Luiz Antonio da Silva Teixeira

Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 2

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/9439210358405759
  • Última atualização do currículo em 05/11/2018


Sou graduado em História pela UFRJ (1987), mestre em Saúde Coletiva pela UERJ (1994) e doutor em História Social pela USP, em 2001. Há anos faço parte da equipe da Casa de Oswaldo Cruz (Fiocruz), trabalhando no Programa de Pós-graduação e no Departamento de Pesquisa em História das Ciências e da Saúde. Mais recentemente me credenciei no Programa de Pós-graduação em Saúde da Criança e da Mulher do Instituto Fernandes Figueira e no Programa de Pós-graduação em Saúde da Família, da Universidade Estácio de Sá . Por muito tempo trabalhei com a trajetória de instituições científicas. Nos últimos anos tenho trabalhado com História da Saúde Pública, o que me levou a coordenar um projeto sobre o controle do câncer no país e a publicar dois livros sobre o tema. Como pesquisador e professor, venho atuando na área de História das Ciências, com objetos da História da Saúde, e na área da Saúde Coletiva, com temas relacionados à saúde da mulher. Tenho interesse pelos seguintes temas: historia da medicina e da saúde no Brasil, políticas de controle do câncer no Brasil e saúde da mulher. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Luiz Antonio da Silva Teixeira
Nome em citações bibliográficas
TEIXEIRA, L. A.;TEIXEIRA, Luiz Antonio;TEIXEIRA, Luiz;Teixeira, Luiz Antônio

Endereço


Endereço Profissional
Fundação Oswaldo Cruz, Casa Oswaldo Cruz.
av Brasil 4036 sala 403
Manguinhos
22290080 - Rio de Janeiro, RJ - Brasil
Telefone: (21) 38829084
Fax: (21) 5984221
URL da Homepage: http://www.fiocruz.br e-mail: teixeira@fiocruz.br


Formação acadêmica/titulação


1996 - 2001
Doutorado em História Social.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: A Sociedade de Medicina e Cirurgia de São Paulo 1895-1913, Ano de obtenção: 2001.
Orientador: Maria Amelia dantes.
Palavras-chave: Historia das Ciencias; Historia da Medicina.
1992 - 1994
Mestrado em Saúde Coletiva.
Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ, Brasil.
Título: Ciência e Saúde na Terra dos Bandeirantes: a trajetória do Instituto Pasteur de São Paulo de 1903 a 1916,Ano de Obtenção: 1994.
Orientador: Luiz Antonio Castro Santos.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: História da Saúde Pública; Historia das Ciencias; História das Instituições Científicas; Historia da Medicina.
Grande área: Ciências Humanas
Setores de atividade: Outros.
1982 - 1987
Graduação em História.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.




Atuação Profissional



Universidade Estácio de Sá, UNESA, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 20

Vínculo institucional

2001 - 2001
Vínculo: Contratado, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 5

Atividades

08/2013 - Atual
Ensino, Mestrado Profissional em Saúde da Família, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
História da Saúde no Brasil
08/2001 - 12/2001
Ensino, Medicina, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História da Medicina

Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Vínculo institucional

1995 - 1995
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: serviços prestados, Carga horária: 20

Atividades

7/1995 - 9/1995
Serviços técnicos especializados , Fórum de Ciência e Cultura, .

Serviço realizado
exposição.

Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ, Brasil.
Vínculo institucional

1987 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 40
Outras informações
Professor - pesquisador

Atividades

07/2010 - Atual
Ensino, Saúde da Criança e da Mulher, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Gênero e Biomedicina
Gênero, Biomedicina, História e Saúde Pública
02/2010 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Instituto Fernandes Figueira, .

03/2003 - Atual
Ensino, Pós-graduação em história das ciências da saúde, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
História da saúde pública no Brasil
História e historiografia da saúde pública
Gênero, Biomedicina e Saúde Pública
4/1988 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Casa Oswaldo Cruz, .

07/2009 - 07/2013
Direção e administração, Casa de Oswaldo Cruz Fiocruz, Departamento de Pesquisa.

Cargo ou função
Chefe de Departamento.
09/2007 - 07/2009
Conselhos, Comissões e Consultoria, Casa de Oswaldo Cruz Fiocruz, Departamento de Pesquisa.

Cargo ou função
Conselheiro.
09/2005 - 07/2009
Conselhos, Comissões e Consultoria, Casa de Oswaldo Cruz Fiocruz, Programa de pós-graduação em História das Ciências e da Saúde.

Cargo ou função
Membro da Comissão de Pós-Graduação (CPG).


Linhas de pesquisa


1.
Estudos sócio-antropológicos sobre reprodução, saúde e direitos
2.
História do controle do câncer no Brasil

Objetivo: Objetiva analisar o desenvolvimento das políticas públicas de controle do câncer no século XX, sua relação com o processo de transformações da política nacional de saúde e com as transformações no conhecimento médico..
Grande área: Ciências Humanas
Setores de atividade: Outros.
Palavras-chave: Historia das Ciencias; História das Instituições Científicas; História da Saúde Pública.
3.
História das Doenças


