológicas decorrentes da interação social, assim como a ativação do metabolismo antioxidante frente ao estresse de contenção física. Nossa proposta foi avaliar o poder de indução de dano celular no parênquima cerebral de camundongos submetidos ao estresse de interação social crônico por até 13 dias, avaliando a cinética desta possível ativação. Como o sistema imunológico também tem o potencial de indução de estresse oxidativo, nossa proposta foi avaliar também a cinética de seus efeitos em um desafio com hemácia de carneiro inoculada intraperitonialmente. Em virtude dos efeitos recíprocos entre os sistemas imune e neuroendócrino, a produção de espécies reativas de oxigênio foi avaliada em animais submetidos ao estresse psicossocial no período em que o sistema imune desenvolve a sua resposta humoral a uma inoculação intraperitonial com hemácia de carneiro. Neste estudo não foi observado alterações significativas na resposta imune primária à hemácia de carneiro entre os grupos testados, embora ao longo dos 13 dias o curso temporal de produção de IgG e IgM tenha sido diferente entre os grupos. A análise de TBARS mostrou um aumento da lipoperoxidação no quinto dia do experimento nos animais não inoculados com hemácia, tanto nos grupos estressados e não-estressados socialmente. Os animais submissos apresentaram aumento de TBARS no sétimo dia de experimentação e os dominantes no décimo terceiro dia. Nos animais injetados com hemácia e estressados socialmente os níveis de TBARS foram menores. O estresse psicosocial provocou de forma geral diminuição da atividade das enzimas com ação antioxidante. Esta parece ser a primeira evidência de efeitos do estresse social no metabolismo antioxidante no sistema nervoso central, que só foi possível de se obter com a abordagem cinética proposta..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Odival Cezar Gasparotto - Coordenador / Sonia Gonçalves Carobrez - Integrante / GONCALVES, L - Integrante / DAFRE, A - Integrante.Número de orientações: 1


