Georgete Medleg Rodrigues

  • Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/3170566653824541
  • Última atualização do currículo em 06/12/2018


Pós-doutorado na Université de Paris X (Département de sciences juridiques, administratives et politiques/Bibliothèque de Documentation Internationale Contemporaine -BDIC, Nanterre, França, 2008-2009). DEA (Diplôme d'études approfondies, 1992) e Doutorado (1998) em História, ambos pela Université de Paris (Paris IV- Sorbonne). Professora convidada da École Nationale des Chartes, Paris (fevereiro de 2011). Mestre em História pela Universidade de Brasília (1990). Graduada (bacharelado) em História pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP, 1982). Todas as titulações foram financiadas com bolsa do CNPq, assim como o pós-doutorado. Professora Associada I da Universidade de Brasília onde leciona no Curso de graduação em Arquivologia e no Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação da Faculdade de Ciência da Informação. Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade de Brasília (maio 2014 - agosto 2015 ). Foi Diretora de Pós-Graduação do Decanato de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade de Brasília (2009 ? 2012). Coordenadora da Coordenação de Pesquisa da Faculdade de Ciência da Informação da Universidade de Brasília (2013 - maio 2014 ). Líder do Grupo de Pesquisa ?Estado, Informação e Sociedade?, criado em 2014. Foi líder do Grupo de Pesquisa "Políticas de informação do Estado e a gestão dos patrimônios documentais" (encerrado em 2014) e cadastrado no CNPq. Temas de interesse: Arquivos, Arquivologia, instituições arquivísticas e afins; Mediação cultural, comunicação e difusão de acervos; Políticas, legislação e outros dispositivos normativos e de controle da informação; Dimensões conceituais e tecnológicas do documento de arquivo; Informação e Memória. (Texto informado pelo autor)


Identificação


Nome
Georgete Medleg Rodrigues
Nome em citações bibliográficas
RODRIGUES, G. M.;RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG

Endereço


Endereço Profissional
Universidade de Brasília, Faculdade de Ciência da Informação.
Campus Universitário Darcy Ribeiro
Asa Norte
70910-900 - Brasilia, DF - Brasil
Telefone: (61) 31072633
Fax: (61) 32738454


Formação acadêmica/titulação


1993 - 1998
Doutorado em História.
Université Paris-Sorbonne, PARIS 4, França.
Título: Les attitudes françaises face à l'influence des États-Unis au Brésil (1944-1960), Ano de obtenção: 1998.
Orientador: Kátia de Queirós Mattoso.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Brésil - France - États-Unis - relations culturell.
Grande área: Ciências Humanas
1988 - 1990
Mestrado em História.
Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
Título: Ideologia, propaganda e imaginário social na construção de Brasília (1956-1960),Ano de Obtenção: 1990.
Orientador: Tereza Cristina Kirshner.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Palavras-chave: Propaganda - ideologia - imaginário - brasília - J.
Grande área: Ciências Humanas
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História / Subárea: História do Brasil.
1991 - 1992
Especialização em História.
Université Paris-Sorbonne, PARIS 4, França.
Título: La construction de Brasília dans le cadre des relations franco-brésiliennes (1945-1960).
Orientador: Katia de Queirós Mattoso.
1978 - 1982
Graduação em História.
Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC/SP, Brasil.


Pós-doutorado


2008 - 2009
Pós-Doutorado.
Université de Paris X - Nanterre, UPX, França.
Bolsista do(a): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, Brasil.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Ciência da Informação.
Grande Área: Ciências Humanas / Área: História.


Formação Complementar


2006 - 2006
Extensão universitária em O papel como suporte de documentos e obras de arte. (Carga horária: 20h).
Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
2006 - 2006
Oficina preparatória sobre informação em saúde. (Carga horária: 4h).
Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
2005 - 2005
A preservação do conjunto urbanístico de Brasília. (Carga horária: 12h).
Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - DF, IPHAN/DF, Brasil.
2004 - 2004
Extensão universitária em indexação de imagens fotográficas. (Carga horária: 10h).
Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
2004 - 2004
Curso sobre XML. (Carga horária: 20h).
Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
2001 - 2001
Curso de Curta Duração.
Arquivo Nacional, AN, Brasil.
2000 - 2000
Curso de Curta Duração.
Universidade Federal de Goiás, UFG, Brasil.
1999 - 1999
Curso de Curta Duração.
Arquivo Nacional, AN, Brasil.
1999 - 1999
Curso de Curta Duração.
Universidade Federal de Uberlândia, UFU, Brasil.
1995 - 1995
Extensão universitária em Teorias da história, Novos tempos, outros espaços.
Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
1987 - 1987
Curso de Curta Duração.
Arquivo Nacional, AN, Brasil.


Atuação Profissional



Ecole Nationale des Chartes - Sorbonne, ENC, França.
Vínculo institucional

2011 - 2011
Vínculo: Professor convidado, Enquadramento Funcional: Professor convidado


Université de Paris X Nanterre, UP X, França.
Vínculo institucional

2008 - 2009
Vínculo: Pesquisador visitante, Enquadramento Funcional: bolsista do CNPq


Universidade de Brasília, UnB, Brasil.
Vínculo institucional

2013 - Atual
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Associado II, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2008 - 2013
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor Adjunto IV, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2005 - 2008
Vínculo: Servidor Público, Enquadramento Funcional: Professor adjunto III, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

2001 - 2005
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto II, Carga horária: 0, Regime: Dedicação exclusiva.

Vínculo institucional

1999 - 2001
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Adjunto I, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Mudança de enquadramento resultante de avaliação do Estágio probatório e solicitação de progressão funcional.

Vínculo institucional

1998 - 1998
Vínculo: , Enquadramento Funcional: Professor Assistente, Regime: Dedicação exclusiva.
Outras informações
Tese de doutorado defendida em 12 de dezembro de 1998, o que gerou modificação do meu enquadramento a partir de janeiro de 1999.

Atividades

08/2018 - Atual
Ensino, arquivologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Estágio Supervisionado 2
08/2018 - Atual
Ensino, arquivologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Arquivo Permanente 1
08/2018 - Atual
Ensino, Ciências da Informação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Pesquisa Orientada
08/2018 - Atual
Ensino, Biblioteconomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Monografia em Biblioteconomia e Ciência da Informação
03/2018 - Atual
Ensino, Arquivologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Projeto de implementação de sistemas arquivísticos
08/2017 - Atual
Ensino, arquivologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Arquivologia
06/2017 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciência da Informação, .

Cargo ou função
Membro da Comissão de Seleção do Processo seletivo do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação.
05/2017 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Câmara de Carreira Docente, .

Cargo ou função
Membro suplente da Câmara de Carreira Docente (CCD) da UnB, representando a Faculdade de Ciência da Informação.
11/2016 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciência da Informação, .

Cargo ou função
Membro do Conselho da Faculdade de Ciência da Informação representando os docentes do Curso de Arquivologia.
08/2013 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciência da Informação, .

Cargo ou função
Membro da Comissão para revisão do Regimento Interno da Faculdade de Ciência da Informação.
05/2013 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciência da Informação, .

Cargo ou função
Membro da Comissão encarregada de elaborar o projeto político pedagógico do Curso de Graduação em Arquivologia.
10/2006 - Atual
Conselhos, Comissões e Consultoria, Departamento de Ciência da Informação e Documentação, .

Cargo ou função
membro da comissão de reforma curricular do curso de Arquivologia.
03/2002 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Ciência da Informação, .

03/2002 - Atual
Pesquisa e desenvolvimento , Faculdade de Ciência da Informação, .

08/2017 - 09/2018
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciência da Informação, Programa de Pos-Graduação em Ciência da Informação.

Cargo ou função
Membro da comissão do site do PPGCINF.
03/2018 - 07/2018
Ensino, Ciências da Informação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Seminários em Organização da Informação
03/2018 - 07/2018
Ensino, Biblioteconomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Monografia biblioteconomia e Ciência da Informação
03/2018 - 07/2018
Ensino, Arquivologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
MONOGRAFIA EM BIBLIOTECONOMIA E CIENCIA DA INFORMACAO
06/2018 - 06/2018
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciência da Informação, .

Cargo ou função
Presidente da Comissão de seleção de teses e dissertações do PPGCINF para indicação prêmios Capes e Enancib de teses e dissertações 2018- ATO DA COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO nº 15/2018.
06/2018 - 06/2018
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciência da Informação, .

Cargo ou função
Membro titular da Comissão.
02/2018 - 04/2018
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciência da Informação, .

Cargo ou função
Membro da Comissão para elaboração do Edital nº 01/2018 do Processo Seletivo do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação para o ano letivo de 2019.
03/2018 - 03/2018
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciência da Informação, .

Cargo ou função
Parecerista nomeada pelo Coordenador do Curso de graduação de Arquivologia de proposta da professora Cynthia Roncaglio de Plano de Atividades Complementares (PAC).
02/2018 - 03/2018
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciência da Informação, .

Cargo ou função
Membro da Comissão de Avaliação da Progressão Funcional da Professora Fernanda Passini Moreno.
02/2018 - 03/2018
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciência da Informação, .

Cargo ou função
Membro da Comissão Examinadora Interna Progressão Funcional Classe C - ATO DO(A) DIREÇÃO DA FACULDADE DE CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO Nº 147/2018.
02/2018 - 03/2018
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciência da Informação, .

Cargo ou função
Membro da Comissão de Elaboração do Edital de seleção do PPGCINF 2018.
12/2017 - 01/2018
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciência da Informação, .

Cargo ou função
Membro da Comissão encarregada de revisar o Regulamento de Prêmios de Dissertação e Tese do PPGCINF.
08/2017 - 12/2017
Ensino, Arquivologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Arquivologia
10/2017 - 11/2017
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciência da Informação, .

Cargo ou função
Membro da Comissão de Avaliação de Progressão Funcional da Professora Kátia Isabelli.
10/2017 - 10/2017
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciência da Informação, Curso de Arquivoloia.

Cargo ou função
Parecerista nomeada pelo Coordenador do Curso de Arquivologia para emitir parecer sobre solicitação de diárias internacionais do Professor André Porto Ancona Lopez..
10/2017 - 10/2017
Conselhos, Comissões e Consultoria, Universidade de Brasília/Câmara de Carreira Docente, .

Cargo ou função
Parecerista indicada pela Câmara de Carreira Docente para emitir parecer sobre Estágio Probatório da Professora SÍLVIA REGINA STARLING ASSAD.
10/2017 - 10/2017
Conselhos, Comissões e Consultoria, Universidade de Brasília/Câmara de Carreira Docente, .

Cargo ou função
Parecerista indicada pela Câmara de Carreira Docente para emitir parecer sobre Progressão Funcional de GUILHERME NOVAES RAMOS.
06/2017 - 10/2017
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciência da Informação, Programa de Pos-Graduação em Ciência da Informação.

Cargo ou função
Membro da comissão de seleção do processo seletivo mestrado e doutorado do PPGCINF 2017.
09/2017 - 09/2017
Conselhos, Comissões e Consultoria, Universidade de Brasília/Câmara de Carreira Docente, .

Cargo ou função
Parecerista indicada pela Câmara de Carreira Docente para emitir parecer sobre Estágio Probatório do Professor Fidel Irving Pérez Flores.
08/2017 - 08/2017
Conselhos, Comissões e Consultoria, Universidade de Brasília/Câmara de Carreira Docente, .

Cargo ou função
Parecerista indicada pela Câmara de Carreira Docente para emitir parecer sobre Progressão Funcional do Professor FRANCISCO FAGGION.
08/2017 - 08/2017
Conselhos, Comissões e Consultoria, Universidade de Brasília/Câmara de Carreira Docente, .

Cargo ou função
Parecerista indicada pela Câmara de Carreira Docente para emitir parecer sobre Progressão Funcional do ProfessorCARLOS TADEU DE CARVALHO MOREIRA.
08/2017 - 08/2017
Conselhos, Comissões e Consultoria, Universidade de Brasília/Câmara de Carreira Docente, .

Cargo ou função
Parecerista indicada pela Câmara de Carreira Docente para emitir parecer sobre Progressão Funcional do Professor AUGUSTO RODRIGUES DA SILVA JÚNIOR.
07/2017 - 07/2017
Conselhos, Comissões e Consultoria, Universidade de Brasília/Câmara de Carreira Docente, .

Cargo ou função
Parecerista indicada pela Câmara de Carreira Docente para emitir parecer sobre Progressão Funcional da Professora CAMILA ALVES AREDA.
06/2017 - 07/2017
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciência da Informação, .

Cargo ou função
Membro da Comissão criada no âmbito da FCI para emitir parecer sobre progressão funcional da docente Ivette Kafure. Outros membros da Comissão: Professores Mamede Lima-Marques (Presidente) e Rogério Henrique de Araujo.
06/2017 - 07/2017
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciência da Informação, Curso de Arquivoloia.

Cargo ou função
Designada pelo coordenador do Curso de Arquivologia para emitir parecer sobre solicitação do professor André Porto Ancona López de diárias internacionais ..
03/2017 - 07/2017
Ensino, Arquivologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Arquivologia - Turma B
03/2017 - 07/2017
Ensino, Ciências da Informação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Fundamentos em Ciência da Informação
03/2017 - 07/2017
Ensino, Ciências da Informação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Estágio de docência em Ciência da Informação I
03/2017 - 07/2017
Ensino, Ciências da Informação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Estágio de docência em Ciência da Informação II
05/2017 - 05/2017
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciência da Informação, Programa de Pos-Graduação em Ciência da Informação.

Cargo ou função
Parecerista designada pelo coordenador do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação (PPGCINF) para emitir parecer sobre proposta do professor André Porto Ancona López para criação de nova disciplina no PPGCINF.
03/2017 - 03/2017
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciência da Informação, Curso de Arquivoloia.

Cargo ou função
Designada pelo coordenador do Curso de Arquivologia para emitir parecer sobre uma proposta de Plano de Atividades Complementares (PAC) da professora Míriam Paula Manini..
08/2015 - 02/2017
Conselhos, Comissões e Consultoria, Conselho Universitário, .

Cargo ou função
Suplente da FCI no Conselho Universitário.
08/2016 - 12/2016
Ensino, Ciências da Informação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Pesquisa orientada em Ciência da Informação
08/2016 - 12/2016
Ensino, Arquivologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Seminário em Arquivística 2
10/2013 - 09/2016
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciência da Informação, .

Cargo ou função
Membro da Comissão para assegurar o cumprimento das normas relativas ao acesso à informação (Lei n. 12.527/2011.
03/2016 - 07/2016
Ensino, Arquivologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Arquivologia
03/2016 - 07/2016
Ensino, Ciências da Informação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Fundamentos da Ciência da Informação
03/2016 - 07/2016
Ensino, Ciências da Informação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Pesquisa orientada em Ciência da Informação
08/2015 - 12/2015
Ensino, arquivologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Seminário em Arquivística 1
08/2015 - 12/2015
Ensino, Ciências da Informação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Memória e Informação
08/2015 - 12/2015
Ensino, Ciências da Informação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Estágio Docência 1
03/2015 - 08/2015
Ensino, Ciências da Informação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Estágio Docência 1
03/2015 - 08/2015
Ensino, Ciências da Informação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Estágio Docência 2
06/2014 - 08/2015
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciência da Informação, .

Cargo ou função
Membro do Conselho da Faculdade de Ciência da Informação.
06/2014 - 08/2015
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciência da Informação, .

Cargo ou função
Membro suplente da Câmara de Pesquisa e Pós-graduação da UnB - CPP.
05/2014 - 08/2015
Direção e administração, Faculdade de Ciência da Informação, .

Cargo ou função
Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da UnB.
05/2014 - 08/2015
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciência da Informação, .

Cargo ou função
Membro do Conselho da Faculdade de Ciência da Informação representando, como coordenadora, o Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação.
03/2015 - 07/2015
Ensino, Arquivologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Arquivologia
03/2015 - 07/2015
Ensino, Ciências da Informação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Seminário em Organização da Informação
03/2014 - 07/2015
Ensino, Arquivologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Arquivo Permanente 1
03/2014 - 07/2015
Ensino, Ciências da Informação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Pesquisa orientada em Ciência da Informação
04/2013 - 06/2014
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciência da Informação, .

Cargo ou função
Coordenadora de Pesquisa e Presidente do Colegiado de Pesquisa da FCI.
04/2013 - 08/2013
Ensino, Ciências da Informação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Memória e Informação
04/2013 - 08/2013
Ensino, arquivologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Projeto de implementação de sistemas arquivísticos
04/2013 - 08/2013
Ensino, Ciências da Informação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Estágio docência I
07/2013 - 07/2013
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciência da Informação, .

Cargo ou função
Membro da Comissão da Faculdade de Ciência da Informação para análise de processo de progressão funcional de docente da unidade acadêmica.
09/2012 - 03/2013
Ensino, Ciências da Informação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Pesquisa orientada em Ciência da Informação
08/2012 - 11/2012
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciência da Informação, .

Cargo ou função
Membro da Comissão de Seleção do Programa de Pos-Graduação em Ciência da Informação.
11/2010 - 11/2012
Conselhos, Comissões e Consultoria, Reitoria da Universidade de Brasilia, .

Cargo ou função
Membro do GT criado pela Reitoria da UnB para elaboração de uma proposta de reestruturação do Centro de Documentação (CEDOC) da UnB.
02/2010 - 11/2012
Conselhos, Comissões e Consultoria, Reitoria, .

Cargo ou função
membro da comissão de espaço fisico da UnB.
10/2009 - 11/2012
Conselhos, Comissões e Consultoria, Decanato de Graduação, .

Cargo ou função
Membro do Comitê Gestor de bolsas do Reuni na Universidade de Brasilia.
10/2009 - 11/2012
Conselhos, Comissões e Consultoria, Decanato de pesquisa e pos-graduação, .

Cargo ou função
Membro da Câmara de Pesquisa e Pos-Graduação representando o decanato de pesquisa e pos-graduação.
10/2009 - 11/2012
Conselhos, Comissões e Consultoria, Decanato de pesquisa e pos-graduação, Câmara de Pesquisa e Pós-graduação.

Cargo ou função
Membro.
11/2009 - 06/2012
Conselhos, Comissões e Consultoria, Reitoria da Universidade de Brasilia, .

Cargo ou função
Membro da Comissão de Reestruturação e Modernização da Universidade de Brasilia representando o Decanato de Pesquisa e Pos-graduação.
10/2011 - 04/2012
Conselhos, Comissões e Consultoria, Universidade de Brasilia - Instituto de Humanas, .

Cargo ou função
membro do Comitê de ética em pesquisa do Instituto de Ciências Humanas.
10/2009 - 02/2012
Direção e administração, Decanato de pesquisa e pos-graduação, .

Cargo ou função
Diretora de Pós-Graduação.
01/2012 - 01/2012
Direção e administração, Reitoria da Universidade de Brasilia, .

Cargo ou função
Decana (Pro-Reitora) de Pesquisa e Pos-Graduação.
11/2011 - 12/2011
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciência da Informação, Programa de Pos-Graduação em Ciência da Informação.

Cargo ou função
membro da comissão de seleção de mestrado e doutorado do Programa de Pos-Graduação em Ciência da Informação da UnB.
11/2011 - 12/2011
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciência da Informação, .

Cargo ou função
membro de comissão designada para emitir parecer sobre progressão funcional de professor da Faculdade de Ciência da Informação.
08/2011 - 12/2011
Ensino, Ciências da Informação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Memoria e informação
03/2011 - 11/2011
Conselhos, Comissões e Consultoria, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, .

Cargo ou função
membro da comissão cientifica da II Reunião Brasileira de Ensino e Pesquisa em Arquivologia.
10/2009 - 11/2011
Conselhos, Comissões e Consultoria, Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadãos, .

Cargo ou função
Consultora, a titulo de colaboração, da Comissão encarregada de examinar documentos e arquivos historicos do Comando da Aeronautica.
12/2010 - 10/2011
Conselhos, Comissões e Consultoria, Reitoria, .

Cargo ou função
membro da comissão encarregada de formular o projeto politico pedagogico institucional da UnB.
08/2011 - 08/2011
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Ciência da Informação, .

Cargo ou função
membro de comissão criada para emitir parecer sobre progressão funcional de professor da Faculdade de Ciência da Informação.
03/2011 - 07/2011
Ensino, arquivologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Arquivologia
12/2009 - 03/2011
Conselhos, Comissões e Consultoria, Decanato de pesquisa e pos-graduação, .

Cargo ou função
membro da comissão.
09/2010 - 02/2011
Ensino, Programa de Pos-graduação em Ciência da Informação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Pesquisa orientada em Ciência da Informação
05/2009 - 12/2010
Conselhos, Comissões e Consultoria, Departamento de Ciência da Informação e Documentação, .

Cargo ou função
Membro da Comissão de eventos cientificos do Curso de Arquivologia.
08/2009 - 09/2010
Conselhos, Comissões e Consultoria, Biblioteca Central da Universidade de Brasilia, .

Cargo ou função
Membro da Comissão Permanente de Avaliação do Acervo para doação ou descarte da BCE.
07/2010 - 07/2010
Direção e administração, Reitoria, .

Cargo ou função
Decana (Pro-Reitora) de pesquisa e pos-graduação em exercicio.
07/2010 - 07/2010
Direção e administração, Universidade de Brasilia - Reitoria, .

Cargo ou função
Decana de Pesquisa (Pro-Reitora) de Pesquisa e Pos-Graduação.
03/2010 - 07/2010
Ensino, arquivologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Seminario em Arquivistica 2 - Legislação arquivística: acesso aos arquivos e ética profissional
05/2009 - 07/2010
Conselhos, Comissões e Consultoria, departamento de ciência da informação, .

Cargo ou função
Presidente da Comissão de organização da I Reunião Brasileira de Ensino e Pesquisa em Arquivologia.
05/2010 - 06/2010
Direção e administração, Universidade de Brasilia - Reitoria, .

Cargo ou função
Pró-reitora (decana) de pesquisa e pos-graduação em exercicio.
08/2009 - 12/2009
Ensino, arquivologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Arquivologia
08/2009 - 12/2009
Ensino, Programa de Pos-graduação em Ciência da Informação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Politicas de informação do Estado
11/2009 - 11/2009
Extensão universitária , Departamento de Ciência da Informação e Documentação, .

Atividade de extensão realizada
Moderadora no ?Seminário Aberto do Grupo de Pesquisa Imagem, Memória e Informação?..
10/2009 - 10/2009
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação, .

Cargo ou função
Membro da comissão de progressão funcional do professor Victor Gomes e Silva.
09/2009 - 09/2009
Conselhos, Comissões e Consultoria, Departamento de Ciência da Informação e Documentação, .

Cargo ou função
membro de comissão de avaliação de progressão funcional de docente do CID.
09/2009 - 09/2009
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação, .

Cargo ou função
membro de comissão de av. de progr. funcional da professora Elmira S. Simeão.
08/2009 - 09/2009
Conselhos, Comissões e Consultoria, Departamento de Ciência da Informação e Documentação, Programa de Pos-graduação em Ciência da Informação.

Cargo ou função
membro da Comissão de seleção da Pos-graduação 2010.
08/2009 - 09/2009
Conselhos, Comissões e Consultoria, Departamento de Ciência da Informação e Documentação, .

Cargo ou função
membro da comissão de seleção de pos-graduação.
07/2009 - 07/2009
Conselhos, Comissões e Consultoria, Universidade Federal Fluminense, .

Cargo ou função
parecer sobre projeto de pesquisa de professor da UFF.
03/2009 - 07/2009
Ensino, arquivologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Introdução à Arquivologia
11/2008 - 11/2008
Extensão universitária , Departamento de Ciência da Informação e Documentação, .

Atividade de extensão realizada
Rastros de memórias, escritas da história: recolhimento, tratamento, difusão e acesso aos arquivos do Regime militar no Brasil..
04/2007 - 03/2008
Conselhos, Comissões e Consultoria, Departamento de Ciência da Informação e Documentação, .

Cargo ou função
membro da Comissão de Pós-graduação do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação.
03/2005 - 02/2008
Conselhos, Comissões e Consultoria, departamento de ciência da informação, .

Cargo ou função
representante do departamento na Biblioteca Central da Universidade de Brasília.
08/2007 - 12/2007
Ensino, Ciências da Informação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Memória e informação
08/2007 - 12/2007
Ensino, Ciências da Informação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Pesquisa orientada em Ciência da Informação
08/2007 - 12/2007
Ensino, arquivologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Seminário em Arquivística 1: Arquivo, Cinema, Informação e Memória
08/2007 - 12/2007
Ensino, Biblioteconomia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Monografia em Biblioteconomia e Ciência da Informação
08/2007 - 12/2007
Ensino, Ciências da Informação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Estágio de docência em Ciência da Informação 2
03/2005 - 12/2007
Conselhos, Comissões e Consultoria, Departamento de Ciência da Informação e Documentação, .

Cargo ou função
membro da comissão de Pós-graduação.
11/1998 - 12/2007
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Estudos Sociais Aplicados, Departamento de Ciências da Informação e Documentação.

Cargo ou função
Membro da comissão do Curso de Arquivologia.
03/2007 - 06/2007
Ensino, arquivologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Arquivo Permanente 1
03/2006 - 04/2007
Conselhos, Comissões e Consultoria, Departamento de Ciência da Informação e Documentação, .

Cargo ou função
presidente da comissão de estudos para criação do curso de museologia na UnB.
04/2005 - 04/2007
Conselhos, Comissões e Consultoria, Departamento de Ciência da Informação e Documentação, .

Cargo ou função
membro da Comissão de Pós-graduação do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação.
06/2006 - 09/2006
Conselhos, Comissões e Consultoria, Departamento de Ciência da Informação e Documentação, .

Cargo ou função
membro da comissão encarregada de elaborar as especificações das novas disciplinas do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação da UnB e atualizar as ementas das disciplinas remanescentes..
04/2006 - 08/2006
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação, .

Cargo ou função
membro da comissão para avaliar pedido de revisão de menção de aluno da graduação.
08/2005 - 12/2005
Ensino, arquivologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Arquivo Permanente I
Estágio supervisionado II
08/2005 - 08/2005
Outras atividades técnico-científicas , Departamento de Ciência da Informação e Documentação, Departamento de Ciência da Informação e Documentação.

Atividade realizada
parecer sobre comunicações submetidas ao VI Enancib.
03/2005 - 06/2005
Ensino, arquivologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Arquivo Permanente I
03/2005 - 06/2005
Ensino, Ciências da Informação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Prática da Pesquisa em Ciência da Informação II
Tópicos Especiais em Arquivologia
12/2004 - 03/2005
Conselhos, Comissões e Consultoria, departamento de ciência da informação, .

Cargo ou função
Presidente da Comissão de avaliação de estágio probatório e de Progressão Funcional.
01/2005 - 02/2005
Conselhos, Comissões e Consultoria, departamento de ciência da informação, .

Cargo ou função
membro da comissão de seleção para mestrado e doutorado do Programa de Pós-graduação do Departamento de Ciência da Informação e Documentação da Universidade de Brasília.
10/2004 - 12/2004
Extensão universitária , Departamento de Ciência da Informação e Documentação, .

Atividade de extensão realizada
Curso.
08/2004 - 12/2004
Ensino, arquivologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Arquivo Permanente I
02/2004 - 11/2004
Outras atividades técnico-científicas , Departamento de Ciência da Informação e Documentação, Departamento de Ciência da Informação e Documentação.

Atividade realizada
Co-coordenação do I Congresso Nacional de Arquivologia realizado em Brasília, em parceria com a Associação Brasiliense de Arquivologia..
03/2004 - 06/2004
Ensino, arquivologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
diplomática e tipologia documental
03/2004 - 06/2004
Ensino, Ciências da Informação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Prática da pesquisa II
Tópicos especiais em Arquivologia
06/1999 - 06/2004
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Estudos Sociais Aplicados, Departamento de Ciências da Informação e Documentação.

Cargo ou função
Presidente da Comissão de Extensão do Departamento.
10/2000 - 12/2003
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Estudos Sociais Aplicados, Departamento de Ciências da Informação e Documentação.

Cargo ou função
Membro da Comissão de Informática do Departamento de Ciëncia da Informação e Documentação.
09/2003 - 09/2003
Extensão universitária , Departamento de Ciência da Informação e Documentação, .

Atividade de extensão realizada
Seminário Centro de Documentação Jornalística.
03/2003 - 07/2003
Ensino, Ciências da Informação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Prática da Pesquisa II
Tópicos especiais em Arquivologia
03/2003 - 07/2003
Ensino, arquivologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Diplomática e Tipologia Documental
03/2003 - 07/2003
Ensino, arquivologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Seminário em Arquivística I
06/2003 - 06/2003
Extensão universitária , Departamento de Ciência da Informação e Documentação, .

Atividade de extensão realizada
Organização e mediação da palestra com a professora e Diretora do Arquivo Geral da Andaluzia, Antonia Heredia Herrera sobre a Norma Geral Internacional de Descrição Arquivística, realizada no Departamento de Ciência da Informação e Documentação da n.
02/2003 - 02/2003
Conselhos, Comissões e Consultoria, departamento de ciência da informação, .

