Maria de Lourdes Alves Borges

Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 1D

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/7482438465356926
  • Última atualização do currículo em 22/11/2018


Possui graduação em Física pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1984), mestrado em Filosofia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1990) e doutorado em Filosofia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1996). Atualmente é Professora Titular da Universidade Federal de Santa Catarina. Fez pós-doutorado na University of Pennsylvania (1999), na Humboldt Universität (2006) e na Columbia University (2014).Tem experiência na área de Filosofia, atuando principalmente nos seguintes temas: Kant, Hegel, ética, emoções e filosofia feminista. Publicou "What can Kant teach us about emotions" no The Journal of Philosophy e "Physiology and the Controlling of Affects in Kant?s Philosophy" no Kantian Review, além de vários livros e artigos sobre Kant, Hegel, ética, emoções e filosofia feminista É autora dos livros História e Metafísica em Hegel, Amor, Tudo o que você precisa saber sobre Ética, Atualidade de Hegel, Body and Justice, Razão e Emoção em Kant e organizadora do livro Filosofia:machsimos e feminismos, entre outros. Foi coordenadora da pós-graduação em Filosofia /UFSC . Atualmente é Secretária de Cultura e Arte da UFSC e presidente da Sociedade Kant Brasileira.Orientou 5 teses de doutorado e 13 dissertações de mestrado. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Maria de Lourdes Alves Borges
Nome em citações bibliográficas
BORGES, M.;De Lourdes Borges, Maria;BORGES, MARIA

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal de Santa Catarina.
Departamento de Filosofia
Florianopolis
88010970 - Florianópolis, SC - Brasil - Caixa-postal: 476
Telefone: (48) 37212948
Fax: (48) 3319751
URL da Homepage: www.cfh.ufsc.br


Formação acadêmica/titulação


1990 - 1996
Doutorado em Filosofia.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
com período sanduíche em IEDES-Université de Paris I - Pantheon Sorbonne (Orientador: Bernard Bourgeois).
Título: O giro metafísico hegeliano, Ano de obtenção: 1996.
Orientador: Denis Rosenfield.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
1986 - 1990
Mestrado em Filosofia.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Título: Os jogos da Alteridade: sobre o senhor/ servo em Hegel,Ano de Obtenção: 1990.
Orientador: Denis Rosenfield.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
1990 - 1991
Especialização em DEA Philosophie.
Université Paris 1 Pantheon-Sorbonne, PARIS 1, França.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
1981 - 1984
Graduação em Física.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.


Pós-doutorado


2014 - 2014
Pós-Doutorado.
Columbia University, COLUMBIA, Estados Unidos.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
2006 - 2007
Pós-Doutorado.
Humboldt-Universitat zu Berlin, HUMBOLDT U, Alemanha.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: História da Filosofia / Especialidade: Idealismo Alemão.
1999 - 2000
Pós-Doutorado.
University of Pennsylvania, UPENN, Estados Unidos.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas


Atuação Profissional



Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor titular, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2016 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Secretária de Cultura e Arte

Vínculo institucional

1995 - 2017
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Associado, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2008 - 2012
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Secretária de Cultura e Arte da UFSC, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

3/2018 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , CNPQ, .

05/2016 - Atual
Direção e administração, Secretaria de Cultura e Arte, .

Cargo ou função
Secretária de Cultura e Arte.
3/2003 - Atual
Ensino, Filosofia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Ética I
Ética II
01/2003 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Ethic@, .

Cargo ou função
Conselho editorial.
01/2003 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Kant e-prints, .

Cargo ou função
Comissão Científica.
03/2000 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Filosofia e Ciências Humanas, .

03/2001 - 12/2017
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Etica I
Ética II
2/2015 - 2/2016
Conselhos, Comissões e Consultoria, Ethic@, .

Cargo ou função
Editora Gerla da Revista Ethic@.
05/2013 - 12/2013
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Filosofia e Ciências Humanas- CFH, .

Cargo ou função
Coordenadora da comissão de julgamento de bolsas PIBIC.
05/2012 - 12/2013
Direção e administração, Departamento de Filosofia, .

Cargo ou função
Coordenadora de pesquisa.
5/2008 - 5/2012
Direção e administração, Reitoria, .

Cargo ou função
Secretária de Cultura e Arte.
1/2004 - 1/2008
Conselhos, Comissões e Consultoria, REF, .

Cargo ou função
Editora de Entrevista.
03/2004 - 03/2006
Conselhos, Comissões e Consultoria, Comissão de Ética em pesquisa com seres humanos, .

Cargo ou função
representante do CFH.
01/2003 - 10/2003
Conselhos, Comissões e Consultoria, Câmara de Pós Graduação, .

Cargo ou função
Conselheira.
10/2001 - 9/2003
Direção e administração, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, .

Cargo ou função
Coordenadora de Pós-graduação.
06/2000 - 12/2000
Ensino,

Disciplinas ministradas
Filosofia Moderna I (Kant)
Ética I (Aristóteles)


