Ericson Crivelli

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/8465232611315962
  • Última atualização do currículo em 18/08/2017


O Professor Dr. Ericson Crivelli graduou-se em Direito pela Universidade de São Paulo (1981), cursou mestrado em Ciência Política pela Universidade Estadual de Campinas (2000) e doutorado em Direito do Trabalho pela Universidade de São Paulo (2004). Atualmente é sócio de Crivelli Advogados Associados, com atuação na área de Direito do Trabalho e Direito Internacional do Trabalho. É parecerista e consultor jurídico externo do escritório da OIT no Brasil desde 2003; Consultor jurídico da representação dos trabalhadores na Comissão Sociolaboral do MERCOSUL (CSL) e do Subgrupo de Trabalho Nº 10 (SGT 10); Consultor jurídico/conselheiro técnico de representação do trabalhador na Organização Internacional do Trabalho (OIT) desde 1997. Consultor Jurídico de Assuntos Legislativos e Internacionais em Direito Internacional do Trabalho. Foi consultor jurídico de representação do trabalhador na Comissão AD HOC sobre a Dimensão Social do MERCOSUL /SGT 10 em 1997 e 1998. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Ericson Crivelli
Nome em citações bibliográficas
CRIVELLI, E.

Endereço


Endereço Profissional
Crivelli Advogados Associados.
Rua Boa Vista, 254
Centro
01014-000 - Sao Paulo, SP - Brasil
Telefone: (11) 33760100
Fax: (11) 33760133
URL da Homepage: www.crivelli.com.br


Formação acadêmica/titulação


2001 - 2004
Doutorado em Direito Internacional.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: A OIT e o Futuro das Normas Internacionais do Trabalho na Era da Globalização, Ano de obtenção: 2004.
Orientador: Alberto do Amaral Junior.
1999 - 2000
Mestrado em Ciência Política.
Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP, Brasil.
Título: Democracia Sindical no Brasil: O Caso do Sindicato dos Bancários de São Paulo (1983-1988),Ano de Obtenção: 2000.
Orientador: Leôncio Martins Rodrigues.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
1977 - 1981
Graduação em Direito.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.




Formação Complementar


2011 - 2011
Extensão universitária em Temas Atuais de Direito do Trabalho.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Professor titular
Outras informações
Professor Voluntário

Vínculo institucional

2011 - 2012
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Doutor, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.


Crivelli Advogados Associados, CAA, Brasil.
Vínculo institucional

1987 - Atual
Vínculo: Sócio, Enquadramento Funcional: Advogado


Organizacão Internacional do Trabalho, OIT, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Consultor Jur. Externo do Escritório no Brasi

Vínculo institucional

1997 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Conselheiro Técnico de Repr. do Trabalho

Vínculo institucional

1997 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Consultor Jur.de Repr. do Trabalhador

Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Professor vistante, Enquadramento Funcional: Professor visitante
Outras informações
Aulas Ministradas no Centro Internacional de Formação da OIT ( Turin, Itália) sobre: Normas Internacionais do Trabalho e sua utilidade prática como referência para a ação coletiva

Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Delegado Suplente / Consultor Jurídico.

Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Delegado Suplente
Outras informações
Delegado Suplente dos trabalhadores brasileiros na 97a. Conferência internacional do trabalho, organizada pela OIT em Genebra

Vínculo institucional

2003 - 2003
Vínculo: Professor vistante, Enquadramento Funcional: Professor
Outras informações
Aulas ministradas no Centro Internacional de Formação da OIT sobre: - As Normas Internacionais do Trabalho da OIT, a Declaração da OIT e Direitos Fundamentais do Trabalho

Vínculo institucional

2002 - 2002
Vínculo: Professor vistante, Enquadramento Funcional: Professor
Outras informações
Aulas ministradas no Centro Internacional de Formação da OIT sobre: - Normas Internacionais do Trabalho, a Declaração da OIT e a Liberdade Sindical


Central Única dos Trabalhadores, CUT, Brasil.
Vínculo institucional

1996 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Consultor Jurídico para assuntos Internaciona


Ministério do Trabalho e Emprego, MTE, Brasil.
Vínculo institucional

1999 - Atual
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Consultor Jurídico
Outras informações
Integrante da Comissão Sociolaboral do MERCOSUL, orgão tripartite responsável por promover o cumprimento da DECLARAÇÃO Sociolaboral do MERCORSUL. Representante Titular do Setor Sindical

