Sofia Inês Albornoz Stein

Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 2

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/2045729600668270
  • Última atualização do currículo em 01/08/2018


Pesquisa nas áreas de filosofia da linguagem, epistemologia e ciências cognitivas e é bolsista PQ do CNPq. Após estudo das obras de Willard van Orman Quine, defendeu, em 1996, dissertação na Universidade Federal do Rio Grande do Sul intitulada O Holismo Semântico de Willard Quine: uma tentativa sistemática de compreender o significado. Desenvolveu pesquisa em 1998 na Universität Bielefeld, Alemanha, acerca das obras de Willard V. O. Quine e Rudolf Carnap e, em 2011, na University of Pittsburgh, investigou acerca do naturalismo na semântica, sob a supervisão de John McDowell. Atualmente é professora pesquisadora do Programa de Pós-graduação em Filosofia da Universidade do Vale do Rio dos Sinos e coordena a Especialização em Filosofia: Os Clássicos e suas Obras, o Grupo de Pesquisa Social-Brains e o Laboratório de Filosofia Experimental e Estudos da Cognição. Investiga, desde uma perspectiva naturalizada, questões relativas à aquisição linguística e à compreensão do significado de frases, assim como questões acerca dos processos de percepção, e de como seus conteúdos estão relacionados à expressão linguística. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Sofia Inês Albornoz Stein
Nome em citações bibliográficas
STEIN, S. I. A.;Stein, Sofia Inês Albornoz;Albornoz Stein, Sofia

Endereço


Endereço Profissional
Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Programa de Pós-graduação em Filosofia.
Av. Unisinos, 950
Bairro Cristo Rei
93022-000 - Sao Leopoldo, RS - Brasil
Telefone: (5551) 35908781
Fax: (5551) 35908112
URL da Homepage: www.unisinos.br/ppg/filosofia


Formação acadêmica/titulação


1997 - 2002
Doutorado em Filosofia.
Universidade de São Paulo, USP, Brasil.
Título: A construção da linguagem e do mundo: aproximações entre as obras de Carnap e Quine, Ano de obtenção: 2002.
Orientador: Prof Dr. Caetano Plastino.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Carnap; Quine; significado; ontologia.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Metafísica / Especialidade: Ontologia.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Epistemologia.
1989 - 1996
Mestrado em Filosofia.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Título: O holismo semântico de Willard Quine: uma tentativa sistemática de compreender o significado,Ano de Obtenção: 1996.
Orientador: Jaime Rebello.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Semântica; Quine; Holismo; significado.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Metafísica / Especialidade: Ontologia.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Epistemologia.
1998 - 1999
Aperfeiçoamento em Philosophie. (Carga Horária: 240h).
Bielefeld University, U.B., Alemanha. Ano de finalização: 1999.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
1991 - 1993
Aperfeiçoamento em Philosophie. (Carga Horária: 60h).
Bielefeld University, U.B., Alemanha. Ano de finalização: 1993.
1991 - 1993
Aperfeiçoamento em Soziologie. (Carga Horária: 60h).
Bielefeld University, U.B., Alemanha. Ano de finalização: 1993.
1991 - 1993
Aperfeiçoamento em Spanien und Lateinamerika Studien. (Carga Horária: 240h).
Bielefeld University, U.B., Alemanha. Ano de finalização: 1993.
1983 - 1987
Graduação em Filosofia.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
1980 interrompida
Graduação interrompida em 1983 em Arquitetura e Urbanismo.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Ano de interrupção: 1983


Pós-doutorado


2011 - 2011
Pós-Doutorado.
University of Pittsburgh, PITT, Estados Unidos.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Filosofia da Linguagem.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Filosofia da Mente.


Formação Complementar


2015 - 2015
Core dense-array dEEG Skills. (Carga horária: 40h).
Electrical Geodesics, Inc., EGI, Estados Unidos.
2012 - 2012
Though and Language in Humans and Animals. (Carga horária: 6h).
Associação Nacional de Pós-Graduação em Filosofia, ANPOF, Brasil.
2011 - 2011
Graduate Seminar on Pragmatism. (Carga horária: 60h).
University of Pittsburgh, PITT, Estados Unidos.
2007 - 2007
Extensão universitária em Teoria Geral da Ética. (Carga horária: 10h).
Universidade de Caxias do Sul, UCS, Brasil.
2007 - 2007
Programa de Capacitação SINAES. (Carga horária: 24h).
Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais, INEP, Brasil.
2001 - 2001
Extensão universitária em Pós Graduação em Filosofia. (Carga horária: 16h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
1998 - 1998
Extensão universitária em Pós Graduação em Filosofia. (Carga horária: 60h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
1994 - 1994
Extensão universitária em Pós Graduação em Filosofia. (Carga horária: 30h).
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
1988 - 1988
Extensão universitária em Pós-graduação Em Filosofia. (Carga horária: 24h).
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
1988 - 1988
Extensão universitária em Pós Graduação Em Filosofia. (Carga horária: 16h).
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
1985 - 1985
Introdução à Filosofia. (Carga horária: 16h).
Sociedade de Estudos e Atividades Filosóficas, SEAF, Brasil.
1983 - 1983
Extensão universitária em Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas. (Carga horária: 30h).
Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.


Atuação Profissional



Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.
Vínculo institucional

2018 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional:


Universidade do Vale do Rio dos Sinos, UNISINOS, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - Atual
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto II, Carga horária: 40

Atividades

03/2016 - Atual
Direção e administração, Unidade Acadêmica de Pesquisa e Pós-graduação, .

Cargo ou função
Coordenadora de Pós-graduação Lato Sensu em Filosofia (Os Clássicos e suas Obras).
03/2015 - Atual
Outras atividades técnico-científicas , Centro de Ciências Humanas, Centro de Ciências Humanas.

Atividade realizada
Coordenadora do Laboratório de Filosofia Experimental e Estudos da Cognição.
02/2018 - 07/2018
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Lógica Elementar
02/2018 - 07/2018
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução ao Filosofar
02/2018 - 07/2018
Ensino, Relações Internacionais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Seminário de Leitura de Clássicos em Relações Internacionais
03/2018 - 06/2018
Ensino, Programa de Pós-graduação em Filosofia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
O Discurso da Ciência: Sistemas neurais e ações sociais coordenadas
03/2018 - 06/2018
Ensino, Pós-graduação Lato Sensu em Filosofia: Os clássicos e suas obras, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Filosofia Contemporânea I
08/2017 - 12/2017
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria do Conhecimento
07/2017 - 12/2017
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução ao Filosofar
07/2017 - 12/2017
Ensino, Relações Internacionais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Seminário de Leitura de Clássicos das Relações Internacionais
07/2017 - 12/2017
Ensino, Relações Internacionais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Pesquisa e Projeto de Aprendizagem II
03/2017 - 07/2017
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução ao Filosofar
03/2017 - 07/2017
Ensino, Programa de Pós-graduação em Filosofia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Quine e a navalha de Ockham: Ceticismo semântico e regimentação lógica
02/2017 - 07/2017
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia da Linguagem
10/2011 - 05/2017
Direção e administração, Centro de Ciências Humanas, Editora da Revista Controvérsia.

Cargo ou função
Editora de Periódico Científico.
08/2016 - 12/2016
Ensino, Relações Internacionais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Pesquisa e Projeto de Aprendizagem II
08/2016 - 12/2016
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia da Mente
07/2016 - 07/2016
Ensino, Programa de Pós-graduação em Filosofia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Discurso da Ciência - Descoberta e Justificação: modelos mentais e explicação científica
03/2016 - 07/2016
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução ao Filosofar
Teoria do Conhecimento
03/2016 - 06/2016
Ensino, Programa de Pós-graduação em Filosofia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Representacionalismo e Antirepresentacionalismo:
08/2015 - 12/2015
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Lógica Elementar, Filosofia Contemporânea II
09/2013 - 09/2015
Conselhos, Comissões e Consultoria, Conselho Universitário, Colegiado Pleno.

Cargo ou função
Representante dos Docentes dos PPGs.
08/2013 - 08/2015
Conselhos, Comissões e Consultoria, Conselho Universitário, Câmara de Graduação.

Cargo ou função
Conselheira.
02/2015 - 07/2015
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Metafísica
Pesquisa e Projeto de Aprendizagem
03/2015 - 06/2015
Ensino, Programa de Pós-graduação em Filosofia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
As lógicas formal e informal em debate
03/2013 - 02/2015
Direção e administração, Centro de Ciências Humanas, .

Cargo ou função
Coordenação Curso de Graduação em Filosofia - Bacharelado e Licenciatura.
08/2014 - 12/2014
Ensino, A História da Filosofia e seus Clássicos, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Filosofia Contemporânea
08/2014 - 12/2014
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Lógica Elementar
03/2014 - 07/2014
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia da Linguagem
03/2014 - 07/2014
Ensino, Programa de Pós-graduação em Filosofia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
A Racionalidade da Ciência - Exorcizando Angústias Filosóficas: a experiência no espaço lógico das razões
08/2013 - 12/2013
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia da Ciência
08/2013 - 12/2013
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Lógica Elementar
08/2012 - 12/2013
Ensino, A História da Filosofia e seus Clássicos, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Quine: Palavra e Objeto
03/2013 - 07/2013
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia da Mente
03/2013 - 07/2013
Ensino, Programa de Pós-graduação em Filosofia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Visual Perception and the Mastery of Concepts
03/2013 - 07/2013
Extensão universitária , Centro de Ciências Humanas, .

Atividade de extensão realizada
Introdução aos Sinais Biomédicos.
08/2012 - 12/2012
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Lógica Elementar
03/2012 - 07/2012
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia da Linguagem
03/2012 - 07/2012
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria do Conhecimento
03/2012 - 07/2012
Ensino, Programa de Pós-graduação em Filosofia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Seminário Avançado: Percepção e Representação
08/2011 - 12/2011
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Lógica Elementar
08/2011 - 12/2011
Ensino, Filosofia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
O Discurso da Ciência: o empirismo na filosofia da ciência contemporânea
Tópicos Especiais II: Filosofia da medicina e Filosofia da ciência
08/2010 - 12/2010
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Antropologia Filosófica
Introdução ao Filosofar
08/2010 - 12/2010
Ensino, Filosofia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Semântica e Ontologia
03/2010 - 12/2010
Conselhos, Comissões e Consultoria, Unidade Acadêmica de Pesquisa e Pós-graduação, .

Cargo ou função
Assessor Comitê Científico - Humanas.
03/2010 - 07/2010
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia Contemporânea II
Introdução ao filosofar
08/2009 - 12/2009
Ensino, Filosofia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Origens da semântica naturalizada
08/2009 - 12/2009
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia da Linguagem
Filosofia da Natureza
Lógica I
TC1
08/2009 - 12/2009
Extensão universitária , Unidade Acadêmica de educação Continuada, .

Atividade de extensão realizada
Ministrante de curso: Analítica da Linguagem, origens da semântia naturalizada.
03/2009 - 07/2009
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Estágio I
Filosofia da Lógica

Universidade de Caxias do Sul, UCS, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2010
Vínculo: Celetista formal, Enquadramento Funcional: Professor colaborador, Carga horária: 4
Outras informações
Colaboradora na Pós-graduação em Educação

Vínculo institucional

2005 - 2009
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor tempo integral, Carga horária: 40

Atividades

01/2008 - Atual
Direção e administração, Programa de Pós-graduação em Educação, .

Cargo ou função
Coordenadora de Linha de Pesquisa Educação, Epistemologia e Linguagem.
03/2005 - Atual
Direção e administração, Reitoria, Centro de Ciências Humanas e da Educação.

Cargo ou função
Editora de Revista Científica Conjectura.
3/2005 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Filosofia e Educação, Departamento de Filosofia.

08/2008 - 12/2009
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia da Linguagem
Lógica II
02/2008 - 02/2009
Direção e administração, Pós-graduação Lato Sensu, .

Cargo ou função
Coordenador de Curso de Especialização em Filosofia.
03/2007 - 02/2009
Conselhos, Comissões e Consultoria, Coordenadoria Geral de Pós-Graduação e Pesquisa, .

Cargo ou função
Assessor de Comitê Assessor de Pesquisa.
3/2005 - 02/2009
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Filosofia e Educação, Departamento de Filosofia.

Cargo ou função
Membro de assembléia departamental.
08/2008 - 12/2008
Ensino, Educação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Seminário Avançado em Linguagem e Educação
03/2008 - 07/2008
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Lógica I
03/2008 - 07/2008
Ensino, Filosofia, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Introdução à Teoria do Conhecimento
Lógica e Teoria da Argumentação
03/2008 - 07/2008
Ensino, Educação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Seminário Avançado em Epistemologia e Educação
3/2005 - 02/2008
Conselhos, Comissões e Consultoria, Centro de Filosofia e Educação, Departamento de Filosofia.

Cargo ou função
Membro de comissão de pós-graduação.
08/2007 - 12/2007
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia Analítica
História da Filosofia Contemporânea
03/2007 - 07/2007
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Iniciação à Pesquisa
Filosofia da Lógica
10/2005 - 03/2007
Serviços técnicos especializados , Reitoria, Centro de Ciências Humanas e da Educação.

Serviço realizado
Projeto de Pós-Graduação em Educação.
08/2006 - 12/2006
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia Analítica
História da Filosofia Contemporânea
Teoria da ciência
03/2006 - 07/2006
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História da Lógica
Iniciação à Pesquisa
8/2005 - 12/2005
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia Analítica
História da Filosofia Contemporânea
Iniciação à Pesquisa
3/2005 - 7/2005
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História da Lógica
Iniciação à pesquisa

Universidade Federal de Pelotas, UFPEL, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2005
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto I, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

05/2004 - 2/2005
Pesquisa e desenvolvimento , Departamento de Filosofia/ICH, .

9/2004 - 1/2005
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Lógica I
Teoria do Conhecimento II
9/2004 - 1/2005
Ensino, Filosofia Moral e Política, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Metodologia da Pesquisa Filosófica
04/2004 - 8/2004
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Carnap e Quine: os limites da Filosofia
Teoria do Conhecimento
04/2004 - 8/2004
Ensino, Filosofia Política, Nível: Especialização

Disciplinas ministradas
Metodologia Filosófica

Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2005
Vínculo: Membro de Conselho Editorial, Enquadramento Funcional: Membro de Conselho Editorial, Carga horária: 0
Outras informações
Colaborei como professora orientadora no Programa de Pós-graduação da UFG (até as defesas) e como orientadora de iniciação científica.

Vínculo institucional

1994 - 2004
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Adjunto I, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Colaboro como professor orientador no programa de pós-graduação em filosofia da UFG (até as defesas) e como orientador de alunos de iniciação científica (até julho de 2004).

Vínculo institucional

1994 - 1994
Vínculo: Professor substituto, Enquadramento Funcional: Celetista, Carga horária: 20

Atividades

04/2003 - 10/2005
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Ciências Humanas e Filosofia, Departamento de Filosofia.

06/2002 - 12/2004
Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Ciências Humanas e Filosofia, Faculdade de Ciências Humanas e Filosofia.

Atividade realizada
Membro do conselho editorial da revista Philósophos.
8/2003 - 1/2004
Ensino, Filosofia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Tópicos de Filosofia Contemporânea
4/2003 - 1/2004
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia da Ciência
História da Filosofia IV
08/2002 - 01/2004
Conselhos, Comissões e Consultoria, Biblioteca Central, .

Cargo ou função
Representante da FCHF no Conselho da Biblioteca Central.
06/2002 - 01/2004
Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Ciências Humanas e Filosofia, Faculdade de Ciências Humanas e Filosofia.

Atividade realizada
Editora dos Cadernos de Filosofia da FCHF.
06/2002 - 01/2004
Conselhos, Comissões e Consultoria, Editora da UFG, .

Cargo ou função
Suplente da área de ciências humanas no Conselho Editorial da UFG.
01/1995 - 01/2004
Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Ciências Humanas e Filosofia, Faculdade de Ciências Humanas e Filosofia.

Atividade realizada
Membro do Conselho Científico da Revista.
11/2003 - 11/2003
Extensão universitária , Faculdade de Ciências Humanas e Filosofia, Departamento de Filosofia.

Atividade de extensão realizada
Coordenação da Xª Semana de Filosofia da UFG.
06/2003 - 06/2003
Extensão universitária , Faculdade de Ciências Humanas e Filosofia, .

Atividade de extensão realizada
Coordenação do IIº Colóquio Nacional de Filosofia da Linguagem.
04/2002 - 03/2003
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História da Filosofia IV
Filosofia da Ciência
3/2000 - 03/2003
Direção e administração, Faculdade de Ciências Humanas e Filosofia, Departamento de Filosofia.

Cargo ou função
Sub-chefia de departamento.
3/1997 - 3/2003
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Ciências Humanas e Filosofia, Departamento de Filosofia.

Linhas de pesquisa
Filosofia da Linguagem
7/2002 - 12/2002
Extensão universitária , Faculdade de Ciências Humanas e Filosofia, Departamento de Filosofia.

Atividade de extensão realizada
Grupo de Estudos sobre Epistemologia Feminista.
08/2002 - 11/2002
Ensino, Filosofia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Tópicos de Filosofia da Linguagem
05/2002 - 05/2002
Extensão universitária , Faculdade de Ciências Humanas e Filosofia, .

Atividade de extensão realizada
Organização do Iº Colóquio Nacional de Filosofia da Linguagem.
04/2001 - 03/2002
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
História da Filosofia IV
Filosofia da Ciência
3/2000 - 03/2001
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Filosofia da Ciência
Teoria do Conhecimento
3/1999 - 2/2000
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Teoria do Conhecimento
Filosofia da Ciência
08/1997 - 08/1997
Extensão universitária , Faculdade de Ciências Humanas e Filosofia, .

Atividade de extensão realizada
Coordenação do IIIº Simpósio Aspectos da Linguagem.
3/1995 - 3/1997
Outras atividades técnico-científicas , Faculdade de Ciências Humanas e Filosofia, Faculdade de Ciências Humanas e Filosofia.

Atividade realizada
Editora dos cadernos de pesquisa do FCHF-Filosofia.
3/1996 - 2/1997
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Lógica - Filosofia
Lógica - Biblioteconomia
8/1994 - 12/1996
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Ciências Humanas e Filosofia, Departamento de Filosofia.

Linhas de pesquisa
Filosofia da Linguagem
09/1996 - 09/1996
Extensão universitária , Faculdade de Ciências Humanas e Filosofia, .

Atividade de extensão realizada
Coordenação do II Simpósio Aspectos da Linguagem: Semântica e Ontologia.
04/1996 - 04/1996
Extensão universitária , Faculdade de Ciências Humanas e Filosofia, .

Atividade de extensão realizada
Coordenação das comunicações do Iº Simpósio de Ética e Política no Centro-Oeste.
3/1995 - 12/1995
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Lógica - Biblioteconomia
Lógica - Filosofia
7/1995 - 8/1995
Extensão universitária , Faculdade de Ciências Humanas e Filosofia, Departamento de Filosofia.

Atividade de extensão realizada
Introdução a lógica.
3/1994 - 12/1994
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Lógica - Filosofia
Lógica - Biblioteconomia
Psicologia da Comunicação

Universitat Bielefeld, UNI.BIELEFELD, Alemanha.
Vínculo institucional

1998 - 1999
Vínculo: Professor Visitante, Enquadramento Funcional: Bolsista, Carga horária: 0
Outras informações
Pesquisadora no âmbito do programa PROBRAL (Capes/DAAD).

Atividades

10/1998 - 3/1999
Pesquisa e desenvolvimento , Fakultät Für Geschicht Und Philosophie, Abteilung Philosophie.

