Nilson Gabas Júnior

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/7344220052458103
  • Última atualização do currículo em 06/06/2016


NILSON GABAS JUNIOR concluiu o doutorado em Linguística - University of California em 1999. Fez pós-doutorado na Universidade de Antuérpia, Bélgica, em 2002. Atualmente é o diretor do Museu Paraense Emílio Goeldi, em Belém, Pará. É membro de diversos conselhos e entidades ligadas à sociobiodiversidade, no estado do Pará e no Brasil. Publicou artigos em periódicos especializados e trabalhos em anais de eventos. Possui capítulos de livros e livros publicados, e participou de diversos eventos científicos no exterior e no brasil. Atualmente participa de 4 projetos de pesquisa, sendo que coordena 2 destes. Atua na área de Linguística Indígena, e em suas atividades profissionais interagiu com 14 colaboradores em coautorias de trabalhos científicos. Em seu Currículo Lattes os termos mais frequentes na contextualização da produção cientifica, tecnológica e artístico-cultural são: karo, tupi, fonologia, classificação genética, gramatica, ideofones, fonética, léxico, linguística histórica e classificadores. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Nilson Gabas Júnior
Nome em citações bibliográficas
GABAS JÚNIOR, N.

Endereço


Endereço Profissional
Museu Paraense Emílio Goeldi, Diretoria.
Av. MAGALHÃES BARATA, 376
SÃO BRAZ
66040170 - Belém, PA - Brasil
Telefone: (91) 32491302
URL da Homepage: http://www.museu-goeldi.br


Formação acadêmica/titulação


1992 - 1996
Doutorado em Doutorado Em Linguistica.
University of California System, UC System, Estados Unidos.
Título: A Grammar of Karo (Tupi, Brazil), Ano de obtenção: 1999.
Orientador: Marianne Mithun.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: gramática; Karo; Tupi.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Lingüística Histórica.
Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Teoria e Análise Lingüística.
Setores de atividade: Outros Setores.
1988 - 1989
Mestrado em Lingüística.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Título: Fonologia da Língua Karo (Arara de Rondônia),Ano de Obtenção: 1989.
Orientador: Aryon Dall'Igna Rodrigues.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: fonologia; Karo; Tupi.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
Setores de atividade: Outros Setores.
1981 - 1984
Graduação em Comunicacao Social Jornalismo.
Pontifícia Universidade Católica de Campinas, PUC Campinas, Brasil.


Pós-doutorado


2002 - 2002
Pós-Doutorado.
Universitaire Instelling Antwerpen, UIA, Bélgica.
Bolsista do(a): Universitaire Instelling Antwerpen, UIA, Bélgica.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes


Formação Complementar


1991 - 1991
Introduction to Phonology. (Carga horária: 12h).
Linguistic Institute, LI, Estados Unidos.
1991 - 1991
Introduction to Syntax. (Carga horária: 12h).
Linguistic Institute, LI, Estados Unidos.
1991 - 1991
Advanced Phonology. (Carga horária: 12h).
Linguistic Institute, LI, Estados Unidos.


Atuação Profissional



Museu Paraense Emílio Goeldi, MPEG, Brasil.
Vínculo institucional

1995 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Pesquisador Titular III, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Matrícula do SIAPE: 1177121

Atividades

01/2012 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Fundação Amazônia Paraense de Amparo à Pesquisa - FAPESPA, .

Cargo ou função
Membro Titular do Conselho Superior.
10/2009 - Atual
Direção e administração, MUSEU PARAENSE EMILIO GOELDI, .

Cargo ou função
Diretor.
06/2006 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA, .

Cargo ou função
Membro do Conselho Diretor do Programa de Pesquisa em Biodiversidade/SEPED/MCT.
2/2000 - Atual
Outras atividades técnico-científicas , Coordenação de Ciências Humanas, Coordenação de Ciências Humanas.

Atividade realizada
Elaboração de material educacional para os índios Arara.
11/1995 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Coordenação de Ciências Humanas, Área de Lingüística.

Linhas de pesquisa
Línguas Indígenas
07/1987 - Atual
Outras atividades técnico-científicas , Coordenação de Ciências Humanas, Coordenação de Ciências Humanas.

Atividade realizada
Líder do Grupo de Pesquisa (CNPq) "Grupo de Estudos de Línguas Indígenas do Goeldi".
01/2008 - 12/2010
Conselhos, Comissões e Consultoria, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Pará - FAPESPA, .

