Ricardo de Medeiros Carneiro

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/8088118202624284
  • Última atualização do currículo em 14/02/2018


Possui mestrado em Ciência Econômica pela Universidade Estadual de Campinas (1976) e doutorado em Ciência Econômica pela Universidade Estadual de Campinas (1984). Obteve a Livre Docência nesta universidade em 2001 e cargo de Professor Titular em 2008. Foi Visiting Fellow da London University (1997/98), da Université de Paris, XIII (2008) e da Universidad Complutense de Madrid (2009/2010). Foi Diretor Executivo pelo Brasil e Suriname do Banco Interamericano de Desenvolvimento em Washington (2012/2016). Atualmente é professor titular aposentado e professor Colaborador da Universidade Estadual de Campinas. Tem experiência na área de Economia Política, com ênfase em Economia Internacional e Economia brasileira, atuando principalmente nos seguintes temas: desenvolvimento econômico, política econômica, política macroeconômica, política setoriais, sistemas financeiros. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Ricardo de Medeiros Carneiro
Nome em citações bibliográficas
CARNEIRO, R. M.;CARNEIRO, RICARDO DE MEDEIROS;DE MEDEIROS CARNEIRO, R.;Carneiro, R

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Economia, Centro de Estudos de Conjuntura.
Cidade Universitária Zeferino Vaz - Caixa Postal 6135
Barão Geraldo
13083-857 - Campinas, SP - Brasil - Caixa-postal: 6135
Telefone: (19) 35215812
Fax: (19) 32893580
URL da Homepage: http://www.eco.unicamp.br


Formação acadêmica/titulação


1983 - 1984
Doutorado em Ciência Econômica.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Título: Crise, Estagnação e Hiperinflação (A economia brasileira nos anos 80), Ano de obtenção: 1991.
Orientador: João Manuel Cardoso de Mello.
1975 - 1976
Mestrado em Ciência Econômica.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Título: Capitalismo e Pequena Produção na Agricultura do Nordeste,Ano de Obtenção: 1978.
Orientador: Wilson Cano.
1970 - 1973
Graduação em Ciências Econômicas.
Universidade Católica de Pernambuco, UNICAP, Brasil.


Pós-doutorado e Livre-docência


2001
Livre-docência.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Título: : Reformas liberais, estabilidade e estagnação (A economia brasileira na década de 90), Ano de obtenção: 2001.
1997 - 1998
Pós-Doutorado.
Institute Of Latin American Studies University Of London, INSTITUTE OF LAT, Inglaterra.


Atuação Profissional



Banco Interamericano de Desenvolvimento, BID, Estados Unidos.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: Diretor Executivo pelo Brasil, Enquadramento Funcional: Diretor Executivo, Regime: Dedicação exclusiva.


Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, Brasil.
Vínculo institucional

1976 - 1984
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Assistente, Carga horária: 0, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

1977 - 12/1982
Ensino, Programa Integrada Mestrado Em Economia e Sociolog, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Tópicos de Macroeconomia
Economia Brasileira
Economia 3
Economia Agrícola
Tópicos de Desenvolvimento Econômico
Economia da Empresa Agrícola
História Econômica Geral
1/1982 - 10/1982
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Departamento de Ciências Econômicas.

1979 - 1982
Ensino, Economia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Renda da Terra
Elementos da Economia Política
Acumulação de Capital
Renda Fundiária
Economia Brasileira
1/1981 - 9/1981
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Departamento de Ciências Econômicas.

1/1979 - 1/1980
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Departamento de Ciências Econômicas.

1/1977 - 6/1978
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Departamento de Ciências Econômicas.

1/1978 - 5/1978
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Departamento de Ciências Econômicas.


Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2013
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor titular, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

1985 - 2008
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Associado MS-5, Carga horária: 0, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

7/2002 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Estudos de Conjuntura e Política Econômica, Centro de Estudos de Conjuntura e Política Econômica.

8/1988 - Atual
Ensino, Pós Graduação Em Economia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
HO-707-A Economia Internacional e Brasileira Contemporânea
HO-412-A Tópicos Avançados de Economia Monetária e Financeira
HO-212-A Economia Monetária e Financeira
HO-311-A Economia Brasileira
HO-420 Política Econômica
HO-440 Tópicos Especiais de Economia Aplicada
HO-707/A Economia Internacional e Brasileira Contemporânea
HO-707/D Economia Internacional e Brasileira Contemporânea
HO-435/K Leitura Dirigida em Economia
HO-270 Teoria Monetária e Financeira
HO - 350 - Tópicos Especiais em Economia
1986 - Atual
Ensino, Economia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
CE-852/A Política e Planejamento Econômico
CE - 912 A1 - Política e Planejamento Econômico I
CE-593 Economia Brasileira Contemporânea II
CE-593/B Economia Brasileira Contemporânea II
CE-611 Economia Monetária
CE-712 Teoria Monetária e Financeira
CE-721 Economia Brasileira Contemporânea II
CE-912 - PPE - I
CE-912/A Política e Planejamento Econômico I
HE-821 Teoria do Desenvolvimento Econômico II
10/2010 - 07/2012
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Economia, .

Cargo ou função
Membro Representante MS-6 na Congregação do Instituto de Economia da Unicamp.
01/2010 - 07/2012
Direção e administração, Centro de Estudos de Conjuntura e Política Econômica, Centro de Estudos de Conjuntura e Política Econômica.

Cargo ou função
Diretor Executivo do Centro de Estudos de Conjuntura e Política Econômica.
08/2008 - 09/2010
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Economia, .

Cargo ou função
Membro Representante MS-6 na Congregação do Instituto de Economia da UNICAMP.
09/2006 - 09/2009
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Economia, .

09/2006 - 02/2008
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Economia, .

6/2001 - 12/2005
Direção e administração, Centro de Estudos de Conjuntura e Política Econômica, Centro de Estudos de Conjuntura e Política Econômica.

Cargo ou função
Diretor Executivo do Centro de Estudos de Conjuntura e Política Econômica.
11/2004 - 11/2005
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Economia, .

7/2000 - 6/2002
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Estudos de Conjuntura e Política Econômica, Centro de Estudos de Conjuntura e Política Econômica.

12/1995 - 5/2001
Direção e administração, Instituto de Economia, Departamento de Política e História Econômica.

Cargo ou função
Editor da Revista Economia e Sociedade do Instituto de Economia.
10/1998 - 8/1999
Direção e administração, Instituto de Economia, Departamento de Política e História Econômica.

Cargo ou função
Coordenador de Publicações do Instituto de Economia.
10/1993 - 2/1996
Direção e administração, Centro de Estudos de Conjuntura e Política Econômica, Centro de Estudos de Conjuntura e Política Econômica.

Cargo ou função
Diretor Executivo do Centro de Estudos de Conjuntura e Política Econômica.
3/1987 - 2/1989
Direção e administração, Centro de Estudos de Conjuntura e Política Econômica, Centro de Estudos de Conjuntura e Política Econômica.

Cargo ou função
Diretor Executivo do Centro de Estudos de Conjuntura e Política Econômica.
3/1986 - 11/1986
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto de Economia, Departamento de Política e História Econômica.


Fundação de Desenvolvimento Administrativo Fundap, FUNDAP, Brasil.
Vínculo institucional

1992 - 1997
Vínculo: Outro, Enquadramento Funcional: Outro, Carga horária: 0

Atividades

1997 - 1997
Pesquisa e desenvolvimento , Fundação de Desenvolvimento Administrativo Fundap, .

1/1996 - 12/1996
Pesquisa e desenvolvimento , Fundação de Desenvolvimento Administrativo Fundap, .

1995 - 1995
Pesquisa e desenvolvimento , Fundação de Desenvolvimento Administrativo Fundap, .

1994 - 1994
Pesquisa e desenvolvimento , Fundação de Desenvolvimento Administrativo Fundap, .

1993 - 1993
Pesquisa e desenvolvimento , Fundação de Desenvolvimento Administrativo Fundap, .

1992 - 1992
Pesquisa e desenvolvimento , Fundação de Desenvolvimento Administrativo Fundap, .

4/1987 - 10/1987
Pesquisa e desenvolvimento , Fundação de Desenvolvimento Administrativo Fundap, .



Linhas de pesquisa


1.
Pesquisador do projeto de pesquisa: Crescimento Econômico e Pequena Produção Agrícola - o caso do nordeste brasileiro - 1950/1980 - PNPE/IPEA
2.
Pesquisador do Projeto: A Produção, Distribuição e Consumo de Alimentos no Nordeste do Brasil - Convênio PNPE/IPEA/PIMES/UFPE
3.
Colaborador no Projeto de Pesquisa: Evolução Recente e Situação Atual da Agricultura Brasileira - PERSAGRI I - Grupo da Região Nordeste
4.
Pesquisador do Projeto de Pesquisa: Desigualdades Regionais no Desenvolvimento Brasileiro - Convênio UFPE/IPEA
5.
Coordenador da edição, condensação e atualização da pesquisa: Desigualdades Regionais no Desenvolvimento Brasileiro - UFPE/IPEA/MESTRADO EM ECONOMIA
6.
Sub-Coordenador Técnico do Convênio IPEA/IPLAN/FECAMP no Projeto de Pesquisa: A Dinâmica da Agricultura Brasileira: 1965-1985
7.
Responsável pelo Subprojeto: Abertura Financeira e Financiamento da Economia Brasileira - FAPESP
8.
Responsável pela Área de Política Econômica do Centro de Estudos de Conjuntura Política Econômica da UNICAMP
9.
Coordenador do Projeto de Pesquisa O Brasil e a periferia na era da globalização: inconversibilidade monetária, atraso produtivo, regimes de políticas econômicas e desenvolvimento
10.
O Brasil na era da Globalização: condicionantes domésticos e internacionais ao desenvolvimento
11.
Coordenador sdo projeto de pesquisa Análise da Economia Internacional da Conjuntura Macroeconômica Nacioneal e Cenários de Curto Prazo da economia Brasileira, Relatyório de Pesquisa
12.
Consultor do projeto de pesquisa: Política Financeira e Fragilidade Bancária - FUNDAP/DIESP
13.
Consultor do projeto de pesquisa: Gestão Estatal no Brasil: Uma Avaliação do Plano Real - FUNDAP/DIESP
14.
Consultor do projeto de pesquisa: Indicadores DIESP - FUNDAP/DIESP
15.
Consultor do projeto de pesquisa: Globalização Financeira e Abertura da Economia Brasileira - FUNDAP/DIESP
16.
Consultor do projeto de pesquisa sobre: Processo de Globalização Financeira e Abertura da Economia Brasileira - FUNDAP/DIESP
17.
Consultor do projeto de pesquisa: Novo Formato Institucional do Sistema Financeiro Brasileiro - FUNDAP/DIESP
18.
Consultor do projeto de pesquisa: Acompanhamento de Conjuntura do Sistema Financeiro - FUNDAP/DIESP
19.
Consultor do projeto de pesquisa: Financiamento da Economia e Sistema Financeiro no Brasil - Convênio FINEP/FUNDAP
20.
Consultor do projeto de pesquisa: Seminários de Política Financeira - FUNDAP/DIESP


