Messias Modesto dos Passos

Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 1C

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/5110893809183033
  • Última atualização do currículo em 22/12/2018


Messias Modesto dos Passos Possui graduação em Geografia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1972), Mestrado em Geografia (Geografia Física) pela Universidade de São Paulo (1981) e Doutorado em Geografia (Geografia Física) pela Universidade de São Paulo (1988); 02 Pós-Doutorados na Université Rennes 2 ? França: 1992-1994 e 2002. Atualmente é professor titular da Universidade Estadual de Maringá. Autor de treze livros, com destaque para ?Biogeografia e Paisagem?/EDUEM, ?Amazônia: Teledetecção e Colonização?/EDUNESP e ?A raia divisória São Paulo ? Paraná ?Mato Grosso do Sul: Geossistema, Território e Paisagem?/EDUEM. Coordenador do Projeto Temático: ?Dinâmicas socioambientais, desenvolvimento local e sustentabilidade na raia divisória São Paulo ? Paraná ? Mato Grosso do Sul?, apoiado pela FAPESP. Coordenador do Projeto: A paisagem, uma ferramenta de análise para o desenvolvimento sustentável de territórios emergentes na interface entre natureza e sociedade, apoiado pelo CNPq. Coordenador do Projeto "GEÓIDE: os países de língua portuguesa" apoiado pelo Programa CAPES-FCT. É autor de 08 documentários em DVD abordando as dinâmicas sócio-ambientais do território brasileiro (Pantanal, Colonização Agrícola no Mato Grosso, BR-163, A gestão da água...). É Membre Associé au Laboratoire Costel - Université Rennes 2 - France. . (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Messias Modesto dos Passos
Nome em citações bibliográficas
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Ciências e Tecnologia de Presidente Prudente.
Rua Roberto Simonsen, 305
Centro Educacional
19060900 - Presidente Prudente, SP - Brasil
Telefone: (018) 2234519
Ramal: 018
Fax: (018) 2234519


Formação acadêmica/titulação


1983 - 1988
Doutorado em Geografia (Geografia Física).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: O Pontal do Paranapanema: um Estudo de Geografia Física Global, Ano de obtenção: 1988.
Orientador: josé augsto humberto bairo pitarelli.
1977 - 1981
Mestrado em Geografia (Geografia Física).
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: CONTRIB. AO ESTUDO DOS CERRADOS EM FUNCAO DA VAR. DE CONDIC. TOPOGRAF,Ano de Obtenção: 1981.
Orientador: HELMUT TROPMAIR.
Palavras-chave: Amazonia Matogrossense; Amazonie Matogrossense; Antropogenizacao da Paisagem; Assinatura Espectral; Biogeografia e Paisagem; Biostasia/Resistasia.
Grande área: Ciências Humanas
1976 - 1976
Especialização em Aerofotografia.
Instituto Agronômico de Campinas, IAC, Brasil.
1970 - 1973
Graduação em Ciências Físicas e Biológicas.
Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente, UNESP, Brasil.
1967 - 1972
Graduação em Geografia.
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.


Pós-doutorado e Livre-docência


1996
Livre-docência.
Universidade Estadual Paulista, UNESP, Brasil.
Título: Teledetecção Aplicada ao Estudo da Paisagem. O Sudoeste do Mato Grosso., Ano de obtenção: 1996.
Palavras-chave: Ecosistema; Geosistema; Paisagem.
2002
Pós-Doutorado.
Université Rennes 2 - Laboratoire Costel, COSTEL, França.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
1993 - 1994
Pós-Doutorado.
Université Rennes 2 - Laboratoire Costel, COSTEL, França.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.


Formação Complementar


2002 - 2002
Extensão universitária.
Université Rennes 2, COSTEL, França.
2000 - 2000
Extensão universitária.
Université Rennes 2, COSTEL, França.


Atuação Profissional



Université de Toulouse II - Le Mirail, UTM, França.
Vínculo institucional

2009 - Atual
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 2
Outras informações
A minha atuação - como professor visitante e, notadamente como membro da Equipe "Le reseau Paysage", coordenada pelo Prof. Georges Bertrand, está limitada a eventuais Conferências, colóquios e viagens de prospecção (Toulouse e Pirineus Centrais) e, ainda, em coordenador de voyages d´études au Brésil (Pantanal, raia divisória São Paulo - Paraná - Mato Grosso do Sul e ao longo do eixo da BR-163: Cuiabá a Santarém). O resultado mais expressivo dessa minha inserção na Reseau Paysage está materializado na tradução da obra de G. Bertrand: Une Géographie traversière - l´environnement à travers territoires et temporalités.

Vínculo institucional

2010 - 2015
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 4


Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico, FAADCT/PR, Brasil.
Vínculo institucional

2010 - 2012
Vínculo: Outro (especifique) - Associad, Enquadramento Funcional: Professor Associado - TIDE C, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


Centro de Estudos Ibéricos, CEI, Portugal.
Vínculo institucional

2008 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor Colaborador, Carga horária: 4
Outras informações
Trata-se de efetiva participação - ministrando disciplinas, desenvovendo projetos conjuntos, organizando eventos, coordenando publicações - com o Centro de Estudos Ibéricos, basicamente com a Universidade de Salamanca/Espanha e Coimbra/Portugal.


Universidade Estadual de Maringá, UEM, Brasil.
Vínculo institucional

1998 - Atual
Vínculo: Professor titular, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 20
Outras informações
O Programa de Mestrado da Universidade de Coimbra-Portugal, aprovou a minha participação para efeito de ministrar, anualmente, curso de 12 horas , sobre a Tematica "Brasil-Portugal". Em abril de 2002, ministrei o curso: "Contrastes e Conflitos do Passado e do Presente Brasileiros". No proximo tema o curso tera o mesmo enfoque, ou seja, a contribuição portuguesa para a formação socioespacial brasileira.

Vínculo institucional

2002 - 2002
Vínculo: Professeur Associé, Enquadramento Funcional: Chercher, Carga horária: 32
Outras informações
O Conselho do Departamento de Geografia da Université Rennes 2, aprovou a minha participação, colo Professeur Associes du Laboratoire Costel, Esse status me qualifica a desenvolver pesquisas e publicações conjuntos, bem como orientar estudantes franceses - que desenvolvem estudos sobre a Amazonia Legal - e, ao mesmo tempo ter acesso a todo acervo de Imagens Satelitares do Laboratoire Costel

Vínculo institucional

2002 - 2002
Vínculo: Professeur Associes, Enquadramento Funcional: Instituição: Université Rennes 2 - France, Carga horária: 40

Atividades

3/1998 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Ciências Humanas Letras e Artes, Departamento de Geografia.

3/1998 - Atual
Ensino, Geografia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Geografia Regional do Brasil

Université Rennes 2 - Laboratoire Costel, COSTEL, França.
Vínculo institucional

2002 - Atual
Vínculo: Professeur Associes, Enquadramento Funcional: Pesquisador
Outras informações
O status de Professeur Associés ao Laboratoire COSTEL (Climat et Observation de la Terre par Teledetection), permite-me o acesso ao arquivo de imagens satelitares, sobre a Amazonia Legal. Ao mesmo tempo, desenvolvemos e publicamos em co-autoria.

Atividades

05/2002 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento .


Université Rennes 2 - France, RENNES II, França.
Vínculo institucional

2002 - Atual
Vínculo: Membre Associé, Enquadramento Funcional: Membre Associé - Professor Visitante, Carga horária: 4
Outras informações
Trata-se de efetivo intercâmbio - produção bibliográfica, produção de documentários/DVD sobre temáticas brasileiras, oferecimento de disciplinas...- com a equipe do Laboratoire Costel (Clima e Observação da Terra por Teledetecção) - Université Rennes 2, onde realizei dois Pós-Doutorado (1992-1994 e 2002) e, em 2002 recebi o título de Membre Associé au Laboratoire Costel- UNiversité Rennes 2 - France.


Universidade de Coimbra - Instituto de Estudos Geograficos, IEA, Portugal.
Vínculo institucional

1997 - Atual
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 2

Atividades

04/2002 - Atual
Ensino, Mestrado em Geografia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Topicos Especias: A contribuição portuguesa à formação socioespacial brasileira

Universidad de Salamanca, USAM, Espanha.
Vínculo institucional

1997 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Coordenador do Convênio de Cooperação Científ, Carga horária: 4
Outras informações
Trata-se de efetiva inserção junto ao Departamento de Geografia da Faculdade de Geografia e História da Universidade de Salamanca, notadamente pela: oferta de disciplinas, publicações conjuntas, intercâmbio com alunos de pós-graduação em Geografia da UNESP - campus de Presidente Prudente, em estreita colaboração com o Prof. Dr. Valentín Cabero Dieguez.


Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas, CBPF, Brasil.
Vínculo institucional

1989 - 1989
Vínculo: estágiario, Enquadramento Funcional: estágiario, Carga horária: 32


Governo do Estado de São Paulo, GOVERNO/SP, Brasil.
Vínculo institucional

1982 - 1984
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 20

Atividades

02/1982 - 02/1984
Ensino, Ecologia e Meio Ambiente, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
COORDENADOR DOS CURSOS DE CIENCIAS PARA PROFESSORES DE I E II GRAUS.

Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Vínculo institucional

1976 - Atual
Vínculo: Pos Graduação, Enquadramento Funcional: Coordenador do Labot. de Geo-cartografia, Carga horária: 20, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

1976 - 1998
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Credenciado no Curso de Pós-graduação, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

1998 - Atual
Ensino, Geografia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
A Globalização e seus Impactos. Integração ou Desintegração Regional?
Utilização de Imagens Orbitais na Análise Ambiental
Produção do Espaço e questão Ambiental no Brasil
Teledetecção Aplicada ao Estudo da Paisagem
05/2007 - 06/2007
Ensino, Geografia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
O modelo GTP - Geosisstema - Território - Paisagem -, um novo paradigma?
4/2006 - 8/2006
Treinamentos ministrados , Faculdade de Ciências e Tecnologia de Presidente Prudente, Departamento de Geografia Humana e Regional.

Treinamentos ministrados
APOIO PROFESSOR VISITANTE - CNPQ - GEORGES BERTRAND
3/1988 - 11/1998
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Ciências e Tecnologia de Presidente Prudente, Programa de Pós Graduação Em Geografia.

3/1976 - 2/1998
Extensão universitária , Faculdade de Ciências e Tecnologia de Presidente Prudente, Departamento de Geografia Humana e Regional.

Atividade de extensão realizada
.
8/1989 - 7/1991
Direção e administração, Faculdade de Ciências e Tecnologia de Presidente Prudente, Programa de Pós Graduação Em Geografia.

Cargo ou função
COORDENADOR DO CURSO DE POS-GRADUACAO EM GEOGRAFIA // PRESIDENTE DA COMISSAO DE PESQUISA FCT-UNESP // MEMBRO DA CONGREGACAO DA FCT-UNESP // MEMBRO DA CCPG-UNESP.
06/1984 - 06/1986
Direção e administração, Associação dos Geógrafos Brasileiros de São Paulo, .

Cargo ou função
PRESIDENTE DA AGB - SECAO LOCAL DE PRESIDENTE PRUDENTE..
03/1982 - 02/1984
Ensino, Geografia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
MEMBRO DA CAMARA DE GRADUACAO DO IPEA - PRESIDENTE PRUDENTE.


Linhas de pesquisa


1.
Produção do Espaço e Questão Ambiental
2.
DESENVOLVIMENTO REGIONAL // TELEDETECCAO APLICADA AO ESTUDO DA PAISAGEM
3.
L'environnement et Teledetection


Projetos de pesquisa


2015 - Atual
A BR-163 ? DE CUIABÁ A SANTARÉM: O PAPEL DOS AGENTES E SUJEITOS NO ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO E NA IMPLEMENTAÇÃO DE POLÍTICAS PÚBLICAS The BR-163 - CUIABÁ-SANTARÉM: THE ROLE OF AGENTS AND SUBJECT IN PLANNING AND IMPLEMENTATION OF PUBLIC POLICY
Descrição: No Brasil, importantes mudanças ambientais e sociais afetam o país. A gestão dos recursos naturais se coloca de maneira crucial ante a pressão antrópica. Após a Rio-92, o país se engajou na promoção de uma gestão sustentável do meio ambiente. A comunidade científica reconhece que as questões de sustentabilidade devem ser abordadas globalmente, integrando a interação das dinâmicas naturais, sócio-econômicas e sócio-culturais. Neste contexto de ?pluridisciplinaridade necessária? para abordar as variáveis do desenvolvimento sustentável, reconhecemos que não é possível abordar o meio ambiente ? complexo e com diversidade -, a partir de um conceito unívoco, (ecossistema e/ou geossistema) e, então, adotamos o modelo GTP (Geossistema ? Território ? Paisagem), proposto por Bertrand (2002). A paisagem assume, a cada dia, maior relevância como um dos componentes das políticas de ordenamento ? ambiental e patrimonial - dos territórios. O maior desafio científico, desse Projeto, será a superação da ?análise setorizada?, fortemente sedimentada na Geografia, substituindo-a para uma análise sistêmica/global que seja capaz de dar conta dos desafios do estudo ? diagnóstico e prognóstico ? do Meio Ambiente do Território. Os diagnósticos-prognósticos ambientais deverão chegar até os gestores públicos municipais e, notadamente prepará-los e sensibilizá-los para a necessidade de se planejar as ações relacionadas ao ordenamento do território. A espacialização das paisagens-indicadoras a partir da utilização de imagens de satélite é um ponto de partida pertinente/satisfatório à realização de diagnósticos paisagísticos para melhorar o conhecimento dos territórios e ajudar a tomada de decisão em matéria de políticas de desenvolvimento sustentável? Nós escolhemos duas áreas de estudo, no eixo da BR-163, para as quais as dinâmicas socioambientais e territoriais são bastante diferenciadas. O objetivo das investigações realizadas no âmbito desse projeto é compreender as dinâmicas sócio-econômicas e os processos de reestruturação territorial, analisar a importância das políticas públicas e o papel exercido pelos diferentes atores, variáveis que são importantes para os processos de desenvolvimento e para as dinâmicas territoriais. Palavras-chaves: BR-163 ? Meio ambiente - Políticas públicas ? geossistema ? território ? paisagem ? ordenamento do território..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (1) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Messias Modesto dos Passos - Coordenador / Josué Carvalho Viegas - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
2014 - Atual
Norte Sul: Geografia e Desenvolvimento
Descrição: PROJETO Título em Português: Norte ? Sul: Geografia, Cooperação e Desenvolvimento Título em Inglês: North - South: Geography, Cooperation and Development Detalhes do projeto Resumo (Português) Palavras Chave (Máximo 4 palavras) Geografia; PLP's; Cooperação; Desenvolvimento Os contextos geográficos, especificidades ambientais, amplitude das assimetrias e de desenvolvimento e os complexos processos de integração territorial dos países de lingua portuguesa (PLP's) e, particularmente, de Portugal e do Brasil, tanto à escala urbana e local, como regional e nacional, sobretudo em tempos de crise e incerteza como os que atravessamos, tornam mais fluidos e variáveis os mapas económicos, sociais, culturais e políticos que definem os contornos das Geografias dos dois países. Norte ? Sul: Geografia, Cooperação e Desenvolvimento sintetiza uma ideia transversal para uma rede de investigadores brasileiros e portugueses comprometidos com as questões ambientais e com a coesão económica, social e territorial, em torno dos seguintes temas estruturantes: - Meio físico, paisagens, recursos e riscos naturais; - Espaços e desenvolvimento rural; - Cidade, território e práticas socio-espaciais; - Turismo, património cultural e reestruturação dos territórios: dinâmicas socioeconómicas e políticas públicas. Abstract (English) Key words (Maximum 4 words) Geography; PLP's; Cooperation; Development. The geographical context, the environmental specificities, the asymmetric amplitude of development and, mainly, the complex processes of territorial integration in the Portuguese-speaking countries, mostly at Portugal and Brazil, become more fluid and variable the structure economic, social, cultural and political that define the profile of the geographies of the two countries. They?re important, at the urban and local scales, and both at regional and at national level, especially in times of crisis and uncertainty as those we are living. North - South: Geography, Cooperation and Development synthesize an idea for a network of Brazilian/Portuguese researchers, committed to environmental issues and with economic, social and territorial cohesion, through the following structuring themes: - Physical environment, landscapes, resources and natural hazards; - Rural development; - City, territory and socio-spatial practices; - Tourism, cultural heritage and restructuring of territories: socio-economic dynamics and public policies..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (8) .
Integrantes: Messias Modesto dos Passos - Coordenador / Rui Jacinto - Integrante / Margarete Cristiane de Costa Trindade Amorim - Integrante / João Lima Sant´Anna Neto - Integrante / Antonio Nivaldo Hespanhol - Integrante / Eliseu Savério Spósito - Integrante / Rosangela Aparecida Medeiros Hespanhol - Integrante / Fernanda Cravidão - Integrante / Maria Encarnação Beltrão Spósito - Integrante / António Campar de Almeida - Integrante / Lúcio Sobral Cunha - Integrante / MARIA ENCARNAÇÃO BELTRÃO SPÓSITO - Integrante / EDA MARIA GOES - Integrante / NOBERTO SANTOS - Integrante.
2013 - Atual
ESTUDO DAS TRANSFORMAÇÕES HISTÓRICAS E DA DINÂMICA ATUAL DA PAISAGEM DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIBEIRÃO SANTO ANTONIO NA PERSPECTIVA DO MODELO GTP (Geossistema ? Território ? Paisagem)
Descrição: RESUMO A bacia hidrográfica do ribeirão Santo Antonio está localizada no município de Mirante do Paranapanema, reconhecida, historicamente, como a capital do Pontal do Paranapanema. Essa porção ? extremo sudoeste ? do território paulista teve uma ocupação inicial motivada pelo avanço do café e da ferrovia, no início do século XX e, posteriormente - a partir dos anos 1940 -, atendendo às demandas do mercado, viveu a riqueza efêmera motivada pela cultura do algodão ??. O Pontal do Paranapanema - Sudoeste do Estado de São Paulo, sofreu uma série de mudanças socioambientais desde a chegada da frente pioneira, nos anos 40 do século passado. Um dos objetivos desse projeto é realizar uma investigação de caráter ?pedagógico? para demonstrar a validade e pertinência de se trabalhar com o modelo GTP (Geossistema ? Território ? Paisagem), notadamente quando se objetiva: (a) reconstruir a Geografia Física e (b) diagnosticar-prognosticar as dinâmicas ambientais - em consonância com os avanços teóricos-metodolodógicos da noção de ?meio ambiente?, ou seja, passando das análises setorizadas para a análise da paisagem polissêmica. O paradigma GTP (Geossistema/source ? Território/ressource ? Paisagem/ressourcement), é uma construção de tipo sistêmico destinada a demonstrar a complexidade do meio ambiente geográfico respeitando, tanto quanto possível, a sua diversidade e sua interatividade.A geografia utilizou e utiliza a paisagem como ferramenta de observação e de hierarquização dos fenômenos espaciais, mesmo não havendo consenso metodológico ou qualquer imposição sobre os níveis pertinentes de análise. A paisagem constitui uma dimensão imprescindível do território. A Paisagem Território se define como um fato geográfico territorializado/materializado. Palavras-chave: Pontal do Paranapanema ? Meio Ambiente ? Geossistema ? Território ? Paisagem ? Desenvolvimento local..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (3) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Messias Modesto dos Passos - Coordenador / Reginaldo José de Souza - Integrante / Georges Bertrand - Integrante / Jean-Paul Métailié - Integrante / Josué Carvalho Viegas - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 3 / Número de orientações: 5
2011 - Atual
A BR-163 - de Cuiabá a Santarém: o papel dos agentes e sujeitos no ordenamento do território e na implementação de políticas públicas
Descrição: Em meados dos anos 60 do século XX, a Amazônia tornou-se foco de iniciativas estatais do governo federal brasileiro. As autoridades militares iniciaram nova fase de programas de desenvolvimento e de exploração econômica da região Amazônica. O órgão do governo federal responsável pelo planejamento regional na Amazônia, a Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), foi restabelecida depois de tentativas falhas do seu precursor, a Superintendência do Plano da Valorização Econômica da Amazônia (SPVEA), de modo a implementar os objetivos econômicos do governo militar, fixados no modelo de desenvolvimento orientado para o crescimento econômico e a integração nacional. A nova região de planejamento ?Amazônia Legal?, com cerca de 5 milhões de km², consiste nas florestas tropicais da planície amazônica e da encosta norte do Brasil Central, região que representa 59% da área total do Brasil. A ?Operação Amazônia?, organizada com tirocínio militar, mobilizou fundos públicos e privados. A intenção era mostrar a habilidade do novo sistema político de levar adiante o desenvolvimento no sentido de uma potência líder do ?Terceiro Mundo?, através de novas estratégias para explorar o seu potencial econômico (Kohlhepp, 1978), mesmo em regiões com condições naturais adversas e sérios problemas logísticos. Este projeto tem como objetivo maior diagnosticar-prognosticar os impactos das políticas públicas e a eficácia dos gestores locais-regionais na implementação dessas mesmas políticas. O recorte geográfica está limitado pelo trecho da BR-163 entre a Serra do Cachimbo e a cidade de Novo Progresso..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Messias Modesto dos Passos - Coordenador / Vincent Dubreuil - Integrante / Rui Missa Jacinto - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
2010 - 2015
Reseau Paysage
Descrição: Projet d?un ?réseau paysage? A) Tout paysage est un sujet-objet de civilisation, fondé sur le métissage d?une culture et d?une nature. Le ?paisagem? brésilien n?est ni le paysage,ni le paisaje, ni le landscap,ni le landschaft. Il est unique et doit être traité en tant que fait culturel, historique et écologique brésilien. Le transfert des problématiques européennes n?est pas une bonne solution. Il existe déjà de bons exemples brésiliens qu?il faut regrouper et analyser (cf. d?autres exemples : Afrique de l?ouest, Madagascar par Chantal Blanc-Pamard et Hervé Rakoto). ? Mettre en place un réseau, d?abord informel, de chercheurs et de laboratoires concernés par le paysage et par l?environnement. ? du côté brésilien (voir avec Messias) ? du côté français (non contacté) - GEODE-CNRS, Université de Toulouse-Le Mirail (Ph. Béringuier) - IRD Montpellier (Anne Elisabeth Laques qui vient de soutenir brillamment une HDR sur les paysages amazoniens et la biodiversité) - Le Cépage ? Ecole de Paysage et d?Architecture de Bordeaux (S. Briffaud) - ENFA. Ecole Nationale de Formation Agronomique (Toulouse) - ADES, Université de Bordeaux III - Costel-CNRS, Université de Rennes II (V. Dubreuil) - On peut sans difficulté envisager des échanges avec l?Espagne (Grenade ? Marina Frolova), Séville, Madrid, Barcelone (J. M. Soriano) et le Portugal (Coimbre). B) Programme 1. Inventaire rapide des travaux sur les paysages brésiliens 2. Colloque ou échanges pour décider d?une problématique générale et d?un calendrier 3. Publication des premiers résultats (Internet) 4. A plus longue échéance : lancer une appel d?offres et préparer une colloque itinérant 5. Dès 2010 on peut prévoir quelques séances de travail (Eliseo à Presidente Prudente ?).
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2010 - 2013
Políticas públicas e impactos das mudanças climáticas sobre os espaços frágeis nas escalas regional e local.
Descrição: Coordenador Brasileiro: Nome completo: Neli Aparecida de Mello-Théry Função: professora associada Unidade: Escola de Artes, Ciências e Humanidades Departamento: Laboratório: Geografia Política Endereço comercial: rua Arlindo Béttio, 1000 ? Ermelino Matarazzo Telefone: 30 91 88 13 ou 30 91 10 29 Fax: E-mail: namello@usp.br; namello@aol.com Coordenador francês: Nome completo: Vincent Dubreuil Função: Professor titular Instituição: Université Rennes 2 Unidade Executora: Département de Géographie Laboratório: COSTEL UMR 6554 CNRS Endereço comercial: Place du Recteur H. Le Moal Telefone: +299 141838 Fax: +299 141795 E-mail: vincent.dubreuil@uhb.fr Resumo do Projeto: Políticas públicas e impactos regionais e locais das mudanças climáticas sobre áreas frágeis O projeto visa tratar de uma problemática que é fruto da inter-relação entre três fatores, as alterações climáticas regionalizadas, seus reflexos em ecossistemas vulneráveis e as políticas públicas elaboradas para se adaptar aos impactos desses processos de antropização.São numerosos os questionamentos sobre os impactos das mudanças climáticas no funcionamento dos geossistemas às escalas locais. A variabilidade espaço-temporal vinculada à forte heterogeneidade de ocupação do solo modifica as características físicas da baixa atmosfera (temperatura, vento, precipitações, concentração e composição dos aerossóis) e podem provocar fortes impactos sobre a sociedade. Uma mudança global do clima causará, obrigatoriamente, repercussões sobre o clima local e sobre o Homem. À escala local das áreas frágeis, mesmo os impactos de uma pequena modificação climática poderão resultar em fortes conseqüências. Porém, esta sociedade somente pressionará por política pública caso se apercebam da interação destes fatores e dos efeitos econômicos, sobre a saúde pública e a segurança. É preciso conhecer os mecanismos de modificação das áreas frágeis para poder tratar das articulações entre clima, vulnerabilida.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (10) / Mestrado acadêmico: (8) / Doutorado: (8) .
Integrantes: Messias Modesto dos Passos - Coordenador.
2010 - Atual
OS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA E AS SUAS NOVAS GEOGRAFIAS
Descrição: Trata-se de Projeto GEOIDE (Geografia, investigação para o desenvolvimento) apoiado pela CAPES-FCT, tendo com objetivo maior o intercâmbio científico-cultural de pesquisadores e de doutorandos das universidades de Coimbra/PO e Unesp/campus de Presidente Prudente, com participação, também, de pesquisadores das Universidades de Moçambique e Cabo Verde.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (12) .
Integrantes: Messias Modesto dos Passos - Coordenador / MARGARETE CRISTIANI DA COSTA TRINDADE - Integrante / João Lima Sant´Anna Neto - Integrante / Eliseu Savério Spósito - Integrante / Rui Missa Jacinto - Integrante / Antonio Nivado Hespanhol - Integrante / Rosangela Aparecida Medeiros Hespanhol - Integrante / António Campar de Almeida - Integrante / Lúcio Sobral Cunha - Integrante / MARIA ENCARNAÇÃO BELTRÃO SPÓSITO - Integrante / EDA MARIA GOES - Integrante / NOBERTO SANTOS - Integrante / FERNANDA CRAVIDÃO - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro.
2005 - 2013
Dinâmicas socioambientais desenvolvimento local e sustentabilidade na raia divisória São Paulo - Paraná - Mato Grosso do Sul
Descrição: As ?fronteiras? são raias, isto é, áreas de intergradação onde os processos se manifestam segundo uma lógica de descontinuidade objetiva da paisagem ou, ainda, segunda uma impermeabilidade muito acentuada entre as parcelas do território submetidas às definições e redefinições territoriais mais ou menos independentes. O presente Projeto tem como objetivo maior estudar diferentes formas de integração em parcelas territoriais que, por pertencerem a diferentes âmbitos regionais, conhecem diferentes estágios de desenvolvimento, diferentes estruturas administrativas e diferentes relações com os mercados. A compreensão destes processos apenas será possível a partir da convergência de diferentes perspectivas: estudo sobre o meio ambiente, sobre o desenvolvimento rural, sobre planejamento regional e urbano, e, ainda, sobre as dinâmicas socioambientais e territoriais. Nesse sentido, é preciso desenvolver estudos dentro do contexto econômico e social predominante ao longo da história de ocupação desse território e, sobretudo, termos em consideração as ?sucessivas sociedades? e suas relações com o meio, ou seja, (1) a degradação do meio ambiente a partir de uma análise integrada: desmatamento-erosão-assoreamento-desperenização dos cursos d´água; (2) a história do uso e da propriedade da terra; (3) dos impactos das grandes obras ? hidrelétricas, usinas de álcool -; (4) dos reflexos dos movimentos sociais, notadamente, o MST; (5) dos reflexos das alterações do potencial ecológico e da exploração biológica sobre a sustentabilidade do desenvolvimento local-regional. A análise integrada será efetuada a partir da abordagem teórico-metodológica centrada no modelo geossistemico, reconhecido como um conceito antrópico, ou seja, ele (o geossistema) não tem por função explicar a sociedade na sua relação com o território, mas de entender a fisionomia e o funcionamento do território sob o impacto da sociedade. Um dos objetivos do Projeto, a produção de textos, sob o título geral ?A raia div.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.


