Mauricio de Carvalho Ramos

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/6350911629832610
  • Última atualização do currículo em 18/07/2017


Possui graduação em Biologia pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de São Caetano do Sul (1983), mestrado em Ciências (Zoologia) pelo Instituto de Biociências - USP (1993) e doutorado em Filosofia (Filosofia da Ciência) pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas - USP e Université de Paris 7(1998); pela mesma Faculdade, possui Pós-doutorado junto ao Projeto Temático da Fapesp "Filosofia e História da Ciência" (2005) e Livre-docência (2014). Foi pesquisador colaborador do Projeto Temático da Fapesp "Gênese e significado da tecnociência" (2008-2011). Professor convidado na Université de Montréal (2012) e na Universidad Nacional Autónoma de Mèxico (2014). Atualmente é professor doutor do Departamento de filosofia - FFLCH - USP. Supervisiona o Grupo de Pesquisa em Epistemologia Histórica da Cultura Científica. Possui experiência na área de Filosofia, com ênfase em Epistemologia Histórica da Cultura Científica e Filosofia e História das Ciências da Vida e do Orgânico. O conceito epistemológico histórico de morfologia é o principal tema atual de investigação. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Mauricio de Carvalho Ramos
Nome em citações bibliográficas
RAMOS, M. de C.;RAMOS, MAURÍCIO DE CARVALHO

Endereço


Endereço Profissional
Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas.
Av. Prof. Luciano Gualberto, 315 - Sala 1005
Butantã - Cidade Universitária
05508-900 - Sao Paulo, SP - Brasil
Telefone: (11) 30313761
URL da Homepage: http://www.fflch.usp.br


Formação acadêmica/titulação


1994 - 1998
Doutorado em Filosofia.
Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas - USP, FFLCH, Brasil.
Título: Pierre-Louis Moreau de Maupertuis e a Geração dos Corpos Organizados, Ano de obtenção: 1999.
Orientador: Prof Dr. Pablo Rubén Mariconda.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: História da Biologia; Filosofia da Biologia; Iluminismo; Geração; Transformismo; Maupertuis.
Grande área: Ciências Humanas
Setores de atividade: Educação Superior.
1986 - 1993
Mestrado em Ciências.
Instituto de Biocências - USP, IBUSP, Brasil.
Título: Aspectos da Biologia de Issoca rezendei (Schirch, 1929) (Tricladida, Terricola, Geoplanidae),Ano de Obtenção: 1993.
Orientador: Eudoxia Maria Froelich.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Platyhelminthes; Turbelários; Geoplanidae; Terricola; Issoca; Issoca rezendei.
Grande área: Ciências Biológicas
Setores de atividade: Educação Superior.
1980 - 1983
Graduação em Licenciatura Em Biologia.
Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de São Caetano do Sul, FEC, Brasil.


Pós-doutorado e Livre-docência


2014
Livre-docência.
Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, FFLCH, Brasil.
Título: A morfologia como conceito epistemológico histórico, Ano de obtenção: 2014.
Palavras-chave: Morfologia; Monadologia; Ontogênese; Plasmogenia; Epistemologia histórica; História da Biologia.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Epistemologia / Especialidade: História da Biologia.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Epistemologia / Especialidade: Filosofia da Biologia.
Setores de atividade: Educação.
2014 - 2014
Pós-Doutorado.
Universidad Nacional Autónoma de Mexico, UNAM, México.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Epistemologia da biologia.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Epistemologia / Especialidade: História da Biologia.
2012 - 2012
Pós-Doutorado.
Université de Montréal, UDEM, Canadá.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
2002 - 2005
Pós-Doutorado.
Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas - USP, FFLCH, Brasil.
Bolsista do(a): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas


Atuação Profissional



Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Doutor, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Departamento de Filosofia - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas

Atividades

08/2006 - Atual
Ensino, Filosofia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia da Ciência (Filosofia e História das Ciências da Vida)
Filosofia da ciência (A palingênese como mecanismo especial de geração dos organismos)
08/2006 - Atual
Ensino, Bacharelado em Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia da Biologia
Filosofia e História da Ciência Moderna
Teoria do Conhecimento e Filosofia da Ciência I

Universidade São Judas Tadeu, USJT, Brasil.
Vínculo institucional

2005 - 2006
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor Doutor, Carga horária: 40
Outras informações
Professor do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Filosofia.

Atividades

8/2005 - 6/2006
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Ciências Humanas e Sociais, .

8/2005 - 6/2006
Ensino, Filosofia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Seminários de Pesquisa II
2/2005 - 6/2006
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ética
Filosofia Geral
História da Filosofia Moderna

Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo, FDSBC, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - 2002
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 12

Atividades

2/2000 - 5/2002
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia Geral
7/2001 - 7/2001
Estágios , Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo, .

Estágio realizado
Ministrante do Curso de Bioética e Conceito de Vida, como atividade extra-curricular obrigatória.

Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas - USP, FFLCH, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - 2005
Vínculo: Bolsista Pós-doutorado, Enquadramento Funcional: Pesquisador, Carga horária: 0


Centro Universitário de Santo André, UNIA, Brasil.
Vínculo institucional

2000 - 2002
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Outro, Carga horária: 12
Outras informações
Professor universitário

Atividades

2/2000 - 5/2002
Ensino, Psicologia - Bachalerado, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fundamentos epitemológicos da psicologia

Universidade de Guarulhos, UNG, Brasil.
Vínculo institucional

1991 - 1994
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Outro, Carga horária: 8
Outras informações
Professor universitário

Atividades

8/1991 - 2/1994
Ensino, Biologia - Bacharelado, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fundamentos de Biologia

Faculdades Tibiriça, FT, Brasil.
Vínculo institucional

1990 - 1992
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Outro, Carga horária: 20
Outras informações
Professor Universitário Chefe do Departamento de Ciências Biológicas

Atividades

8/1990 - 2/1992
Ensino, Ciências - Licenciatura, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Biologia - Citologia e Histologia
Biologia - Genética
Biologia - Zoologia
Biologia - Botânica
Biologia - Ecologia
Programa de saúde
8/1990 - 2/1992
Ensino, Pedagogia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Biologia da educação

Universidade São Marcos, UNIMARCO, Brasil.
Vínculo institucional

1992 - 1994
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Outro, Carga horária: 16
Outras informações
Professor universitário

Atividades

8/1992 - 8/1994
Ensino, Ciências - Licenciatura, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Biologia - Botânica
Biologia - Zoologia
Programas de Saúde
8/1992 - 8/1994
Ensino, Pedagogia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Biologia da Educação


Linhas de pesquisa


1.
Filosofia e História da Ciência
2.
Filosofia e História das Ciências da Vida no Período Moderno
3.
Ética e Biociências Contemporâneas