Cargo ou função
Membro Titular do Conselho Superior.
10/2005 - 10/2009
Conselhos, Comissões e Consultoria, MUSEU PARAENSE EMILIO GOELDI, .

Cargo ou função
Presidente do Conselho Editorial do Museu Paraense Emilio Goelid.
07/2005 - 10/2009
Direção e administração, Diretoria, .

Cargo ou função
Vice-Diretor.
07/2005 - 10/2009
Direção e administração, Diretoria, Coordenação de Pesquisa e Pós-Graduação.

Cargo ou função
COORDENADOR DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO.
01/2006 - 12/2007
Conselhos, Comissões e Consultoria, Acordo Multilateral de Cooperação Téc-Cient. em Saúde das Inst. da Amazônia, .

Cargo ou função
Representante da SBPC no Comitê Gestor do ACORDO.
12/2004 - 07/2005
Direção e administração, Coordenação de Ciências Humanas, .

Cargo ou função
COORDENADOR DE CIÊNCIAS HUMANAS.
04/2001 - 07/2005
Conselhos, Comissões e Consultoria, Coordenação de Ciências Humanas, Área de Lingüística.

Cargo ou função
Editor-Associado do Boletim de Ciências Humanas do Museu Paraense Emílio Goeldi.

Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2006
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Nenhum, Carga horária: 0
Outras informações
Participação do Conselho Editorial Científico da Revista do Museu Antropológico da Universidade Federal de Goiás (UFG), como consultor.

Atividades

05/2004 - 04/2006
Conselhos, Comissões e Consultoria, Museu Antropológico, .

Cargo ou função
Consultor.


Linhas de pesquisa


1.
Línguas Indígenas

Objetivo: Visa desenvolver pesquisas linguísticas descritivas e teóricas acerca das línguas indígenas da Amazônia em todos os seus aspectos. É composta de: 1.Estudos de análise e descrição de estruturas linguísticas, inlcuindo fonética, fonologia, morfologia, sintaxe, semântica e pragmática. 2.Linguística diacrônica e suas implicações para a compreensão da pré-história amazônica. 3.Estudo das relações entre linguagem, sociedade e cultura, no qual se incluem a variação linguística, a etno-semântica, a política linguística, a etnografia da fala e a história da linguística indígena..
Grande área: Lingüística, Letras e Artes
Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Teoria e Análise Lingüística.
Grande Área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Lingüística Histórica.
Setores de atividade: Outros Setores.
Palavras-chave: gramática; fonologia; análise de dados; fonética; Lingüística Histórica; classificação genética.


