Ivan Moura Campos

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/0659907161193827
  • Última atualização do currículo em 11/12/2017


Ivan Moura Campos é Ph.D. em Ciência da Computação pela Universidade da Califórnia, Los Angeles. Na academia, é Professor Emérito de Ciência da Computação na UFMG. Foi Professor Titular de Ciência da Computação na UFMG, onde foi também Chefe de Departamento, Pró-Reitor de Pós-Graduação e Diretor Executivo da Fundação Para Desenvolvimento da Pesquisa - FUNDEP. No governo, foi diretor de Programas Especiais do CNPq, Secretário de Política de Informática do Ministério da Ciência e Tecnologia, e Secretário de Ciência e Tecnologia do Estado de Minas Gerais. No mundo ONG, foi Coordenador do Comitê Gestor da Internet no Brasil, e Diretor da Internet Corporation for Assigned Names and Numbers - ICANN, entidade que coordena o Domain Name System da Internet em escala mundial. Como empresário, foi sócio da Miner Technology Group, empresa vendida para o portal UOL em 1999, e co-founder da Akwan S.A., empresa especializada em ferramentas de busca e gestão da informação na Web, vendida para a Google Inc. em 2005. É atualmente co-founder e Senior Nerd da Hekima, startup focada em Inteligência Artificial e Big Data Analytics. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Ivan Moura Campos
Nome em citações bibliográficas
CAMPOS, I. M.;Ivan Moura Campos;Ivan Moura;Ivan Campos;Moura Campos;Campos;Moura;CAMPOS, IVAN M.;CAMPOS, I.M.


Formação acadêmica/titulação


1973 - 1977
Doutorado em Ph.D. in Computer Science.
University of California, Los Angeles, UCLA, Estados Unidos.
Título: Multilevel Modeling for Synthesis of Reliable Concurrent Software Systems, Ano de obtenção: 1977.
Orientador: Gerald Estrin.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Ciência da Computação / Subárea: Metodologia e Técnicas da Computação / Especialidade: Engenharia de Software.
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Ciência da Computação / Subárea: Sistemas de Computação / Especialidade: Arquitetura de Sistemas de Computação.
1970 - 1971
Mestrado em Ciências em Informática.
Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC-Rio, Brasil.
Título: PRTC - Um Sistema Integrado de Programas para Análise de Dados,Ano de Obtenção: 1971.
Orientador: Carlos José Pereira de Lucena.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Ciência da Computação.
Grande Área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Ciência da Computação / Subárea: Metodologia e Técnicas da Computação.
1963 - 1967
Graduação em Engenharia Mecânica.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.




Atuação Profissional



Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Vínculo institucional

1983 - 1994
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Titular no DCC, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

1978 - 1983
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto no DCC, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

1976 - 1978
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor Assistente no DCC, Carga horária: 40

Vínculo institucional

1973 - 1976
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor Assistente Computação e Estatística, Carga horária: 40

Vínculo institucional

1971 - 1972
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Assistente Dep. Matemática, Carga horária: 40

Vínculo institucional

1969 - 1971
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Auxiliar Dep. Matemática, Carga horária: 20

Vínculo institucional

1968 - 1968
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor Auxiliar Dep. Engenharia Mecânica, Carga horária: 20

Atividades

02/2003 - 02/2004
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, CRISP - Centro de Estudos de Criminalidade e Segurança.

Cargo ou função
Consultor em TICs e Metodologias de EAD.
01/1998 - 12/1999
Conselhos, Comissões e Consultoria, Reitoria, .

Cargo ou função
Assessor especial em TICs e EAD.
1978 - 1991
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Ciências Exatas, Departamento de Ciência da Computação.

Cargo ou função
Membro da Câmara Departamental.
06/1986 - 05/1990
Direção e administração, FUNDEP - Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa da UFMG, .

Cargo ou função
DIRETOR EXECUTIVO DA FUNDEP (PRESIDENTE).
09/1985 - 06/1986
Direção e administração, Reitoria, Pró-Reitoria de Pós-Graduação.

Cargo ou função
PRÓ-REITOR DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UFMG.
1983 - 1986
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Ciências Exatas, .

Cargo ou função
Membro da Congregação do Instituto de Ciências Exatas (ICEx) da UFMG.
12/1984 - 09/1985
Direção e administração, Instituto de Ciências Exatas, Laboratório de Computação Científica.

Cargo ou função
Vice-Diretor do Laboratório de Computação Científica - LCC.
01/1978 - 06/1985
Ensino, Ciência da Computação, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Arquitetura de Computadores
Programação de Computadores
Programação Orientada a Objetos
Engenharia de Software
01/1978 - 06/1985
Ensino, Ciências da Computação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Linguagens e Autômatos
Arquitetura de Computadores
Engenharia de Software
Programação Orientada a Objetos
04/1981 - 04/1983
Direção e administração, Instituto de Ciências Exatas, Departamento de Ciência da Computação.

Cargo ou função
CHEFE DO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO - DCC.
11/1980 - 05/1982
Direção e administração, Instituto de Ciências Exatas, Centro de Extensão do ICEx.

Cargo ou função
Coordenador do Centro de Extensão do ICEx.
1979 - 1982
Conselhos, Comissões e Consultoria, Reitoria, Pró-Reitoria de Pesquisa.

Cargo ou função
Conselheiro Titular da Coordenação de Ensino e Pesquisa da UFMG.
1979 - 1982
Conselhos, Comissões e Consultoria, Reitoria, Pró-Reitoria de Extensão.

Cargo ou função
Conselheiro Titular do Conselho de Extensão da UFMG.
04/1979 - 04/1981
Direção e administração, Instituto de Ciências Exatas, Departamento de Ciência da Computação.

Cargo ou função
Coordenador de Pós-Graduação em Ciência Computação.
01/1978 - 12/1978
Direção e administração, Instituto de Ciências Exatas, Departamento de Ciência da Computação.

Cargo ou função
Coordenador de Pesquisa do DCC.
01/1978 - 12/1978
Direção e administração, Centro de Computação, .

Cargo ou função
Chefe da Divisão de Tecnologia Centro Computação - CECOM.
01/1972 - 06/1973
Ensino, Sociologia e Política, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Estatística e Análise de Dados Usando o PRTC - Programa de Tabulação Cruzada
1971 - 1973
Conselhos, Comissões e Consultoria, Instituto de Ciências Exatas, .

Cargo ou função
Membro da Congregação do Instituto de Ciências Exatas (ICEx) da UFMG.
01/1971 - 12/1972
Direção e administração, Centro de Computação, .