Projetos de pesquisa


2017 - Atual
Malformações no Brasil: patologia, genética e quadro legal
Descrição: Este projeto tem como objeto as práticas de diagnóstico e manejo das situações de malformações fetais severas e potencialmente letais no Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira (IFF), na cidade do Rio de Janeiro. Seu objetivo é examinar como as inovações biomédicas, a organização do trabalho médico, e fatores sociais, econômicos, políticos e legais modelam as percepções profissionais da gravidez, do desenvolvimento fetal e de seus riscos, e analsar as práticas daí advindas. Busca-se (1) descrever o quadro regulatório da anatomia patológica no Brasil; (2) analisar o papel de fatores materiais, institucionais, organizacionais e legais nas práticas do serviço de anatomia patológica do IFF, relacionadas com o diagnóstico de malformações fetais; (3) observar a produção de normas que guiam as definições de normal e de patológico no contexto da patologia fetal do IFF; (4) analisar a demanda pela interrupção legal da gravidez no IFF por motivo de malformações fetais incompatíveis com a vida e o contexto profissional e institucional para o atendimento dessas demandas e (5) discutir comparativamente as práticas dos patologistas fetais do Brasil e da França, identificando convergências e diferenças nos quadros legais e materiais. O estudo é baseado em uma combinação de métodos de observação direta, entrevistas e de análise documental.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2017 - Atual
Genetics as Public Health in Brazil. Integrating Rare Genetic Disease and Beyond
Descrição: The project aims to increase local capacity and knowledge relating to the integration of rare genetic disease into public health in Brazil. In doing so it will contribute to comparative research examining the global expansion of genomic medicine. In 2014 Brazilian legislation guaranteed for the first time the comprehensive integration of rare genetic disease within public health. Responding to this critical moment the network will collaboratively develop preliminary qualitative research in clinical and non-clinical contexts that can empirically examine how these developments are currently unfolding. It will examine what the obstacles, as well as the expectations and benefits, are of these developments for a range of scientists, health professionals, publics and patients. The network will include leading geneticists and social scientists from three newly established reference centres located in comparatively diverse regions in Brazil, including Porto Alegre, Salvador and Rio de Janeiro, as well as international collaborators..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - Atual
Medicalização dos nascimentos, uma visão comparada entre o Brasil, a França e a Turquia
Descrição: O projeto analisa em perspectiva histórica e sociológica o processo de medicalização do parto no Brasil, Turquia e França, buscando compreender o papel de diferentes configurações que tornaram possível o novo estatuto do parto. Assim, visa-se desconstruir categorias medicalizadas já naturalizadas sobre nascimento e parto, colocando no centro da análise o processo de normalização de um conjunto de inovações técnicas e de práticas médicas que foram introduzidos no correr do tempo no âmbito dos nascimentos, de diferentes formas e intensidades, nos diversos países em análise. De forma específica, procuramos identificar a singularidade das trajetórias das técnicas e práticas médicas direcionadas ao parto: singularidade segundo os países, os sistemas de saúde, as estruturas legais e de regulação, as culturas da medicina, a configuração das instituições de saúde e a organização da assistência..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Luiz Antonio da Silva Teixeira - Coordenador / Carlos Henrique Assunção Paiva - Integrante / Ilana Löwy - Integrante / Claudia Bonan Janott - Integrante / Maria do Carmo Leal - Integrante / Andreza Rodrigues Nakano - Integrante / Carla Gruzman - Integrante / MIGUEL ERNESTO GABRIEL COUCEIRO de OLIVEIRA - Integrante.
2016 - Atual
A Medicalização dos Nascimentos no Brasil
Descrição: O processo de medicalização do parto e suas consequências é um desafio para a sociedade brasileira. A grande utilização de intervenções e tecnologias desnecessárias e em desacordo com evidências científicas são exemplos desse problema. Em sentido inverso, vive-se um momento de mudanças e desafios à assistência obstétrica impulsionados pelo movimento de humanização do parto e outros agentes. Os movimentos sociais de mulheres em defesa da integridade corporal e psicológica no processo de parturição estão, cada vez mais, envolvidos em ações públicas contra o excesso de cesarianas na Saúde Suplementar, defendendo o direito ao parto normal e humanizado. No campo governamental, estratégias recentes apontam novos caminhos para atenção obstétrica no Brasil. Entre elas, destaca-se a Rede Cegonha, que tem como objetivo a criação de um ?novo modelo? de atenção ao parto, nascimento e à saúde da criança. Este projeto objetiva analisar, por intermédio de pesquisa qualitativa de caráter histórico e sociológico, a trajetória da medicalização do parto, com foco nas recentes ações governamentais dirigidas à expansão do parto adequado no Brasil e no processo de ampliação das discussões e críticas ao excesso de intervenções no parto, hoje existentes . O recorte de análise compreende o século XXI. Pretende-se especificamente investigar a atuação da saúde da família em relação ao parto, avaliando retrospectivamente as ações empreendidas nesse sentido e, na contemporaneidade, as possibilidades de incentivo ao parto adequado. Questões como a contribuição da saúde da família ao pré-natal adequado, a eficiência no processo de referenciamento as diferentes maternidades, as representações das mulheres sobre o acompanhamento pré-natal e do parto estão no centro desse estudo..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - Atual
Uma História do Câncer de Mama no Brasil durante o século XX
Descrição: Trata-sde de uma bolsa de produtividade do CNPq (PQ nivel 2) Este projeto tem por objeto as ações para o controle do câncer de mama no Brasil, analisando o desenvolvimento dos conhecimentos e práticas médicas sobre essa doença e sua consolidação como políticas de saúde. A análise contemplará a ampliação das preocupações médicas com o câncer, no final do século XIX, o desenvolvimento das técnicas cirúrgicas, durante a primeira metade do século XX, o surgimento das terapias quimioterápicas a partir dos anos 1950 e o desenvolvimento de diferentes formas de diagnóstico precoce como o auto-exame e os exames clínicos das mamas. Nesse aspecto, teremos como principal foco o desenvolvimento da mamografia, nos anos 1970 e as questões relacionadas às possibilidades de prevenção dessas doenças a partir de campanhas de rastreamento populacional. No que se refere aos cuidados com os acometidos pela doença, o estudo se direcionará à trajetória das instituições relacionadas à prevenção e tratamento, em especial para os hospitais de câncer de origem pública ou filantrópica. No campo da história das técnicas e práticas científicas teremos como principal foco o desenvolvimento das concepções sobre diagnóstico precoce e o desenvolvimento da tecnologia de exames de exames de imagens das mamas. Trata-se de conhecer como o processo de estabilização da mamografia, sua relação com os outros exames diagnósticos então empregados e os debates e controvérsias sobre o uso dessa tecnologia no país. Ocorridos desde a década de 1970. Atualmente, o discurso médico sobre o câncer de mama sugere que a doença está fortemente relacionada aos modos vida contemporâneos, e que seu controle deve ter como base a prevenção primária, a ampliação do diagnóstico precoce e a melhoria na qualidade dos tratamentos. Com essa pesquisa objetivamos ampliar a compreensão sobre as interseções entre o desenvolvimento técnico, as mudanças na compreensão dessa doença e as demandas dos movimentos sociais por ações para o seu controle, mostrando como esse ajudaram a formatar as políticas de controle da doença..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - Atual
Câncer e atenção primária à saúde no Brasil
Descrição: Este projeto tem por objeto as ações para o controle do câncer no Brasil, analisando o desenvolvimento dos conhecimentos e práticas médicas sobre essa doença e sua consolidação como políticas de saúde. A análise contemplará a ampliação das preocupações médicas com o câncer, a partir das três últimas décadas do século XX, o desenvolvimento de novas tecnologias de diagnóstico e, em especial, o desenvolvimento da noção de rastreamento de diferentes canceres e as controvérsias a seu respeito. A linha de cuidados direcionada ao câncer, define a responsabilidade da atenção primária à saúde em relação às ações de promoção, prevenção, detecção precoce e cuidados paliativos, ou seja, em todos os níveis de prevenção da história natural da doença. No que tange a prevenção, temos como principal foco o desenvolvimento e estabilização da mamografia e as questões relacionadas às possibilidades de prevenção do câncer de mama a partir de campanhas de rastreamento populacional. No que se refere aos cuidados com os acometidos pela doença, o estudo se direcionará à trajetória das instituições relacionadas à prevenção e tratamento, em especial para os hospitais de câncer de origem pública ou filantrópica. No campo das técnicas e práticas científicas teremos como principal foco o desenvolvimento das concepções sobre diagnóstico precoce e o desenvolvimento da tecnologia de exames de exames de imagens. A Política Nacional de Atenção Oncológica hoje caracteriza-se como a estratégia para ações integradas de controle dos diversos tipos de câncer. Essa política destaca o papel da atenção básica na detecção precoce dos cânceres de mama e do colo do útero. Devido a essa relação, tais doenças serão o foco privilegiado de nossa analise. Esse projeto contou com bolsa de produtividade da Estácio no ano de 2015 e conta com a colaboração da Casa de Oswaldo Cruz.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: / Mestrado profissional: (2) .
Integrantes: Luiz Antonio da Silva Teixeira - Coordenador.Número de orientações: 2
2016 - Atual
A Medicalização dos Nascimentos no Brasil
Descrição: O processo de medicalização do parto e suas consequências é um desafio para a sociedade brasileira. A grande utilização de intervenções e tecnologias desnecessárias e em desacordo com evidências científicas são exemplos desse problema. Em sentido inverso, vive-se um momento de mudanças e desafios à assistência obstétrica impulsionados pelo movimento de humanização do parto e outros agentes. Os movimentos sociais de mulheres em defesa da integridade corporal e psicológica no processo de parturição estão, cada vez mais, envolvidos em ações públicas contra o excesso de cesarianas na Saúde Suplementar, defendendo o direito ao parto normal e humanizado. No campo governamental, estratégias recentes apontam novos caminhos para atenção obstétrica no Brasil. Entre elas, destaca-se a Rede Cegonha, que tem como objetivo a criação de um ?novo modelo? de atenção ao parto, nascimento e à saúde da criança. Este projeto objetiva analisar, por intermédio de pesquisa qualitativa de caráter histórico e sociológico, a trajetória da medicalização do parto, com foco nas recentes ações governamentais dirigidas à expansão do parto adequado no Brasil e no processo de ampliação das discussões e críticas ao excesso de intervenções no parto, hoje existentes . O recorte de análise compreende o século XXI. Pretende-se especificamente investigar a atuação da saúde da família em relação ao parto, avaliando retrospectivamente as ações empreendidas nesse sentido e, na contemporaneidade, as possibilidades de incentivo ao parto adequado. Questões como a contribuição da saúde da família ao pré-natal adequado, a eficiência no processo de referenciamento as diferentes maternidades, as representações das mulheres sobre o acompanhamento pré-natal e do parto estão no centro desse estudo..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2014 - Atual
Formação de gestores para Atenção Básica no Brasil: trajetória e perspectiva para o campo
Descrição: O tema da formação de gestores para instituições e sistemas de saúde no Brasil tem sido, nas últimas décadas, ascendente na agenda de estudiosos e gestores setoriais. Em que pese o relativo aumento de pesquisas e iniciativas políticas nessa área, os problemas registrados não são poucos, vão desde a baixa profissionalização dos gestores até questões relativas aos modelos de gestão vigentes e dominantes no setor. Sem perder de vista as iniciativas mais organizadoras e estruturantes do campo da Gestão em saúde, esse projeto de pesquisa tem como objetivo compreender a conformação e as perspectivas colocadas para a área de formação de gestores para instituições e sistemas de saúde no Brasil..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: / Mestrado profissional: (1) .
Integrantes: Luiz Antonio da Silva Teixeira - Integrante / Carlos Henrique Assunção Paiva - Coordenador.
2013 - Atual
Indústria farmacêutica, médicos e Estado: a trajetória dos contraceptivos hormonais no Brasil
Descrição: A pesquisa proposta tem como objetivo geral analisar a trajetória dos contraceptivos hormonais no Brasil, de 1960 a 2010. Pretende-se conhecer como esses produtos foram introduzidos e difundidos ao longo desse período, quais foram as estratégias dos laboratórios para lança-los no mercado, como evoluiu a sua regulamentação pelas autoridades de saúde e como se desenvolveu apolítica de assistência farmacêutica relacionada a contraceptivos hormonais no Brasil..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Luiz Antonio da Silva Teixeira - Integrante / Ilana Löwy - Integrante / Claudia Bonan Janott - Coordenador / Katia Silveira da Silva - Integrante / Marilena Cordeiro Dias Vilela Correa - Integrante / Emilia Sanabria - Integrante.
2012 - 2017
A trajetória do controle do câncer de colo do útero no Brasil
Descrição: Apesar dos avanços da organização das ações para o controle do câncer de colo do útero, a doença ainda hoje se configura como um problema de saúde persistente em várias regiões do Brasil, demonstrando que problemas sociais de diferentes aspectos a ele se relacionam. Tais questões muitas vezes estão relacionadas ao processo de organização do sistema de saúde, à divisão do trabalho nesse campo, às tensões entre as especialidades médicas, às diferentes características das culturas médicas locais e às variações nas práticas administrativas. Ou seja, em elementos que estão fortemente enraizados em nossa história. Partindo desse diagnóstico, a pesquisa objetiva jogar alguma luz nas razões para as dificuldades de execução da detecção do câncer do colo do útero no Brasil. A partir do cruzamento da literatura científica e institucional sobre as políticas de prevenção a doença, das informações obtidas a partir da metodologia da história oral e de uma bibliografia internacional sobre o tema ainda pouco conhecida no país, o projeto visa produzir conhecimentos no campo da história da prevenção ao câncer de colo de útero no Brasil. No campo da criação de acervos documentais, buscamos produzir uma base de dados com depoimentos orais dos responsáveis pela gestão de políticas públicas relacionadas à doença e organizar um fundo documental sobre o tema..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (2) Doutorado: (1) .
Integrantes: Luiz Antonio da Silva Teixeira - Coordenador / Vanessa Lana - Integrante / Marco Antonio Teixeira Porto - Integrante / Paula Arantes Botelho Briglia Habib - Integrante / Laurinda Rosa Maciel - Integrante / Márcio Magalhães - Integrante.
2010 - 2012
Instituições e Políticas de Controle do Câncer no Brasil 1920-1960
Descrição: O projeto O Controle do Câncer no Brasil, desenvolvido na Casa deOswaldo Cruz/ Fiocruz com auxílio do CNPq, analisa a trajetória das Instituições e Políticas de Controle do Câncer no Brasil no período 1920-1960.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2010 - 2011
A expansão do rastreio do câncer cervical e a formação de citotécnicos no Brasil
Descrição: O projeto analisa o processo de formação de recursos humanos para as campanhas e programas de rastreio de câncer cervical no país, focalizando a trajetória da formação de citotécnicos. Tais profissionais são responsáveis pela leitura das lâminas dos exames citopatológicos, em especial, o exame Papanicolaou, preventivo do câncer do colo uterino..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2012
História, Ciência, Educação e Saúde: as campanhas de prevenção do câncer no contexto do desenvolvimento da cancerologia no Brasil (edital COC)
Descrição: Objetiva analisar a trajetória do controle do câncer no Brasil entre o final da década de 1940 e os primeiros anos do século XXI, se centrando nas ações de educação em saúde elaboradas pelas instituições públicas voltadas para o controle da doença no país..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) .
Integrantes: Luiz Antonio da Silva Teixeira - Coordenador / Vania da Rocha - Integrante / Claudia Jurberg - Integrante / Aline Lopes Lacerda - Integrante.Financiador(es): Casa de Oswaldo Cruz - Fiocruz - Auxílio financeiro.
2009 - 2012
O controle do cancer no Brasil na segunda metade do século XX
Descrição: Trata da trajetória do controle do câncer no Brasil, com ênfase nas campanhas de prevenção ao câncer cervical. Os principais objetos de análise são as políticas e instituições públicas relacionadas à doença, a ações de educação em saúde por elas elaboradas e as campanhas de rastreamento de câncer cervical postas em prática a partir da década de 1970. Trabalhamos o período que se estende entre o final da década de 1940 e os primeiros anos do século XXI, momento onde se inicia o processo de construção de uma política nacional voltada para o controle do câncer e surgem as primeiras campanhas de prevenção..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) Doutorado: (1) .
Integrantes: Luiz Antonio da Silva Teixeira - Coordenador / Vania da Rocha - Integrante / Ilana Löwy - Integrante.Financiador(es): Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro.
2006 - 2009
O controle do câncer no Brasil: políticas e ações de saúde pública no século XX
Descrição: O projeto analisa o controle do câncer no Brasil entre o início do século XX e os anos 1960, se centrando nas políticas públicas e nas instituições relacionadas ao combate à doença e em particular na trajetória do Instituto Nacional de Câncer . Analisamos dois aspectos diferentes: o desenvolvimento das políticas públicas de controle do câncer, e sua relação com o processo mais geral de transformações da política nacional de saúde e o processo de criação e trajetória institucional do INCA.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Luiz Antonio da Silva Teixeira - Coordenador / Cristina Maria Oliveira Fonseca - Integrante / Rômulo de Paula Andrade - Integrante / Vanessa Lana - Integrante.Financiador(es): Instituto Nacional de Câncer - Cooperação.
Número de produções C, T & A: 1
2005 - 2006
Sobre a trajetória do Istituto Butantan
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2004 - 2011
Observatório História e Saúde
Descrição: O Observatório História e Saúde é uma ação permanente do Departamento de Pesquisa em História das Ciências e da Saúde, da Casa de Oswaldo Cruz- Fiocruz. Integra a Rede Observatório de Recursos Humanos em Saúde (ObservaRH) e foi instituído em 2004, em iniciativa conjunta com a Organização Pan-americana da Saúde (Opas) e o Ministério da Saúde. Tem como propósito promover o uso de abordagens históricas como subsídio para a formulação e avaliação de políticas públicas nas áreas de educação e trabalho em saúde, bem como componente dos processos de formação e capacitação profissional. Mais recentemente, tem-se dedicado a novos objetos, mantendo, no entanto, a sua preocupação central no que tange às relações entre história e contemporaneidade nas questões da saúde e para a cooperação internacional em saúde. Para tanto, realiza e apóia a realização de estudos históricos, organiza eventos e publicações, assim como desenvolve e permite acesso a bases bibliográficas e outras fontes de informação especializada...
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Luiz Antonio da Silva Teixeira - Integrante / Carlos Henrique Assunção Paiva - Coordenador / Fernando Antonio Pires Alves - Integrante / Carlos Fidelis da Ponte - Integrante.
2001 - 2011
História da Medicina e da Saúde Pública em São Paulo: Médicos e Instituições Biomédicas na Era Republicana
Descrição: O projeto analisa o campo médico paulista durante a Primeira República através de trabalhos históricos institucionais e biográficos. Nossos estudos têm se voltado para as instituições fundadas em São Paulo, entre o final do Império e o início da Primeira República - momento em que o desenvolvimento da cafeicultura com base na importação de mão de obra livre determinou um grande desenvolvimento sócio-econômico na região. Além do viés institucional, procuramos dar especial atenção à trajetória de médicos cientistas que tiveram papel relevante na criação e desenvolvimento dessas instituições. Entre nossos objetos de estudos destacam-se as principais instituições produtoras de vacinas no Estado durante a República Velha: o Instituto Vacinogênico e o Instituto Butantan. O Vacinogênico foi objeto de um trabalho que se deteve na análise de sua trajetória durante o período que se estende de sua criação, em 1892, a 1918, momento em que ele foi incorporado ao outra instituição paulista. A análise sobre o Instituto Butantan se voltou para o período 1918-1938, quando o instituto começou a reformular o seu modelo original de organização, criado por Vital Brasil..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2001 - 2011
Aspectos históricos e contemporâneos da divulgação científica
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Membro de corpo editorial


2007 - Atual
Periódico: Cadernos de História da Ciência: Instituto Butantan


Revisor de periódico


2001 - Atual
Periódico: História, Ciências, Saúde-Manguinhos (Impresso)
2011 - Atual
Periódico: Psicologia: Teoria e Prática (Impresso)
2007 - Atual
Periódico: Cadernos de História da Ciência
2014 - Atual
Periódico: Interface - Comunicação, Saúde, Educação
2016 - Atual
Periódico: Cadernos de Saúde Pública (ENSP. Impresso)
2016 - Atual
Periódico: Saude em Debate
2016 - Atual
Periódico: Cadernos Saúde Coletiva (UFRJ)
2016 - Atual
Periódico: Journal of Public Health


Revisor de projeto de fomento


2018 - Atual
Agência de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
2016 - Atual
Agência de fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências da Saúde / Área: Saúde Coletiva.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História das Ciências.