Projetos de pesquisa


2008 - 2013
Dicionarização e Documentação Audiovisual da Língua Karo
Descrição: Com cerca de 160 línguas indígenas sendo faladas atualmente, as línguas indígenas brasileiras ainda são, juntamente com as línguas da Nova Guiné, as menos conhecidas do mundo. Ainda que pesquisadores sérios tenham se dedicado (no passado e no presente) ao estudo dessas línguas, é ainda incipiente o conhecimento lingüístico produzido sobre delas quando comparado, por exemplo, às línguas norte-americanas, australianas ou africanas. O estudo das línguas indígenas brasileiras é de fundamental importância para a determinação de várias questões científicas, entre elas o estabelecimento de universais lingüísticos (em termos de tipologia lingüística) e a caracterização de fenômenos areais, como a ocorrência de sistemas complexos de evidenciais, sistemas de classificadores, ou de ideofones. Agravando a presente situação de falta de conhecimento científico adequado, encontra-se o fato de que muitas das línguas indígenas brasileiras estão em processo acelerado de desaparecimento, seja pelo número reduzido de seus falantes (aquelas línguas com menos de cinco falantes, geralmente idosos), seja pela adoção do português como língua do grupo, em detrimento da língua nativa. Caso não sejam feitos registros adequados das línguas em perigo de extinção, sua perda será irrecuperável. Nesse contexto, o presente projeto tem dupla finalidade. Por um lado, destina-se a documentar a língua dos índios Arara, moradores da Área Indígena Igarapé de Lourdes, em Rondônia, através da continuidade da elaboração do dicionário Karo-Português. Por outro lado, paralelamente ao trabalho de elaboração do dicionário, pretende-se proceder à documentação, em áudio e vídeo, de narrações tradicionais de mitos, cantos, e possivelmente cerimônias tradicionais, assim como a realização de um mini-documentário sobre a situação atual de vida na aldeia dos Arara. A criação do dicionário teve início em 2004, com um projeto patrocinado pelo CNPq (Processo no. 476770/2003-3), finalizado em 2006, e retomado.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Nilson Gabas Júnior - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2008 - Atual
Construção de um acervo digital para Línguas Amazônicas
Descrição: O objeto deste projeto está diretamente relacionado à preservação e salvaguarda do patrimônio cultural brasileiro, especificado através das línguas e culturas indígenas e se insere na linha temática ?Patrimônio Cultural Brasileiro?. Os objetivos principais do projeto são (i) implementar o Centro de Documentação de Línguas e Culturas Indígenas na Amazônia, no Museu Emilio Goeldi, visando preservar o acervo lingüístico da Coleção Científica do Museu Goeldi; (ii) documentar as línguas e culturas indígenas da Amazônia para fortalecer as mesmas, para salvaguardar o patrimônio lingüístico e cultural nacional e para fornecer fundamentos para estudos científicos; (iii) fortalecer as práticas culturais e motivar ações de documentação pelas próprias comunidades indígenas, e (iv) realizar um projeto piloto de levantamento lingüístico com a língua Ayuru (RO)..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Nilson Gabas Júnior - Integrante / Ana Vilacy Galucio - Coordenador / Dennis Albert Moore - Integrante / Sebastian Drude - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2004 - Atual
Documentation and Description of Karo, BRAZIL
Descrição: The present project aims at documenting and continuing the description of Karo, a Tupian language spoken by approximately 130 Arara Indians in the Amazon region of Brazil. As part of the process of documentation of the language, our intention is to elaborate a dictionary Karo-Portuguese, publish a book of traditional narratives, and the record the few cultural activities (feasts, ceremonies, etc.) still performed by the Arara in audio and video, with full linguistic transcription. Both the dictionary and the book of traditional narratives will be submitted for publication to the Editora do Museu Goeldi and the Ministry of Science and Technology. The additional goal to accomplish will be to proceed with the description of Karo. This process involves finish revising my Ph.D. dissertation and turning it into a complete grammar of the language. The manuscript has been already sent to Prof. Bernard Comrie, who accepted it for publication (by Mouton Grammar Library - MGL - series), with the necessary improvements. While I have already collected the necessary data for the changes requested, a few other aspects still need to be included in the full description of the language, like the relative clauses and noun incorporation in intransitive verbs. The process of re-writing also includes transcription and analysis of texts. In order to accomplish these tasks, we expect to conduct four fieldtrips to the Arara Reservation, each of approximately two months, two in 2005 and the other two in 2006. One visit of an Indian consultant will also be necessary, in 2006. For comparative purposes, the descriptive part of this project will serve to the development of Dr. Denny Moore's project (already financed by ELDP) to describe five of the most endangered Tupian languages of Brazil. No other researcher has been working with the Karo language, and the proponent of this project is the only one in condition to perform the endeavor..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Nilson Gabas Júnior - Coordenador.Financiador(es): University of London - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 2
2003 - 2006
Projeto Documentação e Estudo da Língua Karo
Descrição: Este projeto tem dupla finalidade. Por um lado, pretende-se documentar a língua dos índios Arara, moradores da Área Indígena Igarapé de Lourdes, em Rondônia. A documentação será feita através da coleta de mitos e lendas Arara visando a elaboração de um livro (com tradução para o português). O processo de coleta destes mitos envolverá também a gravação dos falantes Arara em fitas de vídeo (HI-8). Paralelamente ao trabalho de documentação, daremos prosseguimento à descrição do Karo, única língua da família lingüística Ramarama do tronco Tupí (Gabas 2000), falada por apenas 150 índios e sem conhecimento prévio dos pesquisadores, exceto por poucas listas de palavras. Espera-se alcançar como resultado do presente projeto a produção de material suficiente para o conhecimento de uma língua indígena brasileiras em perigo de extinção. Pretendemos publicar a gramática Karo, um livro de histórias (mitos e lendas) dos Arara, um dicionário da língua, e ter arquivado em vídeo as narrativas e mitos Arara..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Nilson Gabas Júnior - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2001 - 2005
Projeto Tupí-Comparativo (Wenner-Gren, EUA)
Descrição: O principal objetivo de pesquisa deste projeto é a reconstrução do Proto-Tupí, língua falada há aproximadamente 4-5,000 anos atrás e fonte das modernas línguas Tupí. A reconstrução será efetuada sob uma perspectiva interdisciplinar, visando maximizar a relevância to trabalho lingüístico para a arqueologia e antropologia cultural. Além disso, a qualidade das descrições das várias línguas Tupí sendo estudadas será aperfeiçoada pela adição de novos dados e utilização de uma perspectiva comparativa..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Nilson Gabas Júnior - Integrante / Ana Vilacy Galúcio - Integrante / Dennis Albert Moore - Coordenador / Luciana Raccanello Storto - Integrante / Sebastian Drude - Integrante / Gessiane Lobato Picanço - Integrante / Sérgio Meira - Integrante / Carmen Rodrigues - Integrante.Financiador(es): Wenner Gren Foundation - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 2
2001 - Atual
Línguas de Rondônia
Descrição: O projeto pretende auxiliar a Área de Lingüística do Museu Goeldi para a condução de pesquisa de campo em Rondônia. Além disso, pretende também estimular o intercâmbio científico entre a Área de Lingüística e o Programa Spinoza, visando colaboração com a base de dados tipológica do referido programa..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Nilson Gabas Júnior - Integrante / Ana Vilacy Galúcio - Integrante / Dennis Albert Moore - Coordenador / Luciana Raccanello Storto - Integrante / Didier Demolin - Integrante.Financiador(es): Leiden University - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 2