Vínculo institucional

1998 - 1998
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Consultor Jurídico
Outras informações
Participou da Comissão AD HOC sobre a Dimensão Social do MERCOSUL, órgão tripartite instituído no âmbito do Subgrupo de Trabalho - SGT10: "Assuntos Trabalhistas, Emprego e Seguridade Social" con finalidade de redigir a DECLARAÇÃO SOCIOLABORAL DO MERCOSUL. Representante dos Trabalhadores


Centro de Extensão Universitária, CEU, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2009
Vínculo: Professor vistante, Enquadramento Funcional: Professor
Outras informações
Aula ministrada no curso de Pós-Graduação Latu Sensu em Direito do Trabalho com o tema: - Direito Internacional do Trabalho. OIT e a Tutela dos Direitos Humanos nas Relações do Trabalho


Universidade Presbiteriana Mackenzie, MACKENZIE, Brasil.
Vínculo institucional

2008 - 2008
Vínculo: Professor vistante, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 8
Outras informações
Disciplina ministrada para o curso de Pós-Graduação Latu Sensu: Direito e Processo do Trabalho / Organização Institucional do Trabalho.


Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.
Vínculo institucional

2007 - 2007
Vínculo: Professor vistante, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 2
Outras informações
Aula ministrada para o curso de Especialização em Direito do Trabalho sobre: - Direito Internacional do Trabalho


Universidade Católica de Santos, UNISANTOS, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2006
Vínculo: Professor vistante, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 4
Outras informações
Aula ministrada no curso Especialização em Direito Processual do Trabalho sobre: - Contratos Internacionais do Trabalho


Instituto de Economia UNICAMP, CESIT, Brasil.
Vínculo institucional

1996 - 1997
Vínculo: Professor vistante, Enquadramento Funcional: Professor
Outras informações
Aulas Ministradas no Curso de Especialização em Economia do Trabalho e Sindicalismo: - Estado e Classe Trabalhadora no Brasil



Membro de corpo editorial


2006 - Atual
Periódico: Revista de Derecho Social


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito / Subárea: Direito do Trabalho.
2.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Direito / Subárea: Direito Internacional do Trabalho.


Idiomas


Inglês
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Francês
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Razoavelmente, Escreve Pouco.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Pouco.
Português
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.


Prêmios e títulos


2016
Membro Consultor da Comissão Especial de Direito Sindical, Ordem dos Advogados do Brasil Seção de São Paulo.
2016
Membro Consultor da Comissão Especial de Direito Sindical, Ordem dos Advogados do Brasil Seção de São Paulo.
2013
Membro da Comissão Nacional de Direitos Sociais do Conselho Federal, Ordem dos Advogados do Brasil.
2013
Membro da Comissão de Direito Sindical, Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional São Paulo.
2012
Láurea de Reconhecimento, OAB - São Paulo.
2011
Membro Relator da Terceira Turma do Tribunal de Ética e Disciplina - 2011/2012, OAB - São Paulo.
2011
Láurea de Reconhecimento, OAB - São Paulo.
2009
Membro da Comissão de Estudos sobre Reforma Trabalhista Sindical, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).
2009
Membro da Comissão de Estudos em Direito e Processo do Trabalho, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).
2008
Comenda da Ordem do Mérito do Trabalho, Ministério do Trabalho e Emprego.
2008
Membro da Comissão de Estudos sobre Reforma Trabalhista Sindical, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).
2008
Membro da Comissão de Estudos em Direito e Processo do Trabalho, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).
2007
Membro da Comissão de Estudos sobre Reforma Trabalhista Sindical, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).
2007
Membro da Comissão de Estudos em Direito e Processo do Trabalho, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).
2006
Delegado Brasileiro na XVI Reunião Regional Americana da OIT, Organização Internacional do Trabalho (OIT).
2005
Presidente do Conselho Sindical de Assessoramento Técnico (COSATE), Organização dos Estados Americanos (OEA).
2004
Comenda da Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho, Tribunal Superior do Trabalho.
2004
Presidente do Conselho Sindical de Assessoramento Técnico (COSATE), Organização dos Estados Americanos (OEA).
2000
Membro do Steering Committee of Second Congress World Movement for Democracy, National Endowment for Democracy (NED) / Congresso dos Estados Unidos da America.
1997
Membro da Comissão Sociolaboral (CSL) do Mercosul, Mercosul.
1986
Membro do Fórum Permanente de Debates da OAB, Ordem dos Advogados do Brasil - seção Campinas.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
CRIVELLI, E.2013CRIVELLI, E.. A oit e as Decisões da Conferência Internacional do Trabalho de 2013. LTr. Suplemento Trabalhista, v. 091, p. 497-507, 2013.