Linhas de pesquisa


1.
Fundamentação da ação moral
2.
Prazer e desprazer na filosofia prática kantiana


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Prazer e Desprazer na Filosofia Prática Kantiana
Descrição: Novo projeto Prazer e desprazer na filosofia prática kantiana (3/2018 a 2/2022) 1. Objetivos Objetivo principal: Analisar o sentimento de prazer e desprazer na filosofia prática kantiana Objetivos secundários Determinar se Kant atribui algum papel ao sentimento de prazer e desprazer na motivação moral Analisar o prazer e o desprazer no respeito e no sentimento moral Compreender o papel do prazer e desprazer na ação não moral Fazer um mapeamento das faculdades em Kant Relacionar faculdade de prazer e desprazer e a faculdade de desejar 2. Resumo O objeto da pesquisa é o prazer e desprazer na filosofia prática kantiana. Inicialmente procurarei, analisar o texto kantiano, a fim de compreender qual a natureza do respeito, se esse possui um papel motivacional ou é apenas uma mera consequência ou efeito sensível de uma motivação que é puramente racional. Gostaria também de analisar o significado da concepção de condições estéticas para a recepção do dever, tal como afirmado no § XII da Introdução à Doutrina da Virtude (TL, 6: 399), com ênfase no sentimento moral. Num segundo momento, procurarei fazer um mapeamento das faculdades na obra kantiana, relacionando faculdade de desejar e sentimento de prazer e desprazer, a fim de estabelecer como essas faculdades se relacionam, tanto na ação moral, quanto na ação não moral..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (1) .
Integrantes: Maria de Lourdes Alves Borges - Coordenador.
2014 - 2018
O mal em Kant
Descrição: Neste projeto de pesquisa, pretendo investigar o mal na filosofia kantiana. Farei inicialmente uma análise dos três graus da propensão para o mal em Kant, tal como expostos na Religião nos Limites da Simples Razão, com ênfase especial na fraqueza e malignidade. Conforme a conclusão da pesquisa anterior, os afetos estão relacionados à fraqueza moral, e as paixões à malignidade. Examinarei a possibilidade de superação no mal, dando ênfase ao terceiro grau desta propensão. Mostrarei que este só pode ser superado numa comunidade ética, no qual os homens estariam unidos sob leis de virtude. Farei uma comparação entre sociedade civil jurídica e comunidade ética. Por fim, analisarei a utilização do conceito do mal em Kant dar conta do mal na contemporaneidade, principalmente nas figuras do genocídio, terrorismo, e tortura. Objetivos 1.Objetivo principal: Analisar o conceito de mal na filosofia prática kantiana 2.Objetivos secundários: Analisar os três graus da propensão ao mal na natureza humana: fraqueza, impureza e malignidade Mostrar a diferença entre fraqueza da vontade e malignidade. Verificar a possibilidade da superação do mal na criação de uma comunidade ética, tal como exposta na Religião nos Limites da Simples Razão Comparar estado de natureza jurídico e estado de natureza ético Comparar estado civil jurídico e estado civil ético Analisar o conceito de mal radical Analisar a capacidade do conceito de mal em Kant ser utilizado como ferramenta teórica para refletir sobre o mal na contemporaneidade.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2011 - 2014
As paixoes na Filosofia de kant
Descrição: O projeto pretende analisar a relação entre paixão, ação e mal na filosofia kantiana. Incialmente, serão analisadas as emoções, afetos, paixões e inclinações. Será feita uma taxonomia das paixões kantianas. Por fim serao relacionadas os afetos e paixões com os vários graus do mal, com ênfase à fraqueza da vontade e ao mal radical..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2008 - 2011
Motivacao moral em Kant
Descrição: O projeto pretende analisar a motivacao moral em Kant. Serao analisados os móbeis e motivos da ação moral, a fim de indagar sobre a possibilidade de um juízo moral ser suficiente para a realização da açãol. Será examinado o papel dos sentimentos morais e da simpatia na moralidade kantiana..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2005 - 2008
Motivo móbil e máxima em Kant
Descrição: Nesta pesquisa procurarei fazer a distinção entre motivo e móbil, bem como relacioná-los com o conceito de máxima. Desde as Lições sobre Ética e Metafísica, Kant distingue entre os termos latinos motiva e stimulus. Na Fundamentação da Metafísica dos Costumes, Kant explica esta distinção em termos de fundamento objetivo e subjetivo para ações: o motivo (Bewegungsgrund) é o fundamento objetivo da ação e o móbil (Triebfeder), o fundamento objetivo da ação. Como sabemos, Kant explora esta diferença, mostrando que, numa ação moral, móbeis sensíveis não cumprem um papel relevante, pelo contrário, a presença de móbeis, tais como a compaixão ou simpatia, podem aniquilar o valor moral de uma ação. Veremos como móbeis sensíveis não podem ser o fundamento da ação, sob pena dessa carecer de valor moral. Examinarei posteriormente a Crítica da Razão Prática, na qual Kant afirma que, numa ação moral, a lei moral deve ser tanto móbil quanto motivo. Por fim, analisarei a Doutrina da Virtude e Religião nos limites da simples Razão. Na Doutrina da Virtude, indagarei qual o papel que sentimentos como simpatia podem ter no sistema kantiano. Na Religião nos limites da simples Razão, será analisada a tese segundo a qual móbeis não podem causar a ação, a não ser que sejam incorporados à máxima. Tal tese foi denominada por Allison de tese da incorporação. Passarei ao exame da noção de máxima em Kant, procurando analisar a relação entre fraqueza da vontade e tese da incorporação, relacionando móbil, motivo e máxima..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Mestrado acadêmico: (4) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Maria de Lourdes Alves Borges - Coordenador / Julia Ascherman - Integrante / Melissa Lentz - Integrante / Margareth Stadtnick - Integrante / Berta Rieg - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 43 / Número de orientações: 7


Projetos de extensão


2013 - Atual
Justica e Democracia
Descrição: O projeto pretende discutir as teorias da Justica e Democracia contemporâneas, assim como debater as experiências democráticas existentes..
Situação: Em andamento; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Maria de Lourdes Alves Borges - Coordenador / Delamar Dutra - Integrante / Adriano DUARTE - Integrante / Pinzani, Alessandro - Integrante / Aylton Durao - Integrante.


Membro de corpo editorial


2016 - Atual
Periódico: ESTUDOS KANTIANOS
2015 - 2016
Periódico: Ethic@ (UFSC)
2003 - Atual
Periódico: KANT E-PRINTS (ONLINE)
2002 - Atual
Periódico: Ethic@ (UFSC)


Revisor de periódico


2010 - Atual
Periódico: ETHIC@ (UFSC)


Revisor de projeto de fomento


2003 - Atual
Agência de fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
2000 - Atual
Agência de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Ética.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: História da Filosofia.


Idiomas


Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Alemão
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

Outras
Total de trabalhos:5
Total de citações:67
Maria de Lourdes Borges  Data: 12/03/2013

Artigos completos publicados em periódicos

1.
6BORGES, MARIA2017BORGES, MARIA. Pleasure and motivation in Kant's practical philosophy. ESTUDOS KANTIANOS, v. 5, p. 99-106, 2017.

2.
5BORGES, MARIA2017BORGES, MARIA. O mal e a coerência do sistema kantiano. Studia Kantiana, v. 15, p. 57-66, 2017.

3.
7BORGES, MARIA2017BORGES, MARIA. The Metaphysics of Morals: between the a priori and a practical anthropology. ETHIC@ (UFSC), v. 16, p. 423-436, 2017.

4.
4BORGES, MARIA2017BORGES, MARIA. Emoções e motivação moral. CONJECTURA: FILOSOFIA E EDUCAÇÃO (UCS), v. 22, p. 59-67, 2017.

5.
8BORGES, MARIA2016BORGES, MARIA. A (in) capacidade explicativa do conceito de mal em Kant. Revista de Filosofia: Aurora (PUCPR. Impresso), v. 28, p. 573-582, 2016.

6.
9BORGES, MARIA2015BORGES, MARIA. O amor no cérebro. Principios, v. 22, p. 125-135, 2015.

7.
11De Lourdes Borges, Maria2014De Lourdes Borges, Maria. We Are All Ninjas. Ethic@ (UFSC), v. 13, p. 167-174, 2014.

8.
3BORGES, MARIA2014BORGES, MARIA. PASSIONS AND EVIL IN KANT'S PHILOSOPHY. Manuscrito (UNICAMP), v. 37, p. 333-355, 2014.

9.
10BORGES, M.2014BORGES, M.. Para todo mal, a cura. Con-textos Kantianos (International Journal of Philosophy), v. 1, p. 10-22, 2014.

10.
12BORGES, M.2013BORGES, M.. kant on emotions and William's criticism. Revista Veritas, v. 58, p. 131-150, 2013.

11.
13BORGES, M.2011BORGES, M.. Filosofia e cinema: o desejo em Hegel e Almodovar. Revista TRAMA Interdisciplinar, v. 2, p. 194-200, 2011.

12.
14BORGES, M.2010BORGES, M.. Kant on woman and morality. Kant e-Prints (Online), v. 5, p. 162-168, 2010.

13.
15BORGES, M.2009BORGES, M.. Virtue as cure for passion and affects. Kant e-Prints (Online), v. 4, p. 267-283, 2009.

14.
2BORGES, M.2008 BORGES, M.. Physiology and the Controlling of Affects in Kant?s Philosophy. Kantian Review, v. 13, p. 46--66, 2008.

15.
16BORGES, M.2008BORGES, M.. Actions and Feelings. Kant e-Prints (Online), v. 3, p. 115-122, 2008.

16.
17BORGES, M.2007BORGES, M.. Knowing People and predicting actions. Revue Roumaine de Philosophie, v. 51, p. 22, 2007.

17.
18BORGES, M.2006BORGES, M.. War and Perpetual Peace: Kant, Hegel and contemporary wars. Ethic@ (UFSC), v. 5, p. 1, 2006.

18.
19BORGES, M.2005BORGES, M.. Gênero e Desejo. Revista de Estudos Feministas, Florianopolis, 2005.

19.
1BORGES, M.2004 BORGES, M.. What can Kant teach us about emotions?. The Journal of Philosophy, USA, v. 04, n.003, p. 140-158, 2004.

20.
20BORGES, M.2003BORGES, M.. Felicidade e Beneficência em Kant. Síntese (Belo Horizonte), v. 97, 2003.

21.
21BORGES, M.2003BORGES, M.. Psicologia empírica, Antropologia e Metafísica dos Costumes. Kant e-prints, v. 2, n.1, 2003.

22.
23BORGES, M.2002BORGES, M.. Moralidade e Protestantismo em Hegel. Filosofia Política, Rio de janeiro, v. 3, n.3, p. 106-107, 2002.