Projetos de pesquisa


2009 - 2010
Perspectivas do Desenvolvimento Brasileiro: o cenário internacional
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2010
Projeto de estudos sobre as perspectivas da indústria financeira Brasileira e o papel dos Bancos Públicos
Descrição: A globalização financeira e as transformações nos sistemas financeiros domésticos em curso desde os anos 1980 (desregulamentação, avanço da securitização e das inovações financeiras) resultaram seja no desaparecimento de vários bancos de longo prazo públicos ou privados seja na sua fusão com instituições de rede para enfrentar a concorrência. Comparativamente aos seus congêneres, os bancos públicos brasileiros, pelo contrário, cresceram nos últimos 10 anos a taxas razoáveis. Os mecanismos que permitiram esse relativo insulamento estão ligados, à primeira vista, aos juros internos elevados, à instabilidade cambial e ao elevado risco externo do País, aliado à manutenção de fontes parafiscais estáveis e de baixo custo de recursos em moeda nacional. Ademais, no período recente, instituições financeiras privadas começaram a manifestar interesse em operar diretamente com papéis de prazo mais longo e o mercado de crédito corporativo privado se dinamizou, com a ampliação dos volumes de recursos oferecidos às empresas em condições de prazo e custo mais favoráveis. Assim, as questões que se colocam, nesse momento, referem-se à sustentabilidade dessa trajetória recente de ampliação do interesse do sistema financeiro privado no financiamento das empresas, bem como às perspectivas para os bancos públicos na próxima década, tendo em vista alguns pressupostos básicos: o aprofundamento do processo de globalização financeira e o aumento da integração brasileira ao mercado financeiro internacional; o processo de inovação financeira que teve lugar na economia brasileira nos últimos anos; o movimento de consolidação e diferenciação do sistema financeiro brasileiro, especialmente no período pós reforma monetária de 1994..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2006 - 2009
O Brasil e a periferia na era da globalização: inconversibilidade monetária, atraso produtivo, regimes de políticas econômicas e desenvolvimento
Descrição: Este projeto pretende investigar as implicações do contexto econômico contemporâneo para a definição de políticas macroeconômicas e de desenvolvimento, particularmente sob as condições vigentes na economia brasileira, que serão objeto de comparação com aquelas de outros países periféricos, latino-americanos e asiáticos. Motiva esse esforço a constatação de que, no cenário pós-Bretton Woods - marcado pelo predomínio dos regimes de câmbio flexível nas principais economias, pela desregulamentação financeira e pela mobilidade do capital - aprofundam-se assimetrias importantes entre os próprios países periféricos. Crescimento baixo e instável caracteriza, de forma praticamente geral, a performance latino-americana e brasileira, enquanto que, na chamada Ásia dinâmica, o crescimento é suficientemente acelerado para promover a tão almejada convergência rumo a níveis de renda per capita característicos dos países centrais; os quatro primeiros NICs asiáticos incorporam-se ao mundo desenvolvido (onde, de resto, persiste a assimetria entre o vigor da economia norte-americana e a morosidade européia e japonesa) e a China agiganta-se, contribuindo para determinar, na região, um ritmo de crescimento muito superior ao observado no resto da periferia. O projeto parte das hipóteses de que (a) As economias periféricas têm como características históricas centrais o atraso produtivo (aferido por centralização do capital e escalas relativamente baixas, bem como pela incapacidade de geração de progresso técnico) e a inconversibilidade monetária (entendida como a ausência de curso internacional das moedas por elas emitidas). (b) Cabe às políticas macroeconômicas e de desenvolvimento um papel fundamental para contornar as restrições derivadas da inconversibilidade monetária e promover a constituição de um parque produtivo que permita uma inserção externa robusta e dê suporte a um processo sustentado de crescimento..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Ricardo de Medeiros Carneiro - Coordenador / Daniela Magalhães Prates - Integrante / Antonio Carlos Macedo e Silva - Integrante / Maryse Farhi - Integrante / Francisco José Cazeiro Lopreato - Integrante / Emerson Fernandes Marçal - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
2006 - 2007
O Brasil na era da globalização: condicionantes domésticos e internacionais ao desenvolvimento
Descrição: O desempenho da economia brasileira após 1994, período coincidente com a sua crescente integração à economia globalizada, é marcado por duas características inequívocas: a estabilidade inflacionária e o baixo dinamismo do crescimento. Este último aspecto, que constitui o objeto central desse projeto de pesquisa, ganha contornos dramáticos quando posto numa perspectiva comparativa, seja histórica, vale dizer, quando confrontada à performance observada nos anos do nacional-desenvolvimentismo, entre 1930 e 1980, seja geográfica, atinente ao desempenho de outros países, em particular, os da Ásia em desenvolvimento. Em termos sintéticos, o processo de baixo dinamismo pode ser caracterizado por uma divergência ante a trajetória da economia global. De acordo com a UNCTAD essa divergência pode ser observada tanto na renda per capita, comparada com aquela do G-7 ou mesmo da Ásia em desenvolvimento, quanto na estrutura produtiva. Embora o Brasil não tenha sido vítima de um processo de desindustrialização, como outros países da América Latina, a estrutura de sua indústria mostra uma ampliação dos setores intensivos em trabalho e recursos naturais ante aqueles de média e alta tecnologia, numa direção contrária daquele observada na periferia dinâmica..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) .
Integrantes: Ricardo de Medeiros Carneiro - Coordenador / Daniela Magalhães Prates - Integrante / Maria Cristina Penido de Freitas - Integrante / Antonio Carlos Macedo e Silva - Integrante / Carlos Eduardo Ferreira de Carvalho - Integrante / André Martins Biancareli - Integrante / Maryse Farhi - Integrante / Francisco José Cazeiro Lopreato - Integrante / Claudio Roberto Amitrano - Integrante.Financiador(es): Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social - Auxílio financeiro.
2004 - 2005
Análise da Economia Internacional da Conjuntura Macroeconômica Nacional e Cenários de Curto Prazo da Economia Brasileira, Relatório de Pesquisa
Descrição: No contexto atual, segundo ano do governo Lula, a discussão das condições para a retomada de um crescimento sustentável da economia brasileira é central e tem absorvido a atenção de vários agentes e setores da sociedade. O objetivo do projeto é subsidiar a ação do BNDES no sentido de contribuir para a emergência dessas condições, mediante a elaboração de informes trimestrais de conjuntura econômica Esses informes abrangerão duas grandes áreas ? economia internacional e conjuntura macroeconômica nacional ? as quais, por sua vez, serão divididas em sub-seções. Ademais, contemplarão cenários de curto prazo, nos quais serão elaboradas projeções para o semestre seguinte da evolução das principais variáveis macroeconômicas internacionais e nacionais.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Ricardo de Medeiros Carneiro - Coordenador / Daniela Magalhães Prates - Integrante / Maria Cristina Penido de Freitas - Integrante / Antonio Carlos Macedo e Silva - Integrante / Carlos Eduardo Ferreira de Carvalho - Integrante / André Martins Biancareli - Integrante / Maryse Farhi - Integrante / Francisco José Cazeiro Lopreato - Integrante.Financiador(es): Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social - Auxílio financeiro.
2000 - 2002
Liberalização, Estabilidade e Crescimento: Balanço e Perspectivas da Experiência Brasileira nos Anos 90.
Descrição: O projeto tem por objetivo central o estudo das implicações no que tange à questão dos parâmetros que condicionam a definição e implementação de políticas econômicas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Ricardo de Medeiros Carneiro - Integrante / Antonio Carlos Macedo e Silva - Integrante / Paulo Eduardo de Andrade Baltar - Integrante / Francisco José Cazeiro Lopreato - Integrante / Luiz Gonzaga de Mello Belluzzo - Coordenador / Mariano Laplane - Integrante / José Carlos Souza Braga - Integrante / Sergio Prado - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.


Membro de corpo editorial


2002 - Atual
Periódico: Revista de Economia Política (Impresso)
1995 - Atual
Periódico: Economia e Sociedade (UNICAMP. Impresso)


Revisor de periódico


2006 - Atual
Periódico: Economia e Sociedade (UNICAMP)


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Economia.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Compreende BemLê Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem.
Italiano
Lê Bem.


Prêmios e títulos


2003
Prêmio de Reconhecimento Acadêmico Zeferino Vaz, Universidade Estadual de Campinas.
1983
VII Prêmio BNDES de Economia (quinto lugar), BNDES.
1982
Paraninfo da turma do 1o. Semestre/82 do Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Federal de Pernambuco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
DE MEDEIROS CARNEIRO, R.2015 DE MEDEIROS CARNEIRO, R.; ROSSI, P. ; SANTOS MELLO, G. ; VINICIUS CHILIATTO-LEITE, M. . The Fourth Dimension: Derivatives and Financial Dominance. The Review of Radical Political Economics, v. 47, p. 1-22, 2015.

2.
CARNEIRO, RICARDO DE MEDEIROS2012 CARNEIRO, RICARDO DE MEDEIROS. Velhos e novos desenvolvimentismos. Economia e Sociedade (UNICAMP. Impresso), v. 21, p. 749-778, 2012.

3.
CARNEIRO, R. M.2012 CARNEIRO, R. M.. Commodities, choques externos e e crescimento: reflexões sobre a América latina. CEPAL Serie Macroeconomia del Desarrollo, v. 117, p. 1-46, 2012.

4.
CARNEIRO, R. M.;CARNEIRO, RICARDO DE MEDEIROS;DE MEDEIROS CARNEIRO, R.;Carneiro, R2011CARNEIRO, R. M.. Financial governance in Brazil 1998-2010: an overview. Revista de Economia Política (Impresso), v. 31, p. 863-873, 2011.

5.
CARNEIRO, R. M.;CARNEIRO, RICARDO DE MEDEIROS;DE MEDEIROS CARNEIRO, R.;Carneiro, R2009CARNEIRO, R. M.. O Brasil Frente à Crise Global. Interesse Nacional, v. 5, p. 20-30, 2009.

6.
CARNEIRO, R. M.;CARNEIRO, RICARDO DE MEDEIROS;DE MEDEIROS CARNEIRO, R.;Carneiro, R2008CARNEIRO, R. M.. Globalização e inconversibilidade monetária. Revista de Economia Política, v. 28, p. 539-556, 2008.

7.
CARNEIRO, R. M.;CARNEIRO, RICARDO DE MEDEIROS;DE MEDEIROS CARNEIRO, R.;Carneiro, R2006CARNEIRO, R. M.. O desenvolvimeto revisitado. São Paulo em Perspectiva, v. 20, p. 73-82, 2006.

8.
CARNEIRO, R. M.;CARNEIRO, RICARDO DE MEDEIROS;DE MEDEIROS CARNEIRO, R.;Carneiro, R2004CARNEIRO, R. M.. O mito da conversibilidade. Revista de Economia Política, São Paulo - SP, v. 24, n.2, p. 218-222, 2004.

9.
CARNEIRO, R. M.;CARNEIRO, RICARDO DE MEDEIROS;DE MEDEIROS CARNEIRO, R.;Carneiro, R2003CARNEIRO, R. M.. Estratégia de alto risco: a política econômica do Governo Lula. Teoria e Debate, São Paulo - SP, v. 56, n.56, p. 44-48, 2003.

10.
CARNEIRO, R. M.;CARNEIRO, RICARDO DE MEDEIROS;DE MEDEIROS CARNEIRO, R.;Carneiro, R2002CARNEIRO, R. M.. Driblando a Crise - Cenários econômicos alternativos para o governo Lula. Teoria e Debate, São Paulo - SP, v. 52, n.52, p. 30-35, 2002.

11.
CARNEIRO, R. M.;CARNEIRO, RICARDO DE MEDEIROS;DE MEDEIROS CARNEIRO, R.;Carneiro, R2001CARNEIRO, R. M.. Padrões de Consumo nos Anos 90 (evidências preliminares). Economia e Sociedade (UNICAMP), Campinas - SP, v. 17, p. 141-150, 2001.

12.
CARNEIRO, R. M.;CARNEIRO, RICARDO DE MEDEIROS;DE MEDEIROS CARNEIRO, R.;Carneiro, R2000CARNEIRO, R. M.. Eixos para uma política de Desenvolvimento Alternativo. Debate Reflexões, São Paulo - SP, v. 8, p. 23-28, 2000.

13.
CARNEIRO, R. M.;CARNEIRO, RICARDO DE MEDEIROS;DE MEDEIROS CARNEIRO, R.;Carneiro, R1999CARNEIRO, R. M.. Globalização financeira e inserção periférica. Economia e Sociedade (UNICAMP), Campinas/SP, v. 13, n.13, p. 57-92, 1999.

14.
CARNEIRO, R. M.;CARNEIRO, RICARDO DE MEDEIROS;DE MEDEIROS CARNEIRO, R.;Carneiro, R1999CARNEIRO, R. M.. A natureza da restrição externa. Economia Em Perspectiva Carta de Conjuntura do Conselho Regional de Economia, São Paulo - SP Junho/1999, v. 162, 1999.

15.
CARNEIRO, R. M.;CARNEIRO, RICARDO DE MEDEIROS;DE MEDEIROS CARNEIRO, R.;Carneiro, R1996CARNEIRO, R. M.. Liberalização financeira e crescimento econômico. Economia e Sociedade (UNICAMP), Instituto de Economia-UNICAMP, v. 6, p. 193-196, 1996.

16.
CARNEIRO, R. M.;CARNEIRO, RICARDO DE MEDEIROS;DE MEDEIROS CARNEIRO, R.;Carneiro, R1996CARNEIRO, R. M.. A crise bancária. Indicadores Iesp, São Paulo - SP Março/1996, v. 49, 1996.

17.
CARNEIRO, R. M.;CARNEIRO, RICARDO DE MEDEIROS;DE MEDEIROS CARNEIRO, R.;Carneiro, R1995CARNEIRO, R. M.. Liberalização, ajustamento e estabilização (Notas sobre o argumento neoliberal). Economia e Sociedade (UNICAMP), Instituto de Economia-UNICAMP, v. 5, p. 189-192, 1995.

18.
CARNEIRO, R. M.;CARNEIRO, RICARDO DE MEDEIROS;DE MEDEIROS CARNEIRO, R.;Carneiro, R1995CARNEIRO, R. M.. A instabilidade cambial e os destinos do Real. Indicadores Iesp, São Paulo - SP Março/1995, v. 38, 1995.

19.
CARNEIRO, R. M.;CARNEIRO, RICARDO DE MEDEIROS;DE MEDEIROS CARNEIRO, R.;Carneiro, R1994CARNEIRO, R. M.. Armadilhas do Real. Economia Em Perspectiva Carta de Conjuntura do Conselho Regional de Economia, São Paulo - SP Maio/1994, v. 111, 1994.

20.
CARNEIRO, R. M.;CARNEIRO, RICARDO DE MEDEIROS;DE MEDEIROS CARNEIRO, R.;Carneiro, R1994CARNEIRO, R. M.. Plano FHC - Cenário pessimista. Indicadores Iesp, São Paulo - SP Mar/1994, v. 26, 1994.

21.
CARNEIRO, R. M.;CARNEIRO, RICARDO DE MEDEIROS;DE MEDEIROS CARNEIRO, R.;Carneiro, R1993CARNEIRO, R. M.. Crisis y estancamiento: la economia brasileña en los años ochenta. Investigación Econômica Universidad Nacional Autônoma do México, México, v. 203, p. 9-75, 1993.

22.
CARNEIRO, R. M.;CARNEIRO, RICARDO DE MEDEIROS;DE MEDEIROS CARNEIRO, R.;Carneiro, R1993CARNEIRO, R. M.. Crise, ajustamento e estagnação. (A economia brasileira no período 1974-1989). Economia e Sociedade (UNICAMP), Instituto de Economia-UNICAMP, v. 2, p. 145-169, 1993.

23.
CARNEIRO, R. M.;CARNEIRO, RICARDO DE MEDEIROS;DE MEDEIROS CARNEIRO, R.;Carneiro, R1987CARNEIRO, R. M.. Perspectivas da economia nacional e repercussão na economia metropolitana até o ano 2000. Anais do Seminário Cenários Para a Economia Metropolitana, Recife, v. 1, p. 121-164, 1987.