Idiomas


Francês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.
Inglês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2016
Bolsa de Produtividade em Pesquisa, UNESA.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
2ARAUJO NETO, L. A.2018ARAUJO NETO, L. A. ; TEIXEIRA, L. A. . O câncer no Ceará: a conformação de um problema médico-social, 1940-1954. História, Ciências, Saúde-Manguinhos, v. 25, p. 181-198, 2018.

2.
1DIAS, TÂNIA MARIA2018DIAS, TÂNIA MARIA ; BONAN, CLAUDIA ; NAKANO, ANDREZA RODRIGUES ; Teixeira, Luiz Antônio . A pílula da oportunidade: discursos sobre as pílulas anticoncepcionais em A Gazeta da Farmácia, 1960-1981. HISTÓRIA, CIÊNCIAS, SAÚDE-MANGUINHOS (IMPRESSO), v. 25, p. 725-742, 2018.

3.
8BONAN, C.2017BONAN, C. ; NAKANO, A. R. ; TEIXEIRA, L. A. . Absorção e metabolização dos hormônios sexuais e sua transformação em tecnologias contraceptivas: percursos do pensamento médico no Brasil. Ciência & Saúde Coletiva, v. 22, p. 107-116, 2017.

4.
7PIMENTEL, A. C. L.2017PIMENTEL, A. C. L. ; GAUDENZI, P. ; JANOTT, C. B. ; TEIXEIRA, L. A. . A breve vida do Norplant® no Brasil: controvérsias e reagregações entre ciência, sociedade e Estado. Ciência e Saúde Coletiva (Impresso), v. 22, p. 43-52, 2017.

5.
6ALVES NETO, L.2017ALVES NETO, L. ; TEIXEIRA, L. A. . De doença da civilização a problema de saúde pública: câncer, sociedade e medicina brasileira no século XX. BOLETIM DO MUSEU PARAENSE EMÍLIO GOELDI. SÉRIE CIÊNCIAS HUMANAS, v. 12, p. 173-188, 2017.

6.
4TEIXEIRA, Luiz Antonio2017TEIXEIRA, Luiz Antonio; PAIVA, Carlos Henrique Assunção ; FERREIRA, V. N. . A Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco da Organização mundial da Saúde na agenda política brasileira, 2003-2005. Cadernos de Saude Publica, v. 33, p. 114-124, 2017.

7.
6NAKANO, A. R.2017NAKANO, A. R. ; JANNOTTI, C. B. ; TEIXEIRA, L. A. . O trabalho de parto do obstetra: estilo de pensamento e normalização do -parto cesáreo- entre obstetras. Physis (UERJ. Impresso), v. 27, p. 415-432, 2017.

8.
3FERREIRA, V. N.2017FERREIRA, V. N. ; Teixeira, Luiz Antônio ; ALVES NETO, L. . Comunicação, Divulgação e Prevenção: o Câncer de Mama no Jornal O Globo (1925-2000). REVISTA BRASILEIRA DE CANCEROLOGIA, v. 63, p. 157-164, 2017.

9.
9Teixeira, Luiz Antônio2016Teixeira, Luiz Antônio. A trajetória do Instituto Butantan: pesquisa e produção de imunobiológicos para a saúde pública. Revista Brasileira de Inovação, v. 15, p. 165-174, 2016.

10.
10NAKANO, ANDREZA RODRIGUES2016NAKANO, ANDREZA RODRIGUES ; BONAN, CLAUDIA ; Teixeira, Luiz Antônio . Cesárea, aperfeiçoando a técnica e normatizando a prática: uma análise do livro Obstetrícia, de Jorge de Rezende. História, Ciências, Saúde-Manguinhos (Online), v. 23, p. 155-172, 2016.

11.
14TEIXEIRA, Luiz Antonio2015TEIXEIRA, Luiz Antonio. Rodolfo dos Santos Mascarenhas: a pioneer of health history. Ciência e Saúde Coletiva (Impresso), v. 20, p. 1135-1141, 2015.

12.
12NAKANO, A. R.2015NAKANO, A. R. ; JANOTT, C. B. ; TEIXEIRA, L. A. . A normalização da cesárea como modo de nascer: cultura material do parto em maternidades privadas no Sudeste do Brasil. Physis: Revista de Saúde Coletiva, v. 25, p. 885-904, 2015.

13.
15TEIXEIRA, L. A.2015TEIXEIRA, L. A.; TEIXEIRA-COSTA, L. ; HINGST-ZAHER, E. . Vital Brazil: um pioneiro na prática da ciência cidadã. Cadernos de História da Ciência, v. 10, p. 2014-54, 2015.

14.
11LANA, V.2015LANA, V. ; TEIXEIRA, L. A. . A colposcopia no diagnóstico precoce do câncer do colo do útero: a experiência norte-americana. Revista Brasileira de História da Ciência, v. 8, p. 39-50, 2015.

15.
13TEIXEIRA, Luiz Antonio2015TEIXEIRA, Luiz Antonio. From gynaecology offices to screening campaigns: a brief history of cervical cancer prevention in Brazil. História, Ciências, Saúde-Manguinhos (Impresso), v. 22, p. 221-239, 2015.

16.
17ERASO, Y.2014ERASO, Y. ; TEIXEIRA, L. A. . CONTROLLING FEMALE CANCER IN SOUTH AMERICA. POLICIES, PROFESSIONAL GROUPS, AND HEALTH STRATEGIES IN THE TWENTIETH AND TWENTIETH-FIRST CENTURY. Dynamis (Granada), v. 34, p. 17-24, 2014.

17.
22TEIXEIRA, L. A.2014TEIXEIRA, L. A.; Pumar, Leticia . Tecnologia e campos disciplinares: os citotécnicos e a implementação do teste de papanicolaou no Brasil. Dynamis (Granada), v. 4, p. 49-72, 2014.

18.
18PAIVA, Carlos Henrique Assunção2014PAIVA, Carlos Henrique Assunção ; TEIXEIRA, Luiz Antonio . Health reform and the creation of the Sistema Único de Saúde: notes on contexts and authors. História, Ciências, Saúde-Manguinhos (Online), v. 21, p. 1-21, 2014.

19.
21PAIVA, Carlos Henrique Assunção2014PAIVA, Carlos Henrique Assunção ; TEIXEIRA, Luiz Antonio . Reforma sanitária e a criação do Sistema Único de Saúde: notas sobre contextos e autores. História, Ciências, Saúde-Manguinhos (Impresso), v. 21, p. 15-35, 2014.

20.
16SOPHIA, DANIELA CARVALHO2014SOPHIA, DANIELA CARVALHO ; TEIXEIRA, Luiz Antonio . Ciência, política e reforma sanitária nas páginas da revista (1970-1980). Saude em Debate, v. 38, p. 416-428, 2014.

21.
19SOUZA, C. M. C.2014SOUZA, C. M. C. ; TEIXEIRA, L. A. ; LANA, V. . O Hospital Aristides Maltez e as campanhas de detecção do câncer do colo do útero no interior baiano. Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores(as) Negros(as) - ABPN, v. 6, p. 129-152, 2014.

22.
20BAHIA, LÍGIA2014BAHIA, LÍGIA ; CUETO, Marcos ; BENCHIMOL, JAIME ; TEIXEIRA, Luiz Antonio ; CERQUEIRA, ROBERTA C. . Pensar o Sistema Único de Saúde do século XXI: entrevista com Lígia Bahia. HISTÓRIA, CIÊNCIAS, SAÚDE-MANGUINHOS (IMPRESSO), v. 21, p. 93-107, 2014.

23.
24PORTO, Marco A. T.2013PORTO, Marco A. T. ; Teixeira, Luiz Antônio ; SILVA, R. C. F. . Aspectos históricos do controle do câncer de mama no Brasil. Revista Brasileira de Cancerologia, v. 59, p. 331, 2013.

24.
25TEIXEIRA, Luiz2012TEIXEIRA, Luiz; PORTO, Marco A. T. ; Pumar, Leticia . A expansão do rastreio do câncer do colo do útero e a formação de citotécnicos no Brasil. Physis (UERJ. Impresso), v. 22, p. 713-731, 2012.

25.
26Jurberg, Claudia2012Jurberg, Claudia ; Verjovsky, Marina ; TEIXEIRA, L. A. . Perfis das Notícias sobre o Câncer no Correio da Manhã e no The New York Times nos anos 1931-1932 e 1948-1949. Revista Brasileira de Cancerologia, v. 58, p. 143-152, 2012.

26.
27Teixeira, Luiz Antônio2012Teixeira, Luiz Antônio; PORTO, Marco A. T. ; Habib, P. A. B. B. . Políticas públicas de controle de câncer no Brasil: elementos de uma trajetória. Cadernos Saúde Coletiva (UFRJ), v. XX, p. 375-380, 2012.

27.
23TEIXEIRA, Luiz Antonio2011TEIXEIRA, Luiz Antonio; JAQUES, T. A. . Legislação e controle do tabaco no Brasil entre o final do século XX e início do XXI. Revista Brasileira de Cancerologia, v. 57, p. 295-304, 2011.

28.
28TEIXEIRA, L. A.2011 TEIXEIRA, L. A.; Löwy, I . Imperfect tools for a difficult job: Colposcopy, ?colpocytology? and screening for cervical cancer in Brazil. Social Studies of Science, v. 41, p. 585-608, 2011.

29.
29TEIXEIRA, Luiz Antonio2011TEIXEIRA, Luiz Antonio. Women, cancer and public health in Brazil. Wellcome History, v. 47, p. 21-21, 2011.

30.
30COSTA, Manuela Castilho Coimbra2010COSTA, Manuela Castilho Coimbra ; TEIXEIRA, Luiz Antonio . As campanhas educativas contra o câncer. História, Ciências, Saúde-Manguinhos (Impresso), v. 17, p. 223-241, 2010.

31.
31TEIXEIRA, Luiz Antonio2010TEIXEIRA, Luiz Antonio. O controle do câncer no Brasil na primeira metade do século XX. História, Ciências, Saúde-Manguinhos (Impresso), v. 17, p. 13-31, 2010.

32.
32TEIXEIRA, L. A.2009TEIXEIRA, L. A.. O câncer na mira da medicina brasileira. Revista da Sociedade Brasileira de História da Ciência (Cessou em 2007. Cont. ISSN 1983-4713 Revista Brasileira de História da Ciência), v. 2, p. 104-117, 2009.

33.
33LANA, V.2008LANA, V. ; TEIXEIRA, L. A. . Saúde, ciência e profissão médica em Minas Gerais: a Sociedade de Medicina e Cirurgia de Juiz de Fora. Cadernos de História da Ciência, v. 4, p. 7-38, 2008.

34.
34TEIXEIRA, L. A.;TEIXEIRA, Luiz Antonio;TEIXEIRA, Luiz;Teixeira, Luiz Antônio2006TEIXEIRA, L. A.. Pesquisa biomédica e produção de imunobiológicos em São Paulo: um duelo entre o público e o privado. Cadernos de História da Ciência, São Paulo, v. 2, n.2, p. 103-122, 2006.

35.
35TEIXEIRA, L. A.;TEIXEIRA, Luiz Antonio;TEIXEIRA, Luiz;Teixeira, Luiz Antônio2005TEIXEIRA, L. A.. Saúde, ciência e poder: sobre a trajectória do Instituto Butantan. Estudos do Século XX, Coimbra, v. 2, n.5, p. 189-204, 2005.