Cargo ou função
Chefe da Divisão de Sistemas do Centro Computação - CECOM.
01/1969 - 12/1969
Ensino, Sociologia e Política, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução a Ciência da Computação
Estatística e o Programa de tabulação cruzada do MIT
01/1968 - 12/1968
Ensino, Engenharia Mecânica, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Elementos e Construção de Máquinas
Projeto de Máquinas
Cálculo

Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, MCTI, Brasil.
Vínculo institucional

1993 - 1997
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: SECRETÁRIO DA SEPIN - MCT, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Como Secretário da SEPIN - Secretaria de Política de Informática e Automação do Ministério da Ciência e Tecnologia do Brasil (MCT), exerceu inúmeras atividades dentre as quais destacam-se: 1) Intensa articulação estratégica, política e técnica que construiu um arcabouço favorável à rapida implantação da Internet comercial no Brasil. Dentre outras ações presentes neste arcabouço estão incluídas a viabilização de provimento de acesso à Internet por empresas não pertencentes ao sistema brasileiro de telecomunicações e a criação do CGI-BR - Comitê Gestor da Internet Brasil. 2) Divulgação, em reuniões e conferências internacionais, do modelo que propiciou a rápida evolução da Internet no Brasil e do modelo adotado em rumo à construção da Sociedade da Informação, via definição de parcerias público-privadas. Estes modelos se tornaram exemplo para outros países em desenvolvimento na América Latina, no mundo Árabe e na África, com o apoio do World Bank e do BID. 3) Participação, como representante do MCT, em negociações de acordos de cooperação tecnológica junto ao Mercosul, a outros países da América Latina como México e Colômbia, à Comunidade Européia e à China, dentre outros. 4) Participação em articulações estratégicas internacionais para promover o desenvolvimento tecnológico e a indústria brasileira de informática, via reuniões, palestras e debates em fóruns especializados em TICs. 5) Participação em articulações com a indústria de informática brasileira, visando definir políticas para alavancar o setor, características das regras do processo produtivo básico, e outros assuntos relevantes para o desenvolvimento da indústria no País.

Vínculo institucional

1993 - 1997
Vínculo: Ex-officio: Secretário SEPIN, Enquadramento Funcional: Membro do Conselho Consultivo CTI/SEI - MCT


Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia de Minas Gerais, SECT-MG, Brasil.
Vínculo institucional

1997 - 1999
Vínculo: , Enquadramento Funcional: SECRETÁRIO DE ESTADO, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Destaque para as seguintes ações desenvolvidas: 1) Reorientação das Missões Tecnológicas e de outros programas definidos no período anterior. 2) Articulação interinstitucional, via reuniões, palestras e debates, com entidades-chave para o desenvolvimento tecnológico de Minas Gerais, incluindo instituições de P&D e indústrias, resultando em um conjunto de subsídios para criação de um Sistema de Inovação Tecnológica para o Estado. 3) Articulação com o CETEC, incluindo a nomeação de nova direção, e o consequente fortalecimento da instituição e de suas contribuições específicas ao desenvolvimento tecnológico do Estado. 4) Articulação com a Fapemig, visando cumprir o cronograma de repasses do governo e mudar a estratégia para distribuição de recursos, com reconhecimento da necessidade de identificação e definição de prioridades para o desenvolvimento de Minas Gerais. Internamente à SECT-MG, as principais atividades operacionais foram: 1) Aquisição de equipamentos computacionais, implantação da infraestrutura de informática, incluindo o acesso à Internet, e treinamento do quadro de pessoal, essenciais para gestão de C&T interna e externamente à SECT-MG. 2) Aperfeiçoamento das rotinas administrativas e financeiras.

Vínculo institucional

1997 - 1999
Vínculo: ex-officio, Secretário de C&T, Enquadramento Funcional: Presidente do Conselho Curador do CETEC

Vínculo institucional

1997 - 1999
Vínculo: ex-officio: Secretário de C&T, Enquadramento Funcional: Membro Conselho Deliberativo SEBRAE-MG

Vínculo institucional

1997 - 1999
Vínculo: ex-officio: Secretário de C&T, Enquadramento Funcional: Presidente do CONECIT

Vínculo institucional

1997 - 1999
Vínculo: Ex-officio: Secretário de C&T, Enquadramento Funcional: Membro-Presidente Câmara Tecnologia FAPEMIG


Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Vínculo institucional

1991 - 1993
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: DIRETOR DE PROGRAMAS ESPECIAIS - CNPq, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Destaque para as articulações que culminaram com o fortalecimento dos três programas estratégicos para a área de informática: RNP, SOFTEX e Protem-CC.

Vínculo institucional

1983 - 1986
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Membro e Coord Comitê Assessor C.Computação

Vínculo institucional

1983 - 1986
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Membro, Coord CCCA Comissão Coord Comitês Ass

Vínculo institucional

1982 - 1982
Vínculo: Membro e Relator de Comissão, Enquadramento Funcional: Comissão de "Avaliação e Perspectivas"

Vínculo institucional

1978 - 1978
Vínculo: Membro e Relator de Comissão, Enquadramento Funcional: Comissão de "Avaliação e Perspectivas"


Comitê Gestor da Internet Brasil, CGI-BR, Brasil.
Vínculo institucional

1999 - 2003
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Coordenador do Comitê Gestor da Internet BR

Vínculo institucional

1995 - 1997
Vínculo: Coordenador do Comitê Gestor, Enquadramento Funcional: Coordenador do Comitê Gestor da Internet BR
Outras informações
Um dos mentores do CGI-BR e seu primeiro coordenador. Entre as diversas atribuições e responsabilidades do CGI.br destacam-se: 1) a proposição de normas e procedimentos relativos à regulamentação das atividades na Internet; 2) a recomendação de padrões e procedimentos técnicos operacionais para a Internet no Brasil; 3) o estabelecimento de diretrizes estratégicas relacionadas ao uso e desenvolvimento da Internet no Brasil; 4) a promoção de estudos e padrões técnicos para a segurança das redes e serviços no país; 5) a coordenação da atribuição de endereços Internet (IPs) e do registro de nomes de domínios usando <.br>; 6) a coleta, organização e disseminação de informações sobre os serviços Internet, incluindo indicadores e estatísticas.


Internet Corporation for Assigned Names and Numbers, ICANN, Estados Unidos.
Vínculo institucional

2000 - 2004
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Director
Outras informações
What does ICANN do? To reach another person on the Internet you have to type an address into your computer - a name or a number. That address has to be unique so computers know where to find each other. ICANN coordinates these unique identifiers across the world. Without that coordination we wouldn't have one global Internet. ICANN was formed in 1998. It is a not-for-profit partnership of people from all over the world dedicated to keeping the Internet secure, stable and interoperable. It promotes competition and develops policy on the Internet?s unique identifiers. ICANN doesn?t control content on the Internet. It cannot stop spam and it doesn?t deal with access to the Internet. But through its coordination role of the Internet?s naming system, it does have an important impact on the expansion and evolution of the Internet.


The Marconi Society, MARCONISOCIETY, Estados Unidos.
Vínculo institucional

2012 - Atual
Vínculo: Membro de Conselho Consultivo, Enquadramento Funcional: Conselho Consultivo Lista Tríplice M. Prize
Outras informações
Membro da comissão internacional que julga os candidatos ao Marconi Award e seleciona a lista tríplice a ser encaminhada ao board da Marconi Society para indicação final do premiado. Este prêmio é dado anualmente a indivíduos que tenham contribuído significativamente para o avanço das comunicações em benefício da humanidade via descobertas científicas e tecnológicas.