24.
CARNEIRO, R. M.;CARNEIRO, RICARDO DE MEDEIROS;DE MEDEIROS CARNEIRO, R.;Carneiro, R1986CARNEIRO, R. M.; SUZIGAN, W. ; OLIVEIRA, F. A. ; MIRANDA, J. C. ; BUAINAIN, A. M. ; MATTOSO, J. E. L. ; TEIXEIRA, N. ; COSTA, F. N. ; BIASOTO JUNIOR, G. ; PRESSER, M. F. ; ANDRADE, R. P. . O Programa de Estabilização Econômica e a economia brasileira (Balanço e Perspectivas). Revista da Anpec, v. 11, p. 23-35, 1986.

25.
CARNEIRO, R. M.;CARNEIRO, RICARDO DE MEDEIROS;DE MEDEIROS CARNEIRO, R.;Carneiro, R1986CARNEIRO, R. M.. O Plano de Estabilização Econômica da Nova República. Revista Presença, Editora Caetés - São Paulo, v. 8, p. 45-54, 1986.

26.
CARNEIRO, R. M.;CARNEIRO, RICARDO DE MEDEIROS;DE MEDEIROS CARNEIRO, R.;Carneiro, R1986CARNEIRO, R. M.. Prioridade ao mercado interno é limitada pelo endividamento. Economia Em Perspectiva Carta de Conjuntura do Conselho Regional de Economia, São Paulo - SP Outubro/1986, v. 29, 1986.

27.
CARNEIRO, R. M.;CARNEIRO, RICARDO DE MEDEIROS;DE MEDEIROS CARNEIRO, R.;Carneiro, R1985CARNEIRO, R. M.; CANO, W. . A questão regional no Brasil. Pensamiento Iberoamericano, Madrid, v. 7, p. 255-265, 1985.

28.
CARNEIRO, R. M.;CARNEIRO, RICARDO DE MEDEIROS;DE MEDEIROS CARNEIRO, R.;Carneiro, R1985CARNEIRO, R. M.. Crescimento econômico e estrutura agrária (A dinâmica da agricultura nordestina: 1950/80). Programa Nacional de Pesquisa Econômica, PNPE - ANPEC - Rio de Janeiro, p. 1-99, 1985.

29.
CARNEIRO, R. M.;CARNEIRO, RICARDO DE MEDEIROS;DE MEDEIROS CARNEIRO, R.;Carneiro, R1985CARNEIRO, R. M.. A reforma agrária como necessidade social. Economia Em Perspectiva Carta de Conjuntura do Conselho Regional de Economia, São Paulo - Agosto/1985, v. 16, 1985.

30.
CARNEIRO, R. M.;CARNEIRO, RICARDO DE MEDEIROS;DE MEDEIROS CARNEIRO, R.;Carneiro, R1984CARNEIRO, R. M.. A crise atual do capitalismo. Revista Presença, Editora Caetés - São Paulo, v. 4, p. 43-52, 1984.

31.
CARNEIRO, R. M.;CARNEIRO, RICARDO DE MEDEIROS;DE MEDEIROS CARNEIRO, R.;Carneiro, R1982CARNEIRO, R. M.. Relações de produção e emprego na agricultura do Nordeste. Revista de Economia Política, São Paulo, v. 2, n.5, p. 123-138, 1982.

32.
CARNEIRO, R. M.;CARNEIRO, RICARDO DE MEDEIROS;DE MEDEIROS CARNEIRO, R.;Carneiro, R1981CARNEIRO, R. M.. Capitalismo y pequena producción en la agricultura del nordeste brasileño: 1945-1975. Estudios Rurales Latinoamericanos, Bogotá - Colombia, v. 4, n.3, p. 231-234, 1981.

33.
CARNEIRO, R. M.;CARNEIRO, RICARDO DE MEDEIROS;DE MEDEIROS CARNEIRO, R.;Carneiro, R1980CARNEIRO, R. M.. Estrutura Agrária e Produção de Alimentos no Nordeste 1950/1970. Textos Para Discussão Pimes, PIMES-Curso Mestrado Economia, v. 84, p. 1-44, 1980.

34.
CARNEIRO, R. M.;CARNEIRO, RICARDO DE MEDEIROS;DE MEDEIROS CARNEIRO, R.;Carneiro, R1980CARNEIRO, R. M.. Relações de produção e emprego na agricultura do nordeste. Revista de Economia Política, PIMES-Curso Mestrado Economia, v. 2, p. 123-138, 1980.

35.
CARNEIRO, R. M.;CARNEIRO, RICARDO DE MEDEIROS;DE MEDEIROS CARNEIRO, R.;Carneiro, R1979CARNEIRO, R. M.. O Nordeste e a Sudene. Texto Para Discussão Pimes, PIMES-Curso Mestrado Economia, v. 76, p. 1-18, 1979.

36.
CARNEIRO, R. M.;CARNEIRO, RICARDO DE MEDEIROS;DE MEDEIROS CARNEIRO, R.;Carneiro, R1979CARNEIRO, R. M.. Introdução à problemática agrária no Nordeste. Anais do VII Encontro Nacional de Economia, Atibaia - SP, v. 1, p. 405-421, 1979.

37.
CARNEIRO, R. M.;CARNEIRO, RICARDO DE MEDEIROS;DE MEDEIROS CARNEIRO, R.;Carneiro, R1978CARNEIRO, R. M.; CABRAL, P. E. . As transformações recentes na agricultura no Nordeste (relações de trabalho e formas de apropriação do excedente). Texto Para Discussão Pimes, PIMES-Curso Mestrado Economia, v. 66, p. 1-135, 1978.

38.
CARNEIRO, R. M.;CARNEIRO, RICARDO DE MEDEIROS;DE MEDEIROS CARNEIRO, R.;Carneiro, R1977CARNEIRO, R. M.. A economia brasileira e suas perspectivas atuais. Revista da Anpec, São Paulo, v. 1, p. 51-54, 1977.

39.
CARNEIRO, R. M.;CARNEIRO, RICARDO DE MEDEIROS;DE MEDEIROS CARNEIRO, R.;Carneiro, R1975CARNEIRO, R. M.. A distribuição da renda na Região Metropolitana do Recife. Revista Pernambucana de Desenvolvimento, CONDEPE, v. 2, p. 1-2, 1975.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
CARNEIRO, R. M.; Milko Matjascic (Org.) . Desafios do Desenvolvimento Brasileiro. Brasília: IPEA, 2011. v. 1. 178p .

2.
MARCOLINO, Luiz Cláudio (Org.) ; CARNEIRO, R. M. (Org.) . Sistema financeiro e desenvolvimento no Brasil do plano Real à crise financeira. 1. ed. São Paulo: Publisher Brasil e Editora Gráfica Atitude Ltda, 2010. 264p .

3.
CARNEIRO, R. M.. A supremacia dos mercados e a política econômica do Governo Lula. São Paulo - São Paulo: Editora Unesp, 2006. v. 1. 348p .

4.
CARNEIRO, R. M.. Desenvolvimento em Crise (A economia brasileira no último quarto do século XX). São Paulo: Fundação da Editora UNESP (FEU), 2002. v. 01. 423p .

5.
CARNEIRO, R. M.. Os Clássicos da Economia - Vol 1. São Paulo: Editora Ática, 1997. v. 1. 278p .

6.
CARNEIRO, R. M.. Os Clássicos da Economia - Vol 2. São Paulo: Editora Ática, 1997. v. Vol 2. 270p .

7.
CARNEIRO, R. M.; ARAÚLO, A. R. F. (Org.) ; BUAINAIN, A. M. (Org.) ; RÊGO, E. C. L. (Org.) ; OLIVEIRA, F. A. (Org.) ; COSTA, F. N. (Org.) ; BIASOTO JUNIOR, G. (Org.) ; SOUZA FILHO, H. M. (Org.) ; MATTOSO, J. E. L. (Org.) ; PRESSER, M. F. (Org.) . A Heterodoxia em Xeque. Campinas: Bienal, 1988. 279p .

8.
CARNEIRO, R. M.; BUAINAIN, A. M. (Org.) ; ARAÚLO, A. R. F. (Org.) ; CABANELLAS, A. L. (Org.) ; LIMA, B. S. O. (Org.) ; COSTA, C. A. N. (Org.) ; RÊGO, E. C. L. (Org.) ; BIASOTO JUNIOR, G. (Org.) ; PRESSER, M. F. (Org.) ; JORGE, M. O. M. (Org.) ; ROMANO, R. (Org.) ; ANDRADE, R. P. (Org.) . O Retorno da Ortodoxia. Campinas: Bienal, 1988. 250p .

9.
CARNEIRO, R. M.. Política econômica do Cruzado. São Paulo e Campinas: Editora Bienal e Editora da UNICAMP, 1987. 306p .

10.
CARNEIRO, R. M.. Política econômica da Nova República. Rio de Janeiro: Editora Paz e Terra S/A, 1986. 275p .

Capítulos de livros publicados
1.
CARNEIRO, R. M.; ROSSI, Pedro Linhares . The brazilian experiene in managing the interest-exchange rate nexus. In: Bresser-Pereira; Kregel; Burlamaqui. (Org.). Financial stability and growth. 1sted.new york: routledge, 2014, v. , p. 194-212.

2.
CARNEIRO, R. M.. Desafios do Desenvolvimento Brasileiro. In: Ricardo Carneiro, Milko Matjascic. (Org.). Desafios do Desenvolvimento Brasileiro. Brasília: IPEA, 2011, v. , p. 15-28.

3.
CARNEIRO, R. M.. Dinâmica e crise do capitalismo com dominância financeira. In: Luiz Cláudio Marcolino; Ricardo de Medeiros Carneiro. (Org.). Sistema financeiro e desenvolvimento no Brasil do Plano Real à crise financeira. 1ed.São Paulo: Publisher Brasil e Editora Gráfica Atitude Ltda, 2010, v. 1, p. 33-54.

4.
CARNEIRO, R. M.. O Sistema Monetário-Financeiro Internacional: Evolução Recente Impactos da Crise. In: Luciana Acioly; Marco Antonio Macedo Cintra. (Org.). Inserção Internacional Soberania Brasileira: Temas de Economia Internacional. Brasilia - DF: IPEA, 2010, v. 2, p. 53-80.

5.
CARNEIRO, R. M.. Impasses do Desenvolvimento Brasileiro: Aspectos Estruturais. In: BALTAR, Paulo Eduardo de Andrade; KREIN, José Dari; SALAS, Carlos. (Org.). Economia e Trabalho: Brasil e México. São Paulo: LTr Editora, 2009, v. 7, p. 15-59.

6.
BELLUZZO, L. G. M. ; CARNEIRO, R. M. . El mito de la conversibilidad. In: COUTINHO, Luciano; PRATES, Daniela Magalhães; SILVA, Julimar da. (Org.). Economía Brasilena Contemporánea. 1ed.Madrid: Marcial Pons, 2008, v. 1, p. 296-301.

7.
CARNEIRO, R. M.. Globalização e Integração Regional. Caderno do Desenvolvimento. Rio de Janeiro: Centro Internacional Celso Furtado de Políticas para o Desenvolvimento, 2008, v. 5, p. 43-81.

8.
CARNEIRO, R. M.. El desarrollo en crisis I. El patrón de financiación durante el II PND. In: Luciano Coutinho; Daniela Magalhães Prates; Alfredo Arahuetes; Julimar da Silva. (Org.). La economía brasilena en perspectiva histórica: de los anos cincuenta a los ochenta del siglo XX. San Sotero - Madrid: Marcial Pons, 2008, v. 1, p. 90-110.

9.
CARNEIRO, R. M.. El desarrollo en crisis II. La ruptura de la financiacion externa. In: Luciano Coutinho; Daniela Magalhães Prates; Alfredo Arahuetes; Julimar da Silva. (Org.). La economía brasilena en perspectiva histórica: de los anos cincuenta a los ochenta del siglo XX. San Sotero - Madrid: Marcial Pons, 2008, v. , p. 111-128.

10.
CARNEIRO, R. M.. El desarrollo en crisis III. Restricción cambiaria y crecimiento económico. In: Luciano Coutinho; Daniela Magalhães Prates, Alfredo Arahuetes; Julimar da Silva. (Org.). La economía brasilena en perspectiva histórica: de los anos cincuenta a los ochenta del siglo XX. San Sotero - Madrid: Marcial Pons, 2008, v. , p. 129-157.

11.
CARNEIRO, R. M.. El desarrollo en crisis IV. El desequilibrio del sector público. In: Luciano Coutinho; Daniela Magalhães Prates; Alfredo Arahuetes; Julimar da Silva. (Org.). La economía brasilena en perspectiva histórica: de los anos cincuenta a los ochenta del siglo XX. San Sotero - Madrid: Marcial Pons, 2008, v. , p. 159-177.

12.
CARNEIRO, R. M.. El desarrollo en crisis V. Crisis monetaria e hiperinflación. In: Luciano Coutinho; Daniela Magalhães Prtaes; Alfredo Arahuetes; Julimar da Silva. (Org.). La economía brasilena en perspectiva histórica: de los anos cincuenta a los ochenta del siglo XX. San Soreto - Madrid: Marcial Pons, 2008, v. , p. 179-193.

13.
CARNEIRO, R. M.; BELLUZZO, L. G. M. ; SILVA, A. C. M. e ; BIANCARELI, André Martins ; PRATES, D. M. ; FARHI, Maryse ; LOPREATO, Francisco José Cazeiro ; AMITRANO, C.R. ; MACIEL, C.S. ; LAPLANE, M. ; SARTI, F. ; CINTRA, M. A. M. . Introdução. In: Carneiro, R.. (Org.). A Supremacia dos Mercados e a Política Econômica do Governo Lula. São Paulo: Editora Unesp, 2006, v. 1, p. 7-30.