Projetos de desenvolvimento


2010 - 2012
Estudo (diagnóstico-prognóstico) ambiental do Noroeste do Paraná
Descrição: O Projeto "Estudo (diagnóstico-prognóstico) ambiental do Noroeste do Paraná tem como objetivo maior produzir conhecimento que dê sustentação à gestão municipal e regional e, ao mesmo tempo, estreitar as relações entre a Universidade e os Agentes da Gestão local-regional, notadamente o legislativo-executivo municipais. As dinâmicas sócio-ambientais do Noroeste do Paraná se deram de forma muito rápida, cíclica e pouco duradoura, refletindo nas transformações históricas e na dinâmica atual da paisagem, ou seja, no potencial ecológico, na exploração biológica e nos agentes e sujeitos sociais. A compreensão dessas dinâmicas apenas será possível a partir da convergência de diferentes perspectivas: estudo sobre o meio ambiente, sobre o desenvolvimento rural, sobre planejamento regional e urbano, e, ainda, sobre as dinâmicas socioambientais e territoriais. Nesse sentido, é preciso desenvolver estudos dentro do contexto econômico e social predominante ao longo da história de ocupação desse território e, sobretudo, termos em consideração as "sucessivas sociedades" e suas relações com o meio, ou seja, (1) a degradação do meio ambiente a partir de uma análise integrada: desmatamento-erosão-assoreamento-desperenização dos cursos d´água; (2) a história do uso e da propriedade da terra; (3) dos impactos das grandes obras - hidrelétricas, usinas de álcool -; (4) dos reflexos das alterações do potencial ecológico e da exploração biológica sobre a sustentabilidade do desenvolvimento local-regional..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
2009 - 2013
GEÓIDE - Geografia Investigação para o Desenvolvimento -. Observatório das dinâmicas sócio-económicas e dos processos de reestruturação territorial nos paises de língua portuguesa
Descrição: Geoide: tema; objeto e objectivos Os diferentes países de língua portuguesa dispersos pelos vários continentes conhecem profundas mudanças nos usos do espaço e do tempo, que envolvem toda a sociedade e todos territórios, qualquer que seja a escala de análise (continental, nacional, estadual, regional e local). As paisagens fisicas e humanas, as cidades e o mundo rural estão expostos a profundas transformações resultantes do uso excessivo de recursos naturais, da instalação de grandes infra-estruturas, da mobilidade da população no território e do crescimento dos centros urbanos. O aumento da escolaridade, tanto a nível rural como urbano, a rápida difusão de inovações e os intensos processos de globalização, tanto acentuam aquelas mudanças como concorrem para as profundas alterações culturais a que assistimos nos nossos países. O propósito deste projecto é, pois, compreender as dinâmicas territoriais e os processos de mudanças que se verificam nos países de língua portuguesa, intensificar a troca de experiências entre investigadores que lidam com tais problemáticas em países onde, apesar das grandes diferenças sócio-territoriais, é possivel reconhecer elementos comuns nas respectivas matrizes histórico-culturais. As transformações em curso, além de acelerarem a integração regional dos nossos países, fazem emergir novas geografias regionais e locais, cujos processos e contornos, fluidos, subtis, imprecisos e variáveis, importa conhecer aprofundadamente. O ponto de partida para este projecto é, pois, a tentativa de compreender as dinâmicas sócio-económicas e os processos de reestruturação territorial, perceber a relação e a importância das politicas públicas e o papel dos diferentes actores, variáveis que não são inócuas aos processos de desenvolvimento nem às transformações territoriais. Interpretar comparativamente estas dinâmicas e estes processos nos países que integram esta rede (Brasil, Cabo Verde, Moçambique e Portugal), pressupõe uma abordagem integrada e.
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
2009 - 2012
1. Dinâmicas socioambientais, desenvolvimento local e sustentabilidade no Noroeste do Paraná ? Fundação Araucária.
Descrição: RESUMO O Projeto tem como objetivo estudar as transformações históricas e a dinâmica atual da paisagem e de definir indicadores que permitam prognosticar a sustentabilidade do modelo de desenvolvimento. As diferentes parcelas (unidades de paisagem, bacias hidrográficas e municípios) do Noroeste do Paraná experimentaram diferentes formas de inserção e de estágios de desenvolvimento. A compreensão destes processos apenas será possível a partir da convergência de diferentes perspectivas: estudos sobre o meio ambiente, sobre o desenvolvimento rural, sobre planejamento regional e urbano, e, ainda, sobre as dinâmicas socioambientais e territoriais..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
2009 - 2012
Estudo dos impactos socioambientais na faixa da BR-163: de Cuiabá/MT a Santarém/PA ? CNPq l- Bolsa de Produtividade em Pesquisa.
Descrição: As décadas de 70 e 80 foram marcadas pelo recuo rápido das superfícies ocupadas pelas florestas tropicais. Este fenômeno é particularmente espetacular no Brasil onde se estima que 551000 km2 da floresta amazônica foram destruídos para uma mise en valeur agrícola (agropecuária). O caso do BR-163 (Norte do Mato Grosso e Sudoeste do Pará) é muito revelador dessa evolução em razão da extensão das superfícies conquistadas pela agricultura à custa da floresta e, também, em função da diversidade das paisagens preexistentes e das formas atuais de ocupação dos chamados ?espaços vazios?. Na década de 1970, o governo brasileiro, tornou projeto de estratégia militar a ocupação territorial da Amazônia, aplicando como doutrina os slogans: (a) Segurança e Desenvolvimento e (b) Integrar para não Entregar: temia a influência do modelo Cubano, materializado na América Latina a partir da presença de Che Guevara, notadamente na Bolívia. Entre 1970 e 1974, o INCRA priorizou o assentamento de colonos pobres nos estados de Rondônia e Mato Grosso, conforme proposta do projeto POLONOROESTE, atendendo a três objetivos básicos: 1 - Objetivo Econômico: promover a agricultura, como meta de aumentar a produção de alimentos para abastecer o mercado interno e para a exportação; 2 ? Objetivo Demográfico: frear o êxodo rural e reorientar, para a Amazônia, o fluxo que se dirige para as grandes metrópoles do Sudeste; 3 ? Objetivo Social: diminuir as tensões sociais provocadas pelo latifúndio no Nordeste e pelo minifúndio no Sul do país. Partindo do pressuposto de que essas transformações se operam, raramente de maneira completamente espontânea e anárquica, é possível identificar as estruturas espaciais suficientemente recorrentes para que o estudo de toda essa região se preste a uma tentativa de definir as configurações espaciais típicas, suas lógicas de funcionamento e suas evoluções no tempo. O objetivo maior é diagnosticar o estágio atual da ocupação do solo, mas, também, prognosticar as mudanças f.
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
2008 - Atual
4. Executor responsável pelo Termo de Cooperação, celebrado entre a UEM e a Université Lumière Lyon 2 ? França;
Descrição: Trata-se de Convênio de Cooperação Científica e Cultural, firmado entre a Universidade Estadual de Maingá/UEM e a Université Lumière Lyon 2/Lyon-FR, em pleno desenvolvimento, notadamente pela participação do Prof. Dr. Jean Paul Bravat..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.
2007 - 2010
A PAISAGEM, UMA FERRAMENTA DE ANÁLISE PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DE TERRITÓRIOS EMERGENTES NA INTERFACE ENTRE NATUREZA E SOCIEDADE.
Descrição: Resumo: No Brasil, importantes mudanças ambientais e sociais afetam o país. A gestão dos recursos naturais se coloca de maneira crucial ante a pressão antrópica. Após a Rio-92, o país se engajou na promoção de uma gestão sustentável do meio ambiente. A comunidade científica reconhece que as questões de sustentabilidade devem ser abordadas globalmente, integrando a interação das dinâmicas naturais e antrópicas. Neste contexto de ?pluridisciplinaridade necessária? para abordar as variáveis do desenvolvimento sustentável, nós propomos uma problemática de pesquisa centrada sobre a ?paisagem? (Bertrand, 2002) como ferramenta de diálogo entre ciências naturais e ciências sociais em torno de questões socioambientais. Este projeto objetiva mostrar como a paisagem é um indicador dos processos de antropização dos meios, e em que medida ela é uma ferramenta de análise pertinente das dinâmicas espaciais na interface natureza-sociedade. A espacialização das paisagens-indicadoras a partir da utilização de imagens de satélite é um ponto de partida pertinente/satisfatório à realização de diagnósticos paisagísticos para melhorar o conhecimento dos territórios e ajudar a tomada de decisão em matéria de políticas de desenvolvimento sustentável? Nós escolhemos três áreas de estudo para as quais as dinâmicas socioambientais e territoriais são bastante diferenciadas. O objetivo maior desse projeto é, a partir de um guia metodológico comum, desenvolver, segundo os contextos regionais, abordagens metodológicas específicas a fim de testar a paisagem como ferramenta para avaliação da sustentabilidade (paisagens-indicadoras). Palavras-chave: natureza/sociedade ? paisagem ? teledetecção ? desenvolvimento sustentável..
Situação: Em andamento; Natureza: Desenvolvimento.


Membro de corpo editorial


2012 - Atual
Periódico: GOT
2009 - Atual
Periódico: Geosul (UFSC)
2004 - Atual
Periódico: Geografia (Londrina)
2004 - Atual
Periódico: Formação (Presidente Prudente)
2002 - Atual
Periódico: Geografia. Ensino & Pesquisa (UFSM)
2002 - Atual
Periódico: Natures Sciences Sociétés
1998 - Atual
Periódico: Boletim de Geografia (UEM)
1997 - Atual
Periódico: Cadernos de Geografia (Coimbra)


Revisor de projeto de fomento


2008 - Atual
Agência de fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa ao Desenvolv. Científico e Tecnológico - MA
2002 - Atual
Agência de fomento: Université Rennes 2
1998 - Atual
Agência de fomento: FAPESP
1998 - Atual
Agência de fomento: Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico
1990 - Atual
Agência de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
1984 - Atual
Agência de fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Geografia / Subárea: Geografia Regional.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Geografia / Subárea: Geografia Regional/Especialidade: Análise Regional.
3.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Botânica / Subárea: Fitogeografia.
4.
Grande área: Ciências Biológicas / Área: Ecologia / Subárea: Ecologia de Ecossistemas.
5.
Grande área: Ciências Agrárias / Área: Recursos Florestais e Engenharia Florestal / Subárea: Conservação da Natureza.
6.
Grande área: Ciências Exatas e da Terra / Área: Geociências / Subárea: Geoprocessamento/teledetecção.


Idiomas


Espanhol
Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2006
Premio Professor Samuel Benchimol, Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.
2002
Professeur Associés, Université Rennes 2 - Laboratoire Costel.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
PASSOS, M. M.2018PASSOS, M. M.. O GTP aplicado ao estudo da bacia hidrográfica do ribeirão Santo Antônio / Sudoeste do Estado de São Paulo. IBEROGRAFIAS: REVISTA DE ESTUDOS IBÉRICOS, v. 33, p. 245-260, 2018.

2.
DIAS, L. S.2018DIAS, L. S. ; SILVA, M. H. S. ; PASSOS, M. M. . DISCOURSE ANALYSIS OF THE AUTHORS/ ACTORS FROM THE NHECOLÂNDIA PANTANAL. MERCATOR (FORTALEZA. ONLINE), v. 17, p. 1-16, 2018.

3.
PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2017PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS. O pó colorido da estradaLa poussière colorée de la routeThe colorful dust of the road. Confins (Paris), v. 1, p. 132-151, 2017.

4.
PASSOS, M. M.2017PASSOS, M. M.. Bye bye, Brasil: uma viagem aos sertões. IBEROGRAFIAS: REVISTA DE ESTUDOS IBÉRICOS, v. 12, p. 171-178, 2017.

5.
PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2017PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS. BR-163, from Cuiabá to Santarém: the role of agents and subjects in the territorial planning and implementation of public policies. CIÊNCIA & TROPICO, v. 41, n.1, p. 141-166, 2017.

6.
PASSOS, M. M.2017PASSOS, M. M.. A paisagem, uma ferramenta de análise de territórios emergentes na interface entre natureza e sociedade: o vale do Guaporé ? Jauru/MT-BrasilThe landscape, a tool for analysing emerging territories at the interface between nature and society: the Guaporé valley - Jauru/MT-Brasil. https://doi.org/10.14195/0871-1623_36, v. 36, p. 27-45, 2017.

7.
PASSOS, M. M.2016PASSOS, M. M.. Bye bye, Brasil: uma viagem aos sertões. Iberografias: Revista de Estudos Ibéricos, v. 1, p. 45-55, 2016.

8.
PASSOS, M. M.2014PASSOS, M. M.. O meio ambiente... do território. Iberografias, v. 10, p. 47-56, 2014.

9.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2013PASSOS, M. M.; Souza . A paisagem, uma ferramenta de análise das mudanças socioambientais no eixo da rodovia BR-163: de Cuiabá/MT a Santarém/PA. Geografia e Ordenamento do Território, v. 3, p. 7-40, 2013.

10.
SILVA, MAURO HENRIQUE SOARES DA2013SILVA, MAURO HENRIQUE SOARES DA ; PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS ; SAKAMOTO, ARNALDO YOSO . As Lagoas Salitradas do Pantanal da Nhecolândia: um estudo da paisagem baseado no modelo GTP - Geossistema, Território e PaisagemLes lagunes salpetrées du Pantanal de Nhecolândia: une étude du paysage basée sur le modèle GTP - Géosystème, Territoire et Paysage. Confins (Paris), v. 19, p. 35-57, 2013.

11.
SOUZA, R. M.2013SOUZA, R. M. ; PASSOS, M. M. ; YAMAKI, H. . Paisagem Cultural: avaliação das paisagens cênicas de Guaraqueçaba-PR. Actageo, v. 7, p. 165-189, 2013.

12.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2012PASSOS, M. M.. A Geografia e as novas tecnologias. Revista GeoNorte, v. 4, p. 136-145, 2012.

13.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2012PASSOS, M. M.; SANTANA, L. C. F. ; Brandt, M.B. . O norte do Paraná. Do café à cana-de-açúcar.. Revista de Geografia e Ordenamento do Território, v. 1, p. 181-206, 2012.

14.
OSTROVSKI, D.2012OSTROVSKI, D. ; PASSOS, M. M. . INDICADORES DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL/INDICATORS OF THE SUSTAINABLE DEVELOPMENT. Revista Científica Inovação e Tecnologia, v. 1, p. 50-55, 2012.

15.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2011PASSOS, M. M.. A Cuiabá-Santarém (BR-163) no contexto da ocupação da Amazônia brasileira. Revista Geografica de America Central (online), v. 2, p. 1-28, 2011.

16.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2011PASSOS, M. M.. Para que serve o GTP?. Revista Geografica de America Central (online), v. 2, p. 34-53, 2011.

17.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2010PASSOS, M. M.. Dinâmicas territoriais na Amazônia brasileira. Aurora (Guimarães), v. 02, p. 31-53, 2010.

18.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2009PASSOS, M. M.. A construção da paisagem na raia divisória São Paulo - Paraná - Mato Grosso do Sul. Boletim de Geografia (UEM), v. 26\27, p. 3-15, 2009.

19.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2009PASSOS, M. M.. Novas dinâmicas territoriais na Amazônia brasileira. Aurora (Guimarães), v. 1, p. 83-113, 2009.

20.
COUTO, EDIVANDO VITOR2009COUTO, EDIVANDO VITOR ; DELGADO, EDELAINE NABARRETI ; PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS . A evolução da paisagem do município de Novo Itacolomi: uma abordagem ambiental. ACTA SCIENTIARUM. HUMAN AND SOCIAL SCIENCES, v. 31, p. 197-204, 2009.

21.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2008PASSOS, M. M.. A evolução da paisagem na raia divisória São Paulo - Paraná - Mato Grosso do Sul. Geografia. Ensino & Pesquisa (UFSM), v. 4, p. 25-41, 2008.

22.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2008PASSOS, M. M.. O GTP: Geossistema - Território - Paisagem: um novo paradigma?. Geografia. Ensino & Pesquisa (UFSM), v. 4, p. 71-93, 2008.

23.
AMORIM, M. C. C. T.2008AMORIM, M. C. C. T. ; PASSOS, M. M. . O clima urbano em cidades de pequeno porte localizadas no oeste do estado de São Paulo. Geografia. Ensino & Pesquisa (UFSM), v. 4, p. 105-120, 2008.

24.
PIROLLI, E.2008PIROLLI, E. ; PASSOS, M. M. . Análise do estado atua das matas ciliares do Pontal do Paranapanema. Geografia. Ensino & Pesquisa (UFSM), v. 4, p. 215-228, 2008.

25.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2007PASSOS, M. M.. As crises - energética e agrária - e os impactos socioambientais no Pontal do Paranapanema. Boletim de Geografia, v. 1, p. 59-80, 2007.

26.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2007PASSOS, M. M.. Das potencialidades à evolução paisagística no Noroeste do Paraná: uma aproximação. Geografia (Londrina), v. 15, p. 173-204, 2007.

27.
PIROLLI, E.2007PIROLLI, E. ; PASSOS, M. M. ; MELLO, C. R. . O estudo da mata-ciliar como indicadora da sustentabilidade na raia divisória São Paulo -Paraná - Mato Grosso do Sul. Boletim de Geografia, v. 25, p. 95-111, 2007.

28.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2006PASSOS, M. M.; DUBREUIL, V. ; BARIOU, R. . Evolução da fronteira agrícola no centro-oeste do Mato Grosso. Geosul (UFSC), v. 21, p. 65-85, 2006.

29.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2006PASSOS, M. M.. A paisagem como indicadora do desenvolvimento sustentável. Boletim de Geografia, v. 1, p. 27-42, 2006.

30.
OLIVEIRA, W.2006OLIVEIRA, W. ; PASSOS, M. M. . Ocupação e caracterização da região de influência da UHE Porto Primavera em Mato Grosso do Sul. Boletim de Geografia, v. 1, p. 43-50, 2006.

31.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2006PASSOS, M. M.. A Cuiabá-Santarém (BR-163) no contexto das políticas públicas para o desenvolvimento (in)sustentável da Amazônia brasileira. Geosul (UFSC), v. 1, p. 41-47, 2006.

32.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2006PASSOS, M. M.. Dinâmicas socioambientais, desenvolvimento local e sustentabilidade no eixo da Cuiabá-Santarém (BR-163). Geosul (UFSC), v. 1, p. 118-119, 2006.

33.
NETTO, J. L. S.2006NETTO, J. L. S. ; GARCIA, J. T. ; PASSOS, M. M. . Dinâmica atmosférica e análise geoestatística do clima na área de integração paisagística "raia divisória" SP/PR/MS: uma proposta de tipologia climática. Revista Brasileira de Climatologia, v. 2, p. 53-70, 2006.

34.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2005PASSOS, M. M.. As lógicas regionais. Revista Mato-Grossense de Geografia, Cuiabá/MT, v. 1, n.1, p. 49-60, 2005.

35.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2005PASSOS, M. M.; BARIOU, R. ; DUBREUIL, V. ; Nedelec . Fusion de données de télédétection à l´aide de La théorie des évidences application au Mato Grosso en vue d'une spatialisastion de la deforestation. CNRS-LETG, Rennes - France, v. 1, n.1, p. 12-29, 2005.