Projetos de pesquisa


2007 - Atual
Projeto temático da Fapesp - Gênese e significado da tecnociência
Descrição: O objetivo central do projeto é investigar criticamente os papéis desempenhados pelos valores éticos e sociais, assim como pelos indivíduos que os sustentam e as instituições que os incorporam, nas práticas científicas e tecnológicas da atualidade. Esse objetivo central desdobra-se em vários outros: estudar as modificações ocorridas nas últimas décadas nos modos de produção social do conhecimento tecnocientífico, a maneira como essa mudança afeta o estatuto dos valores da objetividade, neutralidade e autonomia aos quais a comunidade científica tradicionalmente adere, e a função dos direitos de propriedade intelectual nesse processo; pesquisar a história das relações entre a ciência e a tecnologia na modernidade, em particular o papel nela desempenhado pelas máquinas e as idéias mecanicistas; investigar problemas teóricos (artificial-natural, identidade biológica etc.) e práticos (crítica ética, proposta de alternativas etc.) particulares da biotecnologia atual a partir de uma abordagem que integra a filosofia, a biomedicina e a etologia; discutir as práticas tecnocientíficas alternativas (por exemplo, a agroecologia), a temática da bioética e as implicações de uma visão crítica da tecnociência para o ensino das ciências e para a educação em geral. É importante que essas investigações estejam abertas ao maior leque de perspectivas diferentes e que seus resultados tenham um impacto positivo na direção da pesquisa no Brasil. Para esse fim, faremos esforços para promover encontros de cientistas, filósofos e cientistas sociais, de abordagens metodológicas e perspectivas éticas divergentes, para a discussão, especialmente em contextos em que estão em jogo a legitimidade de inovações tecnocientíficas e as prioridades da pesquisa científica..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2006 - Atual
Projeto de pesquisa para a área de teoria do conhecimento e filosofia da ciência
Descrição: 1) História da filosofia natural moderna: ciência e filosofia do orgânico 1.1) Geração e transformação dos organismos e das espécies: as teorias de Maupertuis 1.2) Maupertuis e Leibniz 1.3) Cosmologia e história natural 2) Ciências da vida e ética: a intervenção tecnológica sobre os organismos e o valor moderno de controle da natureza.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2002 - 2005
Projeto Temático da Fapesp - Estudos de Filosofia e História da Ciência
Descrição: O projeto temático de pesquisa para o triênio 2002-2005 está composto por duas linhas de pesquisa que se complementam: uma linha teórica e uma linha histórica. A linha teórica está constituída por estudos em três direções convergentes: (i) lógica e filosofia da ciência; (ii) metafísica e (iii) historiografia e sociologia da ciência. Na primeira direção, procede-se à análise lógica da estrutura das teorias científicas e à discussão das concepções filosóficas (epistemológicas e metodológicas) concernentes à natureza e à dinâmica da ciência. Na segunda, tendo em vista as questões relativas à ciência dos séculos XVII e XVIII, estudam-se comparativamente dois modelos de fundamentação metafísica da ciência: o modelo ontológico substancialista de Aristóteles e o modelo epistemológico representacional de Kant. Na terceira, estudam-se as concepções historiográficas internas relativas ao desenvolvimento racional da ciência e as visões sociológicas externas concernentes aos condicionamentos sociais da ciência, organizadas segundo três questões centrais: as teses acerca do desenvolvimento racional da ciência; a relação entre a filosofia e a história da ciência e a distinção entre história interna e história externa. Os estudos nessas três direções teóricas visam constituir um sistema de referência analítico que sirva de instrumental para a linha de pesquisa histórica, de tal modo que esta venha a satisfazer dois requisitos: (1) rigor na análise interna das obras dos autores considerados em vista da reconstrução da inteligibilidade interna dos textos e (2) contextualização histórica mais atenta e melhor fundamentada dos autores considerados.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (4) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (6) .
Integrantes: Mauricio de Carvalho Ramos - Integrante / Pablo Rubén Mariconda - Coordenador / Claudemir Roque Tossato - Integrante / Eduardo Kickhofel - Integrante / Fábio Rodrigo Leite - Integrante / Fátima Regina Rodrigues Évora - Integrante / Guilherme Rodrigues Neto - Integrante / Jaadiel Rocha dos Santos - Integrante / Marcelo Alves Ferreira - Integrante / Márcio Rodrigues Horta - Integrante / Osvaldo Frota Pessoa Júnior - Integrante / Paulo Tadeu da Silva - Integrante / Regina André Rebollo - Integrante / Renato Kynouchi - Integrante / Valter Alniz Bezerra - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Auxílio financeiro.


Membro de corpo editorial


2010 - Atual
Periódico: Primeiros escritos: boletim de pesquisa na graduação em filosofia
2003 - Atual
Periódico: Scientiae Studia (USP)


Revisor de periódico


2002 - Atual
Periódico: Scientiae Studia (USP)
2010 - Atual
Periódico: Primeiros escritos: boletim de pesquisa na graduação em filosofia


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Epistemologia.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Ética.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História das Ciências.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Epistemologia/Especialidade: Filosofia da Biologia.
5.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História das Ciências/Especialidade: História da Biologia.


Idiomas


Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.
Inglês
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
2RAMOS, MAURÍCIO DE CARVALHO2016RAMOS, MAURÍCIO DE CARVALHO. O conceito epistemológico histórico de nostoc a partir de uma leitura indiciária de A teoria celular de George Canguilhem. Intelligere, v. 2, p. 112-127, 2016.

2.
RAMOS, MAURÍCIO DE CARVALHO2016RAMOS, MAURÍCIO DE CARVALHO. Robert James Graves y la cristalización vital. Ludus Vitalis, v. 24, p. 89-97, 2016.

3.
1RAMOS, M. de C.2016RAMOS, M. de C.. Maupertuis e o pensamento evolutivo na época das luzes. khronos, v. 2, p. 134-154, 2016.

4.
5RAMOS, M. de C.;RAMOS, MAURÍCIO DE CARVALHO2015RAMOS, M. de C.. Organic Monadology i n Maupertuis. Advances in Historical Studies, v. 4, p. 17-28, 2015.

5.
4RAMOS, M. de C.2015RAMOS, M. de C.; MOCELLIN, R. C. . Natureza e artefato: laboratório como teatro de operações e manipulações materiais. Dois Pontos (UFPR) digital, v. 12, p. 207-217, 2015.

6.
3RAMOS, M. de C.2015RAMOS, M. de C.. Metamorfoses temáticas, conceituais e emblemáticas: a construção de um método epistemolológico histórico morfológico. intelligere: Revista de História Intelectual, v. 1, p. 82-115, 2015.

7.
6RAMOS, MAURÍCIO DE CARVALHO2014RAMOS, MAURÍCIO DE CARVALHO. A ideia de racionalidade subjacente ao modelo da interação entre a ciência e os valores: florescimento cognitivo, humano e da vida. Scientiae Studia (USP), v. 12, p. 711-726, 2014.