Hekima - hekima.com, HEKIMA, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - Atual
Vínculo: Sócio cofundador, Enquadramento Funcional: Co-founder, COB & Senior Nerd
Outras informações
É co-founder, Chairman of the Board e Senior Nerd da Hekima (hekima.com), startup focada em inteligência artificial e big data analytics. A Hekima tem como sócios fundadores e desenvolvedores, sete ex-alunos do DCC/UFMG que, em 2009, ao se graduarem no Bacharelado, procuraram o professor Ivan Moura Campos para que ele os ajudasse a empreender. Após vários anos de pesquisa e desenvolvimento nas áreas de redes sociais, infraestrutura de cloud computing, data engineering, data analytics, artificial intelligence e big data, e de muito aprendizado em metodologias de desenvolvimento, marketing, gestão e vendas, a empresa já é referência em sua área de atuação. (hekima.com)


Akwan Information Technologies SA, AKWAN, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - 2005
Vínculo: Sócio Diretor, Enquadramento Funcional: Co-founder & Sócio Diretor
Outras informações
A Akwan S.A. era uma empresa especializada em ferramentas de busca e gestão da informação na Web, e foi vendida para a Google Inc. em 2005.


Miner Technology Group, MINER, Brasil.
Vínculo institucional

1998 - 1999
Vínculo: Sócio Diretor, Enquadramento Funcional: Sócio Diretor
Outras informações
A Miner Technology Group foi vendida para o portal UOL em 1999.


Sociedade Mineira de Software, FUMSOFT, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Mentor e Membro de Conselho, Enquadramento Funcional: Mentor/Membro Conselho Jedi do Acelera-MGTI
Outras informações
Mentor e membro do Conselho Jedi ? Acelera-MGTI. O Acelera-MGTI é uma das nove propostas aprovadas pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) dentro do Programa Start-up Brasil, que visa auxiliar o desenvolvimento de empresas nascentes brasileiras. Tem o objetivo de oferecer consultorias tecnológicas e de mercado, mentoria com profissionais experientes, infraestrutura, acesso a investidores, parcerias com grandes companhias nacionais e internacionais e um ambiente propício ao empreendedorismo de base tecnológica, alavancando a geração de bens e serviços inovadores que sejam competitivos globalmente. (http://www.fumsoft.org.br/empreendedorismo/acelera-mg)


Samba Tech, SAMBATECH, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - Atual
Vínculo: Membro do Conselho Consultivo, Enquadramento Funcional: Membro Conselho Consultivo Técnico


Ministério das Comunicações, MC, Brasil.
Vínculo institucional

2001 - 2002
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Consultor da ITU - Int Communications Union


Agência Nacional de Telecomunicações, ANATEL, Brasil.
Vínculo institucional

1999 - 2000
Vínculo: Membro de Comitê Assessor, Enquadramento Funcional: Comitê Intraestrutura Nacional de Informações

Vínculo institucional

1998 - 1998
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Coordenador: Grupo de Trabalho de Tecnologia


Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais, SES-MG, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2011
Vínculo: Consultor, Enquadramento Funcional: Consultor em TICs

Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Membro Especialista Convidado, Enquadramento Funcional: Especialist convidado Comis. Pública PESF-SES


Secretaria de Estado da Educação de Minas Gerais, SEE-MG, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - 2012
Vínculo: Consultor, Enquadramento Funcional: Consultor, TICs


Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão, SEPLAG-MG, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2014
Vínculo: Membro Especialista Comissão, Enquadramento Funcional: Rede Por Uma Gestão Pública Inovadora


Secretaria de Estado da Cultura de Minas Gerais, SEC-MG, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2014
Vínculo: Membro Especialista Convidado, Enquadramento Funcional: Comis. Avaliação Implantação Proj. Plug Minas


University of California, Los Angeles, UCLA, Estados Unidos.
Vínculo institucional

1973 - 1977
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Postgraduate Research Engineer, Computer Dep.


Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC-Rio, Brasil.
Vínculo institucional

1970 - 1970
Vínculo: Bolsista, Enquadramento Funcional: Prof. Auxiliar, Ensino e Pesq Dep Informática


Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, PUC Minas, Brasil.
Vínculo institucional

1968 - 1968
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Prof. Asssitente Dep. Eng. Mecânica


University of Waterloo, U.WATERLOO, Canadá.
Vínculo institucional

1990 - 1990
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Visiting Professor, Computer Science, Carga horária: 40


Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Vínculo institucional

1991 - 1992
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Presidente Comitê Consultores Científicos Inf

Vínculo institucional

1983 - 1985
Vínculo: Membro de Comitê Assessor, Enquadramento Funcional: Comissão Nacional de Informática na Educação


Associação Comercial de Minas Gerais, ACMINAS, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - Atual
Vínculo: Membro de Conselho, Enquadramento Funcional: Membro do Conselho de Políticas e Estratégias


Instituto Cultural Inhotim, ICI, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - Atual
Vínculo: Membro de Conselho Consultivo, Enquadramento Funcional: Membro de Conselho Consultivo


Comunitas: Parcerias pra o Desenvolvimento Solidario, COMUNITAS, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Sócio-fundador e membro da Assembléia


Instituto Hartmann Regueira, IHR, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2008
Vínculo: Membro Conselho Deliberativo, Enquadramento Funcional: Membro do Conselho Deliberativo


Faculdades Integradas Pitágoras, FIP/MOC, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - Atual
Vínculo: Membro de Conselho Consultivo, Enquadramento Funcional: Membro de Conselho Consultivo


World Trade Center de Belo Horizonte, WTC, Brasil.
Vínculo institucional

2011 - Atual
Vínculo: Membro de Comitê, Enquadramento Funcional: Comitê de Tecnologia da Informação


Programação e Análise para Computadores Ltda, PROCOM, Brasil.
Vínculo institucional

1968 - 1969
Vínculo: Sócio, Enquadramento Funcional: Diretor


Secretaria Especial de Informática, SEI, Brasil.
Vínculo institucional

1984 - 1985
Vínculo: Membro de Conselho Consultivo, Enquadramento Funcional: Conselho Consultivo do CTI/SEI

Vínculo institucional

1983 - 1985
Vínculo: Membro de Comitê Assessor, Enquadramento Funcional: Comissão Nacional de Informática na Educação

Vínculo institucional

1983 - 1983
Vínculo: Membro de Comissão, Enquadramento Funcional: Comissão Especial Recursos Humanos