Projetos de extensão


2017 - Atual
O cérebro e nossa maneira de ser.
Descrição: O funcionamento cerebral pode ser avaliado de diversas maneiras. Uma delas é pela análise do padrão eletroencefalográfico. Nas últimas décadas o desenvolvimento tecnológico tornou possível uma análise matemática da atividade eletroencefalográfica que identifica padrões de potência (sincronização), frequência, fase e conectividade de agrupamento de neurônios. Estes padrões são cada vez mais associados com estados comportamentais, distúrbios de humor, traços de personalidade, desempenho cognitivo e distúrbios psiquiátricos. Este projeto tem por objetivo: 1 - registrar a atividade eletroencefalográfica de indivíduos da população em geral e explicar individualmente a contribuição do seu padrão cerebral para a sua "forma de ser", conscientizando-o sobre as características que o padrão cerebral pode impingir em seu comportamento, emoção e bem estar. 2 - Registrar os parâmetros comportamentais com base na autopercepção de cada indivíduo, por meio da aplicação de formulários de avaliação psicológica de uso aberto e validade para a língua portuguesa, assim como parâmetros clínicos que o indivíduo possua por encaminhamento médico fora do projeto. 3 - Compilar os registros eletroencefalográficos, comportamentais e clínicos obtidos na população para apresentar em palestras realizadas na UFSC ou em comunidades carentes, discutindo as razões de nossos comportamentos e estado de saúde através de um olhar fisiológico, com ênfase na neurociência e atividade cerebral..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Odival Cezar Gasparotto - Coordenador / Matheus Mangini Bertuzzo - Integrante / Adriana Boschi Moreira - Integrante / Axel Fogaça Rosado - Integrante.
Número de produções C, T & A: 1
2017 - Atual
AUXÍLIO AO TRATAMENTO DOS SINTOMAS DE ESTRESSE PELA MODULAÇÃO DE PARÂMETROS FISIOLÓGICOS.
Descrição: Contexto: O neurofeedback se baseia na representação da atividade fisiológica de uma pessoa para que ela tome consciência desta atividade e possa alterá-la por meio do condicionamento operante. Quando indiretamente o indivíduo treinado roda um filme ou toca uma música ou qualquer periférico às custas do padrão fisiológico treinado, ele reforça uma forma diferente de operar com o seu organismo. Objetivo: Utilizar a técnica de biofeedback como assistência complementar no combate aos sintomas associados ao estresse. Material e métodos: Os indivíduos assistidos serão alunos e servidores da UFSC ou pessoas da comunidade externa.Critério de admissão: indivíduos encaminhados por profissionais do Hospital Universitário, SAPSI do Depto. de Psicologia, junta médica da UFSC ou qualquer outro órgão de saúde; indivíduos que se declararem estressados.Avaliações fisiológicas: serão feitas com base na EEG e ECG.Os protocolos foram desenvolvidos em nosso laboratório, em rotinas de MatLab-FieldTrip. A caracterização será sobre a potência absoluta e relativa, a frequência, conectividade e topografia. Os registros cardiológicos serão adquiridos e utilizados para treino de variabilidade cardíaca (HRV).Avaliação Psicológica e ou Clínica: Os indivíduos preencherão formulários de avaliação para estresse, depressão e ansiedade, de uso aberto e validados para a língua brasileira. Treinamento: As sessões de treinamento terão a duração de 60 a 90 minutos, executados pelo menos duas vezes por semana. O número de sessões será de 30 a 60, a serem definidas em função dos ganhos no bem estar dos indivíduos. Os treinamentos serão feitos com os olhos fechados (feedback sonoro com sons contínuos ou música), ou com os olhos abertos, onde a apresentação de barras pulsantes ou filmes podem ser utilizados.As avaliações e os treinamentos serão aplicados no Laboratório de Neurometria e Biofeedback. O espaço é suficiente e atende às necessidades do projeto. Os treinamentos de cada indivíduo serão feitos durante um semestre, após o que a vaga será transferida para outra pessoa no semestre seguinte. Isto representa o atendimento esperado de 7 a 8 pessoas por semestre. Os resultados das avaliações psicológicas e fisiológicas realizadas no início, depois de 50% dos treinamento e no final deles serão comparados para uma apreciação da eficácia da técnica. As pessoas atendidas receberão um relatório descrevendo os procedimentos e os resultados obtidos em todas as avaliações..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Odival Cezar Gasparotto - Coordenador / Matheus Mangini Bertuzzo - Integrante / Adriana Boschi Moreira - Integrante.
Número de produções C, T & A: 1
2016 - 2017
AUXÍLIO AO TRATAMENTO DOS SINTOMAS DE ESTRESSE PELA MODULAÇÃO DE PARÂMETROS FISIOLÓGICOS.
Descrição: O projeto tem como objetivo utilizar a técnica de biofeedback/neurofeedback como assistência complementar no combate aos sintomas associados ao estresse. Material e métodos Indivíduos assistidos Os indivíduos assistidos serão alunos e servidores da UFSC, assim como a comunidade em geral, com idade superior a 15 anos. Critério de admissão - indivíduos encaminhados por profissionais do Hospital Universitário, SAPSI do Depto. de Psicologia, junta médica da UFSC ou qualquer outro órgão de saúde. - indivíduos que se declararem estressados pelas relações no trabalho, desempenho escolar, nas relações interpessoais ou por morbidades associadas ao estresse. Avaliações Avaliação Fisiológica As avaliações fisiológicas serão feitas com base na atividade eletroencefalográfica (EEG) e atividade eletrocardiográfica (ECG). A EEG e o ECG serão registrados por um eletroencefalógrafo da Neurosoft (Neurospectrum 5) e as avaliações serão feitas utilizando protocolos desenvolvidos em nosso laboratório, baseados em rotinas de MatLab. Avaliação Psicológica e ou Clínica Os indivíduos assistidos terão suas avaliações psicológicas e/ou clínicas consideradas. Independente destas avaliações prévias feitas por psicólogos ou médicos, todos os indivíduos preencherão formulários de avaliação de estado percebido de uso aberto e validados para a língua portuguesa. Intervenção ou Treinamento A partir das avaliações serão elaborados protocolos na interface do programa Bioexplorer para uso durante os treinos. Cada indivíduo utilizará pelo um conjunto de protocolos específicos, cada um para cada intervenção, em sessões que durarão de 60 a 90 minutos, executados pelo menos duas vezes por semana. O número de semanas será de 20 a 60 sessões, a serem definidas em função dos ganhos no bem estar adquiridos. Durante as sessões de treinamento os indivíduos permanecerão sentados em uma cadeira, com os eletrodos posicionados nas áreas previamente escolhidas do escalpo, diante de um monitor. Os treinamentos serão feitos com os olhos fechados (feedback sonoro com sons contínuos ou música), ou com os olhos abertos; nesta condição a atenção será direcionada para barras ou vídeos que se modificaram em função do padrão cerebral avaliado. As avaliações e os treinamentos serão aplicados no Laboratório de Neurometria e Biofeedback, antigo Laboratório de Neurobiologia do Estresse..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Odival Cezar Gasparotto - Coordenador / Matheus Mangini Bertuzzo - Integrante.
Número de produções C, T & A: 1
2016 - 2017
Criação e manutenção de site didático: Portal LANEBI
Descrição: Disponibilizar um site na internet que possibilite a comunicação entre a comunidade em geral, profisisonais da área de neurometria/biofeedback e a neurociência de áreas afins. O conteúdo incluirá as atividades do Laboratório de Neurometria e Biofeedback e os serviços e informações importantes para: 1 - divulgação do Biofeedback e neurometria entre pessoas leigas e profissionais; 2 - informações da área de neurociência voltadas para a conscientização do público em questões de saúde envolvendo a neurociência 3 - despertar em crianças o interesse pelas áreas de neurociência e saúde. 4 - utilizar o portal como meio de divulgação dos serviços prestados pelo laboratório e para a divulgação dos projetos de pesquisa..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Odival Cezar Gasparotto - Coordenador / Matheus Mangini Bertuzzo - Integrante / Adriana Boschi Moreira - Integrante.
Número de produções C, T & A: 1
2016 - 2017
Cérebro nosso de cada dia.
Descrição: O projeto tem por objetivos: 1 - Registrar a atividade eletroencefalográfica de indivíduos da população em geral e explicar individualmente a contribuição do seu padrão cerebral para a sua 'forma de ser", conscientizando-o sobre as características que o padrão cerebral pode impingir em seu comportamento, emoção e bem estar. 2 - Registrar os parâmetros comportamentais com base na autopercepção de cada indivíduo, assim como parâmetros clínicos que o indivíduo possua por encaminhamento médico fora do projeto. 2 - Compilar os registros eletroencefalográficos, comportamentais e clínicos obtidos na população para apresentar em palestras realizadas na UFSC e em comunidades carentes, discutindo as razões de nossos comportamentos e estado de saúde através de um olhar fisiológico, com ênfase na neurociência e atividade cerebral..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Odival Cezar Gasparotto - Coordenador / Matheus Mangini Bertuzzo - Integrante / Adriana Boschi Moreira - Integrante.
Número de produções C, T & A: 1
2014 - 2016
NEUROFEEDBACK NO TRATAMENTO E PREVENÇÃO DO USO DE DROGAS.
Descrição: OBJETIVOS e METAS A SEREM ALCANÇADOS Geral Utilizar os protocolos de treinamento com neurofeedback para auxiliar no tratamento de usuários de drogas psicoativas, facilitando a superação das crises de abstinência e diminuindo aliviando os sintomas que induzem ao uso de drogas, ou as consequências do uso das mesmas. Específicos Utilizar os protocolos existentes para auxiliar no tratamento de usuários de drogas. Estabelecer uma rotina de acompanhamento e avaliação da recuperação do usuário de drogas com o médico que o assiste clinica e psicologicamente. Transferir o conhecimento e a metodologia para profissionais e programas de saúde com poder de incorporá-las no atendimento ao usuário de drogas..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2013 - 2015
AUXÍLIO AO TRATAMENTO DOS SINTOMAS DE ESTRESSE PELA MODULAÇÃO DE PARÂMETROS FISIOLÓGICOS.
Descrição: A exposição ao estresse pode induzir ansiedade, depressão e deficiências de atenção e na capacidade de memorização. Nossa proposta é dar assistência à comunidade, treinando os indivíduos a reconhecer e controlar parâmetros fisiológicos que passam contribuir para o alívio dos sintomas apontados como indesejáveis..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Odival Cezar Gasparotto - Coordenador / Bruna Roisenberg - Integrante.
2012 - 2013
AUXÍLIO AO TRATAMENTO DOS SINTOMAS DE ESTRESSE PELA MODULAÇÃO DE PARÂMETROS FISIOLÓGICOS
Descrição: Utilização da técnica de ?biofeedback? como assistência complementar no combate aos sintomas do estresse..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
2011 - 2012
AUXÍLIO AO TRATAMENTO DOS SINTOMAS DE ESTRESSE NO AMBIENTE ACADÊMICO DA UFSC PELA MODULAÇÃO DE PARÂMETROS FISIOLÓGICOS.
Descrição: Objetivo Utilização da técnica de ?biofeedback? como assistência complementar no combate aos sintomas do estresse em alunos e funcionários da Universidade Federal de Santa Catarina. Material e métodos Os indivíduos assistidos serão preferencialmente aqueles previamente avaliados pelos programas de assistência da UFSC, aos quais foi recomendado alguma intervenção por problemas de estresse ou de sintomas associados ao estresse. Também serão assistidos indivíduos da comunidade acadêmica que procurarem o nosso laboratório, e neste contexto, caso seja necessário uma avaliação psicológica ou médica os indivíduos serão encaminhados às instâncias com competência para tais condutas, para depois ser aplicado um programa de combate ao estresse. Os programas de treinamento dos parâmetros eletrofisiológicos serão prescritas com base nas queixas do indivíduo e nas recomendações das assistências média e/ou psicológicas recebidas. Vale ressaltar que as técnicas a serem utilizadas não são invasivas e nem faz uso de medicamentos, baseando-se no desenvolvimento da capacidade do indivíduo em aprender a controlar parâmetros fisiológicos relevantes para o enfrentamento ao estresse e aívio de seus sintomas. Avaliação Psicológica No caso do indivíduo que não possui avaliação psicológica prévia, a conduta será a sua condução ao Laboratório de Educação Cerebral, pertencente ao Depto. de Psicologia da Universidade Federal de Santa Catarina e Localizado no Centro de Desportos da UFSC, sob regência do Prof. Emílio Takasi, ou do suporte dos psicólogos do PRDHS/DDAS da UFSC, para uma avaliação preliminar, o que servirá de orientação para o programa de treinamento. Avaliação Fisiológica A avaliação fisiológica será feita através das medidas da condutância, da pele EEG, da temperatura, da pressão arterial, e dos padrões de frequência respiratória e cardíaca. Os parâmetros fisiológicos serão obtidos por meio de um sistema de aquisição (Nexus -10 com seus respectivos sensores) que digitaliza os sinais e permite a análise e prática do ?biofeedback?. Este aparelho será gentilmente cedido pelo Prof. Emília Takase para as nossas atividades durante o período de atividade do projeto. Além das avaliações, os treinamentos cardiovasculares, respiratórios e de condutância da pele também serão realizados com este aparelho. O treinamento da EEG, quando necessário, será realizado por meio de um aparelho da Pocket-neurobics (Pendant EEG), que permite mais flexibilidade e portabilidade nos treinamentos de EEG. Este aparelho está incluído na lista de solicitações deste projeto. Intervenção ou Treinamento As avaliações fisiológicas e os treinamentos serão realizados em uma sala de atendimento do Laboratório de Neurobiologia do Estresse, situado no Centro de Ciências Biológicas. Ao longo do treinamento novas avaliações serão realizadas e ajustes serão feitos nos procedimentos para aumentar a eficiência do treinamento e alcançar os objetivos pretendidos. O treinador ajustará os comandos e limiares para liberação dos estímulos reforçadores durante todos os períodos de treinamento, que terão duração de 45 minutos e ocorrerão duas a três vezes por semana, conforme a necessidade..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.