Cargo ou função
membro da comissão de seleção para o mestrado e doutorado do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação do Departamento de Ciência da Informação e Documentação da Universidade de Brasília.
10/2002 - 02/2003
Ensino, Ciências da Informação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Prática da Pesquisa II
10/2002 - 02/2003
Ensino, arquivologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Arquivo Permanente II
10/2002 - 02/2003
Ensino, arquivologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Diplomática e Tipologia Documental
arquivo permanente II
notariado
05/2002 - 09/2002
Ensino, arquivologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
notariado
arquivo permanente II
11/2001 - 09/2002
Outras atividades técnico-científicas , Departamento de Ciência da Informação e Documentação, Departamento de Ciência da Informação e Documentação.

Atividade realizada
Gestões para trazer ao Brasil o professor Armando Malheiro da Silva, da Universidade do Minho, Portugal, como pesquisador visitante do Departamento. O professor ficou mais de três meses no Departamento, financiado pelo CNPq e deu aulas na Pós-graduaç.
08/2002 - 08/2002
Extensão universitária , Departamento de Ciência da Informação e Documentação, .

Atividade de extensão realizada
Debate A Ciência da Informação: questões epistemológicas e conseqüências práticas.
04/2000 - 01/2002
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Estudos Sociais Aplicados, Departamento de Ciências da Informação e Documentação.

Cargo ou função
membro do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão representando a Faculdade de Estudos Sociais Aplicados.
08/2001 - 12/2001
Ensino, Ciências da Informação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Prática da Pesquisa II
Tópicos especiais em Arquivologia
12/1999 - 12/2001
Direção e administração, Departamento de Ciência da Informação e Documentação, .

Cargo ou função
subchefe do Departamento.
10/2001 - 10/2001
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Estudos Sociais Aplicados, Departamento de Ciências da Informação e Documentação.

Cargo ou função
membro da comissão criada pela coordenação da Pós-graduação para avaliar solicitação de validação de diploma de doutorado.
03/2001 - 07/2001
Ensino, Ciências da Informação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Tópicos especiais em Ciência da Informação
06/2001 - 06/2001
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Estudos Sociais Aplicados, Departamento de Ciências da Informação e Documentação.

Cargo ou função
Presidente da Comissão encarregada de elaborar projeto de infra-estrutura para os laboratórios do Departamento..
3/2001 - 06/2001
Ensino,

Disciplinas ministradas
Diplomática e Tipologia Documental
Notariado
Seminário em Arquivística I
05/2001 - 05/2001
Extensão universitária , Faculdade de Estudos Sociais Aplicados, Departamento de Ciências da Informação e Documentação.

Atividade de extensão realizada
Novas tecnologias para o tratamento da informação.
08/2000 - 12/2000
Ensino, arquivologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Diplomática e Tipologia Documental
Notariado
08/2000 - 12/2000
Ensino, Ciências da Informação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Tópicos especiais em Arquivologia
01/1999 - 12/2000
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Estudos Sociais Aplicados, Departamento de Ciências da Informação e Documentação.

Cargo ou função
Vice-coordenadora da Comissão encarregada de elaborar o projeto de criação da Faculdade de Ciência da Informação.
03/2000 - 07/2000
Ensino, Ciências da Informação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Tópicos especiais em Ciência da Informação
03/2000 - 07/2000
Ensino, arquivologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Diplomática e Tipologia Documental
Notariado
05/2000 - 05/2000
Extensão universitária , Faculdade de Estudos Sociais Aplicados, Departamento de Ciências da Informação e Documentação.

Atividade de extensão realizada
Arquivística, ciência da informação e sociedade da informação.
03/2000 - 04/2000
Extensão universitária , Faculdade de Estudos Sociais Aplicados, Departamento de Ciências da Informação e Documentação.

Atividade de extensão realizada
Arquivistas:formação e perspectivas.
08/1999 - 12/1999
Ensino,

Disciplinas ministradas
Diplomática e Tipologia documental
Notariado
08/1999 - 12/1999
Ensino, Ciências da Informação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Tópicos especiais em Arquivologia
10/1999 - 10/1999
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Estudos Sociais Aplicados, Departamento de Ciências da Informação e Documentação.

Cargo ou função
Membro da comissão de avaliação de progressão funcional de professor.
06/1999 - 10/1999
Conselhos, Comissões e Consultoria, Departamento de Ciência da Informação e Documentação, .

Cargo ou função
Presidente da Comissão de Extensão do Departamento de Ciência da Informação e Documentação.
11/1998 - 10/1999
Conselhos, Comissões e Consultoria, Faculdade de Estudos Sociais Aplicados, Departamento de Ciências da Informação e Documentação.

Cargo ou função
Presidente da Comissão de Espaço Físico do Departamento.
07/1999 - 07/1999
Conselhos, Comissões e Consultoria, Departamento de Ciência da Informação e Documentação, .

Cargo ou função
membro da comissão de avaliação de desempenho de professor substituto do curso de arquivologia.
03/1999 - 07/1999
Ensino, arquivologia, Nível: Graduação

Disciplinas ministradas
Diplomática e Tipologia Documental
Notariado
Seminário em Arquivística II
03/1999 - 06/1999
Ensino, Ciências da Informação, Nível: Pós-Graduação

Disciplinas ministradas
Tópicos especiais em Ciência da Informação
08/1998 - 12/1998
Ensino,

Disciplinas ministradas
Diplomática e Tipologia Documental
Estágio Supervisionado II
Notariado
Reprografia

Arquivo Público do Distrito Federal, AP/DF, Brasil.
Vínculo institucional

1997 - 1998
Vínculo: Cargo de confiança, Enquadramento Funcional: DAS
Outras informações
Nesse período ocupei o cargo de Gerente cultural do Arquivo, setor responsável pela concepção de produtos e divulgação dos acervos e de atividades do Arquivo. Nessa condição, fui coordenadora editorial (boletim e revista); concepção e realização de eventos e exposições; coordenação da produção de textos para o rádio sobre a história de Brasília.

Vínculo institucional

1988 - 1990
Vínculo: Cargo de confiança, Enquadramento Funcional: DAS
Outras informações
No período indicado ocupei a seguinte função: Chefe do Núcleo de Pesquisa Externa da Gerência de Pesquisa do Arquivo. Nessa condição, participei da concepção e execução do projeto "Memória da construção de Brasília" que, dentre outras etapas, colheu depoimentos orais de pessoas vinculadas à construção de Brasília, particularmente engenheiros, arquitetos, artistas, empresários. Nesse período, entrevistei Lúcio Costa, Oscar Niemeyer, Alfredo Ceschiatti, Bruno Giorgio, etc.

Vínculo institucional

1986 - 1987
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: celetista
Outras informações
Pesquisadora da publicação Enciclopédia Retrato do Brasil


Centro de Ensino Unificado de Brasília, CEUB, Brasil.
Vínculo institucional

1996 - 1996
Vínculo: Celetista, Enquadramento Funcional: Professor celetista
Outras informações
Professora das disciplinas Teoria da História e História contemporânea III.


Arquivo Nacional do Brasil, AN, Brasil.
Vínculo institucional

2014 - Atual
Vínculo: Membro de Comissão, Enquadramento Funcional: Comissão de Altos Estudos do Memórias
Outras informações
Membro da Comissão de Altos Estudos do Memórias Reveladas - Centro de Referência das Lutas Políticas no Brasil (1964-1985) do Arquivo Nacional, conforme PORTARIA No- 94, DE 27 DE JUNHO DE 2014.



Linhas de pesquisa


1.
Mediação cultural, comunicação e difusão de acervos.

Objetivo: Desenvolver pesquisas sobre mediação cultural, comunicação e difusão de acervos em arquivos e instituições afins..
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Ciência da Informação / Subárea: Arquivologia.
2.
Arquivos, Arquivologia, instituições arquivísticas e afins

Objetivo: Essa linha compreende as pesquisas sobre a história dos arquivos, instituições arquivísticas e instituições afins, bem como questões relacionadas ao patrimônio cultural..
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Ciência da Informação.
3.
Políticas, legislação e outros dispositivos normativos e de controle da informação.

Objetivo: Essa linha compreende as pesquisas sobre políticas de informação, legislação e outros dispositivos normativos sobre acesso e controle da informação..
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas
Grande Área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Ciência da Informação / Subárea: Arquivologia.


Projetos de pesquisa


2018 - Atual
Identificação de modelos e formas de mediação cultural e comunicação de acervos em Arquivos, Bibliotecas, Centros de Documentação, Museus e instituições culturais.
Descrição: Introdução: Difusão e Mediação cultural são dois processos que têm como objetivos, o primeiro, a acessibilidade via produtos e serviços, tais como publicação de instrumentos de pesquisa on-line, curadoria digital de acervos com valor cultural, homepage institucional, publicações produtos de atividades puramente técnicas, atendimento ao público por diversos meios; o segundo, busca uma dinâmica interativa com o público para o qual se dirige, buscando, ambos promover a democratização e a democracia cultural resultando em produtos e serviços, tais como produção audiovisual, efeméride histórica, recital, mesa redonda, mostra de arte, oficinas, concertos, exposições, etc. Problema: Tendo em vista as diferenças de acervo custodiadas em Arquivos, Bibliotecas, Museus, Centros de Documentação e instituições culturais, o problema de pesquisa consiste em indagar se essas diferenças influenciam as formas e modelos de mediação cultural nas instituições pesquisadas. Objetivo geral: Aprofundar estudos sobre formas e modelos de mediação cultural e comunicação de acervos em Arquivos, Bibliotecas, Centros de Documentação, Museus e instituições culturais. Referencial teórico-metodológico: Pesquisa histórico-documental, de natureza quali-quantitativa e, eventualmente, de aplicação prática. Serão trabalhados os conceitos de cultura de Chartier (2002); de direitos culturais em Touraine (2006); a mediação cultural em Bordeaux (2008) e Lafortune (2008); a mediação cultural no patrimônio em Perrotti e Pieruccini (2014), Coelho (1997), Péquignot (2011), Lamizet (1999), Fontan (2007), Lowies, Scieur e Vanneste (2013); a mediação cultural em arquivos em Boissonneault (1997), Jammet (2007), Valacchi (2010), Hiraux (2012), Chave (2012) Rousseau (2014). Resultados esperados: Orientações de mestrado, doutorado e Iniciação científica, publicação de artigos e comunicações em congressos, bem como aplicação dos resultados das pesquisas relacionadas a implementação de atividades de mediação cultural e de difusão de acervos..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2017 - Atual
Ouvindo as ouvidorias do sistema prisional - Lei de acesso à informação, sociedade e cidadania
Descrição: Descrição: O presente projeto pretende responder às seguintes perguntas: como as ouvidorias do sistema prisional brasileiro atendem às demandas da Lei de Acesso à Informação - LAI, em especial no que tange aos requisitos de transparência passiva, conforme definido no decreto que a regulamenta? Como melhorar a eficiência dos procedimentos dessas ouvidorias, de modo que as pessoas presas, seus familiares e todos os interessados possam ter informações claras e precisas sobre as condições de vida nas unidades prisionais, com dados que possibilitem melhorar a gestão e a fiscalização do sistema? Nos últimos anos, alguns pesquisadores estão se dedicado a estudar como a LAI está sendo recepcionada e implantada nos órgãos públicos, inclusive nas ouvidorias do sistema prisional. No entanto, tais estudos focam primordialmente os requisitos de transparência ativa, com análise das informações disponibilizadas nos sites das instituições. Com relação à chamada transparência passiva, definida e regulamentada no Decreto n. 7.724, de 16 de maio de 2012, que obriga os entes a responderem às demandas individuais do cidadão, as investigações são incipientes. A justificativa para a realização deste estudo é a grave crise do sistema prisional brasileiro. Vários pesquisadores apontam que a resposta para essa crise não se dará, prioritariamente, na criação de mais vagas ou na contratação de mais profissionais; o primeiro passo deve ser a transparência de informações para identificar a trajetória das pessoas presas no sistema prisional, condições de vida, penas, expectativa de liberdade etc. A falta de dados sobrecarrega o sistema, com penas cumpridas além do prazo, com recursos sendo gastos sem controle etc. O método utilizado é o histórico-dialético, que compreende o fenômeno descrito como complexo, pluricausal e em permanente transformação. Por essas características, requer a triangulação de técnicas, como um estado da arte nacional e internacional, que permitirá apreender e registrar as boas práticas sobre a temática, além de entrevistas com ouvidores e representantes de movimentos sociais que analisam o problema, observação direta da Ouvidoria do Sistema Prisional do Distrito Federal, e análise do conteúdo/discurso das demandas recebidas pela Ouvidoria Nacional dos Serviços Penais, um universo de 13 mil cartas apenas no ano de 2016. Os resultados esperados são a produção de informações qualificadas sobre a atuação das ouvidorias do sistema prisional no que tange ao atendimento das demandas pela via da transparência passiva, de modo a tornar o Distrito Federal referência nacional na gestão da informação produzida na área de execução penal, em consonância com a Lei de Acesso à Informação. Os produtos esperados são a elaboração de um guia de boas práticas, que padronize o procedimento das ouvidorias e aumente a sua eficiência, eficácia e efetividade, e um seminário realizado na Universidade de Brasília sobre a temática, para difundir os resultados da pesquisa.
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
2016 - 2018
História Oral ? Memória de Pioneiros
Descrição: INTRODUÇÃO: o Arquivo Público do Distrito Federal desenvolve há anos um Programa de História Oral que visa a produzir fontes orais sobre a história de Brasília em suas múltiplas dimensões. Essas fontes têm subsidiado muitas pesquisas acadêmicas, bem como lançado luz sobre aspectos da história do Distrito Federal. OBJETIVO GERAL: ampliar os horizontes das informações contidas nos documentos textuais, iconográficos e cartográficos, principalmente os documentos sob custódia do Arquivo Público do Distrito Federal, respondendo à urgência dessa modalidade de pesquisa histórica. OBJETIVOS ESPECÍFICOS: entrevistar cinquenta pioneiros que atuaram na área da saúde, educação e zona rural, que se caracterizam pelo protagonismo no complexo processo de criação e consolidação dessas áreas específicas, a partir do início da construção de Brasília, por meio do desenvolvimento de duas linhas de pesquisa: ?Saúde e Educação? e ?Brasília Rural?. REFERENCIAL TEÓRICO: pesquisa histórica, usando os referenciais da história oral. REFERENCIAL METODOLÓGICO: pesquisa qualitativa, com entrevistas usando os conceitos e métodos de história oral. Resultados esperados: criação de um acervo temático de depoimentos orais que irão enriquecer o acervo já existente no Arquivo Público do Distrito Federal; criação de um banco de dados digital para pesquisa. INTRODUÇÃO: o Arquivo Público do Distrito Federal desenvolve há anos um Programa de História Oral que visa a produzir fontes orais sobre a história de Brasília em suas múltiplas dimensões. Essas fontes têm subsidiado muitas pesquisas acadêmicas, bem como lançado luz sobre aspectos da história do Distrito Federal. OBJETIVO GERAL: ampliar os horizontes das informações contidas nos documentos textuais, iconográficos e cartográficos, principalmente os documentos sob custódia do Arquivo Público do Distrito Federal, respondendo à urgência dessa modalidade de pesquisa histórica. OBJETIVOS ESPECÍFICOS: entrevistar cinquenta pioneiros que atuaram na área da saúde, educação e zona rural, que se caracterizam pelo protagonismo no complexo processo de criação e consolidação dessas áreas específicas, a partir do início da construção de Brasília, por meio do desenvolvimento de duas linhas de pesquisa: ?Saúde e Educação? e ?Brasília Rural?. REFERENCIAL TEÓRICO: pesquisa histórica, usando as referências conceituais da história oral. REFERENCIAL METODOLÓGICO: pesquisa qualitativa, com entrevistas usando os conceitos e métodos de história oral. Resultados esperados: criação de um acervo temático de depoimentos orais que irão enriquecer o acervo já existente no Arquivo Público do Distrito Federal; criação de um banco de dados digital para pesquisa..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2015 - Atual
Do ?tempo do silêncio? ao ?tempo do reconhecimento?: emergência e protagonismo dos arquivos como suporte às políticas de informação, à memória coletiva e como dispositivo democrático no Brasil pós-ditadura militar.
Descrição: INTRODUÇÃO: A partir dos anos 1990, os arquivos ocuparam as manchetes dos jornais brasileiros de maneira crescente. Essa expressão dos arquivos na mídia, de certa forma, segue um padrão já percebido em outros países. No caso do Brasil, o espaço dedicado pela mídia aos arquivos sugere um protagonismo histórico-político dos arquivos, inédito até então. PROBLEMAS DA PESQUISA: a) a busca pelos arquivos do regime militar, a reivindicação pela sua abertura/acesso e a negação de sua existência ocupando os cadernos de política da mídia evidenciam o protagonismo/centralidade dos arquivos na disputa pela memória do período? Se sim, podemos estabelecer uma periodização para a entrada em cena dos arquivos e mapear os grupos, incluindo as instituições, nesse processo? b) Podemos afirmar que é a partir dos anos 2000, quando a existência dos arquivos do período é um fato, inclusive com o recolhimento de acervos a instituições públicas, que tem origem a construção de novas fontes sobre o período, com filmes sendo produzidos com uma intensidade não encontrada na década anterior? O que serve de fio condutor para essas novas narrativas, elas mesmas constituindo-se em arquivos? O cinema como um novo ?lugar de memória?? OBJETIVO GERAL: analisar a emergência e o protagonismo dos arquivos como suporte às políticas de informação, à memória coletiva e como dispositivo democrático no Brasil pós-ditadura militar. OBJETIVOS ESPECÍFICOS: realizar uma revisão de literatura referente aos conceitos a serem trabalhados na pesquisa: instituição, estado, democracia, memória, esquecimento, políticas de informação, arquivos; identificar e estabelecer, com base no levantamento na imprensa (em formato impresso ou na internet), os marcos temporais para a emergência dos arquivos na cena política, suas formas e intensidades, mapeando os discursos a respeito; sistematizar a legislação referente à política arquivística no âmbito federal, da lei de arquivos à lei de acesso à informação segundo o escopo do projeto; sistematizar as diretrizes/recomendações internacionais sobre o acesso aos arquivos e as políticas de informação, segundo os objetivos do projeto; mapear as instituições que são investidas - e por quem o são - como repositórios dos estoques informacionais como ?estoques de memória?, estabelecendo comparações entre elas, os que as aproxima e as diferenciam; mapear os grupos envolvidos nesse processo e suas formas de ações; mapear os filmes produzidos entre as décadas de 1990 e 2000 para identificar uma possível relação entre essa produção e o momento de discussão memorialística sobre período da ditadura militar; identificar a influência do acesso aos arquivos do período nessas produções; qualificar essa produção como fontes construídas sobre o período e quais memórias elas buscam veicular. REFERENCIAL TEÓRICO: Trabalhar-se-á com os conceitos de instituição, estado, democracia, memória, esquecimento, políticas de informação, transparência, arquivos, materialidade da informação e emblema. REFERENCIAL METODOLÓGICO: Trata-se de uma pesquisa histórico-documental, de natureza quantitativa e qualitativa, cujo corpus empírico compreende jornais, legislação referente aos arquivos, instituições e organizações da sociedade civil que mantêm/divulgam documentos do período da ditadura militar; filmes, que tratam do período. A análise do material será feita com base nos conceitos operacionais dos autores anteriormente citados no referencial teórico..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (5) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Georgete Medleg Rodrigues - Coordenador / Monica Tenaglia - Integrante / Aluf Alba Vilar Elias - Integrante / Rodrigo Rabello - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa.Número de orientações: 1
2013 - 2016
Constituição de uma rede de informação científica no Brasil: relações entre instituições e atores brasileiros e o Mundaneum de Paul Otlet e Henri La Fontaine.
Descrição: INTRODUÇÃO: A ideia de uma rede de cooperação internacional que visava reunir todo o conhecimento produzido no mundo ganha nome também na década de 1930: Mundaneum. Tal projeto, considerado uma evolução natural do Instituto Internacional de Bibliografia, visava, seguindo estritamente o pensamento em voga à época, ser um polo de confluência de saberes, o grande centro das produções do espírito humano, como nos diz Otlet (1934). Criando uma rede de informações em escala mundial, os juristas belgas passam a contar com a ajuda de diversos países na construção de seus ideais. Congressos, feiras e exposições servem de palco para a divulgação da ideia do RBU e as técnicas neles empregadas. Assim, suas propostas ganham terreno e vão se deflagrando ao redor do mundo, chegando até o Brasil, onde a iniciativa de maior destaque é a da Biblioteca Nacional. Fontes documentais sugerem que essa pode ter sido a mais importante contribuição brasileira ao projeto do RBU de Paul Otlet e Henri La Fontaine, mas não a única. Pesquisa in loco realizada em novembro de 2013 nos arquivos do Centre d?Archives do Mundaneum, localizado na cidade de Mons, na Bélgica, revelou a existência de grande quantidade de documentos ainda inexplorados, cuja listagem, ainda provisória, feita pelos arquivistas da instituição indica a presença brasileira nos projetos do Mundaneum. OBJETIVO GERAL: Aprofundar pesquisa de mestrado, buscando compreender como se deu a interação entre instituições (ou pessoas) brasileiras e o Instituto belga, além daquela com a Biblioteca Nacional, esclarecendo, também, o alcance do papel do então diretor da BN. OBJETIVOS ESPECÍFICOS: a) Produzir um inventário mapeando nos arquivos do Mundaneum, na Bélgica, a participação do Brasil no projeto do Mundaneum; b) produzir uma dissertação de mestrado com o tema ?O Mundaneum no Brasil: o Serviço de Bibliographia e Documentação da Biblioteca Nacional e o seu papel na implementação de uma rede de informações científicas?; c) Desenvolver e concluir a orientação de uma tese de doutorado identificando e analisando as contribuições de Manuel Cícero Peregrino da Silva ao desenvolvimento e disseminação da Documentação no Brasil. REFERENCIAL TEÓRICO: A base serão os estudos desenvolvidos na Ciência da Informação, Documentação e Biblioteconomia acerca da história do Instituto Internacional de Bibliografia e do Serviço de Bibliographia e Documentação da Biblioteca Nacional; textos que tratam dos ideais de universalização do conhecimento propagados por Paul Otlet e Henri La Fontaine e da biografia de Manoel Cícero Peregrino da Silva; a concepção de alguns autores sobre o papel dos intelectuais na sociedade, sobre o desenvolvimento da ciência no Brasil e a sociedade brasileira à época servirão de base para a compreensão do papel de Manuel Cícero Peregrino da Silva para a Documentação no Brasil. REFERENCIAL METODOLÓGICO: pesquisa bibliográfica e histórico-documental sobre o tema no Brasil; b) pesquisa nos arquivos do Mundaneum, na cidade de Mons na Bélgica; c) pesquisa nos arquivos da BN, e em outros ainda a serem identificados, para mapear o papel de Manuel Cícero Peregrino da Silva na Documentação no Brasil. Resultados obtidos: Embora o inventário proposto não tenha sido feito integralmente, em virtude das obras nos arquivos do Mundaneum, obteve-se um panorama parcial sobre a participação do Brasil no projeto do Mundaneum; conclusão da dissertação de mestrado intitulada ?O Mundaneum no Brasil: o Serviço de Bibliographia e Documentação da Biblioteca Nacional e o seu papel na implementação de uma rede de informações científicas; conclusão da tese de doutorado ?Manuel Cícero Peregrino da Silva, a Biblioteca Nacional e as origens da Documentação no Brasil?; apresentação dos resultados da pesquisa em eventos científicos nacionais e internacionais e em periódicos científicos..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Georgete Medleg Rodrigues - Coordenador / Rodrigo Rabello da Silva - Integrante / Nanci Elizabeth Oddone - Integrante.
Número de produções C, T & A: 4 / Número de orientações: 2
2013 - 2016
A institucionalização da Arquivologia como disciplina científica no Brasil - fase 2
Descrição: INTRODUÇÃO: Este projeto retoma projeto anterior, considerado encerrado em 2012. Em virtude de novos problemas apontados em tese de doutorado abrem-se novas vertentes relacionadas à constituição da Arquivologia no Brasil, ampliando-se estudos já concluídos em dissertação de mestrado, tese de doutorado e publicações científicas. REFERENCIAL TEÓRICO: A exemplo do projeto anterior, trabalhar-se-á com conceitos de disciplina científica, interdisciplinaridade, transdisciplinaridade, multidisciplinaridade e campo científico. OBJETIVO GERAL: Compreender as configurações e reconfigurações da Arquivologia mediante o estudo das ações e estratégias de cooperação científica internacional e os atores envolvidos. OBJETIVOS ESPECÍFICOS: a) Investigar as relações entre a Arquivologia brasileira e outros países da AL, da Europa, Estados Unidos e Canadá; b) investigar as relações científicas entre a Arquivologia brasileira e a francesa, mapeando as influências mútuas nesse campo, os produtos e intercâmbios gerados por ambos os lados. REFERENCIAL TEÓRICO: na mesma linha do projeto anterior, trabalhar-se-á com os conceitos de disciplina científica, interdisciplinaridade, transdisciplinaridade, multidisciplinaridade e campo científico. REFERENCIAL METODOLÓGICO: Pesquisa descritiva, qualiquantitativa e explicativa, bibliográfica e histórico-documental. Resultados alcançados: publicação de artigos em periódicos científicos; comunicações em eventos científicos dos resultados da pesquisa; coorganização da coletânea ?História da Arquivologia no Brasil? (2014), bem como capítulos nessa coletânea relacionadas à pesquisa; supervisão de um projeto de pós-doutorado de Angelica Alves da Cunha Marques intitulado ?Configurações e reconfigurações de uma disciplina: estudo sobre a trajetória e consolidação da Arquivologia na França e no Brasil?, que teve parte desenvolvido na École Nationale des Chartes, em Paris..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
2013 - Atual
Arquivos e Arquivologia: um percurso em torno das noções de verdade e de prova documental.
Descrição: INTRODUÇÃO: Este projeto é complementar ao projeto ?Do ?tempo do silêncio? ao ?tempo do reconhecimento?: emergência e protagonismo dos arquivos como suporte às políticas de informação, à memória coletiva e como dispositivo democrático no Brasil pós-ditadura militar?, agora com ênfase na articulação entre arquivos, verdade e prova documental. Tem uma forte vertente teórico-conceitual, apoiada na problematização de conceitos de documento, de arquivo e de prova documental, ao mesmo tempo em que busca um campo empírico no qual abordar esses conceitos como a Comissão Nacional da Verdade do Brasil. OBJETIVO GERAL: Traçar a gênese dos conceitos de documento e de arquivo e de como eles se articulam aos de verdade e de prova documental. OBJETIVOS ESPECÍFICOS: a)Abordar a noção de prova estendida não apenas ao documento, mas ao próprio arquivo, na condição de espaço de ?origem? (memória-história) e de ?ordem?, ?comando? e ?lei? (jurídico-administrativo) mediante tratamento, organização, circulação e manutenção de documentos com valor probatório; b) Por meio de casos concretos, como, por exemplo, a criação e os trabalhos da Comissão Nacional da Verdade, analisar como emergem as noções de ?verdade? e de ?prova? dos arquivos e de como esses fornecem substrato à noção de ?justiça de transição?. REFERENCIAL TEÓRICO: Trabalhar-se-á com os conceitos de documento, prova documental, arquivo, justiça de transição. Os conceitos da disciplina Diplomática terão um papel importante na compreensão do tema, bem como as noções de verdade das formas jurídicas de Foucault. REFERENCIAL METODOLÓGICO: A pesquisa é de natureza bibliográfica e documental. A pesquisa bibliográfica será direcionada aos autores que abordam direta ou indiretamente o tema da pesquisa e a pesquisa documental compreende um corpus de documentos primários relacionados aos objetivos geral e específicos da pesquisa. Resultados esperados: a pesquisa deverá resultar em teses de doutorado, um relatório de pós-doutorado, comunicações em congressos científicos e publicações..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (2) .
Integrantes: Georgete Medleg Rodrigues - Coordenador / Rodrigo Rabello da Silva - Integrante / Monica Tenaglia - Integrante / Aluf Alba Vilar Elias - Integrante.
Número de produções C, T & A: 1 / Número de orientações: 2
2013 - Atual
A lei de acesso à informação no Brasil: gênese, recepção, implementação e impactos sociais e para a profissão de arquivista.
Descrição: INTRODUÇÃO: A Lei nº 12.527, promulgada em 18 de novembro de 2011, conhecida como ?Lei de Acesso à Informação? (LAI), resultou da convergência de várias iniciativas, em maior ou menor grau, de atores estatais (Executivo, Legislativo e Judiciário), organizações da sociedade civil, instituições arquivísticas, imprensa, organizações internacionais, bem como refletiu uma tendência mundial pela transparência das ações governamentais e maior acesso à informação. PROBLEMA DA PESQUISA: Considerando a amplitude da lei e as exigências que ela impõe às instituições públicas ou que recebem recursos públicos, a pesquisa parte dos seguintes problemas: a) Quais foram os principais atores e qual o nível de sua participação na elaboração da LAI? b) Qual o impacto da promulgação da LAI e sua aplicação na administração pública, nas instituições arquivísticas e outras que integram o estado (por exemplo, as universidades); c) A LAI estaria cumprindo seus objetivos precípuos, isto é, de propiciar o acesso do cidadão, em suas diferentes composições, às informações públicas? d) Em que medida a LAI pode impactar na própria profissão de arquivista, em particular quanto a sua formação em nível superior? OBJETIVO GERAL: Investigar a gênese da lei de acesso à informação no Brasil, os atores envolvidos, sua recepção, implementação e impactos sociais e para a profissão de arquivista. OBJETIVOS ESPECÍFICOS: a) Identificar os principais atores que participaram na elaboração do projeto que deu origem à LAI; b) identificar a recepção da LAI na sociedade; c) Identificar os principais beneficiários da LEI no que diz respeito ao acesso às informações públicas; d) Comparar as exigências da LAI com a formação do arquivista em nível superior no que diz respeito aos desafios decorrentes da exigência de transparência e acesso à informação pública. REFERENCIAL TEÓRICO: A pesquisa trabalha com os conceitos de informação pública, transparência, estado, democracia, arquivos, sociedade civil, governança, accountability e disclosure e acesso. REFERENCIAL METODOLÓGICO: Trata-se de uma pesquisa descritiva e explicativa, bibliográfica e histórico-documental, com eventuais recortes em estudos de caso. Resultado esperados: a) Projetos de IC, dissertações e teses de doutorado sobre o tema; b) apresentação dos resultados do projeto em congressos científicos nacionais e internacionais; c) publicação em periódicos especializados..
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Doutorado: (3) .
Integrantes: Georgete Medleg Rodrigues - Coordenador / dirlene santos barros - Integrante / Monica Tenaglia - Integrante / Luzia Zorzal - Integrante / Janyluce Rezende Gama - Integrante.
Número de produções C, T & A: 7 / Número de orientações: 5
2008 - Atual
O conceito de memória na Ciência da Informação