14.
CARNEIRO, R. M.. A supremacia dos mercados e a política econômica do governo Lula. In: Carneiro, R.. (Org.). Política Econômica em Foco. Campinas: Unicamp - Instituto de Economia, 2006, v. 7, p. 1-23.

15.
CARNEIRO, R. M.. Desenvolvimento e Salário Mínimo. In: Paulo Baltar; Cláudio Dedecca; José Dari Krein. (Org.). Salário Mínimo e Desenvolvimento. Campinas - SP: CESIT - Instituto de Economia da UNICAMP, 2005, v. , p. 27-37.

16.
CARNEIRO, R. M.. Os riscos crescentes. In: Carneiro, R.. (Org.). Política Econômica em Foco. Campinas - SP: Unicamp - Instituto de Economia, 2005, v. 6, p. 1-12.

17.
CARNEIRO, R. M.. As fragilidades do crescimento. In: Carneiro, R.. (Org.). Política Econômica em Foco. Campinas - SP: Unicamp - Instituto de Economia, 2005, v. 5, p. 1-17.

18.
CARNEIRO, R. M.. A insustentável leveza do crescimento. In: Carneiro, R.. (Org.). Política Econômica em Foco. Campinas - SP: Unicamp - Instituto de Economia, 2004, v. 4, p. 1-11.

19.
CARNEIRO, R. M.. Bloqueios ao crescimento. In: Carneiro, R.. (Org.). Política Econômica em Foco. Campinas - SP: Unicamp - Instituto de Economia, 2004, v. 3, p. 3-9.

20.
CARNEIRO, R. M.. A Política Econômica da era FHC ao Governo Lula: Da trindade impossível à autonomia necessária. In: Veloso J.P.. (Org.). Governo Lula, novas prioridades e desenvolvimento sustentado. Rio de Janeiro - RJ: José Olympio, 2003, v. , p. 129-153.

21.
CARNEIRO, R. M.. O paradoxo da credibilidade. In: Carneiro, R.. (Org.). Política Econômica em Foco. Campinas - SP: Unicamp- Instituto de Economia, 2003, v. 2, p. 1-10.

22.
CARNEIRO, R. M.. Globalização e integração perversa. In: Carneiro, R.. (Org.). Política Econômica em Foco. Campinas - SP: Unicamp - Instituto de Economia, 2003, v. 1, p. 1-11.

23.
CARNEIRO, R. M.. Capítulo 1 Políticas Liberais, Estabilização e Crescimento.. Gestão Estatal no Brasil - Armadilhas da Estabilização 1995-1998. São Paulo: Edições FUNDAP, 1997, v. , p. 7-18.

24.
CARNEIRO, R. M.; PRATES, D. M. ; PELLEGRINI, J. A. ; FREITAS, M. C. P. ; MELETI, P. M. F. . Capítulo 2 Política Financeira. In: Portugal Jr, J. G.; Sampaio, F. A. A.. (Org.). Gestão estatal no Brasil (O governo Itamar Franco: 1992-94). São Paulo: Edições FUNDAP, 1997, v. , p. 38-74.

25.
CARNEIRO, R. M.; APPY, B. ; PELLEGRINI, J. A. ; MADI, M. A. C. ; FREITAS, M. C. P. ; PAHIM, M. L. L. ; MELETI, P. M. F. . Capítulo 2: Política financeira.. In: Portugal Jr, J. G.. (Org.). Gestão estatal no Brasil (Limites do liberalismo: 1990-92). São Paulo: Edições FUNDAP, 1995, v. , p. 43-85.

26.
CARNEIRO, R. M.. A economia brasileira nos anos 90: cenários alternativos de crescimento e seus principais constrangimentos. In: Cano, W.. (Org.). A economia paulista no limiar do século XXI. São Paulo: Fundação SEADE, 1992, v. 1, p. 153-179.

27.
CARNEIRO, R. M.; ARAÚJO, A. R. ; CABANELLAS, A. L. ; BUAINAIN, A. M. ; LIMA, B. S. O. ; COSTA, C. A. N. ; RÊGO, E. C. L. ; BIASOTO JUNIOR, G. ; PRESSER, M. F. ; JORGE, M. O. M. ; ROMANO, R. ; ANDRADE, R. P. . Apresentação. In: Ricardo de Medeiros Carneiro; Antonio Márcio Buainain. (Org.). O retorno da Ortodoxia. São Paulo: Editora Bienal, 1989, v. , p. -.

28.
CARNEIRO, R. M.; ARAÚJO, A. R. ; BUAINAIN, A. M. ; RÊGO, E. C. L. ; OLIVEIRA, F. A. ; COSTA, F. N. ; BIASOTO JUNIOR, G. ; SOUZA FILHO, H. M. ; MATTOSO, J. E. L. ; PRESSER, M. F. ; ROMANO, R. ; ANDRADE, R. P. ; SUZIGAN, W. . A heterodoxia Conservadora. In: Ricardo de Medeiros Carneiro. (Org.). A heterodoxia em xeque. São Paulo: Edirora Bienal, 1988, v. , p. 1-36.

29.
CARNEIRO, R. M.. A trajetória do Plano Cruzado. In: Ricardo de Medeiros Carneiro. (Org.). Política econômica do Cruzado. São Paulo e Campinas: Editora Bienal e Editora da UNICAMP, 1987, v. , p. 1-40.

30.
CARNEIRO, R. M.; MIRANDA, J. C. . Os marcos gerais da política econômica. In: Ricardo de Medeiros Carneiro. (Org.). Política econômica da Nova República.. Rio de Janeiro: Editora Paz e Terra S/A, 1986, v. , p. 9-26.

31.
CARNEIRO, R. M.; SAMPAIO, Y. ; GOMES, G. M. . Os programas de desenvolvimento rural: Região Nordeste. In: Carneiro, R.. (Org.). Desigualdades regionais no desenvolvimento brasileiro - Vol 3. Recife: SUDENE/IPEA/UFPE, 1984, v. , p. 88-245.

32.
CARNEIRO, R. M.; AGUIAR, G. ; JATOBÁ, J. . Efeitos espaciais da política nacional de desenvolvimento agrícola. In: Carneiro, R.. (Org.). Desigualdades regionais no desenvolvimento brasileiro - Vol.2. Recife: SUDENE/IPEA/UFPE, 1984, v. , p. 137-217.

33.
CARNEIRO, R. M.; REDWOOD, J. . Introdução Geral. In: Carneiro, R.. (Org.). Desigualdades regionais no desenvolvimento brasileiro - Vol. 1. Recife: SUDENE/IPEA/UFPE, 1984, v. , p. -.

34.
CARNEIRO, R. M.; REDWOOD, J. ; JATOBÁ, J. ; OSÓRIO, C. ; GUIMARÃES NETO, L. ; MOREIRA, I. T. . Conclusões - Parte I. In: SUDENE/IPEA/UFPE. (Org.). Desigualdades regionais no desenvolvimento brasileiro - Vol.1. Recife: SUDENE/IPEA/UFPE, 1984, v. 1, p. 194-203.

35.
CARNEIRO, R. M.. Introdução - Parte II Fatores Determinantes. In: SUDENE/IPEA/UFPE. (Org.). Desigualdades regionais no desenvolvimento brasileiro - Vol.1. Recife: SUDENE/IPEA/UFPE, 1984, v. 1, p. 206-207.

36.
CARNEIRO, R. M.; ALBUQUERQUE, C. J. M. ; MONTEIRO, D. C. Q. ; LIMA, M. B. . Finanças dos Municípios da Região Metropolitana do Recife. In: Walmsley, V. T. (coordenador). (Org.). Série Região Metropolitana. Recife: CONDEPE, 1974, v. , p. -.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
CARNEIRO, R. M.. Desenvolvimentismos. Jornal Valor Econômico, São Paulo, 05 abr. 2012.

2.
CARNEIRO, R. M.. A bolha restaurada (ou a turbulência em céu azul). Carta Maior, São Paulo - SP, 19 abr. 2011.

3.
CARNEIRO, R. M.; ALMEIDA, Júlio Sérgio Gomes de . Protagonistas do desenvolvimento. Rumos (Rio de Janeiro), Rio de Janeiro - RJ, , v. 250, p. 54 - 55, 30 abr. 2010.

4.
CARNEIRO, R. M.. A crise, do rescaldo ao que vem por aí. Jornal da Unicamp, Unicamp, p. 11 - 11, 28 set. 2009.

5.
CARNEIRO, R. M.. Primeiro cai o juro e depois a dívida pública. Folha de São Paulo, São Paulo, p. B3 - B3, 24 ago. 2009.

6.
SILVA, A. C. M. e ; CARNEIRO, R. M. . Brazil?s self-inflicted economic wounds. Development Digest, Londres, p. 16 - 18, 01 dez. 2008.

7.
CARNEIRO, R. M.. Globalização vive sua primeira grande crise. Revista Planeta, p. 13 - 15, 01 nov. 2008.

8.
CARNEIRO, R. M.; BIANCARELI, André Martins . Impactos e oportunidades. Le Monde Diplomatique (Brasil), São Paulo, p. 6 - 7, 01 set. 2008.

9.
CARNEIRO, R. M.. O mundo multipolar entra no mapa. Jornal da Unicamp, Campinas - SP, p. 3 - 3, 04 ago. 2008.

10.
CARNEIRO, R. M.. Por que o Brasil ficou refém da supremacia dos mercados. Jornal da Unicamp, Campinas - SP, , v. 352, p. 6 - 7, 19 mar. 2007.

11.
CARNEIRO, R. M.. Volta a mão visível do estado. Carta Maior, Sâo Paulo - SP, 23 jan. 2007.

12.
CARNEIRO, R. M.. Ousar mudar, ousar crescer. Carta Maior, São Paulo - SP, 11 jan. 2007.

13.
CARNEIRO, R. M.. Ganhos sociais só se mantêm com crescimento. Jornal Valor Econômico, São Paulo - SP, , v. 1602, p. A10, 25 set. 2006.

14.
CARNEIRO, R. M.. Crescimento Econômico, Estabilidade Monetária e Mercado de Massas. Aliás Debate - Jornal O Estado de São Paulo, São Paulo - SP, 01 set. 2006.

15.
CARNEIRO, R. M.. O silêncio dos economistas. Jornal Valor Econômico, São Paulo, 19 jul. 2006.

16.
CARNEIRO, R. M.. O Brasil está menos vulnerável a crises econômicas internacionais? Não.. Jornal Folha de São Paulo, 10 jun. 2006.

17.
CARNEIRO, R. M.. À Mercê dos humores do mercado. Jornal da Unicamp, Campinas - SP, , v. 324, p. 4 - 5, 22 maio 2006.

18.
CARNEIRO, R. M.. Um país fora da curva. Jornal Valor Econômico, São Paulo - SP, 18 dez. 2005.

19.
CARNEIRO, R. M.. Por que o governo Lula capitula ante os interesses dominantes. Carta Maior, São Paulo - SP, 08 nov. 2005.

20.
CARNEIRO, R. M.. Neo Desenvolvimentismo. O Economista, São Paulo - SP, 01 nov. 2005.

21.
CARNEIRO, R. M.. Ruptura ou capitulação: para onde caminha o governo Lula?. Carta Maior, São Paulo - SP, 11 out. 2005.

22.
CARNEIRO, R. M.. A blindagem e o retorno à superfície na dimensão dos interesses republicanos. Jornal da Unicamp, Campinas - SP, , v. 299, p. 6 - 7, 29 ago. 2005.

23.
CARNEIRO, R. M.. Os equívicos da proposta de aumento do superávit. Jornal Valor Econômico, São Paulo - SP, 10 ago. 2005.

24.
CARNEIRO, R. M.. O Pacto Conservador. Jornal da Unicamp, Campinas - SP, , v. 295, p. 2 - 2, 01 ago. 2005.

25.
CARNEIRO, R. M.. O Pacto Conservador. Carta Maior, São Paulo - SP, 14 jul. 2005.

26.
CARNEIRO, R. M.. Um ano monótono. Lições Contemporâneas - Jornal Folha de São Paulo, São Paulo - SP, 03 abr. 2005.

27.
CARNEIRO, R. M.. O mantra conservador. Lições Contemporâneas - Jornal Folha de São Paulo, São Paulo - SP, 06 mar. 2005.

28.
CARNEIRO, R. M.. Política Econômica e Crescimento. Lições Contemporâneas - Jornal Folha de São Paulo, São Paulo - SP, 06 fev. 2005.

29.
CARNEIRO, R. M.. Financismo. Lições Contemporâneas - Jornal Folha de São Paulo, São Paulo - SP, 09 jan. 2005.

30.
CARNEIRO, R. M.. Erros velhos. Lições Contemporâneas - Jornal Folha de São Paulo, São Paulo - SP, 12 dez. 2004.

31.
CARNEIRO, R. M.. Crescimento, Volatilidade e Incerteza. Jornal Folha de São Paulo, São Paulo - SP, 28 nov. 2004.

32.
CARNEIRO, R. M.. A Insustentável leveza do crescimento. Lições Contemporâneas - Jornal Folha de São Paulo, São Paulo - SP, 14 nov. 2004.

33.
CARNEIRO, R. M.. A insustentável trajetória do investimento. Revista Desafios do Desenvolvi,emto, Brasília - DF, 01 nov. 2004.

