Herbert Toledo Martins

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/7404757966009813
  • Última atualização do currículo em 16/09/2018


Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Minas Gerais (1988), Mestrado em Sociologia pela Universidade Federal de Minas Gerais (1992) e Doutorado em Sociologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2003). Atualmente é Professor da Universidade Federal do Sul da Bahia - UFSB. Coordenador do Grupo de Pesquisa em Conflitos e Segurança Social - GPECS/CNPq. Membro Permanente do Programa de Pós-Graduação em Estado e Sociedade da UFSB. Tem experiência na área de Sociologia, atuando principalmente nos seguintes temas: desenvolvimento e suas interfaces com conflitos, drogas, crime, violência e segurança social. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Herbert Toledo Martins
Nome em citações bibliográficas
MARTINS;Herbert Toledo

Endereço


Endereço Profissional
Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Centro de Artes, Humanidades e Letras.
Rua Ariston Mascarenhas, s,n
Centro
44300000 - Cruz das Almas, BA - Brasil
Telefone: (075) 34252138
Fax: (075) 34251062
URL da Homepage: http://www.ufrb.edu.br/cahl/


Formação acadêmica/titulação


1999 - 2003
Doutorado em Sociologia e Antropologia.
Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, Brasil.
Título: A Fragmentação do Território Nacional: a criação de novos estados no Brasil (1823-1988), Ano de obtenção: 2003.
Orientador: Elisa Pereira Reis.
Bolsista do(a): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CAPES, Brasil.
Palavras-chave: Estado nacional, Autonomia, Regiões, Federalismo,.
Grande área: Ciências Humanas
Setores de atividade: Educação Superior.
1989 - 1992
Mestrado em Sociologia.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Título: A Institucionalização do Estado Patrimonialista Português na Região das Minas no Século XVIII: 1690-1736,Ano de Obtenção: 1993.
Orientador: Beatriz Ricardina Magalhães.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Institucionalização, potentados locais , expropria.
Grande área: Ciências Humanas
Setores de atividade: Educação Superior.
1984 - 1988
Graduação em Ciências Sociais.
Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Título: A estrutura formal da Polícia Civil e a atividade prática dos policiais de linha-de-frente.
Orientador: Antônio Luis Paixão.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
1975 - 1977
Ensino Médio (2º grau).
Colégio Palomar, PALOMAR, Brasil.




Atuação Profissional



Dados Pesquisa de Opinião, DADOS, Brasil.
Vínculo institucional

1991 - 1992
Vínculo: Diretor presidente, Enquadramento Funcional: Diretor Presidente, Carga horária: 0

Atividades

8/1991 - 12/1992
Direção e administração, Dados Pesquisa de Opinião, .

Cargo ou função
Diretor-Presidente.
08/1992 - 09/1992
Serviços técnicos especializados .

Serviço realizado
Pesquisa de Opinião Pública Eleitoral.

Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG, Brasil.
Vínculo institucional

1993 - 1993
Vínculo: Professor Substituto, Enquadramento Funcional: Contrato, Carga horária: 20


Universidade Estadual do Tocantins, UNITINS, Brasil.
Vínculo institucional

1993 - 1995
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Outro (especifique)Professor Adjunto, Carga horária: 0, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

6/1994 - 12/1995
Direção e administração, Curso de Direito, Centro Univeristário de Colinas Ceunic.

Cargo ou função
Diretor de Unidade.
8/1993 - 12/1995
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia, Sociologia Jurídica, Ciência Políica, Metodologia de Pesquisa.
8/1993 - 6/1994
Direção e administração, Curso de Direito, Centro Univeristário de Colinas Ceunic.

Cargo ou função
Coordenador de Curso.

Unicentro Newton Paiva, NEWTONPAIVA, Brasil.
Vínculo institucional

1996 - 2003
Vínculo: Professor Titular, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 24

Atividades

3/1999 - 6/2003
Direção e administração, Pós Graduação, Av Barbacena 60.

Cargo ou função
Coordenador de Curso.
2/1996 - 6/2003
Ensino, Administração, Ciências Contábeis Turismo Nutrição, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia, Sociologia do Lazer
Sociologia das Organizações

Fundação Universidade de Itaúna, FUIT, Brasil.
Vínculo institucional

1997 - 2002
Vínculo: Professor, Enquadramento Funcional: Professor Auxiliar, Carga horária: 12, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

9/1997 - 8/2002
Ensino, Ciências Contábeis Pedagogia História, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia Metodologia Científica

Faculdades Milton Campos, FMC, Brasil.
Vínculo institucional

2002 - 2005
Vínculo: Professor Horista, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 20

Atividades

11/2002 - 12/2005
Ensino, Direito, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia I
Sociologia Jurídica

Instituto J. Andrade, J. ANDRADE, Brasil.
Vínculo institucional

2004 - 2005
Vínculo: Professor Horista, Enquadramento Funcional: Professor, Carga horária: 8

Atividades

02/2004 - 12/2005
Ensino, Publicidade e Propaganda, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Ética e Legislação Publicitária
Metodologia Científica
Sociologia Geral e da Comunicação

Universidade Estadual de Montes Claros, UNIMONTES, Brasil.
Vínculo institucional

2006 - 2009
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor titular, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Professor do Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento Social e do curso de Ciências Sociais da Unimontes.

Atividades

01/2009 - Atual
Direção e administração, Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento Social, .

Cargo ou função
Coordenador de Programa.
12/2007 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento Social, .

02/2006 - Atual
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
T. E. em Desenvolvimento, Capital Social e Segurança Pública
Sociologia II
Sociologia IV
T. E. em Capital Social e Desenvolvimento Regional
T. E. em Desenvolvimento e Elites Políticas: suas relações com gênero, formação e racismo
Tópicos especias em Teoria Sociológica: Simmel e Schutz
02/2006 - Atual
Ensino, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Socia, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Processos Socioeconômicos e (Territorialização regional) Ordenamento Territorial e Ambiental
Crime, Violência e Polícia
Dinâmicas socioeconômicas, Identidades e territorialidades
Ordenamento Territorial e Ambiental
Teoria(s) de Desenvolvimento Social
Teorias do Desenvolvimento Social em Perspectiva Comparada
Territorializações
01/2008 - 12/2008
Direção e administração, Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento Social, .

Cargo ou função
Coordenador de Programa.

Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, UFRB, Brasil.
Vínculo institucional

2015 - 2017
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Coordenador, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2009 - 2017
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

02/2010 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Grupo de Pesquisa em Conflitos e Segurança Social - GPECS, .

Linhas de pesquisa
Vitimização
01/2015 - 03/2017
Direção e administração, Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais, .

Cargo ou função
Coordenador.
08/2016 - 12/2016
Ensino, Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
CAH-820 - Tópicos Especiais em Desigualdades Sociais e Desenvolvimento
02/2016 - 07/2016
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
SOCIOLOGIA III
02/2016 - 07/2016
Ensino, Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
CAH - 536 Seminários Multidiscplinares
08/2015 - 12/2015
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
SOCIOLOGIA II
02/2015 - 07/2015
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
CAH737 - SOCIOLOGIA DO CRIME E DO DESVIO (T01)
02/2015 - 07/2015
Ensino, Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
CAH421 - EPISTEMOLOGIA DAS CIÊNCIAS SOCIAIS (T01)
02/2015 - 07/2015
Ensino, Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
CAH761 - ESTAGIO DOCENCIA (T01)
02/2015 - 07/2015
Ensino, Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
CAH536 - SEMINÁRIOS MULTIDISCIPLINARES (T01)
03/2011 - 06/2015
Direção e administração, Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais, .

Cargo ou função
Vice-Coordenador.
08/2014 - 12/2014
Ensino, Serviço Social, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
CAH459 - TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO II (T01)
08/2014 - 12/2014
Ensino, Serviço Social, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
CAH437 - TEORIA SOCIAL I (T01)
08/2014 - 12/2014
Ensino, Cinema e Audiovisual, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
CAH403 - SOCIOLOGIA II (T01)
08/2014 - 12/2014
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
CAH225 - SOCIOLOGIA GERAL (T01)
07/2014 - 12/2014
Ensino, Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
CAH533 - POLÍTICAS SOCIAIS (T01)
03/2014 - 07/2014
Ensino, Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
CAH761 - ESTAGIO DOCENCIA (E01)
03/2014 - 07/2014
Ensino, Serviço Social, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
CAH441 - TEORIA SOCIAL II (T01)
02/2014 - 07/2014
Ensino, Comunicação Social - Jornalismo, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
CAH789 - INTRODUÇÃO À TEORIA SOCIAL (T01
02/2014 - 07/2014
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
CAH459 - TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO II (T01)
08/2013 - 12/2013
Ensino, Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
CAH536 - SEMINÁRIOS MULTIDISCIPLINARES (T01)
08/2013 - 12/2013
Ensino, Gestão de Políticas Públicas e Segurança Social, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
CCA696 - TEORIA SOCIOLÓGICA (T01)
03/2013 - 12/2013
Conselhos, Comissões e Consultoria, Fórum Brasileiro de Segurança Pública, .

Cargo ou função
Pesquisador.
03/2013 - 08/2013
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Sociologia do Crime e do Desvio
Sociologia I
03/2013 - 07/2013
Ensino, Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Estado, violência e criminalidade
Teoria Sociológica
07/2012 - 12/2012
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
CAH737 ? Sociologia do Crime e do Desvio
07/2012 - 12/2012
Ensino, Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
CAH534 ? Problemas e Paradigmas da Investigação Social
03/2012 - 07/2012
Ensino, Gestão de Políticas Públicas e Segurança Social, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
CCA696 ? Teoria Sociológica
02/2012 - 07/2012
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
CAH398 ? Sociologia I
02/2010 - 05/2012
Pesquisa e desenvolvimento , Centro de Artes, Humanidades e Letras, .

Linhas de pesquisa
CRACK NO RECÔNCAVO DA BAHIA
08/2011 - 12/2011
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
CAH737 ? Sociologia do Crime e do Desvio
08/2011 - 12/2011
Ensino, Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
CAH541 ? Teoria Sociológica
04/2010 - 09/2011
Conselhos, Comissões e Consultoria, Comitê de Ética em Pesquisa, .

Cargo ou função
Presidente do Comitê de Ética em Pesquisa da UFRB.
02/2011 - 07/2011
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
CAH398: Sociologia I
02/2011 - 07/2011
Ensino, Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
CCA696: Teoria Sociológica
08/2010 - 12/2010
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
CAH563: Tópicos Especiais em Sociologia II
08/2010 - 12/2010
Ensino, Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
CAH652: Segurança Social, Sociabilidades e Criminalidades
02/2010 - 06/2010
Ensino, Ciências Sociais, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
CAH398: Sociologia I
02/2010 - 06/2010
Ensino, Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
CAH549: Estado, Crime e Violência
08/2009 - 12/2009
Ensino, Psicologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução a Antropologia
08/2009 - 12/2009
Ensino, Enfermagem, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução a Antropologia

Universidade Federal do Sul da Bahia, UFSB, Brasil.
Vínculo institucional

2017 - Atual
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Associado I, Carga horária: 40, Regime: Dedicação exclusiva.

Atividades

06/2018 - Atual
Ensino, Interdisciplinar em Humanidades, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Temas em Teoria Social
06/2018 - Atual
Ensino, Programa de Pós-Graduação em Estado e Sociedade, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Oficina de Elaboração de Projeto de Doutorado
03/2018 - 05/2018
Ensino, Interdisciplinar em Humanidades, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Fenômeno urbano na investigação socioantropológica
03/2018 - 05/2018
Ensino, Interdisciplinar em Humanidades, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Práticas em Interculturalidades
03/2018 - 05/2018
Ensino, Interdisciplinar em Humanidades, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Educação e Direitos Humanos
10/2017 - 02/2018
Ensino, Interdisciplinar em Humanidades, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Antropologia das Populações Rurais
07/2017 - 09/2017
Ensino, Interdisciplinar em Humanidades, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Língua, Território e Sociedade
07/2017 - 09/2017
Ensino, Interdisciplinar em Humanidades, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Antropologia, Cultura e Sociedade
07/2017 - 09/2017
Ensino, Programa de Pós-Graduação em Estado e Sociedade, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Oficina de Elaboração de Projeto de Doutorado

Universidade Federal Fluminense, UFF, Brasil.
Vínculo institucional

2009 - 2018
Vínculo: Pesquisador, Enquadramento Funcional: Pesquisador

Atividades

02/2009 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, Núcleo de Ensino Pesquisa Extensão em Administração Institucional Conflitos.



Linhas de pesquisa


1.
Elites Politicas de Minas Gerais
2.
Sociedade e Bioenergia
3.
Criminalidade e Segurança Pública
4.
Policiamento comunitário
5.
CRACK NO RECÔNCAVO DA BAHIA
6.
Vitimização
7.
Práticas institucionais, processos de administração de conflitos e moralidades

Objetivo: Essa linha de pesquisa terá como foco principal a análise das formas de atuação e intervenção das instituições estatais, em processos específicos de administração institucional de conflitos. Trata-se de identificar e de compreender como as instituições lidam de forma conflituosa com os procedimentos e normas a elas prescritos, conforme certas tradições institucionais, nas ocasiões que envolvem a administração dos conflitos pelos agentes e as pessoas neles envolvidas. Entende-se que nessas interações colocam-se em jogo valores morais e éticas corporativos e/ou institucionais que modulam as regras e práticas institucionais e conformam diferentes moralidades, mais ou menos em tensão..