Projeto certificado pelo(a) coordenador(a) Eliane Braga de Oliveira em 04/10/2014.
Descrição: Esta pesquisa é desenvolvida desde 2008, com vistas a uma melhor compreensão sobre a apropriação do conceito de memória feita pela Ciência da Informação (CI) no Brasil. Esses estudos evidenciaram que, até o momento, a Ciência da Informação, em seu escopo teórico-metodológico, não tem contemplado o tema memória de forma significativa, o que foi constatado através da análise da produção científica da área. Na primeira etapa da pesquisa, desenvolvida em projeto de doutorado, foi analisada a produção científica referente ao período de 1972 a 2005. O total de trabalhos encontrado nesse período somou setenta e seis (76) documentos, entre artigos, comunicações, teses e dissertações. Foi observado que os autores promovem uma adjetivação diversificada do termo memória como forma de apropriação, sem que isso implique, necessariamente, na sua reformulação. Essas adjetivações são, em geral, delimitações dos objetos de pesquisa ou dos contextos estudados (OLIVEIRA, 2010). Apesar da pouca expressão do tema nas fontes analisadas, foi possível identificar uma tendência de crescimento na produção de estudos sobre memória, especialmente a partir do ano 2000, últimos anos do período cronológico analisado. Na segunda etapa da pesquisa, o objetivo foi investigar a tendência de crescimento anteriormente verificada. Foi analisado o período de 2006 a 2010, no qual foram identificados cento e quarenta e um (141) trabalhos, ou seja, no período de cinco anos, a área de Ciência da Informação no Brasil, produziu quase o dobro de trabalhos do que havia produzido em trinta e três (33) anos. Cabe ressaltar que foram utilizadas as mesmas fontes de informação e os mesmos critérios de análise em ambas as etapas. Na terceira etapa, em execução, pretende proceder à análise qualitativa do segundo período cronológico (2006 a 2010), no que se refere a identificação e análise das apropriações do conceito de memória, bem como dos autores e dos contextos de produção dos trabalhos componentes do corpus da pesquisa. Os objetivos específicos são: 1. Identificar e analisar as associações, adjetivações e extensões formuladas pelos autores. 2. Identificar e analisar a co-ocorrência do termo memória com outros termos. 3. Identificar e analisar as autorias (quem fala) e a procedência institucional dos autores (de onde fala)...
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (1) .
Integrantes: Georgete Medleg Rodrigues - Integrante / Eliane Braga de Oliveira - Coordenador / Shirley do Prado Carvalhêdo - Integrante.
2002 - 2015
Memória e segredo nas sociedades contemporâneas
Descrição: INTRODUÇÃO: Diversos estudos têm mostrado que as legislações de acesso à informação tendem a se inscrever numa tensão permanente entre direito à informação, à memória, e a cultura estatal do segredo. O eixo norteador da pesquisa é a questão do acesso aos arquivos, particularmente aos arquivos considerados sigilosos ou ?sensíveis?, buscando entender como são concebidas, debatidas e implementas as políticas de acesso às informações nas sociedades contemporâneas, o grau de envolvimento dos atores sociais e as repercussões dessas políticas para os profissionais especializados e para as instituições. OBJETIVO GERAL: compreender, numa perspectiva comparada, como as sociedades contemporâneas concebem, discutem e implementam políticas públicas de acesso às informações arquivísticas analisando as características similares e/ou divergentes entre as legislações de acesso e as normatizações no Brasil e outros países. OBJETIVOS ESPECÍFICOS: a) realizar estudos comparativos entre o Brasil e a França; b) realizar estudos comparativos entre o Brasil e outros países da América Latina e da Europa. REFERENCIAL TEÓRICO: Os conceitos de Estado, segredo, memória, informação, público e privado, políticas de informação serão a base do estudo. REFERENCIAL METODOLÓGICO: pesquisa qualitativa, comparativa, bibliográfica e histórico-documental. Resultados alcançados: um dos objetivos específicos foi concluído com a comparação entre o Brasil e a França, durante um pós-doutorado realizado naquele país em 2008-2009; publicação de artigos científicos e comunicações apresentadas em eventos científicos; orientações de mestrado e de doutorado concluídas..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (2) .
Integrantes: Georgete Medleg Rodrigues - Coordenador / Eliane Braga de Oliveira - Integrante / Shirley do Prado Carvalhêdo - Integrante / Daniela Francescutti Martins Hott - Integrante / Sonia Combe - Integrante.Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Bolsa / Universidade de Brasília - Outra.
Número de produções C, T & A: 38 / Número de orientações: 18
2002 - 2012
A institucionalização da Arquivística como disciplina científica no Brasil
Descrição: INTRODUÇÃO: O estatuto de disciplina científica da Arquivologia tem sido objeto de pesquisas no Brasil, seguindo a trilha de alguns pesquisadores internacionais, como o canadense Carol Couture. Pesquisas empíricas desenvolvidas por nós na iniciação científica e no mestrado - e já apresentadas em eventos científicos e publicadas em periódicos científicos - demonstraram que esse tema é bastante rico e de suma importância para a área. OBJETIVO GERAL: Estabelecer, por meio de estudos empíricos e teóricos, o estatuto epistemológico da Arquivologia no Brasil e sua consolidação no campo da pesquisa científica. OBJETIVOS ESPECÍFICOS: a) identificar e mapear as relações da Arquivologia com outras disciplinas; b) identificar os atores que participaram do processo da constituição da disciplina no Brasil; c) a inserção da disciplina nas universidades, nos programas de pós-graduação, compreendendo a produção científica da área; d) Identificar e mapear as influências externas na Arquivologia brasileira. REFERENCIAL TEÓRICO: Utilizam-se as principais definições de T. Kuhn sobre ciência normal, paradigmas, revoluções científicas e comunidade científica. Apoia-se em Bourdieu quanto às definições de habitus, campo científico e capital científico e em Knorr-Cetina com sua definição de campo transcientífico. trabalha-se com os conceitos de disciplina científica, interdisciplinaridade, multidisciplinaridade, pluridisciplinaridade e transdisciplinaridade para compreender a formação da Arquivologia como disciplina e suas relações com outras áreas. REFERENCIAL METODOLÓGICO: Pesquisa descritiva, qualiquantitativa e explicativa, bibliográfica e histórico-documental. Resultados alcançados: Mapeamento dos cursos de pós-graduação no Brasil com linhas de pesquisa em temas arquivísticos; identificação dos cursos de graduação em Arquivologia em que se desenvolvem pesquisas de iniciação científica no âmbito do PIBIC; identificação e sistematização dos grandes temas de pesquisa da área; dissertação e tese de doutorado concluídas; publicação de artigos e apresentações em congressos científicos dos resultados da pesquisa, inclusive em periódico internacional; organização da I Reunião Brasileira de Ensino e Pesquisa em Arquivologia (2010); coorganização da coletânea ?A formação e a pesquisa em Arquivologia nas universidades públicas brasileiras? (2011); coorganização da coletânea ?Arquivologia: Configurações da pesquisa no Brasil? (2012); tripla premiação da tese de doutorado de Angelica Alves da Cunha Marques que resultou em um livro publicado em 2013, intitulado ?A arquivologia brasileira: busca por autonomia científica no campo da informação e interlocuções internacionais?..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Doutorado: (1) .
Integrantes: Georgete Medleg Rodrigues - Coordenador / angelica alves da cunha marques - Integrante.Financiador(es): Universidade de Brasília - Outra.
Número de produções C, T & A: 22 / Número de orientações: 1
2001 - 2008
O arquivista como cientista da informação: formação atual e perspectivas futuras
Descrição: INTRODUÇÃO: A formação do arquivista vem há décadas sendo objeto de estudo e pesquisas de pesquisadores da área, como o demonstra publicações do Conselho Internacional de Arquivos, bem como eventos temáticos dessa organização internacional. O avanço de cursos de formação em arquivologia nas universidades, bem como a questão do direito de acesso à informação tem aumentado a preocupação com o currículo da disciplina Arquivologia. Um projeto de iniciação científico orientado por nós demonstrou a pertinência e necessidade de uma pesquisa com esse tema. OBJETIVO GERAL: Compreender, numa perspectiva histórica, as transformações da profissão do arquivista por meio do estudo da formação acadêmica desse profissional. OBJETIVOS ESPECÍFICOS: a) identificar a evolução das exigências curriculares para a formação acadêmica do arquivista na literatura internacional; b) verificar como essa evolução ocorre no Brasil, por meio de um estudo do papel dos estágios curriculares nessa formação, especificamente em Brasília. REFERENCIAL TEÓRICO: Para o tema formação em Arquivística focamos, entre outros, os trabalhos de JARDIM et al. (1999), ROUSSEAU e COUTURE (1998), JARDIM e FONSECA (1999), BELLOTTO (2004), SOUSA e RODRIGUES (2003). Quanto ao subtema estágio curricular supervisionado destacamos, entre outros, os trabalhos de BURIOLLA (1995), FARIA FILHO (2003); direcionando mais especificamente para o estágio no âmbito da Arquivística, observado tanto a partir do local de estágio como do local de formação, consideramos essenciais os trabalhos de SOUSA (1999), ROUSSEAU e COUTURE (1998), COUTURE, MARTINEAU e DUCHARME (1999), ROUSSEAU (1997-1998). Os estudos de VALENTIM (2000 e 2004), MUELLER e BAPTISTA (2004), RODRIGUES (2002 e 2004), CUNHA e CRIVELLARI (2004), TARAPANOFF (1997) são alguns dos trabalhos que trarão contribuições ao tema do projeto. REFERENCIAL METODOLÓGICO: pesquisa descritiva e explicativa, bibliográfica e documental. Resultados alcançados: Espera-se que os resultados da pesquisa contribuam para o enriquecimento da bibliografia da área e permita a compreender o percurso de formação acadêmica do arquivista e os aspectos ligados ao exercício da profissão. Resultados alcançados: conclusão de uma dissertação de mestrado e de um PIBIC sobre o tema; apresentação de trabalhos em congressos, publicação de artigos científicos e capítulos de livros..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (2) / Mestrado acadêmico: (1) .
Integrantes: Georgete Medleg Rodrigues - Coordenador / Eliane Braga de Oliveira - Integrante / Marcos Aurélio Lopes de Sousa - Integrante / José Carlos Machado da Cunha - Integrante / Larissa Candida da Costa - Integrante.Financiador(es): Universidade de Brasília - Outra.
Número de produções C, T & A: 8 / Número de orientações: 2
2000 - 2005
Arquivos e investigação política
Descrição: INTRODUÇÃO: as investigações conduzidas nos últimos anos pelas Comissões Parlamentares de Inquérito (CPI), no plano federal, mostram que os documentos de arquivo são cada vez mais requisitados como elemento de prova. Mais recentemente, pela dimensão do crime de desvio de verbas públicas e pelo papel dos principais investigados (um juiz e um senador), as investigações da CPI do Judiciário culminaram com a cassação do senador Luís Estevão pelo Conselho de Ética do Senado Federal. OBJETIVO GERAL: demonstrar a necessidade e importância de uma política de proteção aos fundos arquivísticos brasileiros, públicos e privados, bem como problematizar os critérios de avaliação de documentos de arquivo. OBJETIVOS ESPECÍFICOS: a) Sistematizar os conceitos de memória, de patrimônio documental e de avaliação, no contexto da disciplina Arquivística e de seus objetivos, com base numa bibliografia selecionada previamente; b)Comparar os documentos levantados nas matérias de jornais com aqueles que aparecem no relatório final da CPI; c) realizar entrevistas com os responsáveis pela documentação da CPI no Senado Federal; d) Identificar a situação arquivística (tratamento arquivístico) da documentação utilizada pela CPI. REFERENCIAL TEÓRICO: trabalhar-se-á com os conceitos de memória, patrimônio documental arquivístico, avaliação, tipologia e espécie documental. REFERENCIAL METODOLÓGICO: pesquisa exploratória e descritiva, bibliográfica e histórico-documental. Resultados alcançados: apresentação dos resultados parciais no XIII Congresso Brasileiro de Arquivologia, realizado em Salvador em 2000; produção do Relatório final da pesquisa; esboço de um livro a ser publicado..
Situação: Concluído; Natureza: Pesquisa.


Membro de corpo editorial


2015 - Atual
Periódico: Revista Ibero-Americana de Ciência da Informação
2013 - Atual
Periódico: Revista Humanidades
2012 - Atual
Periódico: Informação & Informação (UEL. Online)
2012 - Atual
Periódico: Informação Arquivística
2011 - Atual
Periódico: Acervo (Rio de Janeiro)
1998 - 1998
Periódico: Boletim Informativo do Arquivo Público do Distrito Federal


Revisor de periódico


2001 - 2001
Periódico: Cenário Arquivístico
1997 - 1998
Periódico: Boletim Informativo do Arquivo Público do Distrito Federal
1987 - 1990
Periódico: Boletim Informativo do Arquivo Público do Distrito Federal
2014 - Atual
Periódico: Revista Ibero-Americana de Ciência da Informação
2012 - Atual
Periódico: Informação Arquivística
2015 - Atual
Periódico: Informação & Sociedade (UFPB. Online)
2015 - Atual
Periódico: Ágora Revista do Arquivo Público do estado de Santa Catarina
2015 - Atual
Periódico: Informação & Informação (UEL. Online)
2016 - Atual
Periódico: Em Questão (UFRGS. Impresso)
2016 - Atual
Periódico: RESGATE - Revista Interdisciplinar de Cultura
2016 - Atual
Periódico: EM QUESTÃO
2017 - Atual
Periódico: História (São Paulo)
2016 - Atual
Periódico: BIBLIOS (LIMA)
2017 - Atual
Periódico: Transinformacao
2017 - Atual
Periódico: REVISTA BRASILEIRA DE HISTÓRIA (ONLINE)
2018 - Atual
Periódico: CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO (ONLINE)


Revisor de projeto de fomento


2017 - 2017
Agência de fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
2016 - Atual
Agência de fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
2015 - Atual
Agência de fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
2015 - Atual
Agência de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
2013 - Atual
Agência de fomento: Fundação de Apoio à Pesquisa do estado do Maranhão


Áreas de atuação


1.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Ciência da Informação.
2.
Grande área: Ciências Sociais Aplicadas / Área: Ciência da Informação / Subárea: Arquivologia.
3.
Grande área: Ciências Humanas / Área: História.


Idiomas


Francês
Compreende Bem, Fala Bem, Lê Bem, Escreve Bem.
Espanhol
Compreende Bem, Fala Razoavelmente, Lê Bem, Escreve Razoavelmente.
Inglês
Compreende RazoavelmenteLê Razoavelmente.


Prêmios e títulos


2017
Melhor trabalho do GT 1 do XVIII ENANCIB. Com. Oral em coautoria com Carlos H. Juvêncio. MANUEL CÍCERO PEREGRINO DA SILVA NA BIBLIOTECA NACIONAL: ENGAJAMENTO AOS IDEAIS DE OTLET E LA FONTAINE E À, ANCIB.
2015
Menção honrosa do Prêmio IPPS - Montepio António Dornelas trabalho em coautoria com Luzia Zorzal Transparência e accountability nas instituições públicas: análise da convergência desses princípios, I Congresso da Associação Internacional de Ciências Sociais e Humanas em Língua Portuguesa.
2014
Comunicação oral em coautoria com Rodrigo Rabello eleito melhor trabalho do GT 1 no XV Enancib ? Belo Horizonte 2014 ., ANCIB.
2012
Prêmio CAPES de Tese 2012 pela orientação da tese de doutorado de Angelica Alves da Cunha Marques, CAPES.
2012
Prêmio de Iniciação Cientifica no XVIIII Congresso de IC da UnB pela orientação de Maiara Portela Oliveira como o melhor trabalho por sessão ( sessão 12)Se, Universidade de Brasilia.
2012
Tese de doutorado de Angelica Alves da Cunha Marques sob minha orientação recebeu o prêmio de melhor tese 2011 da Ancib, Ancib.
2012
Trabalho em coautoria com Carlos H Juvêncio eleito melhor trabalho do GT 10 no XIII Enancib, categoria pôster ? Rio de janeiro 2012 ., Enancib.
2012
Prêmio Maria Odila Fonseca recebido por Angelica Alves da Cunha Marques pela sua tese de doutorado., AAB.
2012
Prêmio de Melhor Trabalho por Sessão (Sessão 12) do IX Congresso de Iniciação Científica do DF e XVIII Congresso de IC da UnB, Universidade de Brasília.
2012
Pesquisadora Parceira da Imprensa, Universidade de Brasília.
2011
Pesquisadora Parceira da Imprensa, Universidade de Brasília.
2010
Melhor Trabalho no GT 10 no XI Enancib ? Rio de Janeiro 2010 em coautoria com Eliane Braga de Oliveira orientanda de doutorado., Enancib.
2006
Dissertação de Cristian Santos premiada na primeira edição do Concurso Latino Americano de Investigación em Bibliotecología, Documentación, Archivistica y Museología Fernando Baéz, Centro Argentino de Información Científica y Tecnológica.


Produções



Produção bibliográfica
Artigos completos publicados em periódicos

1.
JUVENCIO, C. H.2018JUVENCIO, C. H. ; RODRIGUES, G. M. . Federico Birabén e sua proposta para a oficina bibliográfica brasileira. Aproximações e distanciamentos da documentação na América do Sul. Investigacion Bibliotecologica, v. 32, p. 67, 2018.

2.
GAMA, J. R.2018GAMA, J. R. ; RODRIGUES, G. M. . O vocabulário controlado do Governo Eletrônico: contribuições e limites na implementação da Lei de Acesso à Informação no Brasil. EM QUESTÃO, v. 24, p. 12, 2018.

3.
FRANCO, S. C.2018FRANCO, S. C. ; RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG . One small step (a law) for information, a giant leap for democracy: Brazilian archival legislation and its capacity to strengthen transitional justice. Comma: international journal on archives, v. 2016, p. 75-92, 2018.

4.
TENAGLIA, MÔNICA2018TENAGLIA, MÔNICA ; RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG . As recomendações das comissões da verdade no Brasil sobre os arquivos da ditadura militar (1964- 1985): uma análise dos relatórios finais. EM QUESTÃO, v. 24, p. 280, 2018.

5.
MARQUES, ANGELICA ALVES DA CUNHA2018MARQUES, ANGELICA ALVES DA CUNHA ; RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG ; NOUGARET, CHRISTINE . Arquivos e Arquivologia na França e no Brasil: marcos históricos e contextos singulares. REVISTA BRASILEIRA DE HISTÓRIA (ONLINE), v. 1, p. 1-22, 2018.

6.
JUVÊNCIO, CARLOS HENRIQUE2018JUVÊNCIO, CARLOS HENRIQUE ; RODRIGUES, G. M. . Homo Documentator: Suzanne Briet e a construção do Documentalista. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação (Online), v. 14, p. 60-74, 2018.

7.
LOPES, B. P.2018LOPES, B. P. ; RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG . As variações terminológicas no contexto dos arquivos pessoais: uma análise das denominações utilizadas por instituições públicas brasileiras. Encontros Bibli (UFSC), v. 23, p. 87-95, 2018.

8.
JUVENCIO, C. H.2017JUVENCIO, C. H. ; RODRIGUES, G. M. . CONTRIBUTION TO THE HISTORY OF DOCUMENTATION IN BRAZIL: THE BRAZILIAN NATIONAL LIBRARY AND ITS RELATIONSHIP WITH THE INTERNATIONAL INSTITUTE OF BIBLIOGRAPHY. Brazilian Journal of Information Science, v. 11, p. 1-9, 2017.

9.
LOPES, B. P.2017LOPES, B. P. ; RODRIGUES, G. M. . OS ARQUIVOS PRIVADOS NA LEGISLAÇÃO BRASILEIRA: DO ANTEPROJETO DA LEI DE ARQUIVOS ÀS REGULAMENTAÇÕES DO CONARQ. Revista do Arquivo, v. II, p. 1-15, 2017.

10.
BARROS, D. S.2017BARROS, D. S. ; RODRIGUES, G. M. . LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO: entre vozes e silêncios na divulgação pelo jornal O Estado do Maranhão. INFORMAÇÃO & SOCIEDADE (UFPB. ONLINE), v. 27, p. 291-302, 2017.

11.
MARQUES, A. A. C.2017MARQUES, A. A. C. ; RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG . Um intelectual no Arquivo: legado de José Honório Rodrigues para a arquivologia no Brasil. ACERVO (RIO DE JANEIRO), v. 30, p. 176-191, 2017.

12.
Magalhães, Icléia T.2017Magalhães, Icléia T. ; RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG ; FROTA, M. G. C. ; ALMEIDA, P. C. . CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, HISTÓRIA E POLÍTICA. PESQUISA BRASILEIRA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO E BIBLIOTECONOMIA, v. 12, p. 360-378, 2017.

13.
FRANCO, S. C.2017FRANCO, S. C. ; Magalhães, Icléia T. ; RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG . As duas teorias arquivísticas segundo John Roberts: uma contribuição aos fundamentos do campo. Informação & Informação (Online), v. 22, p. 35-63, 2017.

14.
GAMA, J. R.2017GAMA, J. R. ; RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG . A transparência das contas públicas e o novo padrão internacional da informação contábil governamental. Informação & Informação (Online), v. 22, p. 234-268, 2017.

15.
PALETA, F. C.2017PALETA, F. C. ; SOUZA, E. D. ; OLIVEIRA, E. B. ; RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG ; FREIRE, I. M. ; SILVA, J. L. C. ; LOUSADA, M. . INTERFACES COM A CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO: RELATO DO COLÓQUIO INTERDISCIPLINAR DO GT1 NO XVIII ENANCIB. PESQUISA BRASILEIRA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO E BIBLIOTECONOMIA, v. 12, p. 463-473, 2017.

16.
JUVÊNCIO, CARLOS HENRIQUE2017JUVÊNCIO, CARLOS HENRIQUE ; RODRIGUES, G. M. . Manoel Cícero Peregrino da Silva na Biblioteca Nacional: engajamento aos ideais de Otlet e La Fontaine e à Documentação. TENDÊNCIAS DA PESQUISA BRASILEIRA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, v. 10, p. 1-23, 2017.

17.
GAMA, JANYLUCE REZENDE2016GAMA, JANYLUCE REZENDE ; RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG . Perspectivas e Desafios na Transparência das Contas Públicas: um estudo numa Instituição de Ensino Superior brasileira. Encontros Bibli, v. 21, p. 2-20, 2016.

18.
JUVENCIO, C. H.2016JUVENCIO, C. H. ; RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG . A Documentação no Brasil: primórdios de sua inserção no país (1895-1920). Revista Ibero-Americana de Ciência da Informação, v. 9, p. 271-284, 2016.

19.
ZORZAL, LUZIA2016ZORZAL, LUZIA ; RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG . Transparência das informações das universidades federais: estudo dos relatórios de gestão à luz dos princípios de governança. Biblios (Lima), v. [S.l.], p. 1-18, 2016.

20.
GAMA, JANYLUCE REZENDE2016GAMA, JANYLUCE REZENDE ; RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG . Transparência e acesso à informação: um estudo da demanda por informações contábeis nas universidades federais brasileiras. Transinformacao, v. 28, p. 47-58, 2016.

21.
JUVÊNCIO, CARLOS HENRIQUE2016JUVÊNCIO, CARLOS HENRIQUE ; RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG . A Bibliografia Nacional Brasileira: histórico, reflexões e inflexões. InCID: Revista de Ciência da Informação e Documentação, v. 7, p. 165-182, 2016.

22.
RODRIGUES, G. M.;RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG2015RODRIGUES, G. M.; OLIVEIRA, E. B. . Memória e esquecimento no mundo virtual: os mesmos fios tecendo uma nova trama?. Liinc em Revista, v. 1, p. 91-105, 2015.

23.
JUVENCIO, C. H.2015JUVENCIO, C. H. ; RODRIGUES, G. M. . A bibliografia no Brasil segundo os preceitos otletianos: a liderança da Biblioteca Nacional e outras ações. Informação & Informação (UEL. Online), v. 20, p. 184, 2015.

24.
RABELLO, R.2015RABELLO, R. ; RODRIGUES, G. M. . Prova documental: valores diplomáticos e formas de representação. Ibersid (Zaragoza), v. 9, p. 29-35, 2015.

25.
ZORZAL, L.2015ZORZAL, L. ; RODRIGUES, G. M. . Disclosure e transparência no setor público: uma análise da convergência dos princípios de governança. Informação & Informação (UEL. Online), v. 20, p. 113, 2015.

26.
NASCIMENTO, S. S.2015NASCIMENTO, S. S. ; RODRIGUES, G. M. ; KRAEMER, L. . A utilização da Lei de Acesso à Informação pela imprensa: análise dos jornais Folha de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e O Globo1. Rumores (USP), v. 18, p. 225-248, 2015.

27.
ALDABALDE, TAIGUARA VILLELA2015ALDABALDE, TAIGUARA VILLELA ; RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG . Mediação cultural no Arquivo Público do Estado do Espírito Santo. Transinformacao, v. 27, p. 255-264, 2015.

28.
SILVA, C. B. C.2014SILVA, C. B. C. ; RODRIGUES, G. M. . A proteção do patrimônio arquivístico brasileiro: um estudo das ações do Ministério Público Federal. Informação & Sociedade (UFPB. Online), v. 24, p. 161-172, 2014.

29.
RABELO, R.2014RABELO, R. ; RODRIGUES, G. M. . PROVA DOCUMENTAL: INSCRIÇÕES E MATERIALIDADE. Tendências da Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação, v. 7, p. 1-21, 2014.

30.
JUVENCIO, C. H.2013JUVENCIO, C. H. ; RODRIGUES, G. M. . A internacionalização da Biblioteca Nacional: identificação das ações nos relatórios institucionais (1905-1915). Perspectivas em Ciência da Informação (Online), v. 18, p. 149-159, 2013.

31.
RODRIGUES, G. M.;RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG2013RODRIGUES, G. M.. Indicadores de ?transparência ativa? em instituições públicas: análise dos portais de universidades públicas federais. Liinc em Revista, v. 9, p. 423-438, 2013.

32.
RODRIGUES, G. M.;RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG2012RODRIGUES, G. M.. Construindo um objeto de pesquisa em Arquivologia: algumas reflexões. Informação arquivistica, v. 1, p. 69-90, 2012.

33.
OLIVEIRA, E. B.2011OLIVEIRA, E. B. ; RODRIGUES, G. M. . O conceito de memória na Ciência da Informação: análise das teses e dissertações dos programas de pós-graduação no Brasil. Liinc em Revista, v. 7, p. 311-328, 2011.

34.
RODRIGUES, G. M.;RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG2011RODRIGUES, G. M.. Legislação de Acesso aos Arquivos no Brasil Um terreno de disputas políticas pela memória e pela história. Acervo (Rio de Janeiro), v. 24, p. 257-286, 2011.

35.
RODRIGUES, G. M.;RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG2009RODRIGUES, G. M.; MARQUES, A. A. C. . Archival Science in Brazil: the establishment of a scientific discipline and its impact on training archivists in the era of information and knowledge. Archival Science, v. 8/2, p. 103-121, 2009.