Linhas de pesquisa
Filosofia da Linguagem

Instituto Centro Brasileiro de Cultura, ICBC, Brasil.
Vínculo institucional

2003 - 2010
Vínculo: Colaborador, Enquadramento Funcional: Membro de Conselho Editorial, Carga horária: 0

Atividades

1/2003 - 1/2010
Conselhos, Comissões e Consultoria, Conselho Editorial, .

Cargo ou função
Membro de conselho editorial.

Instituto de Filosofia e Teologia de Goias, IFT/GO, Brasil.
Vínculo institucional

1994 - 1994
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 20

Atividades

2/1994 - 12/1994
Outras atividades técnico-científicas , Departamento de Filosofia, Departamento de Filosofia.

Atividade realizada
Orientação de monografias de conclusão de graduação.
2/1994 - 6/1994
Ensino, Filosofia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Lógica I
Filosofia do século XX-I
2/1994 - 6/1994
Conselhos, Comissões e Consultoria, Conselho Departamental, Curso de Filosofia.

Cargo ou função
Membro de conselho departamental.


Linhas de pesquisa


1.
Filosofia da Linguagem
2.
Filosofia da Linguagem
3.
Filosofia da Linguagem e conhecimento
4.
Filosofia da Ciência
5.
Epistemologia
6.
Filosofia da Linguagem
7.
Filosofia da Ciência
8.
Filosofia da Linguagem e conhecimento
9.
Filosofia da linguagem
10.
Epistemologia
11.
Filosofia da Ciência


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Aplicação e Desenvolvimento de Ferramentas Computacionais Para a Língua Portuguesa
Descrição: Atividades de leitura são associadas a processos cognitivos, cognição pode ser considerada como um conjunto dos processos mentais usados no processo da aquisição do conhecimento que se dá através da percepção, da atenção, associação, memória, raciocínio, juízo, imaginação, pensamento e linguagem. Desenvolver soluções para diagnosticar deficiências cognitivas e otimizar os processos de interação da linguagem natural podem contribuir para a pesquisa científica e trazer um retorno a sociedade na discussão e ampliação do tema. Nesse contexto, é possível desenvolver e explorar a língua portuguesa em diferentes aspectos, como nos processos de interação através da linguagem natural e no diagnóstico de deficiências cognitivas por meio da leitura de falantes da língua. Estes diagnósticos podem ser otimizadas utilizando Neurociência Computacional, a partir da coleta e análise de dados de Eletroencefalografia e Eye-Tracking. Visando contribuir para o processo de interação através da linguagem natural, os sistemas de Question Answering possibilitam obter informação de forma precisa e rápida, fornecendo um processo mais natural na interação com o sistema. Assim, o propósito deste projeto de pesquisa é desenvolver essas ferramentas para resolução de problemas de interface homem-computador utilizando a língua portuguesa..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Sofia Inês Albornoz Stein - Integrante / Dante Augusto Couto Barone - Coordenador / Luciana Porcher Nedel - Integrante / Jaime Andrés Riasco Salas - Integrante.
2017 - Atual
A influência das cores na facilitação do acesso ao significado de palavras: um processo automático ou controlado?
Descrição: O projeto é uma exposição geral de um experimento a ser realizado no Laboratório de Filosofia Experimental e Estudos da Cognição da UNISINOS, por meio do uso de eletroencefalografia e medição de tempos de resposta. Utilizando a técnica de Event-Related Potentials (ERPs), pretende-se estudar o modo como estímulos como cores, aparecendo por apenas 40 milissegundos antes de palavras, interferem no processamento semântico destas. Utilizando a técnica de ERPs conjuntamente com medições dos tempos de reposta e quantidade de erros, pretende-se encontrar dados eletrofisiológicos e comportamentais que indiquem que o processamento semântico de palavras é facilitado quando a rápida apresentação de uma cor for congruente com a cor típica dos objetos referidos pelas palavras. Os resultados podem corroborar, aprimorar ou refutar teorias filosóficas rivais sobre representações mentais, a saber, a teoria amodal modularista de conceitos (que dissocia os conceitos de sistemas sensório-motores) e a teoria multimodal não-modular (que defende que conceitos são reenações offline dos sistemas sensórios-motores que são ativados durante a percepção online de instâncias de categorias)..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Sofia Inês Albornoz Stein - Coordenador / Ricardo Augusto Perera - Integrante.Número de orientações: 1
2016 - Atual
A Fala sobre Impressões: objeto da interseção entre semântica e filosofia da mente
Descrição: Face a isso, os principais resultados que espero alcançar com a pesquisa são os seguintes: 1. Aprofundar a investigação sobre os desenvolvimentos recentes na filosofia da mente e nas ciências cognitivas que permitam avançar em relação à posição de Bertrand Russell, pressupondo, porém, que seu monismo neutro é um ponto de partida relevante para pensar o processo perceptivo e cognitivo, mesmo que necessitando de correções e aprimoramentos. Para tanto, será necessária uma investigação sobre diferenças e proximidades entre o monismo neutro e o dualismo de propriedades defendido por muitos teóricos da atualidade, em especial por David Chalmers. 2. Tomando como ponto de partida as considerações feitas na análise acima, cujo resultado aponta para a eficácia de se usar as análises semânticas do início do século XX, e suas consequências para a filosofia da mente, a fim de auxiliar na explicação dos processos do conhecimento empírico, a pesquisa pretende explorar linhas argumentativas que confirmem a importância de análises semânticas, tais como as de Wilfrid Sellars, não apenas para um posicionamento crítico face às diferentes perspectivas da filosofia da mente contemporânea, mas também para as investigações naturalizadas transdisciplinares neste campo de conhecimento que hoje é denominado de neurociências..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (4) .
Integrantes: Sofia Inês Albornoz Stein - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 11 / Número de orientações: 8
2015 - 2017
Detecção de estados mentais epistêmicos por meio de análise de padrões de respostas eletrofisiológicas
Descrição: Utilizando a técnica de ERP?s, pretende-se encontrar padrões de respostas eletrofisiológicas que ?carreguem informação? acerca da posse ou ausência de estados mentais epistêmicos, enquanto os participantes estiverem lendo sentenças filosóficas verdadeiras ou falsas. Os participantes serão incluídos no grupo dos filósofos ou no grupo dos não-filósofos e, pressupondo uma maior familiaridade com fatos filosóficos entre os filósofos, analisar-se-á o sinal evocado nas duas condições (i.e. frases falsas e frases verdadeiras) nos dois grupos. O componente de interesse do ERP será o N400 (deflexão negativa cuja latência ocorre aproximadamente 400 milissegundos após um estímulo), que está principalmente associado à dificuldade de integrar uma palavra ? em termos semânticos ? ao contexto em que ela aparece..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Sofia Inês Albornoz Stein - Coordenador / Ricardo Augusto Perera - Integrante.
Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 1
2013 - 2016
MENTES SOCIAIS: sobre o significado e a representação
Descrição: Procurando enfocar criticamente as posições semânticas de Millikan e McDowell, desejo propor uma reflexão, que suponho ser também próxima da visão pragmática do segundo Wittgenstein, acerca da possibilidade de pensar a comunicação como fundada em nossa capacidade de mostrar como agir aos outros, aqui incluindo na ação também ações linguísticas e mentais, ao invés de pensar a comunicação como um meio de fazer os outros representarem conteúdos mentais específicos. Significado é um fenômeno social que pode ser observado no comportamento público como algo que acontece quando indivíduos aprendem uns dos outros o que é possível fazer. A pesquisa seguirá a seguinte sequência: 1. investigação das aproximações e divergências entre as posições semânticas de McDowell e Millikan, principalmente relativas à noção de significado; 2. análise de alguns aspectos da origem das divergências, na interpretação que fazem das semânticas de Frege e Wittgenstein; 3. tomada de posição frente ao debate enfatizando a qualidade pragmática da comunicação; 4. aproximação desta discussão com o debate representacionalismo-anti-representacionalismo no contexto da filosofia da mente e das ciências cognitivas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (8) .
Integrantes: Sofia Inês Albornoz Stein - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 62 / Número de orientações: 20
2012 - 2016
Mentes Sociais: ação, percepção e cognição sob a ótica naturalista
Descrição: The problem of the mind-brain relationship has been a central philosophical issue in recent decades, related to the broader problems about the relationship between mind and body as a whole, and also to questions about the dependence moral action has of biological determinations. Simultaneously, there have been various rich and complex scientific attempts to draw up maps of the brain that may help a better understanding of perception, cognition, emotions, the underling biological causes of action and the very language of humans. These are questions that the philosophical tradition has always addressed. The role of philosophy, in this context, is an important one. It should help to reconcile the advances of science with the traditional philosophical theories, trying to understand the relationship between mind, brain and social human behavior. This project aims to investigate some of the main ongoing philosophical theories about a. perception, cognition trough perception, language acquisition (and how it is related to perception) b. and moral actions and judgments, in dialogue with the cognitive sciences. The project will be based on philosophical perspectives, but linking these to data of the empirical sciences. The naturalization of epistemology, which has inspired recent research in the theory of knowledge and philosophy of science, should assist in the investigation. Not to the point of substituting a conceptual philosophical reflection, but allowing weaving limits of what can or cannot be said about philosophical problems in theory of mind related to knowledge acquisition (propositional or not) and to moral human behavior..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (6) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (5) .
Integrantes: Sofia Inês Albornoz Stein - Coordenador / Adriano Naves de Brito - Integrante / Marco Antônio Oliveira de Azevedo - Integrante / Flávio Kapczinski - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 63 / Número de orientações: 24
2009 - 2013
SEMÂNTICA NATURALIZADA E A EVOLUÇÃO DE CONCEITOS CIENTÍFICOS
Descrição: Partindo da interpretação de clássicos do pensamento contemporâneo acerca da ciência, assim como da filosofia da linguagem naturalizada, busco estudar o papel da experiência ?entendida em um sentido geral, de forma a incluir aspectos sociais, culturais e históricos? na constituição de objetos nas ciências. Exemplos recentes da pesquisa científica apresentam ilustrações ricas e desafiadoras para a investigação. A compreensão de que a relação entre os cientistas e seus objetos passa não só pela percepção do mundo, mas também pelos limites que a representação simbólica deste, culturalmente dependente, estipula, permite iniciar a pesquisa sem pressupor uma relação direta entre sujeito cognoscente e mundo. A linguagem enquanto mediação, por um lado, torna mais complexa a tentativa de esclarecimento de como objetos são constituídos, porém, por outro lado, apresenta a possibilidade de acesso a esses objetos por meio daquilo que os determina enquanto tais, que lhes dá forma: o discurso científico, contextualmente compreendido. A naturalização da epistemologia, que vem inspirando pesquisas recentes em teoria do conhecimento e filosofia da ciência, deve auxiliar na reflexão. Não ao ponto de substituir uma reflexão filosófica de ordem conceitual e abstrata, mas permitindo tecer limites do que pode ou não pode ser afirmado a respeito dos compromissos ontológicos das ciências naturais. São as seguintes as linhas mestras da investigação: a) um estudo da linguagem desde um ponto de vista naturalista; b) a descrição da relação complexa que se estabelece entre conceitos científicos e experiência humana, culturalmente determinada; c) e a reflexão sobre a dificuldade em definir com exatidão o grau de realismo que podemos aceitar como decorrendo de exemplos de conhecimento empírico. O objetivo fundamental da pesquisa é investigar, tendo como referência textos clássicos da filosofia contemporânea e artigos recentes, essas três questões, desde um ponto de vista semântico..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Mestrado acadêmico: (2) / Doutorado: (5) .
Integrantes: Sofia Inês Albornoz Stein - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 12 / Número de orientações: 15
2007 - 2009
Abordagens Alternativas no Ensino de Ciências
Descrição: O Grupo de Pesquisadores enfrentará a questão da educação em ciências, incluindo entre as ciências a matemática, desde uma perspectiva teórica preocupada focada na formação integral de futuros professores de ciências, ou seja, licenciandos em ciências. Essa preocupação obviamente fica automaticamente transferida para os futuros alunos de ensino fundamental e médio desses professores. Investigar-se-á, primeiramente, por meio de consultas bibliográficas e de relatos de pesquisas na área de educação em ciências, princípios e concepções teóricas que possam embasar métodos novos de formação de professores de ciências, métodos e procedimentos que não só possam incentivar o desenvolvimento de competências por parte dos licenciandos, mas que também possibilitem a reflexão sobre o 'porquê' e o 'como' das leis e regras utilizadas em atividades científicas e ensinadas. A pergunta pelo porquê é a pergunta acerca dos fundamentos, das origens conceituais e práticas das leis em uso nas ciências. A pergunta pelo como é a pergunta pela origem histórica, temporal de leis e regras utilizadas, é uma questão que envolve aspectos sociais e históricos. Para responder a essas duas questões básicas é necessário pensar o ensino de ciências não só pelo viés do conteúdo a ser repassado como também enquanto fazendo parte de um propósito global da educação, daquilo que deve dar 'sentido à educação'. Também a educação científica está perpassada pela complexidade e incerteza de toda educação. Formar alunos para a investigação científica ou para ensinarem ciências exige não só prepará-los para saberem coletar informações, cada vez mais facilmente disponíveis a todos em nossa sociedade globalizada, como principalmente prepará-los para refletir e terem opiniões abalizadas e conscientes do próprio conhecimento e atividades. Por meio de investigações teóricas e pesquisas de campo serão desenvolvidas, além de um referencial teórico para futuros professores de ciências, propostas de estratégias, metodolo.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) .
Integrantes: Sofia Inês Albornoz Stein - Coordenador / Cristina Lhullier - Integrante / Francisco Catelli - Integrante / Eliana Maria do Sacramento Soares - Integrante / Itamar Soares Veiga - Integrante / Sandra Vergamini - Integrante.Número de orientações: 3
2006 - 2009
A ontologia das ciências naturais
Descrição: Um dos grandes temas da filosofia da ciência é a questão da realidade dos objetos científicos. Entre esses, os objetos matemáticos certamente são os mais aptos a serem chamados de abstratos. O que parece à primeira vista óbvio, entretanto, nunca o foi, como já os pitagóricos o demonstraram. A reflexão acerca dos números auxilia na reflexão acerca dos objetos chamados não-observáveis da ciência, dos quais se pode testar as reações por meio de experimentos, medições e cálculos estatísticos. Entidades primeiramente consideradas meramente prováveis podem, com o aprimoramento de instrumentos, medições e cálculos, serem consideradas reais, o que é o mesmo que afirmar que, com a investigação, é possível determinar quais são suas propriedades e como detectá-las. Investigaremos a questão de até que ponto ainda podemos manter uma posição empirista em relação à ontologia das ciências naturais e que tipo de realismo esta implica..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Sofia Inês Albornoz Stein - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.Número de orientações: 4
2005 - 2009
As raízes empíricas da epistemologia de W. Quine
Descrição: A pesquisa visa analisar a noção de referência a partir do pressuposto de que a tese da inescrutabilidade da referência de Willard Quine só pode ser compreendida de uma perspectiva que ultrapassa em visão o que pode ser dito em um discurso técnico-científico. Para tanto deverão ser tratadas as relações dessa tese com a tese da indeterminação da tradução, com a tese da relatividade ontológica e com o holismo semântico. O objetivo da pesquisa é esclarecer a noção de inescrutabilidade da referência com a pretensão de contribuir para o debate acerca das condições de possibilidade da significatividade de sistemas teóricos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (1) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Sofia Inês Albornoz Stein - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.Número de orientações: 1
2005 - 2008
Referência e Uso: duas noções excludentes?
Descrição: Será abordada a relação entre o uso lingüístico de frases e a referência de palavras a objetos em Carnap, Wittgenstein, Quine e Davidson. Procuraremos estabelecer semelhanças e diferenças entre as abordagens desses quatro autores. Entre 1921 e 1924, Carnap elaborou o manuscrito posteriormente publicado sob o título "Der logische Aufbau der Welt" (1928). Este livro, que representa o pensamento do que chamarei a primeira fase da obra de Carnap, é caracterizado por uma posição fundacionalista e construtivista, que se propõe a reconstruir "o mundo", objeto do conhecimento científico, e, simultaneamente, os conceitos que o descrevem, que permitem representá-lo, a partir de vivências individuais. Os objetos físicos são, nessa concepção, agrupamentos de qualidades fenomenais percebidas pelo sujeito e representadas por meio de conceitos. O reducionismo presente no Aufbau, entretanto, contém traços do que podemos chamar de "holismo semântico". O significado de um signo que está por um objeto é dado pelas "condições de verdade" daquelas sentenças nas quais o signo aparece (definição implícita). Ao se distanciar da doutrina kantiana da constituição de objetos em direção a uma semântica sustentada por uma visão holista do significado de certos signos, Carnap distancia-se igualmente, em certo sentido, de concepções reducionistas como as de Mach e Russell. Em Quine encontramos uma perspectiva ainda empirista, na qual a ostensão, não propriamente de objetos, mas de situações, continua desempenhando um papel central na análise do aprendizado da linguagem. Ele, porém, utiliza a noção de uso de frases para explicar a compreensão intersubjetiva dessas. O segundo Wittgenstein sustentou a dispensabilidade da ostensão para o uso de palavras e frases na comunicação intersubjetiva. Todavia, Wittgenstein não pensava de fato em ostensão de situações globais, mas na ostensão de objetos. Isso permite uma aproximação com Quine..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Sofia Inês Albornoz Stein - Coordenador.Financiador(es): Universidade de Caxias do Sul - Remuneração.
Número de produções C, T & A: 4 / Número de orientações: 2
2004 - 2005
Convencionalismo e Holismo: um estudo das epistemologias de
Descrição: A pesquisa visa o esclarecimento de questões teóricas centrais da epistemologia ou filosofia da ciência, no presente caso, o esclarecimento da influência do movimento convencionalista franc~es, cujo expoente é Henri Pincaré, sobre autores que marcaram os rumos da pesquisa em teoria do conhecimento e da filosofia da ciência do séc. XX: Otto Neurath, Rudolf Carnap e Willard Quine: mais precisamente, visa analisar a herança convencionalista no coerentismo holista de Neurath e nas obras de Carnap, culminando com a análise da influência das orbras desses autores sobre a proposta epistemológica holista de Quine..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Sofia Inês Albornoz Stein - Coordenador.
Número de produções C, T & A: 1
2003 - 2004
Convencionalismo e holismo: um estudo das epistemologias de
Descrição: A pesquisa visa o esclarecimento de questões centrais da filosofia da ciência, no presente caso, o esclarecimento da influência do movimento convencionalista francês, cujo expoente é Poincaré, sobre autores que marcaram os rumos da pesquisa em teoria do conhecimento e a filosofia da ciência do séc.XX: Neurath, Carnap e Quine; mais precisamente, visa analisar a herança convencionalista no coerentismo holista de Neurath e nas obras de Carnap, culminando com a análise da influência das obras desses dois autores sobre a proposta epistemológica holista de Quine..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Sofia Inês Albornoz Stein - Coordenador.
1999 - 2002
Carnap e Quine: a construção da linguagem e do mundo
Descrição: O tema fundamental estudado é o seguinte: o que a obra de Quine preserva de relevantes posições encontradas nos escritos de Carnap, em especial no "Logische Aufbau der Welt". Procura-se mostrar que Quine explica a linguagem significativa de um ponto de vista 'extensionalista', de um ponto de vista semelhante ao assumido por Carnap no "Aufbau", e que Quine deve ser visto como um seguidor da tradição empirista, apesar de sua crítica a certos dogmas do empirismo clássico e contemporâneo. Para enfocar semelhanças e desacordos entre Carnap e Quine, a pesquisa segue uma ordem histórica, segue a sequência temporal dos escritos de ambos. A análise, que segue essa ordem cronológica, visa mostrar em que sentido Quine mantém posições de Carnap, principalmente as relacionadas à tese da extensionalidade e ao empirismo, e de que maneira evoluíram suas críticas a Carnap e vice-versa. A tese da extensionalidade é abandonada por Carnap em determinado momento de sua trajetória filosófica (década de 1940), mas não por Quine, o que acaba levando ambos a conflitos de opiniões sobre os objetos intensionais. As preocupações de ordem lógica determinantes das epistemologias de Carnap e Quine mantêm, nas obras de ambos, uma relação estreita com a posição empirista assumida. O discurso sobre 'extensões empíricas' é uma maneira de salvaguardar a possibilidade do uso de princípios lógicos, como a tese da extensionalidade. Mas as motivações empiristas de Carnap e Quine não devem ser interpretadas apenas como 'efeitos' das predileções lógicas de ambos. Assim como a lógica clássica traz segurança na manipulação de construções linguísticas, a 'base empírica' parece ser um solo firme para a avaliação do conteúdo dos conceitos da ciência, de cujas relações a lógica e a epistemologia tratam. Até o final da obra de Quine e até o período sintático de Carnap, a tese da extensionalidade e o empirismo aparecem como complementares..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
1994 - 1996
O holismo semântico de Willard Quine
Descrição: A escolha da análise do holismo como fio condutor na leitura e interpretação da obra de Quine tem o sentido de evitar que nos restrinjamos apenas a certas teses específicas de sua obra, conduzindo-nos, em vez disso, à tentativa de expor certos aspectos fundamentais da filosofia de Quine que possibilitem compreender sua obra como a exposição sistemática de um pensamento. Percebendo o seu holismo moderado como uma tentativa de resposta à teoria do significado do empirismo tradicional, estruturei a pesquisa em 3 etapas: 1. uma análise do método filosófico e de conceitos centrais à obra de Quine, como 'inescrutabilidade da referência' e 'indeterminação da tradução', que permitem compreender as bases teóricas do chamado 'holismo semântico' sustentado prlo autor, conjuntamente à apresentação do modo como Quine elabora a regimentação da linguagem e, com o auxílio desta, o seu critério ontológico; 2. a análise da discussão de Quine com os defensores da distinção entre sentenças analíticas e sintéticas, possibilitando uma compreensão mais apurada da noção de significado extensional, que fundamenta a visão de Quine da linguagem; 3. a exposição da tese da subdeterminação de teorias científicas abordada por Quine, que faz emergir uma distinção possível entre o 'holismo semântico' e um 'holismo epistemológico', tomando por base diferenças ontológicas encontradas pelo autor entre os objetos da linguagem natural e os objetos da ciência física..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Projetos de extensão