36.
36TEIXEIRA, L. A.;TEIXEIRA, Luiz Antonio;TEIXEIRA, Luiz;Teixeira, Luiz Antônio2005TEIXEIRA, L. A.. The Oswaldo Cruz Institute and its relationnship with other biomedical research centers in São Paulo. Parassitologia Official Journal of the Italian Society of Pa, v. 47, p. 345-351, 2005.

37.
37TEIXEIRA, Luiz Antonio2004TEIXEIRA, Luiz Antonio. As febres paulistas na Sociedade de Medicina e Cirurgia de São Paulo: uma controvérsia entre porta-vozes de diferentes saberes. História, Ciências, Saúde-Manguinhos (Impresso), Rio de Janeiro, v. 11, n.suplemento, p. 41-66, 2004.

38.
38TEIXEIRA, L. A.;TEIXEIRA, Luiz Antonio;TEIXEIRA, Luiz;Teixeira, Luiz Antônio2004TEIXEIRA, L. A.. Em prol da ciência, em benefício da saúde.. Estudos de Sociologia (São Paulo), Araraquara, v. 9, n.16, p. 79-100, 2004.

39.
39TEIXEIRA, Luiz Antonio2004TEIXEIRA, Luiz Antonio; SANDOVAL, M. R. C. ; TAKAOKA, Neide Yumie . Instituto Pasteur de São Paulo: cem anos de combate à raiva. História, Ciências, Saúde-Manguinhos (Impresso), Rio de Janeiro, v. 11, n.3, p. 751-766, 2004.

40.
40TEIXEIRA, Luiz Antonio2003TEIXEIRA, Luiz Antonio. Os primórdios da vacina antivariólica em São Paulo: uma história pouco conhecida. História, Ciências, Saúde-Manguinhos (Impresso), Rio de Janeiro, v. 10, n.suplemento, p. 475-498, 2003.

41.
41Teixeira, Luiz Antônio2001 Teixeira, Luiz Antônio. Da transmissão hídrica a culicidiana: a febre amarela na sociedade de medicina e cirurgia de São Paulo. Revista Brasileira de História (Impresso), Rio de Janeiro, v. 21, n.41, p. 258-290, 2001.

42.
422001TEIXEIRA, Luiz Antonio . Frankenstein, de Mary Shelley, e Drácula, de Bram Stoker: gênero e ciência na literatura. História, Ciências, Saúde-Manguinhos (Impresso), rio de janeiro, v. 8, n.1, p. 11-34, 2001.

43.
43TEIXEIRA, Luiz Antonio2000TEIXEIRA, Luiz Antonio. Alastrim, varíola é?. História, Ciências, Saúde-Manguinhos (Impresso), rio de janeiro, v. 7, n.1, p. 47-72, 2000.

44.
441999TEIXEIRA, Luiz Antonio . Espaço biodescoberta: uma exposição interativa em biologia. História, Ciências, Saúde-Manguinhos (Impresso), Rio de Janeiro, v. 6, n.2, p. 377-393, 1999.

45.
45TEIXEIRA, Luiz Antonio1997TEIXEIRA, Luiz Antonio. Da raça à doença em Casa-grande e senzala. História, Ciências, Saúde-Manguinhos (Impresso), Rio de Janeiro, v. 4, n.2, p. 231-243, 1997.

46.
46TEIXEIRA, L. A.;TEIXEIRA, Luiz Antonio;TEIXEIRA, Luiz;Teixeira, Luiz Antônio1994TEIXEIRA, L. A.. A rebelião popular contra a vacina obrigatória. Estudos em Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, n.169, 1994.

47.
49TEIXEIRA, L. A.;TEIXEIRA, Luiz Antonio;TEIXEIRA, Luiz;Teixeira, Luiz Antônio1993TEIXEIRA, L. A.. O Instituto Pasteur de São Paulo: Uma Contribuição À História das Instituições Biomédicas No Brasil. Physis Revista de Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. III, n.1, p. 147-180, 1993.

48.
47TEIXEIRA, L. A.;TEIXEIRA, Luiz Antonio;TEIXEIRA, Luiz;Teixeira, Luiz Antônio1993TEIXEIRA, L. A.. Instituto Butantan: visitando um período esquecido. Estudos em Saúde Coletiva, rio de janeiro, n.74, 1993.

49.
48TEIXEIRA, L. A.;TEIXEIRA, Luiz Antonio;TEIXEIRA, Luiz;Teixeira, Luiz Antônio1993TEIXEIRA, L. A.. Medo e morte: sobre a epidemia de gripe espanhola de 1918. Estudos em Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, n.59, 1993.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
TEIXEIRA, L. A.; HOCHMAN, G. (Org.) ; PIMENTA, T. S. (Org.) . História da Saúde no Brasil. 1. ed. Rio de Janeiro: Hucitec, 2018. v. 1. 464p .

2.
TEIXEIRA, Luiz; FERREIRA, V. N. (Org.) . O Controle do Câncer de Mama no Brasil: Trajetórias e Controvérsias. 1. ed. Rio de Janeiro: INCA, 2018. v. 1. 224p .

3.
TEIXEIRA, L. A.. Câncer de mama e de colo de útero: conhecimentos, políticas e práticas. 1. ed. Rio de Janeiro: Outras Letras, 2015. v. 1. 256p .

4.
LIMA, C. (Org.) ; TEIXEIRA, Luiz (Org.) ; NASSER, A. (Org.) . O Inca Voluntário e suas histórias: a força da solidariedade. 1. ed. Rio de Janeiro: Instituto Nacional do Câncer, 2015. v. 1. 88p .

5.
TEIXEIRA, Luiz; PORTO, Marco A. T. ; NORONHA, C. P. . O câncer no Brasil: passado e presente. 1. ed. Rio de Janeiro: Outras Letras, 2012.

6.
Teixeira, Luiz Antônio; EDLER, F. C. . História e Cultura da Medicina no Brasil. 1. ed. São Paulo: Aori Produções Culturais, 2012. v. 1. 2081p .

7.
TEIXEIRA, L. A.; FONSECA, Cristina M. O. . De doença desconhecida a problema de saúde pública: o INCA e o controle do câncer no Brasil. 1. ed. Rio de Janeiro: Instituto Nacional do Câncer, 2007. v. 1. 156p .

8.
TEIXEIRA, L. A.. Na Arena de Esculápio: a Sociedade de Medicina e Cirurgia de São Paulo 1895-1913. 1. ed. São Paulo: Unesp, 2007. v. 1. 189p .

9.
TEIXEIRA, L. A.. Ciência e Saúde na Terra dos Bandeirantes: A Trajetória do Instituto Pasteur de São Paulo 1903-1915. 1. ed. Rio de Janeiro: Editora da Fiocruz, 1995. 233p .

10.
TEIXEIRA, L. A. . Cobras, Lagartos e Outros Bichos: uma História Comparada dos Institutos Oswaldo Cruz e Butantan. 1. ed. Rio de Janeiro: UFRJ/FIOCRUZ, 1993. 238p .

Capítulos de livros publicados
1.
TEIXEIRA, L. A.; PAIVA, Carlos Henrique Assunção . Saúde e reforma sanitária entre o autoritarismo e a democracia. In: Luiz Antonio Teixeira, Gilberto Hochman, Tania Salgado Pimenta. (Org.). Histórida Saúde no Brssil. 1ed.Rio de Janeiro: Hucites, 2018, v. 1, p. 408-441.

2.
HOCHMAN, G. ; TEIXEIRA, L. A. ; PIMENTA, T. S. . História da saúde no Brasil: uma breve história. In: Luiz Antonio Teixeira, Gilberto Hochman, Tania Salgado Pimenta. (Org.). História da Saúde no Brasil. 1ed.Rio de Janeiro: Hucitec, 2018, v. 1, p. 9-26.

3.
TEIXEIRA, L. A.; GRUZMAN, C. . Os Materiais Educativos para a Prevenção do Câncer no Brasil: da perspectiva histórica à dimensão discursiva. In: Bertucci, Liane Maria; Mota, André; Schraiber, Lilia Blima. (Org.). Saúde e Educação: um encontro plural. 1ed.Rio de Janeiro: Editora Fiocruz, 2017, v. , p. 131-163.

4.
TEIXEIRA, Luiz Antonio. O câncer de colo do útero no Brasil. In: Luiz Antonio da silva Teixeira. (Org.). Câncer de mama e de coo de útero: conhecimentos, políticas e práticas. 1ed.Rio de Janeiro: Outras Letras, 2015, v. 1, p. 75-114.

5.
TEIXEIRA, L. A.; Pumar, Leticia . Os citotécnicos e a implementação do teste de papanicolaou no Brasol. In: Isabel Malaquias; Antônio Andrade; Vitor Bonifácio; Helmut Malonek. (Org.). Perspectivas sobre construir ciência - construir o mundo. 1ed.Aveiro: Universidade de Aveiro editora, 2015, v. , p. 295-300.

6.
TEIXEIRA, L. A.; Pumar, Leticia . Panorama sanitário do Brasil nos séculos XIX e XX. In: Jofre Narcondes de Resende, Vardeli Alves de Moraes, Gil Eduardo Perini. (Org.). Seara de Asclépio: uma visão diacrônica da medicina. 1ed.Goiania: Editora da Universidade de Goiania, 2013, v. 1, p. 475-489.

7.
TEIXEIRA, L. A.; LANA, V. . Arnaldo Vieira de Carvalho e a Sociedade de Medicina e Cirurgia de São Paulo. In: Maria Amélia Mascarenhas Dantes e Márcia Regina Barros da Silva organizadoras. (Org.). Arnaldo Vieira de Carvalho e a história da medicina paulista (1867-1920). 1ed.Rio de Janeiro: Fundação Miguel de Cervantes, 2012, v. , p. 99-125.

8.
Escorel, Sarah ; TEIXEIRA, L. A. . História das Políticas de Saúde no Brasil de 1822 a 1963: do Império ao Desenvolvimentismo Populista. In: Lígia Giovanella; Sarah Escorel; Lenaura V.C. Lobato; Antonio Ivo de Carvalho; José Noronha. (Org.). Compêndio de Políticas e Sistema de Saúde no Brasil. Rio de Janeiro: Editora da Fiocruz, 2008, v. , p. 115-155.

9.
TEIXEIRA, L. A.. Distribuição de água e preservação da saúde: médicos e engenheirosno processo demodernização da cidade deSão Paulo. In: Natalia Priego. (Org.). Paradigmas, Culturas y Saberes. La Transmision del Conocimiento Cientifico a Latinoamerica. 1ed.Madrid: Iberoamericana, 2007, v. , p. 203-227.

10.
TEIXEIRA, L. A.. Desenvolvimento da Farmácia Contemporânea. In: Flavio Edler. (Org.). Boticas e Farmácias: uma história ilustrada da farmácia no Brasil. Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2006, v. , p. 94-123.

11.
TEIXEIRA, L. A.. Frankenstein de Mary Shelley: a ciência, seus mitos e seus monstros. In: Santos, Lucy Wollner; Ichikawa, Eliza Yoshie; Cargano, Doralice de Fátima. (Org.). Ciência, Tecnologia e Gênero: desvelando o feminino na construção do conhecimento. Londrina: Iabar, 2006, v. , p. 161-202.

12.
TEIXEIRA, L. A.. Combate à raiva em São Paulo na primeira metade do século XX. In: Dilene Raimundo do Nascimento; Diana Maul de Carvalho. (Org.). Uma história brasileira das doenças. Brasilia - DF: Edições Paralelo 15, 2004, v. , p. 194-210.

13.
TEIXEIRA, L. A.; ROQUE, L. . Frankenstein, de Mary Shelley, e Drácula, de Bram Stoker: Gênero e Ciência na Literatura. In: Ricardo Miguez. (Org.). New Perspectives on Anglophone Studies: An Anthology. New York: The Group School of Criticism, 2002, v. , p. 277-320.

14.
TEIXEIRA, L. A.. Repensando a História do Instituto Butantan. In: Maria Amelia Dantes. (Org.). Espaços da ciência no Brasil 1800-1930. 1ed.Rio de Janeiro: Editora Fiocruz, 2001, v. , p. 159-184.

15.
TEIXEIRA, L. A.. As exposições temporárias do Museu da Vida. In: Crestana, S; Hamburger, E. W.; Silva, D. e Mascarenhas, S.. (Org.). Educação para a ciência:curso para treinamento em centros e museus de ciência. São Paulo: Livraria da Física, 2001, v. , p. 301-304.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
TEIXEIRA, L. A.. Campanhas Educativas e a Prevenção do Câncer: um pouco de História. Rede Câncer, Rio de Janeiro, p. 39 - 40, 01 maio 2011.