Revisor de periódico


2008 - Atual
Periódico: Physiology & Behavior
2012 - Atual
Periódico: Avances en Psicología Latinoamericana


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Fisiologia / Subárea: Fisiologia de Órgãos e Sistemas/Especialidade: Neurofisiologia.
2.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Zoologia / Subárea: Comportamento Animal/Especialidade: Neurobiologia do Estresse.
3.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Fisiologia / Subárea: Comportamento Humano.


Idiomas


Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Francês
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Pouco, Escreve Pouco.
Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Web of Science
Total de trabalhos:14
Total de citações:76
Fator H:6
Gasparotto O C  Data: 28/09/2007

SCOPUS

Artigos completos publicados em periódicos

1.
GONCALVES, L2008 GONCALVES, L ; DAFRE, A ; CAROBREZ, S ; GASPAROTTO, O . A temporal analysis of the relationships between social stress, humoral immune response and glutathione-related antioxidant defenses. Behavioural Brain Research, v. 192, p. 226-231, 2008.

2.
GASPAROTTO, O. C.;GASPAROTTO, O2007GASPAROTTO, O. C.; CAROBREZ, S. G. ; BOHUS, B. G. . Effects of LPS on the behavioural stress response of genetically selected aggressive and nonaggressive wild house mice.. Behavioural Brain Research, v. 183, p. 52-59, 2007.

3.
GHIZONI, D M2006 GHIZONI, D M ; ALVES, K C ; ARENT, A M ; MACHADO, C ; FARIA, M S ; PINTO, C M H ; GASPAROTTO, O. C. ; GONÇALVES, S ; DAFRE, A L . Alterations in glutathione levels of brain structures causad by acute restraint stress and by nitric oxide synthase inhibition but not by intraspecific agonistic interaction.. Behavioural Brain Research, Estados Unidos, v. 166, p. 71-77, 2006.

4.
GASPAROTTO, O. C.;GASPAROTTO, O2005GASPAROTTO, O. C.; LOPES, D M ; CAROBREZ, S G . Pair housing affects anxiety-like behavior induced by a social but not a physiological stressor in male Swiss mice. Physiology Behavior, EUA, v. 85, p. 603-612, 2005.

5.
GASPAROTTO, O. C.;GASPAROTTO, O2002GASPAROTTO, O. C.; IGNÁCIO, Z. M. ; LIN, K. ; CAROBREZ, S. G. . The effect of different psychological profiles and timings of stress exposure on humoral immune response.. Physiology and Behavior, Dinamarca, v. 76, n.2, p. 321-326, 2002.

6.
GASPAROTTO, O. C.;GASPAROTTO, O2002 GASPAROTTO, O. C.; BUWALDA, B. ; BOHUS, B. G. . Long term consequences of social stress on corticosterone and IL-1beta levels in endotoxin rats.. Physiology and Behavior, Dinamarca, v. 76, n.1, p. 99-105, 2002.

7.
GASPAROTTO, O. C.;GASPAROTTO, O1996 GASPAROTTO, O. C.; RANVAUD, R. ; BRITTO, L. . Backup compass mechanisms in pigeon orientation with the sun in the zenith. Brazilian Journal of Medical and Biological Research, Brasil, v. 29, p. 1341-1347, 1996.

8.
RANVAUD, R1991RANVAUD, R ; SCHMIDT-KOENIG, K. ; Ganzhorn, J. U. ; KIEPENHEUER, J. ; GASPAROTTO, O. C. ; BRITTO, L. R. G. . The initial orientation of homing pigeons at the magnetic equator: compass mechanisms and the effect of applied magnets.. Journal of Experimental Biology, v. 161, p. 299-314, 1991.

9.
SCHMIDT-KOENIG, K.1991SCHMIDT-KOENIG, K. ; RANVAUD, R ; Ganzhorn, J. U. ; GASPAROTTO, O. C. . Retardation of homing pigeon's ephemerides.. Naturwissenschaften, v. 78, p. 330-333, 1991.

10.
BRITTO, L. R. G.1990BRITTO, L. R. G. ; GASPAROTTO, O. C. ; HAMASSAKI, D. E. . Visual telencephalon modulates directional selectivity of accessory optic neurons in pigeons.. Visual Neuroscience, v. 4, p. 3-10, 1990.

11.
HAMASSAKI, D. E.1988HAMASSAKI, D. E. ; GASPAROTTO, O. C. ; NOGUEIRA, M. I. ; BRITTO, L. R. G. . Telencephalic and pretectal modulation of the directional selectivity of accessory optic neurons in the pigeon.. Brazilian Journal of Medical and Biological Research, v. 21, p. 649-652, 1988.

12.
RANVAUD, R1983RANVAUD, R ; SCHMIDT-KOENIG, K. ; KIEPENHEUER, J. ; GASPAROTTO, O. C. . Initial orientation of homing pigeons at the magnetic equator with and without sun compass.. Behavioral Ecology and Sociobiology, v. 14, p. 77-79, 1983.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
GASPAROTTO, O. C.; Marília Nardeli Siebewrt ; Mariana Coutinho Hennemann ; Carolina Marin Rocha Coelho ; Ninna Granucci ; Bruna Luiza da Silva ; Fabiana Coelho Mariano da Silva . Fisiologia Animal Comparada. 01. ed. Florianópolis: BIOLOGIA/EAD/UFSC, 2011. v. 01. 238p .

2.
GASPAROTTO, O. C.. Biofísica aplicada às ciências biológicas. 01. ed. Florianópolis: , 2008. v. 01. 58p .

Capítulos de livros publicados
1.
GASPAROTTO, O. C.; Bertuzzo, M. M. . Tato, termocepção e dor.. In: Rui Curi; Joaquim Procópio. (Org.). Fisiologia Básica. 2aed.Rio de janeiro: Guanabara Koogan, 2017, v. , p. 167-182.

2.
GASPAROTTO, O. C.; LEITE, L. D. ; PINTO, C M H ; FARIA, M S . Homeostasia e neurofisiologia.. In: Cristina Maria Henrique Pinto; Laura Difini Leite, Moacir Serralvo Faria. (Org.). Fisiologia Humana. Florianópolis: Editora de Universidade Federal de Santa Catarina, 2009, v. , p. 09-77.

3.
GASPAROTTO, O. C.. Somestesia e dor. In: Rui Curi e Joaquim Procópio. (Org.). Fisiologia Básica. 1aed.Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2009, v. , p. 206-225.

4.
RANVAUD, R ; SCHMIDT-KOENIG, K. ; KIEPENHEUER, J. ; GASPAROTTO, O. C. ; BRITTO, L. R. G. . Homing experiments with pigeons at the magnetic equator.. In: Maret, G.; Kiepenheuer, J.; Boccara, N.. (Org.). Biophysical effects of steady magnetic fields. : Springer Verlag, 1986, v. , p. 163-166.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
GONÇALVES, S ; LANG, L. ; LOPES, D. M. ; GASPAROTTO, O. C. . Efeitos da buspirona oral na resposta imune humoral de camundongos submetidos ao estresse psicossocial. In: XVIII Reunião Anual da FESBE, 2002, Salvador. Anais do Congresso, 2002. v. CD.