2003 - 2004
Projeto Passagem do Meio
Descrição: O projeto Passagem do meio visa a ampliação das condições de permanência de alunos negros de graduação e a sua inserção em atividades de pesquisa na UFG. Benefia alunos de várias áreas, incluindo a Filosofia. A idéia central do projeto é oferecer bolsas de estudos para estes alunos e prepará-los para concorrerem em condições de igualdade às bolsas oferecidas na própria universidade. O projeto conta com a participação voluntária de professores que ministram cursos em seus campos de estuido e pesquisa, além de orientarem os bolsistas..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Especialização: (0) / Mestrado acadêmico: (0) / Mestrado profissional: (0) / Doutorado: (0) .
Integrantes: Sofia Inês Albornoz Stein - Integrante / Joaze Bernardino-Costa - Coordenador.Número de orientações: 2


Membro de corpo editorial


2017 - Atual
Periódico: Filosofia Unisinos
2014 - Atual
Periódico: Ipseitas: Revista de Filosofia da UFSCar
2013 - Atual
Periódico: Editora PHI Ltda.
2013 - Atual
Periódico: Cadernos de História e Filosofia da Ciência (UNICAMP)
2013 - Atual
Periódico: Revista de Filosofia: Aurora (PUCPR. Impresso)
2009 - Atual
Periódico: Cogency: Journal of Reasoning and Argumentation
2008 - Atual
Periódico: Controvérsia (UNISINOS)
2005 - 2009
Periódico: Conjectura (Caxias do Sul)
2003 - Atual
Periódico: Cadernos PET-Filosofia (UFPR)


Revisor de periódico


2012 - Atual
Periódico: Kínesis (Marília)


Revisor de projeto de fomento


2014 - Atual
Agência de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
2014 - Atual
Agência de fomento: Agencia Nacional de Promoción Científica y Tecnológica
2010 - Atual
Agência de fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
2010 - Atual
Agência de fomento: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Lógica/Especialidade: Filosofia da Linguagem.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Filosofia da Ciência.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Epistemologia/Especialidade: Teoria do Conhecimento.
4.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Metafísica/Especialidade: Ontologia.
5.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Lógica.
6.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Filosofia / Subárea: Metafísica.


Idiomas


Alemão
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Inglês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Francês
Lê Razoavelmente.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
PERERA, RICARDO2018PERERA, RICARDO ; Albornoz Stein, Sofia . How to Make Correct Predictions in False Belief Tasks without Attributing False Beliefs: An Analysis of Alternative Inferences and How to Avoid Them. Philosophies, v. 3, p. 10, 2018.

2.
FEIJO, R. G.2017FEIJO, R. G. ; STEIN, S. I. A. . Colour Experience: defesa do disposicionalismo de Peacocke. Revista Controversia, v. 13, p. 13-21-21, 2017.

3.
STEIN, S. I. A.2017STEIN, S. I. A.. Turning mental expressions? reference into neural flexible activations. DISSERTATIO (UFPEL), v. V 5, p. 143-155, 2017.

4.
PERERA, R. A.2016PERERA, R. A. ; STEIN, S. I. A. . Acessando informações sobre estados mentais epistêmicos por meio de respostas eletrofisiológicas: uma análise de como a eletroencefalografia pode elucidar questões da Filosofia da Mente. Controvérsia (UNISINOS), v. 11, p. 215-233, 2016.

5.
OLIVEIRA, C. R.2016OLIVEIRA, C. R. ; STEIN, S. I. A. . Nem Dualismo, nem Monismo: a totalidade indivisa de David Bohm. Kínesis (Marília), v. VIII, p. 13-28, 2016.

6.
PERERA, R. A.2016PERERA, R. A. ; STEIN, S. I. A. . Como a Teoria da Mente e a Cognição Moral interagem?. COGNITIO (PUCSP), v. 17, p. 103-117, 2016.

7.
Stein, Sofia Inês Albornoz2015 Stein, Sofia Inês Albornoz. Naturalized Semantics and Metaphysical Ontology: two complementary perspectives. Revista Portuguesa de Filosofia, v. 71, p. 821-832, 2015.

8.
STEIN, S. I. A.2015STEIN, S. I. A.. Elementos mentais como parte de uma arquitetura científica. Dissertatio (UFPel), v. 2016, p. 153-174, 2015.

9.
STEIN, S. I. A.2014STEIN, S. I. A.. Thinking about the Content of Thoughts: Advance or Regression?. Cognitio (PUCSP), v. 15, p. 173-186, 2014.

10.
STEIN, S. I. A.2012STEIN, S. I. A.. Social minds. Trends in Psychiatry and Psychotherapy, v. 34, p. 167-170, 2012.

11.
STEIN, S. I. A.2012STEIN, S. I. A.. MEANING: well identified intensions or biological actions?. Intuitio (Porto Alegre), v. 5, p. i-xii, 2012.

12.
STEIN, S. I. A.;Stein, Sofia Inês Albornoz;Albornoz Stein, Sofia2007STEIN, S. I. A.. Empirismo e a ontologia das ciências naturais. Filosofia Unisinos, v. 8, p. 128-137, 2007.

13.
STEIN, S. I. A.;Stein, Sofia Inês Albornoz;Albornoz Stein, Sofia2006STEIN, S. I. A.. A dimensão metafísica da inescrutabilidade da referência. Filosofia Unisinos (Impresso), v. 6, p. 186-216, 2006.

14.
STEIN, S. I. A.;Stein, Sofia Inês Albornoz;Albornoz Stein, Sofia2004STEIN, S. I. A.. Willard Van Orman Quine: a exaltação da 'nova lógica'. Scientiae Studia (USP), São Paulo, v. 2, n.n. 3, p. 373-379, 2004.

15.
STEIN, S. I. A.;Stein, Sofia Inês Albornoz;Albornoz Stein, Sofia2004STEIN, S. I. A.. O papel das vivências no Aufbau. Kriterion, Belo Horizonte, v. 45, n.110, p. 10.1590/S0100-5, 2004.

16.
STEIN, S. I. A.;Stein, Sofia Inês Albornoz;Albornoz Stein, Sofia2003STEIN, S. I. A.. Empirismo e Fisicalismo: características do holismo epistemológico de Willard Quine. Philósophos (UFG), Goiânia, v. 8, n.1, p. 69-78, 2003.

17.
STEIN, S. I. A.;Stein, Sofia Inês Albornoz;Albornoz Stein, Sofia2003STEIN, S. I. A.. Aspectos conevncionalistas da filosofia de Willard Quine. Principia (UFSC), Florianópolis-SC, v. 7, n.1-2, p. 185-203, 2003.

18.
STEIN, S. I. A.;Stein, Sofia Inês Albornoz;Albornoz Stein, Sofia2002STEIN, S. I. A.. O movimento dialético do conceito em Hegel: uma reflexão sobre a Ciência da Lógica. Philósophos (UFG), Goiânia, v. 7, n.2, p. 73-86, 2002.

19.
STEIN, S. I. A.;Stein, Sofia Inês Albornoz;Albornoz Stein, Sofia2002STEIN, S. I. A.. Os pressupostos da visão eliminativista de Quine. Manuscrito (UNICAMP), Campinas, v. 25, p. 305-321, 2002.

20.
STEIN, S. I. A.;Stein, Sofia Inês Albornoz;Albornoz Stein, Sofia2000STEIN, S. I. A.. Da imprecisão do significado.. Fragmentos de Cultura (Goiânia), Goiânia, v. 10, n.3, p. 465-474, 2000.

21.
STEIN, S. I. A.;Stein, Sofia Inês Albornoz;Albornoz Stein, Sofia2000STEIN, S. I. A.. Willard Van Orman Quine. Enciclopédia de Filosofia e Filosofia da Educação, www.educacao.pro.br, 2000.

22.
STEIN, S. I. A.;Stein, Sofia Inês Albornoz;Albornoz Stein, Sofia1998STEIN, S. I. A.. Conteúdo empírico de teorias e subdeterminação em Quine.. Principia, Florianópolis, v. 2, n.2, p. 205-226, 1998.

23.
STEIN, S. I. A.;Stein, Sofia Inês Albornoz;Albornoz Stein, Sofia1996STEIN, S. I. A.. Contextualização da Crítica do Juízo na obra crítica de Kant: análise do conceito de finalidade.. Fragmentos de Cultura (Goiânia), Goiânia, v. 6, n.18, p. 73-84, 1996.

24.
STEIN, S. I. A.;Stein, Sofia Inês Albornoz;Albornoz Stein, Sofia1995STEIN, S. I. A.. O princípio da autonomia da vontade: fundamentos da idéia de contrato social em Kant.. Ciência Humanas Em Revista, Goiânia, v. 6, n.1, p. 57-66, 1995.

25.
STEIN, S. I. A.;Stein, Sofia Inês Albornoz;Albornoz Stein, Sofia1994STEIN, S. I. A.. Um panorama histórico e filosófico da Revolução Francesa. Fragmentos de Cultura (Goiânia), Goiânia, v. 10, p. 9-28, 1994.

26.
STEIN, S. I. A.;Stein, Sofia Inês Albornoz;Albornoz Stein, Sofia1994STEIN, S. I. A.. O tratamento da referência noTractatus. Fragmentos de Cultura (Goiânia), Goiânia, v. 4, n.8, p. 21-33, 1994.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
STEIN, S. I. A.; BRITO, A. N. DE B. (Org.) ; PERERA, R. A. (Org.) . Caderno de Resumos: Filosofia & Cognição (XVIII Colóquio de Filosofia Unisinos). 1. ed. São Leopoldo: Editorial Philosophia, 2015. v. 1. 31p .

2.
STEIN, S. I. A.; VOGT, R. (Org.) ; PORTELLA, S. (Org.) . Argumentação e pragmática. 1. ed. Porto Alegre: Editorial Philosophia, 2009. v. 1. 102p .

3.
STEIN, S. I. A.. Van Orman Quine: epistemologia, semântica e ontologia. 1. ed. Londres: College Publications, 2009. v. 1. 193p .

4.
STEIN, S. I. A.; KUIAVA, E. (Org.) . Linguagem, ciência e valores: reflexões sobre as representações humanas do mundo. 1. ed. Caxias do Sul: EDUCS, 2006. v. 2000. 130p .

5.
STEIN, S. I. A.. Ética e política. V. 2. 1. ed. Goiânia: Cegraf, 1998. v. 2. 105p .

Capítulos de livros publicados
1.
STEIN, S. I. A.. Neutral monism?s scientism and its pragmatic limits. In: Joao Eduardo Kogler Jr.; Frederick Adams; Osvaldo Pessoa Jr.. (Org.). Cognitive Science: Recent Advances and Recurring Problems. 1ed.Wilmington, DE, USA: Vernon Press, 2017, v. 1, p. 37-47.

2.
STEIN, S. I. A.. Mental Elements as Part of a Scientific Architecture. In: Juliano do Carmo. (Org.). A COMPANION TO NATURALISM. 1ed.Pelotas: Dissertatio Filosofia, 2016, v. 1, p. 217-228.

3.
STEIN, S. I. A.. O Realismo Inocente e a Classificação de Espécies Naturais. In: Osvaldo Pessoa Jr.; Luiz Henrique de Araújo Dutra. (Org.). Racionalidade e Objetividade Científicas. 1ed.Florianópolis: Núcleo de Epistemologia e Lógica, UFSC, 2013, v. , p. 127-141.

4.
STEIN, S. I. A.. Sense in the midst of life, laws and norms. In: CARMO, J.; ARALDI, C.; CHAGAS, F. C.. (Org.). Naturalism: Contemporary Perspective. 1ed.Pelotas: NEPFIL Online, 2013, v. 1, p. 187-208.

5.
STEIN, S. I. A.. Os Propósitos da Linguagem: a naturalização da semântica. In: Cibelle Celestino Silva; Luis Salvatico. (Org.). Filosofia e História da Ciência no Cone Sul: seleção de trabalhos do 7º Encontro da AFHIC. 1ed.Porto Alegre: Entrementes Editorial, 2012, v. 1, p. 536-542.

6.
STEIN, S. I. A.. Estruturalismo e Descritivismo: reflexões acerca das redes conceituais nas ciências. In: MARTINS, R. de A.; LEWOWICS, L.; FERREIRA, J. M. H.; SILVA, C. C.; MARTINS, L.A.P.. (Org.). Filosofia e História da Ciência no Cone Sul: seleção de trabalhos do 6º encontro. 1ed.Campinas: AFHIC, 2010, v. 1, p. 604-610.

7.
STEIN, S. I. A.. Dialética versus Analítica. In: Adriano Naves de Brito. (Org.). Cirne: sistema & objeções. 1ed.São Leopoldo: Editora UNISINOS, 2009, v. , p. 215-227.

8.
STEIN, S. I. A.. Visões Convencionalistas de Ciência. In: LORENZANO, P.; MIGUEL, H. (eds.). (Org.). Filosofia e Historia de la Ciencia en el Cono Sur. Buenos Aires: AFHIC/C.C.C. Educando, 2007, v. II, p. 21-29.

9.
STEIN, S. I. A.. Semântica Formal e Empirismo: o Diálogo de Tugendhat com a Tradição Analítica. In: Darlei Dall'Agnol. (Org.). Verdade e Respeito: a filosofia de Ernst Tugendhat. 1ed.Florianópolis: Editora da UFSC, 2007, v. 1, p. 25-52.

10.
STEIN, S. I. A.. Empirismo, lógica e linguagem. In: STEIN, Sofia; KUIAVA, Evaldo. (Org.). Linguagem, Ciência e Valores: sobre as representações humanas do mundo. Caxias do Sul: Editora da UCS, 2006, v. , p. 59-71.

11.
STEIN, S. I. A.. Nova Luz sobre o ideal de unificação da linguagem cieníifica.. In: Anna Carolina Krebs Pereira Regner; Luiz Rohden. (Org.). A filosofia e a ciência: redesenhando horizontes.. 1ed.São Leopoldo: Unisinos, 2005, v. , p. 94-107.

12.
STEIN, S. I. A.. O limite da significatividade: Carnap e o ceticismo. In: Adriano Naves de Brito; José Nicolau Heck.. (Org.). Interação Comunicativa: aproximações filosófico lingüisticas.. 1ed.Goiânia: Editora da UFG, 2000, v. , p. 89-102.

13.
STEIN, S. I. A.. A epistemologia naturalizada e a negação de pincípios a priori do conhecimento. In: Luiz Henrique de A. dutra; Cesar Augusto Mortari. (Org.). Princípios: seu papel na filosofia e nas ciências. 1ed.Florianópolis: Nel UFSC, 2000, v. 3, p. 191-202.

14.
STEIN, S. I. A.. Holismo e gramática lógica. In: Adriano Naves de Brito; Oto Araújo Vale. (Org.). Aspectos da linguagem: filosofia, lingüística e informática. Goiânia: Cegraf, 1998, v. , p. 35-48.

15.
STEIN, S. I. A.. Objetos abstratos e objetos concretos. In: Luiz A. De Boni. (Org.). Festschrift em homenagem a Ernildo Stein. Porto Alegre: Vozes, 1996, v. , p. 727-739.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
STEIN, S. I. A.. Harmonia entre desiguais.. Folha de São Paulo. Jornal de Resenhas, São Paulo, p. 4 - 4, 04 jun. 1997.

2.
STEIN, S. I. A.. Quadros de uma época. O Popular-Caderno 2, Goiânia, p. 6 - 6, 23 fev. 1997.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
STEIN, S. I. A.. Naturalized Phenomenalism and the Talk of Impressions. In: 36th International Wittgenstein Symposium, 2013, Kirchberg am Wechsel. Mind, Language and Actions - Papers of the 36th International Wittgenstein Symposium. Kirchberg am Wechsel: Österreichische Ludwig Wittgenstein Gesellschaft, 2013. v. XXI. p. 397-399.

2.
STEIN, S. I. A.. Ações linguísticas significativas: relação entre propósitos e projeções. In: IX Semana Acadêmica do PPG em Filosofia da PUCRS, 2012, Porto Alegre. Anais da IX Semana Acadêmica do PPG em Filosofia da PUCRS. Porto Alegre: PUCRS, 2012. v. 1. p. 1-9.

3.
STEIN, S. I. A.. A Ontologia Analítica: Críticas e Perspectivas. In: V Simpósio Internacional Principia, 2009, Florianópolis. Anais do V Simpósio Internacional Principia. Florianópolis: NEL/UFSC, 2007. v. 1. p. 141-148.

4.
STEIN, S. I. A.. Self-Reference: Propositional Attitudes in Wittgenstein and Quine. In: Primer Congreso Logica, Argumentacion y Pensamiento Critico, 2008, Santiago. Actas del Primer Congreso Logica, Argumentacion y Pensamiento Critico. Santiago: Centro de Estudios de la Argumentacion y el Razonamiento, Facultad de Psicologia, Universidad Diego, 2008.

5.
STEIN, S. I. A.. Dispensing with reference to elementary experiences. In: III Meeting on Pragmatism, 2006, Granada. Contributions to the III Meeting on Pragmatism: Inference, Agency and the Origins of Analytic Philosophy. Granada: Faculty of Philosophy, University of Granada, 2006. p. 105-116.

6.
STEIN, S. I. A.. Identidade em Contextos Modais. In: II Simpósio Internacional 'Principia', 2002, Florianópolis. Linguagem e Filosofia, 2001. v. 2. p. 107-121.