2.
TEIXEIRA, L. A.. Biodescoberta: uma experiência museográfica. Página Central, São Paulo, p. 36 - 36, 06 jun. 1998.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
TEIXEIRA, L. A.. A Construção do Câncer Como Problema Médico no Brasil nas Primeiras Décadas do Século XX. In: 11 Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia, 2008, Niterói. Anais do 11 SNHCT, 2008.

2.
TEIXEIRA, L. A.. Sobre as ciências biomédicas e a saúde pública em São Paulo: a trajetória do Instituto Butantan entre as décadas de 1920 e 1950. In: 10 Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia, 2005, Belo Horizonte. 10 Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia, 2005.

3.
TEIXEIRA, L. A.; GAZETA, A. A. B. . Uma contribuição à história do combate à varíola no Brasil: o caso da Campanha de Erradicação da Varíola (CEV) 1966-1974. In: 10 Seminário Nacional de História daCiência e da Tecnologia, 2005, Belo Horizonte. 10 Seminário Nacional de História daCiência e da Tecnologia, 2005.

4.
TEIXEIRA, L. A.; ROQUE, L. . Frankenstein de mary shelley: a ciência, seus mitos e seus monstros. In: PCST 2004 Scientific Knowledge and Cultural Diversity, 2004, Barcelona. Forum Barcelona 2004 Conocimiento cientifico y diversidad cultural. Barcelona, 2004.

5.
TEIXEIRA, L. A.; GABRIEL, C. G. . Biodiscovery room: an interactive exhibition on the cientific knowledge of the vital phenomena. In: 9th Symposium of the international Organization for Science and Tecnology Education, 1999, Durban. Proceedings of the 9th Symposium of the international Organization for Science and Tecnology Education, 1999. v. 2. p. 673-677.

6.
TEIXEIRA, L. A.; GABRIEL, C. G. . Espaço Biodecoberta - um debate sobre a elaboraçãode uma exposição interativa em biologia a partir de um eixo temático transveral. In: VI Reunião da Rede Pop, 1999, rio de Janeiro. VI Reunião da Rede Pop, 1999.

7.
ROQUE, L. ; TEIXEIRA, L. A. . Mary Shelley's frankenstein. an feminist critique of the male dominium of science. In: 9 H Symposium of the International Organization for Science and Tecnology Education, 1999, Durban. Proceedings of the 9th Symposium of the international Organization for Science and Tecnology Education. Durban, 1999. v. 1. p. 353-359.

Artigos aceitos para publicação
1.
AYRES, L. F. A. ; TEIXEIRA, L. A. ; HENRIQUES, B. D. ; DIAS, A. K. G. . Métodos de Preparação para o Parto: um estudo sobre materiais impressos publicados no Brasil em meados do século XX. História, Ciências, Saúde-Manguinhos (Impresso), 2017.

Apresentações de Trabalho
1.
TEIXEIRA, Luiz Antonio. Assistência ao parto no Brasil na segunda metade do século XX: a incorporação de intervenções entre obstetras brasileiros. 2018. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
TEIXEIRA, L. A.. O controle do câncer no Brasil, na segunda metade do século XX. 2010. (Apresentação de Trabalho/Simpósio).

Outras produções bibliográficas
1.
TEIXEIRA, L. A.. Em defesa dos fumantes e dos não fumantes. Rio de Janeiro: Casa de Oswaldo Cruz, 2012 (Resenha).

2.
TEIXEIRA, L. A.. Rodolfo Mascarenhas e a história da saúde pública em São Paulo. São Paulo, 2006. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

3.
TEIXEIRA, L. A.. Vírus, ciências e homens. Rio de Janeiro: Casa de Oswaldo Cruz, 2003 (Resenha).

4.
TEIXEIRA, L. A.. A Sociedade de Medicina e Cirurgia de São Paulo 1895-1913 2001 (Tese).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
ARAUJO NETO, L. A. ; TEIXEIRA, L. A. . Saber Saúde: educação para a saúde e a prevenção do câncer no Brasil. 2018.

Trabalhos técnicos
1.
TEIXEIRA, Luiz Antonio; ARAUJO NETO, L. A. ; ASSIS, M. ; NOGUEIRA, D. ; CLARO, I. B. . A Mulher e Câncer de Colo de Útero. 2018.

2.
TEIXEIRA, L. A.; SEPULVEDA, L. ; ROCHA, V. . Água e promoção a saúde: uma parceria museu/escola junto a estudantes do entorno da Fiocruz. 2002.

3.
TEIXEIRA, L. A.; SANTOS, F. S. D. ; FEREIRA, L. O. ; FERNANDES, T. M. D. . Saberes médicos e práticas terapêuticas nos espaços de influência potuguesa. 2000.

4.
TEIXEIRA, L. A.; CAMARA, R. N. . A gripe espanhola 80 anos depois. 1998.

5.
TEIXEIRA, L. A.; BENCHIMOL, J.L. . Produção e consumo de imunobiológicos no Brasil. 1993.

6.
TEIXEIRA, L. A.; BENCHIMOL, J.L. ; SANTOS, F. S. D. ; PEREIRA, A. N. ; NOGUEIRA, S. . Projeto Manguinhos. 1989.

7.
TEIXEIRA, L. A.; EDLER, F. C. . Projeto Carlos Chagas. 1987.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
ALVES NETO, L. ; TEIXEIRA, L. A. . Tabaco no Brasil: na contramão das perspectivas globais. 2018. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

Redes sociais, websites e blogs
1.
TEIXEIRA, Luiz. Vacina contra HPV para meninos: boa notícia traz dúvidas e questões. 2016; Tema: Câncer de colo de útero. (Blog).


Demais tipos de produção técnica
1.
Teixeira, Luiz Antônio; ARAUJO NETO, L. A. ; ASSIS, M. ; NOGUEIRA, D. ; CLARO, I. B. . A Mulher e o Câncer de Colo de útero. 2018. (Exposição).

2.
Löwy, I ; Teixeira, Luiz Antônio . As Bases das Ciências Biomédicas III. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
ARAUJO NETO, L. A. ; TEIXEIRA, Luiz Antonio ; PETRA, T. ; CASADO, L. ; MATTA, J. . Inca 80 anos de história na saúde pública do Brasil. 2017. (Exposição).

4.
Löwy, I ; TEIXEIRA, Luiz . As bases das ciências Biomédicas II. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

5.
Löwy, I ; Teixeira, Luiz Antônio . As Bases das Ciências Biomédicas. 2015. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

6.
TEIXEIRA, L. A.; PAIVA, Carlos Henrique Assunção ; GIONGO, M. . História da Saúde Pública no Brasil. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

7.
TEIXEIRA, L. A.. História da Saúde no Brasil. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

8.
TEIXEIRA, L. A.. Biomedicina, Saúde e Sociedade. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

9.
TEIXEIRA, Luiz; PORTO, Marco A. T. ; MAGALHAES, M. ; Habib, P. A. B. B. ; ASSIS, M. ; NOGUEIRA, D. . A mulher e o câncer de mama no Brasil. 2014. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Catálogo de exposiçào).

10.
TEIXEIRA, L. A.; PORTO, Marco A. T. ; Pumar, Leticia ; Habib, P. A. B. B. ; Temperini, R. S. L. . Imagens das Campanhas Educativas de Prevenção do Câncer do Colo do Útero no Brasil. 2011. (Exposição).

11.
PORTO, Marco A. T. ; TEIXEIRA, L. A. ; Habib, P. A. B. B. ; Temperini, R. S. L. . História do Câncer: atores, cenários e políticas públicas. 2011. (Site).

12.
TEIXEIRA, L. A.; PALMA, A. M. M. . Expo Vida. 2005. (Exposição).

13.
TEIXEIRA, L. A.; LIMA, N. T. ; CURY, L. B. ; SA, M. R. . A Ciência dos Viajantes: 500 anos de interpretações do Brasil. 2000. (Exposição).

14.
TEIXEIRA, L. A.; FEREIRA, L. O. ; HAMILTON, W. ; BRITO, N. ; KROPF, S. P. . Chagas do Brasil. 1999. (Exposição).

15.
TEIXEIRA, L. A.. Espaço Biodescoberta. 1999. (exposição).

16.
TEIXEIRA, L. A.; FEREIRA, L. O. ; LIMA, N. T. ; ANTUNES, G. . Vida: uma exposição interativa. 1995. (Exposição).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
TEIXEIRA, L. A.; MOTA, A.; BARBOSA, R. M.; FERLA, L. A. C.. Participação em banca de Elder Al Kondari Messora. A construção de um novo mal: representações o câncer em São Paulo 1892-1953. 2018. Dissertação (Mestrado em Medicina (Ciências Médicas)) - Universidade de São Paulo.

2.
PAIVA, Carlos Henrique Assunção; Teixeira, Luiz Antônio; SOUZA, L. M. B. M.. Participação em banca de Cássia Menaia. Redes de serviços de saúde: um exemplo baiano. 2014. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional em Saúde da Família) - Universidade Estácio de Sá.

3.
FONSECA, M. R. F.; TEIXEIRA, Luiz; SELL, Renata Palandri Sigolo; VIANA, Larissa Moreira; EDLER, F. C.. Participação em banca de Marlom Silva Rolim. Se é Bayer é bom: Divulgação Comercial e Científica Alemã na Revista Terapêutica e em o Farmacêutico Brasileiro (1921-1945). 2011. Dissertação (Mestrado em História das Ciências e da Saúde) - Casa de Oswaldo Cruz - Fiocruz.

4.
TEIXEIRA, Luiz; PARENTE, Paulo André Leira; WEGNER, R.; HAMILTON, W.; FONSECA, M. R. F.. Participação em banca de Charles Klajman. O conhecimento cientifico divulgado pelos soldados de farda branca, através do periódico Medicina Militar. 2011. Dissertação (Mestrado em História das Ciências e da Saúde) - Casa de Oswaldo Cruz - Fiocruz.

5.
FONSECA, Cristina M. O.; DEZEMONE, Marcos; TEIXEIRA, L. A.. Participação em banca de Nicole Régine Garcia. Prorural: uma política previdenciára para o campo no governo Medici (1969-1973). 2010. Dissertação (Mestrado em História das Ciências e da Saúde) - Casa de Oswaldo Cruz - Fiocruz.

6.
TEIXEIRA, Luiz; NASCIMENTO, D.R.; SILVEIRA, A. J. T.; PAIVA, Carlos Henrique Assunção; FERNANDES, T. M. D.. Participação em banca de Tiago Alves Jaques. Impasses e Estratégias: convenção-quadro e controle do tabagismo no Brasil (1986-2005). 2010. Dissertação (Mestrado em História das Ciências e da Saúde) - Casa de Oswaldo Cruz - Fiocruz.

7.
Pinto da Luz, M. R. M.; SA, M. R.; TEIXEIRA, L. A.. Participação em banca de Ana Maria Meirelles Palma. Quem tecla? pesquisa explratória sobre o públicodo Museu Virtual In Vivo (suplente). 2009. Dissertação (Mestrado em pós-graduação em ensino de biociências e saúde) - Fundação Oswaldo Cruz.

8.
TEIXEIRA, Luiz; SANTOS, L. A. C.; FARIA, L. R.; RUSSO, J. A.. Participação em banca de Giovana Kreuz. A percepção dos pais de crianças e adolescentes com câncer sobre a doença e a morte. 2009. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Instituto de Medicina social.

9.
TEIXEIRA, L. A.; FEREIRA, L. O.; FIGUEIREDO, B.. Participação em banca de Vanessa Lana. Uma associação científica no interior das Geraes: a Sociedade de Medicina e Cirurgia de Juiz de Fora. 2006. Dissertação (Mestrado em História das Ciências e da Saúde) - Casa de Oswaldo Cruz - Fiocruz.

10.
TEIXEIRA, L. A.; FEREIRA, L. O.; CANDIDO, M. R.; FONSECA, M. R. F.. Participação em banca de Paula Maria de Oliveira. O Hospital São Sebastião (1889-1905): um lugar para a ciência e um lazareto contra as epidemias. 2005. Dissertação (Mestrado em História das Ciências e da Saúde) - Casa de Oswaldo Cruz - Fiocruz.

11.
TEIXEIRA, L. A.; CAMPOS, A. L. V.; HOCHMAN, G.. Participação em banca de Vivian da Silva Cunha. O isolamento compulsório em questão. Políticas de combate à lepra no Brasil 1920-1941. 2005. Dissertação (Mestrado em História das Ciências e da Saúde) - Casa de Oswaldo Cruz - Fiocruz.