8.
8RAMOS, M. de C.;RAMOS, MAURÍCIO DE CARVALHO2013RAMOS, M. de C.. Morfologia genética em Schleiden e Grant: a célula vegetal e o animal elementar. Revista de Filosofia Aurora, v. 25, p. 217-237, 2013.

9.
7SANTOS, G. F. dos2013SANTOS, G. F. dos ; RAMOS, M. de C. . Ernst Haeckel e a sua Monografia das moneras. Filosofia e História da Biologia, v. 8, p. 501-518, 2013.

10.
9RAMOS, M. de C.;RAMOS, MAURÍCIO DE CARVALHO2012 RAMOS, M. de C.. O conceito de mônada orgânica. Metatheoria, v. 3, p. 39-72, 2012.

11.
10RAMOS, M. de C.;RAMOS, MAURÍCIO DE CARVALHO2011RAMOS, M. de C.. Vegetações artificiais: palingênese, árvores metálicas e plasmogenia. Scientiae Studia (USP), v. 9, p. 821-846, 2011.

12.
11RAMOS, M. de C.;RAMOS, MAURÍCIO DE CARVALHO2009 RAMOS, M. de C.. As mônadas físicas como unidades gerativas no Sistema da natureza de Maupertuis. Scientiae Studia (USP), v. 7, p. 461-472, 2009.

13.
12RAMOS, M. de C.;RAMOS, MAURÍCIO DE CARVALHO2007RAMOS, M. de C.. O devir, a gênese e a evolução. Scientific American História, v. 7, p. 16-25, 2007.

14.
13SILVA, José Roberto Machado Cunha da2007SILVA, José Roberto Machado Cunha da ; VELLUTINI, B. C. ; PORTO NETO, L. R. ; PRESSINOTTI, L. N. ; RAMOS, M. de C. ; COOPER, E. L. ; JENSCH-JUNIOR, B. E. ; BORGES, João Carlos Shimada . Resposta imune inespecífica de animais ectotérmicos antárticos sob temperaturas polares. Oecologia Brasiliensis, v. 11, p. 110-121, 2007.

15.
14RAMOS, M. de C.;RAMOS, MAURÍCIO DE CARVALHO2006RAMOS, M. de C.. Filosofia, ciências e transgenia. Especiaria (UESC), v. 9, p. 511-517, 2006.

16.
15RAMOS, M. de C.;RAMOS, MAURÍCIO DE CARVALHO2005RAMOS, M. de C.. A Vênus física de Maupertuis: antigas idéias sobre a geração reformadas pelo mecanicismo newtoniano. Scientiae Studia (USP), São Paulo, v. 3, n.1, p. 79-101, 2005.

17.
16RAMOS, M. de C.;RAMOS, MAURÍCIO DE CARVALHO2005RAMOS, M. de C.. Popper e o espelho de Darwin - Resenha do livro Sociologia do conhecimento: pragmatismo e pensamento evolutivo, de R. S. Freitas. Bauru, Edusc, 2003. História, Ciências, Saúde-Manguinhos, v. 12/3, p. 1081-1086, 2005.

18.
17RAMOS, M. de C.;RAMOS, MAURÍCIO DE CARVALHO2004RAMOS, M. de C.. Geração orgânica, acidente e herança na Carta XIV de Maupertuis. Scientiae Studia (USP), São Paulo, v. 2, n.1, p. 99-128, 2004.

19.
20RAMOS, M. de C.;RAMOS, MAURÍCIO DE CARVALHO2003 RAMOS, M. de C.. Origem da vida e origem das espécies no século XVIII: as concepções de Maupertuis. Scientiae Studia (USP), São Paulo, v. 1, n.1, p. 43-62, 2003.

20.
21RAMOS, M. de C.;RAMOS, MAURÍCIO DE CARVALHO2003RAMOS, M. de C.; MARICONDA, Pablo Rubén . Transgênicos e ética: a ameaça à imparcialidade científica. Scientiae Studia (USP), São Paulo, v. 2, n.1, p. 245-261, 2003.

21.
19RAMOS, M. de C.;RAMOS, MAURÍCIO DE CARVALHO2003RAMOS, M. de C.. Clonagem humana e ética: o caso Clonaid-Raelianos. Scientiae Studia (USP), São Paulo, v. 1, n.1, p. 93-99, 2003.

22.
18RAMOS, M. de C.;RAMOS, MAURÍCIO DE CARVALHO2003RAMOS, M. de C.; PAPAVERO, Nelson ; MARICONDA, Pablo Rubén . A primeira proposta de um supercontinente no opúsculo de 1764 do barão von Hüpsch-Lonzen. Scientiae Studia (USP), São Paulo, v. 1, n.3, p. 337-353, 2003.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
RAMOS, M. de C.. A plasmogenia e a síntese conceitual e artificial do protoplasma. 1. ed. São Paulo: LiberArs, 2016. 103p .

2.
RAMOS, M. de C.. O ser vivo. São Paulo: Martins Fontes, 2010.

3.
RAMOS, M. de C.. A geração dos corpos organizados em Maupertuis. 1. ed. São Paulo: Scientiae Studia / Editora 34, 2009. v. 1. 368p .

Capítulos de livros publicados
1.
RAMOS, M. de C.. Uma abordagem filosófica de problemas da biologia em seu contexto histórico: mecanicismo e vitalismo. In: Marcelo Carvalho; Gabriele Corneli. (Org.). Filosofia: conhcimento e linguagem. 1ed.Cuiaba: Central de texto, 2013, v. , p. 160-172.

2.
RAMOS, M. de C.. Mônadas físicas, epigênese e pré-formação em Maupertuis. In: Ubirajara Rancan de Azevedo Marques. (Org.). Kant e a biologia. 1ed.São Paulo: Barcarolla, 2012, v. , p. 315-330.

3.
RAMOS, M. de C.. Consideraciones sobre la palingénesis. In: Nelson Papavero; Jorge Llorente-Bousquets. (Org.). Historia de la biologia comparada con especial referencia a la biogeografia: del génesis al siglo de las luces. 1ed.México, D. F.: Universidad Nacional Autónoma de México, 2007, v. 6, p. -.

4.
RAMOS, M. de C.. Consideraciones sobre la palingénese. In: Nelson Papavero; José Roberto Pujol-Luz; Jorge Llorente-Bousquets. (Org.). Historia de la Biología Comparada. 1ed.Cidade do México: Universidade Nacional Autónoma de México, 2001, v. VI, p. 293-297.

5.
RAMOS, M. de C.. Considerações sobre a palingênese. In: Nelso Papavero; José Roberto Pujol-Luz; Jorge Llorente-Bousquets. (Org.). Histórica à Biologia Comparada com Especial Referência à Biogeografia. 1ed.Rio de Janeiro: Editora da Universidade Rural do Rio de Janeiro, 1999, v. VI, p. -.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
RAMOS, M. de C.. Um livro síntese - Resenha de O que é evolução de E. Mayr. São Paulo: Rocco, 2003. Jornal de Resenhas, São Paulo, p. 11 - 11, 01 set. 2009.