Projetos de pesquisa


2017 - 2018
INCT ? Instituto de Estudos Comparados em Administração Institucional de Conflitos - INCT-InEAC
Descrição: O presente projeto aprovado na Chamada Nº 16/2014 INCT/MCT/CNPq/CAPES/FAPs do Programa Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia/CNPq, é resultado de articulação de uma rede nacional e internacional de instituições de ensino, pesquisa e extensão, reunidos há 06 anos no Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia/Instituto de Estudos Comparados em Administração Institucional de Conflitos (INCT/In-EAC), aprovado, em abril de 2009, na Chamada Nº 15/2008 MCT/CNPq/FNDCT/CAPES/FAPEMIG/FAPERJ/FAPESP/ Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia. Esse programa é aqui consolidado e ampliado no sentido de promover ainda mais o trabalho de interlocução, inédito no Brasil, entre as ciências sociais e as ciências socicais aplicadas, especialmente entre a Antropologia e o Direito. A rede reunida nesse projeto integra instituições ? grupos de pesquisa e programa de pós-graduação- de sete estados brasileiros (RJ, MG, SP, PE, BA, RS, DF) e cinco países (Canadá, Argentina, França, Estados Unidos, Portugal). Este novo INCT tem como escopo da atuação a análise dos processos de administração institucional de conflitos e as formas não institucionais, especialmente, os processos de demanda de direitos e por reconecimento por parte de diversos atores. Essas duas vias de pesquisa articulam-se com as ações propostas na área da transferência de conhecimento. No primeiro caso, trata-se de ações fortemente ancoradas nas tecnologias de formação, capacitação e interlocução como operadores dos sistemas de Segurança Pública, de Justiça e de outras burocracias estatais, gerando espaços de desconstrução e construção de matrizes e práticas institucionais e corporativas arraigadas nas formas de fazer do Estado no Brasil. No segundo caso, as ações serão inovadoras no sentido da construção de tecnologias sociais que promovam não a aplicação unilateral do conhecimento, mas a construção conjunta de formas de intervenção na esfera e no espaço públicos que considerem diferentes pontos de vista e reivindicações das pessoas envolvidas nos conflitos tratados pelas agências públicas. No campo da atuação internacional do Instituto, as estratégias são tendentes à internacionalização de nossos pesquisadores e não só da produção por eles elaborada, como a publicação em revistas estrangeiras e participação em eventos acadêmicos internacionais. O foco da internacionalização do presente projeto é vencer os obstáculos impostos pela exclusão de nossa área do Programa Ciência Sem Fronteiras, para promover o intercâmbio institucional e fluido entre pesquisadores, estudantes e professores dos países envolvidos, como vistas à troca de experiências de pesquisa, de ambientes acadêmicos mas, principalmente, para criar oportunidades para realização de pesquisas de campo em outros países, com a finalidade de produzir resultados que possam ser contrastados àqueles aqui obtidos. Assim, destaca-se que esse projeto se funda em uma perspectiva comparada e multidisciplinar de análise, pioneira no Brasil em relação à interlocução entre o Direito e as Ciências Sociais, no entendimento da Segurança Pública como um campo de disputas e consensos que vai além da criminalidade e da intervenção repressiva..
Situação: Desativado; Natureza: Pesquisa.
2017 - Atual
O Mito da reintegração social na lei de execução penal
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Herbert Toledo Martins - Coordenador / Izabel do Carmo de Jesus Martins - Integrante.Número de orientações: 1
2017 - Atual
DESENVOLVIMENTO E POLÍTICAS PÚBLICAS: ANÁLISE DA GESTÃO DE RECURSOS COMUNS NA BACIA DO RIO ITANHÉM
Descrição: O presente projeto de pesquisa busca analisar a gestão da bacia do Rio Itanhém a partir de uma perspectiva da problemática dos conflitos que incidem sobre os usos da água e as novas possibilidades de resolução desses conflitos com a institucionalização do comitê de bacia hidrográfica a partir da Lei das Águas, Lei Federal 9.433 promulgada em 1997. O objetivo geral é estudar a ação coletiva dos atores sociais na gestão dos recursos comuns na bacia do rio Itanhém. Para esse alcance, tem ainda como objetivos específicos: a) identificar os atores sociais que influenciam e colaboram diretamente na gestão dos recursos; b) desvendar as ações coletivas surgidas a partir das iniciativas próprias dos atores diretamente ligados ao entorno da bacia; c) analisar as políticas públicas no processo de organização e promoção integrada e participativa da gestão da bacia hidrográfica; d) construir uma matriz institucional (com base no modelo de sistema de governança deixado por Ostrom) de gestão dos recursos comuns para a adoção de estratégias de ação coletiva, decisória e consultiva. Para a fundamentação teórica acerca dos recursos comuns, a pesquisa percorrerá os caminhos de Ostrom, com a ajuda de outros autores, que resultaram na construção do framework de análise dos sistemas sócio-ecológicos (SES), determinante na compreensão da gestão do conjunto de recursos comuns. Um framework para análise de sistemas sócio-ecológicos (SES) permite que o pesquisador compreenda o processo de formação institucional da política ambiental focado nos recursos de propriedade comum OSTROM (2008a, 2009)..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Herbert Toledo Martins - Coordenador / Fernando Rios de Souza - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia - Bolsa.Número de orientações: 1
2016 - 2018
AQUI JAZ A AMÉLIA: O AUMENTO DAS MULHERES NO MUNDO DO CRIME SUAS PERCEPÇÕES, MOTIVAÇÕES E IMPACTOS
Descrição: O presente projeto de pesquisa parte da seguinte questão: O que motiva as mulheres a entrar para o mundo do crime? O objetivo geral é investigar o significado da criminalidade sob o olhar das mulheres em situação de detenção no Complexo Penal de Feira de Santana-BA, e analisar se existem relação e influência dos fenômenos ?violência? e o ?processo urbano? para os desdobramentos conjunturais vinculados a prática desses delitos. Como afirmam Frinhani e Souza (2003, p.61), "No Brasil, os dados que tratam da criminalidade feminina são poucos e pouco reveladores da real dimensão deste fenômeno social. Poucos são os estudos que tratam da criminalidade feminina em relação à criminalidade geral". Portanto para isso será coletado, junto à população carcerária feminina, dados que possam ser analisados e agregados em índices de criminalidade por delito praticado entre as mulheres. As hipóteses que permeiam a pesquisa são: o aumento da criminalidade no Estado da Bahia e particularmente em Feira de Santana praticado por mulheres; famílias monoparentais femininas em situação de vulnerabilidade social; desemprego estrutural; desordenamento urbano pela lógica do capital. A complexidade das causas e conseqüências dos fenômenos criminais lança cotidianamente o desafio de obter informações quantitativas e qualitativas que estejam mais próximas à realidade do fenômeno criminal. A compreensão das particularidades e singularidades da criminalidade urbana pode, além de auxiliar diretamente no planejamento de intervenções e políticas públicas, contribuir para o entendimento das atuais mudanças sociais que ocorrem nas sociedades contemporâneas. Este estudo propõe-se a contribuir na construção de dados e informações que possam colaborar para a compreensão e o enfrentamento mais adequado quanto ao número crescente de mulheres que entram na criminalidade. Lengruber conclui que ?à medida que as disparidades socioeconômicas entre sexos diminuem, há um aumento recíproco da criminalidade feminina? (1999, p.6). O amadurecimento da democracia brasileira e a aprendizagem de que as políticas de segurança pública são amplas e que não se resolvem apenas com ações repressivas e pontuais, abrem espaço para que este trabalho busque compreender e apreender a percepção da violência pelas mulheres em cárcere na conjuntura atual de nossa sociedade..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Herbert Toledo Martins - Coordenador / Maria Helena Amaral Martins Dantas da Cruz - Integrante.
2016 - 2018
A SEGURANÇA PÚBLICA CONDICIONADA AO ESPETÁCULO: AS REPRESENTAÇÕES DA VIOLÊNCIA NOS TELEJORNAIS ?NA MIRA? E ?BRASIL URGENTE?.
Descrição: O presente projeto de mestrado tem o objetivo de analisar as representações sociais da violência em Salvador e região metropolitana, veiculadas pelos programas de televisão Na Mira, exibido em TV aberta na emissora TV Aratu, e o programa Brasil Urgente, TV Bandeirantes a partir de uma análise comparativa, afim de assimilar e diferencia-los em seus limites. Investigando temas relacionados aos conflitos urbanos, violência, crime, e como estes são veiculados na tevê aberta baiana. A importância de se empreender este estudo justifica-se em grande medida na escassez e imprecisão de pesquisas científicas que articulem temas como violência, crime, políticas públicas de segurança e a grande mídia. Nesse sentido, a pesquisa pretende relacionar as diferentes representações sociais da violência que são emitidas pelo telejornal no território baiano, em que há um apelo muito forte do meio de comunicação de massa para com a punição dos ?infratores. A relevância do estudo se dá na crítica ao jornalismo sensacionalista, como (re)produtores de informações sem conteúdo, explorando-se o ?mundo cão? à disposição das pessoas para apreciar as mazelas humanas. Esta pesquisa visa contribuir para os estudos sobre violência e mídia, numa articulação teórica entre as ciências sociais e os estudos da comunicação. Desta forma, é de extrema relevância compreender a repercussão midiática sobre o imaginário coletivo através das tramas criadas na programação televisa da Bahia. Silva (2000), reconhece que ao veicular valores e normas de conduta reconhecidas pela coletividade, a técnica da informação atua no sentido da homogeneização de padrões culturais, pois a posse desses veículos se concentra nas mãos de grupos privados que impõem a audiência sua visão de mundo. De acordo com Pierre Bourdieu (1989), todos os campos de produção cultural estão sujeitos às limitações estruturais do campo jornalístico, e os ?intelectuais jornalistas? inauguram o anti-intelectualíssimo, pois são intelectuais que só existem na mídia. Tanto no Brasil como no mundo ocidental em geral a mídia e os meios de comunicação funcionam como empresas que produzem notícias e trabalham com os diversos produtos para gerar lucros para suas empresas (RAMONET,2004). O sensacionalismo está presente na sociedade em forma de meio impresso desde o século XV, com a popularização dos jornais. O jornalismo que antes era limitado a temas relacionados à política, em período posterior buscou ?humanizar? as suas edições incluindo nas pautas histórias reais que abarcassem os diversos problemas sociais. O crescimento desses programas demostra o sucesso de audiência, aceitação do próprio público à abordagem utilizada pelo programa e a arrecadação publicitária que tem alcançado grandes anunciantes, como o próprio Governo do Estado da Bahia Se programas como o ?Na Mira?, Brasil Urgente e Se Liga Bocão surgem todos os dias nas tevês, é porque a violência é um produto rentável a ser vendido nas sociedades em que as taxas de homicídios e outros crimes tem se elevado a cada ano na última década. Em se tratando de telejornal sensacionalista a situação é um pouco mais urgente, pois o conteúdo midiático se revela cada vez mais espetacular, e a imprecisão dos dados jornalísticos impossibilita um estudo mais complexo e aprofundado sobre o problema da segurança nesses programas. Desta forma, tornam-se relevantes estudos que investigam os problemas a partir dos sujeitos envolvidos nos conflitos no intuito de compreender sua percepção sobre o fenômeno estudado. Surge também a importância de conjugar as discussões sobre segurança pública e o debate acerca da mídia televisiva, o que possibilita fazer com que tais políticas sejam minimamente orientadas por um conjunto de dados estatísticos e teóricos produzidos pelas ciências sociais. Sobretudo, pretende-se discutir o modelo de política de.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Herbert Toledo Martins - Coordenador / Taiane Almeida Santos - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.
2016 - 2017
Tráfico de drogas e homicídio em Cruz das Almas, BA.
Descrição: Apresenta-se aqui um projeto de pesquisa sobre a violência homicida em Cruz das Almas, BA. O objetivo mais amplo do estudo é compreender quais são as principais causas que concorrem na explicação do crescimento das taxas de homicídio da cidade em tela. Para além da resposta corriqueira de que a principal causa dos homicídios reside no tráfico de drogas, avançamos aqui a hipótese de que o aumento dos homicídios ocorre muito mais em função da regulação repressiva do mercado e do consumo de drogas imposta pela política de guerra as drogas, do que do uso e comercialização das mesmas. A estratégia metodológica da pesquisa recai sobre as organizações policiais e judiciárias da cidade, bem como da observação direta e entrevistas com a população, policiais e autoridades. Serão levantados informações e dados no Fórum da cidade sobre os processos de homicídio ocorridos em 2016/2017, para que se possa observar a evolução do fenômeno. Além disso, analisaremos os inquéritos na delegacia do município, e entrevistados os policiais civis e militares com o intuito de compreender não somente suas representações sobre as drogas ilícitas, mas, sobretudo, a estratégias e a maneira como eles enfrentam o tráfico e o consumo de drogas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Herbert Toledo Martins - Coordenador / Antônio Fernando de Almeida Santos Júnior - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia - Bolsa.
2015 - 2017
A Liderança dos Presos
Descrição: As dinâmicas prisionais no Brasil tiveram maior visibilidade a partir das mobilizações de presos ocorridas no Estado de São Paulo, no ano de 2006, sendo diversos os estudos que buscaram compreender as ações articuladas pelos presos no interior e exterior do sistema prisional, como amplamente debatido por Salla, Dias e Silvestre (2012). Por outro lado, mesmo após a amplitude das análises e estudos sobre prisões e suas interfaces, ao longo dos anos permaneceu o entendimento de negação das vozes dos prisioneiros por parte das administrações prisionais e do poder público, acabando por solapar suas demandas, que são, nos termos de Salla (2001; 2006) , atos políticos. Nessa direção, Góes (2009) evidenciou que a não formalização de canais de reivindicação entre os presos coopera para conformação de conjunturas adversas que, ao que se vê, traz à luz a demanda por reconhecimento. Mas, com o despertar das administrações prisionais para o entendimento de que se constitui um fato social a necessidade de se fazerem acordos tácitos com as lideranças dos presos para manutenção da ordem nas unidades prisionais (DIAS, 2009), emerge um novo olhar sob a dinâmica destes sujeitos. Desta forma, refleti no Estado da Bahia, as dinâmicas prisionais ocorridas no cenário nacional, em que os presos tem se organizado para obterem legitimidade frente às administrações prisionais, muitas vezes respaldados na propagação de uma cultura de paz nas cadeias. Nessa perspectiva, Lourenço e Almeida (2011) demonstrou que a junção de diferentes tipos de presos, de contextos diversos no interior do sistema prisional baiano, colaborou para a incidência do fenômeno no âmbito local, em que os presos são legitimados pelas massas carcerárias e administrações prisionais. Assim, tem se mostrado no contexto baiano que as lideranças dos presos surgem da necessidade de administrar o convívio na prisão e assegurar os direitos dos presos, estando em alguns cenários associadas a grupos de presos organizados e, quando associados nem sempre a submissão aos líderes são de comum acordo, mas sim por uma questão de autopreservação (SALLIN, 2008) contra as arbitrariedades do sistema prisional, porquanto o endurecimento das políticas penitenciárias tendeu à negação dos direitos fundamentais dos presos, a microtorturas e processos de justiçamentos. No entanto é preciso compreender mais detalhadamente essas identidades prisionais, para além de aspectos negativos, bem como as formas de resistências que, a partir da experiência prisional, esses atores, muitas vezes periféricos, utilizam em relação ao sistema. Tal proposição parte do entendimento de que a conformação das prisões brasileiras está obrigando o Estado a negociar com o ?poder paralelo?, havendo, nesse sentido, uma mudança do paradigma penal, sendo salutar explorar tais dinâmicas em contextos mais amplos. Nesse panorama, temos por questão norteadora compreender como se articulam as lideranças dos presos no contexto paulista e baiano, e entender como a liderança é exercida? O estudo busca dar continuidade e profundidade ao entendimento do fenômeno iniciado com as indagações evidenciadas no Trabalho de Conclusão de Curso, que balizou sobre as lideranças dos presos em uma unidade prisional da Bahia, concluindo que para se tornar liderança entre os presos são necessários pré-requisitos, tal como perfil, histórico e habilidades específicas, que visam intermediar conflitos e estabelecer a ordem, que subjaz a paz na prisão. Contudo, compreende-se que ainda são poucas as análises na literatura nacional que privilegiem diretamente as identidades surgidas na prisão, e, sobretudo, o exercício funcional destas para a ordem no ambiente prisional. Visando contribuir nesta lacunosa perspectiva, constituem-se objetivos da pesquisa, realizar uma análise comparada entre as lideranças dos presos do contexto paulista e baiano, buscando compreender as dif.
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Herbert Toledo Martins - Coordenador / Taysa Santos Silva - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia - Bolsa.Número de orientações: 1
2014 - 2016
CONFLITOS, VIOLÊNCIA E SEGURANÇA CIDADÃ NO RECÔNCAVO DA BAHIA
Descrição: A proposta geral do presente projeto é desenvolver uma pesquisa articulada e coesa em torno da investigação da criminalidade e violência, e apontar tecnologia e direções de processos de administração institucional e social de conflitos na região do Recôncavo da Bahia; dando relevância à interação entre as agências públicas e outros espaços (formais e informais) de administração de conflitos, permitindo uma análise que privilegie não só os pontos de vista das instituições e seus agentes, mas também a participação e possível influência de segmentos da sociedade que se mobilizam em torno da demanda de direitos ou reivindicações sociais e civis. Nesta perspectiva, buscaremos dar relevância ao processo de implementação de tecnologias sociais de resolução de conflitos e prevenção da violência e criminalidade na área da segurança cidadã, que contribuam para o enfrentamento dos problemas na região do Recôncavo da Bahia. Neste sentido, as ações e os objetivos propostos neste projeto vão ao encontro das diretrizes e características defendidas pelo paradigma da segurança cidadã. Busca-se aqui contribuir para o fortalecimento e difusão das reflexões e práticas que estejam de acordo com políticas públicas voltadas para redução e prevenção da violência e criminalidade atreladas à promoção da cidadania. Esta é entendida como ferramenta elementar para potencializar a paz, seja num bairro, cidade ou país. Assim, procuramos conhecer e analisar os índices de criminalidade, vitimização e conflitos urbanos nas cidades do Recôncavo; e atrelado ao quadro de insegurança, violência e criminalidade, propomos elaborar, executar e avaliar um projeto piloto com ênfase em resolução e mediação institucional e comunitária de conflitos num bairro da cidade de Cruz das Almas. O fomento e o exercício da cidadania são fundamentais aos princípios e às iniciativas da mediação de conflitos aqui pretendidos. Dessa maneira, pretendemos articular consistentemente a produção de conhecimento científico por intermédio da pesquisa de vitimização, com a ação de intervenção nos territórios e de inclusão de jovens adolescentes; é assim que conseguiremos alcançar a ação de difusão e interferência do conhecimento acadêmico na sociedade, objetivo principal dos INCTs, bem como a capacidade de transferir tecnologia para o setor público enfrentar os graves problemas gerados pelo processo de interiorização da violência homicida e da criminalidade em curso na sociedade brasileira..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Herbert Toledo Martins - Coordenador / Dhanyane Alves Castro - Integrante / Janaina da Silva Palma - Integrante / João Mendes de Lima Júnior - Integrante / Ezequias Amorim Oliveira - Integrante / Riccardo Cappi - Integrante / Daniela Almeida Silva da Silveira - Integrante / Ana Paula Comin de Carvalho - Integrante / Taiane Almeida Santos - Integrante / Angélica Aparecida Pereira de Souza e Souza - Integrante.Financiador(es): Instituto de Estudos Comparados em Administração Institucional de Conflitos - Auxílio financeiro.
2012 - 2016
Feira Viva, Comunidade Segura
Descrição: Apresenta-se aqui um projeto de pesquisa, cujo conjunto articulado de ações enquadra-se na linha temática das organizações de segurança pública para o século XXI: estruturas organizacionais com foco no cidadão e nos territórios, conforme diretrizes do EDITAL/FAPESB 022/2010. Consistente com o referido edital com o intuito de contribuir para a resolução de problemas da área no o projeto visa o desenvolvimento de uma tecnologia inovadora na área de segurança pública Estado da Bahia como um todo, em particular, da cidade de Feira de Santana. Denominado Comunidade Segura, pretende-se, a partir de um diagnóstico sociológico da criminalidade e violência urbana do município em tela, propor um conjunto de ações em parceria com as estruturas organizacionais do sistema de segurança pública, que contribuam para efetivas soluções de prevenção à violência, criminalidade e inclusão social, a saber: 1. Pesquisa de Vitimização, 2. Curso de Gestores Locais de Segurança Pública; 3. Projetos Locais de Prevenção à Criminalidade com foco no Cidadão; 4. Plano Local de Gestão da Segurança Pública que vise a aproximação da comunidade com as agências policiais e o sistema de justiça. Trata-se, portanto, de um conjunto articulado de 4 (quatro) metas com seus respectivos produtos. Todos focados nos cidadãos e nos territórios que pretende prevenir da criminalidade e a violência em Feira de Santana..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (6) .
Integrantes: Herbert Toledo Martins - Coordenador / Rosilene Oliveira Rocha - Integrante / Dhanyane Alves Castro - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia - Auxílio financeiro.
2010 - 2012
CRACK E CRAQUEIROS DO RECÔNCAVO DA BAHIA
Descrição: O objetivo principal do estudo é consolidar um área de pesquisa sobre o tráfico e consumo de crack no Recôncavo. Ao contrário das grandes cidades brasileiras cuja visibilidade dos usuários é facilmente detectada, invariavelmente nas ?cracolândias?, nas cidades pequenas como as que pretendemos estudar não existem locais específicos para o uso, o que dificulta para o forasteiro a localização dos usuários, muito embora sejam reconhecidos e estigmatizados por policiais e moradores destas cidades. Relatos informais de moradores sustentam que ?a maioria dos crimes aqui, são por causa do crack?. ?A criminalidade aumentou muito aqui em Cruz das Almas nos últimos cinco anos por causa do crack?. No entanto, quando indagados sobre as ocorrências, não sabem informar detalhes que permitam imputar aos usuários de crack a autoria do crime. Ao que parece, os usuários do crack são a ?bola da vez? no imaginário dos moradores das cidades em tela que, de certa maneira, teriam em suas mentes a seguinte equação: ?se crack, então furto, assalto, roubo, homicídios, etc?. Nesta perspectiva, pretende-se inicialmente conhecer o perfil dos usuários por intermédio de entrevistas com os mesmos, além do levantamento de dados dos boletins de ocorrências das delegacias dos municípios em tela, de entrevistas com policiais, juizes e promototes, com o intuito de verificar a real contribuição ou impacto dos crimes cometidos por usuários de crack na taxa de criminalidade local. Será verdade que ?os craqueiros? são os principais responsáveis pelos crimes dessas localidades? Ou existirão outras variáveis intervenientes que contribuem muito mais? Assim, a hipótese que orientará a investigação é a de que os craqueiros não são os principais responsáveis pelas ocorrências criminais desses municípios, havendo, portanto, um processo de estigmatizacão sobre os mesmos. Nesse sentido, nossa equação pode ser enunciada da seguinte maneira: se crack, então estigmatização..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (0) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Herbert Toledo Martins - Coordenador / Rosilene Oliveira Rocha - Integrante.
2010 - 2012
O Método APAC e seus mecanismos de controle
Descrição: A pesquisa analisa o método de encarceramento da Associação de Proteção Aos Condenados ? APAC, do município de Itaúna/MG. O objetivo é compreender como que tal método articula a relação entre encarceramento e direitos fundamentais, contribuindo com a emergência de novas práticas de aprisionamento que rompem com os modelos tradicionais de ações na área. Por intermédio de visitas rotineiras e de entrevistas com os apenados, busca-se deslindar os mecanismos de controle desse modelo de aprisionamento, cuja característica principal é a ausência de armas ou de carcereiros armados na guarda dos presos, sendo a mesma realizada pelos próprios detentos. Praticamente não há registros de rebeliões nos presídios que aplicam o método em tela. Palavras-chave: Prisão, Penitenciária, Encarceramento, Modelo APAC, Direitos Fundamentais..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Herbert Toledo Martins - Coordenador / Priscila Rosa Guimarães Bomfim - Integrante.Financiador(es): Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 1
2009 - 2016
Programa de Pesquisa e Formação em Segurança Pública, Justiça Criminal e Processos de Administração Institucional de Conflitos. A proximidade e a macrocriminalidade, em perspectiva comparada. ? Instituto de Estudos Comparados em Administração Instituciona
Descrição: Este projeto foi aprovado para a formação de um Instituto na área induzida Segurança Pública, do Programa Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia na chamada MCT/CNPq/FNDCT/CAPES/FAPEMIG/FAPERJ/FAPESP nº 15/2008. Sua finalidade é a promoção de um Programa de Pesquisa e Formação, nas áreas de Ciências Humanas e de Ciências Sociais, a respeito das formas institucionais de administração de conflitos nos diferentes âmbitos dos sistemas de Segurança Pública e de Justiça Criminal. O foco do projeto está dado na análise da natureza dos conflitos tratados pelos sistemas mencionados, atendendo às distinções qualitativas entre categorias como conflito, crime, violência física, insulto moral, entre outras possíveis. Assim, o objetivo principal do Instituto é produzir conhecimento empírico e teórico sobre as lógicas de tratamento e administração institucional de conflitos por parte dos agentes públicos e sua relação com a natureza distinta desses conflitos. Para tanto, as pesquisas empíricas e discussões teóricas a serem produzidas no âmbito do Instituto terão como eixo a comparação entre as formas de administração institucional daqueles conflitos considerados menores, produto de relações de proximidade (vizinhança, parentesco, afinidade, amizade) e daqueles crimes classificados pelo campo jurídico como macrocriminalidade ou crime organizado. Esses dois tipos de conflitualidade envolvem não só mecanismos e lógicas de administração diferenciadas, por parte das agências de Segurança Pública e Justiça Criminal, mas também distintas moralidades no tratamento dos casos e das pessoas envolvidas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (81) / Mestrado acadêmico: (65) / Doutorado: (68) .
Integrantes: Herbert Toledo Martins - Integrante / Ana Paula Mendes de Miranda - Integrante / Jacqueline Sinhoretto - Integrante / Roberto Kant de Lima - Coordenador / Antonio Carlos Rafael Barbosa - Integrante / Daniel Schroeter Simião - Integrante / Fábio Reis Mota - Integrante / Fernanda Duarte - Integrante / Glaucia Maria Pontes Mouzinho - Integrante / Haydée Caruso - Integrante / Jorge Zaverucha - Integrante / José Maria Nóbrega - Integrante / Kátia Santo Sé Mello - Integrante / Lana Lage da Gama Lima - Integrante / Lenin Pires - Integrante / Lucía Eilbaum - Integrante / Luis Roberto Cardoso de Oliveira - Integrante / Marco Antônio da Silva Mello - Integrante / Maria Stella Amorim - Integrante / Nalayane Mendonça Pinto - Integrante / Paulo Gabriel Hilu da Rocha Pinto - Integrante / Pedro Heitor Barros Geraldo - Integrante / Rodrigo Ghiringhelli de Azevedo - Integrante / Ronaldo Joaquim da Silveira Lobão - Integrante / Simoni Lauhd Guedes - Integrante / Sofia Tiscornia - Integrante / edilson marcio almeida da Silva - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Auxílio financeiro / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Bolsa / Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Auxílio financeiro / Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do RJ - Bolsa / PROPPI - Auxílio financeiro / PROPPI - Bolsa / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.
Número de produções C, T & A: 6
2009 - 2016
Um estudo sobre menores em conflito com a lei em Montes Claros
Descrição: O objetivo principal deste sub-projeto é avaliar o complexo institucional de defesa social do município que ampara o menor em conflito com a lei, observando o funcionamento da rede de proteção desses menores, com o intuito de produzir um estoque de conhecimento capaz de colaborar com políticas públicas na área. Pretende-se, assim, consolidar um banco de dados sobre os menores e os crimes a eles relacionados, referido ao município de Montes Claros/MG, a partir da análise dos boletins de ocorrência registrados no período de 2005-Julho de 2009. O objetivo principal da criação do banco de dados é contribuir com a identificação de toda a gama de conflitos que o município enfrenta no trato da questão. Além disso, a pesquisa visa também avaliar o sistema institucional de aplicação das medidas sócio-educativas que regulam as relações entre menores infratores e o sistema penal brasileiro no município. Para tanto, complementarmente, serão realizadas entrevistas com os menores e profissionais que atuam na rede institucional em questão..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2009 - 2009
O impacto do modelo de Integração e Gestão de Segurança Pública ? IGESP - na taxa de esclarecimento do crime de homicídio em Montes Claros
Descrição: O presente projeto de pesquisa pretende elaborar um banco de dados quantitativos sobre o crime de homicídio em Montes Claros/MG. O objetivo do estudo é o de examinar o impacto do modelo de Integração e Gestão de Segurança Pública na taxa de esclarecimento dos crimes de homicídio na cidade, a partir da análise documental de inquéritos policiais e processos criminais de janeiro de 2005 a dezembro de 2008. Com a criação do banco de dados pretende-se comparar a taxa de esclarecimento do crime de homicídio do antigo modelo de gestão policial baseado nas delegacias especializadas com o novo modelo do IGESP. Especificadamente, pretende-se relacionar a incidência do crime de homicídio com a realidade do modelo de gestão. A hipótese que orienta a pesquisa é que a inaptidão estrutural e organizacional do IGESP reflete na taxa de esclarecimento do crime de homicídio. A pesquisa é imprescindível porque existe uma demanda para a realização de pesquisas sobre a taxa de esclarecimento do crime de homicídio, mesmo tratando-se de uma instituição racional não se tem dados estatísticos sobre a taxa de esclarecimento que possa mensurar o grau de eficiência da instituição policial quanto à solução do crime de homicídio..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Herbert Toledo Martins - Coordenador / Davy Alves Caminhas - Integrante.Financiador(es): Universidade Estadual de Montes Claros - Cooperação.Número de orientações: 1
2008 - 2011
IMPACTOS SÓCIO-ECONÔMICOS DA PRODUÇÃO DE BIOCOMBUSTÍVEIS NO NORTE DE MINAS GERAIS
Descrição: A região norte de Minas foi contemplada para integrar o complexo produtivo nacional de biocombustíveis. Para que este novo ramo produtivo contribua para o desenvolvimento regional e melhore a qualidade de vida de um grande contingente da população pobre prevê-se que parte da matéria-prima da agroenergia seja produzida na base da agricultura familiar. O discurso que acompanha tal iniciativa, argumentando que a produção de mamona, pinhão manso e cana-de-açúcar vai gerar emprego e renda para milhares de famílias conquistou corações e mentes. Entretanto, é preciso verificar empiricamente a legitimidade desse discurso. Daí, portanto, avançamos a hipótese de que a política estatal de bioenergia poderá alterar profundamente o perfil da agricultura familiar local, possibilitando que a mesma deixe de plantar alimentos para se dedicar ao plantio de biomassas..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado profissional: (1) .
Integrantes: Herbert Toledo Martins - Coordenador / Vero Franklin Sardinha Pinto - Integrante / Rômulo Soares Barbosa - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais - Auxílio financeiro.
2008 - 2009
As Elites Políticas de Minas Gerais
Descrição: Trata-se de um estudo de natureza quantitativa dos representantes políticos mineiros no âmbito estadual e federal, incluindo governadores, vice-governadores, secretários de estado, dirigentes de autarquias e fundações. A análise inicia-se na 1ª Legislatura do período republicano (1891-1893) e finda na legislatura em curso (2007-2011). A base documental da investigação recai sobre os registros do Dicionário Biográfico de Minas Gerais, da Revista do Arquivo Público Mineiro e demais fontes e estudos feitos sobre a elite mineira. Com o auxílio do programa SPSS pretende-se analisar tal elite a partir do cruzamento de 10 (dez) variáveis, a saber: sexo, idade, naturalidade, região, profissão, partido político, cargo político ocupado, relações com o governo federal, idade de entrada na vida pública e governança. Com esse procedimento espera-se obter o perfil da elite mineira e um balanço da distribuição regional do poder em Minas Gerais no período republicano. A hipótese geral que orientará a pesquisa é a de que quanto maior for a representação política da região, maiores serão os índices de desenvolvimento econômico e social da mesma..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Herbert Toledo Martins - Coordenador.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais - Auxílio financeiro.
2008 - 2009
Policiamento Comunitário: um estudo comparado entre as policias civil e militar de Montes Claros
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) .
Integrantes: Herbert Toledo Martins - Coordenador.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 1
2008 - 2009
Crime, Criminosos e Prisão: um estudo sobre a reincidência penitenciária em Montes Claros (MG)
Descrição: Neste projeto, ocupamo-nos em estudar a questão da reincidência e dos reincidentes penitenciários em Montes Claros. Haja vista a problemática habitar em tão poucos estudos no país, constituindo-se como uma grave lacuna no contexto das pesquisas sociais sobre criminalidade. Compreende-se que a reincidência não é apenas um agravante da criminalidade primária, mas constitui a dimensão problemática das chamadas carreiras criminais, ou seja, indivíduos que se especializam e constroem sua identidade social ligada ao crime e ao vínculo reiterado com o circuito policia- justiça- prisão. O fenômeno representa ao mesmo tempo o fracasso do esforço social pela res ? socialização dos delinqüentes e a consolidação de sua exclusão. Nesse sentido, parte-se do pressuposto de que a figura do sujeito reincidente é produzida tanto pelo funcionamento dos estabelecimentos prisionais quanto pelas relações que estes atores estabelecem com a sociedade extra-muros, ou seja, a prisão agrava a reincidência e produz a delinqüência?.Nossa atenção concentra-se primeiramente em dois aspectos: primeiro, avaliar a magnitude da reincidência penitenciária, além de conhecer e interpretar o perfil social dos reincidentes penitenciários, através do levantamento de variáveis biográficas, jurídico-processuais e de carreira institucional dos apenados recolhidos na instituição prisional da cidade. Em um segundo momento, pretende-se explorar a fala do sujeito reincidente penitenciário, buscando compreender suas experiências, sua origem social, relações com a família, acontecimentos relacionados ao crime, inserção na ilegalidade e acontecimentos relacionados ao lócus carcerário. Assim, pretende-se com este estudo elaborar monografia, apresentar a pesquisa em congressos e publicar artigos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Herbert Toledo Martins - Coordenador / Victor Neiva e Oliveira - Integrante.Número de orientações: 1