12.
TEIXEIRA, L. A.. Participação em banca de Margarete Farias de Moraes. Algumas considerações sobre a história dos hospitais privados no Rio de Janeiro: o caso Clínica são Vicente. 2005. Dissertação (Mestrado em História das Ciências e da Saúde) - Casa de Oswaldo Cruz - Fiocruz.

13.
TEIXEIRA, L. A.. Participação em banca de Maria do Rosário de Assumpçãop Braga. Relações entre arte e ciência em museus de ciência. 2004. Dissertação (Mestrado em História das Ciências e da Saúde) - Casa de Oswaldo Cruz - Fiocruz.

14.
TEIXEIRA, L. A.; FEREIRA, L. O.; EDLER, F. C.. Participação em banca de Maria Regina Cotrim Guimarães. Civilizando as artes de curar: Chernoviz e os manuais de medicina popular no Império. 2003. Dissertação (Mestrado em História das Ciências e da Saúde) - Casa de Oswaldo Cruz - Fiocruz.

Teses de doutorado
1.
TEIXEIRA, L. A.; CIAVATTA, M.; RUMERT, S. M.; OLIVEIRA, C. M. C. A.; CHINELLI, F.. Participação em banca de Renata Reis Cornelio Batistella. A grande família do Instituto Oswaldo Cruz: a contribuição dos trabalhadores auxiliares dos cientistas no início do século XX. 2018. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal Fluminense.

2.
JANOTT, C. B.; MARQUES, I. C.; LEAL, M. C.; BASTOS, M. A.; TEIXEIRA, L. A.. Participação em banca de Andreza Rodrigues Nakano. O uso de tecnologias e a transformação nas práticas sociais de parto no Brasil. 2015. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Saúde da Criança e da Mulher) - Instituto Fernandes Figueira.

3.
LIMA, N. T.; WAIZBORT, R.; Teixeira, Luiz Antônio; SANTOS, R. V.; MARTINS, L. A. P.. Participação em banca de Miguel Ernesto Gabriel Couceiro de Oliveira. A institucionalização do primeiro centro de pesquisas de genética da capital do Brasil (1943-1968): o campo da genética e seus atores sociais. 2015. Tese (Doutorado em Pós-graduação em história das ciências da saúde) - Fundação Oswaldo Cruz.

4.
TEIXEIRA, L. A.; HOCHMAN, G.; RODRIGUES, P. H.; FREIRE, M. M. L.; MAIO, M. C.; CUETO, Marcos. Participação em banca de Marcos Jungmann Bhering. Controle de natalidade no Brasil: um estudo sobre o Centro de Pesquisas e Assistência Integral à Mulher e à Criança (1975-1994). 2014. Tese (Doutorado em História das ciências da saúde) - Casa de Oswaldo Cruz - Fiocruz.

5.
BENCHIMOL, J.L.; SILVA, M. R. B.; ALMEIDA, M.; SA, M. R.; Teixeira, Luiz Antônio. Participação em banca de Juliana Manzoni Cavalcanti. A trajetória Científica de Rudolf Kraus. 2013. Tese (Doutorado em História das ciências da saúde) - Casa de Oswaldo Cruz - Fiocruz.

6.
TEIXEIRA, Luiz; NASCIMENTO, D.R.; AMARANTE, Paulo Duarte de Carvalho; COSTA, Suely Gomes; RIBEIRO, Patrícia Tavares; EDLER, F. C.. Participação em banca de Daniela Carvalho Sophia. O Cebes e o movimento de reforma sanitária: História, Política e saúde pública (Rio de Janeiro, 1970-1980). 2012. Tese (Doutorado em História das ciências da saúde) - Casa de Oswaldo Cruz - Fiocruz.

7.
TEIXEIRA, Luiz; CUETO, Marcos; BOTELHO, André Pereira; HOCHMAN, G.; CAMPOS, A. L. V.; SA, M. R.. Participação em banca de Maria Letícia Galluzzi Bizzo Marques. Desenvolvimento, agendas internacionais e políticas nacionais: a nutrição nas relações FAO-Brasil (1945-1964). 2012. Tese (Doutorado em História das ciências da saúde) - Casa de Oswaldo Cruz - Fiocruz.

8.
Teixeira, Luiz Antônio; Löwy, I; KROPF, S. P.. Participação em banca de Vanessa Lana. Ferramentas, práticas e saberes: a formação de uma rede institucional para a prevenção do câncer do colo do útero no Brasil 1940 - 1970. 2012. Tese (Doutorado em História das ciências da saúde) - Casa de Oswaldo Cruz - Fiocruz.

9.
MAIO, M. C.; TEIXEIRA, Luiz; PINHEIRO, L.; CUETO, Marcos; HOCHMAN, G.; CAMPOS, A. L. V.; EDLER, F. C.. Participação em banca de Fernando Antonio Pires-Alves. Cooperação Interamericana em Saúde na Era do Desenvolvimento: informação científica e tecnologias educacionais na formação de recursos humanos (1963-1983). 2011. Tese (Doutorado em História das ciências da saúde) - Casa de Oswaldo Cruz - Fiocruz.

10.
TEIXEIRA, Luiz; COSTA, Dilma F. A. C.; KODAMA, Kaori; LEMOS, Renato Luís do Couto Neto. Participação em banca de Marcio Magalhães de Andrade. Capítulos da História Sanitária no Brasil: a atuação profissional de Souza Araújo entre os anos 1910 e 1920.. 2011. Tese (Doutorado em História das ciências da saúde) - Casa de Oswaldo Cruz - Fiocruz.

11.
VENANCIO, A. T. A.; EDLER, F. C.; TEIXEIRA, Luiz; CAMARGO, Kenneth; GUIMARAES, M. R. C.; FONSECA, M. R. F.; BARROS, Fabio Batalha Monteiro. Participação em banca de Carmen Maria Kligman Barguil. ?O lugar e o valor da Fisioterapia na Terapêutica Médica?: A medicina prática nos primeiros trinta anos do século XX.. 2011. Tese (Doutorado em História das ciências da saúde) - Casa de Oswaldo Cruz - Fiocruz.

12.
TEIXEIRA, Luiz; BENCOSTTA, M. L. A.; SILVA, M. R. B.; Marques, V. R. B.. Participação em banca de Erica Piovam de Ulhoa Cintra. sciencia et labor no palácio da Luz: a institucionalização da ciência médica e a Faculdade de Medicina do Paraná (Curitiba, 1912-1945). 2010. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Educação-Mestrado e Doutorado) - Universidade Federal do Paraná.

13.
TEIXEIRA, L. A.; FEREIRA, L. O.; WAIZBORT, R.. Participação em banca de Maria Rosa Cid. Miranda Ribeiro: um zoologo evolucionista no Brasil nos primeiros anos da República. 2010. Tese (Doutorado em História das ciências da saúde) - Casa de Oswaldo Cruz - Fiocruz.

14.
Mendonça, Sonia Regina de; MORAES, N. A.; Mattos, Marcelo Badaró; ENGEL, Magali Gouveia; TEIXEIRA, L. A.. Participação em banca de Ricardo Augusto dos Santos. Pau que nasce torto nunca se endireita! e quem é bom já nasce feito? Esterilização, Saneamento e Educação: uma leitura do eugenismo de Renato Kelh (1917-37). 2008. Tese (Doutorado em Doutorado em História) - Universidade Federal Fluminense.

15.
TEIXEIRA, L. A.; HOCHMAN, G.; CAMPOS, A. L. V.; LIMA, N. T.; ARAÙJO, M. C. S.. Participação em banca de Renato da Silva. Malária e desenvolvimento: saúde pública no governo JK (1956-1961). 2008. Tese (Doutorado em História das ciências da saúde) - Casa de Oswaldo Cruz - Fiocruz.

16.
TEIXEIRA, L. A.; DANTES, M. A.; FIGUEIREDO, B. G.; MARQUES, R. C.; OLIVEIRA, B. J.. Participação em banca de Junia Sales Pereira. História da pediatria no Brasil de final do século XIX a meados do século XX. 2006 - Universidade Federal de Minas Gerais.

Qualificações de Doutorado
1.
JANOTT, C. B.; Teixeira, Luiz Antônio; SIMOES, R.; DIAS, M. A. B.. Participação em banca de Andreza Rodrigues Nakano. Uso da tecnologia e as transformações nas práticas sociais de parto: uma normalização do parto cirúrgico no Brasil?. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Pós-Graduação em Saúde da Criança e da Mulher) - Instituto Fernandes Figueira.

2.
Marques, V. R. B.; BENCOSTTA, M. L. A.; TEIXEIRA, L. A.. Participação em banca de Erica Piovam de Ulhoa Cintra. Formando médicos em Curitiba. 2008. Exame de qualificação (Doutorando em programa de mestrado e doutorado em educação) - Universidade Federal do Paraná.

Qualificações de Mestrado
1.
TEIXEIRA, L. A.; MACIEL, L. R.; MAKSUD, I. M. J.. Participação em banca de Luciana Souza de Aquino. Concepções e controvérsias em torno do rastreamento mamográfico no Brasil. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em (Mestrado em Pós-Graduação em Saúde da Criança e d) - Instituto Fernandes Figueira.

2.
Teixeira, Luiz Antônio; SCHWEICKARDT, J. C.; COSTA, H. L.. Participação em banca de Lucia Regina de Azevedo. Uma história da política de prevenção e controle do câncer no Amazonas 1974-2011. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Programa Multi-institucional de Pós-graduação em Biotecnologia) - Universidade Federal do Amazonas.

3.
Teixeira, Luiz Antônio; JANOTT, C. B.; PAIVA, Carlos Henrique Assunção; MOREIRA, M. C. N.. Participação em banca de Tania Maria dias. A construção da ideia da pilula anticoncepcional como segura, eficaz e oportuna. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em (Mestrado em Pós-Graduação em Saúde da Criança e d) - Instituto Fernandes Figueira.

4.
PAIVA, Carlos Henrique Assunção; TEIXEIRA, Luiz; FERNANDES, T. M.. Participação em banca de Priscila dos Anjos Moraes. A memória das mulheres em relação à prvenção do câncer demama. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em História das Ciências e da Saúde) - Casa de Oswaldo Cruz - Fiocruz.

5.
PAIVA, Carlos Henrique Assunção; Teixeira, Luiz Antônio; SOUZA, L. M. B. M.. Participação em banca de Cassia Menaia. REDE DE SERVIÇOS DE SAÚDE: UM EXEMPLO BAIANO. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Mestrado Profissional em Saúde da Família) - Universidade Estácio de Sá.

6.
PAIVA, Carlos Henrique Assunção; Teixeira, Luiz Antônio. Participação em banca de Alessandra Alves Pereira Silva. INSTITUTO NACIONAL DE CONTROLE E QUALIDADE DE SAÚDE (INCQS): UMA TRAJETÓRIA RUMO À COOPERAÇÃO INTERNACIONAL EM SAÚDE (2002-2012). 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Saúde Pública) - Fundação Oswaldo Cruz.

Monografias de cursos de aperfeiçoamento/especialização
1.
TEIXEIRA, L. A.. Participação em banca de Luiza Vargens Ramos. As política de controle do câncer no Brasil. 2012. Monografia (Aperfeiçoamento/Especialização em Saude Publica) - Fundação Oswaldo Cruz.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
TEIXEIRA, L. A.; SCHALL, V.; SEPULVEDA, M.. concurso público para preenchimento de vaga de pesquisador ajunto na Fiocruz. 2002. Casa de Oswaldo Cruz - Fiocruz.

Outras participações
1.
TEIXEIRA, L. A.. Sciencia et labor no palácio de luz: a formação de médicos na Faculdade de Medicina do Paraná (Curitiba, 1913-1945). 2008. Universidade Federal do Paraná.

2.
TEIXEIRA, L. A.; EDLER, F. C.. A lepra nosz trópicos: definições sobre a oença e uma possível terapêutica para o seu combate na primeira metade do século XX. 2008. Casa de Oswaldo Cruz - Fiocruz.

3.
TEIXEIRA, L. A.; SANTOS, L. A. C.. A gripe espanhola em Salvador. 2005. Casa de Oswaldo Cruz - Fiocruz.

4.
TEIXEIRA, L. A.; BRITO, N.. O isolamento compulsório em questão: políticas de combate a lepra no Brasil 1920-1935. 2004. Casa de Oswaldo Cruz - Fiocruz.