2.
CRIVELLI, E.2009CRIVELLI, E.. Interditos Proibitórios versus Liberdade Sindical ? uma Visão Panorâmica do Direito Brasileiro e uma Abordagem do Direito Internacional do Trabalho. Revista LTr. Legislação do Trabalho, v. 73, p. 1415, 2009.

3.
CRIVELLI, E.2004CRIVELLI, E.. A Reforma Sindical no Brasil e a Jurisprudência da OIT em Matéria de Liberdade Sindical. Revista LTr. Legislação do Trabalho, v. 68, p. 01-07, 2004.

4.
CRIVELLI, E.2002 CRIVELLI, E.. Normas Internacionais do Trabalho e o Comércio Internacional. Revista LTr. Legislação do Trabalho, v. 66, p. 01-41, 2002.

5.
CRIVELLI, E.1997 CRIVELLI, E.. Modelo Corporativo no Brasil: Ensaio para uma Teoria da Transição. São Paulo em Perspectiva (Impresso), v. 11, p. 42-54, 1997.

6.
CRIVELLI, E.1995CRIVELLI, E.. Trabalho Temporário: A Proposta de Mudança do Deputado Goldman. Diário Oficial da União. Seção 3 (Online), v. 12, p. 57-61, 1995.

7.
CRIVELLI, E.1993CRIVELLI, E.. Modelo Sindical e Contratação Coletiva no Brasil: A Experiência dos Bancários. Debate Laboral, v. 1, p. 115-144, 1993.

8.
CRIVELLI, E.1990CRIVELLI, E.. Emprego Público e Negociação Coletiva no Brasil.. Debate Laboral, v. 06, p. 191-203, 1990.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
CRIVELLI, E.. Direito Internacional do Trabalho Contemporâneo. São Paulo: LTr, 2010. 245p .

2.
CRIVELLI, E.. Democracia Sindical no Brasil. São Paulo: LTR, 2000. 200p .

Capítulos de livros publicados
1.
CRIVELLI, E.. Apontamentos de direito operário: Ensaio para uma releitura de Evaristo de Moraes em Apontamentos de Direito Operário. In: SIQUEIRA, Germano; FELICIANO, Guilherme Guimarães; ARIANO, Silvana Abramo; SANTOS, José Aparecido dos; GRILLO, Sayonara (Orgs.). (Org.). Direito do Trabalho: Releituras, Resistência. 1ed.São Paulo: LTr Editora Ltda., 2017, v. 1, p. 157-182.

2.
CRIVELLI, E.. O Direito à Liberdade Sindical no Direito Internacional do Trabalho: uma Abordagem Comparativa da Jurisprudência da OIT e do STF. In: Alberto do Amaral Junior; Liliana Lyra Jubilut. (Org.). O STF e o Direito Internacional dos Direitos Humanos. São Paulo: Quartier Latin, 2009, v. , p. 601-634.

3.
CRIVELLI, E.. A Construção de um Direito Internacional do Trabalho Americano. In: Alberto do Amaral Junior; Michelle Ratton Sanchez. (Org.). O Brasil e a Alca: os desafios da integração. São Paulo: Aduaneiras, 2003, v. , p. 469-490.

4.
CRIVELLI, E.. Modelo Corporativo no Brasil: Ensaio para uma Teoria da Transição. In: Armand Pereira. (Org.). Reforma sindical e negociação coletiva. Brasília: OIT, 2001, v. , p. 131-145.

5.
CRIVELLI, E.. Regulamentação X Desregulamentação: Apontamento para uma Mudança nas Relações de Trabalho no Brasil.. In: BÓGUS, Lúcia; PAULINO, Ana Yara. (Org.). Políticas de Emprego, Políticas de População e Direitos Sociais. São Paulo: Educ, 1997, v. , p. 165-203.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
CRIVELLI, E.. Cooperativas de Trabalho: Uma Análise Preliminar. Jornal Trabalhista, Brasília, , v. 15, p. 379 - 382, 13 abr. 2010.

2.
CRIVELLI, E.. A Justiça no Brasil: Mudanças à Vista e a Luta pela Cidadania. Revista Ponto Final, São Paulo, , v. 6, p. 10 - 13, 10 jun. 1999.

3.
CRIVELLI, E.. Resolução de Conflitos Trabalhistas no Brasil: desafios às portas do ano 2000. Gazeta Justiça e Trabalho, Brasília, , v. 604, p. 8 - 8, 08 nov. 1997.

4.
CRIVELLI, E.. Medidas Provisória, Decretos e Regulamentos no mais Recente ?Pacote? do Governo Cardoso: Uma Visão Panorâmica. Jornal Trabalhista, Brasília, , v. 638/63, p. 1371 - 1392, 16 dez. 1996.