7.
STEIN, S. I. A.. A ciência e a criação de mundos. In: Seminário Interno de Iniciação Científica, 1999, Goiânia. A pesquisa na pós-graduação stricto sensu.. Goiânia: Editora da UFG, 1999. p. 7-16.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
STEIN, S. I. A.. Naturalismo e a objetividade do pensamento: retomada de antigos e recentes debates. In: II Congreso Latinoamericano de Filosofía Analítica, 2012, Buenos Aires. Filosofía Analítica Latinoamericana. Buenos Aires: Asociación Latinoanericana de Filosofía Analítica - ALFAn, 2012. v. 1. p. 221-224.

2.
STEIN, S. I. A.. A Ontologia Analítica: Críticas e Perspectivas. In: V Simpósio Internacional Principia, 2007, Florianópolis. Resumos: V Simpósio Internacional Principia. Florianópolis: NEL/UFSC, 2007. p. 159-160.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
STEIN, S. I. A.. Ativações Neurais Flexíveis como parte de um Sistema Integrado. In: XXVIII Jornadas de Epistemología e Historia de la Ciencia, 2017, La Falda, Córdoba. XXVIII Jornadas de Epistemología e Historia de la Ciencia: Conpendio de Resúmenes. Córdoba: Universidad Nacional de Córdoba, 2017. v. 1. p. 8-8.

2.
STEIN, S. I. A.. Momentary Individuals or Sensations: entities of an epistemic neutral kind. In: IVth Latin-American Congress of Analytic Philosophy, 2016, San José. IVth Latin-American Congress of Analytic Philosophy. San José: ALFAn, 2016. v. 1. p. 60-61.

3.
STEIN, S. I. A.. Momentary Individuals or Sensations: entities of an epistemic neutral kind. In: IV Conference of the Brazilian Society for Analytic Philosophy, 2016, Campinas. IV Conference of the Brazilian Society for Analytic Philosophy. Campinas: SBFA, 2016. v. 1. p. 137-139.

4.
STEIN, S. I. A.; BRITO, A. N. DE B. . A NEURAL-PRAGMATIC PERSPECTIVE OF MEANINGFUL AND EVALUATIVE LANGUAGE. In: IBRO - 9th World Congress International Brain Research Organization, 2015, Rio de Janeiro. IBRO - 9th World Congress International Brain Research Organization - Abstracts. Rio de Janeiro: IBRO, 2015.

5.
STEIN, S. I. A.. Neutral Monism from a Pragmatic Perspective. In: X Encontro Brasileiro Internacional de Ciência Cognitiva, EBICC 2015, 2015, São Paulo. Abstracts EBICC 2015, 2015.

6.
STEIN, S. I. A.. Les actes de discours comme fonstions biologiques. In: Actes de discours et communication, 2014, Montreal. 82e du Congres de l'Acfas. Montreal: Acfas, 2014. p. 2-3.

7.
STEIN, S. I. A.. Can Naturalized Thoughts still be Knowledge?. In: Normativity in Language, Ethics & Cognition, 2014, São Leopoldo. Normativity in Language, Ethics & Cognition. São Leopoldo: Chiron: Research Group in Philosophy, 2014. p. 5-6.

8.
STEIN, S. I. A.. The Nature of Thoughts. In: III Congresso SFBA, 2014, Fortaleza. Caderno de Resumos ? III Congresso SFBA. São Leopoldo: Sociedade Brasileira de Filosofia Analítica, 2014. p. 29-30.

9.
STEIN, S. I. A.; SPARANO, M. C. T. ; FONSECA, S. . Mental Causation, Property Dualism and Embodiment. In: II Congresso da Sociedade Brasileira de Filosofia Analítica, 2012, Fortaleza. SBPHA: II Congresso da Sociedade Brasileira de Filosofia Analítica. Fortaleza: SBPHA, 2012. v. 1. p. 30-30.

10.
STEIN, S. I. A.; FONTOURA, D. ; Lemos, T. . Perceptions and Internal Representations: between antirepresentationalism and compatibilism. In: II Congresso da Sociedade Brasileira de Filosofia Analítica, 2012, Fortaleza. SBPHA: II Congresso da Sociedade Brasileira de Filosofia Analítica. Fortaleza: SBPHA, 2012. v. 1. p. 38-38.

11.
STEIN, S. I. A.. Thinking anbout Thoughts: advance or regression?. In: Consciousness and Volition, 2012, Krakow. Consciousness and Volition: The book of Abstracts. Krakow: Department of Cognitive Science, Institute of Philosophy Jagiellonian University, 2012. p. 23-24.

12.
STEIN, S. I. A.. O método naturalista na investigação do conhecimento humano. In: XV Encontro Nacional da ANPOF, 2012, Curitiba. Anais de resumos do XV Encontro Nacional da ANPOF. Curitiba: ANPOF, 2012. p. 723-724.

13.
STEIN, S. I. A.. Representations: between naturalism and rationalism. In: VII Simpósio Internacional Principia, 2011, Florianópolis. VII Simpósio Internacional Principia: A filosofia de Nelson Goodman; Resumos. Florianópolis: Lagoa Editora, 2011. p. 200-201.

14.
STEIN, S. I. A.. Representations and Propositions: is it possible to identify meaning?. In: VI Colóquio Internacional de Filosofia da Mente: Intencionalidade e consciência, 2011, Fortaleza. VI Colóquio Internacional de Filosofia da Mente: Intencionalidade e consciência; caderno de Resumos. Fortaleza: Universidade Federal de Fortaleza, 2011. p. 45-45.

15.
STEIN, S. I. A.. Como naturalizar o sentido? acompanhando o método da biosemântica. In: Workshop Quíron 2011: Novos horizontes metodológicos à pesquisa em filosofia, 2011, São Leopoldo. Novos horizontes metodológicos à pesquisa em filosofia. São Leopoldo: PPGFil - UNISINOS, 2011. p. 7-7.

16.
STEIN, S. I. A.. Quine and Millikan: garments of contextualism. In: I Congresso da Sociedade Brasileira de Filosofia Analítica, 2010, São Leopoldo. Caderno de Resumos: I Congresso da Sociedade Brasileira de Filosofia Analítica. São Leopoldo: SBFA, 2010. p. 85-86.

17.
STEIN, S. I. A.. O propósito da linguagem: duas visões complementares. In: VII Encontro de Filosofia e História da Ciência do Conesul, 2010, Canela. Programa e Caderno de Resumos VII Encontro de Filosofia e História da Ciência do Cone Sul. São Leopoldo: AFHIC, 2010. p. 131-131.

18.
STEIN, S. I. A.. Quine e Millikan: vestes do contextualismo. In: XIV Encontro Nacional da ANPOF, 2010, Águas de Lindóia. XIV Encontro Nacional da ANPOF: livro de atas. Campinas: ANPOF, 2010. p. 531-531.

19.
STEIN, S. I. A.. O proposito da linguagem: duas visoes complementares. In: V Coloquio Nacional de Filosofia da Linguagem; XII Coloquio de Filosofia da UNISINOS, 2009, Sao Leopoldo. Argumentaçao e Pragmatica. Porto Alegre: Editorial Philosophia, 2009. v. 1. p. 48-48.

20.
STEIN, S. I. A.. The purpose of meaning: two complementary perspectives. In: Fourth Meeting of the Portuguese Society for Analytic Philosophy of Évora, 2009, Évora. Book of Anstracts: ENFA-4. Évora: ENFA, 2009. p. 51-52.

21.
STEIN, S. I. A.. Intensions and Intentions from the perspective of a semantic naturalism. In: Colloque International sur Language, Pensée et Action, 2008, Québec. 634-Colloque International sur Language, Pensée et Action. Québec: Association francophone pour le savoir - Acfas, 2008.

22.
STEIN, S. I. A.. Estruturalismo e Descritivismo: reflexões acerca das redes conceituais nas ciências. In: VI Encuentro de Filosofia e Historia de la Ciencia del Cono Sur, 2008, Montevideo. Congreso Internacional de la Asociación de Filosofia e Historia de la Ciencia del Cono Sur: programa y libro de resúmenes. Montevideo: Imprenta Gega, 2008. p. 59-59.

23.
STEIN, S. I. A.. The 'generals' and their contribution to Haack's innocent realism. In: Sixth European Congress of Analytic Philosophy, 2008, Krakow. Abstracts Volume of the Sixth European Congress of Analytic Philosophy. Krakow: Jagiellonian University, 2008. p. 284-294.

24.
STEIN, S. I. A.. A classificação de objetos e a verdade das explicações científicas. In: XIII Encontro Nacional de Filosofia da ANPOF, 2008, Canela. Livro de Atas: XIII Encontro Nacional de Filosofia - ANPOF. São Leopoldo: Editora UNISINOS, 2008. p. 646-646.

25.
STEIN, S. I. A.. Ontologia Analítica: crítica e perspectivas. In: II Congreso Internacional Extraordinario de Filosofia, 2007, San Juan. Libro de resúmenes: II Congreso Internacional Extraordinário de Filosofía. San Juan: Universidad Nacional de San Juan/Biblioteca del Congreso de la Nación, 2007. p. 3-3.

26.
STEIN, S. I. A.. Auto-referência: as atitudes proposicionais em Wittgenstein e Quine. In: IV Colóquio Nacional de Filosofia da Linguagem, 2007, São Leopoldo. IV Colóquio Nacional de Filosofia da Linguagem: Conferências, 2007. p. 1-8.

27.
STEIN, S. I. A.. Empirismo e a ontologia das ciências naturais. In: V Encontro da Associação de Filosofia e História da Ciência do Cone Sul, 2006, Florianópolis. V Encontro AFHIC: Caderno de Resumos. Florianópolis: Associação de Filosofia e História da Ciência do Cone Sul, 2006. p. 115-116.

28.
STEIN, S. I. A.. Dispensing with reference to elementary experiences. In: 2006 Joint Session of the Aristotelian Society and the Mind Association, 2006, Southhampton. 2006 Joint Session of the Aristotelian Society and the Mind Association, 2006.

29.
STEIN, S. I. A.. Empirismo e realismo natural. In: XII Encontro Nacional de Filosofia da ANPOF, 2006, Salvador. Atas do XII Encontro Nacional de Filosofia - ANPOF. Salvador: Associação Nacional de Pós-graduação em Filosofia, 2006. p. 521-522.

30.
STEIN, S. I. A.. Empirismo, lógica e linguagem.. In: III Colóquio Nacional de Filosofia da Linguagem, 2005, São Leopoldo. Caderno de Resumos do III CNFL. Porto Alegre: Editorial Philosophia, 2005. v. 1. p. 7-7.

31.
STEIN, S. I. A.. Experiência e Razão na Atividade Científica. In: II Congresso Internacional: Ética, Epistemologia e Educação., 2005, Caxias do Sul. Caderno de Resumos do II Congresso Internacional: Ética, Epistemologia e Educação.. Caxias do Sul: Editora da UCS, 2005. v. 1. p. 16-17.

32.
STEIN, S. I. A.. Referência e Uso: duas noções excludentes?. In: IV Simpósio Internacional Principia, 2005, Florianópolis. Caderno de Resumos. Florianópolis: Nucleo de Estudos sobre Conhecimento e Linguagem da UFSC, 2005. v. 1. p. 94-95.

33.
STEIN, S. I. A.. Aspectos convencionalistas da filosofia de Willard Quine. In: Third International Principia Symposium, 2004, Florianópolis. Anais do Third International Principia Symposium. Florianópolis: UFSC, 2003. p. 68-69.

34.
STEIN, S. I. A.. A dimensão metafísica da tese da inescrutabilidade da referência. In: XI Encontro Nacional de Filosofia da ANPOF, 2004, Salvador. Livro de Atas. Salvador: Editora da UESC e EDUFBA, 2004. p. 435-436.

35.
STEIN, S. I. A.. Visões convencionalistas de Ciência.. In: IV Encuentro de Filosofia e Historia de la Ciencia del cono Sur., 2004, Buenos Aires. Atas do IV Encuentro De Filosofia e Historia de la ciencia del Cono Sur., 2004. v. 1.

36.
STEIN, S. I. A.. O convencionalismo na ciência. In: X Semana de filosofia/UFG, 2003, Goiânia. Anais da X semana de filosofia da UFG, 2003. p. 11-12.

37.
STEIN, S. I. A.. Estrutura e fenômeno no Aufbau. In: II Colóquio de Filosofia da Linguagem, 2003, Goiânia. II Colóquio de Filosofia da Linguagem: Resumos, 2003. p. 17-18.

38.
STEIN, S. I. A.. Convencionalismo e holismo: um estudo da epistemologia de Willard Quine. In: III Simpósio Internacional Principia, 2003, Florianópolis. Caderno de Resumos, 2003. p. 68-68.

39.
STEIN, S. I. A.. A tese da extensionalidade no 'Aufbau'. In: X Encontro Nacional de Filosofia, 2002, São Paulo. Anais do X Encontro Nacional de Filosofia, 2002. v. 1. p. 384-384.

40.
STEIN, S. I. A.. O pensamento de Carnap. In: IX Semana de Filosofia da UFG, 2002, Goiânia. Anais da IX Semana de Filosofia da UFG, 2002. v. 1. p. 14-15.

41.
STEIN, S. I. A.. O holismo moderado de Quine: semântico ou epistemológico?. In: I Colóquio Nacional de Filosofia da Linguagem, 2002, Goiânia. Anais do I Colóquio Nacional de Filosofia da Linguagem, 2002. v. 1. p. 13-13.

42.
STEIN, S. I. A.. Filosofia da Linguagem e Behaviorismo. In: I Simpósio Internacional de Ética, 2002, Uberlândia. Caderno de resumos do primeiro simpósio internacional de Ética, 2002. v. 1. p. 10-11.

43.
STEIN, S. I. A.. Identidade em contextos modais. In: II Simpósio Internacional 'Principia', 2001, Florianópolis. Resumos/Abstracts do II Simpósio Internacional Principia. Florianópolis: NEL-Núcleo de Epistemologia e Lógica/UFSC, 2001. p. 33-34.

44.
STEIN, S. I. A.. A epistemologia naturalizada e a negação de princípios a priori do conhecimento. In: I Simpósio Internacional Principia., 1999, Florianópolis. I Simpósio Internacional Principia: resumos. p. 19-19.

45.
STEIN, S. I. A.. Vontade livre: livre domínio da razão?. In: VIII Encontro Nacional de Filosofia da ANPOF, 1998, Caxambú. Anais do VIII Encontro Nacional de Filosofia da ANPOF. Campinas: Centro de lógica e epistemologia, 1998. p. 25-25.

46.
STEIN, S. I. A.. Conteúdo empírico de teorias e subdeterminação em Willard Quine. In: IV Encontro de Filosofia Analítica, 1997, Florianópolis. IV Encontro de Filosofia Analítica: resumos das apresentações, 1997. p. 66-67.

47.
STEIN, S. I. A.. Da imprecisão do significado. In: VII Encontro Nacional de Filosofia, 1996, Caxambú. Anais do VII Encontro Nacional de Filosofia. Campinas: Centro de lógica e episstemologia, 1996. p. 34-34.

48.
STEIN, S. I. A.. Dos fundamentos semânticos do holismo quineano. In: IX Colóquio de História da Ciencia, 1995, Águas de Lindóia. Ceticismo e Realismo na Ciência/Resumos, 1995. p. 94-96.

Apresentações de Trabalho
1.
STEIN, S. I. A.. The Plurality of Emotions: Social Behavior and it?s Law-like Explanations. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
STEIN, S. I. A.. Neuroscience in the context of social research. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

3.
STEIN, S. I. A.. Neurociência Social: ativações neuronais flexíveis em interações intencionais. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
STEIN, S. I. A.. Ativações Neurais Flexíveis como parte de um Sistema Integrado. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
STEIN, S. I. A.. Embedded neural flexible activations and mental expressions. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

6.
STEIN, S. I. A.; PERERA, R. A. . How top-down predictions modulate perception. 2017. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

7.
STEIN, S. I. A.. Veridical Representations: Indispensable Biological Functions?. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

8.
STEIN, S. I. A.. Representações verídicas: funções biológicas necessárias?. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

9.
STEIN, S. I. A.. Momentary Individuals or Sensations: entities of an epistemic neutral kind. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
STEIN, S. I. A.. Momentary Individuals or Sensations: entities of an epistemic neutral kind. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
STEIN, S. I. A.. O Monismo Neutro desde uma Perspectiva Pragmática. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
STEIN, S. I. A.. Philosophical Behaviorism and Self-Knowledge. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

13.
STEIN, S. I. A.; BRITO, A. N. DE B. . A NEURAL-PRAGMATIC PERSPECTIVE OF MEANINGFUL AND EVALUATIVE LANGUAGE. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

14.
STEIN, S. I. A.. Neutral Monism from a Pragmatic Perspective. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

15.
STEIN, S. I. A.. Comentador em Mesa Redonda; The Next Generation. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

16.
STEIN, S. I. A.. Can Naturalized Thoughts Still Be Knowledge?. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

17.
SANZ, M. J. F. ; STEIN, S. I. A. . Concepções de Verdade. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

18.
STEIN, S. I. A.. Intencionalidade e Propósitos: Como compreender aspectos teleológicos da natureza humana?. 2014. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

19.
STEIN, S. I. A.. The Nature of Thoughts. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

20.
STEIN, S. I. A.. Philosophical Behaviorism and Self-Knowledge. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

21.
STEIN, S. I. A.. Embodied representational content and Self-knowledge. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

22.
STEIN, S. I. A.. Embodied Representational Content: abandoning methodological dualism. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

23.
STEIN, S. I. A.. A Naturalização dos Pensamentos. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

24.
STEIN, S. I. A.. Comments to 'Conceptions of Truth' (María José Frápolli). 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

25.
STEIN, S. I. A.. Naturalized Phenomenalism and the Talk of Impressions. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

26.
STEIN, S. I. A.. Vida, matéria, leis e normas: o que é o natural?. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

27.
STEIN, S. I. A.. A Filosofia da Ciência no âmbito das Ciências Cognitivas. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

28.
STEIN, S. I. A.. Mentes Sociais. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

29.
STEIN, S. I. A.. Naturalized Phenomenalism and the Talk of Impressions. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

30.
STEIN, S. I. A.. 'Understanding' in a Neuro-pragmatic Perspective. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

31.
STEIN, S. I. A.. Can 'computing' and 'representing' be reduced by means of embodiment?. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

32.
STEIN, S. I. A.. Fenomenologia Perceptual. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

33.
STEIN, S. I. A.. As origens do pensamento. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

34.
STEIN, S. I. A.. Filosofia da Linguagem: qual caminho seguir?. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

35.
STEIN, S. I. A.; Lemos, T. ; FONTOURA, D. . Perceptions and internal representations: between antirepresentationalism and compatibilism. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

36.
STEIN, S. I. A.. Quine's Quandary: renewing empiricism or intensifying pragmatism. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

37.
STEIN, S. I. A.. Representações e Proposições: revendo a distinção fregeana. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

38.
STEIN, S. I. A.. Replicantes: parte da deriva evolutiva ou não-humanos?. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

39.
STEIN, S. I. A.. Porpósitos e ações significativas: compreendendo a justificação. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

40.
STEIN, S. I. A.. Making Sense of Sense. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

41.
STEIN, S. I. A.; KAPCZINSKI, F. ; IANKILEVICH, E. . Novos Modelos de Mente em Psiquiatria. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

42.
STEIN, S. I. A.. Naturalismo e a Objetividade do Pensamento: retomada de antigos e recentes debates. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

43.
STEIN, S. I. A.. O Método naturalista na Investigação do Conhecimento Humana. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

44.
STEIN, S. I. A.; KAPCZINSKI, F. ; IANKILEVICH, E. . Novos Modelos de Mente em Psiquiatria. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

45.
STEIN, S. I. A.; SPARANO, M. C. T. ; FONSECA, S. . Mental causation, property dualism and embodiment. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