Projetos de extensão


2015 - 2016
CONFLITOS, VIOLÊNCIA E SEGURANÇA CIDADÃ NO RECÔNCAVO DA BAHIA
Descrição: A proposta geral do presente programa de pesquisa é desenvolver uma pesquisa articulada e coesa em torno da investigação da criminalidade e violência, e apontar tecnologia e direções de processos de administração institucional e social de conflitos na região do Recôncavo da Bahia; dando relevância à interação entre as agências públicas e outros espaços (formais e informais) de administração de conflitos, permitindo uma análise que privilegie não só os pontos de vista das instituições e seus agentes, mas também a participação e possível influência de segmentos da sociedade que se mobilizam em torno da demanda de direitos ou reivindicações sociais e civis. Nesta perspectiva, buscaremos dar relevância ao processo de implementação de tecnologias sociais de resolução de conflitos e prevenção da violência e criminalidade na área da segurança cidadã, que contribuam para o enfrentamento dos problemas na região do Recôncavo da Bahia. Neste sentido, as ações e os objetivos propostos neste projeto vão ao encontro das diretrizes e características defendidas pelo paradigma da segurança cidadã. Busca-se aqui contribuir para o fortalecimento e difusão das reflexões e práticas que estejam de acordo com políticas públicas voltadas para redução e prevenção da violência e criminalidade atreladas à promoção da cidadania. Esta é entendida como ferramenta elementar para potencializar a paz, seja num bairro, cidade ou país. Assim, procuramos conhecer e analisar os índices de criminalidade, vitimização e conflitos urbanos nas cidades do Recôncavo; e atrelado ao quadro de insegurança, violência e criminalidade, propomos elaborar, executar e avaliar um projeto piloto com ênfase em resolução e mediação institucional e comunitária de conflitos num bairro da cidade de Cruz das Almas. O fomento e o exercício da cidadania são fundamentais aos princípios e às iniciativas da mediação de conflitos aqui pretendidos. Dessa maneira, pretendemos articular consistentemente a produção de conhecimento científico por intermédio da pesquisa de vitimização, com a ação de intervenção nos territórios e de inclusão de jovens adolescentes; é assim que conseguiremos alcançar a ação de difusão e interferência do conhecimento acadêmico na sociedade, objetivo principal dos Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologias - INCTs, bem como a capacidade de transferir tecnologia para o setor público enfrentar os graves problemas gerados pelo processo de interiorização da violência homicida e da criminalidade em curso na sociedade brasileira..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Herbert Toledo Martins - Coordenador / Alessandra Alves dos Santos - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia - Bolsa.Número de orientações: 1
2012 - 2016
Feira Viva, Comunidade Segura
Descrição: Apresenta-se aqui um projeto de pesquisa, cujo conjunto articulado de ações enquadra-se na linha temática das organizações de segurança pública para o século XXI: estruturas organizacionais com foco no cidadão e nos territórios, conforme diretrizes do EDITAL/FAPESB 022/2010. Consistente com o referido edital com o intuito de contribuir para a resolução de problemas da área no o projeto visa o desenvolvimento de uma tecnologia inovadora na área de segurança pública Estado da Bahia como um todo, em particular, da cidade de Feira de Santana. Denominado Comunidade Segura, pretende-se, a partir de um diagnóstico sociológico da criminalidade e violência urbana do município em tela, propor um conjunto de ações em parceria com as estruturas organizacionais do sistema de segurança pública, que contribuam para efetivas soluções de prevenção à violência, criminalidade e inclusão social, a saber: 1. Pesquisa de Vitimização, 2. Curso de Gestores Locais de Segurança Pública; 3. Projetos Locais de Prevenção à Criminalidade com foco no Cidadão; 4. Plano Local de Gestão da Segurança Pública que vise a aproximação da comunidade com as agências policiais e o sistema de justiça. Trata-se, portanto, de um conjunto articulado de 4 (quatro) metas com seus respectivos produtos. Todos focados nos cidadãos e nos territórios que pretende prevenir da criminalidade e a violência em Feira de Santana..
Situação: Concluído; Natureza: Extensão.
Alunos envolvidos: Graduação: (6) .
Integrantes: Herbert Toledo Martins - Coordenador / Rosilene Oliveira Rocha - Integrante / Dhanyane Alves Castro - Integrante.Financiador(es): Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia - Auxílio financeiro.
Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 5


Membro de corpo editorial


2007 - Atual
Periódico: Revista Desenvolvimento Social


Revisor de periódico


2009 - Atual
Periódico: UNIMONTES Científica
2016 - 2016
Periódico: Dilemas: Revista de Estudos de Conflito e Controle Social


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Sociologia do Desenvolvimento.
2.
Grande área: Ciências Humanas / Área: Sociologia / Subárea: Outras Sociologias Específicas/Especialidade: Sociologia do Crime e do Desvio.


Idiomas


Espanhol
Compreende Razoavelmente, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.
Inglês
Compreende Pouco, Fala Pouco, Lê Bem, Escreve Pouco.


Produções



Produção bibliográfica
Citações

SCOPUS

Artigos completos publicados em periódicos

1.
SANTOS, A. V.2016SANTOS, A. V. ; MARTINS . Um breve percurso na prática de inserção social em um centro de atenção psicossocial ? CAPS na Bahia. P o l i s e P s i q u e, v. 6, p. 122-142, 2016.

2.
MARTINS2015MARTINS. As propostas de redivisão territorial do estado nacional brasileiro. Geografia (Rio Claro. Impresso), v. 40, p. 35-51, 2015.

3.
MARTINS2015MARTINS; CASTRO, Dhanyane Alves . Cem anos de desenvolvimento e solidão na América Latina. Estudos de Sociologia, v. 20, p. 163-176, 2015.