36.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2005PASSOS, M. M.. A paisagem no Pontal do Paranapanema - uma apreensão geo-foto-gráfica. Acta Scientiarum. Human and Social Sciences, Maringa - Parana, v. 26, n.1, p. 177-189, 2005.

37.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2005PASSOS, M. M.; DUBREUIL, V. . A relação clima-vegetação no semi-árido brasileiro. Boletim de Geografia, Maringa, v. 1, n.1, p. 35-49, 2005.

38.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2005PASSOS, M. M.; BARIOU, R. ; DUBREUIL, V. . Evolução da fronteira agrícola no centro-oeste de Mato Grosso: municípios de Tangará da Serra, Campo Novo do Parecis e Diamantino. Cadernos de Ciência & Tecnologia, Brasilia, v. 22, n.2, p. 463-478, 2005.

39.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2005PASSOS, M. M.; BARIOU, R. ; DUBREUIL, V. . La route féderale 163 (Cuiabá-Santarém): de la route des colons au couloir d´exportation du soja. Natures Sciences Sociétés, v. 1, p. 32-39, 2005.

40.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2005PASSOS, M. M.. A evolução da paisagem no noroeste do Paraná. Uma aproximação. Formação (Presidente Prudente), v. 2, p. 165-190, 2005.

41.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2004PASSOS, M. M.. A construção da paisagem no Pontal do Paranapanema - São Paulo. Terra Livre, SÃO PAULO, v. 2, n.21, p. 193-211, 2004.

42.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2004PASSOS, M. M.. Reflexos das alterações climáticas e das conquistas territoriais na biodiversidade. Geografia, Londrina, v. 10, n.01, p. 31-49, 2004.

43.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2004PASSOS, M. M.. A construção da paisagem no Pontal do Paranapanema - uma apreensão geo-foto-gráfica. Terra Livre, São Paulo, v. 2, n.1, p. 193-211, 2004.

44.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2003PASSOS, M. M.. A geografia e as lógicas regionais. Boletim de Geografia - DGE/UEM, Maringá, v. 21, n.1, p. 45-61, 2003.

45.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2003PASSOS, M. M.. O estudo da bacia hidrográfica. Revista de Geografia, Jandaia do Sul - PR, v. 12, n.1, p. 7-21, 2003.

46.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2003PASSOS, M. M.. Temas, problemas chaves e as lógicas da geografia regional. Revista de Geografia do Dpto. de Geografia UFMT-CUIABÁ, Cuiabá/MT, v. 12, n.1, p. 37-51, 2003.

47.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2002PASSOS, M. M.. Paisagens do Mato Grosso ao longo de um caminho. Revista Pantaneira, Aquidauana, v. v.2, n.n.1, p. 17-24, 2002.

48.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2002PASSOS, M. M.. Aspects de l´occupation du territoire matogrossense: l´urbanisation. COSTEL-UMR 6554 CNRS (LETG), Rennes - France, v. 15, p. 27-34, 2002.

49.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2001PASSOS, M. M.. Meio Ambiente e Desenvolvimento Humano. Boletim de Geografia, MARINGA - PR, v. 19, p. 35-44, 2001.

50.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2001PASSOS, M. M.; Cunha . Problemas ambientais em Portugal e no Brasil. O contributo da GEografia Física para a sua caracterização e resolução. Cadernos de Geografia (Coimbra), Coimbra - Portugal, v. 19, p. 3-19, 2001.

51.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2001PASSOS, M. M.; Casarin . Evolução dos hábitos alimentares. O exemplo das oleráceas em Cáceres/MT. Boletim de Geografia, Maringá - Paraná, v. 19, p. 149-168, 2001.

52.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2001PASSOS, M. M.. Aspectos socioespaciais da evolução urbana paranaense. Boletim de Geografia, Maringá-PR, v. 19, n.1, p. 53-65, 2001.

53.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2001PASSOS, M. M.. A conceituação da paisagem. Revista Formação, Presidente Prudente, v. 7, n.1, p. 131-144, 2001.

54.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2001PASSOS, M. M.. Se a Amazônia fosse americana. Revista Superinteressante, São Paulo, v. 143, p. 34-39, 2001.

55.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2001PASSOS, M. M.. O uso da terra no Brasil. Revista de Geografia, Aquidauana, v. VI, n.1, p. 43-55, 2001.

56.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2001PASSOS, M. M.; UGIDOS, M. A. L. . A paisagem da Maragataria - Noroeste da Espanha. Paisaje, Alicante-Espanha, v. 12, p. 12-25, 2001.

57.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2001PASSOS, M. M.. Perspectivas da ecohistória aplicada ao estudo da paisagem. Cadernos de Geografia (Coimbra), La Pampa - Argentina, v. 32, p. 3-31, 2001.

58.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2000PASSOS, M. M.. Repercussões do "Descobrimento" da América no meio ambiente e na evolução das populações autóctones. Caderno da X Semana de Geografia, Maringá-PR, p. 51-57, 2000.

59.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2000PASSOS, M. M.. Brasil 438 DC.. Caderno Prudentino de Geografia/AGB, Presidente Prudente, p. 143-162, 2000.

60.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2000PASSOS, M. M.. A conceituação da paisagem. A conceituação da paisagem, Presidente Prudente, p. 131-144, 2000.

61.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2000PASSOS, M. M.. Meio ambiente e desenvolvimento humano. Revista de Geografia, Dourados-MS, 2000.

62.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS1999 PASSOS, M. M.. Por uma história ecológica da paisagem. Geografia em Atos, Presidente Prudente, v. 1, n.1, p. 87-109, 1999.

63.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS1999 PASSOS, M. M.. Étude des écosystèmes tropicaux et subtropicaux par télédétection. Actes du colloque de Lons-le-Sanier, v. 1, n.1, p. 115-124, 1999.

64.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS1998PASSOS, M. M.. Por uma história ecológica da paisagem. Boletim de Geografia, Maringá-PR, v. 01, n.01, p. 32-43, 1998.

65.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS1998PASSOS, M. M.. Algumas considerações sobre a vegetação urbana no município de Bauru-SP. Ciência Geográfica, Bauru-SP, p. 22-27, 1998.

66.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS1997PASSOS, M. M.; UGIDOS, M. A. L. . Estudo Biogeografico da Vegetacao: As Piramides - Sudoeste do Mato Grosso. REVISTA DE GEOGRAFIA, Dourados/MS, p. 27-53, 1997.

67.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS1997PASSOS, M. M.. Biogeografia da Caatinga. Caderno Prudentino de Geografia, Presidente Prudente, n.21, p. 31-56, 1997.

68.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS1996PASSOS, M. M.; BARIOU, R. . Fundamentos de Teledeteccao. REVISTA DE GEOGRAFIA, p. 1-28, 1996.

69.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS1996PASSOS, M. M.. A Questao Agraria e As Relacoes Sociedade-Natureza. GEOSUL, p. 1-12, 1996.

70.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS1996PASSOS, M. M.. A Teledeteccao Aplicada Ao Estudo da Colonizacao Agricola do Mato Grosso, Brasil. Um Exemplo: A Fazenda Branca, Chapada dos Parecis. GEOSUL, 1996.

71.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS1996PASSOS, M. M.. Geosistema e Paisagem. REVISTA DE GEOGRAFIA, v. 13, 1996.

72.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS1996PASSOS, M. M.. La Selva Amazonica. AMERICA LATINA, 1996.

73.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS1996PASSOS, M. M.. A Questão Agrária e As Relações Sociedade-Natureza. REVISTA DE CIÊNCIAS HUMANAS, FLORIANÓPOLIS, v. 14, n.20, p. 35-50, 1996.

74.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS1995PASSOS, M. M.. Le Processus D'Occupation de L'Amazonie Matogrossense. COSTEL, FRANCA, v. 32, n.8, p. 12-34, 1995.

75.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS1994PASSOS, M. M.. Teledeteccao Aplicada Ao Estudo da Paisagem. CADERNO PRUDENTINO DE GEOGRAFIA, PRESIDENTE PRUDENTE, v. 12, p. 18-30, 1994.

76.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS1993PASSOS, M. M.. La Foret En Peril. LE RESEAU, Rennes - França, v. 91, p. 12-14, 1993.

77.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS1992PASSOS, M. M.; NISHIKATA, M. . O Garimpo e Sua Importancia Para A Colonizacao da Amazonia: O Exemplo de Poxoreo/Mt. AGB, 1992.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
PASSOS, M. M.. O MODELO GTP (GEOSSISTEMA ? TERRITÓRIO ? PAISAGEM). COMO TRABALHAR. 1. ed. Terezinha - Piauí: Revista Equador (UFPI), Vol. 5, Nº 1, (2016). Edição Especial, 2016. v. 1000. 195p .

2.
PASSOS, M. M.. BR-163 ? In the context of brazilian amazon occupation. 1. ed. Sarrebuck, Allemagne: Éditions Universitaires Européennes, 2015. v. 1000. 232p .

3.
PASSOS, M. M.. PAISAGEM E MEIO AMBIENTE. 1A. ed. MARINGÁ: EDUEM, 2013. v. 1000. 220p .

4.
PASSOS, M. M.; Cunha, L.S. (Org.) ; JACINTO, R. M. (Org.) . As novas geografias dos países de língua portuguesa - paisagens, territórios e políticas no Brasil e em Portugal (I). 1a. ed. São Paulo: Expressão Popular, 2012. v. 1000. 638p .

5.
PASSOS, M. M.; Souza (Org.) ; NETTO, J. L. S. (Org.) ; AMORIM, M. C. C. T. (Org.) ; Souza Filho, E. E. (Org.) ; Hespanhol (Org.) ; MEDEIROS, R.A.H. (Org.) ; Fajardo (Org.) ; PIROLLI, E. (Org.) . A Raia Divisória São Paulo, Paraná, Mato Grosso do Sul (cenas e cenários). 1. ed. São Paulo: Expressão Popular, 2011. v. 1.000. 359p .

6.
PASSOS, M. M.. Colonização agrícola e povoamento na Amazonia Matogrossense. 1a. ed. Maringá\PR: EDUEM, 2010. v. 1000. 179p .

7.
Cunha (Org.) ; PASSOS, M. M. (Org.) ; Jacinto (Org.) . As Novas Geografias dos Países de Língua Portuguesa - Paisagens, Territórios, Políticas no Brasil e em Portugal. 1a. ed. Guarda: Centro de Estudos Ibéricos, 2010. v. 1000. 455p .

8.
Bertrand, C. (Org.) ; Bertrand, G. (Org.) ; PASSOS, M. M. (Org.) . Uma geografia transversal - e de travessias. (O meio ambiente através dos territórios e das temporalidades). 2a.. ed. Maringá - PR: Massoni, 2009. v. 1000. 358p .

9.
PASSOS, M. M.. Geo-foto-grafia da raia divisória São Paulo - Paraná - Mato Grosso do Sul. 1a. ed. Maringá: EDUEM, 2008. v. 500. 69p .

10.
Bertrand, G. (Org.) ; Bertrand, C. (Org.) ; PASSOS, M. M. (Org.) . Uma geografia transversal - e de travessias -. (O meio ambiente através dos territórios e das temporalidades). 1a.. ed. Maringá: Editora Massoni, 2007. v. 500. 332p .

11.
PASSOS, M. M.; Kolhepp . BR-163: de estrada dos colonos a corredor de exportação. 1a. ed. Maringá/Paraná: Editora Massoni, 2007. v. 500. 220p .

12.
PASSOS, M. M.. A raia divisória - eco-história da raia divisória. 1. ed. Maringá/Paraná: EDUEM, 2007. v. 500. 310p .

13.
PASSOS, M. M.. A Raia Divisória: geosistema, paisagem e eco-história. 1a.. ed. Maringá - Paraná: EDUEM - Editora da Universidade Estadual de Maringá, 2006. v. 500. 132p .

14.
PASSOS; PASSOS, M. M. ; PASSOS, M. M. . Introdução ao Estudo de Geografia. 1a. ed. Maringá: EDUEM, 2005. v. 1000. 222p .

15.
PASSOS, M. M.. Biogeografia e Paisagem. 2a.. ed. Presidente Prudente/SP: PPGE, 2003. v. 1000. 302p .

16.
PASSOS, M. M.; BARIOU, R. (Org.) ; DUBREUIL, V. (Org.) . L'environnement et télédétection au Brésil: Amazonie, Mato Grosso et Parana. 01. ed. Rennes - France: Université Rennes 2, 2002. v. 500. 280p .

17.
PASSOS, M. M.. Globalização e Regionalização na Europa Ocidental.. 1. ed. Presidente Prudente: Programa de Pós-Graduação em Geografia - UNESP., 2001. v. 1. 156p .

18.
PASSOS, M. M.. A Construção da Paisagem no Mato Grosso - Brasil. 1a. ed. Maringá: Editora da UEM, 2000. v. 500. 143p .

19.
PASSOS, M. M.. Amazônia: Teledetecção e Colonização. 1. ed. SÃO PAULO: UNESP, 1998. v. 1000. 155p .

20.
PASSOS, M. M.. Biogeografia e Paisagem. 1. ed. PRESIDENTE PRUDENTE: UNESP, 1988. 280p .

Capítulos de livros publicados
1.
Viegas, Josué Carvalho ; PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS ; Rodrigues, Taíssa Caroline Silva ; Pereira, Paulo Roberto Mendes . Geração semiautomática de dados morfométricos: proposta para os novos limites do divisor de água e altimetria da Bacia Hidrográfica do Pericumã - Maranhão, Brasil. Atas das I Jornadas Lusófonas de Ciências e Tecnologias de Informação Geográfica. 201ed.Guarda-Portugal: Imprensa da Universidade de Coimbra, 2018, v. , p. 359-376.

2.
PASSOS, M. M.. Por uma geo-foto-grafia da fronteira agrícola no eixo da BR-163 (de Cuibá/MT a Santarém/PA). In: Rui Missa Jacinto. (Org.). Paisagens e Territórios. 410ed.Guarda/PT: Centro de Estudos Ibéricos, 2017, v. 32, p. 271-286.

3.
PASSOS, M. M.. Bye Bye, Brasil: uma viagem aos sertões. In: Rui Missa Jacinto. (Org.). Imaginar o Território: Geografia e Poética do Olhar. 1ed.Guarda/PT: Centro de Estudos Ibéricos, 2017, v. 1, p. 43-49.

4.
MELO, P. A. ; PASSOS, M. M. . CARACTERÍSTICAS E DISTRIBUIÇÃO DAS FORMAÇÕES DE MAURITIA FLEXUOSA L. F. NA MICRORREGIÃO DO SALGADO PARAENSE. In: Rosângela Aparecida de Medeiros Hespanhol, Everaldo Santos Melazzo; organizadores Antonio Cezar Leal, Carlos Alexandre Leão Bordalo, João Osvaldo Rodrigues Nunes; colaboradora Leonice Seolin Dias. (Org.). A geografia do Pará em múltiplas perspectivas: natureza, urbano, rural e cultura [recurso eletrônico. 1ed.TUPÃ/SP: ANAP, 2017, v. 1, p. 75-88.

5.
PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS. As travessias bertrandianas à construção da geografia física. In: Fernanda Cravidão; Noberto Santos; Rui Jacinto; Lúcio Cunha. (Org.). Espaços e tempos em Geografia: homenagem a António Gama. 1ed.Coimbra-PT: Imprensa da Universidade de Coimbra, 2017, v. 1, p. 81-92.

6.
PASSOS, M. M.. BR-163, de Cuiabá a Santarém: o papel dos agentes e sujeitos no ordenamento do território e na implementação de políticas públicas. In: Fundação Joaquim Nabuco. (Org.). Ciência & Trópico. n.1ed.Recife: Fundação Joaquim Nabuco, 2017, v. v.41, p. 139-164.

7.
PASSOS, M. M.. Bye Bye, Brasil: uma viagem aos sertões. In: Rui Missa Jacinto e Alexandra Isidro. (Org.). Iberografias. 1ed.Guarda/PT: Pride Colour, Lda - Guarda, 2017, v. 12, p. 171-178.

8.
Viegas, Josué Carvalho ; PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS ; Rodrigues, Taíssa Caroline Silva ; Pereira, Paulo Roberto Mendes . Geração semiautomática de dados morfométricos: proposta para os novos limites do divisor de água e altimetria da Bacia Hidrográfica do Pericumã - Maranhão, Brasil. In: José Gomes dos Santos; Cidália Fonte; Rui Ferreira de Figueiredo. (Org.). Atas das I Jornadas Lusófonas de Ciências e Tecnologias de Informação Geográfica. 1ed.Coimbra: Imprensa da Universidade de Coimbra, 2015, v. 1, p. 359-376.

9.
PASSOS, M. M.. Paisagem e Território. In: Centro de Estudos Ibéricos. (Org.). Transversalidades - fotografias sem fronteiras. 201ed.Guarda-Portugal: CEI, 2013, v. 1, p. 72-80.

10.
PASSOS, M. M.; Souza . A paisagem, uma ferramenta de análise do desenvolvimento susstentável. In: Cláudio Eduardo de Castro; Iris Maria Ribeiro Porto; José Sampaio de Mattos Jr. (Org.). Geografia, Território e Paisagens. 1ed.São Luis - Maranhão: UEMA, 2012, v. 1, p. 25-44.

11.
PASSOS, M. M.; Cunha, L.S. ; Jacinto . Apresentação: Paisagens, territórios, políticas públicas: as novas geografias dos países de língua portuguesa.. In: Messias Modesto dos Passos, Lúcio Sobral Cunha e Rui Missa Jacinto. (Org.). As novas geografias dos países de língua portuguesa - paisagens, territórios e políticas no Brasil e em Portugual (II). 1ed.São Paulo: Expressão Popular/Outras Expressões, 2012, v. 1, p. 9-20.

12.
PASSOS, M. M.. O meio ambiente e o retorno do geográfico. In: Messias Modesto dos Passos, Lúcio Sobral Cunha e Rui MIssa Jacinto. (Org.). As novas geografias dos países de língua portuguesa - paisagens, territórios e políticas no Brasil e em Portugal (II). 1ed.São Paulo: Expressão Popular/Outras Expressões, 2012, v. 1000, p. 21-46.

13.
PASSOS, M. M.. Cenas e cenários paisagísticos da Raia Divisória São Paulo - Paraná - Mato Grosso do Sul. In: Messias Modesto dos Passos. (Org.). A raia divisória São Paulo - Paraná - Mato Grosso do Sul (Cenas e cenários). 1ed.São Paulo: Expressão Popular, 2011, v. 1, p. 43-81.

14.
Fajardo ; PASSOS, M. M. . As estratégias da Cocamar no setor agroindustrial e as transformações na paisagem regional. In: Messias Modesto dos Passos. (Org.). A raia divisória São Paulo - Paraná - Mato Grosso do Sul (Cenas e cenários). 1ed.São Paulo: Expressão Popular, 2011, v. 1, p. 317-330.

15.
PIROLLI, E. ; PASSOS, M. M. . Análise das áreas de preservação permanente da Raia Divisória São Paulo - Paraná - Mato Grosso do Sul, apoiada em geoprocessamento. In: Messias Modesto dos Passos. (Org.). A Raia Divisória São Paulo - Paraná - Mato Grosso do Sul (Cenas e cenários). 1ed.São Paulo: Expressão Popular, 2011, v. 1, p. 331-359.

16.
PASSOS, M. M.. Espaços rurais, espaços de fronteiras, modos de vida, desenvolvimento sustentável. In: Rui Missa Jacinto e Virgílio Bento. (Org.). Transversalidades - Fotografias sem Fronteiras. Territórios, Sociedades e Culturas em tempos de mudança. 1ed.Guarda: CEI, 2011, v. 1, p. 92-103.

17.
PASSOS, M. M.. A raia divisória São Paulo - Paraná- Mato Grosso do Sul: cenas e cenários paisagísticos. In: Lúcio Sobra Cunha - Messias Modesto dos Passos - Rui MIssa Jacinto. (Org.). As novas geografias dos países de língua portuguesa. Paisagens, Territórios e Políticas no Brasil e em Portugal. 1ed.Guarda/Portugal: CEI - Centro de Estudos Ibéricos, 2010, v. 16, p. 21-46.

18.
Castro, R.C. Pereira ; PASSOS, M. M. . A relação sociedade-natureza e os desafios à sustentabilidade ambiental da Baixada Maranhense. In: Lúcio Sobral Cunha/Univ. de Coimbra - Messias Modesto dos Passos - Rui Missa Jacinto/Universidade de Coimbra. (Org.). As novas geografias dos países de língua portuguesa. Paisagens, Territórioss, Políticas no Brasil e em Portugal. 1ed.Guarda/Portugal: CEI - Centro de Estudos Ibéricos, 2010, v. 16, p. 63-74.

19.
Jacinto ; PASSOS, M. M. ; Cunha . Os países de língua portuguesa e as suas novas geografias. As novas geografias dos países de língua portuguesa. Paisagens, Territórios, Políticas no Brasil e em Portugal. 1ed.Guarda - Portugal: CEI - Centro de Estudos Ibéricos, 2010, v. 16, p. 7-21.

20.
PASSOS, M. M.. Produção do espaço e questão ambiental no Brasil. In: Eliseu Savério Spósito, João Lima Sant´Anna Neto. (Org.). Uma Geografia em movimento. 1ed.São Paulo: Expressão Popular, 2010, v. 1, p. 421-432.

21.
Bertrand, C. ; PASSOS, M. M. . Uma geografia "traversière". In: Claude Bertrand; Georges Bertrand. (Org.). Uma geografia transversal - e de travessias. O meio ambiente através dos territórios e das territorialidades. 1aed.Maringá: Editora Massoni, 2008, v. 1, p. 5-15.

22.
Fajardo ; PASSOS, M. M. . Territorialidades no rural paranaense. In: Sérgio Fajardo. (Org.). Territorialidades Corporativas no Rural Paranaense. 1ed.Guarapuava/PR: Editora UNICENTRO, 2008, v. 1, p. 3-5.

23.
PASSOS, M. M.; BARIOU, R. ; DUBREUIL, V. . Evolution de la frontière agricole dans le centre ouest du Mato Grosso: municipes de Tangará da Serra, Campo Novo do Parecis et Sinop. In: Messias Modesto de Passos; Vincent Dubreuil. (Org.). CIRAD - numéro special sur le Brésil. 1ed.Paris: CIRAD - Revue du Cirad - Cahiers Agriculture, 2005, v. 1, p. 32-45.

24.
PASSOS, M. M.; DUBREUIL, V. ; BARIOU, R. . Evolução da fronteira agricola no centro-oeste do Mato Grosso: municipios de Tangara da Serra, Campo Novo do Parecis e Sinop. In: Messias Modesto dos Passos; Vincent Dubreuil. (Org.). Agricultura Brasileira - Embrapa. 1ed.Brasilia: Embrapa, 2005, v. 1, p. 46-53.

25.
PASSOS, M. M.. A questão agrária e as relações sociedade-natureza no Brasil. In: Fernando Manero; Luís Jesús Pastor. (Org.). El espacio latinoamericano. Cambio económico y gestsión urbana en la era de la globalización.. 1aed.Valladolid: OICI - Organização Iberoamericana de Cooperação Intermunicipal, 2003, v. 1, p. 109-116.

26.
PASSOS, M. M.. O garimpo na Amazônia brasileira. In: Fernando Manero; Luís Jesús Pastor. (Org.). El espacio latinomeraicano. Cambio económico y gestión urbana en la era de la globalización. 1ed.Valladolid: OICI - Organização Latinoamericano de Cooperação Intermunicipal, 2003, v. 1, p. 155-164.

27.
PASSOS, M. M.. L'urbanisation dans la frontière agricole au Mato Grosso - Brésil. In: Messias Modesto dos Passos/Robert Bariou/Voncent Dubreuil. (Org.). L'environnement et Télédétection au Brésil: Amazonie, Mato Grosso et Parana. 01ed.Rennes: Université Rennes 2, 2002, v. 500, p. 137-155.