23.
22BORGES, M.2002 BORGES, M.. Kant on sympathy and moral incentives. Ethic@ (UFSC), v. 1, n.2, p. 183-199, 2002.

24.
24BORGES, M.2001 BORGES, M.. O belo como símbolo do bom ou a estetização da moralidade. Studia Kantiana, 2001.

25.
25BORGES, M.2000BORGES, M.. Uma tipologia do amor na filosofia kantiana. Studia Kantiana (Rio de Janeiro), Rio de Janeiro, v. 2, n.1, p. 19-34, 2000.

26.
26BORGES, M.1999BORGES, M.. História e Metafísica: A Política Como Prova do Absoluto. Revista de Filosofia Política, UFRGS, Porto Alegre, v. 4, 1999.

27.
27BORGES, M.1999BORGES, M.. Seria o Hegelianismo Uma Forma de Espinosismo?. Discurso. Departamento de Filosofia da FFLCH da USP, São Paulo, v. 30, p. 63-85, 1999.

28.
28BORGES, M.1998BORGES, M.. Espírito do Mundo e Espírito dos Povos Na Filosofia de Hegel: A Liberdade Desenvolvida Temporalmente. Kriterion, Belo Horizonte, MG, v. 38, n.96, p. 33-54, 1998.

29.
29BORGES, M.1998BORGES, M.. Política no tempo: a encenação da dialética. Revista Veritas, Porto Alegre, v. 43, n.4, p. 1071-1080, 1998.

30.
30BORGES, M.1996BORGES, M.. Entre A Ética Antiga e A Moral Moderna. Revista Idéias- UNICAMP, Campinas, v. ano 3, n.n.1, p. 77-101, 1996.

31.
31BORGES, M.1995BORGES, M.. A Dialética Hegeliana: O Projeto de Unificação da Lógica e da Ontologia. Revista Veritas, Porto Alegre RS, v. 40, n.160, p. 779-790, 1995.

32.
32BORGES, M.1995BORGES, M.. O Problema do Mal Na Teodicéia de Leibniz. Princípios, Natal, RN, v. 3, p. 110-118, 1995.

33.
33BORGES, M.1994BORGES, M.. A Morte Impossível: Uma Análise da Luta de Vida e Morte Na Figura do Senhor e do Servo. Revista Veritas, Porto Alegre RS, v. 40, n.157, p. 37-48, 1994.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
BORGES, MARIA. Comentários sobre a Antropologia de um ponto de vista pragmático de Kant. 1. ed. Florianópolis: NEFIPONLINE, 2018. v. 1. 268p .

2.
BORGES, MARIA; TIBURI, M. . Filosofia: machismo e feminismos. 1. ed. Florianopolis: EdUFSC, 2014. 324p .

3.
BORGES, M.. Razão e Emoção em \kant. 1. ed. Pelotas: Editora da UFPel, 2012. v. 1. 184p .

4.
BORGES, M.; Nahra, Cinara . Body and Justice. 1. ed. Newcastle upon Tyne, UK: Cambridge Scholars Publishing, 2011. v. 1. 163p .

5.
BORGES, M.; O'Shea, J. R. (Org.) . Filosofia e Literatura. 1. ed. Florianopolis: Bernúncia, 2010. v. 1. 151p .

6.
BORGES, M.. A Atualidade de Hegel. 1. ed. Florianópolis: Editora UFSC, 2009. v. 1. 171p .

7.
BORGES, M.; HECK, J. N. (Org.) . Kant: liberdade e natureza. 1. ed. Florianópolis: Editora da UFSC, 2005. v. 1. 278p .

8.
BORGES, M.. Amor- Coleção Passo a Passo. Rio de Janeiro: Zahar, 2004. v. 1. 64p .

9.
BORGES, M.; DALLAGNOL, D. ; DUTRA, D. . O que você precisa saber sobre Ética. 1. ed. Rio de Janeiro: DPA, 2003. v. 1. 141p .

10.
BORGES, M.. História e Metafísica: Sobre A Noção de Espírito do Mundo. 1. ed. Porto Alegre: EDIPUCRS- Coleção Filosofia, 1998. v. 84. 248p .

Capítulos de livros publicados
1.
BORGES, MARIA. Psicologia empírica, Antropologia e Metafísica dos Costumes em Kant. In: Borges, Maria. (Org.). Comentários sobre a Antropologia de um ponto de vista pragmático de Kant. 1ed.Florianópolis: NEFIPONLINE, 2018, v. 1, p. 171-190.

2.
BORGES, M.. A busca de uma religião racional. In: Klein, J. ; Nahra, C.; Menezes, A.. (Org.). A Religião em questão. 1ed.Rio da Janeiro: Lumen Juris, 2017, v. 1, p. 129-140.

3.
BORGES, M.. Many shades of evil. In: Santos, L.R,; Louden,R.B.; Azevedo Marques, U.R.. (Org.). Kant e o A priori. 1ed.Marília: Oficina Univeritária, 2017, v. 1, p. 193-200.

4.
BORGES, MARIA. High Doses of Hellebore. In: Jimenez;Hanna;Louden;Rosales;Madrid;. (Org.). Kant's Shorter Writings. 1ed.: Cambridge Scholars Publishing, 2016, v. 1, p. 180-189.

5.
BORGES, M.. Para todo mal, a cura. In: Barvaresco, Agemir; Lima; Jozivan. (Org.). Direito e Justiça: Festchrift em homenagem a Thadeu Weber. 1ed.Porto Alegra: Editora Fi, 2016, v. 1, p. 551-566.

6.
BORGES, MARIA. Passions as Cancerous Sores for Pure Practical Reason. In: Kaurak-Leite, Patricia, Cecchinato, Giorgia, Figueiredo, Virginia;Ruffing, Margit;Serra,Alice. (Org.). Kant and the Metaphors of Reason. 1ed.Hildesheim: GEORG OLMS VERLAG, 2015, v. 1, p. 243-251.

7.
BORGES, MARIA. Corpo e sensibilidade: o lugar do feminino em Kant e Hegel. In: Dias, Maria Clara; Klein, Joel Thiago. (Org.). O sujeito em questão. 1ed.Natal: EDUFRN, 2015, v. 1, p. 23-42.

8.
BORGES, MARIA. Medicina, Ciência e o sobrenatural no filme A Antropóloga. In: Fonseca, Ana Carolina; Efrom, Cora; Santos, Isabela. (Org.). Cinema, Ética e Saúde. 1ed.Porto Alegre: Editora Bestiário, 2014, v. 1, p. 461-464.

9.
BORGES, MARIA. O corpo: o lugar contraditório do feminino. In: Borges,Maria; Tiburi, Márcia. (Org.). Filosofia: machismos e feminismos. 1ed.Florianópolis: Editora UFSC, 2014, v. 1, p. 177-192.

10.
BORGES, MARIA. Ética e emoções. In: João Carlos Brum Torres. (Org.). Manual de Ética. 1ed.Rio de Janeiro: Vozes, 2014, v. 1, p. 110-126.

11.
BORGES, M.. Otelo e a paixao do ciúme. In: Anelise Corseuil; Daniel de Sá;Leon de Paula;Maria Brígida de Miranda; Maria Cecília Coelho. (Org.). Literatura, teatro e Cinema. 1ed.Florianopolis: Fundacao Badesc, 2013, v. 1, p. 96-101.

12.
BORGES, M.. A Typology of Love in Kant's Philosophy. In: Frederick Rauscher; Daniel Omar Perez. (Org.). Kant in Brazil. 1ed.Rochester: University of Rochester Press, 2012, v. 1, p. 271-283.

13.
BORGES, M.. Seducao e Política: a arte da encenacao. In: Fonseca, Ana Carolina; Pohlmann; Eduardo Augusto; Goldmeier,Gabriel. (Org.). Ética, política e esclarecimento público. 1ed.Porto Alegre: Bestiário, 2012, v. 1, p. 311-322.