2.
RAMOS, M. de C.. A evolução humana - Resenha de Os humanos antes da humanidade, de R. Foley, São Paulo, Editora da UNESP, 2003. Folha de São Paulo - Jornal de Resenhas, São Paulo, p. 8 - 8, 08 nov. 2003.

3.
RAMOS, M. de C.. Princípios da vida - Resenha do livro O que é vida? Para entender a biologia do século XX, de C. N. El-Hani e A. A. P. Videira, Relume-Dumará, 2001, e do livro Vida: uma biografia não-autorizada, de R. Fortey, Rio de Janeiro, Record, 2001.. Folha de São Paulo - Jornal de Resenhas, São Paulo, , v. 74, p. 5 - 5, 12 maio 2001.

4.
RAMOS, M. de C.. Uma questão de ordem: Resenha do livro O que é vida? O aspecto físico da célula viva, de E. Schrödinger, São Paulo, Editora da UNESP/Cambridge University Press, 1997 e do livro O que é vida - 50 anos depois, de M. P. Murphy e L. A. J. O'Neal,São Paulo, Editora da Unesp, 1997. Folha de São Paulo - Jornal de Resenhas, São Paulo, , v. 36, p. 6 - 6, 14 mar. 1998.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
RAMOS, M. de C.. Ética e nanotecnologia. In: III Seminário Internacional Nanotecnologia, Sociedade e meio Ambiente, 2008, São Paulo. Nanotecnologia, sociedade e meio ambiente: trabalhos apresentados no terceiro seminário internacional. São Paulo: Xamã, 2008. p. 136-146.

2.
RAMOS, M. de C.. Teleologia e ciências da vida na época das luzes: o finalismo na teoria da geração de Maupertuis. In: III Encontro da Rede Paranaense de História e Filosofia da Ciência, 2005, Curitiba. Anais do III Encontro da Rede Paranaense de História e Filosofia da Ciência. Curitiba: SCHLA/UFPR, 2005. p. 262-272.

3.
RAMOS, M. de C.. Biologia de Issoca rezendei (Schirch, 1929) (Turbellaria, Tricladida, Terricola). In: IV Mini-simpósio de zoologia, 1986, São Paulo. Caderno de resumos do IV Mini-simpósio de zoologia. São Paulo: Instituto de Biociências - USP, 1986. v. 1. p. 2-2.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
RAMOS, M. de C.. The distinction between nature and artefact and its relation to the ethical analysis of risks. In: 4S & European Association for the Study of Science and Technology Meeting: Preuves publiques - science, technologie et démocratie, 2004, Paris. Cadernos de resumos do 4S & European Association for the Study of Science and Technology Meeting. Paris: Centre de Sociologie de l'Inovation/Ministère de la Recherche, 2004. v. 1. p. 533-533.

2.
RAMOS, M. de C.. Teleologia e ciências da vida na época das luzes: o finalismo na teoria da geração de Maupertuis. In: IV Encuentro de filosofía e historia de la ciencia del Cono Sur, 2004, Buenos Aires. Resúmenes: IV Encuentro de filosofía e historia de la ciencia del Cono Sur. Buenos Aires: Asociación de filosofía e historia de la ciencia del Cono Sur, 2004. v. 1. p. 18-18.

3.
RAMOS, M. de C.. Teleologia nas ciências da vida. In: IV Encuentro de filosofía e historia de la ciencia del Cono Sur, 2004, Buenos Aires. Resúmenes: IV Encuentro de filosofía e historia de la ciencia del Cono Sur. Buenos Aires: Asociación de filosofía e historia de la ciencia del Cono Sur, 2004. v. 1. p. 18-18.

4.
RAMOS, M. de C.; SILVA, José Roberto Machado Cunha da ; BORGES, João Carlos Shimada ; PAIVA, Maria José Tavares Ranzani ; RIGOLINO, Marcos Guilherme ; TABATA, Yara Aiko . O efeito da triploidia na atividade fagocítica de trutas arco-íris Oncorhynchus mykiss (Walbaum, 1972). In: XVIII Reunião Anual da Federação de Sociedades de Biologia Experimental, 2003, Curitiba. Caderno de Resumos da XVIII Reunião Anual da Federação de Sociedades de Biologia Experimental. Curitiba: Federação de Sociedades de Biologia Experimental, 2003. v. 1.

5.
RAMOS, M. de C.. Maupertuis e a geração dos corpos organizados: a atribuição de propriedades psíquicas à matéria. In: IX encontro Nacional de Filosofia da ANPOF, 2000, Poços de Caldas. Atas do IX encontro Nacional de Filosofia. Campinas: ANPOF - Associação Nacional de Pós-Graduação em Filosofia, 2000. v. 1. p. 196-197.

6.
RAMOS, M. de C.. Geração, providência e lei natural: Maupertuis crítico do mecanicismo moderno. In: X Colóquio de História da Ciência: universalidade, racionalidade e progresso da ciência, 1997, Campos de Jordão. X Colóquio de História da Ciência: universalidade, racionalidade e progresso da ciência. Campinas: CLE - UNICAMP, 1997. v. 1. p. 69-70.

7.
RAMOS, M. de C.. Biologia reprodutiva de Issoca rezendei (Schirch, 1929) (Turbellaria, Tricladida, Terricola). In: VI Mini-simpósio de zoologia, 1988, São Paulo. Caderno de resumos do VI Mini-simpósio de zoologia. São Paulo: Instituto de Biociências - USP, 1988. v. 1. p. 12-12.

8.
RAMOS, M. de C.. Biologia de Issoca rezendei (Schirch, 1929) (Turbellaria, Tricladida, Terricola). In: I Encontro dos alunos de pós-graduação do Instituto de Biociências - USP, 1986, São Paulo. I Encontro dos alunos de pós-graduação do Instituto de Biociências - USP. São Paulo: Instituto de Biociências - USP, 1986. v. 1. p. 104-104.

Artigos aceitos para publicação
1.
RAMOS, M. de C.. Robert James Graves y la cristalización vital. Ludus Vitalis, 2017.