4.
MARTINS2013MARTINS; OLIVEIRA, V. N. E. . Crime, criminosos e prisão: um estudo sobre a reincidência penitenciária em Montes Claros - MG. Revista Brasileira de Segurança Pública, v. 2, p. 32-48, 2013.

5.
MARTINS2011MARTINS; Versiani, Dayane Aparecida ; Batitucci, Eduardo Cerqueira . A Polícia prende, mas a Justiça solta. Revista Brasileira de Segurança Pública, v. Ano 5, p. 106-121, 2011.

6.
Herbert Toledo2010Herbert Toledo. A Retaliação de Pernambuco: o caso da comarca do Rio de São Francisco. Clio. Série História do Nordeste (UFPE), v. 28, p. 01-16, 2010.

7.
Aldemir Inácio de Azevedo2009 Aldemir Inácio de Azevedo ; Herbert Toledo ; DRUMMOND, J. A. L. . A dinâmica institucional de uso comunitário dos produtos nativos do cerrado no município de japonva (Minas Gerais). Sociedade e Estado (UnB. Impresso), v. 24, p. 193-228, 2009.

8.
ROCHA, R. O.2009ROCHA, R. O. ; MARTINS . A Elite Política Federal de Minas Gerais no Período Republicano. Argumentos (Unimontes), v. V. 3, p. 11-28, 2009.

9.
Aldemir Inácio de Azevedo2008Aldemir Inácio de Azevedo ; Herbert Toledo . Agências de Desenvolvimento Rural: um estudo comparado entre duas cooperativas agroextrativistas donorte de minas. Revista Desenvolvimento Social, v. 1, p. 09-26, 2008.

10.
Paranhos, Luciola da Silva2008Paranhos, Luciola da Silva ; COSTA, J. B. A. ; Herbert Toledo . Redes Sociais, Reciprocidade e Desenvolvimento Regional no Norte de Minas Gerais. Revista Desenvolvimento Social, v. 1, p. 99-114, 2008.

11.
Herbert Toledo2008Herbert Toledo. Formação e fragmentação do Estado Nacional Brasileiro no período imperial: a criação da província do Paraná. Acta Scientiarum. Human and Social Sciences, v. 30, p. 9-16, 2008.

12.
Herbert Toledo2001Herbert Toledo. Especialização Flexível, Globalização e Ação Sindical. Revista da Universidade de Itaúna. Ciências Humanas, Sociais Aplicadas, Lingüística, Letras e Artes, v. 01, p. 403-421, 2001.

13.
Herbert Toledo2001Herbert Toledo. A Fragmentação do Território Brasileiro: a criação de novos estados no Brasil. Cadernos do CRH (UFBA), v. 35, p. 263-288, 2001.

14.
Herbert Toledo1998Herbert Toledo. Federação e Redivisão Territorial. Caderno de Filosofia e Ciências Humanas, v. 07, p. 14-23, 1998.

15.
MARTINS1998MARTINS. Federação e Redivisão Territorial: o caso do Triângulo. Aspectos Recentes da Economia e da Política Brasileiras, v. 7, p. 14-23, 1998.

16.
Herbert Toledo1997Herbert Toledo. Religião e Sociedade:Durkheim, Weber e Marx. Caderno de Filosofia e Ciências Humanas, v. 08, p. 82-90, 1997.

17.
Herbert Toledo1997Herbert Toledo. Federação e Redivisão Territorial: A criação de novos estados no Brasil. Caderno de Filosofia e Ciências Humanas, v. 09, p. 07-25, 1997.

18.
PAIXÃO, Antônio Luis1992 PAIXÃO, Antônio Luis ; Herbert Toledo ; SAPORI, Luiz Flavio . Métodos e Acidentes de Trabalho: violência, legalidade e polícia. Análise & Conjuntura (Belo Horizonte), v. 07, p. 76-91, 1992.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
MARTINS; LOURENCO, L. C. (Org.) . Criminalidade, Direitos Humanos e Segurança Pública na Bahia. 1. ed. Cruz das Almas: Editora UFRB, 2014. v. 500. 335p .

Capítulos de livros publicados
1.
ROCHA, R. O. ; MARTINS . Crack, violência e criminalidade no Recôncavo da Bahia. In: Herbert Toledo Martins; Luiz Claudio Lourenço. (Org.). Criminalidade, Direitos Humanos e Segurança Pública na Bahia. 1ed.Cruz das Almas: Editora UFRB, 2014, v. 500, p. 73-104.

2.
Jesus, Cândido da Cruz ; Menezes, José Alexandre S. ; MARTINS ; CASTRO, Dhanyane Alves . Bullyng no Cotidiano de uma Escola no Recôncavo da Bahia. In: Celia Regina Ferrari Faganello Noirtin; José Alexandre de Souza Menezes; Luiz Gonzaga Mendes. (Org.). Políticas Públicas em Foco: Concepções, Análises e Casos. 1ºed.Cruz das Almas, BA: Editora UFRB, 2011, v. , p. 96-116.

3.
PINTO, D. S. ; MARTINS . A liberdade de troca e transação e a defesa do mercado em desenvolvimento como liberdade. In: XAVIER, Elton Dias; SANTOS, Gilmar Ribeiro dos. (Org.). Desenvolvimento Social em Perspectiva. Montes Claros: Sografe, 2009, v. , p. 103-124.

4.
MARTINS; MARCANDIER, Andrea Passos ; SOARES, Deidre de Cássia . A unidade na diversidade: a integridade do território de Minas Gerais. In: Astréia Soares Batista. (Org.). Iniciação Cientifíca Newton Paiva. Belo Horizonte: Editora Newton Paiva, 2003, v. , p. 70-98.

5.
MARTINS. A criação de municípios no Brasil: o caso de Juatuba e Santa Rita de Minas. In: Astréia Soares Batista. (Org.). Iniciação Científica - Newton Paiva. Belo Horizonte: Unicentro Newton Paiva, 2001, v. , p. 358-376.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
LIMA JUNIOR, J. M. ; MARTINS . Uma resposta medieval para um problema contemporâneo. Le Monde Diplomatique, São Paulo, 11 fev. 2014.

2.
LIMA JUNIOR, J. M. ; MARTINS . A política de drogas no Brasil e as novas ameaças. Le Monde Diplomatique, São Paulo, p. 28 - 29, 02 set. 2013.

3.
Herbert Toledo. Entrevista com Herbert Toledo Martins. Revista de História (Rio de Janeiro), Rio de Janeiro, 05 dez. 2011.

4.
MARTINS. Quem mais ganha é a classe política. O Globo, São Paulo, SP, 27 nov. 2011.

5.
Herbert Toledo. A questão atual da criação de novos estados no Brasil. ComCiência (UNICAMP), Campinas, SP, 10 nov. 2011.

6.
MARTINS. Separatismo renasce em Minas Gerais e no país. O Tempo, Belo Horizonte, p. 04 - 04.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
PALMA, J. S. ; MARTINS . Percepção de risco e o consumo de bens de segurança privada. In: 30 Reunião da Associação Brasileira de Antropologia, 2016, João Pessoa. 30 Reunião da Associação Brasileira de Antropologia, 2016.

2.
MARTINS; PEIXINHO, F. S. . Drogas e sociedade carcerária no sistema prisional baiano: um estudo das condições para implantação do programa de redução de danos da Colônia Penal de Simões Filho. In: 38 Encontro Anual da ANPOCS, 2014, Caxambu. Anais do 38º Encontro Anual da Anpocs, de 27 a 31 de outubro de 2014, em Caxambu - MG. São Paulo: ANPOCS, 2014.

3.
MARTINS; PALMA, J. S. . O sentimento de medo e sua influência nas sociabilidades dos moradores de Feira de Santana, Ba. In: 29 Reunião Brasileira de Antropologia, 2014, Nata, RN. 29 Reunião Brasileira de Antropologia. Natal, RN: Associação Brasileira de Antropologia, 2014.

4.
MARTINS. As propostas de redivisão territorial do Estado nacional brasileiro. In: 37 Encontro Anual da ANPOCS, 2013, Águas de Lindoia. Anais do 37º Encontro Anual da Anpocs. São Paulo: ANPOCS, 2013.

5.
MARTINS; OLIVEIRA, E. A. . Raça, Violência Homicida e Criminalidade. In: XVI Congresso Brasileiro de Sociologia, 2013, Salvador. Anais do XIV Congresso Brasileiro de Sociologia, realizado em Salvador-BA, de 10 a 13 de setembro de 2013.. Salvador: Sociedade Brasileira de Sociologia, 2013.

6.
MARTINS; CASTRO, Dhanyane Alves . Desenvolvimento e Solidão. In: XXIX Congreso ALAS Chile, 2013, Santiago. XXIX Congreso ALAS Chile. Santiago: ALAS, 2013.

7.
ALMEIDA,L.S. ; MARTINS . O fenômeno invisível: um estudo das violências sofridas por mulheres em Feira de Santana-Ba.. In: XXIX CONGRESSO ALAS - CHILE (Associação Latino-americana de Sociologia), 2013, Santiago. XXIX Congreso ALAS Chile, 2013.

8.
MARTINS; LOPES, Camilo Antônio Silva . Entender para desenvolver: compreendendo o Desenvolvimento Social no Norte de Minas. In: V Seminário Internacional sobre Desenvolvimento Regional, 2011, Santa Cruz do Sul, RS. Anais do V Seminário Internacional sobre Desenvolvimento Regional. Santa Cruz do Sul, RS: UNISC - Universidade Santa Cruz do Sul, 2011. p. 01-11.

9.
Herbert Toledo; ROCHA, R. O. . Crack, Crime e Violência no Recôncavo da Bahia. In: XV Congresso Brasileiro de Sociologia, 2011, Curitiba. Anais do XV Congresso Brasileiro de Sociologia, realizado em Curitiba-PR, de 26 a 29 de julho de 2011. São Paulo: Sociedade Brasileira de Sociologia, 2011.

10.
ROCHA, R. O. ; MARTINS . Entre Fatos e Mitos: O crack no Centro das Discussões Internacionais. In: XXVIII Congresso Internacional da Associação Latino-Americana de Sociologia, 2011, Recife. http://ebookbrowse.com/alas-gt24-rosilene-oliveira-rocha-pdf-d220507852. Recife: Associação Latino-Americana de Sociologia, 2011.

11.
ROCHA, R. O. ; MARTINS . Crack e Violência: Da experiência dos usuários à reprodução social de mitos. In: I Seminário do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais/UFRB, 2011, Cachoeira. Anais do I Seminário do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais/UFRB. Cachoeira: Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, 2011.

12.
ROCHA, R. O. ; FERREIRA, M. L. A. ; MARTINS . Pobreza, Estigma e Exclusão Social: a Vila Mauricéia II em Foco. In: Colóquio Internacional Recursos na luta contra a pobreza: entre controle societal e reconhecimento social, 2010, Montes Claros. Anais do Colóquio Internacional: Recursos na luta contra a pobreza: entre controle societal e reconhecimento social. Montes Claros: Universidade Estadual de Montes Claros, 2010. v. V. 3. p. 07-150.

13.
MARTINS; COSTA, J. B. A. ; Paranhos, Luciola da Silva . Redes Sociais e Desenvolvimento Regional: capital social no sertão norte mineiro. In: III Seminário Internacional sobre Desenvolvimento Regional, 2006, Santa Cruz do Sul. III Seminário Internacional sobre Desenvolvimento Regional. Santa Cruz do Sul - RS: Edunisc, 2006.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
MARTINS; OLIVEIRA, E. A. . Raça, Violência Homicida e Criminalidade. In: XVI Congresso Brasileiro de Sociologia, 2013, Salvador. Anais do XIV Congresso Brasileiro de Sociologia, realizado em Salvador-BA, de 10 a 13 de setembro de 2013.. Salvador: Sociedade Brasileira de Sociologia, 2013.

2.
MARTINS. As propostas de redivisão territorial do Estado nacional brasileiro. In: 37 Encontro Anual da ANPOCS, 2013, Águas de Lindoia. 37 Encontro Anual da ANPOCS. Águas de Lindoia: ANPOCS, 2013. p. 261-262.

3.
Herbert Toledo; ROCHA, R. O. . Crack, Crime e Violência no Recôncavo da Bahia. In: Anais do XV Congresso Brasileiro de Sociologia, realizado em Curitiba-PR, de 26 a 29 de julho de 2011., 2011, Curitiba. Anais do XV Congresso Brasileiro de Sociologia, realizado em Curitiba-PR, de 26 a 29 de julho de 2011. Curitiba: Sociedade Brasileira de Sociologia, 2011.

4.
GOMES, P. I. J. ; Herbert Toledo . Vitimização e segurança pública: análise da reação social diante da criminalidade. In: XXVIII Congresso Internacional da Associação Latino-Americana de Sociologia, 2011, Recife. XXVIII Congresso ALAS "Fronteiras abertas da América Latina".. Recife: Associação Latino-Americana de Sociologia, 2011.

5.
ROCHA, R. O. ; MARTINS . Entre fatos e mitos: o crack no centro das discussões internacionais. In: XXVIII Congresso Internacional da Associação Latino-Americana de Sociologia, 2011, Recife. XXVIII Congresso ALAS "Fronteiras abertas da América Latina".. Recife: Associação Latino-Americana de Sociologia, 2011.

6.
ROCHA, K. P. ; MARTINS . Entre a proteção e a punição: o desafio das medidas socioeducativas em meio aberto: um estudo em Montes Claros, MG. In: III Seminário Internacional Violência e Conflitos Sociais: ilegalismos e lugares morais, 2011, Fortaleza. Revista do III Seminário Internacional Violência e Conflitos. Fortaleza: Laboratório de Estudos da Violência, 2011.

7.
ROCHA, R. O. ; MARTINS . Crack: criminalização, estigmatização e encarceramento. In: XV Congresso da Sociedade Brasileiro de Sociologia/SBS/UFPR/Curitiba/PR, 2011, Curitiba. Anais do XV Congresso Brasileiro de Sociologia, realizado em Curitiba-PR, de 26 a 29 de julho de 2011. São Paulo: Sociedade Brasileira de Sociologia, 2011.

8.
ROCHA, R. O. ; MARTINS . Cruzada Antidrogas no Recôncavo da Bahia: para além da criminalização. In: Reunião Anual de Ciência, Tecnologia, Inovação e Cultura no Recôncavo da Bahia- RECITEC, 2011, Cruz das Almas. Anais do Reunião Anual de Ciência, Tecnologia, Inovação e Cultura no Recôncavo da Bahia- RECITEC. Cruz das Almas: Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, 2011.

9.
Herbert Toledo; Versiani, Dayane Aparecida ; Batitucci, Eduardo Cerqueira . A Polícia Prende, mas a Justiça Solta. In: 33 Encontro Anual da ANPOCS, 2009, Caxambu. ANPOCS 33 Encontro Anual. São Paulo: ANPOCS, 2009. p. 37-38.

10.
Herbert Toledo; Costa, Gleimiria Batista da . Mototaxi: ocupação ou profissão. In: XIV Congresso Brasileiro de Sociologia, 2009, Rio de Janeiro. Anais do XV Congresso Brasileiro de Sociologia, realizado em Curitiba-PR, de 26 a 29 de julho de 2011. São Paulo: Sociedade Brasileira de Sociologia, 2009.

11.
Herbert Toledo; Versiani, Dayane Aparecida ; Batitucci, Eduardo Cerqueira . A polícia prende, mas a justiça solta. In: 33 Encontro Anual da ANPOCS, 2009, Caxambu. Anais do 33º Encontro Anual da Anpocs. Caxambu: Associação Nacional de Pós-Graduação em Ciências Sociais, 2009.

12.
Herbert Toledo. Formação e Fragmentação do Estado Nacional no período Imperial: o caso da comarca do Rio de São Frani cisco. In: IX Congresso Regional de História, 2008, Montes Claros. IX Cpongresso regional de História - Territórios da História. Montes Claros: Unimontes, 2008. p. 63-64.

13.
Herbert Toledo. (Des)envolvimentos entre Pobreza e Criminalidade. In: Colóquio Internacional (Des)envolvimentos contra a pobreza, 2008, Montes Claros. (Des)envolvimentos contra a Pobreza. Montes Claros: Unimontes, 2008. p. 153-153.

14.
Herbert Toledo. O Cerrado Como Espaço de Gestão Coletiva: um caminho para a sustentabilidade ambiental e social. In: III Jornada internacional de Políticas Públicas, 2007, São Luís - MA. III Jornada internacional de Políticas Públicas, 2007.

15.
Herbert Toledo; SILVEIRA, Marise Fagundes . As elites políticas de Minas Gerais. In: 31º Encontro Anual da ANPOCS, 2007, Caxambu. 31º Encontro Anual da ANPOCS. São Paulo: ANPOCS, 2007. p. 164-164.

16.
Herbert Toledo. A questão da criação de novos estados no Brasil. In: XII Congresso Brasileiro de Sociologia, 2005, Belo Horizonte. Sociologia e Realidade. Belo Horizonte: Sociedade Brasileira de Sociologia, 2005. p. 197-197.

17.
Herbert Toledo. Autonomia e federalismo no Brasil. In: XI Congresso Brasileiro de Sociologia, 2003, Campinas. Sociologia e Conhecimento - Além das Fronteiras. Campinas: Sociedade Brasileira de Sociologia, 2003. p. 189-189.

18.
Herbert Toledo. Redivisão teritorial e criação de novos estados no Brasil. In: X Congresso Brasileiro de Sociologia, 2001, Fortaleza - CE. X congresso brasileiro de sociologia. Fortaleza: Sociedade Brasileira de Sociologia, 2001. p. 170-170.

Artigos aceitos para publicação
1.
MARTINS. As propostas de redivisão territorial do estado nacional brasileiro. Geografia (Rio Claro. Impresso), 2014.