46.
STEIN, S. I. A.. Comunicação sem Sentido e Semântica sem Pensamento. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

47.
STEIN, S. I. A.. A naturalização da semântica e o conhecimento empírico. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

48.
STEIN, S. I. A.. Representations: between naturalism and rationalism. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

49.
STEIN, S. I. A.. Representations and Propositions: is it possible to identify meaning?. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

50.
STEIN, S. I. A.. Como naturalizar o sentido? acompanhando o método da biosemântica. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

51.
STEIN, S. I. A.. Objetividade e Subjetividade na Ciência. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

52.
STEIN, S. I. A.. Representações internas em sistemas dinâmicos: vínculo entre cérebro, corpo e mundo. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

53.
STEIN, S. I. A.. O propósito da linguagem: duas visões complementares. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

54.
STEIN, S. I. A.. Quine e Millikan: garments of contextualism. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

55.
STEIN, S. I. A.. O propósito da linguagem: duas visões complementares. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

56.
STEIN, S. I. A.. Quine e Millikan: vestes do contextualismo. 2010. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

57.
STEIN, S. I. A.. Intencionalidade e representação contra o pano de fundo do evolucionismo. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

58.
STEIN, S. I. A.. The Purpose of Meaning: two complementary perspectives. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

59.
STEIN, S. I. A.. O propósito da linguagem: duas visões complementares. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

60.
STEIN, S. I. A.. Como propósitos emergem de convenções?. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

61.
STEIN, S. I. A.. The purpose of meaning: two complementary perspectives. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

62.
STEIN, S. I. A.. Auto-referência: as atitudes proposicionais em Wittgenstein e Quine. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

63.
STEIN, S. I. A.. Intensions and Intentions from the perspective of a semantic naturalism. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

64.
STEIN, S. I. A.. Analítica versus Dialética. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

65.
STEIN, S. I. A.. Estruturalismo e Descritivismo: reflexões acerca das redes conceituais nas ciências. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

66.
STEIN, S. I. A.. A classificação de objetos e a verdade das explicações científica. 2008. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

67.
STEIN, S. I. A.. Ontologia Analítica: críticas e perspectivas. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

68.
STEIN, S. I. A.. A Ontologia Analítica: críticas e perspectivas. 2007. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

69.
STEIN, S. I. A.. Auto-referência: as atitudes proposicionais em Wittgenstein e Quine. 2007. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

70.
STEIN, S. I. A.. Reflexões sobre o realismo na epistemologia: a ontologia em Quine e Reichenbach. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

71.
STEIN, S. I. A.. Dispensing with reference to elementary experiences. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

72.
STEIN, S. I. A.. Reflexões sobre o realismo na epistemologia: a ontologia em Quine e Reichenbach. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

73.
STEIN, S. I. A.. Empirismo e realismo natural. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

74.
STEIN, S. I. A.. Empirismo e a ontologia das ciências naturais. 2006. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

75.
STEIN, S. I. A.. Dispensing with references to elementary experiences. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

76.
STEIN, S. I. A.. Semântica formal e empirismo: o diálogo de Tugendhat com a tradição analítica. 2006. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

77.
STEIN, S. I. A.. Referência e Uso: duas concepções excludentes?. 2005. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

78.
STEIN, S. I. A.. Experiência e Razão na atividade científica. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

79.
STEIN, S. I. A.. Empirismo, lógica e linguagem.. 2005. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

80.
STEIN, S. I. A.. Visões convencionalistas de ciência. 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

81.
STEIN, S. I. A.. Quem tem medo do relativismo e do positivismo?. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

82.
STEIN, S. I. A.. A superação do ideal de unificação da linguagem científica. 2004. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

83.
STEIN, S. I. A.. A dimensão metafísica da inescrutabilidade da referência. 2004. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

84.
STEIN, S. I. A.. Questões éticas relacionadas às OGMs. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

85.
STEIN, S. I. A.. O papel das vivências no sistema de constituição do Aufbau. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

86.
STEIN, S. I. A.. Estrutura e fenômeno no Aufbau. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

87.
STEIN, S. I. A.. Convencionalismo e holismo: um estudo da epistemologia de Willard Quine. 2003. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

88.
STEIN, S. I. A.. O Convencionalismo na ciência. 2003. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

89.
STEIN, S. I. A.. Quine era eliminativista?. 2002. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

90.
STEIN, S. I. A.. O pensamento de Carnap. 2002. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

91.
STEIN, S. I. A.. O holismo moderado de Quine: semântico ou epistemológico?. 2002. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

92.
STEIN, S. I. A.. Filosofia da Linguagem e Behaviorismo. 2002. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

93.
STEIN, S. I. A.. A tese da extensionalidade no Aufbau. 2002. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

94.
STEIN, S. I. A.. Identidade em contextos modais. 2001. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

95.
STEIN, S. I. A.. Ciência e método. 2001. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

96.
STEIN, S. I. A.. A Epistemologia Naturalizada e a negação de princípios a priori do conhecimento. 1999. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

97.
STEIN, S. I. A.. A ciência e a criação de mundos. 1999. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

98.
STEIN, S. I. A.. A vontade livre: domínio da razão?. 1998. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

99.
STEIN, S. I. A.. Pragmatismo e fisicalismo: critérios de escolha entre teorias científicas na epistemologia de w. Quine. 1997. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

100.
STEIN, S. I. A.. Conteúdo empírico de teorias e subdeterminação em Willard Quine. 1997. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

101.
STEIN, S. I. A.. A configuração do significado na linguagem: aspectos elementares. 1997. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

102.
STEIN, S. I. A.. Da vaguidade do significado. 1996. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

103.
STEIN, S. I. A.. Da imprecisão do significado. 1996. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

104.
STEIN, S. I. A.. Objetos abstratos e objetos concretos: aspectos da ontologia de w. Quine. 1995. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

105.
STEIN, S. I. A.. Holismo e Gramática. 1995. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

106.
STEIN, S. I. A.. Dos fundamentos semânticos do holismo quineano. 1995. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

107.
STEIN, S. I. A.. Ciência e Linguagem. 1995. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

108.
STEIN, S. I. A.. Objetos abstratos e objetos concretos: aspectos da ontologia de w. Quine. 1995. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

109.
STEIN, S. I. A.. O argumento antiverificacionista em W. Quine. 1994. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

Outras produções bibliográficas
1.
STEIN, S. I. A.. Controvérsia: panorama dos últimos anos. São Leopoldo, 2017. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

2.
MILLIKAN, R. G. ; IGANSI, L. N. ; SANDER, L. M. ; STEIN, S. I. A. . Em Defesa da Linguagem Pública. São Leopoldo: Unisinos, 2015. (Tradução/Artigo).

3.
STEIN, S. I. A.; WAGNER, R. F. ; FUMERTON, R. . Epistemologia. Petrópolis: Vozes, 2014. (Tradução/Livro).

4.
MCDOWELL, J. ; STEIN, S. I. A. . Naturalismo na Filosofia da Mente. Porto Alegre: Veritas revista quadrimentral de filosofia da PUCRS, 2013. (Tradução/Artigo).

5.
STEIN, S. I. A.; FONTOURA, D. . Controvérsia, v. 8, n.1, jan-abril 2012. São Leopoldo: Filosofia UNISINOS, 2012 (Edição de revista científica).

6.
STEIN, S. I. A.; FONTOURA, D. . Controvérsia, v.8, n.2, maio-ago. 2012. São Leopoldo: Filosofia UNISINOS, 2012 (Edição de revista científica).

7.
SHAPIRO, L. ; STEIN, S. I. A. ; FONTOURA, D. ; DARGEL, A. ; CASSAL, C. . Manipulações Mentais e o Problema da Exclusão Causal. São Leopoldo: PPGFil - UNISINOS, 2011. (Tradução/Artigo).

8.
STEIN, S. I. A.. Willard Van Orman Quine: autor e obra. Petrópolis, 2010. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

9.
STEIN, S. I. A.; MURCHO, D. ; QUINE, W. V. O. . Palavra e Objeto. Petrópolis: Editora Vozes, 2010. (Tradução/Livro).

10.
STEIN, S. I. A.. Epistemologia Contemporânea. Petrópolis, 2008. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

11.
SELLARS, W. ; STEIN, S. I. A. . Empirismo e Filosofia da Mente. Petrópolis: Vozes, 2008. (Tradução/Livro).

12.
STEIN, S. I. A.; SIMON, S. . Philósophos, vol.9, n.2. Goiânia: Editorial Philosophia, 2004 (Edição de revista científica).

13.
STEIN, S. I. A.. Cadernos da FCHF. Goiânia: Editora da UFG, 2003 (Editoração de revista científica).

14.
STEIN, S. I. A.. Cadernos do ICHL. Goiânia: Editora da UFG, 1996 (Edição de revista científica).

15.
STEIN, S. I. A.. Cadernos do ICHL. Goiânia: Editora da UFG, 1995 (Edição de revista).

16.
STEIN, S. I. A.. Encontro: fragmentos autobiográficos. Petrópolis: Vozes, 1991. (Tradução/Livro).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
STEIN, S. I. A.. Comitê Científico da IV Conferência da Sociedade Brasileira de Filosofia Analítica. 2016.

Trabalhos técnicos
1.
STEIN, S. I. A.. Parecer técnico para o CNPq. 2018.

2.
STEIN, S. I. A.. Parecer Técnico para a Revista Observações. 2017.

3.
STEIN, S. I. A.. Parecer Técnico para CNPq. 2017.

4.
STEIN, S. I. A.. Avaliação de Artigo Científico. 2017.

5.
STEIN, S. I. A.. Parecer Técnico para CNPq. 2017.

6.
STEIN, S. I. A.. Parecer Técnico para CNPq. 2017.

7.
STEIN, S. I. A.. Processo Institucional de bolsas de Iniciação Científica e Tecnológica 2016/2017. 2016.

8.
STEIN, S. I. A.. Review for Cognitive Systems Research. 2016.

9.
STEIN, S. I. A.. Parecer para CNPq. 2016.

10.
STEIN, S. I. A.. Parecer para CNPq. 2016.

11.
STEIN, S. I. A.. Parecer de artigo científico para Filosofia UNISINOS. 2016.

12.
ROHDEN, L. ; STEIN, S. I. A. ; SILVEIRA, D. C. . Projeto Político-Pedagógico do Bacharelado em Filosofia UNISINOS. 2016.

13.
STEIN, S. I. A.. Parecer técnico para Principia: an International Journal of Epistemology. 2016.

14.
STEIN, S. I. A.. Parecer par a Revista Dissertatio. 2016.

15.
STEIN, S. I. A.. Parecer para Coordinación de Ciencias Humanas - Foncyt. 2016.

16.
STEIN, S. I. A.. Parecer para a International Studies in the Philosophy of Science. 2015.

17.
STEIN, S. I. A.. Parecer para Revista Aproximação. 2015.

18.
STEIN, S. I. A.. Parecer ad hoc para a Capes. 2015.

19.
STEIN, S. I. A.. Parecer ad hoc para o CNPq. 2015.

20.
STEIN, S. I. A.. Parecer ad hoc para CNPq. 2015.

21.
STEIN, S. I. A.. Parecer para FONCyT. 2015.

22.
STEIN, S. I. A.. Comissão de Avaliação do Prêmio Marcelo Dascal de Ciência Cognitiva. 2015.

23.
STEIN, S. I. A.. Parecer para Cadernos de Filosofia Alemã: Crítica e Modernidade. 2015.

24.
STEIN, S. I. A.. Parecer para Publicación AFHIC / JORNADAS. 2015.

25.
STEIN, S. I. A.. Parecer para Programa Bolsas para Pesquisa Capes/Humboldt. 2015.

26.
STEIN, S. I. A.. Avaliação de Projeto Capes/Cofecub. 2015.

27.
STEIN, S. I. A.. Parecer de Projeto de Pós-doutorado no Exterior - CNPq. 2015.

28.
STEIN, S. I. A.. Review for the Internet Encyclopedia of Philosophy - IEP. 2015.

29.
STEIN, S. I. A.. Parecer para revista Kínesis. 2014.

30.
STEIN, S. I. A.. Parecer para CNPq - Consultoria ad hoc. 2014.

31.
STEIN, S. I. A.. Parecer para Revista Filosofia UNISINOS. 2014.

32.
STEIN, S. I. A.. Parecer para Revista Filosofia UNISINOS. 2014.

33.
STEIN, S. I. A.. Avaliação de Projeto de Investigação Científica e Tecnológica. 2014.

34.
STEIN, S. I. A.. Parecer de artigo científico - Revista Educação e Filosofia. 2014.

35.
STEIN, S. I. A.. Parecer de artigo científico - Revista Analytica. 2014.

36.
STEIN, S. I. A.. Parecer Artigo Científico Revista Ipseitas - São Carlos. 2014.

37.
STEIN, S. I. A.. Revista Kínesis. 2013.

38.
STEIN, S. I. A.. Parecer para Revista Síntese. 2013.

39.
STEIN, S. I. A.. Parecer de artigo científico para coletânea. 2013.

40.
STEIN, S. I. A.. Parecer ao CNPq - Consultoria ad hoc. 2013.

41.
STEIN, S. I. A.. Parecer ao CNPq - Consultoria ad hoc. 2013.

42.
STEIN, S. I. A.. Parecer ao CNPq - Consultoria ad hoc. 2013.

43.
STEIN, S. I. A.. Parecer ao CNPq - Consultoria ad hoc. 2013.

44.
STEIN, S. I. A.. Parecer ao CNPq - Consultoria ad hoc. 2013.

45.
STEIN, S. I. A.. Parecer Bolsa Pós-Doutorado no Exterior. 2012.

46.
STEIN, S. I. A.. Parecer Bolsa Pós-Doutorado no Exterior. 2012.

47.
STEIN, S. I. A.. Parecer Bolsa Pós-Doutorado Senior. 2012.

48.
STEIN, S. I. A.. Parecer Bolsa Produtividade em Pesquisa. 2012.

49.
STEIN, S. I. A.. Parecer Bolsa Pós-Doutorado Júnior. 2012.

50.
STEIN, S. I. A.. Parecer Revista Filosofia UNISINOS. 2012.

51.
STEIN, S. I. A.. Avaliação de Projetos Enviados ao CNPq. 2011.

52.
STEIN, S. I. A.. Parecer Projeto Pós-doc CNPq. 2011.

53.
STEIN, S. I. A.. Parecer de artigo Científico - Revista Principia. 2011.

54.
STEIN, S. I. A.. Parecer Ad Hoc - Edital 14/2010 - Universal. 2010.

55.
STEIN, S. I. A.. Parecr Ad hoc - Edital 14/2010 - Universal. 2010.

56.
STEIN, S. I. A.. Parecer Bolsas Produtividade em Pesquisa - PQ - 2010. 2010.

57.
STEIN, S. I. A.. Produtividade em Pesquisa - PQ - 2010. 2010.

58.
STEIN, S. I. A.. Avaliação de artigo para revista científica: Analytica. 2009.

59.
STEIN, S. I. A.. Avaliação de artigo para revista científica: Controvérsia. 2009.

60.
STEIN, S. I. A.. Avaliação de artigo para revista científica: Principia. 2009.

61.
STEIN, S. I. A.. Parecer de artigo científico - Revista Filosofia Unisinos. 2009.

62.
STEIN, S. I. A.. Parecerista do XIV Encontro Nacional de Didática e Prática de Ensino (ENDIPE). 2008.

63.
STEIN, S. I. A.. Cadernos PET - Número 8. 2007.

64.
STEIN, S. I. A.. Revista Controvérsia. 2007.

65.
STEIN, S. I. A.. Revista Controvérsia. 2007.

66.
STEIN, S. I. A.. Revista Filosofia UNISINOS. 2007.

67.
STEIN, S. I. A.. Revista Filosofia Unisinos. 2006.

68.
STEIN, S. I. A.. Revista Manuscrito. 2006.

69.
STEIN, S. I. A.. Episteme: filosofia e história das ciências em revista.. 2005.

70.
STEIN, S. I. A.. Cadernos PET - UFPR. 2004.

71.
STEIN, S. I. A.. Cadernos PET - UFPR. 2004.


Demais tipos de produção técnica
1.
STEIN, S. I. A.; SEMELER, A. ; BULHOES, M. A. . Outros olhares: o sistema da arte e seus cruzamentos. Neurociência e Arte. 2017. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

2.
STEIN, S. I. A.; MEURER, C. F. . Controvérsia (Philosophy Journal), vol. 13, n. 1. 2017. (Editoração/Periódico).

3.
STEIN, S. I. A.; MEURER, C. F. . Controvérsia (Philosophy Journal), vol. 13, n. 2. 2017. (Editoração/Periódico).

4.
STEIN, S. I. A.; BRITO, A. N. DE B. ; MOGRABI, G. . Neurofilosofia: Percepção, Valor e Decisão. 2016. .

5.
STEIN, S. I. A.; MEURER, C. F. . Controvérsia (Philosophy Journal), vol. 12, n. 1. 2016. (Editoração/Periódico).

6.
STEIN, S. I. A.; MEURER, C. F. . Controvérsia (Philosophy Journal), vol. 12, n. 2. 2016. (Editoração/Periódico).

7.
STEIN, S. I. A.; MEURER, C. F. . Controvérsia (Philosophy Journal), vol. 12, n. 3. 2016. (Editoração/Periódico).

8.
STEIN, S. I. A.; MEURER, C. F. . Controvérsia (Philosophy Journal), v. 11, n. 1. 2015. (Editoração/Periódico).

9.
STEIN, S. I. A.; MEURER, C. F. ; OLIVEIRA, C. R. . Controvérsia (Philosophy Journal), v. 11, n. 2. 2015. (Editoração/Periódico).

10.
STEIN, S. I. A.; MEURER, C. F. . Controvérsia, vol. 11, n. 3. 2015. (Editoração/Periódico).

11.
STEIN, S. I. A.. Intencionalidade e Propósitos: como compreender aspectos teleológicos da Natureza Humana?. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

12.
STEIN, S. I. A.. A Filosofia Experimental vinculada às Ciências Cognitivas. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

13.
STEIN, S. I. A.. O futuro da filosofia. 2014. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

14.
STEIN, S. I. A.; MEURER, C. F. . Controvérsia (Philosophy Journal), v. 10, n. 2. 2014. (Editoração/Periódico).

15.
STEIN, S. I. A.; MEURER, C. F. . Controvérsia (Philosophy Journal), v. 10, n. 3. 2014. (Editoração/Periódico).

16.
STEIN, S. I. A.; MEURER, C. F. ; OLIVEIRA, C. R. . Controvérsia (Philosophy Journal), v. 10 n. 1. 2014. (Editoração/Periódico).

17.
STEIN, S. I. A.; MEURER, C. F. ; OLIVEIRA, D. F. . Revista Controvérsia, vol. 9, n. 1. 2013. (Editoração/Periódico).

18.
STEIN, S. I. A.; MEURER, C. F. ; OLIVEIRA, D. F. . Controvérsia (Philosophy Journal), v. 9, n. 2. 2013. (Editoração/Periódico).

19.
STEIN, S. I. A.; MEURER, C. F. . Controvérsia (Philosophy Journal), v. 9, n. 3. 2013. (Editoração/Periódico).

20.
STEIN, S. I. A.. Exorcizando angústias filosóficas: la experienci en el espacio lógico de las razones según John McDowell. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

21.
STEIN, S. I. A.; BRITO, A. N. DE B. . Mentes Sociais sob uma Perspectiva Naturalizada. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

22.
STEIN, S. I. A.; FONTOURA, D. . Controvérsia, v. 8, n.1, jan-abril 2012. 2012. (Editoração/Periódico).

23.
STEIN, S. I. A.; FONTOURA, D. . Controvérsia, v. 8, n.2, maio-ago. 2012. 2012. (Editoração/Periódico).

24.
STEIN, S. I. A.. Revista Controvérsia v. 8, n. 3, set-dez 2012. 2012. (Editoração/Periódico).

25.
STEIN, S. I. A.; FONTOURA, D. ; CASSAL, C. ; DARGEL, A. . Tradução: Manipulações Mentais e o Problema da exclusão Causal de Lawrence Shapiro. 2011. (Desenvolvimento de material didático ou instrucional - Tradução de artigo científico).