5.
TEIXEIRA, L. A.; EDLER, F. C.; FONSECA, M. R. F.. A genese de uma especialidade médica: o processo de profissionalização da oftalmologia. 2004. Casa de Oswaldo Cruz - Fiocruz.

6.
TEIXEIRA, L. A.; PEREIRA, A.. A trajetória dos hospitais no Brasil: o caso da Clinica São Vicente. 2004. Casa de Oswaldo Cruz - Fiocruz.

7.
TEIXEIRA, L. A.; FERNANDES, T. M. D.; WEGNER, R.. seminario interno iniciação científica PIBIC. 2003. Casa de Oswaldo Cruz - Fiocruz.

8.
TEIXEIRA, L. A.; EDLER, F. C.; FONSECA, M. R. F.. O Hospital São Sebastião e a medicina pasteuriana no Brasil. 2003. Casa de Oswaldo Cruz - Fiocruz.

9.
TEIXEIRA, L. A.. Comite Pibic. 2002. Fundação Oswaldo Cruz.

10.
TEIXEIRA, L. A.. Jornadinha Pibic. 2002. Fundação Oswaldo Cruz.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Encontro as Quintas.A trajetória do câncer de mama no Brasil. 2018. (Encontro).

2.
VI Congresso de Medicina da Universidade Estacio de Sá. Voltamos ao século XIX? doenças emergentes e recrudescentes. 2016. (Congresso).

3.
Brazilian Research Seminar.O controle do câncer de colo do utero no Brasil. 2015. (Encontro).

4.
V Congresso de Medicina de Universidade Estácio de Sá. Parto e Nascimento no Brasil. 2015. (Congresso).

5.
V Congresso de Medicina de Universidade Estácio de Sá. Comunicar o SUS: desafios para uma compreensão do sistema de saúde brasileiro. 2015. (Congresso).

6.
Simposio Nacional de História.Dos gabinetes de ginecologia às campanhas de rastreamento: a trajetória do controle do câncer de colo do útero no Brasil. 2013. (Seminário).

7.
13. Coloquio Internacional Temas de Cultura Científica. História das Especialidades Médicas: o caso da oncologia.História das especialidades médicas: o caso da oncologia no Brasil. 2012. (Simpósio).

8.
54th International Congress of Americanists. Os primórdios do controle do câncer cervical no Brasil. 2012. (Congresso).

9.
Seminário "O controle dos cânceres de colo do útero e de mama no Brasil: trajetória, avanços e desafios", INCA/Fiocruz, Manaus/AM, 20 a 22 de junho de 2012..Os primeiros passos da prevenção ao câncer de colo do útero no Brasil: da colposcopia à citologia. 2012. (Seminário).

10.
V Congresso Brasileiro de Ciências Sociais e Humanas em Saúde. A trajetória da formação de citotécnicos no Brasil. 2011. (Congresso).

11.
workshop medicina ciencia y tecnología en argentina: perspectivas interndisciplinarias.A formação de citotécnicos no Brasil. 2011. (Encontro).

12.
workshop medicina ciencia y tecnología en argentina: perspectivas interndisciplinarias.Politica sanitaria. Estado y actores en contextos locales y nacionales. 2011. (Encontro).

13.
XIV Encontro regional da ANPUH-Rio Memória e Patrimônio.O controle do câncer no Brasil, na segunda metade do século XX. 2010. (Simpósio).

14.
Ciclo de Palestras Ciência e Saúde.H1n1: as epidemias de influenza na história. 2009. (Oficina).

15.
II Seminário Nacional de Pós-graduandos em História das Instituições.História da Saúde no Brasil. 2009. (Seminário).

16.
I Simpósio Nacional de Jornalismo Científico.A cobertura jornalística da gripe suína no Brasil - uma abordagem a partir da História das Ciências. 2009. (Simpósio).

17.
Seminário Interncaional Estado, Filantropia e Assistência.O controle do câncer no Brasil na primeira metade do século XX. 2009. (Seminário).

18.
XXV Simpósio Nacional de História Anpuh. O controle do câncer no Brasil 1940-1960. 2009. (Congresso).

19.
Encontro as Quintas.história do controle do câncer no Brasil. 2008. (Encontro).

20.
VII Forum Ciência esociedade.SUS, política, organizaçãoe práticas. 2008. (Simpósio).

21.
XII encontro de História Anpuh-Rio Identidades.De tumor malígno à neoplasia: o câncer na mira da medicina brasileira. 2008. (Simpósio).

22.
Encontro com a História: Associativismo Científico nos séculos XIX e XX.A Sociedade de Medicina e Cirurgia de São 1896-1913. 2007. (Encontro).

23.
Velhas Doenças, Novos Males: Direito à Saúde e Responsabilidade do Estado.Sobre a História da Saúde Pública no Brasil. 2007. (Seminário).

24.
Dialogando sobre a relação ciência e gênero.Frankenstein, o médico e o monstro: ciência, gênero e alteridade na literatura inglesa do século XIX. 2006. (Outra).

25.
II Congresso Paulista de História da Medicina. Os institutos públicos de pesquisa em São Paulo. 2006. (Congresso).

26.
I Simpósio de História da Medicina e da Cirurgia do Rio de Janeiro.A Sociedade de Medicina e Cirurgia de São Paulo. 2006. (Simpósio).

27.
Forum Science et Société 2005.Environnement et Santé au Brésil, aprroche historique. 2005. (Encontro).

28.
III Congresso Brasileiro de Ciências Sociais e Humanas em Saúde. Serpentes e conflitos: a trajetória do Instituto Butantan entre 1920 e 1950. 2005. (Congresso).

29.
Médedine, science et santé dans les rapport Brésil-France.La recherche biomedicale et la production de vaccins à São Paulo: les Instituts Butantan et Pateur. 2005. (Seminário).

30.
Parasitic diseases in Brazil : the birth of a nosography (1880-1935).L?Institut Oswaldo Cruz et ses rapports avec les centres de recherche biomédicale. 2005. (Encontro).

31.
Arte e peste.Ciência e saúde em "A Sombra do Vampiro". 2004. (Encontro).

32.
A Vacina Antivariólica no Instituto Butantan 1925-1980.Os primeiros passos da vacina antivariólica em São Paulo. 2004. (Seminário).

33.
Programa Leitura e Ciência.Fiocruz: um castelo de Histórias. 2004. (Outra).

34.
Scientific Knowledge and Cultural Civersity. Frankenstein de Mary Shelley: a ciência, seus mitos e seus monstros. 2004. (Congresso).

35.
51 Congresso Internacional de Americanistas. A Sociedae de Medicina e Cirurgia de São Paulo 1895-1920. 2003. (Congresso).

36.
9 Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia.Instituições médicas e profissionalização da medicina em São Paulo no final do século XIX e início do XX. 2003. (Seminário).

37.
Seminário Internacional de Raiva - Centenário do Instituto Pasteur.Uma História do Instituto Pasteur de São Paulo. 2003. (Seminário).

38.
VIII Congresso Brasileiro de História da Medicina. A Socidedade de Medicina e Cirurgia de São Paulo entre 1895 e 1920. 2003. (Congresso).

39.
Seminário Internacional Saberes Médicose PráticasTerapêuticas.Os primórdios da vacina antivariólica em São Paulo: uma história pouco conhecida. 2002. (Seminário).

40.
8 Seminário Nacional de História da ciência e da Tecnologia.A Sociedade de Medicina e Cirurgia de São Paulo 1895-1913. 2001. (Seminário).

41.
Encontro as Quintas.A Sociedade de Medicina e Cirurgia de São Paulo 1895-1913. 2001. (Encontro).

42.
Simpósio Internacional ciência e Tecnologia como Cultura e Desenvolvimento.A sociedade de Medicina e Cirurgia de São Paulo: subsidiando transformações. 2001. (Simpósio).

43.
Curso para treinamento em centros e museus de ciência.As exposições temporárias do Museu da Vida. 2000. (Outra).

44.
Encontro Nacional de Coordenadores do Programa de Controle de Acidentes por animais Peçonhentos.O Instituto Butantan e sua contribuição científica. 2000. (Encontro).

45.
IV Seminário de História da Ciência e da Tecnologia.Controvérsias médicas na Sociedade de Medicina e Cirurgia de São Paulo. 2000. (Seminário).

46.
Encontro as Quintas.Alastrim varíola é?. 1999. (Encontro).

47.
História das Ciências e da Tecnologia.Uma controvérsia científica sobre a classificação das doenças. 1999. (Seminário).

48.
IV Congresso Brasileiro de Epidemiologia.História e Saúde. 1998. (Outra).

49.
V Congresso Latino -americano de História das ciências e da tecnologia. A institucionalização da zoologia no Brasil: a conexão Museu Nacional e Instituto Oswaldo Cruz. 1998. (Congresso).

50.
V Congresso Latino-americano de História das ciências e da tecnologia. Frankenstein, de Mary Shelley, e Dracula, de Bran Stoker: gênero e ciência na literatura. 1998. (Congresso).

51.
Mesa redonda Os desafios científicos e culturais no início do século.Ciência e saúde na terra dos bandeirantes. 1997. (Outra).

52.
Conferência realizada no Instituto Pasteur de São Paulo.A trajetória do Instituto Pasteur de São Paulo entre 1903 e 1915. 1996. (Outra).

53.
Workshop História Social da Doença no Rio de Janeiro.O combate a raiva no início do século XX. 1995. (Oficina).

54.
Mesa redonda: Cobras, lagartos e outros Bichos: uma história comparada entre os Institutos Oswaldo Cruz e Butantan.O Instituto Butantan nos primeiros anos de sua trajetória. 1994. (Outra).

55.
III Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia.Reflexões acerca da institucionalização das ciências biomédicas e sobre a história da produção de imunoterápicos no Brasil. 1991. (Seminário).

56.
I Simpósio Internacional História da Ciência e Epistemologia.Uma contribuição à historia das instituições biomédicas: o Instituto Pasteur de São Paulo. 1991. (Simpósio).

57.
Congresso internacional do Centenário da República Brasileira.Da arquitetura hospitalar no Brasil. 1989. (Oficina).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
TEIXEIRA, Luiz; ARAUJO NETO, L. A. ; ASSIS, M. ; NOGUEIRA, D. ; CLARO, I. B. . A Mulher e o Câncer de Colo de útero. 2018. (Exposição).

2.
PIMENTA, T. S. ; TEIXEIRA, Luiz . A trajetória do controle do câncer de mama no Brasil. 2018. (Outro).

3.
TEIXEIRA, Luiz; MATTA, J. ; ARAUJO NETO, L. A. ; PETRA, T. ; CASADO, L. . Inca 80 anos de história na saúde pública do BrasilEducação em saúde e divulgação científica. 2017. (Exposição).

4.
TEIXEIRA, Luiz; PORTO, Marco A. T. ; MAGALHAES, M. ; Habib, P. A. B. B. ; NOGUEIRA, D. ; ASSIS, M. . A mulher e o câncer de mama no Brasil. 2014. (Exposição).

5.
TEIXEIRA, Luiz; PORTO, Marco A. T. . Imagens das campanhas educativas de prevenção do câncer do colo do útero no Brasil.. 2013. (Exposição).

6.
Teixeira, Luiz Antônio; PORTO, Marco A. T. . O controle do tabaco no Brasil: uma trajetória. 2012. (Exposição).

7.
TEIXEIRA, L. A.; Sá, D. M. . Ciências Biomédicas e Saúde em Perspectiva Histórica. 2010. (Outro).

8.
TEIXEIRA, L. A.. Câncer, mulher e saúde pública: diferentes olhares. 2010. (Congresso).

9.
ALMEIDA, M. ; Sá, D. M. ; TEIXEIRA, L. A. . Ciência, tecnologia e Saúde em Perspectiva Histórica. 2008. (Congresso).

10.
PAIVA, Carlos Henrique Assunção ; SANTOS, L. A. C. ; TEIXEIRA, L. A. . Cooperação Internacional em Saúde. 2007. (Congresso).

11.
TEIXEIRA, L. A.; ALMEIDA, M. . Simpósio temático Ciências Biomédicas, saúde e enfermidades em perspectiva histórica. 2006. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Adriana Alves Pereira. O controle de qualidade da mamografia no Brasil. Início: 2017. Dissertação (Mestrado profissional em Mestrado Profissional em Saúde da Família) - Universidade Estácio de Sá. (Orientador).