Projetos de desenvolvimento


2009 - Atual
Implementação do Centro de Documentação Permanente de Línguas e Culturas Indígenas da Amazônia no Goeldi
Descrição: O projeto tem um objetivo geral, que é a implantação e utilização do acervo digital sobre línguas e culturas indígenas no novo servidor LAT, visando à criação de um centro permanente de documentação de línguas e culturas indígenas da Amazônia no Museu Goeldi, para servir às necessidades de documentação permanente das instituições, pesquisadores e grupos nativos da Amazônia..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Nilson Gabas Júnior - Integrante / Ana Vilacy Galúcio - Coordenador / Dennis Albert Moore - Integrante / Sebastian Drude - Integrante.Financiador(es): Ministério da Justiça - Auxílio financeiro.


Membro de corpo editorial


2004 - Atual
Periódico: Revista do Museu Antropológico (UFG)


Áreas de atuação


1.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística.
2.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Línguas Indígenas.
3.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Teoria e Análise Lingüística.
4.
Grande área: Lingüística, Letras e Artes / Área: Lingüística / Subárea: Lingüística Histórica.


Idiomas


Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.
Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Italiano
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Outros
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2012
Colaborador Emérito, Comando da 8a. Região Militar do Exército Brasileiro.
2010
Cidadão de Belém, Câmara de Vereadores de Belém.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Web of Science
Total de trabalhos:10
Total de citações:10
gabasjunior, n.  Data: 29/06/2009

Artigos completos publicados em periódicos

1.
GALUCIO, A. V.2008GALUCIO, A. V. ; MOORE, Dennis Albert ; GABAS JÚNIOR, N. . Desafio de documentar e preservar línguas. Edição especial scientific American Brasil, v. 3, p. 36-43, 2008.

2.
GABAS JÚNIOR, N.2006GABAS JÚNIOR, N.. Book Review: Ideophones. Lingua, Holanda, v. 116, p. 491-496, 2006.

3.
GABAS JÚNIOR, N.2001 GABAS JÚNIOR, N.. Lexical Choice in Karo Narratives. DELTA. Documentação de Estudos em Lingüística Teórica e Aplicada, São Paulo, v. 17.2, 2001.

4.
GABAS JÚNIOR, N.1995GABAS JÚNIOR, N.. Phonetic correlates of stress in Yup'ik. Santa Barbara Working Papers In Linguistics, Santa Barbara, California, v. 7, p. 1-13, 1995.

5.
GABAS JÚNIOR, N.1990GABAS JÚNIOR, N.. Os segmentos fonéticos complexos da língua Karo. Cadernos de Estudos Lingüísticos (UNICAMP), Campinas, v. 18, p. 143-151, 1990.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
GABAS JÚNIOR, N.; Sebastião Arara . Mitos Arara. BELÉM: Prol Editora Gráfica Ltda., 2009. v. 1. 98p .

2.
GABAS JÚNIOR, N.; Sebastião Arara . Âk wen wen 'ya! Cartilha de Alfabetização Arara. Belém - Brasília: Museu Paraense Emílio Goeldi - Ministério da Ciência e Tecnologia, 2002. 60p .