5.
CRIVELLI, E.. Regulamentação X Desregulamentação: Proposta para Mudança do Modelo Sindical. Jornal Trabalhista, Brasília, 22 abr. 1996.

6.
CRIVELLI, E.. Medida Provisória da Desindexação dos Salários. Jornal Trabalhista, Brasília, , v. 566, p. 782 - 779, 24 jul. 1995.

7.
CRIVELLI, E.. A Construção da Convenção Coletiva Nacional dos Bancários. Informação Sindical, , v. 17, p. 14 - 14, 14 nov. 1992.

8.
CRIVELLI, E.. Reordenação da Legislação Laboral, Código de Trabalho e Contratação Coletiva de Trabalho: Apontamentos para Compreensão de um Dilema. Cadernos da CUT: Jurídico e Relações Sindicais, São Paulo, , v. 5, p. 71 - 74.

9.
CRIVELLI, E.. NORMAS INTERNACIONAIS DO TRABALHO NO MERCOSUL: A VIGÊNCIA DE EFICÁCIA JURÍDICA DA DECLARAÇÃO SOCIOLABORAL. Serie Documentos Sindicales del MERCOSUL.

10.
CRIVELLI, E.. Administração Pública e Negociação Coletiva. Cadernos da CUT: Jurídico e Relações Sindicais, São Paulo, , v. 5, p. 43 - 44.

Apresentações de Trabalho
1.
CRIVELLI, E.. AINDA A ADOÇÃO DA CONVENÇÃO 87 DA OIT - UMA BREVE ANÁLISE DA PROPOSTA GOVERNAMENTAL DA EXTINÇÃO DA UNICIDADE SINDICAL. 1998. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

Outras produções bibliográficas
1.
CRIVELLI, E.. La Negociación Colectiva en. São Paulo: CSA - Confederacion Sindical de Trabajadores Y Trabajadoras de Las Americas, 2013 (Capitulo de Livro).

2.
FREITAS, V. A. ; CRIVELLI, E. . A Circulação do Trabalho no MERCOSUL e na União Européia. Santa Cruz do Sul, 2009. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
CRIVELLI, E.. Instrumentos Internacionais de Direitos Indígenas, no marco de um projeto descolonizador: Limites e Possibilidades da Convenção 169 da OIT. 2012.

Trabalhos técnicos
1.
CRIVELLI, E.. Parecer Técnico Jurídico: Participação nos lucros e resultados. 2008.

2.
CRIVELLI, E.. Parecer Técnico Jurídico: Registro Sindical. 2006.

3.
CRIVELLI, E.. Parecer Técnico Jurídico: Cobrança de ISS pelo GDF. 2000.

4.
CRIVELLI, E.. Parecer Técnico Jurídico: Alteração no Estatuto Social. 1998.

5.
CRIVELLI, E.. Parecer Técnico Jurídico: Descontos Compulsórios aos Sindicatos Profissionais. 1997.

6.
CRIVELLI, E.. Parecer Técnico Jurídico: Negociação Banespa. 1996.

7.
CRIVELLI, E.; LOBATO, M. S. C. . COMENTÁRIOS A CONVENÇÃO Nº 158 DA ORGANIZAÇÃO INTERNACIONAL DO TRABALHO. 1996.

8.
CRIVELLI, E.. Parecer Técnico Jurídico: Alteração de Forma Jurídica. 1995.



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
CRIVELLI, E.; MANUS, P. P. T.; CAMARGO, A. A. M.. Participação em banca de Mariana Salinas Serrano. Estudo da Aplicabilidade do Instituto do Perdão Tácito dos Empregados da Administração Pública. 2016 - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

2.
CRIVELLI, E.. Participação em banca de Leandro Herlei Muri (Exame de Qualificação). A Convenção 158 da OIT e o direito à garantia de emprego como política pública de enfrentamento dos efeitos da crise capitaliista. 2010. Dissertação (Mestrado em Direito) - Centro Universitário Autônomo do Brasil.

3.
CRIVELLI, E.. Participação em banca de Fernanda Alves dos Anjos. Por uma Concepção Decente e Democrática do Direito do Trabalho: Uma Opção ao Discurso Globalizante Neoliberal. 2005. Dissertação (Mestrado em Direito) - Universidade de Brasília.