26.
STEIN, S. I. A.; FONTOURA, D. ; FERREIRA, G. ; BRITO, A. N. DE B. . Controvérsia, v. 7, n. 1, jan.-abr. 2011. 2011. (Editoração/Periódico).

27.
STEIN, S. I. A.; FONTOURA, D. ; FERREIRA, G. ; BRITO, A. N. DE B. . Controvérsia, v. 7, n. 2, mai.-ago. 2011. 2011. (Editoração/Periódico).

28.
STEIN, S. I. A.; FONTOURA, D. ; FERREIRA, G. . Controvérsia, v. 7, n. 3, set.-dez. 2011. 2011. (Editoração/Periódico).

29.
BRITO, A. N. DE B. ; STEIN, S. I. A. ; FERREIRA, G. . Controvérsia, v. 6, n. 3, set.-dez. 2010. 2010. (Editoração/Periódico).

30.
STEIN, S. I. A.. A filosofia de Van Quine: uma tentativa sistemática de compreender o significado. 2007. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

31.
STEIN, S. I. A.; KREUTZ, L. ; PAVIANI, J. . Programa de Pós-Graduação em Educação. 2007. (Projeto de Programa de Pós-Graduação em Educação Stricto Sensu).

Demais trabalhos
1.
STEIN, S. I. A.. Um panorama histórico da revolução francesa. 2004 (Conferência) .

2.
STEIN, S. I. A.. História da ciência. 2000 (Conferência) .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
VALLS, A.; LEIVAS, C. R. C.; STEIN, S. I. A.. Participação em banca de Márcio Morais de Sousa. Tensões entre o Homem-Massa e a Democracia em José Ortega y Gasset. 2018. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

2.
STEIN, S. I. A.; MOGRABI, G.; BRITO, A. N. DE B.. Participação em banca de Ricardo Augusto Perera. Acessando Representações Mentais para Predizer Estímulos: como crenças modulam sinais cerebrais. 2017. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

3.
STEIN, S. I. A.; CARMO, J. S.; BRITO, A. N. DE B.. Participação em banca de Welton Dias de Lima. Computadores e Mentes: uma analogia filosófica. 2017. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

4.
STEIN, S. I. A.; GENTILE, N. A.; BRITO, A. N. DE B.. Participação em banca de Daniel Uptmoor Pauly. Avaliando dois Programas de Pesquisa sobre a Teoria dos Modelos Relacionais. 2017. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

5.
STEFANI, J.; REBELLO, J. P.; STEIN, S. I. A.. Participação em banca de Laina Jéssica de Almeida Nrambatti. Universalidade e contexto: os usos da linguagem e a pretensão de validade dos juízos na ética. 2016. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade de Caxias do Sul.

6.
BRITO, A. N. DE B.; CARMO, J. S.; STEIN, S. I. A.. Participação em banca de Arildo Luiz Marconatto. Do Vital ao Mental segundo Dennett. 2016. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

7.
STEIN, S. I. A.; BRITO, A. N. DE B.; OLIVEIRA DE AZEVEDO, M. A.. Participação em banca de Pedro Paulo Ramos Ventura. A Racionalidade Indutiva: em que consiste?. 2015. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

8.
OLIVEIRA DE AZEVEDO, M. A.; ALMADA, L. F.; STEIN, S. I. A.. Participação em banca de Márcio Francisco Rodrigues Filho. A Consciência na Filosofia Contemporânea: As críticas de John Searle ao Funcionalismo de Daniel Dennett. 2014. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

9.
STEIN, S. I. A.; NAVIA, R.; BRITO, A. N. DE B.. Participação em banca de César Fernando Meurer. Davidson: crítica lógico-semântica da teoria correspondentista da verdade. 2012. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

10.
GALLINA, A. L.; STEIN, S. I. A.; SARTORI, C. A.. Participação em banca de Karen Giovana Videla da Cunha Naidon. Estímulos Proximais e Distais: as críticas de Davidson a Quine. 2012. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria.

11.
STEIN, S. I. A.; GREIMANN, D.; BRITO, A. N. DE B.. Participação em banca de Ramon Felipe Wagner. Designação Rígida, Necessidade e Essencialismo. 2012. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

12.
FONSECA, S. D.; STEIN, S. I. A.; OLIVEIRA, L.. Participação em banca de Alexandre Almeida Morais. O Self Narrativo em Charles Taylor. 2012. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ética e Epistemologia) - Universidade Federal do Piauí.

13.
STEIN, S. I. A.; REGO, N.; CATELLI, F.. Participação em banca de Jordna Bogo. A linguagem conceitual geográfica: uma dimensão da prática docente no Ensino Fundamental. 2010. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Educação) - Universidade de Caxias do Sul.

14.
STEIN, S. I. A.; LHULLIER, C.; VEIGA-NETO, A.. Participação em banca de Ângela Garziera Gasperin. Práticas Discursivas e Modos de Subjetivação no Ensino Médio Particular. 2010. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Educação) - Universidade de Caxias do Sul.

15.
SPARANO, M. C. T.; STEIN, S. I. A.; FONSECA, J. S. D.. Participação em banca de Paulo César Oliveira Vasconcelos. Uma proposta para o empirismo sem dado a partir de "Empiricism and philosophy of MInd" de Wilfrid Sellars. 2010. Dissertação (Mestrado em Mestrado em Ética e Epistemologia) - Universidade Federal do Piauí.

16.
STEIN, S. I. A.; GALLINA, A. L.; SARTORI, C. A.. Participação em banca de Cínthia Roso Oliveira. Avaliação da Crítica de Bonjour à Epistemologia Naturalizada de Quine. 2009. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria.

17.
GREIMANN, D.; GALLINA, A. L.; STEIN, S. I. A.. Participação em banca de Débora Fontoura de Oliveira. A concepção behaviorista da linguagem de W.V.O. Quine: exposição e defesa. 2009. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade Federal de Santa Maria.

18.
REGNER, A. C. K.; ROHDEN, L.; STEIN, S. I. A.. Participação em banca de Auremar José Vargas Paim Júnior. Dascal, Aristóteles e a dialética na ciência. 2009. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

19.
STEIN, S. I. A.; COLLARES, D.; LHULLIER, C.; STECANELA, N.. Participação em banca de Gisele Rizzon. Investigando Jean Piaget: a epistemologia genética e o apriorismo. 2009. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Educação) - Universidade de Caxias do Sul.

20.
BRITO, A. N. DE B.; REGNER, A. C. K.; STEIN, S. I. A.. Participação em banca de Ana Paula Monteiro dos Reis. Carnap e Frege: o conceito de sentido. 2008. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

21.
STEIN, S. I. A.; ARAÚJO, I.L.; VALLE, B.. Participação em banca de Marcelo José Wesseling. A emergência da epistemologia naturalizada em decorrência às teses filosóficas de Willard Quine. 2006. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Paraná.

22.
STEIN, S. I. A.; VELLOSO, A. A.; PORTUGAL, A.. Participação em banca de Graziela Cândido Gonçalves.. As sentenças protocolares e a questão do fundamento do conhecimento.. 2005. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Goiás.

23.
STEIN, S. I. A.; PALÁCIOS, J. G. A.; BRITO, A. N. DE B.. Participação em banca de Roni [ederson Krause de Oliveira. Da inferência Causal e princípios formadores da crença segundo pressupostos humeanos.. 2005. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Goiás.

24.
STEIN, S. I. A.; ARAÚJO, A. O. DE; BRITO, A. N. DE B.. Participação em banca de Marcus Renato Alves Araújo. Holismo e testabilidade de teorias científicas: Uma análise da tese Duhem-Quine. 2005. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Goiás.

25.
STEIN, S. I. A.; BRITO, A. N. DE B.; PALÁCIOS, J. G. A.. Participação em banca de Marcondes Roicha Carvalho. A noção de sentido no 'Tractatus'. 2005. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Goiás.

26.
PALÁCIOS, J. G. A.; TERNES, J.; STEIN, S. I. A.. Participação em banca de Ana Kelly Ferreira Souto. Karl Popper e o falibilismo do racionalismo crítico. 2003 - Universidade Federal de Goiás.

Teses de doutorado
1.
SILVEIRA, D. C.; OLIVEIRA JUNIOR, N. H. F.; BRITO, A. N. DE B.; ARAUJO, M.; STEIN, S. I. A.. Participação em banca de Tiaraju Molina Andreazza. Uma Abordagem Intuicionista do Equilíbrio Reflexivo. 2018. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

2.
STEIN, S. I. A.; PESSOA JUNIOR, O. F.; CARMO, J. S.; OLIVEIRA DE AZEVEDO, M. A.; BRITO, A. N. DE B.. Participação em banca de Cínthia Roso Oliveira. Relação Mente-Corpo: Investigando a causação e a participação. 2017. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

3.
STEIN, S. I. A.; GREIMANN, D.; FERRAZ, C. A.; SILVEIRA, D. C.; BRITO, A. N. DE B.. Participação em banca de Rafael Godolphim Feijó. O Intuicionismo Kantiano à Luz do Logicismo e do Cognitivismo: Uma defesa da intuição pura do espaço e do tempo. 2017. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

4.
BRITO, A. N. DE B.; HELFER, I.; GIACOIA JUNIOR, O.; NASCIMENTO, L. F. M.; STEIN, S. I. A.. Participação em banca de Edgard Charles Stuber. Resolução de Problemas Complexos: da Aleatoriedade Biológica à Intencionalidade Cultural. 2017. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

5.
STEIN, S. I. A.; GENTILE, N. A.; CANDIOTTO, K. B. B.; BRITO, A. N. DE B.; BOLENDER, J.. Participação em banca de César Fernando Meurer. Intencionalidade, movimento e modularidade massiva: uma explanação computacional. 2016. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

6.
STEIN, S. I. A.; PESSOA JUNIOR, O. F.; GAETA, R.; BOLENDER, J.; BRITO, A. N. DE B.. Participação em banca de Daniel Sander Hoffmann. Towards a Comprehensive Notion of Agency: a philosophical assessment. 2016. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

7.
STEIN, S. I. A.; BRITO, A. N. DE B.; BAETU, T. M.; ABATH, A. J.; SKIDELSKY, L.. Participação em banca de Débora Fontoura de Oliveira. Sobre a Percepção: um processo objetivo, categórico e não-conceitual. 2015. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

8.
STEIN, S. I. A.; PAVIANI, J.; GALLINA, A. L.; BRITO, A. N. DE B.; ROHDEN, L.. Participação em banca de Lutecildo Fanticelli. A APORIA NA TERCEIRA PARTE DO TEETETO DE PLATÃO: UMA ABORDAGEM CRÍTICA. 2013. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

9.
PICH, R.; BAVARESCO, A.; LUFT, E.; STEIN, S. I. A.; LEITE JR., P. G. S.. Participação em banca de Sandra Maria de Oliveira. A Linguagem em Quine. 2011. Tese (Doutorado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

10.
LUFT, E.; PICH, R.; ZILLES, U.; STEIN, S. I. A.. Participação em banca de Remi Schorn. O problema da verdade do conhecimento no racionalismo crítico. 2008. Tese (Doutorado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

11.
ALMEIDA, C.; STEIN, S. I. A.; ZILLES, U.; LUZ, A. M.. Participação em banca de Júlio César Burdzinski. Coerência e justificação epistêmica. 2004. Tese (Doutorado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

Qualificações de Doutorado
1.
STEIN, S. I. A.; HELFER, I.; BRITO, A. N. DE B.. Participação em banca de Ana Paula Monteiro dos Reis Emmendorfer. Representações Humanas e Símbolos Linguísticos. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

2.
SILVEIRA, D. C.; STEIN, S. I. A.; BRITO, A. N. DE B.. Participação em banca de Hippolyte Ricardo da Silva Ribeiro. Ética e Ciência em Aristoteles e a Epistemologia Coerentista. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

3.
BRITO, A. N. DE B.; BENTZ, I. M. G.; STEIN, S. I. A.. Participação em banca de Edgard Charles Stuber. Mudança, Resolução de Problemas Complexos e a Natureza Humana. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

4.
STEIN, S. I. A.; BOLENDER, J.; BRITO, A. N. DE B.. Participação em banca de CÍNTHIA ROSO OLIVEIRA. RELAÇÃO MENTE-CORPO: Investigando a causação e a participação. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

5.
STEIN, S. I. A.; OLIVEIRA DE AZEVEDO, M. A.; BRITO, A. N. DE B.. Participação em banca de Rafael Godolphim Feijó. A GÊNESE DO JUÍZOS MATEMÁTICOS: Entre o apriorismo e o inatismo. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

6.
STEIN, S. I. A.; BOLENDER, J.; OLIVEIRA DE AZEVEDO, M. A.. Participação em banca de Daniel Sander Hoffmann. NATURAL PHILOSOPHY OF THE COSMOS: Investigations about Agency, Complexity and Information Processing. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

7.
STEIN, S. I. A.; BAETU, T. M.; BOLENDER, J.. Participação em banca de César Fernando Meurer. A Linguagem na Cognição Humana. 2014. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

8.
STEIN, S. I. A.; BRITO, A. N. DE B.; BAETU, T. M.. Participação em banca de Débora Fontoura de Oliveira. Sobre a Percepção: um processo objetivo, categórico e não-conceitual. 2013. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

9.
STEIN, S. I. A.; ROHDEN, L.; BRITO, A. N. DE B.. Participação em banca de Lutecildo Fanticelli. A Aporia na Terceira Parte do Teeteto: uma abordagem crítica. 2012. Exame de qualificação (Doutorando em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Qualificações de Mestrado
1.
STEIN, S. I. A.; SILVEIRA, D. C.; BRITO, A. N. DE B.. Participação em banca de Maurício da Rosa Vollino. A análise de Alva Noë de um experimento neurocientífico: reflexão acerca da substituição sensorial visual. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

2.
SILVEIRA, D. C.; HELFER, I.; STEIN, S. I. A.. Participação em banca de Patrícia Fachin. O Problema do Lívre-arbítrio: O argumento incompatibilista de Peter van Inwagen. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

3.
STEIN, S. I. A.; BOLENDER, J.; BRITO, A. N. DE B.. Participação em banca de Ricardo Augusto Perera. Acessando Representações Mentais para Predizer Estímulos: como crenças modulam sinais cerebrais. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

4.
STEIN, S. I. A.; OLIVEIRA DE AZEVEDO, M. A.; BRITO, A. N. DE B.. Participação em banca de Daniel Uptmoor Pauly. Avaliando Programas de Pesquisa sobre as Fundações da Cognição Social: uma Abordagem Lakatosiana. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

5.
STEIN, S. I. A.; BOLENDER, J.; BRITO, A. N. DE B.. Participação em banca de Welton Dias de Lima. Computadores e Mentes: Uma analogia filosófica. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

6.
STEIN, S. I. A.; VALLS, A.; BRITO, A. N. DE B.. Participação em banca de Vanilda Barroso de Oliveira. Uma visão filosófica sobre Linguagem e Pensamento nos estudos vigotskianos. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

7.
STEIN, S. I. A.; VALLS, A.; BRITO, A. N. DE B.. Participação em banca de Vanilla Barroso de Oliveira. Language e Comportamento Humano na Neuropsicologia de Vygotsky. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

8.
VALLS, A.; STEIN, S. I. A.; BRITO, A. N. DE B.. Participação em banca de Márcio Morais de Sousa. As Tensões entre o Homem-massa e a Democracia em José Ortega y Gasset. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

9.
OLIVEIRA DE AZEVEDO, M. A.; STEIN, S. I. A.; MEDEIROS, E. V.. Participação em banca de Wilder Felix Assunção e Silva. Como é Possível Fundamentar as Leis Civis à Luz da Teoria dos Princípios Morais de Ronald Dworkin. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

10.
STEIN, S. I. A.; BRITO, A. N. DE B.; OLIVEIRA DE AZEVEDO, M. A.. Participação em banca de Pedro Paulo Ramos Ventura. A Racionalidade Indutiva: em que consiste?. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

11.
BRITO, A. N. DE B.; STEIN, S. I. A.; SILVEIRA, D. C.. Participação em banca de Viviane Zarembski Braga. Language, Ética e Mística em Ernest Tugendhat. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

12.
OLIVEIRA DE AZEVEDO, M. A.; STEIN, S. I. A.; BRITO, A. N. DE B.. Participação em banca de Márcio Francisco Rodrigues Filho. A Consciência Hoje: Críticas de John Searle ao Funcionalismo de Daniel Dennett. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

13.
BRITO, A. N. DE B.; BAETU, T. M.; STEIN, S. I. A.. Participação em banca de Heloísa Allgayer. A Migração de uma Teoria da Evolução de cunho teleológico em Darwin para uma teoria da Síntese estendida da evolução. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

14.
BRITO, A. N. DE B.; OLIVEIRA DE AZEVEDO, M. A.; STEIN, S. I. A.. Participação em banca de Cristovão Atilio Viero. Linguagem Privada e Significado no Segundo Wittgenstein. 2010. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
STEIN, S. I. A.. Participação em banca de Julian Matte Dutra.A tese da incomensurabilidade em A Estrutura das Revoluções Científicas de T.S.Kuhn. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

2.
STEIN, S. I. A.; OLIVEIRA DE AZEVEDO, M. A.. Participação em banca de Ricardo Augusto Perera.Teoria da Mente: possíveis contribuições da Filosofia. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

3.
STEIN, S. I. A.; RUIZ, C. M. B.. Participação em banca de Maria Salete Schneider Herold.A origem natural das paixões. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

4.
STEIN, S. I. A.; SILVEIRA, D. C.. Participação em banca de Isaías Schedler.O COGNITIVISMO: AS CRÍTICAS DE SEARLE E DREYFUS. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

5.
STEIN, S. I. A.; OLIVEIRA DE AZEVEDO, M. A.. Participação em banca de Dina Trovo Costa.A relação mente-mundo e a questão da referência. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

6.
STEIN, S. I. A.; OLIVEIRA DE AZEVEDO, M. A.. Participação em banca de Alex Oliveira de Souza.A natureza da relação causal em Hume: Alguns desdobramentos. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

7.
BRITO, A. N. DE B.; STEIN, S. I. A.. Participação em banca de Ramon Felipe Wagner.Descritivismo e a Teoria Causal da Referência: uma análise dos fundamentos da denotação. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

8.
STEIN, S. I. A.; SOARES, A. C. K.; VEIGA, I. S.. Participação em banca de Luiz Fernando Munaretti Rosa.Investigação sobre a objetividade na comunicação: uma análise da teoria de Gottlob Frege. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade de Caxias do Sul.

9.
STEIN, S. I. A.; CESCON, E.; MIGOT, A. F.. Participação em banca de LIndomar Caciano Vassoler.O caminho da paz em Thomas Hobbes. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade de Caxias do Sul.

10.
PALÁCIOS, J. G. A.; STEIN, S. I. A.; BRITO, A. N. DE B.. Participação em banca de Maria José Braga.As mulheres nos diálogos platônicos. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de Goiás.

11.
PIZZI, J.; STEIN, S. I. A.. Participação em banca de Roberto Quevedo.Wittgenstein: um problema, duas respostas. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade Católica de Pelotas.

12.
STEIN, S. I. A.; PORTO, A. DA S.; PALÁCIOS, J. G. A.. Participação em banca de Adilson dos Santos Miranda.O conceito grego de natureza e sua importância na gênese da ciência moderna. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de Goiás.