34.
CARNEIRO, R. M.. Barrados no Baile?. Folha de São Paulo, São Paulo-SP, p. B2, 17 out. 2004.

35.
CARNEIRO, R. M.. Para sair do atoleiro. Carta Capital, São Paulo - SP, 12 maio 2004.

36.
CARNEIRO, R. M.. Só gasto público permite retomada. Folha de São Paulo, São Paulo-SP, p. B12, 02 maio 2004.

37.
CARNEIRO, R. M.. Paradoxo da credibilidade. Carta Capital, São Paulo - SP, 01 dez. 2003.

38.
CARNEIRO, R. M.. O recuo tático como estratégia e a desestruturação do estado. Jornal da Unicamp, Campinas - SP, , v. 230, p. 6 - 7, 22 set. 2003.

39.
CARNEIRO, R. M.. O Brasil deve renovar o acorso com o FMI? Não - A prova do pudim é comê-lo. Folha de São Paulo, São paulo-SP, p. A3, 13 set. 2003.

40.
CARNEIRO, R. M.. O PT Cedeu demais ao mercado. Isto é Dinheiro, São Paulo - SP, p. 18 - 20, 25 jun. 2003.

41.
CARNEIRO, R. M.. Chegou a hora de baixar a taxa de juros? Sim. Folha De São Paulo - Tendências/Debates - O enigma do Banco Central, São Paulo - SP, 14 jun. 2003.

42.
CARNEIRO, R. M.. O BC deve intervir na taxa de câmbio? Sim. Liberalismo de pé quebrado. Folha de São Paulo - Tendências/Debates - O BC deve intervir na taxa de câmbio?, São Paulo - SP, 03 maio 2003.

43.
CARNEIRO, R. M.. Além da estabilidade. Folha de São Paulo - Tendências/Debates - Além da Estabilidade, São Paulo - SP, 17 fev. 2003.

44.
CARNEIRO, R. M.. A dívida pública como ela é. Carta Capital, São Paulo - SP, p. 30 - 31, 04 set. 2002.

45.
CARNEIRO, R. M.. Nem caos nem continuismo. Jornal Valor Econômico, São Paulo - SP, 18 jun. 2002.

46.
CARNEIRO, R. M.. A Argentina e o currency board: réquiem para um velho defunto. Carta Capital, São Paulo, SP, 01 abr. 2002.

47.
CARNEIRO, R. M.. Alternativas de desenvolvimento no Brasil. Jornal Valor Econômico, São Paulo - SP, 04 dez. 2001.

48.
CARNEIRO, R. M.. Privatização Bastarda. Carta Capital, São Paulo - SP, 01 jun. 2001.

49.
CARNEIRO, R. M.. O significado da baixa inflação. Carta Capital, São Paulo - SP, 01 jun. 2001.

50.
CARNEIRO, R. M.. Uma visão otimista. Carta Maior, São Paulo - SP, 01 out. 2000.

51.
CARNEIRO, R. M.. O ciclo político do crescimento. Carta Maior, São Paulo - SP, 01 set. 2000.

52.
CARNEIRO, R. M.. As conseqüências das fusões e aquisições de empresas. Carta Maior, São Paulo - SP, 01 ago. 2000.

53.
CARNEIRO, R. M.. Qual é o tamanho da crise?. Jornal da Unicamp, Campinas - SP, , v. 140, p. 6 - 7, 01 mar. 1999.

54.
CARNEIRO, R. M.. Infra-estrutura - uma questão ideológica?. Jornal O Estado de São Paulo, São Paulo, julho, 06 jul. 1997.

55.
CARNEIRO, R. M.. A nova lógica. Jorna O Estado de São Paulo, São Paulo, abril, p. B2 - B2, 22 abr. 1997.

56.
CARNEIRO, R. M.. A miragem do crescimento. Jornal O Estado de São Paulo, São Paulo, abril, 02 abr. 1997.

57.
CARNEIRO, R. M.. A volta da questão social. Jornal O Estado de São Paulo, São Paulo, fevereiro, p. B2 - B2, 17 fev. 1997.

58.
CARNEIRO, R. M.. O Nordeste e seus pequenos reis feudais. Folha de São Paulo. Folhetim, São Paulo, agosto, 10 ago. 1980.

59.
CARNEIRO, R. M.. Nordeste: terra em transe?. Folha de São Paulo. Folhetim, São Paulo, fevereiro, 03 fev. 1980.

60.
CARNEIRO, R. M.; SILVA, A. C. M. e . Bravo velho mundo. Carta Capital, São Paulo, , v. 143, p. 44 - 46.

61.
CARNEIRO, R. M.; SILVA, A. C. M. e . Tecnologia - O funeral das certezas. Carta Capital, São Paulo, , v. 136, p. 38 - 40.

62.
CARNEIRO, R. M.; SILVA, A. C. M. e . Caminhos da Riqueza - Espíritos Animais. Carta Capital, São Paulo, , v. 134, p. 24 - 28.

63.
CARNEIRO, R. M.; SILVA, A. C. M. e . O Barril da Discórdia. Carta Capital, São Paulo, , v. 133, p. 53 - 56.

64.
CARNEIRO, R. M.; SILVA, A. C. M. e . Dinheiro Curto. Carta Capital, São Paulo, , v. 131, p. 58 - 61.

65.
CARNEIRO, R. M.; SILVA, A. C. M. e . Espumas Flutuantes. Carta Capital, São Paulo, , v. 130, p. 76 - 79.

66.
CARNEIRO, R. M.. O alcance do acordo argentino. Carta Maior, São Paulo, Janeiro.

67.
CARNEIRO, R. M.. O tijolo e o elástico. Carta Maior, São Paulo, Janeiro.

68.
CARNEIRO, R. M.. Queda do spread ou propaganda enganosa?. Carta Maior, São Paulo, dezembro.

69.
CARNEIRO, R. M.. Esperando demais de Greenspan.. Carta Maior, São Paulo, dezembro.

70.
CARNEIRO, R. M.. Erros grosseiros, resultado suspeito. Carta Maior, São Paulo, novembro.

71.
CARNEIRO, R. M.. Por que é preciso parar a privatização?. Carta Maior, São Paulo, novembro.

72.
CARNEIRO, R. M.. Um rombo de 6,2 bilhões de reais. Carta Maior, São Paulo, novembro.

73.
CARNEIRO, R. M.. Dilema falso em Buenos Aires. Carta Maior, São Paulo, novembro.

74.
CARNEIRO, R. M.. Uma nova crise do petróleo?. Carta Maior, São Paulo, outubro.

75.
CARNEIRO, R. M.. Os desafios da vitória. Carta Maior, São Paulo, outubro.

76.
CARNEIRO, R. M.. O debate sobre os bancos públicos. Carta Maior, São Paulo, agosto.

77.
CARNEIRO, R. M.. A insensatez do ajuste fiscal. Carta Maior, São Paulo, julho.

78.
CARNEIRO, R. M.. A desnacionalização dos bancos. Carta Maior, São Paulo, julho.

79.
CARNEIRO, R. M.. O destino das exportações. Carta Maior, São Paulo, julho.

80.
CARNEIRO, R. M.. O impasse da Argentina. Carta Maior, São Paulo, junho.

81.
CARNEIRO, R. M.. A evolução enganosa dos índices de preços. Carta Maior, São Paulo, junho.

82.
CARNEIRO, R. M.. Os rumos da privatização. Carta Maior, São Paulo, junho.

83.
CARNEIRO, R. M.. A estratégia do Banco Central. Carta Maior, São Paulo, junho.

84.
CARNEIRO, R. M.. O jogo da Bolsa. Carta Maior, São Paulo, maio.

85.
CARNEIRO, R. M.. O fôlego do crescimento. Carta Maior, São Paulo, maio.

86.
CARNEIRO, R. M.. A bolha americana e o Brasil. Carta Maior, São Paulo, maio.

87.
CARNEIRO, R. M.. O conto do superávit. Carta Maior, São Paulo, maio.

88.
CARNEIRO, R. M.. Dimensões da Nova Economia. Carta Maior, São Paulo, abril.

89.
CARNEIRO, R. M.. A tirania dos juros. Carta Maior, São Paulo, abril.

90.
CARNEIRO, R. M.; SILVA, A. C. M. e . Inflação - Perdas e Ganhos. Carta Capital, São Paulo, Maio, , v. 147, p. 32 - 34.

91.
CARNEIRO, R. M.; SILVA, A. C. M. e . Abertura financeira: entra-e-sai. Carta Capital, São Paulo,janeiro 2001, , v. 139, p. 44 - 46.

Artigos aceitos para publicação
1.
CARNEIRO, R. M.; ROSSI, Pedro Linhares ; MELLO, G.S. ; LEITE,M.V.C. . The fourth dimension: derivatives and financial dominance. Review of Radical Political Economics, 2014.

Apresentações de Trabalho
1.
CARNEIRO, R. M.. What is the Brazilian experience on managing the interest rate-exchange rate nexus?. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).

2.
CARNEIRO, R. M.. Transformations on the Global Economy. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

3.
CARNEIRO, R. M.. Perspectivas para o Brasil. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).

4.
CARNEIRO, R. M.. O capitalismo com dominância financeira: uma análise comparada dos países avançados e emergentes. 2009. (Apresentação de Trabalho/Outra).

5.
CARNEIRO, R. M.. Perspectivas do Investimento 2007/2010. 2007. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

6.
CARNEIRO, R. M.. O tripé macroeconômico: metas de inflação, câmbio flutuante e superávit primário. 2006. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

7.
CARNEIRO, R. M.. Padrão de Crescimento. 2006. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

8.
CARNEIRO, R. M.. Salário Mínimo e Desenvolvimento Econômico. 2005. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

9.
CARNEIRO, R. M.. A Fragilidade do Crescimento. 2005. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

10.
CARNEIRO, R. M.. Rumos da Política Fiscal. 2005. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

11.
CARNEIRO, R. M.. XIII Congresso Interno de Iniciação Científica da Unicamp. 2005. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

12.
CARNEIRO, R. M.. Política de Pleno Emprego /`Proposta de Projeto Lei do Pleno Emprego. 2005. (Apresentação de Trabalho/Outra).

13.
CARNEIRO, R. M.. Conjuntura da Economia Brasileira. 2005. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

14.
CARNEIRO, R. M.. O lugar do sistema financeiro em um projeto de desenvolvimento nacional. 2005. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

15.
CARNEIRO, R. M.. XII Congresso Interno de Iniciação Científica da UNICAMP. 2004. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

16.
CARNEIRO, R. M.. A Política Econômica do Governo Lula - Balanço e Perspectivas. 2004. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

17.
CARNEIRO, R. M.. Conjuntura da Economia Brasielira. 2004. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

18.
CARNEIRO, R. M.. A economia brasleira hoje: entre ajustes e busca do desenvolvimento. 2004. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

19.
CARNEIRO, R. M.. A (In) Compatibilidade entre Fluxos de Capital regulados e o Desenvolvimento Econômico. 2003. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

20.
CARNEIRO, R. M.. Reforma da Previdência: necessidade e contradições. 2003. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

21.
CARNEIRO, R. M.. Fórum: O Mundo do Trabalho no Brasil - CLT 60 anos - Reforma da Previdência. 2003. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

22.
CARNEIRO, R. M.. O Novo Governo e o Crescimento Sustentado. 2003. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

23.
CARNEIRO, R. M.. Por onde tem ido e por onde irá o governo Lula?. 2003. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

24.
CARNEIRO, R. M.. Perspectivas para economia brasileira. 2003. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

25.
CARNEIRO, R. M.. O Controle de Capitais na Construção do Brasil que Queremos. 2003. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

26.
CARNEIRO, R. M.. Acordos com o FMI: A experiência Internacional. 2003. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

27.
CARNEIRO, R. M.. Balanço Geral do Governo Lula. 2003. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

28.
CARNEIRO, R. M.. FMI e sua intervenção na economia nacional. 2003. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

29.
CARNEIRO, R. M.. Vulnerabilidade Externa e Crescimento. 2003. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

30.
CARNEIRO, R. M.. XI Congresso Interno de Iniciação Científica da UNICAMP. 2003. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

31.
CARNEIRO, R. M.. Desenvolvimento em Crise A economia no último quarto do século XX. 2002. (Apresentação de Trabalho/Outra).

32.
CARNEIRO, R. M.. Desenvolvimento em Crise - A economia no último quarto do século XX. 2002. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

33.
CARNEIRO, R. M.. A economia brasileira: evolução recente e problemas atuais. 2002. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

34.
CARNEIRO, R. M.. O próximo governo e os espaços para um novo projeto de desenvolvimento. 2002. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

35.
CARNEIRO, R. M.. Alternativas para o Desenvolvimento Brasileiro Parte I e II. 2001. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

36.
CARNEIRO, R. M.. Estrutura Ocupacional distribuição de renda e padrões de consumo. 2001. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

37.
CARNEIRO, R. M.. A Economia Brasileira. 2001. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

38.
CARNEIRO, R. M.. Dilema do Crescimento X Estabilidade Econômica. 2001. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

39.
CARNEIRO, R. M.. Reestruturação dos Bancos Oficiais - Modelagem das Instituições Financeiras Públicas e a Economia Brasileira. 2000. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

40.
CARNEIRO, R. M.. Globalização, Abertura e Financiamento. 2000. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

41.
CARNEIRO, R. M.. Uma receita para o Brasil. 2000. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

42.
CARNEIRO, R. M.. Moeda e Nação em Tempos de Dominância da Valorização Financeira. 2000. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

43.
CARNEIRO, R. M.. Estimativa do valor econômico face a privatização do BANESPA. 2000. (Apresentação de Trabalho/Outra).