2.
RANVAUD, R ; SCHMIDT-KOENIG, K. ; KIEPENHEUER, J. ; GASPAROTTO, O. C. ; BRITTO, L. R. G. . Compass mechanisms of homing pigeons at the magnetic equator.. In: XIX Congressus Internationalis Ornithologicus, 1986, Ottawa, 1986.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
Bertuzzo, M. M. ; SANTOS, A. R. S. ; Baldo, M. V. ; MARQUES, J. L. B. ; FOZA, V. ; GASPAROTTO, O. C. . Modulação da potência média de alfa pela condição da luz e dos olhos: análise através da Frequência Individual de Alfa (IAF).. In: 2a Conferência Brasileira de Biofeedback, 2015, Porto Alegre. Neurofeedback. Ciência Aplicada na Saúde, Educação e Desempenho, 2015. p. 18-18.

2.
GASPAROTTO, O. C.; GONÇALVES, Luciane da Silva ; CAROBREZ, S. G. ; DAFRE, A. L. . A temporal analysis of the relationships between social steress, humoral immune response and glutathione-related antioxidant defenses.. In: XXIII Reunião Anual da Federação de Sociedades de Biologia Experimental, 2008, Águas de Lindóia. Programa XIII Reunião Anual da FeSBE, 2008.

3.
Martins, D F ; GASPAROTTO, O. C. . Cetanserina administrada intratecalmente reverte efeito antinociceptivo induzido pelo estresse de interação social no modelo de dor inflamatória em camundongos.. In: 40o Congresso Brasileiro de Farmacologia e Terapêutica Experimental., 2008, Águas de Lindóia. Anais do 40o Congresso Brasileiro de Farmacologia e Terapêutica Experimental., 2008. v. 99. p. 99-99.

4.
KOWALSKI, M A ; ZREIK, M ; CAROBREZ, S G ; GASPAROTTO, O. C. . Effects of buspirone on anxiety and humoral immune response of stresses Swiss mice.. In: I CONGRESSO IBEROAMERICANO DE NEUROIMUNOMODULAÇÃO, 2005, Rio de Janeiro. Cadernos resumos, 2005.

5.
ZEREIK, M ; KOWALSKI, M P ; GASPAROTTO, O. C. ; CAROBREZ, S G . Long-term effects of buspirone on delayed-type hypersensitivity (DTH) response in socially stressed mice. In: I CONGRESSO IBEROAMERICANO DE NEUROIMUNOMODULAÇÃO, 2005, Rio de Janeiro. Cadernos de resumos, 2005.

6.
MACHADO, D G ; SOETHE, D N ; SANTOS, A R S ; PEREIRA, A M ; GASPAROTTO, O. C. . Efeito do estresse agudo e crônico na resposta nociceptiva em camundongos. In: XXXVI CONGRESSO BRASILEIRO DE FARMACOLOGIA E TERAPÊUTICA EXPERIMENTAL, 2004, Ãguas de Lindóia. Cadernos de resumos, 2004.

7.
MACHADO, D G ; SOETHE, D N ; PEREIRA, A M ; SANTOS, A R S ; GASPAROTTO, O. C. . Participação do sistema serotonérgico e glutamatérgico na antinocepção causada pelo buspirona em camundongos.. In: XXXVI CONGRESSO BRASILEIRO DE FARMACOLOGIA E TERAPÊUTICA EXPERIMENTAL, 2004, Águas de Lindóia. Cadernos de resumos, 2004.

8.
KOWALSKI, M. P. ; TOMASELLI, P. J. ; GASPAROTTO, O. C. ; LOPES, D. M. ; GONÇALVES, S . Análise da ansiedade pelo teste por enriquecimento ambienta, teste U, em animais submetidos ao estresse de interação social.. In: XXI Encontro Anual de Etologia e III Simopósio de Ecologia Comportamental e de Interações., 2003, Uberlândia. Anais, 2003.

9.
KOWALSKI, M. P. ; LOPES, D. M. ; TOMASELLI, P. J. ; GONÇALVES, S ; GASPAROTTO, O. C. . Efeito do Suporte social na resposta imune humoral e na ansiedade de camundongos expostos ao estresse psicossocial.. In: XXI Encontro \Anual de Etologia e III Simpósio de Ecologia Comportamental e de Interações, 2003, Uberlândia. Anais, 2003.

10.
GASPAROTTO, O. C.; MACHADO, D. G. ; SANTOS, A. R. S. ; PEREIRA, A. M. . Estudos Preliminares dos efeitos do estresse agudo e crônico na resposta nociceptiva em camundongos.. In: XXI Encontro Anual de Etologia e III Simpósio de Ecologia Comportamental e de interações., 2003, Uberlândia. Anais, 2003.

11.
GASPAROTTO, O. C.; TOMASELLI, P. J. ; KOWALSKI, M. P. ; LOPES, D. M. ; GONÇALVES, S . Proposta de medida da ansiedade por enriquecimento ambiental - teste U.. In: XXI Encontro Anual de Etologia e III Simpósio de Ecologia Comportamental e de Interações, 2003, Uberlândia. Anais, 2003.

12.
RAMOS, G. C. ; TOMASELLI, P. J. ; PEREIRA, A. M. ; BENEDETTI, A. ; GASPAROTTO, O. C. ; SANTOS, A. R. S. ; NICOLAU, M. ; GONÇALVES, S . Preliminary studies of the anti-septic shock effects of Diacerhein.. In: XXVII Meeting of the Brazilian Society of Immunology, 2003, Mangaratiba. Anais, 2003.

13.
GONÇALVES, S. ; LANG, L. ; LOPES, D. M. ; GASPAROTTO, O. C. . Efeitos do propanolol na resposta imune humoral de camundongos submetidos ao estresse psicossocial. In: XVII Reunião Anual da FeSBE, 2002, Salvador. Anais do Congresso, 2002. v. CD.

14.
GASPAROTTO, O. C.; GONÇALVES, S ; LANG, L. ; CARDOSO, P. M. . Efeitos do propanolol no nível de ansiedade de camundongos submetidos ao estresse psicossocial e ao desafio imunológico. In: XVII Reunião Anual da FESBE, 2002, Salvador. Anais do Congresso, 2002. v. CD.

15.
GASPAROTTO, O. C.; LOPES, D. M. ; LANG, L. ; CARDOSO, P. M. ; GONÇALVES, S . Estudos preliminares do efeito da buspirona no nível de ansiedade de camundongos submetidos ao estresse psicossocial e ao desafio imunológico. In: XVII Reunião Anual da FeSBE, 2002, Salvador. Anais do Congresso, 2002. v. CD.

16.
GONÇALVEZ, S. ; IGNÁCIO, Z. M. ; GASPAROTTO, O. C. ; machado,c. . The effect of different psychological profiles and timings of stress exposure on humoral immune response.. In: XXVI Meeting of the Brazilian Society of Immunology, 2001, Campos do Jordão, 2001.

17.
GASPAROTTO, O. C.; OECHSLER, R. ; SANTOS, M. R. F. ; GONÇALVEZ, S. . The modulatory effects of psychosocial stress and immune challenge in the anxiety of mice.. In: XXVI Meeting of the Brazilian Society of Immunology, 2001, Campos do Jordão, 2001.

18.
GONÇALVES, S. ; GASPAROTTO, O. C. ; BOHUS, B.C.J. . Effects of psychosocial stress on plasma IL-1beta release in rats challenged with LPS.. In: XXV Meeting of the Brazilian Society of Immunology, 2000, Florianópolis, 2000.

19.
GHIZONI, D. M. ; ALVES, K. ; MACHADO, C ; GASPAROTTO, O. C. ; GONÇALVES, S. ; DAFRÉ, A. . Camundongos submetidos a desafio imunológico e interaçáo agonística tem seus níveis de enzimas antioxidantes alterados.. In: XV Reunião Anual da FeSBE, 2000, Caxambú, 2000.