Apresentações de Trabalho
1.
PALMA, J. S. ; MARTINS . Percepção de risco e o consumo de bens de segurança privada. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

2.
MARTINS; VALENCA, D. ; OLIVEIRA, L. P. . Novas Abordagens sobre Desenvolvimento. 2015. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

3.
MARTINS. Drogas, segurança pública e descriminalização. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

4.
MARTINS. Drogas, Segurança Pública e Descriminalização. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
MARTINS; PEIXINHO, F. S. . Drogas e sociedade carcerária no sistema prisional baiano: um estudo das condições para implantação do programa de redução de danos na Colônia Pena de Simões Filho. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

6.
MARTINS; PALMA, J. S. . O sentimento de medo e sua influência as sociabilidades dos moradores de Feira de Santana, Ba. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
MARTINS; PALMA, J. S. . Negros e pardos seus medos e sociabilidades. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
MARTINS. As propostas de redivisão territorial do Estado nacional brasileiro. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

9.
MARTINS; CASTRO, Dhanyane Alves . Desenvolvimento e Solidão. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

10.
MARTINS; OLIVEIRA, E. A. . Raça, Violência Homicida e Criminalidade. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

11.
MARTINS. Preso Vigiando Preso: o método APAC em questão. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
MARTINS; BOMFIM, P. R. G. . Encarceramento e Direitos Fundamentais. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
MARTINS; ROCHA, R. O. . Crack, Crime e Violência no Recôncavo da Bahia. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
ROCHA, K. P. ; MARTINS . Entre a proteção e a punição: o desafio das medidas socioeducativas em meio aberto: um estudo em Montes Claros, MG. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

15.
GOMES, P. I. J. ; MARTINS . Vitimização e segurança pública: análise da reação social diante da criminalidade. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

16.
ROCHA, R. O. ; MARTINS . Entre fatos e mitos: o crack no centro das discussões internacionais. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

17.
ROCHA, R. O. ; MARTINS . Crack e violência: da experiência dos usuários à reprodução social de mitos. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

18.
Bomfim, Priscila Rosa Guimarães ; MARTINS . O Método APAC e o cumprimento da pena privativa de liberdade. 2011. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

19.
MARTINS; ROCHA, K. P. . Um estudo sobre jovens em conflito com a lei. 2010. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

20.
Herbert Toledo. Desenvolvimento, Criminalidade e Pobreza. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

21.
ROCHA, R. O. ; MARTINS . A Dinâmica do consumo de crack: o caso da cidade de Cachoeira, BA. 2010. (Apresentação de Trabalho/Outra).

22.
Herbert Toledo. Polícia Civil, Policiamento Comunitário e Cultura Policial. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

23.
ROCHA, R. O. ; FERREIRA, M. L. A. ; MARTINS . Pobreza, Estigma e Exclusão Social: a Vila Mauricéia II em foco. 2010. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

24.
Herbert Toledo; Costa, Gleimiria Batista da . Mototaxi: ocupação ou profissão?. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

25.
MARTINS; PINTO, Vero Franklin Sardinha ; Moura. Josiane Maria . Agricultura Familiar, Estado e Energia: a dinâmica socio-espacial na produção do biodiesel no Norte de Minas. 2009. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

26.
Herbert Toledo; Versiani, Dayane Aparecida ; Batitucci, Eduardo Cerqueira . A Polícia Prende, mas a Justiça Solta. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

27.
MARTINS. Capital Social e Reinserção social: o caso do Instituto Laborearte. 2009. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

28.
Herbert Toledo. (Des)envolvimentos entre Pobreza e Criminalidade. 2008. (Apresentação de Trabalho/Outra).

29.
Herbert Toledo; COSTA, J. B. A. ; LOPES, Camilo Antônio Silva . DESAFIOS, RESISTÊNCIAS E CONFLITOS NA CRIAÇÃO DE UNIDADES DE. 2008. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

30.
Herbert Toledo. Formação e Fragmentação do Estado Nacional no período Imperial: o caso da comarca do Rio de São Francisco. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

31.
Herbert Toledo. Desenvolvimento e Criminalidade. 2008. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

32.
Herbert Toledo. Policiamento Comunitário: a experiência da Polícia Civil. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

33.
Herbert Toledo. As Elites Políticas de Minas Gerais. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

34.
Herbert Toledo; Aldemir Inácio de Azevedo . O Cerrado como espaço de gestão coletiva: um caminho para a sustentabilidade ambiental e social. 2007. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

35.
Herbert Toledo; COSTA, J. B. A. ; Paranhos, Luciola da Silva . III Seminário Internacional sobre Desenvolvimento Regional. 2006. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

36.
Herbert Toledo. A questão da criação de novos estados no Brasil. 2005. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

37.
Herbert Toledo. Autonomia e federalismo no Brasil. 2003. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

38.
Herbert Toledo. Redivisão Territorial e criação de novos estados no Brasil. 2001. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

39.
Herbert Toledo. A construção do Conhecimento através da Pesquisa Científica. 2001. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

40.
Herbert Toledo. Trabalho e vida em busca do Ócio. 2000. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
RATTON JUNIOR, J. L. A. ; MARTINS ; CASTRO, D. A. ; PORTELA, A. P. ; ROCHA, R. O. . Diagnóstico Comunitário em torno da área de abrangência da Base Comunitária de Segurança (BCS) do bairro São Caetano. 2013.

2.
RATTON JUNIOR, J. L. A. ; MARTINS ; CASTRO, D. A. ; KRAHN, N. ; PORTELA, A. P. ; ROCHA, R. O. . Diagnóstico Comunitário em torno da área de abrangência da Base Comunitária de Segurança (BCS) do bairro Uruguai. 2013.

3.
RATTON JUNIOR, J. L. A. ; MARTINS ; CASTRO, D. A. ; PORTELA, A. P. ; KRAHN, N. ; ROCHA, R. O. . O papel do município na Segurança Pública. 2013.

4.
RATTON JUNIOR, J. L. A. ; MARTINS ; PORTELA, A. P. ; ROCHA, R. O. ; KRAHN, N. . Diagnóstico Comunitário em torno da área de abrangência da base Comunitária (BCS) de Camaçari. 2013.

Produtos tecnológicos
1.
Herbert Toledo. Curso de Especialização em Análise da Criminalidade, Violência e Segurança Pública do Norte de Minas. 2008.

2.
Herbert Toledo. Curso de Especialização em Análise da Criminalidade, Violência e Segurança Pública do Norte de Minas. 2007.

Trabalhos técnicos
1.
MARTINS. Parecer para a Revista Dilemas. 2018.

2.
MARTINS. Parecer para a Revista Dilemas. 2016.

3.
MARTINS. Parecer para Revista Teoria & Sociedade. 2015.

4.
MARTINS. Parecer Revista Brasileira de Ciências Sociais. 2015.

5.
MARTINS; CASTRO, Dhanyane Alves . Plano Local de Segurança com Cidadania do Bairro Rua Nova. 2015.

6.
Herbert Toledo. Curso de Capacitação para Gestores de Planos Locais de Prevenção à Criminalidade. 2009.

7.
Herbert Toledo; CASTRO, Dhanyane Alves . DIAGNÓSTICO QUALITATIVO DAS CONDIÇÕES SÓCIO-ECONÔMICAS E PADRÕES DE CRIMINALIDADE NA COMUNIDADE CIDADE CRISTO REI ? MONTES CLAROS/MG. 2008.

8.
LESSA, S. N. ; Herbert Toledo . MESONORTE: Diagnóstico para a Agenda de Desenvolvimento Integrado e Sustentável da Mesorregião do Norte de Minas. 2007.

9.
MARTINS. Revista Dados. 2005.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
RATTON JUNIOR, J. L. A. ; LOURENCO, L. C. ; MARTINS . Realidade e perspectivas da Segurança Pública na Bahia. 2012. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

2.
Herbert Toledo. Entrevista com Herbert Toledo Martins. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
MARTINS. Curso de Atualização em indicadores para Diagnóstico e Acompanhamento do SUAS e do Plano Brasil Sem Miséria. 2016. .

2.
MARTINS. Curso de Atualização em indicadores para Diagnóstico e Acompanhamento do SUAS e do Plano Brasil Sem Miséria. 2015. .

3.
MARTINS; CASTRO, D. A. . Plano Local de Segurança com Cidadania do Bairro Rua Nova em Feira de Santana/BA. 2015. (Relatório de pesquisa).

4.
MARTINS; CASTRO, Dhanyane Alves . VIOLÊNCIA, CRIMINALIDADE, INSEGURANÇA E AVALIAÇÃO DA SEGURANÇA PÚBLICA EM FEIRA DE SANTANA, BA. 2015. (Relatório de pesquisa).

5.
RATTON JUNIOR, J. L. A. ; MARTINS ; PORTELA, A. P. ; KRAHN, N. ; ROCHA, R. O. . . Diagnóstico Comunitário em torno da área de abrangência da base Comunitária (BCS) de Camaçari. 2013. (Relatório de pesquisa).

6.
RATTON JUNIOR, J. L. A. ; MARTINS ; CASTRO, D. A. ; PORTELA, A. P. ; KRAHN, N. ; ROCHA, R. O. . Diagnóstico Comunitário em torno da área de abrangência da Base Comunitária de Segurança (BCS) do bairro São Caetano. 2013. (Relatório de pesquisa).

7.
RATTON JUNIOR, J. L. A. ; MARTINS ; CASTRO, D. A. ; PORTELA, A. P. ; KRAHN, N. ; ROCHA, R. O. . Diagnóstico Comunitário em torno da área de abrangência da Base Comunitária de Segurança (BCS) do bairro Uruguai. 2013. (Relatório de pesquisa).

8.
RATTON JUNIOR, J. L. A. ; MARTINS ; CASTRO, Dhanyane Alves ; PORTELA, A. P. ; KRAHN, N. ; ROCHA, R. O. . O papel do município na Segurança Pública.. 2013. (Relatório de pesquisa).

9.
Herbert Toledo. Ética e Cidadania. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

10.
Herbert Toledo. Crime, Violência e Polícia. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

11.
Herbert Toledo. Curso Especial promotor de Polícia Comunitária. 2008. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

12.
MARTINS. As Elites Políticas Mineiras no Brasil-Império e na 1ª República. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

13.
MARTINS. Terceiro Setor: Gestão e Avaliação de Programas e Projetos Sociais. 2003. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

14.
MARTINS. Gestão e Avaliação de Programas e Projetos Sociais. 2002. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

15.
MARTINS. Gestão e Avaliação de Programas e Projetos Sociais. 2001. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

16.
MARTINS. Formação Política e Econômica da Sociedade Brasileira. 2000. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

17.
MARTINS. Formação Política e Econômica da Sociedade Brasileira. 1999. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).


Produção artística/cultural
Artes Visuais
1.
MARTINS. PPGCS Apresenta: Artista Jurandir Negão. 2016. Vídeo.

Demais trabalhos
1.
MARTINS. Elites Políticas, Ativismo Jurídico e Movimentos Autonomistas em Minas Gerais. 2005 (Palestra) .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
MARTINS; LOURENCO, L. C.; BARROS, Z.. Participação em banca de Maria Helena Amaral Martins Dantas da Cruz. "Aqui jaz a Amélia": (Des)construção do papel social feminino no mundo do crime. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

2.
MARTINS; COELHO, L. R.; OLIVEIRA, A. E. A.. Participação em banca de Taiane Almeida Santos. Mídia, Segurança Pública e a Chacina do Cabula. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

3.
MUNANGA, K.; MARTINS; OLIVEIRA, A. E. A.. Participação em banca de Leomir Santana de Souza. Quilombolas em Rede: os efeitos da internet entre os jovens da comunidade quilombola de São Francisco do Paraguaçu - Cachoeira, BA.. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

4.
MARTINS; LOURENCO, L. C.; CAPPI, R.. Participação em banca de Taysa Silva Santos. Comando entre cadeias: do Estado, dos frentes e das famílias. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

5.
CAPPI, R.; MARTINS; POSSAS, M.. Participação em banca de Ricardo Ferreira dos Santos Junior. ?Entre os calabouços do ódio e o mundão além das muralhas: análise crítica da "extensão" de penas extrajudiciais e da criminalização de prisioneiros às suas sociabilidades como forma de genocídio do povo negro?,. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

6.
DURAES, Sarah Jane Alves; MARTINS; MAIA, C. J.. Participação em banca de Theresa Raquel Bethônico Corrêa Martinez. Desenvolvimento, políticas de saúde e assistência à mulheres vítimas de violência no Brasil e na Espanha. 2016. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Socia) - Universidade Estadual de Montes Claros.

7.
SANTOS, E. T.; MARTINS; Ávila, Heleni Duarte Dantas de. Participação em banca de Carlos Alberto Cardoso Cerqueira Júnior. Entre a garantia e violação de direitos humanos; análise dos discursos do sujeito coletivo sobre a internação compulsória de usuários de substâncias psicoativas no Estado da Bahia. 2016. Dissertação (Mestrado em Gestão de Políticas Públicas e Segurança Social) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

8.
MARTINS; SANTOS, D. B. R.; SOARES, A. M. C.. Participação em banca de Ezequias Amorim Oliveira. Raça e Criminalização em Feira de Santana. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

9.
MARTINS; CAPPI, R.; SOARES, A. M. C.. Participação em banca de Paulo Tarso Mascarenhas Pedreira. Um estudo de caso da Base Comunitária de Segurança da Rua Nova em Feira de Santana, BA. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

10.
FERREIRA, M. I. C.; MARTINS; RIBEIRO, E. M.. Participação em banca de Joanildo Borges de Jesus. Nas Pegadas da Participação: uma análise do Plano Popular Estratégico de Gestão e Afirmação Democrática por uma Amargosa Sustentável. 2015. Dissertação (Mestrado em Gestão de Políticas Públicas e Segurança Social) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

11.
FERREIRA, M. I. C.; MARTINS; OLIVEIRA, R. P.. Participação em banca de Ladine Teixeira Santos. A ajuda para os fracos: percepções de beneficiários do Programa Bolsa Família em um pequeno município do interior da Bahia. 2015. Dissertação (Mestrado em Gestão de Políticas Públicas e Segurança Social) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

12.
MARTINS; CAPPI, R.; ALMEIDA, R.. Participação em banca de Vanessa Mascarenhas Lima. Polícia à Brasileira: representações dos policiais da BCS George Américo acerca dos impasses causados pela subdivisão da atividade policial. 2015. Dissertação (Mestrado em Gestão de Políticas Públicas e Segurança Social) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

13.
CAPPI, R.; COSTA, I. F.; MARTINS. Participação em banca de Marcos Antonio Santos Bandeira. Execução das medidas socioeducativas em meio aberto na Comarca de Itabuna. 2015. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional em Segurança Pública, Justiç) - Universidade Federal da Bahia.

14.
MARTINS; ALMEIDA, R.; SANTOS, W. T. M.. Participação em banca de Deraci Souza dos Santos. Comunidades Terapêuticas em Santo Antônio de Jesus, BA. 2015. Dissertação (Mestrado em Gestão de Políticas Públicas e Segurança Social) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

15.
MARTINS; NERY, M. S. S.; SINHORETTO, J.. Participação em banca de Tainara Jesus de Souza. Representações Sociais sobre os adolescentes: a visão dos profissionais da rede de atendimento à infância e adolescência de Santo Antônio de Jesus, BA. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

16.
WEISHEIMER, N.; MARTINS; CHAVES, R. M.. Participação em banca de Juliany Mendes Mota. Desenvolvimento Rural na Bahia: Análise da contribuição das políticas públicas para a agricultura familiar no território de Irecê, BA. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

17.
CARVALHO, A. P. C.; MARTINS; GODINHO, L. F.. Participação em banca de Emanuel Silva Andrade. Impasses e estratégias de reprodução agrícola na comunidade de Santo Antônio de Aldeia em Maragogipe, BA. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

18.
MARTINS; DURAES, Sarah Jane Alves; CALEIRO, Regina Célia Lima. Participação em banca de Ângela Fernanda Santiago Pinheiro. Papéis de gênero em processos criminais de violência contra mulheres. 2014. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Socia) - Universidade Estadual de Montes Claros.

19.
MARTINS; LOURENCO, L. C.; SOUZA, W. A.. Participação em banca de Franklin da Silva Peixinho. Drogas e sociedade carcerária no sistema prisional baiano. 2014. Dissertação (Mestrado em Gestão de Políticas Públicas e Segurança Social) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

20.
MARTINS; PONTES, S. A.; OLIVEIRA, A. E. A.. Participação em banca de Antônia Vieira Santos. Perspectivas CAPSciosas de Inserção social de sujeitos em sofrimento psíquico: o caso provoca-dor do CAPS I Ana Nery. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

21.
MARTINS; CAPPI, R.; SILVA, M. F.. Participação em banca de Marcelino Soares Neto. Violência institucional na Polícia Militar da Bahia: uma análise qualitativa. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

22.
MARTINS; OLIVEIRA, A. E. A.; AVILA, H. D. D.. Participação em banca de Hiran Souto Coutinho Júnior. Homicídios e/ou autos de resistência: na contra mão do Pacto pela Vida - Bahia. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

23.
CAPPI, R.; MARTINS; SANTANA, S. P.. Participação em banca de Jonny Maikel dos Santos. Justiça Restaurativa: aspectos teóricos e análise das práticas do 2 Juizado Criminal do Largo do Tanque - Salvador, BA. 2014. Dissertação (Mestrado em Mestrado Profissional em Segurança Pública, Justiç) - Universidade Federal da Bahia.

24.
ARAUJO, E. M.; CHAVES, J. M.; MARTINS. Participação em banca de Gabriel Matos Lima. Geoprocessamento e Análise Criminal: associação entre tráfico de drogas e vulnerabilidade socioeconômica na zona urbana de Feira de Santana no período de 2006 a 2011. 2014. Dissertação (Mestrado em Modelagem em Ciências da Terra e do Ambiente) - Universidade Estadual de Feira de Santana.