44.
CARNEIRO, R. M.. The Brazilian Stabilization Programme. The Plano Real - 1994-97. 1998. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

45.
CARNEIRO, R. M.. The Post 1990 Brazilian Trade Liberalisation and the Performance of Large Manufacturing Firms: Productivity, Markey Share and Profits. 1998. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

46.
CARNEIRO, R. M.. O legado de J.M.Keynes. 1996. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

47.
CARNEIRO, R. M.. A crise bancária. 1996. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

48.
CARNEIRO, R. M.. A instabilidade cambial e os destinos do Real. 1995. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

49.
CARNEIRO, R. M.. Reforma Monetária e implantação do Real. 1994. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

50.
CARNEIRO, R. M.. O Plano FHC: cenário pessimista. 1994. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

51.
CARNEIRO, R. M.. Os novos mandarins. 1994. (Apresentação de Trabalho/Outra).

52.
CARNEIRO, R. M.. Os limites estruturais da retomada. 1992. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

53.
CARNEIRO, R. M.. Dívida Externa no Brasil. 1989. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

54.
CARNEIRO, R. M.. Indicadores Econômicos de Conjuntura. 1988. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

55.
CARNEIRO, R. M.. A Economia Brasileira em 1987 e perspectivas para 1988. 1988. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

56.
CARNEIRO, R. M.. Vamos sair da crise. 1988. (Apresentação de Trabalho/Outra).

57.
CARNEIRO, R. M.. Perspectivas da Economia Nacional e Repercussão na Economia Metropolitana até 2000. 1987. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

58.
CARNEIRO, R. M.. O Programa de Estabilização e a Economia Brasileira: balanço e perspectivas. 1986. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

59.
CARNEIRO, R. M.. Rumos da Política Agrícola no Brasil. 1985. (Apresentação de Trabalho/Outra).

60.
CARNEIRO, R. M.. Relações de Produção e Emprego na Agricultura do Nordeste. 1980. (Apresentação de Trabalho/Outra).

61.
CARNEIRO, R. M.. O Modelo de desenvolvimento Brasileiro e as Desigualdades Regionais. 1980. (Apresentação de Trabalho/Outra).

62.
CARNEIRO, R. M.. Conferencista na I Semana do Economista. 1980. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

63.
CARNEIRO, R. M.. Introdução à Problemática Agrária no Nordeste. 1979. (Apresentação de Trabalho/Outra).

64.
CARNEIRO, R. M.. Tecnificação e Capitalização da Agricultura. 1979. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

65.
CARNEIRO, R. M.. O Nordeste e a SUDENE. 1979. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

66.
CARNEIRO, R. M.. Estrutura Agrária, Produção e Emprego no Nordeste. 1978. (Apresentação de Trabalho/Outra).

67.
CARNEIRO, R. M.. Economia Brasileira: suas perspectivas atuais. 1977. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

Outras produções bibliográficas
1.
CARNEIRO, R. M.. Velhos e novos desenvolvimentismos. São Paulo 2013 (Artigo publicado na internet).

2.
CARNEIRO, R. M.; ROSSI, Pedro Linhares . The Brazilian experience in managing interest-exchange rate nexus. Campinas: Instituto de Economia da Unicamp, 2012 (Artigo publicado na internet).

3.
CARNEIRO, R. M.; ROSSI, Pedro Linhares ; LEITE,M.V.C. ; MELLO, G.S. . A quarta dimensão: os derivativos em um capitalismo com dominância financeira. Campinas: Instituto de Economia da UNICAMP, 2011 (Artigo publicado na internet).

4.
CARNEIRO, R. M.. O Dólar e seus Rivais. Campinas - SP 2010 (Artigo publicado na internet).

5.
CARNEIRO, R. M.. O Desenvolvimento Brasileiro Pós-Crise Financeira: Oportunidades e Riscos. Campinas - SP: Instituto de Economia da UNICAMP, 2010 (Artigo publicado na internet).

6.
CARNEIRO, R. M.. O financiamento da acumulação de ativos (um esquema analítico). Campinas: Instituto de Economia, 2009 (Artigo publicado na internet).

7.
CARNEIRO, R. M.. Impasses do desenvolvimento brasileiro: a questão produtiva. Campinas - SP: Editora Unicamp, 2008 (Artigo publicado na internet).

8.
CARNEIRO, R. M.. Globalização produtiva e estratégias empresariais. Campinas - SP: Instituto de Economia da Unicamp, 2007 (Artigo publicado na internet).

9.
CARNEIRO, R. M.. Dinâmica de crescimento da economia brasileira: uma visão de longo prazo. Campinas - SP: Instituto de Economia da Unicamp, 2007 (Artigo publicado na internet).

10.
CARNEIRO, R. M.. Globalização e integração periférica. Campinas - SP: Instituto de Economia da Unicamp, 2007 (Artigo publicado na internet).

11.
CARNEIRO, R. M.. Internacionalização produtiva, estratégias empresariais e investimento. Campinas - SP: Instituto de Economia da Unicamp, 2007 (Relatório de Pesquisa).

12.
CARNEIRO, R. M.. Inconversibilidade monetária, atraso produtivo, regimes de política econômica e desenvolvimento: o caso brasileiro no contexto dos países periféricos. Campinas - SP: Instituto de Economia da UNICAMP, 2007 (Relatório de Pesquisa).

13.
CARNEIRO, R. M.. Globalização e inconversibilidade monetária. Campinas - SP: nstituto de Economia da Unicamp, 2006 (Artigo publicado na internet).

14.
CARNEIRO, R. M.. Trajetória do investimento: evolução das estruturas e modificação da propriedade. Campinas - SP: Instituto de Economia da UNICAMP, 2006 (Relatório de Pesquisa).

15.
CARNEIRO, R. M.. O pacto conservador. Campinas: Instituto de Economia da Unicamp, 2005 (Artigo publicado na internet).

16.
PRATES, D. M. ; CARNEIRO, R. M. . O novo endividamento externo: A velha socialização das perdas. Campinas: Instituto de Economia da Unicamp, 2004 (Artigo publicado na internet).

17.
CARNEIRO, R. M.. O mito da conversibilidade ou moedas não são bananas. Campinas: Instituto de Economia da Unicamp, 2003 (Artigo publicado na internet).

18.
CARNEIRO, R. M.. A globalização financeira: origem, dinâmica e perspectivas. Campinas - SP: Instituto de Economia da Unicamp, 1999 (Artigo publicado na internet).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
CARNEIRO, R. M.. Assessoria ao DIEESE na reavaliação do preço mínimo de venda do BANESPA. 2000.

Trabalhos técnicos
1.
CARNEIRO, R. M.. Parecer para a Revista economia e Sociedade. 2007.

2.
CARNEIRO, R. M.. Parecer para a Revista Economia e Sociedade. 2006.

3.
CARNEIRO, R. M.. Elaboração de Programa de Governo - Área Econômica. 2002.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
CARNEIRO, R. M.. A privatização do BANESPA - Jornal da Globo. 2000. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
CARNEIRO, R. M.. A privatização do BANESPA - Jornal do SBT. 2000. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
CARNEIRO, R. M.. A privatização do BANESPA - Jornal Regional da EPTV. 2000. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

4.
CARNEIRO, R. M.. A privatização do BANESPA - Programa Conversa Afiada. 2000. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

5.
CARNEIRO, R. M.. A privatização do BANESPA - Rádio CBN. 2000. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

6.
CARNEIRO, R. M.. A evolução do custo de vida. 2000. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

7.
CARNEIRO, R. M.. Os Novos Mandarins. 1994. (Programa de rádio ou TV/Outra).

8.
CARNEIRO, R. M.. Vamos Sair da Crise. 1988. (Programa de rádio ou TV/Outra).


Demais tipos de produção técnica
1.
CARNEIRO, R. M.. Consultor do Projeto de Pesquisa: Política Financeira e Fragilidade Bancária. 1997. (Consultor).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
CARNEIRO, R. M.; SILVA, A. C. M. e. Participação em banca de Bruno Martarello de Conti. Regimes Cambiais em Países Emergentes: O caso Brasileiro recente (1994-2006). 2007. Dissertação (Mestrado em economia) - Universidade Estadual de Campinas.

2.
CARNEIRO, R. M.. Participação em banca de André Luiz Correa. Avaliação dos Impactos da Internacionalização da indústria sobre os coeficientes de pass-through setoriais no Brasil no período 1996-2001.. 2004. Dissertação (Mestrado em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas.

3.
CARNEIRO, R. M.. Participação em banca de Simone Pagianotto Costa. Crise Bancária no Brasil após o Plano Real: Uma Análise a partir da Falência de Bancos Privados Varejistas. 2001. Dissertação (Mestrado em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas.

4.
CARNEIRO, R. M.. Participação em banca de Carta Cristiane Lopes Corte. Sistema Financeiro Alemão nos anos 90. 2000. Dissertação (Mestrado em economia) - Universidade Estadual de Campinas.

5.
CARNEIRO, R. M.. Participação em banca de Milko Matijascic. Fundos de Pensão Brasileiros: Parafinanciamento. 1993. Dissertação (Mestrado em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas.

6.
CARNEIRO, R. M.. Participação em banca de Elba Cristina Lima Rêgo. A operacionalidade da política monetária no Brasil, no contexto da moeda indexada. 1992. Dissertação (Mestrado em economia) - Universidade Estadual de Campinas.

7.
CARNEIRO, R. M.. Participação em banca de Rudinei Toneto Júnior. Estado, bancos e acumulação financeira no Brasil: 1964-1984. 1992. Dissertação (Mestrado em Economia) - Universidade de São Paulo.

8.
CARNEIRO, R. M.. Participação em banca de Fernando Bedoya Barco. A Política Econômica Externa e a Evolução do Balanço de Pagamentos da Colômbia. 1992. Dissertação (Mestrado em economia) - Universidade Estadual de Campinas.

9.
CARNEIRO, R. M.. Participação em banca de Frederico Jayme Katz. A sobrevivência das microempresas: O Grande Recife como exemplo. 1980. Dissertação (Mestrado em Economia) - Universidade Federal de Pernambuco.

10.
CARNEIRO, R. M.. Participação em banca de Antonio Márcio Buainain. A renda da terra no desenvolvimento capitalista (Contradições entre a propriedade fundiária e o capital). 1980. Dissertação (Mestrado em Economia) - Universidade Federal de Pernambuco.

Teses de doutorado
1.
CARNEIRO, R. M.. Participação em banca de Valter Ventura da Rocha Pomar. "A metamorfose - a análise econômica, programa e estratégia política do partido dos trabalhadores: 1980-2005". 2006. Tese (Doutorado em História Econômica) - Universidade de São Paulo.

2.
SARTI, F.; CARNEIRO, R. M.. Participação em banca de Fernando Sarti. Internacionalização Comercial e Produtiva no Mercosul nos Anos 90. 2001. Tese (Doutorado em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas.

3.
CARNEIRO, R. M.. Participação em banca de José Gilberto Scandiucci Filho. Hegemonia, Estados e Mercado nos Arranjos de Bretton Woods. 2000. Tese (Doutorado em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas.

4.
CARNEIRO, R. M.. Participação em banca de Suely Muniz. Sambando em gelo fino investimento industrial, capacitação tecnológica e organizacional e competitividade brasileira nos anos 90. 2000. Tese (Doutorado em Economia) - Universidade de São Paulo.

5.
TORRES, M. J. R.; CARNEIRO, R. M.. Participação em banca de Marcos José Rodrigues Torres. Operacionalidade da Política Monetária no Brasil. 1999. Tese (Doutorado em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas.

6.
PACHECO, C. A.; CARNEIRO, R. M.. Participação em banca de Carlos Américo Pacheco. A Quetão Regional Brasileira Pós 1980: Desconcentração Econômica e Fragmentação da Economia Nacional. 1996. Tese (Doutorado em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas.

7.
CARVALHO, C. E. F.; CARNEIRO, R. M.. Participação em banca de Carlos Eduardo Ferreira de Carvalho. Bloqueio da Liquidez e Estabilização. O Fracasso do Plano Collor. 1996. Tese (Doutorado em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas.

8.
CARNEIRO, R. M.. Participação em banca de Vanessa Petrelli Corrêa. A estrutura de financiamento brasileira e a oferta de financiamento de longo prazo ao investimento. 1996. Tese (Doutorado em Economia) - Universidade Estadual de Campinas.

9.
CARNEIRO, R. M.. Participação em banca de Gentil Corazza. A independência dos bancoscentras em relação ao governo e aos bancos privados. 1995. Tese (Doutorado em Economia) - Universidade Estadual de Campinas.

10.
ALMEIDA FILHO, N.; CARNEIRO, R. M.. Participação em banca de Niemeyer Almeida Filho. Os Limites Estruturais à Política Econômica Brasileira nos Anos 80/90. 1994. Tese (Doutorado em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas.

Qualificações de Doutorado
1.
CARNEIRO, R. M.. Participação em banca de Ricardo Buratini. As restrições a expansão do setor elétrico brasileiro no período 1993-2001. 2004. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas.

2.
CARNEIRO, R. M.. Participação em banca de Luciana Acioly da Silva. O Investimento Direto Externo no Brasil, China e Índia nos anos 90. 2003. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas.

3.
CARNEIRO, R. M.. Participação em banca de Lício da Costa Raimundo. Capitalismo descoordenado. O papel dos fundos de pensão na reconstrução da infra-estrutura urbana e no incentivo ao desenvolvimento tecnológico no Brasil no século XXI. 2002. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas.

4.
CARNEIRO, R. M.. Participação em banca de Rosane de Almeida Maia. Fundos previdenciários e o financiamento de longo prazo. 2001. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas.