13.
SANZ, W. C.; BRITO, A. N. DE B.; STEIN, S. I. A.. Participação em banca de Marcus Renato Alves Araújo.Linguagem e realidade: aspectos da concepção semântica de verdade de Alfred Tarski. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de Goiás.

14.
STEIN, S. I. A.; PORTO, A. DA S.; BRITO, A. N. DE B.. Participação em banca de Graziela Cândido Gonçalves.As sentenças observacionais e o fundamento do conhecimento. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de Goiás.

15.
STEIN, S. I. A.. Participação em banca de Renata Benevides.O conceito de estado e sociedade civil. 2002. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de Goiás.

16.
STEIN, S. I. A.; WASTOWSKI, L.; CAFÉ, M. H.. Participação em banca de Arlir Rodrigues.A angústia do homem. 1994. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Instituto de Filosofia e Teologia de Goias.

17.
STEIN, S. I. A.; ADALBERTO, P.; FERREIRA, C.. Participação em banca de José Ailton Teodoro.A dialética em Platão. 1994. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Instituto de Filosofia e Teologia de Goias.

18.
STEIN, S. I. A.; WASTOWSKI, L.. Participação em banca de Vagne Alves da Gama.Princípio ético em Aristóteles. 1994. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Instituto de Filosofia e Teologia de Goias.

19.
STEIN, S. I. A.; CAFÉ, M. H.; LARA, J.. Participação em banca de Carlos Antônio da Silva.A verdade como problema em Descartes. 1994. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Instituto de Filosofia e Teologia de Goias.

20.
STEIN, S. I. A.; SALES, C.; GOUVEIA, J. M.. Participação em banca de Cristiano Zeferino de Faria.A concepção de homem na filosofia da libertação em Enrique Dussel. 1994. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Filosofia) - Instituto de Filosofia e Teologia de Goias.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
STEIN, S. I. A.. Filosofia Contemporânea. 2010. Universidade Federal do ABC.

2.
STEIN, S. I. A.. Concurso público para professor assistente na UESC, dep. de Filosofia e Ciências Humanas, na qualidade de presidente da banca examinadora da matéria de Filosofia da linguagem. 2003. Universidade Estadual de Santa Cruz.

Avaliação de cursos
1.
STEIN, S. I. A.; SEVERINO, J. F.. Avaliação de Curso Superior de Filosofia. 2005. Faculdade Padre João Bagossi.

2.
STEIN, S. I. A.. Avaliação de Curso Superior de Filosofia. 2005. Instituto Santo Tomás de Aquino.

3.
STEIN, S. I. A.. Verificação para autorização de curso. 2000. Sociedade Cat Olica de Educação de Uberlândia.

4.
STEIN, S. I. A.. Avaliação das condições iniciais de curso de graduação. 1999. Centro de Ensino Spuperior do Brasil.

Outras participações
1.
STEIN, S. I. A.; HELFER, I.. XXIV Mostra Unisinos de Iniciação Científica e Tecnológica. 2017. Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

2.
STEIN, S. I. A.; MORAES, J. A.. Prêmio Marcelo Dascal de Ciência Cognitiva. 2015. Universidade de São Paulo.

3.
SILVEIRA, D. C.; STEIN, S. I. A.; HELFER, I.. Banca de Seleção Discente PPGFil 2014-2. 2014. Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

4.
STEIN, S. I. A.; VALLS, A.; SILVEIRA, D. C.; CULLETON, A.. Seleção Discente PPGFil - UNISINOS - 2013-2. 2013. Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

5.
SILVEIRA, D. C.; STEIN, S. I. A.; HELFER, I.; CULLETON, A.. Seleção Discente - PPGFil - UNISINOS - 2014-1. 2013. Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

6.
ROHDEN, L.; VALLS, A.; STEIN, S. I. A.; BRITO, A. N. DE B.. Seleção Discente PPGFil UNISINOS 2013-1. 2012. Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

7.
BRITO, A. N. DE B.; CULLETON, A.; RUIZ, C. M. B.; HELFER, I.; STEIN, S. I. A.. Seleção Docente PPGFil UNISINOS 2012-2013. 2012. Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

8.
STEIN, S. I. A.. Avaliadora de Sessão na Mostra UNISINOS de Iniciação Científica. 2010. Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

9.
ROHDEN, L.; STEIN, S. I. A.; AZAMBUJA, Celso C.. Banca de Comissão do Processo Seletivo do Programa de Pós-graduação em Filosofia. 2010. Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

10.
STEIN, S. I. A.. Banca de Comissão do Processo Seletivo Docente do Programa de Pós-graduação em Filosofia. 2010. Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

11.
STEIN, S. I. A.; CULLETON, A.; RUIZ, C. M. B.. Comissão do Processo Seletivo do PPGFil UNISINOS. 2010. Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

12.
STEIN, S. I. A.; HELFER, I.. Integrante de Banca Examinadora na Mostra UNISINOS de Iniciação Científica. 2009. Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

13.
ROHDEN, L.; AZAMBUJA, Celso C.; STEIN, S. I. A.. Processo Seletivo do PPGFil-UNISINOS 2010/01. 2009. Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

14.
ROHDEN, L.; STEIN, S. I. A.; AZAMBUJA, Celso C.. Banca de Comissão do Processo Seletivo do Programa de Pós-graduação em Filosofia. 2009. Universidade do Vale do Rio dos Sinos.

15.
STEIN, S. I. A.. Seleção para o Curso de Pós-graduação em Educação. 2008. Universidade de Caxias do Sul.

16.
STEIN, S. I. A.. Participação em banca de seleção de curso de especialização. 2004. Universidade Federal de Pelotas.

17.
STEIN, S. I. A.. Participação em Comissão elaboradora de provas para vestibular. 2001. Universidade Estadual de Goiás.

18.
STEIN, S. I. A.. Participação como instrutora em programa de formação. 1999. Escola de Administração Fazendária.

19.
STEIN, S. I. A.. Participação em programa de formação de auditores-fiscais. 1997. Escola de Administração Fazendária.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
10th Principia International Symposium.Neuroscience in the context of social research. 2017. (Simpósio).

2.
2'017 Annual Conference of the Cognitive Science Society. 2017. (Congresso).

3.
Chiron Workshop 2017; 8ª Edição.Neurociência social: ativações neuronais flexíveis em interações intencionais. 2017. (Oficina).

4.
Workshop of the Philosophy of Cognitive Science.Embedded neural flexible activations and mental expressions. 2017. (Oficina).

5.
XXVIII Jornadas de Epistemología e Historia de la Ciencia.Ativações Neurais Flexíveis como parte de um Sistema Integrado. 2017. (Encontro).

6.
3rd International Workshop on Naturalism: Philosophy and Cognitive Science.Veridical Representations: Indispensable Biological Functions?. 2016. (Simpósio).

7.
III Workshop del Círculo de Buenos Aires.Representações verídicas: funções biológicas necessárias?. 2016. (Oficina).

8.
IV Conference of the Brazilian Society for Analytic Philosophy. Momentary Individuals or Sensations: entities of an epistemic neutral kind. 2016. (Congresso).

9.
IVth Latin-American Congress of Analytic Philosophy. Momentary Individuals or Sensations: entities of an epistemic neutral kind. 2016. (Congresso).

10.
XVII Encontro Nacional da ANPOF.O Monismo Neutro desde uma Perspectiva Pragmática. 2016. (Encontro).

11.
10 th International Brazilian Meeting on Cognitive Science. Neutral Monism from a Pragmatic Perspective. 2015. (Congresso).

12.
IBRO 9th World Congress International Brain Research Organization. A NEURAL-PRAGMATIC PERSPECTIVE OF MEANINGFUL AND EVALUATIVE LANGUAGE. 2015. (Congresso).

13.
International Conference on Persons. Freedom and Value in Kant?s Practical Philosophy: the Core of Personhood. 2015. (Congresso).

14.
I Colóquio Internacional de Epistemologia Analítica. Philosophical Behaviorism and Self-Knowledge. 2014. (Congresso).

15.
II Workshop on Naturalism: methodological Challenges. Embodied Representational Content: abandoning methodological dualism. 2014. (Congresso).

16.
XVI Encontro Nacional da ANPOF. A Naturalização de Pensamentos. 2014. (Congresso).

17.
36th International Wittgenstein Symposium: Mind, Language and Action.Naturalized Phenomenalism and the Talk of Impressions. 2013. (Simpósio).

18.
Dia Darwin: Filosofia, Cognição, Evolução.Can 'computing' and 'representating' be reduced by means of embodiment?. 2013. (Simpósio).

19.
Filosofia e Ciência Hoje.Filosofia da Ciência no âmbito das Ciências Cognitivas. 2013. (Encontro).

20.
I Workshop Understanding Naturalism.Vida, matéria, leis e normas: o que é o natural?. 2013. (Oficina).

21.
Terceiro Simpóasio Internacional de Filosofia da Linguagem e Metafísica da UFF: Workshop sobre Russell e Meinong com E. Zalta e B. Linsky.Naturalized Phenomenalism and the Talk of Impressions. 2013. (Simpósio).

22.
XVII Congresso Interamericano de Filosofia. "Understanding" in a Neuropragmatic Perspective. 2013. (Congresso).

23.
Consciousness and Volition. Thinking anbout Thoughts: advance or regression?. 2012. (Congresso).

24.
II Congreso Latinoamericano de Filosofía Analítica. Naturalismo e a objetividade do pensamento:retomada de antigos e recentes debates. 2012. (Congresso).

25.
II Congresso da Sociedade Brasileira de Filosofia Analítica. Perception and internal representations: between antirepresentationalism and compatibilism. 2012. (Congresso).

26.
Normative Significance of Cognitive Science. 2012. (Simpósio).

27.
Primer Congreso de la Sociedad Filosófica del Uruguay. Representações e Proposições: revendo a distinção fregeana. 2012. (Congresso).

28.
Segundo Simpósio Internacional de Filosofia da Linguagem da UFF: Workshop sobre Quine com Peter Hylton.Quine's quandary: renewing empiricism or intensifying pragmatism. 2012. (Simpósio).

29.
Understanding Value. 2012. (Congresso).

30.
XV Encontro Nacional da ANPOF.O método naturalista na investigação do conhecimento humano. 2012. (Encontro).

31.
1º Tópicos em Filosofia da Mente.Representações internas em sistemas dinâmicos: vínculo entre cérebro, corpo e mundo. 2011. (Seminário).

32.
Aristotle and Kant on Form and Matter (Workshop at the University of Chicago). 2011. (Oficina).

33.
Phenomenology, Perception and Normativity. 2011. (Oficina).

34.
Philosophy in the age of science: A conference in honor of Hilary Putnam0s 85th Birthday. 2011. (Congresso).

35.
Pitt-CMU Graduate Conference in Philosophy: Realism, Reference, Rationality. 2011. (Congresso).

36.
The Embodied Cognition (A cognição corporificada).Three Kinds of Embodied Cognition. 2011. (Oficina).

37.
VI Colóquio Internacional de Filosofia da Mente: Intencionalidade e consciência.Representations and propositions: is it possible to identify meaning?. 2011. (Outra).

38.
VII Simpósio Internacional Principia.Representations:between naturalism and rationalism. 2011. (Simpósio).

39.
Workshop on Embodiment and Adaptation. 2011. (Oficina).

40.
Workshop Quíron 2011: Novos horizontes metodológicos à pesquisa em filosofia.Como naturalizar o sentido? acompanhando o método da biosemântica.. 2011. (Oficina).

41.
XIV Colóquio de Filosofia da UNISINOS: Objetivo e Subjetivo, novas tendências em epistemologia e filosofia da moral. Objetividade e Subjetividade na Ciência. 2011. (Congresso).

42.
Filosofia, Neurociências e Evolucionismo.Intencionalidade e representação contra o pano de fundo do evolucionismo. 2010. (Oficina).

43.
I Congresso da Sociedade Brasileira de Filosofia Analítica. Quine e Millikan: garments of contextualism. 2010. (Congresso).

44.
III Congreso Iberoamericano de Filosofía de la Ciencia y de la Tecnología. 2010. (Congresso).

45.
III Congreso Iberoamericano de Filosofía de la Ciencia y de la Tecnología. 2010. (Congresso).

46.
VII Encontro de Filosofia e História da Ciência do Conesul.O propósito da linguagem: duas visões complementares. 2010. (Encontro).

47.
VII Semana Acadêmica do Curso de Filosofia/UFSM.A naturalização da semântica: vieses behavioristas e evolucionistas. 2010. (Encontro).

48.
Workshop de Ensino de Filosofia.Experiência, ação e raciocínio. 2010. (Oficina).

49.
XIV Encontro Nacional da ANPOF.Quine e Millikan: vestes do contextualismo. 2010. (Encontro).

50.
Fourth Meeting of the Portuguese Society for Analytic Philosophy of Évora.The porpuse of meaning: two complementary perspectives. 2009. (Encontro).

51.
Colloque International sur Language, Pensée et Action.Intensions and Intentions from the perspective of a semantic naturalism. 2008. (Outra).

52.
Colóquio: Depois de Hegel.Analítica versus Dialética. 2008. (Outra).

53.
Conferencia Internacional: Logica, Argumentacion y Pensamiento Crítico. Auto-referência: as atitudes proposicionais em Wittgenstein e Quine. 2008. (Congresso).

54.
Sixth European Congress of Analytic Philosophy. The 'generals' and their contribution to Haack's innocent realism. 2008. (Congresso).

55.
VI Encuentro de Filosofia e Historia de la Ciencia del Cono Sur. Estruturalismo e Descritivismo: reflexões acerca das redes conceituais nas ciências. 2008. (Congresso).

56.
XIII Encontro Nacional de Filosofia da ANPOF.A classificação de objetos e a verdade das explicações científica. 2008. (Encontro).

57.
XVI Encontro de Jovens Pesquisadores.A educação científica do ponto de vista de Thomas Kuhn. 2008. (Encontro).

58.
XVI Encontro de Jovens Pesquisadores.O processo de aprendizagem nas instituições de ensino: seu papel na cooperação social. 2008. (Encontro).

59.
II Congreso Internacional Extraordinario de Filosofia. Ontologia Analítica: limites e perspectivas. 2007. (Congresso).

60.
IV Colóquio Nacional de Filosofia da Linguagem.Auto-referência: as atitudes proposicionais em Wittgenstein e Quine. 2007. (Encontro).

61.
V Simpósio Internacional Principia: a filosofia de Bas van Fraassen.A ontologia analítica: críticas e perspectivas. 2007. (Simpósio).

62.
2006 Joint Session of the Aristotelian Society and the Mind Association. Dispensing with reference to elementary experiences. 2006. (Congresso).

63.
Colóquio Verdade e Respeito: Homenagem aos 75 anos de Ernst Tugendhat.Semântica formal e empirismo: o diálogo de Tugendhat com a tradição analítica. 2006. (Outra).

64.
Conference of The British Society of the Philosophy of Science. Conference of The British Society of the Philosophy of Science. 2006. (Congresso).

65.
III Congresso Internacional do Centro de Filosofia e Educação: Conhecimento e Ação. Reflexões sobre o realismo na epistemologia: a ontologia em Quine e Reichenbach. 2006. (Congresso).

66.
III Meeting on Pragmatism. Dispensing with references to elementary experiences. 2006. (Congresso).

67.
The Annual General Meeting of the British Society for Ethical Theory. The Annual General Meeting of the British Society for Ethical Theory. 2006. (Congresso).

68.
V Encontro da AFHIC.Empirismo e a ontologia das ciências naturais. 2006. (Encontro).

69.
XII Encontro Nacional de Filosofia da ANPOF.Empirismo e realismo natural. 2006. (Encontro).

70.
II Congresso Internacional: Ética , Epistemologia e Educação. Experiência e Razão na atividade científica. 2005. (Congresso).

71.
III Colóquio Nacional de Filosofia da Linguagem.Empirismo, lógica e linguagem.. 2005. (Outra).

72.
IV Simpósio Internacional Principia: A filosofia de Donald Davidson.Referência e Uso: duas concepções excludentes?. 2005. (Simpósio).

73.
Curso de Extensão.Quem tem medo do relativismo e do positivismo?. 2004. (Outra).

74.
IV Encuentro de Filosofía e Historia de la Ciencia del Cono Sur.Visões convencionalistas de ciência. 2004. (Encontro).

75.
Lógica clássica e lógicas não-clássicas.Lógica clássicas e não-clássicas. 2004. (Outra).

76.
Sofia XV: Princípios epistêmicos, circularidade e externalismo. 2004. (Congresso).

77.
VII Colóquio de Filosofia/Colóquio Internacional de Filosofia e Ciência: Redesenhando Horizontes.A superação do ideal de unificação da linguagem científica. 2004. (Outra).

78.
XI Encontro Nacional de Filosofia da ANPOF.A dimensão metafísica da inescrutabilidade da referência. 2004. (Encontro).

79.
Biossegurança: implicações na saúde humana e controle de OGMs.Questões éticas relacionadas às OGMs. 2003. (Outra).

80.
Colóquio Temático de Filosofia Analítica.O papel das vivências no sistema de constituição do Aufbau. 2003. (Outra).

81.
II Colóquio Nacional de Filosofia da Linguagem.Estrutura e fenômeno no Aufbau. 2003. (Outra).

82.
Third International Principia Symposium.Convencionalismo e holismo: um estudo da epistemologia de Willard Quine. 2003. (Simpósio).

83.
X Semana de Filosofia da UFG.O Convencionalismo na ciência. 2003. (Encontro).

84.
I Colóquio Nacional de Filosofia da Linguagem.O holismo moderado de Quine: semântico ou epistemológico?. 2002. (Outra).

85.
III Colóquio Internacional em Filosofia da Mente.Quine era eliminativista?. 2002. (Outra).

86.
I Simpósio Internacional de Ética.Filosofia da Linguagem e Behaviorismo. 2002. (Simpósio).

87.
IX Semana de Filosofia da UFG.O pensamento de Carnap. 2002. (Encontro).

88.
X Encontro Nacional de Filosofia.A tese da extensionalidade no Aufbau. 2002. (Encontro).

89.
II Simpósio Internacional 'Principia'.Identidade em contextos modais. 2001. (Simpósio).

90.
VII Seminário Interno do Mestrado em Geografia.Ciência e método. 2001. (Seminário).

91.
I Simpósio Internacional Principia.A Epistemologia Naturalizada e a negação de princípios a priori do conhecimento. 1999. (Simpósio).

92.
Semana de Filosofia Política. 1999. (Outra).

93.
VII Seminário Interno de iniciação científica.A ciência e a criação de mundos. 1999. (Seminário).

94.
Simpósio Internacional de Ética: questões de fundamentação.Coordenadora de Sessões. 1998. (Simpósio).

95.
VIII Encontro Nacional de Filosofia da ANPOF.A vontade livre: domínio da razão?. 1998. (Encontro).

96.
III Simpósio aspectos da linguagem: linguagem e interação comunicativa.A configuração do significado na linguagem: aspectos elementares. 1997. (Simpósio).

97.
IV Encontro de Filosofia Analítica.Conteúdo empírico de teorias e subdeterminação em Willard Quine. 1997. (Encontro).

98.
Seminário Internacional Filosofia Analítica e Pragmatismo.Pragmatismo e fisicalismo: critérios de escolha entre teorias científicas na epistemologia de w. Quine. 1997. (Seminário).

99.
II Simpósio Aspectos da Linguagem: semântica e ontologia.Da vaguidade do significado. 1996. (Simpósio).

100.
i Simpósio Internacional de Ética e Política na Centro-Oeste.I Simpósio Internacional de Ética e Política no Centro-Oeste. 1996. (Simpósio).