28.
PASSOS, M. M.. Estudo socio-ambiental da atividade de garimpo na Amazônia brasileira. In: Fernando Manero. (Org.). América Latina en el cambio de siglo. Valladolid: A.G.E., 2002, v. , p. 92-99.

29.
PASSOS, M. M.. Brazil. In: Messias Modesto dos Passos; José Manuel Pereira de Oliveira. (Org.). GEOIDE - INVESTIGAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO. 1ed.PORTUGAL: UNIVERSIDADE DE COIMBRA, 1998, v. , p. 42-68.

30.
PASSOS, M. M.. Aspects de La Colonisation Agricole Dans Le Mato Grosso (Bresil). In: Messias Modesto dos Passos; Robert Bariou. (Org.). PHOTO INTERPRÉTATION. 1ed.PARIS: ESKA, 1996, v. , p. 105-118.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
PASSOS, M. M.. Linhas nada imaginárias. Boletim de Divulgação Científica - FAPESP, São Paulo - SP, p. 3 - 4, 30 jul. 2010.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
PASSOS, M. M.. BIODIVERSIDADE: O PARADIGMA DA COMPLEXIDADE. In: Curso de Verão, 2018, Coimbra - Guarda - Salamanca. LUGARES E TERRITÓRIOS. PATRIMÔNIO, TURISMO SUSTENTÁVEL, COESÃO TERRITORIAL. Lisboa - PT: Âncora Editora, 2018. v. 33. p. 245-260.

2.
PASSOS, M. M.. BR-163/SUB-CALHA DO AMAZONAS: O PAPEL DOS AGENTES E SUJEITOS NO ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO E NA IMPLEMENTAÇÃO DE POLÍTICAS PÚBLICAS. In: 56 CONGRESSO INTERNACIONAL DE AMERICANISTAS, 2018, SALAMANCA-ES. Espaços de Fronteira, Territórios de Esperança: velhos problemas, novas soluções.. SALAMANCA: UNIVERSIDADE DE SALAMANCA, 2018. v. 1. p. 113-130.

3.
PASSOS, M. M.. L´Influence de la géographie phisique française au Brésil. In: Géographie Physique et Société, 2018, Coimbra/PT. Géographie Physique et Société. Des risques naturels au patrimoine naturel. COIMBRA: Universidade de Coimbra, 2018. v. 1. p. 8-17.

4.
PASSOS, M. M.. Le GTP apliqué au étude du bassin versant de la rivière Santo Antonio - SW/SP. In: Géographie Physique et Société. Des risques naturels au patrimoine naturel., 2018, Coimbra. Vème Colloque de l´AFGP. COIMBRA: Universidade de Coimbra, 2018. v. 1. p. 72-80.

5.
NEVES, C. E. ; PASSOS, M. M. . Geossistema Como Intrumento Conceitual ao Debate da Degradação e Conservação do Ambiente no Brasil: apontamento a a partir da Região Sul. In: XII Encontro Nacional da Associação de Pós-Graduação e Pesquisa em Geografia, 2017, Porto Alegre/RS. Grupo de Trabalho Degradação e Conservação do Meio Ambiente. Rio de Janeiro: ANAPEGE, 2017. v. 1. p. 142-153.

6.
L., D. G. ; PASSOS, M. M. . ANÁLISE DA COBERTURA VEGETAL NO VARJÃO DO RIO PARANAPANEMA, MUNICÍPIO DE ROSANA-SP: um estudo para a criação de um corredor ecológico.. In: XII Encontro Nacional da ANPEGE - ENANPEGE, 2017,, 2017, Porto Alegre -RS. ANAPEGE 2017. Rio de Janeiro: ANAPEGE, 2017. v. 1. p. v. 1. p. 1361-1372.

7.
PASSOS, M. M.; Cunha, L.S. ; JACINTO, R. M. ; TELES, V. . Uma língua, diferentes Geografias. Um olhar sobre a Geografia Física dos Países de Língua Portuguesa. In: IX SEMINÁRIO LATINO-AMERICANO E V SEMINÁRIO IBERO-AMERICANO DE GEOGRAFIA FÍSICA, 2016, GUIMARÃES - PORTUGAL. ACTAS DO IXSLA-VSIAGF. GUIMARÃES: UNIVERSIDADE DE GUIMARÃES, 2016. v. 1. p. 120-134.

8.
Jacinto ; PASSOS, M. M. ; TELES, V. . A Geografia Física de territórios resilientes e sustentáveis. In: IX SEMINÁRIO LATINO-AMERICANO E V SEMINÁRIO IBERO-AMERICANO DE GEOGRAFIA FÍSICA, 2016, GUIMARÃES - PORTUGAL. ACTAS DO IXSLA-VSIAGF. GUIMARÃES: UNIVERSIDADE DE GUIMARÃES, 2016. v. 1. p. 173-197.

9.
PASSOS, M. M.; PEREIRA, P. R. ; VIEGAS, J. C. ; RODRIGUES, T. . Geração semiautomática de dados morfométricos: proposta para os novos limites do divisor de água e altimetria da bacia hidrográfica do Pericumã - Maranhão, Brasil. In: IX SEMINÁRIO LATINO-AMERICANO E V SEMINÁRIO IBERO-AMERICANO DE GEOGRAFIA FÍSICA, 2016, GUIMARÃES - PORTUGAL. IBERO-AMERICANO. GUIMARÃES: UNIVERSIDADE DE GUIMARÃES, 2016. v. 1. p. 132-151.

10.
PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS. Étude des transformations historiques et de la dynamique actuelle du paysage du bassin versant de la rivière Santo Antonio dans la perspective du modèle GTP (GÉOSYSTÈME - TERRITOIRE - PAYSAGE. In: Environnement et Géomatique: approches comparées France-Brésil, 2015, Rennes. Environnement et Géomatique: approches comparées France-Brésil. Rennes-France: Costel, 2014. v. 1. p. 56-65.

11.
PASSOS, M. M.. La Route Féderale BR-163... dans le contexte d´occupation de l´Amazonie bresilienne. In: Colloque International 'Ressources et Innovations dans les Amériques', 2015, Toulouse. Ressources naturelles gestion des espaces, conflits et politiques publiques. Toulouse: Institut des Amériques - Toulouse, 2015. v. 1. p. 72-87.

12.
PASSOS, M. M.. A Cuiabá-Santarém (BR-163) no contexto da ocupação da Amazônia brasileira. In: 13e Colloque International de L´Institut des Amériques - Ressources et Innovations dans les Amériques, 2015, Toulouse. Ressources et Innovations dans les Amériques. Toulouse: Jean Jaurés, 2015. v. 2. p. 72-91.

13.
PASSOS, M. M.. A paisagem, uma ferramenta de análise das mudanças socioambientais no eixo da BR-163: de Cuiabá/MT a Santarém/PA. In: 14 EGAL - Encuentro de Geógrafos de América Latina, 2013, Lima-Peru. Reencuentro de Saberes Territoriales Latinoamericanos. Lima: Comitê Nacional Peru, 2013. v. 1. p. 30-57.

14.
PASSOS, M. M.. O meio ambiente na perspectiva do GTP: da síntese ao sistema. In: 14 EGAL - Encuentro de Geógrafos de América Latina, 2013, Lima-Peru. Reencuentro de Saberes Territoriales Latinoamericanos. Lima - Peru: Comitê Nacional Peru, 2013. v. 1. p. 132-153.

15.
PASSOS, M. M.. PAISAGEM E MEIO AMBIENTE. In: XV SIMPÓSIO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA FÍSICA APLICADA, 2013, VITÓRIA - ES. USO E OCUPAÇÃO DA TERRA E AS MUDANÇAS DAS PAISAGENS. VITÓRIA-ES: UFES, 2013. v. 1. p. 103-128.

16.
DIAS, L. S. ; COSTA, A. E. ; PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS . Aplicação do modelo GTP (Geossistema-Território-Paisagem) na bacia hidrográfica do ribeirão Santo Antônio - Mirante do Paranapanema/SP. In: IV Workshop Internacional Sobre Planejamento e Desenvolvimento Sustentável em Bacias Hidrográficas., 2013, Presidente Prudente/SP. IV Workshop Internacional Sobre Planejamento e Desenvolvimento Sustentável em Bacias Hidrográficas.. Presidente Prudente: GAIA, 2013. v. 1. p. 113-127.

17.
PASSOS, M. M.. O ensino de Geografia e as novas tecnologias. In: Forum da Gestão do Ensino Superior nos Países e Regiões de Língua Portuguesa, 2012, Macau. 2a. Conferência Por um ensino superior de qualidade nos países e regiões de língua portuguesa. Macau: FORGES, 2012. v. 1. p. 134-161.

18.
PASSOS, M. M.. A Cuiabá-Santarém (BR-163) no contexto da ocupação da amazônia brasileira. In: XIII Encuentro de Geógrafos de América Latina, 2011, San José - Costa Rica. Estabeleciendo puentes en la geografía de Latinoaméica. San José: UNA, 2011. v. 1. p. 280-305.

19.
PASSOS, M. M.. Para que seve o GTP?. In: XIII Encuentro de Geógrafos de América Latina, 2011, San José - Costa Rica. Estabeliciendo puentes en la geografía de Latinoamérica. San José - Costa Rica: UNA, 2011. v. 1. p. 170-205.

20.
PASSOS, M. M.. O meio ambiente e o retorno do geográfico. In: Simpósio Brasileiro de Geografia Física Aplicada, 2011, Dourados-MS. Dinâmicas socioambientais, das inter-relações às interdependências. Dourados: UFMS, 2011. v. 1. p. 76-98.

21.
PASSOS, M. M.; DUBREUIL, V. . A relação clima-vegetação no semi-árido brasileiro (abordagem bioclimática do contato caatinga\cerrado no vale do médio São Francisco. In: XIV Simpósio Brasileiro de Geografia Física Aplicada, 2011, Dourados-MS. Dinâmicas socioambientais, das inter-relações às interdependências. Dourados: UFMS, 2011. v. 1. p. 163-193.

22.
OSTROVSKI, D. ; PASSOS, M. M. . Desenvolvimento e crescimento econômico ? uma discussão necessária. In: Encontro Nacional de Difusão Tecnológica, 2011, Medianeira - PR. Encontro Nacional de Difusão Tecnológica. FOZ DO IGUAÇU: ITAIPU BINACIONAL, 2011. v. 1. p. 96-109.

23.
OSTROVSKI, D. ; PASSOS, M. M. . Indicadores do desenvolvimento sustentável.. In: Encontro Nacional de Difusão Tecnológica, 2011, Medianeira. Encontro Nacional de Difusão Tecnológica. Foz do Iguaçu: ITAIPU BINACIONAL, 2011. v. 1. p. 43-57.

24.
OSTROVSKI, D. ; PASSOS, M. M. . Analise dos programas socioambientais implantados pela usina hidrelétrica binacional de Itaipu na Bacia do Paraná. In: II COLÓQUIO INTERNACIONAL DESENVOLVIMENTO E SUSTENTABILIDADE: Novas abordagens velhos dilemas., 2011, São Luís do Maranhão. II COLÓQUIO INTERNACIONAL DESENVOLVIMENTO E SUSTENTABILIDADE: Novas abordagens velhos dilemas.. SÃO LUIS - MARANHÃO: UEMA, 2011. v. 1. p. 73-89.

25.
PASSOS, M. M.. Novas Dinâmicas Territoriais na Amazônia Mato-Grossense. In: XX Encontro Nacional de Geografia Agrária, 2010, Francisco Beltrão/PR. Territorialidades, Temporalidades e Desenvolvimento no Espaço Agrário Brasileiro. Francisco Beltrão: Beltrão, 2010. v. 1. p. 34-57.

26.
PASSOS, M. M.. Para que serve o GTP?. In: GEOIDE - Gografia Investigação para o Desenvolvimento, 2010, Guarda - Portugal. GEOIDE. Guarda - Portugal: CEI, 2010. v. 1. p. 48-65.

27.
PASSOS, M. M.. A paisagem na raia divisória São Paulo - Paraná - Mato Grosso do Sul. In: GEOIDE, 2010, Guarda - Portugal. GEOIDE - Geografia Investigação para o Desenvolvimento. Guarda - Portugal: CEI, 2010. v. 1. p. 121-139.

28.
PASSOS, M. M.. O meio ambiente e o retorno do geográfico. In: Iberografias, 2010, Coimbra. As novas geografias dos países de língua portuguesa. Guarda - Portugal: CEI, 2010. v. 1. p. 76-94.

29.
OSTROVSKI, D. ; PASSOS, M. M. . A responsabilidade socioambiental na usina hidrelétrica de Itaipu. In: VI Seminário de Responsasbilidade Social, 2010, Taquara/PR. Colóquio (Taquara). Taquara: FACCAT, 2010. v. 7. p. 96-112.

30.
PASSOS, M. M.; OSTROVSKI, D. . A usina hidroelétrica Itaipu e os prograas de responsabilidade socioambiental. In: Encontro Nacional de Difusão Tecnológica - VII ENDITEC, 2010, Medianeira. Colóquio (Taquara). Medianeira/PR: Medianeira, 2010. v. 1. p. 23-32.

31.
COLAVITE, A. P. ; PASSOS, M. M. . Reflexões sobre a Análise da Paisagem no GTP: da perspectiva sistêmica à cultural.. In: V SIMPGEO, 2010, Curitiba - PR. Simpósio Paranaense de Pós-Graduação em Geografia. Campo Mourão - PR: FECILCAM, 2010. v. 1. p. 72-85.

32.
COLAVITE, A. P. ; PASSOS, M. M. . Papel da APROCOR na inserção de Corumbataí do Sul na rede urbana de produção da fruticultura e olericultura.. In: V Encontro Paranaense de Ciência e Tecnologia, 2010, Campo Mourão - PR. Encontro Paranaense de Ciência e Tecnologia. Campo Mourão: FECILCAM, 2010. v. 1. p. 42-57.

33.
PASSOS, M. M.. A BR-163: de estrada dos colonos a corredor de exportação. In: XIX ENGA, 2009, São Paulo. Formação e contemporaneidade da diversidade sócio-espacial no campo. São Paulo: ENGA, 2009. v. 1. p. 123-151.

34.
SANTANA, L. C. F. ; PASSOS, M. M. . ^Dinâmicas socioespaciais e políticas públicas no município de Itaúna do Sul, PR-Brasil. In: 12 EGAL, 2009, Montevidéu. Caminando en una América Latina en transformación. Montevideu: EASY PLANTERS, 2009. v. 1. p. 35-54.

35.
PIROLLI, E. ; PASSOS, M. M. . Análise das matas ciliares na raia divisória São Paulo, Mato Grosso do Sul e Paraná utilizando ferramentas de geoprocessamento. In: 12 EGAL, 2009, Montevideu. Caminando en una América Latina en transformación. Montevideu/Uruguai: Easy Planters, 2009. v. 1. p. 142-156.

36.
PASSOS, M. M.. A construção da paisagem na raia divisória São Paulo - Paraná - Mato Grosso do Sul. In: 12 EGAL, 2009, Montevideu/Uruguai. Caminando en una América Latina en transformación. Montevideu/Uruguai: Easy Planters, 2009. v. 1. p. 201-225.

37.
PASSOS, M. M.. O GTP: Geossistema - Território - Paisagem. Um novo paradigma?. In: 12 EGAL, 2009, Montevideu/Uruguai. Caminando en una América Latina en transformación. Montevideu/Uruguai: Easy Planters, 2009. v. 1. p. 246-272.

38.
PASSOS, M. M.; RIBEIRO, M. A. G. . Paisagens indicadoras - o caso de Euclides da Cunha Paulista/SP. In: I Colóquio Internacional sobre Desenvolvimento local e sustentabilidade, 2009, São Luís/Maranhão. I Colóquio Internacional sobre Desenvolvimento local e sustentabilidade. São Luís/Maranhão: UEMA, 2009. v. 1. p. 45-74.

39.
RIGON, O. ; PASSOS, M. M. . O uso do solo na bacia hidrográfica do ribeirão da Morangueira: uma análise temporo-espacial (1970-2005). In: I Colóquio Internacional sobre Desenvolvimento local e sustentabilidade, 2009, São Luís/Maranhão. I Colóquio Internacional sobre Desenvolvimento local e sustentabilidade. São Luís/Maranhão: UEMA, 2009. v. 1. p. 82-117.

40.
PASSOS, M. M.. Paisagens, recursos e riscos naturais. In: I Colóquio Internacional sobre Desenvolvimento local e sustentabilidade, 2009, São Luís/Maranhão. I Colóquio Internacional sobre Desenvolvimento local e sustentabilidade. São Luís do Maranhão: UEMA, 2009. v. 1. p. 112-141.

41.
PASSOS, M. M.. Políticas Territoriais, Desenvolvimento e Sustentabilidade. In: I Colóquio Internacional sobre Desenvolvimento local e sustentabilidade, 2009, São Luís. I Colóquio Internacional sobre Desenvolvimento local e sustentabilidade. São Luís/Maranhão: UEMA, 2009. v. 1. p. 156-185.

42.
PASSOS, M. M.. Clima e organização do espaço no noroeste do Paraná - Brasil. In: XIII SBGFA, 2009, Viçosa - MG. A Geografia Física Aplicada e as Dinâmicas de Apropriação da Natureza. Viçosa - MG: UFV, 2009. v. 1. p. 46-75.

43.
PASSOS, M. M.. A paisagem, uma ferramenta de anáise para o desenvolvimento sustentável de territórios emergentes na interface entre natureza e sociedae. In: XIII SBGFA, 2009, Viçosa - MG. A Geografia Física Aplicada e as Dinâmicas de Apropriação da Natureza. Viçosa - MG: UFV, 2009. v. 1. p. 134-158.

44.
Nabarreti ; PASSOS, M. M. . Processos e transformações na evolução da paisagem no município de Novo Itacolomi/PR. In: XIII SBGFA, 2009, Viçosa - MG. A Geografia Física Aplicada e as Dinâmicas de Apropriação da Natureza. Viçosa - MG: UFV, 2009. v. 1. p. 320-343.

45.
Souza ; PASSOS, M. M. . O Modelo GTP (Geosistema-Território-Paisagem) como novo projeto geográfico para a análise interface sociedade-natureza. In: XIII SBGFA, 2009, Viçosa - MG. A Geografia Física Aplicada e as Dinâmicas de Apropriação da Natureza. Viçosa - MG: UFV, 2009. v. 1. p. 338-356.

46.
Bertinelli ; PASSOS, M. M. . As transformações históricas e a dinâmica atual da paisagem da bacia hidrográfica do córrego Água da Marilena - Marilena/Paraná no período de 1970-2007. In: IV SIMPGEO - Simpósio Paranaense de Pós-Graduação em Geografia, 2009, Marechal Candido Rondon. Entre o pensar e o fazer em Geografia. Marechal Candido Rondon: Rondon, 2009. v. 1. p. 43-58.

47.
RIGON, O. ; PASSOS, M. M. . As transformações históricas na paisagem da bacia hidrográfica do ribeirão da Morangueira: uma abordagem geosistêmica (1980-2005). In: IV SIMPGEO, 2009, Marechal Candido Rondon. Entre o pensar e o fazer em Geografia. Marechal Candido Rondon: Rondon, 2009. v. 1. p. 76-92.

48.
PASSOS, M. M.. A raia divisória São Paulo - Paraná - Mato Grosso do Sul: cenas e cenários paisagíssticos. In: Seminário Internacional "Os países de língua portuguesa e as suas geografias: dinâmicas socioeconómicas e processos de reestruturação territorial", 2009, Guarda. Os países de língua portuguesa e as suas geografias. Coimbra-Portugal: CEI, 2009. v. 1. p. 32-51.

49.
PASSOS, M. M.. A evolução da paisagem na raia divisória São Paulo - Paraná - Mato Grosso do Sul. In: V Seminário latino-americano / I Seminário Ibero-americano de Geografia Física, 2008, Santa Maria/ RS. Aproximando experiências para a sustentabilidade de um ambiente globalizado. Santa Maria: UFRS, 2008. v. 1. p. 1-19.

50.
PASSOS, M. M.; RIBEIRO, M. A. G. ; SANTANA, L. C. F. . O GTP: Geosistema - Território - Paisagem. Um novo paradigma?. In: V Seminário latino-americano / I Seminário ibero-americano de Geografia Física, 2008, Santa Maria/RS. Aproximando experiências para a sustentabilidade de um ambiente globalizado. Santa Maria: UFRS, 2008. v. 1. p. 1-20.

51.
AMORIM, M. C. C. T. ; PASSOS, M. M. . O clima urbano em cidades de pequeno porte localizadas no oeste do estado de São Paulo/Brasil.. In: V Seminário latino-americano / I Seminário Ibero-americano de Geografia Física, 2008, Santa Maria/RS. Aproximando experiências para a sustentabilidade de um meio ambiente globalizado. Santa Maria/RS: UFRS, 2008. v. 1. p. 1-15.

52.
PIROLLI, E. ; PASSOS, M. M. . Análise do estado atual das matas ciliares do Pontal do Paranapanema - Estado de São Paulo - Brasil. In: V Seminário latino-americano / I Seminário Ibero-americano de Geografia Física, 2008, Santa Maria/RS. Aproximando experiências para a sustentabilidade de um ambiente globalizado. Santa Maria/RS: UFRS, 2008. v. 1. p. 1-13.

53.
PASSOS, M. M.. Aspectoss socioespaciais da evolução urbana da rede paranaense. In: I Simpósio sobre pequenas cidades e desenvolvimento local, 2008, Maringá. I Simpósio sobre pequenas cidades e desenvolvimento local. Maringá: UEM, 2008. v. 1. p. 33-46.

54.
SANTANA, L. C. F. ; PASSOS, M. M. . Políticas Públicas e Desenvolvimento Local. O caso de Itaúna do Sul/Noroeste do Paraná. In: I Simpósio sobre pequenas cidades e desenvolvimento local, 2008, Maringá. I Simpósio sobre pequenas cidades e desenvolvimento local. Maringá: uem, 2008. v. 1. p. 72-86.

55.
Souza ; PASSOS, M. M. . Algumas reflexões sobre o território enquanto condição para a existência da paisagem. In: I Simpósio sobre pequenas cidades e desenvolvimento local, 2008, Maringá. I Simpósio sobre pequenas cidades e desenvolvimento local. Maringá: uem, 2008. v. 1. p. 17-28.

56.
PASSOS, M. M.. Geografia e Meio Ambiente: para que serve o GTP?. In: Jornadas Cuyanas, 2008, Rio Cuarto/Argentina. Jornadas Cuyanas. Rio Cuarto - Argentina: Ediciones Rio Cuarto. v. 1. p. 123-142.

57.
PASSOS, M. M.. A Cuiabá-Santarém (BR-163) no contexto das políticas públicas para o desenvolvimento (in)sustentável da Amazônia brasileira. In: 59ª Reunião Anual da SBPC, 2007, Belém - Pará. Amazônia: Desafio Nacional. São Paulo: SBPC, 2007. v. 1. p. 56-61.

58.
PASSOS, M. M.. Impactos socioambientais motivados pela construção da UHE Engº Sérgio Motta - raia divisoria SP/MS/PR. In: XII Simpósio Brasileiro de Geografia Física Aplicada, 2007, Natal - RN. Natureza, Geotecnologias, Ética e Gestão do Território. Natal: UFRN, 2007. v. 1. p. 320-333.

59.
PASSOS, M. M.. Estudo biogeográfico da vegetação. Um esboço metodológico aplicado à caatinga brasileira.. In: XII Simpósio Brasileiro de Geografia Física Aplicada, 2007, Natal-RN. Natureza, Geotecnologias, Ética e Gestão do Território. Natal - RN: UFR, 2007. v. 1. p. 94-109.

60.
PASSOS, M. M.. Os impactos socioambientais motivados pela construção do reservatório da usina hidroelétrica Engº Sérgio Motta - raia divisória São Paulo - Paraná - Mato Grosso do Sul. In: III Simpósio Internacional de Geografia Agrária / IV Simpósio Nacional de Geografia Agrária / "Jornada Orlando Valverde", 2007, Londrina - Paraná. III Simpósio Internacional de Geografia Agrária. Londrina: UEL, 2007. v. 1. p. 54-78.