36.
RODRIGUES, G. M.;RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG2009RODRIGUES, G. M.. Arquivos, anistia politica e justiça de transição no Brasil: onde os nexos?. Revista Anistia Política e Justiça de Transição, v. 1, p. 136-151, 2009.

37.
OLIVEIRA, E. B.2009OLIVEIRA, E. B. ; RODRIGUES, G. M. . AS CONCEPÇÕES DE MEMÓRIA NA CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO NO BRASIL: ESTUDO PRELIMINAR SOBRE A OCORRÊNCIA DO TEMA NA PRODUÇÃO CIENTÍFICA. PontodeAcesso (UFBA), v. 3, p. 216-239, 2009.

38.
RODRIGUES, G. M.;RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG2008RODRIGUES, G. M.. Mémoire et secret: le cas Herzog et les archives de la dictature militaire au Brésil. REVISTA ARHIVELOR, v. LXXXV, p. 87-100, 2008.

39.
MARQUES, A. A. C.2008MARQUES, A. A. C. ; RODRIGUES, G. M. . A construção do campo científico da arquivística no Brasil: debates iniciais e marcos temporais.. Revista Ibero-Americana de Ciência da Informação, v. 1, p. 101-117, 2008.

40.
RODRIGUES, G. M.;RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG2006RODRIGUES, G. M.. A formação do arquivista contemporâneo numa perspectiva histórica: impasses e desafios atuais. Arquivo e Administração, v. v. 5, p. 17-41, 2006.

41.
RODRIGUES, G. M.;RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG2005RODRIGUES, G. M.; CUNHA, A. A. . Rastros de Memórias, história de uma geração: a Exposição Renato Russo Manfredini Jr.. Patrimônio e Memória, Assis, São Paulo, v. 1, p. 1-14, 2005.

42.
RODRIGUES, G. M.;RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG2005RODRIGUES, G. M.; SIMAO, J. B. . Acessibilidade às informações públicas: uma avaliação do portal de serviços e informações do governo federal. Ciência da Informação, Brasília, DF, v. 34, p. 81-92, 2005.

43.
RODRIGUES, G. M.;RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG2005RODRIGUES, G. M.. Memória e esquecimento ou a solidão informacional do homem contemporâneo: a metáfora do filme Amnésia.. Revista de Biblioteconomia e Comunicação, Porto Alegre, v. 11, p. 137-152, 2005.

44.
SIMÃO, João Batista2005SIMÃO, João Batista ; RODRIGUES, G. M. . Universalização de Serviços Públicos na Internet para o Exercício da Cidadania: análise crítica das ações do governo federal. IP (Belo Horizonte), v. 2, p. 87, 2005.

45.
RODRIGUES, G. M.;RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG2004RODRIGUES, G. M.; CARVALHEDO, S. P. . A contextualização da produção e do silêncio na trajetória do Arquivo Público da capital do Brasil. Páginas a&b. Arquivos & Bibliotecas, Lisboa, v. 14, p. 39-68, 2004.

46.
RODRIGUES, G. M.;RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG2004RODRIGUES, G. M.; CUNHA, A. A. . A inserção da Arquivística nos cursos de pós-graduação stricto sensu no Brasil. RBPG. Revista Brasileira de Pós-Graduação, Brasília, v. 3, p. 75-92, 2004.

47.
RODRIGUES, G. M.;RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG2003RODRIGUES, G. M.; APARICIO, M. A. . A pesquisa em arquivística na pós-graduação no Brasil. Ciência da Informação, Lisboa, v. 12, p. 115-130, 2003.

48.
RODRIGUES, G. M.;RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG2003RODRIGUES, G. M.; SIMAO, J. B. ; ANDRADE, P. S. . Sociedade da Informação no Brasil e em Portugal: um panorama dos Livros Verdes. Ciência da Informação, Brasília, v. 32, p. 89-101, 2003.

49.
RODRIGUES, G. M.;RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG2001RODRIGUES, G. M.. A pesquisa em Arquivística na pós-graduação no Brasil: balanço e perspectivas. Cenário Arquivístico, Brasília, v. 1, p. 31-39, 2001.

50.
RODRIGUES, G. M.;RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG2001RODRIGUES, G. M.. Proposta de reforma curricular do Curso de Arquivologia da UnB. Cenário Arquivístico, Brasília, v. 1, p. 40-46, 2001.

51.
RODRIGUES, G. M.;RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG2001RODRIGUES, G. M.; ALHEIRO, L. M. . Os arquivos da repressão: o papel da revista Quadrilátero na divulgação desses acervos. Revista de História (UFES), Vitória - ES, v. 12, p. 174-193, 2001.

52.
RODRIGUES, G. M.;RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG1998RODRIGUES, G. M.. Um Testemunho dos Arquivos Norte-Americanos. Quadrilátero, Brasília, v. 1, p. 123-126, 1998.

Livros publicados/organizados ou edições
1.
OLIVEIRA, E. B. ; RODRIGUES, G. M. . Memória: Interfaces no campo da Informação. 1. ed. Brasília: Editora da Universidade de Brasília-EDUnB, 2017. v. 1. 360p .

2.
MARQUES, A. A. C. (Org.) ; RODRIGUES, G. M. (Org.) ; SANTOS, P. R. E. (Org.) . História da arquivologia no Brasil: instituições, associativismo e produção científica. 1. ed. Rio de Janeiro: Associação dos Arquivistas Brasileiros/Fundação de Apoio à Pesquisa do Rio de Janeiro (FAPERJ), 2014. v. 1. 224p .

3.
RODRIGUES, G. M.; COSTA, M. G. (Org.) . Arquivologia : configurações da pesquisa no Brasil : epistemologia, formação, preservação, uso e acesso. 1. ed. Brasilia: Editora da Universidade de Brasilia, 2012. v. 1. 272 pp .

4.
MARQUES, A. A. C. ; RONCAGLIO, C. ; RODRIGUES, G. M. . A formação e a pesquisa em arquivologia nas universidades publicas brasileiras. 1. ed. Brasilia: Thesaurus, 2011. v. 1. 453p .

5.
RODRIGUES, G. M.; LOPES, I. L. (Org.) . Organização e representação do conhecimento na perspectiva da ciência da informação. Brasília: Thesaurus, 2003. v. 01. 271p .

6.
RODRIGUES, G. M.. Les attitudes françaises face à l'influence des États-Unis au Brésil (1944-1960). 1. ed. Villeneuve d'Ascq: Presses Universitaires du Septentrion, 2002. v. 02. 804p .

7.
RODRIGUES, G. M.. Inventário do Fundo Yvonne Jean da Fonseca. Brasília: Arquivo Público do Distrito Federal, 1998. v. 1.

8.
RODRIGUES, G. M.. Cadernos de Pesquisa no. 7. Brasília: Arquivo Público do Distrito Federal, 1998. v. 1.

9.
RODRIGUES, G. M.. Quadrilátero. 1. ed. Brasília: Arquivo Público do Distrito Federal, 1998. v. 1. 130p .

10.
RODRIGUES, G. M.. Diagnóstico dos Arquivos do Governo do Distrito Federal. Brasília: Arquivo Público do Distrito Federal, 1990. v. 1.

11.
RODRIGUES, G. M.. Guia preliminar de fontes para a história de Brasília. 1. ed. Brasília: Arquivo Público do DF/CNPq/FINEP, 1988. v. 1.

Capítulos de livros publicados
1.
ZORZAL, L. ; RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG ; GAMA, J. R. . Transparência na gestão de universidades públicas brasileiras. In: Aurelio Villa Sánchez. (Org.). TENDENCIAS ACTUALES DE LAS TRANSFORMACIONES DE LAS UNIVERSIDADES EN UNA NUEVA SOCIEDAD DIGITAL. 1ed.Vigo/Espanha: El autor, 2018, v. 1, p. 863-878.

2.
OLIVEIRA, E. B. ; RODRIGUES, G. M. ; CASTRO, R. M. . A memória na ciência da informação : uma análise da produção científica brasileira. In: Eliane Braga de Oliveira; Georgete Medleg Rodrigues. (Org.). Memória: Interfaces no campo da Informação. 1ed.Brasília: Editora da Universidade de Brasília-EDUnB, 2017, v. 1, p. 79-110.

3.
LOPES, B. P. ; RODRIGUES, G. M. . Acesso e usos de arquivos pessoais de escritores no Brasil: um estudo comparado das práticas na Fundação Casa de Rui Barbosa e no Instituto de Estudos Brasileiros. In: Noeli García; Maria Celina Soares de Mello e Silva. (Org.). Archivos personales: experiencias de organización y gestión. 1ed.Córdoba, Argentina: Redes, 2017, v. 1, p. 109-123.

4.
ZORZAL, L. ; RODRIGUES, G. M. . Transparência dos relatórios de gestão das universidades federais à luz dos princípios de dados abertos. In: Luísa Neto; Fernanda Ribeiro. (Org.). Direito e Informação na Sociedade em Rede: atas. 1ed.Porto, Portugal: Faculdade de Direito da Universidade do Porto, 2016, v. 1, p. 203-227.

5.
RODRIGUES, G. M.. A lei de arquivos de 1991 e a lei de acesso de 2011: contextualização histórico-política. In: Cynthia Roncaglio; Elmira Simeão. (Org.). Gestão da memória: Diálogos sobre políticas de informação, documentação e comunicação da Universidade de Brasília. 1ed.Brasília: Editora da Universidade de Brasília, 2016, v. 1, p. 77-93.

6.
ZORZAL, L. ; RODRIGUES, G. M. . Transparência das universidades federais: análise dos seus relatórios de gestão. In: CUEVAS-CERVERÓ, Aurora; SIMEÃO, Elmira; LINHARES, Ronaldo. (Org.). Informação e inovação para a pesquisa e o desenvolvimento social.. 1ed.Aracaju: Edunit, 2016, v. 1, p. 167-191.

7.
RODRIGUES, G. M.. Les archives de la dictature militaire: les limites de la transtion politique au Brésil. In: Marie Cornu; Jérôme Fromageau. (Org.). Archives des dictatures: enjeux juridiques, archivistiques et institutionnels. 1ed.Paris: L'Harmattan, 2015, v. 1, p. 31-52.

8.
RODRIGUES, G. M.. La transparence comme impératif de communication institutionnelle?Une étude de la communication des universiités brésiliennes à la suite de la loi d'accès aux informations publiques. In: Andrea Catellani; Audrey Crucifix; Christine Hambursin; Thierry Libaert. (Org.). La communication transparente. L'impératif de transparence dans le discours des organisations. 1ed.Louvain, Bélgica: Université Catholique de Louvain (UCL)/ Presses Universitaires de Louvain, 2015, v. 1, p. 207-224.

9.
JUVENCIO, C. H. ; RODRIGUES, G. M. . Os arquivos da Biblioteca Nacional:contribuições para o desenvolvimento de um projeto de pesquisa sobre a construção de uma rede de informações científicas. In: Maria Tereza Navarro de Britto Matos; Francisco José Aragão Pedroza Cunha; Aurora Leonor Freixo. (Org.). Perfil, evolução e perspectivas do ensino e da pesquisa em Arquivologia no Brasil. 1ed.Salvador/BA: Editora da Universidade Federal da Bahia, 2015, v. 1, p. 541-554.

10.
SILVA, C. B. C. ; RODRIGUES, G. M. . O Patrimônio Arquivístico Brasileiro em perigo: mapeamento de atos lesivos e levantamento das ações adotadas pelo Estado. In: Maria Tereza Navarro de Britto Matos; Francisco José Aragão Pedroza Cunha; Aurora Leonor Freixo. (Org.). Perfil, evolução e perspectivas do ensino e da pesquisa em Arquivologia no Brasil. 1ed.Salvador/Ba: Editora da Universidade Federal da Bahia, 2015, v. 1, p. 335-348.

11.
ZORZAL, L. ; RODRIGUES, G. M. . Transparência e accountability nas instituições públicas: análise da convergência desses princípios. In: Silva, I. C. da, Pignatelli, M., Viegas, S. de M.. (Org.). Transparência e accountability nas instituições públicas: análise da convergência desses princípios. 1ed.Lisboa: Associação Internacional de Ciências Sociais e Humanas em Língua Portuguesa, 2015, v. 1, p. 9991-10006.

12.
MOREIRA, L. N. ; RODRIGUES, G. M. . PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO E AS PERSPECTIVAS DE PRESERVAÇÃO DA MEMÓRIA DOS CONFLITOS TRABALHISTAS DO SÉCULO XXI. In: Marco Aurélio Santana; Vicente A. C. Rodrigues. (Org.). DIREITO À MEMÓRIA E À VERDADE. 1ed.Rio de Janeiro/Sâo Paulo: Arquivo Nacional/CUT, 2015, v. 4, p. 53-67.

13.
RODRIGUES, G. M.; MARQUES, A. A. C. . Contribuições internacionais na institucionalização da Arquivologia no Brasil (1959-1977). In: Angelica Alves da Cunha Marques; Georgete Medleg Rodrigues; Paulo Roberto Elian dos Santos. (Org.). História da arquivologia no Brasil: instituições, associativismo e produção científica. 1ed.Rio de Janeiro: Associação dos Arquivistas Brasileiros/Fundação de Apoio à Pesquisa do Rio de Janeiro (FAPERJ), 2014, v. 1, p. 73-100.

14.
RODRIGUES, G. M.. Acesso aos "arquivos sensíveis": contextualização do debate e da legislação no Brasil e na França nos anos 1990-2000. In: Icléia Thiesen. (Org.). Documentos sensíveis. Informação, arquivo e verdade na ditadura de 1964. 1ed.Rio de Janeiro: 7Letras, 2014, v. 1, p. 67-84.

15.
RODRIGUES, G. M.. Verdade do arquivo Versus Autoridade do Arquivo:. In: Angélica Muller; Inez Stampa; Marco Aurélio Santana. (Org.). Documentar a ditadura: arquivos da repressão e da resistência. 1ed.Rio de Janeiro: Arquivo Nacional, 2014, v. 1, p. 213-232.

16.
RODRIGUES, G. M.. A ciência sob sigilo. Os Arquivos de ciência na Lei n. 12.527. In: Lucia Maria Velloso de Oliveira; Maria Celina Soares de Mello e Silva. (Org.). Lei de acesso à informação: impacto e limites nos arquivos de ciência e tecnologia. 1ed.Rio de Janeiro: Museu de Astronomia e Ciências Afins - MAST, 2014, v. 1, p. 7-22.

17.
OLIVEIRA, E. B. ; RODRIGUES, G. M. . A memória na produção científica em Ciência da Informação no Brasil: tendências e apropriações conceituais e autorais. In: CETAC.MEDIA e Universidad de León. (Org.). Globalização, Ciência, Informação. 1ed.Porto, Portugal: Faculdade de Letras da Universidade do Porto - CETAC.MEDIA, 2013, v. 1, p. 461-478.

18.
OLIVEIRA, E. B. ; RODRIGUES, G. M. . O conceito de memoria na ciência da informação: analise das teses e dissertações dos programas de pôs-graduação. In: Anna Carla Almeida Mariz; Jose Maria Jardim; Sérgio Conde de Albite Silva. (Org.). Novas dimensões da pesquisa e do ensino da Arquivologia no Brasil. 1ed.Rio de Janeiro: Mobile Editorial, 2012, v. , p. 495-511.

19.
RODRIGUES, G. M.. O acesso aos arquivos: evolução de um conceito. In: Georgete Medleg Rodrigues; Marli Guedes da Costa. (Org.). O acesso aos arquivos: evolução de um conceito. 1ed.Brasilia: Editora da Universidade de Brasilia, 2012, v. 1, p. 237-264.

20.
RODRIGUES, G. M.. Da autoridade ao indizível: acerca do debate sobre os arquivos da ditadura militar no Brasil (1964-1985).. In: Sandra Lúcia Rebel Gomes;Rosa Inês de Novais Cordeiro;Ricardo Perlingueiro Mendes da Silva. (Org.). Incursões interdisciplinares. Direito e Ciência da Informação. 1ed.Rio de Janeiro: Beco do Azougue/Pensamento brasileiro, 2012, v. , p. 39-54.

21.
MARQUES, A. A. C. ; RODRIGUES, G. M. . A configuração da pesquisa em arquivologia no Brasil: delineamento dos seus espaços e tematicas. In: Angelica Alves da Cunha Marques; Cynthia Roncaglio; Georgete Medleg Rodrigues. (Org.). A formação e a pesquisa em arquivologia nas universidades publicas brasileiras. 1ed.Brasilia: Thesaurus, 2011, v. , p. 77-108.

22.
MARQUES, A. A. C. ; RONCAGLIO, C. ; RODRIGUES, G. M. . O curso de arquivologia da UnB. A formação e a pesquisa em arquivologia nas universidades publicas brasileiras. 1ed.Brasilia: Thesaurus, 2011, v. , p. 109-126.

23.
RODRIGUES, G. M.. A representação da informação em arquivística: uma abordagem a partir da perspectiva da norma internacional de descrição arquivística. In: Georgete Medleg Rodrigues;Ilza Leite Lopes. (Org.). Organização e representação do conhecimento na perspectiva da ciência da informação. Brasília: Thesaurus, 2003, v. 2, p. 210-230.

24.
RODRIGUES, G. M.; MIRANDA, E. C. ; ROCHA, F. F. ; NASCIMENTO, R. R. ; ASSIS, W. L. . Os acervos arquivísticos das instituições cartorárias do Distrito Federal: identificação e potencialidades informacionais para a pesquisa científica. In: Cleria Botelho da Costa; Nancy Alessio Magalhães. (Org.). Contar história, fazer história. Brasília - DF: Paralelo 15, 2002, v. , p. 108-118.

25.
RODRIGUES, G. M.. Estratégia francesa na busca de espaço na América Latina. In: Jaime de Almeida. (Org.). Caminhos da história da América no Brasil. Tendências e contornos de um campo historiográfico. 1ed.Brasília: Anphlac, 1998, v. , p. 491-506.

Textos em jornais de notícias/revistas
1.
RODRIGUES, G. M.. Brasília foi carro-chefe da propaganda idelógica de JK. revista Nossa História, Rio de Janeiro, p. 40 - 41, 09 set. 2005.

2.
RODRIGUES, G. M.; MARINHO, I. . Em memória de Rosane Montiel. Participação - revista do decanato de extensão da UnB, Brasília - DF, p. 92 - 94, 01 set. 2002.

3.
RODRIGUES, G. M.. Em nome da ordem (e da desordem). Correio do Livro, Brasília, p. 37 - 38, 03 maio 2001.

4.
RODRIGUES, G. M.. Os arquivos de Le Corbusier e Brasília. Correio Braziliense, Brasília-DF, 26 maio 1997.

5.
RODRIGUES, G. M.. Dois marcos da guerra fria. Correio Braziliense, Brasília, 22 mar. 1997.

6.
RODRIGUES, G. M.. Direito das famílias. Correio Braziliense, Brasília, DF, p. 2 - 2.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos
1.
SILVA, C. B. C. ; RODRIGUES, G. M. . El patrimonio archivístico documental brasileño frente a las amenazas de destrucción y los limites de protección estatal. In: XV Congresso Internacional de Información/ INFO 2018, 2018, La Habana/Cuba. XV Congresso Internacional de Información/ INFO 2018. La Habana: Ministerio de Ciencia Tecnología y medio ambiente/IDICT, 2018. v. 1.

2.
RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG. O acesso aos arquivos produzidos pelas ditaduras dos países do Cone Sul: uma análise comparativa da legislação. In: X SEMINARIO INTERNACIONAL POLÍTICAS DE LA MEMORIA, 2017, Buenos Aires. X SEMINARIO INTERNACIONAL POLÍTICAS DE LA MEMORIA. Buenos Aires: Centro Cultural de la Memoria Haroldo Conti, 2017. v. 1.

3.
ZORZAL, L. ; RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG . Transparência das informações ambientais nas universidades públicas brasileiras. In: VI Seminario Hispano-Brasileño de Investigación en Información, Documentación y Sociedad, 2017, Aracaju/SE. Anais Simeduc. Aracaju: UNIT-SE, 2017. v. 8. p. 1-16.

4.
ZORZAL, L. ; RODRIGUES, G. M. . Transparência dos relatórios de gestão das universidades federais à luz dos princípios de dados abertos.. In: IV Colóquio Luso-Brasileiro Direito e Informação - Direito e Informação na Sociedade em Rede, 2016, Porto, Portugal. IV Colóquio Luso-Brasileiro Direito e Informação - Direito e Informação na Sociedade em Rede. Porto, Portugal: : Faculdade de Direito da Universidade do Porto Faculdade de Letras da Universidade do Porto, 2016. v. 1. p. 205-227.

5.
ZORZAL, L. ; RODRIGUES, G. M. . Padrões de disclosure, transparência e accountability das informações nos Relatórios de Gestão de Universidades Federais. In: Anais dos Trabalhos Científicos e Técnicos do Congresso Brasileiro de Contabilidade, 2016, Fortaleza-CE. Anais dos Trabalhos Científicos e Técnicos do Congresso Brasileiro de Contabilidade. Fortaleza: Conselho Federal de Contabilidade/Conselho Regional de Contabilidade do Ceará, 2016. v. 1. p. 1-14.

6.
RABELLO, R. ; RODRIGUES, G. M. . Documento, forma e materialidade: abordagens probatórias e representação da realidade. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO (ENANCIB), 2016, Salvador. Descobrimentos da Ciência da Informação: desafios da Multi, Inter e Transdisciplinaridade (MIT). Salvador: ANCIB, 2016. v. 1. p. 1-21.

7.
RODRIGUES, G. M.. A MATERIALIDADE DOS ARQUIVOS: ?EMBLEMA? DAS LUTAS DO PRESENTE PELA MEMÓRIA E O DIREITO À VERDADE. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO (ENANCIB), 2016, Salvador. ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO (ENANCIB) Descobrimentos da Ciência da Informação: desafios da Multi, Inter e Transdisciplinaridade (MIT). Salvador: ANCIB, 2016. v. 1. p. 1-15.

8.
BARROS, D. S. ; RODRIGUES, G. M. . A LEI BRASILEIRA DE ACESSO À INFORMAÇÃO: ANÁLISE DAS AÇÕES DE ATORES SOCIAS E DO ARQUIVO NACIONAL NA CONSTRUÇÃO DA LAI. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO (ENANCIB), 2016, Salvador. ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO (ENANCIB), 2016, Salvador. Descobrimentos da Ciência da Informação: desafios da Multi, Inter e Transdisciplinaridade (MIT). Salvador: ANCIB, 2016. v. 1. p. 1-20.

9.
ALDABALDE, T. V. ; RODRIGUES, G. M. . MEDIAÇÃO CULTURAL EM ARQUIVOS PÚBLICOS: ANÁLISE DAS PRÁTICAS E TIPOLOGIAS NO ARQUIVO PÚBLICO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO (ENANCIB), 2016, Salvador. Descobrimentos da Ciência da Informação: desafios da Multi, Inter e Transdisciplinaridade (MIT), 2016, Salvador. ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO (ENANCIB), 2016, Salvador. Descobrimentos da Ciência da Informação: desafios da Multi, Inter e Transdisciplinaridade (MIT). Salvador: ANCIB, 2016. v. 1. p. 1-20.

10.
ZORZAL, L. ; RODRIGUES, G. M. . Transparência e boas práticas de Governança: análise de padrões e princípios nos relatórios de gestão de universidades federais brasileiras. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO (ENANCIB), 2016, Salvador. Descobrimentos da Ciência da Informação: desafios da Multi, Inter e Transdisciplinaridade (MIT), 2016, Salvador. ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO (ENANCIB), 2016, Salvador. Descobrimentos da Ciência da Informação: desafios da Multi, Inter e Transdisciplinaridade (MIT). Salvador: ANCIB, 2016. v. 1. p. 1-21.

11.
ZORZAL, L. ; RODRIGUES, G. M. . Transparência e accountability nas instituições públicas: análise da convergência desses princípios. In: Congresso Luso‐Afro‐Brasileiro, XII CONLAB / 1º da AILPcsh, 2015, Lisboa. Livro de Atas do 1º Congresso da Associação Internacional das Ciências Sociais e Humanas em Língua Portuguesa. Lisboa: Associação Internacional das Ciências Sociais e Humanas em Língua Portuguesa, 2015. v. 1. p. 9991-10006.

12.
MOREIRA, L. N. ; RODRIGUES, G. M. . PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO E AS PERSPECTIVAS DE PRESERVAÇÃO DA MEMÓRIA DOS CONFLITOS TRABALHISTAS DO SÉCULO XXI. In: 3º Seminário Internacional o Mundo dos Trabalhadores e seus Arquivos, 2015, Rio de Janeiro. Coleção: Arquivos e o direito à memória e à verdade. Comunicações do 3º Seminário Internacional o Mundo dos Trabalhadores e seus Arquivos. Rio de Janeiro/São Paulo: Arquivo Nacional /Central Única dos Trabalhadores, 2013. v. 4. p. 53-67.

13.
BARROS, D. S. ; RODRIGUES, G. M. . A REGULAMENTAÇÃO DA LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO NA REGIÃO NORDESTE. In: XVI Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação, 2015, João Pessoa/PB. XVI Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação: Informação, Memória, Documento. João Pessoa/PB: Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Ciência da Informação, 2015. v. 1. p. 1-10.

14.
ZORZAL, L. ; GAMA, J. R. ; RODRIGUES, G. M. . A importância dos sistemas de custos para atingir a transparência no setor público. In: XII Congresso Brasileiro de Custos, 2015, Foz do Iguaçu/PR. XII Congresso Brasileiro de Custos. São Leopoldo/RS: Associação Brasileira de Custos. p. 1-16.

15.
SILVA, C. B. C. ; RODRIGUES, G. M. . O Patrimônio Arquivístico Brasileiro diante dos riscos de destruição: estudo sobre a vulnerabilidade dos acervos, as ações estatais de proteção e os seus limites.. In: XV ENANCIB, 2014, Belo Horizonte. Anais do XV ENANCIB, 2014.

16.
JUVENCIO, C. H. ; RODRIGUES, G. M. . Uma relação desvelada: a interação entre a Biblioteca Nacional e o Instituto Internacional de Bibliiografia sob a égide dos iideais de Paul Otlet, Henri La Fontaine e das ações de Manoel Cícero Peregrino da Silva. In: XV ENANCIB, 2014, Belo Horizonte. XV ENANCIB, 2014.

17.
RABELLO, R. ; RODRIGUES, G. M. . Prova documental: inscrições e materialidade. In: XV ENANCIB, 2014, Belo Horizonte. XV ENANCIB, 2014.

18.
NASCIMENTO, S. S. ; RODRIGUES, G. M. ; SILVA, L. K. . IMPRENSA E TRANSPARÊNCIA PÚBLICA: análise de reportagens produzidas no primeiro ano da Lei de Acesso à Informação. In: 4ª Conferência ICA de Comunicação na América Latina, 2014, Brasilia. 4ª Conferência ICA de Comunicação na América Latina, 2014. v. 1. p. 289-297.

19.
JUVENCIO, C. H. ; RODRIGUES, G. M. . O Mundaneum no Brasil: O Serviço de Bibliographia e Documentação da Biblioteca Nacional e seu papel na implementação de uma rede de informações científicas.. In: I Congresso ISKO Espanha e Portugal / XI Congresso ISKO Espanha., 2013, Porto, Portugal. I Congresso ISKO Espanha e Portugal / XI Congresso ISKO Espanha.. Porto, Portugal: Faculdade de Letras da Universidade do Porto, 2013. p. 1349-1361.

20.
JUVENCIO, C. H. ; RODRIGUES, G. M. . Os ideais de Paul Otlet e Henri La Fontaine no Brasil: apontamentos sobre a influência do Instituto Internacional de Bibliografia na criação do Serviço de Bibliographia e Documentação da Biblioteca Nacional. In: XIV Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação, 2013, Florianópolis, SC. Anais do ENANCIB. Florianópolis: ANCIB, 2013.

21.
BARROS, D. S. ; RODRIGUES, G. M. . OS CAMINHOS DA (DES) INFORMAÇÃO NO JORNAL O ESTADO DO MARANHÃO: o papel da mídia na divulgação da Lei de Acesso à Informação Pública. In: XIV Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação, 2013, Florianópolis, SC. XIV Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação, 2013.

22.
OLIVEIRA, E. B. ; RODRIGUES, G. M. . A memória na produção científica em Ciência da Informação no Brasil: tendências e apropriações conceituais e autorais. In: VI Encontro Ibérico EDICIC 2013 - Globalização, Ciência, Informação, 2013, Porto, Portugal. VI Encontro Ibérico EDICIC 2013 - Globalização, Ciência, Informação. Porto, Portugal: Faculdade de Letras da Universidade do Porto/CETAC.MEDIA, 2013. v. 1. p. 461-478.

23.
RODRIGUES, G. M.. O ACESSO AOS ARQUIVOS SIGILOSOS: UM ESTUDO COMPARADO ENTRE O BRASIL E A FRANÇA. In: XII Encontro nacional de pesquisa em ciência da informação, 2011, Brasilia. Anais do XII Encontro nacional de pesquisa em ciência da informação. Brasilia: Thesaurus, 2011. p. 1762-1779.