101.
VII Encontro Nacional de Filosofia-ANPOF.Da imprecisão do significado. 1996. (Encontro).

102.
Aspectos da Linguagem: filosofia e linguística.Holismo e Gramática. 1995. (Simpósio).

103.
Curso de extensão: Verdade e Ceticismo.Objetos abstratos e objetos concretos: aspectos da ontologia de w. Quine. 1995. (Outra).

104.
I Congresso Latino-americano de Filosofia da UFOP. Ciência e Linguagem. 1995. (Congresso).

105.
III Encontro de Filosofia Analítica.Objetos abstratos e objetos concretos: aspectos da ontologia de w. Quine. 1995. (Encontro).

106.
IX Colóquio de História da Ciência.Dos fundamentos semânticos do holismo quineano. 1995. (Encontro).

107.
III Curso de Editoração Científica. 1994. (Outra).

108.
Semana de Filosofia. 1994. (Outra).

109.
VI Encontro Nacional de Filosofia da ANPOF.O argumento antiverificacionista em W. Quine. 1994. (Encontro).

110.
Semana de Filosofia. 1993. (Encontro).

111.
As antinomias. 1988. (Outra).

112.
III Encontro Nacional de Filosofia-ANPOF. 1988. (Encontro).

113.
37 Reunião Anual da SBPC. 1985. (Outra).

114.
Jornada sobre lógica, linguagem e ontologia. 1984. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
C.SMITH, B. ; STEIN, S. I. A. . Workshop with Barry C. Smith. 2017. (Congresso).

2.
STEIN, S. I. A.. Colloquium on Crossmodal Perception. 2017. (Congresso).

3.
STEIN, S. I. A.; BRITO, A. N. DE B. . XVIII Colóquio de Filosofia da Unisinos. Filosofia & Cognição. 2015. (Congresso).

4.
BOLENDER, J. ; STEIN, S. I. A. ; REIS, A. P. M. DOS ; PERERA, R. A. . Relational Models Theory: A Universal Grammar for Social Cognition. 2015. (Congresso).

5.
BRITO, A. N. DE B. ; STEIN, S. I. A. ; REIS, A. P. M. DOS ; PERERA, R. A. . Workshop: Ciências Cognitivas e EEG. 2015. (Outro).

6.
STEIN, S. I. A.. Workshop Social-Brains Research Group. 2014. (Outro).

7.
STEIN, S. I. A.. II Ciclo de Palestras Filosofia e Ciência Hoje. 2014. (Congresso).

8.
PESSOA JUNIOR, O. F. ; STEIN, S. I. A. ; TASCHETTO, D. ; DUTRA, J. M. ; PERERA, R. A. . Minicurso: Fundamentos da Mecânica Quântica. 2014. (Outro).

9.
STEIN, S. I. A.; TASCHETTO, D. ; DUTRA, J. M. ; PERERA, R. A. . VI Semana Acadêmica Filosofia UNISINOS. 2013. (Congresso).

10.
STEIN, S. I. A.; PERERA, R. A. ; STEIN, D. . The Neural Bases of Social Cognition. 2013. (Outro).

11.
STEIN, S. I. A.; BRITO, A. N. DE B. . Workshop A Proxytype Theory: sobre conceitos e categorias. 2012. (Outro).

12.
STEIN, S. I. A.. Gt Filosofia da Linguagem. 2012. (Outro).

13.
BRITO, A. N. DE B. ; STEIN, S. I. A. . Emotions & Morality: Challenging J. Prinz. 2012. (Outro).

14.
STEIN, S. I. A.. Workshop On Embodied Cognition. 2011. (Outro).

15.
STEIN, S. I. A.. XII Colóquio de Filosofia da UNISINOS: Argumentação e Pragmática. 2009. (Congresso).

16.
STEIN, S. I. A.. V Colóquio Nacional de Filosofia da Linguagem. 2009. (Congresso).

17.
STEIN, S. I. A.; DOTTI, C. M. ; VERGAMINI, S. ; VEIGA, I. S. . IV Congresso Internacional do Centro de Filosofia e Educação: Trilhas da Argumentação nos Processos Educativos. 2008. (Congresso).

18.
TUGENDHAT, E. ; STEIN, S. I. A. . Teoria Geral da Ética. 2007. (Outro).

19.
STEIN, S. I. A.. XV Encontro de Jovens Pesquisadores da UCS. 2007. (Congresso).

20.
STEIN, S. I. A.; BRITO, A. N. DE B. ; BRAIDA, C. . IV Colóquio Nacional de Filosofia da Linguagem. 2007. (Congresso).

21.
STEIN, S. I. A.; KUIAVA, E. ; FARIAS, V. . III Congresso Internacional do Centro de Filosofia e Educação: Conhecimento e Ação. 2006. (Congresso).

22.
STEIN, S. I. A.; KUIAVA, E. . II Congresso Internacional do Centro de Filosofia e Educação da UCS. 2005. (Congresso).

23.
STEIN, S. I. A.; BRITO, A. N. DE B. . II Colóquio Nacional de Filosofia da Linguagem. 2003. (Congresso).

24.
STEIN, S. I. A.; PORTO, A. DA S. ; BRITO, A. N. DE B. ; MARQUES, J. A. DOS S. . X Semana de Filosofia da UFG. 2003. (Congresso).

25.
STEIN, S. I. A.; BRITO, A. N. DE B. . I Colóquio Nacional de Filosofia da Linguagem. 2002. (Congresso).

26.
STEIN, S. I. A.; BRITO, A. N. DE B. . III Simpósio Aspectos da Linguagem: linguagem e interação comunicativa.. 1997. (Congresso).

27.
STEIN, S. I. A.; BRITO, A. N. DE B. ; HECK, J. N. . Simpósio Internacional Ética e Política.. 1996. (Congresso).

28.
STEIN, S. I. A.; BRITO, A. N. DE B. . II Simpósio Aspectos da Linguagem.. 1996. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Maurício da Rosa Vollino. A teoria da percepção de Alva Nöe. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

2.
Vanilda Barroso de Oliveira. A formação social da mente de Levy Vygotsky numa visão filosófica. Início: 2015. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Bárbara Regina Klimiuk Sinigaglia. Uma revisão das bases teóricas da cognição corporificada. Início: 2018. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

2.
Daniel Uptmoor Pauly. Áreas do cérebro vinculadas à cognição e conexão social. Início: 2018. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

3.
Vinícius Pinto Corrêa. As visões computacionalistas da Filosofia da Mente e seus contrapontos e relações com as novas neurociências. Início: 2015. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos. (Orientador).

4.
Ana Paula Monteiro do Reis Emmendorfer. Vinculando a Semântica a Aspectos Mentais Naturais. Início: 2015. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Matheus Dal'Puppo. A mente preditiva: como moldamos o mundo?. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Universidade do Vale do Rio dos Sinos. (Orientador).

2.
Gabriel Jung do Amaral. O mundo como probabilidade: como a incerteza nos molda. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Daniel Uptmoor Pauly. Avaliando Programas de Pesquisa sobre as Fundações da Cognição Social: Uma Abordagem Lakatosiana. 2017. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

2.
Julian Matte Dutra. O problema da incomensurabilidade: novas abordagens e desenvolvimentos recentes. 2016. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

3.
Ricardo Augusto Perera. Acessando Representações Mentais para Predizer Estímulos: como crenças modulam sinais cerebrais. 2015. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

4.
Welton Dias De Lima. Filosofia da Mente: Uma Compreensão Filosófica da Inteligência Artificial. 2015. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, . Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

5.
Pedro Paulo Ramos Ventura. Linguagem e racionalidade: Um estudo a partir do percurso teórico de John McDowell. 2013. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

6.
César Meurer. Davidson e a crítica à teoria da correspondência. 2010. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, . Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

7.
Ramon Felipe Wagner. Designação Rígida, Necessidade e Essencialismo. 2010. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

8.
Gisele Rizzon. O inatismo presente nos processos de aquisição do conhecimento à luz da epistemologia genética de Jean Piaget. 2008. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de Caxias do Sul, . Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

9.
Ângela Garziera Gasperin. Práticas discursivas do ensino médio. 2008. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de Caxias do Sul, . Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

10.
Jordana Bogo. O uso e a relevância de conceitos geográficos no trabalho docente das séries iniciais. 2008. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de Caxias do Sul, . Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

11.
Ana Paula Monteiro dos Reis. A questão do sentido em Frege e Carnap. 2006. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Coorientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

12.
Graziela Cândido Gonçalves. O debate sobre as sentenças protocolares. 2005. 198 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Goiás, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

13.
Marcus Renato Alves Araújo. As teses holistas de Duhem e Quine. 2005. 97 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Goiás, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

14.
Marcondes Rocha Carvalho. A noção de sentido no 'Tractatus'. 2005. 86 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Goiás, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

Tese de doutorado
1.
Ricardo Augusto Perera. Encurtando a lacuna entre o mental e o cerebral: como crenças e conceitos podem ser estudados pelo modo como modulam respostas corticais. 2017. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

2.
Ataualpa Godolphim Feijó. O INTUICIONISMO KANTIANO À LUZ DO LOGICISMO E DO COGNITIVISMO: Uma defesa da intuição pura do espaço e do tempo. 2013. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

3.
Cínthia Oliveira. RELAÇÃO MENTE-CORPO: Investigando a causação e a participação. 2013. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

4.
César Meurer. Intencionalidade, movimento e modularidade massiva: uma explanação computacional. 2012. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

5.
Daniel Sander Hoffmann. Towards a Comprehensive Notion of Agency: a philosophical assessment. 2012. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Fundação Milton Valente. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

6.
Débora Fontoura de Oliveira. Sobre a Percepção: um processo objetivo, categórico e não-conceitual. 2011. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

7.
Lutecildo Fanticelli. A APORIA NA TERCEIRA PARTE DO TEETETO DE PLATÃO: UMA ABORDAGEM CRÍTICA. 2010. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

Supervisão de pós-doutorado
1.
Lionara Fusari. 2017. Universidade do Vale do Rio dos Sinos, . Sofia Inês Albornoz Stein.

2.
Vasileios Tsompandis. 2014. Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Sofia Inês Albornoz Stein.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Gerson Antonio Ermel. O conceito de figuração em Wittgenstei e os limites da linguagem. 2014. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em A História da Filosofia e seus Clássicos) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Ricardo Augusto Perera. Teoria da Mente: possíveis contribuições da Filosofia. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

2.
Isaías Schedler. Críticas de John Searle a Hubert Dreyfus à Teoria Computacional da Mente. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

3.
Arthur Brietzke. A crítica ao referencialismo no segundo Wittgenstein. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

4.
Maria Salete Schneider Herold. A origem das paixões em David Hume. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

5.
Dina Trovo Costa. A relação Mente-mundo e a questão da referência. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

6.
Alex Oliveira de Souza. A natureza da relação causal em Hume: Alguns desdobramentos. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

7.
Luis Fernando Munaretti da Rosa. A objetividade do sentido em Frege e Wittgenstein. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade de Caxias do Sul. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

8.
Lindomar Vassoler. O conceito de paz em Thomas Hobbes. 2006. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade de Caxias do Sul. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

9.
Ana Paula Monteiro dos Reis. Verificacionismo versus holismo. 2005. 42 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de Pelotas. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

10.
Rodrigo da Silva Gonçalves. A verdade na história: uma aporia necessária.. 2005. 38 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em História) - Universidade Federal de Pelotas. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

11.
Marta Heinz Trepton. O que é totalitarismo?. 2004. 30 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de Pelotas. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

12.
Adilson dos Santos Miranda. O conceito grego de Natureza e sua importância na gênese da ciência moderna. 2003. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

13.
Graziela Cândido Gonçalves. As sentenças observacionais e o fundamento do conhecimento. 2002. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

14.
Vagne Alves da Gama. O princípio ético em Aristóteles: a felicidade. 1994. 15 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Instituto de Filosofia e Teologia de Goias. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

15.
Carlos Antônio da Silva. A verdade como problema em Descartes. 1994. 20 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Instituto de Filosofia e Teologia de Goias. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

16.
Cristiano Zeferino de Faria. A concepção de homem na filosofia de Enrique Dussel. 1994. 20 f. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Filosofia) - Instituto de Filosofia e Teologia de Goias. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

Iniciação científica
1.
Luana Targino dos Santos. Os aspectos qualitativos da experiência consciente: um debate entre dualismos mente-corpo e o fisicalismo reducionista. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

2.
Gabriel Jung do Amaral. A Virada Pragmática na Filosofia da Linguagem. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

3.
Matheus Dal'Puppo. Filosofia da mente: pragmatismo e neurociências. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

4.
Gibson Weydmann. Comportamento Verbal e a Teoria dos Quadros relacionais: sobre a aquisição da linguagem e a função comportamental. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Psicologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

5.
Ingrid Juba. O papel da intencionalidade da semântica. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

6.
Ricardo Augusto Perera. Teoria da Mente. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

7.
Camila Danielle Soares. Teoria da Mente: Processo cognitivo, Comportamental e Neuropsicológico. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

8.
Camila Kehl. A percepção estética na filosofia da mente. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

9.
Ana Lucia Bezerra. Filosofia da Mente e Neuciências. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Biológicas) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

10.
Camila Danielle Soares. Linguagem: predisposições inatas e socialização. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

11.
Ricardo Augusto Perera. Representações mentais, mindreading e o alcance da folk psychology: o significado das atribuições de estados mentais e sua utilidade no entendimento intersubjetivo.. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

12.
Diana Taschetto. A Física Quântica e o Problema Da Causação Mental. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

13.
Camila Kehl. A percepção estética na filosofia da mente. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

14.
Ricardo Augusto Perera. Objeções ao Dualismo Cartesiano. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

15.
Julan Matte Dutra. Linguagem, Ciência e produção de conhecimento: aspectos semânticos e epistemológicos da justificação do conhecimento. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

16.
Camila Danielle Soares. Perepção: computacionalismo versus conexionismo. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Psicologia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

17.
Rafael Francisco Hiller. O Self e o Cérebro. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

18.
Juliano Barcelos Alves. A intencionalidade na filosofia da mente de John Searle. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

19.
JUlian Matte Dutra. Contexto e Significado. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

20.
Juliano Alves. As implicaturas conversacionais segundo Paul Grice. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

21.
Vanessa Scalante Johann. O papel da intencionalidade na semântica naturalizada. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

22.
Camila Danielle Soares. A função da percepção no uso lingüístico. 2010. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

23.
Jacson Elias de Moura. Verificação e Reducionismo na filosofia de Ludwig Wittgenstein. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade de Caxias do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

24.
Luana Machado. Austin e Searle: a questão da intencionalidade. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

25.
Everton de Brito de Oliveira. A Educação Científica do Ponto de Vista de Thomas Kuhn. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade de Caxias do Sul, Universidade de Caxias do Sul. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

26.
Fernanda Facchin Fioravanzo. A perspectiva psicológica do aprendizado informal de ciências. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em Psicologia) - Universidade de Caxias do Sul, Universidade de Caxias do Sul. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

27.
Vinícius Luis Torresan. Um estudo comparativo das visões semânticas de Wittgenstein e Quine. 2008. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade de Caxias do Sul, Universidade de Caxias do Sul. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

28.
Gilson Bavaresco. Mente, Linguagem e mundo: o empirismo britânico e a epistemologia naturalizada. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade de Caxias do Sul, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

29.
Vinícius Luis Torresan. A superação do reducionismo: a proposta holista de Willard Quine. 2007. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade de Caxias do Sul. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

30.
Gilson Bavaresco. Mente, Linguagem e Mundo: na visão de uma epistemologia naturalizada. 2006. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade de Caxias do Sul, Universidade de Caxias do Sul. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

31.
Vinícius Luis Torresan. A superação do reducionismo. 2006. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade de Caxias do Sul, Universidade de Caxias do Sul. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

32.
Ana Paula Monteiro dos Reis. O convencionalismo em Neurath, Carnap e Quine. 2004. 20 f. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Federal de Pelotas, Universidade Federal de Pelotas. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

33.
Toni Cézar Pinto Ferreira Bastos. Aspectos holistas das obras de Neurath, Carnap e Quine. 2003. 30 f. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Federal de Goiás. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

34.
Renata Maria Santos Arruda. O convencionalismo nos empiristas lógicos e em Quine. 2003. 25 f. Iniciação Científica. (Graduando em Filosofia) - Universidade Federal de Goiás, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

Orientações de outra natureza
1.
Viviane Cardoso Meyer. Metafísica. 2015. Orientação de outra natureza. (Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

2.
Viviane Cardoso Meyer. Lógica Elementar. 2014. Orientação de outra natureza. (Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

3.
Ricardo Augusto Perera. Filosofia da Mente. 2013. Orientação de outra natureza. (Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

4.
Eleandro Bedin Lima. A tarefa da filosofia na perspectiva cartesiana. 2006. Orientação de outra natureza. (Filosofia) - Universidade de Caxias do Sul. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

5.
Rachid Zogbi. A questão Ontológica em Wittgenstein e Quine.. 2005. 23 f. Orientação de outra natureza - Universidade de Caxias do Sul. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

6.
Kelin Paliosa. Lógica proposicional e de predicados. 2004. 20 f. Orientação de outra natureza - Universidade Federal de Pelotas, Universidade Federal de Pelotas. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

7.
Rafael Santos. Introdução à filosofia da ciência. 2003. 15 f. Orientação de outra natureza - Universidade Federal de Goiás, Universidade Federal de Goiás. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

8.
Dyogo Nunes Costa. A noção de liberdade em Kant. 2003. 10 f. Orientação de outra natureza - Universidade Federal de Goiás, Fundação Ford. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

9.
Tiago Lemos Ribeiro. A relação entre moral e política em Kant. 2003. 12 f. Orientação de outra natureza - Universidade Federal de Goiás, Fundação Ford. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

10.
Marcondes Rocha Carvalho. A Epistemologia de David Hume. 2002. 20 f. Orientação de outra natureza - Universidade Federal de Goiás, Universidade Federal de Goiás. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

11.
Marcondes Rocha Carvalho. Filosofia da Ciência: o falsificacionismo popperiano. 2001. 20 f. Orientação de outra natureza - Universidade Federal de Goiás, Universidade Federal de Goiás. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

12.
Júnia Cristina de Oliveira. Lógica. 1996. 20 f. Orientação de outra natureza - Universidade Federal de Goiás, Universidade Federal de Goiás. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.

13.
Eliana Borges Fleury Curado. Lógica. 1995. 20 f. Orientação de outra natureza - Universidade Federal de Goiás, Universidade Federal de Goiás. Orientador: Sofia Inês Albornoz Stein.



Inovação



Projetos de pesquisa


Outras informações relevantes


1. Aprovada em concurso público para professor auxiliar na UFG
Departamento de Filosofia
Área de concentração: lógica e filosofia da linguagem.
Ano: novembro de 1994.
(18/07/2005)

2. Aprovada em concurso público para professor assistente na UnB
Departamento de Filosofia
Área de concentração: lógica e filosofia da linguagem.
Ano: agosto de 1997.
(18/07/2005)

3. Aprovada em concurso público para professor adjunto na UFSC
Departamento de Filosofia
Áre a de Concentração: Epistemologia
Ano: setembro de 2005
(16/11/2005)

4. Membro da Associação Latino-Americana de Filosofia Analítica (ALFAn), da Sociedade Brasileira de Filosofia Analítica (SBFA) e da Associação de Filosofia e História da Ciência da Cone Sul (AFHIC)

5. Membro do GT Filosofia da Ciência e Coordenadora do GT Filosofia da Neurociência da ANPOF

6. Coordenadora do Grupo de Pesquisa Social-Brains (UNISINOS) e do Laboratório em Filosofia Experimental e Estudos da Cognição (Observatório de Humanidades - UNISINOS)

7. Coordenadora de Coleção "Epistemologia" (Editora Vozes)

8. Membro de Comitê Científico da Série Dissertatio de livros eletrônicos.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 19/10/2018 às 15:39:20