61.
PASSOS, M. M.. A Cuiabá-Santarém (BR-163) de estrada dos colonos a corredor de exportação. In: III Simpósio Internacional de Geografia Agrária, 2007, Londrina. III Simpósio Internacional de Geografia Agrária. Londrina: UEL, 2007. v. 1. p. 112-140.

62.
PASSOS, M. M.. Fitossociologia aplicada ao estudo da caatinga. In: Nordeste do Brasil: Desafios e Possibilidades no Limiar do Novo Milênio, 2007, Arapiraca - Alagoas. Nordeste do Brasil: Desafios e Possibilidades no Limiar do Novo Milênio. Alagoas: EAL, 2007. v. 1. p. 34-56.

63.
PASSOS, M. M.. Impactos socioambientais motivados pela construção da UHE Engº Sérgio Motta. In: III Simpósio Internacional de Geografia Agrária, 2007. III SINGA. Londrina: UEL, 2007. v. 1. p. 120-150.

64.
PASSOS, M. M.. Ocupación de las selvas boscosas en la Amazonia de Brasil (Mato Grosso). In: VII Congreso Internacional Geografía de América Latina, 2007, Madri. Puentes para otro mundo. Realidades y proyetos. Madri: AGEAL, 2004. v. 1. p. 21-43.

65.
PASSOS, M. M.; BARIOU, R. ; DUBREUIL, V. . La route fédérale 163 (Cuiaba-Santarem) : de la route des colons au couloir d?exportation du soja. In: Colloque International "Interactions Nature-Société - Analyses et modèles", 2006, La Baule - Loire Atlantique. Colloque International "Interactions Nature-Société - Analyses et modèles". Rennes: Université Rennes 2 - Haute Bretagne, 2006. v. 1. p. 72-78.

66.
TONIOLO, M. L. S. ; PASSOS, M. M. . Os impactos paisagísticos motivados pela construção da UHE de Rosana, no município de Terra Rica- Noroeste do Paraná. In: IV SEMINÁRIO LATINOAMERICANO DE GEOGRAFIA FISICA, 2006, MARINGÁ - PARANÁ. IV SEMINÁRIOLATINOAMERICANO DE GEOGRAFIA FISICA. Maringá: eduem, 2006. v. 1. p. 41-52.

67.
MOREIRA, M. F. A. R. ; CABERO, V. D. ; PASSOS, M. M. . Paisagens do Sertão Paraibano. In: IV SEMINÁRIO LATINOAMERICANO DE GEOGRAFIA FISICA, 2006, MARINGÁ. IV SEMINÁRIO LATINOAMERICANO DE GEOGRAFIA FISICA. Maringá: eduem, 2006. v. 1. p. 78-92.

68.
PASSOS, M. M.; AMORIM, M. C. C. T. ; SANTANNA NETO, J. L. . Os reflexos do clima na organização do espaço no noroeste do Paraná - Brasil. In: IV SEMINÁRIO LATINOAMERICANO DE GEOGRAFIA FÍSICA, 2006, MARINGÁ - PARANÁ. Geografia Física: Novos Paradigmas e Políticas Ambientais. Maringá - Paraná: EDUEM, 2006. v. 1. p. 1 --17.

69.
PASSOS, M. M.; PIROLLI, E. . O estudo de mata-ciliar como indicadora da sustentabilidade na raia divisória São Paulo - Paraná - Mato Grosso do Sul. In: IV SEMINÁRIO DE GEOGRAFIA FÍSICA, 2006, MARINGÁ - PR. Geografia Física: Novos Paradigmas e Políticas Ambientais. Maringá - PR: EDUEM, 2006. v. 1. p. 35-51.

70.
PASSOS, M. M.; RANGEL, M. F. A. ; Dieguez . Paisagens do Sertão Paraibano: uma aposta pela conservação e inovação.. In: IV SEMINÁRIO LATINOAMERICANO DE GEOGRAFIA FISICA, 2006, MARINGÁ - PR. Geografia Física: Novos Paradigmas e Políticas Ambientais. MARINGÁ - PARANÁ: EDUEM, 2006. v. 1. p. 63-74.

71.
TONIOLO, M. L. S. ; PASSOS, M. M. . UHE de Rosana e os impactos paisagísticos no município de Terra Rica - Noroeste do Paraná. In: IV SEMINÁRIO LATINOAMERICANO DE GEOGRAFIA FÍSICA, 2006, Maringá - PR. Geografia Física: Novos Paradigmas e Políticas Ambientais. Maringá - Paraná: EDUEM, 2006. v. 2. p. 41-53.

72.
PASSOS, M. M.; Faria, H.H. ; PIRES, A.S. . Paisagens quaternárias e recentes na raia divisória São Paulo - Paraná - Mato Grosso do Sul - Brasil. O caso do Parque Estadual do Morro do Diabo se seu entorno.. In: IV SEMINÁRIO LATINOAMERICANO DE GEOGRAFIA FÍSICA, 2006, Maringá - PR. Geografia Física: Novos Paradigmas e Políticas Ambientais. Maringá - PR: EDUEM, 2006. v. 1. p. 103-118.

73.
SAIKI, K. ; PASSOS, M. M. . Paisagem Urbana e Turismo. O caso da cidade de Maringá-Paraná.. In: IV SEMINÁRIO LATINOAMERICANO DE GEOGRAFIA FÍSICA, 2006, Maringá - PR. Geografia Física: Novos Paradigmas e Políticas Ambientais. Maringá - PR: EDUEM, 2006. v. 2. p. 72-90.

74.
PASSOS, M. M.. Geo-foto-grafia da fronteira agrícola ao longo da Br-163. De Cuiabá/MT a Santarém/PA. In: X Encuenro de Geografos de America Latina, 2005, São Paulo - SP. America Latina..... Sao Paulo: USP, 2005. v. 1. p. 70-109.

75.
PASSOS, M. M.. As transformações históricas da paisagem no noroeste do Paraná/Brasil. In: X Encuentro de Geografos de America Latina, 2005, Sao Paulo. America Latina. Sao Paulo: USP, 2005. v. 1. p. 230-267.

76.
PASSOS, M. M.; BARIOU, R. ; DUBREUIL, V. . Influence des topoclimats sur l'organisation de l'espace dans le nord-ouest du Parana-Brésil. In: XVIII Colloque Internationale de Climatologie, 2005, Genova. Acttes du Colloque: Climat Urbain,, Ville et Architecture. PARIS: POLIS, 2005. v. 1. p. 165-173.

77.
PASSOS, M. M.; DUBREUIL, V. ; Trindade Amorim . La formation de l'ilot de chaleur urbain en hiver dans une ville tropicale - Exemple de Presidente Prudente/SP. In: XVIII Colloque Internationale de Climatologie - AIC, 2005, Genova. Actes du Colloque: Climat Urbain, Ville et Architecture. PARIS: POLIS, 2005. v. 1. p. 93-101.

78.
PASSOS, M. M.; BARIOU, R. . A colonização Agrícola no Mato Grosso - Brasil. In: II Simposio Internacional de Geografia Agrária, 2005, Presidente Prudente - SP. Geografia Agrária. Rennes - França: Université Rennes II - França, 2005. v. 1. p. 1-15.

79.
PASSOS, M. M.; PICHNIN, E. S. ; Souza . O avanço da fronteira agrícola no estado de Mato Grosso, a partir da década de 1970. In: XV Semana de Geografia: Conhecimento Científico e Sociedade, 2005, Maringá-PR. Conhecimento Científico e Sociedade. Maringa/PR: Eduem, 2005. v. 1. p. 1-7.

80.
PASSOS, M. M.; Cavicchioli . Aspectos da paisagem da bacia hidrográfica do Igarapé do Miriti - Manacapuru/AM. In: Reunião Anual da SBPC, 2005, Manaus-AM. Reunião Regional da SBPC/AM. Manaus: SBPC, 2005. v. 1. p. 45-48.

81.
Cavicchioli ; PASSOS, M. M. . Aspectos da paisagem da bacia hidrográfica do Igarapé do Miriti - Manacapuru/AM. In: Reunião Regional da SBPC/AM, 2005, Manaus. Sociedade Brasileilra Para o Progressos da Ciência. Rio de Janeiro: SBPC, 2005. v. 1. p. 41-47.

82.
PASSOS, M. M.. A relação clima-vegetação no médio São Francisco-semi-árido do NE brasileiro.. In: III Seminário Latinoamericano de Geografia Física, 2004, Puerto Vallarta. III Seminario Latinoamericano de Geografia Fisica. MEXICO: UNAM, 2004. v. 1. p. 78-91.

83.
PASSOS, M. M.. A construção da paisagem no Pontal do Paranapanema/Sudoeste do Estado de São Paulo-Brasil. Uma apreensão geo-foto-grafica. In: III Seminario Latinoamericano de Geografia Fisica, 2004, Puerto Vallarta - Mexico. Gestão Territorial: o papel da Geografia Fisica. MEXICO: UNAM, 2004. v. 1. p. 115-127.

84.
PASSOS, M. M.. Teledetecção aplicada ao estsudo do avanço da fronteira agrícola na Amazonia Mato-Grossense/Brasil. In: III Seminario Latinoamericano de Geografia Fisica, 2004, Puerto Vallarta - Mexico. Gestão Territorial: o papel da Geografia Física. Mexico: UNAM, 2004. v. 1. p. 42-55.

85.
PASSOS, M. M.. A raia divisória São Paulo - Paraná - Mato Grosso do Sul: as redefinições territoriais e os impactos socioambientais motivados pela construção da UHE de Porto Primavera, no alto curso do Rio Paraná - Brasil.. In: VI CONGRESSO BRASILEIRO DE GEÓGRAFOS, 2004, GOIANIA. SETENTA ANOS DA AGB: As transformações do espaço e a geografia no século XXI. SÃO PAULO: AGB, 2004. v. 1. p. 1-13.

86.
PASSOS, M. M.. O índice de vegetação (NDVI) e a Pirâmide de vegetação: abordagens complementares aplicaddas ao estudo do cerrado e da floresta. In: VI CONGRESSO BRASILEIRO DE GEÓGRAFOS, 2004, GOIANIA. SETENTA ANOS DA AGB: As transformações do espaço e a Geografia no século XXI. São Paulo: AGB, 2004. v. 1. p. 1-15.

87.
PASSOS, M. M.. A raia divisória São Paulo - Paraná - Mato Grosso do Sul: as redefinições territoriais e os impactos socioambientais motivados pela construção da UHE de Porto Primavera no alto curso do Rio Paraná - Brasil. In: VII Congresso de Geografia de America Latina, 2004, Madri. America Latina Século XXI. Madrid: Complutense, 2004. v. 01. p. 141-158.

88.
PASSOS, M. M.. Impactos socioambientais motivados pelas novas dinamicas territoriais na Amazonia Mato-Grossense.. In: VII Congresso de Geografia de America Latina, 2004, Madri - Espanha. America Latina Seculo XXI. Madri: Complutense, 2004. v. 01. p. 92-105.

89.
PASSOS, M. M.; DUBREUIL, V. . Contribuição dos dados Góes para a cartografia das frentes da brisa marítima no Nordeste do Brasil.. In: VI Simpósio Brasileiro de Climatologia Geográfica, 2004, Aracaju - Sergipe. Climatologia Geográfica. Aracaju - Sergipe: UFSE, 2004. v. 01. p. 42-61.

90.
PASSOS, M. M.. Teledetecção aplicada ao estudo dos impactos socioambientais, motivados pela UHE de Porto Primavera (Brasil). In: XII Semana de Geografia da UEM, 2003, Maringá. A questão ambiental sob a ótica da Geografia. Maringá: EDUEM, 2003. v. 1. p. 83-89.

91.
PASSOS, M. M.; OLIVEIRA, W. . Sensoriamento remoto aplicado ao estudo das mudanças paisagísticas: o exemplo do projeto Caso Santa Rosa - Anaurilândia - MS. In: XII Semana de Geografia da UEM, 2003, Maringá. A questão ambiental sob a ótica geográfica. Maringá: eduem, 2003. v. 1. p. 97-103.

92.
PASSOS, M. M.. Por uma cartografia da colonização agrícola na Amazonia Mato-grossense. In: 9º Encuentro de Geografos de America Latina, 2003, Mérida. Novas dinâmicas territoriais. Merida: Yucatán, 2003. v. 1. p. 203-212.

93.
PASSOS, M. M.; OLIVEIRA, W. . Sensoriamento remoto aplicado ao estudo das mudanças paisagísticas: o exemplo do projeto Casulo Santa Rosa - Anaurilândia/MS. In: XII Semana de Geografia da UEM, 2003, Maringá. A questão ambiental sob a ótica geográfica. Maringá: EDUEM, 2003. v. 1. p. 112-118.

94.
PASSOS, M. M.. As transformações históricas da paisagem no Noroeste do Paraná - uma aproximação. In: XII Semana de Geografia da UEM, 2003, Maringa. A questão ambiental sob a ótica geográfica. Maringá: EDUEM, 2003. v. 1. p. 46-55.

95.
PASSOS, M. M.. Abordagem sistemica e geoprocessamento aplicados ao estudo do meio urbano de Presidente Prudente/SP. In: IV Simpósio Nacional de Geomorfologia, 2003, Belém/PA. IV Simpósio Nacional de Geomorfologia. Belem: UFPA, 2002. v. 1. p. 74-84.

96.
PASSOS, M. M.. Por uma cartografia da colonização agrícola na Amazônia Mato-grossense. In: 9º Encuentro de Geógrafos de América Latina, 2003, México. Reflexiones y responsabilidades de la Geografia en América Latina para el siglo XXI. Mexico: CD-Ron, 2003. v. 1. p. 104-120.

97.
PASSOS, M. M.; DUBREUIL, V. . Teledetecção aplicada ao estudo das dinâmicas territoriais ao longo da BR-163 - Norte do Mato Grosso. In: V Encontro Nacional da ANPEGE, 2003, Florianópolis. Gestão do território e do ambiente no Brasil: Desafios à formação e à pesquisa em geografia no ensino superior. Florianópolis: ANPEGE, 2003. v. 1. p. 113-123.

98.
PASSOS, M. M.. A construção da paisagem na raia divisória São Paulo - Paraná - Mato Grosso do Sul. In: V Encontro Nacional da ANPEGE, 2003, Florianópolis. Gestão do território e do ambiente no Brasil: desafios à formação e à pesquisa em geografia no ensino superior. Florianópolis: ANPEGE, 2003. v. 1. p. 41-52.

99.
PASSOS, M. M.; OLIVEIRA, W. . O Projeto Casulo Santa Rosa: vetor de transformações na paisagem rural de Anaurilândia/MS. In: V Encontro Nacional da ANPEGE, 2003, Florianópolis. Gestão do território e do ambiente no Brasil: desafios à formação e à pesquisa em geografia no ensino superior. Florianópolis: ANPEGE, 2003. v. 1. p. 76-86.

100.
PASSOS, M. M.; FERREIRA, M. M. . Extração de cassiterita em Rondônia e transformações históricas da paisagem. In: V Encontro Nacional da ANPEGE, 2003, Florianópolis. Gestão do território e do ambiente no Brasil: desafios à formação e à pesquisa em geografia no ensino superior. Florianópolis: ANPEGE, 2003. v. 1. p. 112-122.

101.
PASSOS, M. M.; TEIXEIRA, L. . A colonização agrícola na Amazônia Mato-Grossense: a BR-163 como eixo de expansão. In: V Encontro Nacional da ANPEGE, 2003, Florianópolis. Gestão do território e do ambiente no Brasil: desafios à formação e à pesquisa em geografia no ensino superior. Florianópolis: ANPEGE, 2003. v. 1. p. 141-151.

102.
PASSOS, M. M.. As transformações históricas da paisagem no Noroeste do Paraná - uma aproximação. In: XII Semana de Geografia da UEM, 2003, Maringá. A questão ambiental sob a ótica geográfica. Maringá: EDUEM, 2003. v. 1. p. 34-42.

103.
PASSOS, M. M.; DIAS, J. . Teledetecção aplicada ao estudo dos impactos socioambientais motivados pela hidrelétrica de Porto Primavera (Brasil). In: XII Semana de Geografia da UEM, 2003, Maringá. A questão ambiental sob a ótica geográfica. Maringá: EDUEM, 2003. v. 1. p. 71-78.

104.
PASSOS, M. M.; DUBREUIL, V. . Approche bioclimatique du contact caatinga/cerrado dans l´Etat de Bahia, Brésil. In: XV Colloque de l´Association Internationale de Climatologie, 2002, Besançon. Les échelles fines de la climatologie. Les applications de la climatologie. Besançon: Thema - UMR, 2002. v. 1. p. 131-137.

105.
PASSOS, M. M.; Vicente . Abordagem sistêmica e geoprocessamento aplicados ao estudo do meio urbano de Presidente Prudente/SP. In: IV Simpósio Nacional de Geomorfologia, 2002, São Luís - Maranhão. IV Simpósio Nacional de Geomorfologia. são Luís: Universidade Federal do Maranhão, 2002. v. 1. p. 48-57.

106.
PASSOS, M. M.. Contribuição da teledetecção para o acompanhamento das dinâmicas territoriais na Amazônia Mato-Grossense. In: Encontro de Geógrafos da América Latina, 2002, Mérida. Anais do Evento. Mérida: ???, 2002. p. 0-12.

107.
PASSOS, M. M.. A paisagem da Maragateria - Noroeste da Península Ibérica. In: XI Semana de Geografia da UEM, 2002, Maringá. Jornadas Ibéricas de Biogeografia. Maringa: EDUEM, 2002. v. 1. p. 25-33.

108.
PASSOS, M. M.. A relação clima-vegetação no semi-árido brasileiro (Abordagem bioclimática do contato caatinga/cerrado no vale do médio São Francisco - semi-árido do NE brasileiro). In: XIV Simpósio Brasileiro de Geografia Física Aplicada:"Dinâmicas socioambientais, das inter-relações às interdependências", 2002, Dourados/MS. Dinâmicas socioambientais, das inter-relações às interdependências. Dourados: ufgd, 2002. v. 1. p. 230-249.

109.
PASSOS, M. M.. O meio ambiente e o retorno do geográfico. In: XIV Simpósio Brasileiro de Geografia Física Aplicada, 2002, Dourados/MS. Dinâmicas socioambientais, das inter-relações às interdependencias. Dourados/MS: UFGD, 2002. v. 1. p. 342-364.

110.
PASSOS, M. M.. O índice de vegetação (NDVI) e a Pirâmide de vegetação. Abordagens complementares. In: 8º Encuentro de Geógrafos de América Latina, 2001, Santiago do Chile. La geografia de las redes, los ciberespacios e los sistemas de información geográfica. Santiago do Chile, 2001. v. 1. p. 34-45.

111.
PASSOS, M. M.. O garimpo na Amazonia Brasileira. In: VI Congresso de Geografia da América Latina, 2001, Valladollid-Tordesilhas. A América Latina na virada do Século. Valladolid - Espanha: Universidad de Valladolid, 2001. p. 98-112.

112.
PASSOS, M. M.. Aspectos socioespaciais da evolução urbana paranaense. In: SEMAGEO, 2001, Maringá - Paraná. Globalização e Regionalização. Maringá - Paraná: Universidade Estadual de Maringa, 2001. v. 01. p. 45-51.

113.
PASSOS, M. M.. O Mundo do Garimpo. In: 8º Encuentro de Geógrafos de América Latina, 2001, Santiago. 8º Encuentro de Geógrafos de América Latina. Santiago: Universidad Catolica de Chile, 2001. v. 1. p. 4-12.

114.
PASSOS, M. M.. A questão agrária e as relações sociedade-natureza no Brasil. In: VI Congresso de Geografia de America Latina, 2001, Valladolid-Tordesillas. VI Congresso de Geografia de America Latina. Valladolid: Universidad de Valladolid - Espana, 2001. v. 1. p. 1-12.

115.
PASSOS, M. M.. Cáceres no contexto do processo de ocupação da amazonia Mato-grossense. In: XI Semana de Geografia da UEM, 2001, Maringá. XI Semana de Geografia da UEM. Maringa: Universidade Estadual de Maringá, 2001. v. 1. p. 17-23.

116.
PASSOS, M. M.. A paisagem da Maragateria - Noroeste da Península Iberica. In: XI Semana de Geografia da UEM, 2001, Maringá. XI Semana de Geografia da UEM. Maringá: Universidade Estadual de Maringá, 2001. v. 1. p. 15-22.

117.
PASSOS, M. M.. Aspects de la colonisation agricole dans le Mato Grosso (Brésil). In: Colloque Bresil-France, 1998, Paris. Aspects de l'occupation du territoire Mato-Grossense: l'urbanisation. Rennes-FR / Cuiabá-MT: CAPES-COFECUB, 1996. v. 1. p. 32-33.

118.
PASSOS, M. M.. A organização paisagística ao longo da BR-163 (entre Campo Grande-MS e Rondonópolis-MT. In: XIV Encontro Nacional de Geografia Agraria, 1998, Presidente Prudente. Anais do XIV Encontro Nacional de Geografia Agraria. Presidente Prudente: Gráfica, 1998. v. 1. p. 385-387.

119.
PASSOS, M. M.; BARIOU, R. ; CLAIRAY, M. . Aspectos da Colonização Agrícola no Mato Grosso (Brasil). In: XIV Encontro Nacional de Geografia Agraria, 1998, Presidente Prudente. Anais - XIV Encontro Nacional de Geografia Agraria. Presidente Prudente: Grafica, 1998. v. 1. p. 426-428.

120.
PASSOS, M. M.. Os (des) caminhos do Parque Estadual do Morro do Diabo - Theodoro Sampaio/SP. In: I Jornada Brasileira de Biogeografia, 1998, Presidente Prudente. Anais da I Jornada Brasileira de Biogeografia. Presidente Prudente: Grafica, 1998. v. 1. p. 33-41.

121.
PASSOS, M. M.. A urbanização da fronteira agrícola na Amazonia Matogrossense. In: Programa ALFA-GEOIDE, 1998, Coimbra-Portugal. Cadernos de Geografia. Coimbra-Portugal: Universidade de Coimbra, 1998. v. 17. p. 175-178.

122.
PASSOS, M. M.. Teledetecção aplicada ao estudo da colonização agrícola da Amazônia Matogrossense. O exemplo da Fazenda Branca. In: 6º Encontro de Geógrafos da América Latina, 1997, Buenos Aires-Argentina. Anais do 6º Encontro de Geógrafos da América Latina, 1997. p. 290-291.

123.
PASSOS, M. M.. A evolução da vegetação amazônica. O exemplo do Vale do Guaporé-MT. In: 6º Encontro de Geógrafos de América Latina, 1997, Buenos Aires - Argentina. Anais do 6º Encontro de Geógrafos de América Latina, 1997. p. 14-15.

124.
PASSOS, M. M.. Biodiversidade de Ecossistemas Tropicais. In: ENCUENTRO DE GEOGRAFOS DE AMERICA LATINA, 6, 1996. ANAIS. BUENOS AIRES. p. 1-8.

125.
PASSOS, M. M.. A Ecologia e As Politicas de Modernizacao No Brasil. In: CONGRESSO DE ECOLOGIA DO BRASIL, 3, 1996. ANAIS. BRASILIA. p. 1-7.

126.
PASSOS, M. M.. A Dinamica da Floresta Amazonica. In: ENCONTRO NACIONAL DE ECOLOGIA, 3, 1996. ANAIS. BRASILIA. p. 1-10.

127.
PASSOS, M. M.. A Exploracao da Floresta Amazonica. In: ENCONTRO NACIONAL DE ESTUDOS SOBRE MEIO AMBIENTE, 2, 1991. ANAIS. FLORIANOPOLIS. p. 58-66.

128.
PASSOS, M. M.. Biogeografia: Reflexoes Sobre Um Programa de Ensino. In: ENCONTRO NACIONAL DE GEOGRAFOS, 8, 1990. ANAIS. SALVADOR. p. 71-78.