14.
BORGES, M.. Paixao e Deliberacao na Filosofia kantiana. In: Milene Tonetto; Alessandro pinzani; Darlei Dall'Agnol. (Org.). Investigacoes kantianas I: um debate prural. 1ed.Florianópolis: Fundacao Boiteux, 2012, v. 1, p. 143-156.

15.
BORGES, M.. Filosofia e cinema:o desejo em Hegel e Almodovar. In: Maria Clara Dias. (Org.). Filosofia da Mente, Ética e metaética. 1ed.Rio de Janeiro: multifoco, 2010, v. 1, p. 201-211.

16.
BORGES, M.. Willians e Kant sobre motivação moral. In: Santos, L.;Pozzo,R.,Marques, U.Piaia, Gregório. (Org.). Was ist der Mensch?Que é o homem?. 1ed.Lisboa: Editora Centro de Filosofia da Universidade de Lisboa, 2010, v. 1, p. 673-680.

17.
BORGES, M.. A virtude e o direito do héroi hegeliano. In: Alfredo de Oliveira Moraes. (Org.). Razão nos Trópicos: Festschrift em homenagem a Paulo Meneses no seu 60 aniversário. Recife: FASA Editora, 2005, v. 1, p. 27-40.

18.
BORGES, M.. O controle das emoções em Kant. In: Borges, Maria; Heck, José. (Org.). Kant: liberdade e natureza. 1ed.Florianopolis: Editora da UFSC, 2005, v. 1, p. 199-214.

19.
BORGES, M.. Kant, Derrida e a Idéia de Universidade. In: Rampinelli, W.J., Alvim, V.; Rodrigues, G.. (Org.). Universidade: a democracia ameaça. 1ed.São Paulo- SP: Xamã, 2005, v. 1, p. 161-170.

20.
BORGES, M.. Contratualismo x Utilitarismo: motivação moral segundo T.L.Scanlon. In: Nythamar de Oliveira; Draiton de Souza. (Org.). Justiça e Política: Homenagem a Otfried Höffe. 1ed.Porto Alegre: EDIPUCRS, 2003, v. 1, p. 87-96.

21.
BORGES, M.. Imperativo categórico: modo de usar. In: Marco Antônio Frangiotti; Delamar Dutra. (Org.). Argumentos Filosóficos. Florianópolis: UFSC/NEL, 2001, v. , p. 29-42.

22.
BORGES, M.. Une Métaphysique des vertus est-elle possible?. In: Langlois, L. ; Narbonne, M. (Org.). La Métaphysique, son histoire, sa critique, ses enjeux. Paris: Vrin, 2000, v. , p. 149-156.

23.
BORGES, M.. Hegel e John Rawls: Uma Interlocução Polêmica?. Justiça como equidade. Florianópolis-SC: Editora Insular, 1998, v. , p. -.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
BORGES, M.. La sipde della universitá Brasiliana. Cosmopolis, Itália.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
BORGES, M.. Reasons and Causes of Actions in Kant. In: X Internationale kant-Kongress, 2008, Sao Paulo. Recht und Frieden in der Philosophie Kants. Berlim: Walter de Gruyter, 2008. v. 3. p. 63-71.

2.
BORGES, M.. Emotions and Practical Reason in Kant. In: Twnty First World Congress of Philosophy, 2007, Turquia. The Proceedings of the Twenty-first world Congress of Philosophy.

3.
BORGES, M.. Habermas sobre Bataille. In: Anais do Colóquio Habermas / 30 a 1 de abril de 2005, 2005, Florianopolis. Habermas em Discussão. v. 1. p. 216-221.

4.
BORGES, M.. O modelo das emoções em Kant. In: Simpósio Internacional Principia, 2002, Florianópolis SC. Linguagem e Filosofia: Anais do Segundo Simpósio Internacional Principia. Florianópolis: NEL, 2001. v. 1. p. 313-323.

5.
BORGES, M.. Sympathy in Kant's moral theory. In: IX Internationalen Kant-Kongress, 2001, Berlin. Akten des IX. Internationalen Kant-Kongresses. Berlin: De Gruyter, 2000. v. III. p. 152-158.

6.
BORGES, M.. Le Devoir D'Aimer Dans Une Philosophie de La Pure Raison Pratique. In: III e Congrès de la Société Internationale D'Études Kantiennes de Langue Française, 1997, Atenas, Grécia. Droit et Vertu chez Kant- Kant et la philosophie grecque et moderne. Atenas Grécia, 1997. v. 1. p. 177-181.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
BORGES, MARIA. Many shades of evil. In: IX Colóquio Kant 'Clélia Martins', 2015. IX Colóquio Kant. v. 1. p. 12-12.

2.
BORGES, M.. Beauty, gender and justice. In: XXIII World Congress of Philosophy, 2013, Atenas. XXIII World Congress of Philosophy- Abstracts. Atenas: University of Athens, 2013. v. 1. p. 80-80.

3.
BORGES, M.. Passions as cancerous sores for pure practical reason. In: IV Coloquio Kant Multilateral, 2013, Tiradentes. IV Colóquio Kant Multilateral-Kant e as metáforas da razao.Caderno de Resumos, 2013. v. 1. p. 69-69.

4.
BORGES, M.. Máxima e ações em Kant. In: XVII Congresso da Sociedade Interamericana de Filosofia, 2013, Salvador. Livro de Resumos- XVII Congresso da Sociedade Interamericana de Filosofia. Salvador: Quarteto Editora, 2013. v. 1. p. 373-373.

5.
BORGES, M.. Paixao e Deliberacao em Kant. In: IV Colóquio Internacional de Metafísica, 2012, Natal. Anais do IV Colóquio de metafísica, 2012. v. 1. p. 17-17.

6.
BORGES, M.. Passions, Nature and Freddom in Kant's Philosophy. In: Kant und das antinomischeDenken- III Multilaterales Kant-Kolloquium, 2011, Mainz. Kant und das antinomischeDenken- III Multilaterales Kant-Kolloquium. Mainz, 2011. v. 1. p. 4-4.

7.
BORGES, MARIA. O belo e o sublime nas diferenças entre os sexos em Kant. In: XIV Encontro Nacional ANPOF, 2010, Aguas de Lindóia. Livro de Atas- XIV Encontro Nacional de Filosofia ANPOF, 2010. v. 1. p. 390-390.

8.
BORGES, M.. Sobre as emoções morais. In: III Colóquio Italo-Luso-Brasileiro, 2009, Lisboa. Was ist der Mensch?. Lisboa, 2009. v. 1. p. 20-20.

9.
BORGES, MARIA. Sensibilidade e motivação moral. In: XIII Encontro Nacional de Filosofia ANPOF, 2008, Canela RS. Livro de Atas- XIII Encontro Nacional de Filosofia ANPOF. São Leopoldo: Editora da UNISINOS, 2008. v. 1. p. 486-487.

10.
BORGES, M.. Kantian Coldness and the feminism criticism. In: V Simposio Internacional Principia, 2007. V Simposio Internacional Principia.

11.
BORGES, M.. Virtue as a cure for affects and passions. In: IX Colóquio Kant/ Colóquium CLE 30 anos, 2007, Campinas. IX Coloquio Kant, 2007.

12.
BORGES, M.. Sobre desejar e querer. In: A Filosofia de Donald Davidson/ IV Simpósio InternacionaL Principia, 2005, Florianopolis. Resumos do IV Simpósio Internacional Principia, 2005. v. 1. p. 17.

13.
BORGES, M.. Reasons and causes of action in Kant. In: X. Internalionaler Kant- Kongress, 2005, São Paulo. Recht und Frieden in der Philosophie Kants - Akten des X. Internalionalen Kant- Kongresses, 2005. v. 3.

14.
BORGES, M.. O conceito de apatia em Kant. In: XI Encontro Nacional de Filosofia da ANPOF, 2004, Salvador, 18 a 22 de outubro. Anais do XI Encontro Nacional de Filosofia da ANPOF, 2004.