24.
MARQUES, A. A. C. ; RODRIGUES, G. M. . O intercâmbio internacional na configuração atual do perfil profissional do arquivista brasileir. In: XVI Congresso Nacional de Arquivologia, 2010, Santos. XVI Congresso Nacional de Arquivologia, 2010.

25.
MARQUES, A. A. C. ; RODRIGUES, G. M. . Interlocuções entre a Arquivologia internacional e a nacional: referenciais teóricos para a sua compreensão. In: XI ENANCIB, 2010, Rio de Janeiro. XI ENANCIB, 2010.

26.
OLIVEIRA, E. B. ; RODRIGUES, G. M. . O CONCEITO DE MEMÓRIA NA CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO: ANÁLISE DAS TESES E DISSERTAÇÕES DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO NO BRASIL. In: XI ENANCIB - Inovação e inclusão social questões contemporâneas da informação, 2010, Rio de Janeiro. XI ENANCIB, 2010.

27.
RODRIGUES, G. M.. Entre segredo e transparência: o acesso aos arquivos no Brasil e na França. In: XVI Jornadas de archiveros de Argentina, 2009, Ciudad Villa Carlos Paz/Cordob. XVI Jornadas de archiveros de Argentina. Cordoba: Associacion de archiveros de Cordoba/Universidad Nacional de Cordoba, 2009.

28.
MARQUES, A. A. C. ; RODRIGUES, G. M. . A Arquivística nos Encontros Nacionais de Pesquisa em Ciência da Informação. In: X ENANCIB, 2009, João Pessoa, PB. A responsabilidade social da ciência da informação, 2009.

29.
MARQUES, A. A. C. ; RODRIGUES, G. M. . A Arquivística e seus diálogos: relações que se tecem no seu percurso extradisciplinar.. In: VIII CINFORM, 2008, Salvador. CINFORM 2008. Salvador: CINFORM, 2008.

30.
MARQUES, A. A. C. ; RODRIGUES, G. M. . Os cursos de Arquivologia no Brasil: conquista de espaço acadêmico-institucional.. In: XV Congresso Brasileiro de Arquivologia, 2008, Goiânia, GO. XV Congresso Brasileiro de Arquivologia. Goiânia.

31.
RODRIGUES, G. M.; OLIVEIRA, E. B. . Os conceitos de memória na Ciência da Informação no Brasil.. In: IX ENANCIB, 2008, São Paulo. IX ENANCIB, 2008.

32.
RODRIGUES, G. M.; HOTT, D. F. M. . Sigilo e segredo na administração pública brasileira: a divulgação do dossiê sobre FHC ou o desvelamento do oportunismo dos governos em relação ao acesso aos documentos públicos. In: XV Congresso Brasileiro de Arquivologia, 2008, Goiânia, GO. XV Congresso Brasileiro de Arquivologia. Goiânia: Associação de Arquivologia de Goias, 2008.

33.
RODRIGUES, G. M.; MARQUES, A. A. C. . Os cursos de Arquivologia no Brasil: conquista de espaço acadêmico-institucional.. In: XV Congresso Brasileiro de Arquivologia, 2008, Goiânia, GO. XV Congresso Brasileiro de Arquivologia. Goiânia: Associação de Arquivologia de Goias, 2008.

34.
RODRIGUES, G. M.; MARQUES, A. A. C. . A produção científica relacionada à Arquivística no Brasil: configuração de um campo extradisciplinar. In: III Congresso Nacional de Arquivologia, 2008, Rio de Janeiro. III Congresso Nacional de Arquivologia. Rio de Janeiro: Associação dos arquivistas do estado do Rio de Janeiro, 2008.

35.
RODRIGUES, G. M.; CARVALHEDO, S. P. . A Política de Informação Orgânica no Regime Militar Brasileiro (1964-1985): os arquivos da Guerrilha do Araguaia (1972-1974).. In: IX ENANCIB, 2008, São Paulo. IX ENANCIB, 2008.

36.
RODRIGUES, G. M.. Memória e segredo na sociedade da informação: a simbologia do caso Herzog. In: VIII Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação, 2007, Salvador. Anais do VIII Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação, 2007.

37.
MARQUES, A. A. C. ; RODRIGUES, G. M. . A constituição do campo científico da Arquivística e suas relações com a Ciência da Informação. In: VIII Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação, 2007, Salvador. Anais do VIII Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação, 2007.

38.
MARQUES, A. A. C. ; RODRIGUES, G. M. . A trajetória da Arquivística no Brasil: marcos temporais. In: VII Congreso de Archivologia del Mercosur/V Reunión RIBEAU, 2007, Viña del Mar. VII Congreso de Archivologia del Mercosur. Viña del Mar: Associación de archiveros de Chile/Archivo historico Patrimonial, 2007.

39.
RODRIGUES, G. M.; HOTT, D. F. M. . Acesso aos documentos sigilosos no Brasil: instrumentos normativos formais e informais. In: VII Congreso de Archivologia del Mercosur, 2007, Viña del Mar. VII Congreso de Archivologia del Mercosur. Viña del Mar: Associación de Archiveros de Chile/Archivo historico e patrimonial, 2007.

40.
OLIVEIRA, E. B. ; RODRIGUES, G. M. . Os conceitos de memória na bibliografia Arquivística e nas práticas profissionais institucionalizadas no Brasil. In: VII Congreso de Archivologia del Mercosur, 2007, Viña del Mar. VII Congreso de Archivologia del Mercosur. Viña del Mar: Asociación de Archiveros de Chile/Archivo historico e patrimonial, 2007.

41.
RODRIGUES, G. M.. Os arquivos que choram: cronologia de um debate na imprensa sobre os documentos arquivísticos do regime militar brasileiro. In: VII Congreso de Archivologia del Mercosur, 2007, Viña del Mar. VII Congreso de Archivologia del Mercosur. Viña del Mar: Asociación de Archiveros de Chile/ Archivo historico e patrimonial, 2007.

42.
RODRIGUES, G. M.; HENRIQUES, A. C. . Gestão política do passado: a construção da memória do regime militar nos arquivos públicos brasileiros. In: VII Congreso de Archivologia del Mercosur, 2007, Viña del Mar. VII Congreso de Archivologia del Mercosur. Viña del Mar: Asociación de Archiveros de Chile/Archivo Historico e patrimonial, 2007.

43.
RODRIGUES, G. M.; CARVALHEDO, S. P. . Os conceitos arquivísticos no estudo e compreensão de fenômenos históricos: mapeamento e análise dos arquivos do Estado brasileiro sobre a guerrilha do Araguaia. In: VII Congreso de Archivologia del Mercosur, 2007, Viña del Mar. VII Congreso de Archivologia del Mercosur. Viña del Mar: Asociacón de Archiveros de Chile/Archivo historico e patrimonial, 2007.

44.
RODRIGUES, G. M.; CUNHA, A. A. . Fronteiras institucionais e de identidade entre a Arquivística e a Ciência da Informação. In: VII Encontro nacional de pesquisa em ciência da informação, 2006, Marília, SP. VII Enancib - A dimensão epistemológica da Ciência da Informação e suas interfaces técnicas, políticas e institucionais no processo de produção, acesso e disseminação da informação. Marília, SP, 2006.

45.
RODRIGUES, G. M.; MARQUES, A. A. C. . Movimentos da Arquivística no processo de sua consolidação como disciplina: algumas considerações sobre interdisciplinaridade. In: II Congresso Nacional de Arquivologia, 2006, Porto Alegre, RS. II Congresso Nacional de Arquivologia: os desafios do arquivista na sociedade do conhecimento. Porto Alegre: Associação dos arquivistas do Rio Grande do Sul/, 2006. p. 1-15.

46.
RODRIGUES, G. M.; CUNHA, A. A. . Questões sobre o locus acadêmico-institucional da Arquivologia na Ciência da Informação. In: VI Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação, 2005, Florianópolis. VI Enancib, 2005.

47.
RODRIGUES, G. M.. O direito de acesso aos documentos arquivísticos públicos: legislação de alguns países e comparação entre o Brasil e a França.. In: Semana do Conhecimento/Encontro Nacional dos Profissionais de Informação e Documentação, 2005, Brasília, DF. Semana do Conhecimento/Encontro Nacional dos Profissionais de Informação e Documentação. Brasília: CNI/SESI/SENAI/IEL, 2005.

48.
RODRIGUES, G. M.; COSTA, L. C. . Arquivistas e Arquivologia:lugares de formação, competências e exigências profissionais. In: VI Congresso de Arquivologia do Mercosul, 2005, Campos do Jordão. Arquivos: o saber e o fazer. Anais do VI Congresso de Arquivologia do Mercosul. São Paulo: CEDIC/PUC-SP, 2005.

49.
RODRIGUES, G. M.; SOUSA, R. T. B. ; MANINI, M. P. ; CARVALHEDO, S. P. ; OLIVEIRA, E. B. . Ensino e produção do conhecimento arquivístico no Brasil: construção de um novo eixo?. In: VI Congresso de Arquivologia do Mercosul, 2005, Campos do Jordão, SP. Arquivos: o saber e o fazer. Anais do VI Congresso de Arquivologia do Mercosul. São Paulo: CEDIC/PUC-SP, 2005.

50.
RODRIGUES, G. M.; HOTT, D. F. M. . O acesso aos documentos sigilosos: um estudo das comissões permanentes de avaliação e de acesso nos arquivos brasileiros. In: VI Congresso de Arquivologia do Mercosul, 2005, Campos do Jordão, SP. Arquivos: o saber e o fazer. Anais do VI Congresso de Arquivologia do Mercosul. São Paulo: CEDIC/PUC-SP, 2005.

51.
MARQUES, A. A. C. ; RODRIGUES, G. M. . A iniciação à pesquisa em Arquivística: mapeamento e análise dos projetos de iniciação científica dos cursos de arquivologia e biblioteconomia no Brasil. In: VI Congresso de Arquivologia do Mercosul, 2005. Arquivos: o saber e o fazer. Anais do VI Congresso de Arquivologia do Mercosul. São Paulo: CEDIC/PUC-SP, 2005.

52.
RODRIGUES, G. M.; CUNHA, A. A. . Memórias entrecruzadas nos espaços de informação: reflexões a partir da exposição Renato Russo Manfredini Jr.. In: I Congresso Nacional de Arquivologia, 2004, Brasília. AnaisI Congresso Nacional de Arquivologia. Brasília: Associação Brasiliense de Arquivologia, 2004.

53.
RODRIGUES, G. M.; HOTT, D. F. M. . As Comissões permanentes de avaliação de documentos sigilosos:uma abordagem preliminar. In: I Congresso Nacional de Arquivologia, 2004, Brasília. Anais do I Congresso Nacional de Arquivologia. Brasília: Associação Brasiliense de Arquivologia, 2004.

54.
RODRIGUES, G. M.; VENTURA, A. S. ; LACERDA, C. A. . A memória do Distrito Federal nos arquivos cartorários. In: I Congresso Nacional de Arquivologia, 2004, Brasília. Anais do I Congresso Nacional de Arquivologia. Brasília: Associação Brasiliense de Arquivologia, 2004.

55.
RODRIGUES, G. M.; ANJOS, M. R. G. ; NEVES, C. E. . Arquivos eclesiásticos no Brasil: um estudo sobre o Centro de Documentação da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). In: I Congresso Nacional de Arquivologia, 2004, Brasília. Anais do I Congresso Nacional de Arquivologia. Brasília: Associação Brasiliense de Arquivologia, 2004.

56.
RODRIGUES, G. M.; CUNHA, A. A. . A pesquisa em Arquivística nas universidades brasileiras: um estudo da produção científica no âmbito dos programas de Pós-graduação e de Iniciação Científica. In: V ENANCIB, 2003, Belo Horizonte. Anais do V Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação. Belo Horizonte: Escola de Ciência da Informação, 2003.

57.
RODRIGUES, G. M.; SOUSA, M. A. L. . O arquivista como cientista da informação: formação e perspectivas profissionais. In: V Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação, 2003, Belo Horizonte. Anais do V Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação. Belo Horizonte: Escola de Ciência da Informação, 2003.

58.
RODRIGUES, G. M.; CARVALHEDO, S. P. . Um Olhar para a Trajetória de uma Instituição Arquivística pelas suas Práticas Informacionais.. In: V Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação, 2003, Belo Horizonte. Anais do V Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação. Belo Horizonte: Escola de Ciência da Informação, 2003.

59.
RODRIGUES, G. M.. Arquivos e investigação política. In: XIII Congresso Brasileiro de Arquivologia, 2000, Salvador. Congresso Brasileiro de Arquivologia. Anais. Salvador, 2000.

60.
RODRIGUES, G. M.. É possível uma harmonização dos Arquivos diplomáticos dos países do Mercosul?. In: III Congreso de Archivología del Mercosur, 1999, Montevidéu. III Congreso de Archivología del Mercosur, 1999.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos
1.
TENAGLIA, M. ; RODRIGUES, G. M. . The role of records and archives in the support of Brazilian National Truth Commision's Work. In: ICA - Congress - Archives, Harmony and Friendship: ensuring, cultural sensitivity, justice and cooperation in a globalized word, 2016, Seul, Coreia do Sul. 2016 ICA - Congress - Archives, Harmony and Friendship: ensuring, cultural sensitivity, justice and cooperation in a globalized word. Seul: National Archives of Korea/Republic of Korea, 2016. v. 1. p. 242-243.

2.
FRANCO, S. C. ; RODRIGUES, G. M. . One Law for Information and a Giant Leap for democracy: Brazilian Archival Legislation and its Ability to strengten transitional justice. In: ICA - Congress - Archives, Harmony and Friendship: ensuring, cultural sensitivity, justice and cooperation in a globalized word, 2016, Seul, Coreia do Sul. 2016 ICA - Congress - Archives, Harmony and Friendship: ensuring, cultural sensitivity, justice and cooperation in a globalized word. Seul: National Archives of Korea/Republic of Korea. v. 1. p. 226-227.

3.
JUVENCIO, C. H. ; RODRIGUES, G. M. . Memória Institucional: a série relatórios de atividades da Biblioteca Nacional. In: XIII Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação, 2012, Rio de Janeiro. XIII Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação,. Rio de Janeiro, 2012.

Resumos publicados em anais de congressos
1.
RABELLO, R. ; RODRIGUES, G. M. . Documento, arquivo e formas de representação da realidade. In: V SEMINARIO HISPANO BRASILEÑO DE INVESTIGACIÓN EN INFORMACIÓN, DOCUMENTACIÓN Y SOCIEDAD, 2016, Madri. V SEMINARIO HISPANO BRASILEÑO DE INVESTIGACIÓN EN INFORMACIÓN, DOCUMENTACIÓN Y SOCIEDAD. Madrid: http://seminariohispano-brasileiro.org.es/ocs/index.php/shb/2016/paper/view/246, 2016. v. 1.

2.
ZORZAL, L. ; RODRIGUES, G. M. . A TRANSPARÊNCIA DOS RELATÓRIOS DE GESTÃO NAS UNIVERSIDADES FEDERAIS: PROPOSTA DE UM MODELO DE ANÁLISE. In: V SEMINARIO HISPANO BRASILEÑO DE INVESTIGACIÓN EN INFORMACIÓN, DOCUMENTACIÓN Y SOCIEDAD, 2016, Madri. V SEMINARIO HISPANO BRASILEÑO DE INVESTIGACIÓN EN INFORMACIÓN, DOCUMENTACIÓN Y SOCIEDAD. Madrid: Universidad Complutense de Madrid, 2016. v. 1. p. 1-1.

3.
GAMA, J. R. ; RODRIGUES, G. M. . TRANSPARÊNCIA E LEI DE ACESSO ÀS INFORMAÇÕES PÚBLICAS: IDENTIFICAÇÃO E ANÁLISE DOS LIMITES PARA SUA APLICAÇÃO NA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO. In: V SEMINARIO HISPANO BRASILEÑO DE INVESTIGACIÓN EN INFORMACIÓN, DOCUMENTACIÓN Y SOCIEDAD, 2016, Madri. V SEMINARIO HISPANO BRASILEÑO DE INVESTIGACIÓN EN INFORMACIÓN, DOCUMENTACIÓN Y SOCIEDAD. Madrid: Universidad Complutense de Madrid, 2016. v. 1. p. 1-1.

4.
RODRIGUES, G. M.. Discursos entrecruzados nas narrativas de Brasília em construção. In: V Encontro Regional Centro-Oeste de História Oral - Memória, oralidade e narrativas, 2005, Pirenópolis - GO. V Encontro Regional Centro-Oeste de História Oral - Memória, oralidade e narrativas - Caderno de Resumos e Programação. Pirenópolis - GO: Associação Brasileira de História Oral - ABHO - Regional Centro-Oeste, 2005.

5.
RODRIGUES, G. M.; CARVALHEDO, S. P. . O papel dos agentes sociais em uma instituição arquivística: o arquivo público do DF. In: V Congreso de Archivologia del Mercosur, 2003, Córdoba. Cuadernos de Resúmenes del V Congreso de Archivologia del Mercosur. Córdoba: Asociación de archiveros de la Provincia de Córdoba y la Federación de Archiveros de la República, 2003.

6.
RODRIGUES, G. M.; SOUSA, M. A. L. . IDENTIFICAÇÃO DOS CONTEÚDOS CURRICULARES E DAS DEFINIÇÕES DOS PAPÉIS E FUNÇÕES DA PROFISSÃO DE ARQUIVISTA NA LITERATURA EM LÍNGUA INGLESA E FRANCESA - (1960-2000).. In: VIII Congresso de Iniciação Científica da UnB, 2003, Brasília. VIII Congresso de Iniciação Científica da Universidade de Brasília. Brasília: UnB/Decanato de Pesquisa e Pós-graduação/CNPq, 2002.

7.
RODRIGUES, G. M.; CUNHA, A. A. . A PESQUISA EM ARQUIVÍSTICA NO BRASIL: UM ESTUDO DA PRODUÇÃO CIENTÍFICA NOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO E DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E DO PAPEL DAS AGÊNCIAS FINANCIADORAS. In: XIX Congresso de Iniciação Científica da UnB, 2003, Brasília. XIX Congresso de Iniciação Científica da UnB. Brasília: UnB/Decanato de Pesquisa e Pós-graduação/CNPq, 2003.

8.
RODRIGUES, G. M.. Usos e usuários de informações arquivísticas diplomáticas brasileiras: o caso do Itamaraty em Brasília. In: IV encontro da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Ciência da Informação, 2000, Brasília. IV Encontro da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Ciência da Informação, 2000.

9.
RODRIGUES, G. M.. A França e o processo de criação da CEPAL. In: Procesos de Integración y bloques regionales: historia, economia y política, 1997, Buenos Aires. Procesos de integración y bloques regionales: historia, economia y política, 1997.

Artigos aceitos para publicação
1.
TENAGLIA, M. ; RODRIGUES, G. M. . As recomendações das comissões da verdade no Brasil sobre os arquivos da ditadura militar (1964-1985): uma análise dos relatórios finais. EM QUESTÃO, 2018.

2.
LOPES, B. P. ; RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG . As variações terminológicas no contexto dos arquivos pessoais: uma análise das denominações utilizadas por instituições públicas brasileiras. Encontros Bibli (UFSC), 2018.

3.
MARQUES, A. A. C. ; NOUGARET, C. ; RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG . Arquivos e Arquivologia na França e no Brasil: marcos históricos e contextos singulares. REVISTA BRASILEIRA DE HISTÓRIA (ONLINE), 2018.

4.
LOPES, B. P. ; RODRIGUES, G. M. . Os arquivos privados na legislação brasileira: do anteprojeto da Lei de Arquivos às regulamentações do Conarq. Revista do Arquivo, 2017.

5.
FRANCO, S. C. ; RODRIGUES, G. M. . One small step (a law) for information, a giant leap for democracy: Brazilian archival legislation and its capacity to strengthen transitional justice. Comma: international journal on archives, 2017.

6.
GAMA, J. R. ; RODRIGUES, G. M. . O Vocabulário Controlado do Governo Eletrônico: contribuições e limites na implementação da Lei de acesso à informação no Brasil.. EM QUESTÃO, 2017.

7.
BARROS, D. S. ; RODRIGUES, G. M. . Acesso à informação na região Nordeste: balanço da criação da LAI nos estados e o processo de sua regulamentação no Maranhão. Perspectivas em Ciência da Informação (on line), 2017.

8.
GAMA, J. R. ; RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG . A transparência das contas públicas e o novo padrão internacional da informação contábil governamental. Informação & Informação (Online), 2017.

9.
FRANCO, S. C. ; Magalhães, Icléia T. ; RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG . AS DUAS TEORIAS ARQUIVÍSTICAS SEGUNDO JOHN ROBERTS: UMA CONTRIBUIÇÃO AOS FUNDAMENTOS DO CAMPO. Informação & Informação (Online), 2017.

10.
JUVENCIO, C. H. ; RODRIGUES, G. M. . A Bibliografia Nacional brasileira: Histórico, reflexões e inflexões. InCID: Revista de Ciência da Informação e Documentação, 2016.

11.
JUVENCIO, C. H. ; RODRIGUES, G. M. . Contribution to the history of Documentation in Brazil: the brazilian National Library and its relationship with the International Institute of Bibliography.. Brazilian Journal of Information Science, 2016.

12.
ZORZAL, L. ; RODRIGUES, G. M. . DISCLOSURE E TRANSPARÊNCIA NO SETOR PÚBLICO: UMA ANÁLISE DA CONVERGÊNCIA DOS PRINCÍPIOS DE GOVERNANÇA. Informação & Informação (UEL. Online), 2015.

13.
GAMA, J. R. ; RODRIGUES, G. M. . TRANSPARÊNCIA E ACESSO À INFORMAÇÃO: UM ESTUDO DA DEMANDA POR INFORMAÇÕES CONTÁBEIS NAS UNIVERSIDADES FEDERAIS BRASILEIRAS. Transinformação, 2015.

14.
ALDABALDE, T. V. ; RODRIGUES, G. M. . CONSIDERAÇÕES SOBRE MEDIAÇÃO CULTURAL NO ARQUIVO PÚBLICO DO ESPÍRITO SANTO. Transinformação, 2014.

15.
JUVENCIO, C. H. ; RODRIGUES, G. M. . A internacionalização da Biblioteca Nacional: identificação das ações nos relatórios institucionais (1905-1915). Perspectivas em Ciência da Informação (Impresso), 2013.

16.
OLIVEIRA, E. B. ; RODRIGUES, G. M. . O CONCEITO DE MEMÓRIA NA CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO: análise das teses e dissertações dos programas de pós-graduação no Brasil.. Liinc em Revista, 2011.

17.
RODRIGUES, G. M.. Legislação de acesso aos arquivos no Brasil: um terreno de disputas políticas pela memória e pela história.. Acervo (Rio de Janeiro), 2011.

18.
RODRIGUES, G. M.; MARQUES, A. A. C. . Archival Science in Brazil: the establishment of a scientific discipline and its impact on training archivists in the era of information and knowledge. Archival Science, 2009.

19.
RODRIGUES, G. M.. Mémoire et secret: le cas Herzog et les archives de la dictature militaire au Brésil.. Revista Arhivelor. Archives Review, 2008.

Apresentações de Trabalho
1.
RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG; KUSHNIR, B. . Desenvolvendo Políticas Arquivísticas para a Gestão Documental. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG. O Direito de acesso à informação: desafios para o arquivista. 2018. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG; RONCAGLIO, C. ; SOUSA, R. T. B. . Preservação da memória e transparência ativa no mundo digital. 2018. (Apresentação de Trabalho/Outra).

4.
RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG. O acesso à informação e transparência pública: marcos históricos e legais. 2018. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

5.
RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG; RONCAGLIO, C. . A Lei de Acesso à Informação e a recuperação dos documentos de arquivo. 2018. (Apresentação de Trabalho/Outra).

6.
ZORZAL, L. ; RODRIGUES, G. M. ; GAMA, J. R. . Transparência na gestão de universidades públicas brasileiras. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

7.
LOPES, B. P. ; RODRIGUES, G. M. . Acesso e usos de arquivos pessoais de escritores no Brasil: um estudo comparado das práticas na Fundação Casa de Rui Barbosa e no Instituto de Estudos Brasileiros. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

8.
BARROS, D. S. ; RODRIGUES, G. M. . A LEI BRASILEIRA DE ACESSO À INFORMAÇÃO: UMA ANÁLISE DA SUA CONSTRUÇÃO, DO CONTEXTO NACIONAL AO CONTEXTO POLÍTICO OLIGÁRQUICO DO ESTADO DO MARANHÃO (2009-2014). 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

9.
HOTT, D. F. M. ; RODRIGUES, G. M. . ACESSO AOS ARQUIVOS SIGILOSOS NO BRASIL: DO ACESSO RESTRITO À INSTÂNCIA RECURSAL. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

10.
JUVENCIO, C. H. ; RODRIGUES, G. M. . MANUEL CÍCERO PEREGRINO DA SILVA NA BIBLIOTECA NACIONAL: ENGAJAMENTO AOS IDEAIS DE OTLET E LA FONTAINE E À DOCUMENTAÇÃO. 2017. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

11.
ZORZAL, L. ; RODRIGUES, G. M. . Transparência dos Relatórios de Gestão das Universidades Federais à Luz dos Princípios de Dados Abertos. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

12.
ZORZAL, L. ; RODRIGUES, G. M. . A TRANSPARÊNCIA DOS RELATÓRIOS DE GESTÃO NAS UNIVERSIDADES FEDERAIS: PROPOSTA DE UM MODELO DE ANÁLISE. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

13.
GAMA, J. R. ; RODRIGUES, G. M. . TRANSPARÊNCIA E LEI DE ACESSO ÀS INFORMAÇÕES PÚBLICAS: IDENTIFICAÇÃO E ANÁLISE DOS LIMITES PARA SUA APLICAÇÃO NA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

14.
RODRIGUES, G. M.. MATERIALIDADE DOS ARQUIVOS: ?EMBLEMA? DAS LUTAS DO PRESENTE PELA MEMÓRIA E O DIREITO À VERDADE. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

15.
ZORZAL, L. ; RODRIGUES, G. M. . TRANSPARÊNCIA E BOAS PRÁTICAS DE GOVERNANÇA: ANÁLISE DE PADRÕES E PRINCÍPIOS NOS RELATÓRIOS DE GESTÃO DE UNIVERSIDADES FEDERAIS BRASILEIRAS. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

16.
RABELO, R. ; RODRIGUES, G. M. . DOCUMENTO, FORMA E MATERIALIDADE: ABORDAGENS PROBATÓRIAS E REPRESENTAÇÃO DA REALIDADE. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

17.
ALDABALDE, T. V. ; RODRIGUES, G. M. . MEDIAÇÃO CULTURAL EM ARQUIVOS PÚBLICOS: ANÁLISE DAS PRÁTICAS E TIPOLOGIAS NO ARQUIVO PÚBLICO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO.. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

18.
BARROS, D. S. ; RODRIGUES, G. M. . A LEI BRASILEIRA DE ACESSO À INFORMAÇÃO: ANÁLISE DAS AÇÕES DE ATORES SOCIAS E DO ARQUIVO NACIONAL NA CONSTRUÇÃO DA LAI.. 2016. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

19.
RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG. Droit des archives en période post-dictature : les différents modèles juridiques. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

20.
RODRIGUES, G. M.. O papel da ciência da informação na promoção da transparência. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

21.
ZORZAL, L. ; RODRIGUES, G. M. . A informação na perspectiva da transparência: análise comparativa entre as características qualitativas da informação na Ciência da Informação e nas Ciências Contábeis. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

22.
ZORZAL, L. ; GAMA, J. R. ; RODRIGUES, G. M. . A importância dos sistemas de custos para atingir a transparência no setor público. 2015. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

23.
JUVENCIO, C. H. ; RODRIGUES, G. M. . A Documentação no Brasil: primórdios de sua inserção (1895-1920). 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

24.
ZORZAL, L. ; RODRIGUES, G. M. . Transparência das universidades públicas federais: análise dos seus relatórios de gestão. 2014. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

25.
RODRIGUES, G. M.. Les archives de la dictature militaire (1964-1985) : les limites de la transition politique au Brésil.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

26.
RODRIGUES, G. M.. História, conquista e mudanças paradigmáticas no acesso à informação no Brasil. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

27.
RODRIGUES, G. M.. Verdade versus Autoridade do Arquivo: reflexões a partir do caso Herzog.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

28.
RODRIGUES, G. M.. Políticas Públicas de Informação: situação atual e perspectivas. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

29.
RODRIGUES, G. M.. A ciência sob sigilo? Os arquivos de ciência na Lei. n. 12.527. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

30.
ZORZAL, L. ; RODRIGUES, G. M. . Disclosure e transparência das informações nos Relatórios de Gestão das Universidades Federais. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

31.
JUVENCIO, C. H. ; RODRIGUES, G. M. . O Mundaneum no Brasil: O Serviço de Bibliographia e Documentação da Biblioteca Nacional e seu papel na implementação de uma rede de informações científicas.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

32.
OLIVEIRA, E. B. ; RODRIGUES, G. M. . A memória na produção científica em Ciência da Informação no Brasil: tendências e apropriações conceituais e autorais.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

33.
RODRIGUES, G. M.. As universidades públicas e os indicadores de ?transparência ativa? previstos na lei 12.527 e regulamentados no decreto 7.724. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

34.
RODRIGUES, G. M.. A LEI DE ARQUIVOS DE 1991 E A LEI DE ACESSO DE 2011: CONTEXTUALIZAÇÃO HISTÓRICO-POLÍTICA.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

35.
RODRIGUES, G. M.. A classificação quanto à divulgação ou acesso. A proteção e o controle do sigilo da informação (art. 23-26; 29-30, Lei 12.527/2011).. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

36.
OLIVEIRA, E. B. ; RODRIGUES, G. M. . O TEMA MEMÓRIA NA CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO: UMA ANÁLISE DA PRODUÇÃO CIENTÍFICA BRASILEIRA.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

37.
MOREIRA, L. N. ; RODRIGUES, G. M. . Análise Diplomática e Tipológica aplicada a processos judiciais digitais do Tribunal Superior do Trabalho. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

38.
MOREIRA, L. N. ; RODRIGUES, G. M. . Autenticidade e Fidedignidade de Processos Judiciais Eletrônicos: Uma abordagem arquivística. 2012. (Apresentação de Trabalho/Comunicação).