20.
GONÇALVES, S. ; GASPAROTTO, O. C. ; BOHUS, B. . Estudos preliminares sobre a bidirecionalidade existente entre o sistema imune e o sistema nervoso central. In: XIV Reunião Anual da FESBE, 1999, Caxambu. Anais da XIV ReuniãoAnual da FESBE, 1999.

21.
GASPAROTTO, O. C.; GONÇALVES, S. ; BOHUS, B. . Efeito do LPS no comportamento de camundongos selvagens agressivos e não agressivos frente a um estímulo escapável. In: XIV Reunião Anual da FESBE, 1999, Caxambu. Anais da XIV Reunião Anual da FESBE, 1999.

22.
IGNÁCIO, Z. ; LIN, K. ; GASPAROTTO, O. C. ; GONÇALVES, S. . Efeito do estresse de interação social e do nível de ansiedade na resposta imunológica. In: XIV Reunião Anual da FESBE, 1999, Caxambu. Anais da XIV Reunião Anual da FESBE.

23.
GHIZONI, D. ; ALVES, K. ; MACHADO, C ; ARENT, A. ; PINTO, C. ; GASPAROTTO, O. C. ; GONÇALVES, S ; DAFRÉ, A. . Glutathione status in mice after recurrent agonistic interactions. In: First Meeting of South American Group for free radical research, 1999, Florianópolis. Proceedings of the First Meeting of South American Group for free radical research, 1999.

24.
GONÇALVES, S. ; GASPAROTTO, O. C. ; BOHUS, B. . Effect of depression on plasma IL1-B release in rats challenged with LPS.. In: XXIV Meeting of the Brazilian Society of Immunology, 1999, Águas de Lindóida, 1999.

25.
CAROBREZ, S. G. ; GASPAROTTO, O. C. ; BOHUS, B. . Sensitization to LPS after social stress in rats. In: XXVIII Annual meeting of Society for Neuroscience, 1998, Los Angeles. Annals of the XXVIII Annual Meeting of Society for Neuroscience, 1998.

26.
GASPAROTTO, O. C.; LIN, K. ; GONÇALVES, S. . Dominance and subordination. Effects on the elevated plus maze test and imunodepression. In: First International Workshop of Stress, Mood and Behavior, 1996, Porto Alegre. Anais do First International Meeting of Stress, Mood and Behavior, 1996.

27.
CAROBREZ, S. G. ; CAMPOS, F. ; GASPAROTTO, O. C. . Psychosocial interaction as modulator of immune response. In: First International Workshop of Stress, Mood and Behavior, 1996, Porto Alegre. Anais do First International Meeting of Stress, Mood and Behavior, 1996.

28.
RANVAUD, R. ; GASPAROTTO, O. C. ; BRITTO, L. . Campos magnéticos e anomalias da bússola solar na orientaçào de pombos-correio.. In: XI Reunião Anual da FESBE, 1996, Caxambu. Anais da XI Reunião Anual da FESBE, 1996.

29.
GONÇALVES, S. ; LIN, K. ; DAY, A. ; GASPAROTTO, O. C. . Effect of different time exposure to stress on immune response.. In: XI Reunião Anual da FESBE, 1996, Caxambu. Anais da XI Reunião Anual da FESBE, 1996.

30.
SCHEFFER, M. ; GASPAROTTO, O. C. . Caracterização eletrofisiológica dos neurônios do sistema óptico acessório (SOA) de pombos que interagem com o cerebelo vestibular.. In: X Reunião Anual da FESBE, 1995, Serra Negra. Anais da X Reunião Anual da FESBE, 1995.

31.
CAMPOS, F. ; CAROBREZ, S. G. ; PINTO, C. ; GASPAROTTO, O. C. . Efeitos da interação agonística recorrente entre camundongos na resposta imune humoral. In: X Reunião da FESBE, 1995, Serra Negra. Anais da X ReuniÃo Anual da FESBE, 1995.

32.
CAMPOS, F. ; CAROBREZ, S. G. ; PINTO, C. ; GASPAROTTO, O. C. . Efeitos da interação agonística na atividade do sistema imunológico. In: Seminário Catarinense de Iniciação Científica, 1995, Florianópolis. Anais do Seminário Catarinense de Iniciação Científica, 1995. p. 153-154.

33.
GASPAROTTO, O. C.; TOLEDO, C. A. B. ; BALDO, M. V.C. . Análise da atividade espontânea e provocada de neurônios do sistema óptico acessório de pombos.. In: VIII Reunião Anual da FESBE, 1993, Caxambu, 1993.

34.
GASPAROTTO, O. C.. Modulação da atividade do sistema óptico acessório de pombos pelo telencéfalo visual.. In: VIII Reunião Anual da FESBE, 1993, Caxambú, 1993.

35.
GASPAROTTO, O. C.; ARDIGAS, J. D. ; SANDIN, G. R . Sistema para aquisição de atividade eletrofisiológica em computadores IBM compatíveis sem modificação do hardware.. In: VII Reunião Anual da FESBE, 1992, Caxambú, 1992.

36.
GASPAROTTO, O. C.; HAMASSAKI-BRITTO, D. E. ; BRITTO, L. R. G. . Influência do telencéfalo visual na atividade do núcleo óptico acessório.. In: VII Reunião Anual da FESBE, 1992, Caxambú, 1992.

37.
GASPAROTTO, O. C.; BANCE, M. ; TOMLINSON, R. D . Padrão de atividade neuronal e movimentos sacádicos em macacos Rhesus.. In: IV Reunião Anual da FESBE, 1989, Caxambú, 1989.

38.
GASPAROTTO, O. C.. Atividade do núcleo da raíz óptica basal sob influência da rotação da cabeça em pombos (Columba livia).. In: IV Reunião Anual da FESBE, 1989, Caxambú, 1989.

39.
GASPAROTTO, O. C.; RANVAUD, R ; BRITTO, L. R. G. . A participação de estímulos magnéticos na orientação de pombos-correio.. In: IV Reunião Anual da FESBE, 1989, Caxambú, 1989.

40.
BRITTO, L. R. G. ; HAMASSAKI, D. E. ; GASPAROTTO, O. C. . The visual Wulst modulates the directional selectivity of accessory optic units in the pigeon.. In: Congresso da Sociedade de Neurosciëncia, 1988, Toronto, 1988.

41.
HAMASSAKI, D. E. ; GASPAROTTO, O. C. ; NOGUEIRA, M. I. ; BRITTO, L. R. G. . Modulação telencefálica e pré-tectal da seletividade direcional dos neurônios do sistema óptico acessório do pombo.. In: III Reunião Anual da FESBE, 1988, Caxambú, 1988.

42.
GASPAROTTO, O. C.; BRITTO, L. R. G. ; RANVAUD, R . Detecção de campos magnéticos por pombos-correio. Estudos eletrofisiológicos.. In: II Reunião Anual da FESBE, 1987, 1987.

43.
RANVAUD, R ; SCHMIDT-KOENIG, K. ; KIEPENHEUER, J. ; GASPAROTTO, O. C. ; BRITTO, L. R. G. . Homing experiments with pigeons at the magnetic equator.. In: Symposium: Biophysical Effects of Steady Magnetic Fields, 1986, Les Houches, 1986.

44.
RANVAUD, R ; GASPAROTTO, O. C. ; BRITTO, L. R. G. ; SCHMIDT-KOENIG, K. ; DOBLE, G. . O efeito de ímãs na orientação de pombos-correio perto do equador magnético.. In: 37 Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, 1985, 1985.

45.
GASPAROTTO, O. C.; BRITTO, L. R. G. ; RANVAUD, R . Influência de cidades na orientação inicial de pombos-correio.. In: 36 Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, 1984, 1984.

46.
RANVAUD, R ; BRITTO, L. R. G. ; GASPAROTTO, O. C. ; SCHMIDT-KOENIG, K. ; KIEPENHEUER, J. . O efeito da defasagem do relógio biológico na orientação de pombos-correio perto do equador magnético.. In: 36 Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, 1984, 1984.