15.
BORGES, M.. Emotions and Pratical Reason in Kant (abstract). In: XX1st Congress of Philosophy, 2003, Istambul. WorldXX1st Congress of Philosophy- Philosophy facing World Problems, 2003. p. 39.

16.
BORGES, M.. Máximas e regras de saliência moral. In: Primeiro Simpósio Internacional de Ética, 2002, Uberlândia. Caderno de resumos, 2002. v. 1. p. 12-12.

17.
BORGES, M.. Metafísica dos Costumes e Antropologia em Kant. In: X Encontro da Anpof, 2002, São Paulo. Atas do X Encontro Nacional de Filosofia, 2002. v. 1. p. 217-217.

18.
BORGES, M.. Physiology and the Controlling of Affects in Kant's Philosophy. In: The American Philosophical Association (APA) / Central Division Ninety Ninth Annual Meeting, 2001, Minneapolis. Proceedings of APA/ Central Division Program, 2001. p. 88-89.

19.
BORGES, M.. Moral, virtude e felicidade na filosofia kantiana. In: ANPOF/ IX Encontro Nacional de Filosofia, 2000, Poços de Caldas/ MG. Atas do IX Encontro Nacional de Filosofia, 2000. v. 1. p. 41-41.

20.
BORGES, M.. Emoções e Razão Prática. In: ANPOF/ IX Encontro Nacional de Filosofia, 2000, Poços de Caldas. Anais do IX Encontro Nacional de Filosofia, 2000. v. 1. p. 119-119.

21.
LOURDES ; BORGES, M. . Kant And Hegel On The Ontological Proof- Anais do 20th Congress Of Philosophy, Boston, Agosto, 1998. In: 2oth World Congress of Philosophy, 1998, Boston. Abstracts. Boston, EUA, 1998. v. 1. p. 60.

22.
BORGES, M.. O Desenvolvimento da Doutrina da Razão Prática Pura: do Formalismo À Sensibilidade Moral. In: VIII Encontro Nacional de Filosofia da ANPOF, 1998, Caxambu- MG. Caderno de Resumos do VIII Encontro Nacional de Filosofia da ANPOF. Caxambu- MG. v. 1. p. 294-294.

23.
BORGES, M.. Um possível diálogo Hegel-John Rawls?. In: Simpósio Internacional sobre a Justiça, 1997, Florianópolis. Simpósio Internacional sobre a Justiça, 1997. v. 1. p. 26-26.

24.
BORGES, M.. A diferença entre realismo transcendental e realismo empírico segundo Kant. In: IX Colóquio de História da Ciência, 1995, Águas de Lindóia. Ceticismo e Realismo na Ciência, 1995. v. 1. p. 61-61.

Apresentações de Trabalho
1.
BORGES, MARIA. Emotion and Evil in Kant. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
BORGES, MARIA. The feminist criticism of Kant's Philosophy. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
BORGES, MARIA. Progress as a cure for Evil. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
BORGES, MARIA. Healing evil. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

5.
BORGES, MARIA. Many shades of evil. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
BORGES, MARIA. É possível uma religião nos limites da razão?. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
BORGES, MARIA. High Doses of Hellebore. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
BORGES, M.. Passions as cancerous sores for pure practical reason. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
BORGES, M.. Passions and evil in Kant's philosophy. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
BORGES, M.. Beauty, gender and justice. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
BORGES, M.. Emocçoes e Sentimentos morais. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
BORGES, M.. Paixao e Deliberacao em Kant. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
BORGES, M.. Paixao e deliberacao na filosofia moral Kantiana. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
BORGES, MARIA. Paixão e Deliberação na Filosofia moral kantiana. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

15.
BORGES, M.. Sentientos morais em uma teoria da Justica. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

16.
BORGES, MARIA. Passions, Nature and Freedom in Kant's Philosophy. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

17.
BORGES, M.. Razões morais. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

18.
BORGES, MARIA. Razões Morais. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

19.
BORGES, M.. Sobre emoções morais: Kant vs Bernard Williams. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

20.
BORGES, M.. Teoria do Erro e Razoes. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

21.
BORGES, MARIA. Teoria do Erro e Razões. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

22.
BORGES, M.. Hegels Interpretation der Antigone.. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

23.
BORGES, M.. Das Gesetz der empfindenden subjektiven Substantialität: Hegels Interpretation der Antigone.. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

24.
BORGES, M.. Kantian Coldness and the feminism criticism. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

25.
BORGES, M.. Virtue as a cure for affects and passions. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

26.
BORGES, MARIA. O anel de Gyges: Sobrepujamento e a unidade da Razão. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

27.
BORGES, MARIA. O problema moral em Michael Smith. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

28.
BORGES, M.. Knowing people and predicting actions.. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

29.
BORGES, M.. Hegel x Kant: war and perpetual peace. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

30.
BORGES, M.. Action and Emotion in Kant. 2006. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

31.
BORGES, M.. Habesmas sobre Bataille. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

32.
BORGES, MARIA. Hegel on war and peace. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

33.
BORGES, MARIA. Reasons and causes of actions in Kant. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

34.
BORGES, MARIA. Há uma guerra justa em Hegel. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

35.
BORGES, MARIA. Reasons and causes of actions in Kant. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

36.
BORGES, M.. Móbil e Motivo em Kant. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

37.
BORGES, M.. Filosofia e Cinema: o senhor/escravo de Hegel e o desejo em Almodóvar. 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

38.
BORGES, M.. Reasons and Causes of Actions in Kant. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

39.
BORGES, M.. O Conceito de Apatia em Kant. 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

40.
BORGES, MARIA. Móbil e motivo em Kant. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

41.
BORGES, MARIA. Guerra e história mundial: a crítica de Hegel à paz perpétua kantiana. 2002. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

42.
BORGES, MARIA. Máximas e regras de saliência moral. 2002. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

43.
BORGES, MARIA. Pressupostos Antropológivos do dever em Kant. 2001. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

44.
BORGES, MARIA. Emoções e Razão Prática. 2000. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

45.
BORGES, MARIA. Moral. Virtude e Felicidade na filosofia kantiana. 2000. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

46.
BORGES, MARIA. Scanlon. 2000. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

47.
BORGES, MARIA. Emoções e Razão na Crítica da Razão Prática. 2000. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

48.
BORGES, M.. A Boa e a Má Metafísica da Mente segundo A. Kenny. 1995. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
BORGES, M.. 100 Et'udov o Kante. In: Istoriko-Filosofsky Almanach, Vipusk 1. Moscou: Sovremennie Tetradi, 2005 (Entrevista sobre Kant).

2.
BORGES, M.. Resenha de Kant´s Impure Ethics de Robert Louden. Kant e-Prints, 2003 (Resenha).

3.
BORGES, M.. Felicidade e Beneficência em Kant 2001 (Pré-publicação).

4.
BORGES, M.. Hegel: Justificação e prova do idealismo absoluto 1996 (Pré-Print).

5.
BORGES, M.. La catégorie de l´esprit du monde (Weltgeist) dans la Philosophie de Hegel 1991 (Mémoire de DEA).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
BORGES, MARIA; Figueiredo, V ; NASCIMENTO, D. F. . Comissão Qualis Filosofia. 2015.

2.
BORGES, MARIA. Consultoria Ad hoc CNPQ. 2015.

3.
BORGES, MARIA. Consultoria Ad hoc CAPES. 2015.

4.
BORGES, MARIA; Figueiredo, V . Julgamento de cursos novos em Filosofia/ Teologia da CAPES. 2014.

5.
BORGES, MARIA. Consultor Ad Hoc. 2010.

6.
BORGES, MARIA. Parecerista ad Hoc. 2005.

Trabalhos técnicos
1.
BORGES, M.. Parecer ad hoc Revista Ethic@. 2013.