5.
CARNEIRO, R. M.. Participação em banca de Fernando Sarti. Internacionalização comercial e produtiva no Mercosul nos anos 90. 2001. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas.

6.
CARNEIRO, R. M.. Participação em banca de José Gilberto Scandiucci filho. "Se queres reinar, divide o reino" - contribuição ao estudo do sistema monetário internacional durante o período do padrão dólar-ouro. 1999. Exame de qualificação (Doutorando em Economia Aplicada) - Universidade Estadual de Campinas.

7.
CARNEIRO, R. M.. Participação em banca de Pedro Paulo Zahluth Bastos. Crises e Ciclos Cambiais Brasileiros 1955-1998: Internacionalizações do Capitalismo, dependência financeira e vulnerabilidade cambial no Brasil. 1998. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas.

8.
CARNEIRO, R. M.. Participação em banca de Lucy Aparecida de Sousa. O mercado de capitais Brasileiro no período 1987/96. 1997. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas.

9.
CARNEIRO, R. M.. Participação em banca de Marcos Antonio Macedo Cintra. As transformações no sistema financeiro americano: A montagem de um novo regime monetário financeiro. 1996. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas.

10.
CARNEIRO, R. M.. Participação em banca de Carlos Eduardo Ferreira de Carvalho. Bloqueio da Liquidez e Estabilização: O experimento frustado de 1990. 1995. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas.

11.
CARNEIRO, R. M.. Participação em banca de Gentil Corazza. Banco Central e Controle Monetário - Um estudo sobre a gestão estatal do dinheiro. 1993. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
CARNEIRO, R. M.. Participação em banca de Augusta Rodrigues de Oliveira.O fenômeno do PASS-Through no Brasil e suas implicações de Política Monetária. 2002. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Economia) - Universidade Estadual de Campinas.

2.
CARNEIRO, R. M.. Participação em banca de Liciane Schunemann.Brasil e México nos Anos 90: Análise comparativa do desempenho econômico pós-crise cambial. 2001. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Economia) - Universidade Estadual de Campinas.

3.
CARNEIRO, R. M.. Participação em banca de Eduardo Barbosa Nogueira.Marco regulatório do Investimento de fortfélio no Brasil dos anos 90. 2000. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Economia) - Universidade Estadual de Campinas.

4.
CARNEIRO, R. M.. Participação em banca de Flávio Giani Ramos.Um estudo sobre liberalização financeira. 1994. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Economia) - Universidade Estadual de Campinas.

5.
CARNEIRO, R. M.. Participação em banca de Solange Simões.Conversão da Dívida Externa Brasileira em Investimentos: A Solução ou o problema?. 1990. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Economia) - Universidade Estadual de Campinas.

Outros tipos
1.
CARNEIRO, R. M.. Participação em banca de Robson Ribeiro Gonçalves. A Re (inserção) produtiva Brasileira: Um estudo a partir do desempenho exportador dos anos 80. 1995. Outra participação, Universidade Estadual de Campinas.

2.
CARNEIRO, R. M.. Participação em banca de Milko Matijascic. Entidades Fechadas de previdência provada e economia Brasileira 1975-1991. 1992. Outra participação, Universidade Estadual de Campinas.

3.
CARNEIRO, R. M.. Participação em banca de Nilton de Almeida Naretto. A Economia Brasileira no período recente: Uma introdução ao debate. 1990. Outra participação, Universidade Estadual de Campinas.

4.
CARNEIRO, R. M.. Participação em banca de Elba Cristina Lima Rego. Política Monetária no Brasil nos anos 80. 1990. Outra participação, Universidade Estadual de Campinas.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
CARNEIRO, R. M.. Participou como presidente da Seleção Pública de provas e títulos para admissão de um docente na Área de Formação e Desenvolvimento da Economia Brasileira. 2010. Universidade Estadual de Campinas.

2.
CARNEIRO, R. M.; BALTAR, Paulo Eduardo de Andrade; MOTA, Fernando Cezar de Macedo. Participou como Presidente da Comissão Julgadora da Seleção pública de provas e títulos para admissão de um docente.. 2006. Universidade Estadual de Campinas.

3.
CARNEIRO, R. M.. Participou como menbro titular da Comissão Julgadora da Seleção Pública de Provas e Títulos para admissão de um docente. 2006. Universidade Estadual de Campinas.

4.
CARNEIRO, R. M.. Participou como membro titular da comissão julgadora da seleção pública de provas e títulos para admissão de um docente para Área de Política e Planejamento Econômico.. 2004. Universidade Estadual de Campinas.

5.
CARNEIRO, R. M.. Presidente do Concurso para área de Economia Internacional do Departamento de Política e História Econômica.. 2003. Universidade Estadual de Campinas.

6.
CARNEIRO, R. M.. Participou como membro titular da Comissão Julgadora da seleção Pública de Provas e Títulos para admissão de um docente na Área de Teoria Econômica. 2000. Universidade Estadual de Campinas.

Outras participações
1.
CARNEIRO, R. M.. Participou como presidente da Comissão Julgadora do Processo seletivo de Provas e Títulos para professor Doutor nas Áreas de Economia Brasileira e Economia Social e do Trabalho. 2009. Universidade Estadual de Campinas.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Seminário "Desenvolvimento e Crise Global: Impactos no Brasil e na América Latina.A rede desenvolvimentista e o seu papel no Brasil e na América Latina. 2012. (Seminário).

2.
Seminário Desenvolvimento e Crise Global: Impactos no Brasil e na América Latina.Estratégias de Desenvolvimento, Estado e mercado. 2012. (Seminário).

3.
Seminário Internacional: "A Crise Mundial e os Desafios de um Novo Padrão de Desenvolvimento para as Economias Emergentes da América Latina, com Especial Referência ao Caso Brasileiro".Mesa 1 - A crise, suas origens e as respostas de política econômica (EUA, China, Europa, América Latina e Brasil) - Debatedor. 2012. (Seminário).

4.
Workshop "Economias Emergentes e a Crise Econômica Global".Economias Emergentes e a Crise Econômica Global. 2012. (Outra).

5.
A Crise no Capitalismo e o Desenvolvimento do Brasil.O Brasil frente à crise - as políticas macroeconômicas. 2011. (Seminário).

6.
Seminários Brasileiros como se faz um país - Rumos da Economia Brasileira.As alternativas do desenvolvimento. 2011. (Seminário).

7.
Taller Políticas macroeconómicas, inserción externa y mercados financieros internacionales.Consecuencias de la volatilidad de los precios de los commodities y de la demanda externa. Alternativas para su enfrentamiento. 2011. (Seminário).

8.
VI CNPEPI - Relações Internacionais em Tempo de Crise Econômica e Política.Relações Internacionais em tempos de crise econômica. 2011. (Seminário).

9.
Seminário Interno da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República.Transformations on the Global Economy. 2010. (Seminário).

10.
VIII Semana de Economia da PUC/SP - Reflexões sobre o atual crescimento econômico.Perspectivas para o Brasil. 2010. (Outra).

11.
Colóquio Internacional O capitalismo com dominância financeira: uma análise comparada dos países avançados e emergentes..O capitalismo com dominância financeira: uma análise comparada dos países avançados e emergentes. 2009. (Outra).

12.
5o Fórum de Economia.Resposta brasileira à inflação e à crise bancária externa. 2008. (Outra).

13.
I Congreso de Estudiosos de Brasil en Europa. Brasil y la globalización. 2008. (Congresso).

14.
Semana da Economia 2008 Unicamp.Palestra de Encerramento - Economia Brasileira. 2008. (Encontro).

15.
Workshop "Economia e Mercado de Trabalho: Brasil e México".Política Econômica e Emprego. 2008. (Outra).

16.
Seminário Perspectivas do Investimento 2007/2010.Cenários de Investimento. 2007. (Seminário).

17.
X Encontro Nacional de Economia Política.Cenários da Economia Brasileira. 2007. (Encontro).

18.
Debate sem fronteiras.O tripé macroeconômico: metas de inflação, câmbio flutuante e superávit primário. 2006. (Outra).

19.
Seminário Caminhos do Crescimento.A lógica do COPOM frente a uma Política de Crescimento. 2006. (Seminário).

20.
Seminário Governo Lula: um debate crítico.Padrão de Crescimento. 2006. (Seminário).

21.
XXXIV Encontro Nacional de Economia.Conjuntura Econômica (Sessão Especial da ANPEC. 2006. (Encontro).

22.
Audiência Pública.Política de Pleno Emprego/Proposta de Projeto de Lei do Pleno Emprego. 2005. (Outra).

23.
Seminário A Fragilidade do Crescimento.A Fragilidade do Crescimento. 2005. (Seminário).

24.
Seminário Panorama Econômico Ano XVI - 2004/2005.O lugar do sistema financeiro em um projeto de desenvolvimento nacional. 2005. (Seminário).

25.
Seminário Salário Mínimo e Desenvolvimento.Salário Mínimo e Desenvolvimento Econômico. 2005. (Seminário).

26.
Seminário Temático.A Economia Brasileira hoje: entre ajustes e a busca do desenvolvimento. 2005. (Seminário).

27.
XXIII Reunião do Fórum Nacional de Secretários do Planejamento.Rumos da Política Fiscal. 2005. (Outra).

28.
Análise Conjuntural - IPARDES 25 Anos.A Política Econômica do Governo Lula - Balanços e Perspectivas. 2004. (Seminário).

29.
IX Encontro Nacional de Economia Política.Economia Brasileira. 2004. (Encontro).

30.
Debate com Economistas para o Jornal O Globo.Debate sobre Vulnerabilidade Externa e Crescimento. 2003. (Outra).

31.
Fórum O Mundo do Trabalho no Brasil - CLT 60 anos.Reforma da Previdência. 2003. (Outra).

32.
I Fórum Social Brasileiro - FSB.O controle de capitais na construção do Brasil que queremos. 2003. (Outra).

33.
Semana da Economia da Universidade Federal de Santa Catarina - 60 anos.Perspectivas para Economia Brasileira. 2003. (Seminário).

34.
Seminário "Os trabalhadoreas e a Reforma da Previdência".Reforma da Previd~encia: necessidade e contradições. 2003. (Seminário).

35.
Seminário "Um ano do Governo Lula: balanço e perspectivas.Balanço geral do Governo Lula. 2003. (Seminário).

36.
Seminário Internacional em Macroeconomia do Desenvolvimento.A (In)Compatibility between Unregulated Capital Flows and economic Development. 2003. (Seminário).

37.
Seminário Nacional "O Papel das Instituições Financeira no Processo de Desenvolvimento Brasileiro".FMI e sua intervenção na economia nacional. 2003. (Seminário).

38.
Seminário Renovar com o FMI: para quê?.Acordos com o FMI: a experiência internacional. 2003. (Seminário).

39.
XV Fórum Nacional "O Novo Governo, Novas Prioridades e Crescimento Sustentado".O novo governo e crescimento sustentado. 2003. (Outra).

40.
XXVII Encontro Anual da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS.Por onde tem ido e para onde vai o governo Lula?. 2003. (Encontro).

41.
II Ciclo de Debates da Universidade Federal de Goiás.A Economia Brasileira. 2002. (Seminário).

42.
Jornada Temática.O próximo governo e os espaços para um novo projeto de desenvolvimento. 2002. (Outra).

43.
Semana do Economista.Desenvolvimento em crise´- A Economia no último quarto do século XX. 2002. (Seminário).

44.
Seminário "Alternativas para enfrentar a vulnerabilçidade da economia".Alternativas para enfrentar a vulnerabilçidade da economia. 2002. (Seminário).

45.
Seminário "As elites brasileiras e o desenvolvimento nacional".A economia brasileira: evolução recente e problemas atuais. 2002. (Seminário).

46.
Seminário "Liberalização, estabilidade e crescimento".Estrutura ocupacional, distribuição de renda e padrões de consumo. 2001. (Seminário).

47.
Seminário "Liberalização, estabilidade e crescimento".Globalização, abertura e financiamento. 2001. (Seminário).

48.
XIV Congresso Brasileiro de Economistas. O dilema do crescimento X estabilidade econômica. 2001. (Congresso).

49.
III Jornada de Economia Política do Capitalismo Contemporâneo.Moeda e nação em tempos de dominância da valorização financeira. 2000. (Outra).

50.
Seminário "Reestruturação dos Bancos Oficiais.Modelagem das instituições financeiras públicas e a economia brasileira. 2000. (Seminário).

51.
VII CONAF - Congresso Nacional dos auditores Fiscais da Receita Federal. Uma receira para o Brasil. 2000. (Congresso).

52.
Conference on Globalisation and Industrial Competitiveness in Brazil. The Post 1990 Brazilian Trade Liberalisation and the performance of large manufacturing firms: productivity, market share and profits. 1998. (Congresso).

53.
Seminário University of London.Brazil's Stabilisation Programme: The Plano Real 1994-1997. 1998. (Seminário).

54.
Seminário "O legado de Keynes".O Legado de J. M. keynes. 1996. (Seminário).

55.
IX seminário Panorama Econômico 1992-93.Os limites estruturais da retomada. 1992. (Seminário).

56.
Seminário "Estabilização e Retomada do Crescimento".Dívida Externa. 1989. (Seminário).

57.
Seminário de Economia Brasileira.O programa de estabilização e a economia brasileira: balanço e perspectivas. 1988. (Seminário).

58.
Seminário "Cenários´para a Economia da Região Metropolitana do Recife".Perspecitvas da Economia Nacioanl e Repercussão na Economia Metropolitana até o ano 2000. 1987. (Seminário).