47.
RANVAUD, R ; BRITTO, L. R. G. ; GASPAROTTO, O. C. ; SCHMIDT-KOENIG, K. ; KIEPENHEUER, J. . Remoção da variável temporal na bússola solar de pombos-correio.. In: XIX Congresso da Sociedade Brasileira de Fisiologia, 1984, 1984.

48.
RANVAUD, R ; GASPAROTTO, O. C. ; SCHMIDT-KOENIG, K. ; KIEPENHEUER, J. . A orientação inicial de pombos-correio no equador magnético, com e sem bússola solar.. In: 35 Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, 1983, 1983.

49.
RANVAUD, R ; GASPAROTTO, O. C. ; BRITTO, L. R. G. ; SCHMIDT-KOENIG, K. ; KIEPENHEUER, J. . A orientação inicial de pombos-correio com o sol perto do zênite.. In: XVIII Congresso da Sociedade Brasileira de Fisiologia, 1983, 1983.

50.
MOREIRA, M. Z. ; GASPAROTTO, O. C. ; BRITTO, L. R. G. . Generalização inter-hemisférica da habituação em pombos.. In: 34 Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, 1982, 1982.

51.
MOREIRA, M. Z. ; GASPAROTTO, O. C. ; BRITTO, L. R. G. . Sensory processing during tonic immobility in pigeons.. In: XVI Congresso da Sociedade Brasileira de Fisiologia, 1982, 1982.

52.
GASPAROTTO, O. C.; BRITTO, L. R. G. ; RANVAUD, R . Orientation of homining pigeons with the sun near the Zenith.. In: XVI Congresso da Sociedade Brasileira de Fisiologia, 1982, 1982.

Apresentações de Trabalho
1.
GASPAROTTO, O. C.. Dinâmica temporal do padrão cerebral e sua relação com os comportamentos.. 2018. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

2.
GASPAROTTO, O. C.; Bertuzzo, M. M. ; Machado, A. E. ; MOREIRA, A. B. . O que é neurofeedback?. 2018. (Apresentação de Trabalho/Outra).

3.
GASPAROTTO, O. C.; Bertuzzo, M. M. ; MOREIRA, A. B. . NEUROFEEDBACK PARA REDUÇÃO DE SINTOMAS DE ANSIEDADE: UM ESTUDO DE CASO.. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
GASPAROTTO, O. C.. Da avaliação ao treinamento com Neurofeedback: aproximando a pesquisa e a prática clínica. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

5.
GASPAROTTO, O. C.. Apresentação do projeto de extensão em andamento.. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

6.
GASPAROTTO, O. C.; Bertuzzo, M. M. ; Baldo, M. V. ; MARQUES, J. L. B. ; FOZA, V. ; DAVILA, L. . Mean power and dominant alpha frequency modulation by light and eye conditions in humans.. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

7.
BERTUZZO, M. M. ; SANTOS, A. R. S. ; Baldo, M. V. ; MARQUES, J. L. B. ; FOZA, V. ; GASPAROTTO, O. C. . MODULAÇÃO DA POTÊNCIA MÉDIA DE ALFA PELA CONDIÇÃO DA LUZ E DOS OLHOS: ANÁLISE ATRAVÉS DA FREQUÊNCIA INDIVIDUAL DE ALFA (IAF). 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
Debarba L K ; CAROBREZ, S G ; MITOSO, P. A. ; GONZALES, R. P. ; KONELL, C. ; BARCELLOS, P. ; DAFRE, A L ; GASPAROTTO, O. C. . Estudos preliminares sobre a exposição pré-natal de camundongos ao LPS e subsequente alterações no comportamento do tipo-ansiedade e atividade da glutationa redutase após o desafio com LPS na vida adulta.. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

9.
Debarba L K ; CAROBREZ, S. G. ; MITOSO, P. A. ; GONZALES, R. P. ; KONELL, C. ; BARCELLOS, P. ; DAFRE, A. L. ; GASPAROTTO, O. C. . Avaliação do comportamento do tipo-ansiedade e da atividade da glutationa redutase na prolle adulta de camundongos nascidos de fêmeas injetadas com LPS.. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

10.
Debarba L K ; MITOSO, P. A. ; BARCELLOS, P. ; KONELL, C. ; MACEDO, P. ; DAFRE, A. L. ; CAROBREZ, S. G. ; GASPAROTTO, O. C. . Influência do estresse na vida intra uterina na prole adulta de camundongos suíços.. 2011. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

11.
Debarba L K ; CAROBREZ, S. G. ; MITOSO, P. A. ; GONZALES, R. P. ; KONELL, C. ; BARCELLOS, P. ; GASPAROTTO, O. C. . Estudos preliminares sobre o efeito do midazolan na fase adulta de camundongos suíços expostos a diferentes estressores no período intra-uterino.. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).


Produção técnica
Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
GASPAROTTO, O. C.. Entrevista para o programa de TV 'Identidade Geral'. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
GASPAROTTO, O. C.. Entrevista para a Reportagem da TV Record - RIC MAIS - 'Acidentes no Túnel Antonieta de Barros Levanta Discussão'. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
GASPAROTTO, O. C.; Bertuzzo, M. M. . Divulgação do laboratório e do Portal LANEBI em rede social (Espaço Aprender) de matéria publicada no site Click RBS,. 2016. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

4.
GASPAROTTO, O. C.. Aplicabilidade clínica do treinamento de Alfa. Estudo de caso: FB. 2016. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

Redes sociais, websites e blogs
1.
GASPAROTTO, O. C.. Resenha de livro: Armadilhas da mente humana.. 2018; Tema: Resenha sobre o livro "Isto é coisa da sua cabeça: Histórias verdadeiras de doenças imaginárias", de Suzanne O'Sullivan, onde são abordados casos clínicos de pacientes com transtornos psicossomáticos e somatoformes.. (Site).

2.
GASPAROTTO, O. C.; MOREIRA, A. B. ; Bertuzzo, M. M. . Portal LANEBI. 2016; Tema: Site para divulgação das atividades do Laboratório de Neurometria e Biofeedback, divulgar conteúdo de biofeedback e neurociência, assim como estabelecer comunicação com a população para participação de eventos e projetos do laboratório.. (Site).


Demais tipos de produção técnica
1.
BERTUZZO, M. M. ; Machado, A. E. ; GASPAROTTO, O. C. ; MOREIRA, A. B. . Introdução à Neurometria e ao Neurofeedback.. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
BERTUZZO, M. M. ; MOREIRA, A. B. ; GASPAROTTO, O. C. ; Machado, A. E. . O que é neurofeedback?. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
GASPAROTTO, O. C.; Bertuzzo, M. M. ; MOREIRA, A. B. . Treinando o cérebro com neurofeedback: teoria e prática. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

4.
GASPAROTTO, O. C.; Bertuzzo, M. M. . 'Alimentando' um cérebro saudável.. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
Provedello, A D B; GASPAROTTO, O. C.. Participação em banca de Aline Danielle Bonjorno Prevedello. Influência do estresse de natureza psicossocial e biológica na indução de estresse oxidativo, danos celulares e alterações comportamentais.. 2009. Dissertação (Mestrado em Neurociências) - Universidade Federal de Santa Catarina.

2.
Hoeller, A A; GASPAROTTO, O. C.. Participação em banca de Alexandre Ademar Hoeller. Efeitos da administração sistêmica de 5-HT e 8-OH-DPAT sobre os estados de vigília e sono de pombos (Columba livia).. 2009. Dissertação (Mestrado em Neurociências) - Universidade Federal de Santa Catarina.

3.
GONÇALVES, Luciane da Silva; CAROBREZ, S. G.; DAFRE, A L. Participação em banca de Luciane da Silva Gonçalves. CONSEQUÊNCIAS DO ESTRESSE PSICOSSOCIAL NA RESPOSTA IMUNE HUMORAL E NA DEFESA ANTIOXIDANTE DE CAMUNDONGOS SUÍÇOS. 2007. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós Graduação em Neurociência) - Universidade Federal de Santa Catarina.