39.
RODRIGUES, G. M.. Da autoridade ao indizível: acerca do debate sobre os arquivos da ditadura militar no Brasil (1964-1985). 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

40.
RODRIGUES, G. M.. L'accès aux archives au Brésil et en France : convergences et divergences.. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

41.
RODRIGUES, G. M.. Do vestígio à prova : a problemática dos arquivos da ditadura militar brasileira (1964-1985).. 2011. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

42.
RODRIGUES, G. M.. Aula Le système archivistique brésilien.. 2011. (Apresentação de Trabalho/Outra).

43.
RODRIGUES, G. M.. Acesso à informação e à memoria. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

44.
RODRIGUES, G. M.. Legislação de acesso aos arquivos no Brasil: um terreno de disputas políticas pela memória e pela história.. 2010. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

45.
RODRIGUES, G. M.. O acesso à informação: analise comparada entre o Brasil e a França.. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

46.
RODRIGUES, G. M.. O estatuto jurídico dos arquivos privados: consequências para o acesso.. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

47.
RODRIGUES, G. M.. Entre transparência e segredo : a política de acesso aos arquivos na França e no Brasil.. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

48.
RODRIGUES, G. M.. O acesso aos arquivos: análise comparada entre o Brasil e a França. 2009. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

49.
RODRIGUES, G. M.. Acesso aos arquivos: evolução e limites da democracia brasileira. 2008. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

Outras produções bibliográficas
1.
RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG. Você conhece Suzanne Briet?. Brasília: Revista Ibero-Americana de Ciência da Informação, 2018. (Tradução/Artigo).

2.
JUVENCIO, C. H. ; RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG . Contribution to the History of Documentation in Brazil: the brazilian national library and its relationship with the international institute of bibliography. João Pessoa: Universidade Federal da Paraíba, 2017 (Resumo científico).

3.
OLIVEIRA, E. B. ; RODRIGUES, G. M. . Apresentação. Brasília, 2017. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

4.
JUVENCIO, C. H. ; RODRIGUES, G. M. . A bibliografia no Brasil segundo os preceitos otletianos: a liderança da Biblioteca Nacional e outras ações. João Pessoa: Universidade Federal da Paraíba, 2016 (Resumo científico).

5.
FRANCO, S. C. ; RODRIGUES, G. M. . Prefácio. Curitiba, PR, 2014. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

6.
RODRIGUES, G. M.. Prefácio. Rio de Janeiro, 2013. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

7.
RODRIGUES, G. M.. Prefácio. Curitiba, PR, 2013. (Prefácio, Pósfacio/Prefácio)>.

8.
CUNHA, A. A. ; HOTT, D. F. M. ; RODRIGUES, G. M. ; COSTA, L. C. ; COSTA, M. G. ; GUEDES, M. A. M. ; OLIVEIRA, F. H. ; SILVA, E. P. ; SILVA, W. . Apresentação. Brasília, 2012. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

9.
RODRIGUES, G. M.. Projeto de Lei sobre acesso a informações: breves considerações 2009 (Artigo para o portal da Universidade de Brasilia).

10.
RODRIGUES, G. M.. Claude Lévi-Strauss : desaparece um gentleman da Antropologia do século XX.. Brasilia 2009 (Artigo para o portal da Universidade de Brasilia).

11.
RODRIGUES, G. M.. Exposição em Paris ploblematiza a Queda do Muro de Berlim - Entrevista com Sonia Combe 2009 (Artigo para o portal da Universidade de Brasilia).

12.
RODRIGUES, G. M.; SANTOS, V. B. . Apresentação. Brasília, 2005. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

13.
RODRIGUES, G. M.. Elementos de história da filosofia antiga. Brasília: Editora da UnB, 2004. (Tradução/Livro).

14.
RODRIGUES, G. M.; SMOUTS, M. . As novas relações internacionais: práticas e teorias. Brasília: Editora da Universidade de Brasília, 2004. (Tradução/Livro).

15.
RODRIGUES, G. M.; LOPES, I. L. . Introdução. Brasília, 2003. (Prefácio, Pósfacio/Introdução)>.

16.
RODRIGUES, G. M.; SANTOS, V. B. . Apresentação. Brasília, 2002. (Prefácio, Pósfacio/Apresentação)>.

17.
RODRIGUES, G. M.; ATCHOARENA, D. . A parceria no ensino técnico e na formação profissional: o conceito e sua aplicação. Brasília: Uneso, 2002. (Tradução/Livro).

18.
RODRIGUES, G. M.. O "outro lado da lua" de Lúcio Costa. Brasília: Arquivo Público do Distrito Federal, 1998 (Boletim Informativo do Arquivo Público do Distrito Federal).

19.
RODRIGUES, G. M.. A Sociedade da Informação. Brasília: Arquivo Público do Distrito Federal, 1998 (Boletim Informativo do Arquivo Público do Distrito Federal).


Produção técnica
Assessoria e consultoria
1.
RODRIGUES, G. M.. Membro da Comissão de Altos Estudos do Centro de Referência Memórias Revelads. 2014.

2.
RODRIGUES, G. M.. Grupo de Trabalho com o objetivo de: I - rever a Lei n 8.159, de 8 de janeiro de 1991, e o Decreto n 4.073, de 3 de janeiro de 2002; e II - elaborar plano de ação para o setor de arquivos públicos, em consonância com as propostas aprovadas no I CNARQ.. 2012.

3.
RODRIGUES, G. M.. Analisar documentos da Aeronautica do periodo da Ditadura Militar entregues ao Ministério Publico Militar. 2009.

4.
RODRIGUES, G. M.; OLIVEIRA, E. B. ; SOUSA, R. T. B. . Prestação de serviços de consultoria técnica e acadêmica para a concepção, implantação e implementação/operacionalização do Centro de Memória do CNPq. 2002.

Trabalhos técnicos
1.
RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG. Parecer para a Revista de História On-line. 2018.

2.
RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG. Parecer para a revista InCID. 2018.

3.
RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG. Parecer para a revista Biblios-Peru. 2018.

4.
RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG. Parecer para a revista Em Questão. 2018.

5.
RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG. Parecer para a revista Transinformação. 2018.

6.
RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG. Parecer para a revista Em Questão. 2018.

7.
RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG. Parecer para revista Informação&Informação. 2018.

8.
RODRIGUES, G. M.. Parecer para a revista Biblios (Peru). 2017.

9.
RODRIGUES, G. M.. Parecer revista Em Questão. 2017.

10.
RODRIGUES, G. M.. Parecer para a revista Informação&Informação. 2017.

11.
RODRIGUES, G. M.. Parecer para a Revista Ibero-Americana em Ciência da Informação (RICI). 2017.

12.
RODRIGUES, G. M.. Parecer para a revista Informação Arquivística. 2017.

13.
RODRIGUES, G. M.. Parecer para a revista História São Paulo. 2017.

14.
RODRIGUES, G. M.. Parecer para o GT 5 do Enancib 2017. 2017.

15.
RODRIGUES, G. M.. Parecer para o GT 1 do Enancib 2017. 2017.

16.
RODRIGUES, G. M.. Parecer para a Reparq 2017. 2017.

17.
RODRIGUES, G. M.. Parecer para a Reparq 2017. 2017.

18.
RODRIGUES, G. M.. Parecer para a Reparq 2017. 2017.

19.
RODRIGUES, G. M.. Parecer para a Reparq 2017. 2017.

20.
RODRIGUES, G. M.. Parecer para a revista Em Questão. 2017.

21.
RODRIGUES, G. M.. Parecer para a revista Biblios (Peru). 2016.

22.
RODRIGUES, G. M.. Parecer para a revista Em Questão. 2016.

23.
RODRIGUES, G. M.. Parecer revista Em Questão. 2016.

24.
RODRIGUES, G. M.. Parecer para a revista Informação&Informação. 2016.

25.
RODRIGUES, G. M.. Parecer para a revista Informação&Informação. 2016.

26.
RODRIGUES, G. M.. Parecer para a revista Informação Arquivística. 2016.

27.
RODRIGUES, G. M.. Parecer para a Revista Ibero-Americana em Ciência da Informação (RICI). 2016.

28.
RODRIGUES, G. M.. Parecer para a Revista Ibero-Americana em Ciência da Informação (RICI). 2016.

29.
RODRIGUES, G. M.. Parecer para a Resgate_Revista Interdisciplinar de cultura. 2016.

30.
RODRIGUES, G. M.. Parecer para a revista Ágora. 2015.

31.
RODRIGUES, G. M.. Parecer para a revista Informação e Sociedade. 2015.

32.
RODRIGUES, G. M.. Parecer para a revista Informação&Informação. 2015.

33.
RODRIGUES, G. M.. Parecer para a revista Informação&Informação. 2015.

34.
RODRIGUES, G. M.. Parecer para a Revista Ibero-Americana em Ciência da Informação (RICI). 2015.

35.
RODRIGUES, G. M.. Parecer para a Revista Ibero-Americana em Ciência da Informação (RICI). 2015.

36.
RODRIGUES, G. M.; VALENTIM, M. L. P. ; MARIZ, A. C. A. . Participação em banca de concurso público para professor universitário. 2014.

37.
RODRIGUES, G. M.. Parecer para a revista Informação Arquivística. 2014.

38.
RODRIGUES, G. M.. Parecer para a revista Informação Arquivística. 2014.

39.
RODRIGUES, G. M.. Avaliação de comunicações para o seminário internacional Documentar a Ditadura. 2013.

40.
RODRIGUES, G. M.. Membro de comissão acadêmico-científica de agência de fomento. 2013.

41.
RODRIGUES, G. M.. Parecer para a revista Informação Arquivística. 2013.

42.
RODRIGUES, G. M.. Parecer para a revista Informação Arquivística. 2013.

43.
RODRIGUES, G. M.. Parecer para a revista Acervo. 2012.

44.
RODRIGUES, G. M.. Parecer sobre projeto de pesquisa. 2009.

45.
RODRIGUES, G. M.. Pareceres sobre comunicações submetidas ao ENANCIB. 2008.

46.
RODRIGUES, G. M.. Produção de uma bibliografia especializada nos idiomas português, inglês, espanhol e francês sobre normas de descrição arquivística.. 2004.

47.
RODRIGUES, G. M.. Parecer sobre projeto de pesquisa. 2002.

48.
RODRIGUES, G. M.; SOUSA, R. T. B. . Organização dos arquivos do Conselho Técnico-Científico e Conselho Superior da CAPES e produção de um instrumento de pesquisa.. 2002.

49.
RODRIGUES, G. M.; SOUSA, R. T. B. . Projeto de organização dos arquivos do Conselho Técnico-Científico e Conselho Superior da CAPES e produção de um instrumento de pesquisa. 2002.

50.
RODRIGUES, G. M.. Elaboração de planilhas e definição orçamentária para compra de equipamentos relativos ao projeto CTInfra 01/2001. 2002.

51.
RODRIGUES, G. M.. Líder do Grupo de Pesquisa 'Políticas de informação do estado e a gestão dos patrimônios documentais'. 2002.

52.
RODRIGUES, G. M.; MONTIEL, R. ; SOUSA, R. T. B. . Projeto de criação do Centro de Memória do CNQp. 2001.

53.
RODRIGUES, G. M.; COSTA, S. M. S. ; VILAN FILHO, J. L. ; OLIVEIRA, E. B. ; ALBUQUERQUE, J. M. ; FEITOSA, A. L. G. . Projeto de infra-estrutura CTinfra 01/2001. 2001.

54.
RODRIGUES, G. M.; FONSECA, O. ; ALBITE, S. . Projetos ADAI - Programa de Apoyo al Desarrollo de Archivos Iberoamericanos. 2001.

55.
RODRIGUES, G. M.; SOUSA, R. T. B. ; MONTIEL, R. . Manual do Curso de graduação em Arquivologia. 1998.

56.
RODRIGUES, G. M.. Folder sobre o Curso de graduação em Arquivologia. 1998.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia
1.
RODRIGUES, G. M.. Orgãos não se adaptam à lei de informação. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

2.
RODRIGUES, G. M.. Entrevista sobre a questão do sigilo dos arquivos e a lei de acesso às informações em tramitação no Congresso Nacional. 2011. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).


Demais tipos de produção técnica
1.
RABELO, R. ; RODRIGUES, G. M. . Prova documental e Arquivologia: reflexões sobre o estabelecimento do campo. 2016. (Relatório de pesquisa).

2.
CORNU, M. ; EVEN, P. ; FROMAGEAU, J. ; MAZZ, J. L. ; MERKLEN, D. ; JULIEN-LAFERRIERE, F. ; LAVABRE, M. ; RICHEFORT, I. ; SAINT-GEOURS, Y. ; WATEL, F. ; RODRIGUES, G. M. . ARCHIVES DES DICTATURES SUD-AMÉRICAINES Les espaces et lieux de révélation des conflits entre droit à l?oubli et droit à la vérité. 2016. (Parecer).

3.
RODRIGUES, G. M.. Parecer. 2016. (Parecer científico para artigo de periódico).

4.
RODRIGUES, G. M.. Parecer. 2016. (Parecer científico para artigo de periódico).

5.
RODRIGUES, G. M.. Parecer. 2016. (Parecer científico para artigo de periódico).

6.
RODRIGUES, G. M.. Parecer. 2016. (Parecer científico para artigo de periódico).

7.
RODRIGUES, G. M.. Parecer. 2016. (Parecer técnico-científico).

8.
RODRIGUES, G. M.. Parecer. 2016. (Parecer científico para artigo de periódico).

9.
RODRIGUES, G. M.. Parecer. 2015. (Parecer científico para artigo de periódico).

10.
RODRIGUES, G. M.. Parecer. 2015. (Parecer científico para artigo de periódico).

11.
RODRIGUES, G. M.. Parecer. 2015. (Parecer técnico-científico).

12.
RODRIGUES, G. M.. Parecer. 2015. (Parecer técnico-científico).

13.
RODRIGUES, G. M.. Parecer. 2015. (Parecer técnico-científico).

14.
RODRIGUES, G. M.. Parecer sobre projeto de pesquisa. 2009. (Parecer).

15.
RODRIGUES, G. M.. Encontros Bibli - Revista Eletrônica de Biblioteconomia e Ciência da Informação. 2007. (Parecer para revista científica).

16.
RODRIGUES, G. M.. Parecer sobre solicitação de financiamento para evento. 2007. (Parecer técnico-científico).

17.
RODRIGUES, G. M.. Revista Encontros BIBLI edição n. 25. 2007. (Parecer científico para artigo de periódico).

18.
RODRIGUES, G. M.. Curso sobre a Norma Brasileira de Descrição Arquivística. 2006. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

19.
RODRIGUES, G. M.; CARVALHEDO, S. P. . Um estudo do uso de documentos de arquivo pela CPI do Senado Federal que cassou o Senador Luís Estevão.. 2005. (Relatório de pesquisa).


Produção artística/cultural
Outras produções artísticas/culturais
1.
RODRIGUES, G. M.. Cine Marrocos. 1999 (XII Concurso Nacional de Contos "Brasília" 1999).

Demais trabalhos
1.
RODRIGUES, G. M.. Entrevista concedida para a TV Cidade Livre (BSB) sobre a questão do acesso às informações arquivísticas públicas. 2007 (Entrevista para TV Cidade Livre (Brasília)) .

2.
RODRIGUES, G. M.. Entrevista televisiva (radiobrás) relacionada às comemorações dos 27 anos da anistia política. 2006 (Entrevista para a Radiobrás) .

3.
RODRIGUES, G. M.; ESTEVAO, S. N. M. ; FONSECA, V. M. M. ; SANTOS, P. R. E. ; BARBOSA, N. S. ; MONTEIRO, B. M. ; COSTA, C. L. ; TESSITORE, V. ; MORENO, C. T. C. ; RONCAGLIO, C. . Descrição Arquivística: referências bibliográficas. 2004 (bibliografia) .

4.
RODRIGUES, G. M.; MONTEIRO, B. M. ; MORENO, C. T. C. ; RONCAGLIO, C. ; COSTA, C. L. ; OLIVEIRA, M. I. ; BARBOSA, N. S. ; SANTOS, P. R. E. ; ESTEVAO, S. N. M. ; FONSECA, V. . Estudos para a elaboração das normas nacionais para a aplicação da Norma Internacional de descrição arquivística. 2003.

5.
RODRIGUES, G. M.. Proposta de inclusão do fundo Novacap no projeto Memória do Mundo da Unesco. 1998 (CD-ROM) .



Bancas



Participação em bancas de trabalhos de conclusão
Mestrado
1.
RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG; BAPTISTA, D. M.; JUVENCIO, C. H.; RABELO, R.. Participação em banca de Gabriela Fernanda Ribeiro Rodrigues. Renovando o diálogo entre a Ciência da Informação e a Documentação: o papel do Grupo Document Academy. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília.

2.
RODRIGUES, G. M.; RONCAGLIO, C.; ISHAQ, V.. Participação em banca de Caroline Almeida Sodré. Descrição, acesso e difusão dos acervos das Dops no Brasil. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília.

3.
RODRIGUES, G. M.; OLIVEIRA, E. B.; JARDIM,. Participação em banca de ANA MARIA DE ALMEIRA RIBEIRO. ORGANIZAÇÃO E ACESSO À INFORMAÇÃO NA EMPRESA BRASILEIRA DE CORREIOS E TELÉGRAFOS APÓS A PROMULGAÇÃO DA LAI. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília.

4.
MAGALHAES, N. A.; VALTER, J.; RODRIGUES, G. M.. Participação em banca de Rodrigo Piubelli. Memorias e imagens em torno do indio Pataxo Hãhãhãe Galdino de Jesus dos Santos (1997 a 2012). 2012. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade de Brasília.

5.
Magalhães, Icléia T.; RODRIGUES, G. M.; Figueiredo, Joao Marcus. Participação em banca de Yuri Queiroz Gomes. Processos de institucionalização do campo arquivistico no Brasil (1971-1978): entre a memoria e a historia. 2011. Dissertação (Mestrado em Memória Social) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

6.
RODRIGUES, G. M.; BOTELHO, C.; MAGALHAES, N. A.. Participação em banca de Rodrigo Piubelli. Imaginario e memoria do indio pataxo Hã Hã Hãe Galdino Jesus dos Santos. 2011. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade de Brasília.

7.
RODRIGUES, G. M.; BOTELHO, C.; MAGALHAES, N. A.. Participação em banca de Aldanei Menegaz de Andrade. Quem conta um conto aumenta um ponto: contadores de historias no Distrito Federal. 2011. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade de Brasília.

8.
RODRIGUES, G. M.; Magalhães, Icléia T.; JARDIM,. Participação em banca de Yuri Queiroz Gomes. Processos de institucionalização do campo arquivistico no Brasil: (1960-1978): entre a memoria e a historia. 2009. Dissertação (Mestrado em Memória Social) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro.

9.
RODRIGUES, G. M.; MANINI, M. P.. Participação em banca de Rita Barreto de Sales Oliveira. A fotografia como memória na vida dos candangos. 2007. Dissertação (Mestrado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília.

10.
RODRIGUES, G. M.; MAGALHAES, N. A.; BOTELHO, C.; NUNES, J. W.. Participação em banca de Darcy Dornelas de Farias. As terras da nova capital - o cotidiano nas desapropriações da área do novo Distrito Federal (1955-1958). 2005. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade de Brasília.

11.
RODRIGUES, G. M.; BOTELHO, C.; MAGALHAES, N. A.. Participação em banca de Cristiomário de Sousa Medeiros. Viver e resistir: luta por moradia. Vila Varjão 1961-1998. 2004. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade de Brasília.

12.
RODRIGUES, G. M.; CUNHA, M. B.; COSTA, S. M. S.; ADGHIRNI, Z. L.. Participação em banca de Letícia Murad Rodrigues. Jornalismo on-line brasileiro e o direito autoral: uma análise do jornalismo on-line sob a ótica da sociedade da informação. 2003. Dissertação (Mestrado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília.

13.
RODRIGUES, G. M.. Participação em banca de Francisco das Chagas Leitão. Brasília 1956-1964: tirando a poeira. 2002. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade de Brasília.

14.
RODRIGUES, G. M.; PANTOJA, S.; BOTELHO, C.. Participação em banca de Anderson Ribeiro Oliva. Visões da África: pensamento e ancestralidade no universo dos Orixás- África ocidental. 2001. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade de Brasília.

15.
RODRIGUES, G. M.; CUNHA, M. B.; RIBEIRO, G. L.. Participação em banca de Assis Antonio Pereira Medeiros. Hackers: uma análise descritiva sob a ótica da sociedade da informação. 2001. Dissertação (Mestrado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília.

16.
RODRIGUES, G. M.; SOUSA, M. F. G.. Participação em banca de Lucia Maria de Oliveira Santis. Educação continuada na secretaria de educação do Distrito Federal: concepções políticas na década de 80. 2001. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de Brasília.

17.
RODRIGUES, G. M.; MIRANDA, A. L. C.; GALVAO, S. B.. Participação em banca de Neide Aparecida Gomes. O ensino de conservação, preservação e restauração de acervos documentais no Brasil. 2000. Dissertação (Mestrado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília.

18.
RODRIGUES, G. M.; MIRANDA, A. L. C.; SUAIDEN, E.. Participação em banca de Alejandra Aguilar Pinto. A informação indígena na América Latina e no Caribe. 2000. Dissertação (Mestrado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília.

Teses de doutorado
1.
SILVA, T. E.; RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG; WALTER, M. T.; LEITE, F. C. L.. Participação em banca de THIAGO GOMES EIRÃO. Acesso à informação pública nos países do Cone Sul: estudo sobre a adesão às diretrizes de acesso à informação. 2018. Tese (Doutorado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília.

2.
RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG; BIZELLO, M. L.; MADIO, T. C. C.; VITORIANO, M. C. C. P.; SILVA, M. C. S. M. E.. Participação em banca de Renato Crivelli Duarte. Arquivos Pessoais: institucionalização e trajetórias. 2018. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

3.
RODRIGUES, G. M.; KOBASHI, N. Y.; FLORES, D.; LARA, M. L. G.; CAFE, L. M. A.. Participação em banca de CLÉIA MÁRCIA GOMES AMARAL. ORGANIZAÇÃO E TRATAMENTO DA INFORMAÇÃO NOS ARQUIVOS: ESTUDO CRÍTICO. 2017. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) - Universidade de São Paulo.

4.
RODRIGUES, G. M.; GERALDES, E. C.; SILVA, T. E.; OLIVEIRA, E. B.; SOUSA, R. T. B.. Participação em banca de Dirlene Santos Barros. A Lei brasileira de Acesso à Informação: uma análise da sua construção, do contexto nacional ao contexto político oligárquico do estado do Maranhão (2009-2014). 2017. Tese (Doutorado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília.

5.
RODRIGUES, G. M.; VENANCIO, R. P.; JARDIM, J. M.; PARRELA, I. D.; FROTA, M. G. C.. Participação em banca de WELDER ANTONIO SILVA. EXCEÇÕES LEGAIS AO DIREITO DE ACESSO À INFORMAÇÃO: DIMENSÕES CONTEXTUAIS DAS CATEGORIAS DE INFORMAÇÃO PESSOAL NOS DOCUMENTOS ARQUIVÍSTICOS. 2017. Tese (Doutorado em Ciências da Informação) - Universidade Federal de Minas Gerais.

6.
RODRIGUES, G. M.; ROSEMBERG, D. S.; OLIVEIRA, E. B.; CIRILLO, A. J.; FAGUNDES, P. E.; SIMEAO, E. L. M. S.. Participação em banca de Rosa da Penha Ferreira da Costa. A História do Arquivo Geral da Universidade Federal do Espírito Santo: Um Estudo de Caso. 2016. Tese (Doutorado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília.

7.
LARA, M. L. G.; CINTRA, A. M. M.; FRANCELIN, M. M.; GUIMARAES, J. A.; RODRIGUES, G. M.. Participação em banca de Andréia Gonçalves Silva. Informação legislativa ao alcance do cidadão: contribuição dos sistemas de organização do conhecimento. 2015. Tese (Doutorado em Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação) - Universidade de São Paulo.

8.
BOTELHO, C.; GRAMMONT, G.; MONTENEGRO, A.; BICALHO, N.; RODRIGUES, G. M.; MAGALHAES, N. A.. Participação em banca de Carlos Hugo Studart Correa. De algum lugar das selvas amazônicas: as memórias dos guerrilheiros do Araguaia (1966-1974). 2014. Tese (Doutorado em História) - Universidade de Brasília.

9.
RODRIGUES, G. M.; MIRANDA, A. L. C.; OLIVEIRA, C. L.; ANTUNES, V.; VANDUNEM, J. O. S.. Participação em banca de Maria Alexandra Miranda Aparício. A Sociedade da Informação: perspectivas para Angola.. 2005. Tese (Doutorado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília.

Qualificações de Doutorado
1.
RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG; KOBASHI, N. Y.; SANTOS, M.. Participação em banca de Emanuel G. Ferreira Guedes. Ciência da Informação e imprensa periódica: por um olhar sobre as Hemerotecas. 2018. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência da Informação) - Universidade de São Paulo.

2.
RODRIGUES, G. M.; RONCAGLIO, C.; GERALDES, E. C.; ISHAQ, V.. Participação em banca de Monica Tenaglia. OS OBSTÁCULOS AO ACESSO AOS ARQUIVOS COMO FATOR LIMITANTE DOS RESULTADOS FINAIS DAS COMISSÕES DA VERDADE NO BRASIL.. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília.

3.
BIZELLO, M. L.; RODRIGUES, G. M.. Participação em banca de Renato Crivelli Duarte. Arquivos Pessoais: institucionalização e trajetórias. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência da Informação) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

4.
RODRIGUES, G. M.; OLIVEIRA, E. B.. Participação em banca de Maria Ivonete Gomes do Nascimento. A MULHER NOS ARQUIVOS DO ESTADO BRASILEIRO: UMA ANÁLISE DA REPRESENTAÇÃO DOS ACERVOS ARQUIVÍSTICOS.. 2017. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília.

5.
RODRIGUES, G. M.; RONCAGLIO, C.; FREITAS, L. S.; OLIVEIRA, E. B.. Participação em banca de ALUF ALBA VILAR ELIAS. ARQUIVO, VERDADE E JUSTICA DE TRANSIÇÃO NO BRASIL O legado da Comissão Nacional da Verdade aos arquivos públicos. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília.

6.
LEITE, F. C. L.; RODRIGUES, G. M.; SILVA, T. E.. Participação em banca de THIAGO GOMES EIRÃO. Acesso à informação pública na América Latina: estudo da receptividade legal dos princípios teóricos de acesso à informação. 2016. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília.

7.
RODRIGUES, G. M.; KIRSCHNER, T. C.; RABELLO, R.; OLIVEIRA, E. B.. Participação em banca de CARLOS HENRIQUE JUVÊNCIO. MANOEL CÍCERO PEREGRINO DA SILVA E A DOCUMENTAÇÃO NO BRASIL: Gênese e ideais. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília.

8.
RODRIGUES, G. M.; SOUSA, R. T. B.; GERALDES, E. C.; OLIVEIRA, E. B.. Participação em banca de DIRLENE SANTOS BARROS. INFORMAÇÃO E POLÍTICA: análise dos discursos e das práticas sobre a criação e implementação da Lei de Acesso à Informação no Estado do Maranhão (2009-2014).. 2015. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília.

9.
RODRIGUES, G. M.; Silva, Armando Malheiro; SOUSA, R. T. B.; MANINI, M. P.; sobral, Fernanda. Participação em banca de Angelica Alves da Cunha Marques. ?Influências e tendências do pensamento arquivístico internacional na formação e configuração da Arquivística como disciplina no Brasil. 2009. Exame de qualificação (Doutorando em Ciência da Informação) - Universidade Católica de Brasília.