Teses de doutorado
1.
CRIVELLI, E.. Participação em banca de Valter de Almeida Freitas. A Declaração Sociolaboral do MERCOSUL e a Carta dos Direitos Fundamentais da União Européia. 2009. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Sociologia) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
CRIVELLI, E.; CORONA, R. B.; SANTOS, A. J.. Participação em banca de RENATO LUIS MELO FILHO.O NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL E A INTERVENÇÃO DE TERCEIROS. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Graduação em Direito) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Professor titular
1.
CARVALHO, C. E. F.; MORAES, R. C. C.; CRIVELLI, E.. "Transnacionalização das relações de trabalho: o caso da maquila estadunidense Johnson Controls (plantas FINSA e Interiores) e o papel da Federação Internacional de Trabalhadores das Indústrias Metalúrgicas (FITIM)". 2012. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Concurso público
1.
CRIVELLI, E.. CONCURSO PÚBLICO PARA MAGISTRATURA. 2006. TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO 2ª REGIÃO.

Avaliação de cursos
1.
Alberto do Amaral Junior; CARNEIRO, C. A. L.; CRIVELLI, E.. Cadeias globais de valor: a inserção brasileira no comércio internacional e exemplo da China. 2016. Universidade de São Paulo.

2.
SILVA, O. P. E.; OLIVEIRA, P. E. V.; SANTOS, R. L.; CRIVELLI, E.; HUSEK, C. R.. Migração internacional a trabalho: contribuições para a igualdade e ética nas políticas de migração a trabalho no Brasil. 2014. Universidade de São Paulo.

Outras participações
1.
SILVA, O. P. E.; FREITAS JUNIOR, A. R.; CRIVELLI, E.. Proteções e desproteções do trabalhador imigrante no Brasil. 2017. Universidade de São Paulo.

2.
AMARAL JUNIOR, A.; BOITEUX, E. A. P. C.; CELLI JUNIOR, U.; DIAS, C. G. P.; CRIVELLI, E.. "Déficit democrático na União Européia". 2012. Universidade de São Paulo.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Normas Internacionais do Trabalho: desafios da conjuntura brasileira para a garantia de direitos.Normas Internacionais do Trabalho: desafios da conjuntura brasileira para a garantia de direitos. 2016. (Seminário).

2.
104e session de la Conférence internationale du Travail. 2015. (Outra).

3.
103e session de la Conférence internationale du Travail. 2014. (Outra).

4.
322e session Conseil d?administration. 2014. (Outra).

5.
Gestão da Geração Y. 2014. (Outra).

6.
8º Colóquio: "Relações de Trabalho Doméstico e a Nova Legislação: Impactos Jurídicos e Econômicos".8º Colóquio: "Relações de Trabalho Doméstico e a Nova Legislação: Impactos Jurídicos e Econômicos". 2013. (Outra).

7.
Simpósio Organização e Garantias Sindicais - TST.Garantias dos dirigentes sindicais e proteção em face de atos antissindicais. 2013. (Simpósio).

8.
XVIII Conferencia Interamericana de Ministros de Trabajo-CIMT 50 AÑOS. 2013. (Outra).

9.
XXVII Encontro Magistrados da Justiça do Trabalho da 1a. Região.O Trabalho Tecnológico e o Direito do Trabalho Contemporâneo. 2013. (Encontro).

10.
"O Sindicalismo no Contexto Contemporâneo e Conflitos Sindicais pela Representatividade"."O Sindicalismo no Contexto Contemporâneo e Conflitos Sindicais pela Representatividade". 2012. (Outra).

11.
52º Congresso Brasileiro de Direito do Trabalho. A representatividade da lei das centrais põe o tema corretamente?. 2012. (Congresso).

12.
7ª Semana Temática da Formação Inicial Continuada até o Vitaliciamento "Relações do Trabalho"."O Sindicalismo no contexto contemporâneo e conflitos sindicais pela representatividade". 2012. (Outra).

13.
7º Colóquio: "Novas Súmulas do TST e o Papel da Jurisprudência: Em debate e Ultratividade das Cláusulas Normativas e a Natureza dos Contratos de Prazo Determinado. Homenagem ao Acadêmico Irany Ferrari". 2012. (Outra).

14.
Capacitação de servidores do Ministério do Trabalho e Emprego sobre Mediação e Negociação Coletiva.A Negociação Coletiva sob a Ótica dos Órgãos de Controle Normativos da OIT. 2012. (Outra).

15.
II Congresso Internacional "Novos Temas e Desafios no Mundo do Trabalho: homenagem ao acadêmico Arnaldo Süssekind". 2012. (Congresso).