4.
Tessari, C S; GASPAROTTO, O. C.. Participação em banca de Carla Stnchack Tessari. Efeito da exposição sub-crônica de camundongos Balb/C ao herbicida Glifosato-Biocarb sôbre parâmetros imunológicos e comportamentais.. 2006. Dissertação (Mestrado em Neurociências) - Universidade Federal de Santa Catarina.

5.
GASPAROTTO, O. C.. Participação em banca de Juliana Dexheimer. Influência dos hormônios gonadais na sensibilidade à dor no teste de formalina em ratos cstradosÇ diferenças sexuais no limiar nociceptivo e na analgesia por opióides u e K.. 2002. Dissertação (Mestrado em Neurociências) - Universidade Federal de Santa Catarina.

6.
GASPAROTTO, O. C.. Participação em banca de Maria Luiza Cleto Dal-Cól. Influência da duração da primeira exposição ao labirinto em cruz elevado no aumento de esquiva dos braços abertos e efeito do Midazolam na segunda exposição. 2002. Dissertação (Mestrado em Neurociências) - Universidade Federal de Santa Catarina.

7.
GASPAROTTO, O. C.. Participação em banca de Cladis Loren Kiefer. Sensibilidade auditiva de neurônios mesencefálicos em pompos (Columba lívia). 1999. Dissertação (Mestrado em Neurociências) - Universidade Federal de Santa Catarina.

8.
GASPAROTTO, O. C.. Participação em banca de Zuleide Maria Ignácio. Efeitos do estresse psicossocial sobre a resposta imune humoral e a correlação com o estado de ansiedade em camundongos. 1999. Dissertação (Mestrado em Neurociências) - Universidade Federal de Santa Catarina.

9.
GASPAROTTO, O. C.; BARRETO, J. M.; AZEVEDO, F. M.; NIEVOLA, J. C.. Participação em banca de Maria Aparecida Fernandes Almeida. Filtragem Digital de Sinais Biomédicos. 1997. Dissertação (Mestrado em Engenharia Elétrica) - Universidade Federal de Santa Catarina.

Teses de doutorado
1.
TROFINO NETO, A.; MARQUES, J. L. B.; GASPAROTTO, O. C.; SILVEIRA, H. B.. Participação em banca de Rafael Mendes Duarte. Low cost brain computer interface sytem for AR. drone control. 2017. Tese (Doutorado em Engenharia de Automação e Sistemas) - Universidade Federal de Santa Catarina.

2.
Dias, A. M.; LACERDA, A. L. T.; FREGNI, F.; GASPAROTTO, O. C.; CUNHA, P. J.. Participação em banca de July Silveira Gomes. Tratamentos não-farmacológicos em esquizofrenia: estimulação elétrica cerebral e autorregulação por perfusão sanguínea.. 2017. Tese (Doutorado em Psiquiatria e Psicologia Médica) - Universidade Federal de São Paulo.

3.
TAKASE, E.; GASPAROTTO, O. Participação em banca de Pedro Paulo Mendes Sbissa. Efeito da respiração controlada e da meditação mindfulness sobre a variabilidade da frequência cardíaca. 2014. Tese (Doutorado em Psicologia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

4.
GASPAROTTO, O. C.. Participação em banca de José Gustavo Marques. Fisiologia e Biofísica. 2001. Tese (Doutorado em Cèncias Biomédicas) - Universidade de São Paulo.

5.
GASPAROTTO, O. C.; MARINO NETO, J.; FERRARI, E. A. M.; PASCHOALINI, M. A.; SILVA JÚNIOR, B. A.. Participação em banca de Rafael Bruno Neto. Análise Eletroscilográfica de Distritos Telencefálicos em Pombos (Columba livia), em diferentes estados comportamentais.. 1996. Tese (Doutorado em Neurociências) - Universidade Federal de Santa Catarina.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
GASPAROTTO, O. C.. Participação em banca de Darlan da Silva Bazilio.Efeitos da falha ovariana induzida quimicamente com 4-vinilciclohexano diepóxido em ratas: avaliação de reflexos cardiovasculares.. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Santa Catarina.

2.
GASPAROTTO, O. C.; GONÇALVES, S; RAMOS, A. A.; SANTOS, A. R. S.. Participação em banca de Mariana Peixoto Kowalski.Efeito da buspirona na ansiedade e na resposta imune humoral de camundongos submetidos ao estresse psicossocial e a um estímulo imunogênico.. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Santa Catarina.

3.
GASPAROTTO, O. C.; GONÇALVES, S; TERENZI, M. G.; SANTOS, A. R. S.. Participação em banca de Michele Zreik.Efeitos da buspirona na resposta adaptativa ao estresse psicossocial em camundongos: implicações na resposta imune celular.. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Santa Catarina.

4.
GASPAROTTO, O. C.; NICOLAU, M.; GABILAN, N.; DAFRÉ, A.. Participação em banca de Cristiane Felisbino Silva.Efeito da dotarizina e da flunarizina no extravasamento plasmático induzido pela bradicinina no sistema nervoso central e dura-máter de ratos.. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Santa Catarina.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
GASPAROTTO, O. C.. Participantes do V Seminário Catarinense de Iniciação Científica. 1995. Universidade Federal de Santa Catarina.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
17a Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFSC.O que é neurofeedback?. 2018. (Outra).

2.
V Congresso Regional de Psicologia: Neurociências, Políticas Públicas e Desenvolvimento Humano na Contemporaneidade.. Introdução à Neurometria e ao Neurofeedback.. 2018. (Congresso).

3.
XIV Reunião Anual da FESBE. LIGHT AND EYE CONDITIONS EFFECTS ON THE INDIVIDUAL ALPHA RHYTHM IN HUMANS. 2018. (Congresso).

4.
XLI Reunião Anual da SBNeC. COMMUNICATION SYSTEM THROUGH ARDUINO BOARD FOR SYNCHRONIZING COGNITIVE TASKS WITH THE ELECTROENCEPHALOGRAPHIC ACTIVITY RECORDING. 2018. (Congresso).

5.
15a SEPEX. 'Alimentando ' um cérebro saudável.. 2017. (Feira).

6.
16a SEPEX.Treinando o cérebro com neurofeedback: teoria e prática. 2017. (Outra).

7.
3a Conferência Brasileira de Biofeedback.REDUÇÃO DO NISTAGMO POR EOG-BIOFEEDBACK: UM ESTUDO DE CASO.. 2017. (Outra).

8.
3a Conferência Brasileira de Biofeedback.NEUROFEEDBACK PARA REDUÇÃO DE SINTOMAS DE ANSIEDADE: UM ESTUDO DE CASO.. 2017. (Outra).

9.
3a Conferência Brasileira de Biofeedback.Trabalhados selecionados: NEUROFEEDBACK PARA REDUÇÃO DE SINTOMAS DE ANSIEDADE - UM ESTUDO DE CASO. 2017. (Outra).

10.
1º Seminário Regional de Neurofeedback.Da avaliação ao treinamento com Neurofeedback: aproximando a pesquisa e a prática clínica.. 2016. (Seminário).

11.
2ª Conferência Brasileira de Biofeedback 2015. Modulação da potência média de alfa pela condição da luz e dos olhos: análise através da Frequência Individual de Alfa (IAF).. 2015. (Congresso).

12.
9th World Congress IBRO 2015. Mean power and dominant alpha frequency modulation by light and eye conditions in humans.. 2015. (Congresso).

13.
XXIV Reunião Anual de FeSBE. Instabilidade Social e desafio imune: efeito no comportamento do tipo ansiedade e agressão celular no córtex pré-frontal e hipocampo.. 2009. (Congresso).