129.
PASSOS, M. M.. Ecologia, Geografia e Meio Ambiente. In: SEMANA DE GEOGRAFIA, 1989. ANAIS. CAMPO GRANDE.

130.
PASSOS, M. M.. Meio Ambiente Ou Ambiente Inteiro?. In: SEMANA DE GEOGRAFIA, 1989. ANAIS. TRES LAGOAS.

131.
PASSOS, M. M.. A Exploracao da Floresta Amazonica. In: ENCONTRO NACIONAL DE ESTUDOS SOBRE MEIO AMBIENTE, 2, 1989. ANAIS. FLORIANOPOLIS.

132.
PASSOS, M. M.. Questao Ambiental. Ambiental?. In: ENCONTRO NACIONAL DE ESTUDOS SOBRE MEIO AMBIENTE, 2, 1989. ANAIS. FLORIANOPOLIS.

133.
PASSOS, M. M.. A Exploracao da Floresta Amazonica: O Caso de Jauru - Mt. In: ENCONTRO NACIONAL DE GEOGRAFOS, 7, 1988. ANAIS. MACEIO.

134.
PASSOS, M. M.. Tendencias da Geografia. In: SEMANA DE GEOGRAFIA, 3, 1986. ANAIS. MARINGA.

135.
PASSOS, M. M.. A Questao Ambiental Nos Paises Em Subdesenvolvimento: O Caso Brasileiro. In: ENCONTRO REGIONAL DE GEOGRAFIA, 2, 1984. ANAIS. LONDRINA.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
PASSOS, M. M.. O meio ambiente e o retorno do geográfico. In: XIV CURSO DE VERÃO, 2014, Guarda. Espaços de Fronteira, Territórios de Esperança: velhos problemas, novas soluções.. Guarda-Portugal: CEI, 2014. v. 1. p. 15-16.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
VIEGAS, J. C. ; PASSOS, M. M. . Representação e interpretação geofotográfica do geossistema do território de paisagem na bacia hidrográfica do Pericumã - Amazônia.. In: XIV CURSO DE VERÃO, 2014, Guarda - Portugal. Espaços de Fronteira, Territórios de Esperança: velhos problemas, novas soluções.. Guarda-Portugal: CEI, 2014. v. 1. p. 23-24.

2.
VIEGAS, J. C. ; PASSOS, M. M. ; RODRIGUES, T. ; PEREIRA, P. . Geração semiautomática de dados morfométricos: proposta para os novos limites do divisor de água e altimetria da bacia hidrográfica do Pericumã - Maranhão/Brasisl. In: I Jornadas Lusófonas, 2014, Coimbra/PT. Marcos e Marcas Lusófonas. COIMBRA: GOT, 2014. v. 1. p. 72-75.

3.
PASSOS, M. M.. As pirâmides de vegetação e o NDVI - duas abordagens complementares. In: I Seminário Lationoamericano de Geografia Física, 2000, Havana-Cuba. Anais do I Seminário Latinoamericano de Geografia Física. Havana-Cuba, 2000.

4.
PASSOS, M. M.. Problemas ambientais no Brasil e em Portugal. In: I Seminário Latinoamericano de Geografia Física, 2000, Havana-Cuba. Anais do I Seminário Latinoamericano de Geografia Física. Havana-Cuba, 2000.

5.
PASSOS, M. M.. Estudo Biogeográfico da Vegetação. Um esboço metodológico aplicado à caainga brasileira.. In: Simpósio Brasileiro de Geografia Física Aplicada, 1999, Belo Horizonte-MG. Anais do VIII Simpósio Brasileiro de Geografia Física Aplicada. Belo Horizonte: Belo Horizonte, 1999. v. 1. p. 34-36.

6.
PASSOS, M. M.. Diagnóstico Bioclimático da Caatinga. In: Simpósio de Geografia Física Aplicada, 1999, Belo Horizonte-MG. Anais do VIII Simposio Brasileiro de Geografia Física Aplicada. Belo Horizonte: Belo Horizonte, 1999. v. 1. p. 79-80.

7.
PASSOS, M. M.; OLIVEIRA, W. . A heveicultura em São José do Rio Claro/MT. In: XIX Encontro Nacional de Geografia Agrária, 1998, Presidente Prudente - SP. Anais do XIX Encontro Nacional de Geografia Agrária, 1998. p. 394-396.

8.
PASSOS, M. M.. A urbanização da fronteira agrícola na Amazônia Matogrossense. In: 6ª Reunião Especial da SBPC, 1998, Maringá - PR. Anais da 6ª Reunião Especial da SBPC, 1998.

9.
PASSOS, M. M.. 28º Congresso da UGI: uma avaliação. In: 28º Congresso da UGI, 1998. FAPESP, 1998.

10.
PASSOS, M. M.. Biogeografia do Cerrado. In: 7º Simpósio Brasileiro de Geografia Física e 1º Forum Latino Americano de Geografia Física, 1997, Curitiba-PR. Anais do 7º Simpósio Brasileiro de Geografia Física e 1º Forum Latino Americano de Geografia Física, 1997. p. 447-447.

11.
PASSOS, M. M.. la télédétection appliquée au suivi de la colonisation agricole au Mato Grosso - Brésil - Un exemple: la ferme Branca.. In: 28º Congresso Internacional de Geografia da UGI., 1997, Haia. Abstract Book, 1997. p. 349-350.

12.
PASSOS, M. M.; BIRAL, R. . A dinâmica atual da paisagem no Oeste do Estado de São Paulo. In: 6º Encuentro de Geógrafos de América Latina, 1997, Buenos Aires - Argentina. Anais do 6º Encuentro de Geógrafos de América Latina, 1997. p. 200-201.

13.
PASSOS, M. M.. Geossistema: um novo paradigma?. In: 7º Simpósio Brasileiro de Geografia Física Aplicada e 1º Forum Latino Americano de Geografia Física Aplicada, 1997, Curitiba-PR. Anais do 7º Simpósio de Geografia Física Aplicada e 1º Forum Latino Americano de Geografia Física Aplicada, 1997. p. 42-42.

14.
PASSOS, M. M.. Geossistema: modelo teórico da paisagem. In: 2º Encontro Nacional da associação Nacional de Pós-Graduação em Geografia/ANPEGE, 1997, Rio de Janeiro-RJ. Anais do 2º Encontro Nacional da Associação Nacional de Pós-Graduação em Geografia/ANPEGE, 1997. p. 87-88.

Resumos publicados em anais de congressos (artigos)
1.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2000PASSOS, M. M.. O mundo do garimpo. Caderno da X Semana de Geografia, Maringá-PR, p. 107-107, 2000.

2.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2000PASSOS, M. M.. O homem e o rio Amazonas. Caderno da X Semana de Geografia, Maringá-PR, p. 132-132, 2000.

3.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2000PASSOS, M. M.. A ciência da paisagem. Caderno da Semana de Geografia, Presidente Prudente, 2000.

4.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2000PASSOS, M. M.. Que paisagem?. AGB, Florianópolis, 2000.

5.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2000PASSOS, M. M.. Aspectos da colonização agrícola no Mato Grosso-Brasil. Universidade Lleida, Espanha, 2000.

6.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS2000PASSOS, M. M.. A Haveiacultura em São José do Rio Claro-MT. Universidade Lleida, Espanha, 2000.

7.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS1999PASSOS, M. M.. Aspects de l'occupation du territoire Mato-grossense: l'urbanisation. COSTEL - RENNES II, Rennes - France, v. 1, n.1, p. 32-33, 1999.

8.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS1998PASSOS, M. M.. La forêt en Péril. Le Reseau, Rennes - França, v. 92, p. 12-13, 1998.

9.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS1998PASSOS, M. M.. Géosystèmes et paysages - bilan et méthodes. Revista de Geografia da UNESP, UNESP, p. 117-125, 1998.

10.
PASSOS, M. M.;PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS1997PASSOS, M. M.. La télédétection appliquée au suivi de la colonisation agricole au Mato Grosso - Brésil - Un exemple: la ferme Branca. Dossier: Laboratoire de Télédétection COSTEL/Université Rennes, França, p. 01-78, 1997.

Artigos aceitos para publicação
1.
PASSOS, M. M.. A Cuiabá-Santarém (BR-163) no contexto de ocupação da Amazônia Brasileira. Bulletin Géodésique, 2015.

2.
PASSOS, M. M.. PAISAGEM E DESENVOLVIMENETO. Aurora (Guimarães), 2015.

Apresentações de Trabalho
1.
PASSOS, M. M.. A paisagem, uma ferramenta de análise das mudanças socioambientais no eixo da BR-163: de Cuiabá/MT a Santarém/PA. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
PASSOS, M. M.. Estudo das transformações históricas e da dinâmica atual da paisagem da bacia hidrográfica do ribeirão Santo Antônio na perspectiva do modelo GTP (Geossistema-Território-Paisagem). 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
PASSOS, M. M.. Documentário em vídeo (22´): Cenas e cenários da BR-163. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).

4.
PASSOS, M. M.. Paisagem e Biodiversidade na Amazônia: a área de influência da BR-163. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
PASSOS, M. M.. Poer uma geo-foto-grafia da colonização agrícola no eixo da BR-163. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
PASSOS, M. M.. A BR-163 - de Cuiabá a Santarém: o papel dos agentes e sujeitos no ordenamento do território e na implantação de políticas públicas. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
PASSOS, M. M.. A valorização (?) da paisagem no ordenamento do território, no Brasil. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
PASSOS, M. M.. Geografia e Teledetecção. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
PASSOS, M. M.. O meio ambiente e o retorno do geográfico. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

10.
PASSOS, M. M.. O meio ambiente... do território. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

11.
PASSOS, M. M.. Riesgos, vulnerabilidades y resiliencia socioambiental para enfrentar los cambios globales. 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

12.
PASSOS, M. M.. Lúcio Cunha: travessias e transversalidades geográficas. 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

13.
VIEGAS, J. C. ; PASSOS, M. M. ; Cunha, L.S. ; SILVA, T. C. . Geotecnologias aplicadas ao mapeamento remoto da erosão remotante em um canal fluvial na Alta Bacia Hidrográfica do Pericumã (ABHP) - Maranhão, Brasil. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
PASSOS, M. M.. Robert Bariou - a cooperação científica França-Brasil. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

15.
PASSOS, M. M.. O semi-árido brasileiro. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

16.
PASSOS, M. M.; JACINTO, R. M. . Cooperação e diálogos lusófonos: velhos problemas, novas soluções. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

17.
PASSOS, M. M.. Paisagem e Meio Ambiente. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

18.
PASSOS, M. M.. Le nord du Paraná: du café au binôme soja - canne-à-sucre. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

19.
PASSOS, M. M.. Les domaines de la nature au Brésil. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

20.
PASSOS, M. M.. Les sens de la colonisation au Brésil. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

21.
PASSOS, M. M.. La BR-163 et ses conflits. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

22.
PASSOS, M. M.. Les écosystèmes tropicaux. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

23.
PASSOS, M. M.. As potencialidades paisagística brasileiras. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

24.
PASSOS, M. M.. O norte do Paraná: da soja a cana-de-açúcar. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Outras produções bibliográficas
1.
PASSOS, M. M.. BR-163: cenas (2016). Presidente Prudente: Império Vídeo, 2017 (filme - video).

2.
TRIGAL, L. L. ; PASSOS, M. M. . Diccionario de geografía aplicada y profesional : terminología de análisis, planificación y gestión del territorio. León - Espanha: UNIVERSIDAD DE LEÓN, 2015 (Missão de Trabalho).

3.
PASSOS, M. M.; Cunha . Norte - Sul: Cooperação e Desenvolvimenteo. Coimbra: Universidade de Coimbra, 2014 (Missão de Trabalho).

4.
PASSOS, M. M.. Paisagens da BR-163. Presidente Prudente: Império Vídeo, 2009 (filme - video).

5.
PASSOS, M. M.; BARIOU, R. . Amazonas: o rio da imensidão. Presidente Prudente/SP: SET PRODUÇÕES, 2009 (filme - video).

6.
PASSOS, M. M.. Afogando as Nascentes. Maringá: Massoni, 2008 (filme - video).

7.
PASSOS, M. M.. A BR-163: de estrada dos colonos a corredor de exportação. Presidente Prudente: Imperio Vídeo, 2007 (filme - video).

8.
PASSOS, M. M.; Bertrand, G. ; Bertrand, C. . Visita do Prof. Dr. Georges Bertrand - Université de Toulouse-Le Mirail. Presidente Prudente: UNESP, 2007 (Coordenação de APV).

9.
PASSOS, M. M.; Kolhepp . Visita do Prof. Dr. Gerd Kohlhepp 2007 (Coordenação de APV).

10.
PASSOS, M. M.; BARIOU, R. . O cerrado do Mato Grosso. Rennes - França: CRA - UNIVERSITÉ RENNES 2 - FRANÇA, 2006 (filme - video).

11.
PASSOS, M. M.. Inquietações do futuro da geografia. Maringá: SLGF, 2006 (filme - video).

12.
MOREIRA, M. F. A. R. ; PASSOS, M. M. ; Dieguez . Paisagens do Sertão Paraibano: uma aposta na preservação. Salamanca/Espanha: Universidad de Salamanca - Espanha, 2006 (filme - video).

13.
PASSOS, M. M.; BARIOU, R. . O Pantanal Matogrossense. Rennes - França: Costel, 2006 (filme - video).

14.
PASSOS, M. M.. Uma geografia transversal... e de travessias. Paris: Éditions Arguments, 2006. (Tradução/Livro).

15.
PASSOS, M. M.; BARIOU, R. . Peuplement et colonisation dans l´Amazonie bresilienne. RENNES - UNIVERSITÉ RENNES 2: CREA - CENTRE DE RECHERCHE D´ETUDE AUDIVISUELLES, 2003 (filme - video).

16.
PASSOS, M. M.. Écologie du Paysage. Presidente Prudente: Nao publicado, 2000. (Tradução/Livro).

17.
PASSOS, M. M.. Frentes Pioneiras na Amazonia Mato grossense. Rennes - France: Laboratoire Costel-Université Rennes 2 - France, 1999 (filme - video).

18.
PASSOS, M. M.. Geosistema e Paisagem. SAO PAULO: UNESP, 1999. (Tradução/Livro).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
PASSOS, M. M.; BARIOU, R. . Filme: La caatinga. 2002.

2.
PASSOS, M. M.; BARIOU, R. . Filme: Le Pantanal. 2001.

3.
PASSOS, M. M.; BARIOU, R. . Filme: La colonisation agricole dans l'Amazonie Matogrossense. 2000.

4.
PASSOS, M. M.; BARIOU, R. . Filme: Le Pantanal. 1999.

5.
PASSOS, M. M.; BARIOU, R. . Le cerrado. 1999.

Programas de computador sem registro
1.
PASSOS, M. M.. Quick Look - Sudoeste do Mato Grosso. 1999.

2.
PASSOS, M. M.. Software Veget. 1998.

Trabalhos técnicos
1.
PASSOS, M. M.; BARIOU, R. ; DUBREUIL, V. . A BR-163: de estrada dos colonos a corredor de exportação?. 2004.


Demais tipos de produção técnica
1.
PASSOS, M. M.. Afogando as Nascentes: ribeirão Santo Antônio - Pontal do Paranapanema. 2015. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Filme-DVD).

2.
PASSOS, M. M.. ESTUDO DAS TRANSFORMAÇÕES HISTÓRICAS E DA DINÂMICA ATUAL DA PAISAGEM DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIBEIRÃO SANTO ANTONIO NA PERSPECTIVA DO MODELO GTP (Geossistema ? Território ? Paisagem) STUDY OF HISTORICAL CHANGES AND CURRENT DYNAMICS OF THE SANTO ANTONIO CREEK BASIN LANDSCAPE IN THE PERSPECTIVE OF THE GTP (Geosystem ? Territory ? Landscape) MODEL. 2015. (Relatório de pesquisa).

3.
PASSOS, M. M.. Para que Serve o GTP?. 2014. .

4.
PASSOS, M. M.. Como trabalhar o GTP (Geossistema-Território-Paisagem). 2014. .

5.
PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS. GTP - FITOSSOCIOLOGIA. 2014. .

6.
PASSOS, M. M.. INTRODUÇÃO AO ESTUDO DE GEOGRAFIA. 2012. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Filme - DVD).

7.
PASSOS, M. M.; BARIOU, R. . Amazonas - o rio da imensidão. 2012. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Filme-DVD).

8.
PASSOS, M. M.. O meio ambiente e o retorno do geográfico. 2011. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

9.
PASSOS, M. M.. Télédétection appliquée au étude du paysagem dans le sud-ouest de l´état de Mato Grosso (Brésil). 2011. (Relatório de pesquisa).

10.
Bertrand, G. ; PASSOS, M. M. . O meio ambiente e o retorno do geográfico. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

11.
Bertrand, G. ; PASSOS, M. M. ; Bertrand, C. . A paisagem: o lado sensível do meio ambiente. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

12.
Bertrand, G. ; PASSOS, M. M. ; Bertrand, C. . O modelo GTP aplicado ao ordenamento do território. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

13.
Bertrand, G. ; PASSOS, M. M. ; Bertrand, C. . O Modelo GTP e o meio ambiente do território. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

14.
Bertrand, G. ; PASSOS, M. M. ; Bertrand, C. . O Modelo GTP, uma abordagem epistemológica, teórica e metodológica. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

15.
BARIOU, R. ; PASSOS, M. M. . Le Nordeste de Brésil - Le litoral, l´agreste et le sertão. 2010. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Filme - DVD).

16.
PASSOS, M. M.. O GTP - geosistema - território - paisagem aplicado ao estudo do meio ambiente. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

17.
PASSOS, M. M.. As transversalidades da geografia. 2009. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

18.
Bertrand, C. ; Bertrand, G. ; PASSOS, M. M. . O GTP: um novo paradigma?. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

19.
DUBREUIL, V. ; PASSOS, M. M. . Sensoriamento Remoto e Meio Ambiente. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

20.
Kolhepp ; PASSOS, M. M. . Globalização - conceitos teóricos. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

21.
PASSOS, M. M.. BR-163: de estrada dos colonos a corredor de exportação. 2007. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Filme - DVD).

22.
PASSOS, M. M.. Afogando as Nascentes. 2007. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Filme - DVD).

23.
PASSOS, M. M.; BARIOU, R. . O cerrado do Mato Grosso. 2006. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Filme - DVD).

24.
PASSOS, M. M.; BARIOU, R. . O Pantanal Matogrossense. 2006. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Filme - DVD).

25.
PASSOS, M. M.; BARIOU, R. . A colonização agrícola na Amazônia Matogrossense. 2006. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Filme - DVD).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
FACCIO, N. B.; KASHIMOTO/UFMS, E. M.; PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS. Participação em banca de Paula Cabral de Lima. Paisagens Testemunho: um estudo geoarqueológico no norte do estado de São Paulo. 2018. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Geografia) - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente.

2.
Castro, R.C. Pereira; MARQUES, A. R.; PASSOS, M. M.. Participação em banca de Jonas Jansen Mendes. Dinâmica da paisagem na bacia do rio Aurá: um estudo a partir do modelo GTP. 2018. Dissertação (Mestrado em Geografia, Natureza e Dinâmica do Espaço) - Universidade Estadual do Maranhão.

3.
PASSOS, M. M.; MACHADO, G.; STIPP, N. A. F.; PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS. Participação em banca de Carlos Eduardo das Neves. Geossistema: a história de uma pesquisa - trajetórias e tendências no estado de São Paulo. 2015. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Estadual de Londrina.

4.
PASSOS, M. M.; AMORIM, M. C. C. T.; FEITSOA, A. C.. Participação em banca de Josué Carvalho Viegas. Diagnóstico dos agentes e processos atuantes na fragmentação da paisagem na bacia hidrográfica do rio Pericumã, ambiente de amazônia maranhense. 2015. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Geografia) - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente.

5.
BARROS, M. V. F.; PASSOS, M. M.; Asari. Participação em banca de Samuel Carvalho da Silva. Planejamento ambiental: os conflitos entre a gestão de bacias hidrográficas e regiões metropolitanas. 2013. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Estadual de Londrina.

6.
BARROS, M. V. F.; PASSOS, M. M.; Asari. Participação em banca de Samuel Carvalho da Silva. Planejamento ambiental: os conflitos entre a gestão de bacias hidrográficas e regiões metropolitanas. 2013. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Estadual de Londrina.

7.
MEDEIROS, R.A.H.; PASSOS, M. M.; SANTANA, A. L.. Participação em banca de Anderson Marioto Rola. Programa de aquisição de alimentos (PAA) e o desenvolvimento territorial: um estudo comparativo entre os municípios de Euclides da Cunha Paulista-SP e Paranavaí-PR. 2013. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Geografia) - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente.

8.
TORRES, E.; PASSOS, M. M.; Salvi, R. F.. Participação em banca de Natália Micheli Villa. Caracterização dos fundos de vale da bacia do córrego Água das Pedras - Londrina/PR. 2012. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Estadual de Londrina.

9.
Saquet, M. A.; Costa, A. E.; PASSOS, M. M.. Participação em banca de AQdriana Figueiredo Lima. As transformações territoriais no entorno da BR-163 (Cuiabá-Santarém). 2011. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Geografia) - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente.

10.
Yamaki, H.; PASSOS, M. M.; Ferreira, N. Y.. Participação em banca de Aline Alves Anhesim. O caráter de paisagens: avaliação da antiga estrada Mestre em Cambé-PR. 2010. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Estadual de Londrina.

11.
Spósito; PASSOS, M. M.; Goettert. Participação em banca de Floripes Silva Rebouças. A extração e a indústria da madeira no município de Rio Branco - AC. 2008. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação) - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente.

12.
PASSOS, M. M.; BARROS, O. N. F.; BARROS, M. V. F.. Participação em banca de Wolney Heleno de Matos. Fragmentos florestais em Londrina,Paraná: qualidade ambiental e conservação. 2006. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Estadual de Londrina.

13.
PASSOS, M. M.; Souza Filho, E. E.; SANTANNA NETO, J. L.. Participação em banca de Éder Comunello. Dinâmica de inundação de áreas sazonalmente alagáveis na planície do alto rio Paraná. 2006. Dissertação (Mestrado em Ecologia de Ambientes Aquáticos Continentais) - Universidade Estadual de Maringá.

Teses de doutorado
1.
PASSOS, M. M.; Trindade Amorim; Martin, E. S.; ROCHA, G. M.; SILVA, M. P.. Participação em banca de Paulo Alves de Melo. Paisagens setentrionais, entre veredas e culturas. 2017. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Geografia) - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente.

2.
YAMAKI, H. T.; PASSOS, M. M.; HORNES, K. L.; Salvi, R. F.; FERREIRA, Y. N.. Participação em banca de Kelton Luiz Gabriel de Oliveira. A Paisagem de Furusato Aplicada à reconstrução de pequenas cidades. 2016. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Estadual de Londrina.

3.
BARROS, M. V. F.; PASSOS, M. M.; THERY, H.; ANTONELLO, I. T.; ELY, D. F.. Participação em banca de Marcelo Gonçalves. Geossistema, Território e Paisagem aplicados a análise do risco de ocorrência de desastres naturais no estado do Paraná.. 2016. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Estadual de Londrina.

4.
MEDEIROS, R.A.H.; PASSOS, M. M.; SANTANA, A. L.; FERREIRA, D. A. O.; ARANA, A. R. A.. Participação em banca de Sérgio Pereira de Souza. Políticas Públicas e Desenvolvimento Territorial: O Programa territórios da cidadania no Estado de São Paulo. 2015. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Geografia) - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente.

5.
Souza Filho, E. E.; QUEIROZ, D. R. E.; PASSOS, M. M.; LIMA, V.; SOUZA, R. M.; PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS. Participação em banca de Lucas Cesar Frediani Sant´Ana. O uso do sensoriamento remoto na análise do papel dos agentes sucroalcooleiros no ordenamento da paisagem na microrregião de Paranavaí/PR". 2015. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Estadual de Maringá.