BANCO DO BRASIL S/A., BBS_FORN, Brasil.
Vínculo institucional

1962 - 1967
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Vigilante



Membro de corpo editorial


1982 - 1985
Periódico: Revista Brasileira de Computação


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Ciência da Computação / Subárea: Tecnologias da Informação e Comunicação.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Internet, Impacto e Governança.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Ciência Política / Subárea: Políticas Públicas.
4.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Ciência da Computação / Subárea: Metodologia e Técnicas da Computação/Especialidade: Sistemas de Informação.
5.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Ciência da Computação / Subárea: Metodologia e Técnicas da Computação/Especialidade: Engenharia de Software.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Francês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2017
FIEMG lab Novos Negócios, Homenagem Especial, reconhecimento e agradecimento pelo pioneirismo de décadas defendendo inovação aplicada, desenvolvimento tecnológico e empreendedorismo em Minas Gerais, FIEMG - Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais.
2017
Diploma de Professor Emérito, UFMG - ICEx.
2017
Construtores da Internet.br - Diploma, RNP - Rede Nacional de Pesquisa.
2013
Reconhecimento e agradecimento com foto na Galeria José Israel Vargas aos ex-secretários de Estado de Ciência e Tecnologia, Governo de Minas Gerais.
2012
20 Anos de Internet no Brasil, pela Relevante Contribuição para Implantação da Internet no Brasil, RNP - Rede Nacional de Pesquisa.
2009
Diploma 20 anos .br, Comitê Gestor da Internet no Brasil, São Paulo.
2009
37 mineiros que fizeram a diferença na década: trabalho e generosidade para o progresso da sociedade, Revista Fato Relevante, Belo Horizonte - MG.
2008
Pais da Internet no Brasil: homenagem e agradecimento ao talento, dedicação e generosidade de quem construiu a Internet no Brasil abrindo as portas do nosso País para o novo munda da sociedade em rede, Campus Party, São Paulo.
2005
Os 10 mais dos 10 anos de CONIP, categoria Personalidades: retrospectiva de Informática Pública no período de 1995 a 2005, CONIP - Conhecimento, Inovação e Práticas de TI na Gestão Pública e B2B Magazine, São Paulo.
2005
Melhores de Hoje, categoria Desenvolvimento Gerencial e Tecnológico, Revista Encontro e Jornal Hoje em Dia, Belo Horizonte - MG.
2004
30 anos de Pós-graduação em Ciência da Computação da UFMG, agradecimento pela coordenação e contribuição nos 30 anos de sucesso do Programa, Colegiado do Programa de Pós-graduação em Ciência da Computação da UFMG.
2002
Ordem Nacional do Mérito Científico, Classe Comendador, Presidência da República, Ministério da Ciência e Tecnologia.
2000
Personalidades em Internet, Informática e Tecnologia da Informação, SUCESU-MG Soc. Usuários de Informática e Telecomunicações de MG.
2000
Patrono dos bacharelandos em Ciência da Computação da UFMG, "homenagem por seu empenho, amizade e valiosa contribuição em nossas vidas", Formandos de Ciência da Computação em julho de 2000.
1999
Personalidade do Ano, SUCESU-MG Sociedade dos Usuários de Informática e Telecomunicações de Minas Gerais.
1998
Grande Medalha da Inconfidência, Governo do Estado de Minas Gerais.
1998
Ordem do Méritto Legislativo do Estado de MG, Grau Mérito Especial, Presidente da Assembléia Legislativa do Estado Minas Gerais.
1998
Personalidade em Internet, Informática e Tecnologias da Informação, SOFTEX AGROSOFT - Núcleo do SOFTEX em Juiz de Fora, MG.
1998
As 20 Personalidades Mais Influentes na Internet do Brasil em 1999, Revista Internet World.
1998
Compromisso com o Desenvolvimento Tecnológico, distinção por suas ações e seu inarredável compromisso em promover e alertar sobre as estratégias para o desenvolvimento tecnológico de MG, FIEMG- Abinee/Sinaees.
1998
Destaque de Informática, 20 anos de SUCESU Minas, SUCESU-MG Sociedade dos Usuários de Informática e Telecomunicações de Minas Gerais.
1997
Medalha da ABERJE, Aberje - Associação Brasileira de Comuniação Empresarial.
1996
Prêmio ABES 1996 pelos relevantes serviços prestados ao setor de software, ABES - Associação Brasileira das Empresas de Software.
1996
Networking Development Spiral (http://vv.arts.ucla.edu/thesis/internet2/CamposSpirals.gif), Internet 2: Cheyenne Mountain Workshop on Future of Networking for Research and Education.
1995
Ordem do Rio Branco, Grau Comendador, Presidente da República, Ministério das Relações Exteriores,.
1995
Diploma CONFIES, Conselho Nacional de Fundações de Apoio às Instituições de Ensino Superior.
1995
Patrono dos bacharelandos em Ciência da Computação da PUC-SP, Formandos em Ciência da Computação em 1994 na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.
1994
Agradecimento e homenagem por seu trabalho pioneiro que abriu caminho para a criação do DCC, pela energia e serviços dedicados ao DCC ao longo de 26 anos, DCC UFMG - Departamento de Ciência da Computação da Universidade Federal de Minas Gerais.
1993
Personalidade Pública, ASSESPRO - Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação.
1990
Medalha Santos Dumont, Grau Ouro, Governador do Estado de Minas Gerais.
1989
Medalha de Honra da Inconfidência, Méritos Cívicos, Governador do Estado de Minas Gerais.
1975
Upsilon Pi Epsilon, Computer Science Honor Society, USA.
1975
Tau Beta Pi, Engineering Honor Society, USA.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
CABRAL, REGINA H. B.1990CABRAL, REGINA H. B. ; CAMPOS, IVAN M. ; COWAN, DONALD D. ; LUCENA, CARLOS J. P. . Interfaces as specifications in the MIDAS user interface development systems. SOFTWARE ENGINEERING NOTES, v. 15, p. 55-69, 1990.

Capítulos de livros publicados
1.
CAMPOS, I. M.. As Tecnologias da Informação no Brasil. In: Cid Torquato. (Org.). E-dicas: desvirtualizando a nova economia. 1ed.São Paulo: Usina do Livro, 2002, v. , p. 49-61.

2.
CAMPOS, I. M.; CABRAL, R. H. B. . Inserção Competitiva na Sociedade da Informação. In: Louis Jacques Filion; Fernando Dolabela. (Org.). Boa Idéia! E Agora?. 1ed.São Paulo, SP, Brazil: Cultura Editores Associados, 2000, v. 1, p. 320-344.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
CAMPOS, I. M.. O Estado e as prioridades da pesquisa. Folha de São Paulo, 27 ago. 1998.

2.
CAMPOS, I. M.; PAULAFILHO, W. P. . Computação na UFMG: Uma Perspectiva. Boletim Informativo do Centro de Computação da UFMG, Belo Horizonte, MG, p. 1 - 17.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
CAMPOS, I. M.; ZIVIANI, N. . O Triângulo Universidade Empresa Centro de P&D Visto do Vértice Universitário. In: IX Simpósio Brasileiro de Telecomunicações, 1991, São Paulo, SP. Anais do Simpósio Brasileiro de Telecomunicações'91. São Paulo, SP, 1991. v. 1. p. 1121-1128.

2.
CAMPOS, I. M.. Computer Studies in Brazil: A View From The Workbench. In: Second Anglo-Brazilian Seminar on Education, Science and Technology, 1991, London, UK. Proceedings of the Second Anglo-Brazilian Seminar on Education, Science and Technology. London, 1991. v. 1.