14.
XXIV Encontro Anual de Etologia.Contexto social e perfil psicológico na adaptação ao estresse.. 2006. (Simpósio).

15.
XXIV Encontro Anual de Etologia.Mini-curso: Neuroimunomodulação do comportamento. 2006. (Encontro).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Matheus Mangini Bertuzzo. MODULAÇÃO DO RITMO ALFA INDIVIDUAL PELA CONDIÇÃO DOS OLHOS E PELA LUMINOSIDADE EM SERES HUMANOS. 2017. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Neurociência) - Ufsc, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Odival Cezar Gasparotto.

2.
Paula Macedo de Oliveira. Validação do modelo de estresse por instabilidade social em camundongos suíços. 2013. Dissertação (Mestrado em Neurociências) - Universidade Federal de Santa Catarina, . Orientador: Odival Cezar Gasparotto.

3.
Lucas Kniess Debarba. IMPACTO DO ESTRESSE INTRA-UTERINO SOBRE O COMPORTAMENTO TIPO ANSIEDADE E A ATIVIDADE DA GLUTATIONA REDUTASE NO CÓRTEX E HIPOCAMPO DE CAMUNDONGOS NA IDADE ADULTA. 2012. Dissertação (Mestrado em Neurociências) - Universidade Federal de Santa Catarina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Odival Cezar Gasparotto.

4.
Aline Danielle Bonjorno Prevedello. RELAÇÃO ENTRE O ESTRESSE DE NATUREZA PSICOGÊNICA E BIOLÓGICA NA ATIVAÇÃO DE MECANISMOS PRÓ E ANTI-OXIDANTES, MORTE CELULAR E NO APRENDIZADO.. 2009. Dissertação (Mestrado em Neurociências) - Universidade Federal de Santa Catarina, . Orientador: Odival Cezar Gasparotto.

5.
Luciane da Silva Gonçalves. Conseguências do estresse psicossocial na cinética da resposta imune humural e na defesa antioxidante de camundongos suíços.. 2007. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós Graduação em Neurociência) - Universidade Federal de Santa Catarina, . Orientador: Odival Cezar Gasparotto.

6.
Cladis Loren Kiefer. Sensibilidade auditiva de neurônios da margem ântero-lateral do núcleo da raiz óptica basal.. 1999. 0 f. Dissertação (Mestrado em Neurociências) - Universidade Federal de Santa Catarina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Odival Cezar Gasparotto.

7.
Zuleide Maria Ignácio. Influência do estresse de interação social da resposta imune humoral de camundongos. 1999. 0 f. Dissertação (Mestrado em Neurociências) - Universidade Federal de Santa Catarina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Odival Cezar Gasparotto.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Julian Roosen Runge Hugen. Implantação da avaliação da dinâmica temporal e espacial de processos neurais na EEG.. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Odival Cezar Gasparotto.

2.
Mariana Peixoto Kowalski. Efeito da buspirona na ansiedade e na resposta imune humoral de camundongos submetidos ao estresse psicossocial e a um estimulo imunogenico.. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Odival Cezar Gasparotto.

3.
Gustavo Campos Ramos. Avaliação preliminar da ação terapêutica da diacereína no controle do choque endotóxico induzido pelo lipopolissacarídeo (LPS) em ratos. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Odival Cezar Gasparotto.

4.
Michele Zreik. Efeitos da buspirona na resposta adaptativa ao estresse psicossocial em camundongos: implicações na resposta imune celular.. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Odival Cezar Gasparotto.

Iniciação científica
1.
Kátia Lin. Efeito da interação agonística recorrente na resposta imune de camundongos. 1996. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina) - Universidade Federal de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Odival Cezar Gasparotto.

2.
Fernando Joo Daniel Nakamae. Sensibilidade Auditiva de Neurônios da Margem Antero-Lateral do Núcleo da Raíz Óptica Basal.. 1995. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina) - Universidade Federal de Santa Catarina, Ufsc. Orientador: Odival Cezar Gasparotto.

3.
Fabio Aguiar de Campos. Efeito da interação agonística recorrente na resposta imune de camundongos.. 1994. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina) - Universidade Federal de Santa Catarina, Dep de Apoio a Pesquisa Ufsc. Orientador: Odival Cezar Gasparotto.

4.
Gilberto Ramos Sandin. Caracterização funcional de neurônios do sistema óptico acessório.. 1993. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina) - Universidade Federal de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Odival Cezar Gasparotto.

5.
Mara Cristina Scheffer. Caracterização da atividade dos neurônios do sistema óptico acessório.. 1993. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina) - Universidade Federal de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Odival Cezar Gasparotto.

6.
Claudia de Oliveira. Modulação Telencefálica da Atividade Oculomotora.. 1992. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina) - Universidade Federal de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Odival Cezar Gasparotto.

7.
Sandin, G. R. Caracterização da atividade elétrica de unidades neuronais no sistema óptico acessório.. 1991. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina) - Universidade Federal de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Odival Cezar Gasparotto.

Orientações de outra natureza
1.
Luís Artur Kretzer Tavares Sobral. Auxílio Ao Tratamento Dos Sintomas De Estresse Pela Modulação De Parâmetros Fisiológicos. 2018. Orientação de outra natureza. (Engenharia de Controle e Automação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Pró-reitoria de Extensão - UFSC. Orientador: Odival Cezar Gasparotto.



Educação e Popularização de C & T



Livros e capítulos
1.
GASPAROTTO, O. C.; Bertuzzo, M. M. . Tato, termocepção e dor.. In: Rui Curi; Joaquim Procópio. (Org.). Fisiologia Básica. 2aed.Rio de janeiro: Guanabara Koogan, 2017, v. , p. 167-182.


Apresentações de Trabalho
1.
GASPAROTTO, O. C.. Da avaliação ao treinamento com Neurofeedback: aproximando a pesquisa e a prática clínica. 2016. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

2.
GASPAROTTO, O. C.; Bertuzzo, M. M. ; Machado, A. E. ; MOREIRA, A. B. . O que é neurofeedback?. 2018. (Apresentação de Trabalho/Outra).


Cursos de curta duração ministrados
1.
GASPAROTTO, O. C.; Bertuzzo, M. M. . 'Alimentando' um cérebro saudável.. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
BERTUZZO, M. M. ; Machado, A. E. ; GASPAROTTO, O. C. ; MOREIRA, A. B. . Introdução à Neurometria e ao Neurofeedback.. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

3.
BERTUZZO, M. M. ; MOREIRA, A. B. ; GASPAROTTO, O. C. ; Machado, A. E. . O que é neurofeedback?. 2018. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).


Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
GASPAROTTO, O. C.; Bertuzzo, M. M. . Divulgação do laboratório e do Portal LANEBI em rede social (Espaço Aprender) de matéria publicada no site Click RBS,. 2016. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

2.
GASPAROTTO, O. C.. Entrevista para o programa de TV 'Identidade Geral'. 2017. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
GASPAROTTO, O. C.. Aplicabilidade clínica do treinamento de Alfa. Estudo de caso: FB. 2016. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).


Redes sociais, websites e blogs
1.
GASPAROTTO, O. C.; MOREIRA, A. B. ; Bertuzzo, M. M. . Portal LANEBI. 2016; Tema: Site para divulgação das atividades do Laboratório de Neurometria e Biofeedback, divulgar conteúdo de biofeedback e neurociência, assim como estabelecer comunicação com a população para participação de eventos e projetos do laboratório.. (Site).

2.
GASPAROTTO, O. C.. Resenha de livro: Armadilhas da mente humana.. 2018; Tema: Resenha sobre o livro "Isto é coisa da sua cabeça: Histórias verdadeiras de doenças imaginárias", de Suzanne O'Sullivan, onde são abordados casos clínicos de pacientes com transtornos psicossomáticos e somatoformes.. (Site).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 18/12/2018 às 20:15:23