10.
RODRIGUES, G. M.; Vera dodebei; zandonade. Participação em banca de Eliane Braga de Oliveira. As concepções de memoria na ciëncia da informação no Brasil. 2008. Exame de qualificação (Doutorando em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília.

Qualificações de Mestrado
1.
RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG; JUVENCIO, C. H.; BAPTISTA, D. M.; RABELLO, R.. Participação em banca de Gabriela Fernanda Ribeiro Rodrigues. A influência da documentação na ciência da informação. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília.

2.
RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG; NASCIMENTO, S. S.; RENAULT, D.; JORGE, T. M.. Participação em banca de Francisco Eduardo Gonçalves. Jornalismo, transparência e opacidade - Lei de acesso à nformação, uma análise do uso da legislação por jornalistas. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Comunicação) - Universidade de Brasília.

3.
GERALDES, E. C.; RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG. Participação em banca de Valquíria de Lima Rodrigues. A Lei de acesso à informação nas Forças Armadas Brasileiras: uma análise das relações com a Comunicação. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Comunicação) - Universidade de Brasília.

4.
RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG; ABREU, A. L.; RONCAGLIO, C.. Participação em banca de Fabiana Maria de Oliveira Ferreira. Políticas Públicas para a preservação do audiovisual: um olhar sobre entidades e agentes federais de 1940 a 2010. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília.

5.
RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG; GERALDES, E. C.; OLIVEIRA, E. B.. Participação em banca de Rodrigo Gonçalves Calazans. A Lei de acesso à informação: um mapeamento dos atores que integram a política de acesso à informação no governo federal. 2018. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília.

6.
RODRIGUES, G. M.; LEITE, F. C. L.; SILVA, T. E.. Participação em banca de MANUELA CAROLINA BORGES BARBOSA. A LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO NO BRASIL: uma análise comparativa entre o comportamento de busca informacional dos usuários e os objetivos da LAI. 2017. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília.

7.
OLIVEIRA, E. B.; RODRIGUES, G. M.; JARDIM,. Participação em banca de ANA MARIA DE ALMEIRA RIBEIRO. A LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO E A ORGANIZAÇÃO DA INFORMAÇÃO NA EMPRESA BRASILEIRA DE CORREIOS E TELÉGRAFOS. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília.

8.
RODRIGUES, G. M.; OLIVEIRA, E. B.; BIZELLO, M. L.; RONCAGLIO, C.. Participação em banca de Bruna Pimentel Lopes. O ACESSO AOS ARQUIVOS PRIVADOS PESSOAIS CUSTODIADOS POR INSTITUIÇÕES PÚBLICAS BRASILEIRAS. 2016. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília.

9.
RODRIGUES, G. M.; RONCAGLIO, C.; ISHAQ, V.. Participação em banca de Caroline Almeida Sodré. Organização dos documentos da Ditadura militar nos arquivos públicos estaduais e no Distrito Federal: do recolhimento ao acesso. 2015. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília.

10.
RODRIGUES, G. M.; OLIVEIRA, E. B.; SOUSA, R. T. B.. Participação em banca de Maria Ivonete Gomes do Nascimento. A avaliação arquivística na Administração Pública Federal a partir da Lei de Arquivos. 2014. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília.

11.
RODRIGUES, G. M.; SILVA, R. R.; BAPTISTA, D. M.; GALVAO, S. B.. Participação em banca de Carlos Henrique Juvêncio. O Mundaneum no Brasil: O Serviço de Bibliographia e Documentação da Biblioteca Nacional e o seu papel na implementação de uma rede de informações científicas. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília.

12.
RODRIGUES, G. M.; MAGALHAES, N. A.; MANINI, M. P.. Participação em banca de CRISTIANE BASQUES DA CUNHA SILVA. O Patrimônio Arquivístico Brasileiro diante dos riscos de destruição: Estudo sobre a vulnerabilidade dos acervos, as ações estatais de proteção e os seus limites.. 2013. Exame de qualificação (Mestrando em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília.

Trabalhos de conclusão de curso de graduação
1.
RODRIGUES, G. M.; NASCIMENTO, S. S.; RAMOS, M. C. O.. Participação em banca de André Louvem Shalders.Estado, transparência e democracia: uma avaliação dos Serviços de Informação ao Cidadão no Governo do Distrito Federal. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em jornalismo) - Universidade de Brasília.

2.
BAPTISTA, D. M.; CARIBE, R. C. V.; RODRIGUES, G. M.. Participação em banca de Raissa Oliveira Garbin.Os livros e a censura durante o Regime militar no Brasil. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biblioteconomia) - Universidade de Brasília.

3.
COSTA, S. M. S.; RODRIGUES, G. M.. Participação em banca de Luciano Ambrosio de Campos e Tânia Cristina de Oliveira.Conteudos digitais e acessibilidade de pessoas com deficiência visual. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biblioteconomia) - Universidade de Brasília.

4.
RODRIGUES, G. M.; GALVAO, M. C. B.. Participação em banca de Otacílio Guedes Marques.A concepção do centro de memória no Poder Judiciário. 2005. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biblioteconomia) - Universidade de Brasília.

5.
RODRIGUES, G. M.. Participação em banca de Valéria Yukie Mizuno.Análise constrativa entre a indexação manual de páginas www. 2001. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biblioteconomia) - Universidade de Brasília.

6.
RODRIGUES, G. M.; NAKAYAMA, H.. Participação em banca de Susana Otília T. Maleane.Indexação automática de textos. 2001. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biblioteconomia) - Universidade de Brasília.

7.
RODRIGUES, G. M.. Participação em banca de Tatiana Seba Sampaio.Uma perspectiva do universo do livro e da leitura com crianças do centro de desenvolvimento e cultura do Paranoá. 2000. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biblioteconomia) - Universidade de Brasília.



Participação em bancas de comissões julgadoras
Concurso público
1.
PINTO, A. L.; CALDIN, C. F.; VITORINO, E. V.; CORREA, E. C. D.; RODRIGUES, G. M.. Concurso público para professor auxiliar. 2013. Universidade Federal de Santa Catarina.

2.
MANINI, M. P.; RODRIGUES, G. M.; OLIVEIRA, E. B.. Seleção simplificada para professor substituto curso de Arquivologia da UnB. 2013. Universidade de Brasília.

3.
VALENTIM, M. L. P.; MARIZ, A. C. A.; RODRIGUES, G. M.. Concurso público de professor assistente doutor. 2013. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

4.
RODRIGUES, G. M.. Concurso Publico para as disciplinas Diplomatica; classificação e arranjo documental; produção documental e descrição documentaria. 2010. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

5.
RODRIGUES, G. M.; celina kunioshi; CERAVOLO, S. M.; Vera dodebei. Banca examinadora do concurso publico para docente do curso de museologia da UnB. 2009. Universidade de Brasília.

6.
RODRIGUES, G. M.. Concurso de professor doutor no Departamento de Física e Matemática, na área de conhecimento em Fundamentos da Ciência da Informação (suplente). 2007. Universidade de São Paulo.

7.
RODRIGUES, G. M.; LOPEZ, A. P. A.; MARANON, E. I. M.. Banca examinadora do concurso para professor assistente, CLT. 2006. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

8.
SILVA, T. E.; SOARES, M. A. N.; RODRIGUES, G. M.; CARELLI, A. E.; MONTEIRO, S. D.. Concurso público para provimento do Cargo de Professor (Arquivologia). 2006. Universidade Estadual de Londrina.

9.
RODRIGUES, G. M.; SOUSA, R. T. B.; LOPEZ, A. P. A.. Concurso público para professor adjunto área Gestão documental. 2005. Universidade de Brasília.

10.
RODRIGUES, G. M.; CAMARGO, C. R.; MANINI, M. P.. Concurso público para professor Adjunto I área Arquivos Permanentes. 2004.

11.
RODRIGUES, G. M.; OLIVEIRA, E. B.; ARAUJO JUNIOR, R. H.. Concurso público(seleção simplificada) para professor substituto do Curso de Arquivologia. 2003.

12.
RODRIGUES, G. M.; SOUSA, R. T. B.; SOUZA, K. I. B. M.. Concurso público para professor assistente na àrea de tecnologia da informação aplicada aos arquivos no Departamento de Ciência da Informação da UnB. 2002. Universidade de Brasília.

13.
RODRIGUES, G. M.; CAMARGO, A. M. A.; SOUZA, K. I. B. M.. Concurso público para professor assistente na área de gestão de informações arquivísticas no departamento de ciência da informação da UnB. 2002. Universidade de Brasília.

14.
RODRIGUES, G. M.; OLIVEIRA, E. B.; SOUZA, K. I. B. M.. Concurso público para seleção de professor substituto para o curso de arquivologia da UnB. 2002. Universidade de Brasília.

15.
RODRIGUES, G. M.; CUNHA, M. B.; GUIMARAES, J. A.. Concurso público para professor adjunto na área de gestão de informações arquivísticas. 2001. Universidade de Brasília.

16.
RODRIGUES, G. M.. Concurso público (seleção simplificada) para professor substituto na área de Conservação e Restauração. 1999. Universidade de Brasília.

Outras participações
1.
RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG. Membro da Comissão Especial de Licitação do Prêmio Memórias Reveladas. 2018. Arquivo Nacional do Brasil.

2.
RODRIGUES, G. M.. Membro Comissão Científica da V Reparq. 2017. Universidade Federal de Minas Gerais.

3.
RODRIGUES, G. M.. Membro da Comissão Científica da IV Reunião Brasileira de Ensino e Pesquisa em Arquivologia. 2015. Universidade Federal da Paraíba.

4.
RODRIGUES, G. M.; REZENDE, D. S.; ALVARES, L. M. A. R.. Banca Examinadora Especial para avaliar outorga antecipada de grau de aluno do curso de graduação em Arquivologia. 2013. Universidade de Brasília.

5.
RODRIGUES, G. M.. Membro da Comissão ESpecial de Licitação do Prêmio Memórias Reveladas. 2013. Arquivo Nacional do Brasil.



Eventos



Participação em eventos, congressos, exposições e feiras
1.
Congreso Internacional de Información INFO/2018. El patrimonio archivístico documental brasileño frente a las amenazas de destrucción y los limites de protección estatal. 2018. (Congresso).

2.
ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO (ENANCIB). Coordenadora de Mesa no GT1. 2017. (Congresso).

3.
ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO (ENANCIB). Avaliador de Trabalho do GT1 e do GT 2. 2017. (Congresso).

4.
ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO (ENANCIB). Da destruição ao ocultamento: a problemática comum do acesso aos arquivos das ditaduras militares dos países do Cone Sul após a redemocratização. 2017. (Congresso).

5.
ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO (ENANCIB). A LEI BRASILEIRA DE ACESSO À INFORMAÇÃO: UMA ANÁLISE DA SUA CONSTRUÇÃO, DO CONTEXTO NACIONAL AO CONTEXTO POLÍTICO OLIGÁRQUICO DO ESTADO DO MARANHÃO (2009-2014). 2017. (Congresso).

6.
ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO (ENANCIB), 2016, Salvador. Descobrimentos da Ciência da Informação: desafios da Multi, Inter e Transdisciplinaridade (MIT). O ACESSO AOS ARQUIVOS SIGILOSOS NO BRASIL: DO ACESSO RESTRITO À INSTÂNCIA RECURSAL. 2017. (Congresso).

7.
VII Foro Internacional para la Innovación Universitaria. Transparência na gestão de universidades públicas brasileiras. 2017. (Congresso).

8.
VI SEMINÁRIO HISPANO-BRASILEIRO DE PESQUISA EM INFORMAÇÃO, DOCUMENTAÇÃO E SOCIEDADE.Transparência das informações ambientais nas universidades públicas brasileiras. 2017. (Seminário).

9.
VI SEMINARIO HISPANO-BRASILEÑO DE INVESTIGACIÓN EN INFORMACIÓN, DOCUMENTACIÓN Y SOCIEDAD.Avaliadora de trabalhos. 2017. (Seminário).

10.
VI SEMINARIO HISPANO-BRASILEÑO DE INVESTIGACIÓN EN INFORMACIÓN, DOCUMENTACIÓN Y SOCIEDAD.Políticas de informação e educomunicação.. 2017. (Seminário).

11.
V Reunião Brasileira de Ensino e Pesquisa em Arquivologia - V Reparapa.Debatedora da Conferência de Abertura da V Reparq - O lugar das Humanidades na atual política de ciência, tecnologia e inovação. 2017. (Outra).

12.
V Reunião Brasileira de Ensino e Pesquisa em Arquivologia - V Reparapa.Moderador da Mesa Legislação e políticas arquivísticas. 2017. (Outra).

13.
XII Congreso de Archivologia del Mercosur/I Encuentro de Archivos Personales- Archivos y archiveros en la sociedad del conocimiento. Acesso e usos de arquivos pessoais de escritores no Brasil: um estudo comparado das práticas na Fundação Casa de Rui Barbosa e no Instituto de Estudos Brasileiros. 2017. (Congresso).

14.
XVIII ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO (XVIII ENANCIB). Coordenadora de Mesa no GT 5. 2017. (Congresso).

15.
XVIII ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO (XVIII ENANCIB). MANUEL CÍCERO PEREGRINO DA SILVA NA BIBLIOTECA NACIONAL: ENGAJAMENTO AOS IDEAIS DE OTLET E LA FONTAINE E À DOCUMENTAÇÃO. 2017. (Congresso).

16.
20º Congresso Brasileiro de Contabiliade. Padrões de disclosure, transparência e accountability das informações nos Relatórios de Gestão de Universidades Federais. 2016. (Congresso).

17.
ARCHIVES DES DICTATURES SUD-AMÉRICAINES Les espaces et lieux de révélation des conflits entre droit à l?oubli et droit à la vérité.Droit des archives en période post-dictature : les différents modèles juridiques. 2016. (Seminário).

18.
ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO (ENANCIB). A memória da organização de um livro. 2016. (Congresso).

19.
ICA International Congress 2016. One Law for Information and a Giant Leap for Democracy: brazilian archival legislation and its ability to strengthen transitional justice.. 2016. (Congresso).

20.
International Council on Archives Congress 2016 -Archives, Harmony and Friendship. The role of records and archives in the support of Brazilian National Truth Commission's work. 2016. (Congresso).

21.
IV Colóquio Luso-Brasileiro "Direito e Informação". Transparência dos Relatórios de Gestão das Universidades Federais à Luz dos Princípios de Dados Abertos. 2016. (Congresso).

22.
XVII ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO (ENANCIB). Moderadora em sessão de comunicações do GT1. 2016. (Congresso).

23.
XVIII ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO (ENANCIB). Moderadora em sessão de comunicações do GT5. 2016. (Congresso).

24.
I Congresso da Associação Internacional de Ciências Sociais e Humanas em Língua Portuguesa. Transparência e accountability nas instituições públicas: análise da convergência desses princípios. 2015. (Congresso).

25.
IV Seminário Hispano-Brasileiro de Pesquisa em informação, documentação e sociedade e.Memória, Tecnologias e Sociedade. 2015. (Seminário).

26.
XX Encuentros Internacionales sobre Sistemas de Información y Documentación. Prova documental: valores diplomáticos e formas de representação. 2015. (Congresso).

27.
4ª Conferência ICA América Latina Diálogos entre Tradição e Contemporaneidade nos Estudos Latino-Americanos e Internacionais de Comunicação. IMPRENSA E TRANSPARÊNCIA PÚBLICA: análise de reportagens produzidas no primeiro ano da Lei de Acesso à Informação. 2014. (Congresso).

28.
III Seminario Hispano-Brasileño Investigación en información Documentación y sociedad.Información, Desarrollo y Sociedad. 2014. (Seminário).

29.
III Seminario Hispano-Brasileño Investigación en información Documentación y sociedad.Transparência das Universidades Federais: análise dos seus Relatórios de Gestão. 2014. (Seminário).

30.
III Seminario Hispano-Brasileño Investigación en información Documentación y sociedad.A Documentação no Brasil: primórdios de sua inserção (1895-1920). 2014. (Seminário).

31.
3º Seminário Internacional o Mundo dos Trabalhadores e seus Arquivos.PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO E AS PERSPECTIVAS DE PRESERVAÇÃO DA MEMÓRIA DOS CONFLITOS TRABALHISTAS DO SÉCULO XXI. 2013. (Seminário).

32.
Colloque "La communication transparente".La transparence comme impératif de communication institutionnelle ? Une étude de la communication des universités publiques brésiliennes à la suite de la loi d?accès aux informations publiques de 2011, au travers de leurs sites internet.. 2013. (Outra).

33.
Colloque international Archives des dictatures.Les archives de la dictature militaire (1964-1985) : les limites de la transition politique au Brésil. 2013. (Outra).

34.
Conférence internationale Responsabilité, Transparence et Accès à l?information. 2013. (Outra).

35.
Documentar a ditadura: arquivos da repressão e da resistência.Verdade versus Autoridade do Arquivo: reflexões a partir do caso Herzog.. 2013. (Seminário).

36.
I Congresso ISKO Espanha e Portugal / XI Congresso ISKO Espanha.. O Mundaneum no Brasil: O Serviço de Bibliographia e Documentação da Biblioteca Nacional e seu papel na implementação de uma rede de informações científicas.. 2013. (Congresso).

37.
III Reunião Brasileira de Ensino e Pesquisa em Arquivologia.Os Arquivos da Biblioteca Nacional: contribuições para o desenvolvimento de um projeto de pesquisa sobre a construção de uma rede de informações científicas. 2013. (Encontro).

38.
III Reunião Brasileira de Ensino e Pesquisa em Arquivologia.O patrimônio arquivístico brasileiro em perigo: mapeamento de atos lesivos e levantamento das ações adotadas pelo Estado. 2013. (Outra).

39.
III Seminário Científico Arquivologia e Biblioteconomia: acesso à informação..Políticas Públicas de Informação: situação atual e perspectivas. 2013. (Seminário).

40.
IX Workshop Internacional em Ciência da Informação.Conferência de abertura. 2013. (Outra).

41.
Seminário Governo e Cidadão sob um novo paradigma: teorias e práticas da Lei de Acesso à informação.História, conquista e mudanças paradigmáticas no acesso à informação no Brasil. 2013. (Seminário).

42.
VI Encontro de Arquivos Científicos.A ciência sob sigilo? Os arquivos de ciência na Lei. n. 12.527. 2013. (Encontro).

43.
VI Encontro Ibérico EDICIC 2013 - Globalização, Ciência, Informação. A memória na produção científica em Ciência da Informação no Brasil: tendências e apropriações conceituais e autorais. 2013. (Congresso).

44.
XIV Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação. OS CAMINHOS DA (DES) INFORMAÇÃO NO JORNAL O ESTADO DO MARANHÃO: o papel da mídia na divulgação da Lei de Acesso à Informação Pública.. 2013. (Congresso).

45.
XIV Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação. Os ideais de Paul Otlet e Henri La Fontaine no Brasil: apontamentos sobre a influência do Instituto Internacional de Bibliografia na criação do Serviço de Bibliographia e Documentação da Biblioteca Nacional.. 2013. (Congresso).

46.
XIV Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação.O Patrimônio Arquivístico Brasileiro em perigo: mapeamento de atos lesivos e levantamento das ações adotadas pelo Estado. 2013. (Encontro).

47.
IV Seminario de Arquivologia: Lei de acesso e novas possibilidades arquivisticas.As universidades públicas e os indicadores de ?transparência ativa? previstos na lei 12.527 e regulamentados no decreto 7.724. 2012. (Seminário).

48.
Seminário Gestão da memória: diálogos sobre políticas de informação, documentação e comunicação para a Universidade de Brasília.A LEI DE ARQUIVOS DE 1991 E A LEI DE ACESSO DE 2011: CONTEXTUALIZAÇÃO HISTÓRICO-POLÍTICA.. 2012. (Seminário).

49.
XIII Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação. Memória Institucional: a série relatórios de atividades da Biblioteca Nacional. 2012. (Congresso).

50.
Conferência no âmbito das atividades como professora convidada.L'accès aux archives au Brésil et en France : convergences et divergences. 2011. (Outra).

51.
II Reunião Brasileira de Ensino e Pesquisa em Arquivologia.Sessão plenaria: O ensino de arquivologia. 2011. (Outra).

52.
II Reunião Brasileira de Ensino e Pesquisa em Arquivologia.membro da comissão cientifica. 2011. (Outra).

53.
Incursões interdisciplinares: direito e ciência da informação.Da autoridade ao indizível: acerca do debate sobre os arquivos da ditadura militar no Brasil (1964-1985). 2011. (Simpósio).

54.
I Simposio de Arquivologia da UFMG.Do vestigio à prova: a problematica dos arquivos da ditadura militar brasileira (1964-1985). 2011. (Simpósio).

55.
IX Congreso de Archivologia del Mercosur. El conceptp de memoria en la production cientifica de Ciencia de la Informacion en Brasil y sus impliicaciones para el conocimiento archivistico. 2011. (Congresso).

56.
XII Encontro nacional de pesquisa em ciência da informação. avaliador de trabalhos submetidos ao GT1. 2011. (Congresso).

57.
XII Encontro nacional de pesquisa em ciência da informação. avaliador de trabalhos submetidos ao GT5. 2011. (Congresso).

58.
XII Encontro nacional de pesquisa em ciência da informação. moderador de mesa do GT 5. 2011. (Congresso).

59.
XII Encontro nacional de pesquisa em ciência da informação. moderador de mesa no GT1. 2011. (Congresso).

60.
XXVII Encontro Nacional de Pró-Reitores de Pós-graduação e. 2011. (Encontro).

61.
I Seminário de Avaliação da Pós-graduação da UnB.Coordenadora do GT de Ciências Sociais Aplicadas. 2010. (Seminário).

62.
I Seminário de Avaliação da Pós-Graduação da UnB.GT - Ciências Sociais Aplicadas. 2010. (Seminário).

63.
I Seminário Internacional sobre acesso à informação e direitos humanos.Legislação de acesso aos arquivos no Brasil: um terreno de disputas políticas pela memória e pela história. 2010. (Seminário).

64.
Seminario da RBPG A CAPES e os novos paradigmas da comunicação cientifica. 2010. (Seminário).

65.
Treinamento do Aplicativo Coleta de Dados 12.0/Capes. 2010. (Oficina).

66.
V Encontro Nacional de Arquivos e acervos audiovisuais/V Mostra de Cinema de Ouro Preto.Acesso à memoria e à informação. 2010. (Encontro).

67.
XI ENANCIB. avaliador de trabalhos submetidos ao GT 4. 2010. (Congresso).

68.
XI ENANCIB - Inovação e inclusão social questões contemporâneas da informação. avaliador de trabalhos submetidos ao GT5. 2010. (Congresso).

69.
Conférence de Guillaume Vernet "La Comission Supérieure Technique" du cinéma. 2009. (Outra).

70.
I Seminario sobre a politica de assistência estudantil: desafios e perspectivas.A publicização da assistência estudantil: desafios e perspectivas. 2009. (Seminário).

71.
I Simpósio Arte e Propriedade Intelectual.O estatuto jurídico dos arquivos privados: consequências para o acesso.. 2009. (Simpósio).

72.
IV WICI - Workshop Internacional em Ciëncia da Informação.A pesquisa sobre a inteligência no Brasil e as indefinições conceituais: no limite entre segredo e informação. 2009. (Outra).

73.
IV WICI - Workshop Internacional em Ciência da Informação/Edição especial."Archives et catalogues électroniques: en quoi les nouvelles modalités de recherche documentaire contribuent-elles à l'écriture de l'histoire ?? Palestra da pesquisadora francesa Sonia Combe. 2009. (Outra).

74.
O arquivista na contemporaneidade: acesso à informação e avanço tecnologico.O arquivista na contemporaneidade: acesso à informação e avanço tecnologico. 2009. (Seminário).

75.
Semana do Arquivista da Universidade de Brasilia.Entre segredo e transparência: o acesso aos arquivos no Brasil e na França.. 2009. (Seminário).

76.
Seminario do Master "Archives et Culture".Archives, archivistes et archivistique au Brésil. 2009. (Seminário).

77.
Seminario do Master 2 Méthodologie du travail sur archives, archives privées, archives orales, archives audiovisuelles.La Diplomatique. 2009. (Outra).

78.
Seminario Internacional sobre direito de acesso a informações publicas. 2009. (Seminário).

79.
X ENANCIB. avaliador de trabalhos submetidos ao GT5. 2009. (Congresso).

80.
X ENANCIB. A Arquivística nos Encontros Nacionais de Pesquisa em Ciência da Informação (ENANCIB?s): análise preliminar da influência do pensamento arquivístico internacional. 2009. (Congresso).

81.
XVI Jornadas de archiveros de Argentina. Entre segredo e transparência: o acesso aos arquivos no Brasil e na França.. 2009. (Congresso).

82.
Colloque international "Les archives demain". 2008. (Outra).

83.
Colloque international "Quel avenir pour les archives en Europe?Enjeux juridiques et institutionnels". 2008. (Outra).

84.
Colloque international Archimages08: cinéma et audiovisuel, quelles mémoires numériques pour l'Europe. 2008. (Outra).

85.
Colloque Le Mai de 68 et les historiens: entre identités narratives et histoire orale. 2008. (Outra).

86.
Colloque Les Archives demain. 2008. (Outra).

87.
Conférence de François Ede "La restauration des films en couleur". 2008. (Outra).

88.
Conférence de Kira Kitsopanidou: Du movietone au cinémascope, l'innovation technologique au sein de la 20th Century Fox. 2008. (Outra).

89.
III Congresso Nacional de Arquivologia. Arquivologia e suas multiplas interfaces. 2008. (Congresso).

90.
III Workshop Internacional em Ciência da Informação.As concepções de memoria na Ciência da Informação. 2008. (Outra).

91.
IVème Journée d'études du Comité français du Bouclier Bleu: Se coordonner en cas de sinistre, métiers, tutelles, réseaux. 2008. (Outra).

92.
IVème Journées d'études du Bouclier Bleu. 2008. (Outra).

93.
IX ENANCIB. Os conceitos de memória na Ciência da Informação no Brasil.. 2008. (Congresso).

94.
IX ENANCIB. A Política de Informação Orgânica no Regime Militar Brasileiro (1964-1985): os arquivos da Guerrilha do Araguaia (1972-1974).. 2008. (Congresso).

95.
IX ENANCIB. Os conceitos de memória na Ciência da Informação no Brasil.. 2008. (Congresso).

96.
IX ENANCIB. avaliador de trabalhos submetidos ao GT5. 2008. (Congresso).

97.
Journée d?étude « Les archives de recherche, archives de chercheurs. 2008. (Seminário).

98.
Journée d?étude sur l?archive orale. 2008. (Seminário).

99.
Journée d'études "Les conservateurs et la recherche". 2008. (Outra).

100.
L?autorité de l?archive: Journée d?étude. 2008. (Seminário).

101.
La colonisation en procès : parcours d?avocats anticolonialistes sous la IVe République.. 2008. (Seminário).

102.
Les archives, patrimoine et richesse de l?entreprise.. 2008. (Congresso).

103.
Séminaire Master 2: L?INA, des archives audiovisuelles et des archives provoquées, pour quelle histoire orale. 2008. (Seminário).

104.
Seminario do Mestrado em Ciência da Informação da Universidade do Porto.Acesso aos arquivos: evolução e limites da democracia brasileira. 2008. (Seminário).

105.
Sources audiovisuelles pour l?histoire du féminisme. 2008. (Seminário).

106.
Un territoire de signes: les manifestations de la symbolique républicaine de la Révolution à nos jours. 2008. (Congresso).

107.
VIII CINFORM. A Arquivística e seus diálogos: relações que se tecem no seu percurso extradisciplinar.. 2008. (Congresso).

108.
XV Congresso Brasileiro de Arquivologia. Os cursos de Arquivologia no Brasil: conquista de espaço acadêmico-insitucional e delineamento de um campo cinentifico. 2008. (Congresso).

109.
XV Congresso Brasileiro de Arquivologia. Sigilo e segredo na administração publica brasileira: a divulgação do dossiê sobre FHC ou o desvelamento do oportunismo dos governos em relação aos documentos publicos. 2008. (Congresso).

110.
XVIème Congrès de la Société Française de l?Information et de la Communication. 2008. (Congresso).

111.
Oficina preparatoria sobre comunicação da informação em saude. 2007. (Oficina).

112.
Seminario Internacional Clarice em cena 30 anos depois. 2007. (Seminário).

113.
VIII Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação. A constituição do campo científico da Arquivística e suas relações com a Ciência da Informação. 2007. (Congresso).

114.
VIII Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação. Memória e segredo na sociedade da informação: a simbologia do caso Herzog. 2007. (Congresso).

115.
II Congresso Nacional de Arquivologia. Movimentos da Arquivística no processo de sua consolidação como disciplina: algumas considerações sobre interdisciplinaridade. 2006. (Congresso).

116.
VII Encontro Nacional de pesquisa em ciência da informação (ENANCIB). Fronteiras institucionais e de identidade entre a Arquivística e a Ciência da Informação. 2006. (Congresso).