16.
XV SEMEAD Desafios da Gestão: Econômico, Social e Ambiental.O mercado de trabalho para pessoas com deficiência sob a ótica do empregador; Dificuldades para a contratação de trabalhadores temporários em uma organização industrial multinacional do setor fumageiro: um estudo de caso; Maquiavelismo e ética nas organiz. 2012. (Outra).

17.
Normas internacionais do trabalho e direitos fundamentais.Normas internacionais do trabalho e direitos fundamentais. 2011. (Outra).

18.
Seminário Internacional de Pos-Graduação: Direitos Fundamentais Sociais na União Européia e no Mercosu -FDUSP.O papel da Comissão Sociolaboral do Mercosul na promoção dos direitos fundamentais sociais. 2011. (Seminário).

19.
Direito Internacional do Trabalho - OAB CAMPINAS-SP.Direito Internacional do Trabalho Contemporâneo. 2010. (Outra).

20.
Direito Internacional do Trabalho - OABSP.Direito Internacional do Trabalho Contemporâneo. 2010. (Outra).

21.
Temas Atuais de Direito do Trabalho - 2010.Temas Atuais de Direito do Trabalho - 2010. 2010. (Outra).

22.
49º CONGRESSO BRASILEIRO DE DIREITO DO TRABALHO - LTR. Direito Coletivo do Trabalho: aspectos relevantes da nova lei das Centrais Sindicais. 2009. (Congresso).

23.
Ciclo de Discussões "CRISE EM DEBAAT" - AATSP.CRISE ECONÔMICA E DISPENSA COLETIVA ? INICIATIVA PRIVADA X VALOR SOCIAL DO TRABALHO. 2009. (Outra).

24.
CONFERÊNCIA NACIONAL DE RECURSOS HUMANOS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA FEDERAL.O Projeto da Administração Pública sobre o Tratamento dos Conflitos nas Relações de Trabalho no Setor Público. 2009. (Outra).

25.
II CONGRESSO INTERNACIONAL SOBRE DIREITO COLETIVO DO TRABALHO - OAB-GO. Os Desafios do Direito Internacional na Globalização. 2009. (Congresso).

26.
XXVIII CONGRESSO DE ADVOGADOS TRABALHISTAS DE SÃO PAULO ? ?É INEVITÁVEL A REFORMA TRABALHISTA??. Aspectos do Direito Individual do Trabalho que Merecem Reforma Legal. 2009. (Congresso).

27.
CEPERS/Sindicato.Conteúdo Jurídico da Convenção 158 da OIT. 2008. (Seminário).

28.
CURSO DIREITO COLETIVO DO TRABALHO - AATSP.Forma de solução dos conflitos: conciliação, mediação e arbitragem; jurisdição e poder normativo. Dissídio coletivo. 2008. (Seminário).

29.
Direção Nacional da Central Única dos Trabalhadores.Conteúdo Jurídico da Convenção 158 da OIT. 2008. (Encontro).

30.
I CONFERÊNCIA BRASILEIRA DE RELAÇÕES DE EMPREGO E TRABALHO. 2008. (Outra).

31.
II CONGRESO INTERNACIONAL DE LA ASOCIACIÓN LATINO-AMERICANA DE JUECES DEL TRABAJO (ALJT). Trabalho Digno e Normas Internacionais da OIT. 2008. (Congresso).

32.
Institute for International Research: GESTÃO MASTER ?INDICADORES DE DESEMPENHO DO DEPARTAMENTO JURÍDICO?. 2008. (Seminário).

33.
VIII CONFERÊNCIA INTERNACIONAL DA DATAGRO SOBRE AÇÚCAR E ÁLCOOL. 2008. (Outra).

34.
Estruturação de Budget no Departamento Jurídico. 2007. (Outra).

35.
Gestão Empresarial do Departamento Jurídico. 2007. (Outra).

36.
Mapeamento e Gestão de Riscos Legais. 2007. (Outra).

37.
SEMINARIO INTERNACIONAL DESPUÉS DEL NEOLIBERALISMO: CAMBIO POLITICO Y DERECHO DEL TRABAJO.Cambio Político y Reformas Laborales. 2007. (Seminário).

38.
AS RELAÇÕES DO TRABALHO NO MUNDO EM TRANSIÇÃO - OABSP.Relação de Emprego, Cooperativismo e Terceirização de Trabalho na 95ª Conferência Internacional do Trabalho. 2006. (Seminário).