3.
GABAS JÚNIOR, N.; Sebastião Arara ; ARARA, M. X. ; ARARA, R. ; ARARA, W. W. . Histórias dos Arara no tempo do contato com os brancos. Belém - Brasília: Museu Paraense Emílio Goeldi - Ministério da Ciência e Tecnologia, 2002. 55p .

4.
GABAS JÚNIOR, N.. Estudo fonológico da língua Karo. Munique: Lincom Europa, 1999. 94p .

Capítulos de livros publicados
1.
GABAS JÚNIOR, N.. Tupian Languages. In: Keith Brown. (Org.). Encyclopedia of Language & Linguistics. Oxford: Elsevier, 2006, v. 13, p. 146-150.

2.
GABAS JÚNIOR, N.; AUWERA, Johan Van Der . Ideophones in Karo. In: Michel Achard; Suzanne Kemmer. (Org.). Language, Culture, and Mind. Stanford: CSLI Publications, 2004, v. , p. 397-413.

3.
GABAS JÚNIOR, N.. Genetic relationship among the Ramaráma family of the Tupi stock (Brazil). In: Hein van der Voort; Simon van de Kerke. (Org.). Indigenous languages of lowland South America. Leiden: Research School of Asian, African, and Amerindian Studies (CNWS), 2000, v. 90, p. 71-82.

4.
GABAS JÚNIOR, N.. Lingüística Histórica. In: Fernanda Mussalim; Anna Christina Bentes. (Org.). Introdução à Lingüística: Domínios e Fronteiras. São Paulo: Cortez Editora, 2000, v. 1, p. 76-101.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
GABAS JÚNIOR, N.; GALUCIO, A. V. ; MOORE, Dennis Albert . O desafio de documentar e preservar as línguas amazônicas.. Scientific American - Amazônia (A Floresta e o Futuro), Brasil, p. 36 - 43, 01 set. 2008.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
GABAS JÚNIOR, N.. Evidenciais em Karo. In: Encontro do Grupo de Trabalho de Línguas Indígenas da ANPOLL, 2002, Belém. Anais do GT da ANPOLL, 2001.

2.
GABAS JÚNIOR, N.. O sistema pronominal de marcação de pessoa na língua Karo (Arara de Rondônia). In: 47 Congresso Internacional de Americanistas (ICA), 1994, Nova Orleans. Revista Latinoamericana de Estudios Etnolinguisticos. Lima - Peru, 1991. v. VIII. p. 135-150.

3.
GABAS JÚNIOR, N.. Sistemas de marcação possessiva e pessoal na língua dos índios Arara de Rondônia. In: Seminário do Centro de Estudos Linguísticos e Literários (CELLIP), 1988, Londrina, PR. Anais do II CELLIP, 1988. v. 2. p. 168-176.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
GABAS JÚNIOR, N.. Combinação de Cláusulas em Karo, Tupí. In: VII Jornada de Estudos Lingüísticos e Literários da UFPa, 2003, Belém. VII Jornada de Estudos Lingüísticos e Literários da UFPa - Caderno de Resumos. Belém: Cursos de Pós-Graduação em Letras da UFPa, 2003. p. 85-85.

2.
GABAS JÚNIOR, N.; GALUCIO, Ana Vilacy . Evidências de Agrupamento Genético Karo-Puruborá, Tronco Tupí. In: XVII Encontro Nacional da ANPOLL, 2002, Gramado. Boletim Informativo. Gramado: ANPOLL, 2002. v. 31. p. 163-163.

Apresentações de Trabalho
1.
GALUCIO, A. V. ; MEIRA, Sérgio ; DRUDE, Sebastian ; GABAS JÚNIOR, N. ; MOORE, Dennis Albert ; PICANÇO, Gessiane Lobato ; STORTO, Luciana Raccanello . Genetic relationship and degree of relatedness within the Tupí linguistic family: a lexicostatistical and phylogenetic approach. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
FACUNDES, S. S. ; GABAS JÚNIOR, N. ; GALUCIO, A. V. . Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi. Ciências Humanas. Belem, 2006. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

2.
GABAS JÚNIOR, N.. Karo (Arara de Rondônia). São Paulo: Instituto SocioAmbiental (website), 2004 (Verbete em enciclopédia).