117.
VII Encuentro de Educadores y investigadores en bibliotecolología, Archivología, Ciencias de la Información y de la documentación de Iberoamerica y el Caribe (EDIBCIC). A formação dos docentes dos cursos de graduação em Arquivologia no Brasil e seu impacto na produção científica com temáticas arquivísticas e no diálogo interdisciplinar. 2006. (Congresso).

118.
XIV Congresso Brasileiro de Arquivologia. Conferência: A formação do Arquivista contemporâneo numa perspectiva histórica: impasses e desafios atuais.. 2006. (Congresso).

119.
III Encontro de Arquivos e Bibliotecas da Administração Pública Federal.III Encontro de Arquivos e Bibliotecas da Administração Pública Federal Painel 2: O Profissional e a Estrutura Organizacional da Gestão da Informação na APF. 2005. (Encontro).

120.
II Semana do Conhecimento - Encontro Nacional dos Profissionais de Informação e Documentação.O direito de acesso aos documentos arquivísticos públicos: legislação de alguns países e comparação entre o Brasil e a França.. 2005. (Encontro).

121.
Semana de Historia do Uniceub.Os arquivos, a escrita da história e a construção das memórias sociais. 2005. (Outra).

122.
V Encontro Regional Centro-Oeste de História Oral.V Encontro Regional Centro-Oeste de História Oral. 2005. (Encontro).

123.
VI Congresso de Arquivologia do Mercosul. O acesso aos documentos sigilosos: um estudo das comissões permanentes de avaliação e de acesso nos arquivos brasileiros. 2005. (Congresso).

124.
VI Congresso de Arquivologia do Mercosul. Arquivistas e Arquivologia:lugares de formação, competências e exigências profissionais. 2005. (Congresso).

125.
VI Congresso de Arquivologia do Mercosul. Ensino e produção do conhecimento arquivístico no Brasil: construção de um novo eixo?. 2005. (Congresso).

126.
VI Congresso de Arquivologia do Mercosul. A iniciação à pesquisa em Arquivística: mapeamento e análise dos projetos de iniciação científica dos cursos de arquivologia e biblioteconomia no Brasil. 2005. (Congresso).

127.
VI Congresso de Arquivologia do Mercosul. 22a. Sessão de Comunicações Livres: Arquivos de universidades: procedimentos metodológicos. 2005. (Congresso).

128.
VI Congresso de Arquivologia do Mercosul/I Reunião Arquivos e Ditadura. Arquivos da repressão ou arquivos da ditadura: uma questão conceitual e suas implicações quanto ao acesso. 2005. (Congresso).

129.
VI Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação. avaliador de trabalho. 2005. (Congresso).

130.
IX Congresso de Iniciação Científica da Universidade de Brasília. A pesquisa em Arquivística no Brasil: um estudo da produção científica nos programas de pós-graduação e de iniciação científica e do papel das agências financiadoras. 2003. (Congresso).

131.
Projeto Educação Básica Pública no Distrito Federal- 1956/1964: origens de um projeto inovador.A produção de fontes orais: teoria e metodologia. 2003. (Outra).

132.
V Congreso de Archivología del Mercosur. O papel dos agentes sociais nas práticas informacionais em uma instituição arquivística: o caso do Arquivo Público do DF. 2003. (Congresso).

133.
V ENANCIB. Um Olhar para a Trajetória de uma Instituição Arquivística pelas suas Práticas Informacionais.. 2003. (Congresso).

134.
V ENANCIB. A pesquisa em Arquivística nas Universidades brasileiras: um estudo da produção científica no âmbito dos programas de Pós-graduação e de Iniciação Científica. 2003. (Congresso).

135.
V ENANCIB. O arquivista como cientista da informação: formação e perspectivas profissionais. 2003. (Congresso).

136.
VI Congresso Internacional do BRASA. (trabalho aceito, mas não apresentado)Os arquivos do Outro: o discurso diplomático francês acerca da presença dos Estados Unidos na América Latina 1944-1960. 2002. (Congresso).

137.
VIII Congresso de Iniciação Científica da UnB. O arquivista como cientista da informação: formação e perspectivas profissionais. 2002. (Congresso).

138.
Debates ao 20 de outubro/Dia do Arquivista/edição 2001.A pesquisa em arquivística na pós-graduação no Brasil: balanço e perspectivas. 2001. (Encontro).

139.
I Congresso Brasileiro dos Arquivos do Poder Judiciário. Arquivos permanentes - Normas de Descrição do Conselho Internacional de Arquivos - ISAD (G). 2001. (Congresso).

140.
IV Encontro da Associação Nacional de História - ANPUH - Seção DF.Redescobrindo fontes: os acervos arquivísticos das instituições cartorárias do DF e a História. 2001. (Encontro).

141.
XIII Simpósio de História: Autoritarismo, repressão e memória.Os arquivos da repressão: o papel da revista Quadrilátero na divulgação desses acervos. 2001. (Simpósio).

142.
XIII Simpósio de História - Autoritarismo, repressão e memória.Os arquivos da repressão e as instituições públicas: tratamento, divulgação e acesso. 2001. (Simpósio).

143.
IV ENANCIB. Usos e usuários de informações arquivísticas diplomáticas basileiras: o caso do Itamaraty em Brasília. 2000. (Congresso).

144.
Seminário Brasileiro de Ensino, Pesquisa e Extensão/XIII Congresso Brasileiro de Arquivologia.Ensino, pesquisa e extensão: a experiência da Universidade de Brasília. 2000. (Seminário).

145.
XIII Congresso Brasileiro de Arquivologia. Arquivos e investigação política. 2000. (Congresso).

146.
III Congreso de Archivología del Mercosur. É possível uma harmonização dos arquivos diplomáticos dos países do Mercosul?. 1999. (Congresso).

147.
Tratamento arquivístico em instituições públicas e privadas no Distrito Federal.Mesa: Tratamento arquivístico em instituições públicas e privadas no Distrito Federal. 1999. (Seminário).

148.
Forum sobre Currículo de Arquivologia e as Diretrizes Curriculares da lei de Diretrizes e Bases da Educação.A teoria do conhecimento e o ensino de Arquivologia. 1998. (Outra).

149.
Workshop Relações França-Brasil: a visão do Outro.Os arquivos do Outro: o discurso diplomático francês acerca da presença dos Estados Unidos no Brasil (1944-1960). 1998. (Oficina).

150.
Seminário internacional Procesos de Integración y Bloques regionales: Historia, economia y politica.A França e o processo de criação da CEPAL. 1997. (Seminário).

151.
XIX Simpósio Nacional de História: história e cidadania.A França e a "americanização" do Brasil: 1944-1947 (trabalho aceito mas não apresentado). 1997. (Simpósio).

152.
II Encontro Nacional da ANPLHAC.Estratégia francesa na busca de espaço na América Latina: 1900-1940. 1996. (Encontro).

153.
Programa pedagógico A educação do olhar.As imagens cinematográficas da construção de Brasília. 1996. (Outra).

154.
Semana de História do CEUB.O mundo pós-guerra e o ofício de historiador. 1995. (Outra).


Organização de eventos, congressos, exposições e feiras
1.
RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG; MAGALDI, M. . DO RISCO AO RISO: A CONSTRUÇÃO DE BRASÍLIA NAS CARICATURAS DA IMPRENSA (1957-1960). 2018. (Exposição).

2.
RODRIGUES, G. M.. V Reparq. 2017. (Outro).

3.
OLIVEIRA, E. B. ; RONCAGLIO, C. ; SILVA, R. R. ; JUVENCIO, C. H. ; RODRIGUES, G. M. ; ABREU, A. L. . XI Workshop Internacional em Ciência da Informação - WICI. 2016. (Outro).

4.
RODRIGUES, G. M.. ARCHIVES DES DICTATURES SUD-AMÉRICAINES Les espaces et lieux de révélation des conflits entre droit à l?oubli et droit à la vérité. 2016. (Congresso).

5.
RODRIGUES, G. M.. IV Seminário Hispano-Brasileiro. 2015. (Congresso).

6.
SIMEAO, E. L. ; OLIVEIRA, C. L. ; CAPURRO, R. ; MANFROID, S. ; RODRIGUES, G. M. . Seminário Internacional ArteCiência. 2014. (Outro).

7.
RODRIGUES, G. M.; SALDANHA, G. . A Arte da Bibliografia. 2014. (Outro).

8.
RODRIGUES, G. M.; NOUGARET, C. ; CAMARGO, A. M. A. ; Magalhães, Icléia T. ; ANTUNES, J. ; VIEIRA, V. L. R. . I Seminário Políticas e dispositivos de acesso aos arquivos públicos. 2012. (Outro).

9.
RODRIGUES, G. M.; MARQUES, A. A. C. ; RONCAGLIO, C. ; ARAUJO JUNIOR, R. H. . I Reunião Brasileira de Ensino e Pesquisa em Arquivologia. 2010. (Outro).

10.
RODRIGUES, GEORGETE MEDLEG. Presidente da Comissão Organizadora da Semana de Arquivologia da UnB. 2010. (Outro).

11.
RODRIGUES, G. M.; MANINI, M. P. ; SOUSA, R. T. B. ; OLIVEIRA, E. B. ; CARVALHEDO, S. P. ; COSTA, L. C. ; ARAUJO JUNIOR, R. H. ; SOUZA, K. I. B. M. . I Congresso Nacional de Arquivologia. 2004. (Congresso).



Orientações



Orientações e supervisões em andamento
Dissertação de mestrado
1.
Rafael Augusto Mendes. APROPRIAÇÃO DE INFORMAÇÕES E RECONSTRUÇÃO DE MEMÓRIAS NOS FILMES APRESENTADOS NAS MOSTRAS COMPETITIVAS DO RECINE - FESTIVAL INTERNACIONAL DE CINEMA DE ARQUIVO.. Início: 2018. Dissertação (Mestrado profissional em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília. (Orientador).

2.
Manuela Carolina Borges Barbosa. A LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO (LAI) NO BRASIL E SEUS VERDADEIROS BENEFICIÁRIOS: Uma análise crítica e a desconstrução do perfil dos usuários da LAI no período de maio de 2012 a maio de 2015.. Início: 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília. (Orientador).

3.
Barbara Gomes. Museu Histórico e Artístico de Planaltina: antecedentes, criação e atores.. Início: 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília. (Orientador).

Tese de doutorado
1.
DANIELA FRANCESCUTTI MARTINS HOTT. ACESSIBILIDADE NOS PORTAIS DO PODER LEGISLATIVO FEDERAL. Início: 2018. Tese (Doutorado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília. (Orientador).

2.
Bruna Pimentel Lopes. O processo de institucionalização de arquivos pessoais: um estudo comparativo acerca da realidade brasileira e francesa. Início: 2018. Tese (Doutorado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília. (Orientador).

3.
MonicaTenaglia. Os obstáculos ao acesso aos arquivos como fator limitante dos resultados finais das comissões da verdade no Brasil. Início: 2015. Tese (Doutorado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

4.
Carlos Henrique Juvêncio. MANUEL CÍCERO PEREGRINO DA SILVA E A DOCUMENTAÇÃO BRASILEIRA Gênese e ideais. Início: 2014. Tese (Doutorado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. (Orientador).

Supervisão de pós-doutorado
1.
Carlos Henrique Juvêncio. Início: 2018. Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.

2.
Eliane Braga de Oliveira. Início: 2018. Universidade de Brasília.

3.
Carlos Henrique Juvêncio. Início: 2017. Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior.

4.
Elen Cristina Geraldes. Início: 2017. Universidade de Brasília.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Fhillipe de Freitas Campos. A construção da Lei de acesso à informação no legislativo federal brasileiro: sistematização dos trâmites no Congresso Nacional e análise dos seus principais aspectos.. Início: 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biblioteconomia) - Universidade de Brasília. (Orientador).

2.
Lélio de Araújo Silva. Gestão ambiental: um estudo de caso na Biblioteca Central da Universidade de Brasília. Início: 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biblioteconomia) - Universidade de Brasília. (Orientador).

3.
Lélio de Araújo Silva. Gestão ambiental: um estudo de caso na Biblioteca Central da Universidade de Brasília. Início: 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Biblioteconomia) - Universidade de Brasília. (Orientador).

Iniciação científica
1.
Jessika Beatriz de Araujo. Arquivo em imagens: identificação e descrição das caricaturas da Série Recortes de Jornais, Subsérie Z do Fundo Novacap.. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Biblioteconomia) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

2.
Marcos Vinícius da Silva. Os povos indígenas nos arquivos: análise do Relatório Final da Comissão Nacional da Verdade do Brasil.. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Museologia) - Universidade de Brasília. (Orientador).

3.
Waleria Davia Costa Salles. Os arquivos da Ditadura militar brasileira nas narrativas das obras Ainda estou aqui e Em nome dos Pais. Início: 2018. Iniciação científica (Graduando em Letras) - Universidade de Brasília. (Orientador).

4.
Matheus Rodrigues de Resende. Os usos dos arquivos nas narrativas literárias sobre o período da Ditadura militar no Brasil (1964-1985). Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em arquivologia) - Universidade de Brasília. (Orientador).

5.
Carine Fernandes. Os arquivos na construção/elaboração da memória do período da Ditadura militar no Brasil (1964-1985): estudo dos filmes de ficção e documentários entre 1990 e 2016. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em Biblioteconomia) - Universidade de Brasília. (Orientador).

6.
Ana Clara Borges Costa. A construção de fontes de informação sobre a Ditadura militar no Brasil (1964-1975): levantamento e análise de Blogs grupais sobre o tema. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em arquivologia) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. (Orientador).

7.
Fhillipe de Freitas Campos. Visibilidade, difusão e acesso aos arquivos do período da Ditadura militar (1964-1985) nos websites de instituições brasileiras custodiadoras desses acervos. Início: 2017. Iniciação científica (Graduando em arquivologia) - Universidade de Brasília. (Orientador).

8.
Alex Fernandes de Oliveira. A configuração do tema "acesso aos arquivos" : um estudo da bibliografia especializada, dos eventos da área e dos planos de ensino dos cursos de arquivologia no Brasil. Início: 2010. Iniciação científica (Graduando em arquivologia) - Universidade de Brasília. (Orientador).


Orientações e supervisões concluídas
Dissertação de mestrado
1.
Bruna Pimentel Lopes. Arquivos pessoais de escritores no Brasil: estudo comparativo das formas de aquisição e acesso em instituições públicas. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília, . Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

2.
MANUELA CAROLINA BORGES BARBOSA. A LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO NO BRASIL: análise da convergência entre os princípios da lei e o conteúdo das solicitações dos usuários. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília, . Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

3.
Bruna Pimentel Lopes. O ACESSO AOS ARQUIVOS PRIVADOS PESSOAIS CUSTODIADOS POR INSTITUIÇÕES PÚBLICAS BRASILEIRAS.. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

4.
Cristiane Basques da Cunha Silva. O Patrimônio Arquivístico Brasileiro diante dos riscos de destruição: estudo sobre a vulnerabilidade dos acervos, as ações estatais de proteção e os seus limites.. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília, . Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

5.
Carlos Henrique Juvêncio. O Mundaneum no Brasil: O Serviço de Bibliographia e Documentação da Biblioteca Nacional e o seu papel na implementação de uma rede de informações científicas. 2013. Dissertação (Mestrado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

6.
Carlos Henrique J. Silva. O Mundaneum no Brasil: o Serviço de Bibliographia e Documentação da Biblioteca Nacional e seu papel na implementação de uma rede de informações cientificas.. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

7.
Leonardo Neves Moreira. Confiabilidade e autenticidade de processos judiciais digitais: caso de uma ação de habeas corpus do Superior Tribunal de Justiça. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília, . Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

8.
Leonardo N. Moreira. Fidedignidade e autenticidade do processo judicial digital: o caso do STJ. 2010. Dissertação (Mestrado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília, . Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

9.
Larissa Candida Costa. Entre a formação e o trabalho: o arquivista diante das novas demandas sociais e organizacionais em matéria de informação. 2008. Dissertação (Mestrado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

10.
ANGELICA ALVES DA CUNHA MARQUES.. Os espaços e os diálogos da formação e configuração da Arquivística como disciplina no Brasil.. 2007. Dissertação (Mestrado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília, . Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

11.
Ana Claudia Henriques. Gestão política do passado: a construção da memória do regime militar nos arquivos públicos brasileiros.. 2007. Dissertação (Mestrado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília, . Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

12.
Mário Augusto Muniz Guedes. Fatores de risco de perda de documentos eletrônicos de caráter arquivístico em uma instituição pública:um estudo de caso na Câmara dos Deputados.. 2006. Dissertação (Mestrado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília, . Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

13.
Wadson da Silva Faria. A normalização dos instrumentos de gestão arquivística no Brasil: um estudo da influência das resoluções do Conarq na organização dos arquivos da justiça eleitoral.. 2006. Dissertação (Mestrado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília, . Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

14.
LARISSA CANDIDA COSTA. Entre a formação e o trabalho: o arquivista diante das novas demandas sociais e organizacionais em matéria de informação. 2005. Dissertação (Mestrado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

15.
Daniela Francescutti Martins Hott. O acesso aos documentos sigilosos: um estudo das comissões permanentes de acesso /avaliação nos arquivos brasileiros. 2005. Dissertação (Mestrado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília, . Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

16.
Cristian José Oliveira Santos. Os arquivos das primeiras prelazias e dioceses brasileiras no contexto da legislação e práticas arquivísticas da Igreja Católica. 2005. Dissertação (Mestrado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília, . Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

17.
João Batista Simão. Universalização de serviços públicos na Internet para o exercício da cidadania: Análise crítica das ações do Governo Federal.. 2004. Dissertação (Mestrado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília, . Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

18.
Shirley do Prado Carvalhêdo. O Arquivo Público do Distrito Federal: contextos, concepções e práticas informacionais na trajetória de uma instituição arquivística. 2003. Dissertação (Mestrado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília, . Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

19.
Maria Alexandra Miranda Aparício. O acesso e a utilização da informação arquivística sobre a Africa no Arquivo do Itamaraty em Brasília. 2001. Dissertação (Mestrado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

20.
Vanderlei Batista dos Santos. Gestão de documentos eletrônicos sob a ótica arquivística: identificação das principais correntes teóricas, legislação e diagnóstico da situação nos arquivos públicos brasileiros. 2001. Dissertação (Mestrado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília, . Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

Tese de doutorado
1.
Dirlene Santos Barros. A Lei brasileira de Acesso à Informação: uma análise da sua construção, do contexto nacional ao contexto político oligárquico do estado do Maranhão (2009-2014). 2017. Tese (Doutorado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília, Fundação de Apoio à Pesquisa do estado do Maranhão. Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

2.
Aluf Alba Vilar Elias. ARQUIVO, VERDADE E O PROCESSO DE TRANSIÇÃO DEMOCRÁTICA NO BRASIL: o legado da Comissão Nacional da Verdade para a discussão epistemológica arquivística. 2017. Tese (Doutorado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília, . Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

3.
Carlos Henrique Juvêncio. Manoel Cícero Peregrino da Silva, a Biblioteca Nacional e as origens da Documentação no Brasil. 2016. Tese (Doutorado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

4.
Luzia Zorzal. TRANSPARÊNCIA DAS INFORMAÇÕES DAS UNIVERSIDADES FEDERAIS: ESTUDO DOS RELATÓRIOS DE GESTÃO À LUZ DOS PRINCÍPIOS DE BOA GOVERNANÇA NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA FEDERAL. 2015. Tese (Doutorado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

5.
Janyluce Gama. INSTRUMENTOS DE TRANSPARÊNCIA E ACESSO ÀS INFORMAÇÕES PÚBLICAS: UM ESTUDO DAS DEMANDAS POR INFORMAÇÕES CONTÁBEIS NAS UNIVERSIDADES FEDERAIS. 2015. Tese (Doutorado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

6.
TAIGUARA VILLELA ALDABALDE. Mediação cultural em instituições arquivísticas: o caso do Arquivo Público do Estado do Espírito Santo. 2015. Tese (Doutorado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília, . Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

7.
Taiguara Villela Aldabalde. Mediação cultural nas instituições arquivísticas: O papel do Arquivo Público do Espírito Santo. 2013. Tese (Doutorado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília, . Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

8.
Dirlene Santos Barros. INFORMAÇÃO E POLÍTICA: análise dos discursos e das práticas sobre a criação e implementação da Lei de Acesso à Informação no Estado do Maranhão (2009-2014).. 2013. Tese (Doutorado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília, Fundação de Apoio à Pesquisa do estado do Maranhão. Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

9.
Aluf Alba Vilar. Arquivos e Justiça de Transição no Brasil: o legado da Comissão Nacional da Verdade aos arquivos públicos.. 2013. Tese (Doutorado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília, . Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

10.
Shirley do Prado Carvalhêdo. O "mito" da destruição total: de documentos: um estudo dos arquivos relacionados à Guerrilha do Araguaia à luz de principios e noções arquivisticas. 2012. Tese (Doutorado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília, . Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

11.
Luzia Zorzal. Análise dos relatórios de gestão das universidades federais à luz dos conceitos de disclosure e transparência e dos princípios e padrões de boa governança na administração pública.. 2012. Tese (Doutorado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

12.
Janyluce Gama. IMPACTO DOS INSTRUMENTOS DE TRANSPARÊNCIA E ACESSO ÀS INFORMAÇÕES PÚBLICAS: UM ESTUDO DAS DEMANDAS POR INFORMAÇÕES CONTÁBEIS NAS UNIVERSIDADES FEDERAIS. 2012. Tese (Doutorado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

13.
Angelica Alves da Cunha Marques. Interlocuções entre a Arquivologia nacional e a internacional no delineamento da disciplina no Brasil.. 2011. Tese (Doutorado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília, . Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

14.
Eliane Braga de Oliveira. O conceito de memória na Ciência da Informação no Brasil: uma análise da produção científica dos programas de pós-graduação. 2010. Tese (Doutorado em Programa de Pos-graduação em Ciência da Informação) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

15.
Angelica Alves da Cunha Marques. Influências e tendências historicas do pensamento arquivistico internacional na formação e configuração da Arquivistica no Brasil. 2007. Tese (Doutorado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília, . Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

16.
Shirley do Prado Carvalhêdo. Os conceitos e princípios arquivísticos na compreensão de fenômenos históricos: o caso dos arquivos da Guerrilha do Araguaia. 2007. Tese (Doutorado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília, . Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

17.
Eliane Braga de Oliveira. AS CONCEPÇÕES DE MEMÓRIA NA CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO NO BRASIL. 2006. Tese (Doutorado em Ciências da Informação) - Universidade de Brasília, . Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

Supervisão de pós-doutorado
1.
Elen Cristina Geraldes. 2018. Universidade de Brasília, . Georgete Medleg Rodrigues.

2.
Rodrigo Rabello da Silva. 2016. Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Georgete Medleg Rodrigues.

3.
Angelica Alves da Cunha Marques. 2015. Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Georgete Medleg Rodrigues.

4.
Rodrigo Rabello da Silva. 2014. Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Georgete Medleg Rodrigues.

5.
Angelica Alves da Cunha Marques. 2014. Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Georgete Medleg Rodrigues.

Trabalho de conclusão de curso de graduação
1.
Fhillipe de Freitas Campos. A construção da Lei de acesso à informação no legislativo federal brasileiro: sistematização dos trâmites no Congresso Nacional e análise dos seus principais aspectos.. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Biblioteconomia) - Universidade de Brasília. Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

2.
Lélio de Araújo Silva. Gestão ambiental na Biblioteca Central da Universidade de Brasília: estudo à luz da A3P, legislações e normas.. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Biblioteconomia) - Universidade de Brasília. Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

3.
Roberta Penha e Silva Marins. Aspectos da censura aos livros no Brasil pós-1985. 2007. Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Biblioteconomia) - Universidade de Brasília. Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

Iniciação científica
1.
Ana Clara Borges Costa. A construção de fontes de informação sobre a Ditadura Militar no Brasil (1964-1975): levantamento e análise de blogs grupais sobre o tema. 2018. Iniciação Científica. (Graduando em Arquivologia) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

2.
Fhillipe de Freitas Campos. Visibilidade, difusão e acesso aos arquivos do período da ditadura militar (1964 -1985): análise dos websites de instituições brasileiras custodiadoras desses acervos. 2018. Iniciação Científica. (Graduando em Arquivologia) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

3.
Alcilene Mendes de Matos. IDENTIFICAÇÃO E CONTEXTUALIZAÇÃO DA PRESENÇA DO TEMA ?ARQUIVOS? NA MÍDIA IMPRESSA BRASILEIRA (1977 ? 2005).. 2016. Iniciação Científica. (Graduando em Arquivologia) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

4.
Alcilene Mendes de Matos. IDENTIFICAÇÃO E CONTEXTUALIZAÇÃO DA PRESENÇA DO TEMA ?ARQUIVOS? NA MÍDIA IMPRESSA BRASILEIRA (1977 ? 2005).. 2015. Iniciação Científica. (Graduando em Arquivologia) - Universidade de Brasília, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

5.
PEDRO HENRIQUE RAMOS DE SOUZA. O acesso aos arquivos: configuração do tema no ensino e pesquisa em Arquivologia no Brasil. 2014. Iniciação Científica. (Graduando em Arquivologia) - Universidade de Brasília. Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

6.
PEDRO HENRIQUE RAMOS DE SOUZA. O acesso aos arquivos: configuração do tema no ensino e pesquisa em Arquivologia no Brasil. 2013. Iniciação Científica. (Graduando em arquivologia) - Universidade de Brasília. Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

7.
Maiara Portela Oliveira. O projeto ?Memórias reveladas? e sua repercussão na difusão e acesso aos arquivos da ditadura militar.. 2012. Iniciação Científica - Universidade de Brasília. Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

8.
Maiara Portela Oliveira. O projeto ?Memórias reveladas? e sua repercussão na difusão e acesso aos arquivos da ditadura militar. 2011. Iniciação Científica. (Graduando em arquivologia) - Universidade de Brasília. Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

9.
Cíntia Arantes de Lacerda. Os arquivos notariais na história do Distrito Federal: diagnóstico desses acervos para a memória, a pesquisa e o exercício da cidadania. 2004. Iniciação Científica. (Graduando em arquivologia) - Universidade de Brasília. Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

10.
Alexsander dos Santos Ventura. Os arquivos notariais na história do Distrito Federal:diagnóstico desses acervos para a memória, a pesquisa e o exercício da cidadania.. 2004. Iniciação Científica. (Graduando em arquivologia) - Universidade de Brasília. Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

11.
Angelica Alves da Cunha. A pesquisa em Arquivística no Brasil: um estudo da produção científica nos programas de pós-graduação e de iniciação científica e do papel das agências financiadoras. 2003. Iniciação Científica. (Graduando em arquivologia) - Universidade de Brasília. Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

12.
Marcos Aurélio Lopes de Sousa. O arquivista como cientista da informação: formação e perspectivas profissionais. 2002. Iniciação Científica. (Graduando em arquivologia) - Universidade de Brasília. Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.

Orientações de outra natureza
1.
Lirah Ganej da Silva. Programa Jovens Talentos. 2013. Orientação de outra natureza. (Arquivologia) - Universidade de Brasília, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Orientador: Georgete Medleg Rodrigues.



Inovação



Projetos de pesquisa


Educação e Popularização de C & T



Apresentações de Trabalho
1.
RODRIGUES, G. M.. As universidades públicas e os indicadores de ?transparência ativa? previstos na lei 12.527 e regulamentados no decreto 7.724. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

2.
RODRIGUES, G. M.. A LEI DE ARQUIVOS DE 1991 E A LEI DE ACESSO DE 2011: CONTEXTUALIZAÇÃO HISTÓRICO-POLÍTICA.. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

3.
RODRIGUES, G. M.. História, conquista e mudanças paradigmáticas no acesso à informação no Brasil. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

4.
RODRIGUES, G. M.. Verdade versus Autoridade do Arquivo: reflexões a partir do caso Herzog.. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

5.
RODRIGUES, G. M.. Políticas Públicas de Informação: situação atual e perspectivas. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).



Outras informações relevantes


Professora convidada da Ecole Nationale des Chartes/Sorbonne, onde ministrou um curso e proferiu uma conferência em fevereiro de 2011. Membro da Câmara Técnica de Normalização da Descrição arquivística do Conselho Nacional de Arquivos (CONARq), órgão vinculado ao Arquivo Nacional. Foi Consultora da Unesco no projeto de criação do Centro de Memória do CNPq. Recebeu apoio financeiro do CNPq para o projeto de criação do Centro de Memória da instituição.Recebeu Bolsa da CAPES para coordenar a organização de parte do acervo arquivístico da instituição.
Recebeu apoio financeiro do CNPq para a realização do I Congresso Nacional de Arquivologia, cujo relatório técnico final foi aprovado pela intituição. Foi convidada para integrar o quadro de revisores técnicos da revista Transinformação, da PUC-Campinas.
Recebeu apoio financeiro do CNPq para a realização do I Congresso Nacional de Arquivologia, em 2004.
Foi coordenadora editorial do Boletim Informativo do Arquivo Público do Distrito Federal (1997-1998).

Lider do Grupo de pesquisa "As politicas de informação do estado e a gestão dos patrimônios documentais", cadastrado no CNPq.



Página gerada pelo Sistema Currículo Lattes em 16/12/2018 às 4:08:24