6.
PASSOS, M. M.; DUBREUIL, V.; GRIMALDI, M.; LAURENT, F.; OSZWALD, J.. Participação em banca de Lucelma Nascimento. Stockage du carbone dans les sols et dynamique des paysages en Amazonie: l´exemple du Nord-Ouest de l´état de Mato Grosso (Brésil) dans le cadre du REDD (réduction des émissions par déforestation et dégradation).. 2015. Tese (Doutorado em Sciences Humaines et Sociales) - Université de Rennes II.

7.
Hespanhol, A. N.; NARDOQUE, S.; LOURENZANI, W. L.; PASSOS, M. M.; SAQUET, M.. Participação em banca de Jodenir Calixto Teixeira. Os efeitos socioespaciais da expansão canavieira na bacia hidrográfica do rio Ivinhema no estado de Mato Grosso do Sul. 2015. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Geografia) - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente.

8.
PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS; BARROS, M. V. F.; Yamaki, H.; TORRES, E. C.; Souza Filho, E. E.. Participação em banca de Roberson Miranda de Souza. As singularidades cênicas do litoral paranaense: um olhar sobre a paisagem cultural de Guaraqueçaba/PR. 2014. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Estadual de Maringá.

9.
MEDEIROS, R.A.H.; PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS; OLIVEIRA, A. R.; NEVES NETO, C. C.; FONSECA, A. I. A.. Participação em banca de Robson Munhoz de Oliveira. Vivendo nos interstícios do Cerrado: encurralados entre o agronegócio e as unidades de conservação. 2014. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Geografia) - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente.

10.
PASSOS, M. M.; FORTES, E.; RENNO, F. A. P.; MASSOQUIM, N. G.; BARROS, M. V. F.. Participação em banca de Ana Paula Colavite. As transformações históricas e a dinâmica atual da paisagem de Corumbataí do Sul - PR. 2013. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Estadual de Maringá.

11.
Hespanhol, A. N.; SANTANA, A. L.; Cunha, L.S.; PASSOS, M. M.; SILVA, C. A.. Participação em banca de Carlos de Castro Neves Neto. Políticas públicas & desenvolvimento rural: o programa de microbacias I e II no estado de São Paulo. 2013. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Geografia) - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente.

12.
PASSOS, M. M.; AMORIM, M. C. C. T.; MEDEIROS, R.A.H.; Vizintim; Porto, I.M.R.. Participação em banca de Regina Célia de Casstro Pereira. As transformações históricas e a dinâmica atual da paisagem na alta baciado Pericumã/MA. 2012. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Geografia) - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente.

13.
Suertegaray, D.; Irving, M. A.; PASSOS, M. M.; Martin, E. S.; NETTO, J. L. S.. Participação em banca de Claudio Eduardo de Castro. A política nacional de proteção da natureza e seus desdobramentos no território do Parque dos Lençóis Maranhenses. 2012. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Geografia) - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente.

14.
MEDEIROS, R.A.H.; PASSOS, M. M.; Spósito; Saint-Clair, T. J.; Mónica, M. JR.. Participação em banca de Emmanuel Raimundo da Costa Santos. Amazônia Setentrional Amapaense: do "mundo" das águas às florestas protegidas. 2012. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Geografia) - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente.

15.
Hespanhol; PASSOS, M. M.; Barone, L.A.; David, C.; Cleps, J.J.. Participação em banca de Paulo César de Souza. Políticas públicas e desenvolvimento rural na região de Presidente Prudente: programa de fortalecimento da agricultura familiar (PRONAF) e programa estadual de microbacias hidrográficas (PEMH). 2012. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Geografia) - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente.

16.
Beltão Spósito; SANTOS, J. H. S.; MAURO, C. A.; PASSOS, M. M.; AMORIM, M. C. C. T.; PASSOS, M. M.. Participação em banca de Washington Luis Campos Rio Branco. Política e Gestão Ambiental em Áreas Protegidas em São Luís - Maranhão: O Parque Ecológico da Lagoa da Jansen. 2012. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Geografia) - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente.

17.
PASSOS, M. M.; Vizintim; ROCHA, P. C.; SAKAMOTO, A. Y.; ALMEIDA, A. C.. Participação em banca de Mauro Henrique Soares da Silva. Análise da paisagem do Pantanal da Nhecolândia: estudo de caso das Lagoas Salitradas sob a perspectiva do modelo GTP (Geossistema - Território - Paisagem). 2012. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Geografia) - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente.

18.
Métailié; PASSOS, M. M.; DUBREUIL, V.; Bertrand, G.; Béringuier. Participação em banca de Fernanda de Andrade Pinto Rennó. Le Sertão Mineiro: un territoire à la recherche de ses paysages et de ses identités. 2009. Tese (Doutorado em Géograhie - GEODE) - Université de Toulouse II - Le Mirail.

19.
CABERO, V. D.; UGIDOS, M. A. L.; Cunha; PASSOS, M. M.; Alonso. Participação em banca de Maria de Fátima Albuquerque Rangel Moreira. Paisagens e usos do solo no semi-árido sertão Paraibano. Diagnósticos e bases socioambientais para um desenvolvimento sustentável do espaço sertanejo. 2007. Tese (Doutorado em Geografía) - Universidad de Salamanca.

20.
Hespanhol; Silveira; Asari; Souza; PASSOS, M. M.. Participação em banca de Sérgio Fajardo. Estratégias e territorialidades das cooperativas agropecuárias e das empresas globais do setor agroindustrial no Paraná. 2007. Tese (Doutorado em Pós-Graduação) - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente.

21.
Leal; PASSOS, M. M.; Hespanhol; Mendonça; Godoy. Participação em banca de Rosana Cristina Biral Leme. Desenvolvimento e Meio Ambiente: uma avaliação das políticas públicas na mesorregião Sudoeste do Paraná. 2007. Tese (Doutorado em Pós-Graduação) - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente.

22.
Costa; De Marco; Justo; Oliveira; PASSOS, M. M.. Participação em banca de Manuel de Jesus Masulo da Cruz. Territorialização camponesa na várzea da Amazônia. 2007. Tese (Doutorado em geografia) - Fac. de Filosofia, Letras e Ciências Humanas - USP.

23.
TROPPMAIR, H.; VIADANA, A.; PASSOS, M. M.. Participação em banca de Márcia Helena Galina. A produção biogeográfica do no campus da UNESP - Rio Claro/SP. 2006 - Universidade Estadual Paulista.

24.
PASSOS, M. M.; SANTANNA NETO, J. L.; Souza Filho, E. E.; Stevaux, J.C.; Netto, O. Participação em banca de Victor de Assunção Borsato. Os impactos no comportamento hidrológico da bacia do alto rio Paraná decorrentes das oscilações clímáticas e do aproveitamento do potencial hidrdoelétrico. 2006. Tese (Doutorado em Ecologia de Ambientes Aquáticos Continentais) - Universidade Estadual de Maringá.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Professor titular
1.
QUEIROZ, P. R. C.; OLIVEIRA, C. M.; PASSOS, M. M.; SPOSITO, E. S.. Concurso de Titular de: LISANDRA PEREIRA LAMOSO. 2017. Universidade Federal da Grande Dourados.

2.
PASSOS, M. M.; PEREZ FILHO, A.; SPOSITO, E. S.. Concurso para professor Titular da Profa. Dra. Beatriz Ribeiro Soares. 2014. Universidade Federal de Uberlândia.

3.
PASSOS, M. M.; PEREZ FILHO, A.; SPOSITO, E. S.. Concurso para professor titular do Prof. Dr. João Cleps Júnior. 2014. Universidade Federal de Uberlândia.

4.
PASSOS, M. M.; SPOSITO, E. S.; PEREZ FILHO, A.. Concurso para professor Titular da Profa. Dra. Marlene Teresinha de Muno Colesanti. 2014. Universidade Federal de Uberlândia.

5.
PASSOS, M. M.; SPOSITO, E. S.; PEREZ FILHO, A.. Concurso para Professor Titular do Prof. Dr. Roberto Rosa. 2014. Universidade Federal de Uberlândia.

Concurso público
1.
PASSOS, M. M.; Ferreira, M.E.; Nucci, J.C.. Concurso Público de Títulos e Provas para provimento do cargo de Prof. Assisstente:" Biogeografia e Solo e Vegetação". 2012. Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente.

2.
PASSOS, M. M.. Concurso para contrtação de professor em Geografia Física - UFAM. 2010. Universidade Federal do Amazonas.

Livre docência
1.
PASSOS, M. M.; ZIMBACK, C. R. L.; MADRUGA, P. R. A.; CASSOL, R.; CAMPOS, S.; PASSOS, M. M.. Geoprocessamento aplicado ao estudo do uso da terra das áreas de preservação permanente dos corpos d´água da bacia hidrográfica do rio Pardo. 2013. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

2.
PASSOS, M. M.. Memorial do Prof. Dr. Elpídio Serra. 2006. Universidade Estadual de Maringá.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
56 CONGRESSO INTERNACIONAL DE AMERICANISTAS. BR-163/SUB-CALHA DO AMAZONAS: O PAPEL DOS AGENTES E SUJEITOS NO ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO E NA IMPLEMENTAÇÃO DE POLÍTICAS PÚBLICAS. 2018. (Congresso).

2.
CURSOS DE VERANO.BIODIVERSIDADE: O PARADIGMA DA COMPLEXIDADE. 2018. (Simpósio).

3.
II Seminário Internacional de Geografia da Amazônia II Seminário Regional:Territórios, Ordenamentos e Representações.Biodiversidade: o paradigma da complexidade. 2018. (Seminário).

4.
I SEMINÁRIO INTERNACIONAL DINÂMICAS TERRITORIAIS - DIÁLOGOS LUSO-AMAZÔNICOS.Dinâmicas Territoriais Recentes no Norte do Mato Grosso e no Sudoeste do Pará: uma análise comparativa. 2018. (Seminário).

5.
Vème Colloque de l´AFGP. Le modéle GTP appliqué au étude du bassin versant de la rivière Santo Antonio/SW de l´état de São Paulo. 2018. (Congresso).

6.
Véme Colloque de l´AFGP - Géographie physique et Société: des risques naturels au patrimoine naturel. L´Influence de la Géographie Phisique Française au Brésil. 2018. (Congresso).

7.
Curso de Verão.Estudo das transformações históricas e da dinâmica atual da paisagem da bacia hidrográfica do ribeirão Santo Antônio na perspectiva do modelo GTP (Geossistema-Território-Paisagem). 2017. (Seminário).

8.
Curso de Verão.A paisagem, uma ferramenta de análise das mudanças socioambientais no eixo da BR-163: de Cuiabá/MT a Santarém/PA. 2017. (Seminário).

9.
Curso de Verão.Documentário em vídeo (22´): Cenas e cenários da BR-163. 2017. (Seminário).

10.
8º Congresso Internacional de CEISAL. A BR-163 - de Cuiabá a Santarém: o papel dos agentes e sujeitos no ordenamento do território e na implantação de políticas públicas. 2016. (Congresso).

11.
Curso de Verão.Por uma geo-foto-grafia da colonização agrícola no eixo da BR-163. 2016. (Encontro).

12.
I CONGRESSO INTERNACIONAL SOBRE A AMAZÔNIA. PAISAGEM E BIODIVERSIDADE NA AMAZÔNIA: A ÁREA DE INFLUÊNCIA DA BR-163. 2016. (Congresso).

13.
IX SEMINÁRIO LATINO-AMERICANO E V SEMINÁRIO IBERO-AMERICANO DE GE GEOGRAFIA FÍSICA.CONFERÊNCIA. 2016. (Seminário).

14.
13e Colloque International de L´Institut des Amériques. A Cuiabá-Santarém (BR-163) no contexto da ocupação da Amazônia brasileira. 2015. (Congresso).

15.
Colloque International "Ressources et Innovations dans les Amériques"es". A Cuiabá-Santarém (BR-163) no contexto da ocupação da Amazônia brasileira. 2015. (Congresso).

16.
Catàlegs de paisatge de Catalunya.Què ès el paisatge?. 2014. (Seminário).

17.
Environnement et geomatique: approches comparées France-Braésil.Estudo das transformações históricas e da dinâmica atual da paisagem da bacia hidrográfica do ribeirão Santo Antônio na perspectiva do modelo GTP (Geossistema - Território - Paisagem). 2014. (Outra).

18.
VIII Simposio Latinoamericano de Geografia Física y IV Simposio Iberoamearicano de Geografia Física.Riesgos naturales y vulnerabilidades. 2014. (Simpósio).

19.
XIV CURSO DE VERÃO.O meio ambiente e o retorno do geográfico. 2014. (Seminário).

20.
ENCUENTRO DE GEOGRAFOS DE AMERICA LATINA, 6.A paisagem, uma ferramenta de análise das mudanças socioambientais no eixo da BR-163: de Cuiabá/MT a Santarém/PA. 2013. (Encontro).

21.
Simpósio Brasileiro de Geografia Física Aplicada.Paisagem e Meio Ambiente. 2013. (Simpósio).

22.
VII Seminário Latinoamericano e III Seminário Iberoamericano de Geografia Física.A Geografia e as novas tecnologias. 2012. (Seminário).

23.
II Colóquio Internacional sobre Desenvolvimento Sustentável.O meio ambiente e o retorno da paisagem. 2011. (Simpósio).

24.
XIII Encuentro de Geógrafos de América Latina.A Cuiabá-Santarém (BR-163) no contexto da ocupação da amazônia brasileira. 2011. (Encontro).

25.
XIII Encuentro Internacional Hulboldt.Análise Integrada da Paisagem no município de Itaúna do Sul-PR. 2011. (Encontro).

26.
XIV SIMPÓSIO BRSILEIRO DE GEOGRAFIA FÍSICA APLICADA.O meio ambiente e o retorno do geográfico. 2011. (Seminário).

27.
3 Seminário Internacional do Meio Ambiente e Desenvolvimento.Biodiversidade, Paisagens e Riscos Naturais. 2010. (Seminário).

28.
3 Seminário Internacional do Meio Ambiente e Desenvolvimento.Abordagem epistemológica sobre Meio Ambiente, Paisagens e Riscos Naturais. 2010. (Seminário).

29.
Rede Waterlat Conferência Internacional. A água no semi-árido brasileiro. 2010. (Congresso).

30.
I Colóquio Internacional sobre Desenvolvimento local e sustentabilidade.Impacto das dinâmicas territórios na construção das paisagens brasileiras. 2009. (Simpósio).

31.
IV SIMPGEO.Espaços de Fronteira: possibilidades e limites. 2009. (Simpósio).

32.
Os países de língua portuguesa e as suas geografias.O modelo GTP: epistemologia e\ou metodologia. 2009. (Seminário).

33.
XIII Simpósio Brasileiro de Geografia Física Aplicada.Teoria, conceitos e métodos em Geografia Física: As travessias bertrandianas. 2009. (Simpósio).

34.
XIX ENGA.BR-163: de estrada dos colonos a corredor de exportação. 2009. (Simpósio).

35.
I Colóquio Brasileiro de História do Pensamento Geográfico.Por uma análise geográfica (sistêmica) do meio ambiente: o modelo GTP: geosistema - território - paisagem.. 2008. (Outra).

36.
V Seminário latino-americano / I Seminário ibero-americano de Geografia Física.O GTP: Geosistema - Território - Paisagem. Um novo paradigma?. 2008. (Seminário).

37.
V Seminário latino-americano / I Seminário Ibero-americano de Geografia Física.O estudo de mata ciliar na raia divisória São Paulo - Paraná - Mato Grosso do Sul. 2008. (Seminário).

38.
59ª Reunião Anual da SBPC.A Cuiabá-Santarém (BR-163) no contexto das políticas públicas para o desenvolvimento (in)sustentável da Amazônia brasileira. 2007. (Outra).

39.
III Semana da Geografia da UNESP de Ourinhos: Pensar a Geografia é pensar o Mundo, pensar o Mundo é entender as multiplicidades das abordagens geográficas.A PAISAGEM: um polisistema. 2007. (Simpósio).

40.
III Simpósio Internacional de Geografia Agrária.A Cuiabá-Santarém (BR-163): de estrada dos colonos a corredor de exportação. 2007. (Simpósio).

41.
Prêmio Professor Samuel Benchimol - 2007.Estudo dos impactos socioambientais na faixa da BR-163 - de Cuiabá/MT a Santarém/PA. BR-163: de estrada dos colonos a corredor de exportação. 2007. (Outra).

42.
V Encontro Alagoano de Geografia.O GTP (geosistema - território - paisagem): um novo paradigma?. 2007. (Encontro).

43.
XII Simpósio Brasileiro de Geografia Física Aplicada.Estudo biogeográfico da vegetação: um esboço metodológico aplicado à caatinga brasileira (abordagem bioclimática do contato caatinga/cerrado no vale do médio São Francisco - semi-árido do NE brasileiro. 2007. (Simpósio).

44.
IV SEMINÁRIO LATINOAMERICANO DE GEOGRAFIA FÍSICA.Filme: O cerrado do Mato Grosso. 2006. (Seminário).

45.
La route fédérale 163 (Cuiaba-Santarem) : de la route des colons au couloir d?exportation du soja. XIV Congrès NATURE-SOCIÉTÉ. 2006. (Congresso).

46.
10 EGAL.10 Encontro de Geógrafos de América Latina - EGAL. 2005. (Encontro).

47.
Climat Urbain, Ville et Architecture. XVIII Colloque Internationale de Climatologie d'AIC. 2005. (Congresso).

48.
Conhecimento Científico e Sociedade.XV SEMANA DE GEOGRAFIA DA UEM. 2005. (Encontro).

49.
Jornada Ariovaldo Umbelino de Oliveira.II Simposio Internacional de Geografia Agrária. 2005. (Simpósio).

50.
Jornada Ariovaldo Umbelino de Oliveira.III SIMPOSIO NACIONAL DE GEOGRAFIA AGRARIA. 2005. (Simpósio).

51.
VI Semana do curso de graduaçao em Geografia da UNESP.VI SEMANA DO CURSO DE GRADUAÇAO EM GEOGRAFIA. 2005. (Simpósio).

52.
6 CONGRESSO BRASILEIRO DE GEÓGRAFOS. VI CONGRESSO BRASILEIRO DE GEÓGRAFOS. 2004. (Congresso).

53.
III Seminario Latinoamericano de Geografia Física.A construção da paisagem no Pontal do Paranapanema/Sudoeste do Esstado de São Paulo-Brasil. Uma apreensão geo-foto-gráfica. 2004. (Seminário).

54.
III Seminario Latinoamericano de Geografia Física.A construção da paisagem no Pontal do Paranapanema/Sudoeste do Esstado de São Paulo-Brasil. Uma apreensão geo-foto-gráfica. 2004. (Seminário).

55.
III Seminario Latinoamericano de Geografia Física.A construção da paisagem no Pontal do Paranapanema/Sudoeste do Esstado de São Paulo-Brasil. Uma apreensão geo-foto-gráfica. 2004. (Seminário).

56.
III Seminario Latinoamericano de Geografia Física.Teledetecção aplicada ao estudo do avanço da fronteira agrícola na Amazonia Mato Grossensese - Brasil. 2004. (Seminário).

57.
III Seminário Latino Americano de Geografia Física.A relação clima-vegetação no médio São Francisco-semi-árido do NE brasileiro. 2004. (Seminário).

58.
Dinamicas Territoriais.9º Encuentro de Geógrafos de América Latina. 2003. (Encontro).

59.
Gestao do territorio e do ambiente no Brasil: desafios à formaçao e à pesquisa em geografia no ensino superior.V Encontro Nacional da ANPEGE. 2003. (Encontro).

60.
V Encontro Nacional da ANPEGE.Gestão do território e do ambiente no Brasil: desafios à formação e à pesquisa em geografia no ensino superior. 2003. (Encontro).

61.
XIV SIMPÓSIO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA FÍSICA APLICADA.O mdio ambiente e o retorno do geográfico. 2002. (Simpósio).

62.
XXIIIe. Congrés d´Association Internationale de Climatologie. XXIIIe. Congrés d´Association Internationale de Climatologie. 2002. (Congresso).

63.
8 Encuentro de Geografos de America Latina. O Mundo do Garimpo. 2001. (Congresso).

64.
8º Encuentro de Geógrafos de América Latina.8º Encuentro de Geógrafos de América Latina. 2001. (Encontro).

65.
VI Congresso de Geografia de América Latina. A Questão Agraria e as Relações Sociedade-Natureza no Brasil. 2001. (Congresso).

66.
VII Congresso de Geografia de América Latina. America Latina en el cambio de siglo. 2001. (Congresso).

67.
I Seminario Latinoamericano de Geografia Fisica. Problemas Ambientais no Brasil e em Portugal. 2000. (Congresso).

68.
XI Semana de Geografia.A Paisagem da Maragateria - NW da Peninsula Ibérica. 2000. (Outra).

69.
Simposio Brasileiro de Geografia Fisica Aplicada.Estudo Biogeografico da Vegetação. Um esboço metodologico aplicado à caatinga brasileira. 1999. (Simpósio).

70.
VII Encuentro de Geografos de América Latina.VII Encuentro de Geografos de America Latina. 1999. (Encontro).

71.
XIX Encontro Nacional de Geografia Agraria.A heveicultura em São José do Rio Claro - MT. 1998. (Encontro).

72.
2 ENCONTRO NACIONAL DA ANPEGE.Geossistema: um novo paradigma?. 1997. (Encontro).

73.
6 Encuentro de Geografos de América Latina..NDVI E AS PIRÂMIDES DE VEGETAçÃO: DUAS ABORDAGENS COMPLEMENTARES?. 1997. (Simpósio).

74.
6º Encuentro de Geografos de América Latina.6º Encuentro de Geografos de América Latina. 1997. (Encontro).

75.
Programa ALFA.Reunião Grupo Atlantis - Projeto Geoide - Programa ALFA. 1997. (Outra).

76.
28th International Geographical Congress. 28th International Geographical Congress. 1996. (Congresso).

77.
Programa ALFA.Reunião Grupo Atlantis - Projeto Geoide - Programa Alfa. 1996. (Outra).

78.
I ENCONTRO NACIONAL DA ANPEGE.Teledetecção aplicada ao estudo da paisagem.. 1995. (Encontro).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
PASSOS, M. M.; Jacinto ; Cunha . 3º Seminário Internacional sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento. 2010. (Congresso).

2.
PASSOS, M. M.; Jacinto . 2º Seminário Internacional sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento. 2010. (Congresso).

3.
Cunha ; PASSOS, M. M. ; Jacinto . GEOIDE - Os países de língua portuguesa. 2010. (Outro).

4.
Jacinto ; PASSOS, M. M. ; Cunha . GEOIDE - Geografia Investigação para o Desenvolvimento. 2010. (Outro).

5.
Jacinto ; Cunha ; PASSOS, M. M. . Os países de língua portuguesa e as suas geografias. 2009. (Congresso).

6.
Bertrand, G. ; Métailié ; PASSOS, M. M. . Le reseau paysage. 2009. (Outro).

7.
Lopes de Faria ; Ávila ; PASSOS, M. M. . XIII Simpósio Brasileiro de Geografia Física Aplicada. 2009. (Congresso).

8.
PASSOS, M. M.; Jacinto ; Rosa Marques . I Simpósio |nternacional sobre Desenvolvimento Local. 2009. (Congresso).

9.
PASSOS, M. M.. IV Seminário Latinoamericano de Geografia Física. 2006. (Congresso).

10.
PASSOS, M. M.. I Jornada Brasileira de Biogeografia. 1998. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Paulo Roberto Mendes Pereira. Fragilidade ambiental e mudanças de uso e cobertura da APA Baixada Maranhense, ambiente da Amazônia Legal, Maranhão. Início: 2015. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Geografia) - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente. (Orientador).