2.
BORGES, M.. parecer ad hoc CNPQ. 2005.

3.
BORGES, M.. parecerista ad hoc Revista de Estudos Feministas. 2005.

4.
BORGES, M.. parecerista ad hoc Ethic@. 2005.

5.
BORGES, M.. parecerista ad hoc Kant e-prints. 2005.

6.
BORGES, M.. parecerista ad hoc CAPES. 2004.


Demais tipos de produção técnica
1.
BORGES, MARIA. Editora -Chefe da Revista Éthic@. 2015. (Editoração/Periódico).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
BORGES, MARIA; DUTRA, D.; DALLAGNOL, D.. Participação em banca de Agusta Antonia Gomes. Uma teoria da justiça de John Rawls: crítica e defesa feminista. 2017. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

2.
BORGES, MARIA; Pinzani, Alessandro; Werle, Denilson; SILVEIRA, D. C.. Participação em banca de Raquel Cipriani Xavier. Um estudo sobre os argumentos em favor da estabilidade em uma teoria da justiça. 2017. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

3.
BORGES, MARIA; DUTRA, D.; FELDHAUS, C.; SCHWINDEN, L.. Participação em banca de Rodrigo Almeida Martins. A ideia de Estado de natureza na Filosofia kantiana. 2016. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

4.
BORGES, MARIA; Nahra, Cinara; NASCIMENTO, D. F.. Participação em banca de Tarcísio Alves dos Santos. A Compaixão como fundamento da moral em Schopenhauer. 2014. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

5.
OLIVO, L. C. C.; ROSA, A. M.; Pilati, J. I.; BORGES, M.. Participação em banca de José Alexandre Ricciardi Sbiziera. Arte e Direito: o lugar da literatura na formacao do jurista crítico sensível. 2013. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade Federal de Santa Catarina.

6.
Perez, Daniel Omar; BORGES, M.; HERB, K. F.. Participação em banca de Mauro Pelissari. O processo da acao em Kant- uma relacao entre a incorporation thesis e a Antropologia. 2013. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal do Paraná.

7.
DURAO, A.; BORGES, M.; Santos, Leonel; Pavão, A.. Participação em banca de Nilmar Pellizzaro. A liberdade na Crítica da Razão Pura. 2013.

8.
BORGES, M.; WEBER, T.; Baveresco, Agemir. Participação em banca de Luiza Andriolo da Rocha Tavares. A liberdade em Hegel e seus desafios. 2012. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

9.
DALLAGNOL, D.; DUTRA, D.; BORGES, M.; Nahra, Cinara. Participação em banca de Daniela Rosendo. Ética sensível ao cuidado. 2012. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

10.
BORGES, MARIA; WEBER, T.; DURAO, A.; DUTRA, D.. Participação em banca de Kleberson Jasper. A necessidade do Estado na Filosofia do Direito de Hegel. 2011. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

11.
BORGES, MARIA; Pinzani, Alessandro; DURAO, A.; HECK, J. N.. Participação em banca de Rafael Padilha. A moral e a justiça no pensamento de Immanuel kant. 2011. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

12.
BORGES, M.; DUTRA, D.; ROHDEN, V.. Participação em banca de Julia Aschermann de Almeida. O conceito de máxima e suas implicacoes para a Filosofia Moral de Kant. 2009. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

13.
BORGES, M.; Figueiredo, V; Perez, Daniel Omar. Participação em banca de Luciano Ezequiel Kaminski. Do belo como símbolo da moralidade. 2008. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Paraná.

14.
BORGES, M.; DUTRA, D.; ROHDEN, V.. Participação em banca de Margareth Stadnick. o sentimento de respeito na Fundamentacao. 2007. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

15.
DUTRA, D.; Pinzani, Alessandro; Figueiredo, V; BORGES, MARIA. Participação em banca de Leandro Marcelo Cisneros. O juízo reflexionante estético: uma das vias necessárias para a realização da liberdade política.. 2007. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

16.
BORGES, M.; DALLAGNOL, D.; ROHDEN, V.. Participação em banca de Melissa Lentz. A estratégia de Kant na Fundamentacao. 2006. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

17.
BORGES, MARIA; Pinzani, Alessandro; ROHDEN, V.. Participação em banca de Everson Deon. Conflito e paz perpétua em Kant. 2005. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

18.
BORGES, M.; DALLAGNOL, D.; DIAS, M. C.. Participação em banca de Caroline Marim. Valor e Sentimento moral na teoria kantiana. 2004. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

19.
BORGES, M.; DUTRA, D.; HECK, J. N.. Participação em banca de Charles Feldhaus. Liberdade e Imputação: uma análise da fundamentação kantiana da responsabilidade. 2004. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

20.
BORGES, M.; FRANCIOTTI, M.; DRUCKER, C.. Participação em banca de Lurdes de Vargas Silveira Schio. A noção de substância em Locke. 2003. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

21.
BORGES, M.; DUTRA, D.; ROHDEN, V.. Participação em banca de Berta Rieg Scherer. A noção de felicidade em Kant. 2003. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

22.
BORGES, M.; DALLAGNOL, D.; DUTRA, D.. Participação em banca de Alcione Roani. O problema do formalismo na moral. 2003. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

23.
BORGES, M.; VIEIRA, L.. Participação em banca de Cléudio. O trabalho da formação e a formação do trabalho na Fenomenologia do Espírito de Hegel. 2003. Dissertação (Mestrado em Pos- Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de Minas Gerais.

24.
BORGES, M.; WEBER, T.. Participação em banca de Valério Hillsheim. Liberdade e Estado em Hegel. 1997. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

Teses de doutorado
1.
BORGES, MARIA; ALMEIDA, N.; Tonetto, M; DALLAGNOL, D.; AGGIO, J.; SPINELLI, P.. Participação em banca de Juliana Santana de Almeida. A racionalidade das emoções em Aristóteles. 2017. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

2.
BORGES, MARIA; Loparic, Zeljko. Participação em banca de Jorge Vanderlei Costa da Conceição. Antropologia Transcendental : a teoria do executor de operações judicativas. 2016. Tese (Doutorado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Paraná.

3.
BORGES, MARIA; DUTRA, D.; DALLAGNOL, D.; Werle, Denilson; Nahra, Cinara; FONSECA, A. C. C. E.. Participação em banca de Ilze Zirbel. Uma teoria político-feminista do cuidado. 2016. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

4.
DUTRA, D.; DALLAGNOL, D.; BORGES, MARIA; EULER, W.; MATOS, J. C. M.; KLEIN, J.. Participação em banca de Lucas Vollet. Kant e o empirismo conjectural. 2016. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

5.
BORGES, M.; DURAO, A.; Tonetto, M; FELDHAUS, C.; Utteich. Luciano. Participação em banca de Luciano Vorpagel da Silva. Natureza e Liberdade: os fundamentos da causalidade em Kant. 2016. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

6.
De Lourdes Borges, Maria; DUTRA, D.; Pinzani, Alessandro; MATOS, J. C. M.; FELDHAUS, C.; BRITO, E. O.. Participação em banca de Silvério Becker. Sobre o conceito de obrigação moral em Kant. 2016. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

7.
BORGES, MARIA; CAMPIGOTTO, C. M. M. E.; BRESCIANI, M. S.. Participação em banca de Giovana Aparecida Zimermann. Rio de Janeiro e Paris: imagens cinematográficas da periferia. 2015. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

8.
De Lourdes Borges, Maria; DALLAGNOL, D.; DUTRA, D.; Tonetto, M; Loparic, Zeljko. Participação em banca de Tania Aparecida Kuhnen. O princípio universalizável do cuidado. 2015.