3.
CAMPOS, I. M.; ZIVIANI, N. . Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações: Estudo de Um Caso de Interação Empresa-Universidade. In: IV Seminário de Teletráfego, 1990, Brasília, DF, Brasil. Anais do Seminário de Teletráfego'90, 1990. v. 1. p. 15-21.

4.
CAMPOS, I.M.; ZIVIANI, N. ; ARABE, J.N.C. . Topology-based intelligent editing/generation of routing plans for telephonic switching equipment. In: SBT/IEEE International Symposium on Telecommunications, 1990, Rio de Janeiro. SBT/IEEE International Symposium on Telecommunications. v. 1. p. 327-332.

5.
VECCHIO, L. H. ; CAMPOS, I. M. ; BIGONHA, R. S. . O Paradigma de Programação Orientada para Objetos em Turbo Pascal. In: IX Congresso da Sociedade Brasileira de Computação, 1989, Uberlândia, MG. Anais do IX Congresso da Sociedade Brasileira de Computação. Uberlândia, 1989. v. 1.

6.
CAMPOS, I. M.. AIPIM - Um Ambiente Integrado Para Projeto Interativo de Microcircuitos. In: Congresso da Sociedade Brasileira de Microeletrônica, 1986, Campinas, SP. Anais do Congresso da Sociedade Brasileira de Microeletrônica. Campinas, 1986. v. 1.

7.
CAMPOS, I. M.; ZIVIANI, N. ; GARCIA, M. ; CHAGAS, P. C. . A New Approach for Traffic Measurement on Public Telephone Networks. In: 2nd International Conference on Telecommunications and Control, 1985, Rio de Janeiro, RJ Brazil. . Proceedings of the 2nd International Conference on Telecommunications and Control, 1985, 1985. p. 30-33.

8.
GARCIA, M. ; CAMPOS, I. M. ; ZIVIANI, N. ; CHAGAS, P. C. . Long Distance Traffic Measurement by Software - SISMATRAF. In: Eleventh International Teletraffic Congress, 1985, Kyoto, Japan. Proceedings of the Eleventh International Teletraffic Congress, 1985. v. 1.

9.
CAMPOS, I. M.; LAGES, N. A. C. ; DANTAS, J. E. R. . A System for Multi-User Telephone Services. In: Second IASTED International Conference on Telecommunication and Control (TELECON), 1985, Rio de Janeior, RJ. Proceedings of the Second IASTED International Conference on Telecommunication and Control (TELECON). Rio de Janeiro, RJ, Brazil, 1985. v. 1.

10.
CAMPOS, I. M.; SANTOS, M. A. . Um Algoritmo Para Hierarquização do Posicionamento e do Traçado de Rotas em Layouts de Circuitos. In: XVI Congresso Nacional de Informática, 1984, Rio de Janeiro, RJ. Anais do XVI Congresso Nacional de Informática. Rio de Janeiro, RJ, 1984. v. 1.

11.
ARABE, J.N.C. ; CAMPOS, I. M. . Em Direção a Uma Maior Modularidade no Projeto de Sistemas Concorrentes. In: Conferencia Latinoamericana de Informatica, 1982, Lima, Peru. Anais da Conferencia Latinoamericana de Informatica, 1982. v. 1.

12.
ARABE, J.N.C. ; CAMPOS, I. M. ; PAULAFILHO, W. P. . Um Simulador Interativo do Comportamento de Sistemas Assíncronos com a Atenção Concentrada na Estrutura. In: I Simpósio em Controle de Processos por Computador, 1981, Rio de Janeiro, RJ. Anais do I Simpósio em Controle de Processos por Computador. Rio de Janeiro, RJ, 1981. v. 1. p. 221-228.

13.
ARABE, J.N.C. ; CAMPOS, I. M. . Descrição e Simulação de Protocolo de Comunicação de Processos Paralelos Assíncronos. In: VIII Seminário Integrado de Hardware e Software, 1981, Florianópolis, SC. Anais do VIII Seminário Integrado de Hardware e Software. Florianópolis, SC, 1981. v. 1. p. 469-494.

14.
CAMPOS, I. M.; PAULAFILHO, W. P. . Aplicação de Um Núcleo de Concepção Arquitetônica ao Projeto de Sistemas Digitais. In: Congresso da Sociedade Brasileira de Computação, 1981, Florianópolis, SC. Anais do Congresso da Sociedade Brasileira de Computação'81. Florianópolis, SC, 1981. v. 1.

15.
CAMPOS, I. M.; LAENDER, A. H. F. . Estrutura e Transparência em Software: Encapsulamento Através de Informação Redundante. In: Undécimas Jornadas Argentinas de Informatica y Investigación Operativa, 1979, Buenos Aires, Argentina. Anais da Undécimas Jornadas Argentinas de Informatica y Investigación Operativa, 1979. v. 1.

16.
Ivan Moura Campos; ESTRIN, G. . Concurrent software system design supported by SARA at the age of one. In: 3rd international conference on Software engineering, 1978, Atlanta, Georgia, USA. Proceeding ICSE '78 Proceedings of the 3rd international conference on Software engineering. NJ, USA: IEEE Press Piscataway, ©1978, 1978. p. 230-242.

17.
CAMPOS, I. M.; ESTRIN, G. . SARA Aided Design of Software for Concurrent Systems. In: AFIPS National Computer Conference, 1978, Anaheim, California, USA. Proceedings of the AFIPS National Computer Conference. Los Angeles, USA, 1978. v. 1.

18.
CAMPOS, I. M.; ESTRIN, G. . Specialization of SARA for Software Synthesis. In: Symposium on Design Automation and Microprocessors, 1977, Palo Alto, California, USA. Proceedings of the Symposium on Design Automation and Microprocessors, 1977. v. 1.

19.
CAMPOS, I. M.; LUCENA, CARLOS J. P. . A Reliable Data Representation. In: Fifth Hawaiian Conference on Software Reliability, 1974, Honolulu, Hawaii. Proceedings of the Fifth Hawaiian Conference on Software Reliability, 1974. v. 1.

Apresentações de Trabalho
1.
CAMPOS, I. M.. The Nerdis Eorunquem Officiis. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
CAMPOS, I. M.. Inovação, Empresa & Universidade: Uma Moldura para o Debate. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
CAMPOS, I. M.. Startups: Visão de um Senior Nerd. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
Ivan Moura Campos. Conquistar tempo para reflexão. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
CAMPOS, I. M.. Reflexões sobre a trajetória do DCC. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
CAMPOS, I. M.. O Circuito como Startup. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
CAMPOS, I. M.. We Have a Dream: Inteligência de Mercado ao Alcance de Todos. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
CAMPOS, I. M.. Inovação consequente e sua integração à formulação e gestão de políticas públicas. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
CAMPOS, I. M.. Social Media Based Competitive Intelligence. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
CAMPOS, I. M.. Inovação e Prioridades Estratégicas. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
CAMPOS, I. M.. Montando o Canivete Suiço da Empresa Inovadora. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

12.
CAMPOS, I. M.. Proposta de Plano de Ação decorrente de articulações com Media Lab - MIT & Kennedy School of Government Harvard. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
CAMPOS, I. M.. The quest for the right questions. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