Apresentações de Trabalho
1.
RAMOS, M. de C.. Ideias sobre a unidade básica dos organismos. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
RAMOS, M. de C.. Reflexões filosóficas sobre certas relações entre vida, técnica e ética. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
RAMOS, M. de C.. Reflexões epistemológicas e históricas sobre a morfologias. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
RAMOS, M. de C.. Finalismo e geração orgânica na época das luzes: as idéias de Maupertuis. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
RAMOS, M. de C.. Sob a luz de Frankenstein. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
RAMOS, M. de C.. Ciência e valores: a bioética. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
RAMOS, M. de C.. Ética e Nanotecnologia. 2006. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

8.
RAMOS, M. de C.. O mito de Frankenstein. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
RAMOS, M. de C.. Teleologia e ciências da vida na época das luzes: o finalismo na teoria da geração de Maupertuis. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
RAMOS, M. de C.. Controle da natureza, tecnociência e biologia. 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
RAMOS, M. de C.. Evolução biológica e singularidade humana. 2003. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
RAMOS, M. de C.. Ética e vida artificial. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
RAMOS, M. de C.. Clonagem e ética. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

14.
RAMOS, M. de C.. Estudos sobre identidade e individualidade biológicas. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

15.
RAMOS, M. de C.. Transgênicos e propriedade intelectual. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

16.
RAMOS, M. de C.. Ética e vida artificial. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

17.
RAMOS, M. de C.. Transgênicos, bioética e biotecnologia: a biologia na perspectiva da filosofia da ciência. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

18.
RAMOS, M. de C.. Sob a luz de Frankenstein. 2002. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

19.
RAMOS, M. de C.. Origem da vida e origem das espécies no século XVIII: as concepções de Maupertuis. 2002. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

20.
RAMOS, M. de C.. Reducionismo e teleologia nas ciências da vida. 2002. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

21.
RAMOS, M. de C.. A produção e o ensino de biologia entre a razão, a ética e a estética. 2002. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

22.
RAMOS, M. de C.. Frankenstein, filosofia e literatura. 2000. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

23.
RAMOS, M. de C.. Maupertuis e a geração dos corpos organizados: a atribuição de propriedades psíquicas à matéria. 2000. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

24.
RAMOS, M. de C.. Pode a filosofia ajudar o trabalho do biólogo?. 1998. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

25.
RAMOS, M. de C.. Alguns aspectos filosóficos do pré-darwinismo. 1998. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

26.
RAMOS, M. de C.. Geração, providência e lei natural: Maupertuis crítico do mecanicismo moderno. 1997. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

27.
RAMOS, M. de C.. Filosofia da biologia - reflexões críticas sobre as teses de Mario Bunge. 1997. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

28.
RAMOS, M. de C.. Pierre-Louis Moreau de Maupertuis et la génération des corps organisés. 1996. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

29.
RAMOS, M. de C.. La théorie de la génération de Pierre-Louis Moreau de Maupertuis. 1996. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

30.
RAMOS, M. de C.. O problema da geração. 1995. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

31.
RAMOS, M. de C.. Aspectos da filosofia da biologia. 1994. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

32.
RAMOS, M. de C.. Pierre-Louis Moreau de Maupertuis e a geração dos corpos organizados. 1994. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

33.
RAMOS, M. de C.. Pós-modernidade e a crise das utopias. 1994. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

34.
RAMOS, M. de C.. Comportamento animal. 1988. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

35.
RAMOS, M. de C.. Biologia reprodutiva de Issoca rezendei (Schirch, 1929) (Turbellaria, Tricladida, Terricola). 1988. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

36.
RAMOS, M. de C.. Biologia de Issoca rezendei (Schirch, 1929) (Turbellaria, Tricladida, Terricola). 1986. (Apresentação de Trabalho/Outra).

37.
RAMOS, M. de C.. Biologia de Issoca rezendei (Schirch, 1929) (Turbellaria, Tricladida, Terricola). 1986. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
KYNOUCHI, Renato ; RAMOS, M. de C. . Psicologia e biologia. Entrevista com César Ades. São Paulo: Scientiae Studia, 2011 (Participação de entrevista e debate).

2.
RAMOS, M. de C.. Em nome da cura: as promissoras células-tronco embrionárias suscitam uma grande polêmica. São Paulo: CCS - Coordenadoria de Comunicação Social - USP, 2011 (Participação de entrevista e debate).

3.
RAMOS, M. de C.. Sistema da natureza: ensaio sobre a formação dos corpos organizados, 2009. (Tradução/Outra).

4.
RAMOS, M. de C.. Prefácio. São Paulo, 2008. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

5.
RAMOS, M. de C.. Há limites para a liberdade de expressão?. São Paulo: Jornal da Universidade São Judas Tadeu, 2006 (Participação de entrevista e debate).

6.
RAMOS, M. de C.. Você é a favor ou contra o desarmamento? 2005 (Participação de entrevista e debate).

7.
RAMOS, M. de C.. Vênus Física. São Paulo: Departamento de Filosofia, 2005. (Tradução/Livro).

8.
RAMOS, M. de C.. Carta XIV. Sobre a origem dos animais. São Paulo: Departamento de Filosofia - FFLCH - USP, 2004. (Tradução/Outra).

9.
RAMOS, M. de C.; TOSSATO, Claudemir Roque . A introdução na medicina de técnicas oriundas da genática ocasionou uma ruptura antropológica?. São Paulo: Departamento de Filosofia, 2004. (Tradução/Artigo).

10.
RAMOS, M. de C.; PAPAVERO, Nelson ; TEIXEIRA, Dante Martins . A Protogaea de G. W. Leibniz (1749). Uma teoria sobre a evolução da Terra e a origem dos fósseis. São Paulo: Fapesp/Plêiade, 1997. (Tradução/Livro).


Produção técnica
Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
KYNOUCHI, Renato ; RAMOS, M. de C. . Psicologia e biologia ? entrevista com César Ades. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
RAMOS, M. de C.. Guia de livros didáticos PNLD 2012 - Filosofia. 2011. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Resenha de livros didáticos de filosofia para o processo PNLD 2012).

2.
RAMOS, M. de C.. mini-curso ?Uma perspectiva filosófica das relações entre valores, ciência, tecnologia e biologia?.. 2010. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

3.
RAMOS, M. de C.. Bioética e o conceito de vida. 2001. (Curso de curta duração ministrado/Outra).



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
RAMOS, M. de C.. Participação em banca de Tiago Santos Almeida. Aventuras e estratégias da razão: sobre a História Epistemológica das Ciências. 2011. Dissertação (Mestrado em Mestrado em História) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas - USP.

2.
RAMOS, M. de C.. Participação em banca de Margarete Andreozzi Vaz Pereira Simon. Percepção e representação: a imaterialidade da matéria em Leibniz. 2008. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade São Judas Tadeu.

3.
RAMOS, M. de C.. Participação em banca de Karen Cynthia Hada. O ideal de ordem natural de Toulmin aplicado à biologia teleomecanicista do século XIX. 2008. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Filosofia) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas - USP.

4.
RAMOS, M. de C.; PESSOA JR, Osvaldo Frota. Participação em banca de Daniel Cerqueira Baiardi. Conhecimento, evolução e complexidade na filosofia sintética de Herbert Spencer. 2008. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Filosofia) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas - USP.

5.
RAMOS, M. de C.. Participação em banca de João Francisco Botelho. Epigênese radical: a perspectiva dos sistemas desenvolvimentais. 2007. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Catarina.