9.
DALLAGNOL, D.; Oliveira, Marco; Pessini, L; Tonetto, M; Ramos, Flávia; BORGES, M.. Participação em banca de Daiane Martins Rocha. Beneficência e Autonomia. 2013. Tese (Doutorado em Pós-graduação em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

10.
BORGES, M.; ASSMANN, S.; DUTRA, D.; Werle, Denilson; Sidekum, Antonio; WEBER, T.. Participação em banca de Tarcísio Wickert. Reconhecimento e Alteridade em Hegel: uma análise da Fenomenologia do Espírito e dos princípios da Filosofia do Direito. 2013. Tese (Doutorado em Pós-graduação em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

11.
BORGES, M.; WEBER, T.; Baveresco, Agemir; Ruaro, Regina Linden; Souza, Draiton. Participação em banca de Marcos Alexandre Másera. Unidade na abordagem política e instituicional da justica distributiva na teoria de John Rawls. 2012. Tese (Doutorado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

12.
BORGES, M.; Pinzani, Alessandro; Werle, Denilson; EULER, W.; HAMM, C.; PERES, D. T.. Participação em banca de Joel Thiago Klein. Kant e a ideia de uma história universal nos limites da razão. 2012. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

13.
De Lourdes Borges, Maria; DUTRA, D.; Werle, Denilson; DURAO, A.. Participação em banca de Rejane Kalsing. Sociabilidade legal: uma ligação entre sociabilidade e direito em Kant. 2011.

14.
BORGES, M.; Brum Torres, J. C.; OLIVEIRA, N.; DALLAGNOL, D.; DRUCKER, C.. Participação em banca de William Altman. The problem of time in Hegels Philosophy of History. 2010. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

15.
BORGES, M.; Mendonca, Wilson; DIAS, M. C.; DALLAGNOL, D.. Participação em banca de Caroline Marim. Da natureza das emocoes ao seu papel na determinacao da acao. 2010. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

16.
Perez, Daniel Omar; DUTRA, D.; ASSMANN, S.; Martins, Clélia; Grossi, Miriam; BORGES, M.. Participação em banca de Berta Rieg Sherer. A formula da humanidade: responsabilidade, reciprocidade e o consentimento das ações nas relações interpessoais. 2010. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

17.
DUTRA, D.; BORGES, M.; ROHDEN, V.; BONACCINI, J.; ARAUJO, M.. Participação em banca de Milene Tonetto. O Direito humano à liberdade e a fundamentação do direito em Kant. 2010.

18.
BORGES, M.; WEBER, T.. Participação em banca de Joao Alberto Wohlfart. Sistema hegeliano como Filosofia da História. 2008. Tese (Doutorado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

19.
BOEIRA, N.; BORGES, M.; HAMM, C.; OLIVEIRA, N.; SOUZA, D.. Participação em banca de Juliano Fellini. Uma abordagem da interpretacao kantiana da teoria da justica como equidade. 2007. Tese (Doutorado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

20.
BORGES, M.; WEBER, T.; OLIVEIRA, N.; LUFT, E.; BECKENKAMP, J.. Participação em banca de Paulo César Nodari. A teoria dos dois mundos e o conceito de liberdade em Kant. 2004. Tese (Doutorado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
BORGES, M.; AMARANTE, D. W.; SALVATTI, F.. Participação em banca de Roberto Henrique Chaves Costa.O corpo nu artístico nos espacos públicos e a recepcao-atuacao do espectador. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Artes Cênicas) - Universidade Federal de Santa Catarina.

2.
BORGES, MARIA; DUTRA, D.; ASSMANN, S.. Participação em banca de Kleberson Jasper.O Estado na Filosofia do Direito de Hegel. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Abi - Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
BORGES, M.; ASSMANN, S.; FELIPE, S.. Concurso público para Professor Adjunto da UFSC. 2004. Universidade Federal de Santa Catarina.

Outras participações
1.
BORGES, M.. Comissão seleção bolsas PIBIC/ CNPQ. 2005. Universidade Federal de Santa Catarina.

2.
BORGES, M.. Comissão de seleção de ingresso no Doutorado Filosofia/UFSC. 2005. Universidade Federal de Santa Catarina.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
APA Meeting. Emotions and Evil in Kant. 2017. (Congresso).

2.
VII Multilaterales Kant-Koloquium.The Feminism Criticism of Kant's Philosophy. 2017. (Simpósio).

3.
VI Kant Multilateral Kolloquium.Moral progress- Progress as a cure for evil. 2016. (Seminário).

4.
XXII Internationaler Kant Kongress- Natur und Freiheit. Healing evil. 2015. (Congresso).

5.
Colóquio Habermas.Habermas sobre Bataille: o erotismo como crítica à razão. 2005. (Simpósio).

6.
II Congresso Internacional Hegel. Há uma teoria da guerra justa em Hegel?. 2005. (Congresso).

7.
Internationaler Hegelkongress 2005. Hegel on war and Peace. 2005. (Congresso).

8.
IV Simpósio Internacional Principia.Sobre desejar e querer. 2005. (Simpósio).

9.
X Congresso Kant Internacional. Reasons and Causes of actions in Kant. 2005. (Congresso).

10.
Fazendo Gênero 6.Seria a inteligência um predicado masculino?. 2004. (Encontro).

11.
II Colóquio Filosofia e Ficção: cinema e muitas questões.Filosofia e cinema: o senhor/ escravo de Hegel e o desejo em Almodóvar. 2004. (Outra).

12.
Kant2004: Liberdade e Natureza.Razões e causas de ações em Kant. 2004. (Simpósio).

13.
VI Colóquio Kant: Psicologia e Antropologia em Kant,.Móbil e Motivo em Kant. 2004. (Seminário).

14.
Globalização, guerra e democracia.Guerra e Paz: Hegel x Kant. 2003. (Seminário).

15.
Twentieth International Social Philosophy Conference. War and Perpetual Peace: Hegel x Kant. 2003. (Congresso).

16.
Clássicos da Filosofia Alemã.Guerra e História Mundial: a crítica de Hegel à paz perpétua kantiana. 2002. (Encontro).

17.
Encontro Internacional "Feminismo como Política".Uma defesa feminista do liberalismo. 2002. (Encontro).

18.
Encontro Internacional Fazendo Gênero.Uma defesa feminista do liberalismo. 2002. (Encontro).

19.
I Coloquio Internacional da SHB. A multiplicidade da História na Fenomenologia do Espírito. 2002. (Congresso).

20.
IV Colóquio Kant.Metafísica dos Costumes e Antropologia Moral. 2002. (Seminário).

21.
Primeiro Simpósio Internacional de Ética.Máximas e regras de saliência moral. 2002. (Simpósio).

22.
X Encontro Nacional de Filosofia.Metafísica dos Costumes e Antropologia em Kant. 2002. (Encontro).

23.
APA Congress-Central Division. Physiology and the Controlling of Affects in Kant´s Philosophy. 2001. (Congresso).

24.
Colóquio Internacional de Filosofia Hegel. Protestantismo e moralidade em Hegel. 2001. (Congresso).

25.
Colóquio Kant, Problemas da Filosofia Prática em Kant.Pressupostos Antropológicos do Dever em Kant. 2001. (Seminário).

26.
Congresso Kant. Felicidade e Beneficência Kant. 2001. (Congresso).

27.
Simpósio Internacional Principia.O modelo das emoções em Kant. 2001. (Simpósio).

28.
II Colóquio Kant.O prazer e o desprazer no mapeamento Kantiano da alma. 2000. (Encontro).

29.
IX Internationaler Kant- Kongress. Sympathy in Kanty´s moral theory. 2000. (Congresso).

30.
20th World Congress Of Philosophy. Kant and Hegel On The Ontological Proof. 1998. (Congresso).

31.
II Congresso Kant. Uma tipologia do amor na Doutrina da Virtude. 1997. (Congresso).

32.
III e Congrès de la Société Internationale D'Études Kantiennes de Langue Française. Le Devoir D'Aimer Dans Une Philosophie de La Pure Raison Pratique. 1997. (Congresso).