25.
CARDOSO, Antônio Dimas; Herbert Toledo; PAULA, A. M. N. R.. Participação em banca de Elca Possidônio Moura. Policiamento Comunitário: prevenção como estratégia de Segurança Pública. 2013. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Socia) - Universidade Estadual de Montes Claros.

26.
ZIMMERMANN, C.; FERREIRA, M. L. A.; MARTINS. Participação em banca de Maria Natividade Maia e Almeida. Nos trilhos do trem baiano: da instalação a extinção do transporte ferroviário de passageiros e seus impactos no modo de vida no Norte de Minas Gerais. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

27.
Herbert Toledo; Machado, Eduardo Paes; Fraga Filho, Walter. Participação em banca de Rosilene Oliveira Rocha. A Dinâmica do Crack em Cachoeira, BA: da guerra às drogas ao processo de estigmatização. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

28.
Herbert Toledo; LOURENCO, L. C.; SIMOES, A. L.. Participação em banca de Priscila Rosa Guimarães Bomfim. Método APAC e os seus mecanismos de controle. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

29.
Herbert Toledo; THEOPHILO, C. R.; BARBOSA, Rômulo Soares; FERREIRA, M. L. A.. Participação em banca de Josiane Maria Moura. Biodiesel, Impasses e Perspectivas num Lugar: A Agricultura Familiar face ao PNPB. 2011. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Socia) - Universidade Estadual de Montes Claros.

30.
Herbert Toledo; MELLO, K. S. S.; FERREIRA, M. L. A.. Participação em banca de Karine Pereira Rocha. Adolescente em conflito com a lei e medidas socioeducativas em meio aberto: uma análise da rede de instituições no munícipio de Montes Claros/MG. 2010. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Socia) - Universidade Estadual de Montes Claros.

31.
MARTINS; MIRANDA, A. P. M.; PEREIRA, A. M.. Participação em banca de Pedro Ivo Jorge Gomes. reação social e vitimização criminal em Montes Claros/MG: um diagnóstico do perfil das vítimas de crime e da subnotificação em 2009. 2010. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Socia) - Universidade Estadual de Montes Claros.

32.
Herbert Toledo; SAPORI, Luiz Flavio; MARTINS, L. H. S.. Participação em banca de Giovane Rodrigues e Oliveira. O perfil socio-econômico do autor de ato infracional na cidade de Montes Claros/MG. 2010. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Socia) - Universidade Estadual de Montes Claros.

33.
Herbert Toledo; Batitucci, Eduardo Cerqueira; FERREIRA, M. L. A.. Participação em banca de Ederson da Cruz Pereira. Diagnóstico sociológico dos crimes de homicídios no municipio de Montes Claros/MG no período de 2005 a 2008. 2010. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Socia) - Universidade Estadual de Montes Claros.

34.
Herbert Toledo; COSTA, J. B. A.; BARBOSA, Rômulo Soares. Participação em banca de Jarbas Siqueira Ramos. Fé e devoção: o capital social como recurso para a sobrevivência e manutenção da tradição nos ternos de catopês de Bocaiúva/MG. 2010. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Socia) - Universidade Estadual de Montes Claros.

35.
MARTINS; Santos, Sonia Nicolau dos; BARBOSA, Rômulo Soares. Participação em banca de Kátia Maria Gomes Monção. As Sementes da Luta: O Conflito Agrário de Cachoeirinha. 2009. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Socia) - Universidade Estadual de Montes Claros.

36.
Herbert Toledo; GONCALVES, M. T.; COSTA, J. B. A.. Participação em banca de Aldemir Inácio de Azevedo. O uso comunitário dos frutos do cerrado do município de Japonvar/MG como estratégia de desenvolvimento e conservação ambiental. 2008. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Socia) - Universidade Estadual de Montes Claros.

37.
RODRIGUES, L.; MARTINS; BARBOSA, Rômulo Soares; TOSTA, M.. Participação em banca de Raquel Mendes Maia. Os paradoxos da Legislação Ambiental: um estudo da complexidade socioambiental no licenciamento para exploração no cerrado norte-mineiro. 2008. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Socia) - Universidade Estadual de Montes Claros.

38.
LESSA, S. N.; CARVALHO, R.; MARTINS. Participação em banca de Cássio Alexandre da Silva. Parque Nacional Cavernas do Peruaçu/Parna - comunidade do Janelão. 2007. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Socia) - Universidade Estadual de Montes Claros.

39.
DURAES, Sarah Jane Alves; CALEIRO, Regina Célia Lima; SAPORI, Luiz Flavio; MARTINS. Participação em banca de Flávio de Oliveira Carvalho. Desenvolvimento e , Mulheres e Criminalidade: uma análise dos relatos das presidiárias detidas por envolvimento com tráfico de drogas na cadeia pública de Montes Claros/MG. 2007. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Social) - Universidade Estadual de Montes Claros.

40.
IDE, Maria Helena de Souza; ZIMMERMANN, C.; SAPORI, Luiz Flavio; MARTINS. Participação em banca de Nirlane de Souza Barroso Ribeiro. Política de Prevenção Social às Drogas: Uma análise do PROERD em Montes Claros. 2007. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Social) - Universidade Estadual de Montes Claros.

41.
LESSA, S. N.; MONTE-MOR, R. L. de M.; MARTINS. Participação em banca de Dulce Pereira dos Santos. Shopping Popular na cidade de Montes Claros/MG: uma análise de sua complexidade sob a ótica da teoria dos dois circuitos da economia urbana. 2007. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Social) - Universidade Estadual de Montes Claros.

42.
COSTA, J. B. A.; MARTINS; SUÁREZ, Mireya. Participação em banca de Flávio José Gonçalves. Negro de Poções: feitiços e outros caxangás em seus processos sociais: historicidade, identidade e territorialidade em Brejo das Almas. 2007. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Socia) - Universidade Estadual de Montes Claros.

43.
LESSA, S. N.; MONTE-MOR, R. L. de M.; MARTINS. Participação em banca de Érika Neves Guimarães. Habitação Social em Montes Claros: aspectos e abrangência das politícas públicas. 2007. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Socia) - Universidade Estadual de Montes Claros.

44.
Silva, Márcia Pereira da; Motta, Rodrigo Patto Sá; MARTINS. Participação em banca de Fábio Antunes Vieira. De Policiais a Combatentes: A PM de Minas e a Identificação com a DSN em meados do século XX. 2007. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Socia) - Universidade Estadual de Montes Claros.

45.
RODRIGUES, L.; BRANDÃO, C. R.; MARTINS. Participação em banca de Isabel Cristina Barbosa de Brito. Comunidade, Território e Complexo Industrial Florestal - O caso de Vereda Funda, Norte de Minas Gerais. 2006. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Socia) - Universidade Estadual de Montes Claros.

46.
COSTA, J. B. A.; DRUMMOND, J. A. L.; MARTINS. Participação em banca de Lucíola da Silva Paranhos. Tecendo a Rede e Pescando o Peixe - Desenvolvimento e Redes Sociais: a articulação local-global no Norte de Minas. 2006. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Socia) - Universidade Estadual de Montes Claros.

47.
COSTA, J. B. A.; LESSA, S. N.; MARTINS. Participação em banca de Flávio José Gonçalves. Quilombo ou Mocambo: historicidade, identidade e territorialidade da Comunidade Rural Negra de Poções (Francisco Sá, antigo Brejo das Almas - MG). 2006. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Socia) - Universidade Estadual de Montes Claros.

48.
LESSA, S. N.; MONTE-MOR, R. L. de M.; MARTINS. Participação em banca de Áurea Viviane Fagundes Silveira. Desenvolvimento Local e o Processo de Territorialização de Elite: os condomínios como fator de segregação espacial em Montes Claros - MG. 2006. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Socia) - Universidade Estadual de Montes Claros.

49.
LESSA, S. N.; MONTE-MOR, R. L. de M.; MARTINS. Participação em banca de Érika Neves Guimarães. Habitação Social em Montes Claros: aspectos e abrangência das politícas públicas. 2006. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Social) - Universidade Estadual de Montes Claros.

Teses de doutorado
1.
MUTZENBERG, R.; ROCHA, M. E. M.; FONTE, E. M. M.; BRANDAO, M. D.; MARTINS. Participação em banca de Rosilene Oliveira Rocha. ?DAS PEDRAS VIVIDAS ÀS PEDRAS FUMADAS: Narrativas de vida e envolvimentos com o crack no Recife/PE?. 2018. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Sociologia) - Universidade Federal de Pernambuco.

2.
MARTINS; RATTON JUNIOR, J. L. A.; OLIVEIRA, M. V. F.; PERRUSI, A. F. A.; MORAIS, J. J. V.. Participação em banca de Vivian Silva. Guerra e Vida Errada: Reflexões sobre representações (Sociais) da violência urbana, a partir dos relatos de jovens em Santo Amaro. 2014. Tese (Doutorado em Pós-Graduação em Sociologia) - Universidade Federal de Pernambuco.

Qualificações de Mestrado
1.
MARTINS; CAPPI, R.; LOURENCO, L. C.. Participação em banca de Taysa Silva Santos. Comando entre Cadeias: do Estado, dos Frentes e das Famílias. 2017.

2.
CAPPI, R.; MARTINS; POSSAS, M.. Participação em banca de Ricardo Ferreira dos Santos Júnior. Entre os calabouços do ódio e o mundão além das muralhas: Análise crítica da da "extensão" de penas extrajudiciais e da criminalização de prisioneiros às suas sociabilidades como forma de genocídio do povo negro?,. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

3.
MARTINS; COELHO, L. R.; OLIVEIRA, A. E. A.. Participação em banca de Taiane Almeida Santos. ?Mídia, Segurança Pública e a Chacina do Cabula?,. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

4.
MARTINS; LOURENCO, L. C.; BARROS, Z. S.. Participação em banca de MARIA HELENA AMARAL MARTINS DANTAS DA CRUZ. AQUI JAZ A AMÉLIA: O AUMENTO DAS MULHERES NO MUNDO DO CRIME SUAS PERCEPÇÕES, MOTIVAÇÕES E IMPACTOS. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

5.
MARTINS; SANTOS, E. T.; SOARES, A. M. C.. Participação em banca de Ezequias Amorim Oliveira. Raça e Vitimização em Feira de Santana, BA. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

6.
MARTINS; CAPPI, R.; SOARES, A. M. C.. Participação em banca de Paulo Tarso Mascarenhas Pedreira. Uma análise da Base Comunitária de Segurança do bairro Rua Nova em Feira de Santana, BA. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

7.
MUNANGA, K.; MARTINS; OLIVEIRA, A. E. A.. Participação em banca de Leomir Santana de Souza. "Quilombola em rede: Os efeitos da Internet entre os jovens da Comunidade Quilombola de São Francisco de Paraguaçu-Boqueirão (Cachoeira - Bahia)". 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

8.
DURAES, Sarah Jane Alves; MARTINS; MAIA, C. J.. Participação em banca de Theresa Raquel Bethônico Corrêa Martinez. Desenvolvimento, políticas de saúde e atendimento hospitalar a mulheres vítimas de violência sexual no Brasil e na Espanha. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Socia) - Universidade Estadual de Montes Claros.

9.
CARVALHO, A. P. C.; MARTINS; GODINHO, L. F.. Participação em banca de Emanuel Silva Andrade. Impasses e estratégias de reprodução agrícola na comunidade de Santo Antônio de Aldeia em Maragogipe, BA. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

10.
MARTINS; BARBOSA, Rômulo Soares; CARVALHO, A. P. C.. Participação em banca de Fábio Santana dos Reis. Associativismo em Comunidades de Fundo de Pasto no município de Monte Santo (BA): Mobilização social e dinâmica de poder. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

11.
MARTINS; DURAES, Sarah Jane Alves; NERY, S.. Participação em banca de Tainara de Jesus Souza. As representações sociais da infância e da Adolescência no Brasil. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

12.
MARTINS; OLIVEIRA, A. E. A.; PONTES, S. A.. Participação em banca de Antônia Vieira Santos. Inserção Social de Sujeitos Egressos de Instituições Psiquiátricas no município de Cachoeira, BA. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

13.
WEISHEIMER, N.; MARTINS; MATOS, S. A. S.. Participação em banca de Carlos Augusto Oliveira da Silva. O Capitalismo e o Recôncavo da Bahia: uma análise do processo de implantação do Estaleiro Enseada do Paraguaçu. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
MARTINS; CASTRO, D. A.; OLIVEIRA, A. E. A.. Participação em banca de Daniela Almeida Silva da Silveira.Subnotificação dos crimes de furto e roubo em Feira de Santana, BA. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

2.
MARTINS; SOUZA, S. C. A.; LIMA JUNIOR, J. M.. Participação em banca de Palloma Pimentel Miranda.A Saúde da mulher em situação de cárcere no conjunto penal de Feira de Santana, BA. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Serviço Social) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

3.
MARTINS; NERY, M. S. S.; OLIVEIRA, A. E. A.. Participação em banca de Janaína da Silva Palma.Violência, medo e sociabilidades em Feira de Santana, BA: uma análise das percepções entre os estudantes de ensino médio do Colégio Estadual Doutor Jair Santos Silva. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

4.
MARTINS; SOUZA, T. J.; LIMA JUNIOR, J. M.. Participação em banca de Antônia Meires Barbosa.As "Negas Malucas"de Cruz das Almas, BA: retrato da situação social de mulheres com transtornos mentais. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Serviço Social) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

5.
MARTINS; SILVA, M. F.; MENDES, S. B. S.. Participação em banca de Vanildo Cordeiro dos Santos.Perfil Socioeconômico dos mototaxistas da cidade de Feira de Santana, BA. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

6.
MARTINS; OLIVEIRA, A. E. A.; NORONHA, V. S.. Participação em banca de Lorena Sales de Almeida.Gênero, Patriarcado e violência doméstica contra as mulheres em Feira de Santana, BA. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

7.
MARTINS; OLIVEIRA, A. E. A.; SILVA, M. F.. Participação em banca de Débora Aragão dos Santos.Assédio sexual contra mulheres: um estudo sobre a subnotificação dos crimes de assédio sexual em Feira de Santana-BA.. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

8.
MARTINS; OLIVEIRA, A. E. A.; SILVA, M. F.. Participação em banca de Patrícia da Silva Pereira.Relações entre sociedade e polícia em Feira de Santana-BA: um recorte de raça. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

9.
MARTINS; OLIVEIRA, A. E. A.; BENEVIDES, S.. Participação em banca de Sabrina Silva Moraes.Subnotificação policial: uma análise dos roubos em Feira de Santana Bahia. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

10.
MARTINS; OLIVEIRA, A. E. A.; SILVA, M. F.. Participação em banca de Iara Correia Alves.Uma análise interétnica da situação de vítima das mulheres negras x brancas em Feira de Santana. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

11.
OLIVEIRA, A. E. A.; MARTINS; MENDES, S. B. S.. Participação em banca de Joselita Araújo Lobo.Escola e Participação. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

12.
FERREIRA, M. I. C.; MARTINS; POMPONET, A. S.. Participação em banca de Helena Carla Cazaes Fagundes.Gestão democrática: a experiência do planejamento participativo 2014-2017 de Santo Amaro, Bahia. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Gestão Pública) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

13.
MARTINS; LIMA JUNIOR, J. M.; Ávila, Heleni Duarte Dantas de. Participação em banca de Taysa Silva Santos.Paz na Cadeia: as lideranças dos presos. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Serviço Social) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

14.
MARTINS; SANTOS, W. T.; SILVA, M. F.. Participação em banca de Taiane Almeida santos.Violência e Mídia: um estudo do programa sensacionalista "Na Mira". 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

15.
AVILA, H. D. D.; MARTINS; TABOSA, E. T.. Participação em banca de Crislane Fiuza de barros.Pena prestação de serviço à comunidade: evidenciando seus determinantes principais para viabilização da reflexão e ressignificação do sujeito. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Serviço Social) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

16.
MARTINS; FIGUEIREDO, A.; SANTOS, D. B. R.. Participação em banca de Ezequias Amorim Oliveira.O Genocídio do negro feirense: um estudo sobre a vitimização em Feira de Santana, BA. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

17.
MARTINS; OLIVEIRA, A. E. A.; MENDES, S. B. S.. Participação em banca de Jonathan Queiroz Pereira.Uma análise do crime nos bairros de Feira de Santana - Ba sob a ótica das teorias da Desorganização Social e Eficácia Coletiva. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

18.
MARGARIDA, S. M. A.; MARTINS; IBRAHIM, S. T. C. A.. Participação em banca de Maira Carvalho Pinto.Direito Comunitário. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Faculdades Milton Campos.

19.
FURTADO, M. T. F.; MARTINS; MARGARIDA, S. M. A.. Participação em banca de Adriano Gomes Carreira.O Direito sobre Certificação de Competência Laboral. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Direito) - Faculdades Milton Campos.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Outras participações
1.
WADDINGTON, M.; MARTINS; SILVA, A. P. G.. Processo Seletivo do PPGES/UFSB - Turma 2018. 2017. Universidade Federal do Sul da Bahia.

2.
CARVALHO, A. P. C.; PINHO, O.; OLIVEIRA, A. E. A.; MARTINS. Seleção para o Mestrado em Ciências Sociais 2016.1. 2016. Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

3.
MARTINS; CARVALHO, A. P. C.; PINHO, O.; Valença, Diogo. Banca de Processo Seletivo do PPGCS. 2015. Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

4.
DURAES, Sarah Jane Alves; MARTINS; Guimarães, jussara Maria de Carvalho. Infância, Telenovelas e Violência: um estudo de caso de alunos de uma escola pública de Montes Claros/MG. 2009. Universidade Estadual de Montes Claros.