59.
III Encontro Brasileiro de Planejamento Empresarial - SPE.Rumos da Política Agrícola no Brasil. 1985. (Outra).

60.
IV Encontro de Economistas do Maranhão.O modelo de desenvolvimento brasileiro e as desigualdades regionais. 1980. (Encontro).

61.
VI Encontro Nacional de Economia.Estrutura agrária, produção e emprego no Nordeste. 1980. (Encontro).

62.
VII Encontro Nacional de Economia.Introdução à problemática agrária no Nordeste. 1980. (Encontro).

63.
XXXI Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o progreso da ciência.Tecnificação e capitalização da agricultura. 1979. (Simpósio).

64.
Seminário sobre Economia Brasileira.Economia Brasileira: suas perspectivas atuais. 1977. (Seminário).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
CARNEIRO, R. M.. Seminário Desenvolvimento e Crise Global: Impactos no Brasil e na América Latina. 2012. (Outro).

2.
CARNEIRO, R. M.. Seminário I do Projeto FAPESP Liberalização, estabilidade e crescimento (Balanço e perspectivas da experiência brasileira nos anos 90). 2000. (Outro).

3.
CARNEIRO, R. M.; SILVA, A. C. M. e . Seminário Projeto FAPESP da área Economia Internacional. 2000. (Outro).

4.
CARNEIRO, R. M.. Seminário Projeto FAPESP da área Abertura Financeira e financiamento da Economia Brasileira. 2000. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Rodrigo Bonecini de Almeida. A política fiscal do governo Lula. Início: 2010. Dissertação (Mestrado em economia) - Universidade Estadual de Campinas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

2.
Frederico Quaresma Madureira. O financiamento das pequenas e médias empresas no Brasil. Início: 2010. Dissertação (Mestrado em economia) - Universidade Estadual de Campinas. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Marcus Vinícius Chiliatto Leite. Teorias do desenvolvimento econômico: uma revisão crítica. Início: 2009. Tese (Doutorado em Economia) - Universidade Estadual de Campinas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

2.
Guilherme Mello. A crise financeira, origem dinâmica e perspectivas. Início: 2009. Tese (Doutorado em Economia) - Universidade Estadual de Campinas. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Pedro Linhares Rossi. A pirâmide e a esfinge: estudo sobre a hierarquia das divisas, a integração financeira de países periféricos e a volatilidade de câmbio e juros. 2008. Dissertação (Mestrado em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Ricardo de Medeiros Carneiro.

2.
Leonardo Loureiro Nunes. Inconversibidade Monetária e Controle de Capitais - Um estudo sobre o Brasil. 2007. Dissertação (Mestrado em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Ricardo de Medeiros Carneiro.

3.
Rodrigo Delgallo Hussne. O Funcionamento do Regime de Metas de Inflação no Brasil. 2006. 0 f. Dissertação (Mestrado em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Ricardo de Medeiros Carneiro.

4.
Mauricio Leister Dias. A Política Monetária no fio da navalha - Ameaças de um ciclo de ativos.. 2006. 0 f. Dissertação (Mestrado em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Ricardo de Medeiros Carneiro.

5.
Andres Cristian Machuca Westphal. Crises Cambiais X Fundamentos Macroeconômicos: a experiência brasileira sob o regime de Cãmbio flutuante 1999-2002.. 2005. 0 f. Dissertação (Mestrado em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas, . Orientador: Ricardo de Medeiros Carneiro.

6.
Altamiro Silva Júnior. A Inflação de Ativos nos Estados Unidos nos Anos 90. 2004. 0 f. Dissertação (Mestrado em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas, . Orientador: Ricardo de Medeiros Carneiro.

7.
Felipe Macedo de Holanda. Inserção externa, liberalização e estabilização - a experiência de liberalização comercial no Brasil na década de 90. 1997. 0 f. Dissertação (Mestrado em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas, . Orientador: Ricardo de Medeiros Carneiro.

8.
Daniela Magalhães Prates. Abertura financeira e vulnerabilidade externa (A economia brasileira na década de 90).. 1997. 0 f. Dissertação (Mestrado em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas, . Orientador: Ricardo de Medeiros Carneiro.

9.
Marcelo Alexandre Rodrigues. As interpretações sobre a natureza da inflação brasileira na década de 80. 1997. 0 f. Dissertação (Mestrado em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas, . Orientador: Ricardo de Medeiros Carneiro.

10.
Geraldo Villar Sampaio Maia. Risco de crédito, regulamentação e supervisão bancária: uma análise do acordo de Basiléia. 1996. 0 f. Dissertação (Mestrado em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas, . Orientador: Ricardo de Medeiros Carneiro.

11.
Nilton de Almeida Naretto. A estratégia econômica do Governo Geisel em debate. 1994. 0 f. Dissertação (Mestrado em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas, . Orientador: Ricardo de Medeiros Carneiro.

12.
Pedro Eugênio de Castro Toledo Cabral. O trabalhador da cana-de-açúcar em Pernambuco: da senzala ao caminhão. 1983. 0 f. Dissertação (Mestrado em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas, . Orientador: Ricardo de Medeiros Carneiro.

13.
Alberto Arcangeli. O mito da terra: uma análise da colonização na pré-amazônia maranhense. 1983. 0 f. Dissertação (Mestrado em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas, . Orientador: Ricardo de Medeiros Carneiro.

14.
Pedro Rafael Lapa. Transformações da agricultura do agreste nordestino e expansão da produção familiar.. 1983. 0 f. Dissertação (Mestrado em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas, . Orientador: Ricardo de Medeiros Carneiro.

Tese de doutorado
1.
Pedro Linhares Rossi. Moedas periféricas na globalização financeira: análise da hierarquia das divisas e da integração financeira dos países periféricos. 2012. Tese (Doutorado em Economia) - Universidade Estadual de Campinas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Ricardo de Medeiros Carneiro.

2.
André Martins Biancareli. Integração, Ciclos e Finanças Domésticas: O Brasil na Globalização Financeira. 2007. Tese (Doutorado em Economia) - Universidade Estadual de Campinas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Ricardo de Medeiros Carneiro.

3.
André Martins Biancarelli. Integração, Ciclos e Finanças Domésticas: O Brasil na Globalização Financeira. 2003. 0 f. Tese (Doutorado em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Ricardo de Medeiros Carneiro.

4.
Daniela Magalhães Prates. Crises financeiras dos países emergentes uma interpretação heterodoxa. 2002. 0 f. Tese (Doutorado em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas, . Orientador: Ricardo de Medeiros Carneiro.

5.
Márcia Maria de Oliveira Bezerra. Turismo e Financiamento: O Caso Brasileiro à Luz das Experiências Internacionais. 2002. 0 f. Tese (Doutorado em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas, . Orientador: Ricardo de Medeiros Carneiro.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Leandro Ramos Pereira. A industrialização nos anos 1990: transformações, interpretações e consequências. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Economia) - Universidade Estadual de Campinas. Orientador: Ricardo de Medeiros Carneiro.

2.
Raphaela Sayuri Yamamoto. A influência dos ciclos econômicos no mercado de trabalho brasileiro: um estudo comparativo dos anos 1994-2002.. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Economia) - Universidade Estadual de Campinas. Orientador: Ricardo de Medeiros Carneiro.

3.
Caio Rafael Moura Camargo. Fluxos de Capitais para a Economia Brasileira: Um Panorama dos Anos 90.. 2003. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Economia) - Universidade Estadual de Campinas. Orientador: Ricardo de Medeiros Carneiro.

4.
Christiane Martins Yano. Evolução do IPCA e Regime de Metas Inflacionárias no Brasil.. 2003. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Economia) - Universidade Estadual de Campinas. Orientador: Ricardo de Medeiros Carneiro.

5.
Fernanda Sciamanna. Evolução do ajuste fiscal no Brasil pós-real. 2002. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Economia) - Universidade Estadual de Campinas. Orientador: Ricardo de Medeiros Carneiro.

6.
Francisco Carneiro de Fillipo. Dívida Pública no Brasil pós-real: uma análise dos determinantes do crescimento.. 2002. 0 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Economia) - Universidade Estadual de Campinas. Orientador: Ricardo de Medeiros Carneiro.

Iniciação científica
1.
Flávio Augusto Zamot Ferreira. Inconversibilidade Monetária, Atraso Produtivo, Regimes de Política Econômica e Desenvolvimento: o caso brasieliro no contexto dos países periféricos. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em Economia) - Universidade Estadual de Campinas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Ricardo de Medeiros Carneiro.

2.
Leandro Ramos Pereira. Inconversibilidade Monetária, Atraso Produtivo, Regimes de Política Econômica e Desenvolvimento: o caso brasileiro no contexto dos países peroféricos. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em Economia) - Universidade Estadual de Campinas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Ricardo de Medeiros Carneiro.

3.
Leandro Ramos Pereira. O Brasil e a periferia na era da globalização: política econômica e desenvolvimento na era da globalização. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em Economia) - Universidade Estadual de Campinas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Ricardo de Medeiros Carneiro.

4.
Leandro Ramos Pereira. O Brasil e a periferia na era da Globalização: Política Econômica e Desenvolvimento na era da Globalização. 2006. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Economia) - Universidade Estadual de Campinas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Ricardo de Medeiros Carneiro.

5.
Vitor Augusto Paschoal. O Brasil e a periferia na era da Globalização: Política Econômica e Desenvolvimento na era da Globalização. 2006. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Economia) - Universidade Estadual de Campinas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Ricardo de Medeiros Carneiro.

6.
Leandro Ramos Pereira. Liberalização, estabilidade e crescimento: o acompanhamento da economia e da política econômica no Brasil: Setor Produtivo. 2005. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Economia) - Universidade Estadual de Campinas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Ricardo de Medeiros Carneiro.

7.
Vitor Augusto Paschoal. Liberalização, estabilidade e crescimento: o acompanhamento da economia e da política econômica no Brasil: Renda de Famílias e Estrutura de Consumo. 2005. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Economia) - Universidade Estadual de Campinas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Ricardo de Medeiros Carneiro.

8.
Augusta Rodrigues de Oliveira. Liberalização, estabilidade e crescimento: Política Monetária. 2005. Iniciação Científica. (Graduando em Economia) - Universidade Estadual de Campinas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Ricardo de Medeiros Carneiro.

9.
Ana Carolina de Carvalho Silva. Liberalização, Estabilidade e Crescimento: Moeda. 2004. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Ricardo de Medeiros Carneiro.

10.
Raphaela Sayuri Yamamoto. Liberalização, Estabilidade e Crescimento: Rendas de Famílias. 2004. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas, Serviço de Apoio Ao Estudante Unicamp. Orientador: Ricardo de Medeiros Carneiro.

11.
Augusta Rodrigues de Oliveira. Liberalização, estabilidade e crescimento: Política Monetária e Preços. 2004. Iniciação Científica. (Graduando em Economia) - Universidade Estadual de Campinas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Ricardo de Medeiros Carneiro.

12.
Gutemberg Claver de Lira Fragoso. Liberalização, estabilidade e crescimento: Setor Externo: Fluxos de Capital. 2003. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas, Serviço de Apoio Ao Estudante Unicamp. Orientador: Ricardo de Medeiros Carneiro.

13.
Renato Alves Oshiro. Liberalização, estabilidade e crescimento: Setor Externo. 2003. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas, Serviço de Apoio Ao Estudante Unicamp. Orientador: Ricardo de Medeiros Carneiro.

14.
Lucas Ferraz de Vasconcelos. Liberalização, estabilidade e crescimento: Finanças Públicas e Reformas Estruturais. 2003. Iniciação Científica. (Graduando em Economia) - Universidade Estadual de Campinas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Ricardo de Medeiros Carneiro.

15.
Maria Fernanda Zanetti de Souza. Liberalização, estabilidade e crescimento: acompanhamento da economia e da política no Brasil: Balanço Comercial. 2002. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Ricardo de Medeiros Carneiro.

16.
Christiane Martins Yano. Liberalização, estabilidade e crescimento: acompanhamento da economia e da política esconômica no Brasil: Mercado de Trabalho. 2002. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas, Serviço de Apoio Ao Estudante Unicamp. Orientador: Ricardo de Medeiros Carneiro.

17.
Marina Oliveira de Moraes. Liberalização, estabilidade e crescimento: acompanhamento da economia e da política no Brasil: Setor Externo. 2002. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas, Serviço de Apoio Ao Estudante Unicamp. Orientador: Ricardo de Medeiros Carneiro.

18.
Caio Rafael Moura Camargo. Liberalização, estabilidade e crescimento: acompanhamento da economia e da política econômica no Brasil: Balança de Pagamentos. 2001. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Ricardo de Medeiros Carneiro.

19.
Christiane Martins Yano. Liberalização, estabilidade e crescimento: o acompanhamento da economia e da política econômica no Brasil: Mercado de Trabalho: Distribuição de Renda. 2001. Iniciação Científica. (Graduando em Economia) - Universidade Estadual de Campinas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Ricardo de Medeiros Carneiro.

20.
Maria Fernanda ZAnetti de Souza. Liberalização, estabilidade e crescimento: o acompanhamento da economia e da política econômica no Brasil: Setor Produtivo: Inserção Comercial no Brasil. 2001. Iniciação Científica. (Graduando em Economia) - Universidade Estadual de Campinas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Ricardo de Medeiros Carneiro.

21.
Fernanda Sciamanna. Liberalização, estabilidade e crescimento: acompanhamento da economia e da política econômica no Brasil: Política Fiscal. 2001. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Ciência Econômica) - Universidade Estadual de Campinas, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Ricardo de Medeiros Carneiro.



Outras informações relevantes


Professor Titular Unicamp com homolagação em 06/05/2008



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 11/12/2018 às 3:39:53