6.
DION, Sônia Maria; RAMOS, M. de C.; GENTIL, H. S.. Participação em banca de Joaquim Fernando Prado Ribeiro. Domina aeris ou Qual é mais ilustre se a Leveza ou a Gravidade. 2006. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade São Judas Tadeu.

7.
RAMOS, M. de C.; SMITH, Plínio Junqueira; SILVA, Franklin Leopoldo e. Participação em banca de Edson Antônio Ortiz de Camargo. O princípio de imparcialidade na ética aplicada de Peter Singer. 2006. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade São Judas Tadeu.

8.
RAMOS, M. de C.; MARICONDA, Pablo Ruben; PLASTINO, Caetano Ernesto. Participação em banca de Jaadiel Rocha dos Santos. Espaço e Tempo. Metafísica e teologia natural na 'Correspondência com Clarke'. 2005. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade de São Paulo.

Teses de doutorado
1.
RAMOS, M. de C.; CAPONI, Gustavo. Participação em banca de Frederico Felipe de Almeida Faria. Georges Cuvier e a instauração da paleontologia como ciência. 2010. Tese (Doutorado em Doutorado Interdisciplinar em Ciências Humanas) - Universidade Federal de Santa Catarina.

2.
RAMOS, M. de C.. Participação em banca de Fernanda Aparecida Meglhioratti. O conceito de organismo: uma introdução à epistemologia do conhecimento biológico na formação de graduandos de biologia. 2009. Tese (Doutorado em Educação Para a Ciência) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

3.
RAMOS, M. de C.. Participação em banca de Marcelo Alves Ferreira. Transformismo e extinção: de Lamarck a Cuvier. 2007. Tese (Doutorado em Doutorado em Filosofia) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas - USP.

4.
RAMOS, M. de C.. Participação em banca de Eduardo Henrique Peiruque Kickhofel. A natureza, a razão e a ciência do homem ? edição dos estudos de anatomia de Leonardo da Vinci e notas para uma interpretação de sua ciência. 2007. Tese (Doutorado em Doutorado em Filosofia) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas - USP.

5.
MARICONDA, Pablo Rubén; RAMOS, M. de C.; PLASTINO, Caetano Ernesto; CAPONI, Gustavo; PAPAVERO, Nelson. Participação em banca de Márcio Rpdrigues Horta. Temas darwinianos. 2005. Tese (Doutorado em Filosofia) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas - USP.

6.
MONTEIRO, João Paulo Gomes; RAMOS, M. de C.; PLASTINO, Caetano Ernesto; GUIMARÃES, Lívia Mara; ALBIERI, Sara. Participação em banca de Cláudio Morelli Matos. O naturalismo de Hume e a epistemologia evolutiva. 2004. Tese (Doutorado em Filosofia) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas - USP.

7.
CHAUÍ, Marilena de Souza; RAMOS, M. de C.; FARIA, José Eduardo de; NASCIMENTO, Milton Meira Do. Participação em banca de Fernando Dias Andrade. Pax spinozana. Direito Natural e direito justo em Espinoza. 2001. Tese (Doutorado em Doutorado em Filosofia) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas - USP.

8.
CHAUÍ, Marilena de Souza; SILVA, Franklin Leopoldo e; NASCIMENTO, Maria das Graças de Souza; RAMOS, M. de C.; MARQUES, Jordino Assis dos Santos. Participação em banca de Marisa Carneiro de Oliveira Franco Donatelli. Da máquina corpérea ao corpo sensível: a medicina em Descartes. 2000. Tese (Doutorado em Filosofia) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas - USP.

9.
RAMOS, M. de C.; Piza, E. S. P.; Telles, N. T.. Participação em banca de Carla Cristina Garcia. Hambre del alma. 2000. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Qualificações de Doutorado
1.
RAMOS, M. de C.. Participação em banca de Fernanda Aparecida Meglhioratti. O conceito de organismo: uma introdução à epistemologia do conhecimento biológico na formação de graduandos de biologia. 2008. Exame de qualificação (Doutorando em Educação Para a Ciência) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

2.
MARICONDA, Pablo Rubén; RAMOS, M. de C.; PATY, M.. Participação em banca de Marcelo Alves Ferreira. O pensamento científico dos séculos XVIII e XIX e a elaboração da teoria da evolução por Charles R. Darwin. 2006. Exame de qualificação (Doutorando em Filosofia) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas - USP.

3.
MARICONDA, Pablo Rubén; RAMOS, M. de C.; PATY, M.. Participação em banca de Márcio Rodrigues Horta. Considerações sobre o evolucionismo do século XIX. 2004. Exame de qualificação (Doutorando em Filosofia) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas - USP.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
RAMOS, M. de C.. Comissão Julgadora de provas e títulos para ingresso de Professor de Filosofia na área de Filosofia da Ciência. 2009. Universidade Federal do ABC.

2.
RAMOS, M. de C.. Concurso Público para provimento no cargo de Prof. Adjunto do Campus Guarulhos - Filosofia da Ciência. 2009. Universidade Federal de São Paulo.

3.
RAMOS, M. de C.. Banca Examinadora do Concurso de Ingresso de Professor Doutor para o Departamento de Biologia. 2007. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da USP Ribeirão Preto.

4.
RAMOS, M. de C.. Banca Examinadora do Concurso de Ingresso de Professor Titular - Filosofia Geral. 2003. Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Coloquio internacional aproximaciones críticas a la biología sintética.La plasmogenia del protoplasma y la propuesta de una heurística morfológica. 2016. (Outra).

2.
El quehacer histórico en la construcción de las disciplinas científicas en México.La plasmogenia como interdisciplina sobre Alfonso Luis Herrera y su obra. 2016. (Outra).

3.
Seminario de Filosofía de la Biología: PhiBio..El concepto de mónada orgánica. 2014. (Seminário).

4.
Seminário de Historia de la Filosofia (coordenação de Laura Benítez).El concepto de organismo polar en Maupertuis. 2014. (Seminário).

5.
80e Congrès de l?Association francophone pour le savoir. Monades physiques, épigenèse et préformation chez Maupertuis. 2012. (Congresso).

6.
Comemoração ao dia mundial da água - Itesp - SP.Controle da natureza e valores vitais. 2012. (Outra).

7.
Encontro de História e Filosofia da Biologia 2011.Três expressões de uma teoria geral das formas: assinaturas das coisas, palingênese e árvores químicas. 2011. (Encontro).

8.
VI Conifil - Ciência, Ética e Epistemologia.Vida, valores e técnica. 2011. (Encontro).

9.
13a Semana Temática da Biologia.Bioética. 2010. (Outra).

10.
5o Colóquio Kant de Marília - Kant e a Biologia.Mônadas físicas, epigênese e pré-formação em Maupertuis. 2010. (Outra).