3.
GABAS JÚNIOR, N.. Review of Intransitive Predication book. Ann Arbor, Michigan: LinguistList, 2004 (Resenha de livro).

4.
GABAS JÚNIOR, N.. Review: Typology: Voeltz & Killian-Hatz, Ideophones. Ann Arbor, Michigan: LinguistList, 2002 (Resenha de livro).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
GABAS JÚNIOR, N.. Assessoria na identificação da língua dos índios isolados da região do Igarapé Omerê, Rondônia. 1995.

Trabalhos técnicos

Demais tipos de produção técnica
1.
GABAS JÚNIOR, N.. RELATÓRIO TÉCNICO - 1 LÍNGUA AKUNTSU. 1995. (Relatório de pesquisa).

2.
GABAS JÚNIOR, N.. RELATÓRIO TÉCNICO - 1 LÍNGUA KANOÊ. 1995. (Relatório de pesquisa).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
GABAS JÚNIOR, N.; RODRIGUES, Carmen; Marília de Nazaré de Oliveira Ferreira. Participação em banca de Érica Lúcia Barreto Pereira. Variação em Apurinã: aspectos linguísticos e fatores condicionantes. 2007. Dissertação (Mestrado em Letras: Lingüística e Teoria Literária) - Universidade Federal do Pará.

2.
GABAS JÚNIOR, N.; FACUNDES, S. S.; BRITO, C.. Participação em banca de Dinamara Alves Ferreira. O uso de expressões (pro)nominais e de anáfora zero na introdução/retomada de referentes em redações do vestibular. 2003. Dissertação (Mestrado em Letras: Lingüística e Teoria Literária) - Universidade Federal do Pará.

3.
RODRIGUES, A. D.; FAULSTICH, E. L. J.; GABAS JÚNIOR, N.. Participação em banca de Dioney Moreira Gomes. Predicados Verbais da Língua Mundurukú e Modelos Lexicográficos. 2000. Dissertação (Mestrado em Lingüística) - Universidade de Brasília.

4.
GABAS JÚNIOR, N.; ARAUJO, L. M. S.; RAZKY, A.. Participação em banca de Sônia Lumi Niwa. Entre Dois Mundos: A Alternância de Código na Fala de Nissei de Tomé-Açu. 2000. Dissertação (Mestrado em Letras: Lingüística e Teoria Literária) - Universidade Federal do Pará.

Teses de doutorado
1.
GABAS JÚNIOR, N.; AIKHENVALD, Alexandra Y; ADELAAR, Willem; HAJEK, John. Participação em banca de Antoine Guillaume. A grammar of Cavineña, an Amazonian language of Northern Bolivia. 2004. Tese (Doutorado em Linguistics) - La Trobe University.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
GABAS JÚNIOR, N.. Concurso Público para Provimento de Cargo de Tecnologista Pleno 1-I. 2009. Museu Paraense Emílio Goeldi.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
59a. Reunião Anual da SBPC.Amazônia: Cooperação Internacional e o Papel das Instituições de Ensino e Pesquisa do Brasil. 2007. (Outra).

2.
59a. Reunião Anual da SBPC.Cultura, Tradição e Povos Indígenas - Preservação das Línguas Indígenas na Amazônia. 2007. (Outra).

3.
Symposium on Brazilian Indian Languages.Ideophones and Evidentials in Karo, Tupi, Brazil. 2007. (Simpósio).

4.
58a. Reunião Anual da SBPC.A Produção de Ciência na Estação Científica Ferreira Pena - Caxiuanã. 2006. (Outra).

5.
58a. Reunião Anual da SBPC.O Museu Goeldi e a Política Científica para a Amazônia. 2006. (Outra).

6.
58a. Reunião Anual da SBPC.Pesquisa em Biodiversidade no Museu Goeldi. 2006. (Outra).

7.
Workshop Pesquisa e Pós-Graduação em Biotecnologia e Biodiversidade na Região de Santarém.O Museu Goeldi e o Programa de Pesquisa em Biodiversidade na Região de Santarém. 2006. (Outra).

8.
52o. Seminário do Grupo de Estudos Linguísticos do Estado de São Paulo (GEL).A Classificação da Língua Akuntsu. 2004. (Seminário).

9.
III Congresso Internacional da Abralin. Cláusulas Relativas em Karo. 2003. (Congresso).

10.
6th Conference on Conceptual Structure, Discourse and Language (CSDL). Ideophones in Karo (Tupi, Brazil). 2002. (Congresso).