5.
Valença, Diogo; Lacombe, Marcelo Masset; Figueiredo, Angela; Herbert Toledo. Seleção para o Mestrado em Ciências Sociais. 2009. Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

6.
IDE, Maria Helena de Souza; Herbert Toledo. A Questão cor/raça no censo do MEC: sentidos e significados para as escolas municipais de Montes Claros (MG). 2008. Universidade Estadual de Montes Claros.

7.
MARTINS; BARBOSA, Rômulo Soares; ABREU, Ilva Ruas de. Conflito Agrário de Cachoeirinha: símbolo de conquista na formação dos novos assentamentos da região. 2008. Universidade Estadual de Montes Claros.

8.
CALEIRO, Regina Célia Lima; LESSA, S. N.; MARTINS. A Psiquiatria e o Ordenamento Social na região Norte Mineira. 2008. Universidade Estadual de Montes Claros.

9.
DURAES, Sarah Jane Alves; Herbert Toledo; ALMEIDA, Heloisa Buarque de. Mulheres Servidoras da Universidade: relações de tempo, trabalho e lazer - um estudo a partir da Universidade estadual de Montes Claros. 2007. Universidade Estadual de Montes Claros.

10.
Márcia Pereira; CARDOSO, Antônio Dimas; Herbert Toledo. De Policiais a combatentes: a PM de Minas e a Identificação com a DSN em meados do Século XX. 2007. Universidade Estadual de Montes Claros.

11.
RODRIGUES, L.; Herbert Toledo; BARBOSA, Rômulo Soares; TOSTA, M.. Os Paradoxos da Legislação Ambiental: um estudo da complexidade socioambiental no licenciamento para exploração no cerrado norte-mineiro. 2007. Universidade Estadual de Montes Claros.

12.
MARTINS; TOSTA, M.; COSTA, J. B. A.. O uso comunitário dos frutos do cerrado do município de Japonvar/MG como estratégia de desenvolvimento e conservação ambiental. 2007. Universidade Estadual de Montes Claros.

13.
DURAES, Sarah Jane Alves; Herbert Toledo; CALEIRO, Regina Célia Lima; SAPORI, Luiz Flavio. Desenvolvimento e Violência: crime e condições de vida segundo as mulheres da cadeia pública de Montes Claros. 2007. Universidade Estadual de Montes Claros.

14.
COSTA, J. B. A.; Herbert Toledo; LESSA, S. N.. Quilombo ou Mocambo: Historicidade, Identidade e Territorialidade da Comunidade Rural Negra de Poções. 2006. Universidade Estadual de Montes Claros.

15.
LESSA, S. N.; MARTINS; MONTE-MOR, R. L. de M.. Desenvolvimento Local e o Processo de Territorialização de elite: os condomínios como fator de segregação espacial em Montes Claros. 2006. Universidade Estadual de Montes Claros.

16.
LESSA, S. N.; MARTINS; CARVALHO, R.. Parque Nacional Cavernas do Peruaçu/PARNA - Comunidade do Janelão: as comunidades tradicionais e o Impacto da criação da unidade de conservação em seu território. 2006. Universidade Estadual de Montes Claros.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Curso de Formação Política para Juventude e Comunicação Brigada Nelson Mandela da Regional Extremo Sul do MST. 2018. (Oficina).

2.
30 Reunião Brasileira de Antropologia. Percepção de risco e o consumo de bens de segurança privada. 2016. (Congresso).

3.
III Fórum de Políticas Públicas e Atenção Integral aos Usuários de Drogas: saberes e práticas de cuidado.Interfaces das Políticas Públicas sobre Drogras: Diálogo com as políticas de segurança. 2015. (Seminário).

4.
29 Reunião Brasileira de Antropologia.O sentimento de medo e sua influência nas sociabilidades dos moradores de Feira de Santana, Ba. 2014. (Encontro).

5.
38 Enocntro Anual da ANPOCS.Drogas e sociedade carcerária no sistema prisional baiano: um estudo das condições para implantação do programa de redução de danos na Colônia Penal de Simões Filho - Bahia. 2014. (Encontro).

6.
37 Encontro Anual da ANPOCS.As propostas de redivisão territorial do Estado nacional brasileiro. 2013. (Encontro).

7.
III Seminário Internacional do INCT-InEAC.Preso Vigiando Preso: o método APAC em questão. 2013. (Seminário).

8.
XVI Congresso Brasileiro de Sociologia. Raça, Violência Homicida e Criminalidade. 2013. (Congresso).

9.
XXIX Congreso ALAS Chile. Desenvolvimento e Solidão. 2013. (Congresso).

10.
4 Encontro do Grupo de trabalho sobre Saúde no Sistema Prisional. 2012. (Encontro).

11.
Congresso Internacional Interdisciplinar em Sociais e Humanidades. Encarceramento e Direitos Fundamentais. 2012. (Congresso).

12.
III Seminário Internacional Violência e Conflitos Sociais: Ilegalismos e Lugares Morais.Entre a proteção e a punição: o desafio das medidas socioeducativas em meio aberto: um estudo em Montes Claros, MG. 2011. (Seminário).

13.
I Seminário da Pós-Graduação em Ciências Sociais da UFRB: Perspectivas e Paradigmas das Ciências Sociais: Novos dilemas e velhos desafios.O Método APAC e o cumprimento da pena privativa de liberdade. 2011. (Seminário).

14.
I Seminário da Pós-Graduação em Ciências Sociais da UFRB: Perspectivas e Paradigmas das Ciências Sociais: Novos dilemas e velhos desafios.Crack e violência: da experiência dos usuários à reprodução social de mitos. 2011. (Seminário).

15.
XV Congresso Brasileiro de Sociologia. Crack, Crime e Violência no Recôncavo da Bahia. 2011. (Congresso).

16.
XXVIII Congresso Internacional da Associação Latino-Americana de Sociologia. Vitimização e segurança pública: análise da reação social diante da criminalidade. 2011. (Congresso).

17.
XXVIII Congresso Internacional da Associação Latino-Americana de Sociologia. Entre fatos e mitos: o crack no centro das discussões internacionais. 2011. (Congresso).

18.
Colóquio Internacional Recursos na Luta contra a Pobreza: entre controle societal e reconhecimento social.Pobreza, Estigma e Exclusão Social: a Vila Muricéia II em Foco. 2010. (Outra).

19.
II Congresso em Desenvolvimento Social e II SeminárioNorte-Mineiro de Ensino e Pesquisa em História da Educação em uma perspctiva comparada. Desenvolvimento, Criminalidade e Pobreza. 2010. (Congresso).

20.
II Seminário do INC&T - Instituto de Estudos Comparados em Administração Institucional de Conflitos.Um estudo sobre adolescentes em conflito com a lei. 2010. (Seminário).

21.
II Seminário Nacional Sociologia e Política: tendências e desafios comtemporâneos. Polícia Civil, Policiamento Comunitário e Cultura Polciial. 2010. (Congresso).

22.
Renião Regional do Recôncavo da Bahia.A Dinâmica do Consumo de Crack: o caso da cidade de Cachoeira, BA. 2010. (Outra).

23.
33 Encontro Anual da ANPOCS.A Polícia Prende, mas a Justiça Solta. 2009. (Encontro).

24.
IV Jornada Internacional de Polítcas Públicas. Agricultura Familiar, Estado e Energia: a dinâmica socio-espacial na produção do biodiesel no Norte de Minas. 2009. (Congresso).

25.
XIV Congresso Brasileiro de Sociologia. Mototaxi: ocupação ou profissão?. 2009. (Congresso).

26.
Colóquio Internacional (Des)envolvimentos Contra a Pobreza.(Des)volvimentos entre Pobreza e Criminalidade. 2008. (Outra).

27.
Colóquio Internacional (Des)envolvimentos contr a Pobreza.Segurança Pública e Criminalidade. 2008. (Outra).

28.
Curso Especial de Promotor de Polícia Comunitária.Policiamento Comunitário: a experiência da Polícia Civil. 2008. (Oficina).

29.
I Congresso em Desenvolvimento Social: Globalização do Regional e Regionalização do Global. Políticas Sociais: Poder Global e Tensões Locais. 2008. (Congresso).

30.
I Congresso em Desenvolvimento Social: Globalização do Regional e Regionalização do Global. Desenvolivmento e Criminalidade. 2008. (Congresso).

31.
IV Seminário Internacional sobre Desenvolvimento Regional.Desafios, resistências e conflitos na criação de Unidades de Conservação na região norte de Minas Gerais: o caso da implantação do Parque Estadual de Grão Mogol. 2008. (Seminário).

32.
IX Congresso regional de Histõria - Territórios da História. Formação e Fragmentação do estado Nacional no período Imperial: o caso d comarca do Rio de São Francisco. 2008. (Congresso).

33.
1º Seminário Naional de Segurança Pública e Combate à Homofobia. 2007. (Seminário).

34.
31° Encontro Anual da ANPOCS.As elites políticas de Minas Gerais. 2007. (Encontro).

35.
III JORNADA INTERNACIONAL DE POLÍTICAS PÚBLICAS.O CERRADO COMO ESPAÇO DE GESTÃO COLETIVA: UM CAMINHO PARA A SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL E SOCIAL. 2007. (Outra).

36.
III JORNADA INTERNACIONAL DE POLÍTICAS PÚBLICAS. 2007. (Outra).

37.
II SEMINÁRIO INTERNACIONAL EM SEGURANÇA PÚBLICA E JUSTIÇA CRIMINAL. 2007. (Seminário).

38.
I Seminário Norte-Mineiro de Políticas Públicas de Segurança e Direitos Humanos.Apropriações e desapropriações do social: a questão da segurança pública. 2007. (Seminário).

39.
Congresso Interamericano de Educação em Direitos Humanos. 2006. (Congresso).

40.
Congresso Regional de História. As elites politícas mineiras no Brasil - Império e na 1ª República. 2006. (Congresso).

41.
III Seminário Internacional sobre Desenvolvimento Regional.Redes sociais e desenvolvimento regional: capital social no sertão norte-mineiro. 2006. (Seminário).

42.
III Seminário Internacional sobre Desenvolvimento Regional. 2006. (Seminário).

43.
Seminário de Quarta na Pós.Elites Políticas, Ativismo Jurídico e Movimentos Autonomistas em Minas Gerais. 2005. (Seminário).

44.
XII Congresso Brasileiro de Sociologia. A questão da criação de novos estados no Brasil. 2005. (Congresso).

45.
XI Congresso Brasileiro de Sociologia. Autonomia e Federalismo no Brasil. 2003. (Congresso).

46.
X Congresso Brasileiro de Sociologia. Redivisão Territorial e criação de novos estados no Brasil. 2001. (Congresso).

47.
XXXIII Semana de Educação - I Congresso Interdisciplinar de Educação. A Construção do Conhecimento através da Pesquisa Científica. 2001. (Congresso).

48.
Palestras da Administração.Trabalho e Vida em busca do ócio. 2000. (Encontro).

49.
Seminário: O Atual e oIinatual em Marx. 1997. (Seminário).

50.
X Seminário de Estudos Mineiros. 1990. (Seminário).

51.
IX Seminário de Estudos Mineiros. 1989. (Seminário).

52.
XVI Congresso Latino-americano de Sociologia. 1986. (Congresso).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
MARTINS; CARVALHO, A. P. C. . VI Seminário da Pós-Graduação em Ciências Sociais da UFRB. 2016. (Outro).

2.
MARTINS; Ávila, Heleni Duarte Dantas de ; RIZZOTTI, M. L. ; MARANHO, T. G. . Mesa Redonda: O Sistema Único de Assistência Social no contexto do desmonte da Seguridade Social. 2016. (Outro).

3.
MARTINS; MUNANGA, K. ; PINHO, O. ; MAIA, S. ; VALENCA, D. . V Seminário da Pós-Graduação em Ciências Sociais da UFRB. 2015. (Outro).

4.
MARTINS; LANIADO, R. N. ; SANTOS, C. M. ; CHAVES, J. M. . Mesa Redonda: Criminalidade, Direitos Humanos e Segurança Pública na Bahia. 2014. (Outro).

5.
MARTINS; Figueiredo, Angela . IV Seminário do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais. 2014. (Outro).

6.
MARTINS; BARROS, R. . Salvaguarda Cultural: valorizando elementos da cultura cruzalmense. 2013. (Outro).

7.
RATTON JUNIOR, J. L. A. ; LOURENCO, L. C. ; MARTINS . Realidade e perspectivas da Segurança Pública na Bahia. 2012. (Outro).

8.
MAGALHAES, R. F. ; Barbosa, Antonio Carlos Rafael ; MARTINS . A questão do crack no Brasil. 2011. (Outro).

9.
SAPORI, Luiz Flavio ; MARTINS . As Perspectivas da Segurança Pública no Brasil. 2011. (Outro).

10.
Ávila, Heleni Duarte Dantas de ; Herbert Toledo ; Maia, Suzana Moura . Audiência Pública sobre Drogas. 2010. (Outro).

11.
Herbert Toledo. I Seminário Norte-Mineiro de Políticas de Segurança Pública e Direitos Humanos. 2007. (Outro).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Izabel do Carmo de Jesus Martins. O mito da reintegração social na lei de execução penal. Início: 2017. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Estado e Sociedade) - Universidade Federal do Sul da Bahia. (Orientador).

2.
Taiane Almeida Santos. A Segurança Pública Condicionado ao Espetáculo: as representações da violência nos telejornais " Na Mira" e " Brasil Urgente". Início: 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

3.
Maria Helena Amaral Martins Dantas da Cruz. AQUI JAZ A AMÉLIA: O AUMENTO DAS MULHERES NO MUNDO DO CRIME SUAS PERCEPÇÕES, MOTIVAÇÕES E IMPACTOS. Início: 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
Fernando Rios de Souza. DESENVOLVIMENTO E POLÍTICAS PÚBLICAS: CONFLITOS NA GESTÃO DO COMITÊ DA BACIA DO RIO ITANHÉM. Início: 2017. Tese (Doutorado em Programa de Pós-Graduação em Estado e Sociedade) - Universidade Federal do Sul da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. (Orientador).

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Iagda de Jesus Coelho,. ?Uma análise dos processos de Violência contra a Mulher em Teixeira de Freitas, BA.. Início: 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Interdisciplinar em Humanidades) - Universidade Federal do Sul da Bahia. (Orientador).

2.
Cainã Amaral de Souza. Processo de ressocialização de usuários de substâncias ilícitas: A discriminação como barreira da reinserção na sociedade.. Início: 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Interdisciplinar em Humanidades) - Universidade Federal do Sul da Bahia. (Orientador).

3.
Maria Thayná Severino de Souza. O MOVIMENTO FEMINISTA NA CIDADE DE TEIXEIRA DE FREITAS. Início: 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Interdisciplinar em Humanidades) - Universidade Federal do Sul da Bahia. (Orientador).

4.
VANESSA ALVES DIAS SILVEIRA. VIOLÊNCIA DOMÉSTICA CONTRA A MULHER E O ESPAÇO DE ACOLHIMENTO ÀS VITIMAS NA CIDADE DE CRUZ DAS ALMAS. Início: 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Maria Helena Amaral Martins Dantas da Cruz. ?AQUI JAZ A AMÉLIA?: (DES)CONSTRUCÃO DO PAPEL SOCIAL FEMININO NO MUNDO DO CRIME. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, . Orientador: Herbert Toledo Martins.

2.
Taiane Almeida Santos. Mídia, Segurança Pública e a Chacina do Cabula. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Herbert Toledo Martins.

3.
Taysa Silva Santos. Comando entre cadeias: do Estado, dos frentes e das famílias. 2017. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Herbert Toledo Martins.

4.
Ezequias Amorim Oliveira. Raça e Vitimização em Feira de Santana, BA. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Herbert Toledo Martins.

5.
Paulo Tarso Mascarenhas Pedreira. Um estudo de caso da Base Comunitária de Segurança da Rua Nova em Feira de Santana, BA. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, . Orientador: Herbert Toledo Martins.

6.
Vanessa Mascarenhas Lima. Polícia à Brasileira: representações dos policiais da BCS George Américo acerca dos impasses causados pela subdivisão da atividade policial. 2015. Dissertação (Mestrado em Gestão de Políticas Públicas e Segurança Social) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, . Orientador: Herbert Toledo Martins.

7.
Deraci Souza dos Santos. Comunidades Terapêuticas em Santo Antônio de Jesus, BA. 2015. Dissertação (Mestrado em Gestão de Políticas Públicas e Segurança Social) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Herbert Toledo Martins.

8.
Paulo de Tarso Pedreira. A Base Comunitária de Segurança do Bairro Rua Nova em Feira de Santana, BA. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, . Orientador: Herbert Toledo Martins.

9.
Tainara de Jesus Souza. REPRESENTAÇÕES SOCIAIS SOBRE OS ADOLESCENTES EM SITUAÇÃO DE ATO INFRACIONAL: a visão dos profissionais da rede de atendimento à infância e adolescência de Santo Antônio de Jesus/BA.. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Herbert Toledo Martins.

10.
Taysa Silva Santos. A Liderança dos Presos. 2015. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Herbert Toledo Martins.

11.
Franklin da Silva Peixinho. Drogas e sociedade carcerária no sistema prisional baiano. 2014. Dissertação (Mestrado em Gestão de Políticas Públicas e Segurança Social) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, . Orientador: Herbert Toledo Martins.

12.
Ezequias Amorim Oliveira. Raça, Violência, Criminalidade e Segregação Residencial em Feira de Santana, Ba. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Herbert Toledo Martins.

13.
Antônia Vieira Santos. Perspectivas CAPSciosas de inserção social de sujeitos em sofrimento psíquico: o caso provoca-dor do CAPS I Ana Nery. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Herbert Toledo Martins.

14.
Fábio Sávio Cardozo Macedo. O Policiamento Comunitário em Santo Antônio de Jesus, Ba: uma visão endógena. 2013. Dissertação (Mestrado em Gestão de Políticas Públicas e Segurança Social) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, . Orientador: Herbert Toledo Martins.