33.
O Valor da Interpretação. Antígona lida por Hegel. 1996. (Congresso).

34.
VII Encontro Nacional de Filosofia.Do idealismo transcendental ao idealismo absoluto. 1996. (Encontro).

35.
Ceticismo e realismo na ciência.A diferença entre realismo transcendental e realismo empírico segundo Kant. 1995. (Encontro).

36.
Colóuio Perspectivas sobre a Filosofia do sec XVII.A questão do mal na Teodicéia de Leibniz. 1994. (Encontro).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
BORGES, M.. V Congresso Nacional da Sociedade Kant Brasileira. 2013. (Congresso).

2.
BORGES, M.; Messores, C. . Semana Ousada de Arte UFSC/ UDESC. 2008. (Festival).

3.
BORGES, M.; Fossari, C. ; NUNES PIRES, J.H. . Semana de Teatro UFSC. 2008. (Festival).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Matheus Kiener. A natureza humana em Kant. Início: 2018. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Gustavo Leoni Bordin. Antropologia em Kant. Início: 2016. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Mateus Coelho. Os problemas de gênero segundo Judith Butler. 2018. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina, . Orientador: Maria de Lourdes Alves Borges.

2.
Felini de Souza. Paixoes e moral em Descartes. 2017. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina, . Orientador: Maria de Lourdes Alves Borges.

3.
Agusta Gomes. Uma teoria da justiça de John Rawls: crítica e defesa feminista. 2017. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina, . Orientador: Maria de Lourdes Alves Borges.

4.
Philipe Pimentel. O Tempo na Fenomenologia do Espírito de Hegel. 2016. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Maria de Lourdes Alves Borges.

5.
Kleberson Jasper. A necessidade do Estado na Filosofia do Direito de Hegel. 2011. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina, . Orientador: Maria de Lourdes Alves Borges.

6.
Rafael Padilha dos Santos. A Idéia de Moral e Justiça em Immanuel Kant. 2011. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina, . Orientador: Maria de Lourdes Alves Borges.

7.
Julia Ascherman. O conceito de máxima e suas implicações para a filosofia moral de Kant. 2009. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina, . Orientador: Maria de Lourdes Alves Borges.

8.
Margareth Stadnick. o sentimento de respeito em Kant. 2007. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina, . Orientador: Maria de Lourdes Alves Borges.

9.
Melissa Lentz. A estratégia de kant na Fundamentacao. 2006. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina, . Orientador: Maria de Lourdes Alves Borges.

10.
Leandro Cisneiros. O juízo reflexionante estético; uma das vias necessárias para a realização da liberdade política. 2006. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina, . Orientador: Maria de Lourdes Alves Borges.

11.
Everson Deon. Conflito e paz perpétua em Kant. 2005. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina, . Orientador: Maria de Lourdes Alves Borges.

12.
Caroline Marim. Valor e sentimento moral na teoria kantiana. 2004. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Maria de Lourdes Alves Borges.

13.
Berta Rieg Scherer. A noção de felicidade em Kant. 2003. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina, . Orientador: Maria de Lourdes Alves Borges.

Tese de doutorado
1.
Juliana de Almeida. A racionalidade das emoções em Aristóteles. 2017. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina, . Orientador: Maria de Lourdes Alves Borges.

2.
Tarcísio Wickert. Reconhecimento em Hegel: Uma análise da Fenomenologia do Espírito e dos Princípios da Filosofia do Direito. 2013. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina, . Orientador: Maria de Lourdes Alves Borges.

3.
Joel Thiago Klein. Kant e a idéia de um História Universal nos limites da Razao. 2012. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Maria de Lourdes Alves Borges.

4.
William Altman. The Problem of time in Hegels Philosophy of history. 2010. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina, . Orientador: Maria de Lourdes Alves Borges.

5.
Berta Rieg Sherer. A fórmula da Humanidade: responsabilidade, reciprocidade e o consentimento das ações nas relações interpessoais. 2010. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina, . Orientador: Maria de Lourdes Alves Borges.

Supervisão de pós-doutorado
1.
Samantha Buglione. 2016. Universidade Federal de Santa Catarina, . Maria de Lourdes Alves Borges.

2.
Paulo Roberto Konzen. 2016. Universidade Federal de Santa Catarina, . Maria de Lourdes Alves Borges.

3.
Caroline Marim. 2015. Universidade Federal de Santa Catarina, . Maria de Lourdes Alves Borges.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Maitã Loth. A crítica de Nietzsche à moral kantiana. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Maria de Lourdes Alves Borges.

2.
Jimena Herédia. Antígona lida por Hegel. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Maria de Lourdes Alves Borges.

3.
Kleberson jasper. A necessidade do estado em Hegel. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Maria de Lourdes Alves Borges.

4.
Julia Aschermann. A estrutura argumentativa da Fundamentação. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria de Lourdes Alves Borges.

5.
Eleonora Vieira da Silva Fonseca Neves. Os deveres do homem para consigo mesmo segundo Kant. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Maria de Lourdes Alves Borges.

6.
Neres Bittencourt. Das idéias à existência de Deus: uma análise da terceira meditação de Descartes. 1998. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Maria de Lourdes Alves Borges.

7.
Rosimeri Vendrami. A noção de homem nas meditações de Descartes. 1998. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Maria de Lourdes Alves Borges.

8.
Sidnéia Medeiros. Paixões e vontade nas Paixões da alma de Descartes. 1997. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Maria de Lourdes Alves Borges.

9.
Renata Dranka. A moral cartesiana: um elogio da virtude, da alegria ou da beatitude?. 1997. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Maria de Lourdes Alves Borges.

Iniciação científica
1.
Victoria Correa. O mal na Religião nos limites da simples razão. 2018. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria de Lourdes Alves Borges.

2.
Matheus Kiener. O mal em Kant- Fundamentação e Crítica da Razão Prática. 2017. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Maria de Lourdes Alves Borges.

3.
Matheus Kiener. O mal em Kant. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Maria de Lourdes Alves Borges.

4.
Janerson Moraes. Reigião e comunidade ética. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria de Lourdes Alves Borges.

5.
Luciano Wohlfahrt. A Antropologia de kant segundo Foucault. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Maria de Lourdes Alves Borges.

6.
Maita Loth. Paixão e mal em Kant. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Maria de Lourdes Alves Borges.

7.
Maitã Wandelli Loth. As paixoes na Antropologia de Kant. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria de Lourdes Alves Borges.

8.
Maita Loth. As paixoes na Filosofia de kant. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria de Lourdes Alves Borges.

9.
Marcus Vinicius Nunes. Motivacao moral em Kant. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Maria de Lourdes Alves Borges.

10.
Jimmy Lubas. Mobil e motivo em Kant. 2008. Iniciação Científica - Universidade Federal de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria de Lourdes Alves Borges.

11.
Julia Aschermann. A concepção de máxima em Kant. 2004. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria de Lourdes Alves Borges.

12.
João de Barros II. A liberdade em Kant. 2004. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina. Orientador: Maria de Lourdes Alves Borges.

13.
Alexandre Falcão. Aspectos da Filosofia Moral de Kant. 1998. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Maria de Lourdes Alves Borges.



Educação e Popularização de C & T



Livros e capítulos
1.
BORGES, MARIA. Ética e emoções. In: João Carlos Brum Torres. (Org.). Manual de Ética. 1ed.Rio de Janeiro: Vozes, 2014, v. 1, p. 110-126.



Outras informações relevantes


Visiting Scholar na Ecole des Hautes Etudes Fontenay Aux Roses, supervisora Catherine Colliot Thelene, fevereiro de 1998.
Visiting Scholar na Humboldt Universität,Berlim, Alemanha, com bolsa de missão de curta duração DAAD-CAPES,projeto "Practical reason and Emotion in Kant", conjuntamente com Prof. Rolf Peter Horstmann, janeiro e fevereiro de 2005.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 18/12/2018 às 12:58:25