14.
CAMPOS, I. M.. Out on a limb: reflections on the Product Space and the quest for intelligent policies by the state of Minas Gerais. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

15.
CAMPOS, I. M.. Brainstorming sobre Incentivos à Inovação. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

16.
CAMPOS, I. M.. Construindo o Canivete Suiço de Uma Gestão Pública Inovadora. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

17.
CAMPOS, I. M.. Formação Acadêmica, Inovação e Mercado. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

18.
CAMPOS, I. M.. Inove, Empreenda e Cresça: Aprenda com Quem Faz. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

19.
CAMPOS, I. M.. Desenvolvimento Econômico e Inovação. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

20.
CAMPOS, I. M.. Formação acadêmica, inovação e mercado. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

21.
CAMPOS, I. M.. Marcos e Personagens Importantes na Implantação da Internet Comercial no Brasil. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

22.
CAMPOS, I. M.. Aplicações de TI na SES-MG: um invariante 'arquitetônico' e suas consequências. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

23.
CAMPOS, I. M.. Inovação Tecnológica e Desenvolvimento Econômico. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

24.
CAMPOS, I. M.. Entre o Invento e a Inovação a Caminhada é Árdua. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

25.
CAMPOS, I. M.. Inovação Tecnológica, Desenvolvimento Econômico e um foco nas Tecnologias da Informação. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

26.
CAMPOS, I. M.. FIR Capital e Akwan: uma parceria de sucesso entre a Academia e VC. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

27.
CAMPOS, I. M.. O que você gostaria de saber sobre Convergência Tecnológica e a Internet e (ainda) tem vergonha de perguntar. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

28.
CAMPOS, I. M.. Internet no Mundo: Tendências e Negócios. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

29.
CAMPOS, I. M.. O Comitê Gestor da Internet do Brasil. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

30.
CAMPOS, I. M.. EAD e Educação Tecnológica. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

31.
CAMPOS, I. M.. Pesquisa Básica, Inovação e Recursos Humanos. 2000. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

32.
CAMPOS, I. M.. Seven Strategic Moves Towards the Information Society: The Perspective of a Developing Country. 1999. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

33.
CAMPOS, I. M.. O Brasil e as Tecnologias da Informação: desafios do day after analisados no day berfore. 1998. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

34.
CAMPOS, I. M.. Towards the Information Society: Building Public/Private Partnerships in Developing Countries. 1997. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

35.
Ivan Moura Campos. Política Industrial em Um Minuto. 1997. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

36.
CAMPOS, I. M.. Computer Studies in Brazil: A View From the Workbench. 1991. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

37.
CAMPOS, I. M.; LAGES, N. A. C. ; DANTAS, J. E. R. . A System for Multi-User Telephone Services. 1985. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

38.
CAMPOS, I. M.. Minutes of the Workshop on the German Brazilian Cooperation in the Field of Informatics. 1984. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

39.
CAMPOS, I. M.; ARABE, J. N. C. . Em Direção a Uma Maior Modularidade no Projeto de Sistemas Concorrentes. 1982. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

40.
CAMPOS, I. M.; LAENDER, A. H. F. . Estrutura e Transparência em Software: Encapsulamento Através de Informação Redundante. 1979. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

41.
CAMPOS, I. M.; ESTRIN, G. . SARA Aided Design of Software for Concurrent Systems. 1978. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

42.
CAMPOS, I. M.; ESTRIN, G. . Specialization of SARA for Software Synthesis. 1977. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
Ivan Moura Campos. Redes Sociais: Contexto, Planejamento Para Uso e Ferramentas de Suporte. 2011.

2.
Ivan Moura Campos. Pequena Agenda de Alto Impacto para Gestores Inovadores e Com Pressa. 2010.

3.
Ivan Moura Campos. Datacenters, Servidores Virtuais e Cloud Computing: Uma Visão para o Gestor Público. 2009.

4.
Ivan Moura Campos. Sobre a utilização pela SES-MG do Convênio a ser celebrado entre o Governo de Minas Gerais e a empresa Google Inc.. 2009.

5.
Ivan Moura Campos. Condicionantes Técnico-Gerenciais e Alternativas de Arquitetura para as Redes Locais das UBS na Implantação de Sistemas Informatizados de Saúde. 2008.

6.
Ivan Moura Campos. Aquisição de Softwares Aplicativos. 2007.

7.
Ivan Moura Campos; VALADARES, E. C. . Inovação Tecnológica e Desenvolvimento Econômico. 2006.

8.
Ivan Moura Campos. TICs e as Centrais de Regulação Assistencial. 2006.

9.
Ivan Moura Campos; Regina Helena Bastos Cabral . Algumas Premissas do Projeto de Inclusão Digital das Escolas Públicas Estaduais de Minas Gerais. 2005.

10.
Ivan Moura Campos; Regina Helena Bastos Cabral . Tecnologias da Informação e Comunicações e as Escolas Públicas do Estado de Minas Gerais. 2004.

11.
Ivan Moura Campos. Tecnologias da Informação e Comunicações em Minas Gerais. 2002.

12.
Ivan Moura Campos; Regina Helena Bastos Cabral . Inovação Tecnológica, Pesquisa e Desenvolvimento na Sociedade da Informação. 2000.

13.
CAMPOS, I. M.; CABRAL, R. H. B. ; CARVALHO, M. L. B. . UFMG Virtual. 1999.

14.
Ivan Moura Campos; Regina Helena Bastos Cabral . Framework for a Brazil-United States Partnership for Education. 1997.

15.
CAMPOS, I. M.; GODINHO, H. ; REIS, F. W. . Uma Avaliação Preliminar da Pós-graduação e Pesquisa na UFMG: Indicadores, Perfis e Problemas Especiais. 1982.

Programas de computador sem registro
1.
CAMPOS, I. M.. PRTC - Um Sistema Integrado de Programas para Análise de Dados. 1971.

Trabalhos técnicos
Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
CAMPOS, I. M.. Ivan Moura Campos: o mestre Yoda da inovação mineira. 2015. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
CAMPOS, I. M.; Dossiê entrevista Ivan Moura Campos. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

3.
CAMPOS, I. M.. Inovação na veia. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

4.
CAMPOS, I. M.. Demo Day Minas: 10 horas de muita inspiração. 2014. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

5.
CAMPOS, I. M.. Inovação e start-up. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

6.
CAMPOS, I. M.. Riscos e Benefícios da Internet. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

7.
CAMPOS, I. M.; Inovação é sobrevivência. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

8.
CAMPOS, I. M.. Pirataria e Privacidade na Internet. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

9.
CAMPOS, I. M.. Projeto de Lei sobre o Áudio Visual. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

10.
CAMPOS, I. M.. O que fazer para que apareçam novos Googles no Brasil. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

11.
CAMPOS, I. M.. Qual o futuro da Internet?. 2010. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

12.
CAMPOS, I. M.; O futuro está nas nuvens. 2010. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

13.
CAMPOS, I. M.. Wikileaks e vazamento de informações na Internet. 2010. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