11.
Encontro do Grupo de Trabalho de Línguas Indígenas - ANPOLL.Evidências de agrupamento genético Ramarama-Puruborá. 2002. (Encontro).

12.
Encontro Internacional do Grupo de Trabalho de Línguas Indígenas da ANPOLL.Evidenciais em Karo. 2001. (Encontro).

13.
International Congress of Americanists. Internal Classification of the Ramarama Family, Tupi Sotck. 1997. (Congresso).

14.
Congresso da American Anthropological Association.Unspoken Aspects of Fieldwork. 1996. (Outra).

15.
Meeting of the Society for the Study of the Indigenous Languages of the Americas - SSILA.Classifiers in Karo. 1996. (Encontro).

16.
Meeting of the Society of the Study of the Indigenous Languages of the Americas - SSILA.Lexical Choice in Karo Narratives. 1995. (Encontro).

17.
47th International Congress of Americanists - ICA. Possession System in Karo Language (Ramarama Family). 1991. (Congresso).

18.
IX Congresso Internacional da Associação de Lingüística e Filologia da América Latina - ALFAL. Classificadores da Língua Karo. 1990. (Congresso).

19.
II Seminário do Centro de Estudos Lingüísticos e Literários do Paraná - CELLIP.Sistemas de Marcação Possessiva e Pessoal na Língua dos Índios Arara de Rondônia. 1988. (Seminário).



Orientações



Orientações e supervisões concluídas
Iniciação científica
1.
Fernanda Oliveira de Araújo. Dicionário Karo-Português. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Letras) - Universidade Federal do Pará, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Nilson Gabas Júnior.

2.
Elizabeth das Graças da Silva Santos. ESTUDO COMPARATIVO DAS FAMÍLIAS RAMARAMA E PURUBORÁ DO TRONCO TUPI. 2007. Iniciação Científica - Museu Paraense Emílio Goeldi, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Nilson Gabas Júnior.

3.
Fernanda Oliveira de Araújo. Línguas Indígenas Brasileiras. 2003. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Bacharelado em Letras) - Universidade Federal do Pará. Orientador: Nilson Gabas Júnior.



Outras informações relevantes


1. Trabalhos de campo realizados

I. Frente de Contato Omerê - RO; Pesquisa com dois grupos de índios isolados, como parte de trabalho de Assessoria linguística para identificação da língua de índios isolados; em Setembro/95.
II. A.I. Nove de Janeiro - AM - índios Parintintin; visita técnica a duas aldeias Parintintin, em 2005.
III. A.I. Igarapé de Lourdes ? RO; 14 viagens de trabalho de campo com os índios Arara de Rondônia.
1: maio a julho/87 
2: abril/90
3: outubro a dezembro/90
4: agosto/92
5: julho-agosto/93
6: julho/94
7: outubro a dezembro/95
8: outubro-novembro/2000
9: junho-julho/2001
10: setembro/2001
11: novembro-dezembro/2001
12: junho-julho/2003
13: outubro-novembro/2004
14: maio-junho/2006
15: agosto-setembro/2007

2. Bolsas de Estudo

2002 - Bolsa de Pós-Doc - UIA (Universidade de Antuérpia)
1992-1996  Bolsa Doutorado no Exterior - CNPq
      UC-Santa Barbara, USA; 
      Proc. 200.058/92-4
1988-1989  Bolsa de Mestrado - CNPq 
      UNICAMP; Proc. 830.598/88-8
1987-1988  Bolsa de Aperfeiçoamento - CNPq
      UNICAMP; Proc. 121.951/87-1

3. Auxílios à Pesquisa obtidos


1993: Auxílio para Trabalho de Campo; UC-SB
   Linguistics Department
1992: Auxílio Pesquisa; CNPq - Trabalho de Campo
   Proc. 400.123/90-8
1991: Auxílio-Viagem para Participação no
   56th. Linguistic Institute, na UC-Santa Cruz
   - CNPq, Proc. 400.675/91-7
1991: Auxílio-Viagem para Participação no
   56th Linguistic Institute, na UC-Santa Cruz;
   Fulbright Comission
1990: Auxílio Pesquisa; CNPq - Trabalho de Campo
   Proc. 400.123/90-8
1987: Auxílio Pesquisa; FAPESP - Trabalho de Campo
   Proc. 87/0241-1



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 15/10/2018 às 6:32:21