2.
Diogo Laércio Gonçalves. USO E OCUPAÇÃO DAS TERRAS NO BAIXO CURSO DO RIO PARANAPANEMA: conflitos e potencialidades da aplicação do Código Florestal. Início 2014.. Início: 2014. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Geografia) - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente. (Orientador).

3.
Josué C. Viegas. As transformações históricas e a dinâmica atual da paisagem na bacia do rio Pericumã/MA. Início: 2013. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Geografia) - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente, FAPESP. (Orientador).

4.
Liriane Gonçalves Barbosa. Análise de Sistemas Biogeográficos: A FLONA de Palmares/PI. Início: 2013. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Geografia) - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente, FAPESP. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Carlos Eduardo das Neves. Teoria e Método do Geossistema no Brasil. Início: 2015. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Geografia) - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente. (Orientador).

2.
Taíssa Caroline Silva Rodrigues. Aplicação do Sensoriamento Remoto e SIG´S: um estudo sobre a cobertura e uso da terra na microrregião do Gurupi, noroeste da Amazônia Maranhense, entre os anos de 1975 e 2015. Início: 2015. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Geografia) - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente. (Orientador).

3.
Paulo Alves de Mello. ZONEAMENTO AMBIENTAL APLICADO A GESTÃO DE UNIDADES DE PAISAGENS ATRAVÉS DE MAPEAMENTO DE FORMAÇÕES VEGETAIS COM ALTO PODER DE ESTABILIDADE ECOLÓGICA E HIDROGEOMORFOLÓGICA. Início: 2014. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Geografia) - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

4.
Maria Angelica Cavichiolli. Geoprocessamento aplicado à gestão do território. O exemplo de Manacapuru-AM. Início: 2003. Tese (Doutorado em Pós-Graduação) - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
PAULO ROBERTO MENDES PEREIRA. As transformações históricas e a dinâmica atual da paisagem do município de Pedro do Rosário, Baixada Maranhense - MA. 2017. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Geografia) - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente, Fundação de Amparo à Pesquisa ao Desenvolv. Científico e Tecnológico - MA. Orientador: Messias Modesto dos Passos.

2.
DIOGO LAÉRCIO GONÇALVES. USO E OCUPAÇÃO DAS TERRAS NO BAIXO CURSO DO RIO PARANAPANEMA: CONFLITOS E POTENCIALIDADES DA APLICAÇÃO DO CÓDIGO FLORESTAL. 2016. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Geografia) - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente, . Orientador: Messias Modesto dos Passos.

3.
Josué Carvalho Viegas. Diagnóstico dos agentes e processos atuantes na fragmentação da paisagem na bacia hidrográfica do rio Pericumã, ambiente da amazônia maranhense. 2015. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Geografia) - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Messias Modesto dos Passos.

4.
Liriane Gonçalves Barbosa. Análise de sistemas em biogeografia: estudo diagnóstico da cobertura vegetal da Floresta Nacional de Palmares, Altos-Piauí-Brasil. 2015. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Geografia) - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Orientador: Messias Modesto dos Passos.

5.
Jéssica de Lima Silva. Os desdobramentos e conflitos da criação do Parque Estadual Ilha do Cardoso sob a ótica do modelo GTP (Geossistema-Território-Paisagem). 2014. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação em Geografia) - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente, . Orientador: Messias Modesto dos Passos.

6.
Liana Gomes Netto. Produção do espaço e a questão ambiental na bacia do ribeirão Maringá/PR. 2013. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Estadual de Maringá, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Messias Modesto dos Passos.

7.
Dimitri Salum Moreira. O Programa Município Verde no Território de Paraguaçu Paulista/SP - a estrutura ambiental e as matas ciliares". 2011. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Estadual de Maringá, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Messias Modesto dos Passos.

8.
Reginaldo José de Souza. O sistema GTP (Geossistema-Território-Paisagem) aplicado ao estudo sobre as dinâmicas socioambientais em Mirante do Paranapanema/SP. 2010. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação) - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Messias Modesto dos Passos.

9.
Lucas César Frediani Sant´Ana. Abordagem das transformações sócio-espaciais e políticas públicas no município de Itaúna do Sul-PR a partir do modelo GTP. 2010. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Messias Modesto dos Passos.

10.
Júlia Brandão Kashiwagura. Ecoturismo na raia divisória São Paulo - Paraná - Mato Grosso do Sul: Parque Estadual Morro do Diabo e Parque Estadual das Várzeas do rio Ivinhema. 2010. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Messias Modesto dos Passos.

11.
Matheus Aparecido Godoy Ribeiro. A paisagem, uma ferramenta de análise para o desenvolvimento sustentável de territórios emergentes na interface entre natureza e sociedade. 2009. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Estadual de Maringá, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Messias Modesto dos Passos.

12.
Sandra Bertinelli da Costa. As transformações históricas e a dinâmica atual da paisagem da bacia hidrográfica do córrego Água da Marilena - Marilena/PR no período de 1970-2007. 2009. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Messias Modesto dos Passos.

13.
Érica dos Santos Pichinin. As transformações históricas e a dinâmica atual da paisagem no município de Euclides da Cunha Paulista/SP. 2009. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação) - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente, . Orientador: Messias Modesto dos Passos.

14.
Laura Freire Estêvez. Análise das Políticas Públicas e uso do solo no município de Porto Rico/PR. 2009. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Messias Modesto dos Passos.

15.
Edelaine Nabarrete Franco Delgado. Desenvolvimento local e meio ambiente: as transformações históricas da paisagem no município de Novo Itacolomi - PR (1975-2007). 2008. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Messias Modesto dos Passos.

16.
Viviane de Souza Vená. A (des)construção da paisagem no itinerário Maringá-Londrina: BR376 e ferrovia. 2007. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Messias Modesto dos Passos.

17.
Maria do Carmo Carvalho Faria. As transformações históricas e a dinâmica atual da paisagem na bacia hidrográfica do ribeirão Biguaçu - Apucarana/PR. 2007. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Messias Modesto dos Passos.

18.
Luciana Teixeira. A colonização no norte de Mato Grosso: o exemplo da Gleba Celeste. 2006. Dissertação (Mestrado em Pós-Graduação) - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente, . Orientador: Messias Modesto dos Passos.

19.
Marilza Luzia Soria Toniolo. As obras compensatórias e mitigatórias da UHE de Rosana - município de Terra Rica/Noroeste do Paraná. 2006. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Messias Modesto dos Passos.

20.
Neirieli Montina Bruschi. As transformações históricas e a dinâmica atual da bacia hidrográfica do rib. São Francisco - Noroeste do Paraná. 2006. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Messias Modesto dos Passos.

21.
Osmar Rigon. As transformações históricas da paisagem na bacia hidrografia do ribeirão Morangueira - Noroeste do Parana/Brasil. 2005. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Messias Modesto dos Passos.

22.
Amauri Duarte. Contrastes e Conflitos motivados pelo EIA/RIMA de São Geronimo/PR. 2004. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Messias Modesto dos Passos.

23.
Aparecido Silvério Labadessa. As transformações históricas e a dinâmica atual da paisagem na bacia hidrográfica do Ribeirão do Cedro - Noroeste do Paraná. 2003. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Messias Modesto dos Passos.

24.
Lucimara Liberali. Estudo fitossociológico da vegetação de cerrado de Campo Mourão-PR. 2003. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Estadual de Maringá, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Messias Modesto dos Passos.

25.
Dalésio Ostrovski. Desenvolvimento X Ambientalismo. O exemplo do Caminho do Colono - PNIguaçu. 2002. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Messias Modesto dos Passos.

26.
Gislaine Farias Garcia. As transformações Historicas da Paisagem na microbacia do ribeirão Cambé/Londrina. 2001. Dissertação - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente, . Orientador: Messias Modesto dos Passos.

27.
Gislaine Farias Garcia. As transformações Historicas da Paisagem na microbacia do ribeirão Cambé/Londrina. 2001. Dissertação - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente, . Orientador: Messias Modesto dos Passos.

28.
Luiz Eduardo Vicente. Geoprocessamento aplicado à gestão ambiental-urbana. 2001. Dissertação - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente, . Orientador: Messias Modesto dos Passos.

29.
Eloiza Torres. Uma proposta de Educação Ambiental para a Escola de Primeiro Grau. 2001. Dissertação - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Messias Modesto dos Passos.

30.
Rosalia Casarin. Mudança de Habitos Alimentares: o caso da olericicultura no municipio de Caceres/MT. 2001. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Estadual de Maringá, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Messias Modesto dos Passos.

31.
WILSON MARTINS JÚNIOR. Por uma eco-história das áreas verdes da cidade de Bauru/SP. 2000. Dissertação - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, . Orientador: Messias Modesto dos Passos.

32.
MARCELO ALVES NISHIKATA. A construção da paisagem no Garimpo de Poxoréo. 1999. Dissertação - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, . Orientador: Messias Modesto dos Passos.

33.
ROSANA CRISTINA BRIAL LEME. As transformações históricas da paisagem na microbacia do Ribeirão dos Guachos-Oeste Paulista.. 1999. Dissertação - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, . Orientador: Messias Modesto dos Passos.

34.
WALLACE DE OLIVEIRA. A Colonização Agrícola da Amazônia Matogrossense: o Exemplo de São José do Rio Claro/MT.. 1998. Dissertação - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, . Orientador: Messias Modesto dos Passos.

35.
JAILTON DIAS. As Potencialidades paisagísticas de uma região cárstica. O exemplo de Bonito/MT.. 1998. Dissertação - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, . Orientador: Messias Modesto dos Passos.

36.
PATRÍCIA HELENA MIRANDOLA AVELINO. Cáceres no contexto do processo de ocupação da Amazônia Matogrossense. 1998. Dissertação - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, . Orientador: Messias Modesto dos Passos.

37.
JACINTA DOS SANTOS. Caracterização Ambiental de Campo Grande/MS: os resíduos sólidos.. 1997. Dissertação - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, . Orientador: Messias Modesto dos Passos.

38.
MARIE CLAIRAY. La télédétection appliquée au suivi de la colonisation agricole au Mato Grosso - Brésil - un exemple: la fazenda Branca.. 1996. Dissertação - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, . Orientador: Messias Modesto dos Passos.

39.
AYR TREVISANELLI SALLES. Contribuições ao planejamento do uso do solo rural do município de Jauru/MT. 1995. Dissertação - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, . Orientador: Messias Modesto dos Passos.

40.
ELISEU RIBEIRO LIRA. A gênese de Palma-Tocantins. 1995. Dissertação - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, . Orientador: Messias Modesto dos Passos.

41.
LISANDRA PEREIRA LAMOSO. A ocupação da amazônia Matogrossense: o caso de Jauru/MT.. 1994. Dissertação - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, . Orientador: Messias Modesto dos Passos.

42.
Ruth Elias de Paula. Estudo Fitossociológico de Floresta Galeria em Santo Antônio do Descoberto/GO. 1992. Dissertação - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, . Orientador: Messias Modesto dos Passos.

43.
IONE CAVALCANTE DA SILVA. Impactos Ambientais Na Bacia do Ribeirao da Laranja Doce (Iniciacao Cientifica). 1989. Dissertação - Departamento de Geografia Humana e Regional, . Orientador: Messias Modesto dos Passos.

44.
CLEUSA APARECIDA DE SOUZA. Impactos Ambientais Recentes No Pontal do Paranapanema: Os Desmatamentos Autorizados (Iniciacao Cientifica). 1989. Dissertação - Departamento de Geografia Humana e Regional, . Orientador: Messias Modesto dos Passos.

45.
LISANDRA PEREIRA LAMOSO. A Problematica Amazonica (Iniciacao Cientifica). 1989. Dissertação - Departamento de Geografia Humana e Regional, . Orientador: Messias Modesto dos Passos.

46.
MARGARETE CRISTIANI DA COSTA TRINDADE. Analise Ambiental e Qualidade de Vida Na Cidade de Presidente Prudente/Sp. (Iniciacao Cientifica). 1989. Dissertação - Departamento de Geografia Humana e Regional, . Orientador: Messias Modesto dos Passos.

47.
EDER LUIZ DA SILVA. Estudo da Arborizacao Urbana de Presidente Prudente (Iniciacao Cientifica). 1989. Dissertação - Departamento de Geografia Humana e Regional, . Orientador: Messias Modesto dos Passos.

48.
NELMA CATARINA DE SOUZA/DIRCE MIEKO. Caracterizacao Ambiental de Presidente Prudente: Os Residuos Solidos. (Iniciacao Cientifica). 1986. Dissertação - Departamento de Geografia Humana e Regional, . Orientador: Messias Modesto dos Passos.

49.
MILTON MARIANO PASQUOTO. Estudos dos Cerrados Em Funcao da Variacao de Condicoes Ambientais. (Iniciacao Cientifica). 1986. Dissertação - Departamento de Geografia Humana e Regional, . Orientador: Messias Modesto dos Passos.

Tese de doutorado
1.
TAÍSSA CAROLINE SILVA RODRIGUES. Estudo da cobertura e uso da terra na microrregião do Gurupi, noroeste a Amazônia Maranhense, entre os anos 1976-2016, por meio da aplicação do sensoriamento remoto e SIG`s. 2018. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Geografia) - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente, Fundação de Amparo à Pesquisa ao Desenvolv. Científico e Tecnológico - MA. Orientador: Messias Modesto dos Passos.

2.
Paulo Alves de Melo. Paisagens setentrionais, entre veredas e culturas. 2017. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Geografia) - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Messias Modesto dos Passos.

3.
REGINALDO JOSÉ DE SOUZA. Raia Divisória ou Raia Socioambiental? Uma (re)definição baseada na análise da paisagem através do sistema GTP. 2015. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Geografia) - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Messias Modesto dos Passos.

4.
Lucas Cesar Frediani Sant´Ana. O uso do sensoriamento remoto na análise do papel dos agentes sucroalcooleiros no ordenamento da paisagem na microrregião de Paranavaí/PR. 2015. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Estadual de Maringá, . Coorientador: Messias Modesto dos Passos.

5.
Roberson Miranda de Souza. As singularidades cênicas do litoral paranaense: um olhar sobre a paisagem cultural de Guaraqueçaba/PR. 2014. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Messias Modesto dos Passos.

6.
Dalésio Ostrovsky. O direcionamento socioambiental da usina hidrelétrica binacional de Itaipu. 2013. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Messias Modesto dos Passos.

7.
Ana Paula Colavite. As transformações históricas e a dinâmica atual da paisagem de Corumbataí do Sul - PR. 2013. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Messias Modesto dos Passos.

8.
Regina Célia de Castro Pereira. As transformações históricas e a dinâmica atual da paisagem na alta bacia do Pericumã/MA. 2012. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Geografia) - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Messias Modesto dos Passos.

9.
Mauro Henrique Soares da Silva. Análise da paisagem do Pantanal da Nhecolândia: estudo de caso das Lagoas Salitradas sob a perspectiva do modelo GTP (Geossistema - Território - Paisagem).. 2012. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Geografia) - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Messias Modesto dos Passos.

10.
Osmar Rigon. As transformações históricas e a dinâmica atual da paisagem da bacia hidrográfica do rio Pirapó/PR. 2012. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Estadual de Maringá, . Orientador: Messias Modesto dos Passos.

11.
Sérgio Fajardo. Estratégias e territorialidades das cooperativas e das empresas globais no sestor agroindustrial no Paraná. 2007. Tese (Doutorado em Pós-Graduação) - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente, . Orientador: Messias Modesto dos Passos.

12.
Wallace de Oliveira. O reflexo das obras compensatórios/mitigatórias realizadas pela CESP no município de anaurilandia/MS. 2004. Tese - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Messias Modesto dos Passos.

13.
?HÉLDER HENRIQUE DE FARIA. Eficácia de gestão de unidades de conservação gerenciadas pelo Instituto Florestal de São Paulo, Brasil. 2004. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Geografia) - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente, . Orientador: Messias Modesto dos Passos.

14.
Jailton Dias. A construção da paisagem na raia divisória São Paulo - Paraná - Mato Grosso do Sul. 2003. Tese - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Messias Modesto dos Passos.

15.
Eloiza Cristiane Torres. As transformações históricas e a dinâmica atual da paisagem nas microbacias dos ribeirões Santo Antonio-SP, São Francisco-PR e Três Barras-MS. 2003. Tese - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Messias Modesto dos Passos.

16.
Maria Madalena Ferreira. Exploração de cassiterita em Rondônia. A (des)construção da paisagem no garimpo Bom Futuro-RO. 2003. Tese - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Messias Modesto dos Passos.

17.
Sonia Regina Romancini. Paisagens urbanas de Cuiaba/MT. 2001. Tese - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente, . Orientador: Messias Modesto dos Passos.

18.
Ruth Elias de Paula Laranja. Estudo fitossociologico de campos de murunduns/DF. 2001. Tese - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente, . Orientador: Messias Modesto dos Passos.

Supervisão de pós-doutorado
1.
Mirian Vizintim Barros. 2014. Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente, Fundação Araucária. Messias Modesto dos Passos.

2.
Eloiza C. Torres. 2012. Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente, . Messias Modesto dos Passos.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
MESSIAS MODESTO DOS PASSOS. O (re)ordenamento do território após a implantação da UHE Eng. Sérgio Motta e a efetivação dos reassentamentos rurais de responsabilidade da CESP. 2012. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Geografia do Brasil) - Universidade Estadual de Maringá, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Messias Modesto dos Passos.

2.
Laura Freires Estêvez. Políticas Públicas e Desenvolvimento Local. O caso de Porto Rico (PR). 2007. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Geografia do Brasil) - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Messias Modesto dos Passos.

3.
Lucas César Frediani Sant´Ana. Transformações socio-espaciais e políticas públicas no município de Itaúna do Sul - PR. 2007. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Geografia do Brasil) - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Messias Modesto dos Passos.

4.
Mariani Niguma. Estudo fitossociológico da mata ciliar do córrego Mandacaru - Noroeste do Paraná. 2007. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Geografia do Brasil) - Universidade Estadual de Maringá, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Messias Modesto dos Passos.

Iniciação científica
1.
Marina Brandt Bueno. Estudo dos impactos ambientais motivados pela implantação da usina sucroalcooleira Santa Terezinha, município Terra Rica/PR.. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade Estadual de Maringá, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Messias Modesto dos Passos.

2.
Rafael Gregoleti Alves dos Santos. ANÁLISE E IDENTIFICAÇÃO DAS PRINCIPAIS FORMAS DE EROSÃO, RECORRENTES NA VOÇOROCA SITUADA NA SUB-BACIA DO RIBEIRÃO PARACATU NAS CIDADES DE NOVA ESPERANÇA, ATALAIA E PRESIDENTE CASTELO BRANCO - PR. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Messias Modesto dos Passos.

3.
Belissa Cristina Saito. Por um estudo ecológico da paisagem. O exemplo de uma pequena propriedade rual no municipio de Marialva - Noroeste do Paraná. 2006. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Messias Modesto dos Passos.

4.
Fabiana Yashida. Por uma geo-foto-grafia do município de São Jorge do Ivaí: da fundação aos dias atuais.. 2006. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Messias Modesto dos Passos.

5.
Reginaldo José de Souza. Um estudo sobre o potencial paisagístico, colonização agrícola e a questão ambiental na Amazônia Matogrossense. 2006. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade Estadual Paulista, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Messias Modesto dos Passos.

6.
Érica dos Santos Pichinin. Colonização e desmatamento na área de expansão da fronteira agrícola: o caso da região de Sinop - Norte do Mato Grosso. 2006. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade Estadual Paulista, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Messias Modesto dos Passos.

7.
Angélica Nogueira. Os constrastes socioambientais de duas frentes pioneiras: "sulistsas" e "nortista" - raia do vale do Piquiri - Sudoeste do Paraná. 2006. Iniciação Científica. (Graduando em Geografia) - Universidade Estadual de Maringá. Orientador: Messias Modesto dos Passos.

8.
Jussara dos Santos Rosendo. Impactos socioambientais das serrarias instaladas no município de Vera-MT. 2002. Iniciação Científica - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Messias Modesto dos Passos.

9.
LUCIANA TEIXEIRA. As potencialidades paisagísticas e o avanço da fronteira agrícola na faixa da BR-163. De Cuiabá/MT a Santarém/PA. 2002. Iniciação Científica - Universidade Estadual Paulista - Campus de Presidente Prudente, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Messias Modesto dos Passos.



Inovação



Projetos de pesquisa


Educação e Popularização de C & T



Artigos
Artigos completos publicados em periódicos
1.
OSTROVSKI, D.2012OSTROVSKI, D. ; PASSOS, M. M. . INDICADORES DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL/INDICATORS OF THE SUSTAINABLE DEVELOPMENT. Revista Científica Inovação e Tecnologia, v. 1, p. 50-55, 2012.

2.
PASSOS, M. M.2018PASSOS, M. M.. O GTP aplicado ao estudo da bacia hidrográfica do ribeirão Santo Antônio / Sudoeste do Estado de São Paulo. IBEROGRAFIAS: REVISTA DE ESTUDOS IBÉRICOS, v. 33, p. 245-260, 2018.


Apresentações de Trabalho
1.
PASSOS, M. M.. O norte do Paraná: da soja a cana-de-açúcar. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
PASSOS, M. M.. Documentário em vídeo (22´): Cenas e cenários da BR-163. 2017. (Apresentação de Trabalho/Outra).


Cursos de curta duração ministrados
1.
PASSOS, M. M.. Para que Serve o GTP?. 2014. .

2.
PASSOS, M. M.. Como trabalhar o GTP (Geossistema-Território-Paisagem). 2014. .

3.
PASSOS, MESSIAS MODESTO DOS. GTP - FITOSSOCIOLOGIA. 2014. .



Outras informações relevantes


Participaçã em reuniões científicas:
2. 6º Encuentro de Geógrafos de América Latina. Buenos Aires-Argentina, 17 a 21 de março de 1997. (CNPq); (1)Mesa-redonda: "TELEDETECÇÃO APLICADA AO ESTUDO DA COLONIZAÇÃO AGRÍCOLA NA AMAZÔNIA MATOGROSSENSE. O exemplo da Fazenda Branca; (2) Comunicações livres: (a) A EVOLUÇÃO DA VEGETAÇÃO AMAZÔNICA. O EXEMPLO DO VALE DO GUAPORÉ/MT, (b) A DINÂMICA ATUAL DA PAISAGEM NO OESTE DO ESTADO DE SÃO PAULO; 
3. I Encontro Local de Pós-Graduação em Geografia . FCT-UNESP, Câmpus de Presidente Prudente - 8 a 9 de maio de 1997; coordenador dos debates sobre a linha de pesquisa "Planejamento Ambiental".
4. 3º Seminário sobre o pensamento geográfico, FCT-UNESP, Câmpus de Presidente Prudente - 28 a 30 de agosto de 1997.
5. Segunda Reunião do Grupo Atlantis - Projeto Geoide (Geografia Investigação para o Desenvolvimento). Presidente Prudente, 11 a 21 de julho de 1997. (CE-UNESP). Exposição Oral: "Brasil- uma breve geografia.
6. Professeur Associés ao Laboratoire Costel/Université Rennes 2 - France.
7. Professor convidado do Programa de Mestrado em Geografia da Universidade de Coimbra/PO para ministrar - a cada dois anos - Topicos Especiais: A contribuição Portuguesa à Formação socioespacial Brasileira (2002 e 2012)
8. Co-organizador do livro "L'environnement et Teledetection au Bresil: Amazonie, Mato Grosso et Parana. Universite Rennes 2 - France: 280 paginas, 2002;
9. Enseignant Invité: Université Rennes 2, para ministrar o Curso: "Brasil: um pais tropical, desigualmente desenvolvido", no periodo de 20/04 a 20/05 de 2002. O curso foi desenvolvido em 16 horas aulas, abordando os seguintes topicos: Le Climat du Brésil; La végétation du Brésil; La matrice energetique
(18/07/2005)
11 - Enseignant Invité Université Rennes 2/Cahiers des Ameriques para proferir uma série de 5 Conferências: janeiro-fevereiro/2012.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/01/2019 às 23:59:10