11.
I Circuito de Ciência e Tecnologia.O ser vivo. 2010. (Encontro).

12.
I Seminário de História Intelectual: questões de método.A doutrina das assinaturas dos seres e a palingênese vegetal: elementos para uma história da idéia de geração orgânica. 2010. (Seminário).

13.
IV Seminário de história e filosofia da ciência.Palingênese, vegetações metálicas e geração espontânea: considerações sobre a fisiologia e a reprodução dos vegetais. 2010. (Seminário).

14.
Seminários em Parasitologia I e II.Reflexões filosóficas sobre certas relações entre vida, técnica e ética. 2010. (Seminário).

15.
XIV Encontro Nacional da ANPOF.Assinaturas externas, internas e palingênese. 2010. (Encontro).

16.
Comemorações do dia do biólogo.Ética na pesquisa com seres vivos. 2009. (Encontro).

17.
Encontro Darwin na Bahia.Maupertuis e o pensamento evolutivo na época das luzes. 2009. (Encontro).

18.
Seminário ciência e capitalismo hoje.Natural, artificial e ética: a retórica ?segurança versus propriedade? das sementes transgênicas. 2009. (Seminário).

19.
III Seminário de história e filosofia da ciência.Identidade e geração orgânica em Leibniz e Maupertuis. 2008. (Seminário).

20.
VI Encuentro AFHIC (Asociación de Filosofía e Historia de la Ciencia del Cono Sur).Identidade e geração orgânica em Leibniz e Maupertuis. 2008. (Encontro).

21.
VI Simpósio de filosofia: filosofia e vida.Fluxo de vida e florescimento humano. 2008. (Simpósio).

22.
XII Semana de Filosofia: filosofias contemporâneas.Valores, tecnologia e conhecimento científico da vida. 2008. (Encontro).

23.
59ª Reunião Anual da SBPC ? Amazônia: desafio nacional.Florescimento humano e conservação da natureza. 2007. (Encontro).

24.
II Encontro de Pós-Graduandos da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo.Filosofia e Sociologia da Ciência. 2007. (Encontro).

25.
Linnaeus 300: simpósio sobre a vida e obra de Carl Linnaeus.Sistema da Natureza e Geração Orgânica na Época das Luzes. 2007. (Simpósio).

26.
V Encontro dos Grupos PET da USP.Ética, natureza e modernidade. 2007. (Encontro).

27.
X Encontro Nacional de Pesquisa na Graduação em Filosofia da USP.Conhecimento, evolução e comportamento. 2007. (Encontro).

28.
III Seminário Internacional Nanotecnologia, Sociedade e Meio Ambiente.Biotecnologia e ética. 2006. (Seminário).

29.
IX Encontro Nacional de Pesquisa na Graduação em Filosofia da USP.Problemas de um estudo histórico e filosófico do conceito de evolução. 2006. (Outra).

30.
IX Seminário Internacional de Filosofia e História da Ciência. Modelos de historiografia filosófica, do Renascimento ao século XIX. 2006. (Seminário).

31.
Semana de Filosofia "A pesquisa em filosofia: questões metodológicas".Pesquisa em filosofia. 2006. (Outra).

32.
III Encontro da Rede Paranaense de História e Filosofia da Ciência.Teleologia e ciências da vida na época das luzes: o finalismo na teoria da geração de Maupertuis. 2005. (Encontro).

33.
III Seminário Internacional de Filosofia e História da Ciência. Prática científica: a inter-relação entre adotar estratégias e sustentar valores sociais. 2004. (Seminário).

34.
IV Encontro de Filosofia e História da Ciência do Cone Sul.Teleologia e ciências da vida na época das luzes: o finalismo na teoria da geração de Maupertuis. 2004. (Encontro).

35.
V Seminário Internacional de Filosofia e História da Ciência. História e estrutura da genética clássica. 2004. (Seminário).

36.
II Seminário Internacional de Filosofia e História da Ciência. Filosofia e ciência na época das luzes. 2003. (Seminário).

37.
I Seminário Internacional de Filosofia e História da Ciência. Sobre as relações entre a astronomia e a cosmologia. 2003. (Seminário).

38.
VI Encontro Nacional de Filosofia da Anpof.Pierre-Louis Moreau de Maupertuis e a geração dos corpos organizados. 2002. (Encontro).

39.
VIII Encontro Perspectivas do Ensino de Biologia.Biologia, razão e ética. 2002. (Encontro).

40.
X Encontro Nacional de Filosofia da Anpof.Origem da vida e origem das espécies no século XVIII: as concepções de Maupertuis. 2002. (Encontro).

41.
IX Encontro Nacional de Filosofia da Anpof.Maupertuis e a geração dos corpos organizados: a atribuição de propriedades psíquicas à matéria. 2000. (Encontro).

42.
X Semana de Letras.Frankenstein, filosofia e literatura. 2000. (Outra).

43.
X Colóquio de história da ciência: universalidade, racionalidade e progresso na ciência.Geração, providência, e lei natural: Maupertuis crítico do mecanicismo moderno. 1997. (Outra).

44.
XIII Semana de História e Estudos Sociais: Fin-de-Siècle: repensado a modernidade.Pós-modernidade e a crise das utopias. 1994. (Outra).

45.
VII Colóquio de História da Ciência. Espaço e tempo. 1993. (Outra).

46.
I Simpósio Internacional História da Ciência e Epistemologia. 1991. (Simpósio).

47.
VII Colóquio de História da Ciência. Século XIX: o nascimento da ciência contemporânea. 1991. (Outra).

48.
VI Colóquio de História da Ciência. Ciência na Idade Média e Revoluções Científicas. 1990. (Outra).

49.
VI Mini-simpósio de Zoologia.Biologia reprodutiva de Issoca rezendei (Schirch, 1929) (Turbellaria, Tricladida, Terricola). 1988. (Simpósio).

50.
Seminário de Etologia. 1987. (Outra).

51.
I Encontro dos Alunos de Pós-graduação do Instituto de Biociências.Biologia de Issoca rezendei (Schirch, 1929) (Turbellaria, Tricladida, Terricola). 1986. (Encontro).

52.
IV Encontro de Etologia. 1986. (Encontro).

53.
IV Mini-simpósio de Zoologia ? Departamento de Zoologia.Biologia de Issoca rezendei (Schirch, 1929) (Turbellaria, Tricladida, Terricola). 1986. (Seminário).

54.
XII Congresso Brasileiro de Zoologia. 1985. (Congresso).

55.
III Congresso Brasileiro de Biologia Celular. 1982. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Marcelo Luquini. O conceito de Organização da Matéria na Filosofia Natural e na Fisiologia de La Mettrie. Início: 2016. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Filosofia) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas - USP. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Marcus Vinícius Russo Loures. Epistemologia histórica dos conceitos de fluido, éter e plasma. Início: 2016. Tese (Doutorado em Doutorado em Filosofia) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas - USP. (Orientador).