2.
Luciana Souza de Aquino. Concepções e controvérsias em torno do rastreamento mamográfico no Brasil. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em (Mestrado em Pós-Graduação em Saúde da Criança e d) - Instituto Fernandes Figueira. (Orientador).

3.
Pedro Senise Maroun. Representações das mulheres sobre a quimioterapia. Início: 2016. Dissertação (Mestrado profissional em Mestrado Profissional em Saúde da Família) - Universidade Estácio de Sá. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Thayane Lopes Oliveira. Mamografia e diagnóstico precoce do câncer de mama no Brasil 1970-1990,. Início: 2017. Tese (Doutorado em História das ciências da saúde) - Casa de Oswaldo Cruz - Fiocruz. (Coorientador).

2.
Luiz Alves Araújo Neto. Mais vale prevenir do que remediar: detecção precoce e prevenção do câncer no Brasil no século XX.. Início: 2016. Tese (Doutorado em História das ciências da saúde) - Casa de Oswaldo Cruz - Fiocruz, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

3.
Lucia Regina de Azevedo Nicida. A medicalização do parto no Brasil a partir do estudo de manuais de obstetrícia. Início: 2016. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Saúde da Criança e da Mulher) - Instituto Fernandes Figueira. (Orientador).

4.
Tania Maria Dias.. A história das pílulas anticoncepcionais no Brasil. Início: 2015. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Saúde da Criança e da Mulher) - Instituto Fernandes Figueira, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Coorientador).

5.
Ana Cristina de Lima Pimentel. A circulação dos novos contraceptivos hormonais no Brasil: mediações entre laboratórios farmacêuticos, médicos, Estado e mulheres. Início: 2014. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Saúde da Criança e da Mulher) - Instituto Fernandes Figueira, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Coorientador).

6.
Carlos Alexandre da Silva Barradas. Narrativas e traduções caleidoscópicas: trajetórias de construção e percepção do cancer. Início: 2013. Tese (Doutorado em Direitos Humanos, Saúde Global e Políticas da Vida) - Fundação Oswaldo Cruz. (Coorientador).

Iniciação científica
1.
Thalita Amado Mayer. A Medicalização dos Nascimentos no Brasil. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Medicina) - Universidade Estácio de Sá, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Luiz Alves Araújo Neto. O Problema do Câncer no Ceará: cancerologia, controle do câncer e a atividade coletiva da medicina 1940 e 1960. 2016. Dissertação (Mestrado em História das Ciências e da Saúde) - Casa de Oswaldo Cruz - Fiocruz, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Luiz Antonio da Silva Teixeira.

2.
Maria Eunice Rodrigues de Mesquita. rperesentações sociais de mulheres com diagnóstico de cancer de colo de útero. 2016. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional em Saúde da Família) - Universidade Estácio de Sá, . Orientador: Luiz Antonio da Silva Teixeira.

3.
Priscila dos Anjos de Moraes. A trajetória do câncer de mama no Brasil: uma análise do jornal ?O Globo? (1925-1999). 2015. Dissertação (Mestrado em História das Ciências e da Saúde) - Casa de Oswaldo Cruz - Fiocruz, . Orientador: Luiz Antonio da Silva Teixeira.

4.
Thayane Lopes Oliveira. Controle do câncer no Ceará. 2015. Dissertação (Mestrado em Pós-graduação em história das ciências da saúde) - Fundação Oswaldo Cruz, . Orientador: Luiz Antonio da Silva Teixeira.

5.
Nayara Borges. Percepção dos Profissionais que Atuam nas Estratégias de Saúde da Família e no Centro de Atenção Psicossocial a Respeito da integração desses setores no município de Bom Jesus do Itabapoana - RJ. 2015. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional em Saúde da Família) - Universidade Estácio de Sá, . Orientador: Luiz Antonio da Silva Teixeira.

6.
Tãnia Maria Dias. Contraceptivos na mídia brasileira: uma análise dos anos 1960 e 1970. Início: 2013. 2014. Dissertação (Mestrado em (Mestrado em Pós-Graduação em Saúde da Criança e d) - Instituto Fernandes Figueira, . Coorientador: Luiz Antonio da Silva Teixeira.

7.
Mônica Cristina da Silva Castro. Pacientes traqueostomizados: conhecimentos, Atitudes e práticas das equipes do Serviço de Atenção Domiciliar do Município de Macapá. 2014. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional em Saúde da Família) - Universidade Estácio de Sá, . Orientador: Luiz Antonio da Silva Teixeira.

8.
Charles Klajman. A trajetória do Instituto Militar de Biologia no início da República. 2009. Dissertação (Mestrado em História das Ciências e da Saúde) - Casa de Oswaldo Cruz - Fiocruz, . Orientador: Luiz Antonio da Silva Teixeira.

9.
Júlio Cesar Paixão Santos. Cuidando do corpo e do espírito num sertão próximo: a experiência e o exemplo da Escola Regional de Meriti (1921-1932). 2008. Dissertação (Mestrado em História das Ciências e da Saúde) - Casa de Oswaldo Cruz - Fiocruz, Fundação Oswaldo Cruz. Orientador: Luiz Antonio da Silva Teixeira.

10.
Tiago Alves Jaques. As políticas anti-tabagistas no Brasil. 2008. Dissertação (Mestrado em História das Ciências e da Saúde) - Casa de Oswaldo Cruz - Fiocruz, . Orientador: Luiz Antonio da Silva Teixeira.

11.
Letícia Pumar Alves de Souza. Sentidos de um país tropical: a lepra e a chaulmoogra brasileira. 2007. Dissertação (Mestrado em História das Ciências e da Saúde) - Casa de Oswaldo Cruz - Fiocruz, . Orientador: Luiz Antonio da Silva Teixeira.

12.
Vanessa Lana. Uma associação científica no interior das Geraes: a Sociedade de Medicina e Cirurgia de Juiz de Fora. 2006. Dissertação (Mestrado em História das Ciências e da Saúde) - Casa de Oswaldo Cruz - Fiocruz, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Luiz Antonio da Silva Teixeira.

13.
Margarete Farias de Moraes. Algumas Considerações Sobre a História dos Hospitais Privados no Rio de Janeiro: o caso da clínica São Vicente. 2005. Dissertação (Mestrado em História das Ciências e da Saúde) - Casa de Oswaldo Cruz - Fiocruz, . Orientador: Luiz Antonio da Silva Teixeira.

Tese de doutorado
1.
Andreza Carla Nakano. Uso de tecnologias e as transformações nas práticas sociais de parto: uma normalização do parto cirúrgico no Brasil?. 2013. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Saúde da Criança e da Mulher) - Instituto Fernandes Figueira, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Coorientador: Luiz Antonio da Silva Teixeira.

2.
Rosana Soares de Lima Temperini. A trajetória das Pioneiras Sociais no controle de canceres femininos. 2012. Tese (Doutorado em História das ciências da saúde) - Casa de Oswaldo Cruz - Fiocruz, Fundação Oswaldo Cruz. Orientador: Luiz Antonio da Silva Teixeira.

3.
Vanessa Lana. As política de controle do cancer no Brasil nas décadas de 40 e 50. 2008. Tese (Doutorado em História das ciências da saúde) - Casa de Oswaldo Cruz - Fiocruz, Fundação Oswaldo Cruz. Orientador: Luiz Antonio da Silva Teixeira.

4.
Daniela Sophia. O Cebes e reforma Sanitária Brasileira. 2008. Tese (Doutorado em História das ciências da saúde) - Casa de Oswaldo Cruz - Fiocruz, . Orientador: Luiz Antonio da Silva Teixeira.

5.
Arlene Audi Brasil Gazêta. Uma contribuição à história do combate à varíola no Brasil: do controle à erradicação. 2006. Tese (Doutorado em História das ciências da saúde) - Casa de Oswaldo Cruz - Fiocruz, Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ. Orientador: Luiz Antonio da Silva Teixeira.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Luiza Vargens Ramos. As politicas de Controle do Câncer Cervical no Brasil. 2011. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Saude Publica) - Fundação Oswaldo Cruz. Orientador: Luiz Antonio da Silva Teixeira.

Iniciação científica
1.
Camila Giorgi Barroso de Carvalho. Aspectos da escolha da cesareana no Brasil. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina) - Universidade Estácio de Sá. Orientador: Luiz Antonio da Silva Teixeira.

2.
Thaisa Cajuela. Aspectos da utilização da cesareana no Brasil. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina) - Universidade Estácio de Sá. Orientador: Luiz Antonio da Silva Teixeira.

3.
Bruna Lourenço Santos. Aspectos da utilização da cesareana no Brasil. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Medicina) - Universidade Estácio de Sá. Orientador: Luiz Antonio da Silva Teixeira.

4.
Marcele Regina Nogueira Pereira. A sociedade de Medicina e Cirurgia de São Paulo. 2002. Iniciação Científica. (Graduando em história) - Fundação Oswaldo Cruz, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Luiz Antonio da Silva Teixeira.

5.
Cristiane Gomes de Oliveira. Avaliação das atividades desenvolvidas no Espaço Biodescoberta. 1998. 0 f. Iniciação Científica. (Graduando em Pedagogia) - Fundação Oswaldo Cruz, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Luiz Antonio da Silva Teixeira.



Educação e Popularização de C & T



Artigos
Artigos completos publicados em periódicos
1.
422001TEIXEIRA, Luiz Antonio . Frankenstein, de Mary Shelley, e Drácula, de Bram Stoker: gênero e ciência na literatura. História, Ciências, Saúde-Manguinhos (Impresso), rio de janeiro, v. 8, n.1, p. 11-34, 2001.

2.
14TEIXEIRA, Luiz Antonio2015TEIXEIRA, Luiz Antonio. Rodolfo dos Santos Mascarenhas: a pioneer of health history. Ciência e Saúde Coletiva (Impresso), v. 20, p. 1135-1141, 2015.


Livros e capítulos
1.
TEIXEIRA, L. A.; FONSECA, Cristina M. O. . De doença desconhecida a problema de saúde pública: o INCA e o controle do câncer no Brasil. 1. ed. Rio de Janeiro: Instituto Nacional do Câncer, 2007. v. 1. 156p .

2.
TEIXEIRA, Luiz; PORTO, Marco A. T. ; NORONHA, C. P. . O câncer no Brasil: passado e presente. 1. ed. Rio de Janeiro: Outras Letras, 2012.


Textos em jornais de notícias/revistas
1.
TEIXEIRA, L. A.. Campanhas Educativas e a Prevenção do Câncer: um pouco de História. Rede Câncer, Rio de Janeiro, p. 39 - 40, 01 maio 2011.

2.
TEIXEIRA, L. A.. Biodescoberta: uma experiência museográfica. Página Central, São Paulo, p. 36 - 36, 06 jun. 1998.


Cursos de curta duração ministrados
1.
TEIXEIRA, L. A.; PAIVA, Carlos Henrique Assunção ; GIONGO, M. . História da Saúde Pública no Brasil. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

2.
TEIXEIRA, L. A.. História da Saúde no Brasil. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
TEIXEIRA, L. A.. Biomedicina, Saúde e Sociedade. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Outra).


Desenvolvimento de material didático ou instrucional
1.
TEIXEIRA, Luiz; PORTO, Marco A. T. ; MAGALHAES, M. ; Habib, P. A. B. B. ; ASSIS, M. ; NOGUEIRA, D. . A mulher e o câncer de mama no Brasil. 2014. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Catálogo de exposiçào).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Teixeira, Luiz Antônio; PORTO, Marco A. T. . O controle do tabaco no Brasil: uma trajetória. 2012. (Exposição).

2.
TEIXEIRA, Luiz; PORTO, Marco A. T. ; MAGALHAES, M. ; Habib, P. A. B. B. ; NOGUEIRA, D. ; ASSIS, M. . A mulher e o câncer de mama no Brasil. 2014. (Exposição).

3.
TEIXEIRA, Luiz; ARAUJO NETO, L. A. ; ASSIS, M. ; NOGUEIRA, D. ; CLARO, I. B. . A Mulher e o Câncer de Colo de útero. 2018. (Exposição).

4.
TEIXEIRA, Luiz; MATTA, J. ; ARAUJO NETO, L. A. ; PETRA, T. ; CASADO, L. . Inca 80 anos de história na saúde pública do BrasilEducação em saúde e divulgação científica. 2017. (Exposição).

5.
TEIXEIRA, Luiz; PORTO, Marco A. T. . Imagens das campanhas educativas de prevenção do câncer do colo do útero no Brasil.. 2013. (Exposição).




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 14/11/2018 às 3:27:09