39.
CONFERÊNCIA JURIS ? GESTÃO ESTRATÉGICA PARA LÍDERES JURÍDICO. 2006. (Outra).

40.
NOVOS RUMOS DE DIREITO DO TRABALHO II - OABSP.Representação Sindical. 2006. (Seminário).

41.
SEMINÁRIO ASPECTOS SOCIAIS TRABALHISTAS DA GLOBALIZAÇÃO DAS RELAÇÕES ECONÔMICAS - FEA/USP. 2006. (Seminário).

42.
PROGRAMA MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO /OIT ATUALIDADE DAS NORMAS INTERNACIONAIS DO TRABALHO E DO MERCOSUL PARA O MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO.Normas Internacionais do Trabalho no Contexto do MERCOSUL. 2005. (Outra).

43.
REUNIÓN FINAL DE REFLEXIÓN: EL VÍNCULO ENTRE ESTANDARES LABORALES Y COMERCIO.Normas Internacionais do Trabalho no MERCOSUL. 2005. (Outra).

44.
SEMINÁRIO OAB SP.Globalização do Direito do Trabalho. 2005. (Seminário).

45.
SEMINÁRIO PARA EL GRUPO CONTINENTAL SINDICAL SOBRE ERRADICACIÓN DEL TRABAJO INFANTIL - ACTRAV/OIT.El Sistema Normativo de la OIT y la participacon sindical. 2005. (Seminário).

46.
XXXVII REUNIÓN DEL GRUPO DE REVISIÓN DE LA IMPLEMENTACIÓN DE CUMBRES (GRIC).Comentários sobre o Plano de Ação da Organização dos Estados Americanos (OEA). 2005. (Seminário).

47.
FÓRUM INTERNACIONAL SOBRE OS DIREITOS HUMANOS E DIREITOS SOCIAIS.Liberdade Sindical. 2004. (Outra).

48.
SEMINÁRIO SOBRE DEMOCRATIZAÇÃO DAS RELAÇÕES DE TRABALHO NO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL - ENAP.Direito de Greve no Setor Público. 2004. (Seminário).

49.
11º CONGRESSO BRASILEIRO DE DIREITO DO TRABALHO. A Nova Lei Trabalhista: solução dos conflitos. 2003. (Congresso).

50.
18º CONGRESSO BRASILEIRO DE DIREITO COLETIVO E INDIVIDUAL DO TRABALHO. A Representação Sindical no Direito Internacional do Trabalho. 2003. (Congresso).

51.
JORNADA DE SENSIBILIZAÇÃO SOBRE AS NORMAS INTERNACIONAIS DO TRABALHO E O SISTEMA DE CONTROLE DA OIT.Liberdade Sindical na Organização Internacional do Trabalho (OIT). 2003. (Outra).

52.
I FÓRUM ALCA - IMPACTOS NA ECONOMIA BRASILEIRA.A Dimensão Social do MERCOSUL. 2002. (Outra).

53.
9º CONGRESSO BRASILEIRO DE DIREITO DO TRABALHO. Contrato Individual de Trabalho e Convenção Coletiva: articulação ou prioridade. 2001. (Congresso).

54.
12º CONGRESSO BRASILEIRO DE DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO. Ações Coletivas na Justiça do Trabalho. 2000. (Congresso).

55.
AUDIÊNCIA PÚBLICA ? CÂMARA DOS DEPUTADOS.Depoimento Técnico sobre Reforma do Poder Judiciário Realizado para Comissão Especial Destinada a Oferecer Parecer Sobre Proposta de Emenda à Constituição n. 96 de 1992. 1999. (Outra).

56.
CURSO DE EXTENSÃO: ORGANIZAÇÕES E REGIMES INTERNACIONAIS - NUPRI/USP. 1999. (Outra).

57.
53º Congrès des relations industrielles de l'Université Laval. 53º Congrès des relations industrielles de l'Université Laval. 1998. (Congresso).

58.
A POLÍTICA DA CUT PARA CONQUISTAR UM SISTEMA DEMOCRÁTICO DE RELAÇÕES DE TRABALHO - CUT NACIONAL.O PROJETO DA CUT PARA A TRANSIÇÃO DA ESTRUTURA SINDICAL CORPORATIVA. 1998. (Seminário).

59.
3º ENCONTRO INTERNACIONAL DE DIREITO ALTERNATIVO DO TRABALHO: NEOLIBERALISMO E PRECARIZAÇÃO DAS RELAÇÕES DE TRABALHO.Neoliberalismo e Precarização das Relações de Trabalho. 1997. (Encontro).

60.
ENCONTRO JURÍDICO DA CUT/PR.ENCONTRO JURÍDICO DA CUT/PR. 1997. (Encontro).

61.
ENCONTRO JURÍDICO DA CUT/SC.O Que Mudar da Estrutura Sindical e nas Relações de Trabalho. 1997. (Encontro).

62.
SEMINÁRIO NACIONAL TRIPARTITE SOBRE COOPERATIVAS DE TRABALHO.Discussão dos Mecanismos de Proteção das CT's e Combate ao uso Indevido do Modelo.. 1997. (Seminário).