2.
Hugo Neri. A cognição social e o problema do conhecimento. Início: 2015. Tese (Doutorado em Doutorado em Filosofia) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas - USP. (Orientador).

3.
Caio Cesar Cabral. Dewey e as bases para uma discussão da individualidade biológica e humana. Início: 2012. Tese (Doutorado em Doutorado em filosofia) - Universidade de São Paulo. (Orientador).

4.
Rodrigo Romão de Carvalho. A noção de constituição orgânica à luz do hilemorfismo aristotélico. Início: 2012. Tese (Doutorado em Doutorado em filosofia) - Universidade de São Paulo. (Orientador).

5.
Guilherme Francisco dos Santos. O conceito de monera de Ernst Haeckel: a gênese e a natureza da individualidade biológica. Início: 2012. Tese (Doutorado em Doutorado em filosofia) - Universidade de São Paulo. (Orientador).

6.
João Alex Costa Carneiro. O conceito de Gestalt enquanto protoideia específica no desenvolvimento do campo científico e filosófico durante a primeira metade do século XX.. Início: 2012. Tese (Doutorado em Doutorado em filosofia) - Universidade de São Paulo. (Orientador).

Supervisão de pós-doutorado
1.
Márcia Maria Tait Lima. Início: 2015. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas - USP.

2.
Francisco Rômulo Monte Ferreira. Início: 2015. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas.

3.
Clara Castro Carniceiro. Início: 2012. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas - USP, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo.

Iniciação científica
1.
João Paulo Pedroso Ferreira. A Terra e os devaneios da criação: um estudo da imaginação das rochas. Início: 2015 - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas - USP, Pró-reitoria de Graduação - USP. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Kelly Ichitani Koide. A interação dos valores nos modelos de ciência de Lacey e de Laudan. 2011. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Mauricio de Carvalho Ramos.

2.
Caio Cesar Cabral. As bases naturalísticas da teoria da investigação de John Dewey. 2011. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade de São Paulo, . Orientador: Mauricio de Carvalho Ramos.

3.
Rodrigo Romao de Carvalho. O Papel do Hilemorfismo nos Procedimentos de Análise do Vivente em Aristóteles. 2011. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Mauricio de Carvalho Ramos.

4.
Guilherme Francisco Santos. A teoria da Gastrea de Ernst Haeckel. 2011. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade de São Paulo, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Mauricio de Carvalho Ramos.

5.
Débora de Sá Ribeiro Aymoré. Modelo de historiografia da ciência kuhniana: da obra ?A estrutura das revoluções científicas? aos ensaios tardios. 2010. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade de São Paulo, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Mauricio de Carvalho Ramos.

6.
Edson Antonio Ortiz de Camargo. O princípio de imparcialidade na ética aplicada de Peter Singer. 2006. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade São Judas Tadeu, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Mauricio de Carvalho Ramos.

Supervisão de pós-doutorado
1.
Ronei Clécio Mocellin. 2012. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas - USP, Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo. Mauricio de Carvalho Ramos.

Iniciação científica
1.
Bruno Walter Caporrino. A medida de todas as coisas: epistemologia e natureza na Scienza Nuova de Giambattista Vico. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Scientiae Studia (USP), Pró-reitoria de Graduação - USP. Orientador: Mauricio de Carvalho Ramos.

2.
Aduilson Alves Costa. A filosofia e a ciência em ?O problema do Conhecimento? de Ernest Cassirer. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade de São Paulo, Pró-reitoria de Graduação - USP. Orientador: Mauricio de Carvalho Ramos.



Educação e Popularização de C & T



Artigos
Artigos completos publicados em periódicos
1.
7SANTOS, G. F. dos2013SANTOS, G. F. dos ; RAMOS, M. de C. . Ernst Haeckel e a sua Monografia das moneras. Filosofia e História da Biologia, v. 8, p. 501-518, 2013.

2.
6RAMOS, MAURÍCIO DE CARVALHO2014RAMOS, MAURÍCIO DE CARVALHO. A ideia de racionalidade subjacente ao modelo da interação entre a ciência e os valores: florescimento cognitivo, humano e da vida. Scientiae Studia (USP), v. 12, p. 711-726, 2014.

3.
RAMOS, MAURÍCIO DE CARVALHO2016RAMOS, MAURÍCIO DE CARVALHO. Robert James Graves y la cristalización vital. Ludus Vitalis, v. 24, p. 89-97, 2016.


Livros e capítulos
1.
RAMOS, M. de C.. Uma abordagem filosófica de problemas da biologia em seu contexto histórico: mecanicismo e vitalismo. In: Marcelo Carvalho; Gabriele Corneli. (Org.). Filosofia: conhcimento e linguagem. 1ed.Cuiaba: Central de texto, 2013, v. , p. 160-172.



Outras informações relevantes


Grupo de Pesquisa em Individualidade e Identidade Biológicas.
Laboratório de Histofisiologia Evolutiva - Departamento de Histologia e Embriologia - Instituto de Ciências Biomédicas - USP - São Paulo.
Desenvolvimento de projeto de pesquisa teórico e prático sobre o problema da individualidade e da identidade biológicas em fenômenos imunológicos e afins.

Équipe REHSEIS (Recherches Epistemologique et Historiques sur les Sciences Exactes et les Instituitions Scientifiques) - CNRS (Centre National de la Recherche Scientifique) - Paris.
Participação de reuniões, seminários e debates em Filosofia e História das Ciências - Julho de 1995 a julho de 1996, período no qual estive em Paris como bolsista de doutorado de curta duração.

Grupo de Estudos em Filosofia e História da Biologia
Departamento de Filosofia - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas- USP - São Paulo.
Apresentação de seminários, coordenação de reuniões e palestras - Janeiro de 1994 a junho de 1995.

Grupo de Filosofia da Ciência.
Departamento de Filosofia - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas- USP - São Paulo.
Participação de seminários e elaboração de cursos - Membro de 1993 a 2002.

Grupo de Estudos em Ciências Cognitivas
Instituto de Estudos Avançados - USP - São Paulo.
Membro do grupo em 1993.
(08/02/2006)

"Mudanças e invariantes na prática e na concepção da ciência".
Prof. Dr. Michel Paty (Universidade de Paris) - Curso de extensão universitária - Instituto de Filosofia e Ciências Humanas - Unicamp - 9/9/97 a 12/9/97.

"Oceanografia Biológica".
Curso de Extensão Universitária - Base de Pesquisa de Santos - Instituto Oceanográfico - USP - Santos - 17 de agosto a 2 de setembro de 1984.

"Poluição Marinha".
Curso de Extensão Universitária - Instituto Oceanográfico - USP - São Paulo - 18 a 23 de julho de 1983.

Membro titular do Comitê de Ética em Pesquisa (CEP/SMS-SP) 
 

(08/02/2006)
(08/02/2006)



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 18/12/2018 às 18:24:45