14.
CAMPOS, I. M.. Balanço da Década. 2010. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

15.
CAMPOS, I. M.. Web 2.0. 2009. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

16.
CAMPOS, I. M.. Sistema de C&T. 2009. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

17.
CAMPOS, I. M.. Inovação, inclusão digital e políticas públicas, a perspectiva de Minas Gerais. 2009. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

18.
CAMPOS, I. M.. Protagonistas das histórias. 2009. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

19.
CAMPOS, I. M.. Verdades da Web 2.0. 2006. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

20.
CAMPOS, I. M.. Invasão de Privacidade?. 2006. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

21.
CAMPOS, I. M.; REGUEIRA, M. U. . Google busca o Brasil. 2005. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

22.
CAMPOS, I. M.. PC conectado nas escolas públicas tem poder multiplicador. 2005. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

23.
CAMPOS, I. M.. Ruptura construtiva com o passado. 2005. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

24.
CAMPOS, I. M.. Inclusão Digital. 2003. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

25.
CAMPOS, I. M.. Identidade do Brasil na Internet deve ser Explorada. 2003. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

26.
Moura Campos. Viagem ao centro da Internet: entrevista com Ivan Moura Campos. 2002. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

27.
CAMPOS, I. M.. Militantes e politicagem cercam papel da ICANN. 2002. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

28.
CAMPOS, I. M.. Futuro da Internet: entre o elitismo e o computador popular. 2002. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

29.
CAMPOS, I. M.; As ferramentas do professor. 2001. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

30.
CAMPOS, I. M.. UFMG convida toda a comunidade para debater sobre o computador popular. 2001. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

31.
CAMPOS, I. M.. O Piloto Número Um. 2001. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

32.
CAMPOS, I. M.. Só Precisamos de Auto Estima. 2001. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

33.
CAMPOS, I. M.. Sociedade da Informação - inclusão e exclusão. 2001. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

34.
CAMPOS, I. M.. Coordenador do Comitê Gestor analisa o registro de nomes de domínio .br. 2001. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

35.
CAMPOS, I. M.. América Latina precisa ampliar acesso à Internet. 2000. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

36.
CAMPOS, I. M.. O Brasil na Entidade Mundial que Gerencia Domínios na Internet. 2000. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

37.
CAMPOS, I. M.. Entrevista com o candidato Ivan Moura Campos. 2000. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

38.
CAMPOS, I. M.. Ô Programinha Bom, Uai. 2000. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

39.
CAMPOS, I. M.. Hackers não são gênios; são desocupados. 2000. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

40.
CAMPOS, I. M.; Ciência e Tecnologia. O Estado deve articular e induzir.. 1998. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

41.
CAMPOS, I. M.; Um modo pragmático de se encarar a tecnologia. 1998. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

42.
CAMPOS, I. M.; Governo apóia pesquisa tecnológica. Secretário de C&T defende prioridade das pesquisas que atendam a demanda do mercado mineiro. 1998. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

43.
CAMPOS, I. M.; Pensando o país do futuro. 1998. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

44.
CAMPOS, I. M.; Minas precisa entrar no século XXI com competitividade. 1998. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

45.
CAMPOS, I. M.; Falta ousadia ao empresariado. 1998. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

46.
CAMPOS, I. M.; Vale da eletrônica floresce com a privatização. 1998. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

47.
CAMPOS, I. M.; Desenvolvimento industrial. Tecnologia vira isca para atrair empresas. 1998. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

48.
CAMPOS, I. M.; Sobre a cobrança de ICMS sobre software em MG. 1997. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

49.
CAMPOS, I. M.; Alíquota de 7% atinge somente produtos com PPB. 'Decreto restringe os benefícios fiscais'. 1997. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

50.
CAMPOS, I. M.. O Engenheiro Responsável pela Abertura da Internet no Brasil. 1996. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
CAMPOS, I. M.; ZIVIANI, N. . Pesquisa e Desenvolvimento em Teletráfego: Estudo de Um Caso de Interação Empresa-Universidade. 1989. (Relatório de pesquisa).

2.
CAMPOS, I. M.; ZIVIANI, N. ; ARABE, J.N.C. . A Topology-Based Intelligent Editor/Generator of Routing Plans for Telephonic Switching Equipment. 1989. (Relatório de pesquisa).

3.
CAMPOS, I. M.; ARABE, J.N.C. ; LEMOS, L. S. ; MOURA, L. A. V. ; RIBEIRO, M. A. ; ZIVIANI, N. ; CHAGAS, P. C. ; CARVALHO, P. C. O. ; TORRES, S. A. M. ; SOUZA FILHO, S. R. . Projeto Lógico de um Sistema para Edição Interativa e Semi-Automática de Planos de Encaminhamento de Centrais Telefônicas. 1988. (Relatório de pesquisa).

4.
CAMPOS, I. M.; ARABE, J.N.C. ; ZIVIANI, N. ; ALMEIDA, O. R. ; CHAGAS, P. C. . Projeto de Um Sistema para Gerência de Dados e Projeção de Tráfego Telefônico Interurbano. 1987. (Relatório de pesquisa).

5.
CAMPOS, I. M.; ARABE, J.N.C. ; LEMOS, L. S. ; MOURA, L. A. V. ; ARAUJO, L. C. P. ; ZIVIANI, N. ; CHAGAS, P. C. ; TORRES, S. A. M. ; SOUZA FILHO, S. R. . Caracteriação Preliminar de um Sistema para Edição Interativa e Semi-Automática de Planos de Encaminhamento de Centrais Telefônicas. 1987. (Relatório de pesquisa).

6.
SOARES, J. F. ; CAMPOS, I.M. ; ARABE, J.N.C. ; ZIVIANI, N. ; ALMEIDA, O. R. ; CHAGAS, P. C. . Caracterização Preliminar do Problema de Projeção de Tráfego Telefônico Interurbano. 1987. (Relatório de pesquisa).

7.
SOARES, J. F. ; CABRAL, REGINA H. B. ; CAMPOS, I. M. ; LUNA, H. P. L. ; ZIVIANI, N. . Detalhamento dos Algoritmos Relativos ao Tráfego Multimedido. 1985. (Relatório de pesquisa).

8.
ZIVIANI, N. ; CAMPOS, I.M. ; CHAGAS, P. C. . Um Protótipo do SISMATRAF. 1985. (Relatório de pesquisa).

9.
SOARES, J. F. ; ARAUJO, A. J. ; CAMPOS, I. M. ; ZIVIANI, N. ; CHAGAS, P. C. ; LUNA, H. P. L. . Tratamento de Dados no SISMATRAF. 1985. (Relatório de pesquisa).

10.
SOARES, J. F. ; ARAUJO, A. J. ; CAMPOS, I. M. ; ZIVIANI, N. ; CHAGAS, P. C. ; LUNA, H. P. L. . Tratamento de Dados no SISMATRAF. 1985. (Relatório de pesquisa).

11.
ZIVIANI, N. ; CAMPOS, I. M. ; CHAGAS, P. C. ; SOARES, J. F. ; LUNA, H. P. L. . Módulos, Funções e Fluxo de Dados no SISMATRAF. 1985. (Relatório de pesquisa).