63.
SEMINARIO REGIONAL ?RELACIONES LABORALES DIÁLOGO SOCIAL EM EL CONO SUR: EMPLEO Y COMPETITIVIDAD? - Universidad Catolica de Uruguay.Negociações Coletivas do Trabalho no Brasil. 1997. (Seminário).

64.
VIII CONGRESSO NACIONAL DOS MAGISTRADOS DO TRABALHO (CONAMAT). O Juiz e a Exclusividade da Jurisdição. 1997. (Congresso).

65.
SEMINÁRIO ?FUTURO DAS RELAÇÕES DO TRABALHO?.Análise e Conclusões Temáticas do Seminário. 1996. (Seminário).

66.
SEMINÁRIO TRIPARTITE - MERCOSUR.SEGUIMENTO DAS NORMAS INTERNACIONAIS DO TRABALHO (MERCOSUL). 1996. (Seminário).

67.
MEDIATION TECHNIQUES - Federal Mediation and Conciliation USA. 1993. (Outra).

68.
SEMINARIO CONTRATO COLETIVO DE TRABALHO.CONTRATO COLETIVO DE TRABALHO. 1993. (Seminário).

69.
SEMINARIO CONTRATO COLETIVO DE TRABALHO.CONTRATO COLETIVO DE TRABALHO. 1992. (Seminário).

70.
LABOR MEDIATION - Federal Mediation and Conciliation Serivce - USA. 1991. (Outra).

71.
2º ENCONTRO JURÍDICO DA CENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES.Reordenamento Jurídico e Código do Trabalho. 1990. (Encontro).

72.
PRIMER CONGRESO INTERNACIONAL DE RELACIONES LABORALES. Las Relaciones Laborales Ante los Cambios Estructurales de la Economia. 1990. (Congresso).

73.
CORSO DI FORMAZIONE PER ESPERTI LATINO-AMERICANI SUI PROBLEMI DEL LAVORO E DELLE RELAZIONI INDUSTRIAL. 1988. (Outra).

74.
IX CONGRESSO DE ADVOGADOS TRABALHISTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO E II JORNADA LATINO-AMERICANA DE ADVOGADOS TRABALHISTA. 1988. (Congresso).

75.
SEMINÁRIO INTERNACIONAL SOBRE A LIBERDADE E AUTONOMIA SINDICAL. 1987. (Seminário).

76.
XI ENCONTRO ANUAL DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM CIÊNCIAS SOCIAIS (ANPOCS). 1987. (Encontro).

77.
JORNADAS SOBRE ?LA SITUACIÓN ACTUAL DE LÃS RELACIONES LABORALES EN ITÁLIA?. 1986. (Outra).

78.
SEMINARIO ?LA SITUACION ACTUAL DE LAS RELACIONES LABORALES EN ESPAÑA. 1986. (Seminário).

79.
CURSO DE DIREITOS HUMANOS E MUNDO OPERÁRIO - Unicamp.CURSO DE DIREITOS HUMANOS E MUNDO OPERÁRIO. 1985. (Outra).

80.
CURSO SOBRE DIREITO DE FAMÍLIA. 1985. (Outra).

81.
CURSO ATUALIZAÇÃO EM DIREITO CONSTITUCIONAL. 1981. (Outra).

82.
CURSO SOCIEDADES ANÔNIMAS, EXPERIÊNCIAS E PERPECTIVAS. 1980. (Outra).

83.
II CONGRESSO INTERNO DA FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO (FADUSP). 1980. (Congresso).

84.
I CONGRESSO INTERNO DA FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO (FADUSP). 1979. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Sandor Ramiro Danr Zapata. Análise Crítica do processo de incorporação das Convenções da OIT no ordenamento jurídico interno: uma abordagem sobre os principais atores sociais e institucionais envolvidos. Início: 2013. Dissertação (Mestrado em Direito (Franca)) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. (Coorientador).


Orientações e supervisões concluídas
Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Manuel Ignacio Cabrera. DIREITOS TRABALHISTAS DO ATLETA PROFISSIONAL DO FUTEBOL: com ênfase no contrato de trabalho. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Graduação em Direito) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Ericson Crivelli.

2.
Victor Ken Inoue. O Poder Diretivo do empregador no direito desportivo brasileiro. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Graduação em Direito) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Orientador: Ericson Crivelli.




Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 12/12/2018 às 8:32:34