15.
Deraci Souza dos Santos. O lugar das Comunidades Terapêuticas no cenário das políticas para o uso e abuso de drogas no Brasil. 2013. Dissertação (Mestrado em Gestão de Políticas Públicas e Segurança Social) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Herbert Toledo Martins.

16.
Vanessa Mascarenhas Lima. POLÍCIA À BRASILEIRA: REPRESENTAÇÕES DOS POLICIAIS ACERCA DOS IMPASSES CAUSADOS PELA SUBDIVISÃO DA ATIVIDADE POLICIAL. 2013. Dissertação (Mestrado em Gestão de Políticas Públicas e Segurança Social) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, . Orientador: Herbert Toledo Martins.

17.
ANTONIA VIEIRA SANTOS. PERSPECTIVAS CAPSciosas: INSERÇÃO SOCIAL DE SUJEITOS EM SOFRIMENTO PSÍQUICO NO MUNICÍPIO DE CACHOEIRA NO RECÔNCAVO BAIANO. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Herbert Toledo Martins.

18.
FÁBIO SANTANA DOS REIS. ASSOCIATIVISMO EM COMUNIDADES DE FUNDO DE PASTO NO MUNICÍPIO DE MONTE SANTO (BA): MOBILIZAÇÃO SOCIAL, DINÂMICA DE PODER E POLÍTICAS PÚBLICAS. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, . Orientador: Herbert Toledo Martins.

19.
Tainara de Jesus Souza. As medidas sócio-educativas em meio aberto no Recôncavo da Bahia. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Herbert Toledo Martins.

20.
Rosilene Oliveira Rocha. A Dinâmica do Crack em Cachoeira, BA: da guerra às drogas ao processo de estigmatização. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Herbert Toledo Martins.

21.
Priscila Rosa Guimarães Bomfim. Método APAC e os seus mecanismos de controle. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Herbert Toledo Martins.

22.
Hiran Souto Coutinho Júnior. Tráfico de Drogas e Homicídio em Feira de Santana,Ba. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Herbert Toledo Martins.

23.
Marcelino Soares de Melo Neto. Violência Institucional na Polícia Militar da Bahia: uma análise qualitativa. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais: Cultura, Desigualdades e Desenvolvimento) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, . Orientador: Herbert Toledo Martins.

24.
Karine Pereira Rocha. Adolescente em conflito com alei e medidas socioeducativas em meio aberto: uma análise da rede de insituições no munícipio de Montes Claros/MG. 2010. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Socia) - Universidade Estadual de Montes Claros, Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais. Orientador: Herbert Toledo Martins.

25.
Pedro Ivo Jorge Gomes. Reação social e vitimização criminal em Montes Claros/MG: um diagnóstico do perfil das vítimas de crime e da subnotificação em 2009. 2010. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Socia) - Universidade Estadual de Montes Claros, . Orientador: Herbert Toledo Martins.

26.
Giovane Rodrigues e Oliveira. O perfil sócio-econômico do autor de ato infracional na cidade de Montes Claros/MG. 2010. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Socia) - Universidade Estadual de Montes Claros, . Orientador: Herbert Toledo Martins.

27.
Ederson da Cruz Pereira. Diagnóstico sociológico dos crimes de Homicídios no munícipio de Montes Claros/MG no período de 2005 a 2009. 2010. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Socia) - Universidade Estadual de Montes Claros, . Orientador: Herbert Toledo Martins.

28.
Jarbas Siqueira Ramos. Fé e devoção: o capital social como recurso para a sobrevivência e manutenção da tradição nos ternos de catopês de Bocaiúva/MG. 2010. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Socia) - Universidade Estadual de Montes Claros, . Orientador: Herbert Toledo Martins.

29.
Kátia Maria Gomes Monção. As Sementes da Luta: o Conflito agrário de Cachoeirinha. 2009. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Socia) - Universidade Estadual de Montes Claros, . Orientador: Herbert Toledo Martins.

30.
Aldemir Inácio de Azevedo. O uso comunitário do pequi (caryoar brasillense) no município de Japonvar/MG. 2008. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Socia) - Universidade Estadual de Montes Claros, . Orientador: Herbert Toledo Martins.

31.
Pedro Ivo Jorge Gomes. Determinantes da criminalidade em Montes Claros. 2008. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Social) - Universidade Estadual de Montes Claros, . Orientador: Herbert Toledo Martins.

32.
Karine Pereira Rocha. Capital social e defesa social em Montes Claros. 2008. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Social) - Universidade Estadual de Montes Claros, Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais. Orientador: Herbert Toledo Martins.

33.
Giovane Rodrigues de Oliveira. Estado e sociedade civil no combate a violência e a criminalidade em Montes Claros. 2008. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Social) - Universidade Estadual de Montes Claros, . Orientador: Herbert Toledo Martins.

34.
Éderson da Cruz Pereira. O capital social e sua influência na segurança pública do município de montes claros no período de 2005 a 2007. 2008. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Social) - Universidade Estadual de Montes Claros, . Orientador: Herbert Toledo Martins.

35.
Katia Maria Gomes Monção. Conflito Agrário de Cachoeirinha: Símbolo de Conquista na Formação dos Novos Assentamentos da Região. 2007. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Social) - Universidade Estadual de Montes Claros, . Orientador: Herbert Toledo Martins.

Monografia de conclusão de curso de aperfeiçoamento/especialização
1.
Rodrigo Lima Ferreira. Os Reflexos da Migração na Gestão da Atividade de Polícia Ostensiva na Cidade de Janaúba/MG. 2008. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Análise da Criminalidade, Violência e Segurança Pú) - Universidade Estadual de Montes Claros, Secretaria Nacional de Segurança Pública. Orientador: Herbert Toledo Martins.

2.
Cristiano Pereira da Silva. Relação entre nível de escolaridade e crime contra a pessoa no município de ubaí-MG. 2008. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Análise da Criminalidade, Violência e Segurança Pú) - Universidade Estadual de Montes Claros, Secretaria Nacional de Segurança Pública. Orientador: Herbert Toledo Martins.

3.
Narmim de Oliveira Martins. Socialização e Recuperação de Condenados através do Método APAC na cidade de Varzea da Palma - MG. 2008. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Análise da Criminalidade, Violência e Segurança Pú) - Universidade Estadual de Montes Claros, Secretaria Nacional de Segurança Pública. Orientador: Herbert Toledo Martins.

4.
Raphael Juliano de Araújo Silva. O GEPAR das Vilas São Francisco de Assis (Montes Claros) e na Vila CEMIG (Belo Horizonte). 2008. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Análise da Criminalidade, Violência e Segurança Pú) - Universidade Estadual de Montes Claros, Secretaria Nacional de Segurança Pública. Orientador: Herbert Toledo Martins.

5.
Genalson Pinto de Oliveira. A importância do policiamento comunitário na comarca de Coração de Jesus - MG. 2008. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Análise da Criminalidade, Violência e Segurança Pú) - Universidade Estadual de Montes Claros, Secretaria Nacional de Segurança Pública. Orientador: Herbert Toledo Martins.

6.
Juarez José Conceição. Os efeitos da reincidência no aumento da criminalidade: uma análise introdutória da vida carcerária na cadeia pública de Montes Claros. 2008. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Análise da Criminalidade, Violência e Segurança Pú) - Universidade Estadual de Montes Claros, Secretaria Nacional de Segurança Pública. Orientador: Herbert Toledo Martins.

7.
Luiz Otávio Librelon Silva. A Importância da Prova Técnica na Prevenção e Redução da Criminalidade. 2008. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Análise da Criminalidade, Violência e Segurança Pú) - Universidade Estadual de Montes Claros, Secretaria Nacional de Segurança Pública. Orientador: Herbert Toledo Martins.

8.
Luciana Maria Mourão Cardoso. A Política de Enfrentamento à Violência e Exploração Sexual infanto juvenil no município de Montes Claros. 2008. Monografia. (Aperfeiçoamento/Especialização em Análise da Criminalidade, Violência e Segurança Pú) - Universidade Estadual de Montes Claros, Secretaria de Estado de Defesa Social. Orientador: Herbert Toledo Martins.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Janaína da Silva Palma. Violência, Medo e Sociabilidades em Feira de Santana, BA: uma análise das percepções entre os estudantes de ensino médio do Colégio Estadual Doutor Jair Santos Silva. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Herbert Toledo Martins.

2.
Palloma Pimentel Miranda. A saúde da mulher em situação de cárcere no conjunto penal de Feira de Santana, BA. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Serviço Social) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Herbert Toledo Martins.

3.
Vanildo C. Santos. Perfil dos moto-taxistas de Feira de Santana, BA. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Herbert Toledo Martins.

4.
Daniela Almeida Silva da Silveira. Subnotificação dos crimes de furto e roubo em Feira de Santana, BA. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Herbert Toledo Martins.

5.
Antônia Meires Barbosa. As "Negas Malucas" de Cruz das Almas, B: um retrato da situação social de mulheres com transtornos mentais. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Serviço Social) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Herbert Toledo Martins.

6.
Lorena Sales de Almeida. GÊNERO, PATRIARCADO E VIOLÊNCIA DOMÉSTICA CONTRA MULHERES EM FEIRA DE SANTANA/BA. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Herbert Toledo Martins.

7.
IARA CORREIA ALVES. Uma análise interétnica da situação de vítima das mulheres negras x brancas em Feira de Santana-Ba. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Herbert Toledo Martins.

8.
Sabrina Silva Moraes. SUBNOTIFICAÇÃO POLICIAL: Uma análise dos roubos em Feira de Santana Bahia. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Herbert Toledo Martins.

9.
Débora Aragão dos Santos. Assédio Sexual contra as mulheres: Um estudo sobre a subnotificação dos crimes de assédio sexual em Feira de Santana-Ba. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Herbert Toledo Martins.

10.
PATRÍCIA DA SILVA PEREIRA. RELAÇÕES ENTRE SOCIEDADE E POLÍCIA EM FEIRA DE SANTANA-BA: UM RECORTE DE RAÇA. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Herbert Toledo Martins.

11.
Taysa Silva Santos. Paz na Cadeia: as lideranças dos presos. 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Serviço Social) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Herbert Toledo Martins.

12.
Taiane Almeida Santos. Violência na mídia: um estudo do programa sensacionalista "Na Mira". 2014. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Herbert Toledo Martins.

13.
Jonathan Queiroz Pereira. Uma análise do crime nos bairros de Feira de Santana - Ba sob a ótica das teorias da Desorganização Social e Eficácia Coletiva. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Herbert Toledo Martins.

14.
PATRÍCIA DA SILVA PEREIRA. RELAÇÕES ENTRE SOCIEDADE E POLÍCIA EM FEIRA DE SANTANA-BA: UM RECORTE DE RAÇA. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Herbert Toledo Martins.

15.
Ezequias Amorim Oliveira. O Genocídio do negro feirense: um estudo sobre a vitimização em Feira de Santana, BA. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Herbert Toledo Martins.

16.
Victor Neiva e Oliveira. Crime, Criminosos e Prisão: um estudo sobre a reincidência penitenciária em Montes Claros (MG). 2009. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Estadual de Montes Claros. Orientador: Herbert Toledo Martins.

17.
Enmerson Mota Rocha. Policiamento Comunitário: um estudo sobre a Filosofia de Policiamento na Polícia Civil de Montes Claros. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Estadual de Montes Claros. Orientador: Herbert Toledo Martins.

18.
Dayane Aparecida Versiane. A Polícia prende, a Justiça solta: realidade ou mito?. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Estadual de Montes Claros. Orientador: Herbert Toledo Martins.

19.
Elca Possidônio Moura. Policiamento Comunitário: a experi~encia na região do grande Santos Reis em Montes Claros. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Estadual de Montes Claros. Orientador: Herbert Toledo Martins.

20.
Laura Aparecida Carlos de Melo. A opinião da população de Montes Claros em relação à Pena de Morte. 2008. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Estadual de Montes Claros. Orientador: Herbert Toledo Martins.

21.
Ederson da Cruz Pereira. Os crimes de Homicídio/Latrocínio em Montes Claros/MG no período de 2005 a 2007 e as ações do Estado diante da modalidade delituosa. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Estadual de Montes Claros. Orientador: Herbert Toledo Martins.

22.
Karine Pereira Rocha. Terceiro setor, função social que emerge do vazio entre mercado e Estado, aproximando-os da sociedade civil. Um estudo do município de MMontes Claros. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Estadual de Montes Claros. Orientador: Herbert Toledo Martins.

23.
Ludmilla Alves de Paula. Ter ou não Ser: felicidade & consumo na sociedade morderna. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Ciências Sociais) - Universidade Estadual de Montes Claros. Orientador: Herbert Toledo Martins.

Iniciação científica
1.
Janaína da Silva Palma. Violência, medo e sociabilidades em Feira de Santana, BA: uma análise das percepções entre os estudantes de ensino médio do Colégio Estadual Doutor Jair Santos Silva. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Herbert Toledo Martins.

2.
Antônio Fernando de Almeida Santos Júnior. Tráfico de drogas e homicídio em Cruz das Almas, BA.. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Herbert Toledo Martins.

3.
Alessandra Alves dos Santos. CONFLITOS, VIOLÊNCIA E SEGURANÇA CIDADÃ NO RECÔNCAVO DA BAHIA. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Herbert Toledo Martins.

4.
Lorena Sales de Almeida. GÊNERO, PATRIARCADO E VIOLÊNCIA DOMÉSTICA CONTRA MULHERES EM FEIRA DE SANTANA/BA. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Herbert Toledo Martins.

5.
Sabrina Silva Moraes. SUBNOTIFICAÇÃO POLICIAL: Uma análise dos roubos em Feira de Santana Bahia. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Herbert Toledo Martins.

6.
Débora Aragão dos Santos. Assédio Sexual contra as mulheres: Um estudo sobre a subnotificação dos crimes de assédio sexual em Feira de Santana-Ba. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Herbert Toledo Martins.

7.
Jonathan Queiroz Pereira. Uma análise do crime nos bairros de Feira de Santana - Ba sob a ótica das teorias da Desorganização Social e Eficácia Coletiva. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Herbert Toledo Martins.

8.
Daniela Almeida Silva da Silveira. Raça e Criminalidade. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Herbert Toledo Martins.

9.
Jonathan de Queiroz Pereira. Projeto Feira Viva Comunidade Segura. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Herbert Toledo Martins.

10.
Janaina da Silva Palma. Feira Viva Comunidade Segura. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Herbert Toledo Martins.

11.
Sabrina Silva Moraes. Projeto Feira Viva Comunidade Segura. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Herbert Toledo Martins.

12.
Lorena Sales de Almeida. Projeto Feira Viva Comunidade Segura. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Herbert Toledo Martins.

13.
Debora Aragao dos Santos. Assédio Sexual contra as mulheres: Um estudo sobre a subnotificação dos crimes de assédio sexual em Feira de Santana-Ba. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia. Orientador: Herbert Toledo Martins.

14.
IARA CORREIA ALVES. Uma análise interétnica da situação de vítima das mulheres negras x brancas em Feira de Santana, BA. 2012. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Orientador: Herbert Toledo Martins.

15.
Davy Alves Caminhas. O impacto do modelo de Integração e Gestão de Segurança Pública ? IGESP - na taxa de esclarecimento do crime do homicídio em Montes Claros. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Estadual de Montes Claros. Orientador: Herbert Toledo Martins.

16.
Ana Tereza Mendes Ribas Novi. IMPACTOS SÓCIO-ECONÔMICOS DA PRODUÇÃO DE BIOCOMBUSTÍVEIS NO NORTE DE MINAS GERAIS. 2009. Iniciação Científica. (Graduando em Ciências Sociais) - Universidade Estadual de Montes Claros, Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais. Orientador: Herbert Toledo Martins.

17.
Andrea Passos Marcandier. Minas São Muitas: a diversidade e a unidade de Minas Gerais. 2001. 45 f. Iniciação Científica. (Graduando em Economia) - Unicentro Newton Paiva, Fundação Nacional de Desenvolvimento do Ensino Superior Particular. Orientador: Herbert Toledo Martins.

18.
Deidre de Cassia Soares. Minas são Muitas: a diversidade e a unidade de Minas Gerais. 2001. Iniciação Científica. (Graduando em Economia) - Unicentro Newton Paiva, Fundação Nacional de Desenvolvimento do Ensino Superior Particular. Orientador: Herbert Toledo Martins.

19.
Anna Carolina Corrêa Pereira. A Criação de Municípios no Brasil: o caso de Juatuba e Santa Rita de Minas. 1999. 18 f. Iniciação Científica. (Graduando em Administração) - Unicentro Newton Paiva, Fundação Nacional de Desenvolvimento do Ensino Superior Particular. Orientador: Herbert Toledo Martins.



Inovação



Projetos de pesquisa

Projeto de extensão


Outras informações relevantes


1) Aprovado em 6º(sexto) lugar no Concurso Público para Professor Assistente, Área de Sociologia, conforme Edital nº 043/95 publicado no Diário Oficial da União do dia 15/09/95, do Departamento de Sociologia e Antropologia da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal de Minas Gerais.
2) Aprovado em 2º(segundo)lugar no Concurso Público para Professor Assistente, na área de Sociologia Contemporânea, conforme Edital nº 04/94 publicado no Diário Oficial da União de 13 de janeiro de 1994, no Departamento de Economia Rural da Universidade Federal de Viçosa.
3) Aprovado em 2º(segundo)lugar no Concurso Público de provas de títulos para provimento de vaga na classe de Professor Associado, na área de Sociologia do LESCE - Laboratório de Estudos da Sociedade Civil e do Estado, do CCH - Centro de Ciências do Homem, da UENF - Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro, conforme processo nºE-26/050.826/2003, realizado no dia 29 de junho de 2004.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 18/10/2018 às 22:22:51