12.
SOARES, J. F. ; CAMPOS, I. M. ; ZIVIANI, N. ; LUNA, H. P. L. . Especificação para Cálculo da Matriz de Tráfego Interurbano. 1985. (Relatório de pesquisa).

13.
CAMPOS, I. M.; ZIVIANI, N. . Uma Forma Canônica para Caracterização do Tráfego entre Dois Conjuntos de Nós de uma Rede Telefônica Interurbana. 1985. (Relatório de pesquisa).

14.
CAMPOS, I. M.; ZIVIANI, N. ; LUNA, H. P. L. ; SOARES, J. F. . Caracterização Preliminar de um Sistema para Cálculo da Matriz de Tráfego Interurbano. 1985. (Relatório de pesquisa).

15.
CAMPOS, I. M.; PAULAFILHO, W. P. . Algumas Reflexões Sobre Transferência de Tecnologia de Software. 1985. (Relatório de pesquisa).

16.
CAMPOS, I. M.. Minutes of the Workshop on the German Brazilian Cooperation in the Field of Informatics. 1984. (Relatório de pesquisa).

17.
CAMPOS, I. M.; PADUA, C. I. P. S. ; MARQUES SOBRINHO, H. . Processador da LIDE - Linguagem Para Descrição de Estruturas Hierárquicas Modulares. 1982. (Relatório de pesquisa).

18.
CAMPOS, I.M.; PADUA, C. I. P. S. ; MARQUES SOBRINHO, H. . LIDE - Uma Linguagem Para Descrição de Estruturas Hierárquicas Modulares. 1982. (Relatório de pesquisa).

19.
CAMPOS, I. M.; ESTRIN, G. . Computer Aided Design From Programming in the Large to Programming in the Small With SARA. 1977. (Relatório de pesquisa).

20.
CAMPOS, I. M.. SL-1 User's Manual. 1977. (Relatório de pesquisa).

21.
CAMPOS, I. M.; DOWNS, D. ; LAUTERBACH, C. H. ; SILVESTER, J. A. . Household Helper System. 1976. (Relatório de pesquisa).

22.
BERRY, D. M. ; CAMPOS, I. M. ; KAMPE, M. ; KEMMERER, R. ; RHODES, M. L. . An experience in Group and Modular Programming: Conclusions and Recommendations. 1975. (Relatório de pesquisa).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Lucila Ishitani. Um Ambiente para Programação Biparadigmática em Smalltalk e Prolog. 1993. Dissertação (Mestrado em Ciências da Computação) - Universidade Federal de Minas Gerais, . Orientador: Ivan Moura Campos.

2.
Marcos Gonçalves Rios. Um Gerador de Sistemas de Aplicação na Área Comercial para Microcomputadores. 1989. Dissertação (Mestrado em Ciências da Computação) - Universidade Federal de Minas Gerais, . Orientador: Ivan Moura Campos.

3.
José Luis Trillo Rodriguéz. Um Posicionador de Célula de Altura Padrão para Circuitos Integrados. 1988. Dissertação (Mestrado em Ciências da Computação) - Universidade Federal de Minas Gerais, . Orientador: Ivan Moura Campos.

4.
Luiz Henrique de Araújo Vecchio. Sobre o Desenvolvimento de Sistemas de Linguagens Procedimentais Utilizando o Paradigma de Programação Orientada a Objetos. 1988. Dissertação (Mestrado em Ciências da Computação) - Universidade Federal de Minas Gerais, . Orientador: Ivan Moura Campos.

5.
Edésio Costa e Silva. Um Ambiente Interativo para Criação de Diagramas de Fluxo de Dados. 1987. Dissertação (Mestrado em Ciências da Computação) - Universidade Federal de Minas Gerais, . Orientador: Ivan Moura Campos.

6.
Elisamara de Oliveira. Um Sistema de Roteamento Automático de Standard-Cells para Circuitos Integrados. 1987. Dissertação (Mestrado em Ciências da Computação) - Universidade Federal de Minas Gerais, . Orientador: Ivan Moura Campos.

7.
Christiano Gonçalves Becker. SISPRO - Um Sistema para Análise do Vigamento Principal de Pontes. 1984. Dissertação (Mestrado em Ciências da Computação) - Universidade Federal de Minas Gerais, . Orientador: Ivan Moura Campos.

8.
José Nagib Cotrim Árabe. SINUCA: Uma Ferramenta para Modelagem Multinível e Simulação Funcional de Sistemas com Processos Concorrentes. 1982. Dissertação (Mestrado em Ciências da Computação) - Universidade Federal de Minas Gerais, . Orientador: Ivan Moura Campos.

9.
José Luis Braga. Implementação do Sistema Hyades de Bancos de Dados Utilizando o Sistema Operacional DOS - IBM/360. 1981. Dissertação (Mestrado em Ciências da Computação) - Universidade Federal de Minas Gerais, . Orientador: Ivan Moura Campos.

10.
Alberto Henrique Frade Laender. Especificação e Projeto de um Sistema Integrado para Aplicação, Correção e Análise de Provas. 1979. Dissertação (Mestrado em Ciências da Computação) - Universidade Federal de Minas Gerais, . Orientador: Ivan Moura Campos.



Outras informações relevantes


De 2012 a 2017, foi membro da comissão internacional que julga os candidatos ao Marconi Award e seleciona a lista tríplice a ser encaminhada ao board da Marconi Society para indicação final do premiado. Este prêmio é dado anualmente a indivíduos que tenham contribuído significativamente para o avanço das comunicações em benefício da humanidade via descobertas científicas e tecnológicas.

Em 1996, propôs o modelo que se tornou a marca da Internet 2: a Campos? Spiral, https://goo.gl/jquYUq. Este modelo é reconhecido mundialmente como tendo sido instrumental para o planejamento estratégico da Internet 2 e é ainda hoje citado por formadores de opinião em Tecnologias da Informação para explicar o processo permanentemente evolutivo da Internet. O modelo foi desenvolvido e proposto durante o Workshop on Future of Networking for Research and Education, em Cheyenne Mountain, Colorado Springs, USA. 

Entre 1993 e 1997, foi um dos líderes e principais responsáveis pela implantação da Internet no Brasil, conforme está bem resumido em https://startupi.com.br/2014/04/gangue-dos-quatro-da-internet-brasileira/ e em livros como ?The Information Revolution and Developing Countries (Information Revolution and Global Politics)?, by Ernest J. Wilson III (Hardcover - Jun 1, 2004) - http://tinyurl.com/yf67f75

É citado em mais de uma dezena de livros sobre governance, inovação, empreendedorismo, uso de tecnologias da informação e comunicações para desenvolvimento da sociedade, por meio de produtos de interesse real e geradores de riqueza.

O PRTC - Programa de Tabulação Cruzada, desenvolvido durante seu mestrado (1970-1971), foi utilizado durante vários anos pela comunidade acadêmica e de pesquisa em áreas como Sociologia & Política, Biologia e Estatística, tanto na UFMG quanto em outras Universidades do Brasil, nas quais foi convidado a proferir palestras.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 20/01/2019 às 22:23:54